WorldWideScience

Sample records for ansiedade generalizada em

  1. Transtorno de ansiedade generalizada em idosos com oitenta anos ou mais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Xavier Flávio MF

    2001-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever a prevalência de transtorno de ansiedade generalizada (TAG em uma população de idosos residentes em uma comunidade e com idade acima de 80 anos e comparar os padrões de sono, a função cognitiva e a taxa de prevalência de outros diagnósticos psiquiátricos entre controles normais e sujeitos com TAG. MÉTODOS: Para o diagnóstico de TAG, foram utilizados os critérios do "Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders" (DSM-IV. Selecionou-se uma amostra randômica e representativa de 77 sujeitos (35%, residentes em uma comunidade, entre todos os idosos com idade acima de 80 anos do município Veranópolis, RS. Os padrões de sono foram aferidos pelo índice de qualidade de sono de Pittsburgh e pelo diário sobre sono/vigília a ser preenchido ao longo de duas semanas. Cinco testes neuropsicológicos foram usados na avaliação cognitiva: teste das lembranças seletivas de Buschke-Fuld; lista de palavras da bateria CERAD (Consortium to Establish a Registry for Alzheimer's Disease; teste de fluência verbal e dois subtestes da escala de memória Wechsler. RESULTADOS: A prevalência estimada de TAG foi de 10,6%, cuja presença estava associada a uma maior ocorrência de depressão clinicamente diagnosticável, com um significativo maior número de sintomas depressivos, quando medidos pela escala de depressão geriátrica, e com uma maior ocorrência de depressão menor. Os padrões de sono e o funcionamento cognitivo, entre sujeitos com TAG, não estavam afetados. A gravidade das doenças físicas não variava entre sujeitos com TAG e os controles normais. A presença de TAG estava associada a um significativo pior padrão de qualidade de vida relativa à saúde. CONCLUSÃO: Em comparação com os estudos prévios, a prevalência de TAG é alta entre a população de idosos mais velhos. Esse transtorno ocorre em freqüente associação com a sintomatologia depressiva e também está associado a um pior padrão de

  2. Transtorno de ansiedade generalizada em idosos com oitenta anos ou mais Generalized anxiety disorder in a population aged 80 years and older

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio MF Xavier

    2001-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever a prevalência de transtorno de ansiedade generalizada (TAG em uma população de idosos residentes em uma comunidade e com idade acima de 80 anos e comparar os padrões de sono, a função cognitiva e a taxa de prevalência de outros diagnósticos psiquiátricos entre controles normais e sujeitos com TAG. MÉTODOS: Para o diagnóstico de TAG, foram utilizados os critérios do "Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders" (DSM-IV. Selecionou-se uma amostra randômica e representativa de 77 sujeitos (35%, residentes em uma comunidade, entre todos os idosos com idade acima de 80 anos do município Veranópolis, RS. Os padrões de sono foram aferidos pelo índice de qualidade de sono de Pittsburgh e pelo diário sobre sono/vigília a ser preenchido ao longo de duas semanas. Cinco testes neuropsicológicos foram usados na avaliação cognitiva: teste das lembranças seletivas de Buschke-Fuld; lista de palavras da bateria CERAD (Consortium to Establish a Registry for Alzheimer's Disease; teste de fluência verbal e dois subtestes da escala de memória Wechsler. RESULTADOS: A prevalência estimada de TAG foi de 10,6%, cuja presença estava associada a uma maior ocorrência de depressão clinicamente diagnosticável, com um significativo maior número de sintomas depressivos, quando medidos pela escala de depressão geriátrica, e com uma maior ocorrência de depressão menor. Os padrões de sono e o funcionamento cognitivo, entre sujeitos com TAG, não estavam afetados. A gravidade das doenças físicas não variava entre sujeitos com TAG e os controles normais. A presença de TAG estava associada a um significativo pior padrão de qualidade de vida relativa à saúde. CONCLUSÃO: Em comparação com os estudos prévios, a prevalência de TAG é alta entre a população de idosos mais velhos. Esse transtorno ocorre em freqüente associação com a sintomatologia depressiva e também está associado a um pior padrão de

  3. Construção e validação de tarefa de Stroop Emocional para avaliação de viés de atenção em mulheres com Transtorno de Ansiedade Generalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Cristina Fava

    2009-08-01

    Full Text Available O viés de atenção para estímulos percebidos como ameaçadores pode estar envolvido na causa ou manutenção de transtornos de ansiedade. O objetivo deste estudo foi construir e testar uma tarefa de Stroop Emocional para avaliar a existência de um viés para palavras ameaçadoras em mulheres com Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG. Participaram 22 mulheres, sendo 12 diagnosticadas com TAG e 10 controles emparelhados. Palavras ansiogênicas e palavras-controle foram selecionadas do banco de palavras ANEW, a lista final foi selecionada por 6 psicoterapeutas experientes. Os participantes demonstraram viés de atenção para palavras ansiogênicas, sem haver diferença entre os dois grupos. A tarefa de Stroop desenvolvida foi suficientemente sensível para detectar o viés de atenção para estímulos percebidos como ameaçadores e pode ser útil para avaliar intervenções clínicas no futuro.

  4. Sensibilidad y especificidad del cuestionario de preocupación y ansiedad para la detección del trastorno de ansiedad generalizada en la edad avanzada

    OpenAIRE

    Nuevo Benítez, Roberto

    2005-01-01

    Este trabajo se dirige a comprobar, mediante el análisis de las curvas COR (características operativas del receptor), la capacidad para identificar la presencia de trastorno de ansiedad generalizada (TAG) en personas mayores del Cuestionario de Preocupa

  5. Tratamento farmacológico do transtorno de ansiedade generalizada: perspectivas futuras Pharmacological treatment of generalized anxiety disorder: future perspectives

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Andreatini

    2001-12-01

    Full Text Available O presente artigo apresenta uma visão atualizada e ampla do tratamento farmacológico do transtorno de ansiedade generalizada (TAG. São revistos os medicamentos com eficácia comprovada em estudos controlados e atualmente disponíveis na clínica (benzodiazepínicos, buspirona, antidepressivos, betabloqueadores, antipsicóticos e extrato de kava-kava. A seguir, baseados nesses dados, propõe-se um algoritmo de tratamento do TAG. São apresentadas as principais linhas de pesquisa de novos fármacos ansiolíticos, descrevendo os principais achados clínicos e pré-clínicos.This article presents an updated and broad perspective of the pharmacological treatment of generalized anxiety disorder (GAD. Medications proven to be efficacious in controlled studies and available in the clinic setting were reviewed (benzodiazepines, buspirone, antidepressives, beta-blocking agents, antipsychotics and kava-kava extract. From this data, an algorithm for GAD treatment is proposed. In addition, the main research lines on new anxiolytic drugs and their stage of clinical or pre-clinical development are presented.

  6. Ansiedad social específica y generalizada: ¿variantes del mismo trastorno o categorías diferentes con características similares?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ihab Zubeidat

    2007-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio descriptivo transversal fue evaluar las diferencias y similitudes entre la ansiedad social específica y generalizada en una muestra de adolescentes españoles. Para ello, un total de 1.012 jóvenes fueron evaluados, en su entorno escolar, mediante una serie de pruebas que miden variables demográficas, ansiedad social, competencias psicosociales y distintos problemas clínicos. Dos grupos de ansiedad social (específica, n = 50; generalizada, n = 38 fueron establecidos en función de un doble criterio cuantitativo mediante la Escala de Ansiedad en Interacción Social. Los resultados indicaron que no había diferencias significativas entre los dos grupos respecto a las variables demográficas y competencias psicosociales evaluadas. Las únicas diferencias significativas encontradas fueron obtenidas en las variables referidas a la actuación e interacción en situaciones sociales, donde los adolescentes con ansiedad social generalizada puntaron más alto que los que presentaban ansiedad social específica. Parece ser que el patrón de las diferencias en los niveles de ansiedad va asociado a las propias situaciones de actuación e interacción social.

  7. Resistência ao tratamento nos transtornos de ansiedade: fobia social, transtorno de ansiedade generalizada e transtorno do pânico Treatment-resistant anxiety disorders: social phobia, generalized anxiety disorder and panic disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Bezerra de Menezes

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Os transtornos de ansiedade são condições psiquiátricas prevalentes que determinam importante prejuízo funcional, piora na qualidade de vida do indivíduo e um enorme custo social. Embora diversas medicações eficazes para os transtornos de ansiedade encontrem-se disponíveis, um número significativo de pacientes não responde adequadamente ao tratamento e muitos permanecem com sintomas residuais clinicamente significativos. O objetivo deste estudo é rever aspectos relacionados à resistência ao tratamento e estratégias farmacológicas no manejo dos transtornos de ansiedade resistentes ao tratamento. MÉTODO: Revisão narrativa. RESULTADOS: São discutidos os diversos aspectos conceituais relacionados à resistência ao tratamento, os possíveis preditores de resistência e, finalmente, algumas estratégias a serem utilizadas no manejo dos transtornos de ansiedade (incluindo transtorno de ansiedade social, transtorno de ansiedade generalizada e transtorno do pânico que não respondem às abordagens terapêuticas convencionais. CONCLUSÃO: A resistência ao tratamento ainda é um desafio para a prática clínica que começa em conceitos não operacionalizados de resposta e resistência e termina na escassez de estudos controlados sobre estratégias de tratamento nesse último cenário clínico.OBJECTIVES: Anxiety disorders are common psychiatric conditions that cause significant disability, poor quality of life and enormous social cost. Although treatments with demonstrable efficacy are available a great number of patients fail to respond or remains with clinically significant residual symptoms after treatment. The objective of this study is to review aspects related to treatment resistance and pharmacological strategies to deal with anxiety disorders resistant to treatment. METHOD: Narrative review. RESULTS: We discuss conceptual aspects related to treatment resistance or refractoriness, predictors of poor treatment outcome

  8. O que nossos pacientes querem e necessitam saber sobre transtorno de ansiedade generalizada? What our patients want and need to know about generalized anxiety disorder?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christer Allgulander

    2007-06-01

    Full Text Available Pessoas com transtorno de ansiedade generalizada geralmente não procuram tratamento e, se o fazem, é mais devido aos sintomas somáticos (tensão muscular, insônia ou a uma depressão secundária do que por causa da característica central do transtorno de ansiedade generalizada: preocupação. O aspecto da preocupação torna-se aparente quando se propõe que o paciente tome uma medicação ansiolítica. O clínico terá então que estar preparado para responder a muitas perguntas sobre os riscos e benefícios potenciais de tal medicação. Esses pacientes tendem a ter uma atitude cética, por terem obtido informações em websites que apresentam afirmações que não têm nenhum embasamento científico ou alegações distorcidas, equivocadas e infundadas. Quais são as perguntas freqüentes que os pacientes preocupados colocam ao clínico antes de aceitarem a farmacoterapia ansiolítica? Tendo atendido a pacientes ansiosos em meu consultório por 25 anos, e tendo realizado vários ensaios clínicos com ansiolíticos, reuni neste artigo, em linguagem simples, as respostas baseadas em evidências a essas perguntas.Persons with generalized anxiety disorder often do not seek treatment, and if they do, it is more often for the somatic symptoms (muscle tension, insomnia or for a secondary depression than because of the cardinal feature of generalized anxiety disorder: worry. The worry aspect becomes apparent when the patient is proposed to try anxiolytic medication. The physician will then need to be prepared to answer many questions regarding the potential hazards and benefits of such medication. These patients tend to have a sceptical attitude, having informed themselves on websites that display claims that are based on anything from evidence-based scientific guidelines to distorted, erroneous and unfounded allegations. Which are the frequent questions that worried patients pose to the physician before accepting anxiolytic pharmacotherapy

  9. Generalized anxiety disorder and the Hamilton Anxiety Rating Scale in Parkinson's disease Transtorno de ansiedade generalizada e a Escala de Ansiedade de Hamilton na doença de Parkinson

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arthur Kummer

    2010-08-01

    Full Text Available Anxiety is common in Parkinson's disease (PD, but studies concerning specific anxiety disorders are scarce. Essential psychometric properties of anxiety rating scales are also lacking. OBJECTIVE: To investigate general anxiety disorder (GAD in PD and psychometric properties of the Hamilton Anxiety Rating Scale (Ham-A. METHOD: Ninety-one PD patients underwent neurological and psychiatric examination, which included the MINI-Plus, the Ham-A and the Hamilton Depression Rating Scale (Ham-D. RESULTS: GAD was present in 30.8% of PD patients. Patients with GAD had longer disease duration (p=0.044 and were in use of higher doses of levodopa (p=0.034. They also tended to have more motor fluctuations and dyskinesias. The group with GAD scored higher in Ham-A (pAnsiedade é comum na doença de Parkinson (DP, mas estudos sobre transtornos de ansiedade específicos são ainda escassos. Faltam também estudos sobre propriedades psicométricas essenciais das escalas de ansiedade. OBJETIVO: Investigar o transtorno de ansiedade generalizada (TAG na DP e propriedades psicométricas da Escala de Ansiedade de Hamilton (Ham-A. MÉTODO: Noventa e um pacientes com DP se submeteram a exames neurológico e psiquiátrico, que incluiu o MINI-Plus, a Ham-A e a Escala de Depressão de Hamilton (Ham-D. RESULTADOS: TAG esteve presente em 30,8% dos participantes. Pacientes com TAG tinham maior duração de doença (p=0,044 e estavam em uso de maiores doses de levodopa (p=0,034. Também havia uma tendência desses pacientes terem mais flutuações motoras e discinesias. O grupo com TAG pontuou mais alto na Ham-A (p<0,001, nas subescalas somática (p<0,001 e psíquica da Ham-A (p<0,001, e na Ham-D (p=0,004. A Ham-A mostrou boa consistência interna (alfa de Cronbach=0,893 e um ponto de corte de 10/11 é sugerido para triar o TAG. CONCLUSÃO: TAG é freqüente na DP e a Ham-A pode ser um instrumento útil para triar esse transtorno.

  10. La preocupación como estrategia de afrontamiento en pacientes con trastornos de ansiedad generalizada Worry as coping strategy in patients with generalized anxiety disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giselle Vetere

    2011-12-01

    Full Text Available El siguiente trabajo se enmarca dentro de un proyecto UBACyT sobre conductas de afrontamiento en trastornos de ansiedad. En el presente artículo se muestran los resultados de una revisión bibliográica sobre la utilización de la preocupación como estrategia de afrontamiento en pacientes con trastorno de ansiedad generalizada. El método utilizado consistió en una búsqueda de los trabajos disponibles en las bases de datos PubMed, Scielo, Lilacs y Ebsco utilizando como palabras clave afrontamiento, ansiedad generalizada y preocupación. En primer lugar se describen brevemente las características del cuadro y se define el concepto de afrontamiento y sus diversos tipos. Seguidamente, en base a los resultados obtenidos en la búsqueda se analiza el concepto de preocupación así como las consecuencias de su uso como estrategia de afrontamiento en pacientes con trastorno de ansiedad generalizada. Finalmente se discuten las implicancias de los resultados para el tratamiento del cuadro.The following work is part of a research project about coping behaviors in anxiety disorders. In this paper we show the results of a literature review focused on the use of worry as a coping strategy in patients with generalized anxiety disorder. The method used consisted of a bibliographic search of the available studies in the PubMed, Scielo, Lilacs and Ebsco databases using the terms coping strategies, generalized anxiety and concern as keywords. First, we briely describe the characteristics of the disorder and deine the concept of coping and its diverse forms. Then, following the results found in the search we explore the concept of worry and the consequences of its use as a coping strategy in patients with generalized anxiety disorder. Finally, we discuss the implications of the results for the treatment of the disorder.

  11. Variables de proceso en la determinación de la ansiedad generalizada y su generalización a otras medidas de ansiedad y depresión

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel González

    2006-01-01

    Full Text Available De acuerdo con el modelo explicativo propuesto por Dugas, Gagnon, Ladouceur y Freeston, para el trastorno de ansiedad generalizada (TAG, este estudio ex post facto se propone poner a prueba el papel que juegan las variables procesuales denominadas intolerancia hacia la incertidumbre, creencias sobre la preocupación y supresión de pensamientos en la determinación del TAG, así como la participación de estas variables en la determinación de otros trastornos de ansiedad y del estado de ánimo. Para ello se evaluó a una muestra de 503 adultos en ansiedad generalizada, componentes del ataque de pánico, pensamiento obsesivo, miedo a la evaluación negativa y depresión. Los resultados indicaron que esos tres procesos, además de en la ansiedad generalizada, también se encuentran en las otras variables medidas, pero con variaciones apreciables. Estas variaciones van desde la no aparición de los tres procesos a su aparición, pero con pesos explicativos diferentes. El papel central atribuido en el modelo a la intolerancia hacia la incertidumbre se modifica en el caso del pensamiento obsesivo, pasando a ser en esta ocasión la evitación cognitiva. Se discuten los resultados en relación con la generalización de las variables de procesos a otros trastornos, especialmente en aquéllos más comórbidos con el TAG.

  12. Psicoterapia psicodinâmica em grupo para fobia social generalizada Psychodynamic group treatment for generalized social phobia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Zippin Knijnik

    2004-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: O objetivo deste estudo é verificar a efetividade do tratamento psicodinâmico em grupo de pacientes com fobia social generalizada. MÉTODOS: 30 pacientes foram incluídos em um estudo randomizado, simples-cego, comparando Terapia Psicodinâmica de Grupo (TPG com um Grupo de Controle Placebo com Credibilidade (CPC. A TPG foi conduzida em 12 sessões de terapia de orientação psicodinâmica em grupo. Os pacientes do grupo controle receberam um pacote de aulas-discussões e tratamento de apoio por 12 semanas, que foi comparado à TPG. Todos os participantes preencheram a Escala de Liebowitz para Ansiedade Social (LSAS, a Escala Hamilton de Ansiedade (HAM-A e a Escala de Impressão Clínica Global (CGI, na entrevista inicial e na 12ª semana de tratamento. Os dados foram analisados com uma ANOVA de medidas repetidas. Pacientes em vigência de tratamento farmacológico ou psicoterápico foram excluídos. RESULTADOS: Ambos os grupos apresentaram melhora na maioria das medidas. Na LSAS, os pacientes da TPG obtiveram melhora superior aos do grupo controle, ao cabo de 12 semanas (F1,28=4.84, p=0.036. Nas medidas basais dos sujeitos que completaram o estudo, não houve diferença entre os grupos em variáveis demográficas e de desfecho. CONCLUSÃO: Neste estudo, a TPG foi superior ao tratamento placebo com credibilidade no tratamento da fobia social generalizada, em um ensaio clínico randomizado, simples-cego, de 12 semanas.OBJECTIVES: The aim of this study is to assess the effectiveness of psychodynamic group therapy in patients with generalized social phobia. METHODS: Thirty patients were included in a randomized single-blind clinical trial comparing psychodynamic group treatment (PGT with a credible placebo control group (CPC. PGT was carried out within a 12-session psychodynamically-oriented group psychotherapy. Control patients received a treatment package of lecture-discussion and support group for 12 weeks which was compared to PGT

  13. Nivel de funcionamiento y calidad de vida en pacientes con trastorno de ansiedad generalizada Functional Impairment And Quality Of Life In Patients With Generalized Anxiety Disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giselle Vetere

    2008-12-01

    Full Text Available El presente trabajo consiste en una revisión bibliográfica de los estudios publicados sobre la calidad de vida y el nivel de funcionamiento en pacientes con trastorno de ansiedad generalizada. A tal fin se analizaron los estudios realizados durante los últimos 20 años que evaluaron dichas variables. La estrategia utilizada consistió en una búsqueda bibliográfica de los trabajos disponibles en las bases de datos EBSCO, PubMed y Lilacs. En primer lugar se definen los conceptos estudiados y se describen características diagnósticas y epidemiológicas del TAG relevantes para el tema en cuestión. Se presentan brevemente los resultados obtenidos por los 13 estudios encontrados que coinciden en el marcado impacto que el cuadro tiene sobre la calidad de vida. Finalmente, se discute la relevancia de los mismos y la necesidad de investigar el impacto de los tratamientos sobre las variables estudiadas.The article reviews papers concerning quality of life and functional impairment among Generalized Anxiety Disorder patients. The studies published in the last 20 years, are analyzed. The search was carried out in EBSCO, PubMed and Lilacs databases. In first place, the concepts of quality of life and functional impairment are defined. Then, the epidemiological and diagnosis criteria of generalized anxiety disorder are described. Afterwards, a resume of the results from the 13 studies showing the impact of the generalized anxiety disorder on quality of life is presented. Finally, the relevance of this findings and the need of investigate the impact of treatments on quality of life are discussed.

  14. Cholesterol levels in panic disorder, generalized anxiety disorder and major depression Níveis de colesterol no transtorno de pânico, transtorno de ansiedade generalizada e depressão maior

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ACIOLY L.T. LACERDA

    2000-06-01

    Full Text Available Serum plasma total cholesterol levels were measured in 85 male or female outpatients with panic disorder (PD; N=41, generalized anxiety disorder (GAD; N=23 and major depression (MD; N=21 according to DSM-IV criteria. All the patients had a mean cholesterol level within the normal range; males (N=22 and females (N=63 had approximately the same serum cholesterol levels (p > .05. No significant differences in cholesterol levels emerged between PD, GAD and MD patient groups. Both female PD and female GAD subjects had a mean cholesterol level similar to their male counterparts (p>.05. It is concluded that both Hayward and colleagues and Bajwa et al. findings could not be replicated by our study.Foram medidos os níveis plasmáticos de colesterol total em 85 pacientes ambulatoriais com transtorno de pânico (TP; N = 41, transtorno de ansiedade generalizada (TAG; N = 23 e depressão maior (DM; N = 21, diagnosticados de acordo com os critérios do DSM-IV. O grupo de pacientes apresentou média do nível de colesterol dentro da faixa normal; homens (N = 22 e mulheres (N = 63 tiveram aproximadamente os mesmos níveis séricos de colesterol (p > 0,05. Não foram observadas diferenças nos níveis de colesterol entre os grupos de pacientes com TP, TAG e DM. Mulheres com TP e as com TAG apresentaram média dos níveis de colesterol semelhante aos seus pares masculinos (p > 0,05. Conclui-se que os resultados obtidos por Hayward et al. e por Bajwa et al. não foram replicados neste estudo.

  15. Los transtornos de ansiedad

    OpenAIRE

    Rincón Hoyos, Hernán Gilberto; Fundación Valle de Lili

    1997-01-01

    La ansiedad/Manifestaciones del temor y de la ansiedad/Manifestaciones corporales de la ansiedad/Manifestaciones psicológicas y cognoscitivas de la ansiedad/Causas de la ansiedad/Clasificación de la asociación psiquiátrica Americana (DSM IV)/Trastorno de pánico/Trastorno obsesivo compulsivo (TOC)/Trastorno de estrés postraumático y estrés agudo/Trastorno de ansiedad generalizada (TAG)/Preguntas, respuestas y recomendaciones.

  16. Plantas medicinais no tratamento do transtorno de ansiedade generalizada: uma revisão dos estudos clínicos controlados Medicinal plants for the treatment of generalized anxiety disorder: a review of controlled clinical studies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thalita Thais Faustino

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar os estudos clínicos controlados sobre a efetividade de plantas medicinais/fitoterápicos no transtorno de ansiedade generalizada. MÉTODO: Realizou-se uma busca (Medline, Web of Science, SciELO, Biblioteca Cochrane por artigos originais utilizando as palavras ["plant OR phytomed* OR extract OR herbal OR medicinal (OR specific name plants"] AND ("anxie* OR anxioly* OR tranquil* OR GAD", delimitada a "human OR clinical trial OR randomized controlled trial OR meta-analysis OR review" e à língua inglesa. Os critérios de inclusão foram: estudos randomizados, comparativos e duplo-cegos. RESULTADOS: Foram selecionados sete dos 267 artigos encontrados. O Piper methysticum (kava-kava foi o fitoterápico mais estudado, sendo sugerido um efeito ansiolítico. Entretanto, a maioria destes estudos incluiu outros transtornos de ansiedade e os dois estudos com transtorno de ansiedade generalizada apresentaram resultados contraditórios. Estudos isolados envolvendo Ginkgo biloba, Galphimia glauca, Matricaria recutita (camomila, Passiflora incarnata e Valeriana officinalis indicaram potencial efeito ansiolítico no transtorno de ansiedade generalizada. A Ginkgo biloba e a Matricaria recutita apresentaram um effect size ('d' de Cohen = 0,47 e 0,87 similar ou superior ao dos ansiolíticos atuais (0,17-0,38. Não foram localizados estudos com outras plantas. CONCLUSÃO: Apesar do potencial terapêutico dos fitoterápicos no transtorno de ansiedade generalizada, poucos ensaios clínicos controlados foram identificados, com a maioria apresentando limitações metodológicas.OBJECTIVE: This work aimed to identify controlled trials, which evaluated effectiveness of herbal medicines in subjects suffering generalized anxiety disorder. METHOD: Controlled studies (randomized, comparative with placebo and/or standard drug, double-blind were sought through electronic and hand-searches. The word strategy used "plant OR phytomed* OR extract OR herbal OR

  17. Tratamento do transtorno de ansiedade social em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Isolan,Luciano; Pheula,Gabriel; Manfro,Gisele Gus

    2007-01-01

    CONTEXTO: Transtorno de ansiedade social é um transtorno incapacitante e altamente prevalente em crianças e adolescentes ao longo da vida, de acordo com os critérios do DSM-IV, variando de 0,7% a 3,5%. Se não tratado, pode interferir no funcionamento emocional, social e escolar. OBJETIVOS: Avaliar a evidência atual para a eficácia e efetividade de intervenções farmacológicas e psicoterápicas no tratamento do transtorno de ansiedade social na infância e na adolescência. MÉTODOS: Pesquisas fora...

  18. Ansiedade em situações de prova: evidências de validade de duas escalas

    OpenAIRE

    Karino, Camila Akemi; Laros, Jacob A.

    2014-01-01

    A competição, a cobrança social e pessoal e a possibilidade de fracasso são alguns dos fatores que podem tornar a situação de prova um evento estressante e gerador de ansiedade. Nesse contexto, este estudo objetivou disponibilizar para o Brasil dois instrumentos de avaliação da ansiedade em situações de testagem e demonstrar evidências de validade dessas escalas. Participaram do estudo 1.878 estudantes do ensino médio de escolas públicas e particulares de Brasília. Dois instrumentos de ansied...

  19. Ansiedade ao tratamento odontológico em atendimento de urgência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kanegane Kazue

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a freqüência de pacientes com ansiedade ou medo do tratamento odontológico em um setor de urgência. MÉTODOS: Participaram do estudo 252 pacientes, com 18 anos ou mais, que compareceram ao setor de urgência de uma faculdade de odontologia, de São Paulo, SP, entre agosto e novembro de 2001. Para avaliar a ansiedade, foram utilizadas a Modified Dental Anxiety Scale (MDAS, e a Escala de Medo de Gatchel. O grupo estudado respondeu a questões sobre: tempo decorrido desde a última visita ao dentista e desde o início dos sintomas, escolaridade, renda familiar e história prévia de trauma. Os resultados foram analisados pelos testes estatísticos (chi2 e Teste Exato de Fisher. RESULTADOS: Foram identificados 28,2% de indivíduos com algum grau de ansiedade, segundo a MDAS, na qual as mulheres foram consideradas mais ansiosas que os homens (chi2=0,01; e 14,3% de pacientes com alto grau de medo segundo a Escala de Medo de Gatchel. Em 44,4% da amostra a demora para procura de alívio dos sintomas foi > sete dias. Mulheres ansiosas procuraram atendimento mais rapidamente e em maior número. Experiência traumática anterior ocorreu em 46,5% dos pacientes ansiosos. Não foi possível relacionar escolaridade e renda familiar com ansiedade e/ou medo. CONCLUSÕES: Pacientes ansiosos, com destaque para as mulheres, são freqüentes no atendimento odontológico de urgência. Experiência prévia traumática mostrou-se importante para o desenvolvimento da ansiedade em relação ao atendimento odontológico.

  20. Ansiedade ao tratamento odontológico em atendimento de urgência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kazue Kanegane

    2003-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a freqüência de pacientes com ansiedade ou medo do tratamento odontológico em um setor de urgência. MÉTODOS: Participaram do estudo 252 pacientes, com 18 anos ou mais, que compareceram ao setor de urgência de uma faculdade de odontologia, de São Paulo, SP, entre agosto e novembro de 2001. Para avaliar a ansiedade, foram utilizadas a Modified Dental Anxiety Scale (MDAS, e a Escala de Medo de Gatchel. O grupo estudado respondeu a questões sobre: tempo decorrido desde a última visita ao dentista e desde o início dos sintomas, escolaridade, renda familiar e história prévia de trauma. Os resultados foram analisados pelos testes estatísticos (chi2 e Teste Exato de Fisher. RESULTADOS: Foram identificados 28,2% de indivíduos com algum grau de ansiedade, segundo a MDAS, na qual as mulheres foram consideradas mais ansiosas que os homens (chi2=0,01; e 14,3% de pacientes com alto grau de medo segundo a Escala de Medo de Gatchel. Em 44,4% da amostra a demora para procura de alívio dos sintomas foi > sete dias. Mulheres ansiosas procuraram atendimento mais rapidamente e em maior número. Experiência traumática anterior ocorreu em 46,5% dos pacientes ansiosos. Não foi possível relacionar escolaridade e renda familiar com ansiedade e/ou medo. CONCLUSÕES: Pacientes ansiosos, com destaque para as mulheres, são freqüentes no atendimento odontológico de urgência. Experiência prévia traumática mostrou-se importante para o desenvolvimento da ansiedade em relação ao atendimento odontológico.

  1. Sintomatologia de Depressão e Ansiedade em Estudantes de uma Universidade Privada do Rio Grande do Sul

    OpenAIRE

    Maríndia Brandtner; Marucia P. Bardagi

    2009-01-01

    Este estudo avaliou sintomas de ansiedade e depressão em 200 estudantes universitários, iniciantes e finalistas, de uma Universidade privada do Rio Grande do Sul. Os participantes responderam ao BAI (Beck Anxiety Inventory) e ao BDI (Beck Depression Inventory) em aplicações coletivas em salas de aula. Resultados principais apontaram alta comorbidade entre depressão e ansiedade, maiores níveis de ansiedade e depressão entre as mulheres do que entre homens e índices significativamente mais alto...

  2. Prevalência de Sintomas de Ansiedade e Depressão em Estudantes de Medicina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatheane Couto de Vasconcelos

    Full Text Available Objetivos Determinar a prevalência de sintomas de ansiedade e depressão em estudantes de Medicina e avaliar fatores associados. Métodos Estudo de corte transversal com 234 estudantes que responderam a um questionário eletrônico com variáveis sociodemográficas e a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (Ehad. Resultados Em relação à ansiedade, o escore médio da Ehad foi de 6,7 (DP: +/- 3,4, com 34,3% (80 apresentando sintomas falso-positivos de ansiedade e 19,7% (46 manifestando sintomas sugestivos do transtorno. Quanto à depressão, o escore médio da Ehad foi de 4,4 (DP: +/- 3,1, com 19,3% (45 apresentando sintomas falso-positivos para depressão e 5,6% (13 manifestando sintomas sugestivos do transtorno. Na análise univariada, o uso de drogas psicoativas associou-se à presença de sintomas de ansiedade; para sintomas de depressão, o estudante ser procedente da RMR foi fator protetor, ao passo que o uso de drogas ilícitas foi associado a risco. Conclusão A prevalência de sintomas de ansiedade e depressão associada ao uso de drogas psicoativas e ilícitas, respectivamente, indica a necessidade de medidas de prevenção e diagnóstico precoces.

  3. EFEITOS DO EXERCÍCIO FÍSICO EM COMPORTAMENTOS RELACIONADOS COM A ANSIEDADE EM RATOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Fernandes Barbosa

    2016-04-01

    Full Text Available Introdução: Os efeitos do exercício físico são associados à redução da ansiedade e à manutenção desse estado por diversas horas. Contudo, poucos trabalhos têm investigado os efeitos do exercício agudo sobre a ansiedade. Objetivo: Investigar o efeito agudo da intensidade do exercício físico sobre comportamento relacionado com a ansiedade em modelos animais. Métodos: Cinquenta e seis ratos Wistar machos foram distribuídos aleatoriamente em oito grupos: controle, 0%, 5% e 50% de carga correspondente ao peso corporal dos animais. Os grupos foram submetidos a um protocolo de natação que consistiu na realização de 30 minutos de exercício para os grupos 0% e 5% e dez sessões de dez saltos intercalados por um minuto de descanso para o grupo 50%. Após a natação, os animais foram expostos aos testes de campo aberto e labirinto em cruz elevado. Os dados foram avaliados estatisticamente pela One-way ANOVA e teste post hoc de Bonferroni, adotando-se P<0,05. Resultados: Na análise dos dados no teste de campo aberto foram encontradas diferenças significativas nas medidas de cruzamento (F(3,20 = 9,60; p < 0,01, ocorrendo um aumento de cruzamentos do grupo 5% (81,2 ± 14,8 com relação ao grupo controle (45,0 ± 8,7. Foi encontrada diferença significativa no percentual de entrada nos braços abertos (F(3,28 = 5,63; p < 0,01, havendo uma diminuição no grupo 50% (25,4 ± 17,0 com relação ao grupo controle (46,8 ± 9,1. Conclusão: A prática de exercício físico na intensidade de 5% apresentou efeitos ansiolíticos, enquanto na intensidade de 50%, apresentou efeitos ansiogênicos.

  4. Depressão, ansiedade e qualidade de vida em mulheres em tratamento de câncer de mama

    OpenAIRE

    Santos Júnior, Nilo Coelho

    2011-01-01

    Objetivos: avaliar a prevalência de depressão, ansiedade e qualidade de vida em mulheres encaminhadas para atendimento em ambulatório terciário de mastologia, que são acompanhadas durante o diagnóstico e tratamento de câncer de mama. Métodos: estudo observacional de corte transversal, descritivo, analítico e prospectivo, em 25 mulheres em tratamento para câncer de mama, atendidas no ambulatório de mastologia do Hospital Geral de Palmas, Tocantins, no período entre setembro a dezembro de 2009....

  5. Depressão, ansiedade e estresse em crianças trabalhadoras migrantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Noriega, José Angel Vera

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi descrever os sintomas de depressão, ansiedade e estresse em um grupo de crianças migrantes aos campos agrícolas no Estado de Sonora, México Participaram 358 crianças com idades compreendidas entre os 8 e os 14 anos em 16 fazendas onde trabalharam ao lado dos seus pais. Todos pertenciam a diferentes grupos étnicos do México. Crianças escutam e responderam às três medidas psicológicas apoiado por um psicólogo. Os resultados indicam que o sexo, idade e número de migrações são três fatores que afetam a média de depressão, ansiedade e estresse. No entanto, os resultados indicam a existência de um risco, não existem dados que sugerem uma patologia nas três medidas. Foi observado que a idade de início da migração e número de migrações a partir de seu local de residência para o trabalho aumenta proporcionalmente com os níveis de estresse e ansiedade, mas não relaciona com a pontuação de depressão

  6. Ansiedade em Provas: um Estudo na Obtenção da Licença para Dirigir

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Hessel de Araújo

    Full Text Available Resumo Situações de avaliação geram ansiedade e dentre elas está a prova prática de direção para a obtenção da licença para dirigir, essa ansiedade pode perturbar o desempenho e impedir a obtenção da habilitação. O presente estudo visou analisar: (a a fundamentação teórica que embasa a intervenção terapêutica em casos de ansiedade em avaliações e provas; e (b o processo terapêutico de uma cliente que procurou terapia comportamental após tentativas fracassadas na obtenção da licença para dirigir. A relevância da análise funcional da ansiedade e dos repertórios de enfrentamento da ansiedade foi considerada. Em seguida, um estudo de caso foi relatado: uma paciente com um histórico de seis reprovações no teste prático para a obtenção da licença para dirigir e níveis altos de ansiedade. Esse estudo demonstrou que um preparo apropriado e a intervenção terapêutica contribuíram para reduzir a ansiedade e promover a condição necessária para a obtenção da licença para dirigir. Estudos adicionais deverão ser realizados de modo a se obter uma melhor compreensão da relação entre a ansiedade e o desempenho, especialmente no que diz respeito ao processo de obtenção de uma licença para dirigir.

