WorldWideScience

Sample records for anticorpos monoclonais ior-cea-1

  1. Anticorpos monoclonais

    OpenAIRE

    Coelho, João Tomás Albuquerque

    2014-01-01

    Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas Os anticorpos monoclonais são produtos biofarmacêuticos à base de imunoglobulinas modificadas, que exercem um efeito específico e controlado sobre um determinado alvo. O primeiro método usado na produção de anticorpos monoclonais foi o hibridoma ou fusão celular, em que se utilizam ratinhos para produzir anticorpos c...

  2. Studies of monoclonal antibodies IOR-CEA-1 and IOR-EGF/R3 labelled with {sup 99m}Tc; Estudo de marcacao dos anticorpos monoclonais IOR-CEA-1 e IOR-EGF/R3 com {sup 99m}Tc

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Dias, Carla Roberta de Barros Rodrigues

    2005-07-01

    Nuclear Medicine is a speciality that uses radioisotopes for the diagnosis or treatment of diseases and it is considered one of the best tools among the diagnostic modalities for detection of cancer. {sup 99m}Tc is one of the main isotopes for labelling antibodies and in Nuclear Medicine in general, due to its adequate physical properties, availability and low cost. Labelled monoclonal antibodies have shown promising results for diagnosis and therapy of cancer and their use has brought great experimental and clinical advances in the field of oncology. The main clinical applications of immunoscintigraphy with monoclonal antibodies are staging and evaluation of tumoral reappearance. The antibodies employed in this work were: OIR-CEA-1, a murine monoclonal antibody that acts directly against CEA expressed in several neoplasia in particular those from the gastrointestinal tract (colorectal cancer) and IOR-EGF/R3, a murine monoclonal antibody that binds to the external domain of EGF-R and it has been used in the diagnosis of tumors of epithelial origin. The objectives of this work were the development and optimization of the reduction and purification processes, the radiolabelling techniques and quality control procedures (radiochemical, immunoreactivity and cystein challenge) and imaging studies of monoclonal antibodies OIR-CEA-1 and IOR-EGF/R3, using the simple, fast and efficient method of direct labelling of the antibody with {sup 99m}Tc. The final results was the definition of the best conditions for the preparation of lyophilized reactive kits of OIR-CEA-1 and IOR- EGF/R3 for an efficient diagnostic application in Nuclear Medicine. The most adequate conditions for the labelling of the antibodies were: 1.0 mg Ab, 29 {mu}L MDP, 3.0 {mu}g Sn{sup 2+}, 1 mL of {sup 99m}Tc and 30 min. reaction time. With these conditions the labelling yield was always higher than 95% and the maximum activity of {sup 99m}Tc was about 2220 MBq (60 mCi). The evidences of the efficiency and quality of the methods here employed were the images obtained with mice infected with tumoral cells and injected with antibodies labelled with {sup 99m}Tc. (author)

  3. Estudo dos linfócitos circulantes por anticorpos monoclonais na miastenia grave

    OpenAIRE

    Paulo E. Marchiori; Duarte, Alberto J.; M. Izabel A. M. Birolli; Cristina A. Figueiredo; Milberto Scaff; J. Lamartine de Assis

    1988-01-01

    Os autores avaliam os linfócitos T (CD3, CD4, CD8, CD4/8) por anticorpos monoclonais e rosácea em 20 pacientes e linfócitos B por Fab' por imunofluorescência em 9 pacientes com miastenia grave. Observam elevação significante na população de linfócito B e redução nos linfócitos T totais CD3+ por rosáceas. Não foram observadas modificações nas subpopulações celulares com timectomia e corticosteróides.

  4. Estudo dos linfócitos circulantes por anticorpos monoclonais na miastenia grave

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo E. Marchiori

    1988-09-01

    Full Text Available Os autores avaliam os linfócitos T (CD3, CD4, CD8, CD4/8 por anticorpos monoclonais e rosácea em 20 pacientes e linfócitos B por Fab' por imunofluorescência em 9 pacientes com miastenia grave. Observam elevação significante na população de linfócito B e redução nos linfócitos T totais CD3+ por rosáceas. Não foram observadas modificações nas subpopulações celulares com timectomia e corticosteróides.

  5. Produção de anticorpos monoclonais : passado, presente e futuro

    OpenAIRE

    Carnall, Madalena Sousa

    2014-01-01

    Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz Os anticorpos são uma das defesas mais importantes do nosso organismo. Desde 1972, que foi possível produzir anticorpos monoclonais (mAbs) através de várias técnicas, como a técnica do hibridoma, a técnica do rato transgénico e as display technologies. Depois do desenvolvimento destas três grandes técnicas, a indústria tem-se focado no aperfeiçoamento, no aumento da produtividade, e na e...

  6. Produção e caracterização de anticorpos monoclonais anti-gp51 do vírus Leucose Bovina (VLB)

    OpenAIRE

    Troiano, Ludmilla Della Coletta

    2010-01-01

    Resumo: O objetivo do presente trabalho foi produzir e caracterizar anticorpos monoclonais (AcMc) contra proteína gp51 para insumo de diagnóstico da Leucose Enzoótica Bovina. Foram utilizadas duas preparações do antígeno para imunização em camundongos BALB/c, a partícula viral in natura e o vírus lisado. Estas preparações foram selecionadas para obtenção de anticorpos monoclonais específicos para proteínas da partícula viral e proteínas virais intracelulares do VLB, respectivamente. Os animai...

  7. Comparative study of adenoviruses with monoclonal antibodies Estudo comparativo de diferentes tipos de adenovirus através de anticorpos monoclonais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Terezinha Maria de Paiva

    1992-02-01

    Full Text Available The obtainment of monoclonal antibodies for adenovirus species 4(Ad4 is described.The specificities of selected monoclonal antibodies were determined by means of viral neutralization test in cell culture, immunofluorescence and Enzyme-Linked Immunosorbent Assay (ELISA, in the presence of the following species of human adenovirus: 1, 2, 5 (subgenus C, 4 (subgenus E, 7 and 16 (subgenus B and 9 (subgenus D. Two monoclonal antibodies species specific to adenovirus 4 (1CIII and 3DIII and one monoclonal antibody that cross reacted with adenovirus species 4 and 7 (2HIII were obtained.O estudo relata a obtenção de anticorpos monoclonais para o adenovirus tipo (espécie 4. A especificidade dos anticorpos monoclonais, selecionados nesse experimento, foi determinada testando-os frente às diferentes espécies de adenovírus: 1, 2, 5 (subgênero C, 4 (subgênero E, 7 e 16 (subgênero B e 9 (subgênero D, pelas técnicas de neutralização em cultura de células, imunofluorescência e ensaio imunoenzimático (ELISA. Os resultados demonstram a obtenção de anticorpos monoclonais que reagiram de maneira específica para o adenovírus 4 (1CIII e 3DIII e anticorpo monoclonal apresentando reação cruzada com as espécies de adenovírus 4 e 7 (2HIII.

  8. Caracterização de herpesvírus bovinos tipos 1 (BHV-1 e 5 (BHV-5 com anticorpos monoclonais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza V.F.

    2002-01-01

    Full Text Available O perfil antigênico de 45 herpesvírus (44 de bovinos, sendo seis amostras de referência de BHV-1 e 15 prováveis BHV-1; três amostras de referência de BHV-5 e 20 prováveis BHV-5 e uma amostra de herpesvírus bubalino (BuHV foi examinado com um painel de anticorpos monoclonais (Acms produzidos contra antígenos de herpesvírus bovinos. Para os exames, foi utilizada a prova de imunoperoxidase (IPX sobre cultivos de células infectadas, tendo os Acms como anticorpos primários. A determinação dos padrões de reatividade das amostras de vírus frente aos Acms permitiu a diferenciação entre os tipos 1 e 5. Todas as amostras isoladas de casos de encefalite apresentaram perfil de BHV-5. Quatro amostras de BHV-5 isoladas de áreas geograficamente distintas apresentaram perfís de reatividade diferenciados em relação às demais amostras do tipo 5. Duas amostras de vírus com perfil antigênico de BHV-5 foram isoladas de sêmen de animais infectados. Estes resultados comprovam a utilidade da caracterização antigênica com este painel de Acms na tipagem de amostras de BHV-1 e BHV-5.

  9. O uso de um painel restrito de anticorpos monoclonais no diagnóstico diferencial das síndromes linfoproliferativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorand-Metze Irene

    2000-01-01

    Full Text Available O uso da imunofenotipagem, ao lado da morfologia do sangue periférico, é um elemento imprescindível no diagnóstico diferencial das síndromes linfoproliferativas. Empregamos com este propósito um painel de anticorpos monoclonais: CD19/CD10, CD20/CD5, CD23, CD3/CD4, CD3/CD8, além de anticorpos contra cadeias leves de imunoglobulina de superfície lidos em citometria de fluxo. Aplicamos este painel em 44 pacientes do nosso Serviço usando como confirmação a morfologia do sangue periférico. Em 29 pacientes foi encontrado o fenótipo típico de Leucemia Linfóide Crônica-B e dois casos foram Leucemia Linfóide Crônica-T. Em oito casos o imunofenótipo foi insuficiente para fechar o diagnóstico que foi confirmado pela morfologia do sangue periférico: seis casos de imunocitoma e dois de leucemia prolinfocítica. Nos cinco casos de linfoma de células do manto, em três deles a imunofenotipagem do sangue periférico ou do aspirado de linfonodo fechou o diagnóstico. Nos outros dois o diagnóstico foi confirmado pela biópsia de linfonodo. Estes achados ressaltam o papel da imunofenotipagem no diagnóstico correto das síndromes linfoproliferativas. O painel usado, apesar de pequeno, foi suficiente, necessitando do apoio da morfologia em poucos casos.

  10. Identificação do vírus do mosaico do tomateiro (ToMV Tobamovirus, por meio de anticorpos monoclonais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Duarte Keila Maria Roncato

    2002-01-01

    Full Text Available O tomateiro é uma olerícola de grande importância econômica e uma das mais suscetíveis a viroses, dentre as quais, a causada pelo vírus do mosaico do tomateiro (ToMV, gênero Tobamovirus, que tem como sintomas mosaico verde claro-escuro nas folhas, afilamento dos folíolos e diminuição da produção, entre outros sintomas. Visando a identificação do ToMV, foram produzidos anticorpos monoclonais (MAbs, testados através de PTA- ELISA ("plate trapped antigen- enzyme linked immunoassay". O MAb (10.H1 foi utilizado para avaliar a capacidade de identificação do ToMV em testes no campo em plantas de tomate infectadas. O MAb não apresentou reação cruzada com TMV (tobamovirus do mosaico do tabaco nem com extrato de plantas sadias. O ToMV das amostras foi isolado, purificado e re-inoculado em plantas de tomateiro e de tabaco, para confirmação dos sintomas. Em "immunobloting" o MAb 10.H1 reconheceu somente a proteína referente à capa protéica do ToMV (de 17,5 kDa. A especificidade do MAb 10.H1 pode permitir o diagnóstico precoce desta doença na fase de plântulas, ainda em casa de vegetação, evitando assim a disseminação desta virose no campo.

  11. Produção e caracterização de anticorpos monoclonais contra o vírus da bronquite infecciosa das galinhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cardozo R.M.

    2001-01-01

    Full Text Available Um painel de anticorpos monoclonais (AcM específicos contra o vírus da bronquite infecciosa das galinhas (VBIG amostra Massachusetts M41 foi desenvolvido com a finalidade de possibilitar ferramentas para futuros estudos de amostras locais de VBIG. Os clones produtores de AcM foram detectados e caracterizados por ELISA, e para a determinação quanto à especificidade ao componente de VBIG foi utilizado western blotting (WB. Os híbridos produtivos foram clonados por diluição limitante, expandidos in vitro e mantidos em nitrogênio líquido. As bandas protéicas reconhecidas em WB pelos AcM apresentaram pesos moleculares que variaram de 180 a 30 kDa. Oito AcM reconheceram apenas um polipeptídeo e quatro ligaram-se ao polipeptídeo S (3, 18, 52 e 57 inteiro, com a banda de peso molecular aproximado de 180 kDa. Cinco AcM (5, 12, 41, 70 e 72 ligaram-se em mais de uma banda de VBIG. Outros sete AcM não se ligaram a nenhum polipeptídeo de VBIG. Entre os AcM que apresentam perspectivas de utilização em pesquisa e diagnóstico de VBIG incluem-se os produzidos pelo clone 42, dirigido contra S1, os produzidos pelos clones 34, 43 e 71, dirigidos contra S2, pelos clones 7 e 22, dirigidos contra M e pelos clones 15 e 50, cujos AcM reagiram contra a nucleoproteína N.

  12. A comparison between the novel rabbit monoclonal antibodies (SP1 and B644 and mouse antibodies for evaluating estrogen receptor in breast tumors Uma comparação entre os novos anticorpos monoclonais de coelho (SP1 e B644 e anticorpos de camundongo para detecção de receptores de estrógeno em carcinomas mamários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Malagoli Rocha

    2007-12-01

    Full Text Available BACKGROUND: A novel generation of rabbit monoclonal antibodies has been released recently for estrogen (ER and progesterone (PR receptor evaluation in breast cancer by immunohistochemistry. Aims: We compared novel rabbit monoclonal antibodies anti-ER SP1 (LabVision® and B644 (Cell Marque® to mouse monoclonal antibodies 1D5 (Dako® and 6F11 (Novocastra® using a tissue microarray of breast carcinomas. METHODS: Two cylinders (2 mm diameter of formalin-fixed paraffin embedded tissue were obtained from 24 invasive breast carcinomas and immunostained by using the anti-ER rabbit and mouse antibodies and the streptavidin-biotin detection system (Biogenex®. Immunostaining was evaluated considering positive those tumors in which more than 10% of the tumor cell nuclei stained. The stain intensity was also evaluated as weak (1, moderate (2, and strong (3. Results: Both rabbit antibodies against ER have similar staining pattern to each other and also to 6F11, but significantly stronger scores compared to mouse 1D5. The rabbit antibodies allow better cost/benefit because of higher working dilutions compared to mouse antibodies using the same procedure. CONCLUSION: The new rabbit antibodies against ER are highly sensitive and reliable in clinical and research immunohistochemical testing of breast carcinomas.INTRODUÇÃO: Uma nova geração de anticorpos monoclonais de coelho tem sido produzida para detecção de receptores de estrógeno (RE e progesterona (RP pela imuno-histoquímica em câncer de mama. OBJETIVO: Comparamos os novos anticorpos monoclonais de coelho anti-RE SP1 (LabVision® e B644 (Cell Marque® com anticorpos monoclonais de camundongo 1D5 (DAKO® e 6F11 (Novocastra® utilizando um tissue microarray de carcinomas mamários. METODOLOGIA: Dois cilindros (2 mm de diâmetro de tecido fixado em formol e embebido em parafina foram retirados de 24 carcinomas mamários invasivos e corados pela imuno-histoquímica utilizando-se os anticorpos de

  13. Produção e caracterização de anticorpos monoclonais contra toxina épsilon de Clostridium perfringens Tipo D Production and characterization of monoclonal antibodies against Clostridium perfringens Type D epsilon toxin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Theonys Diógenes Freitas

    2009-02-01

    Full Text Available Clostridium perfringens tipo D é o agente etiológico da enterotoxemia em ruminantes, causada pela toxina épsilon e caracterizada por edema cardíaco, pulmonar, renal e cerebral. Anticorpos monoclonais contra toxina épsilon de C. perfringens tipo D foram produzidos a partir da fusão da linhagen de mieloma P3-X63-Ag8 653 com células do baço de camundongos Balb/c imunizados com o toxóide épsilon. Seis linhagens de híbridos secretores de anticorpos monoclonais das classes e IgM e IgG foram estabelecidas.Clostridium perfringens type D is the aetiological agent of enterotoxemia in ruminants. The disease is caused by epsilon toxin characterized by cardiac, pulmonary, kidney and brain edema. Monoclonal antibodies were produced by using myeloma cell line P3-X63-Ag8 653 fused with spleen cells from Balb/c mice, immunized with epsilon toxoid of C. perfringens type D. Six hybrids were established secreting monoclonal antibodies of the IgM class and IgG3 subclass.

  14. Caracterização de cepas de plasmodium falciparum do Estado de Rondônia, Brasil, utilizando microtestes de sensibilidade aos antimaláricos, tipificação enzimática e anticorpos monoclonais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. M. Di Santi

    1987-06-01

    Full Text Available Nove amostras de Plasmodium falciparum foram coletadas de migrantes infectados no Estado de Rondônia. Estas amostras foram mantidas em cultivo para caracterização por tipificação enzimática em acetato de celulose, sensibilidade á cloroquina, amodiaquina, mefloquina e quinino e análise da diversidade antigê-nica através de anticorpos monoclonais específicos. Os resultados obtidos mostraram variação entre todas as amostras estudadas: encontrou-se resistência crescente à cloroquina, resistência intermediária à amodiaquina e quinino e sensibilidade a baixos níveis de mefloquina; apenas dois isolados mostraram sensibilidade a todas as drogas. A tipificação enzimática mostrou presença de parasitas GPI 1 e 2 e ADA 1 e 2, enquanto que para PEP e LDH todas as amostras foram do tipo 1. Sorotipagem com anticorpos monoclonais PSA mostrou presença de três sorotipos diferentes (II, III e IV. Estes resultados mostraram: a variação entre as amostras para os marcadores analisados; b nesta região, para o pequeno número de amostras analisadas, não foram observadas diferenças significativas ou novos tipos de parasitas.

  15. Production of monoclonal antibodies against Streptococcus mutans antigens Produção de anticorpos monoclonais contra antígenos de Streptococcus mutans

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos Victor Canettieri

    2006-12-01

    Full Text Available Several studies have been conducted in the last decades aiming to obtain an anti-caries vaccine, however some studies have demonstrated cross reactivity between Streptococcus mutans surface antigens and the human cardiac tissue. In this work, the reactivity of five anti-Streptococcus mutans monoclonal antibodies (MoAb (24A, 56G, C8, E8 and F6 was tested against oral streptococci, cardiac antigens and skeletal and cardiac myosins, aiming to evaluate the specificity of these MoAb. The hybrid producers of immunoglobulins of the IgG2b class were cloned by limit dilution and expanded in vivo. MoAb were tested by ELISA. The hybrid 24A reacted with S. mutans CCT 1910, S. salivarius CCT 0365 and S. pyogenes T23. No reactivity difference was observed among the tested species. Cross reactivity with heart and cardiac myosin was not confirmed and only reaction with myosin of skeletal muscle was observed (p = 0.0381. The hybrid 56G reacted with all the tested microorganisms and there was statistically significant difference between S. mutans and S. pyogenes T23 (p Diversos estudos foram realizados nas últimas décadas com o intuito de se obter uma vacina anticárie dentária, mas alguns trabalhos têm demonstrado reatividade cruzada entre antígenos de superfície de Streptococcus mutans e tecido cardíaco humano. Neste trabalho, foi testada a reatividade de cinco anticorpos monoclonais (AcMo anti-Streptococcus mutans (24A, 56G, C8, E8 e F6 contra estreptococos orais, antígenos cardíacos e miosinas esquelética e cardíaca, no intuito de avaliar a especificidade desses AcMo. Os híbridos produtores de imunoglobulinas da classe IgG2b foram clonados por diluição limite e expandidos in vivo. Os AcMo foram testados por ELISA. O híbrido 24A reagiu com S. mutans CCT 1910, S. salivarius CCT 0365 e S. pyogenes T23. Nenhuma diferença de reatividade foi detectada entre as espécies analisadas. Reatividade cruzada com coração e miosina cardíaca não foi

  16. Câncer colorretal metastático: papel atual dos anticorpos monoclonais e a individualização de seu uso Monoclonal therapy in metastatic colorectal cancer

    OpenAIRE

    Fernando Meton de Alencar Camara Vieira; Veruska Oliveira Di Sena

    2009-01-01

    INTRODUÇÃO: Apesar dos poucos casos de cura no câncer colorretal metastático, a última década foi marcada por avanços na disponibilidade de novos fármacos com mecanismos de ação distintos e aplicabilidade em várias linhas de tratamento. De fato, a sobrevida mediana de pacientes com câncer colorretal metastático praticamente dobrou ao longo dos últimos 10 anos, e parte dessa mudança se deve à introdução dos anticorpos monoclonais, capazes de reconhecer antígenos com importância patogênica em t...

  17. DIFERENCIAÇÃO ENTRE OS VÍRUS DA RINOTRAQUEÍTE INFECCIOSA BOVINA (BHV-1 E HERPESVÍRUS DA ENCEFALITE BOVINA (BHV-5 COM ANTICORPOS MONOCLONAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roehe Paulo Michel

    1997-01-01

    Full Text Available Amostras de herpesvírus bovinos (BHV tipo 1 (Virus da Rinotraqueíte Infecciosa Bovina/Vulvovaginite Pustular Infecciosa; BHV-1 e tipo 5 (Herpesvírus da Encefalite Bovina; BHV-5 tiveram seu perfil de reatividade analisado em testes de imunoperoxidase frente a um painel composto por cinco anticorpos monoclonais (AcM produzidos contra antígenos de BHV-1. Um dos AcM reconheceu todas as amostras de BHV examinadas. Os quatro AcM restantes reconheceram somente amostras de BHV-1. Todas as amostras isoladas de casos de encefalites (BHV-5 apresentaram um padrão de reação distinto daquelas isoladas de outros síndromes associados à infecção pelo BHV-1. Os resultados obtidos indicam que os AcM avaliados permitem a diferenciação entre amostras de BHV-1 e BHV-5, havendo perfeita correlação entre os quadros clínicos observados com os perfis de reatividade obtidos in vitro.

  18. Production and caracterization of monoclonal antibodies for the detection of Salmonella enterica in chicken meat Produção e caracterização de anticorpos monoclonais para a detecção de Salmonella enterica em carne de frango

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa dos Santos Schneid

    2005-06-01

    Full Text Available A panel of 13 monoclonal antibodies (MAbs that react against outer membrane proteins of Salmonella Enteritidis was obtained. Two MAbs were classified as IgM, six were IgG2a, three were IgG3 and one was of the IgG2b isotype. The reactivity of the MAbs against different serovars of Salmonella enterica and other bacteria was investigated using an indirect ELISA. Five MAbs reacted only against Salmonella Enteritidis. Two MAbs presented crossed reactions with thermo-extracted antigens of Klebsiella pneumoniae, Citrobacter freundii and Enterobacter aerogenes. MAb 424H presented wide spectrum of reactivity, detecting antigens of Salmonella belonging to serogroups B, C, D, E and G. The detection limit of different serovars of Salmonella in a indirect ELISA with MAb 424H varied from 1.0 x 10(4 CFU/mL for Salmonella London to 1.4 x 10(6 CFU/mL for Salmonella Gallinarum and Salmonella Typhimurium. Evaluation of the performance of the ELISA with MAb 424H in the detection of Salmonella in samples of chicken meat artificially contaminated revealed that the ELISA was able to detect all serovars after sample enrichment using two levels of contamination. Samples of chicken meat not artificially contaminated analysed in parallel were negative for Salmonella in both the conventional and the ELISA methods.Foi obtido um painel de 13 anticorpos monoclonais que reagem com proteínas de membrana externa de Salmonella Enteritidis. Dois MAbs foram classificados como IgM, 6 foram do isotipo IgG2a, três foram do isotipo IgG3 e um do isotipo IgG2b. A reatividade dos anticorpos monoclonais (MAbs com diferentes sorovares de Salmonella e outras bactérias foi investigada através de um ELISA indireto. Cinco MAbs reagiram apenas com Salmonella Enteritidis. Dois MAbs apresentaram reação cruzada com antígenos termoextraídos de Klebsiella pneumoniae, Citrobacter freundii e Enterobacter aerogenes. O MAb 424H apresentou amplo espectro de reatividade, detectando antígenos de

  19. A new methodology for the improvement of diagnostic immunohistochemistry in canine veterinary pathology: automated system using human monoclonal and polyclonal antibodies Uma nova metodologia para melhora do diagnóstico imunoistoquímico em patologia veterinária canina: sistema automático usando anticorpos humanos monoclonais e policlonais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.D. Cassali

    2001-06-01

    Full Text Available The authors describe their experience with an automated immunohistochemical system applied to canine tissue samples. Twenty human cellular markers specific monoclonal and polyclonal antibodies and two different antigen retrieval methods were used in normal and neoplastic breast tissue, as well as skin samples obtained from female dogs of pure and mixed breeds. The antibodies tested were the most frequently used in human and veterinary medicine studies, employed with diagnostic purposes in breast pathology, as well as in cancer research. Most of them may be used to study other normal and abnormal tissues and included cytokeratins, progesterone receptor, c-erbB2, p53, MIB-1, PCNA, EMA, vimentin, desmin, alpha-actin, S-100, pan-cadherin, and E-cadherin. The results demonstrated that using an automated staining system it is possible to use different human markers in veterinary pathology. The advantages of automated immunohistochemistry are improved quality, reproducibility, speed, and standardisation.Os autores descrevem sua experiência com um sistema automático de imunoistoquímica aplicada à amostras de tecido canino. Foram utilizados 20 anticorpos humanos monoclonais e policlonais e dois diferentes métodos de recuperação antigênica em tecido mamário normal e neoplásico, bem como em amostras de pele obtidas de cadelas. Os anticorpos testados estão entre os mais usados em estudos de medicina humana e veterinária, com finalidade de diagnóstico em patologia mamária, bem como na pesquisa do câncer. Muitos deles podem ser usados para estudar outros tecidos normais e com alterações e incluem citoqueratinas, receptor de progesterona, c-erbB2, p53, MIB-1, PCNA, EMA, vimentina, desmina, alfa-actina, S-100, pan-caderina e E-caderina. Os resultados demonstraram que usando um sistema automático de imunoistoquímica é possível usar diferentes marcadores humanos em patologia veterinária. As vantagens da imunoistoquímica automatizada s

  20. Soroneutralização e imunofluorescência utilizando anticorpos monoclonais no diagnóstico rápido de infecções pelo herpesvírus bovino tipos 1 e 5 (BHV-1 e BHV-5

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kunrath Cintia Farias

    2004-01-01

    Full Text Available Anticorpos monoclonais (AcMs produzidos com uma amostra brasileira do herpesvírus bovino tipo 5 (BHV-5 foram utilizados na adaptação e padronização de técnicas rápidas para o diagnóstico de infecções pelo BHV-1 e BHV-5. A detecção de antígenos virais por imunofluorescência em células descamativas (IFCD foi comparada com o isolamento viral, em secreções nasais de 16 bezerros, sendo 6 inoculados com o BHV-1 e 10 com o BHV-5. De 203 amostras testadas, 182 (89,6% apresentaram resultados concordantes nos dois testes (143 positivas; 39 negativas. Comparando-se com o isolamento, a IFCD apresentou sensibilidade de 96,6%, especificidade de 70,9%, e precisão de 89,6%. Os AcMs também foram utilizados para detectar antígenos do BHV-5 em impressões frescas do cérebro de bezerros acometidos de enfermidade neurológica e em células de cultivo utilizadas na técnica de soroneutralização (SN, permitindo a obtenção dos resultados em 24 horas. A técnica, denominada de soroneutralização rápida (SNR, apresentou sensibilidade de 97,3%; especificidade de 95,5% e precisão de 96,2% em comparação com a SN tradicional; e sensibilidade de 94,7%, especificidade de 97,3% e precisão de 96,1% em comparação com um ELISA comercial. Esses resultados demonstram que esses AcMs podem ser muito úteis para uso em técnicas rápidas de diagnóstico de infecções suspeitas de BHV-1 ou de BHV-5, sobretudo em situações de surto, quando a tomada de decisões adequadas depende de um diagnóstico rápido e confiável.

  1. Human cutaneous leishmaniasis caused by Leishmania (Viannia braziliensis in Santiago del Estero, Argentina: identification of parasites by monoclonal antibodies and isoenzymes Leishmaniose cutânea humana causada por Leishmania (Viannia braziliensis na Província de Santiago del Estero, Argentina: identificação dos parasitas por anticorpos monoclonais e isoenzimas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.A. Cuba Cuba

    1996-12-01

    pacientes humanos com lesões cutâneas de leishmaniose na Província de Santiago del Estero, no Norte da Argentina. Os procedimentos de diagnóstico foram: biópsias de lesões para utilização em esfregaços e inoculação em hamster; aspiração (com agulha de úlceras, para cultura "in vitro". As técnicas imunodiagnósticas empregadas foram a IFAT-IgG e o teste intradérmico de Montenegro. Oito cepas de parasitas foram isoladas, sendo estas obtidas de pacientes com lesões ativas. Todas as cepas foram inicialmente caracterizadas biologicamente por seu comportamento na infecção experimental do hamster, mensuração dos amastigotas e promastigotas e crescimento "in vitro". As mesmas oito cepas foram logo identificadas e caracterizadas a nível de espécie, devido a sua reatividade frente a um painel de anticorpos monoclonais subgênero e espécie-específicos. Isso foi realizado utilizando o teste de Imunofluorescência Indireta (IFAT/MAbs e de um procedimento de Dot-ELISA. Nós concluímos a partir da análise de serodema dos isolados argentinos que: MHOM/AR/92/SE-1; SE-2; SE-4; SE-8; SE-8-I; SE-30; SE-34 e SE-36 são Leishmania (Viannia braziliensis. Entretanto, três dos isolados de Leishmania (SE-1; SE-2 e SE-30 não foram reconhecidos quando testados com um anticorpo monoclonal de reconhecida alta espécie-especificidade (clone B-18, marcador consagrado de Leishmania (Viannia braziliensis, revelando a existência de dois tipos de serodemas entre as cepas estudadas. Cinco dos oito extratos solúveis de Leishmania foram submetidos à eletroforese em gel de amido de camada fina e subseqüentemente examinadas a fim de constatar a atividade das enzimas MPI, MDH, 6PGD, NH, NH-D, SOD, GPI e ES. Fundamentados nos estudos dos corridos eletroforéticos obtidos nos ensaios isoenzimáticos chegamos à conclusão que as cepas MHOM/AR/92 SE-1; SE-2; SE-4; SE-8 e SE-8-I são Leishmania (Viannia braziliensis. É necessário analisar mais enzimas antes de enquadrá-los nos

  2. Produção e caracterização de anticorpos monoclonais contra uma cepa do herpesvírus bovino tipo 1 defectiva na glicoproteína C (gC Production and characterization of monoclonal antibodies to a bovine herpesvirus type 1 strain defective on the glycoprotein C

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evandro Reinoldo Winkelmann

    2007-08-01

    Full Text Available A maioria dos anticorpos monoclonais (AcMs já produzidos contra o herpesvírus bovino tipo 1 (BoHV-1 reage com a glicoproteína C (gC, um antígeno abundante e imunodominante presente no envelope viral. Com o objetivo de produzir AcMs com outras especificidades protéicas, antígenos de uma cepa do BoHV-1 defectiva no gene da gC foram utilizados para a imunização de camundongos BALB/c. Após fusão e seleção de 54 hibridomas resistentes ao meio seletivo HAT, foram obtidos três clones (1F1, 2H4 e 4D7 secretores de imunoglobulinas da classe IgG2a, que reagiram com antígenos da cepa homóloga. Os AcMs reagiram com antígenos virais nas técnicas de imunofluorescência (IFA e imunoperoxidase (IPX em diluições de até 1:640 (sobrenadante de cultivo e 1:20.000 (fluído ascítico. Os três AcMs apresentaram um espectro amplo de reatividade, reagindo com antígenos de 14 herpesvírus isolados de doença respiratória ou genital (provavelmente BoHV-1 e com 17 isolados de doença neurológica (supostamente BoHV-5, e apresentaram atividade neutralizante em níveis variáveis contra todos esses isolados. A especificidade protéica dos AcMs não pode ser determinada diretamente, pois nenhum deles reagiu com proteínas virais na técnica de Western blot. Por outro lado, os três AcMs reagiram em IFA com células infectadas com uma cepa do BoHV-5 defectiva nas glicoproteínas E, I e proteína US9, o que exclui estes antígenos como possíveis alvos dos AcMs. Por exclusão (gC, gE, gI e pela sua forte atividade neutralizante, os AcMs são provavelmente direcionados contra epitopos conservados de outras glicoproteínas do envelope viral que contêm epitopos neutralizantes: a gB e/ou gD. Pelo seu alto título de reação e pelo amplo espectro de reatividade, esses AcMs possuem potencial aplicação em técnicas diagnósticas. Além disso, podem ser úteis para o mapeamento de epitopos neutralizantes conservados nas glicoproteínas do envelope

  3. Studies of monoclonal antibodies IOR-CEA-1 and IOR-EGF/R3 labelled with 99mTc

    International Nuclear Information System (INIS)

    Nuclear Medicine is a speciality that uses radioisotopes for the diagnosis or treatment of diseases and it is considered one of the best tools among the diagnostic modalities for detection of cancer. 99mTc is one of the main isotopes for labelling antibodies and in Nuclear Medicine in general, due to its adequate physical properties, availability and low cost. Labelled monoclonal antibodies have shown promising results for diagnosis and therapy of cancer and their use has brought great experimental and clinical advances in the field of oncology. The main clinical applications of immunoscintigraphy with monoclonal antibodies are staging and evaluation of tumoral reappearance. The antibodies employed in this work were: OIR-CEA-1, a murine monoclonal antibody that acts directly against CEA expressed in several neoplasia in particular those from the gastrointestinal tract (colorectal cancer) and IOR-EGF/R3, a murine monoclonal antibody that binds to the external domain of EGF-R and it has been used in the diagnosis of tumors of epithelial origin. The objectives of this work were the development and optimization of the reduction and purification processes, the radiolabelling techniques and quality control procedures (radiochemical, immunoreactivity and cystein challenge) and imaging studies of monoclonal antibodies OIR-CEA-1 and IOR-EGF/R3, using the simple, fast and efficient method of direct labelling of the antibody with 99mTc. The final results was the definition of the best conditions for the preparation of lyophilized reactive kits of OIR-CEA-1 and IOR- EGF/R3 for an efficient diagnostic application in Nuclear Medicine. The most adequate conditions for the labelling of the antibodies were: 1.0 mg Ab, 29 μL MDP, 3.0 μg Sn2+, 1 mL of 99mTc and 30 min. reaction time. With these conditions the labelling yield was always higher than 95% and the maximum activity of 99mTc was about 2220 MBq (60 mCi). The evidences of the efficiency and quality of the methods here employed were the images obtained with mice infected with tumoral cells and injected with antibodies labelled with 99mTc. (author)

  4. Comparative study of adenoviruses with monoclonal antibodies Estudo comparativo de diferentes tipos de adenovirus através de anticorpos monoclonais

    OpenAIRE

    Terezinha Maria de Paiva; Sueko Takimoto; María Akíko Ishida; María Candida Oliveira de Souza; Tuneo Ishimaru; Jorge Neumann; Jorge Kalil

    1992-01-01

    The obtainment of monoclonal antibodies for adenovirus species 4(Ad4) is described.The specificities of selected monoclonal antibodies were determined by means of viral neutralization test in cell culture, immunofluorescence and Enzyme-Linked Immunosorbent Assay (ELISA), in the presence of the following species of human adenovirus: 1, 2, 5 (subgenus C), 4 (subgenus E), 7 and 16 (subgenus B) and 9 (subgenus D). Two monoclonal antibodies species specific to adenovirus 4 (1CIII and 3DIII) and on...

  5. Natural antibodies in paracoccidioidomycosis Anticorpos naturais na paracoccidioidomicose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmelinda S. Unterkircher

    2004-06-01

    Full Text Available Recent attention has been focused on the natural antibodies as a component of natural immunity and as integral part of the idiotypic network. However, their functional role in different infections has rarely been studied. This work was undertaken to investigate the presence of natural antibodies in paracoccidioidomycosis (PCM. In addition, we analyzed anti-P. brasiliensis antibodies and their distribution in IgG subclasses in order to acquire better knowledge about the humoral immune response in this mycosis. Our findings show that the natural antibody response is not very much increased in PCM when compared with other parasite infections and this response is restricted to a few specificities, suggesting that P. brasiliensis moderately triggers CD5+ B cells. The anti-actin antibody was the main antibody specificity found in PCM. Specific antibodies to P. brasiliensis were mainly found in the IgG1 subclass in chronic patients of PCM.Recente atenção tem sido dada aos anticorpos naturais como componentes da imunidade natural e como parte integrante da rede idiotípica. Todavia, seu papel funcional em diferentes infecções tem, raramente, sido estudado. O objetivo deste trabalho foi investigar a presença de anticorpos naturais na paracoccidioidomicose (PCM. Em adição, analisamos os anticorpos específicos anti-P. brasiliensis e sua distribuição em subclasses a fim de adquirir mais conhecimento sobre a resposta imune humoral nesta micose. Nossos achados mostram que a resposta de anticorpos naturais não é acentuada na PCM quando comparada com outras infecções por parasitas e, é restrita a poucas especificidades, sugerindo que o P. brasiliensis estimula moderadamente as células B CD5+. O anticorpo anti-actina foi a principal especificidade encontrada na PCM. Os anticorpos especificos para P. brasiliensis, nos pacientes crônicos, eram, principalmente, da subclasse IgG1.

  6. Transplante de células-tronco hematopoéticas em gamopatias monoclonais Hematopoietic stem cell transplantation for monoclonal gammopathies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angelo Maiolino

    2010-05-01

    Full Text Available O transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH é um procedimento de fundamental importância na estratégia terapêutica das gamopatias monoclonais. No mieloma múltiplo, em particular, o TCTH autólogo está indicado como estratégia de primeira linha para pacientes até 70 anos de idade. Nesta capítulo serão discutidas as indicações, estratégias e recomendações envolvendo o TCTH em gamopatias monoclonais, amiloidose e POEMS, frutos da Reunião de Consenso da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea.Hematopoietic stem cell transplantation (HSCT is an important strategy in the treatment of monoclonal gammopathies. For multiple myeloma, in particular, autologous HSCT is indicated as first line therapy for under 70-year-old patients. In this chapter we will discuss indications, strategies and recommendations involving HSCT for monoclonal gammopathies from the Consensus Meeting of the Brazilian Society of Bone Marrow Transplantation.

  7. Anticorpos antimatriz extracelular e antiaorta em pacientes com arterite de Takayasu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erika Satomi

    2003-06-01

    Full Text Available Os componentes de matriz extracelular têm sido amplamente pesquisados nos últimos anos quanto ao seu papel na patogênese de diversas doenças difusas do tecido conjuntivo e síndromes vasculíticas. No caso da arterite de Takayasu, muito pouco se sabe sobre o assunto e são propostas teorias relacionadas com a participação da imunidade celular ou humoral para explicar a causa desta doença. Neste sentido, avaliamos a imunidade humoral nesta patologia. OBJETIVO: Pesquisar anticorpos contra componentes da matriz extracelular, incluindo a identificação de anticorpos anticolágeno e antiaorta. MÉTODOS: Soros de 13 pacientes com arterite de Takayasu e de 8 pacientes normais foram utilizados para pesquisa de auto-anticorpos anticolágeno tipos I, III, IV e V e antiaorta pelo método ELISA. RESULTADOS: Soros dos pacientes com arterite de Takayasu revelaram-se negativos para colágenos dos tipos III e IV e apenas um paciente apresentou positividade para os tipos I e V, enquanto todos os soros de pacientes com arterite de Takayasu revelaram-se negativos para anticorpos anti-aorta. CONCLUSÕES: Nossos dados demonstraram que as freqüências de anticorpos anticolágenos dos tipos I, III, IV e V não estiveram significativamente aumentadas no soro de pacientes com arterite de Takayasu, assim como os anticorpos antiextrato de aorta, sugerindo que a etiopatogenia desta vasculite esteja possivelmente relacionada com distúrbio da imunidade celular.

  8. A comparison between the novel rabbit monoclonal antibodies (SP1 and B644) and mouse antibodies for evaluating estrogen receptor in breast tumors Uma comparação entre os novos anticorpos monoclonais de coelho (SP1 e B644) e anticorpos de camundongo para detecção de receptores de estrógeno em carcinomas mamários

    OpenAIRE

    Rafael Malagoli Rocha; Cristiana Buzelin Nunes; Gislene Fátima Silva Rocha; Flávio Nepomuceno Oliveira; Fernanda Squárcio Fernandes Sanches; Helenice Gobbi

    2007-01-01

    BACKGROUND: A novel generation of rabbit monoclonal antibodies has been released recently for estrogen (ER) and progesterone (PR) receptor evaluation in breast cancer by immunohistochemistry. Aims: We compared novel rabbit monoclonal antibodies anti-ER SP1 (LabVision®) and B644 (Cell Marque®) to mouse monoclonal antibodies 1D5 (Dako®) and 6F11 (Novocastra®) using a tissue microarray of breast carcinomas. METHODS: Two cylinders (2 mm diameter) of formalin-fixed paraffin embedded tissue were ob...

  9. Gamopatias monoclonais: critérios diagnósticos e diagnósticos diferenciais Monoclonal gammopathies: diagnosis criteria and differential diagnosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Malena D. Faria

    2007-03-01

    Full Text Available As gamopatias monoclonais constituem um grupo de desordens caracterizado pela proliferação monoclonal de plasmócitos, que produzem e secretam imunoglobulina ou fragmento de imunoglobulina monoclonal (proteína M . Este artigo propõe uma revisão dos critérios diagnósticos das principais gamopatias monoclonais e diagnósticos diferenciais, uma vez que é comum a sobreposição de muitas características clínicas entre suas variantes. A gamopatia monoclonal de significado indeterminado (MGUS é definida pela presença de proteína M sérica 30% ou plasmocitoma documentado por biópsia. Se a lesão óssea decorre de plasmocitoma solitário ou somente osteoporose, sem fratura, a plasmocitose medular também precisa ser > 30%, para preencher critérios de MM. As gamopatias monoclonais podem estar associadas a diversas doenças, incluindo desordens linfoproliferativas, reumatológicas, neurológicas, dermatológicas e infecciosas. A definição das características clínicas e laboratoriais de cada entidade, maligna ou benigna, facilita o diagnóstico das gamopatias monoclonais e, como conseqüência, seu manejo clínico pelos médicos assistentes.Monoclonal gammopathies are a group of disorders characterized by proliferation of monoclonal plasma cells, which produce and secrete monoclonal immunoglobulin or fragments of monoclonal immunoglobulin (M protein. This paper proposes to review diagnostic criteria of the most important monoclonal gammopathies and their differential diagnosis, because superposition of many clinical characteristics is common between variants. The monoclonal gammopathy of undetermined significance (MGUS is defined by the presence of serum M protein < 3g/dL and/or urinary M protein < 1g/24h, bone marrow plasma cell < 10%, and absence of organ and tissue damage. Asymptomatic multiple myeloma (MM is characterized by the presence of M protein, bone marrow or tissue biopsy plasma cell infiltration, and non-compliance of the

  10. Rabbit antibodies for hormone receptors and HER2 evaluation in breast cancer Anticorpos de coelho para avaliação de receptores hormonais e HER2 em câncer de mama

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Malagoli Rocha

    2009-01-01

    Full Text Available BACKGROUND: Novel rabbit monoclonal antibodies (RabMab for estrogen (ER, progesterone (PR receptors and HER2 evaluation by immunohistochemistry have recently been commercially released. We compared the RabMab anti-ER, anti-PR and anti-HER2 to mouse monoclonal antibodies (Mab using tissue microarrays (TMA of breast carcinomas. METHODS: Two TMA containing breast carcinomas were built. Sections were immunostained using anti-ER and anti-PR, Mab and RabMab. The sections stained for ER and PR were evaluated considering positive those tumors in which more than 1% of the tumor cell nuclei stained moderate or strong. For HER2, the immunostained sections were evaluated using the ASCO/CAP guidelines for HER2. Chromogenic in situ hybridization (CISH was used as the gold standard for HER2 evaluation. CISH was evaluated using the Zymed HER2 CISH interpretation guidelines. RESULTS: RabMab against ER have similar staining patterns compared to the 6F11 (Mab, but stronger than 1D5 (Mab from three different suppliers. The RabMab against PR provide stronger and sharper immunohistochemical signals compared to Mab. The detection of HER2 protein overexpression was more prevalent with the polyclonal antibodies and RabMab than with the Mab. These were more specific than the RabMab, which were more sensitive when compared to CISH. CONCLUSION: The novel RabMab against ER and PR showed higher intensity of staining than the Mab. The RabMab against HER2 is more sensitive than Mab, however, Mab presented more specificity than RabMab when compared to CISH for HER2 evaluation of breast carcinomas.OBJETIVOS: Novos anticorpos monoclonais de coelho (RabMab para a avaliação imuno-histoquímica de receptores de estrógeno (RE, progesterona (RP e HER2 foram lançados comercialmente. Comparamos os RabMab anti-RE, anti-RP e anti-HER2 com os anticorpos monoclonais de camundongo (Mab utilizando tissue microarrays (TMA de carcinomas de mama. MÉTODOS: Foram construídos dois TMAs de

  11. Prevalência de anticorpos para chlamydia trachomatis em grupos populacionais do Brasil, Inglaterra e Portugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marluísa de Oliveira Guimarães Ishak

    1988-02-01

    Full Text Available A prevalência de anticorpos IgG, grupo-específico para Chlamydia, em populações do Brasil, Inglaterra e Portugal foi determinada através do teste de imunofluorescência indireta, tendo-se como antígeno a cepa SA2 (f. Foram considerados positivos os soros com títulos de IgG >1:32. Dentre as populações brasileiras, a prevalência de anticorpos para Chlamydia foi maior em Serra Norte (76,2%, p < 0,01 do que nas das populações de Belém (53,6% e dos Índios Xicrins (51,3%. Entre os pacientes do Departamento de Medicina Genito-Urinária do University College Hospital (UCH e do quadro do mesmo Hospital, a prevalência de anticorpos anti-Chlamydia foi de 62% e 53,1%, respectivamente. Anticorpos anti-Chlamydia foram detectados em 54% e 66% na Inglaterra e em 56% e 68% em Portugal, nas pacientes do sexo feminino que freqüentavam Clínicas de Pré-Natal e de Infertilidade, respectivamente, Os resultados encontrados mostram uma alta exposição das populações testadas, à Chlamydia, principalmente do grupo de baixo nível sócio-econômico de Serra Norte, Brasil. A evidência de infecção por Chlamydia é da mesma ordem, tanto no Brasil, quanto na Inglaterra e Portugal.

  12. Dengue antibodies in blood donors Pesquisa de anticorpos antidengue em doadores de sangue

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rejane Cristina Ribas-Silva

    2012-01-01

    Full Text Available BACKGROUND: Dengue is an urban arbovirus whose etiologic agent is a virus of the genus Flavorius with four distinct antigen serotypes (DENV-1, DENV-2, DENV-3 and DENV-4 that is transmitted to humans through the bite of the mosquito Aedes aegypti. The Campo Mourão region in Brazil is endemic for dengue fever. OBTECTIVE: The aim of this study was to evaluate the presence of IgG and IgM antibodies specific to the four serotypes of dengue in donors of the blood donor service in the city of Campo Mourão. METHODS: Epidemiological records were evaluated and 4 mL of peripheral blood from 213 blood donors were collected in tubes without anticoagulant. Serum was then obtained and immunochromatographic tests were undertaken (Imuno-Rápido Dengue IgM/IgG TM. Individuals involved in the study answered a social and epidemiological questionnaire on data which included age, gender and diagnosis of dengue. RESULTS: Only three (1.4% of the 213 blood tests were positive for IgG anti-dengue antibodies. No donors with IgM antibody, which identifies acute infection, were identified. CONCLUSIONS: The results of the current analysis show that the introduction of quantitative or molecular serological methods to determine the presence of anti-dengue antibodies or the detection of the dengue virus in blood donors in endemic regions should be established so that the quality of blood transfusions is guaranteed.OBJETIVO: O objetivo desta pesquisa foi realizar uma triagem sorológica para detectar a presença de anticorpos IgG e IgM específicos para os quatro sorotipos da dengue em doadores de sangue atendidos pelo Hemonúcleo de Campo Mourão-PR. MÉTODOS: foram aplicadas fichas epidemiológicas e coletados 4 mL de sangue periférico em tubos sem anticoagulante de 213 doadores de sangue. Posteriormente, foi obtido o soro e realizado o teste imunocromatrográfico (Imuno - Rápido Dengue IgM/IgG. Os indivíduos envolvidos neste estudo responderam um questionário s

  13. Obtenção e caracterização de anticorpo monoclonal murino anti-fator VIII da coagulação sangüínea Attainment and characterization of murine monoclonal anti-factor VIII antibodies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Rossi-Ferreira

    2006-06-01

    Full Text Available Entre os avanços da engenharia celular e biotecnologia nas últimas décadas, destaca-se a produção de anticorpos monoclonais murinos (AcMm utilizados no aprimoramento diagnóstico nas rotinas laboratoriais. A produção de fator VIII de alta pureza sempre foi o desejo e a preocupação das indústrias de hemoderivados para tratamento de pacientes portadores de hemofilia A, porém este produto inexiste no Brasil, sendo necessária sua obtenção no mercado internacional a custos elevados. O trabalho tem por objetivo a produção de AcMm anti-fator VIII humano (FVIII H através da expansão dos clones e caracterização imunoquímica do anticorpo. Camundongos Balb/c foram imunizados com FVIII H purificado como também proveniente de crioprecipitado e as células esplênicas dos animais foram fusionadas com células mielomatosas murinas segundo o método descrito por Kohler e Milstein para produção de híbridos em cultura. Foram testados 1.983 híbridos dos quais 105 foram submetidos à clonagem. Destes, 39 obtiveram monoclonalidade e 7 destes clones foram caracterizados através de técnicas de immunoblotting. Foram submetidas à purificação por cromatografia três imunoglobulinas de diferentes classes pertencentes aos clones LAMB1-10A1A4, LAMB1-17A1A1 e LAMB1-24A2A1. A imunoglobulina purificada pertencente ao clone LAMB1-10A1A4 foi adsorvida em coluna de imunoafinidade para purificação de concentrado de FVIII proveniente de crioprecipitado plasmático.Among the advances in cellular engineering and biotechnology over the last decades, the production of murine monoclonal antibodies (AcMm, used to improve laboratory diagnoses, stands out. The production of very pure factor VIII has always been a concern of suppliers of blood products to treat patients with hemophilia A and this product is still not produced in Brazil. Hence, it can only be attained on the international market at a high cost. The aim of this work was to produce AcMm anti

  14. Caracterização de amostras do vírus da raiva, isoladas nas regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil, com anticorpos monoclonais antilissavírus Antigenic characterization of Brazilian rabies virus isolate North and Central West regions of Brazil with anti-lyssavirus monoclonal antibodies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.B.C.R. Batista

    2008-02-01

    Full Text Available The occurrence of rabies virus antigenic variants in North and Central West regions of Brazil was studied using 61 rabies viruses isolated from different species: 30 from domestic dogs, 20 from cattle, four from horses, two from cats, one from a human and four from unidentified species. The isolates were submitted to antigenic analyses by indirect immunofluorescence with a panel of 12 monoclonal antibodies (Mabs to lyssavirus antigens. Antigenic analyses revealed consistent differences between isolates whose natural hosts were dogs and those of haematophagous bats, often isolated from cattle. Three out of four isolates from horses and one from a domestic dog showed patterns of reactivity found only in viruses of insectivorous bats, indicating that non-haematophagous bats do play a unique role in the transmission of the virus to other species.

  15. Anticorpos antinucleossomo e síndrome antifosfolipídica: estudo observacional Antinucleosome antibodies and primary antiphospholipid syndrome: an observational study

    OpenAIRE

    Alexandre Wagner Silva de Souza; Silene Peres Keusseyan; Neusa Pereira da Silva; Emilia Inoue Sato; Luis Eduardo Coelho Andrade

    2012-01-01

    OBJETIVO: Avaliar a associação entre a presença de anticorpos antinucleossomo (anti-NCS) e a síndrome antifosfolipídica primária (SAFP) e o posterior desenvolvimento de lúpus eritematoso sistêmico (LES). MATERIAIS E MÉTODOS: Trinta e seis mulheres com o diagnóstico de SAFP foram avaliadas prospectivamente para manifestações de doenças reumáticas autoimunes e para a presença de anticorpos antifosfolípides, anticorpos antinucleares e anti-NCS/cromatina. RESULTADOS: Após um período médio de segu...

  16. Anticorpos catalíticos e suas aplicações em biotecnologia - doi: 10.5102/ucs.v10i2.1583

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Martins Macedo

    2012-12-01

    Full Text Available Características peculiares como a alta especificidade dos anticorpos e o eficiente poder catalítico das enzimas, têm despertado um grande interesse em grupos de pesquisa científica no que diz respeito às possíveis reações obtidas pela junção dessas duas moléculas. O objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão bibliográfica sobre a constituição e obtenção dos anticorpos catalíticos e suas potenciais aplicações em biotecnologia. A tecnologia de anticorpos catalíticos já demonstrou a capacidade dessas moléculas em mediar diversas reações e vem abrindo relevantes possibilidades de aplicações em áreas industriais, agrícolas, e biotecnológicas. Aliada à prática médica os anticorpos catalíticos são grande promessa para fins diagnósticos e terapêuticos desde a destruição de células cancerígenas e microrganismos, até a elaboração de vacinas catalíticas para as mais diversas finalidades como a desintoxicação definitiva de pacientes com dependência química.

  17. Soroprevalência de anticorpos antivírus da hepatite C em doadores de sangue, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paltanin Lindamyr Fornazieri

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a soroprevalência de anticorpos antivírus da hepatite C (VHC em doadores de sangue e correlacionar os resultados obtidos nos testes sorológicos de triagem e no teste confirmatório. MÉTODOS: Foram analisados os registros epidemiológicos e laboratoriais de 10.090 doadores de sangue do Hemonúcleo de Apucarana, Paraná, Brasil, do período de janeiro de 1997 a dezembro de 1999. Utilizou-se o método enzimaimunoensaio (ELISA para detecção de anticorpos anti-VHC no soro. As amostras de soro com reatividade no ELISA foram avaliadas pelo teste confirmatório RIBA (recombinant immunoblot assay. Para análise estatística, utilizaram-se os testes qui-quadrado, teste exato de Fisher e índice de Kappa. RESULTADOS: Os resultados mostraram que 2.461 (24,4% pessoas da amostra eram do sexo feminino e 7.629 (75,6%, do sexo masculino, com idade variando de 18 a 65 anos. Das 10.090 amostras de soro analisadas pelo ELISA, 88 apresentaram positividade, revelando soroprevalência de 0,9%, não demonstrando associação com as diferentes faixas etárias (p=0,197 e com o sexo (p=0,323. Avaliadas pelo teste confirmatório RIBA, 11 amostras (12,5% apresentaram resultado positivo; 14 (15,9%, resultado indeterminado; e 38 (43,2%, resultado negativo. A análise estatística revelou alta concordância (índice Kappa de 0,939 entre os resultados obtidos no teste de ELISA e os obtidos no teste confirmatório. Amostras que forneceram resultado fracamente reagente no teste de ELISA apresentaram alta concordância com resultado negativo no RIBA immunoblot, e amostras que forneceram resultado fortemente reagente no teste de ELISA apresentaram alta concordância com o resultado positivo no RIBA. CONCLUSÕES: Os resultados reforçam a necessidade de confirmação de todos os resultados reagentes nos testes de triagem sorológica para pesquisa de anticorpo anti-VHC, uma vez que a confirmação da infecção pelo VHC é de extrema importância para o

  18. Produção de anticorpos policlonais anti-ricina Production of polyclonal anti-ricin antibodies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roselayne Ferro Furtado

    2011-02-01

    Full Text Available A ricina é uma proteína bastante tóxica presente nas sementes de mamona que impossibilita o uso da torta de mamona "in natura", como ração. A torta de mamona destoxificada necessita ainda de métodos de análise que garantam a ausência de traços dessa proteína. Objetivou-se, neste trabalho, produzir e avaliar a sensibilidade e especificidade de anticorpos policlonais anti-ricina, para serem empregados como possíveis componentes de métodos sorológicos na detecção de ricina em torta de mamona destoxificada. Foram avaliadas três doses da proteína: 400, 180 e 100 µg cada uma dividida em duas aplicações em coelhos. A primeira dose foi injetada no animal no início do experimento e a segunda após 21 dias. O método de ELISA indicou que as duas doses menores (100 e 180 µg induziram respostas imunológicas primária e secundária com produção de anticorpos específicos. Enquanto a dose maior (400 µg de ricina apresentou uma resposta primária com elevação dos títulos de anticorpos, seguida de uma supressão da resposta. Esse perfil é sugestivo de tolerância imunológica. Pela técnica de Western blotting verificou-se que os anticorpos policlonais produzidos são bastante específicos para a ricina, no entanto, por detectarem ricina na forma nativa e desnaturada não são recomendados para o monitoramento de ricina em torta de mamona destoxificada por tratamento térmico.Ricin is a very toxic protein found in castor bean plants, making it impossible to use natural castor cake as animal food. The detoxificated castor cake needs to be analyzed by methods that ensure the absence of traces of this protein. This work had the objective to produce and to evaluate the sensitivity and specificity of anti-ricin polyclonal antibodies, to be employed as component of sorologic methods as the ELISA in the detection of ricin in detoxificated castor cake. Three doses of protein, 400, 180 and 100 µg were evaluated each one injected twice into

  19. Anticorpos antiproteínas citrulinadas e a artrite reumatóide Auto-antibodies to citrullinated proteins and rheumatoid arthritis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Trigueirinho Alarcon

    2007-06-01

    Full Text Available Pacientes com artrite reumatóide (AR possuem uma variedade de auto-anticorpos no soro e no líquido sinovial. Entre esses auto-anticorpos, destacam-se aqueles direcionados a proteínas citrulinadas, que são específicos para AR, aparecem precocemente durante a evolução da enfermidade e são bastante úteis para auxiliar no diag-nóstico da doença. Entre os antígenos citrulinados reconhecidos por auto-anticorpos na AR, encontram-se a profilagrina, a filagrina e a vimentina. Células e tecidos ricos nessas proteínas serviram de substrato para os primeiros ensaios laboratoriais para detecção dessa classe de auto-anticorpos. A descoberta de que os epitopos reconhecidos por esses auto-anticorpos eram peptídeos contendo citrulina permitiu o desenvolvimento de uma plataforma baseada em ELISA. O formato de ELISA possibilitou maior padronização e reprodutibilidade dos ensaios, resultando em ampla aceitação mundial como os auto-anticorpos mais específicos e precoces para o diagnóstico da AR. Há controvérsia quanto à capacidade dos anticorpos contra proteínas citrulinadas predizerem a gravidade da doença. O papel dos antígenos citrulinados na fisiopatologia da artrite reumatóide é sugerido pela forte especificidade desses auto-anticorpos para a doença, pelo achado de proteínas citrulinadas na sinóvia inflamada, pela produção intra-articular desses auto-anticorpos e pela extrema afinidade de peptídeos citrulinados por moléculas de HLA-DRB1 que contêm o epitopo compartilhado. Esses achados acenam com a possibilidade de novas e fascinantes descobertas rumo à melhor compreensão da fisiopatologia da AR.Rheumatoid arthritis (RA patients have a variety of auto-antibodies in the serum and synovial fluid. Among these auto-antibodies, those directed against citrullinated proteins are distinguished because that are specific for RA, appear early during the evolution of the disease and they are important to assist in the diagnosis of

  20. Significado prognóstico das micrometástases nos linfonodos do carcinoma colorretal: detecção imunoistoquímica com anticorpos anticitoqueratina AE1/AE3 Prognostic significance of micrometastases in the lymph nodes of colorectal carcinoma: immunohistochemical detection using AE1/AE3 anticytokeratin antibodies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Tadeu Palma

    2002-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar por imunoistoquímica eventuais micrometástases nos linfonodos regionais previamente considerados livres pelo exame histopatológico convencional e avaliar a influência do comprometimento destes linfonodos na sobrevivência dos doentes com carcinoma colorretal extirpado com intenção curativa. MÉTODO: Foram estudados 51 doentes portadores de carcinoma colorretal nos estádios A (13 casos e B (38 casos, segundo a classificação de Dukes. Um total de 501 linfonodos previamente considerados livres pelo exame histopatológico convencional foi investigado por meio de técnica imunoistoquímica com anticorpos monoclonais anticitoqueratina AE1/AE3 para identificar células epiteliais. Cada bloco previamente fixado em formalina e embebido em parafina foi seccionado em três partes, obtendo-se de cada uma delas três cortes com espessura de 4 milimícron cada. RESULTADOS: Em seis doentes (11,7% no estádio B de Dukes, células neoplásicas foram identificadas em sete linfonodos do mesocolo (1,4% previamente considerados livres de neoplasia pelo exame histopatológico convencional. Em um enfermo, a micrometástase era representada por aglomerado celular, enquanto que nos outros cinco doentes as micrometástases eram constituídas por células isoladas. A sobrevivência dos enfermos com micrometástases linfonodais foi menor do que a dos doentes com linfonodos não comprometidos, porém sem atingir diferença significativa. CONCLUSÕES: O método imunoistoquímico pode ser empregado com sucesso na detecção de células neoplásicas em linfonodos previamente considerados livres pelo exame histopatológico convencional. O acometimento dos linfonodos regionais por micrometástases não influenciou a sobrevivência dos doentes com carcinoma colorretal extirpado.BACKGROUND: To identify possible micrometastases by immunohistochemistry, to verify their morphological characteristics in regional lymph nodes and to evaluate their

  1. Distribuição de anticorpos para herpesvírus bovino 1 em rebanhos bovinos Distribution of antibodies to bovine herpesvirus 1 in cattle herds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.B. Melo

    2002-12-01

    Full Text Available A distribuição de anticorpos neutralizantes para o herpesvirus bovino 1 (HVB 1 foi estudada em quatro faixas etárias de bovinos, em 21 rebanhos de leite e de corte. Os resultados da sorologia foram analisados e relacionados com as respostas de questionários aplicados aos responsáveis pelos rebanhos. As taxas de freqüência de anticorpos neutralizantes para o HVB 1 foram comparadas segundo a aptidão e a faixa etária. Fatores como tipo de manejo e idade dos animais influenciaram na distribuição de anticorpos para o HVB 1.The distribution of neutralizing antibodies to bovine herpesvirus 1 (BHV 1 was studied in 21 beef and dairy cattle herds, in four different age groups. The results were analyzed and related with answers given to a questionnaire proposed to the farmers. The frequency rates of neutralizing antibodies for the BHV 1 were compared according to the dairy or beef herds and age of the animals. The animal husbandry and age influenced the distribution of neutralizing antibodies to this virus.

  2. Produção de anticorpos para cafeína e seu derivado cafeinidina Antisera production to caffeine and its derivative caffeinidine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. MAZZAFERA

    1998-04-01

    Full Text Available São apresentados dados sobre a conjugação de cafeína e seu derivado cafeinidina com albumina de soro bovino e sua utilização para a produção de anticorpos. Galinhas poedeiras foram imunizadas e as globulinas extraídas das gemas dos ovos. Por ensaios de imunoprecipitação pode-se verificar que ambos anticorpos reagiram com seus respectivos antígenos, cafeína e cafeinidina. Também verificou-se que a posição do radical metil em mono e dimetilxantinas era importante para o reconhecimento antígeno-anticorpo. Metilação na posição N-3 pareceu ser determinante para o reconhecimento pelo anticorpo produzido para o conjugado cafeinidina-BSA. Por outro lado, metilação na posição N-7 foi importante para o conjugado cafeína-BSA. Discute-se as vantagens de um anticorpo sobre o outro e a possibilidade de seu emprego em testes imunológicos para determinação de alcalóides purínicos totais em material vegetal e seus derivados alimentícios.Data on the conjugation of caffeine and its derivative caffeinidine with bovine serum albumin and their use to produce antisera are reported here. Chickens were immunized with the conjugates and antisera were extracted from egg yolks. In immunoprecipitation assays it was verified that both antisera were efficient against their respective antigens. It was also observed that the methyl position in mono and dimethylxanthines played a role in the recognition by the antisera. Methyl at N-3 position seemed to be important for the precipitation by the antisera produced to caffeinidine-BSA conjugate. On the other hand, methylation at N-7 position was important for caffeine-BSA conjugate. The advantages of each antisera and their potential application in imunological tests as a tool to determine total purine alkaloids in plant material and derived foodstuffs are discussed.

  3. Marcadores inflamatórios e anticorpos anti-chlamydia em pacientes com síndrome metabólica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosecler Riethmuller Franco

    2011-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A síndrome metabólica está associada ao aumento de risco de eventos cardiovasculares. Marcadores inflamatórios e anticorpos anti-Chlamydia têm sido relacionados ao desenvolvimento e à progressão da aterosclerose e dos eventos cardiovasculares. OBJETIVO: Avaliar os marcadores inflamatórios interleucina-6 (IL-6 e fator de necrose tumoral-alfa (TNF-α e os anticorpos anti-Chlamydia pneumoniae em pacientes com síndrome metabólica (SM, com e sem eventos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudo transversal constituído por 147 indivíduos. Desses, 100 (68% com SM e sem eventos cardiovasculares; e 47 (32% com SM e com eventos cardiovasculares. Dos indivíduos que sofreram eventos cardiovasculares, 13 (6,11% apresentam infarto agudo do miocárdio (IAM, e dez (4,7%, acidente vascular cerebral (AVC. O diagnóstico da SM foi determinado pelos critérios do NCEP-ATPIII. RESULTADOS: A média de idade dos sujeitos com eventos cardiovasculares foi de 61,26 ± 8,5 e de 59,32 ± 9,9 nos indivíduos sem esses eventos (p=0,279, havendo predomínio do sexo feminino. O grupo com SM e sem evento apresentou maior peso, altura, IMC e circunferência abdominal. Para os indivíduos com eventos cardiovasculares (p=0,001, os marcadores inflamatórios IL-6 e TNF-α e a doença vascular periférica foram significativamente maiores. Obtiveram-se níveis elevados de anticorpos IgG para Chlamydia pneumoniae no grupo SM, sem eventos e de IgA no grupo com eventos quando comparados os dois grupos. Com relação ao IAM e ao AVC, os anticorpos anti-Chlamydia pneumoniae não demonstraram significância estatística, comparados ao grupo sem eventos cardiovasculares. Associação foi observada com o uso de estatinas, hipoglicemiantes orais, injetáveis e anti-inflamatórios não esteroidais no grupo com esses eventos. CONCLUSÃO: Marcadores inflamatórios encontram-se significativamente elevados em pacientes com SM, com IAM e AVC. Anticorpos anti-Chlamydia n

  4. Anticorpos antinucleossomo e síndrome antifosfolipídica: estudo observacional Antinucleosome antibodies and primary antiphospholipid syndrome: an observational study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Wagner Silva de Souza

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a associação entre a presença de anticorpos antinucleossomo (anti-NCS e a síndrome antifosfolipídica primária (SAFP e o posterior desenvolvimento de lúpus eritematoso sistêmico (LES. MATERIAIS E MÉTODOS: Trinta e seis mulheres com o diagnóstico de SAFP foram avaliadas prospectivamente para manifestações de doenças reumáticas autoimunes e para a presença de anticorpos antifosfolípides, anticorpos antinucleares e anti-NCS/cromatina. RESULTADOS: Após um período médio de seguimento de 45,7 meses, anticorpos anti-NCS/cromatina foram detectados em apenas uma paciente (2,8%, que desenvolveu manifestações de LES tais como poliartrite, linfopenia, neurite óptica, lesões compatíveis com esclerose múltipla em substância branca cerebral e perfil de autoanticorpos altamente sugestivo de LES. CONCLUSÃO: A frequência de anticorpos anti-NCS/cromatina é baixa em pacientes com SAFP, e sua presença pode associar-se ao desenvolvimento de manifestações de LES.OBJECTIVE: To study the association of anti-nucleosome (anti-NCS antibodies in primary antiphospholipid syndrome (APS and the development of systemic lupus erythematosus (SLE during follow-up. MATERIALS AND METHODS: Thirty-six women with primary APS were evaluated prospectively for clinical features of systemic autoimmune diseases and for the presence of antiphospholipid antibodies, antinuclear antibodies and anti-NCS/chromatin antibodies. RESULTS: After a mean follow-up period of 45.7 months, anti-NCS/chromatin antibodies were detected in only one patient (2.8%, who developed features of SLE including polyarthritis, lymphopenia, optic neuritis, multiple sclerosis-like lesions, and an autoantibody profile suggestive of SLE. CONCLUSION: The frequency of anti-NCS/chromatin antibodies in primary APS patients is very low, and they may be associated with the development of SLE manifestations.

  5. Auto-anticorpos anti-β2-glicoproteína I e síndrome metabólica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo B. Krás Borges

    2011-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A síndrome metabólica (SM é uma entidade pró-aterogênica. Autoanticorpos tais como β2-glicoproteína I (β2-gpI podem influenciar o aparecimento de ateromas. Estudos anteriores confirmaram uma associação entre anticorpos IgA anti-β2-gpI e isquemia cerebral, infarto do miocárdio, doença arterial periférica e doença da carótida. OBJETIVO: O objetivo desse estudo de caso-controle foi avaliar uma possível associação entre anticorpos anti-β2-gpI e anticardiolipina (aCL com SM não-complicada. MÉTODOS: Pacientes com SM sem histórico de eventos vasculares e indivíduos-controle, consistindo em pacientes da Enfermaria de Ortopedia admitidos devido a doenças musculoesqueléticas foram incluídos no estudo. Idade, sexo, etnia, histórico de hipertensão, tabagismo, hipercolesterolemia e diabetes mellitus foram avaliados como fatores de risco em ambos os grupos. Anticorpos IgG, IgM, e IgA anti-β2-gpI e aCL foram detectados através de imunoensaios enzimáticos. RESULTADOS: Um total de 68 pacientes com SM e 82 controles foram estudados. Os pacientes com SM tinham média de idade superior à dos controles (P = 0,001, enquanto homens (P = 0,003; OR 0,31; IC95%: 0,15-0,16 e etnia caucasiana (P = 0,004; OR 0,25; IC95%:0,10-0,60 eram predominantes nos controles. Histórico de hipertensão, hipercolesterolemia e diabetes mellitus foi mais prevalente nos pacientes com SM do que nos controles (P < 0.05. A frequência de anticorpos aCL (todos os isotipos e do IgG e IgM anti-β2 gpI não diferiu de forma significante nos pacientes com SM e controles. Anticorpos IgA anti-β2-gpI foram significantemente mais frequentes nos pacientes com SM (42,2% do que nos controles (10,9% (P < 0,001. O OR ajustado para anticorpos IgA anti-β2-gpI foi 3,60 (IC95%: 1,55-8,37; P = 0,003. CONCLUSÃO: O presente estudo mostra que níveis elevados de autoanticorpos IgA para β2-gpI podem estar independentemente associados com SM.

  6. Títulos de anticorpos aglutinantes induzidos por vacinas comerciais contra leptospirose bovina Agglutinating antibody titers induced by commercial vaccines against bovine leptospirosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela de Godoy Cravo Arduino

    2009-07-01

    Full Text Available No presente estudo, 100 fêmeas bovinas foram divididas em cinco grupos de 20 animais cada. Os grupos experimentais receberam quatro diferentes vacinas comerciais (B, C, D e E, e um grupo permaneceu como controle. Amostras foram colhidas no dia da aplicação da primeira dose e nos dias 3, 7, 14, 21, 28, 35, 42, 49, 56, 63, 70, 77, 84, 91, 120, 150 e 180 pós-vacinação (PV. A triagem dos animais foi feita pela análise sorológica com 6 antígenos de leptospiras, escolhendo-se os animais não reagentes. Os títulos de anticorpos foram monitorados pela soroaglutinação microscópica (SAM com os sorovares Canicola, Grippotyphosa, Hardjo, Icterohaemorrhagiae, Pomona e Wolffi. Todas as vacinas induziram, aos 3 dias PV, títulos de anticorpos aglutinantes para os sorovares Hardjo e Wolffi, que persistiram até o 150º dia PV. Os sorovares Hardjo e Wolffi induziram os maiores títulos de anticorpos aglutinantes. A vacina D, apesar de não possuir o sorovar Wolffi em sua composição foi capaz de induzir anticorpos aglutinantes contra este sorovar. Somente foram detectados anticorpos contra o sorovar Canicola nos animais vacinados com a bacterina D. A vacina que induziu os maiores títulos médios de anticorpos, considerando todos os sorovares testados foi a D.In the investigation 100 heifers were used, divided into 5 groups of 20 animals each. The four experimental groups were vaccinated using distinct commercial polyvalent bacterines: B, C, D and E, and A group was the control. Samples were collected at days 0, 3, 7, 14, 21, 28, 35, 42, 49, 56, 63, 70, 77, 84, 91, 120, 150 and 180 from the first injection of the vaccine. The selection of the animals for the experimental groups was done based on a serological screening with 6 antigens of Leptospira sp. constituted by non-reagent animals. The vaccine titers were monitored using the microscopic agglutination test (MAT for Canicola, Grippotyphosa, Hardjo, Icterohaemorrhagiae, Pomona and Wolffi

  7. Anticorpos séricos na doença celíaca Celiac disease serum antibodies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ceres Concilio ROMALDINI

    1999-12-01

    Full Text Available O diagnóstico acurado da doença celíaca é muito importante porque os pacientes devem aderir a uma dieta sem glúten por toda a vida e diante do maior risco de complicações, como as neoplasias intestinais, que poderá advir do não cumprimento rigoroso da dieta. Nesta revisão são apresentados os novos conceitos referentes às formas de apresentação da doença (ativa, silenciosa, latente e potencial e sua associação com outras enfermidades e são focalizados principalmente o valor e a eficácia da determinação dos anticorpos séricos antigliadina e dos autoanticorpos anti-reticulina, antiendomísio e antitransglutaminase tecidual, no auxílio ao diagnóstico e seguimento da doença celíaca.Accurate diagnosis of celiac disease is important because patients are advised to adhere to a strict gluten-free diet for life. This management is critical to avoid disease complications such as malignancies. In this review the new terminology for the disease clinical features (active, silent, latent and potential celiac disease and the disease association with other conditions are commented. The value and efficacy of the assessment of serum antigliadin antibodies and of antireticulin, antiendomysial and tissue transglutaminase autoantibodies in the diagnosis and follow-up of the celiac disease are particularly evaluated.

  8. Atualização do tratamento das vasculites associadas a anticorpo anticitoplasma de neutrófilos Treatment of antineutrophil cytoplasmic antibody-associated vasculitis: update

    OpenAIRE

    Alfredo Nicodemos Cruz Santana; Viktoria Woronik; Ari Stiel Radu Halpern; Barbas, Carmen S. V.

    2011-01-01

    As vasculites antineutrophil cytoplasmic antibody (ANCA, anticorpo anticitoplasma de neutrófilos) associadas (VAAs) são caracterizadas por uma inflamação sistêmica das artérias de pequeno e médio calibre (especialmente no trato respiratório superior e inferior, e nos rins). As VAAs compreendem a granulomatose de Wegener (agora chamada de granulomatose com poliangeíte), poliangeíte microscópica, VAA limitada ao rim e a síndrome de Churg-Strauss. Neste artigo, discutiremos as fases de tratament...

  9. Síndrome do anticorpo antifosfolípide: estudo comparativo das formas primária e secundária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Max Victor Carioca Freitas

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Traçar um perfil clínico e laboratorial da síndrome do antifosfolípide (SAF, comparando a primária (SAFP com aquela secundária (SAFS ao lúpus eritematoso sistêmico (LES. MÉTODOS: Avaliamos 27 pacientes com SAFP e 32 com SAFS ao LES, acompanhados no Ambulatório de Colagenoses do HC/FMRP/ USP, quanto à ocorrência de trombose arterial, venosa, perda gestacional, livedo reticular, fenômeno de Raynaud, anemia hemolítica auto-imune, plaquetopenia, linfopenia, anticorpos anticardiolipina, anticoagulante lúpico, antinucleares, anti-Sm e VDRL. Os anticorpos anticardiolipina e anti-Sm foram pesquisados por ELISA, os antinucleares por imunofluorescência indireta e o anticoagulante lúpico pelo tempo de protrombina diluída, tempo de coagulação do caulin ou tempo do veneno de víbora de Russell diluído. Para análise estatística utilizamos o teste exato de Fisher bicaudal. RESULTADOS: Observamos aumento da freqüência de trombose arterial na SAFP (59,3% vs 25,0%, p=0,009 e de trombose venosa na SAFS (53,1% vs 33,3%, p>0,05, enquanto não houve diferenças entre as freqüências de perda gestacional (50,0% vs 56,7%, fenômeno de Raynaud (18,5% vs 18,8%, livedo reticular (18,5% vs12,5%, anticoagulante lúpico (33,3% vs 37,5% e anticardiolipina IgG (79,2% vs 72,4% e IgM (58,4% vs 65,5%. Ademais, observamos aumento significante de linfopenia (71,2% vs 7,4%, p<0,0001, de anticorpos antinucleares (100% vs 7,4%, p<0,0001 e de VDRLpositivo (47,1% vs 5,0%, p=0,005 na SAFS ao LES quando comparada com a SAFP. CONCLUSÕES: As manifestações clínicas e laboratoriais são semelhantes na SAFP e na SAFS ao LES, sendo a trombose arterial mais comum na SAFP, enquanto a presença de linfopenia, anticorpos antinucleares e VDRL positivo está associada com a SAFS ao LES.

  10. Síndrome do anticorpo antifosfolípide e fatores de risco para doença cerebrovascular isquêmica

    OpenAIRE

    Zamproni, Laura Nicoleti

    2012-01-01

    Resumo: A síndrome do anticorpo antifosfolípide (SAAF) é caracterizada por tromboses de repetição sendo o acidente vascular cerebral isquêmico (AVCi) uma de suas principais complicações. Os mecanismos da doença cerebrovascular na SAAF não estão totalmente estabelecidos. O objetivo deste estudo foi verificar quais mecanismos poderiam estar envolvidos nesse processo, com ênfase no papel da embolia paradoxal (EP). Métodos: 53 pacientes com SAAF foram avaliados clinicamente e por meio de Doppler ...

  11. Presença de anticorpo anti-Lutheran B em paciente com leucemia linfóide aguda Anti-Lutheran B in a patient with acute lymphoblastic leukemia

    OpenAIRE

    Maria do Rosário F. Roberti; Cristiane A. Tuma; Janeslane F. Maciel

    2007-01-01

    Leucemias agudas necessitam de suporte hemoterápico para serem tratadas adequadamente. A presença do anticorpo anti-Lutheran B e a alta freqüência do antígeno em nossa população dificulta o tratamento de doenças hematológicas que necessitam de suporte transfusional, tais como a leucemia linfóide aguda (LLA). Alternativas de tratamento hemoterápico são abordadas neste artigo. Descreve-se o caso de uma paciente com LLA e anticorpo anti-Lutheran B. A dificuldade em encontrar sangue compatível le...

  12. Produção e caracterização de anticorpos policlonais contra Xanthomonas campestris pv. viticola Production and characterization of polyclonal antibodies against Xanthomonas campestris pv. viticola

    OpenAIRE

    João Sebastião de Paula Araujo; Fábio Bueno dos Reis Junior; Geraldo Baeta Cruz; Bruno Cardoso de Oliveira; Charles Frederick Robbs; Raul de Lucena Duarte Ribeiro; José Carlos Polidoro

    2005-01-01

    O objetivo deste trabalho foi a produção de anticorpos policlonais contra Xanthomonas campestris pv. viticola e sua caracterização pelo método Elisa indireto. Os resultados apontaram a qualidade dos anticorpos policlonais produzidos, os quais mostraram-se altamente reativos e específicos para o patovar com potencial para ser empregado no diagnóstico da doença e em programas de certificação.The objective of this work was to produce polyclonal antibodies against Xanthomonas campestris pv. vitic...

  13. Pesquisa de anticorpos IgM anti-Toxoplasma gondii por meio de técnica imunoenzimática reversa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Roberto Mineo

    1986-02-01

    Full Text Available Um teste imunoenzimático reverso foi padronizado utilizando-se como fase sólida, microplacas de polivinil sensibilizadas com anticorpos anti-IgM.7 Estas foram incubadas seqüencialmente com alíquotas de soros de pacientes com suspeita de toxoplasmose aguda, antígeno solúvel de Toxoplasma gondii, conjugado peroxidase F (ab'2 anti-toxoplasma e substrato enzimático. A atividade enzimática foi determinada por leitura espectrofotométrica, considerando-se como títulos dos soros a máxima diluição fornecendo valores de absorbância maiores que os obtidos com a menor diluição do soro padrão não-reativo. Em 69 amostras de soros de pacientes com toxoplasmose aguda, a média geométrica dos títulos no teste ELISA-Reverso IgM foi superior à de todos os outros testes para anticorpos IgM, não se observando resultados negativos falsos devidos a altos títulos de IgG específica. Não foi encontrada, também, reatividade cruzada em nenhuma das 104 amostras de soros de pacientes com outras patologias, inclusive em amostras contendo fator reumatóide IgM.

  14. Ocorrência de anticorpos e fatores de risco associados à infecção por Leptospira spp. em Cebus spp. mantidos em cativeiro no Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora R.A. Ferreira

    2011-11-01

    Full Text Available Estudou-se a ocorrência de anticorpos anti-Leptospira e os fatores de risco associados à infecção em primatas do gênero Cebus mantidos em cativeiro no Nordeste do Brasil. Foram analisadas 139 amostras de soro sanguíneo de diferentes espécies de primatas de ambos os sexos e idades variadas. Para a pesquisa de anticorpos empregou-se a técnica de Soroaglutinação Microscópica (SAM e para estudo dos fatores de risco utilizou-se análise multivariada. Foram observados anticorpos anti-Leptospira, sorovar Patoc em 6,5% dos primatas (09/139. O fator de risco identificado nesse estudo foi a não higienização diária de bebedouros (Odds ratio=12,095; IC 95% = 1,73-84,52; p=0,012,. Conclui-se que a população de Cebus mantidos em cativeiros no Nordeste do Brasil está exposta à infecção por anticorpos anti-Leptospira e que medidas corretivas de manejo dos animais, especificamente aquelas relacionadas à higienização diária de bebedouros devem ser implementadas para reduzir o risco de infecção por sorovares de Leptospira spp.

  15. Detecção de anticorpos IgM nas infecções primárias e secundárias pelo citomegalovírus em pacientes submetidos a transplante renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Sergio Pannuti

    1987-10-01

    Full Text Available Foram acompanhados 27 pacientes submetidos a transplante renal para avaliação do comportamento dos anticorpos IgM e IgG CMV-específicos. Dos 27 casos estudados, 17 (63,0% tinham anticorpos IgG, detectados pela reação de fixação de complemento (RFC, antes de serem submetidos ao transplante, e 10 (37,0% eram soro negativos. A pesquisa de anticorpos IgM (técnica de imunofluorescência indireta foi negativa em todas as amostras pré transplante. Num período de acompanhamento que variou de 28 a 425 dias (média de 115 dias após o transplante, observou-se que 20 dos 27 (74,1% apresentaram evidências sorológicas de infecçáo pelo CMV, ocorrendo a maioria dos casos (14/20, 70% em pacientes que já tinham anticorpos para o CMV antes do transplante. A pesquisa de anticorpos IgM CMV-específicos foi positiva em 12 dos 14 pacientes com evidências sorológicas de reinfecção ou reativação da infecção pelo CMV, e em 100% (6/6 dos pacientes com infecção primária. Dentre os 10 pacientes acompanhados por mais de 4 meses, somente 1 (10% negativou o IgM neste período.

  16. A utilidade da citologia por punção com agulha fina aliada a imunofenotipagem no diagnóstico dos linfomas não-Hodgkin Diagnosis of non-Hodgkin's lymphoma combining immunophenotyping and fine needle aspiration

    OpenAIRE

    Flávia P. S. Costa; Pereira, Fernanda G.; José Vassalo; Leandro L. L. Freitas; Irene Lorand-Metze

    2005-01-01

    A classificação para linfomas não-Hodgkin (LNH) proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS) enfatiza a importância do imunofenótipo para o diagnóstico. O objetivo deste estudo foi avaliar a utilidade da citologia combinada a citometria de fluxo para o diagnóstico de LNH, utilizando um painel de anticorpos monoclonais e estudo do ciclo celular. O material foi obtido através de aspiração de linfonodos por agulha fina de 78 pacientes. O painel de anticorpos monoclonais para análise em citom...

  17. Anticorpo contra o vírus C da hepatite em pacientes sob programa de hemodiálise em Salvador, BA, Brasil

    OpenAIRE

    Santana, Genoile Oliveira; Cotrim, Helma P.; MOTA Eduardo; Paraná, Raymundo; Nelma Pereira SANTANA; Luiz LYRA

    2001-01-01

    Racional - A prevalência da infecção pelo vírus da hepatite C em pacientes sob programa de hemodiálise tem sido amplamente variável. Objetivos -- Determinar a prevalência do anticorpo contra o vírus C da hepatite (anti-VHC) em pacientes sob hemodiálise em Salvador, BA e sua associação com transfusão de sangue, duração de hemodiálise e elevação de alaninoaminotransferase. Métodos - Durante um período de 17 meses, foram avaliados todos os pacientes em programa de hemodiálise, totalizando 395 in...

  18. Mal de Hansen, anticorpos antifosfolípides e obstrução das artérias fibulares Leprosy, antiphospholipid antibodies and bilateral fibular arteries obstruction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liz Wallin

    2009-04-01

    Full Text Available Pacientes com Mal de Hansen (MH podem se apresentar com quadro clínico e laboratorial sugestivo de doenças reumáticas, o que exige um exercício cuidadoso de diagnósticos diferenciais. Descreve-se aqui o caso de uma jovem com MH que se apresentou com lesões cutâneas sugestivas de vasculite, obstrução de vasos fibulares, FAN e anticorpos antifosfolípides positivos sem muitos estigmas da doença cutânea, ilustrando essa dificuldade.Patients with Hansen's disease (HD may present themselves with clinical and laboratorial features that resemble rheumatic disorders. This requires a careful exercise of differential diagnosis. We describe here a case of a young woman with HD that presented with vasculitic like lesions, fibular vessels obstruction, ANA and antiphospholipid antibodies without typical signs of cutaneous disease, illustrating this clinical difficulty.

  19. Prevalence of antibodies against chicken anaemia virus (CAV in broiler breeders in Southern Brazil Prevalência de anticorpos contra o vírus da anemia das galinhas (CAV em matrizes de corte no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio W. Canal

    2004-06-01

    Full Text Available Chicks infected during the first two weeks of life with chicken anaemia virus (CAV manifest clinical disease that can be avoided if the breeder hens transfer enough antibodies to their progeny. The objective of the present work was to establish the prevalence and titer of anti-CAV antibodies in some Brazilian broiler hen breeder flocks and verify in which phase of life the birds were infected. A total of 1,709 serum samples from 12 broiler hen flocks vaccinated against CAV and 64 unvaccinated flocks were analyzed for CAV antibodies with an enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA. All non-vaccinated breeder flocks were found to be infected with CAV, with 89% of the hens tested presenting antibodies, 52% of these with titers considered high enough to protect their progeny against CAV infection. Likewise, all vaccinated hens had antibody titer to CAV capable of conferring protection to their progeny. Thus, vaccination of hens seems capable of conferring protection to chicks against clinically apparent CAV-associated disease.A doença clínica causada pelo vírus da anemia das galinhas (CAV ocorre quando os pintos são infectados durante as primeiras duas semanas de vida e pode ser prevenida se as matrizes transferirem anticorpos suficientes para a sua progênie. Em vista disso, este estudo foi realizado visando determinar a prevalência de anticorpos contra o CAV em alguns lotes de matrizes pesadas no Brasil. Buscou-se ainda verificar em que fase da vida as reprodutoras seriam infectadas e quais seriam os títulos de anticorpos nessas aves. Um total de 1709 amostras de soro de 64 lotes de reprodutoras não vacinadas e 12 lotes de reprodutoras vacinadas contra o CAV foram analisados por ELISA. Todos os lotes de aves não vacinadas apresentaram anticorpos. Dentre esses, 89% dos indivíduos foram positivos, 52% com títulos de anticorpos capazes de conferir proteção a sua progênie contra o CAV. Igualmente, todos os lotes de matrizes vacinadas

  20. Produção e purificação de anticorpos policlonais para Salmonella Enteritidis (Enterobacteriaceae Production and purification of polyclonal antibodies for Salmonella Enteritidis (Enterobacteriaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Augusto Ono

    2002-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi produzir e purificar anticorpos policlonais específicos para Salmonella Enteritidis (Enterobacteriaceae. O anti-soro foi produzido em coelhos, empregando-se flagelina purificada. O título e a especificidade foram determinados através do ensaio imunoenzimático - ELISA e a purificação por cromatografia de afinidade com sepharose Proteína A. As suspensões bacterianas foram cultivadas em cinco diferentes meios de cultura (infusão de cérebro coração - BHI, caldo tripticase soja, caldo lactosado, caldo nutriente - CN e água peptonada. Observou-se que dependendo do meio o título do anti-soro pode variar e os melhores resultados foram obtidos com BHI e CN. O anti-soro foi específico para Salmonella Enteritidis, apresentando porcentagens de reações cruzadas com Salmonella Typhimurium, Salmonella Infantis e Salmonella Newport de 16,0, 11,9 e 6,4%, respectivamente. Menores porcentagens foram obtidas com outras enterobactérias testadas. Esses resultados indicam a possibilidade da utilização desses anticorpos na padronização de ensaios imunológicos para a detecção de Salmonella EnteritidisThe purpose of this study was to produce and to purify specific polyclonal antibodies for Salmonella Enteritidis (Enterobacteriaceae. The anti-serum was raised in rabbits using purified flagelin. Anti-serum titer and specificity were determined by an immunoassay - ELISA and its purification was performed by sepharose protein A affinity chromatography. The bacteria suspensions were cultivated in five different media (brain heart infusion - BHI, tripticase soy broth, nutrient broth - NB, peptone water. Results have showed that anti-serum titers varied depending on which media type was used and BHI and NB media yielded the most significant results. The anti-serum produced was specific for Salmonella Enteritidis. Its cross-reactivity with Salmonella Thyphimurium, Salmonella Infantis and Salmonella Newport were 16.0, 11

  1. Atualização do tratamento das vasculites associadas a anticorpo anticitoplasma de neutrófilos Treatment of antineutrophil cytoplasmic antibody-associated vasculitis: update

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo Nicodemos Cruz Santana

    2011-12-01

    Full Text Available As vasculites antineutrophil cytoplasmic antibody (ANCA, anticorpo anticitoplasma de neutrófilos associadas (VAAs são caracterizadas por uma inflamação sistêmica das artérias de pequeno e médio calibre (especialmente no trato respiratório superior e inferior, e nos rins. As VAAs compreendem a granulomatose de Wegener (agora chamada de granulomatose com poliangeíte, poliangeíte microscópica, VAA limitada ao rim e a síndrome de Churg-Strauss. Neste artigo, discutiremos as fases de tratamento dessas vasculites, como fase de indução (com ciclofosfamida ou rituximab e fase de manutenção (com azatioprina, metotrexato ou rituximab. Além disso, discutiremos como manusear os casos refratários à ciclofosfamida.In its various forms, antineutrophil cytoplasmic antibody (ANCA-associated vasculitis (AAV is characterized by a systemic inflammation of the small and medium-sized arteries (especially in the upper and lower respiratory tracts, as well as in the kidneys. The forms of AAV comprise Wegener's granulomatosis (now called granulomatosis with polyangiitis, microscopic polyangiitis, renal AAV, and Churg-Strauss syndrome. In this paper, we discuss the phases of AAV treatment, including the induction phase (with cyclophosphamide or rituximab and the maintenance phase (with azathioprine, methotrexate, or rituximab. We also discuss how to handle patients who are refractory to cyclophosphamide.

