WorldWideScience

Sample records for ao paciente renal

  1. Cuidados de enfermagem ao paciente renal crônico em hemodiálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecília Maria Farias de Queiroz Frazão

    2014-01-01

    Full Text Available El objetivo del estudio fue sintetizar el conocimiento producido en artículos sobre atención de enfermería a los pacientes con insuficiencia renal crónica en hemodiálisis. Revisión integradora de la literatura, en las bases de datos SCOPUS, CINAHL, PubMed, LILACS y Cochrane. La muestra constó de diez artículos. La atención de enfermería fue categorizada y agrupada por los dominios de la NANDA Internacional. Las publicaciones se produjeron de 2009-2012, prevaleciendo estudios descriptivos y con nivel VI de evidencia. Dados los resultados, se identificó que la atención de enfermería al paciente renal crónico se centra en la prevención de infecciones, promoción del autocuidado, orientaciones a la familia y paciente, control de la dieta y promoción de ambiente confortable. Así, conocer la atención de enfermería proporciona subvenciones al enfermero para desarrollo del plan de atención específica, direccionada a las necesidades de cada individuo.

  2. Alterações eletrocardiográficas em pacientes portadores de doença renal crônica ao iniciar terapia renal substitutiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Antonio de Almeida

    2015-03-01

    Full Text Available Introdução: as complicações cardiovasculares são as principais causas de morte nos pacientes com Doença Renal Crônica desde os estágios 2 e 3 até o estágio 5 (terminal, sendo responsáveis por cerca de 50% dos óbitos nesse grupo de pacientes. O estádio 5 do doença é caracterizado pela filtração glomerular inferior 15 mL/mim/1,73m² e suas principais causas são a hipertensão arterial e o Diabetes mellitus tipo 2. Objetivo: descrever as alterações eletrocardiográficas observadas nos pacientes com doença renal crônica estádio 5 no momento em que iniciam tratamento dialítico e correlacioná-las com a doença de base que causou a doença renal crônica. Resultados: foram avaliados os eletrocardiogramas de 199 pacientes de um único centro de diálise no período de quatro anos. A maioria dos pacientes tem doença renal crônica por Diabetes mellitus tipo 2 (36,5%, hipertensão arterial (30% e glomerulopatias (12%. Observamos apenas 12% de exames eletrocardiográficos com traçados normais. As alterações mais comuns foram a sobrecarga atrial esquerda (31%, a sobrecarga ventricular esquerda (30%, as alterações de repolarização ventricular por hiperpotassemia (26% e o prolongamento do intervalo QTc. A sobrecarga ventricular esquerda foi mais prevalente nos pacientes com hipertensão arterial como causa da doença renal crônica e o padrão strain bastante comum (47% dos casos com sobrecarga ventricular esquerda. Conclusão: as alterações eletrocardiográficas são muito prevalentes nos pacientes com doença renal crônica estádio 5 e precisam ser conhecidas pelos profissionais que os atendem.

  3. Impacto do complemento serico na evolução de pacientes portadores de Lupus Eritematoso Sistemico submetidos ao tranplante renal

    OpenAIRE

    Andre Luis Signori Baracat

    2007-01-01

    Resumo: Introdução: O transplante renal é considerado um procedimento seguro em pacientes portadores de insuficiência renal crônica por nefropatia lúpica. Porém, a recorrência da doença e seu impacto sobre a sobrevida do enxerto permanecem controversos. Objetivo e Metodologia: Analisar a presença de atividade lúpica sorológica durante a diálise e o impacto da recorrência lúpica após o transplante renal, através de um estudo retrospectivo de 23 pacientes lúpicos que receberam 26 transplantes r...

  4. Compromiso renal en pacientes HIV+

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Marta Pernasetti

    2010-06-01

    Full Text Available Varias complicaciones nefrológicas pueden ocurrir durante la infección por el virus de la inmunodeficiencia humana (HIV especialmente en estadios avanzados de la enfermedad o relacionadas con otras infecciones o drogas. Poco conocida es la prevalencia de alteraciones renales subclínicas de pacientes HIV+ surgidas como complicación o relacionadas a la infección y/o tratamiento. Realizamos un corte transversal de pacientes asintomáticos HIV+ referidos en forma consecutiva al consultorio de nefrología para la detección de alteraciones nefrológicas. Se estudiaron 52 pacientes adultos mediante exámenes de sangre y orina, ultrasonido y biopsia renal. Edad media 39.9 ± 10.6 años, 88% varones, tiempo de diagnóstico de la infección: 53.2 ± 41.2 (2-127 meses. El 71% tenían síndrome de inmunodeficiencia adquirida (HIV-sida y el 77% recibían con antirretrovirales. La carga viral al momento del estudio fue 7043 ± 3322 copias y el recuento de CD4+ 484 ± 39 cel/mm³. El 30.7% presentó alteraciones del sedimento urinario: albuminuria: 16.6%, hematuria microscópica: 11.5%, hipercalciuria: 10.8% y cristaluria 6%. La media del filtrado glomerular fue 102.2 ± 22.9 ml/min (rango: 34-149. El 41% presentó anormalidades que corresponderían a enfermedad renal crónica (estadios 1 a 3. Los pacientes con alteraciones tenían mayor edad, con duración más prolongada de la infección. Las anomalías renales no se asociaron con mayor prevalencia de HIV-sida. Dos pacientes fueron biopsiados, con hallazgos de nefritis túbulo-intersticial crónica con cristales y glomerulonefritis por IgA. No hubo hallazgos de nefropatía por HIV. El amplio espectro y la alta prevalencia de anormalidades nefrológicas subclínicas encontradas sugieren que los pacientes asintomáticos HIV+ deberían realizar evaluaciones nefrológicas de rutina.

  5. Efeito da suplementação de colecalciferol nos RNA mensageiros urinários associados ao podócito em pacientes com doença renal crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Rodolfo Teló Timm

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Introdução: A vitamina D reduz a albuminúria em pacientes com doença renal crônica (DRC, mas o seu efeito sobre os podócitos glomerulares ainda não é claro. Objetivos: Avaliar se a suplementação de colecalciferol reduz os RNAm urinários associados ao podócito em pacientes com DRC. Métodos: Vinte e sete pacientes com DRC estágios 2 a 4 e níveis sub-ótimos de 25-hidroxi-vitamina D [25(OHD] sérica foram tratados com colecalciferol por seis meses. Foram medidos antes e após a intervenção a 25(OHD sérica e o RNAm urinário da nefrina, podocina, podocalixina, receptor transitório potencial do canal de cátions, subfamília C, membro 6 (TRPC6, fator A de crescimento do endotélio vascular (VEGF-A e fator de crescimento transformador beta (TGF-β1. Resultados: A TFGe reduziu em média 4,71 mL/min/1,73 m2 (p = 0,010 vs. basal, sendo 28 ± 16 mL/min/1,73 m2 aos seis meses. Os RNAm dos produtos do podócito na urina não tiveram alteração significativa após o tratamento. Entretanto, pacientes que atingiram níveis de 25(OHD ≥ 20 ng/mL aos 6 meses tiveram tendência de redução do RNAm da nefrina e da podocina na urina; nos pacientes em que a 25(OHD permaneceu < 20 ng/mL houve aumento significativo da podocalixina, e tendência de maior expressão do RNAm da nefrina e da podocina. Conclusão: A reposição de colecalciferol por seis meses não teve efeito sobre os RNAm associados ao podócito nestes pacientes com DRC avançada. O efeito protetor da vitamina D ou seus análogos sobre o podócito glomerular deve ser investigado em estágios mais precoces da DRC e com maior tempo de tratamento.

  6. pacientes con insuficiencia renal terminal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karen Herrera Herrera

    2011-01-01

    Full Text Available La presente investigación fundamenta en la clínica psicoanalítica el estudio de dos casos de tres personas diagnosticadas con IRT que reciben tratamiento de hemodiálisis, en razón a que dadas las características y el aumento de los reportes que se presentan, ya esto se considera un problema de salud pública. El objetivo principal es describir las características dinámicas del proceso de duelo en pacientes con IRT en un centro de terapia renal de la ciudad de Cartagena. El procedimiento metodológico empleó un diseño de tipo cualitativo; la investigación se desarrolló con un diseño clínico mediante el estudio de casos, y fundamentada en la hermenéutica psicoanalítica. Todo esto respaldado en la historia clínica, la entrevista semiestructurada individual y familiar, los test proyectivos, test del dibujo de la figura humana Machover y TAT de Murray, para la debida integración de los análisis. Se concluye que predominan funciones fallidas de los progenitores y que son individuos provenientes de familias psicosomáticas, que utilizan la enfermedad para obtener un beneficio secundario.

  7. Trastorno emocional en el paciente renal trasplantado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fanny Moreno Rubio

    Full Text Available Introducción: el trasplante renal, siendo una terapia que mejora la calidad de vida de los pacientes con insuficiencia Renal Crónica, representa un nuevo reto para el paciente, que lo lleva a presentar trastornos emocionales tales como ansiedad y depresión asociados a factores de riesgo. Objetivo: describir la ansiedad y la depresión de pacientes trasplantados del Hospital de San José a través de la escala Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS. Materiales y métodos: se hizo un estudio descriptivo de cohorte transversal, durante los meses de abril-septiembre del 2015. Donde se incluyeron los pacientes pertenecientes al programa de trasplante del Hospital de San José. Aplicando como instrumento la escala HADS, datos sociodemográficos, comorbilidades y tiempo pos trasplante. Resultados: se aplicó el instrumento a 176 pacientes de los cuales 10.7% presentaron ansiedad como problema clínico; con un tiempo pos trasplante ente 5-10años y 1.13% depresión como problema clínico. La comorbilidad prevalente fue Hipertensión Arterial (HTA con 31.2%. Conclusión: no se evidencio datos significativos de ansiedad y depresión en los pacientes del programa de trasplante renal que asistían a control en el Hospital de San José. Sin embargo se considera necesario el apoyo interdisciplinario durante las consultas de seguimiento mensual, viendo al paciente holístico y resaltando la importancia del personal de enfermería en la detección precoz de los trastornos emocionales.

  8. Fatores preditivos de diagnósticos de enfermagem em pacientes submetidos ao transplante renal Factores predictores de diagnósticos de enfermería en pacientes sometidos al trasplante de riñón Predisposing factors of nursing diagnoses in patients submitted to kidney transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline Galdino Albuquerque

    2010-02-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi identificar fatores preditores para diagnósticos de enfermagem de pacientes transplantados renais. Estudo transversal realizado em um hospital universitário com 58 pacientes submetidos ao transplante renal. Os dados foram coletados com um roteiro de entrevista e exame físico. Para análise dos dados foi utilizada a técnica de regressão logística considerando um nível de significância de 5%. Os fatores preditores identificados foram: Estado de Doença para o diagnóstico Fadiga; Procedência e Estado civil para Nutrição desequilibrada: mais do que as necessidades corporais; Tempo de diálise e Mudança relatada ou medida na acuidade sensorial para Percepção sensorial perturbada: auditiva; e Idade e Estado de doença para Percepção sensorial perturbada: visual.El objetivo del estudio fue identificar factores predictores de diagnósticos de enfermería de pacientes trasplantados de riñón. Estudio transversal realizado en un hospital universitario con 58 pacientes sometidos al trasplante de riñón. Los datos fueron recogidos con un guia dee entrevista y examen físico. Para el análisis de los datos fue utilizada la técnica de regresión logística considerando un nivel de significancia del 5%. Los factores predictores identificados fueron: Estado de Enfermedad para el diagnóstico Fatiga; Naturalidad y Estado civil para Desequilibrio nutricional: por exceso; Tiempo de diálisis y Cambio relatado o medido en la acuidad sensorial para Trastorno de la percepción sensorial: auditiva; y Edad y Estado de enfermedad para Trastorno de la percepción sensorial: visual.The purpose of this study was to identify predisposing factors of nursing diagnoses in patients submitted to kidney transplantation. A cross-sectional carried out in an academic hospital with 58 patients submitted to kidney transplantation. The data was collected with an interview script and physical examination. For data analysis was used the

  9. Avaliação da qualidade de vida do paciente renal crônico submetido à hemodiálise e sua adesão ao tratamento farmacológico de uso diário

    OpenAIRE

    Terra, Fábio Souza

    2007-01-01

    Este estudo avaliou a QV dos nefropatas crônicos submetidos à hemodiálise e sua adesão ao tratamento farmacológico de uso diário conhecer a expectativa de vida dessa população com relação ao futuro e as principais complicações apresentadas durante a HD Trata-se de uma pesquisa epidemiológica descritiva transversal e quantitativa realizada em uma clínica de hemodiálise de um hospital universitário de Alfenas-MG com todos os 30 pacientes submetidos à HD no período da coleta de dados Utilizou-se...

  10. VALORES DO RNI DE PACIENTES SUBMETIDOS AO TRATAMENTO COM ANTICOAGULANTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Aparecida Matos de SOUZA

    2015-12-01

    Full Text Available Uma pesquisa exploratória de natureza qualitativa e quantitativa foi realizada durante o período de maio a agosto de 2013 no Laboratório de Análises Clínicas do Hospital das Clínicas localizado no município de Itaperuna, RJ. O objetivo foi analisar o perfil dos pacientes sob tratamento com anticoagulantes, demonstrando as potenciais variações nos valores da Relação Normalizada Internacional (RNI em comparação aos valores de referência bem como a frequência de realização de tais exames. Um questionário foi aplicado pouco antes da coleta do sangue, estabelecendo-se como critério de inclusão o uso de medicamentos anticoagulantes. Os resultados indicaram um total de 45 pacientes sob tratamento com anticoagulantes, sendo 32 do sexo feminino e 13 do sexo masculino. A maioria dos pacientes encontrava-se sob tratamento com o anticoagulante de uso oral varfarina e se encontrava com idade superior a 50 anos. O valor médio do RNI apresentou-se dentro dos limites considerados seguros, porém mais da metade dos pacientes apresentou RNI < 2,0 e a maioria dos pacientes sob tratamento com anticoagulantes não realiza a avaliação do RNI com frequência.

  11. Cuidado ao paciente com Doença Renal Crônica no nível primário: pensando a integralidade e o matriciamento Care for patients with Chronic Kidney Disease at the primary healthcare level: considerations about comprehensiveness and establishing a matrix

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Félix de Almeida Pena

    2012-11-01

    Full Text Available A Doença Renal Crônica é um problema de saúde pública crescente no mundo. A detecção e o tratamento precoces reduziriam as altas taxas de morbimortalidade e os custos associados. Este trabalho buscou identificar o panorama do acesso ao cuidado a partir da conduta dos médicos da Atenção Primária à Saúde na linha de cuidado da doença. Aplicaram-se questionários para 62 médicos de família dos Centros de Saúde da Família do município de Fortaleza. Os achados apontam que a Taxa de Filtração Glomerular foi mensurada por apenas 8.1% dos médicos para pacientes diabéticos e 4.8% para pacientes hipertensos. Mais da metade dos médicos (51.2% referenciariam o paciente apresentando redução leve/moderada da Taxa de Filtração Glomerular ao nível secundário. Por outro lado, 25.8% dos médicos não referenciariam o paciente com Doença Renal Crônica avançada ao especialista. A lacuna entre esses dois níveis da atenção implica em barreira de acesso ao usuário, podendo comprometer avanços no plano da integralidade. A criação de novos dispositivos no processo de trabalho torna-se urgente e o apoio matricial apresenta-se como proposta viável para a articulação das ações entre os níveis da atenção no cuidado do portador da Doença Renal Crônica ou seus fatores de risco.Chronic kidney disease is a public health problem throughout the world. Early detection and treatment can reduce morbidity, mortality and associated expenditures. The objective of this research is to examine primary healthcare from a physician's perspective, evaluating the patient's access to other levels of healthcare. Questionnaires were given to 62 family physicians working in primary healthcare units in the city of Fortaleza. Glomerular filtration rate was measured by only 8.1% of the physicians when evaluating patients with diabetes and 4.8% when evaluating hypertensive patients. The majority of physicians (51.2% refer patients with slight

  12. Qualidade de vida do paciente portador de insuficiência renal crônica = Quality of life in patients with chronic renal failure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guedes, Karine Desirée

    2012-01-01

    Conclusão: Os artigos mostraram uma redução na qualidade de vida dos pacientes renais crônicos submetidos a tratamento renal substitutivo indicando que os piores escores nas escalas que avaliam a qualidade de vida esta relacionados ao sexo, o maior tempo de tratamento e o avançar da idade

  13. Injúria Renal Aguda no paciente politraumatizado Acute Renal Injury in polytrauma patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Gomes Romano

    2013-03-01

    Full Text Available A Injúria Renal Aguda (IRA no contexto do paciente politraumatizado ocorre, na maioria das vezes, por uma conjuntura de fatores que passam por eventos correlacionados à ressuscitação volêmica inicial, ao grau de resposta inflamatória sistêmica associada ao trauma, ao uso de contraste iodado para procedimentos diagnósticos, à rabdomiólise e à síndrome compartimental abdominal. Atualmente, passamos por uma fase de uniformização dos critérios diagnósticos da IRA com o Acute Kidney Injury Network (AKIN, sendo a referência mais aceita. Consequentemente, o estudo da IRA no politraumatismo também passa por uma fase de reformulação. Esta revisão da literatura médica visa trazer dados epidemiológicos, fisiológicos e de implicação clínica para o manuseio destes pacientes, bem como expor os riscos do uso indiscriminado de expansores volêmicos e particularidades sobre a instituição de terapia renal substitutiva em indivíduos sob risco de hipertensão intracraniana.Acute Kidney Injury (AKI in trauma is, in most cases, multifactorial. Factors related to the initial ressuscitation protocol, degree of the systemic inflamatory response to trauma, contrast nephropathy in diagnostic procedures, rhabdomyolysis and abdominal compartment syndrome are some of those factors. Nowadays a uniformization in diagnostic criteria for AKI has been proposed by the Acute Kidney Injury Network (AKIN and as a result the incidence of AKI and its impact in outcomes in trauma patients also needs to be reconsider. In this review we aim to approach epidemiologic, physiologic and clinical relevant data in the critical care of patients victims of trauma and also to expose the risks of indiscriminate use of volume expanders and the interaction between renal replacement theraphy and intracranial hypertension.

  14. Estimativa das necessidades energéticas em pacientes com doença renal crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Cordeiro Dias Rodrigues

    2013-02-01

    Full Text Available Estabelecer as necessidades energéticas de pacientes com doença renal crônica é importante para que se possam tratar os distúrbios nutricionais encontrados nessa população. Segundo os guias de condutas voltados ao cuidado nutricional de pacientes com essa doença, a recomendação energética pode variar entre 30 e 40kcal/kg/dia. Contudo, trabalhos que avaliaram os componentes do gasto energético nos pacientes com doença renal crônica sugerem que as necessidades energéticas dessa população podem diferir do valor recomendado acima, a depender da condição clínica (presença de comorbidades, da modalidade de tratamento empregado e do nível de atividade física. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo fazer uma revisão dos estudos sobre o gasto energético de pacientes com doença renal crônica, com o intuito de abordar as seguintes questões: (1 as atuais recomendações de energia para pacientes com doença renal crônica estão adequadas? (2 qual equação de predição poderia ser empregada para estimar as necessidades energéticas desse grupo de pacientes? Assim, esta revisão busca auxiliar o nutricionista ao estimar as necessidades energéticas de pacientes com doença renal crônica.

  15. Pescados procesados: ¿son todos recomendables para pacientes renales?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Isabel Castro-González

    2009-01-01

    Full Text Available Es indispensable un buen manejo nutricional en pacientes renales. La dieta debe incluir proteína de buena calidad con cantidades limitadas de fósforo (P y potasio (K. Los ácidos grasos n-3 (AGPIn-3 de los pescados proporcionan beneficios contra la progresión del daño renal. El objetivo fue evaluar el contenido de proteína (PR, (P, (K, calcio (Ca y AGPIn-3 en pescados procesados como una opción para pacientes renales. Se analizó atún en agua (AA, en aceite (AAC, sardina en tomate (ST, en chipotle (SC y salmón ahumado (SA. (SA presentó la mayor concentración de (PR, (P y (K y la menor cantidad de (AGPIn-3. Las sardinas presentaron el doble de la concentración de (P y (K en comparación con los atunes, así como (Ca en elevada concentración. Atunes y sardinas tuvieron altas concentraciones de AGPIn-3 (4256-5213 mg/100g; las relaciones P:AGPIn-3 y K: P:AGPIn-3 fueron muy bajas (0.03 a 0.06, para atunes y sardinas, respectivamente; (AA y (AC aportaron (10.1 y 11.1 mg(P/g(PR; (ST (26.4 y (SC(19.1. AGPIn-3/g(PR fue similar para atunes y sardinas (302-424. Se detectó diferencia significativa para (P y (K entre tipos de pescados. Se recomienda incluir de manera individualizada (AA y (AC en la dieta de pacientes renales, no así el consumo de sardina y salmón.

  16. Percepções do paciente em lista de espera para o transplante renal Percepciones del paciente en lista de espera para el transplante renal Feelings of patients on the waiting list for a kidney transplant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosiele Vemdrame Flores

    2004-12-01

    Full Text Available Estudo exploratório descritivo, com abordagem qualitativa cujo objetivo foi: conhecer as percepções dos pacientes em lista de espera para transplante renal. O local da pesquisa foi a Unidade de Hemodiálise de um hospital universitário de Porto Alegre. Os participantes foram os pacientes ativos na lista de espera para fazer o transplante renal, sendo a amostra constituída de 09 portadores de IRC, que realizam hemodiálise. Como resultados identificou-se as seguintes percepções: esperança, ansiedade, liberdade, ambivalência, medo, culpa e fé. A dependência da diálise para sobreviver remete o paciente ao confronto com a morte e a descrença, ao mesmo tempo em que busca força e fé para lutar e manter-se na espera por um doador.Estudio exploratorio descriptivo, con abordaje cualitativo cuyo objetivo fue: conocer las percepciones de los pacientes en lista de espera para transplante renal. El local de la encuesta fue la Unidad de Hemodiálisis de un hospital universitario de Porto Alegre. Los participantes fueron los pacientes activos en la lista de espera para hacer el transplante renal, siendo la muestra constituida de 09 portadores de IRC (Insuficiencia Renal Crónica, que realizan hemodiálisis. Como resultados se identificaron las siguientes percepciones: esperanza, ansiedad, libertad, ambivalencia, miedo, culpa y fe. La dependencia de la diálisis para supervivir remete al paciente al enfrentamiento con la muerte y la descreencia, al mismo tiempo en que busca fuerza y fe para luchar y mantenerse en la espera por un donador.A descriptive and exploratory study with a qualitative approach whose aim was to get to know the feelings of patients on the waiting list for a kidney transplant. The research was conducted at the Hemodialysis Unit of a university hospital of Porto Alegre. The participants were the active patients on the waiting list for a kidney transplant. The sample comprised 9 patients affected with chronic renal

  17. Quality of life in patients with chronic renal failure Qualidade de vida do paciente portador de insuficiência renal crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karine Desirée Guedes

    2012-05-01

    qualidade de vida dos pacientes renais crônicos submetidos a tratamento renal substitutivo indicando que os piores escores nas escalas que avaliam a qualidade de vida esta relacionados ao sexo, o maior tempo de tratamento e o avançar da idade.

  18. Insuficiência renal aguda em paciente tratada com ATRA e anfotericina B: relato de caso

    OpenAIRE

    2011-01-01

    O presente relato apresenta o caso clínico de uma paciente com leucemia promie-locítica aguda tratada com ácido todo-transretinoico (ATRA), que apresentou suspeita de síndrome do ácido transreti-noico (síndrome de ATRA). Com a ocor-rência de leucopenia febril inespecífica, foram associados ao tratamento antimi-crobianos e antifúngicos. A diminuição da função renal, observada inicialmente, contribuiu para a suspeita de síndrome de ATRA, que foi agravada pelos antifúngi-cos. Assim, o uso de ATR...

  19. Trasplante renal en pacientes con anticuerpos dirigidos contra donante

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Federico Cicora

    2014-10-01

    Full Text Available En trasplante renal, los anticuerpos donante-específicos por ensayos de fase sólida predicen el rechazo temprano mediado por anticuerpos, incluso con resultados negativos de citometría de flujo o citotoxicidad dependiente del complemento. Aquí se describen los protocolos de inmunosupresión y los resultados a diez meses de cuatro pacientes en los que se detectó anticuerpos donante-específicos anti-antígenos leucocitarios humanos (HLA por Luminex®, pero no detectados por el método de citotoxicidad dependiente de complemento (CDC ni por citometría de flujo. Los cuatro pacientes recibieron tratamiento de inducción con 5 dosis de timoglobulina de 1.25 mg/kg y 5 dosis de inmunoglobulina intravenosa (IVIG de 400 mg/kg. Además, uno recibió 20 mg de basiliximab el mismo día del trasplante y el día 4 postrasplante; otro recibió 3 sesiones de plasmaféresis en los días -5, -3, y -1 y eculizumab en dosis de 1200 mg antes del trasplante, 900 mg el día 1, and 600 mg por semana durante un mes. En todos los casos, la inmunosupresión de mantenimiento consistió en tacrolimus, micofenolato y deltisona. Todos presentaron buenos resultados en el corto plazo. Nuestra experiencia sugiere que los pacientes con anticuerpos donante-específicos anti-HLA detectados solo por Luminex® deben recibir un seguimiento estricto y que en esta población se pueden obtener buenos resultados a partir del uso de terapia de inducción con timoglobulina e IVIG.

  20. Avaliacao da espessura medio-intimal em pacientes com doenca renal cronica nao dialitica: estudo prospectivo de 24 meses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Gaspar Marcos

    2014-03-01

    Full Text Available Introdução: O aumento da espessura média-intimal (EMI avaliada por ultrassom é um preditor de risco cardiovascular na população geral. Porém, em pacientes com doença renal crônica nos estágios iniciais, essa associação ainda não está bem estabelecida. Objetivo: Avaliar a associação EMI com a ocorrência de eventos cardiovasculares e mortalidade em pacientes nos estágios iniciais da doença renal crônica. Métodos: A análise post hoc de uma coorte de pacientes nos estágios 2-4 da DRC. Foram avaliados dados laboratoriais, ultrassom da artéria carótida e tomografia coronariana no início do estudo e a ocorrência de óbito, em seguimento por 24 meses. Resultados: Um total de 117 pacientes (57 ± 11 anos, 61% sexo masculino foram avaliados. A taxa de filtração glomerular foi 36 ± 17 mL/min, 96% dos pacientes eram hipertensos, 23% diabéticos e 27% obesos. Calcificação arterial coronariana esteve presente em 48% dos pacientes, sendo mais prevalente em pacientes nos estágios mais avançados da DRC (p = 0,02. EMI foi 0,6 mm (0,4-0,7 mm. Comparado aos pacientes com EMI < 0,6mm, aqueles com EMI ≥ 0,6 mm eram mais velhos (p = 0,001, apresentavam maior prevalência do sexo masculino (p = 0,001, menor taxa de filtração glomerular (p = 0,01 e maior proporção de pacientes com calcificação (p = 0,001. Não foi observada relação entre a espessura média-intimal e a ocorrência de evento cardiovascular e óbito. Conclusão: A espessura médio-intimal em pacientes DRC se associou à calcificação coronariana, mas não à ocorrência de eventos cardiovasculares e óbito, em um seguimento de 24 meses.

  1. Os cuidados de enfermagem ao paciente pós-transplantado de medula óssea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Assunção Rocha

    2012-04-01

    Full Text Available O transplante de medula óssea (TMO é um procedimento médico complexo utilizado atualmente no tratamento de uma série de enfermidades graves. É indicado no tratamento de patologias malignas ou não, modificando o prognóstico do paciente em questão. Porém, não é um método plenamente resolutivo, podendo curar o paciente ou levá-lo a morte. Este estudo tem como objetivos a elucidação dos principais conceitos relacionados ao tema e a identificação de um planejamento assistencial do enfermeiro que contemple a etapa de pós TMO. Os resultados obtidos relacionam a fase do pós-transplante às necessidades específicas dos pacientes e o plano assistencial de enfermagem, evidenciando a necessidade de um suporte profissional que englobe os âmbitos social e psicológico do paciente.

  2. Compromiso renal en pacientes HIV+ Renal abnormalities in HIV infected patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Marta Pernasetti

    2010-06-01

    Full Text Available Varias complicaciones nefrológicas pueden ocurrir durante la infección por el virus de la inmunodeficiencia humana (HIV especialmente en estadios avanzados de la enfermedad o relacionadas con otras infecciones o drogas. Poco conocida es la prevalencia de alteraciones renales subclínicas de pacientes HIV+ surgidas como complicación o relacionadas a la infección y/o tratamiento. Realizamos un corte transversal de pacientes asintomáticos HIV+ referidos en forma consecutiva al consultorio de nefrología para la detección de alteraciones nefrológicas. Se estudiaron 52 pacientes adultos mediante exámenes de sangre y orina, ultrasonido y biopsia renal. Edad media 39.9 ± 10.6 años, 88% varones, tiempo de diagnóstico de la infección: 53.2 ± 41.2 (2-127 meses. El 71% tenían síndrome de inmunodeficiencia adquirida (HIV-sida y el 77% recibían con antirretrovirales. La carga viral al momento del estudio fue 7043 ± 3322 copias y el recuento de CD4+ 484 ± 39 cel/mm³. El 30.7% presentó alteraciones del sedimento urinario: albuminuria: 16.6%, hematuria microscópica: 11.5%, hipercalciuria: 10.8% y cristaluria 6%. La media del filtrado glomerular fue 102.2 ± 22.9 ml/min (rango: 34-149. El 41% presentó anormalidades que corresponderían a enfermedad renal crónica (estadios 1 a 3. Los pacientes con alteraciones tenían mayor edad, con duración más prolongada de la infección. Las anomalías renales no se asociaron con mayor prevalencia de HIV-sida. Dos pacientes fueron biopsiados, con hallazgos de nefritis túbulo-intersticial crónica con cristales y glomerulonefritis por IgA. No hubo hallazgos de nefropatía por HIV. El amplio espectro y la alta prevalencia de anormalidades nefrológicas subclínicas encontradas sugieren que los pacientes asintomáticos HIV+ deberían realizar evaluaciones nefrológicas de rutina.Several renal complications may occur during HIV infection, especially in advanced stages related to HIV, to other infectious

  3. Mecanismos e fatores associados aos sintomas gastrointestinais em pacientes com diabetes melito

    OpenAIRE

    Mônica Loureiro Celino Rodrigues; Maria Eugênia Farias Almeida Motta

    2012-01-01

    OBJETIVOS: Apresentar a frequência, os principais fatores causadores dos sintomas gastrointestinais em pacientes portadores do diabetes melito e controvérsias quanto à sua ocorrência em crianças e adolescentes. FONTES DOS DADOS: Revisão não sistemática nas bases de dados MEDLINE/PubMed e SciELO (1983-2011), além de capítulos de livros relevantes. Foram selecionados os artigos mais atuais e representativos do tema. SÍNTESE DOS DADOS: A prevalência do diabetes melito vem aumentando ao longo dos...

  4. Atitude do cirurgião dentista frente ao atendimento de pacientes HIV positivos em salvador

    OpenAIRE

    Matos, Robert Silva De

    2006-01-01

    O objetivo deste estudo foi avaliar a atitude dos Cirurgiões Dentistas do município de Salvador-Ba, 2005 frente ao atendimento de pacientes portadores do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV); bem como o conhecimento destes profissionais acerca da probabilidade de contaminação e os cuidados primários após acidente com instrumento pérfuro-cortante. Tratou-se de um estudo de corte transversal envolvendo uma amostra probabilística de 230 profissionais selecionados a partir de listagem fornecida...

  5. Estrutura e processo assistencial de enfermagem ao paciente com câncer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilce Piva Adami

    1997-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa objetivou avaliar a estrutura para o atendimento ao paciente com câncer e o processo asssistencial em quimioterapia antineoplásica. Foi realizada em seis unidades de internação e uma ambulatorial de um hospital universitário, utilizando-se a observação sistematizada e entrevista semi-estruturada, no período de janeiro a junho de 1996. Constatou-se que existem deficiências na área física e instalações das unidades estudadas. O pessoal de enfermagem, de modo geral, não possui preparo formal em Oncologia, com exceção do Setor de Quimioterapia. Verificou-se falta de sistematização da assistência de enfermagem e diferenças entre as unidades estudadas no que tange aos aspectos técnico-organizacionais da administração de antineoplásicos, bem como na interação entre profissionais e pacientes atendidos. As inadequações observadas poderiam ser minimizadas com uma política que contemple o aumento do financiamento do setor público da saúde, a implantação da sistematização da assistência e a inclusão da Oncologia na educação permanente do pessoal de enfermagem.

  6. Sentimentos e percepções da equipe de saúde frente ao paciente terminal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Manuel Quintana

    2006-12-01

    Full Text Available O atendimento a pacientes terminais pelas equipes de saúde, comprovadamente apontado por evidências na literatura, mostra a grande dificuldade que esses profissionais têm em lidar com o tema "morte". O presente estudo objetivou compreender como as equipes de saúde definem e vivenciam o paciente terminal. Para tanto, utilizou-se uma abordagem qualitativa que empregou a pesquisa etnográfica através de observação não-participativa, além de entrevistas semi-estruturadas nas unidades de hemato-oncologia e de infectologia de um hospital público. Os resultados certificaram as dificuldades por parte da equipe em lidar com pacientes terminais, bem como em defini-los como tais e comunicar aos mesmos a sua condição. Dessa forma, percebeu-se a intensa necessidade da realização de um trabalho direto com as equipes de saúde com o intuito de lhes proporcionar um espaço de reflexão e de entendimento, propiciando a continência das emoções suscitadas na equipe de saúde perante a situação da morte.

  7. Preditores de injúria renal aguda em pacientes submetidos ao transplante ortotópico de fígado convencional sem desvio venovenoso Predictors of acute kidney injury in patients undergoing a conventional orthotopic liver transplant without veno-venous bypass

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olival Cirilo L. da Fonseca-Neto

    2011-06-01

    Full Text Available RADICAL: Injúria renal aguda é uma das complicações mais comuns do transplante ortotópico de fígado. A ausência de critério universal para sua definição nestas condições dificulta as comparações entre os estudos. A técnica convencional para o transplante consiste na excisão total da veia cava inferior retro-hepática durante a hepatectomia nativa. Controvérsias sobre o efeito da técnica convencional sem desvio venovenoso na função renal continuam. OBJETIVO: Estimar a incidência e os fatores de risco de injúria renal aguda entre os receptores de transplante ortotópico de fígado convencional sem desvio venovenoso. MÉTODOS: Foram avaliados 375 pacientes submetidos a transplante ortotópico de fígado. Foram analisadas as variáveis pré, intra e pós-operatórias em 153 pacientes submetidos a transplante ortotópico de fígado convencional sem desvio venovenoso. O critério para a injúria renal aguda foi valor da creatinina sérica > 1,5 mg/dl ou débito urinário BACKGROUND: Acute kidney injury is one of the most common complications of orthotopic liver transplantation. The absence of universal criteria for definition of these conditions make comparisons difficult between studies. The conventional technique for transplantation is the total excision of the inferior vena cava during liver retro-native hepatectomy. Controversies about the effect of the conventional technique without venovenous bypass on renal function remain. AIM: To estimate the incidence and risk of acute kidney injury factors among recipients of orthotopic liver transplantation without conventional venovenous bypass. METHODS: Was studied 375 patients undergoing orthotopic liver transplantation. Variables were analyzed in preoperative, intraoperative and postoperative complications in 153 patients undergoing orthotopic liver transplantation without conventional venovenous bypass. The criterion for acute kidney injury was serum creatinine > 1.5 mg/dl or

  8. Resposta renal à maltodextrina e ao treinamento em diferentes intensidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cátia Fernandes Leite

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo foi investigar a resposta renal à ingestão de maltodextrina e à natação de padrão aeróbio ou anaeróbio de alta intensidade em ratos. Materiais e métodos O protocolo consistiu de oito semanas de natação em padrão aeróbio (sobrecarga 5% ou intermitente (sobrecarga 10%. Durante 37 dias os animais foram suplementados, por meio de gavagem, com uma dose diária de 0,48g.Kg−1 de maltodextrina dissolvida em água ou receberam água pura, antes do treinamento. Resultados O treinamento anaeróbio ocasionou aumento nas concentrações de ácido úrico, creatinina e proteínas totais e redução no glicogênio renal. A maltodextrina causou aumento no glicogênio renal. Conclusão A maltodextrina e o treinamento anaeróbio proporcionaram alterações nos parâmetros de função renal em resposta desse órgão a esses estímulos externos.

  9. Função renal em pacientes com leishmaniose muco-cutânea tratados com antimoniais pentavalentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joel Paulo Russomano Veiga

    1985-12-01

    Full Text Available Avaliou-se a função renal em 10 pacientes com leishmaniose muco-cutânea tratados com glucantime (antimoniato de Meglumine, Rhodia ou Pentostam (estibogluconato de sólio, Wellcome. Durante o uso das drogas, verificou-se a existência de um defeito na capacidade concentrante do rim, obtendo-se menores valores da osmolaridade urinária máxima e de depuração negativa máxima de água livre, neste período, em relação aos testes efetuados antes do tratamento. A capacidade de concentração urinária normalizou-se em 5, de 8 pacientes estudados no período de 15 a 30 dias, após a suspensão dos medicamentos, embora com valores de osmolaridade urinária máxima inferiores aos obtidos antes do tratamento. Em dois pacientes surgiu proteínúria, acima de 150 mg/dia, com o uso dos antimoniais, normalizando-se posteriormente. A depuração de creatinina endógena não se alterou significativamente com o uso das drogas. Os resultados sugerem que os antimoniais pentavalentes podem levar a uma disfunção tubular renal, caracterizada por um defeito na capacidade de concentrar a urina, reversível após a retirada dos medicamentos.

  10. Pseudotumor cerebral associado ao uso de ciclosporina após transplante renal Pseudotumor cerebri associated with cyclosporin use following renal transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kellen Micheline A. H Costa

    2010-03-01

    Full Text Available Pseudotumor cerebral (PC é uma síndrome, caracterizada pela presença de hipertensão intracraniana (HIC e sistema ventricular normal. Pacientes submetidos a transplante renal parecem ser mais suscetíveis a desenvolvê-la, devido à terapia com imunossupressores. Ciclosporina (CsA é uma causa rara de PC, pouco descrita na literatura e que deve ser lembrada no diagnóstico diferencial de HIC e papiledema nesses pacientes. Relatamos um caso de um menino de 10 anos, há três anos com enxerto renal, em uso crônico de micofenolato mofetil (MMF, CsA e baixas doses de prednisona que apresentou quadro de cefaleia, vômitos, diplopia e fotofobia. Fundoscopia revelou edema de papila bilateral. Exame do líquor (LCR e de imagem foram normais. Após exclusão de causas secundárias, foi feito diagnóstico de PC devido ao uso crônico de CsA, que, portanto, foi substituída por Sirolimus. O paciente apresentou melhora clínica progressiva, com resolução do papiledema após três mesesPseudotumor cerebri (PC is a syndrome characterized by the presence of intracranial hypertension (ICH and no alteration in the ventricular system. Renal transplanted patients seem more susceptible to develop it due to immunosuppressive therapy. Cyclosporin (CsA is a rare cause of PC, scarcely reported in the literature, and should be considered in the differential diagnosis of ICH and papilledema in those patients. We report the case of a 10-year-old boy, with a renal allograft for three years, on chronic use of mycophenolate mophetil (MMF, CsA, and low doses of prednisone. The patient presented with headache, vomiting, diplopia, and photophobia. Funduscopy showed bilateral papilledema. Cerebrospinal fluid analysis and imaging tests were normal. After excluding secondary causes, PC was diagnosed based on the chronic use of CsA, which was then replaced by sirolimus. After that, the patient progressively improved, and the papilledema resolved in three months

  11. Insuficiência renal aguda em paciente tratada com ATRA e anfotericina B: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gelcimar Moresco

    2011-06-01

    Full Text Available O presente relato apresenta o caso clínico de uma paciente com leucemia promie-locítica aguda tratada com ácido todo-transretinoico (ATRA, que apresentou suspeita de síndrome do ácido transreti-noico (síndrome de ATRA. Com a ocor-rência de leucopenia febril inespecífica, foram associados ao tratamento antimi-crobianos e antifúngicos. A diminuição da função renal, observada inicialmente, contribuiu para a suspeita de síndrome de ATRA, que foi agravada pelos antifúngi-cos. Assim, o uso de ATRA foi suspenso, mas somente 8 dias depois foi caracteriza-da pneumonia e descartada a hipótese de síndrome de ATRA. Nesse contexto, foi discutida a nefrotoxicidade do ATRA e a potencialização desse efeito adverso pelo uso de antifúngicos nefrotóxicos, em par-ticular da anfotericina B, assim como a im-portância do diagnóstico diferencial entre síndrome de ATRA e doença infecciosa.

  12. Alterações renais clínico-laboratoriais em pacientes com a síndrome da imunodeficiência adquirida em relação aos achados anatomopatológicos Clinical and laboratory renal alterations in patients with acquired immunodeficiency syndrome in relation to natomopathological findings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor Alberto Laguna-Torres

    2000-04-01

    Full Text Available Foram estudadas as alterações renais, tanto clínicas como anatomopatológicas, em 119 indivíduos com a síndrome da imunodeficiência adquirida no Hospital Escola da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro, Uberaba, MG. A média das idades foi de 33 ± 10,4 anos (variando de 18 a 67 anos. Predominaram a cor branca (59% e o sexo masculino (80%. Procedência: 90% de Uberaba e região. Havia 59 (50% heterossexuais, 25 (21% homossexuais, 17 (14% bissexuais e 18 (15% sem dados conhecidos. Havia 43% usuários de drogas intravenosas. Catorze (12,2% casos apresentavam creatininemia acima de 3mg/dl nos 10 dias antes do óbito, destes encontrou-se necrose tubular aguda em 64%. Em 71 (61% pacientes encontrou-se hiponatremia e 8 (7% exibiram hipernatremia. Houve 28 (24% com hipocalemia e 8 (7% com hipercalemia. Doze pacientes tinham proteinúria de 24 horas elevada, sendo 7 acima de 1g/24h. Dois pacientes apresentaram glomeruloesclerose segmentar focal, sendo que um deles apresentou proteinúria de 5,5g/24h e creatinemia de 1,5mg/dl, sem edema. Na maioria (56% dos casos, encontrou-se nefrite túbulo-intersticial. As alterações glomerulares foram relativamente raras em tanto que as lesões túbulo-intersticiais foram muito freqüentes, principalmente a nefrite túbulo intersticial e a necrose tubular aguda. Nem sempre se pode observar uma correlação anatomoclínica pois, muitas vezes, a alteração foi predominantemente funcional, especialmente nas hidroeletrolíticas.Clinical as well as renal anatomopathological data of 119 patients with acquired immunodeffiency syndrome from the Hospital of the Faculty of Medicine of Triângulo Mineiro, Uberaba, MG, Brazil, were studied. Mean age was 33 ± 10.4 years (range 18 to 67 years. White (59% and male (80% individuals predominated. Ninety percent of patients came from Uberaba or neighborhood. There were 59 (50% heterosexual, 25 (21% homosexual, 17 (14% bisexual and 18 (15% unknown. Forty three percent

  13. FRACASO RENAL AGUDO EN EL PACIENTE ONCOLOGICO. ANALISIS CLINICO Y PRONOSTICO.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Purroy A,

    2004-01-01

    Full Text Available RESUMEN: El fracaso renal agudo es un problema frecuente en el paciente oncológico, que plantea limitaciones en el pronóstico y en el planteamiento terapeútico. El desarrollo de registros de pacientes oncológicos con fracaso renal agudo permite analizar el perfil clínico y plantear aspectos a desarrollar desde el punto de vista terapeútico y sobre todo preventivo. El empleo de determinados índices pronósticos como el ISI (Liaño o el de fallo multiorgánico permite evaluar mejor este perfil clínico. En nuestra experiencia el fracaso renal agudo en el paciente oncológico es una complicación frecuente y relacionada con el proceso de base. Mediante este registro de pacientes hemos identificado un perfil clínico de alto riesgo consistente en un paciente con un fallo renal asociado a un proceso infeccioso, con insuficiencia respiratoria, oligúrico y con una puntuación elevada de esos índices pronósticos.

  14. Perfil epidemiológico dos pacientes em terapia renal substitutiva no Brasil, 2000-2004 Perfil epidemiológico de los pacientes en terapia renal substitutiva en Brasil, 2000-2004 Epidemiological profile of patients on renal replacement therapy in Brazil, 2000-2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariangela Leal Cherchiglia

    2010-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o perfil epidemiológico e clínico de pacientes em terapia renal substitutiva, identificando fatores associados ao risco de morte. MÉTODOS: Estudo observacional, prospectivo não concorrente, a partir de dados de 90.356 pacientes da Base Nacional em Terapias Renais Substitutivas, no Brasil. Foi realizado relacionamento determinístico-probabilístico do Sistema de Autorização de Procedimentos de Alta Complexidade/Custo e do Sistema de Informação de Mortalidade. Foram incluídos todos os pacientes incidentes que iniciaram diálise entre 1/1/2000 e 31/12/2004, acompanhados até a morte ou final de 2004. Idade, sexo, região de residência, doença renal primária, causa do óbito foram analisados. Ajustou-se um modelo de riscos proporcionais para identificar fatores associados ao risco de morte. RESULTADOS: Ocorreu um aumento médio de 5,5% na prevalência de pacientes em terapia enquanto a incidência manteve-se estável no período. Hemodiálise foi a modalidade inicial predominante (89%. A maioria dos pacientes era do sexo masculino, com idade média de 53 anos, residente na região Sudeste, e apresentava causa indeterminada como principal causa básica da doença renal crônica, seguida da hipertensão, diabetes e glomerulonefrites. Desses pacientes, 7% realizou transplante renal e 42% evoluiu para o óbito. Os pacientes em diálise peritoneal eram mais idosos e apresentavam maior prevalência de diabetes. Entre os não transplantados, 45% foi a óbito e, entre os transplantados, 7%. No modelo final de riscos proporcionais de Cox, o risco de mortalidade foi associado com o aumento da idade, sexo feminino, ter diabetes, residir nas regiões Norte e Nordeste, diálise peritoneal como modalidade de entrada e não ter realizado transplante renal. CONCLUSÕES: Houve aumento da prevalência de pacientes em terapia renal no Brasil. Pacientes com idade avançada, diabetes, do sexo feminino, residentes nas regiões Norte e

  15. Excesso de peso em pacientes submetidos ao transplante hepático

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucilene Rezende Anastácio

    2013-12-01

    Full Text Available Esta revisão tem por objetivo descrever a incidência e prevalência de excesso de peso, sobrepeso e obesidade pós-transplante hepático e as consequências associadas a ele. Foi realizada revisão bibliográfica com consulta nas bases Medline/Pubmed, SciELO, EMBASE, LILACS com o cruzamento dos seguintes descritores: transplante hepático; sobrepeso; obesidade; ganho de peso. O excesso de peso é incidente em mais de 60% dos pacientes submetidos ao transplante hepático e as taxas de obesidade ultrapassam 20% já no primeiro ano do pós-operatório, período em que ocorre o maior ganho de peso relativo. Estudos revelaram que entre 60% e 70% dos pacientes submetidos ao transplante de fígado apresentam excesso de peso após o terceiro ano e quase 90% deles com obesidade abdominal. Os fatores associados são os mais variados, dentre os quais se destacam maior idade, história familiar de excesso de peso, excesso de peso anterior à doença hepática, dentre outros. A contribuição da medicação imunossupressora ainda permanece controversa. Dentre as consequências do excesso de peso estão a esteatose hepática, esteatohepatite, diabete melito, hipertensão, dislipidemias, doenças cardiovasculares e morte.

  16. Manifestaciones bucales en pacientes con insuficiencia renal crónica en hemodiálisis

    OpenAIRE

    Lecca Rojas, María Pía; Facultad de Odontología, Universidad Inca Garcilaso de la Vega. Lima,; Meza Mauricio, Jonathan; Facultad de Odontología, Universidad Inca Garcilaso de la Vega. Lima,; Ríos Villasis, Katty; Facultad de Odontología, Universidad Inca Garcilaso de la Vega. Lima,

    2014-01-01

    Objetivos: Determinar las manifestaciones bucales en pacientes con insufi ciencia renal crónica en hemodiálisis del Hospital Alberto Sabogal Sologuren (Bellavista, Callao, Perú) en el periodo de julio-agosto 2013. Materiales y Métodos: Se examinaron a 119 pacientes de ambos sexos. Se les realizó una anamnesis y luego con la ayuda de una linterna, espejos bucales y baja lenguas se les examinó la cavidad bucal de manera minuciosa. Resultados: Los pacientes examinados presentaron lengua saburral...

  17. Estimativa das necessidades energéticas em pacientes com doença renal crônica Estimating the energy requirement of chronic kidney disease patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Cordeiro Dias Rodrigues

    2013-02-01

    Full Text Available Estabelecer as necessidades energéticas de pacientes com doença renal crônica é importante para que se possam tratar os distúrbios nutricionais encontrados nessa população. Segundo os guias de condutas voltados ao cuidado nutricional de pacientes com essa doença, a recomendação energética pode variar entre 30 e 40kcal/kg/dia. Contudo, trabalhos que avaliaram os componentes do gasto energético nos pacientes com doença renal crônica sugerem que as necessidades energéticas dessa população podem diferir do valor recomendado acima, a depender da condição clínica (presença de comorbidades, da modalidade de tratamento empregado e do nível de atividade física. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo fazer uma revisão dos estudos sobre o gasto energético de pacientes com doença renal crônica, com o intuito de abordar as seguintes questões: (1 as atuais recomendações de energia para pacientes com doença renal crônica estão adequadas? (2 qual equação de predição poderia ser empregada para estimar as necessidades energéticas desse grupo de pacientes? Assim, esta revisão busca auxiliar o nutricionista ao estimar as necessidades energéticas de pacientes com doença renal crônica.Estimating the energy requirement of patients with chronic kidney disease is highly important for treating the nutritional disorders often seen in this population. According to the specific guidelines for patients with chronic kidney disease, the currently recommended daily energy intake varies from 30 to 40kcal/kg/day. However, studies that investigated energy expenditure components of patients with chronic kidney disease suggested that the energy requirement may differ from the one proposed earlier, depending on overall clinical condition (i.e. presence of comorbidities, treatment modality and level of physical activity. With this perspective in mind, the present study aims to review the studies assessing energy expenditure

  18. Resposta renal à maltodextrina e ao treinamento em diferentes intensidades

    OpenAIRE

    Cátia Fernandes Leite; Airton José Rombaldia

    2015-01-01

    O objetivo foi investigar a resposta renal à ingestão de maltodextrina e à natação de padrão aeróbio ou anaeróbio de alta intensidade em ratos. Materiais e métodos O protocolo consistiu de oito semanas de natação em padrão aeróbio (sobrecarga 5%) ou intermitente (sobrecarga 10%). Durante 37 dias os animais foram suplementados, por meio de gavagem, com uma dose diária de 0,48g.Kg−1 de maltodextrina dissolvida em água ou receberam água pura, antes do treinamento. Resultados O treinamento anaeró...

  19. Listeria monocytogenes in renal transplant recipients Listeria monocytogenes em pacientes pós-transplante renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Barroso HOFER

    1999-11-01

    Full Text Available Five cases of Listeria monocytogenes bacteriemia were observed from April to December 1985, among renal transplant recipients from the same hospital in São Paulo, Brazil. The patients were adults (mean age: 40.6 years, and the basic complain was fever, with no report of meningeal syndrome. Laboratory tests revealed the presence of two serovars, 1/2a and 4b, which were classified into three lysotypes. The four strains of serovar 4b showed the same antibiotype, with resistance to cefoxitin, clindamycin, oxacillin and penicillin.No período de abril a dezembro de 1985, foram observados cinco casos de listeriose em transplantados renais num mesmo hospital de São Paulo, SP. Os pacientes eram adultos (média de 40,6 anos tendo como queixa básica a febre. Laboratorialmente, em todos foram reconhecidos Listeria monocytogenes, caracterizada por dois sorovares 1/2a e 4b e três lisotipos distintos. As amostras do sorovar 4b apresentaram o mesmo antibiotipo: resistentes à cefoxitina, clindamicina, oxacilina e penicilina.

  20. Mecanismos e fatores associados aos sintomas gastrointestinais em pacientes com diabetes melito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Loureiro Celino Rodrigues

    2012-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Apresentar a frequência, os principais fatores causadores dos sintomas gastrointestinais em pacientes portadores do diabetes melito e controvérsias quanto à sua ocorrência em crianças e adolescentes. FONTES DOS DADOS: Revisão não sistemática nas bases de dados MEDLINE/PubMed e SciELO (1983-2011, além de capítulos de livros relevantes. Foram selecionados os artigos mais atuais e representativos do tema. SÍNTESE DOS DADOS: A prevalência do diabetes melito vem aumentando ao longo dos anos em vários países do mundo. No sistema digestório, é conhecida a ocorrência de complicações do diabetes melito, entre elas os sintomas gastrointestinais (náuseas, vômitos, dor abdominal, azia, disfagia, constipação, diarreia e incontinência fecal. A patogênese das alterações das funções gastrointestinais no diabetes melito está ainda sob investigação, e o papel do sistema nervoso entérico e seus neurotransmissores tem ganhado significância. Em decorrência do comprometimento do sistema digestório, com danos ao sistema nervoso entérico, portadores do diabetes melito podem apresentar quadros específicos de distúrbios de motilidade, alguns de grande relevância clínica, como gastroparesia diabética, constipação e diarreia. A disfunção deste sistema contribui para aumentar a morbidade desta doença e piora a qualidade de vida de seus portadores. CONCLUSÕES: O diabetes melito, ao longo dos anos, afeta o sistema digestório. Por ser uma condição que piora a qualidade de vida dos portadores e também pode indicar complicação da doença, deve ser valorizada no acompanhamento e tratamento do paciente com diabetes melito. Na infância e na adolescência, ainda existem poucos estudos que abordam o problema.

  1. Marcadores práticos de função renal em pacientes com cistinose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Pache de Faria Guimaraes

    2012-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Cistinose é uma doença sistêmica, autossômica recessiva, que leva à insuficiência renal crônica na infância, a não ser que o tratamento com cisteamina seja iniciado precocemente. Mesmo nestas condições, os pacientes evoluem para doença renal crônica terminal por volta da segunda década da vida. Portanto, a avaliação da função renal é essencial neste grupo de pacientes. OBJETIVO: Avaliar e correlacionar a cistatina C, creatinina sérica e o clearance de creatinina pela Fórmula de Schwartz em pacientes com cistinose, com diferentes graus de função renal. MÉTODOS: Foram incluídos pacientes com menos de 18 anos de idade, com diferentes níveis de função renal, de acordo com o KDOQI em estágios 1 a 4. Nenhum dos pacientes estava em terapia de substituição renal. Foram medidos os seguintes parâmetros: cistatina C, creatinina sérica e o clearance de creatinina pela fórmula de Schwartz. RESULTADOS: Foram analisadas 103 amostras de sangue de 26 pacientes. Foi detectada correlação significativa entre creatinina sérica e cistatina C (r = 0,81, p < 0,0001, cistatina C e o clearance de creatinina pela fórmula de Schwartz (r = -0,84, p < 0,0001 e creatinina sérica e clearance de creatinina (r = -0,97, p < 0,0001. CONCLUSÕES: A medida da cistatina não mostrou nenhuma vantagem sobre a creatinina sérica e o clearance de creatinina pela fórmula de Schwartz em pacientes com cistinose para avaliar o ritmo de filtração glomerular. Este é o primeiro relato sobre o valor da creatinina sérica, do clearance de creatinina pela fórmula de Schwartz e da cistatina C em pacientes com cistinose.

  2. Conhecimento dos pacientes portadores de diabetes mellitus tipo 2 inseridos no Programa de Saúde ao Adulto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana de Fatima Martins Greghi

    2017-01-01

    Full Text Available Introdução: O diabetes mellitus tipo 2 (DM2 é considerado um problema de saúde pública, passível de intervenções direcionadas às prevenções de complicações, em especial aos pacientes assistidos na Atenção Básica. Objetivo: Identificar o conhecimento dos pacientes portadores de DM2 inseridos no Programa de Saúde ao Adulto. Método: Trata-se de um estudo descritivo, tipo exploratório, com abordagem quantitativa, desenvolvido na Unidade de Saúde da Família, localizada em uma cidade do interior do estado de São Paulo. Resultados: Participaram voluntariamente 60 pacientes diagnosticados com DM2, desses, 39 (65,0% eram do sexo feminino e 21 (35,0% do sexo masculino. O período de doença, relatado pela maioria dos pacientes, foi inferior a 10 anos e 53 (88,3% pacientes alegaram conhecer as complicações ocasionadas pela doença. A maioria das informações dadas sobre as complicações aos pacientes foi realizada pela equipe de enfermagem, seguida por médicos e multiprofissionais. Relataram como complicações: amputação (n=16; 26,6%; feridas (n=4; 6,6%; infecção (n=6; 10,0%. Além disso, 6 (10,0% pacientes desconheciam quaisquer tipos de complicações e 28 (46,6% possuíam conhecimento de mais de uma complicação. A maioria dos pacientes (n=59; 98,3% considera o DM2 uma doença grave que impõe mudanças no cotidiano e intensas alterações da rotina de vida. Conclusão: Os resultados apontam que o Programa de Saúde ao Adulto repercutiu favoravelmente no conhecimento dos pacientes sobre o DM2 e sobre as possíveis complicações.

  3. Fatores de risco para lesão renal aguda em pacientes com trauma grave e seus efeitos na mortalidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luciano Baitello

    2013-06-01

    Full Text Available Os estudos que relacionaram lesão renal aguda (LRA e trauma surgiram durante a Segunda Guerra Mundial e, desde então, tem havido progressiva evolução dos cuidados para a prevenção da LRA. Entretanto, a determinação dos fatores de risco para o desenvolvimento de LRA pós-trauma permanece crucial e pode ajudar a reduzir esta complicação. OBJETIVO: Este estudo tem como objetivo identificar os fatores de risco para o desenvolvimento de LRA em pacientes com trauma grave e sua influência na mortalidade. Trata-se de um estudo retrospectivo com 75 pacientes incluídos por apresentarem trauma grave; seis foram excluídos por terem chegado ao hospital sem condições de ressuscitação. MÉTODO: As variáveis estudadas foram: idade, sexo, gravidade do trauma de acordo com Injury Severity Score (ISS e Escala de Coma de Glasgow (ECG, mecanismo de trauma, pressão arterial média na admissão, reposição volêmica nas primeiras 24h, níveis séricos de creatinina, uso de antibióticos nefrotóxicos, tempo de internação, necessidade de internação em UTI e mortalidade. RESULTADOS: A prevalência de LRA em traumatizados graves foi de 17,3%, sendo que os fatores associados à IRA nessa amostra foram TCE, ECG < 10. A mortalidade, o tempo de internação e a necessidade de UTI foram significativamente maiores nos pacientes que desenvolveram LRA. CONCLUSÕES: A identificação desses fatores de risco é de suma importância para a formulação de estratégias de atendimento aos pacientes vítimas de trauma grave, visando à prevenção da lesão renal aguda e da elevada mortalidade.

  4. O uso de metformina em pacientes diabéticos com insuficiência renal. É tempo de mudança

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Antonio de Almeida

    2015-03-01

    Full Text Available O Diabetes mellitus tipo 2 (DM2 está entre as principais causas de doença renal crônica (DRC em todo o mundo. Aproximadamente um quarto dos pacientes com DM2 tem DRC [(ritmo de filtração glomerular < 60 mL/min/1,73m² ou creatinina ≥ 1,4 mg/dL (mulheres e ≥ 1,5 mg/dL (homens], aos quais seria contraindicado o uso de metformina pelo “maior risco” de acidose lática. Na realidade, a acidose láctica é uma complicação rara em pacientes com DM2 em uso de metformina (1 caso a cada 25.000 a 30.000 pacientes/ano e não é mais comum em pacientes com DRC, embora o medicamento se acumule nesta condição clínica. Em contrapartida, há evidências de que em diabéticos com doença cardiovascular, o uso da metformina reduz a mortalidade geral e, em particular, nos pacientes com DRC. Esta atualização faz uma revisão da farmacocinética do medicamento, suas indicações preferenciais, benefícios e propõe as doses e as condições de uso da metformina em pacientes com DRC.

  5. Estudo do esvaziamento gástrico por cintilografia em pacientes com insuficiência renal crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice Sizue Hirata

    2012-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O presente estudo teve como objetivo o esvaziamento gástrico (EG nos pacientes com insuficiência renal crônica (IRC. MATERIAL E MÉTODO: Foram estudados 30 pacientes com IRC, 16 em tratamento clínico conservador (TCC e 14 em hemodiálise (THD há mais de seis meses. O grupo-controle (CTL foi constituído por 18 voluntários assintomáticos. O método de estudo do esvaziamento gástrico (EG foi a cintilografia. A refeição-teste padronizada foi uma omelete de três ovos de galinha preparada com enxofre coloidal marcado com 185 MBq de tecnécio-99 m. Foram estudados as curvas de retenção gástrica e, a partir delas, obtido o T½ do EG. Considerou-se normal o valor de T½ correspondente à média dos valores de T½ do grupo-controle mais duas vezes o desvio-padrão. Os testes estatísticos utilizados foram o de χ² e o de Kruskal Wallis. RESULTADOS: Não houve diferença estatisticamente significativa em relação às curvas de retenção gástrica total e ao T½ de EG, que foi semelhante nos três grupos estudados. Nove pacientes apresentaram T½ de EG elevado, acima de 125 minutos. Estes pacientes estavam igualmente distribuídos entre ambos os sexos e entre os grupos TCC e THD. CONCLUSÕES: Concluiu-se que a taxa de retenção gástrica e o T½ de EG em pacientes com IRC em TCC e THD não difere do grupo de pacientes sadios. A hemodiálise não parece diminuir o risco de retenção gástrica em pacientes com IRC

  6. Transplante renal em pacientes infectados pelo HIV Kidney transplantation in HIV infected patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carina Nilsen Moreno

    2011-02-01

    Full Text Available Este artigo de revisão tem como objetivo apresentar as principais considerações sobre o transplante renal em pacientes HIV positivos. Na última década, com o advento da terapia antirretroviral de alta atividade (Highly Active Antiretroviral Therapy - HAART, a evolução dos pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (Human Immunodeficiency Virus - HIV mudou significativamente, com uma acentuada diminuição das taxas de morbimortalidade nesta população. Neste contexto, o número de pacientes HIV positivos com doença renal crônica com necessidade de terapia dialítica vem aumentando progressivamente. Diante desta nova realidade, o transplante renal, antes considerado uma contraindicação absoluta para tais pacientes, passou a ser considerado uma alternativa de terapia substitutiva da função renal. Questões sobre o uso de imunossupressores neste grupo de pacientes e sua possível ação aumentando a replicação do HIV, além do risco de infecções oportunistas e de desenvolvimento de neoplasias, são amplamente discutidas. Porém, a experiência clínica nessa área mostra que a utilização dessas drogas para pacientes soropositivos parece ser segura, inclusive com relatos de ação antirretroviral de algumas das drogas imunossupressoras. Apesar disso, ainda hoje existem poucos relatos de transplantes nesta população. Em resumo, os dados da literatura sugerem que o transplante renal, seguindo critérios de seleção dos pacientes, parece ser uma alternativa segura como terapia de substituição renal em pacientes HIV positivos.This review presents current considerations for renal transplantation in HIV patients. In the last decade, with the advent of highly active antiretroviral therapy (HAART, life expectancy of patients infected with human immunodeficiency virus (HIV has significantly improved, showing a marked decrease in the rates of morbidity and mortality in this population. In this setting, the number of

  7. Calidad de vida relacionada con la salud en pacientes con enfermedad renal crónica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Barros-Higgins

    2015-10-01

    Full Text Available Antecedentes. La calidad de vida relacionada con la salud se puede afectar en personas con enfermedad renal crónica. Objetivo. Determinar la calidad de vida relacionada con la salud de los pacientes con enfermedad renal crónica (ERC y su relación con variables sociodemográficas y datos clínicos. Materiales y métodos. Estudio analítico de corte transversal realizado en 80 personas con diagnóstico de enfermedad renal crónica. Participaron los pacientes que asistieron a la Unidad Renal y al servicio de hospitalización durante los meses de estudio. Se aplicó el cuestionario Kidney Disease Quality of Life (KDQOL-SF, valorando ocho dimensiones genéricas de la calidad de vida relacionada con la salud y tres específicas relacionadas con la enfermedad renal. Se compararon las variables socio demográficas y las relacionadas con la enfermedad con las dimensiones del KDQOOL-36. Resultados. El 23.5% de la población estudiada tenía entre 61 y 70 años y 51.3% eran hombres. Se obtuvieron promedios bajos en las dimensiones carga de la enfermedad renal (40.3, salud física (33.4 y salud mental (43.5 del componente genérico. Se encontró una correlación significativa de la edad con las dimensiones efectos de la enfermedad renal en la vida diaria (0.238, p=0.03 y el componente genérico salud física (-0.242, p=0.03. Un trabajo remunerado se correlacionó positivamente con los componentes genéricos salud física (0.499, p=0.001 y salud mental (0.375, p=0.001 y la carga de la enfermedad renal se correlacionó negativamente con el tiempo de diagnóstico de enfermedad renal (-0.241, p=0.02. Conclusión. La enfermedad renal crónica tiene una carga sobre la calidad de vida de los pacientes en términos de salud física, salud mental y carga de la enfermedad.

  8. Comprometimento social de pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa da Rocha

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: avaliar o comprometimento dos domínios sociais e emocionais de pacientes internados submetidos ao Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas. Método: estudo observacional, longitudinal, com 25 participantes, avaliados no período pré-transplante, pancitopenia e pré-alta hospitalar, entre setembro de 2013 e setembro de 2014, em um hospital de referência no Brasil para esta modalidade de tratamento. Utilizou-se dois instrumentos internacionais, ambos traduzidos e adaptados para a língua portuguesa (Brasil: Quality of Life Questionnarie-Core 30 e Functional Assessment Cancer Therapy -- Bone Marrow transplantation. Resultados: os pacientes apresentaram queda estatisticamente significativa no domínio social e estabilidade da função emocional ao longo do percurso. Conclusão: o Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas altera a função social dos pacientes com câncer hematológico durante a etapa de internamento. Deste modo, o paciente deve receber orientações que contemplem o domínio social, de maneira que este possa ser menos comprometido.

  9. Pacientes em uso de quimioterápicos: depressão e adesão ao tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Fresche de Souza

    2013-02-01

    Full Text Available Este trabalho trata-se de estudo analítico, transversal, com abordagem quantitativa, que verificou a presença de depressão e a adesão ao tratamento com quimioterápicos em pacientes oncológicos atendidos na Farmácia Central de Quimioterapia de um hospital universitário. A amostra constou de 102 pacientes e a coleta dos dados foi realizada no período de outubro de 2010 a maio de 2011. Utilizou-se a entrevista estruturada, norteada por roteiro contendo dados sociodemográficos, clínicos e terapêuticos; o Teste de Morisky e o Inventário de Depressão de Beck. Os resultados revelaram que 10,8% e 1,9% dos participantes apresentaram depressão moderada e grave, respectivamente. Houve associação estatisticamente significativa entre a presença de depressão e as variáveis renda per capita, número de cirurgias e tempo de doença. Identificou-se falta de adesão ao tratamento em 48% dos participantes. Tais resultados indicam a necessidade de treinamento da equipe de saúde para detectar transtornos depressivos e falta de adesão ao tratamento com quimioterápicos entre pacientes oncológicos.

  10. Insuficiência renal aguda em pacientes com Síndrome Hellp

    OpenAIRE

    Sílvia Maria Dorigoni

    2001-01-01

    A síndrome HELLP ocorre em gestantes ou puérperas e é caracterizada pelo surgimento de hemólise, elevação de enzimas hepáticas e plaquetopenia. Desenvolve-se em aproximadamente 10% das gestantes com pré-eclampsia, sendo mais freqüente entre a 22a e 36a semanas de gestação. Insuficiência renal aguda é uma complicação freqüente e grave nessas pacientes. O objetivo deste estudo foi avaliar, em pacientes com síndrome HELLP, a prevalência de insuficiência renal aguda e estudar fatores a ela associ...

  11. Permanent vascular access in patients with end-stage renal disease, Brazil Acceso vascular permanente en pacientes renales crónicos terminales en Brasil Acesso vascular permanente em pacientes renais crônicos terminais no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Macedo da Silva

    2011-04-01

    renal crónica anterior a la entrada en hemodiálisis OBJETIVO: Analisar fatores associados à provisão de acesso vascular arteriovenoso no Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal, nacionalmente representativo, com pacientes com doença renal crônica terminal acompanhados em serviços de diálise ou em centros transplantadores no ano de 2007. A amostra incluiu apenas pacientes que tiveram a hemodiálise como primeira modalidade de tratamento e que sabiam com que tipo de acesso vascular haviam iniciado o tratamento (N = 2.276. Os dados são oriundos do Projeto TRS - "Avaliação econômico-epidemiológica das modalidades de Terapia Renal Substitutiva no Brasil". Regressão logística múltipla foi utilizada. RESULTADOS: Aproximadamente 30% dos pacientes tinham acesso vascular arteriovenoso. Os fatores associados à baixa probabilidade de ter acesso vascular arteriovenoso como primeiro tipo de acesso foram: tempo de diagnóstico de doença renal crônica anterior à entrada em hemodiálise < 1 ano, menor tempo de tratamento dialítico, não possuir cobertura de plano de saúde, residir na região Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste, e residir na região Norte e ao mesmo tempo não possuir cobertura de plano de saúde. No modelo final não foi observada associação do desfecho com variáveis socioeconômicas e comorbidades, mas sim com cuidados pré-diálise. CONCLUSÕES: Os resultados mostram que, para aumentar a provisão de acesso vascular arteriovenoso antes do início da hemodiálise no Brasil, os esforços devem ser focados no cuidado pré-diálise.

  12. Incremento da depuração renal em pacientes gravemente enfermos: incidência, fatores associados e efeitos no tratamento com vancomicina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Luz Campassi

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Foi descrito um incremento da depuração renal em alguns grupos de pacientes gravemente enfermos, o qual pode induzir à eliminação de concentrações de fármacos por filtração glomerular aquém do ideal, principalmente no caso de antibióticos. Sua ocorrência e os fatores determinantes têm sido pouco estudados. Nossos objetivos foram determinar a incidência e os fatores associados ao incremento da depuração renal, bem como seus efeitos nas concentrações e na posologia de vancomicina em uma série de pacientes em unidade de terapia intensiva. Métodos: Estudamos, de forma prospectiva, 363 pacientes admitidos durante 1 ano em uma unidade de terapia intensiva clínico-cirúrgica. Foram excluídos pacientes que tivessem nível de creatinina sérica >1,3mg/dL. A depuração de creatinina foi calculada a partir da coleta de urina de 24 horas. Os pacientes foram agrupados segundo a presença de incremento da depuração renal (depuração de creatinina >120mL/min/1,73m2, e os possíveis fatores de risco foram analisados por meio de análise bivariada e logística. Em pacientes tratados com vancomicina, foram registradas a posologia e as concentrações plasmáticas. Resultados: O incremento da depuração renal esteve presente em 103 pacientes (28%, os quais eram mais jovens (48±15 versus 65±17 anos; p<0,0001, tinham mais frequentemente admissões obstétricas (16 versus 7%; p=0,0006 e por trauma (10 versus 3%; p=0,016, e menos comorbidades. Os únicos determinantes independentes para o desenvolvimento de incremento da depuração renal foram idade (OR=0,95; IC95%=0,93-0,96; p<0,0001; e ausência de diabetes (OR 0,34; IC95% 0,12-0,92; p=0,03. Doze dos 46 pacientes que receberam vancomicina tinham incremento da depuração renal e, apesar das doses elevadas, tinham concentrações plasmáticas de vancomicina mais baixas. Conclusões: Nessa coorte de pacientes gravemente enfermos, foi frequente o achado de incremento da depura

  13. Insuficiência renal aguda em pacientes com sepse grave: fatores prognósticos = Acute renal injury in patients with severe sepsis: prognostic factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Okamoto, Thábata Yaedu

    2012-01-01

    Conclusões: A insuficiência renal aguda foi ocorrência comum nos pacientes com sepse, fazendo parte de um quadro de disfunção de múltiplos órgãos e sistemas, particularmente nos pacientes com diagnóstico de choque séptico, estando associada a aumento da probabilidade de morte nesses pacientes graves. O uso de drogas vasoativas foi o único fator de risco para mortalidade em pacientes com sepse e insuficiência renal aguda que se manteve na análise multivariada. Estes resultados apontam para a importância do tratamento precoce dos quadros de sepse grave a tempo de prevenir a evolução para choque séptico e para insuficiência renal

  14. Costos de intervenciones para pacientes con insuficiencia renal crónica Costs of intervention for patients with chronic renal disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Armando Arredondo

    1998-06-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN: Se presentan resultados sobre un estudio que pretendió identificar los costos de intervenciones en salud en el manejo de pacientes con insuficiencia renal crónica. MATERIAL Y MÉTODO: El método de costeo se basó en técnicas de consenso y de instrumentación de manejo de caso a través de la identificación de insumos y funciones de producción para la demanda de cada servicio solicitado. Las intervenciones costeadas incluyeron: diálisis peritoneal, hemodiálisis y trasplante renal. RESULTADOS: El costo por evento en US dóllares fué de $3.71, $57.95 y $ 8,778.32 respectivamente. En cuanto al costo de manejo anual de caso los resultados fueron: diálisis peritoneal $5,643.07, hemodiálisis $9,631.60 y trasplante $3,021.67. CONCLUSIONES: La información generada a partir de los costos de eventos difiere considerablemente de la información generada a partir del costo de manejo anual de caso. Estas diferencias resultan significativas para el diseño y evaluación de patrones de asignación de recursosINTRODUÇÃO: Apresentam-se os resultados sobre estudo que pretendeu identificar os custos de intervenções em saúde no manejo de pacientes com insuficiência renal crônica. MATERIAL E MÉTODO: O método de custeio teve como base técnicas de consenso e de instrumentação de manejo de caso a partir da identificação de insumos e funções de produção na demanda de cada serviço solicitado. As intervenções avaliadas nos seus custos foram: diálise peritoneal, hemodiálise e transplate renal. RESULTADOS: O custo por evento (diálise, hemodiálise e transplante em dólares foi de US$3.71, US$57.95 e US$8,778.32, respectivamente. Quanto ao custo do manejo anual de caso os resultados foram: diálise peritoneal US$5,643.07, hemodiálise US$9,631.60 e transplate renal de US$3,021.63. CONCLUSÕES: A informação gerada a partir dos custos de eventos difere consideravelmente do custo de manejo anual de caso.. Essas diferen

  15. AVALIAÇÃO DA ADESÃO AO TRATAMENTO MEDICAMENTOSO E NÃO MEDICAMENTOSO DE PACIENTES HIPERTENSOS ATENDIDOS NO PSF GUARITÁ, ITAPERUNA-RJ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael Laiber BONADIMAN

    2015-12-01

    Full Text Available Foi realizada uma pesquisa durante os meses de agosto e setembro de 2010, com 108 pacientes hipertensos atendidos no PSF (Programa Saúde da Família Guaritá, localizado no bairro Vinhosa, no município de Itaperuna, estado do Rio de Janeiro. O objetivo do estudo foi verificar o grau de adesão ao tratamento medicamentoso e não medicamentoso nos quadros de hipertensão arterial bem como avaliar os níveis pressóricos dos pacientes. Os resultados indicaram que 63,9% dos pacientes não seguem dieta alimentar específica para hipertensão arterial e 75% dos pacientes não praticam exercícios físicos.  Em relação ao tratamento medicamentoso, o anti-hipertensivo mais utilizado foi a hidroclorotiazida, presente no tratamento de 63,9% dos pacientes avaliados, seguido do captopril (61,1% dos pacientes, propranolol (27,8%, dentre outros prescritos para menos de 25% dos pacientes.  A avaliação da adesão ao tratamento medicamentoso indicou que 69,4% dos pacientes apresentam adesão plena, 17,6% relataram omissão de doses e apenas 13% relataram não adesão ao tratamento. Um total de 87,9% dos pacientes apresentou níveis pressóricos acima dos limites de normalidade. De acordo com os resultados pode-se concluir que os pacientes possuem alta adesão ao tratamento farmacológico e baixa adesão ao tratamento não farmacológico, o que pode ser responsável pela dificuldade de controle dos níveis da pressão arterial.

  16. Avaliação das manifestações bucais nos pacientes com insuficiência renal

    OpenAIRE

    Lourdes Vanesa Chacon Hurtado

    2009-01-01

    Nos últimos anos observou-se incremento na incidência e prevalência da insuficiência renal crônica (IRC). Além da grande repercussão bucal que esta alteração sistêmica traz, é importante que esses pacientes tenham sua saúde bucal adequada e controlada, frente à possibilidade eminente do transplante renal. O objetivo deste trabalho foi caracterizar o paciente com IRC atendido no Centro de Atendimento a Pacientes Especiais da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (CAPE-FOUSP), i...

  17. INSUFICIENCIA RENAL AGUDA CON UREMIA NORMAL EN PACIENTE MONO-RENO SECUNDARIA A PIELONEFRITIS AGUDA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Musso CG

    2006-03-01

    Full Text Available RESUMEN:La insuficiencia renal aguda es un sindrome que característicamente cursa con niveles plasmáticos elevados de urea y creatinina. Sin embargo, hay situaciones clínicas en las cuales este sindrome puede cursar con un incremento de la creatininemia sin presentar elevación de la uremia.En este reporte presentamos un caso clínico de una insuficiencia renal aguda con uremia normal secundaria a una pielonefritis aguda en un paciente con riñón único. El paciente presentaba una elevada excreción fraccional de urea lo cual podía explicar su uremia normal pese a estar cursando una caída del filtrado gomerular. Dicha excreción de urea elevada fue interpretada como secundaria a una diabetes insipida nefrogénica y una alteración en el recirculado intra-renal de la urea ambos producto de la pielonefritis aguda. Concluimos que la pielonefritis aguda en un paciente mono-reno puede presentarse con un patrón de insuficiencia renal aguda con uremia normal. SUMMARYAcute renal failure is a syndrome that usually runs with an increase in creatinine and urea plasma levels. However, there are clinical situations in which this syndrome may run with an increase in plasma creatinine keeping normal the urea one.In this report we present a case of acute renal failure with normal plasma urea level secondary to an acute pyelonephritis in a single kidney patient. The patient had an increased fractional excretion of urea which could explain the normal plasma urea levels found despite of his reduced glomerular filtration. This increased urea excretion state was interpreted as a consequence of the nephrogenic diabetes insipidus and alteration of the intra-renal urea reciclying process that the acute pyelonephritis induced. In conclusion: Acute pyelonephritis in a single kidney patient can appear as a pattern of acute renal failure with normal plasma urea levels.