  7. Morfeia generalizada em uma criança com ictiose arlequim, uma associação rara

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria F.A. Giacomin

    2016-02-01

    Full Text Available Resumo Introdução Ictiose arlequim é uma doença cutânea congênita grave, autossômica e rara, caracterizada por ressecamento excessivo da pele e hiperqueratose. A associação de ictiose com esclerose sistêmica foi descrita em apenas três crianças. Ainda não foi descrito nenhum paciente com morfeia generalizada (MG associada à ictiose arlequim. Relato de caso: Menina de quatro anos e seis meses de idade com diagnóstico de ictiose arlequim baseado em espessamento cutâneo difuso, com fissuras, descamação, eritema e sangramento da lesão desde as primeiras horas de vida. A paciente foi tratada com acitretina (1,0 mg/kg/dia e creme emoliente. Aos três anos e nove meses, desenvolveu contraturas musculares com dor à movimentação e limitação nos cotovelos e joelhos e placas esclerodérmicas difusas no abdômen, nas costas, na região suprapúbica e nas extremidades inferiores. A biópsia de pele mostrou epiderme retificada e hiperqueratose leve, derme reticular com linfócitos, infiltrado mononuclear perivascular e perianexial e esclerose da derme reticular e glândula sudorípara rodeada por um tecido colágeno denso, compatível com esclerodermia. A paciente preencheu os critérios para o subtipo MG. Metotrexato e prednisona foram introduzidos. Aos quatro anos e três meses, apresentou novas lesões esclerodérmicas, associando-se azatioprina à terapêutica anterior, sem resposta após dois meses. Discussão: Um caso de ictiose arlequim associada à MG foi descrito. O tratamento dessas duas condições é um desafio e requer uma equipe multidisciplinar.

  8. Terapia cognitivo-comportamental em grupo para idosos com sintomas de ansiedade e depressão: resultados preliminares

    OpenAIRE

    Lobo, Beatriz de Oliveira Meneguelo; Rigoli, Marcelo Montagner; Sbardelloto, Gabriela; Rinaldi, Juciclara; Argimon, Irani de Lima; Kristensen, Christian Haag

    2012-01-01

    Resumo: Sintomas de depressão e ansiedade são comumente observados em pacientes idosos. O presente trabalho teve por objetivo avaliar, de forma exploratória, os efeitos da psicoterapia cognitivo?comportamental (TCC) em um grupo de pacientes idosos (n = 6) entre 64 e 73 anos, que buscaram atendimento psicológico em um serviço de saúde mental. Foram avaliados sintomas de ansiedade, depressão e queixas de memória, antes e após a intervenção. Os resultados evidenciaram importante redução da sinto...

  9. Efeitos da ansiedade sobre a pressão arterial em mulheres com hipertensão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chaves Eliane Corrêa

    2004-01-01

    Full Text Available Estudo descritivo, associativo, que objetiva conhecer a relação da ansiedade com os níveis de pressão arterial em mulheres hipertensas e da ansiedade com o tempo de tratamento da hipertensão. Foram pesquisadas 78 mulheres em tratamento para hipertensão no InCor, mediante o Inventário de Ansiedade de Spilberger - IDATE, e a pressão arterial verificada, utilizando-se da medida indireta, obtida pelo método auscultatório. Os dados foram submetidos à análise estatística, com nível de significância de 5%. A amostra apresentou traço e estado de ansiedade moderados e médias de pressão acima do normal, compatível com hipertensão estágio 1. Não houve diferença estatisticamente significante entre pressão arterial e níveis de ansiedade e entre o tempo de tratamento para hipertensão e níveis de ansiedade.

  10. Atenção plena e ansiedade do desempenho em músicos

    OpenAIRE

    Fernandes, Jacinta

    2010-01-01

    Dissertação de mest., Psicologia Clínica e da Saúde, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2010 A ansiedade do desempenho é frequente entre músicos profissionais, bem como entre estudantes de música, e pode causar considerável distresse. Através de uma avaliação longitudinal e da inclusão de um grupo de controlo, o presente estudo explora o efeito de um programa baseado em meditações da atenção plena (do tipo MBCT) no distresse psicofisiológico de um pequen...

  11. Ansiedade, depressão e stress em doentes com dor crónica

    OpenAIRE

    Almeida, João Henrique Gonçalves de

    2014-01-01

    O presente estudo tem como objetivo principal perceber em que medida é que as dimensões ansiedade, depressão, vulnerabilidade ao stress, intensidade da dor e incapacidade relacionadas com a dor, afetam os doentes com dor crónica. Para o efeito, foi utilizada uma amostra de 53 doentes que frequentam a Consulta de Psicologia Clínica – Dor Crónica da Unidade de Dor Crónica do Pólo Hospital Geral do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), com idades compreendidas entre os 25 e os ...

  12. Habilidades sociais, depressão, ansiedade e alcoolismo em bombeiros: um estudo correlacional

    OpenAIRE

    Paula Almeida de Oliveira

    2010-01-01

    Pesquisas atuais têm enfatizado a importância das habilidades sociais para a qualidade das relações sociais, o bem-estar e a saúde mental das pessoas. Embora os transtornos mentais, independentemente do diagnóstico, tenham em comum dificuldades e perdas nas relações sociais, um bom repertório de habilidades sociais pode se apresentar como fator de proteção para depressão, ansiedade e uso de álcool. Parece ser relevante investigar tal associação e fatores associados, pois as correlações entre ...

  13. CÂNCER DE MAMA: ESTIMATIVA DA PREVALÊNCIA DE ANSIEDADE E DEPRESSÃO EM PACIENTES EM TRATAMENTO AMBULATORIAL

    OpenAIRE

    Ferreira, Andreia Silva; Bicalho, Bruna Pereira; Oda, Julie Massayo Maeda; Duarte, Sebastião Junior Henrique; Machado, Richardson Miranda

    2016-01-01

    A ansiedade e a depressão são doenças psicoemocionais que afetam grande parte das mulheres acometidas pelo câncer de mama. Pouco se sabe sobre os meios de identificação precoce, constituindo-se em desafios à equipe multiprofissional da saúde a integralidade do cuidado à vítima dessa doença. O objetivo deste estudo foi identificar a prevalência da ansiedade e depressão em mulheres em tratamento ambulatorial para o câncer de mama. Estudo descritivo transversal, realizado com 138 mulheres em tra...

  14. Transtornos de ansiedade: um estudo de prevalência e comorbidade com tabagismo em um ambulatório de psiquiatria Anxiety disorders: a study of the prevalence and comorbidity with smoking in a psychiatric outpatient clinic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Lunardi Munaretti

    2007-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Este estudo tem por objetivo investigar a presença de transtornos de ansiedade e tabagismo entre pacientes atendidos em um ambulatório de psiquiatria. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal em um ambulatório de psiquiatria em Porto Alegre, no qual se aplicou SCID-I em 84 pacientes, para examinar a ocorrência de transtornos de ansiedade e dependência à nicotina; também se utilizou o Teste de Fagerström para identificar o grau de dependência nicotínica. Excluíram-se pacientes com esquizofrenia, outros transtornos psicóticos e retardo mental. RESULTADOS: Verificou-se freqüência de 75% para os transtornos de ansiedade, sendo mais freqüentes fobia específica e transtorno de ansiedade generalizada (TAG com 26,2% cada um. Tabagistas representaram 21,43% da amostra, e a maior parte destes obteve escore leve para o grau de dependência. Constatou-se associação entre ter TAG e ser tabagista, e a chance dos pacientes com TAG fumarem é 5,2 vezes em relação aos que não têm esse transtorno de ansiedade. CONCLUSÕES: Os transtornos de ansiedade têm uma freqüência elevada entre pacientes ambulatoriais, sendo importante sua identificação. A freqüência de tabagismo entre pacientes com transtorno de ansiedade é alta, apresentando importante associação com TAG, e por isso deve também ser foco de atenção no tratamento desses pacientes.OBJETIVES: This study was aimed at investigating the presence of anxiety disorders and tobacco use among psychiatric outpatients. METHODS: A transversal study was carried out in which SCID-I was administered to 84 psychiatric outpatients in Porto Alegre, in order to determine the occurrence of anxiety disorders and nicotine dependence; in addition, Fagerström's test was used to identify the degree of nicotine dependence. Exclusion criteria were having a diagnosis of schizophrenia or presenting other psychotic disorders and mental retardation. RESULTS: Anxiety disorders were found in

  15. Padrão do ciclo sono-vigília e sua relação com a ansiedade em estudantes universitários

    OpenAIRE

    Almondes,Katie Moraes de; Araújo,John Fontenele de

    2003-01-01

    Neste trabalho, foram investigadas as relações entre o ciclo sono-vigília e a ansiedade. O ciclo sono-vigília e traço e estado de ansiedade foram avaliados em 37 estudantes do segundo ano do curso médico. Os estudantes responderam ao Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh - IQSP, ao Inventário de Estado e Traço de Ansiedade - IDATE e a um questionário de matutinidade - vespertinidade (cronotipo). Todos registraram seu sono em um diário durante duas semanas. Os resultados mostraram que os e...

  16. Estresse e ansiedade em mulheres inférteis Stress and anxiety in infertile women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone da Nóbrega Tomaz Moreira

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a freqüência de estresse e níveis de ansiedade em mulheres inférteis, de forma a obter subsídios para uma orientação psicológica específica. MÉTODOS: estudo transversal envolvendo 152 mulheres inférteis (média de idade 30,3±5,4anos, e 150 controles saudáveis (25,7±7,9 anos. Todas as voluntárias foram avaliadas com a aplicação do Inventário de Sintomas de Estresse de Lipp e Inventário de Ansiedade Traço-Estado. As variáveis dependentes foram: freqüência de estresse e escores de ansiedade (estado e traço. A análise estatística compreendeu a utilização dos testes chi2 e Mann-Whitney, além de regressão logística para testar associações entre as variáveis dependentes e fatores de risco considerados. O nível de significância adotado foi de 5%. RESULTADOS: a freqüência de estresse foi maior no grupo infertilidade em relação ao grupo controle (61,8 e 36,0%, respectivamente, no entanto, não foram observadas diferenças significativas entre os grupos com relação às fases do estresse e tipo de sintomatologia predominante. Em relação à ansiedade, não houve diferenças significativas entre os grupos infertilidade e controle quanto às medianas dos escores de estado (39,5 e 41,0, respectivamente e traço (44,0 e 42,0, respectivamente de ansiedade. No grupo infertilidade, os fatores de risco associados significativamente com estresse ou ansiedade foram: desconhecimento do fator causal, fase de investigação diagnóstica e ausência de filhos advindos de outros casamentos. CONCLUSÕES: as mulheres inférteis estão mais vulneráveis ao estresse, no entanto, são capazes de responder aos eventos estressores de forma adaptativa, sem comprometimentos mais sérios nas áreas física e psicológica.PURPOSE: to assess the frequency of stress and anxiety levels in infertile women, in order to obtain data for specific psychological intervention. METHODS: a cross-sectional study involving 152 infertile

  17. Ansiedade, classificação radiográfica e controle da dor em exodontias de terceiros molares inferiores

    OpenAIRE

    Alessandro Hyczy Lisboa

    2012-01-01

    O objetivo deste trabalho foi comparar o nível de ansiedade existente em pacientes submetidos a distintos procedimentos cirúrgicos em âmbito ambulatorial; verificar a prevalência da posição de terceiros molares inferiores, estabelecendo a sua posição e inclinação, em relação às classificações de Winter e de Pell & Gregory; e verificar o efeito da utilização preemptiva de ibuprofeno associado à arginina, etoricoxibe e dexametasona no controle da dor pós exodontia de terceiros molares inferiore...

  18. Ansiedade dentária em crianças - a importância da sua gestão na consulta de odontopediatria

    OpenAIRE

    Montagna, Diana Raquel Ferreira

    2014-01-01

    A gestão da ansiedade dentária em crianças no decurso das consultas de Odontopediatria torna-se essencial para um maior sucesso dos tratamentos dentários. Assim, pretende-se avaliar os níveis de ansiedade manifestados pelas crianças face ao tratamento dentário e, simultaneamente, avaliar o grau de dor descrito no mesmo contexto clínico, de modo a relacioná-los diretamente com experiências prévias e outros fatores etiológicos de interesse, nomeadamente faixa etária, género, ansiedade parental ...

  19. Disfunção Temporomandibular segundo o Nível de Ansiedade em Adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lara Jansiski Motta

    Full Text Available RESUMOO objetivo do estudo foi determinar a prevalência de sinais e sintomas de disfunção temporomandibular (DTM, segundo o nível de ansiedade de adolescentes da cidade de São Roque-SP. Foi utilizado o Índice de Fonseca para determinar a presença e o grau de severidade da DTM. Para avaliar o nível de ansiedade, foi utilizado o Inventário de Ansiedade Traço-Estado. Os participantes foram 3538 adolescentes entre 10 e 19 anos. Os resultados revelaram que 73,3% dos adolescentes apresentavam DTM e 72,7%, apresentavam ansiedade. Foram observadas associações estatisticamente significativas entre a presença de DTM e a presença de ansiedade, mas apenas com o sexo feminino, e correlação positiva, embora baixa, entre o grau de DTM e o nível de ansiedade. Conclui-se que adolescentes do sexo feminino apresentam maior chance de desenvolver DTM que os do sexo masculino, e quanto maior o nível de ansiedade do adolescente, maior a chance de desenvolver DTM.

  20. Ansiedade e espiritualidade em estudantes universitários: um estudo transversal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erika de Cássia Lopes Chaves

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:investigar a ansiedade e a espiritualidade de estudantes universitários e a relação entre elas.Método:para a coleta de dados, foi utilizado o Inventário de ansiedade traço-estado (IDATE e a Escala de Espiritualidade de Pinto e Pais-Ribeiro.Resultados:participaram 609 alunos, sendo que 91,5% apresentam níveis moderados e altos de ansiedade-traço; 92,9%, os mesmos níveis de ansiedade-estado e 93,8% alto escore de espiritualidade. O teste de regressão linear múltipla apontou relação signifi cativa entre a ansiedade e a presença de desconfortos físicos, de movimentos pouco comuns e necessidade de tratamento. Os maiores níveis de ansiedade estiveram associados ao sexo feminino, à ausência de atividades de lazer e aos baixos níveis de otimismo da escala de espiritualidade.Conclusão:é importante o desenvolvimento de estratégias de enfrentamento da ansiedade que, por sua vez, podem estar voltadas a fatores protetores, como a espiritualidade.

  1. Caracterização dos niveis de ansiedade em praticantes de atletismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Vasconcelos-Raposo

    2007-03-01

    Full Text Available Com este estudo pretendemos caracterizar os níveis de ansiedade dos lançadores e saltadores iniciados e juvenis portugueses. A amostra foi constituída por 147 atletas (89 masculinos e 58 femininos. Foram subdivididos em grupos de acordo com as variáveis independentes a serem testadas, nomeadamente: escalão (61 iniciados e 86 juvenis, especialidade (78 saltos e 69 lançamentos, top ten (17 masculinos e 26 femininos. Para os propósitos do estudo utilizámos o Questionário de Auto-avaliação (CSAI-2 e o ICPC. Os procedimentos estatísticos foram: cálculos de frequências e o coeficiente de correlação Produto – momento de Pearson. No geral, os resultados tendem confiar os encontrados nos estudos de referência e sugerem que o ICPC, se utilizado de forma sistemática, é bom instrumento para os treinadores aprofundarem os seus conhecimentos sobre os atletas.

  2. O estudo bibliométrico do transtorno de ansiedade social em universitários

    OpenAIRE

    Sabrina Maura Pereira; Lélio Moura Lourenço

    2012-01-01

    El trastorno de Ansiedad social (TAS) o Fobia Social (FS) se caracteriza por una ansiedad excesiva y persiste en situaciones de interacción social o de desempeño. El presente trabajo pretende analizar los artículos indexados en las bases de datos Pubmed y Web of Science, en el período comprendido entre 2006 y 2010, y evaluar los indicadores bibliométricos de la literatura científica relacionados con el trastorno de ansiedad social/fobia social en estudiantes universitarios. La muestra final c...

  3. Comorbidades psiquiátricas associadas com transtornos de ansiedade em uma amostra de crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Estácio Amaro Silva Júnior

    2010-01-01

    Introdução: Os transtornos de ansiedade na infância e adolescência são prevalentes e geralmente se mantêm até a vida adulta. Podem também ser considerados como fator de risco para o desenvolvimento de outros transtornos psiquiátricos. Portanto, a avaliação, o diagnóstico e o tratamento da ansiedade nesta faixa etária, assim como a detecção de comorbidades associadas, têm uma importância significativa para o alívio do sofrimento e para a prevenção de transtornos mentais em futuras etapas do ci...

  4. Medida da ansiedade e depressão em pacientes no pré-operatório de cirurgias eletivas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Avelino dos Santos

    2012-12-01

    Full Text Available Os procedimentos cirúrgicos aliados à hospitalização representam uma ameaça ao doente e sua família, devido às alterações físicas, reações psicológicas e sociais. Este estudo foi realizado com o objetivo de avaliar a presença de sinais e sintomas de ansiedade e depressão e verificar associações das patologias com as variáveis sexo e idade, em pacientes no pré-operatório de cirurgias eletivas.Os dados foram coletados em um Hospital Universitário de Ribeirão Preto e a amostra foi composta por 100 sujeitos que responderam a Escala de Ansiedade e Depressão Hospitalar (HADS e a um instrumento de dadossociodemográficos e clínicos, e informações relativas às condições do período perioperatório. Na avaliação de ansiedade e depressão, 40% dos indivíduos foram considerados casos de ansiedade e 22% dos indivíduos foram considerados casos de depressão.Encontrou-se relação estatisticamente significante dos níveis dessas patologias com as variáveis sexo masculino (p=0,001, feminino (p=0,000 e idade até 45 anos (p=0,000.

  5. Ansiedade e espiritualidade em estudantes universitários: um estudo transversal

    OpenAIRE

    Erika de Cássia Lopes Chaves; Denise Hollanda Iunes; Caroline de Castro Moura; Leonardo César Carvalho; Andréia Maria Silva; Emília Campos de Carvalho

    2015-01-01

    RESUMOObjetivo:investigar a ansiedade e a espiritualidade de estudantes universitários e a relação entre elas.Método:para a coleta de dados, foi utilizado o Inventário de ansiedade traço-estado (IDATE) e a Escala de Espiritualidade de Pinto e Pais-Ribeiro.Resultados:participaram 609 alunos, sendo que 91,5% apresentam níveis moderados e altos de ansiedade-traço; 92,9%, os mesmos níveis de ansiedade-estado e 93,8% alto escore de espiritualidade. O teste de regressão linear múltipla apontou rela...

  6. Confiabilidade do teste da caminhada de seis minutos em pacientes com miastenia gravis generalizada Reliability of the six-minute walk test in patients with generalized myasthenia gravis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Regiane Resqueti

    2009-09-01

    Full Text Available Este estudo objetivou determinar a confiabilidade do teste da caminhada de seis minutos (TC6M como um teste de capacidade funcional em pacientes com miastenia gravis generalizada (MG. Foram selecionados 11 pacientes com MG - 5 homens, 6 mulheres - com idade de 55±9 anos, avaliados inicialmente quanto à função fulmonar, que se submeteram a três TC6M em dias diferentes. Durante e/ou após cada teste foram medidas freqüência cardíaca e saturação de oxigênio (por oxímetro portátil, sensação de dispnéia (pela escala de Borg e distância percorrida. Nos três testes as distâncias percorridas foram 498 m, 517 m e 520 m (respectivamente 99%, 103% e 104% do valor predito. Em média, a freqüência cardíaca, dispnéia e saturação de oxigênio mostraram comportamento constante nos três testes. Foram encontradas alta confiabilidade relativa, com coeficiente de correlação interclasse maior que 0,90 entre os testes (TC6M1-TC6M2, 0,960; TC6M1-TC6M3, 0,945; e TC6M2-TC6M3, 0,970 e confiabilidade absoluta de 4%, 3,5% e 4,8%, com reprodutibilidade de 11%, 9,8% e 13,4%, respectivamente para o primeiro, segundo e terceiro testes. Os limites superiores e inferiores de concordância e o valor médio das médias das diferenças (bias calculados pelo teste de Bland-Altman mostraram-se clinicamente aceitáveis. Conclui-se que o TC6M se mostrou seguro, confiável e reprodutível, podendo ser aplicado para avaliação e seguimento da tolerância ao exercício em pacientes com MG generalizada.The purpose of this study was to assess the reliability of the six minutes walking test (6MWT as a functional capacity test for patients with generalized myasthenia gravis (MG. Eleven patients with generalized MG (5 men, six women, aged 55±9 years, were first assessed as to pulmonary function and then submitted to three 6MWT in different days. Heart rate and oxygen saturation were measured (by means of portable oxymeter during, and dyspnea (by the Borg scale and

  7. Análise da percepção da fadiga, estresse e ansiedade em trabalhadores de uma indústria de calçados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ciro Franco de Medeiros Neto

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever e correlacionar os aspectos envolvidos com a percepção de fadiga e estresse laboral e percebido em trabalhadores de ambos os sexos, em função do setor de trabalho e traço de ansiedade. MÉTODOS: Foram avaliados 46 trabalhadores de uma indústria calçadista, por meio dos instrumentos: Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE, Questionário de Fadiga de Yoshitake, Escala de Estresse no Trabalho e Escala Visual Analógica (EVA para o estresse percebido. Os dados foram analisados por meio do teste t de Student e do teste de correlação de Pearson para p ≤ 0,05. RESULTADOS: Não foram verificadas diferenças significativas entre os sexos e entre os trabalhadores dos diferentes setores, quanto a fadiga, traço de ansiedade, estresse laboral e percebido. Quanto à fadiga, os trabalhadores com traço de ansiedade alto apresentaram maior nível de fadiga comparados àqueles que apresentavam traço de ansiedade baixo (p < 0,001. Foram observadas também correlações positivas entre as variáveis investigadas conforme o sexo, setor de trabalho e nível de ansiedade entre os trabalhadores. CONCLUSÃO: A percepção de fadiga afeta principalmente os trabalhadores que apresentam traço de ansiedade alto. Contudo, percebe-se, por meio dos testes de correlações, que as variáveis sexo, setor de trabalho e traço de ansiedade podem modular os níveis de fadiga e estresse laboral e percebido entre os trabalhadores.

  8. Eficácia da auriculoterapia na redução de ansiedade em estudantes de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Miyuki do Prado

    2012-10-01

    Full Text Available Este Ensaio Clínico Randomizado simples-cego verificou níveis de ansiedade dos estudantes de Enfermagem de nível médio da Escola de Enfermagem São Joaquim, do Hospital Beneficência Portuguesa, e a eficácia da auriculoterapia na redução desses níveis. Foi aplicado o Inventário de Ansiedade Traço-Estado no início, após 8 e 12 sessões e no follow-up (quinze dias. A amostra foi composta por 71 indivíduos divididos em três grupos: Controle sem intervenção (25, Auriculoterapia (24, e Placebo (22. Resultados: Na análise de variância (ANOVA houve diferença estatisticamente significativa pelo Post Hoc entre os grupos controle/auriculoterapia na segunda (p=0.000, terceira (p=0.012 e quarta avaliações (p=0.005; e entre grupos placebo/controle, somente na 2ª avaliação (p=0.003. A auriculoterapia com os pontos Shenmen e Tronco Cerebral foi mais eficaz para a diminuição dos níveis de ansiedade em estudantes de Enfermagem (20,97%, em comparação com os pontos sham (13,74%, porém, estudos com amostragem mais representativa se fazem necessários.

  9. Prevalência de transtornos psiquiátricos e ansiedade relacionada à saúde em coronariopatas participantes de um programa de exercício supervisionado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Sardinha

    2011-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Aspectos psicológicos como estresse e depressão já são reconhecidos como fatores de risco cardiovascular. Mais recentemente, o impacto da ansiedade passou a ser objeto de estudo. OBJETIVO: Identificar a prevalência de transtornos psiquiátricos e a presença de ansiedade relacionada à saúde e de ansiedade cardíaca em coronariopatas participantes de um programa de exercício supervisionado. MÉTODOS: Quarenta e dois homens coronariopatas foram entrevistados com o Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI, versão 5.0, e solicitados a preencher a Escala de Sensibilidade à Ansiedade, o Questionário de Cognições Agorafóbicas, a Escala de Sensações Corporais e o Questionário de Ansiedade Cardíaca. RESULTADOS: Dentre os participantes, 38% apresentaram um ou mais diagnósticos psiquiátricos pelo MINI, mas apenas 19% apresentaram múltiplas comorbidades. A presença de transtornos psiquiátricos encontra-se associada a escores mais altos de ansiedade relacionada à saúde e à ansiedade cardíaca (p 0,05. CONCLUSÕES: Ansiedade relacionada à saúde parece estar mais fortemente associada à presença de comorbidades psiquiátricas do que à gravidade do quadro cardiovascular. Recomenda-se a triagem regular de pacientes coronariopatas para transtornos psiquiátricos. Estratégias terapêuticas complementares como exercício físico e psicoterapia podem ser alternativas terapêuticas complementares.

  10. Atenção, ansiedade e raiva em dependentes químicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Scheffer, Morgana

    2009-01-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo analisar e comparar a atenção difusa complexa, atenção concentrada, atenção concentrada complexa, ansiedade e raiva entre três grupos; 1 Controle; 2 dependentes de cocaína/crack e 3 dependentes de álcool e cocaína/crack. É uma pesquisa transversal, comparativa do tipo caso-controle, constituída por uma amostra não aleatória. Pasrticiparam 49 indivíduos, do sexo masculino entre idades 18 e 57 anos, avaliados através da Bateria Geral das Funções Mentais 1 e 2; Inventário de Expressão de Raiva como Estado e Traço e Inventário de Ansiedade Beck. O tempo médio de abstinência das drogas foi de 33,05 (DP=19,52 dias. Os resultados mostraram que na atenção não houve diferenças significativas na comparação entre os grupos. Entretanto, houve diferença nos níveis de ansiedade e raiva entre os dependentes quimicos e controles. Conclui-se que não houve prejuízo cognitivo na atenção desses indivíduos, mas alterações emocionais na ansiedade e raiva

  11. Ansiedade ao tratamento odontológico em atendimento de urgência Dental anxiety in an emergency dental service

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kazue Kanegane

    2003-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a freqüência de pacientes com ansiedade ou medo do tratamento odontológico em um setor de urgência. MÉTODOS: Participaram do estudo 252 pacientes, com 18 anos ou mais, que compareceram ao setor de urgência de uma faculdade de odontologia, de São Paulo, SP, entre agosto e novembro de 2001. Para avaliar a ansiedade, foram utilizadas a Modified Dental Anxiety Scale (MDAS, e a Escala de Medo de Gatchel. O grupo estudado respondeu a questões sobre: tempo decorrido desde a última visita ao dentista e desde o início dos sintomas, escolaridade, renda familiar e história prévia de trauma. Os resultados foram analisados pelos testes estatísticos (chi2 e Teste Exato de Fisher. RESULTADOS: Foram identificados 28,2% de indivíduos com algum grau de ansiedade, segundo a MDAS, na qual as mulheres foram consideradas mais ansiosas que os homens (chi2=0,01; e 14,3% de pacientes com alto grau de medo segundo a Escala de Medo de Gatchel. Em 44,4% da amostra a demora para procura de alívio dos sintomas foi > sete dias. Mulheres ansiosas procuraram atendimento mais rapidamente e em maior número. Experiência traumática anterior ocorreu em 46,5% dos pacientes ansiosos. Não foi possível relacionar escolaridade e renda familiar com ansiedade e/ou medo. CONCLUSÕES: Pacientes ansiosos, com destaque para as mulheres, são freqüentes no atendimento odontológico de urgência. Experiência prévia traumática mostrou-se importante para o desenvolvimento da ansiedade em relação ao atendimento odontológico.OBJECTIVE: The purpose of the study was to assess the frequency of dental anxiety and/or fear among patients in an emergency dental service. METHODS: Research was based on interviews with 252 patients, aged 18 years old and over, attended at an emergency dentistry service of São Paulo, Brazil, from August to November, 2001. Two methods were used to measure dental anxiety: the Modified Dental Anxiety Scale (MDAS and the Gatchel Fear

  12. Universidade, contexto ansiogênico? Avaliação de traço e estado de ansiedade em estudantes do ciclo básico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camomila Lira Ferreira

    2009-06-01

    Full Text Available O presente artigo objetiva avaliar a ansiedade-traço e a ansiedade-estado de estudantes universitários do ciclo básico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, verificando diferenças entre três grandes áreas de conhecimento, biomédica, humanística e tecnológica, tendo em vista que a entrada na universidade pode se configurar como uma situação ameaçadora que parece sofrer influência das diferentes características de cada uma dessas áreas. Participaram do estudo 158 estudantes, sendo 71 mulheres e 87 homens, com idade média de 20,04 ± 3,37 anos, respondendo uma ficha de identificação e o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE. Resultados demonstram que as médias de ansiedade-traço e ansiedade-estado desses estudantes encontram-se dentro do esperado para essa população, embora a área biomédica seja percebida como a mais ansiogênica, uma vez que apresenta uma densa grade curricular com intensas demandas acadêmicas, o que parece elevar os escores dos estudantes dessa área, em especial os dos homens.

  13. O craving, sintomas de ansiedade e depressão em usuários de Cannabis.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Pedro Polese

    2011-10-01

    Full Text Available A cannabis é a substância psicoativa ilícita mais utilizada no Brasil. O objetivo desse estudo foi avaliar o craving, sintomas de ansiedade e depressão em usuários de cannabis da população geral. Foi um estudo transversal, com uma amostra de 24 homens usuários de cannabis (14 dependentes e 10 usuários da população geral, com uma média de 26,88 anos (DP=4,24; 18-40, que não dependiam de outras substâncias psicoativas, salvo a nicotina. Os participantes foram recrutados pelo método bola de neve. Os instrumentos utilizados foram: Entrevista Clínica, Mini-Exame do Estado Mental, SRQ-20, Inventário Beck de Ansiedade, Inventário Beck de Depressão, Escala Analógico-Visual para avaliar o craving, Marijuana Craving Questionnaire-SF e a foto de cannabis para induzir o craving. Os resultados demonstraram que os usuários de cannabis da população geral têm baixas médias dos sintomas de ansiedade, depressão e craving, não havendo variação significativa entre das variáveis entre dependentes e usuários desta substância psicoativa. Conclui-se que devem ser feitos novos estudos para comprovar os resultados encontrados.

  14. The multidimensional evaluation and treatment of anxiety in children and adolescents: rationale, design, methods and preliminary findings Avaliação multidimensional e tratamento da ansiedade em crianças e adolescentes: marco teórico, desenho, métodos e resultados preliminares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanni Abrahão Salum

    2011-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: This study aims to describe the design, methods and sample characteristics of the Multidimensional Evaluation and Treatment of Anxiety in Children and Adolescents - the PROTAIA Project. METHOD: Students between 10 and 17 years old from all six schools belonging to the catchment area of the Primary Care Unit of Hospital de Clínicas de Porto Alegre were included in the project. It comprises five phases: (1 a community screening phase; (2 a psychiatric diagnostic phase; (3 a multidimensional assessment phase evaluating environmental, neuropsychological, nutritional, and biological factors; (4 a treatment phase, and (5 a translational phase. RESULTS: A total of 2,457 subjects from the community were screened for anxiety disorders. From those who attended the diagnostic interview, we identified 138 individuals with at least one anxiety disorder (apart from specific phobia and 102 individuals without any anxiety disorder. Among the anxiety cases, generalized anxiety disorder (n = 95; 68.8%, social anxiety disorder (n = 57; 41.3% and separation anxiety disorder (n = 49; 35.5% were the most frequent disorders. CONCLUSION: The PROTAIA Project is a promising research project that can contribute to the knowledge of the relationship between anxiety disorders and anxiety-related phenotypes with several genetic and environmental risk factors.OBJETIVO: o objetivo deste estudo é descrever o desenho, os métodos e as características amostrais da Avaliação Multidimensional e Tratamento da Ansiedade em Crianças e Adolescentes - Projeto PROTAIA. MÉTODO: Escolares entre 10 e 17 anos de todas as escolas pertencentes à área de abrangência da unidade de atenção primária do Hospital de Clínicas de Porto Alegre foram incluídos no projeto. O projeto compreende cinco fases: 1 triagem comunitária; 2 diagnóstico psiquiátrico; 3 avaliação multidimensional, incluindo fatores ambientais, neuropsicológicos, nutricionais e marcadores biológicos; 4

  15. Tratamento do transtorno de ansiedade social em crianças e adolescentes Treatment of social anxiety disorder in children and adolescents

    OpenAIRE

    Luciano Isolan; Gabriel Pheula; Gisele Gus Manfro

    2007-01-01

    CONTEXTO: Transtorno de ansiedade social é um transtorno incapacitante e altamente prevalente em crianças e adolescentes ao longo da vida, de acordo com os critérios do DSM-IV, variando de 0,7% a 3,5%. Se não tratado, pode interferir no funcionamento emocional, social e escolar. OBJETIVOS: Avaliar a evidência atual para a eficácia e efetividade de intervenções farmacológicas e psicoterápicas no tratamento do transtorno de ansiedade social na infância e na adolescência. MÉTODOS: Pesquisas fora...

  16. O estudo bibliométrico do transtorno de ansiedade social em universitários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina Maura Pereira

    2012-01-01

    Full Text Available El trastorno de Ansiedad social (TAS o Fobia Social (FS se caracteriza por una ansiedad excesiva y persiste en situaciones de interacción social o de desempeño. El presente trabajo pretende analizar los artículos indexados en las bases de datos Pubmed y Web of Science, en el período comprendido entre 2006 y 2010, y evaluar los indicadores bibliométricos de la literatura científica relacionados con el trastorno de ansiedad social/fobia social en estudiantes universitarios. La muestra final constaba de 13 artículos que atendían al tema estudiado. Estos artículos presentan una metodología cuantitativa y el uso de los instrumentos de SIAS, SPS, LSAS, SPIN y SPQS para evaluar el FS. Los resultados indicaron que existe TAS en los universitarios y que éste interfiere en la percepción que el sujeto tiene de sí mismo, evaluando su desempeño de forma negativa y crítica. Se sugiere la realización de otros análisis en otras bases de datos, para que se examine sistemáticamente la producción científica nacional e internacional.

  17. Imagem corporal, atitudes alimentares, sintomas depressivos, autoestima e ansiedade em gestantes de Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Fernandes Filgueiras Meireles

    Full Text Available Resumo As mudanças vivenciadas pelas gestantes podem impactar negativamente as atitudes corporais e as variáveis associadas. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi verificar a influência das atitudes alimentares, sintomas depressivos, autoestima, ansiedade e IMC na imagem corporal de gestantes. Este estudo quantitativo e transversal contou com 386 gestantes de todas as idades gestacionais, entre 18 a 46 anos de idade (média de 29,32 ± 6,04 anos da cidade de Juiz de Fora-MG. Foram aplicados instrumentos para avaliar atitudes corporais, atitudes alimentares, sintomas depressivos, autoestima e ansiedade. Foram coletados dados antropométricos e obstétricos. Realizou-se análises estatísticas descritivas, comparativas e correlacionais. Os achados indicaram correlações significativas entre as atitudes corporais e: atitudes alimentares inadequadas (r = 0,478, sintomas depressivos (r = 0,387, baixa autoestima (r = 0,431 e elevado IMC (r = 0,339. Além disso, essas variáveis juntas exerceram influência de 41,4% sobre a imagem corporal negativa das gestantes. Assim, recomenda-se a avaliação e a orientação nutricional e psicológica a fim de detectar e prevenir psicopatologias, tendo em vista a saúde materna e infantil.