  2. Detecção pelo teste imunoenzimático ELISA de anticorpos IgM anti-Cysticercus cellulosae no líquido cefalorraqueano na neurocisticercose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julia M. Costa

    1985-03-01

    Full Text Available Demonstrou-se a presença de anticorpos da classe IgM anti-C. cellulosaeem amostras de LCR de pacientes com neurocisticercose, pelo teste imunoenzimático ELISA. Este foi realizado em placas plásticas sensibilizadas com uma fração glicoproteica de cisticercos. Das 41 amostras de LCR estudadas, 26 pertenciam a pacientes com neurocisticercose, 5 a pacientes com neurossífilis e 10 a pessoas aparentemente normais. Nas 5 amostras de LCR de pacientes com neurossífilis e nas 10 de pessoas aparentemente normais foi negativo o teste ELISA-IgM. Dos 26 LCR de pacientes com neurocisticercose 12 (46,2% apresentaram anticorpos IgM anti-C. cellulosaecom títulos que variaram de 4 a 32. Essas 12 amostras de LCR quando submetidas ao tratamento com 2-mercaptoetanol tornaram-se negativas no teste ELISA-IgM. Compararam-se os níveis de anticorpos IgM e IgG anti-C. cellulosaedetectados pelos respectivos testes imunoenzimáticos para todas as amostras estudadas e observou-se que, dos 12 LCR de pacientes com neurocisticercose reagentes pelos dois testes, dois apresentaram níveis de IgM mais elevados que de IgG. Paralelamente compararam-se os resultados dos testes ELISA com as reações de fixação do complemento, imunofluorescência e hemaglutinação para neurocisticercose.

  3. Detecção de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em suínos criados e abatidos no Estado da Bahia, Brasil Detection anti-Toxoplasma gondii antibodies in swines bred and abated in the Bahia State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo A. Bezerra

    2009-09-01

    Full Text Available Objetivou-se verificar a ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em suínos criados e abatidos no Estado da Bahia. Foram coletadas e examinadas 465 amostras de sangue de suínos provenientes de criações de diferentes locais desse estado. Para a pesquisa de anticorpos anti-T. gondii, foi utilizada a técnica de Imunoadsorção Enzimática (ELISA e considerados positivos todos os animais com títulos iguais ou maiores que 1:16. Desses, 18,27% (85/465 foram positivos para anticorpos anti-T. gondii, sendo 30,76% (24/78 em Ilhéus, 18,10% (21/116 em Itabuna e 14,76% (40/271 em Simões Filho. Foram observadas diferenças significativas quanto ao sexo dos animais (p = 0,0171, ao sistema de criação (p = 0,0002 e à procedência dos animais (p = 0,0278 no município de Itabuna. Anticorpos anti-T. gondii foram encontrados nos animais estudados, podendo ser estes animais fonte de infecção para a população humana local.This study was performed to verify the occurrence of anti-Toxoplasma gondii antibodies in swine raised and slaughtered in the state of Bahia, Brazil. Four hundred sixty five swine blood samples from farms of different cities had been collected and examined. Anti-T. gondii antibodies was detected by the enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA and considered positive all the animals with equal or bigger headings than 1:16. From these, 18.27% (85/465 of total sample were positive for T. gondii, 30.76% (24 in Ilhéus, 18.10% (21/116 in Itabuna and 14.76% (40/271 in Simões Filho. Significant differences were observed regarding animal sex (p = 0.0171, raising system (p = 0.0002 and origin of the animals (p = 0.0278 in the city of Itabuna. The occurrence of anti-T. gondii antibodies shows that swine can be a source of infection for the local human population.

  4. Freqüência de anticorpos irregulares em politransfundidos no Hemocentro Regional de Uberaba-MG, de 1997 a 2005 Frequency of irregular antibodies in multiple-transfused patients at the Regional Blood Bank of Uberaba, from 1997 to 2005

    OpenAIRE

    Paulo Roberto J. Martins; Vítor M. Alves; Gilberto A. Pereira; Helio Moraes-Souza

    2008-01-01

    A fenotipagem eritrocitária pré-transfusional é um importante procedimento para aumentar a segurança das transfusões sangüíneas, sendo realizada rotineiramente no Hemocentro Regional de Uberaba-MG (HRU) desde 1996. O presente trabalho tem como objetivo geral avaliar a freqüência de anticorpos antieritrocitários irregulares em politransfundidos, de 1997 a 2005. Através de estudo retrospectivo foram levantados dados no arquivo do HRU de todos os pacientes aloimunizados, realizou-se análise esta...

  5. Prevalência de anticorpos neutralizantes para o arbovirus Piry em individuos da região de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

    1985-06-01

    Full Text Available Como parte de um inquérito sorológico pesquisando anticorpos para arbovírus, em habitantes da região de Ribeirão Preto, 202 soros foram testados por neutralização em camundongos, para o vírus Piry. Trata-se de um vesículo-vírus (Rhabdoviridae isolado em Belém do Pará, das vísceras de um marsupial e do sangue de um caso humano. O Piry é causa de doença humana aguda febril. Desconhece-se seus reservatórios animais, vetores e seu ciclo biológico. Os 202 soros testados foram obtidos por venopunção, de moradores adultos em áreas rurais e urbana da cidade de Ribeirão Preto. Os resultados mostraram prevalência de 14,3% de anticorpos neutralizantes para o vírus Piry. Conclui-se que infecções pelo Piry, ou outro agente antigenicamente relacionado, ocorram endemicamente nesta região.

  6. Comparação das técnicas de ELISA indireto e Imunofluorescência indireta na detecção de anticorpos anti-Neospora caninum em búfalas (Bubalus bubalis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro P. Silva

    2013-04-01

    Full Text Available Para comparar dois testes sorológicos na detecção de anticorpos anti-Neospora caninum em soros sanguíneos de búfalas, foram coletados amostras de 288 búfalas entre dois a dez anos de idade. Para identificar a presença de imunoglobulina G anti-N. caninum utilizou-se à reação de imunofluorescência indireta (RIFI, tendo o título 200 como ponto de corte, e o Ensaio Imunoenzimático indireto (ELISA-indireto, considerando-se positiva as amostras que obtiveram razão S/P>0,5. Observaram-se 153 (53,12% animais soropositivos para N. caninum, através da RIFI, enquanto que 50 (17,36% animais foram reagentes no ELISA. A ocorrência de anticorpos anti-N. caninum demonstram que o parasito esta circulando entre búfalas criadas no estado do Pará, sendo que ambos os teste de RIFI e ELISA podem ser utilizados para diagnosticar imunoglobulinas contra este agente. No entanto observou-se uma fraca correlação (Kappa=0,36 entre ambos os testes, considerando a RIFI como padrão ouro.

  7. Presença de anticorpo anti-Lutheran B em paciente com leucemia linfóide aguda Anti-Lutheran B in a patient with acute lymphoblastic leukemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Rosário F. Roberti

    2007-06-01

    Full Text Available Leucemias agudas necessitam de suporte hemoterápico para serem tratadas adequadamente. A presença do anticorpo anti-Lutheran B e a alta freqüência do antígeno em nossa população dificulta o tratamento de doenças hematológicas que necessitam de suporte transfusional, tais como a leucemia linfóide aguda (LLA. Alternativas de tratamento hemoterápico são abordadas neste artigo. Descreve-se o caso de uma paciente com LLA e anticorpo anti-Lutheran B. A dificuldade em encontrar sangue compatível levou os autores a adotarem estratégia conservadora no tratamento hemoterápico. O uso de eritropoetina e a adoção de protocolo quimioterápico individualizado viabilizaram os resultados obtidos.Acute leukemia needs hemotherapeutic support to be successfully treated. The Lutheran B antibody, specifically the high frequency of this antigen in our population, has made it difficult to treat hematological malignancies that need transfusional support, including acute lymphoblastic leukemia. Finding compatible blood is complex and so the authors adopted a conservative treatment strategy. The prescription of epoetin and an individualized chemotherapy protocol may improve results. We describe a case report of a patient with anti-Lutheran B antibody and how difficulties to find compatible blood were solved.

  8. Prevalência de anticorpos contra peptídeos cíclicos citrulinados na artrite idiopática juvenil The prevalence of anti-cyclic citrullinated peptide antibodies in juvenile idiopathic arthritis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra H. Machado

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar a presença de anticorpos contra peptídeos cíclicos citrulinados em uma coorte de pacientes com artrite idiopática juvenil. MÉTODOS: A presença de anticorpos contra peptídeos cíclicos citrulinados foi avaliada por ensaio imunoenzimático (ELISA no soro de pacientes com artrite idiopática juvenil com idade inferior a 18 anos, acompanhados no ambulatório de reumatologia pediátrica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, com tempo de diagnóstico de doença de, no mínimo, 6 meses. Também foi estudada a presença do fator reumatóide IgM e do fator antinuclear em células Hep-2 RESULTADOS: Foram analisadas amostras séricas de 45 pacientes com artrite idiopática juvenil. A presença de títulos elevados de anticorpos contra peptídeos cíclicos citrulinados foi encontrada somente no soro de uma criança (2%, a qual apresentava quadro de poliartrite com fator reumatóide reagente. CONCLUSÕES: O anticorpo contra peptídeos cíclicos citrulinados pode ser detectado em crianças com artrite idiopática juvenil, mas em freqüência muito inferior aos adultos com artrite reumatóide. Torna-se importante avaliar se anticorpos contra peptídeos cíclicos citrulinados podem identificar os pacientes com artrite idiopática juvenil com potencial de evolução para artrite reumatóide do adulto.OBJECTIVES: To assess the presence of anti-cyclic citrullinated peptide antibodies in a cohort of patients with juvenile idiopathic arthritis. METHODS: Anti-cyclic citrullinated peptide antibodies was tested for with an enzyme linked immunoabsorbent assay (ELISA in serum samples of patients from the Hospital de Clínicas de Porto Alegre, all less than 18 years old and with previous diagnosis for at least 6 months. IgMRF (rheumatoid factor and antinuclear antibodies in Hep-2 cells were also assayed. RESULTS: Serum samples were analyzed from 45 patients. The presence of high levels of anti-cyclic citrullinated peptide antibodies was found

  9. Anticorpos antifosfolípides em mulheres com antecedentes de perdas gestacionais: estudo caso-controle Antiphospholipid antibodies in women with recurrent pregnancy loss: a case-control study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olívia Lúcia Nunes Costa

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: determinar a prevalência de anticorpos antifosfolípides em mulheres com antecedentes de perdas gestacionais na população obstétrica em geral e verificar se os anticorpos antifosfolípides representam fator de risco para perdas gestacionais na população estudada. MÉTODOS: foi realizado um estudo caso-controle prospectivo com mulheres grávidas e não grávidas, atendidas numa maternidade pública entre março de 2003 e junho de 2004. As mulheres foram divididas em dois grupos de acordo com o passado obstétrico; 100 mulheres com antecedentes de perdas gestacionais de acordo com a definição estabelecida para o diagnóstico da síndrome antifosfolipídica e que não apresentassem outros fatores relacionados ao insucesso gestacional; 150 mulheres saudáveis com antecedentes de duas ou mais gestações bem sucedidas. A determinação do anticoagulante lúpico (AL foi feita mediante os testes de TTPA, dRVVT de triagem e dRVVT confirmatório. Para a pesquisa dos anticorpos anticardiolipina (aCL classes IgG e IgM foi utilizado o teste de ELISA. e os resultados semiquantitativos expressos em unidades GPL e MPL. RESULTADOS: o anticoagulante lúpico estava presente em 5% das pacientes-caso e 2% dos controles (p=0,27. Os anticorpos aCL IgG estavam presentes em 18% das pacientes-caso e 8,7% das pacientes-controle (p=0,028; OR=2,3; IC 95%=1-53. Na classe IgM, 5% de positividade para os casos e 1% para os controles (p=0,21. CONCLUSÕES: os anticorpos antifosfolípides (AL e/ou aCL IgG e/ou IgM foram mais prevalentes nas mulheres com perdas gestacionais (28% que na população obstétrica em geral (17%. As mulheres com aCL IgG têm duas vezes mais chance de ter perdas gestacionais que a população obstétrica em geral.OBJECTIVE: To determine the prevalence of antiphospholipid antibodies in women with pregnancy loss and verify if such antibodies represent a risk factor for pregnancy failure. METHODS: We performed a case-control study with

  10. Frequência de anticorpos antiparvovírus B19 em artrite reumatoide e lúpus eritematoso sistêmico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clemar Pereira da Silva

    2014-02-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar a frequência de anticorpos antiparvovírus B19 (B19 em pacientes com artrite reumatoide (AR e lúpus eritematoso sistêmico (LES, e a possível correlação da soropositividade anti-B19 com a atividade das doenças e a qualidade de vida. Pacientes e métodos: Foram utilizadas amostras séricas de 57 pacientes com AR, 45 com LES e 65 controles sadios. Empregou-se protocolo com dados clínicos, os índices Disease Activity Score 28 (DAS 28, Systemic Lupus Erythematosus Disease Activity Index (SLEDAI e Health Assessment Questionnaire (HAQ. Realizou-se a sorologia anti-B19 por ensaio imunoenzimático (ELISA. Resultados: A média de idade dos pacientes foi de 42,74 14,09 anos, e a dos controles foi de 38,38 13,42 anos.Tinham doença ativa 79 (77,5% pacientes, e doença inativa 23 (22,5%.Anti-B19 (IgG foi reagente em 49 (86,0% IC 95% (77,0 - 95,0% pacientes com AR, em 38 (84,4% IC 95% (73,9 - 95,0% com LES e em 40 (61,5% IC 95% (49,7 - 73,4% controles (p = 0,002. Anti-B19 (IgM foi reagente em 3 (5,3% IC 95% (0,0 - 11,1% pacientes com AR, em 7 (15,6% IC 95% (5,0 - 26,2% pacientes com LES e em 1 (1,5% IC 95% (0,0 - 4,5% controle (p = 0,011. Não houve correlação da reatividade anti-B19 com a atividade das doenças, os índices DAS 28, SLEDAI e HAQ. Conclusão: O presente estudo demonstrou que a população avaliada está exposta à infecção pelo B19, o que demanda atenção com suas manifestações, principalmente entre os pacientes que apresentam maior risco, como os imunossuprimidos.

  11. Prevalência do anticorpo da hepatite A em crianças e adolescentes com hepatopatia crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ferreira Cristina T.

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a prevalência de hepatite viral A (HVA em crianças e adolescentes portadores de doenças crônicas do fígado, em um serviço de hepatologia pediátrica. Métodos: entre maio de 1999 e fevereiro de 2001, foi estudada a prevalência de anticorpos anti-HVA total em 60 crianças e adolescentes, entre 1 e 16 anos de idade, portadoras de hepatopatias crônicas, provenientes da unidade de gastroenterologia pediátrica e programa de transplante hepático infantil do serviço de pediatria do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O anti-HVA, realizado através de um teste laboratorial comercialmente disponível em nosso meio (Abbott - MEIA HAVAB - sistema AXSYM, foi determinado e relacionado com a idade, com o sexo, com a cor, com o diagnóstico etiológico da hepatopatia e com a renda familiar dos pacientes. Resultados: apenas uma criança de 1 ano, portadora de atresia biliar, foi excluída do estudo por apresentar anti-HVA indeterminado, em duas ocasiões. Das 59 crianças restantes, 14 (24% apresentavam resultados positivos para o anti-HVA total. As idades dos pacientes com anti-HVA positivos variaram de 1 a 16 anos (x= 7,7 anos e mediana 8,5 anos. Não houve diferença significante entre idade, sexo e cor entre os grupos positivo e negativo. A renda familiar foi menor no grupo dos pacientes anti-HVA positivo, mas não mostrou diferença estatística significante. A diferença de prevalência de anti-HVA entre as etiologias das hepatopatias está, provavelmente, relacionada à idade mais do que ao diagnóstico. Conclusões: na população estudada, a maioria (76% das crianças e adolescentes portadoras de hepatopatias crônicas é suscetível à infecção pelo vírus A, podendo apresentar, portanto, um curso mais grave e complicações, se adquirirem HVA. Sugerimos, então, que esses pacientes devam receber a vacina inativada contra HVA.

  12. Testes de ELISA e vírus-neutralização na detecção de anticorpos contra o vírus da diarréia viral bovina no leite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego A.F. Sturza

    2011-11-01

    Full Text Available O sucesso na estratégia de controle e erradicação do vírus da diarréia viral bovina (BVDV, passa necessariamente pela identificação e eliminação dos animais persistentemente infectados (PI. Como esses animais excretam continuamente o vírus em suas secreções e excreções, a prevalência de anticorpos no rebanho, frequentemente é alta e com altos títulos. Devido a essas características, amostras de tanques coletivos de leite, foram submetidas a duas técnicas sorológicas, a fim de estabelecer a mais adequada na realização de triagem de rebanhos. Para isso, 767 amostras coletivas de leite foram submetidas à análise por um kit ELISA indireto (teste referência e pela técnica de vírus-neutralização (VNT adaptada (teste proposto. Devido aos efeitos tóxicos do leite sobre o cultivo celular, a adaptação consistiu no aumento do volume final na etapa de incubação celular. Foram positivas, 177 e 139 amostras no ELISA e na VNT, respectivamente. Com isso, a VNT adaptada apresentou uma sensibilidade de 76,8% e uma especificidade de 99,5%. O índice Kappa (k foi de 0,82, demonstrando uma ótima concordância entre as duas técnicas. A análise do coeficiente de correlação entre os valores de absorbância no ELISA (OD e os títulos de anticorpos na VNT nas amostras positivas, demonstrou uma positividade moderada (r = 0,57 com p < 0,05. No entanto, várias amostras com títulos altos na VNT apresentaram ODs moderadas ou baixas. Por outro lado, algumas amostras com títulos neutralizantes baixos apresentaram ODs altas. Como a presença de animais PI é sugerida por títulos neutralizantes ≥ 80, conclui-se que a técnica de VNT adaptada é mais adequada para a realização de triagem em amostras coletivas de leite quando objetiva-se detectar rebanhos com altos títulos de anticorpos.

  13. Anticorpos para os vírus da rubéola, do sarampo e da caxumba em crianças de São Paulo, Brasil Rubella, measles and mumps serum antibodies in children of S. Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Piza de Souza Carvalho

    1976-12-01

    Full Text Available Foram dosados anticorpos inibidores da hemaglutinação para o vírus da rubéola, do sarampo e da caxumba, em amostras de soro de 166 crianças de elevado nível sócio-econômico, com idade de 6 a 12 anos, que freqüentavam, em 1969, uma escola primária na cidade de São Paulo, Brasil. A per-centagem de soros positivos foi de 49,3% para a rubéola, 88,2% para o sarampo e 79,4% para a caxumba. Através de interrogatório junto aos pais, observou-se significativa correspondência entre antecedentes clínicos positivos para sarampo e caxumba e presença de anticorpos circulantes (95,3% e 91,7%, respectivamente. Houve grande discordância quando os antecedentes clínicos ou vacinais para sarampo e caxumba eram negativos: 51,8% e 61,4% destas crianças possuíam anticorpos circulantes. Quanto à rubéola, não foi possível fazer-se tal correlação, pois a maioria das mães não sabia dar informações sobre esta doença, no passado.One hundred and sixty high socio-economic level, 6-12 year old children, attending a primary school, were tested in 1969 for rubella, measles and mumps HI antibodies. A 49.3% positivity for rubella antibodies, 88.2% for measles and 79.4% for mumps were found. A good correlation was observed between a positive history of clinical disease in the past and detectable serum antibodies for measles and mumps (95.3% and 91.7%, respectively. Quite on the contrary was observed when the history of measles and mumps disease or immunization in the past were negative, as 51.8% and 61.4% of these children, respectively, presented antibodies. As regards rubella, no correlation was obtained as the great majority of the parents was unable to give information on this disease in the past.

  14. Detection of Cysticercus antigens and antibodies in cerbrospinal fluid of patients with chronic meningitis Detecção de antígenos e anticorpos de Cysticercus em fluido cerebrospinal de pacientes com meningite crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Subhash Chandra Parija

    2007-10-01

    Full Text Available Chronic meningitism is a less frequent manifestation of neurocysticercosis caused by Taenia solium cysticerci. In the present study we used Co-agglutination (Co-A, a simple and rapid slide agglutination test to detect specific Cysticercus antigen in the 67 cerebrospinal fluid (CSF samples from patients with chronic meningitis of unknown etiology. The results were compared with that of ELISA for detection of antibodies. Among these samples four (5.97% were positive for Cysticercus antigen by Co-A test and six (8.95% were positive for antibodies by ELISA. Two samples were positive by both Co-A and ELISA, two were positive only by Co-A and four were positive only by ELISA. In the present study, although Cysticercus antigen and antibodies were present in CSF samples from eight (11.94% patients, we cannot affirm that all the cases of chronic meningitis are due to cysticercosis, but for any case of chronic meningitis of unknown origin, it would be useful to consider the possibility of cysticercal meningitis.Meningite crônica é manifestação pouco freqüente de neurocisticercose causada por cisticerco de Taenia solium. No presente estudo utilizamos co-aglutinação (Co-A um teste simples e rápido de aglutinação para detectar antígeno específico de Cysticercus nas 67 amostras de fluido cerebrospinal (CSF de pacientes com meningite crônica de etiologia desconhecida. Os resultados foram comparados com os de ELISA para detecção de anticorpos. Dentre estas amostras quatro (5,97% foram positivas para antígenos de Cysticercus pelo teste Co-A e seis (8,95% foram positivas para anticorpos por ELISA. Duas amostras foram positivas por ambos Co-A e ELISA, duas foram positivas somente por Co-A e quatro foram positivas somente por ELISA. No presente estudo embora antígenos e anticorpos de Cysticercus estivessem presentes nas amostras de CSF de oito pacientes (11,94%, não podemos afirmar que todos os casos de meningite crônica sejam devidos

  15. Sclera-Specific and non-sclera-specific autoantibodies in the serum of patients with non-infectious anterior scleritis Auto-anticorpos contra antígenos específicos e não-específicos da esclera no soro de pacientes com esclerite anterior não-infecciosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wagner Koji Aragaki

    2007-06-01

    -sclera-specific autoantibodies were observed in patients with scleritis associated with autoimmune rheumatic disease and in patients with isolated scleritis.OBJETIVOS: estudar a freqüência e especificidade de auto-anticorpos contra antígenos específicos e não específicos da esclera no soro de pacientes com esclerite anterior não infecciosa. MÉTODOS: foi realizado estudo prospectivo envolvendo 25 pacientes examinados no Setor de Córnea e Doenças Externas do Departamento de Oftalmologia da Unifesp-EPM e no Laborat��rio de Imuno-Reumatologia da Unifesp-EPM, durante um ano. Os critérios de esclerite foram estabelecidos conforme a classificação de Watson e Hayreh (1976. Os critérios de exclusão foram as esclerites infecciosas. Todos os pacientes tiveram avaliações clínica e oftalmológica completas, incluindo exames laboratoriais para afastar doenças infecciosas como a sífilis e a tuberculose. Os seguintes auto-anticorpos foram testados: fator reumatóide, anticorpos antinucleares, anticorpos anticardiolipina, ANCA (anticorpos anticitoplasmáticos de neutrófilos, anti-SS-A/Ro, anti-SS-B/La, anti-Sm, anti-DNA e anti-APF (anticorpos antifator perinuclear. Para a pesquisa de auto-anticorpos contra antígenos específicos da esclera, o soro dos pacientes foi submetido à técnica de imunofluorescência indireta e Western-blot utilizando esclera humana obtida em banco de olhos, como substrato. Os soros de 25 pacientes hígidos foram utilizados como grupo controle nos testes imunológicos. RESULTADOS: auto-anticorpos contra antígenos não específicos da esclera foram detectados: um paciente com fator reumatóide positivo, dois pacientes com fator antinúcleo positivos, dois pacientes com anticorpos anticardiolipina positivos e dois pacientes com anti-APF. Auto-anticorpos contra antígenos específicos da esclera pela técnica de imunofluorescência indireta e Western-blot foram detectados no soro de dois pacientes com esclerite. Os dois pacientes com auto-anticorpos contra ant

  16. Absorção de anticorpos do colostro em bezerros: II. Estudo no intestino delgado distal Colostral antibodies absorption in calves: II. Distal small intestine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Bessi

    2002-11-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar a morfologia e determinar a localização da enzima fosfatase ácida na região distal do intestino delgado de bezerros, do nascimento ao fechamento intestinal, foram coletadas amostras de 15 animais machos em três idades: ao nascer sem que houvesse a ingestão de colostro; três horas após a ingestão da primeira refeição de colostro e aos três dias de idade. Observou-se, ao nascimento, a presença de um grande vacúolo, que dominava todo o citoplasma das células epiteliais do jejuno distal e íleo. Após a ingestão de colostro, verificou-se o acúmulo de material absorvido nesses vacúolos. Foi detectada a reação de fosfatase ácida nas células absortivas de bezerros recém-nascidos, antes e após a ingestão de colostro. Aos três dias de idade, uma nova população de células geralmente não vacuoladas, com sistema endocítico apical reduzido, foi observada recobrindo as vilosidades intestinais. Portanto, em bezerros a maturação do epitélio absortivo do intestino delgado distal pode iniciar-se com o aumento da atividade enzimática nos vacúolos absortivos, culminando com a rápida substituição das células fetais por células diferenciadas não pinocíticas, o que determinaria o término da transferência de anticorpos maternos.The localization of acid phosphatase at distal small intestine and its morphology were studied f0rom birth to intestinal closure from fifteen male dairy calves aged: unsuckled neonatal, three hours after colostrum ingestion and three days old. At birth, the presence of a large vacuole was found and it expanded all over the epithelial cells cytoplasm at distal jejunum and ileum. For colostrum fed calves, ingested material could be observed in the vacuole. The phosphatase acid reaction was detected in the absorptive cells of suckled and unsuckled newborn calves. Calves aged three days old, a new population of non-vacuolated cells and reduced apical endocytic system were found

  17. Modulation of parasitemia and antibody responce to Trypanosoma cruzy by cyclophosphamide in Calomys callosus (Rodentia, Cricetidae Modulação da parasitemia e da resposta de anticorpos ao Trypanosoma cruzi pela ciclofosfamida em Calomys callosus (Rodentia, Cricetidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monamaris Marques Borges

    1992-02-01

    Full Text Available Calomys callosus a wild rodent, previously described as harboring Trypanosoma cruzi, has a low susceptibility to infection by this protozoan. Experiments were designed to evaluate the contribution of the immune response to the resistance to T. cruzi infection exhibited by C. calossus. Animals were submitted to injections of high (200 mg/kg body weight and low (20 mg/kg body weight doses of cyclophosphamide on days -1 or -1 and +5, and inoculated with 4 x 10³ T. cruzi on day O. Parasitemia, mortality and antibody response as measured by direct agglutination of trypomastigotes were observed. Two hundred mg doses of cyclophosphamide resulted in higher parasitemia and mortality as well as in suppression of the antibody response. A single dose of 20 mg enhanced antibody levels on the 20th day after infection, while an additional dose did not further increase antibody production. Parasitemia levels were not depressed, but rather increased in both these groups as compared to untreated controls. Passive transfer of hyperimmune C. callosus anti-T. cruzi serum to cyclophosphamide immunosuppressed animals resulted in lower parasitemia and mortality rates. These results indicate that the immune response plays an important role in the resistance of C. callossus to T. cruzi.Calomys-callosus, roedor silvestre, que já foi encontrado naturalmente infectado pelo Trypanosoma cruzi, tem baixa suscetibilidade à infecção experimental por este protozoário. Foram feitos experimentos para avaliar a contribuição da resposta imune a essa baixa suscetibilidade. Animais foram submetidos a injeção de doses altas (200 mg/kg peso corporal ou doses baixas (20 mg/kg peso corporal de ciclofosfamida nos dias -1 ou -1 e +5, e inoculados com 4 x 10³ T. cruzi no dia O. Observou-se a curva de parasitemia, mortalidade e resposta de anticorpos medida por aglutinação direta de tripomastigotas. Doses de 200 mg resultaram em parasitemia e mortalidade mais elevada e supress

  18. Anticorpo contra o vírus C da hepatite em pacientes sob programa de hemodiálise em Salvador, BA, Brasil Anti-HCV in patients undergoing hemodialysis in Salvador, BA, Brazil

    OpenAIRE

    Santana, Genoile Oliveira; Cotrim, Helma P.; MOTA Eduardo; Paraná, Raymundo; Nelma Pereira SANTANA; Luiz LYRA

    2001-01-01

    Racional - A prevalência da infecção pelo vírus da hepatite C em pacientes sob programa de hemodiálise tem sido amplamente variável. Objetivos -- Determinar a prevalência do anticorpo contra o vírus C da hepatite (anti-VHC) em pacientes sob hemodiálise em Salvador, BA e sua associação com transfusão de sangue, duração de hemodiálise e elevação de alaninoaminotransferase. Métodos - Durante um período de 17 meses, foram avaliados todos os pacientes em programa de hemodiálise, totalizando 395 in...

  19. Envolvimento mucocutâneo no lúpus eritematoso sistêmico e sua associação com auto-anticorpos Mucocutaneous involvement in systemic lupus erythematosus and its association with autoantibodies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Bachtold Machado

    2008-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: As manifestações mucocutâneas são comuns em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico,podendo assumir espectro bastante variado. OBJETIVOS: Estudar a prevalência de lesões mucocutâneas no lúpus eritematoso sistêmico e verificar suas possíveis associações com auto-anticorpos. MÉTODOS: Submeteram-se 113 pacientes com lúpus eritematoso sistêmico a anamnese dirigida para envolvimento mucocutâneo e exame ectoscópico. Seus prontuários foram examinados para dados demográficos e perfil de auto-anticorpos como anti-Ro/SS-A, antiLa/SS-B, antiDNA e anti-Sm. RESULTADOS: Os achados mais prevalentes foram os de fotossensibilidade (83,1%, alopecia (65,4%, eritema em vespertílio(54,3% e fenômeno de Raynaud (53,9%. Em 46,9% existia algum tipo de queixa mucocutânea no momento do diagnóstico da doença. Encontrou-se associação entre a ocorrência de lúpus cutâneo subagudo e presença do anti-Ro/SSA (p = 0,03, do fenômeno de Raynaud e o anticorpo anti-Sm (p = 0,05 e do eritema em vespertílio e o anticorpo antiDNA (p = 0,03. CONCLUSÃO: Os achados mucocutâneos estão presentes na maioria dos pacientes com lúpus sistêmico, existindo em aproximadamente metade deles no momento do diagnóstico. As lesões mais comuns foram fotossensibilidade, alopecia, eritema em vespertílio e fenômeno de Raynaud.BACKGROUND: Mucocutaneous manifestations are very common in systemic lupus erythematosus and vary widely. OBJECTIVES: To study the prevalence of mucocutaneous lesions in systemic lupus erythematosus and to verify their possible association with autoantibodies. METHODS: One hundred and thirteen patients with systemic lupus erythematosus underwent clinical history directed to skin disorders and ectoscopic examination. Their charts were reviewed for demographic data and autoantibody profile (anti-Ro/SS-A, anti-La/SS-B, anti-DNA and anti-Sm. RESULTS: The most prevalent findings were photosensitivity (83.1%, alopecia (65.4%, butterfly

  20. Obtenção de anticorpos policlonais contra proteínas presentes em plantas afetadas pela anomalia declínio dos citros Production of antibodies against proteins expressed in plants affected by citrus blight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sanzio Carvalho Lima Barrios

    2006-10-01

    Full Text Available O declínio dos citros, uma anomalia de etiologia desconhecida, continua sendo um dos entraves para o setor citrícola, uma vez que não existem medidas de prevenção e controle para as plantas acometidas pela anomalia. Para a caracterização e estudo da anomalia, muita ênfase tem sido dada à mudança na expressão gênica de plantas afetadas, que culmina no acúmulo de proteínas. Proteínas totais extraídas dos vasos do xilema de raízes de plantas afetadas pela anomalia, quando separadas por eletroforese no sistema SDS-PAGE 12,5%, apresentam um perfil eletroforético contendo proteínas com massas moleculares de cerca de 21, 23, 31 e 42 kDa, sendo que plantas consideradas sadias apresentam proteínas de 21, 31 e 42 kDa. Com este trabalho objetivou-se obter anticorpos contra essas proteínas, bem como a titulação adequada para os mesmos. Duas inoculações subcutâneas foram realizadas em coelhos, espaçadas de 15 dias, ambas usando cerca de 120 µg de proteína isolada, sendo que cada coelho recebeu uma proteína específica, visando à produção de anticorpos. A primeira sangria foi realizada aos 21 dias após a primeira inoculação e as demais semanalmente. A técnica Western Blotting foi realizada para a confirmação da especificidade dos anticorpos, bem como para determinação das respectivas titulações. O título 1:1500 foi aquele que proporcionou maior especificidade para as proteínas de 21, 23 e 31 kDa. Para a proteína de 42 kDa a melhor titulação foi de 1:3000. Estes anticorpos poderão ser utilizados em estudos para caracterização dessas proteínas.Citrus blight, an abnormality of unknown etiology, is a major problem in citrus production, since there are no prevention and control measures to be taken. In order to characterize this abnormality, changes in genetic expression of the affected plants have exhaustedly been studied. Crude proteec extract obtained from the root xylem of the abnormal plants, when separated

  1. Gangrena de pavilhão auricular como primeira manifestação de síndrome do anticorpo antifosfolípide Gangrene of the auricle as the first sign of antiphospholipid antibody syndrome

    OpenAIRE

    Erika Bettini de Sá; Adson da Silva Passos; Mariana Cecconi; Maria Lourdes Peris Barbo; José Eduardo Martinez; Gilberto Santos Novaes

    2011-01-01

    A síndrome do anticorpo antifosfolípide (SAF), mais comum em mulheres, manifesta-se clinicamente como trombose e/ou abortamentos de repetição. Anemia hemolítica autoimune e manifestações neurológicas, cardíacas e cutâneas são comuns. Relata-se o caso de um paciente do gênero masculino cuja manifestação inicial da doença foi gangrena em pavilhão auricular, e o diagnóstico de SAF se deu por meio de biópsia de pele do membro inferior, que mostrava vasculopatia trombótica, sem evidência de vascul...

  2. Toxoplasma gondii antibodies on domiciled cats from Lages municipality, Santa Catarina State, Brazil Anticorpos contra Toxoplasma gondii em gatos domiciliados no município de Lages, Santa Catarina, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Dalla Rosa

    2010-12-01

    Full Text Available Sera were collected from 300 domiciled cats from the municipality of Lages, Southern Brazil, to determine the prevalence of Toxoplasma gondii antibodies and risk factors associated. Tests for T. gondii antibodies were performed using indirect immunofluorescent antibody test (IFAT. Positive reactions with titers >1:64 were found in 43 (14.33% cats. A significant number of seropositive cats were >6 month old (p = 0.03758 and had access to the streets or/and rural areas (p = 0.04185. The results indicate that T. gondii is widespread in cats in Lages with a prevalence of 14.33%.Amostras de sangue foram obtidas de 300 gatos domiciliados para determinar a prevalência de anticorpos contra Toxoplasma gondii e possíveis fatores de risco. A detecção de anticorpos da classe IgG foi realizada por meio da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI. Reações positivas com títulos >1:64 foram encontradas em 43 (14,33% gatos. Os títulos encontrados variaram de 1:64 a 1:4096, sendo que 19 animais (44,19% tiveram titulação de 1:64, 18 animais (41,86% com 1:256, cinco animais (11,63% com 1:1024 e um animal (2,32% teve titulação de 1:4096. Foi verificada correlação entre soropositividade dos felinos ao T. gondii e idade (p = 0,03758 e com o acesso à rua e/ou zona rural (p = 0,04185. Os resultados indicam que T. gondii está disseminado entre os gatos domiciliados de Lages, Estado de Santa Catarina, Brasil, com uma prevalência de 14,33%.

  3. Freqüência de indivíduos com anticorpos sericos anti-Cysticercus cellulosae em cinco Municípios do Estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelaide José Vaz

    1990-06-01

    Full Text Available Considerando a importância da cisticercose humana em Saúde Pública, foi estudada a freqüência de positividade da detecção de anticorpos anti-Cysticercus cellulosae em 1.264 amostras de soro, assim distribuídas: Grupol-1.064 de indivíduos da população geral (821 adultos e 243 crianças residentes em cinco municípios do Estado de São Paulo (São Paulo, Presidente Prudente, Santos, Campinas e Marília, Brasil; Grupo 11-200 de pacientes adultos internados em hospital psiquiátrico (Presidente Prudente. Para a pesquisa dos anticorpos séricos foi empregado o teste ELISA utilizando como suporte discos de tecido-resina. No Grupo I foram encontrados 18 (2,30% soros reagentes entre as amostras de adultos, e 2 (0,82% entre as das crianças; entre os doentes psiquiátricos, Grupo II, a freqüência de positividade foi de 5 %, significativamente maior (p Considering the important health public problem that human cysticercosis represents, the frequency of anti-Cysticercus cellulosae antibodies was studied in 1,264 serum samples, 1,064 being from the general population individuals (821 adults and 243 children living in five municipalities of São Paulo State, Brazil; and 200 from patients admitted to the Psychiatric Hospital Bezerra de Menezes (Presidente Prudente. Discs of synthetic fabric-resin with the Among the sera from adults, nineteen (2,30% were valently bound were employed for ELISA tests. Among the sera from adults, mineteen (2.30% were reactive 2 (0.82% among the childrens sera. Ten (5.00% among the psychiatric patients sera presented reactivity. This was significantly higher than that observed for the adults of the general population group (p < 0.05.

  4. Anticorpos contra Toxoplasma gondii em estudantes de medicina veterinária de Campo Grande, MS, Brasil Antibodies to Toxoplasma Gondii in veterinary medicine students of Campo Grande, MS, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flábio Ribeiro de Araújo

    2000-12-01

    Full Text Available Amostras de soro obtidas de estudantes do curso de Medicina Veteriná ria da Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal, Campo Grande, MS, Brasil, foram examinadas para a presença de anticorpos contra Toxoplasma gondii. Dos 145 soros testados, 44 (30,34% foram positivos na hemaglutinação, com título igual ou superior a 1:16. Não foram observadas associações entre as caracterí sticas epidemiológicas examinadas, tais como hábitos alimentares (ingestão de carne bovina crua ou malpassada, vegetais crus/não lavados, produtos lácteos não pasteurizados ou contato constante com cães e a presença de anticorpos contra T. gondii, exceto pelo percentual significativamente maior de estudantes soropositivos que relataram ter contato freqüente com gatos (P=0,03.Serum samples obtained from students of the School of Veterinary Medicine, Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal, Campo Grande, MS, Brazil, were examined for Toxoplasma gondii gondii antibodies. Serum samples from 44 (30.34% of the 145 veterinary students examined were positive on the hemagglutination test, yielding a titer of 1:16 or greater. There were no relations between the epidemiological characteristics examined, such as food habits (eating of raw or rare-cooked cattle meat, raw/uncleaned vegetables, unpasteurized dairy products, frequent contact with dogs and the presence of T. gondii antibodies, except for a significantly higher percentual of seropositive students that reported frequent contact with cats (P=0.03.

  5. Frequency of antiphospholipid antibodies in patients with infectious diseases using three different ELISA methods Freqüência de anticorpos antifosfolípides em pacientes com doenças infecciosas usando três diferentes testes de ELISA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mittermayer Barreto Santiago

    2006-02-01

    anticorpos anticardiolipina (aCL é o mais importante teste para o diagnóstico da síndrome antifosfolipídica (SAF. Entretanto esse teste também pode ser positivo em algumas doenças infecciosas. Tem sido sugerido que a detecção de anticorpos para uma mistura de fosfolípides ou para beta2-glicoproteína I (beta2-GP I teria uma maior especificidade para a SAF que o teste de ELISA-padrão para aCL. O objetivo do presente estudo é comparar a especificidade de três testes para anticorpos antifosfolípides (aFL em pacientes com doenças infecciosas. MÉTODOS: Anticorpos antifosfolípides foram pesquisados por três técnicas de ELISA, ou seja, o teste-padrão para aCL, o kit de ELISA APhL® e o teste para anti-beta2-GP I em pacientes com doenças infecciosas, tais como sífilis (69, leptospirose (33 e Calazar (30. RESULTADOS: A freqüência de positividade de aFL da classe IgG em pacientes com sífilis, leptospirose e Calazar foi de 13/69 (19%, 9/33 (27% e 2/30 (6%, respectivamente, com o ELISA-padrão para aCL versus 1/69 (1,4%, 0/33 (0% e 0/30 (0% com o kit de ELISA APhL®. A positividade do isotipo IgM foi de 10/69 (14%, 4/33 (12% e 1/30 (3%, respectivamente, com o ELISA-padrão para aCL, e 1/69 (1,4%, 0/33 (0% e 0/30 (0% com o kit de ELISA APhL®. Anticorpos da classe IgG contra beta2GPI foram detectados em 14/69 casos de sífilis (20%, 6/33 casos de leptospirose (18% e 16/30 casos de Calazar (53%. Assim, o kit de ELISA APhL® apresentou uma maior especificidade: 97% (95% CI: 92%-99% comparado com 81% (95% CI: 74%-87% para o teste de aCL-padrão e 72% (95% CI: 64%-79% para o teste de anticorpos anti-beta2 GPI. CONCLUSÕES: O kit de ELISA APhL® parece ser mais específico para a SAF que o ELISA-padrão para aCL, assim como o teste para anti-beta2GPI. Esse kit pode ser usado para ajudar no diagnóstico e na confirmação da SAF.

  6. Desempenho diagnóstico e associações clínicas dos anticorpos contra componentes da cromatina no lúpus eritematoso sistêmico juvenil Diagnostic performance and clinical associations of antibodies to the chromatin antigenic system in juvenile systemic lupus erythematosus

    OpenAIRE

    Silene Peres Keusseyan; Neusa Pereira da Silva; Maria Odete Esteves Hilário; Eunice Mitiko Okuda; Maria Teresa S. L. R. Ascenção Terreri; Luis Eduardo Coelho Andrade

    2012-01-01

    OBJETIVOS: Determinar a frequência de anticorpos contra componentes da cromatina no lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ) e correlacionar a presença desses autoanticorpos com manifestações clínicas e atividade da doença. MÉTODOS: Os anticorpos anticromatina (anti-CHR), antinucleossomo (anti-NCS) e anti-dsDNA foram medidos em 175 indivíduos, incluindo 37 pacientes com LESJ ativo e 41 com doença inativa, 47 com doenças autoimunes não lúpicas, e 50 crianças saudáveis. Um teste ELISA in hous...

  7. Prevalence of serological markers for celiac disease (IgA and IgG class antigliadin antibodies and IgA class antiendomysium antibodies in patients with autoimmune rheumatologic diseases in Belo Horizonte, MG, Brazil Pesquisa de anticorpos antigliadina (classes IgA e IgG e anticorpos antiendomísio classe IgA, em pacientes com doenças reumatológicas autoimunes em Belo Horizonte, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor de Barros Koehne

    2010-09-01

    to AGA IgA optical density readings or AGA IgG readings. These drugs were associated with fewer positive EmA tests. CONCLUSIONS: Positive AGAA, AGAG or EmA results are probably nonspecific for the presence of celiac disease among autoimmune rheumatologic disease patients. The intake of prednisone and immunosuprressant drugs seems to reduce the prevalence of IgA EmA, but it does not interfere with antigliadin antibodies tests.Further studies are required to estimate more accurately the prevalence of this disease in rheumatologic patients.CONTEXTO: Tanto os pacientes com doenças reumatológicas autoimunes quanto os com doença celíaca costumam apresentar vários tipos de autoanticorpos, muitos deles ainda sem papel definido na etiopatogênese dessas afecções. Apesar de tratar-se de assunto controverso, é bastante citada na literatura a maior prevalência da doença celíaca em diversos grupos de pacientes reumatológicos. OBJETIVO: Investigar a prevalência de marcadores sorológicos positivos para doença celíaca: anticorpos antigliadina (AGA classes IgA e IgG (AGAA e AGAG e anticorpos antiendomísio classe IgA (EmA, em pacientes com doenças reumatológicas autoimunes. Procurou-se também avaliar a correlação entre a positividade dos testes sorológicos com o uso de prednisona e de medicamentos imunossupressores. MÉTODOS: Foram avaliados 190 pacientes adultos e pediátricos com doenças reumatólogicas variadas (lúpus eritematoso sistêmico, artrite reumatóide, artrite reumatóide juvenil e espondiloartropatias. Em todos foram realizadas pesquisas de AGAA e AGAG e de EmA, encaminhando-se os casos positivos para biopsias endoscópica duodenal e estudos histológicos. RESULTADOS: Houve quatro soros positivos (2,1% para AGAA, todos com resultados negativos para AGAG e EmA. Três soros (1,6% tiveram resultados positivos para AGAG, todos com resultados negativos para AGAA e EmA. Na pesquisa de EmA, a diluição do soro em 1:2,5 mostrou resultados positivos em

  8. Trombose da artéria renal e síndrome do anticorpo antifosfolípide: um relato de caso Renal arterial thrombosis and the antiphospholipid antibody syndrome: a case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia S. Macedo

    2001-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: descrever um caso clínico raro na infância, com achados clínicos da síndrome do anticorpo antifosfolípide. DESCRIÇÃO: criança, sexo masculino, com 2 anos e 6 meses de idade, com insuficiência renal, trombose da artéria renal e diagnóstico de síndrome do anticorpo antifosfolípide, foi internada com dor abdominal, palidez, letargia e anúria há 36 horas. Ao exame físico, apresentava-se desnutrida, com hipertensão arterial severa, edema moderado e dor em hipocôndrio. Os achados laboratoriais incluíram: uréia=112mg/dl; creatinina plasmática=4,5 mg/dl; pH sangüíneo=7,47; bicarbonato sangüíneo=12,8 mmol/L; K=7,2 mEq/L. A diálise peritoneal foi iniciada e mantida por 11 dias. Após 7 semanas de evolução, o paciente ainda necessitava de droga anti-hipertensiva e a função renal estava anormal. A biópsia renal revelou infarto renal anêmico; ultra-sonografia renal com doppler, fluxo sangüíneo renal ausente no lado direito, e a arteriografia mostrou oclusão total da artéria renal direita. A pesquisa de doenças do colágeno foi negativa. Foi realizada nefrectomia à direita obtendo-se normalização da pressão arterial. Aos 5 anos e 8 meses, foi novamente hospitalizada com quadro de crises de ausência e dores abdominais e precordiais. A dosagem do anticorpo anticardiolipina foi positiva. Atualmente aos 7 anos, está em seguimento ambulatorial, assintomática e com dosagens negativas do anticorpo anticardiolipina. COMENTÁRIOS: as observações deste caso mostram que crianças com quadro de trombose arterial, mesmo na ausência de doenças do colágeno, devem ser investigadas para uma possível associação com a síndrome do anticorpo antifosfolípide.OBJECTIVE: to describe an unusual case with clinical features of the antiphospholipid syndrome. DESCRIPTION: white child, two years and six months old, with renal failure, renal arterial thrombosis, and diagnosis of antiphospholipid syndrome was hospitalized with

  9. Titration of serum anti-ganglioside antibodies in patients with chronic medular injury previous to treatment with GM1 ganglioside Titulação de anticorpos anti-gangliosídeos no soro de pacientes com lesão medular crônica e precedendo tratamento com gangliosídeo GM1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tarcísio Eloy Pessoa Barros Filho

    2003-04-01

    Full Text Available Anti-ganglioside serum titers were evaluated by ELISA in 150 patients with complete spinal cord lesion for 6 to 12 months (IgG monosialo GM1, IgM monosialo GM1, IgG asialo GM1, IgM asialo GM1, IgG disialo GD1b e IgM disialo GD1b prior to treatment with GM1 100 mg/day i.m. Only 4 patients showed positive titers for anti-asialo-GM1 (IgM antibodies . All patients were clinically examined during and after treatment. No important side effects were observed with GM1 therapy. These results suggest that GM1-ganglioside administration in patients with chronic spinal cord injury is safe.Soro de 150 pacientes com lesão medular completa com 6 a 12 meses de duração foi analisado para titulação de anticorpos anti-gangliosídeos pelo método ELISA (IgG monosialo GM1, IgM monosialo GM1, IgG asialo GM1, IgM asialo GM1, IgG disialo GD1b e IgM disialo GD1b. Somente 4 pacientes apresentaram títulos elevados de anticorpos contra asialo GM1 (IgM. Os demais apresentaram níveis de anticorpos abaixo dos valores de referência e foram todos tratados com GM1 na dose de 100 mg por dia i.m. Todos os pacientes foram acompanhados clinicamente durante e após o tratamento com GM1. Não foram observados efeitos adversos importantes com a medicação. O tratamento de pacientes lesados medulares crônicos com o gangliosídeo GM1 mostrou-se seguro, nos pontos sem positividade sorológica para anticorpos anti-GM1 .

  10. Freqüência de anticorpos anti-Erhlichia canis, Borrelia burgdorferi e antígenos de Dirofilaria immitis em cães na microrregião Ilhéus-Itabuna, Bahia, Brasil Frequency of antibodies anti-Ehrlichia canis, Borrelia burgdorferi and Dirofilaria immitis antigens in dogs from microrregion Ilhéus-Itabuna, State of Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata S.A. Carlos

    2007-09-01

    Full Text Available Para avaliação de positividade para antígenos de Dirofilaria immitis, anticorpos anti-Borrelia burgdorferi e anti-Ehrlichia canis foram coletadas 200 amostras de sangue de cães, 100 no município de Ilhéus e 100 no de Itabuna. Foi utilizado o "kit" Snap 3DX (IDEXX Laboratories para realização das sorologias. Não se observou nenhum animal positivo para antígenos de D. immitis. Apenas dois dos cães estavam positivos para anticorpos anti-B. burgdorferi. Do total de amostras analisadas, 72 (36% estavam positivas para anticorpos anti-E. canis, sendo 43 em Ilhéus e 29 em Itabuna (p=0,027.In order to detect the positivity to antigens of Dirofilaria immitis, antibodies anti-Borrelia burgdorferi and anti-Ehrlichia canis, 200 canine blood samples were collected as followed: 100 from the municipality of Ilhéus and 100 from Itabuna, State of Bahia. The kit Snap 3DX (IDEXX Laboratories was used to performe serology. None of the tested animals were positive for antigens of D. immitis. Only two dogs of them were positive for antibodies anti-B. burgdorferi. From all the samples analyzed, 72 (36% were positive for antibodies anti-E. canis, 43 from Ilhéus and 29 from Itabuna (p=0,027.

  11. Desempenho diagnóstico e associações clínicas dos anticorpos contra componentes da cromatina no lúpus eritematoso sistêmico juvenil Diagnostic performance and clinical associations of antibodies to the chromatin antigenic system in juvenile systemic lupus erythematosus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silene Peres Keusseyan

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a frequência de anticorpos contra componentes da cromatina no lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ e correlacionar a presença desses autoanticorpos com manifestações clínicas e atividade da doença. MÉTODOS: Os anticorpos anticromatina (anti-CHR, antinucleossomo (anti-NCS e anti-dsDNA foram medidos em 175 indivíduos, incluindo 37 pacientes com LESJ ativo e 41 com doença inativa, 47 com doenças autoimunes não lúpicas, e 50 crianças saudáveis. Um teste ELISA in house foi desenvolvido com nucleossomos purificados a partir de timo de bezerro para determinar os anticorpos IgG e IgG3 anti-NCS. Anti-CHR e anti-dsDNA foram detectados por kits comerciais de ELISA (INOVA. RESULTADOS: Anticorpos anti-NCS e anti-CHR exibiram não só uma alta especificidade para LESJ, mas também uma frequência semelhante em LESJ ativo e inativo. Os níveis séricos de anti-CHR e IgG/IgG3 anti-NCS não diferiram entre LESJ ativo e inativo. Houve correlação entre o SLEDAI e os anticorpos anti-dsDNA, mas não com os anticorpos contra outros componentes da cromatina. Houve associação de anticorpos anti-dsDNA, anti-CHR e IgG/IgG3 anti-NCS com proteinúria e baixos níveis séricos de C4. Foram observados anticorpos anti-NCS em 14% dos pacientes com LESJ na ausência de anticorpos anti-dsDNA. CONCLUSÕES: Nossos dados indicam que os anticorpos anti-NCS e anti-CHR são marcadores diagnósticos relevantes para LESJ e parecem estar correlacionados com a atividade da nefrite lúpica no LESJ. O anticorpo IgG3 anti-NCS não parece ser mais relevante como marcador de atividade da doença ou nefrite ativa no LESJ em comparação ao anticorpo IgG anti-NCS.OBJECTIVES: To determine the frequency of antibodies to chromatin components in juvenile systemic lupus erythematosus (JSLE, and to correlate the presence of these autoantibodies with clinical manifestations and disease activity. METHODS: Anti-chromatin (anti-CHR, anti-nucleosome core

  12. Teste imunoenzimático (enzyme-linked immunosorbent assay para diagnóstico da cisitcercose bovina e estudo da cinética de produção de anticorpos contra-Cysticercus bovis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Minozzo João Carlos

    2004-01-01

    Full Text Available Um teste de ELISA indireto (ENZYME-LINKED IMMUNOSORBENT ASSAY foi desenvolvido para pesquisa de anticorpos contra-C. bovis em bovinos experimental e naturalmente infectados. Foram estudados três antígenos: antígeno parcial de C. cellulosae, antígeno total de C. bovis e antígeno total de C. longicollis. Na padronização do ELISA foram analisadas as seguintes combinações: antígeno 250 e 500ng de proteína/cavidade, diluição dos soros 50, 100, 200 e 400 vezes, diluição do conjugado (IgG de cabra anti-IgG bovina conjugada com peroxidase 400 e 800 vezes. Do cruzamento das condições acima resultou a seguinte padronização: antígeno 250ng/cavidade, soro e conjugado diluídos 100 e 400 vezes, respectivamente. O nível de corte (cut-off da reação entre animais reagentes e não reagentes foi determinado pela média das densidades óticas de 54 soros negativos acrescidas de três desvio-padrão, resultando no valor de 0,303. Através da prova ELISA foram comparadas as reatividades dos antígenos parcial de C. cellulosae, total de C. bovis e total de C. longicollis com soros de bovinos portadores de cisticercose, empregando as diluições de soros e de conjugados padronizados anteriormente. O antígeno de C. bovis mostrou alta correlação com o teste padronizado com C. cellulosae. Entretanto, os valores de absorbância foram sensivelmente menores. Com C. longicollis observou-se reatividade bastante baixa, porém aumentando-se a quantidade de antígeno, até 3000ng/cavidade, houve um aumento proporcional da resposta. Após a padronização do teste foi analisado o comportamento imunológico de bezerros infectados experimentalmente com ovos de Taenia saginata. Dez bezerros foram infetados oralmente com 2 x 104 ovos de T. saginata. Seis bezerros não infetados foram usados como controle. Treze amostras de soro de cada animal foram analisadas. A primeira foi colhida no dia da infecção e o restante, quinzenalmente até o abate. A produ

  13. Seroprevalence of IgG antibodies against Anaplasma marginale in cattle from south Mozambique Soroprevalência de anticorpos de classe IgG contra Anaplasma marginale em bovinos da região Sul de Moçambique

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    António Amélia Mucalane Tembue

    2011-12-01

    Full Text Available The current study aimed to investigate the seroprevalence of IgG antibodies to Anaplasma marginale in cattle from Maputo, Gaza and Inhambane provinces, south Mozambique. A total of 809 serum samples from cattle were obtained and tested by indirect enzyme-linked immunosorbent assay (i-ELISA. The chi-square test at 5% significance was used to assess the association between seroprevalence and the variables gender, age and geographic origin of animals. The overall seropositivity was 76.5% (n = 619 and anti-A. marginale antibodies were detected in 89.1% (n = 156, 68.4% (n = 308 and 84.2% (n = 155 of the animals in the provinces of Maputo, Gaza and Inhambane, respectively. A significant association (p 12 and 24 and 36 months, respectively. These results indicate that in southern Mozambique there are areas of enzootic stability to A. marginale. Thus, epidemiological monitoring is required to monitor the immune status of animals in the region.O objetivo do presente estudo foi investigar a soroprevalência de anticorpos da classe IgG contra Anaplasma marginale em bovinos de corte da região Sul de Moçambique. Para esse efeito, 809 amostras de soro foram coletadas e avaliadas pelo ensaio imunoadsorção enzimático indireto (ELISA-i. O teste Qui-Quadrado, a 5% de significância, foi utilizado para avaliar a associação entre a soroprevalência e as variáveis sexo, idade e origem geográfica dos animais. A soropositividade geral foi de 76,5% (n = 619, e anticorpos anti-A. marginale foram detectados em 89,1% (n = 156, 68,4% (n = 308 e 84,2% (n = 155 dos animais nas províncias de Maputo, Gaza e Inhambane, respectivamente. Uma associação significativa (p 12 a 24 36 meses, respectivamente. Os resultados demonstram que, no Sul de Moçambique, existem áreas de estabilidade enzoótica para A. marginale, em animais maiores de 12 meses. Assim, monitoramento epidemiológico deve ser realizado para o acompanhamento do status imunológico dos animais na região.

  14. Seroprevalence of antibodies to Neospora caninum in dogs in the state of Alagoas, Brazil Soroprevalência de anticorpos anti-Neospora caninum em cães no estado de Alagoas, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Evódia de Sousa

    2012-09-01

    Full Text Available This study investigated occurrences of antibodies to anti-Neospora caninum in dogs in the state of Alagoas, Brazil, and the risk factors associated with the infection. To investigate antibodies against N. caninum, an indirect immunofluorescence antibody test (IFAT was used. To identify risk factors associated with infection by N. caninum, univariate analyses on variables of interest were conducted. The study analyzed 237 samples from dogs of both sexes and different breeds and ages, both from rural and from urban areas. Ten animals (4.2% were seropositive: five (4.8% from rural areas and five (3.8% from urban areas. Regarding sex, five (4.0% were male and five (4.5% were female. In relation to breed, four animals of undefined breed and six of defined breed were positive. The ages of the seropositive animals ranged from two months to eleven years. Results show there are no significant associations between seropositivity and the variables analyzed. Results indicate neosporosis must be included in differential diagnosis of dog neurological disorders.Investigou-se a ocorrência de anticorpos anti-Neospora caninum em cães no Estado de Alagoas, Brasil e os fatores de risco associados à infecção. Para a pesquisa de anticorpos contra N. caninum empregou-se a Reação de Imunofluorescênica Indireta (RIFI. Para identificar os fatores de risco associados à infecção pelo N. caninum foi realizada análise univariada das variáveis de interesse. Foram analisadas 237 amostras de cães de ambos os sexos, diferentes raças e idades e procedentes de áreas urbanas e rurais. Obteve-se 10 (4,2% animais soropositivos, sendo cinco (4,8% de áreas rurais e cinco (3,8% de áreas urbanas. Com relação ao sexo, cinco (4,0% eram machos e cinco (4,5% fêmeas. Quanto às raças foram positivos quatro animais de raças indefinidas e seis de raças definidas. As idades dos animais soropositivos variaram de dois meses a 11 anos. Os resultados da análise estat

  15. Performance comparison between broilers positive and negative for antibodies against the chicken anemia virus Comparação de desempenho entre frangos positivos e negativos para anticorpos contra o vírus da anemia das galinhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lauricio Librelotto Rubin

    2003-11-01

    Full Text Available The chicken anemia virus (CAV is present in virtually every country investigated, Brazil including. The aim of this study was to determine what the difference in performance is between positive (progeny of breeders vaccinated or with natural infection and negative broilers to the presence of antibodies against the CAV in currently intensive raising systems. As a result, it was observed that negative broilers were significantly heavier than positive broilers. Negative males had a final weight 5.43% higher than positive males. There was no significant difference among different treatments in relation to parameters as mortality and feeding conversion. These study indicated that the presence of antibodies against CAV in broilers - may it be through vaccination or natural infection of breeders - did not generate progeny with superior performance under the tested raising conditions.O vírus da anemia das galinhas (CAV - "chicken anemia virus" está presente em praticamente todos os países investigados, inclusive no Brasil. O objetivo deste trabalho foi determinar qual a diferença de desempenho, comparando frangos positivos (progênie de matrizes vacinadas ou com infecção natural com frangos negativos para a presença de anticorpos contra o CAV, no sistema atual de criação intensiva. Como resultado, foi observado que os frangos negativos foram significativamente mais pesados que os frangos positivos. Os machos negativos tiveram um peso final 5,43% superior ao dos machos positivos. Não houve diferença significativa entre os tratamentos em relação aos parâmetros de mortalidade e conversão alimentar. Este estudo indicou que a presença de anticorpos contra o CAV em frangos de corte, seja através da vacinação ou infecção natural das matrizes, não gerou uma progênie com melhor desempenho nas condições de criação testadas.

  16. Soroprevalência de anticorpos anti-Ehrlichia canis em cães de Cuiabá, Mato Grosso Seroprevalence anti-Ehrlichia canis antibodies in dogs of Cuiabá, Mato Grosso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Nivaldo da Silva

    2010-06-01

    Full Text Available A erliquiose canina é uma doença transmitida por carrapatos Rhipicephalus sanguineus e ocasionada pela Ehrlichia canis, bactéria intracelular obrigatória. O presente estudo verificou a prevalência de anticorpos anti-E. canis em 254 cães de quatro regiões administrativas de Cuiabá, Estado de Mato Grosso, por imunofluorescência indireta, observando-se uma prevalência de 42,5% (108/254 sem diferença significativa entre as regiões. As variáveis idade, raça, sexo, hábitat, acesso à zona rural e presença de carrapatos foram analisadas. Os títulos de anticorpos variaram entre 1:40 a 1:2.560. Somente 32 (29,63% cães soropositivos estavam infestados por carrapatos, todos R. sanguineus. O resultado encontrado confirma que não há predisposição racial, sexual ou etária, enquanto a menor ocorrência de cães reagentes no intradomicílio provavelmente está relacionada à baixa infestação por carrapato, apesar de não ter sido observada diferença significativa entre os cães com ou sem a infestação com o carrapato vetor.Canine ehrlichiosis is a disease transmitted by ticks Rhipicephalus sanguineus and caused by Ehrlichia canis, obligatory intracellular bacteria. The present study examined the prevalence of anti-E. canis in 254 dogs from four administrative regions of Cuiabá, Mato Grosso, by indirect immunofluorescence assay. There was a prevalence of 42.5% (108/254 without significant difference between the studied regions. The variables age, breed, sex, habitat, access to rural and ticks were analyzed. The antibody titers ranged from 1:40 to 1:2,560. Only 32 (29.63% seropositive dogs were infested with ticks, all R. sanguineus. The results confirm that do not have breed, sex or age predisposition to ehrlichiosis due E. canis, while the lowest occurrence of reactive dogs indoors probably related to low tick infestation, although no significant difference between dogs with or without infestation with the tick vector.

  17. Ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em aves silvestres de três Unidades de Conservação Federais da Paraíba e da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leontina H.M. Andrade

    2016-02-01

    Full Text Available Resumo: A vigilância e monitoramento de doenças em animais silvestres são imprescindíveis no contexto ambiental e de saúde pública, pois estes animais agem como sentinelas, refletindo alterações ambientais precocemente, o que proporciona maior eficácia no monitoramento ambiental e permite o acesso rápido a informações sobre as condições da área. Neste contexto, as aves são importantes no ciclo biológico do Toxoplasma gondii e na epidemiologia da toxoplasmose, principalmente porque seus tecidos representam importantes fontes de proteína na alimentação de felídeos e humanos. Objetivou-se detectar anticorpos anti-T. gondii, por meio do teste de aglutinação modificada em aves silvestres de três Unidades de Conservação (UC Federais dos Estados da Paraíba e Bahia. No período de dezembro de 2011 a outubro de 2013 foram capturadas com redes de neblina 222 aves silvestres pertencentes a 67 espécies, 27 famílias e 12 ordens. Após a captura, foi colhido sangue de cada animal e separado o soro, que foi submetido ao Teste de Aglutinação Modificada (MAT≥1:25 utilizando taquizoítos inativados na formalina e 2-mercaptoetanol. Dentre as 222 amostras analisadas, três (1,3% foram sororreagentes: 1 de 16 (6,2% pipira-preta Tachyphonus rufus (título 50, 1 de 5 (20% juriti-gemedeira Leptotila rufaxilla (título 50 e 1 de 1 (100% caneleiro-enxofre Casiornis fuscus (título 25. Este é o primeiro relato da ocorrência de anticorpos anti-T. gondii nas referidas espécies de aves silvestres de vida livre nas duas UC Federais estudadas.

  18. Anticorpos revelados pelo teste de inibição do crescimento de leptospiras in vitro (TICL contra os sorovares Canicola, Icterohaemorrhagiae e Copenhageni em cães adultos revacinados anualmente com vacina comercial contendo bacterinas dos sorovares Canicola, Icterohaemorrhagiae, Grippotyphosa e Pomona

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela M.A. Rodrigues

    2013-05-01

    Full Text Available Na atualidade, o sorovar Copenhageni é o representante do sorogrupo Icterohaemorrhagiae, mantido por roedores sinantrópicos, que tem prevalecido nos cães e seres humanos das grandes metrópoles brasileiras. A despeito de alguns autores sugerirem a existência de proteção cruzada entre sorovares incluídos em um mesmo sorogrupo esta condição ainda não foi suficientemente esclarecida para os sorovares Icterohaemorrhagiae e Copenhageni. No presente trabalho cães adultos com dois a seis anos de idade primo-vacinados com três doses intervaladas de 30 dias a partir dos 60 dias de idade e revacinados anualmente com vacina anti-leptospirose polivalente contendo os sorovares Canicola, Icterohaemorrhagiae, Grippotyphosa e Pomona foram revacinados com a mesma vacina e aos 30 dias da revacinação foram submetidos aos testes de soroaglutinação microscópica (SAM e de inibição do crescimento de leptospiras in vitro (TICL, para avaliação comparativa dos níveis de anticorpos produzidos para os sorovares Canicola, Icterohaemorrhagiae e Copenhageni. Os resultados obtidos indicaram que a imunidade conferida pela vacina para o sorovar Icterohaemorrhagiae é mais duradoura que a observada para o sorovar Canicola, já que títulos de anticorpos neutralizantes >1,0 log10 foram observados antes do reforço vacinal não havendo substancial aumento após a revacinação. Quanto ao sorovar Canicola, a revacinação resultou em considerável aumento do título de anticorpos neutralizantes quando comparado ao momento anterior a revacinação (p=0,001. A análise dos valores encontrados após a revacinação demonstrou claramente que cães revacinados com bacterina produzida com o sorovar Icterohaermorrhagiae não apresentam aumento do título de anticorpos inibidores do crescimento contra o sorovar Copenhageni, em nível suficiente para inibir o crescimento de leptospiras. Apesar disso, os títulos de anticorpos inibidores de crescimento anti

  19. Anticorpos neutralizantes contra os vírus da cinomose e da parainfluenza em cães de canis dos municípios de Novo Hamburgo e Porto Alegre, RS, Brasil Neutralizing antibodies to distemper and parainfluenza viruses in dogs in shelter kennels in the municipalities of Novo Hamburgo and Porto Alegre, RS, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tamahine Larronda Schmidt Hartmann

    2007-08-01

    Full Text Available No presente estudo, foi realizada uma pesquisa em busca de anticorpos neutralizantes contra os vírus da cinomose (CDV e da parainfluenza (CPIV caninos em amostras de soro de 173 cães recolhidos a canis municipais em Novo Hamburgo (n=82 e Porto Alegre (n=91, RS. A pesquisa de anticorpos neutralizantes foi realizada pela técnica de soroneutralização frente a duas amostras vacinais de CDV (Rockborn e Snyder Hill e frente a uma amostra de CPIV (V660. Em relação ao CDV, 95,9% das amostras de soros foram negativas para anticorpos neutralizantes contra a amostra Snyder Hill e 90,7% soronegativas para a amostra Rockborn. Entre os soropositivos (n=20; 11,6%, somente três deles apresentaram anticorpos neutralizantes frente às duas amostras de CDV testadas, indicando pouca reatividade cruzada entre as mesmas. Quanto ao CPIV, a prevalência de anticorpos neutralizantes encontrada frente à amostra V660 foi de 51,4%. Esses achados indicam que a maioria dos cães examinados não teve contato prévio com o CDV, seja por infecção natural ou por imunização prévia. O CPIV, porém, parece estar amplamente difundido na população canina examinada, provavelmente por exposição natural ao vírus.In this report a serological survey was carried out in search for antibodies to canine distemper virus (CDV and canine parainfluenza virus (CPIV in 173 sera from dogs withdraw in kennels of the municipalities of Novo Hamburgo (n=82 and Porto Alegre (n=91, RS, Brazil. Neutralizing antibodies were evaluated against two CDV strains used for vaccine production (Rockborn and Snyder Hill as well as one strain of CPIV (V660. Search for anti-CDV neutralizing antibodies revealed that 95.9% of sera were negative for antibodies to CDV Snyder Hill and 90.7% were negative for antibodies to CDV Rockborn. Among the positive sera (n=20; 11.6 % only three of those had neutralizing antibodies to both CDV strains, indicating a low degree of cross reactivity between those. As

  20. Lower respiratory tract infection caused by respiratory syncytial virus in infants: the role played by specific antibodies Infecção por virus sincicial respiratório: o papel dos anticorpos séricos específicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra E. Vieira

    2007-01-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Respiratory syncytial virus (RSV is a major etiological agent of lower respiratory tract infection in infants. Genotypes of this virus and the role of the infants' serum antibodies have yet to be fully clarified. This knowledge is important for the development of effective therapeutic and prophylactic measures. OBJECTIVES: To evaluate the types and genotypes of RSV causing respiratory tract infection in infants, to analyze the association of subtype-specific serum antibodies with the occurrence of infection and to evaluate the presence of subtype-specific antibodies in the infants' mothers and their association with the profile of the childrens' serum antibodies. METHODS: This was a prospective study on infants hospitalized with respiratory infection. Nasopharyngeal secretions were collected for viral investigation using indirect immunofluorescence and viral culture and blood was collected to test for antibodies using the Luminex Multiplex system. RESULTS: 192 infants were evaluated, with 60.9% having RSV (73.5%- A and 20.5% B. Six genotypes of the virus were identified: A5, A2, B3, B5, A7 and B4. The seroprevalence of the subtype-specific serum antibodies was high. The presence and levels of subtype-specific antibodies were similar, irrespective of the presence of infection or the viral type or genotype. The mothers' antibody profiles were similar to their infants'. CONCLUSIONS: Although the prevalence of subtype-specific antibodies was elevated, these antibodies did not provide protection independently of virus type/genotype. The similarity in the profiles of subtype-specific antibodies presented by the mothers and their children was consistent with transplacental passage.INTRODUÇÃO: O vírus sincicial respiratório é um dos principais agentes etiológicos das infecções do aparelho respiratório inferior em lactentes. Os genótipos deste vírus e o papel dos anticorpos séricos ainda não estão esclarecidos. Este

  1. Imunodiagnóstico da neurocisticercose: teste imunoenzimático com antígenos quimicamente ligados a suportes para pesquisa de anticorpos em soro e líquido cefalorraquiano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelaide José Vaz

    1988-02-01

    Full Text Available Foi padronizado o teste imunoenzimático, ELISA, utilizando-se componentes antigênicos de Cysticercus cellulosae quimicamente ligados a suportes sólidos constituídos de discos de tecido-resina (ELISA-d, para pesquisa de anticorpos em soro líquido cefalorraquiano (LCR, ensaiando-se uma única diluição do espécime clínico. O suporte tecido-resina foi composto de tecido de poliéster impregnado com resina polimerizada de N-metilol-acrilamida, apresentando grupos N-metilol livres, capazes de reagir covalentemente com grupos funcionais de proteínas e polissacarídeos presentes no extrato antigênico salino total obtido de cisticercos. Foram ensaiados 38 soros e 74 LCR de pacientes com neurocisticercose comprovada e 50 soros e 107 LCR do grupo controle (pacientes com quadros clínicos neurológicos diversos e indivíduos supostamente normais. Obtivemos os seguintes índices de sensibilidade e especificidade: 94,7% e 92,0% para o teste realizado no soro e 98,6% e 100% para o teste realizado no LCR. O teste ELISA-d mostrou-se eficiente para o diagnóstico da neurocisticercose, principalmente quando realizado no LCR, com vantagens de estabilidade, facilidade de execução e baixo custo.

  2. Occurrence of anti-Leishmania spp., Neospora caninum, and Toxoplasma gondii antibodies in dog sera from Veterinary Hospital from Universidade Estadual de LondrinaOcorrência de anticorpos contra Leishmania spp., Neospora caninum E Toxoplasma gondii em soros de cães atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Estadual de Londrina-Pr

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dauton Luiz Zulpo

    2012-10-01

    Full Text Available The aim of this study was to detect the presence of IgG antibodies anti-Leishmania spp., Toxoplasma gondii and Neospora caninum in dogs from a Veterinary Hospital from Universidade Estadual de Londrina. Blood samples from 112 animals were obtained by jugular venipuncture to obtain sera. The samples were tested by indirect immunofluorescence to detect antibodies anti-Leishmania spp., anti-N. caninum and anti-T. gondii. Thirteen (11.61%, 25 (22.32%, and 57 (50.89% samples were positive for Leishmania spp., N. caninum, and T. gondii, respectively. The co-presence of anti-Leishmania spp. and N. caninum was observed in 6 (5.36%, anti-Leishmania spp. and anti-T. gondii in 8 (14.7%, and anti-N. caninum and anti-T. gondii in 18 (16.07% samples. The co-presence of anti-Leishmania spp., anti-N. caninum and anti-T. gondii was observed in 5 (4.46% dogs. There was a higher prevalence of Leishmania in Toxoplasma and Neospora positive animals, however, these results were not statistically significant (range p = 0.052 p = 0.06. The dogs have an important role in the epidemiological cycle of these diseases, which are important in animal and public health. The northern state of Paraná is an endemic area for human cutaneous leishmaniasis, therefore, studies should be conducted to uncover the real role of dogs as reservoirs of Leishmania to humans in the state. O objetivo do presente trabalho foi detectar a presença de anticorpos contra Leishmania spp., Neospora caninum e Toxoplasma gondii em cães atendidos no Hospital Veterinário, da Universidade Estadual de Londrina. Amostras de 112 animais foram obtidas por venopunção jugular ou cefálica com posterior obtenção dos soros. Estas foram submetidas à técnica de imunofluorescência indireta para detecção de anticorpos da classe IgG anti-Leishmania spp, anti-N. caninum e anti-T. gondii. Dos 112 soros examinados, 13 (11,61%, 25 (22,32% e 57 (50,89% foram positivos para Leishmania spp., N. caninum e T

  3. Método imunomagnético associado ao meio MesenCult® na obtenção de células mononucleares da medula óssea de coelhos negativas para o anticorpo monoclonal CD45

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz A. de Souza

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo O objetivo detse artigo é de descrever um protocolo de isolamento das células mononucleares da medula óssea de coelhos, seguido de purificação celular por depleção negativa com o anticorpo monoclonal CD45 e posterior expansão em meio de cultura MesenCult®. Dez coelhos machos adultos, da raça Nova Zelândia, com idade média de 1,0±0,2 anos e peso médio 3,5±0,24kg, foram utilizados para padronização da metodologia. O isolamento das células mononuclares da medula óssea foi realizado pelo gradiente de densidade Ficoll-paque® e a purificação e obtenção das células- pela depleção negativa com o anticorpo monoclonal CD45 em base imunomagnética. A população celular obtida foi expandida posteriormente em meio de cultura MesenCult®. No isolamento pelo gradiente de icoll-Paque® foi obtido um rendimento médio de 7,31x106 células/mL. Após purificação e obtenção das possíveis células-tronco mesenquimais pela base imunomagnética, houve um decréscimo do rendimento para 2,28x106 células/mL, mas o processo de expansão foi incrementado pelo cultivo celular. Os resultados indicaram que as células obtidas da fração mononuclear da medula óssea, cultivadas in vitro foram capazes de gerar células aderentes 24 horas após o cultivo, com predominância de células fibroblastóides sugestivas de células-tronco mesenquimais. Concluiu-se que a obtenção de células-tronco mesenquimais pode ser alcançada após purificação das células mononucleares da medula óssea de coelhos pelo método imunomagético, o meio de cultura MesenCult® proporciona um ambiente adequado para a rápida expansão in vitro e o número de passagens exerce influência negativa sobre as características morfológicas das células.

  4. Toxoplasma gondii antibodies sheep in Lages, Santa Catarina, Brazil, and comparison using IFA and ELISA Anticorpos toxoplásmicos em ovinos de Lages, Santa Catarina, Brasil, e comparação utilizando RIFI e ELISA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francine Bragagnolo Liz Stefen Sakata

    2012-09-01

    Full Text Available Toxoplasmosis in sheep is a disease of great importance in veterinary medicine, which causes economic losses in livestock and has a great impact on human health, since consumption of infected meat facilitates transmission of zoonotic infections. Blood samples from sheep (n = 360 were collected from 13 farm properties in the municipality of Lages, Santa Catarina, to estimate the prevalence of toxoplasmosis and identify risk factors associated with Toxoplasma gondii infection. T. gondii, antibodies were investigated by means of the indirect immunofluorescence assay (IFA and enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA. Animals infected with T. gondii were found on 100% of the farms. IFA detected 56.9% (205/360 and ELISA 42.5% of the infected sheep. Breed was the only risk factor associated with the presence of T. gondii antibodies. ELISA showed sensitivity of 61%, specificity of 82% and kappa of 0.41, which was considered moderate. This allows use of ELISA as an alternative technique for diagnosing T. gondii in sheep.A toxoplasmose ovina é uma doença parasitária de elevada importância em medicina veterinária e em saúde pública, acarretando prejuízos na produção animal, gerados pelas perdas reprodutivas e econômicas, além de sua implicação na saúde humana, já que o consumo de carne infectada facilita a transmissão zoonótica. Para determinar a prevalência e identificar fatores de risco para a infecção por T. gondii em ovinos de Lages, Santa Catarina, amostras de sangue (n = 360 foram coletadas em 13 propriedades. Cada criador respondeu a um questionário para permitir a identificação dos fatores de risco da infecção. A pesquisa de anticorpos foi realizada por meio da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI > 64 e do Ensaio Imunoenzimático Indireto (ELISA. Em 100% das propriedades foram encontrados animais positivos. Pela RIFI, 205 (56,94% ovinos apresentaram anticorpos contra T. gondii e pelo ELISA, 153 (42

  5. EFFECTING FACTORS ON THE VACCINATION AGAINST NEWCASTLE DISEASE FOR COMMERCIAL BREEDS OF CHICKS: INFLUENCE OF MATERNALLY DERIVED ANTIBODIES FATORES QUE INFLUENCIAM NA VACINAÇÃO DE NEWCASTLE EM PINTOS DE LINHAGEM COMERCIAL: INFLUÊNCIA DE ANTICORPOS MATERNOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Auxiliadora Andrade

    2007-09-01

    Full Text Available

    In order to evaluate the protection of passive antibodies of Newcastle disease, chicks of commercial line from three distinct incubators commercialized in the city of Goiânia were submitted to four types of treatment. The first group was vaccinated in the first day of life, the second on the seventh day of life, the third, in the fourteenth and the group not vaccinated (control. The chicks received ocular via 0.03 ml of Lasota against the Newcastle disease. The immunologic answer was evaluated through the Hemagglutination - Inhibition tests and total protection tests, challenging from the first through the forty-second day, with intermission of a week. The sorological results of maternal antibodies showed that the geometric mean HI titres (expressed in log2 decrease strongly from the first to the third week, the same happened with the challenge tests, with 98% of protection on the first days of life, with average percentage of 26% on the third week. It was verified, within the experiment conditions, when it's established a single vaccination, the ideal age is around fourteen days; though the average of mortality in this group during all phases of the experiment was 22.86% was not possible to obtain the percentage level of total protection.

    Para avaliar a proteção conferida de anticorpos passivos na doença de Newcastle, pintinhos de linhagem comercial, oriundos de três incubatórios distintos, comercializados na cidade de Goiânia foram submetidos a quatro tratamentos. Um grupo foi vacinado no primeiro dia de vida, outro no sétimo dia de vida, o terceiro no décimo quarto e o último não vacinado (controle. Os animais receberam, via ocular, 0,03 ml da vacina “Lasota” contra a doença de Newcastle. A resposta imunológica foi avaliada pela reação de inibição da hemoaglutinação e testes de prote

  6. Detection of Neospora sp. antibodies in cart horses from urban areas of Curitiba, Southern Brazil Detecção de anticorpos anti-Neospora sp. em cavalos de carroceiros de áreas urbanas de Curitiba, Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Monteforte Cassaro Villalobos

    2012-03-01

    Full Text Available Neospora caninum is a protozoan parasite which affects dogs as definitive hosts and several mammalian species as intermediate hosts mainly causing abortions and central nervous system disorders. The reemerging population of cart horses for carrying recycling material in urban areas of major cities in Brazil may have an impact on disease spreading, and these animals may be used as sentinels for environmental surveillance. Thus, the present study investigated the frequency of Neospora sp. antibodies in cart horses from Curitiba and surrounding areas, Paraná State, Southern Brazil. IgG antibodies against Neospora sp. were detected using indirect fluorescence antibody test (IFAT, and titers equal to or higher than 1:50 were considered reactive. Of all samples, 14/97 (14.4% were positive: 2/29 (6.9% were younger than 5; 5/26 (19.2% between 6 and 9; and 6/31 (19.4% older than 10 years of age. One of the 11 animals with unknown age was positive (9.1%. Cart horses are likely to be more exposed to dog feces and to Neospora sp. oocyst contamination in urban settings and a lower frequency of disease in dogs may have a negative impact on horse infection risk in these areas.Neospora caninum é um protozoário parasita que afeta cães como hospedeiros definitivos e diversos mamíferos como hospedeiros intermediários, envolvido em abortos e distúrbios do sistema nervoso central. A população reemergente de cavalos de carroceiros utilizados para transportar material reciclável em áreas urbanas de grandes cidades brasileiras na disseminação de doenças, e estes animais podem ser utilizados como sentinelas para vigilância ambiental. Deste modo, no presente estudo foi investigada a frequência de anticorpos anti-Neospora sp. em cavalos de carroceiros da Região Metropolitana de Curitiba, Estado do Paraná, Sul do Brasil. Anticorpos da classe IgG anti-Neospora sp. foram detectados utilizando a reação de imunofluorescência indireta (RIFI, e t

  7. Simplified fluorescent inhibition microtest for the titration of rabies neutralizing antibodies Microteste de inibição de fluorescência simplificado para titulação de anticorpos antirábicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.R. Favoretto

    1993-04-01

    Full Text Available A simplified fluorescence inhibition microtest (SFIMT was standardized for the evaluation of antirabies serum neutralizing antibodies based on the rapid fluorescent focus inhibition test (RFFIT and the fluorescence inhibition microtest (FIMT. The simplified test showed reproductibility similar to that of the FIMT with advantages as easier executation and quicker reading. A simple pre-treatment of Brazilian microplates produced for immune enzymatic assays (PROSIL gave equivalent results and substantial coast reduction, in relation to imported plates (DIFCO. The simplified test can be easily implemented in less sophisticated laboratories, as alternative to the mouse serum neutralization test, still the most largely employed in Brazil, or even to others as RFFIT and FIMT.No presente trabalho foi padronizada uma microtécnica simplificada para a avaliação de anticorpos neutralizantes anti-rábicos com base no RFFIT e no FIMT. Este teste mostrou reprodutibilidade comparável a dos testes originais, sendo de execução mais simples e de leitura mais rápida. Uma microplaca de fabricação nacional para testes imuno-enzimáticos (PROSIL Ind. e Com. pode ser utilizada com resultados equivalentes aos de microplacas Difco ou similar, com substancial redução de custos, mediante tratamento simples e rápido. O teste estudado pode ser implantado facilmente em laboratórios menos sofisticados substituindo com grandes vantagens a prova de soro-neutralização em camundongos ainda a mais empregada rotineiramente no Brasil.

  8. Prevalência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em bovinos abatidos em matadouros do estado da Bahia, Brasil Prevalence of antibodies anti-Toxoplasma gondii in slaughtered cattle at stockyards in the State of Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando H. Spagnol

    2009-06-01

    Full Text Available Foram analisados 600 soros de bovinos abatidos nos matadouros sob Inspeção Municipal de Ilhéus e Itabuna, e no matadouro frigorífico sob Inspeção Federal em Jequié, BA, para anticorpos anti-Toxoplasma gondii por imunofluorescência indireta. A prevalência total foi de 11,83% (71, sendo os animais positivos 19,3% (37 no matadouro de Ilhéus, 9,8% em Itabuna (21 e 6,8% (13 em Jequié. Dos animais positivos, 65 (91,5% tiveram título de 1:64, e 6 (8,5% de 1:256. A maioria dos soros positivos para T. gondii foram oriundos de animais provenientes de granjas leiteiras e foram abatidos nos matadouros sob inspeção municipal em comparação com aqueles animais que procederam de fazendas com criação extensiva, e abatidos em matadouros sob inspeção federal.Serum samples of 600 slaughtered cattle from Ilhéus and Itabuna Municipal slaughterhouse and Jequié Federal slaughterhouse, all of them located in the State of Bahia were screened using an indirect immunofluorescent antibody test against Toxoplasma gondii. Prevalence was 11.83% (71, and positive samples were distributed as 19.3% (37 from Ilhéus, 9.8% (21 from Itabuna and 6.8% (13 from Jequié slaughterhouses respectively. From positive cattle, 91.5% (65 had titles 1:64, and 8.5% (6 had title 1:256. The majority of serum positive samples against T. gondii were related to animals from dairy farms which were slaughtered at municipality stockyards under municipal inspection in comparison with those slaughtered at Federal inspection which were related to beef cattle that were raised in farms extensively.

  9. Seroprevalence of Leptospira spp in cattle from Monte Negro municipality, western Amazon Prevalência de anticorpos anti-Leptospira spp em bovinos do município de Monte Negro, Amazônia Ocidental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel M. Aguiar

    2006-06-01

    Full Text Available The prevalence of anti-Leptospira spp antibodies was investigated in 2,109 female cattle from 86 herds of Monte Negro municipality, Rondônia, Brazil. Sera samples were evaluated by Microscopic Agglutination Test against 24 leptospira serovars. Titers =100 for at least one of 24 leptospira serovars were detected in 1,114 cows (52.8% from 82 (95.3% herds. The adjusted overall prevalence for Monte Negro municipality was 53.9% (49-58.7%; CI: 95%. The most prevalent serovars were Hardjo (14.5%, Wolffi (12.3%, Shermani (10.8%, Patoc (7.9%, and Hebdomadis (6.1%. Other serovars worldwidely reported like Bratislava, Pomona and Grippotyphosa were detected in low levels.Foi investigada a prevalência de anticorpos anti-Leptospira spp em 2.109 vacas provenientes de 86 rebanhos do município de Monte Negro, Rondônia, Brasil. As amostras de soro sanguíneo foram avaliadas pelo Teste de Aglutinação Microscópica frente a 24 sorovares de leptospira. Títulos =100 para um ou mais sorovares foram detectados em 1.114 vacas (52,8% de 82 (95,3% rebanhos. A prevalência ajustada para o município de Monte Negro foi de 53,9% (I.C.: 95%; 49-58,7%. Os sorovares mais prevalentes foram Hardjo (14,5%, Wolffi (12,3%, Shermani (10,8%, Patoc (7,9% e Hebdomadis (6.1%. Outros sorovares mundialmente relatados como Bratislava, Pomona e Grippotyphosa foram pouco detectados.

  10. ANTICORPOS ANTI-Toxoplasma gondii EM CARRAPATOS NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA: LEVANTAMENTO SOROLÓGICO ANTIBODIES ANTI - Toxoplasma gondii IN GOATS IN THE AREA OF GOIÂNIA: SOROLOGICAL SURVEY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guido Fontgalland Coelho Linhares

    2007-09-01

    Full Text Available

    Foi efetuado estudo sorológico para pesquisa de anticorpos anti-Toxoplasma gondii pelo método de hemaglutinação indireta em 109 (cento e nove amostras de soro de caprinos provenientes de 5 (cinco rebanhos distintos do município de Goiânia. Foi encontrado 30,2% de animais positivos com idade inferior a um ano de idade, e 51,5% em animais com idade superior a um ano de idade. Com relação ao sexo, 46,3% das fêmeas foram positivas, enquanto que os machos 33,3%. E finalmente 43,1% quando foram testados os animais de ambos os sexos, exceto os lactantes. O titulo mínimo considerado foi 1/64.

    Studies on prevalence of anti-Toxoplasma gondii antibodies was carried out by the indirect hemaglutination test in 109 caprine sera samples from five distinct heards in Goiânia, Goiás. It had been shown positivity of 30.2% for animals under 1 year old and 51.5% for animals over 1 year old. Between females 46.3% were positive and males 33.3%. And finally 43.1% among animals of both sexes and any age, except lactents. The sera were tested from the inicial dilutron of 1/64.

  11. Ausência de anticorpos contra o vírus da síndrome da cabeça inchada em frangos de corte no Planalto Médio do Rio Grande do Sul, Brasil Absence of antibodies to the swollen head syndrome virus in broiler chickens from the Planalto Médio, RS, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Loreni Boaro

    2004-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de determinar a prevalência de anticorpos contra o pneumovírus aviário, foram coletadas 960 amostras de soro sangüíneo de 48 lotes de frangos de corte (20 amostras/lote. Os lotes analisados eram provenientes de 23 municípios da região do Planalto Médio. A detecção de anticorpos contra o pneumovírus foi feita através de um ensaio imunoenzimáticos comercial (ELISA. Entre as amostras analisadas, somente 5 (0,52% foram consideradas positivas para a presença de anticorpos contra o pneumovírus aviário. As amostras positivas encontravam-se em 5 (10,4% dos 48 lotes analisados e em 5 (21,74% municípios distintos. Considerando-se o baixo número de aves reagentes, pode-se especular que, na região estudada, não há pneumovírus aviário e que os frangos positivos poderiam ser considerados “reatores únicos”.Aiming to detect antibodies to avian pneumovirus, 960 serum samples were collected from 48 chicken broiler flocks (20 samples per flock pertaining to 23 counties in the Planalto Médio Region of RS. Antibodies were detected using a commercially available ELISA. Among the samples analyzed, only 5 (0.52% were considered positive to the presence of antibodies to avian pneumovirus. The positive samples were detected in 5 (10.4% of the 48 flock studied, and in 5 (21.74% distinct counties. Considering the low rate of reacting samples, it could be speculated that the region studied might be free of avian pneumovirus and that the positive samples could be considered as single reactors.