  18. INSUFICIENCIA RENAL AGUDA CON UREMIA NORMAL EN PACIENTE MONO-RENO SECUNDARIA A PIELONEFRITIS AGUDA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Musso CG

    2007-04-01

    Full Text Available RESUMENLa insuficiencia renal aguda es un sindrome que característicamente cursa con niveles plasmáticos elevados de urea y creatinina. Sin embargo, hay situaciones clínicas en las cuales este sindrome puede cursar con un incremento de la creatininemia sin presentar elevación de la uremia. En este reporte presentamos un caso clínico de una insuficiencia renal aguda con uremia normal secundaria a una pielonefritis aguda en un paciente con riñón único. El paciente presentaba una elevada excreción fraccional de urea lo cual podía explicar su uremia normal pese a estar cursando una caída del filtrado gomerular. Dicha excreción de urea elevada fue interpretada como secundaria a una diabetes insipida nefrogénica y una alteración en el recirculado intra-renal de la urea ambos producto de la pielonefritis aguda. Concluimos que la pielonefritis aguda en un paciente mono-reno puede presentarse con un patrón de insuficiencia renal aguda con uremia normal.SUMMARYAcute renal failure is a syndrome that usually runs with an increase in creatinine and urea plasma levels. However, there are clinical situations in which this syndrome may run with an increase in plasma creatinine keeping normal the urea one. In this report we present a case of acute renal failure with normal plasma urea level secondary to an acute pyelonephritis in a single kidney patient. The patient had an increased fractional excretion of urea which could explain the normal plasma urea levels found despite of his reduced glomerular filtration. This increased urea excretion state was interpreted as a consequence of the nephrogenic diabetes insipidus and alteration of the intra-renal urea reciclying process that the acute pyelonephritis induced. In conclusion: Acute pyelonephritis in a single kidney patient can appear as a pattern of acute renal failure with normal plasma urea levels.

  19. Mortalidade e prognóstico específico em pacientes com insuficiência renal aguda Assessment of mortality and specific index in acute renal failure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luis Balbi

    2005-12-01

    Full Text Available Vários sistemas de estratificação de risco têm sido estudados com o objetivo de predizer a evolução de pacientes graves com insuficiência renal aguda (IRA. OBJETIVOS: Avaliar e comparar as taxas de mortalidade e o escore de severidade individual de necrose tubular aguda (ATN-ISS em pacientes que desenvolveram IRA tratados em hospital universitário de atendimento predominantemente terciário. MÉTODOS: Foram estudados prospectivamente 103 pacientes com IRA por necrose tubular aguda (NTA, atendidos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu - UNESP, acompanhados até recuperação do quadro renal ou óbito. No momento da primeira avaliação do nefrologista foi aplicado o escore ATN-ISS. Os resultados foram apresentados em média ± desvio padrão ou mediana, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Verificamos que 51,4% eram do sexo masculino, com média de idade de 58 ± 36 anos. A mortalidade geral foi de 44,3%, sendo estatisticamente maior nos pacientes provenientes de enfermarias cirúrgicas (52,7% quando comparados àqueles de enfermarias clínicas (35,3%, e naqueles que realizaram diálise (63,8% quando comparados aos de tratamento conservador (23,5%. O escore ATN-ISS apresentou boa confiabilidade, com elevado poder discriminatório (área sob a curva de 0,95 e boa calibração, principalmente a partir do quintil 3. CONCLUSÃO: Na população estudada, as taxas de mortalidade foram semelhantes àquelas encontradas na literatura. O escore ATN-ISS mostrou ser um índice prognóstico com grande confiabilidade, podendo ser aplicado na prática diária do nefrologista.A variety of systems of risk factor stratification have been studied to predict the outcome in acute renal failure (ARF. Objectives. Assess and compare mortality and the Acute Tubular Necrosis Individual Severity Score (ATN-ISS in patients with AFR treated in a university hospital. METHODS: A prospective analysis was made of 103 patients with a

  20. Valoración de las pruebas de función renal en pacientes con insuficiencia cardiaca congestiva

    OpenAIRE

    Perez Canga, José Luis

    2015-01-01

    Introducción: Recientemente ha aumentado el interés en estudiar la Enfermedad Renal Crónica (ERC) junto con las enfermedades que frecuentemente se presentan asociadas a ella, como son la ICC y la Anemia, con las que se sabe que comparte una interdependencia fisiopatológica y pronóstica. Objetivos: Estudiar la función renal en pacientes con ICC y además estudiar la asociación entre la función renal y anemia en pacientes con ICC,...

  1. Prevalencia,evolución y factores de riesgo asociados a insuficiencia renal en pacientes infectados por VIH de nuestro

    OpenAIRE

    Juega Mariño, Francisco Javier; Romero, Ramon

    2011-01-01

    El objetivo es Establecer la prevalencia de insuficiencia renal en pacientes infectados por el VIH de nuestro medio, factores de riesgo asociados y evolución de esta función renal. Estudio descriptivo prospectivo de 1596 pacientes VIH +. 2 cortes transversales de la muestra: Nov´08-Feb´09 y Jul–Sept´10. Datos sobre múltiples variables disponibles en cada corte. Se dividió la muestra en GRUPO 1: FG ≤ 60 ml/min/1,73 m2 y GRUPO 2: FG > 60 ml/min/1,73 m2. Prevalencia de insuficiencia renal 4-5%. ...

  2. La adherencia terapéutica en el paciente trasplantado renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Rocío Ruiz Calzado

    2013-12-01

    Full Text Available En los pacientes con enfermedad renal crónica portadores de un trasplante renal, la adherencia al tratamiento es crucial para prevenir el rechazo, pérdida del injerto, y la morbilidad adicional. Objetivo: conocer la producción científica actual de la adherencia al tratamiento de pacientes trasplantados de riñón y las variables que pueden influir. Método: Se realizó una búsqueda en las bases de datos de Scielo, PubMed, The Chocrane, Science Direct y Google académico. Se incluyeron artículos científicos escritos en inglés y español. Se analizaron los artículos que trataban la adherencia al tratamiento inmunosupresor de pacientes trasplantados de riñón, excluyendo los pacientes pediátricos. Resultados: La adherencia al tratamiento inmunosupresor por parte de estos pacientes es relativamente baja debido a la influencia de varios factores. La complejidad del tratamiento y el tiempo postrasplante, tienen una importante correlación negativa con la adherencia. El olvido u otras ocupaciones, se relaciona de forma significativa con la no adherencia no intencional por parte de los pacientes. Los grupos de edad con menos adherencia son los más jóvenes seguidos de los más mayores, y los más adherentes los adultos. En algunos países, la falta de adherencia se debe a que el elevado coste del tratamiento inmunosupresor corre por cuente del paciente. Por otro lado, las variables que no parecen influir de forma concluyente, son: el estado civil o modo de vida, efectos secundarios, nivel socioeconómico y educativo, situación laboral, raza, creencias en la necesidad y factores psicológicos. Por último, la variable de género es claramente la única que no influye sobre la falta de adherencia, ya que una mayoría de estudios demuestran que no influyen frente a solo dos que consideran que los varones son los menos adherentes. Conclusiones: los pacientes trasplantados de riñón presentan altos porcentajes de falta de adherencia al

  3. Fatores associados ao padrão de sono em pacientes com insuficiência cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Alvina dos Santos

    2011-10-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo descrever o padrão de sono em pacientes com insuficiência cardíaca (IC e analisar associações do sono com as seguintes variáveis: sexo, idade, fadiga, fadiga ao esforço, atividade física, classe funcional, terapia medicamentosa, dispneia e índice de massa corporal. A amostra não probabilística foi de 400 pacientes (idade média 57,8 anos; 64,8% eram homens; escolaridade média de 6,1 anos; 82,5% em classe funcional II ou III. A prevalência de maus dormidores foi de 68,5% e 46,5% classificou o sono como ruim ou muito ruim. Escores que sugerem categoria de mau dormidor foram associados a: sexo feminino, não empregados, fadiga, fadiga ao esforço, dispneia e classes funcionais mais elevadas da IC. A proporção de maus dormidores entre os pacientes com IC está entre as mais altas nas doenças crônicas. Dispneia e fadiga, sintomas comuns a essa enfermidade, aumentam significativamente a chance de ser mau dormidor.

  4. Prevalência da fragilidade entre os pacientes com doença renal crônica em tratamento conservador e em diálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Novais Mansur

    2012-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Fragilidade é um estado de vulnerabilidade fisiológica do paciente que se associa ao maior número de hospitalização e óbito. OBJETIVOS: Avaliar a prevalência de fragilidade e os fatores a ela associados em pacientes com doença renal crônica (DRC em tratamento conservador (TC, hemodiálise (HD e diálise peritoneal (DP. MÉTODOS: A fragilidade foi avaliada em 146 pacientes (86 em TC, 37 em HD e 23 em DP e caracterizada como fraqueza muscular e exaustão - pelos domínios do aspecto físico e da vitalidade, respectivamente, avaliados pelo questionário SF-36 de qualidade de vida; como inatividade física caso a resposta fosse "nunca" ou "quase nunca" - quando questionado sobre a prática de atividade física; e como perda de peso não intencional (> 4,5 kg por ano. Os pacientes foram divididos em três grupos: não frágeis (NF, pré-frágeis (PF e frágeis (F. As variáveis demográficas, clínicas e laboratoriais foram extraídas dos prontuários dos pacientes. RESULTADOS: A fragilidade foi caracterizada em 36% dos pacientes em TC, 37,8% em HD e 47,8% em DP. Foi diagnosticada em 36,8% dos pacientes com idade entre 20 e 40 anos e 40,3% daqueles entre 41 e 60 anos. A fragilidade associou-se significativamente ao uso de vitamina D (r = 0.16; p = 0.03, hemoglobina (r = -0.14; p = - 0.02 e paratormônio intacto (r = 0.16; p = 0.03. CONCLUSÕES: A fragilidade é frequente entre os pacientes com DRC em tratamento conservador e dialítico, mesmo naqueles não idosos. Nos pacientes estudados, o fenótipo de fragilidade se associou com o não uso de vitamina D, menores níveis séricos de hemoglobina e níveis mais elevados de paratormônio.

  5. Níveis séricos de vitamina D e periodontite crônica em pacientes com doença renal crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jessica do Amaral Bastos

    2013-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO A concomitância de periodontite crônica (PC em pacientes com doença renal crônica (DRC tem sido associada a desfechos adversos. A deficiência de vitamina D (25(OHD parece desempenhar papel importante na PC e níveis inadequados de vitamina D têm sido descritos em pacientes com DRC. OBJETIVO: Examinar a relação entre níveis séricos de vitamina D e PC em pacientes com DRC pré-dialítica. MÉTODO: Estudo de caso-controle, definidos, respectivamente, como pacientes com DRC e PC e DRC sem PC. Os dados demográficos, de exame físico e laboratoriais foram obtidos no dia da consulta. A DRC foi definida e estagiada segundo a NKF QDOKI TM. Os níveis séricos de 25(OH D foram dosados por quimioluminescência quando da avaliação da PC, a qual foi caracterizada segundo os critérios de Academia Americana de Periodontologia (1999. Os resultados de 25(OHD foram estratificados em deficiência ( 30 ηg/mL. RESULTADOS: Um total de 29 pacientes foram estudados, 15 no grupo caso e 14 no grupo controle. Os pacientes casos apresentaram mediana de 25(OH D inferior a dos pacientes controles (22,6 vs. 28,6 ηg/mL; p < 0,01. A frequência de pacientes casos com insuficiência/deficiência de vitamina D foi maior do que entre os pacientes controles (93,3% vs. 57,1%, p < 0,004. Por outro lado, o percentual de pacientes com suficiência de vitamina D foi maior entre os controles se comparados aos integrantes do grupo casos (42,9% vs. 6,7%, p < 0,004. CONCLUSÃO: Em pacientes com DRC, a deficiência de vitamina D se associa com PC.

  6. A implantação da consulta de enfermagem ao paciente com insuficiência cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carla Dantas Cavalcanti

    2009-03-01

    Full Text Available Trata-se de relato de experiência do Projeto de Extensão “Consulta de Enfermagem ao Paciente comInsuficiência Cardíaca” (IC, desenvolvido com o apoio do Curso de Mestrado em Ciências Cardiovasculares e doNúcleo de Fundamentos de Enfermagem da Universidade Federal Fluminense(RJ. Tem como objetivo descreversua implementação enquanto modalidade adequada e eficaz, para proporcionar ensino, pesquisa e assistência.O projeto é constituído das seguintes atividades: consulta de enfermagem baseada em NANDA-NIC-NOC(NNN;triagem, educação em saúde na sala de espera, desenvolvidas por docentes, enfermeiros e acadêmicos deenfermagem. O processo de cuidar permeia a identificação e compreensão das respostas dos pacientes cominsuficiência cardíaca aos problemas de saúde reais e potenciais facilitando a escolha de intervenções deenfermagem. Assim, estimula medidas farmacológicas e não-farmacológicas que se propõem a melhorar aqualidade de vida e aderência ao tratamento através de educação em saúde.

  7. Doenca renal policistica autossomica dominante em pacientes em hemodialise no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Fernando Alves

    2014-03-01

    Full Text Available Introdução: A doença renal policística autossômica dominante é a enfermidade renal hereditária mais comum em seres humanos. Objetivo: Analisar a prevalência, características clínicas e laboratoriais de pacientes com rins policísticos e relacionar as manifestações da doença por gênero. Métodos: Trata-se de um estudo observacional e retrospectivo. Foram revisados todos os prontuários médicos de pacientes com rins policísticos admitidos para hemodiálise entre 1995 e 2012, em quatro centros que atendem a área de abrangência da 15ª regional de saúde do Paraná, Brasil. Resultados: Fizeram parte do estudo 48 pacientes com rins policísticos, causa primária da doença renal crônica (DRC estágio 5. A prevalência da doença foi de um em 10.912 habitantes. A média de idade de ingresso na hemodiálise (50,7 anos e o tempo de seguimento em hemodiálise até o transplante (36,5 meses foi menor nos homens. A hipertensão arterial foi o diagnóstico mais frequente em 73% dos pacientes, com predominância em mulheres (51,4%. O cisto hepático foi a manifestação extrarrenal mais frequente nos homens (60,0%. Foram a óbito 10,4% dos pacientes que faziam uso de hemodiálise, sendo 60% de homens. A classe de droga anti-hipertensiva mais utilizada foi a que atua no sistema renina-angiotensina, com maior frequência de uso nas mulheres (53,3%. A ureia pós-diálise foi significativamente maior em homens. Conclusão: A prevalência da doença é baixa entre pacientes em hemodiálise no sul do Brasil. As diferenças observadas entre os gêneros, com exceção da ureia pós, não foram significantes. Os dados encontrados são diferentes dos reportados na América do Norte e Europa.

  8. La dieta del paciente renal: ¿Se puede incluir pescado? Renal patient's diet: Can fish be included?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. I. Castro González

    2012-10-01

    Full Text Available Introducción: El tratamiento de las enfermedades renales, que son un grave problema de salud pública, es muy complicado. La terapia nutrimental busca retardar la progresión de la enfermedad, mantener un buen estado nutricio y prevenir el desarrollo de comorbilidades. Objetivo: El objetivo del presente estudio fue analizar diez especies de pescado de consumo cotidiano para identificar aquellas que por su bajo aporte de fósforo, proteína de alto valor biológico y su aporte de ácidos grasos n-3 puedan incluirse en la dieta del paciente renal. Material y métodos: Se analizaron las siguientes especies: Bonito, Cabezona, Chucho, Escolar, Espada, Golondrina, Lenguado, Lobina, Mojarra rayada y Pámpano, siguiendo las técnicas de la AOAC y Keller, para determinar su contenido de proteína, fósforo, sodio, potasio, colesterol, vitaminas D3 y E y ácidos grasos n-3 EPA + DHA. Posteriormente se evaluaron las relaciones entre estos nutrimentos. Resultados: Las especies analizadas presentaron valores de proteína desde 16,5 g/100 g de filete (Lobina hasta 27,2 g/100 g (Cabezona, el valor de fósforo más bajo fue de 28,6 mg/100 g (Mojarra rayada y el más alto fue 216,3 mg/100 g (Chucho. 80% de las especies presentaron > 100 mg EPA + DHA en 100 g de filete. Por su relación Fósforo/g Proteína todos los pescados excepto Escolar y Espada, pueden incluirse; la relación más baja de fósforo/EPA + DHA se presentó en Bonito, Escolar, Golondrina, Lobina, Mojarra rayada. Conclusiones: El Pámpano es la especie más recomendada para los pacientes renales por las relaciones entre todos sus nutrimentos; aunque todas las especies, excepto Escolar y Espada, pueden formar parte de la alimentación renal.Introduction: Medical and nutritional treatment for renal disease, now a major public health issue, is highly complicated. Nutritional therapy must seek to retard renal dysfunction, maintain an optimal nutritional status and prevent the development of

  9. Perfil nutricional de pacientes candidatos ao transplante de pulmão Nutritional profile of lung transplant candidates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina Monteiro Pereira de Souza

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar o perfil nutricional dos pacientes candidatos ao transplante de pulmão. MÉTODOS: Estudo transversal, retrospectivo com pacientes candidatos ao transplante de pulmão em um hospital público da cidade de São Paulo. O gênero, a idade e a doença pulmonar de base dos participantes foram compilados. Para a avaliação do perfil nutricional dos pacientes, o índice de massa corporal (IMC, a circunferência muscular do braço (CMB, a circunferência da cintura (CC e a prega cutânea tricipital (PCT foram determinados durante o primeiro atendimento ambulatorial. RESULTADOS: Foram incluídos 117 pacientes, sendo 69 (59% do gênero masculino. A média de idade dos participantes foi de 42,5 ± 15,2 anos. A doença de base de maior prevalência foi o enfisema pulmonar, em 29 pacientes (24,8%. O perfil nutricional de 48,3% dos pacientes com enfisema pulmonar, de 55% dos com fibrose cística, 56% dos com bronquiectasias e de 50% dos com outras doenças pulmonares foi considerado normal. A maior parte dos pacientes com fibrose pulmonar (51,7% foi classificada com excesso de peso. A PCT indicou que os pacientes com fibrose cística apresentaram um elevado risco de depleção (64,7%, seguidos pelos pacientes com bronquiectasias (52,6%. CONCLUSÕES: Os pacientes com fibrose pulmonar foram os que obtiveram maiores valores de IMC, mas com PCT e CMB correspondentes a eutrofia. Pacientes com fibrose cística e bronquiectasias apresentaram maior prevalência de depleção nutricional, baseado na PCT e CMB.OBJECTIVE: To determine the nutritional profile of lung transplant candidates. METHODS: A retrospective cross-sectional study involving lung transplant candidates at a public hospital in the city of São Paulo, Brazil. Data related to gender, age and underlying lung disease were compiled for the participants. For the assessment of the nutritional profile of the patients, body mass index (BMI, mid-arm muscle circumference (MAMC, waist

  10. Interacoes medicamentosas potenciais em pacientes com doenca renal cronica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Batista Marquito

    2014-03-01

    Full Text Available Introdução: Interações medicamentosas (IMs são frequentes na prática clínica e estão diretamente relacionadas a fatores como polifarmácia, idade avançada e deficiência na metabolização e excreção de fármacos. Indivíduos com doença renal crônica (DRC comumente utilizam diversas classes de medicamentos, constituindo um importante grupo de risco para IMs. Objetivo: Identificar potenciais interações entre medicamentos prescritos a renais crônicos em tratamento conservador, e fatores associados a sua ocorrência. Métodos: Estudo observacional transversal, com análise de 558 prescrições. O potencial interativo dos medicamentos foi traçado tendo como suporte a base de dados MICROMEDEX®, software que disponibiliza farmacopeias conhecidas internacionalmente. Resultados: Houve predomínio de indivíduos do sexo masculino (54,7%, idosos (69,4%, no estágio 3 da DRC (47,5%, com sobrepeso e obesos (66,7%. As comorbidades mais prevalentes foram a hipertensão arterial sistêmica (68,5% e o diabetes mellitus (31,9%. IMs potenciais foram detectadas em 74,9% das prescrições. De um total de 1.364 IMs detectadas, 229 (16,8% foram de gravidade maior e 5 (0,4% contraindicadas, com necessidade de intervenção imediata. Interações de gravidade moderada ou menor foram identificadas respectivamente em 1.049 (76,9% e 81 (5,9% das prescrições. Observou-se que a probabilidade de ocorrência de uma IM aumentou em 2,5 vezes para cada medicamento adicional (IC = 2,18-3,03. Obesidade, diabetes, hipertensão e estágio avançado da DRC foram fatores de risco fortemente associados para ocorrência de IM. Conclusão: A associação de medicamentos em indivíduos com DRC relacionou-se com alta prevalência de IMs potencialmente graves, especialmente nos estágios mais avançados da doença.

  11. Análise da assistência à saúde aos pacientes com hepatites virais B e C no estado do Amapá

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kaori Kubota

    2014-09-01

    Full Text Available O Amapá é uma região hiperendêmica para hepatites virais B (HB e C (HC, As Políticas Públicas de Saúde garantem o direito dos pacientes ao acesso universal e gratuito à assistência médica e ao tratamento das HB e HC, Neste sentido, o estudo avaliou a assistência à saúde oferecida aos pacientes com HB e HC, atendidos pelo SUS, no Amapá, Os dados foram coletados junto aos prontuários médicos e comparados com os Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas para HB e HC e com a rede assistencial do SUS, Foram identificados e incluídos no estudo 123 pacientes atendidos no Centro de Referência em Doenças Tropicais, dos quais 43 e 85 pacientes apresentaram diagnóstico de HB e HC, respectivamente (cinco coinfectados com HB e HC, O acompanhamento clínico ambulatorial dos pacientes foi inferior a seis meses (período necessário para diagnóstico conclusivo de infecção crônica para 53,7% dos pacientes devido ao abandono do tratamento, O exame de aminotransferases não foi solicitado à 37,4% dos pacientes e a biópsia hepática foi realizada por 84% dos pacientes com algum grau de severidade da doença, Dezessete pacientes receberam interferon-alfa peguilado como farmacoterapia inicial, mas a escolha inicial do esquema terapêutico mais potente não é recomendada pois não deixa opções para terapia de resgate em casos de resposta negativa à terapia inicial, A assistência à saúde dos pacientes com HB e HC no estado do Amapá apresenta deficiências, tais como o abandono do tratamento, inclusão e exclusão inadequada de pacientes nos protocolos de tratamento, além da dificuldade de acesso aos exames de diagnóstico e ao monitoramento da doença nos pacientes infectados.

  12. Características psicodinámicas de duelo en pacientes con insuficiencia renal terminal

    OpenAIRE

    Karen Herrera Herrera; Laurie Nobles Escandón; Edgar Acuña Bermúdez

    2011-01-01

    La presente investigación fundamenta en la clínica psicoanalítica el estudio de dos casos de tres personas diagnosticadas con IRT que reciben tratamiento de hemodiálisis, en razón a que dadas las características y el aumento de los reportes que se presentan, ya esto se considera un problema de salud pública. El objetivo principal es describir las características dinámicas del proceso de duelo en pacientes con IRT en un centro de terapia renal de la ciudad de Cartagena. El procedimiento metodo...

  13. Resultados clínicos de trasplantes de riñón en pacientes con enfermedad renal en etapa terminal secundaria a nefritis lupus, enfermedad poliquística renal y nefropatía diabética

    OpenAIRE

    John Fredy Nieto-Ríos; Lina María Serna-Higuita; Sheila Alexandra Builes-Rodriguez; Ricardo Cesar Restrepo-Correa; Arbey Aristizabal-Alzate; Catalina Ocampo-Kohn; Angelica Serna-Campuzano; Natalia Cardona-Díaz; Nelson Dario Giraldo-Ramirez; Gustavo Adolfo Zuluaga-Valencia

    2016-01-01

    Antecedentes:Pacientes con nefritis lúpica pueden progresar a enfermedad renal crónica terminal (10-22%); en estos pacientes el trasplante renal debe ser considerado como la terapia de elección. Objetivo: Evaluar los desenlaces clínicos de un grupo de pacientes con enfermedad renal crónica terminal por nefropatía lúpica, enfermedad renal poliquística y nefropatía diabética que fueron sometidos a trasplante renal en el Hospital Pablo Tobón Uribe.Métodos:Estudio retrospectivo, descriptivo, real...

  14. Pesquisa de doença aterosclerótica multiarterial em pacientes hipertensos com estenose de artéria renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Precil Diego Miranda de Menezes Neves

    2012-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A detecção de estenose de artéria renal em pacientes hipertensos pode ser um sinal de aterosclerose arterial sistêmica. OBJETIVOS: Identificar e caracterizar do ponto de vista clínico e epidemiológico os pacientes hipertensos com estenose de artéria renal, avaliando fatores de risco cardiovascular e presença de doença aterosclerótica multiarterial sintomática. MÉTODO: Foram selecionados os pacientes hipertensos atendidos no ambulatório de Nefrologia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM entre 2000-2010, com diagnóstico de estenose de artéria renal de etiologia aterosclerótica. Avaliaram-se dados epidemiológicos (gênero, idade, etnia, fatores de risco cardiovascular (Diabetes Mellitus, hipercolesterolemia, hipertrigliceridemia, tabagismo, síndrome metabólica, informações relativas à hipertensão (tempo de diagnóstico, histórico familiar, número de medicamentos utilizados, eventos cardiovasculares prévios (infarto agudo do miocárdio, acidente vascular encefálico isquêmico, doença arterial periférica. Estratificaram-se os níveis pressóricos, risco cardiovascular global e escore Framingham. RESULTADOS: Casuística de 30 pacientes, maioria feminina (73,3%, média de idade de 66 anos, 86,67% brancos. Tempo médio de HAS de 19,94 anos, 89,28% sem histórico familiar, 13,8% com diabetes, 65,51% tabagistas, 17,25% com hipertrigliceridemia, 62,06% com hipercolesterolemia e 66,7% com síndrome metabólica. Número médio de medicamentos em uso: 3,26. Estenose de artéria renal predominante à direita quando isoladamente (46,7% e em terço proximal (56,7%. Creatinina elevada em 40% dos pacientes. Quanto ao estágio de hipertensão, maioria estágio 2 (47% e 73,3% com risco cardiovascular global alto. Escore Framingham Médio de 13%. 66,7% apresentavam doença aterosclerótica em outro sítio, sendo coronariano o principal (53,3%. CONCLUSÃO: A correlação mais comum foi com o infarto agudo do

  15. Qualidade de vida do paciente portador de insuficiência renal crônica = Quality of life in patients with chronic renal failure

    OpenAIRE

    Guedes, Karine Desirée; Guedes,Helisamara Mota

    2012-01-01

    Introdução: Entre as doenças de curso crônico, a doença renal crônica dialítica está entre as que geram maior impacto na qualidade de vida do paciente Objetivo: Caracterizar o impacto do tratamento renal substitutivo na qualidade de vida do paciente portador de insuficiência renal crônica Materiais e Métodos: Trata-se de uma revisão de literatura feita na base de dados da Bireme com os descritores qualidade de vida, hemodiálise e insuficiência renal crônica Resultados: A pesquisa res...

  16. Adesão e dificuldades relacionadas ao tratamento medicamentoso em pacientes com depressão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Grazielle Ibanez

    2014-07-01

    Full Text Available Esta pesquisa verificou a adesão e conhecimento de pessoas com depressão quanto à farmacoterapia prescrita, a satisfação com a equipe de saúde e as dificuldades relacionadas ao tratamento medicamentoso. Trata-se de estudo transversal, descritivo, com abordagem quali-quantitativa. Participaram do estudo 27 pessoas atendidas em um serviço ambulatorial do interior de São Paulo - Brasil. Os dados foram coletados por entrevistas semiestruturadas e revisão de prontuários e analisados por estatística descritiva e análise de conteúdo. Constatou-se que 29,6% dos pacientes não aderiam aos medicamentos e que 51,9% desconheciam a dose dos medicamentos prescritos. Como dificuldades para o seguimento da terapêutica medicamentosa, foram apontados o impacto dos sintomas depressivos sobre o autocuidado, a insatisfação com efeitos dos psicofármacos, a carência de apoio, a polifarmacoterapia e a falta de conhecimento sobre o transtorno e tratamento. Este estudo aponta fatores críticos para a promoção da segurança do paciente no seguimento da terapêutica medicamentosa.

  17. Blefaroplastia inferior: poderia a cirurgia proporcionar satisfação aos pacientes?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanni André Pires Viana

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Foi realizado um estudo prospectivo com objetivo de avaliar os resultados de cinquenta pacientes submetidos a blefaroplastia inferior transcutânea, visando a análise do resultado clínico e a satisfação dos pacientes na Universidade Federal de São Paulo, entre abril de 2005 e maio de 2007. MÉTODOS: Os pacientes foram alocados aleatoriamente em dois grupos cirúgicos. O Grupo Cirúrgico 1 (Grupo Controle foi composto por 25 pacientes submetidos a blefaroplastia inferior tradicional e cantopexia lateral de rotina. O Grupo Cirúrgico 2 (Grupo Experimental foi composto por 25 pacientes submetidos a blefaroplastia inferior com transposição das bolsas adiposas e cantopexia lateral de rotina. Para avaliar os resultados obtidos foi utilizado a avaliação da autoestima dos pacientes, por meio da Escala de Autoestima de Rosenberg UNIFESP/EPM. O outro método utilizado foi solicitar a participação de três cirurgiões independentes que avaliaram as fotografias de pré e pós-operatório e com auxílio de uma escala topográfica, quantificaram os resultados. RESULTADOS: A média de idade foi de 48,8 anos, com predomínio do sexo feminino (96%. A análise das fotografias mostrou que 96% dos pacientes apresentaram melhora significativa. A autoestima melhorou de um escore médio no pré-operatório de 5,1 (desvio padrão = 4,1 para um valor médio de 3,6 (desvio padrão = 3,5 após 6 meses da cirurgia (p=0,001. CONCLUSÃO: Os autores concluíram que ambos os procedimentos seriam seguros e eficazes, com baixo índice de complicação, apresentando melhora da autoestima, visível após seis meses da cirurgia.

  18. FACTORES DE RIESGO PARA MORTALIDAD CARDIOVASCULAR Y GENERAL EN LOS PACIENTES CON ENFERMEDAD RENAL CRÓNICA TERMINAL

    OpenAIRE

    Pérez Molina, Jorge Lenin

    2012-01-01

    La enfermedad renal crónica (ERC) constituye un problema de salud pública con alta incidencia y prevalencia y amplia gama de complicaciones que conllevan a un aumento en la mortalidad en pacientes con diálisis. La mortalidad por enfermedad cardiovascular (ECV) es hasta 20 veces más frecuente en esta población. Objetivo: Identificar los factores de riesgo para mortalidad cardiovascular y general en los pacientes con enfermedad renal crónica terminal (ERCT) que se encuentren b...

  19. Diálisis peritoneal no convencional en pacientes con insuficiencia renal que requieren soporte dialítico.

    OpenAIRE

    MENESES LIENDO, Víctor; CIEZA ZEVALLOS, Javier

    2013-01-01

    Objetivo: Revisar las variaciones del medio interno y morbimortalidad en DP aguda no convencional en pacientes con insuficiencia renal que requieren soporte dialítico. Material y Métodos: Se trata de un estudio de serie de casos prospectivo y analítico realizado en el Hospital Nacional Cayetano Heredia (HNCH) sobre diálisis peritoneal (DP)aguda no convencional. Se incluyeron pacientes con insuficiencia renal con criterios de diálisis de urgencia o emergencia enrolados en el HNCH, a quienes se...

  20. Impacto da terapia renal substitutiva na funcao respiratoria de pacientes sob ventilacao mecanica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Maia Lopes

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o comportamento da oxigenação e da mecânica ventilatória em pacientes com suporte ventilatório após a realização de hemodiálise. MÉTODOS: Estudo realizado na unidade de terapia intensiva geral de um hospital público terciário. Foram incluídos pacientes maiores de 18 anos, sob ventilação mecânica, com necessidade de suporte dialítico. Cada paciente foi submetido a duas avaliações (pré e pós-diálise referentes a parâmetros cardiovasculares e ventilatórios, mecânica ventilatória e avaliação laboratorial. RESULTADOS: Foram incluídos 80 pacientes com insuficiência renal aguda e crônica. A análise da mecânica ventilatória demonstrou que houve redução da pressão de platô e aumento da complacência estática, após diálise, independentemente da redução da volemia. Pacientes com insuficiência renal aguda também apresentaram redução da pressão de pico (p=0,024 e aumento da complacência dinâmica (p=0,026, enquanto pacientes com insuficiência renal crônica apresentaram aumento da pressão resistiva (p=0,046 e da resistência do sistema respiratório (p=0,044. No grupo de pacientes sem perda volêmica, após diálise, observou-se aumento da pressão resistiva (p=0,010 e da resistência do sistema respiratório (p=0,020, enquanto no grupo com perda >2.000mL observou-se redução da pressão de pico (p=0,027. Não houve alteração na PaO2 e nem na relação PaO2/FiO2. CONCLUSÃO: A hemodiálise foi capaz de alterar a mecânica do sistema respiratório, especificamente reduzindo a pressão de platô e aumentando a complacência estática, independente da redução da volemia.

  1. Perfil do paciente ostomizado e complicações relacionadas ao estoma Profile of the pacient with stoma and complications related to stoma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Henrique Marques dos Santos

    2007-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: elaborar o perfil dos pacientes ostomizados e as complicações relacionadas ao estoma. MATERIAL E MÉTODO: estudo retrospectivo em que foram analisados prontuários dos pacientes cadastrados no Programa de Ostomizados do Centro de Especialidades Médicas da Prefeitura Municipal de Campo Grande-MS. RESULTADOS: foram avaliados 178 prontuários (56.7% homens e 43.3% mulheres. A média de idade entre os pacientes foi de 46.8 anos para o sexo masculino e de 54.6 anos para os do sexo feminino. Dentre as ostomias, foram encontradas 152 colostomias (85.4%, 21 ileostomias (11.8% e 5 urostomias (2.8%. O principal motivo para confecção dos estomas foi a neoplasia maligna (46.6%, seguido do trauma abdominal (7.3%, e do desvio de trânsito intestinal devido a úlceras de pressão (6.7%. Adaptação inadequada da placa ao estoma foi encontrada em 90 pacientes (50.6%. Complicações do estoma foram encontradas em 103 pacientes (57.9%, dentre elas, dermatite peri-estomal (28.7%, estoma plano (18.6%, hérnia para-colostômica (10.7% e retração do estoma (10.1%. CONCLUSÕES: No grupo estudado, o principal motivo para a confecção de ostomia foi a neoplasia de retossigmóide e canal anal. A complicação mais comum foi a dermatite peri-estomal.OBJECTIVE: To elaborate the profile of the patients with permanent ostomies and the complications related to the stoma. MATERIAL AND METHODS: This is a retrospective study based on the database of the patients with permanent ostomies, registered in the 'Programa de Ostomizados do Centro de Especialidades Médicas' of the City Hall of Campo Grande, MS. RESULTS: It was evaluated 178 handbooks of these patients (56,7% men and 43,3% women. The average age was 46,8 years for the male group and 54.6 years for the female group. It was found 152 colostomies (85,4%, 21 ileostomies (11,8% and 5 urostomies (2,8%. The main indication for the stomas was the cancer (46,6%. The second indication was abdominal trauma (7

  2. Assistência de enfermagem ao paciente portador de esquizofrenia: o desafio do cuidade em saúde mental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ellen Filgueiras de Faria

    2011-12-01

    Full Text Available A esquizofrenia é uma doença mental que acomete as emoções, o pensamento, as percepções e o comportamento das pessoas acometidas. Atualmente é um problema de saúde pública, que após a reforma psiquiátrica brasileira, assumiu definitivamente o papel da assistência ao portador de sofrimento mental. A enfermagem possibilita através de suas ações de cuidado e assistência uma maior inserção do esquizofrênico na sociedade. Neste estudo realizamos uma revisão bibliográfica a fim de verificar qual a importância da assistência de enfermagem ao portador de esquizofrenia. Os dados obtidos permitiram observar que o enfermeiro tem um papel fundamental na vida do esquizofrênico, criando um tratamento individualizado e diferenciado, que envolve a família e a comunidade, sempre visando ampliar assistência à família e ao paciente de maneira humanizada e novas formas de abordagem, evitando assim a gravidade das recaídas dos sintomas.

  3. COMPREENDENDO A EQUIPE DE ENFERMAGEM NA ASSISTÊNCIA AO PACIENTE ESQUIZOFRÊNICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Uehara de Lima

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo fue conocer la percepción del equipo de enfermería en la atención al paciente esquizofrénico. Estudio exploratorio y descriptivo, llevado a cabo en unidad psiquiátrica de hospital universitario. La recolección de datos se llevó a cabo con quince enfermeras, con entrevista semiestructurada. Los datos revelaron tres categorías: Mira, destacando el sentido común para guiar la ayuda. Cuidado, que reconoce la importancia de la relación enfermera-paciente, pero aparte de sus supuestos teóricos. Sentir, en que miedo y frustración influyen en la atención. Los profesionales no pueden organizar sus percepciones acerca de la relación con el paciente, hay falta de apoyo y método teórico para establecer, con interpretación basada en el sentido común, etapa para formación de la ciencia de la enfermería. Transponer el límite requiere preparación para el ejercicio profesional, además de las cuestiones planteadas fomentaren más estudios para consolidar la atención.

  4. Ansiedade, depressão e qualidade de vida em pacientes com glomerulonefrite familiar ou doença renal policística autossômica dominante

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Paes de Barros

    2011-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Aspectos psicológicos, transtornos psiquiátricos e qualidade de vida são frequentemente avaliados em pacientes em terapia renal substitutiva. Entretanto, não existem estudos que analisem ansiedade, depressão e qualidade de vida especificamente em pacientes portadores de doenças renais familiares. OBJETIVO: Avaliar a frequência de traços e estados ansiosos e depressivos e qualidade de vida, verificando as possíveis relações com os principais achados laboratoriais, clínicos, socioeconômicos e culturais de pacientes portadores de glomerulonefrites (GN familiares ou de doença renal policística autossômica dominante (DRPAD. MÉTODOS: Noventa pacientes adultos (52 GN familiares e 38 DRPAD foram avaliados utilizando Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE, Inventário de Depressão Beck (Beck e Questionário de Qualidade de Vida Short Form-36 (SF-36, além de uma breve entrevista. RESULTADOS: Observou-se ansiedade moderada em ambos os grupos, depressão em 34,6% das GN e em 60,5% das DRPAD. De um modo geral, ansiedade e depressão associaram-se mais ao gênero feminino na GN familiar e ao pior nível educacional na DRPAD. Pacientes de ambos os grupos apresentaram duas dimensões mais afetadas no que se refere à qualidade de vida, o aspecto emocional e a percepção geral do estado de saúde. Além disso, o SF-36 revelou que na presente amostra, a qualidade de vida foi pior para o sexo feminino, e para pacientes de cor branca, com baixa escolaridade e sem parceiros estáveis. CONCLUSÃO: Os questionários aplicados permitiram identificar frequência e graus de ansiedade, depressão e comprometimento da qualidade de vida nos pacientes com doença renal familiar, que poderiam afetar a aderência desses pacientes ao tratamento. Esses achados podem contribuir para o planejamento de um melhor atendimento multidisciplinar para ambas as doenças.

  5. Valoración de la acogida de pacientes que inician terapia renal sustitutiva: nivel de satisfacción

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Rebollo Rubio

    2015-06-01

    Full Text Available Introducción: En los últimos años han cobrado especial importancia aspectos tales como la calidad de vida, la salud percibida y la satisfacción del enfermo. El objetivo de este estudio, es valorar el nivel de satisfacción de pacientes con enfermedad renal crónica con los cuidados recibidos, cuando inician por primera vez la terapia renal sustitutiva. Material y métodos: Estudio descriptivo de corte transversal, en pacientes que inician por primera vez terapia renal sustitutiva. La muestra estuvo compuesta por 83 pacientes. Se recogieron variables sociodemográficas relacionadas con la enfermedad renal y seguimientos en consulta. Para valorar la satisfacción con los cuidados recibidos, a los pacientes se les entregó el cuestionario para medir Calidad de Vida Relacionada con la Salud (KDQOL-SF, específico para pacientes renales. Dentro de este cuestionario existe un apartado que mide la satisfacción con los cuidados recibidos. Resultados: En el ítem SF23, el 62,7% de la muestra consideró que la amabilidad del personal sanitario fue la mejor posible (43,4% o excelente (19,3%. Por otro lado, en los ítems SF24a y 24b, el 51,8% de los pacientes opinan que el personal sanitario les anima a ser independientes y el 59% considera que les apoyan a hacer frente a la enfermedad. En el modelo de regresión ordinal utilizado, SF23 y SF24 obtiene mejores puntuaciones para diálisis peritoneal cuando se controlan el resto de variables demográficas, que no son significativas (p<0,05. Conclusión: Valorando como muy positivos los resultados de satisfacción obtenidos hay que resaltar que resultan comparativamente mejores en la diálisis peritoneal.

  6. Estudio y prevalencia de la diabetes mellitus postrasplante: análisis en un grupo de pacientes trasplantados renales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Fernández Castillo

    Full Text Available Introducción: La aparición de la diabetes mellitus postrasplante (DMPT entre los receptores renales se asocia con un mayor riesgo de fracaso del injerto y altas tasas de morbimortalidad. Minimizar el riesgo de DMPT es una prioridad para la mejora a largo plazo de las tasas de supervivencia. Objetivos: Este estudio tiene como objetivo evaluar la prevalencia de DMPT en una población de paciente trasplantados renales, para identificar los factores de riesgo y evaluar el injerto y supervivencia de los pacientes. Métodos: La muestras estuvo formada por 112 pacientes trasplantados renales, 69 hombres y 43 mujeres, trasplantados renales, que asistieron durante cinco años a la consulta postrasplante. Se analizaron como posibles factores de riesgo para DMPT: edad, sexo, índice de masa corporal (IMC, sobrepeso, hepatitis C, hipertensión, dislipemia, colesterol total (CT, triglicéridos en suero y terapia inmunosupresora (Ciclosporina, tacrolimus, micofenolato mofetil y sirolimus, también se evaluó la prevalencia de episodios de rechazo agudo. Resultados: La prevalencia de PTDM fue del 24,2%, frente a 85 pacientes (75,8% con glucosa normalizada (PGN. Los pacientes con DMPT mostraron un IMC mayor, un porcentaje mayor de sobrepeso, dislipemias, niveles colesterol total, triglicéridos y se presento un mayor porcentaje de pacientes con PDMPT entre los que se administraron Micofenolato mofetil. Conclusiones: Existe una alta incidencia de DMPT en receptores renales, la importancia del control de peso y de un seguimiento estricto para todos los factores de riesgo identificados, asi como una minimización en las dosis de tratamientos inmunosupresores para prevenir la aparición de DMPT.

  7. Efeitos do exercício aeróbio durante a hemodiálise em pacientes com doença renal crônica: uma revisão da literatura

    OpenAIRE

    Joseane Böhm; Mariane Borba Monteiro; Fernando Saldanha Thomé

    2012-01-01

    INTRODUÇÃO: Pacientes com doença renal crônica (DRC) têm capacidade física e funcional reduzida quando comparados à população geral. O tratamento hemodialítico torna as atividades desses pacientes restritas, favorecendo o estilo de vida sedentário e a limitação funcional. Pacientes em hemodiálise (HD) são menos ativos, apresentam baixa tolerância ao exercício e alto descondicionamento físico. Em virtude dessas alterações, têm sido propostos programas de exercício físico que visam não somente ...

  8. Análise do comportamento do sódio ao longo de 24 horas de terapia renal substitutiva

    OpenAIRE

    2016-01-01

    RESUMO Objetivo: Investigar os fatores clínicos e laboratoriais associados com a variação dos níveis séricos de sódio durante terapia renal substitutiva contínua e avaliar se a fórmula de mixagem perfeita pode prever a variação do sódio nas 24 horas. Métodos: A partir de uma base de dados coletada de forma prospectiva, recuperamos e analisamos os dados referentes a 36 sessões de terapia renal substitutiva realizadas em 33 pacientes, nas quais a prescrição de afluentes permaneceu inalterad...

  9. Avaliação cardiológica de pacientes portadores de doença renal crônica: quais as lições?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Lordsleem

    2012-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Pacientes com doença renal crônica (DRC apresentam sinergismo entre fatores de risco tradicionais para aterosclerose e emergentes derivados do estado urêmico. OBJETIVO: Traçar o perfil epidemiológico de um grupo de pacientes com DRC submetido à avaliação cardiológica. MÉTODOS: Pacientes sintomáticos - com isquemia em cintilografia miocárdica e/ou disfunção sistólica ao ecodopplercardiograma - com idade maior que 50 anos e diabetes mellitus (DM como causa da DRC e aqueles com dois ou mais fatores de risco ateroscleróticos realizaram cineangiocoronariografia. Assintomáticos - não diabéticos e sem fatores de risco - foram investigados com ecodopplercardiograma e aqueles com único fator de risco, por meio de ecodopplercardiograma e cintilografia. RESULTADOS: Foram estudados 46 pacientes, 58,7% homens, idade de 50-70 ± 11,7 anos, 91,3% dialíticos. Tempo de hemodiálise: 61,96 ± 55,1 meses. Hipertensão arterial foi causa da DRC em 56,5%. Dos 28 pacientes (60,9% submetidos à cineangiocoronariografia, 53,6% apresentaram doença arterial coronariana (DAC. Os pacientes foram divididos em três grupos: com DAC (A, sem DAC (B e não submetidos à cineangiocoronariografia (C. Diferença significativa ocorreu entre os Grupos B e C na frequência de índice tibiobraquial (ITB anormal (p = 0,026, com ausência de ITB anormal no Grupo C e na média de idade, superior no B (p = 0,045. No Grupo A, 53,3% dos pacientes estavam em avaliação pré-paratireoidectomia (PTX. CONCLUSÃO: Este estudo confirmou a alta frequência de alterações cardiovasculares, inclusive de DAC, nos pacientes portadores de DRC, principalmente naqueles em diálise.

  10. A compreensão do residente médico em reumatologia no atendimento aos pacientes com fibromialgia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Canzonieri Maeda

    Full Text Available Este estudo busca a compreensão do residente médico em reumatologia no atendimento ao fibromiálgico. A síndrome é de difícil diagnóstico, e a dor é o fator mais importante. OBJETIVOS: Entender como o residente compreende o atendimento; desvendar o que este atendimento gera. MÉTODOS: Estudo qualitativo baseado na fenomenologia hermenêutica, com entrevista individual, gravada, sobre o tema da interrogação: "O que é isto para você: atender o fibromiálgico?". São feitas análises das significações dos residentes. O estudo foi realizado em três hospitais-escola públicos, com todos os residentes médicos do segundo ano. RESULTADOS: O atendimento causa frustração, traz sentimento de impotência e gera indignação; o paciente sofre preconceito devido a idiossincrasias, a componentes sociais e à não adesão ao tratamento; o médico necessita de preparo emocional para atender - são requisitos necessários: saber ouvir e compreender a relação paciente-doença; o diagnóstico é marcado pela falta de comprovação laboratorial e subjetividade da anamnese; o médico necessita do apoio da psicologia, e o tratamento requer uma equipe multidisciplinar. CONCLUSÃO: O atendimento é frustrante e gera sentimento de impotência, sendo preciso maior preparo psicológico na formação médica e uma atuação mais integrada entre medicina, psicologia e fisioterapia.

  11. Representações sociais do cuidado prestado aos pacientes soropositivos ao HIV Representaciones sociales de la atención prestada a los pacientes seropositivos al VIH Social representations of the care provided to HIV seropositive patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia Alexandre Formozo

    2010-04-01

    Full Text Available Trata-se de pesquisa qualitativa cujos objetivos foram identificar e comparar as representações sociais do cuidado de enfermagem ao paciente soropositivo ao HIV para profissionais de enfermagem. O cenário foi um hospital público universitário da cidade do Rio de Janeiro e os sujeitos 20 auxiliares de enfermagem e 20 enfermeiros. A coleta de dados deu-se através de entrevista semi-estruturada e a análise utilizou o software ALCESTE 4.7. Entre os auxiliares de enfermagem foram caracterizados conteúdos do cotidiano do cuidado de enfermagem prestado ao paciente com HIV/AIDS, enquanto os enfermeiros trouxeram conteúdos voltados a qualidade de vida. Concluiu-se que a representação social dos auxiliares de enfermagem encontra-se ancorada em elementos práticos do cotidiano do cuidado, enquanto os enfermeiros ancoram-se no conhecimento reificado.Esta es una investigación cualitativa cuyos objetivos son identificar y comparar las representaciones sociales de los cuidados de enfermería a pacientes con VIH seropositivos para profesionales de enfermería. El escenario fue un hospital universitario público en Río de Janeiro y los sujetos 20 auxiliares de enfermería y 20 enfermeras. La recogida de datos se llevó a cabo a través de entrevistas semi-estructuradas y utilizados su software de análisis ALCESTE 4.7. Entre los auxiliares de enfermería se caracteriza contenidos sobre el diario de atención de enfermería a pacientes con VIH/SIDA, mientras que el enfermeiros contenido de vuelta a su calidad de vida. Se llegó a la conclusión de que la representación social de los auxiliares de enfermería, se basa en los asuntos del cotidiano de la atención, mientras las enfermeras ancoram en el conocimiento recficado.This is a qualitative research whose objectives were to identify and compare the social representations of nursing care to patients with HIV seropositive to professionals of nursing. The scenario was a public university hospital in

  12. Insufici??ncia renal aguda em pacientes com doen??a glomerular: aspectos histol??gicos e papel da necrose tubular aguda

    OpenAIRE

    Tavares, Maria Brand??o

    2011-01-01

    A insufici??ncia renal aguda ?? comum em pacientes com s??ndrome nefr??tica, podendo requerer terapia de substitui????o renal e ser irrevers??vel. A insufici??ncia renal aguda nesses pacientes pode ser precipitada por processos infecciosos, hipovolemia, drogas nefrot??xicas; entretanto na maioria dos casos a etiologia n??o ?? identificada e a insufici??ncia renal aguda ?? considerada idiop??tica. A necrose tubular aguda foi associada ?? insufici??ncia renal aguda em adultos com les??o m??nima...

  13. Representações sociais de enfermeiros sobre a religiosidade ao cuidar de pacientes em processo de morte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Maria da Silva Abrão

    2013-10-01

    Full Text Available Estudo qualitativo, ancorado na Teoria das Representações Sociais a partir do pensamento de Jodelet, realizado em uma Unidade de Terapia Intensiva e Oncologia de um hospital universitário. Objetivou-se compreender as representações sociais dos enfermeiros acerca da religiosidade ao cuidar de pacientes em processo de morte. Os dados foram coletados de maio a agosto de 2010, utilizando a técnica de Análise de Conteúdo de Bardin. As representações da religiosidade inseridas na prática do cuidar de pacientes em processo de morte valorizam as crenças dos profissionais sobre a morte, seu significado permitindo elaborar mecanismos de enfrentamento. Considera-se que a tomada de consciência se dará através da compreensão da realidade e da inserção da temática na discussão da qualidade da saúde e da capacitação dos profissionais.

  14. Análise do conceito de tecnologia educacional em enfermagem aplicada ao paciente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Cruz Esmeraldo Áfio

    2014-01-01

    Full Text Available El objetivo fue analizar el concepto de tecnología educacional, producido por la Enfermería, aplicada al paciente. Se utilizó el Modelo de Evolución de Análisis del Concepto, identificándose antecedentes, atributos, y consecuentes. Se seleccionaron 13 artículos para análisis, donde se identificaron los antecedentes: deficiencia de conocimiento, escasez de tiempo de los profesionales de enfermería, optimización del trabajo da enfermería, necesidad de alcanzar metas de pacientes; atributos: herramienta, estrategia, abordaje innovador, enfoque pedagógico, mediadora de conocimientos, forma creativa de estimular la adquisición de competencias, instrumento de producción de salud; consecuentes: mejora de calidad de vida, estímulo a comportamientos saludables, empoderamiento, reflexión y vínculo. Se enfatiza la importancia de las tecnologías educacionales para la atención de enfermería, al dinamizar actividades de educación en salud.

  15. Sobrecarga de familiares cuidadores em relação ao diagnóstico de pacientes psiquiátricos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela Nolasco

    2014-07-01

    Full Text Available Objetivo Comparar os graus das sobrecargas objetiva e subjetiva sentidas por familiares cuidadores de pacientes com esquizofrenia e por familiares cuidadores de pacientes com depressão maior, bem como os fatores associados e as dimensões mais afetadas em cada grupo. Métodos Participaram desta pesquisa 50 cuidadores de pacientes com esquizofrenia e 50 cuidadores de pacientes com depressão maior. Esses familiares participaram de uma entrevista estruturada, na qual foram aplicados dois instrumentos: a escala de sobrecarga FBIS-BR e um questionário. Resultados Os resultados indicaram que os dois grupos apresentavam diferenças significativas quanto ao grau de sobrecarga, na análise detalhada dos itens da escala. Os familiares cuidadores de pacientes com esquizofrenia apresentaram sobrecarga objetiva significativamente mais elevada ao assistir o paciente na tomada de medicamentos e na administração do dinheiro e apresentaram maior sentimento de peso financeiro resultante do papel de cuidador. Os cuidadores de pacientes com depressão maior apresentaram maior frequência de supervisão de comportamentos autoagressivos, mais preocupação com a vida social dos pacientes e maior sentimento de incômodo nas tarefas de assistência na vida cotidiana. Não foram encontrados dados significativos referentes aos escores globais da escala de sobrecarga. Conclusão As diferenças encontradas nesta pesquisa apontam para a necessidade de os serviços de saúde mental planejarem intervenções específicas para cada grupo de cuidadores.

  16. INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM AOS PACIENTES ONCOLÓGICOS EM CUIDADOS PALIATIVOS INTERNADOS EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaís Fernandes de Oliveira

    2016-01-01

    Full Text Available Câncer é um sério problema de saúde. Os pacientes oncológicos são submetidos a longos períodos de internação e medo constante da morte, principalmente quando esses pacientes estão em cuidados paliativos. A assistência de enfermagem aos pacientes em cuidados paliativos é permeada por dificuldades e obstáculos, dentre eles destaca-se os intitucionais e pessoais. Lidar com uma doença crônica como o câncer e o óbito requer profissionais capacitados e comprometidos com o bem estar do pacientes e de seus familiares. As complicações decorrentes da doença ou do tratamento tornam esses pacientes potencialmente graves, sendo necessária em alguns casos a internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Os cuidados paliativos e a permanência dos pacientes oncológicos em UTI é para muitos controvérsio e motivo de descrédito e uma assistência restrita. Partindo dessa temática, objetivou-se descrever como as ações de enfermagem podem contribuir para um processo de morte digno aos pacientes oncológicos internados em uma UTI. Para atingir o objetivo optou-se por delineamento metodologico do tipo exploratório, descritivo, retrospectivo do tipo bibliográfico. Espera-se que esse estudo contribui para a assistência de enfermagem aos pacientes oncológicos em cuidados paliativos internados em UTI.

  17. La dieta del paciente renal: ¿Se puede incluir pescado?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. I. Castro González

    2012-10-01

    Full Text Available Introducción: El tratamiento de las enfermedades renales, que son un grave problema de salud pública, es muy complicado. La terapia nutrimental busca retardar la progresión de la enfermedad, mantener un buen estado nutricio y prevenir el desarrollo de comorbilidades. Objetivo: El objetivo del presente estudio fue analizar diez especies de pescado de consumo cotidiano para identificar aquellas que por su bajo aporte de fósforo, proteína de alto valor biológico y su aporte de ácidos grasos n-3 puedan incluirse en la dieta del paciente renal. Material y métodos: Se analizaron las siguientes especies: Bonito, Cabezona, Chucho, Escolar, Espada, Golondrina, Lenguado, Lobina, Mojarra rayada y Pámpano, siguiendo las técnicas de la AOAC y Keller, para determinar su contenido de proteína, fósforo, sodio, potasio, colesterol, vitaminas D3 y E y ácidos grasos n-3 EPA + DHA. Posteriormente se evaluaron las relaciones entre estos nutrimentos. Resultados: Las especies analizadas presentaron valores de proteína desde 16,5 g/100 g de filete (Lobina hasta 27,2 g/100 g (Cabezona, el valor de fósforo más bajo fue de 28,6 mg/100 g (Mojarra rayada y el más alto fue 216,3 mg/100 g (Chucho. 80% de las especies presentaron > 100 mg EPA + DHA en 100 g de filete. Por su relación Fósforo/g Proteína todos los pescados excepto Escolar y Espada, pueden incluirse; la relación más baja de fósforo/EPA + DHA se presentó en Bonito, Escolar, Golondrina, Lobina, Mojarra rayada. Conclusiones: El Pámpano es la especie más recomendada para los pacientes renales por las relaciones entre todos sus nutrimentos; aunque todas las especies, excepto Escolar y Espada, pueden formar parte de la alimentación renal.

  18. Níveis NT-Pro-BNP e resposta ao exercício em pacientes com fluxo lento coronariano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mustafa Yurtdaş

    Full Text Available FUNDAMENTO: Os peptídeos natriuréticos são liberados pelo coração em resposta ao estresse da parede. OBJETIVO: As concentrações de NT-Pro-BNP em pacientes com Fluxo Lento Coronariano (FLC foram avaliadas antes e depois do teste de exercício e comparados com os valores dos controles saudáveis. MÉTODOS: A população do estudo foi de 34 pacientes com FLC [22 homens (64,7%, com idade 51,0 ± 6,2 anos], e 34 indivíduos normais com artérias coronarianas normais [21 homens (61,8%, com idade 53,2 ± 6,6 anos]. As taxas de fluxo coronariano dos pacientes e controles foram determinadas pelo escore TIMI Trombólise no Infarto do Miocárdio (Thrombolysis in Myocardial Infarction. As amostras de sangue foram coletadas em repouso e após o teste ergométrico. RESULTADOS: As concentrações basais de NT-Pro-BNP nos pacientes com FLC foram superiores às dos indivíduos-controle (NT-Pro-BNP: 49,7 ± 14,2 pg/mL vs. 25,3 ± 4,6 pg/mL p <0,0001, respectivamente, e essa diferença entre os grupos aumentou após o teste de exercício (NT-Pro-BNP: 69,5 ± 18,6 pg/mL vs. 30,9 ± 6,4 pg/mL, p <0,0001. No grupo FLC após o exercício, a concentração de NT-Pro-BNP em 15 pacientes com angina foi maior do que aqueles sem angina (76,8 ± 17,8 pg/mL vs. 63,8 ± 17,5 pg/mL, p = 0,041.A concentração de NT-Pro-BNP em 11 pacientes com infradesnivelamento do segmento ST foi também maior do que aqueles sem infradesnivelamento do segmento ST (82,4 ± 17,3 pg/mL vs. 63,3 ± 16,1 pg/mL, p = 0,004. Os aumentos na mediana pós-exercício no NT-Pro-BNP (Δ NT-Pro-BNP foram maiores no grupo FLC do que no grupo de controle (Δ NT-Pro-BNP: 19,8 ± 7,7 pg/mL vs. 5,7 ± 4,5 pg/mL, p < 0,0001. CONCLUSÃO: Os resultados deste estudo sugerem que pode haver uma ligação fisiopatológica importante entre a gravidade do FLC (microvascular ou disfunção da artéria coronária epicárdica e o nível de circulação de NT-Pro-BNP em pacientes com FLC.

  19. Miringosclerose em pacientes com insuficiência renal crônica: análise comparativa com um grupo controle Myringosclerosis in patients with chronic renal failure: comparative analysis with a control group

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Caldas Neto

    2008-08-01

    Full Text Available A miringoesclerose é uma alteração cicatricial da lâmina própria da membrana timpânica caracterizada por proliferação de fibras colágenas, seguida de hialinização, deposição de cálcio e fósforo, seguindo uma seqüência semelhante ao que ocorre em outros tipos de calcificação patológica comuns em pacientes com doença renal crônica. OBJETIVO: Verificar a influencia da insuficiência renal crônica (IRC na prevalência da miringoesclerose. MÉTODO: Foi realizada otoscopia em 341 pacientes com IRC em hemodiálise e em 356 indivíduos de um grupo controle. Foi comparada a freqüência de otoscopia positiva entre os dois grupos, procurando-se relacionar com variáveis pessoais e relacionadas a IRC. RESULTADOS: O grupo de pacientes apresentou 11,7% de otoscopia positiva contra 5,1% do grupo controle. Não houve influência do sexo ou cor na freqüência da miringoesclerose. Porém, os grupos foram heterogêneos em relação à faixa etária. Também não houve diferença importante no tempo de diálise nem nos níveis séricos de minerais e do PTH entre os pacientes do grupo de estudo que apresentavam otoscopia positiva ou negativa. CONCLUSÃO: Os achados, embora apontem para uma maior ocorrência da miringoesclerose nos pacientes renais crônicos, não nos permitem concluir com certeza que exista alguma relação entre a IRC e as alterações timpânicas.Myringosclerosis is a scar of the tympanic membrane lamina propria, resulting from trauma or inflammation, characterized by proliferation of collagen, hyalinization, calcium and phosphate deposits and cartilaginous or osseous metaplasia of the middle ear mucosa, a sequence that is similar to that taking place in other types of pathologic calcification, common in chronic renal failure (CRF. AIM: To verify the influence of chronic renal failure on the prevalence of myringosclerosis. METHOD: The otoscopic examination was done in 341 chronic renal failure patients and in 356 normal

  20. Valoración física, condición física y calidad de vida en pacientes con diferentes tratamientos renales sustitutivos

    OpenAIRE

    Sonsoles Hernández Sánchez; David García López; Alejandro Santos Lozano; Gustavo González-Calvo; Mónica Brazález Tejerina; Nuria Garatachea Vallejo

    2015-01-01

    La actividad física es de vital importancia en pacientes con enfermedad renal crónica, ya que mejora la capacidad funcional de los sujetos e incrementa notablemente su calidad de vida. Para mejorar la calidad de vida en pacientes con tratamiento renal sustitutivo, dializados o trasplantados, deberían ser incluidos programas de actividad física planificados y supervisados por profesionales. Existen varios estudios sobre entrenamiento aeróbico y de fuerza en pacientes con enfermedad renal cróni...

  1. Costos de intervenciones para pacientes con insuficiencia renal crónica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arredondo Armando

    1998-01-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN: Se presentan resultados sobre un estudio que pretendió identificar los costos de intervenciones en salud en el manejo de pacientes con insuficiencia renal crónica. MATERIAL Y MÉTODO: El método de costeo se basó en técnicas de consenso y de instrumentación de manejo de caso a través de la identificación de insumos y funciones de producción para la demanda de cada servicio solicitado. Las intervenciones costeadas incluyeron: diálisis peritoneal, hemodiálisis y trasplante renal. RESULTADOS: El costo por evento en US dóllares fué de $3.71, $57.95 y $ 8,778.32 respectivamente. En cuanto al costo de manejo anual de caso los resultados fueron: diálisis peritoneal $5,643.07, hemodiálisis $9,631.60 y trasplante $3,021.67. CONCLUSIONES: La información generada a partir de los costos de eventos difiere considerablemente de la información generada a partir del costo de manejo anual de caso. Estas diferencias resultan significativas para el diseño y evaluación de patrones de asignación de recursos

  2. Costos de intervenciones para pacientes con insuficiencia renal crónica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Armando Arredondo

    Full Text Available INTRODUCCIÓN: Se presentan resultados sobre un estudio que pretendió identificar los costos de intervenciones en salud en el manejo de pacientes con insuficiencia renal crónica. MATERIAL Y MÉTODO: El método de costeo se basó en técnicas de consenso y de instrumentación de manejo de caso a través de la identificación de insumos y funciones de producción para la demanda de cada servicio solicitado. Las intervenciones costeadas incluyeron: diálisis peritoneal, hemodiálisis y trasplante renal. RESULTADOS: El costo por evento en US dóllares fué de $3.71, $57.95 y $ 8,778.32 respectivamente. En cuanto al costo de manejo anual de caso los resultados fueron: diálisis peritoneal $5,643.07, hemodiálisis $9,631.60 y trasplante $3,021.67. CONCLUSIONES: La información generada a partir de los costos de eventos difiere considerablemente de la información generada a partir del costo de manejo anual de caso. Estas diferencias resultan significativas para el diseño y evaluación de patrones de asignación de recursos

  3. Achados eletrocardiográficos em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Henrique Bignotto

    2012-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A doença cardiovascular é a principal causa de mortalidade de pacientes em hemodiálise. Quando consideradas todas as causas de morte, aproximadamente 30% são classificadas como parada cardíaca, morte de causa desconhecida ou arritmia cardíaca. O prolongamento do tempo de despolarização e repolarização ventriculares, medido pela aferição do intervalo QT no eletrocardiograma de repouso, tem emergido como preditor de arritmias ventriculares complexas, uma importante causa de morte súbita cardíaca. OBJETIVOS: Determinar as alterações eletrocardiográficas presentes em pacientes sob hemodiálise (HD, aferir o intervalo QT e sua relação com variáveis clínicas e laboratoriais. MÉTODOS: Pacientes com idade acima de 18 anos em programa de hemodiálise foram abordados para participarem do estudo, e após anuência, foram submetidos ao exame de eletrocardiograma de 12 derivações. Dados clínicos foram revisados para avaliar a presença de comorbidades, além da aferição de medidas antropométricas e da pressão arterial. Amostras de sangue foram coletadas para determinação da hemoglobina e níveis séricos de cálcio, fósforo e de potássio. RESULTADOS: Cento e setenta e nove pacientes foram incluídos no estudo. A maioria era do sexo masculino (64,8% e da raça branca (54,7%; a idade média foi de 58,5 ± 14,7 anos. Aproximadamente 50% dos pacientes apresentaram ao menos um distúrbio de condução elétrica. Cerca de 50% apresentaram prolongamento do intervalo QTc e experimentaram aumento significativo na frequência de hipertrofia ventricular esquerda (HVE, alterações do ritmo cardíaco, bloqueios de ramo e mais baixos índices de massa corporal (IMC, quando comparados aos pacientes com intervalo QTc normal. CONCLUSÕES: Pacientes com doença renal crônica (DRC em hemodiálise apresentam elevada frequência de achados eletrocardiográficos anormais, incluindo alta prevalência de pacientes com intervalo QTc

  4. CALIDAD DE VIDA Y ESTRATEGIAS DE AFRONTAMIENTO EN PACIENTES CON INSUFICIENCIA RENAL CRÓNICA SOMETIDOS A HEMODIÁLISIS, DIÁLISIS PERITONEAL Y TRASPLANTE RENAL

    OpenAIRE

    Paola Andrea Acosta Hernández; Leidy Carolina Chaparro López; César Armando Rey Anacona

    2008-01-01

    Se comparó la calidad de vida y las estrategias de afrontamiento en 120 pacientes con Insuficiencia Renal Crónica sometidos a hemodiálisis, diálisis peritoneal o trasplante renal, teniendo en cuenta la edad, sexo, escolaridad, estado civil y ocupación. Los instrumentos utilizados fueron una ficha sociodemográfica, la prueba de calidad de vida WHOQOL-100 (Organización Mundial de la Salud, 1998) y el Cuestionario de Estrategias de Afrontamiento (Lazarus & Folkman, 1985). Se encontró que los...

  5. Evaluación de la calidad de vida de pacientes de insuficiencia renal crónica en diálisis renal

    OpenAIRE

    Cunha Franco, L.; Teles Zatta, L.; Vasconcelos, P.; Alves Barbosa, M.; De Oliveira Rosa, LF.

    2011-01-01

    Objetivo: Evaluar la calidad de vida de las personas con Insuficiencia Renal Crónica (IRC) en hemodiálisis, a través de KDQOL TM-SF. Métodos: Estudio descriptivo, analítico y cuantitativo, utilizando como instrumento para recolectar datos el KDQOL- SF TM, en una muestra de 32 pacientes con insuficiencia renal crónica. Las respuestas a las preguntas del cuestionario se distribuyeron en una escala dicotómica y en escalas tipo Likert, con puntuación que va desde diez hasta tres. Resultad...

  6. CALIDAD DE VIDA Y ESTRATEGIAS DE AFRONTAMIENTO EN PACIENTES CON INSUFICIENCIA RENAL CRÓNICA SOMETIDOS A HEMODIÁLISIS, DIÁLISIS PERITONEAL Y TRASPLANTE RENAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cesar Armando Rey Anacona

    2008-07-01

    Full Text Available Se comparó la calidad de vida y las estrategias de afrontamiento en 120 pacientes con Insuficiencia Renal Crónica sometidos a hemodiálisis, diálisis peritoneal o trasplante renal, teniendo en cuenta la edad, sexo, escolaridad, estado civil y ocupación. Los instrumentos utilizados fueron una ficha sociodemográfica, la prueba de calidad de vida WHOQOL-100 (Organización Mundial de la Salud, 1998 y el Cuestionario de Estrategias de Afrontamiento (Lazarus & Folkman, 1985. Se encontró que los pacientes en tratamiento de trasplante reportaban mayor calidad de vida y mejores estrategias de afrontamiento en comparación con los otros tratamientos, siendo mayores las puntuaciones en personas con edad de transición entre adultez media y tardía, mujeres, con estudios universitarios, casados y empleados. Se discuten las implicaciones de estos hallazgos.

  7. Dolor neuropático en pacientes renales crónicos: revisión de la literatura

    OpenAIRE

    S. Villate; Ledesma, M J; Martín, J. J.

    2014-01-01

    El dolor es un síntoma frecuente en pacientes con insuficiencia renal crónica (IRC), siendo referido por el 50 % de los mismos en forma habitual; la presentación más prevalente es el dolor osteoarticular, seguido por el neuropático, especialmente asociado a polineuropatía. Su abordaje, como así también sus complicaciones, son motivo de preocupación frecuente en los médicos tratantes. El dolor no es un síntoma aislado en dichos pacientes; habitualmente se encuentran expuestos a estresantes y p...

  8. Transplante renal em paciente pediátrico com associação de Vater: relato de caso Transplante renal en paciente pediátrico con asociación de Vater: relato de caso Renal transplantation in Vater association patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Paulo Nogueira Costa

    2003-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A associação de Vater é uma alteração politópica que inclui várias má-formações, sendo a hipoplasia radial a alteração mais freqüentemente encontrada ao nascimento. O objetivo deste relato é apresentar caso de associação de Vater em criança submetida a transplante renal. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 11 anos, 23 kg, Hbs positivo submetido a esofagostomia com 30 horas de vida. Desde os 7 anos realiza hemodiálise, atualmente através de cateter atrial, por falta de outras vias de acesso. Submetido aos 11 anos a transplante renal com doador cadáver, sem intercorrências. Diurese adequada ao término das anastomoses vasculares. Drenagem de hematoma da fossa ilíaca D no primeiro dia de pós-operatório. Alta 21 dias após o transplante com função renal normal. CONCLUSÕES: A associação de Vater é uma ocorrência extremamente rara e complexa e o presente relato prende-se à realização, pela primeira vez, de transplante renal com doador cadáver em criança portadora desse defeito congênito, cujo resultado foi inteiramente satisfatório.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La asociación de Vater es una alteración politópica que incluye varias mal-formaciones siendo la hipoplasia radial la alteración más frecuentemente encontrada en el nacimiento. El objetivo de este relato es presentar caso de asociación de Vater en niño sometido a transplante renal. RELATO DE CASO: Paciente del sexo masculino, 11 años, 23 kg, Hbs positivo sometido a esofagostomia con 30 horas de vida. Desde los 7 anos realiza hemodiálisis, actualmente a través de catéter atrial, por falta de otras vías de acceso. Sometido a los 11 años a transplante renal con donador cadáver, sin interocurrencias. Diuresis adecuada al término de las anastomosis vasculares. Drenaje de hematoma de la fosa ilíaca D en el primer día de pós-operatorio. Alta 21 días después del transplante con función renal normal. CONCLUSIONES

  9. Avaliação funcional dos pacientes submetidos ao desbridamento artroscópico para tratamento das rupturas extensas e irreparáveis do manguito rotador

    OpenAIRE

    Veado,Marco Antônio de Castro; Rodrigues, Alessandro Ulhôa

    2010-01-01

    OBJETIVO: Avaliar os resultados dos pacientes submetidos ao desbridamento artroscópico das lesões extensas e irreparáveis do manguito rotador. Métodos: Foram operados 27 pacientes no período de 2003 a 2007, sendo avaliados 22 desses. O procedimento cirúrgico consistiu de desbridamento artroscópico do coto dos tendões envolvidos, bursectomia, remoção do osteófito acromial e, eventualmente, tenotomia do bíceps e tuberoplastia. RESULTADOS: No pré-operatório todos apresentavam envolvimento dos te...

  10. Eritropoyetina recombinante humana en pacientes con enfermedad renal crónica en etapa de prediálisis

    OpenAIRE

    María del Carmen Popoca Martínez; Iván Henríquez Moreu; Antonio Méndez Durán; Jorge Revilla Beltri; Aarón Molina Pérez

    2008-01-01

    Objetivo: evaluar el efecto de la eritropoyetina recombinante humana en pacientes con anemia y enfermedad renal crónica, en etapa de prediálisis, y su repercusión en la calidad de vida. Material y métodos: se seleccionaron 20 pacientes con enfermedad renal crónica en etapa de prediálisis, a quienes se realizó biometría hemática completa y química sanguínea en cada visita médica; la escala de calidad de vida se aplicó en la visita inicial y final del tratamiento. se administraron 50 Ul/g de er...

  11. Consulta de enfermagem ao paciente com HIV: perspectivas e desafios sob a ótica de enfermeiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simara Moreira de Macêdo

    2013-04-01

    Full Text Available Busca-se analisar como a consulta de enfermagem é desenvolvida por enfermeiros que atuam em Serviço Ambulatorial Especializado em HIV/AIDS no município de Fortaleza-CE. Estudo exploratório e descritivo, com abordagem qualitativa, que utilizou a análise de conteúdo como técnica de análise dos dados. Para realização da consulta de enfermagem, a escuta foi relatada pelos enfermeiros como o principal mecanismo que possibilita a construção de relação de empatia e confiança com o paciente, possibilitando a manifestação de dúvidas, temores e anseios. Possibilita também a propagação de informações e orientações acerca da patologia, assim como a convocação do sujeito para uma participação ativa no processo de cuidado, buscando conscientizá-lo acerca da importância da adesão ao tratamento medicamentoso. A consulta de enfermagem configura-se como um momento educativo oportuno para a troca de saberes e estreitamento de laços.

  12. Evolución de la función renal en un grupo de pacientes con estenosis de la/s arteria renal sometidos a tratamiento revascularizador.

    OpenAIRE

    Marin Valencia, Adriana Lucia; Tovar, José Luis

    2013-01-01

    La estenosis de l'artèria renal és una causa freqüent d'hipertensió arterial secundària i insuficiència renal. Els estudis disponibles no han demostrat superioritat de la revascularització sobre el tractament mèdic, generant controvèrsia quant a l'elecció del tractament. En el servei de nefrología de l'Hospital Vall d'Hebron es va realitzar un estudi observacional en 47 pacients amb estenosis d'artèria renal sotmesos a revascularització. Al final del seguiment es va obtenir una estabilització...

  13. Dolor neuropático en pacientes renales crónicos: revisión de la literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. Villate

    2014-06-01

    Full Text Available El dolor es un síntoma frecuente en pacientes con insuficiencia renal crónica (IRC, siendo referido por el 50 % de los mismos en forma habitual; la presentación más prevalente es el dolor osteoarticular, seguido por el neuropático, especialmente asociado a polineuropatía. Su abordaje, como así también sus complicaciones, son motivo de preocupación frecuente en los médicos tratantes. El dolor no es un síntoma aislado en dichos pacientes; habitualmente se encuentran expuestos a estresantes y presentan alteraciones emocionales como depresión o ansiedad. Actualizaciones recientes definen los síndromes funcionales dolorosos crónicos como aquellos cuadros clínicos caracterizados por dolor cotidiano y disconfort relacionado a diferentes partes del cuerpo; estas son manifestaciones habituales en estos pacientes. La teoría de analgesia multimodal plantea una opción para el manejo del dolor, en donde este es un síntoma dentro de un síndrome aún más complejo. El objetivo del presente trabajo consiste en realizar una revisión acerca de las opciones terapéuticas para tratar el dolor neuropático en pacientes con insuficiencia renal crónica (IRC.

  14. Fatores de risco associados à lesão renal aguda em pacientes tratados com polimixina B em um hospital terciário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Fuchs Bahlis

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Introdução: O uso de polimixinas foi praticamente abandonado nos anos 1970 devido as altas taxas de nefropatia. Entretanto, foram reintroduzidas na prática médica devido a sua ação contra bactérias gram negativas resistentes a carbapenemicos. A literatura recente sugere uma taxa de nefropatia mais baixa do que a historicamente reportada. Objetivo: Determinar a incidência de nefropatia associada ao uso de polimixina utilizando os critérios de RIFLE. Métodos: Foi realizada coorte retrospectiva de todos pacientes adultos que receberam polimixina B no Hospital Nossa Senhora da Conceição de dezembro de 2010 até março de 2011. Resultados: 61 pacientes (43% preencheram os critérios de rifle para injúria renal e 28 (13,7% necessitaram de diálise. Preditores independentes para nefrotoxicidade foram hipotensão (OR, 2.79; CI 1.14-5.8; p = 0.006 e uso concomitante de vancomicina (OR, 2.86; CI, 1.27-6.4; p = 0.011. Conclusão: Nessa coorte retrospectiva, nefrotoxicidade (definida pelos criterios de RIFLE ocorreu em 43% dos pacientes tratados com polimixina B. O uso concomitante de vancomicina e hipotensão foram fatores de risco independentes para desenvolvimento de nefropatia. Mais estudos são necessarios, particularmente com polimixina B, para esclarecer se as caracteristicas dessa droga e da colistina são sobreponíveis.

