WorldWideScience

Sample records for aos herbicidas inibidores

  1. Suscetibilidade comparativa a herbicidas pós-emergentes de biótipos de Digitaria ciliaris resistente e suscetível aos inibidores da ACCase

    OpenAIRE

    R.F. López-Ovejero; Carvalho, S.J.P.; Nicolai,M.; Christoffoleti,P.J.

    2006-01-01

    Esta pesquisa foi conduzida com o objetivo de avaliar a possibilidade de resistência múltipla aos herbicidas inibidores da ACCase, ALS e síntese de carotenos em um biótipo de capim-colchão (Digitaria ciliaris) resistente aos inibidores da ACCase. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, utilizando dois biótipos de capim-colchão: um resistente (R) e outro suscetível (S) aos herbicidas inibidores da ACCase. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repe...

  2. Resistência de plantas aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase Plant resistance to acetolactate synthase-inhibiting herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. Rizzardi

    2002-04-01

    Full Text Available A resistência de plantas aos herbicidas é conseqüência, na maioria das vezes, de mutação ou da preexistência de genes que conferem resistência à população. No caso dos herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS ocorreram casos de resistência tanto em plantas daninhas quanto em culturas. Essa revisão foi realizada com o objetivo de discutir aspectos bioquímicos, genéticos e moleculares da resistência de plantas aos herbicidas inibidores da ALS, sendo destacados também os efeitos na ecofisiologia das plantas daninhas e em mutações que conferem resistência em plantas daninhas e a possibilidade de utilizá-las para o desenvolvimento de culturas resistentes aos inibidores da ALS. Em plantas daninhas, a resistência aos herbicidas inibidores da ALS resulta de uma ou mais mutações no gene que codifica a ALS; quando a herança desse gene é monogênica, ele possui característica dominante a semidominante. As substituições em uma única seqüência nucleotídica ocasionam alteração na ALS, conferindo resistência aos herbicidas inibidores dessa enzima. Embora o biótipo resistente apresente alteração genética e enzimática quando comparado com biótipo suscetível, o comportamento ecofisiológico dos biótipos resistentes e suscetíveis é similar. Essa característica tem implicações muito importantes no estabelecimento das populações resistentes. Já foram desenvolvidos cultivares resistentes para diversas culturas, incluindo arroz e milho, as quais variam no nível de resistência aos diferentes grupos químicos de herbicidas inibidores da ALS.Herbicide resistance in plants arises mostly through mutation or pre-existence of genes that confer resistance to the population. When using herbicides inhibitors of the acetolactate synthase (ALS, resistance has occurred in weeds as well as in crops. This literature review was conducted to discuss biochemical, genetic, and molecular aspects of plant resistance to ALS

  3. Crescimento e competitividade de biótipos de capim-colchão resistente e suscetível aos herbicidas inibidores da acetil coenzima A carboxilase.

    OpenAIRE

    López Ovejero,Ramiro Fernando; Novo,Maria do Carmo de Salvo Soares; CARVALHO, Saul Jorge Pinto de; Nicolai,Marcelo; Christoffoleti,Pedro Jacob

    2008-01-01

    O objetivo deste trabalho foi comparar o crescimento e a habilidade competitiva de dois biótipos de capim-colchão (Digitaria ciliaris), um resistente (R) e outro suscetível (S) aos herbicidas inibidores da acetil coenzima A carboxilase. O crescimento dos biótipos foi determinado pela coleta da matéria seca das plantas, aos 14, 21, 25, 28, 34, 42, 49, 57, 65, 72, 78, 86, 101, 111 e 118 dias após emergência (DAE). Os dados de massa de matéria seca foram ajustados ao modelo logístico e, também, ...

  4. Manejo da Planta Daninha Brachiaria plantaginea Resistente aos herbicidas Inibidores da ACCase Management of the Weed Brachiaria plantaginea Resistant to ACCase Inhibitor Herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.J. Christoffoleti

    2001-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar o manejo de uma população da planta daninha capim-marmelada (Brachiaria plantaginea resistente aos herbicidas inibidores da ACCase (ariloxifenoxipropionatos e ciclohexanodionas, utilizados na cultura da soja no sistema de plantio direto. Para isso, foram realizados dois experimentos: um utilizando herbicidas de manejo, com mecanismos de ação alternativos, comparando a eficácia destes com os inibidores da ACCase; e outro apenas com herbicidas inibidores da ACCase e aditivos misturados à calda. As sementes resistentes foram produzidas a partir de plantas comprovadamente resistentes; para comparação de resultados, foi utilizada uma população de capim-marmelada que nunca tinha sido pulverizada com inibidores da ACCase, portanto uma população suscetível. O experimento com os herbicidas de manejo foi realizado em condições de campo, porém as plantas ficaram em caixas com capacidade de 50 L, evitando-se a disseminação destas para áreas adjacentes. Concluiu-se que as plantas resistentes não apresentam resistência múltipla com herbicidas de manejo com mecanismos de ação alternativos, podendo os herbicidas glyphosate, paraquat, sulfosate, paraquat + diuron, MSMA e glufosinate ser utilizados no período entressafra das áreas com sistema de plantio direto, para manejo de populações resistentes de capim-marmelada aos herbicidas inibidores da ACCase. O experimento com aditivos foi realizado em casa de vegetação, com plantas em vasos individuais, utilizando sementes das populações suscetíveis e resistentes. Os herbicidas utilizados foram inibidores da ACCase, em cuja calda foram adicionados aditivos nitrogenados, do tipo uréia e sulfato de amônio, além de um tratamento sem aditivos. Concluiu-se que os aditivos não alteraram a eficácia dos herbicidas inibidores da ACCase nas plantas provenientes tanto da população suscetível quanto da resistente.The objective of this research was to

  5. Resistência de amendoim-bravo aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase Wild poinsettia resistance to acetolactate synthase inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribas A. Vidal

    1999-12-01

    Full Text Available O controle contínuo de plantas daninhas através da aplicação de herbicidas que apresentam atividade em um único local de ação nas plantas favorece a seleção de biótipos resistentes a estes herbicidas, em certas espécies vegetais. Quatro experimentos foram conduzidos em condições casa-de-vegetação, na Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com os objetivos de avaliar a ocorrência de resistência aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS em vários biótipos de leiteiro ou amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla EPHHL e avaliar a ocorrência de resistência múltipla a herbicidas com atividade em outros locais de ação. Biótipo oriundo de Passo Fundo foi resistente ao imazethapyr, enquanto biótipo oriundo de Porto Alegre foi suscetível. O biótipo de Passo Fundo apresentou resistência cruzada aos herbicidas imidazolinonas: imazapyr, imazaquin e imazethapyr; sulfoniluréias: chlorimuron, nicosulfuron e metsulfuron; e sulfonanilida: flumetsulan. Este biótipo não foi resistente aos herbicidas com os seguintes mecanismos de ação: inibidores de EPSPs, mimetizadores de auxina, inibidores dos fotossistemas I e II e inibidores de PROTOX. A confirmação de resistência aos inibidores de ALS em biótipos oriundos de Nãome-Toque, Passo Fundo e Rio Pardo sugere ampla dispersão no Rio Grande do Sul de resistência de E. heterophylla aos herbicidas deste mecanismo de ação.The continuous weed control with herbicides of only one site of action selects biotypes resistant to these herbicides. Four experiments were conducted in greenhouse of UFRGS, Brazil, to confirm the occurence of wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes resistance to herbicides inhibitors of acetholactate synthase (ALS, and to determine whether there was cross resistance to herbicides with other site of action. A biotype from Passo Fundo -RS was resistant to imazethapyr, whereas a biotype from Porto Alegre -RS

  6. Tolerância da cultivar de soja coodetec 201 aos herbicidas inibidores de als Tolerance of the soybean cultivar Coodetec 201 to ALS inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldo Merotto Jr

    2000-01-01

    Full Text Available A obtenção de cultivares resistentes aos herbicidas possibilita o aumento da diversidade dos herbicidas utilizados seletivamente para o controle de plantas daninhas em uma determinada cultura. O aumento da disponibilidade destes herbicidas na cultura da soja pode proporcionar maior facilidade no controle de plantas daninhas de difícil eliminação, de espécies com características biológicas semelhantes à cultura e de plantas daninhas resistentes aos herbicidas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência cruzada da cultivar COODETEC 201 a três herbicidas inibidores da ALS, não seletivos para a cultura da soja. O experimento foi realizado em casa de vegetação através da semeadura em vasos, o qual foi disposto em delineamento completamente casualizado em arranjo fatorial. Os tratamentos constaram das cultivares de soja COODETEC 201 e OCEPAR 14 e dos herbicidas imazapyr, metsulfuron e nicosulfuron, aplicados em cinco doses. A aplicação destes produtos foi realizada 30 dias após a emergência, quando as plantas de soja estavam no estádio V4. A área foliar e a fitoxicidade aos 14 e 35 dias após a aplicação do herbicida metsulfuron foram menos afetadas na cultivar COODETEC 201 do que na OCEPAR 14. A determinação da restrição do crescimento das plantas em função da matéria seca das plantas demonstrou que as duas cultivares são igualmente sensíveis ao herbicida imazapyr. A cultivar COODETEC 201 apresentou maior tolerância aos herbicidas metsulfuron e nicosulfuron, sendo 10,25 e 3,25 vezes, respectivamente, mais resistente do que a cultivar OCEPAR 14.Herbicide resistant crops can increase the availability of herbicides for selective use in soybean, can provide weed control of tolerant weed species, weed with identical biological characteristics to the crop, and resitant weeds to herbicides. The objective of this research was to evaluate the cross resitance in the soybean cultivar Coodetec 201 to three ALS inhibitor

  7. Resistência de plantas daninhas aos herbicidas inibidores da ALS na cultura da soja (Glycine max Weed resistance to ALS - inhibiting herbicides in soybean (Glycine max crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monqueiro

    2000-01-01

    Full Text Available As plantas daninhas Bidens pilosa/Bidens subalternans (picão-preto e Amaranthus quitensis (caruru são controladas na cultura da soja por diversos herbicidas, sendo os inibidores da acetolactato sintase (ALS os mais utilizados pelos sojicultores. O uso intensivo e repetitivo destes herbicidas em áreas cultivadas com soja no município de São Gabriel do Oeste (MS - Brasil e nas províncias de Córdoba e Tucumã (Argentina proporcionou grande pressão de seleção nas populações destas plantas daninhas, resultando em populações resistentes. Com o objetivo de determinar a resistência cruzada aos herbicidas inibidores da ALS, pertencentes aos grupos químicos sulfoniluréia e imidazolinona, foi conduzido um experimento, em condições de casa de vegetação, na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ, Piracicaba, São Paulo. As plantas daninhas picão-preto e caruru, provenientes de áreas com suspeita de resistência aos herbicidas inibidores da ALS, foram tratadas com os herbicidas chlorimuron-ethyl, imazethapyr e nicosulfuron em diversas doses e comparadas com as plantas provenientes de populações suscetíveis. Os tratamentos foram estabelecidos considerando-se doses que proporcionariam no mínimo 50% do controle das plantas daninhas (GR50, utilizando-se para isso doses abaixo e acima das doses recomendadas de cada herbicida. O herbicida chlorimuron-ethyl foi aplicado nas doses de 1.500, 750, 150, 75, 15, 7,5 e 1,5 g i.a. ha-1; o imazethapyr, nas doses de 8.000, 4.000, 800, 400, 80, 40 e 8 g i.a. ha-1; e o nicosulfuron, nas doses de 1.200, 600, 120, 60, 12, 6 e 1,2 g i.a. ha-1. Os biotipos resistentes apresentaram diferentes níveis de resistência cruzada aos herbicidas utilizados. O biotipo resistente de picão-preto apresentou GR50 para chlorimuron-ethyl, imazethapyr e nicosulfuron de 1,49; 1,27; e 20,08 g i.a. ha-1, respectivamente. Da mesma forma, o GR50 do biotipo resistente de caruru foi de 6,8; 2,45; e 23,54 g i

  8. Resistência de amendoim - bravo aos herbicidas inibidores da enzima ALS Resistance of the weed wild poinsettia to ALS inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dionisio L. P. Gazziero

    1998-12-01

    Full Text Available Uma das práticas agrícolas mais eficientes para o controle de plantas daninhas na agricultura é o uso de herbicidas seletivos. Todavia, a aplicação de um mesmo herbicida, ou de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação, durante anos consecutivos, na mesma área, pode resultar na seleção de biótipos de plantas daninhas resistentes a esses herbicidas. Com o objetivo de confirmar a resistência de um biótipo (E-298 da planta daninha amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla aos herbicidas inibidores da enzima ALS, encontrado em área de cultivo de soja, no município de Cafelândia, PR, foi conduzido um experimento em área pertencente à Embrapa Soja, Londrina, PR. As plantas provenientes da população com suspeita de resistência foram tratadas com diversos herbicidas e doses, e comparadas com plantas de uma população suscetível de amendoim-bravo. Os tratamentos foram estabelecidos considerando as doses recomendadas dos herbicidas, metade delas e, duas, quatro e oito vezes superiores a recomendada. Os produtos e as doses aplicadas foram cloransulan nas doses 0,0; 0,015; 0,03;0,06; 0,12; 0,24 kg i.a./ha, mais o espalhante adesivo Agral 0,2% v/v, imazetaphapyr nas doses 0,0; 0,05; 0,1; 0,2; 0,4 e 0,8 kg i.a./ha, imazaquin nas doses 0,0; 0,075; 0,15; 0,3; 0,6; 1,2 kg i.a./ha, mais o espalhante adesivo Assist 0,3% v/v, sulfentrazone nas doses 0,0; 0,3; 0,6; 1,2; 2,4; 4,8 kg i.a./ha, mais o espalhante adesivo Assist 0,3% v/v, e lactofen nas doses 0,0; 0,082; 0,165; 0,33; 0,664; 1,329 kg i.a./ha. O biótipo resistente apresentou diferentes níveis de resistência cruzada entre os herbicidas cloransulan, imazethapyr e o imazaquin, e as relações médias de GR50 obtidas foram > 6,85; 11,90 e > 7,18, respectivamente. As curvas de dose-resposta do biótipo resistente apresentaram valores inferiores ao biótipo suscetível, em todas as doses estudadas para os herbicidas cloransulan, imazethapyr e imazaquin. Para os herbicidas sulfentrazone e

  9. Resistência cruzada da losna-branca (Parthenium hysterophorus aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase Ragweed parthenium (Parthenium hysterophorus cross-resistance to acetolactate synthase inhibiting herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.L.P. Gazziero

    2006-01-01

    Full Text Available A aplicação de um mesmo herbicida, ou de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação, durante anos consecutivos, numa mesma área, pode resultar na seleção de biótipos de plantas daninhas resistentes a herbicidas. O objetivo deste trabalho foi confirmar a resistência de um biótipo da planta daninha losna-branca (Parthenium hysterophorus aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS, proveniente de uma propriedade rural no município de Mandaguari, norte do Estado do Paraná. Plantas com suspeita de resistência foram tratadas com diversos herbicidas e doses e comparadas com plantas de uma população suscetível. Os tratamentos foram as doses recomendadas dos herbicidas, duas e quatro vezes superiores à dose recomendada. Os produtos e as doses aplicadas foram cloransulam-methyl a 0,0; 33,6; 67,2; e 134,4 g i.a. ha-1 mais o adjuvante Agral a 0,2% v/v, chlorimuron-ethyl a 0,0; 20,0; 40,0; e 80,0 g i.a. ha-1, imazethapyr a 0,0; 100,0; 200,0; e 400,0 g i.a. ha-1 e iodosulfuron-methyl-sodium mais foramsulfuron a 0,0; 3,0 + 45,0 g i.a. ha-1 (150,0 g p.c. ha¹; 6,0 + 90,0 g i.a. ha-1 (300,0 g p.c. ha-1; e 12,0 + 180,0 g i.a. ha-1 (600,0 g p.c. ha-1. Foi acres centado um tratamento com o herbicida 2,4-D na dose de 536,0 g e.a. ha-1. As curvas de doseresposta do biótipo resistente foram inferiores às do biótipo suscetível em todas as doses e herbicidas estudados. O biótipo de losna-branca foi confirmado como resistente aos herbicidas inibidores da ALS. A ocorrência de resistência cruzada foi observada em relação aos herbicidas pertencentes aos grupos químicos das imidazolinonas (imazethapyr, triazolopirimidinas (cloransulam-methyl e sulfoniluréias (chlorimuron-ethyl e iodosulfuron-methyl-sodium mais foramsulfuron. O herbicida 2,4-D, apresentou alto índice de controle de ambos os biótipos de losna-branca avaliados, confirmando que esse mecanismo de ação do herbicida é uma importante alternativa para manejar

  10. Resistência de Bidens subalternans aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase utilizados na cultura da soja Resistance of Bidens subalternans to the acetolactate synthase inhibitor herbicides used in soybean crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.A. Gelmini

    2002-08-01

    Full Text Available O uso contínuo e prolongado de produtos com o mesmo mecanismo de ação pode provocar a manifestação de biótipos resistentes. Para verificar possíveis novos casos de resistência, bem como alternativas para prevenção e manejo, foram coletadas sementes de Bidens subalternans na região de São Gabriel D' Oeste-MS, em plantas que sobreviveram a tratamentos em que inibidores da ALS foram sistematicamente utilizados. Em experimento conduzido em vasos em casa de vegetação, o biótipo com histórico de resistente foi comparado ao suscetível quando submetido aos diversos herbicidas com diferentes mecanismos de ação usados em pós-emergência, os quais foram aplicados nas doses de zero, uma, duas, quatro e oito vezes a recomendada. Decorridos 20 dias, foram avaliadas a porcentagem de controle e a produção da fitomassa verde, visando estabelecimento de curvas de dose-resposta e obtenção dos fatores de resistência. O biótipo oriundo de área com histórico de aplicações repetidas de inibidores da ALS apresentou elevado nível de resistência aos herbicidas chlorimuron-ethyl e imazethapyr, demonstrando ser portador de resistência cruzada aos inibidores da ALS dos grupos das sulfoniluréias e imidazolinonas. Entretanto, esse biótipo foi eficientemente controlado pelos herbicidas fomesafen, lactofen, bentazon, glufosinato de amônio e glyphosate.The continuous and prolonged use of products with the same mechanism of action can provoke the manifestation of resistant biotypes. In horder to verify possible new cases, as well as alternatives for prevention and control, seeds of Bidens subalternans were collected at São Gabriel D' Oeste (MS region at plants that survived continuous treatments which sistematically ALS inhibitors. Through an experiment performed in pots inside a greenhouse, a resistant biotype was compared to a susceptible one when submitted to herbicides with different mechanisms of action and applied at post emergence

  11. Alternativas de manejo químico da planta daninha Digitaria ciliaris resistente aos herbicidas inibidores da ACCase na cultura de soja Chemical management alternatives of the weed Digitaria ciliaris resistant to ACCASE inhibiting herbicides in soybean crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.F. López-Ovejero

    2006-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a eficácia dos herbicidas inibidores da ACCase sobre uma população de capim-colchão (Digitaria ciliaris com histórico de falha de controle, bem como propor herbicidas alternativos a serem aplicados em condições de pré e pós-emergência na cultura de soja, foram conduzidos dois experimentos a campo no município de Palmeira-PR, durante o ano agrícola 2003/2004. No primeiro experimento, foi avaliada a eficácia dos tratamentos envolvendo herbicidas com mecanismo de ação de inibição da ACCase (g ha-1: sethoxydim (230, clethodim (108, butroxydim (75, tepraloxydim (100, fluazifop-p-butil (187,5, haloxyfop-r (60, propaquizafop (125, cyhalofop-butyl (225, fenoxaprop-p-ethyl + clethodim (50 + 50, além de testemunha sem herbicidas. No segundo experimento, os tratamentos constaram de herbicidas com mecanismos de ação alternativos, visando também o teste de eficácia de controle da planta daninha (g ha-1: trifluralina (2.700, clomazone (1.000, smetolachlor (1.920, sulfentrazone (600, trifluralina + sulfentrazone (2.100 + 400, clomazone + sulfentrazone (600 + 400, S-metolachlor + sulfentrazone (768 + 400 aplicados em condições de pré-emergência da planta daninha e da cultura e testemunha sem controle de plantas daninhas; os tratamentos apresentavam-se com ou sem complementação de controle através do herbicida imazethapyr (100, aplicado em condições de pós-emergência, com as plantas daninhas no estádio de duas a quatro folhas. Os resultados sugerem que a população estudada é resistente aos herbicidas inibidores da ACCase; os melhores resultados de eficácia de controle com os inibidores da ACCase foram obtidos com os herbicidas tepraloxydim, clethodim e butroxydim; os tratamentos com sulfentrazone isoladamente ou em mistura e os tratamentos com trifluralina, clomazone e S-metolachlor, em complementação com imazethapyr e imazethapyr isolado, foram eficazes no controle do biótipo resistente de

  12. Resistência de biótipos de Euphorbia heterophylla l. Aos herbicidas inibidores da enzima ALS utilizados na cultura de soja Resistance of Euphorbia heterophylla l. Biotypes to ALS enzyme inhibitor herbicides used in soybean crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GERSON AUGUSTO GELMINI

    2001-01-01

    Full Text Available Os herbicidas constituem-se na principal medida de controle de plantas daninhas na cultura de soja; no entanto, a pressão de seleção causada pelo uso contínuo de produtos com o mesmo mecanismo de ação pode provocar a seleção de biótipos resistentes, como ocorreu com Euphorbia heterophylla L., que se mostrou resistente aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS em áreas dos Estados do Paraná e Rio Grande do Sul. Para comprovar possíveis novos casos, bem como alternativas para prevenção e manejo, coletaram-se sementes de plantas de E. heterophylla L., na região de Assis (SP, que sobreviveram a tratamentos, em que esses herbicidas foram sistematicamente aplicados nos últimos anos. Desenvolveu-se o experimento em casa de vegetação, comparando-se o biótipo resistente ao suscetível, quando submetido aos diversos herbicidas aplicados em pós-emergência. Aplicaram-se quando as plantas encontravam-se no estádio de duas a quatro folhas verdadeiras, nas doses zero, uma, duas, quatro e oito vezes a recomendada. Aos 20 dias após a aplicação, avaliaram-se os parâmetros relativos ao controle e produção de fitomassa epígea visando ao estabelecimento de curvas de doses-resposta, à obtenção dos fatores de resistência com base nos valores da DL50 e GR50, e à verificação da ocorrência de resistência múltipla. O biótipo resistente apresentou diferentes níveis de resistência aos herbicidas chlorimuron-ethyl e imazethapyr, demonstrando resistência cruzada aos inibidores da ALS dos grupos das sulfoniluréias e imidazolinonas. No entanto, foi eficientemente controlado nos tratamentos com fomesafen (250 g.ha-1, lactofen (120 g.ha-1, flumiclorac-pentil (40 g.ha-1, glufosinato de amônio (150 g.ha-1 e glyphosate (360 g.ha-1.Herbicides are the main tool for weed control in soybean crop, but the selection pressure attributed to the repeated application of the same herbicides and the same mechanism of action can

  13. Herança da resistência aos herbicidas inibidores da ALS em biótipos da planta daninha Euphorbia heterophylla Inheritance of ALS inhibitor resistance in Euphorbia heterophylla weed biotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2001-12-01

    Full Text Available Os herbicidas inibidores da ALS são os principais produtos aplicados para o controle da planta daninha amendoim-bravo (Euphorbia herterophylla em lavouras de soja; no entanto, já foram identificados biótipos desta planta daninha resistentes a estes herbicidas no Brasil. O objetivo desta pesquisa foi estudar a herança, o número de genes que conferem a resistência e o grau de resistência dos biótipos homozigotos e heterozigotos resistentes. Foram realizados cruzamentos recíprocos entre os genitores suscetíveis e resistentes para obtenção de sementes F1 e, posteriormente, realizaram-se os retrocruzamentos (RC com os genitores resistente (R e suscetível (S. Plantas F1 foram autofecundadas artificialmente para obtenção da geração F2. As plantas F1, F2, RCr e RCs e dos genitores foram tratadas com o herbicida imazethapyr (150 g ha-1. Para avaliar o grau de resistência, plantas F1 e os genitores resistente e suscetível foram tratados com as doses de imazethapyr de 0, 100, 200, 400, 800 e 1.600 g ha-1. As plantas F1 mostraram-se totalmente resistentes ao herbicida, demonstrando que a resistência é nuclear e dominante. As plantas F2 apresentaram alta probabilidade para segregação 3:1, indicando que a resistência é codificada por um gene dominante. A aplicação de doses de imazethapyr sobre as plantas F1 demonstrou que os biótipos homozigotos resistentes e os heterozigotos apresentam o mesmo grau de resistência para doses de até 1.600 g ha-1 deste herbicida. A resistência é codificada por um gene dominante nuclear com dominância completa.The ALS inhibitor herbicides are the main products applied to control Euphorbia heterophylla in the soybean crop; however, resistant biotypes to these herbicides have been identified in Brazil. This research aimed to study the inheritance, number of genes involved in the resistance and the degree of resistance of the homozygous and heterozygous resistant biotypes. Reciprocal crossings (RSs

  14. Suscetibilidade comparativa a herbicidas pós-emergentes de biótipos de Digitaria ciliaris resistente e suscetível aos inibidores da ACCase Relative susceptibility to post-emergence herbicides of ACCase-resistant and susceptible biotypes of Digitaria ciliaris

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.F. López-Ovejero

    2006-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa foi conduzida com o objetivo de avaliar a possibilidade de resistência múltipla aos herbicidas inibidores da ACCase, ALS e síntese de carotenos em um biótipo de capim-colchão (Digitaria ciliaris resistente aos inibidores da ACCase. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, utilizando dois biótipos de capim-colchão: um resistente (R e outro suscetível (S aos herbicidas inibidores da ACCase. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. Foram utilizados 11 herbicidas: fluazifop-p-butil, haloxyfop-r-methyl, propaquizafop, sethoxydim, tepraloxydim, clethodim, fenoxaprop + clethodim, imazethapyr, nicosulfuron, iodosulfuron + foramsulfuron e mesotrione. Para cada herbicida, os tratamentos resultaram da combinação fatorial entre os dois biótipos de capim-colchão e 10 doses (0,0D; 0,016D; 0,03D; 0,06D; 0,25D; 0,5D; 1,0D; 2,0D; 4,0D; e 16,0D, em que D é a dose recomendada para cada produto. Os herbicidas foram aplicados sobre as plantas de capim-colchão em estádio de desenvolvimento de 3-4 folhas. Avaliou-se a porcentagem de controle aos 28 dias após a aplicação (DAA. O biótipo R foi confirmado como resistente aos herbicidas inibidores da ACCase (grupos químicos dos ariloxifenoxipropionatos e cicloexanodionas com níveis variáveis de resistência cruzada. O biótipo R foi controlado satisfatoriamente pela dose de campo de todos os herbicidas alternativos aplicados (sulfoniluréias, imidazolinonas e inibidores da síntese de caroteno, excluindo a hipótese de resistência múltipla nesse biótipo de capim-colchão.This research was conducted to evaluate the possibility of multiple resistances to ACCase, ALS and carotene synthesis inhibiting herbicides in one ACCase-resistant biotype of crab-grass (Digitaria ciliaris. The experiment was conducted in a greenhouse, using two crab-grass biotypes: one resistant (R and another susceptible (S to ACCase inhibiting herbicides

  15. Sinergismo potencial entre herbicidas inibidores do fotossistema II e da síntese de carotenóides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kruse Nelson Diehl

    2001-01-01

    Full Text Available Herbicidas inibidores do transporte de elétrons na fotossíntese geram estresse oxidativo. Esse estresse normalmente é amenizado pela ação dos carotenóides que dissipam a energia acumulada na forma de calor. Assim, hipotetiza-se que misturas entre herbicidas inibidores do transporte de elétrons, em nível do fotossistema II, e inibidores da síntese de carotenóides possam resultar em sinergismo. O objetivo deste trabalho foi verificar a existência de sinergismo em misturas com herbicidas pertencentes aos dois mecanismos de ação acima mencionados. Para tanto, foram conduzidos dois experimentos: um, com a cultura do milho, nos EUA, em 1998; e outro com cultura da soja, no Brasil, em 1998/99. No experimento com milho, testou-se isoxaflutole nas doses de 0 e 52,5g ha-1 e atrazine nas doses de 0 e 840g ha-1, isolados e em mistura. No experimento com soja, testou-se metribuzin, nas doses de 0 e 280g ha-1, e clomazone, nas doses de 0 e 560g ha-1, isolados e em mistura, bem como tratamentos adicionais isolados de metribuzin 560g ha-1, clomazone 1.120g ha-1 e testemunha capinada. Na cultura do milho, foram avaliadas as densidades de Abutilon theophrasti (ABUTH, Ipomoea hederacea (IPOHE e Amaranthus retroflexus (AMARE aos 52 dias após a aplicação dos herbicidas (DAA e o rendimento de grãos de milho. Na cultura da soja, foram avaliadas aos 55 DAA, a porcentagem de cobertura e controle de Bidens pilosa (BIDPI, sua densidade aos 30 e 55 DAA, além de massa seca, área foliar e rendimento de grãos de soja. Os resultados indicaram a ocorrência de antagonismo entre os herbicidas, no controle de ABUTH e IPOHE, mas sinergismo entre os mesmos, quando se considera o rendimento de grãos de milho. Para BIDPI, verificou-se sinergismo entre os herbicidas nos percentuais de cobertura e controle, sem valores conclusivos nas demais variáveis. Conclui-se que, embora seja complexa a comprovação de sinergismo a campo, os resultados indicam, ao menos para

  16. Biology, management and biochemical/genetic characterization of weed biotypes resistant to acetolactate synthase inhibitor herbicides Biologia, manejo e caracterização bioquímica e genética de biótipos resistentes aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Andrea Monquero

    2003-01-01

    - Brasil e nas províncias de Córdoba e Tucumã (Argentina, selecionaram biótipos resistentes (R destas plantas daninhas. Esta pesquisa foi desenvolvida para estudar o manejo, crescimento, a bioquímica e genética destes biótipos resistentes. Em um experimento de campo concluiu-se que chlorimuron-ethyl e imazethapyr (inibidores da ALS, aplicados nas doses recomendadas, não controlaram o biótipo R de B. pilosa, mas os herbicidas alternativos lactofen, fomesafen e bentazon foram eficientes quando aplicados sozinhos ou em mistura com os herbicidas inibidores da ALS. Estudos em casa-de-vegetação confirmaram a resistência cruzada para os biótipos de ambas espécies aos herbicidas dos grupos químicos das imidazolinonas e sulfuniluréias e os herbicidas alternativos sozinhos ou em mistura com os inibidores da ALS controlaram eficientemente populações resistentes e suscetíveis. Análises de crescimento dos biótipos R e S destas plantas daninhas em condições não competitivas mostraram que não existe um custo adaptativo para os biótipos R (efeitos pleiotrópicos. O bioensaio rápido usando inibidores da ALS e ketoacid reductoisomerase (KARI indicaram que a resistência decorre da insensibilidade da enzima ALS aos herbicidas. Por outro lado, o seqüenciamento do gene que codifica a ALS em R A. quitensis não mostrou mutação no Domínio A, sugerindo que outras posições do gene poderiam estar sofrendo mutações que conferem a insensibilidade da ALS a sulfuniluréias e imidazolinonas.

  17. Análise comparativa do crescimento de biótipos de picão-preto (Bidens pilosa resistente e suscetível aos herbicidas inibidores da ALS Growth analysis of Bidens pilosa biotypes resistant and susceptible to ALS inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.J. Christoffoleti

    2001-04-01

    Full Text Available A resistência de biótipos de plantas daninhas aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS é causada pela insensibilidade desta enzima aos herbicidas que inibem sua atividade catalítica. A insensibilidade da enzima é decorrente de uma alteração estrutural, resultado da substituição de certos aminoácidos no sítio de ação do herbicida. Esta alteração na enzima pode eventualmente resultar, além da resistência ao herbicida, em modificações na taxa de crescimento da planta, fato este comprovado para os biótipos resistentes aos herbicidas inibidores do fotossistema II, os quais apresentam taxa de crescimento prejudicada pela alteração no sítio de ação sofrida pelo herbicida. Esta possível diminuição na taxa de crescimento da planta resistente tem conseqüências diretas na competitividade do biótipo e, portanto, na sua dinâmica dentro da população, afetando diretamente as estratégias de manejo da resistência. A presente pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de comparar a taxa de crescimento de dois biótipos da planta daninha picão-preto (Bidens pilosa, sendo um resistente e um suscetível aos herbicidas inibidores da ALS. Um experimento foi montado em casa de vegetação, em vasos com capacidade de 5 L, sendo uma planta de cada biótipo por vaso, coletando-se a biomassa seca destas plantas e a área foliar semanalmente, iniciando-se 14 dias após o plantio. Os resultados de crescimento da biomassa e área foliar foram ajustados utilizando-se a função de Richards (log-logística. Desta análise, foram derivadas a taxa de crescimento absoluto (TCA, a taxa de crescimento relativo (TCR e a taxa de assimilação fotossintética líquida (TAL. O biótipo suscetível apresentou peso de biomassa seca superior ao resistente nas primeiras fases do crescimento, porém no final do ciclo o biótipo resistente igualou-se em tamanho de área foliar, pois apresentou, principalmente no início do ciclo de crescimento

  18. Curvas de dose-resposta de biótipos resistente e suscetível de Bidens pilosa L. aos herbicidas inibidores da ALS Rate-response curves of resistant and susceptible Bidens pilosa L. biotypes to ALS-inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Jacob Christoffoleti

    2002-09-01

    Full Text Available A resistência de plantas daninhas aos herbicidas é um fenômeno de ocorrência mundial, sendo caracterizada como uma redução na resposta de uma população a produtos químicos, em sua dose recomendada, como resultado de sua aplicação sucessiva. O número de casos de resistência registrados no Brasil tem aumentado significativamente nos últimos anos, porém poucos estudos científicos têm sido feitos para elucidar este fenômeno. Sendo assim, foram conduzidos experimentos com o objetivo de elaboração de curvas de dose-resposta comparativa entre dois biótipos da planta daninha picão-preto (Bidens pilosa L., sendo um resistente (R e outro suscetível (S aos herbicidas inibidores da ALS. Para isso, foram utilizados três herbicidas do grupo químico das sulfoniluréias e um do grupo químico das imidazolinonas. No estádio de três a quatro pares de folhas, as plantas R e S de B. pilosa foram pulverizadas com os herbicidas chlorimuron-ethyl, metsulfuron-methyl, nicosulfuron e imazethapyr, em doses correspondentes a múltiplos de 0,0; 0,001; 0,01; 0,1; 1,0; 10; 100 e 1000 vezes a dose recomendada para aplicação de campo. A partir dos resultados da porcentagem de fitotoxicidade foi feito o ajuste das curvas de dose-resposta. As relações entre o C50 do biótipo resistente e o C50 do biótipo suscetível (R/S foram de 40,92; 173,84; 57,47 e 57,16 para os herbicidas chlorimuron-ethyl, nicosulfuron, metsulfuron-methyl, e imazethapyr, respectivamente. O biótipo R de B. pilosa apresenta elevado nível de resistência cruzada aos herbicidas inibidores da ALS, do grupo químico das sulfoniluréias e imidazolinonas.Weed herbicide resistance is a phenomenon defined as a response reduction of a population to a chemical product sprayed at a recommended rate, as a result of its continuous application. The incidence of herbicide-resistant weeds in Brazil has increased lately, but few scientific studies have been conducted to elucidate the

  19. Resistência de Eleusine indica aos inibidores de ACCase Eleusine indica resistance to ACCase inhibitors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2006-01-01

    Full Text Available Dentre as causas da ineficácia no controle de plantas daninhas destaca-se a resistência delas aos herbicidas. Os objetivos deste trabalho foram avaliar a suspeita de resistência de Eleusine indica a inibidores de acetil-CoA carboxilase (ACCase e investigar a ocorrência de resistência cruzada entre os inibidores de ACCase. Biótipo de Eleusine indica originado do Mato Grosso com suspeita de resistência aos herbicidas inibidores de ACCase foi avaliado em casa de vegetação na sua suscetibilidade para diversos produtos do grupo dos ariloxifenoxipropionatos e cicloexanodionas. Estudos de resposta à dose confirmaram que o biótipo era 18 vezes mais insensível ao sethoxydim do que biótipo suscetível nunca aspergido com herbicidas. Também se constatou resistência cruzada ao fenoxaprop, cyhalofop, propaquizafop e butroxydim. Não se observou resistência cruzada aos produtos fluazifop, haloxyfop, quizalofop e clethodim.Among the causes for weed control inefficacy, the worst one is resistance to herbicides. The objectives of this work were to evaluate an Eleusine indica biotype suspected of resistance to ACCase inhibitors and to investigate the occurrence of cross- resistance to several ACCase inhibitors. One biotype of Eleusine indica originated from Mato Grosso with suspected resistance to ACCase inhibitors was evaluated in a greenhouse in relation to its susceptibility to several products of the ariloxyphenoxypropionate and cyclohexanedione groups. Studies on dose response confirmed that the suspected biotype was 18 times more insensitive to sethoxydim than the susceptible biotype that had never been treated with herbicides. Cross-resistance was confirmed for fenoxaprop, cyhalofop, propaquizafop and butroxydim. No cross-resistance was observed with fluazifop, haloxyfop, quizalofop, and clethodim.

  20. Análise de crescimento de biótipos de amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla resistente e suscetível aos herbicidas inibidores da ALS Growth analysis of wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes resistant and susceptible to ALS inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.M. Brighenti

    2001-04-01

    Full Text Available A aplicação contínua de herbicidas do grupo químico das imidazolinonas, nas mesmas áreas de produção de soja, durante anos seguidos, no município de Cafelândia, PR, favoreceu a seleção de um biótipo resistente de amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS. Um estudo comparativo das características do crescimento do biótipo resistente e do suscetível foi realizado em casa de vegetação da Embrapa Soja, Londrina-PR, a fim de identificar diferenças no crescimento e no desenvolvimento das plantas e de seus órgãos. A produção de matéria seca total, a área foliar, a matéria seca dos caule, das raízes e das folhas, bem como a altura por planta, foram avaliadas em 13 vezes a intervalos regulares, iniciando aos 14 dias após a semeadura. A partir desses parâmetros, foram calculadas a taxa de crescimento relativo, a taxa assimilatória líquida, a razão de área foliar, a razão de peso foliar e a área foliar específica, que decrescem com a ontogenia das plantas de amendoim-bravo, sendo similares para ambos os biótipos. A matéria seca total acumulada pelas plantas e seus órgãos, a área foliar e a altura apresentaram comportamentos semelhantes para os biótipos resistente e suscetível. O ciclo vegetativo dos dois biótipos estudados não mostrou diferença significativa quanto ao crescimento e ao desenvolvimento.Repetitive spraying of imidazolinone herbicides year after year to control weeds in the soybean grown areas of Cafelândia, Paraná, Brazil, has favored the selection of an ALS (acetolactate synthase inhibitor herbicide resistant biotype of wild poinsettia (Euphorbia heterophylla. A comparative study of growth and development of wild poinsettia resistant and susceptible to ALS inhibitor herbicides was carried out in the greenhouse of the experimental station of Soybean Embrapa in Londrina, Paraná, Brazil. Total dry biomass yield, leaf area, shoot dry weight, leaf

  1. Competition effects with mixed stands of wheat and kochia (Kochia scoparia biotypes resistant and susceptible to acetolactase synthase inhibitor herbicides Efeitos competitivos da mistura de stands de trigo e biotipos de kochia (Kochia scoparia resistentes e susceptíveis aos herbicidas inibidores da acetolactase sintase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.J. Christoffoleti

    1994-08-01

    Full Text Available Greenhouse experiments were conducted to compare the competitive ability of sulfonylurea resistant and susceptible kochia (Kochia scoparia L. Schard compared to wheat. The results of several replacement series experiments indicate that wheat was the dominant competitor, and an average of one wheat plant reduced resistant kochia yield per plant equal to the effect of 4.8 resistant kochia or 5.4 susceptible kochia plants. Intraspeciflc competition was more important than interspecific competition for wheat, whereas the reverse was true for the resistant and susceptible kochia. The results of the niche differentiation index (NDI indicate that wheat and either resistant or susceptible kochia are only partly limited by the same resources. The resistant and susceptible kochia, however, are limited by the same resources.Experimentos foram instalados em condições de casa-de-vegetação com o objetivo de comparar a capacidade competitiva de biotipos resistentes e suscetíveis aos herbicidas inibidores da enzima acetolactase synthase da planta daninha kochia (Kochia scoparia L. Schard comparada com trigo. Os resultados de diversos experimentos, utilizando a metodologia chamada de substitutiva, indicaram que o trigo foi o competidor dominante, e em média uma planta de trigo reduziu o crescimento da planta de kochia resistente igual ao efeito de 4,8 plantas de kochia resistente ou 5,4 plantas de kochia suscetível. A competição chamada de intraespecífíca foi mais importante que a competição interespecífica para o trigo, porém o inverso foi verdadeiro para os biotípos resistentes e susceptíveis de kochia. Os resultados do índice de diferenciação ecológica indicaram que trigo e qualquer um dos dois biotípos de kochia estudados foram limitados apenas parcialmente pelos mesmos recursos de crescimento. No entanto, o crescimento dos biotípos resistentes e susceptíveis de kochia foram limitados pelos mesmos fatores de crescimento.

  2. Análise de crescimento de biótipos de leiteira (Euphorbia heterophylla resistentes e suscetível aos herbicidas inibidores da ALS Growth analysis of resistant and susceptible wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes to ALS-inhibiting herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2000-01-01

    Full Text Available Foram conduzidos dois experimentos em condições de casa de vegetação, com o objetivo de analisar comparativamente o crescimento de três biótipos de leiteira (Euphorbia heterophylla - EPHHL resistentes (R (Passo Fundo, Não-Me-Toque e Rio Pardo e um suscetível (S (Porto Alegre aos herbicidas inibidores da ALS, por meio do cálculo da taxa de crescimento relativo (TCR e dos índices que a compõem. Utilizou-se o delineamento experimental completamente casualizado, com três repetições e tratamentos organizados em fatorial 2 x 4 x 4, em que o fator A correspondeu às duas estações de crescimento (outono e primavera, o fator B aos quatro biótipos de EPHHL e o fator C às quatro épocas de determinação dos índices de crescimento das plantas de leiteira - no primeiro experimento, aos 15, 25, 35 e 45, e, no segundo, aos 23, 33, 43 e 53 dias após a emergência (DAE. No experimento realizado no outono não houve interação entre época de avaliação e biótipo nem efeito simples de biótipo. No experimento realizado na primavera, a razão de peso foliar (RPF do biótipo de Não-Me-Toque foi superior em média à dos demais biótipos; a razão de área foliar (RAF foi superior no biótipo de Não-Me-Toque aos 23 e 53 DAE; e não houve diferenças da TAL e TCR entre os biótipos. Esses resultados sugerem produtividade semelhante entre os biótipos R e S e, portanto, sua equivalência competitiva.Two trials were carried out under greenhouse conditions to compare the development of three ALS inhibitor herbicides resistant (R wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes (Passo Fundo, Não-Me-Toque and Rio Pardo - RS - Brazil and one susceptible (S (Porto Alegre - RS - Brazil using relative growth rate (RGR and related indices. The experiment was arranged as a completely randomized design, with three replications, in a 2 x 4 x 4 factorial, where factor A was two growth seasons (fall and spring; factor B, four biotypes of wild poinsettia

  3. Detecção da tolerância de diferentes espécies de capim-colchão a herbicidas inibidores do fotossistema II utilizando a técnica da fluorescência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Tropaldi

    2015-05-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo investigar a tolerância ou susceptibilidade das espécies de capim-colchão (Digitaria ciliaris, D. horizontalis e D. nuda a herbicidas inibidores do fotossistema II (FSII, por meio da técnica da fluorescência, utilizando a taxa de transferência de elétrons do FSII como indicador. Para isso, foi conduzido um experimento em esquema fatorial 3x6, com três espécies de capim-colchão e seis tratamentos (ametryn, hexazinone, diuron+hexazinone, amicarbazone, diuron, tebuthiuron e testemunha aplicados em pós-emergência. Foi monitorada a taxa de transporte de elétrons (ETR do FSII em intervalos de tempo crescente e aferida a massa seca das plantas aos 21 dias após a aplicação. A partir dos dados da ETR, calculou-se um valor numérico representativo da taxa de inativação da ETR. Os resultados demonstraram que todas as espécies de capim-colchão estudadas são susceptíveis aos herbicidas ametryn e hexazinone (valores da taxa de inativação da ETR superiores a 10.000. Os herbicidas diuron e tebuthiuron apresentaram menores taxas de inativação da ETR para a D. nuda (3.585 e 3.497, respectivamente e maiores para as espécies D. ciliaris e D. horizontalis (acima de 10.000, enquanto que o herbicida amicarbazone apresentou valor intermediário para D. nuda (7.967. O monitoramento da ETR foi eficiente para verificar a atuação dos herbicidas nas diferentes espécies estudadas

  4. Resistência de Cyperus difformis a herbicidas inibidores da ALS em lavoura de arroz irrigado em Santa Catarina Herbicide resistance of Cyperus difformis to ALS-inhibitors in paddy rice of Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Galon

    2008-06-01

    Full Text Available A resistência de plantas daninhas a herbicidas tornou-se preocupação mundial nas últimas décadas. Esse fenômeno caracteriza-se pela capacidade de um biótipo de sobreviver a um tratamento com herbicida que controla os demais indivíduos da mesma população em condições normais de campo e na dose recomendada pelo fabricante na bula. Objetivou-se com este trabalho determinar o nível de resistência de biótipos de Cyperus difformis a herbicidas inibidores da enzima ALS e do fotossistema II. Os tratamentos foram constituídos pelos herbicidas bispyribac-sodium e pyrazosulfuron-ethyl (inibidores da ALS e bentazon (inibidor do fotossistema II, aplicados em sete doses múltiplas da dose comercial (0,0x, 0,5x, 1x, 2x, 4x, 8x e 16x, sobre duas populações de plantas de C. difformis, quando estas apresentavam de quatro a seis folhas. O biótipo de C. difformis (CYPDI-10 apresentou resistência cruzada aos inibidores da ALS pyrazosulfuron-ethyl e bispyribac-sodium, enquanto o bentazon proporcionou controle eficiente das populações resistente e suscetível. Conclui-se que para manejo das populações de C. difformis resistentes aos inibidores da ALS, em áreas de arroz irrigado de Santa Catarina, devem-se utilizar herbicidas com diferentes mecanismos de ação, associado a outras práticas de manejo, para restringir a expansão das populações resistentes de C. difformis.Herbicide resistance is a worldwide phenomenon of great concern to scientists, technicians and producers. It is characterized as the capacity of a biotype to survive a treatment using herbicide that controls the other individuals of the same population under normal field conditions and at the dose recommended by the manufacturer. The objective of this research was to determine the resistance level of two Cyperus difformis biotypes to ALS-inhibiting herbicides. The herbicide treatments consisted of the application of bispyribac-sodium, pyrazosulfuron-ethyl, (ALS-inhibitors and

  5. Tolerância da mamoneira ao herbicida trifluralin em solos com diferentes texturas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Katty A. A. de L. Medeiros

    2013-12-01

    Full Text Available A escassez de herbicidas registrados para a cultura da mamoneira ainda é fator limitante para sua expansão. Objetivou-se então, com este trabalho, avaliar a tolerância da mamoneira ao herbicida trifluralin em solos com diferentes texturas. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em delineamento inteiramente casualizado com cinco repetições, em esquema fatorial com 8 doses do herbicida trifluralin aplicado em pré-emergência (0; 187,5; 375; 750; 1.500; 3.000; 6.000 e 12.000 g ha-1 i.a. e quatro tipos de substrato (areia lavada; franco-arenoso; franco argiloso-arenoso e franco-argiloso. Aos 28 dias após a semeadura foram determinadas as variáveis: altura de plantas, área foliar, massa seca da parte aérea, volume e massa seca do sistema radicular. Concluiu-se que a dose do herbicida trifluralin tolerada pela mamoneira é influenciada pelas características químicas e físicas do solo. Em solos de textura arenosa e franco-arenosa doses do herbicida trifluralin abaixo daquelas comumente utilizadas para controle de plantas daninhas, são suficientes para ocasionar redução no crescimento das plantas de mamoneira.

  6. Atividade residual de seis herbicidas aplicados ao solo em época seca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saul Jorge Pinto de Carvalho

    2012-04-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido em campo, com o objetivo de avaliar a atividade residual de herbicidas recomendados para a cultura da cana-de-açúcar, quando aplicados ao solo na época seca. Os tratamentos foram organizados em esquema de parcelas subdivididas, em que, no âmbito das parcelas, foram aplicados seis herbicidas e, no âmbito das subparcelas, foram considerados três períodos de permanência dos produtos no solo (130 dias, 70 dias e testemunha, sem aplicação. Os tratamentos herbicidas foram (g ha-1: amicarbazone a 1260; clomazone a 1250; hexazinone a 450; imazapic a 147; isoxaflutole a 187,5; e sulfentrazone a 900. Além da infestação natural de plantas daninhas, para avaliação da atividade residual dos produtos, semeou-se pepino na área, considerado como bioindicador. A mesma molécula herbicida teve avaliação diferenciada em razão da espécie bioindicadora considerada. Os herbicidas amicarbazone, hexazinone, isoxaflutole e sulfentrazone têm propriedades positivas para aplicação ao solo em época seca, tais como elevada solubilidade, baixo Kow e baixa fotodegradação. A aplicação de imazapic em pré-emergência tem eficácia consistente em época seca, controlando adequadamente o pepino e a comunidade natural de plantas daninhas. O herbicida clomazone não controlou adequadamente o pepino e a comunidade natural de plantas daninhas.

  7. Bioensaio rápido de determinação da sensibilidade da acetolactato sintase (ALS a herbicidas inibidores Rapid bioassay to determine the sensitivity of acetolactate synthase (ALS to inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Andrea Monqueiro

    2001-03-01

    Full Text Available Foi avaliada a atividade da acetolactato sintase (ALS, em plantas resistentes e suscetíveis de B. pilosa e A. quitensis após a aplicação de herbicidas inibidores da ALS. O método baseia-se na utilização do ácido ciclopropanodicarboxílico (CPCA para inibir a cetoácido reductoisomerase (KARI, enzima que catalisa a reação seguinte do acetolactato na cadeia de biossíntese dos aminoácidos valina, leucina e isoleucina, provocando assim, o acúmulo de acetolactato, que na presença de um ácido forte forma acetoína. A base para a distinção entre os biotipos resistentes e suscetíveis é a quantidade de acetoína formada, que será maior nos biotipos em que a enzima ALS não sofreu inibição, ou seja, nos biotipos resistentes. A quantificação da acetoína acumulada ocorreu através da formação de um complexo colorido vermelho, devido a reação entre acetoína, creatina e naftol, cuja densidade ótica a 530 nm é proporcional à concentração do acetolactato formado na reação. Sendo assim, foi desenvolvido um ensaio utilizando este método após a aplicação dos herbicidas chlorimuron-ethyl e imazethapyr nos biotipos R e S de Bidens pilosa, Amaranthus quitensis no estádio de dois pares de folhas. O bioensaio demonstrou que a enzima ALS dos biotipos resistentes é insensível aos herbicidas inibidores da ALS e que este tipo de bioensaio é uma forma rápida e eficaz de diferenciação entre biotipos resistentes e suscetíveis.In order to compare the acetolactate synthase (ALS activity of resistant and susceptible biotypes of Bidens pilosa and Amaranthus quitensis to ALS inhibitor herbicides, a method based on ciclopronocarboxilic acid (CPCA to inhibit the enzyme ketoacidredutoisomerase (KARI is used. This enzyme catalyzes the reaction after acetolactate in the biosynthesis reaction chain of the aminoacids valine, leucine and isoleucine. In the presence of a KARI inhibitor, carbon from pyruvate flows through the branched chain

  8. Resistência de biótipos de arroz-vermelho aos herbicidas imazapyr + imazapic e alternativas de controle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Salles Rubin

    2014-10-01

    Full Text Available O uso intenso de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação na cultura do arroz (Oryza sativa L. tem selecionado biótipos resistentes, como, por exemplo, o arroz-vermelho (planta daninha resistente aos herbicidas imidazolinonas. Por essa razão, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a resistência de arroz-vermelho ao herbicida imazapyr + imazapic, na região sul do Rio Grande do Sul, e o controle do biótipo resistente de arroz-vermelho com os herbicidas alternativos clethodim e glyphosate. Foram realizados três experimentos, em delineamento casualizado, arranjados em esquema fatorial. No primeiro experimento, o fator A testou biótipos de arroz-vermelho [ORYSA 184 (resistente e ORYSA 188 (susceptível], o fator B comparou herbicidas (imazapyr + imazapic, clethodim e glyphosate e o fator C avaliou doses dos herbicidas (0; 0,5; 1; 2; 4; 8; 16 e 32 vezes a dose recomendada. No segundo, compararam-se biótipos de arroz-vermelho e doses do herbicida imazapyr + imazapic (0; 0,5; 1; 2; 4; 8; 16; 32 e 64 vezes a dose recomendada. No terceiro, testaram-se biótipos de arroz-vermelho e doses diferentes do herbicida imazapyr + imazapic para cada biótipo. O biótipo ORYSA 184 é resistente ao imazapyr + imazapic, quando aplicada a dose máxima de registro e estádio indicado. Os herbicidas clethodim e glyphosate, detentores de mecanismos de ação alternativos, controlam o biótipo resistente ORYSA 184 de arroz-vermelho.

  9. Resistência de plantas daninhas aos herbicidas Weed resistance to herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro J. Christoffoleti

    1994-01-01

    Full Text Available A resistência de plantas daninhas aos herbicidas ocorre em função de um processo evolutivo. O desenvolvimento de biótipos de plantas daninhas resistentes é imposto pela agricultura moderna, através da pressão de seleção causada pelo uso intensivo dos herbicidas. O conhecimento dos mecanismos e fatores que favorecem o aparecimento de biótipos de plantas daninhas resistentes é fundamental para que técnicas de manejo sejam utilizadas no sentido de evitar ou retardar o aparecimento de plantas resistentes em uma área. São poucos os relatos ou citações de literatura no Brasil. Sendo assim, este trabalho de revisão procura relatar os principais avanços e descobertas na área de plantas daninhas resistentes aos herbicidas.Weed herbicide resistance has evolved from weed evolution. The modern agriculture is responsible for this evolution because of the intensive use of herbicides. The knowledge of mechanisms and factors that influence the weed herbicide resistance play an important role in the weed manegement techniques used to avoid or delay herbicide resistance appearence. There are not many report or scientific papers about herbi cide resistance in Brasil. Therefore, this literature review aims to provide information about the main advances and discoveries in the field of weed herbicide resistance.

  10. Práticas de manejo e a resistência de Euphorbia heterophylla aos inibidores da ALS e tolerância ao glyphosate no Rio Grande do Sul Management practices x Euphorbia heterophylla resistance to ALS-inhibitors and tolerance to glyphosate in Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2013-06-01

    Full Text Available A utilização intensiva do glyphosate nas lavouras de soja Roundup Ready® (RR no Rio Grande do Sul (RS, nos últimos anos, pode ter selecionado biótipos de leiteira (Euphorbia heterophylla resistentes ao herbicida. Esse cenário dificultará ainda mais o manejo da espécie, já que permanecem indícios da presença de biótipos resistentes também em herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS. Assim, os objetivos deste trabalho foram avaliar a sensibilidade da leiteira a herbicidas inibidores da ALS e ao glyphosate, verificar a distribuição dos biótipos resistentes no RS e determinar os principais fatores agronômicos associados a falhas de controle. Para isso, amostras de sementes de plantas de leiteira foram coletadas em lavouras de soja RR localizadas em 56 municípios do Estado do RS. Por ocasião das coletas, os agricultores responderam a questionário que abordava o manejo das plantas daninhas na área. Usando-se as sementes coletadas, foram conduzidos dois experimentos em casa de vegetação: no primeiro, avaliou-se a resposta de 86 biótipos ao herbicida glyphosate, aplicado na dose de 2.160 g e.a. ha-1; e, no segundo, a resposta de 73 biótipos ao herbicida imazethapyr, aplicado na dose de 200 g i.a. ha-1. Os resultados obtidos evidenciam que todos os biótipos de leiteira avaliados são suscetíveis ao glyphosate, porém existem biótipos resistentes aos inibidores da ALS. As respostas do questionário indicam que práticas de manejo como uso de subdoses e/ou utilização intensiva do glyphosate e a ausência de rotação de culturas favorecem falhas no controle de leiteira pelo herbicida glyphosate em soja.The intensive use of glyphosate in Roundup Ready® (RR soybean fields in Rio Grande do Sul (RS, in recent years may have selected wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes resistant to the herbicide. This scenario will further complicate the management of this species, since evidence remains of the presence of

  11. Manejo de Conyza bonariensis resistente ao herbicida glyphosate Management of Glyphosate-resistant Conyza bonariensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.M. Paula

    2011-03-01

    Full Text Available C. bonariensis (Conyza bonariensis é uma planta daninha da família Asteraceae, amplamente distribuída no Brasil, com presença marcante nos Estados do Rio Grande do Sul e do Paraná. Biótipos de C. bonariensis resistentes ao glyphosate foram identificados nos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes manejos de inverno e na pré-semeadura da soja sobre a população de plantas de C. bonariensis resistente ao herbicida glyphosate. Os resultados evidenciaram que a população de C. bonariensis é maior em áreas mantidas sem cultivo (pousio do que naquelas áreas cultivadas com trigo ou aveia-preta durante o inverno. Observou-se que o trigo e a aveia-preta exercem efeito supressor sobre a população de C. bonariensis, proporcionando maior facilidade de controle com herbicida na pré-semeadura da cultura usada em sucessão. O controle de C. bonariensis resistente ao herbicida glyphosate foi satisfatório quando se utilizaram herbicidas pós-emergentes na cultura do trigo e glyphosate + 2,4-D ou glyphosate + diuron + paraquat na pré-semeadura da soja.Horseweed (Conyza bonariensis, which belongs to the Asteraceae family, is a weed species widely spread in Brazil. Horseweed biotypes resistant to glyphosate, the main herbicide used in Roundup Ready soybean fields, were identified in the states of Rio Grande do Sul and Parana. The aim of this study was to evaluate the effect of different winter and pre-sowing management techniques on soybean plant population of C. bonariensis resistant to glyphosate. The results showed that the population of C. bonariensis is larger in areas maintained fallow than in areas planted with wheat or oats during the winter. Wheat and oats were found to exert a suppressive effect on the population of C. bonariensis, providing greater ease of control with herbicide before seeding in the culture used in succession. The control of glyphosate-resistant C

  12. Resistência de azevém (Lolium multiflorum ao herbicida glyphosate Resistance of italian ryegrass (Lolium multiflorum to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.S. Roman

    2004-06-01

    Full Text Available O azevém é uma gramínea de ciclo anual, constituindo-se com freqüência em planta infestante em lavouras de trigo do Rio Grande do Sul. Em experimentos realizados em casa de vegetação e no campo, foi avaliada a suscetibilidade de dois biótipos de azevém ao herbicida glyphosate, bem como a eficiência de herbicidas de ação total na dessecação de Lolium multiflorum para a semeadura direta de trigo. O delineamento experimental foi completamente casualizado em casa de vegetação e de blocos ao acaso em campo, com três e quatro repetições, respectivamente. Foram avaliados herbicidas com mecanismos de ação distintos em diferentes doses: glyphosate, glufosinate, clethodim, haloxyfop-r e diclofop, paraquat e paraquat + diuron. Os resultados, em casa de vegetação, evidenciam que o biótipo sensível é totalmente controlado com glyphosate na dose de 360 g e.a. ha-1 e que doses de até 1.440 g e.a. ha-1 não afetam significativamente o acúmulo de matéria seca do biótipo resistente e produzem toxicidade inferior a 15% sobre este. Já as doses entre 1.440 e 5.760 g e.a. ha-1 de glyphosate reduzem significativamente a produção de matéria seca e resultam em toxicidade inferior a 45%. Em campo, os melhores controles de azevém foram propiciados pelos tratamentos clethodim (79,2 g ha-1 e diuron + paraquat (300 + 600 g ha-1, que não diferiram entre si. Assim, evidencia-se que a população de Lolium multiflorum avaliada neste trabalho é constituída predominantemente de um biótipo resistente aos herbicidas inibidores da enzima EPSPs.Italian ryegrass (Lolium multiflorum is cultivated as forage and/or cover crop in no-till system. However, it is also a serious weed in wheat and other winter cereals in Southern Brazil. Experiments were conducted at greenhouse and field conditions to evaluate the susceptibility of two ryegrass biotype to glyphosate as well as the efficacy of other herbicides on the post-emergence control of the species

  13. Cyperus difformis L. resistance to pyrazosulfuron-ethyl herbicide and option controlResistência de Cyperus difformis L. ao herbicida pyrazosulfuron-ethyl e alternativas de controle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alberto Noldin

    2011-08-01

    herbicidas inibidores de ALS. O objetivo da pesquisa foi estimar a dose necessária para controlar 50% da população (C50 e reduzir 50% da produção de massa da parte aérea seca (GR50 em biótipo resistente e suscetível de C. difformis e avaliar o controle destes biótipos com herbicidas alternativos recomendados para a espécie. Para isso, foram conduzidos dois experimentos em casa de vegetação, em delineamento experimental completamente casualizado, com quatro repetições. O experimento I constou de biótipo resistente (CYPDI 9 e suscetível (CYPDI 8 de C. difformis e doses do herbicida pyrazosulfuron-ethyl, correspondendo a 0; 0,5; 1; 1,5; 2; 2,5; 3; 4; 6; 8; 16; 32 e 64 vezes a dose registrada (20 g ha-1. As variáveis avaliadas foram controle visual e massa da parte aérea seca (MPAS aos 28 dias após a aplicação dos tratamentos (DAT. No experimento II os tratamentos constaram dos biótipos (CYPDI 9 e CYPDI 8, nove herbicidas: azimsulfuron (6g ha-1; bentazon (900g ha-1; bispyribac-sodium (48g ha-1; carfentrazone-ethyl (40g ha-1; ethoxysulfuron (72g ha-1; glyphosate (900g ha-1; penoxsulam (36g ha-1; propanil (3600g ha-1 e pyrazosulfuron-ethyl (20g ha-1 e testemunha que não recebeu herbicida. As variáveis avaliadas foram: controle visual aos 14, 21 e 28 DAT, área foliar (AF e MPAS aos 28 DAT. A resistência do biótipo de C. difformis ao pyrazosulfuron-ethyl é elevada e inviabiliza seu controle pelo herbicida e, os herbicidas carfentrazone-ethyl, bentazon e propanil, detentores de mecanismos de ação alternativos ao pyrazosulfuron-ethyl, controlam o biótipo resistente de C. difformis.

  14. A field survey of crop management practices and distribution of ALS resistant Euphorbia heterophylla in two states in southern Brazil Avaliação das práticas de manejo das lavouras e da distribuição geográfica de Euphorbia heterophylla resistente aos inibidores de als em dois estados do sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2004-09-01

    Full Text Available Herbicide resistance was reported in Brazil almost ten years ago. One of the main weeds with herbicide resistance is wild poinsettia (Euphorbia heterophylla. This work evaluates the distribution of ALS-resistant E. heterophylla in two states in southern Brazil and determines the major contributing management causes for weed resistance selection in the area. E. heterophylla seeds from 148 sites located in Paraná and Rio Grande do Sul were sampled during 2001 and 2002. Farmers provided specific site data for weed control, tillage system, crop rotation and harvesting operations during previous years. ALS resistant E. heterophylla biotypes were found widely distributed in the survey area. Data analysis suggests seed dissemination is unlikely to explain the widespread distribution of resistance. The most probable factor for the selection of the resistant E. heterophylla is the persistent high use of ALS-inhibiting herbicides over time. Indirect evidence is presented demonstrating the need to educate legislators and farmers about the importance of herbicide mixtures as a strategy to prevent herbicide resistance.A resistência aos herbicidas foi relatada no Brasil há quase uma década. Uma das principais plantas daninhas com resistência aos herbicidas é a leiteira (Euphorbia heterophylla. Este trabalho foi planejado para avaliar a distribuição geográfica de E. heterophylla resistente aos herbicidas nos estados do Paraná e Rio Grande do Sul e para obter dados que identificassem os principais fatores de manejo associados à seleção de biótipos resistentes na área. Sementes de E. heterophylla de 148 locais foram coletadas nos anos de 2001 e 2002. Em cada local, os agricultores informaram os procedimentos relativos a controle de plantas daninhas, sistema de preparo do solo, rotação de culturas e colheita. Este trabalho demonstrou que biótipos resistentes aos herbicidas inibidores da ALS estão amplamente distribuídos na região amostrada. A

  15. Resistance to ACCase inhibitors in Eleusine indica from Brazil involves a target site mutation Resistência aos inibidores de ACCase em Eleusine indica do Brasil envolve uma mutação na enzima alvo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.D. Osuna

    2012-09-01

    Full Text Available Eleusine indica (goosegrass is a diploid grass weed which has developed resistance to ACCase inhibitors during the last ten years due to the intensive and frequent use of sethoxydim to control grass weeds in soybean crops in Brazil. Plant dose-response assays confirmed the resistant behaviour of one biotype obtaining high resistance factor values: 143 (fenoxaprop, 126 (haloxyfop, 84 (sethoxydim to 58 (fluazifop. ACCase in vitro assays indicated a target site resistance as the main cause of reduced susceptibility to ACCase inhibitors. PCR-generated fragments of the ACCase CT domain of the resistant and sensitive reference biotype were sequenced and compared. A point mutation was detected within the triplet of aspartate at the amino acid position 2078 (referred to EMBL accession no. AJ310767 and resulted in the triplet of glycine. These results constitute the first report on a target site mutation for a Brazilian herbicide resistant grass weed.Eleusine indica (ELEIN é uma espécie monocotiledônea, diploide. No Brasil, ela desenvolveu resistência aos inibidores da ACCase durante os últimos dez anos, devido ao uso intensivo e frequente desses graminicidas para controlar plantas daninhas em lavouras de soja. Experimentos de dose-resposta realizados com a planta confirmaram a resistência de um biótipo. Houve elevada tolerância aos herbicidas, com fatores de resistência da ordem de 143 (fenoxaprop, 126 (haloxyfop, 84 (sethoxydim e 58 (fluazifop. Ensaios com a enzima ACCase in vitro indicaram a insensibilidade desta como a principal causa de suscetibilidade reduzida a esses herbicidas. Fragmentos de PCR gerados do domínio CT da enzima ACCase dos biótipos resistente e sensível de referência foram sequenciados e comparados. Foi detectada uma mutação dentro do tripleto de asparagina na posição do aminoácido 2078 (referente ao acesso número AJ310767 no EMBL, que resultou no tripleto de glicina. Esses resultados constituem o primeiro caso

  16. COWPEA TOLERANCE TO OXADIAZON TOLERÂNCIA DO FEIJÃO-CAUPI AO HERBICIDA OXADIAZON

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Ribeiro de Morais

    2009-12-01

    weed control; floristic inventory.

    O uso de herbicidas, para controle de plantas daninhas na cultura do feijão-caupi [Vigna unguiculata (L. Walp.], pode resultar em elevada eficácia de controle e menores custos de produção, quando comparados ao controle mecânico, principalmente capinas. Entretanto, são escassos os trabalhos de avaliação da tolerância desta cultura a herbicidas. Os objetivos deste trabalho foram avaliar a tolerância do feijão-caupi, variedade BRS Guariba, ao herbicida oxadiazon, aplicado em pré-emergência, com doses de 200 g, 400 g, 600 g, 800 g e 1.000 g de ingrediente ativo (i.a. ha-1, e a eficácia de controle de plantas daninhas. As plantas daninhas identificadas na área experimental foram Cleome affinis, Commelna benghalensis, Cyperus rotundus e Euphorbia heterophylla. As plantas da variedade foram muito tolerantes a todas as doses testadas e o nível de controle de plantas daninhas foi satisfatório. As produtividades de grãos obtidas com doses acima de 600 g i.a. ha-1 foi excelente, comparável à obtida com a realização de duas capinas, durante o período crítico de competição de plantas daninhas com a cultura, entre 20 e 40 dias após a emergência das plântulas (1.561 kg ha-1. A interferência negativa de plantas daninhas, durante todo o ciclo de vida da cultura, reduziu a produtividade de grãos em 59%.

  17. Crescimento do algodoeiro submetido ao herbicida trifloxysulfuron-sodium Growth of cotton treated with trifloxysulfuron-sodium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.S. Freitas

    2006-01-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito do trifloxysulfuron-sodium no crescimento do algodoeiro cultivar Fabrika. As plantas foram submetidas ou não a 7,5 g ha¹ de trifloxysulfuron-sodium, aos 19 dias após a emergência, quando estavam com quatro folhas verdadeiras (estádio V4. Os índices de crescimento das plantas foram determinados aos 0, 7, 14, 24, 36, 52 e 73 dias após aplicação do herbicida (DAA. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. A intoxicação causada pelo herbicida foi maior aos 20 dias após sua aplicação (DAA, com 35% de dano. O acúmulo de matéria seca do caule principal, do total de folhas, de folhas do ramo principal, da parte aérea e a área foliar aumentaram com o desenvolvimento da cultura. Entretanto, o ponto de máximo crescimento para essas características foi atingido mais precocemente nas plantas-controle, exceto para área foliar total. De modo geral, a taxa de crescimento absoluto, a taxa de crescimento relativo e a taxa assimilatória líquida foram menores nas avaliações iniciais, nas plantas submetidas ao herbicida. As plantas-controle apresentaram redução mais acentuada na razão de área foliar que as submetidas ao herbicida. O trifloxysulfuron-sodium também causou atraso no crescimento das maçãs, que apresentaram metade do acúmulo de matéria seca em relação às plantas-controle, aos 52 DAA; todavia, a produção de algodão em caroço foi semelhante entre os tratamentos. O trifloxysulfuron-sodium influenciou negativamente o crescimento do algodoeiro, principalmente nas primeiras semanas após sua aplicação. Entretanto, a rápida recuperação da planta tratada possibilitou produção de algodão em caroço semelhante àquela obtida com as plantas-controle.This work was carried out under greenhouse conditions to evaluate the effect of trifloxysulfuron-sodium on the growth of the cotton cultivar Fabrika. The plants were

  18. Resistência de genótipos de soja ao herbicida glyphosate Resistance of soybean genotypes to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E Matsuo

    2009-12-01

    Full Text Available Avaliou-se a resistência de dez genótipos de soja (Glycine max ao herbicida glyphosate. Foi adotado o esquema fatorial 10 x 4, no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. O fator A foi composto por dez genótipos de soja, e o B, por quatro doses de glyphosate. A aplicação do herbicida foi realizada no momento em que as plantas de soja apresentavam a segunda folha trifoliolada completamente desenvolvida. Avaliaramse os caracteres: intoxicação das plantas, número de nós da haste principal, altura das plantas e massa seca das plantas. Na avaliação da intoxicação de plantas, tanto aos quatro dias após a aplicação (DAA do herbicida quanto aos 28 DAA, os genótipos convencionais apresentaram médias superiores estatisticamente em comparação com genótipos resistentes ao glyphosate (RR. Verificou-se que, nas avaliações realizadas ao 0 DAA ou aos 28 DAA sob 0,0 g e.a. ha¹, as respostas dos genótipos foram diferentes em todos os caracteres avaliados, com exceção do número de nós aos 28 DAA. Essas diferenças podem ser atribuídas aos efeitos fisiológicos e ambientais ou a características do próprio material. Nas demais doses, os genótipos RR comportaram-se de maneira desejável em detrimento dos genótipos convencionais. Ao considerar todos os caracteres avaliados, pode-se afirmar que Valiosa RR, BCR945G110, BCR945G114, BCR892G132, BCR892G140, BCR1067G210, BCR1070G244 e M-SOY 8008RR comportaram-se de forma semelhante quanto à resistência ao glyphosate quando submetidos até a dose de 2.160 g e.a. ha-1 .Resistance of ten soybean genotypes (Glycine max to the herbicide glyphosate was evaluated. The randomized block experimental design was used under factorial scheme 10 x 4 and four replicates. Factor A was composed of 10 soybean genotypes and factor B of four glyphosate doses. The herbicide was applied when the second trifoliate leaf of the soybean plants was completely developed. The following characters

  19. Diagnóstico da resistência aos herbicidas em plantas daninhas Diagnosis of herbicide resistance in weeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2006-09-01

    Full Text Available A resistência de plantas daninhas aos herbicidas caracteriza-se como um fenômeno evolutivo, decorrente da seleção imposta por estes. Esse é um problema grave que vem aumentando nos últimos anos nas áreas agrícolas em todo o mundo. A prevenção por meio de métodos alternativos de manejo atrasa o aparecimento de plantas resistentes, porém o monitoramento periódico das lavouras é a melhor forma de evitar a disseminação quando do surgimento da resistência. Métodos diagnósticos rápidos, eficazes e precisos são úteis na confirmação dos casos de resistência, evitando a disseminação de sementes na área. Diversos métodos têm sido desenvolvidos nos últimos anos, buscando agilizar o diagnóstico da resistência. Recentemente, métodos desenvolvidos através do uso da biotecnologia têm sido aprimorados e mostram uma tendência para o futuro na detecção da resistência aos herbicidas pelas plantas daninhas. No presente trabalho, objetivou-se discutir os métodos para diagnóstico da resistência em plantas daninhas aos herbicidas relatados pela literatura, apresentando suas vantagens e desvantagens, bem como abordando suas possibilidades de aplicação.Weed resistance to herbicides is an evolutive phenomenon caused by the selection imposed by the herbicides. This serious problem has been increasing in the last years in agricultural areas. Prevention through alternative management methods delays the appearance of resistant weeds. However, periodic monitoring of farmlands is the best way to avoid the spreading of the selected resistance biotypes. Fast, efficient and precise diagnosis methods are useful in the confirmation of resistance cases avoiding seed dissemination. Different methods have been developed in the last years seeking to improve resistance diagnosis. Recent methods developed through biotechnology have been improved and are promising methods for herbicide resistant weed detection.

  20. Competitiveness of ALS inhibitors resistant and susceptible biotypes of Greater Beggarticks (Bidens subalternans Competitividade de biótipos de Picão-Preto (Bidens subalternans Resistente e euscetível aos inibidores da ALS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.P. Lamego

    2011-06-01

    Full Text Available The continuous use of ALS-inhibiting herbicides has led to the evolution of herbicide-resistant weeds worldwide. Greater beggarticks is one of the most troublesome weeds found in the soybean production system in Brazil. Recently, a greater beggarticks biotype that is resistant (R to ALS inhibitors due to Trp574Leu mutation in the ALS gene was identified. Also, the adaptive traits between susceptible (S and R to ALS inhibitors biotypes of greater beggarticks were compared. Specifically, we aimed to: (1 evaluate and compare the relative growth rates (RGR between the biotypes; (2 analyze the seed germination characteristics of R and S biotypes under different temperature conditions; and (3 evaluate their competitive ability in a replacement series study. The experiments were conducted at the University of Arkansas, USA, in 2007 and at Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Federal University of Rio Grande do Sul, Brazil, in 2008. Plant proportions for replacement series studies were respectively 100:0, 75:25, 50:50, 25:75 and 0:100, with a total population of 150 plants m-2. There was no difference in RGR between R and S biotypes. The R-biotype germination rate was lower than that of the S biotype. However, at low temperature conditions (15 ºC, the reverse was observed. In general, there is no difference in the competitive ability between R and S greater beggarticks biotypes.O uso contínuo de herbicidas inibidores da ALS tem levado à evolução de plantas daninhas resistentes mundialmente. Picão-preto é uma das mais importantes plantas daninhas no sistema de produção de soja no Brasil. Recentemente, foi identificado um biótipo de picao-preto resistente (R aos inibidores da ALS devido à mutação Trp574Leu no gene ALS. Também, foram comparadas características adaptativas entre biótipos de picao-preto suscetível (S e R aos inibidores da ALS. Especificamente, os objetivos deste trabalho foram: (1 avaliar e comparar o crescimento

  1. Persistência do herbicida imazaquin associado ao glyphosate ou paraquat em plantio direto Persistence of imazaquin associated to glyphosate or paraquat under no-tillage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A Vidal

    2010-12-01

    Full Text Available A prática de associar herbicidas residuais no momento da dessecação tem ganhado destaque em razão da possibilidade de mitigar problemas decorrentes da resistência de plantas daninhas a herbicidas. Objetivou-se com este trabalho determinar a persistência do herbicida residual imazaquin, associado com os herbicidas dessecantes glyphosate ou paraquat em plantio direto. O trabalho foi realizado em campo e em câmara de crescimento, sob Argissolo Vermelho distrófico típico, contendo 28% de argila. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com quatro repetições, sendo os tratamentos distribuídos em parcelas subdivididas. Nas parcelas principais, foram aplicados os herbicidas paraquat (600 g ha-1 ou glyphosate (720 g ha-1; e nas subparcelas, o herbicida residual imazaquin (300 g ha-1 associado ou aplicado sequencialmente aos herbicidas dessecantes, além de uma testemunha contendo apenas herbicida glyphosate, sem aplicação do herbicida residual. A persistência do imazaquin é maior na presença do glyphosate do que na do paraquat. Não há diferença entre aplicação simultânea e sequencial dos herbicidas dessecantes e residuais.The practice of associating non-selective and residual herbicides is becoming increasingly used as it may mitigate problems related to weed resistance to herbicides. This work aimed to evaluate the persistence of the residual herbicide imazaquin when applied simultaneously or in sequence to the non-selective herbicides paraquat and glyphosate, under field conditions and growing chamber, respectively. The experiment was carried out the Agronomic Experimental Station of the Universidade Federal do Rio Grande do Sul (EEA/UFRGS, and at the School of Agronomy of the UFRGS using typical Dystrophic Red Argisol (Ultisol composed by 28% of clay. The experiments were arranged in a randomized block design, in split-plots with four replications. The non-selective herbicides (paraquat, 600 g ha-1 or glyphosate

  2. Análise do risco da ocorrência de biotipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas The risk of finding herbicide resistant weed biotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribas A. Vidal

    1997-01-01

    Full Text Available A análise do risco da ocorrência de biótipos de planta s daninhas resistentes aos herbicidas dispõe de fundamentos teóricos adequados, porém é limitada pela falta de mais informações genéticas das espécies daninhas. O risco de encontrar uma área infestada com biótipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas depende de dois aspectos: da probabilidade de seleção de um mutante resistente a certo mecanismo de ação herbicida; e da probabilidade de infestação da área com plantas resistentes, a partir daquele mutante selecionado. O objetivo deste trabalho foi estudar a influência de fatores genéticos na probabilidade de seleção de um mutante resistente a determinado mecanismo de ação herbicida e assim prever o risco de serem encontrados biótipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas. Os fatores que determinam a probabilidade de selecionar um mutante resistente aos herbicidas podem ser agrupados em três categorias: os relacionados à genética da resistência; os relacionados ao número de plantas daninhas sob seleção; e os relacionados ao herbicida. Os fatores relacionados à genética da resistência são dependentes da freqüência inicial do alelo de resistência, da dominância e do tipo de polinização da espécie. Os fatores relacionados ao número de indivíduos são a área tratada com o herbicida e o grau de infestação da área. Os fatores relacionados aos herbicidas são o seu mecanismo de ação e a sua freqüência de uso na área. As previsões matemáticas indicam alto risco de ocorrência de resistência em áreas com alta infestação de plantas daninhas e que são aspergidas com herbicidas cujos mecanismos de ação apresentam histórico de alta freqüência inicial do alelo de resistência nas populações de plantas daninhas.The prediction of occurrence of weed resistance to herbicides is limited by the scarcity of informat ion on weed genetics. The risk of finding a resistant weed

  3. Bioensaios para diagnóstico da resistência aos herbicidas imidazolinonas em arroz Bioassays for diagnosis of resistance to the herbicides imidazolinones in rice plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C. Roso

    2010-06-01

    Full Text Available Cultivares de arroz resistentes aos herbicidas imidazolinonas têm proporcionado a utilização destes para o controle do arroz-vermelho, que é um dos principais problemas da cultura do arroz irrigado. No entanto, biótipos de arroz-vermelho resistentes aos herbicidas imidazolinonas têm ocorrido em várias lavouras dessa cultura. O objetivo deste trabalho foi desenvolver métodos expeditos para a identificação de plantas de arroz resistentes aos herbicidas imidazolinonas em diferentes fases do desenvolvimento da planta. Foram utilizados os cultivares de arroz IRGA 422 CL, SATOR CL e PUITÁ INTA CL como padrão resistente aos herbicidas imidazolinonas, e o cultivar IRGA 417, como padrão suscetível. Os bioensaios realizados em sementes, plântulas e afilhos discriminaram de forma efetiva e rápida plantas de arroz resistentes e suscetíveis. As concentrações discriminadoras aos herbicidas imazethapyr + imazapic para os bioensaios de sementes, plântulas e afilhos foram de 0,01, 4 e 3 mM, respectivamente. A utilização desses bioensaios permite a identificação de indivíduos resistentes mesmo durante o desenvolvimento da lavoura, proporcionando assim a adoção de medidas que possam manter a sustentabilidade do controle de arroz-vermelho por meio de cultivares resistentes aos herbicidas.Red rice is the most troublesome weed in rice paddy fields. Herbicide resistant rice cultivars allow red rice control through the herbicides imidazolinones. However, imidazolinone resistant red rice biotypes have occurred in several rice paddy fields. The aim of this study was to develop rapid methods to identify imidazolinone resistant rice plants at different stages of rice plant development. The rice cultivars IRGA 422 CL, SATOR CL and PUITÁ INTA CL were used as well-known resistant cultivars, and IRGA 417 as a well-known susceptible check. The seed, seedling, and tiller bioassays discriminated resistant and susceptible plants efficiently, being

  4. Pigmentos fotossintéticos em azevém suscetível e resistente ao herbicida glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Edu Kaspary

    2014-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi quantificar o teor de pigmentos fotossintéticos em biótipos de azevém (Lolium multiflorum suscetíveis e resistentes ao glyphosate, por dois diferentes métodos, bem como, estabelecer uma correlação entre o índice de clorofila obtido pelo equipamento portátil e a metodologia clássica (clorofila extraível. Um experimento foi conduzido em casa de vegetação e laboratório da Universidade Federal de Santa Maria, Campus de Frederico Westphalen - RS - em esquema fatorial 2X4, em que o fator A equivaleu aos biótipos de azevém (resistente e suscetível a glyphosate e o fator B a estádios de desenvolvimento das plantas (afilhamento, vegetativo I e II, e reprodutivo. O biótipo de azevém suscetível apresentou maiores teores de clorofila a, b, total e carotenoides, inferindo em um maior potencial competitivo frente ao biótipo resistente ao herbicida. A determinação do teor de clorofila pelo determinador portátil apresentou alta correlação com o método clássico de determinação de pigmentos fotossintéticos, podendo, assim, ser usado com precisão na avaliação deste, proporcionando economia de tempo bem como do uso de reagentes.

  5. Ação de herbicidas sobre mecanismos de defesa das plantas aos patógenos

    OpenAIRE

    Rizzardi Mauro Antônio; Fleck Nilson Gilberto; Agostinetto Dirceu; Balbinot Jr. Alvadi Antônio

    2003-01-01

    As plantas necessitam defender-se continuamente do ataque de agentes biológicos e de estresses do ambiente. A imobilidade e a falta de sistema imunológico, como ocorre em animais, fizeram com que as plantas desenvolvessem mecanismos de defesa, em que cada célula possui tanto capacidade de defesa induzida quanto pré-formada. No entanto, esses mecanismos podem ser influenciados pelo uso de herbicidas. A presente revisão objetivou apresentar os efeitos de herbicidas em mecanismos de defesa das p...

  6. Resistência de Conyza canadensis e C. bonariensis ao herbicida glyphosate Glyphosate-resistance in Conyza canadensis and C. bonariensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.S. Moreira

    2007-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar, por meio de curvas de dose-resposta, a ocorrência de biótipos resistentes ao herbicida glyphosate em populações de Conyza canadensis e C. bonariensis, bem como propor tratamentos alternativos para esses biótipos. Os experimentos foram realizados em casa de vegetação, utilizando-se três populações de cada espécie: duas com suspeita de resistência ao herbicida glyphosate, coletadas em pomares de laranja localizados em duas regiões diferentes do Estado de São Paulo; e uma suscetível, coletada em área sem histórico de aplicação do herbicida. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. Para cada espécie, os tratamentos foram resultado da combinação fatorial entre as três populações e os tratamentos herbicidas (oito doses de glyphosate ou cinco tratamentos alternativos. As doses de glyphosate foram (g e.a. ha¹: 90, 180, 360, 720, 1.440, 2.880, 5.760 e testemunha sem aplicação. Como alternativas de controle, foram testados os seguintes tratamentos (g ha-1: glyphosate + 2,4-D (1.440 + 1.005, glyphosate + metsulfuron (1.440 + 2,4, glyphosate + metsulfuron (1.440 + 3,6, glyphosate + metribuzin (1.440 + 480 e testemunha sem aplicação. A partir dos resultados, comprovou-se a existência de populações de ambas as espécies com biótipos resistentes ao herbicida glyphosate, com diferentes níveis de resistência. Todos os tratamentos herbicidas alternativos controlaram de forma eficiente as três populações de cada espécie.The objective of this research was to evaluate, through dose-response curves, the occurrence of glyphosate-resistant biotypes in populations of Conyza canadensis and C. bonariensis; as well as to propose alternative treatments to these biotypes. The experiments were conducted in a greenhouse, using three populations of each species: two with suspicion of resistance to the herbicide glyphosate, and collected in orange orchards

  7. Ação de herbicidas sobre mecanismos de defesa das plantas aos patógenos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rizzardi Mauro Antônio

    2003-01-01

    Full Text Available As plantas necessitam defender-se continuamente do ataque de agentes biológicos e de estresses do ambiente. A imobilidade e a falta de sistema imunológico, como ocorre em animais, fizeram com que as plantas desenvolvessem mecanismos de defesa, em que cada célula possui tanto capacidade de defesa induzida quanto pré-formada. No entanto, esses mecanismos podem ser influenciados pelo uso de herbicidas. A presente revisão objetivou apresentar os efeitos de herbicidas em mecanismos de defesa das plantas contra patógenos, bem como analisar as possíveis conseqüências desse conhecimento no manejo de plantas daninhas e de culturas. Alguns herbicidas influenciam a severidade de doenças, induzindo ou inibindo a síntese de fitoalexinas. Herbicidas do grupo químico difeniléteres geram espécies reativas de oxigênio, as quais mediam a ativação de genes de defesa responsáveis pela síntese de fitoalexinas e também por reação de hipersensibilidade. O uso de subdoses de glyphosate ocasiona efeito contrário, diminuindo a produção de fitoalexinas e aumentando a severidade de doenças. A constatação desses efeitos requer a adoção de estratégias de manejo que minimizem seus impactos negativos ou que se beneficiem desses efeitos, como pode ocorrer quando do uso de bioherbicidas.