  12. Soroprevalência de anticorpos contra vírus herpes simples 1-2 no Brasil Seroprevalencia de anticuerpos contra virus herpes simples 1-2 en Brasil Seroprevalence of herpes simplex 1-2 antibodies in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sue Ann Costa Clemens

    2010-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a soroprevalência de anticorpos por vírus herpes simples (HSV-1 e HSV-2 e analisar fatores associados no Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal realizado entre 1996 e 1997 em 1.090 indivíduos com idade entre um e 40 anos da população geral, em quatro diferentes regiões geográficas no Brasil. Foram analisadas amostras sangüíneas para detecção de anticorpos para HSV-1 e HSV-2 com teste tipo-específico Elisa. Foram descritas freqüências e proporções, comparadas entre grupos utilizando o teste de Fisher bilateral exato. Foi realizada análise de regressão logística para avaliar influência das variáveis sociodemográficas e histórico de DST, sobre a soroprevalência de HSV-1 e/ou HSV-2. RESULTADOS: As soroprevalências de anticorpos para HSV-1 e HSV-2, ajustadas por idade, foram 67,2% e 11,3% respectivamente, sem diferença quanto ao sexo e maiores na Região Norte. As soroprevalências aumentaram com a idade, e para HSV-2 o maior aumento ocorreu na adolescência e entre adultos jovens. Indivíduos soropositivos para HSV-1 apresentaram maior risco de serem positivos para HSV-2 (15,7% quando comparados com os negativos para HSV-1 (4,7%. Na análise multivariada, o histórico de DST aumentou significativamente (OR=3,2 a probabilidade de soropositividade para HSV-2. CONCLUSÕES: As soroprevalências para HSV-1 e para HSV-2 variam com a idade e entre as regiões do Brasil. História pregressa de DST é importante fator de risco para aquisição de infecção por HSV-2.OBJETIVO: Estimar la seroprevalencia de anticuerpos por virus herpes simples (HSV-1 y HSV-2 en diferentes áreas geográficas en Brasil y analizar factores asociados. MÉTODOS: Estudio transversal realizado entre 1996 y 1997 con individuos de la población en general en cuatro diferentes áreas geográficas en Brasil y estratificados por edad (de uno a 40 años y sexo, de los cuales 1.090 fueron incluidos en el análisis final. Fueron analizadas muestras

  13. Prevalência de anticorpos anti-Chlamydophila spp. em propriedades rurais com histórico de aborto bovino no estado do Paraná Prevalence of antibodies against Chlamydophila spp. in herds with bovine abortion of Paraná state, Brazil

    OpenAIRE

    Francielle G. Silva-Zacarias; Kledir A.H Spohr; Bruna A.C. Lima; Juliana A. Dias; Ernst E. Müller; José S. Ferreira Neto; Carlo Turilli; Julio C. Freitas

    2009-01-01

    Chlamydophila abortus é o agente etiológico do aborto epizoótico bovino, cujas manifestações clínicas mais freqüentes são aborto, nascimento de bezerros prematuros e de animais fracos, natimorto e repetição de cio em intervalos irregulares. O objetivo deste trabalho foi estimar a prevalência de anticorpos anti-Chlamydophila spp. em fêmeas bovinas de propriedades rurais com histórico de aborto, selecionadas dentro do delineamento amostral do Plano Nacional de Controle e Erradicação da Brucelos...

  14. Auto-anticorpos anti-LDLox e sua correlação com o perfil lipídico e o estado nutricional de adolescentes Anti-oxLDL autoantibodies and their correlation with lipid profile and nutritional status in adolescents

    OpenAIRE

    Leticia B. Sanches; da Silva, Isis T; Aline F. S. Paz; Mauro Fisberg; CINTRA Isa P.; Betzabeth S. Villar; Nágila R. T. Damasceno

    2008-01-01

    OBJETIVO: Avaliar se o conteúdo de auto-anticorpos anti-LDL oxidada (anti-LDLox) no plasma de adolescentes correlaciona-se com suas medidas antropométricas e com o perfil lipídico. MÉTODOS: O estudo incluiu 150 adolescentes com idade entre 10 e 15 anos, recrutados do ambulatório de obesidade da Universidade Federal de São Paulo (SP) e de escolas públicas de Piracicaba (SP). Foram avaliadas medidas antropométricas, como índice de massa corporal, circunferência de cintura e do braço, classifica...

  15. Evaluation of antibodies production against Borrelia burgdorferi in cattle submitted to rBm86 protein Boophilus microplus tick immunization and associated challenges influence Avaliação da produção de anticorpos anti Borrelia burgdorferi em bovinos submetidos à imunização com proteína rBm86 de carrapato Boophilus microplus e influência dos desafios associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Mayumi Ishikawa

    2003-11-01

    Full Text Available IgG antibodies production against Borrelia burgdorferi in immunized cattle with rBm86 protein from Boophilus microplus was evaluated as well as the influence of the association between immunizations and stress through indirect ELISA test during one year. In the present study there was no influence of the isolated challenged used on the production of IgG antibodies against B. burgdorferi. The rBm86 immunogen did not cause significant oscillation in the production of IgG antibodies against B. burgdorferi capable to interfere in the serological results for Lyme Borreliosis in cattle. This study demonstrated the possibility of transitory changes in the production of antibodies after the association of vaccine stimuli and stress, emphasizing the necessity of serological studies combined with epidemiological and management data.Avaliou-se a produção de anticorpos da classe Ig-G anti Borrelia burgdorferi em bovinos imunizados com proteína recombinante Bm86 de Boophilus microplus, assim como a influência de imunizações e estresse associados por meio do teste ELISA indireto no período de um ano. Não houve interferência na produção de anticorpos IgG anti B. burgdorferi pelos desafios utilizados isoladamente no presente estudo. O imunógeno rBm86 não causou oscilações significantes na produção de anticorpos IgG anti B. burgdorferi capazes de interferir nos resultados sorológicos para Borreliose de Lyme em bovinos. O estudo demonstrou a possibilidade de alterações transitórias na produção de anticorpos após estímulos vacinais e de estresse associados, ressaltando a necessidade de estudos sorológicos em conjunto a dados epidemiológicos e de manejo.

  16. Ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em ovinos das áreas urbanas e periurbanas de Curitiba, Paraná Occurrence of anti-Toxoplasma gondii antibodies in ovine from urban and periurban areas from Curitiba, Parana State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanete Thomaz Soccol

    2009-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a ocorrência da infecção por Toxoplasma gondii, em ovinos das regiões periurbana e urbana do município de Curitiba, Paraná, Região Sul do Brasil, foram coletadas amostras de sangue de 167 ovinos, de três rebanhos. O teste de ELISA foi utilizado para detectar anticorpos anti-Toxoplasma gondii. Dos 167 soros ovinos, 43 (25,75% apresentaram anticorpos anti-T. gondii. O parasito está difundido entre os ovinos das duas regiões estudadas.This study evaluated occurrence of the Toxoplasma gondii infection in ovine from urban and periurban areas of Curitiba, State of Paraná, Southern of Brazil. Blood samples from 167 sheep from three farms were collected. ELISA assay was used to detect IgG anti-Toxoplasma gondii antibodies. Of 167 ovine samples, 43 (25.75% were positive. The parasite is widespread among sheep from urban and periurban areas of Curitiba.

  17. Frequence of antibodies for Neospora caninum and Toxoplasma gondii in dogs in northest of São Paulo State/ Freqüência de anticorpos anti- Neospora caninum e anti- Toxoplasma gondii em cães da região nordeste do Estado de São Paulo. Correlação com neuropatias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvimar José da Costa

    2001-08-01

    Full Text Available Two hundred and ninety five samples of canine sera, of dogs from northeast of Sao Paulo State were tested using an immunofluorescent antibody technique (RIFI-IgG for the presence of Neospora caninum and Toxoplasma gondii antibodies. The relationship between antibodies and casual clinical problems also were investigated. The reactions with title = 50 (N. caninum and = 16 (T. gondii were considered positive. A total of 25 (8,48% of tested samples werereactive and 270 (91,52% non-reactive to N. caninum, while 151 (51,19% of the samples were reactive and 144 (48,81% were non-reactive to T. gondii. Dogs with serum that reacted positively to both protozons parasites were seen in 17 animals (5,76%. From 58 dogs (19,66%, that showed nervous sintomatology, were detected antibodies in 04 (1,36% to N. caninum and in 24 (8,14% to T. gondii. Statistical differences (PInvestigou-se a presença de anticorpos anti- N. caninum e anti- T. gondii em 295 soros colhidos de cães oriundos da região Nordeste do Estado de São Paulo, com o objetivo de correlacionar a presença de anticorpos com eventuais distúrbios clínicos. Todas as amostras de soros foram examinadas pela reação de imunofluorescência indireta (RIFI para ambos protozoários. As reações com recíprocas de títulos igual ou maior que 50 (N. caninum e 16 ( T. gondii foram consideradas positivas. Diluições seqüenciais foram efetuadas até a obtenção do título sorológico final. Os resultados revelaram que 25 (8,48% e 151 (51,19% dos cães examinados apresentavam anticorpos anti- N. caninum e anti- T. gondii, respectivamente. Anticorpos para ambos os coccídios foram detectados em 17 animais (5,76%. Dos 58 cães (19,66% que apresentavam sintomatologia nervosa, foram detectados anticorpos em 04 (1,36% para N. caninum e em 24 (8,14% para T. gondii. Apesar da literatura atribuir a ambos coccídios a etiologia de distúrbios neurológicos em cães, os resultados obtidos não revelaram correla

  18. Anticorpos antileucotoxina contra Actinobacillus actinomycetemcomitans em amostras de soro e saliva de pacientes com periodontite juvenil localizada Anti-leukotoxin antibodies against Actinobacillus actinomycetemcomitans in serum and saliva samples from patients with localized juvenile periodontitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Issamu NAKAGAWA

    2001-03-01

    Full Text Available A leucotoxina de Actinobacillus actinomycetemcomitans é considerada seu principal fator de virulência com potencial de causar agressão às defesas do hospedeiro. No presente trabalho, foram analisados os níveis séricos e salivares de anticorpos antileucotoxina de A. actinomycetemcomitans em soros e salivas de pacientes com periodontite juvenil localizada (PJL e controles saudáveis. Adicionalmente, foi realizada a análise de complexo imune (CI nas amostras de saliva. Foram utilizados os métodos ELISA clássico com a leucotoxina obtida por gel filtração em Sephadex G-200 e ELISA de captura utilizando IgG de coelho anti-A. actinomycetemcomitans FDC Y4 leucotóxico adsorvido com uma cepa da mesma espécie, porém, não leucotóxica. Os resultados obtidos demonstraram níveis séricos de IgG significativamente mais elevados em pacientes com PJL em relação aos controles sadios, tanto por ELISA clássico como por ELISA de captura (p The leukotoxin produced by Actinobacillus actinomycetemcomitans is considered the major virulence factor with potential to cause damage to the host defenses. The present work analyzed the serumal and salivary levels of antibodies against the leukotoxin produced by A. Actinomycetemcomitans, in patients with Localized Juvenile Periodontitis (LJP and in healthy controls. Additionally, analysis of the immune complex (IC was carried out in saliva samples . The classic ELISA method, with leukotoxin obtained through Sephadex G-200 gel filtration, and the capture ELISA method, using rabbit anti-A. Actinomycetemcomitans (leucotoxic, FDC Y4, IgG adsorbed with a non-leukotoxic strain of A. actinomycetemcomitans, were used. The results obtained demonstrated significantly higher serumal levels of IgG in patients with LJP, when they were compared with the healthy controls, both for the classic and capture ELISA methods (p < 0.05. However, no significant differences were observed between the salivary levels of IgG, SIgA and IC

  19. Sensibilidade ao Látex e Dosagem de Anticorpos Específicos em Profissionais da Área da Saúde Sensitivity to latex and the dosage of specific antibodies in professionals in the area of health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José Gomes

    2012-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar a ocorrência da reação de sensibilidade ao látex e realizar dosagem de anticorpos antilátex em profissionais dos cursos de odontologia, medicina e enfermagem da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES, Vitória-ES, Brasil. Estudo observacional, transversal. A amostra intencional foi composta por 295 profissionais. A sensibilidade foi avaliada por meio de questionário estruturado e validado, e a presença de IgE-látex por meio da coleta de 10ml de sangue submetido a análise com emprego do sistema Immunocap-Pharmacia®. Os valores IgE-látex foram distribuídos em diferentes classes. Resultados: 22,4,% (n=66 apresentaram sensibilidade ao látex, classe V IgE latex (17,6-42 KUAL; 77,6 % (n=229 sem sensibilidade, classe 0 IgE-látex (The scope of this study was to verify the occurrence of sensitivity to latex and conduct dosage of anti-latex antibodies in health professionals of the Dental, Medical and Nursing Schools of the Federal University of Espírito Santo (UFES, Vitoria, ES, Brazil. This was a cross-sectional observational study. The intentional sample was composed of 295 professionals. Sensitivity was evaluated by means of a structured and validated questionnaire and the presence of IgE-latex by means of collection of 10 ml of blood submitted to analysis using the Immunocap-pharmacia® system. The IgE-latex values were categorized in different groups. Results: 22.4% (n=66 showed latex sensitivity, class V of the IgE latex (17.5-42 KUAL; 77.6 % (n=229 showed no sensitivity, class 0 or 1 of the IgE-latex (<0.35KUAL-8,6KUAL. Fisher's test showed a significant correlation statistic (p<0.05 in relation to the following variables: gender; atopy; eczema of the hands; allergy to medicination; chronic illness; use of anti-inflammatory; prior surgeries. Conclusion: Positive values of IgE were observed in the professionals with sensitivity, suggesting the adoption of prophylactic measures for the

  20. Detection of anti-Giardia lamblia serum antibody among children of day care centers Detecção de anticorpos séricos anti-Giardia lamblia em crianças de creches

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Semíramis Guimarães

    2002-02-01

    Full Text Available OBJETIVES: To detect anti-Giardia lamblia serum antibodies in healthy children attending public day care centers and to assess serological tests as tools for estimating the prevalence of G. lamblia in endemic areas. METHODS: Three separate stool specimens and filter paper blood samples were collected from 147 children ranging from 0 to 6 years old. Each stool sample was processed using spontaneous sedimentation and zinc sulfate flotation methods. Blood samples were tested by indirect immunofluorescence (IIF and enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA for Giardia IgG. RESULTS AND CONCLUSIONS: Of 147 individuals tested, 93 (63.3% showed Giardia cysts in their feces. Using IIF and ELISA, serum antibodies were detected in 93 (63.3% and 100 (68% samples , respectively. Sensitivity of IIF and ELISA was 82% and 72%, respectively. However, ELISA revealed to be less specific (39% than IIF (70%. IIF also showed a higher concordance with microscopic examination than ELISA.OBJETIVOS: Detectar anticorpos séricos anti-Giardia lamblia entre crianças atendidas em creches e estimar a freqüência de infecção por Giardia lamblia em área endêmica. MÉTODOS: Foram coletadas três amostras de fezes de cada uma das 147 crianças de três creches da rede municipal de Botucatu, SP, com idade variando de 0 a 6 anos, e as amostras foram processadas pelos métodos de sedimentação espontânea e flutuação pelo sulfato de zinco. Amostras de sangue foram obtidas da polpa digital, coletadas em papel de filtro e testadas pelos métodos de imunofluorescência indireta (IFI e de reação imunoenzimática (Elisa para pesquisa de IgG anti-Giardia. RESULTADOS E CONCLUSÕES: De um total de 147 crianças, 93 (63,3% apresentaram cistos de Giardia nas fezes. Dos 147 eluatos testados, 93 (63,3% e 100 (68% foram positivos para Giardia em IFI e em Elisa, respectivamente. A sensibilidade de IFI foi de 82% e de Elisa, 72%. Contudo, Elisa foi menos específica (39% do que IFI (70

  1. Anticorpos anti-Neospora caninum em bovinos, ovinos e bubalinos no Estado do Rio Grande do Sul Antibodies to Neospora caninum in cattle, sheep and water buffalo in Rio Grande do Sul state, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Silveira Flôres Vogel

    2006-12-01

    Full Text Available A infecção pelo Neospora caninum é distribuída mundialmente e tem sido considerada uma importante causa de abortos em bovinos, que são hospedeiros intermediários do protozoário. O presente artigo relata um estudo sorológico da infecção pelo N. caninum em 1.024 amostras de bovinos, ovinos e bubalinos, oriundos de 55 propriedades em 16 municípios do Estado do Rio Grande do Sul (RS. Anticorpos contra o agente foram detectados por um teste imunoenzimático do tipo ELISA em 11,4% (89/781 das amostras de bovinos, em 14,6% (24/164 dos bubalinos e em 3,2% (2/62 dos ovinos. Bovinos soropositivos foram detectados em todos os municípios amostrados. Esses resultados demonstram que a infecção pelo N. caninum encontra-se amplamente difundida no rebanho bovino e também em outras espécies de ruminantes do Estado. Aliados a relatos clínicos e histopatológicos anteriores, esses resultados ressaltam a importância do N. caninum como agente etiológico de falhas reprodutivas em bovinos no RS.The infection by Neospora caninum is distributed worldwide and has been considered an important cause of abortion in cattle, which are intermediate hosts of the parasite. The present article reports an serological survey of the N.caninum infection in 1024 serum samples of cattle, sheep and water buffalo from 55 herds in 16 counties of the state of Rio Grande do Sul (RS. Antibodies to the agent were detected by ELISA in 11.4% (89/781 bovine samples, in 14.6% (24/164 water buffalo and in 3.2% (2/62 sheep sera. Positive cattle were detected in all tested counties. These results demonstrate that N. caninum infection is widespread among bovine and other ruminants in the state. Taken together with previous clinical and pathological reports, these results are indicative of the importance of the parasite as the etiological agent of reproductive failure in cattle in RS.

  2. Freqüência de anticorpos irregulares em politransfundidos no Hemocentro Regional de Uberaba-MG, de 1997 a 2005 Frequency of irregular antibodies in multiple-transfused patients at the Regional Blood Bank of Uberaba, from 1997 to 2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto J. Martins

    2008-08-01

    Full Text Available A fenotipagem eritrocitária pré-transfusional é um importante procedimento para aumentar a segurança das transfusões sangüíneas, sendo realizada rotineiramente no Hemocentro Regional de Uberaba-MG (HRU desde 1996. O presente trabalho tem como objetivo geral avaliar a freqüência de anticorpos antieritrocitários irregulares em politransfundidos, de 1997 a 2005. Através de estudo retrospectivo foram levantados dados no arquivo do HRU de todos os pacientes aloimunizados, realizou-se análise estatística descritiva e comparam-se as proporções pelo teste "Z". Dos 23.220 transfundidos no período, com média de 5,7 transfusões por paciente, observou-se a ocorrência de aloimunização em 173 (0,75%. Os sistemas Rh e Kell juntos tiveram freqüência superior a 70%. A proporção do anti-D foi significativamente maior nas mulheres (pTesting of the pre-transfusional blood phenotype, which has been carried out at the Regional Blood Bank in Uberaba since 1996, is an important procedure to improve safety of blood transfusions. This study aims to describe the frequency of irregular red blood cell antibodies in multiple-transfused patients from 1997 to 2005. In a retrospective study, data from all alloimmunized patients were collected from the blood bank files. Descriptive statistical analysis was performed and a comparison of proportions was made using the Z test. Alloimmunization was observed in 173 (0.75% of the 23,220 transfused patients, with an average of 5.7 transfusions per patient. The frequency of the Rh and Kell systems jointly was over 70%. The proportion of anti-D was significantly higher in women (p<0.05 and no difference was noted in the Rh system between Caucasians and non-Caucasians. Seventy percent (70% of the patients were over 30 years of age. Out of the 73 patients with registered diseases, 39.73% had acute anemias, 31.51% chronic anemias and 28.77% oncological or onco-hematologic diseases. Approximately 70% of antibodies

  3. Comparação de kits ELISA® comerciais para anticorpos no soro e leite com um teste coproparasitológico em bovinos naturalmente infectados por Fasciola hepatica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia das C. Bernardo

    2013-01-01

    Full Text Available A fasciolose é uma enfermidade causada por um trematoda que acomete o fígado principalmente de ruminantes domésticos, podendo parasitar o homem e seu diagnóstico é realizado rotineiramente por exames coproparasitológicos. O objetivo do presente estudo foi comparar kits comerciais de ELISA para anticorpos no soro e leite com um teste coproprarasitológico em bovinos naturalmente infectados por Fasciola hepatica. Foram coletadas amostras de fezes (92 sangue (92 e leite (43 de bovinos provenientes de propriedades de gado leiteiro do município de Jerônimo Monteiro, sul do Estado do Espírito Santo. As amostras de fezes coletadas foram processadas pela técnica de sedimentação fecal para ovos de F. hepatica, utilizada como padrão ouro para as análises. Amostras de sangue e de leite foram processadas segundo a orientação do fabricante dos respectivos Kits ELISA comerciais testados. Utilizou-se o c² de McNemar para comparação estatística e calcularam-se a sensibilidade e especificidade, valores preditivos e kappa. Os resultados obtidos mostraram que as frequências de positividade pelo uso dos kits ELISA comerciais de soro e de leite diferiram significativamente (p<0,0001 em relação ao exame coproparasitológico. A sensibilidade dos Kits foi de 100%, porém possuíram baixa especificidade, 42,85 e 30% para o soro e leite respectivamente. O coeficiente de kappa mostrou concordância sofrível para os testes de soro (0,33 e de leite (0,21. Os valores preditivos positivos dos kits para soro e leite foram, respectivamente, 44,61 e 38,23% e, os valores preditivos negativos de 100% para ambos os testes. Apesar da maior sensibilidade dos kits ELISA comerciais e, destes apresentarem diferença em relação ao exame coproparasitológico na detecção dos animais positivos para F. hepatica, a escolha de um teste diagnóstico deve considerar o custo benefício. Quando se trata da presença de parasitismo em rebanhos, o tratamento é aplicado

  4. Pacientes chagásicos crônicos portadores de disfunção do nódulo sinusal: a presença de anticorpos IgG com ação agonista muscarínica independe da disfunção ventricular esquerda? Chronic Chagas disease patients with sinus node dysfunction: is the presence of IgG antibodies with muscarinic agonist action independent of left ventricular dysfunction?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Beatriz Corrêa de Mello Altschüller

    2007-12-01

    Full Text Available Estudos mostram que anticorpos IgG agonistas muscarínicos, de pacientes chagásicos, alteram a atividade elétrica de células cardíacas in vitro. Outros consideram sua presença, e a da síndrome do nódulo sinusal, conseqüências da lesão cardíaca progressiva. Objetivou-se avaliar a relação entre os anticorpos e as disfunções nodal e ventricular esquerda, em 65 pacientes chagásicos crônicos divididos em grupo I, composto de 31 pacientes portadores da síndrome do nódulo sinusal, e grupo II, de não portadores. A análise dos dados, pelo modelo log linear, mostrou uma interdependência entre a disfunção do nódulo sinusal e os anticorpos (p=0,0021 e entre a disfunção nodal e a ventricular (p=0,0005, mas não houve relação entre esta última e os anticorpos. Idade e sexo não tiveram influência sobre as outras variáveis. Chagásicos crônicos com a síndrome do nódulo sinusal têm maior prevalência de anticorpos agonistas muscarínicos, independentemente da presença de disfunção miocárdica.Studies have shown that muscarinic agonist IgG antibodies from Chagas disease patients alter the electrical activity of cardiac cells in vitro. Others have considered their presence, along with sinus node dysfunction, to be consequences of progressive cardiac lesions. The aim of this study was to evaluate the relationship between these antibodies and sinus node and left ventricular dysfunction in 65 chronic Chagas disease patients. These patients were divided into group I, composed of 31 patients with sinus node dysfunction, and group II, composed of the patients without this syndrome. Data analysis using the log linear model showed interdependence between sinus node dysfunction and the antibodies (p = 0.0021 and between nodal and ventricular dysfunction (p = 0.0005. However, no relationship was found between the antibodies and ventricular function. Age and sex did not influence any other variables. The chronic Chagas disease patients

  5. Avaliação da pesquisa de anticorpos antifosfolipídios para o diagnóstico da síndrome antifosfolípide Evaluation of antiphospholipid antibodies testing for the diagnosis of antiphospholipid syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Gonçalves Perches

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência de anticoagulante lúpico (LAC e dos isótipos de anticardiolipina (ACL e suas eventuais associações clínicas. PACIENTES E MÉTODOS: Estudo retrospectivo que avaliou manifestações clínicas e laboratoriais em indivíduos que apresentaram positividade para anticorpos antifosfolipídios no Hospital Edmundo Vasconcelos entre março de 2005 e junho de 2006. RESULTADOS: Cento e seis indivíduos (média de idade 42,2 ± 14,1 anos, 84% do sexo feminino foram incluídos no estudo. A prevalência de trombose foi de 17,9% (19/106 e de morbidade gestacional foi de 12,3% (13/106. O diagnóstico de Síndrome Antifosfolípide (SAF foi feito em 23,6% (25/106, sendo primária em 68% (17/25 e secundária em 32% (8/25. A prevalência de ACL foi de 97,1% (103/106 e de LAC foi de 11,4% (5/44 dos exames realizados. ACL isótipos IgM, IgG e IgA foram encontrados em 100%, 23,3% e 4,9% dos 103 soros ACL positivos, respectivamente. Para o diagnóstico de SAF, a ACL IgM apresentou sensibilidade de 92% e especificidade de 1,2%, enquanto a ACL IgG teve sensibilidade de 40% e especificidade de 82,5%. A ausência de ACL IgG teve alto valor preditivo negativo (81,4% para SAF. O LAC apresentou sensibilidade de 18,7% e especificidade de 92,8%. A curva Receiver Operating Characteristic (ROC demonstrou maior área abaixo da curva para ACL IgG e LAC. CONCLUSÃO: Em amostra aleatória de indivíduos com anticorpos antifosfolipídios positivos, ACL IgG e LAC apresentaram maior especificidade para o diagnóstico de SAF, que se caracterizou pela maior prevalência de trombose.OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of lupus anticoagulant (LAC and isotypes of anticardiolipin (ACL antibodies and its possible clinical associations. PATIENTS AND METHODS: A retrospective study analyzed clinical and laboratorial manifestations in individuals who showed positive antiphospholipid antibodies followed-up at Hospital Edmundo Vasconcelos from March 2005 to

  6. Anticorpos antipeptídeos citrulinados e fator reumatoide em pacientes sudaneses com infecção por Leishmania donovani Anti-citrullinated peptide antibodies and rheumatoid factor in Sudanese patients with Leishmania donovani infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erik Ahlin

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo avaliou a presença de anticorpos antipeptídeos citrulinados cíclicos (anti-CCP, fator reumatoide (FR e imunocomplexos circulantes (ICC em pacientes sudaneses infectados por Leishmania donovani. PACIENTES E MÉTODOS: Os soros foram coletados de pacientes infectados por Leishmania (n = 116 e de sudaneses saudáveis (n = 93. Dezenove pacientes sudaneses com artrite reumatoide (AR e anti-CCP+ foram incluídos como controles positivos. Os níveis de ICC e anti-CCP foram medidos por ELISA. Para avaliar a reatividade citrulina-específica foi usada a placa-controle com peptídeos-controle cíclicos contendo arginina em vez de citrulina. RESULTADOS: Entre os pacientes infectados por Leishmania e os pacientes com AR e anti-CCP+, a maioria (86% era positiva para FR, enquanto a frequência de positividade para ICC foi maior entre pacientes com leishmaniose visceral (LV (LV 38%; AR e anti-CCP+ 24%. Quando foi analisada a reatividade anti-CCP, 12% dos pacientes com LV foram positivos. Os níveis de anti-CCP entre os pacientes com LV correlacionaram-se bem com os níveis de ICC encontrados (r = 0,65; P OBJECTIVE: The present study evaluated the presence of anti-cyclic citrullinated peptides antibodies (anti-CCP, rheumatoid factor (RF, and circulating immune complexes (CIC in Sudanese patients infected with the Leishmania donovani parasite. PATIENTS AND METHODS: Sera were collected from Leishmania infected patients (n = 116 and healthy Sudanese (n = 93. Nineteen Sudanese anti-CCP+ RA patients were included as positive controls. Levels of CIC and anti-CCP were measured by ELISA. Control plate with cyclic control peptides containing arginine instead of citrulline was used to evaluate citrulline specifi c reactivity. RESULTS: Among Leishmania-infected patients and anti-CCP+ RA patients, most were RF positive (86%, while the frequency of CIC positivity was higher among visceral leishmaniasis (VL patients (VL 38%; anti-CCP+ RA 24%. When

  7. Monoclonal antibody anti-AFB1: scale-up in vitro for biotools development Anticorpo monoclonal antiAFB1: produção in vitro visando desenvolvimento de bioferramentas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eiko Nakagawa Itano

    2010-12-01

    Full Text Available Aflatoxin B1 (AFB1 is a mycotoxin classified as group 1 (human carcinogen by International Agency for Research on Cancer - IARC, causing hazardous contamination in a wide variety of food and feed, where the monitoring depends on precision and accuracy of analytical method. The culture of AFB1 specific monoclonal antibody (mAb secreting hybridoma was performed for further development of immunochemical methods. The growth of hybridoma AF2 was carried out in RPMI medium + 15 % fetal bovine serum (FBS, as well as the same medium gradually amended with H-SFM medium (25, 50, 75 and 100 % H-SFM. The protein concentration in the culture supernatant ranged from 1.80 to 10.88 mg/mL. The culture amended with FBS-free synthetic H-SFM medium reached production of reagent with higher degree of purity and lower risk, in addition to lower protein content (2.29 mg/mL reached with 100 % H-SFM, which approaches the real content of pure mAb. The indirect competitive enzyme-linked immunosorbent assay (ic-ELISA and SDS-polyacrylamide gel electrophoresis (SDS-PAGE showed anti-AFB1 activity and IgG corresponding bands, respectively, indicating feasible application of mAb produced in 100, 75 and 50 % H-SFM for further use in the development of AFB1 detecting biotools. This mAb production can be an initial step that can supply the self-sufficient immune-reagent in the rapid diagnosis at national condition, which is essential in the food quality and safety.Aflatoxina B1 (AFB1 é uma micotoxina classificada pela International Agency for Research on Cancer - IARC no Grupo 1 (carcinógeno ao humano, responsável pelo perigo de contaminação em ampla variedade de alimento e ração, cujo monitoramento depende de metodologia analítica precisa e exata. O trabalho visou cultivo do hibridoma secretor de anticorpo monoclonal (AcM específico para AFB1 visando desenvolvimento de métodos imunoquímicos. Hibridoma AF2 foi cultivado em meio RPMI + 15 % de soro fetal bovino (SFB

  8. Prevalence of human herpesvirus 8 antibodies in the population of Belém, Pará, Brazil Prevalência de anticorpos para o herpesvírus humano tipo 8 na população de Belém, Pará, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo B. FREITAS

    2002-12-01

    Full Text Available Serum samples from 497 children and adults inhabiting two neighbourhoods (Guamá and Terra Firme in Belém, Pará, North Brazil were screened for the presence of human herpesvirus 8 (HHV-8 antibody using an enzyme-linked immunosorbent assay. An overall 16.3% prevalence was found for these urban communities. Taken both genders together, prevalence rates of HHV-8 antibody increase gradually, across age-groups, ranging from 12.0% to 33.3%. When seroprevalence is analysed by gender, similar rates are found for female (18.4% and male (14.0% individuals. In the former gender group, seroprevalence rates increased from 10.3%, in children £ 10 years of age, to 30.0% in adults 41-50 years of age. Conversely, among male subjects, the prevalence of HHV-8 antibodies decreased from 13.3% in children/young adults aged £ 10 to 20 years of age to 6.1% in adults aged 21-30 years. From the 31-40 year-old group male onwards, seropositivity rates increased gradually, ranging from 8.3% to 66.7%. A significant difference in seropositivity rates was noted when comparing 21-30 age groups for female and male subjects: 23.3% and 6.1%, respectively (P = 0.03. Geometric mean optical densities were found to increase slightly from the lower to the higher age-groups. Our data suggest that transmission of HHV-8 occurs frequently in the general urban population of Belém, and that prevalence of antibody seems to increase with age.Amostras de soro de 497 crianças e adultos residentes em 2 bairros (Terra Firme e Guamá de Belém, Pará, norte do Brasil foram examinadas com o propósito de detectar-se anticorpos para o herpesvírus 8, utilizando-se a técnica imunoenzimática. A soroprevalência total nessas comunidades urbanas foi de 16,3%. As taxas de prevalência de anticorpos para o HHV-8, considerando ambos os sexos, aumentou progressivamente através dos grupos de idade, variando de 12,0% a 33,3%. Quando a soroprevalência é analisada por sexo, taxas similares s

  9. Pesquisa de anticorpos contra arbovírus e o vírus vacinal da febre amarela em uma amostra da população de Rio Branco, antes e três meses após a vacina 17D

    OpenAIRE

    Tavares-Neto José; Freitas-Carvalho Juliano; Nunes Márcio Roberto Teixeira; Rocha Grace; Rodrigues Sueli Guerreiro; Damasceno Edilândio; Darub Recleides; Viana Sebastião; Vasconcelos Pedro Fernando da Costa

    2004-01-01

    Em amostra da população da cidade de Rio Branco (Acre), foi pesquisada a freqüência de portadores de anticorpos contra os arbovírus, mais prevalentes na região amazônica, e o vírus vacinal da febre amarela, antes e após a imunização com a vacina 17D. Das 390 pessoas incluídas na primeira fase do estudo (agosto de 1999), somente 190 compareceram em janeiro de 2000, três meses após a aplicação da vacina 17D (outubro de 1999). Nas amostras da primeira fase, as freqüências de soropositivos (IH) p...

  10. Frequency of Toxoplasma gondii antibodies in tufted capuchin monkeys (Cebus apella nigritus from an ecological station in the State of São Paulo, Brazil Frequência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em macacos-prego (Cebus apella nigritus de estação ecológica localizada no Estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Costa da Silva

    2013-02-01

    Full Text Available Toxoplasmosis is a worldwide zoonosis caused by Toxoplasma gondii, an obligate intracellular parasite protozoan. A large percentage of animals presents specific antibodies caused by a previous exposition, resulting in a chronic infection. Felides are the definitive hosts and the other warm-blooded animals, including primates, are the intermediate hosts. This study was aimed to determine the prevalence of T. gondii infection in free-living tufted capuchin monkeys (Cebus apella nigritus from an ecological station located on Mata de Santa Teresa, Ribeirão Preto, SP, Brazil. T. gondii antibodies were analyzed by modified agglutination test (MAT in serum samples of 36 tufted capuchin monkeys, considering eight as cut-off titer. From the studied animals, 3/36 (8.33%; CI95% 3.0-21.9% presented T. gondii antibodies, all with titer 32. No significative difference was observed relating to the sex (1/3 male and 2/3 female, and to the age (1/3 young and 2/3 adult (P>0.05. Thus, these results demonstrate the presence of T. gondii antibodies in primates from São Paulo state.A toxoplasmose é uma das zoonoses mais difundidas no mundo, causada pelo Toxoplasma gondii, um protozoário parasita intracelular obrigatório. Uma alta porcentagem de animais apresenta anticorpos específicos causados por exposição prévia, levando a uma infecção crônica. Os felídeos são os hospedeiros definitivos e outros animais homeotérmicos, incluindo os primatas, são os hospedeiros intermediários. Este estudo objetivou determinar a prevalência da infecção por T. gondii em macacos-prego (Cebus apella nigritus de vida livre da Estação Ecológica localizada na Mata de Santa Teresa, Ribeirão Preto, SP, Brasil. Anticorpos anti-T. gondii foram pesquisados pelo método de aglutinação direta modificada (MAT em amostras de soro de 36 macacos-prego, utilizando-se o título oito como de corte. Dos animais estudados, 3/36 (8,33%; IC95% 3,0-21,9% apresentaram anticorpos anti

  11. Avaliação clínico-laboratorial de pacientes com síndrome antifosfolípide primária segundo a frequência de anticorpos antinucleares (FAN Hep-2 Clinical and laboratory evaluation of patients with primary antiphospholipid syndrome according to the frequency of antinuclear antibodies (ANA Hep-2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jozélio Freire de Carvalho

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a frequência de manifestações clínicas e laboratoriais em pacientes com síndrome antifosfolípide primária (SAFP com anticorpos antinucleares positivos (FAN Hep-2+, comparados àqueles com esses anticorpos negativos (FAN Hep-2 -. PACIENTES E MÉTODOS: Estudo transversal em 58 pacientes (82,8% mulheres com SAFP. Foram avaliados os dados demográficos, clínicos, comorbidades, medicações e anticorpos antifosfolípides. RESULTADOS: Dos 58 pacientes incluídos no estudo, vinte (34,5% apresentaram presença de FAN Hep-2. Comparando-se o grupo de pacientes FAN Hep-2+ com aqueles FAN Hep-2 -, verificou-se que ambos os grupos de pacientes com SAFP não diferiram estatisticamente em relação aos dados demográficos, bem como em relação ao tempo de doença. Em relação às manifestações clínicas e laboratoriais, o grupo com FAN Hep-2 + apresentou maior frequência de trombose venosa profunda (85 versus 52,6%, P = 0,04, uma frequência estatística e significativamente maior de anticardiolipina IgG (85 versus 52,6%, P = 0,02 e uma tendência para anticardiolipina IgM (80% versus 52,6%, P = 0,05, bem como maiores medianas desses anticorpos [33 (0-128 versus 20 (0-120 GPL, P = 0,008] e [33 (0-120 versus 18,5 (0-120 MPL, P = 0,009]. Tal diferença não foi observada no que se refere a outras manifestações da SAF, presença de comorbidades, estilo de vida e uso de medicações. CONCLUSÃO: Pacientes com SAFP que apresentam FAN Hep-2+ têm maior frequência de trombose venosa profunda e anticardiolipinas IgG e IgM.OBJECTIVE: To evaluate the frequency of clinical and laboratory manifestations in patients with primary antiphospholipid syndrome (PAPS with positive antinuclear antibodies (ANA Hep-2+ compared to those in whom this antibody is negative (ANA Hep-2-. PATIENTS AND METHODS: This is a transversal study with 58 patients (82.8% females with PAPS. Demographic and clinical data, comorbidities, medications, and

  12. Evaluation of cysticercus-specific IgG (total and subclasses and IgE antibody responses in cerebrospinal fluid samples from patients with neurocysticercosis showing intrathecal production of specific IgG antibodies Avaliação das respostas de anticorpos anti-cisticercos IgG (total e subclasses e IgE em amostras de líquido cefalorraquidiano de pacientes com neurocisticercose apresentando produção intratecal de anticorpos específicos IgG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lisandra Akemi Suzuki

    2013-01-01

    Full Text Available In the present study, an enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA standardized with vesicular fluid of Taenia solium cysticerci was used to screen for IgG (total and subclasses and IgE antibodies in cerebrospinal fluid (CSF samples from patients with neurocysticercosis showing intrathecal production of specific IgG antibodies and patients with other neurological disorders. The following results were obtained: IgG-ELISA: 100% sensitivity (median of the ELISA absorbances (MEA=1.17 and 100% specificity; IgG1-ELISA: 72.7% sensitivity (MEA=0.49 and 100% specificity; IgG2-ELISA: 81.8% sensitivity (MEA=0.46 and 100% specificity; IgG3-ELISA: 63.6% sensitivity (MEA=0.12 and 100% specificity; IgG4-ELISA: 90.9% sensitivity (MEA=0.85 and 100% specificity; IgE-ELISA 93.8% sensitivity (MEA=0.60 and 100% specificity. There were no significant differences between the sensitivities and specificities in the detection of IgG-ELISA and IgE-ELISA, although in CSF samples from patients with neurocysticercosis the MEA of the IgG-ELISA was significantly higher than that of the IgE-ELISA. The sensitivity and MEA values of the IgG4-ELISA were higher than the corresponding values for the other IgG subclasses. Future studies should address the contribution of IgG4 and IgE antibodies to the physiopathology of neurocysticercosis.No presente estudo, uma reação imunoenzimática (ELISA padronizada com o fluido vesicular de cisticercos de Taenia solium foi utilizada para avaliar as respostas de anticorpos anti-cisticercos IgG (total e subclasses e IgE em amostras de líquido cefalorraquidiano (LCR de pacientes com neurocisticercose apresentando produção intratecal de anticorpos específicos IgG e pacientes com outras desordens neurológicas. Os seguintes resultados foram obtidos: ELISA-IgG: 100% de sensibilidade (mediana das absorbâncias das reações ELISA (MAE=1,17 e especificidade 100%; ELISA-IgG1: sensibilidade 72,7% (MAE=0,49 e especificidade 100%; ELISA-IgG2

  13. Pesquisa de anticorpos contra arbovírus e o vírus vacinal da febre amarela em uma amostra da população de Rio Branco, antes e três meses após a vacina 17D

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tavares-Neto José

    2004-01-01

    Full Text Available Em amostra da população da cidade de Rio Branco (Acre, foi pesquisada a freqüência de portadores de anticorpos contra os arbovírus, mais prevalentes na região amazônica, e o vírus vacinal da febre amarela, antes e após a imunização com a vacina 17D. Das 390 pessoas incluídas na primeira fase do estudo (agosto de 1999, somente 190 compareceram em janeiro de 2000, três meses após a aplicação da vacina 17D (outubro de 1999. Nas amostras da primeira fase, as freqüências de soropositivos (IH para os vírus estudados foram: 17D (27,2%; Dengue-1 (0,3%; Dengue-2 (4,1%; Dengue-3 (0%; Dengue-4 (0%, entre outros 8 vírus. Nas amostras séricas de janeiro (2000, a soroconversão para o 17D foi de 89,7% (130/145 e 3,2% (6/190 passaram a ter anticorpos contra o sorotipo 3 (DEN-3. Em conclusão, por conta da elevada taxa de cobertura vacinal e de soroconversão há redução significativa do risco de urbanização do vírus da febre amarela na cidade de Rio Branco, apesar de não ser desprezível a possibilidade de uma nova epidemia de dengue, pelo DEN-3, a semelhança da registrada em 2000 e 2001 pelos sorotipos 1 e 2.

  14. Anti-Taenia solium metacestodes antibodies in serum from blood donors from four cities of Triângulo Mineiro area, Minas Gerais, Brazil, 1995 Anticorpos anti-formas metacestódeas de Taenia solium em amostras de soros de doadores de sangue de quatro cidades da região do Triângulo Mineiro, Minas Gerais, Brasil, 1995

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisângela de Paula SILVEIRA-LACERDA

    2002-07-01

    Full Text Available Serological survey was performed to detect IgG antibodies anti-Taenia solium metacestodes in blood donors of Hemocentro Regional de Uberlândia, Minas Gerais, Brazil. A total of 1133 sera from blood donors coming from four cities of Triângulo Mineiro area were analyzed by the indirect fluorescence antibody test (IFAT and the enzyme linked immunosorbent assay (ELISA. Specific IgG antibodies were found in 5.6% of the studied population, showing differences in the positive rates according to their origin: Araguari (13.5%, Tupaciguara (5.0%, Monte Alegre de Minas (4.8% and Uberlândia (4.7%. The results indicate the probable endemicity of cysticercosis in this population.Realizou-se pesquisa sorológica para detectar anticorpos IgG anti-formas metacestódeas de Taenia solium em doadores de sangue do Hemocentro Regional de Uberlândia, Minas Gerais, Brasil. O total de 1133 amostras de soros de doadores de sangue de quatro cidades do Triângulo Mineiro foi analisado pelo teste de imunofluorescência indireta (IFI e o teste imunoenzimático (ELISA. Anticorpos IgG específicos foram detectados em 5,6% da população estudada, mostrando diferenças nas taxas de positividade de acordo com suas cidades de origens: Araguari (13,5%, Tupaciguara (5,0%, Monte Alegre de Minas (4,8% e Uberlândia (4,7%. Os resultados indicam a provável endemicidade de cisticercose nesta população.

  15. Anti-Leptospira spp and anti-Brucella spp antibodies in humans from rural area of Monte Negro municipality, state of Rondônia, Brazilian Western Amazon Anticorpos anti-Leptospira spp e anti-Brucella spp em humanos da área rural do município de Monte Negro, estado de Rondônia, Amazônia Ocidental Brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel M. Aguiar

    2007-03-01

    Full Text Available Sera from 276 humans living in 71 farms located in Monte Negro Municipality, RO., Western Amazon, Brazil were examined for anti-Leptospira spp antibodies by Microscopic Agglutination Test and for anti-Brucella spp antibodies by Tube Agglutination Test. Leptospira spp antibodies were detected in 28 (10.2% of them with at least one positive case in 23 farms (32.4%. The most frequent leptospira serovars were Patoc (46.7%, Autumnalis (10.0% and Shermani (10.0%. The proportion of positive males (14.5% were higher than females (5.0%; P Foram avaliados soros de 276 humanos procedentes de 71 fazendas localizadas no município de Monte Negro, RO, pela Soroaglutinação Microscópica para verificar a presença de anticorpos anti-Leptospira spp e pela Soroaglutinação Lenta em Tubos para verificar a presença de anticorpos anti-Brucella spp. Anticorpos anti-Leptospira spp foram detectados em 28 (10,2% humanos procedentes de 23 fazendas (32,4%. Os sorovares mais freqüentes foram Patoc (46,7%, Autumnalis (10,0% e Shermani (10,0%. A positividade foi maior no sexo masculino (14,5% que no feminino (5,0%; P < 0,05 e o contato com a água de rio apresentou associação com a infecção por Leptospira spp (OR: 27; P < 0,05. Quatro humanos (1,4% reagiram contra antígenos de Brucella spp, com três (4,2% fazendas apresentando pelo menos uma reação positiva para Brucella spp.

  16. Avaliação eosinofílica e soropositividade para anticorpos IgG anti-toxocara em crianças atendidas pelo Sistema Único de Saúde Evaluación eosinófila y suero-positividad para anticuerpos igG anti-toxocara en niños atendidos por el Sistema Único de Salud Eosinophilic count and seropositivity for IgG antibodies to toxocara spp. in children assisted at the public health service

    OpenAIRE

    Ariella Andrade Marchioro; Cristiane Maria Colli; Salete Mattia; Márcia Liz Paludo; Gisely Cardoso de Melo; Carolina Moreira Adami; Sandra Marisa Pelloso; Ana Lúcia F. Guilherme

    2011-01-01

    OBJETIVO: Verificar a associação entre a presença de eosinofilia e a soropositividade para anticorpos IgG anti-Toxocara spp. em crianças atendidas pelo Sistema Único de Saúde no Noroeste do Paraná, Brasil. MÉTODOS: Estudo retrospectivo com crianças de sete meses a 12 anos, atendidas pelo Sistema Único de Saúde do Noroeste do Paraná, com teste ELISA para a pesquisa de anticorpos IgG anti-Toxocara spp. e contagem de eosinófilos (eosinofilia >600 células/mm³). RESULTADOS: Entre as 1.199 crianças...

  17. Técnica rápida de neutralização viral para a detecção de anticorpos contra o vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV no leite A rapid virus-neutralization test for detection of antibodies against bovine viral diarrhea virus (BVDV in milk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Scherer Charles Fernando Capinos

    2002-04-01

    Full Text Available A identificação de rebanhos positivos para o vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV através de detecção de anticorpos no leite pode viabilizar programas de controle em larga escala. Com esse objetivo, a técnica de soro-neutralização (SN foi adaptada para a pesquisa de anticorpos em amostras de leite. A adaptação consistiu na redução do tempo de incubação do teste, seguida da detecção de antígenos virais por imunofluorescência. A redução do tempo de incubação minimizou os efeitos tóxicos do leite sobre as células de cultivo, além de permitir a obtenção dos resultados em 24 horas. A técnica rápida (SNR foi inicialmente testada em 1.335 amostras de soro bovino, apresentando sensibilidade de 93,7% e concordância de 91,1% em relação à SN tradicional. A SNR foi também utilizada para testar 423 amostras de soro bovino que apresentaram toxicidade para as células na SN tradicional, detectando 316 (74,7% amostras positivas. O teste de amostras de soro e leite de 520 vacas em lactação demonstrou que a SNR pode detectar anticorpos no leite de vacas com títulos séricos a partir de 10. Atividade neutralizante anti-BVDV no leite foi detectada em 97,4% (191/196 de vacas com títulos séricos ³ 320; em 92,9% (79/85 de vacas com títulos de 160; em 88% (59/67 de vacas títulos de 80. A freqüência de animais positivos na SNR foi de 76,9% (40/52 para animais com títulos séricos de 40; 61,3% (19/31 com títulos de 20 e de 33,3% (10/30 para vacas com títulos de 10. Esses resultados demonstram que a técnica de SNR é adequada para a pesquisa de anticorpos anti-BVDV no leite, principalmente em animais com títulos moderados e altos de anticorpos. Essa técnica pode ser utilizada para testar amostras coletivas de leite e identificar rebanhos com atividade viral. A utilização dessa técnica pode viabilizar programas regionais de combate à infecção, pois permite testar um grande número de amostras e identificar rebanhos

  18. Análise antigênica e molecular de amostras citopáticas do vírus da diarréia viral bovina Antigenic and molecular analysis of cytopathic isolates of bovine viral diarrhea virus

    OpenAIRE

    Fernando Luiz Tobias; Anselmo Odeon; Edwiges Maristela Pituco; Rudi Weiblen; Dino César Garcez; Eduardo Furtado Flores

    2000-01-01

    Sete amostras citopáticas do vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV) isoladas de casos clínicos e do sangue de bezerros de rebanhos com problemas reprodutivos foram analisadas. Todas as amostras caracterizadas possuíam uma mistura de vírus citopáticos (cp) e não-citopáticos (ncp), que foram clonados biologicamente, originando populações puras de vírus de cada biotipo. Os clones cp e ncp obtidos foram caracterizados antigenicamente com um painel de anticorpos monoclonais (MAbs) e quanto à expres...

  19. Occurrence of anti-Neospora caninum and anti-Toxoplasma gondii IgG antibodies in goats and sheep in western Maranhão, Brazil Ocorrência de anticorpos IgG anti-Neospora caninum e anti-Toxoplasma gondii em caprinos e ovinos do oeste do Maranhão, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Martins de Brito Moraes

    2011-12-01

    Full Text Available Neosporosis and toxoplasmosis are parasitic diseases which can cause reproductive problems in goats and sheep. The current study aimed to determine the occurrence of anti-Neospora caninum and anti-Toxoplasma gondii IgG antibodies in goats and sheep from the districts of Amarante do Maranhão and Buritirana, Imperatriz microregion, western area of Maranhão State, northeastern Brazil, and to assess factors associated to infection by these etiologic agents. Blood samples from 110 animals (46 goats and 64 sheep from five herds were collected, and indirect immunofluorescence assay was used for serological testing. Of 46 goat samples, 17.39% (n = 8 showed anti-N. caninum antibodies and 4.35% (n = 2 anti-T. gondii, while of 64 sheep samples 4.69% (n = 3 and 18.75% (n = 12 showed anti-N. caninum and anti-T. gondii antibodies, respectively. No significant difference regarding the presence of domestic cats and/or dogs on the property and veterinary care was seen for both etiologic agents studied. However, food supplementation and animal reproductive failure were significantly (p A neosporose e a toxoplasmose são doenças parasitárias que podem causar problemas reprodutivos em caprinos e ovinos. O objetivo deste estudo foi determinar a ocorrência de anticorpos IgG anti-Neospora caninum e anti-Toxoplasma gondii em caprinos e ovinos dos municípios de Amarante do Maranhão e Buritirana, microrregião de Imperatriz, Oeste maranhense, Nordeste do Brasil, bem como avaliar fatores associados à infecção por esses agentes etiológicos. Amostras de sangue de 110 animais (46 caprinos e 64 ovinos, provenientes de cinco propriedades, foram coletadas, e a reação de imunofluorescência indireta utilizada para o diagnóstico sorológico. Das 46 amostras de caprinos, 17,39% (n = 8 apresentaram anticorpos anti-N. caninum e 4,35% (n = 2 anti-T. gondii, enquanto das 64 amostras de ovinos, 4,69% (n = 3 e 18,75% (n = 12 apresentaram anticorpos anti-N. caninum e anti

  20. FREQUÊNCIA DE ANTICORPOS ANTI-Neospora caninum EM BEZERRAS E NOVILHAS DE REBANHOS LEITEIROS NA MICRORREGIÃO DE LAVRAS, MG. FREQUENCY OF ANTOBODIES ANTI-Neospora caninum IN CALVES AND HEIFERS IN DAIRY HERDS RAISED IN LAVRAS, MINAS GERAIS, BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christiane Maria Barcellos Magalhães da Rocha

    2009-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi determinar a frequência de anticorpos anti-Neospora caninum e os fatores de risco associados a soropositividade em bovinos de dezoito rebanhos leiteiros da microrregião de Lavras, sul de Minas Gerais. Para isso, coletaram-se 534 amostras de soros de bezerras (maiores de três meses idade e novilhas até 24 meses de idade, e dividiram-se em dois grupos de acordo com a produção de leite da fazenda: grupo A (<1.000 litros de leite/dia e grupo B (>1.000 litros de leite/dia. A sorologia foi realizada por meio da reação de imunofluorescência indireta (RIFI e como ponto de corte o título de 1:200. Realizaram-se as análises descritivas de todas as variáveis deste estudo no programa SPSS 12.0 for Windows. Testou-se a associação entre níveis de positividade para N. caninum nos rebanhos com as variáveis coletadas por meio de questionário, mediante o Teste Exato de Fisher e, para testar a diferença de médias, utilizou-se o Teste T de Student. A frequência nos rebanhos foi de 100% (18/18. A frequência média global de animais infectados por N. caninum foi de 46,25% (247/534 e 43,66% (93/213, para fazendas do grupo A, e de 47,97% (154/321 para o grupo B. Não se registrou diferença significativa (p>0,05 entre os dois grupos, nem entre os fatores de risco e a soropositividade para N. caninum. A infecção por N. caninum está amplamente distribuída entre bezerras e novilhas de rebanhos leiteiros da microrregião de Lavras, sul de Minas Gerais.

    PALAVRAS-CHAVES: Anticorpos, Neospora caninum, imunofluorescência indireta, bovinos.

    PALAVRAS-CHAVE: anticorpos, Neospora caninum, imunofluorescência indireta, bovinos.

    The objective of this study was to establish the frequency of infection and to analysis risk

  1. Presence of antibodies against Toxoplasma gondii, Neospora caninum and Leishmania infantum in dogs from Piauí Presença de anticorpos anti-Toxoplasma gondii, Neospora caninum e Leishmania infantum em cães do Piauí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Gomes Lopes

    2011-06-01

    Full Text Available This study aimed to evaluate the presence of antibodies against Neospora caninum, Toxoplasma gondii and Leishmania infantum in dogs attended at the Veterinary Hospital of the Federal University of Piauí, Northeastern Brazil, where there are no reports of the occurrence of N. caninum and T. gondii in dogs. Serum samples from 530 dogs of genders, different ages and breeds from the municipality of Teresina and nearby towns were analyzed using three indirect fluorescent antibody tests, each one targeting one of the three agents. The associations between the parasites and gender, breed and age of the dogs were assessed by the chi-square test (p > 0.05. The occurrence of antibodies to N. caninum, T. gondii and L. infantum was 3.2, 18.0 and 78.1%, respectively. Toxoplasma gondii was more frequently found in older dogs (p 0.05. The results confirm the exposure of dogs to these parasites in the State of Piauí.Este estudo teve como objetivo avaliar a presença de anticorpos contra Neospora caninum, Toxoplasma gondii e Leishmania infantum em cães atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Federal do Piauí, Teresina, Piauí, onde não há relatos de ocorrência de N. caninum e T. gondii em cães. Amostras de soro de 530 cães de ambos os sexos, diferentes idades e raças do município de Teresina e cidades vizinhas, foram analisados utilizando três testes de imunofluorescência indireta para cada um dos três agentes. Associação entre os parasitas e o sexo, a raça e a idade dos cães foram analisadas pelo teste do qui-quadrado (p > 0,05. Ocorrência de anticorpos para N. caninum, T. gondii e L. infantum foi de 3,2, 18,0 e 78,1%, respectivamente. Toxoplasma gondii foi mais freqüente em cães mais velhos (p > 0,05, enquanto L. infantum apresentou maior freqüência em animais com idade entre um e três anos (p > 0,05. Para avaliar possíveis associações entre a presença de anticorpos anti-N. caninum e anti-T. gondii com infecção por

  2. Freqüência de anticorpo anti-Toxocara canis em comunidade do Rio Uatumã, no Estado do Amazonas Frequency of the antibody anti-Toxocara canis in a community along the Uatumã river, State of Amazonas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Melo Damian

    2007-12-01

    Full Text Available Um estudo seccional foi realizado nas Vilas Waimiri e Atroari em Balbina, entre julho e outubro de 2006, com o objetivo de estimar a freqüência de anticorpo antiToxocara canis da classe IgG e avaliar as variáveis epidemiológicas e socioculturais. Foram estudadas 34 famílias e incluídos 100 indivíduos, o que correspondeu a 5% (100/2.000 da população das vilas. A idade variou de zero a 76 anos (M=22,9 Dp=18. Quanto ao gênero, 53% eram femininos e 47% masculino; 52% das amostras foram positivas para Toxocara canis, 44,5% negativas e 3,2% inconclusivas. Observou-se menor número de indivíduos com sorologia negativa na Vila Atroari 29,5% (13/44 em comparação com a Waimiri 46,4% (26/56. Com relação ao contato com cães, dos 55 indivíduos com contato domiciliar 60% (33/55 foram positivos para anticorpo antiToxocara canis Apresentaram sorologia positiva 66,6% (10/15 dos indivíduos que tinham contato domiciliar com filhotes de cão (chi²22,149 p=0,008. A existência de contato domiciliar com cães e filhotes mostrou associação com a presença de anticorpo anti-Toxocara canis na população estudada.A cross-sectional study was carried out in the Waimiri and Atroari settlements in Balbina, between July and October 2006, with the aims of estimating the frequency of the antibody anti-Toxocara canis of the IgG class and studying the epidemiological and sociocultural variables. Thirty-four families were studied and 100 individuals were included, corresponding to 5% (100/2000 of the population of the settlements. The age range was 0-76 years (mean = 22.9; standard deviation = 18. The gender distribution was 53% female and 47% male. The samples were 52% positive for Toxocara canis, 44.5% negative and 3.2% inconclusive. The number of individuals who tested serologically negative in Atroari (29.5%; 13/44 was lower than in Waimiri (46.4%; 26/56. In relation to contact with dogs, among the 55 individuals with contact in their homes, 60% (33

  3. Dengue: inquérito populacional para pesquisa de anticorpos e vigilância virológica no Município de Campinas, São Paulo, Brasil Dengue: sero-epidemiological survey and virological surveillance in Campinas, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virgília Luna Castor de Lima

    2007-03-01

    Full Text Available Estudou-se a epidemiologia do dengue no Município de Campinas, São Paulo, Brasil, por meio de um inquérito populacional aleatório realizado em 1998, visando à detecção dos níveis de anticorpos para dengue, e de dados de vigilância epidemiológica do período de 1996 a 2003, com ênfase na vigilância virológica. Foram coletadas 1.260 amostras, por meio de punção digital, utilizando-se papel de filtro, sendo as amostras testadas pelo teste imunoenzimático em culturas celulares infectadas (EIA-ICC. Observou-se que a prevalência de soro reagentes (14,79% é mais baixa que as encontradas em outros inquéritos realizados no país e superior às encontradas em dois inquéritos realizados em cidades do Estado de São Paulo. Detectou-se uma prevalência de soro reagentes muito superior à incidência de casos notificados e confirmados laboratorialmente durante as epidemias de 1996, 1997 e 1998. Não se encontrou proporcionalidade entre a prevalência de anticorpos para dengue e a incidência de casos durante a epidemia nos diferentes Distritos de Saúde da cidade. Sugerem-se um estudo aprofundado do significado dos indicadores de transmissão utilizados em epidemias e uma vigilância virológica mais intensa, principalmente em anos com níveis de transmissão baixos.The epidemiology of dengue in the municipality of Campinas, São Paulo, Brazil, was studied in 1998 using a randomized sero-epidemiological survey. Epidemiological surveillance data from 1996-2003 were also analyzed, with an emphasis on virological surveillance. 1,260 individuals participated in the survey and had blood samples drawn by finger stick on filter paper. Blood samples were tested by EIA-ICC, an enzyme immunoassay using infected cells as antigen. Dengue antibody prevalence (14.79% was lower than in other surveys in other States of Brazil, but higher than in two other serological surveys in São Paulo State. Dengue antibody prevalence was far higher than the reported

  4. Anticorpos IgG anti-Neospora caninum e Toxoplasma gondii em búfalas (Bubalus bubalis criadas no estado do Pará Occurrence of IgG antibodies anti-Neospora caninum and Toxoplasma gondii in female water buffaloes (Bubalus bubalis raised in the Brazilian state of Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro P. Silva

    2010-05-01

    Full Text Available Para determinar a ocorrência de anticorpos IgG anti-Neospora caninum e Toxoplasma gondii em 14 unidades produtivas de búfalos, situadas em 13 municípios no estado do Pará, foram coletadas amostras de soro sanguíneo de 374 fêmeas adultas. Os soros foram submetidos à reação de imunofluorescência indireta (RIFI, utilizando-se os títulos 200 e 64, respectivamente como ponto de corte para N. caninum e T. gondii. Obteve-se 153 (40,9% de animais soropositivos para N. caninum com 100% das propriedades com focos da infecção, enquanto que quatro búfalas (1,1% foram soropositivas em quatro fazendas para T. gondii e uma búfala (0,27% foi soropositiva para ambos parasitos. A presença de anticorpos é um indicativo da circulação desses protozoários em búfalos das propriedades estudadas, representando uma fonte de infecção para outros animais, assim como o possível envolvimento em distúrbios reprodutivos nessa espécie.To investigate the occurrence of antibodies IgG anti-Neospora caninum and Toxoplasma gondii, blood samples were collected from 374 adult female water buffaloes originated from 14 production units located in 13 counties of the state of Pará. The sera were subjected to indirect fluorescent antibody (IFA, using titers of 200 and 64 as IFA cut off points for N. caninum and T. gondii, respectively. Hundred and fifty three (40.9% buffaloes were sero-positive for N. caninum, with 100% of the properties being sources of infection. Four buffaloes (1.1% in four farms were seropositive for T. gondii, and one buffalo cow (0.27% was seropositive for the two parasites. The presence of antibodies indicates that these protozoan parasites are circulating among buffaloes from the properties studied, representing a source of infection to other animals, as well as a possible cause of reproductive disorders in this species.

  5. Antibodies against Entamoeba histolytica in individuals with intestinal amoebiasis presenting cysts and/or trophozoites in the feces Anticorpos anti-Entamoeba histolylica em indivíduos com amebíase intestinal apresentando cistos e/ou trofozoitas nas fezes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Carvalho

    1991-10-01

    Full Text Available Serum samples were obtained from 154 individuals infected with Entamoeba histolytica (78 symptomatic and 76 asymptomatic. Twelve had trophozoites in the feces whereas 142 had only cysts. The sera were used to test the existence of antibodies anti-Entamoeba histolytica employing the Indirect Hemagglutination (IHA, Indirect Immunofluoresccnce (IFAT, Complement Fixation Reaction (CFR and Counterimmunoelectrophoresis (CIEP. For those individuals with trophozoites in their feces, 75.0 were positive by IHA and IFAT, 83.0 by CFR and 41.7 by CIEP. In individuals who had only cysts, positive results by the same tests were respectively, 5.6%, 12.0%, 19.0% and 5.6%. The difference in relation to the tilers of antibodies detected through IHA, IFAT, CFR and CIEP and in relation to the presence of trophozoites or cysts in the feces was significative for four immunological reactions when X², was employed (P Amostras de soros foram obtidas de 154 indivíduos comprovadamente parasitados pela Entamoeba histolytica (78 sintomáticos c 76 assintomáticos. Doze apresentavam trofozoitas nas fezes, enquanto 142 tinham apenas cistos. Os soros foram utilizados para testar a ocorrência de anticorpos anti-Entamoeba histolytica, empregando-se para tal, Reação de Hemaglutinação Indireta (HAI, Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI, Reação de Fixação de Complemento (RFC e Contraimunoeletroforese (CIEP. Entre os soros dos indivíduos com trofozoitas em suas fezes, 75,0% foram positivos para HAI e RIFI, 83,3% por RFC, e 41,7% por CIEP. Nos indivíduos que tinham apenas cistos, resultados positivos pelos mesmos testes foram respectivamente, 5,6%; 12,0%; 19,0% c 5,6%. A diferença cm relação aos títulos de anticorpos detectados através de HAI, RIFI, RFC e CIEP e em relação à presença de trofozoitas ou cistos nas fezes foi significativa para as quatro reações imunológicas, quando X² foi empregado (P < 0,05.

  6. Estudo de associação entre anticorpos anticardiolipinas e fenômenos vasculares periféricos em pacientes com esclerodermia sistêmica Study about the association between anticardiolipin antibodies and peripheral vascular phenomena in patients suffering from systemic scleroderma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Torres Liberati

    2010-06-01

    Full Text Available Isquemia é comum em esclerodermia sistêmica e é causada por vasoespasmo e trombose. As autoras analisaram a associação de eventos vasculares periféricos e anticorpos anticardiolipinas (aCl em 54 esclerodérmicos. Em 100% deles existia Raynaud; 59,2% apresentaram cicatrizes estelares; 43,3%, telangiectasias; 14,8%, fenômenos tromboembólicos periféricos. ACl IgG foram positivos em 9,2% dos casos e o IgM, em 7,4%. Fenômenos embólicos periféricos estão associados a aCl IgG (p=0,03, não se encontrando associação com demais manifestações.Ischemia is common in systemic scleroderma and it is caused by vasospasm and thrombosis. In the present study we analyzed the association of peripheral vascular events and anticardiolipin (aCl antibodies in 54 patients suffering from systemic scleroderma. The results showed that 100% of the patients presented Raynaud; 59.2% presented digital micro scars; 43.3%, presented teleangiectasies and 14.8%, presented peripheral thromboembolism. ACl IgG were positive in 9.2% and IgM, in 7.4%. Peripheral tromboembolic phenomena had a positive association with aCl IgG (p=0.03. No other associations were found.

  7. Seroprevalence of anti-Leishmania spp. antibodies in rural dogs from the city of Monte Negro, State of Rondônia, Brazil Soroprevalência de anticorpos anti-Leishmania spp. em cães rurais do município de Monte Negro, Estado de Rondônia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel M. Aguiar

    2010-03-01

    Full Text Available The present study assessed the prevalence of anti-Leishmania spp. antibodies in dogs from the city of Monte Negro, State of Rondônia, Brazil. ELISA (NE > 3 and IFAT (>1:40 were used to evaluate 161 serum samples collected from rural dogs from Monte Negro. Forty-five (27.9% dogs were positive by ELISA tests and five (3.1% were positive by IFAT. The present study showed for the first time the frequency of exposure to Leishmania spp. in dogs in the State of Rondônia, Amazon Region.O presente estudo determinou a prevalência de anticorpos anti-Leishmania spp. em cães do município de Monte Negro, Estado de Rondônia, Brasil. Foram utilizados os testes de ELISA (NE > 3 e RIFI (>1:40 para avaliar 161 amostras de soro de cães da zona rural do município. Quarenta e cinco cães (27,9% reagiram no teste de ELISA e cinco (3,1% na RIFI. O presente estudo demonstra pela primeira vez a freqüência de exposição por Leishmania spp. em cães de Rondônia, Região Amazônica.

  8. Anticorpos neutralizantes contra o vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV: comparação entre um imunógeno experimental atenuado e três vacinas comerciais inativadas Vaccination-induced neutralizing antibodies against bovine viral diarrhea virus (BVDV: comparison between an experimental modified-live vaccine and three comercial inactivated vaccines

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo de Lima

    2005-02-01

    Full Text Available Os títulos e duração de anticorpos neutralizantes contra o vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV induzidos por uma vacina experimental atenuada (vacina A: dose única foram comparados com os induzidos por três vacinas comerciais inativadas (B, C e D: duas doses com intervalo de 30 dias. Trinta dias após a vacinação (vacina A ou após a segunda dose (vacinas B, C e D, anticorpos neutralizantes contra o BVDV-1 foram detectados em todos os animais (12/12 do grupo A (título médio geométrico GMT=1612,7; em 32 de 36 animais do grupo B (GMT=14,3; 22 de 28 do grupo C (GMT=25,1; e em 16 de 30 do grupo D (GMT=40,0. Anticorpos frente ao BVDV-2 foram detectados em todos os animais do grupo A (GMT=151,0; em 27 de 36 do grupo B (GMT=10,0; 12 de 28 do grupo C (GMT=11,5 e em 10 de 30 animais do grupo D (GMT=10,0. No dia 180 após a vacinação, o número de animais que ainda apresentava anticorpos contra o BVDV-1 e os GMTs para cada grupo foram: vacina A (12/12, GMT=905,0; vacina B (30/36, GMT=28,3; vacina C (20/28, GMT=28,3; vacina D (14/30, GMT=16,1; e contra o BVDV-2 foram: vacina A (12/12, GMT=56,6; vacina B (18/36, GMT=16,8; vacina C (10/28, GMT=21,6 e vacina D (6/30, GMT=16,1. Os títulos médios (GMTs induzidos pela vacina A foram significativamente superiores aos demais, tanto para o BVDV-1 (PThe titers and duration of neutralizing antibodies against bovine viral diarrhea virus (BVDV induced by an experimental attenuated vaccine (vaccine A: one dose were compared to those induced by three commercial inactivated ones (B, C and D: two doses at a 30 day interval. Thirty days after vaccination (vaccine A or the second dose (vaccines B, C and D, neutralizing antibodies to BVDV-1 were detected in all calves (12/12 from group A (mean geometric titer GMT=1612.7; in 32 out of 36 from group B (GMT=14.3; 22/28 from group C (GMT=25.1; 16/30 from group D (GMT=40.0. Antibodies reacting with BVDV-2 were detected in all animals from group A (GMT=151.0; 27

  9. Marcadores inflamatórios e anticorpos anti-chlamydia em pacientes com síndrome metabólica Marcadores inflamatorios y anticuerpos anti-chlamydia en pacientes con síndrome metabólico Inflammatory markers and antichlamydial antibodies in patients with metabolic syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosecler Riethmuller Franco

    2011-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A síndrome metabólica está associada ao aumento de risco de eventos cardiovasculares. Marcadores inflamatórios e anticorpos anti-Chlamydia têm sido relacionados ao desenvolvimento e à progressão da aterosclerose e dos eventos cardiovasculares. OBJETIVO: Avaliar os marcadores inflamatórios interleucina-6 (IL-6 e fator de necrose tumoral-alfa (TNF-α e os anticorpos anti-Chlamydia pneumoniae em pacientes com síndrome metabólica (SM, com e sem eventos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudo transversal constituído por 147 indivíduos. Desses, 100 (68% com SM e sem eventos cardiovasculares; e 47 (32% com SM e com eventos cardiovasculares. Dos indivíduos que sofreram eventos cardiovasculares, 13 (6,11% apresentam infarto agudo do miocárdio (IAM, e dez (4,7%, acidente vascular cerebral (AVC. O diagnóstico da SM foi determinado pelos critérios do NCEP-ATPIII. RESULTADOS: A média de idade dos sujeitos com eventos cardiovasculares foi de 61,26 ± 8,5 e de 59,32 ± 9,9 nos indivíduos sem esses eventos (p=0,279, havendo predomínio do sexo feminino. O grupo com SM e sem evento apresentou maior peso, altura, IMC e circunferência abdominal. Para os indivíduos com eventos cardiovasculares (p=0,001, os marcadores inflamatórios IL-6 e TNF-α e a doença vascular periférica foram significativamente maiores. Obtiveram-se níveis elevados de anticorpos IgG para Chlamydia pneumoniae no grupo SM, sem eventos e de IgA no grupo com eventos quando comparados os dois grupos. Com relação ao IAM e ao AVC, os anticorpos anti-Chlamydia pneumoniae não demonstraram significância estatística, comparados ao grupo sem eventos cardiovasculares. Associação foi observada com o uso de estatinas, hipoglicemiantes orais, injetáveis e anti-inflamatórios não esteroidais no grupo com esses eventos. CONCLUSÃO: Marcadores inflamatórios encontram-se significativamente elevados em pacientes com SM, com IAM e AVC. Anticorpos anti-Chlamydia n

  10. Detection of anti-Borrelia burgdorferi antibodies in buffaloes (Bubalus bubalis in the state of Pará, Brazil Detecção de anticorpos anti-Borrelia burgdorferi em búfalos (Bubalus bubalis no estado do Pará, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola do Nascimento Corrêa

    2012-09-01

    Full Text Available This study aimed to investigate the frequency of homologous antibodies of IgG class against Borrelia burgdorferi in buffaloes in the state of Pará, Brazil. Blood serum samples from 491 buffaloes were analyzed by means of the indirect ELISA test, using crude antigen produced from a cultivar of the North American strain G39/40 of B. burgdorferi. There were 412 positive samples (83.91%, and there was no statistically significant difference in the proportions of positive animals between the 81.69% (232/284 originating from Marajó Island and the 86.96% (180/207 from the continental area of the state of Pará. In all the municipalities studied, the frequency of positive findings of antibodies against B. burgdorferi among the animals ranged from 63.6% to 92.9%. The high numbers of seropositive animals can be explained by the frequent presence of the tick Rhipicephalus (Boophilusmicroplus, and by the possible existence of spirochetes of the genus Borrelia infecting buffaloes in the region studied, although specific studies are needed to confirm this relationship. These factors suggest that a cross-reaction exists between the North American strain G39/40 of B. burgdorferi, which is used as an antigenic substrate, and the species of Borrelia spp. that possibly infects buffaloes in the state of Pará.Este estudo teve como objetivo investigar a frequência de anticorpos homólogos da classe IgG contra Borrelia burgdorferi em búfalos do estado do Pará. Amostras de soro de 491 búfalos foram analisadas por meio do teste ELISA indireto, utilizando antígeno bruto produzido a partir do cultivo da cepa norte americana G39/40 de B. burgdorferi. Foram encontrados 412 soros positivos (83,91%, não havendo diferença estatística significativa entre os 81,69% (232/284 animais positivos provenientes da Ilha de Marajó e os 86,96% (180/207 da base continental do estado do Pará. Em todos os municípios estudados os animais apresentaram frequência de anticorpos

  11. Seroprevalence rates of antibodies against Leishmania infantum and other protozoan and rickettsial parasites in dogs Soroprevalência de anticorpos contra Leishmania infantum e outras espécies de protozoários e rickettsia em cães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana de Cássia Paulan

    2013-03-01

    Full Text Available Canine visceral leishmaniasis (CVL is caused by the protozoan Leishmania infantum, which infects dogs and humans in many regions of Brazil. The present study involved an indirect fluorescent antibody test (IFAT to analyze L. infantum, Ehrlichia spp., Babesia canis, Toxoplasma gondii and Neospora caninum infection rates in serum samples from 93 dogs in a rural settlement in Ilha Solteira, SP, Brazil. The seroprevalence rates of anti-L. infantum, anti-Ehrlichia, anti-B. canis, anti-T. gondii and anti-N. caninum antibodies were 37.6%, 75.3%, 72%, 47.3% and 6.4%, respectively. In addition to IFAT, direct microscopic examination of popliteal lymph node aspirates revealed 26.9% of CVL positive dogs. Serological tests revealed that 17.2% of the dogs were seropositive for a single parasite, 29% for two parasites, 33% for three, 16.1% for four, and 1.1% for five parasites, while 3.2% were seronegative for five parasites. The presence of antibodies against these parasites in serum samples from dogs confirmed their exposure to these parasites in this rural area. Because of the potential zoonotic risk of these diseases, mainly leishmaniasis, ehrlichiosis and toxoplasmosis, special attention should focus on programs for the improvement of diagnostic assays and control measures against these parasites.Leishmaniose Visceral Canina (LVC é causada pelo protozoário Leishmania infantum, podendo infectar cães e humanos em várias regiões do Brasil. O presente estudo teve por objetivo realizar a reação de imunofluorescência indireta (RIFI para analisar os índices de infecção parasitária para L. infantum, Ehrlichia spp., Babesia canis, Toxoplasma gondii e Neospora caninum, em 93 amostras de soro de cães de um assentamento rural no município de Ilha Solteira, SP, Brasil. A taxa de soroprevalência de cães com anticorpos anti-L. infantum, anti-Ehrlichia, anti-B. canis, anti-T. gondii e anti-N. caninum foi de 37,6%, 75,3%, 72%, 47,3% e 6

  12. Prevalência de anticorpos contra o vírus da mamilite herpética em bovinos do Rio Grande do Sul, Brasil Prevalence of antibodies to bovine herpes mammillitis virus in cattle of Rio Grande do Sul , Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrício Dias Torres

    2009-09-01

    Full Text Available O herpesvírus bovino tipo 2 (BoHV-2, agente da mamilite herpética bovina (BHM, possui distribuição mundial e foi identificado no Brasil, na década de 70. A partir de então, casos de mamilite clinicamente compatíveis com a BHM têm sido relatados por técnicos e produtores, o que sugere a presença e disseminação do agente no rebanho bovino brasileiro. Este trabalho relata um inquérito sorológico da infecção pelo BoHV-2 no Estado do Rio Grande do Sul (RS, em amostras coletadas como parte do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose (PNCBT. Um total de 2.213 amostras de soro coletadas de fêmeas bovinas com idade igual ou superior a 24 meses, predominantemente de rebanhos leiteiros, de 136 municípios pertencentes a sete macrorregiões do RS, foram testadas para anticorpos anti-BoHV-2 pela técnica de soro-neutralização (SN. Anticorpos anti-BoHV-2 (títulos > 2 foram detectados em 24,5% (543/2.213 das amostras. Os índices de positividade variaram entre 12,9% (22/170, na região metropolitana de Porto Alegre, e 48,9% (69/137, na região centro oriental do RS. Em geral, os rebanhos leiteiros apresentaram prevalência maior (32,3%, seguidos dos rebanhos mistos (22% e de corte (17,6%. Esses resultados demonstram uma ampla disseminação da infecção pelo BoHV-2 no rebanho bovino do Estado e sugerem a participação do agente em parte dos casos de mamilite descritos em gado leiteiro.Bovine herpesvirus type 2 (BoHV-2, the agent of bovine herpetic mammillitis (BHM, has a worldwide distribution and was identified in Brazil in the 70's. Thereafter, cases of bovine mammillitis clinically compatible with BHM have been frequently reported by cattle owners and veterinarians, mainly in dairy herds, suggesting the dissemination of BoHV-2 among Brazilian cattle. This article reports a serologic survey for BoHV-2 antibodies in cattle from Rio Grande do Sul (RS, using serum samples obtained upon a statistically

  13. Comparison of the indirect fluorescent antibody test and modified agglutination test for detection of anti-Toxoplasma gondii antibodies in rats / Comparação da reação de imunofluorescência indireta e do teste de aglutinação modificado na detecção de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Lemos Freire

    2010-09-01

    Full Text Available The toxoplasmosis is a zoonosis caused by Toxoplasma gondii and affects a lot of species of carnivores and omnivores, including the human. The rodents are important in the transmition cycle because they act as an infection font to felines, the definitive host of this protozoan. The objective of this work was to evaluate the Modified Agglutination Test (MAT for the serologic diagnosis of toxoplasmosis in rats, comparing with the Indirect Fluorescent Antibody Test (IFAT, which has been considered the golden standard in animal toxoplasmosis diagnosis. Kappa test was used for comparing the serologic tests (IFAT and MAT and for determination of cutoff appropriate to MAT in this animal species. 182 rats were caught on local recycling of solid waste and solid residue storage in Londrina city, Paraná. Out of the 182 rats, nine (4.94% were positive to IFAT at a dilution of 1:16, and 17 (9.34% and five (2.75% were reactive to MAT in dilutions 1:25 and 1:50, respectively. The comparison of results between the techniques presented kappa coefficients of 0.26 and 0.55, respectively at 1:25 and 1:50 dilutions of MAT. It can be concluded that the dilution 1:50 is the most suitable to be used as cutoff for detecting T. gondii antibodies in rats using MAT, because agreed with IFAT.A toxoplasmose é uma zoonose causada pelo Toxoplasma gondii que acomete várias espécies carnívoras e onívoras, incluindo o ser humano. Os roedores são importantes na cadeia epidemiológica da doença por servirem de fonte de infecção aos felídeos, os hospedeiros definitivos deste protozoário. O objetivo deste trabalho foi avaliar o Teste de Aglutinação Modificada (MAT na detecção de anticorpos contra T. gondii em ratos, comparando-o à Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI, considerada padrão ouro para o diagnóstico da toxoplasmose animal. Empregou-se o teste kappa para a comparação dos testes sorológicos (RIFI e MAT e para a determinação do ponto de corte

  14. Cross-reactivity of antibodies in human infections by the kinetoplastid protozoa Trypanosoma cruzi, Leishmania chagasi and Leishmania (Viannia braziliensis Reatividade cruzada de anticorpos em pacientes com infecções pelos protozoários Trypanosoma cruzi, Leishmania chagasi e Leishmania (Viannia braziliensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana de Cássia Vexenat

    1996-06-01

    Full Text Available We have detected antibodies, in the sera of Chagas disease, Kala-azar and Mucocutaneous leishmaniasis patients, that bind multiple antigens shared between the three causative agents. The Chagas disease sera showed 98 to 100% positive results by ELISA when the Leishmania braziliensis and Leishmania chagasi antigens were used, respectively. The Kala-azar sera showed 100% positive results with Trypanosoma cruzi or L. braziliensis antigens by immunofluorescence assays. The antibodies in the sera of Mucocutaneous leishmaniasis patients showed 100% positive results by ELISA assays with T. cruzi or L. chagasi antigens. Furthermore, the direct agglutination of L. chagasi promastigotes showed that 95% of Kala-azar and 35% of Mucocutaneous leishmaniasis sera agglutinated the parasite in dilutions above 1:512. In contrast, 15% of Chagas sera agglutinated the parasite in dilutions 1:16 and below. Western blot analysis showed that the Chagas sera that formed at least 24 bands with the T. cruzi also formed 13 bands with the L. chagasi and 17 bands with the L. braziliensis. The Kala-azar sera that recognized at least 29 bands with the homologous antigen also formed 14 bands with the T. cruzi and 10 bands with the L. braziliensis antigens. Finally, the Mucocutaneous leishmaniasis sera that formed at least 17 bands with the homologous antigen also formed 10 bands with the T. cruzi and four bands with the L. chagasi antigens. These results indicate the presence of common antigenic determinants in several protozoal proteins and, therefore, explain the serologic cross-reactions reported here.Foram detectados anticorpos, nos soros de pacientes com doença de Chagas, Calazar e Leishnnaniose cutâneo-mucosa, que se ligam a antígenos compartilhados pelos três agentes causais. Os pacientes chagásicos mostraram 98 a 100% de soropositividade pelo ELISA quando antígenos de Leishmania braziliensis e de Leishmania chagasi foram usados, respectivamente. Os soros de

  15. Antibodies for Neospora caninum and Toxoplasma gondii in water buffaloes fromSão Paulo State, Brazil/ Detecção de anticorpos contra Neospora caninum e Toxoplasma gondii em soros de bubalinos ( Bubalus bubalis no Estado de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvimar José da Costa

    2001-08-01

    Full Text Available Water buffaloes ( Bubalus bubalis, are capable of becoming infected with Neospora caninum and Toxoplasma gondii, contributing to disease dissemination. The incidence of these antibodies was assessed in sera of water buffaloes, using an immunofluorescent antibody technique (IFAT. Any possible influence of breed or age of the buffaloes was investigated, besides assessment of sera antibody titres of any dogs and humans that were in close contact with the tested animals. Serum samples were taken from water buffaloes (n=411, dogs (n=8 and humans (n=14, from buffalo dairy farms in the São Paulo State, and tested. Of the samples of buffalo sera tested, 56.0% were reactive ( >1:200 to N. caninum and 49.9% were reactive ( >1:64 to T. gondii. Of all, 33.9% of the buffaloes presented antibody titres for both protozoon parasites. Of the canine serum samples, 25.0% presented titres ( >1:50 for N. caninum and 62.5% for T. gondii ( >1:16. The human serum samples did not show detectable antibodies for N. caninum when using a >100 limit titre for positive findings. The obtained data allows the conclusion that the protozoan parasite N. caninum, as well as T. gondii, are widely disseminated in the water buffalo herds assessed and, apparently, the factors breed and age do not interfere with frequency of N. caninum positives among adult female buffaloes. When concerning T. gondii, female buffaloes of 5 to 6 years of age showed more frequent presence of specific antibodies.Bubalinos são susceptíveis à infecção por Neospora caninum e Toxoplasma gondii, contribuindo assim para a disseminação destes protozoários na natureza. A ocorrência de anticorpos foi investigada em soro sangüíneo de bubalinos, utilizando-se a técnica de imunofluorescência indireta (IFI. Foram avaliados os fatores raça e idade dos búfalos, e também pesquisada a presença de anticorpos contra os dois parasitos em cães e humanos de convívio estreito com os bubalinos. Amostras de

  16. Manifestações neuropsiquiátricas em crianças e adolescentes com lúpus eritematoso sistêmico juvenil: associação com anticorpos antifosfolípide? Neuropsychiatric manifestations of children and adolescents with juvenile systemic lupus erythematosus: is there an association with antiphospholipid antibodies?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cássia Maria Passarelli Lupoli Barbosa

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: estudar a freqüência de anticorpos antifosfolípide (aFL em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ e sua possível associação com manifestações neuropsiquiátricas. MÉTODOS: análise retrospectiva de prontuários de 64 pacientes com LESJ, de acordo com os critérios do American College of Rheumatology (ACR, acompanhados por um período mínimo de seis meses. Foram consideradas manifestações neuropsiquiátricas: cefaléia, convulsão, acidente vascular cerebral (AVC, coréia, neuropatia medular e periférica, além de alterações do comportamento, com ou sem psicose. Duas dosagens de anticorpos anticardiolipina foram realizadas com intervalo de dois meses e foram considerados positivos os títulos de IgG maiores que 20 e de IgM maiores que 12. O anticoagulante lúpico foi dosado em 32 pacientes. A análise estatística foi realizada através do teste de Fisher com nível de significância OBJECTIVE: to study the frequency of antiphospholipid antibodies (aPL in patients with juvenile systemic lupus erythematosus (JSLE and the possible association to neuropsychiatric manifestations. METHODS: retrospective analysis of charts of 64 JSLE patients according to the American College of Rheumatology (ACR classification criteria, followed for at least six months. The neuropsychiatric manifestations were defined by the presence of: headache, seizure, cerebrovascular accident (CVA, chorea, medular or peripheral neuropathy and behavior disturbances with psichosis or not. The aPL were tested in two occasions with an interval of two months. Values greater than 20 for IgG or 12 for IgM were considered as positive. The lupus anticoagulant was tested in 32 patients. The statistical analysis was performed using the Fisher’s exact test with a significance level of 0,05. RESULTS: 38 (59.4% out of 64 JSLE patients had neuropsychiatric manifestations. APL antibodies were presented in 29 patients (45.3%. We did not observe a

  17. Expressão dos filamentos intermediários no diagnóstico dos tumores mamários de cadelas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zuccari D.A.P.C.

    2002-01-01

    Full Text Available Foram utilizados anticorpos monoclonais para marcação imunoistoquímica dos tecidos tumorais e obtenção de informações sobre a histogênese dos tumores mamários utilizando-se anti-citoqueratinas para marcação de células epiteliais, e anti-actina e anti-vimentina para células mioepiteliais. O procedimento imunoistoquímico mostrou-se esclarecedor com relação à histogênese dos tumores mamários, confirmando a marcação de células epiteliais com as citoqueratinas que perdem sua expressão na transformação celular maligna. A alfa-actina e a vimentina mostraram-se eficientes na marcação de células mioepiteliais. A alfa-actina diminuiu a marcação na metaplasia óssea ou cartilaginosa contrariamente à vimentina cuja marcação foi aumentada. Os resultados permitem melhor entendimento da classificação dos tumores mamários de cadelas com a utilização de anticorpos monoclonais como marcadores do citoesqueleto, que se mostraram eficientes nessa caracterização.

  18. Antibody to human T-lymphotropic virus in a patient with Guillain-Barré syndrome (case report Anticorpo para o vírus linfotrópico humano T em um paciente com a síndrome de Guillain-Barré

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.M. Nakauchi

    1991-08-01

    Full Text Available Serum sample obtained from a male, 12 year old patient suffering from Guillain-Barré syndrome (GBS was positive for human T-lymphotropic virus (HTLV-I antibody by the enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA and the Western Blot analysis (WB. Attempts to isolate enteroviruses (including poliovirus from faecal material in both tissue culture and suckling mice were unsuccessful; in addition, acute and convalescent paired serum samples did not show any evidence of recent poliovirus infection when tested against the three serotypes. Specific tests for detection of Epstein-Barr virus infection were not performed; however, the Paul-Bunnel test yielded negative results. ELISA for detection of anti-cytomegalovirus IgM was also negative. The concomitant occurrence of either adult T cell leukemia (ATL or lymphoma was not recorded in this case.Amostra de soro obtida de paciente com a síndrome de Guillain-Barré revelou-se positiva quanto à presença de anticorpos para o vírus linfotrópico humano T (HTLV-I pelo método imuno-enzimático (ELISA e a análise por "Western-Blot". Resultaram negativos os testes visando à detecção de enterovírus (incluindo poliovírus a partir de material fecal, tanto em cultura de tecidos como em camundongos recém-nascidos; exames com amostras de soro aguda e convalescente não exibiram qualquer evidência de infecção recente pelos três tipos de poliovírus. O teste de Paul-Bunnel, assim como o "ELISA" para a detecção de IgM anti-citomegalovírus resultaram negativos. Não foi registrada, no presente caso, quer a leucemia adulta de células T, quer linfomas.

  19. Anticorpos anti-Neospora spp. em amostras sorológicas de potros pré-colostrais pela técnica de imunofluorescência indireta Antibodies anti-Neospora spp. in sample sera of presuckle foals by indirect fluorescent antibody test

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Lamberti Pivoto

    2012-06-01

    Full Text Available Buscou-se detectar a frequência de anticorpos anti-Neospora spp. em amostras de potros pré-colostrais, bem como estabelecer a melhor diluição do soro sanguíneo para ser utilizado na imunofluorescência indireta. Foram analisadas 203 amostras sorológicas de potros pré-colostrais, pela reação de imunofluorescência indireta em diferentes titulações. As titulações 16 e 50 apresentaram 25,1% e 9,9% de potros pré-colostrais positivos, respectivamente. Dessa forma, em amostras de soro de animais desprovidos de colostro, pode-se considerar a titulação 16 mais apropriada para detectar a ocorrência de infecção pelo protozoário e assim da transmissão transplacentária pelo Neospora spp. em equinos.The objective of this study was to detect the frequency of antibodies against Neospora spp. in samples of presuckle foal, as weel as determine the best dilution of serum to be used in indirect fluorescent antibody test. We analyzed serum samples from 203 presuckle foals, by indirect fluorescent antibody test in different titrations. The titrations of 16 and 50 showed 25.1% and 9.9% of presuckle foals positive, respectively. Thus, in serum samples from presuckle foals the titration 16 can be considered more appropriate to detect the occurrence of infection by the protozoan and therefore the transplacental transmission of Neospora spp. in horses.