  15. Avaliação crítica do sevelamer no tratamento da hiperfosfatemia em pacientes com insuficiência renal crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sesso Ricardo

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar em pacientes com insuficiência renal crônica (IRC, a efetividade e os custos do sevelamer, um polímero catiônico livre de alumínio e cálcio, que é um novo quelante de fósforo no trato gastrointestinal. MÉTODOS: Revisão da literatura e avaliação crítica de seis ensaios clínicos publicados sobre efetividade e duas avaliações econômicas do sevelamer em pacientes com IRC. RESULTADOS: O sevelamer é um quelante de fosfato efetivo (utilizado na dose média de 3,5g/dia dividido em 3 doses às refeições e com efeito similar ao obtido com sais de cálcio, além de não apresentar os efeitos colaterais destes últimos (elevação do produto cálcio x fósforo, hipercalcemia, calcificação vascular, musculo-esquelética e cardíaca, etc.. Além disso, o sevelamer promove redução em cerca de 30% nos níveis de LDL colesterol. Custos diretos do sevelamer são maiores que os dos sais de cálcio, embora os custos totais possam ser menores devido a menor taxa de complicações clínicas e hospitalizações. CONCLUSÕES: Sevelamer agrega valor terapêutico importante em pacientes com IRC e hiperfosfatemia. Estudos fármaco-econômicos devem ser realizados em nosso meio para se avaliar a relação custo-efetividade do uso do sevelamer.

  16. Prevalência de sinais de sensibilidade ao látex em pacientes com mielomeningocele submetidos a múltiplos procedimentos cirúrgicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson Shi Chia Yeh

    2012-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O número de pacientes alérgicos ao látex vem aumentando significativamente. É essencial reconhecê-los para preve nir e aplicar o tratamento adequado. O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência de alergia ao látex em pacientes com mielomeningocele. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram avaliados, retrospectivamente, os prontuários médicos de pacientes com diagnóstico de mielomeningocele no período de janeiro de 2002 a dezembro de 2007. Os pacientes foram agrupados em alérgicos e não alérgicos. A comparação dos grupos em relação ao gênero foi feita pelo teste do Qui-quadrado, pelo teste t de Student em relação à idade, e o teste de Mann-Whitney para comparação entre os grupos em relação as manifestações clínicas de alergia, número de procedimentos sob anestesia, de internações hospitalares e de cateterizações vesicais. RESULTADOS: O número médio de procedimentos sob anestesia foi de 7 no grupo com alergia e 4 no grupo sem alergia, sendo esta diferença estatisticamente significante (p = 0,028. O número médio de internações hospitalares foi de 4,5 no grupo com alergia e 3,4 no grupo sem alergia e a média de cateterização vesical foi 24,5 nos alérgicos e 21,7 nos não alérgicos. CONCLUSÕES: Os pacientes portadores de mielomeningocele submetidos a múltiplos procedimentos sob anestesia apresentam alto risco de desenvolvimento de sinais clínicos de alergia ao látex. Há necessidade de que pacientes com diagnóstico de mielomeningocele sejam submetidos exclusivamente a procedimentos latex-free, evitando o alto risco de sensibilização e suas complicações. Testes específicos para avaliação da sensibilização, marcadores genéticos e relação látex-fruta poderão contribuir para melhor entendimento dos fatores de risco relacionados à alergia ao látex e formas de prevenção

  17. Grupo de adesão ao tratamento: espaço de "ensinagem" para profissionais de saúde e pacientes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lia Márcia Cruz da Silveira

    2005-02-01

    Full Text Available O artigo apresenta uma prática de atenção à saúde - Grupos de Adesão ao Tratamento - que tem evidenciado um campo potencial de terapêutica, de ensino e de aprendizagem para pacientes e profissionais de saúde. Trata-se de cenário de interação de diferentes pessoas, conceitos, valores e culturas no qual cada ator se diferencia e se reconhece no outro em dinâmicas que possibilitam falar, escutar, sentir, indagar, refletir e aprender a pensar. Caracteriza-se por ser um grupo informativo, reflexivo e de suporte, homogêneo quanto à enfermidade dos pacientes, coordenado por dois ou mais profissionais de saúde de diferentes categorias que, pelo método dialógico, têm por objetivo facilitar a adesão dos pacientes ao tratamento. O estudo apresenta uma análise do trabalho com grupos de pacientes com doenças crônicas e ressalta a utilização da prática grupal como cenário de terapêutica e de ensino e aprendizagem para pacientes e profissionais de saúde. Enfatiza o aspecto pedagógico desta prática por propiciar a aprendizagem pelo contato com situações-problema que permitem agregar ao conhecimento específico - a questão saúde - dimensões políticas, éticas, econômicas, afetivas e sócio-culturais. Aponta-se a possibilidade da utilização desta prática para desenvolver competências comunicativas e de trabalho em equipe no campo da educação em saúde.

  18. Explanatory digital video disc with patients undergoing diagnostic cardiac catheterization Disco digital explicativo para pacientes sometidos al cateterismo cardiaco diagnóstico Digital video disc explicativo em pacientes submetidos ao cateterismo cardíaco diagnóstico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina Koehler Torrano

    2011-08-01

    ámico.O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento dos pacientes pré-cateterismo cardíaco com diagnóstico ambulatorial, após digital video disc explicativo, em um hospital de referência em cardiologia. Usou-se o estudo transversal como metodologia, com pacientes submetidos ao primeiro cateterismo cardíaco, realizado de maio a junho de 2009, no setor de hemodinâmica. Foi utilizado instrumento com questões (12 referentes ao entendimento dos pacientes sobre o procedimento. A intervenção foi um vídeo com duração de cinco minutos, elaborado pelos pesquisadores. A amostra foi constituída por 94 pacientes, divididos em grupo intervenção-GI (45 e grupo controle-GC (49, com idade média de 55±9 anos e predominância do sexo masculino. Pacientes do GI apresentaram maior índice de acertos (74,6±17,1, quando comparados ao GC (31,6±18,8, p=0,000. Pode-se concluir, por meio dos resultados, que houve eficácia da apresentação de um vídeo de orientações para pacientes submetidos ao procedimento hemodinâmico.

  19. Pacientes transplantados renais: análise de associação dos diagnósticos de enfermagem Pacientes trasplantados renales: análisis de asociación de los diagnósticos enfermeros Kidney transplanted patients: nursing diagnoses association analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luisa Brandão de Carvalho Lira

    2010-03-01

    Full Text Available A insuficiência renal crônica é uma doença com sérias implicações físicas, psicológicas e sócio-econômicas para o paciente. O transplante renal proporciona qualidade de vida aos renais crônicos. O objetivo desse estudo é analisar as associações entre os diagnósticos de enfermagem, os fatores relacionados e as características definidoras presentes em pacientes transplantados renais de um hospital universitário. Um estudo transversal de caráter exploratório e descritivo foi desenvolvido com 58 pacientes entre os meses de dezembro de 2004 e abril de 2005. Os instrumentos de coleta de dados foram: roteiros de entrevista e exame físico. Os resultados mostraram associações entre Padrão de sono perturbado e Disfunção sexual, Padrão de sono perturbado e Padrões de sexualidade ineficazes, Disfunção sexual e Padrões de sexualidade ineficazes. Conclui-se que o estudo contribuiu para a identificação de diagnósticos de enfermagem relacionados a características específicas destes pacientes.La insuficiencia renal crónica es una enfermedad con serias implicaciones físicas, psicológicas y socio-económicas para el paciente. El trasplante renal proporciona calidad de vida a los renales crónicos. El objetivo de ese estudio es analizar las asociaciones entre los diagnósticos enfermeros, los factores relacionados y las características definitorias presentes en pacientes trasplantados renales de un hospital universitario. Un estudio transversal de carácter exploratorio y descriptivo ha sido performado con 58 pacientes entre los meses de diciembre de 2004 y abril de 2005. Los instrumentos de recogida de datos fueron: guión de entrevista y examen físico. Los resultados mostraron asociaciones entre Deterioro del patrón de sueño y Disfunción sexual, Deterioro del patrón de sueño y Patrones sexuales inefectivos, Disfunción sexual y Patrones sexuales inefectivos. Se concluye que el estudio aportó para la identificaci

  20. Prazosina de liberação lenta para pacientes com transtorno do estresse pós-traumático resistentes aos ISRS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Felipe Pagotto

    2012-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Prazosina, um antagonista de receptores alfa-1 adrenérgicos, é utilizada no tratamento de pesadelos e insônia relacionados com TEPT. Apesar das evidências sugerindo sua eficácia também no tratamento de sintomas gerais de TEPT, sua curta meia-vida (2-3 horas pode limitar seus efeitos terapêuticos. OBJETIVO: Descrever quatro casos de pacientes com TEPT resistentes aos inibidores de recaptação de serotonina ou de serotonina e adrenalina (terapia convencional tratados com uma apresentação de prazosina de liberação lenta. MÉTODOS: Quatro pacientes com TEPT grave, resistentes à terapia convencional, tiveram a prazosina de liberação lenta (meia-vida de 10,8 horas adicionada as suas prescrições por pelo menos três meses. Os sintomas de TEPT foram avaliados pela PCL-C e pelos itens referentes a pesadelos e insônia da CAPS, na linha de base e no final do período de observação de cada paciente. RESULTADOS: Dois pacientes mostraram melhora dos sintomas gerais de TEPT (redução de 35,7% e 11,9% nos escores da PCL-C, e três mostraram melhora de pesadelos e insônia (nos escores da CAPS. O único paciente que recebeu doses da prazosina pela manhã e ao deitar-se foi o que mostrou a maior melhora dos sintomas gerais de TEPT. CONCLUSÃO: Possivelmente, a sustentação do bloqueio da atividade noradrenérgica no sistema nervoso central promovida pela prazosina de liberação lenta durante o dia se faz necessária para a melhora de sintomas residuais de TEPT em pacientes em tratamento convencional com antidepressivos.

  1. Inflamação e má resposta ao uso de eritropoetina na doença renal crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wander Valadares de Oliveira Júnior

    2015-06-01

    Full Text Available Resumo A prevalência da doença renal crônica (DRC tem aumentado nos últimos anos e vários fatores estão associados à instalação e progressão da DRC, tais como obesidade, hipertensão arterial e diabetes mellitus. Uma das complicações da DRC é a anemia causada principalmente pela deficiência de ferro e de eritropoetina (EPO. Um dos tratamentos para este tipo de anemia é uso de eritropoetina exógena. O paciente com DRC submetido à diálise apresenta um estado inflamatório crônico, provocando uma situação de má resposta à ação medular da EPO, causando anemia, desnutrição, agravamento da aterosclerose e aumento da mortalidade. O objetivo deste artigo foi revisar as evidências científicas referentes à associação da má resposta clínica ao uso de EPO e a presença de inflamação na DRC.

  2. Resultados clínicos de trasplantes de riñón en pacientes con enfermedad renal en etapa terminal secundaria a nefritis lupus, enfermedad poliquística renal y nefropatía diabética

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    John Fredy Nieto-Ríos

    2016-04-01

    Full Text Available Antecedentes:Pacientes con nefritis lúpica pueden progresar a enfermedad renal crónica terminal (10-22%; en estos pacientes el trasplante renal debe ser considerado como la terapia de elección. Objetivo: Evaluar los desenlaces clínicos de un grupo de pacientes con enfermedad renal crónica terminal por nefropatía lúpica, enfermedad renal poliquística y nefropatía diabética que fueron sometidos a trasplante renal en el Hospital Pablo Tobón Uribe.Métodos:Estudio retrospectivo, descriptivo, realizado en un solo centro de trasplante renal, durante el período 2005-2013.Resultados:Se evaluaron 136 pacientes: 27 con nefritis lúpica (19.9%, 31 con enfermedad renal poliquística (22.8% y 78 con nefropatía diabética (57.4%. La supervivencia del injerto a uno, tres y cinco años fue de de 96.3%, 82.5% y 82.5% en nefropatía lúpica, 90%, 86% y 76.5% en enfermedad renal poliquística y 91.7%, 80.3% y 67.9% en nefropatía diabética respectivamente, sin diferencias estadísticas significativas (Long Rank test= 0.488. La tasa de recurrencia de nefritis lúpica posterior al trasplante renal fue de 0.94%/persona-año. Tener lupus vs diabetes o enfermedad renal poliquística no fue un factor de riesgo para disminución del tiempo de supervivencia del injerto (Hazard ratio= 1.43; 95% IC= 0.52-3.93.Conclusiones:Los pacientes enfermedad renal crónica terminal secundaria a nefritis lúpica, que son llevados a trasplante renal tienen tasas de éxito similar en cuanto a supervivencia del injerto y del paciente, al compararlos con otras enfermedades renales. La tasa de complicaciones y el riesgo de recurrencia de la nefropatía lúpica son bajos. El trasplante renal debe ser considerado como la terapia de elección para los pacientes con enfermedad renal crónica estadio terminal secundaria a nefritis lúpica.

  3. ESTUDO PRELIMINAR SOBRE O GRAU DE SATISFAÇAO DO PACIENTE HOSPITALIZADO EM RELAÇÃO À ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wanda de Aguiar Horta

    1973-02-01

    Full Text Available RESUMO O cenforto e bem estar do paciente dependem do grau de satisfação de suas necessidades. Procurou-se verificar o gráu de satisfação dos pacientes hospitalizados em relação aos cuidados que lhes são prestados. Foi feito um estudo com 39 pacientes, com aplicação de formulário contendo perguntas diretas e indiretas para o levantamento dos cuidados que mais agradam e desagradam os pacientes e conclusão posterior do gráu de satisfação dos mesmos em relação à assistência de enfermagem. O preenchimento do formulário foi realizado em entrevista individual obedecendo-se a critério uniforme. Os dados obtidos demonstram que apenas 7,7% dos pacientes estão satisfeitos com os cuidados que recebem. De modo geral os homens estão mais satisfeitos que as mulheres; os casados mais que os solteiros e os alfabetizados mais que analfabetos. Observe-se também que quanto à idade, o maior gráu de satisfação em relação aos cuidados recebidos recai na faixa etária dos 50 anos para cima entre as mulheres e de menos de 20 a 29 e dos 50 para cima entre os homens. Sem tentar generalizar, dentro dos limites do estudo conclui-se que a qualidade do cuidado de enfermagem em nosso meio ainda deixa muito a desejar.

  4. Adhesión de los pacientes con insuficiencia renal crónica a la dieta

    OpenAIRE

    Anes, Eugénia; Vicente Castro, Florencio

    2011-01-01

    Este estudio, describe y evalúa la adhesión a la dieta en pacientes con insuficiencia renal crónica en diálisis. Se trata de un trabajo no-experimental, analítico y transversal desarrollado en una muestra de 263 pacientes en diálisis en el Noreste Transmontano en Portugal. Se utilizó una medida específica de la adhesión a la dieta, RAAQ. De los participantes, la mayoría son hombres (58,9%), el 64,3% están casadas, viven solos el 16%, y el 86,7% están jubilados y tienen un nivel de...

  5. Informação ao paciente com câncer: o olhar do oncologista Information to the patient with cancer: the oncologist's view

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Danielle Santa Maria de Albuquerque

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar o que os médicos-oncologistas informam aos seus pacientes, verificar o que levam em consideração no processo de informar, e averiguar a quem fornecem a informação. MÉTODOS: Os sujeitos da pesquisa foram oncologistas, recrutados dentre aqueles inscritos na Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC. Foi enviado para a sociedade, via correio, todo o material a ser encaminhado aos oncologistas. Os envelopes, selados previamente, continham: formulário para coleta de dados e informações para o preenchimento e termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE. Os dados obtidos foram tratados estatisticamente obedecendo a um intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: Foram encaminhadas 876 correspondências (total de médicos associados à SBOC e obteve-se um índice de 16,55% de resposta. Quanto ao que informam, 81% dos médicos responderam que informavam o diagnóstico, o tratamento e o prognóstico aos seus pacientes; entretanto, 73% relataram que, em grande parte dos casos, o paciente já tem conhecimento da sua doença. Por sua vez, a informação é fornecida ao paciente e à sua família por 81% dos médicos. Dentre os aspectos relevantes no processo de informar, destaca-se que o gênero do paciente pouco influencia na informação para 95% dos médicos. CONCLUSÃO: Diante dos resultados apresentados, conclui-se que na população estudada existe a preocupação em informar adequando-se ao perfil do paciente. Percebe-se, ainda, que os oncologistas tentam prover o paciente do que lhe é de direito - a verdade -, embora muitas vezes recorram à família para auxiliar no fornecimento das informações.OBJECTIVE: To identify what information is provided to the patients by oncologists, assess what they take into account in the process of informing the patient, and to ascertain whom the information is provided to. METHODS: The study subjects were oncologists recruited among those registered at the Brazilian Society

  6. Qualidade de vida de pacientes submetidos ao transplante cardíaco: aplicação da escala Whoqol-Bref

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Isis Freire de Aguiar

    2011-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O sucesso do transplante cardíaco significa garantir a sobrevida dos pacientes com cardiopatia e permitir-lhes desenvolver suas atividades diárias. O transplante cardíaco apresenta-se como a primeira opção de tratamento na falência cardíaca, representando um aumento de sobrevida e qualidade de vida dos transplantados. OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida de pacientes submetidos ao transplante cardíaco através da aplicação de uma escala padronizada (Whoqol-Bref. MÉTODOS: Estudo exploratório descritivo de abordagem quantitativa, realizado com 55 pacientes submetidos ao transplante cardíaco, em um período entre o terceiro e o 103º mês, que realizam acompanhamento na Unidade de Transplante e Insuficiência Cardíaca em um Hospital de Referência em Cardiologia na cidade de Fortaleza, CE. Os dados foram coletados no período de fevereiro a abril de 2009, por meio da aplicação de um questionário padronizado pela Organização Mundial da Saúde e utilização de dados constantes nos prontuários. RESULTADOS: Com relação ao domínio físico, 62,8% e 58,3% dos pacientes, dos sexos masculino e feminino, respectivamente, estão satisfeitos. No domínio psicológico, dentre pacientes do sexo masculino, 65,1% apresentam satisfação quanto à qualidade de vida e, no sexo feminino, 58,3% encontram-se satisfeitas. No domínio das relações sociais, observou-se que, no sexo masculino, 53,5% estão muito satisfeitos, e apresentou-se um nível de satisfação de 100% no sexo feminino. No domínio do meio ambiente, 65,1% do sexo masculino encontram-se satisfeitos, e no sexo feminino, 83,3% estão satisfeitas. CONCLUSÃO: O transplante cardíaco teve bastante influência na qualidade de vida dos pacientes transplantados, pois os resultados mostram-se estatisticamente significantes no pós-transplante.

  7. Percepções dos pacientes quanto aos procedimentos invasivos no pós-operatório de cirurgias de grande porte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Eunice Medeiros Teixeira

    1994-09-01

    Full Text Available Estudo descritivo, com abordagem qualitativa, onde as percepções dos pacientes submetidos a cirurgias de grande porte, em relação aos procedimentos invasivos, foram objetos centrais. O local onde o estudo se desenvolveu foi a clínica cirúrgica de um hospital de ensino em Goiânia. A população constituiu-se de pacientes submetidos de procedimentos invasivos de ambos os gêneros, com faixa etária entre dezoito e sessenta e nove anos. A entrevista semi-estruturada e a observação direta foram utilizadas para a coleta de dados. Os resultados apresentados em três categorias, evidenciaram pouca orientação e interação profissionais-pacientes. A sonda nasogástrica foi o procedimento invasivo que mais incomodou o grupo pesquisado. Aspectos não esperados referentes ao tratamento foram também descritos neste estudo.

  8. Trauma renal Renal trauma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gerson Alves Pereira Júnior

    1999-02-01

    Full Text Available Apresentamos uma revisão sobre trauma renal, com ênfase na avaliação radiológica, particularmente com o uso da tomografia computadorizada, que tem se tornado o exame de eleição, ao invés da urografia excretora e arteriografia. O sucesso no tratamento conservador dos pacientes com trauma renal depende de um acurado estadiamento da extensão da lesão, classificado de acordo com a Organ Injury Scaling do Colégio Americano de Cirurgiões. O tratamento conservador não-operatório é seguro e consiste de observação contínua, repouso no leito, hidratação endovenosa adequada e antibioti- coterapia profilática, evitando-se uma exploração cirúrgica desnecessária e possível perda renal. As indicações para exploração cirúrgica imediata são abdome agudo, rápida queda do hematócrito ou lesões associadas determinadas na avaliação radiológica. Quando indicada, a exploração renal após controle vascular prévio é segura, permitindo cuidadosa inspeção do rim e sua reconstrução com sucesso, reduzindo a probabilidade de nefrectomia.We present a revision of the renal trauma with emphasis in the radiographic evaluation, particularly CT scan that it has largely replaced the excretory urogram and arteriogram in the diagnostic worh-up and management of the patient with renal trauma. The successful management of renal injuries depends upon the accurate assessment of their extent in agreement with Organ Injury Scaling classification. The conservative therapy managed by careful continuous observation, bed rest, appropriate fluid ressuscitation and prophylactic antibiotic coverage after radiographic staging for severely injured kidneys can yield favorable results and save patients from unnecessary exploration and possible renal loss. The indications for immediate exploratory laparotomy were acute abdomen, rapidly dropping hematocrit or associated injuries as determinated from radiologic evaluation. When indicated, renal exploration

  9. Assistência aos pacientes com HIV/Aids no Brasil Health care to HIV/AIDS patients in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margareth Crisóstomo Portela

    2006-04-01

    Full Text Available O trabalho teve por objetivo avaliar a assistência à população com Aids no Brasil e a capacidade do Sistema Único de Saúde (SUS de prover intervenções para enfrentamento da epidemia e discutir a sustentabilidade da iniciativa brasileira de distribuição universal e gratuita dos anti-retrovirais. O trabalho considerou dados originais de uma pesquisa sobre a capacidade potencial de distribuição de uma futura vacina anti-HIV no Brasil, envolvendo 119 entrevistados. Nas abordagens da assistência hospitalar e da assistência farmacêutica foram utilizados dados do Sistema de Informações Hospitalares do SUS e do Sistema de Controle Logístico de Medicamentos do Programa Nacional de DST/Aids. Os resultados mostraram bom desempenho da política de distribuição de anti-retrovirais. Entretanto, o acesso ao tratamento de doenças oportunistas foi deficitário. Os valores pagos pelo Sistema Único de Saúde pelas internações por Aids mantiveram-se muito baixos, com valor médio em torno de R$700,00, em 2004. A assistência a pacientes com HIV/Aids no Brasil tem sido tratada como um direito do cidadão, com o respaldo de uma articulação efetiva entre as esferas de governo e a sociedade civil. Os desafios que se colocam atualmente dizem respeito ao monitoramento mais fino dos processos e resultados obtidos e à sustentabilidade da distribuição universal e gratuita de anti-retrovirais.This study was intended to assess care provided to those living with HIV/AIDS in Brazil and the Brazilian Unified Health System (SUS capacity of delivering interventions to cope with the epidemic as well as to discuss the sustainability of the Brazilian initiative of providing universal free access to antiretrovirals (ARVs. Original data from a study comprising 119 respondents on the potential capacity of delivering a prospective HIV vaccine in Brazil was used. Inpatient and pharmaceutical care was based on data from the SUS Hospital Information System and

  10. Suplementación con vitamina D nativa en pacientes con enfermedad renal crónica

    OpenAIRE

    Molina Vila, Pablo

    2015-01-01

    Introducción. Los niveles de 25(OH)-vitamina D [25(OH)D] son el mejor indicador de los depósitos de vitamina D del organismo y su déficit es muy frecuente en pacientes con enfermedad renal crónica (ERC). Más allá de su función calciotrópica como sustrato para la formación renal de 1,25(OH)2 -vitamina D, el déficit de 25(OH)D se ha relacionado con mayor prevalencia de enfermedad cardiovascular, cáncer y diabetes mellitus, y su suplementación se ha asociado a mejor supervivencia en población ge...

  11. Percepções e conhecimentos de pacientes com Doença Renal Crônica em tratamento conservador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Camila Gricio

    2009-12-01

    Full Text Available A Doença Renal Crônica (DRC é uma síndrome irreversível e progressiva das funções glomerular, tubular e endócrinados rins. Há evidências de que intervenções adequadas e precoces podem retardar sua progressão. Foi objetivo desteestudo identificar e caracterizar pacientes em tratamento conservador e identificar suas percepções e conhecimentosem relação à DRC e tratamentos. O referencial metodológico foi a história oral temática. A coleta de dados ocorreu deagosto a setembro de 2007. Dos 20 pacientes entrevistados no ambulatório de uremia do Hospital das Clínicas deRibeirão Preto, 12 (60% eram homens e 8 (40% mulheres, com idade média de 58,6 anos. Dentre as comorbidades,destaca-se o elevado número de hipertensos (85% e diabéticos (45%. Das entrevistas emergiram três categorias:1 Conceitos imprecisos da DRC; 2 Tratamento atual; 3 Tratamento futuro. Conclusão: em sua maioria, pacientesem tratamento conservador possuem informações insuficientes a respeito da DRC e tratamentos, o que pode interferirna adesão e, consequentemente, acelerar a progressão da doença. Evidencia-se a necessidade de se construir umaabordagem educativa como estratégia para estimulá-los a aderirem ao tratamento conservador, diminuindo, assim, amorbidade e mortalidade no início e durante o tratamento dialítico.

  12. Avaliação do grau de satisfação de pacientes renais crônicos em hemodiálise La satisfacción del pacientes con la insuficiência renal crónica en hemodiálisis Evaluation of satisfaction in patients with chronic renal disease on hemodylysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Bernardi Cesarino

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar o grau de satisfação de pacientes portadores de insuficiência renal crônica em relação aos serviços prestados e às condições físicas da Unidade de Hemodiálise do Hospital de Base de São Jose do Rio Preto - SP. MÉTODOS: Estudo descritivo que utilizou um questionário com escala tipo Likert aplicado em 81 pacientes em tratamento hemodialítico no Serviço de Nefrologia do referido Hospital. RESULTADOS: Foi identificado que 53% dos usuários estavam muito satisfeitos e 47% satisfeitos. Apesar dos resultados apontarem para um alto grau de satisfação com os serviços prestados e condições físicas do ambiente, os usuários relataram algumas limitações. CONCLUSÃO: A avaliação da satisfação de pacientes possibilitou algumas opções para um repensar da prática dos profissionais da saúde, oferecendo subsídios no processo de gestão, objetivando a melhoria contínua do serviço.OBJETIVO: Identificar el grado de satisfacción de pacientes portadores de insuficiencia renal crónica en relación a los servicios prestados y a las condiciones físicas de la Unidad de Hemodiálisis del Hospital de Base de Sao José do Rio Preto - SP. MÉTODOS: Se trata de un estudio descriptivo en el que se utilizó un cuestionario con una escala tipo Likert aplicado a 81 pacientes con tratamiento de hemodiálisis en el Servicio de Nefrología del referido Hospital. RESULTADOS: Fue identificado que el 53% de los usuarios estaban muy satisfechos y el 47% satisfechos. A pesar que los resultados apuntaron un alto grado de satisfacción con los servicios prestados y las condiciones físicas del ambiente, los usuarios relataron algunas limitaciones. CONCLUSIÓN: La evaluación de la satisfacción de pacientes posibilitó algunas opciones para un repensar de la práctica de los profesionales de la salud, ofreciendo subsidios en el proceso de gestión, con el objetivo de una mejora continua del servicio.OBJECTIVE: To identify the

  13. Intervenção nutricional e o impacto na adesão ao tratamento em pacientes com síndrome Metabólica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Michielin Busnello

    2011-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A síndrome metabólica representa um conjunto de fatores de risco, associados a doenças cardiovasculares e a diabete melito tipo 2. O tratamento inclui mudanças no estilo de vida, dieta, atividade física e medicamentos. A adesão do paciente é crucial ao tratamento da doença. Objetivo: Avaliar dois modelos de intervenção dietoterápica e a relação com a adesão ao tratamento e o impacto na melhora clínica de pacientes com síndrome metabólica. MÉTODOS: Ensaio clínico randomizado, com duração de quatro meses. Os pacientes foram randomizados em grupos intervenção e controle. Todos seguiram dieta específica por quatro meses. O grupo Intervenção recebeu pacote de intervenção, com dieta individualizada, manual de orientação, aconselhamento via telefone e material educativo. Foram realizadas anamnese nutricional, avaliação antropométrica, avaliação dietética, orientação dietética individualizada e exames bioquímicos. RESULTADOS: Os pacientes que chegaram mais motivados foram aqueles que tiverem maior redução nos valores do índice de massa corporal (p < 0,001, que reduziu de 31,7 kg/m² (DP ± 3,9 para 30,9 kg/m² (DP ± 3,8, na circunferência abdominal a redução foi de 108,1 cm (DP ± 9,8 para 105,9 cm (DP ± 9,5. As associações estatisticamente significativas se deram nas correlações entre índice de massa corporal, glicemia e triglicerídeos, redução do consumo de leite integral (p = 0,002, aumento no consumo de cereais integrais (p = 0,008 e de leite desnatado (p = 0,010, e entre o aumento no consumo de vegetais e a redução dos triglicerídeos. CONCLUSÃO: Ambos os grupos mostraram melhora significativa nos parâmetros clínicos, que foi significativamente associada a motivação prévia. Os pacientes que chegaram mais motivados foram aqueles que responderam melhor ao tratamento.

  14. Análise da resposta ao biofeedback nos pacientes com incontinência fecal Analysis of biofeedback for fecal incontinence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Figueiredo Accetta

    2011-06-01

    Full Text Available Incontinência fecal é uma condição com importante impacto na qualidade de vida, e inúmeras formas de tratamento são descritas. Objetivo: Avaliar a resposta ao tratamento por biofeedback e o perfil epidemiológico dos pacientes com incontinência fecal, descrevendo os critérios de seleção e a técnica utilizada. Métodos: Estudo retrospectivo dos pacientes tratados em três anos (junho de 2005 a junho de 2008. Resultados: Trinta pacientes, sendo 26 mulheres e 4 homens, com idade média de 66 anos. O número de gestações e partos normais variou de nenhuma a seis e a histerectomia esteve presente em nove casos. Todos os pacientes apresentavam hipotonia na manometria. Dezoito pacientes ficaram satisfeitos com o tratamento proposto, dez ficaram parcialmente satisfeitos, nenhum ficou completamente insatisfeito, e dois abandonaram a terapia. Conclusão: O tratamento clínico associado ao biofeedback pode ser eficaz para a melhoria dos sintomas; entretanto, o entendimento e compreensão do problema por parte do paciente parece ser o efeito mais importante para esses resultados. A presença de diabetes mellitus, cirurgias orificiais e histerectomia podem ter relação com as queixas de incontinência.Fecal incontinence is a disabling condition with relevant social costs. Many therapies are described. Objective: To evaluate the response to biofeedback and epidemiological profile, describing the used technique. Methods: A retrospective study in 3 years (June 2005 - June 2008. Results: Thirty patients, 26 women and 4 men, with an average age of 66. The number of normal pregnancies and births varied from none to six and hysterectomy was present in nine. Hypotonia in manometry was present in all patients. Eighteen patients were satisfied, ten were partially met, none was completely dissatisfied, and two have abandoned the therapy. Conclusion: The clinical therapy to biofeedback can be effective for incontinence, but the comprehension by patient

  15. Evolución del peso en pacientes durante el primer año del trasplante renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pilar López Garrigós

    Full Text Available Durante el primer año de trasplante renal es frecuente una ganancia de peso, debido, entre otros a la dieta, sedentarismo, e inmunosupresores, pudiendo aumentar los factores de riesgo del síndrome metabólico. Objetivos: Conocer la evolución del peso de nuestros pacientes durante el primer año del trasplante, y analizar la influencia con las distintas variables asociadas al paciente, sexo, edad, IMC, tratamiento inmunosupresor entre otras. Determinar la asociación entre la ganancia de peso y la aparición de factores de riesgo, como hipertensión arterial, diabetes y dislipidemia. Material y Método: Estudio retrospectivo y analítico. Se estudiaron 100 pacientes con un año de evolución en el trasplante, del Hospital Virgen de la Salud de Toledo. Sé analizaron datos antropométricos, demográficos y clínicos. La ganancia de peso se distribuyo según a las variables del estudio. Resultados: La ganancia de peso al año del trasplante afecto a 93 pacientes, con una media de 7,21 kg ±5,87. El 44,1% aumento su peso por encima de la media, y el 23,7% gano > 10 kg. La prevalencia de sobrepeso y obesidad antes del trasplante fue 57% y 76% después del trasplante. Los hombres ganaron ligeramente más peso que las mujeres. Los más jóvenes < 49 años ganaron más peso, media 9,3 kg. Mayor incidencia de diabetes, hipertensión y dislipemias en los pacientes con sobrepeso y obesidad. Conclusiones: La mayoría de los pacientes aumentaron significativamente de peso al año del trasplante, asociándose con varios de los factores del síndrome metabólico. - Importante la educación, por parte de la enfermería, del paciente para fomentar hábitos de vida saludable.

  16. Telemedicina: Desenvolvimento de um sistema para atendimento à distância de pacientes com doença renal crônica pré-dialítica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Maria da Silva Fernandes

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoIntrodução:O foco no tratamento da doença renal crônica (DRC é evitar a sua progressão com o uso do controle clínico otimizado. O uso de tecnologias leves apresenta-se como forma promissora de cuidado em saúde. A internet oferece a oportunidade de instrumentalizar o médico em seu contato profissional com o usuário.Objetivo:Desenvolver um sistema web para o atendimento a distância de pacientes com DRC nos estágios não dialíticos e clinicamente estáveis.Métodos:Desenvolvido um sistema utilizando a linguagem Java, banco de dados MySQL e framework PrimeFaces; disponibilizado em um servidor de aplicações Glassfish.Resultados:O acesso inicial é realizado pelo nefrologista, que cadastra os pacientes com suas informações pessoais e dados de acesso. Após ser cadastrado, o paciente (ou médico de família pode inserir os dados de sua consulta e estes serão, na sequência, repassados ao nefrologista para avaliação. O formulário com os dados de interesse é pré-determinado, mas ainda há possibilidade de acrescentar informações de forma livre. O sistema possibilita, adicionalmente, que haja troca de mensagens entre os médicos e os pacientes. Além disso, os usuários recebem mensagens via e-mail alertando-os de suas tarefas. O sigilo é garantido por senhas individuais para médicos e pacientes.Conclusão:Essa ferramenta possibilitará aumentar a área de abrangência dos nefrologistas, diminuir os custos e aproximar o paciente ao seu médico da atenção básica, utilizando o Programa de Saúde de Família como interface entre o paciente e a atenção secundária nefrológica.

  17. FACTORES SOCIO-DEMOGRÀFICOS Y DIAGNÓSTICOS DE ENFERMERÍA EN PACIENTES TRASPLANTADOS RENALES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ANA LUISA BRANDÃO DE CARVALHO LIRA

    2009-01-01

    Full Text Available Analizar la asociación estadística entre diagnósticos de enfermería identificados en pacientes con trasplante renal y sus factores socio-económicos. Estudio transversal realizado en un hospital universitario en Fortaleza-CE, entre diciembre de 2004 a abril de 2005. Se identificaron 38 diagnósticos de enfermería. Diez diagnósticos presentaron frecuencias superiores al porcentaje 75: Riesgo de infección; percepción sensorial perturbada: visual; Modelo de sueño perturbado; Nutrición desequilibrada: por exceso; Fatiga; Disfunción sexual; Percepción sensorial perturbada: audici- ón; Dolor agudo; Modelos sexuales ineficaces; Riesgo de desequilibrio nutricional: más de lo necesario. El estudio sobre los diagnósticos de enfermería ayudó a ampliar el conocimiento de la realidad de los pacientes, lo que es necesario para el establecimiento de cuidados de enfermería en el trasplante renal, y también para tratar de los resultados que vayan a desarrollarse buscando mejorar la calidad de vida.

  18. External aggression to the limb as a predictive factor in the evolution of patients undergoing arterial revascularization Agressão externa aos membros inferiores como fator preditivo na evolução dos pacientes submetidos a revascularização arterial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Wolosker

    2005-12-01

    Full Text Available PURPOSE: A variety of predictive factors for the evolution of arterial grafts in patients with critical ischemia have been well defined in clinical studies, including diabetes mellitus, dialytic renal insufficiency, smoking, and distal arterial runoff. The goal of this study was to determine whether patients with critical ischemia undergoing arterial reconstruction in which ischemic lesions appeared spontaneously, compared to those in which the ischemic lesion appeared following an external aggression to the limb present different patterns of evolution. METHODS: From February 2002 to January 2004, 100 patients undergoing infra-inguinal arterial reconstruction were followed. They were divided into 2 groups: 1 the spontaneous group (n = 52, comprising individuals presenting with ischemic lesions of spontaneous origin and 2 the external aggression to the limb group (n = 48, comprising individuals for which an external causal mechanism for the appearance of the ischemic lesion was identified. The variables analyzed were limb salvage and graft functioning rates. RESULTS: Patients with spontaneous lesions had rates of limb salvage and graft functioning significantly lower than those for patients with lesions that were secondary to external aggression (42.3% versus 87.5%, respectively for both outcomes; P OBJETIVO: Diversos fatores preditivos de evolução de enxertos arteriais em pacientes com isquemia grave foram definidos em estudos clínicos como diabetes mellitus, insuficiência renal, fumo e vasão distal. O objetivo deste estudo foi verificar se pacientes com isquemia grave submetidos a revascularização nos quais as lesões apareceram espontaneamente apresentam evolução diferente daquela em que as lesões apareceram após uma agressão externa ao membro. MÉTODOS: De fevereiro de 2002 a janeiro de 2004, 100 pacientes submetidos a revascularizações infra-inguinais foram seguidos. Eles foram divididos em 2 grupos: 1 Grupo com lesão espont

  19. Percepción de la calidad de vida referida por el paciente adulto con trasplante renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Isabel Durán Muñoz

    2014-03-01

    Full Text Available La percepción personal de un individuo de su situación de vida, dentro del contexto cultural y de valores en el que vive, y en relación con sus objetivos, expectativas, valores e intereses, se denomina, calidad de vida. Como en estudios de pacientes crónicos, los factores más influyentes en la percepción de la calidad de vida, se clasifican en: paciente, medicamento, enfermedad y calidad de la interacción entre paciente y sistema sanitario. Objetivos: Describir la percepción que tienen los pacientes sobre su calidad de vida, e identificar factores que influyen en esta percepción. Material y métodos: Estudio descriptivo transversal en pacientes adultos, con trasplante renal, que acuden a nuestra consulta hospitalaria y son autosuficientes en el tratamiento. Todos los pacientes han recibido charlas grupales sobre el manejo de su tratamiento antes del alta. Recogida de datos con cuestionario anónimo autoadministrado: Escala validada: cuestionario de salud SF-12 (versión 2, durante 4 meses. Se excluyeron pacientes que rechazaron participar y que necesitaban ayuda en el manejo del tratamiento. Se estimó un tamaño muestral de 222 pacientes. Variables dependientes: Calidad de vida. Variables independientes: Factores socio-demográficos, tipo inmunosupresores, educación sanitaria recibida por profesionales de la salud. Se solicitó consentimiento informado y se obtuvo informe favorable del Comité Ético de Investigación Clínica. Resultados: Participaron 209 pacientes. Edad media 55,2(±12,15 rango 21-80 años, siendo el 61,8 % hombres. El 42% eran jubilados, el 38,2% tenían estudios secundarios, el 71% convivían en pareja. El inmunosupresor más utilizado: Micofenolato de sodio (MYFORTIC® (65,5% y el 46,7% tomaban dos inmunosupresores. La información sanitaria sobre efectos secundarios la consideran insuficiente un 20,5%. La media de la percepción de la calidad de vida es de 44,72±8,11 para el componente físico y 47,47±8,8 para

  20. Atitudes em relação ao corpo e à alimentação de pacientes com anorexia e bulimia nervosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Cavalcante de Souza

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar como se relacionam as atitudes alimentares e corporais de pacientes com anorexia ou bulimia nervosa. Métodos: Pacientes adultas de um ambulatório especializado, com diagnóstico de anorexia (n = 48 ou bulimia nervosa (n = 58, responderam à Disordered Eating Attitude Scale (DEAS para avaliação das atitudes alimentares e ao Body Attitude Questionnaire (BAQ para atitudes corporais – ambos traduzidos e validados para mulheres jovens do Brasil. A correlação entre os escores da DEAS e do BAQ foi avaliada utilizando o coeficiente de Pearson. Modelos de regressão linear testaram preditores para atitudes alimentares e corporais. Resultados: Pacientes com bulimia apresentam relação com o alimento mais disfuncional – subescala 1 da DEAS (p 0,6 para ambas apenas quando se analisou a relação com o alimento e o sentir-se gorda e entre atitudes corporais como um todo e a relação com o alimento. O escore total da DEAS foi preditor da BAQ total: cada um ponto na DEAS aumenta 0,788 na BAQ (R2 = 0,628. Conclusão: Pacientes com bulimia apresentam pior relação com o alimento e piores atitudes corporais. As atitudes corporais se correlacionaram com as atitudes alimentares, de maneira mais forte para pacientes com anorexia; atitudes alimentares mais disfuncionais predizem pior relação com o corpo para ambos os diagnósticos.

  1. PERCEPÇÕES DA EQUIPE DE ENFERMAGEM FRENTE AO PACIENTE ONCOLÓGICO EM FASE TERMINAL EM UM HOSPITAL DO NOROESTE FLUMINENSE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirian Pimenta FERREIRA

    2015-12-01

    Full Text Available O diagnóstico da patologia câncer gera sentimentos de insegurança, medo, dentre outros, isso por essa patologia está associado ao forte risco de morte. Os profissionais de enfermagem são geralmente as pessoas que lidam rotineiramente com esses pacientes e suas famílias, portanto, tendo de estar apta a prestar atendimento inerente a sua função como também apoio na esfera psicológica a esses pacientes e familiares, no decorrer do processo do adoecimento. O objetivo deste artigo foi identificar os sentimentos dos profissionais de saúde diante de situações de dor, morte/morrer de pacientes em uma unidade oncológica. A amostra foi constituída de 57 profissionais de saúde tendo como critério serem enfermeiros, técnicos de enfermagem ou auxiliares de enfermagem do setor de oncologia do Hospital São José do Avaí, situado na cidade de Itaperuna/RJ, que responderam a um questionário semi-estruturado contendo perguntas abertas e fechadas. As respostas apontaram situações geradoras de sentimentos como medo, impotência e dificuldade em lidar com a morte e o uso de estratégias (mecanismos psicológicos com a intenção de não se deixarem abater com situações extremas vivenciadas e as ações colaborativas prestadas por esses profissionais na tentativa de minimizar o sofrimento do paciente terminal e seus familiares. Esses profissionais contribuem com ações importantes que podem minimizar o sofrimento do paciente terminal e sua família e que precisam também de ser cuidados psicologicamente para suportarem a vivencia com situações tão extremas.

  2. Calidad de vida en el paciente pediátrico con Enfermedad Renal Crónica Quality of life in paediatric patients with Chronic Renal Disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo Jesús López Soto

    2012-12-01

    Full Text Available Objetivos: Conocer la producción científica en los últimos seis años sobre la calidad de vida de los pacientes pediátricos con enfermedad renal crónica. Métodos: Las bases de datos consultadas fueron PubMed, Scopus, Science Direct, ProQuest, Web of Knowledge y SciVerse. Sólo se incluyeron los artículos científicos escritos en inglés o español y que tuvieran un diseño de corte transversal. Las principales variables que afectan a la calidad de vida eran analizadas, entre las que destacaba la modalidad terapéutica. Además, se estudió los distintos cuestionarios de medición de la calidad de vida, así como las diferencias en la percepción entre los pacientes y sus familias. Resultados: Trece documentos fueron encontrados: sólo uno de ellos empleó un cuestionario específico para este tipo de pacientes, diez cuestionarios generales y los dos documentos que empleaban los dos tipos. Los cuestionarios generales estudiaban la variable de "modalidad terapéutica" que se emplea, así como otros factores que afectan a la calidad de vida tales como trastornos del sueño y mentales; por otro lado, el cuestionario específico sólo estudió la variable "modalidad terapéutica". En los dos estudios que emplean ambos tipos de cuestionarios la principal variable de estudio es la "modalidad terapéutica" y se permite una comparación entre los dos tipos de cuestionarios. La mayor parte de los estudios emplean un informe parental para determinar la calidad de vida del paciente pediátrico con enfermedad renal crónica. Conclusiones: Los pacientes pediátricos con enfermedad renal crónica tienen una peor calidad de vida que los pacientes pediátricos con otras enfermedades crónicas tales como diabetes. Los niños trasplantados o en tratamiento conservador poseen una mejor calidad de vida que los sometidos a tratamiento sustitutivo.Aims: To look for the scientific literature in the last six years about the quality of life of pediatric patients

  3. Densidad mineral ósea y adecuación de la dieta en pacientes con enfermedad renal crónica en hemodiálisis

    OpenAIRE

    Fernando Carrasco; Marcelo Cano; Jean Camousseigt; Pamela Rojas; Jorge Inostroza; Rubén Torres

    2013-01-01

    Introducción: La desnutrición es común en la enfermedad renal crónica (ERC), junto a una menor masa muscular y densidad mineral ósea (DMO), aumentando el riesgo de morbilidad. Objetivo: Comparar la composición corporal (CC), DMO y el contenido mineral óseo (CMO) entre pacientes con ERC y sujetos sanos, relacionándolos con ingesta energética, de macro y micronutrientes. Métodos: Se evaluó CC en 30 pacientes en hemodiálisis y 28 voluntarios sanos con DEXA. Los pacientes llenaron tres registros ...

  4. Efeito da aldosterona e da espironolactona na hipertrofia ventricular esquerda em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise

    OpenAIRE

    2014-01-01

    Vários estudos apontam o elevado risco cardiovascular de pacientes com doença renal crônica (DRC). A DRC tem uma intrínseca relação com hipertensão arterial e cardiomiopatia, sendo essa última caracterizada principalmente por hipertrofia ventricular esquerda (HVE) e fibrose do miocárdio, importantes preditores de mortalidade cardiovascular nos pacientes com DRC. A redução da HVE é associada a aumento da expectativa de vida desses pacientes. A espironolactona é um esteróide sintético, que atua...

  5. Chronic kidney disease: information on southern brazilian patients with kidney disease = Insuficiência renal crônica: conhecendo o paciente nefropata sulbrasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roger Haruki Yamakawa

    2012-10-01

    Full Text Available The profile of patients undergoing haemodialysis in the dialysis unit of Hospital Santa Casa de Maringá, Maringá PR Brazil, is provided. A questionnaire on social and economic data and underlying diseases prior to the Chronic Kidney Disease (CKD identified the patients’ profile. The project was approved by the Ethics Committee of the institution. Eighty-three patients, with 54.21% males, were interviewed. Age bracket ranged between 20 and 59 years in 65.06% of patients. Only 27.71% maintained jobs after the diagnosis and the start of treatment; 63.86% had an average personal income between 1 and 3 minimum wages; 63.85% did not practice any physical activity. Moreover, 53.01% belonged to the European-Brazilian white group; 20.48% to the Afro-Brazilian brown group; 19.28% to the Afro-Brazilian Negro group; 6.02% to other ethnic groups. Further, 85.54% patients reported having an underlying disease prior to the CKD, namely, 61.45% were hypertensive; 31.33% were diabetics and 20.48% had other diseases. Results show the need of a greater attention to these patients’ health care to reduce the negative impacts related to the chronic disease focused.Este estudo teve como objetivo identificar o perfil dos pacientes em tratamento hemodialítico do setor de diálise do Hospital Santa Casa de Maringá - Paraná, Brasil. Para a identificação do perfil destes pacientes foi utilizado um questionário contendo questões que abrangem dados socioeconômicos e doenças de base anteriores à Insuficiência Renal Crônica (IRC. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da instituição. Entre os 83 pacientes entrevistados, 54,21% eram do sexo masculino. A faixa etária variou de 20 a 59 anos para 65,06% dos pacientes. Somente 27,71% continuaram trabalhando após o diagnóstico e início do tratamento. A renda pessoal média ficou entre um e três salários mínimos para 63,86% dos indivíduos. A atividade física está ausente em 63

  6. Malformaciones congénitas renales en el paciente pediátrico de la provincia de Mayabeque

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mercedes Silva Rojas

    2014-08-01

    Full Text Available Las anomalías congénitas del riñón y del tracto urinario representan un porciento importante de todas las anomalías identificadas en el periodo neonatal, dando lugar a una amplia variedad de desórdenes; por este motivo se implementó la presente investigación, con el objetivo de describir el comportamiento de las malformaciones congénitas renales en la edad pediátrica, ocurridas en la provincia de Mayabeque durante el segundo semestre del año 2013. Se realizó un estudio descriptivo prospectivo de corte transversal, con el universo de los niños atendidos en la consulta de nefrología pediátrica provincial del Hospital General Docente “Aleida Fernández Chardiet”, del municipio de Güines, en la referida provincia. La muestra quedó conformada por los 18 niños con malformaciones renales, que fueron atendidos de julio a diciembre de 2013. En el 50% de ellos se les realizó el diagnosticó durante el primer año de vida y predominó en el sexo masculino (66,6%. El 50% asistió a consulta por infección del tracto urinario y todos los pacientes presentaron alteraciones en el ultrasonido y la gammagrafía. Estos resultados permiten conocer el comportamiento de las malformaciones renales y tomar una conducta adecuada para mejorar la calidad de vida en estos pacientes

  7. Detecção de anticorpos IgM nas infecções primárias e secundárias pelo citomegalovírus em pacientes submetidos a transplante renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Sergio Pannuti

    1987-10-01

    Full Text Available Foram acompanhados 27 pacientes submetidos a transplante renal para avaliação do comportamento dos anticorpos IgM e IgG CMV-específicos. Dos 27 casos estudados, 17 (63,0% tinham anticorpos IgG, detectados pela reação de fixação de complemento (RFC, antes de serem submetidos ao transplante, e 10 (37,0% eram soro negativos. A pesquisa de anticorpos IgM (técnica de imunofluorescência indireta foi negativa em todas as amostras pré transplante. Num período de acompanhamento que variou de 28 a 425 dias (média de 115 dias após o transplante, observou-se que 20 dos 27 (74,1% apresentaram evidências sorológicas de infecçáo pelo CMV, ocorrendo a maioria dos casos (14/20, 70% em pacientes que já tinham anticorpos para o CMV antes do transplante. A pesquisa de anticorpos IgM CMV-específicos foi positiva em 12 dos 14 pacientes com evidências sorológicas de reinfecção ou reativação da infecção pelo CMV, e em 100% (6/6 dos pacientes com infecção primária. Dentre os 10 pacientes acompanhados por mais de 4 meses, somente 1 (10% negativou o IgM neste período.

  8. Lesão renal aguda em crianças: incidência e fatores prognósticos em pacientes gravemente enfermos Acute kidney injury in children: incidence and prognostic factors in critical ill patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kenia Machado Souza Freire

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Lesão renal aguda caracteriza-se pela redução súbita e, em geral, reversível da função renal com perda da capacidade de manutenção da homeostase do organismo. Em pediatria, as principais causas de lesão renal aguda são sepse, uso de drogas nefrotóxicas e isquemia renal nos pacientes criticamente enfermos. Nesses pacientes, a incidência de lesão renal aguda varia de 20 a 30%, resultando em aumento da taxa de morbi-mortalidade de 40 a 90%. Este estudo tem como objetivo avaliar a incidência de lesão renal aguda nos pacientes internados em unidade de terapia intensiva, classificar a gravidade da lesão renal aguda de acordo com o Pediatric Risk, Injury, Failure, Loss, End-Stage (pRIFLE, analisar a relação entre lesão renal aguda e a gravidade através do Pediatric Index of Mortality (PIM e estudar os fatores prognósticos associados. MÉTODOS: Realizou-se um estudo prospectivo entre julho de 2008 a janeiro de 2009 dos pacientes internados na unidade de terapia intensiva pediátrica do Hospital Infantil Joana de Gusmão - Florianópolis (SC - Brasil. Todos os pacientes foram analisados diariamente através do débito urinário e creatinina sérica e classificados de acordo com pRIFLE. RESULTADOS: No período de acompanhamento foram internadas 235 crianças. A incidência de lesão renal aguda foi de 30,6%, sendo que o pRIFLE máximo durante a internação foi de 12,1% para R, 12,1% para I e 6,4% para F. A taxa de mortalidade foi de 12,3%. Os pacientes que evoluíram com lesão renal aguda apresentaram risco dez vezes maior de óbito em relação aos não expostos. CONCLUSÃO: Lesão renal aguda é uma entidade comum nos pacientes críticos. O diagnóstico precoce a e instituição imediata de medidas terapêuticas adequadas a cada situação clínica podem alterar o curso e a gravidade do envolvimento renal reduzindo a morbi-mortalidade do paciente.OBJECTIVES: Acute kidney injury is characterized by sudden and generally

  9. CARACTERÍSTICAS DO ATENDIMENTO AOS PACIENTES COM DOR PRECORDIAL NO PRONTO ATENDIMENTO DE UM HOSPITAL GERAL

    OpenAIRE

    Faria, Selma de Lima; Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa de São José dos Campos, SP, Brasil.; Machado, Regimar Carla; Universidade do Vale do Paraíba. Universidade Federal de São Paulo. Hospital Santa Catarina- São Paulo.; Gianvecchio, Carolina Vivian; Angiocenter Hemodinâmica e Angiografia Digital Cerebral de São José dos Campos. São José dos Campos, SP, Brasil.

    2012-01-01

    A I Diretriz da Dor Torácica de 2002 recomenda que o paciente com suspeita de Síndrome Coronariana Aguda (SCA) na sala de emergência deva ser submetido a um eletrocardiograma em 5 a 10 minutos. Esta pesquisa teve como objetivos levantar o tempo de evolução da dor precordial do paciente atendido no pronto atendimento de um hospital geral e mensurar o tempo da realização do eletrocardiograma. Estudo descritivo, exploratório, retrospectivo e com uma abordagem quantitativa por meio de um protocol...

  10. Intervenções de enfermagem aos pacientes com acidente vascular encefálico: uma revisão integrativa de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tahissa Frota Cavalcante

    2011-12-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi analisar o conhecimento sobre as intervenções de enfermagem aos pacientes hospitalizados por acidente vascular encefálico. Realizou-se uma revisão integrativa da literatura a partir de acesso on-line a cinco bases de dados, no mês de setembro de 2009. Utilizou-se os descritores Cuidados de Enfermagem e Acidente Cerebral Vascular nas línguas portuguesa, inglesa e espanhola. Foram encontrados 223 artigos e selecionados 12. Identificou-se nos artigos um maior número de intervenções de enfermagem assistenciais, seguidas das educacionais, gerenciais e de pesquisa. As do domínio assistencial estão mais relacionadas aos aspectos biológicos dos pacientes. Em relação às educativas, os artigos apontam o papel fundamental do enfermeiro, bem como dos familiares e dos cuidadores. A principal intervenção gerencial foi a coordenação dos cuidados. Quanto às intervenções de pesquisa foi identificada apenas uma descrita como o desenvolvimento e aprimoramento da prática de cuidados por meio de evidências clínicas.

  11. Formação médica, ciência e atendimento ao paciente que morre: uma herança em questão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane Brígida Morais Falcão

    Full Text Available Esta pesquisa foi realizada em instituição pública universitária com o objetivo de melhor conhecer visões, valores e atitudes dos médicos docentes em relação aos pacientes em processo de morrer. Trabalhou-se com o conceito de representação social (Moscovici e a metodologia qualitativa de análise do discurso do sujeito coletivo (DSC proposta por Lefèvre e Lefèvre. Os discursos dos investigados revelaram que sofrem muito os médicos, os estudantes e os pacientes diante da morte. Articulados com o predomínio da ótica da biomedicina, prevalecem o despreparo profissional e a ausência de reflexão mais abrangente sobre a morte. Os investigados parecem não perceber relações entre o que falam de si próprios e o que dizem dos estudantes. Alterações na vida institucional parecem necessárias para o enfraquecimento de uma herança não percebida e que envolve médicos, pacientes e estudantes.

  12. Retorno ao trabalho de pacientes adultos submetidos a transplante de fígado Return to work of adults after liver transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Beatriz PAROLIN

    2001-09-01

    Full Text Available Racional — O transplante hepático é hoje o tratamento de eleição das doenças hepáticas avançadas. A melhoria da qualidade de vida após o transplante hepático tem sido objeto de inúmeros estudos e o restabelecimento da capacidade laborativa do indivíduo é um de seus indicadores. Objetivo - Avaliar o índice de retorno ao trabalho em adultos submetidos a transplante hepático e as causas para inatividade no pós-transplante. Pacientes e Métodos - Quarenta e um pacientes adultos (idade ³ 18 anos submetidos a transplante hepático, entre setembro de 1991 a junho de 1999, com sobrevida pós-transplante ³ 9 meses, boa função do enxerto e seguimento clínico regular foram avaliados em relação ao grau de inatividade no período pré e pós-transplante mediante aplicação de questionário. Resultados - Vinte e oito dos 41 pacientes transplantados (68% retornaram ao trabalho após o transplante hepático; o tempo médio decorrido entre a cirurgia do transplante e o retorno ao trabalho foi de 5,9 meses. Onze dos 28 pacientes ativos após o transplante (39% contribuíam efetivamente para a renda familiar. As causas de inatividade após o transplante hepático em 13 pacientes foram: aposentadoria precoce (n = 5, desemprego (n = 4 e incapacidade física (n = 4. Conclusão - O transplante hepático bem sucedido permite a um número considerável de pacientes retornar à atividade laborativa, reassumindo suas funções sociais.Background — Orthotopic liver transplantation is an established therapy for patients with end-stage liver disease. In the last years more attention has been given for the improvement of the quality of life after liver transplantation, and the return to important life pursuits, such as employment, are important goals of this type of therapy. Aim - To assess the work's return rate in liver transplant recipients and the reasons for inability after liver transplant. Patients and Methods - Forty-one adults (age ³ 18

  13. Análise do comportamento do sódio ao longo de 24 horas de terapia renal substitutiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Gomes Romano

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Investigar os fatores clínicos e laboratoriais associados com a variação dos níveis séricos de sódio durante terapia renal substitutiva contínua e avaliar se a fórmula de mixagem perfeita pode prever a variação do sódio nas 24 horas. Métodos: A partir de uma base de dados coletada de forma prospectiva, recuperamos e analisamos os dados referentes a 36 sessões de terapia renal substitutiva realizadas em 33 pacientes, nas quais a prescrição de afluentes permaneceu inalterada durante as primeiras 24 horas. Aplicamos um modelo linear misto para investigar os fatores associados com grandes variações dos níveis séricos de sódio (≥ 8mEq/L e geramos um gráfico de Bland-Altman para avaliar a concordância entre as variações previstas e observadas. Resultados: Nas sessões de terapia renal substitutiva de 24 horas identificamos que SAPS 3 (p = 0,022 e hipernatremia basal (p = 0,023 foram preditores estatisticamente significantes de variações séricas do sódio ≥ 8mEq/L na análise univariada, porém apenas hipernatremia demonstrou uma associação independente (β = 0,429; p < 0,001. A fórmula de mixagem perfeita para previsão do nível de sódio após 24 horas demonstrou baixa concordância com os valores observados. Conclusões: A presença de hipernatremia por ocasião do início da terapia renal substitutiva é um fator importante associado com variações clinicamente significativas dos níveis séricos de sódio. O uso de citrato 4% ou da fórmula A de ácido citrato dextrose 2,2% como anticoagulantes não se associou com variações mais acentuadas dos níveis séricos de sódio. Não foi viável desenvolver uma predição matemática da concentração do sódio após 24 horas.

  14. Co-morbidades e mortalidade de pacientes com doença renal: atendimento terceirizado de nefrologia Co-morbilidad y mortalidad de pacientes con enfermedad renal: atendimiento tercerizado de nefrología Comorbidities and mortality among patients with renal disease: contractual nephrology care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Celedonio de Oliveira

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar as causas de co-morbidades e mortalidade de pacientes com insuficiência renal aguda atendidos na Clínica SARA no ano de 2007; analisar as variáveis pessoais, as co-morbidades e os fatores de risco para mortalidade desses pacientes. MÉTODOS: Estudo descritivo, retrospectivo, quantitativo, abrangendo 232 portadores de insuficiência renal aguda (IRA, em terapia hemodialítica no ano de e, os dados foram coletados através dos prontuários desses pacientes. RESULTADOS: Do total de 232 pacientes, 140 (60,3% pacientes eram do sexo masculino; houve predominância de pacientes com idade entre 61 a 80 anos (37% e o atendimento, na maioria das vezes, foi em Unidade de Terapia Intensiva (66,4%. Dentre as causas de internamento, houve predominância das IRA (87,9%. CONCLUSÃO: Destacam-se, entre as co-morbidades, a insuficiência, infecção respiratória, a hipertensão arterial sistêmica e sepse. As principais causas de óbitos foram a insuficiência respiratória e a sepse.OBJETIVOS: Identificar las causas de comorbidades y mortalidad de pacientes con insuficiencia renal aguda atendidos en la Clínica SARA en el año 2007; analizar las variables personales, las comorbidades y los factores de riesgo de la mortalidad de esos pacientes. MÉTODOS: Estudio descriptivo, retrospectivo, cuantitativo, en la que participaron 232 portadores de insuficiencia renal aguda (IRA, en terapia de hemodiálisis en el año de 2007 y, los datos fueron recolectados de las historias clínicas de esos pacientes. RESULTADOS: Del total de 232 pacientes, 140 (60,3% pacientes eran del sexo masculino; hubo predominio de pacientes con edad entre 61 a 80 años (37% y la atención, en la mayoría de veces, fue en la Unidad de Cuidados Intensivos (66,4%. Entre las causas de internamiento, hubo predominio de las IRA (87,9%. CONCLUSIÓN: Se destacan, entre las comorbidades, la insuficiencia, infección respiratoria, la hipertensión arterial sistémica y la

  15. Plan de cuidados en una paciente con insuficiencia renal aguda. Caso Clínico

    OpenAIRE

    Delgado-Hito, Pilar; Romero García, Marta

    1999-01-01

    La Insuficiencia Renal Aguda puede definirse como una reducción o cese brusco de la función renal. Debido a la importancia del riñón en el mantenimiento del medio extracelular, la disminución aguda de la función renal afectará muchos, en realidad, la mayoría de los sistemas orgánicos. Los síntomas de presentación, curso clínico y complicaciones son manifestaciones de estos...

  16. Suscetibilidade aos agentes quimioterápicos de isolados de Schistosoma mansoni oriundos de pacientes tratados com oxamniquine e praziquantel e não curados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neusa Araújo

    1996-10-01

    Full Text Available Foram estudados dez isolados de Schistosoma mansoni provenientes de pacientes residentes em Itaquara, Bahia, Brasil, tratados com oxamniquine eposteriormente com praziquantel, e ainda assim não curados. Caramujos (Biomphalaria glabrataj foram expostos a miracídios provenientes das fezes dos pacientes. Cercãrías eliminadas por estes caramujos e por moluscos coletados no peridomicílio dos pacientes foram utilizadas para infecção experimental de camundongos albinos. Os animais infectados foram tratados em dose única, via oral, com oxamniquine (25, 50 e 100 mg/kg ou praziquantel (100, 200 e 400mg/kg. Foram realizados estudos de análise e comparação de DNA de cercãrías de S. mansoni eliminadas pelos caramujos e de vermes adultos recolhidos de camundongos infectados experimentalmente com os isolados dos 10 pacientes e ainda de cercãrías de S. mansoni eliminadas por moluscos naturalmente infectados coletados em Itaquara. A cepa LE (mantida rotineiramente no laboratório foi usada como padrão de comparação da resposta aos agentes esquistossomicidas administrados. As respostas terapêuticas foram significativamente diferentes entre alguns dos isolados embora não fosse possível caracterizar nenhum como resistente. A análise dos perfis de amplificação de DNA nas cercãrías e nos vermes adultos dos isolados de S. mansoni demonstrou baixo grau de variabilidade indicando que estes são geneticamente próximos e revelando a ausência de rearranjos globais dentro dos genomas.

  17. Impacto da depressão e outros fatores psicossociais no prognóstico de pacientes renais crônicos El impacto de la depresión y otros factores psicosociales en el pronóstico de pacientes renales crónicos The impact of depression and others psychosocial factors in the prognosis of chronic renal patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Zimmermann

    2004-12-01

    Full Text Available Os autores realizaram uma revisão bibliográfica sobre a depressão e outros fatores psicossociais que poderiam influenciar a evolução dos pacientes renais. Avaliaram trabalhos relativos a depressão, idade, gênero, raça, suporte social e status marital/suporte familiar. Ao final, ficou demonstrado que não existem resultados definitivos nas pesquisas realizadas sobre esses fatores. A idade parece ser um fator que influencia a evolução, mas os fatores de confusão não foram contemplados nos trabalhos examinados, e surgiram evidências fortes de que o gênero não estaria associado à evolução desses pacientes.Los autores realizaron una revisión bibliográfica sobre la depresión y otros factores psicosociales que podrían tener influencia en la evolución de los pacientes renales. Evaluaron trabajos relativos a depresión, edad, género, raza, soporte social y situación marital / soporte familiar. Al final, se demostró que no hay resultados definitivos en las investigaciones realizadas sobre estos factores. La edad parece ser un factor que influye en esta evolución, pero los factores de confusión no se contemplaron en los trabajos examinados. Además, aparecieron fuertes evidencias de que el género no estaría asociado a la evolución de estos pacientes.The authors review the literature on depression and other psychosocial risk factors that may influence the evolution of patients with kidney disease. Studies addressing depression, age, gender, skin color, social support, and marital status/family support were included in the review. The study revealed that trials assessing these factors have not come to a consensus so far. Age seems to be a factor that interferes with disease evolution, but the papers examined did not include confounding factors. Some papers also showed strong evidence that gender is not associated with the evolution of these patients.

  18. Cuidados de enfermagem ao paciente no perioperatório de cortico-amigdalo-hipocampectomía

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cintia Koerich

    2015-01-01

    Full Text Available Este artigo teve como objetivo construir e apresentar um plano de cuidados pré e pós-operatórios para pacientes submetidos à cirurgia de cortico-amígdalo-hipocampectomia (AHC para ser implementado em uma unidade de internação cirúrgica de um Hospital Universitário do Sul do Brasil. Trata-se de um relato de experiência desenvolvida durante o Estágio Supervisionado de Enfermagem por graduandos de enfermagem. Construiu-se um plano com 26 cuidados de enfermagem para pacientes submetidos à cirurgia de AHC, que foi validado por profissionais experts da área. Realizaram-se encontros expositivos e dialogados com a equipe de enfermagem para esclarecer e desmistificar a epilepsia, suas diferentes apresentações de crises e possibilidades de tratamento, bem como apresentar o plano de cuidados elaborado. Essa experiência contribuiu com a formação profissional dos estudantes, assim como forneceu subsídios para a implementação da sistematização da assistência de enfermagem a este paciente específico, considerando o cuidado sistematizado uma ferramenta fundamental no trabalho do enfermeiro.

  19. Arterite de Takayasu com estenose de artéria renal diagnosticada em paciente com 65 anos de idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ellen Simionato Valente

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Arterite de Takayasu é uma doença rara, de etiologia desconhecida, que acomete a aorta e seus principais ramos. É uma patologia, geograficamente mais comum no Sudeste Asiático, que acomete principalmente mulheres em idade reprodutiva. A apresentação clínica é inespecífica, com sinais e sintomas que variam de acordo com o seguimento arterial acometido. O vaso mais comumente afetado é a artéria subclávia, enquanto a estenose de artéria renal é relativamente incomum. Comprometimento cardíaco e associação com outras patologias também podem estar presentes. Apresentamos neste relato o caso de uma paciente idosa com diagnóstico tardio de arterite de Takayasu e várias comorbidades ou complicações relacionadas.

  20. Influencia del tratamiento quirúrgico de la próstata sobre la función renal en pacientes con insuficiencia renal crónica secundaria a hiperplasia prostática benigna

    OpenAIRE

    Aguirre Castañeda, Roxana; Alarcon Isidro, Edith; Del Castillo Mory, Alfonso; García Vera, José; Paucar Zapata, Alex; Quiroga Vera, Fernando; Loza Munárriz, César; Medina Ninacondor, Raúl; Melgarejo Zevallos, Weymar; ZEGARRA MONTES, Luis

    2013-01-01

    Objetivo: Evaluar la influencia del tratamiento quirúrgico sobre la función renal en pacientes con Insuficiencia Renal Crónica (IRC) causada por Hiperplasia Prostática Benigna (HPB). Material y métodos: Es un estudio descriptivo, retrospectivo y analítico de series de casos; cuya variable resultado principal fue el delta de creatinina (creatinina post cirugía - creatinina pre-cirugía), los deltas de creatinina negativos se categorizaron como mejoría de la función renal y los deltas de creatin...

  1. Evaluación de las concentraciones de aluminio en pacientes con terapia de reemplazo renal crónico con hemodiálisis en dos unidades renales en Bogotá, 2008

    OpenAIRE

    Cárdenas Bustamante, Omayda

    2010-01-01

    La exposición crónica a aluminio y la toxicidad relacionada con su absorción por medio de los fluidos de diálisis continúa siendo un problema para muchos pacientes con falla renal crónica, particularmente en países en desarrollo.

  2. Avaliação da aderência aos anti-retrovirais em pacientes com infecção pelo HIV/Aids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lignani Júnior Luiz

    2001-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar a aderência aos anti-retrovirais e os principais fatores preditivos e os motivos para a má-aderência. MÉTODOS: Para avaliar a aderência aos medicamentos, realizou-se um estudo em uma amostra aleatória de 120 pacientes com infecção por HIV/Aids. A avaliação foi feita por auto-relato e complementada com uso de um diário e consulta à farmácia. Foi realizada análise univariada, e utilizados o teste de Student e do qui-quadrado. Calculou-se o odds-ratio como medida de absorção. RESULTADOS: Dos 120 pacientes avaliados, 87 (72,5% eram homens e 33 (27,5% eram mulheres com idade média de 35,5 anos. A maioria era de cor parda, tinha apenas o ensino fundamental, mas estava empregada, com renda de até dois salários-mínimos. O tempo médio de uso de anti-retrovirais foi de 12 meses. A principal indicação para início do tratamento foi a queda na contagem de linfócitos CD4+ a menos de 350 cels./mm³. A maioria estava em uso de três ou mais anti-retrovirais. Foram considerados aderentes 89 pacientes (74%. A principal causa de falhas foram os efeitos colaterais. O nível de escolaridade, a idade e o tempo de uso de anti-retrovirais foram importantes fatores de predição da aderência aos anti-retrovirais. CONCLUSÕES: Admite-se, baseado nas principais causas de falhas e nos fatores de predição de aderência encontrados, que, para melhorar essa aderência, é necessário o uso de esquemas com menos efeitos colaterais e um detalhamento minucioso e constante sobre o tratamento.

  3. Valoración física, condición física y calidad de vida en pacientes con diferentes tratamientos renales sustitutivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonsoles Hernández Sánchez

    2015-06-01

    Full Text Available La actividad física es de vital importancia en pacientes con enfermedad renal crónica, ya que mejora la capacidad funcional de los sujetos e incrementa notablemente su calidad de vida. Para mejorar la calidad de vida en pacientes con tratamiento renal sustitutivo, dializados o trasplantados, deberían ser incluidos programas de actividad física planificados y supervisados por profesionales. Existen varios estudios sobre entrenamiento aeróbico y de fuerza en pacientes con enfermedad renal crónica en hemodiálisis pero pocos sobre la condición física relacionada con la salud en estos pacientes y escasos los referentes a condición física en trasplantados y en pacientes con diálisis peritoneal. El objetivo principal del estudio fue evaluar el nivel de actividad física, condición física y calidad de vida de enfermos renales crónicos con diferentes tratamientos sustitutivos. Material y métodos: 25 enfermos renales crónicos varones de entre 59 y 72 años, que participaron voluntariamente en este estudio, fueron divididos en 3 grupos: trasplantados renales: N=11, hemodializados: N=6, y en tratamiento de diálisis peritoneal: N=8. Se les administró el cuestionario de cuantificación de actividad física YALE, el cuestionario de calidad de vida KDQoL y realizaron la batería de tests Senior Fitness Test (SFT. Resultados: No se encontraron diferencias significativas entre grupos en ninguno de los cuestionarios ni en los tests realizados. Los 3 grupos mostraron valores inferiores que otras poblaciones sanas de referencia de la misma edad. Conclusiones: El tipo de tratamiento sustitutivo en los pacientes con enfermedad renal crónica no influye sobre el nivel de actividad física, condición física ni calidad de vida.

  4. Pain in tropical spastic paraparesis/HTLV-I associated myelopathy patients Dor em pacientes com paraparesia espástica tropical/mielopatia associada ao HTLV-I

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Maurício de Castro-Costa

    2009-09-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Tropical Spastic Paraparesis/HTLV-I Associated Myelopathy (TSP/HAM is a chronic myelopathy, and pain has been mentioned as a frequent sensory symptom in this condition. The authors aimed at analyzing this symptom in a TSP/HAM patients series. METHOD: For this, 46 patients were analyzed considering demographic and clinical characteristics and complaint of pain as to verbal description, time of onset and classification, correlated with the degree of motor disability and type of pain. RESULTS: Among the 46 TSP/HAM patients, 28 (60.8% complained of pain, predominant in the early phase of the disease. Most of the patients exhibited neuropathic characteristics of pain, correlated with increased motor disability. CONCLUSION: Pain in TSP/HAM patients is a frequent and early symptom, and the neuropathic type is predominant (57.1% and paralleled with increased incapacitation. The pathogenic involvement of cytokines may possibly be involved in the meaning of this symptom in this condition.OBJETIVO: A Paraparesia Espástica Tropical/Mielopatia Associada ao HTLV-I (PET/MAH é uma mielopatia crônica, e a dor tem sido mencionada como um sintoma sensitivo freqüente nessa condição. Os autores objetivam analisar esse sintoma numa série de pacientes com PET/MAH. MÉTODO: Para isso, 46 pacientes foram analisados considerando características demográficas e clínicas, e queixa de dor do ponto de vista da descrição verbal, tempo de início e classificação, correlacionados com o grau de incapacitação motora e o tipo de dor. RESULTADOS: Dentre os 46 pacientes com PET/MAH, 28 (60,8% se queixavam de dor, predominando na fase inicial da doença. A maioria dos pacientes evidenciou características de dor neuropática, correlacionada com aumento da incapacitação motora. CONCLUSÃO: A dor em pacientes com PET/MAH é um sintoma freqüente e inicial, sendo o tipo neuropático predominante (57,1% e em paralelo com maior incapacitação. O envolvimento

  5. Subconjunto de conceitos diagnósticos da CIPE® para portadores de doença renal crônica Subconjunto de conceptos diagnósticos de la CIPE® para pacientes con enfermedad renal crónica Subset of ICNP® diagnostic concepts for patients with chronic kidney disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Maria de Sá Basílio Lins

    2013-04-01

    Full Text Available Estudo descritivo, que teve como objetivos propor um subconjunto de diagnósticos de enfermagem para pacientes renais crônicos, no estágio cinco da doença, elaborando-os segundo as orientações da CIPE® e organizando-os de acordo com a Teoria das Necessidades Humanas Básicas de Wanda de Aguiar Horta; e validar o subconjunto de diagnósticos de enfermagem proposto, submetendo-os a especialistas para julgamento de sua pertinência a pacientes renais crônicos, no estágio cinco da doença. Elaborou-se, no total, um subconjunto de 77 diagnósticos de enfermagem, dentre os quais 70 (90% apresentaram um Índice de Concordância ≥ 0.80 entre os juízes, sendo validados. O subconjunto de diagnósticos de enfermagem resultante do estudo é bastante abrangente, acreditando-se em seu potencial para subsidiar uma assistência de enfermagem mais integral ao paciente renal crônico.Estudio descriptivo que tuvo como objetivos proponer un subconjunto de diagnósticos de enfermería para pacientes renal crónicos, en el estadio cinco de la enfermedad, elaborados según las orientaciones de la CIPE® y ordenados de acuerdo a la Teoría de las Necesidades Humanas Básicas de Wanda de Aguiar Horta; y validar el subconjunto de diagnósticos propuesto, sometiendo-os a evaluación de un grupo de expertos que jugaran su pertinencia a los pacientes renal crónicos, en el estadio cinco da la enfermedad. Fueran elaborados, en el total, 76 diagnósticos de enfermería, de entre los cuales 70 (90% presentaran un índice de concordancia ≥ 0,8 entre los expertos, siendo validados. El subconjunto de diagnósticos de enfermería resultado de este estudio es bastante amplio, creyendo-se en su potencial para subsidiar una asistencia de enfermería mas integral al paciente renal crónico.This is a descriptive study, which aimed to propose a subset of nursing diagnoses for chronic renal failure patients in stage five of the disease, developing them according to the

  6. Evolução clínica de pacientes com insuficiência renal aguda em unidade de terapia intensiva Evolución clínica de pacientes con insuficiencia renal aguda en la unidad de cuidados intensivos The clinical outcome of patients with acute renal failure in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucienne Dalla Bernardina

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a evolução clínica de pacientes com insuficiência renal aguda (IRA submetidos a tratamento dialítico e não-dialítico na UTI. MÉTODOS: Estudo prospectivo onde foram incluídos pacientes com idade maior que 18 anos e com creatinina sérica > 1,5 mg/dl. Os pacientes foram divididos em grupo dialítico e não-dialítico. RESULTADOS: Dos 70 pacientes incluídos 19 (27,1% foram do grupo dialítico e 51 (72,9% do grupo não-dialítico. A taxa de mortalidade foi de 42,1% no grupo dialítico e de 33,3% no grupo não-dialítico (pOBJETIVO: Evaluar la evolución clínica de pacientes con insuficiencia renal aguda (IRA sometidos a tratamiento dialítico y no-dialítico en la UCI. MÉTODOS: Se trata de un estudio prospectivo donde fueron incluídos pacientes mayores de 18 años y con creatinina sérica > 1,5 mg/dl. Los pacientes fueron divididos en grupo dialítico y no-dialítico. RESULTADOS: De los 70 pacientes incluídos 19 (27,1% fueron del grupo dialítico y 51 (72,9% del grupo no-dialítico. La tasa de mortalidad fue del 42,1% en el grupo dialítico y del 33,3% en el grupo no-dialítico (pOBJECTIVE:To evaluate the clinical outcome of acute renal failure (ARF patients when submitted to dialysis and non-dialysis treatments in ICU. METHODS: this prospective study included patients over 18 years of age and serum creatinine of >1.5 mg/dl. The patients were included in dialysis and non-dialysis groups. RESULTS: The study included 70 patients, 19 (27.1% comprised the dialysis group and 51 (72.9% the non-dialysis group. In the dialysis group, mortality rate was 42.1% and in the non-dialysis group was 33.3% (p<0.58. CONCLUSION: There were multifactors of ARF in ICU, but ARF is not the single cause for the high mortality rate in ICU patients.