  8. Variabilidade genética e sensibilidade de acessos de Pistia stratiotes ao herbicida glyphosate Genetic variability and sensitivity of Pistia stratiotes accesses to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.A.S. Cícero

    2007-09-01

    Full Text Available A alface-d'água (Pistia stratiotes é uma das principais entre as macrófitas aquáticas que causam problemas em corpos hídricos no Brasil e são consideradas como plantas daninhas. O presente trabalho foi realizado com os objetivos de conhecer melhor a variabilidade genética dessa macrófita e relacionar essa variabilidade com a resposta à aplicação do herbicida glyphosate. Para isso, foram coletados indivíduos em 12 corpos hídricos em diferentes cidades do território nacional (Americana, Cambaratiba, Curitiba, Itapura, Jaboticabal, Lagoa Santa, Piraí, Rio Grande, Rubinéia, Salto Grande, Santa Gertrudes e Três Lagoas. Os acessos foram caracterizados pelo uso de marcadores RAPD (DNA Polimórfico Amplificado ao Acaso, que permitiram, com o auxílio de iniciadores aleatórios, a caracterização dos locos polimórficos identificados por uma matriz de ausência e presença de bandas. Utilizando essa matriz, a análise de agrupamento permitiu nítida classificação dos acessos em três grupos com diferenças genéticas entre eles. Um ensaio de controle químico, com plantas mantidas em vasos plásticos (5 L e pulverizadas com o herbicida glyphosate nas concentrações de 0,0, 0,6, 1,2, 1,8 e 2,4 kg ha-1, identificou, utilizando avaliações aos 7, 14 e 21 dias após aplicação, que as duas maiores doses promoveram melhor efeito herbicida. Foi verificado também que os acessos de Curitiba e Cambaratiba apresentaram menor suscetibilidade ao herbicida glyphosate. Não houve correspondência entre a estrutura de grupos dos acessos pela análise multivariada de agrupamento com a técnica RAPD e a suscetibilidade da alface-d'água ao glyphosate.Water lettuce (Pistia stratiotes is one the most important macrophytes, classified as weed and causing serious problems in watercourses in Brazil. The aim of this research was to evaluate the genetic variability of water lettuce and its relationship with this plant's susceptibility to glyphosate

  9. Resposta do arroz irrigado ao uso de inibidor de urease em plantio direto e convencional Response of rice to the use of urease inhibitor in no-tillage and conventional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Grohs

    2011-04-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi avaliar a volatilização de N-NH3 e a resposta do arroz irrigado ao uso de ureia com inibidor de urease em dois sistemas de cultivo, direto e convencional. Para tanto, desenvolveu-se um experimento em campo, no ano agrícola 2008/09, na UFSM em Santa Maria/RS. O delineamento utilizado foi de blocos ao acaso em esquema bifatorial (2x5, sendo o fator A constituído por ureia e ureia revestida com B e Cu (inibidor de urease e o fator B composto por diferentes intervalos de entrada de água (0, 3, 6, 9, 12 dias após a aplicação das fontes de nitrogênio (N. Os resultados demonstram que o inibidor de urease retarda e diminui a conversão de N para NH3, reduzindo as perdas por volatilização, comparativamente à ureia sem inibidor. Entre os sistemas, as perdas são potencializadas no sistema plantio direto. O inibidor de urease não traz benefícios à produtividade em qualquer um dos sistemas de cultivo utilizados e o estresse causado na planta de arroz pelo atraso no início da irrigação é mais prejudicial do que as perdas causadas pela volatilização de N-NH3.The objective of this work was to measure the N-NH3 volatilization and the response of irrigated rice to the use of urea with urease inhibitor in two cropping systems, no-tillage and conventional. For this, an experiment in field was performed in the crop year 2008/09, at the UFSM in Santa Maria/RS. A random block in factorial scheme (2x5, with the factor A consisting of two nitrogen (N sources, urea and urea coated with B and Cu (urease inhibitor and the factor B consisting of different intervals of water intake (0, 3, 6, 9, 12 days after the application of N sources. The results demonstrated that the urease inhibitor slows and decreases the conversion of N to NH3, reducing the losses by volatilization, comparatively to urea without inhibitor. Between the systems, the losses were increased in the no-tillage system. The urease inhibitor does not add

  10. Fenologia da trapoeraba como indicador para tolerância ao herbicida glyphosate Phenology of bengal dayflower as indicator of glyphosate tolerance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C.R Dias

    2013-03-01

    Full Text Available Rotineiramente, tem sido desconsiderada a contribuição do estádio de desenvolvimento das espécies de plantas daninhas nas análises de tolerância ou resistência a herbicidas, o que pode resultar em divergências entre a pesquisa teórica e a aplicação prática dos dados. Nesse sentido, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a resposta biológica da trapoeraba (Commelina benghalensis, comparativamente ao capim-marmelada (Brachiaria plantaginea, a aplicações de doses do herbicida glyphosate, em seis estádios fenológicos. Dois experimentos foram desenvolvidos em casa de vegetação, submetendo-se plantas de trapoeraba e capim-marmelada ao esquema fatorial de tratamentos 9 x 6, em que nove foram as doses de glyphosate e seis foram os estádios fenológicos das plantas daninhas, variáveis entre a emissão da primeira folha definitiva e o início do florescimento. Por meio do emprego de curvas de dose-resposta e de regressões polinomiais, concluiu-se que o estádio de desenvolvimento da trapoeraba contribui significativamente para o grau de tolerância da espécie ao herbicida glyphosate, de modo que, comparativamente ao capim-marmelada, plantas de trapoeraba tornam-se quatro vezes mais tolerantes ao glyphosate a cada dez unidades de desenvolvimento fenológico na escala BBCH. Essas considerações possuem importante aplicabilidade prática, justificando medidas de controle químico em estádios iniciais do crescimento da trapoeraba.The importance of the phenological development of weeds has been frequently ignored when analyzing plant-herbicide tolerance or resistance, what may result on divergences between theoretical research and practical data application. Thus, this work was carried out to evaluate the biological response of Bengal dayflower (Commelina benghalensis, comparatively to alexandergrass (Brachiaria plantaginea, to the application of different rates of glyphosate, at six phenological stages. Two

  11. Eficiência de diversos equipamentos para incorporação ao solo do herbicida trifluralin Incorporation of herbicides to soils using different equipments - a comparative study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gastao Moraes da Silveira

    1985-01-01

    Full Text Available Estudou-se no presente trabalho a eficiência da grade de discos, enxada rotativa, grade de dentes flexíveis e grade de dentes rotativos na incorporação de trifluralin para cultura de algodão, nos anos agrícolas 1978/79 e 1979/80. Em laboratório, procurou-se verificar a profundidade de atuação do herbicida, mediante amostras de solo nas quais foram semeadas "plantas-teste". A enxada rotativa foi o equipamento de maior eficiência na incorporação do herbicida ao solo. Quanto à grade de discos, o equipamento mais utilizado nesta prática, obteve-se maior eficiência de incorporação efetuando-se duas passadas, com sobreposição de meia grade, a diferentes profundidades.This research investigates the efficiency of trifluralin incorporation in soils using four different equipments, such as, disk harrow, rotary plow, flexible spiketooth harrow and rotary hoe, during 1978/1979 and 1979/1980, at Campinas, State of São Paulo, Brazil, in cotton fields. Laboratory tests were also carried out to verify the depth of the herbicide action using soil samples collected through special cylinders with known diameter and height and sowing seeds of check plants. Rotary plow showed the best results. In regarding to the disk harrow, normally used to incorporate trifluralin, double harrowing at different depths is suggested as a good practice, superposing up to half harrowing width in the second pass.

  12. Injúria potencial de herbicidas de solo ao girassol: II - chlorimuron-ethyl Potential suflower injury by soil applied herbicides: II - chlorimuron-ethyl

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson G. Fleck

    1993-01-01

    Full Text Available Conduziu-se um ensaio de campo na Estação Experimental Agronômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Eldorado do Sul, RS em 1989/90. O objetivo do trabalho foi determinar o efeito residual potencial do herbicida chlorimuron-ethyl aplicado em três doses à superficie do solo (PRE ou incorporado no mesmo (PPI, sobre a cultura de girassol. A atividade de chlorimuron-ethyl (etil 2-((((4-cloro-6-metoxipirimidina-2 ilaminocarbonilaminosulfonilbenzoato não foi dependente de sua posição no solo. Chlorimuron-ethyl promoveu injúria inicial acentuada, constatando-se pouca ou nenhuma resposta ao aumento da dose para matéria seca da parte aérea do girassol, área foliar e estatura das plântulas. Contudo, avaliação de estatura das plantas, realizada na maturação fisiológica, indicou que os danos promovidos pelo herbicida reduziram-se com o decorrer do tempo. Concluiu-se que, aparentemente, num sistema de sucessão soja-girassol, o efeito residual potencial de chlorimuron-ethyl ao girassol é pequeno.A field experiment was carried out during 1989/90 at the Eldorado do Sul Experimental Station of Federal University of Rio Grande do Sul, Brazil with the objective of evaluating potencial injury to sunflower by chlorimuron-ethyl applied at three different dosages in pre-emergence (PRE or preplant incorporated (PPI. Chlorimuron-ethyl activity was not dependent on the application method. Early in the season there were higher levels of injury to the plants, with little or no response to dosages with regard to shoot weight, leaf area and seedling size. However, plant height assessed late in the season indicated recovery from initial symptoms. Apparently, chlorimuron-ethyl injury to sunflower is limited in a rotation soybean-sunflower.

  13. Plantas transgênicas resistentes aos herbicidas: situação e perspectivas Resistant transgenic plants to the herbicide: situation and perspectives

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Andréa Monquero

    2005-01-01

    Full Text Available Organismos geneticamente modificados (OGMs ou transgênicos podem ser plantas, animais ou microorganismos que tiveram no seu material genético a introdução de DNA proveniente de outro organismo. Em alguns casos, esse organismo poder ser outro individuo da mesma espécie, ou o mais comum, de outra espécie com o qual não há cruzamento natural. O uso dessa técnica no melhoramento de plantas permitirá aumentar a produção, reduzir perdas na pós-colheita, obter culturas mais tolerantes ao estresse ambiental, obter culturas que usem mais eficientemente nitrogênio e fósforo; aumentar o valor nutricional dos alimentos; obter plantas resistentes a herbicidas, pragas e ou doenças; desenvolver alternativas para indústrias como as de combustíveis e farmacêuticas. Alguns consumidores acreditam que OGM não é natural e que o melhoramento convencional é melhor, pois segue os princípios naturais de seleção ou usa mutações naturais. Entretanto, é possível e muito comum obter combinações indesejáveis de genes através do melhoramento tradicional. Com relação a culturas resistentes a herbicidas, várias preocupações podem ser destacadas. Essas incluem: (a deriva de herbicida para vegetação suscetível vizinha à cultura tolerante; (b cultura resistente ao herbicida pode tornar-se planta daninha de difícil controle; (c uso ilegal de sementes; (d reação pública negativa à engenharia genética; (e escape de genes para espécies nativas e (f seleção de biótipos resistentes ou de espécies tolerantes ao herbicida utilizado. A geração dos organismos geneticamente modificados tem sido alvo de polêmica e discussão nos diversos segmentos da sociedade. Porém, não se deve generalizar o uso dos transgênicos, pois cada um deve ser analisado quanto às suas vantagens, desvantagens e contribuição à melhoria da qualidade de vida.Genetically modified organisms (GMOs or transgenic may be plants, animals or microorganisms that have

  14. Efeito de deriva simulada de herbicida inibidor de ALS nos componentes da produtividade do arroz irrigado Simulated drift effects of an ALS inhibitor herbicide on yield components of flooded rice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T. Dal Magro

    2006-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi quantificar os efeitos causados pela deriva simulada do herbicida imazethapyr + imazapic nos componentes da produtividade de grãos de arroz irrigado, em função da época de início da irrigação por inundação. Para isso, foi conduzido experimento no ano agrícola 2003/04, em condições de campo, no Centro Agropecuário da Palma (CAP/UFPel. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com quatro repetições. A deriva foi simulada pela aplicação de doses crescentes do herbicida imazethapyr + imazapic, correspondendo a 0; 3,125; 6,25; 12,5; 25; 50; e 100% da dose comercial, acrescido de Dash a 0,5% v/v, sobre as plantas de arroz, cultivar BRS Pelota, em estádios fenológicos V3 - V4, com inundação três dias antes ou após a aplicação dos tratamentos. A aplicação foi feita com pulverizador costal, pressurizado a CO2, munido de barra com bicos 110.015 do tipo leque a uma pressão constante de 210 kPa, que proporcionou a aplicação de 150 L ha-1 de calda herbicida. As variáveis avaliadas foram: número de colmos, em estádio R3, número de grãos por panícula, número de espiguetas estéreis, peso de mil grãos e produtividade de grãos, determinados por ocasião da colheita. O herbicida imazethapyr + imazapic reduziu o número de colmos de arroz, o número de grãos e de espiguetas estéreis por panícula, o peso de mil grãos e a produtividade de grãos com o aumento da dose aplicada, quando esta ocorreu em cultura mantida no seco. A antecipação do início da irrigação por inundação, em lavouras semeadas com cultivar suscetível, evita possíveis prejuízos ocasionados por deriva de imazethapyr + imazapic no número de colmos, número de grãos e espiguetas estéreis por panícula, peso de mil grãos e produtividade de grãos.This work aimed to quantify effects on yield components of rice, cultivar Pelota, caused by a simulated spray drift of imazethapyr + imazapic

  15. Tolerância de cultivares de arroz irrigado (Oryza sativa ao herbicida nicosulfuron e à mistura formulada de imazethapyr + imazapic Tolerance of rice (Oryza sativa cultivars to nicosulfuron and to the formulated mixture imazethapyr + imazapic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.C. Fontona

    2007-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a tolerância de cultivares de arroz irrigado ao herbicida nicosulfuron e à mistura formulada de imazethapyr + imazapic. Para isso, foram conduzidos experimentos em casa de vegetação da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (UFPel, no município de Capão do Leão (RS. Os tratamentos constaram de dois cultivares de arroz irrigado (IRGA 417 e IRGA 422CL e de sete doses dos herbicidas imazethapyr + imazapic e nicosulfuron, aplicados em arroz (estádios de desenvolvimento V2 ou V4. As variáveis analisadas foram fitotoxicidade dos herbicidas, estatura de planta, massa seca da parte aérea e área foliar. Houve interações significativas entre os fatores estudados para as variáveis-respostas avaliadas. Incrementos nas doses dos herbicidas resultaram em respostas crescentes de fitotoxicidade ao arroz, resultando em redução no crescimento das plantas. O cultivar IRGA 417 foi suscetível à ação dos herbicidas. Por sua vez, a tolerância do cultivar IRGA 422CL não é restrita à mistura formulada de imazethapyr + imazapic, ocorrendo também para o herbicida nicosulfuron.The objective of this study was to evaluate the tolerance of rice cultivars to the formulated mixture of nicosulfuron and imazethapyr + imazapic. Greenhouse experiments were carried out at the Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (UFPel in Capão do Leão (RS. The treatments consisted of two rice cultivars ('IRGA 417' and 'IRGA 422CL' and seven rates of the herbicides imazethapyr + imazapic and nicosulfuron, applied on rice (stages V2 or V4. The variables evaluated were herbicide injury, plant height, shoot dry biomass and leaf area. Significant interactions were found among the factors tested for the response-variables evaluated. Increased herbicide rates resulted in increased rice injury responses leading to decreases in plant height, biomass, and leaf area. 'IRGA 417' cultivar was susceptible to the herbicides. On the other hand, the

  16. Depressão vascular no idoso: resposta ao tratamento antidepressivo associado a inibidor das colinesterases Vascular depression in elderly: response to treatment with antidepressant associated to cholinesterase inhibitor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Barcelos

    2007-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Entre os transtornos neuropsiquiátricos ocasionados por eventos cerebrovasculares, a depressão vascular é pouco diagnosticada por médicos não especialistas, causando aumento da morbimortalidade de pacientes idosos. CASO CLÍNICO: Trata-se de um paciente com 67 anos que apresentou resposta parcial a tratamento com inibidores da recaptura de serotonina e efeitos adversos autonômicos graves com outros antidepressivos. A adição de rivastigmina ao citalopram promoveu sucesso terapêutico, com redução de 23 para 7 pontos, na escala de Hamilton para depressão. DISCUSSÃO: O resultado obtido traz novas perspectivas para o tratamento da depressão vascular, sendo necessários ensaios clínicos controlados que evidenciem o benefício da adição dos inibidores das colinesterases aos antidepressivos no tratamento destes pacientes.CONTEXT: Among neuropsychiatric disorders caused by cerebrovascular factors, vascular depression is diagnosed in a small degree by general practitioners, causing morbid-mortality increase in elderly. CASE REPORT: That is a case of a 67 year-old-man with partial response after treatment with a Selective Serotonin Receptors Inhibitor, and severe autonomic adverse effects with other antidepressants. The addition of rivastigmine to citalopram resulted in a therapeutic success, with a reduction of 23 to 7 points on the Hamilton Depressive Scale (HAM-D. DISCUSSION: The result obtained brings new perspectives to the treatment of vascular depression, providing that randomized controlled trials with larger sample sizes confirm the positive effect of the addition of a cholinesterase inhibitor to antidepressants in the treatment of these patients.

  17. Persistência do herbicida S-metolachlor associado ao glyphosate ou paraquat em plantio direto Persistence of S-metolachlor associated to glyphosate or paraquat under no-tillage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.L. Nunes

    2008-06-01

    Full Text Available A associação de herbicidas dessecantes com efeito residual é comum entre os agricultores no manejo das áreas sob semeadura direta. Essa prática permite a dessecação da cultura de inverno a ser utilizada como cobertura morta e, também, evita a reinfestação por plantas daninhas na cultura de verão durante parte de seu ciclo. O objetivo do presente trabalho foi determinar a persistência do herbicida residual S-metolachlor, quando associado com os herbicidas dessecantes glyphosate ou paraquat, aplicados sobre cobertura vegetal. O trabalho foi realizado a campo na Estação Experimental Agronômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (EEA/UFRGS e em câmara de crescimento da Faculdade de Agronomia da UFRGS, sob Argissolo Vermelho distrófico típico, contendo 28% de argila. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com quatro repetições, sendo os tratamentos distribuídos em parcelas subdivididas. Nas parcelas principais, foram alocados os herbicidas dessecantes paraquat (600 g ha-1 ou glyphosate (720 g ha-1 e, nas subparcelas, o herbicida residual S-metolachlor (2.800 g ha-1 associado ou aplicado seqüencialmente aos herbicidas dessecantes, além de uma testemunha contendo apenas herbicida dessecante, sem aplicação do herbicida residual. A persistência do S-metolachlor é maior na presença do paraquat do que na do glyphosate. Não há diferença entre aplicação simultânea e seqüencial dos herbicidas dessecantes e residuais.Non-selective and residual herbicides are commonly associated by farmers to manage no-tillage areas. This practice allows controlling the winter crop to be used as cover crop and to avoid weed reinfestation during part of the summer crop cycle. The objective of this work was to determine the persistence of the residual herbicide S metolachlor when associated to the non-selective herbicides paraquat and glyphosate. The work was carried out under field conditions at the Esta

  18. Sensibilidade de cultivares de soja (Glycine max aos herbicidas diclosulam e flumetsulam Soybean (Glycine max cultivars sensibility to the herbicides diclosulam and flumetsulam

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célio R. F. Leite

    2000-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar, no campo, no município de Londrina-PR, a resposta de 12 cultivares de soja em relação aos herbicidas diclosulam e flumetsulam aplicados e incorporados em Latossolo Roxo distrófico (80,84 % de argila, pH 5,4 e matéria orgânica 3,07 %. As cultivares foram: 'FT-Guaira', 'Embrapa-48', 'Ocepar-14', 'BR-16', 'Embrapa-4', 'Ocepar-13', 'BR-36', 'FT10-Princesa', 'FT-2000', 'FTAbyara', 'BR-37' e 'RS7- Jacuí'. O diclosulam foi utilizado nas doses de 35 g/ha (normal e 70 g/ha (dobrada; e o flumetsulam nas doses de 120 g/ha (normal e 240 g/ha (dobrada; também foi utilizada a mistura de diclosulam + flumetsulam (20 + 100 g/ha; e imazaquin à 150 g/ha. Nas doses normais utilizadas dos dois herbicidas não foi possível distinguir nenhuma cultivar suscetível. Em dose dobrada do diclosulam os rendimentos das cultivares 'FT-Guaira', 'Embrapa 4' e 'BR-37 ' foram reduzidos em 20,9 %, 11,8 % e 11,0 % respectivamente, em relação à testemunha. O flumetsulam à 240 g/ha e sua mistura com diclosulam também reduziu o rendimento destas cultivares, mais o da 'Ocepar-14'. A maioria das cultivares teve o estande reduzido, nas doses dobradas dos dois herbicidas, mas também sem significância. Somente o estande da cultivar 'Embrapa-48' não foi afetado, ao contrário da 'RS-7 Jacuí'. A altura de plantas foi menor em relação à testemunha no tratamento com flumetsulam à 240 g/ha. Na maioria das cultivares o peso da biomassa seca de nódulos foi menor nas doses dobradas, e em algumas também o peso por unidade de nódulos. A biomassa seca da parte aérea e da raiz não foram reduzidas.The objective of the present paper was to check the behaviour of 12 different soybean cultivars in relation to the tolerance to the herbicides flumetsulam and diclosulam applied on a soil classified as Latossolo Roxo distrófico (80,87% of clay, pH of 5,4 and 3,07 of organic matter in Londrina - PR. The cultivars were: 'FTGuaira', 'Embrapa

  19. Agronomic performance of rice to the use of urease inhibitor in two cropping systems Desempenho agronômico do arroz irrigado ao uso de inibidor de urease em dois sistemas de cultivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enio Marchesan

    2013-09-01

    Full Text Available The use of urea coated with urease inhibitor may become a useful tool for increasing the efficiency of nitrogen top-dressing in rice crop, thereby reducing nutrient losses through volatilization of NH3 (ammonia. Thus, the aim of this study was to evaluate the volatilization of NH3 and the response of rice to the use of urea coated with urease inhibitor in two cropping systems, no-tillage and conventional. For this purpose, field experiments were developed in the agricultural years 2007/2008 and 2008/2009, in UFSM in Santa Maria-RS. The design was randomized blocks in bifactorial scheme (2x5 with two sources, urea and urea + NBPT and five intervals of water intake (0; 3; 6; 9; 12 days after application of nitrogen sources. The results of two seasons show that the urease inhibitor present in urea slows and decrease the conversion of N to NH3, reducing the losses by volatilization, compared to urea without inhibitor. Among the systems, the losses are magnified in the no-tillage cropping system. The behavior of the response variable in relation to productivity is variable in two cropping systems used in this study and the stress caused to the rice plant by the late start of the irrigation is more damaging than the losses caused by the volatilization of NH3.A utilização de uréia recoberta com inibidor de urease pode tornar-se uma ferramenta útil para aumentar a eficiência da adubação nitrogenada em cobertura na cultura do arroz irrigado, diminuindo assim perdas do nutriente por volatilização de NH3 (amônia. Com isso, o objetivo desse trabalho foi avaliar a volatilização de NH3 e a resposta do arroz irrigado ao uso de uréia recoberta com inibidor de urease em dois sistemas de cultivo, direto e convencional. Para tanto, conduziram-se experimentos em campo, nos anos agrícolas 2007/2008 e 2008/2009, na UFSM em Santa Maria-RS. O delineamento utilizado foi o delineamento experimental blocos completos casualizados em esquema bifatorial (2x5

  20. Identificação de biótipos de azevém (Lolium multiflorum resistentes ao herbicida glyphosate em pomares de maçã Identification of glyphosate-resistant ryegrass (Lolium multiflorum biotypes in apple orchards

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2004-12-01

    Full Text Available O glyphosate é um herbicida de amplo espectro utilizado há mais de 15 anos em pomares de maçã na região de Vacaria-RS, para manejo da vegetação nas linhas da cultura. São realizadas, em geral, três a quatro aplicações por ciclo e a dose normalmente utilizada é de 720 a 1.080 g e.a. ha-1 de glyphosate (2 a 3 L ha-1 do produto comercial. O azevém (Lolium multiflorum é uma planta daninha comum em pomares e, tradicionalmente, sensível ao glyphosate. Entretanto, nos últimos anos a ocorrência de plantas de azevém que, após receberem o tratamento com glyphosate, não manifestam sintomas significativos de toxicidade sugere que elas adquiriram resistência ao produto. Assim, com o objetivo de avaliar a resposta de uma população de plantas de azevém ao glyphosate, foram realizados três experimentos: um em campo e dois em casa de vegetação. No experimento em campo os tratamentos avaliados constaram de doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440, 2.880, 5.760 e 11.520 g e.a. ha-1, e os herbicidas paraquat, glufosinate, haloxyfop e diclofop foram empregados como produtos-padrão, aplicados em dois estádios vegetativos do azevém. No experimento em casa de vegetação, os tratamentos constaram de doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440, 2.880 e 5.760 g e.a. ha-1 mais os herbicidas testemunhas, aplicados sobre plantas do biótipo considerado resistente e de um sensível. No segundo experimento realizado em casa de vegetação foram avaliados tratamentos contendo glyphosate (720, 1.440, 2.880, 720 + 720 e 720 + 1.440 g e.a. ha-1, em aplicações únicas e seqüenciais, mais os herbicidas paraquat, glufosinate, haloxyfop, clethodim, sethoxydim, diclofop, fenoxaprop, fluazifop, paraquat + diuron, atrazine + simazine, trifluralin e metolachlor. A toxicidade dos tratamentos herbicidas foi avaliada aos 15, 30 e 45 DAT (dias após tratamento. Os resultados obtidos nos experimentos em campo e em casa de vegetação, de forma

  1. Seletividade de herbicidas registrados para a cultura do milho aos estádios imaturos de Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae Selectivity of herbicides registered for corn at the immature stages of Trichogramma pretio sum (Hymenoptera: Trichogrammatidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.J Stefanello Jr

    2011-01-01

    Full Text Available O controle químico tem sido um dos métodos mais utilizados para o manejo de plantas daninhas na cultura do milho, no entanto o uso de herbicidas pode ocasionar efeitos adversos aos insetos benéficos, como os parasitoides de ovos. Nesse sentido, foi avaliada a seletividade de 12 herbicidas registrados para a cultura do milho para as fases imaturas de Trichogramma pretiosum em condições de laboratório (temperatura de 25±1 ºC, umidade relativa de 70±10% e fotofase de 14 horas. Os herbicidas foram diluídos em um volume proporcional a 200 L de água por hectare e pulverizados sobre ovos de lepidóptero contendo formas imaturas do parasitoide em seu interior, nas fases de ovo-larva, pré-pupa e pupa. Avaliou-se, então, a porcentagem de emergência dos parasitoides e, em função da comparação com a testemunha, classificaram-se os herbicidas em inócuo (classe 1, 99%. Os herbicidas Agrisato 480 SL, Finale, Glifos, Glifosato Nortox, Gliz 480 SL, Polaris, Roundup Original, Roundup Transorb, Roundup WG, Trop e Zapp Qi foram inócuos (classe 1 às diferentes fases imaturas de T. pretiosum e são considerados seletivos ao parasitoide. Gramoxone 200, embora tenha sido inócuo para as fases de ovo-larva e pré-pupa, foi considerado levemente nocivo (classe 2 para a fase de pupa. Nesse sentido, para melhor compatibilização do manejo químico das plantas daninhas e controle biológico de insetos, sugere-se que sejam utilizados, sempre que possível, aqueles herbicidas que permitem maior sobrevivência de T. pretiosum.- Chemical control has been one of the most widely used methods for weed mana gement in corn. However, the use of herbicides can cause adverse effects on beneficial insects, such as egg parasitoids. Thus, this work aimed to evaluate the selectivity of 12 herbicides regis tered for corn at the immature stages of Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae under laboratory conditions (temperature 25±1 o C

  2. Palha de cana-de-açúcar associada ao herbicida trifloxysulfuron sodium + ametryn no controle de Rottboellia exaltata Sugarcane straw combined with trifloxysulfuron sodium + ametryn for Rottboellia exaltata control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson Ramos de Oliveira

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial da palha da cana-de-açúcar e a associação entre ela e a mistura comercial de trifloxysulfuron sodium + ametryn no controle de Rottboellia exaltata L. O experimento foi desenvolvido na Unidade de Apoio à Pesquisa da UENF, no período de setembro a novembro de 2004. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com os tratamentos dispostos em esquema fatorial: cinco camadas de palha (0; 4; 8; 12 e 16 t ha-1 e cinco doses de trifloxysulfuron sodium + ametryn (0,0; 1,0; 1,5; 2,0 e 2,5 kg ha-1, em quatro repetições. Aplicaram-se os herbicidas em pós-emergência, quando as plântulas de R. exaltata estavam com altura entre 5 e 10 cm. Avaliou-se o número de plântulas aos 15, 30, 45 e 60 dias após a aplicação dos herbicidas. Determinou-se o ponto que corresponde à concentração do herbicida que inibe 50% da planta daninha (I50. Aos 60 dias, a parte aérea das plantas de R. exaltata foi coletada e transferida para estufa para avaliação da biomassa seca. A interação quantidade de palha e doses de trifloxysulfuron sodium + ametryn foi significativa. Observou-se que camadas de palha com 16 t ha-1 (sem aplicação de herbicida e 2,5 kg ha-1 de trifloxysulfuron sodium + ametryn (isolado foram eficientes no controle de R. exaltata. Níveis de palha entre 8 e 12 t ha-1 interceptaram o herbicida, o que elevou o valor de I50, ou seja, a concentração do herbicida para inibir 50% do crescimento da planta foi maior do que quando se utilizou 4 t de palha.The objective of this work was to evaluate the sugarcane straw potential and the association between the straw and the commercial mix of the trifloxysulfuron sodium + ametryn to control itchgrass (Rottboellia exaltata L.. The experiment was developed in the Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF, Campos dos Goytacazes Rio de Janeiro State, Brazil, from September to November 2004. It was carried out in

  3. Injúria potencial de herbicidas de solo ao girassol: IV - rendimento de aquênios e componentes do rendimento Potential sunflower injury by soil applied herbicides: IV - Achene yield and yield components

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribas A. Vidal

    1994-01-01

    Full Text Available Conduziu-se um ensaio em campo na Estação Experimental Agronômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Eldorado do Sul, RS, em 1989/90. O objetivo foi determinar o efeito dos herbicidas clomazone, chlorimuronethyl, imazaquin e imazethaphyr, aplicados em três doses à superfície do solo (PRE ou incorporados no mesmo (PPI, sobre o rendimento de aquênios de girassol e seus componentes. Os herbicidas de solo para controle de plantas daninhas na cultura da soja com maior potencial de dano ao girassol cultivado em sucessão, conforme indicado pelo rendimento de aquênios, foram os seguintes, em ordem decrescente: imazaquin > clomazone > imazethapyr> chlorimuron-ethyl. O efeito mais pronunciado dos herbicidas foi a redução da população de plantas. Este foi o fator que mais influenciou no rendimento do girassol.A field experiment was carried-out during 1989/90 at the Eldorado do Sul Experimental Station of Federal University of "Rio Grande do Sul", Brazil, with the objective of evaluating the effect of clomazone, chlorimuron-ethyl, imazaquin and imazethapyr applied at three different dosages in pre-emergence (PRE or preplant incorporated (PPI, on sunflower achene yield and its components. Herbicide injury potential, as indicated by sunflower yield, was the following, from more to less phytotoxic: imazaquin > clomazone > imazethapyr > chlorimuron-ethyl. The main effect of the herbicides was in sunflower stand reduction, and this was the main yield component which was affected.

  4. Seletividade de herbicidas aplicados em pós-emergência sobre capim-braquiária Selectivity of post-emergence herbicides applied on signalgrass and palisadegrass

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dagoberto Martins

    2007-12-01

    Full Text Available O estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar a seletividade de alguns herbicidas inibidores de ALS e FS II aplicados em pós-emergência em plantas de Brachiaria brizantha cv. Marandu e Brachiaria decumbens cv. Basilisk em condições de campo e seu efeito na qualidade das sementes. Os herbicidas testados (em g/ha foram: imazethapyr a 100; chlorimuronethyl a 15; nicosulfuron a 50; bentazon a 720; e atrazine a 3.000, além de uma testemunha, sem aplicação de herbicidas. Dois experimentos em campo foram instalados em delineamento em blocos casualizados com quatro repetições e os ensaios de laboratório em delineamento inteiramente casualizado, com 16 repetições. Todos os herbicidas testados tiveram algum efeito de fitointoxicação visual aos cultivares avaliados. O nicosulfuron foi o herbicida que visualmente proporcionou os níveis mais elevados de injúrias às plantas de B. decumbens e B. brizantha. A produção de MS de B. brizantha nos estádios iniciais de crescimento foi reduzida pelos herbicidas nicosulfuron e atrazine, enquanto, em B. decumbens, apenas o herbicida nicosulfuron ocasionou redução da produção de MS. A qualidade das sementes de ambos os cultivares foi afetada pelo nicosulfuron, que induziu a dormência em sementes de B. decumbens, reduziu a porcentagem de sementes normais e, assim como o atrazine, aumentou a porcentagem de sementes mortas.This work evaluated the herbicides selectivity acetolactate synthase inhibitors and photosynthetic II applied in post- emergency in palisadegrass (Brachiaria brizantha cv. Marandu and signalgrass (Brachiaria decumbens cv. Basilisk plants in field conditions and their effect in seed quality. Treatments tested in g ha-1 were: imazethapyr at 100, chlorimuron-ethyl at 15, nicosulfuron at 50, bentazon at 720, atrazine at 3.000, and control plot. Two field trials were set up on complete randomized block design with four replicates; laboratory studies were carried out in a complete

  5. Avaliação de equivalência substancial e potencial de alergenicidade de cultivares de soja tolerantes ao herbicida glifosato

    OpenAIRE

    2009-01-01

    Os parâmetros de avaliação de segurança de alimentos geneticamente modificados fundamentam-se na comparação de equivalência substancial entre as variedades e pela inocuidade de proteínas da planta GM com as proteínas encontradas nas plantas convencionais. O objetivo deste trabalho foi avaliar a segurança alimentar de três cultivares de sojas geneticamente modificadas para tolerarem o herbicida glifosato através da determinação da equivalência substancial e do potencial alergênico das mesmas q...

  6. Suscetibilidade de biótipos de arroz-vermelho e de cultivares de arroz irrigado ao herbicida imazethapyr Susceptibility of red rice biotypes and commercial rice cultivars to imazethapyr

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.H.B. Dornelles

    2010-01-01

    Full Text Available Para avaliar a suscetibilidade de biótipos de arroz-vermelho(Oryza sativa e cultivares comerciais de arroz ao herbicida imazethapyr, realizou-se um ensaio em casa de vegetação com cinco biótipos de arroz-vermelho (acessos Santa Maria 5, Pelotas 3, Rio Pardo 1, Manoel Viana 2 e Catuçaba 1, dois cultivares comerciais de arroz: Clearfield® (IRGA 422 CL e Puitá INTA CL e um cultivar convencional (IRGA 417. Utilizou-se a metodologia de curvas de dose-resposta proposta por Seefeldt et al. (1995. A metodologia de curvas de resposta foi gerada a partir dos parâmetros do modelo logístico e dos valores de I50. Os biótipos de arroz-vermelho e os cultivares foram submetidos a seis doses do herbicida imazethapyr (0; 33,12; 66,25; 132,5; 265,0; e 530,0 g i.a. ha-1. As plantas de arroz foram contadas e coletadas no 20º dia após a aplicação dos tratamentos. A análise do percentual de dano foi realizada através de avaliação visual da fitointoxicação (%, massa verde e massa seca das plantas. Analisando as curvas e os resultados da análise da variância, pode-se inferir que os cultivares Clearfield Irga 422 CL e Puitá INTA CL foram significativamente iguais ao biótipo de arroz-vermelho Catuçaba 1, resistindo a doses de imazethapyr superiores à recomendada em campo para o sistema Clearfield®. Os biótipos Manoel Viana 2, Santa Maria 5 e Pelotas 3 agruparam-se com o cultivar convencional IRGA 417, sendo suscetíveis à dose comercial do herbicida. O biótipo Rio Pardo 1 também é resistente ao herbicida imazethapyr, porém menos resistente que o biótipo Catuçaba 1.To evaluate the susceptibility of biotypes of red rice (Oryza sativa and commercial rice cultivars to the herbicide imazethapyr, a greenhouse assay was conducted with five red rice biotypes (accesses Santa Maria 5, Pelotas 3, Rio Pardo 1, 2 and Manoel Viana Catuçaba 1, two commercial rice cultivars: Clearfield ® (Irga CL 422 and CL Puit INTA, and a conventional cultivar (Irga

  7. Reacções cutâneas adversas aos inibidores do receptor do factor de crescimento epidérmico: estudo de 14 doentes Adverse cutaneous reactions to epidermal growth factor receptor inhibitors: a study of 14 patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felicidade Santiago

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: O cetuximab e o erlotinib, inibidores do receptor do factor de crescimento epidérmico, provocam frequentemente reacções cutâneas adversas peculiares. OBJETIVOS: Caracterizar do ponto de vista clínico-evolutivo as reacções cutâneas adversas e avaliar a sua abordagem terapêutica. METODOLOGIA: Entre março/2005 e setembro/2009 foram seguidos 14 doentes com idade média de 59,6 anos, em tratamento com cetuximab (7 ou erlotinib (7, por neoplasia pulmonar (10 ou colorrectal (4. Retrospectivamente foi avaliado o padrão clínico evolutivo de reacção cutânea, o intervalo entre a introdução do fármaco e o início dos sintomas e a resposta ao tratamento. RESULTADOS: Doze doentes apresentaram erupção papulopustulosa predominantemente na face, decote e dorso, em média 13,5 dias após o início do fármaco. Efectuaram tratamento oral com minociclina ou doxiciclina e tópico com metronidazol, peróxido de benzoílo e/ou corticoide. Ocorreu melhoria das lesões em todos os doentes. Cinco doentes, em média oito semanas após o início da terapia, apresentaram granulomas piogénicos periungueais, em quatro casos associados a paroníquia, melhorados com tratamento tópico (antibióticos, corticoides e antissépticos. Observou-se xerose em alguns doentes e, de forma isolada, outros efeitos adversos, como telangiectasias e angiomas, alterações dos cabelos e cílios e nevos melanocíticos eruptivos. Na maioria dos doentes, a terapêutica com o inibidor do receptor do factor de crescimento epidérmico foi mantida. CONCLUSÃO: Com o crescente uso destas terapêuticas-alvo, torna-se obrigatório reconhecer e tratar os seus efeitos cutâneos adversos, assegurando uma intervenção atempada de forma a permitir a manutenção desta terapêuticaBACKGROUND: Cetuximab and erlotinib, epidermal growth factor receptor inhibitors, often cause peculiar adverse cutaneous reactions. OBJECTIVES: Our aim was to evaluate adverse cutaneous reactions

  8. Herbicidas alternativos para controle de biótipos de Conyza bonariensis e C. canadensis resistentes ao glyphosate Alternative herbicides to control glyphosate-resistant biotypes of Conyza bonariensis and C. canadensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.S. Moreira

    2010-01-01

    Full Text Available Após sucessivos anos, aplicações do herbicida glyphosate em pomares de citros no Estado de São Paulo selecionaram biótipos resistentes de Conyza bonariensis e C. canadensis. Na ocorrência de plantas daninhas resistentes em uma área agrícola, tornam-se necessárias mudanças nas práticas de manejo para obtenção de adequado controle das populações resistentes, bem como para a redução da pressão de seleção sobre outras espécies. Assim, este trabalho foi realizado com o objetivo de identificar herbicidas alternativos para controle de biótipos de Conyza spp. resistentes ao herbicida glyphosate, com aplicações em diferentes estádios fenológicos da planta daninha. Três experimentos foram conduzidos em campo, em pomares de citros em formação, sobre plantas de buva em estádio fenológico de dez folhas e no pré-florescimento. Para plantas no estádio de dez folhas, controle satisfatório foi obtido com aplicações de glyphosate + bromacil + diuron (1.440 + 1.200 + 1.200 g ha-1, glyphosate + atrazina (1.440 + 1.500 g ha-1 e glyphosate + diuron (1.440 + 1.500 g ha-1. Quando em estádio de pré-florescimento de Conyza spp., a aplicação do herbicida amônio-glufosinato, na dose de 400 g ha-1, isolado ou associado a MSMA, bromacil+diuron, metsulfuron, carfentrazone e paraquat, foi a alternativa viável para controle dos biótipos resistentes ao glyphosate.After successive years, glyphosate applications on São Paulo-Brazil citrus orchards selected resistant biotypes of Conyza bonariensis and C. canadensis. The occurrence of herbicide-resistant weed biotypes at some agricultural area makes it necessary to change the management practices to reach effective control of the selected resistant populations, as well as to reduce selection pressure on the other species. Thus, this work aimed to identify the alternative herbicides to control glyphosate-resistant biotypes of Conyza spp., with applications at different weed phenological

  9. Avaliação teórica do processo de inativação do herbicida glifosato e formação do 5-enolpiruvilchiquimato-3-fosfato (EPSP)

    OpenAIRE

    Caetano, Melissa Soares

    2014-01-01

    A alta frequência de contaminação do solo por herbicidas sugere a necessidade de herbicidas mais ativos e mais seletivos. Glifosato é o componente ativo de um dos herbicidas mais utilizados e quando aplicado diretamente no solo apresenta baixa atividade. Glifosato é também um potente inibidor da EPSP sintase, enzima chave na via do ácido chiquímico, a qual é encontrada apenas em plantas e alguns micro-organismos, então, EPSP sintase é tida como um alvo promissor para herbicidas. Apesar dos me...

  10. HERBICIDAS DESSECANTES NA FAUNA EDÁFICA E GENOTOXICIDADE

    OpenAIRE

    Geovane Boschmann Reimche

    2014-01-01

    Com a introdução do sistema de plantio direto ocorreram mudanças no manejo de plantas daninhas, onde se intensificou o controle químico. O uso intenso de herbicidas pode ter efeito na ecologia de organismos não alvo presentes no solo. Nesse sentido foram conduzidos dois trabalhos objetivando avaliar o efeito de herbicidas sobre a composição da mesofauna edáfica em soja geneticamente modificada e resistência ao herbicida glifosato (soja RR) (Capítulo I) e verificar o efeito citotóxico e de gen...

  11. Injúria potencial de herbicidas de solo ao girassol: I - clomazone Potential sunflower injury by soil applied herbicides: I - clomazone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribas A. Vidal

    1993-01-01

    Full Text Available Conduziu-se um ensaio de campo na Estação Experimental Agronômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Eldorado do Sul, RS, em 1989/90. O objetivo deste trabalho foi determinar o efeito residual potencial do herbicida clomazone, aplicado em três doses à superfície do solo (PRE ou incorporado no mesmo (PPI, sobre a cultura de girassol. Através de ensaio complementar, realizado em casa-de-vegetação em 1990, procurou-se determinar o local de absorção de clomazone por plântulas de girassol. A localização de clomazone no solo foi muito importante na determinação de sua injúria para o girassol. A campo, clomazone promoveu injúria mais acentuada nas plântulas, quando aplicado em PRE do que em PPI. Clomazone, aparentemente, foi mais absorvido pelo hipocótilo do que pelo sistema radicular das plantulas de girassol. No entanto, nas maiores doses, a fitotoxicidade em PPI se acentuou com o decorrer do tempo, a ponto de desaparecerem as diferenças entre épocas de aplicação.A field experiment was carried out during 1989/90 at the Eldorado do Sul Experimental Station of Federal University of Rio Grande do Sul, Brazil, with the objective of evaluating potential injury to sunflower by clomazone applied at three different dosages in pre-emergence (PRE or preplant incorporated (PPI. A greenhouse trial was carried out in 1990 to determine the site of uptake for clomazone from the soil. Clomazone placement in the soil was very important in determining the level of injury to the plants. The leved of injury to seedlings was higher when clomazone was sprayed in PRE as compared to PPI. Apparently, more clomazone was absorbed through the sunflower hypocotyl than by the root system. Late season assessments indicated that higher dosages were equally phytotoxic under both application methods.

  12. Resistência de espécies e cultivares de algodão (Gossypium spp. ao herbicida diuron Resistance of cotton species and cultivars to the herbicide diuron

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N. E. de M. Beltrão

    1983-06-01

    Full Text Available Objetivando-se a verificação da resistência de genótipos de algodão ao herbicida diuron, foi conduzido um ensaio de casa-de-vegetação, na Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG. Utilizaram-se representantes das espécies G. hirsutum latifolium Hutch. (IAC-17 e BR-1, G. hirsutum marie galante Hutch. (C-71 e G. barbadense brasiliense Hutch . (Rim-de -Boi. O ensaio foi delineado em blocos ao acaso, com parcelas subdivididas e com quatro repetições. As parcelas foram as doses do herbicida 0,000; 0,048; 0,096; 0,357; 0,714 e 1,428 kg/ ha, aplicadas quando as plantas estavam no estádio de uma a duas folhas verdadeiras, na superfície do substrato, que foi de areia de rio lavada, evitando-se o contacto com a fitomassa hidratada epígea das plantas. As sub parcelas foram os genótipos de algodoeiro. Cada parcela era representada por uma caixa de madeira de 37,2cm x 40,7cm x 11,0cm de dimensões, preenchida com areia de rio, onde foram colocadas as sementes, por linha, de cada genótipo, previamente tratadas com ácido sulfúrico. Os resultados mostraram que os cultivar es IAC- 17 e BR-1 foram mais resistentes ao estresse químico causado pelo herbicida, que os demais genótipos testados, conforme foi revelado pelos valores obtidos para as variáveis: grau de fitotoxicidade, 15 dias após a aplicação do produto, altura plantular, peso da fitomassa hidratada, peso da fitomassa, taxa de elongação caulinar e taxa de crescimento relativo em fitomassa hidratada epígea. O cultivar Rim-de -Boi mostrou-se o mais sensível ao diuron tendo-se verificado que, com uma dose de 0,096 kg/ ha, o estresse já se transformava em dano. O cultivar C-71, que é um polihíbrico natural, envolvendo os genomas do G. hirsutum latifolium e do G. barbadense, apresentou -se intermediária, no que se refere à capacidade de resistir ao estress e químico provocado pelo diuron. Tais resultados evidenciam que na recomendação de doses do diuron para a cultura do

  13. Isolamento do gene ALS e investigação do mecanismo de resistência a herbicidas em Sagittaria montevidensis Isolation of the ALS gene and investigation of the mechanism of herbicide resistance in Sagittaria montevidensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldo Merotto Junior

    2010-11-01

    Full Text Available Diversos biótipos de sagitária (Sagittaria montevidensis Cham. & Schlecht foram constatados como resistentes a herbicidas inibidores da enzima ALS no Brasil e em outros locais do mundo. Os objetivos deste trabalho foram isolar e sequenciar o gene ALS de sagitária de forma a identificar a ocorrência de mutações relacionadas ao mecanismo de resistência de insensibilidade do local da ação de herbicidas. O material vegetal consistiu de sementes de sagitária coletadas em lavouras de arroz irrigado localizadas na região Sul do Estado de Santa Catarina. Nove pares de sequências nucleotídicas iniciadoras foram desenhadas para a amplificação dos domínios C, A e D do gene ALS. As sequências nucleotídicas dos fragmentos amplificados com quatro pares de oligonucleotídeos inciadores resultaram em amplicons com 360 a 393 nucleotídeos. Essas sequências apresentaram homologia com o gene ALS padrão de Arabdopsis thaliana e arroz, possuindo apenas três mutações de ponto. Uma dessas alterações foi a mutação Pro197Phe, que é relacionada à ocorrência de resistência à herbicida em diversas espécies vegetais. As sequências obtidas evidenciaram que o gene ALS avaliado encontrava-se em heterozigose. Esses resultados sugerem a ocorrência de insensibilidade do local de ação como mecanismo de resistência a herbicidas inibidores de ALS em sagitária. A prevenção e o controle da resistência a herbicidas inibidores da ALS em sagitária devem ser fundamentados na rotação de herbicidas com diferentes mecanismos de ação.California arrowhead (Sagittaria montevidensis Cham. & Schlecht is an aquatic weed often found in rice paddy fields. Several biotypes of California arrowhead resistant to ALS-inhibiting herbicides were found in Brazil and in several rice fields worldwide. The objective of this study was to sequence the ALS gene of California arrowhead and to identify the occurrence of mutations related to target site insensitivity as

  14. Crescimento diferencial de biótipos de Conyza SPP. resistente e suscetível ao herbicida glifosato Differential growth of glyphosate-resistant and susceptible biotypes of Conyza SPP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murilo Sala Moreira

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de comparar, em condição controlada e não-competitiva, o crescimento de biótipos de Conyza canadensis e C. bonariensis resistente e suscetível ao herbicida glifosato, a fim de quantificar os efeitos da pressão de seleção para resistência nos biótipos. Dois experimentos foram desenvolvidos com tratamentos organizados em esquema fatorial 9 x 2, com nove avaliações periódicas de crescimento e dois biótipos de cada espécie. As variáveis avaliadas por planta foram: área foliar; massa seca da parte aérea, das raízes e total, obtendo-se, a partir desta última, a taxa de crescimento absoluto. O biótipo de C. canadensis resistente ao glifosato possui crescimento mais lento, menor acúmulo de área foliar e de massa seca que o biótipo suscetível. Menores áreas foliar e massa seca também foram registradas para o biótipo de C. bonariensis resistente ao glifosato quando comparado ao suscetível, porém com diferenças mais sutis que aquelas constatadas para C. canadensis. O crescimento absoluto do biótipo suscetível foi superior ao do resistente em ambas as espécies. A pressão de seleção para resistência ao glifosato teve impactos negativos na habilidade de crescimento dos biótipos.This work was carried out with the objective of comparing, under controlled and non-competitive condition, the growth of glyphosate-resistant and susceptible biotypes of Conyza canadensis and C. bonariensis; to quantify the effects of resistance selection pressure on the biotypes. Two trials were developed with treatments organized according to a factorial scheme 9 x 2, where nine were periodical growth evaluations and two were biotypes of each species. The variables evaluated per plant were: leaf area and dry mass (shoot, root and total; to determine absolute growth rate from the total dry mass. The glyphosate-resistant biotype of C. canadensis exhibits slower growth and smaller accumulation of leaf area

  15. Water stress on the performace of herbicides and biochemical characteristics of Euphorbia heterophyllaDéficit hídrico na eficiência de herbicidas e nas características bioquímicas de Euphorbia heterophylla

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio Ferraz Campos

    2013-03-01

    herbicidas do solo (fomesafen, lactofen, chlorimuron-ethyl e imazethapyr, na dose recomendada pelo fabricante e duas condições hídricas (-0,5 MPa e –0,01 MPa. Aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação (DAA dos tratamentos foi avaliada de forma visual a eficiência de controle dos herbicidas. Para a determinação dos solutos orgânicos foram coletadas plantas às 24, 48, 72 e 96 horas após a aplicação (HAA, exceto para os aminoácidos livres que foram analisados as 48, 72 e 96 HAA. Os herbicidas fomesafen e lactofen foram eficientes no controle de E. heterophylla, enquanto os inibidores da ALS (chlorimuron-ethyl e imazethapyr proporcionaram controle insatisfatório. O déficit hídrico alterou a eficiência dos herbicidas testados, principalmente do chlorimuron-ethyl. O herbicida lactofen proporcionou menor conteúdo de carboidratos solúveis, da mesma forma, os teores de proteínas oscilaram as 72 HAA, observando o menor valor para o imazethapyr e lactofen, respectivamente. O herbicida lactofen proporcionou aumento na concentração aminoácidos livre. O déficit hídrico reduziu os teores de proteínas solúveis e as concentrações de aminoácidos solúveis, enquanto que a imposição do déficit hídrico proporcionou aumento no conteúdo de carboidratos solúveis.

  16. Curvas de resposta e isobolograma como forma de descrever a associação de herbicidas inibidores do fotossistema II e da síntese de carotenóides Dose-response curve and isobologram used to describe the mixture of herbicides inhibitors of the photosystem II and carotenoid synthesis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.D. Kruse

    2006-09-01

    Full Text Available A metodologia de curvas de resposta e isobologramas, feitos a partir dos I50 gerados pelas curvas, tem sido bastante apregoada na comprovação de sinergismo. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, com girassol cultivado em solução nutritiva (Hoagland, aplicando-se na solução 27 tratamentos, com os herbicidas metribuzin nas doses de 0, 70, 140, 280, 560 e 1.130 nM e clomazone nas doses de 0, 40, 80, 160, 320 e 640 mM. Combinaram-se as doses dos herbicidas de maneira a produzir os I50 das seis curvas resultantes das associações. Nas plantas coletadas, cinco dias após a aplicação, determinou-se o percentual de dano, a massa fresca e a massa seca das plantas de girassol. Os seis pontos de I50 de cada variável foram utilizados para formar isobologramas, onde os I50 dos herbicidas aplicados isolados, unidos por uma reta, formaram a isobole de aditividade. Em torno desta, foram traçadas faixas de confiança, a partir do produto dos intervalos de confiança dos I50 dos herbicidas isolados, dentro das quais se posicionaram os I50 resultantes das associações. Todas as associações situaram-se na região de sinergismo, abaixo da isobole de aditividade, embora com diferentes probabilidades. Na variável massa seca, a associação das doses de clomazone com 140 nM de metribuzin demonstrou probabilidade de, em torno de 90%, ser uma interação sinérgica.The Dose-Response Curve and Isobolograms methodology, based on the I50 generated by curves has been largely recommended to demonstrate synergism. The experiment was conducted in a greenhouse, with sunflower cultivated in nutrient solution (Hoagland, applying in solution 27 treatments, with the herbicides metribuzin, at the rates of 0, 70, 140, 280, 560 and 1,130 nM and clomazone, at the rates of 0, 40, 80, 160, 320 and 640 mM. The herbicide doses were combined so as to produce the I50 of six resulting curves from the matches. Injury percentage, and fresh and dry weight of sunflower

  17. CARACTERIZAÇÃO MORFOANATÔMICA, CONTAGEM CROMOSSÔMICA E VIABILIDADE POLÍNICA DE BIÓTIPOS DE AZEVÉM SUSCETÍVEL E RESISTENTES AO HERBICIDA GLYPHOSATE

    OpenAIRE

    Ruchel,Q.; Vargas, L.; D. Agostinetto; FERNANDO,J. A.; Lüdtke, R; BOBROWSKI,V. L.

    2015-01-01

    RESUMOO azevém é uma planta daninha de ciclo anual, encontrada em praticamente todas as lavouras de inverno, em pomares e vinhedos da região Sul do Brasil. A espécie é normalmente controlada pelo herbicida glyphosate, no entanto, o uso continuado desse produto selecionou biótipos resistentes. Diferenças na suscetibilidade do azevém a herbicidas têm sido atribuídas a características morfológicas, anatômicas e genéticas das plantas. Os objetivos deste trabalho foram realizar a caracterização mo...

  18. Manejo de Conyza bonariensis resistente ao glyphosate: coberturas de inverno e herbicidas em pré-semeadura da soja Management of glyphosate resistant Conyza bonariensis: winter cover crops and herbicides in soybean pre-seeding

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.P. Lamego

    2013-06-01

    Full Text Available Conyza bonariensis tornou-se a principal planta daninha da cultura da soja no Sul do Brasil, em decorrência da evolução para resistência ao herbicida glyphosate. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes coberturas de inverno e da associação de manejo de dessecação pré-semeadura da soja, visando ao controle de C. bonariensis resistente ao glyphosate. Um experimento foi conduzido em campo, na safra 2010/2011. Os tratamentos foram conduzidos em esquema de parcelas subdivididas, em que as coberturas de inverno foram alocadas nas parcelas principais: aveia-preta, nabo, ervilhaca, azevém, trigo e pousio. Nas subparcelas, foram alocados os tratamentos de manejo de dessecação pré-semeadura da soja: glyphosate (720 g e.a ha-1, glyphosate (720 g e.a ha-1 + 2,4-D (1.050 g e.a ha-1, glyphosate (720 g e.a ha-1 + 2,4-D (1.050 g e.a ha-1/paraquat (200 g i.a ha-1 + diuron (100 g i.a ha-1, glyphosate (720 g e.a ha-1 + chlorimuron-ethyl (80 g i.a ha-1, glyphosate (720 g e.a ha-1 + chlorimuron-ethyl (80 g i.a ha-1/paraquat (200 g i.a ha-1 + diuron (100 g i.a ha‑1 e roçada. O nabo foi a espécie de cobertura que produziu o maior volume de massa seca durante o inverno, enquanto a ervilhaca foi a que apresentou maior efeito supressor sobre a germinação e o desenvolvimento inicial de C. bonariensis. Associações de glyphosate com 2,4-D ou chlorimuron-ethyl, seguidas da aplicação sequencial de paraquat + diuron, causaram maior redução na infestação de C. bonariensis.Conyza bonariensis became the main weed in soybean crop in Southern Brazil, as a consequence of the evolution of resistance to the herbicide glyphosate. The objective of this work was to evaluate the effect of different winter cover crops and the association of burn-down herbicides on the control of glyphosate-resistant C. bonariensis. A field experiment was conducted in the 2010/2011 season. The treatments were arranged in a split-plot scheme, with the winter

  19. Eficiência do herbicida oxyfluorfen, quando veiculado ao papel, no controle de algumas espécies daninhas Effect of the herbicide oxyfluorfen using paper as a vehicle on the weed control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre J. Bezutte

    1995-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de encontrar um método alternativo de aplicação de herbicidas, estudou-se a eficiência do oxyfluorfen aplicado em três doses (0, 480 e 960g/ha sob duas formas (pulverizado e veiculado em folha de papel no controle em pré-emergência de Bidens pilosa, Desmodium tortuosum, Eleusine indica, Sida rhombifolia Amaranthus retroflexus, Acanthospermum hispidum e Digitaria horizontalis. A pulverização do oxyfluorfen foi realizada com o auxílio de um pulverizador, e sua veiculação foi feita através da determinação prévia da capacidade de embebição do papel. Obteve-se a concentração necessária da calda quando o papel atingiu completa embebição e então, escorrido o excesso, foi posto a secar na sombra. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com cinco repetições. Foram realizadas avaliações aos 30, 45 e 60 dias após a aplicação (DAA, e os resultados indicaram que os métodos de aplicação utilizados, assim como as doses, apresentaram excelente controle de B. pilosa, D. tortuosum, E. indica S. rhombifolia, D. horizontalis e A. retroflexus até 60 DAA, reduzindo tanto a densidade como o acúmulo de matéria seca. Quanto ao A. hispidum, ambos os métodos e doses não proporcionaram bom controle. Foi observado também que o papel utilizado como veículo do oxyfluorfen proporcionou redução na densidade de B. pilosa, E. indica, D. horizontalis e A. retroflexus e promoveu a germinação de S. rhombifolia e A. hispidum quando da avaliação aos DAA. Estes resultados demonstram a viabilidade de utilização de papel como veículo de aplicação do oxyfluorfen.A greenhouse assay was conducted to evaluate na alternative method for applying oxyfluorfen to control annual weeds. The experiment was in 3 x 2 factorial, in a completely randomized design, with three replications. The factors were: three doses of oxyfluorfen (0, 480 and 960g/ha and two methods to apply the herbicide to the soil surface

  20. Efeito do déficit hídrico na eficiencia de herbicidas e nas características bioquímicas de Ipomoea grandifolia

    OpenAIRE

    Vitorino, H. S. [UNESP; D. Martins

    2012-01-01

    O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia dos herbicidas inibidores da ALS e PROTOX no controle de Ipomoea grandifolia sob dois níveis de déficit hídrico, bem como determinar a influência desse déficit hídrico sobre o conteúdo de carboidratos solúveis, proteínas totais e aminoácidos livres da planta daninha. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, no delineamento experimental inteiramente casualizado, com os tratamentos dispostos em esquema fatorial 4 x 2, sendo quatro herbicidas ...

  1. Alteração das características biológicas dos biótipos de azevém (Lolium multiflorum ocasionada pela resistência ao herbicida glyphosate Change in the biological characteristics of ryegrass (Lolium multiflorum biotypes caused by resistance to the herbicide glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2005-03-01

    Full Text Available A resistência de biótipos de azevém ao herbicida glyphosate está alterando o manejo da vegetação de cobertura do solo em pomares de maçã. O objetivo deste trabalho foi determinar a dose de glyphosate necessária para reduzir 50% do acúmulo de matéria seca (GR50, a resposta do biótipo resistente e sensível a herbicidas graminicidas e o acúmulo de matéria seca destes biótipos durante o ciclo. Para isso, foram conduzidos três experimentos. No primeiro, os tratamentos constaram de doses crescentes de glyphosate aplicadas sobre plantas dos biótipos resistente e sensível para determinar o GR50. No segundo experimento, os tratamentos constaram de doses dos herbicidas glyphosate, haloxyfop-r, diclofop, fluazifop-p, fenoxaprop-p e paraquat. No terceiro experimento, sementes dos biótipos resistente e sensível foram semeadas em recipientes com capacidade para 10 L e as plantas originadas delas foram colhidas quinzenalmente, para determinação da matéria seca da parte aérea, radicular e total. Como resultados, foi obtido GR50 de 287,5 e de 4.833,5 g e.a. ha-1 de glyphosate para os biótipos sensível e resistente, respectivamente, e verificou-se que existem diferenças significativas na resposta dos biótipos aos herbicidas graminicidas, dependendo da dose utilizada. Além disso, o biótipo sensível evidenciou maior capacidade de acúmulo de matéria seca e produção de sementes. Constatouse, assim, fator de resistência (FR de 16,8 e que o mecanismo de resistência provoca alterações nas características biológicas do biótipo resistente e afeta a sensibilidade deste aos herbicidas graminicidas.The identification of ryegrass biotypes resistant to glyphosate is causing changes in weed management in apple orchards. Three experiments were carried out to determine the GR50 of the biotypes, to grass herbicides and dry matter accumulation. The first experiment tested different rates of glyphosate. Their effects on GR50 dry matter

  2. Síndrome de Gilles de la Tourette associada ao transtorno de déficit de atenção com hiperatividade: resposta clínica satisfatória a inibidor seletivo da recaptura de serotonina e metilfenidato Tourette syndrome associated with attention-deficit hyperactivity disorder: satisfactory clinical response to selective serotonin reuptake inhibitor and methylphenidate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Benitez Freitas Passos

    2010-01-01

    Full Text Available A Síndrome de Gilles de la Tourette (SGT, caracterizada pela presença de tiques motores e vocais, apresenta elevada associação com transtorno obsessivo-compulsivo (TOC e transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH. Essas condições frequentemente causam mais prejuízo aos pacientes do que os tiques, propriamente. Relata-se o caso clínico de um paciente com SGT e comorbidade com TDAH e TOC. O tratamento com inibidor seletivo de recaptura de serotonina (ISRS e metilfenidato promoveu melhora significativa dos sintomas de TDAH, sintomas compulsivos e tiques.Tourette Syndrome (TS, characterized by motor and vocal tics, is often associated with obsessive compulsive disorder (OCD and attention-deficit hyperactivity disorder (ADHD. These associated conditions frequently cause more impairment in patients than tics themselves. We report the case of TS with comorbid ADHD and OCD. Treatment with selective serotonin reuptake inhibitor and methylphenidate, led to significantly improvement of ADHD symptoms, compulsive symptoms and tics.

  3. Factors affecting Helicobacter pylori eradication using a seven-day triple therapy with a proton pump inhibitor, tinidazole and clarithromycin, in brazilian patients with peptic ulcer Fatores que afetam a erradicação do Helicobacter pylori usando um tratamento triplo de sete dias com um inibidor de bomba de prótons associado ao tinidazol e a claritromicina, em pacientes brasileiros com úlcera péptica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Marcuz Silva

    2001-01-01

    Full Text Available Triple therapy is accepted as the treatment of choice for H. pylori eradication. In industrialized countries, a proton pump inhibitor plus clarithromycin and amoxicillin or nitroimidazole have shown the best results. Our aims were: 1. To study the eradication rate of the association of a proton pump inhibitor plus tinidazole and clarithromycin on H. pylori infection in our population. 2. To determine if previous treatments, gender, age, tobacco, alcohol use, and non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs change the response to therapy. METHODS: Two hundred patients with peptic ulcer (upper endoscopy and H. pylori infection (histology and rapid urease test - RUT were included. A proton pump inhibitor (lansoprazole 30 mg or omeprazole 20 mg, tinidazole 500 mg, and clarithromycin 250 mg were dispensed twice a day for a seven-day period. Eradication was assessed after 10 to 12 weeks of treatment through histology and RUT. RESULTS: The eradication rate of H. pylori per protocol was 65% (128/196 patients. This rate was 53% for previously treated patients, rising to 76% for not previously treated patients, with a statistical difference pO esquema tríplice tem sido demonstrado como sendo o melhor tratamento para a erradicação do Helicobacter pylori. Nos países industrializados o uso de um inibidor de bomba de prótons associado a claritromicina e a amoxicilina ou a um nitroimidazólico, tem proporcionado os melhores resultados. Objetivamos estudar na nossa população a taxa de erradicação do H. pylori para a associação de um inibidor de bomba de prótons com o tinidazol e a claritromicina e determinar se a resposta ao tratamento é influenciada pelo tratamento prévio, sexo, tabagismo, alcoolismo, idade e uso de anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs. PACIENTES E PROCEDIMENTOS: Duzentos pacientes com diagnóstico endoscópico de úlcera péptica e com infecção pelo H. pylori, confirmada pelo exame histológico e pelo teste rápido da

  4. Hanseníase virchowiana associada ao uso de inibidor do fator de necrose tumoral α: relato de caso Lepromatous leprosy associated with the use of anti-TNF α therapy: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele S Freitas

    2010-06-01

    Full Text Available A terapia anti-TNFα tem sido amplamente utilizada em diversas artropatias inflamatórias crônicas, em especial artrite reumatoide (AR. No entanto, há preocupações quanto à segurança e ao risco de doenças infecciosas nos pacientes. O objetivo deste artigo é descrever um caso de hanseníase, forma virchowiana, em paciente com AR em uso de terapia anti-TNFα. Dessa forma, a vigilância dos eventos adversos deve ser rigorosa, especialmente no que diz respeito às doenças infecciosas. É recomendada investigação apropriada de lesões cutâneas em paciente recebendo terapia anti-TNFα, visto que o quadro clínico inicial pode ser inespecífico, especialmente em regiões endêmicas como o Brasil.TNF blockers have been used in the treatment of several types of chronic inflammatory arthritis, especially rheumatoid arthritis. However, many doubts regarding the safety and high risk of infectious diseases in these patients remain. The main objective of this report was to present a case of lepromatous leprosy in a rheumatoid arthritis patient using TNF blockers. The development of adverse events should be rigorously observed, especially those related to infectious agents. Thus, appropriate investigation of skin lesions in patients receiving anti-TNFa therapy is recommended, as the initial clinical manifestation may be unusual, particularly in endemic regions in Brazil.

  5. A Modified phosphate-carrier protein theory is proposed as a non-target site mechanism For glyphosate resistance in weeds Teoria das proteínas carregadoras fosfato modificadas proposta como mecanismo de resistência ao herbicida glyphosate em plantas daninhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C. Roso

    2010-01-01

    Full Text Available Glyphosate is an herbicide that inhibits the enzyme 5-enolpyruvyl-shikimate-3-phosphate synthase (EPSPs (EC 2.5.1.19. EPSPs is the sixth enzyme of the shikimate pathway, by which plants synthesize the aromatic amino acids phenylalanine, tyrosine, and tryptophan and many compounds used in secondary metabolism pathways. About fifteen years ago it was hypothesized that it was unlikely weeds would evolve resistance to this herbicide because of the limited degree of glyphosate metabolism observed in plants, the low resistance level attained to EPSPs gene overexpression, and because of the lower fitness in plants with an altered EPSPs enzyme. However, today 20 weed species have been described with glyphosate resistant biotypes that are found in all five continents of the world and exploit several different resistant mechanisms. The survival and adaptation of these glyphosate resistant weeds are related toresistance mechanisms that occur in plants selected through the intense selection pressure from repeated and exclusive use of glyphosate as the only control measure. In this paper the physiological, biochemical, and genetic basis of glyphosate resistance mechanisms in weed species are reviewed and a novel and innovative theory that integrates all the mechanisms of non-target site glyphosate resistance in plants is presented.Glyphosate é uma glicina fosfonada e inibe a enzima 5-enolpiruvil-shikimato-3-fosfato sintase (EPSPS (EC 2.5.1.19. EPSPS é a sexta enzima da rota do shikimato, na qual são sintetizados os compostos do metabolismo secundário e os aminoácidos aromáticos fenilalanina, tirosina e triptofano. Alguns autores hipotetizaram que seria improvável a evolução de plantas daninhas resistentes a este herbicida. As justificativas estariam relacionadas à limitada metabolização de glyphosate nas plantas, ao baixo nível de resistência obtido com a superexpressão do gene EPSPS e à alta penalidade de adaptação oriunda de mutações no

  6. Antipsicóticos, anticonvulsivantes, antiadrenérgicos e outras drogas: o que fazer quando o transtorno do estresse pós-traumático não responde aos inibidores seletivos da recaptação da serotonina? Antipsychotics, anticonvulsants, antiadrenergics and other drugs: what to do when posttraumatic stress disorder does not respond to selective serotonin reuptake inhibitors?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    William Berger

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Nesta revisão narrativa, o objetivo foi descrever as opções farmacológicas para o tratamento do transtorno de estresse pós-traumático nos casos de intolerância, resistência, refratariedade ou impossibilidade de utilizar antidepressivos, especialmente inibidores seletivos da recaptação da serotonina. MÉTODO: Consulta às bases de dados ISI Web of Science e PubMed em busca de estudos originais sobre o tratamento farmacológico do transtorno de estresse pós-traumático em diferentes cenários clínicos. RESULTADOS: Evidências preliminares apontam para a utilidade de drogas como a risperidona, a olanzapina, a lamotrigina e o prazosin como estratégias para o cenário clínico em tela. A escolha do medicamento de segunda linha deve levar em conta não só os sintomas, como também as comorbidades, os tratamentos prévios, as interações farmacológicas, os efeitos colaterais e as condições físicas do paciente. CONCLUSÕES: Futuros ensaios clínicos randomizados ainda são necessários para estabelecer com clareza alternativas farmacológicas aos antidepressivos para o tratamento do transtorno de estresse pós-traumático.OBJECTIVES: In this narrative review, we aimed to describe different pharmacological strategies for the treatment of patients with post-traumatic stress disorder who display different levels of intolerance, resistance, refractoriness, or who are unable to take to antidepressants, especially serotonin reuptake inhibitors. METHOD: We searched the ISI web of science and the PubMed for original studies focusing in the treatment of PTSD in different clinical scenarios. RESULTS: Preliminary evidence pointed towards the efficacy of drugs such as risperidone, olanzapine, lamotrigine and prazosin as strategies to be employed in the above mentioned clinical scenarios. The choice of a specific "second line" drug should take into account not only symptoms, but also pattern of comorbidities, previous response to other

  7. Efficacy of herbicides applied to Digitaria horizontalis plants under different water conditions Eficácia de herbicidas aplicados em plantas de Digitaria horizontalis Submetidas a diferentes condições hídricas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.R.R. Pereira

    2012-03-01

    Full Text Available This project aimed to relate the control efficiency of ACCase inhibiting herbicides applied post-emergence to Digitaria horizontalis plants under different soil water contents. The experiments were conducted in a greenhouse, with the application of three different herbicides (fluazifop-p-butyl, haloxyfop-methyl, and sethoxydim + mineral oil Assist. The experimental design used for each herbicide was completely randomized, with four replications, consisting of a 3 x 4 factorial, with the combination of water management strategies (-0.03, -0.07 and -1.5 MPa and four doses of these products (100%, 50%, 25%, and 0% of the recommended dose. Herbicide application was made at two vegetative stages, 4-6 leaves and 2-3 tillers. The visual phytotoxicity evaluations were performed at 14 days after application and the plant dry weight at the end of the study was evaluated. The control efficiency was not affected by water management strategies when applied to the recommended dose of the herbicides in early stages of plant development (4-6 leaf stage. In late applications (2-3 tiller stage the plants held under drought stress showed less phytotoxicity.Este projeto objetivou relacionar a eficiência de controle de herbicidas inibidores da ACCase aplicados em pós-emergência em plantas de Digitaria horizontalis submetidas a diferentes teores de água no solo. Os experimentos foram conduzidos em casa de vegetação, com a aplicação de três diferentes herbicidas (fluazifop-p-butil, haloxyfop-methyl e sethoxydim + óleo mineral Assist. O delineamento experimental utilizado para cada herbicida foi inteiramente casualizado, com quatro repetições, constituído de um fatorial 3 x 4, sendo a combinação de três manejos hídricos (-0,03, 0,07 e -1,5 MPa e quatro doses desses produtos (100, 50, 25 e 0% da dose recomendada. A aplicação dos herbicidas foi feita em dois estádios vegetativos: 4-6 folhas e 2-3 perfilhos. As avaliações visuais de fitotoxicidade

  8. Critérios para avaliação do potencial de lixiviação dos herbicidas comercializados no Estado do Paraná Criteria for evaluation of the leaching potential of herbicides used in Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.H. Inoue

    2003-08-01

    Full Text Available Foi realizado um levantamento referente à comercialização de herbicidas no Estado do Paraná, visando quantificar o volume de sua utilização durante o ano de 2000. Em seguida, com base nas propriedades químicas desses herbicidas, estudaram-se critérios teóricos para classificá-los de acordo com o potencial de lixiviação. A análise dos dados do levantamento indicou que o maior volume comercializado ocorreu no quarto trimestre, relacionando-se provavelmente ao aumento da demanda provocada pela safra de verão. Os grupos de mecanismos de ação cujo consumo é mais significativo são, pela ordem, os inibidores da síntese de aminoácidos (36,9% do total comercializado, os inibidores da fotossíntese (31,3%, os mimetizadores da auxina (11% e os inibidores da divisão celular (8,8%. Os herbicidas glyphosate (4.562,28 t, atrazine (3.075,91 t, 2,4-D (1.659,33 t e sulfosate (631,60 t representam, em conjunto, cerca de 65% do volume total comercializado no Estado. A classificação quanto ao potencial de lixiviação demonstrou que acifluorfen-sódio, alachlor, atrazine, chlorimuron-ethyl, fomesafen, hexazinone, imazamox, imazapyr, imazaquin, imazethapyr, metolachlor, metribuzin, metsulfuron-methyl, nicosulfuron, picloram, sulfentrazone e tebuthiuron são potencialmente lixiviadores, de acordo com os três critérios teóricos adotados (GUS, CDFA e Cohen.A survey was carried out on the commercialization of herbicides in Paraná, to verify their total input in the environment. Based on the chemical properties of these herbicides, theoretical criteria ranking them according to their leaching potential were evaluated. The highest volume of commercialization was found to occur from October to November, probably related to the increased demand caused by the summer crop cycle. The mechanisms of action whose consumption is most expressive are the aminoacid synthesis inhibitors (36.9% of the total volume, followed by the photosynthesis inhibitors (31

  9. Seletividade de herbicidas aplicados nas gramas Santo Agostinho e Esmeralda Selectivity of herbicides applied on St. Augustinegrass and Emerald turfs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.V. Costa

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar a seletividade de herbicidas aplicados nas gramas Santo Agostinho (Stenotaphrum secundatum e Esmeralda (Zoysia japonica em condições de campo. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com quatro repetições. As gramas foram cortadas a 3 cm de altura e, em seguida, foram feitas as aplicações dos herbicidas. Os tratamentos utilizados foram: testemunha sem aplicação, fluazifop-p-butil (125 g ha-1, sethoxydim+óleo mineral (276 g ha-1 + 0,5% v v-1 de Assist, bispyribac-sodium (25 g ha-1, chlorimuron-ethyl (15 g ha-1, ethoxysulfuron (150 g ha-1, halosulfuron (112,5 g ha-1, iodosulfuron-methyl (10 g ha-1, metsulfuron-methyl (2,4 g ha-1, nicosulfuron (125 g ha-1, pyrithiobac-sodium (140 g ha-1, trifloxysulfuron-sodium (22,5 g ha-1, 2,4-D (720 g ha-1, quinclorac (375 g ha-1, atrazina (1.250 g ha-1, bentazon (600 g ha-1, linuron (1.350 g ha-1, fomesafen (187,5 g ha-1, lactofen (120 g ha-1, oxadiazon (600 g ha-1 e oxyfluorfen (720 g ha-1. Os herbicidas que apresentaram potencial de seletividade para o gramado de S. secundatum foram: os inibidores da ALS chlorimuron-ethyl, ethoxysulfuron, halosulfuron, iodosulfuron-methyl e metsulfuron-methyl, o mimetizador de auxina 2,4-D, os inibidores do fotossistema II atrazina e bentazon, bem como os inibidores da Protox fomesafen, lactofen e o oxadiazon. Para o gramado de Z. japonica, os herbicidas que apresentaram potencial de seletividade foram: os inibidores da ALS chlorimuron-ethyl, ethoxysulfuron, halosulfuron, metsulfuron-methyl e nicosulfuron, os mimetizadores de auxina 2,4-D e quinclorac, os inibidores do fotossistema II atrazina e bentazon, além dos inibidores da Protox fomesafen, lactofen e o oxadiazon.The objective of this study was to evaluate the selectivity of herbicides applied on turfgrasses St. Augustinegrass (Stenotaphrum secundatum and Emerald (Zoysia japonica under field conditions. The experimental design was randomized blocks

  10. Efeito de herbicidas aplicados em pré-emergência e momentos de início da irrigação no crescimento de plantas de arroz Effect of herbicides applied in pre-emergence and water management on rice growth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2006-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os herbicidas penoxsulam, inibidor da ALS, e clomazone, inibidor da síntese de carotenóides, aplicados em pré-emergência em doses crescentes, submetidos a diferentes entradas de água (19, 24 e 29 dias após emergência - DAE, sobre o estabelecimento inicial da cultura e crescimento das plantas de arroz BRS Pelota. O penoxsulam apresentou baixa intoxicação tanto na parte aérea quanto nas raízes das plantas de arroz, com efeitos mais acentuados sobre as raízes. O início da irrigação até os 24 DAE associado a doses de até 54 g ha-1 de penoxsulam e de até 300 g ha-1 de clomazone ocasionaram danos mínimos à parte aérea e às raízes do arroz BRS Pelota. No entanto, doses de clomazone acima das indicadas, associadas à irrigação da lavoura aos 19 DAE, causaram forte intoxicação às plantas de arroz.The objective of this work was to evaluate the effect of the herbicides penoxsulam (ALS-inhibiting herbicide and clomazone (carotene biosynthesis-inhibiting herbicide applied in pre-emergence at increasing rates, submitted to water management (19, 24 and 29 days after emergence - DAE on the initial establishment and growth of rice BRS Pelota. Penoxsulam showed low phytotocixity both in shoots and roots of rice plants, with greater effects on the roots. Water availability until 24 DAE associated with penoxsulam rates up to 54 g ha-1 and clomazone rates up to 300 g ha-1 resulted in minimal damages to rice shoots and roots. However, clomazone rates above the recommended, associated with water availability 19 DAE caused high phytotoxicity to rice plants.

  11. Selection of species tolerant to the herbicide sulfentrazone with potential for phytoremediation of contaminated soilsSeleção de espécies tolerantes ao herbicida sulfentrazone com potencial para a fitorremediação de solos contaminados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Carlos Madalão

    herbicida, a altura de plantas e a massa da matéria seca da parte aérea e de raízes. As espécies Cajanus cajan e Leucaena leucocephala apresentaram maior tolerância ao sulfentrazone até a dose de 400 g ha-1, mostrando menores sintomas de fitotoxicidade e menores reduções na altura de plantas e no acúmulo de matéria seca, tanto na parte aérea como nas raízes, em relação ao tratamento controle, indicando, com isso, potencial de utilização para posteriores estudos de fitorremediação de sulfentrazone em solo.