  20. Prevalence of antibodies against hepatitis A virus among the Kuikuro and Kaiabi Indians of Xingu National Park, Brazil Prevalência de anticorpos contra o vírus da hepatite A entre os índios Kuikuro e Kaiabi do Parque Indígena do Xingu, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Mindlin Lafer

    2007-06-01

    Full Text Available A seroprevalence study to detect total antibodies against Hepatitis A Virus was done with 220 samples from 589 Native Indians from Xingu National Park, Brazil, in five Kaiabi and Kuikuro villages, the most populous ethnic groups. Using a commercial immunoassay kit we detected 97.7% positive samples (95% Confidence Interval: 95%-99%. We noticed a precocious seroconversion, before the age of six years, when the disease is usually asymptomatic. These results are similar to those found in the literature in non-Indian population studies of the Northern, Northeastern and West Central regions of Brazil. They suggest that it is not necessary to introduce vaccination against Hepatitis A in these highly endemic populations.Um estudo de soroprevalência para detectar anticorpos totais contra o Vírus da Hepatite A foi realizado com 220 amostras obtidas de 589 indivíduos de cinco aldeias indígenas das tribos Kaiabi e Kuikuro, as mais populosas do Parque Nacional do Xingu, Brasil. Utilisando um kit comercial de ensaio imunoenzimático, detectamos 97,7% amostras positivas (Intervalo de Confiança de 95%: 95%-99%, com uma soroconversão precoce, antes dos seis anos de idade, quando a doença costuma ser assintomática. Estes resultados são semelhantes aos resultados encontrados na literatura em estudos com populações não-indígenas das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil, e sugere que não há necessidade de introdução de vacinação contra Hepatite A nestas populações de alta endemicidade.

  1. Anticorpos antipromastigotas vivas de Leishmania (Viannia braziliensis, detectados pela citometria de fluxo, para identificação da infecção ativa na leishmaniose tegumentar americana Anti-live Leishmania (Viannia braziliensis promastigote antibodies, detected by flow cytometry, to identify active infection in american cutaneous leishmaniasis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Dias Rodrigues Rocha

    2002-12-01

    Full Text Available Neste estudo, descrevemos etapas iniciais de padronização de uma nova metodologia para detecção de anticorpos antipromastigotas vivas de Leishmania (Viannia braziliensis, pela citometria de fluxo e a análise de sua aplicabilidade para estudos clínicos. Foram avaliados 39 indivíduos com sorologia convencional (RIFI positiva para leishmaniose, classificados quanto à ausência/presença de lesão (L- e L+. Os resultados foram expressos sob a forma de percentual de parasitas fluorescentes positivos (PPFP. A análise dos dados, na diluição 1:1.024, permitiu distinguir 95% dos pacientes L+ como um grupo de alta reatividade (PPFP>50% e 72% dos indivíduos L- como um grupo de baixa reatividade (PPFPIn the current study we described initial standardization steps of a new methodology to detect anti-live Leishmania (Viannia braziliensis promastigote antibodies by flow cytometry, followed by analysis of its applicability to clinical studies. We have studied 39 individuals with positive conventional serology to leishmaniasis, classified according to the absence/presence of cutaneous lesions (L- and L+. The results were expressed as percentage of positive fluorescent parasites (PPFP. Data analysis at dilution of 1:1,024, allowed the distinction of 95% of L+ patients as a group of high reactivity (PPFP>50% and 72% of L- individuals as a group of low reactivity (PPFP<50%. The analysis of immunofluorescence assay titers did not show any relationship with the absence/presence of lesion. Together, our data support the applicability of flow cytometry to identify cases of active infection, which has not been possible through conventional serological reactions.

  2. Detection of antibodies against Babesia bovis and Babesia bigemina in calves from the region of Araguaína, State of Tocantins, Brazil Detecção de anticorpos anti-Babesia bovis e anti-Babesia bigemina em bezerros na região de Araguaína, Estado do Tocantins, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hébelys Ibiapina da Trindade

    2010-09-01

    Full Text Available The aim of this study was to determine the seroprevalence of antibodies against B. bovis and B. bigemina in calves from the region of Araguaína, State of Tocantins, Brazil. In this research we used sera obtained from 506 calves, from both genders and of 8 to 24 months old, to detect antibodies by indirect Enzyme-Linked Immunosorbent Assay (ELISA-test. Statistical analysis of the data was performed using the Chi-square (χ2 test with Yates correction. The seroprevalence obtained was 90.5 and 91.7% for B. bigemina and B. bovis, respectively, characterizing the region as an area of enzootic stability for the species analyzed. The seroprevalence to B. bovis showed higher positivity among calves 19-24 months old.O objetivo desse estudo foi determinar a soroprevalência de anticorpos anti-B. bovis e anti-B. bigemina em bezerros da região de Araguaína, Estado do Tocantins, Brasil. Nesta pesquisa foram coletadas 506 amostras de soros de bezerros com faixa etária entre 8 e 24 meses, fêmeas e machos, as quais foram processadas pelo ensaio imunoenzimático indireto (ELISA-teste. Como análise estatística utilizou-se o Qui-Quadrado (χ2 com correção de Yates. As prevalências obtidas em bezerros foram de 90,5 e 91,7% para B. bigemina e B. bovis, respectivamente, caracterizando esta região como de estabilidade enzoótica para as espécies analisadas. A soroprevalência para B. bovis apresentou maior positividade entre os bezerros com faixa etária de 19-24 meses.

  3. Frequency of antibodies to Babesia bigemina, B. bovis, Anaplasma marginale, Trypanosoma vivax and Borrelia burdgorferi in cattle from the northeastern region of the state of Pará, Brazil Freqüência de anticorpos para Babesia bigemina, B. bovis, Anaplasma marginale, Trypanosoma vivax e Borrelia burgdorferi em bovinos do nordeste do Estado do Pará, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel S. Guedes Junior

    2008-06-01

    , por meio do ensaio de imunoadsorção enzimática (ELISA, a freqüência de anticorpos para Babesia bigemina, B. bovis, Anaplasma marginale, Trypanosoma vivax e Borrelia burgdorferi em bovinos da região nordeste do Estado do Pará, Brasil. Amostras de soro de 246 vacas dos municípios de Castanhal e São Miguel do Guamá foram usadas. ELISAs com antígeno bruto foram utilizados para detector anticorpos contra todos os agentes, exceto para A. marginale, para o qual um ELISA indireto com proteína principal de superfície 1a (MSP1a foi usado. As freqüências de bovinos soropositivos foram: B. bigemina - 99,2%; B. bovis - 98,8%; A. marginale - 68,3%; T. vivax - 93,1% and B. burgdorferi -54,9% As freqüências de bovinos soropositivos para B. bovis e B. bigemina sugerem uma alta taxa de transmissão desses organismos por carrapatos, na região estudada, a qual pode ser classificada com sendo de estabilidade enzoótica para os hemoparasitos. A baixa freqüência de bovinos soropositivos para A. marginale pode ser atribuída a uma menor sensibilidade do ELISA com antígeno recombinante, ou uma menor taxa de inoculação da riquétsia pelos carrapatos, quando comparada àquelas observadas para Babesia sp. A alta freqüência de bovinos soropositivos para T. vivax indica que esse hemoprotozoário é prevalente em rebanhos do nordeste do Estado do Pará. O percentual de animais com anticorpos homólogos para B. burgdorferi indica a presenças deste espiroquetídeo transmitido por carrapatos na população de bovinos da região estudada.

  4. Comparação dos anticorpos anti-reticulina e antiendomísio classe IGA para diagnóstico e controle da dieta na doença celíaca Comparison of IgA class reticulin and endomysium antibodies for diagnosis and control of the diet in celiac disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorete Maria da Silva KOTZE

    1999-12-01

    Full Text Available Sensibilidade ao glúten é um estado de elevada resposta iamunológica (celular e humoral à ingestão de proteínas do glúten do trigo, centeio, cevada e aveia, em indivíduos geneticamente predispostos. A doença celíaca é sua expressão mais freqüente, variando as formas de apresentação. Tem como tratamento a exclusão de alimentos contendo as gliadinas tóxicas. Embora a biopsia do intestino delgado proximal seja necessária, tem-se ressaltado a importância de testes sorológicos no rastreamento, diagnóstico e monitorização da dieta isenta de glúten em pacientes com doença celíaca. O objetivo do presente estudo foi investigar a presença dos anticorpos antiendomísio (EmA-IgA e anti-reticulina (ARA-IgA em 56 pacientes celíacos (17 recém diagnosticados; 24 aderentes à dieta; 15 com transgressão à dieta. Os anticorpos foram detectados por imunofluorescência indireta, utilizando como substrato cordão umbilical humano para os EmA-IgA, fígado e rim de rato para os ARA-IgA. Nos pacientes recém diagnosticados e no grupo com transgressão à dieta houve positividade total de 100% para os EmA-IgA e 59,4% para ARA-IgA. Nos pacientes aderentes à dieta nenhum dos anticorpos foi detectado. Dentre os 32 pacientes positivos, a concordância foi de 59,4% (19, sendo que 40,6 % (13/32 eram ARA-IgA negativo e EmA-IgA positivo. Nenhum paciente mostrou-se positivo para os ARA-IgA e negativo para os EmA-IgA. Portanto, a sensibilidade para os EmA-IgA foi de 100% e de 59,4% para os ARA-IgA. A associação dos dois testes não aumentou os índices de positividade total nas amostras. Conclui-se que, atualmente, a pesquisa dos EmA-IgA pode constituir teste sorológico de escolha, seja para diagnóstico, seja para seguimento dos pacientes celíacos, pelo alto valor preditivo, alta sensibilidade e especificidade e relativo baixo custo quando se utiliza cordão umbilical humano como substrato.Sensibility to gluten is a condition with high

  5. Triagem sorológica de familiares de pacientes com doença celíaca: anticorpos anti-endomísio, antitransglutaminase ou ambos? Serological screening of relatives of celiac disease patients: antiendomysium antibodies, anti-tissue transglutaminase or both?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shirley Ramos da Rosa Utiyama

    2007-06-01

    Full Text Available RACIONAL: A doença celíaca representa, na atualidade, a doença intestinal mais comum em populações caucasóides e apresenta prevalência que varia de 8% a 18% nos familiares dos pacientes. A pesquisa dos anticorpos anti-endomísio (EmA-IgA e antitransglutaminase tecidual (anti-tTG-IgA constitui importante recurso não-invasivo e sensível de triagem e diagnóstico da doença celíaca em grupos de risco e populações. OBJETIVO: Avaliar a prevalência do EmA e anti-tTG em um grupo de familiares de celíacos e verificar o grau de concordância entre os dois métodos. MÉTODOS: Foram estudados 177 familiares (76(feminino; 101(masculino; 2-79 anos e 93 indivíduos voluntários e sadios (34 (feminino; 59 (masculino; 2-71 anos como grupo controle. O EmA foi detectado por imunofluorescência indireta (substrato: cordão umbilical humano e o anti-tTG pelo método de ELISA (kit comercial. RESULTADOS: A positividade total de anticorpos nos familiares em estudo foi de 21% (37/177, mostrando significativa diferença em relação aos controles (0%; 0/93. Doze por cento (21/177 dos familiares foram positivos para o EmA e 13,56% (24/177 para o anti-tTG, sendo 4,52% (8/177 positivos concomitantemente para os dois anticorpos. A concordância de resultados entre os dois métodos foi de 83,6% (148/177 e a discordância de 16,4% (29/177, caracterizando uma correlação positiva significante (r= 0.435 entre ambos. Dentre os concordantes, 79,1% (140/177 eram negativos para o anti-tTG e EmA, e 4,52% (8/177 positivos para ambos. Nos casos discordantes, 7,34% (13/177 apresentaram EmA positivo e anti-tTG negativo e 9,04% (16/177 eram anti-tTG positivo e EmA negativo. CONCLUSÃO: Embora a alta positividade obtida para o EmA e anti-tTG destaque a importância da triagem sorológica em familiares de pacientes com doença celíaca, as discordâncias detectadas no estudo permitem ressaltar que o uso isolado de um único método pode incorrer em reações falso

  6. Prevalência de anticorpos IgG antiparvovírus B19 em gestantes durante o atendimento pré-natal e casos de hidropisia fetal não imune atribuídos ao parvovírus B19, na Cidade do Rio de Janeiro Anti-parvovirus B19 IgG antibody prevalence in pregnant women during antenatal follow-up and cases of non-immune hydropsis fetalis due to parvovirus B19, in the City of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Ricardo Araujo da Silva

    2006-10-01

    Full Text Available Com o objetivo de medir a prevalência de anticorpos IgG contra o parvovírus B19 em gestantes com até 24 semanas de idade gestacional e detectar a ocorrência de casos de hidropisia fetal não-imune atribuídos a esse vírus, coletamos 249 amostras de soro em uma maternidade de referência na cidade do Rio de Janeiro, entre junho de 2003 e março de 2005. As gestantes foram acompanhadas até o termo da gestação, sendo detectados 17 casos de hidropisia fetal. Quatro casos foram atribuídos ao parvovírus B19 e dois destes ocorreram em gestantes residentes na zona oeste da cidade, em fevereiro de 2005. Resultados positivos para anticorpos IgG antiparvovírus B19 foram encontrados em 172 (71,6% gestantes (IC 95% 65,5-77,7%, sendo esta prevalência de anticorpos comparável à encontrada em outras cidades brasileiras. A única variável associada com aquisição prévia de anticorpos IgG foi número de gestações anteriores maior que um(p= 0,02, IC 95% 0,36-0,94.With the aim of measuring the prevalence of anti-parvovirus B19 IgG antibodies during pregnancy up to 24 weeks of gestation and detecting cases of nonimmune hydrops fetalis, 249 sera from pregnant women attending a reference hospital in Rio de Janeiro city, from June 2003 to November 2004 were collected. They were followed-up until the end of pregnancy, with 17 cases of fetal hydrops detected. Four cases were caused by parvovirus B19 and two of them occurred in pregnant women living in the western zone of the city, during February 2005. Anti-parvovirus B19 IgG antibodies were found in 172 (71.6% pregnant women (CI 95% 65.5%-77.7%; this antibody prevalence is similar to results found for others Brazilian cities. The only variable associated with previous acquisition of IgG antibodies to parvovirus B19 was number of pregnancies greater than one (p= 0.02, CI 95% 0.36-0.94.

  7. Estudos sorológicos para pesquisa de anticorpos de arbovírus em população humana da região do Vale do Ribeira: IV - inquérito em escolares residentes no município de Iguape, SP (Brasil A serological study for research into arbovirus antibodies in the human population in the Ribeira Valley: IV - survey among school-children in Iguape County (S. Paulo State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lygia Busch Iversson

    1983-12-01

    Full Text Available Relatam-se os resultados de inquérito sorológico para pesquisa de anticorpos de 17 arbovírus em 337 escolares de 6 a 14 anos de idade, residentes em quatro áreas, com diferentes características ecológicas, situadas no município de Iguape, Vale do Ribeira, do Estado de São Paulo (Brasil: 1 - zona urbana da cidade de Iguape; 2 - Rocio, bairro periférico com características rurais; 3 - zona de cultura extensiva de banana, na planície litorânea; 4 - zona de mata primitiva na região pré-serrana. Observou-se, em 8,31% dos investigados, a presença de anticorpos inibidores de hemaglutinação de arbovírus dos grupos antigênicos A, B, C, Bunyamwera, Simbu e Anopheles A. Evidenciou-se diferença significante na proporção dos soros positivos entre escolares residentes nas zonas de bananal e de mata (19,05% e 16,67% e moradores na zona urbana e no bairro do Rocio (1,89% e 3,81%. Crianças sempre residentes na zona urbana de Iguape, sem hábito de freqüência a ambiente silvestre, apresentaram anticorpos neutralizantes para os vírus Caraparu e Rocio, sugerindo transmissão urbana desses agentes. Não há indícios sorológicos de infecções recentes causadas pelo flavivírus Rocio.A serological survey for research on antibodies of 17 arbovirus was carried out among 337 school-children from 6 to 14 years old, living in four ecologically different areas of Iguape County, Ribeira Valley, S. Paulo State, Brazil: 1 - urban zone of Iguape; 2 - Rocio, a peripheric city district of rural characteristics; 3 - zone of extensive banana plantation on the coastal plain; 4 - forested area close to the northern mountain range. It was observed that 8.31% of the children presented HI antibodies to arbovirus of groups A, B, C, Bunyamwera, Simbu or Anopheles A. There was a significant difference between the proportion of positive sera in banana plantation and forest dwellers (19.05% and 16.67% and those from the central urban zone and Rocio district (1

  8. Ocorrência de anticorpos e fatores de risco para infecção por Toxoplasma gondii em cães, nas cidades de Lages e Balneário Camboriú, Santa Catarina, Brasil Occurrence of antibodies and risk factors for infection for Toxoplasma gondii in dogs in the cities of Lages and Balneário Camboriú, Santa Catarina State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson B. de Moura

    2009-09-01

    Full Text Available Com os objetivos de conhecer a ocorrência de anticorpos e identificar fatores de risco para a infecção por Toxoplasmagondii em cães, nas cidades de Lages e Balneário Camboriú, SC, amostras de sangue de 400 cães domiciliados foram processadas para a detecção de anticorpos contra T. gondii pela técnica da imunofluorescência indireta (RIFI. Dados referentes à raça, idade, sexo, tipo de dieta, ambiente, presença de gatos e acesso à rua foram obtidos por meio de questionário. Análise estatística foi realizada (teste de χ². Dos 400 cães, 89 (22,3% apresentaram anticorpos contra T. gondii. Dos cães de Lages, 52 (26% foram positivos para T. gondii, enquanto os de Balneário Camboriú, 37 (18,5%foram sororreagentes. Não foram observadas diferenças estatísticas entre as prevalências de T. gondii nos dois municípios. Maior ocorrência de sororreagentes para toxoplasmose foi verificada entre os cães sem raça definida (P = 0,002, que tinham acesso à rua (P = 0,003 e que recebiam dieta caseira (P = 0,028. Forte tendência para reagentes ao T. gondii foi observada entre os animais adultos, indicando exposição pós-natal ao agente, e entre os cães em contato com felinos.The aim of this study was to identify the occurrence of antibodies and risk factors for infection for Toxoplasma gondii in dogs in the cities of Lages and Balneário Camboriú, Santa Catarina State, Brazil. Blood samples from 400 domiciliated dogs were processed for antibody detection against T. gondii by indirect immunofluorescence antibody test (IFAT. The following variables were obtained by questionnaire: breed, age, sex, diet, environment, presence of cats and street access. A Chi-Square test was performed to verify the association between the seroprevalence with the studied variables. From all evaluated dogs, 89 (22.3% had antibodies against T. gondii. A total of 52 (26% and 37 (18.5% dogs were positive for T. gondii in Lages and Balneário Cambori

  9. Evaluation of anti-Schistosoma mansoni igG antibodies in patients with chronic schistosomiasis mansoni before and after specific treatment Avaliação da presença de anticorpos IgG anti-Schistosoma mansoni no soro de pacientes com esquistossomose mansônica crônica, antes e após tratamento específico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Maria V. VENDRAME

    2001-06-01

    Full Text Available The circumoval precipitin test (COPT, enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA and the immunoblotting anti-adult worm antigen (AWA and soluble egg antigen (SEA tests were applied to 17 chronically schistosome-infected patients for the detection of anti-Schistosoma mansoni antibodies before and on four occasions after oxamniquine administration over a period of six months. Compared to a control group, schistosomiasis patients showed high levels of IgG antibodies in AWA and SEA-ELISA. A decrease in IgG levels was observed six months after treatment, although negative reactions were not obtained. Significant decreases in IgG1, IgG3 and, mainly, IgG4, but not anti-SEA IgG2 levels were observed six months after treatment, again without negativity. Analysis of anti-AWA IgG antibodies by immunoblotting before treatment showed a 31 kDa strand in 14 patients (82% which disappeared in three cases up to six months after treatment; furthermore, anti-SEA IgG antibodies showed the same band in nine patients (53% before treatment, which disappeared in only four cases up to six months after treatment.Em 17 pacientes com infecção crônica por Schistosoma mansoni utilizaram-se os testes de reação periovular, imunoenzimático (ELISA e imunoblotting, empregando-se antígenos obtidos a partir de vermes adultos (AWA ou de ovos de S. mansoni (SEA, para detecção de anticorpos anti-S. mansoni, antes e em quatro ocasiões após tratamento com oxamniquine. Quando cotejados a grupo controle os pacientes esquistossomóticos revelaram altos níveis séricos de anticorpos IgG nos testes ELISA (anti-AWA e anti-SEA, não se observando, porém, negativação até seis meses após tratamento específico. Encontrou-se, entretanto, decréscimo significativo, sem negativação, dos níveis de IgG1, IgG3 e, principalmente, IgG4, quando se utilizou antígeno solúvel obtido a partir de ovos de S. mansoni (SEA, seis meses após administração de oxamniquine. O mesmo não foi

  10. Auto-anticorpos anti-β2-glicoproteína I e síndrome metabólica Anticuerpos anti-β2-glicoproteína I y síndrome metabólico Anti-beta2-glycoprotein I autoantibodies and metabolic syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo B. Krás Borges

    2011-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A síndrome metabólica (SM é uma entidade pró-aterogênica. Autoanticorpos tais como β2-glicoproteína I (β2-gpI podem influenciar o aparecimento de ateromas. Estudos anteriores confirmaram uma associação entre anticorpos IgA anti-β2-gpI e isquemia cerebral, infarto do miocárdio, doença arterial periférica e doença da carótida. OBJETIVO: O objetivo desse estudo de caso-controle foi avaliar uma possível associação entre anticorpos anti-β2-gpI e anticardiolipina (aCL com SM não-complicada. MÉTODOS: Pacientes com SM sem histórico de eventos vasculares e indivíduos-controle, consistindo em pacientes da Enfermaria de Ortopedia admitidos devido a doenças musculoesqueléticas foram incluídos no estudo. Idade, sexo, etnia, histórico de hipertensão, tabagismo, hipercolesterolemia e diabetes mellitus foram avaliados como fatores de risco em ambos os grupos. Anticorpos IgG, IgM, e IgA anti-β2-gpI e aCL foram detectados através de imunoensaios enzimáticos. RESULTADOS: Um total de 68 pacientes com SM e 82 controles foram estudados. Os pacientes com SM tinham média de idade superior à dos controles (P = 0,001, enquanto homens (P = 0,003; OR 0,31; IC95%: 0,15-0,16 e etnia caucasiana (P = 0,004; OR 0,25; IC95%:0,10-0,60 eram predominantes nos controles. Histórico de hipertensão, hipercolesterolemia e diabetes mellitus foi mais prevalente nos pacientes com SM do que nos controles (P FUNDAMENTO: El síndrome metabólico (SM es una entidad pro-aterogénica. Autoanticuerpos tales como β2-glicoproteína I (β2-GPI pueden influir en la aparición de ateromas. Estudios previos han confirmado una asociación entre anticuerpos IgA anti-β2-GPI y la isquemia cerebral, infarto de miocardio, enfermedad arterial periférica y enfermedad carotidea. OBJETIVO: El objetivo de este estudio de caso-control fue evaluar una posible asociación entre los anticuerpos anti-β2-GPI y anticardiolipina (aCL con SM complicada. MÉTODOS: Se

  11. Soroprevalência de anticorpos contra o antígeno CagA do Helicobacter pylori em pacientes com úlcera gástrica na região Norte do Brasil Seroprevalence of antibodies against the CagA antigen the Helicobacter pylori in patients with gastric ulcer in the North region of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luisa Caricio Martins

    2002-08-01

    Full Text Available O Helicobacter pylori é um agente patogênico largamente distribuído no mundo, estando envolvido no desenvolvimento de várias doenças gastrointestinais. Atualmente a infecção pela cepa virulenta (CagA+ do H. pylori é considerado um dos principais fatores etiológicos para o desenvolvimento de ulcerações gástricas. Baseado nessa informação, investigamos a soroprevalência das cepas virulentas entre os pacientes com úlcera gástrica da nossa região, utilizando testes sorológicos para detecção de anticorpos contra o H. pylori e a proteína CagA. Sendo observado que 82% (45/55 dos pacientes estavam infectados pela cepa virulenta, entre esses 89% (40/45 apresentaram grau de inflamação aumentado na mucosa gástrica, com denso infiltrado de leucócitos no tecido, o que provavelmente favoreceu a formação das ulcerações gástricas.Helicobacter pylori is a pathogenic agent with a worldwide distribution and is involved in the development of many gastrointestinal diseases. Nowadays infection with the virulent strain CagA+ of H. pylori is considered one of the main etiological factors in the development of gastric ulcer. Based on this information, we investigated the seroprevalence of virulent strains among patients with gastric ulcer from one region, using serologic tests to detect antibodies against H. pylori and CagA protein. Infection by the virulent strain was found in 82% (40/55 of the patients, and among these, 89% (40/45 presented an increased degree of inflammation in the gastric mucosa, with a dense infiltration of leukocytes in the tissue, which probably favored the formation of gastric ulcer. We concluded that the presence of the virulent strain is related to the development of an increased inflammation in the gastric mucosa.

  12. A relação entre soroprevalência de anticorpos contra o glicolipídeo fenólico-I entre crianças em idade escolar e endemicidade da hanseníase no Brasil The relation between seroprevalence of antibodies against phenolic glycolipid-I among school children and leprosy endemicity in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samira Bührer-Sékula

    2008-01-01

    Full Text Available Os programas de controle da hanseníase se beneficiariam de um método fácil para estimar prevalência e avaliar o impacto das ações de controle na prevalência da doença. A determinação da soroprevalência de anticorpos contra PGL-I através de estudos com crianças em idade escolar foi sugerida como indicador útil da taxa de prevalência da hanseníase a nível municipal.Para investigar se a soropositividade estaria associada aos coeficientes de detecção da hanseníase e se poderia ser usada como indicador da prevalência em outras áreas, 7.073 crianças em três estados endêmicos de hanseníase no Brasil foram testadas. Resultados mostram uma considerável variação da distribuição de soropositividade nas comunidades, independente do número de casos de hanseníase detectados. A soroprevalência foi significativamente menor nos colégios. Nenhuma diferença na distribuição da soropositividade determinada por ELISA ou dipstick foi observada. Nenhuma correlação entre o coeficiente de detecção da hanseníase e soropositividade pôde ser estabelecida.Leprosy control programs would benefit expressively from an easy method to estimate disease prevalence and to assess the effect of leprosy control measures on disease prevalence. Determination of the seroprevalence of antibodies to PGL-I through school children surveys might be a useful indicator of leprosy prevalence at the district level. To investigate whether seropositivity rates could be related to leprosy detection rates and whether seropositivity could be used as a proximal indicator to predict the leprosy incidence in other areas, 7,073 school children in three different leprosy-endemic states in Brazil were tested. The results show a widely varying distribution of seropositivity in the communities independent of the number of leprosy cases detected. Seroprevalence was significantly lower at private schools. No differences in the patterns of seropositivity between ELISA

  13. Prolactina, estradiol e anticorpos anticardiolipina em amostra de mulheres pré-menopáusicas com lúpus eritematoso sistêmico: estudo-piloto Prolactin, estradiol and anticardiolipin antibodies in premenopausal women with systemic lupus erythematosus: a pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Tiskievicz

    2011-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O lúpus eritematoso sistêmico (LES é uma doença autoimune com maior prevalência em mulheres. A maior incidência ocorre durante os anos reprodutivos, sugerindo que o estradiol tenha influência na apresentação clínica do LES. Anticorpos anticardiolipina (ac-ACL estão relacionados com a síndrome do anticorpo antifosfolipídeo (SAF, mas podem estar presentes em pacientes com LES sem SAF, sendo relacionados com risco cardiovascular e nefrite. OBJETIVO: Determinar se a presença de ac-ACL está associada a alterações hormonais em uma amostra de mulheres com LES. MÉTODOS: Foram avaliadas 47 mulheres com LES de acordo com os critérios do American College of Rheumatology, com idade média de 30,8 ± 8,12 anos. Nenhuma fazia uso de anticoncepcional hormonal, e a atividade do LES foi estimada pelo índice de atividade da doença (SLEDAI. As pacientes foram estratificadas de acordo com a presença ou não de ac-ACL, e os níveis séricos de estradiol e prolactina foram determinados. RESULTADOS: Nove (19,1% das 47 pacientes tiveram ac-ACL positivos. Idade, tempo de doença e o SLEDAI foram similares entre os grupos. No entanto, a mediana do estradiol foi menor no grupo com ac-ACL positivo [46,8 (21,0-72,1 pg/mL] com relação ao grupo com ac-ACL negativo [122,3 (64,8-172,7 pg/mL, P = 0,004]. CONCLUSÃO: Estes resultados sugerem, pela primeira vez, uma associação inversa entre ac-ACL e níveis de estradiol em pacientes pré-menopáusicas com LES. Considerando que tanto níveis reduzidos de estradiol endógeno quanto presença de ac-ACL estão associados a aterosclerose, este achado pode ser clinicamente relevante em predizer risco cardiovascular e/ou desenvolvimento de SAF no LES.INTRODUCTION: Systemic lupus erythematosus (SLE is an autoimmune disease, with higher prevalence in women. An incidence peak occurs during the reproductive years, suggesting that estradiol may play a role in the clinical presentation of SLE

  14. Flutuação das variáveis séricas em cabras e estudo comparativo da absorção de anticorpos em cabritos recém-nascidos utilizando colostro bovino e caprino Fluctuation of serum variables in goats and comparative study of antibody absorption in new-born kids using cattle and goat colostrum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anali Linhares Lima

    2009-11-01

    Full Text Available Objetivou-se determinar a flutuação no nível de anticorpos séricos em cabras nos períodos pré e pós-parto e a eficiência do processo de aquisição de imunidade passiva em cabritos recém-nascidos utilizando colostros bovino e caprino, visando à avaliação de uma alternativa de manejo de colostro. Foram utilizadas 18 cabras e suas respectivas crias, num total de 33 animais. A coleta de sangue das cabras foi iniciada 45 dias antes da data prevista para o parto e foi realizada em intervalos de cinco dias até o 5º dia após o parto. Os cabritos foram distribuídos em dois grupos: um grupo recebeu colostro caprino e o outro colostro bovino. As coletas de sangue foram feitas às 0, 12, 24 e 48 horas e aos 5, 10, 15, 17, 20, 25, 30, 35, 40, 50 e 60 dias de vida. Foram analisadas as concentrações séricas de proteína total e imunoglobulinas, além da concentração de imunoglobinas no colostro. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado e as variáveis séricas analisadas como medidas repetidas. A ausência de queda na concentração sérica de proteínas totais e imunoglobinas no período pré-parto indica que a mobilização de anticorpos para glândula mamária ocorre em concentrações que permitem o animal manter essas variáveis sem grandes alterações. No grupo que recebeu colostro bovino, a data de concentração máxima de proteínas totais (7,16 ± 0,28 g/dL foi verificada às 48,68 ± 0,70 horas de vida e a de imunoglobinas, às 48,75 ± 0,73 horas, com média de 37,56 ± 2,38 unidades ZST (turvação por sulfato de zinco. No grupo que recebeu colostro caprino, os valores máximos de proteínas totais e imunoglobinas séricas ocorreram mais tardiamente, aos 20,05 ± 1,36 e 20,11 ± 1,72 dias de vida, com médias de 5,91 ± 0,22 g/dL e 28,17 ± 2,05 unidades ZST, respectivamente. O colostro caprino pode ser substituído pelo colostro bovino, que promove melhor aquisição inicial de imunoglobulinas aos neonatos

  15. Research of antigen and antibodies against Porcine Circovirus Type - 2 in pigs with and without postweaning multsystemic wasting syndrome from commercial farms of Minas Gerais StatePesquisa de antígenos e anticorpos contra Circovírus Suíno II em suínos com e sem sintomatologia da síndrome multisistêmica do definhamento em granjas comerciais mineiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Gonçalves Esteves

    2011-10-01

    detecção de antígenos do (CSV-2 em tecido lesionados. Entretanto, suínos infectados com CSV-2 assintomáticos ou com infecções subclínicas podem disseminar o vírus no plantel. A pesquisa de anticorpos contra o CVS-2 em porcos aparentemente saudáveis pode sugerir o risco de ingresso de vírus. Neste trabalho foram investigados antígenos e anticorpos contra CVS-2 de porcos de granjas comerciais de sete e oito mesorregiões de Estado de Gerais de Minas (MG. 32 porcos com idades de cinco a onze semanas que apresentaram sinais clínicos de SMDS foram necropsiados. Antígenos do CVS-2 foram investigados nos porcos sacrificados (grupo I e amostras de demanda de diagnóstico (grupo II pela IHQ. 7.60% e mais de 60%do primeiro e segundo grupo, respectivamente, foram positivos para antígeno viral. Em todos, marcação intense de macrófagos e histiócitos, especialmente nos linfonodos e pulmão, evidenciou antígenos a CVS-2. Em paralelo, 955 amostras de soros de porcos de 35 granjas comerciais de ciclo completo sem sintomatologia clínica de SMDS foram investigadas para a detecção de anticorpos contra o CVS-2 aplicando a técnica de Imunoperoxidase em Monocamada de Células (IPMC. Todos os rebanhos de suínos (100% apresentaram animais positivos (nível de confiança 90% a 100% com freqüência de 96,6% de porcos reagentes (nível de confiança 94.7% a 98,6%. Os títulos de anticorpos contra o CVS-2 variou 1:320 (médio a 1:10.240 (alto. Os resultados sugerem que pelo menos 2,66% e 9% dos porcos das regiões Triângulo Mineiro e Zona da Mata, respectivamente, nesta amostragem poderiam desenvolver SMDS clínica e esta porcentagem alcança 3,35% no total dos soros.

  16. Anticorpos contra Leptospira spp em bovinos leiteiros vacinados com bacterina polivalente comercial: perfil sorológico frente a dois esquemas de vacinação Antibodies against Leptospira spp in dairy cattle vaccined with a commercial pentavalent bacterin: serological profile using two schemes of vaccination

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela de Godoy Cravo Arduino

    2004-06-01

    Full Text Available Mediante a utilização da prova de soroaglutinação microscópica (SAM, foi pesquisada a indução de anticorpos contra leptospira em bovinos vacinados com uma bacterina polivalente comercial. Procurou-se avaliar a resposta sorológica homóloga frente a dois esquemas de vacinação. Os animais utilizados foram fêmeas adultas em produção leiteira oriundas de seis propriedades da região noroeste do Estado de São Paulo. Vinte animais de cada propriedade foram escolhidos após três exames sorológicos com 24 sorovares de leptospiras com intervalo de 20 dias, através de triagem sorológica com 24 antígenos de leptospiras. Os grupos foram constituídos de animais não reagentes (I, II e III e animais reagentes (IV, V e VI. Posteriormente os animais foram subdivididos em grupos controle (I e IV, os que receberam somente uma dose de vacina (II e V e que receberam duas uma doses de vacina com e dose de reforço após 30 dias (III e VI. Os animais foram monitorados por meio da SAM nos dias 0, 15, 30, 45 e 60 após a primeira aplicação da vacina. Os resultados obtidos revelaram que não houve diferença significativa (p>0,05 entre os animais vacinados e não vacinados. Não houve diferença significativa (p>0,05 nas respostas de títulos vacinais com relação ao perfil sorológico apresentados pelos animais. A vacinação com reforço apresentou melhor desempenho e a indução produção de aglutininas somente ocorreu contra os sorovares hardjo, wolffi, icterohaemorrhagiae e pomona. Há a necessidade de maiores estudos sobre o poder imunogênico da vacina utilizada no experimento.Using the microscopic agglutination test (MAT, the induction of antibodies against Leptospira sp. p was conducted in vaccinated cattle with a commercial polyvalent vaccine. The homologous serological response was determined by MAT using two vaccinations schemes. The animals used were adult milking cows from six properties in the Northwest Region of the São Paulo

  17. BLUETONGUE VIRUS ANTIBODIES DETECTIONS IN SHEEP FROM ARAÇATUBA REGION –SAO PAULO, BRAZIL DETECÇÃO DE ANTICORPOS CONTRA O VÍRUS DA LÍNGUA AZUL EM OVINOS NA REGIÃO DE ARAÇATUBA – SÃO PAULO, BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Hellmeister de Campos Nogueira

    2009-12-01

    Full Text Available

    Bluetongue (BT is an infectious, insect-born viral disease of ruminants. The causative agent of BT is bluetongue virus (BTV that belongs to the family Reoviridae genus Orbivirus. Insect vectors in the genus Culicoides transmit this virus. BT affects domestic and wild ruminants, however small ruminants are considered the most affected specie. The aim of the study was to detect antibodies against BTV in commercial sheep farms, of the Northeastern region of Sao Paulo State, Brazil. A total of 1002 sera samples collected from adult sheep (above 1 year-old, comprising a total of 31 farms, were screened for the presence of BTV antibodies, by agar gel immunodiffusion test (AGID and ELISA-CFS (Enzyme Linked Immunosorbent Assay – competitive solid phase, both produced by Pan American Center of FMDV. From a total of 1002 samples, 651 (65% were positive by AGID and 742 (74.1%, were positive by ELISA-CFS. These results suggest that the BTV is widespread among farms, probably causing subclinical infections.

    KEY WORDS: AGID, bluetongue virus, ELISA-CFS, seroepidemiological survey.

    A língua azul é uma doença viral, cujo agente etiológico pertence à família Reoviridae, gênero Orbivirus, transmitida por um vetor (artrópode hematófago, do gênero Culicoides. Os animais acometidos são ruminantes domésticos e selvagens, porém os pequenos ruminantes são os mais afetados. O estudo teve como objetivo detectar a presença de anticorpos para língua azul em ovinos da região de Araçatuba, por possuir um rebanho expressivo e condições climáticas favoráveis à multiplicação de insetos. Foram analisadas 1.002 amostras de soros ovinos, provenientes de 31 cabanhas, pelas provas de imunodifusão dupla em gel de ágar (AGID e ELISA (Enzyme Linked immunosorbent Assay de competição da fase sólida (ELISA CFS, provenientes do Centro Panamericano de Febre Aftosa. Desses soros, 651 (65% foram

  18. Anticorpo anticitoplasma de neutrófilos (ANCA em pioderma gangrenoso, um marcador sorológico para associação com doenças sistêmicas: estudo de oito casos Antineutrophil cytoplasmic antibody (ANCA in pyoderma gangrenosum, a serologic marker for associated systemic diseases: a study of eight cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virgínia Lúcia Ribeiro Cabral

    2004-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: A etiopatogenia da retocolite ulcerativa inespecífica (RCUI e de suas manifestações extra-intestinais permanece em discussão, embora o envolvimento do sistema imune seja enfatizado, e uma possível participação dos neutrófilos é demonstrada pela detecção do anticorpo anticitoplasma de neutrófilo (ANCA nessa doença inflamatória intestinal. O pioderma gangrenoso (PG é considerado manifestação cutânea rara da retocolite ulcerativa, e o Anca também tem sido detectado nessa dermatose. OBJETIVOS: Investigar a relação entre o comportamento clínico da RCUI e o aparecimento do PG e sua associação com ANCA. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Anca foi pesquisado nos soros de oito pacientes com PG, quatro apresentando RCUI, e os outros, PG não associado a doenças sistêmicas. RESULTADOS: Não se detectou o Anca nos soros dos portadores exclusivamente de pioderma gangrenoso. Dois casos de pancolite em atividade inflamatória acompanhada de pioderma e colangite esclerosante primária (CEP apresentaram positividade para ANCA, enquanto os soros de dois outros pacientes com RCUI e PG tiveram resultados negativos. CONCLUSÕES: A Presença de ANCA nos soros de pacientes com PG associado a RCUI e CEP sugere que a associação com CEP seja responsável pela positividade do ANCA na presente amostra.BACKGROUND: The pathogenesis of Ulcerative Colitis (UC and its extraintestinal manifestations remain uncertain, although involvement of the immune system is emphasized. The likely importance of neutrophils is demonstrated by detection of the antineutrophil cytoplasmic antibody (ANCA in this inflammatory bowel disease. Pyoderma Gangrenosum (PG is an idiopathic skin condition and a rare cutaneous manifestation of UC. ANCA has also been reported in the latter dermatosis. OBJECTIVES: To invetigate the relationship between clinical features of UC and the appearance of PG and its association with ANCA. PATIENTS AND METHODS: ANCA was determined in sera

  19. Mutação G20210A no gene da protrombina, fator V de Leiden e anticorpos anticardiolipina não influenciam a sobrevida do enxerto renal após o transplante Prothrombin G20210A gene mutation, factor V Leiden and anticardiolipin antibodies do not influence renal graft survival after transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Klaus A. da Rocha

    2009-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Complicações tromboembólicas são importantes fatores de risco para perda do enxerto e pior evolução após o transplante renal. Pacientes com defeito trombofílico apresentam maior risco de complicações tromboembólicas. Foram analisados, entre receptores de transplante renal, a prevalência de defeito trombofílico e o risco atribuído a esta condição para a perda do enxerto e para o desenvolvimento de tromboses intravasculares. MÉTODOS: Estudo do tipo coorte incluindo 388 receptores adultos analisados quanto à presença de trombofilia de acordo com a pesquisa de anticorpos anticardiolipina (aCL por ELISA e das mutações G1691A no gene do fator V (FV e G20210A no gene da protrombina (PT por PCR multiplex. RESULTADOS: Defeito trombofílico foi identificado em 25,8% dos pacientes. As taxas de sobrevida de 2 anos do enxerto foram semelhantes entre os pacientes com e sem defeito trombofílico (94% versus 94%, p = 0,53, bem como a sobrevida dos enxertos livres de tromboses intravasculares (97% versus 97%, p = 0,83. Pacientes com defeito trombofílico apresentaram prevalência de tromboses intravasculares semelhante à do grupo-controle (3% versus 3,5%, p = 0,82. O transplante renal anterior foi associado a maior risco de perda de enxerto (OR 20,8, p INTRODUCTION: Thromboembolic complications are important risk factors for graft failure and worse renal transplantation outcome. Patients with thrombophilic disorders have a higher risk of thromboembolic complications. The prevalence of thrombophilic disorders and the associated risk for graft failure and for intravascular thrombosis were analyzed in renal transplant recipients. METHODS: This is a cohort study of 388 adult recipients investigated regarding the presence of thrombophilia, through the search for anticardiolipin antibodies (aCL via ELISA and FV G1691A and PT G20210A gene mutations by multiplex PCR. RESULTS: Thrombophilic disorders were identified in 25.8% of the

  20. Entamoeba histolytica: fecal antigen capture immunoassay for the diagnosis of enteric amebiasis by a monoclonal antibody Entamoeba histolytica: imunodiagnóstico, através de captura de antígeno fecal em amebíase entérica por um anticorpo monoclonal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Haydeé Urdaneta

    1996-02-01

    ígeno de 96 kDa presente nas fezes de indivíduos infectados pela E. hystolytica (COPROELISA-Eh. Triplicatas de 117 amostras fecais processadas pelo método de concentração do formol-éter foram definidas como positivas ou negativas por três microscopistas especialistas em amebíase. Outra alíquota foi submetida ao teste de captura de antígeno por um anticorpo monoclonal contra um antígeno de 96 kDa específico de membranas de cepas patogênicas de E. histolytica. Consideramos como positivos aqueles resultados em que densidades óticas estavam acima do valor dos controles negativos mais 2 desvios padrões. COPROELISA-Eh mostrou 94.4% de sensibilidade, 98.3% de especificidade, 96.2% de valor preditivo positivo e 97.6% de valor preditivo negativo para a deteção de E. hystolytica nas fezes. Em conclusão, o método COPROELISA-Eh é mais sensível e específico do que o exame microscópico dos extratos fecais, não requer pessoal especializado na identificação morfológica das amebas, e permite o processamento de um grande número de amostras simultâneamente.

  1. Antibody responses elicited in mice immunized with Bacillus subtilis vaccine strains expressing Stx2B subunit of enterohaemorragic Escherichia coli O157:H7 Resposta de anticorpos obtidas em camundongos imunizados com linhagens vacinais de Bacillus subtilis expressando a subunidade B da Stx2 de Escherichia coli O157:H7 enterohemorrágica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A.D.P. Gomes

    2009-06-01

    células vegetativas e esporos. Camundongos imunizados com células vegetativas e esporos pela via oral desenvolveram títulos anti-Stx2B baixos, mas específicos, de IgG sérico e IgA fecal, enquanto camundongos imunizados com esporos recombinates desenvolveram resposta anti-Stx2B apenas após a administração pela via parenteral. No entanto, anticorpos produzidos em camundongos imunizados com a linhagem recombinante de B. subtilis não inibiram os efeitos tóxicos da toxina nativa em condições in vitro e in vivo, sugerindo que a quantidade e/ou a qualidade da resposta imune gerada não suportam uma neutralização efetiva da Stx2 produzidas por linhagens de EHEC.

  2. Comparação de kits ELISA® comerciais para anticorpos no soro e leite com um teste coproparasitológico em bovinos naturalmente infectados por Fasciola hepatica Comparison of comercial® ELISA kits for antibodies in serum and milk with a fecal test in cattle naturally infected with Fasciola hepatica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia das C. Bernardo

    2013-01-01

    Full Text Available A fasciolose é uma enfermidade causada por um trematoda que acomete o fígado principalmente de ruminantes domésticos, podendo parasitar o homem e seu diagnóstico é realizado rotineiramente por exames coproparasitológicos. O objetivo do presente estudo foi comparar kits comerciais de ELISA para anticorpos no soro e leite com um teste coproprarasitológico em bovinos naturalmente infectados por Fasciola hepatica. Foram coletadas amostras de fezes (92 sangue (92 e leite (43 de bovinos provenientes de propriedades de gado leiteiro do município de Jerônimo Monteiro, sul do Estado do Espírito Santo. As amostras de fezes coletadas foram processadas pela técnica de sedimentação fecal para ovos de F. hepatica, utilizada como padrão ouro para as análises. Amostras de sangue e de leite foram processadas segundo a orientação do fabricante dos respectivos Kits ELISA comerciais testados. Utilizou-se o c² de McNemar para comparação estatística e calcularam-se a sensibilidade e especificidade, valores preditivos e kappa. Os resultados obtidos mostraram que as frequências de positividade pelo uso dos kits ELISA comerciais de soro e de leite diferiram significativamente (pThe fascioliasis is a disease caused by a trematode that affects the liver mainly of domestic ruminants and can also parasite man; its diagnosis is routinely done by coprological methods. The aim of this study was to compare commercial ELISA kits for antibodies in serum and milk with a coprological test in cattle naturally infected by Fasciola hepatica. We collected fecal, blood and milk samples from cattle in the municipality of Jerônimo Monteiro, southern Espírito Santo state. The fecal samples were processed by the fecal egg sedimentation for F. hepatica, which is used as a gold standard for analyzis. Blood (92 and milk (43 samples were processed according to the manufacturer instructions of the respective commercial ELISA kits tested. We used the McNemar chi-square for

  3. Circulation of antibodies against yellow fever virus in a simian population in the area of Porto Primavera Hydroelectric Plant, São Paulo, Brazil Circulação de anticorpos contra o vírus amarílico em população simiana da região da usina hidrelétrica de Porto Primavera, São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura Antonia Lima

    2010-02-01

    Full Text Available Yellow fever (YF is an acute viral infectious disease transmitted by mosquitoes which occurs in two distinct epidemiological cycles: sylvatic and urban. In the sylvatic cycle, the virus is maintained by monkey's infection and transovarian transmission in vectors. Surveillance of non-human primates is required for the detection of viral circulation during epizootics, and for the identification of unaffected or transition areas. An ELISA (enzyme-linked immunosorbent assay was standardized for estimation of the prevalence of IgG antibodies against yellow fever virus in monkey sera (Alouatta caraya from the reservoir area of Porto Primavera Hydroelectric Plant, in the state of São Paulo, Brazil. A total of 570 monkey sera samples were tested and none was reactive to antibodies against yellow fever virus. The results corroborate the epidemiology of yellow fever in the area. Even though it is considered a transition area, there were no reports to date of epizootics or yellow fever outbreaks in humans. Also, entomological investigations did not detect the presence of vectors of this arbovirus infection. ELISA proved to be fast, sensitive, an adequate assay, and an instrument for active search in the epidemiological surveillance of yellow fever allowing the implementation of prevention actions, even before the occurrence of epizootics.A febre amarela (FA é doença infecciosa aguda de origem viral transmitida por mosquitos. No ciclo silvestre, o vírus é mantido por meio da infecção de macacos e da transmissão transovariana nos vetores. A vigilância sobre populações de primatas não humanos torna-se necessária para detectar a circulação viral, quando ainda está restrito a epizootias, e para determinar sua presença em regiões indenes ou de transição para a doença. Padronizou-se a técnica ELISA (Enzyme Linked Immunosorbent Assay para determinar a prevalência de anticorpos da classe IgG contra o vírus da FA em soros de bugios (Alouatta

  4. Anticorpos neutralizantes contra poliovírus em soros de recém-nascidos antes e após imunização em massa da população brasileira de zero a cinco anos de idade. São Paulo, Brasil (1980 Neutralizing antibodies for poliovirus in newborn children sera before and after mass immunization of Brazilian population from one to five years old, São Paulo — Brazil, 1980

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rudolf Uri Hutzler

    1984-04-01

    Full Text Available Foram colhidas amostras de sangue de 178 recém-nascidos (RN em berçários de hospital localizado no Município de São Paulo. Noventa crianças foram puncionadas antes do primeiro "Dia Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite" e as outras 88, após o segundo "Dia Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite", realizados em 1980. Nessas campanhas foram imunizadas as crianças com idade de zero a cinco anos, em todo o Brasil. No presente trabalho pesquisou-se os títulos de anticorpos neutralizantes contra poliovírus nos dois grupos de recém-nascidos. Após a imunização em massa verificou-se que a taxa de recém-nascidos triplo suscetíveis decresceu de 8,9% para 4,5%, enquanto que o aumento observado do triplo imunes foi de 38,9% para 52,3%; essas diferenças mostraram-se estatisticamente significantes ao nível de 5,0%. A proporção de recém-nascidos, com títulos de anticorpos neutralizantes contra poliovírus iguais ou maiores do que 8, aumentou após as campanhas de imunização, quando passaram de 68,9% para 81,8%, de 73,3% para 83,0% e de 57,8% para 70,5%, respectivamente, para os sorotipos 1, 2 e 3. Essas diferenças mostraram se estatisticamente significantes, ao nível de 5,0%, em relação aos poliovírus 1 e 3.Blood samples from 178 new-born children in the nurseries of hospital located in São Paulo Municipality were examined. The samples from 90 children were obtained before "The First National Day For Poliomyelitis Vaccination" and 88 were analysed after "The Second National Day For Poliomyelitis Vaccination", both of them achieved in 1980. During these vaccination campaigns, it was observed that the number of children susceptible for three poliovirus serotypes decreased from 8.9% to 4.5%; on the other hand, there was an increase in immunized children for the three serotypes from 38.9% to 52.3%. These differences were statis- tically significative at level of 5.0%. After mass immunization, an increase in relation to

  5. Anticorpos contra o vírus da Doença Infecciosa Bursal e detecção do genoma viral em criações de frango de corte e galinhas de quintal no polo avícola da Bahia Antibodies anti-Infectious Bursal Disease virus and viral genome detection in broilers and chickens backyard at Bahia's poultry production area

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Sousa da Silva

    2012-06-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo determinar a frequência de anticorpos e detectar o genoma viral do vírus da Doença Infecciosa Bursal em criações de frangos de corte e em criações de subsistência localizadas em duas regiões do polo avícola da Bahia. Foram coletadas 758 amostras de soro de frangos de corte e 320 amostras de galinhas de quintal para avaliação da frequência de anticorpos utilizando ELISA indireto. Para a detecção e caracterização do vírus foram coletados 6 pools de bursas de Fabrícius em frangos de corte e 3 pools em criações de subsistência, analisados posteriormente com PCR/RFLP. Os resultados revelaram que não há proteção uniforme na criação comercial nas duas regiões estudadas, sugerindo falha na vacinação e desafio com vírus no ambiente. Também observaram-se altos títulos em galinhas de quintal não vacinadas, com variação nos títulos relacionada com desafios de campo. Nos testes moleculares, verificaram-se que três pools de frangos de corte eram positivos, sendo dois para cepa vacinal (G3 e um para cepa variante (G15. Nas criações de subsistência, houve uma amostra positiva para cepa variante (G15. Os resultados demonstram a necessidade de monitoramento em ambas as criações.The aim of this study was to determine the frequency of antibodies anti-Infectious Bursal Disease Virus as well as to detect the virus in broilers and chicken backyard, raised in two different regions at Bahia's poultry production area. A total of 758 serum samples were collected from broilers and 320 from chicken backyard, in order to assess the frequency of antibodies using an indirect ELISA. For virus detection and characterization it was collected 6 bursal pools from broilers and 3 from chicken backyard, which were further analyzed with PCR/RFLP. The results showed that there is no uniform protection in commercial flocks of the two different regions, suggesting that it may be occurring vaccination errors and

  6. Avaliação da ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii, em soros de caprinos do estado de São Paulo, e associação com variáveis epidemiológicas, problemas reprodutivos e riscos à saúde pública Occurrence of anti-Toxoplasma gondii antibodies in goat sera in the state of São Paulo, and its association with epidemiological variables, reproductive problems and risks on public health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José R. Modolo

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivando avaliar a ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii, em caprinos leiteiros do estado de São Paulo, e verificar possíveis associações com idade, sexo, presença de gatos, problemas reprodutivos e potenciais riscos à saúde pública, foram considerados soros de 923 caprinos, de ambos os sexos e idade acima de três meses, provenientes de 17 propriedades de diferentes municípios. Para o diagnóstico, utilizou-se a reação de imunofluorescência indireta (RIFIe"16 e, também, um inquérito sobre saúde, a fim de se coletarem informações epidemiológicas e de esfera reprodutiva de todos os capris. Os resultados foram discutidos no nível de 5% de significância. Do total das 17 propriedades, foram diagnosticados 15 focos de T. gondii, com positividade entre 2,70% e 81,25%. Não foram verificadas associações entre freqüência de soropositividade e sexo dos animais nem ocorrência de falhas reprodutivas, nos capris. Constatou-se influência positiva na taxa de anticorpos anti-T. gondii pelo aumento da idade dos caprinos e presença de gatos, nos capris. Além de a enfermidade encontrar-se amplamente difundida no estado de São Paulo, o risco eminente de transmissão de T. gondii à saúde pública também deve ser considerado, uma vez que se encontraram focos onde se comercializavam produtos "in natura", como leite e carne.The study evaluated the anti-Toxplasma gondii antibodies occurrence in dairy goats in São Paulo State, and also verified likely associations with age, sex, presence of cats, occurrence of reproductive problems, and potential risks to public health. Serum was obtained from 923 animals of both sex, over three months of age from 17 properties in different cities. For the diagnosis, the indirect immunofluorescence reaction (RIFIe"16 and a questionnaire about health to collect epidemiological information and the reproductive cycle of every goat were used. Among all properties, 15 foci of T. gondii were

  7. Ocorrência de anticorpos anti-Neospora caninum em cães da microrregião da Serra de Botucatu, Estado de São Paulo, Brasil Occurrence of antibodies anti-Neospora caninum in dogs of Botucatu range Micro region, State of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Cristina G. de Moraes

    2008-03-01

    Full Text Available Neosporose é uma enfermidade parasitária causada pelo protozoário Neospora caninum reconhecido como importante causa de abortamento bovino e neuropatia canina. Considerando o isolamento de N. caninum e a sorologia freqüente em bovinos em nossa região, os objetivos do presente trabalho foram avaliar a ocorrência de anticorpos anti-N. caninum em cães da Microrregião da Serra de Botucatu, Estado de SãoPaulo, e sua associação ao sexo, idade e procedência quanto à zona urbana (exclusivamente cidade, rural (somente chácaras e sítios e peri-urbana (acesso à zona urbana e rural dos cães estudados. Foram analisados 963 cães, com ou sem raça definida, de ambos os sexos e diferentes idades, sem apresentação de qualquer sintomatologia clínica. Os animais foram selecionados aleatoriamente durante a campanha de vacinação anti-rábica da microrregião da Serra de Botucatu, no período de maio a setembro de 1998. O soro obtido dos animais foi avaliado por meio da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI utilizando como antígeno a cepa padrão NC-1 deN. caninum. Observaram-se 245 animais reagentes (25,4% de positividade, sendo 161 (27,5% machos e, 84 (22,3% fêmeas. Dos animais de zona urbana, rural e mista 223 (25,8%,11(16,9% e 11(33,3%, respectivamente, foram reagentes à prova de RIFI. Todos os 11 municípios apresentaram cães soropositivos com valores de ocorrência que variaram de 8,9% a 53,5%. Observou-se percentual de positividade menor em cães até um ano (16,2% quando comparados àqueles entre 1 a 4 anos e superior a 4 anos (28,4 % e 28,0%, respectivamente que não apresentaram diferença entre si. Os resultados obtidos caracterizaram soropositividade para N. caninum em cães pertencentes a todos os municípios da Microrregião da Serra de Botucatu evidenciando a ampla distribuição do agente na região.Neosporosis is a parasitic disease caused by a protozoon Neospora caninum, which is recognized as an important cause

  8. Interference of vaccinal antibodies on serological diagnosis of leptospirosis in vaccinated buffalo using two types of commercial vaccines Interferência de anticorpos vacinais no diagnóstico sorológico da leptospirose em búfalas vacinadas com dois tipos de vacinas comerciais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo de Nardi Júnior

    2007-06-01

    Full Text Available The vaccinal antibodies interference represents one of the Microscopic Agglutination test - MAT limitation in the animal leptospirosis serum diagnosis. Prospective studies showing the dimensions of this effect are rare in buffaloes. This study aimed to determine the anti-Leptospira serum agglutinin profile in vaccinated female buffaloes using two types of commercial vaccines against leptospirosis: bacterin (whole bacterial cell and purified outer membrane and to evaluate the vaccinal interference on serum diagnosis. Three groups of 11 adult buffalo females were established: G1-control, non-vaccinated, G2- vaccinated with bacterin vaccine with six serovars, G3- outer membrane purified vaccine with five serovars. A booster dose was administrated 30 days after the first vaccination (dpv and two re-vaccinations six months a part (210 and 390 dpv. Serum samples were collected on days 0, 15, 40, 45, 60 and every 30 days until 540 dpv. G1, G2 and G3 serum samples were submitted to MAT with the serovars present in the vaccines. G1 remained always negative. Both vaccines induced serologic responses in MAT at 150 dpv against all serovars and they revealed maximum titers around 45 and 60dpv as follows: Pomona: G2 (1600 and G3 (3200; Hardjo: G2 and G3 (1600; Wolffi: G2 (800 and G3 (1600; Icterohaemorrhagiae: G2 and G3 (800; Grippotyphosa: G2 and G3 (200 and Canicola: G2 (NR and G3 (400. Even though, the Wolffi serovar is not present in the purified outer membrane vaccine, G3 showed a response to that serovar, probably due to cross reaction to the serovar Hardjo. The G3 titers were higher and appeared earlier than in G2, but with similar serologic profiles. At the re-vaccination there was an increase on agglutinin levels, but of less intensity than those previously observed. After six months from the second revaccination (540 dfv, G2 and G3 were almost negative, which demonstrated the short diagnostic interference.A persistência de anticorpos vacinais

  9. A importância da intervenção nutricional na redução do peso corpóreo em pacientes com síndrome do anticorpo antifosfolípide The importance of nutritional intervention in the reduction of body weight in patients with the antiphospholipid antibody

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karin Klack

    2008-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a eficácia da intervenção nutricional na redução do excesso de peso (EP, em pacientes com síndrome do anticorpo antifosfolípide (SAF. MÉTODO: Incluídos 40 pacientes, acima de 18 anos, com diagnóstico de SAF primária ou secundária, acompanhados no Serviço de Reumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP e recrutados no período de outubro de 2005 a fevereiro de 2006. Foram coletados dados demográficos e realizados a revisão de prontuários, a mensuração de peso e da altura, o cálculo do índice de massa corpórea (IMC atual e a adequação da dieta pelo IMC ideal. Foi realizada avaliação na primeira consulta e após intervalo mínimo de dois meses. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes foi de 41 anos, sendo 93% de mulheres. Os pacientes com SAF primária perfaziam 25%, com média de dois anos da doença. A trombose venosa ocorreu em 63%, arterial em 48% e manifestações obstétricas em 27%. Na primeira consulta, 68% apresentavam EP, 27% eram eutróficos e 5% estavam com baixo peso (BP. Após três meses de intervenção, os eutróficos mantiveram o peso e os de BP tornaram-se eutróficos, segundo o IMC. Interessantemente, entre os pacientes com EP (n = 27, 82% emagreceram, 14% engordaram e 4% se mantiveram. Especificamente, 11 pacientes apresentaram 1% a 3% de perda ponderal de peso, oito perderam de 4% a 7%, dois reduziram 8% a 9% e um reduziu 13,6% com o acompanhamento nutricional. CONCLUSÃO: Foi demonstrado no presente estudo que a intervenção nutricional conseguiu atingir metas para redução de peso, possibilitando diminuição no risco trombótico num curto período, sendo, portanto, uma modalidade terapêutica inicial e de eleição para corrigir o EP em pacientes com SAF.OBJECTIVE: To evaluate the efficacy of the nutricional intervention in the loss of the weight excess (WE, in patients with the antiphospholipid antibody syndrome (APS

  10. Desempenho da tecnologia dos eritrócitos magnetizados (E.M.® Technology) nos testes imunoematológicos Erythrocytes magnetized technology (E.M.® Technology) performance in immunohematology assays

    OpenAIRE

    Shirley L. Castilho; Verônica Prearo; Kátia S. Rodrigues; Maria E. L. Duarte

    2008-01-01

    A tecnologia dos eritrócitos magnetizados (E.M.®Technology) é uma grande inovação nos ensaios imunoematológicos. Os testes são realizados manualmente na estação de trabalho Freelys®Nano ou no equipamento automatizado Qwalys® (Diagast, Loos, France). O método utiliza hemácias magnetizadas e uma placa magnética substitui a centrifugação. As microplacas para a classificação sangüínea e fenotipagem Rh e K contêm anti-soros monoclonais IgM. As microplacas destinadas a pesquisa de anticorpos irregu...

  11. Expressão dos filamentos intermediários no diagnóstico dos tumores mamários de cadelas

    OpenAIRE

    Zuccari D.A.P.C.; Santana A.E.; Rocha N.S.

    2002-01-01

    Foram utilizados anticorpos monoclonais para marcação imunoistoquímica dos tecidos tumorais e obtenção de informações sobre a histogênese dos tumores mamários utilizando-se anti-citoqueratinas para marcação de células epiteliais, e anti-actina e anti-vimentina para células mioepiteliais. O procedimento imunoistoquímico mostrou-se esclarecedor com relação à histogênese dos tumores mamários, confirmando a marcação de células epiteliais com as citoqueratinas que perdem sua expressão na transform...

  12. Expressão dos filamentos intermediários no diagnóstico dos tumores mamários de cadelas Expression of intermediate filaments in canine mammary tumors diagnosis

    OpenAIRE

    D.A.P.C. Zuccari; Santana, A. E.; N.S. Rocha

    2002-01-01

    Foram utilizados anticorpos monoclonais para marcação imunoistoquímica dos tecidos tumorais e obtenção de informações sobre a histogênese dos tumores mamários utilizando-se anti-citoqueratinas para marcação de células epiteliais, e anti-actina e anti-vimentina para células mioepiteliais. O procedimento imunoistoquímico mostrou-se esclarecedor com relação à histogênese dos tumores mamários, confirmando a marcação de células epiteliais com as citoqueratinas que perdem sua expressão na transform...

  13. Citoqueratinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida Jr. Hiram Larangeira de

    2004-01-01

    Full Text Available As citoqueratinas (CQ são constituintes do citoesqueleto das células epiteliais, pertencendo aos filamentos intermediários; sua distribuição é específica para cada subtipo de epitélio, permitindo que sejam utilizadas como importantes marcadores de sua diferenciação. Anticorpos monoclonais permitem sua localização nos tecidos e são utilizados no diagnóstico de tumores. Na última década inúmeras mutações foram descritas em seus genes, levando a alteração em sua estrutura molecular, esclarecendo várias enfermidades cutâneas, como epidermólise bolhosa simples (CQ 5 ou 14, hiperqueratose epidermolítica (CQ 1 ou 10, hiperqueratose palmoplantar epidermolítica (CQ 9 e paquioníquia congênita (CQ 6, 16 ou 17.

  14. Dot-ELISA for the detection of anti-Cysticercus cellulosae antibodies in cerebrospinal fluid using a new solid phase (resin-treated polyester fabric and Cysticercus longicollis antigens Teste dot-ELISA para detecção de anticorpos anti-Cysticercus cellulosae em líquido cefalorraquiano utilizando um novo suporte (tecido de poliéster-resina e antígenos de Cysticercus longicollis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelaide José Vaz

    1996-12-01

    Full Text Available A dot-ELISA was developed for the detection of antibodies in CSF in the immunologic diagnosis of human neurocysticercosis, using antigen extracts of the membrane and scolex of Cysticercus cellulosae (M+S-Cc and, alternately, membrane (M and vesicular fluid (VF of Cysticercus longicollis (Cl covalently bound to a new solid phase consisting of polyester fabric treated with N-methylol-acrylamide resin (dot-RT. The test was performed at room temperature, with reduced incubation times and with no need for special care in the manipulation of the support. The sensitivity rates obtained were 95.1% for antigen Cc and 97.6% for antigen Cl. Specificity was 90.6% when Cc was used, and 96.9% and 100% when M-Cl and VF-Cl were used, respectively. No significant differences in titer were observed between tests carried out with homologous and heterologous antigens. The low cost and easy execution of the dot-RT test using antigen extracts of Cysticercus longicollis indicate the test for use in the immunodiagnosis of human neurocysticercosis.Foi desenvolvido o teste dot-ELISA para detecção de anticorpos em líquido cefalorraquiano (LCR no diagnóstico imunológico da neurocisticercose humana, utilizando antígenos de membrana e escólex de Cysticercus cellulosae (M+E-Cc e, alternativamente, membrana (M e líquido vesicular (LV de Cysticercus longicollis (Cl covalentemente ligados a um novo suporte constituído de tecido de poliéster-resina de N-metilol-acrilamida (dot-TR. O teste foi realizado à temperatura ambiente, com tempos de incubação reduzidos e sem necessidade de cuidados na manipulação do suporte. A sensibilidade obtida foi de 95,1% para o antígeno Cc e 97,6% para o Cl. A especificidade foi de 90,6% quando o antígeno Cc foi usado, e 96,9% e 100% para M-Cl e LV-Cl, respectivamente. Não foi observada diferença significativa entre os antígenos homólogo e heterólogo. O baixo custo e a fácil execução do teste dot-TR empregando extratos antig

  15. Avaliação eosinofílica e soropositividade para anticorpos IgG anti-toxocara em crianças atendidas pelo Sistema Único de Saúde Evaluación eosinófila y suero-positividad para anticuerpos igG anti-toxocara en niños atendidos por el Sistema Único de Salud Eosinophilic count and seropositivity for IgG antibodies to toxocara spp. in children assisted at the public health service

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariella Andrade Marchioro

    2011-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a associação entre a presença de eosinofilia e a soropositividade para anticorpos IgG anti-Toxocara spp. em crianças atendidas pelo Sistema Único de Saúde no Noroeste do Paraná, Brasil. MÉTODOS: Estudo retrospectivo com crianças de sete meses a 12 anos, atendidas pelo Sistema Único de Saúde do Noroeste do Paraná, com teste ELISA para a pesquisa de anticorpos IgG anti-Toxocara spp. e contagem de eosinófilos (eosinofilia >600 células/mm³. RESULTADOS: Entre as 1.199 crianças, 386 (32,2% apresentaram anticorpos IgG anti-Toxocara spp. A soroprevalência e a eosinofilia foram mais frequentes em crianças de sete meses a cinco anos. A eosinofilia foi observada em 7,8% dos pacientes soro-reagentes ao Toxocara spp.. CONCLUSÕES: Foi observada elevada prevalência de anticorpos anti-Toxocara spp., principalmente nos menores de cinco anos. Com exceção de algumas crianças que apresentaram sintomas respiratórios e presença de eosinofilia, a maioria foi assintomática e não mostrava eosinofilia. A pesquisa de eosinófilos é ferramenta secundária para o diagnóstico de toxocaríase.OBJETIVO: Verificar la asociación entre la presencia de eosinofilia y una suero-positividad para anticuerpos IgG anti-Toxocara spp. en niños atendidos por el Sistema Único de Salud en el noroeste de Paraná, Brasil. MÉTODOS: Estudio retrospectivo en niños de siete meses a 12 años de edad, atendidos por el Sistema Único de Salud en el noroeste de Paraná, con prueba de ELISA para la investigación de anticuerpos IgG anti-Toxocara spp. y recuento de eosinófilos (eosinofilia > 600 células/mm³. RESULTADOS: Entre los 1.199 niños, 386 (32,2% presentaron anticuerpos IgG anti-Toxocara spp. La suero-prevalencia y la eosinofilia fueron más frecuentes en niños de siete meses a cinco años. La eosinofilia fue observada en 7,8% de los pacientes suero-reactivos al Toxocara spp. CONCLUSIÓN: Se observó elevada prevalencia de anticuerpos

  16. Hepatites pós-transfusionais na cidade de Campinas, SP, Brasil: II. Presença dos anticorpos anti-HBc e anti-HCV em candidatos a doadores de sangue e ocorrência de hepatites pós-transfusionais pelo vírus C nos receptores de sangue ou derivados Post-transfusional hepatitis in the city of Campinas, SP, Brazil: II- Presence of anti-HBc and anti-HCV antibodies in blood donors and occurrence of post-transfusional hepatitis C virus in recipients of blood or derivates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Lopes Gonçales Júnior

    1993-02-01

    Full Text Available Pesquisamos os anticorpos anti-HBc e anti-HCV em amostras de soros provenientes de 799 candidatos a doadores, que tiveram suas unidades de sangue ou derivados transfundidas a 111 receptores. O anti-HBc e o anti-HCV foram reagentes, em respectivamente 9 e 2,1% dos doadores testados. Observamos que entre os 111 receptores, 44 haviam recebido pelo menos uma unidade anti-HBc positiva e 67 haviam sido transfundidos somente com unidades anti-HBc negativas. Houve um risco 4,5 vezes maior de aquisição de hepatite por vírus C pelos receptores que receberam pelo menos uma unidade anti-HBc positiva Se a pesquisa do anti-HBc fosse realizada na triagem sorológica dos doadores de sangue, cerca de 56% dos casos de HVC nos receptores saiam evitados. A população de receptores que recebeu pelo menos uma unidade anti-HCV reagente, apresentou um risco 29 vezes maior de adquirir esta hepatite, quando comparada aos receptores transfundidos com todas as unidades anti-HCV negativas. A realização do teste para a pesquisa do anti-HCV na triagem dos doadores de sangue, preveniria 79% dos casos de HVC pós-transfusionais. Os candidatos a doadores brasileiros parecem ser acometidos simultânea ou sequencialmente, pelos vírus B e C das hepatites, pois, 44,4% dos doadores anti-HCV positivos, também foram anti-HBc positivos. A realização dos testes para as pesquisas dos anticorpos anti-HBc e anti-HCV, nas triagens hemoterápicas, está indicada para prevenir a transmissão de hepatites pós-transfusionais, em nosso meio.We have analysed anti-HBc and anti-HCV antibodies in serum samples from 799 donors which had their blood or derivates transfused to 111 recipients. Anti-HBc and anti-HCV were reactive in respectively 9 and 2.1% of the donors tested. We have observed that among the 111 recipients, 44 had received at least one positive anti-HBc unit and 67 had been transfused only with negative anti-HBc, units. The risk of developing hepatitis C virus was 4.5 times

  17. Dot-ELISA for the detection of IgM and IgG antibodies to Schistosoma mansoni worm and egg antigens, associated with egg excretion by patients DOT-ELISA para a detecção de anticorpos IgG e IgM para antígenos de ovos e vermes de Schistosoma mansoni, em associação com excreção de ovos por pacientes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Luiz Silva Pinto

    1995-04-01

    IgM e IgG específicas contra antígenos de ovo e vermes de S. mansoni, comparando seus resultados com a técnica clássica de imunofluorescência (IFI, tanto para IgG ou IgM, utilizando antígenos similares, no estudo de uma população de 27 pacientes com quantificação de ovos nas fezes. A positividade do teste de Dot-ELISA foi de 96,3% para IgG e 88,9% para IgM, com antígeno de verme, e 92,6% para IgG e 90,9% para IgM com antígeno de ovo, que foi comparado com a IFI que apresentou resultados similares com antígeno de verme, 92,6% (IgG e 96,3% (IgM e menores com antígeno de ovo, 77,8% (IgG e IgM. Nosso grupo de pacientes claramente apresentava dois subgrupos, quanto à excreção de ovos nas fezes, com maior positividade dos testes sorológicos para o grupo composto por pacientes com maior excreção fecal de ovos. Quando comparamos a excreção quantitativa de ovos nas fezes com os títulos sorológicos, detectamos apenas correlação entre estes valores e o Dot-ELISA IgM (r=0,552 p=0.0127. Estes dados mostram que o teste de Dot-ELISA pode ser usado para a detecção de anticorpos específicos contra o S. mansoni em soros de pacientes suspeitos, para estudos epidemiológicos de prevalência; e, com maior purificação dos antígenos de ovos e amostragem ampliada, poderá tornar-se um teste útil para uma estimativa grosseira da carga parasitária em estudos epidemiológicos.

  18. Sobre a sensibilidade da cultura de leucócitos circulantes na detecção de Leishmania no sangue periférico de pacientes com leishmaniose tegumentar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando T. Silveira

    1989-09-01

    Full Text Available Foi investigada a presença de Leishmania, através da cultura de leucócitos circulantes, no sangue periférico de 60 pacientes portadores de leishmaniose tegumentar americana, nas suas diferentes formas clínicas, assim como nas principais fases evolutivas da doença. Biópsias de lesões cutâneas e/ou de mucosa desses pacientes foram obtidas com a finalidade de isolar e caracterizar os parasitas, através da técnica de anticorpos monoclonais. Dos 60 pacientes examinados, foram isoladas 40 amostras de Leishmania das lesões biopsiadas, sendo 5 de Leishmania (V. brasiliensis, 3 de L. (V. guyanensis, 1 de L. (V. lainsoni, 13 de L. (L. amazonensis e 18 não puderam ser caracterizados a nível específico, porém, reagiram com anticorpos monoclonais do grupo braziliensis. Quanto àpesquisa através das culturas de leucócitos circulantes, esta revelou resultados completamente negativos. Com base nesses achados, os autores concluíram ser pouco consistente atribuir valor à cultura de leucócitos para o diagnóstico da leishmaniose tegumentar.The possible presence of Leishmania in the peripheral blood of 60 patients with American cutaneous leishmaniasis was investigated by the culture of circulating leucocytes. Patients were selected with a variety ofclinical forms ofthe disease and in different evolutionary stages of infection. Biopsies of skin and/or mucosal lesions were made in order to isolate the parasites, which were identified using monoclonal antibodies. 40 isolations were obtained, including 5 of Leishmania (Viannia braziliensis, 3 L. (V. guyanensis, 1 L. (V. lainsoni, 13 L. (Leishmania amazonensis and 18 which could only be identified as parasites of the braziliensis complex. Cultures of circulanting leucocytes were consistently negative, and the authors conclude that this method is of little use in diagnosis of cutaneous or mucocutaneous leishmaniasis.

  19. A importância da citometria de fluxo no diagnóstico raro de mieloma mielomonocítico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bacal Nydia Strachman

    2002-01-01

    Full Text Available O mieloma múltiplo consiste na proliferação de células plasmáticas. Raramente apresenta, ao diagnóstico, morfologia de células imaturas com citoplasma amplo basofílico, sugerindo quadro leucêmico inicial. O objetivo deste artigo é mostrar a importância da imunofenotipagem na elucidação destes achados morfológicos pela expressão simultânea de antígenos plasmocíticos, mielomonocíticos e de linhagem linfóide T, confirmando a hipótese diagnóstica de mieloma mielomonocítico. Apresentamos dois casos de mieloma mielomonocítico através de análise morfológica (coloração pancromática de Romanovsky, citoquímica (PAS, peroxidase, sudan black, alfanaftil acetato esterase e oil red, citogenética e imunofenotipagem por citometria de fluxo em sangue periférico e medula óssea, de acordo com as técnicas recomendadas. Foram utilizados os anticorpos monoclonais: CD2, CD3, CD4, CD5, CD7, CD10, CD13, CD15, CD19, CD20, CD25, CD33, CD34, CD38, CD45, CD56, CD71, HLA-DR, TCR alfa/beta, TCR gama/delta, kappa, lambda, IgM e IgD de superfície e intracitoplasmática, assim como MPO, CD79a e CD3 intracitoplasmático. Utilizamos as técnicas de banda G e FISH nas análises citogenéticas. Foram observadas alterações clonais em ambos os casos, sendo uma com trissomia do cromossomo 8 e outro caso com deleção do braço longo do cromossomo 7 e do braço curto do cromossomo 6. Os percentuais de positividade encontrados nos anticorpos monoclonais CD4, CD7, CD10, CD13, CD14, CD15, CD33, CD38 e CD56 de forte expressão, HLA-DR, TCR gama/delta, MPO e IgM intracitoplasmático no histograma de volume x complexidade e no histograma de CD45 x complexidade permitiram concluir este diagnóstico em ambos os casos, demonstrando a importância do método.

  20. Leptospirose em doentes com anticorpos anti-HIV: relato de dois casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Vinícius da Silva

    1990-12-01

    Full Text Available Relata-se a concomitância de leptospirose e síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA em humanos. Nestes casos não foram observados aspectos clínicos diferentes que possam ser atribuídos à simultaneidade dessas patologias.Two patients with concomitant leptospirosis and the acquired immunodeficiency syndrome (AIDS are reported. In these cases different clinical aspects that can be attributed to simultaneity of these pathologies was not observed.

  1. Investigação de anticorpos contra Sarcocystis neurona e Sarcocystis cruzi em equinos

    OpenAIRE

    A. M. Antonello; F. L. Pivoto; G Camillo; Braunig, P; L.A. Sangioni; E. Pompermayer; Venturini, M. C.; F.S.F. Vogel

    2015-01-01

    ABSTRACTSarcocystis neurona is the primary agent for Equine Protozoal Myeloencephalitis (EPM), important neurological disease characterized by behavior or muscular changes, that impairs animal performance and husbandry. Sarcocystis cruzi is a pathogen related to myositis in cattle. Although related the life cycles of the parasites are distinct. S. neurona has opossums (Didelphis spp.) and S. cruzi, dogs as definitive hosts. However, S. neurona and S. cruzi may undergo cross-reactivity in sero...

  2. Investigação de anticorpos contra Sarcocystis neurona e Sarcocystis cruzi em equinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. M. Antonello

    2015-10-01

    Full Text Available ABSTRACTSarcocystis neurona is the primary agent for Equine Protozoal Myeloencephalitis (EPM, important neurological disease characterized by behavior or muscular changes, that impairs animal performance and husbandry. Sarcocystis cruzi is a pathogen related to myositis in cattle. Although related the life cycles of the parasites are distinct. S. neurona has opossums (Didelphis spp. and S. cruzi, dogs as definitive hosts. However, S. neurona and S. cruzi may undergo cross-reactivity in serological tests, interfering on results of EPM ante-mortem diagnostic tests. In the present study, serology of 189 mares was performed by indirect immunofluorescence antibody test, using antigens of S. neurona and S. cruzi in order to assess the exposure degree of animals to antigens. Analyzing the results, it was observed that most of the animals (84.13% reacted with at least one protozoal species and the number of animals which showed antibodies against S. cruzi was greater than S. neurona (80.42% and 33.86%, respectively and a third of seropositive animals reacted to antigens of both species.

  3. Surveillance of arbovirus infections in the atlantic forest region, State of São Paulo, Brazil: I. detection of hemagglutination-inhibition antibodies in wild birds between 1978 and 1990 Vigilância de infecções por arbovírus na Região da Mata Atlântica, Estado de São Paulo, Brasil.: I. Detecção de anticorpos inibidores de hemaglutinação em aves silvestres entre 1978 e 1990

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivani B. Ferreira

    1994-06-01

    Full Text Available We report data related to arbovirus antibodies detected in wild birds periodically captured from January 1978 to December 1990 in the counties of Salesópolis (Casa Grande Station, Itapetininga and Ribeira Valley, considering the different capture environments. Plasmas were examined using hemagglutination-inhibition (HI tests. Only monotypic reactions were considered, except for two heterotypic reactions in which a significant difference in titer was observed for a determined virus of the same antigenic group. Among a total of 39,911 birds, 269 birds (0.7% belonging to 66 species and 22 families were found to have a monotypic reaction for Eastern equine encephalitis (EEE, Venezuelan equine encephalitis (VEE, Western equine encephalitis (WEE, Ilheus (ILH, Rocio (ROC, St. Louis encephalitis (SLE, SP An 71686, or Caraparu (CAR viruses. Analysis of the data provided information of epidemiologic interest with respect to these agents. Birds with positive serology were distributed among different habitats, with a predominance of unforested habitats. The greatest diversity of positive reactions was observed among species which concentrate in culture fields.Apresentam-se os resultados referentes a anticorpos para arbovírus em aves silvestres capturadas, periodicamente, de janeiro de 1978 a dezembro de 1990, nos municípios de Salesópolis (Estação de Casa Grande; Itapetininga e municípios do Vale do Ribeira, considerando-se os diferentes ambientes de captura. Plasmas foram examinados, por testes de Inibição de Hemaglutinação (IH. Considerou-se apenas as reações monotípicas, com exceção de duas reações heterotípicas, onde ocorreu uma diferença de título significativa para um determinado vírus de um mesmo grupo antigênico. Em um total de 39.911 aves, foram encontradas 269 aves pertencentes a 66 espécies e 22 famílias, com reação monotípica para os vírus Encefalite Equina do Leste (EEE, Encefalite Equina Venezuelana (VEE

  4. The interaction between aromatase, metalloproteinase 2,9 and cd44 in breast cancer A interação entre aromatase, metalloproteinase 2, 9 e cd44 no câncer de mama

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Bagnoli

    2010-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: This study intends to verify the expression levels and correlation of aromatase, matrix metalloproteinase 2 (MMP-2, matrix metalloproteinase 9 (MMP-9 and CD44 in ductal carcinoma in situ (DCIS and infiltrating ductal carcinoma (IDC when both are found in the same breast. METHODS: One hundred and ten cases were evaluated by tissue microarray (TMA and immunohistochemically screened with anti-aromatase polyclonal antibodies, anti-MMP-2 monoclonal antibodies, anti-MMP-9 policlonal antibodies and anti-CD44 monoclonal antibodies. RESULTS: Aromatase was expressed in IDC and DCIS in 63 (57.3% and 60 (67% of the cases respectively; MMP-2 was similarly expressed in IDC and DCIS in 15 (13.60% cases; MMP-9 was positively expressed in IDC and DCIS in 83 (75.50% and 82 (74.50% cases, respectively; CD44 was positively expressed in IDC and DCIS in 49 (44.50% and 48 (42.60% of the cases, respectively; all of them were highly correlated (pOBJETIVO: O objetivo desse estudo é verificar as expressões e correlações da aromatase, metalloproteinase 2 da matriz (MMP2, metalloproteinase 9 da matriz (MMP-9 e CD44 no carcinoma ductal in situ (CDIS e carcinoma ductal infiltrativo (CDI quando ambos estão presentes simultaneamente na mesma mama. MÉTODOS: Foram avaliados 110 casos pelo método de tissue microarray (TMA e através da utilização de anticorpos policlonais antiaromatase, anticorpos monoclonais anti-MMP-2, anticorpos policlonais anti-MMP-9 e anticorpos monoclonais anti-CD44. RESULTADOS: A aromatase estava expressa de forma positiva no CDI e CDIS em 63 (57,3% e 60 (67% casos, respectivamente. A expressão de MMP-2 estava expressa de forma positiva em 15 (13,6% casos tanto no CDI, quanto no CDIS. A expressão da MMP-9 estava expressa de forma positiva em 83 (75,5% e 82 (74,5% casos de CDI e CDIS, respectivamente. A expressão de CD44 estava expressa de forma positiva em 49 (44,5% e 48 (42,6% casos de CDI e CDIS, respectivamente. Todos eles

  5. Perfil antigênico do vírus da raiva isolado de diferentes espécies de morcegos não hematófagos da Região de Presidente Prudente, Estado de São Paulo Antigen profile of rabies virus isolated from different species of non-hematophagous bats in the region of Presidente Prudente, State of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Avelino Albas

    2009-02-01

    Full Text Available O Laboratório de Virologia Clínica e Molecular do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, utilizando-se da técnica de anticorpos monoclonais, tipificou 18 amostras de vírus rábico provenientes de morcegos não hematófagos de várias espécies provenientes da Região de Presidente Prudente, SP, Brasil. Destas amostras, 15 (82,3% foram definidas como variante 3 (compatível com amostras isoladas de morcegos Desmodus rotundus e 3 (16,7% como variante 4 (compatível com amostras isoladas de morcegos Tadarida brasiliensis.Using the monoclonal antibody technique, the Clinical and Molecular Virology Laboratory of the Institute of Biomedical Sciences of the University of São Paulo typed 18 rabies virus samples from non-hematophagous bats of several species from the region of Presidente Prudente, SP, Brazil. Among these samples, 15 (82.3% were defined as variant 3 (compatible with samples isolated from Desmodus rotundus bats and three (16.7% as variant 4 (compatible with samples isolated from Tadarida brasiliensis bats.

  6. Características epidemiológicas da leishmaniose tegumentar americana em uma região endêmica do Estado da Bahia: II leishmaniose canina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Air C. Barretto

    1984-06-01

    Full Text Available Um inquérito em cães realizado na região de Três Braços, Bahia, mostrou que 3,0% de 98 animais tinham amastigotas em lesões de pele. Parasitos não foram encontrados em pele normal da orelha. De uma amostra selecionada de 13 cães, portadores de lesão cutânea ativa, nove (69,2% deles estavam comprovadamente infectados. Sete amostras de lesão produziram infecção em hamsters. O estudo biológico (crescimento em meio de cultura, evolução da lesão em hamster e desenvolvimento no tubo digestivo de Lutzomyia longipalpis identificou o parasito como pertencente ao complexo L. braziliensis. A caracterização bioquímica (mobilidade eletroforética de enzimas em placas de acetato de celulose e o estudo imunotaxonômico (anticorpos monoclonais definiram as amostras como L. braziliensis braziliensis. O papel do cão como um possível reservatório de L. b. braziliensis na região de Três Braços é discutido.

  7. Clonal variation within a mucosal isolate derived from a patient with Leishmania (Viannia braziliensis infection Variação clonal de um isolado derivado de um paciente com infecção mucosa pela Leishmania (Viannia braziliensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César Augusto Cuba-Cuba

    1991-10-01

    Full Text Available Three isolates over 5 years from a patient with persistent relapsing mucosal leishmaniasis due to Leishmania (Viannia braziliensis and 7 clones from one of these isolates were studied by zymodemes and scrodemes analysis. Results showed evidences of clonal phenotypic variation. Eight isoenzymes markers demonstrated clear differences on Cellulose Acetate (CA and thin starch gel electrophoresis. Also a panel of specific monoclonal antibodies showed such differences. Our observations provide additional evidence that Leishmania (Viannia braziliensis is composed by subpopulations of parasites with peculiar biochemical and antigenic characteristics.No transcurso de um período de 5 anos foram estudados 3 isolados de um paciente com leishmaniose mucosa recidivante causada pela Leishmania (Viannia braziliensis e 7 clones de um desses isolados. Este estudo foi feito pela análise dos serodemas e zimodemas. Os resultados indicaram a ocorrência de variações fenotípicas clonais. Oito marcadores isoenzimáticos demonstraram diferenças nos padrões eletroforéticos em Acetato de Celulose (AC, bem como em camada fina de amido. Da mesma forma foram consultadas diferenças em um painel de anticorpos monoclonais específicos e subespecíficos. Nossas observações indicam ainda que a Leishmania (Viannia braziliensis está composta por subpopulações de parasitas com características bioquímicas e antigênicas peculiares.

  8. Leishmaniose tegumentar americana causada por Leishmania (Viannia braziliensis, em área de treinamento militar na Zona da Mata de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrade Maria S.

    2005-01-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo geral caracterizar a epidemiologia da leishmaniose tegumentar americana em unidade de treinamento militar, localizada no Estado de Pernambuco. Entre 2002 e 2003, vinte e três casos foram diagnosticados através de exame clínico, detecção do parasita e teste de intradermoarreação de Montenegro. Sete amostras de Leishmania (Viannia braziliensis foram isoladas destes pacientes, identificadas através de reações com anticorpos monoclonais específicos e perfil eletroforético com isoenzimas. Um inquérito epidemiológico de prevalência da infecção por IDRM foi realizado na população que realizou treinamento neste período, no qual foi identificada uma prevalência de 25,3% de infecção. Os dados obtidos, associados com achados prévios nesta área, apresentam evidências da manutenção de um ciclo enzoótico, com a ocorrência de surtos periódicos de leishmaniose tegumentar americana posteriormente à realização de treinamentos nas áreas de floresta Atlântica remanescente.

  9. Leishmaniose tegumentar americana no Distrito Federal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sampaio Raimunda Nonata Ribeiro

    1999-01-01

    Full Text Available Relatamos aqui 11 casos de leishmaniose tegumentar americana (LTA em pacientes que residem no DF e que não saíram da sua área durante um tempo que variou de seis meses a dois anos antes do início da doença. Seis dos 11 pacientes, residem na cidade satélite de Planaltina. Todos têm a intradermorreação de Montenegro positiva. Dez deles têm presença de leishmânia nas lesões. Nas lesões de dois pacientes foram identificadas, pelo método de anticorpos monoclonais, Leishmania (V braziliensis. Nove deles, foram tratados com antimonial pentavalente e dois com pentamidina. Houve duas ocorrências de recidiva, ambas, após o uso do antimonial. Constatada a presença de vetores e de pacientes infectados no Distrito Federal, acredita-se que possa estar ocorrendo infecção por leishmânia em Brasília e em suas áreas periurbanas.