  18. Gangliosidosis generalizada tipo 1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iván Hernández García

    Full Text Available La gangliosidosis generalizada tipo 1 es una enfermedad de acúmulo lisosomal producida por mutaciones en el gen de la enzima b-galactosidasa, caracterizada fundamentalmente por toma del sistema nervioso central, la visceromegalia, disostosis ósea y dimorfismo facial. Se presenta el caso de un lactante varón, hijo de padres no consanguíneos, de 5 meses de edad, Apgar 6/8 debido a hipoxia neonatal, con historia de múltiples ingresos por enfermedad diarreica e infecciones respiratorias. Es remitido a la Consulta de Genética Clínica por retardo del desarrollo psicomotor, macrocráneo y hepatomegalia, además de máculas hipercrómicas en piel. En el examen físico se encontraron evidencias de una posible afectación por enfermedad metabólica lisosomal. Entre las enfermedades a descartar estaban la galactosialidosis, de características clínicas similares, y la enfermedad de Morquio, con diferente presentación clínica pero idéntico defecto enzimático.

  19. Cefaléia associada a indicadores de transtornos de ansiedade em uma amostra de escolares de Ribeirão Preto, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gorayeb Maria Angela Marchini

    2002-01-01

    Full Text Available Avaliaram-se 374 crianças de 8 a 13 anos de idade em escolas públicas de Ribeirão Preto, objetivando averiguar a prevalência de queixas de cefaléia e sua associação com indicadores de transtornos de ansiedade. Os pais responderam um questionário sobre a presença e frequência de cefaléia e de comportamentos/sintomas associados a transtornos de ansiedade. As crianças foram avaliadas através da escala de ansiedade "O que Penso e Sinto". Das 374 crianças, 45,4% nunca se queixaram de cefaléia; 41,2%, ocasionalmente e 13,5%, frequentemente. Entre aquelas que se queixam frequentemente de cefaléia, encontrou-se maior número de meninas, índice de ansiedade mais elevado e maior frequência de bruxismo e agitação. A alta prevalência de cefaléia na amostra e sua associação com maior frequência de bruxismo é compatível com dados epidemiológicos norte-americanos e brasileiros. Os resultados apontam para uma associação entre queixas frequentes de cefaléia e elevado índice de ansiedade.

  20. Níveis de ansiedade de alunos de graduação em enfermagem frente à primeira instrumentação cirúrgica Niveles de ansiedad de los alumnos de pregrado en enfermería delante de la primera instrumentación quirúrgica Nursing undergraduates' anxiety about the first surgical instrumentation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rachel de Carvalho

    2004-12-01

    Full Text Available A finalidade deste estudo foi verificar o nível de ansiedade de alunos de graduação em enfermagem frente à primeira instrumentação cirúrgica. A amostra foi constituída por 30 estudantes do sexto semestre, que cursaram a disciplina Enfermagem em Centro Cirúrgico. Utilizou-se o Teste de Ansiedade IDATE (Inventário de Ansiedade Traço-Estado. Identificou-se que 27 alunos (90,0% apresentaram baixo nível de ansiedade-traço. Quanto à ansiedade-estado, verificou-se como maiores incidências: baixo nível de ansiedade no primeiro dia de aula teórica (76,7% dos alunos, médio nível de ansiedade no laboratório (53,4% dos alunos e médio nível de ansiedade no estágio supervisionado (80,0% dos alunos. Identificou-se, ainda, baixa percentagem de alunos com alto nível de ansiedade. As análises estatísticas comprovaram haver diferenças significantes entre as médias de ansiedade-estado nas três etapas da coleta dos dados.La finalidad de este estudio fue la de verificar el nivel de ansiedad de los alumnos de pregrado en enfermería delante de la primera instrumentación quirúrgica. La muestra incluyó 30 estudiantes del sexto semestre, que cursaron la asignatura Enfermería en Centro Quirúrgico, utilizando el Test de Ansiedad IDATE (Inventario de Ansiedad Rasgo-Estado. Se identificó que 27 alumnos (90% presentaron bajo nivel de ansiedad-rasgo. Respecto a la ansiedad-estado, se constató como mayores incidencias: bajo nivel de ansiedad en el primer día de clase teórica (76,7% de los alumnos, nivel medio de ansiedad en el laboratorio (53,4% de los alumnos y nivel medio de ansiedad en la etapa supervisada (80,0% de los alumnos. Se identificó, también, bajo porcentaje de alumnos con alto nivel de ansiedad. Los análisis estadísticos comprobaron la existencia de diferencias significativas entre los promedios de ansiedad-estado en las tres etapas de la recolección de los datos.This study aimed to identify nursing undergraduates

  1. Atenção, ansiedade e raiva em dependentes químicos

    OpenAIRE

    Scheffer, Morgana; Pasa, Graciela Gema; Almeida, Rosa Maria Martins de

    2009-01-01

    Este estudo teve como objetivo analisar e comparar a atenção difusa complexa, atenção concentrada, atenção concentrada complexa, ansiedade e raiva entre três grupos; 1) Controle; 2) dependentes de cocaína/crack e 3) dependentes de álcool e cocaína/crack. É uma pesquisa transversal, comparativa do tipo caso-controle, constituída por uma amostra não aleatória. Pasrticiparam 49 indivíduos, do sexo masculino entre idades 18 e 57 anos, avaliados através da Bateria Geral das Funções Mentais 1 e 2; ...

  2. Doenças, hospitalização e ansiedade: uma abordagem em saúde mental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Catunda Gomes

    1997-09-01

    Full Text Available Com a finalidade de abordar globalmente o indivíduo internado, esta pesquisa teve como objetivo identificar os fatores geradores de ansiedade em pessoas hospitalizadas e como elas expressam seu desconforto ante à doença e à hospitalização. A coleta de dados realizou-se em abril/maio/96 com pessoas adultas internadas em um hospital-escola e apoiou-se em um roteiro para observação de situações ansiogênicas e em um roteiro de entrevista.. Constatamos como maiores preocupações dos pacientes: saber se a doença é curável, o tempo de internação, o trabalho e manutenção da família. Eles ficam mais tristes à noite e à tarde, períodos em que a equipe está reduzida, há mais silêncio e sentem solidão. Só um baixo percentual deles tem informação consistente sobre a doença e o tratamento, e mesmo assim o hospital, majoritariamente, é identificado como local bom pela possibilidade de cura, boa assistência e alimentação dispensadas. Presenciar o sofrimento e risco de morte do vizinho, ter alta, exames e procedimentos do tratamento suspensos ou retardados, ser comunicado da necessidade de operar-se ou de que a doença é incurável foram fatores ansiogênicos que se destacaram. Tanto nas reações imediatas quanto tardias às situações ansiogênicas predominam atitudes passivas como tristeza, choro, depressão e negativismo. Concluiu-se que a condição psíquica e emoções dos pacientes internados precisam ser contempladas em hospitais clínicos, privilegiando-se uma abordagem totalizante, com atenção especial para a agilização das intervenções e a consistência das informações a eles prestadas sobre sua saúde e tratamento.

  3. Testemunha de emaranhamento generalizada

    OpenAIRE

    Rafael Bruno Barbosa Lima

    2015-01-01

    Desde o surgimento da mecânica quântica no início do século XX, ela vem sendo alvo de diversos estudos e suas característcas fazem com que a mesma seja descrita de forma totalmente diferente da teoria clássica. Com o aprofundamento em suas áreas, surgiram novos conceitos e a compreensão sobre a teoria da informação e computação quântica foi radicalmente mudada devido a uma propriedade básica da mecânica quântica, o emaranhamento. Assim, a popularização da ideia do computador quântico trouxe c...

  4. Efeito do óleo essencial de Citrus Aurantium L. nos níveis de ansiedade em usuários de crack

    OpenAIRE

    Chaves Neto, Gabriel

    2016-01-01

    A dependência química na atualidade é um fenômeno amplamente discutido, entre as drogas de maior poder de destruição destaca-se o crack. Os dependentes de crack que procuram tratamento para abandono do uso da droga enfrentam a abstinência, período cercado de ansiedade. Com um número elevado de dependentes de crack em nosso país faz-se necessário à busca por medidas alternativas que contribuam para a redução dos níveis de ansiedade. O estudo teve como objetivo a investigação clínica do potenci...

  5. A Interação Terapêutica em Intervenções com Universitários com Transtorno de Ansiedade Social

    OpenAIRE

    Garcia, Vagner Angelo; Bolsoni-Silva, Alessandra Turini; Nobile, Glaucia Fernanda Galeazzi

    2015-01-01

    Resumo Atualmente, muitas pesquisas têm sido conduzidas para avaliar o papel do terapeuta e do cliente no processo terapêutico. Este trabalho se propôs a analisar sessões de terapia analítico comportamental em intervenções com transtorno de ansiedade social. Vinte e duas sessões de duas díades terapêuticas foram analisadas e categorizadas de acordo com um sistema de categorização de comportamentos (SiMCCIT). Os resultados foram agrupados em frequência e duração nos três momentos da intervençã...

  6. Ansiedade pré-competitiva em jovens atletas de nado sincronizado: uma análise à luz dos aspectos emocionais

    OpenAIRE

    Santos,Ana Raquel Mendes dos; Lofrano-Prado,Mara Cristina; Moura,Petrúcio Venceslau de; Silva,Emília Amélia Pinto Costa da; Leão,Ana Carolina Carneiro; Freitas,Clara Maria Silvestre Monteiro de

    2013-01-01

    A ansiedade dos atletas nos momentos pré-competitivos coloca em cena as emoções, capazes de provocar comportamentos positivos e/ou negativos que influenciarão no desempenho dos mesmos. O estudo objetivou identificar as emoções negativas e positivas em jovens atletas de nado sincronizado e, assim, compreender os sentimentos vivenciados nos momentos que antecedem uma competição. A amostra foi composta por 19 atletas (sexo feminino) de nado sincronizado com idades entre 12 e 19 anos. Os instrume...

  7. A Interação Terapêutica em Intervenções com Universitários com Transtorno de Ansiedade Social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vagner Angelo Garcia

    Full Text Available Resumo Atualmente, muitas pesquisas têm sido conduzidas para avaliar o papel do terapeuta e do cliente no processo terapêutico. Este trabalho se propôs a analisar sessões de terapia analítico comportamental em intervenções com transtorno de ansiedade social. Vinte e duas sessões de duas díades terapêuticas foram analisadas e categorizadas de acordo com um sistema de categorização de comportamentos (SiMCCIT. Os resultados foram agrupados em frequência e duração nos três momentos da intervenção: Início (primeiras três sessões, Desenvolvimento (cinco sessões intermediárias e Encerramento (três sessões finais. Os resultados apontam que o papel da terapeuta foi semelhante em ambos os atendimentos, enquanto que os clientes apresentaram algumas diferenças. Houve flexibilidade da terapeuta em adaptar o procedimento de acordo com a necessidade de cada cliente. Foram discutidos aspectos da interação terapêutica que pela análise das categorias permitiu evidenciar uma forma de agir com clientes com transtorno de ansiedade social.

  8. Avaliação da ansiedade e depressão em indivíduos portadores de desordem temporomandibular

    OpenAIRE

    Nery, Fernanda Sampaio

    2007-01-01

    O objetivo deste estudo foi avaliar a presença e o nível de ansiedade e depressão em indivíduos portadores de desordens temporomandibulares (DTMs) que procuraram voluntariamente o Centro de Oclusão e Articulação Temporomandibular (COAT) da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal da Bahia (FOUFBA). Foram selecionados cem pacientes de ambos os gêneros, sendo que metade (cinqüenta indivíduos apresentavam DTM (grupo teste) e os outros cinqüenta não apresentavam DTM (grupo controle). O Ín...

  9. Subtipos de ansiedad social en población adulta e infanto-juvenil : distinción cuantitativa versus cualitativa

    OpenAIRE

    Zubeidat, Ihab; Sierra Freire, Juan Carlos; Fernández Parra, Antonio

    2007-01-01

    El trastorno de ansiedad social ha sido menos investigado que los otros trastornos de ansiedad. To-davía se tiene escasa información sobre las diferencias y similitudes entre las dos formas, específica y generalizada, de este trastorno en la población

  10. Características psicométricas da versão em português do Brasil do Inventário de Ansiedade Social para Crianças (SPAI-C

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gauer, Gabriel José Chittó

    2009-01-01

    Full Text Available O transtorno de ansiedade social (fobia social em crianças pode resultar em prejuízo imediato e a longo prazo, inclusive em aspectos do funcionamento diário e realização do desenvolvimento social/profissional destes pacientes. O uso do Inventário de Ansiedade e Fobia Social para Crianças (SPAI-C vem sendo usado para a avaliação do transtorno de ansiedade social em crianças, principalmente em populações norte-americanas. O estudo atual revisa os resultados dos estudos de validade prévios para a versão em Português do Brasil do SPAI-C e dois aspectos mais atuais: sensibilidade a mudança devido ao tratamento e validade discriminante. Os resultados indicam que a versão brasileira da SPAI-C é uma medida segura e válida de ansiedade social para uso no Brasil

  11. Ansiedade-traço em estudantes universitários de Aracaju (SE Trait anxiety in Brazilian university students from Aracaju

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcel Magalhães Alves Gama

    2008-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: No estudo da ansiedade, dois conceitos distintos são encontrados: ansiedade-estado, que se refere a um estado emocional transitório caracterizado por sentimentos subjetivos de tensão que podem variar em intensidade ao longo do tempo; e ansiedade-traço, a qual se refere a uma disposição pessoal, relativamente estável, a responder com ansiedade a situações estressantes e a uma tendência a perceber um maior número de situações como ameaçadoras. Na literatura, encontram-se várias escalas com o objetivo de avaliar esses dois aspectos, mas o Inventário de Ansiedade Traço-Estado, de Spielberger et al. (1970, é o mais utilizado. Os objetivos do presente estudo foram: 1 descrever os escores do Inventário de Ansiedade Traço-Estado em uma amostra de estudantes universitários de Aracaju (SE, onde as pressões da vida moderna estão menos presentes; e 2 compará-los com os resultados obtidos em São Paulo (SP. MÉTODO: Foram avaliados 498 estudantes universitários (53,6% do sexo feminino, sendo que 87,6% tinham menos que 30 anos, 89,6% eram solteiros, e 24,7% tinham uma ocupação profissional. RESULTADOS: Os dados do presente estudo mostraram que, em Aracaju, os maiores níveis de ansiedade estão entre mulheres, solteiros e aqueles com até 30 anos de idade. Na comparação entre Aracaju e São Paulo, foi encontrado menor nível de ansiedade-traço nos estudantes aracajuanos, sendo que essa diferença parece residir principalmente no grupo de indivíduos de até 30 anos de idade. CONCLUSÃO: Os resultados aqui apresentados sugerem que a ansiedade-traço dos estudantes universitários de Aracaju é menor que a dos estudantes universitários de São Paulo, apoiando a hipótese de que grandes cidades possam favorecer o desenvolvimento da ansiedade.INTRODUCTION: Two different concepts are found in the study of anxiety: state anxiety, which is a transient state characterized by subjective feelings of tension that can vary in

  12. Determinar aportes de la Escala de Ansiedad de Spence en una población infantil : Su relación con los trastornos temporomandibulares

    OpenAIRE

    Nucciarone, Milena; Rimoldi, Marta Lidia; Ruiz, Miriam Ester; Levalle, María José; Lambruschini, Vanessa Alejandra; Beti, María Mónica; Hernández, Sandra Fabiana; Jáuregui, Rossana Miriam; Molinari, María Emelina; Capece, María del Carmen; Llanos, Antonella; Maurer, Florencia

    2017-01-01

    La ansiedad es uno de los problemas psicológicos más importante y frecuente en la infancia. Hablamos de ansiedad cuando esta interfiere en el desarrollo normal de la vida de los niños, como así también cuando sus manifestaciones son muy intensas. Sus síntomas se pueden clasificar en: Trastorno de ansiedad por separación, Pánico, Fobia social, Trastorno obsesivo compulsivo, Ansiedad Generalizada, Miedos. El objetivo de este trabajo fue analizar los resultados de la escala de ansiedad de Spence...

  13. Variabilidade da frequência cardíaca, estresse, ansiedade e depressão em intensivistas : um estudo nas unidades de terapia intensiva da cidade de Dourados, MS

    OpenAIRE

    Longhi, Allan

    2009-01-01

    Fundamento: Ansiedade, depressão e estresse têm sido associados à baixa variabilidade da freqüência cardíaca (VFC) e considerados fatores de risco isolados para doenças cardiovasculares. Avaliação da VFC, ansiedade, estresse e depressão em funcionários de Unidade de Terapia Intensiva(UTI). Objetivo: Determinar a prevalência de alterações nas variáveis da VFC e os níveis de ansiedade, estresse e depressão em médicos e enfermeiros de UTI. Métodos: Análise da VFC através de gravação de eletrocar...

  14. Anxiety disorders in an attention-deficit/hyperactivity disorder clinical sample Transtorno de ansiedade em amostra de pacientes com déficit de atenção e hiperatividade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabella Souza

    2005-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of anxiety disorders in a clinical referred sample of children and adolescents with attention deficit/hyperactivity disorder (ADHD. METHOD: 78 children and adolescents with ADHD according to DSM-IV criteria were investigated with a semi-structured interview (P-CHIPS, complemented by clinical interviews with the children or adolescents and their parents. Their IQ was calculated with neuropsychological testing. RESULTS: A high prevalence of anxiety disorders (23.05% was found in the sample. Generalized anxiety disorder was the most prevalent disorder (12,8%, followed by social phobia (3,84% and separation anxiety disorder (3,8%. Two children showed more than one anxiety disorder. CONCLUSION: Children and adolescents with ADHD seem to be more prone to have comorbid anxiety disorders, at least in clinical samples referred to specialized units.OBJETIVO: Avaliar a presença de transtornos de ansiedade numa amostra clínica referida de crianças e adolescentes com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH. MÉTODO: 78 crianças com TDAH de acordo com os critérios da DSM-IV foram avaliadas através de entrevista semi-estruturada (P-CHIPS, complementada por consultas clínicas com os pacientes e seus pais, além de avaliação de QI através de exame neuropsicológico. RESULTADOS: Elevada prevalência de transtornos de ansiedade (23,05% foi encontrada na amostra. O transtorno de ansiedade generalizada foi o mais prevalente (12,8%, seguido pela fobia social (3,84% e ansiedade de separação (3,8%. Duas crianças apresentavam mais de um transtorno de ansiedade. CONCLUSÃO: Crianças e adolescentes com TDAH de amostras clínicas referidas para serviços especializados parecem apresentar mais transtornos de ansiedade comórbidos.

  15. Medida da ansiedade e da depressão em pacientes no pré-operatório. Estudo comparativo Medida de la ansiedad y de la depresión en pacientes en el preoperatorio Measurement of anxiety and depression in preoperative patients. Comparative study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Álvaro Marques Marcolino

    2007-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os pacientes que vão ser submetidos a um procedimento cirúrgico experimentam ansiedade. A ansiedade e a depressão são os distúrbios mais associados às doenças físicas. Na Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HADS não figuram itens que poderiam estar presentes em doenças físicas e na ansiedade e na depressão. O objetivo deste estudo foi medir a freqüência e o nível da ansiedade e da depressão em pacientes no pré-operatório e em um grupo-controle. MÉTODO: Setenta e nove pacientes internados no Departamento de Cirurgia da Santa Casa de São Paulo e 56 acompanhantes responderam a um questionário de dados sociodemográficos e a HADS. RESULTADOS: A avaliação dos sintomas mostrou que 35 (44,3% pacientes e 36 (64,3% acompanhantes foram considerados com ansiedade (teste Exato de Fisher - p = 0,03 e 21 (26,6% pacientes e 23 (41,1% acompanhantes foram considerados com depressão (p = 0,09. Com relação ao impacto das variáveis sociodemográficas sobre a medida da ansiedade e da depressão, foi observado apenas que os pacientes desempregados apresentaram nível mais elevado de ansiedade. CONCLUSÕES: Este estudo confirmou a possibilidade do uso da escala HADS de ansiedade e depressão em pacientes cirúrgicos internados. Ele mostrou também que a avaliação da ansiedade no período pré-operatório deve ser realizada, independentemente de o paciente apresentar ou não doença clínica e/ou cirúrgica grave, pois a freqüência de pacientes com ansiedade é relevante e estes merecem algum tipo de cuidado diferenciado no mínimo o uso de medicação ansiolítica antes da intervenção cirúrgica. Foram encontrados níveis muito maiores de ansiedade entre os acompanhantes dos pacientes. Essas pessoas, avaliadas sem que houvesse um concomitante problema clínico, possivelmente demonstraram estar expostas a um considerável nível de estresse, o que resultou em estado ansioso maior do que os pacientes

  16. Padrão do ciclo sono-vigília e sua relação com a ansiedade em estudantes universitários Sleep/wake cycle pattern and its relationship with anxiety in college students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Katie Moraes de Almondes

    2003-04-01

    Full Text Available Neste trabalho, foram investigadas as relações entre o ciclo sono-vigília e a ansiedade. O ciclo sono-vigília e traço e estado de ansiedade foram avaliados em 37 estudantes do segundo ano do curso médico. Os estudantes responderam ao Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh - IQSP, ao Inventário de Estado e Traço de Ansiedade - IDATE e a um questionário de matutinidade - vespertinidade (cronotipo. Todos registraram seu sono em um diário durante duas semanas. Os resultados mostraram que os estudantes de medicina tinham altos escores de traço e estado de ansiedade. Aqueles que tinham maiores escores de traço de ansiedade acordavam mais cedo nos dias de semana e finais de semana enquanto os que apresentavam irregularidade do seu ciclo sono-vigília apresentaram maior estado de ansiedade. Sugere-se que há uma relação entre o ciclo sono-vigília e a ansiedade.This paper examines the relationship between the sleep/wake cycle and anxiety in medical students. The sleep/wake cycle and anxiety were evaluated in 37 second year medical school students. The volunteers answered a morningness-eveningness questionnaire, Pittsburgh Sleep Quality Index - PSQI and state and trait of anxiety inventory - STAI; all kept a sleep/wake diary for two weeks. The results showed that the students had high anxiety trait and state. Students who had high anxiety trait had an earlier sleep offset on weekdays and weekend, and students who displayed irregularity in the sleep/wake cycle had high anxiety state. These results suggest a relationship between the sleep/wake cycle and anxiety.

  17. Tratamento do transtorno de ansiedade social em crianças e adolescentes Treatment of social anxiety disorder in children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Isolan

    2007-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Transtorno de ansiedade social é um transtorno incapacitante e altamente prevalente em crianças e adolescentes ao longo da vida, de acordo com os critérios do DSM-IV, variando de 0,7% a 3,5%. Se não tratado, pode interferir no funcionamento emocional, social e escolar. OBJETIVOS: Avaliar a evidência atual para a eficácia e efetividade de intervenções farmacológicas e psicoterápicas no tratamento do transtorno de ansiedade social na infância e na adolescência. MÉTODOS: Pesquisas foram realizadas por meio do PubMed, Lilacs, PsycINFO e Cochrane Library até agosto de 2006 usando os termos "social anxiety disorder" OR "social phobia" AND "child*" AND "adolesc*". RESULTADOS: Várias modalidades de tratamento, incluindo tratamentos psicoterápicos e farmacológicos, têm sido propostas para o tratamento desse transtorno. Terapia cognitivo-comportamental e farmacoterapia, principalmente com inibidores seletivos da recaptação de serotonina, são o tratamento de escolha para o transtorno de ansiedade social nessa idade. CONCLUSÕES: Embora vários tratamentos tenham sido propostos, estudos adicionais são necessários para melhorar os desfechos em crianças e adolescentes afetados com transtorno de ansiedade social.BACKGROUND: Social anxiety disorder is a debilitating, highly prevalent disorder in children and adolescents with lifetime prevalence rates, according to DSM-IV criteria, ranging from 0.7% to 3.5%. If left untreated, it can interfere with emotional, social, and school functioning. OBJECTIVE: To evaluate the current evidence for efficacy and effectiveness of pharmacological and psychotherapeutic interventions in the treatment of social anxiety disorder in children and adolescents. METHODS: Searches were undertaken through PubMed, Lilacs, PsycINFO and Cochrane Library until august 2006, using the terms "social anxiety disorder" OR "social phobia" AND "child*" AND "adolesc*". RESULTS: Several treatment modalities

  18. Ansiedade e depressão em familiares de pacientes internados em unidade de cuidados intensivos Ansiedad y depresión en familiares de pacientes internados en una unidad de cuidados intensivos Anxiety and depressions in relatives of patients admitted in intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Rumiko Maruiti

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a ocorrência de sintomas de ansiedade e/ou depressão em familiares de pacientes internados em uma unidade de cuidados intensivos e correlacionar a presença desses sintomas com o sexo e idade de familiar e com o tempo de internação dos pacientes. MÉTODOS: Fizerem parte da amostra 39 familiares de pacientes em estado crítico de saúde. Para coleta de dados foi utilizada a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão. RESULTADOS: Foram identificados 11 (28,2% possíveis casos de ansiedade, 17 (43,6% prováveis casos de ansiedade, 14 (35,9% possíveis casos de depressão e 7 (17,9% prováveis casos de depressão. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O suporte emocional e a satisfação das necessidades dos familiares devem ser prioridades no plano de assistência de enfermagem, de forma a prevenir esses transtornos.OBJETIVO: Identificar la ocurrencia de síntomas de ansiedad y /o depresión en familiares de pacientes internados en una unidad de cuidados intensivos y correlacionar la presencia de esos síntomas con el sexo y edad del familiar y con el tiempo de internamiento de los pacientes. MÉTODOS: Hicieron parte de la muestra 39 familiares de pacientes en estado crítico de salud. Para la recolección de los datos fue utilizada la Escala Hospitalaria de Ansiedad y Depresión. RESULTADOS: Fueron identificados 11 (28,2% posibles casos de ansiedad, 17 (43,6% probables casos de ansiedad, 14 (35,9% posibles casos de depresión y 7 (17,9% probables casos de depresión. CONSIDERACIONES FINALES: El soporte emocional y la satisfacción de las necesidades de los familiares deben ser prioridades en el plan de asistencia de enfermería, de forma a prevenir esos trastornos.OBJECTIVE: to identify the occurrence of symptoms of anxiety and/or depression in relatives of patients admitted in an intensive care unit and correlate the presence of such symptoms with the relatives' gender, age, and with the total length of the patient's hospital stay

  19. Social anxiety and negative early life events in university students Eventos negativos na infância e ansiedade social em estudantes universitários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cynthia Binelli

    2012-06-01

    Full Text Available INTRODUCTION: There is substantial evidence regarding the impact of negative life events during childhood on the aetiology of psychiatric disorders. We examined the association between negative early life events and social anxiety in a sample of 571 Spanish University students. METHODS: In a cross-sectional survey conducted in 2007, we collected data through a semistructured questionnaire of sociodemographic variables, personal and family psychiatric history, and substance abuse. We assessed the five early negative life events: (i the loss of someone close, (ii emotional abuse, (iii physical abuse, (iv family violence, and (v sexual abuse. All participants completed the Liebowitz Social Anxiety Scale. RESULTS: Mean (SD age was 21 (4.5, 75% female, LSAS score was 40 (DP = 22, 14.2% had a psychiatric family history and 50.6% had negative life events during childhood. Linear regression analyses, after controlling for age, gender, and family psychiatric history, showed a positive association between family violence and social score (p = 0.03. None of the remaining stressors produced a significant increase in LSAS score (p > 0.05. CONCLUSION: University students with high levels of social anxiety presented higher prevalence of negative early life events. Thus, childhood family violence could be a risk factor for social anxiety in such a population.INTRODUÇÃO: Existem evidências substanciais sobre o impacto de eventos negativos da vida durante a infância na etiologia dos transtornos psiquiátricos. Examinamos a associação entre os eventos negativos ocorridos na infância e a ansiedade social em uma amostra de 571 estudantes universitários espanhóis. MÉTODOS: Em um estudo transversal realizado em 2007, foram coletados os dados de variáveis sociodemográficas, história psiquiátrica pessoal e familiar e abuso de substâncias por meio de um questionário semiestruturado e avaliamos cinco eventos negativos ocorridos na infância: (i a perda de

  20. InvestigaÃÃo da aÃÃo central do carvacrol em modelos de ansiedade, depressÃo e convulsÃo em camundongos e possÃveis mecanismos farmacolÃgicos envolvidos.

    OpenAIRE

    Francisca Helvira Cavalcante FÃlix

    2010-01-01

    Carvacrol (5-Isopropil-2-metilfenol) Ã um monoterpeno fenÃlico presente nos Ãleos essenciais de diversas plantas. Ã o principal constituinte dos Ãleos essenciais de orÃgano e thyme. Este trabalho apresenta as aÃÃes comportamentais do carvacrol em modelos animais de ansiedade, depressÃo, sedaÃÃo e convulsÃo, tais como labirinto em cruz elevado (LCE), campo aberto, rota rod, tempo de sono induzido por pentobarbital, convulsÃo induzida por pentilenotetrazol, nado forÃado e suspensÃo da cauda. Ca...

  1. Depressão e ansiedade em adolescentes de escolas públicas e privadas Depression and anxiety in adolescents from public and private schools

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joana D’Arc Vila Nova Jatobá

    2007-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar prevalência de depressão e de ansiedade em adolescentes matriculados e freqüentando escolas públicas e privadas da cidade do Recife - Pernambuco. MÉTODOS: Por meio de estudo de prevalência, de base populacional, admitindo população de 10.414 alunos das redes pública e privada, prevalência de depressão e transtornos depressivos de 20,3%, precisão de 5% e nível de significância de 0,05, a amostragem aleatória e estratificada incluiu 243 alunos, do ensino fundamental e médio de 11 escolas, com idade de 14 a 16 anos. As variáveis foram: idade, religião, tipo, adscrição e porte da escola, escolaridade, tempo de estudo, condição estudantil e laboral, características do núcleo familiar, sexo, estado civil, tipo de pele segundo escala de Fitzpatrick (investigadas por questionário demográfico e grau de depressão e de ansiedade pelas escalas de Hamilton. Para análise estatística, empregou-se programa Statistical Package for Social Sciences. RESULTADOS: As prevalências de sintomas depressivos expressivos e de ansiedade igualaram-se a 59,9% e 19,9%, respectivamente. Foram significativas as associações de sintomas depressivos de intensidade grave com o sexo feminino e a crença religiosa diferentes da corrente do cristianismo. A ideação suicida/tentativa de suicídio foi referida por 34,3% dos estudantes. Houve associação significativa de ideação suicida com grau leve ou moderado de sintomas depressivos e moderado de ansiedade, assim como de tentativa de suicídio com sintomas depressivos graves, estudo em escola privada e ansiedade severa. CONCLUSÕES: A gravidade das características psicopatológicas em uma idade tão jovem está a merecer uma intervenção psicossocial para reduzir suas repercussões para o futuro.OBJETIVE: To identify depression and anxiety prevalences within adolescents registered and frequenting public and private schools in the city of Recife - Pernambuco. METHODS: According

  2. Ansiedade, depressão e estresse em pacientes com síndrome metabólica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha Wallig Brusius Ludwig

    2012-01-01

    Full Text Available El Síndrome Metabólico (SM es un conjunto de factores de riesgo para enfermedades cardiovasculares relacionadas con un estilo de vida poco saludable. Algunos estudios indican la presencia de complicaciones psicológicas como la depresión, la ansiedad y el estrés en estos pacientes. La evaluación de las mismas es fundamental para un tratamiento individualizado visando la mejora y la adhesión del paciente a las directrices. El estudio pretende presentar la descripción socio demográfica de ansiedad, depresión y de estrés de los participantes del programa de Modificación de estilo de vida y el riesgo cardiovascular, desarrollado en la ciudad de Porto Alegre, RS. De los 38 participantes, la mayoría era del género femenino (78,9%, con educación superior completa (42,1%. En cuanto a otros aspectos evaluados, el 31,6% tenían síntomas moderados de depresión, el 55,3% se encontraban en la etapa de la resistencia de estrés, el 47,4% tenían síntomas mínimos de ansiedad y el 86,8% presenta alta probabilidad de desarrollo de enfermedades relacionadas con el estrés.

  3. Transtornos de humor e de ansiedade comórbidos em vítimas de violência com transtorno do estresse pós-traumático Comorbid mood and anxiety disorders in victims of violence with posttraumatic stress disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas C. Quarantini

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Buscar estudos que avaliem a comorbidade entre transtorno de estresse pós-traumático e transtornos do humor, bem como entre transtorno de estresse pós-traumático e outros transtornos de ansiedade. MÉTODO: Revisamos a base de dados do Medline em busca de estudos publicados em inglês até abril de 2009, com as seguintes palavras-chave: "transtorno de estresse pós-traumático", "TEPT", "transtorno de humor", "transtorno depressivo maior", "depressão maior", "transtorno bipolar", "distimia", "transtorno de ansiedade", "transtorno de ansiedade generalizada", agorafobia", "transtorno obsessivo-compulsivo", "transtorno de pânico", "fobia social" e "comorbidade". RESULTADOS: Depressão maior é uma das condições comórbidas mais frequentes em indivíduos com transtorno de estresse pós-traumático, mas eles também apresentam transtorno bipolar e outros transtornos ansiosos. Essas comorbidades impõem um prejuízo clínico adicional e comprometem a qualidade de vida desses indivíduos. Comportamento suicida em pacientes com transtorno de estresse pós-traumático, com ou sem depressão maior comórbida, é também uma questão relevante, e sintomas depressivos mediam a gravidade da dor em sujeitos com transtorno de estresse pós-traumático e dor crônica. CONCLUSÃO: Os estudos disponíveis sugerem que pacientes com transtorno de estresse pós-traumático têm um risco maior de desenvolver transtornos afetivos e, por outro lado, transtornos afetivos pré-existentes aumentam a propensão ao transtorno de estresse pós-traumático após eventos traumáticos. Além disso, vulnerabilidades genéticas em comum podem ajudar a explicar esse padrão de comorbidades. No entanto, diante dos poucos estudos encontrados, mais trabalhos são necessários para avaliar adequadamente essas comorbidades e suas implicações clínicas e terapêuticas.OBJECTIVE: To review studies that have evaluated the comorbidity between posttraumatic stress

  4. Depressão e ansiedade em profissionais da educação das regiões da Amerios e da AMEOSC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roque Strieder

    2010-07-01

    Full Text Available Estudos anteriores evidenciaram a existência de baixa autoestima em profissionais da educação. Esta, aliada ao sentimento de pessimismo, sensação de fracasso, culpa e autodepreciação, torna temeroso o sucesso de ações educacionais. São sentimentos que conduzem a atitudes de indecisão e irritabilidade; podem prejudicar o processo educacional e aprendente. Com o uso de escalas oficiais, da psicologia, propõe-se dimensionar a propensão a sintomas de depressão e ansiedade em professores das regiões da Amerios e da AMEOSC, como forma de contribuir com a tomada de decisões tanto em relação à qualificação quanto de ajuda a ser prestada aos professores. Foram envolvidos na pesquisa, aproximadamente, 20% dos professores da rede estadual e municipal das duas regiões. Eles responderam às questões dos formulários: Inventário de Depressão de Beck (depressão e Escala de Avaliação de Hamilton (ansiedade. Os resultados mostram que os professores pesquisados da rede estadual apresentam tendências a estados depressivos e de ansiedade superiores aos da rede municipal. Conclui-se que, para além da necessária qualificação profissional, os professores necessitam de outras formas de ajuda, como melhor compreensão do ambiente de trabalho, das formas inter-relacionais da atualidade, das formas de fortalecimento da autoestima e confiança, do reconhecimento humano, social e econômico; também, é importante elaborar estratégias de ação que impeçam a perda da autoestima; por último, reconhece-se que os professores precisam de atenção, ajuda e valorização.