  12. Seletividade da soja transgênica tolerante ao glyphosate e eficácia de controle de Commelina benghalensis com herbicidas aplicados isolados e em misturas Selectivity of glyphosate-tolerant soybean and efficiency of Commelina benghalensis control using isolated and mixed herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Núbia Maria Correia

    2008-01-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar os possíveis efeitos fitotóxicos de herbicidas aplicados em pós-emergência, isolados e em misturas, na soja transgênica (cv. M-SOY 8008 RR tolerante ao glyphosate e no controle de plântulas de Commelina benghalensis. Os experimentos foram desenvolvidos no período de janeiro a maio de 2006, em vasos, mantidos em condições de ambiente não controlado, no Departamento de Fitossanidade, UNESP, Campus de Jaboticabal (SP. Os tratamentos avaliados foram: glyphosate (1,20 kg ha-1 e.a., chlorimuron-ethyl (0,02 kg ha-1, lactofen (0,18 kg ha-1, fomesafen (0,25 kg ha-1, flumioxazin (0,025 kg ha-1, imazethapyr (0,10 kg ha-1, chlorimuron-ethyl (0,01 kg ha-1 mais lactofen (0,096 kg ha-1, chlorimuron-ethyl (0,01 kg ha-1 mais fomesafen (0,125 kg ha-1, lactofen (0,096kg ha-1 mais fomesafen (0,125 kg ha-1, as misturas de glyphosate (0,60kgha-1 com chlorimuron-ethyl (0,01 kg ha-1, lactofen (0,096 kg ha-1, fomesafen (0,125 kg ha-1, flumioxazin (0,0125 kg ha-1, imazethapyr (0,05 kg ha-1 e uma testemunha sem aplicação de herbicida. No experimento com C. benghalensis, testou-se também a aplicação seqüencial de glyphosate (0,96 mais 0,72 kg ha-1 e.a.. A associação de ghyphosate a herbicidas utilizados em soja convencional ocasionou danos visuais às plantas de soja. Em alguns casos, como nas misturas de glyphosate com lactofen e glyphosate com flumioxazin, os sintomas foram severos, com necroses e pontos cloróticos nas folhas. Mesmo assim, essa fitointoxicação não influenciou no desenvolvimento vegetativo e reprodutivo da soja. A mistura de glyphosate a outros herbicidas, assim como a sua aplicação seqüencial, não foram eficazes no controle de C. benghalensis, nas doses testadas e quando as plantas estavam no estádio de 4 a 6 folhas totalmente expandidas.The objective of this study was to evaluate phytotoxicity effects of herbicides applied during post-emergence, either alone or in mixture with other chemicals

  13. Curvas dose-resposta em espécies de plantas daninhas com o uso do herbicida glyphosate(1 Dose-response curves in weed species with the use of herbicide glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz de Souza Lacerda

    2004-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de verificar a resposta de diferentes espécies de plantas daninhas ao herbicida glyphosate, foi desenvolvido em câmara de crescimento um experimento inteiramente casualizado, com cinco repetições no Departamento de Produção Vegetal da ESALQ/USP. Para isso, foram estudadas seis espécies de plantas daninhas: Bidens pilosa L., Tridax procumbens L., Digitaria insularis (L. Fedde, Spermacoce latifolia Aubl., Ipomoea grandifolia L. e Commelina benghalensis L. Utilizou-se o herbicida glyphosate, inibidor da enzima EPSPs, com doses em escalas de 0,0; 11,3; 22,5; 45; 90; 180; 360; 720 e 1.440 g.ha-1 i.a. A elaboração das curvas dose-resposta foi feita pelo ajuste da equação dos dados coletados de biomassa verde utilizando o modelo log-logístico: Y = C+D-C / 1 + Exp{b[log(x-log(RC50]}, calculado por modelo estatístico não linear dos dados pelo programa estatístico SAS. Após a determinação das curvas dose-resposta nas espécies acima citadas concluiu-se que Bidens pilosa foi considerada a planta daninha mais suscetível ao herbicida glyphosate, pois apresentou menor RC50 (31,86 g.ha-1 i.a.. As espécies Tridax procumbens, Digitaria insularis, Spermacoce latifolia, Ipomoea grandifolia, Commelina benghalensis obtiveram RC50 de 58,40; 128,50; 250,44; 615,49 e >1.440 g.ha-1 i.a. respectivamente. Portanto, a quantidade necessária de herbicida para reduzir em 50% a biomassa verde foi de 1,83; 4,03; 7,86; 32 e >359,56 vezes maior em relação à Bidens pilosa respectivamente.With the objective of veryfing the response of different doses in species of weeds by herbicide glyphosate, an experiment was conducted in growth chamber in a completetly randomized design with three repetitions, in the Department of Vegetable Production at ESALQ/USP. For that, were chosen six species of weeds: Bidens pilosa L., Tridax procumbens L., Digitaria insularis (L. Feed, Spermacoce latifolia Aubl., Ipomoea grandifolia L. and Commelina benghalensis L

  14. Efeito do déficit hídrico na eficiencia de herbicidas e nas características bioquímicas de Ipomoea grandifolia Effect of water stress on the efficiency of herbicides and on the biochemical characteristics of Ipomoea grandifolia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.S. Vitorino

    2012-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia dos herbicidas inibidores da ALS e PROTOX no controle de Ipomoea grandifolia sob dois níveis de déficit hídrico, bem como determinar a influência desse déficit hídrico sobre o conteúdo de carboidratos solúveis, proteínas totais e aminoácidos livres da planta daninha. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, no delineamento experimental inteiramente casualizado, com os tratamentos dispostos em esquema fatorial 4 x 2, sendo quatro herbicidas (fomesafen, lactofen, chlorimuron-ethyl e imazethapyr e dois níveis de déficit hídrico (com e sem déficit: -0,5 MPa e -0,01 MPa, respectivamente. Aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação, o controle foi avaliado de forma visual, e a determinação dos solutos orgânicos foi feita 24, 48, 72 e 96 horas após a aplicação dos herbicidas. À exceção de chlorimuron-ethyl, os demais herbicidas controlaram eficientemente I. grandifolia. A eficiência de controle dos herbicidas foi afetada pela condição de déficit hídrico. Os herbicidas elevaram o conteúdo de carboidratos solúveis, independentemente da condição hídrica, e proporcionaram redução de proteínas solúveis nas plantas de I. grandifolia, bem como aumentaram as concentrações de aminoácidos livres.The objective of this work was to evaluate the efficacy of ALS and PROTOX inhibiting herbicides in the control of Ipomoea grandifolia under two levels of water deficit, as well as to determine the influence of drought on the content of the soluble carbohydrates, protein and free amino acids of the weed. The study was conducted in a greenhouse in a completely randomized design with treatments in a factorial scheme 4 x 2, with four herbicides (fomesafen, lactofen, chlorimuron-ethyl and imazethapyr, and two levels of water deficit (with and without deficit, - 0.5 MPa and -0.01 MPa, respectively. At 7, 14, 21, and 28 days after application, the control was evaluated visually and

  15. Terapia com inibidor da ECA com dosagens relativamente altas e risco de agravamento renal na insuficiência cardíaca crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato De Vecchis

    2011-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O efeito renoprotetor dos inibidores da ECA vem sendo questionado no caso de diminuição do volume circulante efetivo, como na insuficiência cardíaca crônica direita ou biventricular. Objetivo: Detectar os preditores clínicos de agravamento renal na população de pacientes com ICC, caracterizado por dois tipos de regime de dosagem de inibidores da ECA. MÉTODOS: De acordo com um desenho de coorte retrospectiva, seguimos dois grupos de pacientes com ICC - tanto direita quanto biventricular -, todos na classe III da NYHA, tratados com inibidores da ECA (enalapril ou lisinopril, e com fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE 10 mg por dia de enalapril ou lisinopril. A disfunção renal agravada (ARD foi definida pelo aumento de Cr > 30% com relação ao segmento basal. O modelo de risco proporcional de Cox foi utilizado para identificar os preditores da ARD entre as seguintes variáveis: os inibidores da ECA com "alta" dosagem, idade, FEVE basal, histórico de repetidas terapias intensivas com diuréticos de alça por via intravenosa (diurético intravenoso, diabete, Cr basal, histórico de hipertensão, pressão arterial sistólica < 100 mmHg. RESULTADOS: Cinquenta e sete pacientes foram recrutados, dos quais 15 foram tratados com inibidor da ECA com dosagem "alta". Durante um seguimento médio de 718 dias, a ARD ocorreu em 17 pacientes (29,8%. Apenas o inibidor da ECA com "alta" dosagem (RR: 12,4681 IC: 2,1614 - 71,9239 p = 0,0050 e Cr basal (RR:1,2344 IC: 1,0414 - 1,4632 p = 0,0157 foi demonstrado ser preditor da ARD. Além disso, demonstrou-se que o inibidor da ECA com dosagens "altas" não previu ARD em ICC sem diurético intravenoso e ICC com diabete. CONCLUSÃO: Na ICC de classe III da NYHA, o inibidor da ECA com "altas" dosagens e um maior Cr basal foi preditor da ARD. A nefrotoxicidade relacionada com inibidores da ECA em "altas" dosagens foi aumentada com o diurético intravenoso, ao passo que, em pacientes com

  16. Fotodegradação dos herbicidas atrazina e amicarbazona em meio aquoso: destino ambiental e tratamento.

    OpenAIRE

    2015-01-01

    É grande a preocupação quanto à presença de poluentes persistentes (POP) no ambiente aquático, devido ao potencial destes micropoluentes em afetar organismos aquáticos e a saúde humana. Dentre os POP estão os herbicidas atrazina (ATZ) e amicarbazona (AMZ), empregados no controle de ervas daninhas no cultivo de cana-de-açúcar, responsável por grande parte do consumo de herbicidas no país. O conhecimento do destino desses compostos no meio ambiente é essencial para avaliar seus potenciais impac...

  17. Perfil de pacientes com leucemia mieloide crônica tratados com o nilotinibe - inibidor de tirosina-quinase de 2ª geração

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Gil Cliquet

    2016-10-01

    Full Text Available Introdução: A leucemia mielóide crônica (LMC é uma neoplasia associada à translocação recíproca entre os cromossomos 9 e 22, que origina o gene de fusão Bcr/Abl. Avanços no tratamento da LMC surgiram com o desenvolvimento do inibidor de tirosina-quinase (TK de 1a geração, o imatinibe. O desenvolvimento de resistência ao inibidor levou a criação de inibidores de 2a geração, como o nilotinibe. Objetivos: Traçar o perfil de pacientes com LMC em tratamento com inibidor de 2a geração e entender o motivo da troca do inibidor. Materiais e Métodos: Levantamento de dados de história clínica de pacientes diagnosticados com LMC no Conjunto Hospitalar de Sorocaba. Resultados: Dos 11 prontuários analisados, 54,5% eram homens. A média de idade foi de 53,7 anos. Dos prontuários analisados, 63,6% pacientes passaram a utilizar o nilotinibe por resistência e 36,4% devido à toxicidade e efeitos colaterais do imatinibe. Dos 11 pacientes, 18,2% não fazem mais tratamento com inibidor de TK; nos demais, 45,4% apresentam resposta molecular maior (RMM e 27,3% apresentam resposta molecular completa (RMC; 9% dos pacientes em uso de inibidor de TK não apresentaram RMM. Discussão: Foi verificado que a resistência à droga foi o principal motivo para a troca de inibidor de TK. Nestes, a média de meses utilizando imatinibe foi de 44,4 meses e 86% atingiram a RMM ou a RMC. Dos pacientes que trocaram de inibidor devido à toxicidade, a média de meses utilizando imatinibe foi de 17,75 meses e 50% atingiram a RMM ou RMC. Os pacientes em RMC tiveram uma média de 56,7 meses de uso de nilotinibe. Conclusão: O uso de nilotinibe nos pacientes que apresentaram resistência ou reações adversas mostrou-se eficaz em comparação com os efeitos do imatinibe. Com os dados obtidos, a RMC também é um fator presente nos pacientes que obtiveram sucesso no tratamento a longo prazo.

  18. A regeneração hepática e os inibidores da enzima conversora da angiotensina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Silva Ramalho

    2000-01-01

    Full Text Available No presente estudo, o autor aborda conceitos fundamentais acerca do fenômeno regenerativo hepático, seguido de alguns aspectos importantes relacionados ao sistema calicreína-cininas. A associação entre os inibidores da enzima conversora da angiotensina, a bradicinina e a regeneração hepática é discutida à luz de estudos recentes, que revelam um papel estimulante das cininas sobre a proliferação hepatocelular. Os inibidores da enzima conversora da angiotensina, extremamente utilizados no tratamento clínico da hipertensão arterial sistêmica, da insuficiência cardíaca congestiva e da nefropatia diabética, também são capazes de favorecer a regeneração hepática.

  19. Uso da água por plantas de arroz em competição com biótipos de Echinochloa crusgalli resistente e suscetível ao herbicida quinclorac Water use by rice plants under competition with Echinochloa crusgalli biotypes resistant and susceptible to quinclorac

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2009-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar as características associadas à eficiência de uso da água por plantas de arroz irrigado, quando sob competição com biótipos de capim-arroz resistente ou suscetível ao herbicida quinclorac, em diferentes densidades. O experimento foi realizado em casa de vegetação, em delineamento de blocos casualizados e esquema fatorial 2 x 6 (dois biótipos e seis densidades de infestação, com quatro repetições. Os tratamentos consistiram em manter uma planta de arroz no centro da unidade experimental, competindo com 0, 1, 2, 3, 4 ou 5 plantas do biótipo resistente ou suscetível na periferia. Aos 50 DAE (dias após a emergência foram avaliadas a condutância estomática de vapores de água, a pressão de vapor na câmara subestomática, a temperatura da folha e a taxa transpiratória, sendo calculada ainda a eficiência do uso da água. As plantas foram coletadas junto à superfície do solo, acondicionadas em sacos de papel e secas em estufa (70 ± 1 ºC com circulação forçada de ar até massa constante, para obtenção da massa seca de planta. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F; em caso de significância, aplicou-se o teste de Duncan para avaliar o efeito da densidade de plantas e o teste da Diferença Mínima Significativa (DMS para diferenças entre as influências dos biótipos resistente e suscetível sobre as plantas de arroz. Plantas de arroz foram afetadas pelo aumento no número de plantas de capim-arroz competindo com a cultura, mas não foram observadas diferenças na maioria das variáveis estudadas em função do biótipo com o qual essas plantas competiam. Variáveis-chave, como a eficiência do uso da água, foram mais afetadas quando as plantas de arroz competiam com plantas de capim-arroz do biótipo suscetível ao herbicida quinclorac. Em condições de lavoura, essa característica pode não influenciar significativamente o desenvolvimento das plantas

  20. Sensibilidade de plantas de arroz ao herbicida bispyribac-sodium em função de doses e locais de aplicação Sensitivity of rice plants to bispyribac-sodium in function of rates and mode of application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2007-09-01

    Full Text Available A influência de concentrações de bispyribac-sodium, aplicadas na parte aérea ou nas raízes das plantas de arroz, foi avaliada. O experimento foi realizado em casa de vegetação, usando bispyribac-sodium nas doses de 0, 24, 48, 72, 96 e 120 ppb, aplicadas na parte aérea ou nas raízes de plantas de arroz BRS Pelota e BRS Bojuru. As unidades experimentais constaram de copos plásticos perfurados na lateral próximo ao fundo, com areia lavada, onde foram colocadas cinco sementes de arroz, e mantidas dentro de bandejas contendo água em nível imediatamente inferior ao nível de areia. Quando as plantas se encontravam no estádio de duas a três folhas definitivas, as soluções foram pulverizadas diretamente sobre as folhas. Para aplicação nas raízes, o herbicida foi colocado na água de irrigação. Quarenta dias após emergência, foram avaliados comprimento de plantas, matéria fresca e seca de parte aérea e raízes e volume do sistema radical. Os dados foram submetidos à análise de variância, com análise de regressão através de modelos polinomiais, quando significativos. O cultivar de arroz BRS Bojuru se mostrou mais sensível que o BRS Pelota ao incremento na dose de bispyribac-sodium, com efeito mais pronunciado quando aplicado diretamente às folhas. Em campo, devem-se evitar doses acima das recomendadas, principalmente quando do uso de cultivares japonica.The aim of this work was to evaluate the influence of bispyribac-sodium concentrations applied to shoot and roots of rice plants. The trial was conducted under controlled environment, using bispyribac-sodium at 0, 24, 48, 72, 96 and 120 ppb, applied to shoot or roots of rice plants cvs. BRS Pelota and BRS Bojuru. The experimental units were composed of plastic bottles with 500 mL capacity, drilled in the lateral next to the bottom, filled with washed sand, where five seeds were sowed, and the experimental units were put into a basin containing water at a lower level than

  1. Desempenho de populações híbridas F2 de arroz-vermelho (Oryza sativa com arroz transgênico (O. sativa resistente ao herbicida amonio-glufosinate Performance of F2 hybrid populations of red rice (Oryza sativa with ammonium-glufosinate-resistant transgenic rice (O. sativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.A. Noldin

    2004-09-01

    Full Text Available O arroz-vermelho e o arroz-preto constituem-se nas principais plantas daninhas infestantes da cultura de arroz irrigado, devido à dificuldade de controle seletivo desta espécie em lavouras comerciais. A utilização de cultivares geneticamente modificados resistentes a herbicidas não-seletivos constitui uma alternativa de controle do arroz-vermelho e arroz-preto em arroz irrigado. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento de populações híbridas F2 originárias do cruzamento entre o arroz transgênico resistente ao herbicida glufosinato de amônio (arroz GM e o arroz-vermelho ou arroz-preto. As populações híbridas F2 resultantes do cruzamento entre o arroz transgênico e o arroz-vermelho e preto são viáveis, mas não apresentam vantagem competitiva aparente em comparação com o arroz-vermelho e arroz-preto não-hibridizado, respectivamente. Nas populações híbridas F2, as características morfológicas, como capacidade de perfilhamento, número de folhas produzidas e estatura média das plantas, foram em parte reduzidas e em parte não foram afetadas pela introgressão do gene BAR. A duração média do período entre o transplante e 50% da fase de floração aumentou nos híbridos F2 entre arroz-vermelho e arroz GM, comparado com os parentais arroz-vermelho e arroz GM. Nos híbridos com arroz-preto, observou-se o contrário: as plantas reduziram o ciclo médio em relação a este. O degrane natural médio observado nos quatro cruzamentos foi inferior ao apresentado pelos dois parentais (arroz-vermelho e arroz-preto-aspecto este também desfavorável à persistência do arroz-vermelho no ambiente. A esterilidade média de espiguetas aumentou e a produção de sementes viáveis foi inferior ou no máximo similar àquela observada no arroz-vermelho e no arroz-preto. A dormência de sementes foi pouco afetada, quando comparadas as populações híbridas F2 portadoras do gene BAR com os parentais arroz-vermelho e arroz

  2. Sorção do herbicida acetochlor em amostras de solo, ácidos húmicos e huminas de argissolo submetido à semeadura direta e ao preparo convencional Sorption of acetochlor herbicide by soil samples, humic acids and humin from an argisol under no-till and conventional tillage systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Vicente Weiss Ferri

    2005-10-01

    Full Text Available A sorção de herbicidas no solo é um dos processos determinantes na sua dinâmica no ambiente. Para compostos fracamente polares, como é caso do acetochlor, a matéria orgânica do solo constitui o principal sorvente. O objetivo deste estudo foi avaliar a sorção de acetochlor em amostras de solo, de ácidos húmicos e de huminas de um Argissolo Vermelho distrófico (PVd submetido à semeadura direta e ao preparo convencional. Isotermas de sorção foram obtidas em temperatura ambiente e a concentração do herbicida foi determinada por cromatografia líquida de alta eficiência. As amostras de solo foram caracterizadas pelos teores de C orgânico e de substâncias húmicas; os ácidos húmicos e huminas foram caracterizados por análise elementar. A capacidade de sorção de acetochlor foi superior no solo de semeadura direta (Kd = 1,22 ± 0,11 L kg-1, K OC = 116 ± 10 L kg-1 C em relação ao preparo convencional (Kd = 0,76 ± 0,08 L kg-1, K OC = 86 ± 8 L kg-1 C. Este comportamento foi relacionado, em parte, com o maior teor de C no solo tratado com semeadura direta. Nos ácidos húmicos de preparo convencional, a sorção (Kd = 178 ± 18,9 L kg-1, K OC = 352 ± 37 L kg-1C foi similar à verificada nos ácidos húmicos de semeadura direta (Kd = 158 ± 14,6 L kg-1, K OC = 321 ± 30 L kg-1 C; situação semelhante foi observada com as huminas. Dentre as frações húmicas avaliadas, as huminas apresentaram maior capacidade de sorção (Kd = 1.028 e 1.183 L kg-1, K OC = 2.691 e 2.892 L kg-1 C.The sorption of herbicides to soil is a process determinant of its dynamics in the environment. For weakly polar compounds such as acetochlor, organic matter represents the main sorbent in soil. The goal of this study was to evaluate the sorption of acetochlor on soil samples, humic acids and humin from an "Argissolo Vermelho distrófico" (PVd-Paleudult under no-till and conventional tillage systems. Sorption isotherms were carried out at room

  3. Persistência de herbicidas dessecantes aplicados em milho transgênico sobre Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Antonio Pasini

    Full Text Available RESUMO O milho é um dos cereais mais cultivados no mundo e para a obtenção de altas produtividades é imprescindível o controle adequado das plantas daninhas. Contudo, a utilização de herbicidas pode comprometer os efeitos benéficos da ação dos inimigos naturais, entre eles o parasitoide de ovos Trichogramma pretiosum. O objetivo deste trabalho, foi estimar a duração da atividade nociva de herbicidas dessecantes aplicados em milho transgênico ao parasitoide T. pretiosum através de testes de persistência. Foram realizados bioensaios em laboratório, expondo-se os adultos do parasitoide aos resíduos dos herbicidas, utilizando-se as metodologias propostas pela "International Organization for Biological Control of Noxious Animals and Plants" (IOBC. Os herbicidas foram pulverizados sobre as folhas das plantas de milho transgênico, que foram levadas ao laboratório para a confecção de gaiolas de exposição, onde adultos de T. pretiosum foram expostos aos 3; 10; 17; 24 e 31 dias após esta aplicação. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições para cada tratamento. A redução do parasitismo em relação à testemunha foi utilizada para classificar os agrotóxicos quanto à seletividade e, posteriormente quanto à persistência. Os herbicidas dessecantes à base de sal de isopropilamina (Glifosato® Atanor 48, Gli-Up® 480 SL, Roundup® Original, Roundup® Transorb, Roundup® WG, Shadow® 480 SL, Stinger® e Trop®, sal de potássio (Zapp® Qi 620 e de sal de amônio (Finale® foram considerados de vida curta, tendo menos de cinco dias de atividade nociva sobre o parasitoide. Assim, liberações inundativas de T. pretiosum podem ser realizadas aos três dias após pulverização destes herbicidas dessecantes.

  4. Criatividade no Ensino Fundamental: Fatores Inibidores e Facilitadores segundo Gestores Educacionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice M. L. Soriano de Alencar

    Full Text Available Este estudo investigou a percepção de gestores de instituições de ensino fundamental sobre fatores que dificultam o professor promover o desenvolvimento da criatividade discente e procedimentos que poderiam utilizar para apoiar o professor na promoção da criatividade em sala de aula. Participaram 118 gestores de escolas públicas e particulares, os quais responderam a uma checklist de barreiras à criatividade em sala de aula e quatro questões abertas. Fatores inibidores mais apontados foram: desconhecimento pelo professor de práticas pedagógicas que poderiam ser utilizadas para propiciar o desenvolvimento da criatividade dos alunos e falta de entusiasmo pela atividade docente. Orientação, apoio e incentivo ao docente foi o procedimento mais apontado pelos gestores para auxiliar o professor a desenvolver a criatividade de seus alunos.

  5. Efeito de herbicidas sobre agentes fitopatogênicos = Effect of herbicides on phytopathogenic agents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Dias Rosa

    2010-07-01

    Full Text Available Na agricultura moderna, diversas tecnologias auxiliam no aumento daprodutividade, sendo o herbicida uma delas, mas existem consequências atreladas ao seu uso, como os diversos efeitos sobre organismos não alvos. Neste trabalho, objetivou-se verificar esses efeitos sobre agentes fitopatogênicos, assim como avaliar o efeito do herbicida glyphosate sobre diversas doenças, em plantas de soja transgênicas.Verificou-se forte ação fungicida com o uso do herbicida glyphosate, assim como os outros avaliados “in vitro”, sobre os fungos testados, e os mesmos resultados foram observados nas plantas em condição de campo.In modern agriculture, several technologies have helped increase productivity, and herbicide is one of them. However, there are consequences linked to its use, such as the various effects on non-target organisms. The purpose of this work was to verify these effects on phytopathogenic agents, as well as assess the effect of glyphosate on diseases in transgenic soybean. There was a strong fungicide action using glyphosate herbicide as well as with the others evaluated in vitro regarding fungi tested. The same results were observed in plants in field conditions.

  6. Aspectos fisiológicos da mandioca após a aplicação dos herbicidas fluazifop-p-butil e fomesafen

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Valadão Silva

    2014-04-01

    Full Text Available Acredita-se que alguns herbicidas possam influenciar a eficiência do uso da água, pelo efeito negativo direto sobre fotossíntese, transpiração e condutância estomática ou, indiretamente, pela redução da taxa metabólica da planta. Diante disso, objetivou-se, neste trabalho, avaliar a influência dos herbicidas fluazifop-p-butil e fomesafen, isolados e em mistura, sobre as características associadas ao uso da água, por cultivares de mandioca, visando a selecionar aqueles mais tolerantes aos referidos herbicidas. Realizou-se experimento, em casa de vegetação no delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. Adotou-se arranjo fatorial em esquema 5x7, constituído pela combinação de cinco cultivares de mandioca: Cacau-UFV, Platina, Coqueiro, Coimbra e IAC-12, com quatro doses da mistura comercial dos herbicidas fomesafen + fluazifop-p-butil (0,5; 0,75; 1,0 e 1,5 L ha-1, além da dose comercial recomendada de cada princípio ativo isolado e uma testemunha sem herbicida. As características avaliadas foram: condutância estomática (gs, taxa de transpiração (E e eficiência do uso da água (EUA. De maneira geral, a E, gs e EUA foram afetadas pela aplicação da mistura dos herbicidas. Os cultivares de mandioca apresentam diferentes níveis de sensibilidade ao fluazifop-p-butil + fomesafen, sendo que o cultivar Platina é o mais tolerante à aplicação da mistura. O fluazifop-p-butil mostrou-se seletivo para a cultura e o fomasafen causou efeitos negativos na fisiologia da mandioca.

  7. Seletividade de combinações de herbicidas latifolicidas com lactofen para a cultura de soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza Reginaldo Teodoro de

    2002-01-01

    Full Text Available Combinações de herbicidas visam o aumento do espectro de controle de plantas daninhas do complexo florístico, sendo usadas na agricultura com freqüência. Este trabalho teve como objetivo estudar a seletividade das combinações do herbicida lactofen, com bentazon, fomesafen, chlorimuron-ethyl e imazethapyr na cultura da soja, cultivar BR-37. Para isso, foi instalado um experimento de campo em Maringá-PR, em área livre de plantas daninhas evitando assim possíveis interferências sobre a cultura. Os tratamentos combinados foram obtidos aplicando-se de maneira contínua cada produto e suas doses a 75, 50 e 25% da dose comercial, seguindo as linhas de soja e novamente, aplicando-os perpendicularmente as mesmas, sendo assim, os locais onde houve o cruzamento e sobreposição das aplicações, formaram-se as combinações dos herbicidas, originando também, quatro testemunhas diagonais aos tratamentos. A comparação entre as médias de produtividade foi feita com o cálculo dos intervalos de confiança das testemunhas e de cada tratamento, adotando-se o teste t a 5%. As combinações foram seletivas para a cultura da soja. Verificaram-se reduções na produtividade de soja entre as combinações com os herbicidas nas maiores doses, sugerindo a necessidade de realizar novas pesquisas com os mesmos.

  8. Susceptibilidade de espécies de plantas com potencial de fitorremediação do herbicida sulfentrazone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Carlos Madalão

    2013-02-01

    Full Text Available Dentre as novas tecnologias, a fitorremediação é opção para a descontaminação de áreas que receberam intensas aplicações de herbicidas. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de selecionar espécies com potencial para a fitorremediação de solos contaminados com o herbicida sulfentrazone. As espécies testadas foram: Calopogonium mucunoides, híbrido de sorgo (Sorghum bicolor x Sorghum sudanense, Crotalaria breviflora, Crotalaria juncea, Canavalia ensiformis, Dolichos lablab, Stizolobium deeringianum e Stizolobium aterrimum, cultivadas em cinco doses do sulfentrazone (0, 200, 400, 800 e 1.600 g ha-1. O experimento foi instalado em casa de vegetação, utilizando-se vasos com capacidade para 6 L, preenchidos com amostras de solo coletadas na profundidade de 0-20 cm. Foram avaliadas a fitotoxicidade do herbicida, a altura de plantas e a massa de matéria seca da parte aérea e de raízes. As espécies que manifestaram os menores sintomas de fitotoxicidade e os maiores índices de altura e matéria fresca e seca foram C. juncea, C. ensiformis e D. lablab, sendo selecionadas como tolerantes ao herbicida sulfentrazone e com potencial para fitorremediação.

  9. Seletividade e eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura do feijão-caupi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauricio Antonio Cuzato Mancuso

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO A falta de conhecimento sobre herbicidas para o manejo químico das plantas daninhas é uma das principais limitações para a expansão da cultura do feijão-caupi, na região centro-sul do Brasil. Com o objetivo de avaliar a seletividade e a eficiência de herbicidas na cultura do feijão-caupi, foram conduzidos dois experimentos de campo, um com a cultivar BRS Guariba e, outro, com BRS Novaera, em Botucatu-SP. Em ambos os experimentos, o delineamento utilizado foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 2 + 2, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos pelas combinações de três herbicidas (bentazona, fomesafem e diclosulam com duas épocas de aplicação (inicial e tardio, além de uma testemunha capinada e, outra, sem capina. O herbicida diclosulam provocou elevada fitotoxicidade e reduziu a população de plantas, enquanto o bentazona proporcionou os menores níveis de fitointoxicação aos dois cultivares de feijão-caupi. O fomesafem, especialmente quando aplicado na fase inicial, foi o mais eficaz no controle das plantas daninhas e, mesmo causando fitotoxicidade à cultura do feijão-caupi, propiciou população de plantas adequada, bem como produtividades de grãos semelhantes às obtidas com a testemunha capinada. Assim, conclui-se que o herbicida fomesafem é o mais eficiente para ambas a's cultivares de feijão-caupi.

  10. Os inibidores de tirosino quinase de segunda geração The inhibitors of tyrosine kinase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia T. Delamain

    2008-04-01

    Full Text Available O imatinibe tem sido confirmado como terapia de primeira linha para a Leucemia Mielóide Crônica (LMC por apresentar respostas duradouras na maior parte dos pacientes, principalmente nos que se encontram em fase precoce da doença. Entretanto, resistência ou intolerância ao imatinibe podem ocorrer. A resistência ao imatinibe ocorre com muito mais freqüência em fases mais avançadas da doença, sendo a causa mais comum o desenvolvimento de mutações no sítio BCR-ABL. Em face deste problema, novos inibidores de tirosino quinase têm sido desenvolvidos, com maior potência, diminuindo assim a chance de desenvolvimento de resistência ao tratamento. O nilotinibe e o dasatinibe são dois exemplos de inibidores de segunda geração de tirosino quinase recentemente aprovados. Ambos têm demonstrado excelentes resultados em pacientes que desenvolvem resistência ou são intolerantes ao imatinibe.Despite the success with imatinib as the first choice treatment of chronic myeloid leukemia (CML, there is still a subset of patients that do not respond optimally to or are intolerant of this drug or lose response. Imatinib resistance can occur at any phase, but it is more frequent in advanced phases, with mutations in the BCR-ABL kinase domain being the most common mechanism of resistance. More potent tyrosine kinase inhibitors have been developed that can overcome resistance to imatinib. Nilotinib and dasatinib are good examples of new tyrosine kinase inhibitors that are available. With these new agents, patients who develop imatinib resistance or those unable to tolerate imatinib treatment can achieve significant clinical responses.

  11. Quantidade de chuva e lixiviação do herbicida metribuzin através de planta bioindicadora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio C. da Silva Junior

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivou-se, neste trabalho, avaliar o potencial de lixiviação do herbicida metribuzin com precipitações pluviométricas naturais, em dois solos com texturas contrastantes, argiloso e médio arenoso, em condições de campo, através de planta bioindicadora. Colunas de PVC foram introduzidas nos dois solos. Manteve-se a integridade original do solo durante a coleta das amostras, que ocorreu após o acúmulo das precipitações em um intervalo estipulado ao ambiente entre 30-40, 60-80 e 100-120 mm de chuva. As colunas foram separadas com corte longitudinal para a semeadura da espécie bioindicadora (25 plantas. Após a semeadura avaliações de fitotoxicidade das plantas bioindicadoras foram realizadas aos 5, 7, 10 e 12 dias após a semeadura, através de uma escala de notas de 0 a 100%. A lixiviação do herbicida metribuzin foi dependente da precipitação recebida para os dois tipos de solo estudados. A eficácia da planta bioindicadora dependeu do tipo de solo e da precipitação. A metodologia de utilização de plantas bioindicadoras mostrou-se eficiente para avaliação da mobilidade de herbicida no perfil do solo.

  12. Behavior of Bradyrhizobium japonicum strains under different herbicide concentrations Comportamento de estirpes de Bradyrhizobium japonicum em diferentes concentrações de herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.S. Arruda

    2001-04-01

    Full Text Available The Bradyrhizobium japonicun strains SEMIA 5073, SEMIA 5074, SEMIA 5079 and SEMIA 5080 were grown in vitro using Vincent medium combined with different rates of the herbicides imazaquin (0, 0.04, 0.12, 0.24, 0.36 mg a.i. g-1, clomazone (0, 0.4, 0.8, 1.6 and 3.2 mg a.i. g-1 and sulfentrazone (0, 0.2, 0.4, 0.8 and 1.6 mg a.i. g-1 to evaluate the strains tolerance to herbicides. The three herbicides drastically inhibited all the rhizobium strains tested, showing a significant decrease of the CFU number as a function of herbicide rates. The rhizobium strains presented a differentiated tolerance to the herbicides. The herbicide rates that reduced 50% (I50 of the growth or survival of the rhizobium strains were below the recommended sprayed rates for weed control in the soybean crop, for all the three herbicides studied; however, sulfentrazone I50 was smaller than imazaquin and clomazone I50.As estirpes de Bradyrhizobium japonicum SEMIA 5073, SEMIA 5074, SEMIA 5079 e SEMIA 5080 foram cultivadas in vitro, utilizando meio de Vincent acrescido de diferentes doses dos herbicidas imazaquin (0; 0,04; 0,12; 0,24; 0,36 mg i.a. g-1, clomazone (0; 0,4; 0,8; 1,6; 3,2 m i.a. g-1 e sulfentrazone (0; 0,2; 0,4; 0,8; 1,6 mg i.a. g-1, com o objetivo de avaliar a tolerância destas estirpes aos herbicidas. Os três herbicidas afetaram drasticamente as estirpes de rizóbio testadas, causando decréscimo significativo no crescimento ou na sobrevivência, em função do incremento nas doses. As estirpes de rizóbio apresentaram tolerância diferenciada aos herbicidas. As doses de herbicidas que reduziram em 50% o crescimento ou a sobrevivência das estirpes (I50 foram inferiores àquelas recomendadas para o controle de plantas daninhas na cultura de soja, para os três herbicidas estudados; no entanto, o I50 do herbicida sulfentrazone foi significativamente menor que o I50 dos herbicidas imazaquin e clomazone.

  13. Sistemas de efluxo multidrogas em Escherichia coli e uso de inibidores como possíveis adjuvantes na terapia da mastite bovina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. Ospina

    2014-04-01

    Full Text Available Vinte e sete isolados de Escherichia coli provenientes de leite de bovinos com mastite clínica foram submetidos a teste de sensibilidade aos principais antimicrobianos usados no tratamento desta doença. Avaliou-se também a efetividade in vitro de dois inibidores de sistemas de efluxo multidrogas, fenilalanina arginyl ß naftilamida (PAβN e 1-(1-Naphthylmethyl-piperazine (NMP, utilizando-se a concentração inibitória mínima (CIM como referência. A CIM e o sistema de efluxo foram detectados com base nas curvas de crescimento, utilizando-se a densidade óptica (D.O550, em diferentes concentrações da droga e na presença e ausência dos inibidores. Apenas quatro isolados apresentaram resistência à ampicilina e ao sulfametoxazol∕trimetoprim, simultaneamente, enquanto todos os 27 foram sensíveis aos demais antimicrobianos. Observaram-se valores para ampicilina variando de 6µg/mL a 250µg/mL e para sulfametoxazol∕trimetoprim de 12µg/mL a 1500µg/mL. Houve redução das CIMs desses antimicrobianos em todos os isolados na presença dos inibidores, exceto para sulfametoxazol∕trimetoprim na presença de NMP. Conclui-se que esses isolados possuem um estreito perfil de resistência e que PAßN apresentou melhor efeito inibitório em relação à ampicilina e ao sulfametoxazol∕trimetoprim, apresentando-se como um candidato a adjuvante no tratamento da mastite.

  14. Neonatal exposure to citalopram, a serotonin selective reuptake inhibitor, programs a delay in the reflex ontogeny in rats Exposição neonatal ao citalopram, um inibidor seletivo da recaptação de serotonina, programa retardo na ontogênese reflexa em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Cristina Bomfim de Jesus Deiró

    2008-01-01

    Full Text Available Serotonin influences the growth and development of the nervous system, as well as its behavioral manifestations. The possibility exists that increased brain serotonin availability in young animals modulates their neuro-behavioral responses. This study investigated the body weight gain and reflex ontogeny of neonatal rats treated during the suckling period with two doses of citalopram (5 mg, or 10 mg/kg, sc, daily. The time of the appearance of reflexes (palm grasp righting, free-fall righting, vibrissa placing, auditory startle response, negative geotaxis and cliff avoidance as well as the body weight evolution were recorded. In general, a delay in the time of reflex development and a reduced weight gain were observed in drug-treated animals. These findings suggest that serotoninergic mechanisms play a role in modulating body weight gain and the maturation of most reflex responses during the perinatal period in rats.A serotonina influencia o crescimento e o desenvolvimento do sistema nervoso e sua expressão comportamental. O aumento da disponibilidade de serotonina no cérebro de ratos jovens parece modular as respostas neurocomportamentais. Neste estudo, foram investigados o ganho de peso corporal e a ontogênese dos reflexos em ratos neonatos, tratados diariamente, durante o período de aleitamento, com duas doses de citalopram (5 ou 10 mg/Kg de peso corporal, via subcutânea. Foram avaliados, o tempo de aparecimento dos reflexos (preensão palmar, endireitamento, colocação pelas vibrissas, resposta ao susto, geotáxico negativo e aversão ao precipício, e a evolução do peso corporal. Foi observado atraso no tempo de desenvolvimento de alguns reflexos e redução no ganho de peso corporal. Os achados em ratos sugerem que as alterações no ganho de peso corporal e na maturação dos reflexos são programadas, durante o período perinatal, com participação de mecanismos serotoninérgicos de modulação.

  15. Seletividade de herbicidas a cinco tipos de gramas Herbicide selectivity to five species of turfgrasses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.J. Christoffoleti

    2001-08-01

    Full Text Available Dentre as opções de controle de plantas daninhas em gramados, destaca-se o uso de herbicidas, porém poucas informações existem na literatura sobre a sua seletividade a gramados. Assim, foi desenvolvida a presente pesquisa em casa de vegetação da ESALQ - Piracicaba, com o objetivo de testar a seletividade de herbicidas aplicados em pré-plantio (sulfentrazone a 1,4 kg i.a. ha-1 e oxadiazon a 1,0 kg i.a. ha-1 e em pós-emergência (halosulfuron a 112,5 g i.a. ha-1, 2,4-D a 2,010 kg i.a. ha-1 e MSMA a 2,4 kg i.a. ha-1, em cinco espécies de gramas (família Poaceae: são-carlos (Axonopus affinis, esmeralda (Zoysia japonica, bermuda (Cynodon dactylon, zoysia (Zoysia matrella e santo-agostinho (Stenotaphrum secundatum. As conclusões gerais deste trabalho de pesquisa foram de que a seletividade de herbicidas aos diversos tipos de grama é função principalmente da espécie de grama e do tipo e da dose do herbicida aplicado. Dentre os herbicidas testados, destacam-se como mais seletivos o halosulfuron na dose de 112,5 g i.a. ha-1 e o 2,4-D na de 2,010 kg i.a. ha-1; as espécies de grama do gênero Zoysia (esmeralda [Z. japonica] e zoysia [Z. matrella], de maneira geral, são mais tolerantes aos herbicidas testados nesta pesquisa.Among the weed control options, herbicide is certainly one to be considered for weed control in turfgrass; however, little has been published about herbicide selectivity, specially under Brazilian landscape conditions. Therefore, this research was conducted at USP/ESALQ, Piracicaba-SP, Brazil, to evaluate herbicide selectivity to turfgrass of pre-planting application herbicides (sulfentrazone at 1.4 kg a.i.ha-1 and oxadiazon 1.0 kg a.i.ha-1 and post-emergence application herbicides (halosulfuron at 112.5 g a.i.ha-1, 2,4-D at 2.010 kg a.i.ha-1 and MSMA at 2.4 kg a.i.ha-1, in five species of turfgrass: Axonopus affinis Chase, Zoysia japonica, Cynodon dactylon, Zoysia matrella and Stenotaphrum secundatum. It was concluded

  16. Efeito inibidor do crescimento tumoral pela metionina-encefalina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Georgia Mascarenhas

    1992-03-01

    Full Text Available A metionina-enceflalina (Met-Ehk é um pentapeptídeo opióide derivado do pró-normônio proencefalina A. presente em células neuroendócrinas e hematopoéticas. Estudos experimentais evidenciam seu papel na indução, ativação e controle de eventos imunomodula-dores, inclusive com potente efeito inibidor do crescimento tumoral. O presente estudo demonstra que o efeito inibidor da Met-Enk no crescimento de um fibro-histiocitoma, em camundongos BALB/cJ, é influenciado pelo protocolo utilizado, via de administração e dose do pentapeptídeo opióide utilizada no tratamento. A administração de Met_Enk por via intracerebral retardou de forma eficiente o processo de tumorigênese, aumentando a sobrevida dos animais e reduzindo de forma significativa a área tumoral final. Dose baixa (0,25 mg/kg de Met-Enk administrada por via intracerebral foi ainda mais potente no controle da tumorigênese.

  17. Sorção do herbicida atrazine em complexos organominerais

    OpenAIRE

    2001-01-01

    Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a sorção do atrazine em complexos organominerais predominantes em solos tropicais. A amostra de herbicida utilizada na experimentação continha 97% de pureza. Alíquotas de 10 mL das soluções de 0,0; 10,0; 20,0; 40,0; 70,0; e 100,0 mmol L-1 de atrazine foram adicionadas aos seguintes substratos: ácidos húmicos, caulinita, goethita, ferridrita, ácidos húmicos+caulinita, ácidos húmicos+ goethita e ácidos húmicos+ferridrita; o extrator utili...

  18. Biodegradação dos herbicidas imazetapir e imazapique em solo rizosférico de seis espécies vegetais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelen Müller Souto

    2013-10-01

    Full Text Available A fitoestimulação é uma das técnicas de fitorremediação que pode ser utilizada para a redução da concentração dos herbicidas no solo. Para tanto é necessário a seleção de plantas que estimulem a atividade dos microrganismos degradadores da rizosfera. O objetivo deste trabalho foi avaliar a biodegradação de cinco doses do herbicida composto pela mistura formulada de imazetapir+imazapique (75 + 25 g e.a. L-1 em solo rizosférico proveniente de seis espécies vegetais com potencial para a fitoestimulação. A biodegradação do herbicida nas doses de 0, 250, 500, 1.000 e 4.000mL ha-1 no solo rizosférico de Canavalia ensiformis, Glycine max, Lolium multiflorum, Lotus corniculatus, Stizolobium aterrimum, Vicia sativa e no solo sem cultivo foi avaliada através da quantificação da produção de C-CO2 do solo e da degradação do herbicida no solo por cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massa. A produção de C-CO2 do solo após a contaminação com a mistura de imazetapir+imazapique foi maior nos solos rizosféricos das seis espécies vegetais se comparado ao solo não cultivado. O solo rizosférico de Stizolobium aterrimum apresentou a maior degradação do herbicida imazetapir nas maiores doses avaliadas, sendo uma espécie promissora para a fitoestimulação.

  19. Sensibilidade de estirpes de Bradyrhizobium ao glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

    2010-02-01

    Full Text Available A aplicação do glyphosate sobre a soja resistente a este herbicida pode causar prejuízos à simbiose com o rizóbio. O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade ao herbicida glyphosate de três estirpes de Bradyrhizobium recomendadas para a produção de inoculantes de sementes de soja no Brasil. Avaliou-se o efeito das concentrações de 0,0; 5,4; 10,8; 21,6 e 43,2 µg L-1 do ingrediente ativo do glyphosate [N-(fosfonometil glicina] no meio YM líquido sobre o crescimento de B. japonicum (estirpe SEMIA 5079 e de B. elkanii (estirpe SEMIA 5019 e estirpe SEMIA 587, por meio de leituras das densidades óticas e geração de curvas de crescimento. As reduções de crescimento na presença da menor concentração do glyphosate foram de 18% para SEMIA 5079, 29% para SEMIA 5019 e de 35% para SEMIA 587, sendo, de modo geral, quanto maior a concentração do herbicida no meio de cultura maior a inibição do crescimen­to. As estirpes apresentaram sensibilidade diferencial somente às concentrações mais baixas do glyphosate; nesse caso, foi possível determinar a seguinte ordem de sensibilidade: SEMIA 587 > SEMIA 5019 > SEMIA 5079. Essa sensibilidade diferencial é dependente da concentração do herbicida, pois na presença de 43,2 µg L-1 todas as estirpes tiveram seu crescimento severamente reduzido, não havendo diferença entre elas.

  20. Fitorremediação do herbicida trifloxysulfuron sodium Phytoremediation of the herbicide trifloxysulfuron sodium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.B. Santos

    2004-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de espécies vegetais na fitorremediação do herbicida trifloxysulfuron sodium em solos, utilizando o milho como planta indicadora. Os tratamentos foram compostos pela combinação de espécies (Calopogonium muconoides, Crotalaria juncea, Crotalaria spectabilis, Vicia sativa, Cajanus cajan, Canavalia ensiformis, Helianthus annus, Dolichus lablab, Pennisetum glaucum, Stylosantes guianensis, Mucuna deeringiana, Mucuna cinereum, Mucuna aterrima, Raphanus sativus e Lupinus albus, semeadas anteriormente à cultura do milho, mais um tratamento controle (sem cultivo prévio e três doses do herbicida trifloxysulfuron sodium (0,00; 3,75; e 15,00 g ha-1. O delineamento experimental usado foi o de blocos ao acaso, em esquema fatorial, sendo utilizadas três repetições. A semeadura das espécies vegetais nos vasos foi feita no dia seguinte à aplicação do trifloxysulfuron sodium. Após 80 dias da semeadura, as espécies vegetais foram cortadas na altura do coleto, descartando-se a sua parte aérea. A seguir, foi realizada a semeadura do milho (cultivar AG-122. Aos 45 dias após a emergência das plantas de milho foram avaliadas a altura de plantas e a sua biomassa seca da parte aérea. Verificou-se que as espécies M. aterrima e C. ensiformis foram eficientes na descontaminação do herbicida trifloxysulfuron sodium em solo.This work aimed to evaluate the efficiency of plant species in the phytoremediation of the herbicide trifloxysulfuron sodium in soils, by using corn crop as a bioindicator. The treatments were composed by the combination of the species (Calopogonium muconoides, Crotalaria juncea, Crotalaria spectabilis, Vicia sativa, Cajanus cajan, Canavalia ensiformis, Helianthus annus, Dolichus lablab, Pennisetum glaucum, Stylosantes guianensis, Mucuna deeringiana, Mucuna cinereum, Mucuna aterrima, Raphanus sativus and Lupinus albus sowed before the corn, without previous cultivation (control

  1. Ecotoxicidade de herbicidas para a macrófita aquática (Azolla caroliniana Ecotoxicity of herbicides for the aquatic macrophyte (Azolla caroliniana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F. Silva

    2012-09-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram avaliar Azolla caroliniana como planta-teste em estudos ecotoxicológicos e estimar a CL50;7d dos herbicidas 2,4-D, glyphosate, clomazone e oxyfluorfen. As plantas foram aclimatadas em sala de bioensaio. Para isso, foram selecionadas cinco plantas em 50 mL de meio de cultivo Hoagland. Após esse período, foram adicionados 50 mL de Hoagland mais o herbicida, completando o volume para 100 mL. A concentração letal de 50% (CL50;7d para A. caroliniana exposta ao herbicida 2,4-D foi de 708,35 mg L-1; ao glyphosate (formulação Scout®, de 23,66 mg L-1; ao glyphosate (formulação Trop®, de 38,91 mg L-1; ao clomazone, de 129,63 mg L-1; e ao oxyfluorfen, de 80,50 mg L-1. Os herbicidas glyphosate (Scout® e Trop® e oxyflourfen foram classificados como moderadamente tóxicos a A. caroliniana, e o clomazone e o 2,4-D, como praticamente não tóxicos. Conclui-se que A. caroliniana pode ser utilizada como planta bioindicadora de herbicidas à base de glyphosate e oxyfluorfen.The objectives of this study were to evaluate Azolla caroliniana as test plant in ecotoxicological studies and to estimate the LC50; 7d of the herbicides 2,4 D , glyphosate, and clomazone oxyfluorfen. The plants were acclimatized in the bioassay room. Five plants in 50 mL Hoagland culture medium were selected. After that, 50 mL of Hoagland and the herbicide were added, completing the volume to 100 mL. The 50% lethal concentration (LC50; 7d for A. caroliniana exposed to the herbicide 2,4- D, was 708.35 mg L-1; to glyphosate (formulation Scout®, 23.66 mg L-1; to glyphosate (formulation Trop®, 38.91 mg L-1; to clomazone, 129.63 mg L-1; and to oxyflourfen, 80.50 mg L-1. The herbicides glyphosate (Scout® and Trop® and oxyflourfen were classified as moderately toxic to A. caroliniana, while clomazone and 2,4-D were classified as practically non-toxic. It was concluded that A. caroliniana plants can be used as bio-indicators for glyphosate and

  2. Impacto de herbicidas em isolados de Trichoderma spp. Impact of herbicides on strains of Trichoderma spp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.R. Reis

    2013-06-01

    Full Text Available O uso de microrganismos é uma alternativa para o controle de doenças em plantas. Todavia, é prudente verificar a interação desse com os demais métodos de controle empregados em determinada cultura. Dessa forma, objetivou-se avaliar a fungitoxicidade dos herbicidas sobre o crescimento e desenvolvimento dos isolados de Trichoderma spp. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 6 x 6 x 4, com quatro repetições. O fator A correspondeu aos herbicidas pendimethalin, clomazone, carfentrazone-ethyl, oxadiazon, thiobencarb + propanil e byspiribac-sodium; o fator B, às doses dos herbicidas - 0, 25, 50, 75, 100 e 200% da dose recomendada; e o fator C, aos isolados de Trichoderma spp. AJAM 18, CE 66, TRI 01 e TRI 02. O ensaio foi realizado em condições in vitro; avaliaram-se o crescimento micelial radial (CMR e a esporulação dos isolados após aplicação dos herbicidas. Observaram-se diferenças de sensibilidade dos isolados para o mesmo produto testado. O oxadiazon reduziu o CMR dos isolados AJAM 18 e TRI 01 em 66 e 35%, respectivamente. No entanto, reduziu apenas 16% do CMR do isolado TRI 02 e não alterou o CMR do isolado CE 66 mesmo em 200% da dose recomendada. Verificaram-se diferentes efeitos dos produtos em cada isolado. A mistura comercial de thiobencarb+propanil foi altamente tóxica aos isolados de Trichoderma spp., com reduções em torno de 85% no CMR e no número de esporos. Por outro lado, o byspiribac-sodium pouco afetou os isolados, apresentando reduções inferiores a 10% no CMR e na esporulação. O carfentrazone-ethyl e byspiribac-sodium demonstraram ser compatíveis com os isolados de Trichoderma spp. estudados.The use of microorganisms is an alternative for the control of plant diseases. However, one should verify its interaction with other methods of control used for a particular crop. The objective of this work was to evaluate the effect of herbicide fungitoxicity on the growth and

  3. TOLERÂNCIA DE MAMONA (Ricinus communis A HERBICIDAS UTILIZADOS NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Aparecida de Padua Mathias Azania

    2011-05-01

    ância de plantas de Ricinus communis silvestres ecultivadas a herbicidas recomendados ao manejo da cana-de-açúcar. As cultivares utilizadas no experimentoforam IAC 80, IAC 2028, IAC Guarani e silvestre, e os herbicidas sulfentrazone (800 g ha-1, imazapic (147 gha-1, isoxaflutole (112 g ha-1, clomazone (1100 g ha-1 e ametryn (1460 g ha-1 + trifloxysulfuron-sodium (37g ha-1 e uma testemunha. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados com 24 tratamentosdistribuídos em esquema de parcelas subdivididas. Os herbicidas e testemunha (6 foram alocados nas parcelase as cultivares de mamona (4 nas subparcelas. As parcelas (36m2 foram constituídas por quatro subparcelasde seis linhas de 3 m de comprimento e espaçadas de 0,5 m, totalizando 9m2 cada. Nas subparcelas semeou-seem cada linha as sementes, que proporcionaram média de 5 plantas por metro, sendo as 4 linhas centraisconsideradas úteis às avaliações. Os herbicidas foram aplicados em pré-emergência das espécies, apóssemeadura nas sub-parcelas. Foram avaliados visualmente os sintomas de intoxicação na parte aérea dasplantas aos 15 e 30 DAA; altura (cm, número e massa seca das plantas aos 30 DAA. As cultivares de Ricinuscommunis foram suscetíveis aos herbicidas sulfentrazone, imazapic e isoxaflutole e tolerantes aos demaisherbicidas, enquanto que o material silvestre foi mais suscetível a sulfentrazone, devido à redução na altura emassa seca.

  4. Seletividade de herbicidas a genótipos de cana-de-açúcar Herbicide selectivity to sugarcane genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L Galon

    2009-12-01

    Full Text Available A cultura da cana-de-açúcar, por ter desenvolvimento inicial lento até 60 dias após a emergência, apresenta pouca capacidade competitiva com as plantas daninhas. Por isso, o uso de herbicidas nesse período é prática comum no canavial. No entanto, há variação entre genótipos de cana-de-açúcar na tolerância a herbicidas. Os genótipos pouco tolerantes podem ser intoxicados e, em alguns casos, ocorre redução da produtividade da cana-deaçúcar. Neste trabalho, avaliou-se a tolerância de três genótipos aos herbicidas ametryn, trifloxysulfuron-sodium e à mistura comercial desses, em 0,0, 0,5, 1,0 e 3,0 vezes a dose comercial recomendada. O experimento foi realizado em ambiente protegido. Foi empregado o delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os tratamentos constaram dos genótipos SP80-1816, RB855113 e RB867515, combinados aos herbicidas ametryn, trifloxysulfuron-sodium e ametryn + trifloxysulfuron-sodium, nas doses de 0, 0,5, 1,0 e 3,0 vezes a dose comercial recomendada pelo fabricante. A intoxicação das plantas (% foi avaliada aos 14, 28 e 42 dias após a aplicação dos herbicidas (DAT. As outras variáveis aferidas aos 80 dias após a brotação das gemas foram: área foliar e massa da matéria seca da parte aérea. Em geral, os genótipos SP80-1816 e RB85513 foram menos tolerantes aos herbicidas ametryn, trifloxysulfuron-sodium e à mistura formulada de ametryn + trifloxysulfuron-sodium do que o RB867515 em todas as doses. Eles apresentaram elevados índices de intoxicação aos 14, 28 e 42 dias após a aplicação dos herbicidas. Concluiu-se que o genótipo RB855113 foi o mais sensível aos herbicidas, seguido pelo SP80-1816, sendo o RB867515 o mais tolerante.Due to a slow initial development up to 60 days after emergence, sugarcane shows little competitive capacity over weeds. Thus, the use of herbicides during this period is a common practice in the sugarcane crop. However, there is

  5. Seletividade do herbicida saflufenacil a Eucalyptus urograndis Selectivity of saflufenacil to Eucalyptus urograndis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.R.R Pereira

    2011-09-01

    Full Text Available As áreas com plantios florestais estão constantemente em expansão, e a interferência das plantas daninhas alteram o crescimento e desenvolvimento de plantas de eucalipto, pois estas competem por água, nutrientes, espaço e luz. Objetivou-se com este estudo avaliar a seletividade do herbicida saflufenacil, aplicado com e sem óleo mineral Dash, em plantas de Eucalyptus urograndis, em diferentes locais de aplicação (planta, solo e solo + planta. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições, constituído de um fatorial 3 x 11, sendo três locais de aplicação do herbicida na planta e 11doses do herbicida saflufenacil combinadas ou não com o adjuvante Dash. Cada parcela constou de um vaso com uma planta. Os tratamentos usados foram: 0, 25, 25+Dash (0,5% v/v, 50, 50+Dash (0,5% v/v, 75, 100, 125, 150, 175 e 200 g i.a. ha-1 . Foram realizadas avaliações visuais de fitointoxicação durante 56 dias após aplicação (DAA. Avaliouse, ainda, a altura, o diâmetro de caule e a biomassa seca das plantas. Todas as doses testadas de saflufenacil sem adjuvante mostraram-se seletivas às plantas de E. urograndis, independentemente do local de aplicação. A adição de Dash aos tratamentos proporcionou injúrias severas às plantas nas avaliações iniciais, quando aplicado sobre as plantas, com a recuperação total destas no fim do ensaio, aos 56 DAA. A aplicação do herbicida em mistura com adjuvante somente no solo não causou intoxicação às plantas de eucalipto.Forest plantation areas are constantly expanding. However, weed interference affects the growth and development of eucalyptus plants, as they compete for water, nutrients, space, and light. The objective of this study was to evaluate the selectivity of the herbicide saflufenacil, applied with or without the mineral oil Dash, on Eucalyptus urograndis at different application sites (plant, soil and soil + plant. The experimental design was

  6. Atividade da acetolactato sintase de plantas de milho e de amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla resistentes e suscetíveis ao imazaquin ALS activity of wild poinsettia (Euphorbia heterophylla and corn (Zea mays resistant and susceptible to imazaquin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.F. Oliveira

    2002-04-01

    Full Text Available O amendoim-bravo, (Euphorbia heterophylla é uma importante planta daninha em mais de 56 países, inclusive no Brasil, onde tem sido relatado o aparecimento de populações resistentes aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do herbicida imazaquin na atividade da ALS extraída das plantas de milho e amendoim-bravo, resistentes e suscetíveis ao produto. Sementes de dois genótipos de milho e vários biótipos de amendoim-bravo provenientes de diferentes regiões agrícolas brasileiras foram cultivadas em casa de vegetação por 21 dias. A atividade da ALS extraída das folhas das plantas foi determinada na presença de doses de imazaquin. A etapa de purificação da enzima foi substituída por uma centrifugação de 2.800 rpm por dois minutos. Equações de regressão linear para absorbância em função do log da concentração de imazaquin foram ajustadas para cada população, visando obtenção do I50. A dose de imazaquin necessária para inibir 50% da atividade da ALS (I50 na variedade de milho Pioneer 3162 IR (I50 260 µM foi 4.333 vezes maior que a dose requerida pela BRS 473 (0,06 µM, a qual é suscetível ao imazaquin. Os biótipos de amendoim-bravo provenientes do Rio Grande do Sul apresentaram valores de I50 de 1.961,3 e 13,8 mM para os biótipos resistentes e suscetíveis, respectivamente. Os biótipos provenientes de Cafelândia e Maringá (PR e Viçosa (MG apresentaram valores de I50 maiores que 5.000 mM para os biótipos resistentes e maiores que 1.000 mM para os suscetíveis. O amendoim-bravo coletado na Embrapa Milho e Sorgo, em área que nunca foi tratada com herbicidas inibidores da ALS, apresentou I50 de 12,2 mM. Conclui-se que a medida in vitro da atividade da ALS é um método sensível para determinação da presença de biótipos resistentes à ação do herbicida imazaquin. A etapa de purificação da ALS pode ser substituída por um método que envolve uma r

  7. Uso de diferentes herbicidas no controle de Myriophyllum aquaticum Chemical Control of Myriophyllum aquaticum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Negrisoli

    2003-01-01

    Full Text Available Este estudo teve a finalidade de avaliar, em condições de caixa d'água, o controle químico de Myriophyllum aquaticum (pinheiro-d'água, através de herbicidas aplicados em pós-emergência. Os herbicidas e respectivas doses (g ha-1 foram: diquat (Reward a 204 g i.a. ha-1; diquat a 102 e 204 g i.a. ha-1 + Agral a 0,1%; 2,4-D (DMA 806 BR a 167, 335, 670 e 1.340 g e.a. ha-1; glyphosate (Rodeo a 3.360 g e.a. ha-1 + Aterbane a 0,5%; e imazapyr (Arsenal a 250 g e.a. ha-1. As parcelas foram constituídas por caixas d'água de 0,60 x 0,60 x 0,45 m, com 120 litros de água + 20 litros de solo e 20 ramos por caixa. Utilizou-se um pulverizador costal a pressão constante de CO2 a 2 bar, pontas 110.02 VS, com um consumo de calda de 180 l ha-1. O controle foi avaliado visualmente aos 2, 6, 9,11, 13, 17, 20, 23, 26, 30 e 36 dias após a aplicação dos herbicidas (DAAH. Inicialmente, o herbicida diquat foi o composto que apresentou os sintomas mais severos de intoxicação nos ramos de pinheiro-d'água aos 2 DAAH, com 65% de controle em média, e aos 20 DAAH ele atingiu o controle máximo (99%, porém ocorreram rebrotas a partir dos 23 DAAH, independentemente da adição ou não de Agral e das doses testadas. O herbicida 2,4-D proporcionou 100% de controle dos ramos a partir dos 23 DAAH para as doses de 1.340 e 670 g ha-1, não ocorrendo rebrotas; já para as demais doses testadas (335 e 167 g ha-1 o controle não foi eficiente, pois ocorreram rebrotas. Os herbicidas glyphosate e imazapyr não foram eficientes no controle desta espécie.This work was carried out at the Advanced Weed Research Nucleus - UNESP, Botucatu-SP, to evaluate the control of Myriophyllum aquaticum by applying different herbicides in post emergence. The herbicides and doses (g ha-1 tested were: diquat (Reward at 204 g a.i. ha-1, diquat at 102 and 204 g a.i. ha-1 + agral at 0.1% v/v; 2,4-D (DMA 806 BR at 1,340, 670, 335 and 167 g a.e. ha-1; glyphosate (Rodeo at 3.360 g a.e. ha-1

  8. Criatividade na educação superior: fatores inibidores Creativity in higher education: inhibiting factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice Maria Lima Soriano de Alencar

    2010-07-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi investigar elementos percebidos por professores da educação superior como inibidores à promoção de condições adequadas ao desenvolvimento e expressão da criatividade de seus alunos. Trezentos e trinta e oito professores de instituições públicas e particulares de ensino superior responderam a uma checklist de barreiras à promoção de condições favoráveis à criatividade em sala de aula. Alunos com dificuldades de aprendizagem em sala de aula, desinteresse do aluno pelo conteúdo ministrado, poucas oportunidades para discutir e trocar ideias com colegas de trabalho sobre estratégias instrucionais e elevado número de alunos em sala de aula foram os itens com maior percentual de respostas. Alguns elementos cerceadores foram mais indicados por docentes de instituições públicas e outros por docentes de instituições particulares. Ademais, maior percentual de docentes do gênero feminino, comparativamente ao do gênero masculino, apontou cobrança de aulas expositivas pelos alunos e extensão do programa das disciplinas.The purpose of this study was to investigate the perception of higher education professors regarding inhibiting elements to the promotion of adequate conditions for the development and expression of students' creativity in the classroom. The participants were 338 professors from public and private higher education institutions, who completed a checklist of obstacles to the promotion of creativity in the classroom. Students with learning difficulties, students' lack of interest in the content taught, few opportunities to discuss and exchange ideas with colleagues about instructional strategies and large number of students in the classroom were the items with greater number of responses. Significant differences were observed among professors from public and private institutions of higher education in several items. Furthermore, a greater percentage of female, comparatively to male

  9. Antiinflamatórios não-hormonais: inibidores da ciclooxigenase 2 Nonsteroidal anti-inflammatory drugs: cyclooxygenase 2 inhibitors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Odete Esteves Hilário

    2006-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os antiinflamatórios não-hormonais (AINH inibidores seletivos da Cox 2 quanto ao mecanismo de ação, principais indicações, posologia e efeitos adversos mais comuns. FONTES DOS DADOS: MEDLINE e LILACS, sites da Food and Drug Administration (FDA e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA. Foram selecionados os artigos mais importantes, com destaque para as publicações dos últimos 5 anos. SÍNTESE DOS DADOS: As principais indicações dos AINH são o controle da dor e da inflamação aguda e crônica. Não existem evidências que demonstrem maior efetividade de um AINH sobre outro. Até a presente data, nenhum inibidor da Cox2 foi liberado para uso na faixa etária pediátrica. Apenas o meloxicam e o etoricoxibe podem ser prescritos para adolescentes (13 e 16 anos, respectivamente. Os inibidores seletivos da Cox 2 são indicados em pacientes com efeitos adversos comprovadamente relacionados aos AINH não seletivos. Em alguns casos de alergia à aspirina, os Cox 2 seletivos podem ser prescritos, mas seu uso deve ser cuidadoso. Os principais efeitos adversos incluem os cardiovasculares e os fenômenos trombóticos. CONCLUSÕES: Os inibidores seletivos da Cox 2 são medicamentos que vêm sendo utilizados em algumas situações clínicas bem determinadas e podem oferecer algumas vantagens com relação aos AINH não seletivos. No entanto, devido ao custo mais elevado e aos potenciais efeitos adversos cardiovasculares, seu emprego deve ser criterioso.OBJECTIVE: To analyze selective COX 2 inhibitor nonsteroidal anti-inflammatory drugs (NSAID in terms of their mechanism of action, principal indications, posology and most common adverse effects. SOURCES: MEDLINE and LILACS databases and Food and Drug Administration (FDA and National Agency for Sanitary Vigilance (ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária websites. The most important articles were selected and preference was given to articles published

  10. Plasmodesmos: transporte simplástico de herbicidas na planta Plasmodesmata: symplastic transport of herbicides within the plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2007-01-01

    Full Text Available Plasmodesmos são canais responsáveis pela conexão citoplasmática entre células vizinhas, possibilitando a troca de moléculas de informação, funcionais, estruturais ou ainda de xenobióticos entre as células pertencentes a um mesmo grupo. Células pertencentes ao mesmo conjunto (domínio constituem-se numa unidade funcional, e substâncias podem se mover entre estas células com velocidade muito superior à observada no transporte através de membranas. Os plasmodesmos podem atuar ainda no transporte a longa distância, tanto pela associação com o floema como pelo intercâmbio entre domínios simplásticos. Quando a planta se encontra sob estresse e as taxas de transporte via xilema e floema são mais reduzidas, os plasmodesmos podem ser mais efetivos no transporte a longa distância, das moléculas de herbicidas sistêmicos. Falta ainda esclarecer se existe afinidade entre moléculas de determinados herbicidas com as proteínas da superfície interna dos plasmodesmos, o que poderia facilitar o transporte desses herbicidas pela manipulação do Tamanho Limite de Exclusão do plasmodesmo, independentemente do tamanho da molécula, bem como determinar se a semelhança com algum composto natural da planta promove maior taxa de transporte simplástico. Pouca importância tem sido dada à participação dos plasmodesmos no transporte de herbicidas sistêmicos. No entanto, o avanço dos trabalhos com produtos marcados e a intensificação das pesquisas em fisiologia vegetal para melhor entendimento dos processos referentes à absorção, translocação, conjugação e/ou degradação de herbicidas podem esclarecer muitos aspectos ainda não definidos do transporte de herbicidas via xilema e floema e sua associação com o apoplasto e domínios simplásticos.Plasmodesmata are plasma channels connecting neighboring cells and allowing the exchange of informational, functional and structural molecules and xenobiotics among cells of the same

  11. Seletividade do herbicida fluazifop-p-butil para cucurbitáceas Selectivity of the herbicide fluazifop-p-buthyl for cucurbitaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2000-01-01

    Full Text Available Experimentos foram conduzidos em condições de casa de vegetação, com o objetivo de avaliar a seletividade do herbicida fluazifop-p-butil nas doses de 0, 94, 188, 376 e 752 g i.a. ha-1 para cinco espécies de cucurbitáceas (abobrinha, melancia, melão, moranga e pepino. Foi determinada a fitotoxicidade aos 14 dias após a aplicação dos tratamentos (DAT. Aos 20 DAT foram avaliadas a estatura, área foliar e matéria seca. O melão e o pepino mostraram sensibilidade ao fluazifop-p-butil na maior dose estudada, com maior intensidade no melão. Os resultados demonstraram que existe resposta a estes herbicidas mesmo dentro da classe Dicotiledoneae. Especula-se que essas respostas possam auxiliar no entendimento do completo mecanismo de ação desse herbicida.Experiments were conducted under greenhouse conditions to evaluate the selectivity of the herbicide fluazifop-p-buthyl at rates of 0, 94, 188 and 752 g a.i. ha-1 for five cucurbitaceous species (summer squash, watermelon, melon, pumpkin and cucumber. Plant injury at 14 days after treatments (DAT and plant size, leaf area and dry weight at 20 DAT were determined. Melon and cucumber were susceptible to fluazifop-p-buthyl at the highest rate with highest herbicide effect being observed on melon. These results indicated that responses to these herbicides occur, even in the Dicotiledonae class. These responses are thought to help understand the overall mechanism of action of this herbicide.

  12. Movimento do herbicida tebutiuron em dois solos representativos das áreas de recarga do aqüífero Guarani Movement of the tebuthiuron herbicide in two representative soils of recharge areas of the Guarani aquifer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco A. F. Gomes

    2006-06-01

    Full Text Available O movimento do herbicida tebutiuron foi analisado em um Latossolo Vermelho Distrófico psamítico (LVdq e um Neossolo Quartzarênico Órtico típico (RQo, representativos das áreas de recarga do aqüífero Guarani no Brasil, tendo como fatores influenciadores, a condutividade hidráulica (K, o teor de carbono orgânico (CO e o teor de argila (TAr. O presente estudo foi realizado em colunas de solos indeformados, com aplicação do produto comercial contendo o herbicida em discussão. Esses parâmetros evidenciam certa influência na movimentação vertical do herbicida tebutiuron, particularmente no RQo, uma vez que esse herbicida é quimicamente neutro. Observou-se, por exemplo, uma diferença significativa entre os valores K dos dois solos, sendo superior no RQo. Além de uma relação inversa entre teores de CO e de TAr e os valores de K dos dois solos, indicando serem aqueles parâmetros inibidores do deslocamento do tebutiuron no perfil do solo. Os resultados aqui obtidos neste trabalho visam subsidiar estudos de avaliação de risco ambiental, sobretudo água subterrânea, a partir de áreas de recarga de aqüíferos naturalmente frágeis, com ênfase para o aqüífero Guarani.The movement of the tebuthiuron herbicide was analyzed in two representative soils - Quatzipsammentic Haplorthox, Typic Quartzipsamment, of the recharge areas of the Guarani aquifer in Brazil. The main factors in this movement are hydraulic conductivity (K, organic carbon content (OC and clay content (CT. The experiment was carriel out in columns (type lisimeters with application of the commercial product. These parameters showed great influence on the vertical movement of the tebuthiuron herbicide, specially in the Typic Quartzipsamment soil. The high (K values in this soil have a direct relationship with tebuthiuron collected in water percolated by columns. Inverse relationship between carbon content (OC and clay content (CT with hydraulic conductivity (K was

  13. Abordagem dos efeitos secundários dos inibidores tirosina cinase

    OpenAIRE

    Monteiro, AC

    2015-01-01

    Os slides abordam os diversos efeitos secundários dos inibidores tirosina cinase(fármacos anti-neoplásicos relativamente recentes na prática clínica) tendo em conta a sua apresentação clínica, o seu significado e a sua abordagem terapêutica.

  14. Chronic myelogenous leukemia: the present and the future of the TKI therapy Leucemia mieloide crônica: o presente e o futuro dos inibidores de tirosino quinase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuseppe Saglio

    2009-08-01

    Full Text Available Impressive response rates and the good tolerability have allowed imatinib to become the gold standard frontline therapy for all CML patients in the early chronic phase. Optimal outcomes are attained with more than two thirds of the CML cases treated with standard dose imatinib (400 mg daily. Criteria to establish failure and suboptimal responses to imatinib have been defined. Treatment guidelines have also suggested imatinib dose escalation based on clinical assessments of disease response. However, despite all the effort to optimize therapy with imatinib, cases of real resistance exist. For imatinib resistant and intolerant cases, second generation powerful tyrosine kinase inhibitors (TKIs have been developed and registered. Sequential kinase inhibitor therapy is used to overcome resistance however, a future strategy might be a combination therapy with different ABL kinase inhibitors in the same therapeutic scheme, used sequentially or simultaneousl.Respostas impressionantes e boa tolerância transformaram o imatinibe no "padrão ouro" de tratamento de primeira linha na LMC em fase crônica precoce. Evolução favorável em mais de 2/3 dos pacientes com LMC é obtida com dose standard de 400 mg por dia. Critérios para estabelecer falha de tratamento e resposta "sub-ótima" têm sido definidos. Guidelines têm sugerido que o escalonamento da dose do imatinibe possa melhorar a resposta em subgrupo de pacientes. Entretanto, a despeito de todos os esforços para otimizar a resposta ao imatinibe, casos de resistência realmente existem. Para os casos de intolerância ou resistência ao imatinibe, inibidores potentes de segunda geração foram desenvolvidos e registrados (nilotinibe e dasatinibe. Além disto, terapêutica sequencial de inibidores podem ultrapassar a resistência, e a terapia combinada usada sequencialmente ou simultaneamente pode ser usada como estratégia futura.

  15. Inibidores bacterianos no leite tipo ''B" comercializado no município de São Paulo, SP (Brasil)

    OpenAIRE

    Martins,Jorge Luiz Seferin; Salas Martins,Ignez

    1985-01-01

    No leite tipo "B", comercializado no município de São Paulo, SP (Brasil), foram pesquisadas a presença de inibidores bacterianos (penicilina, água oxigenada, formol e cloro). As amostras de leite utilizadas foram provenientes das quatro marcas de maior consumo pela população, coletadas no período de 14 de julho de 1982 a 20 de março de 1983. Foi constatada alta prevalência de inibidores bacterianos (4,70%). A incidência de resíduos de penicilina e de inibidores não identificados foi de 0,7% e...

  16. Inibidores da fosfodiesterase do tipo 5 e perda auditiva neurossensorial súbita

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monique Antunes de Souza Chelminski Barreto

    2013-12-01

    Full Text Available O uso de inibidores da fosfodiesterase do tipo 5 como sildenafil, vardenafil e tadalafil tem aumentado atualmente e alguns destes pacientes vêm apresentando perda auditiva neurossensorial súbita. OBJETIVO: Apresentar dois casos de pacientes que apresentaram surdez súbita em uso eventual do medicamento e revisar estudos sobre o uso de inibidores da fosfodiesterase do tipo 5 e surdez súbita. MÉTODO: Estudo analítico de dois casos e revisão sobre o tema no banco de dados da Pubmed/ MedLine e Bireme utilizando as palavras-chave inibidores da fosfodiesterase e surdez súbita e seus correlatos na língua inglesa. RESULTADOS: Os pacientes analisados são jovens, sem comorbidades, em uso de inibidores da fosfodiesterase do tipo 5 e após terapia combinada para o tratamento da surdez súbita, apenas um deles obteve melhora auditiva. Nove estudos científicos foram encontrados. Estudos pré-clínicos e clínicos, transversais e prospectivos foram revisados. CONCLUSÃO: O aumento da ocorrência na prática clínica e relatos científicos na literatura sugerem que o uso de inibidores da fosfodiesterase do tipo 5 seja encarado como fator de risco para surdez súbita. Novos estudos com amostras maiores e grupo controle são necessários para investigar esta associação.

  17. Estudo e determinação teórica de propriedades físico-químicas de fármacos anti-hipertensivos inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LUíZA REIS CRUZ

    2010-12-01

    Full Text Available O pacote de softwares SpartanTM vs 04 foi utilizado para calcular algumas propriedades físico-químicas de uma série de inibidores da Enzima Conversora de Angiotensinogênio ECA. Simultaneamente, o pacote MarvinSketch 5.0.0 foi empregado para calcular o Coeficiente de Partição P dos inibidores. Através da análise dos resultados, conclui-se que: a o arranjo termodinâmico mais estável desses inibidores mimetiza aquele dos resíduos pré-terminais da angiotensina II, b há grande similaridade entre as cargas dos átomos que se ligam à macromolécula e c os cálculos mostram diferenças significativas entre os valores de P para os inibidores. Portanto, as diferenças farmacológicas existentes entre os inibidores estão mais intimamente relacionadas ao coeficiente de partição do que à capacidade destes de inibir o sítio ativo da ECA. Palavras-chave: ECA. Ab initio. Equilíbrio conformacional. Lipofilicidade. ABSTRACT Theoretical study and determination of physicochemical properties of antihypertensive angiotensin-converting enzyme inhibitors The software package SpartanTM 4.0 was employed to calculate some physicochemical properties of a series of available ACE inhibitors. Simultaneously, the program MarvinSketch 5.0.0 was employed to calculate the partition coefficients (P of the same compounds. After analyzing the results, we conclude that: a from a thermodynamic point of view, the most stable conformer of each inhibitor resembles, as expected, the most stable spatial arrangement of the preterminal residues of angiotensin II; b there is great similarity among the charge profiles of the potential binding sites of all the inhibitors; c there are large differences in P among these compounds. Summing up, the pharmacological differences reported between the inhibitors are more closely linked to their lipophilic properties than to their capacity to block the ACE active center. Keywords: ACE. Ab initio. Conformational

  18. Seletividade de herbicidas pós-emergentes na cultura da mandioca Selectivity of post-emergent herbicides for cassava crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.V. Silva

    2012-12-01

    Full Text Available A resposta da mandioca à aplicação de herbicidas varia desde a total seletividade até o completo comprometimento da produção devido à intoxicação provocada. Desse modo, objetivou-se neste trabalho avaliar a seletividade de herbicidas aplicados em pós-emergência na mandioca. Para isso, foi conduzido experimento em casa de vegetação, em blocos casualizados com 23 tratamentos (22 herbicidas + testemunha, em quatro repetições. Os herbicidas foram aplicados 60 dias após a brotação da mandioca, quando as plantas apresentavam cerca de 15 folhas completamente expandidas. Avaliou-se semanalmente a toxicidade das plantas e, aos 35 dias após a aplicação, elas foram coletadas para determinação da matéria seca. Os sintomas mais visíveis de intoxicação da mandioca ocorreram 21 dias depois da aplicação, para a maioria dos produtos testados. Ao final do período de avaliação, a mandioca apresentava sinais de recuperação dos danos visuais provocados pelos herbicidas tóxicos à cultura. Ametryn, ametryn + trifloxysulfuron-sodium, atrazine, diuron + hexazinone e sulfentrazone provocaram as maiores reduções de matéria seca e causaram os maiores danos visíveis; de modo contrário, bentazon, fluazifop-p-butil, mesotrione e tembotrione foram os menos tóxicos à cultura. Constataram-se diferentes níveis de seletividade dos herbicidas à cultura, sendo bentazon, fluazifop-p-butil, mesotrione e tembotrione os herbicidas considerados seletivos para uso em programas de manejo de plantas daninhas.The cassava response to herbicide application varies from complete selectivity to full production loss due to the poisoning caused. Thus, the objective of this work was to evaluate the selectivity of herbicides applied at post-emergence in cassava. An experiment was arranged in a randomized block design, under greenhouse conditions, including 23 treatments (22 herbicides + control and four replications. The herbicides were applied 60 days

  19. Determinação de espécies bioindicadoras de resíduos de herbicidas auxínicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daiana Pereira dos Santos

    2013-06-01

    Full Text Available Herbicidas que apresentam atividade residual no solo podem se tornar problema para os cultivos agrícolas, pela possibilidade de intoxicar culturas sucessoras. No caso dos hormonais, há grande dificuldade na determinação de resíduos pela técnica do bioensaio, em função da variação na resposta em crescimento, apresentada pela espécie indicadora. Neste trabalho, objetivou-se determinar espécies e variáveis sensíveis aos herbicidas 2,4 D e picloram, para indicação de resíduos no solo. Para isso, realizaram-se dois bioensaios, sendo que cada um, constituiu-se de 60 tratamentos, em esquema fatorial, compostos pela combinação de três espécies vegetais (Lycopersicon esculentum, Cucumis sativus e Beta vulgaris, dois substratos (areia e amostra de solo e dez subdoses do herbicida (0; 3; 6; 12; 22,5; 47; 94; 187,5; 375 e 750 g ha-1 e (0; 3; 6; 9; 18; 30; 60; 123; 246 e 501 g ha-1 para o 2,4-D e picloram, respectivamente. O delineamento experimental utilizado para ambos os ensaios foi em blocos casualizados, com quatro repetições. O aumento das doses dos herbicidas provocou reduções nas variáveis altura de planta, matéria seca e, aumento da intoxicação visual das espécies avaliadas. A intoxicação visual mostrou-se a variável mais adequada para determinação de baixos níveis de resíduos de 2,4 D e picloram no solo. B. vulgaris foi a espécie com maior sensibilidade ao 2,4 D enquanto que L. esculentum foi a espécie mais sensível ao picloram.

  20. Avaliação de herbicidas no controle de plantas daninhas em mandioquinha-salsa Herbicide efficiency in controlling weeds in peruvian carrot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Nogueira Sediyama

    2008-12-01

    Full Text Available Avaliou-se a eficiência de herbicidas aplicados em pré e pós-emergência no controle de plantas daninhas e na produção de mandioquinha-salsa na Fazenda Experimental da EPAMIG, em Oratórios (MG, de maio a dezembro de 2002. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados com quatro repetições e 15 tratamentos incluindo duas testemunhas, com e sem capina. Em cada tratamento, foi usado um herbicida em pré e outro em pós-emergência das plantas, aplicados aos três e aos 45 dias após o plantio (DAP respectivamente. A eficiência de controle e a toxidez dos herbicidas foram avaliadas aos 60 DAP e a produção de matéria seca de plantas daninhas aos 60 e 130 DAP. Na colheita, avaliou-se produção de raízes, coroa e parte aérea. A emergência de plantas foi máxima aos 45 DAP e, posteriormente, houve redução no estande, quando se utilizaram os herbicidas atrazine + óleo mineral e oxadiazon, em pós-emergência. Esses herbicidas, apesar de eficientes no controle de plantas daninhas, causaram toxidez à cultura. Na produção de raízes, destacaram-se os tratamentos: atrazine +fluazifop-p-butil; diuron + fluazifop-p-butil; diuron + Oxadiazon; linuron + fluazifop-p-butil; metolachlor + metribuzin + linuron e oxadiazon + diuron, com bom controle de plantas daninhas e rendimentos de raízes comerciais semelhantes ao da testemunha mantida no limpo (8,62 t ha-1.The efficiency of herbicides applied in pre- and post-emergence for weed control in Peruvian carrot production was evaluated at the EPAMIG Experimental Farm, Oratórios, Minas Gerais State, from May to December, 2002. The experiment was arranged in a randomized block design, with four replications and 15 treatments, including two controls (with and without weeding. Pre- and post-emergence herbicides were used in each treatment applied at 3 and 45 days after planting (DAP, respectively. Efficiency and toxicity were evaluated at 60 DAP and weed dry matter yield at 60 and 130 DAP. At

  1. Efeito de adjuvantes adicionados à calda herbicida contendo glyphosate Effect of adjuvants added to herbicide spray containing glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Vargas

    1997-01-01

    Full Text Available Tentativas de aumentar a fitotoxicidade do herbicida glyphosate através da adição de ácido e/ ou de sulfato de amônio à calda tem sido promissoras. A adição dessas substâncias otimiza as propriedades químicas da calda herbicida, superando efeitos negativos do pH elevado e de ions nela presentes. O objetivo desse trabalho foi investigar o efeito da adição de ácido sulfúrico e/ou de sulfato de amônio à calda herbicida, sobre a eficiência do glyphosate misturado em diluente com alto pH e teores elevados de sais. Os tratamentos envolveram cinco doses de glyphosate (variáveis de 180 a 540 g/ha i.a. diluídas em água destilada e, mais glyphosate a 270 g/ha misturado às águas minera is Fonte Azul e Fonte Ijuí em presença de ácido sulfúrico (0,5 1/ha e/ou sulfato de amônio (2 ,5 kg/h a . A fitotoxicidade foi avaliada aos 7, 17 e 27 dias após as aplicações do herbicida sobre a aveia preta. Os resultados demonstraram que a aveia-preta é muito suscetível à ação de glyphosate, mesmo aplicado a 270 g/ha, independente da água utilizada ou da adição de adjuvantes e, que a adição de ácido sulfúrico e/ou de sulfato de amônio à calda não alterou a atividade do herbicida.Attempts to increase phytotoxicity of glyphosat e her bic ide through addition of acid and/or of ammonium sulphate to the spray solution have been promising. Addition of these substances optimize chemical properties of the herbicide spray, overcoming negative effects of high pH and of íons present in it. The objective of this research was to investigate the effect of sulphuric acid and/or of ammonium sulphate addition to herbicide spray, on the efficiency of glyphosate mixed in diluents with high pH and high salts content. Glyphosate treatments consisted of five rates (variables from 180 to 540 g/ha a.e., diluted in distilled water, and also glyph osate at 270 g/h a a. e. mix ed in the mineral waters Fonte Azul and Fonte Ijuí. To this herbicide rate

  2. Quantificação dos herbicidas glyphosate e sulfosate na água após simulação de chuva Glyphosate and sulfosate quantification in the water after rainfall simulation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.M. Pires

    2000-01-01

    Full Text Available A lavagem de herbicidas aplicados nas folhas das plantas é influenciada por características relacionadas com a planta e por fatores ambientais. Dentre os fatores ambientais, umidade do solo e precipitação pluvial podem interferir de forma significativa no desempenho desses produtos; assim, o conhecimento dessa interferência é fundamental para racionalização da aplicação de herbicidas no manejo das plantas daninhas. O objetivo deste trabalho foi quantificar resíduos dos herbicidas glyphosate e sulfosate na água, após aplicação foliar desses herbicidas e de 53 mm h-1 de chuva simulada sobre plantas de Brachiaria brizantha cultivadas em ausência e sob estresse hídrico. Utilizou-se neste estudo o tomateiro (Lycopersicon esculentum 'Santa Clara' como planta-teste. O comprimento de raiz foi a característica mais sensível e também a mais adequada para evidenciar a resposta das plantas às doses dos herbicidas, e o tomateiro se mostrou mais sensível ao glyphosate do que ao sulfosate. Os valores de I50 para o glyphosate e o sulfosate obtidos nas curvas-padrão foram de 324,1 e 407,8 mg L-1, respectivamente, para o comprimento de raiz. O I50 foi menor quando os herbicidas foram aplicados em plantas sob estresse hídrico.Knowledge of foliar herbicide washout is essential to optimize weed management and to avoid environmental problems. Bioassays to detect small quantities of herbicides in water samples are low-cost techniques extensively used in herbicide research. These methods measure the biological response of a living organism to determine the presence and concentration of a chemical in a substrate. The purpose of this paper was to quantify glyphosate and sulfosate residues in the water, after 53 mm h-1 of rainfall simulation, applied to the Brachiaria brizantha plant, grown without and under water stress. Tomato (Lycopersicon esculentum was used as test-plant. According to the results, it may be concluded that: the I50 values for

  3. Efeito de Herbicidas sobre a Biota de Invertebrados do Solo em Área de Restauração Florestal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Nogueira Scoriza

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO O controle químico de plantas daninhas é um método eficaz utilizado em florestas plantadas e em áreas de restauração florestal, favorecendo o desenvolvimento das mudas florestais e a redução dos custos de intervenção. Entretanto, se essa estratégia não for aplicada de maneira correta, pode-se tornar um potencial causador de impactos negativos aos organismos do solo e aos processos ecológicos que esses participam. Avaliou-se o efeito do uso de herbicidas na biota do solo por meio da amostragem da comunidade da fauna edáfica e testes ecotoxicológicos de reprodução e sobrevivência de Folsomia candida eEnchytraeus crypticus, em área-alvo de restauração florestal recém-implantada. O delineamento experimental adotado foi de blocos casualizados com quatro tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos consistiram da aplicação dos herbicidas pós-emergentes mesotrione (0,4 L ha-1, fluazifop-P-butyl (1,0 L ha-1 e nicosulfuron (1,5 L ha-1, aplicados em área total nas parcelas, mais o controle (sem aplicação. Na área de estudo, foram realizadas duas aplicações dos herbicidas com intervalos de seis meses, onde as parcelas foram correspondentes aos tratamentos em ambas as aplicações. Em cada parcela, foram realizadas quatro coletas de solo, sendo a primeira (coleta 1 seis dias antes da segunda aplicação dos herbicidas na área. As demais, após um (coleta 2, oito (coleta 3 e 22 dias (coleta 4 dessa mesma aplicação. A comunidade da fauna do solo foi avaliada por meio do método de funis de Berlese modificado, utilizando-se uma amostra de solo por parcela. Em laboratório, os indivíduos foram contados e identificados em grandes grupos. Os ensaios ecotoxicológicos de sobrevivência e reprodução de F. candida e E. crypticus foram realizados a partir de uma amostra composta de solo por tratamento. Um dia após a aplicação do herbicida mesotrione, verificou-se diminuição da riqueza média nos índices Shannon

  4. Physiological aspects and growth of sunflower after application of pre-emergent herbicides = Aspectos fisiológicos e crescimento do girassol após aplicação de herbicidas em pré-emergência.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Matias Reis

    2014-12-01

    Full Text Available - Studies aim to evaluate effects of different herbicides applied pre-emergence on the characteristics related to sunflower plants growth and physiology. The experiment was conducted in a greenhouse using a completely randomized design with five replications and the treatments consisted of application, sunflower pre-emergence, following herbicides: flumioxazin, sulfentrazone, oxyfluorfen, oxadiazon, s-metolachlor, linuron and pendimethalin, and an untreated control. The gas exchange was evaluated at 27 days after herbicide application (DAAs, while the analysis of growth and visual intoxication culture were measured at 50 DAAs. Evaluated the physiological characteristics were not altered by herbicides application. However, these products interfered variously related to growth of sunflower plants characteristics. While sunflower recovered from poisoning caused by the oxadiazon was noted slower growth in culture by application of flumioxazin. We conclude that at the doses evaluated in this study, the herbicide oxyfluorfen, s-metolachlor, linuron, oxadiazon and pendimethalin have potential for application in sunflower pre-emergence. = Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos de diferentes herbicidas aplicados em pré-emergência sobre as características relacionadas ao crescimento e à fisiologia das plantas de girassol. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, utilizando o delineamento inteiramente casualizado com cinco repetições, sendo os tratamentos constituídos da aplicação, em pré-emergência do girassol, dos seguintes herbicidas: flumioxazin, sulfentrazone, oxyfluorfen, oxadiazon, s-metolachlor, linuron e pendimethalin, além de uma testemunha sem aplicação. As avaliações das trocas gasosas foram realizadas aos 27 dias após a aplicação (DAAs dos herbicidas, enquanto as análises de crescimento e intoxicação visual da cultura foram mensuradas aos 50 DAAs. As características fisiológicas avaliadas n

  5. Purificação parcial de inibidores de tripsina de sementes de Caesalpinia ferrea e Swartzia polyphylla e o efeito dos extratos protéicos sobre fungos fitopatogênicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Bariani

    2012-06-01

    Full Text Available Sementes de leguminosas apresentam alta concentração de inibidores de tripsina; estas proteínas estão envolvidas no metabolismo celular e também em mecanismos de defesa vegetal. A fim de confirmar ou não, a possível ação fungicida destas proteínas a partir de extratos de sementes de leguminosas arbóreas, o objetivo deste estudo foi detectar inibidores de tripsina em sementes de Caesalpinia ferrea (CfTI e Swartzia polyphylla (SpTI e testar os extratos contra os fungos fitopatogênicos Colletotrichum guaranicola, Corynespora cassiicola, Fusarium oxysporum e Sclerotium rolfsii, avaliando o crescimento micelial e a esporulação. Para tanto, amostras do material biológico vegetal, sementes finamente pulverizadas, foram submetidas à extração em NaCl 150 mM. Os extratos protéicos foram parcialmente purificados em coluna Sephadex G-100, submetidos à detecção dos inibidores e SDS-PAGE (12,5% e, utilizados nos bioensaios contra os fungos. O perfil eletroforético revelou uma única banda em CfTI e oito bandas em SpTI. Os extratos de C. ferrea e S. polyphylla exibiram efeito na diminuição da esporulação dos fungos testados, mas S. rolfsii foi inibido apenas por C. ferrea. Quanto ao crescimento micelial, os dois extratos tiveram efeito sobre F. oxysporum e S. rolfsii, ao passo que C. guaranicola foi inibido apenas por S. polyphylla, e C. cassiicola por C. ferrea. Concluiu-se que sementes de C. ferrea e S. polyphylla apresentam inibidores de tripsina. Além disso, os resultados sugerem que estas espécies de leguminosas arbóreas são promissoras no que concerne à prospecção de fungicidas naturais, uma vez que os extratos diminuíram o crescimento micelial e a esporulação de C. guaranicola, C. cassiicola, F. oxysporum e S. rolfsii.