  10. The change of behavior of two strains of Leishmania after cultivation in a defined medium Mudanças no comportamento de duas cepas de Leishmania após cultivo em meio definido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. N. Melo

    1987-12-01

    Full Text Available Attempts have been made to characterize two strains of Leishmania that became infective to golden hamsters only after they had been maintained for several years in a chemically defined culture medium. Observations were made on the growth rates of promastigotes in vitro, course of infection in hamsters, morphology of amastigotes, and electrophoretic mobility patterns of eight isoenzymes. Information was obtained about the buoyant densities of n-DNA and k-DNA, and one strain was tested against monoclonal antibodies. The identity of both strains remains obscure.Duas cepas de Leishmania originalmente isoladas in vitro de casos humanos de leishmaniose cutânea e que ab initio não infectaram animais de laboratório, tornaram-se infectantes para hamnsters após serem mantidos por vários anos em meio de cultura quimicamente definido. Foram realizadas observações sobre o crescimento de promastigotas in vitro, curso da infecção em hamsters, morfologia das amastigotas, mobilidade eletroforética de oito enzimas solúveis. Foram obtidas informações sobre a densidade de flutuação do n-DNA e do k-DNA e uma das cepas foi testada contra anticorpos monoclonais. Ambas as cepas permanecem sem identificação precisa.

  11. Frequência de anticorpos aos agentes etiológicos da síndrome da imunodeficiência adquirida, sífilis, hepatites virais B e C e doença de Chagas em pacientes reumatológicos em tratamento com antifator de necrose tumoral (Tumor Necrosis Factor - TNF Frequency of antibodies against the etiologic agents of acquired imunodeficiency syndrome, syphilis, hepatitis B and C, and Chagas' disease in patients with rheumatic diseases treated with anti-tumor necrosis factor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bárbara Santos Pires da Silva

    2009-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Os pacientes reumatológicos em terapia com antifator de necrose tumoral (anti-TNF, Tumor Necrosis Factor são considerados imunodeprimidos. Neste sentido, a pesquisa de doenças infecciosas nesta população é imperiosa devido à alta morbidade e, por vezes, mortalidade associada a este quadro. OBJETIVOS: O presente trabalho teve por objetivo avaliar a frequência de soropositividade para os seguintes agentes infecciosos: Treponema pallidum (sífilis, Trypanosoma cruzii (doença de Chagas, vírus da imunodeficiência humana adquirida (Human imunnodeficiency Virus - HIV e hepatites B e C (HBV e HCV, respectivamente em pacientes recebendo terapia anti-TNF. PACIENTES E MÉTODOS: Foram avaliados 143 pacientes reumatológicos em um estudo observacional, com artrite reumatoide, espondilite anquilosante, artrite psoriásica e outras doenças, em uso de terapia anti-TNF (adalimumabe, etanercepte e infliximabe no período de setembro de 2007 a novembro de 2008. Foram coletados dados clínicos e demográficos, bem como uma amostra de sangue para a análise da presença de anticorpos contra os agentes infecciosos HIV (Aids, HBV e HCV (hepatites B e C, respectivamente, Treponema pallidum (sífilis e Trypanosoma cruzii (doença de Chagas. RESULTADOS: A média de idade da população estudada foi de 45,78 ± 12,7 anos, sendo 60,1% do sexo feminino e 76,9% de cor branca. Treze (9% dos pacientes apresentaram pelo menos uma sorologia positiva. Nenhum dos pacientes apresentou sorologia positiva para o Trypanosoma cruzii (doença de Chagas, bem como para HIV. Somente dois (1,4% indivíduos apresentaram positividade para o Treponema pallidum (sífilis (ELISA positivo e VDRL negativo. A frequência de anti-HBc total foi de 5% (7/140, sendo que todos estes foram positivos também para anti-HBs. O HBsAg foi negativo em todos os pacientes. Quatro pacientes tiveram HCV positivo, sendo que dois deles tinham PCR negativo para o vírus e os outros dois

  12. PRODUÇÃO DE HIBRIDOMAS SECRETORES DE ANTICORPOS ANTI- Neospora caninum PARA USO EM IMUNODIAGNÓSTICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Alves Devens

    2014-06-01

    Full Text Available The Neospora caninum is a protozoan Apicomplexa with greater involvement in abortions worldwide. The economic losses determined by neosporosis also include abortions besides the early disposal of cows, costs for replacing animals in the herd, drop in milk production as well as milk in fat production. The immunological diagnosis involves purchasing costly diagnostic kits on the market. Therefore, the aim of this study was the production of hybridomas secreting polyclonal antibodies with affinity to Neospora caninum (Nc-1 strain for immunodiagnostic use. For antibodies production, we used sonicated protozoa from Vero cells in culture, purified by filtration. These tachyzoites were employed for immunization of BALB / c mice using saponin as adjuvant, which allowed obtaining polyclonal antibodies capable of revealing fluorescein reaction in indirect immunofluorescence. The fusion of splenic cells, from the immunized mice with myeloma cells SP2 / 0 resulted in 72.4% hybridomas secreting anti-Nc-1antibodies. These hybridomas secreted antibodies positive to N. caninum and negative to Toxoplasma gondii.

  13. Ⅲ型登革病毒NS1单克隆抗体的制备及鉴定%Preparation and characterization of monoclonai antibody against DV3 nonstructural 1 protein

    Institute of Scientific and Technical Information of China (English)

    晋晶; 潘玉先; 丁细霞; 蔡建飘; 狄飙; 车小燕

    2007-01-01

    目的 研制Ⅲ型登革病毒(DV3)非结构蛋白1(NS1)单克隆抗体,鉴定其血清型特异性.方法 以具有良好抗原性的重组DV3-NS1蛋白与DV3交替免疫Balb/c小鼠,取其脾细胞与小鼠骨髓瘤细胞融合,间接ELISA筛选阳性的杂交瘤细胞,并结合免疫荧光(IFA)和Weatern Blot对抗体的特异性进行鉴定.结果 经交替免疫法免疫Balb/c小鼠,共获得14株抗DV3-NS1单抗,其亚类测定1株为IgG2a,余为lgG1.其中3株特异性结合DV3及DV3-NS1蛋白,4株能同时结合4型登革病毒NS1蛋白,其余7株与其他3型登革病毒NS1蛋白存在交叉反应.结论 成功获得了针对DV3-NS1的特异性单抗及交叉性单抗,将为进一步研究登革病毒NS1蛋白的结构与功能及临床诊断试剂的研发奠定基础.

  14. Crescimento e produção de povoamentos monoclonais de Eucalyptus saligna Smith manejados com desbaste, na região sudeste do Estado do Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Scheeren Weber

    2004-01-01

    Full Text Available In this paper there were studied the growth and yield of monoclonal thinned stands of Eucalyptus saligna Smith, in the southeastern region of Rio Grande do Sul state. An experiment in randomized blocks was analyzed, initiated at the age of 60 months and measured annually up to 135 months, with 5 treatments and three replication. The behavior of the control treatment, without thinning, and the treatments with maintenance of relative spacing indexes of 16, 23, 28 and 33% indicates influence in growth and yield, being obtained the dendrometric parameters. The results indicate the maintenance of indexes of relative spacing between 16 and 23%, since these cause less loss in total production and significant increment in average diameter (DBH.

  15. Labelling of MoAb with 153SmH1ETA: Preliminary results

    International Nuclear Information System (INIS)

    A method to label MoAb with Sm-153 using 1,5,9,13-tetraazacyclohexadecane N,N',N'',N''' tetraacetic acid (H4ETA) as a bifunctional chelator was developed. H4ETA and SmH1ETA were synthesized in our laboratory and characterized by IR spectroscopy, TGA (thermogravimetric analysis), SEM (Scattering Electronic Microscopy), EDAX (Elemental Dispersion Analysis by X-rays) and EPR (Electron Paramagnetic Resonance) at 6 K. The 153SmH1ETAMoAb was prepared by a simple incubation of the MoAb ior cea1, and the 153SmH1ETA complex at neutral pH and at room temperature for 24 h. The specific activity of the labelled antibody was 111 MBq/mg (3 mCi/mg). Sm-153(III) is commercially available with specific activities up to 318.2 GBq/mg. Therefore, under the conditions described above 153SmH1ETA labelled MoAb could be obtained with specific activity up to 1.14 GBq/mg (30.7 mCi/mg). (author)

  16. A utilidade da citologia por punção com agulha fina aliada a imunofenotipagem no diagnóstico dos linfomas não-Hodgkin Diagnosis of non-Hodgkin's lymphoma combining immunophenotyping and fine needle aspiration

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia P. S. Costa

    2005-03-01

    Full Text Available A classificação para linfomas não-Hodgkin (LNH proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS enfatiza a importância do imunofenótipo para o diagnóstico. O objetivo deste estudo foi avaliar a utilidade da citologia combinada a citometria de fluxo para o diagnóstico de LNH, utilizando um painel de anticorpos monoclonais e estudo do ciclo celular. O material foi obtido através de aspiração de linfonodos por agulha fina de 78 pacientes. O painel de anticorpos monoclonais para análise em citometria de fluxo foi o seguinte: CD19/CD10, CD20/CD5, CD23, CD38/CD7, CD3/CD4, CD3/CD8, kappa/lambda. O diagnóstico final foi confirmado pela histologia convencional, considerada gold standard. Em 85% dos casos a citologia associada a imunofenotipagem e porcentagem de células em fase S permitiram um diagnóstico correto. Nos demais casos foi possível diferenciar linfomas B ou T e estimar grau de agressividade. O painel, embora pequeno, foi suficiente exceto para os anaplásicos e subclassificação dos linfomas T. Nestes casos, a morfologia foi mais importante que imunofenótipo, sendo este seguro apenas para linfomas linfoblásticos. A fração de fase S mostrou-se importante para diferenciar linfomas indolentes e de alto grau. Concluímos que esta técnica é uma boa alternativa para o diagnóstico de linfomas não-Hodgkin. Permite um diagnóstico rápido, menos invasivo, podendo ser repetida quando necessário, agilizando o tratamento.The WHO classification of non-Hodgkin's lymphoma stresses the importance of the immunophenotype for diagnosis. The aim of our study was to evaluate the use of cytology together with flow cytometric examination using a panel of monoclonal antibodies including DNA S phase analysis. Material was obtained from lymph node aspiration of 78 patients. The panel for flow cytometric analysis comprised: CD19/CD10, CD20/CD5, CD23, CD3/CD4, CD3/CD8, CD38/CD7, kappa/lambda. The final diagnosis was confirmed by lymph node

  17. Cell and humoral immunity in endemic pemphigus foliaceus Imunidade humoral e celular no pênfigo foliáceo endêmico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Regina C. Sartori Barravieira

    1995-02-01

    Full Text Available A study was conducted on 16 patients with pemphigus foliaceus, ten of them with the localized form (group G1 and six with the disseminated form (group G2. These patients were submitted to full blood counts, quantitation of mononuclear cell subpopulations by monoclonal antibodies, study of blastic lymphocyte transformation, and quantitation of circulating antibodies by the indirect immunofluorescence test, in order to correlate their clinical signs and symptoms and laboratory data with their immunological profile, and to determine the relationship between circulating autoantibody titers and lesion intensity and course of lesions under treatment. Leucocytosis was observed especially in group G2. All patients showed decreased relative CD3+ and CD4+ values and a tendency to decreased relative values of the CD8+ subpopulation. Blastic lymphocyte transformation indices in the presence of phytohemagglutinin were higher in patients (group G1+G2 than in controls. The indirect immunofluorescence test was positive in 100% of G2 patients and in 80% of G1 patients. The median value for the titers was higher in group G2 than in group G1. Analysis of the results as a whole permits us to conclude that cell immunity was preserved and that there was a relationship between antibody titers detected by the direct immunofluorescence test and extent of skin lesions.Foram avaliados dezesseis doentes portadores de pênfigo foliáceo endêmico, dez com a forma localizada da doença (Grupo G1 e seis com a forma disseminada (Grupo G2, com os objetivos de correlacionar o quadro clínico e laboratorial desses pacientes com o perfil imunológico dos mesmos, e verificar a relação dos títulos dos anticorpos antiepiderme circulantes, identificados pela imunofluorescência indireta, com intensidade da lesão e com a evolução das lesões em tratamento. Foram realizados: hemograma completo, quantificação de subpopulação de células mononucleares por anticorpos monoclonais

  18. Bovine respiratory syncytial virus: immunohistochemichal detection in mouse and bovine tissues using a Mab against human respiratory syncytial virus Vírus respiratório sincicial bovino: detecção por imunoistoquímica em tecidos de camundongos e bovinos usando AcM contra o vírus respiratório sincicial humano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.S. Almeida

    2006-12-01

    Full Text Available An immunoistochemical (IHC test was developed to detect bovine respiratory syncytial virus (BRSV in cell cultures and tissues of experimentally infected mice and calves, using a commercial monoclonal antibody (Mab against human respiratory syncytial virus (HRSV, as a less expensive alternative, instead of producing specific monoclonal antibodies to BRSV. Clinical samples from calves suffering respiratory disease were also submitted to this test. IHC detected BRSV antigens in mouse tracheas (3, 5 and 7 days post-infection and lungs (5 and 7 days post-infection, and in one of three lungs from experimentally infected calves. Lungs samples from two naturally infected calves were tested and resulted positive for BRSV by the IHC test. These results suggest that this test may be used in the future for diagnosis as well as a useful tool to assess the distribution of BRSV infections in Brazilian herds.Desenvolveu-se um teste de imunohistoquímica (IHQ para detecção do vírus respiratório sincicial bovino (BRSV multiplicado em cultivo celular e em tecidos de camundongos e bezerros infectados experimentalmente, utilizando um anticorpo monoclonal comercial contra o vírus respiratório sincicial humano (HRSV, como uma alternativa para eliminar os custos de produção de anticorpos monoclonais específicos para o BRSV. Amostras clínicas de bezerros com sintomatologia respiratória foram analisadas. A técnica mostrou-se eficiente na detecção de antígenos do BRSV em traquéias (3, 5 e 7 dias pós-infecção e pulmões (5 e 7 dias pós-infecção dos camundongos infectados e em uma das três amostras de pulmões dos bezerros infectados experimentalmente. Amostras de pulmões de dois animais com infecção natural foram positivas para BRSV. Conclui-se que o teste de IHQ pode ser usado no diagnóstico das infecções por BRSV e na avaliação da distribuição dessas infecções nos rebanhos bovinos brasileiros.

  19. Reação de progênies de pimentão ao Potato Virus Y

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sacchi Humberto

    2003-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como metas avaliar a reação de progênies de pimentão (Capsicum annuum L. a um isolado de Potato virus Y (PVY, coletado em plantas de pimentão cv. Magda, em Paulínia (SP e identificar esse isolado. O isolado foi identificado por meio de testes biológicos de inoculação mecânica em plantas indicadoras, testes sorológicos (TAS-ELISA empregando-se anticorpos monoclonais para as estirpes, comum (PVY0, necrótica (PVY N e clorótica (PVY C. Trinta e cinco progênies de pimentão do programa de melhoramento do IAC, foram inoculadas com este isolado denominado PVY-Pa, e cinco cultivares comerciais foram inoculadas como controle positivo, pois têm uma reação conhecida ao PVY. O delineamento dos experimentos foi inteiramente casualizado. Os resultados dos testes biológicos e as observações em preparações de contrastação negativa evidenciaram a existência de uma infecção mista, por potivirus e tobamovirus, nas amostras provenientes de Paulínia. O PVY foi isolado de Nicotiana glutinosa com infecção sistêmica, nas quais, foram observadas inclusões cilíndricas do tipo cata-ventos, características da família Potyviridae, em cortes ultrafinos de células do mesófilo. Em TAS-ELISA, plantas de N. glutinosa, infectadas, apresentaram reação negativa para os anticorpos empregados. Porém, a ausência de sintomas em 'Myr 10' e 'Myr 29', indicou tratar-se da estirpe PVYm. A avaliação das progênies inoculadas foi feita pela utilização da taxa da proporção entre plantas com ausência e presença de sintomas de PVY. Das progênies avaliadas sete progênies F3 derivadas de híbridos triplos de pimentão apresentaram plantas com ausência de sintomas, das quais o vírus não pode ser recuperado pela inoculação em N. glutinosa, confirmando a ausência de multiplicação do vírus nestes híbridos.

  20. Conjugação e validação de controle isotípico IgG1-FITC para uso em citometria de fluxo Conjugation and validation of IgG1-FITC isotype control to be used in flow cytometry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márjorie A. Golim

    2007-12-01

    Full Text Available Em meados da década de 50 iniciou-se o desenvolvimento da citometria de fluxo, tecnologia que permite verificar características físico-químicas de células ou partículas suspensas em meio fluido. Esta tecnologia utiliza anticorpos monoclonais marcados com fluorocromos como ferramenta de investigação em diversas análises e necessita de controles isotípicos para definição da região negativa (background. Estes controles são constituídos por imunoglobulinas de mesmo isotipo e fluorocromo dos anticorpos testes, sendo o isotiocianato de fluoresceína (FITC o marcador fluorescente mais utilizado na conjugação de anticorpos. Os controles isotípicos têm como função definir a fluorescência inespecífica (células negativas e as regiões fluorescentes (células positivas. No presente estudo foi selecionado anticorpo monoclonal murino (AcMm dirigido contra antígeno eritrocitário canino, produzido no Laboratório de Anticorpos Monoclonais do Hemocentro de Botucatu, o qual reage positivamente com hemácias de cães, mas nunca com leucócitos humanos, tendo, portanto, potencial utilidade como controle negativo em citometria de fluxo. A purificação do AcMm da subclasse IgG1 foi feita por cromatografia de afinidade em Proteína-A Sepharose, e o controle da purificação realizado por eletroforese em géis de ágarose e poliacrilamida (SDS-PAGE. A imunoglobulina purificada foi conjugada ao FITC e filtrado em coluna de Sephadex G-25 para separação das proteínas marcadas e não-marcadas. O AcMm conjugado foi testado contra hemácias de cães, e o êxito da conjugação comprovado por testes de fluorescência, sendo a mediana de positividade de 94,70. Frente a leucócitos humanos a mediana de positividade foi 0,03 contra 0,50 dos reagentes comerciais. Os testes estatísticos não-paramétricos de Wilcoxon e correlação de Spearman comprovaram a eficiência e validam o controle isotípico produzido em comparação aos reagentes comerciais

  1. Production and characterization of monoclonal antibodies to the edta extract of Leptospira interrogans, serovar icterohaemorrhagiae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Terezinha de Queiroz Leite

    1996-10-01

    Full Text Available Monoclonal antibodies (MABs ivere produced against an etbylenediaminetetraacetate (EDTA extract of Leptospira interrogans serovar icterohaemorrhagiae being characterized by gel precipitation as IgM and IgG (IgGl and IgG2b. The EDTA extract was detected as several bands by silver staining in SDS-PAGE. In the Western blot the bands around 20 KDa reacted with a monoclonal antibody, 47B4D6, and was oxidized by periodate and was not digested by pronase, suggesting that the determinant is of carbohydrate nature, lmmunocytochemistry, using colloidal gold labeling, showed that an EDTA extract determinant recognized by monoclonal antibody 47B4D6, is localized under the outer envelope of serovar icterohaemorrhagiae. Hoe AIAB raised against the EDTA extract was not able to protect hamsters from lethal challenge with virulent homologous leptospires.Anticorpos monoclonais (AcM foram produzidos contra o extrato EDTA obtido de Leptospira interrogans, sorovar icterohaemorrhagiae. Pelo teste de precipitação foram caracterizados como IgM e IgG (IgGl e IgG2. A eletroforese em gel de poliacrilamida do extrato EDTA revelou diversas bandas quando corada pela prata. No "Western blot", as bandas em torno de 20 kDa reagiram com o AcM 47B4D6, foram oxidadas pelo periodato e não digeridas pela pronase, sugerindo que o determinante é de natureza carboidrato. O determinante reconhecido pelo AcM 47B4D6 estã localizado sob o envelope externo como revelado pela imunocitoquímica usando marcação com ouro coloidal. O AcM contra extrato EDTA do sorovar icterohaemorrahagiae não protegeu hamsters quando inoculados com lepstopira homóloga virulenta.

  2. Quantificação de células CD 34+ em sangue periférico, produto de aférese e cordão umbilical: estudo comparativo de três diferentes metodologias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bacal Nydia S.

    2001-01-01

    Full Text Available A quantificação das células CD34+ em sangue periférico é utilizada para determinar o melhor momento de iniciar a aférese, enquanto que na leucoaférese e no sangue de cordão umbilical determinam a quantidade de células CD34+ para o transplante de células progenitoras. O objetivo deste trabalho foi comparar três diferentes metodologias de quantificação de células CD34+. Foram utilizados três diferentes tipos de amostras: a 32 amostras de sangue periférico, coletadas de pacientes estimulados com G-CSF 50 mg/Kg/dose total, sem quimioterapia na mobilização. b 31 amostras de produto de aférese de pacientes estimulados com o mesmo protocolo de G-CSF. c 20 amostras de sangue de cordão coletadas em CPDA-1, por punção de veia umbilical. As amostras permaneceram à temperatura ambiente no máximo até 24h da análise. O citômetro de fluxo utilizado foi o Epics XL-MCL (Coulter com os protocolos de dupla plataforma: ISHAGE e Mulhouse modificado para análise de maior numero de eventos, e o citômetro Imagn 2000 (Biometric Imaging de plataforma única, conforme técnicas recomendadas. Os anticorpos monoclonais utilizados foram: CD45-FITC, CD34-PE, e isotipo IgG1-PE da Immunotech. As análises estatísticas foram: ANOVA e correlação de teste t de Student. Os resultados não apresentaram diferenças estatisticamente significativas nos três métodos.

  3. Características histopatológicas e imunohistoquímicas das lesões cutâneas e da mucosa oral na histoplasmose disseminada de portadores da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS Histopathology and immunohistochemistry of skin and oral mucosa in disseminated histoplasmosis associated with acquired immunodeficiency syndrome (AIDS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Corrêa Garcia Pires D'Avila

    1998-12-01

    Full Text Available A análise histopatológica e imunohistoquímica de 25 biópsias cutâneas e da mucosa oral de portadores da associação AIDS e histoplasmose mostrou o seguinte: 1 em 18 casos as lesões cutâneas eram múltiplas e se apresentavam sob a forma de pápulas (eritematosas, violáceas ou acastanhadas, úlceras, vesículo-pústulas e eram distribuídas por todo tegumento cutâneo; Em sete casos as lesões se localizavam na mucosa da língua, palato, úvula e eram do tipo ulcerado ou moruliforme; 2 histologicamente as lesões apresentavam quatro aspectos distintos: macrofágico difuso; granulomatoso; vasculítico com leucocitoclasia; e com escassa reação inflamatória; 3 a tipagem dos linfócitos T e B e dos macrófagos através dos anticorpos monoclonais mostrou que a resposta imunológica ao Histoplasma capsulatum é predominantemente do tipo celular nos quatro tipos histológicos; 4 o teste imunohistoquímico para o fungo nas lesões confirmou o diagnóstico morfológico de H. capsulatum.Biopsy specimens of the skin and oral mucosa from twenty-five patients bearing the disseminated form of histoplasmosis (H. capsulatum associated with AIDS (aquired immunodeficiency syndrome were studied by histologic and immunohistochemistry techniques. Histologically, the skin lesions showed four different patterns: diffuse macrophage, granulomatous, vasculitic with leucocytoclastic and scarce inflammatory reaction. The cell markers for macrophages, lymphocytes B and T and H. capsulatum revealed CD68, UCHL-1 and L26 associated with variable amounts of fungi.

  4. Estudo comparativo da eficácia de isotionato de pentamidina administrada em três doses durante uma semana e de N-metil-glucamina 20mgSbV/kg/dia durante 20 dias para o tratamento da forma cutânea da leishmaniose tegumentar americana A comparative study between the efficacy of pentamidine isothionate given in three doses for one week and N-methil-glucamine in a dose of 20mgSbV/day for 20 days to treat cutaneous leishmaniasis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Déa Ribeiro de Paula

    2003-06-01

    Full Text Available Setenta e nove pacientes com leishmaniose tegumentar americana, forma cutânea, foram divididos em dois grupos: o grupo experimental (I, formado por 38 pessoas que receberam isotionato de pentamidina, 4mg/kg/dia, três aplicações, IM, durante uma semana, e o grupo controle (II, formado por 41 doentes tratados com N-metilglucamina, 20mgSbV/kg/dia por 20 dias, EV. Foram identificados, por técnica de anticorpos monoclonais, 21 isolados com predominância de Leishmania (Viannia braziliensis. Encontrou-se cura clínica em 71,05% do grupo experimental e 73,17% do grupo controle (p=0,47. Alterações de ECG foram mais freqüentes utilizando antimonial pentavalente, com significância (pSeventy-nine patients with cutaneous leishmaniasis were included in this study. The experimental group (n = 38 was treated with pentamidine isothionate in a dose of 4mg/kg/day on alternate days, for one week. The control group (n = 41 was treated with N-methylglucamine in a dose of 20mgSbV/kg/day for 20 days. Twenty-one isolates were identified using monoclonal antibody technique. We characterized Leishmania (Viannia braziliensis, most frequently. There was a cure rate of 71.05% of the patients in the experimental group and 73.17% in the control group (p = 0.47.We found a statistical significance regarding frequency of ECG alterations between the experimental and control group (p<0.05. In our study pentamidine was as effective as antimonial for the treatment of american cutaneous leishmaniasis. It proved to be a safer drug considering heart toxicity. Moreover, it requires less time to complete the treatment.

  5. Identificação e monitorização do vírus Influenza A e B, na população de Maceió

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliveira Jefferson Francisco de

    2004-01-01

    Full Text Available Agentes virais, como os vírus da influenza A e B, parainfluenza 1, 2 e 3, adenovírus e o Vírus Respiratório Sincicial (VRS são responsáveis por surtos de Infecção Respiratória Aguda (IRA, causando uma alta taxa de morbidade e mortalidade, principalmente em crianças e idosos. Este trabalho teve como objetivo o estudo desses vírus, como agentes etiológicos das IRAs em pacientes de todas as idades atendidos no Hospital Universitário Professor Alberto Antunes/UFAL e no 2º Centro de Saúde em Maceió (AL. Objetivou-se também avaliar a sazonalidade e a associação entre grupo desses vírus. A pesquisa foi realizada em secreção nasofaríngea eswabcombinado (nasal e oral de pacientes com sintomatologia de IRA, no período de novembro de 2000 a abril de 2002, pela técnica de imunofluorescência indireta, utilizando um painel de anticorpos monoclonais (AcM. Das 488 amostras analisadas, 207 (42,4% foram positivas. Destas, 126 (25,8% corresponderam a infecções pelo vírus da influenza A e 29 (5,9% corresponderam a infecções concomitantes, sendo 9 (1,8% por adenovírus e VRS. Também se observou que fatores como idade e sexo não influenciaram os processos de infecção respiratória aguda por vírus respiratório.

  6. Caracterização eletroforética e análise de subgrupo de rotavírus em rebanhos bovinos leiteiros do Estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Buzinaro M.G.

    2000-01-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo para determinar a ocorrência de infecção por rotavírus em rebanhos bovinos leiteiros. Foram analisadas 375 amostras de fezes de bezerros, na faixa etária 1 a 45 dias, provenientes de animais pertencentes a nove propriedades rurais, situadas em seis municípios da região nordeste do Estado de São Paulo. Destas, 193 pertenciam a animais com diarréia e 182 foram obtidas de animais clinicamente sadios. As técnicas utilizadas para a detecção de rotavírus foram o ensaio imunoenzimático (EIE e a eletroforese em gel de poliacrilamida (EGPA. Por meio do EIE foram detectadas 11,2% (42/375 de amostras positivas, 15% delas (29/193 obtidas de animais com diarréia e 7,1% (13/182 colhidas de animais sem diarréia. A análise do perfil do genoma indicou a presença de seis eletroferótipos distintos, característicos de rotavírus do grupo A. Um único eletroferótipo foi detectado em três rebanhos, o qual permaneceu constante durante o período de amostragem. Em dois rebanhos diferentes eletroferótipos foram detectados, embora com maior prevalência de um dado perfil. A caracterização das amostras positivas em subgrupos foi realizada por meio do EIE com "duplo sanduíche", utilizando-se anticorpos monoclonais (MAb específicos para antígenos de subgrupo (I e II. Foram caracterizadas como subgrupo I 52,4% (22/42 das amostras testadas, nenhuma reagiu com MAb de subgrupo II, enquanto as demais, 47,6% (20/42, não reagiram com nenhum dos dois subgrupos.

  7. Bronquiolite aguda, uma revisão atualizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Werther Brunow de Carvalho

    2007-04-01

    Full Text Available A bronquiolite aguda (BA é um diagnóstico freqüente de internação hospitalar em pediatria, ocasionada principalmente pelo vírus sincicial respiratório (VSR. Ocorre epidemicamente nos meses de outono e inverno. Algumas populações de crianças (recém-nascidos pré-termo, cardiopatia congênita, doença pulmonar crônica, imunocomprometidos, desnutridos, entre outros apresentam maior risco de morbidade e mortalidade. Os vírus multiplicam-se nas células epiteliais ciliadas, e a inflamação e os debris celulares ocasionam obstrução da via aérea, hiperinsuflação, atelectasia localizada, chiado e alterações das trocas gasosas. Não existem evidências definitivas em relação aos tratamentos utilizados para esta doença. O tratamento inclui a utilização de oxigênio, hidratação, beta-2 agonistas por via inalatória, epinefrina racêmica, DNase recombinante, fisioterapia respiratória, entre outros. Medidas profiláticas: administração de anticorpos monoclonais (palivizumab. A maioria das crianças com BA, independentemente da gravidade da doença, recuperam-se sem seqüelas. O curso natural desta doença, habitualmente, varia entre sete a dez dias, mas algumas crianças permanecem doentes por semanas.

  8. Validation of analytical method to calculate the concentration of conjugated monoclonal antibody; Validacao de metodo analitico para calculo de concentracao de anticorpo monoclonal conjugado

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Alcarde, Lais F.; Massicano, Adriana V.F.; Oliveira, Ricardo S.; Araujo, Elaine B. de, E-mail: lais_alcarde@hotmail.com [Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares (IPEN/CNEN-SP), Sao Paulo, SP (Brazil)

    2013-07-01

    The objective of this study was to develop a quantitative analytical method using high performance liquid chromatography (HPLC) to determine the antibody concentration in conjunction with bifunctional chelator. Assays were performed using a high performance liquid chromatograph, and the following conditions were used: flow rate of 1 mL / min, 15 min run time, 0.2 M sodium phosphate buffer pH 7.0 as the mobile phase and column of molecular exclusion BioSep SEC S-3000 (300 x 7.8 mm, 5 μM - Phenomenex). The calibration curve was obtained with AcM diluted in 0.2 M sodium phosphate buffer pH 7.0 by serial dilution, yielding the concentrations: 400 μg/mL, 200 μg/mL, 100 μg/mL, 50 μg/mL, 25 μg/mL and 12.5 μg/mL. From the calibration curve calculated the equation of the line and with it the concentration of the immunoconjugate. To ensure the validity of the method accuracy and precision studies were conducted. The accuracy test consisted in the evaluation of 3 samples of known concentration, being this test performed with low concentrations (50 μg/mL), medium (100 μg/mL) and high (200 μg/mL). The precision test consisted of 3 consecutive measurements of one sample of known concentration, subject to the conditions set forth above for the other tests. The correlation coefficient of the standard curve was greater than 97%, the accuracy was satisfactory at low concentrations as well as accuracy. The method was validated by showing it for the accurate and precise determination of the concentration of the immunoconjugate. Furthermore, this assay was found to be extremely important, because using the correct mass of the protein, the radiochemical purity of the radioimmunoconjugate was above 95% in all studies.

  9. Meccanismi coinvolti nel danno della mucosa celiaca. Determinazione nel siero dell’anticorpo anti-actina: un nuovo test diagnostico nella diagnosi di atrofia intestinale nella malattia celiaca

    OpenAIRE

    Musu, Maria Paola

    2006-01-01

    La celiachia (CD) è un’ enteropatia autoimmune causata dall’ingestione di alcuni cereali contenenti glutine, quali grano, orzo e segale, che colpisce soggetti geneticamente predisposti ed è caratterizzata da una alta variabilità delle manifestazioni cliniche e delle lesioni istologiche della mucosa duodenale. Le attuali metodiche sierologiche consentono solamente di avere un sospetto diagnostico di malattia celiaca e costituiscono l’indicazione ad eseguire una biopsia intestinale per una c...

  10. PREVALÊNCIA DE ANTICORPOS ANTI-Leptospira spp. E ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS DA INFECÇÃO EM BOVINOS DO ESTADO DE GOIÁS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Elias Marques

    2010-10-01

    Full Text Available This study aimed to determine the prevalence of antibodies against Leptospira spp. and their regional distribution, and evaluate the main risk factors associated to the disease in cattle in the State of Goias, Brazil. The study was carried out using 4571 samples taken from 715 properties of 213 municipalities in the state of Goias. The samples were analysed by the microagglutination test (MAT. 62.2% of the samples were positive for at least one of the 16 serovars tested, with major prevalence of co-agglutination (40.24%, followed by serovars wolffi (14.53%, hardjo (12.70 %, grippotyphosa (10.55% and shermani (6.55%. The prevalence of anti-Leptospira spp. antibodies was associated to the following factors: stratum of production, with a greater prevalence in stractumof beef cattle production; practice of artificial insemination; cattle breed; presence of sheep and goats; presence of capybaras; purchase of reproducers in exhibitions and from other properties; pasture rent at any time of year; presence of maternity paddock, and occurrence of abortions. It was concluded that leptospiral infection is endemic in Goias State.

  11. Comparative studies of antibody anti-CD20 labeled with {sup 188}Re; Estudo comparativo da marcacao do anticorpo anti-CD20 com {sup 188}Re

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Dias, Carla Roberta de Barros Rodrigues

    2010-07-01

    Nuclear Medicine is an unique and important modality in oncology and the development of new tumor-targeted radiopharmaceuticals for both diagnosis and therapy is an area of interest for researchers. Rituximab (RTX) is a quimeric monoclonal antibody (mAb) (IgG 1) that specifically binds to CD20 antigen with high affinity and has been successfully used for the treatment of Non-Hodgkin Lymphoma (NHL) of cell B. The CD20 antigen is expressed over more than 90% of cell B NHL. Technetium-99m ({sup 99m}Tc) and rhenium-188 ({sup 188}Re) are an attractive radionuclide pair for clinical use due to their favorable decay properties for diagnosis ({sup 99m}Tc: T{sub 1/2} = 6 h, {gamma} radiation = 140 keV) and therapy ({sup 188}Re: T{sub 1/2} = 17 h, maximum {beta} energy = 2.12 MeV) and to their availability in the form of {sup 99}Mo/{sup 99}mTc and {sup 188}W/{sup 188}Re generators. The radionuclides can be conjugated to mAb using similar chemical procedures. The aim of this work was to study the labeling of anti-CD20 mAb (RTX) with {sup 188}Re using two techniques: the direct labeling method [{sup 188}Re(V)] and the labeling method via the carbonyl nucleus [{sup 188}Re(I)]. Besides the quality control, the radiolabeled mAb was submitted to in vivo, in vitro and ex vivo biological studies. For the direct labeling, RTX was reducing by incubation with 2-mercaptoethanol for generating sulphydryl groups (-SH) and further labeled with {sup 188}Re(V), in a study of several parameters in order to reach an optimized formulation. The labeling via the carbonyl nucleus both {sup 99}mTc and {sup 188}Re were employed through 2 different procedures: (1) labeling of intact RTX with {sup 99}mTc(I) and (2) reduced RTX (RTX{sub red}) labeled with {sup 99}mTc(I)/{sup 188}Re(I). Also a parameter study was performed to obtain an optimized formulation. The quality control method for evaluating the radiochemical purity showed a good labeling yield (93%) for the direct method. The labeling method via carbonyl group, the results showed that the - SH groups of RTX{sub red} are a possible way of labeling. The formulation of {sup 99}mTc(I)-RTX{sub red} was faster than {sup 188}Re(I)-RTX{sub red}, that on the other hand showed better stability in human plasma and no transquelation in the cysteine or histidine challenge studies. Both compounds showed good binding affinity and a biodistribution in mice bearing tumor compatible with the normal mAb distribution and a reasonable tumor uptake proving the efficiency of the labeling and the potential clinical use. (author)

  12. Study of conjugation and radiolabeling of monoclonal antibody rituximab for use in radionuclide therapy; Estudo da conjugacao e radiomarcacao do anticorpo monoclonal rituximab para aplicacao em terapia radionuclidica

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Massicano, Adriana Vidal Fernandes

    2011-07-01

    Lymphomas are tumors originated from the transformation of a lymphocyte in the lymphatic system. The most common lymphoma is the Non-Hodgkin Lymphoma (NHL). Advances in immunology and molecular biology have been improving NHL's detection and treatment strategies development, such as Radioimmunotherapy (RIT). Rituximab is an anti-CD20 monoclonal antibody used as immunotherapeutic to treat refractory or relapsed NHL. The goal of the present work was to conjugate this antibody to DOTA-NHS-ester bifunctional chelator and to radiolabel it with {sup 177}Lu radioisotope in order to develop a radio immunotherapeutic agent for NHL's treatment. Different rituximab to DOTA molar ratios (1:5, 1:10, 1:20, 1:50, 1:250, 1:500 and 1:1000) were evaluated in order to determine the best condition for obtaining the highest radiochemical purity of radio immunotherapeutic. The stability of the unlabeled immuno conjugated was evaluated by high performance liquid chromatography (HPLC) for up to 240 days in different storage conditions. The stability of the labeled preparations was evaluated either after storing at 2-8 degree C or incubation in human serum at 37 degree C. The binding to serum proteins was also determined. In vivo studies were performed in healthy Swiss mice, in order to characterize the biological properties of labeled conjugate. Finally, preliminary studies of radio immuno conjugated competitive binding to CD20 positive Raji cells were carried out in order to analyze if the process of conjugation and radiolabeling compromises the immunoreactivity of the antibody. The conjugation applying lower antibody to chelator molar ratios (1:5, 1:10 and 1:20) showed high stability when stored for up to 240 days in different conditions. The HPLC analysis showed that the monoclonal antibody conjugated in molar ratio 1:50 was labeled with higher radiochemical purity (> 95%) when purified in PD-10 column. This conjugate showed reasonable stability at 2-8 degree C. The analysis of the stability in human serum did not suggest high metabolic degradation by serum enzymes. The labeled conjugate showed high serum protein binding, suggesting slow blood clearance, which was confirmed by in vivo studies. The labeled conjugate presented high uptake in the liver, in accordance to biodistribution pattern of monoclonal antibodies. The preliminary competitive binding studies indicated a specific binding and suggest that the synthesis of {sup 177}Lu-DOTA-rituximab did not compromise its binding to CD20 positive tumor cells. (author)

  13. Prevalência de anticorpos séricos contra rubéola em doenças autoimunes Prevalence of rubella serum antibody in autoimmune diseases

    OpenAIRE

    Arie Altman; Martine Szyper-Kravitz; Nancy Agmon-Levin; Boris Gilburd; Juan-Manuel Anaja; Ori Barzilai; Maya Ram; Nicola Bizzaro; Ljudmila Stojanovich; Jan Damoiseaux; Jan Willem Cohen Tervaert; Stefano Bombardieri; Howard Amital; Ari Shamis; Yehuda Shoenfeld

    2012-01-01

    INTRODUÇÃO: A associação entre infecções e doenças autoimunes (DAIs) está bem descrita na literatura médica. Vários agentes infecciosos foram implicados como indutores de respostas autoimunes, tais como o parvovírus B19, o vírus Epstein-Barr, o citomegalovírus e os vírus da hepatite. PACIENTES E MÉTODOS: Foram examinamos 1.173 soros de pacientes com 14 doenças autoimunes diferentes e 238 soros de controles saudáveis pareados geograficamente na busca por evidência de infecção rubeólica prévia....

  14. Evaluation of the inflammatory activity in chronic osteomyelitis. Contribution of the scintigraphy with polyclonal antibodies; Avaliacao de atividade inflamatoria em osteomielite cronica. Contribuicao da cintilografia com anticorpos policlonais

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Sapienza, Marcelo Tatit

    1996-07-01

    Active chronic osteomyelitis or complicating osteomyelitis (superimposed on diseases that changes the normal bone structure fractures, post-surgery, prosthesis) can be difficult to diagnose by anatomic radiological imaging modalities, like plain radiograph and CT. These diseases frequently cause also increased bone remodeling, leading to nonspecific uptake of Tc-99m-bone scan agents and gallium-67. New radiopharmaceuticals with greater inflammation/infection avidity and specificity are being developed, including the nonspecific polyclonal immunoglobulin (IgG) labeled with technetium-99. Tc-99m-IgG may be available as a ready to use kit, with no reported side effects, low patient absorbed radiation dose and low cost. The mechanism of IgG uptake at the inflammation site has not been fully elucidated yet. Specific (receptor linking, physico-chemical immunoglobulin properties) and nonspecific mechanisms (enhanced vascular permeability and macromolecular exudate) has been suggested. IgG scintigraphy results are affected by the isotope, labeling procedure adopted and characteristics of the inflammatory focus. Nineteen patients with suspected osteomyelitis (active chronic osteomyelitis or violated bone osteomyelitis) were studied by Tc-99m-IgG scintigraphy (directly labeled polyclonal immunoglobulin, Sandoglobuilina - Sandoz). All patients also underwent standard three-phase bone scintigraphy using methylene diphosphonate (Tc-99m-MDP), gallium-67 scintigraphy and plain radiographs. Infection was found in 8 sites. Sensitivity and specificity for Tc-99m-MDP, gallium-67 and Tc 99m-IgG scintigraphy were, respectively, 88 and 36%, 75 and 73%,88 and 82%. All patients with false positive IgG scintigraphies had previous surgery. Other current scintigraphic procedures used in the diagnosis of osteomyelitis are also reviewed. (author)

  15. FREQUÊNCIA DE ANTICORPOS ANTI-Toxoplasma gondii EM REBANHOS CAPRINOS DO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS, MA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlia Gleyci Soares

    2010-10-01

    Full Text Available The objective of this work was to assess the frequency ofToxoplasma gondii seropotive goat herds in the municipality ofSão Luís, Maranhão, Brazil. The detection of anti-T.gondii wasperformed by the serological indirect ELISA method (EnzymeLinked Immunosorbent Assay. The data were analyzed using EpiInfo 3.5.1 and subjected to chi-square and Fisher’s exact test. From92 sera tested, 34 (36.95% were seropositive and 58 (63.05%seronegative. From 10 properties of goat herds surveyed in themunicipality of São Luís, MA, seropositivity was found in eight(80% of them. Regarding the conditions of storage of food, from24 properties considered poor, 14 (15.3% were seropositive forT. gondii, with a significant association (p <0.05. Milk productionalso had significant association (p = 0.0478, and beef productionpresented significant percentage: from 19 animals, 11 (57.89were seropositive. As regards the type of food, (14 58.33% ofseropositivity was verified within the animals fed forage (p <0.05.The aborted material is also a relevant factor found in this study,considering none of the producers gave the appropriate destination for this material. This behavior does not often eliminate thepresence of the risk factor, then seropositivity and association (p<0.05 can be verified. No significant differences were observed inthe frequency of T. gondii, related to gender and age of goats.

  16. Ocorrência de anticorpos anti-Neospora caninum em pequenas propriedades leiteiras do Uruguai Occurrence of anti-Neospora caninum antibodies in small dairy farms in Uruguay

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Agustín Furtado

    2011-04-01

    Full Text Available Neosporose é uma doença de distribuição mundial causada por um protozoário (Apicomplexa, Sarcocystidae, denominado Neospora caninum (N. caninum. Na América Latina, o protozoário foi diagnosticado no Uruguai, Brasil, Argentina, Chile, Paraguai e Peru. No Uruguai a prevalência em rebanhos leiteiros não foi determinada, havendo somente levantamentos sorológicos de algumas regiões do país em propriedades rurais de médio e grande porte. O objetivo deste trabalho foi determinar a presença de animais sorologicamente positivos contra N. caninum em bacias leiteiras de pequenas propriedades com baixos recursos socioeconômicos da zona central do Uruguai (Estados de Durazno e Tacuarembó. Utilizando um Kit de ELISA comercial, foram analisados 734 soros provenientes de vacas leiteiras adultas, obtendo-se 211 positivos (28,8%, 517 negativos (70,5% e seis animais com resultado não determinado (0,7%. Nossos resultados demonstram a exposição destes rebanhos ao parasito, sendo este o primeiro inquérito sorológico de N. caninum em bacias leiteiras de pequenas propriedades no Uruguai.Neosporosis is a worldwide disease caused by a protozoan (Apicomplexa, Sarcocystidae, called Neospora caninum (N. caninum. In Latin America was diagnosed in Uruguay, Brazil, Argentina, Chile, Paraguay and Peru. In Uruguay, the prevalence in dairy cattle is undetermined, with only a few reports in some areas from medium and large farmers. The main of this study was to determine the presence of serologically positive animals against N. caninum in small dairy farmers in critical context from central region of Uruguay (Departments of Durazno and Tacuarembó. Using a commercial ELISA kit, 734 sera of adult dairy cows were analyzed, resulting in 211 positive (28.8%, 517 negative (70.5% and six animals with uncertain outcome (0.7%. The results demonstrated the exposure of cattle to the parasite, which is the first serological survey of N. caninum in basins of small dairy farmers in critical context in Uruguay.

  17. ESTABELECIMENTO DE UM PROTOCOLO DE SOROAGLUTINAÇÃO RÁPIDA (SAR PARA DETECÇÃO DE ANTICORPOS PARA Salmonella Typhimurium EM SUÍNOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosecler Alves Pereirara

    2010-10-01

    Full Text Available Salmonella Typhimurium is an important agent isolated from cases of human food poisoning in Brazil. Animal-origin products are the main source of infection, and pork has been implicated in Salmonella transmission to humans. Programs to salmonella monitoring in swine have been carried out, using bacteriologicaland serological tests like ELISA. However, these tests are time-consuming and expensive. The rapid agglutination test (RAT is cheaper, faster and easier. Aiming to standardize RAT to detect anti-salmonella antibodies in swine serum, 60 samples of swine serum were tested. They had previously displayed positive (30 or negative (30 results in the ELISA test. The results showed that RAT had sensitivity, specificity, predictive positive value and predictive negative value equal to 96.7% when non-diluted serum was tested. Thus, this test can be applied to detect antibodies against S. Typhimurium in swine serum.

  18. Study on the preparation and stability of 188Re biomolecules via EHDP

    International Nuclear Information System (INIS)

    A direct labelling technique via ethane-1-hydroxy-1,1-diphosphonic acid (EHDP) as a weak competing ligand was developed for the preparation of several biomolecules: 188 Re-monoclonal antibody ior cea1 against carcinoembryonic antigen (188 Re-MoAb), biotinylated 188Re-MoAb (188 Re-MoAb-biotin), 188 Re-polyclonal IgG (188 Re-IgG), 188 Re-peptide (somatostatine analogue peptide b-(2-naphtyl)-D-Ala-Cys-Tyr-D-Trp-Lys-Val-Cys-Thr-amide), 188 Re-MoAb fragments (188 Re-F(ab')2) and biotinylated 188 Re-F(ab')2 (188 Re-F(ab')2-biotin). The reaction conditions such as pH, temperature, weak ligand concentration and stannous chloride concentration were optimized during the radiolabelling of each biomolecule. Before the labelling procedure, disulphide bridge groups of the biomolecules were reduced with 2-mercaptoethanol (2-ME). To obtain 188 Re labelled antibodies and peptides in high radiochemical yields (>90%) via EHDP, it was necessary to use acidic conditions and a high concentration of stannous chloride to allow the redox reaction Re+7→Re+5:Re+4. The labelling of MoAb and F(ab')2 with 188Re via EHDP was also evaluated employing a pretargeted technique by avidin-biotin strategy in normal mice, demonstrating that the 188Re-labelled biotinylated antibodies are stable complexes in vivo. The 188Re-peptide complex prepared by this method, was stable for 24 h and no radiolytic degradation was observed. (author)

  19. Estratégias de tratamento da leucemia linfóide crônica recidivada ou resistente incluindo o transplante de célula progenitora hematopoiética Strategies of treatment for relapsed or resistant chronic lymphocytic leukemia including to hematopoietic progenitor cell transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cármino A. Souza

    2005-12-01

    Full Text Available Apesar dos importantes progressos terapêuticos, a leucemia linfóide crônica (LLC, a mais comum leucemia do adulto nos países ocidentais, permanece incurável. A utilização da fludarabina isolada ou associada à ciclofosfamida e/ou antraciclínicos elevou de maneira importante as respostas objetivas, inclusive com a obtenção de respostas completas (até mesmo moleculares e as sobrevidas livres de progressão e de recidiva. Alguns autores sugerem a introdução de anticorpos monoclonais para elevar ainda mais estes resultados. Apesar disto, todos os pacientes tratados devem apresentar recidiva ou progressão da LLC e tratamento de salvamento deve ser instituído. No presente momento, as estratégias de tratamento de salvamento são muito semelhantes às disponíveis para o tratamento de primeira linha. Os critérios para se iniciar o tratamento de salvamento são semelhantes aos definidos pelo NCI (National Cancer Institute para o primeiro tratamento. Assim, a utilização de fludarabina, isolada ou associada, deve ser a terapêutica de escolha para os pacientes recidivados, mesmo que tenham sido previamente tratados com fludarabina como primeira linha. A utilização de anticorpos monoclonais, particularmente o rituximab, é desejável nesta segunda tentativa, mesmo que não se possa dizer ainda que esta indicação seja formal. O alemtuzumab é um anticorpo monoclonal muito eficiente e tem mostrado ter a capacidade de promover importantes benefícios clínicos e hematológicos, mesmo em pacientes "pesadamente" tratados ou mesmo refratários à fludarabina. O TCPH tem indicações limitadas tendo em vista os riscos da terapia de alta dose em pacientes que são, geralmente, idosos. Assim, o transplante autólogo pode ser indicado em pacientes jovens, preferentemente em remissão completa, no sentido de prolongar a sobrevida livre de progressão. Os transplantes alogênicos, convencional ou de intensidade reduzida, podem ser utilizados em

  20. Predictive factors of breast cancer evaluated by immunohistochemistry Fatores preditivos do câncer de mama avaliados pela imuno-histoqu��mica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helenice Gobbi

    2008-04-01

    melhorar os resultados da IHQ, porém não recupera tecidos com autólise ou com excessiva fixação. A escolha do anticorpo primário para a IHQ, considerando sua sensibilidade e sua especificidade de acordo com a resposta terapêutica, representa uma importante etapa. Além de anticorpos monoclonais de camundongo, novos anticorpos monoclonais de coelho são comercialmente disponíveis, tais como clones SP1 e B644 anti-RE, SP2 e B645 anti-RP, e SP3 e 4B5 anti-Her2. Eles representam uma alternativa para avaliação de receptores hormonais e Her2 através da IHQ. Novos sistemas de detecção poliméricos não-biotinilados também são disponíveis e permitem marcação exata e forte sem marcação estromal ou citoplasmática inespecífica devido à biotina endógena. O cut off mais recomendado para receptor de estrogênio (RE e receptor de progesterona (RP é acima de 1% de células positivas com marcação moderada ou forte (sistema de escore de Allred. Novas recomendações para avaliação de Her2 através da IHQ apontam um cut off de mais de 30% de células positivas com marcação forte (3+, que melhor se relaciona com amplificação gênica. Os casos 2+ são agora considerados indeterminados e devem ser confirmados por hibridação in situ por fluorescência (FISH ou hibridização in situ colorimétrica (CISH. Um controle de qualidade de fases pré-analítica, analítica e pós-analítica da IHQ é recomendado para a otimização dos resultados.

  1. Características epidemiológicas da leishmaniose tegumentar americana em uma região endêmica do Estado da Bahia: II leishmaniose canina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Air C. Barretto

    1984-06-01

    Full Text Available Um inquérito em cães realizado na região de Três Braços, Bahia, mostrou que 3,0% de 98 animais tinham amastigotas em lesões de pele. Parasitos não foram encontrados em pele normal da orelha. De uma amostra selecionada de 13 cães, portadores de lesão cutânea ativa, nove (69,2% deles estavam comprovadamente infectados. Sete amostras de lesão produziram infecção em hamsters. O estudo biológico (crescimento em meio de cultura, evolução da lesão em hamster e desenvolvimento no tubo digestivo de Lutzomyia longipalpis identificou o parasito como pertencente ao complexo L. braziliensis. A caracterização bioquímica (mobilidade eletroforética de enzimas em placas de acetato de celulose e o estudo imunotaxonômico (anticorpos monoclonais definiram as amostras como L. braziliensis braziliensis. O papel do cão como um possível reservatório de L. b. braziliensis na região de Três Braços é discutido.During a survey of domestic and hunting dogs conducted in the Três Braços region, State of Bahia, 3,0% of 98 dogs had amastigotes in skin lesions. Parasites were not found in normal ear skin. In a nonrandomly selected sample of 13 dogs with active cutaneous lesions, infection was confirmed in nine (69,2%. Tissue biopsies from seven dog lesions produced infection in hamsters. The biological behaviour of the parasite (rate of growth in culture media, evolution of lesions in hamsters and development in the gut of Lutzomyia longipalpis, identified it to the Leishmania braziliensis complex. Characterization by biochemical means (eletrophoretic mobility of enzymes in cellulose acetate plates and immunotaxonomic studies (monoclonal antibodies defined the strains as L. braziliensis braziliensis. The role of dogs as a possible reservoir host of L. b. braziliensis in Três Braços region is discussed.

  2. Afinidades antigênicas de amostras de campo do vírus da bronquite infecciosa das galinhas com a amostra Massachusetts M41 Antigenic affinities of infectious bronchitis virus field isolates to Massachusetts M41 strain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.B. Souza

    2001-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar as afinidades antigênicas entre 14 amostras de vírus da bronquite infecciosa das galinhas (VBIG isoladas de casos clínicos ocorridos entre 1972 e 1989 no Estado de Minas Gerais, sua reatividade frente a dois anticorpos monoclonais (AcMs específicos contra a glicoproteína S1 do sorotipo Massachusetts de VBIG foi examinada em ELISA. As 14 amostras de campo estudadas foram agrupadas, de acordo com o relacionamento antigênico aos AcMs, em relacionadas (três amostras e não relacionadas (onze amostras à amostra M41 do sorotipo Massachusetts. As amostras de campo não reconhecidas, considerando a alta especificidade dos AcMs à amostra M41, compõem uma diversidade que pode variar de integrantes do sorotipo Massachusetts de origem vacinal a sorotipos heterólogos. Amostras com afinidade antigênica à M41 (208-1972, PM1-1987 e PM2-1987 foram detectadas, o que configura a preservação da amostra no campo, apesar da alta variabilidade da glicoproteína S1, já que foram isoladas de surtos de doença natural nas regiões de avicultura de Minas Gerais. A detecção de antígenos de alta variabilidade que caracterizam a amostra M41, apesar das pressões da imunidade dos plantéis e da mutabilidade, pode indicar que os antígenos de alta afinidade aos receptores celulares (best fit que atingiram alto estágio evolutivo podem estar sendo preservados.Aiming to the evaluation of antigenic relationships among isolates of infectious bronchitis virus (IBV through their reactivity against Massachusetts M41 S1 glycopolypeptide specific monoclonal antibodies (Mab an ELISA was developed. Fourteen IBV isolates obtained from field cases of disease, reported from 1972 to 1989 in Minas Gerais, Brazil, were examined. The IBV isolates could be grouped into related or not to M41, based on the reactivity to M41 S1 specific Mabs. The unrecognized field isolates conform a diversity of representatives, which may range from Massachusetts

  3. Eficácia da vacina anti-rábica ERA em camundongos, frente a quatro diferentes variantes antigênicas do vírus da raiva Evaluation of ERA anti-rabies vaccine against four different antigenic strains of rabies virus in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elcio Benedito Erbolato

    1989-12-01

    Full Text Available Estudou-se a eficácia da vacina anti-rábica preparada em cultura primária de tecido renal de suínos, a partir da amostra ERA, na prevenção da raiva em camundongos, frente a quatro cepas antigenicamente distintas do vírus rábico, duas originadas de cão. C/SP e C/NG, uma originada de morcego, DR-19, e uma cepa fixa, CVS (Challenge Vírus Standard. O perfil antigênico desta cepa foi determinado pela técnica dos anticorpos antirrábicos monoclonais antinucleocapside. Os animais foram vacinados, aos 21 dias de idade, por via intramuscular na face interna da coxa, com uma única dose de 0,05 ml de vacina e desafiados aos 42 dias de idade, em conjunto com os animais do grupo testemunho, por via intramuscular na face interna da coxa, com 0,05 ml da suspensão da cepa viral correspondente. Os resultados obtidos permitiram constatar que a vacina ERA protegeu 100% dos animais desafiados com as cepas C/SP, C/NG e DR-19 e 83% dos animais desafiados com à cepa CVS, enquanto que a mortalidade no grupo testemunho variou entre 70 e 90%.ERA anti-rabies vaccine prepared in kidney tissue culture was evaluated against four different antigenic strains of rabies virus in mice: two of them dog strains, C/SP and C/NG, another a bat vampire strain, DR-19, and the CVS strain. The CVS antigenical characteristics were determined by means the antinucleocapsid monoclonal antibodies technique. Twenty one days old mice were vaccinated, intramuscularly, in the inner side of the thigh, with 0.05 ml of vaccine and challenged at 42 days old, together with those of the control group, intramuscularly, in the inner side of the thigh, with 0.05 ml of the corresponding viral strain dilution. The ERA anti-rabies vaccine protected 100% of all the mice challenged with C/SP, C/NG and DR-19 strains and 83% of those challenged with CVS. The control groups mortality rate varied between 70 and 90%.

  4. Influência do uso tópico de mitomicina C no processo de diferenciação do epitélio corneano de coelhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Holzchuh Nilo

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os efeitos do uso tópico da mitomicina C a 0,02%, no epitélio íntegro da córnea de coelhos, sob o ponto de vista clínico e imuno-histoquímico. MÉTODOS: A mitomicina C foi instilada, 4 vezes ao dia, por 14 dias, nos olhos de 28 coelhos, em superfície ocular íntegra. A superfície ocular foi avaliada por exames biomicroscópicos seriados, durante os dias de instilação da droga. Os animais foram sacrificados no 15º, 50º e 100º dia de experimento. O exame imuno-histoquímico do epitélio corneano foi realizado pelo emprego dos anticorpos monoclonais (AE1 e AE5 que reagem com as citoceratinas do epitélio da córnea. RESULTADOS: O uso de mitomicina C desencadeou discreta hiperemia conjuntival após o terceiro dia de instilação, desaparecendo 7 dias após a suspensão da droga. Não apresentou outro sinal clínico detectável na biomicroscopia. Não desencadeou alterações histopatológicas no epitélio corneano, observando-se a continuidade do epitélio, as células epiteliais se apresentaram dispostas de maneira ordenada, com número de camadas obedecendo à maturação normal e ausência de atipia celular. O uso da mitomicina C a 0,02%, não influenciou no padrão de diferenciação da célula epitelial da córnea. CONCLUSÃO: Os resultados desta investigação demonstraram baixo potencial tóxico do uso da mitomicina C, em superfície ocular íntegra de coelhos, na dosagem e concentração utilizadas.

  5. Infecções do trato respiratório inferior pelo vírus sincicial respiratório em crianças hospitalizadas menores de um ano de idade Respiratory syncytial vírus - associated lower respiratory tract infections in hospitalized infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio D'Elia

    2005-02-01

    Full Text Available Analisou-se características clínicas e evolutivas em crianças menores de um ano internadas com infecção do trato respiratório inferior por vírus sincicial respiratório (VSR. Feito estudo transversal com 89 lactentes hospitalizados durante as épocas de maior incidência do VSR, em 1997 e 1998, na cidade do Rio de Janeiro. Foram pesquisados antígenos virais, nas secreções de nasofaringe, com anticorpos monoclonais anti-VSR, antiinfluenza A e B e antiparainfluenza tipo 3, por ensaio de imunofluorescência indireta. Formaram-se três grupos: bronquiolite ou bronquite sibilante (n=44, pneumonia (n=26 e bronquiolite e pneumonia (n=19. Houve positividade para o VSR em 42 (47,1% pacientes. Em 1997 a média de dias de oxigenoterapia foi de 5,2 e em 1998, de 2,5 dias (p> 0,05. Não houve diferença de apresentação clínica entre os lactentes que apresentaram positividade para o VSR e aqueles cujo resultado foi negativo. A sensibilidade e especificidade da sibilância em relação ao isolamento de VSR foram 85% e 65%, respectivamente. O VSR foi o principal causador de infeções do trato respiratório inferior em lactentes que necessitaram de hospitalização.For analysis of clinical features and outcome of hospitalized infants with respiratory syncytial virus lower respiratory tract infection, was carried out. Cross-sectional study with 89 infants, hospitalized in two public hospitals during the 1997 and 1998 RSV seasons, in Rio de Janeiro city. Nasopharyngeal secretions were obtained and specimens processed for viral antigens detection by indirect immunofluorescence assay with the use of anti RSV, antiinfluenza A and B and anti parainfluenza type 3 monoclonal antibodies. Patients were allocated into three diagnostic groups: bronchiolitis or wheeze bronchitis (n = 44; Pneumonia (n = 26 and bronchiolitis or wheeze bronchitis and pneumonia (n = 19. Positivity for RSV was found in 42 (47.1% patients. More days of hospitalization were seen in

  6. First report of rabies infection in bats, Molossus molossus, Molossops neglectus and Myotis riparius in the city of São Paulo, State of São Paulo, southeastern Brazil Primeiro relato de infecção de vírus da raiva em morcegos, Molossus molossus, Molossops neglectus e Myotis riparius na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Ruckert da Rosa

    2011-04-01

    Full Text Available INTRODUCTION: This paper presents the first report of rabies in three bat species, Molossus molossus, Molossops neglectus and Myotis riparius in the city of São Paulo, Brazil. METHODS: Bats were diagnosed as positive for rabies using the fluorescent antibody test and mouse inoculation test. The isolates were characterized antigenically using a panel of eight monoclonal antibodies. The samples were also genetically analyzed by partial sequencing of the portion of nucleoprotein gene between positions 1157 and 1445nt. RESULTS: Analysis of the results verified that the sample isolated from the species M. molossus presented antigenic variant 6, while the other two samples showed a different profile from that established in the panel, one not previously reported in the literature. The results of genetic analysis revealed that the M. molossus sample segregated with Lasiurus sp. isolates, M. neglectus segregated with a subgroup of Eptesicus furinalis isolates and the Myotis riparius sample segregated with Myotis sp. isolates. CONCLUSIONS: The cases reported in this paper emphasize the need for clarification of the circumstances in which cases of rabies in wildlife occur, principally in urban areas.INTRODUÇÃO: Esse trabalho apresenta o primeiro registro de raiva em três espécies de morcegos: Molossus molossus, Molossops neglectus e Myotis riparius na Cidade de São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Os morcegos foram diagnosticados como positivos para raiva usando as técnicas padrão de imunofluorescência direta e o teste de inoculação em camundongo. Os isolados foram caracterizados antigenicamente usando um painel de oito anticorpos monoclonais (CDC/Atlanta/USA. As amostras também foram analisadas geneticamente por sequenciamento parcial do gene da nucleoproteína entre as posições 1157 e 1445nt. RESULTADOS: O resultado das análises mostrou que as amostras isoladas da espécie M. molossus apresentou variante antigênica 6, enquanto as outras duas

  7. Isolation of leptospira Serovars Canicola and Copenhageni from cattle urine in the state of Paraná, Brazil Isolamento de leptospiras dos Sorovares Canicola e Copenhageni em amostras de urina de bovinos no estado do Paraná, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francielle Gibson da Silva Zacarias

    2008-12-01

    Full Text Available In 2001, 698 urine samples were randomly collected from cattle at a slaughterhouse in the State of Paraná, Brazil. Direct examination using dark field microscopy was carried out immediately after collection. Five putative positive samples were cultured in modified EMJH medium, yielding two positive cultures (LO-14 and LO-10. Typing with monoclonal antibodies revealed that the two isolates were similar to Canicola (LO-14 and Copenhageni (LO-10. Microscopic agglutination test results show that Hardjo is the most common serovar in cattle in Brazil. Rats and dogs are the common maintenance hosts of serovars Copenhageni and Canicola. The excretion of highly pathogenic serovars such as Copenhageni and Canicola by cattle can represent an increasing risk for severe leptospirosis is large populations, mainly living in rural areas.No ano de 2001, 698 amostras de urina foram colhidas aleatoriamente, durante o abate em um frigorífico do Estado do Paraná, Brasil. O exame direto em microscópio de campo escuro foi realizado imediatamente após a colheita. As cinco amostras de urina positivas neste exame foram semeadas em meio EMJH modificado, sendo possível o crescimento de leptospiras em duas (LO-14 e LO-10. As estirpes isoladas foram tipificadas, por painel de anticorpos monoclonais, como mais similares ao perfil das amostras de referência dos sorovares Canicola (LO-14 e Copenhageni (LO-10. No Brasil, inquéritos sorológicos utilizando a prova de soroaglutinação microscópica mostram o predomínio de reações para o sorovar Hardjo em bovinos. Roedores e cães são os reservatórios mais comuns dos sorovares Copenhageni e Canicola, respectivamente. A eliminação dos sorovares Canicola e Copenhageni pela espécie bovina pode resultar em um aumento na ocorrência de casos graves de leptospirose humana, principalmente na população rural.

  8. Análise imunocitoquímica do infiltrado inflamatório na miosite com corpos de inclusão citoplasmática e em outras doenças neuromusculares com vacúolos marginados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SCOLA ROSANA HERMINIA

    1998-01-01

    Full Text Available Encontramos 16 casos com vacúolos marginados entre 1400 biópsias musculares cujo diagnóstico final foi miosite com corpos de inclusão citoplasmática esporádica (MCIC (4 casos, atrofia muscular espinhal juvenil (6 casos, miopatias distais (3 casos, distrofia das cinturas pélvica e escapular (2 casos e neuropatia periférica (1 caso. Foram utilizados anticorpos monoclonais contra linfócitos T totais e subpopulações (CD4+ e CD8+, linfócitos B, macrófagos, células exterminadoras naturais (NK, imunoglobulinas e porção C3 do complemento. A análise foi quantitativa e de acordo com o local de acúmulo (interstício, intra-fibra e perivascular. Linfócitos CD8+ foram encontrados no interstício na maioria dos casos, sendo menos comuns dentro das fibras musculares e raros no espaço perivascular. Os casos de MCIC apresentaram maior número de linfócitos CD8+ se comparados às outras doenças. A proporção de células CD8+/CD4+ foi maior na MCIC do que nas outras doenças. Existiam macrófagos em grande proporção na MCIC, miopatias distais e em um dos casos de distrofia das cinturas pélvica e escapular. Células NK foram frequentes no interstício nos casos de MCIC e mais raras nas outras doenças. Houve maior depósito de imunoglobulinas e complemento nos casos de MCIC do que nas demais doenças. O grande número de células CD8+ e a relação CD8+/CD4+ podem auxiliar no diagnóstico diferencial da MCIC de outras doenças neuromusculares com vacúolos marginados.

  9. Proliferação de linfócitos e apoptose de células CD5+ de bovinos infectados pelo vírus da leucose enzoótica bovina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.N Souza

    2011-10-01

    Full Text Available Avaliaram-se a proliferação de linfócitos e a apoptose de células CD5+ de bovinos naturalmente infectados pelo vírus da leucose enzoótica bovina. Para tal, 100 vacas da raça Holandesa, em lactação, foram triadas quanto ao sorodiagnóstico para a leucose enzoótica bovina e o perfil hematológico, e 15 foram escolhidos e distribuídos uniformemente entre os três grupos, a saber: animais negativos, animais positivos alinfocitóticos e animais positivos e que manifestaram linfocitose persistente (LP. Para a avaliação da proliferação de linfócitos, procedeu-se ao isolamento das células mononucleares por gradiente de centrifugação, em que 2x10(6 linfócitos por mL foram plaqueados por poço e analisados por citometria de fluxo utilizando-se o fluorocromo CFSE-DA. A apoptose do sangue periférico deu-se utilizando a anexina V-FITC, e para a identificação das células CD5+, utilizaram-se anticorpos monoclonais. Ocorreu menor proliferação de linfócitos nos animais infectados e que manifestavam LP, e menor apoptose de células CD5+ do sangue periférico. Pode-se sugerir que o desenvolvimento da LP, resultante do aumento de linfócitos B, deve-se à redução do processo apoptótico das células CD5+, principal população infectada, e que a maior proliferação linfocitária pode se restringir apenas ao estádio inicial do desenvolvimento da LP.

  10. Pacientes com lúpus eritematoso sistêmico e síndrome antifosfolípide secundária possuem números reduzidos de células B CD4+ CD25+ Foxp3+ células Treg e células B CD3- CD19+ circulantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ester Rosári Raphaelli Dal Ben

    2014-06-01

    Full Text Available Introdução: A depleção de células T CD4+ CD25+ Foxp3+ regulatórias (células Treg foi descrita em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico (LES e, recentemente, na síndrome antifosfolípide (SAF primária; até o momento, o tópico não tinha sido estudado em pacientes com LES e com SAF secundária (LES/SAFS. Objetivo: Quantificar linfócitos totais, células Treg, células T CD3+ CD19- e células B CD3- CD19+ em pacientes com LES/SAF e em controles saudáveis. Métodos: Subtipos celulares foram imunofenotipados utilizando anticorpos monoclonais específicos (antiCD3CY5, antiCD4FITC, antiCD25, antiFoxp3, antiCD19PE e citometria de fluxo. Resultados: Participaram do estudo 25 pacientes com LES/SAF (média de idade 43,5 anos, 96% mulheres, 96% da raça branca, duração média da doença 9,87 anos, SLEDAI médio 10±5,77 e 25 controles compatibilizados para idade e gênero. Foi constatado que os números de células Treg e de células B CD3- CD19+ estavam significativamente mais baixos em pacientes com LES/SAF, em comparação com controles (todos p0,05. Conclusões: Nesse estudo preliminar, pacientes com LES e com SAF secundária demonstraram depleção de células Treg e de células B CD3 CD19+; a redução numérica dos dois subtipos teve correlação com aumento de SLEDAI. A depleção de células Treg pode contribuir para a lesão autoimune observada em pacientes com LES/SAFS. O número reduzido de células B CD3 CD19+ observado nesses pacientes está a merecer estudos objetivando um aprofundamento em sua elucidação.

  11. Leishmaniose cutânea na Amazônia: isolamento de Leishmania (Viannia lainsoni do roedor Agouti paca (Rodentia: Dasyproctidae, no estado do Pará, Brasil Cutaneous leishmaniasis in the Amazon Region: isolation of Leishmania (Viannia lainsoni from the rodent Agouti paca (Rodentia: Dasyproctidae in Pará State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando T. Silveira

    1991-02-01

    Full Text Available Fez-se o registro, pela primeira vez, do isolamento de Leishmania (V. lainsoni de um mamífero silvestre, o roedor Agouti paca (Rodentia: Dasyproctidae, no Estado do Pará, Brasil. As amostras do parasita foram isoladas da pele, aparentemente íntegra, de 3 espécimes desse roedor, capturados no município de Tucuruí (ilha de Tocantins, em área que seria inundada pela formação do lago da hidrelétrica construída naquele município. Nenhum isolamento foi obtido de vísceras de qualquer dos animais. A identificação das amostras de L. (V. lainsoni baseou-se na morfologia de amastigotas e promastigotas, no comportamento da infecção em "hamsters", na análise bioquímica de isoenzimas e, ainda, através de testes com anticorpos monoclonais. A natureza inaparente da infecção nos animais faz supor que o mamífero em questão possa representar um hospedeiro definitivo do parasita na região Amazônica.The isolation of Leishmania (V. lainsoni is recorded for the first time from a wild animal, the rodent Agouti paca (Rodentia: Dasyproctidae, from Pará State, north Brazil. Isolates of the parasite were made from apparently normal skin of 3 specimens of this rodent captured on the Island of Tocantins, in the municipality of Tucuruí, an area subsequently flooded in the formation of the lake associated with the Tucuruí hydroeletric dam. No isolations were made from the viscera. Identification of the parasite was in each case based on morphology of the amastigotes and promastigotes, behavior of the organism in hamsters, isoenzymes profiles and the use of monoclonal antibodies. The inapparent nature of the infection leads us to suggest that the "paca", Agouti paca, represents a primitive host of L. (V. lainsoni in the Amazon Region.

  12. Detection of illegal estrogen administration through immunohistochemical markers in the bovine prostate Verificação da administração ilegal de estrógenos através de marcadores imunohistoquímicos na próstata de bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Elena Fernández

    1999-07-01

    Full Text Available The immunodetection of diverse cell markers was evaluated in prostatic samples from bullocks, and bullocks showing epithelial hyperplasia-metaplasia, with oestrogen-induced changes, and in experimental samples from bullocks inoculated with dietylstilbestrol (DES. Antigen-retrieval procedures allowed the use of tissues that had been fixed in formalin for long periods. Three tissue markers were chosen for the study: cytokeratins 13 and 16, vimentin and desmin. Monoclonal antibody K8.12 (specific for cytokeratins 13 and 16 stained basal cells and hyperplastic-metaplastic epithelium; monoclonal antivimentin, and desmin, allowed the definition of fibromuscular changes.A imunodeteccão de marcadores celulares foi avaliada em amostras prostáticas de bovinos com hiperplasia ou hiperplasia-metaplasia epiteliais, induzidas por estrógenos administrados ilegalmente e em próstatas de bovinos inoculados com dietilstilbestrol (DES. A técnica de recuperacão antigênica permitiu o uso de tecidos fixados em formalina, por longos períodos. Foram utilizados os anticorpos monoclonais K8.12, anti-vimentina e anti-desmina para determinação de células basais coradas/epitélio hiperplásico-metaplásico, células do estroma e células musculares, respectivamente. As alterações tissulares observadas nos casos de campo e nos experimentais foram semelhantes, através do que se concluiu que houve administração ilegal de estrógenos. O teste imuno-histoquímico com esses marcadores específicos foi útil ao exame histológico da próstata, uma vez que a análise das imagens permite maior e melhor quantificação das alterações observadas. Os testes bioquímicos, entretanto, são necessários para uma avaliação mais precisa.

  13. Utilização de biópsias da terceira pálpebra e mucosa retal em ovinos para diagnóstico de scrapie em uma propriedade da região sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano S. Leal

    2012-10-01

    Full Text Available Scrapie é uma encefalopatia espongiforme transmissível (EET que causa lesões cerebrais degenerativas em ovinos e caprinos. Caracteriza-se pelo acúmulo, no tecido encefálico e linforreticular, da forma anormal da proteína priônica (PrP Sc que provoca a morte maciça de neurônios e células gliais, além de vacuolização intensa no tecido afetado. Esse trabalho descreve a utilização da técnica de imuno-histoquímica (IHQ para proteína priônica em tecido linforreticular de biópsias de terceira pálpebra e mucosa retal, como método diagnóstico de scrapie em ovinos. Realizaram-se exames de IHQ para scrapie em amostras de uma propriedade de origem de um ovino com diagnóstico dessa enfermidade. Utilizaram-se anticorpos monoclonais antipríon para diagnóstico ante mortem pela técnica de IHQ. Nas 318 amostras de biópsias analisadas, encontrou-se 19 resultados positivos para PrP Sc nos folículos de terceira pálpebra e não foi obtida marcação no tecido linfático de mucosa retal em nenhuma das amostras coletadas. Realizaram-se 18 necropsias dos animais positivos anteriormente por biópsia e 21 necropsias de ovinos parentes dos positivos de scrapie. Confirmou-se o resultado de scrapie pela IHQ após a necropsia dos animais positivos nas biópsias de terceira pálpebra. Nesses animais, os órgãos com maior número de cortes positivos foram a terceira pálpebra (18/18 e a tonsila (8/18. Nos ovinos com parentesco com os positivos, nenhum resultado de scrapie ocorreu. A utilização de tecidos linfoides no diagnóstico de scrapie por IHQ através de biópsias mostrou-se um método viável e eficaz para o diagnóstico pré-clínico.

  14. Bronquiolite aguda, uma revisão atualizada Acute bronchiolitis, an updated review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Werther Brunow de Carvalho

    2007-04-01

    Full Text Available A bronquiolite aguda (BA é um diagnóstico freqüente de internação hospitalar em pediatria, ocasionada principalmente pelo vírus sincicial respiratório (VSR. Ocorre epidemicamente nos meses de outono e inverno. Algumas populações de crianças (recém-nascidos pré-termo, cardiopatia congênita, doença pulmonar crônica, imunocomprometidos, desnutridos, entre outros apresentam maior risco de morbidade e mortalidade. Os vírus multiplicam-se nas células epiteliais ciliadas, e a inflamação e os debris celulares ocasionam obstrução da via aérea, hiperinsuflação, atelectasia localizada, chiado e alterações das trocas gasosas. Não existem evidências definitivas em relação aos tratamentos utilizados para esta doença. O tratamento inclui a utilização de oxigênio, hidratação, beta-2 agonistas por via inalatória, epinefrina racêmica, DNase recombinante, fisioterapia respiratória, entre outros. Medidas profiláticas: administração de anticorpos monoclonais (palivizumab. A maioria das crianças com BA, independentemente da gravidade da doença, recuperam-se sem seqüelas. O curso natural desta doença, habitualmente, varia entre sete a dez dias, mas algumas crianças permanecem doentes por semanas.Acute bronchiolitis (AB is a frequent cause of hospitalization among children and its main etiological agent is respiratory syncytial virus (RSV. It occurs epidemically during autumn and winter. Some populations of children such as premature newborns, infants with congenital heart disease and those with chronic lung disease, immunocompromised, undernourished, among others, present increased morbidity and mortality risk. The virus multiplies in epithelial ciliated cells while inflammation and cellular debris cause obstruction of the airways, hyperinflation, atelectasis, and wheezing and gas exchange imbalance. Definitive evidence still does not exist about treatment of this disease, Treatment includes oxygen therapy, hydration

  15. DEN-3 no Distrito Federal, Brasil - doi: 10.5102/ucs.v2i2.534

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. M.S. Teixeira

    2008-04-01

    Full Text Available O Dengue tornou-se problema nacional de saúde pública depois da epidemia causada pelo sorotipo DEN-1, ocorrida em 1986, no Estado do Rio de Janeiro. Em 1990, o DEN-2 foi introduzido no Rio de Janeiro e, atualmente, a circulação de ambos os sorotipos já foi confirmada na maioria dos estados do Brasil, incluindo o Distrito Federal. Em janeiro de 2001, um paciente morador do Rio de Janeiro foi identificado como o primeiro caso autóctone de dengue pelo sorotipo DEN-3, no país. Durante os primeiros quatro meses do ano de 2002, o Laboratório Central de Saúde Pública de Distrito Federal (LACENDF isolou o sorotipo DEN-3 em amostras de seis casos suspeitos, cinco dos quais importados do estado do Rio de Janeiro e um do estado da Bahia. Em 2003, entre fevereiro e março o vírus foi isolado de cinco casos autóctones. Os isolamentos virais foram feitos em cultura de células C6/36 inoculadas com sangue total, coletado entre o primeiro e quinto dias após o início dos sintomas. Os vírus foram tipados como DEN-3 pela técnica de imunofluorescência indireta usando anticorpos monoclonais sorotipos específicos. Os RNAs virais foram extraídos do sangue total dos pacientes utilizando-se o método de extração por Trizol. Segmentos de DNA de 290 bp foram detectados pelo método de “nested RT-PCR” segundo Lanciott et al (1992, confirmando a prévia identificação dos sorotipos. A introdução do DEN-3 no Distrito Federal representa séria ameaça, uma vez que a maioria das pessoas são suscetíveis a esse sorotipo e muitas já foram infectadas pelos sorotipos 1 e 2, aumentando o risco de epidemias e de formas mais severas da doença. O emprego de método rápido e seguro para o contínuo monitoramento da circulação desses sorotipos é de importância vital para a prevenção e o controle de futuras epidemias.

  16. Macroglobulinemia de Waldenström - remissão completa após tratamento com rituximabe Successful outcome in Waldenström's macroglobulinemia treated with rituximab

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flavia C. F. Pimenta

    2008-10-01

    Full Text Available A macroglobulinemia de Waldenström (MW é uma patologia rara dos linfócitos B caracterizada pela produção monoclonal de IgM, e que pode manifestar-se clinicamente com fadiga, astenia, perda de peso, sangramento de mucosas e do trato gastrintestinal, lifonodonomegalias, hepatoesplenomegalia e alterações neurológicas. A doença é mais comum em pacientes idosos, e seus sintomas são decorrentes da hiperviscosidade sangüínea. Na MW observa-se hipergamaglobulinemia com pico monoclonal na eletroforese de proteínas séricas, níveis elevados de IgM e demais imunoglobulinas normais ou diminuídas, imunofenotipagem com linfócitos B CD19+, CD20+ e CD24+, aspirado de medula óssea hipercelular, e biópsia de medula óssea hipercelular com infiltração difusa de linfócitos, linfócitos plasmocitóides e plasmócitos. Atualmente, anticorpos monoclonais estão sendo usados na terapêutica da MW com grande sucesso. O rituximabe, anticorpo monoclonal anti -CD20, tem mostrado excelentes resultados no tratamento da MW, inclusive naqueles indivíduos que não obtiveram resposta adequada ao tratamento convencional. Nós reportamos o caso de uma mulher de 78 anos de idade com história de fadiga, astenia, anorexia, sonolência, inquietação, urticária, dificuldade para deambular e perda excessiva de peso, aproximadamente 22 kg em um período de cinco meses, cujo tratamento foi realizado com rituximabe. O objetivo deste relato é apresentar uma paciente com diagnóstico de MW e revisar aspectos clínicos e terapêutico atual da doença.Waldenström's macroglobulinemia is a rare pathology of B lymphocytes characterized by the production of monoclonal IgM, causing clinical manifestations which may include fatigue, asthenia, weight loss, bleeding of the mucosa and intestinal tract, lymphadenomegaly, hepatosplenomegaly and neurological alterations. The disease is more frequent among elderly patients and its symptoms are a result of the hyperviscosity of

  17. Concentração sérica de paratormônio intacto em cães com insuficiência renal crônica Serum concentration of intact parathormone in dogs with chronic renal failure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Lazaretti

    2006-08-01

    Full Text Available Estudou-se a ocorrência de hiperparatireoidismo secundário renal e determinaram-se as concentrações séricas de paratormônio intacto (PTHi-c, cálcio total e fósforo em 30 cães com insuficiência renal crônica (IRC e em 40 cães sadios. Para a determinação do PTHi-c, foi utilizado o método imunofluorométrico, com o emprego de anticorpos anti-aminoterminal (extraídos de gema de ovo da galinha e de anticorpos monoclonais anti-carboxiterminal (H5P10, marcados com Europium. As concentrações séricas de PTHi-c (717,23±469,13pg/ml no grupo IRC e 36,76±34,40pg/ml no grupo-controle; P=0,0001, cálcio total (11,46±2,03mg/dl no grupo IRC e 10,11±0,91mg/dl no grupo-controle; P=0,003 e fósforo (12,01±8,06mg/dl no grupo IRC e 4,33±0,74mg/dl no grupo-controle; P=0,0001 foram mais altas nos cães com IRC. Observou-se estreita correlação entre PTHi-c e fósforo (r=0,56; P=0,0006, o que não ocorreu entre PTHi-c e cálcio. Hipercalcemia em cães com alta concentração de PTHi-c demonstrou a possível ocorrência de hiperparatireoidismo terciário em 11 animais. A hiperfosfatemia pode indicar, de forma indireta, a ocorrência de hiperparatireoidismo secundário nos cães com IRC.The occurrence of renal secondary hyperparathyroidism was studied and serum intact parathormone (PTHi-c, total calcium and phosphorus were measured in thirty dogs with chronic renal failure (CRF and in forty healthy dogs. The imunnofluorometric method was used for the PTHi-c assay, using anti-aminoterminal antibodies (obtained from chicken yolk and anti-carboxiterminal monoclonal antibodies (H5P10, marked with Europium. Mean value ± SD of serum concentration of PTHi-c was 717.23±469.13pg/ml in CRF group and 36.76±34.40pg/ml in control group (P=0.0001; for total calcium it was 11.46±2.03mg/dl in CRF group and 10.11±0.91mg/dl in control group (P=0.003; and for phosphorus it was 12.01±8.06mg/dl in CRF group and 4.33±0.74mg/dl in control group (P=0.0001. The

  18. Transplante autólogo de limbo conjuntival e de limbo córneo-conjuntival no tratamento das queimaduras químicas oculares em coelhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rymer Samuel

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar e comparar a recuperação da córnea após queimadura química ocular, em olhos de coelhos tratados com transplante autólogo de limbo conjuntival e limbo córneo-conjuntival. Métodos: Um total de 35 coelhos foi submetido a uma queimadura química unilateral da córnea e limbo, com solução de hidróxido de sódio (NaOH 1 mol -1. Após 30 dias da queimadura, foram constituídos 3 grupos. Os coelhos do Grupo 1(12 não foram operados e foram utilizados como controle. Os coelhos do Grupo 2 (12 foram submetidos a um transplante autólogo, utilizando limbo conjuntival do olho contralateral. Os coelhos do Grupo 3 (11 foram submetidos a um transplante autólogo, utilizando limbo córneo-conjuntival do olho contralateral. Foram estudados os seguintes itens: indução e regressão da neovascularização corneana, tempo de reepitelização corneana, alteração da transparência corneana e estudo do fenótipo corneano, empregando-se métodos de rotina hematoxilina-eosina (HE, método do ácido periódico - Schiff (PAS e reação da peroxidase-antiperoxidase (PAP, utilizando anticorpos monoclonais. Resultados: Não houve diferenças estatisticamente significantes, nas variáveis estudadas, quando comparados os dois grupos operados. Houve diferenças estatisticamente significantes, em todas variáveis estudadas, quando comparados os grupos operados com o grupo controle. Notou-se diminuição gradativa do número de células caliciformes, reconhecidas pelo PAS e aumento gradativo do número de células epiteliais corneanas, reconhecidas pelo anticorpo monoclonal AE5, configurando-se, aos 90 dias de pós-operatório, um fenótipo predominantemente epitelial corneano na superfície corneana, independentemente da técnica cirúrgica utilizada. O grupo controle mostrou extensa necrose do epitélio corneano em todos os casos. Conclusões: Os transplantes autólogos de limbo conjuntival e de limbo córneo-conjuntival produziram os mesmos

  19. St. Louis encephalitis vírus: first isolation from a human in São Paulo state, Brasil Vírus da encefalite São Luis: primeiro isolamento de humano no Estado de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iray M. Rocco

    2005-10-01

    Full Text Available This paper reports the isolation of St. Louis encephalitis virus (SLEV from a febrile human case suspected to be dengue, in São Pedro, São Paulo State. A MAC-ELISA done on the patient's acute and convalescent sera was inconclusive and hemagglutination inhibition test detected IgG antibody for flaviviruses. An indirect immunofluorescent assay done on the C6/36 cell culture inoculated with the acute serum was positive for flaviviruses but negative when tested with dengue monoclonal antibodies. RNA extracted from the infected cell culture supernatant was amplified by RT-PCR in the presence of NS5 universal flavivirus primers and directly sequenced. Results of BLAST search indicated that this sequence shares 93% nucleotide similarity with the sequence of SLEV (strain-MSI.7, confirmed by RT-PCR performed with SLEV specific primers. Since SLEV was identified as the cause of human disease, it is necessary to improve surveillance in order to achieve early detection of this agent in the state of São Paulo and in Brazil. This finding is also an alert to health professionals about the need for more complete clinical and epidemiological investigations of febrile illnesses as in the reported case. SLEV infections can be unrecognized or confused with other ones caused by an arbovirus, such as dengue.O presente estudo relata o isolamento do vírus da encefalite São Luis (SLEV de um caso febril humano suspeito de dengue, em São Pedro, Estado de São Paulo. MAC-ELISA realizado com soros das fases aguda e convalescente foi inconclusivo e anticorpos IgG foram detectados por inibição da hemaglutinação para flavivirus. Imunofluorescência indireta com cultura de células C6/36 inoculadas com soro da fase aguda foi positivo para flavivirus mas negativo quando testado com anticorpos monoclonais para dengue. O RNA extraído de cultura de células infectadas foi amplificado na presença de primers universais para o gênero Flavivirus, deduzidos de uma regi

  20. Expressão imuno-histoquímica de proteínas da matriz extracelular em cistos odontogênicos calcificantes Immunohistochemical expression of extracellular matrix proteins in calcifying odontogenic cyst

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosilene Calazans Soares

    2004-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O cisto odontogênico calcificante (COC é uma lesão odontogênica de natureza benigna considerada por alguns autores como uma lesão exclusivamente cística, enquanto outros admitem uma contraparte neoplásica benigna. Vários estudos têm pesquisado a natureza das células fantasmas características do COC, porém permanece obscuro o conhecimento sobre a expressão dos constituintes da matriz extracelular (MEC nessa lesão. OBJETIVO: Realizar uma avaliação imuno-histoquímica da expressão de proteínas constituintes da MEC (fibronectina, tenascina e colágeno I em espécimes de COCs, a fim de verificar se há diferenças significativas em tal expressão ou se esses padrões representam um espectro da mesma entidade. MATERIAL E MÉTODOS: Foram utilizados dez casos de COCs, representados por cinco do tipo unicístico simples, três do tipo produtor de odontoma e dois com proliferação ameloblastomatosa, que foram submetidos à técnica imuno-histoquímica da estreptoavidina-biotina com anticorpos monoclonais anti-fibronectina, anti-tenascina e anti-colágeno I. RESULTADOS: Verificou-se que houve uma expressão variável das proteínas pesquisadas, tanto entre as lesões do mesmo grupo, como entre os três grupos estudados, sendo notável a reatividade para os três anticorpos apresentada pelas células fantasmas. CONCLUSÃO: Não foi possível observar um padrão de marcação que denotasse diferenças entre o tipo unicístico simples, o produtor de odontoma e o com proliferação ameloblastomatosa. Esse achado reforça a visão de que os vários tipos histológicos do COC podem, simplesmente, representar espectros histológicos diferentes de uma só entidade com comportamento biológico semelhante.BACKGROUND: The calcifying odontogenic cyst (COC is an odontogenic lesion of benign nature considered by some authors as an exclusively cystic lesion, while others admit a benign neoplastic counterpart. Some studies have studied the

  1. Evidence of mixed persistent infections in calves born to cows challenged with a pool of bovine viral diarrhea virus isolates Evidências de infecção persistente mista em bezerros nascidos de vacas inoculadas com um pool de isolados do vírus da diarréia viral bovina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Arenhart

    2010-12-01

    vacas prenhes com um pool de isolados brasileiros de BVDV-1 (n=2 e BVDV-2 (n=2 entre os dias 60 e 90 de gestação. Dois bezerros nasceram positivos para vírus, negativos para anticorpos, mas morreram aos dias 7 e 15 pós-nascimento, respectivamente. Outros seis bezerros nasceram saudáveis, soronegativos para o BVDV, replicaram e excretaram o vírus em secreções por até 210 dias. Análise antigênica dos vírus presentes nos bezerros PI com anticorpos monoclonais, ao nascimento e 30 dias após, revelou dois padrões de infecção. Três bezerros apresentavam apenas um dos vírus utilizados no desafio (BVDV-1 ou BVDV-2, enquanto outros três bezerros apresentavam co-infecção com mais de um vírus. Além disso, testando-se o sangue dos animais PI com um PCR capaz de diferenciar entre BVDV-1 e BVDV-2 observou-se a presença concomitante de vírus dos dois genótipos (BVDV-1 e BVDV-2 nestes três animais. Esses resultados indicam que infecção persistente - uma consequência bem conhecida da infecção fetal pelo BVDV - pode ser estabelecida concomitantemente por mais de um vírus, após infecção experimental. Nesse sentido, infecções persistentes mistas com isolados antigenicamente distintos podem ser úteis para o estudo das bases imunológicas e moleculares da imunotolerância e infecção persistente pelo BVDV.