  7. Vivência de uma equipe de enfermagem acerca do cuidado aos pacientes com câncer

    OpenAIRE

    Sinara Raskopf Klüser; Marlene Gomes Terra; Helena Carolina Noal; Annie Jeanninne Bisso Lacchini; Stela Maris de Mello Padoin

    2011-01-01

    Se pretendió comprender cómo el equipo de enfermería percibe el proceso del acto de cuidar al paciente con cáncer que está hospitalizado. Para la investigación se utilizó el enfoque cualitativo de naturaleza fenomenológica basada en el marco teóricofilosófico de Maurice-Ponty y en la hermenéutica de Paul Ricoeur, desarrollada en un Hospital Universitario de Rio Grande do Sul/Brasil. Se realizó una entrevista abierta con nueve profesionales del equipo de enfermería. De los discursos, surgieron...

  8. "Implementação de um atendimento ao paciente diabético utilizando o protocolo Staged Diabetes Management"

    OpenAIRE

    Liudmila Miyar Otero

    2005-01-01

    Trata-se de um estudo quase-experimental, prospectivo, comparativo, do tipo antes e depois, realizado no Centro Educativo de Enfermagem para Adultos e Idosos. Objetivo geral: avaliar o impacto do Protocolo Staged Diabetes Management no controle metabólico dos pacientes diabéticos do Centro Educativo de Enfermagem para Adultos e Idosos da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Objetivos específicos: caracterizar a população do estudo, segundo variáveis sociodemogr...

  9. Pacientes como informadores de eventos adversos: Resultados en diabetes y enfermedad renal Patients informing of adverse events: Results in diabetes and kidney disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.J. Mira

    2012-04-01

    Full Text Available Fundamento. Diabetes y enfermedad renal son factores de riesgo de sufrir eventos adversos (EA. No contamos con estudios sobre la percepción del riesgo de estos pacientes. En este estudio se analiza la frecuencia con la que los pacientes diabéticos y renales describen indicios de un posible EA y su percepción de seguridad de la atención que reciben. Material y métodos. Estudio descriptivo basado en entrevistas a pacientes seleccionados al azar. Estudio de campo realizado entre febrero y mayo de 2010 en 3 centros de salud y 2 hospitales de Alicante y Madrid. Resultados. Respondieron 199 pacientes, 98 diabéticos y 101 con enfermedad renal. Estos últimos acumularon mayor número de indicios de EA (21,8% refirió un EA, 17,8% dos y un 3% 3 o más que los diabéticos (16,3% un EA, 7,1% dos y 7,1% señaló 3 o más. En el último año, 6/98 diabéticos y 10/101 enfermos renales precisaron un tratamiento adicional. La probabilidad que el paciente cree tener de ser víctima de un error con consecuencias graves fue establecida en 1:10. Las mujeres con enfermedad renal creyeron tener una mayor probabilidad de sufrir un error (Chi²=12,7, p=0,002. Los errores clínicos se atribuyeron a la falta de tiempo para atender a todos los pacientes y a la insuficiencia de medios y recursos, sin diferencias estadísticamente significativas entre las submuestras. Los pacientes entrevistados consideraron similar el riesgo de error clínico, accidente de tráfico, atraco. Conclusiones. La información que proporcionan los pacientes puede contribuir a mejorar la seguridad de los procedimientos de trabajo.Background. Diabetes and kidney disease are risk factors for adverse events (AE. There are no other studies on the perception of risk in these patients. This study analyzes the frequency of adverse event triggers reported by diabetic and renal patients and their perception of the risk. Material and methods. Descriptive study based on interviews with randomly

  10. Composición corporal en pacientes con insuficiencia renal crónica y hemodiálisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. M.ª Bravo Ramírez

    Full Text Available Antecedentes: Las alteraciones en el estado nutricio son un hallazgo frecuente en pacientes con enfermedad renal crónica en etapa 5 de la clasificación NKF K/DOQ sometidos a hemodiálisis. El impacto de la enfermedad renal sobre la composición corporal constituye por si mismo un factor de morbimortalidad en esta población, por lo que la evaluación nutricia constituye una estrategia temprana orientada a mejorar su calidad de vida y pronóstico. Objetivo: Evaluar la composición corporal mediante tres métodos en una población adulta con diagnóstico de insuficiencia renal crónica en hemodiálisis. Metodología: Estudio transversal, prospectivo y descriptivo en el que se evaluó la composicióncorporal por medición de panículos adiposos (MPA, impedancia bioeléctrica (IBE y absorciometría de energía dual de rayos X (DEXA. Se calculóla masa grasa (MG y la masa libre de grasa (MLG. Resultados: Se incluyeron 20 pacientes (12 mujeres y 8 hombres, con edad promedio de 51,9 ± 19,3 años, peso de 59,5 ± 10,5 kg. e índice de masa corporal de 24,9 ± 3,1 Kg/m². Los valores promedio de MLG por cada uno de los métodos fueron de 42,4 ± 8,6 kg (MPA, 43,6 ± 8,9 kg (DEXA y 42,8 ± 10,2 kg (IBE. Los valores de MG promedio fueron de 17,2 ± 6,2 kg (MPA, 15,9 ± 6,9 kg (DEXA y 16,9 ± 6,9 kg (IBE. Existió correlación en los resultados derivados de los tres métodos utilizados. Los coeficientes de correlación fueron en MLG 0,982 (MPA vs IBE, 0,963 (MPA vs DEXA y 0,947 (IBE vs DEXA. Y para MG, 0,975 (MPA vs IBE, 0,925 (MPA vs DEXA y 0,898 (IBE vs DEXA. Conclusión: Se evidenció un incremento en la cantidad de MG en la población estudiada. La cantidad de MLG se encontró dentro de los rangos de referencia. No existió evidencia de desnutrición proteica. La MPA y el IBE permiten evaluar de manera confiable la composición corporal en pacientes mexicanos con enfermedad renal crónica sometidos a hemodiálisis, los resultados obtenidos son

  11. Factores influyentes en adherencia al tratamiento en pacientes con riesgo cardiovascular Fatores influentes na aderência ao tratamento em pacientes com risco cardiovascular Influential factors in adherence to treatment in patients with cardiovascular risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alba Luz Rodríguez Acelas

    2010-06-01

    Full Text Available Objetivo: describir y analizar los factores que influyen en la adherencia al tratamiento farmacológico y no farmacológico en pacientes con riesgo de enfermedad cardiovascular en la Fundación Cardiovascular de Colombia. Metodología: estudio descriptivo-metodológico, realizado con 172 pacientes hospitalizados y de consulta ambulatoria. El instrumento aplicado fue diseñado por Bonilla (8, su utilidad es evaluar la adherencia a los tratamientos farmacológicos y no farmacológicos en pacientes con factores de riesgo de enfermedad cardiovascular, tiene pruebas de validez facial y contenido (0,91, consistencia interna por test-retest estadísticamente significativo y coeficiente alfa de Cronbach (0,85; este último hallado en el presente estudio. Resultados: 80,8% de las personas presentan alto riesgo de no adherirse, 12,8% con ventajas y 6,4% no muestra adherencia a los tratamientos. Las edades oscilaron entre 23-85, la asistencia a la institución en mujeres fue 63,4% respecto a hombres (36,6%. Asimismo, se evidenció que la adherencia beneficia el factor relacionado con el paciente. En contraste, disminuyen los factores relacionados con el proveedor: sistema y equipo de salud, con la terapia y el factor socioeconómico. Discusión y conclusiones: entre los factores que apoyan la adherencia se encuentra el reconocimiento de la enfermedad, confianza en el tratamiento, apoyo de redes sociales y respaldo de la institución. A diferencia, debilitan la adherencia las dificultades económicas, falta de permisos, dificultades en modificar hábitos y déficit de conocimientos. Los resultados reflejan la necesidad de fortalecer a los profesionales de la salud en el manejo de la adherencia desde los ámbitos académicos y la creación o fortalecimiento de los programas educativos en las instituciones de salud.Objetivo: descrever e analisar os fatores que influem na aderência ao tratamento farmacológico e não farmacológico em pacientes com risco de

  12. Factores influyentes en adherencia al tratamiento en pacientes con riesgo cardiovascular Influential factors in adherence to treatment in patients with cardiovascular risk Fatores influentes na aderência ao tratamento em pacientes com risco cardiovascular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gómez Ochoa Ana Maritza

    2010-04-01

    of cardiovascular disease at Fundación Cardiovascular de Colombia. Methodology: descriptive-methodological study, carried out with 172 in and out patients. The instrument applied was designed by Bonilla (8; its utility is to assess the adherence to pharmacological and non-pharmacological treatments in patients with risk factors of cardiovascular disease. The instrument has face and content validity tests (0,91, statistically significant test-restest internal consistency and Cronbach´s alpha coefficient (0,85; the latter was determined in this study. Results: 80,8% of the people had a high non-adherence risk, 12,8% with advantages and 6,4% does not show adherence to the treatments. Ages varied between 23-85, visit of women to the health institution was 63,4% compared to men (36,6%. Similarly, it showed that adherence benefits the patient related factor. In contrast, provider related factors see a reduction: health system and equipment, with therapy and socio-economic factor. Discussion and conclusions: among the factors that support adherence, we found acceptance of the disease, confidence in the treatment, support from social networks and support provided by the institution. On the other hand, adherence is weakened by financial difficulties, lack of permits, difficulties encountered when changing habits and lack of knowledge. The results reflect the need to strengthen health professionals in the handling of adherence from the academic field and the creation or strengthening of educational programs at health institutions’ level.Objetivo: descrever e analisar os fatores que influem na aderência ao tratamento farmacológico e não farmacológico em pacientes com risco de doença cardiovascular na Fundação Cardiovascular da Colômbia. Metodologia: estudo descritivo – metodológico realizado com 172 pacientes hospitalizados e de consulta ambulatória. O instrumento aplicado foi desenhado por Bonilla (8 e é útil para avaliar a aderência aos tratamentos

  13. Perfil clínico y funcional de los pacientes con insuficiencia cardíaca sistólica y disfunción renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ADRIANA ACOSTA

    2009-01-01

    Full Text Available RESUMENIntroducciónLa disfunción renal está fuertemente asociada con la insuficiencia cardíaca crónica. Es unacomplicación habitual y progresiva de esta condición, con una evolución clínica que fluctúacon la clase funcional y el tratamiento farmacológico.ObjetivosDefinir la prevalencia y el perfil clínico y funcional de pacientes con disfunción renal en elcontexto de insuficiencia cardíaca con baja fracción de eyección.Material y métodosEn 132 pacientes con insuficiencia cardíaca y fracción de eyección < 40% se midió la depuración de creatinina. Se definió disfunción renal a una depuración de creatinina < 60 ml/min. Se realizaron analítica sanguínea, ecocardiograma, bioimpedanciometría y caminatade 6 minutos.ResultadosLa prevalencia de disfunción renal fue del 43,2% (57 pacientes. Comparados con el resto,en estos pacientes hubo mayor prevalencia de sexo femenino, mayor edad y menos frecuentementeetiología coronaria. En el laboratorio tuvieron valores menores de hemoglobina,albúmina, ferritina y triyodotironina y mayor prevalencia de troponina T dosable. Fueronmenores el índice de masa corporal (IMC, la tasa metabólica basal, la masa muscular y elángulo de fase, mientras que la relación agua extracelular/agua corporal total fue mayor. Ladistancia recorrida en la prueba de 6 minutos fue menor. Respecto del tratamiento, sólodifirió el uso de betabloqueantes y amiodarona. En el análisis multivariado, la edad, el nivelde NT-proBNP, la presencia de troponina T positiva y la masa muscular como variable continuafueron predictores independientes de disfunción renal en pacientes con insuficienciacardíaca sistólica.ConclusionesLa disfunción renal es frecuente en pacientes con insuficiencia cardíaca con baja fracciónde eyección y se vincula con características distintivas que pueden contribuir a explicar elcuadro clínico.REV ARGENT CARDIOL 2009;77:286-292.

  14. Má percepção da limitação aos fluxos aéreos em pacientes com asma moderada a grave

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOUZA-MACHADO ADELMIR

    2001-01-01

    Full Text Available Introdução: Este estudo avaliou a percepção da obstrução das vias aéreas em pacientes ambulatoriais com asma moderada a grave e a capacidade da ausculta torácica em identificar a limitação aos fluxos aéreos. Métodos: Trinta e três pacientes foram avaliados em sete visitas semanais usando escores de sintomas por meio de escala visual analógica de sintomas (EVAS, 0-100mm, índice clínico de hiper-reatividade brônquica (1-10, a classificação clínica de gravidade da asma (GINA, 1-4 e um escore de ausculta torácica (EAT, 0-5, espirometria e pico de fluxo expiratório (PFE, que foram correlacionados por meio do coeficiente de Spearman. Os pacientes foram classificados como percebedores (--1 £ r < 0 e não percebedores (0 <= r <= 1 através das correlações entre a EVAS para dispnéia e o VEF1. A correlação entre a ausculta e a obstrução brônquica foi considerada acurada quando um r <= --0,5 (EAT vs. VEF1 era observado. Resultados: Dezessete asmáticos (51,5% não perceberam acuradamente o grau de obstrução das vias aéreas (não-percebedores. Nenhuma característica clínica pôde distinguir os grupos. Apenas 39,4% das correlações individuais entre EAT e VEF1 indicaram discriminação acurada pela ausculta. Asma grave não foi associada com ausculta não-acurada ou com má percepção neste estudo. Conclusão: Uma proporção significativa desta amostra de asmáticos não percebeu acuradamente a obstrução das vias aéreas. Além disso, o exame torácico mostrou ser um marcador inadequado da limitação aos fluxos aéreos em asmáticos moderados a graves, estáveis e ambulatoriais.

  15. Análise de prontuários de pacientes oncológicos quanto ao monitoramento auditivo Analyzing medical records of oncologic patients for audiological monitoring

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Cunha da Costa

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: realizar uma análise retrospectiva dos prontuários de pacientes oncológicos quanto ao monitoramento auditivo. MÉTODOS: foram utilizados os prontuários dos pacientes em atendimento durante os meses de setembro a novembro de 2006. A amostra constituiu-se de 25 prontuários de indivíduos com idade compreendida entre um e 53 anos. Foram analisados os dados quanto aos seguintes aspectos: idade, sexo, classificação do câncer, tempo de apresentação da doença, medicamentos utilizados, tempo de tratamento quimioterápico, doenças associadas, realização de avaliação otorrinolaringológica e audiológica. RESULTADOS: verificou-se a falta de acompanhamento audiológico e otorrinolaringológico. A Vincristina foi o medicamento ototóxico mais utilizado. O tipo de câncer de maior ocorrência no setor foi a Leucemia Linfocítica aguda. O tempo que os indivíduos apresentavam o câncer foi de aproximadamente 16 meses e o tempo de tratamento quimioterápico desses pacientes foi em torno de 11 meses. Observou-se, também, a presença de doenças associadas ao câncer nos indivíduos pesquisados. CONCLUSÃO: constatou-se a necessidade de se instalar programas de monitoramento auditivo nos setores que realizam quimioterapia em pacientes oncológicos, uma vez que este tratamento utiliza medicamentos ototóxicos em diversas patologias.PURPOSE: to accomplish a retrospective analysis for medical records of oncologic patient for audiological monitoring. METHODS: the patients' medical records in attendance were used from September to November, 2006. The sample constituted of 25 medical records of individuals with ages between 1 and 53-year old. The data were analyzed as for the following aspects: age, sex, cancer classification, time having the disease, used drugs, time of chemotherapy treatment, associated diseases, accomplishment of otorhinolaryngologic and audiologic evaluation. RESULTS: we verified the lack of audiologic and

  16. Cuantificación del deterioro funcional durante seis meses en pacientes renales en estadio terminal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucía Ortega Pérez de Villar

    2015-12-01

    Full Text Available Introducción: Los pacientes en tratamiento de diálisis presentan una disminución de la función física, sin embargo, no hay estudios que demuestren el ritmo al que se produce este deterioro funcional. El objetivo principal es cuantificar el deterioro funcional de los pacientes en tratamiento de diálisis durante seis meses. Métodos: 43 pacientes en tratamiento de diálisis de dos centros de Valencia (España (edad 61.3 (14.7 años fueron analizados después de 6 meses. Los participantes completaron el Short Physical Performance Battery, equilibrio monopodal, el Timed Up and Go Test, Sit to stand to Sit Test 10 y 60, dinamometría de mano; elevación de talón y 6 minutos marcha. Además se recogieron datos de las historias clínicas y de las analíticas. Resultados: Tres de las pruebas mejoraron significativamente tras el periodo de 6 meses de observación: el Sit To Stand 10, la dinamometría de la mano derecha y la dinamometría de la mano izquierda, pero sin alcanzar un cambio clínico relevante. Por otro lado, otras medidas no obtuvieron un deterioro significativo como fueron el Short Physical Performance Battery, el Sit to Stand 60, la elevación del talón izquierdo y el 6 minutos marcha. Conclusiones: Después de 6 meses, en ninguna de las pruebas de capacidad funcional se observa un deterioro significativo. Se recomienda a los centros de hemodiálisis realizar un seguimiento de capacidad funcional anualmente, ya que con un periodo de 6 meses no se encuentran cambios significativos.

  17. Prevenindo pneumonia nosocomial: cuidados da equipe de saúde ao paciente em ventilação mecânica invasiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izaura Luzia Silvério Freire

    2006-12-01

    Full Text Available Estudo exploratório e descritivo de abordagem quantitativa, realizado na Urgência e UTI, com vistas a identificar os cuidados prestados pelos profissionais e a associação entre a VM e o aparecimento de pneumonia. A população foi de 68 profissionais. Dos 38 pacientes intubados, 17 foram a óbito e 4 extubados antes de completarem 48 horas; 13 tiveram diagnóstico de PAVM, 4 com 72 horas e 9 após esse período. Feito cultura de secreção traqueal em 10 pacientes cuja etiologia mais freqüente foi a Pseudomonas aureus. Quanto aos cuidados realizados antes da VM nos ventiladores mecânicos, circuitos respiratórios e umidificadores, em 25 não foram realizadas a limpeza e desinfecção; 21 foram montados sem técnica asséptica; no momento da instalação o ventilador foi testado 26 vezes com pulmão não estéril; o condensado, presente em 87 vezes foi descartado em 70; 52 vezes os profissionais não lavaram as mãos após esse procedimento; em 11 das 17 intubações, o médico não lavou as mãos antes; nenhum utilizou EPI; das 313 aspirações, em 249 as mãos não foram lavadas antes; das 176 dietas introduzidas, em 141 vezes não houve interrupção durante a aspiração; 232 vezes o soro fisiológico estava estéril; em menos da metade, as mãos foram lavadas após; a fisioterapia respiratória foi realizada 70 vezes e desses, em 45, os profissionais não realizaram lavagem prévia das mãos; 33 não interromperam a dieta. Predominou a mudança de decúbito no horário da manhã. Concluímos que dos 17 pacientes que permaneceram no estudo, 13 tiveram diagnóstico de PAVM entre 48 e após 72 horas de uso da VM e os dados obtidos nas observações estruturadas sinalizam para o risco desses pacientes terem PAVM.

  18. Composición corporal en pacientes con insuficiencia renal crónica y hemodiálisis Body composition in chronic kidney disease patients and haemodialysis

    OpenAIRE

    A. M.ª Bravo Ramírez; A. Chevaile Ramos; G. F. Hurtado Torres

    2010-01-01

    Antecedentes: Las alteraciones en el estado nutricio son un hallazgo frecuente en pacientes con enfermedad renal crónica en etapa 5 de la clasificación NKF K/DOQ sometidos a hemodiálisis. El impacto de la enfermedad renal sobre la composición corporal constituye por si mismo un factor de morbimortalidad en esta población, por lo que la evaluación nutricia constituye una estrategia temprana orientada a mejorar su calidad de vida y pronóstico. Objetivo: Evaluar la composición corporal mediante ...

  19. Cirugía percutánea de la litiasis renal en la era de la litotripsia extracorpórea: Experiencia en 301 pacientes

    OpenAIRE

    Castillo C,Octavio A; VIDAL M,IVAR; CAMPOS P,RODRIGO; Sepúlveda T,Francisco; FONERÓN V,ALEJANDRO; FERIA F,MIGUEL

    2010-01-01

    Introducción: La cirugía percutánea (CP) de la litiasis renal fue introducida en la urología hace más de 20 años. Poco después lo hizo la litotripsia extracorpórea (LEC). Nuestro objetivo es mostrar la experiencia en CP luego de la introducción de la LEC en nuestro servicio. Material y Métodos: Se analizan en forma retrospectiva los resultados de 301 pacientes operados por CP por litiasis renal. La serie comienza con la adquisición de un litotriptor extracorpóreo en nuestro servicio. Resultad...

  20. Evaluación de la composición corporal en pacientes con insuficiencia renal crónica Body composition assessment in patients with chronic renal failure

    OpenAIRE

    Cano, M.; J. Camousseigt; F. Carrasco; Rojas, P.; J. Inostroza; Pardo, A.; Faundez, V.; P. Loncon; PACHECO A; M.ª E. Sanhueza

    2010-01-01

    Introducción: La evaluación de la composición corporal es de gran importancia en la pesquisa temprana de alteraciones en el estado nutricional por déficit o por exceso, sin embargo existen pocos métodos de campo confiables para este objetivo en pacientes con insuficiencia renal crónica (IRC). Objetivo: Evaluar la confiabilidad de estimaciones de composición corporal con distintos métodos en comparación con absorciometría de rayos X de doble energía (DEXA) como método de referencia, en pacient...

  1. Efeito do exercício resistido intradialítico em pacientes renais crônicos em hemodiálise Effect of resistance exercise intradialytic in renal patients chronic in hemodialysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Ribeiro

    2013-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Pacientes com doença renal crônica (DRC quando submetidos ao exercício resistido (ER apresentam substancial melhorias de muitas funções, em especial os relacionados ao sistema cardiovascular, respiratório, muscular e na qualidade de vida (QV. Não existem avaliações do impacto de exercício simples e factíveis em pacientes com DRC associada ao Diabetes Mellitus (DM durante o período intradialítico. OBJETIVO: Estudar o papel do exercício resistido no tratamento e na qualidade de vida em pacientes submetidos à hemodiálise crônica (HD. Assim, submetemos pacientes com DRC e DM ao ER durante a hemodiálise. MÉTODOS: Quinze pacientes em cada grupo: 1: DM com DRC submetidos ao ER; 2: DM com DRC sedentários; 3: DRC e ER e, 4: DRC sedentários. Avaliações durante oito semanas, com ER três vezes na semana. Avaliação laboratorial, teste de força muscular (FM e QV (SF-36. RESULTADOS: O ER induziu melhoria na glicemia e na FM com discretas, mas significantes alterações na uréia e, K (p INTRODUCTION: Patients with chronic kidney disease (CKD when subjected to resistance exercise (RE show substantial improvements in many functions, especially those related to the cardiovascular system, respiratory, muscular and quality of life (QOL. There are no evaluations of the impact of exercise simple and feasible in patients with CKD associated with Diabetes Mellitus (DM during the intradialytic period. Thus, patients with CKD and submit to the DM + RE during hemodialysis. OBJECTIVE: To study the role of resistance exercise in the treatment and quality of life in patients undergoing chronic hemodialysis (HD. METHODS: 15 patients in each group: 1: DM with CKD and RE; 2: DM + CKD sedentary; 3: CKD + RE and 4: DRC sedentary. They were evaluated during eight weeks, with RE three times a week. Parameters: Laboratory assessments, muscle strength testing (FM and QV (SF-36. RESULTS: RE induced improvement in glucose and FM with subtle but

  2. Relación del estado de salud bucal y condiciones socioeconómicas en el paciente con enfermedad renal crónica en tratamiento

    OpenAIRE

    Navia Jutchenko, María Fernanda; Muñoz López, Eliana Elisa; López Soto, Olga Patricia

    2013-01-01

    Objetivo Caracterizar la salud bucal en pacientes tratados con diferentes tipos de diálisis o con trasplante renal.Materiales y Método Este trabajo descriptivo consideró 336 pacientes, el 49 % recibía hemodiálisis, 34 % diálisis peritoneal, 7 % prediálisis y 10 % trasplante renal. La información fue tomada de una base de datos inicial que en este artículo aplicó un análisis multivariado. Las variables ilustrativas fueron edad, género, estado civil, ocupación, educación, índice de higiene oral...

  3. Perfil clínico y funcional de los pacientes con insuficiencia cardíaca sistólica y disfunción renal

    OpenAIRE

    ADRIANA ACOSTA; MÁXIMO MIGLIORI; NORA VAINSTEIN; JAVIER C. MARINO; RAMIRO GUGLIELMONE; MARCELO S. TRIVI; MÓNICA SULTÁN; FERNANDO BRITES; JORGE M. THIERER

    2009-01-01

    RESUMENIntroducciónLa disfunción renal está fuertemente asociada con la insuficiencia cardíaca crónica. Es unacomplicación habitual y progresiva de esta condición, con una evolución clínica que fluctúacon la clase funcional y el tratamiento farmacológico.ObjetivosDefinir la prevalencia y el perfil clínico y funcional de pacientes con disfunción renal en elcontexto de insuficiencia cardíaca con baja fracción de eyección.Material y métodosEn 132 pacientes con insuficiencia cardíaca y fracción d...

  4. Resumen ejecutivo del documento de consenso sobre el manejo de la patología renal en pacientes con infección por VIH

    OpenAIRE

    Górriz, José Luis; Gutiérrez, Félix; Trullás Vila, Joan Carles; Arazo, Piedad; Arribas, José Ramón; Barril, Guillermina; Cervero, Miguel; Cofán, Frederic; Domingo, Pere; Estrada, Vicente; Fulladosa, Xavier; Galindo, María J.; Gracia, Silvia; Iribarren, José A.; Knobel Freud, Hernando Javier

    2014-01-01

    El objetivo de este documento es actualizar las recomendaciones sobre la evaluación y el manejo de la afectación renal en pacientes con infección por el VIH del año 2010. La función renal debe monitorizarse en todos los pacientes e incluir la medida de la concentración sérica de creatinina, la estimación del filtrado glomerular (ecuación CKD-EPI), la medida del cociente proteína/creatinina en orina y un sedimento urinario. El estudio básico de la función tubular ha de incluir la concentración...

  5. Adherencia a tratamientos en pacientes con factores de riesgo cardiovascular Aderência ao tratamento em pacientes com fatores de risco cardiovascular Adherence to treatments in patients with cardiovascular risk factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    INNA ELIDA FLÓREZ TORRES

    Full Text Available Objetivo: Describir los factores que influyen en la adherencia a los tratamientos en pacientes con factores de riesgo de enfermedad cardiovascular de un hospital de tercer nivel de la ciudad de Cartagena, Colombia. Metodología: Estudio descriptivo-metodológico, realizado con 293 pacientes inscritos en los programas de hipertensión y diabetes. Se aplicó el instrumento diseñado por Bonilla y De Reales para evaluar los factores que influyen en la adherencia a los tratamientos, al cual se le realizaron pruebas de validación que arrojaron una buena confiabilidad dada por un alfa de Cronbach de 0,79 para la calificación total del instrumento y un coeficiente de correlación test-retest (Sperman, estadísticamente significativo. Resultados: Globalmente, el 88% de los pacientes se encontró en la categoría sin riesgo de no adherirse a los tratamientos, un 12%, en riesgo moderado. Conclusiones: los factores que favorecieron la adherencia, fueron la disponibilidad de recursos económicos para satisfacer las necesidades básicas, redes de apoyo familiares y un sistema y equipo de salud organizado. El riesgo moderado de no adherencia, se relacionó con las intervenciones del equipo de salud, entre éstas, falta de orientaciones sobre la forma de ajustar los horarios de los medicamentos, carencia de recomendaciones escritas sobre el tratamiento, confusión por cambios del médico, y percepción de gravedad de la enfermedad. Estos hallazgos apoyan la necesidad de implementar procesos de formación e investigación a nivel institucional y académico que preparen a los profesionales en el abordaje de la problemática de la no adherencia en enfermedades crónicas.Objetivo: Descrever os fatores que influenciam na aderência aos tratamentos em pacientes com fatores de risco de doença cardiovascular de um hospital de terceiro nível da cidade de Cartagena, Colômbia. Metodologia: Estudo descritivo-metodológico, realizado com 293 pacientes inscritos nos

  6. Avaliação do perfil imunologico de pacientes sensiveis ao niquel proveniente de aparelhos ortodonticos fixos

    OpenAIRE

    Marcelo Marigo

    1999-01-01

    Resumo: Geralmente, as alergias relatadas na área odontológica, são aquelas de hipersensibilidade tardia a materiais dentários específicos, em particular aqueles que contêm níquel. Reações clínicas a esse metal, proveniente da corrosão dos aparelhos ortodônticos incluem; hipertrofia e sangramento gengival, descamação labial, queilites angulares e eczemas crônicos na mucosa bucal. Normalmente, o método de diagnóstico para a alergia ao níquel, é o teste de sensibilidade cutânea, que pode indica...

  7. Vivência de uma equipe de enfermagem acerca do cuidado aos pacientes com câncer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sinara Raskopf Klüser

    2011-01-01

    Full Text Available Se pretendió comprender cómo el equipo de enfermería percibe el proceso del acto de cuidar al paciente con cáncer que está hospitalizado. Para la investigación se utilizó el enfoque cualitativo de naturaleza fenomenológica basada en el marco teóricofilosófico de Maurice-Ponty y en la hermenéutica de Paul Ricoeur, desarrollada en un Hospital Universitario de Rio Grande do Sul/Brasil. Se realizó una entrevista abierta con nueve profesionales del equipo de enfermería. De los discursos, surgieron cuatro temas: percepción de sí mismo como profesional, percepción del otro como ser-de-cuidado, percepción de la ambigüedad vida y muerte en el cuidado, percepción del aprendizaje al cuidar del otro. La vivencia de ser profesional de enfermería en el cuidado del ser con cáncer que está hospitalizado surge como una manera de atender las necesidades y aportar bienestar al otro y también, como una habilidad de ver, escuchar, observar, sentir, estando disponible para hacer con/ o para el otro, lo que él no puede realizar, confortándolo, compartiendo saberes y educándolo para el autocuidado.

  8. Influência do dimensionamento da equipe de enfermagem na qualidade do cuidado ao paciente crítico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gelena Lucinéia Gomes da Silva Versa

    2011-01-01

    Full Text Available Se trata de un estudio de revisión integral, con el fin de analizar la influencia del cálculo del personal de enfermería intensivista en lo que se refiere a la calidad de la atención al paciente adulto en estado crítico. Sólo se incluyeron las publicaciones científicas, de las principales bases de datos electrónicas, difundidas en acceso abierto y electrónico, referentes a la última década (enero de 2000 hasta enero de 2010, en inglés, portugués y español. Se obtuvo un total de diez publicaciones, tres de ellas, evaluaron la incidencia de mortalidad y la extubación accidental en el postoperatorio, tres calificaron los reflejos en la atención derivada de la reducción en el número de enfermeras, dos calificaron la aparición de infecciones, y en un artículo se evaluó la incidencia de caídas y de neumonía asociada al ventilador. Los estudios indican la relación entre la infravaloración del personal de enfermería y un aumento en las tasas de infección, mortalidad, caídas, neumonía asociada al ventilador y la extubación accidental.

  9. Indicadores de saúde no cuidado ao paciente crítico neurológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Aparecida Silva de Morais

    2014-01-01

    Full Text Available El propósito del estudio fue desarrollar indicadores para evaluar la atención a pacientes críticos neurológicos. Estudio metodológico de desarrollo y validación de indicadores de evaluación en salud, llevado a cabo en Unidad de Cuidados Intensivos del hospital de franqueo adicional. Fue utilizada metodología de validación de opinión, donde participaron siete expertos (cinco enfermeros y dos médicos en el análisis de contenidos de manual operacional de mayo a agosto de 2012. Los valores obtenidos a partir de la sentencia de los expertos estaban todos por encima de 80%, la literatura referencia por encima de 75%, por lo tanto, los resultados indicaron que los indicadores válidos en relación con el porcentaje de concordancia. Así, es posible establecer indicadores seguros para evaluar la atención propuesta y establecer la calidad asistencial. Los presupuestos teóricos y su aplicación subvencionaran el control de la calidad asistencial, ya que colabora con el desarrollo del plan de intervención.

  10. Calcificaciones metastásicas en un paciente con insuficiencia renal crónica en diálisis peritoneal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magali Rodríguez Vidal

    2013-09-01

    Full Text Available La enfermedad renal crónica implica un proceso irreversible en la reducción del funcionamiento del tejido renal por lo que la ha llevado a ser un problema de carácter epidémico, donde las complicaciones son devastadoras para la calidad de vida en el paciente, dentro de éstas destacan las calcificaciones metastásicas que se producen por la retención de fósforo, disminución de los niveles de calcio y aumento de la paratohormona. El tratamiento mas adecuado es la paratiroidectomia subtotal con autoimplante, donde la sintomatología y la progresión de las alteraciones del metabolismo mineral se reduce y mejora el estado general del paciente. Se presenta un caso clínico de una paciente en diálisis peritoneal, con diagnóstico de calcificación metastásica abdominal, a la cual se le realiza una paratiroidectomia - subtotal con autoimplante, donde se observó una buena respuesta con disminución de la calcificación en forma progresiva. Al evaluar el caso clínico proponemos como enfermeras especialistas en el cuidado del paciente renal, establecer en los centros de diálisis un control semestral por enfermera, independiente de las sesiones de diálisis, donde podamos pesquisar con mayor privacidad y autonomía, las necesidades particulares de cada uno de estos pacientes contribuyendo precozmente a una mejor adherencia al tratamiento y retardo progresivo de las complicaciones propias de esta enfermedad.

  11. Fisioterapia durante a hemodiálise de pacientes com doença renal crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saulo Freitas da Silva

    2013-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O objetivo do estudo foi avaliar os efeitos de um programa de fisioterapia em pacientes com doença renal crônica (DRC durante a hemodiálise (HD. MÉTODOS: Cinquenta e seis pacientes com DRC participaram, durante 16 meses, de um programa de fisioterapia supervisionado nas sessões de HD. As avaliações ocorreram antes e 16 meses após o início do treinamento. O programa consistiu de exercícios de fortalecimento muscular, alongamento e bicicleta ergométrica estacionária. As análises se compuseram de teste de caminhada de seis minutos (TC6M; nível de esforço pela escala de BORG, teste de uma repetição máxima (1RM, para mensurar a força muscular de quadríceps; qualidade de vida (QV e medidas de pressão arterial (PA, frequências cardíaca (FC e respiratória (FR. RESULTADOS: Houve aumento na distância percorrida (54 m; p < 0,001 pelo TC6M e da força muscular de quadríceps (média de +3 para +4; p < 0,001; redução da FC e FR (média de 8 bpm e 5 irpm, respectivamente; p < 0,001; melhora no escore total da SF-36 (p < 0,006, porém significativamente na capacidade funcional (p < 0,006 e dor (p < 0,001. A PA reduziu, entretanto, não significativamente (p < 0,08. Verificou-se correlação apenas nos domínios dor e capacidade funcional, individualmente, com o aumento da distância percorrida no TC6M (p < 0,013 e p < 0,002; houve correlação entre diminuições na FC e FR, atreladas à redução na escala de BORG (p < 0,043. CONCLUSÃO: A fisioterapia, por meio de um programa de exercícios físicos durante o período intradialítico, pode proporcionar melhora significativa da QV e capacidade física dos pacientes com DRC.

  12. Metabolismo mineral óseo en pacientes con enfermedad renal crónica: Revisión sobre su fisiopatología y morbimortalidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeanette Bernuy

    2015-04-01

    Full Text Available La enfermedad mineral ósea (EMO es un término amplio que incluye a las alteraciones séricas del calcio, fósforo, vitamina D, paratohormona, anormalidades en el crecimiento, mineralización ósea y/o a las calcificaciones extraesqueléticas que acompañan al paciente con enfermedad renal crónica (ERC. Está presente en casi la totalidad de pacientes en diálisis y con el trasplante renal puede no siempre mejorar. Se han identificado nuevos factores y hormonas; como klotho y factor de crecimiento de fibroblastos-23 (FGF-23 que interactúan con la vitamina D y con la paratohormona en el manejo renal del calcio y fósforo. Ciertos reportes indican que son marcadores precoces del desarrollo de EMO, incluso cuando la función renal está levemente disminuida y los niveles de paratohormona son normales. La EMO ha sido asociada con mayor mortalidad, principalmente por su vinculación con la calcificación vascular. Este proceso conlleva a un incremento de eventos cardiovasculares que constituyen la principal causa de morbimortalidad en pacientes con ERC, sobre todo aquellos que se encuentran en diálisis, independientemente de la modalidad que los pacientes sigan. La forma de presentación de la EMO puede ser de alto o bajo recambio. Aunque no está completamente definido qué es lo que determina que se exprese una en particular, se ha encontrado que la enfermedad de bajo recambio se relaciona con malnutrición, uso inadecuado de calcitriol y diálisis ineficiente. El conocimiento de la EMO es relevante por su asociación con las complicaciones mencionadas y porque constituye un parámetro para evaluar la terapia instalada

  13. Metabolismo mineral óseo en pacientes con enfermedad renal crónica: Revisión sobre su fisiopatología y morbimortalidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeanette Bernuy

    Full Text Available La enfermedad mineral ósea (EMO es un término amplio que incluye a las alteraciones séricas del calcio, fósforo, vitamina D, paratohormona, anormalidades en el crecimiento, mineralización ósea y/o a las calcificaciones extraesqueléticas que acompañan al paciente con enfermedad renal crónica (ERC. Está presente en casi la totalidad de pacientes en diálisis y con el trasplante renal puede no siempre mejorar. Se han identificado nuevos factores y hormonas; como klotho y factor de crecimiento de fibroblastos-23 (FGF-23 que interactúan con la vitamina D y con la paratohormona en el manejo renal del calcio y fósforo. Ciertos reportes indican que son marcadores precoces del desarrollo de EMO, incluso cuando la función renal está levemente disminuida y los niveles de paratohormona son normales. La EMO ha sido asociada con mayor mortalidad, principalmente por su vinculación con la calcificación vascular. Este proceso conlleva a un incremento de eventos cardiovasculares que constituyen la principal causa de morbimortalidad en pacientes con ERC, sobre todo aquellos que se encuentran en diálisis, independientemente de la modalidad que los pacientes sigan. La forma de presentación de la EMO puede ser de alto o bajo recambio. Aunque no está completamente definido qué es lo que determina que se exprese una en particular, se ha encontrado que la enfermedad de bajo recambio se relaciona con malnutrición, uso inadecuado de calcitriol y diálisis ineficiente. El conocimiento de la EMO es relevante por su asociación con las complicaciones mencionadas y porque constituye un parámetro para evaluar la terapia instalada

  14. FACTORES DE RIESGO NO TRADICIONALES PARA ENFERMEDAD CARDIOVASCULAR EN PACIENTES CON INSUFICIENCIA RENAL CRÓNICA

    OpenAIRE

    Arroyo Enriquez, Esmirna

    2012-01-01

    ANTECEDENTES. La insuficiencia renal crónica (IRC) es la enfermedad que mayor gasto económico y social genera y se relaciona con una alta tasa de morbilidad y mortalidad cardiovascular por lo que se ha convertido en un punto de atención en todos los sistemas de salud. Se ha sugerido que la desnutrición, la inflamación, y los factores genéticos, están involucrados en el desarrollo de la misma. OBJETIVO. Analizar si la desnutrición, la inflamación y los factores genéticos se a...

  15. La dieta del paciente renal: ¿Se puede incluir pescado?

    OpenAIRE

    M. I. Castro González; A. G. Maafs Rodríguez; C. Galindo Gómez

    2012-01-01

    Introducción: El tratamiento de las enfermedades renales, que son un grave problema de salud pública, es muy complicado. La terapia nutrimental busca retardar la progresión de la enfermedad, mantener un buen estado nutricio y prevenir el desarrollo de comorbilidades. Objetivo: El objetivo del presente estudio fue analizar diez especies de pescado de consumo cotidiano para identificar aquellas que por su bajo aporte de fósforo, proteína de alto valor biológico y su aporte de ácidos grasos n-3 ...

  16. Reação anafilática durante transplante renal intervivos em criança alérgica ao látex: relato de caso Reacción anafiláctica durante transplante renal intervivos en niño alérgico al látex: relato de caso Anaphylaxis during renal transplantation of live donor graft in a child with latex allergy: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glória Maria Braga Potério

    2009-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A alergia ao látex vem se tornando frequente, atingindo pacientes e profissionais de saúde. O objetivo deste relato foi apresentar um caso de criança alérgica ao látex que desenvolveu crise anafilática durante anestesia para transplante renal e destacar algumas condutas multiprofissionais empregadas para diminuir o risco de choque anafilático após a reperfusão do transplante. RELATO DO CASO: Criança do sexo masculino, com 5 anos e 10 meses, P3 pela classificação da ASA, com história de alergia ao látex, diagnosticada após contato com bexigas de festa e confirmada por testes Rast específico para o látex e Prick teste, foi submetida a transplante renal intervivos, por insuficiência renal terminal em consequência de malformação urológica. Os cuidados para evitar a exposição da criança ao látex seguiram os protocolos para paciente alérgico ao látex, adotados pelo Serviço de Anestesia e de Enfermagem do Hospital das Clínicas da UNICAMP. Foram iniciados na véspera da operação com a limpeza terminal das salas cirúrgicas e a substituição de todos os produtos médico-hospitalares por produtos isentos de látex. Os equipamentos e materiais utilizados durante o procedimento possuíam laudo técnico de isenção completa de látex, fornecido pelo fabricante. A operação foi realizada sob anestesia geral com ventilação controlada mecânica. Ao final da operação necessitou de transfusão de concentrado de hemácias administrado com auxílio de pressurizador, apresentando rash cutâneo, cessou-se a transfusão, administrou-se hidrocortisona e aumentou-se a infusão de cristaloides. A resposta ao tratamento foi satisfatória e imediata. CONCLUSÕES: A alergia ao látex tornou-se um problema de saúde pública e o conhecimento de condutas terapêuticas específicas possibilita o pronto atendimento e menor risco para os pacientesJUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La alergia al látex ha venido alcanzando

  17. Efeitos do exercício aeróbio durante a hemodiálise em pacientes com doença renal crônica: uma revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joseane Böhm

    2012-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Pacientes com doença renal crônica (DRC têm capacidade física e funcional reduzida quando comparados à população geral. O tratamento hemodialítico torna as atividades desses pacientes restritas, favorecendo o estilo de vida sedentário e a limitação funcional. Pacientes em hemodiálise (HD são menos ativos, apresentam baixa tolerância ao exercício e alto descondicionamento físico. Em virtude dessas alterações, têm sido propostos programas de exercício físico que visam não somente ao tratamento dos sinais clínicos da doença, mas de suas repercussões na função e na qualidade de vida. OBJETIVOS: Realizar uma revisão da literatura sobre os efeitos do exercício físico em pacientes portadores de DRC submetidos a programas de exercício aeróbio em cicloergômetro para membros inferiores durante a HD. MÉTODOS: Foram realizadas consultas às bases de dados Medline, PubMed, Scielo, Embase e ScienceDirect. RESULTADOS: Analisaram-se 14 estudos experimentais randomizados controlados, considerando o período de realização da intervenção na HD, a intensidade e a frequência do exercício, a duração da intervenção e os principais resultados. CONCLUSÃO: Os estudos demonstraram que exercícios aeróbios realizados durante a HD promovem a melhora da capacidade aeróbia e o condicionamento físico, além de redução da fadiga e ansiedade, melhora da capilarização muscular e pressão arterial de repouso, aumento no tempo de duração dos exercícios e melhora na depuração da ureia.

  18. Calidad de vida y estrategias de afrontamiento en pacientes con insuficiencia renal crónica sometidos a hemodiálisis, diálisis peritoneal o trasplante renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paola Andrea Acosta Hernández

    2008-01-01

    Full Text Available Se comparó la calidad de vida y las estrategias de afrontamiento en 120 pacientes con Insuficiencia Renal Crónica sometidos a hemodiálisis, diálisis peritoneal o trasplante renal, teniendo en cuenta la edad, sexo, escolaridad, estado civil y ocupación. Los instrumentos utilizados fueron una ficha sociodemográfica, la prueba de calidad de vida WHOQOL-100 (Organización Mundial de la Salud, 1998 y el Cuestionario de Estrategias de Afrontamiento (Lazarus & Folkman, 1985. Se encontró que los pacientes en tratamiento de trasplante reportaban mayor calidad de vida y mejores estrategias de afrontamiento en comparación con los otros tratamientos, siendo mayoreslas puntuaciones en personas con edad de transición entre adultez media y tardía, mujeres, con estudios universitarios, casados y empleados. Se discuten las implicaciones de estos hallazgos.

  19. Caracterización de las alteraciones en la función renal, la presión arterial y las malformaciones anatómicas renales- urinarias y cardiovasculares en pacientes con Sindrome de Turner en la Fundación Cardioinfantil entre 1999 y 2009

    OpenAIRE

    Martínez Gómez, Aura Lilián

    2011-01-01

    Se caracterizan las malformaciones renales y urinarias (MRU), y cardiovasculares (CV), así como la función renal (FR) y la presión arterial (PA) en pacientes con Sindrome de Turner (ST) mediante un estudio retrospectivo entre 1999 y 2009 en Bogotá. Se encontró 10 pacientes con algún grado de insuficiencia renal crónica (IRC). Además 4 pacientes presentaron prehipertensión arterial, y 5 (HTA); en ellos se encontró hidronefrosis y riñón poliquístico. Las MRU más frecuentes fueron únicas; en e...

  20. Seizure occurrence in patients with chronic renal insufficiency in regular hemodialysis program Ocorrência de crises epilépticas em pacientes com insuficiência renal crônica em programa dialítico regular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fulvio Alexandre Scorza

    2005-09-01

    Full Text Available Hemodialysis-associated seizure is a complication of hemodialysis. This report describes the occurrence of seizures in patients with end stage renal disease on dialysis therapy at the Nephrology Institute of Mogi das Cruzes, São Paulo State, Brazil. A retrospective medical history of 189 patients was reviewed to investigate the occurrence of convulsive seizures during dialytic program. Seven patients with history of seizures were selected but five of them were included in our study. Three patients presented generalized tonic-clonic seizures, one had partial seizure with secondary generalization, and one presented unclassified seizure. Three patients presented seizure just during the dialysis (unique seizure and one of them presented convulsive status epilepticus. The two other patients had already presented seizures prior the beginning of dialysis. We conclude that seizures in renal failure could be considered as occasional events that do not usually become chronic.Convulsões durante o tratamento dialítico podem constituir uma complicação da hemodiálise. Esse artigo descreve a ocorrência de crises em pacientes em estágio final de insuficiência renal crônica sob tratamento dialítico no Instituto de Nefrologia de Mogi das Cruzes, São Paulo, Brasil. Foram revistos os prontuários de 189 pacientes, com o objetivo de investigar a ocorrência de crises convulsivas durante o tratamento dialítico. Dos sete pacientes selecionados com história de crises, cinco concordaram em participar de nosso estudo. Três pacientes apresentaram crises generalizadas tônico-clônicas, um apresentou crise parcial com generalização subseqüente e um apresentou crise inclassificada. Três pacientes apresentaram crises apenas durante o processo dialítico (crise única sendo que um deles apresentou status epilepticus convulsivo. Os outros dois pacientes já haviam apresentado crises antes do início do tratamento dialítico. Nós concluímos que as crises

  1. Adherencia a tratamientos en pacientes con factores de riesgo cardiovascular Adherence to treatments in patients with cardiovascular risk factors Aderência ao tratamento em pacientes com fatores de risco cardiovascular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    FLÓREZ TORRES INNA ELIDA

    2009-12-01

    and diabetes programs. The instrument designed by Bonilla and De Reales was applied to evaluate the factors that influence adherence to treatments, on which validation tests were performed that yielded a good level of reliability given by a Cronbach alpha of 0,79 for the total qualification of the instrument and a correlation coefficient test-retest (Sperman, statistically significant. Results: Globally, 88% of the patients were found in the category with no risk to adhere to treatments, a 12% was a moderate risk. Conclusions: factors that favored adherence were availability of financial resources to satisfy basic needs, family support networks and an organized health system and team. Non-adherence moderate risk was related with the interventions of the health team, among them, lack of guidance on the way to adjust schedules to medicines, lack of written recommendations on the treatment, confusion due to change of doctors, and perception on the seriousness of the disease. These findings support the need to implement formation and research processes at institutional and academic level that prepare professionals who are able to address the problem of non-adherence in chronic disease.Objetivo: Descrever os fatores que influenciam na aderência aos tratamentos em pacientes com fatores de risco de doença cardiovascular de um hospital de terceiro nível da cidade de Cartagena, Colômbia. Metodologia: Estudo descritivo-metodológico, realizado com 293 pacientes inscritos nos programas de hipertensão e diabetes. Aplicou-se um instrumento desenhado por Bonilla y De Reales para avaliar os fatores que influem na aderência aos tratamentos, depois, realizaram-se provas de validação que demonstraram uma boa confiabilidade dada por um alfa de Cronbach de 0,79 para a qualificação total do instrumento e um coeficiente de correlação teste - reteste (Sperman, estatisticamente significativo. Resultados: Globalmente, 88% dos pacientes encontrou-se na categoria sem risco de

  2. Pacientes vítimas de politrauma com insuficiência renal aguda na unidade de terapia intensiva Pacientes víctimas de politrauma con insuficiência renal aguda en la unidad de cuidados intensivos Patient victim of polytrauma with acute renal failure in the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Helú Mendonça Ribeiro

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar as características de pacientes portadores de insuficiência renal aguda (IRA, vítimas de politrauma, internados em uma unidade de terapia intensiva (UTI. MÉTODOS: Foi realizada uma análise retrospectiva de 357 prontuários de portadores de IRA, no período de 2002 a 2003, com creatinina sérica de 1,8 a 4 mg/dl. Destes pacientes internados na UTI, 10,6% eram vítimas de politrauma. RESULTADOS: Dos 38 (10,6% pacientes portadores de IRA e vítimas de politrauma, 78,9% eram do sexo masculino; 47,3% tinham idade entre 16 e 45 anos; 84,3% apresentaram oligúria; 92,1% não receberam tratamento para IRA durante a internação; 50% permaneceram de um a cinco dias internados na UTI; 47,3% não apresentaram nenhuma doença de base e a mortalidade ocorreu em 50% desta amostra. CONCLUSÃO: Concluiu-se que a monitorização diária da função renal das vítimas de politrauma é um cuidado importante para evitar as complicações da IRA e a respectiva mortalidade.OBJETIVOS: Identificar las características de pacientes portadores de insuficiencia renal aguda (IRA, víctimas de politrauma, internados en una unidad de cuidados intensivos (UCI. MÉTODOS: Se llevó a cabo un análisis retrospectivo de 357 historias clínicas de portadores de IRA, en el período de 2002 a 2003, con creatinina sérica de 1,8 a 4 mg/dl. De estos pacientes internados en la UCI, el 10,6% eram víctimas de politrauma. RESULTADOS: De los 38 (10,6% pacientes portadores de IRA y víctimas de politrauma, el 78,9% eran del sexo masculino; el 47,3% tenían edades entre 16 y 45 años; el 84,3% presentaron oliguria; el 92,1% no recibieron tratamiento para IRA durante el internamiento; el 50% permanecieron de uno a cinco días internados en la UCI; el 47,3% no presentaron ninguna enfermedad de base y la mortalidad ocurrió en el 50% de esta muestra. CONCLUSIÓN: el monitoreo diario de la función renal de las víctimas de politrauma es un cuidado importante para

  3. Educación sanitaria al paciente con enfermedad renal crónica avanzada: ¿existe evidencia de su utilidad?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Javier Bonilla León

    Full Text Available Introducción: La enfermedad renal crónica se ha convertido en un grave problema sanitario por su elevada incidencia y prevalencia e importante morbimortalidad y coste asistencial. Dada la gravedad del problema, es necesaria una detección precoz de la enfermedad y un tratamiento adecuado de las comorbilidades asociadas. El manejo, por parte del paciente de su tratamiento, dieta, medidas higiénicas, etc, puede prevenir o reducir esta complicación, para lo cual es fundamental la educación sanitaria. Objetivo: Conocer la producción científica acerca de la utilidad de la educación sanitaria en pacientes con enfermedad renal crónica avanzada. Métodos: Se trata de una revisión bibliográfica para la que se realizó una búsqueda en las bases de datos de PubMed, Scielo, Science Direct y Google Académico. Se incluyeron artículos científicos escritos en inglés y español. Se analizaron los artículos que trataban la educación sanitaria de pacientes con enfermedad renal crónica avanzada en consultas prediálisis. Resultados: Tras el análisis de los 24 artículos seleccionados, podemos decir que la educación sanitaria ofrece beneficios tangibles al enfermo renal. Entre las variables desarrolladas, cabe destacar la fuerte implicación que la educación tiene en la elección de modalidad de tratamiento y como se considera un factor asociado a la supervivencia. Además se relaciona con un 17% menos de riesgo de ingresar en el hospital, un inicio programado de la diálisis, reduce la morbilidad, aumenta los valores de parámetros bioquímicos positivos y da más seguridad al paciente para afrontar el manejo de su enfermedad. Conclusiones: La educación sanitaria es una herramienta de suma importancia en el tratamiento de los pacientes con enfermedad renal crónica avanzada, y se debe ofrecer en el marco de una consulta prediálisis formada por un equipo multidisciplinar, en el que enfermería tiene un rol activo muy importante.

  4. Prevalencia de los mecanismos de adaptación del paciente con enfermedad renal bajo tratamiento de hemodiálisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Jahel García Avendaño

    2016-01-01

    Full Text Available Introducción: La enfermedad renal crónica es resultante de diversas enfermedades crónico degenerativas. El paciente con dicha enfermedad y sometido a hemodiálisis sufre muchos cambios en su estilo de vida. Es por ello que es importante evaluar la prevalencia de los mecanismos de adaptación en el paciente en los aspectos psicológico, afectivo y social. Objetivo: Identificar la prevalencia de los mecanismos adaptativos en el área de lo psicológico, afectivo y social que utiliza el paciente con insuficiencia renal crónica bajo tratamiento de hemodiálisis. Materiales y Métodos: Es un estudio descriptivo de tipo cuantitativo, se utilizó el cuestionario “Mecanismos de adaptación de los pacientes con enfermedad renal crónica en terapia de hemodiálisis”. Se realizó en el año 2010; y presentó un coeficiente del Alfa de Cronbach de 7.0, los datos se analizaron mediante estadística descriptiva. Resultados y Discusión: El estudio arrojó una prevalencia en los mecanismos afectivos, con un 71.4% en la adaptación comprometida; los mecanismos  sociales sobresalen con un 61.9% en la adaptación compensatoria; no evidenciando porcentajes favorables en los mecanismos psicológicos. Conclusiones: La mayoría de las personas con enfermedad renal bajo tratamiento de hemodiálisis, utilizan diferentes mecanismos de adaptación a su proceso lo cual depende completamente del ambiente en el que se desarrollan y el acompañamiento familiar que reciben. Cómo citar este artículo: García DJ, Ochoa MC, Martínez NE, Gonzáles B, Sánchez M, Martínez M. Prevalencia de los mecanismos de adaptación del paciente con enfermedad renal bajo tratamiento de hemodiálisis. Rev Cuid. 2016; 7(1: 1144-51. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.v7i1.167

  5. Ansiedade, depressão e qualidade de vida de pacientes com câncer de mama e ginecológico frente aos efeitos da quimioterapia antineoplásica.

    OpenAIRE

    2013-01-01

    Introdução: a avaliação da qualidade de vida (QV) em pacientes com câncer desperta interesse dos pesquisadores devido ao seu impacto nas políticas de saúde. Com novas drogas e seu uso combinado com outros recursos terapêuticos, a quimioterapia é um tratamento sistêmico do doente oncológico, ocasionando os efeitos colaterais, temidos no tratamento. Ansiedade e depressão são consequências que alguns pacientes experimentam, desde o diagnóstico, continuando durante e após o tratamento, aumentando...

  6. Massa ventricular esquerda e índice cardiotorácico em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco de Assis Costa

    2014-04-01

    Full Text Available Introdução: A hipertrofia ventricular esquerda (HVE é um fator preditor independente de risco cardiovascular em pacientes com doença renal crônica (DRC em hemodiálise (HD. Objetivo: Mostrar a utilidade da radiografia de tórax no diagnóstico de HVE em pacientes com DRC em HD. Métodos: Estudo transversal que incluiu 100 pacientes (58 homens e 42 mulheres, idade média de 46,2 ± 14,0 anos, com DRC de todas as etiologias, há pelo menos seis meses em HD. Foram obtidos ecocardiograma e radiografia de tórax dos pacientes, sempre até uma hora após o término das sessões de HD. Resultados: A HVE foi detectada em 83 pacientes (83%, dos quais 56 (67,4% apresentavam o padrão concêntrico e 27 (32,6% a padrão excêntrico de HVE. Cardiomegalia - definida por índice cardiotorácico (ICT > 0,5 - esteve presente em 61 pacientes (61%. Foram os seguintes os valores de sensibilidade, especificidade e acurácia, respectivamente, para a variável ICT: 66,2%, 70,5% e 68,0%. A correlação de Pearson entre ICT e índice de massa do ventrículo esquerdo (IMVE foi de 0,552 (p < 0,05 e razão de verossimilhança positivo de 2,2. Conclusão: A radiografia de tórax é um exame seguro e útil como ferramenta diagnóstica de HVE em pacientes com DRC em HD.

  7. Transplante renal na anemia falciforme

    OpenAIRE

    Friedrisch, Joao Ricardo; Barros, Elvino José Guardão; Manfro, Roberto Ceratti; Bittar,Christina Matzenbacher; Silla, Lucia Mariano da Rocha

    2003-01-01

    Embora a anemia falciforme e as síndromes falciformes freqüentemente causem várias alterações funcionais renais, não é comum a insuficiência renal terminal. Nestes casos, o transplante renal é uma alternativa que se acompanha de resultados comparáveis aos obtidos em receptores sem hemoglobinopatias. Esta estratégia terapêutica tem sido, no entanto, pouco relatada para portadores de hemoglobinopatia SC. Este relato descreve a evolução de dois pacientes portadores de hemoglobinopatia SC que for...

  8. Residentes em psiquiatria têm documentado problemas relacionados ao álcool em pacientes ambulatoriais? Do psychiatry residents document outpatients' alcohol problems?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarissa Mendonça Corradi-Webster

    2009-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O consumo de álcool por pacientes que fazem tratamento psiquiátrico pode trazer inúmeras consequências negativas. Os objetivos deste estudo foram identificar o uso problemático de álcool entre pacientes psiquiátricos ambulatoriais e verificar se esse consumo foi documentado nos prontuários por residentes de psiquiatria. MÉTODO: Estudo descritivo, transversal, realizado em serviço ambulatorial de clínica psiquiátrica de hospital universitário localizado em Ribeirão Preto (SP. Foi utilizada uma amostra de conveniência formada por pacientes psiquiátricos ambulatoriais (n = 127. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista (dados sociodemográficos e instrumento de rastreamento de abuso de álcool - CAGE e pela leitura de todas as anotações feitas por residentes de psiquiatria nos prontuários dos pacientes entrevistados (ficha para coleta de dados do prontuário. Para a análise dos dados, foram utilizados os pontos de corte > 1 e > 2 para o CAGE. RESULTADOS: Com CAGE > 1, 33,9% pontuaram positivo (n = 43 e, entre estes, 60,5% (n = 26 não tinham registros em seus prontuários sobre o uso de álcool (qui-quadrado = 20,12; p 2, 16,5% pontuaram positivo (n = 21 e, entre estes, 38,1% (n = 8 não tinham registros em seus prontuários referentes ao consumo de bebidas alcoólicas (qui-quadrado = 29,10; p INTRODUCTION: Consumption of alcohol by psychiatric patients can lead to many negative consequences. The objectives of this study were to identify the problematic use of alcohol in a group of psychiatric outpatients and to verify if this consumption was documented in their medical records by psychiatry medical residents. METHODS: Descriptive and cross-sectional study, carried out at the psychiatric outpatient clinic of a university hospital located in Ribeirão Preto, stat of São Paulo, Brazil. A convenience sample comprising 127 psychiatric outpatients was used. Data were collected using an interview

  9. Fatores associados ao linfedema em pacientes com câncer de mama Associated factors of lymphedema in breast cancer patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniella Marta Ferreira de Paiva

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: determinar a prevalência e os fatores associados ao linfedema em pacientes com câncer de mama. MÉTODOS: este estudo de corte transversal incluiu 250 mulheres com mais de seis meses de tratamento para o câncer de mama, que compareceram ao Ambulatório de Mastologia e Oncologia para consulta de seguimento em um Centro de Referência em Oncologia, em Juiz de Fora, Minas Gerais. Elas foram entrevistadas e submetidas à avaliação física. Foram colhidos dados de prontuário relacionados ao tratamento da neoplasia, à intervenção axilar e ao tumor. Diagnosticou-se linfedema quando a diferença entre os membros superiores foi maior ou igual a 2 cm pela perimetria. Os grupos de mulheres com e sem linfedema foram comparados em relação aos possíveis fatores de risco, e as medidas de tendência central, dispersão e prevalência foram obtidas admitindo o nível de significância de 95%. RESULTADOS: Cento e doze mulheres (44,8% apresentaram linfedema. Foi encontrada diferença significativa entre os grupos de mulheres com e sem linfedema em relação à mediana de linfonodos retirados (p=0,02; apresentação de trombose linfática superficial no braço homolateral à cirurgia (pPURPOSE: to determine the prevalence of lymphedema and its associated factors in breast cancer patients. METHODS: Two hundred and fifty women that had undergone more than six months of breast cancer treatment and were being treated at an oncology reference hospital in Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil. They were interviewed and submitted to physical evaluation. Data from the patients' medical records regarding the treatment of breast cancer, the extent of axillary intervention and the tumor were analyzed. Lymphedema was diagnosed when the difference between both upper limbs was 2 cm or more by perimetry. The groups of women with and without lymphedema were compared regarding the possible risk factors, and central tendency, dispersion, and prevalence were

  10. Uma estratégia para redução de risco cardiovascular em pacientes transplantados renais A strategy to improve the cardiovascular risk factor profile in renal transplant patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Leite

    2010-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A doença cardiovascular representa a principal causa de morbidade, mortalidade e perda de função do enxerto em receptores de transplante renal (RTR. O tratamento agressivo dos fatores de risco é fortemente recomendado. Entretanto, há um gap entre a terapia baseada em evidência recomendada e o manejo cardiovascular eficaz nesta população. OBJETIVO: Estabelecer uma estratégia de controle de fatores de risco cardiovascular para RTR. MÉTODOS: O risco cardiovascular de 300 RTR de uma Unidade de Transplante Renal foi avaliado através dos critérios de Framingham. Intervenções nos fatores de risco modificáveis foram sugeridas aos médicos assistentes através de cartas anexadas aos prontuários dos pacientes, incluindo modificações no estilo de vida, controle de pressão arterial e uso de tratamento anti-plaquetário e hipolipemiante. Os perfis dos fatores de risco foram re-avaliados depois de 6 e 12 meses. RESULTADOS: A maioria dos pacientes apresentava alto risco cardiovascular (58%. Após 12 meses, a proporção de pacientes recebendo tratamento anti-plaquetário, anti-hipertensivo ou hipolipemiante tinha aumentado de forma significante (29 para 51%, 83 para 92% e 3 para 46%, p BACKGROUND: Cardiovascular disease represents the leading cause of morbidity, mortality and graft function loss in renal transplant recipients (RTR. Aggressive treatment of risk factors is strongly advocated. However, there is a gap between recommended evidence-based therapy and effective cardiovascular management in that population. OBJECTIVE: To establish a cardiovascular risk factor control strategy for RTR. METHODS: The cardiovascular risk of 300 RTR of a renal transplant unit was assessed using the Framingham criteria. Interventions on modifiable risk factors were suggested to attending physicians by letters attached to patients' charts, including lifestyle modifications, blood pressure control and use of antiplatelet and lipid

  11. Conhecimento de pacientes com insuficiência renal crônica sobre o tratamento dialítico - doi: 10.5102/ucs.v6i2.740

    OpenAIRE

    Everaldo Silva Roberto; Ellen Dornelas Dos Santos; Luzitano Brandão Ferreira; Evandro Reis Silva Filho

    2009-01-01

    A insuficiência renal crônica (IRC) interfere na vida dos pacientes. O conhecimento desta patologia pode melhorar o controle da doença. Deste modo, o objetivo do presente estudo foi o de verificar o conhecimento de pacientes com IRC sobre hamodiálise. Foram aplicados questionários a 67 pacientes sob tratamento hemodialítico. Observou-se um bom entendimento da doença por parte dos pacientes. Além disso, verificou-se correlação positiva entre conhecimento da doença e nível educacional e correla...

  12. Sistematização da Assistência de Enfermagem ao portador de Diabetes Mellitus e Insuficiência Renal Crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nildo Batista Mascarenhas

    Full Text Available Tratou-se de um estudo de caso clínico desenvolvido durante as atividades práticas da disciplina Enfermagem Clínico-Cirúrgica I, do curso de Graduação em Enfermagem de uma universidade pública do Estado da Bahia, que objetivou relatar a aplicação da Sistematização da Assistência de Enfermagem na assistência a um paciente portador de Diabetes Mellitus e Insuficiência Renal Crônica. Com o desenvolvimento do estudo, em especial após a melhora positiva da paciente face às condutas planejadas e implementadas e, considerando as reflexões que emergiram, foi possível constatar a necessidade da interface entre a Sistematização da Assistência de Enfermagem, equipe de enfermagem e paciente no processo do cuidar, frente à excelência e singularidade dos cuidados de enfermagem

  13. Sistematização da Assistência de Enfermagem ao portador de Diabetes Mellitus e Insuficiência Renal Crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nildo Batista Mascarenhas

    2011-02-01

    Full Text Available Tratou-se de um estudo de caso clínico desenvolvido durante as atividades práticas da disciplina Enfermagem Clínico-Cirúrgica I, do curso de Graduação em Enfermagem de uma universidade pública do Estado da Bahia, que objetivou relatar a aplicação da Sistematização da Assistência de Enfermagem na assistência a um paciente portador de Diabetes Mellitus e Insuficiência Renal Crônica. Com o desenvolvimento do estudo, em especial após a melhora positiva da paciente face às condutas planejadas e implementadas e, considerando as reflexões que emergiram, foi possível constatar a necessidade da interface entre a Sistematização da Assistência de Enfermagem, equipe de enfermagem e paciente no processo do cuidar, frente à excelência e singularidade dos cuidados de enfermagem

  14. Transtornos relacionados ao uso de álcool em 1901 pacientes atendidos no pronto socorro municipal de Taubaté no ano 2000: contribuição para educação sociocêntrica em neurologia

    OpenAIRE

    Ferri-de-Barros João E.; Winter Daniel Hugo; César Karolina Gouveia; Gavinier Leandro Camille dos Santos; Alencar Maurício José de; Faria Maria Carolina Soares de

    2004-01-01

    A educação médica deve privilegiar temas prevalentes; os transtornos relacionados ao álcool são um deles. Nosso objetivo foi determinar a freqüência dos transtornos relacionados ao consumo do álcool e verificar se um mesmo paciente apresentou mais de um transtorno, contribuindo para educação sociocêntrica. Foi estudo retrospectivo transversal em que foram analisadas as fichas de atendimento com relato de consumo de álcool, em pronto socorro, no ano 2000 (1901 casos). Os efeitos diretos do álc...

  15. Cuidados de enfermagem ao paciente que retornou à circulação espontânea após uma parada cardiorrespiratória : o saber, o fazer e o sentir do enfermeiro

    OpenAIRE

    Lisboa, Nayara da Silva

    2014-01-01

    Nos últimos anos, os cuidados pós-PCR estão sendo enfatizados pelos protocolos internacionais. O enfermeiro tem importante papel nessa assistência, devendo alicerçar seus cuidados em um saber técnico-científico, dentro de um relacionamento terapêutico. Objetiva-se, nesta pesquisa, estudar e compreender o saber, o fazer e o sentir dos enfermeiros nos cuidados ao paciente que sofreu PCR e retornou ao ritmo cardíaco espontâneo. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo misto, composto de dua...

  16. Valoración del estado nutricional y consumo alimentario de los pacientes en terapia renal sustitutiva mediante hemodiálisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.ª Concepción Pereira Feijoo

    Full Text Available Introducción: La malnutrición proteico-energética es un hecho frecuente entre los pacientes en tratamiento sustitutivo renal con hemodiálisis y a ello contribuye, además de la propia técnica dialítica, la dieta inadecuada. Objetivos: Valorar la evolución del estado nutricional y la ingesta alimentaria de los pacientes de 3 unidades de hemodiálisis extrahospitalaria, tras una intervención enfermera educativa. Pacientes y métodos: Hemos realizado un estudio transversal en 66 pacientes de 3 unidades extrahospitalarias (44 hombres y 23 mujeres con dosis de diálisis medida por KT/V > 1,3 .Se hizo una determinación del estado nutricional por métodos convencionales y del consumo alimentario mediante encuesta dietética, determinándose mediante soporte informático el índice de alimentación saludable, identificando los déficits y/o excesos de nutrientes en cada paciente. Se llevaron a cabo intervenciones educativas personalizadas dirigidas a corregir los excesos o déficits de nutrientes detectados en los pacientes, y se volvieron a hacer las mismas valoraciones a los seis meses. Resultados: La prevalencia de desnutrición es leve en el 41% de hombres y 43% de las mujeres y moderada en el 34% de los hombres y 21% de las mujeres. El índice de alimentación saludable era inadecuado en el 37,31% de los pacientes en el análisis basal y postintervención educativa paso al 18,8%. La ingesta media energética es elevada (1398.86 Kcal/paciente/día con alto consumo de colesterol y déficit de aminoácidos. Se detectó un alto consumo de hidratos de carbono simples (> 20% y un elevado uso de proteínas de origen animal. El contenido mineral y vitamínico de la dieta es muy deficiente, destacando el bajo consumo de Vitamina D (1.45±2.55 ng y elevado de fósforo (1052.28±356.23 m/día. Conclusion: Tras una intervención educativa sobre nuestros pacientes, corrigiendo hábitos dietéticos no saludables, hemos conseguido mejorar su estado

  17. Densidad mineral ósea y adecuación de la dieta en pacientes con enfermedad renal crónica en hemodiálisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Carrasco

    2013-08-01

    Full Text Available Introducción: La desnutrición es común en la enfermedad renal crónica (ERC, junto a una menor masa muscular y densidad mineral ósea (DMO, aumentando el riesgo de morbilidad. Objetivo: Comparar la composición corporal (CC, DMO y el contenido mineral óseo (CMO entre pacientes con ERC y sujetos sanos, relacionándolos con ingesta energética, de macro y micronutrientes. Métodos: Se evaluó CC en 30 pacientes en hemodiálisis y 28 voluntarios sanos con DEXA. Los pacientes llenaron tres registros de 24 horas de ingesta alimentaria. Resultados: Los pacientes con ERC presentaron una menor DMO (p < 0,01 y CMO (p < 0,0l y una tendencia a tener menos masa libre de grasa (MLG que los controles (p = 0,06. En los hombres, las diferencias en la DMO y CMO pierden significación al ajustar por masa grasa (% y MLG (kg. En los pacientes con ERC, un 34,5% y 27,6% tuvo una ingesta adecuada de energía y proteínas, respectivamente. Sin embargo, se observó un déficit de la ingesta de energía y proteínas en 31,0% y 44,8% de los pacientes, respectivamente. No se encontró correlación en los pacientes con ERC entre la ingesta de macronutrientes y de calcio y DMO o CMO. Conclusiones: Los pacientes con ERC tienen menor DMO y CMO que los voluntarios sanos. Estas diferencias pierden su importancia en los hombres, después de ajustar por parámetros de composición corporal. Se observó una pobre adecuación de la dieta en la mayoría de los pacientes con ERC, no observándose asociación entre estas variables y la composición corporal o densidad mineral ósea.

  18. O papel do enfermeiro na assistência ao paciente oncológico http://dx.doi.org/10.15601/1983-7631/rt.v2n3p95-104

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilda Alves Miranda Amâncio

    2011-12-01

    Full Text Available Este é um estudo de revisão sistemática que aborda a oncologia. Qual o papel do enfermeiro na assistência ao paciente oncológico foi o problema estudado. Os objetivos foram: verificar em artigos científicos recentes os desafios do enfermeiro na assistência ao paciente oncológico, buscando a melhoria na qualidade do atendimento e identificar se o enfermeiro proporciona conforto para o paciente e a família dando apoio psicosocial; identificar como o enfermeiro cuida do paciente com dor crônica; verificar se o enfermeiro informa o paciente oncológico sobre o prognóstico fora de possibilidade terapêutica. A metodologia utilizada para o estudo foi o de pesquisa de revisão sistemática. Foram utilizados artigos de periódicos das seguintes bases eletrônicas: SCIELO(Scientific Eletronic Library, LILACS(Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, MEDLINE(Literatura Internacional em Ciências da Saúde, publicados no período de 1991 a 2008, em idioma português, espanhol e inglês. Na apresentação e discussão dos resultados constatamos que o conhecimento em oncologia é escasso. Falta este conteúdo na grade curricular da graduação.Palavras-chave: enfermeiro; assistência; paciente oncológico

  19. Estudo da proliferação linfocitária em pacientes sensibilizados ao níquel Study on lymphocyte proliferation in nickel sensitive patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Galli Sanchez

    2005-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O diagnóstico da alergia ao níquel é estabelecido com a realização do teste de contato. OBJETIVO: Desenvolver um método diagnóstico mais sensível e específico. CASUÍSTICAS E MÉTODOS: Dezenove pacientes com teste de contato positivo para o níquel e 25 controles foram submetidos ao teste da proliferação linfocitária. As células mononucleadas foram isoladas do sangue venoso periférico e cultivadas em triplicatas, em placas de cultura (2x10(5 células/orifício com: meio de cultura apenas; sulfato de níquel (156,25; 78,13; 19,53; 9,77 e 2,44µM e concentrações ideais do antígeno Candida albicans e dos mitógenos pokeweed, fito-hemaglutinina A e anticorpo anti-CD3 (OKT3. Timidina tritiada foi adicionada às placas, a radioatividade incorporada pelas células medida e os resultados expressos pelo índice de estimulação (IE. RESULTADOS: A resposta proliferativa dos linfócitos dos casos foi superior à dos controles em todas as concentrações de níquel testadas. Considerando teste positivo para níquel quando IE > 3, nenhum dos controles e 16 (84,21% dos casos apresentaram teste positivo em pelo menos uma das cinco concentrações usadas. As respostas à Candida albicans e aos mitógenos foram semelhantes nos casos e controles, demonstrando a integridade da imunidade celular em ambos os grupos. CONCLUSÃO: O teste da proliferação linfocitária mostra-se útil no diagnóstico da alergia ao níquel.BACKGROUND: The diagnosis of nickel sensitivity is made by epicutaneous patch testing. OBJECTIVE: To develop a more sensitive and specific test. PATIENTS AND METHODS: Nineteen patients with positive patch test reactions to nickel and 25 controls were submitted to lymphocyte proliferation test. Mononuclear cells were isolated from peripheral venous blood and cultivated in triplicate in culture plates (2x10(5 cells/well with: culture medium only, nickel sulfate (156.25; 78.13; 19.53; 9.77 and 2.44µM and optimal

  20. La suspensión de la Diálisis en pacientes con Insuficiencia Renal Crónica Avanzada: ¿qué opinan los enfermos?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iñaki Saralegui

    Full Text Available El proceso de voluntades anticipadas permite a los pacientes dar a conocer sus preferencias. Método: estudio cualitativo de subgrupos homogéneos con pacientes con enfermedad renal crónica en programa de diálisis a través de entrevistas semiestructuradas, con el objetico de conocer su deseo de participar en la toma de decisiones sanitarias, en particular las relacionadas con el final de la vida. Resultados: de mayo a diciembre de 2012 se entrevistaron a catorce pacientes, con una mediana de edad de 66 años. Creen que reciben una información adecuada, pero reconocen que no se les habla sobre el final de la vida o la retirada de diálisis. Creen que los médicos no hablan de ello porque están centrados en otras cuestiones y no quieren entristecerles. Quieren participar en la toma de decisiones y expresar sus preferencias. En caso de deterioro neurológico severo preferirían suspender la diálisis y recibir tratamiento para no tener dolor, en su casa si es posible. Sería conveniente integrar los cuidados paliativos en la asistencia de los pacientes en diálisis.

  1. Dificultades y estrategias en el manejo del régimen terapéutico en el paciente renal crónico en hemodiálisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    António Filipe Cristóvão

    Full Text Available Objetivo: identificar las dificultades de los pacientes de hemodiálisis en el manejo del régimen terapéutico, las estrategias para hacer frente a estas dificultades e identificar factores que influyen en la gestión del tratamiento. Pacientes y métodos: se realizaron entrevistas semiestructuradas a una muestra intencional de 20 pacientes adultos, de dos centros de hemodiálisis, sometidas a análisis de contenido temático. Resultados: la mayor parte de las dificultades es en el área psicosocial: restricción de líquidos; dieta restrictiva; tener que realizar hemodiálisis; duración del tratamiento; tomar la medicación; limitaciones de vacaciones. Para hacer frente a las dificultades, los participantes utilizan más las estrategias de resolución de problemas que las estrategias para el control de las emociones. Conclusiones: el equipo de salud, la familia y la función renal residual, facilitan el manejo del tratamiento, mientras que el calor del verano y el humo son factores de complicación. Las enfermeras han de entender cómo los pacientes controlan el régimen de tratamiento, para promover mejor su autonomía.

  2. Daño renal en pacientes con infección por el VIH y tratamiento antirretroviral de gran actividad

    OpenAIRE

    Palacio Tamarit, María del

    2013-01-01

    En la era del tratamiento antirretroviral de gran actividad (TARGA), gracias a la disminución de la mortalidad y del riesgo de progresión a SIDA, las complicaciones derivadas de la cronificación de la infección por el VIH y del tratamiento antirretroviral han cobrado relevancia. Entre los eventos no SIDA, la afectación renal puede aparecer hasta en el 12% de los pacientes. Este está producido por el efecto propio de la replicación del VIH y la inmunoactivación asociada, por factores propios d...

  3. Valor de referencia del cambio en el seguimiento de los factores bioquímicos de riesgo cardiovascular en pacientes con enfermedad renal crónica terminal

    OpenAIRE

    Corte Arboleya, Zoraida

    2016-01-01

    Las enfermedades cardiovasculares son la principal causa de morbi-mortalidad en pacientes con enfermedad renal crónica terminal (ERCT), observándose una tasa de mortalidad cardiovascular entre 10 y 20 veces superior al de la población general. Este incremento del riesgo cardiovascular tiene una etiología multifactorial, asociándose a la elevada prevalencia y al efecto acumulativo de factores de riesgo convencionales, no convencionales y específicos de la uremia. En este contexto, una correcta...