  5. Investigação da ansiedade, depressão e qualidade de vida em pacientes portadores de osteoartrite no joelho: um estudo comparativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alyne Hevellen Ferreira

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOIntrodução:A osteoartrite (OA, artrose ou osteoartrose acomete a cartilagem hialina e o osso subcondral e compromete a articulação como um todo. A articulação do joelho caracteriza-se como um dos principais sítios de acometimento da OA. O envelhecimento, o sobrepeso e o gênero (prevalência em mulheres são os fatores de risco mais significativos para o desenvolvimento da doença. A OA é considerada uma das mais frequentes causas de incapacidade laborativa e pode afetar a qualidade de vida de seus portadores e favorecer a emergência de transtornos mentais.Objetivo:Avaliar se os sintomas de ansiedade e depressão são mais expressivos em mulheres com OA quando comparados com mulheres sem tal diagnóstico e o quanto essa doença reumática compromete a qualidade de vida desses pacientes.Métodos:Participaram deste estudo 75 mulheres, com média de 67 anos, 40 com diagnóstico de OA no joelho e 35 sem. Foram usados os seguintes instrumentos: Inventário de Ansiedade Traço e Estado, Inventário de Depressão de Beck e SF-36, questionário de qualidade de vida.Resultados:Mulheres portadoras de OA no joelho têm níveis maiores de depressão e ansiedade, além de apresentar qualidade de vida inferior em comparação com o grupo sem a doença.Conclusão:Acreditamos que o tratamento aos portadores de OA deveria considerar a combinação de farmacoterapia, psicoterapia, orientação e apoio por parte dos parentes e/ou pessoas próximas para que o paciente possa atingir melhor qualidade de vida

  6. Hiperostose cortical generalizada associada com baixa estatura e membros inferiores arqueados em uma grande família consangüínea

    OpenAIRE

    Lyra da Silva Filho, Ruy

    2003-01-01

    Foi estudada uma família consangüínea extensa (13 afetados, 8 mulheres e 5 homens) com uma forma variante de doença de Van Buchem ou um tipo de displasia óssea esclerosante não descrito anteriormente. O padrão de herança da doença sugerido nesta família é autossômico recessivo. As características clínicas mais importantes são baixa estatura e arqueamento dos membros inferiores, que já se faziam presentes ao nascimento. Na ocasião em que foram examinados, os indivíduos afetados ...

  7. Cardiac response and anxiety levels in psychopathic murderers Resposta cardíaca e nível de ansiedade em homicidas psicopatas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio de Pádua Serafim

    2009-09-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To compare the emotional response and level of anxiety of psychopathic murderers, non-psychopathic murderers, and nonpsychopathic non-criminals. METHOD: 110 male individuals aged over 18 years were divided into three groups: psychopathic murderers (n = 38; non-psychopathic murderers (n = 37 serving sentences for murder convictions in Maximum Security Prisons in the State of Sao Paulo; and non-criminal, non-psychopathic individuals (n = 35 according to the Psychopathy Checklist-Revised. The emotional response of subjects was assessed by heart rate variation and anxiety level (State-Trait Anxiety Inventory after viewing standardized pictures depicting pleasant, unpleasant and neutral content from the International Affective Picture System. RESULTS: Psychopathic murderers presented lower anxiety levels and smaller heart rate variations when exposed to pleasant and unpleasant stimuli than nonpsychopathic murderers or non-psychopathic non-criminals. The results also demonstrated that the higher the score for factor 1 on the Psychopathy Checklist-Revised, the lower the heart rate variation and anxiety level. CONCLUSION: The results suggest that psychopathic murderers do not present variation in emotional response to different visual stimuli. Although the non-psychopathic murderers had committed the same type of crime as the psychopathic murderers, the former tended to respond with a higher level of anxiety and heart rate variation.OBJETIVO: Comparar a atividade cardíaca e nível de ansiedade de homicidas psicopatas e não psicopatas e não criminosos não psicopatas. MÉTODO: 110 homens com idade superior a 18 anos, divididos em três grupos: homicidas psicopatas (n = 38, homicidas não psicopatas (n = 37 cumprindo pena por homicídio em Prisões de Segurança Máxima do Estado de São Paulo e não criminosos e não psicopatas (n = 35 de acordo com a Escala de Avaliação de Psicopatia. A resposta emocional foi avaliada pela variação da

  8. Risco de suicídio em jovens com transtornos de ansiedade: estudo de base populacional Riesgo de suicidio en jóvenes con trastornos de ansiedad: estudio de base poblacional Suicide risk in young adults with anxiety disorders: population-based study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moisés Ederson da Silva Rodrigues

    2012-04-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo verificar a relação entre a presença de transtornos de ansiedade e risco de suicídio em jovens. Em delineamento transversal de base populacional, os jovens respondiam a um questionário sobre questões sociodemográficas, comportamentais e de saúde. Avaliou-se o bem-estar psicológico através da Escala de Faces de Andrews e consumo de substâncias foi efetuado pelo Teste de Triagem do Envolvimento com Álcool, Cigarro e Outras Substâncias, (Alcohol, Smoking and Substance Involviment Screening Test - ASSIST. A Mini Internacional Neuropsychiatric Interview 5.0 avaliou transtornos de ansiedade e o risco de suicídio. Dos 1.621 jovens entrevistados, 20,9% apresentaram algum transtorno de ansiedade e 8,6% risco de suicídio. A presença de algum transtorno de ansiedade esteve significativamente associada ao risco de suicídio (RP 6,10 IC95% 3,95 a 9,43. Dessa forma, salienta-se a importância de maior atenção ao risco de suicídio também em pacientes com transtornos de ansiedade.Este estudio tubo por objetivo verificar la relación entre la presencia de trastornos de ansiedad y riesgo de suicidio en jóvenes. En delineamiento transversal de base poblacional, los jóvenes respondían a un cuestionario sobre cuestiones sociodemográficas, comportamentales y de salud. Se evaluó el bienestar psicológico por medio de la escala de fases de Andrews y consumo de sustancias efectuada por la prueba de detección del envolvimiento con alcohol, cigarrillo y otras sustancias, (Alcohol, Smoking and Substance Involviment Screening Test - ASSIST. La Mini Internacional Neuropsychiatric Interview 5.0 evaluó trastornos de ansiedad y el riesgo de suicidio. De los 1.621 jóvenes entrevistados, 20,9% presentaron algún trastorno de ansiedad y 8,6% riesgo de suicidio. La presencia de algún trastorno de ansiedad estuvo significativamente asociada al riesgo de suicidio (RP 6,10 IC95% 3,95 a 9,43. De esa forma, se resalta la

  9. Estudo transversal de ansiedade pré-operatória em crianças: utilização da escala de Yale modificada Estudio transversal de ansiedad preoperatoria en niños: utilización de la escala de Yale modificada A transversal study on preoperative anxiety in children: use of the modified Yale scale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Álvaro Antônio Guaratini

    2006-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O emprego de escalas pode ser útil no reconhecimento dos estados de ansiedade, direcionando medidas que previnam complicações decorrentes de níveis elevados de ansiedade. A escala de ansiedade pré-operatória de Yale modificada (EAPY-m foi desenvolvida para avaliação da ansiedade em crianças na idade pré-escolar no momento da indução da anestesia. Essa escala possui caráter observacional e é rápida de ser completada. Os estudos sobre ansiedade em crianças no período pré-operatório não fazem menção à ansiedade no momento da avaliação pré-anestésica ambulatorial (APA. Este estudo transversal procurou avaliar o nível e a prevalência de ansiedade no momento da APA e da consulta clínica utilizando a escala EAPY-m, em crianças em idade pré-escolar. MÉTODO: Foram selecionadas 100 crianças, estado físico ASA I e IIi: G PED = 50 crianças a serem submetidas à avaliação clínica; G APA = 50 crianças a serem submetidas à apa para programação cirúrgica. O estudo se desenvolveu na sala de espera dos ambulatórios de pediatria e de apa enquanto as crianças aguardavam as consultas. Dois observadores aplicaram a escala EAPY-m de forma independente. Os parâmetros analisados foram dados sociodemográficos; mediana e porcentagem de pacientes com ansiedade (EAPY-m > 30. Foi realizada a análise estatística, sendo considerado significativo p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La utilización de escalas puede ser útil en el reconocimiento de los estados de ansiedad, dirigido a medidas que prevengan complicaciones provenientes de niveles elevados de ansiedad. La Escala de Ansiedad Preoperatoria de Yale modificada (EAPY-m fue desarrollada para la evaluación de la ansiedad en niños en la edad preescolar al momento de la inducción de la anestesia. Esa escala posee un carácter de observación y es muy fácil para ser completada. Los estudios sobre ansiedad en niños en el período preoperatorio no

  10. Lipodistrofia generalizada congênita Congenital generalized lipodystrophy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo P. Figueiredo Filho

    2004-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Apresentar as principais características clínicas e bioquímicas da lipodistrofia generalizada congênita, desordem rara e pouco conhecida dos pediatras. DESCRIÇÃO: Nos ambulatórios de Doenças Nutricionais e de Endocrinologia do Serviço de Pediatria do Hospital das Clínicas da UFMG, foram identificados oito pacientes com lipodistrofia generalizada congênita. As características clínicas comuns a todos os casos foram hipertrofia muscular, lipoatrofia generalizada e aparência acromegálica. Manifestações clínico-laboratoriais associadas incluíram acantose nigricans em cinco pacientes, hepatoesplenomegalia em seis, hipertrigliceridemia com baixas concentrações de HDL em sete, hipertrofia cardíaca em um e diabetes melito secundário em dois pacientes. Todos os pacientes estão em controle clínico e dietético, visando à correção ou prevenção dos distúrbios metabólicos. COMENTÁRIOS: As características fenotípicas da lipodistrofia generalizada congênita são bem identificadas, possibilitando o diagnóstico clínico na maioria dos casos. Trata-se de uma síndrome rara que ilustra a importância do funcionamento normal do tecido adiposo para a maioria dos processos metabólicos vitais do organismo. O seu melhor conhecimento poderá abrir novos horizontes em estudos de doenças mais prevalentes como o diabetes melito e a obesidade.OBJECTIVE: To present the major clinical and biochemical characteristics of congenital generalized lipodystrophy. DESCRIPTION: Eight infants with congenital generalized lipodystrophy were identified at the Endocrine and Nutritional Pediatric Disease Outpatient Clinics at Hospital de Clínicas, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG. Clinical manifestations common to all patients included muscle hypertrophy, generalized lipoatrophy, and acromegalic physical appearance. Acanthosis nigricans was identified in five patients, hepatosplenomegaly in six, hypertriglyceridemia and low levels

  11. Generalized systemic cryptococcosis in a dog after immunosuppressive corticotherapy Criptococose sistêmica generalizada em cão após corticoterapia imunossupressora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.S. Honsho

    2003-04-01

    Full Text Available A male Boxer dog aged 2 years and 11 months was referred to the veterinary hospital with a history of a gastrointestinal disorder of two months duration, with apathy, hyporexia, progressive weight loss and visual deficit. Ataxia and vocalization were observed during hospitalization. The animal had been treated previously with antibiotics and immunosuppressive doses of corticoids to control chronic inflammatory bowel disease. The dog died five days later. Gross and microscopic observations indicated systemic cryptococcosis. The alimentary tract, eyes, brain, kidneys, pancreas and lymph nodes were involved.Um cão da raça Boxer, macho, com 2 anos e 11 meses de idade foi encaminhado ao hospital veterinário com histórico de distúrbio gastroentérico de dois meses de duração, apatia, hiporexia, emagrecimento progressivo e deficiência visual. Ataxia e vocalização foram observadas posteriormente. O animal estava sendo tratado em outra clínica veterinária com antibióticos e doses imunossupressoras de corticóides, direcionados ao controle de provável enterite alimentar. A morte ocorreu após cinco dias. As observações macro e microscópica revelaram tratar-se de criptococose sistêmica, atingindo trato digestório, olhos, SNC, rins, pâncreas e linfonodos. O presente relato enfatiza a infecção fúngica criptocócica quanto aos seus aspectos grastrointestinais iniciais a serem considerados no diagnóstico clínico, ressaltando a imunossupressão induzida pela corticoterapia.

  12. NIVELES DE ANSIEDAD EN ESTUDIANTES DE LA FACULTAD DE ENFERMERÍA DE LA UNIVERSIDAD CATÓLICA DE SANTA MARÍA, DURANTE LA PRÁCTICA CLÍNICA, AREQUIPA, 2012

    OpenAIRE

    DE LA SALLE GUTIERREZ NEYRA, JUANA

    2014-01-01

    LA ADOLESCENCIA DESARROLLO FÍSICO DESARROLLO INTELECTUAL DESARROLLO SEXUAL DESARROLLO EMOCIONAL LA IDENTIDAD DEL ADOLESCENTE PERSONALIDAD EN LA ADOLESCENCIA ADOLESCENCIA Y FAMILIA FAMILIA ADAPTACIÓN Y ADOLESCENCIA ADAPTACIÓN SOCIO-EMOCIONAL ADAPTACIÓN Y CONDUCTA SOCIAL ADAPTACIÓN EN LA FAMILIA ADAPTACIÓN EN LA UNIVERSIDAD ANSIEDAD TRASTORNO DE LA ANSIEDAD DIFERENCIACIÓN DE LOS TRASTORNOS POR ANSIEDAD TRASTORNO DE ANSIEDAD GENERALIZADA TEORÍAS DE LA ANSIEDAD GENÉTICA PSICODINÁMICA APRENDIDA BI...

  13. Identificação das características definidoras de medo e ansiedade em pacientes programadas para cirurgia ginecológica Identificación de las características definidoras de miedo y ansiedad en pacientes programadas para cirugía ginecológica Identification of the defining characteristics of fear and anxiety in patients scheduled for gynecological surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lucia Fernandez Suriano

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar a presença das características definidoras Medo e Ansiedade no pré-operatório imediato de 50 pacientes submetidas à cirurgia ginecológica, e verificar a Síndrome da Ansiedade Perioperatória. MÉTODOS: Estudo de coorte de caráter transversal teve como objetivo Realizado na Unidade de Ginecologia do Hospital São Paulo em maio de 2007. RESULTADOS: Confirmou-se a presença dos diagnósticos de interesse em 48 pacientes (96,0% do total de 50 mulheres (100,0%. A Síndrome da Ansiedade Perioperatória foi identificada em 48 (96,0% das pacientes. CONCLUSÃO: A pesquisa comprovou a presença dos diagnósticos Medo e Ansiedade, devido às manifestações clínicas, também contribuintes para evidenciar a Síndrome da Ansiedade PerioperatóriaOBJETIVOS: Identificar la presencia de las características definidoras de Miedo y Ansiedad en el pre-operatorio inmediato de 50 pacientes sometidas a cirugía ginecológica, y verificar el Síndrome de Ansiedad Perioperatoria. MÉTODOS: Este estudio de cohorte de carácter transversal tuvo como objetivo fue realizado en la Unidad de Ginecología del Hospital Sao Paulo en mayo del 2007. RESULTADOS: Se confirmó la presencia de los diagnósticos de interés en 48 pacientes (96,0% de un total de 50 mujeres (100,0%. El Síndrome de Ansiedad Perioperatoria fue identificada en 48 (96,0% de las pacientes. CONCLUSIÓN: Con la investigación se comprobó la presencia de los diagnósticos Miedo y Ansiedad, debido a las manifestaciones clínicas, también contribuyentes para evidenciar el Síndrome de Ansiedad Perioperatoria.OBJECTIVES: To identify defining characteristics of fear and anxiety during the immediate preoperative period in patient scheduled for gynecological surgery, and to diagnose preoperative anxiety syndrome. METHODS: This was a cross-sectional study with 50 patients from the gynecological unit of the São Paulo hospital. Data was collected in May 2007. RESULTS: Preoperative

  14. Depressão e ansiedade em mulheres climatéricas: fatores associados Depression and anxiety in menopausal women: associated factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Álvaro Fernando Polisseni

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: determinar a prevalência de depressão e ansiedade em mulheres climatéricas e os prováveis fatores responsáveis por sua ocorrência. MÉTODOS: em estudo transversal, foram selecionadas 93 mulheres que frequentaram um ambulatório de climatério no período de maio de 2006 a agosto de 2007. Como critério de inclusão foram consideradas mulheres na faixa etária de 40 a 65 anos e que concordaram em participar do projeto. Os critérios de exclusão foram: pacientes em uso de terapia hormonal, hormonioterapia por implantes, DIUs e injetáveis de depósito nos últimos seis meses, endocrinopatias que levassem a irregularidades menstruais, hepatopatias, coagulopatias, uso de drogas que interferissem no ciclo menstrual, ansiolíticos e antidepressivos (pois o uso dessas drogas era indicativo de diagnóstico prévio de alterações do humor, histerectomizadas, ooforectomizadas, portadoras de câncer e de enfermidades psiquiátricas, pacientes que tivessem sido submetidas à radioterapia ou quimioterapia. Foram aplicados quatro questionários durante a entrevista: Anamnese, contendo dados sociodemográficos, clínicos e hábitos de vida; Índice Menopausal de Blatt-Kupperman, com o objetivo de diagnosticar as pacientes portadoras de síndrome climatérica; a subescala para Ansiedade, derivada da escala Hospitalar para Ansiedade e Depressão (HADS-A, com a finalidade de diagnosticar os casos de Ansiedade e o Inventário de Depressão de Beck, com o intuito de diagnosticar as mulheres portadoras de depressão. Foram realizadas as análises descritivas e de correlação entre as variáveis; o teste do χ2 e de Hosmer-Lemeshow, usando o programa Software Statistica versão 6. RESULTADOS: a média de prevalência de depressão entre as pacientes avaliadas foi de 36,8% enquanto que da ansiedade foi de 53,7%. Não houve diferença significativa entre a prevalência de depressão e ansiedade e as três fases do climatério. Observou-se rela

  15. Nursing professionals' anxiety and feelings in terminal situations in oncology Ansiedades y sentimientos de los profesionales de enfermería en situaciones de terminalidad en oncología Ansiedades e sentimentos de profissionais da enfermagem nas situações de terminalidade em oncologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniella Antunes Pousa Faria

    2007-12-01

    com o paciente terminal com câncer, procurando identificar os fatores que a influenciam, bem como os sentimentos dos profissionais frente ao atendimento destes pacientes. Foram analisados 50 auxiliares e técnicos de enfermagem do hospital de referência de atendimento ao câncer do Rio Grande do Norte. Os dados foram coletados através de questionário e do Inventário de Ansiedade Traço-Estado. Os resultados revelaram que 69,8% dos profissionais possuem Ansiedade-Estado média e 30,2% alta. O número de pacientes atendidos e 'trabalhar em outra instituição' interferiram na Ansiedade-Estado. Os sentimentos mais destacados foram sofrimento e tristeza, e 'criança' foi apontada como sendo a faixa-etária mais difícil de se lidar. Verifica-se a necessidade de realização de estratégias de apoio para profissionais a fim de reduzir e/ou prevenir altos níveis de ansiedade e estresse.

  16. Estudo retrospectivo da associação entre transtorno de pânico em adultos e transtorno de ansiedade na infância Retrospective study of the association between adulthood panic disorder and childhood anxiety disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Gus Manfro

    2002-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: A etiologia do transtorno do pânico (TP é provavelmente multifatorial, incluindo fatores genéticos, biológicos, cognitivo-comportamentais e psicossociais que contribuem para o aparecimento de sintomas de ansiedade, muitas vezes durante a infância. O objetivo deste estudo foi avaliar a relação entre história de transtornos de ansiedade na infância e transtorno do pânico na vida adulta. MÉTODOS: Foram avaliados retrospectivamente 84 pacientes adultos com transtorno do pânico quanto à presença de história de transtornos de ansiedade na infância, por meio de uma entrevista estruturada (K-SADS-E e DICA-P. A presença de comorbidades com outros transtornos de ansiedade e de humor foi avaliada por uma revisão de registros médicos. RESULTADOS: Observou-se que 59,5% dos pacientes adultos com TP apresentavam história de ansiedade na infância. Encontrou-se uma associação significativa entre a presença de história de transtorno de ansiedade generalizada na infância e a presença de comorbidades com o TP na vida adulta, como agorafobia (p=0,05 e depressão (p=0,03. CONCLUSÕES: Este estudo sugere que a história de transtorno de ansiedade na infância pode ser considerada um preditor de maior gravidade para o transtorno do pânico na vida adulta.OBJECTIVE: The etiology of panic disorder is probably multifactorial, involving genetic, biological, cognitive-behavioral and psychosocial factors that may contribute to the onset of anxiety symptoms in childhood. The aim of this study is to analyze the relationship between past history of anxiety disorder in childhood and panic disorder in adult life. METHODS: Using a structured interview (K-SADS-E and DICA-P, 84 panic disorder adult patients were interviewed and childhood anxiety disorder was retrospectively investigated. A review of medical registers was performed to assess comorbidities with other anxiety and mood disorders. RESULTS: Of the patients studied, 59,5% had past

  17. Propriedades psicométricas da versão portuguesa do Inventário Geriátrico de Ansiedade numa amostra de idosos utentes de estruturas residenciais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Daniel

    2015-09-01

    Full Text Available Contexto: O progressivo aumento na prevalência, tanto de sintomatologia como de perturbações de ansiedade nas idades avançadas, aconselha a utilização extensiva de inventários no rastreio nesta população que, em todos os lugares do mundo, se tem tornado cada vez mais numericamente expressiva. Objetivos: O objetivo deste artigo é apresentar os resultados dos estudos de validação e de fidedignidade da versão portuguesa do Inventário Geriátrico de Ansiedade (GAI numa amostra de idosos institucionalizados. Métodos: Depois da tradução e retroversão do GAI, a versão portuguesa foi administrada a 805 idosos institucionalizados. A fidedignidade da escala foi avaliada através do coeficiente alfa de Cronbach e a validade fatorial através do método de extração de componentes principais. O estudo da validade convergente foi efetuado com a Escala Geriátrica de Depressão e com a Lista de Afetos Negativos, enquanto a validade descriminante foi efetuada com a Lista de Afetos Positivos e a Escala de Satisfação com a Vida. Utilizámos a análise fatorial confirmatória com recurso aos modelos de equações estruturais. Usámos a área sob a curva ROC (AUC para prever a presença de perturbação de ansiedade generalizada. Resultados: A escala apresenta boa consistência interna (α = 0,94 e bons indicadores de validade convergente e divergente, todos significativos. O modelo revelou uma boa qualidade de ajustamento aos dados (χ2/gl = 2,81; TLI = 0,96; CFI = 0,96; RMSEA = 0,05, apoiando uma solução de um fator único. A análise ROC revelou uma sensibilidade de 100% e especificidade de 84,7% na deteção de perturbação de ansiedade generalizada com um ponto de corte de 13 (AUC = 0,92. Finalmente, verificou-se que as mulheres apresentam pontuações médias mais altas do que os homens. Conclusões: O GAI apresenta boas qualidades psicométricas e fatorial para medir sintomas de ansiedade em rastreios epidemiológicos e em contextos

  18. Ansiedade, depressão e qualidade de vida em pacientes com glomerulonefrite familiar ou doença renal policística autossômica dominante

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Paes de Barros

    2011-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Aspectos psicológicos, transtornos psiquiátricos e qualidade de vida são frequentemente avaliados em pacientes em terapia renal substitutiva. Entretanto, não existem estudos que analisem ansiedade, depressão e qualidade de vida especificamente em pacientes portadores de doenças renais familiares. OBJETIVO: Avaliar a frequência de traços e estados ansiosos e depressivos e qualidade de vida, verificando as possíveis relações com os principais achados laboratoriais, clínicos, socioeconômicos e culturais de pacientes portadores de glomerulonefrites (GN familiares ou de doença renal policística autossômica dominante (DRPAD. MÉTODOS: Noventa pacientes adultos (52 GN familiares e 38 DRPAD foram avaliados utilizando Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE, Inventário de Depressão Beck (Beck e Questionário de Qualidade de Vida Short Form-36 (SF-36, além de uma breve entrevista. RESULTADOS: Observou-se ansiedade moderada em ambos os grupos, depressão em 34,6% das GN e em 60,5% das DRPAD. De um modo geral, ansiedade e depressão associaram-se mais ao gênero feminino na GN familiar e ao pior nível educacional na DRPAD. Pacientes de ambos os grupos apresentaram duas dimensões mais afetadas no que se refere à qualidade de vida, o aspecto emocional e a percepção geral do estado de saúde. Além disso, o SF-36 revelou que na presente amostra, a qualidade de vida foi pior para o sexo feminino, e para pacientes de cor branca, com baixa escolaridade e sem parceiros estáveis. CONCLUSÃO: Os questionários aplicados permitiram identificar frequência e graus de ansiedade, depressão e comprometimento da qualidade de vida nos pacientes com doença renal familiar, que poderiam afetar a aderência desses pacientes ao tratamento. Esses achados podem contribuir para o planejamento de um melhor atendimento multidisciplinar para ambas as doenças.

  19. Una formulacion matricial generalizada. 1-analisis estatico

    OpenAIRE

    Molins, C.; Roca, P.; Mari, A.R.

    1994-01-01

    Se presenta una Formulación Matricial Generalizada (FMG) para el análisis de estructuras formadas por entramados espaciales de elementos de directriz curva y sección variable. La principal característica de la FMG reside en que su formulación establece el equilibrio

  20. CISTICERCOSE (Cysticercus cellulosae CANINA GENERALIZADA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eulógio Carlos Queiroz de Carvalho

    2006-10-01

    Full Text Available O complexo teníase-cisticercose tem enorme repercussão na saúde pública, não só no Brasil, mas também em várias regiões do mundo consideradas em desenvolvimento, corroborando, para tal, o baixo nível socioeconômico e cultural da população. O exame pos mortem de um cão errante (Canis familiaris sem história clínica, adulto, cedido para estudo às Faculdades Integradas do Planalto Central(FIPLAC, revelou lesões císticas disseminadas por todas as musculaturas estriadas cardíaca e esquelética. As lesões, que impressionavam pelo grande número, eram do estroma, continham líquido sob tensão e, transparentes, deixavam ver uma formação interna e opaca. Num exame microscópico “a fresco”, e por inclusão em parafina e colo-ração pela hematoxilina e eosina, essa formação possibilitou a caracterização de uma estrutura parasitária com quatro ventosas e uma coroa dupla de ganchos, estrutura própria do escólice do Cysticercus cellulosae, forma larvar da Taeniasolium. Embora um comprometimento de sistema nervoso tenha sido observado por outros autores, não se observaram tais lesões neste trabalho. PALAVRAS-CHAVE: Cysticercus cellulosae, cisticercose, canino, saúde publica.

  1. Atender con ansiedad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Acosta

    2009-10-01

    Full Text Available Tener una personalidad ansiosa o estar ansioso en una determinada situación hace que atendamos de modo diferente a lo que acontece. Investigaciones recientes están descubriendo las relaciones específicas de la ansiedad-rasgo y de la ansiedad-estado con diferentes procesos atencionales. La intervención terapéutica para aliviar los trastornos de ansiedad, tan frecuentes en nuestra época, se va a beneficiar de este conocimiento.

  2. Transtornos de humor e de ansiedade comórbidos em vítimas de violência com transtorno do estresse pós-traumático

    OpenAIRE

    Quarantini, Lucas de Castro; Rodrigues Netto, Liana; Nascimento, Mônica Andrade; Almeida, Amanda Cristina Galvão Oliveira de; Sampaio, Aline S.; Miranda-Scippa, Angela; Bressan, Rodrigo Affonseca; Koenen, Karestan C.

    2009-01-01

    P. 66-76. OBJETIVO: Buscar estudos que avaliem a comorbidade entre transtorno de estresse pós-traumático e transtornos do humor, bem como entre transtorno de estresse pós-traumático e outros transtornos de ansiedade. MÉTODO: Revisamos a base de dados do Medline em busca de estudos publicados em inglês até abril de 2009, com as seguintes palavras-chave: "transtorno de estresse pós-traumático", "TEPT", "transtorno de humor", "transtorno depressivo maior", "depressão maior", "transtorno bi...

  3. Transtornos de humor e de ansiedade comórbidos em vítimas de violência com transtorno do estresse pós-traumático

    OpenAIRE

    Quarantini,Lucas C.; Netto,Liana R.; Andrade-Nascimento,Monica; Almeida,Amanda Galvão-de; Sampaio,Aline S.; Miranda-Scippa,Angela; Bressan,Rodrigo A.; Koenen,Karestan C.

    2009-01-01

    OBJETIVO: Buscar estudos que avaliem a comorbidade entre transtorno de estresse pós-traumático e transtornos do humor, bem como entre transtorno de estresse pós-traumático e outros transtornos de ansiedade. MÉTODO: Revisamos a base de dados do Medline em busca de estudos publicados em inglês até abril de 2009, com as seguintes palavras-chave: "transtorno de estresse pós-traumático", "TEPT", "transtorno de humor", "transtorno depressivo maior", "depressão maior", "transtorno bipolar", "distimi...

  4. Transtornos do humor em enfermaria de clínica médica e validação de escala de medida (HAD de ansiedade e depressão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Botega Neury J.

    1995-01-01

    Full Text Available Para estimar a prevalência de transtornos do humor, foram utilizadas a entrevista estruturada, "Clinical Interview Schedule" (CIS-R, e a escala "Hospital Anxiety and Depression" (HAD em 78 pacientes internados em uma enfermaria geral de adultos (43 homens e 35 mulheres, média de idade = 43,2 anos. Foi encontrada prevalência instantânea de 39% de transtornos do humor. Dezesseis (20,5% pacientes preencheram critérios para ansiedade, a maioria dos casos sendo de gravidade leve. Vinte e seis (33% casos de depressão foram detectados, 7 dos quais de gravidade moderada. Observou-se uma combinação de sintomas de preocupação, depressão, ansiedade e insônia. A HAD mostrou-se de fácil compreensão pelos pacientes. As subescalas de ansiedade e de depressão tiveram consistência interna de 0,68 e 0,77, respectivamente. A correlação dos itens com as respectivas subescalas sugere que essas possuem validades convergentes, não discriminantes. Com ponto de corte 8/9, a sensibilidade e a especificidade foram 93,7% e 72,6%, para ansiedade, e 84,6% e 90,3%, para depressão. Na prática clínica, a utilização da HAD poderia auxiliar na detecção de casos de transtornos do humor que necessitam de tratamento.

  5. Depressão, ansiedade e sonolência diurna em cuidadores primários de crianças com paralisia cerebral Depresión, ansiedad y somnolencia diurna en cuidadores primarios de niños con parálisis cerebral Depression, anxiety and daytime sleepiness of primary caregivers of children with cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Catherine Marx

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os níveis de depressão, ansiedade e sonolência diurna excessiva em cuidadores primários de crianças com paralisia cerebral, relacionando-os às condições socioeconômicas do cuidador e às características neurológicas da criança e comparando-os a cuidadores de crianças saudáveis. MÉTODOS: 45 cuidadores de crianças com paralisia cerebral e 50 cuidadores de crianças saudáveis foram aleatoriamente incluídos no estudo e responderam a um questionário semiestruturado. Avaliaram-se os níveis de depressão, ansiedade e sonolência diurna excessiva por meio das escalas de Beck, ansiedade estado-traço e Epworth, respectivamente. RESULTADOS: A maioria dos entrevistados eram mães com baixo nível socioeconômico. Os que se autoavaliaram como ansiosos e depressivos apresentaram resultados comprobatórios de ansiedade e depressão com as escalas de ansiedade estado-traço e Beck para os cuidadores de crianças com paralisia cerebral. Os níveis de sonolência diurna excessiva estiveram relacionados a elevados níveis de depressão. O comprometimento neurológico das crianças não influenciou os resultados sobre os cuidadores. CONCLUSÕES: Depressão, ansiedade e problemas relacionados ao sono foram comuns em cuidadores de crianças com paralisia cerebral. O nível de funcionalidade neurológica da criança não influenciou os resultados.OBJETIVO: Evaluar los niveles de depresión, ansiedad y somnolencia diurna excesiva en cuidadores primarios de niños con parálisis cerebral relacionándolos a las condiciones socioeconómicas del cuidador y a las características neurológicas del niño y comparándolos a cuidadores de niños sanos. MÉTODOS: Se incluyeron aleatoriamente en el estudio a 45 cuidadores de niños con parálisis cerebral y a 50 cuidadores de niños sanos, y contestaron a un cuestionario semiestructurado. Se evaluaron los niveles de depresión, ansiedad y somnolencia diurna excesiva mediante las escalas de

  6. Ansiedade, pânico e o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal Anxiety, panic and the hypothalamic-pituitary-adrenal axis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico G Graeff

    2007-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este artigo discute a ativação diferencial do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal no transtorno de ansiedade generalizada e no transtorno de pânico. MÉTODO: Resultados de recentes revisões da literatura são resumidos e discutidos. RESULTADOS: Os resultados de estudos experimentais que dosaram o hormônio adrenocorticotrópico, o cortisol e a prolactina mostram que ataques de pânico naturais, bem como os provocados por agentes panicogênicos seletivos - como lactato de sódio e dióxido de carbono -, não ativam o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal. Agonistas do receptor de colecistocinina do tipo B, como o peptídeo colecistocinina-4 e a pentagastrina, elevam os hormônios de estresse, independentemente da ocorrência de um ataque de pânico, parecendo ativar diretamente o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal. O antagonista benzodiazepínico flumazenil não eleva o nível dos hormônios de estresse; porém, este agente farmacológico não induz ataques de pânico de modo consistente. Agentes farmacológicos que aumentam a ansiedade em pacientes de pânico (cafeína, ioimbina, agonistas serotonérgicos, assim como em pessoas saudáveis, elevam o nível dos hormônios de estresse. CONCLUSÕES: Além das diferenças na sintomatologia e na resposta farmacológica, o transtorno de ansiedade generalizada e o transtorno de pânico afetam os hormônios de estresse de modo distinto. Enquanto a ansiedade antecipatória e o transtorno de ansiedade generalizada ativam tanto o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal como o simpático-adrenal, o ataque de pânico causa acentuada ativação simpática; porém, afeta pouco o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal.OBJECTIVE: This article focuses on the differential activation of the hypothalamic-pituitary-adrenal axis in generalized anxiety disorder and panic disorder. METHOD: The results of recently reported reviews of the literature are summarized and discussed. RESULTS: The results of

  7. Saúde mental e ansiedade em agentes comunitários que atuam em saúde da família em Uberlândia (MG, Brasil Mental health and anxiety in community health agents in Uberlândia (MG, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marineia Crosara de Resende

    2011-04-01

    Full Text Available Esta pesquisa, realizada com agentes comunitários de saúde (ACS, objetivou: (1 avaliar a saúde mental em ACS; (2 descrever os eventos vitais vivenciados no último ano por ACS; (3 averiguar o nível de ansiedade apresentado por ACS; (4 correlacionar saúde mental, ansiedade e eventos vitais em ACS. Participaram 116 ACS. Instrumentos: questionário sociodemográfico, Questionário de Saúde Geral de Goldberg, Escala de Eventos Vitais, Inventário de Ansiedade Traço-Estado. A maioria dos ACS apresentou grau de ansiedade moderado e saúde mental positiva e relatou ter vivenciado poucos eventos estressantes no último ano, embora a maioria tenha tido problemas de saúde. O fato de estarem presentes níveis de ansiedade, mesmo moderados, sugere uma provável interferência de características específicas da profissão. Entretanto, o fato de a pessoa identificar subjetivamente a ansiedade e classificá-la em um determinado nível pressupõe que esteja usando estratégias de controle, fato esse que auxilia a manter a saúde mental.The scope of this research, carried out together with community-based health workers (ACS was: (1 to evaluate the mental health of the ACS; (2 to describe the vital events in the last year of the ACS; (3 to inquire about the level of anxiety of the ACS; (4 to correlate mental health, vital events and anxiety of the ACS. Participants: 116 ACS. Measurements: socio-demographic questionnaire, Goldberg General Health Questionnaire, The Life Events Inventory, State-Trait Anxiety Inventory. The majority of the ACS presented a moderate degree of anxiety and positive mental health; they reported having experienced few stressful events in the past year, even though the majority had experienced health problems. The fact that most of the ACS reported having experienced moderate anxiety levels suggests a probable interference of specific characteristics of the profession. However, the fact that the persons subjectively identified the

  8. Universidade, contexto ansiogênico? Avaliação de traço e estado de ansiedade em estudantes do ciclo básico Evaluation of trait and state anxiety in first year students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camomila Lira Ferreira

    2009-06-01

    Full Text Available O presente artigo objetiva avaliar a ansiedade-traço e a ansiedade-estado de estudantes universitários do ciclo básico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, verificando diferenças entre três grandes áreas de conhecimento, biomédica, humanística e tecnológica, tendo em vista que a entrada na universidade pode se configurar como uma situação ameaçadora que parece sofrer influência das diferentes características de cada uma dessas áreas. Participaram do estudo 158 estudantes, sendo 71 mulheres e 87 homens, com idade média de 20,04 ± 3,37 anos, respondendo uma ficha de identificação e o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE. Resultados demonstram que as médias de ansiedade-traço e ansiedade-estado desses estudantes encontram-se dentro do esperado para essa população, embora a área biomédica seja percebida como a mais ansiogênica, uma vez que apresenta uma densa grade curricular com intensas demandas acadêmicas, o que parece elevar os escores dos estudantes dessa área, em especial os dos homens.The purpose of this study is to evaluate trait anxiety and state anxiety in first year students from the Federal University of Rio Grande do Norte, verifying differences between three great areas of knowledge - Biomedical, Humanistic and Technological. The entrance to a University can be perceived as a threatening situation that seems to suffer influence from the different characteristics of each of these areas. 158 students, 71 females and 87 males aged 20.04 ± 3,37 years, answered an Identification Form and the State and Trait of Anxiety Inventory (STAI. The means of trait anxiety and state anxiety observed in these students were as expected for this population although the Biomedical area is perceived as the most anxiogenic for having a dense curriculum with intense academic demands, what seems to increase the scores of the students of this area, especially of the men.