  6. ATIVIDADE DE INIBIDORES DE PROTEASES EM LINHAGENS DE SOJA GENETICAMENTE MELHORADAS*

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. R. CARDOSO

    2008-11-01

    Full Text Available

    Este estudo teve como objetivo ajustar um método de determinação de inibidores de quimotripsina, determinar a atividade inibitória de tripsina e quimotripsina e verificar o efeito da eliminação genética na atividade destes inibidores em genótipos de soja. Foram analisados quatro genótipos de soja, os quais diferiam entre si com relação à presença ou ausência de lipoxigenases (LOX e do inibidor de tripsina Kunitz (KTI. Os testes foram realizados com a soja in natura e processada em diferentes temperaturas. Os fatores de tripsina e quimotripsina encontrados foram de 0,0188 e 0,0127 respectivamente. A atividade inibitória de tripsina, em mg/g de proteína, para as linhagens in natura variaram entre de 92,87 e 122,92, sendo as farinhas isentas de KTI as que apresentaram menor atividade inibitória. O processamento térmico de 120ºC/9 minutos foi suficiente para a completa inativação dos inibidores nas variedades isentas de KTI.

  7. Selectivity of herbicides applied in density cotton crop. = Seletividade de herbicidas aplicados na cultura do algodão adensado.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleiton Lopes da Silva

    2013-08-01

    -butil, aplicados em mistura ou sequencial, além da testemunha sem aplicação de herbicida. Osexperimentos foram realizados simultaneamente com os mesmos tratamentos, no distrito de Deciolândia, município de Diamantino - MT, com a variedade Fabermax 966 e no município de Sapezal - MT, com a variedade DP 604. Durante o desenvolvimento da cultura, foram realizadas avaliações de fitointoxicação e níveis de controle aos 7, 14 e 28 dias após a aplicação (DAA; estande e altura aos 28 DAA; número de maçãs aos 145 DAA e produtividade do algodão em caroço aos160 DAA. Independentes das variedades de algodoeiro, todos os tratamentos avaliados causaram fitointoxicações iniciais,apenas os tratamentos 4, 5 e 6 do experimento 1 não diferiram da testemunha na produtividade, porém os demais não afetaramnegativamente a produtividade, estande, altura de plantas, número de maçãs, além de proporcionar controle efetivo de plantas daninhas, sendo seletivos ao algodoeiro. A mistura fomesafen + prometryne aplicada em pré-emergência, foi seletiva as variedades de algodoeiro Fabermax 966 e DP 604, entretanto o fomesafen não é registrado para a cultura.

  8. Avaliação de herbicidas para dois cultivares de mandioca Selectivity of herbicide alternatives for two cassava cultivars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.F Biffe

    2010-12-01

    Full Text Available É importante avaliar a tolerância de variedade de mandioca a novas alternativas de controle químico, com o intuito de ampliar as opções disponíveis. Este trabalho teve como objetivo avaliar a seletividade de herbicidas aplicados em pré-emergência, para duas importantes variedades de mandioca cultivadas no Estado do Paraná. Os herbicidas e respectivas doses (g i.a. ha-1 avaliadas foram: diuron (400 e 800, metribuzin (360 e 720, isoxaflutole (60, atrazine (720, S-metolachlor (1.920 e as misturas ametryn + clomazone (1.350+1.900, ametryn+trifluralin (1.500+1.350, isoxaflutole+metribuzin (60+320, isoxaflutole+diuron (60+400, combinados com uso de uma testemunha dupla adjacente a cada tratamento. Os cultivares utilizados neste trabalho foram Fécula Branca e Fibra. Apenas o herbicida S-metolachlor, para ambos os cultivares, e metribuzin (360 g i.a. ha-1, para o cultivar Fibra, não provocaram injúrias. Atrazine provocou redução de estande para o cultivar Fécula Branca aos 60 DAP, mas não foi detectada redução na altura de plantas. Tanto atrazine (para os dois cultivares quanto diuron na dose de 800 g i.a. ha-1 (para o cultivar Fécula Branca afetaram a produtividade de raízes. Dessa forma, atrazine foi considerado não seletivo para ambos os cultivares, e a maior dose de diuron foi também considerada não seletiva para o cultivar Fécula Branca. Há diferenças de tolerância entre os cultivares, sendo o Fibra, de modo geral, mais tolerante aos herbicidas avaliados.It is important to evaluate the tolerance of cassava varieties under new weed chemical control alternatives. Thus, this study aimed to evaluate the selectivity of herbicides, applied at pre-emergence, for two important cassava varieties grown in the state of Paraná, Brazil. The herbicides and respective doses (g a.i. ha-1 were: diuron (400 and 800, metribuzin (360 and 720, isoxaflutole (60, atrazine (720, S-metolachlor (1,920 and mixtures ametryn+clomazone (1

  9. Desenvolvimento de inibidores do fator VIII na hemofilia A Development of factor VIII inhibitors in hemophilia A

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel G. Chaves

    2009-01-01

    Full Text Available A hemofilia A é uma coagulopatia genética com herança recessiva ligada ao cromossomo X que afeta 1-2 a cada 10 mil indivíduos do sexo masculino nascidos vivos. Estes indivíduos têm baixas concentrações ou ausência do fator VIII (FVIII da coagulação no plasma e apresentam quadros hemorrágicos leves, moderados e graves, dependendo da atividade de FVIII circulante. Estes pacientes necessitam de constante reposição proteica e aproximadamente 30% deles desenvolvem aloanticorpos contra a proteína exógena. A síntese dos anticorpos anti-FVIII é iniciada quando o FVIII exógeno é endocitado por células apresentadoras de antígeno, degradado e apresentado às células T CD4+ na forma de peptídeos ligados a moléculas do complexo maior de histocompatibilidade (MHC de classe II. Alguns fatores de risco (paciente/tratamento podem ser relacionados ao desenvolvimento desta resposta imune. Neste contexto, as mutações no gene do FVIII e polimorfismos em genes envolvidos na resposta imune são candidatos moleculares como determinantes imunogenéticos na predisposição para o desenvolvimento de inibidores. Por não ser completamente entendido e controlado, o desenvolvimento desta resposta imune contra o FVIII constitui o maior problema decorrente do tratamento de indivíduos portadores de hemofilia A e faz-se necessária busca de opções que visem minimizar suas ações deletérias. Algumas alternativas de tratamento têm se mostrado eficazes no tratamento (anti-CD20, plasmaférese, concentrado de complexo protrombínico (PCCs, concentrado de complexo protrombínico ativado (APCCs, fator VII humano ativado, mas a retirada ou neutralização específica dos inibidores de FVIII ainda não foram alcançadas.Hemophilia A, which affects 1-2:10,000 live-born male neonates, is a genetic coagulopathy with recessive inheritance linked to the X chromosome. These individuals have low concentrations or no coagulation factor VIII (FVIII in the plasma

  10. Estudos QSAR e Ancoragem Molecular de Inibidores da Atividade Biológica do Fator de Inibição da Migração dos Macrófagos (MIF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Gutterres Taranto

    2012-08-01

    Full Text Available Cumarina e 4-Cromonas são promissores inibidores de fator inibição da migração de macrófagos (MIF, uma proteína envolvida em doenças inflamatórias, como artrite reumatóide e outras patologias. Estudos teóricos de QSAR e ancoragem molecular de um conjunto de compostos mostraram correlação com estudos experimentais. Os descritores doadores de ligação hidrogênio e momento dipolo total foram capazes de prever atividade inibitória de compostos contra o MIF (MIFi . Paralelamente, estudos de ancoragem molecular também foram capazes de identificar ligações hidrogênio e hidrofóbicas entre os ligantes e o MIF. Como resultado, ambas as metodologias mostraram as contribuições de ligação de hidrogênio e interações hidrofóbicas para explicar a atividade de compostos inibidores de MIF, descrevendo os grupos farmacofóricos destes compostos. Adicionalmente, um conjunto de cumarinas naturais e sintéticas foi submetido aos modelos QSAR e de ancoragem molecular a fim de que as suas atividades contra MIF fossem preditas. Ambas as metodologias de modelagem molecular puderam estimar as interações intermoleculares entre inibidores e a enzima, os quais foram muito similares a compostos descritos previamente. Estes resultados podem ser úteis para o desenho de novos compostos contra doenças inflamatórias como artrite reumatóide.

  11. Atividade microbiana do solo após aplicação de herbicidas em sistemas de plantio direto e convencional Microbial activity in soil after herbicide application under no-tillage and conventional planting systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.B. Santos

    2005-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se neste trabalho os efeitos de cinco concentrações (0,0; 1,05; 2,10; 4,20; e 8,40 µg g-1 dos herbicidas fluazifop-p-butil e fomesafen e da mistura comercial destes (Robust® sobre a atividade microbiana de um solo submetido aos sistemas de plantio direto (SPD e convencional (SPC. Amostras do solo coletadas em SPD e SPC foram colocadas em erlenmeyer de 250 mL, tratadas com as diferentes concentrações dos herbicidas e umedecidas próximo à capacidade de campo. A cada intervalo de quatro dias fez-se a quantificação da respiração microbiana, por meio da captura do CO2 liberado do solo. Aos 20 dias após o início da incubação determinou-se o carbono da biomassa microbiana (CBM e o quociente metabólico (qCO2. No solo proveniente do SPD, a atividade microbiana aumentou com as concentrações do fluazifop-p-butil e reduziu para concentrações superiores a 4,20 µg g-1 de fomesafen. Os efeitos dos herbicidas sobre a respiração microbiana e o CBM do solo em SPC foram inferiores aos observados no solo do SPD. Entre os herbicidas, com o aumento das concentrações, verificou-se maior CBM para fluazifop-p-butil e menores valores de CBM para o fomesafen. A mistura comercial dos herbicidas (Robust® não influenciou o CBM no SPD, mas sua redução foi maior no solo sob SPC quando aplicado nas maiores concentrações. No SPD, o qCO2 aumentou com as concentrações dos herbicidas sem, contudo, variar entre eles. No SPC, a mistura dos herbicidas proporcionou o maior qCO2. Em geral, os herbicidas promoveram efeito negativo sobre a biomassa microbiana. Esse efeito foi proporcional às concentrações aplicadas, sendo menor em solo cultivado no SPD, em comparação aquele cultivado no SPC.This study evaluated the effect of the herbicides fluazifop-p-butyl and fomesafen in five concentrations (0.0; 1.05; 2.10; 4.20 and 8.40 µg g-1 and their mixture (Robust® on microbial activity in soil submitted to no-tillage system (NTS and

  12. Assimilate partitioning and phytotoxicity in soybean plants treated with herbicides Partição de assimilados e fitotoxicidade em plantas de soja tratadas com herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo A. Marenco

    1996-01-01

    Full Text Available To investigate the effects of trifluralin, chlorimuron and clomazone on morphology and assimilate partitioning during soybean development, plants were grown in a greenhouse and sampled at 14-day intervals. Clomazone reduced stem and leaf dry matter accumulation at 14 days after emergence (DAE, while trifluralin and chlorimuron reduced plant part dry matter accumulation up to 28 DAE. The number of leaves, plant height, mass and number of pods and seeds, and the shoot/root ratio were not influenced by the herbicides. Roots, stems and leaves were the preferred sinks up to the R2 growth stage, while pods and developing seeds became the preferred sinks later. This order was not altered by the herbicides.O efeito dos herbicidas trifluralin, clorimuron e clomazone sobre a morfologia e partição de assimilados foram avaliados durante o desenvolvimento da soja, cultivada em casa de vegetação. As amostras foram coletadas a intervalos de 14 dias. Clamazone reduziu o acúmulo de matéria seca nos caules e folhas aos 14 dias após a emergência (DAE, enquanto que trifluralin e clorimuron reduziram o acúmulo de matéria seca até os 28 DAE. O número de folhas, a altura de planta, a massa e o número de vagens e sementes, bem como a relação parte aérea/raiz não foram influenciadas pelos herbicidas. As raízes, os caules e as folhas foram os drenos preferidos até o estádio R2 posteriormente, as vagens e sementes em desenvolvimento tornaram-se os drenos preferidos, esta seqüência não foi alterada pelos herbicidas.

  13. Persistência dos herbicidas imazethapyr e imazapic em solo de várzea sob diferentes sistemas de manejo Persistence of the herbicides imazethapyr and imazapic in irrigated rice soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F. Kraemer

    2009-01-01

    Full Text Available A mistura formulada dos herbicidas imazethapyr e imazapic é utilizada para controlar arroz-vermelho em cultivos de arroz irrigado. Entretanto, esses herbicidas podem persistir no solo por longos períodos, causando introxicação ao arroz suscetível cultivado em sucessão. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes manejos de solo, durante a entressafra do arroz, sobre a ação residual do imazethapyr e imazapic, em arroz não tolerante. O residual desses herbicidas causou introxicação no arroz suscetível após um ano da última aplicação dos herbicidas. A introxicação atingiu valores máximos até 25 dias após a emergência (DAE, ocorrendo redução da introxicação após esse período, até praticamente desaparecer (60 DAE. O residual do herbicida alterou o estande de plantas, o número de colmos m-2, o número de panículas m-2 e a altura de plantas, porém não afetou a produtividade de grãos do arroz. O revolvimento do solo diminuiu a atividade do herbicida na camada superficial de solo (0-3 m.The mixture of herbicides imazethapyr and imazapic is used to control red rice in irrigated rice crops. However, such herbicides might persist on the soil for a long period causing phytotoxicity on susceptible rice grown in succession. The objective of this work was to determine the effect of different soil tillage systems during the off-season on the residual phytotoxicity of imazethapyr and imazapic on non tolerant rice. Herbicide residues caused phytotoxicity on susceptible rice with the highest values being registered 25 days after emergence and decreasing after this period until almost disappearing 60 days after emergence. Herbicide residues affected plant stand, number of stems per m², number of panicles per m² and plant height, but did not affect grain yield. Soil movement decreased herbicide activity on the superficial soil layer (0-3 cm.

  14. Eficácia de controle de plantas daninhas e toxicidade ao milho da mistura de foramsulfuron e Iodosulfuron isoladamente ou em associação com atrazine e/ou clorpirifós Weed control efficacy and corn toxicity of the foramsulfuron and iodosulfuron mixture, alone or combined with atrazine and/or chlorpyriphos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.M. Trezzi

    2005-12-01

    Full Text Available Este trabalho constou de dois ensaios que avaliaram a toxicidade ao milho e a eficácia de controle de plantas daninhas dos herbicidas atrazine, da mistura foramsulfuron + iodosulfuron e do inseticida clorpirifós, isoladamente ou em mistura, aplicados em pósemergência. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições. No primeiro ensaio, todos os tratamentos foram capinados e constaram de: atrazine (3.000 g ha¹ de i.a.; atrazine + clorpirifós (3.000 + 225 g ha-1 de i.a.; atrazine + foramsulfuron + iodosulfuron + clorpirifós (2.250 + 15 + 1 + 225; 1.500 + 22,5 + 1,5 + 225; e 750 + 30 + 2 + 225 g ha-1 de i.a.; foramsulfuron + iodosulfuron (45 + 3 g ha-1 de i.a.; foramsulfuron + iodosulfuron + clorpirifós (45 + 3 + 225 g ha-1 de i.a.; e testemunha sem aplicação de herbicidas. Já no segundo ensaio foram utilizados todos os tratamentos anteriores, com exceção da mistura de todos os produtos nas doses de 750 + 30 + 2 + 225 g ha-1 de i.a., além dos respectivos tratamentos sem capina. Utilizou-se o cultivar de milho AG 3010 (híbrido duplo, superprecoce, tolerante a inibidores da ALS. Em 2002/2003, avaliou-se a toxicidade a milho e o rendimento, enquanto em 2003/2004 também foi avaliada a eficácia de controle de plantas daninhas. O uso de atrazine isoladamente ou em mistura com clorpirifós não gerou toxicidade às plantas de milho. A adição de clorpirifós à mistura foramsulfuron + iodosulfuron acentuou a injúria ao milho. A inclusão de atrazine simultaneamente à redução dos níveis de foramsulfuron + iodosulfuron permitiu reduzir em parte a injúria a plantas de milho, mantendo o controle de BRAPL e ampliando os níveis de controle de EPHHL.Two trials evaluated corn toxicity and weed control efficacy of the herbicides atrazine, foramsulfuron, and iodosulfuron and the insecticide chlorpyriphos applied at postemergence alone or in mixture. A randomized complete block design was used with four replications. In

  15. SELETIVIDADE DA ASSOCIAÇÃO DOS HERBICIDAS IMAZAPIC E IMAZAPYR APLICADA EM DIFERENTES ESTÁDIOS DE DESENVOLVIMENTO DA CANA-DE-AÇÚCAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    OBARA, Flavio Eduardo Botelhos

    2015-05-01

    ao acaso no esquema de faixas, sendo que em uma direção de aplicação, as faixas foram constituídas de quatro doses da associação de imazapic + imazapyr, 0 + 0, 80,25 + 26,25, 120 + 40 e 133,75 + 43,75 g ha-1, e na outra direção a aplicação no mesmo dia dos herbicidas ametrina (2400 g ha-1, clomazone (1200 g ha-1, hexazinone (225 g ha-1, isoxaflutole (75 g ha-1, metribuzin (1440 g ha-1, tebuthiuron (750 g ha-1 e testemunha sem aplicação. Foram realizadas avaliações mensais e colheita das parcelas aos 150 DAT. A seletividade da associação de imazapic + imazapyr foi observada quando aplicada na dose de 80,25 + 26,25 g ha-1, na modalidade de pré-emergência, como também quando associada ao tebuthiuron, metribuzin e clomazone. Na aplicação em pós-emergência inicial a seletividade foi constatada pela aplicação de 80,25 + 26,25 g de imazapic + imazapyr ha-1, como pela associação desta dose com os herbicidas isoxaflutole e clomazone, dado que a aplicação em pós-emergência tardia se mostrou totalmente não seletiva para qualquer uso das associações dos herbicidas imazapic + imazapyr.

  16. Rendimento de grãos e qualidade de sementes de soja após a aplicação de herbicidas dessecantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inoue Miriam Hiroko

    2003-01-01

    Full Text Available Aplicações dos herbicidas diquat (0,3kg ha-1, paraquat (0,4kg ha-1, amônio-glufosinato (0,5kg ha-1 e carfentrazone-ethyl (30g ha-1 foram efetuadas em pré-colheita (estádio R7,5 na cultura da soja, com a finalidade de observar os efeitos na produtividade e na qualidade das sementes. Não houve diferença significativa entre os tratamentos nos testes de germinação, de classificação do vigor de plântula e de sanidade, bem como na massa de cem sementes, no grau de umidade e no rendimento de sementes. No entanto, o glufosinato de amônio e a testemunha sem herbicida apresentaram maiores percentagens de plântulas normais no teste de envelhecimento acelerado, em relação aos demais tratamentos.

  17. Efeitos de herbicidas no consórcio de milho com Brachiaria brizantha Effects of herbicides on corn and Brachiaria brizantha intercropping

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Jakelaitis

    2005-03-01

    Full Text Available A eficiência de herbicidas aplicados em pós-emergência foi avaliada para o controle de plantas daninhas no consórcio de milho com Brachiaria brizantha e verificando seus efeitos sobre as espécies consorciadas. Os tratamentos foram representados pelos herbicidas atrazine (1.500 g ha-1, foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + atrazine (15 + 1 + 1.500 e 30 + 2 + 1.500 g ha-1, foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium (45 + 3 g ha¹, nicosulfuron + atrazine (2 + 1.500; 4 + 1.500; 8 + 1.500; 12 + 1.500 g ha-1 mais a testemunha capinada (milho solteiro e sem capina, arranjados em blocos ao acaso, com três repetições. Foram avaliados a porcentagem de controle de Digitaria horizontalis e de espécies do gênero Ipomoea, a toxicidade à cultura do milho, a cobertura vegetal do solo, o estado nutricional e a produtividade do milho e da forrageira. Verificou-se que para D. horizontalis os herbicidas foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + atrazine, foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + espalhante e nicosulfuron + atrazine nas duas maiores doses proporcionaram controle semelhante (acima de 70% aos 28 dias após a aplicação (DAA. Para Ipomoea spp. houve diferença dos tratamentos apenas em relação à testemunha sem capina. Foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + espalhante mostrou-se tóxico ao milho até 28 DAA, enquanto para B. brizantha somente o atrazine não causou dano. Leituras correspondentes ao teor de clorofila total, N, K e a produtividade do milho foram inferiores na testemunha sem capina e no tratamento com atrazine, sendo os demais não influenciados pelos herbicidas. Ao contrário, no período de convivência com o milho, depois da colheita deste e após período de pastejo, B. brizantha foi mais produtiva nos tratamentos em que foi aplicado atrazine e na testemunha sem capina, apresentando menor desenvolvimento nas maiores doses das sulfoniluréias.The objective of this study was to evaluate the efficiency

  18. Atividade microbiana em solo cultivado com cana-de-açúcar após aplicação de herbicidas Microbial activity in soil cultivated with sugarcane after herbicide application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.R. Reis

    2008-06-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos dos herbicidas na atividade respiratória da microbiota, na biomassa microbiana e no quociente metabólico em solo cultivado com plantas de cana-de-açúcar. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, no esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Nas parcelas, avaliou-se o efeito dos herbicidas e, nas subparcelas, o efeito do tempo após a aplicação destes. Os herbicidas utilizados foram: 2,4-D (1,30 kg ha-1, ametryn (1,00 kg ha-1, trifloxysulfuron-sodium (0,0225 kg ha-1 e a mistura ametryn+trifloxysulfuron-sodium (1,463+0,0375 kg ha-1, respectivamente. Realizou-se a aspersão dos herbicidas aos 60 dias após a brotação das gemas do material propagativo. Aos 15, 30, 45 e 60 dias após a aplicação dos herbicidas, amostras de solos rizosférico e não-rizosférico foram coletadas e analisadas quanto às seguintes características: taxa respiratória (TR, carbono da biomassa microbiana (CBM, quociente metabólico (qCO2 e acúmulo total de C-CO2 evoluído do solo (ATC. O ametryn aplicado isolado ou em mistura com trifloxysulfuron-sodium propiciou maiores TRs, ao passo que o 2,4-D apresentou pouca influência nessa variável. Maiores acúmulos de C-CO2 aos 60 dias após a aplicação dos herbicidas foram verificados nos tratamentos com trifloxysulfuron-sodium, ametryn e na mistura de ambos os produtos. A BM do solo foi reduzida na presença do ametryn isolado ou em mistura. Esses tratamentos resultaram em maiores valores de qCO2 aos 45 e 60 dias da aplicação.The objective of this work was to evaluate the impact of the herbicides ametryn and trifloxysulfuron-sodium, singly or combined, and 2,4-D, on respiratory rate, microbial biomass, and metabolic quotient on sugar cane-cultivated soil. A completely randomized design was adopted in a split-plot scheme with four replications. The effect of the herbicides was evaluated in the plots and the effect of time after herbicide

  19. Tolerância de espécies de Mucuna a herbicidas utilizados na cultura da cana-de-açúcar Tolerance of Mucuna species to herbicides used in sugarcane culture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.B.F. Silva

    2012-09-01

    Full Text Available Os fluxos de emergência de Mucuna em canaviais, mesmo após a aplicação dos herbicidas para o manejo de plantas daninhas, permitiu elaborar a hipótese de que essas plantas são tolerantes aos herbicidas comumente utilizados na cultura. Para comprovar a hipótese, objetivou-se estudar a tolerância de Mucuna aterrima, Mucuna cinerea e Mucuna deeringiana a herbicidas de diferentes mecanismos de ação aplicados em pré e pós-emergência. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com nove tratamentos, em cinco repetições, dispostos em esquema fatorial 3x3, mais testemunhas. Na pré-emergência, o primeiro fator foi constituído pelos herbicidas sulfentrazone (800 g ha-1, imazapic (245 g ha-1 e amicarbazone (1.400 g ha-1, e o segundo, pelas três espécies de Mucuna, além de uma testemunha para cada espécie estudada. Na pós-emergência, alteraram-se os herbicidas para clomazone (1.100 g ha-1, ametryn+trifloxysulfuron-sodium (1.463 + 37 g ha-1 e 2,4-D (1.209 g ha-1. No manejo químico em pré-emergência, verificou-se que as espécies foram sensíveis ao herbicida amicarbazone, seguido de sulfentrazone, e tolerantes ao imazapic. Na pós-emergência, todas as espécies foram sensíveis ao ametryn+trifloxysulfuron-sodium e 2,4-D, mas tolerantes ao clomazone.The emergence of Mucuna species in sugarcane plantations, even after herbicide spraying for weed management, allowed us to elaborate the hypothesis that these plants are tolerant to the herbicides commonly used in the culture. Thus, to prove this hypothesis, this work was carried out to study the tolerance of Mucuna aterrima, Mucuna cinerea and Mucuna deeringiana to application of herbicides with different mechanisms of action in pre- and post-emergence. The experiment was arranged in a randomized block design with 9 treatments and five replications in a factorial 3 x 3, plus controls. At pre-emergence, the first factor was constituted by the herbicides

  20. Efeito protetor da melatonina sobre intoxicações por herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lécio L. de Almeida

    2016-03-01

    Full Text Available Resumo: O uso inadequado de herbicidas pode resultar em intoxicações agudas e, às vezes, crônicas por exposição em longo prazo a baixos níveis desses agentes tóxicos, podendo o herbicida atuar também como agentes teratogênicos, mutagênicos, cancerígenos e desreguladores endócrinos, com o aparecimento de doenças neurodegenerativas e distúrbios reprodutivos. Estudos têm revelado que a melatonina tem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e imunomoduladoras e atua na reprodução. Essa indolamina está entre os agentes que têm se mostrado benéfico em intoxicações por herbicidas, porém não há relatos do uso de melatonina contra intoxicações por Glifosato-Roundup®, muito menos em associação com o Paraquat. Dessa forma, o maior interesse no tratamento das intoxicações por herbicidas, tem-se concentrado em medidas que impeçam ou minimizem as lesões celulares provocadas nos diversos sistemas biológicos. Assim, a melatonina, como antioxidante conhecido, pode ser mais uma alternativa contra as intoxicações por herbicidas associados e/ou individuais.

  1. Efeito residual de herbicidas em pré-plantio do feijoeiro, em dois sistemas de aplicação em plantio direto e sua viabilidade econômica Economic viability of residual herbicides in dry bean pre-planting under two aplication methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T. Cobucci

    2004-12-01

    Full Text Available A pesquisa teve como objetivo avaliar a eficiência e a viabilidade econômica de controle de plantas daninhas com alguns herbicidas residuais (registrados ou não, aplicados em pré-plantio na cultura do feijoeiro. O experimento foi realizado em Santo Antônio de Goiás, no ano agrícola de 1999/2000. Os herbicidas foram aplicados em cobertura das plantas daninhas Commelina benghalensis e Bidens pilosa, com 3 t ha-1 de biomassa seca. Os tratamentos foram constituídos do fatorial 2x10x3, arranjados em parcelas subsubdivididas no delineamento de blocos ao acaso, com três repetições; o primeiro fator consistiu de sistemas de dessecação da área [Sistema Integrado de Controle (SIC e Aplique e Plante]. No SIC foi usado o sulfosate (720 g ha-1 aos 20 dias antes do plantio e paraquat (200 g ha¹ adicionado aos herbicidas com efeitos residuais, aplicados imediatamente após o plantio do feijoeiro. No sistema Aplique e Plante foi aplicado o sulfosate (720 g ha¹ adicionado aos residuais, cinco dias antes do plantio do feijoeiro. O segundo fator representa a aplicação dos herbicidas com efeitos residuais, em g ha-1: sulfentrazone (200 e 300, dimethenamid (900 e 1.125, clomazone (360, pendimethalin (2.500, smetolachlor (768 e 1.152, diclosulan (12,45 e testemunha; e o terceiro, as doses dos herbicidas de pós-emergência: imazamox (15 + bentazon (240, imazamox (30 + bentazon (480 e testemunha. Os herbicidas residuais aplicados nos sistemas SIC e Aplique e Plante reduziram o crescimento inicial de Bidens pilosa. Para Euphorbia heterophylla somente os herbicidas diclosulan e sulfentrazone proporcionaram efeito semelhante. A aplicação de herbicidas residuais em pré-plantio mostrou ser viável economicamente, em virtude da redução dos de pós-emergência, exceto para os herbicidas dimethenamid e s-metolachlor.The objective of this study was to evaluate the efficiency and economic viability of controlling weeds with residual herbicides, applied in

  2. Caracterização das metaloproteinases associadas ao desenvolvimento do germe dental do primeiro molar de ratos

    OpenAIRE

    Ricardo Della Coletta

    1996-01-01

    Resumo: A participação das metaloproteinases durante o desenvolvimento dental ainda não está bem estabelecida. Neste trabalho foram realizados estudos no intuito de caracterizar e detenninar o sítio principal de atuação dos grupos de metaloproteinases associadas ao germe dental' do primeiro molar em desenvolvimento. Verificou-se a presença de enznnas gelatinolíticas e caseinolíticas com comportamento, quanto à ação de inibidores específicos, ação colagenolítica e peso molecular, semelhante ao...

  3. Dinâmica de nutrientes em tecidos foliares de cana-de-açúcar após aplicação de herbicidas Nutrient dynamics in sugar cane foliar tissues after herbicide application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.R. Reis

    2008-03-01

    Full Text Available Avaliaram-se, neste trabalho, os efeitos dos herbicidas ametryn, 2,4-D, trifloxysulfuron-sodium e da mistura ametryn+trifloxysulfuron-sodium na nutrição mineral e no crescimento da cana-de-açúcar. Para isso, utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado no esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Os efeitos dos herbicidas foram avaliados nas parcelas, e o efeito do tempo, expresso em dias após aplicação dos herbicidas (DAA, considerando as diversas amostragens nas subparcelas. Os herbicidas foram aplicados em pós-emergência, quando as plantas de cana-de-açúcar se apresentavam com três a quatro folhas. As características avaliadas foram: a altura e massa seca da parte aérea, o número de folhas, o número de perfilhos e as concentrações de macro e micronutrientes nos tecidos foliares das plantas. As concentrações de N, P e Mg nos tecidos foliares não foram afetadas pelo uso dos herbicidas, independentemente da época de avaliação (15, 30, 45 e 60 DAA. Ao longo do tempo após a aplicação, constatou-se acréscimo da taxa de acúmulo (coeficiente beta0 dos nutrientes catiônicos Ca, Mg e K em plantas expostas ao ametryn+trifloxysulfuron-sodium. Quando da aplicação do 2,4-D, verificou-se redução na taxa de acúmulo de S e alteração na dinâmica dos nutrientes Mg, Ca e K, comparado à testemunha sem herbicida. Os herbicidas provocaram redução na concentração de Fe nessa cultura aos 15 DAA, na seguinte ordem: ametryn+trifloxysulfuron-sodium > ametryn > trifloxysulfuron-sodium > 2,4-D. Em relação às plantas de cana-de-açúcar não tratadas com herbicida (testemunha, o herbicida trifloxysulfuron-sodium provocou acréscimo de 22,10% no acúmulo de massa seca da sua parte aérea aos 60 DAA. O número de perfilhos observados em plantas tratadas com trifloxysulfuron-sodium foi o dobro do encontrado com ametryn, demonstrando efeito negativo deste herbicida nessa característica. Evidenciaram

  4. Seletividade de herbicidas em mudas das espécies nativas Acacia polyphylla, Enterolobium contortisiliquum (Fabaceae, Ceiba speciosa e Luehea divaricata (Malvaceae Herbicides selectivity on seedlings of native species Acacia polyphylla, Enterolobium contortisiliquum (Fabaceae, Ceiba speciosa and Luehea divaricata (Malvaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2011-03-01

    Full Text Available Este trabalho avaliou a seletividade de herbicidas sobre espécies nativas de florestas estacionais semideciduais de São Paulo, amplamente utilizadas em projetos de restauração de ecossistemas naturais degradados: Acacia polyphylla e Enterolobium contortisiliquum (Fabaceae, e Ceiba speciosa e Luehea divaricata (Malvaceae. Os tratamentos consistiram de uma testemunha sem herbicida e da aplicação de herbicidas imazapyr (125, 250, 500, 1.000, 2.000 e 3.000 g ha-1, sulfentrazone (100, 200, 400, 800, 1.400 e 2.400 g ha-1, glyphosate (90, 180, 360, 720, 1.440 e 2.160 g ha-1 e metribuzin (360, 720, 1.920, 2.880, 5.760 e 8.400 g ha-1 . Foram avaliados os sintomas de fitotoxicidade aos 30 dias após aplicação (DAA e a biomassa seca da parte aérea. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro repetições por tratamento. Cada parcela experimental foi constituída de uma muda com 30 cm de altura. Os resultados permitem concluir que, entre os herbicidas testados, o glyphosate foi o menos seletivo às espécies arbóreas, razão pela qual são sugeridas aplicações dirigidas desse produto. As espécies estudadas diferiram em relação à seletividade dos herbicidas avaliados. Para C. speciosa, o imazapyr foi o herbicida mais seletivo, seguido do sulfentrazone. O herbicida metribuzin foi seletivo para A. polyphylla. Quanto a E. contortisiliquum, o metribuzin foi menos tóxico, seguido pelo sulfentrazone. Para L. divaricata, somente o herbicida sulfentrazone foi seletivo.We aimed to evaluate the selectivity of the herbicides imazapyr, glyphosate, metribuzin, and sulfentrazone, when applied on four native species of semideciduous forests from southeastern Brazil: Acacia polyphylla and Enterolobium contortisiliquum (Fabaceae, and Ceiba speciosa and Luehea divaricata (Malvaceae. We did a randonmized design with four replicates per treatment: the application of imazapyr (125, 250, 500, 1000, 2000 and 3000 g ha-1, sulfentrazone (100

  5. Atributos do solo e biomassa radicular após quatro anos de semeadura direta de forrageiras de estação fria em campo natural dessecado com herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Pérez Gomar

    2002-03-01

    Full Text Available Os campos naturais, desenvolvidos sobre solos arenosos da região norte do Uruguai, são compostos por espécies forrageiras, sobretudo de gramíneas de produção estacional, com baixa produtividade no inverno. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da dessecação do campo natural no estabelecimento de espécies de estação fria em atributos do solo e biomassa radicular. O estudo, iniciado em 1994, utilizou delineamento experimental de blocos ao acaso com parcelas subsubdivididas, com três repetições. Nas parcelas principais, em 1994, foram aplicados os tratamentos com herbicidas (paraquat 0,60gha-1i.a., glifosate 0,36gha-1i.a. e glifosate 1,44gha-1i.a. e testemunha sem herbicida em campo natural para a semeadura de pastagens de inverno. Nessas parcelas, a pastagem de inverno foi aveia preta (avena strigosa L., triticale (X Triticosecale Wittmack e azevém (Lolium multiflorum L.. As subparcelas foram formadas pela reaplicação ou não dos herbicidas em 1995 e as subsubparcelas foram formadas pela reaplicação ou não dos herbicidas em 1996. As amostras de solo para determinar a biomassa radicular, a densidade do solo, o carbono (C orgânico do solo, bases trocáveis, Al trocável e o pH do solo foram extraídas separadamente, em três subamostras, usando cilindro metálico de 7,65cm de diâmetro e 40cm de comprimento. Os monolitos extraídos foram estratificados até 30cm de profundidade nas camadas de 0-5, 5-10, 10-15, 15-20 e 20-30cm. A biomassa radicular foi maior na testemunha do que a média dos tratamentos com herbicidas somente na camada de 0-5cm, e, entre os tratamentos com herbicidas, a biomassa radicular foi maior com paraquat do que com o glifosate. A reaplicação de herbicidas, em 1995 e 1996, também ocasionou redução da biomassa radicular. Houve alta correlação positiva de C orgânico com a biomassa radicular. A redução de C orgânico para o tratamento mais agressivo de controle químico (glifosate 1,44gi

  6. In vitro effect of the herbicide glyphosate on human blood platelet aggregation and coagulation Efeito in vitro do herbicida glifosato na agregação plaquetária e coagulação sanguínea em humanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresinha de Jesus C. Neiva

    2010-01-01

    Full Text Available Glyphosate [N-(phosphonomethyl-glycine] is a broad-spectrum, non-selective, post-emergence herbicide that is extensively used in agriculture. Published data referring to the effects of this product on human health are contradictory. We showed previously that long-term treatment of rats with low doses of Glyphosate-Biocarb® may induce hepatic histological changes and bleeding without decreasing platelet counts. The aim of the current study was to investigate, in vitro, the effect of glyphosate on human blood platelet aggregation and coagulation. Materials and methods: Platelet aggregation was determined in the platelet-rich plasma using the agents: 6µM-adenosine diphosphate, 6µM-epinephrine and 4µg/mL-collagen. Pretreatment with 500µg/mL glyphosate showed significant hypofunction of the three aggregating agents. The inhibitory effect was dose-dependent at concentrations from 50 to 500 µg/mL. The release of ATP was lower for glyphosate-treated platelets after stimulation by collagen. On the other hand, glyphosate did not promote any inhibitory effects on prothrombin time, thromboplastin time and thrombin time. In conclusion, the results demonstrate that glyphosate promotes changes in the platelet metabolism with an inhibitory effect on primary hemostasis.O glifosato [N-(phosphonomethyl-glycine] é um herbicida pós-emergente não seletivo de amplo espectro muito utilizado na agricultura. Dados da literatura referentes aos efeitos desse produto na saúde humana são contraditórios. Em estudos prévios demonstramos que ratos previamente tratados com glifosato apresentavam lesões hepáticas e sangramento sem alterações quantitativas de plaquetas. O objetivo do presente estudo é investigar os efeitos in vitro do glifosato (GP na agregação plaquetária e coagulação sanguínea em humanos. A agregação plaquetária foi determinada em plasma rico em plaquetas (PRP usando os agentes adenosina difosfato (ADP 6µM, epinefrina 6µM e col

  7. Produtividade e qualidade de sementes de soja em função de estádios de dessecação e herbicidas Productivity and quality of soybean seeds in function of desiccation stages and herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V.F. Guimarães

    2012-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a melhor época de aplicação de dessecantes, de forma a permitir antecipação da colheita sem prejudicar a produtividade e qualidade de sementes de soja. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso em esquema fatorial (3x3 + 1, com quatro repetições. Um dos fatores foi constituído pelos herbicidas dessecantes paraquat, glufosinato de amônio e glyphosate, nas doses de 400, 400 e 960 g i.a. ha-1, respectivamente. Outro fator constituiu-se de três estádios de aplicação dos herbicidas, via pulverização (R6, R7.2 e R8.1. Avaliaram-se a antecipação da colheita, massa de 100 sementes, produtividade, germinação e vigor das sementes. A utilização de herbicidas, aliada aos estádios fenológicos de aplicação, permitiu antecipar a colheita de um a seis dias. A dessecação de plantas de soja em pré-colheita com os herbicidas nos diferentes estádios fenológicos não afetou a produtividade. O herbicida glufosinato de amônio reduziu a germinação de sementes de soja quando aplicado no estádio R6. O herbicida glyphosate reduziu o vigor das sementes de soja quando aplicado nos estádios R6 e R7.2. O herbicida paraquat promoveu os melhores índices de germinação e vigor de sementes de soja quando utilizado nos estádios R6 e R7.2.The objective of this work was to evaluate the best time to apply desiccants to allow earlier harvesting without compromising seed quality and yield of soybean plants. The experiment was arranged in a randomized block design in a factorial scheme (3x3 + 1, with four replications. One factor was composed of the desiccant herbicides paraquat, glufosinate ammonium, and glyphosate at doses of 400, 400, and 960 g a.i. ha-1, respectively. The other factor was constituted of three phenological herbicide application stages (R6, R7.2, and R8.1. Harvest anticipation, mass of 100 seeds, yield, germination, and seed vigor were evaluated. The use of herbicides combined with

  8. Efeitos de herbicidas na atividade fotossintética e no crescimento de abacaxi (Ananas comossus Effects of herbicides on the photosynthetic activity of pineapple (Ananas comossus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.G. Catunda

    2005-03-01

    Full Text Available O manejo de plantas daninhas na cultura do abacaxi é uma prática indispensável, sendo o controle químico cada vez mais utilizado, uma vez que permite o controle eficiente e não danifica as raízes da cultura. Todavia, há poucos trabalhos sobre interferência de herbicidas no crescimento da cultura; portanto, visando avaliar os efeitos de amicarbazone e diuron + paraquat, estes foram aplicados diretamente sobre as plantas, sendo os efeitos mensurados através da taxa de fluorescência da clorofila a e dos teores de clorofila a, clorofila b e carotenóides, além da avaliação de altura e biomassa seca de parte aérea (Wpa. O herbicida amicarbazone promoveu declínio nos teores de pigmentos fotossintéticos, não se verificando a mesma interferência para as variáveis altura e Wpa; no entanto, o herbicida diuron + paraquat foi letal para a cultura, haja vista a redução nos teores de clorofilas a e b e carotenóides, além da impossibilidade da medição da altura e Wpa (aos 120 DAT em função da morte das plantas aos 30 DAT, o que demonstra certa seletividade do amicarbazone à cultura do abacaxi.Weed management in pineapple crop is an indispensable practice, with chemical control being increasingly used since it allows efficient control without injury to the roots. Since little literature is available on herbicide interference in crop growth, the aim of this work was to evaluate the effects of the herbicides amicarbazone and diuron + paraquat applied directly on the plants. The herbicide effects were measured by the fluorescence rate of chlorophyll a and chlorophyll a, chlorophyll b and carotenoid contents, and by evaluating the height and dry biomass of the aerial part (Wpa. The application of amicarbazone reduced the photosynthetic pigment contents although the same interference in height and Wpa variables was not observed; however, diuron + paraquat herbicide caused the death of the pineapple plants, indicating a reduction in

  9. Eficácia de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da cebola em semeadura direta Efficacy of herbicides on weed control in onion direct sowing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lino R. Ferreira

    1999-04-01

    Full Text Available As plantas de cebola provenientes da semeadura direta no campo são mais danificadas pelo cultivo mecânico e são mais sensíveis aos herbicidas, principalmente os latifolicidas, do que quando transplantadas. Com o objetivo de avaliar a eficácia dos herbicidas oxyfluorfen, ioxynil-octanoato e fluazifop-p-butil, aplicados em pós-emergência, isoladamente ou em mistura no tanque, com ou sem aplicação de paraquat, antes da emergência das plantas de cebola, conduziu-se este trabalho no município de Monte Alto, SP. Nenhum dos herbicidas aplicados isoladamente foi eficiente no controle de todas as espécies daninhas presentes na área experimental. As misturas no tanque de fluazifop-p-butil com oxyfluorfen ou ioxynil-octanoato, independente da aplicação ou não de paraquat aos cinco dias após a semeadura, controlaram eficientemente Portulaca oleracea, Amaranthus lividus, Echinochloa crusgalli, Eragrostis pilosa, Digitaria horizontalis, Eleusine indica e Brachiaria plantaginea, com produção de bulbos semelhante à da testemunha capinada.Onion plants, from direct sowing to the field, are more damaged by mechanical cultivation and more sensitive to herbicides, especially to broadleaf herbicides, than transplanted onions. With the purpose of evaluating the efficacy of the herbicides oxyfluorfen, ioxynyl-octanoato and fluazifop-p-butyl, applied in post-emergence, alone or tank mix, with or without paraquat application, before onion plants emergence, this investigation was carried out at Monte Alto County, São Paulo State, Brazil. None of the herbicides sprayed alone were efficient in the control of all the weeds present in the experimental area. The tank mix of fluazifop-p-butyl plus oxyfluorfen or ioxynyl-octanoato, regardless of paraquat application, at five days after sowing, controlled efficiently Portulaca oleracea, Amaranthus lividus, Echinoclhoa crusgalli, Eragrostis pilosa, Digitaria horizontalis, Eleusine indica and Brachiaria

  10. Profundidade de localização do herbicida imazetapir + imazapique no solo sobre a fitotoxicidade em de plantas de arroz não resistente Depth of placement of the herbicide imazethapyr + imazapic in soil profile on non-tolerant rice injury

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Da Cas Bundt

    2010-09-01

    Full Text Available Os herbicidas imazetapir e imazapique, usados em cultivares de arroz Clearfield®, possuem alta persistência e mobilidade no solo, ocasionando danos em genótipos de arroz não resistentes cultivados em rotação. Tais herbicidas podem lixiviar e atingir maiores profundidades ao longo do perfil. Esse posicionamento em profundidade pode ser um fator de seletividade e explicar parcialmente os diferentes resultados encontrados na literatura sobre o efeito residual do herbicida no solo. O objetivo do estudo foi avaliar o efeito da profundidade de localização no solo e da mistura formulada pelos herbicidas imazetapir e imazapique (75 e 25g e.a. L-1 na fitotoxicidade em genótipos de arroz não resistentes. Nesse sentido, foram conduzidos dois experimentos em solo com 15% de argila e 1,2% de matéria orgânica, em casa-de-vegetação, no campus da Universidade Federal de Pelotas (UFPel, em Pelotas, Rio Grande do Sul (RS. O experimento I consistiu de estudo preliminar visando a determinar a profundidade máxima de localização do herbicida no solo que causa danos ao arroz não resistente, e o herbicida foi alocado nas profundidades de 0, 5, 10, 20, 30, 50 e 70cm. O experimento II também consistiu na alocação do herbicida em profundidades ao longo do perfil do solo de 3, 6, 9, 12, 15 e 18cm. As variáveis analisadas foram fitotoxicidade, massa da matéria seca e estatura das plantas. O herbicida resultante da mistura formulada de imazetapir com imazapique localizado próximo à superfície do solo causa danos intensos em plantas de arroz não resistente, porém, quando alocado em profundidades maiores que 20cm da superfície do solo, não prejudica o desenvolvimento de genótipos de arroz não resistentes a essa mistura de herbicidas.The herbicides imazethapyr and imazapic, used in Clearfield® rice, have high mobility and persistence in the soil, causing injury to non-resistant rice grown in rotation. These herbicides can leach and reach greater

  11. Fotolitička i fotokatalitička razgradnja odabranih herbicida u vodenoj sredini

    OpenAIRE

    Despotović, Vesna

    2014-01-01

    Ispitana je kinetika i mehanizam fotokatalitičke razgradnje herbicida kvinmeraka i klomazona u prisustvu UV/TiO2  Degussa P25, odnosno piklorama i  klopiralida primenom UV/TiO2  Wackherr pri različitim eksperimentalnim uslovima. Praćena je i kinetika razgradnje odabranih herbicida direktnom fotolizom uz primenu sunčevog, UV i vidljivog zračenja, kao i u odsustvu svetlosti. Pored toga, upoređena je efikasnost UV/TiO2  Degussa P25, odn...

  12. Controle de plantas daninhas na cultura do milho-pipoca com herbicidas aplicados em pós-emergência Weed control in popcorn maize using post emergence herbicide

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Jakelaitis

    2005-09-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a eficiência de controle de plantas daninhas, a tolerância e a produção de milho-pipoca UFVM2 aos herbicidas atrazine (1.500 g ha-1, foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + atrazine (15+1+1.500 e 30+2+1.500 g ha-1, foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium (15+1, 30+2, 45+3 e 60+4 g ha-1, nicosulfuron + atrazine (8+1.500 e 16+1.500 g ha-1 e nicosulfuron (16 g ha-1. A aplicação dos herbicidas foi realizada aos 25 dias após a emergência da cultura. As plantas daninhas predominantes na área foram Brachiaria plantaginea, Brachiaria decumbens e Ipomoea spp. Os herbicidas foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium, em todas as doses testadas, proporcionaram maiores índices de toxidez à cultura, aos 7, 14 e 28 dias após a aplicação dos tratamentos (DAA. Todas as combinações de herbicidas proporcionaram controle acima de 90% para B. plantaginea e B. decumbens, aos 28 DAA. O nicosulfuron aplicado isoladamente proporcionou controle de apenas 80% e o atrazine não controlou essas espécies daninhas. Para Ipomoea spp., nenhum tratamento herbicida proporcionou controle equivalente ao da testemunha capinada. A competição das plantas daninhas resultou em menores teores de clorofila total, N, P e K no tecido foliar das plantas de milho-pipoca e menor rendimento de grãos. Para o cultivar UFVM2, as sulfoniluréias isoladas ou associadas ao atrazine não afetaram o estado nutricional da cultura, o rendimento e a capacidade de expansão dos grãos de milho-pipoca.The efficiency of different herbicide combinations for weed control and tolerance and yield of UFVM2 popcorn maize were evaluated. The herbicide treatments and respective doses were: atrazine (1.500 g ha-1; foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + atrazine (15+1+1.500 and 30+2+1.500 g ha-1; foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium (15+1, 30+2, 45+3, and 60+4 g ha-1; nicosulfuron + atrazine (8+1.500 and 16+1.500 g ha-1 and nicosulfuron (16 g ha-1. The

  13. Variação da sensibilidade de populações de Phakopsora pachyrhizi a fungicidas inibidores da desmetilação no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Ariana Xavier

    2015-09-01

    Full Text Available Durante as safras 2008/09, 2009/10 e 2010/11 foi monitorada a sensibilidade do fungo Phakopsora pachyrhizi aos fungicidas tebuconazol, ciproconazol, metconazol e protioconazol (inibidores da desmetilação, IDMs. Folhas destacadas de soja foram tratadas com os fungicidas em doses variando de zero a 32 mg L-1 (tebuconazol, ciproconazol e metconazol e zero a 8 mg L-1 (protioconazol e inoculadas com esporos de P. pachyrhizi provenientes de lavouras de soja de diferentes regiões produtoras. As folhas inoculadas foram incubadas em placas de Petri com papel umedecido, a 23°C ± 2ºC, e a severidade da ferrugem estimada 15 dias após a inoculação. Foram determinadas as doses efetivas para reduzir 50% da severidade da doença (DE50. O fungicida protioconazol apresentou a maior atividade intrínseca, com valores de DE50 variando de 0,000001 mg L-1 a 0,39 mg L-1. Os valores de DE50variaram de 0,001 mg L-1 a 1,49 mg L-1 para tebuconazol; 0,001 mg L-1 a 3,27 mg L-1 para ciproconazol e 0,004 mg L-1 a 3,89 mg L-1 para metconazol. As medianas de DE50 para todos os fungicidas avaliados foram inferiores a 0,5 mg L-1, nas três safras. As correlações (r entre as DE50 dos quatro fungicidas foram significativas (p<0,05, mostrando a existência de resistência cruzada entre os fungicidas. A variação nos valores de DE50 no monitoramento mostra uma coexistência de populações com diferentes níveis de sensibilidade aos IDMs no campo.

  14. Efeito de herbicidas sobre quatro espécies de trapoeraba Effect of herbicides on four wandering-jew species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.C. Rocha

    2007-01-01

    Full Text Available O controle químico de espécies do gênero Commelina (trapoerabas é, muitas vezes, insatisfatório, apesar do uso intenso de herbicidas. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o controle de quatro espécies daninhas de Commelina com o uso de diferentes herbicidas aplicados em pós-emergência. Foram avaliadas plantas de C. benghalensis, C. villosa, C. diffusa e C. erecta, em estádio com mais de quatro folhas e caules com cerca de 15 a 25 cm de comprimento, submetidas aos tratamentos com carfentrazone-ethyl (30 e 50 g ha-1, glyphosate (960 g ha-1, carfentrazone-ethyl + glyphosate (30 + 960 g ha-1 e sulfentrazone + glyphosate (150 + 960 g ha-1, além de uma testemunha sem aplicação. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro repetições. Verificou-se que o controle químico de trapoerabas foi dependente da espécie, sendo C. benghalensis controlada mais eficientemente com os tratamentos testados, enquanto C. erecta apresentou o menor controle. A aplicação de glyphosate em mistura com carfentrazone-ethyl foi mais eficiente no controle das espécies de trapoeraba do que os demais tratamentos empregados.Chemical weed control of Commelina species (wandering-jew is sometimes unsatisfactory. This work was carried out to observe the effect of herbicides on Commelina species at post-emergence. C. benghalensis, C. villosa, C. diffusa and C. erecta were treated with carfentrazone-ethyl (30 g ha-1 and 50 g ha-1, glyphosate (960 g ha-1, carfentrazone-ethyl plus glyphosate (30 + 960 g ha-1, sulfentrazone plus glyphosate (150 + 960 g ha-1, and a control, when the plants displayed 15 to 25 cm long stems. The experimental design was completely randomized with four replications. Commelina chemical control was different among species. Best control was achieved with C. benghalensis and C. erecta had the worst level of control. The treatment with carfentrazone-ethyl plus glyphosate showed the best results on the control of

  15. Uso de inibidores da aromatase no tratamento do câncer de mama e osteoporose = The use of aromatase inhibitors for breast cancer treatment and osteoporosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassol, Lina Barbosa

    2005-01-01

    Conclusão: Estratégias diagnósticas, preventivas e, eventualmente, terapêuticas de osteoporose devem ser empregadas precocemente em pacientes com câncer de mama tratadas com inibidores da aromatase

  16. Inibidores de tirosino quinase na leucemia mieloide crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nei R. Lopes

    Full Text Available A leucemia mieloide crônica (LMC é uma neoplasia da medula óssea originada da translocação entre os cromossomos 9 e 22 t(9:22(q34;11 e forma o gene híbrido BCR-ABL, que possui intensa atividade tirosino quinase, sendo responsável pela proliferação das células tumorais. Um grande avanço no tratamento da LMC foi conquistado com o surgimento dos inibidores da tirosino quinase, entre eles o imatinibe, que vem demonstrando ser efetivo na maior parte dos pacientes com LMC por apresentar respostas duradouras. Entretanto, há pacientes resistentes ou que desenvolvem resistência durante o tratamento com esta droga; sendo assim, inibidores de tirosino quinase de segunda geração, como o dasatinibe e o nilotinibe, foram desenvolvidos apresentando maior potência com a finalidade de diminuir a chance de desenvolvimento de resistência. O bosutinibe e o INNO-406 estão sendo estudados para atender pacientes resistentes às drogas anteriormente citadas e também com a finalidade de diminuir efeitos colaterais das mesmas; entretanto, eles ainda estão em fase clínica de estudo. Há ainda outras drogas inibidoras da tirosino quinase que estão em desenvolvimento na fase clínica ou pré-clínica. A partir do desenvolvimento destas novas drogas, múltiplas opções de tratamento para os pacientes com LMC poderão ser propostas, podendo, desta forma, individualizar o tratamento de acordo com o que cada paciente necessita. Este estudo visa descrever as drogas antineoplásicas que têm como mecanismo de ação a inibição da enzima tirosino quinase na LMC.

  17. Tolerância de diferentes cultivares de cana-de-açúcar (Saccharum spp. A herbicidas Tolerance of different sugarcane (Saccharum spp. Cultivars to herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.S Zera

    2011-09-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar a tolerância de cultivares de cana-de-açúcar aos herbicidas sulfentrazone, imazapic, isoxaflutole, clomazone e ametryn+trifloxysulfuronsodium. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas com quatro repetições. Os cultivares foram alocados nas parcelas, e os herbicidas, nas subparcelas, constituídas por cinco linhas de 8 m, espaçadas de 1,5 m. Os cultivares utilizados foram: IACSP94-2094, IACSP94-2101, IACSP93-3046, IACSP94-4004, IAC86-2480 e RB72454. Os tratamentos herbicidas foram constituídos por sulfentrazone (0,8 kg ha-1, imazapic (0,147 kg ha-1, isoxaflutole (0,1125 kg ha-1, clomazone (1,1 kg ha-1 e ametryn (1,463 kg ha-1 + trifloxysulfuron-sodium (0,037 kg ha-1, aplicados em pós-emergência sobre as socas da cana de ano no seu terceiro corte. Avaliaram-se, nas três linhas centrais de cada subparcela, os sintomas visuais de toxicidade nas folhas; teor de clorofila total e eficiência fotoquímica (Fv/Fm aos 15, 30 e 60 dias após aplicação (DAA; altura (cm aos 30 e 270 DAA; e estande de plantas (colmos m-1 aos 30 e 180 DAA. Aos 270 DAA foram avaliados o diâmetro (cm, a estimativa de produtividade (t ha-1 e os demais parâmetros qualitativos. Os cultivares de cana-de-açúcar IACSP94-2094, IACSP93-3046, IACSP94-4004, IAC86-2480 e RB72454, especialmente IACSP94-2101, foram suscetíveis ao herbicida clomazone até os 30 dias após aplicação, por apresentarem manchas cloróticas nas folhas e menor teor de clorofila, porém com posterior recuperação, sem que houvesse comprometimento da produtividade e das características tecnológicas. Os cultivares também apresentaram elevado grau de tolerância aos herbicidas estudados.This work aimed to evaluate the tolerance of sugarcane cultivars to sulfentrazone, imazapic, isoxaflutole, clomazone and ametryn + trifloxysulfuron-sodium. The experiment was arranged in a randomized block design in a split-plot scheme

  18. Resistência ao glyphosate em biótipos de buva (Conyza spp.) das regiões oeste e sudoeste do Paraná

    OpenAIRE

    M.M. Trezzi; R.A. VIDAL; Xavier,E; Rosin, D; Balbinot JR.,A.A.; Prates,M.A

    2011-01-01

    A resistência ao glyphosate em biótipos de Conyza spp. em áreas de lavoura das regiões oeste e sudoeste do Paraná causa grandes dificuldades ao manejo e, consequentemente, problemas econômicos e ambientais. Este experimento objetivou determinar a existência de resistência ao herbicida glyphosate em biótipos de buva (Conyza spp.) suspeitos, coletados em lavouras das regiões oeste e sudoeste do Paraná, comparando-os com biótipos suscetíveis. O delineamento experimental utilizado foi inteirament...

  19. COMPORTAMENTO DE HERBICIDA EM SOLO DE VÁRZEA COM DRENAGEM SUBTERRÂNEA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CRUCIANI D.E.

    1996-01-01

    Full Text Available O conhecimento do comportamento de herbicidas é fundamental na avaliação de sua eficácia na agricultura e na compreensão do impacto ambiental causado por estes produtos químicos. A drenagem do solo pode influir no comportamento do herbicida pois pode atuar como fator modificador de sua mobilidade, transporte, arraste superficial e infiltração no solo e consequentemente, da contaminação de águas subterrâneas. A presente pesquisa teve por objetivo verificar o efeito de um sistema de drenagem subterrâneo sobre o arraste lateral, lixiviação e contaminação do lençol freático pelo herbicida trifluralina aplicado em pré-emergência na cultura do milho. Os resultados obtidos das avaliações efetuadas na superfície do solo, na profundidade de 0 - 15 cm e na água de drenagem permitiram concluir, principalmente, que a drenagem subterrânea funciona como redutor da lixiviação superficial do herbicida, diminuindo assim os riscos de contaminação ambiental.

  20. Fitotoxicidad de herbicidas postemergentes sobre Adesmia bicolor (Poir. DC y control de malezas asociadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V.A Autrán

    2013-12-01

    Full Text Available Un mejor conocimiento del manejo de las especies nativas de leguminosas forrajeras como Adesmia bicolor puede ayudar a lograr una mayor calidad y estabilidad en la producción de los pastizales. No existe información disponible en la Argentina sobre el tipo y dosis de herbicidas adecuados para el control de malezas en A. bicolor. Los objetivos fueron evaluar el efecto fitotóxico de herbicidas postemergentes a diferentes dosis sobre A. bicolor y el control de las malezas latifoliadas que crecen asociadas en ensayos a campo durante 2009 y 2010. El diseño fue de parcelas divididas donde la parcela mayor fue el tipo de herbicida (2,4-DB e imazetapir y la parcela menor la dosis (1/4X, 1/2X, 1X, 2X, 4X, 8X, siendo X = 250 g i.a. ha-1 para 2,4-DB y X=100 g i.a. ha-1 para imazetapir, con tres repeticiones para cada tratamiento. La materia seca de A. bicolor y el control de malezas se ajustaron a curvas de dosis-respuesta. Se observó efectos fitotóxicos aun con muy baja dosis de 2,4-DB, mientras que imazetapir mostró baja fitotoxicidad para las dosis entre 25 y 100 g a.i. ha-1. El control de malezas con ambos herbicidas fue mayor al 80% con dosis de 1X.

  1. Controle de plantas daninhas em soja com doses reduzidas de herbicidas Soybean weed control with reduced rates of herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson G. Fleck

    1995-01-01

    Full Text Available doses reduzidas dos herbicidas haloxyfop-methyl e sethoxydim para controlar papuã [Brachiaria plantaginea (Link Hitchc.] na cultura da soja [Glycine max (L. Merrill. Haloxyfop-methyl foi testado nas doses de 120, 90, 60 e 30+30 g/ha; já sethoxydim o foi nas doses de 220, 165, 110 e 55+55 g/ha. A pulverização dos herbicidas ocorreu 15 dias após a semeadura da soja; nesta ocasião, a maioria das plantas de papuã encontravam-se no estádio de três a quatro folhas. Os tratamentos herbicidas com doses reduzidas em aplicações seqüenciais, tiveram a segunda pulverização realizada 11 dias após a primeira aplicação. Foi obtido controle ao redor de 95% para todos os tratamentos, com pequenas variações não significativas. O rendimento de grãos de soja foi equivalente entre a testemunha capinada e os tratamentos haloxyfop-methyl a 90 e 60 g/ha, sethoxydim a 220, 110 e 55+55 g/ha. Os demais tratamentos foram semelhantes entre si, superando a testemunha infestada, a qual apresentou o menor rendimento de grãos. Os resultados evidenciam a viabilidade da utilização de doses reduzidas, as quais podem alcançar patamares de produtividade tão elevados quanto aqueles obtidos com doses plenas.During the 1993/94 growing season, it was carried out a field experiment at the Agronomic Experimental Station of Federal University of Rio Grande do Sul, in Eldorado do Sul, RS, Brazil, in order to evaluate the possibility of using reduced rates of the herbicides haloxyfop-methyl and sethoxydim for Alexandergrass [Brachiaria plafitaginea (Link Hitchc.] control in soybeans. Haloxyfop-methyl was tested at 120, 90, 60, and 30+30 g/ha, where as sethoxydim was at rates, of 220, 165, 110, and 55+55 g/ha. Herbicide spraying occurred 15 days after soybean sowing; at this time Alexandergrass plants ranged from one leaf to one tiller. Herbicide treatments using reduced rates in sequential applications had the second spraying accomplished 11 days after the first one

  2. Efeito do período de chuva no controle de Euphorbia heterophylla e Ipomoea purpurea pelos herbicidas glyphosate e sulfosate Effect of rainfall on Euphorbia heterophylla and Ipomoea purpurea control by glyphosate and sulfosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2007-01-01

    Full Text Available Avaliou-se a influência do período de chuva sobre a eficácia dos herbicidas sulfosate e glyphosate no controle de Euphorbia heterophylla e Ipomoea purpurea. O experimento foi instalado em casa de vegetação, no Centro de Ciências Agrárias/UFSCar, em Araras, SP. Os tratamentos, além da testemunha, consistiram na aplicação de duas doses em equivalente ácido dos herbicidas sulfosate (0,66 e 1,32 kg ha-1 e glyphosate (0,72 e 1,44 kg ha-1, sendo as plantas tratadas submetidas à simulação de chuva de 20 mm durante 30 minutos, nos intervalos de 2, 4, 6, 8 e 48 horas após a aplicação. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. A eficácia no controle das plantas daninhas foi avaliada 7, 14 e 21 dias após a aplicação dos tratamentos (DAT e a matéria seca, aos 28 DAT. E. heterophylla não foi eficazmente controlada pelo herbicida glyphosate, exigindo intervalo sem chuva superior a 24 horas após a aplicação para obter, na maior dose, controle de apenas 60%. Por sua vez, o herbicida sulfosate proporcionou controle de 75%, mesmo na menor dose, quando a chuva ocorreu quatro horas depois da aplicação. I. purpurea também não foi controlada de maneira eficaz pelo herbicida glyphosate, independentemente da dose e do intervalo de chuva; no entanto, somente a maior dose do herbicida sulfosate foi eficiente no controle desta espécie, a partir de quatro horas sem chuva. Para ambas as espécies, o herbicida sulfosate foi menos afetado pelo período da chuva.The influence of rainfall occurrence was evaluated on the efficacy of the herbicides glyphosate and sulfosate applied in post-emergence on Euphorbia heterophylla and Ipomoea purpurea. The experiment was conducted under greenhouse conditions at the Centro de Ciências Agrárias/UFSCar, in Araras-SP, Brazil. The treatments,plus control, consisted of two doses, in acid equivalent of sulfosate (0.66 and 1.32 kg ha-1 and glyphosate (0.72 and

  3. Seletividade de herbicidas pós-emergentes aplicados na soja geneticamente modificada Selectivity of post-emergence herbicides applied on genetically modified soybeans

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.E.F. Neto

    2009-06-01

    Full Text Available O experimento foi instalado em área de plantio comercial de soja Roundup Ready®, na região do Pontal do Paranapanema, no município de Euclides da Cunha Paulista-SP, localizada a 20º 43' 11'' S e 50º 10' 20'' W, com uma altitude de 270 m. A fase experimental foi conduzida de dezembro de 2006 a abril de 2007, sob sistema plantio direto, com uma temperatura média de 25 ºC e índice pluviométrico de 800 mm. O solo da área experimental apresenta classe textural franco-argilo arenosa. Objetivou-se com este trabalho avaliar a eficácia e seletividade de glyphosate na formulação Roundup Transorb®, associado aos herbicidas diclosulam, cloransulam-methyl, flumioxazina e S-metolachlor em duas modalidades de aplicação: única, com associação do glyphosate aos herbicidas; e uma sequencial apenas com glyphosate aos 15 DAA, no manejo das plantas daninhas trapoeraba (Commelina benghalensis e corda-de-viola (Ipomoea triloba durante o cultivo da soja. O experimento foi instalado no delineamento de blocos ao acaso, com 12 tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos foram distribuídos em arranjo fatorial acrescido de duas testemunhas: sem capina manual e com capina manual. O arranjo fatorial 2 x 5 contemplou duas condições de aplicação dos herbicidas (única e sequencial e cinco herbicidas (glyphosate, glyphosate + diclosulam, glyphosate + cloransulam-methyl, glyphosate + flumioxazin e glyphosate + S-metolachlor. Nas condições de produtos, épocas de aplicação e doses, os resultados mostraram que o herbicida glyphosate aplicado em dose única ou sequencial e suas combinações com diclosulam e cloransulam-methyl na primeira aplicação não promovem fitointoxicação nas plantas de soja. A combinação com flumioxazin e S-metolachlor promoveu atraso no crescimento das plantas e no fechamento da cultura, em razão do efeito na altura dos indivíduos e comprimento dos ramos. No tratamento com o S-metolachlor, isso pode ser explicado

  4. Aplicação conjunta de herbicidas e inseticidas na cultura do milho Joint apliccation of herbicides and insecticides in the corn crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Nicolai

    2006-01-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de verificar a seletividade de herbicidas aplicados em pós-emergência da cultura do milho (Zea mays L. quando misturados em tanque com inseticidas utilizados no controle de Spodoptera frugiperda (J.E. Smith. O experimento foi realizado com milho safrinha, semeado em fevereiro de 2004, usando o híbrido AGN 2012, em sistema convencional. O delineamento experimental foi do tipo blocos ao acaso com parcelas subdividas no modelo de testemunha dupla, quatro repetições e 15 tratamentos. Os tratamentos foram constituídos pela combinação de três níveis do fator herbicida (g ha-1: mesotrione (120 + atrazine (1500 + Assist 0,5%, nicosulfuron (20 + atrazine (1500 e testemunha capinada; com cinco níveis do fator inseticida: lambdacyhalothrin (10, chlorpyrifos CE (240, chlorpyrifos EC (225, lambdacyhalothrin + thiamethoxam (12,5 + 5,5 e testemunha sem aplicação de inseticidas. Foram observados sintomas de fitotoxicidade moderados para os tratamentos com mesotrione e severos para os de nicosulfuron causados pela interação desses herbicidas com o inseticida chlorpyrifos (formulações CE e EC que, contudo, não se refletiram em reduções de produtividade.The selectivity of post-emergence applied herbicides in the corn crop (Zea mays L. when mixed in tank with insecticides used to control Spodoptera frugiperda (J.E. Smith was verified. The experiment was carried out in off-season maize, seeded in February 2004, using the hybrid AGN 2012, in conventional system. The experimental design was randomized blocks with split-plots scheme, on double check model, four replicates and 15 treatments. The treatments were constituted by the combination of three levels of the factor herbicide (g ha-1: mesotrione (120 + atrazine (1500 + Assist 0,5%, nicosulfuron (20 + atrazine (1500 and hand-weeded checks; with five levels of the factor insecticide: lambdacyhalothrin (10, chlorpyrifos CE (240, chlorpyrifos EC (225

  5. Volatilização de amônia do solo após a aplicação de ureia convencional ou com inibidor de urease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francis Alex Tasca

    2011-04-01

    Full Text Available Volatilização de NH3 é a principal reação que diminui a eficiência de utilização pelas plantas do N proveniente da ureia, quando ela é aplicada sobre a superfície do solo. A fim de minimizar essa perda, produtos têm sido misturados à ureia para inibir temporariamente a ação da urease. Este trabalho objetivou avaliar alternativas de aplicação de um fertilizante com inibidor de urease, visando a diminuir a volatilização de NH3 relativamente à ureia convencional, em algumas condições ambientais e de solo. Foram desenvolvidos quatro experimentos, todos em condições de laboratório, em 2007 e 2008, em Cambissolo Húmico. Os tratamentos variaram em cada estudo e incluíram combinações de níveis de pH do solo (natural; 5,5; 6,3; e 6,8, umidade do solo (5, 10 ou 20 % de água e temperaturas ambientais (18 e 35 ºC, além de estados físicos (sólido ou líquido e de métodos de aplicação dos fertilizantes (na superfície ou incorporado ao solo. As unidades experimentais foram constituídas por bandejas plásticas (23 x 51 x 17 cm com 12 kg de solo, numa espessura de 15 cm, sobre as quais foram instaladas câmaras coletoras de NH3. A amônia volatilizada foi determinada em várias épocas, nos primeiros 28 dias após a aplicação dos fertilizantes. O pico de volatilização diária de NH3 ocorreu sempre na primeira semana depois da adição dos fertilizantes ao solo, e aconteceu dois a três dias mais tarde para a ureia com inibidor de urease, em relação à ureia convencional. A volatilização de NH3 nem sempre foi maior para a ureia convencional em comparação ao fertilizante contendo inibidor de urease, tampouco para o estado líquido em relação ao granulado. A volatilização de NH3 aumentou com a elevação do pH, da temperatura e da dose aplicada de N e foi menor nos extremos de umidade (solo com 5 % ou com 20 % de água. Para os fertilizantes aplicados sobre a superfície do solo, a taxa máxima de perda di

  6. Glyphosate associated with other herbicides for control of Commelina benghalensis and Spermacoce latifoliaGlyphosate associado a outros herbicidas no controle de Commelina benghalensis and Spermacoce latifolia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Gonçalves Alonso

    2011-08-01

    Full Text Available The widespread cultivation of Roundup Ready soybeans enabled the use of glyphosate for post-emergence weed control in, turning weed handling into an easier and less costly operation. Despite such improvements, controlling glyphosate tolerant species can still be improved by associations with other herbicides. The aimed at evaluating the effect of the association of different herbicides with glyphosate in relation to Commelina benghalensis and Spermacoce latifolia control, after spraying plants in two different growth stages (1-3 and 4-6 leaves. For that, four experiments were carried out under greenhouse conditions, where glyphosate was applies at rates of 480 and 960 g a.e. ha-1, isolated or combined in tank mixtures with cloransulam-methyl (30,24 g ha-1, chlorimuron-ethyl (12,5 g ha-1, imazethapyr (80 g ha-1, fomesafen (62,5 g ha-1, lactofen (72 g ha-1, flumiclorac-pentyl (30 g ha-1 and bentazon (480 g ha-1, besides a no-herbicide check. We evaluated the percentage of control at 3, 7, 14, 21, 28 and 35 days after application (DAA and shoot dry mass (35 DAA. For C. benghalensis control, when herbicides were applied at 1-3 leaves stage, all treatments performed satisfactorily in weed control. For S. latifolia, the highest levels of weed control when applications were made at 4-6 leaves stage, when even glyphosate alone at lowest rate (480 g a.e. ha-1, provided excellent weed control. Overall, the use of tank mixtures improved weed control of both species when the rate of 480 g a.e. ha-1 of glyphosate was applied at earlier stages of weed development.A liberação da soja transgênica possibilitou o uso do glyphosate para o controle das plantas daninhas em pós-emergência, facilitando o manejo e diminuindo os custos. No entanto, o controle de algumas espécies tolerantes ao glyphosate pode ser otimizado com associações com outros herbicidas. O trabalho teve como objetivo verificar o efeito da associação de diferentes herbicidas com

  7. Efeito de herbicidas aplicados em solo de várzea sobre a cultura do girassol Effect of herbicides applied on sunflower crop in wetland soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.A.L Erasmo

    2010-12-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar em solos de várzea o efeito de herbicidas préemergentes, aplicados isoladamente e em mistura, sobre a cultura do girassol. A variedade de girassol Embrapa V122 e o híbrido triplo Agrobel 972 foram avaliados individualmente, utilizando-se o delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições. Foram realizados dois experimentos, e os tratamentos utilizados em ambos foram: oxadiazon (250 g ha-1, oxyfluorfen (240 g ha-1, S-metolachlor (1.440 g ha-1, flumetsulam (120 g ha-1, pendimethalin (1.000 g ha-1, oxyfluorfen+S-metolachlor (192+960 g ha-1, flumetsulam +S-metolachlor (72+960 g ha-1, pendimethalin+S-metolachlor (1.000 + 1.440 g ha-1, pendimethalin+flumetsulam (1.000+72 g ha-1, além de duas testemunhas, sem e com capina. Os dados de altura de planta, diâmetro do caule, diâmetro do capítulo e da produção de grãos foram submetidos aos testes estatísticos multivariados de análise de agrupamento e análise de componentes principais. Os resultados foram semelhantes em ambos os cultivares, com a formação de três grupos principais, sendo o primeiro e o segundo constituídos pelas testemunhas sem e com capina, respectivamente. O terceiro grupo foi constituído pelos herbicidas aplicados isoladamente e em mistura. Dessa forma, verificou-se que os efeitos causados pelos herbicidas aplicados isoladamente e em mistura sobre as variáveis analisadas foram menos prejudiciais em relação aos da interferência das plantas daninhas. Esses resultados evidenciaram potencial de seletividade dos herbicidas aplicados isoladamente e em mistura na variedade de girassol Embrapa V122 e no híbrido triplo Agrobel 972, nas condições em que foram avaliados.This study aimed to evaluate the effect of applying different pre-emergent herbicides, alone and in combination, on sunflower crop in wetland soil. The sunflower variety Embrapa V122 and the triple hybrid Agrobel 972 were evaluated individually

  8. Persistência do herbicida clomazone no solo e na água quando aplicado na cultura do arroz irrigado, sistema pré-germinado Clomazone soil and water persistence when applied in water seeded rice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.A. Noldin

    2001-12-01

    Full Text Available A persistência do herbicida clomazone aplicado diretamente na lâmina d'água de arroz irrigado foi avaliada em três experimentos conduzidos em um solo do tipo argilo-siltoso, na Estação Experimental da EPAGRI em Itajaí-SC, a partir de duas formulações do herbicida clomazone, 500 CE (concentrado emulsionável e 360 CS (concentrado solúvel, na mesma dose do ingrediente ativo. Os experimentos com arroz irrigado em sistema pré-germinado foram conduzidos, durante três anos consecutivos, nas safras de 1996/97 a 98/99; o herbicida foi quantificado em solo e água, antes e após a aplicação, sendo após a aplicação retiradas diversas amostras de solo e água para análise até a colheita da cultura do arroz. As amostras foram analisadas através de cromatografia gasosa. No ano de 1996/97 foi avaliado o herbicida clomazone na formulação 500 CE, o qual foi detectado no solo até oito dias após a aplicação (DAA e, na água, até 32 DAA. Na safra 1996/97 os teores de herbicida na água aos 16 dias foram em torno de 3% da quantidade aplicada. O clomazone, na formulação CS, foi detectado na água e no solo até 24 DAA, sendo o período residual desta formulação superior ao da formulação CE. Esses resultados sugerem que até três a quatro semanas após a aplicação do herbicida, nas formulações CE e CS, a água deve ser mantida dentro dos quadros, a fim de minimizar os riscos de arrastamento do produto para fora da lavoura e a conseqüente contaminação das águas superficiais.Three field studies were carried out on a silty clay soil - Haplaquoll (Molic Gleysol, during the 1996/99 season, at Epagri/Itajaí Experimental Station in southern Brazil, 26(0 56' 35s S and 48(0 45' 37s W, to evaluate clomazone persistence in soil and water. Clomazone 500 EC (1996/97 and 360 CS (1997/98 and 1998/99 was applied in the water in post emergence of pre-germinated seed in flooded rice area. Herbicide concentration in the soil and water was

  9. Seletividade de herbicidas aplicados em pré-emergência na cultura de cana-de-açúcar tratada com nematicidas Selectivity of pre-emergence herbicides to sugarcane treated with nematicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Negrisoli

    2004-12-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi estudar a seletividade de herbicidas para a cultura da cana-de-açúcar quando aplicado em culturas tratadas com nematicidas. O experimento foi instalado em área pertencente à Usina São José, município de Borebi-SP, ano agrícola de 2000/01. A variedade de cana-de-açúcar utilizada foi a RB855113. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso em parcelas subdivididas, com quatro repetições. Cada parcela correspondeu a 27 linhas de 10,0 m, espaçadas em 1,0 m, sendo dividida em três subparcelas. As parcelas corresponderam aos tratamentos com os herbicidas, e as subparcelas, à aplicação ou não dos nematicidas carbofuran (2,10 kg ha-1 e terbufós 2,25 kg ha��. Os herbicidas testados foram: tebuthiuron (1,12 kg ha-1, ametryne (1,75 kg ha¹, sulfentrazone (0,8 kg ha-1, metribuzin (1,92 kg ha-1, isoxaflutole (0,0525 kg ha¹, clomazone (1,25 kg ha¹, oxyfluorfen (0,36 kg ha-1 e azafenidin+hexazinone (0,1575 + 0,2025 kg ha-1, sendo todos aplicados em pré-emergência, além de uma parcela como testemunha. Os resultados obtidos evidenciaram que os herbicidas oxyfluorfen e azafenidin+hexazinone causaram os maiores níveis de fitotoxicidade na cana-de-açúcar, independentemente do uso dos nematicidas carbofuran e terbufós. Os herbicidas tebuthiuron, ametryne, sulfentrazone, metribuzin, isoxaflutole, clomazone, oxyfluorfen e azafenidin+hexazinone, aplicados em doses representativas das comercialmente utilizadas, mostraram-se seletivos à cana-de-açúcar, não afetando seu crescimento, sua produtividade e suas características tecnológicas. Os nematicidas não interferiram nos níveis de intoxicação provocados pelos herbicidas utilizados na cultura.The objective of this work was to study the selectivity of herbicides to sugarcane when applied in crops treated with nematicides. The experiment was carried out in Borebi, São Paulo-Brazil, during the growing season 2000/2001. The sugar cane variety

  10. Mobilidade e persistência de herbicidas aplicados em pré-emergência em diferentes solos Mobility and persistence of herbicides applied in pre-emergence on different soils

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2008-06-01

    Full Text Available O objetivo deste ensaio foi verificar a mobilidade e persistência de herbicidas aplicados em pré-emergência em diferentes solos e quantidades de palha de cana-de-açúcar. Os herbicidas ametryn + clomazone (1.500 + 1.000 g i.a. ha-1, isoxaflutole (187,5 g i.a. ha-1 e diuron + hexazinone (1.170 + 330 g i.a. ha-1 foram aplicados em solo com textura argilosa e média nas seguintes condições: aplicação sobre 10 e 15 t ha-1 de palha com posterior simulação de chuva; simulação de chuva sobre o solo seguida da aplicação dos herbicidas, sendo coberto posteriormente com palha seca (10 t ha-1; aplicação dos herbicidas no solo sem palha; e testemunha. Aos 10, 20, 40 e 60 dias após aplicação dos herbicidas (DAA, foram semeados como bioindicadores sorgo e pepino, que foram avaliados com relação à fitotoxicidade aos 21 dias após emergência. A mistura ametryn + clomazone aplicada diretamente no solo controlou o bioindicador até 40 DAA, entretanto, após esse período, o efeito residual foi menor. A palha de cana-de-açúcar afetou negativamente o desempenho deste produto. O herbicida isoxaflutole aplicado diretamente no solo apresentou efeito residual até 60 DAA, com 82,5 e 77,5% de controle do bioindicador, em solos com textura argilosa e média, respectivamente; a presença de 10 e 15 t ha-1 de palha não alterou sua eficácia até 20 DAA. Para diuron + hexazinone aplicados no solo sem a presença de palha, verificou-se persistência até 60 DAA, principalmente em solo com textura argilosa; a deposição de 15 t ha-1 de palha reduziu a eficácia desta mistura.The objective of this work was to verify the mobility and persistence of herbicides applied in pre-emergence on different soils and amounts of sugarcane straw. The herbicides ametryn + clomazone (1,500 + 1,000 g i.a. ha-1, isoxaflutole (187,5 g.i.a. ha-1 and diuron + hexazinone (1,170 + 330 g i.a. ha-1 were applied in soil with clayey and medium texture under the following

  11. Controle de plantas daninhas através da palha de cana-de-açúcar associada à mistura dos herbicidas trifloxysulfuron sodium + ametrina Weed control through green cane harvesting residue combined with the herbicide mixture trifloxysulfuron sodium + ametryne

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Gravena

    2004-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da palha de cana-de-açúcar resultante da colheita sem queima e da mistura comercial dos herbicidas trifloxysulfuron sodium + ametrina, na emergência e no acúmulo de biomassa seca de nove espécies de plantas daninhas. Os tratamentos foram distribuídos em esquema fatorial 3 x 3, sendo três quantidades de palha resultantes da colheita da cana-de-açúcar sem queima (0, 10 e 15 t ha-1, e três doses da mistura formulada dos herbicidas trifloxysulfuron sodium + ametrina (0, 1,75 e 2,00 kg ha-1, aplicados em condições de pós-emergência das plantas daninhas. As densidades das plantas daninhas foram avaliadas aos 15, 60 e 90 dias após a aplicação (DAA da mistura dos herbicidas, e a biomassa seca das plantas daninhas, aos 90 DAA. A presença de palha sobre o solo suprimiu as densidades das populações de Brachiaria plantaginea, Digitaria horizontalis, Panicum maximum, Sida glaziovii e Amaranthus hybridus a níveis de infestação considerados satisfatórios de controle. A palhada também reduziu as populações de Senna obtusifolia, Ipomoea hederifolia, I. grandifolia e I. nil, porém em níveis insatisfatórios de controle. A mistura de herbicidas nas doses estudadas controlou todas as espécies de plantas daninhas avaliadas. Na presença da palha, o controle das plantas de S. obtusifolia, I. nil, I. hederifolia e I. grandifolia somente foi satisfatório quando foi aplicada a mistura de herbicidas. Para o controle de P. maximum, houve vantagem na integração dos dois métodos de controle, em relação à aplicação isolada da menor quantidade de palha estudada ou à aplicação da mistura de herbicidas.This work aimed to evaluate the effects of green cane harvesting residue and of the herbicide mixture trifloxysulfuron sodium + ametryne on the emergence and dry biomass accumulation of nine weed species. The treatments were arranged in a 3 x 3 factorial design, with three green cane

  12. Toxicidade de herbicidas utilizados na cultura da cana-de-açúcar à bactéria diazotrófica Azospirillum brasilense Toxicity of herbicides applied on sugarcane to the diazotrophic bacterium Azospirillum brasilense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.O Procópio

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho identificar herbicidas utilizados na cultura da cana-de-açúcar que não alteram o crescimento ou a capacidade de fixação biológica de nitrogênio (FBN da bactéria diazotrófica Azospirillum brasi lense. Dezoito herbicidas - paraquat, ametryn, amicarbazone, diuron, metribuzin, [hexazinone + diuron], [hexazinone + clomazone], clomazone, isoxaflutole, sulfentrazone, oxyfluorfen, imazapic, imazapyr, [trifloxysulfuron-sodium + ametryn], S-metolachlor, glyphosate, MSMA e 2,4-D - foram testados em suas doses comerciais quanto ao impacto sobre o crescimento da bactéria em meio líquido DIGs. As variáveis capacidade de suporte de crescimento (carrying capacity do meio de cultura, duração da fase lag e tempo de geração de A. brasilense foram calculadas a partir de dados de densidade ótica obtidos, em intervalos regulares, durante a incubação de culturas por 55 h. O impacto dos herbicidas na atividade da nitrogenase de A. brasilense foi avaliado em meio semissólido NFb, sem N, pela técnica da atividade de redução do acetileno (ARA. Os efeitos dos herbicidas sobre as variáveis de crescimento e ARA foram comparados ao controle pelo teste de Dunnett. Paraquat, oxyfluorfen, [trifloxysulfuron-sodium + ametryn] e glyphosate reduziram a capacidade do meio DIGs em suportar o crescimento de A. brasilense. Esse efeito foi associado ao aumento da duração da fase lag e do tempo de geração para [trifloxysulfuron-sodium + ametryn] e ao aumento no tempo de geração para glyphosate. MSMA, paraquat e amicarbazone reduzem a FBN in vitro de A. brasilense, porém essa redução é mais severa na presença do paraquat. Os demais herbicidas não alteram o crescimento e a FBN de A. brasilense.The objective of this work was to identify the herbicides applied on sugarcane that do not affect the growth nor the process of biological nitrogen fixation (BNF of the diazotrophic bacterium Azospirillum brasilense. Commercial doses of

  13. Natural products inhibitors of the enzyme acetylcholinesterase Produtos naturais inibidores da enzima acetilcolinesterase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José M. Barbosa Filho

    2006-06-01

    Full Text Available Alzheimer's disease (AD is a progressive, neurodegenerative pathology that primarily affects the elderly population, and is estimated to account for 50-60% of dementia cases in persons over 65 years of age. The main symptoms associated with AD involve cognitive dysfunction, primarily memory loss. Other features associated with the later stages of AD include language deficits, depression, behavioural problems including agitation, mood disturbances and psychosis. One of the most promising approaches for treating this disease is to enhance the acetylcholine level in the brain using acetylcholinesterase (AChE inhibitors. The present work reviews the literature on plants and plant-derived compounds inhibitors of enzyme acetylcholinesterase. The review refers to 309 plant extracts and 260 compounds isolated from plants, which are classified in appropriate chemical groups and model tested, and cites their activity. For this purpose 175 references were consulted.A Doença de Alzheimer (DA é uma patologia neurodegenerativa, progressiva, que afeta principalmente a população idosa, responsável por 50-60% dos casos de demência em pessoas com mais de 65 anos de idade. Os principais sintomas associado a DA envolve deficiência orgânica cognitiva, principalmente perda de memória. Outras características associadas com os estágios avançados de DA inclui déficit na linguagem, depressão, problemas de comportamento, inclusive agitação, alterações de humor e psicose.Um dos mais promissores caminhos para tratar esta doença é aumentar o nível de acetilcolina no cérebro usando inibidores da acetilcolinesterase (AChE. Este trabalho teve como objetivo revisar a literatura das plantas e substâncias encontradas nas plantas, inibidores da enzima acetilcolinesterase. Foram levantadas 309 plantas e 260 substâncias isoladas de plantas que foram classificados em grupos químicos adequados, os modelo testados, e suas atividades. Foram consultados 175 referências.