  4. Que hay que saber para implementar el servicio de cribado y seguimiento de pacientes polimedicados con función renal disminuida

    OpenAIRE

    Via Sosa, Ma. de los Ángeles; March Pujol, Marian; Travé i Mercadé, Pere

    2012-01-01

    El aula del servicio de cribado y seguimiento de pacientes polimedicados con deterioro de la función renal, es un espacio destinado al farmacéutico que le proporciona las herramientas necesarias para valorar el uso seguro de los medicamentos, proponer ajustes posológicos o cambios en la medicación e impulsar mediante las intervenciones farmacéuticas protocolizadas, la derivación al médico y, por consiguiente, la práctica colaborativa del farmacéutico comunitario. Este servicio también está or...

  5. Avaliação da condição bucal em pacientes renais crônicos submetidos à hemodiálise Evaluation of oral condition of patients with chronic renal failure submitted to hemodialysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Régia de Souza Dias

    2007-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar a condição bucal dos pacientes com insuficiência renal crônica submetidos à hemodiálise, no município de São Luís, comparando os três centros de referência da cidade e os tempos de hemodiálise. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 107 pacientes, nos quais analisou-se o índice de placa (IP e a prevalência de cárie dentária (CPO-D. Os pacientes foram categorizados em três grupos, de acordo com o tempo de hemodiálise (3 meses a 3 anos. Os dados obtidos foram submetidos aos testes estatísticos ANOVA e Kruskal-Wallis, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: As médias/desvios padrão do IP nos grupos foram, respectivamente, 0.91±0.61; 1.04±0.60 e 1.25±0.67. Quanto ao CPO-D destes grupos, as médias/desvios padrão foram 13.63±8.91; 13.89±8.12 e 16.79±7.31. Não houve diferenças significativas entre os centros, nem entre os tempos de hemodiálise estudados. CONCLUSÃO: O tempo de tratamento da doença não alterou ou interferiu no acúmulo de placa bacteriana e na prevalência de cárie dentária. Houve uniformidade na condição bucal dos pacientes nos três centros estudados.BACKGROUND: Evaluate the oral conditions of patients with chronic renal failure submitted to hemodialysis in the city of São Luís, by comparing three reference centers and the times of hemodialysis. METHODS: The sample consisted of 107 patients, distributed among the centers. Plaque Index (IP and Dental Caries Prevalence (DMF-T were evaluated. Patients were subdivided into three groups according to time of hemodialysis (3 months to 3 years. Data were analyzed using the ANOVA and the Kruskal-Wallis test with a level of significance of 5%. RESULTS: Plaque index averages in the groups were respectively, 0.91±0.67; 1.04±0.60; 1.25±0.61. The averages of DMF-T in the respective groups were 13.63±8.91; 13.89±8.12; 16.79±7.31. There were no significant differences between the centers of reference and the times of

  6. Variações nos níveis de adiponectina nos pacientes com doença renal crônica: um estudo prospectivo de 12 meses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Ayako Kamimura

    2012-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As complicações cardiovasculares permanecem como a principal causa de mortalidade nos pacientes portadores de doença renal crônica (DRC. A adiponectina é uma proteína produzida pelo tecido adiposo que apresenta importante propriedade cardioprotetora. O nosso objetivo foi investigar os determinantes dos níveis de adiponectina nos pacientes com DRC. MÉTODOS: Este estudo prospectivo observacional incluiu 98 pacientes [taxa de filtração glomerular (TFG 36,1+-14,4 ml/min; 56,5+-10,4 anos; 63% homens; 31% diabéticos e índice de massa corporal (IMC 27,1+-5,2 kg/m²]. A avaliação da adiponectina (teste imunoenzimático, dos parâmetros laboratoriais, do estado nutricional (avaliação global subjetiva, da gordura corporal total (absortometria de raios-x de dupla energia e da gordura abdominal visceral e subcutânea (tomografia computadorizada foi realizada no início e após 12 meses. RESULTADOS: A adiponectina correlacionou-se com a TFG (r = -0,45; p < 0,001, a proteinúria (r = 0,21; p = 0,04, o IMC (r = -0,33; p < 0,01 e a gordura visceral (r = -0,49; p < 0,001. Na análise de regressão múltipla, os determinantes das concentrações de adiponectina foram o sexo (feminino β = 3,8; p < 0,01, a idade (β = 0,14; p = 0,03, a TFG (β = -0,15; p < 0,01 e a gordura visceral (β = -0,04; p < 0,001 (R² = 0,41. Após 12 meses, a progressão da DRC foi evidenciada pela diminuição da TFG (-1,6+-6,3 ml/min; p = 0,01 e aumento da proteinúria (0,3+-0,8 g/d; p < 0,01. Houve um aumento da gordura visceral de 97+-73 cm² para 111+-82 cm² (p < 0,001 e concomitante redução dos níveis de adiponectina, de 27,6+-7,5 mg/l para 22,2+-11,6 mg/l (p < 0,001. O peso corporal, o IMC, a gordura corporal total e a gordura abdominal subcutânea não se alteraram neste período. Ajustando pelos fatores associados à adiponectina, observamos que somente o acúmulo de gordura visceral ao longo do tempo determinou a redução nos níveis de

  7. Estudio de la función renal en pacientes con hipotiroidismo subclínico: Respuesta al tratamiento con levotiroxina Study on Renal Function in Patients with Subclinical Hypothyroidism: Response to Treatment with Levothyroxine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M Barovero

    2012-09-01

    Full Text Available La enfermedad renal crónica (ERC ha sido reconocida recientemente como un problema de Salud Pública. El hipotiroidismo subclínico (HSC se presenta con baja tasa de filtrado glomerular (FG, debido a una reducción en el flujo sanguíneo renal. Objetivo: Evaluar la función renal en pacientes con HSC al momento del diagnóstico y luego de ser tratados con levotiroxina (LT4. Material y Métodos: Treinta y tres pacientes entre 18 y 85 años con HSC (TSH 4,5- 10 mUI/L y T4L 0,8-1,9 ng/dl- método (CLIA, en quienes se evaluó FG previo al tratamiento con LT4 y veinticuatro pacientes postratamiento promedio ≥ 6 meses. Se determinaron TPOab (CLIA VR 0,5. Previo al tratamiento solo el 24 % tiene un FG estimado ≥ 90 ml/min/1,73 m². Se observan cambios en el FG luego de la administración de LT4: 74,6 ± 17 vs. 84,5 ± 22 ml/min/1,73 m² p Chronic Kidney Disease (CKD has been recently recognized as a public health problem. Subclinical Hypothyroidism (SCH presents with a low Glomerular Filtration Rate (GFR due to a reduction in renal blood flow. Objective: To evaluate renal function in patients with SCH at diagnosis and after treatment with levothyroxine (LT4 Materials and Methods: Thirty-three patients between 18 and 85 years of age with SCH (TSH 4.5-10 mIU/L and FT4 0.8-1.9 ng/dL, CLIA method, whose GFR was assessed prior to LT4 treatment, and twenty-four patients post-treatment average ≥ 6 months. TPOAb (CLIA VR 0.5. Only 24 % of the patients have an estimated GFR ≥ 90 ml/min/1.73 m2 prior to treatment. Changes in the GFR were observed after the administration of LT4: 74.6 ± 17 vs. 84.5 ± 22 ml/min/1.73 m² p < 0.5. We recommend studying the renal function in every patient with thyroid dysfunction. Excluding other causes of kidney failure, an improvement in GFR is expected in patients with subclinical hypothyroidism after being treated with levothyroxine. The authors do not have conflicts of interest.

  8. Fatores associados ao controle da asma em pacientes pediátricos em centro de referência Factores asociados al control del asma en pacientes pediátricos en centro de referencia Factors associated with asthma control in a pediatric reference center

    OpenAIRE

    Vanessa Mika Kinchoku; Irai Santana Oliveira; Letícia Abe Watanabe; Fomin,Ângela Bueno F.; CASTRO, Ana Paula B. M.; Cristina Miuki A. Jacob; Antonio Carlos Pastorino

    2011-01-01

    OBJETIVO: Descrever os dados epidemiológicos, clínicos e os fatores associados ao controle da asma em pacientes asmáticos seguidos em um ambulatório pediátrico especializado. MÉTODOS: Estudo transversal de pacientes asmáticos ambulatoriais, para os quais eram fornecidas medicações profiláticas. A classificação da asma, as etapa de tratamento e a avaliação do controle seguiram a IV Diretrizes Brasileiras para o Manejo da Asma, de 2006. Os fatores avaliados foram: outras alergias, obesidade, im...

  9. "Aprende a cuidar a tus riñones y ellos cuidaran de ti". Programa de educación para la salud dirigido a pacientes con Insuficiencia Renal Crónica (IRC)

    OpenAIRE

    2016-01-01

    La Enfermedad renal crónica (ERC) es una enfermedad crónica que avanza progresivamente. Según la tasa de filtrado glomerular (TFG), se pueden diferenciar 5 estadios dentro de la enfermedad. En el estadio 5, ya es demasiado tarde para trabajar desde la prevención, ya que la TFG, y con ella la función renal, ha disminuido tanto que la supervivencia de los pacientes entra en juego y es necesario iniciar una terapia renal sustitutiva, diálisis o trasplante renal. Los estadios 3 y 4...

  10. Acupuntura na assistência de enfermagem ao paciente portador de arritmias cardíacas: pesquisa bibliográfica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Rogério Bertuga

    2012-06-01

    Full Text Available Introdução: Entre as patologias cardíacas, parte dos eventos está relacionada com as arritmias. Inúmeros tratamentos são encontrados; medicamentosos e cirúrgicos; que nem sempre apresentam resultados satisfatórios, com uso de drogas que provocam reações adversas significativas e, a busca pela adequação da dosagem causa grande desconforto. As cirurgias são onerosas e nem sempre acessíveis aos sofredores de arritmias. Atualmente, busca-se por tratamentos alternativos, entre os quais, a Acupuntura, técnica da Medicina Tradicional Chinesa (MTC sobressai às outras pela grande divulgação midiática. São conhecidos dos Acupunturistas seus benefícios no que tange as doenças cardíacas e, em especial, as arritmias. Objetivo: Buscar subsídios para o uso da Acupuntura como técnica efetiva usada pelo Enfermeiro na assistência do paciente cardiopata. Metodologia: Pesquisa bibliográfica realizada com consulta de livros, uma vez que a busca por trabalhos na Biblioteca Virtual de Saúde – BVS, utilizando as bases de dados LILACS, IBECS E MEDLINE, com as palavras-chave acupuntura e enfermagem, cardiologia e acupuntura e enfermagem e cardiologia não apresentou resultados que sustentem a possibilidade da ocorrência e prática dos pressupostos afirmados no corpo do projeto. Resultados: A Acupuntura é técnica da MTC, nesta as patologias são explicadas por concepções energéticas de saúde e fisiologia. Na MTC, o coração regula o sangue e os vasos sanguíneos, e armazena a consciência. É patente que as disfunções cardíacas acarretam prejuízo à totalidade do organismo, em órgão salvos e ao estado de consciência, daí a preocupação com as síndromes energéticas, pois são a origem dos distúrbios cardiocirculatórios. Por esse olhar, os padrões de desarmonia do coração podem ser divididos em dois grupos: Deficiência de Yang e deficiência de Yin e suas síndromes. Foram selecionados 35 livros, entre estes, 19 espec

  11. Hipertrofia ventricular esquerda em pacientes com doença renal crônica em tratamento conservador Left ventricular hypertrophy in patients with chronic kidney disease under conservative treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rachel Bregman

    2010-03-01

    Full Text Available A doença cardiovascular (DCV permanece sendo uma das maiores causas de morte em pacientes com doença renal crônica (DRC. A hipertrofia ventricular esquerda (HVE está presente em 75% dos pacientes ao iniciarem diálise, sugerindo que esta deve estar presente precocemente no curso da DRC. Poucos estudos avaliaram a prevalência de HVE na pré-diálise. Foram avaliados 309 pacientes clinicamente estáveis em acompanhamento por pelo menos três meses em cinco Centros no Brasil. Perfil bioquímico e marcadores inflamatórios foram avaliados. Dados são apresentados como media ± DP. Observamos que a HVE esteve presente em 53% dos pacientes, idade = 60 ± 13 anos, e 55 ± 14 anos para aqueles sem HVE. Diabetes mellitus como doença de base esteve presente em 35% dos pacientes em ambos os grupos. Filtração glomerular estimada foi 30 ± 11 e 32 ± 12 mL/min para pacientes com HVE e sem, respectivamente (p = 0,19. A distribuição de pacientes mostrou que 60% com HVE se encontravam no estágio 4. Análise logística multivariada mostrou que eram determinantes independentes para HVE: idade (p Cardiovascular disease (CVD remains the major cause of death in patients with chronic kidney disease (CKD. Left ventricular hypertrophy (LVH is present in 75% of patients starting dialysis, suggesting that LVH might be present from an early stage of CKD. Few studies have addressed the predialysis prevalence of LVH. This study evaluated 309 clinically stable patients under treatment for at least three months at five Brazilian centers. Biochemical profile and inflammatory markers were assessed. Data were shown as mean ± SD. Left ventricular hypertrophy was present in 53% of the patients, whose mean age was 60 ± 13years. The mean age of those without LVH was 55 ± 14 years. Diabetes mellitus was the underlying disease in 35% of the patients in both groups. Estimated glomerular filtration rate was 30 ± 11 and 32 ± 12 mL/min for patients with and without LVH

  12. AUDITORIA DOS REGISTROS DE ENFERMAGEM FRENTE AOS CASOS DE PERIONITE: UM ESTUDO RETROSPECTIVO

    OpenAIRE

    2010-01-01

    AUDITORIA DOS REGISTROS DE ENFERMAGEM FRENTE AOS CASOS DE PERIONITE: UM ESTUDO RETROSPECTIVO Greice Petronilho Prata, Luciana Guimarães Assad, Marcelle Nolasco Gomes Rodrigues, Amanda Meneleu Marques.Descritores: Auditoria em Enfermagem, Registro de enfermagem, Diálise Peritoneal, Peritonite. INTRODUÇÃO A Doença Renal Crônica (DRC) é definida pela presença de dano renal ou diminuição da função renal por três ou mais meses. O tratamento é proposto de acordo com o estágio da doença do paciente,...

  13. Evaluación de la función renal en pacientes hipertensos: subdiagnóstico de la enfermedad renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eugenia S. Sarcona

    2005-01-01

    Full Text Available The Evaluation of Renal Function in Hypertensive Patients: Underestimation of Renal Failure Eugenia S. Sarcona, Mónica G. Díaz Background: Hypertensive patients demonstrate a higher risk of renal failure, an independent risk factor in the development of cardiovascular disease. Serum creatinine concentration is a poor indicator as to estimate glomerular filtration rate, which leads to an underestimation of renal failure. Work objective: To compare the prevalence of renal failure among hypertensive patients by means of two different methodologies: a using the abbreviated equation taken from the “Modification of Diet in Renal Disease” (MDRDa study and b isolated serum creatinine values. Research design and methods Seven hundred and fifty-two medical records from hypertensive patients were evaluated. Glomerular filtration rate was estimated using the abbreviated equation from the MDRDa study and serum creatinine was evaluated by means of the modified Jaffé method. Results: One hundred and forty five patients (19.3% had a glomerular filtration rate less than 60 ml/min/1.73 m2 according to MDRDa. Only 33.8% of these (49 patients showed high serum creatinine, representing 6.5 % of the total of patients (p = 0.001. Age, prevalence of male sex, type 2 diabetes with proteinuria and systolic blood pressure were significantly higher in patients with renal disease. Conclusion: The present study demonstrates that the same hypertensive patients show a different prevalence of renal dysfunction according to which method was used in the evaluation. The use of MDRDa showed a prevalence of 19.3% in renal failure; however, the evaluation of isolated plasmatic creatinine concentration indicated only 6.5% of the patients presented renal failure, which clearly proves that the latter method is insufficient to evaluate renal function.

  14. Niveles de Tirotrofina y Hormonas Tiroideas en el Paciente Renal Crónico en Hemodiálisis Thyrotropin and thyroid hormone levels in chronic renal patients under hemodyalisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.M. Melillo

    2010-09-01

    Full Text Available Las enfermedades críticas presentan cambios en el eje hipotálamo-hipófiso-tiroideo que dependen de la patología y de la gravedad de la misma. La Insuficiencia Renal Crónica es una patología grave con un alto índice de morbimortalidad. El objetivo del presente trabajo fue evaluar las hormonas del eje tiroideo en pacientes renales crónicos en hemodiálisis (HD y su utilidad como pronosticadores de morbilidad. Se estudiaron pacientes renales crónicos de un Servicio de nefrología y hemodiálisis y se comparó con un grupo control (CT sin enfermedad renal y/o tiroidea. Se monitoreó al enfermo pre (pre-DL y posdiálisis (pos-DL, se realizó un seguimiento durante un año y se lo agrupó según el tiempo de permanencia bajo HD. Se evaluaron concentraciones de tirotrofina (TSH, triiodotironina (T3, tiroxina (T4 y tiroxina libre (T4L y parámetros bioquímicos sensibles al estado del paciente: urea, creatinina, albúmina y proteínas totales. Las muestras pre-DL evidenciaron un aumento significativo en los niveles de TSH (pSevere illness induces various hormonal changes in the hypothalamic-pituitary-thyroid axis. Chronic renal failure is a serious condition showing a high mortality index. The aim of this work was to evaluate thyroid hormone level in chronic renal patients under hemodialysis in order to estimate its potential use as morbidity / mortality indicator. We studied chronic renal patients from Nephrology and Hemodialysis Units of our Hospital and compared them with a control group (CT without renal or thyroid pathology. We evaluated patients before (pre-dialysis and after dialysis (post-dialysis during one year. We then classified patients according to the duration of their hemodialysis treatment. We assessed Thyrotropin (TSH, triiodothyronine (T3, thyroxine (T4 and free thyroxine (T4L levels and other biochemical indicators: urea, creatinine, albumin, and total protein. Pre-dialysis samples showed higher TSH levels (p<0.05, a

  15. Avaliação da sensibilidade ao contraste e da estereopsia em pacientes com lente intra-ocular multifocal Contrast sensitivity and stereopsis in pseudophakic patients with multifocal intraocular lens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Filipe de Oliveira

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a sensibilidade ao contraste e a acuidade estereoscópica em pacientes pseudofácicos, que receberam implante bilateral de lente intra-ocular multifocal. MÉTODOS: Prospectivamente foram realizados testes de sensibilidade ao contraste com o uso da tabela Pelli-Robson e teste de acuidade estereoscópica com emprego do Titmus Stereo Test, em 20 pacientes com implante bilateral de lente intra-ocular multifocal Acrysof Restor®, no pós-operatório de 1 a 2 meses e sem uso de qualquer correção óptica. RESULTADOS:O teste de sensibilidade ao contraste binocular demonstrou que 6 pacientes (30% apresentaram 1,80 unid. log, 13 (65% 1,65 e 1 (5% 1,50. No teste monocular, ocorreram as seguintes respostas: 17 pacientes (85% 1,65 unid. log e 3 (15% 1,50 para o teste do olho direito. O teste do olho esquerdo mostrou que 16 pacientes (80% apresentaram 1,65 unid. log e 4 (20% 1,50. A média e o desvio-padrão da sensibilidade ao contraste testada binocularmente foi 1,69 (±0,08, ao passo que monocularmente foi 1,63 (±0,05 para OD e 1,62 (±0,06 para OE. O teste de acuidade estereoscópica revelou que 12 pacientes (60% obtiveram 40", 6 (30% 50" e 2 (10% 60", com média de 45" e desvio-padrão de ±6,88". CONCLUSÃO: A lente intra-ocular empregada no estudo, proporcionou resultados de sensibilidade ao contraste e acuidade estereoscópica compatíveis e de acordo com critérios de normalidade estabelecidos anteriormente por outros estudos em grupos de pacientes fácicos e pseudofácicos, e portanto, impacto positivo na funcionalidade visual.PURPOSE: To evaluate the contrast sensitivity and stereopsis tests in patients who underwent bilateral implantation of multifocal intraocular lens. METHODS: Tests of contrast sensitivity using the Pelli-Robson chart and stereopsis evaluation with the Titmus Stereo Test were performed in 20 patients 30-60 days after the bilateral implantation of Acrysof Restor® multifocal intraocular lens. RESULTS: The

  16. Perfil clínico e laboratorial e sua relação com a adesão ao tratamento de pacientes com Diabetes Mellitus tipo 1 pediátricos atendidos no ambulatorio de endocrinologia do CHS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Rosa Pellicciari

    2014-10-01

    Full Text Available Introdução: Diabetes mellitus (DM refere-se a um grupo de distúrbios metabólicos que compartilham o fenótipo de hiperglicemia. A conduta terapêutica atual no DM tipo 1 inclui a insulina, monitorização e educação em diabetes, incluindo em educação a alimentação, a atividade física e a orientação para os pacientes e suas famílias.Objetivos: avaliação do perfil clínico e laboratorial de crianças e adolescentes com DM1. E, relacionar a adesão ao tratamento com os valores dos exames laboratoriais (Hemoglobina Glicada. Metodologia:análise do prontuário de 56 pacientes (2-17 anos atendidos no ambulatório de endocrinologia pediátrica CHS (Conjunto Hospitalar de Sorocaba, durante o período: 01/08/2013 a 01/07/2014.  Dados como idade, duração da doença, diabetes autoimune ou idiopático, número de aplicações diárias de insulina, valor da hemoglobina glicada, monitorização da glicemia capilar, alimentação, ingestão de doces e refrigerantes e pratica de atividade física foram analisados. Resultados:A idade média foi igual a 10,5 anos. Trinta pacientes estavam em estado de cetoacidose diabética quando foram diagnosticados portadores de DM1; 57,14% dos pacientes apresentaram valor de HbA1c > 9% (mal controle. O grupo de mal controle mostrou maiores idades, sendo composta principalmente por adolescentes (p=0,0133.A ingestão semanal de refrigerante é associada ao grupo de mal controle (p=0,0263. Os demais fatores estudados não mostraram diferença estatística em relação ao mal e bom controle. Conclusões:Apesar de o atendimento ter sido em um centro universitário, um grande percentual de pacientes com DM1 apresentou um controle inadequado da doença, principalmente na faixa etária adolescente. O diagnóstico do DM1 na infância e na adolescência ainda é tardio em nosso meio, com elevada presença de cetoacidose diabética ao diagnóstico.

  17. O eletrocardiograma no diagnóstico da hipertrofia ventricular de pacientes com doença renal crônica El electrocardiograma en el diagnóstico de la hipertrofia ventricular de pacientes con enfermedad renal crónica Electrocardiography in the diagnosis of ventricular hypertrophy in patients with chronic renal disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco de Assis Costa

    2009-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertrofia ventricular esquerda (HVE é um fator preditor independente de risco cardiovascular e sua caracterização e prevalência na doença renal crônica (DRC carecem de melhor estudo. OBJETIVO: Estabelecer o diagnóstico de HVE em pacientes com DRC em estágio 5 por seis diferentes critérios eletrocardiográficos, correlacionando-os com o índice de massa do ventrículo esquerdo (IMVE obtido pelo ecocardiograma. MÉTODOS: Estudo transversal que incluiu 100 pacientes (58 homens e 42 mulheres, idade de 46,2 ± 14,0 anos com DRC de todas as etiologias, há pelo menos seis meses em hemodiálise (HD. Foram obtidos eletrocardiograma (ECG e ecocardiograma dos pacientes, sempre até uma hora após o término das sessões de HD. RESULTADOS: A HVE foi detectada em 83 pacientes (83%, dos quais 56 (67,4% apresentavam o padrão concêntrico e 27 (32,6% o padrão excêntrico de HVE. Todos os métodos eletrocardiográficos estudados tiveram sensibilidade, especificidade e acurácia diagnósticas acima de 50%. Pela correlação linear de Pearson com o IMVE, apenas o critério de Sokolow-Lyon voltagem não apresentou coeficiente > 0,50. Já o cálculo da razão de verossimilhança mostrou que o ECG possui poder discriminatório para diagnóstico de HVE na população estudada, com ênfase para os critérios de Cornell produto e Romhilt-Estes. Não houve correlação entre IMVE com o QTc e sua dispersão. CONCLUSÃO: O ECG é um método útil, eficaz e de alta reprodutibilidade no diagnóstico de HVE dos pacientes em HD. Nessa população, o critério de Cornell produto mostrou-se o mais fidedigno para a detecção de HVE.FUNDAMENTO: La hipertrofia ventricular izquierda (HVI es un factor predictor independiente de riesgo cardiovascular y su caracterización y prevalencia en la enfermedad renal crónica (ERC carecen de mejor estudio. OBJETIVO: Establecer el diagnóstico de HVI en pacientes con ERC en estadio 5 por seis diferentes criterios

  18. Cistatina C como predictor de síndrome cardio-renal y mal pronóstico en pacientes internados por insuficiencia cardíaca aguda y función renal normal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iván Constantin

    2016-01-01

    Full Text Available Introducción: El desarrollo de disfunción renal en el contexto de una falla cardíaca aguda se conoce como síndrome cardiorrenal (SCR tipo 1. El empeoramiento de la función renal (EFR durante la internación es un predictor de mal pronóstico. La cistatina C ha surgido como un marcador de función renal alternativo a la creatinina. Objetivo: Demostrar la utilidad clínica de la cistatina C como predictor de EFR y factor pronóstico en pacientes con insuficiencia cardíaca aguda y sin disfunción renal evaluada por creatinina al ingreso. Material y métodos: Se llevó a cabo un estudio observacional, prospectivo, de pacientes consecutivos con diagnóstico de insuficiencia cardíaca aguda y sin disfunción renal, definida como un valor de creatinina < 1,3 mg/dl al ingreso. Se realizó un dosaje de cistatina C al ingreso. El punto final primario fue EFR y los secundarios fueron mortalidad hospitalaria, mortalidad total y reinternación por insuficiencia cardíaca. Resultados: Se incluyeron 166 pacientes con una mediana de edad de 85 años (IIC 77,7-89. La incidencia de EFR fue del 29,7%, con una mortalidad hospitalaria del 3,1% y una mortalidad total del 24,4%. La mediana de seguimiento fue de 193 días. El valor de cistatina C fue significativamente mayor en los pacientes que desarrollaron EFR (1,72 ± 0,58 mg/dl vs. 1,51 ± 0,41 mg/dl; p = 0,03 y en los pacientes que murieron en el seguimiento (1,76 ± 0,49 mg/dl vs. 1,51 ± 0,46 mg/dl; p = 0,004. La cistatina C resultó un predictor independiente de mortalidad (OR 3,03, IC 95% 1,22-7,47 y de EFR (OR 2,38, IC 95% 1,02- 5,5 en el análisis multivariado. Se halló un punto de corte óptimo de 1,6 mg/dl de cistatina, con una sensibilidad del 61,22% y una especificidad del 60,34% para el desarrollo de EFR y del 61,54% y 61,98%, respectivamente, para mortalidad total. Conclusión: El valor de cistatina C al ingreso es predictor de desarrollo de EFR durante la internación y de mayor mortalidad en

  19. Necessidades de aprendizagem de profissionais de enfermagem na assistência aos pacientes com fístula arteriovenosa Necesidades de aprendizaje de profesionales de enfermería en la asistencia a pacientes con fístula arteriovenosa Learning needs of professional nurses to care for patients with arteriovenous fistula

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Helú Mendonça Ribeiro

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar as necessidades de aprendizagem de profissionais de enfermagem na prestação de assistência aos pacientes portadores de fístula arteriovenosa (FAV em hemodiálise, a fim de melhorar os cuidados prestados a estes pacientes. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, com coleta de dados realizada por meio de questionário semi-estruturado entregue aos profissionais de enfermagem que atuavam na unidade de hemodiálise de um Hospital Base do interior do Estado de São Paulo. Do total de 43 profissionais, 36 (83,7% responderam a esse questionário. RESULTADOS: Dentre os 36 participantes do estudo, 44,9% apresentaram dificuldades na assistência prestada ao paciente portador de FAV, sendo 47,2% em puncionar a FAV; 19,4% na hemostasia após a retirada das agulhas; 19,4% informaram ter dúvidas na orientação dos pacientes e 13,9% relataram falta de habilidade quando a FAV apresenta hematoma. CONCLUSÃO: Foi possível conhecer as necessidades de aprendizagem na assistência de enfermagem ao paciente portador de FAV e elaborar um protocolo para a assistência de enfermagem, a fim de melhor os cuidados prestados a estes pacientes.OBJETIVO: Identificar las necesidades de aprendizaje de profesionales de enfermería en la asistencia a los pacientes portadores de fístula arteriovenosa (FAV en hemodiálisis a fin de mejorar los cuidados prestados a estos pacientes. MÉTODOS: Se trata de un estudio transversal, cuya recolección de datos fue realizado por medio de un cuestionario semi-estructurado entregado a los profesionales de enfermería que actuaban en la unidad de hemodiálisis de un Hospital Base del interior del Estado de Sao Paulo. Del total de 43 profesionales, 36 (83,7% respondieron el cuestionario. RESULTADOS: De los 36 participantes del estudio, el 44,9% presentaron dificultades en la asistencia prestada al paciente portador de FAV, siendo el 47,2% en la punción de la FAV; el 19,4% en la hemostasia después del retiro

  20. Ruptura isolada da pelve renal secundária ao trauma abdominal contuso Isolated disruption of the renal pelvis by blunt trauma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sizenando Vieira Starling

    2007-06-01

    Full Text Available Blunt rupture of the renal pelvis is a exceedingly rare injury. Hematuria is absent in one-third of cases. Such injuries are usually caused by desacceleration forces. Despite improved imaging techniques, diagnosis of this injuries is frequently delayed. Diagnosis is suggested by the presence of massive medial extravasation of contrast material at excretory urography or computed tomography. Surgical treatment consists in pyeloplasty or pyeloraphy with stent placement (double J or nephrostomy.

  1. Adesão ao tratamento e hospitalizações entre pacientes que realizam aplicações de Flufenazina Depot Adhesión al tratamiento y hospitalización entre pacientes que realizan aplicaciones de Flufenazina Depot Compliance with treatment and hospitalization among patients using Flufenazine Depot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Menna Oliveira

    2003-08-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Os autores revisam a bibliografia sobre medicação depot e apresentam dados referentes à adesão ao tratamento e hospitalizações entre os pacientes que realizam aplicações de enantato de flufenazina em regime ambulatorial no Hospital Espírita de Pelotas. MÉTODO: Analisaram-se os prontuários de pacientes que foram incluídos no regime depot anteriormente a maio de 2001 e que realizaram pelo menos uma aplicação entre maio de 2001 e junho de 2002, quanto à adesão ao tratamento e eventuais hospitalizações. RESULTADOS: De um total de 100 pacientes, 66 permaneciam em regime depot ao término do período estudado. Destes, 40 (61% apresentavam boa adesão ao tratamento, enquanto 26 (39% apresentavam má adesão. Houve um total de 25 pacientes que sofreram hospitalizações, entre os quais a maioria não estava em tratamento no término do estudo ou apresentava má adesão. Entre os pacientes procedentes do mesmo bairro em que se situa o hospital, 10 (67% apresentavam boa adesão em comparação com 30 pacientes (59% procedentes de bairros distintos. DISCUSSÃO: O número de hospitalizações variou visivelmente, conforme a permanência ou não em tratamento e a adesão ao mesmo. Pacientes provenientes de bairros distantes do hospital tenderam a apresentar pior adesão ao tratamento. CONCLUSÕES: É possível que pacientes em regime de aplicação depot residentes próximos ao local de aplicação beneficiem-se mais do tratamento que aqueles residentes em locais distantes. São necessários mais estudos comparando administrações depot com VO em termos de adesão e investigando fatores preditores de boa adesão ao tratamento.OBJETIVOS: Los autores revisan la bibliografía sobre medicación depot y presentan datos referentes a la adhesión al tratamiento y hospitalizaciones entre los pacientes que realizan aplicaciones de enantato de flufenazina en régimen ambulatorio en el Hospital Espiritista de Pelotas. MÉTODO: Fueron

  2. Bilateral giant renal angiomyolipoma associated with hepatic lipoma in a patient with tuberous sclerosis Angiomiolipomas renais gigantes bilateralmente associados a lipoma hepático em pacientes com esclerose tuberosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edison Daniel Schneider-Monteiro

    2003-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To report a case of bilateral giant renal angiomyolipoma associated with tuberous sclerosis, with successful treatment, and to review the literature concerning angiomyolipoma treatment. CASE REPORT: Patient with tuberous sclerosis and angiomyolipoma diagnosed by ultrasonography during her pregnancy. At that time, the angiomyolipoma on the right side was 9 cm in diameter. Conservative management was selected during her pregnancy. The patient returned 7 years later, with a 24.7 x 19.2 x 10.7 cm tumor on the right side and another of 13 x 11.5 x 6.5 cm on the left side, in addition to multiple small angiomyolipomas. A nephron-sparing surgery with tumoral enucleation was performed on the right side, and after 3 months, the tumor on the left side was removed. Renal function in the post-operative period was preserved, and contrast medium progression was uniform and adequate in both kidneys. CONCLUSION: We conclude that an angiomyolipoma larger than 4 cm should be removed surgically, since they have a greater growth rate and pose a risk of hemorrhage. Resection of smaller tumors is safe and has decreased morbidity. Tumoral enucleation is an effective treatment method that preserves kidney function.OBJETIVO: Relatar um caso de angiomiolipoma gigante, bilateral, associado a esclerose tuberosa, tratado com sucesso e revisar a literatura concernente ao tratamento do angiomiolipoma. RELATO DO CASO: Paciente portadora de esclerose tuberosa, com diagnóstico de angiomiolipoma realizado por ultra-sonografia durante gestação. O tumor apresentava 9cm de diâmetro, à direita. Optou-se por conduta conservadora durante a gestação, e a paciente retornou somente 7 anos após, com tumor de 24,7 x 19,2 x 10,7 cm à direita e outro à esquerda de 13 x 11,5 x 6,5 cm, além de múltiplos angiomiolipomas pequenos. Realizada inicialmente ressecção tumoral à direita, por enucleação, com preservação do parênquima renal, e 3 meses após à esquerda. A

  3. Conhecimento de pacientes com insuficiência renal crônica sobre o tratamento dialítico - doi: 10.5102/ucs.v6i2.740

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everaldo Silva Roberto

    2009-07-01

    Full Text Available A insuficiência renal crônica (IRC interfere na vida dos pacientes. O conhecimento desta patologia pode melhorar o controle da doença. Deste modo, o objetivo do presente estudo foi o de verificar o conhecimento de pacientes com IRC sobre hamodiálise. Foram aplicados questionários a 67 pacientes sob tratamento hemodialítico. Observou-se um bom entendimento da doença por parte dos pacientes. Além disso, verificou-se correlação positiva entre conhecimento da doença e nível educacional e correlação negativa com relação à idade. Sugere-se maior atenção para pacientes mais idosos e com menor nível educacional para que eles possam conhecer melhor sua doença

  4. Intoxicação por carambola em paciente com insuficiência renal crônica: relato de caso Star fruit intoxication in a chronic renal failure patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Gonzaga Moreira

    2010-12-01

    Full Text Available A insuficiência renal crônica é doença de elevada morbidade e mortalidade e sua incidência e prevalência em estágio terminal têm aumentado progressivamente a cada ano. Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia, as principais causas de insuficiência renal crônica são hipertensão arterial, glomerulonefrite e diabetes mellitus. Diversos fatores elevam o risco de mortalidade em pacientes com nefropatia crônica, principalmente idade, presença de diabetes e número de comorbidades associadas. Para pacientes com menos de 50 anos de idade a taxa de sobrevida em 5 anos é de 62% e para aqueles acima desta idade e com diagnóstico de diabetes mellitus a sobrevida é de apenas 23%. A carambola, fruta originária da Ásia e muito difundida na maioria dos países tropicais, tem sido reportada como contendo uma neurotoxina capaz de provocar graves alterações neurológicas em pacientes com histórico de nefropatia crônica. Dentre estas alterações podemos observar desde quadros leves, como soluços e confusão mental, até quadros mais sérios, como convulsões e morte. Essa neurotoxina parece apresentar especificamente inibição sobre o sistema de condução GABAérgico. Descrevemos o caso de um paciente nefropata crônico que, após ingestão de carambola, inicia quadro de mal-estar, náuseas e vômitos, seguidos de episódios convulsivos reentrantes e vai a óbito mesmo com o tratamento hemodialítico convencional.Chronic renal failure is a high morbidity and mortality condition, with its terminal phase incidence and prevalence steadily growing year after year. According to the Sociedade Brasileira de Nefrologia [Brazilian Society of Nephrology], the main causes of renal failure are arterial hypertension, glomerulonephritis and diabetes mellitus. Several factors are implied on chronic renal failure patients' risk of mortality, particularly age, diabetes and associated co-morbidities. For patients below 50 years old, the 5 years

  5. Complicaciones en la hemodiálisis y evaluación de la salud de los pacientes renales crónicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daiana Coitinho

    2015-09-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar las complicaciones clínicas y evaluar la percepción de salud general de los pacientes renales crónicos en hemodiálisis. Metodología: Estudio transversal, con enfoque cuantitativo-descriptivo, realizado en 77 pacientes en hemodiálisis en una Unidad Nefrológica del noroeste de Rio Grande do Sul. La recolección de datos se realizó durante los meses de mayo, junio y julio de 2010 con un formulario de características sociodemográficas/clínicas, también denominado Kidney Disease and Quality of Live-Short Form (kdqol-sftm. Los datos se analizaron mediante estadística descriptiva. El proyecto de investigación fue aprobado por el Comité de Ética en el Consejo nº 02780243000-09. Resultados: La mayoría de los pacientes eran varones (70,1%, adultos mayores (45,4%, casados (59,7%. Los eventos que se produjeron con mayor frecuencia durante la hemodiálisis fueron: debilidad, calambres e hipotensión. En cuanto a la evaluación de la salud general en comparación con la de hace un año, el 39% lo calificó como mucho mejor ahora y el 33,8% como un poco mejor ahora. Conclusiones: A pesar de las complicaciones, actualmente los pacientes valoran mejor su salud.

  6. Adesão dos portadores de doença renal crônica ao tratamento conservador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carolina Wanderley Costa de Medeiros

    2011-01-01

    Full Text Available A Doença Renal Crônica atualmente tem sido considerada um problema de saúde pública. O retardo da progressão da doença renal crônica é uma realidade possível de ser alcançada através do acompanhamento desses clientes pelo tratamento conservador. Sendo assim, este estudo objetivou avaliar a adesão dos indivíduos a este tratamento analisando os fatores intervenientes para esta. Para tal, realizou-se um estudo transversal envolvendo 72 indivíduos com doença renal crônica em estágio IV acompanhados no ambulatório de nefrologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. Neste estudo, constatou-se que a maioria dos entrevistados apresenta baixo nível socioeconômico e grande dificuldade em realizar a dieta e terapêutica medicamentosa, havendo necessidade real de reformular o atendimento destes indivíduos, promovendo maior abordagem interdisciplinar incluindo atividades educativas.

  7. The chronic patient in face of falling ill and the treatment compliance El paciente crónico frente al adolecer y la adherencia al tratamiento Paciente crônico frente ao adoecer e a aderência ao tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline de Leon Linck

    2008-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: It has, as its purpose, to know these patients' perceptions on the reasons that make them comply, or not, with the treatment. METHODS: Qualitative descriptive approach, with five inpatients at a Medical Clinic Unit in a university hospital in Southern Brazil. RESULTS: The data were collected in semi-structured interviews and analyzed when three themes were present: perception of the disease, importance of the therapeutics and difficulty to perform the therapeutics. CONCLUSION: It was made evident that, when complying with the treatment, there are several factors involved that add to the complexity of this issue, being related to people's behavior and their motivations, and becoming an important challenge to be overcome by the healthcare professionals.OBJETIVO: Conocer la percepción de esos pacientes sobre los motivos que los llevan a adherirse, o no, al tratamiento. MÉTODOS: En relación a la metodología, fue empleado un abordaje cualitativo y descriptivo, con cinco sujetos hospitalizados en una Unidad de Clínica Médica de un Hospital Universitario del Sur del Brasil. RESULTADOS: En cuanto a los resultados, los datos fueron recolectados a través de una entrevista semi-estructurada y analizados surgiendo tres temas: la percepción de la enfermedad; la importancia de la terapéutica y la dificultad de realización de la terapéutica. CONCLUSIÓN: Así, se evidenció que, en la adherencia al tratamiento, existe una diversidad de factores involucrados que vuelven compleja a esa cuestión, teniendo relación con el comportamiento de las personas y sus motivaciones, volviéndose un gran reto a ser enfrentado por los profesionales de salud.OBJETIVO: Conhecer a percepção desses pacientes sobre os motivos que os levam a aderir, ou não, ao tratamento. MÉTODOS: Em relação à metodologia, foi empregada uma abordagem qualitativa e descritiva, com cinco sujeitos hospitalizados em uma Unidade de Clinica Médica de um Hospital Universit

  8. PolifarmÃcia e adesÃo ao tratamento medicamentoso em pacientes com diabetes tipo 2 atendidos na rede pÃblica de saÃde no municÃpio de Fortaleza, CearÃ

    OpenAIRE

    Kiarelle LourenÃo Penaforte

    2012-01-01

    O Diabetes Mellitus Tipo 2 (DM 2) e um distÃrbio endÃcrino de difÃcil tratamento. A terapia medicamentosa visa manter o controle metabÃlico necessÃrio para reduzir o risco de complicaÃÃes crÃnicas, bem como melhorar a qualidade de vida dos portadores desse agravo. Por ser um distÃrbio metabÃlico progressivo e complexo, a evoluÃÃo do diabetes depende do manejo do paciente relativo ao seu tratamento, muitas vezes demandando o uso da polifarmÃcia, para manter a normoglicemia. O objetivo do estud...

  9. Influência da Hiperglicemia nos Níveis de Dano no DNA e na Expressão de Genes de Defesa ao Dano Oxidativo em Pacientes com Diabetes Mellitus Tipo 2.

    OpenAIRE

    Danilo Jordão Xavier

    2008-01-01

    O Diabetes é uma das maiores causas de mortalidade no mundo, chegando a afetar cerca de 150 milhões de pessoas atualmente, sendo que esse número tende a aumentar, principalmente devido à obesidade, fator intimamente relacionado ao Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2). Entretanto, o desenvolvimento da doença depende de diversos fatores de risco, tanto genéticos quanto ambientais, que ainda necessitam ser elucidados. Uma característica marcante dos pacientes diabéticos é um alto nível de estresse oxi...

  10. Relato de caso: Insuficiência renal crônica estádio 5 D em paciente com doença renal crônica medicado com varfarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Patricia Quiterio Bento

    2015-06-01

    Full Text Available Resumo Introdução A terapêutica com varfarina pode provocar hematúria grave e lesão renal aguda pela formação de cilindros eritrocitários oclusivos. Estas alterações são sugestivas de uma doença recentemente conhecida como nefropatia relacionada pela varfarina. Caso Clínico: Apresentamos um doente de 74 anos de idade com doença renal crônica estádio 3 A, que progrediu com declínio na taxa de filtração glomerular (TFG após o início de terapêutica com varfarina devido a um quadro fibrilação atrial. O diagnóstico foi confirmado pela histologia renal, que demonstrou a presença de oclusão tubular por cilindros eritrocitários, achados consistentes com este diagnóstico. O paciente não recuperou a TFG, tendo iniciado terapêutica substitutiva da função renal. Discussão: O objetivo da descrição deste caso clínico é alertar para a complicação associada a este fármaco e reforçar a necessidade de monitorização cuidada da função renal e dos parâmetros de coagulação em doentes tratados com a varfarina. A patogênese e o prognóstico desta entidade também serão discutidos.

  11. El fracaso renal agudo por mieloma múltiple: cuidados de los pacientes en una unidad de hemodiálisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Víctor Cantín Lahoz

    2014-06-01

    Full Text Available El mieloma múltiple (MM es una neoplasia hematológica con proliferación anormal de inmunoglobulinas y sus cadenas en sangre. La insuficiencia renal es una complicación grave y frecuente que puede derivar en fracaso renal en el 20% de los casos y puede requerir de terapia renal sustitutiva. Al debutar con una clínica tan inespecífica es importante un diagnóstico y tratamiento precoz para evitar el daño renal ya que agrava las complicaciones y condiciona la supervivencia. La depuración sanguínea mediante técnicas extracorpóreas con filtros de alto poro o high cut-off (HCO son muy eficaces eliminando el 60-90% de las cadenas y recuperando la función renal en 50-80% de los casos. Debido a las características de estas sesiones prolongadas y la complejidad del tratamiento se requiere dedicación exclusiva por parte de enfermería durante todo el proceso. Métodos: 9 pacientes diagnosticados de MM con cifras de más de 500mg/dl de cadenas ligeras tratados con filtros HCO durante al menos 6 sesiones consecutivas de 6 horas de duración. Resultados: Se realizaron 107 sesiones y se recuperó la función renal en 7. Complicaciones: 18 problemas de flujo, 12 episodios de coagulación del circuito, 13 fiebre, 14 hipotensiones, 13 transfusiones, 5 tratamientos con ansiolítico y 7 recambios de catéter. Conclusiones: Las hemodiálisis de larga duración con filtros HCO son eficaces para eliminar las cadenas ligeras y recuperar la función renal. El papel de la enfermería es importante englobando una técnica compleja y dando una respuesta humana al debut de una enfermedad tan grave.

  12. Relação da temperatura da solução de diálise e a hipotensão arterial sintomática observada durante sessões de hemodiálise em pacientes com insuficiência renal crônica Relación de la temperatura de la solution de diálisis y la hipotensión arterial sintomática observada durante sesiones de hemodialisis en pacientes con insuficiencia renal crónica Relationship between dialysis solution temperature and symptomatic low blood pressure during hemodialysis for end stage renal disease patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clélia Beltrame Soares

    2001-12-01

    Full Text Available Realizado estudo prospectivo em um grupo de 21 pacientes portadores de insuficiência renal crônica que apresentavam hipotensão arterial no decorrer da hemodiálise. Avaliada a pressão arterial durante duas sessões com dialisato a 35(9C e duas a 37°C, observou-se que as pressões sistólica e diastólica, nas temperaturas estudadas, mostraram diferenças estatisticamente significativas quando comparadas aos valores iniciais pré-diálise, queda progressiva das pressões com prevalência de episódios hipotensivos na 3(5 e 4(5 horas de tratamento em ambas temperaturas, diminuição de 7,69% das hipotensões com dialisato a 35ºC e importante queixa de sensação de frio, tornando o tratamento desconfortável.Realizado estudio prospectivo en un grupo de 21 pacientes portadores de insuficiencia renal crónica que presentaban hipotensión arterial en el decorrer de la hemodiálisis. Evaluada la presión arterial durante dos sesiones con dialisato a 35° C y dos a 37° C se observó que las presiones sistolica y diastólica, en las temperaturas estudiadas, mostraron diferencias estadisticamente significativas cuando comparadas a los valores iniciales predialisis, caída progresiva de las presiones con prevalencia de episodios hipotensivos en la 3(9 y 4(5 horas de tratamiento en ambas temperaturas. Disminuición de 7,69% de las hipotensiones con dialisato a 35°C e importante queja de sensación de frio, tornando el tratamiento desconfortable.This prospective study was designed to evaluate hypotension in a group of 21 end stage renal disease patients (ESRD on hemodialysis, with syntomatic low blood pressure. The arterial blood pressure was recorded at 4 consecutive dialysis sessions, two at 35°C and two at 37°C dialysate temperature. In both situations, systolic and diastolic pressures, measured during dialysis, were different from the pre-dialysis value, with progressive lowering up to the end of the procedure. Cold dialysis did not protect

  13. Tratamento nutricional de pacientes com AIDS: efeito sobre as alterações metabólicas, adesão ao serviço de nutrição e a dois protocolos de tratamento

    OpenAIRE

    Falco,Marianne de Oliveira

    2011-01-01

    Objetivo: Avaliar o conhecimento científico disponível sobre o efeito do tratamento nutricional nas alterações metabólicas em pacientes com Aids e a adesão destes ao serviço de Nutrição e ao tratamento nutricional/dietoterápico. Métodos: Para revisão sistemática, conduziu-se revisão sistemática de literatura por meio de protocolo de busca nas bases de dados: Pubmed, LIlacs e Cochrane, entre 1996 e 2010, do tipo ensaio clínico, controlado, randomizado, crossover, sendo a população alvo: adu...

  14. Biomarcadores plasmáticos y urinarios en pacientes con insuficiencia cardíaca aguda. NT-proBNP y la influencia de la disfunción renal en su aclaramiento y valor pronóstico

    OpenAIRE

    Boronat García, Miguel

    2013-01-01

    OBJETIVOS 1. Evaluar como influye la función renal glomerular, medida por TFGe, en la concentración de NT-proBNP urinario. 2. Evaluar la relación entre las concentraciones de marcadores bioquímicos específicos de función renal glomerular y tubular y las concentraciones de NT-proBNP, para ayudar a identificar su mecanismo de eliminación renal. 3. Evaluar el valor pronóstico de los niveles de NT-proBNP urinario y compararlo con el de NT-proBNP plasmático en pacientes con ICA. MATE...

  15. Rol de enfermería en la consulta de prediálisis en el paciente con enfermedad renal cónica avanzada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jenny Forero Villalobos

    2016-03-01

    Full Text Available Introducción: El paciente con enfermedad renal crónica (ERC tiene necesidades concretas de cuidado que conllevan al profesional de enfermería nefrológica a generar una atención integral e individualizada con el fin de detectar y disminuir riesgos a través de la consulta predialítica y educar a los profesionales del área de la salud acerca de su labor en dicha actividad. Objetivo: Identificar y evaluar la efectividad de la consulta predialítica realizada por el profesional de enfermería en pacientes diagnosticados con enfermedad renal crónica, a través de la revisión sistemática de la literatura. Metodología: Búsqueda electrónica en base de datos PUBMED, Meta buscadores como google académico, Epistemonikos, Scielo, Bireme, y CUIDEN. Se consideraron 47 artículos de los cuales 22 son cuantitativos y 25 cualitativos, en pacientes adultos de 18 a 80 años, entre los años 2005-2015. Resultado: La consulta predialítica permitirá realizar intervenciones de diagnóstico temprano, educación y evaluación durante las primeras etapas de la ERC, reduciendo la morbi-mortalidad, retrasando la progresión de la enfermedad, por lo cual es necesario rediseñar los programas de gestión en enfermedades crónicas, enfatizando la colaboración de una red sanitaria liderada por el profesional de enfermería especialista que gestione los recursos existentes para el manejo de esta patología. Conclusión: La consulta predialitica ofrece beneficios tangibles al enfermo renal en las áreas de prevención de la ERC, adherencia a las recomendaciones del profesional de salud y la elección de la terapia.

  16. Evaluación de un programa de Programa de Intervención Nutricional en pacientes con enfermedad renal crónica avanzada (ERCA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almudena Pérez-Torres

    2013-12-01

    Full Text Available Introducción y Objetivos: La Enfermedad Renal Crónica Avanzada (ERCA se asocia a una elevada prevalencia de malnutrición. La práctica habitual en estos pacientes va dirigida a reducir la ingesta proteica, recomendación que podría favorecer esta situación. Por ello, el objetivo de este estudio fue evaluar el efecto de un programa de intervención nutricional (PIN sobre la función renal y el estado nutricional en pacientes con ERCA. Pacientes y Métodos: Se diseñó un estudio longitudinal y prospectivo con 93 pacientes (53,7% hombres, 66 ± 17años que participaron en un PIN durante 6 meses con visitas mensuales. Al inicio y al final de la intervención se evaluaron: estado nutricional en función de los criterios de Chang, datos antropométricos, dietéticos y bioquímicos (albúmina, prealbúmina, aclaramiento de creatinina, fósforo y potasio séricos, Colesterol-total, LDL, HDL, triglicéridos y PCR. Resultados: Tras el PIN la ingesta calórica disminuyó en los normonutridos (1833 ± 318 vs 1571 ± 219 kcal p < 0,001 y se mantuvo en los malnutridos. Se redujo significativamente la ingesta proteica (69,9 ± 16,6 vs 54,9 ± 11 g p < 0,001, potasio (2938 ± 949 vs 2377 ± 743 mg, p < 0,0001 y fósforo (1180 ± 304 vs 946,6 ± 211 mg, p < 0,0001. Un 16,5% requirió suplementación. El porcentaje de pacientes que presentaba malnutrición según criterios de Chan disminuyó tras el PIN (41,7 % (27,8% leve, 10,10% moderada y 3,8% grave vs 16,8% (8% leve, 5% moderada y 3,8% grave. Tras el PIN incrementó significativamente el aclaramiento de creatinina (17,8 ± 5,2 vs 19,4 ± 6,9 ml/min, p < 0,01, albúmina (3,3 ± 0,5 g/dL vs 3,5 ± 0,4 g/dL, p < 0,05 y disminuyó el potasio sérico (4,8 ± 0,6 vs 4,5 ± 0,5 mmol/L, p < 0,05, Colesterol Total (179,8 ± 44,3 vs 170,0 ± 15,1 mg/dL, p < 0,05, LDL colesterol (113,2 ± 37,0 vs 108,3 ± 27,3 mg/dL, p < 0.01 y trigli-céridos (141,9 ± 60,8 vs 129,9 ± 52,7 mg/dL, p < 0,05. Conclusiones: La mejor

  17. Salud oral en pacientes con insuficiencia renal crónica hemodializados después de la aplicación de un protocolo estomatológico Oral health in patients with chronic renal failure under hemodialysis after the implementation of an stomatological protocol

    OpenAIRE

    2012-01-01

    Objetivo: Evaluar la salud oral de los pacientes con insuficiencia renal crónica (IRC) hemodializados antes y después de aplicar un protocolo de atención estomatológica basado en la evidencia, en una unidad renal de Cartagena. Metodología: Estudio cuasiexperimental con 120 pacientes, se aplicó una encuesta determinando las características socio demográficas e información que tenían acerca de asociación de IRC con lesiones orales. Posteriormente se efectuó un examen clínico y se aplicó el prot...

  18. Motivo de retirada do cateter de Hickman em pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas Rationale for Hickman catheter removal in patients undergoing hematopoietic stem cell transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lais Carvalho Castanho

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os motivos da retirada do primeiro cateter de Hickman implantado em pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas alogênico, os micro-organismos envolvidos na ocorrência de infecção e o tempo de permanência do cateter in situ. MÉTODOS: Estudo transversal retrospectivo. A amostra foi constituída por 57 prontuários de pacientes transplantados. Para a obtenção dos dados, elaborou-se um instrumento contendo variáveis relativas à identificação do paciente, tempo de permanência do cateter, motivo de retirada e micro-organismo isolado. RESULTADOS: Dentre os motivos de retirada do cateter, destacou-se como o mais frequente a infecção (49%. O Stenotrophomonas maltophilia (25% foi o micro-organismo identificado com maior frequência. CONCLUSÕES: Diante da elevada incidência de complicações infecciosas que levam à retirada do cateter de Hickman, faz-se necessária uma padronização de cuidados relacionados a esse cateter, tanto para a equipe de saúde como ao paciente e seu cuidador.OBJETIVO: Identificar los motivos del retiro del primer catéter de Hickman implantado en pacientes sometidos al transplante de células-tronco hematopoéticas alogénico, los microorganismos involucrados en la ocurrencia de infección y el tiempo de permanencia del catéter in situ. MÉTODOS: Estudio transversal retrospectivo. La muestra estuvo constituída por 57 historias clínicas de pacientes transplantados. Para la obtención de los datos, se elaboró un instrumento conteniendo variables relativas a la identificación del paciente, tiempo de permanencia del catéter, motivo del retiro y microorganismo aislado. RESULTADOS: Entre los motivos del retiro del catéter, se destacó como el más frecuente la infección (49%. El Stenotrophomonas maltophilia (25% fue el microorganismo identificado con mayor frecuencia. CONCLUSIONES: Frente a la elevada incidencia de complicaciones infecciosas que llevan al

  19. Assistência ao paciente obeso mórbido submetido à cirurgia bariátrica: dificuldades do enfermeiro Asistencia al paciente obeso mórbido sometido a la cirugía bariátrica: dificultades del enfermero Perioperative care for morbid obese patient undergoing bariatric surgery: challenges for nurses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Spósito Tanaka

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar as dificuldades de enfermeiros de centro cirúrgico ao assistir pacientes obesos mórbidos submetidos à cirurgia bariátrica no período transoperatório. MÉTODOS: A amostra constou de 70 enfermeiros com experiência em assistência ao paciente obeso mórbido. Os dados foram coletados durante o 7º Congresso Brasileiro de Enfermeiros de Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização por meio de um questionário. RESULTADOS: A análise dos resultados apontou como dificuldades aquelas relacionadas ao espaço físico, materiais e equipamentos e à assistência de enfermagem específica ao paciente obeso mórbido. CONCLUSÃO: O conhecimento específico, a especialização e a experiência em Centro Cirúrgico darão o conforto, a segurança física e emocional necessárias a estes pacientes.OBJETIVO: Identificar las dificultades de enfermeros de centro quirúrgico en el cuidado a pacientes obesos mórbidos sometidos a cirugía bariátrica en el período transoperatorio. MÉTODOS: La muestra constó de 70 enfermeros con experiencia en asistencia al paciente obeso mórbido. Los datos fueron recolectados por medio de un cuestionario durante el 7º Congreso Brasileño de Enfermeros de Centro Quirúrgico, Recuperación Anestésica y Centro de Material y Esterilización. RESULTADOS: El análisis de los resultados identificó como dificultades aquellas relacionadas al espacio físico, materiales y equipos y a la asistencia de enfermería específica al paciente obeso mórbido. CONCLUSIÓN: El conocimiento específico, la especialización y la experiencia en Centro Quirúrgico darán el confort, la seguridad física y emocional que necesitan estos pacientes.OBJECTIVE: To identify the challenges for nurses during the perioperative for patients undergoing bariatric surgery. METHODS: The sample consisted of 70 nurses who had experience in providing care for morbid obese patients. Data were collected

  20. Avaliação da suscetibilidade à varicela no paciente pediátrico portador de insuficiência renal crônica Evaluation of chickenpox susceptibility in children with chronic renal failure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evandro Roberto Baldacci

    2008-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a suscetibilidade natural à varicela de crianças e adolescentes portadores de insuficiência renal crônica (IRC. MÉTODOS: Estudo transversal de 83 pacientes com idade acima de 18 meses e inferior a 18 anos, durante 2000 e 2001, com ritmo de filtração glomerular (RFG abaixo de 70mL/min/1,73m², portando cartão vacinal preconizado pela Fundação Nacional de Saúde e que não receberam nenhuma dose da vacina específica. Do total, três pacientes (3/83 foram excluídos, por terem recebido doses da vacina por meio de órgãos não governamentais. A sorologia foi realizada pelo método Enzyme-Linked Immuno Sorbent Assay, considerando-se títulos sorológicos protetores acima de 100mUA/mL. RESULTADOS: Os pacientes renais crônicos tinham idade mediana de 11 anos, 66% eram masculinos, 60% procedentes do próprio município de São Paulo, com RFG médio de 33,6mL/min/1,73m². O diagnóstico clínico de varicela por profissional médico ocorreu em 39 pacientes; destes, 10% se mostraram soronegativos. Dos 80 pacientes restantes, 21 (26% apresentaram títulos não protetores para varicela. A prevalência de suscetibilidade em menores de seis anos foi 7,93 (IC95%=3,29-19,12 vezes superior à de maiores de seis anos. CONCLUSÕES: Houve diminuição da suscetibilidade à varicela com a idade. Pacientes abaixo de seis anos foram cerca de oito vezes mais suscetíveis à varicela que os renais crônicos com idade mais avançada e duas vezes mais suscetíveis do que a população pediátrica brasileira de mesma idade.OBJECTIVE: To evaluate the immune response to chickenpox natural infection in pediatric patients with chronic renal insufficiency. METHODS: This cross-sectional study enrolled 83 patients between 18 months and 18 years old, with glomerular filtration rate below 70mL/min/1.73m², during the years 2000 and 2001, who did not received specific immunization according to official documentation. Three patients (3/83 had been

  1. Atividade basal de acetilcolinesterase e níveis plasmáticos de serotonina não se associam ao delirium em pacientes gravemente enfermos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Damiani Tomasi

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Investigar se os níveis plasmáticos de serotonina e atividade de acetilcolinesterase determinados por ocasião da admissão à unidade de terapia intensiva preveem a ocorrência de disfunção cerebral aguda em pacientes internados em unidade de terapia intensiva. Métodos: Foi conduzido no período entre maio de 2009 e setembro de 2010 um estudo prospectivo de coorte em uma amostra com 77 pacientes não consecutivos. A ocorrência de delirium foi determinada utilizando a ferramenta Confusion Assessment Method for the Intensive Care Unit, tendo sido determinadas as avaliações de acetilcolinesterase e serotonina em amostras de sangue coletadas até um máximo de 24 horas após admissão do paciente à unidade de terapia intensiva. Resultados: No presente estudo, 38 pacientes (49,6% desenvolveram delirium durante sua permanência na unidade de terapia intensiva. Nem os níveis de atividade de acetilcolinesterase nem os de serotonina tiveram associação independente com delirium. Não se observaram correlações significantes entre atividade de acetilcolinesterase e níveis de serotonina com o número de dias livres de delirium/coma, porém, em pacientes que desenvolveram delirium, ocorreu uma forte correlação negativa entre níveis de acetilcolinesterase e número de dias livres de delirium/coma, demonstrando que níveis mais elevados de acetilcolinesterase se associaram com menos dias de vida sem delirium e coma. Nenhuma associação foi identificada entre os biomarcadores e mortalidade. Conclusão: Nem a atividade de acetilcolinesterase nem os níveis séricos de serotonina se associaram com delirium ou disfunção cerebral aguda em pacientes gravemente enfermos. A ocorrência de sepse não modificou esse relacionamento.

  2. Aspectos psicológicos de cuidadores associados ao apoio familiar na aderência terapêutica de pacientes diabéticos - doi:10.5020/18061230.2010.p48

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miriam Teresa Domínguez- Guedea

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar a relação de aspectos psicológicos de cuidadores familiares e o apoio que eles/elas oferecem à adesão ao tratamento do paciente diabético. Os aspectos psicológicos foram: bem-estar subjetivo, estilos de apego, estratégias de enfrentamento aos problemas e percepção do apoio social. Métodos: Participaram do estudo 29 cuidadores familiares numa amostra não probabilística. Os participantes foram contatados em três Grupos de Ajuda Mútua para pacientes diabéticos e hipertensos da cidade Hermosillo, México. Questionários elaborados para os fins da pesquisa foram aplicados, bem como instrumentos psicométricos previamente validados no grupo cultural de referência. Resultados: Os achados mostraram que os aspectos psicológicos que têm uma relação estatisticamente significativa e negativa com a adesão ao tratamento são o apego evitativo e os afetos negativos, ambos associados positivamente entre si, indicando que eles acontecem de forma paralela. O apego evitativo mostrou-se associado de forma positiva às estratégias de enfrentamento evasivo e de alteração emocional, mas negativamente associado ao apego seguro e às satisfações materiais. Os afetos negativos associaram-se positivamente com o enfrentamento emocional e de forma negativa com os afetos positivos, satisfações materiais, percepção de apoio emocional e apoio de orientação. Conclusões: São necessárias mais pesquisas aplicadas à influência dos fatores familiares no logro da adesão ao tratamento, pois até o momento a maioria dos trabalhos está centrada muito mais no individuo doente, desconsiderando as características familiares.

  3. Fatores relacionados à fidelidade ao tratamento do glaucoma: opiniões de pacientes de um hospital universitário Factors related to glaucoma treatment compliance: patients' opinions from a University Hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Ravagnani Silva

    2010-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Considerando que a não-adesão ao tratamento do glaucoma é um dos fatores de risco para a sua progressão, o objetivo do presente trabalho foi coletar informações sobre: 1 conhecimento e sentimentos dos pacientes sobre a doença; 2 a não-fidelidade ao tratamento e fatores relacionados; e 3 eventual influência da doença no estilo de vida participantes. MÉTODOS: Foram realizadas entrevistas, utilizando questionário semiestruturado, com 50 pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto. A análise das respostas foi feita utilizando a técnica do ''Discurso do Sujeito Coletivo'' (DSC (qualitativa/quantitativa. RESULTADOS: Trinta e oito por cento dos pacientes não se consideraram bem informados sobre o glaucoma. A porcentagem de pacientes que declararam nãofidelidade ao tratamento foi de 20%. Os principais fatores relacionados foram: efeitos colaterais dos medicamentos (24%; falta de informação sobre a doença (22%; dificuldade de comunicação com o médico (14%; dificuldades na administração do tratamento (14%; falta de recursos financeiros para adquirir medicamentos (10%; atitudes e crenças (10%. Dezoito por cento dos participantes afirmaram que a doença alterou a qualidade de vida. CONCLUSÃO: Na população estudada, os fatores relacionados à não-adesão ao tratamento de glaucoma, abrangem desde o desconhecimento do que é a doença até atitudes, valores e crenças. Na sua maioria, podem causar a progressão da doença. A influência desses fatores pode ser diminuída com medidas educacionais, intervenções sobre comportamentos e atitudes, melhora da relação médico-paciente e suprimento de medicamentos.PURPOSE: Considering that noncompliance to glaucoma treatment is one of the risk factors associated with disease´s progression, the purpose of the present study was to evaluate: 1 knowledge and feelings about the disease; 2 self-reported noncompliance to treatment and related factors; and 3 influence of

  4. Validity of the CAGE questionnaire for screening alcohol-dependent inpatients on hospital wards Validade do questionário CAGE para rastrear pacientes com dependência ao álcool internados em enfermarias clínicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Alicia Castells

    2005-03-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To verify the validity of the CAGE questionnaire in screening inpatients with alcohol dependence. METHODS: In a transversal study, 747 medical inpatients hospitalized on general medical wards in the Federal University of Santa Catarina University Hospital were evaluated. Sociodemographic and clinical data were collected and the following instruments were used: the CAGE questionnaire and the Mini International Neuropsychiatry Interview (MINI, the latter being a semi-structured interview used as the gold standard for diagnosing alcohol dependence (according to DSM-IV criteria. Validity indices (sensitivity and specificity were assessed for the different possible CAGE cut-off points. The ROC curve was used to determine the best cut-off point. RESULTS: The sample was composed of 747 patients. Most were men (66%, white (85% and married (61%. Mean age was 50 ± 17 years, and mean level of education was 6 ± 4 years. According to the MINI, 48 patients (6.6% were diagnosed as having alcohol dependence. The CAGE questionnaire presented its highest sensitivity (93.8% when the cut-off point of 0/1 (one or more "positive" responses indicating a positive test was used. The specificity for this cut-off point was 85.5%. CONCLUSION: Using the 0/1 cut-off point, the CAGE questionnaire presented good sensitivity (93.8% and specificity (85.5% for use in general hospital ward patients. Since it is an easily applied, rapidly executed and inexpensive instrument, it could be useful in screening such patients for alcohol dependence.OBJETIVO: Verificar a validade do questionário CAGE para rastrear pacientes com dependência ao álcool internados em enfermarias de clínica médica. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, no qual foram selecionados 747 pacientes internados na clínica médica do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina. Foram colhidos dados sociodemográficos e clínicos e aplicados os seguintes instrumentos: o

  5. Assistência de enfermagem ao paciente portador de esquizofrenia: o desafio do cuidade em saúde mental http://dx.doi.org/10.15601/1983-7631/rt.v2n3p30-40

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ellen Filgueiras de Faria

    2011-12-01

    Full Text Available A esquizofrenia é uma doença mental que acomete as emoções, o pensamento, as percepções e o comportamento das pessoas acometidas. Atualmente é um problema de saúde pública, que após a reforma psiquiátrica brasileira, assumiu definitivamente o papel da assistência ao portador de sofrimento mental. A enfermagem possibilita através de suas ações de cuidado e assistência uma maior inserção do esquizofrênico na sociedade. Neste estudo realizamos uma revisão bibliográfica a fim de verificar qual a importância da assistência de enfermagem ao portador de esquizofrenia. Os dados obtidos permitiram observar que o enfermeiro tem um papel fundamental na vida do esquizofrênico, criando um tratamento individualizado e diferenciado, que envolve a família e a comunidade, sempre visando ampliar assistência à família e ao paciente de maneira humanizada e novas formas de abordagem, evitando assim a gravidade das recaídas dos sintomas.Palavras-chave: esquizofrenia; assistência de enfermagem; saúde mental

  6. Avaliação de manifestações bucais em pacientes pediátricos submetidos ao transplante hepático

    OpenAIRE

    Ana Paula Molina Vivas

    2012-01-01

    Introdução. O transplante hepático se tornou a principal opção terapêutica para o tratamento de várias doenças hepáticas. Subsequentemente ao transplante, é necessária a administração de terapia imunossupressora para evitar rejeição ao órgão transplantado. A avaliação odontológica é fundamental para eliminação ou prevenção do surgimento de focos infecciosos. Além disso, faz-se necessário o acompanhamento dos efeitos colaterais em cavidade bucal relacionados ao uso de drogas imunossupressoras....

  7. Validação de material informativo a pacientes em tratamento quimioterápico e aos seus familiares Validación del material informativo a los pacientes en tratamiento de quimioterapia y a sus familiares Validation of the informative material for patients and their families undergoing chemotherapeutical treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Sanches Salles

    2010-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi a validação do conteúdo e a compreensibilidade do Material informativo a pacientes em tratamento quimioterápico e aos seus familiares. Para avaliar se as informações do material informativo sobre câncer, quimioterapia, cuidados com paciente, alimentação e medicação eram suficientemente esclarecedoras e claras, foram contatados 23 cuidadores principais de crianças com câncer. Os entrevistados responderam a um questionário contendo nove questões fechadas e uma aberta. A avaliação foi positiva e as informações foram consideradas esclarecedoras pela maioria dos participantes, dos quais alguns contribuíram com sugestões, que foram acrescentadas ao material. Após completa finalização, o material servirá como apoio aos pacientes com câncer e aos familiares. O intuito do material é melhorar a qualidade de assistência de enfermagem, pois acredita-se que, quando os responsáveis estão orientados sobre a maneira mais adequada de cuidar, a adesão do paciente ao tratamento aumenta, a informação os torna mais seguros, e colabora-se para o sucesso do tratamento.Refiérase a la validación del contenido y a la comprensibilidad del material informativo a los pacientes en tratamiento de quimioterapia y a sus familiares. Fueron contactados 23 cuidadores que responderán a un instrumento con nueve cuestiones cerradas y una abierta para evaluar si las informaciones del material informativo sobre cáncer, quimioterapia, cuidados con el paciente, alimentación y medicación fueron esclarecedoras, suficientes y claras. La evaluación fue positiva y las informaciones fueron consideradas satisfactorias y esclarecedoras para la mayoría de las personas. Algunas hicieron sugerencias que fueron incluidas en el material. El material informativo pretende ser implantada con el objetivo de mejorar la cualidad de la asistencia de enfermería, pues se cre que cuando los responsables estan orientados sobre la manera m

  8. Blefaroplastia inferior: poderia a cirurgia proporcionar satisfação aos pacientes? Lower blepharoplasty: would the surgery provide satisfaction to the patient?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanni André Pires Viana

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Foi realizado um estudo prospectivo com objetivo de avaliar os resultados de cinquenta pacientes submetidos a blefaroplastia inferior transcutânea, visando a análise do resultado clínico e a satisfação dos pacientes na Universidade Federal de São Paulo, entre abril de 2005 e maio de 2007. MÉTODOS: Os pacientes foram alocados aleatoriamente em dois grupos cirúgicos. O Grupo Cirúrgico 1 (Grupo Controle foi composto por 25 pacientes submetidos a blefaroplastia inferior tradicional e cantopexia lateral de rotina. O Grupo Cirúrgico 2 (Grupo Experimental foi composto por 25 pacientes submetidos a blefaroplastia inferior com transposição das bolsas adiposas e cantopexia lateral de rotina. Para avaliar os resultados obtidos foi utilizado a avaliação da autoestima dos pacientes, por meio da Escala de Autoestima de Rosenberg UNIFESP/EPM. O outro método utilizado foi solicitar a participação de três cirurgiões independentes que avaliaram as fotografias de pré e pós-operatório e com auxílio de uma escala topográfica, quantificaram os resultados. RESULTADOS: A média de idade foi de 48,8 anos, com predomínio do sexo feminino (96%. A análise das fotografias mostrou que 96% dos pacientes apresentaram melhora significativa. A autoestima melhorou de um escore médio no pré-operatório de 5,1 (desvio padrão = 4,1 para um valor médio de 3,6 (desvio padrão = 3,5 após 6 meses da cirurgia (p=0,001. CONCLUSÃO: Os autores concluíram que ambos os procedimentos seriam seguros e eficazes, com baixo índice de complicação, apresentando melhora da autoestima, visível após seis meses da cirurgia.PURPOSE: The purpose of this study was to analyze prospectively fifty patients submitted to lower eyelid blepharoplasty at the Federal University of São Paulo, between April 2005 and May 2007. METHODS: Fifty patients were assigned to interventions into two surgical groups by using random allocation. The Surgical Group1 (control group

  9. CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE EM USO DE BRONCODILATADORES E/OU EXPECTORANTES NA PERSPECTIVA DE SEUS PRINCIPAIS DIAGNÓSTICOS

    OpenAIRE

    Sampaio, Sarah Zani; Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa/UFF; Santos, Letícia Ferreira dos; UFF; Santos, Mauro Leonardo Salvador Caldeira dos; UFF; Fuly, Patrícia Claro; UFF

    2010-01-01

    Este estudo aborda os principais diagnósticos e intervenções de enfermagem aplicados ao cliente hospitalizado quando em uso de fármacos broncodilatadores e expectorantes. E tem por objetivo contribuir para a Sistematização da Assistência de Enfermagem.

  10. Diálise peritoneal: cuidado familiar ao cliente renal crônico em tratamento no domicílio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joyce Martins Arimatea Branco Tavares

    Full Text Available RESUMO Objetivo: propor um modelo de cuidado familiar ao cliente renal crônico em tratamento com a Diálise Peritoneal a partir das evidências apontadas pelos familiares. Método: estudo descritivo com abordagem qualitativa, tendo como método a Pesquisa Convergente Assistencial. O cenário foi um hospital estadual do Rio de Janeiro, onde foram realizadas as técnicas de entrevista individual gravada e de um grupo de encontro com 19 participantes da pesquisa. Os dados foram analisados de acordo com as etapas propostas pelo método, emergindo uma categoria sobre a questão cultural como base para o cuidado: uma proposta de cuidado familiar no domicílio. Resultados: o modelo de cuidado proposto contempla o diálogo e a reflexão, no sentido de compartilhar os saberes dos sistemas "profissional" e "popular", visando à melhoria da qualidade de vida dos clientes. Conclusão: os familiares conseguiram realizar a preservação, acomodação e repadronização cultural do cuidado propostas pelo modelo Sunrise de Leininger.

  11. Relevamiento de factores de riesgo y de enfermedad renal en familiares de pacientes en diálisis Survey of risk factors and renal disease in first-degree relatives of dialysis patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Inserra

    2007-02-01

    Full Text Available En publicaciones previas se muestra que familiares con vínculo primario de pacientes con enfermedad renal crónica tienen mayor riesgo de desarrollar la enfermedad que la población general. Objetivo: conocer la frecuencia relativa de marcadores de enfermedad renal crónica y factores de riesgo cardiovascular entre familiares con vínculo primario de pacientes en diálisis. Material y métodos: se estudiaron 810 voluntarios, 668 mayores de 18 años. Se les realizó una encuesta sobre antecedentes de enfermedad renal y cardiovascular. Se midieron presión arterial y datos antropométricos, y se tomaron muestras para análisis de orina y sangre. Los parámetros valorados en la población adulta fueron: hábito de fumar, presencia de hipertensión arterial (HTA, obesidad, diabetes, hipercolesterolemia, creatininemia y clearance de creatinina estimado por MDRD, proteinuria y microalbuminuria por tira reactiva con lectura digital. En población pediátrica se consideraron los percentilos para peso y presión arterial. Se clasificó a la población por estadios de enfermedad renal crónica según recomendación de la National Kidney Foundation. Resultados: Frecuencias relativas de ERC= 29.6%; proteinuria = 13.9% y microalbuminuria= 8.7%. Las frecuencias relativas, ajustadas por sexo y edad, fueron: de HTA 41.8%, sobrepeso/obesidad 62.1%, e hipercolesterolemia 42.9%, y de hiperglucemia 5.2%. El 34.8% de los encuestados eran fumadores. En conclusión: En población adulta la prevalencia de sobrepeso/obesidad, hipertensión arterial e hipercolesterolemia entre familiares con vínculo primario de pacientes en TSR fue más elevada que las comunicadas en estudios poblaciones nacionales. La prevalencia de enfermedad renal crónica también fue elevada, estimándose en tres veces superior a la de la población general. Estos resultados apoyan el hecho que los familiares con vínculo primario de pacientes en diálisis constituyen una población de alto riesgo

  12. Efeito da estimulação elétrica nervosa transcutânea no tratamento da dor no ombro de pacientes com doença renal crônica: relato de casos Effect of transcutaneous electrical nerve stimulation in the treatment of pain in the shoulder of patients with chronic kidney disease: a two-case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Ribeiro Bertoli

    2009-09-01

    Full Text Available A doença renal crônica (DRC pode causar muitas complicações clínicas associadas ao tempo de diálise. A amiloidose é uma dessas complicações e pode levar à dor no ombro, comum em pacientes com DRC. Só foram encontrados na literatura relatos de tratamento cirúrgico e/ou medicamentoso para esse tipo de dor. O objetivo aqui foi avaliar o benefício da estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS no tratamento da dor no ombro devida à amiloidose em pacientes com DRC. Duas pacientes foram avaliadas quatro vezes num período de três meses. Na avaliação inicial as pacientes foram orientadas e receberam um aparelho de TENS para uso domiciliar (10Hz, 150 µs, duas vezes por dia, por 40 minutos durante três meses. A dor foi avaliada utilizando-se uma escala visual analógica e o questionário de dor de Wisconsin. Os resultados mostram que o tratamento com TENS reduziu a dor no ombro em ambas as pacientes. O tratamento com a TENS pode pois ser eficaz em reduzir a dor no ombro em pacientes com DRC.Chronic kidney disease (CKD may bring about several clinical complications associated to long-term dialysis. Amyloidosis is one of such complications and may lead to shoulder pain, common among CKD patients, for which no studies could be found in literature on the use of transcutaneous electrical nerve stimulation (TENS - only surgical and medicine treatments are reported. The purpose here was to assess benefits of TENS in treating shoulder pain due to amyloidosis in patients with CKD. Two female patients were assessed four times in a three-month period. At the initial evaluation, patients were guided as to its use and given a TENS device for use at home (10 Hz, 150 µs, twice a day, for 40 minutes for three months. Pain was assessed by means of a visual analog scale and of the Wisconsin brief pain questionnaire. Results show that TENS reduced shoulder pain in both patients. Treatment with TENS may hence be effective in reducing shoulder

  13. Avaliação da adesão aos colírios em pacientes com glaucoma através da Escala de Morisky de 8 itens: um estudo transversal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Viegas Moura Rezende Ribeiro

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Determinar a adesão aos colírios antiglaucomatosos em pacientes do Projeto Glaucoma (Ministério da Saúde por meio da escala de Morisky de 8 itens. Métodos: Foi realizado um estudo transversal por meio de questionário aplicado a 237 pacientes diagnosticados com glaucoma inscritos regularmente no Projeto Glaucoma do Instituto de Olhos de Maceió, adaptando a escala de Morisky já validada em português para colírios. As variáveis foram a adesão aos colírios antiglaucomatosos, idade, sexo, raça, tempo de diagnóstico do glaucoma, número de colírios utilizados, doenças sistêmicas, escolaridade, perfil de visão (ruim, razoável ou boa e os fatores correlacionados com a adesão. A análise estatística entre as variáveis foi realizada com os testes estatísticos do Quiquadrado para as variáveis categóricas e Teste U de Mann-Whitney para as contínuas, considerando um nível de significância de 5%. Resultados: A adesão aos colírios foi de 54%. A idade e o número de colírios (p=0,02 e 0,03 respectivamente foram estatisticamente relevantes, assim como a qualidade de visão também foi (p<0,001 para o não uso adequado do tratamento. O motivo mais comum tanto no grupo de aderentes como no de não aderentes foi o esquecimento (23% e 76,15% respectivamente. Conclusão: Utilizando a escala de Morisky adaptada para colírios antiglaucomatosos a adesão aos colírios foi de 54% .