  2. Preparation of anti-zearalenone monoclonai antibody and preliminary establishment of colloidal gold immunochromatographic assay for zearalenone%玉米赤霉烯酮单克隆抗体的制备及胶体金免疫层析法的建立

    Institute of Scientific and Technical Information of China (English)

    骆敏儿; 唐勇; 向军俭; 张晓丽; 付强强; 王宏

    2013-01-01

    目的 制备并鉴定玉米赤霉烯酮(ZEN)单克隆抗体(mAb),并初步建立ZEN的胶体金免疫层析检测方法.方法 采用活泼酯法制备人工抗原ZEN-OVA和ZEN-BSA,以ZEN-OVA作为免疫原制备ZEN mAb.ELISA法鉴定抗体效价、亚类、特异性等.ZEN mAb-胶体金复合物包被于胶体金结合垫上,检测原ZEN-BSA和山羊抗小鼠lgG分别结合于硝酸纤维膜上作为检测线(T线)和质控线(C线),建立ZEN的胶体金免疫层析检测法.结果 经紫外分光光度法和SDS-PAGE鉴定,ZEN人工抗原合成成功.经3次克隆化后,筛选出1株能稳定分泌ZEN mAb的杂交瘤细胞株1G4,腹水效价为1∶1.6×105;抗体亚类为IgG2b;对ZEN的IC50为10.2 ng/mL,检测限为0.58 ng/mL.mAb对ZEN具有高度的特异性,除与β-玉米赤霉烯醇的交叉反应率为12.8%外,与其他ZEN代谢物α-玉米赤霉醇、β-玉米赤霉醇、玉米赤霉酮及其他相似毒素呕吐毒素、伏马毒素、赭曲霉素A等几乎无交叉反应.制备的胶体金免疫层析试纸条在5 min内即可肉眼观察到结果,对ZEN的最低检测限为100 ng/mL.结论 成功制备出1株ZEN mAb,并初步建立了其胶体金免疫层析检测方法,最低检测限为100 ng/mL.

  3. Desempenho da tecnologia dos eritrócitos magnetizados (E.M.® Technology nos testes imunoematológicos Erythrocytes magnetized technology (E.M.® Technology performance in immunohematology assays

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shirley L. Castilho

    2008-10-01

    Full Text Available A tecnologia dos eritrócitos magnetizados (E.M.®Technology é uma grande inovação nos ensaios imunoematológicos. Os testes são realizados manualmente na estação de trabalho Freelys®Nano ou no equipamento automatizado Qwalys® (Diagast, Loos, France. O método utiliza hemácias magnetizadas e uma placa magnética substitui a centrifugação. As microplacas para a classificação sangüínea e fenotipagem Rh e K contêm anti-soros monoclonais IgM. As microplacas destinadas a pesquisa de anticorpos irregulares (PAI e prova cruzada (PC contêm antiglobulina humana (AGH monoclonal murina: anti-IgG na PAI e na PC anti-IgG + anti-IgM de baixo título para detectar anticorpos ABO. Na PAI e na PC, as reações acontecem na camada contendo AGH (imunocaptura e visa detectar anticorpos IgG. A utilização de um meio de alta densidade possibilita a utilização da AGH sem lavagens prévias. Na avaliação da E.M.®Technology na classificação sangüínea, Fenotipagem, PAI e PC, na estação Freelys®Nano, foram utilizadas amostras de pacientes, doadores, sangue de cordão, hemácias de pacientes com teste de Coombs direto positivo e concentrados de hemácias. Todas as amostras foram paralelamente testadas em gel-teste (Diamed e Grifols. A concordância entre a E.M.®Technology e o gel-teste foi: 100% na classificação ABO e RhD e na fenotipagem Rh/ K, 94,6% na PAI e 92,3% na PC. A sensibilidade da E.M.®Technology na detecção de anticorpos IgG foi 95,5% em ambos os métodos. A E.M.®Technology mostrou um bom desempenho nos testes efetuados.The erythrocytes magnetized technology (E.M.® Technology is a great innovation in the field of blood banking. The tests can be performed manually on a Freelys® Nano workstation or on the fully-automated system QWALYS® (Diagast, Loos, France. This method does not require centrifugation steps thanks to the use of magnetic red blood cells and a magnetic plate. For blood grouping and Rh/K phenotyping, the

  4. Immunoscintigraphy and radioimmunotherapy in Cuba: experiences with labeled monoclonal antibodies for cancer diagnosis and treatment (1993-2013).

    Science.gov (United States)

    Peña, Yamilé; Perera, Alejandro; Batista, Juan F

    2014-01-01

    INTRODUCTION The availability of monoclonal antibodies in Cuba has facilitated development and application of innovative techniques (immunoscintigraphy and radioimmunotherapy) for cancer diagnosis and treatment. Objective Review immunoscintigraphy and radioimmunotherapy techniques and analyze their use in Cuba, based on the published literature. In this context, we describe the experience of Havana's Clinical Research Center with labeled monoclonal antibodies for cancer diagnosis and treatment during the period 1993-2013. EVIDENCE ACQUISITION Basic concepts concerning cancer and monoclonal antibodies were reviewed, as well as relevant international and Cuban data. Forty-nine documents were reviewed, among them 2 textbooks, 34 articles by Cuban authors and 13 by international authors. All works published by the Clinical Research Center from 1993 through 2013 were included. Bibliography was obtained from the library of the Clinical Research Center and Infomed, Cuba's national health telematics network, using the following keywords: monoclonal antibodies, immunoscintigraphy and radioimmunotherapy. RESULTS Labeling the antibodies (ior t3, ior t1, ior cea 1, ior egf/r3, ior c5, h-R3, 14F7 and rituximab) with radioactive isotopes was a basic line of research in Cuba and has fostered their use as diagnostic and therapeutic tools. The studies conducted demonstrated the good sensitivity and diagnostic precision of immunoscintigraphy for detecting various types of tumors (head and neck, ovarian, colon, breast, lymphoma, brain). Obtaining different radioimmune conjugates with radioactive isotopes such as 99mTc and 188Re made it possible to administer radioimmunotherapy to patients with several types of cancer (brain, lymphoma, breast). The objective of 60% of the clinical trials was to determine pharmacokinetics, internal dosimetry and adverse effects of monoclonal antibodies, as well as tumor response; there were few adverse effects, no damage to vital organs, and a positive

  5. Observações sôbre a presença de anticorpos para Toxoplasma gondii em cães da área suburbana do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Gomes Coutinho

    1968-12-01

    Full Text Available Os autores referem. os resultados da reação de Sdbín e Feldman efetuada no sôro de 101 cães de uma área suburbana do Rio de Janeiro. Encontraram resultado negativo em 21 cães (20,8% e resultado positivo em 80 (79,2%. Os títulos da reação foram considerados positivos a partir da diluição 1:16 e não foi encontrado nenhum resultado poistivo em diluição igual ou superior a 1:4096. As diferenças nas proporções dos títulos negativos e positivos, em relação ao sexo dos animais, não foram significantes. Quanto à idade, foi observado um aumento significante na proporção de resultados positivos, entre os cães de idade igual ou superior a 5 anos, tendo sido mais evidente este aumento nos cães de idade igual ou superior a 7 anos. Entre os títulos positivos, a proporção da diluição 1:64 foi significantemente mais elevada nos cães de idade igual ou superior a 7 anos quando comparada a dos cães de idade menor. Êste dado vem demonstrar que foi principalmente às custas dêste título 1:64, que cresceu a proporção de cães positivos no grupo de animais ãe 7 anos e mais idade. A predominância de um título positivo não elevado neste grupo de animais, leva à suposição de que os cães, em sua maicria, infectaram-se quando mais jovens.

  6. Anticorpos contra vírus do grupo da língua azul em caprinos e ovinos do sertão de Pernambuco e inferências sobre sua epidemiologia em regiões semiáridas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I.O. Mota

    2011-12-01

    Full Text Available The prevalence of antibodies against bluetongue virus was investigated in 41 dairy goats and 40 sheep herds in the semi-arid region of Pernambuco state and the conditions for insect Culicoides maintenance, considering climate dynamics and vector competence, were evaluated. The percents of seropositive herds in agar gel immunodiffusion test for bluetongue virus group were 24 for goats and 27.5 for sheep. The estimated prevalences of seropositive animals were 3.9% for goats (n = 410 and 4.3% for sheep (n = 400. The prevalences of seropositive animals were low in the mesoregion of Sertão Pernambucano (4.8% for goats and 4.1% for sheep and São Francisco Pernambucano (1.0% for goats and 4.5% for sheep. There were no significant differences between species and regions. Considering the social and economic importance of goats and sheep raising in the semi-arid region, it is essential to establish preventive measures to control imports of ruminants from these areas.

  7. Imunoblot como teste suplementar para detecção de anticorpos contra o vírus da hepatite C em doadores de sangue Immunoblot as a supplemental test to detect antibodies to hepatitis C virus in blood donors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco José Dutra Souto

    2002-02-01

    Full Text Available Testes suplementares para melhorar a especificidade do anti-VHC por ELISA nos bancos de sangue não são oficialmente recomendados no Brasil. No intuito de avaliar a taxa de falso-positivos, 70 doadores com transaminases normais e anti-VHC por ELISA foram submetidos a imunoblot de 3ª geração no Hemocentro de Mato Grosso, que não dispõe da técnica da reação de cadeia de polimerase. O teste confirmou o anti-VHC em 44 (62,9%, sendo negativo em 22 (31,4% e indeterminado em 4 (5,7%. Confirmação pelo imunoblot ajuda a identificar os testes ELISA que são falso-positivos, tranqüilizando o grande contingente de doadores nessa situação e separando os que necessitam de acompanhamento médico. Com esse objetivo, sugere-se que o imunoblot poderia ser útil nos bancos de sangue brasileiros que não contam com técnicas de Biologia Molecular.Supplemental tests using Immunoblot are recommended to improve specificity of anti-HCV by ELISA. In Brazil immunoblot is not officially recommended. Aiming to identify EIA false-positive rate 70 positive EIA anti-HCV blood donors were submitted to 3rd generation immunoblot at Hemocentro of Mato Grosso State where polymerase chain reaction tests are not performed. There were 44 (62.9% immunoblot-positive, 22 (31.4% negative and 4 (5.7% indeterminate. Anti-HCV immunoblot can distinguish blood donors with false-positive ELISA from those who need medical assessment. Our data suggest that immunoblot could be useful in Brazilian blood banks where molecular biology tests are not available.

  8. SOROPREVALÊNCIA DE ANTICORPOS ANTI-Neospora caninum E ANTI-Leptospira interrogans EM DUAS PROPRIEDADES DE VACAS LEITEIRAS COM RELATOS DE PREJUÍZOS REPRODUTIVOS NOMUNICÍPIO DE GOIANDIRA, GOIÁS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Quirino Moreira

    2010-06-01

    Full Text Available The aim of this study was to determine the seroprevalence ofantibodies anti-Neospora caninum and anti-Leptospira interrogansin dairy cows from Goiandira, Goiás State, Brazil. Serum samplesof 53 dairy cows from two herds were assayed for anti-N. caninumantibodies using an indirect immunofluorescent antibody test (IFATand microscopic-agglutination technique (MAT for L. interrogansagglutinins. Sera reacting at dilutions ≥ 1:50 and ≥ 1:100 wereconsidered positive for N. caninum and L. interrogans antibodiesrespectively. It was found that 35.9% (14 cows of the samplesfrom Farm 1 and 64.3% (9 cows from Farm 2 were positive forN. caninum. For L. interrogans, 87.2% (34 cows from Farm 1 and64.3% (9 cows from Farm 2 were positive. The serovars foundedwere: wolffi (21.74%; hardjo (18.11%; bratislava (14.49%;australis (12.32%; tarassovi (12.32%; icterohaemorrhagiae(7.25%; sentot (5.80%, grippotyphosa (5.07%; patoc (2.17%;cynoptero (0.72%. According to the results, it was possible toconclude that neosporosis and leptospirosis are endemic in dairycows and may also be a significant animal and human healthproblem in Goiandira, GO, Brazil.

  9. Fatores de risco associados à presença de anticorpos antileptospira em trabalhadores do serviço de saneamento ambiental Risk factors associated to the presence of antibodies anti-leptospira in environmental sanitation workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laerte Pereira de Almeida

    1999-09-01

    Full Text Available Realizou-se um estudo soroepidemiológico com trabalhadores do Saneamento Ambiental de Pelotas-RS para estimar a freqüência e investigar fatores de risco associados à infecção por leptospira. A partir do resultado sorológico, selecionaram-se 2 grupos de trabalhadores, divididos em um grupo de 34 indivíduos com sorologia positiva, casos; e um grupo de 115 com sorologia negativa, controles. Através de um questionário padronizado, coletaram-se informações sobre variáveis demográficas, ocupacionais, comportamentais e ambientais nos locais de trabalho e de moradia dos indivíduos. A freqüência de aglutininas anti-leptospira foi igual a 10,36% (n=386. Os fatores de risco detectados foram: local geográfico de trabalho; presença de esgotos a céu aberto, criação de suínos e presença de 3-4 animais no local de moradia e, como fator de proteção, a presença de sanitário interno à moradia. Essas informações são úteis para prevenir a leptospirose nessa categoria de trabalhadores.A seroepidemiological survey was realized with environmental sanitation workers of Pelotas-RS city, Brazil, to examine the frequency and to investigate risk factors for leptospira infection. Two groups of workers were selected due to serological status, divided into groups of 34 subjects with positive serology, cases; and a group of 115 subjects with negative serology, the later one being the control group. Demografics variables, occupational, behaviors and environmental in work places and home were investigated by a questionaire. The frequency of anti-leptospiral agglutinins was 10.36% (n=386. The risk factors detected were: geografic place of work, the presence of oppened drain, swine creation and the presence of 3-4 animals at home, and the protection factor in the presence of internal sanitation of residence. This information may be useful to prevent leptospirosis in environmental sanitation workers.

  10. The labelling of antibody anti-PBP2a with {sup 99m}Tc; Estudo de marcacao do anticorpo monoclonal anti-PBP2a com {sup 99m}Tc

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Mororo, Janio da Silva

    2012-07-01

    Staphylococcus aureus is a major cause of life-threatening infections such as bacteraemia and endocarditis. Unfortunately, many strains of this bacterial species have become resistant to certain antibiotics, including methicillin and amoxicillin. These strains are known as methicillin-resistant S. aureus (MRSA). The penicillin binding protein 2a (PBP2a) is the enzyme responsible for conferring resistance p-lactams antibiotics for MRSA, being one promising molecule for therapy with mAb. However, besides the therapy, the methods of diagnosis are also inefficient because the diagnosis currently takes several days to produce a reliable result. Taking into account, the objective of this research was radiolabeling one anti-PBP2a mAb developed by Bio-Manguinhos/FioCruz-RJ, utilizing {sup 99m}Tc, for in situ diagnostic of the infectious caused by MRSA. First, anti-PBP2a mAb was reduced utilizing 2-mecaptoethanol (2-ME) for generate sulphydryl groups (-SH) and after to be labeled with {sup 99m}Tc. In this work, were utilized two techniques of direct method: Method 1, using tartrate and gentisic acid reagents, acting like transchelant and stabilizer agents, respectively; and Method 2, using one commercial kit of MDP. Besides the radiolabeling, the mAb reduced and mAb labeled with {sup 99m}Tc were submitted to immunoreactivity analysis, with SDS-PAGE non-reducing, Immunoblotting, ELISA and neutralization assay in vitro methods. The quantity produced of sulphydryl groups by mAb was satisfactory, approximately 5 per mAb, utilizing 6.500:1 of 2-ME:mAb molar ratio. The better labeling method was Method 2, with labeling yield of 73.5%, and showed a good stability after 2 hours (73.2%). The better formulation was: 0.5 mg of mAb anti- PBP2a, 10 {mu}U of MDP kit, after resuspended with 5 mL of saline, and 75.48 MBq (2.04 mCi) of {sup 99m}Tc, reacting by 15 minutes. The labeled mAb maintained the immunoreactivity, utilizing immunologic and in vitro experiments. (author)

  11. Seroprevalence of Leptospira spp in cattle from Monte Negro municipality, western Amazon Prevalência de anticorpos anti-Leptospira spp em bovinos do município de Monte Negro, Amazônia Ocidental

    OpenAIRE

    Daniel M. Aguiar; Gennari, Solange M.; Guacyara T. Cavalcante; Marcelo B Labruna; Silvio A . Vasconcellos; Aline A. R. Rodrigues; Zenaide M. de Moraes; Luis M.A. Camargo

    2006-01-01

    The prevalence of anti-Leptospira spp antibodies was investigated in 2,109 female cattle from 86 herds of Monte Negro municipality, Rondônia, Brazil. Sera samples were evaluated by Microscopic Agglutination Test against 24 leptospira serovars. Titers =100 for at least one of 24 leptospira serovars were detected in 1,114 cows (52.8%) from 82 (95.3%) herds. The adjusted overall prevalence for Monte Negro municipality was 53.9% (49-58.7%; CI: 95%). The most prevalent serovars were Hardjo (14.5%)...

  12. Stability evaluation of CNBr-Sepharose 4 B for using as solid matrix in immunoradiometric assay antibodies coupling; Avaliacao da estabilidade da CNBr-sepharose 4B para emprego como matriz solida no acoplamento de anticorpos especificos de ensaios imunorradiometricos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Haber, Esther Piltcher; Silva, Sandra Rosa da; Borghi, Vania Caira [Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares (IPEN), Sao Paulo, SP (Brazil); Wajchenberg, Bernardo Leo [Sao Paulo Univ., SP (Brazil). Faculdade de Medicina

    1995-12-31

    The present work verifies the stability of a CNBr-Sepharose 4 B product (Pharmacia) stored at our laboratory one year after its expire date in view of its application as solid phase antibodies in the development of an immunoradiometric assay for measurement of serum human proinsulin. From rabbit IgG antiserum previously purified and concentrated by ultrafiltration (Publication IPEN 294, 1990) the antibodies were isolated by affinity chromatography. Sheep antiserum anti-rabbit IgG were coupled to cyanogen bromide activated Sepharose 4 B and the rabbit IgG which were bound to the immunosorbent could be obtained by elution with stepwise pH gradient from pH 7.0 to pH 2.5. The complying efficiency of the sheep antiserum to this solid phase material was 97%. The elution profile obtained shows identify of the sample related to the antiserum anti-rabbit IgG by affinity chromatography. These results suggest that this CNBr-Sepharose 4 B lot can be used satisfactorily to attach antibodies for use in the two-site immunoradiometric assay. (author). 7 refs., 1 fig.

  13. Relação entre apresentação clínica, carga viral e a titulação de anticorpos na peritonite infecciosa felina

    OpenAIRE

    Mota, Ana Luísa Deodato Ribeiro

    2011-01-01

    Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária A Peritonite Infecciosa Felina (PIF) é uma doença sistémica, mais frequente em animais jovens e gatos provenientes de gatis, provocada pelo Coronavírus Felino (FCoV), um vírus RNA cadeia simples sentido positivo com envelope. A proteína S viral permite a diferenciação entre os dois serótipos do FCoV. O vírus é transmitido por via fecal-oral, atinge os enterócitos, onde se multiplica. O modo peculiar de replicação viral f...

  14. PREVALENCE OF ANTIBODY ANTI-LEPTOSPIRE IN BULLS OF THE MICROREGION OF GOIÂNIA GOIAS STATE – BRAZIL PREVALÊNCIA DE ANTICORPOS ANTILEPTOSPIRA EM MACHOS BOVINOS NA MICRORREGIÃO DE GOIÂNIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco de Carvalho Dias Filho

    2006-12-01

    Full Text Available The aim of this experiment was to study the prevalence of sera agglutinins anti-leptospira in bulls in Goiânia Micro-Region. Sixty farms were chosen randomly in according to sorovars presented and the tax of prevalence of them. The correlation of the prevalence of the leptospirosis were establish with the type of herd (beef or dairy and the occurrence of abortions in farms. One hundred forty samples bulls from “Goiânia Micro-Region” were analyzed (MG regarding 60 properties. The sera reagents prevalence was 74.28% and . presented titles with variation of dilution from 1:100 to 1:800. The prevalence of the sera varieties, presents in this “Goiania Micro-Region”, was the following: wolffi (19.23%; hardjo (15.38%; djasiman and grippotyphosa (5.76%; shermani (4.80%; patoc (1.92%; andamana, castellonis, copenhageni, hebdomadis, sentot and tarassovi (0.96%. According to these results, it was possible to conclude that leptospirosis is an endemic agent in this part of Goiás State and there were not any relationship with production system or abortions and prevalence. KEY WORDS: Leptospirosis, cattle, bull, prevalence. Os objetivos deste experimento foram estudar a prevalência de soroaglutininas antileptospira em reprodutores bovinos na microrregião de Goiânia trabalhando com propriedades escolhidas de forma aleatória e quais os sorovares presentes e a taxa de prevalência dos mesmos. Estabelecer a correlação da prevalência com a aptidão do rebanho e a ocorrência de abortos nas propriedades. Foram analisadas 140 amostras da microregião de Goiânia (MG referentes a 60 propriedades. A prevalência de sororeagentes foi 74,28% e apresentaram títulos com variação de diluição de 1:100 a 1:800. A prevalência dos sorovares, presentes na microrregião de Goiânia, foi a seguinte: wolffi (19,23%; hardjo (15,38%; djasiman e grippotyphosa (5,76%; shermani (4,80%; patoc (1,92%; andamana, castellonis, copenhageni, hebdomadis, sentot e tarassovi (0,96%.Com os resultados obtidos foi possível concluir que o agente está endemicamente distribuído na região e não houve relação entre a prevalência e a aptidão do rebanho ou a ocorrência de abortos. PALAVRAS- CHAVES: Bovinos, leptospirose, touros, prevalência.

  15. Produção, caracterização e aplicação de anticorpo policlonal contra Azospirillum amazonense estirpe Am15 Production, characterization and application of polyclonal antibodies against Azospirillum amazonense strain Am15

    OpenAIRE

    Marinete Flores da Silva; Veronica Massena Reis

    2009-01-01

    O uso de ferramentas moleculares e imunológicas permite a detecção e o monitoramento específico de microrganismos usados como inoculantes agrícolas. O maior exemplo de sucesso com uso de bactérias diazotróficas na agricultura é o caso da inoculação de soja no Brasil. Entretanto, a inoculação de bactérias diferentes de rizóbio não permite a localização de um sítio específico onde ocorra A redução do nitrogênio atmosférico, pois não há a formação de estruturas nodulares. Este trabalho foi reali...

  16. Presença de anticorpos da classe IgM de Leptospira interrogans em animais silvestres do Estado do Tocantins, 2002 Presence of IgM antibodies for Leptospira interrogans in wild animals from Tocantins State, 2002

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milton Formiga de Souza Júnior

    2006-06-01

    Full Text Available Quatrocentos e vinte e sete amostras de soro provenientes de animais silvestres foram testadas frente a 18 sorovariedades de Leptospira interrogans. De 286 amostras de Cebus apella, 46 (16,1% foram positivas para as sorovariedades pomona, brasiliensis, mini, swajizak, grippothyphosa, sarmin, fluminense, autumnalis, hebdomadis, guaratuba, javanica e icterohaemorhagiae. Das 82 de Alouatta caraya, 2 (2,4% foram positivas para as sorovariedades mangus e fluminense. Das 31 de Nasua nasua, 4 (12,9% foram positivas para as sorovariedades fluminense e javanica. Das 10 amostras de Cerdocyon thous, 2 (20% foram positivas para as sorovariedades fluminense e brasiliensis. Sete de Dasyprocta sp, 6 de Tamandua tetradactila e 5 de Euphractus sexcintus não apresentaram reatividade.Four hundred and twenty-seven serum samples of wild animals were tested against 18 serovars of Leptospira interrogans. Of 286 samples of Cebus apella, 46 (16.1% were positive for the serovars pomona, brasiliensis, mini, swajizak, grippotyphosa, sarmin, fluminense, autumnalis, hebdomadis, guaratuba, javanica and icterohaemorrhagiae. Of 82 samples of Alouatta caraya, 2 (2.4% were positive for the serovars mangus and fluminense. Of 31 samples of Nasua nasua, 4 (12.9% were positive for the serovars fluminense and javanica, and of 10 samples of Cerdocyon thous, 2 (20 % were positive for the serovars fluminense and brasiliensis. Seven samples of Dasyprocta sp, 6 of Tamandua tetradactyla and 5 of Euphractus sexcintus did not present reactivity.

  17. Frequency of antiphospholipid antibodies in patients with infectious diseases using three different ELISA methods Freqüência de anticorpos antifosfolípides em pacientes com doenças infecciosas usando três diferentes testes de ELISA

    OpenAIRE

    Mittermayer Barreto Santiago; Reinaldo Martinelli; Reis, Mitermayer G.; Eliana Almeida Reis; Albert Ko; Roberto Dias Fontes; Moacir Paranhos Silva; Eliane Goes Nascimento; Ricardo Espinola; Nigel Harris; Azzudin Gharavi; Silvia Pierangeli

    2006-01-01

    OBJECTIVE: The standard enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) for anticardiolipin (aCL) antibodies is the most important test for the diagnosis of antiphospholipid syndrome (APS). However, the test is also positive in some infectious diseases and other non-related syndromes. It has been suggested that the detection of antibodies to a mixture of phospholipids or to beta2-glycoprotein I (beta2-GP I) has higher specificity for APS than the standard aCL ELISA. The aim of the present work is t...

  18. The study of conjugation of anti-CD20 monoclonal antibody for labeling with metallic or lanthanides radionuclides; Estudo de conjugacao do anticorpo anti-CD20 para marcacao com radionuclideos metalicos ou lantanideos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Akanji, Akinkunmi Ganiyu

    2012-07-01

    Lymphomas are malignancies or cancers that start from the malign transformation of a lymphocyte in the lymphatic system. Generally, lymphomas start from the lymph nodes or from the agglomeration of the lymphatic tissues, organs like stomach, intestines, in some cases it can involve the bone marrow and the blood, it can also disseminate to other organs. Lymphomas are divided in two major categories: Hodgkin lymphoma and non-Hodgkin lymphoma (NHL). Patient with NHL are generally treated with radiotherapy alone or combined with immunotherapy using monoclonal antibody rituximab (MabThera Registered-Sign ). Currently, monoclonal antibodies (Acm) conjugated with bifunctional chelate agents and radiolabeled with metallic or lanthanides radionuclides are a treatment reality for patients with NHL by the principle of radioimmunotherapy (RIT). This study focused on the conditions of conjugation of Acm rituximab (MabThera Registered-Sign ) with bifunctional chelating agents DOTA and DTPA. Various parameters were studied: method of Acm purification, conditions of Acm conjugation, the method for determination of number of chelate agent coupled to the Acm, method for purification of the conjugated antibody Acm, conditions of labeling of the conjugated antibody with lutetium-177, method of purification of the radiolabeled immuno conjugate, method of radiochemical purity (RP), specific binding in vitro Raji cells (Human Burkitt) and biological distribution performed in normal Balb-c mouse. The three methodologies employed in pre-purification of Acm (dialysis, size exclusion chromatograph and dial filtration) demonstrated to be efficient; they provided sample recovery exceeding 90%. However, the methodology of dial filtration presents minimal sample loss, and gave the final recovery of the sample in micro liters; thereby facilitating sample use in subsequent experiments. Numbers of chelators attached to the Acm molecule was proportional to the molar ratio studied. When we evaluated the influence of different conditions of conjugation in the number of chelators bounded to the Acm, no notable differences were observed. The RP < 80% was observed in all the methods applied. Purification of the conjugated antibody by dialysis and size exclusion chromatography demonstrated to be efficient, but deficient in terms of high sample volume recovered. The dial filtration was efficient and practical besides it provided sample recovery in micro liters. The optimized conditions for purification of the conjugated antibody preserved the protein integrity. When the conjugated Acm was labeled with lutetium-177 a product with low RP was observed in all molar ratios studied. The methodology used in the control of RP of the radiolabeled antibody was efficient in the discrimination of radiochemical species presented in the reaction mixture. The method of purification of the conjugated antibody applied, proved to be efficient in separating the labeled antibody from free lutetium. The results of specific cell binding studies performed with the conjugated Acm showed high percentage of nonspecific binding. Biological distribution in normal Balb-c mice demonstrated higher uptake of the labeled antibody by kidney and liver. The relatively high uptake observed by bone tissue may indicate some in vivo instability. However, results obtained in this study showed to be close related in literature. Thus, these data confirm the potential of antibody conjugated to DOTA and DTPA labeled with lutetium-177 for radioimmunotherapy of non-Hodgkin lymphoma. (author)

  19. Aspectos estruturais da membrana eritrocitária Structural aspects of the erythrocyte membrane

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Murador

    2007-06-01

    ócito e é ainda responsável pela estabilidade sob mecanismos de estresse. Essa revisão da membrana eritrocitária é importante para um melhor entendimento das reações transfusionais, onde a formação de anticorpos contra antígenos de alta freqüência dificulta a transfusão compatível. O estudo da diversidade antigênica, a caracterização bioquímica de diferentes proteínas trará uma contribuição para o estabelecimento da saúde, assim como para o diagnóstico, desenvolvimento de tecnologias, como a produção de anticorpos monoclonais e conduta terapêutica para muitas enfermidades.This article describes the structures and functions of the erythrocyte membrane and its importance in transfusional medicine. The erythrocyte membrane is one of the best known membranes in terms of structure, function and genetic disorders. As any other plasma membrane, it mediates transport functions. It also provides the erythrocytes with their resilience and deformability. According to the International Society of Blood Transfusion (ISBT, more than 500 antigens are expressed in the erythrocyte membrane, and around 270 are involved in transfusion reaction cases and hemolytic diseases of the fetus and newborn. In the ISBT classification, the high frequency series is represented by antigens in more than 99% of population (high prevalence antigen. In transfusion, the absence of these antigens determines severe problems as for example, one woman without the P antigen suffered 6 repetitive miscarriages due to placental insufficiency, which was caused by an antibody formed against the absent P antigen. Some important erythrocyte membrane proteins are described here including Band 3, Glycophorins and spectrin. The most abundant integral membrane protein is Band 3 and its main function is to mediate exchange of chloride and bicarbonate anions across the plasma membrane. The second most abundant integral membrane protein in the human erythrocyte is sialoglycoprotein glycophorin A (GPA

  20. Leishmania mexicana in Proechimys iheringi denigratus Moojen (Rodentia, Echimyidae in a region endemic for American cutaneous leishmaniasis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Air C. Barretto

    1985-12-01

    reagiram positivamente com anticorpos monoclonais de L. m. mexicana e L. m. amazonensis. A análise isoenzimática diferenciou o parasito de isolados padrões de L. m. mexicana. L. m. amazonensis. L. m. aristedesi. L. m. pifanoi. L. m. garnhami e L. m. ssp(Goiás-W. Barbosa. O parasito parece ser uma subespécie de L. mexicana muito próxima à L. m. amazonensis, da qual difere pela menor mobilidade eletroforêtica de GPI, PEP e ALAT. Este e o primeiro registro do isolamento de um parasito do gênero Leishmania em um roedor capturado no Estado da Bahia.

  1. Characterization of Citrus tristeza virus isolates from grapefruit (Citrus paradisi Macf. accessions of Citrus Active Germplasm Bank Caracterização de isolados do vírus da tristeza dos citros de acessos de pomelos (Citrus paradisi Macf. do Banco Ativo de Germoplasma de Citros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Júlia Corazza-Nunes

    2006-09-01

    do gene da proteína do capsídeo. O grupo de plantas que, em geral, apresentou menor volume de copa e severo sintoma de canelura diferenciou-se significativamente do grupo com maior desenvolvimento vegetativo e fraco a moderado sintoma de canelura. No entanto, a maioria dos isolados de CTV das plantas de ambos os grupos induziu fraca reação em limão galego e nenhuma relação entre títulos do vírus nos tecidos e sintomatologia foi observada na avaliação sorológica conduzida por DAS-ELISA. A reação com diferentes anticorpos monoclonais e os distintos padrões eletroforéticos obtidos por SSCP demonstraram que há uma grande diversidade entre os isolados de CTV que infectam os acessos de pomelos. Alta complexidade de bandas dentro de um mesmo isolado foi também observada nos perfis SSCP, demonstrando que cada isolado é constituído por uma mistura de diferentes haplótipos de CTV. Padrões SSCP semelhantes foram observados entre algumas plantas com fortes sintomas de caneluras e entre algumas plantas com sintomas fracos ou moderados de caneluras.

  2. Sensibilidade da técnica de imuno-histoquímica em fragmentos de sistema nervoso central de bovinos e equinos naturalmente infectados pelo vírus da raiva Sensitivity of the Immunohistochemistry technique in central nervous system fragments of cattle and horses naturally infected by rabies virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samira M. Achkar

    2010-03-01

    Full Text Available A raiva é uma zoonose viral que acomete o sistema nervoso central (SNC de mamíferos, considerada um grave problema de saúde pública. Herbívoros (bovinos e equinos são frequentemente acometidos pela in-fecção após serem atacados por morcegos hematófagos (Desmodus rotundus. A técnica de imunofluorescência direta (IFD realizada em tecidos frescos, recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS, é utilizada para o diagnóstico da raiva. A técnica de imuno-histoquímica (IHQ é utilizada para detectar antígenos em tecidos fixados, pelo uso de anticorpos monoclonais/policlonais. O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade da IHQ na detecção de antígenos do vírus da raiva em amostras de SNC de herbívoros fixadas em formol, analisando a distribuição antigênica em diferentes fragmentos do SNC. Os resultados demonstraram concordância das técnicas de IFD e IHQ. A IHQ mostrou maior sensibilidade em amostras de bovinos em relação às de equinos, especialmente quando realizada em fragmentos de cerebelo e tronco encefálico. A detecção de antígeno nestes fragmentos foi mais consistente para ambas as técnicas, nas duas espécies. Estes resultados demonstram que a IHQ pode ser empregada para a vigilância epidemiológica da raiva, entretanto, recomenda-se cautela ao se empregar a IHQ para diagnóstico de doença em herbívoros, especialmente quando o fragmento encaminhado ao laboratório for apenas o hipocampo.Rabies is a viral zoonosis that causes disease in the central nervous system (CNS of mammals and it is considered a serious problem of public health. Herbivorous (bovines and equines are often infected after being attacked by vampire bats (Desmodus rotundus. The direct fluorescent antibody technique is used as a diagnostic test to detect viral antigens in fresh tissues and is recommended by the World Health Organization. The immunohistochemistry technique (IHC is used to detect the viral antigen through the

  3. ZAP-70: aspectos práticos ZAP-70: practical aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mihoko Yamamoto

    2005-12-01

    Full Text Available A ZAP-70 é uma proteína kinase normalmente expressa nos linfócitos T e células NK, mas ausente nos linfócitos B. No entanto, ela está expressa nas células B de pacientes com LLC que não apresentam mutação nos genes da região variável da cadeia pesada de imunoglobulina (genes IgVH. Além disso, observa-se que a expressão da ZAP-70 é estável nestes pacientes ao longo do tempo, diferentemente da expressão de CD38, outro marcador considerado de prognóstico nesta doença. Estudos têm sido realizados para validá-la como marcador "surrogate" para o estado de mutação dos genes IgVH (um forte fator de prognóstico, uma vez que a sua avaliação molecular é laboriosa e demorada. O método mais rápido e simples para avaliar a expressão da ZAP-70 é através da citometria de fluxo utilizando-se anticorpos monoclonais já disponíveis no mercado. O primeiro produto comercial (clone 2F3.2 da marca Upstate é puro, não conjugado com fluorocromos, o que torna o ensaio laborioso, apesar de resultados consistentes. Rapidamente surgiram outros Ac conjugados com fluorocromos (com FITC da própria Upstate, ou Alexa-fluor, FITC ou PE da Caltag e estudos estão sendo realizados para a sua validação técnica.ZAP-70 is a 70Kd protein kinase present in normal T Lymphocytes and natural killer cells (NK, but absent in normal B lymphocytes. Nevertheless, B cells in some B-cell Chronic Lymphocytic Leukemia (CLL patients express ZAP-70 and it has been found to be associated with the unmutated status of immunoglobulin heavy chains (IgVH genes, a strong prognostic factor in CLL. In addition, the ZAP-70 expression in CLL cells is stable over time, differently to the CD38 expression, another prognostic marker in CLL. Several studies have been performed to validate the ZAP-70 expression as a surrogate marker for the IgVH mutation status which uses a laborious and time consuming technique. Using monoclonal antibodies, anti-ZAP-70 is easily detected by a

  4. Applications of nucleoside-based molecular probes for the in vivo assessment of tumour biochemistry using positron emission tomography (PET

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonard I. Wiebe

    2007-05-01

    éicos. A imagem molecular com TEP produz mapas espaciais e temporais de alvos que estejam sendo avaliados. A imagem molecular é uma importante ferramenta analítica no diagnóstico por imagem em medicina, no monitoramento de terapia e no desenvolvimento de novas drogas. A imagem molecular tem seus fundamentos na biologia molecular. Originalmente, a biologia molecular significava a biologia da expressão gênica, mas atualmente a biologia molecular envolve amplamente a biologia de macromoléculas, a bioquímica de proteínas, carboidratos complexos e ácidos nucléicos. A imagem molecular tem priorizado as proteínas, com ênfase nos anticorpos monoclonais e suas formas derivadas, substratos enzimáticos para pequenas moléculas e componentes de membranas celulares, incluindo os transportadores e elementos envolvidos com a sinalização trans-membrana.

  5. Antigenic and genetic characterization of the first rabies virus isolated from the bat Eumops perotis in Brazil Caracterização antigênica e genética do primeiro isolado de vírus da raiva em morcego Eumops perotis no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Galera Castilho

    2008-04-01

    realizado em cultura de células N2A e em camundongos adultos. A amostra foi submetida à tipificação antigênica, utilizando um painel de oito anticorpos monoclonais (CDC/Atlanta/USA. A seqüência de DNA do gene da nucleoproteína, localizada entre os nucleotídeos 102 a 1385, foi alinhada com seqüências homólogas presentes no GenBank, usando o método CLUSTAL/W e o alinhamento foi utilizado para a construção da árvore filogenética de distância "neighbor-joining" com o modelo K-2-P. O SNC testado foi negativo por IFD, e somente um camundongo morreu após inoculação com a suspensão do SNC do morcego. A tipificação antigênica apresentou resultado não-compatível com os padrões definidos pelo painel. A análise filogenética mostrou que o vírus isolado segregou no mesmo grupo relacionado com outros vírus isolados de morcegos insetívoros, gênero Nyctinomops ssp. (98,8% de identidade de nucleotídeos entre elas.

  6. Os morcegos e a raiva na região oeste do Estado de São Paulo The bats and rabies in the Western region of the State of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Avelino Albas

    2011-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O laboratório do Pólo da Alta Sorocabana de Presidente Prudente, SP, em parceria com outras instituições de pesquisa, realizou estudos pertinentes aos morcegos da região oeste do Estado de São Paulo, Brasil. Para tal, foram pesquisadas algumas situações, tais como: a isolamento do vírus rábico, no período 2006 a 2008; b as respectivas variantes antigênicas; c abrigos diurnos do morcego hematófago Desmodus rotundus. MÉTODOS: As amostras para exame foram provenientes de morcegos não hematófagos encaminhadas ao laboratório sendo submetidas aos testes de imunofluorescência direta e prova biológica. As amostras positivas foram caracterizadas antigenicamente por meio do teste de anticorpos monoclonais. Quanto aos morcegos, foram identificados e classificados, e também foi realizado mapeamento de abrigos dos mesmos. RESULTADOS: O laboratório recebeu 1.113 morcegos não hematófagos para diagnóstico laboratorial, sendo 11 (1% deles positivos, e dentre as amostras positivas, 5 (45,5% delas tiveram variante antigênica 3 associada ao morcego D. rotundus e 4 (36,5% foram compatíveis com amostras de morcegos insetívoros. Foram pesquisados 16 abrigos de morcegos hematófagos e observou-se a presença de outras 3 espécies de morcegos não hematófagos convivendo com eles. CONCLUSÕES: Os experimentos mostraram que o vírus rábico continua circulando na região com pelo menos 3 variantes antigênicas, e que, a coabitação de morcegos hematófagos com não hematófagos pode ter alguma relação com a disseminação do vírus rábico.INTRODUCTION: The Polo da Alta Sorocabana Laboratory in Presidente Prudente, SP, in partnership with other research institutions, conducted studies related to bats from the western region of the State of Sao Paulo, Brazil. Thus, certain situations were investigated, including: a isolation of the rabies virus from 2006 to 2008; b identification of respective antigenic variants; and c

  7. Meningoencefalite em bovinos causada por herpesvírus bovino-5 no Mato Grosso do Sul e São Paulo Meningoencephalitis in cattle caused by bovine herpesvirus-5 in Mato Grosso do Sul and São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro César Salvador

    1998-04-01

    Full Text Available Quinze focos de meningoencefalite por herpesvírus bovino-5 (BHV-5 foram diagnosticados entre agosto de 1993 e dezembro de 1996, sendo 14 provenientes do estado do Mato Grosso do Sul e um do estado de São Paulo. A doença ocorreu em diversos municípios e em diferentes épocas do ano. Foram afetados bovinos de 6 a 60 meses de idade, com uma morbidade de 0,05% a 5% e letalidade próxima a 100%. Os sinais clínicos foram exclusivamente nervosos e o curso da enfermidade variou de 1 a 15 dias. As principais lesões histológicas detectadas foram meningite e encefalite difusa com malacia do córtex cerebral e presença de corpúsculos de inclusão intranucleares em astrócitos e neurônios. O vírus foi isolado do cérebro de 11 de um total de 12 animais, e sua identidade confirmada por imunoperoxidase, utilizando-se anticorpos monoclonais específicos. Os surtos de encefalite por BHV-5 representam 5% dos diagnósticos realizados em bovinos pelo Hospital Veterinário da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Os resultados deste trabalho evidenciam a importância da doença no Mato Grosso do Sul e indicam a necessidade de incluir a encefalite por BHV-5 no diagnóstico diferencial de outras doenças do sistema nervoso de bovinos frequentes no Estado.Fifteen outbreaks of bovine herpesvirus-type 5 (BHV-5 infection were diagnosed from August 1993 to December 1996. Fourteen outbreaks occurred in the State of Mato Grosso do Sul and one in the State of São Paulo. Cattle 6 to 60 months old were affected. Morbidity reached 0.05% to 5% and case fatality rate was nearly 100%. The disease occurred in different municipalities and at different times of the year. Clinical signs were exclusively nervous, and the clinical course varied from 1 to 15 days. The main histologic lesions were meningitis, diffuse encephalitis and necrosis of the cerebral cortex with intranuclear inclusion bodies in astrocytes and neurons. BHV-5 was isolated from 11 out of 12 brains of

  8. Prevention of respiratory syncytial virus infections Prevenção das infecções pelo vírus sincicial respiratório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucia Ferro Bricks

    2001-06-01

    , durante toda a vida. Embora a maioria das infecções seja leve, o vírus sincicial respiratório pode causar doenças graves, especialmente em prematuros com displasia broncopulmonar e, nos últimos anos, tem sido identificado como causa importante de infeções respiratórias em pessoas que apresentam comprometimento da imunidade ou outros problemas médicos e em idosos hospitalizados. O impacto econômico dessas infecções faz com que o desenvolvimento de vacinas contra o vírus sincicial respiratório seja altamente desejável, entretanto, o insucesso da primeira vacina inativada contra esse agente dificultou os progressos nesse campo e, até o presente, não há nenhuma vacina licenciada contra o vírus sincicial respiratório. Nos últimos anos, entretanto, o melhor entendimento sobre imunologia e os mecanismos imunopatológicos envolvidos na resposta ao vírus sincicial respiratório propiciaram o desenvolvimento de novas estratégias para a profilaxia ativa e passiva contra essas infecções. Neste artigo, a autora apresenta uma revisão sobre os mais recentes avanços na prevenção das infecções pelo vírus sincicial respiratório, tais como: uso de imunoglobulina humana policlonal, anticorpos monoclonais humanizados (ambos já licenciados para uso em prematuros e crianças com displasia broncopulmonar e o desenvolvimento de diferentes vacinas que são potenciais candidatas para imunização ativa contra o vírus sincicial respiratório.

  9. Blockage of intercellular adhesion molecule-1 (ICAM-1 in the prevention of reperfusion lesion in the skeletal musculature of EPM-1 Wistar rats Bloqueio das moléculas de adesão intercelular-1 (ICAM-1 na prevenção da lesão de reperfusão na musculatura esquelética de ratos Wistar EPM-1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto David Filho

    2004-12-01

    Full Text Available Purpose: Ischemia-reperfusion lesions are a form of acute inflammation in which leukocytes are considered to play a pivotal role. This study was made with the objective of determining whether the blockage of intracellular adhesion molecule-1, involved in the diapedesis of leukocytes, is efficacious in minimizing this lesions in the skeletal musculature of the posterior limbs of rats. Methods: The juxta-infrarenal aorta of three groups of six adult rats was clipped for six hours. After this, one group was sacrificed (control group and the others underwent 24 hours of reperfusion, one with 0.9% physiological saline (reperfusion group and the other with anti-ICAM-1 monoclonal antibodies (ICAM-1 group. A myeloperoxidase assay was utilized for estimating the infiltrate of neutrophils. Biopsies were obtained to make thin sections of hematoxylin-eosin and NADH. Blood samples were collected for making assays of biochemical parameters (creatinine; potassium; DHL; leukogram; venous pH; CK. Results: The myeloperoxidase levels were raised in the reperfusion (p Objetivo: As lesões de isquemia-reperfusão (I/R são uma forma de inflamação aguda na qual os leucócitos são considerados como tendo um papel fundamental. Este estudo foi feito com o objetivo de determinar se o bloqueio das Moléculas de Adesão Intercelular -1 (ICAM-1, envolvidas na diapedese dos leucócitos, é eficaz em minimizar estas lesões na musculatura esquelética dos membros posteriores de ratos. Métodos: A aorta infra-renal de três grupos de seis ratos adultos foi clampeada por seis horas. Logo após, um grupo foi sacrificado (grupo controle e os outros foram submetidos a 24 horas de reperfusão, um com solução salina fisiológica 0,9% (grupo reperfusão e outro com anticorpos monoclonais anti-ICAM-1 (grupo ICAM-1. A quantificação da enzima mieloperoxidase foi utilizada para estimar o infiltrado de leucócitos na musculatura. Biópsias foram obtidas e coradas com hematoxilina

  10. Simplified flow cytometric assay to detect minimal residual disease in childhood with acute lymphoblastic leukemia Detecção de doença residual mínima em crianças com leucemia linfoblástica aguda por citometria de fluxo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Delbuono

    2008-08-01

    Full Text Available The detection of minimal residual disease (MRD is an important prognostic factor in childhood acute lymphoblastic leukemia (ALL providing crucial information on the response to treatment and risk of relapse. However, the high cost of these techniques restricts their use in countries with limited resources. Thus, we prospectively studied the use of flow cytometry (FC with a simplified 3-color assay and a limited antibody panel to detect MRD in the bone marrow (BM and peripheral blood (PB of children with ALL. BM and PB samples from 40 children with ALL were analyzed on days (d 14 and 28 during induction and in weeks 24-30 of maintenance therapy. Detectable MRD was defined as > 0.01% cells expressing the aberrant immunophenotype as characterized at diagnosis among total events in the sample. A total of 87% of the patients had an aberrant immunophenotype at diagnosis. On d14, 56% of the BM and 43% of the PB samples had detectable MRD. On d28, this decreased to 45% and 31%, respectively. The percentage of cells with the aberrant phenotype was similar in both BM and PB in T-ALL but about 10 times higher in the BM of patients with B-cell-precursor ALL. Moreover, MRD was detected in the BM of patients in complete morphological remission (44% on d14 and 39% on d28. MRD was not significantly associated to gender, age, initial white blood cell count or cell lineage. This FC assay is feasible, affordable and readily applicable to detect MRD in centers with limited resources.A detecção de doença residual mínima (DRM é um importante fator prognóstico na leucemia linfóide aguda (LLA infantil e fornece informações sobre a resposta ao tratamento e o risco de recaída. Entretanto, os altos custos das técnicas utilizadas limitam seu uso nos países em desenvolvimento. Desta forma, realizamos um estudo prospectivo para avaliar a citometria de fluxo (CF, utilizando três fluorescências e um painel limitado de anticorpos monoclonais, como método de detec

  11. Estudo epidemiológico sobre Leishmaniose tegumentar (LT no município de Corguinho, Mato Grosso do Sul: estudos na população humana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vânia Lúcia B. Nunes

    1995-09-01

    Full Text Available Com o objetivo de se conhecer a prevalência da infecção por leishmaniose tegumentar americana, e caracterização da população atingida, em área de transmissão recente, na localidade de Boa Sorte, município de Corguinho, MS, procedeu-se ao estudo, no período de março/91 a março/94, tia população residente, compreendendo 150 habitantes. Destes, 12 apresentavam lesões suspeitas de leishmaniose tegumentar. Em 8 deles foi possível a confirmação por meio de exames parasitológicos. Apenas um paciente apresentou a forma mucosa, os demais manifestaram as formas cutâneas, sendo: ulcerada (3, úlcero-verrucosa (1, úlcero- vegetante (1, placa-infiltrada (1 e lesão nodular com exuberante adenopatia regional (1. Os pacientes responderam bem ao tratamento com antimoniato de N-metil- glucamina (glucantime, 10 a 20mg Sbv/kg/dia durante 20 dias, com cicatrização das lesões e raros efeitos colaterais. O parasito isolado de todos os pacientes foi identificado como Leishmania (Viannia braziliensis, através de anticorpos monoclonais. O teste de Montenegro aplicado em 150 moradores revelou 32 reagentes. Destes, 6 eram portadores da doença, 21 mostraram seqüelas sugestivas da parasitose e 5 não apresentaram sitiais da infecção. A faixa etária atingida pela parasitose compreendia de 22 a 78 anos com predomínio de homens (75%. A transmissão até o momento revelou-se de caráter extradomiciliar.A study on the resident population of 150 inhabitants of Boa Sorte in the Municipality of Corguinho, Mato Grosso do Sul State, Brazil was made, from March 1991 to March 1994, to establish the prevalence of South American Cutaneous Leishmaniasis (SACL, and to characterize the affected population, in an area of recent transmission. Twelve of the inhabitants showed lesions suspected to be SACL, and in 8 cases it was possible to confirm this by biopsy and parasitology. The mucosal form was found in one patient only, the rest showed the following

  12. Hematogônias: distinção com blastos da leucemia linfóide aguda de células B por citometria de fluxo Hematogones: differentiation from B-lineage acute lymphoblastic leukemia by flow cytometry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima M. G. Jorge

    2006-12-01

    Full Text Available Hematogônias são precursores normais de linhagem B que apresentam características morfológicas e, algumas vezes, imunológicas similares aos linfoblastos das leucemias linfóides agudas (LLA. O objetivo desse trabalho é realizar análise comparativa por citometria de fluxo, utilizando três cores, entre sub-populações de hematogônias e blastos da LLA-B, em crianças. O Grupo 1 constou de amostras de medulas ósseas, não neoplásicas, que apresentaram hematogônias identificadas pela microscopia óptica e o Grupo 2 de casos novos de LLA-B. O painel de anticorpos monoclonais utilizado era direcionado para: CD19, CD10, CD45, CD34, IgM, TdT e CD22. A análise das hematogônias, utilizando como parâmetro a intensidade de fluorescência de CD10 X CD45, mostrou três sub-populações representando células imaturas, intermediárias e maduras. A expressão dos marcadores CD34, IgM, TdT e CD22 reforçou esses achados. Os blastos leucêmicos se apresentaram formando uma única população, com expressão de positividade apenas para antígenos de imaturidade. Considerando não só a presença ou ausência de um determinado antígeno, mas sim a sua intensidade de expressão, verificamos que hematogônias e blastos apresentam perfis imunofenotípicos diferentes.Hematogones are normal B-lineage cell precursors with morphologic and sometimes immunophenotypic, similarities to neoplastic lymphoblasts. The aim of this work is to compare using flow cytometry sub-populations of B-lineage cells: normal bone marrow precursors (hematogones and lymphoblasts. Normal bone marrow from patients with hematogones observed by optical microscopy and new cases of acute lymphoblastic leukemia of B-cell precursors were included in the study. Antibodies directed against CD19, CD10, CD45, CD34, IgM and CD22 were used. Analysis of hematogones, using CD10 x CD45 fluorescence intensity as a parameter, showed three sub-populations: immature, intermediary and mature marker

  13. Nódulos linfóides medulares Bone marrow lymphoid nodules

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia M. M. Magalhães

    2003-06-01

    Full Text Available A biópsia de medula óssea é parte integrante do estadiamento e seguimento de pacientes com doenças hematológicas. Nódulos linfóides são um achado comum, usualmente observados em associação com doenças inflamatórias crônicas, infecção, hemólise, síndromes mieloproliferativas e doenças auto-imunes. São, em geral, considerados reacionais. Sendo a medula óssea o sítio extranodal mais comumente envolvido nos linfomas foliculares, o diagnóstico diferencial mais importante é a infiltração medular por doença linfoproliferativa. Do ponto de vista prático, os infiltrados linfóides são, em geral, facilmente distinguíveis ao estudo histológico. Agregados reacionais são pequenos, têm bordas delimitadas, são compostos por uma população celular heterogênea e têm localização central. Nódulos malignos infiltram a medula óssea na região paratrabecular e são compostos por células clivadas. A análise imunofenotípica, utilizando um painel de anticorpos monoclonais, é capaz de definir a linhagem celular, subpopulação e estágio de diferenciação da população neoplásica, contribuindo para a confirmação do diagnóstico. Nos casos controversos, a análise molecular da proliferação linfóide pode ser útil. A monoclonalidade pode ser demonstrada pela restrição de cadeias leves ou através do rearranjo do DNA da cadeia pesada das imunoglobulinas. Idealmente, os resultados da análise molecular devem ser interpretados em conjunto com a análise morfológica e imunofenotípica. A morfologia continua sendo o padrão-ouro na avaliação da infiltração medular por linfoma folicular e as análises imunofenotípica e molecular devem ser consideradas complementares.Bone marrow trephine biopsies are an integral part of the diagnosis, staging and follow-up of patients with haematologic disorders. Lymphoid nodules are a common finding, usually reported in association with chronic inflammatory syndromes, infection

  14. Clinical, epidemiological and laboratory aspects of patients with American cutaneous leishmaniasis in the State of Pernambuco Aspectos clínicos, epidemiológicos e laboratoriais de pacientes com leishmaniose cutânea americana no Estado de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiza de Campos Reis

    2008-10-01

    ência indireta e reação em cadeia de polymerase. A intradermorreação de Montenegro apresentou resultado positivo em 89% dos pacientes. A imunofluorescência indireta apresentou 79% de positividade, a pesquisa direta apresentou 58% e a reação em cadeia de polymerase 75% de positividade. Sete amostras de Leishmania (Viannia braziliensis foram isoladas desses pacientes e caracterizadas através de anticorpos monoclonais específicos. Esses dados confirmam que é necessário a combinação de diferentes técnicas diagnósticas para se obter resultados eficientes e que, até o momento, a Leishmania (Viannia braziliensis é a única espécie responsável pela infecção da leishmaniose cutânea americana em Pernambuco. Portanto, a identificação da espécie do parasito envolvido nos casos da doença no homem em uma área endêmica é essencial para o conhecimento dos aspectos clínicos e epidemiológicos, sobretudo para o diagnóstico e para o desenvolvimento da terapia e prognóstico da doença.

  15. Caracterização antigênica e molecular de oito amostras do vírus da doença de Aujeszky isoladas no estado do Rio Grande do Sul em 2003 Antigenic and molecular characterization of eight samples of Aujeszky's disease virus isolated in the state of Rio Grande do Sul, Brazil, in 2003

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra D'Ávila da Silva

    2005-03-01

    Full Text Available A doença de Aujeszky ou pseudoraiva (DA, causada pelo vírus da pseudoraiva (PRV é a maior preocupação na produção de suínos. No estado do Rio Grande do Sul, Brasil, a DA foi somente detectada em 1954, em bovino. Em 2003, ocorreram dois surtos de encefalite em granjas na região norte do estado, fronteira com o estado de Santa Catarina. O vírus da doença de Aujeszky (VDA foi isolado a partir de animais coletados em oito granjas distintas da região e submetido a análises antigênicas e moleculares. As amostras de VDA isoladas foram comparadas com as amostras padrão NIA-3 e NP. A caracterização antigênica dos mesmos foi realizada com testes de imunoperoxidase frente a um painel de anticorpos mono-clonais (Mabs preparado contra epitopos de glicoproteinas virais (gB, gC, gD e gE. A caracterização genômica foi realizada através da análise restrição enzimática (REA sobre o genoma total das amostras, com a enzima de restrição (REA Bam HI. O perfil antigênico das oito amostras isoladas no Rio Grande do Sul, bem como os apresentados pelas amostras padrão NIA-3 e NP, foram similares. A REA revelou que todos as oito amostras do Rio Grande do Sul apresentaram um arranjo genômico do tipo II, genótipo frequentemente encontrado em surtos prévios de DA em outros estados do Brasil. Os resultados aqui obtidos indicam que as oito amostras isoladas no Rio Grande do Sul são similares.Pseudorabies or Aujeszky's disease (AD, caused by pseudorabies virus (PRV is a major concern in swine production. In the state of Rio Grande do Sul, Brazil, AD was only detected in 1954, in cattle. In 2003 two outbreaks of encephalitis occurred on the northern region of the state, close to the border with the state of Santa Catarina. Pseudorabies virus (PRV was isolated from distinct farms within the region and subjected to antigenic and genomic analyses. These isolates were compared with prototype strains NIA-3 and NP. Antigenic characterization with a

  16. An immunofluorescence test for diagnosis of ophthalmic herpes in a mouse corneal model Imunofluorescência para diagnóstico de herpes oftálmico usando como modelo córneas de camundongos infectados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sílvia Regina Ferreira Gonçalves Pereira

    2007-04-01

    Full Text Available Herpes simplex virus type 1 (HSV-1 ophthalmic disease is the most common cause of corneal blindness in humans world-wide. Current culture techniques for HSV take several days and commercially available HSV laboratory based diagnostic techniques vary in sensitivity. Our study was conducted to evaluate the use of a quicker and simpler method to herpes ophthalmic diagnosis. Corneal smears were made by firm imprints of infected mouse eyes to glass slides, after smears were fixated with cold acetone, and an indirect immunofluorescence (IIF method was performed using monoclonal antibodies in a murine model of ophthalmic herpes. Eye swabs from infected mice were inoculated in Vero cells for virus isolation. Cytology and histology of the eye were also performed, using hematoxylin-eosin routine. Mouse eyes were examined by slit-lamp biomicroscopy for evidence of herpetic disease at various times postinoculation. We made a comparative evaluation of sensitivity, specificity and speed of methods for laboratory detection of HSV. Our results indicate that this IIF method is quick, sensitive, specific and can be useful in the diagnosis of ophthalmic herpes as demonstrated in an animal model.A doença oftálmica do vírus herpes simplex do tipo 1 (HSV-1 é a causa mais comum de cegueira córnea em humanos mundialmente. Técnicas de cultura atuais para HSV levam vários dias e laboratórios de HSV comercialmente disponíveis estabelecem que as técnicas diagnósticas variam em sensibilidade. Nosso estudo foi conduzido para avaliar a aplicação prática de um método mais rápido e simples para diagnosticar o herpes oftálmico. Decalques córneos foram feitos por impressões firmes de olhos de camundongos a lâminas de vidro, depois os decalques foram fixados com acetona fria, e um método de imunofluorescência indireta (IIF foi executado empregando anticorpos monoclonais no modelo murino de herpes oftálmico. Swabs de córnea foram inoculados em células Vero

  17. Estudo sobre o diagnóstico laboratorial e sintomas do dengue, durante epidemia ocorrida na região de Ribeirão Preto, SP, Brasil Laboratory diagnosis and symptoms of dengue studied during an outbreak in the Ribeirao Preto Region, SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

    1992-04-01

    Full Text Available Uma epidemia de dengue tipo 1 se iniciou em Novembro de 1990 na Região de Ribeirão Preto, Norte do Estado de São Paulo. Foram confirmados por exames laboratoriais cerca de 3.500 casos até fevereiro de 1991. A Unidade de Pesquisa em Virologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, estudou soros de 502 pessoas suspeitas de apresentarem dengue. Fez-se o diagnóstico sorológico através do método da inibição da hemaglutinação (HAI para dengue tipo 1 em 19% dos analisados. Passou-se a utlilizar um teste imuno-enzimático para dengue em culturas celulares infectadas (EIA-ICC, que permite identificação simultânea de IgG e IgM. O EIA-ICC embora menos sensível quando comparado ao HAI (89%, mostrou-se mais eficiente, porque: dispensou a obtenção de segundas amostras séricas para o diagnóstico; trata-se de técnica simples, podendo ser efetuada em apenas 5 horas. O vírus dengue tipo 1 foi isolado do sangue de 21 pacientes, por inoculação em células de mosquitos C6/36. Fez-se a identificação dos vírus isolados por método de imunofluorescência indireta, utilizando anti-soro contra todos os flavivirus e anticorpos monoclonais tipo-específicos de dengue. Os sintomas mais freqüentemente observados em 71 indivíduos com diagnóstico de dengue confirmado foram febre (90% dos casos, mialgias (57% e artralgias (41%A dengue type 1 outbreak started in the Ribeirao Preto Region, North of Sao Paulo State, Brazil, in November of 1990. About 3500 dengue cases were confirmed by blood tests until February of 1991. The Virus Research Unit of The Faculty of Medicine of Ribeirao Preto - Sao Paulo State University, studied 502 dengue suspect cases. The Serologic diagnosis of dengue type 1 was confirmed by haemmaglutination inhibition test (HAI in 19% of the cases. Diagnosis was done later by using an enzyme immuno assay on infected cultured cells (EIA-ICC which discriminated IgG and IgM dengue, antibodies. EIA-ICC was less sensitive (89

  18. A comparison between enzyme immunoassay and HPLC for ochratoxin A detection in green, roasted and instant coffee

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Fujii

    2007-03-01

    Full Text Available An indirect competitive enzyme-linked immunosorbent assay (ic-ELISA for ochratoxin A (OTA detection in green, roasted and instant coffees was developed using anti-OTA monoclonal antibody. Immunological reagents prepared were OTA-BSA (4.76 mg/mL, anti-OTA.7 MAb (2x10³-fold dilution and HRP-anti IgG (10³-fold dilution. The detection limit was 3.73 ng OTA/g and correlation coefficients (r between this immunoassay and high performance liquid chromatography were 0.98 for green coffee, 0.98 for roasted and 0.86 for instant. OTA levels detected by ic-ELISA were higher than by HPLC, with ELISA/HPLC ratio of 0.66 - 1.46 (green coffee, 0.96 - 1.11 (roasted and 0.93 - 1.82 (instant. ELISA recoveries for OTA added to coffee (5 - 70 ng/g were 81.53 % for green coffee, 46.73 % for roasted and 64.35 % for instant, while recoveries by HPLC were 80.54 %, 45.91 % and 55.15 %, respectively. Matrices interferences were minimized by samples dilution before carrying out the ELISA assay. The results indicate that MAb-based ic-ELISA could be a simple, sensitive and specific screening tool for OTA detection, contributing to quality and safety of coffee products.ELISA competitivo indireto (ic-ELISA baseado em anticorpos monoclonais foi desenvolvido para a detecção de ocratoxina A (OTA em café verde, torrado e instantâneo. Os reagentes imunológicos necessários à reação consistiram de OTA-BSA (4,76 mg/mL, anti-OTA.7 MAb (diluído 2x10³ e anti IgG-HRP (diluído 10³, apresentando limite de detecção de 3,73 ng OTA/g. Os coeficientes de correlação (r entre o imunoensaio e cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE foram de 0,98 (café verde, 0,98 (torrado e 0,86 (instantâneo. Ic-ELISA detectou valores superestimados de OTA em relação a CLAE, com valor ELISA/CLAE variando de 0,66 - 1,46 (café verde, 0,96 - 1,11 (torrado e 0,93 - 1,82 (instantâneo. As recuperações médias de OTA adicionada em café (5 - 70 ng/g foram de 81,53 % (café verde, 46

  19. Perfil genotípico e antigênico de amostras do vírus da diarréia viral bovina isoladas no Rio Grande do Sul (2000-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eloisa Bianchi

    2011-08-01

    Full Text Available Isolados do vírus da diarréia viral bovina (BVDV apresentam grande diversidade genética e antigênica, o que pode dificultar o diagnóstico e a formulação de vacinas. O presente trabalho apresenta um perfil genotípico e antigênico de 20 amostras do BVDV isoladas no Estado do Rio Grande do Sul entre 2000 e 2010. As amostras foram oriundas de uma variedade de condições clínicas, que incluíam doença respiratória ou gastroentérica aguda ou crônica, lesões cutâneas, abortos, animais com crescimento retardado, além de animais persistentemente infectados (PI. A maioria das amostras (19 ou 95% pertence ao biótipo não-citopático (NCP; enquanto um isolado apresentou uma mistura de vírus NCP e citopático (CP. O sequenciamento e análise filogenética de uma região de 270 nucleotídeos da região 5' não-traduzida do genoma viral permitiu identificar 9 isolados de BVDV-2 (45% e 8 isolados de BVDV-2 (40%. Três amostras não agruparam filogeneticamente com nenhum dos genótipos, sendo classificados como pestivírus atípicos. Não foi possível associar os genótipos ou subgenótipos com as condições clínicas e, tanto os BVDV-1 quanto os BVDV-2 estavam envolvidos em diferentes síndromes clínico-patológicas. Análise de reatividade com um painel de 19 anticorpos monoclonais (AcMs revelou uma variabilidade marcante na glicoproteína principal do envelope (E2 entre vírus do mesmo genótipo, e sobretudo, entre vírus de genótipos diferentes. Testes de neutralização viral (SN com anti-soro de cepas de referência de BVDV-1 e BVDV-2 frente às amostras isoladas revelaram níveis variáveis de reatividade cruzada entre vírus do mesmo genótipo, e reatividade muito baixa ou ausente entre vírus de genótipos diferentes. Esses resultados indicam uma frequência semelhante de BVDV-1 e BVDV-2 na população estudada, confirmam a marcante variabilidade antigênica e reforçam a necessidade de se incluir vírus dos dois genótipos nas

  20. Cox-2 e sua associação com fatores prognósticos e resposta à quimioterapia primária em pacientes com câncer de mama Cox-2 and its association with prognostic factors and response to primary chemotherapy in patients with breast cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato de Lima Rozenowicz

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar em pacientes com câncer de mama a expressão imunoistoquímica da cox-2 antes da quimioterapia primária com 5-fluorouracil, epirrubicina e ciclofosfamida (FEC e a associação desta com tamanho inicial do tumor, estado linfonodal, receptores hormonais, expressão da Her-2 e com a resposta clínica e anatomopatológica. MÉTODOS: Estudo retrospectivo com 41 mulheres portadoras do diagnóstico histopatológico de carcinoma ductal de mama. Foram submetidas à quimioterapia primária com esquema FEC (5-fluorouracil, epirrubicina e ciclofosfamida na dosagem de 500mg/m2, 75mg/m2 e 500 mg/m2, respectivamente. Os critérios de inclusão foram intervalo etário entre 30 e 70 anos, estadiamento II a IIIA, após comprovação da ausência de metástase, tumor primário de mama, único e unilateral, tipo histológico ductal invasivo e ausência de cardiopatia e gestação. Para avaliação da expressão da proteína Her 2 neuutilizaram-se anticorpos monoclonais de coelho. Para visibilizar a expressão da proteína cox-2 utilizaram-se anticorpos policlonais obtidos do soro de cabras. A avaliação da resposta clínica ao tratamento foi realizada por exame físico mensurando-se o maior eixo tumoral por paquímetro. As medidas foram realizadas à admissão e após os ciclos de quimioterapia primária. Após três sessões quimioterápicas com intervalos de 21 dias realizou-se o procedimento cirúrgico. Adotaram-se os critérios do RECIST. Após a operação foi avaliada a resposta anatomopatológica local, sendo considerada completa quando da ausência de neoplasia invasiva e do componente in situ. Na avaliação imumoistoquímica para os receptores de estrogênio utilizaram-se estrogen receptor NCL-ER6F11 e para progesterona, progesterone receptor, NCL-PGR-312 considerando positiva quando da coloração em 10% ou mais das células tumorais. RESULTADOS: A distribuição segundo estadiamento clínico UICC verificaram-se seis no estádio IIA

  1. Prevalência de marcadores imuno-hematológicos em recém-nascidos ao nascimento e em suas respectivas mães e incidência de doença hemolítica numa maternidade de São Paulo Prevalence of immunohematologic tests at birth and the incidence of hemolytic disease in the newborn

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio Cianciarullo

    2003-01-01

    Full Text Available A introdução da imunoglobulina anti-D diminuiu a incidência da doença hemolítica neonatal por isoimunização Rh, porém persiste este diagnóstico por outros anticorpos mais raros e o avanço tecnológico tornou possível a detecção destes anticorpos. OBJETIVOS: Verificar a prevalência de marcadores imuno-hematológicos, representados pelos testes de Coombs indireto, direto e de eluição com identificação do anticorpo detectado; incidência de doença hemolítica e de tratamento entre os recém-nascidos sensibilizados. MÉTODOS: Estudo do tipo Coorte retrospectiva, de janeiro de 1996 a julho de 1998, consistiu na descrição da análise dos perfis imuno-hematológicos de 1698 pares de mães e recém-nascidos como fator de risco para doença hemolítica, subdivididos de acordo com os marcadores. A metodologia empregada para identificação dos marcadores foi o da microplaca com hemácias de triagem, soro antiglobulina humana e gel centrifugação. Para tipagens e fenotipagens utilizou-se o método de microplaca com soros monoclonais. Para o estudo da incidência e seguimento neonatal foram realizadas bilirrubinas totais e frações, por método enzimático colorímetro, hemoglobina e hematócrito, automatizado e reticulócitos, por coloração supra vital, azul cresil brilhante e leitura por microscopia óptica. RESULTADOS: A prevalência de marcadores imuno-hematológicos associados à doença hemolítica foi de 9,07%. Por grupos estratificados obtivemos no grupo com Coombs indireto (grupo I 0,43%; no grupo com Coombs direto (grupo D, 4,10% e no grupo com eluição (grupo E 4,53%. A incidência de doença hemolítica no estudo foi de 36,23%. Quando estratificada por grupos, obtivemos no grupo I, 33,56%, no grupo D, 44,43% e no grupo E, 29,24%. O tratamento com fototerapia foi necessário em 36,23% dos RN, sendo maior sua indicação no grupo D e a exsangüíneotransfusão foi necessária em 0,88% dos RN, sendo maior sua indica

  2. Immunoperoxidase for the detection for the detection of antibodies in cerebrospinal fluid in neurocysticercosis: use of Cysticercus cellulosae and Cysticercus longicollis particles fixed on microscopy slides Imunoperoxidase para detecção de anticorpos em líquido cefalorraquiano na neurocisticercose: emprego de partículas de Cysticercus cellulosae e Cysticercus longicollis fixadas a lâminas de microscopia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Franco de Andrade

    1996-08-01

    Full Text Available The ORF strain of Cysticercus longicollis represents an important model for the study of heterologous antigens in the immunodiagnosis of neurocysticercosis (NC. The immunoperoxidase (IP technique was standardized using a particulate antigen suspension of Cysticercus longicollis (Cl and Cysticercus cellulosae (Cc. Cerebrospinal fluid (CSF samples were incubated on the antigen fixed to microscopy slides; the conjugate employed was anti-IgG-peroxidase and the enzymatic reaction was started by covering the slides with chromogen solution (diaminobenzidine/H2O2. After washing with distilled water, the slide was stained with 2% malachite green in water. Of the CSF samples from 21 patients with NC, 19 (90.5% were positive, whereas the 8 CSF samples from the control group (100% were negative. The results of the IP-Cl test applied to 127 CSF samples from patients with suspected NC showed 28.3% reactivity as opposed to 29.1 % for the IP-Cc test. The agreement index for the IP test (Cl x Cc was 94.2%, with no significant difference between the two antigens.A cepa ORF de Cysticercus longicollis (Cl representa importante modelo para estudo de antígenos heterólogos no imunodiagnóstico da neurocisticercose (NC. Foi padronizada a técnica de imunoperoxidase (IP empregando suspensão antigênica particulada. Amostras de líquido cefalorraquiano (LCR foram incubadas sobre o antígeno fixado em lâminas de microscopia, o conjugado empregado foi anti-IgG-Peroxidase, a reação enzimática iniciou-se ao cobrirem-se as lâminas com solução cromógena (Diaminobenzidina/H2O2. Após lavagens em água destilada, a lâmina foi corada com verde malaquita a 2% em água. De 21 LCR de pacientes com NC, 19 (90,5% foram reativos e 8 (100% LCR do grupo controle foram não reativos. Os resultados do teste IP-Cl ensaiando 127 LCR dc pacientes com suspeita de NC mostrou 89,7% de concordância com o teste ELISA empregando extrato salino de Cysticercus cellulosae (Cc e 94,2% de concordância com o teste IP-Cc.

  3. Medulloblastoma: evaluation of proliferative index by monoclonal antibody Mib-1, its prognostic correlation and therapeutic implications Meduloblastoma: avaliação do padrão proliferativo pelo anticorpo monoclonal Mib-1, correlação prognóstica e implicações terapêuticas

    OpenAIRE

    Antonio Fernandes Ferrari; Maria Betânia Mahler Araújo; Paulo Henrique Aguiar; José Pindaro Pereira Plese

    2003-01-01

    In the past few years, the monoclonal antibody MIB-1 has been used by researchers in order to retrospectively study paraffin imbibed tumor fragments. The medulloblastoma is the most common malignant central nervous system tumor in childhood. The objectives were: determination of the mean Mib-1 LI value from these patients, as well as the prognostic value of the method.This retrospective study represents an analysis of the cellular proliferation index of posterior fossa medulloblastomas collec...

  4. Níveis de anticorpos contra o vírus da cinomose canina e o parvovírus canino em cães não vacinados e vacinados Antibodies levels against canine distemper virus and canine parvovirus in vaccinated and unvaccinated dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Hass

    2008-02-01

    Full Text Available Antibody titres to canine distemper virus (CDV and canine parvovirus (CPV were measured in 132 dogs: 80 had been vaccinated at least once, 22 had not been vaccinated, and 30 had unknown vaccination history. Serum antibody titers were measured by means of serum neutralization (CDV or hemagglutination inhibition (CPV. Serum CDV titers >20 and serum CPV titers >80 were considered protective. Protective antibodies to CDV were present in 40.1% of the population: 39.8% of the vaccinated dogs, 31.8% unvaccinated, and in 46.6% of the dogs with unknown vaccination history. Protective antibodies to CPV were present in 90.9% of the dogs: 93.7% of the vaccinated dogs, 90.9% of the unvaccinated, and 83.3% of the dogs with unknown vaccination history.

  5. Effects of gamma radiation immunogenicity of ribonucleoprotein (RNPs) of rabies virus and purification of anti-RNPs antibodies for diagnosis; Efeitos da radiacao gama na imunogenicidade das ribonucleoproteinas (RNPs) do virus da raiva e purificacao de anticorpos anti-RNPs para diagnostico

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Costa, Ana Elena Boamorte da

    2010-07-01

    The World Health Organization recommends the direct immunofluorescence test for laboratory diagnosis and serological evaluation of rabies. To achieve this test, fluorescent anti-ribo nucleoproteins (RNPs) conjugates, produced from purified IgGs of RNP-immunized animals are employed. The aims of the present study were: investigate the effects of gamma radiation on the immunogenicity of RNPs, as well as to compare two chromatographic methodologies for the purification of anti-RNPs immunoglobulins. Sera from animals immunized with either native or irradiated RNPs were compared by direct immunofluorescence and immuno enzymatic assays. Our results indicate that the animals immunized with irradiated antigen requested a lower number of doses to reach high antibody titers. The immunofluorescence assays indicated that the conjugates produced with the anti-irradiated RNPs IgGs showed similar specificity to its anti-native counterpart, but with a higher definition of the virus inclusions. The purification methods were compared by Bradford and electrophoresis assays. According to the results, we concluded that the affinity-based process resulted in higher yields, lower execution time, and higher purity of the antibodies. (author)

  6. Investigation of hyperfine interactions in DNA and antibody of different lineages of mice infected by T. cruzi by perturbed gamma-gamma angular correlation spectroscopy; Investigacao de interacoes hiperfinas em DNA e anticorpos de diferentes linhagens de camundongos frente a infeccao por T. cruzi pela epectroscopia de correlacao angular gama-gama perturbada

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Silva, Andreia dos Santos

    2012-07-01

    In the present work perturbed angular correlation (PAC) spectroscopy was used to measured electric quadrupole interactions in DNA biomolecules of different mice lineages (A/J, C57BL/6, B6AF1, BXA1 e BXA2), samples of different isotypes of immunoglobulin G (IgG1, IgG2a e IgG2b) and active portions of complete and fragmented immunoglobulin responsible by the immune response. Electric quadrupole interactions were also measured in DNA nitrogenous bases (adenine, cytosine, guanine, thymine). PAC measurements were performed using {sup 111}In {yields} {sup 111C}d; {sup 111mC}d {yields} {sup 111}Cd; {sup 111}Ag {yields} {sup 111}Cd; e {sup 181}Hf {yields} {sup 181}Ta as probe nuclei, and carried out at room temperature and liquid nitrogen temperature, in order to investigate dynamic and static hyperfine interactions, respectively. The biomolecule samples were directly marked with the radioactive parent nuclei, whose atom link to a certain site in the biomolecules. The biological materials as well as the probe nuclei were chosen to investigate the possibility to use PAC spectroscopy to measure hyperfine parameters at nuclei from metallic elements bound to biomolecules (including the use of different probe nuclei produced in the decay of parent nuclei of four different metals) and also to study the behavior of different biomolecules by means of the measured hyperfine parameters. Results show differences in the hyperfine interactions of probe nuclei bound to the studied biomolecules. Such differences were observed by variations in the hyperfine parameters, which depend on the type of biomolecule and the results also show that the probe nuclei atom bound to the molecule in some cases and in others do not. (author)

  7. Comparative Study of Three Different ELISA to Measure the Antibodies Against Infectious Bronchitis Virus in Vaccinated and Unvaccinated Broilers Estudo Comparativo de Três Diferentes Modalidades de Elisa para Medir os Anticorpos Contra o Vírus da Bronquite Infecciosa em Frangos Vacinados e Não Vacinados

    OpenAIRE

    Cardoso TC; C. Oliveira; SEL Da-Silva; HL Ferreira; Pinto AA

    2001-01-01

    Broilers were spray-vaccinated (n=150) with H120 serotype at one-day-old, challenged after 28 days with M41 IBV serotype and after bled at day 28, 34 and 46 after challenged. The respective sera were tested by the indirect ELISA (I-ELISA), sandwich ELISA (S-ELISA), liquid phase blocking ELISA (LPB-ELISA) and the standard serum neutralization test (SNT). For this purpose, a total of 300 sera samples, 150 from non vaccinated and 150 from vaccinated broilers were titrated by all the serological ...

  8. Mutação G20210A no gene da protrombina, fator V de Leiden e anticorpos anticardiolipina não influenciam a sobrevida do enxerto renal após o transplante Prothrombin G20210A gene mutation, factor V Leiden and anticardiolipin antibodies do not influence renal graft survival after transplantation

    OpenAIRE

    Luis Klaus A. da Rocha; Nelson Zocoler Galante; Vivian Angélica Castilho Alvarez; Kelsy C. N. Areco; Maria Aparecida E. Noguti; Rogério Q. Amaral; Andrade, Luis Eduardo C.; Clóvis Araujo Peres; José O. Medina Pestana; Dayse M Lourenço

    2009-01-01

    INTRODUÇÃO: Complicações tromboembólicas são importantes fatores de risco para perda do enxerto e pior evolução após o transplante renal. Pacientes com defeito trombofílico apresentam maior risco de complicações tromboembólicas. Foram analisados, entre receptores de transplante renal, a prevalência de defeito trombofílico e o risco atribuído a esta condição para a perda do enxerto e para o desenvolvimento de tromboses intravasculares. MÉTODOS: Estudo do tipo coorte incluindo 388 receptores ad...

  9. Production of second antibody for insulin and related peptides radioimmunoassay (RIA) (sheep anti-serum and guinea pig anti-IgG); Producao de segundo anticorpo para radioimunoensaio (RIE) de insulina e peptideos relacionados (antissoro de carneiro anti-IgG de cobaia)

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Castanheira, Maria do Carmo; Silva, Sandra Rosa da; Borghi, Vania Caira [Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares (IPEN), Sao Paulo, SP (Brazil); Wajchenberg, Bernardo Leo [Sao Paulo Univ., SP (Brazil). Faculdade de Medicina

    1995-12-31

    A good RIA separation technique is essential to develop precise assays and the double antibody separation method is one of the most widely employed, satisfying the majority of the criteria required by RIA. However, its high cost is its main disadvantage, which leads to employ less expensive techniques, that are not so efficient. Therefore, our institution is producing a second antibody to be used in insulin assays, in which the first antibody is raised in guinea pig. Three sheep were immunized with 500 {mu}g of guinea pig IgG purified at our laboratory emulsified in Freund Complete Adjuvante and administered by multisite subcutaneous injection at 20 day intervals. Blood samples were taken from the jugular vein 10 days after boosts. After each four boosts a great bleeding was done by the same route. After these bleeding, the animals were subjected to a rest before being reimmunized. The antisera title were determined by the immuno diffusion method in comparison with a reference antiserum of know quality produced in goat by the Pel-Freez, USA. Approximately 3.5 L of antiserum were produced from the three sheep which presented title very similar to those exhibited by the commercial product, even presenting higher values. (author). 8 refs., 3 figs.

  10. The study of labeling with Iodine-131 of monoclonal antibody anti-CD20 used for the treatment of non-Hodgkin lymphoma; Estudo de marcacao com Iodo-131 de anticorpo monoclonal anti-CD20 na terapia de linfoma nao-Hodgkin

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Akanji, Akinkunmi Ganiyu

    2006-07-01

    Lymphomas are malignancies of the lymphatic system, described by Thomas Hodgkin in 1932. Traditionally, lymphomas are classified in two basic groups: Hodgkin disease and non-Hodgkin lymphoma (NHL). Patients with NHL were earlier treated with radiotherapy alone or in combination with immunotherapy using monoclonal antibody anti-CD20 (ex., Rituximab-Mabthera, Roche). However, Radioimmunotherapy is a new modality of treatment for patients with NHL, in which cytotoxic radiation from therapeutic radioisotopes is delivered to tumors through monoclonal antibodies. This study focused on labeling conditions of monoclonal antibody anti-CD20 (Rituximab-Mabthera, Roche) with iodine-131, by direct radioiodination method using Chloramine-T as oxidizing agent. Labeling parameters investigated were: Radiochemical purity (RP), method of purification, incubation time, antibody mass, oxidative agent mass, stability in vitro, stability in vivo, immunoreactivity and biological distribution performed in normal Swiss mouse. Product of high radiochemical purity was obtained with no notable difference between the methods applied. No clear evidence of direct influence of incubation time on radiochemical purity of the labeled antibody was observed. Whereas, a clear evidence of direct influence of activity on radiochemical purity of the labeled antibody was observed when antibody mass was varied. After purification, the labeled product presented radiochemical purity of approximately 100 %. Product of superior radiochemical yield was observed when standard condition of labeling was used. The labeled product presented variation in radiochemical purity using five different stabilizer conditions. The condition in which gentisic acid was combined with freeze appears more suitable and capable of minimizing autoradiolysis of the antibody labeled with high therapeutic activity of iodine-131. The labeled product presented low immunoreactivity when compared to the literature. Biological distribution in normal Swiss mouse demonstrated high uptake of the labeled antibody in lungs, liver, and small intestine. The progressive loss of activity in blood indicates fast blood clearance of the labeled antibody that is eliminated through the kidney, in urine. The experimental data proved that mAb anti-CD20 can be securely labeled with high therapeutic activity of iodine-131 using Chloramine-T method. Radiochemical purity determined by chromatographic plates (ITLC-SG) proved to be appropriate, efficient, practical and simple. The purification method demonstrated to be appropriate and efficient for separating the labeled antibody from free iodine. The results of stability of the labeled antibody presented in this study suggest that the product can be transported and commercialized using the condition in which gentisic acid was combined with freeze. In vivo distribution of the labeled antibody shows to be compatible with integral antibody distribution, indicating good in vivo stability. Results obtained in this study confirmed the potential of the labeled product anti-CD20-{sup 131}I for radioimmunotherapy of non-Hodgkin lymphoma (NHL). (author)

  11. Soroprevalência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em bovinos e funcionários de matadouros da microrregião de Pato Branco, Paraná, Brasil Seroprevalence of anti-Toxoplasma gondii antibodies in cattle and slaughterhouse workers in the region of Pato Branco, Paraná, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heitor Daguer

    2004-08-01

    Full Text Available Visando avaliar a participação da carne bovina na epidemiologia da toxoplasmose, foram coletadas amostras de soro de 348 bovinos e de 64 funcionários em quatro matadouros da microrregião de Pato Branco, Estado do Paraná, Brasil. Os soros dos bovinos foram avaliados pela reação de imunofluorescência indireta (RIFI e apresentaram soropositividade (IgG em 41,4% das amostras examinadas. O título mais freqüentemente encontrado foi o de 64 (92,4%. Nenhum animal apresentou título superior a 1024. Não foram encontradas diferenças significativas em relação ao sexo, idade e procedência dos animais. Os soros humanos, avaliados pelos testes de RIFI e de ELISA (imunoensaio enzimático para IgG, apresentaram 67,2% e 84,4% de positividade, respectivamente. Não foram encontradas diferenças significativas com relação às variáveis idade, sexo, tempo de serviço no abatedouro, contato com gatos e hábito de ingerir carne crua ou mal cozida. Os resultados sugerem que a carne bovina pode desempenhar importante papel na manutenção da toxoplasmose na região.In order to determine the role of bovine meat in the epidemiology of toxoplasmosis, 348 serum samples were collected from cattle and 64 serum samples from slaughterhouse workers at four plants in the region of Pato Branco, Paraná state, southern Brazil. Cattle sera were examined by the indirect fluorescent antibody test (IFAT, showing an IgG-seropositivity of 41.4%. The most frequently titer found was 64 (92.4%. Maximum titer found was 1024. There was no significant difference concerning sex, age and origin of positive sera. Human sera were tested by the IFAT and enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA, showing 67.2% and 84.4% of IgG-seropositivity, respectively. No significant difference was observed between prevalences and age, sex, duration of employment at slaughterhouse, contact with cats and eating raw or undercooked meat. Results suggest that bovine meat may be a possible source of toxoplasmosis in the region.

  12. Soroprevalência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em trabalhadores de um matadouro de suínos e em indivíduos com outras atividades na cidade de Palmas, Paraná, Brasil Seroprevalence of anti-Toxoplasma gondii antibodies in workers of a swine slaughterhouse and in individuals with other activities in the city of Palmas, Paraná, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Riddell Millar

    2007-02-01

    Full Text Available O risco de infecção por Toxoplasma gondii em trabalhadores de um frigorífico de suínos em Palmas, Paraná, Brasil, foi estudado comparativamente a outros indivíduos que não mantinham contato com animais e suas carcaças. As 174 amostras de soros foram divididas em dois grupos: grupo 1 - funcionários de um matadouro-frigorífico de suínos (133 e grupo 2 - controle (41. No ato da coleta, todos os participantes responderam a um questionário epidemiológico com as seguintes variáveis: sexo, idade, contato com gatos e solo, hábito de ingerir carne crua ou mal cozida, embutidos crus e leite cru. Todas as amostras de soros foram submetidas aos testes ELISA (Enzyme linked immunosorbent assay e RIFI (Reação de imunofluorescência indireta - IgG anti-T. gondii; por sua vez, para IgM anti-T. gondii, foi utilizada a RIFI. Todos os 174 indivíduos eram IgM soro não-reagentes. No grupo 1, 48,1% eram IgG sororreagentes na RIFI e 58,6% na ELISA. No grupo 2, 39,0% eram IgG sororreagentes na RIFI e 51,2% na ELISA. Não foram observadas diferenças estatisticamente significativas entre os grupos 1 e 2 em todas as variáveis, com exceção de "contato com gatos", para o grupo 1, e de "ingestão de leite cru", para o grupo 2, que foram estatisticamente significativas. Os resultados sugerem que a manipulação de carcaças (cistos não deve ter sido o único mecanismo de infecção envolvido na alta freqüência de sororeagentes na população estudada, embora possa ter contribuído na transmissão do parasita como fator de risco, assim como o contato com solo contaminado ou com gatos (oocistos.The risk of Toxoplasma gondii infection in workers of a swine slaughterhouse in Palmas, Paraná, Brazil was compared to other individuals not exposed to these animals and its carcasses. The 174 serum samples were divided in two groups: group 1 - slaughterhouse workers (133, and group 2 - control (41. During blood sampling, workers answered an epidemiological questionnaire with the following variables: sex, age, contact with cats and soil, habit of eating raw or poorly cooked meat, sausages and raw milk. Serum samples were tested for IgG antibodies anti-T. gondii by enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA and indirect fluorescent antibody test (IFAT and to the investigation of IgM antibodies anti-T. gondii by IFAT. All the 174 individuals examined were not IgM reacting. In the first group, 48.1% were IgG seroreacting by IFAT and 58.6% by ELISA. In the second group, 39.0% were IgG seroreacting in the IFAT and 51.2%. by ELISA. No statistically significant difference was found between groups 1 and 2 among the majority of the variables, except for the "contact with cats" in group 1 and "raw milk ingestion" in group 2. The results suggest that ingestion of cysts as a consequence of carcass manipulation probably was not the only mechanism involved in the high frequency of reactive serum in the studied population, although it should have contributed in the transmission of the parasite as risk factor, as well as contact with contamined soil or with cats (oocysts.