  14. Intoxicação de eucalipto submetido à deriva simulada de diferentes herbicidas Intoxication of eucalyptus submitted to different herbicide drift

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.D. Tuffi Santos

    2006-09-01

    Full Text Available Além do glyphosate, amplamente usado, outros herbicidas, como o triclopyr e o carfentrazone-ethyl, apresentam potencial de uso na eucaliptocultura. Entretanto, a nãoseletividade destes herbicidas ao eucalipto pode levar à intoxicação da cultura, caso haja contato das folhas com a calda aplicada. Objetivou-se avaliar os efeitos da deriva de alguns herbicidas em plantas de Eucalyptus urophylla, simulada por meio de subdoses: 0, 43,2, 86,4 e 172,8 g ha-1 de glyphosate; 14,4, 28,8 e 57,6 g ha-1 de triclopyr; 0,84, 1,68 e 3,36 g ha-1 de carfentrazone-ethyl; e das misturas: 43,2 g ha-1 de glyphosate + 14,4 g ha-1 de triclopyr; 86,4 g ha¹ de glyphosate + 28,6 g ha-1 de triclopyr; 43,2 g ha-1 de glyphosate + 1,68 g ha-1 de carfentrazone-ethyl; 86,4 g ha-1 de glyphosate + 3,36 g ha-1 de carfentrazone-ethyl. As mudas de eucalipto com aproximadamente 50 cm de altura receberam a aplicação dos herbicidas de modo a não atingir o terço superior das plantas, 45 dias após o transplantio. Entre os tratamentos, a deriva de glyphosate mostrou-se mais danosa ao eucalipto, seguida de carfentrazone-ethyl e triclopyr. Plantas de eucalipto expostas à subdose de 172,8 g ha-1 de glyphosate e às misturas glyphosate + carfentrazone-ethyl tiveram maior porcentagem de intoxicação e menor crescimento aos 15, 30 e 45 dias após aplicação (DAA. Houve recuperação das plantas expostas à deriva do triclopyr, que apresentaram 56,25 e 15,10% de intoxicação aos 15 e 30 DAA, respectivamente, indicando menor risco da deriva do triclopyr em comparação aos demais herbicidas e misturas estudados.Besides glyphosate, which is widely utilized, other herbicides such as triclopyr and carfentrazone-ethyl, have a potential use in eucalypt plantations. However, the non-selective nature of these herbicides may lead to plant intoxication due to leaf contact during application. This work aims to evaluate the effects of some herbicides drift on Eucalyptus urophylla, simulated

  15. Eficácia e seletividade de herbicidas do grupo das imidazolinonas aplicados em pós-emergência de plantas daninhas monocotiledôneas na cultura do girassol CL Efficacy and selectivity of herbicides from the imidazolinone group applied in post-emergence of monocotyledon weeds on CL sunflower culture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C. Francischini

    2012-12-01

    Full Text Available O controle das plantas daninhas, em geral, é realizado pelo uso de herbicidas, porém essa prática é limitada na cultura do girassol, por haver apenas dois produtos registrados para essa cultura (alachlor e trifluralin. Entretanto, o uso de novas tecnologias pode facilitar o controle das plantas daninhas com herbicidas que possuem amplo espectro de controle. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia e seletividade de herbicidas do grupo das imidazolinonas aplicados em pós-emergência de plantas daninhas monocotiledôneas na cultura do girassol Clearfield (CL. Para isso, foram instalados dois experimentos em campo. Os tratamentos e as respectivas doses em g ha-1 foram: trifluralin (1.800 aplicado em pré-emergência, fluazifop-p-butil (187 e imazapic+imazapyr nas doses de [36,75+12,25], [52,5+17,5], [12,25+36,75] e [17,5+52,5], aplicados em pós-emergência, além de duas testemunhas sem aplicação de herbicida, sendo uma sem capina e outra com capina. Foram realizadas avaliações de controle para Eleusine indica, Brachiaria plantaginea, Lolium multiflorum, Digitaria insularis, Cenchrus echinatus e Digitaria horizontalis, fitointoxicação do girassol Clearfield, estande e produtividade em kg ha-1. De acordo com os resultados, verificou-se que o uso do sistema CLmostrou-se uma ótima opção para áreas com infestação de plantas daninhas monocotiledôneas, pois possibilita a aplicação de herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS, obtendo excelente controle das plantas daninhas, além de não provocar injúrias visuais, mantendo o estande inicial, sem alterar a produtividade da cultura.Weed control is generally accomplished by the use of herbicides. However, this practice is limited in sunflower cultivation,since only two products are registered for the culture (alachlor and trifluralin.The use of new technologies can facilitate weed control with herbicides with broad spectrum control. Therefore, the

  16. Aplicador de herbicidas com pavios de corda: primeiros resultados de controle Rope wick applicator for herbicides: 1. fistweed control results

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.M. Prudente

    1985-12-01

    Full Text Available Os aplicadores de herbicidas baseados em pavios de corda foram introducidos e largamente aceitos nos EUA a partir de 1978, devido a sua grande simplicidade, baixo custo operacional e economia do herbicida. Um protótipo fabricado com material inteiramente nacional, montado sobre duas rodas de bicicleta, tracionado pelo homem, tendo uma barra de 2 metros de comprimento, foi desenvolvido pelo departamento de defesa fitossanitária da Faculdade de Ciência Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal - UNESP e submetido a um ensaio preliminar. A área estava uniformemente coberta com vegetação natural, com altura média de 55 cm e a maioria das plantas daninhas em estádio de maturação das sementes. O aplicador foi deslocado à velocidade de 2,7 km/h, com consumo médio de 9,3 litros de calda por hectare, tendo aplicado diluições de glyphosate em água, nas proporções de 1:2, 1:4 e 1:6 (produto comercial: água e comparado à pulverização convencional tratorizada, efetuada com velocidade de 4,2 km/h e consumo de 4 litros de produto comercial com 310 litros de água por hectare. As avaliações do controle foram efetuadas através da determinação da biomassa epígea por ocasião de aplicação aos 15 e 33 dias após , além da atribuição de notas aos 33 dias da aplicação. Os resultados mostraram-se promissores para o protótipo, que pode desde já ser considerado um precioso instrumento para o manejo de plantas daninhas.Rope wick applicators were introduced and widely accepted in the U.S.A. since 1978 due to its simplicity, low operational cost and reduced amount of herbicide used. A first working built with material available in local market was assembled by the Department of Crop Protection of Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP, Jaboticabal, Brazil, and preliminary results are reported in this paper. This model is mounted on two ordinary biclycle wheels , hand pulled, having 2 m wide boom with rope wicks. The

  17. Integration of sunflower (Helianthus annuus residues with a pre-plant herbicide enhances weed suppression in broad bean (Vicia faba Integração de resíduos de girassol (Helianthus annuus com herbicida pré-emergente na supressão de plantas daninhas na cultura da fava (Vicia faba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I.S Alsaadawi

    2011-12-01

    Full Text Available Field trial was conducted with the aim of utilizing allelopathic crop residues to reduce the use of synthetic herbicides in broad bean (Vicia faba fields. Sunflower residue at 600 and 1,400 g m-2 and Treflan (trifluralin at 50, 75 and 100% of recommended dose were incorporated into the soil alone or in combination with each other. Untreated plots were maintained as a control. Herbicide application in plots amended with sunflower residue had the least total weed count and biomass, which was even better than herbicide used alone. Integration of recommended dose of Treflan with sunflower residue at 1,400 g m-² produced maximum (987.5 g m-2 aboveground biomass of broad bean, which was 74 and 36% higher than control and recommended herbicide dose applied alone, respectively. Combination of herbicide and sunflower residue appeared to better enhance pod number and yield per unit area than herbicide alone. Application of 50% dose of Treflan in plots amended with sunflower residue resulted in similar yield advantage as was noticed with 100% herbicide dose. Chromatographic analysis of residue-infested field soil indicated the presence of several phytotoxic compounds of phenolic nature. Periodic data revealed that maximum suppression in weed density and dry weight synchronized with peak values of phytotoxins observed 4 weeks after incorporation of sunflower residues. Integration of sunflower residues with lower herbicide rates can produce effective weed suppression without compromising yield as a feasible and environmentally sound approach in broad bean fields.O experimento foi realizado com o objetivo de utilizar resíduos agrícolas com potencial alelopático para reduzir o uso de herbicidas sintéticos em fava (Vicia faba. Resíduos de girassol (600 e 1,400 g m-2 e Treflan (50, 75 e 100% da dose recomendada foram incorporados ao solo isoladamente ou em combinação uns com os outros. Parcelas não tratadas foram mantidas como controle. A aplicação de

  18. Fotolitička i fotokatalitička razgradnja odabranih herbicida u vodenoj sredini

    OpenAIRE

    Despotović Vesna

    2014-01-01

    Ispitana je kinetika i mehanizam fotokatalitičke razgradnje herbicida kvinmeraka i klomazona u prisustvu UV/TiO2  Degussa P25, odnosno piklorama i  klopiralida  primenom UV/TiO2  Wackherr pri različitim eksperimentalnim uslovima. Praćena je i kinetika razgradnje odabranih herbicida direktnom fotolizom uz primenu sunčevog, UV i vidljivog zračenja, kao i u odsustvu svetlosti. Pored toga, upoređena je efikasnost  UV/TiO2  Degussa P25, odnosno UV/TiO2  Wackherr sa vidljivim zračenjem, kao i direk...

  19. TOXICIDAD DE HERBICIDAS PROMISORIOS PARA EL CONTROL DE Dieffenbachia oerstedii EN HIJOS DE BANANO

    OpenAIRE

    Steven Brenes-Prendas; Ren\\u00E1n Aguero-Alvarado

    2012-01-01

    Entre los meses de agosto a diciembre del 2006, se evaluó la toxicidad potencial y el efecto sobre el crecimiento de hijos espada de banano, bajo seis tratamientos herbicidas para el control de sainillo: testigo absoluto (T1), carfentrazone + surfactante (T2), glifosato + surfactante (T3), glifosato + carfentrazone + surfactante (T4), glifosato + sulfato de amonio + surfactante (T5) y metsulfuron metil + carfentrazone + surfactante (T6). Se utilizó un diseño irrestricto al azar con 20 repetic...

  20. Susceptibilidade de espécies de plantas com potencial de fitorremediação do herbicida sulfentrazone Selection of plants tolerant to sulfentrazone and potential for phytoremediation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Carlos Madalão

    2013-02-01

    Full Text Available Dentre as novas tecnologias, a fitorremediação é opção para a descontaminação de áreas que receberam intensas aplicações de herbicidas. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de selecionar espécies com potencial para a fitorremediação de solos contaminados com o herbicida sulfentrazone. As espécies testadas foram: Calopogonium mucunoides, híbrido de sorgo (Sorghum bicolor x Sorghum sudanense, Crotalaria breviflora, Crotalaria juncea, Canavalia ensiformis, Dolichos lablab, Stizolobium deeringianum e Stizolobium aterrimum, cultivadas em cinco doses do sulfentrazone (0, 200, 400, 800 e 1.600 g ha-1. O experimento foi instalado em casa de vegetação, utilizando-se vasos com capacidade para 6 L, preenchidos com amostras de solo coletadas na profundidade de 0-20 cm. Foram avaliadas a fitotoxicidade do herbicida, a altura de plantas e a massa de matéria seca da parte aérea e de raízes. As espécies que manifestaram os menores sintomas de fitotoxicidade e os maiores índices de altura e matéria fresca e seca foram C. juncea, C. ensiformis e D. lablab, sendo selecionadas como tolerantes ao herbicida sulfentrazone e com potencial para fitorremediação.Among the new technologies, phytoremediation is considered as an option for the decontamination of areas that thave undergone intense herbicide applications. This work aimed to select species with potential to the phytoremediation of soils contaminated with the herbicide sulfentrazone. The tested species were Calopogonium mucunoides, hybrid Sorghum (Sorghum bicolor x Sorghum sudanense, Crotalaria breviflora, Crotalaria juncea, Canavalia ensiformis, Dolichos lablab, Stizolobium deeringianum e Stizolobium aterrimum. The experiment was conducted in a greenhouse, using 6 dm³ vases filled with soil samples collected at a depth of 20 cm. The experimental design was the randomized blocks in a factorial scheme of 8 x 5, with four repetitions, which were composed by the eight plant

  1. Teores de água no solo e eficácia do herbicida fomesafen no controle de Amaranthus hybridus Soil water contents and fomesafen efficacy in controlling Amaranthus hybridus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.F. Zanatta

    2008-03-01

    Full Text Available Com os objetivos de avaliar a eficácia do herbicida fomesafen no controle de plantas de Amaranthus hybridus se desenvolvendo em solo com diferentes teores de água e determinar qual o menor teor de água do solo que não prejudica a ação desse herbicida no controle dessa espécie, foi realizado um experimento em casa de vegetação. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso em esquema fatorial 5 x 5, envolvendo cinco intervalos entre a última irrigação e a aplicação do herbicida (0, 6, 12, 24 e 48 horas e cinco doses de fomesafen (0,0, 62,5, 125,0, 250,0 e 375,0 g ha-1. Quando as plantas atingiram estádio de quatro pares de folhas, foram aplicados 10 mm de chuva simulada, conforme tratamento previsto. Ao término do período de simulação de chuva, aplicou-se o herbicida utilizando pulverizador costal pressurizado com CO2, com volume de calda de 120 L ha-1. Aos 5, 22, 29 e 43 dias após a aplicação (DAA do herbicida, foi avaliado o controle (por escala visual de A. hybridus e, aos 43 DAA, foram avaliadas também a massa seca das raízes e a da parte aérea. A aplicação de 375,0 g ha-1 de fomesafen proporcionou controle satisfatório de A. hybridus, independentemente do intervalo entre a última irrigação e a aplicação do herbicida ou do teor de umidade do solo, dentro da faixa avaliada. Pulverizações de 250,0 g ha-1 de fomesafen a intervalos menores que 24 horas entre a última irrigação e sua aplicação e/ou em solo com teor de água maior que 0,12 cm³ cm-3 não afetaram a eficácia do herbicida sobre A. hybridus. Aplicações de 125,0 g ha-1 de fomesafen a intervalos menores que 12 horas entre a última irrigação e sua aplicação e/ou em solo com teor de água maior que 0,15 cm³ cm-3 não afetaram a eficácia do herbicida sobre A. hybridus.A greenhouse experiment was carried out to evaluate the efficacy of fomesafen in controlling Amaranthus hybridus grown under different soil humidity levels

  2. MACRO simulator (version 5.0 for predicting atrazine herbicide behavior in brazilian latosols Simulador MACRO (versão 5.0 na predição do comportamento do herbicida atrazina em latossolos brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Carla Wasner Vasconcelos

    2013-06-01

    Full Text Available The knowledge of pesticides behavior is fundamental for understanding the environmental impact caused by these products. However, related field experiments are time consuming and expensive. The MACRO® simulator allows to predicting the leaching of pesticides through the soil profile and the possible environmental contamination. The objective of this work was to study the percolate behavior and the atrazine leaching in two contrasting Latosols using the MACRO® simulator. The MACRO® simulator was adequate to predict atrazine behavior under the studied conditions and it can be used for the risk evaluation of atrazine contamination in surface and underground waters.O conhecimento do comportamento de pesticidas é fundamental para a compreensão do impacto ambiental causado por esses produtos. No entanto, os experimentos de campo consomem tempo e investimento. O simulador MACRO® permite prever a lixiviação de pesticidas ao longo do perfil do solo e a possível contaminação ambiental. Objetivou-se, neste trabalho, estudar o comportamento do percolado e a lixiviação do herbicida atrazina em dois Latossolos contrastantes, usando o simulador MACRO® . A simulação pelo MACRO® foi adequada para prever o comportamento da atrazina sob as condições estudadas e pode ser utilizada para a avaliação dos riscos de contaminação por esse herbicida em águas superficiais e profundas.

  3. Efeitos da exposição de curta e longa duração ao etanol

    OpenAIRE

    Ferreira, Vania Maria Moraes

    2000-01-01

    Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. A participação das vias nitrérgicas e dos [receptores glutamatérgicos] ionotrópicos nos efeitos da exposição de curta e longa duração ao [etanol] foi avaliada no [hipocampo] de ratos. Inibidor e estimuladores das vias nitrérgicas indicam que estas vias opõem-se ao efeito [ansiolítico] do etanol e podem ter um papel importante no desenvolvimento da dependência ao álcool. A exposição de longa duração a...

  4. Controle de arroz-vermelho (Oryza sp. com o herbicida nicosulfuron ou a mistura formulada de imazethapyr + imazapic Control of red rice (Oryza sp. with herbicide nicosulfuron or imazethapyr + imazapic formulate mixture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.C. Fontana

    2007-12-01

    Full Text Available Foi avaliada a eficácia no controle de arroz-vermelho com o herbicida nicosulfuron ou a mistura formulada de imazethapyr + imazapic. O experimento foi conduzido em casa de vegetação da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (UFPel, no município de Capão do Leão (RS, na estação de crescimento 2005/06, em delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos foram arranjados em esquema fatorial 2 x 7, sendo o fator A os herbicidas e o fator B as doses dos herbicidas (0, 0,25, 0,50, 0,75, 1,0, 1,25 e 1,50 L ha-1. A aplicação foi feita sobre as plantas de arroz-vermelho em estádio de desenvolvimento V4. As variáveis analisadas foram controle, estatura da planta e massa seca da parte aérea. Para as variáveis respostas foi verificada interação significativa entre os fatores estudados. Incrementos nas doses dos herbicidas resultaram em respostas crescentes de controle, com redução na taxa de crescimento das plantas e produção de massa seca da parte aérea. Os resultados mostraram que o arroz-vermelho é controlado pelos herbicidas testados. A eficácia de controle não é restrita à mistura formulada de imazethapyr + imazapic, ocorrendo também com o herbicida nicosulfuron a partir de 40 g ha-1.Red rice control efficacy using nicosulfuron or a formulated mixture of imazethapyr + imazapic was evaluated. A greenhouse experiment was carried out at Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (UFPel in Capão do Leão (RS, during the 2005/2006 growing season, in a randomized complete block design and four replications. Treatments were arranged in a 2 x 7 factorial, with factor A being the herbicides and factor B the herbicide rates (0, 0.25, 0.50, 0.75, 1.0, 1.25 and 1.50 L ha-1. The herbicides were applied over red rice plants at the V4 development stage. Control, plant height and aerial dry mass were evaluated. There was a significant interaction for the variables between the factors studied. Increased herbicide

  5. Avaliação da intoxicação de cultivares de cana-de-açúcar e I. grandifolia ao amicarbazone

    OpenAIRE

    Araldi,R; E.D Velini; Girotto,M; C.A Carbonari; Gomes,G.L.G.C; M.L.B. Trindade

    2011-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar a intoxicação de planta daninha e cultivares de cana-de-açúcar ao amicarbazone. Para isso, utilizou-se Ipomoea grandifolia como planta daninha representante e os cultivares de cana-de-açúcar PO8862, SP80 3280 e RB83 5486, caracterizados como sensível, intermediário e tolerante aos herbicidas, respectivamente. Foi verificado o consumo de água e quantificada a concentração do amicarbazone em seiva de xilema dos três cultivares de cana-de-açúcar e de I. gran...

  6. Fitorremediação de solos contaminados com herbicidas Phytoremediation of herbicide-polluted soils

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.R. Pires

    2003-08-01

    Full Text Available A fitorremediação é uma técnica que objetiva a descontaminação de solo e água, utilizando-se como agente de descontaminação plantas. É uma alternativa aos métodos convencionais de bombeamento e tratamento da água, ou remoção física da camada contaminada de solo, sendo vantajosa principalmente por apresentar potencial para tratamento in situ e ser economicamente viável. Além disso, após extrair o contaminante do solo, a planta armazena-o para tratamento subseqüente, quando necessário, ou mesmo metaboliza-o, podendo, em alguns casos, transformá-lo em produtos menos tóxicos ou mesmo inócuos. A fitorremediação pode ser empregada em solos contaminados por substâncias inorgânicas e/ou orgânicas. Resultados promissores de fitorremediação já foram obtidos para metais pesados, hidrocarbonetos de petróleo, agrotóxicos, explosivos, solventes clorados e subprodutos tóxicos da indústria. A fitorremediação de herbicidas apresenta bons resultados para atrazine, tendo a espécie Kochia scoparia revelado potencial rizosférico para fitoestimular a degradação dessa molécula. Embora ainda incipiente no Brasil, já existem estudos sobre algumas espécies agrícolas cultivadas e espécies silvestres ou nativas da própria área contaminada, com o objetivo de selecionar espécies eficientes na fitorremediação do solo.Phytoremediation is a technique that uses plants as agents of soil and water decontamination. It is an advantageous alternative to the conventional methods of water pumping and treatment and/or physical removal of the contaminated soil layer since it allows in situ treatment at feasible costs. Also, after extracting the contaminant from the soil, the plant stores it for a subsequent treatment, if necessary, or may metabolically transform it into products that are less or non-toxic. Phytoremediation can be employed in soils contaminated by inorganic or organic substances. Promising phytoremediation results have

  7. Modelagem da retenção de herbicidas em zonas ripárias Modeling of herbicide retention in riparian zones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandra P. de Pinho

    2006-12-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo investigar a retenção de atrazina e picloram, transportados via escoamento superficial, em zona ripária. Para isto, simulou-se um escoamento superficial, contendo uma mistura de caulinita, atrazina e picloram, dentro de zonas ripárias estabelecidas ao longo de plantações de pinheiros do Nordeste do Estado da Geórgia, EUA. Cinco parcelas foram instaladas dentro de zonas ripárias, apresentando declividades diferentes (2, 5, 10, 15 e 20%. Os efeitos da umidade do solo e da presença do horizonte O na retenção dos dois herbicidas foram avaliados. Um modelo exponencial, comumente utilizado na estimativa de redução da DBO e de nutrientes em tratamento por escoamento superficial, foi empregado na estimativa de redução de herbicidas e caulinita em zonas ripárias. O modelo possibilitou estimar com razoável precisão, a remoção de caulinita e atrazina da mistura em escoamento ao longo de zonas ripárias de 10 m de comprimento. Em geral, a declividade foi o parâmetro que apresentou melhor correlação com a retenção dos contaminantes presentes na mistura em escoamento na zona ripária. O horizonte O, mais espesso nas maiores declividades, favoreceu tanto a sedimentação da caulinita como a adsorção da atrazina.This work aimed to investigate the retention of atrazine and picloram, carried by surface flow, in riparian zones. The surface flow, containing a mixture of both herbicides and kaolin, was then simulated within riparian zones established in pine plantations in north-eastern Georgia, USA. Five plots were established within riparian zones, each with a different slope (2, 5, 10, 15 and 20%. The influence of the initial moisture and of the O horizon condition in herbicide retention was analyzed. An exponential model, commonly used for the estimate of biochemical demand of oxygen (BOD and nutrients attenuation in overland flow treatment, was used to estimate the attenuation of kaolin and

  8. Supressão da produção de sementes de arroz-vermelho pela aplicação de herbicidas em arroz irrigado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Agostinetto Dirceu

    2002-01-01

    Full Text Available A similaridade morfológica existente entre arroz-vermelho e arroz cultivado, associada à prolífica produção de sementes pelo arroz daninho e ao degrane dos grãos com elevado teor de umidade, são fatores que contribuem para sua infestação em lavouras de arroz. O objetivo deste trabalho foi investigar a supressão da produção de sementes viáveis, pelo arroz-vermelho, a fim de reduzir o seu banco de sementes no solo. Para isso, conduziram-se experimentos no campo e em laboratório, nas estações de crescimento 1997/98 e 1998/99, utilizando-se os herbicidas não-seletivos glyphosate, glufosinate e paraquat, aplicados em duas épocas e em duas doses, e o regulador de crescimento, hidrazida maléica, testado em duas épocas. Incluiu-se uma testemunha que não recebeu aplicação. Utilizou-se a cultivar de arroz IRGA-416, que cresceu na presença de elevada infestação de arroz-vermelho. Os produtos químicos foram aplicados na fase de maturação fisiológica da cultura. As variáveis avaliadas no arroz-vermelho foram: número de colmos sem panícula, com panículas normais e estéreis, esterilidade de espiguetas, produção de sementes, peso médio de grãos e germinação de sementes. Os herbicidas glyphosate, glufosinate e paraquat podem ser usados seletivamente para suprimir a produção de sementes de arroz-vermelho, quando aplicados na fase de maturação do arroz irrigado. A adoção desta tecnologia depende de haver diferença de ciclo do arroz-vermelho em relação ao cultivado, pela utilização de cultivares de arroz de ciclo precoce ou superprecoce.

  9. Avaliação da eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas em alfafa Decreasing of weed plants using herbicides and herbicides mix in alfalfa crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson da Silva

    2004-08-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar a seletividade e a eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da alfafa. Foram desenvolvidos dois experimentos em Anápolis, GO. No primeiro, avaliaram-se oito herbicidas (imazethapyr, MSMA, fomesafen, bentazon, chlorimuron-ethyl, imazamox aplicados em pós-emergência da alfafa, e no segundo, seis misturas de herbicidas [(diuron + MSMA, (diuron + MSMA, (diuron + paraquat, (diuron + paraquat] aplicados um dia após o corte da alfafa. Em ambos os experimentos, foram incluídas duas testemunhas (capinada e sem capina, sendo os tratamentos distribuídos em blocos ao acaso com quatro repetições. Os herbicidas como imazethapyr, MSMA, fomesafen, bentazon, chlorimuron-ethyl e imazamox foram seletivos à cultura da alfafa e eficientes no controle de plantas daninhas. As misturas dos herbicidas (diuron + MSMA e (diuron + paraquat aplicados logo após o corte da alfafa causaram danos às folhas e aos caules remanescentes. As brotações, todavia, surgiram isentas de toxicidade, apresentando crescimento e desenvolvimento normais. Essas misturas promoveram eficiente controle de plantas daninhas, e não afetaram o acúmulo de biomassa seca e altura de plantas em relação à testemunha capinada. O não-controle das plantas daninhas reduziu a produção de biomassa seca e a altura das plantas de alfafa em 74,5% e 42,8%, respectivamente.The objectives of this study were to evaluate the efficiency and selectivity of herbicides on the weed plants control at the alfalfa crop. Two experiments were carried out at the Experimental Station of Agenciarural, located in Anápolis, GO. In the first experiment it was evaluated eight herbicides (imazethapyr, MSMA, fomesafen, bentazon, chlorimuron-ethyl and imazamox post emergency and in the second experiment six different mixed of herbicides [(diuron + MSMA, (diuron + MSMA, (diuron + paraquat, (diuron + paraquat] applied one day after the alfalfa harvesting

  10. HERBICIDAS DE DIFERENTES MECANISMOS DE AÇÃO E A SELETIVIDADE A CULTIVARES DE CANA-DE-AÇÚCAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AZANIA, Andrea Aparecida Padua Mathias

    2011-05-01

    visuais de intoxicação aos 13, 33 e 70dias após aplicação (DAA; razão de fluorescência, condutância estomática e transpiração aos 13 e 33 DAA; aaltura das plantas aos 13, 33, 70 DAA; número de perfilhos aos 33 e 70 DAA; e a massa seca da parte aérea,massa seca e fresca da raiz aos 70 DAA. Para todas as cultivares, os herbicidas amicarbazone, isoxaflutole esulfentrazone causaram sintomas de intoxicação superiores a 50%, os demais tratamentos com valores inferiores,até os 33 DAA com total recuperação aos 70 DAA. A intensidade da intoxicação foi suficiente para reduzir aaltura, a massa seca da parte aérea e da raiz, bem como o volume da raiz em todos os tratamentos,particularmente amicarbazone, isoxaflutole e sulfentrazone.

  11. Síntese de uma coleção de cumarinas, possíveis inibidores da enzima acetilcolinesterase

    OpenAIRE

    Lucas Campos Curcino Vieira

    2010-01-01

    A Doença de Alzheimer está associada à redução das taxas de acetilcolina (ACh) no processo sináptico, diminuindo a neurotransmissão colinérgica cortical, além de outros neurotransmissores como noradrenalina, dopamina, serotonina, glutamato e substância P em menor extensão. Alguns medicamentos empregados para o tratamento da Doença de Alzheimer disponíveis no mercado são inibidores da enzima acetilcolinesterase (AChE). Este trabalho teve como objetivos: sintetizar uma coleção de cumarinas, ava...

  12. Influência da clorhexidina como inibidor das metaloproteinases na alteração da cor das resinas compostas

    OpenAIRE

    Chibeles, Inês Pereira

    2014-01-01

    Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz Objetivo: Verificar in vitro se a clorhexidina, como inibidor das metaloproteinases, provoca alteração de cor numa resina composta. Materiais e métodos: Vinte dentes terceiros molares hígidos foram distribuídos aleatoriamente em quatro grupos de cinco dentes. Cada grupo foi restaurado com a resina composta Filtek Z100 e tratado previamente com um protocolo de sistema adesivo formando os seg...

  13. Fitotoxicidade e seletividade do herbicida trifloxysulfuron sodium na mamona cultivar BRS Nordestina Toxicity and selectivity of trifloxysulfuron-sodium herbicide in castor bean cultivar BRS Nordestina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Uilma C. de Q. Ferreira

    2009-12-01

    Full Text Available A mamoneira (Ricinus communis L. da família das Euforbiáceas, é uma planta rústica, heliófila e resistente à seca, caracteriza-se por sua sensibilidade a diversos herbicidas e à competição imposta pelas plantas daninhas. Objetivou-se neste trabalho estudar a influência de distintas doses do herbicida trifloxysulfuron-sodium* em vários estádios de desenvolvimento da mamoneira, cultivar BRS Nordestina. O experimento foi conduzido em 2006, em condições de casa de vegetação da EMBRAPA - Algodão de Campina Grande, PB. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso, com esquema fatorial 4 x 4 + 1, constando de quatro dosagens 5,0; 7,5; 10,0 e 12,5 g ha-1 de trifloxysulfuron sodium e quatro estádios do desenvolvimento da planta (folhas cotiledonares, duas folhas verdadeiras, duas folhas expandidas e quatro folhas e uma testemunha absoluta. Foram testados, no total, dezessete tratamentos com quatro repetições. As variáveis mensuradas foram redução de crescimento e matéria seca da mamoneira, cultivar BRS Nordestina. Verificou-se, com base nos resultados obtidos para a variável redução de crescimento, refletida pela altura e tamanho das plantas, efeito significativo por doses e estádios do desenvolvimento e a interação entre eles, em que a planta mais nova foi mais sensível ao produto. O herbicida que atua nas folhas e raízes é fitotóxico para a mamoneira, cultivar BRS Nordestina, mesmo na menor dose testada.The castor been (Ricinus communis L. is a rustic plant, heliophile, resistant to drought, belonging to the family of Euforbiace. It is characterized by being sensitive to several herbicides and the competition imposed by harmful plants. This work had as objective to study the influence of different doses of the herbicide trifloxysulfuron-sodium in different states of development of the castor been, cultivar BRS Nordestina. The experiment was conducted during 2006, in a greenhouse of EMBRAPA - Cotton at Campina

  14. Brachiaria ruziziensis and herbicide on the yield of upland rice Brachiaria ruziziensis e herbicida na produtividade do arroz de terras altas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.S. Nascente

    2012-12-01

    e menor liberação de possíveis substâncias alelopáticas, um ponto importante a ser observado é o intervalo de tempo entre a dessecação da cobertura com glifosato e a semeadura do arroz. O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito do manejo de B. ruziziensis, com ou sem herbicida, antecedendo a semeadura da cultura, nos componentes de produção e na produtividade do arroz. O ensaio foi conduzido em casa de vegetação e consistiu em três tipos de manejo de B. ruziziensis antes da semeadura do arroz. Essa forrageira apresentou crescimento linear, e a presença de grande quantidade de sua matéria seca na superfície do solo foi prejudicial ao arroz. Quando manejada próximo do plantio do arroz, B. ruziziensis causou redução significativa na produtividade dessa cultura; o manejo dessa forrageira com herbicida deve ser realizado com mais de 20 dias antes do plantio do arroz; o manejo dela com retirada da parte aérea, com ou sem herbicida, deve ser realizado com 10 ou mais dias antes do plantio do arroz; e o manejo no momento adequado proporcionou aumento significativo na produtividade do arroz.

  15. Misturas de herbicidas no manejo de plantas daninhas na cultura do feijão Herbicide mixtures in weed management in bean culture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F.L. Machado

    2006-01-01

    Full Text Available Avaliou-se a eficácia da combinação dos herbicidas fomesafen, fluazifop-p-butil e bentazon no manejo integrado de plantas daninhas do feijoeiro (plantio direto e convencional, cultivados em áreas anteriormente com milho para grão e silagem. Foi avaliado também o resíduo do fomesafen no solo aos 125 dias após a aplicação (DAA. No plantio convencional, Cyperus rotundus foi a espécie dominante, enquanto no plantio direto a infestação dessa espécie foi muito baixa. Nenhuma das combinações de herbicidas foi eficiente no controle de C. rotundus. Com exceção de fluazifop-p-butil + bentazon (125 + 480 g ha-1, todas as combinações foram eficientes no controle das espécies daninhas dicotiledôneas. Não houve efeito dos tratamentos de herbicidas na produtividade do feijoeiro. O fomesafen, aplicado no plantio direto, causou toxicidade no feijão a partir da dose de 100 g ha-1, sobretudo no milho para silagem. No plantio convencional, sintomas mais leves somente foram observados na dose de 200 g ha-1. Houve resíduo de fomesafen no solo apenas na área de plantio direto onde não havia palhada sobre a superfície do solo, ou seja, na área anteriormente cultivada com milho para silagem. É possível reduzir doses do fomesafen quando misturado ao bentazon sem afetar a produtividade do feijoeiro. Em áreas de feijão cultivado após colheita do milho para silagem é importante o uso de doses pequenas do fomesafen, para evitar toxicidade a culturas sensíveis subseqüentes.This work aimed to evaluate the efficacy of combining the herbicides fomesafen, fluazifop-p-butyl and bentazon for integrated weed management in bean culture (no-tillage and conventional tillage, in areas previously cultivated with maize for grain and silage. Fomesafen residue in the soil was also evaluated at 125 days after application (DAA. In the conventional tillage, Cyperus rotundus was the dominant species, while under no-tillage, infestation of this species was

  16. Eficiência dos herbicidas oxadiazil, oxadiazon, oxyfluorfen e Imazapyr sobre a cultura de pinus Efficiency of the oxadiazil, oxadiazon, oxyfluorfen and imazapyr herbicides on Pinus cropping

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson da Silva

    1999-08-01

    Full Text Available Avaliou-se a seletividade de alguns herbicidas para mudas de Pinus caribaea var. Hondurensis e suas eficiências no controle de plantas daninhas. As mudas com 20 cm de altura, produzidas em tubetes, foram transplantadas num espaçamento de 2,0 m x 2,0 m, em parcelas de quatro fileiras com 10,0 m de comprimento. Os tratamentos utilizados foram oxadiazil (600; 800 e 1000 g ha-1, oxadiazon (1140; 1520 e 1900 g ha-1, oxyfluorfen (720 g ha-1, imazapyr (250 g ha-1 e testemunhas (capinada e sem capina, dispostos em blocos ao acaso, com quatro repetições. Os herbicidas foram aplicados sete dias após o transplante, usando-se pulverizador costal, pressurizado com CO2, calibrado para 200 L ha- 1 de calda. As principais plantas daninhas com maior infestação foram: Brachiaria plantaginea e Ipomoea grandifolia e com menor infestação: Galinsoga parviflora e Bidens pilosa. O oxadiazil apresentou excelente controle de B. plantaginea, I. grandifolia e G. parviflora, não sendo eficiente para controle de B. pilosa, embora proporcionasse controle superior ao observado pelo oxadiazon. O oxadiazon foi eficiente até 45 dias após o tratamento para B. plantaginea, G. parviflora e até 90 dias para I. grandifolia. Tanto o oxyfluorfen quanto o imazapyr apresentaram excelente controle das plantas daninhas. De todos os herbicidas avaliados, apenas o imazapyr não deve ser recomendado para aplicação sobre o dossel de Pinus caribaea var. Hondurensis, em face da toxicidade provocada.The selectivity of some herbicides were evaluated on Pinus caribaea var. Hondurensis seedlings as well as these herbicide efficiencies in the weed control. When the tubule-produced seedlings were 20 cm height they were transplanted at 2,0 m x 2,0 m spacings in fourrows plots with 10,0 m length. The treatments with oxadiazil (600; 800 and 1000 g ha-1, oxadiazon (1140; 1520 and 1900 g ha-1, oxyfluorfen (720 g ha-1, imazpyr (250 g ha-1 and controls (weeded and without weeding were disposed

  17. Produtividade de grãos da soja em função do manejo de herbicida e fungicidas Soybean grain yield in response to herbicide and fungicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Paulo Ludwig

    2010-07-01

    Full Text Available Com a introdução da soja resistente ao glifosato, ocorreu mudança no manejo da cultura, principalmente com relação ao manejo das plantas invasoras. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar os efeitos da aplicação de diferentes manejos de herbicidas e fungicidas sobre o rendimento de grãos e os componentes do rendimento da soja. O experimento foi conduzido no ano agrícola 2006/2007, na área experimental do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria. Foram utilizadas quatro cultivares de soja Roundup ReadyTM ('NK Mireya 4.2 RR', 'Fundacep 55 RR', 'NK Mágica 7.3 RR' e 'A 8100 RG', dois manejos de herbicida (Clethodim + Bentazon e outro com glifosato, dois manejos de doenças constituídos com a aplicação de fungicida (Tebuconazole + Tiofanato Metílico e sem o tratamento. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso com parcela subsubdivididas, com quatro repetições. Foram avaliados o rendimento de grãos e os componentes do rendimento. As cultivares responderam diferentemente ao manejo de herbicidas e fungicidas para produção de grãos; as cultivares que foram afetadas pelo manejo de herbicida obtiveram maior produtividade com a aplicação de glifosato, efeito que também foi observado com a aplicação de fungicida. As cultivares mais e menos produtivas apresentaram o maior e o menor peso de grãos, respectivamente. A aplicação de fungicida aumentou o índice de colheita.With the introduction of the resistant soybeans to the glyphosate changed the management of the culture, mainly for management of the weed. This work was developed with the objective of evaluate the effect of the different management systems of herbicides and fungicides in grain yield and yield components of the soybean. The experiment was carried in the agricultural year of 2006/2007, at the Experimental Area of Department of Phytotecny of the Santa Maria Federal University. It was used, four soybean

  18. Eficácia de herbicidas aplicados nas épocas seca e úmida para o controle de Merremia aegyptia na cultura da cana-de-açúcar Efficacy of herbicides applied during the dry and wet seasons for the control of Merremia aegyptia in sugarcane

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.M. Correia

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivou-se estudar o efeito de herbicidas aplicados em pré e pós-emergência, isolados e em combinações nas épocas seca e úmida, para o controle de corda-de-viola (Merremia aegyptia na cultura de cana-de-açúcar colhida mecanicamente sem queima. O experimento foi desenvolvido no período de julho de 2008 a maio de 2009, em área de produção comercial de cana-de-açúcar localizada no município de Pradópolis, SP. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições, em esquema de parcela subdividida. Foram avaliados na época seca os herbicidas amicarbazone (1.400 g ha ¹, clomazone + hexazinone (800 + 200 g ha-1 e imazapic (147 g ha-1, aplicados em 16/7/2008 após a colheita da cana, e o tratamento sem manejo prévio das plantas daninhas nessa época. Os herbicidas estudados na época úmida foram: mesotrione isolado (192 g ha-1 e em mistura (120 g ha-1 com atrazine (1.500 g ha-1, metribuzin (960 g ha-1 ou diuron + hexazinone (702 + 198 g ha-1, aplicados em 6/11/2008, além de testemunha capinada e outra sem manejo das plantas daninhas. Dos herbicidas utilizados na época seca, o amicarbazone promoveu o melhor controle de M. aegyptia. No entanto, para todos eles, a complementação de manejo com a aplicação de herbicidas na época úmida mostrou-se obrigatória. Nesta época, a associação de mesotrione aos herbicidas atrazine, metribuzin e diuron + hexazinone foi mais eficaz no controle de M. aegyptia do que quando aplicado sozinho. Nenhum dos tratamentos com herbicidas interferiu no número de colmos por metro linear, diâmetro e altura de colmos de cana-de-açúcar (variedade SP 81-3250.To evaluate the efficacy of herbicides applied in pre and post-emergence, alone and in combination, during the dry and wet seasons, for the control of hairy woodrose (Merremia aegyptia on sugarcane, an experiment was arranged in a randomized block design, in split-plots, with four replications, in a commercial

  19. Eficácia de herbicidas aplicados em diferentes épocas sobre B. pilosa e I. quamoclit em área de cana-de-açúcar colhida mecanicamente Effectiveness of herbicides applied at different times on B. pilosa and I. quamoclit in mechanically harvested sugarcane area

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar a eficácia agronômica de herbicidas utilizados em áreas no sistema da colheita da cana crua, visando o controle de Ipomoea quamoclit e Bidens pilosa em lavoura comercial de cana-soca, com solo de textura argilosa, no município de Araras-SP. Os herbicidas (em g ha-1 utilizados foram trifloxysulfuron-sodium + ametryn (27,77 + 1.097 e 37 + 1.463, mesotrione (120 e 192, mesotrione + ametryn (120 + 1.500, mesotrione + trifloxysulfuron-sodium + ametryn [120 + (27,77 + 1.097], trifloxysulfuron-sodium + ametryn + diuron + hexazinone [(27,77 + 1.097 + (702 + 198] e metribuzin (1.920. Os herbicidas foram aplicados em pré-emergência das plantas daninhas sobre a palha de cana-de-açúcar; em pré-emergência das plantas daninhas sobre o solo e, em seguida, coberto com palha; e em pós-emergência das plantas daninhas, em jato dirigido nas entrelinhas da cana-de-açúcar. Eles sempre foram aplicados em pós-emergência da cultura, a qual apresentava aproximadamente 30 cm de altura. Os resultados permitiram concluir que a aplicação dos herbicidas sobre a palha de cana-de-açúcar e em pré-emergência das plantas daninhas alterou a eficácia do mesotrione a 120 g, do trifloxysulfuron-sodium + ametryn (27,77 + 1.097 e das misturas de mesotrine + ametryn e mesotrione + (trifloxysulfuron-sodium + ametryn. Os herbicidas metribuzin e (trifloxysulfuron-sodium + ametryn + (diuron + hexazinone foram eficazes no controle das espécies daninhas, independentemente da forma de aplicação. A espécie B. pilosa foi a mais suscetível aos herbicidas e ao sistema de colheita cana-crua, ou seja, a palha sobre o solo inibiu o seu estabelecimento. Os herbicidas aplicados em jato dirigido na entrelinha da cana-de-açúcar, em pós-emergência, foram seletivos para a cultura.This work aimed to study the agronomic efficacy of herbicides applied in raw sugarcane harvest areas, to control Ipomea quamoclit and Bidens pilosa, on a

  20. EL TIPO DE BOQUILLA NO ALTERA LA EFECTIVIDAD DE LOS HERBICIDAS PROSULFURON, BROMOXINIL Y 2,4-D

    OpenAIRE

    Enrique Rosales-Robles; Ricardo Sánchez-de la Cruz; L. Ángel Rodríguez-del Bosque

    2013-01-01

    Un problema común en el norte de Tamaulipas es la deriva de herbicidas aplicados en sorgo para grano [ Sorghum bicolor (L.) Moench] hacia áreas no consideradas, por la aspersión a causa del viento. Esto reduce la calidad de la aspersión y ocasiona daños a cultivos susceptibles a esos herbicidas. En experimentos de campo conducidos de 2006 a 2008 se evaluó el efecto de los tipos de boquillas: abanico plano convencional, anti-deriva de pre-orificio y anti-deriva de inducción de aire, en la efec...

  1. Toxicidad del herbicida nicosulfurón en arroz (Oryza sativa L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valent\\u00EDn A. Esqueda

    2000-01-01

    Full Text Available Se determinaron los efectos fitotóxicos del herbicida nicosulfurón al arroz cv. Milagro Filipino Depurado en condiciones de invernadero. Se evaluaron dos dosis de nicosulfurón (40 y 80 g/ha y la mezcla de nicosulfurón + 2,4-D (40 + 480 g/ha y se incluyó un testigo sin herbicida. Los tratamientos se aplicaron a plantas de 3, 10, 17 y 24 días de emergidas (DDE. La toxicidad fue evaluada a los siete días de la aplicación (DDA y se midió la altura de las plantas a los siete, 15 y 30 DDA. En esta última fecha también se estimó el rendimiento de materia seca. La mayor toxicidad fue ocasionada por la dosis de 80 g de nicosulfurón o la de 40 g en mezcla con 2,4-D, en plantas aplicadas a los tres y 10 DDE. A los siete y 15 DDA, la altura del arroz aplicado con cualquiera de los tratamientos herbicidas fue significativamente menor a la de las plantas testigo. A los 30 DDA, las plantas testigo todavía eran significativamente mayores que las plantas tratadas, a excepción de aquellas tratadas a los tres DDE con 40 g de nicosulfurón o con la mezcla de nicosulfurón + 2,4-D, a los 10 DDE. Las plantas aplicadas con 40 g de nicosulfurón a los 10 DDE o después, tuvieron un peso seco estadísticamente semejante al de las plantas testigo, mientras que las plantas tratadas con 80 g de nicosulfurón fueron las que produjeron menor materia seca

  2. Efectos de la salinidad y el herbicida glifosato sobre la especie invasora Baccharis halimifolia

    OpenAIRE

    Ruiz de Galarreta, Marina

    2015-01-01

    CASTELLANO. La introducción de especies exóticas invasoras es una de las causas más importantes de pérdida de biodiversidad. Baccharis halimifolia es una de las 20 especies exóticas invasoras mas perjudiciales en España e invade gran parte de la marisma de Urdaibai. En dicha marisma se aplicaron tratamientos de control mediante la corta y aplicación de herbicida (glifosato) tras los cuales se observó un variable porcentaje de rebrote en función de la salinidad edáfica. Se realizó un experim...

  3. UTILIZAÇÃO DO PERFIL ISOENZIMÁTICO COMO FERRAMENTA NA AVALIAÇÃO DA SELETIVIDADE DE HERBICIDAS EM CANA-DE-AÇÚCAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BELUCI, Lucas Ribeiro

    2015-11-01

    the use of isoenzyme profiles as a tool to herbicide selectivity assessment when associated with phytotechnical pattern. Um herbicida pode ser seletivo quando o perfil isoenzimático das enzimas α-esterase e peroxidase nas plantas tratadas for similar ao das plantas testemunhas. Objetivou-se estudar a aplicabilidade do perfil isoenzimático da α-esterase e peroxidase, comparativamente às características fitotécnicas, como ferramenta para avaliar a seletividade na cultura da cana-de-açúcar, utilizando diversos herbicidas registrados em pré-plantio. A pesquisa foi realizada em duas etapas, inicialmente em vasos, alocados em ambiente aberto e depois em laboratório. O delineamento experimental foi inteiramente casualisado com 8 tratamentos [testemunha; imazapic (245 g ha-¹; diclosulam (88,2 g há -1 +s-metolachlor (1920g ha-1; imazapyr (500 g ha-¹; diclosulam (88,2 g ha-¹ +oxyfluorfen (1200 g ha-¹; amicarbazone (2100 g ha-¹; trifluralin (4240 g ha-¹ + pendimethalin (1750 g ha-¹; sulfentrazone (800g ha-¹] em 4 repetições e em 3 épocas de plantio, considerando o período a partir da aplicação dos tratamentos no solo. A primeira, segunda e terceira época de plantio foram, respectivamente, 20, 40 e 60 dias após a aplicação dos tratamentos (DAA. As unidades experimentais foram constituídas por vasos de plástico (3L preenchidos com solo de barranco. O herbicida foi aplicado com pulverizador costal pressurizado, munido de barra com quatro pontas jato leque (TT110/02, espaçadas de 0,50 m, pressão constante de 2,1 kgf cm-2 e volume de calda de 200 L ha-1. Após 20,40 e 60 DAA, simultaneamente foi plantado 1 MPB (muda pré-brotada de cana de açúcar por parcela. As avaliações visuais de sintomas foram feitas aos 20, 40 e 60 dias após o plantio (DAP e aos, 60 DAP foram feitas as avaliações do teor de clorofila, altura de plantas, massa seca e coleta de material para caracterização do perfil enzimático. Verificou-se semelhanças refletindo na

  4. Tolerância de cana-de-açúcar a herbicidas avaliada pela diferença dos tratamentos Sugarcane tolerance to herbicides based on the difference between treatments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.R. Schiavetto

    2012-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a tolerância dos cultivares RB855453, RB845257, SP90(-3414, SP90(-1638, SP89(-1115, SP81(-3250, IAC91-2218 e IAC91-5155 de cana-de-açúcar em pós-emergência inicial quanto à aplicação dos herbicidas sulfentrazone + diuron + hexazinone, metsulfuron-methyl + sulfentrazone, diuron + hexazinone + clomazone, metribuzin + diuron + hexazinone, diuron + hexazinone + MSMA e ametryn + trifloxysulfuronsodium + diuron + hexazinone, utilizando-se da diferença com a testemunha pareada, considerando a minimização da área experimental. O experimento foi conduzido assumindo que as testemunhas pareadas ao respectivo tratamento facilitam a avaliação da tolerância dos cultivares aos tratamentos herbicidas. A instalação do experimento foi em blocos casualizados, utilizando-se o esquema fatorial 8 (cultivares x 6 (herbicidas. As parcelas foram constituídas por seis linhas de cana-de-açúcar, sendo uma linha central destinada ao tratamento herbicida (TH e outra à testemunha pareada (TP; as demais linhas foram usadas como bordaduras. Para verificar se as diferenças médias (TP-TH não diferem de zero, utilizouse a estatística t= (TP-TH/((QMRes/n1/2 ou, de forma equivalente, a diferença mínima significativa com zero, dms0(TP-TH=|t/( (QMRes/n1/2|, em que QMRes é o quadrado médio da análise de variância (com 47 graus de liberdade e pThe objective of this work was to evaluate the tolerance of the sugarcane cultivars RB855453, RB845257, SP90(-3414, SP90(-1638, SP89(-1115, SP81(-3250, IAC91- 2218 and IAC91-5155 at early post-emergence after application of sulfentrazone + diuron + hexazinone; sulfentrazone + metsulfuron-methyl, diuron + hexazinone + clomazone; metribuzin + diuron + hexazinone, diuron + hexazinone + MSMA; and ametryn + trifloxysulfuron-sodium + diuron + hexazinone, using the difference with the paired control. It was assumed that the control paired to the respective treatments can facilitate the

  5. Efeitos de parâmetros de aplicação na ação dessecante do herbicida sulfosate sobre plantas de arroz Effects of application parameters on desiccation action of herbicide sulfosate on rice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson G. Fleck

    1999-04-01

    Full Text Available O controle de plantas daninhas do tipo gramíneas constitui-se em grande problema nos sistemas de cultivo mínimo, requerendo aplicações eficientes de herbicidas. Nesse sentido, parâmetros de tecnologia de aplicação como volume de calda, tamanho de gota e concentração herbicida exercem grande influência sobre a atividade desses produtos. O objetivo desse trabalho foi investigar os efeitos das interações da dose herbicida, sua concentração na solução e o volume do veículo diluente, sobre a eficiência do herbicida sulfosate, usando-se arroz como espécie reagente. O experimento foi conduzido durante a safra agrícola de 1994/95 na Estação Experimental do Arroz do IRGA, em Cachoeirinha, RS. Foram testados 18 tratamentos, constituídos por cinco doses de sulfosate (1,7; 2,3; 3,0; 4,0 e 4,7 l/ha de produto formulado; cinco volumes de diluente (85; 115; 150; 200 e 235 l/ha e cinco concentrações de produto na calda (1,2; 1,5; 2,0; 2,6 e 3,3% v/v. Em cada condição um desses parâmetros era fixado e os outros dois variavam. Ao se manter constante o volume de calda, não houve diferenças, na última avaliação, entre as doses 3,0; 4,0 e 4,7 l/ha de sulfosate, quando todas alcançaram nível ao redor de 90% de controle do arroz. Já quando se manteve constante a concentração herbicida, as respostas às doses foram não significativas. Apenas na última avaliação observou-se desempenho inferior da menor dose. Na terceira condição, quando se manteve constante a dose herbicida, observou-se que o sulfosate foi mais atuante quando aplicado nas maiores concentrações. Foram alcançados níveis de controle ao redor de 90% com doses de sulfosate de 3 l/ha ou superiores, ou com concentrações herbicidas de 2% ou maiores. Isso demonstra que parâmetros de tecnologia de aplicação de sulfosate podem ser alterados no sentido de se obter maior eficiência na sua ação.Control of weed grass species constitutes a great problem in reduced

  6. Evaluation of the genotoxicity and fetal toxicity of the herbicide Paraquat Avaliação da genotoxicidade e da toxicidade fetal do herbicida Paraquat

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana de Fatima Paccola Mesquita

    1999-07-01

    Full Text Available A genotoxicidade e a toxicidade fetal do Paraquat foram avaliadas em camundongos fêmeas após tratamento agudo e subcutâneo do herbicida em diferentes períodos gestacionais. Foram utilizados o teste do micronúcleo (MN em eritrócitos de sangue periférico e a avaliação de perdas embrionárias. Os resultados deste trabalho mostraram que o tratamento agudo com a menor dose testada, 10mg/kg pc (peso corpóreo, no período de pós-implantação, não produziu diminuição significativa do tamanho da prole. Observou-se genotoxicidade 24 e 30 horas após o tratamento de animais que receberam esta dosagem no 9º e 3º dia de prenhez, respectivamente. Nossos dados sugerem, ainda, que o tratamento in vivo, com a menor dose, induz perdas embrionárias em fêmeas expostas ao agente no período de pré-implantação. A dose de 20mg/kg pc não mostrou efeito genotóxico após 24 horas do tratamento, provavelmente por ter induzido seleção celular devido à alta toxicidade do herbicida. Esta dose causou a morte dos animais, impedindo as análises de MN após 30 horas do tratamento e da toxicidade fetal.The genotoxicity and fetal toxicity of the herbicide Paraquat was assessed in female mice treated with acute subcutaneous doses of the herbicide at different stages of pregnancy. The micronucleus test (MN in peripheral blood erythrocytes and an evaluation of embryonic losses were applied. The results of the present work demonstrate that a single acute treatment in the period after-implantation did not produce a significant reduction in the size of the offspring at the lower dosage tested, 10 mg/kg bw (body weight. Genotoxicity was observed at 24 and 30 hours after treatment in animals receiving this dosage on the ninth and third day of pregnancy respectively. Our data suggest that the in vivo treatment with the lower herbicide dose induces embryonic losses in females exposed to the agent during the pre-implantation period. The dose of 20 mg/kg bw did not

  7. Pulverização em CDA 250 herbicida pendimethalin na cultura do arroz de sequeiro Application of pendimethalin with cda 250 spfayer for upland rice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T. Matuo

    1984-01-01

    Full Text Available Foi estudada a viabilidade de utilização da pulverização CDA 25C, na aplicação do herbicida em pré-emergência na cultura do arroz de sequeiro. O herbicida empregado foi o pendimethalin nas doses de 0,0; 1,5; 2,0; 2,5 e 3,0 litro s/ha da formulação comercial a 50%. A pulverização convencional foi efetuada com bicos 11003 com consumo de 200 litros de calda per hectare. O processo CDA 250 foi aplicado por meio de bico rotativo (Micromax com dois níveis de consumo de calda : 50 1/ha e 27 1/ha. Os resultados mostraram que: a - o método CDA 250 proporciona controle dc mato e produtividade de arroz equivalentes ao método convencional; b para o bico Micromax, a aplicação da formulação comercial de pendimethalin a 50% com vazão de 0,48 1/min./bico, a distância entre bicos deve ser de 1,75 m e para a vazão de 0,96 1/min./bloco, essa distancia deve ser de 1,90 m; c- a aplicação do pendimethalin 50% C.E. pelo processo CDA 250, empregando 27 litros de calda por hectare foi o processo mais interessante por oferecer vantagens logísticas apreciáveis.The feasibility of pre-emergenge herbicide application for upland rice by CDA 250 spray method was studied. The herbicide used was pen dimethalin at 0,0; 1,5; 2,0; 2,5 and 3,0 1/ha of comercial 50% E.C. formulation. Conventional spraying was carried out using 110C3 flat fan nozzles applying 200 1/ha of spray volume CDA250 was applied by rotary atomizers (Micromax spraying twc volume rates: 50 1/ha and 27 1/ha. The results pointed out that: a- CDA 250 spray method was equivalent to the conventional spray method in the control of weeds and crop yield; b - for Micromax nozzles applying commercial 50 E.C. formulation of pendimethalin at 0,48 /min of nozzle feed rate, the distance between nozzles should be 1,75 m and at 0,96 1/min feed rate this distance shoud be 1,90 m; c- CDA 250, applying 27 1/ha presents large logistic advantages.

  8. Controle de plantas daninhas na cultura do alho (Allium sativum L. através da combinação de herbicidas residuais com glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.H.T. Mascarenhas

    1980-12-01

    Full Text Available Em solo aluvião eutrófico de textura argilosa com 3,14% de matéria orgânica foram estudados os efeitos de herbicidas aplicadas em pré -emergência, quatro dias após o plantio, combinados com glyphosate aplicado em pós-emergência, 10 dias antes do preparo do solo. As plantas daninhas predominantes foram: Cyperus rotundus L.; Ageratum conysoides L.; Bidens pilosa L.; Cynodon dactylon (Li Pers., Emilia sagitata D.C. e Sonchus oleraceus L. Os herbicidas e as doses utilizadas foram: prometryne 2,00 e 0,96 kg do ingrediente ativo (i.a./ha; diuron 2,00 e 0,80 kg i.a./ha; nitralin 1,00 kg i.a./ha, fluorodifen 3,00 kg i.a./ha; linuron 2,00 kg i.a./ha; chloroxuron 4,00 kg i.a./ha; glyphosate 2,00 kg i.a./ha e bifenox 1,68 kg i.a./ha e as combinações destes herbicidas, nas mesmas doses, com o glyphosate (2,00 kg i.a./ha, mais uma testemunha capinada e outra sem capina. Prometryne, diuron, fluorodifen, chloroxuron, linuron e bifenox combinados com o glyphosate, nas doses empregadas foram eficientes no controle das plantas daninhas, não sendo fitotóxicos ao alho.The effects of pre-emergence herbicides applied four days after planting date, associated with glyphosate, which was applied post-emergence 10 days before plowing, were studied on a clay eutrophic alluvial soil with 3,14% organic matter. The predomina nt weeds were: Cyperus rotundus L.; Ageratum conysoides L.; Bidens pilosa L.; Cynodon dactylon (L. Pers., Emilia sagitata D.C. and Sonchus oleraceus L. The following herbicides and doses were used: prometryne 2,00 and 0,96 kg active ingredient (a.i./ha; diuron 2,00 and 0,80 kg a.i./ha; nitralin 1.00 kg a.i./ha; fluorodifen 3,00 kg a.i./ha; linuron 2,00 kg a.i./ha; chloroxuron 4,00 kg a.i./ha; glyphosate 2.00 kg a.i./ha; bifenox 1,68 kg a.i./ha, and all combinations between these herbicides with the same dose of glyphosate (2,00 kg a.i./ha. Two more treatments were added: an uncultivated and a manualy cultivated one. Prometryne, diuron

  9. Alterações nas características fisiológicas de cultivares de cana-de-açúcar submetida à aplicação de herbicidas Changes in the physiological characteristics of sugarcane cultivars submitted to herbicide application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.G. Torres

    2012-09-01

    Full Text Available Avaliou-se neste trabalho a influência de herbicidas nas características fisiológicas de três cultivares de cana-de-açúcar. O experimento foi conduzido no delineamento em blocos ao acaso, com três repetições, no esquema fatorial 3 x 8. O fator A foi composto por três cultivares de cana-de-açúcar (RB867515, RB855156 e SP80-1816, e o B, pelos herbicidas (tembotrione, MSMA, diuron + hexazinone, sulfentrazone, trifloxysulfuron-sodium, tebuthiuron, clomazone e uma testemunha sem uso de herbicidas. A taxa transpiratória das plantas do cultivar RB867515 foi afetada negativamente quando foram aplicados os herbicidas sulfentrazone, tebuthiuron e clomazone em comparação à testemunha. Com relação à eficiência do uso da água, não se observaram diferenças entre os cultivares e a aplicação de herbicidas. A condutância estomática dos cultivares RB867515 e SP80-1816 não foi alterada pelos herbicidas aplicados. Apenas o cultivar RB867515 apresentou taxa fotossintética menor quando se aplicou o sulfentrazone. Os herbicidas testados afetam de forma diferenciada as características fisiológicas nos três cultivares avaliados. O cultivar RB867515 foi o que apresentou menor variação na taxa fotossintética na presença dos produtos testados, em relação à testemunha.This work aimed to evaluate the influence of herbicides on the physiological characteristics of three sugarcane cultivars. The experiment was conducted in a randomized block design with three replications in a factorial design 3 x 8. Factor A was constituted of three sugarcane cultivars (RB867515, RB855156, and SP80-1816, and factor B of the herbicides tembotrione, MSMA, diuron + hexazinone, sulfentrazone, trifloxysulfuron-sodium, tebuthiuron, clomazone, and a treatment without herbicide (control. The transpiration rate of cultivar RB867515 plants was negatively affected when sulfentrazone, clomazone, and tebuthiuron were applied,compared to the control. Regarding water

  10. Controle de capim-annoni-2 (Eragrostis plana com herbicidas pré-emergentes em associação com diferentes métodos de manejo do campo nativo Control of South African lovegrass (Eragrostis plana in natural pastures using pre emergent herbicides and different vegetation management methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I.C.G.R. Goulart

    2009-03-01

    Full Text Available A planta daninha capim-annoni-2 (Eragrostis plana é um dos principais limitantes ao desenvolvimento da pecuária extensiva no Sul do Brasil. Vários fatores dificultam o controle dessa espécie em condições de pastagem natural. O objetivo deste trabalho foi avaliar o controle de capim-annoni-2 por meio de herbicidas aplicados em pré-emergência que possam apresentar seletividade de posição no solo à pastagem nativa. Dois experimentos foram realizados neste estudo. O primeiro foi conduzido em casa de vegetação, onde sementes de capim-annoni-2 foram semeadas em vasos. O delineamento utilizado foi o completamente casualizado com seis repetições. Os herbicidas avaliados foram alachlor, ametryne, ametryne + tebuthiuron, atrazine, clomazone, diuron, flumioxazin, imazaquin, mesotrione, metribuzin, oxadiazon, S-metolachlor, sulfentrazone, terbuthylazine e trifluralin. Todos os produtos controlaram satisfatoriamente o capim-annoni-2. O segundo experimento foi conduzido em campo nativo com alta infestação de capim-annoni-2, em delineamento de blocos completamente casualizados, em esquema de parcelas subsubdivididas. Nas parcelas principais foram alocados os tratamentos de manejo da vegetação em antecedência a aplicação dos herbicidas: fogo técnico e roçada em altura alta e baixa; nas subparcelas, as doses dos herbicidas: 75 e 100% da dose de rótulo; e, nas subsubparcelas, os herbicidas atrazine, flumioxazin, mesotrione, S-metolachlor, sulfentrazone, trifluralin e testemunha não tratada. Nenhum dos herbicidas testados controlou efetivamente o capim-annoni-2 em campo, provavelmente devido à grande presença de plantas perenizadas. No entanto, os efeitos dos herbicidas foram mais pronunciados quando associados a fogo técnico e roçada baixa.The weed South African lovegrass (Eragrostis plana is one of the most important problems of rangelands and native pastures in southern Brazil. Several factors have limited its management in these

  11. Seletividade de herbicidas para a cultura de milho (Zea mays aplicados em diferentes estádios fenológicos da cultura Selectivity to corn crop (Zea mays of herbicides applied in different crop phenological stages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.F. López-Ovejero

    2003-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a seletividade de herbicidas aplicados em condições de pré e pós-emergência da cultura de milho, conduzida sob sistema de semeadura direta, sem a presença de plantas daninhas durante todo o ciclo da cultura. O híbrido utilizado foi o Pioneer 3027, e o delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados, com 22 tratamentos e três repetições. Os tratamentos herbicidas utilizados (em g i.a. ha-1, com os respectivos estádios fenológicos (número de folhas definitivas = NF no momento da aplicação dos respectivos tratamentos herbicidas, foram: atrazine + metolachlor (1.400 + 2.100 em condições de pré-emergência da cultura; (atrazine + metolachlor + nicosulfuron [(1.000 + 1.500 + 20] com a cultura apresentando NF = 2; atrazine + óleo vegetal (2.400 + 1.800, NF = 2, 4 e 8; atrazine + simazine (1.250 + 1.250, NF = 2, 4 e 8; nicosulfuron (40 - NF = 2, 4 e 8; 20 - NF = 4 e 8 e 52 - NF = 4 e 8; e (atrazine + óleo vegetal + nicosulfuron [(800 + 600 + 20; (800 + 600 + 40 e (800 + 600 + 52, NF = 4 e 8]. Foram feitas avaliações visuais de sintomas de fitotoxicidade provocados pelos herbicidas aos 7, 14 e 21 dias após aplicação, usando a escala proposta pela European Weed Research Council, além dos parâmetros relativos aos componentes de produção da cultura e produtividade final. Os resultados obtidos indicaram que a duração dos estádios fenológicos da cultura não foi afetada pelos herbicidas utilizados e que alguns tratamentos herbicidas, quando aplicados no estádio fenológico 2 (NF = 8 , reduzem o rendimento da cultura, devido à alteração do número de fileiras por espiga, do número de grãos por fileira e da massa de 1.000 grãos de milho, sendo recomendável a aplicação de herbicidas na cultura de milho até o estádio fenológico 1 (NF = 4, para evitar danos à cultura por fitotoxicidade.The objective of this research was to evaluate the selectivity of pre and post

  12. AO operations at Gemini South

    Science.gov (United States)

    Marin, Eduardo; Cardwell, Andrew; Pessev, Peter

    2014-08-01

    The 8m Gemini South telescope is entering an exciting new era of AO operations, which put it at the forefront of astronomical AO in terms of both wide field AO, and extreme-AO systems. Major milestones achieved were the successful commissioning of GeMS, in 2012, and GPI, in late 2013 and early 2014. Currently we are operating two of the worlds most advanced astronomical AO systems. Gemini, running primarily in queue, must balance the promise of AO with the demands of the community to use non-AO instruments. We discuss the current state of the two AO systems, and their operational models. The preparations that go into planning each AO run, the difficulties in scheduling around non-AO instruments, and the differences between scheduling LGS AO and non-LGS AO are discussed.

  13. Aspectos agronômicos da ureia tratada com inibidor de urease / Agronomic aspects of urease inhibitor-treated urea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Shigueru Okumura

    2012-08-01

    Full Text Available ResumoO aproveitamento do nitrogênio aplicado em cobertura na forma de ureia é muito baixo, pois esta forma de adubo sofre grandes perdas por lixiviação, desnitrificação e principalmente por volatilização. É sabido que o processo de volatilização caracteriza-se pela hidrólise da ureia por meio da enzima urease, que é produzida por bactérias e fungos do solo e, que a quantificação da atividade da enzima urease nos fornece uma indicação do potencial do solo em converter nitrogênio orgânico em mineral e, por estar ligada à atividade microbiana os fatores como concentração do substrato, umidade, temperatura e pH do solo afetam a atividade enzimática do solo. Uma alternativa para minimizar as perdas de nitrogênio por volatilização é o tratamento prévio da ureia com inibidores da urease, a qual proporciona diminuição nas perdas de NH3 volatilizado, pois ela atua ocupando o local ativo da enzima urease, que é responsável pela hidrólise da ureia e, dentre os produtos testados o NBPT [N-(n-butil tiofosfórico triamida], tem demonstrado boa eficiência na redução das perdas. Dessa forma, o presente trabalho tem por objetivo fazer uma revisão de literatura sobre as possíveis perdas de nitrogênio do fertilizante na forma de ureia e aspectos agronômicos da ureia tratada com inibidor de urease.

  14. Eficácia do herbicida msma na erradicação de coqueiros infectados com resinose Efficacy of the Herbicide MSMA in Eradicating Coconut Trees Infected with Stem-Bleeding

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.R. Fontes

    2009-01-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho identificar a menor dose do herbicida MSMA e a melhor forma de aplicação, visando à erradicação de coqueiros infectados com resinose. O experimento foi realizado no município de Neópolis-SE, no período de julho a agosto de 2007, utilizando plantas do cultivar Anão-Verde, com 11 anos de idade. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com cinco repetições, em esquema fatorial 3 x 2 + 1, sendo três doses do herbicida MSMA (14,4; 21,6; e 28,8 g por planta, duas formas de aplicação dos tratamentos herbicidas (produto injetado no estipe em um furo de 25 cm de profundidade e 5 cm de diâmetro, localizado a 1,0 m de altura; ou a dose dividida em dois furos de 25 cm de profundidade e 5 cm de diâmetro, sendo um a 0,5 m e o outro a 1,0 m de altura, mais um tratamento controle sem aplicação. O herbicida foi injetado sem diluição, usando uma seringa graduada, imediatamente após a abertura dos furos. Após a aplicação dos tratamentos, realizou-se o fechamento dos furos com argila umedecida. As avaliações de controle foram realizadas aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação dos tratamentos. A dose de 21,6 g por planta de MSMA localizada em apenas um furo foi eficiente na erradicação dos coqueiros, proporcionando aos 28 DAA controle acima de 95%, impedindo qualquer possibilidade de recuperação das plantas.The objective of this work was to identify the minimum MSMA dose needed and the best way to apply it to chemically eradicate coconut palm trees affected by stem-bleeding. The experiment was carried out in Neopolis, Sergipe from July to August 2007. The coconut tree variety green-dwarf had been planted 11 years ago in the area The experiment was laid out in a completely randomized design with five replicates and the treatments were arranged in a 3 x 2 + 1 factorial scheme, with three herbicide doses (14.4, 21.6 and 28.8 g per plant, two modes of herbicide application (entire dose

  15. Computação biologicamente inspirada aplicada ao estudo da interação da monoamina oxidase e inibidores

    OpenAIRE

    Moraes, Fernanda Pretto

    2011-01-01

    A Doença de Parkinson (DP) é uma doença neurológica intrigante que afeta a população em geral, atacando principalmente nos países em desenvolvimento. Com isso, criase a necessidade da descoberta de agentes terapêuticos para o tratamento da DP. A monoamina oxidase (MAO) é uma enzima de grande importância na neuroquímica, pois catalisa a desaminação oxidativa de aminas biogênicas, como monoaminas neurotransmissoras e neuromoduladoras, assim como monoaminas bioativas exógenas. Com base na especi...

  16. Parâmetros fisiológicos e nutricionais de cultivares de soja resistentes ao glifosato em comparação com cultivares isogênicas próximas

    OpenAIRE

    Juliano Fuhrmann Wagner; Aldo Merotto Junior

    2014-01-01

    Cultivares de soja resistentes ao herbicida glifosato podem apresentar variação de adaptação em função dos efeitos do processo de transformação e da consequência do herbicida glifosato sobre a disponibilidade de micronutrientes. O objetivo deste estudo foi avaliar a variação de adaptação em cultivares de soja resistentes a glifosato, em comparação com cultivares isogênicas próximas sobre parâmetros fisiológicos, nutricionais, de crescimento e no rendimento de grãos da cultura. Foi realizado e...

  17. Efeito de diferentes herbicidas nas culturas de alho e cebola Effect of different herbicides on garlic and onion crops

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robert Deuber

    1983-01-01

    Full Text Available Foram instalados dois experimentos de campo, um com alho 'Lavínia' e outro com cebola 'Monte Alegre' e 'Roxa do Traviú', para estudar a eficiência de controle e a seletividade de herbicidas. Na cultura do alho, havia os seguintes tratamentos: pendimethalin a 1,50kg/ha, linuron a 1,00kg/ha e oxadiazon a 1,00kg/ha, aplicados no dia do plantio; ioxinil a 0,50 e 0,75kg/ha, ioxinil + oxadiazon a 0,75 + 0,25kg/ha e 0,50 + 0,50kg/ha, aplicados em pós-emergência, testemunhas com e sem cultivo e com palha seca. Ocorreu uma população mista de mato com predomínio de beldroega. Em contagens realizadas aos 48 e 84 dias, verificou-se excelente controle de dicotiledôneas por todos os tratamentos. Ioxinil só ou em mistura com oxadiazon, em pós-emergência, não controlou gramíneas. Nenhum tratamento herbicida reduziu o número de plantas de alho, ocorrendo os menores valores com as testemunhas com mato e com palha. As produções, em peso, de bulbos ocorreram na seguinte ordem decrescente: testemunha capinada >oxadiazon >ioxinil + oxadiazon a 0,50 + 0,50 = pendimethalin = testemunha com palha = ioxinil + oxadiazon a 0,75 + 0,25kg > linuron > ioxinil a 0,75kg >ioxinil a 0,50kg > testemunha com mato. Na cultura da cebola, havia os seguintes tratamentos: pendimethalin a 1,50kg/ha, linuron a 1,00kg, oxadiazon a 1,00kg e chloroxuron a 4,00kg, aplicados no dia do transplantio; ioxinil a 0,50kg e 0,75kg, oxadiazon + ioxinil a 0,75 + 0,25kg, idem a 1,00 + 0,25kg e a 1,00 + 1,00kg, e linuron a 1,00kg, todos aplicados 32 dias após o transplantio, testemunhas com e sem capina. Ocorreu uma população predominante de dicotiledôneas com maior frequência de beldroega e de quenopódio.A avaliação, realizada aos 48 dias, mostrou excelente controle de dicotiledôneas por todos os tratamentos, com valores acima de 95%.O ioxinil, só ou em mistura com oxadiazon, não controlou gramíneas, e o chloroxuron apresentou o menor controle geral, mas ainda satisfat

  18. Farmacogenética de inibidores seletivos de recaptação de serotonina: uma revisão Pharmacogenetics of selective serotonine reuptake inhibitors: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Klanovicz Silva

    2008-01-01

    Full Text Available A variabilidade da resposta aos medicamentos se deve em grande parte a fatores genéticos, e essa variabilidade afeta os efeitos terapêuticos e as reações adversas, de forma que a mesma dose de um medicamento pode ser benéfica para um paciente mas ineficaz para outro. Os fármacos conhecidos como inibidores seletivos de recaptação de serotonina (ISRSs pertencem a uma classe de medicamentos utilizados para o tratamento de uma série de patologias relacionadas com a serotonina, especialmente a depressão. O objetivo deste trabalho é reunir os dados presentes na literatura sobre a associação de genes candidatos com a resposta a ISRSs, fornecendo assim um panorama sobre o estado atual de conhecimento sobre o assunto. A resposta ao tratamento com ISRSs depende da variabilidade de genes codificantes de proteínas envolvidas com o papel da serotonina no cérebro. Com os avanços conquistados a partir do Projeto Genoma Humano, foi possível detectar essas variações, e várias delas mostraram ter importância farmacogenética. Portanto, alguns dos genes relacionados à farmacogenética dos ISRSs já são conhecidos, o que torna clara a necessidade de maiores investigações prospectivas para determinar a real utilidade desse conhecimento na prática clínica, com relação à possibilidade da determinação da dose adequada do fármaco correto para cada paciente, prática que vem sendo denominada de "medicina personalizada".A large proportion of the variability in drug response is due to genetic factors, and this variability affects therapeutic effects and adverse reactions, so that the same dosage of a drug can be beneficial to some patients, but ineffective to others. The drugs known as selective serotonin reuptake inhibitors (SSRI belong to a pharmacological class used in the management of a number of diseases related to serotonin, especially depression. The aim of this paper is to collect data from the literature about the association of

  19. Produção de prolina e suscetibilidade ao glufosinato de amônio em plantas transgênicas de citrumelo Swingle.

    OpenAIRE

    Carneiro,Cristine Elizabeth Alvarenga; Molinari, Hugo Bruno Correa; Andrade,Giselly Aparecida; Pereira,Luiz Filipe Protasio; VIEIRA,LUIZ GONZAGA ESTEVES

    2011-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade de plantas transgênicas de citrumelo Swingle com elevada produção de prolina, ao herbicida glufosinato de amônio. As plantas utilizadas apresentavam a inserção do gene mutante da enzima delta1-pirrolina-5-carboxilato sintetase (P5CS), responsável pela biossíntese de prolina. A expressão do gene p5cs em plantas transgênicas causou aumento nas quantidades de prolina em tecidos foliares, em até cinco vezes, quando comparadas às plantas-contro...

  20. Mutants of common bean alpha-amylase inhibitor-2 as an approach to investigate binding specificity to alpha-amylases Mutantes do inibidor-2 de alfa-amilase do feijão-comum para investigação da especificidade de ligação a alfa-amilases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Mattar da Silva

    2004-03-01

    Full Text Available Despite the presence of a family of defense proteins, Phaseolus vulgaris can be attacked by bruchid insects resulting in serious damage to stored grains. The two distinct active forms of a-amylase inhibitors, a-AI1 and a-AI2, in P. vulgaris show different specificity toward a-amylases. Zabrotes subfasciatus a-amylase is inhibited by a-AI2 but not by a-AI1. In contrast, porcine a-amylase is inhibited by a-AI1 but not by a-AI2. The objective of this work was to understand the molecular basis of the specificity of two inhibitors in P. vulgaris (a-AI1 and a-AI2 in relation to a-amylases. Mutants of a-AI2 were made and expressed in tobacco plants. The results showed that all the a-AI2 mutant inhibitors lost their activity against the insect a-amylases but none exhibited activity toward the mammalian a-amylase. The replacement of His33 of a-AI2 with the a-AI1-like sequence Ser-Tyr-Asn abolished inhibition of Z. subfasciatus a-amylase. From structural modeling, the conclusion is that the size and complexity of the amylase-inhibitor interface explain why mutation of the N-terminal loop and resultant abolition of Z. subfasciatus a-amylase inhibition are not accompanied by gain of inhibitory activity against porcine a-amylase.Apesar de possuir uma família de proteínas de defesa, o feijão-comum (Phaseolus vulgaris L. pode ser atacado por insetos bruquídeos causando sérios danos aos grãos armazenados. O P. vulgaris possui duas formas ativas de inibidores de a-amilases, denominadas a-AI1 e a-AI2, que apresentam diferentes especificidades em relação às a-amilases. A a-amilase de Zabrotes subfasciatus é inibida por a-AI2 mas não por a-AI1. Em contraste, a a-amilase pancreática de porco é inibida por a-AI1 mas não é por a-AI2. O objetivo deste trabalho foi entender as bases moleculares da especificidade desses inibidores em relação às a-amilases. Para tanto, foram construídos mutantes do a-AI2, os quais foram expressados em plantas de fumo

  1. Buva (Conyza bonariensis resistente ao glyphosate na região sul do Brasil Conyza bonariensis biotypes resistant to the glyphosate in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2007-09-01

    Full Text Available O glyphosate é um herbicida não-seletivo utilizado para controlar plantas daninhas há mais de 20 anos no Rio Grande do Sul. A buva (Conyza bonariensis é uma espécie daninha comum nos Estados da região Sul do Brasil e tradicionalmente controlada com uso de glyphosate. Entretanto, nos últimos anos plantas de buva têm apresentado poucos sintomas de toxicidade em resposta ao tratamento com glyphosate, sugerindo que estas plantas são resistentes ao herbicida. Assim, com o objetivo de avaliar a resposta de uma população de plantas de buva a glyphosate, foram realizados três experimentos: um em campo e dois em casa de vegetação. No experimento em campo, os tratamentos avaliados constaram de doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440, 2.880 e 5.760 g ha-1, e os herbicidas paraquat (400 g ha-1 e 2,4-D (1.005 g ha-1 foram empregados como produtos testemunhas, com diferentes mecanismos de ação nas plantas. No experimento em casa de vegetação os tratamentos constaram de doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440, 2.880 e 5.760 g ha-1, mais os herbicidas testemunhas, aplicados sobre plantas de um biótipo considerado resistente e de outro considerado sensível. No segundo experimento realizado em casa de vegetação, foram avaliados os tratamentos contendo glyphosate (720, 1.440 e 2.880 g ha-1, mais os herbicidas chlorimuron-ethyl (40 g ha-1, metsulfuron-methyl (4 g ha-1, 2,4-D (1.005 g ha-1, paraquat (400 g ha-1 e diuron + paraquat (200 + 400 g ha-1, bem como a testemunha sem tratamento herbicida. A toxicidade dos tratamentos herbicidas foi avaliada aos 7, 15 e 30 DAT (dias após tratamento. Os resultados obtidos nos experimentos em condições de campo e em casa de vegetação, de forma geral, evidenciam que o biótipo sensível é controlado pelo glyphosate e pelos demais herbicidas avaliados. Demonstram ainda que o biótipo resistente apresenta-se, igualmente ao biótipo sensível, altamente suscetível aos herbicidas

  2. CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS EM CANA SOCA COM HERBICIDAS APLICADOS EM PRÉ-EMERGÊNCIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SANDANIEL, Carlos Roberto

    2008-01-01

    Full Text Available In order to evaluate the effectiveness, the selectivity of herbicides, applied in pre-emergenceof sugarcane and productivity of sugar cane plantation, was conducted an experiment in Usina Helena Sugarand Alcohol S / A, located in Santa Helena de Goias - GO. The results gotten with treatments with herbicideshexazinone + clomazone 500 WP (2.5 kg ha-1, hexazinone + clomazone 500 WP (3.0 kg ha-1, sulfentrazone 500SC (1.8 L ha-1, clomazone ametrina EC + (6.0 L ha-1, clomazone (2.5 L ha-1 and sulfentrazone 500 SC (1.0 L ha-1+ clomazone (2.0 L ha-1, applied in pre-emergence of weeds and culture, demonstrated satisfactory selectivity to the sugar cane, causing no reduction in productivity stems or sugar (cana soca.Visando a avaliar a eficácia, a seletividade dos herbicidas, aplicados em pré-emergência de cana-socae a produtividade da cultura da cana-de-açúcar, foi realizado um experimento, na Usina Santa Helena de Açúcare Álcool S/A, localizada no município de Santa Helena de Goiás - GO. Os resultados obtidos com tratamentoscom herbicidas hexazinone + clomazone 500 WP (2,5 kg ha-1, hexazinone + clomazone 500 WP (3,0 kg ha-1,sulfentrazone 500 SC (1,8 L ha-1, clomazone + ametrina CE (6,0 L ha-1, clomazone (2,5 L ha-1 e sulfentrazone500 SC (1,0 L ha-1 + clomazone (2,0 L ha-1, aplicados em pré-emergência das plantas daninhas e da culturademonstraram seletividade satisfatória à cana-de-açúcar (cana-soca, não causando redução de produtividade de colmos ou de açúcar provável (cana-soca.