  9. Hipnose como prática complementar no controle da dor, ansiedade e depressão em pacientes oncológicos do trato digestório

    OpenAIRE

    Montenegro, Gil

    2016-01-01

    A Organização Mundial da Saúde [OMS] considera a dor associada às neoplasias uma das queixas mais frequentes dos pacientes oncológicos. Nesse contexto, a hipnose apresenta-se como uma opção de terapia complementar ao tratamento, podendo promover benefícios, sem acarretar danos relativos a interações medicamentosas. O estudo avaliou o efeito da hipnose na intensidade da dor, ansiedade e depressão em pacientes oncológicos do trato digestório utilizando a Escala Visual Analógica (EVA) e da Escal...

  10. Mulheres em programa regular de atividade física: ansiedade, depressão, fadiga, burnout e qualidade de vida.

    OpenAIRE

    Nagamine, Kazuo Kawano

    2007-01-01

    Existem atualmente evidências a respeito do impacto positivo da prática de atividade física sobre a saúde, como redução da morbimortalidade relacionada a diversas doenças e aumento do bem-estar geral. A prática regular de atividade física reduz níveis de ansiedade, estresse, depressão e burnout, aprimora a relação interpessoal, o rendimento laboral, reduz o absenteísmo e promove qualidade de vida. Este estudo teve como objetivos avaliar prospectivamente sintomas de ansiedade, depressão, fadig...

  11. Coexistência de ansiedade e depressão na gravidez em casais cujas mulheres são primíparas

    OpenAIRE

    Bolela, Miguel

    2012-01-01

    A ansiedade e a depressão são estados psicológicos que afectam a saúde materna e o desenvolvimento embrional. A maior parte dos investigadores observa que muitas mulheres exibem valores muito altos de sintomatologia ansiosa na gravidez (Conde & Figueiredo, 2003). O objectivo deste trabalho é apresentar às autoridades sanitárias e governamentais da província de Benguela os resultados de um estudo efectuado sobre a prevalência da ansiedade e da depressão gestacionais de modo a...

  12. Estudo retrospectivo da associação entre transtorno de pânico em adultos e transtorno de ansiedade na infância

    OpenAIRE

    Manfro,Gisele Gus; Isolan,Luciano; Blaya,Carolina; Santos,Lissandra; Silva,Maura

    2002-01-01

    OBJETIVO: A etiologia do transtorno do pânico (TP) é provavelmente multifatorial, incluindo fatores genéticos, biológicos, cognitivo-comportamentais e psicossociais que contribuem para o aparecimento de sintomas de ansiedade, muitas vezes durante a infância. O objetivo deste estudo foi avaliar a relação entre história de transtornos de ansiedade na infância e transtorno do pânico na vida adulta. MÉTODOS: Foram avaliados retrospectivamente 84 pacientes adultos com transtorno do pânico quanto à...

  13. Comportamento assertivo e sua relação com ansiedade, locus de controle e auto-estima em estudantes universitários

    OpenAIRE

    Bandeira,Marina; Quaglia,Maria Amélia Cesari; Bachetti,Lívia da Silva; Ferreira,Tatiana Lourençoni; Souza,Grasiela Gomide de

    2005-01-01

    Foram estudados o comportamento assertivo e sua relação com ansiedade, locus de controle e auto-estima. Participou da pesquisa uma amostra aleatória de 135 universitários, de ambos os sexos, com idade média de 25 anos. Foram aplicadas as escalas de assertividade de Rathus, locus de controle de Levenson, auto-estima de Dela Coleta e a escala de ansiedade IDATE-traço. Os resultados indicaram que os estudantes da área de ciências exatas apresentaram escores mais elevados de assertividade e de au...

  14. Utopia ou distopia? A ansiedade e o vazio em Schimmernder Dunst über CobyCounty de Leif Randt

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Sabrina Pereira

    2014-06-01

    Full Text Available Em Schimmernder Dunst über CobyCounty (2011, Leif Randt apresenta um condado que seria a mais perfeita representação de uma utopia consumista: localizado à beira-mar, CobyCounty é um lugar de festas abundantes, consumo e bem-estar. O livro, contudo, é narrado por um jovem atormentado pela possibilidade de uma catástrofe que se aproxima, desde que seu melhor amigo abandonou a cidade, ouvindo os conselhos da mãe que se afiliou a uma religião esotérica. Se a perfeição do funcionamento dessa sociedade se aproxima muito de uma utopia, o temor de uma catástrofe anunciada aproxima a obra de uma distopia. Deve-se notar, no entanto, que, ao contrário de utopias e distopias, a obra não apresenta uma força centralizadora de poder - mesmo que a menção ao consumismo e às propagandas seja frequente. Neste artigo, Schimmernder Dunst über CobyCounty será apresentado à luz dos estudos da utopia e distopia, enfatizando seus laços com o tempo atual, marcado pela dicotomia entre a sociedade de conforto produzida pelo alto desenvolvimento tecnológico e a necessidade de se evitar os excessos produzidos por essa mesma sociedade em nome de uma possível catástrofe ecológica, anunciada por cientistas e ativistas, mas da qual não se percebe o impacto diretamente.

  15. COMPARAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DAS TÉCNICAS WATSU E RELAXAMENTO AQUÁTICO EM FLUTUAÇÃO ASSISTIDA NOS SINTOMAS DE ANSIEDADE, DEPRESSÃO E PERCEPÇÃO DA DOR

    OpenAIRE

    Acosta, Antonio Maria Cardozo

    2010-01-01

    Este estudo teve como objetivo comparar o efeito do método Watsu e do relaxamento aquático em flutuação assistida em piscina, no tratamento da dor crônica. Também objetiva avaliar o efeito dos sintomas de depressão e ansiedade como co-fatores nesses tratamentos. A amostra é constituída por 23 indivíduos de ambos os sexos, acima de 18 anos. No método Watsu são atendidas 13 pessoas, sendo 11 mulheres e 02 homens. Na técnica de relaxamento assistido são atendidas 10 pessoas, sendo 07 mulhe...

  16. Avaliação da ansiedade e depressão no período pré-operatório em pacientes submetidos a procedimentos cardíacos invasivos Evaluación de la ansiedad y depresión en el período preoperatorio en pacientes sometidos a procedimientos cardíacos Evaluation of preoperative anxiety and depression in patients undergoing invasive cardiac procedures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Fernando Carneiro

    2009-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A avaliação específica da ansiedade e da depressão não está incluída na rotina de avaliação pré-operatória, o que faz com que em situações como as doenças cardíacas, em que o estado emocional dos pacientes pode estar modificado pela própria doença, possam não ser diagnosticadas. O objetivo do estudo foi comparar o nível e a prevalência de ansiedade e depressão em pacientes com doença cardíaca a serem submetidos a procedimentos invasivos e/ou cirúrgicos, utilizando a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (Hospital Anxiety and Depression Scale - HAD. MÉTODO: Após a aprovação pelos Comitês de Ética, foram incluídos 96 pacientes, estado físico ASA II e III, que constituíram três grupos: estudo eletrofisiológico (EEF, implante de marcapasso (MP e revascularização do miocárdio (RM. Os escores considerados "ponto de corte" foram: escala HAD-ansiedade (HAD-A com ansiedade > 9; escala HAD-depressão (HAD-D com depressão > 9. RESULTADOS: Os grupos foram homogêneos quanto às variáveis sociodemográficas. Observou-se diferença estatística significativa entre os três grupos (p = 0,006; p = 0,034 quanto ao nível e prevalência de ansiedade (HAD-A e na comparação do nível de ansiedade grupo a grupo verificou-se diferença significativa entre os grupos EEF × RM e EEF × MP (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La evaluación específica de la ansiedad y de la depresión no está incluida en la rutina de evaluación preoperatoria, lo que hace con que en algunas situaciones como las enfermedades cardiacas, en que el estado emocional de los pacientes puede estar modificado por la propia enfermedad, puedan no quedar diagnosticadas. El objetivo del estudio fue comparar el nivel y la prevalencia de ansiedad y depresión en pacientes con enfermedad cardiaca a ser sometidos a procedimientos invasivos y/o quirúrgicos, utilizando la Escala Hospitalaria de Ansiedad y Depresión (Hospital Anxiety

  17. Binge eating disorder, anxiety, depression and body image in grade III obesity patients Compulsão alimentar periódica, ansiedade, depressão e imagem corporal em pacientes com obesidade grau III

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Isabel R Matos

    2002-02-01

    Full Text Available INTRODUCTION: The objective of this study was to assess the frequency of Binge Eating Disorder (BED or Binge Eating episodes (BINGE, anxiety, depression and body image disturbances in severely obese patients seeking treatment for obesity. METHOD: We assessed 50 patients (10M and 40F with Body Mass Index (BMI between 40 and 81.7 Kg/m² (mean 52.2±9.2 Kg/m² and aging from 18 to 56 years (mean 38.5±9.7. Used instruments: Questionnaire on Eating and Weight Patterns ¾ Revised (QEWP-R for BED or BINGE assessment, Beck Depression Inventory (BDI for depressive symptoms, State - Trait Anxiety Inventory (STAI-TRAIT and STAI-STATE for anxiety and Body Shape Questionnaire (BSQ for body image assessments. RESULTS: In this population BED and BINGE frequencies were 36% and 54%, respectively. Symptoms of depression were detected in 100% while severe symptomatology was found in 84% of the cases. The frequency of anxiety as a trait was 70%, as a state, 54% and 76% of all patients reported discomfort regarding body image. The frequency of BED was higher in patients with higher anxiety scores as a personality trait (>40 but not as a state (46% vs. 13%; p140 in the BSQ assessment. CONCLUSION: Our results indicate a high frequency of binge eating episodes, severe depressive symptoms, anxiety and concern with body image in grade III obesity patients.INTRODUÇÃO: O objetivo desse trabalho é avaliar a freqüência de transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP, episódios de compulsão alimentar periódica (CAP, ansiedade, depressão e distúrbios na imagem corporal em pacientes com obesidade grau III que procuram tratamento para obesidade. MÉTODO: Foram avaliados 50 pacientes (10M e 40F com Índice de Massa Corporal (IMC de 40 a 81,7 Kg/m² (média =52,2±9,2 Kg/m² e idade entre 18 e 56 anos (média de 38,5±9,7. Instrumentos utilizados: Questionário sobre Padrões de Alimentação e Peso ("Questionnaire on Eating and Weight Patterns - Revised" - QEWP

  18. Neonatal administration of fluoxetine did not alter the anxiety indicators, but decreased the locomotor activity in adult rats in the elevated plus-maze Administração neonatal de fluoxetina não alterou os indicadores de ansiedade, mas diminuiu a atividade locomotora em ratos adultos no labirinto elevado em cruz

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdenilson Ribeiro Ribas

    2008-12-01

    Full Text Available The objective of this study was evaluate the anxiety and locomotor activity (LA in 52 Wistar adult male rats, being 26 treated with fluoxetine (10 mg/Kg - sc in the neonatal period. These same rats received foot shock (FS (1.6-mA - 2-s in the 90th day. The anxiety and LA were appraised by plus-maze. The time spent in the open arms was used as anxiety index and the LA was measured by number of entries in closed arms (NECA and the total of entries (TE. T-test was used with pO objetivo deste estudo foi avaliar a ansiedade e a atividade locomotora (AL em 52 ratos Wistar adultos machos, sendo 26 tratados no período neonatal com fluoxetina (10 mg/Kg - sc e no 90º dia, receberam estímulos elétricos nas patas (1,6-mA-2-s. A ansiedade e a AL foram avaliadas por meio do labirinto elevado em cruz. O tempo de permanência dos animais nos braços abertos (BA foi utilizado como índice de ansiedade e a AL medida pelo número de entradas nos braços fechados (NEBF e pelo total de entradas (TE nos BA e BF. O teste t foi utilizado, com (p<0,05 e os dados apresentados em média±erro padrão. Os animais tratados reduziram o NEBF (2,35±0,33 e o TE (3,96±0,61 comparados a seus controles (4,65±0,52 e (6,96±0,94. A administração neonatal de fluoxetina não alterou a ansiedade, mas diminuiu a AL dos animais que receberam EE.

  19. Uso do fluralaner no tratamento da demodicidose canina juvenil generalizada: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.A.B. Bezerra

    Full Text Available RESUMO O objetivo do presente trabalho foi relatar a eficácia do fluralaner no tratamento da demodicidose juvenil generalizada canina. Dois caninos, apresentando dois e três meses de idade, com diagnóstico clínico e parasitológico de demodicidose generalizada, foram tratados com administração única de fluralaner, na dose recomendada em bula pelo fabricante. Além disso, foi realizada a terapia adjuvante à base de xampu de peróxido de benzoíla e domperidona. Observou-se uma resposta terapêutica satisfatória, com repilação completa ao 30º dia após a administração do fármaco. Para cada paciente, foi realizado exame parasitológico do raspado cutâneo aos 75 e 90 dias seguintes ao início do tratamento, e todos foram negativos. Tendo em vista a elevada eficácia do tratamento proposto, sugere-se a inclusão do fluralaner nos protocolos terapêuticos destinados à demodicidose canina, particularmente nos pacientes pediátricos e com a forma generalizada da doença.

  20. Estudo exploratório da síndrome de ansiedade de separação em cães de apartamento Exploratory study of separation anxiety syndrome in apartment dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Marques Soares

    2010-03-01

    Full Text Available A síndrome de ansiedade de separação em animais é um distúrbio de comportamento caracterizado, em cães, por comportamentos indesejados manifestados por esses animais quando afastados de suas figuras de apego. Este trabalho buscou caracterizar o problema na população de cães residentes em apartamento de um bairro no Município de Niterói, Rio de Janeiro (RJ, por meio de uma pesquisa de campo por meio de dois questionários, um para identificação da síndrome de ansiedade de separação (QI-SASA e outro questionário de apoio. Nessa população, 55,9% dos cães apresentaram seus sinais característicos, sendo as manifestações mais frequentes as vocalizações excessivas (53,8%, os comportamentos destrutivos (46,1% e os comportamentos depressivos (34,6%. Os resultados também sugerem um impacto negativo na qualidade de vida dos proprietários dos cães que desenvolvem a SASA.Separation anxiety syndrome in animals is a behavioral disorder characterized by undesirable wanted behaviour showed by dogs when they are away from their attachment figures. In this study, with the goal of understanding the syndrome in indoor dogs from a suburb of the city of Niterói, Rio de Janeiro (RJ, two questionnaires were used: a questionnaire to identify separation anxiety syndrome in animals (QI-SASA and a questionnaire of support. In the surveyed population, 55.9% of the dogs presented clinical signs of SASA, being the most frequent excessive vocalizations (53.8%, destructive behaviours (46.1%, and depressive behaviour (34.6%. The results also suggest a negative impact on the life quality of the owners and dogs.

  1. Influência do sexo e condição de cônjuge nos sintomas de ansiedade, depressão e transtorno de estresse pós-traumático em pacientes admitidos à unidade de terapia intensiva e em seus respectivos cônjuges

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Souza Barros de Oliveira

    2018-03-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Avaliar os efeitos do sexo e da condição de cônjuge nos sintomas de ansiedade, depressão e transtorno de estresse pós-traumático em pacientes admitidos à unidade de terapia intensiva e em seus respectivos cônjuges. Métodos: Estudo prospectivo conduzido em uma unidade de terapia intensiva mista com 22 leitos em um hospital terciário, localizado na capital do Estado de São Paulo. Os pacientes e respectivos cônjuges foram inscritos 2 dias após a admissão à unidade de terapia intensiva. Foram entrevistados durante a permanência na unidade com utilização da ferramenta Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão. Após 30 e 90 dias da alta da unidade de terapia intensiva, os participantes foram avaliados em entrevista realizada por telefone com utilização das ferramentas Escala do Impacto do Evento e Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão. Resultados: No período compreendido entre março de 2011 e março de 2013, avaliamos 118 pacientes e seus respectivos cônjuges. O sexo feminino se associou com pontuações mais elevadas que a dos homens na subescala de ansiedade (p = 0,032 e de depressão (p = 0,034. Não se observou associação entre o sexo e sintomas de transtorno de estresse pós-traumático. No entanto, os cônjuges tiveram pontuações mais elevadas do que os pacientes (p = 0,001. Conclusão: O sexo feminino se associou com ansiedade e depressão, enquanto os cônjuges foram mais vulneráveis que os pacientes aos sintomas de transtorno de estresse pós-traumático. Idade mais avançada e avaliações mais tardias também se associaram com pontuações mais baixas na Escala do Impacto do Evento.

  2. Depressão e ansiedade nos cuidadores de mulheres em fase terminal de câncer de mama e ginecológico Depression and anxiety in caregivers of terminally-ill breast and gynecological cancer patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lucia Rezende

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a freqüencia de ansiedade e depressão em cuidadores principais de mulheres em fase terminal de câncer de mama ou genital. MÉTODOS: para este estudo de corte transversal foram incluídos 133 cuidadores de pacientes sem possibilidades curativas, internadas no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher, entre agosto de 2002 e maio de 2004. Das pacientes incluídas, 71 apresentavam câncer de mama e 62, câncer ginecológico. Foi aplicada a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão e realizada entrevista para obter outras informações como idade, sexo, religião, parentesco com a paciente, profissão, se cuidava de outras pessoas, se a rotina dele mudou e se outras pessoas ajudavam a cuidar da paciente. Utilizou-se a regressão logística para cálculo do odds ratio (OR e seus respectivos intervalos de confiança (IC, para avaliar a relação entre os diagnósticos de ansiedade e depressão entre os cuidadores informais. Para a análise múltipla foi considerado o critério de seleção de variáveis passo a passo. RESULTADOS: observou-se que 43% das pacientes indicaram como cuidador principal a filha e 24% o marido. A maioria dos cuidadores tinha idade superior a 35 anos (63%, 68% eram do sexo feminino, 59% estavam desempregados ou aposentados, 47% cuidavam de outra pessoa e 84% referiram mudança na rotina pelo fato de cuidar. A ansiedade foi detectada em 99 cuidadores principais (74,4% e a depressão em 71 (53,4%, sendo estes estados fortemente relacionados entre si (OR=5,6; IC 95%: 2,2 a 15,9. Na análise bivariada, o marido apresentou menos ansiedade e, após regressão logística, apenas o fato de ser homem esteve relacionado com menor ansiedade. CONCLUSÃO: o processo de cuidar de paciente na fase terminal levou a altas taxas de ansiedade e depressão. Os homens e maridos despontaram neste estudo como cuidadores menos ansiosos.PURPOSE: to evaluate the frequency of anxiety and depression in main caretakers of

  3. Imagem corporal, ansiedade e depressão em pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica Body image, anxiety and depression in obese patients submitted to bariatric surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sebastião Sousa Almeida

    2012-04-01

    Full Text Available Pacientes obesos mórbidos têm recorrido à cirurgia bariátrica como um recurso eficaz para perder peso. Entretanto, este procedimento pode causar alterações comportamentais significativas. O objetivo deste trabalho foi investigar os níveis de ansiedade e depressão, assim como as mudanças sofridas na percepção da imagem corporal em pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica em três momentos: pré-operatório, 6 meses e 12 meses após a cirurgia. Trata-se de um estudo do tipo prospectivo longitudinal, de abordagem quantitativa. No estudo foram aplicados os Inventários de Depressão e Ansiedade de Beck e a Escala Brasileira de Figuras de Silhuetas para Adultos. A cirurgia diminuiu significativamente tanto o índice de massa corporal dos pacientes quanto a insatisfação com a sua imagem corporal. Essa perda de peso e diminuição da insatisfação com a imagem corporal foi acompanhada de redução nos níveis de ansiedade e depressão, o que sugere que estes são fatores importantes no quadro obesidade.Morbidly obese patients often have resorted to bariatric surgery as an effective resource to be used for weight loss. However, this procedure can cause significant behavioral changes. The objective of this study was to investigate levels of anxiety and depression, as well as the changes suffered in the perception of body image in obese patients undergoing bariatric surgery at three different times: preoperatively, 6 months and 12 months after surgery. This is a prospective longitudinal study of a quantitative approach. The study used the Beck Depression Inventory, the Beck Anxiety Inventory and the Brazilian Scale of Figures Silhouettes for Adults. Surgery significantly decreased both the body mass index of patients and dissatisfaction with their body image. This weight loss and decreased body image dissatisfaction was accompanied by reduced levels of anxiety and depression, suggesting that these are important factors in the

  4. Por trás de adenopatias generalizadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliana Branco

    2016-06-01

    Full Text Available Introdução: As adenopatias são frequentes na população pediátrica. Geralmente são secundárias a processos benignos e auto-limitados, mas podem associar-se a situações de maior gravidade. Quando ocorre envolvimento de duas ou mais regiões ganglionares não contíguas é classificada como generalizada, sendo a doença sistémica a causa mais comum. Caso clínico: Adolescente do sexo masculino, 16 anos de idade, admitido no serviço de urgência (SU por tumefação axilar à esquerda com 4 dias de evolução. Sem sintomas sistémicos associados. Negava conviventes doentes ou viagens recentes. De salientar apenas o contato com animais (cão e gato. Ao exame objetivo apresentava adenomegalias na região cervical (bilaterais com cerca de 2 cm de maior diâmetro à esquerda, supraclavicular (à esquerda com cerca de 1 cm de maior diâmetro e axilar (bilaterais com cerca de 1,5 cm de maior diâmetro à esquerda, de consistência elástica, bordos regulares, indolores à palpação e não aderentes aos planos superficiais e profundos. O estudo analítico e a radiografia torácica não revelaram alterações de relevo. Efetuou tomografia computorizada (TC tóraco-abdominopélvica que confirmou a presença de adenopatias generalizadas nomeadamente axilares, mediastínicas, retroperitoneais e mesentéricas. De salientar marcadores víricos negativos. O estudo serológico revelou tratar-se de uma infeção aguda portoxoplasmose, pela presença de IgG e de IgM positivas (>250 UI/L e >10.000 respetivamente. Em consulta de seguimento, foi documentado o decréscimo da IgM (7,66 Index tendo-se verificado concomitantemente uma resolução progressiva e espontânea da sintomatologia. Conclusão: As adenopatias generalizadas estão associadas a inúmeras etiologias constituindo um desafio diagnóstico. A toxoplasmose é uma infeção causada por um parasita intracelular, o Toxoplasma gondii (T.gondii, e a serologia é o teste mais utilizado para

  5. Efeitos da intervenção Hatha-Yoga nos níveis de estresse e ansiedade em mulheres mastectomizadas

    OpenAIRE

    Bernardi, Marina Lima Daleprane; Amorim, Maria Helena Costa; Zandonade, Eliana; Santaella, Danilo Forghieri; Barbosa, Juliana de Assis Novais

    2013-01-01

    O objetivo deste artigo é avaliar os efeitos da Hatha-Yoga nos níveis de estresse e ansiedade de mulheres mastectomizadas, bem como examinar a relação destes níveis com as variáveis: idade, estado civil, religião, escolaridade, profissão, tabagismo, etilismo, estadiamento da doença e fase de tratamento. Trata-se de um ensaio clínico aleatorizado controlado cuja amostra foi constituída por 45 mulheres mastectomizadas atendidas no Ambulatório Ilza Bianco do Hospital Santa Rita de Cássia, Espíri...

  6. Stress, ansiedade, depressão e estratégias de coping em candidatos ao primeiro ano da Academia Militar

    OpenAIRE

    Moura, Carla Sofia Barbosa

    2011-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011 O presente estudo tem como finalidade analisar os estados emocionais dos candidatos ao primeiro ano da Academia Militar, nomeadamente a ansiedade, a depressão e o stress, explorando e tentando compreender o papel das Estratégias de Coping. Adoptou-se o Modelo de Lazarus e Folkman (1984) como fundamento relativamente à probl...

  7. Prevalência e fatores associados a sintomas de ansiedade em uma coorte de gestantes atendidas em um centro de saúde do município do Rio de Janeiro Prevalence of anxiety symptoms and associated factors in a cohort of pregnant women attending a health care center in the municipality of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Marano Rocha Araújo

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: determinar a prevalência e a associação entre variáveis sócio-demográficas, obstétricas, nutricionais e sintomas de ansiedade em gestantes. MÉTODOS: trata-se de estudo prospectivo com cinco ondas de seguimento. A presente análise é transversal e foi realizada com 151 gestantes. A variável dependente foi a presença ou ausência de ansiedade na gestação, medida entre a 19ª e 21ª semana de gestação. Utilizou-se o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE para avaliar a ansiedade traço (a-traço. As variáveis independentes foram extraídas de um questionário com dados sócio-demográficos, obstétricos e nutricionais. A análise estatística foi realizada por meio da técnica de regressão multivariada de Poisson com variância robusta. RESULTADOS as gestantes tinham em média 25 anos e nove anos de escolaridade. A prevalência de ansiedade foi de 64,9% (IC95%: 56,7-72,5. No modelo multivariado observou-se que mulheres mais jovens (entre 18 e 24,9 anos, RP=1,35; IC95%: 1,06-1,71 e de menor escolaridade (um a oito anos, RP=1,39; IC95%: 1,11-1,73 apresentaram maior chance de desenvolver ansiedade. CONCLUSÕES: a prevalência de ansiedade foi elevada nesta amostra de gestantes acompanhadas em uma unidade básica de saúde. O conhecimento dos fatores associados à ansiedade é de fundamental importância para que a equipe multidisciplinar possa intervir de forma precoce e adequada no tratamento das gestantes.OBJECTIVES: to determine the prevalence and the association between socio-demographic, obstetric and nutritional variables and anxiety symptoms in pregnant women. METHODS: the study involved cohorts with five follow-up stages. A cross-sectional analysis was carried out of 151 pregnant women. The presence or absence of anxiety was treated as the dependent variable, which was measured between 19 and 21 weeks of gestation. The State-Trait Anxiety Inventory (STAIT scale was used to evaluate the anxiety trait. The

  8. Validação de equações antropométricas específicas e generalizadas para estimativa do percentual de gordura corporal em estudantes de Educação Física do sexo masculino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Rodrigo BOTH

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar a validade das equações específicas de Guedes e Guedes(7 e das generalizadas de Petroski(9 em universitários do sexo masculino. A amostra foi constituída de 104 universitários de Educação Física com idade média de 21,7 ± 2,7 anos, submetidos à pesagem hidrostática (PH e à antropometria (dobras cutâneas e perímetros corporais. Não foram observadas diferenças estatisticamente significativas entre as medidas de percentual de gordura pela PH e nove equações de Petroski(9. Todos os resultados obtidos pelas equações de Guedes e Guedes(7 apresentaram diferenças significativas quando comparados com os da PH. Entre as equações analisadas, oito desenvolvidas por Petroski(9 apresentaram validade concorrente na amostra estudada.

  9. Ansiedad normal, ansiedad patológica y trastornos de ansiedad: ¿un camino discontinuo?

    OpenAIRE

    Salaberría, Karmele; Fernández-Montalvo, Javier; Echeburúa, Enrique

    1995-01-01

    En este trabajo se analiza la ansiedad en sus distintas acepciones psicológicas. No existe ninguna otra emoción, ni siquiera ningún otro concepto, que sirva para dar nombre al mismo tiempo a una reacción adaptativa normal, a un rasgo de personalidad y a un grupo de trastornos de conducta (los trastornos de ansiedad).

  10. Prevalência de transtornos depressivos e de ansiedade em pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica Prevalence of depression and anxiety disorders in obese patients who underwent bariatric surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mateus Astolfi

    2011-09-01

    Full Text Available A obesidade mórbida está relacionada a muitos transtornos psiquiátricos e possui como opção terapêutica a cirurgia bariátrica. Objetivo: caracterizar a prevalência de transtornos depressivos e de ansiedade em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica no Hospital Universitário Regional de Maringá e do Centro de Cirurgia de Obesidade de Maringá. Métodos: o estudo foi realizado com 50 pacientes obesos mórbidos submetidos à Cirurgia Bariátrica em diferentes períodos: pré-operatório, um mês de pós-operatório, três meses de pós-operatório e seis meses de pós-operatório. A avaliação do Transtorno Depressivo foi realizada pela aplicação do Inventário de Depressão de Beck, sendo outro instrumento utilizado neste trabalho a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HAD. Resultados: a prevalência de quadros sugestivos de ansiedade foi: 40% (20 pacientes no pré-operatório, 18% no primeiro mês pós-operatório, 8% no terceiro mês pós-operatório e 14% no sexto mês pós-operatório. Quadros sugestivos de depressão foram encontrados em: 26% (13 pacientes no pré-operatório, 10% no primeiro mês pós-operatório e no terceiro mês pós-operatório e 8% no sexto mês pós-operatório. Conclusão: Os níveis de Ansiedade foram altos no pré-operatório, diminuíram no 1º e 3º mês pós-operatório e voltaram a subir no sexto mês, atingindo níveis mais altos que no terceiro mês.Morbid obesity is associated to several psychiatric disorders and bariatric surgery is a therapeutic option. Current research characterizes the prevalence of depression and anxiety disorders in patients who underwent bariatric surgery at the Regional Hospital of Maringá and at the Obesity Surgery Center of Maringá, Maringá PR Brazil. Study was undertaken with 50 morbid obese patients who underwent bariatric surgery and comprised different periods, namely, pre-surgery, one month after surgery, three months after surgery and six months

  11. Ansiedade, pânico e o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal

    OpenAIRE

    Graeff,Frederico G

    2007-01-01

    OBJETIVO: Este artigo discute a ativação diferencial do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal no transtorno de ansiedade generalizada e no transtorno de pânico. MÉTODO: Resultados de recentes revisões da literatura são resumidos e discutidos. RESULTADOS: Os resultados de estudos experimentais que dosaram o hormônio adrenocorticotrópico, o cortisol e a prolactina mostram que ataques de pânico naturais, bem como os provocados por agentes panicogênicos seletivos - como lactato de sódio e dióxido de...

  12. Trastornos emocionales de la infancia y la adolescencia : trastorno de ansiedad y depresión

    OpenAIRE

    Betancor Machín, Pedro J.

    2012-01-01

    El presente trabajo pretende ofrecer una visión generalizada de dos de los trastornos más comunes durante la infancia y la adolescencia: la ansiedad y la depresión. Tanto en los niños como en los adolescentes se producen factores de riesgo que provocan que éstos pasen por procesos en los que, cada vez más, se producen episodios estresantes, causantes de un ritmo desenfrenado que conlleva alguno de los trastornos asociados

  13. Uso da aromaterapia no controlo de stresse e ansiedade

    OpenAIRE

    Dias, Paula; Sousa, Maria João; Pereira, Olívia R.

    2014-01-01

    As terapias alternativas e/ou complementares surgem como terapias importantes na prevenção e tratamento de diversos problemas de saúde, de entre o quais o stresse e ansiedade, problemas cada vez mais frequentes na sociedade atual. O presente estudo acerca da utilização de produtos naturais em aromaterapia pretendeu avaliar a eficácia da aromaterapia na diminuição dos níveis de stresse e ansiedade, através da técnica de massagem Effleurage na população de utentes que recorreram à aromaterap...

  14. EFEITOS PSICOFISIOLÓGICOS DO EXERCÍCIO FÍSICO EM PACIENTES COM TRANSTORNOS DE ANSIEDADE E DEPRESSÃO

    OpenAIRE

    Batista, Jefferson Isaac; de Oliveira, Alessandro

    2016-01-01

    O ser humano está sujeito desde sua concepção, a diversas e complicadas transformações, amplamente relacionadas aos aspectos físicos, ambientais, sociais, psicológicos e aos hábitos de atividades do dia a dia. Tais transformações podem levar a várias doenças, dentre elas, atualmente destacam-se os transtornos de ansiedade e depressão. A prática da atividade física sistemática vem sendo tema de vários trabalhos tendo como foco, a possível eficácia na melhoria de seus sintomas e causas. O prese...