  14. Miopia aguda e glaucoma de ângulo fechado associados ao uso de topiramato em paciente jovem: relato de caso Acute myopia and angle closure glaucoma associated with topiramate use in a young patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Neves Brandão

    2009-02-01

    Full Text Available O glaucoma agudo de ângulo fechado pode ser secundário, dentre outras causas, ao uso de medicações sistêmicas, como o anticonvulsivante topiramato. Esse trabalho descreve o caso de uma paciente jovem com quadro agudo bilateral de miopia e glaucoma de ângulo fechado induzidos por terapia com topiramato para prevenção de crises de enxaqueca, fazendo relação com casos semelhantes descritos na literatura e revisão bibliográfica referentes à entidade.Acute angle-closure glaucoma may be induced, among other causes, by therapy with systemic drugs, such as the anticonvulsant topiramate. This paper reports the case of an young patient with acute myopia and angle-closure glaucoma associated with migraine prevention with topiramate. We make a link with similar cases described in medical journals and in a bibliographic review related to this entity.

  15. Emergindo a complexidade do cuidado de enfermagem ao ser em morte encefálica Complejidad emergente del cuidado de enfermería al paciente con muerte cerebral Emerging the complexity of nursing care facing a brain death

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Lima Pestana

    2012-12-01

    Full Text Available O estudo objetivou desvelar a complexidade do cuidado de enfermagem ao ser em morte encefálica. Utilizaram-se como referenciais teórico e metodológico o pensamento complexo e a Grounded Theory, respectivamente. Os dados foram coletados em um hospital universitário do nordeste brasileiro, de dezembro de 2010 a junho de 2011, por meio de entrevistas não estruturadas. A amostra teórica constituiu-se de 12 enfermeiros, distribuídos em três grupos amostrais. O fenômeno "Desvelando relações e interações múltiplas do ser enfermeiro na complexidade do cuidado ao ser em morte encefálica" foi delimitado por cinco categorias. Neste artigo, foi abordada a categoria "Emergindo a complexidade do cuidado de enfermagem ao ser em morte encefálica". O estudo evidenciou que o cuidado ao ser em morte encefálica é caracterizado por desordem e incertezas, fazendo com que o enfermeiro vivencie sentimentos diversos e ambivalentes. A sua complexidade está em compreender a sua singularidade e dialogicidade.Este estudio objetivó desvelar la complejidad del cuidado en enfermería al paciente con muerte encefálica. Se utilizaron como marcos teórico y metodológico el pensamiento complejo y la Grounded Theory, respectivamente. Los datos fueron recolectados en un hospital universitario en el nordeste de Brasil, entre diciembre de 2010 y junio de 2011, a través de entrevistas no estructuradas. La muestra teórica fue compuesta por 12 enfermeras asignadas en tres grupos. El fenómeno "Revelando las múltiples relaciones e interacciones en ser un enfermero en la complejidad del cuidado del paciente con muerte cerebral" fue delimitada en cinco categorías. En este artículo, se dirigió a la categoría de "Emergiendo la complejidad del cuidado de enfermería al paciente en muerte cerebral". El estudio mostró que el cuidado al ser en muerte cerebral se acompaña de desorden e incertidumbres, haciendo con que la enfermera pueda experimentar diferentes y

  16. A assistência de enfermagem ao paciente submetido à artroplastia total de quadril e a importância dos cuidados no período pós operatório

    OpenAIRE

    Soares, Aline Barbosa; Silva, André Moreno; Silva, Gisele Duarte da; Siqueira, Isabel Cristina Gomes Leite de; Pamponet, Jéssica; Cruz, Maysa Paloma da; Quiles, Priscila; Santos, Mariza dos

    2013-01-01

    A Artroplastia Total de Quadril (ATQ) é uma cirurgia de reconstituição da articulação coxo femural pela substituição por prótese. A principal condição que leva à ATQ é a degeneração da cartilagem articular – os objetivos dessa cirurgia são alívio da dor, restauração e melhora da função articular. Destacar os cuidados de enfermagem específicos direcionados ao paciente submetido à ATQ no período pós operatório, bem como a importância da sistematização da assistência de enfermagem (SAE). Utilizo...

  17. Assistência multiprofissional em unidade de terapia intensiva ao paciente portador de síndrome de Prader-Willi: um enfoque odontológico

    OpenAIRE

    Juliana Santiago Setti; Sérgio Felix Pinto; Ellen Cristina Gaetti-Jardim; Gustavo Rodrigues Manrique; José Carlos Garcia de Mendonça

    2012-01-01

    A síndrome de Prader-Willi (SPW) é uma doença neurocomportamental genética que afeta o desenvolvimento da criança, resultando em obesidade, estatura reduzida, hipotonia, distúrbios endócrinos e déficit cognitivo que podem comprometer a integridade da cavidade oral. O presente estudo tem como finalidade apresentar um caso de paciente branco, masculino, 15 anos de idade portador da referida síndrome cujo exame clínico intra-oral evidenciou presença de placa bacteriana, gengivite, má-oclusão, sa...

  18. Psicoterapia psicanalítica: aplicações no tratamento de pacientes com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas

    OpenAIRE

    2007-01-01

    El estudio presenta reflexiones sobre psicoterapia psicanalítica/psicodinámica, y la discusión de sus usos posibles en el tratamiento de pacientes con problemas con el uso del alcohol y otras drogas. Los principais conceptos son descritos se delinean y los marcos teóricos con que las técnicas funcionan y sus fundamentos epistemológicos que apoyan el práctico del psycotherapy. Después de eso, los resultados de la investigación están revisados y ofrecen las evidencias científicas...

  19. Colite por citomegalovirus em paciente transplantada renal: relato de caso e revisão da literatura Citomegalovirus colitis in kidney transplant patient: case report and literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Saad Hossne

    2007-06-01

    Full Text Available A infecção do citomegalovírus ocorre geralmente em pacientes imunocomprometidos sejam pós-transplantados ou pelas doenças que comprometem o sistema imune (AIDS; apresentamos um caso de um paciente do sexo feminino de 49 anos de idade, que se encontrava em pós-operatório tardio de transplante renal (14 anos, fazendo uso de medicações imunossupressoras. Evolui com quadro de dor abdominal, perda do peso e diarréia não sanguinolenta na fase inicial, necessitando de hospitalização, durante a qual desenvolveu severos quadros de hematoquezia e hipotensão. Submetida a colonoscopia que revelou mucosa de aspecto friável, com úlceras do tipo aftóides, fibrina e formação de pseudopólipos; a biopsia revelou tratar-se de citomegalovírus. Evolui sem melhora com o uso do foscarnet r, necessitando de tratamento cirúrgico, indo a óbito após 5 dias.Cytomegalovirus infection frequently develops in immunocompromised patients, either in post-transplanted patients or in patients with diseases that affects the immune system, such as AIDS; we present a case of a 49 year old female patient in late post surgery (14 years of a kidney transplant, using immunosuppressing medication. The patient presented abdominal pain, weight loss and initial diarrhea, she was hospitalized and developed severe hematochezia and hypotension. The patient was submitted to a colonoscopy and presented friable aspect mucosa, with aphthoid ulcers, fibrin and pseudopolyp formation; biopsy revealed cytomegalovirus. Her condition did not improve after the use of foscarnet, and surgical treatment was necessary. The patient died 5 days later.

  20. Pacientes assintomáticos apresentam infecção relacionada ao cateter venoso utilizado para terapia nutricional parenteral Asymptomatic patients present infection related to the central venous catheter used for total parenteral nutrition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Deh Carvalho Machado

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a freqüência de infecção relacionada ao cateter venoso central em pacientes submetidos a terapia nutricional parenteral. MÉTODOS: Foram analisados os cateteres venosos centrais de pacientes em terapia nutricional parenteral que tiveram a indicação de retirada do cateter venoso central por infecção, alta hospitalar, ou trombose. Os pacientes com infecção foram denominados de Grupo 1 e os demais de Grupo 2. RESULTADOS: Não houve diferença estatisticamente significante quanto ao estado nutricional dos 18 pacientes analisados. Foram analisados 28 cateteres e destes 68% estavam infectados, sendo 72% do Grupo 1 e 28% do Grupo 2 (assintomáticos. No Grupo 1, houve infecção sistêmica em 70% dos casos, já no Grupo 2 a hemocultura foi positiva em 17% dos casos. A colonização por Staphylococcus sp. ocorreu em 48% dos casos, seguida de Candida sp. (21%, Enterococcus faecalis (16%, Pseudomonas aerurginosa (10% e Proteus sp.(5%. CONCLUSÃO: A contaminação de cateter venoso central utilizado para terapia nutricional parenteral é freqüente. Mesmo pacientes assintomáticos recebendo nutrição parenteral têm uma incidência maior de infecção por Candida sp. Portanto é necessária a criação de barreiras que impeçam a colonização destes cateteres venosos centrais, a fim de diminuir a morbimortalidade de pacientes dependentes deste tipo de terapia.OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the frequency of central venous catheter-related infections in hospitalized patients receiving total parenteral nutrition. METHODS: Central venous catheters were analyzed immediately after removal due to infection, hospital discharge or thrombosis. The patients with catheter-related infection were named Group 1 and the other patients were named Group 2. RESULTS: Eighteen patients were studied. There was no statistically significant difference in nutritional status between the two groups. A total of 28 catheters were analyzed

  1. Estudio documental (2006-2013 sobre el autocuidado en el día a día del paciente con enfermedad renal crónica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Julia Carrillo Algarra

    2013-09-01

    Full Text Available Objetivo: Describir las actividades de autocuidado realizadas por los pacientes con enfermedad renal crónica (ERC que se encuentran en los diferentes tratamientos sustitutivos, reportadas en la literatura científica durante el período 2006 a 2013. Material y método: Estudio documental de corte cualitativo, en el cual se revisaron artículos originales de cualquier nacionalidad, publicados en español, inglés y portugués, indexados en las bases de datos: Elsevier Instituciones, ScienceDirect, Ciberindex, Nursing@Ovid, Ebsco Host, Pubmed Scielo, Lilacs, usando los descriptores autocuidado, cuidado de si, autogestión, ERC, hemodiálisis, diálisis peritoneal y trasplante renal. Para el análisis de los datos se utilizó el análisis de contenido. Resultados: Se seleccionaron ocho artículos que respondieron al objetivo del estudio, siete realizados en Brasil y uno en Canadá. Seis eran cualitativos. Todos realizados por Enfermeras, dos de ellos presentan explícitamente orientación teórica disciplinar. Promedio de publicación uno por año. Emergieron seis categorías: Mantenimiento y mejora de la aptitud/condición física; Mantenimiento y mejora del estado nutricional: comportamiento alimentario, Recreación como medida de autocuidado, Protección y mantenimiento de la función de la fistula arteriovenosa, Uso de terapia farmacológica como medida de autocuidado y Desde la experiencia y la construcción del conocimiento: algunas prácticas autocuidado. Conclusiones: Mantenimiento de la condición física y del estado nutricional fueron las actividades de autocuidado que emergieron con mayor relevancia. En la producción científica del autocuidado en pacientes con ERC en tratamientos sustitutivos, se resalta el liderazgo enfermero, pero se evidencia baja producción, especialmente en países en vía de desarrollo.

  2. Gasto energético de repouso em pacientes com doença renal crônica Resting energy expenditure in patients with chronic kidney disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Ayako Kamimura

    2008-02-01

    Full Text Available O conhecimento do gasto energético de repouso é de fundamental importância na determinação das necessidades energéticas e, conseqüentemente, no estabelecimento das recomendações de energia de um indivíduo. O elevado gasto energético, se não compensado por uma ingestão alimentar suficiente, poderá contribuir para a desnutrição e o maior risco de morbidade e mortalidade. Nos pacientes com doença renal crônica, a uremia per se e o tratamento de diálise estão, freqüentemente, associados a vários distúrbios, como a acidose metabólica, a resistência insulínica, o hiperparatireoidismo secundário e a inflamação, que podem aumentar o catabolismo protéico e, em parte, contribuir para o aumento do gasto energético de repouso. A presente revisão tem como objetivo descrever os estudos sobre o gasto energético de repouso nos pacientes com doença renal crônica e os aspectos que influenciam o gasto energético nesta população.Knowledge of resting energy expenditure is of paramount importance for the determination of energy requirements and consequently for the establishment of energy recommendations of an individual. Elevated energy expenditure, if not supplied by enough food consumption, may contribute to malnutrition and higher risk of morbidity and mortality. In patients with chronic kidney disease, uremia per se and the dialysis treatment are frequently associated with several disturbances, such as metabolic acidosis, insulin resistance, secondary hyperparathyroidism and inflammation, that might in part contribute to the increase in resting energy expenditure. The present review aims to describe the studies on resting energy expenditure in patients with chronic kidney disease and the factors influencing energy expenditure in this population.

  3. Cuidado de enfermagem ao paciente com comorbidade clínico-psiquiátrica em um pronto atendimento hospitalar Atención de enfermería a pacientes con comorbilidad clínica psiquiátrica en un Pronto Socorro hospitalar Nursing care to patients with comorbidity clinical and psychiatric in hospital Emergency Service

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcio Roberto Paes

    2010-06-01

    Full Text Available Pesquisa qualitativa, descritiva, exploratória desenvolvida em 2009 no pronto atendimento de um hospital geral de Curitiba, Paraná. Teve como objetivo conhecer o cuidado de enfermagem desenvolvido ao paciente com comorbidade clínico-psiquiátrica. Participaram seis enfermeiros, sete técnicos de enfermagem e 14 auxiliares de enfermagem. Os dados foram obtidos mediante entrevista semiestruturada e submetidos à análise de conteúdo temático-categorial. As categorias que emergiram dos dados foram: O cuidado é técnico e sem especificidade; Segurança e proteção ao paciente; e Contenção física e química como medidas de proteção. Evidenciou-se que os cuidados de enfermagem desenvolvidos aos pacientes com comorbidade clínico-psiquiátrica são sem especificidade, com ênfase em cuidados básicos, contenção química e física. Concluiu-se que há necessidade da implantação de programas locais de capacitação em saúde mental e sensibilização dos profissionais de enfermagem quanto aos cuidados a tal clientela.Investigación cualitativa, descriptiva y exploratoria desarrollada en 2009, en el Pronto Socorro de un Hospital General de Curitiba, Paraná, Brasil. Tuvo como objetivo investigar cómo se desarrolla la atención de enfermería a los pacientes con comorbilidad clínica y psiquiátrica. Participaran seis enfermeros, siete técnicos de enfermería y 14 auxiliares de enfermería. Se obtuvieron datos mediante entrevistas semiestructuradas y sometidos a análisis de contenido temático. Las categorías que surgieron de los datos fueron: El cuidado es técnico y sin especificidad; Seguridad y protección de los pacientes y Contención físicas y químicas como las medidas de protección. Los cuidados de enfermería desarrollados para los pacientes con comorbilidad clínicos y psiquiátricos son sin especificidad, con énfasis en los cuidados básicos, contención física y química. Se concluyó que es necesario el establecimiento

  4. Fração de excreção de potássio na evolução da lesão renal aguda em pacientes graves: um potencial marcador a ser monitorizado?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Toledo Maciel

    2014-04-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o comportamento da fração de excreção de potássio durante a evolução da lesão renal aguda em pacientes graves. Métodos: Foram incluídos 168 pacientes como parte de um estudo maior, no qual avaliamos parâmetros sanguíneos e urinários durante a evolução da lesão renal aguda. Foram coletadas diariamente amostras de sangue e urina até a remoção da sonda vesical ou a necessidade de terapia de substituição renal. Descrevemos a evolução da fração de excreção de potássio conforme a presença ou não de lesão renal aguda, sua duração - transitória ou persistente - e gravidade (com base no estágio Acute Kidney Injury Network - AKIN. Foi também avaliado o desempenho diagnóstico da fração de excreção de potássio no dia do diagnóstico da lesão renal aguda, para prever a sua duração e a necessidade de terapia de substituição renal. Resultados: A fração de excreção de potássio foi significativamente maior na lesão renal aguda persistente do que na transitória no dia do diagnóstico da lesão renal aguda (24,8 versus 13,8%; p<0,001. Ambos os grupos tiveram aumento de sua fração de excreção de potássio mediana nos 2 dias que precederam o diagnóstico de lesão renal aguda. Pacientes que não desenvolveram mantiveram níveis baixos e estáveis de fração de excreção de potássio. A fração de excreção de potássio, no dia do diagnóstico de lesão renal aguda, demonstrou razoável precisão em prever lesão renal aguda persistente (área sob a curva: 0,712; intervalo de confiança de 95%: 0,614-0,811; p<0,001. A área sob a curva para terapia de substituição renal foi de 0,663 (intervalo de confiança de 95%: 0,523-0,803; p=0,03. A fração de excreção de potássio aumentou com o estágio máximo atingido do AKIN, tanto para lesão renal aguda transitória quanto para persistente. Conclusão: A avaliação sequencial da fração de excreção de potássio parece útil em

  5. Alergia ao látex em paciente com síndrome de Kabuki: relato de caso Alergia al látex en paciente con síndrome de Kabuki: relato de caso Latex allergy in a patient with Kabuki syndrome: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Coelho Teixeira

    2010-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O conhecimento do profissional de Anestesiologia sobre aspectos específicos de pacientes portadores de síndromes raras é uma necessidade crescente, já que cada vez mais esses pacientes são levados aos centros cirúrgicos. O objetivo é descrever um caso de alergia ao látex ocorrido em um desses pacientes com diagnóstico da Síndrome de Kabuki, cujos aspectos ainda não foram completamente esclarecidos, alertando os anestesiologistas quanto à possibilidade dessa associação. RELATO DO CASO: Paciente de 11 anos com diagnóstico de Síndrome de Kabuki foi admitida para exérese de lesões de partes moles. Apresentava histórico de reações alérgicas prévias após procedimentos cirúrgicos de pequeno porte. Com a necessidade da realização de um novo procedimento, após avaliação pré-anestésica, foi encaminhada a um alergologista, que a submeteu a testes cutâneos que confirmaram a hipótese de alergia ao látex. Foi levada mais uma vez ao centro cirúrgico para exérese das lesões, sob anestesia geral. Foram tomadas todas as precauções, com o objetivo de evitar novas manifestações clínicas. O procedimento transcorreu sem intercorrências e a paciente recebeu alta no mesmo dia, sem apresentar qualquer tipo de complicação, o que reforçou ainda mais o diagnóstico. CONCLUSÕES: A Síndrome de Kabuki parece ter um curso relativamente benigno em sua história natural. Entretanto, há muitos aspectos ainda a serem esclarecidos e, portanto, não se descarta a possibilidade da associação dessa patologia com outras condições que interessam ao anestesiologista. Essa descrição tem por objetivo alertar quanto ao risco da associação dessa síndrome com a alergia ao látex. Para tanto, deve-se incentivar, na avaliação pré-anestésica desses pacientes, a realização de uma anamnese bem feita, com a análise de outros fatores predisponentes que não a síndrome per seJUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El

  6. A enfermeira no cuidado aos pacientes submetidos ao eco-stress farmacológico: implicações para a prática clínica El rol de la enfermera en la atención de pacientes sometidos al ecoestrés farmacológico: implicaciones en la práctica clínica Nursing care for patients undergoing pharmacological stress echocardiography: implications for clinical practice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Georgina Oliveira de Goes

    2012-06-01

    Full Text Available Estudo que teve por objetivos identificar os sinais e sintomas prévios e os ocorridos durante o exame de eco-stress farmacológico, descrever a atuação da enfermeira e os pressupostos para o cuidado de enfermagem na realização desse exame. Trata-se de pesquisa exploratório-descritiva, em uma unidade diagnóstica cardiológica de um hospital universitário de Porto Alegre. Foram estudadas, retrospectivamente, 246 fichas de registros de pacientes submetidos ao eco-stress, com quatro diferentes protocolos farmacológicos. A análise estatística apontou que os sinais e sintomas associados ao tipo de fármaco utilizado durante o exame foram, prevalentemente: angina típica, dor precordial, cansaço, cefaleia e extrassístoles. Esses resultados propiciaram conhecer melhor o eco-stress farmacológico, de forma a instrumentalizar a enfermeira para a prática clínica, tanto na organização da unidade para a realização do exame quanto no cuidado ao paciente submetido ao mesmo.Estudio que tuvo por objetivos, identificar los signos y síntomas previos, y los ocurridos durante el examen de ecoestrés farmacológico, y describir el rol de la enfermera y los fundamentos para los cuidados de enfermería durante la realización de este examen. Es un trabajo descriptivo, realizado en una unidad diagnóstica cardiológica de un hospital universitario de Porto Alegre, RS. Fueron estudiados, de forma retrospectiva, 246 expedientes médicos de pacientes sometidos al ecoestrés, con cuatro diferentes protocolos farmacológicos. El análisis estadístico demostró que los signos y síntomas fueron asociados al tipo de fármaco utilizado durante el examen, y estos fueron: angina típica, dolor precordial, cansancio, cefalea y extrasístoles. Estos resultados ayudaron a conocer mejor el ecoestrés farmacológico y preparar mejor a la enfermera para la práctica clínica, tanto en la organización del servicio donde se realizaron los exámenes como en los

  7. Quality of life of patients with autoimmune diseases submitted to bone marrow transplantation: a longitudinal study Calidad de vida de pacientes con enfermedades autoinmunes sometidos a transplante de médula ósea: un estudio longitudinal Qualidade de vida de pacientes com doenças auto-imunes submetidos ao transplante de medula óssea: um estudo longitudinal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Augusto Bronzi Guimarães

    2008-10-01

    capacidad de realizar actividades del cotidiano y la posibilidad renovada de trazar planos futuros.O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade de vida de pacientes com doenças auto-imunes (DAI, submetidos ao Transplante de Medula Óssea (TMO, em dois momentos distintos: na admissão do paciente e por ocasião da alta hospitalar (30 dias após o transplante. Foram selecionados pacientes atendidos na unidade de TMO, maiores de 18 anos, que apresentaram condições e disponibilidade para colaborar voluntariamente. Para a coleta de dados utilizou-se roteiro de entrevista semi-estruturada e o Questionário de Avaliação de Qualidade de Vida - SF-36. A amostra foi composta por 19 pacientes atendidos em um hospital-escola do interior do Estado de São Paulo, Brasil. Os dados obtidos sugerem depreciação da qualidade de vida desses pacientes antes da realização do transplante, acompanhada da progressão de suas enfermidades. Imediatamente após o transplante já se percebe melhora da capacidade para realizar atividades do cotidiano e a possibilidade renovada de traçar planos futuros.

  8. Evaluación de la composición corporal en pacientes con insuficiencia renal crónica Body composition assessment in patients with chronic renal failure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Cano

    2010-08-01

    Full Text Available Introducción: La evaluación de la composición corporal es de gran importancia en la pesquisa temprana de alteraciones en el estado nutricional por déficit o por exceso, sin embargo existen pocos métodos de campo confiables para este objetivo en pacientes con insuficiencia renal crónica (IRC. Objetivo: Evaluar la confiabilidad de estimaciones de composición corporal con distintos métodos en comparación con absorciometría de rayos X de doble energía (DEXA como método de referencia, en pacientes portadores de IRC sometidos a hemodiálisis crónica periódica. Pacientes y métodos: Se evaluó la composición corporal en 30 pacientes en hemodiálisis (46,9 ± 15,1 años (18-76; IMC 25,9 ± 5,7 kg/m² (18,1-41,5, observando la concordancia en el porcentaje de masa grasa (%MG entre sumatoria de 4 pliegues (SP; calibrador Lange® y bioimpedanciometría usando distintas ecuaciones (BIA; Biodynamics® 450 contra DEXA (Lunar DPX-L. Resultados: (X ± DE Según IMC, 3 individuos tenían bajo peso (10%, 14 normopeso (46,7%, 7 sobrepeso (23,3% y 6 obesidad (20%. El %MG con SP (30,7 ± 7,1% difirió significativamente de DEXA (27,3 ± 10,3%; p Introduction: Assessment of body composition is paramount in early assessment of nutritional status impairments due to excess or deficit. There are, however, few field reliable methods for this objective for patients with chronic renal failure (CRF.. Objective: To assess the reliability of the estimations of body composition by different methods as compared to dual energy X-ray absorptiometry (DEXA as the gold standard method in patients with CRF and on regular chronic haemodialysis. Patients and methods: We assessed body composition in 30 haemodialysis patients (46.9 ± 15.1 years (18-76; BMI 25.9 ± 5.7 kg/m² (18.1-41.5, observing agreement in the percentage of fat mass (%FM between the sum of the 4 folds (SP; calibrator Lange® and bioimpedantiometry by using different equations (BIA; Biodynamics® 450

  9. Concordância entre enfermeiros quanto ao risco dos pacientes para úlcera por pressão Agreement between nurses regarding patients' risk for developing pressure ulcer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Maria Fonseca Simão

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar a concordância entre enfermeiros quanto à avaliação e classificação de risco dos pacientes para desenvolvimento da Úlcera por Pressão. MÉTODOS: Estudo descritivo exploratório realizado com 22 enfermeiros assistenciais em quatro Unidades de Terapia Intensiva de hospital universitário brasileiro. Utilizou-se a escala de Braden para avaliação e classificação do risco dos pacientes para Úlcera por Pressão. Para avaliação da concordância, considerou-se o escore obtido pela pesquisadora, enfermeira especialista, como parâmetro ouro para comparação com os escores pontuados pelos enfermeiros assistenciais. RESULTADOS: Verificou-se concordância geral entre os enfermeiros somente na avaliação das subescalas Percepção Sensorial, Mobilidade, Fricção e Cisalhamento. Quanto à classificação em níveis de risco, houve concordância apenas em duas Unidades. CONCLUSÃO: Foram encontradas divergências de concordância entre os enfermeiros assistenciais e diferença na classificação dos pacientes em níveis de risco.OBJECTIVES: To evaluate the agreement between nurses regarding classification and assessment of patients' risk for developing pressure ulcer. Methods: A descriptive exploratory study conducted with 22 nurses in four intensive care units of Brazilian university hospitals. The Braden Scale was used for assessment and classification of the patients' risk for developing pressure ulcer. To assess agreement, we considered the score obtained by the researcher, nurse specialist, as gold standard parameter for comparison with scores punctuated by assisting nurses. RESULTS: There was general agreement among nurses only in the assessment of the subscales Sensory Perception, Mobility, Friction & Shear. For classification into risk levels, there was agreement in only two units. CONCLUSION: There were differences of agreement between assisting nurses and difference in classification of patients into risk levels.

  10. Efeitos da nebulização com broncodilatadores carreados pelo heliox associada ao posicionamento corporal em pacientes com crise aguda de asma

    OpenAIRE

    Cunha Brandão, Daniella

    2009-01-01

    A asma é uma doença respiratória com eficiente arsenal farmacológico. Embora, estratégias terapêuticas ainda pouco utilizadas na prática clínica podem mostrar-se relevantes para o controle desta doença. Dentro deste contexto, o heliox e a atuação fisioterapêutica vêm sendo estudados pela comunidade científica à busca de demonstrar seus benefícios e efetividade em pacientes asmáticos. O heliox é um gás metabolicamente inerte e seguro com menor densidade que o oxigênio, podendo d...

  11. Diagnósticos e Intervenções de Enfermagem aos pacientes em terapia anticoagulante Diagnóstico e intervenciones de enfermería a los pacientes en terapia anticoagulante Nursing Diagnoses and Interventions for Patients under Anticoagulant Therapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Shirley Barbosa

    2004-10-01

    Full Text Available Os pacientes que fazem uso de anticoagulante orais apresentam necessidades especificas, para as quais, o atendimento de enfermagem tem um importante papel, principalmente, no sentido de prevenir complicações. A presente revisão foi realizada visando discutir os diagnósticos de enfermagem para esses pacientes, utilizando-se do sistema North American Nursing Diagnoses Association - NANDA. Os diagnósticos para esses pacientes retratam o risco de sangramento e retrombose quase sempre devido ao controle ineficaz do regime terapêutico e o déficit de volume de líquidos quando ocorre perda ativa de sangue. Propõem-se ainda as intervenções de enfermagem e os critérios de avaliações para tais condições. Os autores consideram relevante, no sucesso da assistência o preparo da equipe para lidar com essa terapia.Los pacientes que utilizan anticoagulante orales presentan necesidades específicas, para las cuales la atención de enfermería tiene un papel muy importante, principalmente en el sentido de prevenir complicaciones. La presente revisión se realizó; buscando discutir los diagnósticos de enfermería para esos pacientes, con el uso del sistema Noth American Nursing Diagnoses Association - NANDA. Los diagnósticos para tales pacientes retratan el riesgo de sangría y retrombosis, casi siempre debido al el control ineficaz del régimen terapéutico y el déficit del volumen de líquidos cuando ocurre una pérdida activa de sangre. También se proponen las intervenciones de enfermería y criterios de evaluaciones para tales condiciones. Los autores consideran relevantes en el éxito de la asistencia, la preparación del equipo para lidiar con esta terapia.Patients under treatment with oral anticoagulants present specific needs for which nursing care plays an important role, especially to prevent complications. The present review was carried out aiming at discussing nursing diagnoses for these patients by using the system of the North

  12. Assistência multiprofissional em unidade de terapia intensiva ao paciente portador de síndrome de Prader-Willi: um enfoque odontológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Santiago Setti

    2012-03-01

    Full Text Available A síndrome de Prader-Willi (SPW é uma doença neurocomportamental genética que afeta o desenvolvimento da criança, resultando em obesidade, estatura reduzida, hipotonia, distúrbios endócrinos e déficit cognitivo que podem comprometer a integridade da cavidade oral. O presente estudo tem como finalidade apresentar um caso de paciente branco, masculino, 15 anos de idade portador da referida síndrome cujo exame clínico intra-oral evidenciou presença de placa bacteriana, gengivite, má-oclusão, salivação viscosa e múltiplas lesões ulceradas em lábio, mucosa jugal, gengiva inserida, dorso e ventre lingual e lesões papulares ulceradas em borda lateral da língua. Após realização de biópsia excisional, foi constatada a presença de lesão herpética em cavidade oral e lesões cutâneas típicas do herpes que foram associadas a possível causa de encefalite herpética. Assim, observou-se que grande parcela dos efeitos deletérios da SPW podem ser amenizados com o diagnóstico correto e intervenções terapêuticas e educacionais precoces, sendo importante a atuação de uma equipe multiprofissional integrada e o desenvolvimento de protocolos assistenciais para melhor manejo dos pacientes portadores da síndrome de Prader-Willi.

  13. Acupuntura na assistência de enfermagem ao paciente portador de arritmias cardíacas: pesquisa bibliográfica

    OpenAIRE

    Márcio Rogério Bertuga; Vanessa Pellegrino Toledo

    2012-01-01

    Introdução: Entre as patologias cardíacas, parte dos eventos está relacionada com as arritmias. Inúmeros tratamentos são encontrados; medicamentosos e cirúrgicos; que nem sempre apresentam resultados satisfatórios, com uso de drogas que provocam reações adversas significativas e, a busca pela adequação da dosagem causa grande desconforto. As cirurgias são onerosas e nem sempre acessíveis aos sofredores de arritmias. Atualmente, busca-se por tratamentos alternativos, entre os quais, a Acupuntu...

  14. Alterações ecocardiográficas em pacientes com insuficiência renal crônica em programa de hemodiálise Alteraciones ecocardiográficas en pacientes con insuficiencia renal crónica en programa de hemodiálisis Echocardiographic alterations in patients with chronic kidney failure undergoing hemodialysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Henrique Barberato

    2010-01-01

    Full Text Available Alterações de estrutura e função cardíacas detectadas pela ecocardiografia são comuns em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise e predizem um pior prognóstico. Esta revisão aborda recentes evidências da utilidade do método na detecção da disfunção cardíaca clínica e subclínica, estratificação do risco cardiovascular e avaliação das estratégias de intervenção terapêutica.Alteraciones de estructura y función cardíacas detectadas por ecocardiografía son comunes en pacientes con enfermedad renal crónica en hemodiálisis y predicen un peor pronóstico. Esta revisión aborda recientes evidencias de la utilidad del método en la detección de la disfunción cardíaca clínica y subclínica, estratificación del riesgo cardiovascular y evaluación de las estrategias de intervención terapéutica.Changes in cardiac structure and function detected by echocardiography are common in patients with chronic kidney disease undergoing hemodialysis, and have been recognized as key outcome predictors. This review attempts to summarize recent evidence pointing to the usefulness of the method in the detection of clinical and subclinical cardiac dysfunction, stratification of cardiovascular risk and assessment of intervention strategies.

  15. Ring enhancing intracranial lesion responding to antituberculous treatment in an HIV-infected patient Lesão intracraniana que respondeu ao tratamento anti-tuberculoso em paciente infectado pelo HIV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Pellegrino

    2010-10-01

    Full Text Available Cerebral tuberculomas constitute a major differential diagnosis of cerebral toxoplasmosis in human immunodeficiency virus (HIV-infected patients in developing countries. We report the case of a 34-year old woman co-infected with HIV and possible disseminated tuberculosis (hepatitis, lymphadenopathy, and pleural effusion who presented a large and solitary intracranial mass lesion. Despite extensive diagnostic efforts, including brain, ganglionar, and liver biopsies, no definitive diagnosis was reached. However, a trial with first-line antituberculous drugs led to a significant clinical and radiological improvement. Atypical presentations of cerebral tuberculomas should always be considered in the differential diagnosis of intracranial mass lesions in HIV-infected patients and a trial with antituberculous drugs is a valuable strategy to infer the diagnosis in a subset of patients.Os tuberculomas cerebrais constituem diagnóstico diferencial importante da toxoplasmose cerebral em pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV de países em desenvolvimento. Os autores relatam o caso de uma mulher HIV positiva de 34 anos de idade, que apresentou provável tuberculose disseminada (hepatite, adenomegalia, e derrame pleural associada à lesão expansiva cerebral única e gigante. Apesar dos esforços diagnósticos realizados, incluindo biópsia cerebral, ganglionar e hepática, o diagnóstico etiológico não foi confirmado. Porém, a resposta clínico-radiológica ao tratamento tuberculostático permitiu definir o diagnóstico de tuberculoma cerebral e a paciente teve alta hospitalar. Apresentações atípicas de tuberculomas cerebrais devem ser sempre consideradas no diagnóstico diferencial das lesões expansivas cerebrais em pacientes infectados pelo HIV e o uso do tratamento tuberculostático constitui ferramenta útil na definição diagnóstica em um sub-grupo de pacientes

  16. Pacientes em uso de quimioterápicos: depressão e adesão ao tratamento Pacientes en uso de quimioterápicos: depresión y adhesión al tratamiento Patients on chemotherapy: depression and adherence to treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Fresche de Souza

    2013-02-01

    Full Text Available Este trabalho trata-se de estudo analítico, transversal, com abordagem quantitativa, que verificou a presença de depressão e a adesão ao tratamento com quimioterápicos em pacientes oncológicos atendidos na Farmácia Central de Quimioterapia de um hospital universitário. A amostra constou de 102 pacientes e a coleta dos dados foi realizada no período de outubro de 2010 a maio de 2011. Utilizou-se a entrevista estruturada, norteada por roteiro contendo dados sociodemográficos, clínicos e terapêuticos; o Teste de Morisky e o Inventário de Depressão de Beck. Os resultados revelaram que 10,8% e 1,9% dos participantes apresentaram depressão moderada e grave, respectivamente. Houve associação estatisticamente significativa entre a presença de depressão e as variáveis renda per capita, número de cirurgias e tempo de doença. Identificou-se falta de adesão ao tratamento em 48% dos participantes. Tais resultados indicam a necessidade de treinamento da equipe de saúde para detectar transtornos depressivos e falta de adesão ao tratamento com quimioterápicos entre pacientes oncológicos.Estudio analítico, transversal, cuantitativo, verificando la presencia de depresión y adhesión al tratamiento con quimioterápicos en pacientes oncológicos atendidos en la Farmacia Central de Quimioterapia de un hospital universitario. Muestra constituida por 102 pacientes, datos recolectados de octubre 2010 a mayo 2011. Se utilizó entrevista semiestructurada, orientada por rutina conteniendo datos sociodemográficos, clínicos y terapéuticos; el Test de Morisky y el Inventario de Depresión de Beck. Los resultados expresaron que 10,8% y 1,9% de los participantes presentaron depresión moderada y grave, respectivamente. Existió asociación estadísticamente significativa entre presencia de depresión y las variables renta per cápita, número de cirugías y tiempo de la enfermedad. Se identificó falta de adhesión al tratamiento en 48% de los

  17. Comunicação como instrumento básico no cuidar humanizado em enfermagem ao paciente hospitalizado La comunicación como el instrumento básico en el cuidar humanizado en enfermería al paciente hospitalizado Communication as a basic instrument in providing humanized nursing care for the hospitalized patient

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilvânia Smith da Nóbrega Morais

    2009-06-01

    Full Text Available A humanização é uma expressão que vem sendo comumente usada no sentido de associação dos recursos tecnológicos ao reconhecimento da individualidade do paciente, compreendido como ser integral e ao mesmo tempo singular em suas necessidades. Considerando que a humanização do cuidado em enfermagem vem sendo bastante enfatizada nas instituições de saúde e que a comunicação permite à equipe compreender as necessidades do paciente vulnerabilizado pela doença e hospitalização, surge a necessidade de refletir a respeito da relevância da comunicação no processo do cuidar humanizado em enfermagem. Sob esse prisma, o presente estudo, de natureza bibliográfica, teve por objetivo destacar a comunicação como instrumento básico no processo do cuidar humanizado em enfermagem ao paciente hospitalizado. A partir desta pesquisa os autores ressaltam a valoração do processo de comunicação como componente básico na humanização do cuidado em enfermagem.La humanización es una expresión que comúnmente viene siendo usada en el sentido de asociación de los recursos tecnológicos al reconocimiento de la individualidad del paciente, comprendido como ser integral y al mismo tiempo singular en sus necesidades. Considerando que la humanización del cuidado en enfermería está siendo enfatizada en las instituciones de salud y que la comunicación permite al equipo comprender las necesidades del paciente vulnerabilizado por la enfermedad y la hospitalización, surge la necesidad de reflexionar respecto a la relevancia de la comunicación en el proceso del cuidar humanizado en enfermería. Bajo este prisma, en el presente estudio, de naturaleza bibliográfica, se tuvo por objetivo destacar la comunicación como instrumento básico en el proceso del cuidar humanizado en enfermería, al paciente hospitalizado. A partir de esta investigación los autores resaltan la valoración del proceso de comunicación como componente básico en la humanizaci

  18. Composición corporal en pacientes con insuficiencia renal crónica y hemodiálisis Body composition in chronic kidney disease patients and haemodialysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. M.ª Bravo Ramírez

    2010-04-01

    Full Text Available Antecedentes: Las alteraciones en el estado nutricio son un hallazgo frecuente en pacientes con enfermedad renal crónica en etapa 5 de la clasificación NKF K/DOQ sometidos a hemodiálisis. El impacto de la enfermedad renal sobre la composición corporal constituye por si mismo un factor de morbimortalidad en esta población, por lo que la evaluación nutricia constituye una estrategia temprana orientada a mejorar su calidad de vida y pronóstico. Objetivo: Evaluar la composición corporal mediante tres métodos en una población adulta con diagnóstico de insuficiencia renal crónica en hemodiálisis. Metodología: Estudio transversal, prospectivo y descriptivo en el que se evaluó la composicióncorporal por medición de panículos adiposos (MPA, impedancia bioeléctrica (IBE y absorciometría de energía dual de rayos X (DEXA. Se calculóla masa grasa (MG y la masa libre de grasa (MLG. Resultados: Se incluyeron 20 pacientes (12 mujeres y 8 hombres, con edad promedio de 51,9 ± 19,3 años, peso de 59,5 ± 10,5 kg. e índice de masa corporal de 24,9 ± 3,1 Kg/m². Los valores promedio de MLG por cada uno de los métodos fueron de 42,4 ± 8,6 kg (MPA, 43,6 ± 8,9 kg (DEXA y 42,8 ± 10,2 kg (IBE. Los valores de MG promedio fueron de 17,2 ± 6,2 kg (MPA, 15,9 ± 6,9 kg (DEXA y 16,9 ± 6,9 kg (IBE. Existió correlación en los resultados derivados de los tres métodos utilizados. Los coeficientes de correlación fueron en MLG 0,982 (MPA vs IBE, 0,963 (MPA vs DEXA y 0,947 (IBE vs DEXA. Y para MG, 0,975 (MPA vs IBE, 0,925 (MPA vs DEXA y 0,898 (IBE vs DEXA. Conclusión: Se evidenció un incremento en la cantidad de MG en la población estudiada. La cantidad de MLG se encontró dentro de los rangos de referencia. No existió evidencia de desnutrición proteica. La MPA y el IBE permiten evaluar de manera confiable la composición corporal en pacientes mexicanos con enfermedad renal crónica sometidos a hemodiálisis, los resultados obtenidos son

  19. Por que os pacientes não aderem ao tratamento? Dispositivos metodológicos para a educação em saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silier Andrade Cardoso Borges

    Full Text Available Este trabalho é um ensaio teórico que objetiva desenvolver uma reflexão sistemática sobre a adesão ao tratamento por usuários do Sistema Único de Saúde (SUS. Problematiza-se o conceito de adesão com base na historicidade do SUS como legitimador das ações relativas à autonomia dos usuários. Articulam-se o Método Paulo Freire, a Clínica Ampliada e a Entrevista Motivacional como dispositivos metodológicos que ressaltam o papel do profissional na educação em saúde em direção à mudança e ao autocuidado. O problema da adesão questiona a equipe sobre o seu papel no contexto educativo, que exige escuta das demandas que se interpõem à práxis cotidiana.

  20. Sistematização da Assistência de Enfermagem ao portador de Diabetes Mellitus e Insuficiência Renal Crônica Sistematización de la Asistencia de Enfermería al portador de Diabetes Mellitus y Insuficiencia Renal Systematization of Nursing Assistance to patients with Diabetes Mellitus and Chronic Renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nildo Batista Mascarenhas

    2011-02-01

    Full Text Available Tratou-se de um estudo de caso clínico desenvolvido durante as atividades práticas da disciplina Enfermagem Clínico-Cirúrgica I, do curso de Graduação em Enfermagem de uma universidade pública do Estado da Bahia, que objetivou relatar a aplicação da Sistematização da Assistência de Enfermagem na assistência a um paciente portador de Diabetes Mellitus e Insuficiência Renal Crônica. Com o desenvolvimento do estudo, em especial após a melhora positiva da paciente face às condutas planejadas e implementadas e, considerando as reflexões que emergiram, foi possível constatar a necessidade da interface entre a Sistematização da Assistência de Enfermagem, equipe de enfermagem e paciente no processo do cuidar, frente à excelência e singularidade dos cuidados de enfermagemEste es un estudio de caso desarrollado durante las actividades prácticas de la disciplina de Enfermería Clínica Quirúrgica I, del curso de Grado en Enfermería en una universidad pública del Estado de Bahía, que tuvo por objetivo relatar la aplicación de la Sistematización de la Asistencia de Enfermería (SAE en asistencia a un paciente conducir a la Diabetes Mellitus y la Insuficiencia Renal Crónica. Con el desarrollo del estudio, sobre todo después de la mejora positiva del paciente, se enfrentan para llevar a cabo y planifiquen y ejecuten teniendo en cuenta las ideas que surgieron, es posible ver la necesidad de interfaz entre la Sistematización de la Asistencia de Enfermería y el personal de enfermería y el paciente en el proceso de atención, en la excelencia y la singularidad de los cuidados de enfermeríaThis is a clinical case study developed during the practical activities of the discipline Surgical Clinical Nursing I, of course of Graduation in Nursing of a public university of Bahia State, that aimed to report the application of the Systematization of Nursing Assistance in the assistance to a client whit Diabetes Mellitus and Chronic Renal

  1. Expressão intra-renal dos RNA mensageiros de proteínas associadas ao podócito e de fatores pro fibróticos em glomerulopatias primárias e secundárias

    OpenAIRE

    Maysa Lucena de Souza

    2015-01-01

    Introdução: A podocitopenia e a podocitúria são marcadores de injúria glomerular em podocitopatias (POD) e glomerulonefrites proliferativas (GNsP), e mesmo em fases iniciais destas doenças mecanismos pró-fibróticos indutores de glomeruloesclerose e fibrose renal progressiva estão ativados. Objetivo: Avaliar pacientes portadores de glomerulopatias biopsiados em diferentes tempos de evolução clínica, correlacionando lesões morfológicas dos compartimentos glomerular e túbulo-intersticial com a e...

  2. Frequência dos genótipos HLA-A*, -B* e -DRB1* e associação com o risco de Doença Renal Terminal, em pacientes oriundos do Triangulo Mineiro, Brasil

    OpenAIRE

    Bonilha, Martha Ribeiro

    2008-01-01

    A insuficiência renal, frequentemente associada com inflamação glomerular crônica e com reações de hipersensibilidade, é importante causa de morbidade e mortalidade. O objetivo deste estudo foi determinar se havia associação entre alelos HLA e doença renal crônica terminal. Foram analisados 87 pacientes com idade média de 51 anos e realizando hemodiálise há, em média, 4,5 anos. Os principais diagnósticos clínicos da insuficiência renal neste grupo foram hipertensão (38%), diabe...

  3. Mieloma Múltiplo e insuficiência renal Multiple Myeloma and renal insufficiency

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angelo Maiolino

    2007-03-01

    Full Text Available A insuficiência renal (IR é uma complicação freqüente em pacientes com mieloma múltiplo (MM podendo estar presente em 35% dos pacientes ao diagnóstico e em mais de 50% durante a evolução da doença. O mecanismo mais freqüente de IR é o assim chamado "rim do mieloma" decorrente da excreção de cadeias leves provocando um dano tubular. Outros mecanismos de IR são o depósito tissular de cadeias leves e a Síndrome de Fanconi Adquirida. Determinados fatores podem precipitar e agravar a IR tais como a hipercalcemia, hiperuricemia, desidratação, hiperviscosidade e drogas nefrotóxicas. O tratamento de suporte deve ser feito em todos os pacientes e nos casos em que a função renal não possa ser revertida deve ser considerado o tratamento dialítico. O tratamento específico do MM em pacientes com IR tem papel importante e impacto na sobrevida. A quimioterapia inicial mais adequada é VAD ou combinação de ciclofosfamida e dexametasona. Quimioterapia em altas doses e transplante autólogo podem ser considerados para pacientes com idade inferior a 60 anos e um bom performance status (PS.Renal insufficiency is a frequent complication in patients with Multiple Myeloma (MM. It occurs in 35% of newly diagnosed patients and in more than 50% during the evolution of the disease. The most frequent mechanism of renal failure is the so-called "myeloma kidney", which is the renal tubular damage caused by the excretion of light chains. Other mechanisms of renal damage are light chain tissue deposition and acquired Fanconi's syndrome. This renal impairment might be aggravated by precipitating factors such as hypercalcemia, hyperuricemia, dehydration, hyperviscosity, and nephrotoxic drugs. Supportive measures must be taken for all patients; for those with an irreversible renal function, dialysis must be considered. Specific myeloma treatment has an important prognostic value for patients with renal impairment. The recommendation of induction

  4. Asociación entre la disminución de los niveles de flujo salival y xerostomía en pacientes con insuficiencia renal crónica hemodializados de la unidad renal nefrología ltda, de la ciudad de Santa Marta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Espitia Nieto

    2013-10-01

    Full Text Available ResumenLa Insuficiencia Renal Crónica (IRC, es la pérdida lenta y progresiva de la función renal, la cual trae consigo manifestaciones orales que están directamente relacionadas con ella, siendo una de estas la xerostomía (boca seca que acompañada de hiposialia (disminución del flujo salival trae complicaciones en el estado de la salud oral, como enfermedades periodontales, infecciones micóticas, bacterianas, dificultad para hablar, deglutir y aumento en la ingesta de líquidos, viéndose afectada la calidad de vida del paciente e incluso la enfermedad sistémica; sin embargo no se han realizado estudios que demuestren asociación entre xerostomía e hiposialia en estos pacientes.Lo anterior motivó el estudio de casos y controles de base hospitalaria en 62 pacientes con Insuficiencia Renal Crónica (IRC en terapia de hemodiálisis de la unidad renal Nefrología Limitada en la ciudad de Santa Marta. El estudio arrojó como resultado que el 72.6% de los pacientes manifestaron xerostomia, a través de un muestreo proporcional se seleccionaron 17 casos (de los pacientes que manifestaron xerostomía y 17 controles (de los pacientes que no manifestaron xerostomía; a todos los pacientes se le realizó sialometría encontrándose que el flujo salival en estado de reposo y estimulado se halló disminuido en un 52.9% y 88.2% de los pacientes que manifestaron xerostomía, Al comparar los casos y controles en estado de reposo se encontró una razón de momios pareada (RMp igual a 5 y a 2, con un nivel de confianza del 95%, lo que indicó una probable asociación clínico-epidemiológica entre la disminución del flujo salival y la xerostomía tanto en estado de reposo como estimulado respectivamente. Por lo tanto se concluye que la xerostomía presente en pacientes con IRC Hemodializados se relaciona con hiposialia. (Duazary 2007; 2: 100 - 111AbstractChronic renal insufficiency is defined as the slow and progressive loss of the kidney function. It

  5. Autoanticorpos em esclerodermia e sua associação ao perfil clínico da doença: estudo em 66 pacientes do sul do Brasil Autoantibodies in scleroderma and their association with the clinical profile of the disease: a study of 66 patients from southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thelma Larocca Skare

    2011-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: A esclerodermia é uma colagenose relativamente rara, cujo perfil de autoanticorpos está associado a diferentes manifestações clínicas. A prevalência de autoanticorpos na esclerodermia sofre influência racial e genética. OBJETIVO: Estudar a prevalência dos anticorpos anti-Scl-70, anticentrômero e anti-U1-RNP em pacientes com esclerodermia do sul do Brasil e verificar suas associações às manifestações clínicas. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de análise de 66 pacientes com esclerodermia para presença de anti-Scl-70, anticentrômero (ACA e anti-U1-RNP e de manifestações clínicas como: Raynaud, cicatrizes estelares, necrose digital, telangiectasias, calcinose, fibrose pulmonar, pleurites, pericardites, miocardiopatias, artralgias e artrites, grau de esclerose da pele, contraturas articulares e atritos de tendão, hipertensão pulmonar, manifestações esofágicas e crise renal. RESULTADOS: A prevalência do anti-Scl-70 foi de 17,8%, a do ACA, de 33,3%, e a do U1 RNP foi de 11,8 %. O anti-Scl-70 estava associado à forma difusa da doença (p=0,015, presença de miocardiopatias (p=0,016 e de cicatrizes estelares (p=0,05; o anticentrômero foi mais comum na forma limitada, embora sem significância estatística e mostrou-se protetor para as miocardiopatias (p=0,005. O anti-U1-RNP foi mais comum nas formas de superposição (p=0,0004. CONCLUSÃO: A prevalência e o perfil de associações clínicas dos autoanticorpos em esclerodermia de pacientes brasileiros assemelham-se aos da literatura mundial.BACKGROUND: Scleroderma is a fairly rare connective tissue disease whose autoantibody profile is associated with different clinical manifestations. The prevalence of autoantibodies in scleroderma is influenced by race and genetics. OBJECTIVE: To study the prevalence of anti-Scl-70, anti-centromere (ACA and anti-U1-RNP antibodies in patients with scleroderma in southern Brazil and verify their association with clinical

  6. Cuidados de enfermagem realizados ao paciente cirúrgico no período pré-operatório Cuidados de enfermería realizados en el paciente quirúrgico en el período preoperatorio Nursing care applied to surgical patient in the pre-surgical period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Berendina Elsina Bouwman Christóforo

    2009-03-01

    Full Text Available Este trabalho é um estudo descritivo transversal, com abordagem quantitativa, realizado em unidades cirúrgicas de dois hospitais do município de Ponta Grossa, que objetivou caracterizar os cuidados de enfermagem prestados a pacientes em período pré-operatório de cirurgias eletivas. A população estudada, selecionada por meio de amostra de conveniência, constitui-se de 129 pacientes, na faixa etária de 18 a 70 anos. Para a coleta de dados, utilizou-se instrumento estruturado aplicado por meio de entrevista, no próprio hospital, após a cirurgia. Os resultados evidenciaram que os cuidados realizados estão voltados principalmente ao preparo físico do paciente, com poucas orientações em relação ao procedimento cirúrgico e aos cuidados de enfermagem efetuados. Percebe-se que alguns destes cuidados deixam os pacientes muito constrangidos: a colocação da camisola cirúrgica, a retirada de roupa íntima e da prótese dentária. Enfim, este estudo permitiu que se identificassem fragilidades no cuidado do paciente cirúrgico, no sentido de contribuir para a reflexão sobre a necessidade de mudança nas práticas da enfermagem no ambiente hospitalar.Se trata de un estudio descriptivo y transversal, con un abordaje cuantitativo, realizado en unidades quirúrgicas de los hospitales del municipio de Ponta Grossa, que tuvo como objetivo caracterizar los cuidados de enfermería, realizados en pacientes, durante el período preoperatorio de cirugías electivas. La población estudiada, seleccionada por medio de muestra de conveniencia, se constituyó de 129 pacientes, que se encontraban dentro del intervalo de edad de 18 a 70 años. Para la recolección de datos, se utilizó un instrumento estructurado que fue aplicado por medio de una entrevista, en el propio hospital, después de la cirugía. Los resultados colocaron en evidencia que los cuidados realizados están dirigidos principalmente a la preparación física del paciente, con pocas

  7. Agenesia renal unilateral e criptorquidismo ipsilateral em um felino: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.R. Santos

    2015-04-01

    Full Text Available A agenesia renal é uma afecção congênita rara na espécie felina, frequentemente associada a uma malformação reprodutiva. O presente trabalho relata o caso de um felino com agenesia renal unilateral associada a criptorquidismo ipsilateral, com ênfase no diagnóstico, tratamento e acompanhamento. O paciente foi conduzido ao Hospital de Clínicas Veterinárias da Universidade Federal do Rio Grande do Sul para avaliação de criptorquidismo. A agenesia renal foi um achado durante a ecografia abdominal do felino. Durante a laparotomia, foi confirmada a ausência do rim e ureter direito, hipertrofia do rim esquerdo e presença de um testículo ectópico. O paciente teve alta após a recuperação anestésica e se mantém clinicamente estável, transcorridos seis meses da cirurgia. A agenesia renal unilateral é uma condição compatível com a vida, contanto que o rim existente apresente funcionamento aceitável. Assim, sugere-se que a possibilidade de rim único em felinos criptorquidas deve ser investigada sempre que possível, tendo em vista a alta correlação entre essas malformações, e objetivando um acompanhamento da função renal do paciente ao longo da vida.

  8. Escala de diferencial semântico para avaliação da percepção de pacientes hospitalizados frente ao banho Escala de diferencial semántico para la evaluación de la percepción de pacientes hospitalizados frente al baño Semantic differential scale for assessing perceptions of hospitalized patients about bathing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana de Lima Lopes

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Construir e validar uma escala de diferencial semântico que avalie a percepção dos pacientes em relação ao banho. MÉTODOS: A primeira etapa, constou da construção da escala, conforme os patamares teóricos específicos e a segunda etapa, foi composta por procedimentos de validação fatorial e o cálculo dos coeficientes de confiabilidade da medida. Participaram do estudo de validação 130 pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva. RESULTADOS: A medida de diferencial semântico resultante apresentou como produto uma escala bidimensional com coeficientes de confiabilidade alfa Cronbach superiores a 0,90. CONCLUSÃO: A escala pode ser considerada um instrumento válido e confiável para avaliação da percepção dos pacientes frente aos banhos de chuveiro e no leito.OBJETIVO: Construir y validar una escala de diferencial semántico que evalúe la percepción de los pacientes en relación al baño. MÉTODOS: La primera etapa, constó de la construcción de la escala, conforme los niveles teóricos específicos y la segunda etapa, estuvo compuesta por procedimientos de validación factorial y el cálculo de los coeficientes de confiabilidad de la medida. En el estudio de validación participaron 130 pacientes internados en una Unidad de Cuidados Intensivos. RESULTADOS: La medida del diferencial semántico resultante presentó como producto una escala bidimensional con coeficientes de confiabilidad alfa Cronbach superiores a 0,90. CONCLUSIÓN: La escala puede ser considerada un instrumento válido y confiable para la evaluación de la percepción de los pacientes frente a los baños de ducha y en la cama.OBJECTIVE: To construct and validate a semantic differential scale to assess patients' perceptions in regarding bathing. METHODS: The first stage consisted of constructing a scale, conforming to specific theoretical parameters, and the second stage consisted of factorial validation procedures and calculation of the

  9. Análise de custo-efetividade dos imunossupressores utilizados no tratamento de manutenção do transplante renal em pacientes adultos no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco de Assis Acurcio

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi realizar análise custoefetividade de imunossupressores utilizados na terapia de manutenção pós-transplante renal. Coorte hipotética de adultos transplantados foi acompanhada por 20 anos, empregando-se modelo de Markov. Os 10 esquemas terapêuticos avaliados continham prednisona (P. O custo médio dos medicamentos foi obtido na Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos. Outros custos assistenciais compuseram cada estágio da doença. O custo foi expresso em reais, a efetividade em anos de vida ganhos e adotou-se a perspectiva do sistema público de saúde. Ao fim do acompanhamento, a análise com desconto mostrou que todos os esquemas foram dominados por ciclosporina(CSA+azatioprina(AZA +P. Nas demais análises, tacrolimo+AZA+P não foi dominado, mas a relação custo-efetividade incremental entre estes dois esquemas foi de R$ 156.732,07/ anos de vida ganhos, na análise sem desconto, valor que ultrapassa o limiar de três vezes o PIB per capita brasileiro. Nenhuma alteração qualitativa foi demonstrada pela análise de sensibilidade e a probabilidade do esquema CSA+AZA+P ser o mais custo-efetivo é superior a 85%.

  10. Factores de riesgo asociados a la disfunción de una fístula arteriovenosa en pacientes con enfermedad renal crónica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Carlos Sánchez González

    2013-06-01

    Full Text Available La enfermedad renal se ha convertido en una patología crónica de gran prevalencia en los países industrializados. Una modalidad de tratamiento sustitutivo renal es la hemodiálisis, para la cual es imprescindible tener un acceso vascular. Como acceso vascular de elección preferible al catéter venoso central, está la fístula arteriovenosa por haber demostrado menos complicaciones. Sin embargo, no está exenta de riesgos y dado que los problemas relacionados con el acceso vascular constituyen la primera causa de morbilidad y hospitalización, se pretendió estudiar aquellos factores de riesgo que influyen en la disfunción de las fístulas arteriovenosas. Material y métodos: Se trata de un diseño de caso-control en el que se comparó el grupo que presentó alguna disfunción de su fístula, ya fuera autóloga o protésica, con el que no presentó ninguna disfunción para analizar las diferencias entre ambos. Las variables se agruparon en tres apartados definidos para organizar los resultados y se estratificó por sexo, edad y por haber padecido o no disfunción de la fístula. Resultados: La edad y el sexo no influyen en padecer disfunción de la fístula sino que tiene más influencia la dislipemia, el haber comenzado tratamiento con hemodiálisis, el tipo de fístula y el haber portado catéter venoso central. Discusión: A diferencia de estudios publicados, en nuestra población no se han encontrado diferencias de disfunción de fístula en cuanto a edad y sexo. Sin embargo, se ha visto que hay menos riesgo de disfunción en aquellos pacientes con dislipemia, en los que su fístula es autóloga y en los que no han iniciado hemodiálisis o lo han hecho de manera programada y, por tanto, no han portado catéteres venosos centrales.

  11. Manejo do paciente com transtornos relacionados ao uso de substância psicoativa na emergência psiquiátrica Management of patients with substance use illnesses in psychiatric emergency department

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Abrantes do Amaral

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Transtornos por uso de substâncias são prevalentes em setores de emergência gerais e psiquiátricos, atingindo taxas de 28% das ocorrências em prontos-socorros gerais. Todavia, profissionais dos setores de emergência identificam menos que 50% dos casos de problemas relacionados ao álcool. Este artigo visa fornecer base fundamentada em evidências para o tratamento específico a pacientes que preencham os critérios diagnósticos de transtornos por uso de substâncias e que se apresentam ao pronto-socorro em quadros de intoxicação ou abstinência. MÉTODO: Uma revisão sobre o tema foi realizada na base de dados Medline, usando-se os descritores "intoxicação aguda", "abstinência", "álcool", "cocaína", "cannabis", "opioides", "inalantes" e "manejo", tendo o inglês como idioma. RESULTADOS E CONCLUSÃO: O cuidado de pessoas com transtornos por uso de substâncias deve conter: avaliação completa (médica geral e psiquiátrica, tratamento dos quadros diagnosticados (abstinência, intoxicação e quadros clínicos que caracterizem uma emergência, sensibilização do paciente para realizar tratamento, se for necessário, e elaboração de encaminhamento.OBJECTIVE: Substance use disorders are prevalent in emergency departments in medical and psychiatric services, reaching rates of 28% of cases in medical emergency departments. However, professionals in the emergency department identify less than 50% of cases of alcohol-related problems. This article aims to provide evidence-based interventions for the specific treatment to patients who meet diagnostic criteria for substance use disorders and who present to emergency rooms during intoxication or abstinence. METHOD: A literature review was performed on Medline database, using the descriptors "acute intoxication", "withdrawal", "alcohol", "cocaine", "cannabis", "opioid", "inhalant", "management", using English as the language. RESULTS: AND CONCLUSION: The care of persons with

  12. Anastomose arterial extra-intracraniana para tratamento de paciente com isquemia cerebral refratária ao manejo clínico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Falavigna Asdrubal

    2004-01-01

    Full Text Available A anastomose extra-intracraniana pode ser utilizada em casos selecionados de insuficiência vascular encefálica refratária ao tratamento clínico. Descrevemos um caso de isquemia encefálica em território de artéria cerebral média direita devida à oclusão da artéria carótida interna homolateral com conseqüente redução da perfusão e reserva vascular nos hemisférios frontal e parietal. Apesar do tratamento clínico, a melhora do déficit motor estava relacionada diretamente com a manutenção de níveis tensionais sistêmicos elevados pelo uso de vasopressor. Após anastomose extra-intracraniana término-lateral entre as artérias temporal superficial e cerebral média direita, houve melhora significativa da perfusão cerebral com remissão do déficit motor.

  13. Effect of protein restriction diet on renal function and metabolic control in patients with type 2 diabetes: a randomized clinical trial Efecto de la dieta con restricción proteica en la función renal y el control metabólico de pacientes con diabetes tipo 2: ensayo clínico de distribución aleatoria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Velázquez López

    2008-04-01

    Full Text Available Objective: To assess the effect of a low protein diet (LPD on renal function and metabolic control in three sub-groups of patients with type 2 diabetes those with or without nephropathy. Research design and methods: A randomized clinical trial was conducted on 60 patients with type 2 diabetes in primary care -19 with normoalbuminuria, 22 with microalbuminuria, and 19 with macroalbuminuria-. All patients experienced a screening phase during the 3 months, and were designated according to percentages of daily caloric intake (e.g., carbohydrates 50%, fat 30%, and 20% of protein. After this period, they were randomly assigned to receive either LPD (0.6-0.8 g/kg per day or normal protein diet (NPD (1.0-1.2 g/kg per day for a period of 4 months. Twenty nine patients received LPD and 31 received NPD. Primary endpoints included measures of renal function (UAER, serum creatinine and GFR and glycemic control (fasting glucose and glycosylated hemoglobin A1c. Results: Renal function improved among patients with macroalbuminuria who received LPD: UAER decreased (1,280.7 ± 1,139.7 to 444.4 ± 329.8 mg/24 h; p Objetivo: Valorar el efecto de una dieta baja en proteínas (DBP sobre la función renal y el control metabólico en tres subgrupos de pacientes con diabetes tipo 2 con y sin nefropatía. Diseño del estudio y métodos: Ensayo clínico de distribución aleatoria en 60 pacientes con diabetes tipo 2, en atención primaria- 19 con normoalbuminuria, 22 con microalbuminuria y 19 con macroalbuminuria. Todos los pacientes pasaron una fase de pre-intervención durante 3 meses y se anotó los porcentajes de ingesta calórica diaria (p.ej., carbohidratos 50%, grasas 30%, proteínas 20%. Después de este periodo de lavado, fueron distribuidos de forma aleatoria, para recibir o bien una DBP (0,6-0,8 g/kg, al día o una dieta normoproteica (DNP (1,0-1,2 g/kg al día, durante un periodo de 4 meses. Veintinueve pacientes recibieron DBP y 31 DNP. Las principales

  14. Efeitos da suplementação oral de L-carnitina associada ao treinamento físico na tolerância ao exercício de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica Influence of oral L-carnitine supplementation combined with physical training on exercise tolerance in patients with chronic obstructive pulmonary disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Audrey Borghi Silva

    2003-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica apresentam redução da tolerância ao exercício físico, principalmente devido à limitação ventilatória. A L-carnitina tem sido utilizada com o objetivo de melhorar a capacidade aeróbia de pacientes com doenças crônicas, porém não existem estudos em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica. OBJETIVO: Avaliar a influência da suplementação de L-carnitina, associada ao treinamento físico por seis semanas, três vezes por semana em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica. MÉTODO: A amostra foi constituída de 30 pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica (69 ± 7 anos com volume expiratório forçado no primeiro segundo BACKGROUND: Patients with chronic obstructive pulmonary disease usually present intolerance to physical exertion due to ventilatory limitation. L-carnitine has been used to enhance aerobic capacity in patients with chronic diseases, but no study seems to be available for this patient population. OBJECTIVE: To evaluate the influence of L-carnitine supplementation (2 g/day in chronic obstructive pulmonary disease patients undergoing physical training three times a week for six weeks. METHOD: Patients (mean age 69 ± 7 years, n = 30 with stable chronic obstructive pulmonary disease and < 65% of predicted forced expiratory volume in 1 second (FEV1 were separated into three groups of 10 patients each. Group 1 (G1, n = 10 received physical training and L-carnitine (2 g/day, group 2 (G2, n = 10 received physical training and placebo, and group 3 (G3, n = 10 received only L-carnitine (2 g/day. Spirometry and a 6-minute walking distance test were performed before and after intervention. Plasma levels of free carnitine were measured at the beginning and end of the study. RESULTS: A significant increase in walking distance was found only in G1 and G2 (421 ± 100 to 508 ± 80.7 and 496 ± 78.7 to

  15. A importancia da medida do indice de resitencia nas arterias arqueadas para odiagnostico da rejeição renal aguda

    OpenAIRE

    Jamal Baracat

    1997-01-01

    Resumo: Foram realizados 86 exames ultra-sonográfícos em 57 pacientes submetidos ao transplante renal, com estudo Doppler. Retrospectivamente, foram analisadas a sensibilidade, a especificidade, o valor preditivo positivo e o valor preditivo negativo da medida do índice de resistência (índice de Pourcelot) nas artérias arqueadas, para o diagnóstico de rejeição renal aguda. Avaliamos dois grupos de pacientes: o primeiro, com evidências clínicas e laboratoriais de disfunção aguda do enxerto,...

  16. Avaliação funcional dos pacientes submetidos ao desbridamento artroscópico para tratamento das rupturas extensas e irreparáveis do manguito rotador Functional evaluation of patients who have undergone arthroscopic debridement to treat massive and irreparable tears of the rotator cuff

    OpenAIRE

    Marco Antônio de Castro Veado; Alessandro Ulhôa Rodrigues

    2010-01-01

    OBJETIVO: Avaliar os resultados dos pacientes submetidos ao desbridamento artroscópico das lesões extensas e irreparáveis do manguito rotador. Métodos: Foram operados 27 pacientes no período de 2003 a 2007, sendo avaliados 22 desses. O procedimento cirúrgico consistiu de desbridamento artroscópico do coto dos tendões envolvidos, bursectomia, remoção do osteófito acromial e, eventualmente, tenotomia do bíceps e tuberoplastia. RESULTADOS: No pré-operatório todos apresentavam envolvimento dos te...

  17. "Avaliação da distensibilidade da artéria pulmonar através da ressonância magnética e sua relação com a resposta ao teste agudo com vasodilatador em pacientes com hipertensão arterial pulmonar"

    OpenAIRE

    Carlos Viana Poyares Jardim

    2005-01-01

    A hipertensão arterial pulmonar idiopática é uma doença que acomete os vasos arteriais pulmonares, determinando o aumento da resistência vascular pulmonar levando à deterioração hemodinâmica. Avaliamos se a distensibilidade da artéria pulmonar avaliada pela ressonância magnética se correlaciona à resposta ao teste agudo com vasodilatador em pacientes com hipertensão pulmonar. Houve diferença significativa de distensibilidade da artéria pulmonar em pacientes respondedores e não-respondedores. ...

  18. Qualidade de vida de pacientes submetidos ao transplante cardíaco: aplicação da escala Whoqol-Bref Calidad de vida de pacientes sometidos a transplante cardíaco: aplicación de la escala Whoqol-Bref Quality of life of patients that had a heart transplant: application of Whoqol-Bref scale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Isis Freire de Aguiar

    2011-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O sucesso do transplante cardíaco significa garantir a sobrevida dos pacientes com cardiopatia e permitir-lhes desenvolver suas atividades diárias. O transplante cardíaco apresenta-se como a primeira opção de tratamento na falência cardíaca, representando um aumento de sobrevida e qualidade de vida dos transplantados. OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida de pacientes submetidos ao transplante cardíaco através da aplicação de uma escala padronizada (Whoqol-Bref. MÉTODOS: Estudo exploratório descritivo de abordagem quantitativa, realizado com 55 pacientes submetidos ao transplante cardíaco, em um período entre o terceiro e o 103º mês, que realizam acompanhamento na Unidade de Transplante e Insuficiência Cardíaca em um Hospital de Referência em Cardiologia na cidade de Fortaleza, CE. Os dados foram coletados no período de fevereiro a abril de 2009, por meio da aplicação de um questionário padronizado pela Organização Mundial da Saúde e utilização de dados constantes nos prontuários. RESULTADOS: Com relação ao domínio físico, 62,8% e 58,3% dos pacientes, dos sexos masculino e feminino, respectivamente, estão satisfeitos. No domínio psicológico, dentre pacientes do sexo masculino, 65,1% apresentam satisfação quanto à qualidade de vida e, no sexo feminino, 58,3% encontram-se satisfeitas. No domínio das relações sociais, observou-se que, no sexo masculino, 53,5% estão muito satisfeitos, e apresentou-se um nível de satisfação de 100% no sexo feminino. No domínio do meio ambiente, 65,1% do sexo masculino encontram-se satisfeitos, e no sexo feminino, 83,3% estão satisfeitas. CONCLUSÃO: O transplante cardíaco teve bastante influência na qualidade de vida dos pacientes transplantados, pois os resultados mostram-se estatisticamente significantes no pós-transplante.FUNDAMENTO: El éxito del transplante cardíaco significa garantizar la sobrevida de los pacientes con cardiopatía y permitirles

  19. Factors associated to patients' noncompliance with hypertension treatment Factores asociados a la no adhesión de los pacientes al tratamiento de hipertensión arterial Fatores associados à não adesão dos pacientes ao tratamento de hipertensão arterial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Dosse

    2009-04-01

    medicamentoso, refiriendo, por lo menos, un hábito de vida no saludable. Entre los motivos para la no adhesión, el factor emocional fue el más relatado (69,12%. Se concluye que este estudio puede proporcionar subsidios para intervenciones sobre la asistencia a los pacientes con HAS, con la finalidad de aumentar las tasas de adhesión y calidad de vida.O maior desafio da hipertensão arterial sistêmica (HAS é a adesão dos pacientes ao seu tratamento, sendo assim, este estudo teve como objetivos determinar a frequência às consultas e o percentual de adesão ao tratamento medicamentoso e não medicamentoso, além de identificar os principais motivos referidos pelos pacientes hipertensos para a não adesão. Trata-se de estudo descritivo, realizado com 68 hipertensos em um ambulatório escola, com 64,71% de mulheres (média de idade - 63,9 anos. Os instrumentos utilizados para coleta de dados foram: formulário de atendimento da equipe multiprofissional, o teste de Morisky-Green e a busca fonada. Os resultados: mostram que 61,76% eram assíduos às consultas, 86,76% não apresentaram adesão ao tratamento medicamentoso e 85,29% ao tratamento não medicamentoso, referindo, pelo menos, um hábito de vida não saudável. Dentre os motivos para a não adesão, o fator emocional foi o mais relatado (69,12%. Conclui-se que este estudo pode proporcionar subsídios para intervenções sobre a assistência aos pacientes com HAS, com a finalidade de aumentar as taxas de adesão e qualidade de vida.

  20. Qualidade de vida de pacientes renais crônicos submetidos à fisioterapia na hemodiálise = Quality of life of chronic renal patients submitted to physiotherapy during hemodialysis

    OpenAIRE

    2013-01-01

    Objetivo: Avaliar a qualidade de vida de um grupo de pacientes com Insuficiência Renal Crônica antes e após a realização de um programa de fisioterapia durante a hemodiálise Materiais e Métodos: Trata-se de um ensaio clínico não controlado, do tipo antes e depois, onde a qualidade de vida foi mensurada através do questionário Medical Outcomes Study 36 – Item Short-Form Health Survey (SF-36), antes e após um programa de exercícios físicos direcionados à pacientes submetidos à hemodiálise. F...

  1. Tratamento medicamentoso de 1217 pacientes epilépticos. II: estudo em relação à idade de início, ao tempo de doença e à freqüência das crises

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Marques-Assis

    1970-03-01

    Full Text Available Foram estudados 1.217 pacientes epilépticos, adultos em sua maioria, sem alterações neurológicas focais e sem sinais de hipertensão intracraniana. Foram utilizados, para o tratamento, apenas os medicamentos mais difundidos em nosso meio. O estudo foi feito em relação à idade de início da doença, ao tempo de doença e à frequência das crises epilépticas. Quanto à evolução dos casos estudados relativamente à idade de início da doença, o autor concluiu que a evolução foi pior nos casos cuja moléstia teve início na primeira década; considerados apenas os casos desse grupo, aqueles cujas crises se instalaram no primeiro ano de vida não tiveram pior evolução; nos casos em que a doença se manifestou após os 10 anos, a idade de início não influiu sobre a evolução. O estudo da evolução relativamente ao tempo de doença permitiu ao autor concluir que quanto maior o tempo de doença, menores os índices de remissão. No que se refere às influências da severidade da epilepsia no seu prognóstico, o autor concluiu ser tanto menor a probabilidade de remissão do quadro quanto mais freqüentes as crises (30,5% de remissão nas formas mais severas contra 47,6% nas formas benignas. Finalmente, levando em conta a má evolução de alguns casos com formas iniciais da doença, atendidos e orientados precocemente, o autor admite a existência de fatores imponderáveis e imprevisíveis que exercem influência negativa no prognóstico das epilepsias.

  2. Comparación entre las ecuaciones CKD-EPI y MDRD para la estimación del filtrado glomerular en pacientes con enfermedad renal crónica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo J. Rosa-Diez

    2011-08-01

    Full Text Available La ecuación MDRD para la estimación del índice de filtrado glomerular (IFG, es la estrategia más utilizada para evaluar pacientes con enfermedad renal crónica (ERC. Sin embargo, puede subestimar el IFG con el riesgo de asignar al paciente a estadios más avanzados de ERC. La nueva ecuación CKD-EPI, mejoraría la exactitud y precisión de las estimaciones. Sus autores sugieren que reemplace a la anterior. No habiendo comparaciones de estas ecuaciones aplicadas en un gran número de pacientes en nuestro país, nuestro objetivo fue realizarla en una amplia cohorte de pacientes. Se evaluó la concordancia de asignación en estadios de ERC entre ambas ecuaciones, tomando como referencia los datos surgidos de MDRD. Se calculó la media de las diferencias de los IFG obtenidos empleando ambas ecuaciones y se aplicó el análisis estadístico de Bland-Altman. Se estudió una cohorte de 9 319 pacientes con una media de creatinina sérica de 1.60 ± 1.03 mg/dl, 67% de sexo femenino y edad media 58 ± 20 años. En el grupo total, CKD-EPI presentó una media de IFG 0.61 ml/min/1.73 m² mayor que MDRD (p: NS. En los estadios 2 y 3A las medias del IFG fueron respectivamente 6.95 ± 4.76 y 3.21 ± 3.31, y la concordancia de 81 y 74%. El porcentaje de pacientes con un IFG menor de 60 ml/min/1.73 m², se redujo de 76.3% (MDRD a 70.1% (CKD-EPI. Por lo tanto, la nueva ecuación CKD-EPI disminuye el número de pacientes con IFG debajo de 60 ml/min/1.73 m² y asigna estadios de IFG más elevado a un número mayor de pacientes.