  3. Profilaxia das úlceras associadas ao estresse Prophylaxis of ulcers associated with stress

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Pompilio

    2010-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As úlceras da mucosa gastroduodenal que aparecem após graves insultos têm sido chamadas de úlceras associadas ao estresse ou, mais genericamente, de "doença mucosa associada ao estresse" (DMAE. São conhecidas desde a Antiguidade e apesar de relacionarem-se com altos índices de morbidade e mortalidade, esquemas de profilaxia no intuito de minimizar seus riscos, só foram introduzidos recentemente. Os inibidores da bomba de prótons têm desempenhado papel importante nesse cenário. MÉTODOS: O presente artigo é uma breve revisão sobre seu uso dentro do contexto clínico da profilaxia do sangramento gastrointestinal relacionado ao estresse.INTRODUCTION: Gastroduodenal mucosal ulcers that appear after severe insults have been called ulcers associated with stress or, more generally, "mucosal disease associated with stress" (DMAE. Are known since antiquity and although linked with high morbidity and mortality, prevention schemes in order to minimize their risk, were introduced only recently. The proton pump inhibitors have played an important role in this scenario. METHODS: This article is a brief review of its use within the clinical context of prophylaxis of gastrointestinal bleeding due to stress.

  4. AO Psc time keeping

    Science.gov (United States)

    Bonnardeau, Michel

    2015-07-01

    Eleven seasons, from 2004 to 2014, of photometric monitoring of the intermediate polar AO Psc are presented and are compared with previous observations. The spin up of the white dwarf is found to be slowing down. The amplitudes of the modulated and non-modulated components of the brightness are found to have undergone a major change in 2007.

  5. Absorção, translocação e metabolismo do glyphosate por plantas tolerantes e suscetíveis a este herbicida Absorption, translocation and metabolism of glyphosate by plants tolerant and susceptible to this herbicide

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2004-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar a absorção foliar, a translocação e o metabolismo do 14C-glyphosate pelas plantas daninhas Commelina benghalensis, Ipomoea grandifolia e Amaranthus hybridus. O glyphosate foi aplicado através de quatro gotas de 0,5 µL de uma solução contendo o produto comercial, na dose de campo de 720 g e.a. ha-1 em mistura com 14C-glyphosate, na face adaxial da segunda folha verdadeira das plantas estudadas. As avaliações foram feitas a 2, 4, 8, 12, 24, 48 e 72 horas após o tratamento com o herbicida (HAT para os estudos de absorção e translocação e 72 HAT para os estudos de metabolismo. Os resultados de absorção e translocação demonstraram que mais de 90% do glyphosate aplicado foi absorvido por A. hybridus até 72 HAT. A maior parte do herbicida permaneceu na folha tratada, com uma taxa de translocação em torno de 25% do glyphosate aplicado. Em I. grandifolia, 80% do herbicida foi absorvido até 72 HAT, porém houve menor translocação-somente 2,2; 3,5; e 4,6% de 14C glyphosate absorvido estava presente na parte aérea, no caule e na raiz. C. benghalensis apresentou uma taxa de absorção de 66% até 72 HAT, sendo, portanto, a penetração diferencial do herbicida glyphosate um provável mecanismo de tolerância desta planta daninha. Nessa avaliação, 39% do glyphosate estava presente na folha tratada e 15,2 e 11,6% na parte aérea e raiz, respectivamente. Nos estudos de metabolismo foi detectado o metabólito ácido aminometilfosfônico (AMPA apenas em C. benghalensis, sendo, portanto, o metabolismo diferencial um possível mecanismo de tolerância desta planta daninha. Os resultados obtidos nesta pesquisa permitem concluir que os mecanismos de tolerância de C. benghalensis ao glyphosate são a absorção diferencial e o metabolismo do herbicida pela planta daninha. Em I. grandifolia a tolerância ocorre devido a uma menor translocação do herbicida, não havendo evidências de metabolismo

  6. Rastreio virtual na descoberta de possíveis inibidores da 5 α-redutase

    OpenAIRE

    Sousa, Joana Filipa Monteiro de

    2013-01-01

    Dissertação de mestrado em Química Farmacêutica Industrial, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra A 5α-redutase é uma proteína microssomal, que converte a testosterona em dihidrotestosterona (DHT) um androgénio mais potente que tem como função induzir a diferenciação durante o desenvolvimento do feto que conduz ao desenvolvimento dos genitais externos masculinos. Quando ocorrem distúrbios no desempenho desta enzima, podem surgir distúrbios como o pseudo...

  7. FATORES INIBIDORES À IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO DO CONHECIMENTO EM UMA REDE VAREJISTA EM CAMPOS DOS GOYTACAZES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SILVA, A.P.

    2015-12-01

    Full Text Available Devido a mudanças ocorridas no cenário das organizações, faz-se necessário que as empresas inovem suas estratégias para lidar com o conhecimento que os gestores e colaboradores possuem, permitindo que as organizações identifiquem as melhores decisões a serem tomadas em relação à melhor estratégia. Segundo Cruz (2000, p. 11 “Gestão do Conhecimento é um conjunto constituído por métodos e tecnologias que têm por objetivo indicar condições para identificar, unificar, apanhar, reconstruir e compartilhar qualquer tipo de conhecimento que existe na organização”. “O conhecimento é criado apenas pelos indivíduos. Em outras palavras, uma organização não pode criar conhecimento por si mesmo, sem os indivíduos” (NONAKA E TAKEUCHI, 2009, P. 25. Para Davemport e Prusak (2003, p. 6,7 “O conhecimento procede da informação, da mesma forma que a informação procede de dados. Para que a informação se transforme em conhecimento, os seres humanos devem fazer potencialmente todo o trabalho”. “A criação do conhecimento organizacional deve ser entendido como um processo que “organizacionalmente” amplifica o conhecimento criado pelos indivíduos e o cristaliza no nível do grupo através do diálogo, discussão, compartilhar de experiência“. (NONAKA E TAKEUCHI, 2009, P.25. O presente artigo tem por finalidade analisar o comportamento dos gestores do segmento de varejo em relação ao tema gestão do conhecimento. A partir de conceitos abordados pela doutrina sobre o processo de tomada de decisão e da teoria sobre gestão do conhecimento, o artigo analisa assuntos relativos à explicitação do conhecimento tácito nas organizações e de sua socialização. O principal objetivo deste trabalho é analisar importância da gestão do conhecimento, os seus processos de criação armazenamento, compartilhamento e aplicação do conhecimento e sua influência no ambiente organizacional, é fazer uma análise buscando

  8. DVOKRATNA PRIMJENA SMANJENIH KOLIČINA HERBICIDA U ŠPINATU – PRINOS «MINOR USES» UPORABI

    OpenAIRE

    Žarković, Ana; Barić, Klara; Žutić, Ivanka; Ostojić, Zvonimir

    2008-01-01

    Tijekom 2005. godine na lokaciji u Šašinovečkom Lugu postavljen je pokus u usjevu špinata (Spinacea oleracea L.) sa svrhom provjere učinka dvokratne primjene smanjenih količina kombinacije herbicida na korove. Istražen je učinak sljedećih kombinacija herbicida: lenacil 640 g a.t./ha pre-em + (dezmedifam+fenmedifam+etofumesat 63+49+77 g a.t./ha) post-em; s-dimetenamid 576 g a.t./ha pre-em; (dezmedifam+fenmedifam 40+40 g a.t./ha)+ (dezmedifam+fenmedifam 56+56 g a.t./ha) post-em; (dezmedifam +fe...

  9. Investigação dos polimorfismos dos genes de polipeptídeos transportadores de ânions orgânicos (OATP) e a resposta ao tratamento com sinvastatina

    OpenAIRE

    Vinicius de Albuquerque Sortica

    2009-01-01

    A prevenção das doenças cardiovasculares é, atualmente, uma das principais metas para o cuidado com a saúde nos países ocidentais. Os inibidores da HMG CoA redutase (estatinas) são os fármacos mais utilizados para a prevenção das doenças cardiovasculares devido a sua eficácia em reduzir os níveis de colesterol e por serem bem tolerados durante o tratamento. Apesar de serem eficazes, existe uma grande variabilidade interindividual à resposta ao tratamento com estatinas. Parte dessa variação po...

  10. Seletividade dos herbicidas setoxidim, isoxaflutol e bentazon a espécies arbóreas nativas Selectivity of the herbicides sethoxydim, isoxaflutole and bentazon on native tree species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Henrique Santin Brancalion

    2009-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade de espécies nativas usadas em recuperação de áreas degradadas aos herbicidas setoxidim, isoxaflutol e bentazon. As espécies estudadas foram Senna multijuga, Guazuma ulmifolia e Croton urucurana. Os tratamentos de herbicida consistiram de uma testemunha (sem aplicação e aplicação de um quarto, metade, uma vez, duas vezes e quatro vezes a dose recomendada. As doses recomendadas são 184 g ha-1 de setoxidim, 37,5 g ha-1 de isoxaflutol e 720 g ha-1 de bentazon. Avaliaram-se os sintomas de fitotoxicidade, crescimento em altura, acréscimo no número de folhas e massa de matéria seca de folhas. Em outros experimentos, as doses recomendadas dos mesmos herbicidas foram aplicadas em outras 22 espécies arbóreas nativas, nas quais avaliou-se a massa de matéria seca de folhas. O delineamento experimental dos experimentos foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Cada parcela experimental se constituiu de uma muda em estádio inicial de desenvolvimento. Os herbicidas não provocaram a morte das mudas, embora todas tenham apresentado sintomas de fitotoxicidade. A aplicação de isoxaflutol reduziu a massa de matéria seca das folhas em 20% das espécies, a aplicação de bentazon, em uma espécie, e a aplicação de setoxidim não reduziu a massa de matéria seca das folhas de nenhuma espécie.The objective of this work was to evaluate the sensitivity of native tree species used in the recovery of degraded land to the herbicides sethoxydim, isoxaflutole and bentazon. The species studied were Senna multijuga, Guazuma ulmifolia and Croton urucurana, and the treatment applied comprised one control sample (no herbicides were applied and the application of the herbicides at one fourth, half, one, two and fourfold the recommended dose (sethoxydim: 184 g ha-1, isoxaflutole: 37.5 g ha-1, bentazon: 720 g ha-1. Phytotoxicity symptoms, growth in length, increase in leaf number, and leaf

  11. Qualidade química da água usada para aspersão e seu efeito na atividade do herbicida glifosato Chemical quality of water used for spraying and its effect on the herbicide action of glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Vargas

    1997-12-01

    Full Text Available Alguns herbicidas não-seletivos usados no sistema de semeadura direta (plantio direto podem ser parcialmente neutralizados pela água utilizada como veículo para aspersão. Isso pode ocorrer se o água empregada apresentar colóides orgânicos ou minerais em suspensão, os quais podem adsorver as moléculas dos herbicidas. O objetivo desse trabalho foi investigar o efeito de águas com diferentes origens e características químicas na atividade do herbicida glifosato. Os tratamentos foram formados por diversas águas minerais (Cuxambu, Da Guarda, Fonte Azul, Fontes de Belém, Fonte Ijuí. Fonte da Ilha, Itati, Minalba e Sarandi e água destilada, usada como veículo de aspersão acrescidas de 450 g/ha e. a. de glifosato, sendo a aveia-preta a espécie reagente. Como resultados, constatou-se que apenas aos I2 e 15 dias após tratamento (DAT ocorreram diferenças entre as águas, quando aquelas das marcas Da Guarda, Fonte Azul e Fonte Ijuí reduziram a atividade do glifosato em comparação às águas Fonte Sarandi, Itati e a destilada. Nas duas últimas avaliações (21 e 28 DAT nenhuma das águas minerais afetou o desempenho do glifosato em comparação com a água destilada, demonstrando assim. não existir efeitos negatives dessas águas minerais na atuação daquele herbicida.Some non-selective herbicides used in no-till system may be partially neutralized in water utilized as spray vehicle. This can occur if the water employed contains orgânic or mineral coloids in suspension, which may adsorb herbicide molecules. The objective of this research was to investigate the effect of water from diferent origins and chemical characteristics on glyphosate activity. Treatments consisted of various mineral pource waters (Caxambu, Da Guarda, Fonte Azul, Fontes de Belém, Fonte Ijuí, Fonte da Ilha, Itati, Minalba e Sarandi and also distitled water utilizing glyphosate rate of 450 g/ha a. e., that were applied over oat plants. Phytotoxicity loas

  12. Seletividade de herbicidas aplicados em pré-emergência da cultura da cana-de-açúcar (RB 867515 tratada com nematicidas Selectivity of herbicides applied on pre-emergence of nematicide-treated sugarcane crop (RB 867515

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.F. Barela

    2006-06-01

    Full Text Available A aplicação simultânea de duas ou mais classes de defensivos sobre uma cultura agrícola pode provocar toxicidade às plantas. Assim, conduziu-se um experimento com o objetivo de avaliar a seletividade de herbicidas à cultura da cana-de-açúcar (RB 867515, quando aplicados em condição de pré-emergência, em áreas previamente tratadas com nematicidas no sulco de plantio. O experimento foi desenvolvido em área comercial de produção de cana-de-açúcar, no município de Piracicaba - SP, entre abril de 2003 e julho de 2004. Os tratamentos resultaram da combinação entre nove fatores herbicidas e quatro fatores nematicidas. Os herbicidas usados no experimento foram: sulfentrazone, tebuthiuron, metribuzin, ametrina, diuron, clomazone, pendimethalin e diuron + hexazinone, além de uma testemunha capinada. Os nematicidas utilizados foram: carbofuran, terbufós, aldicarb e uma testemunha sem nematicida. Avaliou-se a fitotoxicidade das diferentes combinações aos 15, 30, 60 e 90 dias após a brotação, o rendimento (t ha-1 e os parâmetros tecnológicos qualitativos. Observou-se que a seletividade inicial dos herbicidas foi prejudicada em função da interação das diferentes classes de defensivos utilizadas. Os sintomas de fitotoxicidade foram agudos, e os casos mais evidentes se originaram da associação dos nematicidas com clomazone, pendimethalin e tebuthiuron. Contudo, os danos fitotóxicos não se refletiram em perdas significativas de rendimento ou de qualidade de colmos, fato esse que pode ter sido influenciado pela capacidade de recuperação de injúrias apresentada pela variedade RB 867515, pela ocorrência de altas infestações de nematóides ou pela elevada variabilidade experimental.Simultaneous applications of two or more classes of herbicides on a crop may promote ,totoxicity in the plants. Therefore, an experiment was conducted to evaluate herbicide selectivity in sugarcane, when applied under pre-emergence condition, in

  13. Eficácia de herbicidas em diferentes quantidades de palha de cana-de-açúcar no controle de Euphorbia heterophylla Efficacy of herbicides in different amounts of sugar cane straw on Euphorbia heterophylla control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2007-09-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de estudar o efeito de diferentes quantidades de palha de cana-de-açúcar, colhida sem queima prévia do canavial, sobre a eficácia de alguns herbicidas recomendados para esta cultura. O experimento foi conduzido em campo no Centro de Ciências Agrárias/UFSCar, em Araras, SP. Os tratamentos consistiram dos herbicidas trifloxysulfuron-sodium + ametryn (1.463 + 37 g i.a ha-1, imazapic (84 g i.a ha-1, imazapyr (200 g i.a ha-1, ¹diuron + hexazinone (1.170 + 330 g i.a ha-1 e ²diuron + hexazinone (1.330 + 160 g i.a ha-1 aplicados em pré-emergência de Euphorbia heterophylla e sobre cinco quantidades de palha de cana-de-açúcar (0, 5, 10, 15 e 20 t ha-1. A eficácia de controle das plantas daninhas foi avaliada aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação dos tratamentos (DAT. A palha (15 e 20 t ha-1 reduziu a população de E. heterophylla. À medida que se aumentou a quantidade de palha, houve redução na eficácia dos herbicidas; com 15 t ha-1 de palha, o controle foi considerado satisfatório (90% apenas para os tratamentos ¹diuron + hexazinone e trifloxysulfuron-sodium + ametryn. Com 20 t ha-1, nenhum herbicida foi eficaz; entretanto, a palha foi eficiente na supressão dessa espécie, verificando-se que o número de plantas emergidas foi menor mesmo na testemunha.This work aimed to study the effect of different amounts of sugar cane straw, collected unburned, on the efficacy of some herbicides recommended for this culture. The experiment was carried out in the field, at the Centro de Ciências Agrárias/UFSCar, Araras, SP. The treatments consisted of herbicides trifloxysulfuron-sodium + ametryn (1,463 + 37 g a.i ha-1, imazapic (84 g a.i ha-1, imazapyr (200 g a.i ha-1, diuron + hexazinone (1,170 + 330 g a.i ha ¹ and ²diuron + hexazinone (1,330 + 160 g a.i ha-1 applied in pre emergence of Euphorbia heterophylla and five increasing amounts of sugar cane straw ( 0, 5, 10, 15 and 20 t ha-1.Weed

  14. Criatividade Pessoal: Fatores Facilitadores e Inibidores Segundo Estudantes de Engenharia (Personal Creativity: Facilitating and Inhibiting Factors According to Engineering Students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice M. L. Soriano de Alencar

    2008-12-01

    Full Text Available ResumenEl objetivo de este estudio fue investigar la percepción de 64 estudiantes de ingeniería sobre los factores facilitadores e inhibidores de la expresión de la creatividad personal. Se utilizó la entrevista semiestructurada para la colección de datos. Preparación, incentivo, inteligencia y autoconfianza fueron los factores mas destacados como facilitadores de la expresión de la creatividad personal. Por otro lado, falta de flexibilidad, miedo de errores, y falta de motivación y de incentivo fueron los factores mas frecuentemente ilustrados como inhibidores. Para un número significativo de estudiantes hay barreras para la expresión de la creatividad, algunas más frecuentes entre mujeres y otras mas frecuentes entre hombres.AbstractThe objective of this study was to investigate the perception of 64 engineering students regarding facilitating and inhibiting factors in expressing personal creativity. The semi-structured interview was utilized for data gathering. Preparation, incentive, intelligence, and self-confidence were the factors most discussed as facilitators of expression of personal creativity. On the other hand, lack of flexibility, fear of making mistakes, lack of motivation and incentives were the factors most illustrated as inhibitors. A significant number of students expressed that there are barriers to expressing creativity, some more frequent among women, and some among men.ResumoEste estudo teve como objetivo investigar a percepção de 64 estudantes de Engenharia quanto a fatores facilitadores e inibidores à expressão da criatividade pessoal. Utilizou-se a entrevista semi-estrutura para a coleta de dados. Preparação, incentivo, inteligência e autoconfiança foram os fatores mais apontados como facilitadores à expressão da criatividade pessoal. Por outro lado, falta de flexibilidade, medo de errar e, falta de motivação e de incentivo foram os fatores mais freqüentemente apontados como inibidores. Para um n

  15. TOMATO LEAFMINER Scrabipalpuloides absoluta (MEYRICK CONTROL WITH A NEW PLANT DERIVED ECDISE INHIBITOR ENSAIO DE CONTROLE À TRAÇA DO TOMATEIRO Scrobipalpuloides absoluta (Meyrick COM NOVO INIBIDOR DE ECDISE DE ORIGEM VEGETAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Lopes da Silva

    2007-09-01

    Full Text Available

    A tomato leafminer Scrobipalpuloides absoluta control trial with a new insect growth regulator was carried out in Goiânia, Goiás State, Brazil. The azaradictin (Azatin 3% at 36, 42, and 48 g a.i./ha was compared to abamectin at 14.4 g a.i./ha, Cartap at 480 g a.i./ha, and a witness with no insecticide control. Data showed that Azatin 3% at the levels tested did not efficiently control the tomato S. absoluta.

    KEY-WORDS: Scrobipalpuloides absoluta; tomato leafminer; control.

    Foi realizado, em Goiânia - GO, 1994, um ensaio de campo visando ao controle da traça do tomateiro Scrobipalpuloides absoluta (Meyrick, utilizando um novo inibidor de ecdise de origem vegetal. O azaradictin (Azatin 3% nas dosagens de 36, 42 e 48g de ingrediente ativo/ha, foi comparado com abamectin na dosagem de 14,4g de ingrediente ativo/ha, Cartap na dosagem de 480 g de ingrediente ativo/ha e uma testemunha sem inseticida. Pelos resultados obtidos concluiu-se que o Azatin 3%, nas dosagens utilizadas, não controlou eficientemente a praga S. absoluta sobre tomateiro.

    PALAVRAS-CHAVE: Traça do tomateiro; Scrobipalpuloides absoluta; controle.

  16. Inibidor de nitrificação e aplicação parcelada de dejetos de suínos nas culturas do milho e trigo Nitrification inhibitor and split applications of pig slurry to corn and wheat

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janquieli Schirmann

    2013-02-01

    Full Text Available Nas áreas com produção intensiva de suínos, os dejetos líquidos dos animais constituem importante fonte de nitrogênio (N às culturas; entretanto, esses dejetos são uma das principais causas de poluição do solo, do ar e da água. É preciso buscar estratégias que reduzam as perdas de N desse resíduo orgânico para o ambiente e que melhorem a sua eficiência agronômica, relativa ao fornecimento de N às culturas comerciais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do uso de inibidor de nitrificação (IN e da aplicação parcelada de dejetos líquidos de suínos (Dls sobre o acúmulo de N e a produtividade de milho e trigo em plantio direto. Os tratamentos avaliados constaram da aplicação da dose recomendada de Dls em aplicação única e parcelada (1/3 em pré-semeadura e 2/3 em cobertura, com e sem IN. Além desses quatro tratamentos, foi avaliado um tratamento com adubação mineral (NPK recomendada ao milho e ao trigo e outro sem IN e sem fertilizantes (testemunha. O IN, à base de dicianodiamida (DCD, foi misturado aos dejetos na dose de 7 kg ha-1. A aplicação de Dls, em dose única ou parcelada, aumentou o acúmulo de N e a produtividade de milho e trigo, proporcionando resultados similares aos observados com a adubação mineral recomendada às duas culturas. As estratégias de parcelar a dose recomendada de Dls ao milho e ao trigo e de usar a DCD para inibir a nitrificação não influenciaram o acúmulo de N e a produtividade do milho e trigo em plantio direto.In areas of intensive pig production, pig slurry is used as an important nitrogen (N source of crops, but is also a major cause of soil, air and water pollution. Strategies are required to reduce N losses from this organic material to the environment and to improve the agronomic efficiency as plant N source. The purpose of this study was to evaluate the effect of the use of a nitrification inhibitor (NI and the split application of pig slurry (PS on N

  17. Inibidores de fosfodiesterases: novas perspectivas de uma antiga terapia na asma? Phosphodiesterase inhibitors: new perspectives on an old therapy for asthma?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hisbello Campos

    2003-12-01

    Full Text Available A asma é uma doença inflamatória crônica com níveis variados de obstrução ao fluxo aéreo e diferentes formas de apresentação. Seu tratamento vem sendo modificado com a evolução do conhecimento sobre sua patogenia. A inflamação das vias aéreas, que é modulada por determinantes genéticos e ambientais, resulta na alteração definitiva da arquitetura da via aérea (remodelamento. O padrão inflamatório da asma é de natureza multicelular, envolvendo mastócitos, neutrófilos, eosinófilos, linfócitos T, células musculares e epiteliais. Diversas citocinas e quimiocinas contribuem para a orquestração do processo inflamatório. O reconhecimento do papel crítico da inflamação, que está associada à gravidade da doença, vem direcionando o eixo do tratamento para a prevenção ou para o bloqueio das alterações inflamatórias. Nesse sentido, além dos agentes beta2-adrenérgicos, da teofilina e dos corticosteróides, novos fármacos vêm sendo estudados. Dentre eles, os inibidores específicos de fosfodiesterases vêm apresentando resultados promissores. A partir dos resultados obtidos com a segunda geração dessas substâncias, pode-se imaginar que, em breve, elas representarão uma nova opção para o tratamento da asma.Asthma is a chronic inflammatory disease characterized by varying degrees of airflow obstruction and diverse clinical manifestations. As knowledge of asthma pathogenesis has increased, treatment has evolved. Airway inflammation, modulated by genetic and environmental factors, results in altered airway architecture (airway remodeling. Inflammation in asthma is typically multicellular in nature, involving mast cells, neutrophils, eosinophils, and T lymphocytes, as well as muscle and epithelial cells. Various cytokines and chemokines play roles in orchestrating the inflammatory process. Recognition of the critical role played by airway inflammation, which is an indicator of the degree of asthma severity, has

  18. Terapia com inibidor da ECA com dosagens relativamente altas e risco de agravamento renal na insuficiência cardíaca crônica ACE-inhibitor therapy at relatively high doses and risk of renal worsening in chronic heart failure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato De Vecchis

    2011-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O efeito renoprotetor dos inibidores da ECA vem sendo questionado no caso de diminuição do volume circulante efetivo, como na insuficiência cardíaca crônica direita ou biventricular. Objetivo: Detectar os preditores clínicos de agravamento renal na população de pacientes com ICC, caracterizado por dois tipos de regime de dosagem de inibidores da ECA. MÉTODOS: De acordo com um desenho de coorte retrospectiva, seguimos dois grupos de pacientes com ICC - tanto direita quanto biventricular -, todos na classe III da NYHA, tratados com inibidores da ECA (enalapril ou lisinopril, e com fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE 10 mg por dia de enalapril ou lisinopril. A disfunção renal agravada (ARD foi definida pelo aumento de Cr > 30% com relação ao segmento basal. O modelo de risco proporcional de Cox foi utilizado para identificar os preditores da ARD entre as seguintes variáveis: os inibidores da ECA com "alta" dosagem, idade, FEVE basal, histórico de repetidas terapias intensivas com diuréticos de alça por via intravenosa (diurético intravenoso, diabete, Cr basal, histórico de hipertensão, pressão arterial sistólica BACKGROUND: Renoprotective effect of ACE-inhibitors has been questioned in case of decreased effective circulating volume, like in right or biventricular chronic heart failure. OBJECTIVE: To detect clinical predictors of renal worsening in CHF patient population characterized by two types of ACE-inhibitor dosing regimens. METHODS: According to a retrospective cohort design, we followed 2 groups of patients with CHF - whether right or biventricular -, all in III NYHA class treated with ACE-inhibitors (enalapril or lisinopril, and with left ventricular ejection fraction (LVEF 10 mg per day of enalapril or lisinopril. Worsened renal failure (ARD was defined by Cr increase >30% from baseline. Cox proportional hazards model was used to identify the predictors of ARD among the following variables

  19. Toxicidad en peces de herbicidas formulados con glifosato Toxicity in fishes of herbicides formulated with glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Alvarez

    2012-07-01

    Full Text Available En nuestro país existe una gran extensión de hectáreas cultivadas con soja transgénica, la misma ha sido modificada genéticamente para soportar la acción de un herbicida denominado glifosato. Debido a la gran cantidad de formulaciones comerciales que incluyen glifosato es de importancia analizar el impacto ambiental producido por éstas. La evaluacion de la toxicidad aguda de dos herbicidas comerciales formulados con glifosato y de una solución del mismo; frente a peces de la especie Poecilia reticulata "lebistes" acusa que una de las soluciones produce mortalidad del 100 % de los especimenes a 100 μl/l (equivalente a 48 mg/l de principio activo; la otra a 50 μl/l (equivalente a 24 mg/l de principio activo y la solución formulada con glifosato puro no produce mortalidad aún a concentraciones de 400 mg/l. Utilizando dosis sub letales en función de los datos obtenidos en el ensayo de toxicidad aguda se determinó que a largo plazo especimenes de Cyprinus carpio haematopterus "carpa koi", manifestaron severas alteraciones hematológicas principalmente frente a una de las formulaciones evaluadas.Nowadays, transgenic soya, modified in order to withstand the impact of the herbicide glyphosate, in one of the main crops grown in Argentina. Due to the large number of commercial formulations that include this drug, is important to analyze both, the acute and chronic environmental impact that they cause. Here the acute toxicity of two commercial herbicides glyphosatebased toward the fish Poecilia reticulate "guppy" was evaluated and compared with pure glyphosate solutions. Interestingly, while commercial herbicides formulations induce a 100% of mortality at concentration ranged between 50 and 100 μl/l, the pure glyphosathe does not present mortality even at doses higher than 400 mg/l. When some long term effects toward Cyprinus carpio haematopterus "koi" were determined by using the sub-lethal doses already calculated it was demonstrated that

  20. Factibilidad técnica de la utilización de cobertura vegetal en papaya (Carica papaya L. mediante la aplicación localizada de herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Bogantes

    2004-01-01

    Full Text Available Factibilidad técnica de la utilización de cobertura vegetal en papaya (Carica papaya L. mediante la aplicación localizada de herbicidas. Se estudió la factibilidad de utilizar cobertura vegetal en papaya (Carica papaya L. bajo un sistema de siembra sobre lomillos. El objetivo fue establecer un área libre de malezas sobre el lomillo para permitir la colocación del fertilizante cerca del sistema radical de la papaya. Se evaluó el control de malezas de cuatro herbicidas (gifosato, oxifluorfen, pendimetalina y acetaclor sobre especies de hoja ancha, poáceas y ciperáceas, así como el posible daño de los herbicidas al cultivo y su efecto sobre el crecimiento y rendimiento de las plantas de papaya. El herbicida glifosato fue eficiente en el control de poáceas pero no contra hojas anchas. Se obtuvo muy buen control general de malezas hasta los 90 después de la aplicación con los tratamientos preemergentes oxifluorfen+pendimetalina y acetaclor. Los dos primeros herbicidas afectaron levemente las plantas de papaya cuando se aplicaron a los 10 días después de la siembra. El acetaclor no causó daño en las plantas de papaya en ninguna de las aplicaciones. No hubo diferencias entre los tratamientos con respecto a las variables de crecimiento y rendimiento del cultivo.

  1. AO Group Annual Report

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Olivier, S

    2005-10-04

    The Adaptive Optics (AO) Group in I Division develops and tests a broad range of advanced wavefront control technologies. Current applications focus on: Remote sensing, High power lasers, Astronomy, and Human vision. In the area of remote sensing, the AO Group leads a collaborative effort with LLNL's Nonproliferation, Arms Control & International Security (NAI) Directorate on Enhanced Surveillance Imaging. The ability to detect and identify individual people or vehicles from long-range is an important requirement for proliferation detection and homeland security. High-resolution imaging along horizontal paths through the atmosphere is limited by turbulence, which blurs and distorts the image. For ranges over {approx}one km, visible image resolution can be reduced by over an order of magnitude. We have developed an approach based on speckle imaging that can correct the turbulence-induced blurring and provide high resolution imagery. The system records a series of short exposure images which freeze the atmospheric effects. We can then estimate the image magnitude and phase using a bispectral estimation algorithm which cancels the atmospheric effects while maintaining object information at the diffraction limit of the imaging system.

  2. Controle de dez espécies daninhas em cana-de-açúcar com o herbicida mesotrione em mistura com ametryn e metribuzin Control of ten weed species in sugarcane using mesotrione mixed with ametryn and metribuzin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.T. Carvalho

    2010-01-01

    Full Text Available Existem muitas opções de herbicidas para aplicações em pré-emergência em cana-de-açúcar, mas o grande desafio atual para a cultura é o controle pós-emergente. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia do herbicida mesotrione em mistura com ametryn e metribuzin no controle em pós-emergência de 10 espécies daninhas semeadas em cana-de-açúcar, variedade RB 86-7515. As espécies daninhas selecionadas para o experimento foram: Brachiaria decumbens, Brachiaria plantaginea, Cenchrus echinatus, Digitaria horizontalis, Panicum maximum, Amaranthus deflexus, Bidens pilosa, Euphorbia heterophylla, Ipomoea nil e Sida glaziovii, semeadas nas entrelinhas após a emergência da cultura. Os herbicidas foram aplicados aos 45 dias após o plantio da cana-de-açúcar, com as plantas daninhas monocotiledôneas na fase de terceiro perfilho e as dicotiledôneas com três a quatro pares de folhas, e constaram dos seguintes tratamentos: mesotrione (120 g ha-1; ametryn (2.000 g ha-1; metribuzin (1.920 g ha-1; mesotrione + ametryn (120 g + 2.000 g ha-1; mesotrione + metribuzin (120 g + 1920 g ha-1 e testemunhas no mato e no limpo. Concluiu-se que os herbicidas isolados ou em mistura foram seletivos à cana-de-açúcar. Com relação à eficácia, observou-se que o herbicida mesotrione foi eficiente no controle de A. deflexus; ametryn, no controle de A. deflexus, B. pilosa e I. nil; metribuzin, no controle de A. deflexus, B. pilosa e S. glaziovii; mesotrione + ametryn, no controle de B. decumbens, B. plantaginea, D. horizontalis, P. maximum, A. deflexus, B. pilosa, I. nil e S. glaziovii; e mesotrione + metribuzin, no controle de B. plantaginea, D. horizontalis, P. maximum, A. deflexus, B. pilosa e S. glaziovii. Foi constatado elevado efeito sinergístico do mesotrione com os herbicidas testados, sendo o efeito mais pronunciado na mistura com o ametryn.There are many herbicide application options for sugarcane pre-emergence but, currently, post

  3. Avaliação de diferentes herbicidas para erradicação química de coqueiros infectados com resinose Herbicide selection for chemical eradication of coconut palms infected with stem-bleeding

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.R. Fontes

    2009-01-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho selecionar herbicidas que possam ser utilizados na erradicação química de coqueiros infectados com resinose. O experimento foi instalado no município de Neópolis - SE, no período de junho a julho de 2007. Utilizou-se uma população de coqueiros da variedade anão-verde, implantada há 11 anos. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em parcelas subdivididas no tempo, com cinco repetições (cada unidade experimental foi composta por um coqueiro infectado. Os tratamentos foram formados pela combinação de dez tratamentos herbicidas {MSMA (36 g por planta; glyphosate (18 g por planta; paraquat (10 g por planta; [2,4-D + picloram] (18 + 1,125 g por planta; [2,4-D + picloram] + paraquat ([9 + 0,5625] + 5 g por planta; MSMA + glyphosate (18 + 9 g por planta; MSMA + paraquat (18 + 5 g por planta; glyphosate + paraquat (9 + 5 g por planta; [2,4-D + picloram] + MSMA ([9 + 0,5625] + 18 g por planta; tratamento controle (testemunha sem aplicação} e de quatro épocas de avaliação (7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação dos tratamentos herbicidas. Os herbicidas foram injetados no estipe dos coqueiros em um furo de 25 cm de profundidade, 5 cm de diâmetro e inclinação de 45º, localizado a 1,0 m de altura. A aplicação foi realizada por intermédio de uma seringa graduada, imediatamente após a abertura dos furos, sendo os herbicidas aplicados sem diluição. Foram realizadas quatro avaliações da dessecação dos coqueiros, aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação dos tratamentos (DAA. O herbicida MSMA foi o que resultou na dessecação mais rápida dos coqueiros doentes, além de promover a morte de todas as plantas avaliadas, sendo por isso o tratamento mais indicado na continuação dos estudos visando à proposição de uma técnica para a erradicação química de coqueiros infectados com resinose.The objective of this work was to select herbicides that can be used to chemically

  4. Biologia e resistência a herbicidas de espécies do gênero Conyza / Biology and herbicide resistance of Conyza species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Mitsuo Yamashita

    2011-08-01

    Full Text Available Buva é o nome popular de plantas daninhas do gênero Conyza pertencentes à família Asteraceae e representadas no Brasil particularmente por duas espécies Conyza canadensis e Conyza bonariensis. Ambas infestam áreas de cultivo agrícola, além de campos, áreas de pastagem e áreas não-cultivadas. Suas características biológicas como a produção de grande quantidade de sementes viáveis, capacidade em se desenvolver sob palhada e dispersão a longas distâncias, tornam-se importantes infestantes em áreas de cultivo, especialmente em sistema de semeadura direta (SSD. Com essa prática, visando à manutenção da cobertura vegetal e o não revolvimento do solo, o manejo de plantas daninhas se limitou ao controle químico. Essas duas espécies, adaptadas às características de SSD, sofreram pressão de seleção devido à intensa e repetida utilização dos mesmos herbicidas, surgindo e se multiplicando biótipos resistentes a diversos ingredientes ativos. O conhecimento da ecofisiologia das espécies permite o desenvolvimento e implantação de práticas culturais adequadas para reduzir os efeitos negativos da infestação cada vez maior de Conyza. Dada à importância dessas espécies nos agroecossistemas, e a necessidade de informações sobre a sua biologia germinativa, objetivou-se nesta revisão, descrever as características morfo-fisiológicas dessas espécies, além de relatar o desenvolvimento da resistência a herbicidas.AbstractHorseweed is the popular name of weeds belonging to Asteraceae family and represented in Brazil, particularly by two species: Conyza canadensis and Conyza bonariensis. Both species infest areas of agricultural crop, besides fields, pasture and no-cultivated areas. Their biological characteristics as the production of great amount of viable seeds, ability in develop under straw and dispersion over long distances make them important in the no till system. Due to the practice of maintenance of the

  5. TOXICIDAD DE HERBICIDAS PROMISORIOS PARA EL CONTROL DE Dieffenbachia oerstedii EN HIJOS DE BANANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Steven Brenes-Prendas

    2012-01-01

    Full Text Available Entre los meses de agosto a diciembre del 2006, se evaluó la toxicidad potencial y el efecto sobre el crecimiento de hijos espada de banano, bajo seis tratamientos herbicidas para el control de sainillo: testigo absoluto (T1, carfentrazone + surfactante (T2, glifosato + surfactante (T3, glifosato + carfentrazone + surfactante (T4, glifosato + sulfato de amonio + surfactante (T5 y metsulfuron metil + carfentrazone + surfactante (T6. Se utilizó un diseño irrestricto al azar con 20 repeticiones, para un total de 120 hijos. El tratamiento con metsulfuron metil afectó el crecimiento de los hijos espada, causando la muerte de algunos de ellos, mientras que el glifosato + carfentrazone + surfactante no afectó a los hijos espada y no se diferenció del testigo. Se confi rma el potencial del tratamiento glifosato + carfentrazone como alternativa para el control del sainillo en plantaciones comerciales de banano, pues provee un control aceptable de la maleza con selectividad a los hijos espada del cutlivo.

  6. Eficiência fotossintética e consumo de água de Ipomoea triloba após aplicação de herbicidas Photosynthetic efficiency and water consumption of Ipomoea triloba after herbicide application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Araldi

    2012-09-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a fluorescência através da taxa de transporte de elétrons, consumo de água e intoxicação de plantas de Ipomoea triloba após aplicação de quatro herbicidas de diferentes mecanismos de ação. Os herbicidas aplicados foram: glyphosate, haloxyfop-methyl, diuron e amicarbazone. A aplicação foi feita com auxílio de um pulverizador estacionário instalado em laboratório; após a aplicação dos tratamentos, as plantas foram mantidas em casa de vegetação. Foi avaliada a taxa de transporte de elétrons (ETR, o consumo de água e a intoxicação das plantas em vários períodos após o início do experimento. Os dados de ETR e fitointoxicação foram expressos em porcentagem da testemunha e submetidos à análise de variância e à comparação das médias. Quanto ao consumo de água, os dados foram acumulados e ajustados por modelos de regressão. Assim, pode-se dizer que o fluorômetro é uma ferramenta adequada para verificar a intoxicação antecipada em plantas de I. triloba tratadas com os herbicidas amicarbazone e diuron, visto que a inibição da ETR foi verificada antes de qualquer intoxicação visual sofrida por essas plantas; o consumo de água está relacionado diretamente com o transporte de elétrons, com exceção das plantas submetidas ao haloxyfop-methyl, que não sofreram interferência no transporte de elétrons, mas reduziram o consumo de água.This work was carried out to evaluate fluorescence through electron transport rate (ETR, water consumption and intoxication of Ipomoea triloba after application of four herbicides with different mechanisms of action. The herbicides glyphosate, haloxyfop-methyl, diuron, and amicarbazone were applied using a stationary sprayer installed in the laboratory. After application, the plants were kept under greenhouse conditions. Electron transport rate, water consumption and plant intoxication were evaluated at various periods

  7. Efficiency of herbicides applied in post-emergence in maize and Urochloa brizantha cv. Marandu intercropping = Eficiência de herbicidas aplicados em pós-emergência em milho consorciado com Urochloa brizantha cv. Marandu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Nogueira Rezende

    2014-12-01

    Full Text Available - In the Cerrado region the consortium between corn and forage grass has been widely used aiming at establishment or renovation of pasture. The efficiency of the consortium can be obtained by suppression of competition between species consorts with the use of reduced doses of selective herbicides to corn. The objective of this study was to test different herbicides applied postemergence on growth performance of maize and Urochloa brizantha cv. Marandu intercropping. The randomized block design was used with four replicates. The treatments tested were tembotrione (42 g ha-1, tembotrione+atrazine (42+1,500 g ha-1, respectively, tembotrione+bentazon (42+720 g ha-1, respectively, atrazine+nicosulfuron (4+1,500 g ha-1 and 8+1,500 g ha-1, respectively, nicosulfuron+bentazon (4+720 g ha-1 and 8+720 g ha-1, respectively, atrazine (3,000 g ha-1 and bentazon (960 g ha-1 and two witnesses (weeded and no hoed. Herbicides contributed to weed suppression, mainly dicotyledonous, in evaluations corn harvest. The tembotrione and nicosulfuron associated with atrazine and bentazon herbicides reduced forage yield, without affecting the leaf:stem ratio. As for the grain yield of maize not differences between statistical methods of weed control were observed. However, reduction in the yield of corn and palisade grass, when subjected to live with the weed infestation. = - O consórcio entre a cultura do milho e espécies forrageiras tem sido amplamente utilizado na região do Cerrado visando à formação ou renovação de pastagens. A eficiência do consórcio pode ser obtida pela supressão da competição entre as espécies consorciadas com o uso de doses reduzidas de herbicidas seletivos à cultura do milho. Objetivou-se com este trabalho avaliar diferentes herbicidas aplicados em pós-emergência no desempenho produtivo do consórcio entre o milho e o capim-marandu (Urochloa brizantha cv. Marandu. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com 11 tratamentos

  8. Carta ao Leitor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Equipe Editorial RMCEAD

    2015-06-01

    Full Text Available Aos Leitores Caríssimos leitores, Com grande entusiasmo, apresentamos a mais nova edição da Revista Multitexto do CEAD/Unimontes. Esta edição conta com 12 novos trabalhos que, sob um prisma transdisciplinar de reflexões, tecem suas leituras e arranjos metodológicos incidindo sobre as ciências e a realidade, seu teor e proposta. Trata-se de artigos originais e de revisão que promovem um diálogo aberto com o mundo contemporâneo. O estado da arte de diversas linhas temáticas foram selecionados para que a comunidade científica possa celebrar o conhecimento dispensado nas páginas materiais e virtuais desse periódico em crescimento. Em seu terceiro ano de experiências em coligir e abrigar estudos de recorte interdisciplinar, com enfoque especial ao rol de temáticas da Educação a Distância, a Revista Multitexto adquire mais entusiasmo. Entusiasmo para se debruçar sobre textos que se expandem sobre o cotidiano e integram os caminhos acadêmicos aos caminhos da vida. Você será capaz de imergir em pesquisas e perspectivas que celebram o conhecimento como ferramenta de transformação da realidade. E, como costumeiro deste periódico, equipe editorial e instituição, trata-se da celebração de uma paixão inveterada pelo conhecimento. A jornada deste periódico caminha para a maturação de seus autos e de motivações originárias. É cada vez mais seguro o ensejo pela pesquisa nesta instituição de salvaguarda e é cada vez mais expressivo o esforço conjunto para que o conhecimento através de múltiplos textos – como propõe a denominação deste periódico – transpasse a realidade com frutos e benefícios amplos. Aprecie as colaborações da presente edição e junte-se neste tráfego do conhecimento, no qual o mundo hoje se move. Com grande estima, Equipe Editorial

  9. Endonuclease com incompatibilidade heteroduplex para detectar mutação e variações genéticas de inibidores da tripsina em soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gordana Petrovi?

    2014-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a variação genética do inibidor de tripsina em variedades cultivadas (Glycine max e silvestres (Glycine soja de soja. Foram avaliadas as variações genéticas do inibidor de tripsina Kunitz, representado pela proteína 21-kDa (KTI, e do inibidor de tripsina-quimotripsina Bowman-Birk (BBI, em variedades de soja cultivadas (G. max e selvagens (G. soja. Ensaios de clivagem foram feitos com endonuclease de incompatibilidade heteroduplex, para a detectar mutações no gene de KTI, com uma única nuclease específica de cadeia simples, obtida a partir de extractos de aipo (CEL I. As variedades de soja estudadas apresentaram baixo nível de variação genética em KTI e BBI. A análise por PCR -RFLP dividiu o BBI-A em A1 e A2 e mostrou que o Tib do KTI é o tipo dominante. A digestão com enzimas de restrição não foi capaz de detectar diferenças entre os tipos de ti-null e outros alelos Ti, enquanto o ensaio com endonucleases com incompatibilidade heteroduplex com CEL I pôde detectar o tipo ti-null. O método de digestão com CEL I fornece uma ferramenta genética simples e útil para a análise de SNP. O método apresentado pode ser utilizado como ferramenta para a triagem rápida e útil de genótipos desejáveis em futuros programas de melhoramento de soja.

  10. Inibidores de tirosino quinase na leucemia mieloide crônica Tyrosine kinase inhibitors in chronic myeloid leukemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nei R. Lopes

    2009-01-01

    Full Text Available A leucemia mieloide crônica (LMC é uma neoplasia da medula óssea originada da translocação entre os cromossomos 9 e 22 t(9:22(q34;11 e forma o gene híbrido BCR-ABL, que possui intensa atividade tirosino quinase, sendo responsável pela proliferação das células tumorais. Um grande avanço no tratamento da LMC foi conquistado com o surgimento dos inibidores da tirosino quinase, entre eles o imatinibe, que vem demonstrando ser efetivo na maior parte dos pacientes com LMC por apresentar respostas duradouras. Entretanto, há pacientes resistentes ou que desenvolvem resistência durante o tratamento com esta droga; sendo assim, inibidores de tirosino quinase de segunda geração, como o dasatinibe e o nilotinibe, foram desenvolvidos apresentando maior potência com a finalidade de diminuir a chance de desenvolvimento de resistência. O bosutinibe e o INNO-406 estão sendo estudados para atender pacientes resistentes às drogas anteriormente citadas e também com a finalidade de diminuir efeitos colaterais das mesmas; entretanto, eles ainda estão em fase clínica de estudo. Há ainda outras drogas inibidoras da tirosino quinase que estão em desenvolvimento na fase clínica ou pré-clínica. A partir do desenvolvimento destas novas drogas, múltiplas opções de tratamento para os pacientes com LMC poderão ser propostas, podendo, desta forma, individualizar o tratamento de acordo com o que cada paciente necessita. Este estudo visa descrever as drogas antineoplásicas que têm como mecanismo de ação a inibição da enzima tirosino quinase na LMC.Chronic myeloid leukemia (CML is a neoplastic transformation of the hematopoietic system resulting from a t(9;22(q34;q11 translocation forming a BCR-ABL hybrid gene which has intense enzyme tyrosine kinase activity responsible for the proliferation of tumor cells. A dramatic positive response was achieved in CML patients with imatinib. This drug is effective in most patients because it presents long

  11. Impacto do cultivo da soja resistente ao glyphosate sobre artrópodes e componentes de produção da cultura

    OpenAIRE

    Pereira,Jardel Lopes

    2009-01-01

    A área mundial cultivada com plantas transgênicas atingiu, em 2008, 125 milhões de hectares, sendo que a soja resistente ao glyphosate ocupou 53% desta área. A rápida aceitação desta tecnologia deveu-se a sua alta eficiência, baixo custo e facilidade de adoção. Todavia, o uso abusivo de um herbicida de largo espectro de ação causa impactos diretos e indiretos. O impacto direto é provocado pelo cultivo da soja transgênica com a inserção do gene de resistência ao glyphosate (CP4 EPSPS) da estir...

  12. Efeito do uso da tadalafila, inibidor da fosfodiesterase tipo 5, na isquemia-reperfusão renal : estudo experimental em suínos

    OpenAIRE

    Cláudio Miguel Pinto Morales

    2010-01-01

    Objetivo: Avaliar os efeitos da tadalafila, um inibidor da fosfodiesterase tipo 5, nos valores teciduais renais de malondialdeído (produto da lipoperoxidação celular), nos níveis séricos de uréia e creatinina e na histologia renal em suínos submetidos à isquemia-reperfusão renal em rim único. Material e métodos: Doze suínos Large-White foram submetidos à uninefrectomia seguida por isquemia-reperfusão renal contralateral e separados aleatoriamente em dois grupos com ou sem tratamento com tadal...

  13. Uso de inibidores das histonas deacetilases na transferência nuclear de células somáticas em bovinos

    OpenAIRE

    2016-01-01

    A clonagem de mamíferos por transferência nuclear de células somáticas (TNCS) ainda é afetada pela baixa eficiência. As modificações epigenéticas estabelecidas durante o processo de diferenciação celular estão entre os principais fatores. Uma vez que estas modificações atuam como barreiras epigenéticas restringindo a reprogramação do núcleo somático. Considerando isso, a maioria dos fatores que promovem a descondensação da cromatina, incluindo os inibidores das Histonas Deacetilases (HDACis),...

  14. Potencial de uso dos herbicidas chlorimuron-ethyl, imazethapyr e cloransulam-methyl na cultura do feijão Potential use of chlorimuron-ethyl, imazethapyr and cloransulam-methyl in common bean crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.O. Procopio

    2009-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a seletividade dos herbicidas chlorimuron-ethyl, imazethapyr e cloransulam-methyl, aplicados em associação com o herbicida fomesafen, a dez cultivares de feijão. O experimento foi conduzido no município de Rio Verde-GO, no plantio das águas, na safra de 2005/2006. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, com três repetições, sendo o fator da parcela principal os tratamentos com herbicidas [fomesafen (225 g ha-1 ; fomesafen (225 g ha-1 + chlorimuron-ethyl (7,5 g ha-1 ; fomesafen (225 g ha-1 + imazethapyr (50 g ha-1; fomesafen (225 g ha-1 + cloransulam-methyl (30,24 g ha-1; e testemunha sem herbicida]; e o da subparcela, os cultivares (BRS Grafite, BRS Horizonte, Pérola, BRS Pitanga, BRS Pontal, BRS Requinte, BRS Supremo, BRS Timbó, BRS Valente e BRS Vereda. As parcelas foram mantidas capinadas, para que não houvesse interferência das plantas daninhas. Os tratamentos com herbicidas foram fitotóxicos; todavia, de forma geral, os sintomas mais severos foram verificados no tratamento que continha chlorimuron-ethyl. A associação de fomesafen com chlorimuron-ethyl provocou as maiores reduções na altura das plantas e no acúmulo de massa da parte aérea das plantas secas, além de prolongar o ciclo de maturação de todos os cultivares. A aplicação isolada de fomesafen reduziu a produtividade de grãos dos cultivares BRS Timbó e BRS Vereda. Quando se adicionou o imazethapyr ao fomesafen, observou-se redução na produtividade dos cultivares BRS Supremo, BRS Timbó e BRS Vereda. A adição de cloransulam-methyl, além de reduzir a produtividade desses três cultivares, também diminuiu a produtividade do cultivar BRS Requinte. Os cultivares Pérola, BRS Pitanga, BRS Pontal e BRS Valente não tiveram suas produtividades reduzidas pela mistura chlorimuron-ethyl + fomesafen. O imazethapyr mostrou potencial para ser utilizado na cultura do feij

  15. Efeito da cobertura morta de milheto (Pennisetum americanum) sobre a eficácia do herbicida metribuzin no controle de Ipomoea grandifolia e Sida rhombifolia

    OpenAIRE

    Godoy,M.C.; D.K. Meschede; C.A Carbonari; Correia, M. R.; E.D Velini

    2007-01-01

    Com o objetivo de avaliar a eficácia do metribuzin (480 g i.a. ha-1) associado à palha de milheto no controle de Ipomoea grandifolia e Sida rhombifolia, foram realizados dois experimentos em casa de vegetação. No primeiro, os tratamentos constituíram-se de diferentes posicionamentos do herbicida, aplicado sobre e sob a palha em diferentes condições de umidade. No segundo, foram estudados diferentes períodos de permanência (0, 7, 14 e 21 dias) do herbicida sobre a palha de milheto antes da oco...

  16. Purificação, caracterização e avaliação da atividade antiproliferativa de um inibidor de quimotripsina tipo kunitz de semente de Eryhrina velutina

    OpenAIRE

    Lucena, Sheila Varela

    2010-01-01

    Um inibidor de quimotripsina do tipo Kunitz foi purificado de sementes de Erythrina velutina por fracionamento com sulfato de amônio, cromatografias de afinidade Tripsina-Sepharose, Quimotripsina-Sepharose e cromatografia de Fase Reversa C- 18 no sistema FPLC/AKTA. O inibidor, denominado de EvCI, apresentou uma massa molecular de 17 kDa, determinada por SDS-PAGE. A análise por eletroforese bidimensional (2D) revelou quatro isoinibidores (valores de pI: 4,42, 4,63, 4,83 e 5,06). Todos os is...

  17. O combate ao escorpionismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Octavio de Magalhães

    1946-09-01

    Full Text Available O outor estuda os processos de combate aos acidentes pelas picadas dos escorpiões, visando: a Profilaxia e b Terapêutica. Refere-se à luta nos campos e nas cidades e aqui, dentro e fora dos domicílios. Assinala os diferentes métodos para o combate a êsses artrópodos peçonhentos. Fala na luta direta, indireta, na vacinação pelo anaveneno, na propaganda pela educação racional da população contra o perigo dos acidentes. Refere-se à "cata" dos escorpiões, à luta química, ao emprêgo de animais escorpiófagos, á feitura de casas e jardins anti-escorpiões. Na primeira parte do presente trabalho o autor trata da luta química pelo d. D. T. contra os tityus bahiensis e serrulatus, concluindo que êste corpo químico é um poderoso elemento de luta contra êstes escorpiões. Na segunda parte do trabalho, o autor trata da terapêutica dos acidentes. Mostra a necessidade do emprêgo convenientemente da única terapêutica racional e eficaz contra a intoxicação escorpiônica: a soroterapia específica. Assinala a necessidade da injeção de doses maciças de um sôro de alta valência, preparado em bovídeos, para evitar o mais possível o choque anafilático, no menor tempo possível após as picadas. Aconselha o empêgo de anaveneno escorpiônico, para vacinação principalmente de crianças de baixa idade, nos lugares fortemente infestados pelos escorpiões (principalmente Tityus serrulatus, maximé quando no local não houver sôro anti-escorpiônico específico, como meio preventivo contra a gravidade das intoxicações. Cita finalmente os trabalhos recentes de Grasset, Shaasfsma e Hodgson, na África do Sul, que confirmam muitas idéias do autor e mostram a unidade universal do síndromo escorpiônico descrito no Brasil.

  18. Redução da infestação de papuã (Urochloa plantaginea no feijoeiro comum através do uso de herbicidas residuais Reduction of Alexander grass (Urochloa plantaginea infestation with aplication of residual herbicides on common bean

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Kalsing

    2012-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de herbicidas residuais, aplicados na condição de pré-emergência da cultura, na redução da infestação de papuã (Urochloa plantaginea no feijoeiro comum. Realizaram-se dois experimentos em campo, em Eldorado do Sul, RS, sendo um conduzido com o cultivar UFT - 06 (grupo Carioca e o outro com o cultivar IPR Graúna (grupo Preto. Os experimentos foram instalados em blocos casualizados, com quatro repetições, testando-se quatro herbicidas residuais em duas doses, mais testemunha sem controle da infestante. Esses herbicidas, com as respectivas doses (kg i.a. ha-1, foram pendimethalin e trifluralin (1,2 e 1,4 e dimethenamid e S-metolachlor (1,4 e 1,6. O controle e a massa seca da parte aérea do papuã foram avaliados aos 20 e 40 dias após a emergência da cultura, o que compreende o período crítico de interferência das infestantes. Os quatro herbicidas testados reduziram a infestação do papuã no feijoeiro comum em relação à testemunha, sendo os melhores níveis de eficácia de controle obtidos com trifluralin. Para se obter sucesso na redução da infestação do papuã com herbicidas residuais, devem-se combinar outras ações de manejo em pós-emergência da cultura do feijão comum.This work evaluated the effects of residual herbicides, applied in crop pre-emergence, on the reduction of Alexander grass (Urochloa plantaginea infestation in the common bean. Two field experiments were conducted at Eldorado do Sul, RS/Brazil: one using the bean cultivar UFT-06 (Red group, and the other using IPR Graúna (Black group. The experiments were arranged in a randomized block design, with four replicates, and the treatments consisted of four herbicides, at two rates (kg i.a. ha-1, as follows: pendimethalin and trifluralin (1.2 and 1.4, and s metolachlor and dimethenamid (1.4 and 1.6. Control and shoot mass of Alexander grass were assessed at 20 and 40 days after crop emergence, which

  19. Control de Commelina erecta L. con herbicidas postemergentes con el objetivo de su uso en cultivos de soja transgénica Chemical control of Commelina erecta L. in trangenic soybean

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo H. de la Vega

    2000-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficácia dos herbicidas aplicados em pósemergência em plantas de soja, para o controle de Commelina erecta L. O experimento foi conduzido sob condições de casa-de-vegetação. A aplicação foi realizada quando as plantas encontravam-se no estádio de seis folhas. Foram feitas 6 repetições com os seguintes tratamentos, com as doses em i.a./ha: 1 glyphosate (1494 g, 2 tifensulfuron methyl (6 g, 3 chlorimuron ethyl (10 g, 4 benazolin (300 g, 5 flumiclorac pentil (30 g, 6 bentazon (480 g, 7 lactofen (156 g, 8 fomesafen ( 200 g, 9 oxifluorfen (480 g, 10 imazethapyr (80 g, 11 fluoroglicofen (48 g e testemunha sem aplicação. Foram feitas avaliações visuais e medições da altura das plantas aos 7 e aos 14 dias e, avaliação de matéria seca aos 28 dias após da aplicação. Os dados avaliados foram analisados através do ANOVA. Todos os tratamentos diferiram significativamente em relação à testemunha, ao nível de 5% de probabilidade (Teste LSD. Os herbicidas glyphosate (100% de mortalidade e imazethapyr (67% de mortalidade de plantas diferiram com os demais tratamentos. Chlorimuron ethyl, bentazon e lactofen também mostraram ser eficientes causando reduções maiores de 80% do peso de massa seca das plantas daninhas. Benazolin e flumiclorac pentil foram os de menor eficácia até quando causaram reduções de 50 e 60% de matéria seca da planta daninha.The aim of this work was to evaluate the efficacy of post-emergence herbicides on soybean plants in order to control Commelina erecta L. This experiment was carried out under greenhouse conditions. the herbicides were applied on plants at six leaves stage. Following treatments with six replications (doses in i.a./ha were tested: 1 Glyphosate (1494 g, 2 Tifensulfuron methyl (6 g, 3 Chlorimuron ethyl (10 g, 4 Benazolin (300 g, 5 Flumiclorac pentil (30 g, 6 Bentazon (480 g, 7 Lactofen (156 g, 8 Fomesafen (200 g, 9 Oxifluorfen (480 g , 10

  20. Eficácia e seletividade de herbicidas do grupo das imidazolinonas aplicados em pós-emergência de plantas daninhas monocotiledôneas na cultura do girassol CL

    OpenAIRE

    Francischini,A.C.; Santos,Gizelly, G.; J Constantin; H. Ghiglione; VELHO, G. F.; GUERRA,N.; G.B.P. Braz

    2012-01-01

    O controle das plantas daninhas, em geral, é realizado pelo uso de herbicidas, porém essa prática é limitada na cultura do girassol, por haver apenas dois produtos registrados para essa cultura (alachlor e trifluralin). Entretanto, o uso de novas tecnologias pode facilitar o controle das plantas daninhas com herbicidas que possuem amplo espectro de controle. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia e seletividade de herbicidas do grupo das imidazolinonas aplicados em pós-emergê...

  1. Ensaios sobre a metodologia do estudo da influência de três herbicidas em Spirodela punctata (G.F.W. Meyer Thompson (Lemnaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Durvalina Maria Mathias dos Santos

    1988-01-01

    Full Text Available O presente trabalho visa conhecer a taxa de multiplicação e o índice de mortalidade de S. punctata a diversas concentrações do butaclora, propanila e glifosato bem como comparar dois métodos diferentes de investigações (ensaio 1 e 2. Os dados indicaram que no ensaio 1 as concentrações foram pouco tóxicas provocando baixos índices de mortalidade embora tenha ocorrido inibição do crescimento nas concentrações mais fortes. O ensaio 2 mostrou que a butaclora e a propanila são mais tóxicas que o glifosato, com valores de mortalidade de 100% em apenas 48 horas. A taxa de multiplicação, neste ensaio, somente foi determinada para o glifosato, pois os demais herbicidas foram altamente tóxicos para a espécie. Verificou-se, na comparação dos dois métodos diferentes, que os recipientes utilizados no ensaio 2 foram mais adequados ao cultivo da espécie e que os efeitos tóxicos devem ser observados em frondes consideradas individualmente e não em plantas inteiras.The present work looks for a knowledge of multiplícate rate and mortality index of. S. punctata to several concentrations of butachlor, propanil and gliphosate as well as to compare two different methods. On essay 1 the concentrations were a little toxic provoking low index of mortality in spite of it has occured inhibition of increasing on stronger concentrations. The essay 2 showed what, the butachlor and the propanil are more toxics than the gliphosate, with values of mortality of 100% in only 48 hours. The multiplícate rate, on this essay, was only determinated to the gliphosate, because the other herbicides were highly toxic to the species. It was checked on the comparation of the two different methods the posts used on essay 2 were more appropriate to the cultive specie and the toxic effects must be observated on considered individualy and not on whole plants.

  2. Efecto de rastrojos de malezas y herbicidas pre-emergentes en el control de malezas en frijol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Herrera

    2000-01-01

    Full Text Available En la Estación Experimental Fabio Baudrit, Alajuela, Costa Rica de setiembre de 1998 a febrero de 1999, se evaluó el efecto de los rastrojos de Ixophorus unisetus, Digitaria spp., Cynodon dactylon y Rottboellia cochinchinensis sobre: las malezas, la eficacia de los herbicidas pendimetalina, alaclor e imazetapir, y sobre la nodulación por Rhizobium y el crecimiento del frijol. Se encontró que la presencia de rastrojos sobre la superficie del suelo a razón de 4,5 t de materia seca/ha no fue efectiva para reducir el crecimiento de malezas en el cultivo del frijol sembrado en labranza de conservación. La eficacia de los herbicidas pendimetalina, imazetapir y alaclor no fue afectada por la presencia de los rastrojos sobre la superficie del suelo. Los rastrojos de Ixophorus unisetus afectaron negativamente el crecimiento y la producción del frijol, mientras que los rastrojos de Digitaria spp. y Cynodon dactylon tuvieron efectos positivos sobre el cultivo

  3. Isolamento e seleção de fungos para biorremediação a partir de solo contaminado com herbicidas triazínicos Isolation and screening of fungi to bioremediation from triazine herbicide contaminated soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Maria Colla

    2008-06-01

    Full Text Available A biorremediação é uma tecnologia que utiliza o metabolismo de microrganismos para eliminação ou redução, a níveis aceitáveis, de poluentes presentes no ambiente. Os herbicidas triazínicos são usados intensivamente no controle de ervas daninhas, principalmente na cultura de milho. Objetivou-se, neste trabalho, isolar fungos filamentosos de solos contaminados com herbicidas triazínicos (atrazine e simazine e selecionar os microrganismos isolados quanto à capacidade de crescimento em meio adicionado de atrazine. Os microrganismos foram isolados, cultivados em meio Ágar-Batata-Dextrose (BDA acidificado com ácido tartárico 10%, adicionado de 50 mg.Kg-1 de atrazine e incubados por 5 dias a 25ºC. Foi realizada a medida diária do crescimento fúngico e calculada a velocidade de crescimento radial através de regressão linear dos raios das colônias utilizando-se a equação r(t = a + VCR .t (r:raio; t: tempo; VCR: velocidade de crescimento radial. Os resultados de VCR foram analisados através de Anova simples e do teste de Tukey, para comparação de médias. Foram isolados 15 fungos, pertencentes aos gêneros Aspergillus, Penicillium e Trichoderma. As maiores VCRs foram obtidas com fungos Aspergillus (A1 e Penicillium (AS1, isolados de solo contaminado com atrazine e atrazine adicionado de simazine, respectivamente, que apresentaram VCRs de 1,57 mm.d-1 e 1,28 mm.d-1. O crescimento dos fungos em meio contaminado com a atrazine indica a possibilidade de utilização desses fungos em estudos de biorremediação de solos contaminados com herbicidas triazínicos.Bioremediation is a technology that uses microrganism metabolism to quickly eliminate or reduce pollutants to acceptable levels into the environment. The triazine herbicides are intensively used to control harmful grass in the culture of maize. The aim of this work was to isolate filamentous fungi from soil contaminated with triazine herbicides and screening these fungi due to

  4. Sensibilidade a herbicidas de acessos de aguapé coletados em reservatórios do Estado de São Paulo Chemical control of different water hyacinth accesses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.R. Cardoso

    2003-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o efeito de herbicidas em diferentes acessos de aguapé coletados em reservatórios de hidrelétricas do Estado de São Paulo, foi realizado um estudo no Núcleo de Pesquisas Avançadas em Matologia da FCA-UNESP, campus de Botucatu. A escolha das plantas geneticamente diferentes foi feita com base em estudos de variabilidade genética, nos quais se utilizou a técnica de RAPD. Avaliou-se o efeito dos herbicidas imazapyr nas doses de 62,5 e 125,0 g e.a. ha-1, glyphosate a 1.680 e 3.360 g e.a. ha-1 + 0,5% V/V de Extravon, diquat a 480 e 960 g i.a. ha-1 e 2,4-D a 670 e 1.340 g e.a. ha-1. Os seis acessos escolhidos foram colocados em caixas plásticas de 28,0 x 14,0 x 12,0 cm, contendo 4 litros de água. A aplicação dos produtos foi realizada com um simulador de pulverização pressurizado com ar comprimido, equipado com barra de aplicação com quatro bicos de jato plano Teejet 110.02 VS. A pressão constante de trabalho foi de 1,6 bar, e o consumo de calda, de 193 L ha-1. A velocidade de aplicação foi de 3,69 km h-1. Durante as aplicações, a temperatura do ar foi de 25 ºC e a umidade relativa de 73%. Foram realizadas avaliações visuais de controle aos 3, 5, 7, 11, 21 e 28 dias, nas quais 0 consistiu em nenhum controle e 100 em morte de plantas. Todos os herbicidas e doses testados proporcionaram controle eficiente das plantas de aguapé, e os seis acessos estudados responderam de forma semelhante.A study was carried out at the Advanced Weed Science Research Nucleus , UNESP/Botucatu, to verify the effect of herbicides on different collected accesses of water hyacinth in hydroelectric reservoirs in São Paulo. The different genetic materials were chosen based on studies of genetic variability, using the RAPD technique. The herbicides and rates evaluated were imazapyr at 62.5 and 125.0g a.e. ha-1, glyphosate at 480 and 960 g a.e. ha-1, diquat at 1.680 and 3.360g a.i. ha + 5% V/V of Extravon and 2.4-D at 670 and 1

  5. Doses reduzidas de herbicidas de pós-emergência para controle de papua em soja Reduced rates of post-emergence herbicides for alexandergrass control in soybean

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson G. Fleck

    1994-01-01

    Full Text Available Em 1992/93 foram conduzidos dois experimentos a campo em Eldorado do Sul, RS, objetivando avaliar os herbicidas haloxyfop e sethoxydim no controle de papuã (Brachiaria plantaginea em doses mais reduzidas que as usuais. Haloxyfop foi testado nas doses de 120, 90, 60, 30 e 30 + 30 g/ha. Sethoxydim foi avaliado nas doses de 184, 138, 92, 46 e 46 + 46 g/ha. Os herbicidas foram aspergidos 7 e 14 dias após semeadura da soja nos experimentos 1 e 2 quando as plantas de papuã encontravam-se com 1 a 2 folhas e com 3 a 4 folhas, respectivamente. As doses plenas foram aspergidas 2 semanas mais tarde que as doses reduzidas. Foi possível obter nível aceitável de controle de papuã em alguns tratamentos, em função do produto, da época e do método de aplicação. Aplicações seqüenciais de doses reduzidas de haloxyfop (30 + 30 g/ha alcançaram controle de 72 e 95%, médias dos experimentos 1 e 2, respectivamente. No experimento 1, níveis de produtivídade de soja equivalentes ao do tratamento capinado só foram obtidos com doses plenas de haloxyfop e sethoxydim. No experimento 2, produtividades equivalentes à do capinado foram alcançadas nas doses plenas dos dois herbicidas e ainda com haloxyfop a 90 g/ha e a 30 + 30 g/ha. A pesquisa evidencia a necessidade do papuã ser totalmente eliminado para ser atingido rendimento máximo de soja.Two trials were conducted under field conditions during the 1992/93 growing season in Eldorado do Sul, RS, Brazil, in order to evaluate haloxyfop and sethoxydim herbicides for Alexandergrass (Brachiaria plantaginea control using rates lower than the usual. Haloxyfop rates tested were 120, 90, 60, 30, and 30 + 30 g/ha. Sethoxydim was evaluated under rates of 184, 138, 92, 46, and 46 + 46 g/ha. Herbicides were sprayed 7 and 14 days after soybean seeding date for experiments 1 and 2, when Alexandergrass plants presented 1 to 2 and 3 to 4 leaves, respectively. Herbicide full rates were applied 2 weeks after the reduced

  6. Glyphosate em mistura com herbicidas alternativos para o manejo de plantas daninhas Glyphosate combined with alternative herbicides for vegetation management

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2001-12-01

    Full Text Available O uso intensivo de glyphosate como herbicida não-seletivo tem selecionado espécies de plantas daninhas tolerantes. Dessa forma, é importante que sejam estudadas misturas de tanque com herbicidas de mecanismos de ação alternativos e que apresentem efeitos sinergísticos ou aditivos. Por essa razão, foi instalado um experimento inteiramente casualizado, composto por 13 tratamentos e 4 repetições, em casa de vegetação da Universidade de São Paulo - ESALQ/USP, Piracicaba-SP, com as plantas daninhas Richardia brasiliensis, Commelina benghalensis, Amaranthus hybridus, Galinsoga parviflora e Ipomoea grandifolia em misturas de tanque dos herbicidas chlorimuron-ethyl, sulfentrazone, carfentrazone, bentazon ou flumioxazin com glyphosate. As interações foram aditivas para as plantas daninhas I. grandifolia e C. benghalensis, e os herbicidas flumioxazin, sulfentrazone e carfentrazone aplicados isoladamente e em mistura com glyphosate foram os que proporcionaram os melhores níveis de controle. A interação de glyphosate com sulfentrazone foi antagônica em R. brasiliensis; a mistura de glyphosate com os demais herbicidas estudados foi aditiva, sendo os tratamentos com mistura de glyphosate e chlorimuron-ethyl ou flumioxazin os mais eficazes. Em A. hybridus, os tratamentos que apresentaram melhores níveis de controle foram o glyphosate e carfentrazone, aplicados isoladamente, e a mistura de glyphosate com flumioxazin, sulfentrazone, chlorimuron-ethyl e bentazon, sendo estes interações aditivas. No caso de G. parviflora, os tratamentos com flumioxazin e sulfentrazone apresentaram controle total, o mesmo acontecendo com as misturas de glyphosate com carfentrazone, flumioxazin, sulfentrazone, chlorimuron-ethyl ou bentazon.The intensive use of glyphosate as a non-selective herbicide for weed vegetation management has selected some tolerant weed species. Thus, it is important to study the synergistic or antagonic or additive effects of tank

  7. Herbicidas não seletivos aplicados na fase de maturação do arroz irrigado Non-selective herbicides applied at the maturity phase of flooded rice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dirceu Agostinetto

    2001-06-01

    Full Text Available Um dos principais fatores limitantes da exploração do potencial máximo de rendimento do arroz irrigado é a interferência exercida pelo arroz vermelho, uma gramínea daninha. Botanicamente, ambos pertencem a mesma espécie (Oryza sativa L., o que limita a utilização de herbicidas seletivos para seu controle. Com o objetivo de investigar os efeitos de herbicidas não seletivos, aplicados na fase de maturação do arroz cultivado, sobre características agronômicas da cultura, conduziu-se dois experimentos a campo nas estações de crescimento de 1997/98 e 1998/99, e avaliações em laboratório. Os tratamentos compararam os herbicidas glyphosate, glufosinate e paraquat, aplicados em duas doses e duas épocas, além do regulador de crescimento hidrazida maléica, aplicada também em duas épocas, e testemunha não tratada. Como cultivar de arroz foi utilizada a IRGA-416, de ciclo precoce. As demais práticas de manejo foram aquelas preconizadas para a cultura, a qual desenvolveu-se na presença de arroz vermelho. Avaliaram-se as características do arroz cultivado, rendimento de grãos e seus componentes, rendimento de engenho e antecipação da colheita. Os herbicidas não seletivos glyphosate, glufosinate e paraquat, quando aplicados na fase de maturação fisiológica do arroz cultivado, em geral não afetam negativamente as características agronômicas da cultura e apresentam efeitos equivalentes aos do regulador de crescimento hidrazida maléica. Variações de doses e épocas de aplicação geralmente não se diferenciam quanto à ação. A ação dessecante dos herbicidas apressa a redução da umidade dos grãos de arroz e permite antecipar a colheita. A partir do estádio em que os grãos de arroz cultivado atingem teor de umidade de 34%, o regulador de crescimento hidrazida maléica não afeta negativamente as características da cultura.One of the major limiting factor for increasing flooded rice yield potential is the

  8. Manejo de capim pé-de-galinha em lavouras de soja transgênica resistente ao glifosato Management of goose grass on transgenic soybean, resistant to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André da Rosa Ulguim

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência de capim pé-de-galinha (Eleusine indica ao glifosato, em lavouras de soja transgênica; avaliar o efeito de aplicações de glifosato em diferentes estádios de desenvolvimento; identificar práticas agronômicas associadas à seleção de biótipos resistentes; e avaliar a eficiência dos herbicidas cletodim, fluazifope-P-butílico, clomazona, glufosinato de amônio e glifosato nas plantas resistentes. Plantas escapes ao tratamento com glifosato foram coletadas em 24 propriedades, no Rio Grande do Sul. As plantas foram cultivadas em casa de vegetação, tendo-se avaliado a sua resistência ao glifosato. Os acessos resistentes foram selecionados e avaliados quanto ao efeito da aplicação do glifosato em diferentes estádios de crescimento e quanto à sensibilidade aos herbicidas. Foi aplicado um questionário aos produtores para identificação das práticas agronômicas associadas às falhas no controle. O controle de E. indica pelo glifosato é mais efetivo com a aplicação em estádios iniciais de desenvolvimento. Práticas agronômicas, como uso contínuo de baixas doses do herbicida, aplicação em estádios de desenvolvimento avançados das plantas daninhas (mais de um afilho e a ausência de rotação de culturas foram relacionadas às falhas de controle observadas. Os herbicidas cletodim, fluazifope-P-butílico e glufosinato de amônio são alternativas eficientes para o controle de E. indica.The objective of this work was to evaluate the resistance of goose grass (Eleusine indica to glyphosate application in transgenic soybean crops; evaluate the effect of glyphosate applications in different growth stages; identify the main agronomic practices associated with the selection of resistant biotypes; and evaluate the effect of the herbicides clethodim, fluazifop-p-butyl, clomazone, glufosinate ammonium, and glyphosate on resistant plants. Plants that survived glyphosate application

  9. Agronomic characteristics, isoflavone content and Kunitz trypsin inhibitor of vegetable soybean genotypes Características agronômicas, teor de isoflavonas e inibidor de tripsina Kunitz em genótipos de soja-hortaliça

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Castoldi

    2011-06-01

    Full Text Available Five vegetable soybean genotypes were evaluated for agronomic characteristics, functional and antinutritional properties. The experiments were conducted in the field, in the School of Agricultural and Veterinary Sciences, in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil. The experimental design was a randomized block design with five treatments (genotypes and four replications. The genotypes JLM003, JLM004, JLM010, JLM024 and JLM030 were evaluated in the following characteristics: number of pods per plant, number of seeds per pod, fresh weight of pods per plant (g, fresh weight of 100 seeds (g, estimated total yield of immature seeds (kg ha-1, moisture content, proteins, lipids, ash, carbohydrates, isoflavones and Kunitz trypsin inhibitor. In the assessment of the major agronomic traits, in the conditions of this study, the genotype JLM010 was the most recommended for the region of Jaboticabal. This genotype showed better agronomic characteristics of production as a vegetable, producing 136.04 g of fresh weight of pods per plant, 92.52 g of fresh weight/100 seeds and 11.12 t/ha of total immature seeds, and better functional properties.Cinco genótipos de soja-hortaliça foram avaliados quanto às características agronômicas, propriedades funcionais e antinutricionais. O experimento foi conduzido em campo, no Setor de Olericultura e Plantas Aromático-Medicinais na UNESP-FCAV. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com cinco tratamentos (genótipos e quatro repetições. Avaliaram-se os genótipos JLM003, JLM004, JLM010, JLM024 e JLM030 quanto às características de número de vagens por planta; número de sementes por vagem; massa fresca das vagens por planta (g; massa fresca de 100 sementes (g; produtividade total estimada de grãos imaturos (kg ha-1; teor de umidade; proteínas; lipídeos; cinzas; carboidratos; isoflavonas e inibidores de tripsina Kunitz (KSTI. Nas condições deste experimento, foi observado que o genótipo de soja

  10. Desempenho do cultivar de arroz BRS pelota e controle de capim-arroz (Echinochloa spp. submetidos a quatro épocas de entrada d'água após aplicação de doses reduzidas de herbicidas Performance of rice cultivar BRS pelota and control of (Echinochloa spp. submitted to four flooding times after reduced herbicide dose application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Andres

    2007-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a possibilidade de reduzir as doses de herbicidas na lavoura de arroz irrigado, com a supressão das plantas daninhas pela antecipação da entrada da lâmina de água, bem como avaliar o controle de capim-arroz (Echinochloa spp. em arroz irrigado, o desempenho da cultura e os efeitos dos herbicidas aplicados em pós-emergência sobre os atributos fisiológicos da cultura de arroz. O experimento foi conduzido em delineamento experimental de blocos ao acaso com parcelas subsubdivididas, com quatro repetições. As parcelas principais foram as entradas de água (A aos 5, 10, 15 e 20 dias após aplicação dos herbicidas; as subparcelas, os herbicidas (H bispyribac-sodium e bispyribac-sodium + clomazone; e as subsubparcelas, as doses de bispyribac-sodium (D de 32, 40 e 48 g ha-1 isoladas e em mistura com 300 g ha-1 de clomazone. O bispyribac-sodium foi eficiente no controle de capim-arroz, com três folhas, quando a entrada de água ocorreu até cinco dias após a aspersão e/ou até o perfilhamento do arroz irrigado, quando em mistura com clomazone. É possível trabalhar com doses inferiores à recomendada de bispyribac-sodium isoladamente, desde que a submersão seja imediata após a aplicação deste, ou até o perfilhamento quando em mistura com clomazone.The objectives of this work were to evaluate the possibility of reducing herbicide rates in flooded rice, using flooding as a tool to avoid weed emergence; to evaluate Echinochloa spp. control, culture establishment and growth and the effect of herbicides applied in pre-emergence on the physiological attributes of the rice culture. The experiment was conducted in a randomized block design with split-split plots, four floodings, two herbicides and three rates, with four replications. The plots were the floodings (A 5, 10, 15 and 20 days after herbicide application and the split plots were the herbicides (H bispyribac-sodium and bispyribac

  11. RHIZOSPHERE ACTIVITY OF SOIL TREATED WITH HERBICIDE DURING REMEDIATION PROCESS BY Stizolobium aterrimum ATIVIDADE RIZOSFÉRICA DE SOLO TRATADO COM HERBICIDA DURANTE PROCESSO DE REMEDIAÇÃO POR Stizolobium aterrimum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Barbosa dos Santos

    2009-12-01

    ="pt-BR" align="JUSTIFY">Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a atividade da microbiota associada à rizosfera de Stizolobium aterrimum, durante processo de fitorremediação de solo contaminado com o herbicida trifloxysulfuron-sodium. Em vasos com capacidade para seis litros, após aplicação ou não de 7,5 g ha-1 do herbicida trifloxysulfuron-sodium, cultivou-se a espécie vegetal S. aterrimum. Após a semeadura, procedeu-se à coleta de solo rizosférico, quinzenalmente, para determinação da respiração da microbiota do solo (quantidade de CO2 evoluído e carbono da biomassa microbiana (CBM. Para determinação do resíduo do herbicida nas amostras de solo, após a remediação, cultivou-se sorgo (Sorghum bicolor L., como espécie bioindicadora, além de ser efetuada análise por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE. Observou-se que a microbiota associada à rizosfera de S. aterrimum é sensível ao trifloxysulfuron-sodium, constituindo-se indicador microbiológico de distúrbios causados por este herbicida no ambiente. Quanto ao tempo para remediação, constatou-se que 45 dias de desenvolvimento é tempo suficiente para que S. aterrimum promova a diminuição do resíduo de trifloxysulfuron-sodium a um nível incapaz de causar toxicidade à planta indicadora.

    PALAVRAS-CHAVE: Indicador microbiológico; fitorremediação; biomassa microbiana.