  15. Perturbações afectivo-emocionais em contexto de cuidados de saúde primários Depresión, ansiedad y estrés en el ámbito de la atención primaria de salud Depression, anxiety and stress in primary health care settings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Apóstolo

    2011-03-01

    Full Text Available Contexto: O estudo desenvolve-se no contexto do projecto “Ansiedade e Stresse em Cuidados de Saúde Primários” integrado na linha de investigação “Bem-Estar, Saúde e Doença” da Unidade de Investigação da Escola superior de Enfermagem de Coimbra. Objectivos: Descrever os níveis de depressão, ansiedade e stresse de utilizadores de um centro de saúde urbano/rural, analisar as diferenças de género e a relação entre depressão, ansiedade, stresse e idade. Método: Estudo descritivo analítico, aplicando a versão portuguesa da DASS-21 a uma amostra consecutiva (n=441. Resultados: 40% a 50% dos indivíduos apresentam algum grau de perturbação afectivo-emocional (depressão, ansiedade ou stresse. Foram identificados níveis severos ou muito severos de ansiedade e stresse em mais de 17% dos indivíduos e níveis severos ou muito severos de depressão em 12%. As mulheres apresentam níveis médios de depressão, ansiedade e stresse mais elevados que os homens. Depressão, ansiedade e stresse estão forte e positivamente associados. Os indivíduos com idade superior a 65 anos apresentam valores de depressão, ansiedade e stresse mais elevados. Conclusão: Com base nos resultados, dever-se-ão desenvolver estratégias de intervenção individual e comunitária para a promoção da saúde mental e prevenção da doença, particularmente, junto das mulheres e da população idosa.Contexto: El estudio desarrollado en el contexto del proyecto “Ansiedad y Estrés en Cuidados de Salud Primarios” se llevó a cabo en el ámbito de la línea de investigación “Bienestar, Salud y Enfermedad” de la Unidad de Investigación de la Escuela Superior de Enfermería de Coimbra. Objetivos: Describir los niveles de depresión, ansiedad y estrés de los usuarios de un centro de salud urbano/rural, analizar las diferencias de género y la relación entre depresión, ansiedad, estrés y edad. Método: Estudio descriptivo analítico, aplicando la

  16. Depressão, ansiedade, competência social e problemas comportamentais em crianças obesas Depression, anxiety, social competence and behavioral problems in obese children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreia Mara Angelo Gonçalves Luiz

    2005-12-01

    Full Text Available A obesidade infantil alcança índices preocupantes e sua ocorrência na população brasileira tem adquirido grande significância na área da saúde, principalmente devido ao impacto que causa na vida das crianças, trazendo conseqüências físicas, sociais, econômicas e psicológicas. Neste artigo enfatiza-se a depressão, a ansiedade, a competência social e os problemas comportamentais, dentre os múltiplos fatores relacionados à obesidade infantil. São discutidos estudos que mostram estes fatores como causa ou como conseqüência da obesidade infantil, apesar de não haver consenso na área. Porém, a ocorrência concomitante de depressão, ansiedade e déficits de competência social com obesidade infantil demonstra a relevância deste tema. Uma maior difusão desse conhecimento e a proliferação desses estudos são importantes para proporcionar um atendimento e intervenção adequados a essa população.Childhood obesity has high rates of occurrence and in Brazil has acquired great importance in the area of health, mainly due to the consequences to children's lives, bringing physical, social, economical and psychological consequences. In this article we emphasize depression, anxiety, social competence and behavior problems among the multiple factors related to childhood obesity. We discuss studies that present these factors as cause or consequence of childhood obesity, despite the fact that there is no consensus in the area. However, the simultaneous occurrence of depression, anxiety and deficits in social competence and childhood obesity shows the importance of this matter. The awareness of this and more research in the area will improve the quality of life of these patients.

  17. Depressão, ansiedade e competência social em crianças obesas Depression, anxiety and social competence in obese children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreia Mara Angelo Gonçalves Luiz

    2005-04-01

    Full Text Available Obesidade infantil alcança índices preocupantes, e sua ocorrência na população brasileira tem adquirido grande significância na área da saúde, principalmente devido ao impacto que causa na vida das crianças, trazendo conseqüências físicas, sociais, econômicas e psicológicas. Neste artigo dá-se ênfase à depressão, ansiedade e competência social, dentre os múltiplos fatores relacionados à obesidade infantil. Discutem-se aqui estudos que mostram estes fatores como causa ou como conseqüência da obesidade infantil, apesar de não haver consenso na área. Porém, a ocorrência concomitante de depressão, ansiedade e déficits de competência social com obesidade infantil demonstra a relevância deste tema. Uma maior difusão deste conhecimento bem como a proliferação destes estudos são importantes para proporcionar um atendimento e intervenção adequada a essa população.Childhood obesity has high rates of occurrence and in Brazil has acquired great importance in the area of health, mainly due to the consequences to children lives, bringing physical, social, economical and psychological consequences. In this article we emphasize depression, anxiety and social competence among the multiple factors related to childhood obesity. We discuss studies that present these factors as cause or consequence of childhood obesity, despite the fact that there is no consensus in the area. However the simultaneous occurrence of depression, anxiety and deficits in social competence and childhood obesity shows the importance of this matter. The spread of this knowledge and new research in the area will improve the care of these patients.

  18. Percepções relacionadas à execução de tratamentos endodônticos eletivos e perfis de ansiedade, qualidade de sono e qualidade de vida em alunos de graduação em Odontologia : abordagens quantitativa e qualitativa

    OpenAIRE

    Luciana Batista Luz

    2016-01-01

    A Endodontia é considerada pelos acadêmicos como uma das especialidades mais difíceis e estressantes do curso de Odontologia. Poucos são os estudos existentes que avaliam os sentimentos e percepções dos alunos quanto à realização de procedimentos endodônticos eletivos, nem mesmo os perfis de ansiedade, qualidade de vida e qualidade de sono nessa população. O presente estudo teve como objetivo avaliar a experiência dos alunos de graduação em Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do...

  19. Prevalência de transtornos ansiosos e algumas comorbidades em idosos: um estudo de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayara B. Machado

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Avaliar a prevalência de transtornos ansiosos e fatores associados em uma amostra populacional de idosos do Sul de Santa Catarina. Métodos Estudo transversal com base em dados populacionais, que avaliou 1.021 indivíduos idosos entre 60 e 79 anos. Foram realizadas entrevistas domiciliares para aferição de variáveis sobre transtornos ansiosos, por meio do questionário MINI, dados sociodemográficos, hipertensão arterial sistêmica (HAS, infarto agudo do miocárdio (IAM e dosagem de colesterol. Resultados As prevalências entre os transtornos ansiosos foram de 22,0% para o transtorno de ansiedade generalizada (TAG; 14,8% para fobia social (FS; 10,5% para transtorno do pânico (TP; e 8,5% para o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC. Além disso, 40,5% dos indivíduos apresentaram pelo menos um transtorno de ansiedade. A distribuição dos transtornos foi semelhante nos dois gêneros; TAG foi mais prevalente nos indivíduos de menor escolaridade; TOC foi mais presente em indivíduos casados ou em união estável. Em relação às variáveis clínicas, HAS foi associada à presença de TOC; FS foi associada com IAM; TOC e FS foram associados com HDL > 40 mg/dL. Conclusão Os dados demonstram que os quadros de ansiedade são muito frequentes em idosos da comunidade, se sobrepõem de forma significativa e estão associados a algumas variáveis clínicas cardiovasculares.

  20. Sintomas depressivos e de ansiedade em mães durante internação pediátrica em um hospital universitário Depressive symptoms and of anxiety among mothers of pediatric inpatients at a university hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Luiz Guidolin

    2011-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O período de tratamento e recuperação de uma criança hospitalizada pode ser longo. Durante esse tempo em que precisa estar inserida no ambiente hospitalar, muitas vezes institui-se uma crise na vida da criança e da mãe. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de sintomas de ansiedade e depressão materna em mulheres que tiveram seus filhos internados na ala pediátrica do hospital universitário da Universidade Luterana do Brasil (ULBRA. MÉTODOS: Este foi um estudo transversal, com aplicação dos Inventários de Ansiedade e Depressão de Beck (Beck Anxiety and Depression Inventories, respectivamente BAI e BDI em 140 mulheres que se encontravam entre 31 e 365 dias após o parto. Adotamos o ponto de corte > 20 nas escalas BAI e BDI para definir a presença de ansiedade e depressão. RESULTADOS: Do total, 43 mulheres (30,7% apresentaram escores > 20 no BDI, ou seja, foram consideradas deprimidas; 46 (32,9% apresentaram escores > 20 no BAI, tendo sido consideradas ansiosas; 26 mulheres (18,6% apresentavam-se ansiosas e deprimidas. Mulheres em situação de maior vulnerabilidade social apresentaram depressão e ansiedade com maior frequência, especificamente mulheres mais jovens, com menor escolaridade e menor renda, sem plano privado de saúde e com mais filhos. CONCLUSÕES: A atuação preventiva de equipes multidisciplinares, nos primeiros meses após o parto, é necessária devido à alta frequência de sintomas depressivos e de ansiedade nas mães. Com isso, essas mães que se encontram em um ambiente hospitalar podem ser encaminhadas para profissionais de saúde mental adequados.INTRODUCTION: The treatment and recovery of a pediatric inpatient may take a long time. During the child's stay in the hospital environment, it is not uncommon to observe the development of emotional crises affecting both child and mother. OBJECTIVE: To assess the prevalence of depression and anxiety symptoms among mothers who had their children admitted

  1. Comparing Levels of Anxiety During Bed and Shower Baths in Patients with Acute Myocardial Infarction Comparación del nivel de ansiedad entre el baño de aspersión y el realizado en la cama en pacientes con infarto agudo del miocardio Comparação do nível de ansiedade entre o banho de aspersão e o de leito em pacientes com infarto agudo do miocárdio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana de Lima Lopes

    2010-04-01

    Full Text Available This study compared the levels of anxiety presented by patients with acute myocardial infarction in bed and shower baths and the influence of antecedent variables: age, gender, medications, previous hospitalization and/or bed bath, patients' preference regarding the professional's gender, risk factors and anxiety-traits. This crossover study was conducted between February and August 2007 in coronary units. The sample was composed of 71 patients with acute myocardial infarction. The State-Trait Anxiety Inventory (STAI was applied before the baths (bed and shower baths, immediately after the baths and twenty minutes after the second evaluation. Results revealed that patients were more anxious in the bed bath than in the shower in the three assessments (p Este estudio tuvo como objetivo comparar los niveles de ansiedad, generados en el baño en la cama y en el de aspersión, en pacientes con infarto agudo del miocardio, así como la influencia de las variables antecedentes: edad, sexo, medicaciones, internación y/o baño en la cama previo, preferencia del paciente en cuanto al sexo del profesional, factores de riesgo y la ansiedad de trazo. Esta investigación es un estudio cross-over, realizado entre febrero y agosto de 2007, en Unidades Coronarias. La muestra fue constituida por 71 pacientes con infarto agudo del miocardio. El instrumento utilizado fue el IDATE-estado, siendo aplicado antes de los baños (cama y aspersión, inmediatamente después de los baños y veinte minutos después de la segunda evaluación. Los resultados mostraron que los pacientes quedaron más ansiosos cuando realizaron su baño en la cama que cuando realizaron el baño de aspersión, en las tres evaluaciones (pEste estudo teve como objetivo comparar os níveis de ansiedade, gerados no banho no leito e naquele de aspersão, em pacientes com infarto agudo do miocárdio, bem como a influência de variáveis antecedentes: idade, sexo, medicações, internação e/ou banho

  2. Inquérito epidemiológico em população idosa (parte II: saúde bucal, ansiedade, depressão, estresse e uso de medicamentos = Epidemiological survey in elderly people (II: oral health, anxiety, depression, stress, and drug utilization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva, Rafael Menezes

    2016-01-01

    Full Text Available Objetivos: Investigar as correlações existentes entre saúde bucal, ansiedade, depressão, estresse, alterações cognitivas e uso de medicamentos em idosos. Métodos: Os dados foram coletados em domicílio, por meio de questionários sobre dados sociodemográficos e uso de medicações; exames bucais para investigar o índice de dentes cariados, perdidos e obturados; e instrumentos para avaliar a presença de distúrbios psicossociais. Os seguintes instrumentos foram aplicados: Mini Exame do Estado Mental (alterações cognitivas, Escala de Katz (grau de dependência, Inventário de Depressão de Beck, Escala de Depressão Geriátrica (depressão, Inventário de Ansiedade de Beck (ansiedade e Inventário de Sintomas de Stress para adultos de Lipp (estresse. Também se investigou a quantidade de remédios usados. Foi realizada análise descritiva e teste de correlação de Spearman. Resultados: Foram incluídos 37 idosos com idade média de 73,41 anos. O índice CPO-D médio foi 25,38. Dos 37 idosos, 21,6% foram classificados com depressão leve/moderada, 45,9% apresentavam ansiedade, 78,4% tinham comprometimento cognitivo e 54,1% tinham polifarmácia menor. Foram encontradas correlações estatisticamente significativas de forma positiva e moderada entre idade e saúde bucal; de forma negativa moderada entre idade e alterações cognitivas; e de forma positiva forte entre depressão e estresse resistência e entre ansiedade e estresse resistência. Conclusões: Saúde bucal, ansiedade, depressão, estresse e medicação foram fatores correlacionados na amostra de idosos estudada

  3. Inquérito epidemiológico em população idosa (parte II): saúde bucal, ansiedade, depressão, estresse e uso de medicamentos = Epidemiological survey in elderly people (II): oral health, anxiety, depression, stress, and drug utilization

    OpenAIRE

    Silva, Rafael Menezes; Oliveira, Dhelfeson Willya Douglas de; Biscaro, Paulo Cesar Brambilla; Orti, Natália Pinheiro; Sá-Pinto, Ana Clara; Ramos-Jorge, Maria Letícia

    2016-01-01

    Objetivos: Investigar as correlações existentes entre saúde bucal, ansiedade, depressão, estresse, alterações cognitivas e uso de medicamentos em idosos. Métodos: Os dados foram coletados em domicílio, por meio de questionários sobre dados sociodemográficos e uso de medicações; exames bucais para investigar o índice de dentes cariados, perdidos e obturados; e instrumentos para avaliar a presença de distúrbios psicossociais. Os seguintes instrumentos foram aplicados: Mini Exame do Estado Menta...

  4. Ansiedade e depressao entre homens e mulheres submetidos a intervencao coronaria percutanea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rejane Kiyomi Furuya

    2013-12-01

    Full Text Available Estudo descritivo, transversal, correlacional, que objetivou verificar a associação entre a presença de ansiedade e depressão após a alta hospitalar em pacientes submetidos à intervenção coronária percutânea (ICP, segundo o sexo. Foram avaliados 59 pacientes submetidos à ICP e em acompanhamento ambulatorial nos primeiros sete meses após a alta hospitalar. Para avaliação de sintomas de ansiedade e de depressão foi utilizada a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HADS. Para testar as possíveis associações entre as variáveis ansiedade, depressão e sexo foi utilizado o teste de qui-quadrado, com nível de significância de 5%. Os resultados indicaram maior número de mulheres com depressão, sendo que a associação entre as variáveis sexo e depressão mostrou-se estatisticamente significativa. Em relação à ansiedade, os casos foram mais frequentes no sexo masculino e a associação entre as variáveis sexo e ansiedade não foi estatisticamente significativa.

  5. EFICACIA DE UNA INTERVENCIÓN PARA DISMINUIR LA ANSIEDAD FRENTE A LOS EXÁMENES EN ESTUDIANTES UNIVERSITARIOS ARGENTINOS/ EFFICACY OF AN INTERVENTION AIMED AT REDUCING TEST ANXIETY IN ARGENTINEAN UNIVERSITY STUDENTS/ EFICÁCIA DE UMA INTERVENÇÃO PARA DIMINUIR A ANSIEDADE ANTE OS EXAMES EM ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS ARGENTINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Alberto Furlan

    2013-06-01

    Full Text Available Se evaluó la efectividad de un programa para disminuir la ansiedad ante los exámenes, la procrastinación académica e incrementar la autoeficacia regulatoria, con 19 estudiantes universitarios de Argentina. El programa estimula el automonitoreo de las estrategias de aprendizaje implementadas, el aprendizaje de técnicas cognitivo-conductuales de control de la ansiedad y el ensayo anticipado de exámenes. Al comparar los resultados pre- y posintervención, se constataron mejorías moderadas. Se deben revisar los procedimientos para incrementar la adherencia al programa y la validez de los resultados.

  6. The relationship between the severity of asthma and comorbidites with anxiety and depressive disorders Relação entre a gravidade da asma e comorbidade com transtornos de ansiedade e depressão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre M Valença

    2006-09-01

    utilização do Mini-International Neuropsychiatric Interview 4.4 Version. RESULTADOS: Vinte e sete (43,5% pacientes preencheram os critérios para ao menos um diagnóstico psiquiátrico. Os diagnósticos mais freqüentes foram depressão maior (24,0%, transtorno de ansiedade generalizada (20,9% e transtornos do espectro pânico/agorafobia (17,7%. Não encontramos diferenças significativas na prevalência de transtornos de ansiedade e depressão entre os grupos com asma leve/moderada e com asma grave. Apesar da alta freqüência de depressão e transtornos de ansiedade, apenas 4 (6,5% pacientes estavam em tratamento psiquiátrico e 13 (20,9% estavam usando benzodiazepínicos. Doze dos 15 (80,0% pacientes em uso de medicação psicotrópica não estavam em tratamento psiquiátrico no momento do estudo. CONCLUSÃO: Nossos resultados demonstram a elevada comorbidade de transtornos de ansiedade e depressão em pacientes asmáticos, independente da gravidade da asma.

  7. A review on predictors of treatment outcome in social anxiety disorder Uma revisão sobre fatores de predição de resposta ao tratamento no transtorno de ansiedade social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Costa Cabral Mululo

    2012-03-01

    Full Text Available OBJECTIVE: This article aims to review the clinical features and therapeutic characteristics that may predict treatment response in patients with social anxiety disorder (SAD. METHODS: A systematic review of trials identified through databases of ISI, Medline, PsycInfo, Cochrane, LILACS, Current Controlled Trials, and in references of previously selected articles published in English up to December 2010. In our literature search, we used the words prediction/predictors and social anxiety disorder or social phobia. RESULTS: Early onset, greater disease severity, comorbidity with other anxiety disorders (including generalized anxiety disorder and simple phobia, and high expectations about the role of the therapist emerged as potential predictors of less effective treatment in SAD. CONCLUSIONS: Knowledge of various clinical and treatment features may help professionals to predict possible responses to therapeutic interventions in patients with SAD. However, given the diversity of measures used to assess response, further studies should be performed with standardized methods to investigate the aspects related to treatment resistance in SAD.OBJETIVO: Este artigo tem por objetivo descrever as principais características clínicas e terapêuticas que possam predizer resposta ao tratamento em pacientes com transtorno de ansiedade social (TAS. MÉTODOS: Revisão sistemática de ensaios clínicos identificados através das bases de dados ISI, Medline, PsycInfo, Cochrane, LILACS, Current Controlled Trials e em referências bibliográficas de artigos previamente selecionados publicados em inglês até dezembro de 2010. As seguintes palavras-chave foram utilizadas em nossa busca bibliográfica: prediction/predictors e social anxiety disorder ou social phobia. RESULTADOS: Início precoce, maior gravidade da doença, comorbidade com outros transtornos de ansiedade (incluindo o transtorno de ansiedade generalizada e fobia simples e alta expectativa sobre o

  8. Relaciones entre ansiedad escolar, ansiedad rasgo, ansiedad estado y depresión en una muestra de adolescentes españoles

    OpenAIRE

    Martínez-Monteagudo, Mari Carmen; García-Fernández, José Manuel; Inglés, Cándido J.

    2013-01-01

    Diferentes estudios han analizado la ansiedad escolar como un constructo unitario sin atender a las diferentes situaciones y sistemas de respuesta que conforman este constructo. El presente estudio considera la ansiedad escolar como un constructo multidimensional y su objetivo fue analizar las relaciones y capacidad predictiva de las situaciones y sistemas de respuesta de la ansiedad escolar sobre la ansiedad rasgo, la ansiedad estado y la depresión. El Inventario de Ansiedad Escolar (IAES), ...

  9. Prevalence of depression and anxiety disorders in hospitalized patients at the dermatology clinical ward of a university hospital Prevalência de depressão e ansiedade em pacientes hospitalizados na enfermaria da clínica de dermatologia de um hospital universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Rita Polo Gascón

    2012-06-01

    Full Text Available BACKGROUND: The objective of this study was to estimate the prevalence of depression and anxiety disorders in hospitalized patients at the dermatology ward at a university hospital in São Paulo, Brazil. OBJECTIVE: To assess the prevalence of mood and anxiety disorders in hospitalized patients at the dermatology ward at a university hospital in São Paulo. METHOD: A total of 75 patients, men and women, aged between 18 and 76 years, took part in the research. The study employed a descriptive, cross sectional and correlational method. The data was collected by means of a social demographic questionnaire and the PRIME-MD. RESULTS: It was found that 45.3 percent of the subjects presented with depressive symptoms, and 52 percent presented with symptoms of anxiety and that this survey showed moderate and high significant correlations (pFUNDAMENTOS: O presente estudo teve como objetivo verificar a freqüência de depressão e ansiedade em pacientes internados na Divisão da Clínica de Dermatologia de um hospital universitário de São Paulo. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de depressão e ansiedade em pacientes hospitalizados na enfermaria da clínica de dermatologia de um hospital universitário em São Paulo. MÉTODO: Participaram da pesquisa 75 sujeitos, homens e mulheres, entre 18 e 76 anos. O delineamento do estudo foi transversal e descritivo. Os instrumentos utilizados foram Entrevista Sócio Demográfica e PRIME-MD. RESULTADOS: Identificou-se a presença de depressão em 45,3% e de ansiedade em 52% dos pacientes avaliados. CONCLUSÃO: Verificou-se correlação moderada e altamente significativa (p<0,01; r =0,616 para os índices de depressão e ansiedade, que pode evidenciar a relação entre adoecimento físico e psíquico muito encontrada na literatura.

  10. Sintomas depressivos e de ansiedade e apoio social estão associados de modo independente à qualidade de vida específica da doença em pacientes colombianos com artrite reumatoide

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heather L. Rogers

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:Analisar a relação entre a qualidade de vida (QV específica da doença e fatores sociodemográficos, clínicos e psicossociais em pacientes colombianos com artrite reumatoide (AR.Métodos:Recrutaram-se 103 pacientes com AR em centros ambulatoriais de Neiva, na Colômbia. Eles responderam ao Disease Activity Scale 28 (DAS-28, QOL-RA, Escala de Autoavaliação da Depressão de Zung, Inventário de Ansiedade Traço-Estado (Idate, Interpersonal Support Evaluation List-12 (Isel-12 e Symptom Checklist-90 Revised (SCL-90R.Resultados:Escores mais baixos de QOL-RA estiveram associados a uma pior condição socioeconômica (CSE; r = 0,26, p < 0,01, maior probabilidade de usar opioides (t = -2,51, p < 0,05, maior probabilidade de doença pulmonar comórbida (t = -2,22, p < 0,05 e pontuações inferiores nas subescalas do ISEL-12 (r's = 0,41-0,31, p's < 0,001. Uma menor pontuação no QOL-RA esteve associada a escores mais elevados no DAS-28 (r = -0,28, p < 0,01, Escala Analógica Visual (EVA; r = -0,35, p < 0,001, Escala de Autoavaliação da Depressão de Zung (r = -0,72, p < 0,001, Idate-Estado (r = -0,66, p < 0,001, Idate-Traço (r = -0,70, p < 0,001, SCL-90R Índice de Gravidade Global (r = -0,50, p < 0,001, SCL-90R Total de Sintomas Positivos (r = -0,57, p < 0,001 e todas as subescalas do SCL-90R (r's = -0,54 a -0,21, p's < 0,01. Um modelo de regressão linear múltipla indicou que a CSE (B = 2,77, p < 0,05, a Escala de Autoavaliação da Depressão de Zung (B = -0,53, p < 0,001, o Idate-Estado (B = -0,26, p < 0,05 e o Isel-12 Pertencimento (B = 1,15, p < 0,01 estavam independentemente associados à pontuação no QOL-RA, mesmo quando controlados por associações significativas.Conclusões:Mais sintomas depressivos e de ansiedade estiveram independentemente associados a uma menor QV específica da doença, enquanto a percepção aumentada de ter pessoas com quem fazer atividades (pertencimento, apoio social e CSE mais elevados

  11. AVALIAÇÃO DA ANSIEDADE ODONTOLÓGICA DE CRIANÇAS SUBMETIDAS AO TRATAMENTO ODONTOLÓGICO

    OpenAIRE

    Ribas, Tatiane Araújo; Guimarães, Vanessa Passos; Losso, Estela Maris

    2016-01-01

    Embora a literatura relate uma associação entre ansiedade materna e infantil em crianças de idade pré-escolar, esta relação não está estabelecida em crianças maiores. O objetivo deste trabalho foi avaliar o nível de ansiedade odontológica das crianças em idade escolar e das mães, verificando se há uma correlação da ansiedade materna e infantil, bem como se a ansiedade dental tem relação com o procedimento realizado (com ou sem o uso de anestesia local). Para isto foi aplicado o questionário d...

  12. Suporte Social, Sintomas de Ansiedade e Depressão e Satisfação com a Vida em Idosos sob Resposta Social

    OpenAIRE

    Pardal, Alexandra

    2011-01-01

    A investigação tem mostrado a importância do suporte social sobre a saúde mental, mas esse estudo não foi ainda feito em Portugal com idosos. Assim, é nosso objectivo estudar a relação entre a percepção do suporte social, a satisfação com a vida, os sintomas ansiosos e os sintomas depressivos. Recolhemos uma amostra composta por 46 sujeitos idosos, com idades compreendidas entre os 65 e os 95 anos. Utilizámos o Geriatric Anxiety Inventory (GAI) e Geriatric Depression Scale (GDS) para avaliaçã...

  13. Realidade virtual aplicada ao tratamento da ansiedade social

    OpenAIRE

    Pinheiro, Tânia Cristina Martins

    2012-01-01

    Trabalho de projecto de mestrado em Engenharia Informática (Engenharia de Software), apresentado à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2012 A ansiedade social é uma patologia debilitante que prejudica e diminui a qualidade de vida. O tratamento existe e ´e composto por várias terapias realizadas em simultâneo, sendo uma delas a terapia de exposição¸. Com a evolução tecnológica, surgiu a possibilidade de aplicar a Realidade Virtual `a terapia de exposição¸ (Terapia de ...

  14. Efectividad de la auriculoterapia en el tratamiento de la ansiedad en el adulto mayor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Onelia Díaz Rivadeneira

    2015-05-01

    Full Text Available Se realizó un estudio experimental, para determinar la efectividad de la auriculoterapia en pacientes adultos mayores con ansiedad, comparada con el tratamiento convencional, remitidos a la consulta de Medicina Tradicional y Natural del policlínico “Julio Antonio Mella”, Camagüey, Cuba; en el período comprendido entre enero y diciembre de 2013, previa valoración por psiquiatría. El universo fue de 520 pacientes adultos mayores con diagnóstico de ansiedad generalizada, remitidos de la consulta de psiquiatría de la entidad antes mencionada. La muestra quedó constituida por 60 de ellos, que además no habían ingerido psicofármacos en un período menor a seis semanas. Se formaron dos grupos, uno control (30, con tratamiento convencional, y otro de estudio (30, con auriculoterapia. La asignación de los sujetos a cada grupo fue por el método aleatorio simple. Al grupo de estudio se le aplicó esquema de tratamiento con auriculoterapia y al grupo control se le aplicó tratamiento farmacológico convencional. En los resultados obtenidos se observó que el grupo de edades más afectadas por la ansiedad fue el de 70 a 74 años y predominó el sexo femenino. El insomnio, la irritabilidad y la dificultad de memoria fueron los síntomas que más se observaron en el estudio. Al finalizar el tratamiento los síntomas disminuyeron de forma más apreciable en el grupo tratado con auriculoterapia. La auriculoterapia fue más eficaz en el tratamiento de la ansiedad y es una técnica prácticamente inocua, con la cual se puede disminuir la utilización de psicofármacos

  15. A adolescência generalizada como efeito do discurso do capitalista e da adultez erodida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Ricardo Pereira

    2014-08-01

    Full Text Available A noção de que vivemos em tempos de adolescência generalizada coloca em questão tanto o que diz respeito a formas contemporâneas do laço social quanto o conceito de adolescência em psicanálise para interpretá-las. As novas configurações produzem o empobrecimento do espaço público como sítio de construção de experiências. Destacamos como um dos efeitos de tal empobrecimento a disseminação do "discurso capitalista", que não promove o laço social, ao contrário, promove uma ilusão de completude ao nivelar sujeito e objeto. Essa espécie de curto-circuito produzido pelas práticas da cultura leva também à idealização do lugar da adolescência como tempo sublime da existência, a ser eternizado, e que resulta em um paradoxo de difícil solução por parte do jovem para atravessá-lo. Se todos querem eternizar o lugar da juventude, quem vai ocupar o lugar do adulto na relação com os adolescentes?

  16. Crisis miasténica generalizada en un Shih Tzu

    OpenAIRE

    Recio-Caride, A.

    2012-01-01

    La miastenia gravis (MG) es una de las enfermedades neuromusculares más frecuentes en perros. Según su causa puede ser congénita o adquirida, y según su localización puede ser focal o generalizada. Puede afectar a animales de distintas edades, sexos y razas, aunque existen algunas razas con mayor predisposición. Dentro de los tipos de presentación clínica de las MG adquiridas, está la denominada Miastenia fulminante o Crisis miasténica, cuya frecuencia de aparición es menor, pero de mayor gra...

  17. Uso do Modelo de Equações de Estimativas Generalizadas na análise de dados longitudinais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Santos Pinto Guimarães

    2013-02-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo apresentar o método de Equações de Estimativas Generalizadas (GEE para a análise de dados longitudinais, considerada, em muitas ocasiões da área médica, melhor que a análise de variâncias para medidas repetidas. Para um melhor entendimento, apresentamos um exemplo no programa SPSS, versão 18.0.0, mostrando como esta pode ser realizada e interpretada.

  18. Comorbidade em crianças e adolescentes com transtorno do déficit de atenção: resultados preliminares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza Isabella

    2001-01-01

    Full Text Available Trinta e quatro crianças e adolescentes com idades entre 6 e 16 anos, com diagnóstico de transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH segundo a DSM-IV, foram examinadas e avaliadas quanto a comorbidade com outros transtornos psiquiátricos através do questionário padronizado P-CHIPS aplicado aos pais. Observou-se expressiva ocorrência de transtornos comórbidos (85,7%, sendo o transtorno opositivo-desafiador (20,6% e o transtorno de conduta (39,2% os mais comuns. Pelo menos dois outros diagnósticos que não o de TDAH puderam ser observados em 57% da amostra. A depressão maior pode ser diagnosticada em quatro casos e quadros ansiosos (transtorno de ansiedade generalizada, ansiedade de separação e fobias foram observados em 34,3% da amostra. A presença de comorbidade altera de modo significativo o prognóstico da enfermidade e pode sugerir estratégias terapêuticas específicas dependendo de cada caso. A comorbidade frequente também pode sugerir a necessidade do uso de entrevistas diagnósticas que contemplam outros transtornos psiquiátricos.

  19. Ansiedad ante los exámenes

    OpenAIRE

    Fernández Geijo, Julia

    2014-01-01

    El presente trabajo realiza una investigación para evaluar las repuestas de ansiedad de 33 alumnos de primer curso de bachillerato previamente a la realización de un examen. Se ha evaluado también su puntuación en ansiedad rasgo y la frecuencia de pensamientos irracionales, observando cómo influye en su rendimiento

  20. Eficácia da aromaterapia na redução de níveis de estresse e ansiedade em alunos de graduação da área da saúde: estudo preliminar Effectiveness of aromatherapy in reducing stress and anxiety levels in undergraduate health science students: a preliminary study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandra Santantonio de Lyra

    2010-03-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo verificar a eficácia de aromaterapia na diminuição de níveis de estresse e ansiedade (traço e estado de alunos de graduação de cursos na área da saúde. Participaram do estudo 36 sujeitos, com idade entre 18 e 29 anos, que foram divididos entre os que receberam tratamento (grupo aroma, n=18 e o grupo controle (n=18. Os sujeitos foram avaliados quanto a níveis de estresse e ansiedade antes e após o período de intervenção, pela Lista de Sintomas de Estresse e pelo Inventário de Ansiedade Traço e Estado. O tratamento de aromaterapia consistiu em sete sessões (duas vezes por semana de dez minutos de inalação com uma sinergia de óleos essenciais elaborada especificamente. Os escores de estresse e ansiedade antes e depois do tratamento foram comparados estatisticamente, com nível de significância de 5% (pThe purpose of this study was to assess the efficacy of aromatherapy in decreasing stress and anxiety levels in undergraduate health science students. Thirty-six students aged 18 to 29 were divided into those who received treatment (aroma group, n=18 and a control group (n=18. All subjects were assessed as to stress and anxiety levels before and after the treatment, by means of the List of Stress Symptoms and the State-Trait Anxiety Inventory. The aromatherapy treatment consisted in twice weekly, 10-minute inhalations of a synergy of essential oils made specifically for this study, for a total of 7 sessions. Stress and anxiety scores measured before and after treatment were statistically compared, with significance level set at 5% (p<0.05. The aroma group showed a significant (p<0,05 decrease in stress (less 24% and anxitey (less 13% and 19% levels, while in control group only a significant, though lesser (11% stress level decrease could be noticed. Aromatherapy thus proved effective in reducing stress and anxiety levels in graduate health students, but there is still great need to further studies to

  1. Algumas considerações sobre o paciente cirúrgico e a ansiedade

    OpenAIRE

    Peniche, Aparecida de Cássia Giani; Chaves, Eliane Corrêa

    2000-01-01

    Este artigo é parte resultante da pesquisa intitulada "A influência da ansiedade na resposta do paciente no período pós-operatório imediato" e tem como objetivos oferecer os aspectos teóricos da ansiedade e compartilhar as dificuldades existentes em avaliar o estado emocional do paciente no período pré-operatório, assim como insuficiência de embasamento teórico da enfermeira para intervir nesta situação. This study aims at giving theorical aspects of the anxiety and discussing about the di...

  2. Anxiety and depression symptoms in women with and without binge eating disorder enrolled in weight loss programs Sintomas de ansiedade e depressão em mulheres com e sem compulsão alimentar participantes de programas de redução de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Armentano Bittencourt

    2012-01-01

    Full Text Available OBJECTIVES: 1 To investigate the association between binge eating scores, anxiety and depression symptoms, and body mass index (BMI, and 2 to assess the presence of differences in severity of anxiety symptoms, severity of depression symptoms, and BMI in women with and without binge eating disorder. METHOD: The sample comprised 113 women aged between 22 and 60 years (39.35±10.85 enrolled in weight loss programs in Porto Alegre, southern Brazil. The following instruments were used: structured interview, Brazilian Economic Classification Criteria, Beck Anxiety Inventory, Beck Depression Inventory, and Binge Eating Scale. Data were analyzed using descriptive and inferential statistics. RESULTS: A positive association was found between binge eating scores and the severity of anxiety symptoms (p OBJETIVOS: 1 Investigar a associação entre escores de compulsão alimentar, sintomas de ansiedade e de depressão e índice de massa corporal (IMC; e 2 verificar se existe diferença na intensidade dos sintomas de ansiedade, dos sintomas depressivos e no IMC em mulheres com e sem compulsão alimentar. MÉTODO: A amostra foi composta de 113 mulheres com idade entre 22 e 60 anos (39,35±10,85, participantes de programas de redução de peso na cidade de Porto Alegre, sul do Brasil. Foram aplicados os seguintes instrumentos: entrevista estruturada, Critérios de Classificação Econômica Brasil, Inventário de Ansiedade de Beck, Inventário de Depressão de Beck e Escala de Compulsão Alimentar Periódica. Os dados foram analisados utilizando-se estatística descritiva e inferencial. RESULTADOS: Houve associação positiva entre os escores de compulsão alimentar e a intensidade dos sintomas de ansiedade (p < 0,001 e de depressão (p < 0,001. Não foi observada associação significativa (p = 0,341 entre IMC e escores de compulsão alimentar. Houve diferença significativa entre mulheres com e sem compulsão alimentar com relação à intensidade dos sintomas

  3. Avaliação da ansiedade e do viés de atenção no canal visual para estímulos emocionais em uma amostra não clínica Assessment of anxiety and attentional bias in the visual channel toward emotional stimuli in a non-clinical sample

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson Vieira Melo

    2012-04-01

    Full Text Available A ansiedade vem sendo estudada como fator capaz de influenciar a atenção visual seletiva em experimentos como a Visual Probe Detection Task (VPDT. Este estudo objetivou comparar o viés de atenção para imagens emocionais em pessoas com diferentes níveis de ansiedade de traço e estado usando a VPDT. Oitenta e dois estudantes universitários responderam ao IDATE. Na VPDT, utilizaram-se 12 pares de imagens com alto nível de ativação e valência negativa, pareadas com imagens controles neutras, do International Affective Picture System (IAPS. Os estímulos eram apresentados durante 200 m. O viés de atenção não foi diferente entre os participantes com baixos e altos níveis de ansiedade de traço e estado. Tais resultados indicaram que elas não são importantes para o viés de atenção para estímulos negativos com altos níveis de ativação. Além disso, é possível que o viés de atenção para estímulos ansiogênicos seja observado apenas em populações clínicas.Anxiety has been observed as a factor capable to influence the visual selective attention in experiments such as the Visual Probe Detection Task (VPDT. This study aimed to compare the attentional bias to emotional images in people with different levels of trait and state anxiety using a VPDT. Eighty-two undergraduate students performed VPDT and answered the State and Trait Anxiety Inventory. In VPDT, 12 pairs of images from International Affective Picture System (emotional image with high arousal level and negative valence/and one control, neutral were presented during 200 m. There was no attentional bias difference between the participants neither with low nor high levels of trait or state of anxiety. These results indicated that trait or state anxiety might not be important to attentional bias to negative and arousing visual stimuli. It is possible that just clinical populations with anxiety disorders often show attentional bias to anxiogenic stimuli.