  3. Avaliação do tratamento cirúrgico nos pacientes com metástase vertebral secundária ao carcinoma de mama Evaluación del tratamiento quirúrgico en pacientes con metástasis vertebrales secundarias a carcinoma de mama Evaluation of surgical treatment of patients with vertebral metastasis secondary to breast carcinoma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Veneziano Oliveira Junior

    2012-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os resultados cirúrgicos dos pacientes com metástase vertebral secundária ao carcinoma de mama. MÉTODOS: Vinte e duas pacientes operadas com doença metastática vertebral secundária ao carcinoma de mama foram avaliadas no pré-operatório, pós-operatório imediato e depois de 1 mês e 6 meses do procedimento cirúrgico, usando a escala numérica da dor e o índice de incapacidade de Oswestry (ODI. RESULTADOS: As medidas para dor produziram valor de p de 0,0001 para a diferença entre o pré-operatório e o pós-operatório imediato, 0,0005 entre o pós-operatório imediato e 1 mês de pós-operatório, e 0,0908 entre 1 mês de pós-operatório e 6 meses de pós-operatório, portanto, encontram-se evidências de diferenças entre o pré-operatório e o pós-operatório imediato, assim como entre o pós-operatório imediato e após o 1º mês, mas não há tal evidência entre o 1º e o 6º mês de pós-operatório. Quanto ao ODI, a diferença foi significativa em todos os períodos. CONCLUSÃO: A cirurgia melhora a dor e diminui a incapacidade dos pacientes com doença metastática secundária ao carcinoma de mama.OBJETIVO: Evaluar los resultados quirúrgicos de los pacientes con metástasis vertebrales secundarias a carcinoma de mama. MÉTODOS: Veintidós pacientes operados con enfermedad metastásica espinal secundaria a carcinoma de mama fueron evaluadas antes de la cirugía, inmediatamente después de la operación y después de 1 mes y 6 meses de la cirugía, mediante la escala numérica del dolor y el índice de discapacidad de Oswestry. RESULTADOS: Las medidas para el dolor produjeron un valor de "p" de 0,0001 para la diferencia entre el pre y postoperatorio, 0,0005 entre el postoperatorio inmediato y un mes después de la operación, y 0,0908 entre 1 mes después de la cirugía y el postoperatorio de 6 meses, por lo tanto, son la evidencia de las diferencias entre el pre y postoperatorio, así como entre el

  4. Epidemiological characteristics and HIV-related oral lesions observed in patients from a Southern Brazilian city = Características epidemiológicas e das lesões bucais associadas ao HIV observadas em pacientes de uma cidade sul-brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Petruzzi, Maria Noel Marzano Rodrigues

    2012-01-01

    Conclusão: A elevada prevalência de doenças oportunistas e a rápida progressão para AIDS suscitam maior atenção para o diagnóstico precoce e acesso ao tratamento. Os profissionais devem ser alertados sobre a ocorrência de lesões bucais associadas ao HIV, pois podem sugerir a presença de infecção pelo vírus ou indicar uma pior condição de saúde do paciente

  5. Síndrome de lisis tumoral en un paciente con cáncer de riñón tratado con sunitinib Tumor lysis syndrome in a patient with a renal carcinoma treated with sunitinib

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ezequiel Rodríguez-Reimúndes

    2011-04-01

    Full Text Available El síndrome de lisis tumoral (SLT es un trastorno metabólico que ocurre como consecuencia de una destrucción celular masiva. Se caracteriza por la presencia de hiperuricemia, hiperfosfatemia, hipocalcemia e hiperkalemia, y predispone al desarrollo de insuficiencia renal aguda. En la mayoría de los casos el SLT ocurre luego de instaurarse un tratamiento antitumoral y es más frecuente en tumores de alto grado de malignidad y alta sensibilidad a la quimioterapia. Presentamos el caso de un paciente con diagnóstico de cáncer de riñón recidivado que presenta un SLT e insuficiencia renal aguda luego de iniciar tratamiento con sunitinib.The tumor mor lysis syndrome (TLS is a metabolic disorder resulting from a massive tumor breakdown. It is characterized by hyperuricemia, hyperphosphatemia, hypocalcemia and hyperkalemia and predisposes to acute renal failure. TLS usually occurs after the initiation of cytotoxic therapy and is more frequent in the case of neoplasias with a high proliferative rate or that are highly chemo-sensitive. We report the case of a man with a recurrent kidney cancer who presented with a TLS and acute renal failure after initiation of sunitinib.

  6. Sarcoidose renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AQUINO MARIA ENEDINA CLAUDINO DE

    2001-01-01

    Full Text Available Em uma mulher de 62 anos, branca, em avaliação pré-operatória de facectomia, foram detectadas alterações urinárias, tendo sido firmados os diagnósticos de calculose renal esquerda e exclusão renal homolateral. No pré-operatório da nefrectomia foram evidenciados processo pulmonar intersticial bilateral e adenopatia torácica, cuja investigação foi adiada para após a cirurgia. No rim retirado foram detectados granulomas epitelióides não necrotizantes, o mesmo ocorrendo posteriormente em biópsia transbrônquica. A paciente foi tratada com metilprednisolona, com discreta melhora pulmonar, o que não ocorreu com a função renal. O diagnóstico final foi de sarcoidose com envolvimento pulmonar, ganglionar torácico e renal.

  7. Qualidade do serviço prestado aos pacientes decirurgia cardíaca do Sistema Único de Saúde-SUS Quality of service provided to heart surgery patients of the Unified Health System-SUS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Bassalobre Carvalho Borges

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar qualidade do serviço prestado aos pacientes de cirurgia cardíaca no período hospitalar, em serviço do SUS, identificando as expectativas e percepções dos pacientes. Relacionar qualidade de serviço com gênero, faixa etária e circulação extracorpórea. MÉTODOS: Estudaram-se 82 pacientes (52,4% do sexo feminino e 47,6% do masculino submetidos a cirurgia cardíaca eletiva, operados por toracotomia médio-esternal, idade: 31 a 83 anos (média 60,4 ± 13,2 anos, período: março a setembro de 2006. Avaliou-se a qualidade do serviço em dois momentos: expectativas no pré-operatório e percepções do atendimento recebido no 6º dia de pós-operatório; mediante aplicação da escala SERVQUAL modificada (SERVQUAL-Card. O resultado foi obtido pela diferença da somatória das notas das percepções e expectativas por meio de análise estatística. RESULTADOS: A escala SERVQUAL-Card foi validada estatisticamente, apresentando adequado índice de consistência interna. Encontrou-se maior frequência de revascularização do miocárdio 55 (67,0%; primeira cirurgia cardíaca 72 (87,8% e utilização de CEC 69 (84,1%. Verificaram-se altos valores para expectativas e percepções, com resultados significantes (POBJECTIVE: To evaluate the service quality provided to heart surgery patients during their hospital stay, identifying the patient's expectations and perceptions. To associate service quality with: gender, age and the use of extracorporeal circulation. METHODS: We studied 82 elective heart surgery patients (52.4% females and 47.6% males, operated by midsternal thoracotomy, age: 31 to 83 years (60.4 ± 13.2 years; period: March to September 2006. Service quality was evaluated in two instances: the expectations at pre-operative and the perceptions of the service received on the 6th post-operative; through the application of the modified SERVQUAL scale (SERVQUAL-Card. The result was obtained by the difference of the sum of the

  8. Variabilidade entre cardiologistas na abordagem aos pacientes em prevenção secundária da cardiopatia isquêmica Variability among cardiologists in the management of patients under secondary prevention of ischemic heart disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Stein

    2004-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o manejo dos pacientes com cardiopatia isquêmica, atendidos por cardiologistas em ambulatório geral de cardiologia, com aquele realizado em ambulatório específico de cardiopatia isquêmica, dando ênfase à solicitação do perfil lipídico e ao tratamento farmacológico prescrito. MÉTODOS: Dados obtidos de prontuário médico de 52 pacientes consecutivos atendidos no ambulatório de cardiopatia isquêmica (grupo I e de 43 acompanhados no ambulatório de cardiologia geral (grupo II, sendo o diagnóstico anatômico de cardiopatia isquêmica, condição básica para sua inclusão. Considerou-se critério para dislipidemia, colesterol total > 200mg/dl e/ou LDL colesterol > 100 mg/dl em pacientes em uso ou não de hipolipemiantes e o uso de drogas hipolipemiantes, mesmo quando os níveis de colesterol total e/ou LDL colesterol eram OBECTIVE: To compare the management of patients with ischemic heart disease being followed up in a general cardiology outpatient clinic with that of patients being followed up in an outpatient clinic specific for ischemic heart disease, emphasizing the lipid profile and the pharmacological treatment prescribed. METHODS: Data were collected from the medical records of 52 patients consecutively treated in the outpatient clinic for ischemic heart disease (group I and of 43 patients treated in the general cardiology outpatient clinic (group II, the anatomical diagnosis of ischemic heart disease being the basic condition for their inclusion in the study. The criteria for dyslipidemia were as follows: total cholesterol > 200 mg/dL or LDL-cholesterol > 100 mg/dL, or both, in patients using or not lipid-lowering drugs, and the use of lipid-lowering drugs, even when the total cholesterol or LDL-cholesterol levels were < 200 mg/dL and 100 mg/dL, respectively, or both. The Fisher exact test was used for comparing the variables, and a 2-tailed p < 0.05 was accepted as significant. RESULTS: Demographic

  9. Controle de infecção oral em pacientes internados: uma abordagem direcionada aos médicos intensivistas e cardiologistas Oral infection control in hospitalized patients: an approach to cardiologist and intensive care units doctors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Kahn

    2010-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi verificar o grau de conhecimento médico sobre medicina periodontal e verificar a existência de algum protocolo de controle de infecção da cavidade oral em pacientes internados em hospitais. Para tal, 110 médicos cardiologistas e intensivistas lotados em cinco hospitais no município do Rio de Janeiro foram entrevistados. Dentre os indivíduos, 75,4% afirmaram ter conhecimento sobre o termo medicina periodontal; entretanto, apenas 30% declararam já ter lido algo a respeito. Apenas 2,7% dos médicos possuem o hábito de coletar informações sobre a história odontológica de seus pacientes e 58,2% afirmaram que essa conduta é condicional ao quadro apresentado pelo paciente. Com base nos dados obtidos, pode-se concluir que o conhecimento sobre medicina periodontal e, consequentemente, sobre a importância do controle do biofilme oral na manutenção da saúde sistêmica, apresenta-se pouco difundido entre a classe médica. Verificou-se não haver setor ou pessoa responsável pelo controle de infecção oral dentro dos hospitais avaliados e, consequentemente, a não existência de qualquer protocolo, eficaz ou não, de controle de infecção oral nessas unidades.This paper aims to find the current level of periodontal med-care knowledge, as well as the possible existence of some oral infection control protocol regarding hospitalized patients. Our sample gathered 110 cardiologists and intensive care units doctors selected from medical teams of five Rio de Janeiro hospitals. Preliminary numbers: 75.4% said to have heard something about Periodontal Medicine, although only 30% out of this group admitted to have read something concerning such subject. On the other side, only 2.7% of the sample informed to do consistent information searching along their patients anamnese, while 58.2% out of this group admitted such procedure conditional to the patient's general state at the due moment. Through such numbers, we

  10. Migraine patients should be cautiously followed for risk factors leading to cardiovascular disease Pacientes com migrânea devem ser acompanhados com cuidado com relação aos fatores de risco para doenças cardiovasculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Rocha Ferreira da Silva

    2013-02-01

    Full Text Available Migraine and ischemic strokes are two of the most prevalent diseases worldwide. Besides having a coincident symptomatology, for long researchers have been searching for a possible causal relation between these diseases. Current evidence based on data suggest that patients with aura migraine could have a doubled risk of developing an ischemic stroke, when compared to the rest of the population. At the same time, migraine sufferers apparently have higher incidences of risk factors for cardiovascular events. The aim of this review was not only to dissect some of the more compelling evidence based on data regarding this association, but also to discuss the possible clinical and therapeutic implications.Migrânea e acidentes vasculares cerebrais isquêmicos (AVCI são duas das doenças de maior prevalência em todo o mundo. Além de apresentarem alguns sintomas em comum, há muito tempo pesquisadores procuram investigar uma relação causal entre as duas. As informações atuais baseadas em evidência sugerem que pacientes com migrânea com aura podem ter um risco duas vezes maior de desenvolver AVCI, quando comparados com o restante da população. Ao mesmo tempo, aqueles sofrem de migrânea possuem aparentemente maior incidência de fatores de risco para eventos cardiovasculares. O objetivo desta revisão foi não apenas avaliar grande parte das mais importantes e convincentes evidências científicas sobre esta associação, mas também discutir suas possíveis implicações clínicas e terapêuticas.

  11. Preditores da adesão ao tratamento em pacientes com asma grave atendidos em um centro de referência na Bahia Predictors of adherence to treatment in patients with severe asthma treated at a referral center in Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo de Moura Santos

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a taxa de adesão ao tratamento padrão com corticóide inalatório em pacientes com asma grave, identificar seus fatores preditores e avaliar a relação entre adesão ao tratamento e os parâmetros de resposta clínica e funcional. MÉTODOS: Coorte prospectiva de pacientes atendidos no Programa de Controle da Asma e da Rinite Alérgica na Bahia, Brasil. O estudo incluiu 160 pacientes com asma grave, acompanhados por um período de 180 dias para medida da adesão (variável dependente ao corticóide inalatório prescrito. As variáveis independentes foram determinadas na avaliação inicial e durante seis meses através de entrevistas e aplicação de questionário estruturado. Os pacientes registraram em um diário as doses não utilizadas. RESULTADOS: Do total de 160 pacientes, 158 completaram o estudo. A taxa de adesão ao tratamento foi de 83,8%. Dos 158 pacientes, 112 (70,9% foram considerados aderentes ao tratamento (ponto de corte: 80% de todas as doses administradas. Houve associação significante entre o controle da asma e adesão ao tratamento. Os fatores relacionados a uma baixa adesão foram efeitos adversos, local de residência distante do centro de referência, dificuldade de pagar pelo transporte e regime posológico. Outros fatores, como sintomas depressivos, religião e classe econômica, não tiveram relação com a adesão. CONCLUSÕES: A adesão ao tratamento foi considerada elevada, havendo relação com a resposta clínica ao tratamento em uma amostra de pacientes com asma grave atendidos em um programa público com fornecimento gratuito de medicamentos e atendimento multidisciplinar em unidade de referência.OBJECTIVE: To determine the rate of adherence to treatment with inhaled corticosteroids in patients with severe asthma, to identify predictive factors for adherence and to evaluate the relationship between adherence to treatment and parameters of clinical and functional response. METHODS

  12. Fatores associados ao controle da asma em pacientes pediátricos em centro de referência Factores asociados al control del asma en pacientes pediátricos en centro de referencia Factors associated with asthma control in a pediatric reference center

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Mika Kinchoku

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever os dados epidemiológicos, clínicos e os fatores associados ao controle da asma em pacientes asmáticos seguidos em um ambulatório pediátrico especializado. MÉTODOS: Estudo transversal de pacientes asmáticos ambulatoriais, para os quais eram fornecidas medicações profiláticas. A classificação da asma, as etapa de tratamento e a avaliação do controle seguiram a IV Diretrizes Brasileiras para o Manejo da Asma, de 2006. Os fatores avaliados foram: outras alergias, obesidade, imunodeficiências, refluxo gastresofágico e sensibilização alérgica, sendo comparados pacientes com asma controlada ou não com relação à etapa do tratamento, à obesidade e à sensibilização alérgica. RESULTADOS: Foram analisados 300 pacientes com asma (1,38M:1F, com mediana de idade de 10,8 anos, e de início dos sintomas de 1,0 ano. A atopia estava presente em 78% dos pais e/ou irmãos. Antecedentes pessoais de doenças alérgicas ocorreram em 292 pacientes (96% rinite, 27% dermatite atópica, 18% conjuntivite alérgica, 6% alergia alimentar. Foram diagnosticados sete casos de deficiência de IgA (DIgA e quatro de IgG2; obesidade em 37/253 (15%, sendo que sobrepeso e obesidade estiveram associados à falta de controle (p=0,023. Em 118 pacientes com multissensibilização, predominaram casos não controlados (22 (19% casos; p=0,049; OR 1,9; IC95% 1,03-3,50. Entre os 180 casos (60% em tratamento nas etapas 3 e 4, 122 (45% estavam controlados e 112 (41% parcialmente controlados. CONCLUSÕES: A rinite foi a alergia mais associada à asma e a prevalência de DIgA foi 20 vezes maior do que na população geral. O controle parcial ou total dos sintomas da asma foi obtido em 85% dos casos. Obesidade/sobrepeso e multissensibilização foram associadas à falta de controle da asma.OBJETIVO: Describir los datos epidemiológicos, clínicos y los factores asociados al control del asma en pacientes asmáticos seguidos en ambulatorio pedi

  13. Pacientes vivendo com HIV/AIDS e coinfecção tuberculose: dificuldades associadas à adesão ou ao abandono do tratamento Pacientes que viven con el VIH/ SIDA y coinfectados con tuberculosis: las dificultades asociadas con la adhesión o abandono del tratamiento Patients living with HIV/AIDS and co-infection by tuberculosis: difficulties associated with treatment compliance or dropout

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Pereira de Sousa Filho

    2012-06-01

    Full Text Available Pesquisa realizada em Fortaleza-CE, entre março e abril de 2011, com o objetivo de identificar as dificuldades que influenciam a adesão ou o abandono do tratamento de tuberculose em pacientes com Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. Estudo qualitativo, com informações coletadas por meio de entrevista semiestruturada aplicada a pacientes com Síndrome da Imunodeficiência Adquirida e coinfecção tuberculose. Utilizamos o discurso do sujeito coletivo para a análise dos resultados. Os pacientes relataram dificuldades relacionadas aos aspectos socioeconômicos, ao estilo de vida e ao uso da medicação. O uso de álcool e o consumo de drogas ilícitas surgiram como fatores que levam a episódios de interrupção do processo terapêutico da doença. Concluímos que as barreiras relacionadas aos aspectos sociais, econômicos e ao estilo de vida são mais difíceis de serem enfrentadas para uma adesão continuada ao tratamento, tornando necessário o papel desempenhado pelos profissionais da saúde, apoiado por políticas públicas e sociais mais resolutivas.Investigación realizada en Fortaleza-CE, entre marzo y abril de 2011, con el objetivo de describir las dificultades que influyen en la adhesión o abandono del tratamiento de la tuberculosis en pacientes infectados con Virus de la Inmunodeficiencia Humana. Estudio cualitativo, con informaciones recopiladas a través de entrevista semiestructurada, aplicada en pacientes con Síndrome de Inmunodeficiencia Adquirida coinfectados con tuberculosis. Se utilizó el Discurso del Sujeto Colectivo para el análisis de los resultados. Los pacientes relataron dificultades cuanto a los aspectos socioeconómicos, estilo de vida y uso de medicamentos. El uso de alcohol y consumo de drogas fueron factores que llevaron a episodios de interrupción del proceso terapéutico de la enfermedad. Concluimos que obstáculos relacionados a los aspectos sociales, económicos y estilo de vida son más dif

  14. Factores predictivos de nefropatía no diabética en pacientes diabéticos. Utilidad de la biopsia renal

    OpenAIRE

    Bermejo García, Sheila; Soler, María José; Gimeno Beltran, Javier; Barrios Barrera, Clara; Rodríguez, Eva; Mojal, Sergio; Pascual Santos, Julio

    2016-01-01

    Antecedentes y objetivos: La afectación renal del diabético solo puede determinarse mediante biopsia renal, que presenta una elevada prevalencia de lesiones no diabéticas. Los objetivos del estudio fueron determinar la predictibilidad de nefropatía no diabética (NND) en diabéticos, estudiar diferencias de supervivencia y pronóstico renal, evaluar las lesiones histológicas en nefropatía diabética (ND) y el efecto de la proteinuria en la supervivencia y pronóstico renal en esta población. Mater...

  15. Atitudes de profissionais de enfermagem em relação ao paciente queimado: elaboração e teste de fidedignidade de um instrumento Actitudes de profesionales de enfermería en relación al paciente quemado: elaboración y teste de fidedignidad de un instrumento de medida Attitudes of nursing professionals towards burn patients: elaboration and reliability tests of a measurement instrument

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fatima Aparecida Emm Faleiros Souza

    1994-01-01

    Full Text Available Desenvolveu-se um instrumento de Medida de Atitudes dos Profissionais de enfermagem em relação ao Paciente Queimado. Cento e noventa e quatro (194 itens agrupados em subescalas, declarativos de atitudes favoráveis e desfavoráveis frente ao paciente queimado foram analisados quanto à validade aparente e de conteúdo. Após essa análise psicométrica, cento e setenta (170 itens compuseram a escala definitiva. O coeficiente de fidedignidade calculado pelo método da divisão por metades, variou de 0,61 a 0,82 para as diferentes subescalas. A fidedignidade da escala total foi de 0,92.En este trabajo fue desarrollado un instrumento de medida de Actitudes de los Profesionales de Enfermería con Ocupación frente al Paciente Quemado. Ciento y noventa y cuatro (194 itens, agrupados en subescalas, declarativos de actitudes favorables y desfavorables hacia al paciente quemado fueron analisados cuanto a la validad aparente y de contenido. Después de esse análisis psicométrica, ciento y setenta (170 itens formaron la escala definitiva. El enfoque de fidedignidad calculado por el metodo de división por mitades ha variado de 0,61 a 0,82 para las diferentes subescalas. La fidedignidade de la escala total fué de 0,92.In this study it was developed an instrument for Measuring the Attitudes of Nursing Professionals toward patients with Burns. 194 items into subscales, expressing favorable and unfavorable attitudes toward patients with burns, were analyzed their apparent and context validity. Following this psychometric analysis 170 items were selected to compose the definitive scale. The coefficient estimated by the split - half method for the different subscales ranged from 0,61 to 0,81. The confiability coefficient of the total scale was equal to 0,92.

  16. Evaluación de la función renal en pacientes con enfermedad renal crónica (ERC) sin tratamiento sustitutorio, tras un programa de intervención nutricional (PIN): estudio aleatorizado

    OpenAIRE

    Beltrán López, Antonio

    2016-01-01

    La Enfermedad Renal Crónica (ERC) se define como la disminución de la función renal, donde se reduce el filtrado glomerular (FG) estimado < 60 ml/min/1,73m2 o como la presencia de daño renal de forma persistente durante al menos tres meses. La enfermedad renal crónica (ERC) es una patología progresiva que afecta cada vez más a la población, el daño renal aumenta con el paso del tiempo, siendo su resultado el tratamiento renal sustitutivo, trasplante o incluso la muerte, el gran problema es qu...

  17. Pregnancy after kidney transplantation: when is the best time? = Gravidez após transplante renal: qual o momento ideal?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Falcão Gama

    2012-10-01

    Full Text Available The authors report a case of a patient underwent kidney transplantation that went through an unplanned pregnancy, at 41 years old, as well as the implications for both mother and fetus.Os autores relatam o caso de uma paciente submetida à transplante renal que evoluiu com uma gravidez não planejada, aos 41 anos de idade, bem como suas implicações para o binômio mãe e feto.

  18. Una estrategia poco utilizada en el cuidado de pacientes con enfermedad renal crónica: la educación en grupo y multidisciplinar de pacientes y sus familiares A little-used strategy in caring for patients with chronic kidney disease: multidisciplinary education of patients and their relatives

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Isabel Aguilera Flórez

    2012-03-01

    Full Text Available Los equipos multidisciplinares, son una estrategia sugerida hace ya más de un decenio por grupos canadienses. Los pacientes tratados en un ámbito multidisciplinar demuestran un mejor conocimiento de la enfermedad renal crónica y mejores parámetros bioquímicos. Los objetivos fueron, aumentar los conocimientos, en nuestros pacientes con enfermedad renal crónica avanzada y su familia, sobre su enfermedad, su correcto cuidado y sobre el tratamiento renal sustitutivo, a través de la educación en grupo. Valorar si la información aumenta el nivel de ansiedad de los pacientes. Valorar el grado de satisfacción con la intervención educación en grupo. Estudio retrospectivo que contó con 19 pacientes, asistentes a los dos cursos. Se realizaron dos cuestionarios al inicio y al final del curso sobre nivel de conocimientos y el nivel de ansiedad (Inventario de Ansiedad Estado-Rasgo. Al final de cada edición, se realizó un cuestionario de evaluación. Las variables estudiadas fueron el sexo, edad, nivel de estudios y asistencia de un familiar. El nivel de conocimientos alcanzó una diferencia estadísticamente significativa entre ambos cuestionarios (inicial-final (p = 0,013. Los resultados obtenidos en la evaluación del nivel de ansiedad mostraron un ligero incremento en la ansiedad. El cuestionario de satisfacción mostró una valoración muy positiva de la intervención. Podemos concluir, que la mayoría de los pacientes han aumentado sus conocimientos sobre enfermedad renal crónica avanzada y técnicas de sustitución, han demostrado una alta satisfacción con la experiencia de esta intervención y la mayoría han experimentado un ligero aumento de ansiedad.Multidisciplinary teams are a strategy that was suggested more than ten years ago by Canadian groups. Patients treated in an multidisciplinary environment show better knowledge of CKD and better biochemical parameters. The goals were to increase knowledge in our patients with ACKD and

  19. Percepção da morte pelo paciente oncológico ao longo do desenvolvimento Percepción de la muerte por el paciente oncológico a lo largo del desarrollo Perception of death by oncologycal patient along its development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alini Daniéli Viana Sabino Borges

    2006-08-01

    Full Text Available O propósito deste estudo é empreender uma revisão não-sistemática da literatura dedicada à percepção da morte e do morrer na perspectiva do paciente oncológico, de acordo com as diferentes fases do ciclo vital. Os resultados mostram que, na criança, a percepção da morte modifica-se conforme se desenvolvem o pensamento e a linguagem. No adulto, a concepção da morte depende muito da experiência física e psicológica por que se está passando. Por fim, no idoso a morte é mais bem aceita e sua percepção depende sobretudo da satisfação previamente auferida com a vida. Diante disso, a literatura ressalta que a percepção da morte é ainda uma experiência eminentemente individual e que, por isso, deve ser considerada a percepção subjetiva de cada paciente oncológico. Concluindo, as reflexões deste estudo enfatizam as transformações da percepção da morte ao longo do desenvolvimento, sustentando a noção da presença da morte como parte integrante da vida.El propósito de este estudio es emprender una revisión no-sistemática de la literatura dedicada a la percepción de la muerte y del morir en la perspectiva del paciente oncológico, según las diferentes fases del ciclo vital. Los resultados muestran que, en el niño, la percepción de la muerte se modifica conforme se desarrollan el pensamiento y el lenguaje. En el adulto, la concepción de la muerte depende mucho de la experiencia física y psicológica por la que está pasando. Por fin, en el anciano la muerte es mejor aceptada y su percepción depende sobretodo de la satisfacción previamente obtenida con la vida. Delante de eso, la literatura resalta que la percepción de la muerte es aún una experiencia eminentemente individual, y que, a causa de eso, debe ser considerada la percepción subjetiva de cada paciente oncológico. Concluyendo, las reflexiones de este estudio enfatizan las transformaciones de la percepción de la muerte a lo largo del desarrollo

  20. Prevalência e fatores associados à doença renal crônica em pacientes internados em um hospital universitário na cidade de São Paulo, SP, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natalia Alencar de Pinho

    2015-03-01

    Full Text Available Introdução: A doença renal crônica (DRC constitui importante problema de saúde pública mundial. Contudo, dados sobre prevalência e comorbidades são escassos no Brasil. Objetivo: Identificar a prevalência e fatores associados à DRC em pacientes internados em um hospital universitário. Métodos: Foram selecionados, aleatoriamente, 826 prontuários de pacientes internados em clínica médica. A DRC foi baseada no diagnóstico médico descrito no prontuário. Foram coletadas informações clínico-demográficas e feitas comparações entre pacientes com e sem DRC. Resultados: A prevalência de DRC foi 12,7%. Os pacientes com DRC se distinguiram daqueles sem a doença (p < 0,05 por terem companheiro (59,8% vs. 47,3%; idade mais elevada (65,8 ± 15,6 vs. 55,3 ± 18,9 anos; mais comorbidades como hipertensão arterial (75,2% vs. 46,3%, diabetes (49,5% vs. 22,4%, dislipidemia (23,8% vs. 14,9%, infarto do miocárdio (14,3% vs. 6,0% e insuficiência cardíaca congestiva (18,1% vs. 4,3%; maior período de internação (11 (8-18 vs. 9 (6-12 dias e; mais óbitos (12,4% vs. 1,4%. A análise de regressão logística indicou associação independente (OR, odds ratio; IC, intervalo de confiança de 95% da DRC com idade (OR 1,019, IC 1,003-1,036, hipertensão arterial (OR 2,032, IC 1,128-3,660, diabetes (OR 2,097, IC 1,232-3,570 e insuficiência cardíaca congestiva (OR 2,665, IC 1,173-6,056. Conclusão: A prevalência de DRC em pacientes internados em clínica médica foi alta, sendo estes pacientes clinicamente mais complexos, visto apresentarem idade mais elevada e maior número de comorbidades, refletindo em maior risco de óbito durante internação hospitalar.

  1. Qualidade do serviço oftalmológico prestado aos pacientes ambulatoriais do Sistema Único de Saúde - SUS Ophthalmological service quality offered to outpatients of the Public Healthcare System

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benigno Vicente Santos Hercos

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar a percepção da qualidade dos serviços oftalmológicos prestados aos pacientes ambulatoriais do Sistema Único de Saúde - SUS - e detectar quais ações são percebidas como necessárias e prioritárias para melhorar a sua qualidade. MÉTODOS: Foi realizado estudo descritivo quantitativo de 100 pacientes ambulatoriais do SUS, submetidos a exame oftalmológico na Fundação Hilton Rocha, em Belo Horizonte - MG, no período de 1 de junho a 30 de julho de 2004. Realizaram-se entrevistas pessoais, mediante a aplicação de dois questionários estruturados adaptados da escala SERVQUAL modificada. Essa escala foi adaptada à realidade da instituição estudada. RESULTADOS: A escala SERVQUAL adaptada foi submetida à validação estatística apresentando adequado índice de consistência interna. Em termos gerais, detectou-se ligeira insatisfação geral com a qualidade do atendimento oftalmológico. Os entrevistados deram maior importância à segurança e à confiabilidade. Detectou-se o maior grau de insatisfação na confiabilidade, principalmente em relação ao cumprimento das atividades nos horários marcados e em relação à execução dos serviços no prazo prometido. CONCLUSÕES: A instituição deve planejar e executar ações que levem a melhora geral da satisfação de seus pacientes com a qualidade do serviço recebido, principalmente no aspecto confiabilidade. A monitorização da qualidade do serviço pelo emprego periódico da escala SERVQUAL permitiria não só planejar estratégias precisas de intervenção de alta efetividade neste e em outros serviços de saúde, como também permitiria monitorizar a resposta a essas ações, contribuindo, dessa forma, para a melhora da qualidade do serviço no sistema como um todo.PURPOSE: To identify the perception of the ophthalmic service quality provided for outpatients of the public healthcare system as well as to detect which actions should be considered necessary

  2. Prospective study of fetal hydronephrosis diagnosed by ultrasound- contribution to prevent renal damage in childhood; Estudo prospectivo da hidronefrose fetal diagnosticada por ultra-som: uma contribuicao na prevencao ao dano renal na infancia

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Oliveira, Eduardo A.; Cabral, Antonio Carlos V.; Leite, Henrique V.; Filgueiras, Teresa F.; Oliveira, Raquel B.B.; Vilasboas, Aranai S.; Tiburcio, Arthur E.L.; Diniz, Jose Silveiro S. [Minas Gerais Univ., Belo Horizonte, MG (Brazil). Hospital de Clinicas

    1998-03-01

    Newborns with anomalies of the urinary tract detected by fetal echography were investigated. The purpose was to identify prevalent uropathies, clinical outcome and variables of prognostic significance in patients with fetal hydronephrosis. The patients were investigated by ultrasound, micturating cystourethrography and radionuclide imaging, after beginning of chemoprophylaxis. Renal function and urinary tract infection were also studied. Eight-three patients were included in this study, 54(65,1%) of these were boys. Postnatal predominant diagnosis were pelviureteric junction obstruction (3,3%) and multicytic kidney (15,7%). Follow-up average was 35 {+-} 2.5 months. Renal function deteriored in 8 children during follow-up. Worse prognosis was associated with prenatal diagnosis before third trimester of gestation, bilateral uropathy, oligohydrammios, abnormal palpable kidney or bladder, abnormal renal function on admission and urethral obstruction. (author) 40 refs., 3 figs.

  3. Acompanhamento da evolução dos distúrbios de imagem corporal em pacientes com bulimia nervosa, ao longo do tratamento multiprofissional Longitudinal assessment of body image disturbances in patients with bulimia nervosa submitted to multidisciplinary treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Timerman

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Aumentar a compreensão sobre os distúrbios da imagem corporal em pacientes com bulimia nervosa e sua evolução após o tratamento multidisciplinar. MÉTODOS: Onze mulheres responderam dois questionários de imagem corporal (Body Attitudes Questionnaire e Escala de Figuras de Stunkard antes e após o tratamento e preencheram o diário alimentar, utilizado para a análise de sintomas de bulimia nervosa. RESULTADOS: Tanto no pré quanto no pós-tratamento o índice de massa corporal médio se encontrava na faixa de eutrofia. Cerca de 57,0% da amostra teve remissão total dos sintomas de bulimia nervosa. Em relação à imagem corporal, na escala de Stunkard, o tamanho da figura escolhida como ideal aumentou e houve redução da insatisfação corporal após o tratamento. Não houve redução significativa da superestimativa do tamanho corporal, porém no início do tratamento 57,1% das pacientes já não superestimavam seu tamanho. Em relação ao questionário de atitudes, notou-se diminuição das seguintes variáveis: depreciação corporal; sentir-se gorda; sensação de ter gordura nos membros inferiores e importância pessoal do corpo. CONCLUSÕES: O tratamento foi eficaz em alguns aspectos atitudinais, porém deve ser aprimorado em outros, como a distorção perceptual.OBJECTIVE: Increase the comprehension of body image disturbances in patients with bulimia nervosa and its evolution after treatment, multidisciplinary. METHODS: Eleven women answered two body image questionnaires (Body Attitudes Questionnaire and Stunkard's Figure Scale before and after treatment and filled a food diary used to analyze the frequency of bulimia nervosa symptoms. RESULTS: The mean body mass index was found at normal weight category before and after treatment. Approximately 57.0% of the sample had total remission of bulimia nervosa symptoms. In relation to body image based on Stunkard's scale, the size of the figure chosen as ideal increased and body

  4. Efeito da revascularização renal sobre a evolução da disfunção renal na nefropatia isquêmica aterosclerótica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Hagemann

    2014-12-01

    Full Text Available A doença renal crônica (DRC é caracterizada por uma perda progressiva da função renal e suas principais causas são hipertensão arterial (HA e diabete melito. Entre as causas de HA, podemos destacar a doença renal aterosclerótica (DRA. O desenvolvimento de DRC nos pacientes com DRA parece ser decorrente não apenas do acometimento das artérias renais principais, mas também da microcirculação renal, o que pode justificar o fato de o sucesso do procedimento não garantir uma melhora da evolução da DRC. Até o presente momento, não existe evidência de benefício da angioplastia em relação ao tratamento clínico exclusivo nos pacientes com DRA. O presente trabalho analisa os estudos mais significantes sobre os desfechos renais em pacientes portadores de DRA submetidos à revascularização ou ao tratamento clínico exclusivo.

  5. Sentimentos dos familiares em relação ao paciente internado na unidade de terapia intensiva Sentimientos de familiares en relación al paciente ingresado en la unidad de terapia intensiva Feelings of relatives regarding the patient who is admitted in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreza Santos Almeida

    2009-12-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa sobre os sentimentos dos familiares em relação ao paciente internado na unidade de terapia intensiva. Foram entrevistados 24 familiares de um hospital público da cidade de Aracaju nos meses de julho e agosto de 2007. Os dados foram coletados por meio de uma entrevista, sendo analisados por meio da análise de conteúdo. Os resultados evidenciaram os seguintes sentimentos: ansiedade; preocupação; angústia e tristeza; impotência; dor e mágoa; perda; medo e pânico; confiança e segurança; insegurança; fé e esperança; e inexplicável. A ansiedade foi o mais freqüente que decorreu entre outros fatores, do ambiente estranho, procedimentos diversificados, incerteza do amanhã ou expectativa da melhora do familiar.Se trata de un estudio con abordaje cualitativo sobre los sentimientos de familiares en relación al paciente ingresados en unidad de terapia intensiva. Fueron ntrevistados 24 familiares de un hospital público en la ciudad de Aracaju en los meses de julio y agosto, 2007. Los datos fueron recogidos a través de una entrevista, evaluados por el análisis de contenido. Los resultados destacaron los siguientes sentimientos: ansiedad; preocupación; ansiedad y tristeza; desamparo; dolor y tristeza; pérdida; miedo y pánico; estrés; confianza y seguridad; inseguridad; fe y esperanza; y inexplicable. La ansiedad es el más frecuentemente entre otros factores, el ambiente extraño, diversos procedimientos, la incertidumbre del futuro o expectativas de mejora de la familiar.This is a study with qualitative approach focusing on the relatives' feelings related to the patient who is admitted in intensive care unity. Twenty-four relatives were interviewed in a public hospital in Aracaju, SE, Brazil between July and August, 2007. The information was collected through an interview and evaluated according to content analysis. The results showed the following feelings: anxiety; worry; anguish and

  6. Nutritional status of zinc and activity superoxide dismutase in chronic renal patients undergoing hemodialysis Estado nutricional del zinc y actividad de la enzima superóxido dismutasa en pacientes con enfermedad renal crónica en hemodiálisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. C. Noleto Magalhães

    2011-12-01

    Full Text Available Introduction: Chronic kidney disease promotes changes in the zinc nutritional status and in the antioxidant defense system. This study assessed the relationship between the parameters of the zinc nutritional status and the activity of superoxide dismutase in patients with chronic renal failure who are receiving hemodialysis. Methods: 134 individuals, aged between 18 and 85 years, were divided into two groups: case group (hemodialyzed patients, n = 63 and control group (n = 71. Zinc concentrations in plasma and erythrocytes were determined using the flame atomic absorption spectrophotometry technique. The activity of superoxide dismutase enzyme was determined according to Ransod kit. Results: The mean values of plasma zinc were 62.02 ± 13.59 μg/dL and 65.58 ± 8.88 μg/dL, and for erythrocytary zinc the values were 54.52 ± 22.82 μgZn/gHb and 48.01 ± 15.08 μgZn/gHb for the chronic renal patients and the control group, respectively. The activity of superoxide dismutase was significantly lower in patients when compared with the control group (p Introducción: La enfermedad renal crónica produce cambios en el estado nutricional del zinc y en el sistema de defensa antioxidante. Por lo tanto, este estudio investigó la relación entre parámetros del estado nutricional del zinc y la actividad de la enzima superóxido dismutase en pacientes con enfermedad renal crónica en hemodiálisis. Métodos: Se incluyeron 134 personas, de 20 a 59 años de edad que fueron divididos en dos grupos: grupo caso (pacientes en hemodiálisis, n = 63 y grupo control (n = 71. El zinc plasmático y eritrocitario fueron analizados según el método de espectrofotometría de absorción atómica. La actividad de la enzima superóxido dismutasa fue analizada de acuerdo con Kit Ransod. Resultados: Los valores medios de zinc plasmatico fueron 62,02 ± 13,59 μg/dL y 65,58 ± 8,88 μg/dL y los valores de zinc eritrocitario fueron 54,52 ± 22,82 μgZn/gHb y 48,01 ± 15,08

  7. Oral lesions associated with renal secondary hyperparathyroidism in an English bulldog/ Lesões orais associadas ao hiperparatireoidismo renal secundário em um Buldogue Inglês

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Carlos Faria dos Reis

    2008-08-01

    Full Text Available Renal secondary hyperparathyroidism is a complex clinical syndrome frequently described in dogs. However, in most cases, lesions are characterized by fibrous osteodystrophy of facial bones, affecting principally the mandible and the maxilla. There are few reports of renal secondary hyperparathyroidism associated with facial tumorous masses in the dog; similar findings in dogs have not been previously described in Brazil. This report describes the clinical, pathological, and radiological findings of this syndrome in a 14-month-old dog with oral tumorous-like lesions. The pathogenesis associated with this disease is also discussed.Hiperparatireoidismo renal secundário é uma síndrome clínica complexa freqüentemente descrita em cães. Entretanto, na maioria dos casos as lesões são caracterizadas por osteodistrofia fibrosa dos ossos faciais, afetando principalmente a mandíbula e a maxila. Existem poucos relatos do hiperparatireoidismo renal secundário associada a massas tumorais na face de cães; achados semelhantes em cães não foram anteriormente descritos no Brasil. Este relato descreve os achados clínicos, patológicos e radiológicos dessa síndrome em um cão de 14 meses de idade com lesões semelhantes a tumores na cavidade bucal. A patogenia associada a essa doença também é discutida.

  8. Adesão de pacientes com AIDS ao tratamento com antiretrovirais: dificuldades relatadas e proposição de medidas atenuantes em um hospital escola Adhesión del paciente con SIDA al tratamiento con antiretrovirales: dificultades relatadas y propuesta de medidas atenuantes en un hospital escuela Adherence of AIDS patients to treatment with antiretroviral drugs in a university hospital: difficulties observed and suggestions of interventions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosely Moralez de Figueiredo

    2001-01-01

    Full Text Available Com finalidade de propor medidas que facilitem a adesão do paciente com AIDS ao tratamento, este trabalho teve como objetivo caracterizar os erros e as principais dificuldades relatadas por 61 pacientes com AIDS atendidos junto ao Hospital de Clínicas da UNICAMP. Os erros mais freqüentes foram referentes às combinações entre as drogas e falta de jejum; as dificuldades relatadas foram: quantidade de medicamentos e reações adversas. As autoras propuseram, a partir destes dados, a utilização de um roteiro ilustrado para realização de orientações relativas aos medicamentos. Espera-se assim que a orientação individualizada possa contribuir para minimizar as falhas da adesão à terapêutica.Con la finalidad de proponer medidas que faciliten la adhesión del paciente con SIDA al tratamiento, este trabajo tuvo como objetivo caracterizar los errores y las principales dificultades relatadas por 61 pacientes con SIDA atendidos en el Hospital Clínicas de la UNICAMP. Los errores más frecuentes estuvieron relacionados con las combinaciones entre las drogas y la falta de ayuno; las dificultades relatadas fueron: Cantidad de medicamentos y reacciones adversas. Las autoras propusieron, a partir de estos datos, la utilización de una guía ilustrada para dar orientaciones relacionadas con los medicamentos. Se espera que la orientación individualizada pueda contribuir para disminuir las fallas en la adhesión al tratamiento.This study aimed at identifying the incidence of drug intake errors and the main therapy-related difficulties among AIDS patients as well as at proposing measures to increase patients' adherence to treatment. Sixty-one patients with AIDS assisted by the University Hospital of São Paulo State University at Campinas were interviewed. The most frequent errors concerned the combinations of drugs and the length of fasting. The difficulties reported were adverse effects and the variety of drugs. Based on these data, the authors

  9. Avaliação hemodinâmica em paciente criticamente enfermo

    OpenAIRE

    Rocha, Paulo Novis; Menezes, Jorge Arnaldo Valente de; Suassuna,José Hermógenes Rocco

    2010-01-01

    Uma fração crescente das atividades clínicas dos nefrologistas é exercida nas unidades de terapia intensiva (UTIs). Ao avaliar pacientes com insuficiência renal aguda no contexto de choque circulatório, que também apresentam anasarca e/ou trocas gasosas ruins, o nefrologista precisa decidir entre duas condutas antagônicas: 1) remover volume através de diálise ou diureticoterapia para melhorar o quadro edematoso; 2) administrar volume para melhorar a hemodinâmica. Para minimizar a chance de de...

  10. Avaliação hemodinâmica em paciente criticamente enfermo

    OpenAIRE

    Rocha, Paulo Novis; Menezes, Jorge Arnaldo Valente de; Suassuna,José Hermógenes Rocco

    2010-01-01

    p. 201-212 Uma fração crescente das atividades clínicas dos nefrologistas é exercida nas unidades de terapia intensiva (UTIs). Ao avaliar pacientes com insuficiência renal aguda no contexto de choque circulatório, que também apresentam anasarca e/ou trocas gasosas ruins, o nefrologista precisa decidir entre duas condutas antagônicas: 1) remover volume através de diálise ou diureticoterapia para melhorar o quadro edematoso; 2) administrar volume para melhorar a hemodinâ...

  11. Declínio cognitivo, depressão e qualidade de vida em pacientes de diferentes estágios da doença renal crônica Cognitive decline, depression and quality of life in patients at different stages of chronic kidney disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Aparecida de Lima Condé

    2010-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Os pacientes portadores de doença renal crônica constituem uma população de alto risco para o declínio cognitivo, pois, frequentemente, são usuários de "polifarmácias" e apresentam comorbidades como diabetes e hipertensão arterial. OBJETIVO: Avaliar a função cognitiva, a depressão e a qualidade de vida de pacientes em diferentes estágios da doença renal crônica. MÉTODO: Estudo transversal realizado nos meses de junho a dezembro de 2007, em 119 pacientes, sendo 27 em diálise peritoneal, 30 em hemodiálise, 32 em pré-diálise e 30 com hipertensão arterial. Realizou-se bateria de testes: Mini-mental, Teste de Fluência Verbal, Dígitos, Teste do Relógio, Códigos, SF-36 (Qualidade de Vida e Inventário Beck de Depressão. Coletaram-se dados clínicos e laboratoriais dos pacientes e foi feita sondagem, análise de prontuário, sobre uso de medicamentos. RESULTADOS: Não se observou diferença na média de idade dos pacientes nos diferentes grupos. Não houve diferença estatística na avaliação do MEEM (p = 0,558. Os pacientes em hemodiálise apresentaram pior performance nos testes de avaliação cognitiva Dígitos ordem direta (p = 0,01 e Relógio (0,02 e, no teste Código (p = 0,09, houve uma tendência de pior desempenho. O pior resultado no teste de Fluência Verbal foi observado nos pacientes do grupo da pré-diálise. Não houve diferença entre os grupos quanto ao nível de depressão e qualidade de vida. CONCLUSÃO: Esses resultados evidenciam a ocorrência de déficit cognitivo nos pacientes com DRC, notadamente naqueles tratados pela hemodiálise, e sugerem a necessidade de se realizar estudos longitudinais para confirmar ou não a influência do tratamento dialítico no declínio cognitivo.INTRODUCTION: Patients with chronic kidney disease constitute a population at high risk for cognitive decline. Therefore they are often users of "polypharmacy" and present comorbidities such as diabetes and

  12. História oral de vida: buscando o significado da hemodiálise para o paciente renal crônico Historia oral de vida: significado de la hemodialisis Para el paciente crónico renal Life oral history: the meaning of hemodialysis For the chronic renal patient

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Fernandes Costa Lima

    2001-09-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo mostrar a utilização da história oral de vida como referencial metodológico para obtenção de dados qualitativos, buscando compreender o significado da hemodiálise e o impacto desta modalidade terapêutica na vida de pacientes do serviço de Hemodiálise do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo.Este artículo tiene como objetivo mostrar la utilización de la historia oral de vida como referencial metodológico, para la obtención de datos cualitativos, de una investigación realizada con la finalidad de comprender el significado de la hemodiálisis y el impacto de esta modalidad terapéutica de acuerdo a la vida de pacientes del servicio de Hemodiálisis del Hospital Universitário de la Universidad de São Paulo.This article has the objective to show the use of life oral history as methodological framework for qualitative data collection and analysis, aimed to understand the meaning of hemodialysis and the impact of this therapeutic modality of treatment in the patient's life in the Hemodialysis Unity at the Universitary Hospital at the University of São Paulo.

  13. Acidose metabólica na doença renal crônica: abordagem nutricional

    OpenAIRE

    Leal,Viviane de Oliveira; Leite Júnior,Maurilo; Mafra, Denise

    2008-01-01

    A acidose metabólica é uma das complicações da doença renal crônica e está associada ao aumento do catabolismo protéico, à diminuição da síntese de proteínas e ao balanço nitrogenado negativo. A dieta tem forte influência sobre a geração de ácidos, podendo contribuir, portanto, para determinar a gravidade da acidose no paciente com doença renal crônica. Alguns pesquisadores têm observado que é possível estimar a excreção ácida renal, e que o cálculo dessa carga ácida a partir de alguns compon...

  14. Pré-eclâmpsia (indicador de doença renal crônica: da gênese aos riscos futuros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Alquezar Facca

    2012-03-01

    Full Text Available A pré-eclâmpsia (PE é uma doença específica da gestação que, somada às demais desordens hipertensivas, constitui importante causa de morbimortalidade materna e perinatal. Tem incidência estimada de 3 a 14% entre todas as gestações e pode manifestar-se de diferentes formas clínicas. A PE e a doença cardiovascular (DCV possuem mecanismos fisiopatológicos semelhantes, como disfunção endotelial, alteração metabólica e estresse oxidativo, assim como também compartilham alguns fatores de risco como obesidade, doença renal e diabetes. A exata relação entre PE e risco cardiovascular ainda não está totalmente elucidada, talvez o estresse metabólico desencadeado na PE provoque a lesão vascular que contribui para o desenvolvimento da DCV e/ou da doença renal crônica (DRC futuramente. Esse risco parece ser ainda maior em mulheres com história de PE recorrente, severa e eclâmpsia. A investigação do antecedente de PE pode auxiliar na avaliação do risco futuro de DCV e DRC, na prevenção e no diagnóstico precoce.

  15. Avaliação da perda de inserção dentária em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érica Melo Gonçalves

    2011-09-01

    Full Text Available A doença renal crônica (DRC é uma síndrome clínica decorrente da perda lenta, progressiva e irreversível da taxa de filtração glomerular. A DRC pode apresentar várias manifestações bucais, como xerostomia, estomatite urêmica e periodontite, diagnosticada por meio da perda de inserção clínica (PIC. Foram avaliados 92 indivíduos em tratamento de hemodiálise na Clínica de Hemodiálise Prontorim, na cidade de Fortaleza, Ceará. O exame periodontal foi realizado por meio da mensuração da PIC e apenas 34 pacientes (37% estavam aptos a realizar exame periodontal. A perda de inserção por indivíduo registrada no grupo de dentados ficou entre 1,31 e 5,27 mm, com média de 2,30 ± 0,96 mm. Dezoito pacientes (52,9% apresentaram PIC menor que 2 mm, enquanto 16 (47,1% mostraram-se portadores de periodontite. A perda dentária e a presença de considerável perda de inserção foram observadas neste estudo. Contudo, fatores como status social devem ser considerados em futuras investigações.

  16. Comparacao dos criterios RIFLE, AKIN e KDIGO quanto a capacidade de predicao de mortalidade em pacientes graves

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Talita Machado Levi

    2013-12-01

    Full Text Available Objetivo: A lesão renal aguda é uma complicação comum em pacientes gravemente enfermos, sendo os critérios RIFLE, AKIN e KDIGO utilizados para sua classificação. Esse trabalho teve como objetivo a comparação dos critérios citados quanto à capacidade de predição de mortalidade em pacientes gravemente enfermos. Métodos: Estudo de coorte prospectiva, utilizando como fonte de dados prontuários médicos. Foram incluídos todos os pacientes admitidos na unidade de terapia intensiva. Os critérios de exclusão foram tempo de internamento menor que 24 horas e doença renal crônica dialítica. Os pacientes foram acompanhados até a alta ou óbito Para análise dos dados, foram utilizados os testes t de Student, qui-quadrado, regressão logística multivariada e curva ROC. Resultados: A média de idade foi de 64 anos, com mulheres e afrodescendentes representando maioria. Segundo o RIFLE, a taxa de mortalidade foi de 17,74%, 22,58%, 24,19% e 35,48% para pacientes sem lesão renal aguda e em estágios Risk, Injury e Failure, respectivamente. Quanto ao AKIN, a taxa de mortalidade foi de 17,74%, 29,03%, 12,90% e 40,32% para pacientes sem lesão renal aguda, estágio I, estágio II e estágio III, respectivamente. Considerando o KDIGO 2012, a taxa de mortalidade foi de 17,74%, 29,03%, 11,29% e 41,94% para pacientes sem lesão renal aguda, estágio I, estágio II e estágio III, respectivamente. As três classificações apresentaram resultados de curvas ROC para mortalidade semelhantes. Conclusão: Os critérios RIFLE, AKIN e KDIGO apresentaram-se como boas ferramentas para predição de mortalidade em pacientes graves, não havendo diferença relevante entre os mesmos.

  17. Atenção em Saúde Bucal aos Pacientes do Centro de Medicina do Idoso do Hospital Universitário de Brasília: uma visão especial da odontologia no contexto multidisciplinar: avaliação do Projeto de Extensão

    OpenAIRE

    Alexandre Franco Miranda; Yeda Maria Parro; Sueli Ferri Pontual de Lemos; Liana Rodrigues Taminato de Carvalho; Maria Helena Lucas Fernandes; Érica Negrini Lia

    2012-01-01

    O Centro de Medicina do Idoso (CMI) do Hospital Universitário de Brasília (HUB), referência no atendimento a saúde dos idosos, enfoca a terceira idade dentro de um contexto multidisciplinar no qual a Odontologia encontra-se inserida. O Projeto de Extensão de Ação Contínua “Atenção odontológica aos pacientes do CMI-HUB” vem sendo desenvolvido desde o ano de 2004, visando realizar orientações em saúde bucal voltadas à população senil, particularmente acometida por quadros demenciais, dentre ele...

  18. Afrontamiento de la muerte de pacientes en el ?rea de emergencia y su relaci?n con el desempe?o profesional, por parte de los residentes de medicina familiar y de emergencias del ?ltimo a?o de la PUCE, desde octubre 2014 a julio del 2015.

    OpenAIRE

    Coba Vinueza, Pamela Del Roc?o; Chafla Pinduisaca, Sandra Amelia

    2015-01-01

    El presente trabajo tiene como objetivo valorar el afrontamiento de la muerte de pacientes en el ?rea de emergencia y su relaci?n con el desempe?o profesional, periodo octubre 2014 a julio 2015. Pese a ser un tema com?n, las investigaciones en nuestro pa?s son escasas, restando la relevancia que amerita. Se cont? con 2 grupos de residentes del ?ltimo a?o de Medicina Familiar (n14) y de Emergencias y Desastres (n20) de la PUCE, (total 34), valorados en el mismo escenario, sobre un evento en...

  19. Avaliação sobre a participação de cirurgiões-dentistas em equipes de assistência ao paciente - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v31i2.6181 Assessment of the participation of dental surgeons in patient care teams - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v31i2.6181

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline Montoril Santiago Sampaio

    2009-09-01

    Full Text Available A presença de equipes de assistência ao paciente se faz necessária em ambiente hospitalar, principalmente no que concerne aos pacientes mais debilitados, presentes em unidades de tratamento intensivo. Porém, esta equipe não é contemplada pela participação de todos os profissionais da saúde, visto que o cirurgião-dentista, por exemplo, acha-se fora deste panorama; o que é contraditório, pois a saúde bucal pode ser determinante na melhora ou piora do quadro de saúde de um paciente em UTI’s. O escopo deste trabalho é demonstrar, por meio de entrevistas realizadas com profissionais de enfermagem em 12 hospitais da cidade de Belém, Estado do Pará, região Norte do Brasil, a sua atuação em equipes multi/interdisciplinares atuantes em unidades de tratamento intensivo e se a presença de cirurgiões-dentistas é necessária nestas equipes. O levantamento realizado nesta pesquisa mostrou que 98% dos entrevistados participam de equipes interdisciplinares e 86% acham necessária a presença de cirurgiões-dentistas nas mesmas. Aliar, portanto, o conhecimento de um profissional de odontologia ao de uma equipe biomédica é, sim, de grande valia ao paciente.The presence of patient assistance team becomes necessary in a hospital environment, especially for more debilitated patients hospitalized in Intensive Care Units (ICUs. However, not all health professionals act in ICUs. Dental surgeons, for example, are not found in this environment – which is contradictory, considering that oral health may be determinant to establish the patient’s health status in the ICU. The purpose of this study is to demonstrate, through interviews carried out with nursing professionals from 12 hospitals in Belem (northern Brazil, the participation of these professionals in multi/interdisciplinary teams in Intensive Care Units and verify whether the presence of dental surgeons is needed. The assessment revealed that 98% of the interviewers are part of

  20. Identificação de ponto de corte no nível sérico da alanina aminotransferase para rastreamento da hepatite C em pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise Identification of the cutoff value for serum alanine aminotransferase in hepatitis C screening of patients with chronic renal failure on hemodialysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ericson Cavalcanti Gouveia

    2004-02-01

    Full Text Available Pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise apresentam níveis séricos mais baixos de alanina aminotransferase. Para estabelecer melhor ponto de corte nos níveis de ALT, no diagnóstico da hepatite C, avaliaram-se mensalmente, durante 6 meses os níveis desta enzima em 235 pacientes em hemodiálise, sendo excluídos aqueles que apresentassem média acima do limite superior da normalidade. O ponto de corte foi identificado através da construção de curva ROC. Entre 202 pacientes, 15 (7,4% apresentavam anti-VHC positivo e 187 (92,6% negativo, com média de ALT de 0,7 e de 0,5 do limite superior (p The patients with chronic renal failure in hemodialysis present low levels of serum alanine aminotransferases. In order to establish a better cutoff value for ALT in hepatitis C screening of hemodialysis patients, the ALT levels were measured monthly in 235 patients, being excluded those that presented average above the upper limit of normality. The cutoff value was identified by construction of a ROC curve (receiver operating characteristic. Among 202 patients, 15 (7.4% presented antibodies to hepatitis C virus (anti-HCV and 187 (92.6% were anti-HCV negative , with an ALT average of 0.7 and of 0.5 from ULN (p <0.0001, respectively. The better cutoff value for ALT was at 0.6 from ULN, with sensitivity of 67% and specificity of 75% in anti-HCV screening. These results suggest that ULN of ALT could be reduced for 60% from conventional limit, when we are evaluating patients with CRF in hemodialysis.

  1. ¿Deben realizarse las ecografías renal y vesical en pacientes con mamelones preauriculares? Should renal and vesical ultrasound be performed in patients with preauricular tags?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela Tombesi

    2008-06-01

    Full Text Available Introducción: Los niños con malformaciones menores del pabellón auricular son estudiados habitualmente con ecografías renal y vesical, existiendo controversias en cuanto a la validez de esta práctica. Objetivo: Determinar si la prevalencia de malformaciones del tracto urinario es mayor entre niños con mamelones preauriculares aislados que entre aquellos que no los presentan. Población, material y métodos: Entre Junio de 1996 y Junio de 2006, 92 niños con mamelones preauriculares fueron estudiados con ecografía renal y vesical. Se incluyeron en la evaluación a niños sanos con mamelón preauricular aislado. Se excluyeron aquellos con hoyuelos preauriculares, una o más malformaciones menores asociadas, síndromes de malformaciones congénitas múltiples o anomalías mayores identificadas previamente. Ochenta y ocho niños cumplieron con los criterios de inclusión. Para la comparación estadística se utilizó un grupo control histórico de 300 lactantes sanos sin mamelón, estudiados en forma no concurrente con el grupo estudio y que mostró un prevalencia del 1% de malformaciones urinarias. Se realizó una prueba de hipótesis exacta para una proporción utilizando un nivel de significación del 5%, con el software Epidat 3.1. Resultados: Tres de los 88 niños (3,4% con mamelones preauriculares aislados presentaron malformaciones renales : ectopia renal derecha e hidroureteronefrosis, detectada prenatalmente; agenesia renal izquierda, existiendo antecedentes familiares de malformaciones renales y un quiste cortical simple. No se detectaron diferencias estadísticamente significativas con el grupo considerado control histórico (p = 0.11. Conclusión: La prevalencia de malformaciones renales fue similar entre los niños sanos con y sin mamelones preauriculares aislados, por lo que la indicación rutinaria de ecografías renal y vesical no sería necesaria.Introduction: The renal and vesical ultrasound in every patient with

  2. Acute renal failure after massive honeybee stings Insuficiência renal aguda após numerosas picadas de abelhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth De Francesco Daher

    2003-01-01

    Full Text Available Two clinical cases of patients who survived after numerous attacks of Africanized bees (600 and 1500 bee stings, respectively are reported. Clinical manifestation was characterized by diffuse and widespread edema, a burning sensation in the skin, headache, weakness, dizziness, generalized paresthesia, somnolence and hypotension. Acute renal failure developed and was attributed to hypotension, intravascular hemolysis, myoglobinuria due to rhabdomyolysis and probably to direct toxic effect of the massive quantity of injected venom. They were treated with antihistaminic, corticosteroids and fluid infusion. One of them had severe acute renal failure and dialysis was required. No clinical complication was observed during hospital stay and complete renal function recovery was observed in both patients. In conclusion, acute renal failure after bee stings is probably due to pigment nephropathy associated with hypovolemia. Early recognition of this syndrome is crucial to the successful management of these patients.Foram relatados dois casos clínicos de pacientes que sobreviveram a ataques maciços de abelhas africanizadas (600 e 1500 picadas. As reações caracterizaram-se por edema difuso e generalizado, sensação de queimação na pele, cefaléia, fraqueza, parestesia generalizada, sonolência e hipotensão. A insuficiência renal aguda desenvolveu-se, tendo sido atribuída à hipotensão, hemólise intravascular, mioglobinúria devido à rabdomiólise e provavelmente ao efeito tóxico direto da grande quantidade de veneno injetada. Os pacientes foram tratados com agentes anti-histamínicos, corticosteróides e reposição hídrica. Um paciente apresentou quadro grave de insuficiência renal aguda necessitando de tratamento dialítico. Nenhuma complicação clínica foi observada durante a internação e ambos evoluíram bem com recuperação completa da função renal. Assim, a insuficiência renal aguda após picadas de abelhas ocorre provavelmente

  3. Long-term follow-up of kidney allografts in patients with sickle cell hemoglobinopathy Transplante renal na anemia falciforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João R. Friedrisch

    2003-06-01

    Full Text Available Although sickle cell anemia and sickle cell disease produce a variety of functional renal abnormalities they uncommonly cause end stage renal failure. Renal transplantation has been a successful alternative for the treatment of the rare terminal chronic renal failure with outcomes comparable with non-sickle recipients. This approach, however, has not been often described on patients with renal failure associated with SC hemoglobinopathy. Here we report the outcomes of two patients with chronic renal failure due to SC hemoglobinopathies who underwent renal transplantation. At the time of the transplantation they were both severely anemic and had frequent vasoocclosive pain crises. Both patients evolved with good allograft function, near normal hematological parameters, and very rare pain crisis, thirteen and eight years after transplant. These cases illustrate that terminal renal failure due to SC hemoglobinopathy can be successfully managed by renal transplantation and satisfactory long-term results are achievable not only in terms of renal allograft function but also of their hematological condition.Embora a anemia falciforme e as síndromes falciformes freqüentemente causem várias alterações funcionais renais, não é comum a insuficiência renal terminal. Nestes casos, o transplante renal é uma alternativa que se acompanha de resultados comparáveis aos obtidos em receptores sem hemoglobinopatias. Esta estratégia terapêutica tem sido, no entanto, pouco relatada para portadores de hemoglobinopatia SC. Este relato descreve a evolução de dois pacientes portadores de hemoglobinopatia SC que foram submetidos ao transplante renal. No momento do transplante ambos apresentavam severa anemia e crises dolorosas freqüentes. Os pacientes evoluíram com boa função do enxerto, parâmetros hematológicos quase normais e praticamente assintomáticos do ponto de vista da hemoglobinopatia, treze e oito anos após o transplante. Estes casos ilustram

  4. Impacto da insuficiência renal crônica na eficácia de stents farmacológicos: estudo de seguimento de longo prazo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vitor Osório Gomes

    2011-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Pacientes com Insuficiência Renal Crônica (IRC submetidos à angioplastia coronária apresentam maiores taxas de revascularização da lesão alvo (RLA e mortalidade. Os stents farmacológicos (SF estão associados com taxas menores de reestenose, quando comparados aos stents não farmacológicos (SNF, embora em pacientes com IRC os dados da eficácia e segurança do SF sejam limitados. OBJETIVO: Buscamos avaliar a segurança e eficácia dos SF em pacientes com IRC significante, quando comparados a pacientes com função renal normal em um registro da "vida real". MÉTODOS: 504 pacientes submetidos à intervenção coronariana percutânea com SF em dois centros foram incluídos. Os desfechos foram estratificados baseados na presença de IRC, definida como taxa de filtração glomerular basal < 60 ml/min/1,73 m². RESULTADOS: O acompanhamento médio foi de 22,7 meses. A IRC estava presente em 165 pacientes (32,7%. Pacientes com IRC eram mais velhos, tinham mais hipertensão e diabete. Pacientes com IRC apresentaram maior incidência de morte (12,3% vs 2,4%, p < 0,001 e infarto do miocárdio (IM (7,4% vs 3,3%, p = 0,04, quando comparados aos pacientes sem IRC. Taxas de RLA foram similares entre os grupos (4.8% vs 5.6%, p = 0,7, pacientes com e sem IRC, respectivamente. Preditores independentes de morte foram a IRC (HR 6,93; 2,4 - 19,5, p < 0,001, tabagismo atual (HR 3,66; 1,20 - 11,10, p = 0,02 e diabete (HR 2,66; 1,3 - 6,60, p = 0,045. CONCLUSÃO: Neste registro, a intervenção coronariana com SF em pacientes com IRC foi associada com RLA similar comparada aos pacientes sem IRC, demonstrando a eficácia dos FS na prevenção da reestenose intra-stent nessa população de pacientes. A IRC foi relacionada a um aumento significativo das taxas de IM e mortalidade.

  5. ABORDAGEM ATUAL DA INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA CANINA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BRUM, Alexandre Martini de

    2009-05-01

    da IRC, enfocando pontos chaves dafisiopatologia, meios diagnósticos, terapêutica e manejo clínico do paciente renal crônico, visando ao retardamento da progressão da doença e propiciando maior qualidade de vida ao paciente.

  6. Efeito da teofilina associada ao beta2-agonista inalatório de curta ou longa duração, em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica estável: revisão sistemática

    OpenAIRE

    Zacarias, Eliane Cristina [UNIFESP; Castro,Aldemar de Araújo; Cendon,Sônia

    2007-01-01

    OBJETIVOS: Avaliar se o tratamento com teofilina associada ao beta2-agonista inalatório de curta ou longa duração é mais eficaz que o placebo e que o uso isolado de cada um dos fármacos, para os pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica estável. MÉTODOS: Realizou-se uma revisão sistemática com metanálise, sendo selecionados todos os ensaios clínicos aleatórios e duplo-cegos encontrados na literatura. RESULTADOS: Foram incluídos oito estudos. Teofilina associada ao beta2-agonista vs. pl...

  7. Prevalência de estenose das artérias renais em 1.656 pacientes que realizaram cateterismo cardíaco Prevalence of renal artery stenosis in 1,656 patients who have undergone cardiac catheterization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Tadeu Tumelero

    2006-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência de estenose da artéria renal (EAR em pacientes submetidos a cineangiocoronariografia. MÉTODOS: Estudo prospectivo, considerando 1.656 cinean-giocoronariografias seguidas de aortografia, entre janeiro/2002 e fevereiro/2004, de pacientes encaminhados à cineangiocoronariografia diagnóstica com história ou não de hipertensão arterial sistêmica (HAS. RESULTADOS: Dos 1.656 pacientes, a idade média foi de 61,6 ± 11,8 anos, 53,8% eram do sexo masculino, 10,2% eram diabéticos, 63,8% apresentavam coronariopatia obstrutiva. A presença de EAR maior que 50% foi observada em 228 (13,8% pacientes, e em 25 (1,5% destes, ocorreu bilateralmente. A coronariopatia obstrutiva foi definida como estenose que causa redução do lúmen do vaso em 50% ou mais, em um, dois ou três vasos principais, denominados uniarterial, biarterial ou triarterial, respectivamente.A quantificação era realizada através da análise visual da angiografia. Comparando os grupos com e sem EAR > 50%, observou-se diferença estatisticamente significativa quanto a gênero, idade, ocorrência de diabete melito, PA e função ventricular esquerda. Não houve diferença significativa, no entanto, quanto à ocorrência de obstrução coronariana > 50%. Quando, porém, a EAR considerada é > 70%, observa-se diferença significativa quanto a PA, associação à obstrução coronariana > 50% e à disfunção ventricular esquerda, maiores no grupo com EAR. CONCLUSÃO: A prevalência de EAR neste estudo foi comparável àquela das grandes casuísticas da literatura e, em razão de sua importância pela associação com HAS e doença renal terminal (DRT e suas seqüelas, devemos estar atentos para seu diagnóstico angiográfico.OBJECTIVE: To determine the prevalence of renal artery stenosis (RAS in patients who have undergone cineangiocoronariography. METHODS: Prospective study of cineangiocoronariography and aortography examinations conducted between

  8. Manejo de accesos vasculares permanentes para hemodiálisis en los pacientes con enfermedad renal crónica del Hospital Hormero Castanier Crespo

    OpenAIRE

    Ortega Cárdenas, Raquel Fernanda

    2016-01-01

    La enfermedad renal crónica afecta en promedio a una de cada diez personas en todo el mundo y se asocia con la diabetes mellitus y la hipertensión arterial siendo estas dos sus precursoras, tal como lo describe la Organización Mundial de la Salud (2014). Se estima que la prevalencia de enfermedades como la falla renal aumenta proporcionalmente con la esperanza de vida, permitiendo evidenciar el deterioro de órganos vitales como el riñón y las complicaciones derivadas de ello, como los altos c...

  9. Validación de las ecuaciones predictivas del filtrado glomerular en pacientes adultos con enfermedad renal crónica

    OpenAIRE

    Fontseré Baldellou, Néstor

    2008-01-01

    Títol obtingut de la portada digitalitzada Consultable des del TDX La Enfermedad Renal Crónica (ERC) representa actualmente un importante problema de salud de ámbito mundial. Los datos del Registro de Enfermos Renales de la Sociedad Española de Nefrología (SEN) coinciden en señalar que España se encuentra entre los países europeos con una mayor prevalencia de ERC terminal, factor estrechamente relacionado con la mayor longevidad de la población actual y la mayor prevalencia de diabetes ...

  10. Associações entre ingestão energética, proteica e de fósforo em pacientes portadores de doença renal crônica em tratamento hemodialítico Associations between energy, protein, and phosphorus intakes in patients with chronic kidney disease on hemodialysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Entrudo Pinto

    2009-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A nutrição desempenha papel fundamental nas doenças renais. A recomendação nutricional deve ofertar uma dieta hiperproteica, adequada em energia e fósforo segundo o Kidney Disease Outcomes Quality Initiative (K/DOQI. É necessário controlar e/ou prevenir as complicações da Doença Renal Crônica (DRC, pois ela impõe desafios clínicos diretamente ligados ao estado nutricional. OBJETIVO: Investigar as associações entre a ingestão energética, proteica e de fósforo em pacientes em hemodiálise (HD. PACIENTES E MÉTODOS: Estudo observacional envolvendo 72 pacientes em HD, em dois hospitais de Porto Alegre/RS/Brasil. Foram coletados dados referentes ao perfil antropométrico (peso, altura e índice de massa corporal - IMC e do registro alimentar de três dias (ingestão de energia, proteína e fósforo. O teste de correlação de Spearman foi utilizado para avaliar as associações entre as variáveis do registro alimentar (p INTRODUCTION: Nutrition plays an important role in kidney disease. The nutritional recommendation is to offer a high-protein diet, adequate in energy and phosphorus according to the Kidney Disease Outcomes Quality Initiative (K/DOQI guidelines. Control and/or prevention of the complications of chronic kidney disease (CKD are essential, because CKD poses clinical challenges directly related to the nutritional status. OBJECTIVE: To investigate the possible associations between energy, protein, and phosphorus intakes in hemodialysis (HD patients. METHODS: Observational study involving 72 HD patients from two hospitals in the city of Porto Alegre, Brazil. Anthropometric data [weight, height, body mass index (IMB] were collected and three-day food intake (daily energy, protein, and phosphorus intakes was recorded. Spearman correlation was used to evaluate associations between food intake variables (p < 0.05. RESULTS: The energy, protein, and phosphorus intakes were 28 ± 10 kcal/kg/day, 1,1 ± 0.4 g

  11. Função renal de pacientes de unidade de terapia intensiva: creatinina plasmática e proteína carreadora do retinol urinário Renal function of intensive care unit patients: plasma creatinine and urinary retinol-binding protein

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Satoko Mizoi

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: A avaliação precoce da disfunção renal usando marcadores usuais não supre uma indicação quer da sensitividade e da especificidade da disfunção renal de pacientes críticos. Seriam desejáveis marcadores mais específicos e sensíveis para a detecção precoce de um processo fisiopatológico renal em fase inicial. A proteína carreadora do retinol urinário poderia ser um método alternativo para avaliação precoce da função renal destes pacientes. MÉTODOS: O estudo acompanhou 100 pacientes em terapia intensiva e avaliou suas variáveis clinicas e laboratoriais, incluindo a dosagem de creatinina plasmática e proteina carreadora do retinol urinário e as variáveis demográficas. RESULTADOS: A amostra foi caracterizada por pacientes geriátricos (63,4±15,6 anos, homens (68%, sendo 53% cirúrgicos. Análise estatística mostrou associação entre creatinina plasmática e as seguintes variáveis: gênero (p=0,026, idade (p=0,038, uso de medicação vasoativa (p=0,003, proteinúria (p=0,025, escore Acute Physiological Chronic Health Evaluation (APACHE II (p=0,000, uréia (p=0,000, potássio (p=0,003 clearance de creatinina estimado (p=0,000. A proteína carreadora do retinol urinário correlacionava-se com outras variáveis: peso usa de ventilação invasiva (p=0,000, uso de medicamentos antinfamatórios não-esteróides (p=0,018, uso de medicação vasoativa (p=0,021, temperatura alta (>37,5ºC (p=0,005, proteinúria (p=0,000, bilirubinúria (p=0,004, fluxo urinário (p=0,019, pressão diastólica mínima (p=0,032, pressão sistólica mínima (p=0,029, APACHE II (p=0.000, creatinina (p=0,001, uréia (p=0,001 e clearance de creatinina estimado (p=0,000. A proteína carreadora do retinol urinário também tende a ser associada com doença renal anterior, vasculopatias e neoplasias. Na análise univariada, a fração de excreção de sódio se correlacionou com creatinina plasmática e proteina carreadora do retinol urin

  12. Hiperpigmentação cutânea em pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise infectados pelo vírus da hepatite C Increased skin pigmentation in patients with chronic renal failure undergoing hemodialysis infected with the hepatitis C virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Humberto Kukhyun Choi

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: A hiperpigmentação cutânea é comumente encontrada em pacientes portadores de insuficiência renal crônica (IRC, sendo também uma das manifestações mais evidentes da Porfiria Cutânea Tarda (PCT. Essa doença, que tem sido relatada em pacientes em hemodiálise (HD, tem como um dos fatores precipitantes a infecção pelo vírus da hepatite C (HCV. Este estudo tem como objetivo avaliar a prevalência de hiperpigmentação cutânea difusa em pacientes com IRC infectados pelo HCV. MÉTODOS: Foi desenvolvido um estudo transversal com 47 pacientes (idade média de 50,35 ± 15,16 anos, 31 homens e 16 mulheres que estavam realizando hemodiálise na Unidade de Diálise do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Os pacientes foram divididos em dois grupos: grupo 1, anti-HCV positivos (n=17, e grupo 2, anti-HCV negativos (n=30. RESULTADOS: A prevalência de pacientes com hiperpigmentação cutânea relacionada a HD foi de 36,2% (n=17. Havia 10 pacientes (58,8 % no grupo 1 e sete pacientes (23,3% no grupo 2 (Razão de Risco de 2,52 e Intervalo de Confiança de 95% de 1,18 a 5,4; pBACKGROUND: Skin pigmentation is commonly found in patients with chronic renal failure (CRF. This symptom is also one of the most evident features of Porphyria Cutanea Tarda (PCT. Hepatitis C virus (HCV is an important precipitating agent of this disease, which has been described in patients undergoing hemodialysis (HD. In this paper, we intend to evaluate the prevalence of difuse skin hyperpigmentation in patients with CRF infected with the HCV. METHODS: We developed a transversal study with 47 patients (mean age 50,35 + 15,16 years; 31 men and 16 women who were on hemodialysis in march of 2001 at the Unit of Dialysis of Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Patients were divided in two groups: group 1, anti-HCV positives (n=17, and group 2, anti-HCV negatives (n=30. RESULTS: The prevalence of skin hyperpigmentation related to HD was 36,2% (n=17. There were 10

  13. Prevalência da abstinência ao tabaco de pacientes tratados em unidades de saúde e fatores relacionados The prevalence of abstinence from tobacco in patients treated in health units and related factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Coutinho Sattler

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo é conhecer a prevalência e identificar as variáveis relacionadas com a abstinência do tabaco em pacientes tratados nos Grupos de Apoio Terapêutico ao Tabagista (GATT em unidades de saúde do município de Vitória (ES, no ano de 2009. Estudo transversal com 160 participantes do GATT que participaram de 75% das sessões. Realizada entrevista por telefone, 9 a 20 meses após o tratamento, e usado dados secundários do roteiro de entrevista inicial. Na análise estatística, foram utilizados os testes qui-quadrado e Fisher. A significância estatística foi 5%. Eram abstinentes 28,7%, recaíram 51,9% e 19,4% não pararam de fumar. Houve diferença estatística entre os grupos nas variáveis estado civil (0,039, tentativas anteriores para parar de fumar (0,029, quantidade de cigarros fumados por dia (0,019, uso de fármacos (0,001 e transtorno do humor referidos (0,040. O grupo de abstinente teve mais casados, tentou mais vezes parar de fumar, fumou menos cigarro/dia, apresentou menos ansiedade/alteração do humor. A abstinência foi semelhante a outros estudos e o maior percentual de sujeitos recaiu.The scope of this study is to discover the prevalence and identify the variables related to tobacco abstinence in patients treated for quitting smoking through group therapy or support groups in primary health care units of the municipality of Vitória, State of Espirito Santo, in the year of 2009. A cross-sectional study was performed with 160 participants of the support groups who participated in 75% of the sessions. Telephone interviews were conducted 9 to 20 months after treatment and secondary data from the text of the initial interview were used. Chi-square and Fischer tests were used in statistical analysis and the statistical significance was 5%. It was found that 28.7% were abstainers, 51.9% had relapsed and 19.4% never stopped smoking. There was a statistical difference between the groups in the variables of marital status (0

  14. Suplementação com creatina associada ao treinamento resistido não altera as funções renal e hepática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Perillo Ferreira Carvalho

    2011-08-01

    Full Text Available A creatina é o suplemento nutricional mais popular utilizado para melhorar o desempenho em atividades que envolvem exercícios de curta duração e alta intensidade. Porém, as possíveis intercorrências advindas do seu uso não estão totalmente elucidadas. O objetivo do estudo foi avaliar os efeitos de duas dosagens de suplementação com creatina nas funções renal e hepática de adultos saudáveis durante oito semanas de treinamento de musculação. Exames bioquímicos foram realizados em 35 praticantes de musculação distribuídos aleatoriamente em três grupos, placebo (PLA, n = 12, creatina (CRE1, n = 12 e creatina 2 (CRE2, n = 11, antes e após oito semanas de treinamento com exercícios resistidos. Em desenho duplo-cego, os voluntários foram suplementados (20g/dia com creatina (CRE1 e CRE2 ou placebo (PLA por sete dias e nos 53 dias subsequentes com 0,03g/kg de massa corporal de creatina (CRE1 e placebo (PLA e com 5g/dia o grupo CRE2. Não houve intervenção na composição de suas dietas, que foram registradas e analisadas. Os resultados dos exames bioquímicos realizados permaneceram dentro das faixas de normalidade. Os valores de creatinina aumentaram 12,2% no grupo CRE1 e 9,0%, no CRE2, enquanto que no grupo PLA diminuiu 4,7%, entretanto, esses valores não ultrapassaram os índices de normalidade. Os valores dos exames da função hepática diminuíram em quase todas as frações, em todos os tratamentos, contudo, sem significância estatística. Conclui-se que a suplementação com creatina nas dosagens utilizadas (0,03g/kg e 5g/dia para indivíduos saudáveis por oito semanas não altera a função hepática ou renal, sendo assim, nas condições deste estudo, foi considerada segura.