  12. Prospección de las combinaciones de herbicidas para prevenir malezas tolerantes y resistentes al glifosato Exploration of herbicide associations to prevent glyphosate tolerant and resistant weeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. VIDAL

    2010-01-01

    Full Text Available El intenso empleo de glifosato contribuyó a la difusión de malezas con tolerancia a este herbicida, incluyendo especies como Ipomoea nil, bejuco en Argentina, o corriola, o corda-de-viola en Brasil. A su vez, el uso intensivo de imadozolinonas en ciertas regiones de Argentina contribuyó a la aparición de biotipos resistentes a herbicidas que actúan inhibiendo la enzima ALS como Amaranthus quitensis, yuyo colorado o ataco, conocido como carurú en Brasil. En ese país, también, aumentó la difusión de malezas con resistencia a glifosato como en Euphorbia heterophylla, leiteiro o amendoim-bravo y en Lolium multiflorum, azevém. El objetivo de esta investigación fue evaluar el antagonismo o el sinergismo de todas las combinaciones posibles entre dos de los siguientes herbicidas: glifosato, imazetapir, clomazone y lactofen, en el control de las malezas mencionadas. Biotipos susceptibles para todos herbicidas fueran usados en la investigación. Plántulas de yuyo colorado juveniles con dos cm de altura y de las otras malezas mencionadas con siete cm, fueron tratadas con los siguientes herbicidas en g ha-1 i.a.: glifosato 108; imazetapir 10; clomazone 160 y lactofen 30, aplicados solos. Otros seis tratamientos fueron incluidos en todas las combinaciones posibles entre dos de los herbicidas y dosis mencionados. También se empleó un testigo sin tratar. El efecto de la combinación de los herbicidas dependió de la especie evaluada y también de los herbicidas utilizados. Se obtuvo sinergismo solamente para la mezcla glifosato más imazetapir en ataco. Clomazone fue el herbicida con más antagonismo, y lactofen tuvo efecto neutro en la mayoría de las mezclas. Las combinaciones son consideradas potencialmente útiles en el control de malezas tolerantes o resistentes a glifosato.The intense use of glyphosate in Argentina has increased the spread of weeds with tolerance to this herbicide, like Ipomoea nil. Cases of weed resistance to ALS

  13. Manejo farmacológico da baixa estatura: o papel dos inibidores da aromatase Pharmacological management of children with short stature: the role of aromatase inhibitors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Durval Damiani

    2007-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisão sobre o uso de inibidores de aromatase, uma nova modalidade terapêutica em pacientes com baixa estatura, numa tentativa de evitar o avanço rápido da idade óssea, dependente da produção estrogênica, mesmo no sexo masculino. FONTES DOS DADOS: MEDLINE, com levantamento dos últimos 10 anos, com os termos inibidor de aromatase, baixa estatura e puberdade precoce, selecionando os textos mais informativos a respeito das indicações, uso, esquemas de tratamento e efeitos colaterais dos inibidores de aromatase. SÍNTESE DOS DADOS: Tem se tornado evidente que o avanço da idade óssea depende da produção estrogênica e da ação desse hormônio sobre a placa de crescimento. Nos meninos, a conversão testosterona para estradiol ocorre pela ação da enzima P450 aromatase. O uso de bloqueadores desta enzima tem se mostrado efetivo em prolongar o tempo de crescimento em crianças com baixa estatura idiopática, atraso constitucional de crescimento e puberdade e mesmo na deficiência de hormônio de crescimento, em que o avanço da idade óssea coloca em risco os resultados da terapia com reposição hormonal com hormônio de crescimento. Não tem havido problemas com efeitos adversos, e os resultados são animadores em termos de melhora efetiva da altura final sempre que a indicação tenha sido pertinente. CONCLUSÕES: Dentre as opções do manejo farmacológico da baixa estatura, os inibidores de aromatase encontram uma indicação em casos em que o avanço da idade óssea pode se constituir em obstáculo para se atingir uma altura final dentro dos padrões familiais do paciente.OBJECTIVE:To review the use of aromatase inhibitors, a novel treatment strategy for patients with short stature, which aims at delaying bone age advancement. Skeletal maturation is estrogen-dependent even in male children. SOURCES: We performed a MEDLINE search of studies published in the last 10 years, including aromatase, short stature, and early

  14. Controle de azevém (Lolium multiflorum L., e gorga (Spergula arvensis L. e seletividade de herbicidas as culturas de trigo, cevada e centeio Control of rye grass (Lolium multiforum L. and corn spurry (Spergula arvensis L., and selectivity of herbicides to wheat, barley, and rye crops

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. A. R. O. Velloso

    1982-12-01

    Full Text Available Foram realizados três experimentos a campo em 1980, no Centro Nacional de Pesquisa de Trigo/EMBRAPA, Passo Fundo, RS, visando conhecer o comportamento dos herbicidas diclofop, dicamba, a associação 2,4 D com dicamba e a mistura diclofop + (2,4 D + dicamba, no controle de azevém (Lolium multiflorum L. e gorga (Spergula arvensis L.. Ao mesmo tempo foi avaliada a seletividade que estes herbicidas apresentam às culturas de trigo (Triticum aestivum L., cevada (Hordeum vulgare L. e centeio (Secale cereale L.. Os resultados da avaliação visual de fitotoxicidade mostra ram que o dicamba causou o maior grau de injúria para as três culturas. Cevada mostrou ser a cultura mais sensível ao dicamba na fase inicial. Trigo, cevada e centeio foram tolerantes ao diclofop. A mistura diclofop + (2,4 D + dicamba não controlou o azevém nas três culturas. Esta mistura apresentou ainda redução no controle de gorga, nas culturas de cevada e centeio. Dicamba ocasionou redução no rendimento de grãos das culturas, mostrando ser pouco seletivo na dose testada. Centeio sofreu uma redução no rendimento de grãos causada por diclofop, enquanto que a mistura diclofop + (2,4 D + dicamba foi seletiva para todas as culturas.Three field experiments were carried out, in 1980, at the National Wheat Research Center/ EMBRAPA, Passo Fundo, RS. They aimed at testnig the responses of herbicides diclofop, dicamba, the association 2,4 D with dicamba, and the mixture diclofop + (2,4 D + dicamba in the control of rye grass (Lolium multiflorum L. and corn spurry (Spergula arvensis L.. Simultaneously, the selectivity of these herbicides to wheat (Triticum aestivum L., barley (Hordeum vulgare L., and rye (Secale cereale L. was evaluated. The results of visual evaluation of phytotoxicity showed that dicamba caused the greatest degree of injury to the three crops studied. Barley was the most sensitive crop to dicamba in the initial growth stage. Wheat, barley, and rye were

  15. Dinâmica vegetacional em pastagem natural e pastagem sobresemeada com espécies de estação fria com e sem o uso de herbicida =Vegetation dynamics in natural pasture and pasture overseeded with cool season species with and without the use of herbicide

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Nogueira Martins

    2011-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar os possíveis efeitos do uso do herbicida e da introdução de espécies de estação fria na dinâmica vegetacional da pastagem natural. Os tratamentos foram: pastagem natural com roçadas anuais (CN; pastagem natural melhorada com introdução de espécies de estação fria e com adubação anual (CNI; idem ao anterior, mas com uma aplicação de glifosato (G1; idem ao anterior, porém com três aplicações de glifosato (G3; idem ao G3, mas com o dobro da adubação anual (GA3. A semeadura de trevo branco, cornichão e azevém anual foi feita a lanço, sendo esta precedida da aplicação do herbicida glifosato. O sistema de pastejo foi o contínuo com lotação variável. Acomposição botânica observada foi diferente (p This study evaluated the possible effects of the use of herbicide and introduction of cool season species on the dynamics of natural grassland vegetation. The treatments were: natural grassland withannual mowing (CN; natural grassland improved with introduction of cool season species and annual fertilization (CNI; same as the previous but with glyphosate application (G1; same as the previous with three glyphosate applications (G3; same as G3 but with doubleannual fertilizing (GA3. The sod seeding of white clover, birdsfoot trefoil and annual ryegrass was preceded by application of the herbicide glyphosate. The grazing system was continuous, with variable stocking rates. The observed botanical composition was different (p < 0.06 between treatments that did not receive glyphosate application and those with application. The botanical composition of the treatments did not present variation (p = 0.57 among periods. The use of glyphosate allows an efficient establishment of the introduced species. However, the use of this practice is not recommended due to its effects on modifying the floristic composition of the natural grassland.

  16. Redução da interferência de Brachiaria decumbens na formação de pastagem com Penisetum purpureum através de herbicidas Reduction of Brachiaria decumbens interference on Pennisetum purpureum pasture establishment through herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. Silva

    2002-08-01

    Full Text Available A tolerância da gramínea forrageira capim-elefante a herbicidas aplicados isoladamente ou em misturas entre si, aplicados em condições de pré e pós-emergência da forrageira, bem como a eficiência desses produtos no controle de B. decumbens e outras espécies de plantas daninhas, foram avaliadas em dois experimentos. Os herbicidas aplicados no experimento conduzido em condições de pré-emergência do capim-elefante, com as respectivas doses em kg ha-1, foram: metolachlor (1,152; 2,304; e 3,456, oxyfluorfen (0,48; 0,96 e 1,44 e a formulação comercial de atrazine + metolachlor (1,25; 2,50; e 3,75, três repetições. Os herbicidas aplicados no experimento instalado em condições de pós-emergência da forrageira, com as respectivas doses em kg ha-1,foram: ametryne (1,25; 2,50; e 3,75 e oxyfluorfen (0,48; 0,96; e 1,44, com quatro repetições. Os tratamentos foram distribuídos em blocos ao acaso; sendo que, em ambos os experimentos foram adicionadas as testemunhas (capinada e sem capina, e os cultivares de capim-elefante utilizados em ambos os experimentos foram Cameroon e Pioneiro. A aplicação dos herbicidas em pré-emergência da forrageira foi feita um dia após o plantio com solo úmido; no experimento em pós-emergência do capim-elefante os herbicidas foram aplicados sobre o topo das plantas da cultura forrageira, aos 20 dias após a emergência. Metolachlor e atrazine + metolachlor, em pré-emergência, foram seletivos para os dois cultivares testados. O oxyfluorfen, até 0,96 kg ha-1, foi seletivo para a cultura forrageira nas aplicações tanto em pré- como em pós-emergência. O ametryne, em pós-emergência, também foi seletivo aos cultivares na dose inferior a 2,50 kg ha-1. B. decumbens e B. brizantha foram eficientemente controladas (90,9% em pré-emergência, exceto na menor dose de metolachlor e atrazine + metolachlor. O controle das dicotiledôneas atingiu 85% com metolachlor, atrazine + metolachlor e oxyfluorfen

  17. Efeito de fatores ambientais sobre a seletividade do alachlor ao algodoeiro Effect of environmental factors on the selectivity of alachlor to cotton

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.C. Guimarães

    2007-12-01

    Full Text Available Cotonicultores do cerrado, receosos da ocorrência de fitotoxicidade, têm utilizado o herbicida alachlor em dosagens inferiores à mínima recomendada na bula, com baixo efeito residual. Com o objetivo de estudar fatores relacionados à seletividade do alachlor ao algodoeiro, foram realizados dois experimentos. No primeiro, em caixas de germinação com substrato areia, foi estudado o herbicida alachlor em dois níveis (sem alachlor e na dose de 96 µg kg-1 de substrato, em ambientes compostos pela combinação das temperaturas de 20, 25, 30 e 35 ºC com três níveis de umidade no substrato (40, 60 e 80% da capacidade de retenção de água. A avaliação foi realizada aos 10 dias. As condições do ambiente influenciaram o crescimento das plântulas, mas essa resposta foi reduzida ou anulada na presença do alachlor; quanto mais favoráveis as condições, proporcionalmente maiores foram as reduções. O herbicida reduziu características da parte aérea e, em maior intensidade, o comprimento das raízes. No segundo ensaio, em vasos com solo, foram estudados três tratamentos de irrigação (23, 34 e 45 mm após aplicação de dois níveis de alachlor (0 e 2,88 kg ha-1. A avaliação foi realizada aos 21 dias. Maiores níveis de irrigação causaram redução na matéria fresca e seca das raízes. O alachlor reduziu todas as variáveis medidas na parte aérea das plantas, mas, de modo geral, esse efeito foi de baixa intensidade e ocorreu de maneira semelhante nos níveis de irrigação. A independência dos efeitos entre alachlor e irrigação não corroboraram a premissa de que maiores níveis de água aumentariam a lixiviação do herbicida e a fitotoxicidade ao algodoeiro.Brazilian savanna cotton growers in fear of phytotoxicity have been using the herbicide alachlor below the minimum dosage recommended by the manufacturer, with low residual activity. Two experiments were carried out to study factors related to alachlor selectivity to

  18. EFEITOS DE HERBICIDAS NO CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS, CRESCIMENTO E PRODUÇÃO DE MILHO E Brachiaria brizantha EM CONSÓRCIO EFFECTS OF HERBICIDES ON INTERCROPPED MAIZE AND Brachiaria brizantha WEED CONTROL, GROWTH AND YIELD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lino Roberto Ferreira

    2007-09-01

    Full Text Available

    Objetivou-se nesta pesquisa avaliar o controle de plantas daninhas, o crescimento e a produção de milho e de Brachiaria brizantha consorciados, em função de doses do herbicida nicosulfuron. Foram avaliadas seis doses de nicosulfuron (0 g ha-1, 2 g ha-1, 4 g ha-1, 8 g ha-1, 16 g ha-1 e 32 g ha-1 em mistura de tanque com atrazine (1.500 g ha-1. Adicionalmente foram comparadas duas testemunhas capinadas, com ambas as espécies em monocultivo. As espécies daninhas Brachiaria plantaginea, Sorghum arundinaceum e Brachiaria decumbens foram controladas com eficiência pelo nicosulfuron nas maiores doses utilizadas. As espécies perenes Cyperus rotundus e Artemisia verlotorum não foram controladas pelos herbicidas. O milho apresentou crescimento inicial superior à braquiária, ocasionando redução na taxa de produção de biomassa e de índice de área foliar (IAF da forrageira consorciada, sendo este efeito potencializado à medida que se elevou a dose do nicosulfuron. A produção de biomassa do milho foi inferior no tratamento com atrazine, em relação aos tratados com a mistura de nicosulfuron + atrazine e à testemunha capinada. Durante o período crítico de competição, a produção de biomassa da parte aérea e o IAF do milho foram superiores ao da braquiária consorciada. Estas características permitiram bom rendimento de grãos de milho independente do manejo adotado.

    PALAVRAS-CHAVE: Integração agricultura-pecuária; plantio direto; atrazine; nicosulfuron.

    This study had the objective of evaluating weed control, growth and yield of intercropped maize and Brachiaria brizantha, as function of herbicide doses of nicosulfuron. Six nicosulfuron doses (0 g ha-1, 2 g ha-1, 4 g ha-1, 8 g ha-1, 16 g

  19. Eficácia do herbicida Pacífica Plus no controlo de infestantes em pós-emergência da cultura do trigo

    OpenAIRE

    2015-01-01

    No ano agrícola de 2014/2015, realizou-se um ensaio de campo na Herdade Experimental da Almocreva (Beja) com o objetivo de estudar a eficácia de doses diferentes do herbicida Pacífica Plus no controlo em pós-emergência do azevém anual (Lolium rigidum G.)e de infestantes de folha larga (dicotiledóneas) em trigo mole (Triticum aestivum L.)e o seu efeito na produtividade desta cultura. O herbicida foi aplicado em 3 doses (D1-0,3; D2-0,4 e D3-0,5 kg/ha), não se tendo verificado diferenças signifi...

  20. Avaliação de resíduo do herbicida imazethapyr e da interferência de plantas daninhas na cultura da alfafa

    OpenAIRE

    Pagotto,Juliana Z.; Reis,Ricardo A.; Julio C. Durigan

    1998-01-01

    Foram conduzidos dois experimentos de campo em área experimental do Departamento de Nutrição Animal e Pastagens da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (UNESP), Campus de Jaboticabal, com o objetivo de observar resíduos do herbicida imazethapyr na forragem da alfafa e analisar a interferência de plantas daninhas monocotiledôneas e dicotiledôneas. No primeiro experimento, o herbicida foi aplicado nas doses de 0,5 e 1,0 l do p.c./ha, nos estádios de desenvolvimento: início de brotação ...

  1. Avaliação de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da soja Evaluation of herbicides in the control of weeds in the soybean crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C. De Barros

    1992-01-01

    Full Text Available Foi conduzido em Serranópolis, GO, um ensaio objetivando avaliar a eficiência e a seletividade de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da soja (Glycine max (L. Merril, utilizando-se os seguintes tratamentos: A 100 g/ha de imazethapyr (ácido 2-[4,5-dihidro-4-metil-4(1-metiletil-5-oxo-1H-imidazol-2-ilo]-5-etil-3-piridinacarboxilico + surfactante, a 0,25% v/v; B tratamento A e 15 dias após, 230 g/ha de sethoxydim (2-1-etoximino-butil-5-2(etiltio-propil-3-hidroxi-2-ciclohexeno-1-ona + óleo mineral, a 0,25% v/v; C 230 g/ha de sethoxydim + óleo mineral, a 0,25% v/v; D 480 + 200 + 230 g/ha de bentazon (3-isopropil-2,1,3-benzotiadiazinona-(4-2,2-dióxido + fomesafen (5-2-cloro-4-(trifluorometil-fenoxiN-metilsulfonil-2-nitrobenzamida + sethoxydim + óleo mineral, 0,25% v/v; E 150 g/ha de imazaquim (2-[4,5-dihidro-4-metil-4-(1-metiletil-5-oxo-1H-imidazol-2-ilo]-3-quinolinacarboxílico pré-e e 230 g/ha de sethoxydim + óleo mineral, 0,25% v/v; F 250 g/ha de fomesafen + 187 g/ha de fluazipop-p-butil (butil-(R-2-(4-(5-trifluorometil-2-piridiloxi-fenoxi-propionato + surfactante a 0,2% v/v; G 120 g/ha de imazethapyr + surfactante a 0,2% v/v; H testemunha capinada; I testemunha não capinada. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quatro repetições. O capim-custódio (Pennisetum setosum (Swartz L. Rich foi eficientemente controlado por todos os tratamentos químicos, enquanto a falsa-serralha (Emilia sonchifolia DC. foi somente pelo tratamento D. O capim-carrapicho (Cenchrus echinatus L. por C, D, E e F. O joá-de-capote (Nicandra physaloides (L. Pers. por D.F. e G. Ocorreram injúrias iniciais às plantas de soja, nos tratamentos D, E. e F. As alturas de plantas e de inserção da primeira vagem, além do rendimento de grãos, não foram influenciados significativamente pelos herbicidas.An experiment was carried out in Serranópolis, State of Goiás, Brazil, aiming to evaluate herbicides efficiency in weeds control

  2. DESENVOLVIMENTO DE UMA BARRA DE PULVERIZAÇÃO PARA APLICAÇÃO DE HERBICIDA EM DESSECAÇÃO DESOQUEIRA CANA-DE-AÇÚCAR E PASTAGENS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AMO, Fernando Colombo de

    2008-01-01

    Full Text Available Due to the expansion of the sugar cane industry, there is a demand of new technologiesto increase equipments performance. The aim of this work was develop a sprayer nozzle configuration forsugar cane and pasture burndown. We used air induction flat fan tips TTI11004 and boom less flat fannozzle XP10 and XP20. The TTI11004 are placed in the middle of the boom and XP are placed in theboom tips. With this configuration, XP10 and TTI11004 is possible to increase the spray width from13,5m to 16,5m. Using XP20 and TTI11004 the spray width is 21,0m.Com a expansão do setor sucroalcooleiro há uma demanda de novas tecnologias paraaumentar a capacidade produtiva dos equipamentos utilizados. O objetivo deste trabalho foi encontraruma configuração de pontas de pulverização para aplicação de herbicidas em dessecação de soqueira decana-de-açúcar e dessecação de pastagens, que atenda as necessidades e aumente a capacidadeoperacional do pulverizador. Foram utilizadas pontas de pulverização de jato plano tipo leque comindução de ar TTI11004 e pontas de pulverização de jato plano descentrado XP10 e XP20. Utilizando aconfiguração TTI11004 no meio da barra e XP10 nas extremidades da barra de pulverização é possívelaumentar a faixa tratada de 13,5m para 16,5m. Ao utilizar a ponta XP20 na extremidade da barra depulverização com a ponta TTI11004 no meio, a faixa tratada passa de 13,5m para 21,0m.

  3. Degradação e formação de resíduos não-extraíveis ou ligados do herbicida atrazina em solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    NAKAGAWA LIA EMI

    2000-01-01

    Full Text Available A persistência de um pesticida no solo depende de processos de dissipação, como a degradação, que pode estar relacionada com o metabolismo microbiano. Com o objetivo de se avaliar os mecanismos de dissipação do herbicida atrazina no solo e a importância dos microrganismos neste processo, avaliou-se sua mineralização, degradação intermediária e formação de resíduos não-extraíveis ou ligados ao solo após aplicação de 14C-atrazina em solo Glei Húmico. Os processos foram quantificados através de técnicas radiométricas e cromatográficas em solo natural, solo esterilizado e solo esterilizado e infectado com Pseudomonas putida. Observou-se a importância dos microrganismos através dos estudos de biomineralização nos quais detectou-se mineralização de 14C-atrazina somente em solo natural (cerca de 15%. Entretanto, houve formação de metabólitos extraíveis de atrazina, tanto em solo esterilizado (67% como em solo natural (75%, o que indica que este processo não dependeu apenas da presença de microrganismos. Já os resíduos não-extraíveis foram formados em maior quantidade (cerca de 56% no solo esterilizado.

  4. Bioassay for detection of transgenic soybean seeds tolerant to glyphosate Bioensaio para detecção de sementes de soja transgênicas tolerantes ao glifosato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos Torres

    2003-09-01

    Full Text Available Glyphosate is a systemic, nonselective, postemergence herbicide that inhibits growth of both weeds and crop plants. Once inside the plant, glyphosate interferes with biosynthesis of aromatic amino acids phenylalanine, tyrosine, and tryptophan, by inhibiting the activity of 5enolpyruvylshikimate-3-phosphate synthase (EPSPS, a key enzyme of the shikimate pathway. The objective of this work was to develop a simple, effective and inexpensible method for identification of transgenic soybean tolerant to glyphosate. This technique consisted in germinating soybean seeds in filter paper moistened with 100 to 200 muM of glyphosate. Transgenic soybean seeds tolerant to glyphosate germinated normally in this solution and, between 7 and 10 days, started to develop a primary root system. However non-transgenic seeds stopped primary root growth and emission of secondary roots.Glifosato é um herbicida sistêmico, não seletivo, aplicado em pósemergência que inibe o crescimento de plantas daninhas e cultivadas. Uma vez na planta esse herbicida interfere com a biossíntese de aminoácidos aromáticos (fenilalanina, tirosina e triptofano mediante inibição da atividade da enzima 5-enolpiruvilshiquimato-3-fosfato sintase (EPSPS, enzima-chave na rota do shiquimato. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um método simples, barato e efetivo para o rastreamento de soja transgênica com tolerância ao glifosato. Este sistema consistiu em usar papel de filtro umedecido com solução de 100 a 200 miM do herbicida glifosato como substrato de germinação de sementes de soja. Sementes transgênicas de soja tolerantes ao glifosato germinaram normalmente nessa solução e, entre 7 e 10 dias, desenvolveram um sistema radicular normal, enquanto nas sementes de soja não-transgênicas ocorreram paralisações do crescimento da raiz primária e da emissão de raízes secundárias.

  5. Momento da chuva após a aplicação e a eficácia dos herbicidas sulfosate e glyphosate aplicados em diferentes formulações Rainfastness and glyphosate and sulfosate efficacy using different formulations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F.F. Pedrinho Júnior

    2002-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar a influência da chuva sobre o desempenho dos herbicidas sulfosate e glyphosate em diferentes formulações, foram conduzidos dois experimentos, um no inverno de 2000 e outro no verão de 2001, na Fazenda Experimental de Ensino e Pesquisa da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Campus de Jaboticabal-SP. Os experimentos foram instalados segundo o delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro repetições, no arranjo fatorial de 4x5+1, ou seja, quatro tratamentos de herbicidas, cinco períodos sem chuva após a aplicação e uma testemunha, que não recebeu chuva. As formulações de glyphosate foram: SAqC (1,0 L ha-1, GrDA (0,5 kg ha-1, SAqC Transorb (0,75 L ha-1, mais o sulfosate SAqC (1,09 L ha¹. Os períodos sem chuva após a aplicação foram de 1, 2, 4, 6 e > 48 horas. Os herbicidas foram aplicados em pós-emergência das plantas daninhas, utilizando-se de um pulverizador costal, à pressão constante (mantida por ar comprimido de 30 lbf pol-2. A chuva foi simulada com um sistema de irrigação por aspersão. A lâmina de água variou entre 18 e 19 mm. Em ambas as épocas, a chuva simulada foi prejudicial à ação dos herbicidas, principalmente quando feita nos menores intervalos após a aplicação. Os sintomas de fitointoxicação apareceram mais rapidamente no verão. A formulação Transorb, comercializada como não sendo afetada pela chuva uma hora após a aplicação, não teve o desempenho esperado, tanto no inverno quanto no verão, para períodos de até seis horas sem chuva após a aplicação. O sulfosate apresentou o melhor controle geral das plantas avaliadas, quando se simulou chuva após seis horas, em ambas as épocas. A formulação GrDA foi a mais afetada pela ação da chuva em ambas as épocas.Two field assays were carried out to evaluate the rainfall effects on sulfosate and glyphosate herbicide activity, using different formulations, under two growing seasons (winter

  6. MEMS AO for Planet Finding

    Science.gov (United States)

    Rao, Shanti; Wallace, J. Kent; Shao, Mike; Schmidtlin, Edouard; Levine, B. Martin; Samuele, Rocco; Lane, Benjamin; Chakrabarti, Supriya; Cook, Timothy; Hicks, Brian; Jung, Paul

    2008-01-01

    This slide presentation reviews a method for planet finding using microelectromechanical systems (MEMS) Adaptive Optics (AO). The use of a deformable mirror (DM) is described as a part of the instrument that was designed with a nulling interferometer. The strategy that is used is described in detail.

  7. Semeadura direta de forrageiras de estação fria em campo natural com aplicação de herbicidas: I. Produção de forragem e contribuição relativa das espécies No-till seeding of cool season forages on native pasture with herbicides application: I. Forage yield and relative contribution of plant species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrique Pérez Gomar

    2004-06-01

    Full Text Available Os campos naturais apresentam estacionalidade na sua produção forrageira, a qual pode ser atenuada com a introdução de espécies de estação fria através de semeadura direta, aumentando a produção forrageira no inverno. Durante quatro anos, conduziu-se um experimento de semeadura direta de forragem de inverno, sobre campo nativo, em um Argissolo Vermelho-Amarelo, de textura superficial arenosa do norte do Uruguai. Em delineamento de blocos ao acaso com parcelas sub-subdivididas, foram testadas doses de herbicidas (glifosate 1L ha-1, glifosate 4L ha-1, paraquat 3L ha-1 e testemunha, como tratamento principal, aplicadas no ano 1994. A repetição ou não das mesmas doses no ano 1995 constituiu-se na subparcela, e a aplicação ou não das mesmas doses no ano 1996 constituiu-se na sub-subparcela. Os resultados mostraram que o maior distúrbio sobre a produção de forrageiras e contribuição das espécies do campo nativo foi provocado com a aplicação continuada de herbicidas sistêmicos na maior dose. Quando não foi aplicado herbicida (testemunha havia onze espécies e com aplicação de glifosate 4L ha-1 havia seis espécies, bem como ocorreu uma substituição de espécies perenes por anuais. O herbicida paraquat e a dose baixa de glifosate mostraram efeitos intermediários entre o observado no campo nativo semeado com triticale e azevém sem tratar com herbicida e os provocados com glifosate na dose alta. Por outro lado, os rendimentos de matéria seca das espécies forrageiras invernais semeadas foram 63% maiores na dose mais alta de glifosate do que na testemunha, devido a um maior controle da competição que exercia o campo nativo.Natural grasslands have great seasonal fluctuation of forage production. The winter forage production may be increased using cool-season forage species established with no-till, reducing seasonal fluctuations. An experiment with winter grasses (black oat and rye grass no-till sown on native grasses, was

  8. Semeadura direta de forrageiras de estação fria em campo natural submetido à aplicação de herbicidas: II. Composição botânica No-till seeding of cold season forage on native pasture under herbicides application: II. Botanical composition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrique Pérez Gomar

    2004-06-01

    Full Text Available A semeadura direta de espécies forrageiras de estação fria permite reduzir a marcada estacionalidade da sua produção em campos naturais. Durante quatro anos, conduziu-se um experimento de aplicação de herbicidas sobre campo nativo, em um solo Argissolo Vermelho-Amarelo, de textura arenosa do norte do Uruguai visando introduzir forrageiras de estação fria e estudar o impacto dos herbicidas na composição botânica de espécies estivais. Foram testadas doses de herbicidas (glifosate 1L ha-1, glifosate 4L ha-1, paraquat 3L ha-1 e testemunha, como tratamento principal, aplicadas no ano 1994, em um delineamento blocos ao acaso. A repetição ou não das mesmas doses no ano 1995 constituiu a subparcela e a aplicação ou não das mesmas doses no ano de 1996 constituiu a sub-subparcela. No levantamento de espécies da vegetação existentes no outono de 1998, observou-se que o maior distúrbio sobre a composição botânica do campo nativo foi provocado com a aplicação continuada da dose de 4L ha-1 de glifosate, onde foram identificadas seis espécies. No levantamento de espécies existentes no tratamento testemunha, no outono, foram identificadas onze espécies, sendo que as espécies Andropogon lateralis, Paspalum notatum, Conyza bonariensis, Eryngium horridum, Desmodium incanum, Cyperus sp. e Digitaria sp. constituiram 90% da composição botânica. Com a aplicação de herbicida, ocorreu uma substituição de espécies perenes por anuais.No-till seeding of winter species may reduce seasonal fluctuations of forage production of natural grasslands. An experiment of herbicide application on native grasses was conducted for four years, on a fine-loamy, mixed Mollic Hapludalf in northern of Uruguay to introduce winter forage and study the impact of herbicide on botanical composition of grass field. The experimental design was split-splitplot with three randomized blocks, with types and dosis of herbicides (gliphosate 1L ha-1, gliphosate 4L

  9. O uso combinado da Oncostatin M como inibidor da proliferação celular de glioblastoma multiforme

    OpenAIRE

    Margarida Perpetuo da Silva Conceição

    2003-01-01

    Resumo: A presente dissertação visa organizar os conhecimentos sobre a citocina Oncostatin M (OSM) , ao mesmo tempo que realça as vias indiretas de sua expressão com o objetivo de clarear conceitos para aplicabilidade futura. Esta revisão apresenta a molécula isolada e suas propriedades benéficas e adversas, além de uma discussão sobre as ações biológicas atualmente conhecidas que favorecem a concepção para possíveis protocolos de tratamento nos Glioblastoma Multiforme (GBM). Ressalta também ...

  10. Seletividade de herbicidas pré-emergentes para gramíneas forrageiras tropicais Selectivity of pre-emergence herbicides to tropical grass forage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Alves

    2002-12-01

    Full Text Available Este trabalho constou de quatro estudos que foram realizados em casa de vegetação, nos quais se avaliou a seletividade de diferentes herbicidas, aplicados em pré-emergência, sobre algumas gramíneas forrageiras tropicais: Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha cv. Marandu e Panicum maximum cultivares Tanzânia e Mombaça. Os herbicidas e as doses utilizadas, em g ha-1, para cada estudo foram: alachlor - 1.680 e 3.360, metolachlor - 1.200 e 2.400, diuron - 800 e 1.600, imazaquin - 75 e 150, imazapyr - 250 e 500, imazethapyr - 50 e 100, clomazone - 450 e 900, flumetsulam - 70 e 140, ametryn - 625 e 1.250, metribuzin - 525 e 1.050 e trifluralin - 900 e 1.800, além de uma testemunha sem aplicação de herbicidas. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com seis repetições. O consumo de calda de aplicação foi de 180 L ha-1,e a barra de aplicação continha quatro bicos de jato plano tipo 'Teejet' 110.02, espaçados de 0,50 m. Avaliou-se visualmente a intoxicação das plantas através de uma escala percentual de notas e, no final dos estudos, a altura e o peso de matéria seca de plantas. Para P. maximum cv. Mombaça, apenas os herbicidas imazaquin (75 g ha-1, imazethapyr e flumetsulam, em ambas as doses testadas, foram seletivos. Para P. maximum cv. Tanzânia, nenhum dos herbicidas testados foi totalmente seletivo. Em relação a B. decumbens, os herbicidas imazaquin e imazethapyr, em ambas as doses, e ametryn (625 g ha¹ foram seletivos. No caso de B. brizantha, os herbicidas diuron (800 g ha¹, ametryn, imazaquin, imazethapyr e flumetsulam, em ambas as doses, apresentaram-se seletivos.This research comprised four experiments carried out under greenhouse conditions to evaluate the selectivity of herbicides, applied in pre-emergence conditions, on the following tropical grass forages: Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha cv. Marandu, Panicum maximum cv. Tanzânia and Mombaça. The herbicides and rates (g

  11. Cometas: Das Lendas aos Fatos

    Science.gov (United States)

    Voelzke, M. R.

    O descobrimento de cometas, devido ao seu aparecimento espetacular, tem registro nas mais antigas culturas humanas. A primeira referência situa-se no ano de 1095 antes de Cristo [a.C.; HO; HO, 1962]. A quantidade de registros de descobrimentos cometários, principalmente provenientes do território chinês em particular e do oriente em geral, aumentou gradualmente a partir do quarto século depois de Cristo (d.C.). É de origem chinesa a primeira referência ao cometa P/Halley no ano de 240 a.C. [VOELZKE, 1993]. Com o desenvolvimento da astronomia relativamente às técnicas observacionais os descobrimentos bem como as observações cometárias aumentaram sensivelmente a partir do século XVII, sendo que a partir do século XIX um novo incremento ocorreu devido ao emprego da fotografia e a resultante melhora de sensibilidade na observação.

  12. TOXICIDAD DEL HERBICIDA PROPANIL (PROPANIL TRUST® 500EC EN EMBRIONES Y RENACUAJOS DE TRES ESPECIES DE ANUROS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teófila María TRIANA VELÁSQUEZ

    2016-01-01

    Full Text Available El Propanil es un herbicida empleado en el control de arvenses que puede afectar organismos no blanco como los anuros. El objetivo del trabajo fue evaluar los efectos letales (concentración letal media, CL50 y subletales (retrasos en el desarrollo, longitud total y máxima distancia de natación del Propanil (Propanil Trust® 500EC sobre embriones y renacuajos de tres especies de anuros bajo condiciones de laboratorio y microcosmos, que incluyen algunos componentes de campo (sedimentos y material vegetal. La especie más sensible fue Rhinella humboldti (embriones: laboratorio CL50= 9,14 mg/L y microcosmos CL50= 83,92 mg/ha; renacuajos: laboratorio CL50= 5,09 mg/L y microcosmos CL50= 44,52 mg/ha, y la más resistente Hypsiboas crepitans (embriones: laboratorio CL50= 19,58 mg/L y microcosmos CL50= 179,53 mg/ha; renacuajos: laboratorio CL50= 16,54 mg/L y microcosmos CL50= 190,72 mg/ ha. Engystomops pustulosus mostró una sensibilidad intermedia. En general, en laboratorio los CL50 indicaron una letalidad alta y se encontraron cambios significantes en la longitud total y la máxima distancia de natación de los organismos expuestos al Propanil, contrario a los resultados en microcosmos, aunque el tiempo de desarrollo embrionario no mostró diferencias entre tratamientos. Al comparar los CL50 se encontró que los renacuajos fueron más sensibles al herbicida que los embriones. En conclusión, el Propanil resultó tóxico para los embriones y renacuajos en condiciones de laboratorio pero tuvo un efecto menor en microcosmos. Esto demuestra que los componentes de campo de los microcosmos y la falta de renovación de las soluciones reducen la toxicidad del Propanil en los anuros de estudio.

  13. Toxicidad del herbicida Propanil (Propanil Trust® 500EC en embriones y renacuajos de tres especies de anuros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teófila María Triana Velásquez

    2016-09-01

    Full Text Available El Propanil es un herbicida empleado en el control de arvenses que puede afectar organismos no blanco como los anuros. El objetivo del trabajo fue evaluar los efectos letales (concentración letal media, CL50 y subletales (retrasos en el desarrollo, longitud total y máxima distancia de natación del Propanil (Propanil Trust® 500EC sobre embriones y renacuajos de tres especies de anuros bajo condiciones de laboratorio y microcosmos, que incluyen algunos componentes de campo (sedimentos y material vegetal. La especie más sensible fue Rhinella humboldti (embriones: laboratorio CL50= 9,14 mg/L y microcosmos CL50= 83,92 mg/ha; renacuajos: laboratorio CL50= 5,09 mg/L y microcosmos CL50= 44,52 mg/ha, y la más resistente Hypsiboas crepitans (embriones: laboratorio CL50= 19,58 mg/L y microcosmos CL50= 179,53 mg/ha; renacuajos: laboratorio CL50= 16,54 mg/L y microcosmos CL50= 190,72 mg/ha. Engystomops pustulosus mostró una sensibilidad intermedia. En general, en laboratorio los CL50 indicaron una letalidad alta y se encontraron cambios significantes en la longitud total y la máxima distancia de natación de los organismos expuestos al Propanil, contrario a los resultados en microcosmos, aunque el tiempo de desarrollo embrionario no mostró diferencias entre tratamientos. Al comparar los CL50 se encontró que los renacuajos fueron más sensibles al herbicida que los embriones. En conclusión, el Propanil resultó tóxico para los embriones y renacuajos en condiciones de laboratorio pero tuvo un efecto menor en microcosmos. Esto demuestra que los componentes de campo de los microcosmos y la falta de renovación de las soluciones reducen la toxicidad del Propanil en los anuros de estudio.

  14. Interferência de herbicidas, associados a um análogo de brassinosteroide, no aparato fotossintético de mudas de Eucalyptus grandis Effects of herbicides, associated to a brassinosteroid Analogue, on the photosynthetic apparatus of Eucalyptus grandis seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.M.M. Silva

    2009-01-01

    Full Text Available Avaliaram-se os efeitos da aplicação dos herbicidas imazapyr e glyphosate e as suas interações com um análogo espirostânico da castasterona (BB16 no crescimento de mudas clonais de Eucalyptus grandis. Para isso, utilizou-se a aplicação de BB16 (nas concentrações de 0,08 e 0,16 mg L-1: BB16(- e BB16(+, respectivamente, de imazapyr (0,750 kg ha-1 e de glyphosate (1,440 kg ha-1. Os tratamentos foram constituídos pelo controle, BB16(-, BB16(+, glyphosate, imazapyr, além da interação hormônio-herbicida, em intervalo de 12 h entre a aplicação de BB16 e de cada herbicida, e vice-versa. A mensuração da fluorescência da clorofila a foi realizada diariamente, na terceira folha totalmente expandida, além das avaliações de altura, diâmetro e biomassa seca da parte aérea (BSPA e das raízes (BSR. O controle, BB16(- e BB16(+ diferiram dos demais tratamentos para BSPA, porém, para BSR, altura e diâmetro, não houve diferença significativa entre os tratamentos. As médias dos parâmetros de fluorescência, obtidas para os tratamentos que receberam a aplicação dos herbicidas, foram superiores ao controle, BB16(- e BB16(+ até o sétimo dia após a aplicação dos tratamentos (DAT. As mudas que receberam aplicação de glyphosate - este associado, ou não, a BB16(- ou BB16(+ - apresentaram-se necróticas antes do sétimo DAT, enquanto as que receberam imazapyr associado ao BB16 manifestaram apenas as extremidades dos ramos laterais necrosadas. Os herbicidas testados causaram efeitos deletérios no aparato fotossintético de E. grandis; todavia, a partir do sétimo DAT as mudas que receberam a aplicação de imazapyr (com ou sem BB16 não diferiram dos tratamentos controle, BB16(- e BB16(+, quanto aos parâmetros de fluorescência.The effects of the application of imazapyr and glyphosate and their interactions with a spirostanic analogue of castasterone (BB16, on the growth of seedling clones of Eucalyptus grandis were evaluated

  15. Grau de cobertura do solo e dinâmica da vegetação em olivais de sequeiro com a introdução de herbicidas Ground cover and dynamic of weeds after the introduction of herbicides as soil management system in a rainfed olive orchard

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Ângelo Rodrigues

    2009-12-01

    Full Text Available São apresentados resultados do grau de cobertura do solo e da dinâmica da vegetação num olival de sequeiro, localizado em Mirandela, após a introdução de herbicidas como estratégia de manutenção do solo. As modalidades em estudo foram: mobilização tradicional; herbicida pós-emergência (glifosato; e herbicida com componentes de acção residual e pós-emergência (diurão+glifosato+terbut ilazina. O grau de cobertura e a composição da vegetação foram avaliados desde 2002 a 2007 pelo método do ponto quadrado. Ambas as soluções herbicidas combateram adequadamente a vegetação herbácea em aplicação única anual. O grau de cobertura no talhão mobilizado, antes da primeira mobilização, oscilou entre 50 a 80 % e 30 a 60 % debaixo e fora da copa, respectivamente. O tratamento com glifosato permitiu um grau de cobertura em Abril entre 60 a 90 % debaixo da copa e 40 a 50 % fora da copa. No tratamento com herbicida residual o grau de cobertura do solo foi sempre muito baixo ao longo do ano. A gestão da vegetação com glifosato permitiu a cobertura do solo durante todo o ano, com vegetação viva desde o Outono à Primavera e um mulching de vegetação morta durante o Verão. Nas restantes modalidades o solo permaneceu descoberto durante grande parte do ano. No talhão gerido com glifosato a vegetação manteve elevada dinâmica. Um ano após o início da aplicação de glifosato apareceu a dominar o coberto Ornithopus compressus. Com o tempo ganharam importância algumas espécies de Inverno de ciclo muito cur-to (como Mibora mínima e Logfia gallicae outras de elevada produção de sementes e fácil dispersão pelo vento (como Hypochaeris radicata e Conyza canadensis com origem provável em incultos e caminhos que circundam o olival ou em plantas individuais que escaparam à acção dos herbicidas.Results of the percentage of ground cover by weeds and the dynamic of the vegetation are presented after the introduction of

  16. Prevalência de alterações proliferativas gástricas em pacientes com uso crônico de inibidores de bomba de prótons Prevalence of gastric proliferative changes in patients with chronic use of proton pump inhibitor agents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian de Souza Menegassi

    2010-09-01

    Full Text Available RACIONAL: As medicações mais frequentemente prescritas e usadas de forma crônica por pacientes com queixas dispépticas pertencem ao grupo dos inibidores de bomba de prótons cujo principal representante é o omeprazol, utilizado clinicamente a cerca de 20 anos. Estudos recentes têm postulado a relação entre o uso crônico desta medicação e alterações proliferativas macroscópicas e microscópicas da mucosa do fundo e corpo gástrico, principalmente os pólipos de glândulas fúndicas. OBJETIVO: Analisar a frequência e o tipo de alterações proliferativas gástricas em usuários crônicos de inibidores de bomba de prótons e sua associação com idade, dose utilizada, tempo de uso, sintomatologia e infecção pelo Helicobacter pylori. MÉTODO: Estudo transversal de prevalência realizado no Serviço de Endoscopia Digestiva do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Aplicado questionário com informações quanto ao uso destas drogas e realizada endoscopia digestiva alta em sujeitos em uso contínuo desta classe de medicamentos há pelo menos 12 meses. Realizadas biópsias de fundo, corpo e antro gástrico em todos os pacientes. Pólipos eram retirados ao serem identificados, para análise histopatológica. Realizada pesquisa do Helicobacter pylori por teste de urease e análise histopatológica. RESULTADOS: Vinte e dois indivíduos foram incluídos sendo que seis (27,3% apresentaram alterações proliferativas da mucosa oxíntica. Destes, dois (9,1% apresentavam pólipos fúndicos esporádicos e quatro apresentavam exclusivamente alteração proliferativa microscópica como formação cística glandular. Houve significância estatística (p 60 anos e estas alterações. Não houve associação entre dose de uso, tempo de uso, sintomatologia e infecção pelo Helicobacter pylori. CONCLUSÕES: Ocorrem alterações proliferativas de mucosa oxíntica em indivíduos em uso crônico de inibidores de bomba de prótons. A

  17. Terapia combinada de colestiramina e inibidores da HMG-CoA redutase na prevenção secundária da doença coronária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Novazzi José Paulo

    1998-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as alterações obtidas no perfil lipídico de coronariopatas dislipidêmicos, após a adição de colestiramina, em pacientes tratados com inibidores da HMG-CoA redutase, e que não atingiram os valores ideais de LDL-colesterol. MÉTODOS: Vinte coronariopatas (12 submetidos à revascularização do miocárdio, 3 à angioplastia coronária e 5 mantidos sob tratamento clínico, com média de idade de 60,78 anos, que já realizavam dieta hipolipemiante e eram medicados com lovastatina 20mg/dia ou sinvastatina 10mg/dia, receberam também colestiramina na dose de 8 a 16g/dia durante 8 semanas, com o objetivo de reduzir LDL-colesterol para valores inferiores a 100mg/dl. RESULTADOS: Houve significante redução do colesterol total (valor médio inicial 239,52mg/dL e ao final 199,00mg/dL, obtendo-se um decréscimo percentual médio de 16,92%. O valor médio de LDL-colesterol também se reduziu, significantemente, de 172,73mg/dL para 118,26mg/dL, com decréscimo percentual médio de 31,53%. A trigliceridemia média aumentou, ainda dentro da faixa de referência normal, de 145,05mg/dL para 162,00mg/dL, (diferença percentual média de 11,69%. Houve significante aumento da fração HDL-colesterol de um valor médio inicial de 38,00mg/dL para um valor médio final de 48,21mg/dL (diferença média percentual 26,87%. Não houve efeitos adversos que impedissem a continuidade do tratamento. CONCLUSÃO: A associação de colestiramina a doses baixas de vastatinas em pacientes com hipercolesterolemia primária e de alto risco coronário é uma boa opção terapêutica, podendo atingir benefícios sobre o perfil lipídico semelhantes àqueles obtidos quando esses fármacos são utilizados, isoladamente, ou em associação, e em doses mais elevadas.

  18. Adição simultânea de sulfato de amônio e ureia à calda de pulverização do herbicida glyphosate Simultaneous addition of ammonium sulfate and urea to glyphosate spray solution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.J.P. Carvalho

    2010-01-01

    Full Text Available Dois experimentos foram desenvolvidos em casa de vegetação, com o objetivo de avaliar a eficácia do herbicida glyphosate sobre plantas de Digitaria insularis quando soluções de ureia (U; 5 g L-1, sulfato de amônio (SA; 15 g L-1 ou U+SA (2,5 + 7,5 g L-1 foram utilizadas como veículo de pulverização. Aos 28 dias após aplicação, de acordo com as curvas de dose-resposta (primeiro experimento, foram necessários 409 g ha-1 de glyphosate para atingir 50% de controle da planta daninha (C50 quando água sem adjuvantes foi usada como veículo de pulverização. Para obtenção dos mesmos 50% de controle, as doses de glyphosate foram reduzidas para 373, 208 e 189 g ha-1; quando o herbicida foi pulverizado utilizando solução de U, SA ou U+SA, respectivamente. A redução na dose oriunda da combinação de glyphosate e U+SA também foi observada para controles de 80% (C80. No segundo experimento, a adição de U+SA à calda elevou o controle obtido com a menor dose de glyphosate (360 g ha-1, igualando-o à aplicação da maior dose (720 g ha-1 sem adjuvantes. Esses resultados evidenciam efeito complementar de U e SA em elevar a eficácia do glyphosate para controle de D. insularis.Two trials were carried out under greenhouse conditions to evaluate the efficacy of glyphosate on Digitaria insularis plants when urea (U; 5 g L-1; ammonium sulfate (AMS; 15 g L-1 or U+AMS (2.5 + 7.5 g L-1 were used as spray solutions. At 28 days after application, according to dose-response curves (first trial, 409 g ha-1 of glyphosate application were necessary to obtain 50% of weed control (C50 when water without adjuvants was used as spray solution. To reach the same 50% of weed control, glyphosate rates were reduced to 373, 208 and 189 g ha-1, when the herbicide was sprayed using a solution of U, AMS or U+AMS, respectively. Reduction in the dose of glyphosate combined with U+AMS was also observed for controls of 80% (C80. In the second trial, the addition of U

  19. Eficácia do herbicida glifosato-potássico submetido à chuva simulada após a aplicação Effects of rainfall on efficacy the potassium glyphosate in weeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Martini

    2003-01-01

    Full Text Available Apesar de possuir boa ação herbicida, alguns fatores afetam a eficácia do glifosato e, nesse contexto, realizaram-se estudos buscando formulações mais eficazes. O experimento foi instalado em área do Campus da FCAV-UNESP, Jaboticabal (SP. Testou-se a formulação potássica de glifosato comparada com solução aquosa e grânulos dispersíveis em água à mesma dosagem (0,36 kg.ha-1 e.a em cinco intervalos (1, 2, 4, 6 e > 48 horas sem chuva após a aplicação, comparados com uma testemunha sem uso de herbicidas. Foram aplicados em pós-emergência sobre Brachiaria plantaginea, B. decumbens e Digitaria horizontalis. A aplicação foi feita com pulverizador costal a CO2, à pressão de 2,5 kg.cm-2, munido de barra com seis bicos DG 110.02 e consumo de calda equivalente a 200 L.ha-1. Realizaram-se cinco avaliações de porcentagem de controle em relação à testemunha infestada, atribuídas visualmente, até 42 dias após aplicação. Notou-se que o controle da formulação potássica sobre as espécies avaliadas foi mais precoce, necessitando apenas quatro horas após sua aplicação para se igualar ao intervalo superior a 48 horas sem chuva. As demais necessitaram de, no mínimo, seis horas de intervalo.In spite of possessing good herbicidal action, some factors affect the effectiveness of the glyphosate and, in that context, studies were accomplished looking for more effective formulations. The experiment was installed in area of FCAV-UNESP Campus, in Jaboticabal, São Paulo State. The potassium glyphosate formulation was compared to CS and WG formulations, at the same rate (0.36 kg.ha-1 a.e, in five intervals (1, 2 ,4 6 and 48 hours without rain after the application, compared to a control without herbicides. They were applied in post emergence on Brachiaria plantaginea, B. decumbens and Digitaria horizontalis. The herbicides were applied with costal sprayer, at a constant pressure (35 lbf/pol², with four nozzles DG 11002. The

  20. Combate ao niilismo e ao totalitarismo em Camus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emanuel Ricardo Germano

    2013-05-01

    Full Text Available A partir de uma leitura da peça Calígula, elaborada entre 1941 e 1943, procurar-se-á contribuir na restituição das preocupações éticas, políticas e filosóficas em cena no teatro de Albert Camus, analisando o sentido de sua expressão teatral no contexto de dois combates,ao niilismo filosófico e ao totalitarismo político de seu tempo. Observaremos em Calígula um importante registro do amadurecimento das leituras de duas heranças filosóficas relevantes na formação intelectual de Camus, Nietzsche e Heráclito, à luz da experiência do totalitarismo, observando e ressaltando com isso a amplitude de seu intertexto filosófico e a importância do aporte ético e político de Camus como pensador multifacetado, engajado nos enfrentamentos históricos e solicitações críticas de seu tempo.

  1. Anticorpos inibidores da hemaglutinação para o vírus parainfluenza 3 (Ha-1, em gado bovino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alberto N. Candeias

    1968-12-01

    Full Text Available Um inquérito sorol��gico feito em gado bovino proveniente de 19 Municípios do Estado de São Paulo, mostrou que 36,71% dos animais observados tinham anticorpos inibidores da hemaglutinação para o vírus parainfluenza 3 (HA-1, resultado que sugere a disseminação da infecção por êste vírus no grupo de animais estudados, mesmo levando em consideração que a cêpa utilizada, como antígeno, era uma cêpa heteróloga.A serological investigation in bovines from 19 Counties in the State of São Paulo, Brazil, evidence that 36.71% of the animals studied had haemagglutination-inhibiting antibodies for myxovirus parainfluenza 3 (HA-1. This result is an indication of dissemination of the infection caused by this virus, although an heterologous strain was used for detecting the above mentioned antibodies.

  2. Atividade residual de herbicidas aplicados em pós-emergência na cultura da soja sobre o milheto cultivado em sucessão Effect of the residual activity of herbicides applied in post-emergence soybean on pearl millet grown in succession

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.A Dan

    2011-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade residual de herbicidas utilizados em pós-emergência da cultura da soja sobre o milheto cultivado em sucessão. O experimento foi realizado em Latossolo Vermelho distroférrico de textura argilosa em região de cerrado. Os herbicidas chlorimuron-ethyl (0,015 kg ha-1, imazethapyr (0,060 kg ha-1, imazethapyr (0,100 kg ha-1 e fomesafen (0,250 kg ha-1 foram utilizados em pós-emergência do cultivar de soja Msoy-6101. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema de parcelas subdivididas (5 x 4. Nas subparcelas, realizou-se a semeadura do milheto (híbrido ADR-7010 em quatro períodos, correspondendo a 0, 40, 80 e 120 dias após a aplicação dos herbicidas (DAA. Durante a condução do ensaio, avaliou-se a intoxicação da cultura aos 7 e 28 dias após a emergência, o estande, a altura e a matéria seca da parte aérea das plantas de milheto. Ao final do ciclo da cultura, determinou-se o rendimento de grãos. O imazethapyr (0,060 kg ha-1 e chlorimuron-ethyl (0,015 kg ha-1 não alteraram significativamente o rendimento da cultura do milheto em semeaduras posteriores a 80 DAA. Para fomesafen, o intervalo mínimo de segurança entre a aplicação e a semeadura do milheto foi de 100 dias. Por outro lado, maior persistência foi observada para imazethapyr na dose 0,100 kg ha-1, chegando a 120 dias de bioatividade sobre o milheto, que teve seu rendimento de grãos alterando mesmo quando semeado durante esse período.The objective of this study was to evaluate the residual activity of herbicides used in post-emergence soybean on Pearl Millet grown in succession. The experiment was conducted in clay soil in cerrado region. The herbicides chlorimuron-ethyl (0.015 kg ha-1, imazethapyr (0.060 kg ha-1, imazethapyr (0.100 kg ha-1 and fomesafen (0.250 kg ha-1 were used in post-emergence soybean cultivar Msoy-6101, in plots of 80 m² that were subdivided into sub-plots of

  3. Efeitos do período e volume de aplicação na segurança dos tratoristas aplicando herbicidas na cultura de cana-de-açúcar (Saccharum spp. Effects of herbicide spraying period and volume on the safety of tractor drivers spraying herbicides on sugarcane (Saccharum spp. crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.C. Momesso

    2003-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do período e volume de aplicação na segurança da atividade de tratoristas aplicando herbicidas na cultura de cana-de-açúcar com o pulverizador de barra montado em trator e a eficiência de equipamentos de proteção individual (EPIs e de uma cabina acoplada ao trator. As exposições dérmicas de 13 condições de trabalho foram avaliadas e analisadas estatisticamente por meio do delineamento inteiramente ao acaso e do esquema fatorial 3 x 2 x 2 + 1. O fator A foi a condição de exposição: 1 exposição dérmica potencial (EDP - sem nenhuma medida de segurança; 2 exposição com cabina no trator (Cabina; e 3 exposição com as vestimentas (EPI. O fator B foi o volume de aplicação: 1 200 L ha-1 e 2 100 L ha-1; e o fator C foi o período de aplicação: 1 diurno e 2 noturno. Como testemunha foi avaliada a EDP do tratorista aplicando na atividade usual de 300 L de calda ha-1, no período diurno. As exposições dérmicas (EDs aos herbicidas considerados nessas condições de trabalho foram estimadas por meio de dados substitutos das EDs avaliadas ao cátion Cu+2 adicionado como traçador nas caldas aplicadas. O pulverizador utilizado foi do modelo PJ 600, com barra de 12 m de comprimento e 24 bicos de jato plano TT 110 04 ou TT 110 02. As 13 condições de trabalho avaliadas foram classificadas como seguras (MS>1 para o tratorista aplicando os herbicidas glyphosate (48% i.a., MSMA (48%, diuron (46,8% + hexazinone (13,2%, clomazone (50%, sulfentrazone (50%, ametryne (50%, diuron (50%, isoxaflutole (75%, metribuzin (48%, 2,4-D (80,6%, ametryne (30% + clomazone (20%, ametryne (73,25% + trifloxysulfuron (1,85% e tebuthiuron (80 % e inseguras para o herbicida atrazine (50%, nos dois períodos e nos três volumes de aplicação, e ametryne (50%, na aplicação diurna e 100 L de calda ha-1. As aplicações noturnas e os volumes de aplicação reduzidos tornaram as condições de trabalho mais

  4. Adrenoleucodistrofia cerebral ligada ao x

    OpenAIRE

    Ono,Sergio Eiji

    2013-01-01

    Resumo: OBJETIVO: o padrão-ouro em exames de imagem para avaliar a adrenoleucodistrofia ligada ao X é o escore de Loes, baseado na localização, alterações de sinais e grau de atrofia. Os objetivos deste estudo foram avaliar como os parâmetros do tensor de difusão correlacionam com o escore de Loes e avaliar se poderiam indicar alterações estruturais precoces. PACIENTES E MÉTODOS: as medidas do tensor de difusão foram obtidas em 9 locais pré-estabelecidos da substância branca, bilateralmente, ...

  5. Educaçao ambiental

    OpenAIRE

    Carneiro,Danielle

    2013-01-01

    Resumo: A idéia desse trabalho surgiu no momento em que me inseri na comunidade de Pontal do Sul, envolvida em distintas atividades educativas com o mesmo público. Uma delas refere-se ao ensino público fundamental e outra à atividades de pesquisa e Educação Ambiental (EA) dentro de um projeto de extensão universitária. A EA vem sendo realizada de forma diversificada, baseada em diferentes concepções, fundamentadas em princípios e diretrizes construídos num momento de difusão da Ecologia e de ...

  6. Evaluación de herbicidas para el control de malezas en garbanzo (Cicer arietinum l. de riego en la región Ciénaga de Chapala, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Soltero-Díaz

    2010-01-01

    Full Text Available El uso de herbicidas es una alternativa viable para el cultivo de garbanzo (Cicer arietinum L. de riego en la región Ciénega de Chapala, estado de Jalisco, México; para ello se requiere la generación de tecnología, dado que la información disponible es muy limitada. En este trabajo se evaluó la efectividad de cinco herbicidas: alaclor, oxyfluorfen, pendimetalina, prometrina y trifluralina, aplicados en preemergencia para determinar su eficacia en el control de las especies de maleza de hoja ancha Amaranthus sp., Chenopodium spp., Portulaca oleracea, Physalis costomati y Euphorbia heterophylla en garbanzo blanco de riego durante los ciclos agrícolas de Otoño-Invierno 2003-04 y 2004-05. Los tratamientos de herbicidas se evaluaron en un diseño experimental bloques completos al azar con cuatro repeticiones, tamaño de parcela de cuatro surcos con separación a 76 cm. Para cada herbicida se calculó el porcentaje de control en cada maleza, con base en el testigo. Para cada especie de maleza se realizó análisis de varianza y prueba de comparación de medias. Hubo diferencias estadísticas significativas entre los tratamientos y por ende en los porcentajes de control de las diferentes especies de maleza. Los herbicidas más eficaces fueron pendimetalina, 3.5 L/ha y trifluralina, 3.5 L/ha, con porcentajes de control de 77 a 95. No se detectaron efectos visuales de toxicidad por los herbicidas sobre el cultivo de garbanzo.

  7. Efeitos de herbicidas nos teores de macronutrientes e nas características tecnológicas da cana-de-açúcar (Saccharum spp.. I - Misturas de herbicidas em pós-emergência Effect of herbicides on the macronutrient levels and on the tecnologic characteristics of sugarcane (Saccharum spp. I - Mixtures of postemergence herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Victoria Filho

    1980-12-01

    Full Text Available A presente pesquisa foi conduzida em um Latossol Roxo, com 3,9% de matéria orgânica, na Usina São Carlos, município de Jaboticabal - SP com o objetivo de verificar o comportamento das principais misturas de herbicidas aplicadas em pós-emergência e suas possíveis interferências nos teores de macronutrientes, e no desenvolvimento da variedade CB 41-14. Os tratamentos utilizados com as respectivas doses do ingrediente ativo em kg/ha foram: ametryne + 2,4 - D (formulação comercial a 1,47 - 2,03, diuron + 2,4 -D a 1,60 + 2,16; ametryne + 2,4-D a 1,60 + 2,16; alachlor + 2,4-D a 1,09 + 1,80; asulam + ioxynil - 2,4-D a 2,80 + 1,75; MCPA + 2,4-D a 0,83 + 0,83; oxadiazon + 2,4 -D a 0,50 + 2,16; ametryne + simazine + 2,4-D a 1,25 + 1,25 + 2,16; ametryne + secbumetone + 2,4-D a 2,00 + 2,00 + 2,16; diuron + hexazinone + surfatante a 0,80 + 0,45 + 0,5% e MCPA + 2,3,6-TBA + pendimethalin + surfatante a 1,50 + 0,48 + 0,66 + 0,5%. O controle das plantas daninhas foi avaliado através de contagens por espécie botânica e por avaliações visuais . Sobre a cultura os efeitos foram constatados pela contagem da brotação inicial, avaliações visuais dos efeitos fitotóxicos, análise dos teores de macronutrientes aos 5 e 8 meses, medidas do comprimento dos colmos, análise dos teores de fibra, pol, brix, % de cana e pureza, assim como valores de pol/ha, e peso de colmos por hectare. Não houve interferência das diferentes misturas de herbicidas na brotação inicial, no comprimento médio dos colmos, e nos teores de fibra, pol, brix e pureza por ocasião da colheita. Em relação às principais plantas daninhas presentes na área, que eram capim-colchão (Digitaria sanguinalis (L. Scop. capim-coloniâo (Panicum maximum Jacq, beldroega (Portulacca oleracea L. e caruru (Amaranthus spp, as melhores porcentagens de controle foram obtidas com as misturas de ametryne + 2,4-D, MCPA + 2,4-D, oxadiazon + 2,4-D, ametryne + secbumetone, diuron + hexazinone e MCPA

  8. Anatomia foliar de Lolium multiflorum sensível e resistente ao glyphosate Leaf anatomy of Lolium multiflorum sensitive and resistant to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Galvani

    2012-06-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o intuito de contribuir para o conhecimento anatômico da espécie Lolium multiflorum e, a partir disso, observar possíveis alterações que possam elucidar o mecanismo que confere resistência ao herbicida glyphosate. Para isso, realizou-se um experimento com quatro biótipos dessa espécie com distinta sensibilidade ao herbicida glyphosate, sendo um sensível (B1S e três resistentes (B2R, B3R e B4R. As análises ocorreram a partir de secções transversais e longitudinais dos órgãos vegetativos de plantas no estádio de afilhamento. Anatomicamente, o azevém caracteriza-se por apresentar grande quantidade de estômatos e de células buliformes, bem como mesofilo homogêneo constituído apenas de células paliçádicas compactamente distribuídas. Comparativamente, não ocorrem diferenças morfológicas evidentes que possam ser usadas para diferir biótipos sensíveis de resistentes, no entanto, nota-se que biótipos resistentes, especialmente B3R e B4R, apresentaram maior densidade estomática em relação aos demais. Ainda, os biótipos resistentes apresentaram maior quantidade de espaços intercelulares no mesofilo e feixes vasculares com menor quantidade de floema em relação ao xilema, o que, por suas funções na planta, pode colaborar para a menor sensibilidade ao herbicida.This work aimed to contribute to the anatomical knowledge of the species Lolium multiflorum and to observe possible changes that may elucidate the mechanism that confers its resistance to the herbicide glyphosate. Thus, an experiment was conducted using four biotypes of this species with distinct sensitivities to the herbicide glyphosate: one susceptible (B1S and three resistant biotypes (B2R, B3R and B4R. Analyses were conducted on the transverse and longitudinal sections of the vegetative organs of the plants at the tillering stage. Anatomically, ryegrass is characterized as having a large number of stomata and buliform cells

  9. Acesso aos medicamentos para tratamento da doença de Alzheimer fornecidos pelo Sistema Único de Saúde em Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celline Cardoso Almeida-Brasil

    Full Text Available Resumo: Avaliou-se as barreiras de acesso ao tratamento da doença de Alzheimer com base nos processos administrativos de medicamentos inibidores da colinesterase (IChE, enviados à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, Brasil, entre 2012 e 2013. Utilizando-se informações de 165 processos selecionados aleatoriamente, abordaram-se as dimensões de acesso: acessibilidade geográfica, acomodação, aceitabilidade, disponibilidade e capacidade aquisitiva. O trâmite administrativo para o fornecimento dos IChE levou em média 39 dias e foi influenciado por características do trajeto percorrido pelo usuário. A maioria dos prescritores cumpriu menos de 80% dos critérios exigidos pelo Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT da doença de Alzheimer. Como resultado, 38% dos processos não foram deferidos. A capacidade aquisitiva para o tratamento privado mensal com IChE foi de cerca de 21 dias de salário mínimo. Conclui-se que a burocracia do trâmite administrativo e a dificuldade de seguimento do PCDT pelos prescritores prejudicam o acesso ao tratamento da doença de Alzheimer e constituem uma grande carga para o orçamento dos pacientes.

  10. Época de aplicación y toxicidad varietal del herbicida amicarbazone en la caña de azúcar, en Veracruz, México

    OpenAIRE

    Esqueda-Esquivel,V.A.; Rosales-Robles,E.

    2013-01-01

    Durante el ciclo primavera-verano 2005, se establecieron tres experimentos en Úrsulo Galván, Ver., México, con el objetivo de determinar la mejor época de aplicación del herbicida amicarbazone en la caña de azúcar en condiciones de riego e identificar la susceptibilidad de las tres principales variedades cultivadas en el estado a este herbicida. En un experimento, se evaluó el control de malezas con amicarbazone a 0,7, 1,05 y 1,4 kg ha‑1 aplicado en cuatro épocas: preemergencia antes de...

  11. Remoção do herbicida glifosato utilizando carvão ativado impregnado com compostos metálicos de prata e cobre para a melhoria da qualidade da água

    OpenAIRE

    2016-01-01

    Com a crescente utilização de diversos pesticidas na agricultura, incluindo o Glifosato que é o herbicida mais consumido mundialmente, há a necessidade de desenvolvimento de tratamentos de água diversificados e eficazes. Como tratamento alternativo, a remoção do glifosato da água pode ser obtida com a utilização do carvão ativado impregnado com metais para potencializar seus resultados. Portanto, o presente trabalho visou a remoção do herbicida glifosato por meio de um processo de adsorção ut...

  12. Dinâmica vegetacional em pastagem natural e pastagem sobre-semeada com espécies de estação fria com e sem o uso de herbicida - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i2.9148 Vegetation dynamics in natural pasture and pasture overseeded with cool season species with and without the use of herbicide - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i2.9148

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Duilio Guerra Bandinelli

    2011-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar os possíveis efeitos do uso do herbicida e da introdução de espécies de estação fria na dinâmica vegetacional da pastagem natural. Os tratamentos foram: pastagem natural com roçadas anuais (CN; pastagem natural melhorada com introdução de espécies de estação fria e com adubação anual (CNI; idem ao anterior, mas com uma aplicação de glifosato (G1; idem ao anterior, porém com três aplicações de glifosato (G3; idem ao G3, mas com o dobro da adubação anual (GA3. A semeadura de trevo branco, cornichão e azevém anual foi feita a lanço, sendo esta precedida da aplicação do herbicida glifosato. O sistema de pastejo foi o contínuo com lotação variável. A composição botânica observada foi diferente (p This study evaluated the possible effects of the use of herbicide and introduction of cool season species on the dynamics of natural grassland vegetation. The treatments were: natural grassland with annual mowing (CN; natural grassland improved with introduction of cool season species and annual fertilization (CNI; same as the previous but with glyphosate application (G1; same as the previous with three glyphosate applications (G3; same as G3 but with double annual fertilizing (GA3. The sod seeding of white clover, birdsfoot trefoil and annual ryegrass was preceded by application of the herbicide glyphosate. The grazing system was continuous, with variable stocking rates. The observed botanical composition was different (p < 0.06 between treatments that did not receive glyphosate application and those with application. The botanical composition of the treatments did not present variation (p = 0.57 among periods. The use of glyphosate allows an efficient establishment of the introduced species. However, the use of this practice is not recommended due to its effects on modifying the floristic composition of the natural grassland.

  13. Interação entre nematicidas e herbicidas aplicados no plantio da cana-de-açúcar Interaction between nematicides and herbicides applied on sugarcane plantations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.L. Dinardo-Miranda

    2006-09-01

    Full Text Available O efeito do sinergismo entre os nematicidas aldicarb, carbofuran e terbufós, aplicados no sulco de plantio, e os herbicidas clomazone, metribuzin e tebuthiuron, aplicados em pré-emergência, oito dias após o plantio da cana-de-açúcar foi avaliado em experimento conduzido em solo arenoso. Os sintomas mais acentuados de fitointoxicação foram observados nas parcelas que receberam metribuzin + terbufós ou tebuthiuron + terbufós. Metribuzin e tebuthiuron foram os herbicidas que provocaram sintomas mais acentuados de fitointoxicação, e o tebuthiuron prejudicou o desenvolvimento inicial da cultura, representado pelo número de perfilhos por metro. Apesar disso, não se observou redução significativa de produtividade em função da aplicação conjunta de nematicidas e herbicidas. Na média, aldicarb e carbofuran incrementaram a produtividade de colmos em 12 t ha-1. Parcelas tratadas com clomazone produziram, em média, significativamente mais que as tratadas com metribuzin.The interaction between the nematicides aldicarb, carbofuran and terbufos and the herbicides clomazone, metribuzin and tebuthiuron, applied on sugarcane plantations, was evaluated in an experiment conducted in sandy soil. Plots treated with metribuzin + terbufos or tebuthiuron + terbufos presented the most severe phytotoxicity symptoms. The herbicides metribuzin and tebuthiuron caused high phytotoxicity and tebuthiuron reduced the number of stalks in the plots, five months after planting. In spite of this, yield reduction due to nematicide and herbicide application was not observed. Aldicarb and carbofuran increased sugarcane yield at 12 ton ha-1. Plots treated with clomazone produced significantly more than plots treated with metribuzin.

  14. Como responder ao momento presente?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Filomena Molder

    2013-06-01

    Full Text Available Foi com esta pergunta — já um efeito de um primeiro encontro entre Irene Pimentel e eu própria — que decidimos desafiar colegas, estudantes e funci­onários da nossa Faculdade, FCSH (Faculdade de Ciências Sociais e Huma­nas, de outras Faculdades da Universidade Nova de Lisboa, de outras Uni­versidades e todos os interessados em con­siderar e discutir em comum aquilo que se passava em Portugal e que no anúncio da Jornada de 6 de De­zembro de 2012 se descrevia como um “processo de desmantela­mento social, económico e cultural sem precedentes — pese embora tantas compara­ções, baseadas na premissa da ‘eterna repetição’ — e cujas consequências não param de exceder as previsões dos responsáveis por esse desmantelamento”. Acedendo com todo o empenho e gratidão ao convite que me foi dirigido por Humberto Brito para fazer uma resenha da Jornada a publicar no primeiro número de Forma de Vida (saúdo a revista e o título, decidi-me, no entanto, a pôr de lado a resenha, que sob a forma de “Editorial” será em breve publi­cada no blogue Responder ao Momento Presente, entre­tanto criado, conjuntamente com os textos escritos pelos nossos convidados, com as parti­cipações de pessoas que corresponderam ao nosso apelo e ainda com contri­bui­ções que se alargaram para lá da Jornada; a que se juntará uma gravação em video, também disponível no Youtube. Texto publicado originalmente em Forma de Vida, Lisboa, n.1, fev. 2013. Agrade­cemos à autora por permitir a republicação neste número do Boletim. [N.E.

  15. Control químico del arroz rojo (oryza sativa l. en arroz, con herbicidas no selectivos-protectantes a la semilla

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valent\\u00EDn A. Esqueda

    2000-01-01

    Full Text Available Control químico del arroz rojo (Oryza sativa L. en arroz, con herbicidas no selectivos-protectantes a la semilla. Se establecieron tres ensayos en invernadero con el objetivo de evaluar el efecto protectivo del tratamiento a la semilla de arroz Milagro Filipino (MF con anhídrido naftálico (0,5 y 0,75%, flurazole (0,1 y 0,2% y oxabetrinil (0,1 y 0,2% en comparación con herbicidas no selectivos para arroz [atrazina (1,8 kg/ha, atrazina/metolaclor (0,78/0,75 kg- /ha, acetoclor (2,1 kg/ha, alaclor (2,5 kg/ha y metolaclor (1,92 kg/ha]. Asimismo se determinó el efecto del alaclor en cuatro biotipos de arroz rojo y del arroz MF tratado con anhídrido naftálico. El flurazole y el oxabetrinil no protegieron al arroz de ninguno de los herbicidas, sólo se observó un efecto protectivo del anhídrido naftálico (0,75% al herbicida alaclor (2,5 kg/ha. Alaclor (2 kg/ha redujo temporalmente la altura de las plántulas de arroz, pero a partir de los 25 DDA no existió diferencia en altura con las plantas testigo. El peso seco de las plantas testigo de arroz MF fue estadísticamente semejante al obtenido de las plantas provenientes de semillas tratadas con anhídrido naftálico (0,75% y con aplicación de 1, 1,5 y 2 kg/ha de alaclor. A los 7 DDA, el control de los diferentes biotipos de arroz rojo varió de 40 a 80% con alaclor a 1 kg/ha, de 80 a 98% con 1,5 kg/ha y de 98 a 99% con 2 kg- /ha. A su vez, a los 25 DDA, los controles variaron de 30 a 62% con alaclor a 1 kg/ha, de 43 a 83% con 1,5 kg/ha y de 58 a 96% con 2 kg/ha

  16. Adaptação de um pulverizador de tração humana para aplicação localizada de herbicidas

    OpenAIRE

    C.A. Viliotti; Vieira,L.B.; Ferreira,L.R.; G.P. Dias; P.C.N. Rinaldi

    2009-01-01

    Objetivou-se com este trabalho adaptar um pulverizador de tração humana para aplicação localizada de herbicidas. Para o desenvolvimento do circuito eletrônico, foi elaborado um programa computacional em linguagem Assembly, com informações sobre a variação da resistência elétrica no LDR (Resistor Dependente de Luz) referente à radiação global incidente e refletida para quatro tipos de superfícies diferentes (plantas dicotiledôneas, plantas monocotiledôneas, palhada de trigo e solo). Concluiu-s...

  17. Aerosol Observing System (AOS) Handbook

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Jefferson, A

    2011-01-17

    The Aerosol Observing System (AOS) is a suite of in situ surface measurements of aerosol optical and cloud-forming properties. The instruments measure aerosol properties that influence the earth’s radiative balance. The primary optical measurements are those of the aerosol scattering and absorption coefficients as a function of particle size and radiation wavelength and cloud condensation nuclei (CCN) measurements as a function of percent supersaturation. Additional measurements include those of the particle number concentration and scattering hygroscopic growth. Aerosol optical measurements are useful for calculating parameters used in radiative forcing calculations such as the aerosol single-scattering albedo, asymmetry parameter, mass scattering efficiency, and hygroscopic growth. CCN measurements are important in cloud microphysical models to predict droplet formation.

  18. Análise da variabilidade da freqüência cardíaca em pacientes hipertensos, antes e depois do tratamento com inibidores da enzima conversora da angiotensina II Analysis of heart rate variability in hypertensive patients before and after treatment with angiotensin II-converting enzyme inhibitors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio da Silva Menezes Júnior

    2004-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a variabilidade de freqüência cardíaca em indivíduos normotensos e hipertensos e observar o comportamento do sistema nervoso autônomo após terapia com inibidores da enzima conversora de angiotensina II. MÉTODO: Estudados 286 pacientes com diagnóstico de hipertensão arterial, pela 1ª vez, e divididos em 4 grupos, conforme a pressão arterial diastólica (PAD: grupo A - PAD110 mmHg. Os pacientes do grupo A (normais e do grupo C (HA moderada, somando 110 e 79 pacientes, respectivamente, submeteram-se ao Holter-ECG 24h com análise de variabilidade de freqüência cardíaca no domínio do tempo (DT e no domínio da freqüência (DF. O grupo C foi tratado com inibidores da ECA durante 3 meses, e após esse período novamente avaliado com Holter-ECG 24h e variabilidade da freqüência cardíaca, e os valores comparados com os normotensos. RESULTADOS: Os parâmetros SDNN, PNN50 (DT e o espectro LF (DF foram significativamente diferentes para os dois grupos, com valores notadamente diminuídos em hipertensos (pOBJECTIVE: To compare heart rate variability in normotensive and hypertensive individuals and to observe the behavior of the autonomic nervous system after treatment with angiotensin II-converting enzyme inhibitors. METHOD: The study comprised 286 patients diagnosed with arterial hypertension (AH for the first time and divided into 4 groups according to diastolic blood pressure (DBP levels: group A - DBP110 mmHg. Group A (110 healthy individuals and group C (79 patients with moderate AH underwent 24-hour Holter-ECG with analysis of heart rate variability in time domain (TD and frequency domain (FD. The group C patients were treated with ACE inhibitors for 3 months, and, after this period, they underwent a new 24-hour Holter-ECG study for assessing heart rate variability, the values being compared with those of normotensive individuals. RESULTS: The SDNN and PNN50 parameters (TD, and the LF spectrum (FD were

  19. Sorção e hidrólise do herbicida flazasulfuron Sorption and hydrolysis of flazasulfuron

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.F. Oliveira

    2005-03-01

    Full Text Available O herbicida flazasulfuron vem sendo utilizado no Brasil para o controle de plantas daninhas mono e dicotiledôneas nas culturas de cana-de-açúcar e tomate. Há carência de informações sobre o seu comportamento no ambiente. O objetivo deste trabalho foi estudar a retenção do flazasulfuron em amostras de solos, superficiais e subsuperficiais, e sua hidrólise em diferentes valores de pH e temperatura. Nos ensaios de sorção e dessorção utilizou-se metodologia de batelada em equilíbrio nas concentrações de 0,07 a 5,00 mg L-1 e quantificação por CLAE. A hidrólise do flazasulfuron mostrou-se dependente da temperatura e do pH, seguindo modelo de primeira ordem. A meia-vida do herbicida em solução aquosa variou de 0,76 hora a 35 ºC e pH 3 a 167,4 horas a 25 ºC e pH 5. O Kf,ads variou de 1,19 (1/n ads = 0,40 a 27,97 (1/n ads = 0,90, apresentando correlação positiva e significativa com os teores de CO, silte e CTC. A adsorção do flazasulfuron foi menor nas amostras com maiores valores de pH, indicando maior risco de lixiviação nessa condição.Flazasulfuron [1-(4,6-dimethoxypyrimidin-2-yl-3-(3-trifluoromethyl-2-pyridylsulfonyl urea] has been used in Brazil the selective control of monocotyledonous and dicotyledonous weeds grown in the sugarcane and tomato crops. There is a lack of information in the literature about flazasulfuron behavior in soils. In this study, flazasulfuron retention was measured in batch equilibration, at 1:1 soil/solution ratio for Brazilian surface and subsurface soil samples and hydrolysis at different pH and temperature values. Sorption and desorption experiments were carried out at concentrations of 0.07 to 5.00 mgL-1 and quantification by HPLC. Hydrolysis of flazasulfuron was dependent on temperature and pH, following a first order model. The half-life of the herbicide in aqueous solution varied from 0.76 hours at 35 ºC and pH 3 to 167.4 hours at 25 ºC and pH 5. Sorption isotherms were nonlinear with

  20. Expressão de metaloproteinases de matriz e de seus inibidores teciduais em carcinomas basocelulares Expression of matrix metalloproteinasis and their tissue inhibitors in basal cell carcinoma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosy Iara Maciel de Azambuja Ribeiro

    2008-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Aproximadamente 80% das neoplasias malignas de pele não-melanomas são carcinomas basocelulares (CBC. Apesar das raras metástases, esses tumores são localmente agressivos. As metaloproteinases de matriz (MMPs, especialmente as MMP-2 e 9, são importantes no processo de invasão. Em contrapartida, os inibidores teciduais das MMPs (TIMPs têm como principal função a inibição dessas enzimas. OBJETIVO: Investigar a associação de variáveis clinicopatológicas de pacientes portadores de CBC com a expressão de MMP-2, MMP-9, TIMP-1 e TIMP-2. MATERIAL E MÉTODOS: Foram selecionados 31 casos de CBC, sendo então obtidos, retrospectivamente, os dados referentes a idade, sexo e tamanho da lesão. Cortes histológicos das lesões foram submetidos a reação imuno-histoquímica pela técnica estreptavidina-biotina-peroxidase para detecção dos antígenos de interesse. Índices de imunomarcação foram construídos e comparados com os dados previamente obtidos. RESULTADOS: Observou-se correlação significativa entre idade e tamanho da lesão (R = 0,532; p = 0,008. Não foram observadas correlações significativas entre as outras variáveis e a expressão imuno-histoquímica dos antígenos de interesse. CONCLUSÃO: A expressão das metaloproteinases e de seus inibidores teciduais não parece ser influenciada pelos parâmetros investigados. Estudos adicionais são necessários para melhor compreensão de sua associação com o comportamento biológico do CBC.INTRODUCTION: Approximately 80% of non-melanoma skin neoplasias are basal cell carcinomas (BCC. Although metastasis is rare, BBC carcinomas are locally aggressive tumors. Matrix metalloproteinases (MMPs, mainly MMP-2 and MMP-9, play an important role on the invasion process. On the other hand, tissue inhibitors of MMPs (TIMPs have the main function of inhibiting these enzymes. OBJECTIVE: To investigate the association of clinical-pathological variables of BCC patients with the

  1. Qualidade de aplicação de herbicida em lavoura de trigo Herbicide spraying quality in wheat crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge M. Suguisawa

    2007-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar a operação de aplicação de herbicida em lavoura de trigo utilizando ferramentas estatísticas da qualidade e tecnologia de sistema de informação geográfica, sendo os dados coletados em propriedade agrícola situada no Paraná. Foram considerados dois indicadores: percentagem de cobertura de gotas e densidade de gotas. Foram utilizadas, para avaliação dos resultados, técnicas da estatística descritiva, de controle de qualidade e do sistema de informação geográfica. Os resultados mostram que o processo de aplicação de defensivo avaliado apresenta irregularidade e grande variabilidade, necessitando de melhorias. Entretanto, tendo em vista a característica dos produtos utilizados (sistêmicos, pode-se considerar como razoável a qualidade da operação. A associação de técnicas de análises, como os da carta de controle, histograma de freqüência e da tecnologia SIG, permite boa caracterização do processo de pulverização empregado.This work aimed to evaluate the pesticide spraying in no tillage system using statistical quality and GIS tools. The data were collected in a farm Paraná State, Brazil. Two indicators were considered: drop coverage percentage and drop density. Tools from descriptive statistics, quality control and GIS were used in the results evaluation. The spraying process presented irregularity and high variability, demanding improvement. However, considering the characteristics of the applied pesticides (systemics, the operation could be considered as reasonable. The association of the control chart, histogram and GIS is a tool which allowed the process characterization to be done.

  2. Dessorção do herbicida atrazina e atividade microbiana em duas classes de solos do Estado do Rio Grande do Sul Dessorption of the herbicide atrazine and microbial activity in two soil classes of Rio Grande do Sul State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Regina Bohn Kleinschmitt

    2006-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi investigar a relação entre a atividade microbiana e o tipo de solo com a degradação e a dessorção de atrazina em Argissolo Vermelho Distrófico típico (PV e Vertissolo Ebânico Órtico chernossólico (VE, sob campo nativo, no Rio Grande do Sul. A quantidade de 15kg ha-1 de princípio ativo de atrazina foi aplicada a duas camadas de solo com diferentes teores de matéria orgânica e com umidade de 75% da capacidade de campo. A atividade microbiana foi monitorada pela evolução de CO2 e a determinação da atrazina em extratos de dessorção em metanol por cromatografia gasosa. A atividade microbiana não foi afetada pela aplicação do herbicida, sendo favorecida pelo maior teor de matéria orgânica nos solos. Aproximadamente 70% da quantidade aplicada de herbicida ficaram sorvidas ao solo, independentemente de sua classe. As taxas de degradação da atrazina lábil foram baixas e afetadas parcialmente pelo teor de carbono.This study was aimed at investigating the relation between microbial activity and soil type with atrazine degradation and dessorption in samples of an Argissolo Vermelho Distrófico típico (PV (Ultisol and a Vertissolo Ebânico Órtico chernossólico (VE (Mollisol collected under native grass in the State of Rio Grande do Sul, Brazil. About 15kg ha-1 of active principle of atrazine were applied to two soil layers with different organic matter contents under 75% of humidity of the water holding capacity. The microbial activity was monitored by the CO2 evolution, and the determination of atrazine in the dessorption extracts in methanol was performed by gas chromatography. The microbial activity was not affected by the herbicide doses being stimulated by the higher organic matter content in both soils. About 70% of the applied atrazine was sorbed on both soil classes. The degradation rates of the labile atrazine were low and were partially affected by the soil carbon content.