  13. Study of the viability of technetium-{sup 99m} labeling of whole antimyosin antibody and its fragment: development of radiopharmaceutical for cardiac survey; Estudo da viabilidade da marcacao com tecnecio-99m do anticorpo antimiosina integro e seu fragmento: desenvolvimento de radiofarmaco para avaliacao cardiaca

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Carvalho, Guilherme Luiz de Castro

    2007-07-01

    In the acute myocardium infarction, the myocytes cell membrane loses its integrity, allowing the influx of extracellular macromolecules such as circulating antibody into the damaged cell. The use of the specific antibodies against cardiac myosin labeled with {sup 99m}Tc allows to determine the localization and extension of myocardial infarction. The purpose of this work was to study the viability of labeling of the antimyosin monoclonal antibody and its fragment F(ab')2 with {sup 99m}Tc. Because of the high cost of antimyosin antibody, others antibodies were used to optimize the methodology and the best condition was used for antimyosin antibody. The intact antibody was cleaved by pepsin to produce F(ab'){sub 2} fragment. The F(ab'){sub 2} and the intact antibody were reduced by treatment with Dithiothreitol (DTT) and 2-Mercaptoethanol (2-ME) and labeled with {sup 99m}Tc by direct method. Different concentrations of reductant, mixing conditions and incubation times were studied. In the standard condition, incubation at molar ratio 1:1000 (antibody:reducing agent) at room temperature for 30 minutes with continuous rotation (850 rpm), 13.28 - SH groups were formed per molecule. It was studied the influence of p H, of the concentration of stannous chloride (Sn{sup 2+}) and incubation time in the labeling condition. The better radiochemical yield (90.06 +- 1.53%) was obtained using 2.5 {mu}g of Sn{sup 2+} in p H 4.5 for 60 minutes. The labeling of the fragment F(ab'){sub 2} did not present satisfactory results because of the low yield of the digestion. After purification by PD-10, the biodistribution study was performed and showed that the intact antimyosin antibody labeled with {sup 99m}Tc presented fast kinetic compatible with the biodistribution of an intact antibody labeled with {sup 99m}Tc. Scintigraphy image of the animal with myocardial infarction was obtained and compared with the image of a normal animal. The studies allow to conclude that the use of fragment F(ab'){sub 2} are not viable, but the use of the labeled antimyosin antibody are promising. (author)

  14. Anticorpos anti-rickettsias do grupo da febre maculosa em equídeos e caninos no norte do Estado do Paraná, Brasil Anti rickettsia-antibody for spotted fever group in horses and dogs in the North of Paraná Stated, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.H. Otomura

    2010-06-01

    Full Text Available The Brazilian Spotted Fever (BSF is a zoonosis that can be fatal if not trteated. As there are few studies of the BSF in the Paraná State, the occurrence of BSF was serologically investigated in dogs and horses by indirect immunofluorescence assay (IFA, in the North of that State, in animals that are regarded as sentinels for BSF. A total of 241 samples of sera of equine, four of asinine, and 29 of dogs were collected in nine farms of three municipalities in the North of Paraná: Arapongas, Douradina, and Umuarama. From fifteen samples of equine serum with positive titres for RIFI, eight (53.3 % had titre of 64 against R. rickettsii, two (13.3 % 128 against R. rickettsii, and five (33.3 % were reactants for R. parkeri and R. rickettsii, with titres ranging from 64 to 2048, and 128 to 1024, respectively. The results showed that domestic animals, sentinels for BSF, are under low exposition to ticks infected with spotted fever group Rickettsia, indicating low risk of human infection by these agents in the studied area.

  15. Lower respiratory tract infection caused by respiratory syncytial virus in infants: the role played by specific antibodies Infecção por virus sincicial respiratório: o papel dos anticorpos séricos específicos

    OpenAIRE

    Vieira, Sandra E; Alfredo E. Gilio; Durigon, Edison L.; Bernardo Ejzenberg

    2007-01-01

    INTRODUCTION: Respiratory syncytial virus (RSV) is a major etiological agent of lower respiratory tract infection in infants. Genotypes of this virus and the role of the infants' serum antibodies have yet to be fully clarified. This knowledge is important for the development of effective therapeutic and prophylactic measures. OBJECTIVES: To evaluate the types and genotypes of RSV causing respiratory tract infection in infants, to analyze the association of subtype-specific serum antibodies wi...

  16. Prevalence of HTLV-I antibody among two distinct ethnic groups inhabiting the Amazon region of Brazil Prevalência do anticorpo HTLV-I em dois grupos étnicos distintos habitando a região da Amazônia Brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.M. Nakauchi

    1992-08-01

    Full Text Available HTLV-I seroprevalences of 3.63% (02/55, 12.19% (10/82 and 13.88% (10/72 were demonstrated among Tiryio, Mekranoiti and Xicrin Amazonian Indians, respectively, by the Western blotting enzyme assay (WBEI. By indirect immuno electron microscopy (IIEM, 2 Tiriyo, 9 Mekranoiti and 6 Xicrin Amerindians were reactive. Of 44 serum samples from Japanese immigrants, none reacted by any of the techniques before mentioned. One, 8 and 6 serum samples from Tiryio, Mekranoiti and Xicrin Indians, respectively, were both WBEI and IIEM positive. Our results strongly suggest that HTLV-I and/or an HTLV-I antigenic variant circulate (s among populations living in the Amazon region of Brazil.Soroprevalências para HTLV-I de 3,63% (02/55, 12,9% (10/82 e 13,88% (10/72 foram demonstradas entre os Tiryió, Mekranoiti e Xicrin, respectivamente - indígenas habitantes da Amazônia -, utilizando-se a técnica de "Western Blot" (WBEI. Por outro lado, a imunomicroscopia eletrônica indireta (IIME revelou como positivos 2 Tiryió, 9 Mekranoiti e 6 Xicrins. Das 44 amostras de soro oriundas de migrantes japoneses, nenhuma resultou positiva pelas duas técnicas antes mencionadas. Foram reativos por ambos os métodos, 1, 8 e 6 amostras dos índios Tiryió, Mekranoiti e Xicrin, respectivamente. Nossos resultados representam uma forte evidência de que o HTV-I e/ou variante(s antigenicamente similar(es circula(m entre populações que habitam a região amazônica do Brasil.

  17. Prevalence of HTLV-I antibody among two distinct ethnic groups inhabiting the Amazon region of Brazil Prevalência do anticorpo HTLV-I em dois grupos étnicos distintos habitando a região da Amazônia Brasileira

    OpenAIRE

    C.M. Nakauchi; Koshi Maruyama; L.I. Kanzaki; A. C. Linhares; V.N. Azevedo; Fukushima, T.; Miyauchi, M; Koshikawa, N.; C. Tamayama; S. Mochizuki; Kawamura, K.

    1992-01-01

    HTLV-I seroprevalences of 3.63% (02/55), 12.19% (10/82) and 13.88% (10/72) were demonstrated among Tiryio, Mekranoiti and Xicrin Amazonian Indians, respectively, by the Western blotting enzyme assay (WBEI). By indirect immuno electron microscopy (IIEM), 2 Tiriyo, 9 Mekranoiti and 6 Xicrin Amerindians were reactive. Of 44 serum samples from Japanese immigrants, none reacted by any of the techniques before mentioned. One, 8 and 6 serum samples from Tiryio, Mekranoiti and Xicrin Indians, respect...

  18. Avaliação de reagentes anti-D na detecção dos antígenos D fraco e D parcial Evaluation of anti-D reagents in the detection of weak D and partial D antigens

    OpenAIRE

    Clayton Barros; Márcia Otta; Valeria L. Wakim; Márcia Zaqueroni; Wilson Baleotti Júnior; Lilian Castilho

    2006-01-01

    Anti-soros monoclonais anti-D IgG e IgM têm sido produzidos para substituir os policlonais na determinação do antígeno D. No entanto, pouco se conhece a respeito da utilização destes reagentes na detecção dos antígenos RhD fraco e RhD parcial. Estudos moleculares e sorológicos que possam esclarecer a expressão do antígeno D são importantes para a seleção adequada dos reagentes anti-D utilizados na fenotipagem RhD. Foram analisados anti-soros anti-D monoclonais IgG e IgM quanto à capacidade de...

  19. Avaliação sorológica de vacinação anti-rubéola em dois educandários no Estado da Guanabara

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Genoveva von Hubingei

    1972-04-01

    Full Text Available 196 soros de crianças provenientes de dois educandários da Guanabara foram ensaiados quanto à presença de anticorpos para rubéola. através do teste de inibição de hemaglutinação. Apenas 24 crianças sem anticorpos foram encontradas e destas crianças susceptíveis um grupo foi vacinado com amostra Cendehill liofilizada do Lab. R.I.T. (Genval, Bélgica, sendo o outro grupo deixado como controle. Observou-se 100% de formação de anticorpos para rubéola no grupo vacinado. O alto nivel de anticorpos pré-vacinais encontrado sugere alta circulação do vírus cla rubéola em nosso meio.

  20. Serological surveillance on South American wild canids for Neospora caninum Sorologia para Neospora caninum em canídeos silvestres sul-americanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.B. Melo

    2002-08-01

    Full Text Available Esse trabalho objetivou pesquisar anticorpos para Neospora caninum em amostras de soro de canídeos silvestres sul-americanos pela técnica de imunofluorescência indireta (IFI. As amostras foram coletadas de 48 lobos-guará (Chrysocyon brachyurus, provenientes de zoológicos e de vida livre e de dois cachorros-do-mato (Cerdocyon thous. Anticorpos para N. caninum não foram detectados nas amostras testadas.

  1. Genetic structure of Neisseria meningitidis serogroup C epidemic strains in South Brazil Estrutura genética de cepas epidêmicas de Neisseria meningitidis sorogrupo C do Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio Tavares Sacchi

    1995-08-01

    .No presente estudo, nós reportamos os resultados de uma análise, baseada na sorotipagem, multilocus enzimático (MEE e ribotipagem de N. meningitidis sorogrupo C isoladas de paciente com doença meningocócica no Rio Grande do Sul (RS e Santa Catarina (SC, onde o Centro de Controle Epidemiológico do Ministério da Saúde detectou um aumento do número de casos de doença meningocócica (DM devido a este sorogrupo nos últimos 2 anos (1992-1993. Nós demonstramos que a DM devido a cepas de N. meningitidis sorogrupo C no RS e SC que ocorreram nos últimos 4 anos foi devido principalmente por um clone (ET 40, com isolados indistinguíveis por sorogrupo, sorotipo, subtipo e até por ribotipagem. Um pequeno número de casos que não foram devidos a cepas do ET 40 representaram um grupo geneticamente relacionado, que provavelmente é uma nova linhagem gerada do clone ET 40, referido como complexo ET 11 A. Nós também analisamos cepas de N. meningitidis sorogrupo C isoladas na grande São Paulo em 1976 como um grupo representativo do primeiro ano pós-epidêmico na região. A ribotipagem, bem como MEE, puderam fornecer informações sobre as características clonais das cepas isoladas no período pós-epidêmico e também no Sul do Brasil. As cepas de 1976 possuem mais similaridades com as cepas endêmicas atuais do que com as cepas epidêmicas (1992-1993 por ribotipagem, sensibilidade a sulfonamida e MEE. Em conclusão, sorotipagem com anticorpos monoclonais (C:2b:P1.3, MEE (complexo ET11 e ET11A e ribotipagem usando a enzima de restrição ClaI, foram úteis em caracterizar estas cepas epidêmicas de N. meningitidis relacionadas com o aumento da incidência da DM em diferentes estados do sul do Brasil. É muito provável que estas cepas de N. meningitidis sorogrupo C possuam pouca ou nenhuma correlação genética com as cepas epidêmicas sorogrupo C de 1971-1975. A similaridade genética dos membros do complexo ET 11 e ET 11A foram confirmadas por ribotipagem usando-se 3

  2. Quantification of B cells and T lymphocyte subsets in bovine leukemia virus infected dairy cowsQuantificação da população de linfócitos B e das subpopulações de linfócitos T em bovinos infectados pelo vírus da leucose enzoótica bovina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claúdia Regina Stricagnolo

    2012-08-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi avaliar a frequência e número absoluto de linfócitos B e das subpopulações de linfócitos T em bovinos infectados pelo vírus da leucemia bovina (BLV com distintos perfis leucocitários conhecidos como não leucêmicos (AL e com linfocitose persistente (LP. Deste modo, 15 animais foram selecionados e divididos uniformemente em três grupos (negativo, AL e LP. A infecção pelo vírus da BLV foi detectada por imunodifusão em ágar gel e por ensaio imunoenzimático. A quantificação das populações de linfócitos B e T foi determinada por citometria de fluxo utilizando anticorpos monoclonais. Os resultados do presente estudo apontaram para aumento da população de linfócitos B, e também das células CD5+ e CD11b+, que geralmente são alvo da infecção pelo vírus da BLV, nos animais com LP. Consequentemente pode-se observar redução da porcentagem de linfócitos T, T CD4+ no sangue periférico, e de linfócitos T, T CD4+ e T CD8+ nas células mononucleares do sangue periférico isoladas por gradiente de centrifugação. No entanto, nenhuma alteração no número absoluto de linfócitos T, T CD4+ e T CD8+ no sangue periférico foi encontrada nos animais manifestando LP. Entretanto, encontrou-se correlação alta e significativa entre o número absoluto de linfócitos T e T CD8+ e o número absoluto de linfócitos B no sangue periférico nos animais manifestando LP, não encontrando a mesma correlação com os linfócitos T CD4+. Além disso, não foram observadas correlações significativas entre o número absoluto de linfócitos T, T CD4+ e T CD8+ e o número absoluto de linfócitos B no sangue periférico nos animais AL e negativos.The aim of the present trial was to determine the frequencies and absolute number of B and T lymphocytes subpopulations in bovine leukemia virus (BLV-infected dairy cows with distinct lymphocyte profile known as non-leukemic (AL and persistent lymphocytosis (PL. Thus

  3. Caracterização imunofenotípica das células plasmáticas em pacientes portadores de mieloma múltiplo Immunophenotypic characterization of plasma cells in patients with multiple myeloma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Arthur Calheiros Leite

    2010-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO E OBJETIVO: O mieloma múltiplo (MM é uma doença maligna incurável caracterizada pela proliferação de um único clone de plasmócitos na medula óssea. O objetivo deste estudo foi avaliar a frequência e o valor prognóstico da expressão dos fenótipos aberrantes em pacientes com MM por meio de citometria de fluxo multiparamétrica. MÉTODOS: O estudo foi realizado no Hospital São Paulo/Disciplina de Hematologia e Hemoterapia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP, sendo analisados de maneira prospectiva 30 pacientes portadores de MM ao diagnóstico. Na tentativa de identificar as células mielomatosas por citometria de fluxo (FACScalibur, BD, foram utilizados anticorpos monoclonais anti-CD138, anti-CD38, anti-CD45 específicos para seleção dos plasmócitos. O grupo controle consistiu em quatro doadores saudáveis de medula óssea. RESULTADOS: Todos os plasmócitos mielomatosos expressaram pelo menos um fenótipo aberrante, e CD56+++, CD117++, CD33++, CD13++, CD28++ foram os marcadores mais frequentes, observados em 88% dos pacientes. Os marcadores linfoides foram encontrados nos casos com maior número de fenótipos aberrantes. DISCUSSÃO: Os antígenos CD56+++ e CD28++ apresentaram altos níveis de β2-microglobulina, sendo estes associados a estágios mais agressivos da doença e maior massa tumoral. A ausência da molécula de adesão CD56 foi relacionada com altos níveis de β2M e de cálcio iônico, mostrando que este achado pode ter valor prognóstico. CONCLUSÃO: A partir deste estudo concluiu-se que os fenótipos aberrantes estão presentes na maioria dos casos de MM e que a imunofenotipagem por citometria de fluxo multiparamétrica é uma boa ferramenta para distinguir células plasmáticas normais dos plasmócitos mielomatosos.INTRODUCTION AND OBJECTIVE: Multiple myeloma is an incurable malignancy characterized by the proliferation of a single clone of plasma cells in bone marrow. The aim of this study

  4. Comparative pathogenicity of bovine herpesvirus 1 (BHV-1 subtypes 1 (BHV-1.1 and 2a (BHV-1.2a Avaliação comparativa da patogenicidade de herpesvírus bovinos tipo 1 (BHV-1 subtipos 1 (BHV-1.1 e 2a (BHV-1.2a

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Rosado Spilki

    2004-03-01

    prevalentes no Brasil. Os subtipos das amostras foram confirmados por análises com anticorpos monoclonais e com enzimas de restrição. As amostras foram inoculadas por via intranasal em sete bezerros de três meses de idade (quatro com BHV-1.1, três com BHV-1.2a, soronegativos para BHV-1, sendo outros três animais mantidos como controles não infectados. Nos dois grupos de animais inoculados, os sinais clínicos observados foram consistentes com o quadro de rinotraqueíte infecciosa bovina (IBR, incluindo febre, apatia, anorexia, descargas mucopurulentas nasais e oculares, conjuntivite, erosões e hiperemia na mucosa nasal, dispnéia, tosse, estridor traqueal e aumento dos linfonodos retrofaríngeos, submandibulares e cervicais. Não foram observadas diferenças significativas entre os escores clínicos atribuídos aos animais nos dois grupos. Igualmente, foram similares as quantidades de vírus re-isoladas dos animais infectados, à exceção de uma diferença significativa na disseminação de vírus pelas secreções nasais, a qual foi maior nos animais infectados com BHV-1.1 nos dias 1 a 3 pós-inoculação. Após reativação induzida por corticosteróides, foi observado recrudescimento dos sinais clínicos, os quais foram também similares em ambos os grupos. Em conclusão, as amostras de BHV-1 dos subtipos 1 e 2a não apresentaram diferenças significativas em sua patogenicidade sobre o trato respiratório nos animais inoculados, tanto após a infecção primária como após a reativação.

  5. Effect of esophagogastric devascularization with splenectomy on schistossomal portal hypertension patients' immunity Efeito da cirurgia de desconexão ázigo-portal com esplenectomia na imunidade de doentes com hipertensão portal esquistossomótica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Gonçalves Ferreira

    2007-03-01

    Serviço de Fígado e Hipertensão Portal da Santa Casa de São Paulo. Envolvendo a esplenectomia, os riscos infecciosos e alterações imunológicas imputados a ela têm importância significativa. A esplenectomia subtotal e o auto-implante esplênico foram alternativas descritas para minimizar as conseqüências da esplenectomia nesses doentes. OBJETIVO: Avaliar o estado imunológico dos esquistossomóticos hepatoesplênicos e qual a alteração imunológica imposta pelo procedimento nesses doentes. MÉTODO: Vinte e oito esquistossomóticos com hipertensão portal e episódio hemorrágico varicoso foram estudados prospectivamente antes, 15 e 30 dias e 3 e 6 meses após a desconexão ázigo-portal com esplenectomia. Realizou-se contagem de linfócitos T, B, células CD4+ e CD8+ através de anticorpos monoclonais e dosagem das imunoglobulinas A, M, G e frações C3 e C4 do sistema complemento por imunodifusão radial. RESULTADOS: Obteve-se diminuição importante de todas as células, aumento de IgG e níveis normais de IgM, IgA, C3 e C4 no pré-operatório. A relação CD4+/CD8+ foi normal. Seis meses após a cirurgia, houve aumento significativo do número de linfócitos T, CD4+, CD8+ e linfócitos B. A relação CD4+/CD8+ manteve-se normal, sem variação. Houve aumento significativo nos níveis de C3. IgA, IgM, IgG e C4 também aumentaram, mas sem diferença significativa. CONCLUSÃO: Os linfócitos T, suas subpopulações CD4+ e CD8+, e os linfócitos B estão diminuídos no pré-operatório. Decorridos 6 meses da desconexão ázigo-portal com esplenectomia houve aumento do número de linfócitos T, das subpopulações CD4+ e CD8+, e dos linfócitos B. Após a desconexão ázigo-portal com esplenectomia não houve alteração das dosagens de imunoglobulinas nem diminuição do sistema complemento.

  6. Familial cancer: depressed NK-cell cytotoxicity in healthy and cancer affected members Câncer familiar: depressão da atividade citotóxica de células natural killer em indivíduos sadios e pacientes com diferentes tipos de câncer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Terezinha C.B. Montelli

    2001-03-01

    ônica, osteoblastoma, melanoma e carcinomas gástrico, pancreático e cólon retal. Quinze membros dessa família foram estudados, sendo 13 sadios, acompanhados por 5 anos e dois com câncer: glioblastoma e leucemia mielóide crônica. Duas pessoas sadias, no momento da avaliação, desenvolveram posteriormente osteoblastoma mandibular ou melanoma maligno. Como controle, foram avaliados 19 indivíduos saudáveis de faixa etária equivalente. A determinação de linfócitos T CD3+ e de suas subpopulações CD4+ e CD8+ foi realizada empregando-se anticorpos monoclonais e a atividade citotóxica de células NK, avaliada pelo teste de single-cell contra células alvo da linhagem eritroleucêmica K562. Os resultados mostraram que as percentagens de células T totais (CD3+, da subpopulação CD4+ e da relação CD4/CD8 foram significativamente menores nos indivíduos da família estudada em comparação aos valores observados no grupo controle. Em todos os membros dessa família a percentagem de formação de conjugados entre células NK-células alvo foi inferior ao valor mínimo observado nos controles. Essa alteração poderia estar relacionada a defeito na expressão de moléculas de adesão, presentes na membrana de células NK, como provável causa das alterações funcionais dessas células. A herança dos mecanismos determinantes desta deficiência pode ser um fator de risco, com valor prognóstico para o desenvolvimento de cancer.

  7. Correlação entre o padrão de expressão tecidual e os valores séricos do antígeno carcinoembrionário em doentes com câncer colorretal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Augusto Real Martinez

    2006-03-01

    Full Text Available A correlação entre diferentes padrões de expressão celular do CEA e a quantificação sérica do antígeno é assunto controvertido. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi verificar se o padrão de distribuição tecidual do CEA no carcinoma colorretal, se correlaciona com seus níveis séricos. MÉTODO: Estudaram-se 24 pacientes portadores de adenocarcinoma colorretal, com média de idade de 62,6 anos. A mensuração sérica foi realizada por quimioluminescência. No estudo do padrão de distribuição tecidual empregou-se método imunoistoquímico com a técnica da estreptavidina-biotina peroxidase, utilizando anticorpos monoclonais anti-CEA. O padrão de expressão tecidual foi classificado em apical, citoplasmático e estromal, segundo a localização predominante do CEA. A intensidade da imunoexpressão foi classificada em leve, moderada e forte. Empregou-se o teste de Mann-Whitney na comparação dos níveis de CEA sérico, segundo o padrão de distribuição tecidual e o grau histológico do tumor, o teste de Kruskal-Wallis para análise de variância e o teste de Spearman para avaliação da correlação entre as variáveis estudadas, adotando-se nível de significância de 5% (pThe correlation between different cell expression patterns of CEA and the quantities of this antigen in serum is still a controversial subject. OBJECTIVE: The objective of the present study was to verify whether there is a correlation between the distribution pattern of CEA in the neoplastic tissue and CEA levels in serum. METHOD: Twenty-four patients with colorectal cancer were studied. Their mean age was 62.6 years. The measurement of CEA in serum was done by quimioluminiscence technique. To study the tissue expression pattern, the immunohistochemical method with the streptavidin-biotin peroxidase technique was utilized with the use of anti-CEA monoclonal antibodies. The tissue expression pattern was classified as apical, cytoplasmic or stromal

  8. Tumor-infiltrating CD4+ T lymphocytes in early breast cancer reflect lymph node involvement Linfócitos T CD4+ tumor infiltrantes no câncer de mama inicial refletem envolvimento linfonodal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Henrique Macchetti

    2006-06-01

    élulas tumorais para os linfonodos axilares. MÉTODOS: Amostras tumorais de 23 pacientes com câncer de mama inicial do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP foram obtidas no momento da biópsia e depois submetidas ao método de digestão enzimática para a extração dos linfócitos tumor infiltrantes. Os linfócitos extraídos foram analisados por citometria de fluxo com anticorpos monoclonais nas seguintes combinações: CD3 FITC/CD19 PE, CD3 FITC/CD4 PE, CD3 FITC/CD8 PE, e CD16/56 PerCP, específicos para imunofenotipagem de linfócitos T e B, linfócitos T helper, linfócitos citotóxicos, e células Natural Killer. Os valores médios destas subpopulações leucocitárias foram comparados entre grupos de pacientes com ou sem metástases linfonodais. RESULTADOS: O valor médio do infiltrado por linfócitos T foi 24,72±17,37%, para o infiltrado por linfócitos B foi 4,22±6,27%, e para o infiltrado por células Natural Killer foi 4,41±5,22%, e para o infiltrado por linfócitos T CD4+ e CD8+ foram, respectivamente, 12,43±10,12% e 11,30±15,09%. Os valores médios do infiltrado por células T e T CD4+ foram maiores no grupo de pacientes com metástase axilar, enquanto nas outras subpopulações nada foi encontrado. CONCLUSÃO: A associação dos linfócitos T CD4+ tumor infiltrantes com metástases linfonodais sugere um papel destas células na disseminação das células neoplásicas aos linfonodos dos pacientes com câncer de mama inicial.

  9. Caracterização preliminar de amostras do vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV isoladas no Brasil Preliminary characterization of brazilian isolates of bovine viral diarrhea virus (BVDV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia A. Botton

    1998-04-01

    Full Text Available O presente artigo relata a caracterização inicial de 19 amostras do vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV isoladas no Brasil, com relação a aspectos biológicos, antigênicos e moleculares. Onze amostras foram isoladas de fetos bovinos, seis foram obtidas do sangue de animais clinicamente saudáveis de rebanhos com problemas reprodutivos e duas amostras foram isoladas de casos clínicos de enfermidade gastrentérica. Os casos de doença entérica afetaram animais jovens e cursaram com diarréia, às vezes sanguinolenta, erosões e ulcerações na mucosa oronasal e do trato digestivo, e eventualmente hemorragias digestivas e petéquias na vulva. Dezesseis amostras (84,2%, incluindo aquelas isoladas de fetos e dos casos clínicos, pertencem ao biotipo não-citopático (ncp. A replicação de outras três amostras (15,8%, foi caracterizada pelo aparecimento de vacuolização e destruição progressiva do tapete celular. A análise das amostras que produziram citopatologia, após clonagem, revelou tratar-se de populações mistas composta de vírus citopáticos (cp e não-citopáticos. A análise de polipeptídeos virais através de SDS-PAGE seguida de "Western-immunoblot" revelou a produção da proteína não-estrutural NS3/p80 em células infectadas com as amostras cp. Em contraste, não se evidenciou a geração da NS3/p80 em células infectadas com as amostras ncp que produziram apenas o polipeptídeo precursor NS23/p125. A subsequente análise de reatividade frente a um painel de 15 anticorpos monoclonais (AcMs revelou uma diversidade antigênica marcante entre os isolados, sobretudo na glicoproteína E2/gp53. Embora um AcM contra essa glicoproteína reagiu com 18 isolados (94,7%, outros nove AcMs anti-E2/gp53 reconheceram entre zero e 57,9% das amostras brasileiras. A grande variabilidade antigênica detectada entre as amostras brasileiras do BVDV pode ter importantes implicações para o diagnóstico e estratégias de controle e imuniza

  10. Análise antigênica e molecular de amostras citopáticas do vírus da diarréia viral bovina Antigenic and molecular analysis of cytopathic isolates of bovine viral diarrhea virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Luiz Tobias

    2000-03-01

    Full Text Available Sete amostras citopáticas do vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV isoladas de casos clínicos e do sangue de bezerros de rebanhos com problemas reprodutivos foram analisadas. Todas as amostras caracterizadas possuíam uma mistura de vírus citopáticos (cp e não-citopáticos (ncp, que foram clonados biologicamente, originando populações puras de vírus de cada biotipo. Os clones cp e ncp obtidos foram caracterizados antigenicamente com um painel de anticorpos monoclonais (MAbs e quanto à expressão da proteína não-estrutural NS3. A análise de reconhecimento pelos MAbs revelou dois padrões de reatividade: 1. Em cinco casos, os vírus cp e ncp de uma mesma amostra mostraram-se antigenicamente muito semelhantes entre si, indicando tratar-se de verdadeiros "pares" de vírus, nos quais o vírus cp origina-se do ncp através de mutações ou recombinações; 2. Duas amostras, no entanto, continham vírus cp e ncp com diferenças antigênicas consideráveis entre si. A análise de polipeptídeos não-estruturais das amostras ncp através de Western immunoblot revelou uma única banda de reatividade, de massa aproximada de 125kDa, correspondente à proteína nãoestrutural NS23. As amostras cp expressaram, além da NS23, um polipeptídeo de massa aproximada de 80kDa, correspondente à NS3. Duas amostras cp apresentaram diferenças na migração da NS23. Uma amostra apresentou a NS23 com massa menor do que 125kDa, enquanto outra amostra apresentou duas bandas de reatividade, com massas menor e maior que a NS23 dos demais vírus, respectivamente. Esses resultados confirmam achados anteriores de que amostras de campo citopáticas do BVDV geralmente possuem vírus dos dois biotipos e que o fenótipo citopático está associado à expressão da proteína NS3. O isolamento de amostras citopáticas do sangue de animais clinicamente normais e de um feto, no entanto, demonstra que a ocorrência de vírus cp não se restringe à casos da Doença das

  11. Investigação da LMP1 do EBV e a coinfeçcão do HPV em lesões genitais de pacientes infectados ou não pelo HIV Investigation of the LMP1 EBV and co-infection by HPV in genital lesions of patients infected or not by HIV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Resende Rodrigues

    2010-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Vários estudos têm demonstrado associação do vírus Epstein-Barr (EBV com neoplasias malignas, inclusive genitais, em que o papilomavírus humano (HPV é o principal vírus associado às neoplasias epiteliais benignas e malignas. OBJETIVO: Investigar a presença do EBV e do HPV em lesões genitais de ambos os sexos, em pacientes soropositivos (grupo A ou não (grupo B para o vírus da imunodeficiência humana (HIV. MATERIAL E MÉTODO: Selecionados 126 pacientes e 135 lesões anogenitais, sendo 67 pacientes (53% e 75 lesões (56% no grupo A e 59 pacientes (47% e 60 lesões (44% no grupo B, para análise imuno-histoquímica (IHQ por meio dos anticorpos monoclonais antiproteína latente de membrana 1 (LMP1 e HPV (DAKO®. RESULTADOS: A análise mostrou que o número total de lesões com imunopositividade para o HPV e para a LMP1 foi maior no grupo A (32 e 35, respectivamente quando comparado ao B (16 e seis, respectivamente. A análise estatística (nível de significância de 5% mostrou que as proporções para o HPV não são estatisticamente significativas (z = 1,93; valor p = 0,053. Entretanto, para a LMP1, a diferença (47% no grupo A e 10% no B é significativa (z = 4,60; valor p = 4,2×10-6. Do mesmo modo, a associação HPV-LMP1 (21% no grupo A e 7% no B também mostrou diferença estatisticamente significativa (z = 2,38; valor p = 0,017. CONCLUSÃO: Esses resultados indicam a possibilidade de sinergismo da infecção pelo EBV e a coinfecção EBV-HPV em lesões epiteliais genitais, particularmente em pacientes soropositivos para o HIV. Entretanto, investigações com metodologia de maior especificidade e sensibilidade são necessárias para a verificação da real participação do EBV na patogênese de lesões epiteliais genitais.INTRODUCTION: Several studies have demonstrated the association between Epstein-Barr virus (EBV and malignant neoplasias, including genital lesions, in which the human papillomavirus (HPV is the

  12. Enzyme linked immunosorbent assay for rubella antibodies: a simple method of antigen production. A preliminary report Reação imunoenzimática (ELISA para detecção de anticorpos contra o vírus da Rubéola: um método simples de produção de antígeno. Nota prévia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanda Akico Ueda Fick de Souza

    1995-08-01

    Full Text Available A simple method of rubella antigen production by treatment with sodium desoxycholate for use in enzyme immunoassay (IMT-ELISA is presented. When this assay was compared with a commercial test (Enzygnost-Rubella, Behring, in the study of 108 sera and 118 filter paper blood samples, 96.9% (219/226 overall agreement and correlation coefficient of 0.90 between absorbances were observed. Seven samples showed discordant results, negative by the commercial kit and positive by our test. Four of those 7 samples were available, being 3 positive by HI.Um método simples de produção de antígeno de vírus da rubéola, por extração com desoxicolato de sódio para aplicação no ensaio imunoenzimático, IMT-ELISA, é apresentado. Este ensaio comparado com ELISA comercial (Enzygnost-Rubella, Behring, no estudo de 108 soros e 118 amostras de papel de filtro apresentou 96,9% (219/226 de concordância e um coeficiente de correlação de 0,90 entre as absorbâncias. Sete amostras apresentaram resultados discordantes, negativos pelo ensaio comercial e positivos pelo IMT-ELISA. Destas, 4 foram testadas por RIH, observando-se positividade em 3.

  13. Padronização de ensaio imunoenzimático para pesquisa de anticorpos das classes IgM e IgG anti-Toxoplasma gondii e comparação com a técnica de imunofluorescência indireta Standardization of enzyme-linked immunosorbent assay ELISA to detect anti-Toxoplasma gondii IgM and IgG antibodies, and comparison with the indirect immunofluorescence technique

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Maria Antunes Uchôa

    1999-12-01

    Full Text Available A sorologia tem sido o método de escolha para o diagnóstico da toxoplasmose. Devido a isto, padronizamos um ensaio imunoenzimático (ELISA e comparamos seus resultados com a técnica de imunofluorescência indireta (IFI. A técnica padronizada apresentou na pesquisa de IgG sensibilidade (S de 96,7% e especificidade (E de 75%, com valor de predição de positividade (VPP de 83,3% e de negatividade (VPN de 94,7%, com uma concordância ajustada (K de 73,5%. A IFI apresentou S de 83,8%, E de 79,1% com VPP de 83,8 % e VPN de 79,1% com K de 63%. A concordância bruta entre os dois testes (ELISA/IFI foi de 88,3% para pesquisa de IgG e de 81,5% para pesquisa de IgM, sendo o K de 70,8% para IgG e de 1,3% para IgM, sendo o índice de correlação (r de 0,556 para IgG e de -0,023 para IgM. Podemos concluir que a ELISA-IgG padronizada é indicada nos processos de triagem sorológica, sendo a ELISA-IgM desaconselhada uma vez que apresentou baixos índices de concordância ajustada com a técnica de referência, sugerindo pouca confiabilidade dos resultados.Serology has been the most popular method to diagnose toxoplasmosis. Accordingly, this study standardizes an enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA and compares its results with the IFI technique. In the IgG detection test, the standardized technique presented a sensibility (S of 96.77%, a specificity (SP of 75%, with a positive predictive value (PPV of 83.33%, a negative predictive value (NPV of 94.74%, and an adjusted concordance (K of 73.50%. The IFI exhibited 83.87% for S, 79.16% for SP, 83.81% for PPV, 79.16% for NPV, and 63% for K. The rough concordance between these two tests (ELISA/IFI was 88.35% for the IgG detection test and 81.55% for the IgM detection test. K was 70.82% and 1.31% for IgG and IgM, respectively, the correlation index (r being 0.556 for IgG and -0.023 for IgM. We can conclude that standardized ELISA-IgG is indicated in serologic selection processes, whereas the ELISA-IgM is not recommended for presenting low values for the adjusted concordance with the reference technique, which suggests not very reliable results.

  14. Frequência de anticorpos e fatores de risco para a infecção pelo vírus da diarreia viral bovina em fêmeas bovinas leiteiras não vacinadas na região Amazônica Maranhense, Brasil Frequency of antibodies and risk factors of bovine viral diarrhea virus infection in non-vaccinated dairy cows in the Maranhense Amazon region, Brazilfonte 10

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nancyleni Pinto Chaves

    2010-06-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo determinar a frequência e os fatores de risco para a infecção pelo vírus da diarreia viral bovina (BVDV em fêmeas bovinas leiteiras na região amazônica maranhense. Amostras de soro de animais não vacinados contra o BVDV e provenientes de 40 propriedades foram submetidas à técnica de ELISA indireto. Em cada propriedade avaliada, aplicou-se ainda um questionário epidemiológico para investigar os fatores de risco que poderiam estar associados à infecção pelo vírus. As amostras foram coletadas de animais que apresentavam ou não sinais clínicos sugestivos da infecção pelo BVDV. Das 400 amostras de soro analisadas, 61,5% (n=246 foram reagentes com a detecção de bovinos sorologicamente positivos em 95% (n=38 das propriedades. Dentre os fatores de risco avaliados, produção de leite (1-5L, ausência de assistência veterinária, uso de monta natural e monta natural associada à inseminação artificial apresentaram significância estatística (PThis study was performed in order to determine the frequency of bovine viral diarrhea virus (BVDV, and the main factors related to the frequency of the infection in dairy cows not vaccinated against BVDV from Maranhense Amazon region. Serum samples were submitted to an indirect ELISA test for detection of BVDV antibodies. An epidemiological questionnaire was applied for each herd to investigate variables that could beassociated with this infection. Serum samples were collected from 40 farms, with or without clinical signs of BVDV infection. From 400 serum samples examined, 61.5% (n=246 in 95% (n=38 of the herds were positive for ELISA. Variables identified as risk factors such as milk production (1-5L, absence of veterinary assistance, use of natural breeding or natural breeding associated with artificial insemination. These risk factors presented statistical significance (P<0.05 associated to BVDV infection. These results indicate that BVDV infection is high in the studied region and that factors related to the herd characteristic and management were associated with the risk of infection by BVDV.

  15. Avaliação sorológica para detecção de anticorpos anti-Leishmania em cães e gatos no bairro de Santa Rita de Cássia, Município de Barra Mansa, Estado do Rio de Janeiro Serological evaluation for detection of anti-Leishmania antibodies in dogs and cats in the district of Santa Rita de Cássia, municipality of Barra Mansa, State of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Borges Figueiredo

    2009-04-01

    Full Text Available A partir de um caso canino de leishmaniose tegumentar americana na localidade de Santa Rita de Cássia, município de Barra Mansa, Rio de Janeiro, foi realizado um inquérito sorológico em 177 cães e 43 gatos. Na avaliação das amostras de soros caninos, 10% foram positivos na reação de imunofluorescência indireta e 10,7% no ensaio imunoenzimático. Entre as amostras de soros felinos testados, nenhum animal foi positivo na reação de imunofluorescência indireta e apenas um (2,4% felino apresentou reação positiva ao ensaio imunoenzimático. A detecção de Leishmania braziliensis, autóctone em Barra Mansa, faz um alerta para a instalação de um possível foco de leishmaniose tegumentar americana nessa região.From a canine case of american cutaneous leishmaniasis in the locality of Santa Rita de Cássia, municipality of Barra Mansa, Rio de Janeiro, a serological survey was performed on 177 dogs and 43 cats. Evaluation of the canine serum samples showed that 10% had a positive reaction in the indirect immunofluorescence test and 10.7% in the enzyme-linked immunosorbent assay. Among the feline serum samples tested, none of the animals had a positive reaction in the indirect immunofluorescence test and only one (2.4% showed a positive reaction in the enzyme-linked immunosorbent assay. The detection of an autochthonous case of Leishmania braziliensis in Barra Mansa gives warning that a focus of american cutaneous leishmaniasis is possibly becoming established in this region.

  16. Evaluation of antibodies production against Borrelia burgdorferi in cattle submitted to rBm86 protein Boophilus microplus tick immunization and associated challenges influence Avaliação da produção de anticorpos anti Borrelia burgdorferi em bovinos submetidos à imunização com proteína rBm86 de carrapato Boophilus microplus e influência dos desafios associados

    OpenAIRE

    Márcia Mayumi Ishikawa; Adivaldo Henrique Fonseca; Natalino Hajime Yoshinari; Ana Luiza Alves Rosa Osório

    2003-01-01

    IgG antibodies production against Borrelia burgdorferi in immunized cattle with rBm86 protein from Boophilus microplus was evaluated as well as the influence of the association between immunizations and stress through indirect ELISA test during one year. In the present study there was no influence of the isolated challenged used on the production of IgG antibodies against B. burgdorferi. The rBm86 immunogen did not cause significant oscillation in the production of IgG antibodies against B. b...

  17. Trombose coronariana como primeira complicação da aíndrome antifosfolípide

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Henrique Miranda

    2012-04-01

    Full Text Available A síndrome do anticorpo antifosfolípide (SAF é uma trombofilia autoimune, caracterizada pela presença de anticorpos plasmáticos contra fosfolípides, associada a episódios recorrentes de trombose venosa e/ou arterial e morbidade gestacional (especialmente abortamento de repetição. Reportamos o caso de uma paciente feminina, jovem, com diagnóstico de lúpus eritematoso sistêmico (LES, associado à presença de anticorpos antifosfolípide de longa data, com apresentação de infarto agudo do miocárdio (IAM por trombose proximal da artéria descendente anterior como primeira complicação clínica da SAF.

  18. Chinese tomato yelIow Ieaf curl virus- a new species of geminivirus.

    Science.gov (United States)

    Liu, Y; Cai, J; Li, D; Qin, B; Tian, B

    1998-08-01

    Chine tomato yellow leaf curl virus (TYLCV-CHI) and other geminiviruses were analysed with 20 monoclonaI antibodies. It was shown that TYLCV-CHI is serclogicaIly close to Chinese tabacco Ieaf curl virus (TbLCV-CHI). The fragment of TYLCV-CHI DNA including the common region (CR), N-terminal of coat protein gene and AV1 gene was amplified by PCR and cloned, and its DNA sequence was determined. These raults showed that TYLCV-CHI is different from other known geminiviruses in the world, and is a new whitefly-transmitted gerninivirus.

  19. Herpesvírus bovino tipo 1 (HVB 1): inquérito soro-epidemiológico no rebanho leiteiro do estado do Rio Grande do Sul, Brasil Bovine herpesvirus type 1 (BHV 1): an epidemiological survey in the dairy herd of Rio Grande do Sul state, Brazil

    OpenAIRE

    Luciane Teresinha Lovato; Rudi Weiblen; Fernando Luiz Tobias; Mauro Pires Moraes

    1995-01-01

    Soros de 7956 bovinos leiteiros foram testados pela técnica de soro-neutralização para determinar a prevalência de anticorpos contra o Herpesvírus Bovino Tipo 1 (HVB 1). As amostras provinham de 99 municípios do Estado do Rio Grande do Sul. Os municípios foram agrupados em nove bacias leiteiras conforme critérios da Cooperativa Central Gaúcha de Leite (CCGL). A prevalência de anticorpos encontrada foi de 18,8%. Dos 99 municípios testados 91 (91,9%) apresentaram pelo menos um animal positivo e...

  20. Miastenia grave familiar: relato de caso em gêmeas idênticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elza Dias-Tosta

    1989-06-01

    Full Text Available Trata-se do sétimo relato da literatura mundial de casos de miastenia gravis em gêmeos homozigóticos em que ambos são acometidos. O homozigotismo foi provado com certeza por estudo de HLA e a forma adquirida da doença foi provada por determinação de níveis elevados de anticorpos anti-receptor de acetilcolina, havendo também níveis elevados de anticorpos antimúsculo estriado, sem outras evidências de timoma.

  1. Miastenia grave familiar: relato de caso em gêmeas idênticas

    OpenAIRE

    Elza Dias-Tosta; Maria de Fátima Machado Aguiar; Hamilton Barbosa; Suzete Silva Leme Vilela

    1989-01-01

    Trata-se do sétimo relato da literatura mundial de casos de miastenia gravis em gêmeos homozigóticos em que ambos são acometidos. O homozigotismo foi provado com certeza por estudo de HLA e a forma adquirida da doença foi provada por determinação de níveis elevados de anticorpos anti-receptor de acetilcolina, havendo também níveis elevados de anticorpos antimúsculo estriado, sem outras evidências de timoma.

  2. Miastenia grave induzida por D-penicilamina em paciente com esclerose sistêmica progressiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo E. Marchiori

    1984-12-01

    Full Text Available Relato de caso de miastenia grave induzida por D-penicilamina. São descutidos os possíveis mecanismos etiopatogênicos envolvidos no desencadeamento da doença e é salientada a presença de anticorpo anti-receptor de acetilcolina e hiperplasia tímica na DPA-MG.

  3. Miastenia grave induzida por D-penicilamina em paciente com esclerose sistêmica progressiva

    OpenAIRE

    Paulo E. Marchiori; Milberto Scaff; Wilson Cossermelli; J. Lamartine de Assis

    1984-01-01

    Relato de caso de miastenia grave induzida por D-penicilamina. São descutidos os possíveis mecanismos etiopatogênicos envolvidos no desencadeamento da doença e é salientada a presença de anticorpo anti-receptor de acetilcolina e hiperplasia tímica na DPA-MG.

  4. Estudo sorológico de infecções experimentais por Trypanosoma evansi, em cobaias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Cristina Goulart de Oliveira

    1989-04-01

    Full Text Available Comparamos os métodos de Imunofluorescência Indireta (IFI, Imunodifusão Radial Dupla e Aglutinação, para a pesquisa de anticorpos em soros, na tripanossomíase experimental por Trypanosoma evansi, em cobaias. Foram obtidas 20 amostras de soro correspondentes às 4 primeiras semanas de infecção. A IFI foi positiva em apenas 6 animais, com títulos variando de 1:4 a 1:16. Os títulos mais altos foram observados na 3ª semana pós-infecção. Anticorpos aglutinantes foram observados a partir da 1ª semana pós-infecção e, após a 2ª semana, todos os animais apresentaram reação de aglutinação positiva, com títulos variando de 1:8.000 a 1:250.000. O tratamento dos soros com 2-Mercapto-etanol inibiu a reação de aglutinação, sugerindo ser IgM a principal classe dos anticorpos presentes no soro dos animais infectados. Não se constatou a presença de anticorpos precipitantes durante todo o curso da infecção.

  5. Decay of antibody isotypes against early developmental stages of Schistosoma mansoni after treatment of schistosomiasis patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herminia Yohko KANAMURA

    1997-09-01

    Full Text Available Antibodies to a number of parasite antigens are found in schistosomiasis patients, and antibodies to early developmental stages were demonstrated to be efficient immunologic markers for the diagnosis of schistosomiasis. In the present study, decay patterns of IgM and IgG antibodies against cercariae and schistosomula were investigated, in comparison to antibodies against worms and eggs in schistosomiasis patients after chemotherapy, for an investigation of seroepidemiologic aspects. Data obtained in the study of 359 serum samples from patients with Schistosoma mansoni infection, noninfected individuals, and patients followed-up for a period of 12 to 15 months after treatment provided the basis to postulate a general pattern for the kinetics of antibody decay. Before treatment, the antibody pattern was represented by a unimodal curve, which shifted to a bimodal curve after treatment, and ended with a unimodal curve similar to that for the noninfected group. Different types of antibodies were classified into four categories according to their decay features, and anti-schistosomulum IgM was classified into the moderate-decay caterogy, whereas other antibodies to early parasite stages were classified into the slow-decay category. The present methodology permits the identification of the most suitable antibodies to be detected in field control programs for schistosomiasis or other parasitosesEm pacientes com esquistossomose, são encontrados anticorpos contra grande número de antígenos parasitários, e aqueles contra formas evolutivas jovens do parasita demonstraram que eram eficientes marcadores imunológicos para o diagnóstico da esquistossomose. Padrões de queda de anticorpos IgM e IgG contra cercária e esquistossômulo foram aqui estudados, comparativamente aos dos anticorpos contra verme e ovo, em pacientes esquistossomóticos após quimioterapia, abordando aspectos soroepidemiológicos. Dados obtidos no estudo de 359 amostras de soros

  6. Pesquisa de anticorpos contra Leptospira spp. em animais silvestres e em estado feral da região de Nhecolândia, Mato Grosso do Sul, Brasil: utilização da técnica de imuno-histoquímica para detecção do agente Investigation of antibodies to Leptospira spp. in wild and feral animals from the region of Nhecolândia, Mato Grosso do Sul, Brazil: use of the immunohistochemistry technique for the agent detection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raul José Silva Girio

    2004-02-01

    Full Text Available Foram examinadas 315 amostras de soros sangüíneos de diversas espécies de animais que vivem em estado feral ou silvestre na região de Nhecolândia, Corumbá, MS, por meio da prova de soroaglutinação microscópica para leptospirose. Dessas amostras, 67 foram de bois baguás (Bos taurus indicus, 39 de porcos-monteiros (Sus scrofa, 39 de búfalos (Bubalus bubalis, nove de quatis (Nasua nasua, 41 de veados-campeiros (Ozotoceros bezoarticus, 10 de veados-mateiros (Mazama americana e 110 amostras de ovinos (Ovis aries. Em 12 animais que vieram a óbito, seis porcos-monteiros, quatro veados-campeiros e dois ovinos, foram realizadas tentativas de isolamento de Leptospira do fígado e dos rins por cultura em meio semi-sólido. Fragmentos desses órgãos foram submetidos a exame histopatológico e também a exame para detecção das Leptospiras pela técnica de imuno-histoquímica. Os resultados dos exames sorológicos mostraram que 64 (20,3% das amostras foram reagentes para, pelo menos, um sorovar de Leptospira patogênica; foram reagentes 41,0% das amostras de búfalos, 40,3% das de bois baguás, 17,9% das de porcos-monteiros, 9% das de ovinos e 9,7% das amostras de veados-campeiros; nenhuma das amostras de veados-mateiros e de quatis foi reagente. Os sorovares mais freqüentes foram: pomona, para búfalos e ovinos; icterohaemorrhagiae, para ovinos, veados-campeiros e suínos; e copenhageni, para veados-campeiros e suínos. As tentativas de isolamento dos rins e fígados foram todas negativas, e pela técnica da imuno-histoquímica foi detectada Leptospira no fígado de um porco-monteiro. As principais alterações estruturais, encontradas nos rins de dois veados-campeiros e de um porco-monteiro, foram infiltrado inflamatório intersticial com congestão associada a hemorragias.Three hundred and fifteen serum samples of several animal species living in wild or in feral state in the area of Nhecolândia, Corumbá, MS, Brazil, were examined by the microscopic agglutination test. Of these samples, 67 were of feral bovine (Bos taurus indicus, 39 of feral pigs (Sus scrofa, 39 of buffaloes (Bubalus bubalis, nine of coatis (Nasua nasua, 41 of pampas deer (Ozotoceros bezoarticus, 10 of brocket deer (Mazama americana and 110 of feral sheep (Ovis aries. In 12 dead animals (six feral pigs, four pampas deer and two feral sheep, isolation attempts and Leptospira identification through the immunohistochemistry were accomplished. Sixty-four (20.3% of the samples reacted to at least one serovar of pathogenic Leptospira; 41.0% of the buffaloes, 40.3% of the feral bovine, 17.9% of the feral pigs, 9% of the feral sheep, and 9.7% of the pampas deer serum samples were reactors. All the serum samples of brocket deer and of coatis were not reactors. The most frequent serovars for the studied animal species were: pomona for buffaloes and feral sheep; icterohaemorrhagiae for feral sheep, pampas deer and feral pigs; and copenhageni for pampas deer and feral pigs. The attempts of Leptospira isolation resulted negative, and the immunohistochemistry analysis revealed Leptospira in the liver of one feral pig. Microscopic examination of the kidney revealed vascular congestion, hemorrhage and infiltration of mononuclear inflammatory cells in the interstice.

  7. Inquérito soroepidemiológico para pesquisa de infecções por arbovírus em moradores de reserva ecológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romano-Lieber Nicolina S

    2000-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Inquéritos sorológicos têm evidenciado ampla circulação de arbovírus causadores de doença humana na Região do Vale do Ribeira, São Paulo, Brasil. Com o propósito de estabelecer a prevalência de infecções por esses agentes em reserva ecológica, localizada naquela área, pesquisou-se a presença de anticorpos, bem como suas possíveis associações com características individuais e familiares dos investigados. MÉTODOS: Pesquisaram-se anticorpos para os antígenos dos vírus Rocio (ROC, Ilhéus (ILH, encefalite de St. Louis (SLE, encefalites eqüinas do leste (EEE, oeste (WEE e venezuelana (VEE, em 182 pessoas pertencentes a 58 famílias residentes na Estação Ecológica de Juréia-Itatins, utilizando-se testes de inibição de hemaglutinação e neutralização com redução de placas. Usou-se Mac-Elisa para pesquisar anticorpos IgM para os vírus ROC, ILH e EEE. RESULTADOS: Foi observada a presença de anticorpos para todos os arbovírus testados, com exceção do vírus WEE. A prevalência total de anticorpos foi 26,9% (21,4% para alfavírus e 12,6% para flavivírus. Não foram encontrados anticorpos IgM. Entre as várias características pesquisadas dos indivíduos e de suas famílias, a idade, a ocupação, a naturalidade e o hábito de entrar na mata mostraram-se estatisticamente associados a infecções por arbovírus (p<0,05. CONCLUSÕES: Existe intensa circulação de arbovírus patogênicos, especialmente do alfavírus VEE, na população estudada. Aparentemente, a principal forma de exposição a vetores de arbovírus nessa população é o hábito de entrar na mata. Sugerem-se outras investigações sobre a responsabilidade de aves atuando como amplificadores de vírus dentro dos domicílios.

  8. Immunohistochemistry in diagnostic veterinary pathology: a critical review Imuno-histoquímica na patologia veterinária diagnóstica: uma revisão crítica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Sueiro Ruiz

    2005-08-01

    Full Text Available Immunohistochemistry has become a practical and widely used tool for diagnosis in human pathology since the 70's. However, its application in veterinary diagnostic pathology has not been so common, especially due to the lack of specific antibodies. To overcome this drawback, antibodies which present cross reactivity with human and animal antigens have been applied. The purpose of the present study was to test the cross reactivity of some antibodies intended for the human pathology, which may be used in animal tissues, with the help of antigen retrieval and amplification systems. In the present study it was confirmed that many of the antibodies produced for use in human histopathology might be applied in veterinary pathology. Further studies are needed to increase the list of applicability of these antibodies to different animal species. It must be stressed that in this type of study some variables, such as clone of antibody, dilution, antigen retrieval method, and detection system, have to be evaluated.A técnica de imuno-histoquímica é usada na rotina diagnóstica e na pesquisa em patologia humana desde 1970, porém seu uso na patologia veterinária é relativamente recente, principalmente com objetivo diagnóstico. A maior dificuldade no uso da imuno-histoquímica na patologia veterinária tem sido a falta de anticorpos específicos para os tecidos animais. Na falta de anticorpos específicos para as espécies domésticas, a patologia veterinária freqüentemente faz uso de anticorpos que apresentam reatividade cruzada entre antígenos humanos e animais. O objetivo deste trabalho foi testar a reatividade cruzada de diversos anticorpos feitos para uso humano em tecido parafinado de algumas espécies animais, utilizando-se dos novos métodos de recuperação antigênica e amplificação da reação imuno-histoquímica. No presente estudo foi possível confirmar a aplicabilidade de que muitos anticorpos produzidos para diagnóstico imuno

  9. Inquérito soroepidemiológico para pesquisa de infecções por arbovírus em moradores de reserva ecológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nicolina S Romano-Lieber

    2000-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Inquéritos sorológicos têm evidenciado ampla circulação de arbovírus causadores de doença humana na Região do Vale do Ribeira, São Paulo, Brasil. Com o propósito de estabelecer a prevalência de infecções por esses agentes em reserva ecológica, localizada naquela área, pesquisou-se a presença de anticorpos, bem como suas possíveis associações com características individuais e familiares dos investigados. MÉTODOS: Pesquisaram-se anticorpos para os antígenos dos vírus Rocio (ROC, Ilhéus (ILH, encefalite de St. Louis (SLE, encefalites eqüinas do leste (EEE, oeste (WEE e venezuelana (VEE, em 182 pessoas pertencentes a 58 famílias residentes na Estação Ecológica de Juréia-Itatins, utilizando-se testes de inibição de hemaglutinação e neutralização com redução de placas. Usou-se Mac-Elisa para pesquisar anticorpos IgM para os vírus ROC, ILH e EEE. RESULTADOS: Foi observada a presença de anticorpos para todos os arbovírus testados, com exceção do vírus WEE. A prevalência total de anticorpos foi 26,9% (21,4% para alfavírus e 12,6% para flavivírus. Não foram encontrados anticorpos IgM. Entre as várias características pesquisadas dos indivíduos e de suas famílias, a idade, a ocupação, a naturalidade e o hábito de entrar na mata mostraram-se estatisticamente associados a infecções por arbovírus (p<0,05. CONCLUSÕES: Existe intensa circulação de arbovírus patogênicos, especialmente do alfavírus VEE, na população estudada. Aparentemente, a principal forma de exposição a vetores de arbovírus nessa população é o hábito de entrar na mata. Sugerem-se outras investigações sobre a responsabilidade de aves atuando como amplificadores de vírus dentro dos domicílios.

  10. Meningoencefalite por herpesvírus bovino-5 Meningoencephalitis by bovine herpesvirus-5

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel R. Rissi

    2007-07-01

    dentes, andar em círculos, cegueira, febre, movimentos de pedalagem, disfagia, dor abdominal, nistagmo, tremores, sialorréia, incoordenação, opistótono, pressão da cabeça contra objetos, quedas e convulsões. A evolução do quadro clínico pode variar de 1 a 15 dias. Achados de necropsia podem estar ausentes, mas normalmente se observa tumefação das porções rostrais do córtex telencefálico e achatamento das circunvoluções, com segmentos amarelados e amolecidos (malacia. Com a evolução da doença, essas áreas se tornam gelatinosas e acinzentadas, e em casos avançados ocorre o desaparecimento segmentar do córtex telencefálico frontal (lesão residual. Em muitos casos podem ser observados focos de malacia na substância cinzenta dos núcleos basais e do tálamo. Histologicamente observa-se meningoencefalite não-supurativa necrosante, principalmente no córtex telencefálico frontal, associada a inclusões intranucleares eosinofílicas em astrócitos e neurônios, embora a freqüência dessas inclusões seja irregular. O diagnóstico de meningoencefalite por BoHV-5 deve ser feito com base nos achados epidemiológicos, clínicos, de necropsia e histopatológicos, associados com o isolamento do vírus em cultivo celular células ou com detecção de antígenos virais em seções do encéfalo ou em células descamadas presentes nas secreções nasais. A identificação e caracterização de BoHV-5 pode ser realizada por meio de testes com anticorpos mono-clonais, reação em cadeia de polimerase (PCR e por análise de restrição genômica. Não há tratamento específico para a meningoencefalite por BoHV-5. Como o BoHV-1 e o BoHV-5 são antigenicamente muito semelhantes, recomenda-se a vacinação com vacinas para BoHV-1 como forma de reduzir as perdas causadas por BoHV-5, principalmente durante surtos de doença neurológica. Adicionalmente, outras medidas podem ser adotadas para prevenir ou reduzir os prejuízos ocasionados pela enfermidade, como

  11. Caracterização imunoquímica da ACC (ácido 1-carboxílico-1-aminociclopropano) oxidase em frutos climatéricos Immunochemical characterization of ACC (1-aminocyclopropane-1-carboxilic acid) oxidase in climacteric fruits

    OpenAIRE

    CHAVES Ana Lúcia; Jaqueline Dettmann BIERHALS; Zimmer, Paulo Dejalma; SILVA Jorge Adolfo; Cesar Valmor ROMALDI

    1997-01-01

    Com o objetivo de caracterizar, por via imunoquímica, a enzima ACC (ácido 1-carboxílico-1-aminociclopropano) oxidase em frutos climatéricos, foram preparados anticorpos policlonais específicos para esta proteína. Utilizou-se, como antígeno, uma proteína recombinante, produzida em Escherichia coli K38/pGP1,2, contendo o vetor de expressão pT7-7A4 no qual foi inserido um clone de DNA da ACC oxidase. A especificidade dos anticorpos foi demonstrada pela técnica de "Western blot", a partir de extr...

  12. Evidências sorológicas da circulação do arbovírus Rocio (Flaviviridae na Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Straatmann

    1997-12-01

    Full Text Available Oito casos com anticorpos anti-Rocio são descritos, de quatro cidades do Estado da Bahia, sendo seis portadores de anticorpos IgG (IH e TN e dois IgM (ELISA e TN. Os autores comentam sobre a circulação deste arbovírus no Estado, e as possibilidades de reações cruzadas com outros vírus antigenicamente relacionados.Eight antibody anti-Rocio cases, from four distinct cities in the state of Bahia, are described; six of them being carriers of the antibody IgG (HI and NT and two IgM (ELISA and NT. The authors comment on the circulation of these arboviruses in the state of Bahia and on the possibility of cross reactions with other antigenically related viruses.

  13. Miastenia gravis análise de 90 casos tratados com timectomia myasthenia gravis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida Fábio Henrique Souza

    2000-01-01

    Full Text Available A Miastenia Gravis é uma doença auto-imune caracterizada por auto-anticorpos contra receptores nicotínicos de acetilcolina da placa neural. O tratamento clínico básico para as formas generalizadas é feito com drogas anticolenesterásicas, mas em algumas fases podem ser necessários outras modalidades de tratamento, tais como a corticoterapia e a plasmaferese. O tratamento cirúrgico, a timectomia, é uma forma de abordar a causa base da doença e tem resultados bastante encorajadores, visto que é atribuída ao timo a produção dos auto-anticorpos. Apresentamos neste trabalho o quadro clínico, os resultados cirúrgicos e as alteração anátomo-patológicas dos 90 casos estudados.

  14. Soroprevalência e fatores de risco para a infecção pelo herpesvírus bovino tipo 1 (BHV-1) no Estado de Goiás, Brasil Seroprevalence and risk factors to the infectious by bovine herpesvirus type 1 (BHV-1) in Goiás State, Brazil

    OpenAIRE

    Alessandra Cartafina Vaz da Costa Barbosa; Wilia Marta Elsner Diederichsen de Brito; Bernadete Tavares Alfaia

    2005-01-01

    Este foi um estudo descritivo e transversal que objetivou estimar a soroprevalência de anticorpos contra o herpesvírus bovino tipo 1 (BHV-1) em animais não vacinados e determinar os potenciais fatores de risco para a infecção em rebanhos bovinos no Estado de Goiás, Brasil. Amostras sorológicas de 6.932 animais em 892 propriedades de 232 municípios em Goiás foram coletadas entre março e setembro/2002 e a pesquisa de anticorpos foi realizada através de teste de soroneutralização. Informações do...

  15. Antibody conjugate radioimmunotherapy of superficial bladder cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan Perkins

    2002-09-01

    Full Text Available The administration of antibody conjugates for cancer therapy is now proving to be of clinical value. We are currently undertaking a programme of clinical studies using the monoclonal antibody C595 (IgG3 which reacts with the MUC1 glycoprotein antigen that is aberrantly expressed in a high proportion of bladder tumours. Radioimmunoconjugates of the C595 antibody have been produced with high radiolabelling efficiency and immunoreactivity using Tc-99m and In-111 for diagnostic imaging, and disease staging and the cytotoxic radionuclides Cu-67 and Re-188 for therapy of superficial bladder cancer. A Phase I/II therapeutic trail involving the intravesical administration of antibody directly into the bladder has now begun.A administração de anticorpos conjugados para o tratamento do câncer está agora provando ser de valor clínico. Nós estamos atualmente realizando um programa de estudos clínicos usando o anticorpo monoclonal C595 (IgG3 que reage com a glicoproteína MUC1 que está aberrantemente expressa numa alta proporção de tumores de bexiga. Tem sido produzidos radioimunoconjugados do anticorpo C595, com alta eficiência de radiomarcação e a imunoreatividade, usando-se o Tc-99m e In-111, para o diagnóstico por imagem e estagiamento de doenças. Tem sido produzidos, também, radionuclídeos citotóxicos (Cu-67 e Re-188 para o tratamento de cânceres superficiais de bexiga. A fase terapêutica I/II já se iniciou, envolvendo a administração intravesical do anticorpo diretamente na bexiga.

  16. Soroepidemiologia de Rhodococcus equi em equinos da região de Bagé, RS, pelo teste de inibição da hemólise sinérgica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lazzari Andrea

    1997-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a situação soroepidemiológica da infecção por Rhodococcus equi na região de Bagé, RS, foram testadas 290 amostras de soro sanguíneo de éguas e potros aparentemente sadios, obtidos de 6 haras com diferentes histórias de rodococose. Para relacionar o resultado sorológico com a presença deste agente bacteriano no trato intestinal destes animais, foram coletadas 123 amostras de fezes. O teste sorológico utilizado foi a inibição da hemólise sinérgica (IHS que detecta anticorpos neutralizantes contra o "fator equi". Um percentual de 87,93% (255/290 dos animais amostrados apresentaram estes anticorpos. O título médio geométrico (GMT destes anticorpos foi mais elevado nos potros do que nas éguas. A soropositividade destes equinos ao teste sorológico teve correlação com o isolamento do R. equi nas fezes dos respectivos animais. A maior taxa de isolamento de R. equi das fezes dos equinos e o maior GMT, ocorreu no único haras com casos clínicos recentes de enfermidade causada por esta bactéria. No entanto, todos os animais deste e dos demais haras, encontravam-se aparentemente sadios, sendo necessário, estabelecer em trabalho futuro, a possível relação entre títulos de anticorpos e sua importância na detecção da enfermidade.

  17. Doença pulmonar intersticial relacionada a miosite e a síndrome antissintetase Myositis-related interstitial lung disease and antisynthetase syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joshua Solomon

    2011-02-01

    Full Text Available Em pacientes com miosite, é comum o comprometimento pulmonar, e a presença de anticorpos anti-aminoacil-RNAt sintetase (anti-ARS é preditora da presença ou do desenvolvimento de doença pulmonar intersticial (DPI. Uma entidade clínica distinta - a síndrome antissintetase - é caracterizada pela presença de anticorpos anti-ARS, miosite, DPI, artrite, fenômeno de Raynaud e "mãos de mecânico". O mais comum anticorpo anti-ARS é o anti-Jo-1. Anticorpos anti-ARS mais recentemente descritos podem conferir um fenótipo que é distinto daquele de pacientes com positividade para anti-Jo-1, sendo caracterizado por uma menor incidência de miosite e uma maior incidência de DPI. Nos pacientes com DPI relacionada à síndrome antissintetase, a resposta a medicações imunossupressoras é em geral favorável.In patients with myositis, the lung is commonly involved, and the presence of anti-aminoacyl-tRNA synthetase (anti-ARS antibodies marks the presence or predicts the development of interstitial lung disease (ILD. A distinct clinical entity-antisynthetase syndrome-is characterized by the presence of anti-ARS antibodies, myositis, ILD, fever, arthritis, Raynaud's phenomenon, and mechanic's hands. The most common anti-ARS antibody is anti-Jo-1. More recently described anti-ARS antibodies might confer a phenotype that is distinct from that of anti-Jo-1-positive patients and is characterized by a lower incidence of myositis and a higher incidence of ILD. Among patients with antisynthetase syndrome-related ILD, the response to immunosuppressive medications is generally, but not universally, favorable.

  18. Glomerulopatia membranosa: novos conhecimentos na fisiopatologia e possibilidades terapeuticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Roberto Lello Santos

    2014-03-01

    Full Text Available Avanços dos conhecimentos moleculares na última década têm permitido a identificação de proteínas podocitárias que atuariam como alvos antigênicos na glomerulonefrite membranosa (GNM. Estudos envolvendo anticorpos contra estruturas podocitárias tem promovido o conceito autoimune da forma idiopática desta glomerulopatia. Neste contexto, o receptor de fosfolipase A2 do tipo M (PLA2R tem merecido destaque como o primeiro e mais importante autoantígeno descrito na GNM idiopática humana. A presença do anticorpo anti-PLA2R tem sido destacada entre 70% e 89% de portadores da GNM idiopática, diferenciando das formas secundárias. Diversos estudos têm sugerido a detecção do anti-PLA2R como diagnóstico e apontado a correlação de seus níveis circulantes com a atividade clínica e resposta terapêutica. Entretanto, a coexistência de outros autoanticorpos sugere uma complexa via patogênica envolvendo diferentes antígenos podocitários. Estudos adicionais são necessários para esclarecer o tempo de aparecimento e o papel de cada anticorpo antipodócito no diagnóstico e progressão da GNM.

  19. Movimentos involuntários anormais como primeira manifestação do lupus eritematoso sistêmico: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kakehasi Adriana Maria

    2001-01-01

    Full Text Available Relatamos o caso de uma paciente, de 36 anos de idade, que desenvolveu quadro de coréia após dois meses do início do uso de anticoncepcional oral, acompanhando-se, posteriormente, de trombocitopenia, úlcera mucosa em cavidade oral, artrite, positividade para os anticorpos antinuclear (FAN, anti-DNA e anti-Sm, preenchendo critérios para lúpus eritematoso sistêmico, segundo o Colégio Americano de Reumatologia. A pesquisa para os anticorpos anticoagulante lúpico e anticardiolipina (IgG e IgM foi negativa. A paciente foi tratada com prednisona, fenitoína, fenobarbital e clonazepam, obtendo melhora clínica e laboratorial. Discutimos a ocorrência da coréia e outros movimentos anormais como primeira manifestação do lúpus eritematoso sistêmico, sua relação com os anticoncepcionais orais e os anticorpos antifosfolípides.

  20. Toxoplasma gondii and Neospora caninum serological status of different canine populations from Uberlândia, Minas Gerais Reatividade sorológica para Toxoplasma gondii e Neospora caninum em diferentes populações caninas na cidade de Uberlândia, MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T.W.P. Mineo

    2004-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo analisar a ocorrência de anticorpos contra Toxoplasma gondii e Neospora caninum em cães da cidade de Uberlândia, MG. As taxas de reatividade sorológica dos animais frente a esses parasitos foram comparadas em relação à sua origem e condições de vida. Um total de 369 amostras de soro canino foi obtido de três grupos de cães: (A 213 pacientes do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia, (B 62 pacientes de clínicas veterinárias particulares da cidade e (C 94 cães errantes da cidade. As amostras foram analisadas para a presença de anticorpos contra os parasitos por meio de ELISA. Os resultados mostraram soropositividades de 30,3% para T. gondii, 9,2% para N. caninum e 5,7% para ambos os parasitos. O grupo de cães errantes apresentou maior taxa de prevalência de anticorpos para os dois parasitos estudados. Pode-se concluir que as taxas de soropositividades para T. gondii e N. caninum nas populações caninas estudadas parecem ser fortemente influenciadas por suas origens e condições de vida.

  1. Serological evidence of rotavirus infection in guinea pig colony Evidência sorológica de infecção por rotavírus em uma clônia de cobaios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. de Castro

    1988-12-01

    Full Text Available Antibodies reacting with simian rotavirus SAII were detected by enzyme immunoassay (EIA and Western blot assay (WBA in sera from guinea pigs bred for experimental use at the Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Brazil. The proportion of antibody-positive animals and the antibody titres rose sharply in 1985, were maintained at a high levels in 1986 and declined in 1987. There were no obvious signs of disease coinciding with serological evidence of infection. Results of WBA suggest that the virus involved belongs to subgroup 1 of group A rotaviruses.Anticorpos reagindo com rotavírus símio SA11 foram demonstrados por ensaio imuno-enzimático (EIE e por "Western blot assay" (WBA em soros de cobaios mantidos para fins experimentais na Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Brasil. A proporção de animais soro-positivos e os níveis de anticorpos subiram rapidametne em 1985, mantiveram-se altos em 1986 e baixaram em 1987. Não foram observados sinais de doença coincidente com a elevação de anticorpos. Resultados de WBA sugerem que o rotavírus responsável pela resposta sorológica pertence ao subgrupo do grupo A.

  2. Pattern of acquisition of rotavirus antibody in children followed up from birth to the age of three years

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre C. Linhares

    1989-03-01

    Full Text Available Nine hundred and forty-eight serum samples from 83 children living in Belem, Brazil, collected'within their first three years of life, were testedfor the presence of group- specific rotavirus-antibody by an enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA blocking-test. Passively transferred maternal antibody lasted about two and half months; subsequentely, low levels of rotavirus antibody started to appear at seven months, reaching a peak at eleven months of age. From one year onwards positivity gradually increased, reaching highest values at 34 months of life. Individual responses were examined in sera from 61 children who were followed up since birth to three years of age: 38 (62,3% ofthem developed a long-term immunity following first infection; eleven (18.0% children developed a short-term immunity after first infection by rotavirus; seven (11.5% had no antibody response within their first three years of life; and 5 (8.2% showed positive antibody response from birth to three years old.Amostras de soro, em número de 948, foram coletadas de 83 crianças, ao longo de seus três primeiros anos de vida, e testadas quanto àpresença de anticorpos grupo-especificos para rotavirus por um teste de bloqueio, utilizando-se o ensaio imunoenzimático (ELISA. Observou-se que anticorpos transferidos passivamente pela mãe persistiram por cerca de dois e meio meses; subseqüentemente, baixos níveis de anticorpos para rotavirus começaram a aparecer aos sete meses de idade, atingindo um pico por volta dos onze. A partir de um ano apositividade aumentou gradualmente, alcançando os mais altos valores aos 34 meses de vida. Respostas imunes individuais foram avaliadas em 61 crianças acompanhadas desde o seu nascimento até os três anos de idade, obtendo-se os seguintes resultados: 38 (62,3% delas desenvolveram imunidade de longa duração, após a primo-infecção; 11 (18,0% indivíduos apresentaram anticorpos específicos que se mantiveram por um intervalo de

  3. Exposure of pampas fox (Pseudalopex gymnocercus and crab-eating fox (Cerdocyon thous from the Southern region of Brazil to Canine distemper virus (CDV, Canine parvovirus (CPV and Canine coronavirus (CCoV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia de Oliveira Hübner

    2010-06-01

    Full Text Available The exposure of 13 Brazilian free-ranging nondomestic canids (five pampas fox - Pseudalopex gymnocercus and eight crab-eating fox -Cerdocyon thous from Southern region of Brazil, to Canine distemper virus (CDV, canine parvovirus (CPV and Canine coronavirus (CCoV was investigated. Antibodies against CDV were detected in 38.5% (5/13 of the samples. There were anti-CDV antibodies in 60% (3/5 of P. gymnocercus and in 25% (2/8 of C. thous. The frequency was higher among the adults and males. Eleven canids (84.6% presented antibodies against CPV, 80% (4/5 were from P. gymnocercus and 87.5% (7/8 were from C. thous. There was no difference in positivity rate against CPV between gender and age. Antibodies against CCoV were detected in 38.5% (5/13 of the samples, with 60% (3/5 of positivity in P. gymnocercus and 25% (2/8 in C. thous. The frequency of antibodies against CCoV was higher among the adults and males. The study showed that these canids were exposed to CDV, CPV and CCoV.Foi investigada a ocorrência de exposição em 13 canídeos não domésticos de vida livre (cinco graxains-do-campo - Pseudalopex gymnocercus e oito graxains-do-mato - Cerdocyon thous da região sul do Brasil ao vírus da cinomose canina (CDV, parvovírus canino (CPV e coronavírus canino (CCoV. Anticorpos contra o CDV foram detectados em 38,5% (5/13 das amostras. Haviam anticorpos anti-CDV em 60% (3/5 dos P. gymnocercus e em 25% (2/8 dos C. thous. A freqüência foi maior entre machos e adultos. Para CPV, 11 canídeos (84,6% apresentaram anticorpos, 80% (4/5 eram da espécie P. gymnocercus e 87,5% (7/8 eram C. thous. Não houve diferença de positividade para o CPV entre sexos e idades. Anticorpos contra o CCoV foram detectados em 38,5% (5/13 das amostras, sendo 60% (3/5 de positividade entre os P. gymnocercus e 25% (2/8 entre os C. thous. A freqüência de anticorpos para CCoV foi maior entre os machos e adultos. O estudo revelou que estes canídeos foram expostos ao CDV, CPV

  4. Intestinal helminthes and/or Toxocara infection are unrelated to anti-HBs titers in seven-year-old children vaccinated at birth with recombinant hepatitis B vaccine Helmintos intestinais e/ou infecção por Toxocara não tem relação com títulos de anti-HBs em crianças de sete anos de idade vacinadas ao nascer com vacina recombinante para hepatite B

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa B.C.L. Monteiro

    2007-04-01

    Full Text Available The aim of this investigation was to evaluate the possible effect of nematode infection on anti-HBs antibody levels in the serum of seven-year-old schoolchildren vaccinated at birth with the recombinant hepatitis B vaccine. Anti-HBs and anti HBc antibodies were evaluated in the sera of 100 schoolchildren with at least one intestinal nematode and/or a positive serological reaction for anti-Toxocara antibodies and in 95 schoolchildren without intestinal helminthiasis or serum anti-Toxocara antibodies. Both groups were from public elementary schools located on the urban periphery of Vitória, ES, Brazil. Among these 195 children, the median anti-HBs antibody titer was 31.3IU/ml and the frequency of titers less than 10IU/ml was 33.8% (95% CI: 27.1-40.4%. There were no significant differences between the medians of anti-HBs titers or the frequency of titers less than 10IU/ml between the groups with or without helminthes (29.5 and 32.9IU/ml and 33 and 34.7%, respectively; p>0.05. Even when the children with intestinal nematodes and/or anti-Toxocara antibodies and with blood eosinophil counts over 600/mm³ were compared with children without infection from intestinal nematodes and without anti-Toxocara antibodies, with blood eosinophil counts less than 400 eosinophils/mm³, these differences were not significant. None of the children presented anti-HBc antibodies. In conclusion, infections with intestinal nematodes and/or the presence of anti-Toxocara antibodies did not interfere with the anti-HBs antibody titers in seven-year-old children vaccinated at birth with the recombinant hepatitis B vaccine.O objetivo dessa investigação foi avaliar um possível efeito de infecções por nematóides sobre os níveis de anticorpos anti-HBs no soro de escolares de sete anos de idade, vacinados ao nascer com a vacina recombinante para hepatite B. Anticorpos anti-HBs e anti-HBc foram avaliados no soro de 100 escolares portadores de pelo menos um nemat

  5. Monitoring bovine viral diarrhea virus (BVDV infection status in dairy herds Monitoramento do estado de infecção pelo vírus da diarrhéia viral bovina (BVDV em rebanhos bovinos leiteiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco J. Diéguez

    2008-12-01

    Full Text Available This study was designed to assess the relationship between antibodies against bovine viral diarrhea virus (BVDV determined in the bulk tank milk (BTM and the within-herd seroprevalence. We also assessed the efficiency of measuring antibody levels in BTM samples to monitor BVDV infection status in a herd. In the 81 farms included in the study, BTM samples were obtained and blood samples withdrawn from all cattle older than one year. The infection status was then determined in serum and milk using a commercial blocking ELISA based on the detection of anti-p80 antibodies. Apart from these baseline serum and milk samples, another BTM sample was collected from each herd 9 months later, and a third BTM sample obtained 9 months after this. In these second and third milk samples, anti-BVDV antibodies were determined using the same ELISA kit. Statistical tests revealed good agreement between herd seroprevalences (% seropositive animals in the herd and the antibody levels detected in the BTM samples. During the 18 months of follow-up, the farms with persistently infected cattle at the study outset (14.8% of the herds showed a significant decrease in BTM antibody titers after virus clearance. Conversely, a significant increase in BTM antibody levels was observed in the herds infected with BVDV during the follow-up period. Our findings indicate that monitoring antibody levels in the BTM is a useful method of identifying changes in the BVDV infection status of a herd.Os objetivos do presente estudo foram avaliar a relação entre os níveis de anticorpos frente ao vírus da diarréia viral bovina (BVDV no tanque de leite e a prevalência de animais seropositivos em cada rebanho; e também avaliar a eficiência da medição dos níveis de anticorpos no tanque de leite como método de monitoramento do status de infecção frente ao BVDV. Nos rebanhos estudados, obtiveram-se amostras de soro de todos os animais com idade superior a um ano, assim como uma

  6. Inquérito soroepidemiológico para pesquisa de infecções por arbovírus em moradores de reserva ecológica Serological survey on arbovirus infection in residents of ecological reserve

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nicolina S Romano-Lieber

    2000-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Inquéritos sorológicos têm evidenciado ampla circulação de arbovírus causadores de doença humana na Região do Vale do Ribeira, São Paulo, Brasil. Com o propósito de estabelecer a prevalência de infecções por esses agentes em reserva ecológica, localizada naquela área, pesquisou-se a presença de anticorpos, bem como suas possíveis associações com características individuais e familiares dos investigados. MÉTODOS: Pesquisaram-se anticorpos para os antígenos dos vírus Rocio (ROC, Ilhéus (ILH, encefalite de St. Louis (SLE, encefalites eqüinas do leste (EEE, oeste (WEE e venezuelana (VEE, em 182 pessoas pertencentes a 58 famílias residentes na Estação Ecológica de Juréia-Itatins, utilizando-se testes de inibição de hemaglutinação e neutralização com redução de placas. Usou-se Mac-Elisa para pesquisar anticorpos IgM para os vírus ROC, ILH e EEE. RESULTADOS: Foi observada a presença de anticorpos para todos os arbovírus testados, com exceção do vírus WEE. A prevalência total de anticorpos foi 26,9% (21,4% para alfavírus e 12,6% para flavivírus. Não foram encontrados anticorpos IgM. Entre as várias características pesquisadas dos indivíduos e de suas famílias, a idade, a ocupação, a naturalidade e o hábito de entrar na mata mostraram-se estatisticamente associados a infecções por arbovírus (pOBJECTIVE: Serological inquires conducted in the Ribeira Valley, S. Paulo State, Brazil, showed an intense circulation of pathogenic arboviruses in the region. The goal was to verify the prevalence of arboviral infections in people living at the local ecological, and its potential association with these population' individual and familiar characteristics. METHODS: The study was carried out among 182 persons of 58 families to identify the presence of antibodies to the following viruses: Rocio (ROC, Ilheus (ILH, Eastern equine encephalitis virus (EEE, Western equine encephalitis virus (WEE, Venezuelan

  7. Inquérito soroepidemiológico para os vírus influenza em Belém, Pará, Brasil, 1992-1993

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santos Domingos Ezenildo Matos dos

    1997-01-01

    Full Text Available Um estudo soroepidemiológico foi realizado para determinar a prevalência de anticorpos IH para os sorotipos de influenza circulantes entre pacientes atendidos no Laboratório de Virologia do IEC, em Belém, PA, Brasil, em 1992 e 1993. Um total de 179 (11% amostras de sangue foi coletado durante período pós-epidêmico e processado pelo teste da Inibição da Hemaglutinação para os vírus da influenza A/Taiwan/1/86 (H1N1, A/Beijing/353/89 (H3N2 e B/Yamagata/16/88. Os resultados indicaram a circulação de vírus antigenicamente relacionados aos três sorotipos pesquisados. Em 1992, altas taxas de soropositividade foram observadas para as cepas H1N1 (84% e H3N2 (56%, bem como anticorpos IH foram detectados em todas as faixas de idade, sugerindo intensa circulação desses vírus. No mesmo ano, a atividade da influenza B revelou-se em níveis moderados. A prevalência de anticorpos IH para os vírus H1N1, em 1993, foi similar à observada em 1992, indicando a circulação desses vírus em ambos os anos. Um aumento na prevalência dos vírus H3N2, em 1993, sugere que a cepa A/Beijing/353/89 (ou uma antigenicamente relacionada também circulou intensamente naquele ano. Do mesmo modo, a atividade dos vírus da influenza B aumentou em 1993, como apontam as infecções em todas as idades, particularmente entre os adultos jovens.

  8. Leptospirose bovina: sorologia na bacia leiteira da região de Londrina, Paraná, Brasil Bovine leptospirosis: serology at dairy farms in Londrina region, Paraná State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cibele Giatti Rodrigues

    1999-06-01

    Full Text Available Uma avaliação sorológica para 22 sorotipos de L. interrogans foi realizada. Usou-se o teste de microaglutinação rápida no soro de 1253 fêmeas bovinas, adultas de 14 propriedades produtoras de leite tipo B, da região de Londrina-Paraná- Brasil, onde havia animais com problemas reprodutivos. Títulos de anticorpos > 100 foram detectados em 166 (13,25% animais de 10 (71,43% propriedades. Em 56 (33,73% animais foram encontrados anticorpos contra dois ou mais sorotipos simultaneamente. Anticorpos contra o sorotipo icterohaemorrhagiae foram detectados em 48 (28,91% animais, seguido pelos sorotipos pomona 35 (21,08%; bataviae 28 (16,87%; autumnalis 24 (14,46%; canicola 19 (11,44%; hardjo 18 (10,84%; bratislava 17 (10,24%; butembo 13 (7,83%; pyrogenes 12 (7,22%; hebdomadis 11 (6,63% e wolffi 10 (6,02%.A serological survey for leptospirosis was performed in farms that had cows with reproductive problems, in the region of Londrina, Paraná State, Brazil. Twenty-two serotype of L. interrogans were investigated, using rapid microscopic agglutination test in 1253 serum samples. One-hundred-sixty-six serum samples (13.25% from 10 farms (71.43% presented antibodies agaisnt L. interrogans. Antibodies against two or more L. interrogans serotypes were found in 56 animals. Antibodies against the serotype icterohaemorrhagiae were found in 48 (28.91% animals, whereas antibodies against pomona were found in 35 (21.08%, bataviae in 28 (16.87%, autumnalis in 24 (14.46% , canicola in 19 (11.44%, hardjo in 18 (10.84%, bratislava in 17 (10.24%, butembo in 13 (7.83%, pyrogenes in 12 (7.22%, hebdomadis in 11 (6.63% and wolffi in 10 (6.02%.

  9. Seleção de doador não aparentado HLA antibodies and donor selection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margareth Torres

    2010-05-01

    Full Text Available Apesar da presença de anticorpos anti-HLA em transplantes de órgãos sólidos estar associada à rejeição, essa correlação não havia sido pesquisada em transplante alogênico de células progenitoras hematopoéticas (TCPH. Estudos mais recentes na literatura têm demonstrado que a falência da enxertia no TCPH pode ser mediada por aloanticorpos anti-HLA doador especifico (DSA. A especificidade desses anticorpos pode ser evidenciada pelas técnicas de fase sólida, onde os antígenos HLA únicos são aderidos a pérolas de poliestireno, que permite a realização da prova cruzada virtual. Na presença de DSA, é recomendável selecionar outro doador ou realizar as estratégias de remoção dos anticorpos.In spite of Anti-HLA antibodies being associated to rejection in solid organs transplantation, this correlation has not been well established yet in allogenic bone marrow transplantation.Recent studies in the literature have demonstrated that engraftment failure in hematopoietic cell transplantation (HCT can be mediated by donor specific anti-HLA antibodies (DSA. These antibodies specificity can be detected by solid-phase techniques, where single HLA antigens are adhered to microbeads, which allows the interpretation of host reactivity by "virtual crossmatch". In the presence of DSA, it is advisable to either search for another donor or remove the antibodies prior to transplantation.

  10. Inquérito soroepidemiológico para toxoplasmose e avaliação dos condicionantes para sua transmissão em universitários de Campo Grande, Mato Grosso do Sul = Seroepidemiological survey of toxoplasmosis and evaluation of the conditioning factors for its transmission in undergraduate students from Campo Grande, Mato Grosso do Sul State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Figueiredo, Helen Rezende de

    2010-01-01

    Conclusões: a ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii foi relativamente baixa em relação à prevalência média encontrada em diferentes amostras populacionais do Brasil. O fator de risco identificado como provável responsável pela infecção foi a presença de gatos no domicílio. A prevalência de soropositividade para toxoplasmose foi maior na faixa etária acima dos 25 anos

  11. TSH Anti-Receptor Antibodies in Graves' Disease

    OpenAIRE

    Sérgio, M.; Godinho, C; Guerra, L; Agapito, A; Fonseca, F.; Costa, C.

    1996-01-01

    Neste trabalho os AA avaliam a sensibilidade, especificidade e valor predictivo do doseamen to dos anticorpos anti-receptor da TSH (TRAb) no diagnóstico da doença de Graves. A população estudada incluiu 80 doentes com doença de Graves recentemente diagnosticada e sem tratamento prévio (grupo 1), 63 doentes com outras patologias tiroideias (grupo II) e 60 indivíduos sem patologia tiroideia (grupo III). Utilizaram uma técnica de radioreceptor, o kit TRAK Henning, que considera positividad...

  12. Neoplasias uroteliais papilíferas superficiais da bexiga (pTa e pT1: correlação da expressão do p53, KI-67 E CK20 com grau histológico, recidiva e progressão tumoral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Cury Ogata

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a expressão imunoistoquímica dos marcadores p53, Ki-67, CK20 em neoplasias uroteliais papilíferas superficiais da bexiga e correlacionar com o grau histológico, progressão tumoral e recidiva. MÉTODOS: Foram selecionadas amostras de 43 pacientes portadores de carcinoma de células transicionais superficiais da bexiga. Elas foram distribuídas em dois grupos, um denominado recorrente, de 18 indivíduos e outro não recorrente, com 25 casos. Foram confeccionados blocos multiamostrais. A técnica imunoistoquímica empregada foi de imunoperoxidase e os anticorpos foram: p53 (clone DO7, o Ki-67 (clone SP6 e CK20. RESULTADOS: A expressão do p53 foi observada em 11 casos, todos tumores de alto grau (p=0,0001. A progressão histológica ocorreu em seis indivíduos (p=0,0076. Dos 18 casos recorrentes, seis apresentaram imunorreação para o p53 e 12 foram negativos para este anticorpo (p=0,1715. O Ki-67 foi positivo em 17 dos 18 casos do grupo recorrente (p=0,0001 e dos 20 tumores de alto grau, 18 apresentaram reação para este anticorpo (p=0,0001. Dos 18 indivíduos que tiveram recorrência, 13 apresentaram expressão anômala para CK20 (p=0,0166. Nos carcinomas de alto grau, dos 20 casos, 16 apresentaram expressão anômala para este anticorpo, enquanto que 18 dos 23 indivíduos com tumores de baixo grau mostraram expressão habitual para a CK20 (p=0,0002. CONCLUSÃO: O p53 mostrou boa correlação com a progressão histológica e grau histológico. O Ki-67 apresentou forte associação com a recidiva e grau histológico, e a CK20 também associou-se com estas variáveis.

  13. Granulomatose de Wegener Wegener's granulomatosis

    OpenAIRE

    Telma Antunes; Carmen Sílvia Valente Barbas

    2005-01-01

    A granulomatose de Wegener caracteriza-se por vasculite necrosante granulomatosa que acomete preferencialmente vias aéreas superiores, inferiores e rins. Seu diagnóstico é feito associando-se as manifestações clínicas, radiológicas (multiplos nódulos escavados) e os achados anatomopatológicos e o anticorpo anticitoplasma de neutrófilos positivo. O tratamento com corticosteróides e ciclofosfamida leva a 90% de remissão da doença em 1 ano.Wegener's granulomatosis is characterized by granulomato...

  14. Síndrome de Churg-Strauss

    OpenAIRE

    Rodrigues, B.; Araújo, JM

    2011-01-01

    A síndrome de Churg-Strauss é uma vasculite ANCA-associada de pequenos e médios vasos. As manifestações clínicas mais comuns são eosinofilia marcada, asma, sinusite crónica, infiltrados pulmonares, cardiomiopatia, queixas gastrointestinais e mononeurite multiplex. Os anticorpos Anti-MPO (anti-mieloperoxidade), pANCA (com padrão de imunoflurescência perinuclear) encontram-se presentes em 38-59% dos casos. O envolvimento cardíaco é uma importante causa de morbilidade e a principal c...