  15. Fatores envolvidos na migração das endopróteses em pacientes submetidos ao tratamento endovascular do aneurisma da aorta abdominal Factors involved in the migration of endoprosthesis in patients undergoing endovascular aneurysm repair

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo José de Almeida

    2010-06-01

    Full Text Available A migração da endoprótese é complicação do tratamento endovascular definida como deslocamento da ancoragem inicial. Para avaliação da migração, verifica-se a posição da endoprótese em relação a determinada região anatômica. Considerando o aneurisma da aorta abdominal infrarrenal, a área proximal de referência consiste na origem da artéria renal mais baixa e, na região distal, situa-se nas artérias ilíacas internas. Os pacientes deverão ser monitorizados por longos períodos, a fim de serem identificadas migrações, visto que estas ocorrem normalmente após 2 anos de implante. Para evitar migrações, forças mecânicas que propiciam fixação, determinadas por características dos dispositivos e incorporação da endoprótese, devem predominar sobre forças gravitacionais e hemodinâmicas que tendem a arrastar a prótese no sentido caudal. Angulação, extensão e diâmetro do colo, além da medida transversa do saco aneurismático, são importantes aspectos morfológicos do aneurisma relacionados à migração. Com relação à técnica, não se recomenda implante de endopróteses com sobredimensionamento excessivo (> 30%, por provocar dilatação do colo do aneurisma, além de dobras e vazamentos proximais que também contribuem para a migração. Por outro lado, endopróteses com mecanismos adicionais de fixação (ganchos, farpas e fixação suprarrenal parecem apresentar menos migrações. O processo de incorporação das endopróteses ocorre parcialmente e parece não ser suficiente para impedir migrações tardias. Nesse sentido, estudos experimentais com endopróteses de maior porosidade e uso de substâncias que permitam maior fibroplasia e aderência da prótese à artéria vêm sendo realizados e parecem ser promissores. Esses aspectos serão discutidos nesta revisão.Migration of the endoprosthesis is defined as the misplacement of its initial fixation. To assess the migration, the position of the

  16. Descripci?n de los factores de riesgo virales y no virales para el desarrollo de hepatocarcinoma en pacientes tratados en el Hospital Carlos Andrade Mar?n y el Hospital de Solca n?cleo de Quito, desde el a?o 2003 hasta el a?o 2014

    OpenAIRE

    G?mez Jaramillo, Ana Mar?a

    2016-01-01

    Introducci?n: se trata de un estudio descriptivo transversal que analiza a todos los pacientes diagnosticados de hepatocarcinoma del Hospital Carlos Andrade Mar?n y del Hospital de Solca N?cleo de Quito. El objetivo principal es describir los factores de riesgo para el desarrollo de hepatocarcinoma en los pacientes con dicho diagn?stico. Materiales y m?todos: las variables a ser medidas son en primera instancia las caracter?sticas demogr?ficas de los pacientes, se analiza la pr...

  17. Cariótipo em leucemia mielóide aguda: importância e tipo de alteração em 30 pacientes ao diagnóstico

    OpenAIRE

    Pelloso Luís Arthur Flores; Chauffaille Maria de Lourdes Lopes Ferrari; Ghaname Fabiana Sinnot; Yamamoto Mihoko; Bahia Daniella Márcia Maranhão; Kerbauy José

    2003-01-01

    OBJETIVO: Análise sob o ponto de vista citogenético e clínico de pacientes com LMA. MÉTODOS: Foram estudados 30 pacientes, sendo 16 homens e 14 mulheres. A idade variou de 19 a 84 anos. O diagnóstico baseou-se na classificação OMS, imunofenotipagem e citogenética clássica por banda G. Foram tratados com o protocolo daunorrubicina e citarabina (3+7), com adição de ATRA na Leucemia Promielocítica Aguda. RESULTADOS: A taxa de sucesso de cariótipo foi 84%. De acordo com o cariótipo, os pacientes ...

  18. Condition of cleanliness of surfaces close to patients in an intensive care unit Condiciones de limpieza de superficies próximas al paciente en una unidad de terapia intensiva Condições de limpeza de superfícies próximas ao paciente, em uma unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Menis Ferreira

    2011-06-01

    Full Text Available Surface cleaning is a well-known control procedure against the dissemination of microorganisms in the hospital environment. This prospective study, carried out in an intensive care unit over the course of 14 days, describes the cleaning/disinfection conditions of four surfaces near patients. In total, 100 assessments of the surfaces were carried out after they were cleaned. Three methods were used to evaluate cleanliness: a visual inspection, an adenosine triphosphate (ATP bioluminescence assay and testing for the presence of Staphylococcus aureus and meticillin-resistant Staphylococcus aureus/MRSA. Respectively, 20%, 80% and 16% of the assessments by the visual method, ATP and the presence of Staphylococcus aureus/MRSA failed. There were statistically significant differences (pLa limpieza de las superficies es reconocidamente una medida de control de la diseminación de microorganismos en el ambiente hospitalario. Este estudio prospectivo, realizado en una unidad de terapia intensiva, durante 14 días, tuvo como objetivo describir las condiciones de limpieza/desinfección de cuatro superficies próximas al paciente. Cien evaluaciones de las superficies fueron realizadas después del proceso de limpieza. Se utilizaron tres métodos para evaluar la limpieza: inspección visual, adenosín trifosfato (ATP bioluminiscencia y presencia de Staphylococcus aureus/MSRA. Respectivamente, 20%, 80% y 16% de las evaluaciones por los métodos: visual, ATP y presencia de Staphylococcus aureus/MSRA, fueron consideradas reprobadas. Hubo diferencias estadísticamente significativas (pA limpeza das superfícies é reconhecidamente medida de controle da disseminação de microrganismos no ambiente hospitalar. Este estudo prospectivo, realizado em uma unidade de terapia intensiva, durante 14 dias, teve como objetivo descrever as condições de limpeza/desinfecção de quatro superfícies próximas do paciente. Cem avaliações das superfícies foram realizadas ap

  19. Consulta de enfermagem ao paciente com HIV: perspectivas e desafios sob a ótica de enfermeiros Consulta de enfermería al paciente con VIH: perspectivas y desafíos bajo la perspectiva de enfermeros Nursing consultation for patient with HIV: perspectives and challenges from nurses'view

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simara Moreira de Macêdo

    2013-04-01

    Full Text Available Busca-se analisar como a consulta de enfermagem é desenvolvida por enfermeiros que atuam em Serviço Ambulatorial Especializado em HIV/AIDS no município de Fortaleza-CE. Estudo exploratório e descritivo, com abordagem qualitativa, que utilizou a análise de conteúdo como técnica de análise dos dados. Para realização da consulta de enfermagem, a escuta foi relatada pelos enfermeiros como o principal mecanismo que possibilita a construção de relação de empatia e confiança com o paciente, possibilitando a manifestação de dúvidas, temores e anseios. Possibilita também a propagação de informações e orientações acerca da patologia, assim como a convocação do sujeito para uma participação ativa no processo de cuidado, buscando conscientizá-lo acerca da importância da adesão ao tratamento medicamentoso. A consulta de enfermagem configura-se como um momento educativo oportuno para a troca de saberes e estreitamento de laços.El estudio objetivó analizar como la consulta de enfermería es percibida por las enfermeras de un ambulatorio especializado en VIH / SIDA en Fortaleza-CE. Estudio exploratorio y descriptivo, con abordaje cualitativo, en que se utilizó el Análisis de Contenido como técnica para análisis de los datos. Para llevar a cabo la consulta de enfermería, la escucha fue reportada por los enfermeros como el principal mecanismo, por les permitir construir una relación de confianza y empatía con el paciente, permitiendo la expresión de dudas, miedos y ansiedades. Además, permite la difusión de informaciones y orientaciones sobre la patología, así como la convocatoria del sujeto a una participación activa en el proceso de atención, en la búsqueda por educarlo acerca de la importancia de la adherencia al tratamiento farmacológico. La consulta de enfermería es un momento educativo oportuno para el intercambio de conocimientos y vínculos.The study aims to examine how the nursing consultation is

  20. Qualidade de vida de pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise avaliada através do instrumento genérico SF-36

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Castro Mônica de

    2003-01-01

    Full Text Available RESUMO: Qualidade de vida é um conceito novo na área de saúde e existem controvérsias na aplicação da prática clínica. No Brasil, trabalhos foram realizados na área de nefrologia, indicando a necessidade de maiores estudos. OBJETIVOS: Analisar a qualidade de vida dos pacientes com diferentes tempos de hemodiálise. MÉTODOS: O estudo constou de uma entrevista com aplicação do SF-36, coleta de dados demográficos e socioeconômicos, obtenção das principais características clínicas e coleta de dados bioquímicos. RESULTADOS: Foram estudados 184 pacientes, sendo 63% do sexo masculino, com idade de 46±15anos (X±DP, tempo em hemodiálise 30±36 meses, 48% com escolaridade até quatro anos e 53% pertenciam às classes D e E. Constatou-se comprometimento nas diferentes dimensões analisadas, sendo que os menores resultados foram nos aspectos físicos e vitalidade. Verificou-se correlação negativa entre idade e capacidade funcional, aspectos físicos, dor e vitalidade; entre tempo de hemodiálise e aspectos emocionais. Por outro lado, constatou-se correlação positiva entre escolaridade e aspecto emocionais e entre hemoglobina e vitalidade. Além disso, observou-se que os pacientes diabéticos, quando comparados aos não diabéticos, eram mais idosos e apresentavam menores valores nas dimensões capacidade funcional e estado geral de saúde. CONCLUSÕES: O SF-36 foi um bom instrumento para avaliar qualidade de vida de pacientes em hemodiálise. A população estudada apresentou comprometimento em várias dimensões analisadas. A presença de doença crônica, a necessidade de tratamento contínuo por um longo período, idade avançada, assim como a presença de co-morbidades são fatores que podem interferir na qualidade de vida dessa população.

  1. Correlación entre nivel de conocimiento sobre alimentación y estado nutricional en pacientes sometidos a hemodiálisis del centro nefrológico integral renal care de Huánuco Junio - octubre 2014

    OpenAIRE

    Aurazo Mercado, Claudia; Rivera Aguado, María del Pilar

    2015-01-01

    Objetivo. Establecer la correlación entre el nivel de conocimiento sobre alimentación y el estado nutricional de los pacientes sometidos a hemodiálisis del Centro Nefrológico Integral Renal Care de Huánuco durante el periodo Junio a Octubre del año 2014. Materiales y métodos. Se realizó una investigación observacional, analítico correlacional de dos variables cualitativas ordinales, de corte transversal. La población de estudio estuvo conformada por 43 pacientes en hemodiálisis. Se evaluó...

  2. Análise dos fatores relacionados ao desenvolvimento neuropsicológico e à aquisição de linguagem em pacientes com síndrome de Crouzon

    OpenAIRE

    2008-01-01

    Objetivo: Avaliar quais fatores são relevantes no desenvolvimento neuropsicológico e de linguagem em pacientes portadores da Síndrome de Crouzon. Modelo: Estudo transversal em pacientes com Síndrome de Crouzon com diagnóstico estabelecido por genética clinica, submetidos a protocolo de avaliação multidisciplinar (avaliação clínica, social, neuropsicológica, fonoaudiológica e neurorradiológica). Local: Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais, Universidade de São Paulo (HRAC-USP), ...

  3. Planejamento da assistência de enfermagem ao paciente com câncer: reflexão teórica sobre as dimensões sociais Planificación de cuidados de enfermería del paciente con cáncer: reflexión teórica sobre las dimensiones sociales Planning of the assistance of nursing to the patient with cancer: theoretical reflection on the social dimensions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Velozo da Silva

    2011-03-01

    Full Text Available Artigo de reflexão que enfoca as dimensões sociais envolvidas no planejamento da assistência de enfermagem ao paciente com câncer, utilizando como base conceitos da Teoria das Representações Sociais. O câncer traz uma série de implicações que interferem na saúde do indivíduo, gerando repercussões não só orgânicas, mas também afetivas, emocionais e sociais. Nessa perspectiva, as autoras buscam fornecer uma contribuição à categoria, no sentido de subsidiar discussões sobre o tema, visto que, ao planejar a assistência, a enfermeira determina prioridades, define intervenções, para organizar e orientar as ações assistenciais de sua equipe com vistas aos resultados pretendidos. Essa prática, embasada na assistência humanizada e no respeito ao outro, proporciona o fortalecimento do vínculo enfermeira-paciente-família. Os resultados apontam para a necessidade de ampliação dessas reflexões e para o reconhecimento das condições e processos de trabalho que exprimam e articulam a relação entre a objetividade da prática e a subjetividade dos profissionais envolvidos.Artículo de reflexión que enfoca las dimensiones sociales involucradas en la planificación de los cuidados de enfermería a pacientes con cáncer, basándose en conceptos de la Teoría de las Representaciones Sociales. El cáncer trae una serie de consecuencias que afectan la salud del individuo, creando un impacto no sólo orgánico, pero afectivo, emocional y social. Desde esta perspectiva, las autoras tratan de aportar una contribución a la profesión, en el sentido de subsidiar debates sobre el tema, una vez que, con la ayuda en la planificación, la enfermera determina prioridades, establece medidas para organizar y orientar las acciones de atención de su equipo con miras a los resultados requeridos. Esta práctica, basada en la humanización y en el respeto por los demás, proporciona un fortalecimiento del vínculo enfermera-paciente-familia. Los

  4. Níveis séricos de vitamina D e de marcadores de estresse oxidativo em pacientes com doença renal crônica não dialítica

    OpenAIRE

    Paula Godeny

    2012-01-01

    A Doença Renal Cônica (DRC) é uma síndrome clínica decorrente da perda progressiva e irreversível das funções renais que está associada à elevada mortalidade cardiovascular e baixos níveis de vitamina D. Fatores de risco cardiovascular específicos da DRC, como toxinas urêmicas, inflamação, estresse oxidativo aumentado e metabolismo do cálcio e fósforo alterados (incluindo a deficiência de vitamina D) somam-se aos fatores de risco tradicionais na explicação desta mortalidade tão aumentada. Exi...

  5. Is there something special about cardiovascular abnormalities and sudden unexpected death in epilepsy among patients with chronic renal insufficiency in regular hemodialysis program? Existe algo de especial a respeito das anormalidades cardíacas e morte súbita e inesperada na epilepsia nos pacientes com insuficiência renal crônica no programa regular de hemodiálise?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rui A. Gomes

    2009-06-01

    Full Text Available Of the many risk factors suggested for sudden unexpected death in epilepsy (SUDEP, higher frequency of seizures is a very consistent issue. Following this reasoning, it has been established that hemodialysis-associated seizure is a complication of dialysis procedure. Based on these facts, this study investigated a possible association between cardiovascular abnormalities and SUDEP among patients with chronic renal insufficiency in regular hemodialysis program. For that, a retrospective medical history of 209 patients was reviewed to investigate the occurrence of convulsive seizures and EKG abnormalities during dialytic program. Three patients presented generalized tonic-clonic seizures, one had partial seizure with secondary generalization, and one presented unclassified seizure. Any EKG abnormalities and SUDEP event were found in all patients evaluated. In conclusion, the present findings demonstrated uncommon the occurrence of seizures and also SUDEP. Probably, the main justification to not allow us to demonstrated a direct relation between SUDEP and cardiovascular diseases in hemodialysis are the reduced number of cases examined.Um dos principais fatores de risco para a morte súbita e inesperada na epilepsia (SUDEP é a alta freqüência de crises epilépticas. Seguindo este raciocínio, tem sido estabelecido que as crises epilépticas associadas à hemodiálise seja uma complicação do procedimento dialítico. Baseado neste fato, este estudo investigou uma possível associação entre anormalidades cardiovasculares e SUDEP nos pacientes com insuficiência renal crônica em um programa regular de hemodiálise. Para isto, um histórico médico retrospectivo de 209 pacientes foi revisado para avaliar a ocorrência de crises epilépticas e possíveis anormalidades no ECG durante o programa de diálise. Três pacientes apresentaram crises tônico-clonica generalizadas, um apresentou crise parcial com generalização secundária e um apresentou

  6. Estrategias de prevención y desarrollo de un modelo predictivo del fracaso renal agudo en pacientes de Unidades de Cuidados Intensivos

    OpenAIRE

    Gómez González, María del Carmen

    2016-01-01

    La hipótesis de este estudio consiste en posibilidad de elaborar un modelo de riesgo que permita al clínico identificar los pacientes con más riesgo de desarrollar nefropatía por contraste, dotando así al clínico de una o varias herramientas de decisión que le ayudaran a la hora de tomar decisiones diagnósticas y/o terapeúticas. Por tanto, el objetivo principal de este proyecto de investigación consiste en el desarrollo de uno o varios modelos predictivos que nos puedan orientar a la probabil...

  7. A insuficiência renal crónica: manifestações orais e cuidados a ter na abordagem a estes pacientes

    OpenAIRE

    Januário, Helena Maria de Oliveira Machado Saraiva

    2015-01-01

    Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz A Insuficiência Renal Crónica é uma condição fortemente marcada pelo aparecimento de lesões na cavidade oral. O Médico Dentista e o Nefrologista, deverão estar cientes da importância patente na manutenção de um contacto constante e frequente, em benefício do doente renal crónico e tendo em vista melhorias na sua qualidade de vida. Os objectivos gerais desta Monografia, passam por compree...

  8. Guidelines for specialized nutritional and metabolic support in the critically-ill patient: Update. Consensus SEMICYUC-SENPE: Acute renal failure Recomendaciones para el soporte nutricional y metabólico especializado del paciente crítico: Actualización. Consenso SEMICYUC-SENPE: Insuficiencia renal aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. López Martínez

    2011-11-01

    Full Text Available Nutritional support in acute renal failure must take into account the patient's catabolism and the treatment of the renal failure. Hypermetabolic failure is common in these patients, requiring continuous renal replacement therapy or daily hemodialysis. In patients with normal catabolism (urea nitrogen below 10 g/day and preserved diuresis, conservative treatment can be attempted. In these patients, relatively hypoproteic nutritional support is essential, using proteins with high biological value and limiting fluid and electrolyte intake according to the patient's individual requirements. Micronutrient intake should be adjusted, the only buffering agent used being bicarbonate. Limitations on fluid, electrolyte and nitrogen intake no longer apply when extrarenal clearance techniques are used but intake of these substances should be modified according to the type of clearance. Depending on their hemofiltration flow, continuous renal replacement systems require high daily nitrogen intake, which can sometimes reach 2.5 g protein/kg. The amount of volume replacement can induce energy overload and therefore the use of glucose-free replacement fluids and glucosefree dialysis or a glucose concentration of 1 g/L, with bicarbonate as a buffer, is recommended. Monitoring of electrolyte levels (especially those of phosphorus, potassium and magnesium and of micronutrients is essential and administration of these substances should be individually-tailored.El soporte nutricional en la insuficiencia renal aguda está condicionado por el catabolismo del paciente y por el tratamiento del fallo renal. En el paciente crítico es frecuente el fracaso hipermetabólico que obliga a técnicas continuas de reemplazo renal o a hemodiálisis diarias. En los enfermos con catabolismo normal (aparición de nitrógeno ureico inferior a 10 g/día y diuresis conservada se puede intentar un tratamiento conservador. En estos casos es preciso realizar un soporte nutricional

  9. Sinais e sintomas associados a alterações otoneurológicas diagnoticadas ao exame vestibular computadorizado em pacientes com esclerose múltipla Signs and symptoms associated to otoneurologic alterations diagnosed on computerized vestibular exam of patients with multiple sclerosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreza Tomaz

    2005-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever os principais sintomas e sinais ao exame vestibular computadorizado em pacientes com diagnóstico de esclerose múltipla. MÉTODO:Foram examinados 30 pacientes com diagnóstico de esclerose múltipla. Analisaram-se os dados relativos à sintomatologia e achados ao exame vestibular computadorizado realizado no ambulatório de otoneurologia da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, em 2003. RESULTADOS: Em relação aos sintomas relatados, observamos desequilíbrio (60%, formigamento de extremidades (43,3%, vertigem (40%, cefaléia e ansiedade (36,7%, zumbido (30%, depressão (26,7%. Ao exame vestibular encontramos alterações do nistagmo de posicionamento (6,7%, nistagmo espontâneo de olhos fechados (30%, nistagmo semi-espontâneo (13,3%, rastreio pendular (3,3% e prova calórica (63,3%. Na conclusão do exame tivemos prevalência de síndrome vestibular periférica irritativa (60% e síndrome central (13,4%. CONCLUÇÃO: Concluimos que a realização do exame otoneurológico torna-se imprescindível nos pacientes com esclerose múltipla devido a elevada prevalência de alterações à vectonistagmografia computadorizada e elevada prevalência de sintomas otoneurológicos.OBJETIVE: To identify main symptoms and signs on computerized vestibular testing in patients diagnosed with multiple sclerosis. METHOD: Thirty patients with the diagnosis of multiple sclerosis were studied. We analyzed data related to presented symptoms and the findings from a computerized vestibular testing realized in the otoneurological ambulatory in Santa Casa de Misericórdia de São Paulo in 2003. RESULTS: Reported symptoms consisted mainly of disequilibrium (60%, tingling of limbs (43.3%, vertigo (40%, headache and anxiety (36.7%, tinnitus (30%, depression (26.7%. In vestibular testing we found alterations in positional nystagmus (6.7%, spontaneous nystagmus with the eyes shut (30%, directional nystagmus (13.3% and caloric testing (63

  10. Patient’s perception on mini-screws used for molar distalization = Percepção dos pacientes quanto ao uso de mini-implantes para distalização de molares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Blaya, Micéli Beck Guimarães

    2010-01-01

    Conclusão: Os mini-implantes foram bem aceitos pelos pacientes e foram eficientes para a distalização de molares quando utilizados em associação com o tratamento ortodôntico para correção da maloclusão de Classe II

  11. Toxina botulínica no tratamento de distonias faciais: avaliação da eficácia e da satisfação dos pacientes ao longo do tratamento Botulinum toxin in the treatment of facial dystonia: evaluation of its efficacy and patients' satisfaction along the treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Gravito Costa

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a eficácia do tratamento com toxina botulínica nos pacientes com distonia facial e a satisfação com o tratamento ao longo do tempo. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 42 pacientes portadores de distonia facial acompanhados no setor de Plástica Ocular da Clínica Oftalmológica do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo. RESULTADOS: Após as primeiras aplicações, 45,2% dos pacientes deram notas entre 9-10 para melhora do espasmo, 35,7% deram notas entre 7-8, 16,7% deram notas entre 5-6 e apenas um paciente deu nota 4. Em relação ao intervalo de reaparecimento do espasmo, 4,8% dos pacientes referiram entre 5-6 meses, 64,2% entre 3-4 meses e 31% entre 1-2 meses. Ao longo do tratamento, 76,1% dos pacientes referiram manter a mesma nota sobre a melhora do espasmo, 19,1% referiram melhora do resultado nas aplicações e apenas 4,8% referiram piora da eficácia nas aplicações atuais. Quanto ao tempo de retorno do espasmo após aplicação, 64,2% relataram não haver mudança ao longo do seguimento no serviço, 16,7% relataram aumento e 19,1% relataram diminuição do intervalo de remissão dos sintomas. Após aplicação, 19% dos pacientes apresentaram efeitos colaterais e 73,8% dos pacientes referiram desconforto apenas leve ou moderado em relação à aplicação. CONCLUSÕES: O uso da toxina botulínica foi eficaz e não houve alteração da eficácia ao longo do tempo. São poucos os efeitos colaterais e boa tolerância à administração. É boa alternativa para melhorar a qualidade de vida desses pacientes evitando a cegueira funcional causada por essas doenças.PURPOSE: To study the efficiency of botulinum toxin treatment in facial dystonia patients and their satisfaction along treatment. METHODS: Retrospective study of 42 facial dystonia cases followed at the Oculoplastic Surgery Department of the "Hospital das Clínicas" of the University of São Paulo. RESULTS: Following the first injections, 45.2% of

  12. Recidiva de lesões associadas ao HPV em pacientes HIV positivos após tratamento cirúrgico Recurrence of HPV lesions after surgical treatment in HIV-positive patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luigi Pincinato

    2009-06-01

    Full Text Available O HPV é a doença anal sexualmente transmissível mais diagnosticada em pacientes HIV positivos. Neste estudo investigamos a taxa de recidiva após tratamento cirúrgico do HPV em pacientes HIV positivos. Foi realizado um estudo retrospectivo em 74 pacientes que foram submetidos a tratamento cirúrgico de lesões remanescentes após tratamento clínico do HPV, no Hospital Heliópolis, São Paulo, Brasil, de julho de 2004 até junho de 2007. A maioria dos pacientes eram homens (91,9%, idade variando de 22 a 57 anos (média de 36 anos. Carga viral variou de indetectável até 488.000 cópias/mm³, células T CD4 de 19 a 900 céls/mm³. Observamos neoplasia intraepitelial de alto grau em 12,2% e recorrência das lesões em 58,1% dos pacientes. A recorrência foi significantemente menor em pacientes com células T CD4 =200 cells/mm³ e carga viral indetectável.HPV is the commonest anal disease in HIV-infected patients. In the present study we investigated the recurrence rates after surgical treatment of HPV in HIV-positive patients. A retrospective review was performed on 74 patients who underwent surgical intervention for medically intractable anal condyloma at Hospital Heliópolis, São Paulo, Brazil, from July 2004 to June 2007. The majority of the patients were male (91,9%, ranged in age from 22 to 57 years (mean 36 years. Viral load ranged from undetectable to 488.000 copies/mm³, T CD4 cells counts from 19 to 900 cells/mm³. We observed high grade anal squamous intraepithelial lesions in 12,2% and anal condyloma recurred in 58,1%. A significantly lower recurrence was observed in patients with T CD4 cells counts =200 cells/mm³ and viral load undetectable.

  13. La ansiedad como factor de riesgo en la adherencia al tratamiento dialítico en pacientes pediátricos con falla renal crónica estadio V : una mirada desde las diferentes terapias de reemplazo renal

    OpenAIRE

    Cárdenas Duque, Andrés Fernando

    2011-01-01

    Tesis (Maestría en Desarrollo Infantil). Universidad de Manizales. Facultad de Ciencias Sociales y Humanas, 2011 Generalmente los estudios realizados sobre enfermedad crónica y nefrología están orientados desde el punto de vista fisiológico. Este estudio abarca el ámbito de la salud mental de pacientes pediátricos en un análisis comparativo de las pruebas de laboratorio y su variación inherente a la adherencia y adaptabilidad mediada por mecanismos sintomatológicos de trastornos depresivos...

  14. Técnicas hemoterápicas em cirurgia renal percutânea em paciente testemunha de Jeová Utilization of hemotherapic techniques in percutaneous renal surgery in Jehova's witness patient

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helio Begliomini

    2005-12-01

    Full Text Available Jehova's witeness patients deny to receive heterologous blood transfusion even under life risk. They also neither agree with auto transfusion when the their own blood is stored days or weeks before surgery procedures. Percutaneous renal surgery can have complications and, among them, intense hemorrhage that can demand for open surgery. The authors report a case of a 32 year old patient with complete coralliform lithiasis in the right kidney who was submitted to percutaneous renal surgery with removing 400 ml of total blood accompanied subsequently of hemodilution and blood reinfusion by the end of the procedure. A Compact Advanced from Dideco, an italian company, was used for blood recovering during surgery and reinfusing it after the filtration process, centrifugation and washing of red globules. In this particular, the authors describe a technical adaption for blood collection. Both procedures are accepted by Jehova's witness patients, once that the blood is not stored and there is contact with your veined system. This article aim to show a blood capture technical variant in the percutaneous renal surgery, as well as to present a method in similar procedures, once that is not used routinely in urological surgeries.

  15. Determinación de los factores condicionantes en la adhesión y cumplimiento de la dieta de protección renal en pacientes con insuficiencia renal crónica: estudio previo para la elaboración de una guía dietética Determination of factors conditioning adherence and accomplishment of renal protection diet in patients with chronic renal failure: pilot study for the elaboration of a dietary guideline

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.ª T. Orzáez Villanueva

    2006-04-01

    Full Text Available Son escasos los estudios sobre el comportamiento alimentario en los pacientes con Insuficiencia Renal Crónica (IRC. El objetivo de este estudio, a través de una encuesta previamente validada, ha sido conocer cuales son los factores psico-socio-culturales, y en que grado inciden a la hora de asumir y cumplir el tratamiento dietoterápico, determinando, además, el grado de percepción de la enfermedad y de los diversos factores relacionados con ella. La población estudiada estaba formada por 81 pacientes de la consulta de nefrología del hospital "12 de Octubre" de Madrid, con IRC en prediálisis. A las preguntas relacionadas con el autoconocimiento y percepción de la enfermedad el 77,74% respondió dentro de los niveles "bien o muy bien". Los factores emocionales y de autocontrol tienen escasa relevancia, según afirma el 69,87% de los pacientes. El 59,26% siente en alto grado el apoyo familiar y el 35,77% altera el seguimiento dietético cuando cambian las condiciones medioambientales. La gran mayoría de los entrevistados, un 87,65%, no tienen dificultad en encontrar los alimentos pautados y para el 70,37% de la población su coste no es excesivo. Para casi la mitad de los pacientes (48,76% la dieta de protección renal supone una variación de sus hábitos alimentarios, un porcentaje similar expresa, además, dificultad con la preparación. La palatabilidad de los alimentos no es un problema en el 67,90% de los casos. El 51,24% no percibe dificultad en los procesos culinarios. El 70,99% se siente apoyado, deuna u otra forma, por el personal sanitario, aunque sólo un 56,79% refiere que no le ha sido explicada la dieta. Únicamente el 18,51% cuestiona la efectividad de la dieta en relación con la evolución de su enfermedad. Dentro de la variable sexo, se observaron diferencias significativas (p There are seldom studies on dietary behavior of patients with chronic renal failure (CRF. The aim of this study has been to know, by means of a

  16. Doença arterial periférica e função renal na hipertensão arterial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Sarmento

    2013-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Pacientes com Doença Arterial Periférica (DAP possuem um risco elevado de eventos cardiovasculares existindo uma elevada prevalência dessa patologia em pacientes com doença renal crônica. OBJETIVO: O objetivo deste estudo consiste em verificar se existe uma associação entre a DAP e a função renal em pacientes hipertensos. MÉTODOS: A amostra deste estudo foi constituída por um total de 909 pacientes com hipertensão arterial. Foi avaliada a presença de DAP, com recurso ao índice tornozelo-braço (ITB, e a determinação da função renal com base no cálculo da taxa de filtração glomerular. Os indivíduos foram divididos em grupos de acordo com o ITB anormal (< 0,9 e normal (0,9-1,4. RESULTADOS: A porcentagem de pacientes com um ITB anormal foi de 8%. No grupo de pacientes com ITB anormal a prevalência de doença renal crônica foi de 23,4%, comparativamente a uma prevalência de 11,2% no grupo com ITB normal. Por meio da análise de regressão logística multivariável, ajustando o modelo aos factores de risco cardiovasculares convencionais, identificou-se um efeito estatisticamente significativo e independente da eTFG sobre a probabilidade de desenvolvimento de DAP, com um OR de 0,987 (IC: 0,97-1,00. CONCLUSÃO: Demonstrou-se uma associação independente entre a DAP e a doença renal crônica. Dessa forma, a combinação de um diagnóstico preciso da doença renal e a medida de rotina do ITB poderá constituir um meio mais eficiente de identificação de DAP subclínica, permitindo aos indivíduos se beneficiarem de intervenções precoces com o intuito da diminuição do risco cardiovascular.

  17. Clinical description of hemodialysis headache in end-stage renal disease patients Caracterização clínica da cefaléia da diálise em pacientes renais crônicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan Chester Feitosa de Jesus

    2009-12-01

    Full Text Available BACKGROUND: Hemodialysis (HD-related headaches are a common complaint of patients undergoing this procedure. OBJECTIVE: To determine the frequency and clinical characteristics of headache in patients undergoing HD and to discuss their diagnostic criteria. METHOD: The present study assessed, in a prospective manner, a series of patients consulting at a HD center in Aracaju, Sergipe, Brazil, from November 2007 to January 2008. Only patients with HD-related headaches without previous history of primary headache were diagnosed as isolated HD headache (HDH. RESULTS: Headache was reported by 76.1% of the patients studied. Prior to beginning dialysis, 47.9% had migraine without aura, 6.7% migraine with aura, 0.6% hemiplegic migraine, 5% episodic tension-type headache, and 2.5% migraine and tension-type headache. HDH was diagnosed in 6.7% of the patients, the most prevalent features being diffuse or temporal region location, bilateral headache, throbbing nature, and moderate severity. Seven patients with headaches between the sessions were not classified. CONCLUSION: While the pathophysiology of HDH is unknown, to diagnose patients with HDH or other possible HD-related headaches remains a challenge.Cefaléias relacionadas ao programa de hemodiálise é uma queixa comum. OBJETIVO: Determinar freqüência e características clínicas das cefaléias em pacientes em regime de hemodiálise e discutir critérios diagnósticos. MÉTODO: Foi feita uma avaliação clínica prospectiva de pacientes cefalêicos em um serviço de hemodiálise em Aracaju, Sergipe, Brasil, de novembro de 2007 a janeiro de 2008. Apenas pacientes sem antecedente de cefaléia primária receberam diagnóstico de cefaléia da diálise isolada. RESULTADOS: Cefaléia esteve presente em 76,1% dos pacientes estudados. Como antecedente de cefaléia, 47,9% tinham migrânea sem aura, 6,7% migrânea com aura, 0,6% migrânea hemiplégica, 5,5% cefaléia tensional episódica, e 2,5% associação de

  18. Elaboração de um manual ilustrado de exercícios domiciliares para pacientes com hemiparesia secundária ao acidente vascular encefálico (AVE Elaboration of an illustrated home exercise manual for stroke patients with hemiparesis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Maria Barsante Santos

    2012-03-01

    Full Text Available A realização de exercícios físicos para pacientes com sequelas motoras pós-acidente vascular encefálico (AVE é essencial para a recuperação funcional. Programas educacionais podem facilitar a repetição dos exercícios em casa e contribuir para o tratamento. Este trabalho teve como objetivo elaborar e aplicar um manual de exercícios domiciliares para pacientes com AVE. O estudo consistiu em duas etapas: na primeira foi elaborado um manual de exercícios domiciliares (piloto com fotos e textos simples para facilitar a compreensão. Foi realizada uma avaliação funcional de cada paciente e selecionados os exercícios mais adequados, que deveriam ser feitos em casa. Esse manual foi aplicado a 17 pacientes, 70% crônicos e 30% agudos. Após 15 dias, o paciente retornava e era solicitado que reproduzisse os exercícios e informasse o nível de compreensão das fotos e do texto do manual e se sentia dor ao realizá-los. As fotos e os exercícios referidos como difíceis foram revistos, e criada a versão teste que foi aplicada em outros 23 pacientes, dando origem à versão final do manual. A avaliação do manual piloto foi insatisfatória, sendo que apenas 56% referiram aprovação das fotos e 87% do texto. Após a reformulação, a compreensão das fotos e do texto alcançou valores acima de 98%. Foi possível obter um manual ilustrado de exercícios domiciliares, de fácil aplicação e compreensão, específico e individualizado, para pacientes com AVE e adaptável aos diferentes quadros motores.The practice of exercises for patients with motor sequels post-stroke is essential for the functional recovery. Educational programs can facilitate the repetition of the exercises at home and contribute to the treatment. The objective of this study was to elaborate a home exercise manual for stroke patients. The study consisted of two stages: in the first one, a home exercise manual was made (pilot with pictures and simple text to facilitate

  19. Endocardite bacteriana em paciente com diabetes mellitus tipo 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alcinda Aranha Nigri

    2016-10-01

    Full Text Available Introdução: A endocardite infecciosa é uma infecção microbiana da superfície do endocárdio. Acomete sobretudo valvas cardíacas, em geral, a mitral. Etiologias comuns são: uso de drogas injetáveis, infecção oral, hemodiálise a longo prazo e diabetes mellitus (DM. O diagnóstico é realizado por meio dos Critérios de Duke. Objetivos: Relatar caso de endocardite de paciente do Hospital Santa Lucinda (HSL. Metodologia: As informações foram obtidas pelo exame clínico, prontuário da paciente, relato da equipe médica e revisão de literatura. Relato de Caso: Paciente L.F.P.L., F., 54 anos, DM tipo 2, hipertensa, com insuficiência renal crônica não-dialítica, com úlceras de membros inferiores (MMII. Foi realizado debridamento e uso de antibiótico (ATB. Posteriormente, procurou hospital com queixa de dispneia. Diagnosticada com pneumonia (sic, usou ATB. A posteriori, apresentou anasarca e febre. Não houve leucocitose provavelmente devido ao uso de ATB. Constatou-se sopro mitral; no ecocardiograma: insuficiência mitral e tricúspide e vegetação em valva mitral, indicando endocardite infecciosa. Encaminhada ao HSL para cirurgia, apresentou na admissão: derrame pleural, hemo- e leucograma (LEU sem alterações, ureia 142, glicose 256 (mg/dL e albumina 2,6 (g/dL. Após 6 dias, foi inserida a prótese biomitral e cerclagem de valva tricúspide. Realizou-se transfusões sanguíneas pós-cirúrgicas. Manifestou parada cardiorrespiratória (PCR, realizada ressuscitação cardiopulmonar. Após 10 dias, apresentou arritmia, PCR, sepse e foi a óbito. Conclusões: O manejo adequado do DM pode evitar complicações, como úlceras de MMII, evitando, consequentemente, a disseminação via hematogênica e o quadro de endocardite. Deve-se considerar o uso prévio de ATB ao se analisar o LEU do paciente.

  20. Avaliação da assistência ao paciente asmático no Sistema Único de Saúde Evaluation of the treatment provided to patients with asthma by the Brazilian Unified Health Care System

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Discacciati Silveira

    2009-07-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a adequação da assistência médica prestada a pacientes asmáticos do Sistema Único de Saúde de acordo com diretrizes internacionais para o manejo da asma. MÉTODOS: Estudo transversal, incluindo pacientes com suspeita de asma e encaminhados para o Serviço de Pneumologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais entre novembro de 2006 e outubro de 2007. RESULTADOS: Foram incluídos 102 pacientes, e 70 confirmados como asmáticos. A assistência médica anterior foi considerada adequada em 18,6% dos pacientes; 50,0% dos asmáticos já haviam realizado espirometria previamente e 34,3%, manobra de PFE. A medicação mais utilizada foi o β2-agonista de curta duração (90,3%. CONCLUSÕES: Os resultados indicam que o manejo de pacientes asmáticos pela maioria dos médicos não-especialistas do sistema público de saúde está em desacordo com as diretrizes, sendo necessários programas de educação médica continuada, priorizando o nível de atenção primária.OBJECTIVE: To determine, based on international guidelines for asthma management, the appropriateness of the treatment that the Unified Health Care System provides to patients with asthma. METHODS: This was a cross-sectional study involving patients suspected of having asthma and referred to the Pulmonology Clinic of the Federal University of Minas Gerais Hospital das Clínicas, Brazil, between November of 2006 and October of 2007. RESULTS: A total of 102 patients were included, and 70 were diagnosed with asthma. The previous treatment was consistent with the guidelines in 18.6% of the patients; 50.0% of the patients had previously been submitted to spirometry, and 34.3% had previously been submitted to PEF. The most frequently prescribed medication was short-acting β2 agonists (90.3%. CONCLUSIONS: The results show that the majority of non-specialized physicians working within the public health care system do not manage the treatment of

  1. Índice de resistividade renal como preditor da revascularização renal para hipertensão renovascular Índice de resistividad renal como predictor de la revascularización renal para hipertensión renovascular Renal resistance index predicting outcome of renal revascularization for renovascular hypertension

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone N. Santos

    2010-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A estenose arterial renal (EAR é uma causa potencialmente reversível de hipertensão arterial sistêmica (HAS e nefropatia isquêmica. Apesar da revascularização bem sucedida, nem todos os pacientes (pt apresentam melhora clínica e alguns podem piorar. OBJETIVO: O presente estudo se destina a avaliar o valor do índice de resistividade renal (IR como preditor dos efeitos da revascularização renal. MÉTODOS: Entre janeiro de 1998 e fevereiro de 2001, 2.933 pacientes foram submetidos ao duplex ultrassom renal. 106 desses pacientes apresentaram EAR significativa e foram submetidos a angiografia e revascularização renal. A pressão arterial (PA foi medida antes e depois da intervenção, em intervalos de até 2 anos e as medicações prescritas foram registradas. Antes da revascularização, o IR foi medido em 3 locais do rim, sendo obtida uma média dessas medições. RESULTADOS: Dos 106 pacientes, 81 tiveram IR80. A EAR foi corrigida somente por angioplastia (PTA em 25 pts, PTA + stent em 56 pts e cirurgicamente em 25 pts. Dos pacientes que se beneficiaram da revascularização renal; 57 dos 81 pacientes com IR 80. Usando um modelo de regressão logística múltipla, o IR esteve significativamente associado à evolução da PA (p = 0,001, ajustado de acordo com os efeitos da idade, sexo, PAS, PAD, duração da hipertensão, o tipo de revascularização, número de fármacos em uso, nível de creatinina, presença de diabete melito, hipercolesterolemia, volume sistólico, doença arterial periférica e coronariana e tamanho renal (OR 99,6-95%CI para OR 6,1-1.621,2. CONCLUSÃO: A resistividade intrarrenal arterial, medida por duplex ultrassom, desempenha um papel importante na predição dos efeitos pós revascularização renal para EAR.FUNDAMENTO: La estenosis arterial renal (EAR es una causa potencialmente reversible de hipertensión arterial sistémica (HAS y nefropatía isquémica. Pese a que la revascularización sea

  2. Insuficiência renal aguda secundária à sarcoidose Acute renal failure secondary to sarcoidosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcus Vinícius de Pádua Netto

    2009-09-01

    Full Text Available A sarcoidose é uma doença sistêmica de etiologia desconhecida, caracterizada pela inflamação crônica granulomatosa, que acomete com maior frequência os pulmões, a pele e os olhos e, muito raramente, detectamos envolvimento renal na patologia. Relatamos aqui o caso de uma paciente de 47 anos, branca, internada em uma unidade de emergência de Hospital Universitário, devido a sintomas e achados radiológicos sugestivos de pneumonia. Desde o início da internação ela se apresentava com quadro laboratorial de insuficiência renal aguda, inicialmente atribuída ao histórico recente de uso abusivo de anti-inflamatórios. No entanto, devido à evolução arrastada e aparentemente desfavorável, inclusive com necessidade de terapia renal substitutiva (TRS, a paciente foi submetida a uma biópsia renal para esclarecimento diagnóstico e avaliação prognóstica. A descrição histológica mostrava um quadro de nefrite intersticial aguda granulomatosa, característico de sarcoidose renal, diagnóstico confirmado após revisão do prontuário médico, que revelava internação anterior devido a evento pulmonar da doença. Iniciado tratamento com prednisona 1 mg/kg/dia, a paciente evoluiu com melhora do quadro de insuficiência renal aguda, não mais necessitando de TRS. Atualmente, a paciente é mantida em acompanhamento ambulatorial com função renal estável.Sarcoidosis is a systemic disease of unknown etiology, characterized by chronic granulomatous inflammation, which affects most frequently the lungs, skin, and eyes, and most rarely the kidneys. We report the case of a 47-year-old, white, woman admitted to the emergency unit of a university-affiliated hospital due to symptoms and radiologic findings suggestive of pneumonia. Since the beginning, her laboratory tests showed acute renal failure, initially attributed to the recent history of abuse of anti-inflammatory drugs. However, because of her protracted and apparently unfavorable

  3. Síndrome nefrótica primária grave em crianças: descrição clínica e dos padrões histológicos renais de seis casos Severe primary nephrotic syndrome in children: description of clinical aspects and of the renal histological patterns of six cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Camegaçava Riyuzo

    2006-10-01

    Full Text Available Os autores relatam os casos de seis crianças com síndrome nefrótica primária grave de padrão histológico renal incomum na rotina cotidiana dos nefrologistas e patologistas. O diagnóstico da doença foi realizado nas faixas etárias de 3 a 9 meses de idade (n = 4, aos 2 anos e 4 meses (n = 1 e aos 11 anos (n = 1. Um paciente foi prematuro, duas pacientes eram irmãs e seus pais eram primos de primeiro grau. Todos apresentavam edema generalizado; dois pacientes apresentavam desnutrição e hipotireoidismo e dois apresentavam hipertensão arterial e insuficiência renal. A histologia renal mostrou esclerose mesangial difusa (n = 3, proliferação mesangial (n = 2 e síndrome nefrótica do tipo finlandês (n = 1. Quatro pacientes faleceram, as causas de óbito foram infecção (n = 2, insuficiência renal (n = 1 e acidose metabólica (n = 1. Entre os sobreviventes, um paciente foi tratado com vitaminas, tiroxina, captopril e indometacina, apresentando aumento da albumina sérica e melhora do crescimento. O outro paciente apresentava insuficiência renal terminal, sendo tratado com diálise e transplante renal.The authors report six children with severe primary nephrotic syndrome with unusual renal histological patterns in the daily routine of nephrologists and pathologists. The diagnosis of the disease was made at the age between 3 to 9 months (n = 4, at 2 years and 4 months (n = 1 and at 11 years (n = 1. One patient was born prematurely; two patients were sisters and their parents were first-degree cousins. All patients presented generalized edema, two patients presented malnutrition and hypothyroidism; two patients presented hypertension and renal failure. The renal histology showed diffuse mesangial sclerosis (n = 3; diffuse mesangial hypercellularity (n = 2 and nephrotic syndrome of the Finnish type (n = 1. Four patients died, causes of death were infection (n = 2, renal failure (n = 1 and metabolic acidosis (n = 1. Among the survivors

  4. N-acetil-β-D-glicosaminidase como biomarcador precoce de disfunção renal para a exposição ocupacional ao chumbo inorgânico N-acetyl-β-D-glucosaminidase as an early biomarker of renal dysfunction due to occupational exposure to inorganic lead

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Nishikawa Gonçales

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo averiguar a atividade enzimática da N-acetil-β-D-glicosaminidase (NAG como possível biomarcador precoce de disfunção renal para a exposição ocupacional ao chumbo inorgânico. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi selecionado um grupo de 30 pessoas do sexo masculino expostas ao chumbo inorgânico em uma fábrica de baterias localizada no estado do Paraná. Fizeram parte do grupo os funcionários que mostraram valores de chumbo sanguíneo inferiores a 40 mg/dl. O grupo controle foi representado por 15 adultos saudáveis com similaridade em relação à idade e ao gênero do grupo exposto. Foram determinados os níveis de plumbemia, do ácido d-aminolevulínico urinário e a atividade da NAG urinária. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Foi evidenciado que a atividade urinária da NAG foi significativamente maior (p OBJECTIVE: This study aimed to verify the enzymatic activity of N-acetyl-β-D-glucosaminidase (NAG as a possible early biomarker of renal dysfunction due to occupational exposure to inorganic lead. MATERIALS AND METHODS: We selected a group of 30 males that had been exposed to inorganic lead in a battery factory in the state of Paraná. This group comprised those employees whose blood lead levels were below 40 mg/dl. The control group consisted of 15 healthy adults of similar age and gender compared with the exposed group. Blood lead concentrations, d-aminolevulinic acid levels and urinary NAG activity were measured. RESULTS AND DISCUSSION: It was shown that urinary NAG activity was significantly higher (p < 0.05, U test of Mann-Whitney in the exposed group in comparison to the control group, and there was a significant negative correlation (p < 0.05, Spearman Rank Order correlation between the biological indicator of lead exposure and urinary NAG activity. CONCLUSION: The results showed that the increase of urinary NAG activity may be used as an early biomarker of the exposure to inorganic lead.

  5. Avaliação dos medicamentos utilizados e possíveis interações medicamentosas em doentes renais crônicos = Assessment of used medications and drug-drug interactions among chronic renal failure patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sgnaolin, Vanessa

    2014-01-01

    Conclusões: A prevalência de potenciais interações medicamentosas nos pacientes em hemodiálise foi elevada e esteve intimamente ligada ao número de medicamentos utilizados por cada paciente. A população com doença renal crônica necessita do uso de vários medicamentos, portanto é importante a seleção cuidadosa de alternativas terapêuticas, através da assistência farmacêutica, para o uso eficaz, racional e seguro de medicamentos

  6. Proteção renal na unidade de terapia intensiva cirúrgica Renal protection in a surgical intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Moraes dos Santos

    2006-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A disfunção renal peri-operatória é importante causa de aumento de morbimortalidade. Com o aumento da expectativa de vida, pacientes mais idosos e com maior números de co-morbidades estão sendo submetidos à procedimentos cirúrgicos de alto risco, o que torna as práticas da proteção orgânica possíveis modificadoras de prognóstico a curto e longo prazo. Nesse contexto, esta revisão sobre a proteção renal na unidade de terapia intensiva cirúrgica objetivou destacar os fatores de riscos peri-operatórios e discutir as atuais evidências científicas direcionadas para a diminuição da disfunção renal peri-operatória. CONTEÚDO: Apesar da baixa extração e adequada reserva renal de oxigênio, o rim é extremamente sensível à hipoperfusão sendo a insuficiência renal aguda uma complicação freqüente de instabilidade hemodinâmica. Este aparente paradoxo, comalto suprimento de oxigênio e reduzida extração, com alta incidência de lesão renal à hipotensão, é explicado pelo gradiente fisiológico intra-renal de oxigênio que torna a medula particularmente susceptível à isquemia. Identificou-se fatores de lesão renal em todas as fases do período peri-operatório: jejum e uso de contraste pré-operatório, hipovolemia, hipotensão, liberação de catecolaminas e citocinas, utilização e circulação extracorpórea, politrauma, presença de rabdomiólise e pinçamentoaórtico. É necessário que práticas capazes de diminuir a lesão renal peri-operatória sejam discutidas. CONCLUSÕES: O controle da lesão renal baseia-se nos princípios da fisiologia renal peri-operatória e na otimização da hemodinâmica glomerular. Medidas direcionadas para proteção orgânica devem ser implementadas devido ao impacto da insuficiência renal na evolução clínica neste grupo de pacientes.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Perioperative renal dysfunction is an important cause of morbidity and mortality. With

  7. Influência do polimorfismo do gene MYH9  na doença renal progressiva em pacientes com nefrite lúpica

    OpenAIRE

    Vinicius Sardão Colares

    2012-01-01

    INTRODUÇÃO: A nefrite lúpica é uma complicação frequente e de alta morbimortalidade do lúpus eritematoso sistêmico (LES). A evolução para insuficiência renal crônica terminal varia entre 8 e 15% dos casos, após um período de 5 anos. A fase inicial da nefrite se deve a uma atividade imunológica exacerbada que leva a sequelas renais, como a fibrose intersticial, sinéquias glomerulares, e glomeruloesclerose. Uma vez instalada, vários fatores aceleram a velocidade de progressão da insuficiência r...

  8. Qualidade de vida pós-transplante renal: revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reginaldo Passoni dos Santos

    2014-03-01

    Full Text Available Buscaran-se evidências disponíveis na literatura sobre a melhoria na qualidade de vida de pacientes após o transplante renal. Trata-se de uma revisão integrativa, realizada por meio de busca de artigos indexados nas bases de dados LILACS (Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BDENF (Base de Dados da Enfermagem, SciELO (Scientific Eletronic Library Online e PubMed. Os critérios de inclusão foram: pesquisa primária; texto em português, inglês ou espanhol; publicação entre o período de janeiro de 2002 a dezembro de 2012. De modo geral, o transplante melhora expressivamente a qualidade de vida do paciente com renal crônico, sendo prevalente a melhora relacionada ao domínio físico. Contudo, identificaram baixos escores referente às de dimensões/domínios "relação social", "meio ambiente", "nível de dependência" e "aspectos psicológicos". Confirmou-se que o transplante é responsável pela melhoria da qualidade de vida do paciente renal crônico pós procedimento, entretanto, sugere-se que mais pesquisas sejam realizadas.

  9. HEMODIÁLISE E DEPRESSÃO: REPRESENTAÇÃO SOCIAL DOS PACIENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrycianne Gonçalves Costa

    2014-12-01

    Full Text Available Este estudo objetivou analisar os diferentes campos semânticos associados aos estímulos indutores insuficiência renal crônica (IRC, tratamento, hemodiálise e depressão, elaborados por pacientes com doença renal crônica em hemodiálise com e sem sintomas de depressão. Participaram do estudo 50 pacientes em tratamento de hemodiálise, com idades entre 20 e 73 anos (M= 46,05; DP= 13,4, que responderam a um questionário sociodemográfico, à Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão e à Técnica de Associação Livre de Palavras. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva e análise fatorial de correspondência. Os resultados indicaram que 20% dos pacientes apresentaram sintomas depressivos. O conhecimento do senso comum acerca da IRC esteve focado no desconhecimento das causas que ocasionam a doença renal, bem como no tratamento e suas dificuldades, sendo a IRC considerada um pesadelo. O tratamento foi calcado na tríade terapêutica sessões de hemodiálise, dieta e medicação, assim como, no suporte emocional proveniente do apoio, cuidados e esperança. O campo semântico do estímulo hemodiálise esteve voltado para a representação simbólica da máquina e para a iminência da morte. A sintomatologia da depressão foi objetivada nos elementos agonia, tristeza, choro, não ter vontade e apoio. Os resultados evidenciaram a importância do suporte emocional, familiar e social aos pacientes renais, tendo sido observado que o apoio foi mencionado como um dos fatores fundamentais para o auxílio tanto na doença renal crônica quanto na depressão.

  10. Educação em saúde e família: o cuidado ao paciente, vítima de acidente vascular cerebral - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v26i1.1663 Health education in family:nursing CVA patients - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v26i1.1663

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Ruth Macêdo Monteiro

    2004-04-01

    Full Text Available O presente estudo objetiva identificar o conhecimento dos familiares de pacientes acometidos por AVC (Acidente Vascular Cerebral sobre a doença e sobre seus cuidados e, ainda, elaborar uma cartilha de orientação quanto aos cuidados domiciliares a esses pacientes. Participaram da presente pesquisa 50 familiares de pacientes acometidos por AVC, os quais estavam acompanhando os pacientes por um período mínimo de 3 dias. Os dados obtidos da análise dos depoimentos dos familiares estão agrupados em 3 categorias: conhecendo as famílias, identificando o conhecimento dos familiares, atendendo às solicitações dos familiares. A cartilha de orientação, elaborada de acordo com o levantamento das principais dúvidas e/ou dificuldades dos familiares, busca favorecer o processo educativo dessas famílias no ambiente hospitalar, promovendo, assim, seu envolvimento nesse processo. A importância de um trabalho nesse sentido está baseada na possibilidade de uma maior compreensão dos problemas vivenciados pelos pacientes acometidos por AVC e por suas famílias, auxiliando, dessa forma, o enfermeiro a desenvolver ações visando minimizá-los e tornar a situação menos traumática para ambos.The present study aims to identify the knowledge of CVA (Cerebral Vascular Accident patients' close relatives on the disease and its specific cares; and also, to elaborate a guide for the home care of those patients. The present research evaluated family members from 50 CVA patients. These relatives were taking care of the patients for at least 3 days. The data obtained from the testimonies analysis are grouped in three categories: acquainting the families; identifying the family’s knowledge; assisting family’s requests. The guide, organized according to the relatives' main doubts and difficulties, intends to help the educational process of those families in the hospital’s atmosphere, promoting their engagement in the process. This work makes possible a

  11. Comparação entre diagnósticos clínicos e histológicos no pós-transplante renal

    OpenAIRE

    Castro,M.C.R. de; Chocair,P.R.; L.B. Saldanha; Nahas,W.; Arap, S.; Sabbaga, E; Ianhez,L.E.

    1998-01-01

    OBJETIVO: Para determinar o acerto obtido pelos diagnósticos efetuados em uma unidade de transplante renal, foram analisados 40 episódios de disfunção renal aguda que ocorreram no período pós-transplante. MÉTODOS: Os pacientes foram submetidos a biópsia renal por ocasião do episódio de insuficiência renal ao mesmo tempo em que o diagnóstico clínico era realizado pelos membros da equipe. RESULTADOS: Foram realizados 19 diagnósticos de necrose tubular aguda (NTA), 18 de rejeição celular aguda (...

  12. Salud oral en pacientes con insuficiencia renal crónica hemodializados después de la aplicación de un protocolo estomatológico Oral health in patients with chronic renal failure under hemodialysis after the implementation of an stomatological protocol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Rebolledo Cobos

    2012-04-01

    Full Text Available Objetivo: Evaluar la salud oral de los pacientes con insuficiencia renal crónica (IRC hemodializados antes y después de aplicar un protocolo de atención estomatológica basado en la evidencia, en una unidad renal de Cartagena. Metodología: Estudio cuasiexperimental con 120 pacientes, se aplicó una encuesta determinando las características socio demográficas e información que tenían acerca de asociación de IRC con lesiones orales. Posteriormente se efectuó un examen clínico y se aplicó el protocolo de manejo, con posteriores controles clínicos determinando cambios estomatológicos resultantes. La información se condensó mediante paquete estadístico Epi Info versión 5.0 y se realizó un análisis descriptivo para las variables nominales y ordinales. Transcurrido 3 meses se ejecutó una nueva valoración clínica para determinar los cambios. Se valoró el efecto de la intervención mediante la prueba estadística de McNemar. Resultados: En la valoración inicial se diagnosticaron en promedio 7 lesiones estomatológicas asociadas por paciente y en la reevaluación 3, (pObjective: To evaluate the oral health of patients with chronic renal failure (CRF under hemodialysis treatment before and after applying a dental care protocol based on the evidence in a renal unit in the city of Cartagena. Methodology: A quasi-experimental study with 120 patients, a survey determined the sociodemographic characteristics and information they had about CRF association with oral lesions. Subsequently it was performed a clinical examination and applied management protocol, with subsequent monitoring dental changes resulting determining clinical. The information was condensed by statistical package Epi Info version 5.0 and performed a descriptive analysis of nominal and ordinal variables. After 3 months, implemented a new clinical assessment to determine changes. Were evaluated the effect of intervention by the McNemar test statistic. Results: In the

  13. Endobronchial valves in severe emphysematous patients: CT evaluation of lung fissures completeness, treatment radiological response and quantitative emphysema analysis Valvas endobrônquicas em pacientes com enfisema grave: avaliação por TC da completude das fissuras pulmonares, resposta radiológica ao tratamento e análise quantitativa do enfisema

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcel Koenigkam-Santos

    2013-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To evaluate lung fissures completeness, post-treatment radiological response and quantitative CT analysis (QCTA in a population of severe emphysematous patients submitted to endobronchial valves (EBV implantation. MATERIALS AND METHODS: Multi-detectors CT exams of 29 patients were studied, using thin-section low dose protocol without contrast. Two radiologists retrospectively reviewed all images in consensus; fissures completeness was estimated in 5% increments and post-EBV radiological response (target lobe atelectasis/volume loss was evaluated. QCTA was performed in pre and post-treatment scans using a fully automated software. RESULTS: CT response was present in 16/29 patients. In the negative CT response group, all 13 patients presented incomplete fissures, and mean oblique fissures completeness was 72.8%, against 88.3% in the other group. QCTA most significant results showed a reduced post-treatment total lung volume (LV (mean 542 ml, reduced EBV-submitted LV (700 ml and reduced emphysema volume (331.4 ml in the positive response group, which also showed improved functional tests. CONCLUSION: EBV benefit is most likely in patients who have complete interlobar fissures and develop lobar atelectasis. In patients with no radiological response we observed a higher prevalence of incomplete fissures and a greater degree of incompleteness. The fully automated QCTA detected the post-treatment alterations, especially in the treated lung analysis.OBJETIVO: Avaliar a completude das fissuras, resposta radiológica ao tratamento e análise quantitativa por TC (AQTC em população de pacientes com enfisema grave submetidos ao implante de valvas endobrônquicas (VEB. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram estudados exames de TC multidetectores de 29 pacientes, realizados com protocolo de baixo dose, cortes finos, sem contraste. Dois radiologistas revisaram, retrospectivamente, os exames em consenso. A completude das fissuras foi estimada em escala de 5% e

  14. Sobrevida de cinco anos e fatores associados ao câncer de boca para pacientes em tratamento oncológico ambulatorial pelo Sistema Único de Saúde, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Macedo da Silva Bonfante

    2014-05-01

    Full Text Available O objetivo foi analisar a sobrevida específica de cinco anos e fatores associados para câncer de boca no Brasil. Trata-se de coorte retrospectiva, cuja fonte de dados foi a Base Onco, que realizou o relacionamento probabilístico-determinístico de todos os registros de autorização para radioterapia e/ou quimioterapia pelo Sistema Único de Saúde, entre 2000 e 2006, gerando-se cadastro único para cada paciente. O presente estudo incluiu os pacientes diagnosticados entre 2002 e 2003 com câncer de boca, exceto lábio, e idade entre 19 e 100 anos (N = 6.180. A taxa de sobrevida específica em cinco anos foi de 60%. Foram associados à menor sobrevida específica: ter idade > 40 anos; apresentar estádio III ou IV; localização em língua, assoalho de boca e base de língua; não realizar tratamento cirúrgico, realizar somente quimioterapia ou radioterapia e quimioterapia e residir em determinados estados do Brasil. Os resultados reforçam a necessidade de incluir a avaliação das disparidades dos territórios de planejamento como possibilidade para incrementar as ações de saúde e melhorar os indicadores de sobrevida.

  15. Análise de pacientes com leucemia mieloide crônica com resistência primária ou secundária ao mesilato de imatinibe Analysis of chronic myelogenous leukemia patients with primary or secondary resistance to imatinib mesylate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia S. Alves

    2009-01-01

    Full Text Available O mesilato de imatinibe, como terapia alvo, se revelou altamente eficiente na leucemia mielóide crônica. Um desafio é a resistência primária ou secundária, principalmente nas fases avançadas da doença. Na secundária, as mutações pontuais no domínio quinase ABL são o mecanismo mais frequente. Estudou-se no período de outubro de 2000 a dezembro de 2005, 112 pacientes no Serviço de Hematologia e Hemoterapia da Santa Casa de São Paulo. O objetivo foi caracterizar o perfil dos resistentes e pesquisar a presença de mutação. Encontrou-se maior porcentagem de resistentes nas fases mais avançadas. Foram fatores de risco para resistência na fase crônica o número de plaquetas superior a 450.000/mm³ pré-imatinibe ou plaquetas inferior a 50.000/mm³ durante o tratamento. A taxa de resposta hematológica completa e o tempo para obtenção foram semelhantes entre os resistentes e não resistentes. Observou-se menor sobrevida global nos resistentes. Destacaram-se dez pacientes resistentes com resposta citogenética completa pós 12 meses, "responsivos tardios", cuja freqüência de resposta hematológica e citogenética foi semelhante aos não resistentes (100%. A sobrevida livre de progressão foi similar até aos 40 meses e a sobrevida global até aos 70 meses. A sobrevida global e as respostas foram superiores aos demais resistentes. Referente à pesquisa de mutação, analisou-se 22 resistentes, dos quais oito apresentaram mutação (36,4%. Caracterizou-se maior risco para a condição de mutação, a presença de blastos no sangue periférico ao diagnóstico nos pacientes em fase crônica.Imatinib mesylate, as target therapy, is highly efficient in chronic myelogenous leukemia. A challenge is primary and secondary resistance, particularly in the advanced phases of the disease. In secondary resistance, point mutations in the ABL dominion are the most common mechanism. From October 2000 to December 2005, 112 patients were

  16. Efeitos da clonidina nas respostas cardiovasculares ao pinçamento aórtico infra-renal: estudo experimental no cão Efectos de la clonidina en las respuestas cardiovasculares al pinzamiento aórtico infra-renal: estudio experimental en el can Effects of clonidine on cardiovascular responses to infrarenal aortic cross-clamping: experimental study in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Viccário Achôa

    2003-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O pinçamento aórtico infra-renal pode determinar alterações cardiovasculares. A clonidina, um alfa2-agonista, determina bradicardia e diminuição da pressão arterial. O objetivo do estudo foi avaliar os efeitos da clonidina sobre a função cardiovascular, em cães submetidos a pinçamento aórtico infra-renal. MÉTODO: O estudo aleatório foi realizado em 16 cães, distribuídos em dois grupos: G Controle - sem a utilização de clonidina e G Clon - clonidina, na dose inicial de 5 µg.kg-1, por via venosa, imediatamente antes do pinçamento aórtico infra-renal, seguido de 2 µg.min-1.m² até o final do estudo. Em todos os animais foi realizada ligadura infra-renal da aorta, por 45 minutos. Os atributos hemodinâmicos foram estudados nos momentos C (controle, após 10 (Ao10 e 25 (Ao25 minutos do pinçamento aórtico, e após 10 (DAo10 e 25 (DAo25 minutos do despinçamento aórtico. RESULTADOS: Durante o pinçamento aórtico, houve diferença significante entre os grupos, em relação à freqüência cardíaca, pressão arterial média e índice cardíaco (G Controle > G Clon. Após o despinçamento aórtico houve diferença significante entre os grupos, em relação à freqüência cardíaca (G Controle > G Clon e pressões do átrio direito e da artéria pulmonar ocluída (G Clon > G Controle. Durante o pinçamento aórtico, houve nos dois grupos, aumento significante das pressões de átrio direito e artéria pulmonar ocluída, dos índices sistólico e do trabalho sistólico do ventrículo esquerdo, e diminuição do índice de resistência vascular pulmonar. No grupo controle houve aumento significante das pressões arterial média e da artéria pulmonar, e dos índices cardíaco e do trabalho sistólico do ventrículo direito. No grupo clonidina, houve diminuição significante da freqüência cardíaca. Após o despinçamento aórtico, houve nos dois grupos: diminuição significante da freqüência card

  17. Avaliação da lordose da coluna cervical nos pacientes com escoliose do tipo Lenke I submetidos ao tratamento cirúrgico Evaluación de la lordosis de la columna cervical en los pacientes con escoliosis del tipo Lenke I sometidos al tratamiento quirúrgico Evaluation of cervical behavior in patients with scoliosis Lenke who underwent surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Lucas Batista Junior

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a angulação da lordose cervical nos pacientes portadores de Escoliose Idiopática do Adolescente (EIA do tipo Lenke I, no período pré- e pós-operatório. MÉTODO: Estudo prospectivo e descritivo em que foram avaliados pacientes com EIA, sendo documentadas medidas antropométricas. Foram avaliadas as angulações das radiografias (posição ortostática em perfil cervical de C3 a C7 no período pré- e pós-operatório, estabelecendo como normal a lordose cervical entre 10 e 30 graus. RESULTADOS: Participaram 26 pacientes com EIA, sendo a maioria do sexo feminino (73%, com média de idade de 14,3 anos. Observamos que no período pré-operatório 80,9% dos pacientes apresentavam angulação cervical não fisiológica, sendo que 42,3% dos pacientes apresentavam diminuição da lordose cervical (OBJETIVO: Evaluar el ángulo de la lordosis cervical en pacientes con Escoliosis Idiopática del Adolescente (EIA, clasificados en Lenke I en el pre y posoperatorio. MÉTODOS: Estudio prospectivo y descriptivo, en el que se evaluó a pacientes con EIA y se documentaron mediciones antropométricas. Se evaluó la angulación de las radiografías (posición ortostásica de perfil de columna cervical de C3 a C7, en el entorno de pre y posoperatorias, estableciéndose como normal la lordosis cervical entre 10 y 30 grados. RESULTADOS: Un total de 26 pacientes fue evaluado, en su mayoría mujeres (73% con edad promedio de 14,3 años. Observamos que, en el período preoperatorio, 80,9% de los pacientes presentaban angulación cervical no fisiológica, siendo que 42,3% de los pacientes habían reducido la lordosis cervical (OBJECTIVE: This study was to evaluate the angle of cervical lordosis in patients with Adolescent Idiopathic Scoliosis (AIS ranked in Lenke I pre- and postoperatively. METHODS: Prospective and descriptive study, which evaluated patients with AIS and documented anthropometric measures. We assessed the angulations of the

  18. Adrenoleucodistrofia cerebral ligada ao x

    OpenAIRE

    Ono,Sergio Eiji

    2013-01-01

    Resumo: OBJETIVO: o padrão-ouro em exames de imagem para avaliar a adrenoleucodistrofia ligada ao X é o escore de Loes, baseado na localização, alterações de sinais e grau de atrofia. Os objetivos deste estudo foram avaliar como os parâmetros do tensor de difusão correlacionam com o escore de Loes e avaliar se poderiam indicar alterações estruturais precoces. PACIENTES E MÉTODOS: as medidas do tensor de difusão foram obtidas em 9 locais pré-estabelecidos da substância branca, bilateralmente, ...

  19. Consumo de macronutrientes y estilo de vida en pacientes con trasplante renal que acudieron a un evento deportivo nacional Macronutrients consumption and lifestyle in patients whose received transplant of kidney in The Mexican Institute for Social Security

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Vázquez Pulgar

    2010-02-01

    Full Text Available El transplante renal es la opción terapeútica que más calidad de vida ofrece al enfermo con Insuficiencia renal crónica avanzada. Este trabajo se hizo con el objetivo de conocer el estilo de vida y patrones de consumo de macronutrientes en pacientes del Instituto Mexicano del Seguro Social, que recibieron transplante renal. Se obtuvo información sociodemográfica, antropométrica de 119 individuos postrasplantados de riñón que acudieron a un evento deportivo nacional y se estudió su consumo de macronutrientes a través del recordatorio de 24 hrs. Para evaluar el estilo de vida se utilizó el instrumento IMEVID, este instrumento fue previamente validado y mostró una fiabilidad de 0.681 con el alfa de Cronbach y de 0.685 con el método de Spearman-Brown. El estilo de vida predominante fue el poco favorable el cual se encontró en cerca del 70% de los casos estudiados (p The transplant offer the best quality of life to patients whose suffer from advanced chronic renal failure. This work was undertaken to know the lifestyle and macronutrients consume patterns in patients from the Mexican Institute for Social Security whose received a transplanted kidney . Demographic and anthropometric information were obtained from 119 transplanted patients and consume patterns were obtained from them through the recall of 24 hours. The IMEVID questionnaire was used to assess the lifestyle in this population. This instrument was previously validated for its reliability, its showed a value of 0.681 for alpha of Cronbach and 0.685 for Spearman-Brown test. The 70% of the patients showed less favourable lifestyles and there were no differences between genders. There were significative differences among states of the country where the subjects lived; attending the following domains of the IMEVID questionnaire. Information, physical activity and adjustment to the treatment (p < 0.001. In those States near the american border the BMI was superior to the 25 kg

  20. Análise da rejeição nos pacientes transplantados por anemia aplástica severa condicionados com ciclofosfamida ou a associação desta ao bussulfano Analysis of rejection in transplanted patients suffering severe aplastic anemia conditioned with cyclophosphamide alone or associated with busulfan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lídice C. Lenz e Silva

    2005-03-01

    Full Text Available O transplante de medula óssea é um tratamento eficaz para pacientes com anemia aplástica severa (AAS e é a modalidade terapêutica de escolha para pacientes jovens com doador aparentado HLA idêntico. A rejeição é uma importante complicação do transplante de medula, que, independentemente do tipo de tratamento imunossupressor pré e pós-transplante, ocorre em 55% a 60% dos pacientes. O serviço de TMO da Universidade Federal do Paraná (UFPR acumula a experiência de 178 casos de AAS transplantados no período de 1993 a 2001, usando como condicionamento tanto a ciclofosfamida (CFA como a combinação desta ao bussulfano (CFA + BU. Dentre eles, 39 apresentaram rejeição ou falha de pega. Dos pacientes condicionados com ciclofosfamida, 24 (46% apresentaram rejeição, sendo 3 (6% com falha primária de pega (FPP e 21 (40% com pega transitória (PT. Entre os pacientes condicionados com BU+CFA, 15 (12% apresentaram rejeição, sendo 4 (3% com FPP e 11 (9% com pega transitória. Os pacientes condicionados com ciclofosfamida (200 mg/kg que apresentaram rejeição tiveram uma sobrevida global alta (aproximadamente 80%, pois conseguiram ser resgatados por um novo transplante ou pelo tratamento imunossupressor com ciclosporina. A sobrevida dos pacientes politransfundidos condicionados com a associação de ciclofosfamida e bussulfano foi de aproximadamente 35%.Bone marrow transplantation is an effective therapy for severe aplastic anemia and is generally considered the preferable treatment for young patients who have an HLA (Human Leukocyte Antigen identical sibling donor. Recent studies report 55% to 80% extended survival. Graft failure owing to rejection or others causes remains an important life-threatening complication following allogeneic bone marrow transplantation for aplastic anemia. It occurs in 55% to 60% of patients receiving HLA identical transplants, using different immunosuppressive therapies before and after transplant. The BMT

  1. Atenção em Saúde Bucal aos Pacientes do Centro de Medicina do Idoso do Hospital Universitário de Brasília: uma visão especial da odontologia no contexto multidisciplinar: avaliação do Projeto de Extensão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Franco Miranda

    2012-05-01

    Full Text Available O Centro de Medicina do Idoso (CMI do Hospital Universitário de Brasília (HUB, referência no atendimento a saúde dos idosos, enfoca a terceira idade dentro de um contexto multidisciplinar no qual a Odontologia encontra-se inserida. O Projeto de Extensão de Ação Contínua “Atenção odontológica aos pacientes do CMI-HUB” vem sendo desenvolvido desde o ano de 2004, visando realizar orientações em saúde bucal voltadas à população senil, particularmente acometida por quadros demenciais, dentre eles a Doença de Alzheimer. O presente trabalho tem por finalidade apresentar as principais ações realizadas por odontólogos extensionistas, orientações aos cuidadores e familiares dos idosos a respeito da promoção de saúde bucal. Ressalta-se o importante papel do cirurgião-dentista como parte integrante da equipe multidisciplinar junto a este público.

  2. Study of the biokinetic behavior of {sup 99m}Tc-DMSA in renal scintigraphy of pediatric patients; Estudo de comportamento biocinetico do {sup 99m}Tc-DMSA em cintilografia renal de pacientes pediatricos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Santos, Felipe Simas dos

    2013-07-01

    In Brazil, renal studies with {sup 99m}Tc{sub D}TPA and {sup 99m}Tc-DMSA constitute about 18% of pediatric diagnostic procedures. A retrospective non-randomized study was conducted in 2010, for absolute quantification of kidney activities. In 2010,51 patients underwent renal studies in the Hospital of the Rio de Janeiro State University - HUPE-UERJ/ RJ, Brazil. 19 of them with 9±4 years of age and body mass of 31.8±20.8 kg showed relative uptake of {sup 99m}Tc-DMSA between 45% and 55%. Still images (AP, PA and posterior oblique abdomen incidences) were acquired 4 h after intravenous administration of 115.69±42.31 MBq of {sup 99m}Tc-DMSA using gamma camera (Siemens E-Cam), LEHR collimator, matrix of 256x256 and 5min imaging. In 2012, 3 patients (9.3±2.1 years, 31.97±10.75 kg) in the previous study were followed in a prospective study. All urinary excretions samples were collected from administration of {sup 99m}Tc-DMSA to 6 h after, while simultaneously images were acquired AP and PA abdominal region with Philips model Picker Prism 2000XP. Aliquots of each urine sample were measured in gamma counter shaft GenesysTM Gamma 1 with Nal (TI) detector. For whole body, the biological half-life estimate was 11.0±2.0 h, and the residence time was found to be 5.6±0.4 h while the literature suggests 4.l±0.5 h for age range studied. Residence time for kidney was found to be 0.7±0.4 h, while the literature shows, 3.07 h and 1.4 h for patients with normal and renal pathologies, respectively. This difference may be attributed to the methodology because while the images were taken during the first 6 h, SMITH et aI. (1996) performed images of the kidneys and whole body 30 h after administration of 99mTc{sub D}MSA, incorporating the slow term of biological half-life. For liver, it was found the average residence time of 3.0±0.4 min, whereas the literature indicates 20.8 min and 25.1 min, respectively according to SMITH et. ai (1996) and ICRP (1998). The fact that the

  3. Características demográficas y exposiciones ambientales previas al diagnóstico de leucemia linfoide aguda en pacientes pediátricos / Demographic Characteristics and Environmental Exposure Previous to Acute Lymphoid Leukemia Diagnosis in Pediatric Patients / Características demográficas e exposições ambientais anteriores ao diagnóstico de leucemia linfoblástica aguda em pacientes pediátricos

    Directo