  3. Antioxidantes da dieta como inibidores da nefrotoxicidade induzida pelo antitumoral cisplatina Dietary antioxidants as inhibitors of cisplatin-induced nephrotoxicity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lusânia Maria Greggi Antunes

    2004-03-01

    Full Text Available A cisplatina é uma droga antineoplásica altamente efetiva contra vários tipos de cânceres humanos, tais como tumores do testículo e ovário, câncer da cabeça e pescoço e câncer do pulmão. Entretanto, a nefrotoxicidade é um dos principais efeitos colaterais da terapia com a cisplatina. A gravidade da nefrotoxicidade induzida pela cisplatina está relacionada com a concentração de platina nos rins. As evidências mostram que a nefrotoxicidade induzida pela cisplatina é atribuída ao dano oxidativo resultante da geração de radicais livres, e que a administração de antioxidantes é eficiente na inibição destes efeitos colaterais. Uma abordagem alternativa para proteger os roedores dos efeitos colaterais da cisplatina é o uso de conhecidos antioxidantes da dieta. Alguns estudos têm sido realizados para diminuir a peroxidação lipídica e os efeitos citotóxicos induzidos pela cisplatina, com o emprego de antioxidantes da dieta, tais como, selenito de sódio, vitaminas C e E, curcumina e o carotenóide bixina. Nós sugerimos que aqueles antioxidantes da dieta têm efeito nefroprotetor, e que os mecanismos antioxidantes destes compostos deveriam ser explorados durante a quimioterapia com a cisplatina.Cisplatin is a highly effective antineoplastic drug used against several types of human cancers, such as testicular and ovarian tumors; head and neck; and lung cancer. However, nephrotoxicity is one of the most important side-effects of cisplatin therapy. The severity of cisplatin nephrotoxicity is related to platinum concentration in the kidneys. There is a growing amount of evidence that cisplatin-induced nephrotoxicity is ascribed to oxidative damage resulting from free radical generation and that the administration of antioxidants is efficient in inhibiting these side effects. An alternative approach aiming to protect rodents against cisplatin side-effects is the introduction of known dietary antioxidants. Some studies have been

  4. Produção de prolina e suscetibilidade ao glufosinato de amônio em plantas transgênicas de citrumelo Swingle Proline production by transgenic plants of Swingle citrumelo and susceptibility to glufosinate ammonium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristine Elizabeth Alvarenga Carneiro

    2006-05-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade de plantas transgênicas de citrumelo Swingle com elevada produção de prolina, ao herbicida glufosinato de amônio. As plantas utilizadas apresentavam a inserção do gene mutante da enzima delta1-pirrolina-5-carboxilato sintetase (P5CS, responsável pela biossíntese de prolina. A expressão do gene p5cs em plantas transgênicas causou aumento nas quantidades de prolina em tecidos foliares, em até cinco vezes, quando comparadas às plantas-controle tratadas com 200 µM de glufosinato de amônio. As plantas transgênicas acumularam maior quantidade de NH4+ nas folhas, em relação às plantas não-transgênicas. Os danos causados pelo herbicida foram avaliados in vitro, utilizando-se discos foliares cultivados em meio MS com diferentes concentrações de glufosinato de amônio. Observou-se maior clorose em discos foliares das plantas transgênicas, o que comprova a maior suscetibilidade de plantas de citrumelo Swingle com alta produção de prolina ao herbicida.The objective of this work was to evaluate the susceptibility to glufosinate ammonium of transgenic plants of Swingle citrumelo with high proline production. The mutant gene of the enzyme delta1-pyrroline-5-carboxylate synthetase (P5CS, the rate-limiting enzyme in proline biosynthesis, was inserted into Swingle citrumelo plants. The expression of the gene p5cs caused up to 5-fold increase on the proline content in leaf tissues of transgenic plants treated with 200 µM glufosinate ammonium, when compared with control plants. Leaves of transgenic plants accumulated higher amounts of NH4+ than the nontransgenic control. The herbicide toxicity was evaluated using leaf disks cultivated in MS medium, containing different concentrations of glufosinate ammonium. The severity of the chlorosis, observed in leaf disks of transgenic plants, confirmed the higher susceptibility of Swingle citrumelo plants, with high proline production, to this

  5. Estratégias de manejo de inverno e verão visando ao controle de Conyza bonariensis e Bidens pilosa Winter and summer management strategies for Conyza bonariensis and Bidens pilosa control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.M. Oliveira Neto

    2010-01-01

    Full Text Available Conyza bonariensis é uma das principais plantas daninhas da região Sul do País; com a seleção de biótipos tolerantes e resistentes ao herbicida glyphosate, demandas são crescentes por alternativas de manejo para essa espécie. Com esse intuito, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficiência de diferentes estratégias de manejo de inverno e de verão sobre o controle de Conyza bonariensis, utilizando a mistura em tanque de glyphosate+2,4-D associada ou não com herbicidas residuais. As combinações de manejo foram realizadas após a colheita do milho safrinha (manejo de inverno, associadas a manejos antecedendo a semeadura da soja (manejo de verão, totalizando 15 tratamentos. Os manejos de inverno avaliados foram eficientes na dessecação das plantas daninhas e mantiveram excelentes níveis de controle residual até a pré-semeadura da cultura da soja. A semeadura da aveia após o manejo de inverno com posterior manejo de verão com glyphosate+2,4-D+diclosulam mostrou-se eficiente no controle de Bidens pilosa. Em todos os manejos em que o herbicida 2,4-D foi associado ao glyphosate houve controle total de Conyza bonariensis.Conyza bonariensis is one of the most important weeds in southern Brazil. The selection of biotypes tolerant and resistant to the herbicide glyphosate has led to increasing demand for alternatives of management strategy to control this species. This work aimed to evaluate the efficiency of different winter and summer management strategy for the control of Conyza bonariensis, by using glyphosate + 2,4-D tank mixtures combined or not with residual herbicides. The different burndown alternatives were applied after corn harvest (winter burndown, associated to applications before soybean sowing (summer burndown with a total of 15 treatments. Winter burndown options evaluated in this research were efficient in weed desiccation and provided excellent levels of residual weed control up to the next summer soybean

  6. Potencial de espécies vegetais para a remediação do herbicida trifloxysulfuron-sodium Potential of plant species for remediation of trifloxysulfuron-sodium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.O. Procópio

    2005-03-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de espécies vegetais na remediação do herbicida trifloxysulfuron-sodium em solos, utilizando o feijão (Phaseolus vulgaris como planta indicadora. Os tratamentos foram compostos pela combinação entre as espécies Calopogonium mucunoides, Crotalaria juncea, Crotalaria spectabilis, Vicia sativa, Cajanus cajan, Canavalia ensiformis, Medicago sativa, Dolichus lab lab, Penisetum glaucum, Stylosantes guianensis, Mucuna deeringiana, Mucuna cinereum, Mucuna aterrima, Raphanus sativus e Lupinus albus. Todas as espécies foram semeadas em vasos no dia seguinte à aplicação do trifloxysulfuron-sodium em três doses (0,00; 3,75; e 15,00 g ha-1. Após 80 dias da semeadura, as espécies vegetais foram cortadas na altura do coleto e a parte aérea destas descartada. A seguir, foi realizada a semeadura do feijão (cultivar Pérola. Aos 45 dias após a emergência das plantas de feijão avaliaram-se a altura e a massa seca da parte aérea das plantas. Melhor eficiência na descontaminação do trifloxysulfuron-sodium em solo foi obtida pelas espécies M. aterrima e C. ensiformis.This work aimed to evaluate the efficiency of vegetable species in the remediation of the herbicide trifloxysulfuron-sodium in soils using the common bean (Phaseolus vulgaris as a bio indicator. The treatments were composed by the combination of the species Calopogonium mucunoides,Crotalaria juncea, Crotalaria spectabilis, Vicia sativa, Cajanus cajan, Canavalia ensiformis, Medicago sativa, Dolichus lab lab, Penisetum glaucum, Stylosantes guianensis, Mucuna deeringiana, Mucuna cinereum, Mucuna aterrima, Raphanus sativus and Lupinus albus, sown in vases the day following application of the herbicide at three doses (0.00; 3.75; and 15.00 g ha-1. Eighty days after sowing, the plants were cut and the shoot discarded, followed by bean ("Perola" cultivar sowing. At 45 days post emergence, bean height and shoot dry matter were

  7. Mistura em tanque de boro e herbicidas em semeadura convencional de girassol Tank-mix of boron and herbicides on conventional sunflower sowing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Castro

    2002-04-01

    Full Text Available Os objetivos deste experimento foi avaliar a resposta do girassol às aplicações de boro (B, isoladas ou em mistura com herbicidas, e o controle de plantas daninhas por meio de experimento conduzido na Embrapa Soja, Londrina-PR. Os tratamentos foram acetochlor (1,92 kg i.a. ha-1, oxyfluorfen (0,36 kg i.a. ha-1, sulfentrazone (0,35 kg i.a.ha-1, trifluralin (1,80 kg i.a. ha-1 e as testemunhas capinada e sem capina. Todos os tratamentos foram aplicados, isoladamente ou em mistura, com 2 kg ha-1 de B (Na2B4O7.10H2 0 - bórax e H3BO3 - ácido bórico. O tratamento mais eficiente foi acetochlor mais ácido bórico; essa combinação resultou em solução mais homogênea da calda de pulverização, quando comparada com os herbicidas mais bórax. O herbicida acetochlor aplicado isoladamente ou em mistura com as duas fontes de B foi eficiente no controle da trapoeraba (Commelina benghalensis, do picão-preto (Bidens pilosa e da corda-de-viola (Ipomoea grandifolia. Os herbicidas oxyfluorfen e sulfentrazone, aplicados isoladamente ou em misturas com as duas fontes de B, foram eficientes no controle do amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla e da corda-de-viola, respectivamente. É viável a aplicação de boro juntamente com os herbicidas testados nesta pesquisa em mistura em tanque, evitando a deficiência desse micronutriente e controlando as plantas daninhas na cultura do girassol.The objectives of this study were to determine the response of sunflower to application of boron (B fertilizer and herbicides, alone or in combination, and to determine its weed control. A field experiment was carried out at Embrapa Soja, Londrina, Parana, Brazil. The treatments were acetochlor (1.92 kg a.i. ha-1, oxyfluorfen (0.36 kg a.i. ha-1, sulfentrazone (0.35 kg a.i. ha-1, trifluralin (1.80 kg a.i. ha-1 and two controls (with and without hoeing. All treatments were applied alone or in combination with 2 kg ha-1 of B (Na2B4O7.10H2 0 - borax and H3BO3 - boric acid

  8. SRAO: the first southern robotic AO system

    Science.gov (United States)

    Law, Nicholas M.; Ziegler, Carl; Tokovinin, Andrei

    2016-08-01

    We present plans for SRAO, the first Southern Robotic AO system. SRAO will use AO-assisted speckle imaging and Robo-AO-heritage high efficiency observing to confirm and characterize thousands of planet candidates produced by major new transit surveys like TESS, and is the first AO system to be capable of building a comprehensive several-thousand-target multiplicity survey at sub-AU scales across the main sequence. We will also describe results from Robo-AO, the first robotic LGS-AO system. Robo-AO has observed tens of thousands of Northern targets, often using a similar speckle or Lucky-Imaging assisted mode. SRAO will be a moderate-order natural-guide-star adaptive optics system which uses an innovative photoncounting wavefront sensor and EMCCD speckle-imaging camera to guide on faint stars with the 4.1m SOAR telescope. The system will produce diffraction-limited imaging in the NIR on targets as faint as mν = 16. In AO-assisted speckle imaging mode the system will attain the 30-mas visible diffraction limit on targets at least as faint as mν = 17. The system will be the first Southern hemisphere robotic adaptive optics system, with overheads an order of magnitude smaller than comparable systems. Using Robo-AO's proven robotic AO software, SRAO will be capable of observing overheads on sub-minute scales, allowing the observation of at least 200 targets per night. SRAO will attain three times the angular resolution of the Palomar Robo-AO system in the visible.

  9. MagAO: status and science

    Science.gov (United States)

    Morzinski, Katie M.; Close, Laird M.; Males, Jared R.; Hinz, Phil M.; Esposito, Simone; Riccardi, Armando; Briguglio, Runa; Follette, Katherine B.; Pinna, Enrico; Puglisi, Alfio; Vezilj, Jennifer; Xompero, Marco; Wu, Ya-Lin

    2016-07-01

    "MagAO" is the adaptive optics instrument at the Magellan Clay telescope at Las Campanas Observatory, Chile. MagAO has a 585-actuator adaptive secondary mirror and 1000-Hz pyramid wavefront sensor, operating on natural guide stars from R-magnitudes of -1 to 15. MagAO has been in on-sky operation for 166 nights since installation in 2012. MagAO's unique capabilities are simultaneous imaging in the visible and infrared with VisAO and Clio, excellent performance at an excellent site, and a lean operations model. Science results from MagAO include the first ground-based CCD image of an exoplanet, demonstration of the first accreting protoplanets, discovery of a new wide-orbit exoplanet, and the first empirical bolometric luminosity of an exoplanet. We describe the status, report the AO performance, and summarize the science results. New developments reported here include color corrections on red guide stars for the wavefront sensor; a new field stop stage to facilitate VisAO imaging of extended sources; and eyepiece observing at the visible-light diffraction limit of a 6.5-m telescope. We also discuss a recent hose failure that led to a glycol coolant leak, and the recovery of the adaptive secondary mirror (ASM) after this recent (Feb. 2016) incident.

  10. MagAO: Status and Science

    CERN Document Server

    Morzinski, Katie M; Males, Jared R; Hinz, Phil M; Esposito, Simone; Riccardi, Armando; Briguglio, Runa; Follette, Katherine B; Pinna, Enrico; Puglisi, Alfio; Vezilj, Jennifer; Xompero, Marco; Wu, Ya-Lin

    2016-01-01

    "MagAO" is the adaptive optics instrument at the Magellan Clay telescope at Las Campanas Observatory, Chile. MagAO has a 585-actuator adaptive secondary mirror and 1000-Hz pyramid wavefront sensor, operating on natural guide stars from $R$-magnitudes of -1 to 15. MagAO has been in on-sky operation for 166 nights since installation in 2012. MagAO's unique capabilities are simultaneous imaging in the visible and infrared with VisAO and Clio, excellent performance at an excellent site, and a lean operations model. Science results from MagAO include the first ground-based CCD image of an exoplanet, demonstration of the first accreting protoplanets, discovery of a new wide-orbit exoplanet, and the first empirical bolometric luminosity of an exoplanet. We describe the status, report the AO performance, and summarize the science results. New developments reported here include color corrections on red guide stars for the wavefront sensor, a new field stop stage to facilitate VisAO imaging of extended sources; and eye...

  11. Antiinflamatórios não esteróides inibidores da ciclooxigenase-2 (COX-2: aspectos atuais Antiinflamatorios no esteróides inhibidores de la ciclooxigenasa-2 (COX-2: aspectos actuales Cycloxygenase-2 inhibitors nonsteroid anti-inflammatory drugs: current issues

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Luize Kummer

    2002-07-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Devido à alta incidência de efeitos colaterais relacionados aos antiinflamatórios não hormonais (AINES, a descoberta de duas isoformas da enzima ciclooxigenase, classificadas como: COX-1 ou constitutiva e COX-2 ou indutiva, formulou o paradigma que as propriedades antiinflamatórias dos AINES seriam mediadas através da inibição da enzima COX-2; já os efeitos colaterais, do bloqueio da COX-1. Entretanto, a isoforma COX-2 tem sido detectada constitutivamente em tecidos normais, levantando a dúvida sobre o quão realmente são seguros os inibidores específicos desta enzima. O objetivo desta revisão é relatar as mais recentes evidências clínicas e experimentais envolvendo a COX-2 e os compostos inibidores desta isoforma. CONTEÚDO: São exibidos os novos conceitos sobre as diferenças estruturais entre COX-1 e COX-2, a existência destas isoformas nos diversos tecidos, os resultados de experimentos em animais e humanos, além da observação clínica dos compostos inibidores específicos COX-2 (coxibs. Algumas prováveis novas indicações de antiinflamatórios não esteróides, principalmente coxibs, na demência de Alzheimer e em neoplasias são exemplificadas. CONCLUSÕES: Os coxibs representam importante avanço farmacológico no tratamento antiinflamatório, reduzindo a incidência de lesões gastrointestinais e apresentando possível indicação na prevenção de neoplasias e doenças neurológicas. No entanto, tais compostos apresentam efeitos colaterais indistinguíveis dos AINES convencionais e são drogas de alto custo. Como toda medicação de recente lançamento no arsenal médico, maiores avaliações são necessárias para o estabelecimento da real segurança destes compostos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Debido a la alta incidencia de efectos colaterales relacionados a los antiinflamatorios no hormonales (AINES, la descubierta de dos isoformas de la enzima ciclooxigenasa, clasificadas como: COX-1

  12. Persistência dos herbicidas imazethapyr e clomazone em lâmina de água do arroz irrigado Imazethapyr and clomazone persistence in rice paddy water

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.M. Santos

    2008-01-01

    Full Text Available Os herbicidas podem persistir no solo ou ser carreados para fora da área, contaminando mananciais hídricos a jusante da lavoura. Em vista disso, o presente trabalho objetivou estimar a persistência dos herbicidas imazethapyr e clomazone na lâmina de água de arroz irrigado. Para isso, foi realizado um ensaio com diferentes doses e épocas de aplicação da mistura formulada (75 g i.a. ha-1 de imazethapyr + 25 g i.a. ha-1 de imazapic e clomazone (1.500 g i.a. ha-1. Para determinação dos produtos na água de irrigação, foram coletadas amostras de água a partir do primeiro dia até 62 dias após a inundação. Os resultados demonstraram que o período de detecção dos herbicidas na água de irrigação foi mais longo para o imazethapyr que para o clomazone. A meia-vida do imazethapyr na lâmina da água variou conforme o tratamento, com valores entre 1,6 e 6,2 dias, e a do clomazone foi de cinco dias.Herbicides can persist in soil and be transported from the application site to the environment. An experiment was conducted to estimate imazethapyr and clomazone persistence in rice paddy water. The treatments included application of the formulated herbicide mixture (imazethapyr 75 g a.i. L-1 + imazapic 25 g a.i. L-1 and clomazone (500 g a.i. L-1. Imazethapyr and clomazone concentrations in water were evaluated from the 1st to the 62nd day after flooding. The period of herbicide detection in water was longer for imazethapyr. Imazethapyr half-life in paddy water varied between 1.6 and 6.2 days and clomazone half-life was 5 days.

  13. Direito e Risco: do Consumo ao Ambiente

    OpenAIRE

    Marques, Carlos Alexandre Michaello

    2014-01-01

    A presente Dissertação tem como tema de investigação “Direito e Risco: do Consumo ao Ambiente”. Para tanto, essa temática foi delimitada através da investigação sobre a capacidade do Direito a partir de uma leitura Sociológica e Antropológica de compreender e promover aprendizagem nas questões que envolvem o Risco como elemento decorrente do Consumo e que externa suas consequências ao Ambiente. Neste sentido, se direcionou a responder ao problema de saber: em que medida é possível e necessári...

  14. Action of selective serotonin reuptake inhibitor on aggressive behavior in adult rat submitted to the neonatal malnutrition Ação de inibidor seletivo da recaptação de serotonina sobre comportamento agressivo em rato adulto submetido à desnutrição neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jairza Maria Barreto Medeiros

    2001-09-01

    Full Text Available The effect of the malnutrition during suckling on the aggressiveness was investigated in adult rats treated or not with citalopram, a selective serotonin reuptake inhibitor (SSRI. The animals were divided into two groups according to the diet used: nourished group-- the rats received the control diet with 23% protein during the life; and malnourished group-- the rats had its mothers submitted to diet with 7.8% protein during suckling. At 120 days of age, each group was sub-divided according to the treatment: acute -- consisting a single i.p. injection of saline solution or 20-mg/Kg citalopram; chronic -- consisting the single injections (1 per day during 14 days of saline or 20 mg/Kg citalopram. The acute or chronic treatment with SSRI reduces aggressive response in nourished rats, but not in malnourished ones. Thus, the malnutrition during the critical period of brain development seems to induce durable alterations in the function of the serotoninergic neurotransmissionO efeito da desnutrição durante a lactação sobre a agressividade foi investigado em ratos adultos tratados ou não com citalopram, um inibidor seletivo da recaptação de serotonina (ISRS. Os animais foram divididos em dois grupos de acordo com a dieta: grupo nutrido-- ratos que receberam toda a vida dieta controle (23% de proteína; e grupo desnutrido-- ratos que tiveram suas mães submetidas a dieta com 7,8% de proteína na lactação. Aos 120 dias de idade, cada grupo foi sub-dividido conforme o tratamento: agudo -- consistindo de injeção única i.p. de solução salina ou 20mg/Kg de citalopram; crônico - consistindo de injeções únicas (1 por dia durante 14 dias de salina ou 20mg/Kg de citalopram. O tratamento agudo ou crônico com ISRS reduziu a resposta agressiva nos ratos nutridos, mas não nos desnutridos. Assim, a desnutrição durante o período crítico de desenvolvimento do cérebro parece acarretar alterações duradouras na função da neurotransmiss

  15. Efeitos do tratamento neonatal com inibidor seletivo de recaptura da 5-HT sobre o desenvolvimento anatômico crânio-encefálico Neonatal treatment effect with selective inibitor of 5-HT recapture over the cranium-encephalic anatomic development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Peixoto Magalhães

    2006-12-01

    Full Text Available Pesquisadas repercussões neonatais do tratamento crônico com inibidores seletivos de recaptura da serotonina (ISRS sobre crescimento somático, do encéfalo e crânio. Ratos machos foram divididos em grupos: controle (NaCl e Cit (10 µL/Kg citalopram 10 mg. Durante 21 dias pós-natais, foram aferidos peso corporal, eixo látero-lateral, ântero-posterior e circunferência do crânio. Aos 8, 15 e 22 dias pós-natais, os animais foram sacrificados para retirada do encéfalo para avaliar as medidas citadas acima. A utilização de ISRS provocou déficit de crescimento corporal, diminuição das medidas craniais e do encéfalo. O retardo é possivelmente decorrência de alteração na magnitude da ação trófica da serotonina sobre morfogênese crânio-facial, reforçando a participação do sistema serotoninérgico sobre o crescimento somático e ontogenético. O possível efeito hipofágico dos ISRS não é descartado.Neonatal repercussion researched of the serotonin selective recapture inibitor (SSRI chronic treatment about the somatic growth, of the encephalon and skull. Male rats were divided into groups: control (NaCl and Cit (10 µL/Kg citalopram 10 mg. In 21 post birth days were measured body weight, side axle , front and rear and skull circle. At 8, 15, 22 days after birth, animals were sacrified for the encephalon withdrawal to evaluate the measurements mentioned above. SSRI use caused body growth deficit, skull and encephalon reduction. The retard is possibly caused by the magnitude change of the trophic serotonin action over the skull-facial morphogenesis, reinforcing the serotoninergic system participation over the somatic and ontogenic growth. The SSRI possible hypophagic effects are not discarded.

  16. Efeito inibidor dos extratos hidroalcóolicos de coberturas mortas sobre a germinação de sementes de cenoura e alface Inhibitory effects of hydroalcoholic extracts of five plant species used as mulches on germination of lettuce and carrot seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio L. M. de Souza

    1999-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi obter a prospecção fitoquímica e avaliar o efeito inibitório dos extratos hidroalcóolicos de capim-gordura (Melinis minutiflora, capim-jaraguá (Hyparrhenia rufa, capim-colonião (Panicum maximum, mucuna (Mucuna aterrima e serrapilheira de bambu (Bambuza spp., sobre a germinação de sementes de alface e cenoura. O teste de germinação foi conduzido sobre papel umedecido com extrato das espécies citadas diluídos em 25, 50, 75 e 100 % (v/v, e água destilada. Avaliou-se a porcentagem de final e o índice de velocidade de germinação. O índice de velocidade de germinação e a porcentagem de germinação de sementes de cenoura e alface, reduziram significativamente nas diluições de 50 a 100 % (v/v em relação as demais diluições e ao controle. O extrato de mucuna apresentou significativamente maior efeito inibidor em comparação com os demais extratos testados, principalmente sobre a germinação de sementes de alface. A prospecção fitoquímica indicou a presença de classes de substâncias com potencial alelopático.Studies were undertaken to evaluate the inhibitory activity of hydroalcoholic extracts from dry mass of plant species used as mulches: Melinis minutiflora, Hyparrhenia rufa, Panicum maximum, Mucuna aterrima and bamboo leaves (Bambuza spp.. The inhibitory activity was measured on germination tests of lettuce and carrot seeds. Five extract concentrations of each species were used: 0, 25, 50, 75 and 100 % (v/v. The rate of speed germination and percentage of germination of both species decreased significatly in function of the extract concentrations in the range from 50 to 100 % (v/v. Mucuna aterrima extract was significatly more inibitory than the other extracts, mainly for lettuce seeds. Bioassays with extracts showed the presence of several groups of alleopathic compounds.

  17. Herbicides synthesis and biological tests to determine its activity on the weeds; Sintesis de herbicidas y pruebas biologicas para determinar su actividad sobre la maleza

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Romero M, Artemisa [Universidad Autonoma Metropolitana-Xochimilco, Mexico, D. F. (Mexico); James M, Guillermo [Universidad Autonoma Metropolitana-Xochimilco, Mexico, D. F. (Mexico); Miramontes F, Benjamin [Universidad Autonoma Metropolitana-Xochimilco, Mexico, D. F. (Mexico); Haro C, Jorge [Universidad Autonoma Metropolitana-Iztapalapa, Mexico, D.F. (Mexico)

    1995-02-01

    Four derivatives of Dicamba (2-methoxy-3, 6-dichlorobenzoic acid) were obtained: 2-methoxy-3, 6-dichlorobenzyl alcohol, 2-methoxy-3, 6-dichlorobenzaldehyde, 2-methoxy-3, 6-dichlorobenzaldoxime, tested on weed, and 2-methoxy-3, 6-dichlorobenzylamine. The weeds were Taraxacum officinale Weber, Amaranthus silvester and Sonchus oleraceus L. The oxime did not show activity on Amaranthus silvester, all the substances were active on the other two weeds. [Spanish] Se sintetizaron cuatro derivados del herbicida Dicamba (acido 2-metoxi-3, 6-diclorobenzoico), y se hicieron pruebas de la actividad de tres de ellos sobre maleza de Xochimilco. Se probaron el alcohol 2-metoxi-3, 6-diclorobencilico, 2-metoxi-3, 6-diclorobenzaldehido, 2-metoxi-3, 6-diclorobenzaldoxima. La maleza fue Taraxacum officinale Weber (Diente de leon), Amaranthus silvester (Amaranto silvestre) y Sonchus oleraceus L. (Sonchus). En amaranto, la oxima fue el unico que no presento actividad. En diente de leon y Sonchus, todas las sustancias probadas presentaron actividad.

  18. Análisis de la sensibilidad de biotipos de Lolium multiflorum a herbicidas inhibidores de la enzima ALS, ACCasa y Glifosato Sensitivity analysis of Lolium multiflorum biotypes to Glyphosate, ACCase and ALS-inhibiting herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Diez De Ulzurrun

    2012-09-01

    Full Text Available A pesar de los avances logrados en el control de las malezas con el uso de herbicidas, el manejo de las mismas no se simplificó, sino que, al contrario, surgieron nuevos desafíos, como la aparición de resistencia a herbicidas. En 2007, se reportó en Lolium multiflorum el segundo caso de resistencia a glifosato detectado en Argentina. En el sudeste de la provincia de Buenos Aires se registraron fallas de control a campo en poblaciones de Lolium multiflorum debido a su resistencia a distintos herbicidas de las familias de los inhibidores de ALS y de ACCasa y al herbicida glifosato. El objetivo de este estudio fue caracterizar el nivel de resistencia a ciertos herbicidas inhibidores de la ALS y de la ACCasa y al glifosato en una población de L. multiflorum de Lobería (Bs As, Argentina supuestamente resistente (LmR. Se realizaron bioensayos en cajas de Petri y se determinó la GR50 mediante la variación en la longitud de coleoptile. Las curvas de dosis-respuesta se obtuvieron por medio de la ecuación log-logística. El biotipo LmR presentó resistencia múltiple a herbicidas con tres modos de acción diferentes: glifosato, inhibidores de ALS y de ACCasa. Dicho ensayo demostró la aparición de un biotipo de L. multiflorum con resistencia a múltiples principios activos.Despite progress in weed control using herbicides, management has not been simplified, but new challenges such as herbicides resistance have arisen. In 2007, a Lolium multiflorum population resistant to glyphosate was reported, as the second case of glyphosate resistant weeds in Argentina. In the southeast of Buenos Aires province, control failures in populations of L. multiflorum to different families of herbicide such as ALS and ACCase inhibitors and to glyphosate at field level have been registered. The aim of this study was to characterize the level of resistance to certain herbicides inhibitors of ALS, ACCase and glyphosate in a putatively resistant (LmR population of L

  19. Deposición de herbicida en plantas dañinas en funcion del tipo de boquilla de pulverización y el volumen de solucion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Ignacio Herrera Prat

    2008-01-01

    Full Text Available El mal uso de los herbicidas es un impedimento para la aplicación de la agricultura conservacionista, ya que causa daño al medio ambiente y la salud humana. El trabajo tiene como objetivo evaluar la deposición y la deriva de herbicida con diferentes boquillas y volúmenes de aplicación en condiciones de campo. Se escogieron dos tipos de boquilla de pulverización (chorro plano y chorro cónico hueco con tres volúmenes de aplicación (125, 250 y 400 L·ha-1. Se utilizo para la toma de muestras del espectro de pulverización sacamuestras «contact», las mismas fueron debidamente identificadas y procesadas con un programa de computación para el análisis de imágenes «Image Tool», versión 3.0. Para la evaluación de la deriva se utilizaron plantas artificiales, posicionados fuera del área de experimento. Las boquillas de chorro plano y cónico propician coberturas semejantes, tanto por el haz que el envés de las hojas, el volumen de aplicación de 250 L·ha-1 proporciona mayor retención de solución en el follaje y mayor uniformidad de cobertura de las plantas que los volúmenes de 125 y 400 L·ha1. Las gotas formadas en las aplicaciones con boquillas de chorro cónico hueco están mas sujetas a la deriva que las producidas con las boquillas de chorro plano, especialmente cuando se emplea bajo volumen de aplicación. Las aplicaciones realizadas proporcionan en general, una baja uniformidad de deposición en el envés de la hoja con un riesgo potencial de deriva elevado.

  20. Síndrome serotoninérgica associada ao uso de paroxetina: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CAVALLAZZI LUÍS OTÁVIO

    1999-01-01

    Full Text Available Relatamos um caso de síndrome serotoninérgica pelo uso de inibidor da recaptação da serotonina, a paroxetina. Tal síndrome por esta droga, sem combinações, ainda não tinha sido descrita na literatura.

  1. Dinâmica do herbicida metribuzin aplicado sobre palha de cana-de-açúcar (Saccarum officinarum Performance of metribuzin apllied on sugarcane straw

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.V.S Rossi

    2013-03-01

    Full Text Available O herbicida metribuzin é recomendado para o controle de plantas daninhas na cultura de cana-de-açúcar. Entretanto, seu comportamento em áreas com colheita mecânica, que deixa grande quantidade de palha sobre o solo, não é bem conhecido. Este trabalho objetivou avaliar a dinâmica do herbicida metribuzin aplicado sobre diferentes quantidades de palha de cana-de-açúcar, períodos e intensidades de chuvas após a aplicação. Foram realizados três ensaios para avaliar a dinâmica do metribuzin aplicado sobre a palha de cana-de-açúcar. No primeiro, foi avaliada a interceptação do herbicida por 0, 1, 2,5, 5, 7,5, 10, 15 e 20 t de palha de cana-de-açúcar por hectare. No segundo, avaliou-se a lixiviação do metribuzin em 5, 10, 15 e 20 t de palha por hectare sob simulação de chuva de 2,5, 5, 10, 15, 20, 35, 50 e 100 mm, um dia após a aplicação (DAA. No terceiro, foi avaliado o efeito dos intervalos de tempo entre a aplicação do herbicida e a primeira chuva na lixiviação do metribuzin (0, 1, 7, 14 e 28 dias em 10 t de palha por hectare, em função das mesmas precipitações simuladas no segundo ensaio. Os resultados obtidos no segundo e terceiro ensaios foram ajustados pelo modelo de Mitscherlich. A quantificação do herbicida foi realizada por cromatografia líquida de alta eficiência. A quantidade de metribuzin que transpõe as diferentes quantidades de palha com simulação acumulada de 100 mm de chuva é diferenciada, sendo maior para 5 t ha-1 e menor para quantidades maiores, até 20 t ha-1. A simulação média de chuvas equivalentes a de 20 a 30 mm iniciais é suficiente para promover uma transposição maior que 99% do metribuzin. Este herbicida é retido quando aplicado sobre a palha de cana-de-açúcar e permanece por períodos de até 28 DAA sem chuva.The herbicide metribuzin is recommended for weed control of sugarcane crops. However, the behavior of this herbicide on the straw left on the soil surface of

  2. Alergia ao látex

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Allarcon Jorge Barrios

    2003-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O látex, (cis 1,4 polyisoprene está muito presente no dia-a-dia do anestesiologista. Os primeiros relatos de alergia ao látex datam de 1933. A sensibilidade ao látex na população de anestesiologistas é de 12,5% a 15,8%. A incidência de sensibilidade ao látex aumenta muito em grupos específicos, podendo produzir reações graves e até mesmo fatais. O objetivo desse estudo foi realizar uma revisão bibliográfica sobre o assunto, abordando este tema de interesse para o anestesiologista, considerando diagnóstico, prevenção e tratamento da alergia ao látex. CONTEÚDO: Os estudos sobre a prevalência das reações alérgicas ao látex variam muito conforme a população estudada e os métodos utilizados para estabelecer a sensibilidade ao antígeno. Mesmo com estas variações, existem alguns grupos em que o risco é elevado, particularmente em pacientes com distúrbio na formação do tubo neural. As manifestações clínicas variam desde dermatite de contato até anafilaxia e óbito. O diagnóstico precoce com pesquisa de IgE pode prevenir as reações de hipersensibilidade. CONCLUSÕES: É de extrema importância o diagnóstico precoce da alergia ao látex. A abordagem desses pacientes em ambientes livres de látex evitam a sensibilização e evolução muitas vezes para quadros dramáticos.

  3. Comportamento de baixas doses de herbicidas na cultura da soja (Glycine max (L. Merril: I - efeitos sobre o controle das plantas daninhas e parâmetros de produção da cultura Behavior of low-rates of herbicides in the soybean (Glycine max (L . Merril crop: I - effects on weed control and crop yield parameters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. C. Durigan

    1983-06-01

    Full Text Available Foi estudada a possibilidade de redução nas doses recomendadas de herbicidas, isolados ou em misturas, sem afetar a produção ou outras características desejáveis da planta, para o cultivar Santa Rosa em Solo Latossol Vermelho Escuro -fase arenosa. 0 experimento foi instalado em blocos ao acaso, com vinte tratamentos e três repetições, testando-se a dose total recomendada e reduções de 25% e 50% dela, para trifluralin, alachlor e metribuzin, isolados e em misturas. As doses recomendadas foram 0,86; 1,72 e 0,28 kg/ha de trifluralin, alachlor e metribuzin, respectivamente. As misturas com doses reduzidas, de tri-firalin + metribuzin (0,65 + 0,21 kg/ha e alachlor + metribuzin (1,44 4 0,21 kg/ha, apresentaram controle geral das plantas daninhas acima de 90% até o 60.º dia após a semeadura, sem apresentar fitotoxicidade ou efeitos deletérios sobre a nodulação da soja. O controle das plantas daninhas obtido com a redução de 25% nas doses destas misturas, foi equivalente ao da testemunha capinada e proporcionou valores similares nos teores de proteína, extrato etéreo e cinzas, peso de 100 grãos, número de grãos por vagem, altura da planta e altura da inserção da vagem mais baixa. As maiores produções de soja, obtidas com as misturas na dose total recomendada, foram estatisticamente iguais às obtidas com estes mesmos herbicidas aplicados com dose padrão reduzida em 25%. Desta forma, de acordo com as conveniências econômicas e ecológicas, sugere-se que a recomendação atual destes tratamentos seja feito com as doses reduzidas em 25%, nas condições de desenvolvimento da presente pesquisa.It was studied the feasibility of reducing there commended herbicide rate, single or in mixtures, without affecting the yield or other desirable plant features, for cultivar Santa Rosa in "Dark-Red Latossol -sandy phase". ' The trials was settled at randomized block design with treatments repplicated 3 times, testing the full recommended

  4. Necrose digital em paciente com lúpus eritematoso sistêmico e esclerose sistêmica tratada com inibidores da fosfodiesterase Digital necrosis treated with phosphodiesterase inhibitors in a patient with connective tissue disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lílian Scussel Lonzetti

    2008-10-01

    Full Text Available Os inibidores da fosfodiesterase têm sido introduzidos, nos últimos anos, como novos agentes farmacológicos no tratamento dos pacientes com fenômeno de Raynaud e isquemia digital. Será descrito o caso de uma paciente com lúpus eritematoso sistêmico e esclerose sistêmica limitada apresentando fenômeno de Raynaud grave e necrose digital refratária à terapia. A paciente obteve excelente resposta à associação de imunossupressão e sildenafil.The phosphodiesterase inhibitors have been used recently for the treatment of Raynaud's phenomenon and digital ischaemia. We report the case of a patient affected by systemic lupus erythematosus and limited systemic sclerosis who presented severe Raynaud's phenomenon with digital necrosis despite treatment. The patient presented an excellent response to the association of immunosuppressant therapy and sildenafil.

  5. Rice herbicide monitoring in two Brazilian rivers during the rice growing season Monitoramento de herbicidas em dois rios brasileiros durante o período de cultivo do arroz

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enio Marchesan

    2007-01-01

    Full Text Available Irrigated rice production can involve environmental contamination with pesticides due to the proximity of the fields to rivers and to management problems. During three years (2000 to 2003 the rice herbicides clomazone, propanil and quinclorac were quantified in water during the rice growing season, in the Vacacaí and Vacacaí-Mirim Rivers, located in Rio Grande do Sul (RS State, Brazil. Water samples were taken at several locations in each river, selected by their importance in terms of rice drainage area. The samples were analyzed by HPLC-UV. At least one herbicide was detected in 41% of the samples from the Vacacaí River and 33% from the Vacacaí-Mirim River. The most frequent herbicide in both rivers and in each year was clomazone. The amount of herbicides in the river water was dependent on the rainfall regime. River water contamination by rice herbicides is probably caused by the rice water management used in the fields. The maintenance of flooded areas makes herbicides prone to contaminate the environment. To reduce the environmental contamination risk it is necessary to adopt measures to avoid overflow of flooded rice fields, keeping paddy water in the field for time enough to reduce the herbicide concentration before its release and enhancing the quality of the levees to reduce the probability of paddy rice overflow.No cultivo de arroz irrigado a possibilidade de contaminação dos mananciais hídricos é ampliada pelas características peculiares das áreas e do sistema de produção. Um estudo de monitoramento foi conduzido durante três anos (2000 a 2003, nos rios Vacacaí e Vacacaí-Mirim, localizados no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, buscando quantificar os herbicidas clomazone, propanil e quinclorac durante o período de cultivo do arroz. As amostras de água foram coletadas em vários locais em cada rio. Os locais de coleta foram selecionados pela importância em termos da captação da água de drenagem. As amostras foram

  6. Avaliação de herbicidas aplicados em pós-emergência sobre e sob a palha em cana crua e o destino ambiental Evaluation of herbicides applied in post-emergence over and under straw in no-burn sugarcane and their environmental fate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.L. Foloni

    2011-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de vários herbicidas isolados ou associados, aplicados em pós-emergência, na cultura da cana-soca, colhida mecanicamente no sistema cana crua, procurando evidenciar diferenças no seu desempenho quando aplicados sobre ou sob a palha, bem como, ainda dentro do conceito de sustentabilidade e avaliação de risco ambiental, quantificar os comportamentos nos quais esses produtos apresentam maior risco. O experimento foi conduzido no município de Bariri-SP, em áreas da Usina Della Colletta, Fazenda Santo Antonio, em área de cana-soca (cultivar RB 72 754 colhida mecanicamente. Foi utilizada a cana-soca de quarto corte, plantada no espaçamento de 1,40 m, em solo Argiloso Vermelho-Amarelo com 5% de declive. Empregou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso com 14 tratamentos (trifloxysulfuron-sodium+ametrina 720 e 960; mesotrione 182 e 292,6; mesotrione+ametrina 292,6+1.500; mesotrione+trifloxysulfuron-sodium 182,8+720; metribuzin 2.680; trifloxysulfuron-sodium+ametrina + hexazinone+diuron 720+900; amicarbazone 45; hexazinone+diuron 1.320; trifloxysulfuron-sodium+sulfentrazone 720+700 (todos em gramas de ingrediente ativo; testemunha; testemunha capinada e quatro repetições, para cada tipo de aplicação (sobre e sob a palha disposta lado a lado. As avaliações realizadas foram: fitotoxicidade aparente, altura, estande, eficiência no controle da Digitaria horizontalis, Cenchrus echinatus, Emilia fosbergii e Sida cordifolia, números de internódios e o primeiro internódio. O modelo matemático foi o nível I de fugacidade, utilizando os compartimentos ar, água, solo, sedimento, biota, raiz, caule e folha. Os resultados mostraram que os herbicidas trifloxysulfuron + diuron, mesotrione, metribuzin, ametrina, hexazinone + diuron, amicarbazone e sulfentrazone isolados ou associados, aplicados em pós-emergência, em área total da cultura da cana-de-açúcar, foram altamente

  7. Efeitos de herbicidas e populações de plantas na nodulação e produção da soja (Glycine max (L. Merril 'Santa Rosa' Effects of herbicides and plant populations on nodulation and yield in soybeans Glycine max (L. Merril 'Santa Rosa'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Deuber

    1981-12-01

    Full Text Available Três experimentos de campo e um em vasos foram conduzidos com a cultura da soja 'Santa Rosa', para estudar os efeitos da aplicação de diferentes herbicidas, combinados com diferentes populações de plantas, sobre a nodulação, produção de grãos e teor de N em grãos. Utilizaram-se solos argiloso e muito argiloso no campo e argiloso e barrento em vasos. Os herbicidas aplicados foram o trifluralin a 0,96 kg/ha e o vernolate a 3,60 kg/ha, incorporados ao solo; alachlor a 2,40 kg; pendimethalin a 1,50 kg em dois experimentos e a 1,25 kg em um e o metribuzin a 0,63 kg em dois e a 0,53 kg em um em pré-emergência no campo. Em vasos, as doses foram as mesmas, exceto do trifluralin, que foi de 0,86 kg. Havia um tratamento sem herbicida em cada experimento. As densidades de semeadura corresponderam, no Experimento I, a 200 e 300 mil plantas/ha, no Experimento II a 200, 300 e 400 mil plantas/ha e, no III, a 150 e 250 mil plantas/ha. Em cada vaso, foram semeadas três plantas e nestes, fez-se o estudo do crescimento até 30 dias, quando se coletaram os nódulos. No campo, em pleno florescimento, foram amostrados os nódulos de cinco plantas por parcela, que foram contados e pesados após secagem. Na colheita, foram obtidos a produção de grãos e o seu teor de N. As diferentes densidades não causaram alteração no número e no peso de nódulos. Em vasos a modulação foi afetada, na fase inicial, por trifluralin, pendimethalin e vernolate, que reduziram o número e o peso de nódulos. O trifluralin reduziu esses valores no campo, na fase de máxima nodulação, em um experimento. O aumento da população causou elevação do teor de N, e de grãos na colheita, em dois experimentos. Nenhum herbicida afetou o teor desse nutriente nas folhas ou nos grãos. A produção de grãos por área foi elevada com o aumento da população de plantas. O metribuzin causou redução da produção em um experimento.The effects of herbic ides and plant

  8. Determinação da Cinética Ruminal da Proteína de Vários Alimentos Utilizando o Método de Inibidores In Vitro Determination of Ruminal Protein Kinetics of Feedstuffs Using an Inhibitor in vitro Method

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Iván Londoño Hernández

    2002-02-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi estimar os parâmetros cinéticos da degradação dos compostos nitrogenados de 24 alimentos concentrados e 14 volumosos, por intermédio do método de inibidores in vitro, utilizando-se o sistema Kjeldahl. Foi utilizado líquido ruminal oriundo de bovino recebendo dieta com 60% de volumoso e 40% de concentrado. Na preparação de 1000 mL do meio fermentador, utilizaram-se 800 mL do inóculo, 2 g de NaHCO3 em 50 mL de H2O destilada, 3,2 g de pectina em 100 mL de solução McDougall, 0,234 mL de mercaptoethanol, 0,195 g de sulfato de hidrazina em 25 mL de solução McDougall e 0,045 g de cloranfenicol em 25 mL de solução McDougall. Ao meio fermentador adicionaram-se 3,2 g de amido, 3,2 g de xilose e 0,16 mL de antiespumante (Antifoam 204, Sigma Chemical Co. A-6426. Foi determinado o desaparecimento dos compostos nitrogenados dos alimentos nos tempos 0 e 2 horas, incubados na quantidade de, aproximadamente, 1,875 mg de N para cada tubo de ensaio. As estimativas referentes às taxas de degradação mostraram que os alimentos farelo de glúten de milho, caseína, grão de amendoim moído, cama de frango contendo casca de café como material absorvente e raspa de mandioca possuem proteínas de rápida degradação, observando-se as mais lentas taxas de degradação para o fubá de milho, a farinha de carne e ossos, a cama de frango contendo capim-elefante como material absorvente, a levedura de cana-de-açúcar e a farinha de penas. De maneira geral, os parâmetros da degradação apresentaram resultados semelhantes aos reportados in situ. O método dos inibidores in vitro permitiu uma avaliação rápida e eficiente da cinética de degradação da proteína bruta dos alimentos concentrados. As taxas de degradação de alguns alimentos volumosos foram subestimadas.The objective of this work was to evaluate the kinetics parameters of nitrogen compounds degradation for 24 concentrate feedstuffs and 14 grasses, by

  9. Prazosina de liberação lenta para pacientes com transtorno do estresse pós-traumático resistentes aos ISRS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Felipe Pagotto

    2012-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Prazosina, um antagonista de receptores alfa-1 adrenérgicos, é utilizada no tratamento de pesadelos e insônia relacionados com TEPT. Apesar das evidências sugerindo sua eficácia também no tratamento de sintomas gerais de TEPT, sua curta meia-vida (2-3 horas pode limitar seus efeitos terapêuticos. OBJETIVO: Descrever quatro casos de pacientes com TEPT resistentes aos inibidores de recaptação de serotonina ou de serotonina e adrenalina (terapia convencional tratados com uma apresentação de prazosina de liberação lenta. MÉTODOS: Quatro pacientes com TEPT grave, resistentes à terapia convencional, tiveram a prazosina de liberação lenta (meia-vida de 10,8 horas adicionada as suas prescrições por pelo menos três meses. Os sintomas de TEPT foram avaliados pela PCL-C e pelos itens referentes a pesadelos e insônia da CAPS, na linha de base e no final do período de observação de cada paciente. RESULTADOS: Dois pacientes mostraram melhora dos sintomas gerais de TEPT (redução de 35,7% e 11,9% nos escores da PCL-C, e três mostraram melhora de pesadelos e insônia (nos escores da CAPS. O único paciente que recebeu doses da prazosina pela manhã e ao deitar-se foi o que mostrou a maior melhora dos sintomas gerais de TEPT. CONCLUSÃO: Possivelmente, a sustentação do bloqueio da atividade noradrenérgica no sistema nervoso central promovida pela prazosina de liberação lenta durante o dia se faz necessária para a melhora de sintomas residuais de TEPT em pacientes em tratamento convencional com antidepressivos.

  10. Revis\\~ao da Constru\\c{c}\\~ao de Modelos Supersim\\'etricos

    CERN Document Server

    Rodríguez, M C

    2001-01-01

    Foi com base neste estudo que fizemos a constru\\c{c}\\~ao da vers\\~ao supersim\\'etrica dos modelos de simetria $SU(3)_{C} \\otimes SU(3)_{L} \\otimes U(1)_{N}$ \\cite{susy331}, apresentado no final da minha tese de doutorado \\cite{mcr1}. Bem como dos estudos fenomenol\\'ogicos subsequente \\cite{mcr}.

  11. Into the Blue: AO Science with MagAO in the Visible

    CERN Document Server

    Close, Laird M; Follette, Katherine B; Hinz, Phil; Morzinski, Katie M; Wu, Ya-Lin; Kopon, Derek; Riccardi, Armando; Esposito, Simone; Puglisi, Alfio; Pinna, Enrico; Xompero, Marco; Briguglio, Runa; Quiros-Pacheco, Fernando

    2014-01-01

    We review astronomical results in the visible ({\\lambda}<1{\\mu}m) with adaptive optics. Other than a brief period in the early 1990s, there has been little astronomical science done in the visible with AO until recently. The most productive visible AO system to date is our 6.5m Magellan telescope AO system (MagAO). MagAO is an advanced Adaptive Secondary system at the Magellan 6.5m in Chile. This secondary has 585 actuators with < 1 msec response times (0.7 ms typically). We use a pyramid wavefront sensor. The relatively small actuator pitch (~23 cm/subap) allows moderate Strehls to be obtained in the visible (0.63-1.05 microns). We use a CCD AO science camera called "VisAO". On-sky long exposures (60s) achieve <30mas resolutions, 30% Strehls at 0.62 microns (r') with the VisAO camera in 0.5" seeing with bright R < 8 mag stars. These relatively high visible wavelength Strehls are made possible by our powerful combination of a next generation ASM and a Pyramid WFS with 378 controlled modes and 1000...

  12. Avaliação da atividade dos inibidores de tripsina após digestão enzimática em grãos de soja tratados termicamente Evaluation of trypsin inhibitors activity after enzymatic digestion in heat-treated soybean

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Regina Barbieri de CARVALHO

    2002-09-01

    Full Text Available Este trabalho avalia a reativação dos inibidores de tripsina, após proteólise in vitro, de grãos de soja tratados termicamente. Para a inativação térmica dos inibidores, os grãos foram embebidos em água destilada (1:5 p/v durante 12 horas e aquecidos em placas sob refluxo por 30 minutos. A reativação dos inibidores foi avaliada em comparação com a atividade das amostras cruas e aquecidas. A digestibilidade in vitro das proteínas variou de 47% ('OC-13' a 59% (Paraná, apresentando uma melhora, em média, de 32,6% com o aquecimento. A atividade dos inibidores de tripsina para os grãos crus variou de 122 a 206 UTI/mg de amostra, e os valores correlacionaram-se negativamente com a porcentagem de digestibilidade (r = -0,9177. Os inibidores tiveram suas atividades totalmente inativadas com o aquecimento dos grãos, os quais apresentaram porcentagem de recuperação, em média, de 40%. Com o aquecimento, a inativação dos inibidores provavelmente ocorre por complexação com os componentes do grão, o que leva à recuperação da atividade com o processo de digestão enzimática.This work evaluates the trypsin inhibitors reactivation, after in vitro proteolysis, of heat-treated soybean. For the inhibitors thermal inactivation, soybeans were soaked in distilled water (1:5 p/v during 12 hours and heated on reflux plates for 30 minutes. The inhibitors reactivation was evaluated in comparison with the activity of raw and heated samples. The in vitro digestibility of proteins ranged from 47% ( 'OC-13' to 59% ('Parana', showing an average progress of 32.6% with the heating. The trypsin inhibitors activity ranged from 122 to 206 UTI/mg for the raw sample, and the values correlated negatively with the digestibility percentage (r = - 0.9177. The inhibitors had the activities totally inactivated with the heating of soybeans, which showed an average recovering percentage of 40%. With the heating, the inactivation of inhibitors probably takes

  13. Twelve thousand laser-AO observations: first results from the Robo-AO large surveys

    Science.gov (United States)

    Law, Nicholas M.; Baranec, Christoph; Riddle, Reed L.

    2014-07-01

    Robo-AO is the first AO system which can feasibly perform surveys of thousands of targets. The system has been operating in a fully robotic mode on the Palomar 1.5m telescope for almost two years. Robo-AO has completed nearly 12,000 high-angular-resolution observations in almost 20 separate science programs including exoplanet characterization, field star binarity, young star binarity and solar system observations. We summarize the Robo-AO surveys and the observations completed to date. We also describe the data-reduction pipeline we developed for Robo-AO—the first fully-automated AO data-reduction, point-spread-function subtraction and companion-search pipeline.

  14. Tolerância do sorgo granífero ao 2,4-D aplicado em pós-emergência Tolerance of grain sorghum to 2,4-D applied in post-emergence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.A Dan

    2010-12-01

    Full Text Available O sorgo granífero é uma espécie de destaque entre aquelas cultivadas em sucessão na região dos cerrados brasileiros. Embora o 2,4-D seja utilizado nessa cultura, pouco tem sido feito para determinar a suscetibilidade dessa espécie em função do seu estádio de desenvolvimento no momento de aplicação. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a seletividade do herbicida 2,4-D aplicado em pós-emergência para a cultura do sorgo granífero. Foi utilizado o cultivar AG-1040, cultivado em vasos com capacidade de 10 dm-3 de solo em casa de vegetação. O ensaio foi disposto em delineamento em blocos ao acaso, em esquema fatorial 5 x 3, correspondendo a cinco doses do herbicida 2,4-D sal de amina (0, 210, 420, 840 e 1.608 g ha-1, aplicadas nos estádios fenológicos de três, cinco e nove folhas completamente expandidas. Injúrias visuais foram observadas com maior intensidade quando as aplicações ocorreram nos estádios iniciais de crescimento vegetativo das plantas de sorgo. No entanto, os maiores efeitos negativos relacionados ao rendimento e ao acamamento de plantas foram observados em aplicações realizadas em estádios mais tardios do ciclo da cultura.Grain sorghum is one of the major species cultivated as a winter crop in savannah areas in Brazil. Although 2,4-D is currently used on this crop, little has been done to understand crop susceptibility as a function of its vegetative stage at spraying. The present work was carried out to determine the selectivity of 2,4-D applied in post-emergence on grain sorghum. The cultivar AG-1040 was grown in 10 dm-3 pots under greenhouse conditions. The experiment was set up in a completely randomized design, in a factorial scheme 5 x 3, composed by five rates of 2,4-D (0, 210; 420; 840 and 1.608 g ha-1, applied at three phenological stages: three, five and nine completely expanded leaves. Visual crop injuries were more intense when the herbicide was applied at the earlier stages of sorghum

  15. Experimental model in the qualitative and quantitative assessment of non-Helicobacter gastric microflora under proton pump inhibitors action Modelo experimental na avaliação qualitativa e quantitativa da microflora gástrica não-Helicobacter sob ação de inibidores de bomba de próton

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Augusto Diogo Filho

    2006-10-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate models of gastric material collection from Wistar rats with and without using proton pump inhibitors(PPIs. METHODS: Twenty-four rats underwent intraperitoneal omeprazol treatment, and other 12 received similar treatment with 0.9% saline. All animals underwent collection of gastric material samples, after stomach removal, by either biopsies, or aspirates, or swabs. Samples were bacteriologically processed in order to identify species and strains. Values are described as natural logarithm of colony former units per mL [Ln(CFU/mL]. Kruskal-Wallis and Mann-Whitney non-parametric tests were used, and pOBJETIVO: Avaliar modelos de coleta de material gástrico de ratos da linhagem Wistar, com e sem o uso de inibidores de bomba de próton (IBPs. MÉTODOS: 24 ratos foram submetidos a tratamento com omeprazol intraperitoneal e 12 outros ratos receberam tratamento semelhante com solução salina a 0,9%. Os animais foram submetidos a coleta de amostras de material gástrico, após retirada do estômago, utilizando-se de biópsias, aspirados ou swabs. Os materiais obtidos foram processados bacteriologicamente para identificação de espécimes quanto ao gênero. Os valores são descritos em logaritmo natural das unidades formadoras de colônias por mL [Ln(UFC/mL]. Utilizou-se os testes não-paramétricos de Kruskal-Wallis e Mann-Whitney, considerando-se p<0,05 como estatisticamente significativo. RESULTADOS: Não se observou diferença significativa da quantidade de Ln(UFC/mL entre os três métodos de coleta, independente do uso de omeprazol. Também não se observou diferença significativa de Ln(UFC/mL ao comparar-se os métodos individualmente entre si nas condições de uso de omeprazol ou placebo. Houve aumento significativo da variedade de gêneros de bactérias com o uso de IBP, nos 3 métodos de coleta, sendo isto mais perceptível na biópsia e swab. CONCLUSÃO: Não houve diferença entre os três métodos de coleta de

  16. Distribuição nos compartimentos ambientais dos herbicidas utiilizados nas culturas de algodão, café e citros Distribution of environmental compartments of herbicides used in the cotton, coffee and citrus cultures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.P.M. Plese

    2009-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o destino ambiental dos herbicidas acetochlor, 2,4-D, diuron, clomazone, thidiazuron, paraquat, simazine, fluazifop-p-butil, clethodim, oxyfluorfen, flumioxazin, carfentrazone-ethyl, ametrina, trifluralin e MSMA em áreas de cultivo de algodão, café e citros, utilizando o modelo de fugacidade nível I. Na metodologia foram utilizadas basicamente as características físico-químicas dos herbicidas, os compartimentos ambientais e as equações de fugacidade. A avaliação preliminar do risco de contaminação pelo uso de herbicidas nas culturas de algodão, café e citros pode ser feita de forma expedita a partir das propriedades físico-químicas desses produtos, aplicando o modelo de fugacidade nível I. Para a maioria dos herbicidas avaliados, o compartimento água foi o mais vulnerável. O estudo de avaliação da predição em que se empregou o nível de fugacidade I demonstrou ser uma ferramenta importante no destino ambiental dos herbicidas estudados para as culturas de algodão, café e citros.The aim of this paper was to evaluate the environmental fate of herbicides (acetochlor, 2,4-D, diuron, clomazone, thidiazuron, paraquat, simazine, fluazifo-p-butil, clethodim, oxufluorfen, flumioxazin, carfentrazone-ethyl, ametrina, trifluralin and MSMA in cotton, coffee and citrus cultivation areas, applying the level I fugacity model. The methodology basically used the chemical and physical characteristics of the pesticides, environmental compartments and the fugacity equations. The preliminary evaluation of risk of contamination due to the use of these pesticides on the cultures studied was carried out swiftly, based on the chemical and physical properties of these products as the level I fugacity model was applied. For most of the herbicides evaluated, the water compartment was the most vulnerable. The prediction evaluation study using fugacity level I was found to be a relevant tool for the environmental

  17. Seletividade de herbicidas aplicados em pós-emergência sobre capim-colonião e efeito na qualidade das sementes: effects on seed germination Selectivity of herbicides applied in post-emergence on grass forage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.R.C. Trigueiro

    2007-01-01

    Full Text Available Este estudo foi conduzido para avaliar a seletividade de herbicidas aplicados em pós-emergência sobre plantas de Panicum maximum, cultivares Tanzânia e Mombaça, e os seus efeitos na qualidade das sementes. Os tratamentos testados (em g ha-1 foram: diclofopmethyl (284, ametryne (1.250, propanil (3.600, chlorimuron-ethyl (15, nicosulfuron (50, bentazon (720 e atrazine (3.000, além de uma testemunha sem aplicação de herbicidas. Foram instalados dois experimentos a campo, um para cada cultivar, no delineamento em blocos casualizados com quatro repetições, e um em laboratório, no delineamento inteiramente casualizado, com 16 repetições. O nicosulfuron foi o herbicida que mais causou injúrias visuais e redução de massa seca de plantas em ambos os cultivares. No cultivar Mombaça, todos os herbicidas reduziram a produção de sementes, mas não afetaram a germinação. Para o cultivar Tanzânia, todos os herbicidas foram seletivos, não afetando a produção e a qualidade fisiológica.This study aimed to evaluate the selectivity of some herbicides applied in post-emergence on Panicum maximum cv. Tanzânia and Mombaça and their effect on seed quality. The treatments tested in g ha-1 were: diclofop-methyl at 284, ametryn at 1.250, propanyl at 3.600, chlorimuron-ethyl at 15, nicosulfuron at 50, bentazon at 720 and atrazine at 3.000, and a control plot without herbicide application. Two field trials, one to each cultivar, were carried out in a randomized complete block design, with 4 replications and one laboratory trial was carried out in a randomized complete design, with 16 replications. Nicosulfuron showed the highest levels of visual damage and largest plant dry matter reduction in both cultivars. All the herbicides showed seed production decrease in Mombaca but did not affect seed germination. All the herbicides were selective to cultivar Tanzania, with no damages to plant production and physiological quality.

  18. Estados Unidos: do Iraque ao Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virgílio Caixeta Arraes

    2010-12-01

    Full Text Available O presente artigo busca analisar os recentes temas recorrentes na política externa norte-americana, caracterizada pela “guerra contra o terror”, e seus impactos para a agenda a ser discutida na vindoura visita do presidente dos Estados Unidos, Geoge W. Bush, ao Brasil.

  19. Seletividade de herbicidas aplicados na grama Batatais e na grama São Carlos Selectivity of herbicides applied on Bahiagrass and Broadleaf Carpetgrass turfs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.V. Costa

    2010-06-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a seletividade de herbicidas aplicados na grama Batatais (Paspalum notatum e na grama São Carlos (Axonopus compressus em campo. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com quatro repetições. As gramas foram cortadas a 3 cm de altura e, em seguida, realizaram-se as aplicações dos herbicidas. Os tratamentos utilizados foram: testemunha (sem aplicação, fluazifop-p-butil (125 g ha-1, sethoxydim+óleo mineral (276 g ha-1 + 0,5% v v-1 de Assist, bispyribac-sodium (25 g ha-1, chlorimuron-ethyl (15 g ha-1, ethoxysulfuron (150 g ha-1, halosulfuron (112,5 g ha-1, iodosulfuron-methyl (10 g ha-1, metsulfuron-methyl (2,4 g ha-1, nicosulfuron (125 g ha-1, pyrithiobac-sodium (140 g ha-1, trifloxysulfuron-sodium (22,5 g ha-1, 2,4-D (720 g ha-1, quinclorac (375 g ha-1, atrazina (1.250 g ha-1, bentazon (600 g ha-1, linuron (1.350 g ha-1, fomesafen (187,5 g ha-1, lactofen (120 g ha-1, oxadiazon (600 g ha-1 e oxyfluorfen (720 g ha-1. Os herbicidas que apresentaram potencial de seletividade para o gramado de P. notatum foram o chlorimuron-ethyl, ethoxysulfuron, pyrithiobac-sodium, 2,4-D, bentazon e fomesafen; já para o gramado de A. compressus foram o chlorimuron-ethyl, ethoxysulfuron, halosulfuron, iodosulfuron-methyl, metsulfuron-methyl, pyrithiobac-sodium, 2,4-D, quinclorac, atrazina, bentazon, além do fomesafen.The objective of this study was to evaluate the selectivity of herbicides applied on Bahiagrass (Paspalum notatum and Broadleaf Carpetgrass (Axonopus compressus turfgrasses under field conditions. The experiment was arranged in a randomized block design, with four replications. The turfgrasses were cut to the height of 3 cm, followed by herbicide application.. The treatments were: control, fluazifop-p-butyl (125 g ha-1, sethoxydim+mineral oil (276 g ha-1 + 0.5% v v-1 of Assist, bispyribac-sodium (25 g ha-1, chlorimuron-ethyl (15 g ha-1, ethoxysulfuron (150 g ha-1, halosulfuron (112.5 g ha-1

  20. Aumento da população de plantas e uso de herbicidas no controle de plantas daninhas em milho Increase of plant population and use of herbicides to control weeds in corn

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldo Merotto Junior

    1997-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar a capacidade de controle de plantas daninhas efetuada pelo aumento da população de plantas de milho em associação com diferentes métodos de controle de plantas daninhas. O experimento foi conduzido em Lages (SC sob o delineamento de blocos ao acaso em parcelas subdivididas. Nas parcelas principais foram alocados os métodos de controle de plantas daninhas: 1 sem controle; 2 atrazine + metolachlor (1,4 + 2,1 kg/h a em pré emergência; 3 nicosulfuron (60 g/ ha em pós - emergência; 4 atrazine + metolachlor em pré emergência e nicosulfuron em pós-emergência; e 5 capina até o florescimento. Nas sub parcelas foram alocadas as populações de plantas: 35.000, 50.000, 68.000 e 80.000 plantas ha-1. O aumento da população de plantas foi mais efetivo na diminuição da matéria seca de plantas daninhas nos tratamentos sem controle e com herbicida em pré emergência. As plantas daninhas promoveram maiores decréscimos no rendimento de grão s de milho na população de 80000 plantas ha-1, onde a competição com plantas daninhas somou-se à competição intraespecífica que também é maior do que nas menores populações . O uso de altas populações de plantas diminui a competição com plantas daninhas , mas deve ser complementado com outros métodos de controle no início do desenvolvimento da cultura.The objective of this experiment was to evaluate the effectiveness of increasing corn plant population in association with differe nt methods to control weeds. The trial was conduted in Lages, SC, using a randomized complete block desing in a split plot arragement. Fiv e methods of weed control were located at the main plots: 1 check without control, 2 atrazine + metolachlor (1,4 + 2,1 kg/ha in pre-emergency, 3 nicosulfuron (60 g/ha in post emergency, 4 atrazine + metolachlor in pre-emergency and nicosulfuron in post emergency, and 5 hoeing up to flowerin g. Four plant population were tested at split

  1. WEED CONTROL IN GENETICALLY MODIFIED GLYPHOSATE-TOLERANT SOYBEAN MANEJO DE PLANTAS DANINHAS EM SOJA GENETICAMENTE MODIFICADA TOLERANTE AO GLYPHOSATE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlio Cezar Durigan

    2011-04-01

    convencionais, exigem, além do controle químico, a adoção de outras estratégias de manejo de plantas daninhas. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o controle químico de plantas daninhas, em soja geneticamente modificada (transgênica tolerante ao herbicida glyphosate associado a coberturas vegetais, na entressafra. O experimento foi instalado em área experimental da FCAV/Unesp, Jaboticabal (SP. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Nas parcelas, foram avaliadas as coberturas vegetais de Brachiaria brizantha (braquiarão cv. Marandu, Pennisetum americanum (milheto forrageiro cv. BN2 e vegetação espontânea, e, nas subparcelas, os herbicidas glyphosate, chlorimuron - ethyl + lactofen em mistura e fluazifop-p-butyl em aplicação sequencial, além de duas testemunhas sem aplicação. A cobertura com braquiarão contribuiu para o controle químico, exercendo supressão das plantas daninhas. A aplicação única de 720 g e.a. ha-1 de glyphosate, independentemente da cobertura vegetal utilizada na entressafra, foi suficiente para o controle adequado de Acanthospermum hispidum, Alternanthera tenella, Amaranthus sp., Bidens pilosa, Xanthium strumarium, Cenchrus echinatus, Digitaria sp. e Eleusine indica, com resultados similares ao tratamento (chlorimuron-ethyl + lactofen + fluazifop-p-buthyl. Comparados à testemunha capinada, os herbicidas testados não afetaram a altura das plantas, massa seca da parte aérea, massa de 100 grãos e a produtividade de grãos. As plantas de soja crescidas sobre os resíduos vegetais de braquiarão e milheto forrageiro apresentaram maior altura, porém, nenhuma outra característica avaliada na cultura foi influenciada pelas coberturas.

    PALAVRAS-CHAVE: Brachiaria brizantha; Pennisetum americanum; plantio direto

  2. The Subaru Coronagraphic Extreme AO Project

    Science.gov (United States)

    Martinache, Frantz; Guyon, O.; Lozi, J.; Tamura, M.; Hodapp, K.; Suzuki, R.; Hayano, Y.; McElwain, M. W.

    2009-01-01

    While the existence of large numbers of extrasolar planets around solar type stars has been unambiguously demonstrated by radial velocity, transit and microlensing surveys, attempts at direct imaging with AO-equipped large telescopes remain unsuccessful. Because they supposedly offer more favorable contrast ratios, young systems consitute prime targets for imaging. Such observations will provide key insights on the formation and early evolution of planets and disks. Current surveys are limited by modest AO performance which limits inner working angle to 0.2", and only reach maximum sensitivity outside 1". This translates into orbital distances greater than 10 AU even on most nearby systems, while only 5 % of the known exoplanets have a semimajor axis greater than 10 AU. This calls for a major change of approach in the techniques used for direct imaging of the direct vicinity of stars. A sensible way to do the job is to combine coronagraphy and Extreme AO. Only accurate and fast control of the wavefront will permit the detection of high contrast planetary companions within 10 AU. The SCExAO system, currently under assembly, is an upgrade of the HiCIAO coronagraphic differential imaging camera, mounted behind the 188-actuator curvature AO system on Subaru Telescope. This platform includes a 1000-actuator MEMS deformable mirror for high accuracy wavefront correction and a PIAA coronagraph which delivers high contrast at 0.05" from the star (5 AU at 100 pc). Key technologies have been validated in the laboratory: high performance wavefront sensing schemes, spider vanes and central obstruction removal, and lossless beam apodization. The project is designed to be highly flexible to continuously integrate new technologies with high scientific payoff. Planned upgrades include an integral field unit for spectral characterization of planets/disks and a non-redundant aperture mask to push the performance of the system toward separations less than lambda/D.

  3. Ação do anidrido naftálico na seletividade de herbicidas aplicados para controle de azevém em aveia-branca Action of naphthalic anhydride on herbicide selected for ryegrass control in oat

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. Rizzardi

    2001-12-01

    Full Text Available Um experimento foi conduzido em Passo Fundo-RS, com o objetivo de avaliar os efeitos do tratamento de sementes de aveia-branca (Avena sativa com o antídoto anidrido naftálico (AN na seletividade de herbicidas utilizados para controle de azevém (Lolium multiflorum. O delineamento experimental utilizado foi em parcelas subdivididas, em blocos casualizados, repetidos quatro vezes. As parcelas principais foram constituídas pela ausência ou presença do AN (5 g kg-1 no tratamento das sementes de aveia, e nas subparcelas foram alocados cinco tratamentos herbicidas, uma testemunha sem azevém e sem aplicação de herbicida e uma testemunha sem controle de azevém. Os tratamentos herbicidas utilizados foram diclofop (284 e 426 g ha-1, sulfentrazone (600 g ha-1, isoxaflutole (52,5 g ha-1 e clomazone (1.000 g ha-1. Foram avaliados o percentual de controle de azevém, a fitotoxicidade visual dos herbicidas e as características associadas à cultura da aveia, como massa seca da parte aérea, altura de planta, número de plantas e de panículas por área, peso de 1.000 grãos e rendimento de grãos. Os resultados evidenciaram que o tratamento de sementes de aveia com AN não aumentou a seletividade dos herbicidas aplicados, com exceção para massa seca da parte aérea, no caso de sulfentrazone. Os herbicidas que propiciaram os melhores níveis de controle de azevém foram os que ocasionaram maiores danos fitotóxicos à cultura da aveia-branca.An experiment was conducted in Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brazil, to evaluate the effects of treatment of oat seeds (Avena sativa with naphthalic anhydride safener (AN on the herbicide selectivity used for ryegrass (Lolium multiflorum control. The experimental design used was a split-plot one, in randomized blocks, with four replications. The treatments consisted of oat seed treated or not with AN (5 g kg-1 seed as main plots, and of five herbicide treatments, one check without ryegrass and herbicide and

  4. Análisis de residuos de herbicidas en aguas procedentes de Navarra mediante lc-ms/ms LC-MS/MS analysis of herbicide residues in waters from Navarre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Fraile

    2009-12-01

    Full Text Available Fundamento. El objetivo del trabajo fue obtener información acerca de los residuos de herbicidas (imazametabenz, simazina, isoproturon, clortoluron, metribuzina, atrazina, cianazina, terbutrina, propanil, terbutilazina, alacloro y pendimetalina presentes en aguas procedentes de Navarra. Material y métodos. Se tomó un total de 465 muestras de agua; de ellas, 378 se obtuvieron en 141 abastecimientos; las 87 restantes procedieron de 37 fuentes, manantiales y sondeos situados en zonas agrícolas del sur de Navarra. La técnica empleada fue LC-MS/MS. Resultados. Se detectaron residuos de herbicidas en el 33% de los abastecimientos, y su concentración superó el límite normativo en el 8% de ellos. Se encontraron residuos de herbicidas en el 86% de las muestras de pozos y fuentes de zonas agrícolas del sur de Navarra. El número de abastecimientos con residuos de herbicidas aumentó de norte a sur de Navarra. No obstante, el porcentaje de abastecimientos en los que la concentración de herbicidas superó los límites fue mayor en la zona centro de Navarra que en la zona sur y norte. Imazametabenz fue el herbicida más detectado en las muestras de las zonas norte, centro y sur. Atrazina, terbutilazina e imazametabenz se detectaron preferentemente en las muestras de la zona sur. Conclusiones. Las diferencias entre las tres zonas de Navarra pueden explicarse atendiendo a las diferentes prácticas agrícolas de cada región. No se detectaron concentraciones de herbicidas superiores a los límites normativos en ninguna de las muestras de agua procedentes de las poblaciones mayoritarias de Navarra.Background. The aim of the study was to obtain information on the residues of herbicides (imazametabenz, simazine, isoproturon, clortoluron, metribuzine, atrazine, cianazine, terbutrin, propanil, terbutilazine, alachlor and pendimetalin present in water proceeding from Navarre. Material and methods. A total of 465 samples of water were taken: 378 were taken

  5. Controle de plantas daninhas na cultura do milho (Zea mays L. por meio de herbicidas Weed control in maize (Zea mays L. with herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. A. L. dos Santos

    1979-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de se verificar a ação do butylate, aplicado isoladamente e em mistura com atrazine, no controle de plantas daninhas da cultura do milho, foi instalado um experimento de campo em solo fino areno-argiloso. Foram utilizados os seguintes tratamentos: butylate a 2,80; 3,60 e 4,32 kg/ha (p.p.i.; butylate + atrazine a 3,24 + 0,80; 3,24 + 1,20 e 3,60 + 0,96 kg/ha (p.p.i.; atrazine a 3,00 kg/ha e atrazine + metolachlor a 1,40 + 2,10 kg/ha, ambos aplicados em pré-emergência e empregados como herbicidas padrão para a cultura. As plantas daninhas encontradas foram: tiririca - Cyperus rotundus L., carurú comum - .:maranthus viridis L., capim de colchão - Digitaria sanguinalis (L. Scop. e capim pé-de-galinha Eleusine indica (L. Gaertn. Butylate nas três doses apresentou-se bem contra C. rotundus e E. indica; nas doses de 3,60 e 4,32 kg foram obtidos bons resultados sobre D. sanguinalis. Butylate + atrazine controlou, nas três doses, todas as espécies incidentes, o mesmo ocorrendo com a mistura atrazine + metolachlor. Atrazine foi mais eficiente para A. viridis e E. indica. Nas condições em que foi conduzido o experimento nenhum dos herbicidas foi prejudicial para a cultura.Butylate at 2.80; 3.60 and 4.32 kg/ha and butylate + atrazine at. 3.24 + 0.80; 3.24 + 1.20 and 3.60 + 0.96 kg, were applied in preplant incorporated; atrazine at 3.00 kg and atrazine + metolachlor at 1.40 + 2.10 kg were applied in preemergence on corn. The weeds were represented by Cyperus rotundus L., Amaranthus viridis L., Digitaria sanguinalis (L. Scop. and Eleusine indica (L. Gaertn. Butylate + atrazine, in all rates, atrazine + metolachlor and atrazine gave good control of the weeds in general. Butylate, in the three rates, controlled C. rotundus and E. indica; at 3.60 and 4.32 kg/ha controlled well D. sanguinalis. The herbicides did not cause injuries to the crop.

  6. TOXICIDAD AGUDA Y LESIONES HISTOPATOLÓGICAS EN CACHAMA BLANCA (Piaractus brachypomus EXPUESTAS A LA MEZCLA DE HERBICIDA ROUNDUP® MÁS SURFACTANTE COSMOFLUX® 411F

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Eslava M

    2009-04-01

    Full Text Available Objetivo. Determinar la concentración letal 50 (CL50 y lesiones anatomopatológicas inducidas por la exposición a la mezcla del herbicida Roundup® más el surfactante Cosmoflux® 411F en juveniles de cachama blanca (Piaractus brachypomus. Materiales y métodos. Ejemplares de 44.5 ± 3.7 g de peso fueron expuestos por 96 h a varias concentraciones de la mezcla herbicida más surfactante. Se registró la mortalidad al cabo de las 96 h y se tomaron muestras de tejidos para evaluación histopatológica. Resultados. La CL50 fue de 23.42 mg.l-1 para el Roundup® y de 0.19 mg.l-1 para el Cosmoflux® 411F (p<0.05 en la mezcla. En las branquias se hallaron lesiones necróticas proliferativas, y aneurismas y hemorragias en las lamelas. En el hígado se observaron procesos apoptóticos y necróticos de los hepatocitos, vacuolización lipídica y gotas hialinas citoplasmáticas en los mismos. En el telencéfalo se halló necrosis y apoptosis de cuerpos neuronales asociados y no asociados a células granulares eosinofílicas/células mast, y gliosis. En el intestino se evidenció vacuolización del borde apical de los enterocitos, e infiltración leucocitaria en la lámina propia. En la piel se halló hiperplasia e hipertrofia de células pavimentosas y células de moco, infiltración leucocitaria epidermal y acumulación subepidermal de pigmentos. En el riñón caudal se observaron hemorragias y lesiones necróticas multifocales. Conclusiones. La mezcla Roundup® más Cosmoflux® 411F ocasiona lesiones histopatológicas en branquias, piel, cerebro, hígado, intestino anterior y riñón caudal en juveniles de cachama blanca expuestos a las concentraciones y proporción evaluadas.

  7. Avaliação de extratos das espécies Helianthus annuus, Brachiariabrizanthae Sorghum bicolor com potencial alelopático para uso como herbicida natural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.S. OLIVEIRA

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMO Objetivou-se avaliar o potencial alelopático de extratos aquosos de braquiária, girassol e sorgo na germinabilidade e crescimento inicial de alface (Lactuca sativa L. visando o uso destes extratos como herbicida natural. O estudo foi realizado no Laboratório de Fisiologia Vegetal da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Foi instalado um experimento no delineamento inteiramente casualizado, com 4 tratamentos e 6 repetições. Os tratamentos foram extratos de braquiária, girassol, sorgo e como controle, água destilada. Os extratos foram obtidos, utilizando 200 g de material vegetal para 1000 mL de água destilada. Os aquênios de alface foram distribuídos em caixa gerbox contendo duas folhas de papel germitest umedecidas com os tratamentos e levadas para câmara de germinação. A germinação foi acompanhada diariamente. Foram avaliados o tempo médio de germinação e, após dez dias, o crescimento inicial, medindo-se o comprimento da parte aérea (CPA e o comprimento do sistema radicular (CSR. Os dados gerados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey. Com base nos resultados, os extratos de braquiária, girassol e sorgo não afetaram a germinação da alface, mas os de braquiária e sorgo aumentaram o tempo médio de germinação. Os extratos causaram aumento na parte aérea, diminuíram o crescimento do sistema radicular e a formação de plântulas normais. Por causarem inibição no crescimento do sistema radicular da alface, apresentam potencial para serem utilizados como herbicidas naturais.

  8. Persistência e lixiviação do herbicida simazina em solo barrento cultivado com milho Persistence and leaching of simazine in soil planted with corn

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio M. G. Blanco

    1997-01-01

    Full Text Available Foram determinadas, em experimento de campo, a persistência e a lixiviação do herbicida simazina na dose de 3 kg/ ha i. a. em um solo podzol vermelho-amarelo de textura barrenta plantado com milho, por meio do monitoramento de seus resíduos, durante um ano após a sua aplicação, em 14 de janeiro de 1992. O experimento foi conduzido na Estação Experimental do Instituto Biológico, Campinas, SP, utilizando-se o método de cromatografia gasosa para a determinação analítica de resíduos. Empregou-se o fatorial 8 X 5, "épocas de amostragem do solo" X "profundidades de amostragem", quatro repetições para os procedimentos experimentais no campo, reduzidas para duas nas de terminações analíticas. Os resultados demonstraram que a maior concentração do herbicida localizou-se na camada superficial do solo (0-10 cm de profundidade, onde persistiu até 360 dias após o tratamento na concentração de 0,08 mg/kg de solo. A curva de persistência do produto, para a profundidade de 010 cm , foi representada por uma equação exponencial do terceiro grau. Foram encontrados resíduos de simazina nas camadas de solo à profundidades de 10 -20, 20 -30 e 30-40 cm até 1 8 3 , 6 5 e 6 5 dias após o tratamento, respectivamente.The soil persistence and leaching of simazine were investigated under field conditions at Campinas, SP, Brazil in a loamy podzol redyellow soil planted with corn crop. Simazine was applied at the rate of 3,0kg/ha a.i. at preemergence of weeds and corn on january, 14 1992. Gas chromatography analysis of soil samples taken at five different depths (0-10cm, 10-20cm, 20-30cm, 30-40cm and 40-50cm, eight times after simazine application over the year showed that the highest herbicide concentration was found at the 0-10cm layer; simazine residues were not found below 40cm soil depth and persistence curve of the herbicide was accounted for a 3rd. grade regression. One year after the treatment simazine residues were found in the soil

  9. PurificaÃÃo e caracterizaÃÃo de um inibidor de tripsina das flores de Cassia fistula Linn. com atividade antimicrobiana

    OpenAIRE

    Lucas Pinheiro Dias

    2012-01-01

    As plantas sintetizam proteÃnas que possuem propriedades antimicrobianas, podendo ser utilizadas em substituiÃÃo aos defensivos quÃmicos no campo e como fonte de novas drogas para o controle de infecÃÃes bacterianas em humanos. Dentre as diversas estruturas vegetais, ÃrgÃos reprodutivos como as flores parecem ser uma fonte promissora de tais molÃculas ativas contra patÃgenos, particularmente se considerado o seu relevante papel fisiolÃgico, o qual deve ser preservado. Nesse contexto, a prese...

  10. Perdas de nitrogênio por volatilização de amônia e resposta do arroz irrigado à aplicação de ureia tratada com o inibidor de urease NBPT Nitrogen losses by ammonia volatilization and lowland rice response to NBPT urease inhibitor-treated urea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walkyria Bueno Scivittaro

    2010-06-01

    Full Text Available A ureia é a principal fonte de nitrogênio (N para o arroz irrigado, porém é bastante suscetível a perdas por volatilização de amônia. O uso do inibidor de urease N-(n-butil triamida tiofosfórica (NBPT pode minimizar esse problema, inibindo temporariamente a degradação enzimática da ureia. O objetivo deste trabalho foi avaliar, em duas condições de umidade do solo, o efeito do tratamento da ureia com o inibidor de urease NBPT sobre as perdas de N por volatilização de amônia e seu reflexo na produtividade de grãos e acumulação de nitrogênio pelo arroz irrigado (Oryza sativa. O experimento foi realizado em um Planossolo Háplico, em Capão do Leão, Rio Grande do Sul (RS. Avaliaram-se as combinações de duas condições de umidade do solo por ocasião da primeira aplicação de N em cobertura, no início do perfilhamento (solo úmido e saturado, duas fontes de nitrogênio (ureia não tratada e ureia tratada com NBPT e três intervalos de tempo entre a primeira aplicação de N em cobertura e o início da irrigação (um, cinco e 10 dias. A dose utilizada de N foi de 120kg ha-1, parcelados 90kg ha-1 no início do perfilhamento, de acordo com os tratamentos, e 30kg ha-1, na diferenciação da panícula. Os tratamentos foram dispostos em delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. As perdas de N por volatilização de amônia decorrentes do uso de ureia variaram de 15 (solo saturado a 22% (solo úmido do nitrogênio aplicado, quando o intervalo entre a aplicação desse fertilizante e o início da irrigação foi de 10 dias. Estas foram reduzidas em 83 e 88% em solo saturado e úmido, respectivamente, com a adição de ureia com NBPT. Apenas na aplicação de N realizada 10 dias antes do início da irrigação o uso de NBPT proporcionou maiores produtividade de grãos e acumulação de nitrogênio pelo arroz. O tratamento da ureia com NBPT possibilita que sua aplicação anteceda em até 10 dias o início da irriga

  11. Segurança das condições de trabalho de tratorista em aplicações de herbicidas em soja e amendoim e eficiência de equipamentos de proteção individual Safety work conditions for tractor operators in application of herbicides on soybean and peanut crops and effectiveness of personal protective equipment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano B. Cristóforo

    2007-01-01

    Full Text Available Teve-se o objetivo de avaliar a eficiência de um conjunto de equipamentos de proteção individual no controle das exposições proporcionadas ao tratorista aplicando herbicidas nas culturas de soja e de amendoim com o pulverizador de barra e a segurança dessas condições de trabalho. Os pulverizadores utilizados foram os convencionais empregados nas duas culturas para as aplicações de herbicidas em pré-plantio incorporado (ppi, em pré-emergência (pré e em pós-emergência inicial (pós, com volumes de 200 L ha-1, e 150 L ha-1 apenas na aplicação em pós, na cultura de soja. As exposições sem EPIs foram de 102,77 mL de calda por dia nas aplicações em ppi, 39,62 em pré e 47,14 em pós-emergência. A eficiência dos EPIs no controle das exposições dérmicas foi de 76,5% em ppi, 50,9% em pré e 75,3% em pós-emergência. Na cultura de soja, foram seguras para o tratorista, sem ou com EPIs, as aplicações de pendimethalin, imazaquin e flumetsulam em ppi; de pendimethalin, acetochlor, clomazone, flumioxazin, imazaquin, metribuzin, sulfentrazone, dimethenamid e flumetsulamem em pré, e de bentazone, glyphosate, imazethapyr, quizalofop-ethyl, chlorimuron ethyl e oxasulfuron em pós. Na cultura de amendoim, sem e com EPIs, foi segura a aplicação de pendimethalin em ppi; em pré, a aplicação de alachlor foi classificada como insegura, sem ou com o uso dos EPIs.The aim of the study was to evaluate the effectiveness of a combination of personal protective equipments (PPE for the tractor operator applying herbicides on soybean and peanut crops with a tractor mounted boom sprayer and the safetyness of these work conditions. The application of the herbicides were in pre-planting soil-incorporated (ppi, pre-emergence (pre and post-emergence (post treatment, with volumes of 200 L ha-1, except in the post application for soybeans where it was 150 L ha-1. It was shown that exposure with PPE was 102.77 mL of spray per day in ppi, 39.62 in

  12. Deposição do herbicida 2,4-D Amina com diferentes volumes e pontas de pulverização em plantas infestantes Weed deposition of 2,4-D Amine herbicide applied with different spray volumes and nozzles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lélio Augusto de Souza

    2012-03-01

    Full Text Available A tecnologia de aplicação de fitossanitários visa à colocação uniforme do produto no alvo, com mínimas perdas para o solo e por deriva. Desta forma, os objetivos deste trabalho foram estudar a deposição do herbicida 2,4-D Amina, aplicado em diferentes condições operacionais, em plantas infestantes e comparar as metodologias de estudo de deposição baseadas na detecção do ingrediente ativo por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC e de um traçador adicionado à calda por espectrofotometria. O experimento foi conduzido em delineamento de blocos casualizados, com seis tratamentos e quatro repetições, dispostos em esquema fatorial 3 x 2: três pontas de pulverização (ponta de jato plano duplo de pré-orifício, ponta de jato plano defletor e ponta de jato plano defletor com indução de ar e dois volumes de aplicação (80 e 130 L ha-1. Foi realizado o estudo de deposição de calda nas plantas infestantes, perdas para o solo e perdas por exoderiva. Concluiu-se que houve baixa correlação entre os dados de deposição na folhagem das plantas infestantes obtidos com as duas metodologias. Pontas que produzem gotas grossas podem ser utilizadas na dessecação, sem comprometer a cobertura do alvo. Quanto à deposição junto ao solo, a correlação foi significativa. Pontas de jato plano defletor com indução de ar promoveram maior perda de herbicida para o solo. Não foi possível detectar perdas por exoderiva pelas metodologias empregadas.Pesticide spray technology aims the uniform deposition of products in the target, with minimal losses to the soil or drift. Thus, the objectives of this study were to evaluate the 2,4-D Amine deposition, applied on weeds in different operational conditions, and compare two different measurement techniques: analysis of 2,4-D by high perfo