  15. Uso da ciclofosfamida em modelo de imunodepressão experimental em ovinos Ovine experimental immunosuppression using cyclophosphamide

    OpenAIRE

    Maurício Garcia; Silvio P. Sertório; Glaucie J. Alves; Sabrina C. Chate; Roberta Carneiro; Maria A. Lallo

    2004-01-01

    A ciclofosfamida (CY) foi usada para avaliar o efeito no sistema imune de ovinos. Carneiros adultos castrados foram divididos em 3 grupos, com 6 animais cada. Os Grupos I (dia 0) e II (dia 1) foram tratados com a CY (40 mg/kg, dose única, IV), e o Grupo III não foi tratado, permanecendo como controle. Todos os grupos foram imunizados no dia 0 com a vacina B19 contra a brucelose. No dia 6, todos animais foram sangrados e foi realizado o teste de soro-aglutinação para detecção de anticorpos ant...

  16. Acometimento oral no pênfigo vulgar

    OpenAIRE

    Miziara Ivan Dieb; Ximenes Filho João Aragão; Ribeiro Fernando César; Brandão Ana Laura

    2003-01-01

    O Pênfigo Vulgar (PV) é uma doença vesicobolhosa caracterizada pela presença de auto-anticorpos contra moléculas de adesão intraepidérmicas. OBJETIVO: Identificar as características do PV em cada sexo, formas de apresentação, idade de acometimento, métodos de diagnóstico e tratamento utilizado. FORMA DE ESTUDO: coorte histórica. CASUÍSTICA E MÉTODO: Pacientes com PV acompanhados no Ambulatório de Otorrinolaringologia do HC-FMUSP entre 1990 e 2001. RESULTADOS: Dos 23 pacientes, 91,3% foram mul...

  17. Avaliação do efeito da associação do Rituximab ao protocolo de quimioterapia ciclofosfamida, doxorrubicina, vincristina e prednisolona (CHOP) no tratamento de linfomas Não-Hodgkin

    OpenAIRE

    Fuste, P.; Pereira, C; A Reis; V. Serrano; Caetano, Liliana Aranha; Costa, Ana Margarida

    2010-01-01

    O protocolo de quimioterapia ciclofosfamida, doxorrubicina, vincristina e prednisolona (CHOP) e, posteriormente, rituximab, ciclofosfamida, doxorrubicina, vincristina e prednisolona (RCHOP) têm sido utilizados como terapêutica em Linfomas não-Hodgkin (LNH) como o Linfoma Difuso de Grandes Células B (LDGCB) e o Linfoma Folicular (LF). O LDGCB constitui o tipo de LNH mais frequente, com uma incidência de 40% e o LF representa cerca de 25% de todos os LNH-B. O anticorpo monoclonal rituximab foi ...

  18. Viroses confundíveis com febre aftosa Viral diseases to be differentiated from foot-and-mouth disease

    OpenAIRE

    Franklin Riet-Correa; Valéria Moojen; Paulo Michel Roehe; Rudi Weiblen

    1996-01-01

    Revisam-se as doenças que devem ser consideradas no diagnóstico diferencial de febre aftosa. Dentre as doenças vesiculares ou erosivas, descrevem-se os principais aspectos relacionados ao diagnóstico da estomatite vesicular, diarréia viral bovina, febre catarral maligna, infecções por herpesvírus bovino 1 e 5, e uma estomatite ulcerativa associada a parvovírus bovino, que ocorreu no Rio Grande do Sul; língua azul, para a qual tem sido detectados anticorpos em bovinos e ovinos do Rio Grande do...

  19. Eletroneuromiografia e potenciais evocados somatossensitivos na mielopatia pelo HTLV-I

    OpenAIRE

    CRUZ MÁRCIA WADDINGTON; CORRÊA ROSALIE BRANCO; PUCCIONI-SOHLER MÁRZIA; NOVIS SÉRGIO AUGUSTO PEREIRA

    1998-01-01

    Tivemos como objetivo investigar por eletroneuromiografia (ENMG) e potenciais evocados somatossensitivos a possibilidade de acometimento do nervo periférico na mielopatia pelo HTLV-I (HAM), correlacionando os achados com os parâmetos clínicos e com a síntese intratecal de anticorpos anti HTLV-I. Os pacientes tinham sorologia negativa para HIV e apresentaram VDRL negativo. Outras causas para mielopatia ou neuropatia periférica foram excluídas. De 32 pacientes que realizaram ENMG, em 34,3% ela ...

  20. Eletroneuromiografia e potenciais evocados somatossensitivos na mielopatia pelo HTLV-I Electroneuromyography and somatosensory evoked potentials in HTLV-I associated myelopathy

    OpenAIRE

    MÁRCIA WADDINGTON CRUZ; ROSALIE BRANCO CORRÊA; MÁRZIA PUCCIONI-SOHLER; SÉRGIO AUGUSTO PEREIRA NOVIS

    1998-01-01

    Tivemos como objetivo investigar por eletroneuromiografia (ENMG) e potenciais evocados somatossensitivos a possibilidade de acometimento do nervo periférico na mielopatia pelo HTLV-I (HAM), correlacionando os achados com os parâmetos clínicos e com a síntese intratecal de anticorpos anti HTLV-I. Os pacientes tinham sorologia negativa para HIV e apresentaram VDRL negativo. Outras causas para mielopatia ou neuropatia periférica foram excluídas. De 32 pacientes que realizaram ENMG, em 34,3% ela ...

  1. Flegmasia cerúlea dolens em paciente com lúpus eritematoso sistêmico no puerpério remoto Phlegmasia cerulea dolens in patient with systemic lupus erythematosus in the remote postpartum period

    OpenAIRE

    José Marques Filho

    2011-01-01

    As manifestações vasculares no lúpus eritematoso sistêmico não são raras, e grande parte dos casos está associada à presença de anticorpos antifosfolípides. A flegmasia cerúlea dolens é uma incomum e grave complicação de trombose venosa profunda de membros inferiores, com altas taxas de morbimortalidade. Encontramos na literatura apenas dois casos de flegmasia cerúlea dolens associados à síndrome antifosfolípide, e não encontramos relatos associados ao lúpus eritematoso sistêmico. Relatamos u...

  2. Lúpus Erythematosus

    OpenAIRE

    Ferreira, M; Salgueiro, AB; Estrada, J.; Ramos, J.; Ventura, L.; Vale, MC; Barata, D

    2008-01-01

    O Lúpus Eritematoso Sistémico (LES) é uma doença multissistémica, auto-imune, caracterizada por inflamação vascular e do tecido conjuntivo, com anticorpos antinucleares. As manifestações clínicas são variáveis, com uma história natural progressiva e imprevisível. Apresentamos o caso de uma adolescente, com antecedentes de artrite dos joelhos, febre e astenia de etiologia não esclarecida, com um ano de evolução. Internada na Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos por pneumonia bil...

  3. Detecção de podocitúria em pacientes com nefrite lúpica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amelia Rodrigues Pereira Sabino

    2013-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A podocitúria tem sido detectada em doenças glomerulares, tais como em nefrite lúpica (NL, em que a proteinúria é uma manifestação importante, e sua ocorrência parece limitar-se à fase ativa da doença. OBJETIVO: Avaliar a podocitúria por imunofluorescência em pacientes portadores de NL e verificar possível associação com atividade clínica da doença. MÉTODOS: Foram avaliados 56 pacientes com NL. Os pacientes foram divididos em três grupos de acordo com o grau de atividade clínica: Grupo B, sem atividade (n = 17; Grupo C, com atividade discreta (n = 29 e Grupo D, moderada a grave (n = 10. Como grupo controle, foram incluídos 29 indivíduos saudáveis (Grupo A. A podocitúria foi estudada por meio de imunofluorescência indireta, usando-se anticorpos primários antipodocina, nefrina e sinaptopodina, e anticorpo secundário conjugado à FITC. Também foram avaliados os níveis de creatinina sérica e da relação proteína/creatinina (P/C urinária, assim como a presença de hematúria e leucocitúria. RESULTADOS: A podocitúria com antipodocina e com antissinaptopodina correlacionou-se estatisticamente com a relação P/C (p = 0,001 e p = 0,013, respectivamente. Tanto a podocitúria com antipodocina, quanto a relação P/C, apresentaram correlação significante (p < 0,001 com a graduação de atividade da doença na NL, diferentemente do que se observou com os outros dois anticorpos, antinefrina e antissinaptopodina. CONCLUSÃO: Nossos achados sugerem que a pesquisa de podocitúria com anticorpos antipodocina poderia ser útil no acompanhamento de pacientes com NL, fornecendo dados relevantes quanto à atividade da doença.

  4. IgA anti-Streptococcus mutans em crianças com e sem cárie dentária Anti-Streptococcus mutans IgA in children with and without dental caries

    OpenAIRE

    YAZAKI Suzete Cristina; KOGA-ITO, Cristiane Yumi; Jorge, Antônio Olavo Cardoso; Carmelinda Schmidt UNTERKIRCHER

    1999-01-01

    A cárie dentária é uma doença infecciosa crônica que necessita pelo menos quatro componentes para desenvolver-se: hospedeiro suscetível, microbiota patogênica, dieta rica em sacarose e tempo. Este trabalho estuda as correlações existentes entre estreptococos salivares do grupo mutans, placa bacteriana e anticorpos IgA anti-Streptococcus mutans em crianças com e sem experiência de cárie. Para tanto, utilizou-se o meio Mitis Salivarius (DIFCO) para determinar o número de Unidades Formadoras de ...

  5. Miastenia gravis análise de 90 casos tratados com timectomia myasthenia gravis

    OpenAIRE

    Almeida Fábio Henrique Souza; Okano Nelson; Vargas Eulógio Corrales; Ferreira-Santos Ruy; Sato Takassu; Barreira Amilton Antunes

    2000-01-01

    A Miastenia Gravis é uma doença auto-imune caracterizada por auto-anticorpos contra receptores nicotínicos de acetilcolina da placa neural. O tratamento clínico básico para as formas generalizadas é feito com drogas anticolenesterásicas, mas em algumas fases podem ser necessários outras modalidades de tratamento, tais como a corticoterapia e a plasmaferese. O tratamento cirúrgico, a timectomia, é uma forma de abordar a causa base da doença e tem resultados bastante encorajadores, visto que é ...

  6. Diagnóstico diferencial de trombose aortoilíaca e mieloencefalite protozoária equina: relato de caso Differential diagnosis between aorto-iliac thrombosis and equine protozoal myeloencephalitis: case report

    OpenAIRE

    P.B. Escodro; P.F.R. Lopes; C.G. Gianini; D.N. Jorge Filho

    2010-01-01

    Relata-se o caso de uma égua de atividade de polo, que apresentou inicialmente claudicação leve no membro posterior esquerdo, a qual evoluiu para ataxia e atrofia da musculatura glútea do lado esquerdo, com diagnóstico de trombose aortoilíaca (TAI). A paciente foi tratada com suspeita de mieloencefalite protozoária equina, devido à semelhança dos sinais clínicos com essa doença, porém o líquido cefalorraquidiano apresentou-se negativo para anticorpos anti-Sarcocystis neurona. A palpação trans...

  7. Fatores de risco para aloimunização em pacientes com anemia falciforme Risk factors for alloimmunization in patients with sickle cell anemia

    OpenAIRE

    Patrícía Costa Alves Pinto; Josefina Aparecida Pellegrini Braga; Amélia Miyashiro Nunes dos Santos

    2011-01-01

    OBJETIVO: Determinar a imunofenotipagem eritrocitária em doadores de sangue e em pacientes com anemia falciforme (SS) atendidos no Hemocentro de Alagoas e descrever a frequência e os fatores associados à aloimunização eritrocitária. MÉTODOS: Estudo transversal com 102 pacientes SS e 100 doadores de sangue. Realizou-se a fenotipagem eritrocitária, teste de Coombs Direto e Indireto e detecção de anticorpos irregulares por painel de hemácias fenotipadas. Os dados foram comparados por meio do tes...

  8. Prevalência de paracoccidioidomicose-infecção determinada através de teste sorológico em doadores de sangue na região Noroeste do Paraná, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maluf Márcia Luzia Ferrarezi

    2003-01-01

    Full Text Available No presente trabalho, empregamos uma metodologia de alta sensibilidade, o teste de ELISA clássico, com o objetivo de avaliar os níveis de anticorpos anti Paracoccidioides brasiliensis em indivíduos saudáveis, residentes na região Noroeste do Paraná. Foram analisados 680 soros de doadores de sangue aprovados pela triagem sorológica clássica de Bancos de Sangue. Os doadores eram residentes em quatro municípios. O exo-antígeno empregado foi o Ag7dias, soros diluídos 1/400, conjugado anti-IgG humana marcada com peroxidase e revelada com orto-fenilenodiamina. Foi possível detectar 181 (27% soros com níveis de anticorpos acima do valor de corte. Essa porcentagem variou entre os municípios amostrados: Campo Mourão, Maringá, Cianorte e Umuarama. Nossos resultados, aliados às condições climáticas e geográficas favoráveis, além de relatos anteriores de casos de PCM autóctones da região, permitem sugerir que a região Noroeste do Paraná seja região endêmica para PCM.

  9. Utilização do teste de eritroimunoadsorção por captura no imunodiagnóstico da neurocisticercose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pialarissi Carmen Silvia de M.

    1994-01-01

    Full Text Available Foi padronizado o teste de eritroimunoadsorção por captura (EIAC para detecção de anticorpos específicos anti-cisticercos de Taenia solium, classe IgG, no líquido cefalorraquidiano (LCR de pacientes com neurocisticercose. O reagente empregado para detecção de anticorpos específicos foi preparado com hemácias de carneiro em uma concentração de 0,25%, sensibilizadas com antígeno extrato salino bruto (ESB obtido do Cysticercus cellulosae. A concentração ótima de ESB para sensibilização das hemácias de carneiro foi de 40ug/ml. O rendimento do ESB foi de 0,lug proteína/cavidade. A sensibilidade do teste foi de 84,5% (limite de confiança 95% de 75% a 94%, quando aplicado a 58 amostras de LCR de pacientes com neurocisticercose; e a especificidade foi de 95,3% (limite de confiança 95% de 90,7% a 99,9% quando 85 amostras de LCR do grupo controle foram analisadas. O teste EIAC foi eficiente para o diagnóstico da neurocisticercose, e é importante para os laboratórios de saúde pública, tendo em vista a fácil execução, alto rendimento e baixo custo.

  10. Avaliação do teste de imunodifusão mediante emprego do polissacarídeo "O" no diagnóstico da brucelose bovina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Costa G.M.

    1999-01-01

    Full Text Available Comparou-se o teste de imunodifusão dupla em ágar gel (IDGA pelo emprego do polissacarídeo "O" como antígeno com os testes de soroaglutinação rápida, soroaglutinação lenta, 2-mercaptoetanol, reação de fixação de complemento e antígeno tamponado acidificado no diagnóstico da brucelose, em bovinos infectados, não infectados e recém-vacinados com a amostra B-19, visando à diferenciação de anticorpos vacinais daqueles associados à infecção natural pela Brucella abortus. Nenhum dos testes realizados permitiu diferenciar precisamente anticorpos vacinais daqueles induzidos pela infecção brucélica e, nas condições do presente trabalho, a utilização do IDGA com este objetivo poderia levar à retenção de animais infectados no rebanho.

  11. Inquérito sorológico para toxoplasmose e leptospirose em mamíferos selvagens neotropicais do Zoológico de Aracaju, Sergipe Serological survey of toxoplasmosis and leptospirosis in neotropical wild mammals from Aracaju Zoo, Sergipe, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joubert S. Pimentel

    2009-12-01

    Full Text Available Os zoológicos modernos são instituições destinadas à manutenção da fauna selvagem com o objetivo de promover a conservação, pesquisa científica, lazer, recreação e educação ambiental. A ampla variedade de espécies selvagens, vivendo em condições diferentes do seu habitat natural, representa um ambiente propício à disseminação de doenças, muitas delas zoonóticas. Devido à escassez de dados e à relevância dos mamíferos selvagens neste contexto epidemiológico, tanto na toxoplasmose, quanto na leptospirose, foi efetuado o inquérito sorológico para toxoplasmose e leptospirose em mamíferos selvagens neotropicais do Zoológico de Aracaju, Sergipe, Brasil. Para tanto foram colhidas amostras sanguíneas de 32 animais, adultos, de ambos os sexos incluindo: 14 macacos-prego (Cebus libidinosus, quatro macacos-prego-do-peito-amarelo (Cebus xanthosternus, três onças-suçuaranas (Puma concolor, uma onça-pintada (Pantheraonca, uma raposa (Cerdocyon thous, seis guaxinins (Procyon cancrivorus, dois quatis (Nasua nasua e um papa-mel (Eira barbara. Para a pesquisa de anticorpos anti-Toxoplasma gondii foi utilizado o Teste de Aglutinação Modificada (MAT ³"1:25 e para pesquisa de anticorpos anti-Leptospira spp. foi utilizado o teste de Soroaglutinação Microscópica (ponto de corte ³1:100 com uma coleção de antígenos vivos que incluiu 24 variantes sorológicas de leptospiras patogênicas e duas leptospiras saprófitas. Dentre os 32 mamíferos, 17 (53,1% apresentaram anticorpos anti-T. gondii e quatro (12,5% foram positivos para anticorpos anti-Leptospira spp. De acordo com o sexo, 60% (9/15 dos machos e 47,1% (8/17 das fêmeas foram soropositivos para T. gondii e 26,7% (4/15 dos machos apresentaram anticorpos anti-Leptospira spp. Dos mamíferos que apresentaram anticorpos anti-T. gondii, 47% (8/17 nasceram no zoológico, 41,2% (7/17 foram oriundos de outras instituições e dois (11,8% foram provenientes da natureza. Em rela

  12. Aspectos laboratoriais e epidemiológicos de infecções por rubéola na cidade Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Maria R. Nogueira

    1976-06-01

    Full Text Available Os autores apresentam dados obtidos no estudo de soros com a finalidade de determinar os níveis de anticorpos para rubéola, no período de 1970 a 1975, na cidade do Rio de Janeiro. Estes soros induiram principalmente gestantes em contato com casos clínicos ou suspeitos de rubéola. Dentre as gestantes, de 2.155 casos em que as informações eram mais completas, analisaram-se os resultados da sorologia com a finalidade de estabelecer o grau de imunidade prévio ao contato e o nível de risco para o concepto. Verificou-se que 84,4% destas gestantes possuiam anticorpos, sendo que destas 8,1% alcançaram níveis iguais ou superiores a 1/320, sugerint infecção recente. Obteve-se conversão sorológica em 1,2%, comprovando-se a infecção atual por rubéola. A análise dos dados referentes a casos notificados de rubéola na cidade do Rio de Janeiro no período de 1965 a 1974 demonstrou uma incidência maior no segundo semestre, tendo ocorrido dois surtos da doença, um em 1968 e outro em 1974.

  13. Schistosomal glomerular disease (a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zilton A. Andrade

    1984-12-01

    Full Text Available In this review paper schistosomal glomerulopathy is defined as an immune-complex disease. The disease appears in 12-15 per cent of the individuals with hepatosplenic schistosomiasis. Portal hypertension with collateral circulation helps the by pass of the hepatic clearance process and the parasite antigens can bind to antibodies in the circulation and be trapped in the renal glomerulus. Chronic membranousproliferative glomerulonephritis is the most commom lesion present and the nephrotic syndrome is the usual form of clinical presentation. The disease can be experimentally produced, and schistosomal antigens and antibodies, as well as complement, can be demonstrated in the glomerular lesions. Specific treatment of schistosomiasis does not seem to alter the clinical course of schistosomal nephropathy.A glomerulopatia esquistossomotica e um exemplo de doenca causada por complexos imunes. Ela se manifesta em 12 a 15% dos portadores de forma hepato-eplenica da esquistossomose. A hipertensao porta, com circulacao colateral, facilita a ultrapassagem do filtro hepatico e os antigenos esquistossomoticos podem se acoplar aos anticorpos na circulacao e vir a se depositar nos glomerulos. O tipo histologico mais frequente e a glomerulonefrite cronica membrano-proliferativa, geralmente com sindrome nefrotica. A doenca e passivel de reproducao experimental e os antigenos esquistossomoticos, os anticorpos e fracoes do complemento podem ser demonstrados nas lesoes glomerulares. O tratamento especifico da esquistossomose nao mostrou ate o momento a capacidade de alterar o curso da nefropatia.

  14. Canine distemper virus and Toxoplasma gondii co-infection in dogs with neurological signs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.M. Aguiar

    2012-02-01

    Full Text Available O presente estudo relata a ocorrência de co-infecção entre o vírus da cinomose canina (CDV e Toxoplama gondii em cães com sinais neurológicos. Amostras de soro e tecido nervoso (pos-mortem de 21 cães, suspeitos de cinomose canina foram analisadas pela Reação de Imunofluorecência indireta (RIFI para pesquisa de anticorpos contra T. gondii e N. caninum e por RT-PCR para CDV. Dezessete (80,9% cães foram positivos para o CDV pela RT-PCR e 8 (38,1% foram positivos para anticorpos contra T. gondii. Sete cães (41,1% apresentaram-se positivos para ambos agentes, caracterizando processo de co-infecção. Somente 1 (4,7% cão foi soropositivo para N. caninum (RIFI=100, entretanto este mesmo animal foi positivo para T. gondii (RIFI=4096 e para CDV (RT-PCR.

  15. Estudo das parasitoses intestinais e da infecção chagásica no Município de Novo Airão, Estado do Amazonas, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcio N. Boia

    1999-09-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo seccional descritivo em uma amostra sistemática por conglomerado de uma em cada dez famílias residentes na sede do Município de Novo Airão, na meso-região norte do Estado do Amazonas, a 250 quilômetros de Manaus por via fluvial. De cada um dos residentes nos 89 domicílios da amostra foram solicitadas fezes para exame pelos métodos de sedimentação de Lutz e pelo Baermann-Moraes-Coutinho e colhido sangue por punção venosa para testes de ELISA e imunofluorescência para pesquisa de anticorpos anti-Trypanosoma cruzi. O exame de 316 amostras de fezes mostrou 87,6% com um ou mais parasitos: 35,1% com Ascaris lumbricoides, 29,1% com Entamoeba histolytica, 17,4% com Giardia lamblia e outros parasitos com menor prevalência. Estes resultados foram correlacionados com a falta de saneamento e de suprimento de água tratada. De 346 soros examinados 16 (4,6% foram reativos para anticorpos anti-Trypanosoma cruzi, mas somente em três deles houve correlação entre este resultado e o contacto das pessoas com triatomíneos silvestres, conhecidos localmente como "piolho da piaçava".

  16. Estudo das parasitoses intestinais e da infecção chagásica no Município de Novo Airão, Estado do Amazonas, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Boia Marcio N.

    1999-01-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo seccional descritivo em uma amostra sistemática por conglomerado de uma em cada dez famílias residentes na sede do Município de Novo Airão, na meso-região norte do Estado do Amazonas, a 250 quilômetros de Manaus por via fluvial. De cada um dos residentes nos 89 domicílios da amostra foram solicitadas fezes para exame pelos métodos de sedimentação de Lutz e pelo Baermann-Moraes-Coutinho e colhido sangue por punção venosa para testes de ELISA e imunofluorescência para pesquisa de anticorpos anti-Trypanosoma cruzi. O exame de 316 amostras de fezes mostrou 87,6% com um ou mais parasitos: 35,1% com Ascaris lumbricoides, 29,1% com Entamoeba histolytica, 17,4% com Giardia lamblia e outros parasitos com menor prevalência. Estes resultados foram correlacionados com a falta de saneamento e de suprimento de água tratada. De 346 soros examinados 16 (4,6% foram reativos para anticorpos anti-Trypanosoma cruzi, mas somente em três deles houve correlação entre este resultado e o contacto das pessoas com triatomíneos silvestres, conhecidos localmente como "piolho da piaçava".

  17. A entomoftorose nasal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zilton A. Andrade

    1972-10-01

    Full Text Available São apresentados os dados clínico-patológicos de dois casos de entomoftorose nasal, nova doença humana causada por um ficomiceto - Entomophthora coronata. Os pacientes, uma menina e um homem, com 8 e 44 anos de idade respectivamente, apresentaram doença localizada, com nódulos no nariz e região paranasal, edema e deformação da face. O parasito foi isolado do primeiro caso, mas todas as tentativas para isolá-lo no segundo caso resultaram negativas. Histologicamente, havia reação granulomatosa, fibrose e edema, em torno de hifas não septadas, as quais exibiam envólucro eosinófilo amorfo em torno. Foram demonstrados anticorpos circulantes contra, as hifas do E. coronata no soro de um dos pacientes. O material eosinófilo em torno das hifas continha fibrina e material auto-fluorescente sob luz ultra-violeta, provavelmente lipofuscina, mas não foram demonstrados anticorpos ou antígenos nesta área. A apresentação destes casos, os primeiros a serem descritos no Brasil, é acompanhado, de uma revisão geral do assunto, pois tal poderá vir a ser de interesse para aqueles que estudam os problemas da patologia tropical em nosso meio.

  18. Freqüência de alterações hepáticas em pacientes com esclerodermia Frequency of hepatic abnormalities in patients with scleroderma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariene Paixão

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a freqüência das doenças hepáticas em pacientes com esclerodermia e, secundariamente, estudar a freqüência de infecção pelos vírus B e C da hepatite nesses pacientes, assim como a freqüência de auto-anticorpos séricos. MATERIAL E MÉTODOS: estudaram-se pacientes com diagnóstico de esclerodermia, localizada ou sistêmica, acompanhados no Ambulatório de Reumatologia do Hospital Santa Izabel. Como grupo de comparação, foram estudados pacientes com diagnóstico de acne vulgar. RESULTADOS: dos 65 pacientes com diagnóstico de esclerodermia incluídos nesse trabalho, 35% apresentaram a gama-glutamiltransferase (gama-GT alterada, 30% tiveram a fosfatase alcalina aumentada e 17,1%, a alaninoaminotransferase (ALT acima dos valores de referência. A ALT apresentou-se mais alterada nos pacientes do que nos controles. Apenas um indivíduo dos 41 testados apresentou positividade para o anticorpo antimitocôndria enquanto 19% tinham anticorpo antimúsculo liso, não se observando diferença estatística na positividade desses anticorpos entre os dois grupos. Um paciente apresentou o HBsAg positivo e outro foi positivo para o anticorpo anti-HCV. Nenhum paciente apresentou manifestações clínicas de doença hepática. CONCLUSÕES: no presente estudo, embora as alterações de enzimas hepáticas em pacientes com esclerodermia não tenham sido incomuns, não se observou nenhum caso com manifestações clínicas de doença hepática.INTRODUCTION: to determine the frequency of hepatic disease in patients with scleroderma and, secondarily, to investigate the frequency of hepatitis B and C virus infection and determine the frequency of autoantibodies in this disease. MATERIAL AND METHODS: patients with scleroderma followed at Hospital Santa Izabel were included in the study and patients with acne vulgaris served as a comparison group. RESULTS: considering the 65 scleroderma patients, 35% had elevated gamma

  19. Esquema reduzido de vacinação anti-rábica humana pré-exposição e avaliação de doses anuais de reforço A reduced schedule for anti-rabic pre-exposure vaccination in humans and annual assessment booster doses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Esther Luiza Bocato Chamelet

    1982-06-01

    Full Text Available São apresentados os resultados do emprego de esquema de vacinação anti-rábida humana pré-exposição, constituído de 3 doses de vacina tipo Fuenzalida-Palacios administradas a 165 pacientes em dias alternados, mais uma dose de reforço no 30.° dia após a dose inicial. Os títulos de anticorpos foram determinados por prova de soroneutralização em amostras de sangue colhidas antes, 30 e 40 dias após administração da primeira dose. Verificou-se que no 30.° dia, 74,6% dos pacientes apresentaram anticorpos neutralizantes no soro, valor que se elevou a 98,1% no quadragésimo dia, o que mostra a eficácia do esquema em relação à resposta imunitária em tempo relativamente curto e a importância da dose de reforço como estímulo à produção de anticorpos. Nos pacientes submetidos às doses anuais de reforço num período de 10 anos, verificou-se aumento gradual da presença de anticorpos antes da administração da dose de reforço subseqüente, até atingir valores de 100%. Face aos resultados obtidos foi sugerido que as doses de reforço sejam administradas a intervalos de tempo maiores e precedidas da titulagem de anticorpos a fim de se avaliar da necessidade ou não de sua administração.A reduced schedule for a pre-exposure anti-rabic immunization, of humans with 3 doses of 1 ml of Fuenzalida-Palacios type vaccine administered on alternate days, plus one booster 30 days after the first dose, was related. The blood samples were collected on the 0, 30th and 40th day after the first vaccine dose and the antibody titration was performed by serum neutralizing test. It was observed that 74,6% of the patients presented serum neutralizing antibodies on the 30th day and 98.1% on the 40th day, demonstrating the efficacy of this reduced schedule in stimulating the antibody response in a short time. The importance of a booster dose was emphasized. In the patients submitted to annual boosters over a period of 10 years, a gradual increase in

  20. Imunogenicidade de isolados de herpesvírus bovino 5 como candidatos à vacina Immunogenicity of bovine herpesvirus 5 isolates as vaccine candidates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Felipe Lourenço de Souza

    2009-02-01

    Full Text Available O herpesvírus bovino 5 (BoHV-5 é o agente da menigoencefalite herpética bovina. A doença neurológica, associada à infecção pelo BoHV-5, apresenta altas taxas de letalidade em bovinos jovens e está disseminada no Brasil. A prevenção das perdas causadas pela infecção pelo herpesvírus está baseada, principalmente, na imunização dos animais. Nesse sentido, foi delineada uma comparação entre isolados de BoHV-5, buscando selecionar o isolado mais antigênico para a formulação de vacinas. As formulações inativadas foram produzidas com os isolados ISO9898292, SV507, SV163, 1807 e EVI145 e administradas a cinco grupos de 10 ovelhas cada, que receberam duas doses vacinais por via intramuscular com intervalo de 21 dias. Foram realizadas coletas de sangue para análise de presença de anticorpos por soroneutralização e acompanhamento dos animais até o 63° dia após a primo-vacinação. Foram observados dois picos na curva de anticorpos, o primeiro no dia 14, após a vacinação, quando os títulos médios de anticorpos variaram entre 23,1 e 138,6. O segundo pico foi observado 14 dias após a revacinação, quando os títulos médios variaram entre 301,3 e 1017,5. No 42° dia após a revacinação, foi observada variação de título entre 82,4 e 305,9. A diferença entre as médias de títulos de anticorpos de cada grupo de animais sugere uma menor antigenicidade do isolado ISO9898292 em relação aos demais, demonstrando uma possível variação antigênica entre os isolados. Todos os isolados, com exceção do ISO9898292, mostraram-se imunogênicos para a indução de anticorpos.Herpesvirus bovine 5 (BoHV-5 is the agent of bovine herpetic menigoencephalitis. The neurological disease associated with the infection is highly lethal in young cattle and it is widespread in Brazil. Control of the clinical signs caused by herpesviruses is based mainly on the immunization of cattle. A comparative study was performed among Brazilian Bo

  1. Secondary dengue infection in schoolchildren in a dengue endemic area in the State of Rio de Janeiro, Brazil Infecção secundária por dengue em escolares numa região endêmica para o dengue no Estado do Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rivaldo Venâncio da Cunha

    1995-12-01

    Full Text Available A seroepidemiologic survey was carried out in schoolchildren from public schools of the Niterói municipality, state of Rio de Janeiro, Brazil, after a period of sequential epidemics by dengue virus type 1 and 2 (DEN-1 and DEN-2. 450 blood samples were obtained by fingertip puncture and collected on filter paper discs. The hemagglutination inhibition (HAI test was carried out using DEN-1 and DEN-2 antigens. HAI titres were demonstrated in 66% (297/450 of the sera and the geometric means of the titres were 1/182 and 1/71 for DEN-1 and DEN-2, respectively. Secondary infections were observed in 61% (181/297 of positive cases. Among these, 75% (135/181 were under fifteen years old. No dengue haemorrhagic fever (DHF was reported in these children. Asymptomatic or oligosymptomatic infections were detected in 56% of the studied population. The absolute and relative frequencies of positive tests by age group and sex did not evidence statistically significant difference. The number of individuals infected probably produced a immunologic barrier responsible for the non occurrence of dengue epidemic in the latter years.Após um período de epidemias sequenciais pelos vírus dengue tipo 1 e 2 (DEN-1 e DEN-2, foi realizado um estudo soroepidemiológico em uma amostra de escolares da rede pública de ensino do município de Niterói; 450 amostras de sangue foram obtidas através de punção da polpa digital, coletadas sobre discos de papel de filtro e testadas para a detecção de anticorpos inibidores da hemaglutinação (1HA para DEN-1 e DEN-2. Das amostras testadas, 66,0% (297/450 apresentaram títulos de anticorpos IHA e as médias geométricas dos títulos de anticorpos foram de 1/182 e 1/71, para DEN-1 e DEN-2, respectivamente. Cerca de 61,0% (181/297 daqueles com anticorpos IHA tiveram infecção secundária. Destes, 75% (135/181 tinham idade igual a ou menor do que 15 anos. Nenhum caso de dengue hemorrágico foi relato entre os participantes do estudo

  2. Evaluation of anti-rabies vaccination and supplementation with probiotic in the humoral immune response in cattle / Avaliação da vacinação anti-rábica e da suplementação com probiótico na resposta imune humoral em bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Souza Lima de Souza Reis

    2009-10-01

    Full Text Available This study evaluated the humoral immune response of a new rabies vaccine developed by the Instituto Butantan (potency of 3.27 UI/ml in primovaccinated cattle and the effect of probiotic on this response. Thirty-four 15-month old Nelore cattle were randomly divided into 2 groups (17 animals/group. All the animals were vaccinated on day 0 (zero and then animals in one group received probiotic added to a mineral mixture (GP while the others were given only the mineral mixture (GC. Blood samples were collected on days 0, 75 and 150 for rabies neutralizing antibodies titers by seroneutralization assay on BHK21 cells (RFFIT. Protective antibody titers (?0.5 UI/mL were found in 82.4% of the animals from GP and in 76.5% of the animals from GC and no statistical difference (p > 0.05 between antibody titers in GP and GC was detected on days 75 and 150. It was also observed that in both groups antibody titers was decreased on day 150 (p Objetivou-se avaliar a resposta imune humoral a uma nova vacina anti-rábica, desenvolvida no Instituto Butantan em bovinos primovacinados e o efeito do probiótico nesta resposta. Trinta e quatro bovinos da raça Nelore com idade de 15 meses foram divididos aleatoriamente em 2 grupos (17 bovinos/grupo: os animais foram vacinados no dia zero e um dos grupos recebeu uma mistura mineral com probiótico (GP, enquanto o outro apenas a mistura (GC. Colheu-se sangue dos animais nos dias 0, 75 e 150 após a vacinação para determinação dos títulos de anticorpos anti-rábicos neutralizantes pela técnica de soroneutralização em células BHK21 (RFFIT. Foram encontrados títulos de anticorpos protetores ( ? 0,5 UI/mL em 82,4% dos animais do grupo GP e 76,5% do grupo GC. Não houve diferença significativa (p > 0,05 nos títulos de anticorpos entre os soros coletados dos dois grupos de animais nos dias 75 e 150. Verificou-se também que para ambos os grupos no dia 150 houve uma redução significativa (p < 0,01 nos títulos de

  3. Resposta sorológica e avaliação de proteção fetal em ovelhas prenhes vacinadas contra o vírus da diarréia viral bovina (BVDV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vogel Fernanda Silveira Flores

    2001-01-01

    Full Text Available A resposta sorológica e proteção fetal conferida por três vacinas inativadas contra o vírus da diarréia viral bovina (BVDV (vacinas A, B e C foram avaliadas através de vacinação e posterior desafio de ovelhas prenhes com amostras brasileiras de BVDV-1 e BVDV-2. Níveis baixos a moderados de anticorpos neutralizantes anti-BVDV-1 foram detectados na maioria dos animais (45/47 aos 30 dias após a segunda dose vacinal (títulos médios geométricos [GMT] de 124,7; 74,6 e 26,7 para as vacinas A, B e C, respectivamente. Em contraste, atividade neutralizante anti-BVDV-2 não foi detectada em vários animais (12/47 e foi de magnitude inferior nos três grupos vacinais (GMTs 19,1; 14,1 e 15,1. Os títulos médios de anticorpos reduziram-se significativamente no dia 180, sendo que vários animais já não apresentavam atividade neutralizante detectável frente ao BVDV-1 (grupo B=1/19; C=8/14 e principalmente frente ao BVDV-2 (A=7/14; B=13/19; C=13/14. Nessa data, os títulos médios de anticorpos contra as amostras utilizadas no desafio eram de 91,9; 15,1 e 60,6 (SV-126.8, BVDV-1 e de 10; <10 e 28,3 (SV-260, BVDV-2 nos grupos A, B e C, respectivamente. Nos três grupos vacinais, os níveis de anticorpos neutralizantes contra essas amostras não foram suficientes para prevenir a replicação, disseminação virêmica e transmissão transplacentária dos vírus aos fetos. O vírus foi detectado no sangue e nos fetos de todas as ovelhas vacinadas com as vacinas A (10/10, B (9/9 e C (8/8. Esses resultados demonstram que as vacinas testadas induziram níveis moderados a baixos de anticorpos neutralizantes contra o BVDV-1 e, principalmente contra o BVDV-2 na maioria dos animais; e que esses níveis não foram suficientes para prevenir a infecção fetal frente ao desafio com amostras de BVDV-1 e BVDV-2. Adicionalmente, os resultados confirmam a adequação de ovelhas prenhes para estudos de proteção fetal por vacinas contra o BVDV.

  4. Arbovírus Ilheus em aves silvestres (Sporophila caerulescens e Molothrus bonariensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pereira Luiz Eloy

    2001-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar o isolamento do vírus Ilheus no Estado de São Paulo e avaliar o seu impacto para a saúde pública. MÉTODOS: O isolamento de vírus foi realizado em camundongos albinos Swiss, a partir de sangue de aves silvestres, capturadas com redes de espera tipo mist net, armadas no nível do solo, no Parque Ecológico do Tietê, São Paulo. A identificação das cepas isoladas foi feita pelos testes de inibição da hemaglutinação, fixação de complemento e neutralização em camundongos. Amostras de plasma de aves e de mamíferos silvestres foram submetidas à pesquisa sorológica para detecção de anticorpos inibidores de hemaglutinação. RESULTADOS: Foram isoladas duas cepas do vírus Ilheus em sangue de aves das espécies Sporophila caerulescens e Molothrus bonariensis e detectados anticorpos em aves das espécies Columbina talpacoti, Geopelia cuneata, Molothrus bonariensis e Sicalis flaveola, em sagüis das espécies Callithrix jacchus e Callithrix penicillata e no quati Nasua nasua. CONCLUSÕES: O isolamento do vírus Ilheus e a detecção de anticorpos específicos em aves residentes, migratórias e de cativeiro, em sagüis e quatis, comprovam a presença desse agente no Parque Ecológico do Tietê. O comportamento migratório de aves silvestres pode determinar a introdução do vírus em outras regiões. Considerando-se a patogenicidade para o homem e a confirmação da circulação desse agente viral em área urbana, freqüentada para atividade de lazer e de educação, o risco de ocorrência de infecção na população humana não pode ser descartado.

  5. Identificação do vírus causador de encefalomielite eqüina, Paraná, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernández Zoraida

    2000-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: No período de 1996 a 1999, um agente viral causador de encefalomielite afetou as populações de eqüinos em diferentes regiões do Estado do Paraná, Brasil. Objetivou-se realizar pesquisa sorológica na tentativa de isolar o vírus causador da doença. MÉTODOS: Em quatro municípios do Estado do Paraná, Brasil, foram coletados culicídeos com armadilha Shannon e isca humana, identificados e processados para isolamento de vírus. Em dois municípios estudados foram colhidas amostras de sangue de eqüinos para isolamento de vírus e para pesquisa sorológica. Os soros foram analisados pelo teste de inibição da hemaglutinação frente a diferentes antígenos de Alphavirus e Flavivirus. Aqueles que revelaram reações positivas-cruzadas foram analisados pelo teste de neutralização. RESULTADOS: Foram coletados culicídeos dos gêneros: Culex, Aedes, Mansonia, Coquillettidia, Psorophora, Sabethes, Wyeomyia e Limatus. Embora não sendo isolado o agente viral, foram detectados anticorpos hemaglutinantes para os vírus Encefalomielite eqüina do Leste, Mucambo, Pixuna, Maguari e St. Luis. Em doze amostras de soros foram detectados anticorpos neutralizantes para os vírus Encefalomielite eqüina do Leste. CONCLUSÕES: Foram coletadas espécies de culicídeos, considerados na bibliografia como vetores de vírus causadores de encefaliomielite buniavírus e outras arboviroses de importância epidemiológica. Pela presença de sintomas de encefalomielite e de anticorpos para o vírus Encefalomielite eqüina do Leste nos soros dos cavalos, supõe-se ser esse o vírus causador da doença nos eqüinos das regiões estudadas.

  6. ELISA de bloqueio monoclonal para o diagnóstico sorológico de infecções pelo herpesvírus bovino tipo 1 (BHV-1 A monoclonal blocking ELISA for the serological diagnosis of bovine herpesvirus type 1 (BHV-1 infections

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marjorie F.B. Teixeira

    2001-03-01

    Full Text Available Um ensaio imunoenzimático do tipo ELISA de bloqueio com anticorpo monoclonal (ELISA-M foi desenvolvido e padronizado para a detecção de anticorpos contra o vírus da Rinotraqueíte Infecciosa Bovina (Herpesvírus Bovino tipo 1; BHV-1. Foram utilizadas nesta avaliação 266 amostras de soros bovinos, sendo 148 negativos e 118 positivos em testes de soroneutralização (SN. Em comparação com este último, o ELISA-M demonstrou uma sensibilidade de 92,37%, especificidade de 92,56%, valor preditivo positivo de 90,83%, valor preditivo negativo de 93,83% e precisão de 92,48%. O índice de concordância (k entre os testes foi de 0,85. O ELISA-M apresentou como vantagens a rapidez e a praticidade de execução. Com base nestes resultados, o ELISA-M foi considerado uma alternativa apropriada para o diagnóstico sorológico de infecções pelo BHV-1. Entretanto, o teste não foi capaz de diferenciar anticorpos induzidos por BHV-1 ou BHV-5.A monoclonal antibody-based blocking enzyme linked immunosorbent assay (ELISA-M was developed and standardized for the detection of antibodies to infectious bovine rhinotracheitis virus (Bovine Herpesvirus type 1; BHV-1. A total of 266 samples of bovine sera (148 negative and 118 positive were tested and compared with the results of a standard serum neutralization (SN test. The ELISA-M was adjusted to 92.37% sensitivity, 92.56% especificity, 93.83% negative predictive value, 90.83% positive predictive value and to an accuracy of 92.48%, with an agreement index (k equal to 0.85. The main advantages presented by the ELISA-M were its practicality and rapidity in performance. This test was shown to be a suitable alternative to SN tests in the detection of BHV-1 antibodies in cattle. However, the ELISA was unable to discriminate between BHV-1 and bovine herpesvirus type 5 (BHV-5 antibodies.

  7. Supressão da resposta imunitária humoral causada pela citrinina Humoral immunosupression caused by citrinin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.A. Carvalho

    2005-04-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito imunotóxico causado por exposição a baixas doses de citrinina (2,5mg kg-1 em camundongos albinos expostos à micotoxina antes (n=15, durante (n=15 e após (n=15 a imunização com antígeno inerte, representado por eritrócitos de carneiro - sheep red blood cells (SRBC. Quinze camundongos foram usados como controle (não intoxicados. Sete dias após o tratamento, os animais foram sangrados e os títulos de anticorpos anti-SRBC e de complemento foram determinados. A citrinina diminuiu os títulos de anticorpos primários em todos os grupos intoxicados. A intoxicação antes e após a imunização provocou diminuição em 87,5% nos títulos médios de anticorpos específicos. A exposição simultânea à imunização gerou diminuição de 75%. Houve acentuada redução nos níveis de complemento circulante, detectada nos animais previamente intoxicados (93,8%, ou intoxicados juntamente com a imunização (87,5%.The immunotoxic effect caused by citrinin was evaluated in albino mice exposed to a single dose of 2.5mg.kg-1 before (n=15, concomitantly (n=15 and after (n=15 immunization with an inert antigen represented by sheep red blood cells (SRBC. The animals were bleed seven days following the mycotoxin exposure for antibodies anti-SRBC and complement titration and compared to results obtained from non-exposed controls (n=15. It was detected a decreasing antibodies titration in all the intoxicated animals. Those animals that received citrinin before and after SRBC sensitization equally presented a lowering of 87.5% on the primary antibodies level. The exposure to the mycotoxin simultaneously to the SRBC sensitization caused a decrease equivalent to 75%. A remarkable effect was also demonstrated for the circulating complement in both groups of animals, with a decrease of 87.5% on those intoxicated before and of 93.8% on those treated concomitantly to the SRBC sensitization.

  8. Comparison of semi-automatized assays for anti-T. gondii IgG detection in low-reactivity serum samples: importance of the results in patient counseling Comparação de ensaios semi-automatizados para pesquisa de IgG anti-T. gondii em amostras de soros de baixa reatividade: importância dos resultados no aconselhamento do paciente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Guilherme Leser

    2003-06-01

    Full Text Available Toxoplasmosis is a disease which can cause severe congenital infection and is normally diagnosed by the detection of T. gondii specific antibodies in the serum of infected patients. Several different tests allow to distinguish recent from past infections and to quantify anti-T. gondii specific IgG, and the results can be used as markers for immunity. In the present study, we compare the performance of two different methodologies, the Elfa (bioMérieux S.A and the Meia (Abbott Laboratories in detecting T. gondii specific IgG in low-reactivity sera. Of 76 analyzed samples, three presented discrepant results, being positive in the Abbott AxSYM Toxo IgG assay, and negative in the bioMérieux Vidas Toxo IgG II assay. By using other tests, the three sera were confirmed to be negative. The results are discussed in the context of their importance for patient management, especially during pregnancy.Toxoplasmose, doença conhecida por sua severidade na infecção congênita é geralmente diagnosticada pela demonstração de anticorpos específicos contra antígenos de T. gondii, presentes no soro de indivíduos infectados. Diferentes testes são disponíveis para diferenciar infecção recente de infecção pregressa, para quantificar anticorpos IgG anti-T. gondii nos soros dos pacientes e utilizar os resultados como marcadores de imunidade. Neste trabalho apresentamos os resultados do estudo comparativo de duas tecnologias, Elfa (bioMérieux S.A. e Meia (Abbott Laboratories, para pesquisa de anticorpos IgG anti-T. gondii em amostras de soros de baixa reatividade. De 76 amostras processadas, três apresentaram resultados discrepantes, reagentes para AxSYM Toxo IgG e não-reagentes para Vidas Toxo IgG II. A confirmação dos resultados, feita por bateria de testes, mostrou que todas as três amostras eram não-reagentes. Os resultados são discutidos em sua importância e orientação clínica, principalmente para a paciente gestante.

  9. Significado do epitope spreading na patogênese dos pênfigos vulgar e foliáceo Significance of epitope spreading in the pathogenesis of pemphigus vulgaris and foliaceus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Aoki

    2008-04-01

    Full Text Available Os pênfigos são dermatoses bolhosas auto-imunes, em que há a produção de auto-anticorpos direcionados contra moléculas de adesão dos epitélios, levando à perda da coesão celular. A produção de auto-anticorpos ocorre quando os pacientes desenvolvem um desequilíbrio da resposta imune (quebra da tolerância imunológica, passando a reconhecer antígenos próprios. A resposta é geralmente direcionada contra um único epítopo alvo; entretanto, como conseqüência da resposta inflamatória do processo primário e do extenso dano tecidual ocasionado, pode haver exposição de componentes protéicos ocultos, levando à produção de diferentes auto-anticorpos. Assim, é possível que surja uma nova doença cutânea auto-imune, em decorrência do fenômeno intra ou intermolecular de epitope spreading. São revistos os principais conceitos desse fenômeno e sua ocorrência nas dermatoses bolhosas auto-imunes, com ênfase nos pênfigos, grupo de dermatoses bolhosas autoimunes mais prevalente no Brasil.Pemphigus comprises autoimmune blistering skin diseases in which autoantibodies directed against antigens (epithelial adhesion molecules are found, leading to loss of cell cohesion. The production of autoantibodies occurs due to an immune imbalance (break of immune tolerance driving to recognition of self- antigens. The response is usually directed against an exclusive target epitope; however, due to the inflammatory response and to the extensive tissue damage, it is possible that the exposure of hidden protein components leads to distinct autoantibody production. Hence, a new autoimmune disease may occur in consequence of an intra- or intermolecular epitope spreading phenomenon. The authors review the main concepts of this phenomenon, and its occurrence in autoimmune blistering diseases, with emphasis on pemphigus, the most prevalent disease of this group in our country.

  10. Hemofilia A adquirida associada à artrite reumatoide Acquired hemophilia associated with rheumatoid arthritis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlene Freire

    2009-06-01

    Full Text Available O aparecimento do anticorpo contra fator VIII é um fenômeno bem estabelecido na hemofilia A, ocorrendo em 5 a 15% dos pacientes hemofílicos dos Estados Unidos, Inglaterra, Suécia e França. Nos pacientes não-hemofílicos o seu aparecimento é raro, podendo ocorrer em indivíduos saudáveis, principalmente idosos e mulheres no puerpério, pacientes com neoplasia maligna ou doenças autoimunes, como lúpus eritematoso sistêmico, artrite reumatoide e síndrome de Sjögren. Descrevemos o caso de uma paciente de 64 anos de idade, portadora de artrite reumatoide soropositiva há 23 anos, que há 10 dias desenvolveu equimoses e hematomas progressivos cuja investigação foi compatível com a presença de anticorpo contra fator VIII. Foi instituída terapia com metilprednisolona, ciclofosfamida endovenosa, imunoglobulina e reposição de complexo protrombínico, com remissão do quadro hemorrágico e negativação do anticorpo contra o fator VIII. Concluímos com esse caso que, apesar de ser rara, a presença de inibidores adquiridos do fator VIII deve ser pesquisada quando pacientes portadores de doença autoimune desenvolvem manifestações hemorrágicas associadas ao prolongamento do TTPA com TAP e contagem plaquetária normais.The occurrence of the antibody against factor VIII is a well-known phenomenon in hemophilia A, occuring in 5 to 15% of the hemophilic patients in the United States, England, Sweden and France. The development of factor VIII in non-hemophilic patients is rare and may occur in healthy individuals, mostly elderly and women in postpartum period, and in patients with malignant neoplasia or autoimmune diseases, such as systemic lupus erythematosus, rheumatoid arthritis and Sjögren's syndrome. We described the case of a 64-year-old female patient who has had seropositive rheumatoid arthritis for 23 years and presented with a ten-day history of progressive ecchymosis. Therapy with methylprednisolone, intravenous

  11. Anti-helmínticos na toxocaríase experimental: efeito na recuperação de larvas de Toxocara canis e na resposta humoral Anthelmintics in experimental toxocariasis: effects on larval recovery of Toxocara canis and on immune response

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana Zevallos Lescano

    2005-02-01

    Full Text Available Estudou-se a recuperação de larvas na fase crônica de camundongos infectados por Toxocara canis, bem como a presença de anticorpos anti-Toxocara após tratamento com ivermectina, mebendazol ou tiabendazol, durante cinco dias consecutivos. Os animais foram sangrados pelo plexo retroorbitário entre 30 e 270 dias após a infecção (DPI. Os soros foram processados pela técnica de enzyme linked immunosorbent assay (ELISA para pesquisa de anticorpos da imunoglobulina da classe G (IgG, utilizando antígeno ES de T. canis. Aos 270 DPI, os animais foram sacrificados para recuperação de larvas no sistema nervoso central, no fígado, nos pulmões e músculos. Os resultados do teste imunoenzimático indicam que, aos 20 dias após tratamento (50 DPI, o nível de anticorpos anti-Toxocara IgG aumentou nos três grupos tratados, mantendo-se elevado ao longo do experimento até o 270º DPI. Em relação aos animais infectados e não-tratados, observou-se decréscimo significativo no número de larvas recuperadas nos animais dos três grupos tratados, não se conseguindo a cura parasitológica. Com este estudo conclui-se que as três drogas utilizadas no experimento têm eficácia similar.The effects of treatment with ivermectin, mebendazole or tiabendazole, during five days, on the larval recovery and immune response to Toxocara canis in experimental chronically infected mice were studied. Animals were bled, using the retro-orbital plexus between the 30th and the 270th days post-infection (Dpi, and sera were processed by ELISA technique for IgG antibodies using ES antigen from T. canis. On day 270 all the animals were killed for larval recovery in the central nervous system, liver, lungs and carcass. Immunoenzimatic test results indicate that 20 days after treatment (50 DPI the anti-Toxocara IgG antibody level increased in the three treated groups and remained elevated until 270 DPI. It was observed a significative decrease in larvae recovered from

  12. Cefaléia no lupus eritematoso sistêmico: prevalência e condições associadas Headache and systemic lupus erythematosus: prevalence and associated conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael Guimarães Bettero

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a prevalência de cefaléia entre a população com lupus e normal e verificar as condições associadas à sua presença. MÉTODO: Analisaram-se 49 pacientes com lupus eritematoso (LES e 50 controles quanto a episódios de cefaléia (enxaqueca e tensional. Em pacientes com LES estudou-se: presença de Raynaud, telangiectasias, vasculites cutâneas, convulsões e de anticorpos antifosfolípideos. RESULTADOS: Dos lúpicos com LES, 42 tinham cefaléia (85,7%, sendo 29 casos de enxaqueca e 13 tensional; no grupo controle, 28 tinham cefaléia (57,14%, sendo 18 com enxaqueca e 10 tensionais (p=0,0026 para enxaqueca. Nos pacientes com LES não se encontrou associação entre enxaqueca e Raynaud (p=0,34, telangiectasias (p=0,77, vasculites cutâneas (p=0,63 e convulsões (p=0,13. Também não se encontrou associação entre enxaqueca e anticorpos anticardiolipina Ig G (p=0,45, IgM (p=0,07 ou LAC (p=0,59. CONCLUSÃO: Enxaqueca é mais prevalente na população com L v ES. Este achado não está associado com Raynaud, telangiectasias, vasculites cutâneas, convulsões e anticorpos antifosfolípideos.OBJECTIVE: To study the prevalence of headache in patients with systemic lupus erythematosus (SLE and normal population as well as associated conditions. METHOD: Forty nine SLE patients and 50 controls were analyzed for presence of headaches (tensional and migraine. In the SLE group, we studied the occurrence of Raynaud, teleangiectasis, cutaneous vasculitis, convulsions and antiphospholipid antibodies. RESULTS: Among SLE patients, 42 had headaches (85.7%, 29 with migraine and 13 tensional; on the control group, 28 had headaches (57.1%, 18 migraine and 10 tension type with p=0.0026 for migraine. In SLE patients we did not find any association between migraine and Raynaud (p=0.34, teleangiectasis (p=0.77, cutaneous vasculitis (p=0.63, seizures (p=0.13, aCl IgG (p=0.45, IgM (=0.07 and LAC (p=0.59. CONCLUSION: Migraine is more prevalent in the

  13. LLC: critérios diagnósticos, imunofenotipagem e diagnóstico diferencial CLL: diagnostic criteria, immunophenotyping and differential diagnosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Irene Lorand-Metze

    2005-12-01

    Full Text Available O diagnóstico da LLC é baseado em dados do hemograma e da imunofenotipagem dos linfócitos periféricos: linfocitose acima de 5 (ou 10 x 10(9/L com fenótipo CD19, CD5, CD23 e expressão fraca de imunoglobulinas de superfície monoclonais. A expressão de CD38 ocorre em cerca da metade dos casos e tem relação com o estado não mutado de Ig V. A biópsia de medula só deverá ser realizada antes do tratamento ou quando os dois exames acima não permitirem um diagnóstico definitivo. O diagnóstico diferencial é com os outros linfomas B indolentes, que freqüentemente apresentam células neoplásicas circulantes. Este diagnóstico diferencial é baseado na imunofenotipagem, biópsia de medula ou linfonodo.The diagnosis of CLL is based on the finding of peripheral lymphocytosis of over 5 (or 10 x 10(9/L presenting the CD19, CD5, CD23 phenotype and a weak monoclonal expression of membrane immunoglobulins. The CD38 expression is observed in half of the cases and is correlated with the unmutated status of the Ig V gene. Bone marrow biopsy should only be performed before starting treatment or if necessary for the differential diagnosis with other low-grade lymphomas. This differential diagnosis is based on the morphology of circulating lymphocytes, their immunophenotypes and pattern of bone marrow infiltration.

  14. A infecção pelo vírus da diarréia viral bovina (BVDV) no Brasil: histórico, situação atual e perspectivas Bovine viral diarrhea virus (BVDV) infection in Brazil: history, current situation and perspectives

    OpenAIRE

    Flores, Eduardo F; Rudi Weiblen; Fernanda S. Flores Vogel; Paulo M. Roehe; Amauri A. Alfieri; Edviges M. Pituco

    2005-01-01

    O vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV) possui distribuição mundial e é considerado um dos principais patógenos de bovinos. A infecção e as enfermidades associadas ao BVDV têm sido descritas no Brasil desde os anos 60. Diversos relatos sorológicos, clínico-patológicos e de isolamento do agente demonstram a ampla disseminação da infecção no rebanho bovino brasileiro. Além de sorologia positiva em níveis variáveis em bovinos de corte e leite, anticorpos contra o BVDV têm sido ocasionalmente det...

  15. Toxoplasma gondii and Neospora caninum serological status of different canine populations from Uberlândia, Minas Gerais Reatividade sorológica para Toxoplasma gondii e Neospora caninum em diferentes populações caninas na cidade de Uberlândia, MG

    OpenAIRE

    T.W.P. Mineo; D.A.O. Silva; K. Näslund; BJÖRKMAN, C.; UGGLA, A.; Mineo, J. R.

    2004-01-01

    Este trabalho teve como objetivo analisar a ocorrência de anticorpos contra Toxoplasma gondii e Neospora caninum em cães da cidade de Uberlândia, MG. As taxas de reatividade sorológica dos animais frente a esses parasitos foram comparadas em relação à sua origem e condições de vida. Um total de 369 amostras de soro canino foi obtido de três grupos de cães: (A) 213 pacientes do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia, (B) 62 pacientes de clínicas veterinárias particulares da...

  16. Avaliação sorológica de vacinações preventivas da difteria, do tétano e da coqueluche, efetuadas em crianças prematuras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicente Amato Neto

    1977-08-01

    Full Text Available Vinte crianças prematuras receberam, no primeiro ano de vida. vacinas que habitualmente fazem parte do esquema básico de imunizações ativas. Em amostra de soro obtida quando elas atingiram a idade de 12 meses, foram dosados os teores de antitoxina diftérica, de antitoxina tetânica e de aglutininas anti Bordetella pertussis. Valores plenamente satisfatórios de anticorpos relativos à difteria e ao tétano puderam ser encontrados e, quanto à coqueluche, nunca notaram os Autores ausência de aglutininas, mas conclusão mais decisiva não ocorreu, em virtude da falta de melhor conhecimento da cifra indicativa de proteção. O estudd em questão representa subsídio no sentido de arrefecer o temor e o cepticismo, bastante divulgados, acerca da vacinação de prematuros.

  17. Immunoprophylactic strategies against enterotoxemia caused by Clostridium perfringens type D in goats Estratégias imunoprofiláticas contra enterotoxemia causada por Clostridium perfringens tipo D em caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josir Laine A. Veschi

    2006-03-01

    Full Text Available The serological response to an experimental vaccine against Clostridium perfringens type D enterotoxemia was evaluated in four groups of goats. Group 1 received colostrum from unvaccinated cows and no vaccine. Groups 2, 3 and 4 received colostrum from vaccinated cows. In addition, Groups 3 and 4 received a vaccine dose at 80 days of age, and Group 4 received a second vaccine dose at 120 days of age. Serum antibody levels were determined by ELISA in cows before and after calving, and in goats at 3, 80, 120 and 160 days of age. No significant difference in serum antibody levels was observed between vaccinated and unvaccinated cows, or between the four groups of goats evaluated at 3 days of life. Groups 3 and 4 presented mean antibody titers of 0.6 and 1.1 IU/ml, respectively, 40 days after first vaccination. The vaccine response of Group 4 was 1.8 IU/ml 40 days after the booster dose and was higher than that observed for Group 3 (0.2 IU/ml. Thus, in the proposed regimen the use of heterologous colostrum did not induce passive immunization in goat kids. However, first vaccination and a booster dose after 40 days triggered satisfactory antibody levels.Foi avaliada a resposta sorológica de vacina experimental contra a enterotoxemia em quatro grupos de caprinos. O Grupo 1 recebeu colostro de vacas não vacinadas e nenhuma dose de vacina. Os Grupos 2, 3 e 4 receberam colostro de vacas vacinadas, e uma dose de vacina aos 80 dias de idade nos Grupos 3 e 4. O Grupo 4 recebeu a segunda dose de vacina aos 120 dias de idade. Os níveis de anticorpos séricos foram avaliados pelo ELISA nas vacas antes e depois do parto e nos caprinos aos 3, 80, 120 e 160 dias de idade. Não houve diferença significativa nos níveis de anticorpos séricos das vacas vacinadas e não vacinadas, assim como entre os quatro grupos de caprinos avaliados aos três dias de vida. Os Grupos 3 e 4 apresentaram títulos médios de anticorpos de 0,6 UI/mL e 1,1 UI/mL, respectivamente

  18. Estudo prospectivo dos efeitos da amiodarona na função tiroidiana de pacientes chagásicos em área de deficiência de iodo

    OpenAIRE

    Maria Aparecida Enes de Barros; Rui Monteiro de Barros Maciel

    1994-01-01

    Com o objetivo de avaliar a junção tiroidiana após uso crônico da amiodarona, em área de deficiência de iodo e endemia chagásica, 24 pacientes foram analisados antes e após três e nove meses de uso da droga. A avaliação constou de exame clínico, dosagem sérica de T4, T3, rT3, TSH, anticorpo antitiroglobulina e TSH 30 minutos após infusão venosa de uma ampola de 200µg de TRH. A captação do iodo radioativo 131 e a cintilografia datiróide foram realizadas antes e aos 9 meses após tratamento. Dis...

  19. Estudo prospectivo dos efeitos da amiodarona na função tiroidiana de pacientes chagásicos em área de deficiência de iodo Prospective study of amiodarone effects on thyroid function of chagasic patients in an iodine deficient area

    OpenAIRE

    Maria Aparecida Enes de Barros; Rui Monteiro de Barros Maciel

    1994-01-01

    Com o objetivo de avaliar a junção tiroidiana após uso crônico da amiodarona, em área de deficiência de iodo e endemia chagásica, 24 pacientes foram analisados antes e após três e nove meses de uso da droga. A avaliação constou de exame clínico, dosagem sérica de T4, T3, rT3, TSH, anticorpo antitiroglobulina e TSH 30 minutos após infusão venosa de uma ampola de 200µg de TRH. A captação do iodo radioativo 131 e a cintilografia datiróide foram realizadas antes e aos 9 meses após tratamento. Dis...

  20. Soroprevalência das infecções por parvovírus, adenovírus, coronavírus canino e pelo vírus da cinomose em cães de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil Seroprevalence of parvovirus, adenovirus, coronavirus and canine distemper virus infections in dogs of Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Dezengrini

    2007-02-01

    Full Text Available As infecções pelo vírus da cinomose (CDV, por parvovírus (CPV, adenovírus (CAV e coronavírus (CCoV são importantes causas de morbidade e de mortalidade em cães de todo o mundo, porém pouco se sabe sobre a sua incidência e prevalência no Brasil. Para determinar-se a prevalência dessas infecções na população canina de Santa Maria, RS, Brasil, amostras de sangue foram coletadas de 817 cães não-vacinados de 14 bairros do município e testadas para a presença de anticorpos específicos. Anticorpos contra o CDV foram detectados em 27,3% (223/817 das amostras, contra o CPV em 68,7% (561/817, contra o CAV em 43% (353/817 e contra o CCoV em 50,4% (412/817 dos cães. Observou-se um aumento gradativo da prevalência de anticorpos de acordo com a idade para o CDV, o CAV e o CCoV. Os índices de positividade para o CPV, o CAV e o CCoV foram um pouco superiores entre machos, e semelhantes entre os sexos para o CDV. Os animais que convivem com outros cães em casa ou na rua apresentaram prevalência maior de anticorpos para o CDV e o CCoV do que cães sem contato ou convívio, enquanto que, para o CPV e o CAV, não houve diferença. Esses resultados demonstram que esses vírus estão difundidos na população canina dos bairros da cidade. Por outro lado, demonstram também que uma parte considerável da população é soronegativa e, portanto, está desprotegida frente a esses agentes, indicando a necessidade de se ampliar a cobertura vacinal.Canine distemper virus (CDV, parvovirus (CPV, adenovirus (CAV and coronavirus (CCoV infections have been associated with significant morbidity and mortality among dogs worldwide yet very little is known about these infections in Brazil. As to determine the prevalence of these infections in the canine population of Santa Maria, RS, Brazil, 817 blood samples were collected from non-vaccinated dogs of 14 neighborhoods and tested for specific antibodies. Antibodies to CDV were detected in 27.3% (223/817 of

  1. Contagem de plaquetas e caracterização clínica de úlceras de perna anticardiolipinas positivas Platelet count and clinical profile of anticardiolipin positive leg ulcers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thelma Laroka Skare

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a prevalência de anticorpos anticardiolipinas em pacientes com úlceras venosas, diabéticas e arteriais e verificar se a contagem de plaquetas, antecedentes obstétricos e de trombose venosa profunda e achados de livedo reticularis ao exame físico servem como marcadores para os casos positivos. MÉTODOS: Estudaram-se 151 pacientes com úlcera de perna (81 com úlceras venosas, 50 com úlceras diabéticas e 20 com úlceras arteriais e 150 controles. Pesquisou-se, nos dois grupos, a presença de anticorpos anticardiolipina IgG e IgM e contagem de plaquetas. No grupo úlcera foram coletados dados de antecedentes de trombose venosa profunda e de abortamentos e os pacientes foram examinados para presença de livedo reticularis. Os dados obtidos foram agrupados em tabelas de frequência e contingência utilizando-se dos testes de Fisher e qui-quadrado para variáveis nominais e de Mann-Whitney e Kruskall-Wallis para as numéricas. Adotou-se significância de 5%. RESULTADOS: Encontrou-se prevalência de anticorpos anticardiolipina de 7.2% (n=12 no grupo com úlceras e de 1.3% (n=2 no controle (p=0.01. As úlceras de perna anticardiolipinas positivas não diferiram daquelas sem anticardiolipinas quanto ao gênero do paciente (p=0.98 e história de trombose prévia (p=0.69, abortamentos anteriores (p=0.67 e contagens de plaquetas (p=0.67. Só dois pacientes tinham livedo reticularis não permitindo inferências estatísticas a respeito deste dado. CONCLUSÃO: Existe aumento de prevalência de anticorpos anticardiolipinas nos portadores de úlceras de perna em relação à população geral. As características clínicas das úlceras anticardiolipinas positivas e a contagem de plaquetas não auxiliam na identificação desses pacientes.OBJECTIVE: To study the prevalence of anticardiolipin antibodies in patients with venous, diabetic and arterial leg ulcers and to verify if platelet count, previous history of venous thrombosis

  2. Prevalência de Echinococcus granulosus (Batsch, 1786) em cães urbanos errantes do município de Dom Pedrito (RS), Brasil Prevalence of Echinococcus granulosus (Batsch, 1786) in urban stray dogs from Dom Pedrito in the State of Rio Grande do Sul, Brazil

    OpenAIRE

    Adriane Nunes Hoffmann; Ramiro Malgor; Mário Luiz de la Rue

    2001-01-01

    Echinococcus granulosus é um dos parasitas mais importantes envolvidos em zoonoses de municípios próximos a fronteira do Rio grande do Sul com a Argentina e Uruguai. Amostras de 65 cães urbanos errantes do município de Dom Pedrito foram analisadas por meio de três técnicas: purgação pelo bromidrato de arecolina para visualização da presença do parasito; ensaio de imunoadsorção enzimática (ELISA), para detecção de coproantígenos, imunofluorescência indireta (IFI), para detecção de anticorpos s...

  3. Associação dos antígenos leucocitários humanos com a ausência de resposta humoral à vacina da hepatite B em pacientes renais crônicos hemodialisados Association of humans leucocitary antigens with humoral nonresponsive to hepatitis B vaccine in chronic hemodialysis patients

    OpenAIRE

    Joaquim Xavier de Sousa Júnior; José Tibúrcio do Monte Neto; José Adail Fonseca de Castro; Hélida Monteiro de Andrade; Semiramis Jamil Hadad do Monte

    2004-01-01

    A vacinação com antígeno de superfície do vírus da hepatite B não tem eficácia satisfatória em pacientes hemodialisados. O objetivo do estudo foi investigar uma possível associação entre antígenos leucocitários humanos e a baixa capacidade de produção de anticorpos protetores (anti-HbS) contra o antígeno de superfície do vírus da hepatite B em pacientes renais crônicos de programa de hemodiálise. Os antígenos HLA DR e DQ foram determinados em 76 pacientes hemodialisados por meio da técnica cl...

  4. impacto na cavidade oral dos pacientes

    OpenAIRE

    Barros, Gisela Cristina Moreira

    2010-01-01

    A Síndrome de Sjögren (SS) é uma patologia de origem autoimune, que se caracteriza imunológicamente, por um infiltrado linfocitário nas glândulas salivares e lacrimais dos indivíduos afectados. A SS pode-se dividir em Síndrome de Sjögren Primário e Síndrome de Sjögren Secundário. Os principais sintomas são a secura da boca, dos olhos e o cansaço extremo. A infiltração plasmática e linfocitária nas glândulas exócrinas e, consequentemente, a produção de auto-anticorpos, leva a...

  5. Canine coronavirus (CCoV in dogs vaccinated and unvaccinated domiciliated in Pelotas, RS, Brazil Coronavirus canino (CCoV em cães vacinados e não vacinados domiciliados em Pelotas, RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geferson Fischer

    2010-12-01

    Full Text Available Canine coronavirus (CCoV has been reported causing enteric disease mainly in young pups. In this study, to investigate immunity and exposure to CCoV, was estimated the frequency of serum antibodies to CCoV in 121 dogs in the Pelotas, South of Brazil, by serum neutralization test (SN: 22 had not been vaccinated, 69 had been vaccinated at least once, and 30 had unknown vaccination history. Antibodies were present in 47,8% (33/69 of the vaccinated dogs, in 45,5% (10/22 of the unvaccinated, and in 43,3% (13/30 of the dogs with unknown historical vaccination. There was no significant relationship between these antibodies and sex, age, habitat, and season of collection. The results proved the circulation of the CCoV among this dog population and indicated that the infection affects a significant group of animals. The large proportion of seronegative vaccinated dogs indicates failure of CCoV vaccine in inducing neutralizing antibodies, suggesting that immunizations to CCoV should be reevaluated. The authors indicate the need for further studies in order to evaluate the impact of the infection caused by CCoV, as well as to propose and evaluate preventive measures. Coronavírus canino (CCoV foi relatado como causa de doença entérica principalmente em cães jovens. Nesse estudo, para investigar imunidade e exposição ao CCoV, foi estimado a frequência de anticorpos em 121 cães de Pelotas, sul do Brasil, pelo teste de soro-neutralização (SN: 22 não haviam sido vacinados, 69 haviam sido vacinados com pelo menos uma dose, e 30 possuíam histórico de vacinação desconhecido. Foram detectados anticorpos em 47,8% (33/69 dos cães vacinados, em 45,5% (10/22 dos não vacinados, e em 43,3% (13/30 dos cães com histórico de vacinação desconhecido. Não houve associação significativa entre os anticorpos e sexo, idade, habitação e estação da coleta. Os resultados confirmam a circulação do CCoV entre essa população de cães e indicam que a infec

  6. Estudo de validação comparativo entre as técnicas Elisa e RIFI para diagnosticar Leishmania sp em cães errantes apreendidos no município de Campos dos Goytacazes, Estado do Rio de Janeiro Comparative validation study between the ELISA and RIFI techniques for diagnosing Leishmania sp in stray dogs caught in the municipality of Campos de Goytacazes, State of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariane Pinto Fernandes Távora

    2007-08-01

    Full Text Available Foi realizada uma pesquisa objetivando-se verificar a eficácia do teste ELISA, para detecção de anticorpos contra Leishmania sp em cães, comparando-o com o RIFI, padrão em humanos, e investigar a situação sorológica desta zoonose na microrregião. Os testes tiveram uma concordância de 97,6%, classificada como forte.A survey was carried out aiming to verify the ELISA test effectiveness for detecting antibodies against Leishmania sp in dogs, comparing with RIFI human pattern and for investigating sorological zoonosis situation in the microregion. An accordance about 97.6% considered strong was reported.

  7. Persistence of specific antibody response in different experimental infections of mice with Toxocara canis larvae Persistência da resposta humoral em camundongos experimentalmente infectados com larvas de Toxocara canis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Paulo Chieffi

    1995-06-01

    Full Text Available Anti-Toxocara antibody production and persistence were studied in experimental infections of BALB/c mice, according to three different schedules: Group I (GI - 25 mice infected with 200 T. canis eggs in a single dose; Group II (GII 25 mice infected with 150 T. canis eggs given in three occasions, 50 in the 1st, 50 in the 5th and 50 in the 8th days; Group III (GIII - 25 mice also infected with 150 T. canis eggs, in three 50 eggs portions given in the 1st, 14th and 28th days. A 15 mice control group (GIV was maintained without infection. In the 30th, 50th, 60th, 75th, 105th and 180th post-infection days three mice of the GI, GII and GIII groups and two mice of the control group had been sacrificed and exsanguinated for sera obtention. In the 360th day the remainder mice of the four groups were, in the same way, killed and processed. The obtained sera were searched for the presence of anti-Toxocara antibodies by an ELISA technique, using T. canis larvae excretion-secretion antigen. In the GI and GII, but not in the GIII, anti-Toxocara antibodies had been found, at least, up to the 180th post-infection day. The GIII only showed anti-Toxocara antibodies, at significant level, in the 30th post-infection day.Estudou-se a cinética de anticorpos anti-Toxocara em camundongos BALB/c infectados experimentalmente segundo três esquemas: Grupo I (GI: 25 camundongos infectados com dose única de 200 ovos embrionados de T. canis; grupo II (GII: 25 camundongos infectados com 150 ovos embrionados de T. canis, divididos em três doses de 50 ovos, administrados no 1º, 5º e 8º dias; Grupo III (GIII: 25 camundongos infectados com 150 ovos embrionados de T. canis, administrados em três doses de 50 ovos no 1º, 14º e 28º dias. Um grupo de 15 camundongos foi mantido nas mesmas condições, porém sem infecção, constituindo o grupo controle (GIV. No 30º, 50º, 60º, 75º, 105º e 180º dias pós-infecção três camundongos dos grupos GI, GII e GIII e dois do

  8. Astrócitos imunorreativos à proteína glial fibrilar ácida (GFAP) em sistema nervoso central de equinos normais e de equinos com leucoencefalomalácia Glial fibrillary acidic protein (GFAP) immunoreactive astrocytes in the Central Nervous System of normal horses and horses with leukoencephalomalacia

    OpenAIRE

    Karen Regina Lemos; Antonio Carlos Alessi

    1999-01-01

    A proteína glial fibrilar ácida (GFAP), subunidade dos filamentos intermediários do citoesqueleto celular, está presente no citoplasma de astrócitos. Técnicas imunohistoquímicas com anticorpos primários anti-GFAP são geralmente empregadas para identificar astrócitos no sistema nervoso, permitindo verificar também sua hipertrofia. Vários estudos mostram a distribuição, a morfologia e a citoarquitetura de astrócitos em várias regiões do SNC do homem e de animais de laboratório. No entanto, em a...

  9. Astrócitos imunorreativos à proteína glial fibrilar ácida (GFAP) em sistema nervoso central de equinos normais e de equinos com leucoencefalomalácia

    OpenAIRE

    Lemos Karen Regina; Alessi Antonio Carlos

    1999-01-01

    A proteína glial fibrilar ácida (GFAP), subunidade dos filamentos intermediários do citoesqueleto celular, está presente no citoplasma de astrócitos. Técnicas imunohistoquímicas com anticorpos primários anti-GFAP são geralmente empregadas para identificar astrócitos no sistema nervoso, permitindo verificar também sua hipertrofia. Vários estudos mostram a distribuição, a morfologia e a citoarquitetura de astrócitos em várias regiões do SNC do homem e de animais de laboratório. No entanto, em a...

  10. Serological monitoring of a Toxoplasma infection after hematopoietic stem cell transplantation Monitoramento sorológico de uma infecção toxoplásmica após transplante de células progenitoras hematopoiéticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio L. Rossi

    2010-08-01

    Full Text Available We report a primary response to Toxoplasma gondii following a hematopoietic stem cell transplantation in a patient with multiple myeloma. The primary response to T. gondii was supported by IgM, IgG and IgA seroconversion. The patient was promptly treated and there were no complications related to toxoplasmosis in the subsequent months.Esse relato de caso descreve uma resposta primária ao Toxoplasma gondii após transplante de células progenitoras hematopoiéticas em paciente com mieloma múltiplo. A resposta primária para o T. gondii foi evidenciada pela soroconversão observada na resposta de anticorpos IgM, IgG e IgA. O paciente foi prontamente tratado e complicações relacionadas à toxoplasmose não foram observadas nos meses subseqüentes.

  11. Investigação molecular de Ehrlichia spp. e Anaplasma platys em felinos domésticos: alterações clínicas, hematológicas e bioquímicas

    OpenAIRE

    Elisabete S Correa; Giane R. Paludo; Scalon, Marcela C.; Josias A Machado; Ana Carolina Q Lima; Anderson Teixeira B Pinto; José Tarcísio L Thiebaut; Antônio P Albernaz

    2011-01-01

    Ehrlichia sp. e Anaplasma platys são micro-organismos Gram negativos, parasitos intracelulares obrigatórios, residindo em vacúolos citoplasmáticos de leucócitos e plaquetas, encontrados no sangue periférico ou em tecidos. Poucos relatos têm sido feitos sobre erliquiose e anaplasmose em gatos no Brasil, os quais são baseados na presença de mórulas em leucócitos e plaquetas, ou pela detecção de anticorpos. O objetivo deste trabalho foi investigar a infecção natural por Ehrlichia sp. e A.platys ...

  12. Reinfecção pelo Toxoplasma gondii Nicolle & Manceaux, 1909 em camundongos e gatos: estudo experimental

    OpenAIRE

    Ligia M. Ferreira Jamra; Fernando Sogorb Sanchis; Eny Câmara Guimarães

    1985-01-01

    A reinfecção pelo Toxoplasma gondii foi estudada, experimentalmente, em 27 camundongos albinos e 25 gatos domésticos. A infecção e a reinfecção foram comprovadas por sinais clínicos, anticorpos sangüíneos à reação de Sabin & Feldman > 1/4, recuperação do parasita e, nos gatos, também pela eliminação de oocistos. Nos camundongos a mortalidade foi de 56%. A primo-infecção por cepa de baixa virulência ou a infecção por cepa mais virulenta, atenuada pela sulfamonometoxina, deram proteção à reinfe...

  13. Repetições CAG: candidatos na gênese das psicoses funcionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lima Ivanor Velloso Meira

    1999-01-01

    Full Text Available O autor discorre sobre a instabilidade do DNA em regiões de repetições CAG e sua associação com doenças que afetam o SNC e apresentam o fenômeno da antecipação genética. Revisa também os achados de antecipação em famílias com transtorno bipolar e esquizofrenia, assim como as investigações com o método RED (Repeat Expansion Detection e com o anticorpo 1C2, que apontam para uma participação desse mecanismo mutacional na determinação genética das psicoses funcionais.

  14. Aspectos imunoistoquímicos da hepatite infecciosa canina Immunohistochemical aspects of canine infectious hepatitis

    OpenAIRE

    Maria Andréia Inkelmann; Bruno Leite dos Anjos; Glaucia Denise Kommers; Rafael Almeida Fighera; Claudio Severo Lombardo de Barros

    2008-01-01

    Tecidos de 27 cães que morreram de hepatite infecciosa canina (HIC) foram avaliados por imunoistoquímica (IHQ) para detecção de antígeno de adenovírus canino tipo 1 (CAV-1), por meio de um anticorpo monoclonal. Os tecidos examinados incluíram fígado, rim, baço, linfonodos, tonsilas, pulmão, intestino delgado, encéfalo e medula óssea. Para cada órgão foram atribuídos graus crescentes (de leve a acentuada) de intensidade de imunomarcação. O antígeno de CAV-1 estava presente na maioria dos órgão...

  15. Passive immunity in cattle against enterotoxigenic Escherichia coli: serologic evaluation of a bacterin containing K99 and F41 fimbriae in colostrum of vaccinated females and calf serum Imunidade passiva contra Escherichia coli enterotoxigênica: avaliação sorológica de uma bacterina contendo as fímbrias K99 e F41 no colostro de fêmeas vacinadas e no soro de bezerros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.C.P. Figueiredo

    2004-08-01

    Full Text Available A bacterin from enterotoxigenic Escherichia coli (ETEC, containing fimbriae K99 and F41, was produced and its capacity to induce anti-K99 and anti-F41 antibodies in colostrum of vaccinated cows and in calf serum, and the persistence of these antibodies in neonates were determined. Three experiments were performed on two commercial farms. In all experiments animals were allotted randomly to the blocks, each block consisting of two pregnant females (a vaccinated one and a control one and their respective calves. In experiment A (farm 1, comprised of 18 blocks, the animals received a vaccine dose 30 days before delivery. In experiment B (farm 1, consisted of 26 blocks, the animals received two vaccine doses (60 and 30 days before delivery. In experiment C (farm 2, consisted of 22 blocks, the animals received two vaccine doses (60 and 30 days before delivery. In experiments A and B pregnant cows and heifers were used and colostrum and serum from 24- to 36-hour-old calves were collected. In experiment C, pregnant embryo-recipient heifers were used and colostrum and sera from calves at 7, 14, 28 and 42 days of age were collected. Anti-K99 and anti-F41 antibodies were detected by ELISA using purified K99 and F41 fimbrial antigens. In experiment A no difference between treated and control groups was observed for the concentration of anti-K99 and anti-F41 antibodies in colostrum and calf serum. In experiment B a difference (PProduziu-se uma bacterina de Escherichia coli enterotoxigênica (ETEC contendo as fímbrias K99 e F41 e avaliaram-se a capacidade de indução de anticorpos anti-K99 e anti F-41 no colostro de vacas vacinadas e no soro de bezerros e a persistência dos anticorpos nos neonatos. Três experimentos foram realizados em duas fazendas comerciais. Os animais foram aleatoriamente alocados em blocos, de duas fêmeas prenhes (uma vacinada e outra controle e seus respectivos bezerros. No experimento A (fazenda 1, com 18 blocos, os animais

  16. Influenza em animais heterotérmicos Influenza in heterothermics

    OpenAIRE

    Dalva Assunção Portari Mancini; Rita Maria Zucatelli Mendonça; Aurora Marques Cianciarullo; Leonardo Setsuo Kobashi; Hermínio Gomes Trindade; Wilson Fernandes; José Ricardo Pinto

    2004-01-01

    O objetivo foi pesquisar Ortomyxovirus em animais heterotérmicos. Coletou-se sangue de serpentes dos gêneros Bothrops e Crotalus e de sapo e rãs dos gêneros Bufo e Rana, para a detecção dos receptores de hemácias e anticorpos específicos, ao vírus influenza, pelos testes de hemaglutinação e inibição da hemaglutinação, respectivamente. Pelo teste de hemaglutinação, verificou-se que serpentes e sapos em cativeiro apresentaram receptores em suas hemácias para o vírus influenza, humano e eqüino d...

  17. Toxoplasmose em animais silvestres e domésticos da região de Botucatu, estado de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ednir Salata

    1985-02-01

    Full Text Available Os Autores analisaram soros de 47 Cannis familiaris, de 9 Felis cattus, de 64 Didelphis marsupialis aurita, de 9 Dasypus novemcinctus, de 4 Cabassous tatouay e de 29 Rattus rattus, através da reação de imunofluorescência indireta, para pesquisar a presença de anticorpos anti Toxoplasma gondii. Estes foram encontrados apenas em C. familiaris (63,8% e em D. m. aurita (4,7%. Frente aos resultados obtidos, os Autores sugerem que novas pesquisas nesta área sejam realizadas, para que se conheça melhor a importância epidemiológica de várias espécies animais na disseminação da toxoplasmose.

  18. Avaliação Comparativa de Teste Imunocromatográfico para Identificação Forense de Sangue Humano

    OpenAIRE

    Paulo Eduardo Longo; Claudemir Rodrigues Dias Filho; Maria Paula Oliveira Valadares; Emerson da Costa Alonso; Silvana Pereira dos Santos Gonçalves; Eloísa Aurora Auler-Bittencourt

    2011-01-01

    A determinação de especificidade humana pode indicar a presença de sangue humano, mesmo em amostras antigas provindas de investigações criminais, contaminadas ou em estado de putrefação. O presente estudo visa analisar se há coerência entre os resultados obtidos pelos testes de orientação e específico para sangue humano utilizados rotineiramente na análise forense em comparação com o teste imunocromatográfico para detecção da hemoglobina humana. O diagnóstico por meio do anticorpo anti-hemogl...

  19. Toxoplasma gondii: diagnosis of experimental and natural infection in pigeons (Columba livia by serological, biological and molecular techniques Toxoplasma gondii: diagnóstico da infecção experimental e natural em pombos (Columba livia por métodos sorológicos, biológicos e moleculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Sartori Lima de Godoi

    2010-12-01

    alvo. Sangue, para a pesquisa de anticorpos anti-T. gondii, foi obtido semanalmente, e a presença de anticorpos foi determinada pela reação de imunofluorescência indireta (RIFI e pela técnica de aglutinação modificada (MAT. Dos 12 pombos inoculados, sete (58,3% foram positivos pelas técnicas sorológicas, apresentando títulos que variaram de 40 a 5.120 no MAT e de 512 a 4.096 na RIFI. Concordância total foi observada entre os resultados obtidos pelas técnicas sorológicas e pela nested-PCR com sete animais positivos. No bioensaio em camundongos, dos 12 pombos inoculados, cinco (41,7% foram positivos ao T. gondii. Apenas um pombo veio a óbito no 23º dpi, devido à toxoplasmose. Um segundo estudo, com pombos de vida livre, foi realizado para a pesquisa de anticorpos anti-T. gondii. As aves foram capturadas nos municípios de São Paulo, Ibiúna e Sorocaba, Estado de São Paulo. Todos os 126 pombos de vida livre foram negativos a anticorpos anti-T. gondii, testados pelo MAT (título < 5. Foram realizados bioensaios em camundongos com tecidos de todas as aves capturadas e também, por esta técnica, T. gondii não foi isolado em nenhuma ave.

  20. RH ISOIMMUNIZATION BY MULTIPLE ANTIGENS

    OpenAIRE

    Mesquita, S.; Proença, E.; Alexandrino, A.

    2005-01-01

    RESUMO A doença hemolítica perinatal isoimune (DHP) resulta da destruição dos eritrócitos fetais e do recém-nascido por anticorpos maternos dirigidos especificamente contra os antigénios de membrana dessas células. Os autores apresentam um caso de isoimunização Rh a antigénios múltiplos, anti-C, D e E, num 2º filho de um casal com antecedentes de abortamento espontâneo e um 1º filho com DHP anti- CDE e necessidade de transfusão permuta. Apesar da gravidade, com necessidade de várias tra...

  1. Prevalência da doença de Chagas em gestantes da região sul do Rio Grande do Sul Prevalence of Chagas disease among pregnant women in the southern region of Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anelise Bergmann Araújo

    2009-12-01

    Full Text Available Anticorpos antiTrypanosoma cruzi no cordão umbilical de 351 parturientes da Cidade de Pelotas, RS foram pesquisados a fim de investigar a prevalência da doença de Chagas em gestantes. Um (0,3% caso foi identificado, não sendo detectada transmissão congênita. Salienta-se a importância da investigação da doença de Chagas em gestantes de zonas endêmicas ou provenientes destas.Anti-Trypanosoma cruzi antibodies in the umbilical cord of 351 parturients in the city of Pelotas, Rio Grande do Sul were investigated to determine the prevalence of Chagas disease among pregnant women. One case was identified (0.3%, without detection of congenital transmission. This highlights the importance of investigating Chagas disease among pregnant women living in or originating from endemic areas.

  2. Taenia taeniaeformis: aspectos da relação hospedeiro-parasita Taenia taeniaeformis: aspects of host-parasite relationship

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evaldo Nascimento

    1982-09-01

    Full Text Available Gatos eliminam proglotes de Taenia taeniaeformis vinte dias após a ingestão de Cysticercus fasciolares obtidos de ratos albinos infectados dois meses e meio após a ingestão de ovos viáveis. A resposta imunológica humoral de gatos e ratos foi detectada a partir da segunda semana de infecção, sendo observado maiores níveis de anticorpos circulares na quarta e quinta semanas respectivamente.Cats expel proglottids of Taenia taeniaeformis twenty days after infection of Cysticercus fasciolares obtained from rats infected 2,5 months earlier with viable eggs. The humoral immunological response of cats and rats was detected in the second week after infection and the peaks of circulating antibodies occurred in the fourth and fifth weeks, respectively.

  3. Avaliação Comparativa de Teste Imunocromatográfico para Identificação Forense de Sangue Humano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Eduardo Longo

    2011-09-01

    Full Text Available A determinação de especificidade humana pode indicar a presença de sangue humano, mesmo em amostras antigas provindas de investigações criminais, contaminadas ou em estado de putrefação. O presente estudo visa analisar se há coerência entre os resultados obtidos pelos testes de orientação e específico para sangue humano utilizados rotineiramente na análise forense em comparação com o teste imunocromatográfico para detecção da hemoglobina humana. O diagnóstico por meio do anticorpo anti-hemoglobina humana tem se mostrado eficiente na detecção qualitativa de hemoglobina humana em amostras de sangue depositadas em peças e locais de crime.

  4. Associação entre doenças imunológicas e suas manifestações clínicas semelhantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre de Matos Soeiro

    2012-02-01

    Full Text Available Trata-se de um caso de uma paciente de 30 anos do sexo feminino, com prótese biológica valvar mitral em razão de estenose mitral sintomática e antecedentes de infarto agudo do miocárdio, episódios de convulsões tônico-clônicas generalizadas, alucinações visuais, eventos tromboembólicos cerebrais, apresentando no momento coreia e cardite aguda. Foram diagnosticados na paciente febre reumática em atividade, lúpus eritematoso sistêmico e síndrome do anticorpo antifosfolipídeo. A combinação de três diagnósticos incomuns em um mesmo paciente torna esse caso único, modificando o tratamento e seu prognóstico.