  4. O conceito de ansiedade na análise do comportamento

    OpenAIRE

    Coêlho,Nilzabeth Leite; Tourinho,Emmanuel Zagury

    2008-01-01

    O conceito de ansiedade tem sido empregado na Análise do Comportamento sob controle de diferentes eventos ou relações. Neste artigo, oferecemos uma revisão dos modos como a análise do comportamento tem concebido teórica e conceitualmente o fenômeno da ansiedade e das relações que são colocadas em destaque nessas elaborações. Iniciamos com uma descrição dos usos correntes do conceito de ansiedade, assinalando que variam quanto ao papel atribuído às alterações fisiológicas, à definição das rela...

  5. Associação entre ansiedade e hipermobilidade articular: estudos com diferentes amostras

    OpenAIRE

    Simone Bianchi Sanches

    2014-01-01

    Introdução: A ansiedade pode se manifestar por meio de sintomas físicos e autonômicos. Os transtornos de ansiedade são geralmente descritos por uma interação de sintomas somáticos e sinais subjetivos, o que aumenta a importância de um conhecimento mais amplo sobre como esses fatores estão relacionados e ocorrem em conjunto com distúrbios psiquiátricos e não psiquiátricas. Assim, a ansiedade pode estar associada a diversas condições médicas, entre as quais a hipermobilidade articular. A hiperm...

  6. Flor de Citrus aurantium e ansiedade pré-operatória

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mahmood Akhlaghi

    2011-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Reduzir a ansiedade é muito importante antes da operação. A visita no pré-operatório e a utilização de pré-medicação são os métodos mais populares para se atingir esse objetivo, mas o papel da pré-medicação ansiolítica permanece incerto e os efeitos colaterais no pós-operatório podem partir de uma pré-medicação de rotina. Citrus aurantium é usado como medicina alternativa em alguns países para tratar a ansiedade. Recentemente, o papel ansiolítico dessa planta medicinal foi estabelecido em um estudo realizado em modelo animal. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito ansiolítico da flor de Citrus aurantium sobre a ansiedade pré-operatória. MÉTODOS: Foram estudados 60 pacientes ASA I submetidos a uma pequena cirurgia. Em um desenho randomizado e duplo-cego, dois grupos de 30 pacientes receberam uma das seguintes MPA oral duas horas antes da indução da anestesia: 1 Citrus aurantium destilado 1 mL.kg-1 (Grupo C; 2 solução salina 1 mL.kg-1 como placebo (Grupo P. A ansiedade foi medida antes e após pré-medicação com o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE e a Escala de Ansiedade e Informação Pré-Operatória de Amsterdam (APAIS antes da operação. RESULTADOS: Após pré-medicação, tanto o IDATE quanto as escalas APAIS estavam diminuídos no Grupo C (p < 0,05, embora não tenham apresentado alterações significativas no Grupo P. CONCLUSÕES:Citrus aurantium pode mostrar-se eficaz na redução da ansiedade pré-operatória em cirurgias de pequeno porte.

  7. Ansiedade social e abuso de propranolol: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fontanella Bruno José Barcellos

    2003-01-01

    Full Text Available Paciente com grave ansiedade social automedicou-se com propranolol durante seis anos, em doses de até 320 mg/d. Além do tratamento psicanalítico que já havia iniciado, foi tratada com tranilcipromina, apresentando melhora parcial do quadro fóbico e do abuso do betabloqueador. Após introdução de paroxetina, houve melhora ainda mais pronunciada. Apesar da automedicação com uma substância potencialmente eficaz em alguns casos, perpetuou-se durante anos um grave padrão fóbico de comportamento. O caso exemplifica as dificuldades de procura de tratamento específico pela população de fóbicos sociais. Levanta-se a hipótese da existência de uma prática crescente de automedicação com betabloqueadores entre fóbicos sociais e pessoas com ansiedade de desempenho, problema cuja relevância para a saúde pública ainda não foi pesquisada.

  8. Sexual dysfunction, depression, and anxiety in young women according to relationship status: an online survey Disfunção sexual, depressão e ansiedade em mulheres jovens de acordo com o status de relacionamento: uma pesquisa on-line

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valeska Martinho Pereira

    2013-01-01

    Full Text Available BACKGROUND: Sexual dysfunction is a common, still poorly understood problem among women. Being or not in a relationship seems to be a risk factor for sexual dysfunction. OBJECTIVES: To evaluate the presence of sexual problems, anxiety, and depression in young women and to correlate findings with current relationship status (single, in a committed relationship, or married. METHODS: Data were collected trough an online survey from a total of 155 women aged between 20 and 29 years. Sociodemographic data were collected, and both the Hospital Anxiety and Depression scale and the Female Sexual Function Index were applied. Data were statistically analyzed using the chi-square and Kruskal-Wallis tests, and groups were compared in 2 x 2 matrices using the Mann-Whitney test. RESULTS: Single women showed a significantly higher prevalence of problems in the lubrication (45.3%, orgasm (53.1%, satisfaction (67.2%, and pain (50% domains and also in total Female Sexual Function Index scores (60.9% in comparison with the other groups. Additionally, significantly higher depression scores were found among single women (5.89±3.3 in comparison to those in a committed relationship (4.05±2.83. Anxiety scores were similar in all groups. CONCLUSION: Our findings suggest that single women have a poorer sexual function and are more likely to have mood disorders in comparison to their peers involved in stable relationships.CONTEXTO: Disfunção sexual é um problema comum e ainda pouco compreendido entre mulheres. Estar ou não em um relacionamento parece ser um fator de risco para disfunção sexual. OBJETIVO: Avaliar a presença de problemas sexuais, ansiedade e depressão em jovens mulheres e correlacionar os achados ao estado de relacionamento atual (solteiras, em relacionamento sério ou casadas. MÉTODOS: Dados foram coletados através de pesquisa on-line de um total de 155 mulheres com idade entre 20 e 29 anos. Foram coletados dados sociodemográficos, e a Escala

  9. Prevalencia de ansiedad en estudiantes universitarios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaiberth A. Cardona-Arias

    2015-01-01

    Full Text Available Los universitarios constituyen un grupo de riesgo para la ansiedad por sus exigencias psicológicas, sociales, académicas y elevado estrés. El objetivo de este trabajo fue determinar la prevalencia de ansiedad en estudiantes de una universidad privada de Medellín y su asociación con aspectos sociode - mográficos y académicos. El método de estudio de prevalencia se llevó a cabo con 200 estudiantes se - leccionados mediante muestreo probabilístico estra - tificado. La tamización de ansiedad se realizó con la escala de Zung. Se evaluó la fiabilidad de la escala con el α de Cronbach, el análisis se realizó con me - didas de resumen, frecuencias, U de Mann Whitney y chi cuadrado, en SPSS 21®. Los resultados eviden - cian que la prevalencia de ansiedad fue 58 %. La es - cala de Zung presentó una excelente fiabilidad con α de Cronbach de 0,8. La prevalencia de ansiedad presentó una distribución estadísticamente igual se - gún el sexo y el grupo etario; no se halló asociación con el ciclo de formación, el programa académico, la edad, los créditos matriculados, ni la ocupación. La ansiedad fue estadísticamente menor en los es - tudiantes de clase media. Se halló una elevada pre - valencia de ansiedad, lo que pone de manifiesto la necesidad de desarrollar de estrategias educativas, identificar estudiantes de mayor riesgo e iniciar intervenciones en salud de manera oportuna.

  10. Evaluation of light/dark cycle in anxiety- and depressive-like behaviors after regular treatment with methylphenidate hydrochloride in rats of different ages Avaliação do ciclo claro e escuro no comportamento relacionado à ansiedade e à depressão em ratos de diferentes idades após tratamento crônico com hidrocloridrato de metilfenidato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karin M. Gomes

    2011-03-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Methylphenidate hydrochloride is the most widely used medication for treatment and management of attention-deficit hyperactivity disorder. However, the chronic effects of methylphenidate hydrochloride on anxiety- and depressive-like rat behaviors remain poorly investigated. In this context, the present study evaluated the effects of treatment with methylphenidate hydrochloride on anxiety- and depressive-like behaviors using young and adult rats during the light and the dark cycle. METHOD: Male Wistar rats (25 or 60 days old received a once-daily (in either the light or dark cycle methylphenidate hydrochloride (2mg/kg or saline intraperitoneal injection for 28 days. We performed elevated plus maze and forced swimming test two hours after the last injection. RESULTS: The light/dark cycle was a significant factor in the anxiety-like behaviors; however, no significant interaction between all three factors (cycle, age and methylphenidate hydrochloride was found. Nevertheless, we observed a nominally significant interaction between the light/ dark cycle and age in the forced swimming test. CONCLUSION: Our results have shown that age and the light/dark cycle are more significant modulators of anxiety- and depressive-like behaviors than methylphenidate hydrochloride treatment.OBJETIVO: Hidrocloridrato de metilfenidato é a medicação preferida para o tratamento e manutenção do transtorno de atenção e hiperatividade. No entanto, os efeitos do tratamento crônico com hidrocloridrato de metilfenidato em diferentes idades e ciclos sobre o comportamento relacionado à ansiedade e à depressão ainda não está claro. Neste contexto, o presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos do tratamento com hidrocloridrato de metilfenidato sobre o comportamento relacionado à ansiedade e à depressão em diferentes idades e no ciclo claro e escuro. MÉTODO: Foram utilizados ratos Wistar machos jovens e adultos que receberam uma vez ao dia

  11. Acute generalized exanthematous pustulosis (AGEP. Case report Pustulose exantemática aguda generalizada (AGEP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Belda Junior

    2005-06-01

    Full Text Available Acute Generalized Exanthematous Pustulosis (AGEP is a drug-induced dermatosis characterized by an acute episode of sterile pustules over erythematous-edematous skin. It is accompanied by an episode of fever, which regresses a few days after discontinuation of the drug that caused the condition or as a result of corticosteroid treatment. The main triggering drugs are antibiotics, mainly beta-lactam ones. Other medications, such as antifungal agents, non steroid anti-inflammatory drugs, analgesics, antiarrhythmic, anticonvulsant and antidepressant drugs, may also be responsible. Histologically, it is characterized by the existence of vasculitis, associated with non-follicular subcorneal pustules. A case of a Caucasian female outpatient unit of Dermatology with AGEP, who presented with generalized pustulosis lesions after the use of cephalosporin for urinary infection is related. The diagnosis was confirmed by the clinical and pathological correlations, the resolution of the dermatosis after discontinuation of the drug and use of systemic corticosteroid treatment, and the recurrence of the disorder after the introduction of a similar drug. The importance of the recognition of this drug-induced dermatosis is given by its main differential clinical and histological diagnoses: generalized pustular psoriasis and subcorneal pustulosis.A pustulose exantemática aguda generalizada (AGEP é uma dermatose induzida por droga, caracterizada por episódio agudo de aparecimento de pústulas estéreis sobre base eritemato-edematosa, acompanhado de febre. Este quadro regride espontâneamente após a suspensão da droga ou em resultado do tratamento com corticóide sistêmico. As principais drogas envolvidas são agentes antifúngicos, antiinflamatórios não hormonais, analgésicos, antiarrítmicos e anticonvulsivantes. Histologicamente caracteriza-se por vasculite associada a pústulas subcórneas não foliculares. Relatamos caso de paciente branca, feminina

  12. Impacto do tipo de informação pré-anestésica sobre a ansiedade dos pais e das crianças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora de Oliveira Cumino

    2013-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Ansiedade pré-operatória é um fator negativo na experiência anestésico-cirúrgica. Dentre as estratégias para redução da ansiedade em crianças, as não farmacológicas são tão importantes quanto as farmacológicas, porém sua validade ainda é controversa. Verificar se a informação oferecida aos responsáveis interfere na ansiedade da criança. MÉTODOS: 72 crianças de 4 a 8 anos, ASA I e II, submetidas a procedimentos cirúrgicos eletivos e seus responsáveis, divididos aleatoriamente em: Grupo Controle (GC = responsável recebeu informação anestésica convencional; e Grupo Informativo (GI = responsável recebeu folheto sobre a anestesia. Foi avaliada ansiedade das crianças pela escala de ansiedade pré-operatória de Yale modificada (EAPY-m, em dois momentos, na sala de espera do centro cirúrgico (SE e na sala de operação (SO, e dos pais, pela Escala de ansiedade de Hamilton (HAM-A em SE. RESULTADOS: Não houve diferença nos dados sociodemográficos entre os grupos. O nível de ansiedade nas crianças não apresentou diferença entre os grupos nos dois momentos. Houve diferença estatística significativa nos níveis de ansiedade entre SE e SO nos dois grupos, p = 0,0019 no GC e p < 0,0001 no GI, assim como na prevalência de ansiedade em GC (SE 38,9% e SO 69,4%, p = 0,0174 e em GI (SE 19,4% e SO 83,3%, p< 0,0001. O nível de ansiedade dos responsáveis não apresentou diferença entre os grupos. CONCLUSÃO: Independentemente da qualidade de informação oferecida aos responsáveis, o nível e a prevalência de ansiedade das crianças foram baixos no momento SE e aumentaram significativamente no momento SO.

  13. JOGOS COOPERATIVOS E RELAXAMENTO RESPIRATÓRIO: EFEITO SOBRE CRAVING E ANSIEDADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Euclides Fernandes Braga

    Full Text Available RESUMO Introdução: O uso de substâncias psicoativas é uma prática milenar e universal, que acompanha a história da humanidade. Na atualidade, o crack se alastrou pelo mundo por ter maior potencial de dependência comparado a outras drogas, visto que os usuários apresentam dificuldade para interromper o uso do crack, enfrentar o craving e a ansiedade. É essencial que haja uma abordagem multidisciplinar e integral do usuário, com a utilização de técnicas cognitivo-comportamentais que enfoquem as estratégias de prevenção de recaída. Nesse contexto, os jogos cooperativos (JC e o relaxamento respiratório (RR constituem possíveis estratégias para manejo terapêutico. Objetivo: Avaliar a utilização dos JC e do RR como estratégias de enfrentamento do craving e da ansiedade em usuários de crack em situação de dependência. Método: Trata-se de uma pesquisa exploratória, quase experimental, com abordagem quantitativa, desenvolvida em uma unidade de desintoxicação para dependência química do estado da Paraíba. Resultados: A amostra foi constituída por 40 colaboradores dependentes de crack, com idade superior a 18 anos. Para avaliação dos efeitos dos JC e do RR sobre o craving e a ansiedade foram utilizados os seguintes instrumentos: Cocaine Craving Questionnaire-Brief (CCQ-B e o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE-E. Os resultados demonstraram que os JC e o RR reduziram os escores do craving total e da ansiedade. Quanto ao fator F1, apenas os JC apresentaram resultados satisfatórios. Conclusão: Os JC e o RR demonstraram eficácia como estratégias de enfrentamento do craving e ansiedade em usuários de crack em situação de dependência nas condições em que o estudo foi desenvolvido.

  14. Los trastornos de ansiedad durante la transición a la menopausia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Carvajal-Lohr

    2016-01-01

    Full Text Available La menopausia es la interrupción definitiva de las menstruaciones resultado de la pérdida de la actividad folicular del ovario. El periodo inmediatamente antes de la menopausia y el primer año después de la misma se conoce como perimenopausia. La posmenopausia se define como el periodo que transcurre desde un año a partir de la fecha de última menstruación, sin importar si la menopausia fue inducida o espontánea. Debido al incremento de la esperanza de vida en la mujer mexicana, mayor número de ellas alcanzan la edad promedio de la menopausia (45-59 años y pasan una parte significativa de su vida en la posmenopausia. Se ha observado que los trastornos psiquiátricos son más frecuentes en mujeres que en hombres, y que la perimenopausia es una etapa en la cual se incrementan los síntomas psicológicos, así como el riesgo de sufrir depresión mayor y trastornos de ansiedad. Se debe diferenciar cuando la ansiedad es un síntoma normal ante determinadas situaciones cotidianas de estrés y cuando comienza a tener una presentación irracional por un estímulo ausente, por una intensidad excesiva con relación al estímulo, o cuando la duración es prolongada y presenta recidivas sin motivo, ocasionando grave disfuncionalidad en el paciente. En esta revisión presentamos datos acerca de los síntomas de ansiedad durante la transición a la menopausia y hacemos alusión al trastorno de ansiedad generalizada y trastorno de pánico, ya que se ha observado una mayor prevalencia de estas patologías durante la transición a la menopausia, probablemente debido a los cambios hormonales que se viven durante esta etapa.

  15. Ansiedad, depresión y salud

    OpenAIRE

    García López, Luis Joaquín; Rivero Burón, Raúl; Ramos Linares, Victoriano; Martínez González, Agustín Ernesto; Piqueras Rodríguez, José Antonio; Oblitas Guadalupe, Luis Armando

    2008-01-01

    En este artículo se ha intentado mostrar una síntesis de los datos relativos a la influencia de los factores emocionales, específicamente la ansiedad y la depresión, en el proceso de salud-enfermedad. Estos factores se han asociado con las enfermedades crónicas como variables influyentes en el inicio, desarrollo y mantenimiento. Se han hipotetizado básicamente dos vías explicativas generales. La primera hace referencia a la influencia de la ansiedad y de la depresión en la conducta, de manera...

  16. Algumas considerações sobre o paciente cirúrgico e a ansiedade Algunas consideraciones sobre el paciente quirurgico y la ansiedad Surgical patient and anxiety: some consideration

    OpenAIRE

    Aparecida de Cássia Giani Peniche; Eliane Corrêa Chaves

    2000-01-01

    Este artigo é parte resultante da pesquisa intitulada "A influência da ansiedade na resposta do paciente no período pós-operatório imediato" e tem como objetivos oferecer os aspectos teóricos da ansiedade e compartilhar as dificuldades existentes em avaliar o estado emocional do paciente no período pré-operatório, assim como insuficiência de embasamento teórico da enfermeira para intervir nesta situação.Este articulo es parte resultante de la investigación titulada "La influencia de la ansied...

  17. Inteligencia emocional y ansiedad en estudiantes universitarios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ubaldo Rodríguez de Ávila

    2011-07-01

    Full Text Available Abstract This research paper presents the results of a study about the relationship between Perceived Emotional Intelligence and the State-Trait Anxiety psychology students in a public university in Magdalena, Colombia. The investigation was developed from the descriptive-correlational design through the application of the instruments TMMS-24 and INDARE to 167 subjects. The results indicated that there is direct and significant relationship between emotional perception and state anxiety and trait anxiety. By contrast, there was a significant inverse relationship between emotional understanding and state anxiety and trait anxiety, and also between emotional regulation and state anxiety and trait anxiety. Through statistical analysis with Chi2, dependence was also found between the sub-variables with a significance level less than 0.05. Resumen El presente artículo de investigación presenta los resultados de un estudio acerca de la relación entre la Inteligencia Emocional Percibida y la Ansiedad Rasgo-Estado en estudiantes de Psicología de una universidad pública del Magdalena, Colombia. La investigación se desarrolló a partir del diseño descriptivo-correlacional a través de la aplicación de los instrumentos TMMS-24 y el IDARE a 167 sujetos. Los resultados indicaron que existe relación directa y significativa entre la percepción emocional y la ansiedad estado y la ansiedad rasgo. Por el contrario, se presentó una relación inversa y significativa entre la comprensión emocional y la ansiedad estado y la ansiedad rasgo; igualmente entre la regulación emocional y la ansiedad estado y la ansiedad rasgo. A través del análisis con el estadístico Chi2, también se encontró dependencia entre las sub-variables estudiadas con un nivel de significancia menor de 0.05.

  18. Ansiedade e agressividade infantil sob o enfoque da psicologia transpessoal : uma interpretação kirliangrafica

    OpenAIRE

    Viviane França Dias

    1999-01-01

    Resumo: A ansiedade e a agressividade infantil tem sido objeto de muitos estudos, uma vez que tanto pais como educadores vêem-se muitas vezes envolvidos com tais problemas e verificam sua impotência na resolução dos mesmos. Ansiedade e agressividade parecem fazer parte do cotidiano das crianças, em maior ou menor grau. Neste trabalho, procurou-se determinar o papel da escola na minimização do problema, através de contribui...

  19. Sintomas depressivos e de ansiedade maternos e prejuízos na relação mãe/filho em uma coorte pré-natal: uma abordagem com modelagem de equações estruturais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Oliveira Dias de Sousa Morais

    Full Text Available Resumo: O estudo teve como objetivo investigar a associação entre sintomas depressivos e de ansiedade maternos e prejuízos na relação mãe/filho, por meio de modelagem de equações estruturais. Foram utilizados dados de um estudo de coorte prospectivo iniciado no pré-natal com 1.140 mães, no Município de São Luís, Maranhão, Brasil. Os dados foram coletados no pré-natal e por ocasião do segundo ano de vida dos filhos das entrevistadas. Para verificar prejuízos na relação mãe/filho, foi usado o Postpartum Bonding Questionnaire - PBQ (N = 1.140. No modelo teórico inicial, a situação socioeconômica determinou os fatores demográficos, psicossociais maternos e de apoio social, que determinaram o desfecho relação mãe/filho. Os ajustes foram realizados por modelagem de equações estruturais, utilizando-se o Mplus 7.0. O modelo final apresentou bom ajuste (RMSEA = 0,047; CFI = 0,984; TLI = 0,981. Sintomas de depressão na gestação e pós-parto estiveram associados a maiores escores do PBQ, indicando prejuízos na relação mãe/filho. O maior efeito foi o dos sintomas de depressão na gestação. Associaram-se também a maiores escores do PBQ: menor apoio social, situação socioeconômica desfavorável e viver sem companheiro, por via indireta. Sintomas de ansiedade e idade materna não estiveram associados com a relação mãe/filho. Os resultados sugerem que identificar e tratar a depressão no pré-natal e pós-parto poderá melhorar a relação mãe/filho na infância.

  20. Ansiedade no período pré-operatório de cirurgia cardíaca

    OpenAIRE

    Karyne Kirley Negromonte Gonçalves; Jadiane Ingrid da Silva; Eduardo Tavares Gomes; Liane Lopes de Souza Pinheiro; Thaisa Remigio Figueiredo; Simone Maria Muniz da Silva Bezerra

    2016-01-01

    RESUMO Objetivo: caracterizar a ansiedade dos pacientes no pré-operatório de cirurgia cardíaca. Método: Foi realizado um estudo de corte transversal no qual 106 pacientes, entre um e cinco dias da data da cirurgia, foram entrevistados utilizando-se um questionário sócio-demográfico próprio e o Inventário de Ansiedade de Beck. Resultados: Os pacientes avaliados se apresentaram em 59,4% (63) na ansiedade mínima e 19,8% (21) na faixa considerada grave, tendo a amostra uma média no nível de an...

  1. Psicofármacos para o tratamento de transtornos de ansiedade em crianças e adolescentes: uma revisão sistemática Pharmacotherapy for the treatment of anxiety disorders in children and adolescents: a sistematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Renato Moreira Maia

    2007-03-01

    Full Text Available Os transtornos de ansiedade são muito prevalentes em crianças e adolescentes, causando sérios prejuízos quando não tratados. O tratamento farmacológico desses transtornos ainda é pouco pesquisado, não havendo consenso sobre sua indicação. O objetivo deste estudo é verificar a eficácia e a tolerabilidade dos psicofármacos indicados para esses transtornos em crianças e adolescentes, no contexto da medicina baseada em evidências. Foi realizada uma revisão sistemática da literatura, consultando-se as principais bases de dados disponíveis e contatando-se os autores. Foram encontrados, ao todo, sete artigos de qualidade A e B, conforme critérios da Colaboração Cochrane. Os resultados foram satisfatórios para os inibidores da recaptação da serotonina, pouco significativos ou desfavoráveis para benzodiazepínicos e imipramina. Alguns estudos apresentam problemas metodológicos. Sugere-se melhoria no planejamento de futuros ensaios clínicos.Anxiety disorders are very prevalent in children and adolescents, causing serious impairments. The pharmacological treatment for these disorders is not much investigated in children and adolescents. Thus, there is no consensus about its indication. The present study aims to check the efficacy and tolerability of drugs used for the treatment of anxiety disorders in children and adolescents in the context of evidence based medicine. A systematic literature review was carried out in the main databases. In addition, authors were contacted. We found seven studies classified as A or B according to criteria established by the Cochrane Collaboration. Findings suggest efficacy for selective serotonin reuptake inhibitors, insignificant or unfavorable results for benzodiazepines and imipramine. Some studies present methodological problems. Methodological improvements are needed in futures clinical trials.

  2. Ansiedad ante la muerte del sujeto anciano

    OpenAIRE

    Moya Faz, Francisco José

    2007-01-01

    El tema a tratar en esta Tesis Doctoral es la Ansiedad ante la muerte en el sujeto anciano. Objetivos. Los objetivos planteados en esta investigación han sido: Investigar mediante un análisis bibliométrico el estado actual de la cuestión del tema de la ansiedad ante la muerte para que estudiando así su producción científica se pueda conocer su relevancia así como las categorías temáticas más significativas en relación a éste. Estudiar la preocupación de la muerte respecto a variables como...

  3. Reliability of the Social Phobia and Anxiety Inventory (SPAI Portuguese version in a heterogeneous sample of Brazilian university students Fidedignidade da versão em português do Inventário de Ansiedade e Fobia Social (SPAI em amostra heterogênea de estudantes universitários brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Picon

    2005-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To evaluate internal consistency and temporal stability trough test re-test reliability of the Portuguese version of the Social Phobia and Anxiety Inventory (SPAI in a heterogeneous Brazilian sample. METHODS: After informed consent, the translated and adapted version of the SPAI Portuguese was tested and re-tested at a 14-day interval in a sample of 225 university students, both genders, from 4 different undergraduate courses. After double data entry, statistical analysis included Cronbach's alphas, Pearson and intra-class correlation coefficients. RESULTS: The studied sample consisted of 213 students from 4 sub-samples: 95 law students, 31 social communication students, 54 civil engineering students and 33 dental medicine students. The mean age was 23 (±6 years and 110 (51.6% were female. The Cronbach' alpha was 0.96, no difference for both genders. The differential (total score of the SPAI Portuguese showed Pearson coefficient 0.83 (95% CI 0.78-0.87 and Intra-class coefficient 0.83 (95% CI 0.78-0.86. There was no statistical difference in Pearson coefficients between genders (p = 0.121 and the 4 sub-samples (p = 0.258. CONCLUSION: The results do not ensure validity, however, the SPAI Portuguese version presented a good content homogeneity with satisfactory level of internal consistency. The temporal stability evaluated was substantial. The results showed that the Portuguese SPAI presents perfectly acceptable reliability for both genders and suggest that it can be used in Brazilian populationsOBJETIVO: Avaliar consistência interna e estabilidade temporal, através de fidedignidade teste-reteste, da versão em português do Inventário de Ansiedade e Fobia Social (SPAI, em uma amostra brasileira heterogênea. MÉTODOS: Após consentimento informado, a versão traduzida e adaptada para o português do SPAI foi testada e re-testada, com 14 dias de intervalo, em uma amostra de 225 estudantes universitários de ambos os gêneros, de

  4. Ansiedad escénica y flamenco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariola Lupiáñez Castillo

    2016-01-01

    Full Text Available Cuando el artista flamenco sube al escenario, además de expresar su arte y disfrutar con su ejecución, es también objeto de la valoración de su público. Cuando los pensamientos y la atención del artista se centran solo en este escrutinio de la audiencia se puede desarrollar miedo o incomodidad a la hora de actuar, padeciendo lo que se denomina ansiedad escénica. Esta fobia social aparece cuando la persona teme ser evaluada negativamente por los demás y mostrar síntomas de nerviosismo que puedan ser perceptibles por el público. Las manifestaciones de la ansiedad se pueden clasificar en tres categorías: Cognitivas, fisiológicas y conductuales. Estas manifestaciones afectan al estado de ánimo, dificultan la ejecución de la tarea y predisponen al artista a evitar enfrentarse a futuras actuaciones. No controlar estas manifestaciones de la forma adecuada puede suponer en el músico o bailaor el detrimento de su calidad artística y en numerosas ocasiones, el abandono de la carrera artística. Estudios anteriores revelan que la formación académica y el contexto socio cultural en el que se desenvuelve el artista pueden incidir en el desarrollo y permanencia de la ansiedad escénica. Teniendo en cuenta las peculiaridades históricas y sociales del Flamenco así como la evolución de su formación, que ha pasado de la transmisión oral de un ambiente informal al estudio dentro de los conservatorios, se considera necesario estudiar cómo afecta la ansiedad a los artistas de este género para poder prevenir e intervenir en los músicos que la padezcan.

  5. De la representación de sistemas Euler - Lagrange a la Hamiltoniana generalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. H. Rodríguez - Alfaro

    2015-01-01

    Full Text Available La representación Hamiltoniana generalizada de sistemas brinda una estructura que puede ser utilizada con ventaja en muchas áreas, entre las cuales se puede mencionar el diseño de observadores y el diagnóstico de fallas basado en modelos. Muchos de los trabajos en estos te mas tienen como punto de partida al sistema en forma Hamiltoniana generalizada y, en general, se omite la explicación de cómo llegar a esta representación, por ejemplo, a partir de un modelo no lineal basado en las ecuaciones de Euler - Lagrange. En este tra bajo se presenta un análisis detallado de cómo es que se obtiene la representación Hamiltoniana generalizada de un sistema a partir de las n ecuaciones diferenciales de segundo orden obtenidas con el formalismo Euler - Lagrange. Con la finalidad de mostrar e n lo particular, después del caso general, cómo se obtiene la representación Hamiltoniana generalizada, se presentan algunos casos de estudio.

  6. Depressão, ansiedade e psicopatia: um estudo correlacional com indivíduos privados de liberdade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda de Vargas

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Investigar se existe correlação entre sintomas depressivos, sintomas ansiosos e psicopatia em 25 prisioneiros de um município do Rio Grande do Sul. Métodos Para a coleta de dados, foram utilizados os Inventários de Depressão e Ansiedade Beck e a Escala Hare para psicopatia. As entrevistas foram realizadas nas dependências de uma instituição prisional de forma individual. Resultados Foi encontrada correlação estatisticamente significativa entre depressão e ansiedade, e o escore total de psicopatia não se correlacionou com ansiedade, somente com depressão. Por outro lado, o fator 2 da escala, referente ao aspecto comportamental do transtorno, apresentou correlação com ansiedade e depressão. Conclusão Embora alguns dados tenham sido concordantes com os da literatura, a pesquisa apresentou resultados não encontrados em estudos anteriores. Dessa forma, evidencia-se a necessidade de realizar novos estudos na área.

  7. Ansiedade e parâmetros funcionais respiratórios de idosos praticantes de dança

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Coutinho de Azevedo Guimarães

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A ansiedade é um diagnóstico comum encontrado em idosos e se associa comumente a anormalidades respiratórias. Ligado ao envelhecimento, encontra-se também o sedentarismo, o qual é um importante fator de risco para diversas patologias. A prática de atividade física regular melhora a ansiedade e a condição cardiorrespiratória. Entre os tipos de atividades físicas, a dança destaca-se como uma boa opção para os idosos. OBJETIVO: Descrever os parâmetros respiratórios de idosas praticantes de dança quando comparadas com idosas sedentárias e a influência da prática regular de dança sobre a ansiedade. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram avaliadas 18 idosas, divididas em dois grupos: praticantes de dança (grupo G1 e sedentárias (grupo G2. Nos grupos G1e G2, foram aplicados o inventário de ansiedade traço-estado IDATE, a cirtometria, a espirometria e a manovacuometria, além de ser utilizado o questionário de Baecke modificado para idosos, apenas para o grupo G2, a fim de garantir o sedentarismo dos participantes. Foi realizada a estatística descritiva para sintetizar os dados. RESULTADOS: As participantes do grupo G1 apresentaram valores superiores em relação à ansiedade-estado e à pressão expiratória máxima. A cirtometria em nível basal foi maior nas participantes do grupo G1, enquanto em nível xifoide foi maior nas idosas do grupo G2. Todas as participantes obtiveram valores de espirometria dentro da normalidade, sem diferenças entre os grupos. CONCLUSÃO: Observaram-se nas idosas que praticam dança de forma regular menor nível de ansiedade-traço, valores adequados de pressão expiratória máxima e maior valor na cirtometria em nível basal.

  8. Relación entre Ansiedad Rasgo, Sensibilidad a la Ansiedad y Síntomas de Ansiedad en Niños y Adolescentes

    OpenAIRE

    Fernández Valdés, José

    2016-01-01

    Sabemos que la ausencia de diagnóstico en la etapa infantil y adolescente de los trastornos de ansiedad favorece que los síntomas se vuelvan crónicos y muchos autores refieren la frecuencia de comorbilidad de síntomas en estas etapas a diferencia de lo que sucede en los adultos lo que dificulta la delimitación psicopatológica de los trastornos de ansiedad. Con un índice de prevalencia de dichos trastornos de ansiedad en la infancia y adolescencia que según autores oscila entre el 15% y 20% y ...

  9. Construção e validação de um questionário para identificação da Síndrome de Ansiedade de Separação em cães domésticos Development and Validation of a questionnaire to identify Separation Anxiety Syndrome in domestic dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Marques Soares

    2009-06-01

    Full Text Available Em cães, a Síndrome de Ansiedade de Separação em Animais (SASA pode ser definida como um conjunto de comportamentos indesejáveis exibidos por esses animais quando afastados da figura de apego. A partir da necessidade de um levantamento epidemiológico sobre esse problema, foi desenvolvido um questionário para identificação da SASA em cães (QI-SASA com base em dados da literatura e validado por meio de dois procedimentos. O primeiro foi a comparação entre pareceres de médicos veterinários brasileiros que atuam na área de etologia clínica a respeito de 40 QI-SASA respondidos por proprietários de cães. O segundo foi a comparação dos resultados da avaliação de 40 QI-SASA, a partir dos critérios estabelecidos neste trabalho, com o resultado de entrevistas para o diagnóstico da SASA. O QI-SASA mostrou-se completo, coerente e confiável com a finalidade de um levantamento epidemiológico do problema.The Separation Anxiety Syndrome in Animals (SASA and being more specific, in dogs, can be defined as a group of undesirable behaviors displayed by dogs when they are away from the attachment subject. The questionnaire was developed due to the need to identify this disorder and conduct an epidemiologic survey on SASA in dogs (QI-SASA. This instrument was developed based on reference data and was validated through two procedures. The first one was the comparison among evaluations of Brazilian ethologists on the appliance of 40 QI-SASA to dogs' owners. The second was the comparison between the previous evaluations, according to the criteria established in this research, with the results of the interviews to diagnose SASA. The QI-SASA seems to be a complete, safe and trustworthy tool to carry out epidemiologic surveys on SASA.

  10. Ocorrência generalizada do Lettuce mottle virus em três regiões produtoras de alface comercial do Estado de São Paulo Occurrence of Lettuce mottle virus on three lettuce producing areas from São Paulo State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renate Krause-Sakate

    2008-02-01

    Full Text Available Os sequivírus são vírus isométricos transmitidos por afídeos. Lettuce mottle virus (LeMoV, um provável sequivirus foi descrito no Brasil em 1982 e causa sintomas de mosaico semelhantes aos observados pelo Lettuce mosaic virus (LMV. Um levantamento para ocorrência do LeMoV nos campos de produção de alface de três diferentes regiões do Estado de São Paulo (Mogi das Cruzes, Campinas e Bauru foi realizado durante 2002 a 2005. RNA total foi extraído e utilizado na detecção, em RT-PCR, com oligonucleotídeos específicos para o LeMoV. Do total de 1362 amostras, 137 (10,05% foram positivas para o LeMoV. Infecção mista com o LMV foi verificada em 43 amostras (31,4%. Foi verificada a ocorrência do LeMoV nas três diferentes regiões analisadas, porém sua ocorrência foi baixa nas diferentes épocas do ano.Sequiviruses are isometric aphid-borne plant viruses. Lettuce mottle virus (LeMoV, a putative sequivirus was first described in Brazil on 1982 causing similar mosaic symptoms as Lettuce mosaic virus (LMV. A survey for the occurrence of LeMoV on open field conditions was carried out during 2002 to 2005 on Mogi das Cruzes, Campinas and Bauru in São Paulo state. Total RNA was extracted and used on RT-PCR with specific LeMoV primers. On 1362 samples tested, 137 (10,05% were positive for LeMoV. Mixed infections with LMV was observed on 43 samples (31,4%. The presence of LeMoV was observed in the three different regions, but with low incidence during the year.

  11. Avaliação do Sentimento de Ansiedade Frente ao Atendimento Odontológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Aleixo dos Santos

    2015-01-01

    Full Text Available O presente estudo teve por objetivo avaliar a ansiedade e o comportamento de indivíduos adultos frente às visitas realizadas ao dentista. Para tanto, aplicouse um questionário a uma amostra de 984 indivíduos, entre 14 a 93 anos, de ambos os sexos, abordando temas sobre: medo e/ou ansiedade, freqüência de consultas ao dentista e procedimentos odontológicos realizados na última consulta. Os resultados demonstraram não haver diferença estatisticamente significante entre os sexos (masculino 23,81; feminino 27,7%, ao afirmarem não ter medo de dentista. Para os que tinham medo, 9,04% tiveram experiências desagradáveis no atendimento; 4,98% sentem medo a partir do ruído do alta-rotação; 6,20% da anestesia; 3,46% de todos os itens citados. Pode-se concluir que maior ênfase deve ser dada às manifestações de ansiedade e medo odontológico, pois os indivíduos são relutantes a admitirem seus medos, descuidando e fugindo da filosofia de prevenção em saúde bucal.

  12. Puntualizaciones sobre la angustia y la ansiedad

    OpenAIRE

    Gómez, Amparo

    2015-01-01

    Tanto la angustia como la ansiedad son manifestaciones genéricas del sujeto, podemos decir que no hay ser humano que no haya padecido estos fenómenos. En los últimos tiempos, a través de los desarrollos provenientes de los llamados psicoanalistas posfreudianos así como en las clasificaciones de la Asociación Americana de Psiquiatría, ambos términos han caído en una indiferenciación. Incluso, en el caso específico de las reediciones del DSM (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorder...

  13. Repercussões tardias de um programa de reabilitação pulmonar sobre os índices de ansiedade, depressão, qualidade de vida e desempenho físico em portadores de DPOC Long-term repercussions of a pulmonary rehabilitation program on the indices of anxiety, depression, quality of life and physical performance in patients with COPD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rossane Frizzo de Godoy

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os efeitos, após 24 meses, de um programa de reabilitação pulmonar (PRP sobre os níveis de ansiedade, depressão, qualidade de vida e desempenho físico em pacientes com DPOC. MÉTODOS: Trinta pacientes com DPOC (idade média, 60,8 ± 10 anos; 70% do sexo masculino participaram de um PRP com 12 semanas de duração, incluindo 24 sessões de exercício físico, 24 sessões de reeducação respiratória, 12 sessões de psicoterapia e 3 sessões educacionais. Os pacientes foram avaliados na linha de base (pré-PRP, ao término do PRP (pós-PRP e dois anos mais tarde (momento atual através de quatro instrumentos: Inventário de Ansiedade de Beck; Inventário de Depressão de Beck; Questionário Respiratório do Hospital Saint George; e teste da caminhada de 6 minutos (TC6. RESULTADOS: A comparação entre o pré-PRP e o pós-PRP revelou uma redução significativa dos níveis de ansiedade (pré-PRP: 10,7 ± 6,3; pós-PRP: 5,5 ± 4,4; p = 0,0005 e de depressão (pré-PRP: 11,7 ± 6,8; pós-PRP: 6,0 ± 5,8; p = 0,001, assim como melhoras na distância percorrida no TC6 (pré-PRP: 428,6 ± 75,0 m; pós-PRP: 474,9 ± 86,3 m; p = 0,03 e no índice de qualidade de vida (pré-PRP: 51,0 ± 15,9; pós-PRP: 34,7 ± 15,1; p = 0,0001. Não houve diferenças estatisticamente significativas entre os resultados do pós-PRP e os do momento atual. CONCLUSÕES: Os benefícios obtidos através do PRP sobre os índices de ansiedade, depressão e qualidade de vida, assim como no TC6, persistiram ao longo dos 24 meses.OBJECTIVE: To assess the 24-month effects of a pulmonary rehabilitation program (PRP on anxiety, depression, quality of life and physical performance of COPD patients. METHODS: Thirty patients with COPD (mean age, 60.8 ± 10 years; 70% males participated in a 12-week PRP, which included 24 physical exercise sessions, 24 respiratory rehabilitation sessions, 12 psychotherapy sessions and 3 educational sessions. All patients were

  14. Ansiedade, a criança e os pais Ansiedad, los niños y los padres Children, parents and anxiety

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Toshiyuki Moro

    2004-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A ansiedade pré-operatória na criança é caracterizada por tensão, apreensão, nervosismo e preocupação e pode ser expressa de diversas formas. Alterações de comportamento no pós-operatório como enurese noturna, distúrbios alimentares, apatia, insônia, pesadelos e sono agitado podem ser resultado desta ansiedade. Em algumas crianças, estas alterações persistem por até um ano. O objetivo deste trabalho é avaliar os aspectos envolvidos com a ansiedade que afeta a criança e os pais durante o período que antecede a cirurgia, bem como as intervenções, farmacológicas ou não, para reduzi-la. CONTEÚDO: O artigo aborda a ligação entre a ansiedade pré-operatória em crianças e as alterações de comportamento que podem ocorrer no período pós-operatório, bem como a influência de variáveis como idade, temperamento, experiência hospitalar prévia e dor. Medidas para reduzir a ansiedade pré-operatória na criança como a presença dos pais durante a indução da anestesia ou programas de informação e a utilização de medicação pré-anestésica também são revisadas. CONCLUSÕES: O período que antecede a cirurgia acompanha-se de grande carga emocional para toda família, sobretudo para a criança. Um pré-operatório turbulento significa, para muitas crianças, alterações de comportamento que se manifestam de forma variada e por períodos prolongados em algumas vezes. A presença dos pais durante a indução da anestesia e programas de preparação pré-operatórios para a criança e para os pais podem ser úteis para casos selecionados, levando em conta a idade, temperamento e experiência hospitalar prévia. A medicação pré-anestésica com benzodiazepínicos, em especial o midazolam, é claramente o método mais eficaz para redução da ansiedade pré-operatória em crianças e das alterações de comportamento por ela induzidas.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La ansiedad pre-operatoria en

  15. Sobre inversas generalizadas y su aplicación en la regresión

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramos Calvo, A.

    1998-01-01

    Full Text Available El uso de Matrices Inversas Generalizadas aparece constantemente en aplicaciones estadísticas; sin embargo, su tratamiento se reduce a los lugares en que son utilizadas y resaltando -unicamente- aquellas propiedades que son necesarias para cada Ejemplo concreto. Así, unas veces su aplicación responde a fines meramente pedagógicos, mientras que en otras su interés responde a facilitar los cálculos y la comprensión.

  16. Ansiedad, depresión y salud

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    García López, Luis Joaquín

    2008-09-01

    Full Text Available En este artículo se ha intentado mostrar una síntesis de los datos relativos a la influencia de los factores emocionales, específicamente la ansiedad y la depresión, en el proceso de salud-enfermedad. Estos factores se han asociado con las enfermedades crónicas como variables influyentes en el inicio, desarrollo y mantenimiento. Se han hipotetizado básicamente dos vías explicativas generales. La primera hace referencia a la influencia de la ansiedad y de la depresión en la conducta, de manera que interfieren en los hábitos saludables y fomentan el desarrollo de conductas inadecuadas que ponen en peligro nuestra salud. El segundo mecanismo se refiere a la repercusión de la activación psicofisiológica en los sistemas orgánicos, afectando a la inmunidad, por ejemplo. Pero no sólo existe una relación en el curso de la enfermedad, sino que también se conoce una alta comorbilidad de estas enfermedades con los trastornos ansiosos y depresivos, frecuentemente como consecuencia del padecimiento de las mismas. Por último, también se han revisado las intervenciones que han demostrado su eficacia en el tratamiento de la sintomatología ansiosa y depresiva en enfermos crónicos.

  17. SEPARATION ANXIETY SYNDROME (SAS IN DOGS FROM FERNANDOPOLIS, SP, REFERRED TO UNICASTELO VETERINARY HOSPITAL SÍNDROME DA ANSIEDADE DE SEPARAÇÃO (SAS EM CÃES ATENDIDOS NO HOSPITAL VETERINÁRIO DA UNICASTELO, FERNANDÓPOLIS, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Alonso Novais

    2010-04-01

    Full Text Available The separation anxiety syndrome (SAS is defined by a group of altered behaviors showed by dogs when they are left alone, contributing for the most common behavior problems in this specie. The basic clinical signs of SAS are the following: distress vocalization (whining, barking, howling, destructiveness and house soiling. SAS reduce the animal’s life quality and is a frequent cause of abandonment and euthanasia of these dogs. The goal of this research was to verify the occurrence of SAS in dogs from Fernandopolis, SP, referred to the veterinary hospital of Unicastelo, in the period lying between december/2007 and december/2008. Seventy five animals were studied, comprising 30 (40% adult males, 9 (12% young males, 30 (40% adult females and 6 (8% young females. The dogs were evaluated through data given by the owners, according to a behavior questionnaire. From the general studied population, 35 dogs (47% showed distress vocalization, 29 (39% dogs showed micturition at inappropriate places, 17 (23% dogs showed defecation at inappropriate places and 22 (29% showed destructiveness during the periods of the owner’s absence. From the obtained results we may conclude the occurrence of SAS in 68% of the studied dogs.

    KEY WORDS: Dogs, animal behavior, behavior disturbances, SAS.

    A síndrome da ansiedade de separação (SAS é definida como o conjunto de comportamentos exibidos por cães quando são deixados sozinhos. É considerada um dos problemas comportamentais mais comuns da espécie. Os sinais clínicos básicos da SAS são vocalização excessiva, destruição de objetos, defecação e micção em locais impróprios, acarretando prejuízos na qualidade de vida dos animais. Sendo uma das causas de abandono e eutanásia desses animais, a SAS foi pesquisada em cães atendidos no Hospital Veterinário da Unicastelo em Fernandópolis, SP, no período de dezembro de 2007 a dezembro de 2008, mediante levantamento realizado em 75

  18. Estudo compreensivo da associação entre bullying e ansiedade social

    OpenAIRE

    Tavares, Francesca Stephan

    2011-01-01

    O presente trabalho estudou a interrelação entre episódios de Bullying na infância e adolescência e Ansiedade Social\\Fobia Social na idade adulta. O Bullying é um tipo específico de violência entre pares descrito como um abuso de poder continuado ao longo do tempo, com a intenção clara de afligir, intimidar e agredir outra pessoa no convívio permanente em locais coletivos, ocorrendo, preferencial, mas não exclusivamente, nas escolas. Bullying pode então ser considerado como um fator de forte ...

  19. Avaliação da ansiedade de traço e estado no viés de atenção nos canais visual e auditivo

    OpenAIRE

    Wilson Vieira Melo

    2011-01-01

    Ansiedade e atenção são dois conceitos complexos, que se relacionam diretamente em função de estratégias adaptativas relacionadas à sobrevivência em seres humanos. A presente tese teve como objetivo investigar se as ansiedades de traço e de estado estariam relacionadas ao viés de atenção nos canais visual ou auditivo em uma amostra não clínica. Os capítulos apresentam experimentos com a Visual Probe Detection Task, a Escuta Dicótica e o Stroop Emocional. Todos os experimentos foram realizados...

  20. Precompetición y ansiedad en fisicoculturistas

    OpenAIRE

    F\\u00E9lix Arbinaga Ibarz\\u00E1bal; Jos\\u00E9 Carlos Caracuel Tub\\u00EDo

    2005-01-01

    Con este trabajo se ha pretendido realizar una aproximación a los estados de ansiedad que manifiestan los fisicoculturistas en los momentos previos a la competición. Han participado un total de 52 fisicoculturistas varones, con más de dos años de experiencia, y una media de 81,5 meses en el entrenamiento de musculación. La prueba utilizada para evaluar la ansiedad precompetición ha sido el “Competitive State Anxiety Inventory-2”, que nos ha dejado unos valores medios en ansiedad cognitiva de ...

  1. Ansiedad y miedos dentales en escolares hondureños

    OpenAIRE

    Ivette Carolina Rivera Zelaya; Antonio Fernández Parra

    2005-01-01

    La ansiedad a la atención y tratamiento dental puede afectar de forma significativa a la salud oral de los niños así como a la calidad del tratamiento dental recibido. A pesar de su importancia se han realizado muy pocos estudios sobre la ansiedad y miedo dental infantil en Latinoamérica, concretamente en Honduras. En este estudio se evaluó la ansiedad dental de una muestra aleatoria de 170 escolares (6-11 años) de la región metropolitana de Tegucigalpa. La evaluación se realiz...

  2. Relação entre estressores, estresse e ansiedade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margis Regina

    2003-01-01

    Full Text Available Os autores apresentam uma breve revisão de literatura sobre a relação entre ansiedade, eventos estressores e estresse. São descritas as diferentes situações estressoras, a definição de evento de vida estressor e os aspectos cognitivos, comportamentais e fisiológicos da resposta frente ao estresse. A neuroanatomia e os principais neurotransmissores envolvidos na resposta fisiológica de ansiedade ao estresse são descritos. Estudos genéticos que evidenciam a relação entre os eventos de vida estressores como fator de risco para ansiedade são apresentados. A relação causal entre os eventos de vida estressores e o aparecimento de ansiedade é abordada a partir de estudos realizados com adultos e adolescentes.

  3. Análise e implementação de redes neurais generalizadas

    OpenAIRE

    Guilherme Guimaraes Moreira

    2006-01-01

    Esta dissertação propõe o estudo e a análise de modelos de redes neurais generalizadas. Estes modelos agregam a estrutura de verossimilhança dos modelos lineares generalizados e a flexibilidade das redes neurais artificiais na modelagem de interações não-lineares e não-aditivas entre as variáveis preditoras e a variável resposta. O treinamento é realizado segundo o método interativo do gradiente descendente, que procura minimizar a função desvio do modelo. O critério de qualidade do modelo é ...

  4. Correlação entre ansiedade e anéis de tensão Correlación entre ansiedad y anillos nerviosos Anxiety and contraction furrows correlations

    OpenAIRE

    Leia Fortes Salles; Maria Júlia Paes da Silva

    2011-01-01

    A ansiedade vem sendo muito estudada pelas áreas de psicossomática e psiconeuroimunologia e tem sido apontada como fator predisponente em inúmeras doenças. Isso sugere que a minimização de comportamentos ansiosos traria benefícios à saúde. A análise da íris permite determinar as características de personalidade do indivíduo. Dentre os diversos sinais estudados pela iridologia, os anéis de tensão são relacionados com a ansiedade. O objetivo deste estudo é comparar os resultados do Inventário d...

  5. Propiedades psicométricas del inventario de situaciones y respuestas de ansiedad (isra en una muestra dominicana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zoilo Emilio García-Batista

    2015-07-01

    Full Text Available Se realizó un análisis de las propiedades psicométricas del Inventario de Situaciones y Respuestas de Ansiedad (ISRA en una muestra dominicana (n = 80, compuesta por 40 mujeres y 40 hombres estudiantes de Medicina con edades de 18 años, teniendo como criterio de inclusión no haber sido diagnosticados por algún trastorno de ansiedad. Se aplicó el Inventario de Situaciones y Respuestas de Ansiedad-ISRA (Miguel-Tobal & Cano-Vindel, 2002 y el Inventario de Ansiedad Estado-Rasgo (STAI: State-Trait Anxiety Inventory; Spielberg, Goursch & Lushene, 1994. Los resultados señalan que las características psi- cométricas de la muestra dominicana son similares a las obtenidas en la versión española original. Se concluye que el ISRA es fiable y válido para evaluar la ansiedad en los tres sistemas de respuestas en población dominicana. Abstract This paper is focused on an analysis of the psychometric properties of the Inventory of Situations and Response Anxiety (ISRA in a Dominican sample (n = 80, composed of 40 women and 40 men who are 18-year-old medical students, who fulfilled the inclusion criteria of not being diagnosed by any anxiety disorder. Inventory of Situations and Responses of Anx- iety-ISRA (Miguel-Tobal and Cano-Vindel, 2002 and State Anxiety Inventory – STAI (Spielberg, Goursch & Lushene, 1994 ventory STAI - were applied. The results show that the psychometric characteristics of the Dominican sample are similar to those obtained in the original Spanish version. We conclude that ISRA is reliable and valid to assess anxiety in three sets of answers in Dominican population. ResumoFoi feita uma análise das propriedades psicométricas do Inventário de Situações de Ansiedade e resposta (ISRA em uma amostra Dominicana (n = 80, composta por 40 mulheres e 40 homens, estudantes de medicina com a idade de 18 anos, ten- do como critério de inclusão não terem sido diagnosticados com uma desordem de ansiedade. O

  6. Medo, ansiedade e controle relacionados ao tratamento odontológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SINGH Kira Anayansi

    2000-01-01

    Full Text Available Nosso objetivo foi avaliar medo, ansiedade e controle relacionados ao tratamento odontológico. Os sujeitos foram 364 crianças da faixa etária de 7 a 13 anos. Três questionários com questões de múltipla escolha foram aplicados em grupos de 10 crianças. O primeiro questionário destinou-se à avaliação do medo ao tratamento odontológico e outras situações. Foi traduzido e adaptado do "Child's Fear Survey Schedule"9 e contém 15 itens. O segundo questionário contém 20 itens relacionados as situações potencialmente produtoras de ansiedade. Foi traduzido e adaptado do "State Trait Anxiety Inventory for Children"16. O terceiro questionário contém 40 itens sendo 20 relacionados ao controle percebido e 20 ao controle desejado e foi traduzido e adaptado do "Child Dental Control Assessment"19. Em relação ao medo e ansiedade, a média dos escores foi mais elevada para o sexo feminino do que para o sexo masculino (P < 0,05. Em relação a idade, as crianças da faixa de 11 a 13 anos revelaram-se em média mais temerosas que as de 7 a 9 anos. Quanto ao controle percebido as crianças mais novas percebem mais controle do que as mais velhas. Em geral os dados indicam que valores mais altos de medo relacionam-se com valores mais baixos de controle percebido. As crianças que tinham realizado tratamento odontológico com anestesia mostraram-se mais temerosas do que aquelas que não foram submetidas a anestesia, o que permite inferir que a etiologia de medo pode relacionar-se a esse procedimento que pode envolver a percepção de incontrolabilidade.

  7. Ansiedade no período pré-operatório de cirurgias de mama: estudo comparativo entre pacientes com suspeita de câncer e a serem submetidas a procedimentos cirúrgicos estéticos

    OpenAIRE

    Alves, Maria Luiza Melo; Pimentel, Adriana Jucá; Guaratini, Álvaro Antônio; Marcolino, José Álvaro Marques; Gozzani, Judymara Lauzi; Mathias, Ligia Andrade da Silva Telles

    2007-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A avaliação da ansiedade não faz parte da rotina da avaliação pré-anestésica (APA), o que faz com que situações especiais em que o estado emocional dos pacientes possa estar alterado, passem despercebidas pelo anestesiologista. Este estudo visou comparar, no momento da APA ambulatorial, fatores de risco, intensidade e prevalência de ansiedade em pacientes com suspeita de câncer de mama e a serem submetidas a procedimentos cirúrgicos estéticos de mama. MÉTODO: Após a...

  8. Una versión de la distribución Rayleigh generalizada transmutada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yuri A. Iriarte

    2015-01-01

    Full Text Available La calidad de los procedimientos utilizados en un análisis e stadís- tico depende en gran medida del modelo o las distribuciones d e probabilidad que se emplean. Debido a esto, diversos autores han realizad o un esfuerzo con- siderable en generalizar o extender distribuciones de prob abilidad presentes en la literatura estadística. En este contexto, Vodă en [13] introduce la dis- tribución de probabilidad Rayleigh generalizada; esta dis tribución es bastante utilizada en el análisis estadístico de confiabilidad. En es te artículo extende- mos la distribución Rayleigh generalizada usando el mapa de transmutación de rango cuadrático estudiado por Shaw y Buckley en [12]. Est udiamos las principales propiedades del nuevo modelo, realizamos infe rencia estadística y mostramos una aplicación con datos reales. Finalmente, se presentan las principales conclusiones del artículo.

  9. Una versión de la distribución Rayleigh generalizada transmutada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yuri A. Iriarte

    2015-06-01

    Full Text Available La calidad de los procedimientos utilizados en un análisis estadístico depende en gran medida del modelo o las distribuciones de probabilidad que se emplean. Debido a esto, diversos autores han realizado un esfuerzo considerable en generalizar o extender distribuciones de probabilidad presentes en la literatura estadística. En este contexto, Vodă en [13] introduce la distribución de probabilidad Rayleigh generalizada; esta distribución es bastante utilizada en el análisis estadístico de confiabilidad. En este artículo extendemos la distribución Rayleigh generalizada usando el mapa de transmutación de rango cuadrático estudiado por Shaw y Buckley en [12]. Estudiamos las principales propiedades del nuevo modelo, realizamos inferencia estadística y mostramos una aplicación con datos reales. Finalmente, se presentan las principales conclusiones del artículo. Abstract. Statistical analysis procedures’s quality depends on the proper use of the probability distributions. For that reason, many probability distributions have been generalized. For example, Vodă in [13] introduced the generalized Rayleigh distribution, a model widely used in reliability analysis. In this article, we introduce an extension of the generalized Rayleigh distribution using the quadratic rank transmutation map studied by Shaw and Buckley in [12]. We study t

  10. Internal consistency and factor structure of the Portuguese version of the Liebowitz Social Anxiety Scale among alcoholic patients Consistência interna e estrutura fatorial da versão em português da Escala de Ansiedade Social de Liebowitz entre pacientes alcoolistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauro B Terra

    2006-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Liebowitz Social Anxiety Scale is an instrument used to evaluate the severity of social phobia. It has been widely used in different contexts and cultures, presenting variable psychometric properties. The objective of this article is to investigate the internal consistency and the factor structure of this scale. METHOD: In a sample of 300 alcoholic patients hospitalized in 3 mental clinics in Southern Brazil, 74 of them were social phobics (24.6%. The Structured Clinical Interview for DSM-IV-Axis I Disorders - Patient Edition, a semi-structured clinical interview based on DSM-IV, was used to check for the diagnosis of social phobia. The internal consistency was measured by Cronbach's alpha. Data were subjected to a factor analysis with the principal component method of parameter estimation. Questionnaire items loading at 0.35 or above were considered in the final factor solution. RESULTS: The coefficient of internal consistency was 0.95. All items showed corrected item-total correlation coefficient above 0.15, considered the minimum requested index. The factor analysis resulted in 5 dimensions which corresponded to 52.9% of the total variance. The five factors extracted were: factor I - speaking in a group, factor II - activity in public, factor III - social interaction with unknown person, factor IV - attitude of disagreement or disapproval and factor V - social interaction in leisure activity. CONCLUSIONS: The scale proved to be reliable and structurally valid instrument for use in a population of alcoholic patients. The possibility of screening for social phobia through the use of the instrument may be helpful in identifying probable cases of the disorder among alcoholics.OBJETIVO: A Escala de Ansiedade Social de Liebowitz é um instrumento utilizado na avaliação da gravidade da fobia social. Tem sido amplamente usada em diferentes contextos e culturas, apresentando propriedades psicométricas variadas. O objetivo do artigo

  11. Evaluación de la motivación académica y la ansiedad escolar y posibles relaciones entre ellas Avaliação da motivação acadêmica e ansiedade escolar e possível relação entre elas Assessment of academic motivation and school anxiety and possible relationship between them

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Cecilio Fernandes

    2012-12-01

    Full Text Available La motivación académica y la ansiedad en el contexto académico son factores determinantes en la vida del alumno, tanto desde el punto de vista emocional como de rendimiento. El objeto de este estudio fue evaluar la motivación y la ansiedad académica en estudiantes y realizar análisis de correlación y regresión entre la motivación académica y la ansiedad escolar. Los niños obtuvieron puntuaciones bajas de ansiedad y moderadas de motivación general, niveles por encima del promedio de motivación extrínseca y por debajo del promedio de motivación intrínseca. El análisis de correlación indicó que todas las correlaciones fueron significativas y que todas fueron positivas, excepto las correlaciones entre la ansiedad y la motivación intrínseca y entre la motivación intrínseca y extrínseca, que fueron negativas. El análisis de regresión reveló que la motivación extrínseca explica una parte significativa de la ansiedad. Esos datos elucidan la relación existente entre los dos tipos de motivación y la ansiedad escolar.A motivação acadêmica e a ansiedade no contexto acadêmico são fatores determinantes na vida do aluno, tanto do ponto de vista emocional como do rendimento. O objetivo deste estudo foi avaliar a motivação e a ansiedade acadêmica em estudantes e realizar análise de correlação e regressão entre a motivação acadêmica e a ansiedade escolar. As crianças obtiveram pontuações baixas de ansiedade e moderadas de motivação geral, níveis acima da média de motivação extrínseca e abaixo da média de motivação intrínseca. A análise de correlação indicou que todas as correlações foram significativas e que todas foram positivas, com exceção das correlações entre a ansiedade e a motivação intrínseca e entre a motivação intrínseca e extrínseca, que foram negativas. A análise de regressão revelou que a motivação extrínseca explica uma parte significativa da ansiedade. Esses dados

  12. Revisão e análise de estudos e protocolos de intervenção comportamental para transtornos de ansiedade

    OpenAIRE

    Cristina Tiemi Okamoto

    2012-01-01

    Estudos afirmam que os transtornos de ansiedade são crônicos e em condições de alta prevalência, além disso, resultam em um significativo comprometimento do funcionamento e qualidade de vida do indivíduo. As terapias comportamentais em grupo têm sido consideradas benéficas e com resultados significativos próximos ao tratamento individual. Recentemente, algumas pesquisas têm discutido a efetividade do uso de protocolos de intervenção comportamental em grupo para diferentes transtornos ansiosos...

  13. O conceito de ansiedade na análise do comportamento The concept of anxiety in behavior analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilzabeth Leite Coêlho

    2008-01-01

    Full Text Available O conceito de ansiedade tem sido empregado na Análise do Comportamento sob controle de diferentes eventos ou relações. Neste artigo, oferecemos uma revisão dos modos como a análise do comportamento tem concebido teórica e conceitualmente o fenômeno da ansiedade e das relações que são colocadas em destaque nessas elaborações. Iniciamos com uma descrição dos usos correntes do conceito de ansiedade, assinalando que variam quanto ao papel atribuído às alterações fisiológicas, à definição das relações respondentes e operantes, verbais e não verbais, e às implicações para a terapia verbal. Discutimos, em seguida, essas variações, salientando que representam visões complementares de um fenômeno complexo, em que eventos adquirem diferentes funções a partir de processos de condicionamento direto e indireto. Finalmente, caracterizamos alguns aspectos definidores da ansiedade à luz do enfoque analítico-comportamental e argumentamos que as elaborações revisadas sugerem que a ansiedade, como problema clínico, pode guardar relação com repertórios de autocontrole.The concept of anxiety has been used in Behavior Analysis under the control of different events or relations. In this article, we offer a theoretical and conceptual review of behavior-analytic approaches for anxiety, and of the behavioral relations that are highlighted in the literature. We start with a description of the current usages of the concept of anxiety. We point out that such usages vary from the role assigned to physiological changes, to the definition of respondent and operant relations (verbal and non-verbal and to the implications for verbal therapy. We, then, discuss such variations as complementary explanations for a complex phenomenon, in which events acquire several functions, through processes of direct and indirect conditioning. Finally, we summarize some defining characteristics of anxiety from a behavior-analytic standpoint, and we argue

  14. Masculinidade e ciúme na perspectiva da teoria da sedução generalizada

    OpenAIRE

    Ribeiro, Paulo Carvalho

    2012-01-01

    Partindo das contribuições freudianas sobre as relações do ciúme com a projeção e a homossexualidade, propõe-se no presente artigo uma retomada do papel do masoquismo primário e da identificação feminina como elementos definidores do ciúme masculino patológico. As condições originárias de constituição do psiquismo, vistas sob o ângulo da Teoria da Sedução Generalizada, proposta por Jean Laplanche, são relacionadas tanto ao masoquismo primário quanto à identificação feminina. A situação assimé...

  15. Sesgos de Memoria en los Trastornos de Ansiedad

    OpenAIRE

    Rubén Sanz Blasco; Juan José Miguel-Tobal; M.ª Isabel Casado Morales

    2011-01-01

    En la actualidad existen un gran número de modelos teóricos que defienden la importancia de la valoración cognitiva en el inicio y mantenimiento de la respuesta de ansiedad. La investigación acerca de los procesos cognitivos que subyacen a la respuesta de ansiedad ha puesto de manifiesto de manera bastante sólida cómo los sujetos ansiosos en comparación con sujetos normales muestran una tendencia a atender de manera selectiva y a interpretar de un modo catastrofista información congruente con...

  16. Miedos y ansiedad en un grupo de adolescentes maltratados

    OpenAIRE

    Carrasco Ortiz, Miguel Ángel; Rodríguez Testal, Juan Francisco; Rodríguez Santos, María Dolores; Sánchez Arribas, Carmen

    1999-01-01

    El trabajo que a continuación se presenta ha tratado de estudiar los medios y la ansiedad en un grupo de sujetos adolescentes víctimas de maltrato en comparación con un grupo control equivalente. Los resultados han puesto de manifiesto la inexistencia de diferencias en el nivel y contenido de los medios entre los grupos de maltrato y de control. No obstante, han aparecido diferencias significativas en las medidas de ansiedad, en favor de los sujetos maltratados de mayor edad, tales como el nú...

  17. Diagnósticos de medo e ansiedade: validação de conteúdo para o paciente queimado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ellen Cristina Bergamasco

    2004-04-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram identificar e realizar validação de conteúdo das características definidoras dos diagnósticos de medo e ansiedade para o paciente queimado. Foi elaborado um instrumento composto pelas manifestações dos dois diagnósticos apresentadas pela Taxionomia I da North American Nursing Diagnoses Association, além de outras que foram encontradas na literatura. Dezesseis enfermeiros foram entrevistados. Das 97 características apresentadas no instrumento foram excluídas 31 para o diagnóstico medo e 27 para ansiedade. Oito características obtiveram média de escores maior que 0,70 para o diagnóstico de medo e 18 para o diagnóstico de ansiedade. As características que obtiveram maior pontuação foram "preocupação expressa devido a mudanças em eventos da vida" para ansiedade e "refere ou nota-se insônia" para o medo.

  18. Organização neural de diferentes tipos de medo e suas implicações na ansiedade

    OpenAIRE

    Brandão,Marcus Lira; Vianna,Daniel Machado; Masson,Sueli; Santos,Júlia

    2003-01-01

    A natureza das respostas de medo em animais expostos a situações ameaçadoras depende da intensidade e da distância do estímulo aversivo. Esses estímulos podem ser potencialmente perigosos, distais ou proximais ao animal. Esforços têm sido feitos no sentido de identificar os circuitos neurais recrutados na organização das reações defensivas a estas condições aversivas. Neste artigo, sumarizamos evidências que associam os sistemas cerebrais de defesa ao conceito de medo-stress-ansiedade. Respos...

  19. Precompetición y ansiedad en fisicoculturistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F\\u00E9lix Arbinaga Ibarz\\u00E1bal

    2005-01-01

    Full Text Available Con este trabajo se ha pretendido realizar una aproximación a los estados de ansiedad que manifiestan los fisicoculturistas en los momentos previos a la competición. Han participado un total de 52 fisicoculturistas varones, con más de dos años de experiencia, y una media de 81,5 meses en el entrenamiento de musculación. La prueba utilizada para evaluar la ansiedad precompetición ha sido el "Competitive State Anxiety Inventory-2", que nos ha dejado unos valores medios en ansiedad cognitiva de 17,96, en ansiedad somática de 18,33 y en autoconfianza de 23,96 puntos, valores superiores a los indicados por maratonianos populares en las dos primeras dimensiones y similares en autoconfianza sobre el rendimiento. Mediante la "Escala de Adicción General Ramón y Cajal" se ha buscado evaluar el grado de dependencia al ejercicio, comprobándose que el 19,2% de los sujetos estarían en la categoría de adicción alta. En la subescala de ansiedad cognitiva los sujetos en las categorías de adicción alta y media mostrarían valores superiores a los del grupo de la adicción baja (F=5,7273, p=0,0058, en ansiedad somática no se constatarían las diferencias (F=3,0079, p=0,0586 y en autoconfianza serían los sujetos del grupo de adicción baja los que mostrarían puntuaciones superiores de forma significativa (F=7,5853, p=0,0013. Por último, la edad ha mostrado una relación positiva con la autoconfianza (r=0,334, p=0,014 y negativa con la ansiedad somática (r=-0,3055, p=0,0280.

  20. Traço e estado de ansiedade de nutrizes com indicadores de hipogalactia e nutrizes com galactia normal Trazo y estado de ansiedad de mujeres lactantes con indicadores de hipogalactia y mujeres lactantes con galactia normal Trace and anxiety of nursing mothers with insufficient and normal breast feeding indicators

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilva Marico Mizumoto Aragaki

    2006-09-01

    Full Text Available Este estudo objetivou identificar e comparar o traço e estado de ansiedade, no 10º dia pós-parto e estado de ansiedade no 30º dia puerperal, das nutrizes primíparas e multíparas que apresentaram indicadores de hipogalactia e nutrizes com galactia normal; verificar possíveis relações entre o estado de ansiedade das nutrizes nesses dois momentos com a presença dos indicadores de hipogalactia. É um estudo exploratório/descritivo, cujos dados foram obtidos com 168 nutrizes e seus filhos, por meio de entrevistas realizadas em consulta de enfermagem nos 10º e 30º dias pós-parto. Os resultados obtidos mostraram que as primíparas e multíparas hipogalactas e as primíparas com galactia normal apresentaram traço de ansiedade mais elevado do que os estados de ansiedade por ocasião do 10º e 30º dia pós-parto. Houve remissão dos sinais maternos de ansiedade, com o passar do tempo, que pode ter sido decorrente da correção da técnica da amamentação e apoio às nutrizes.Este estudio tuvo por objetivo identificar y comparar el trazo y estado de ansiedad, en el 10º dia post parto y estado de ansiedad en el 30º dia puerperal, de las mujeres lactantes primíparas y multíparas que presentaron indicadores de hipogalactia y mujeres lactantes con galactia normal; verificar posibles relaciones entre el estado de ansiedad de las mujeres lactantes en esos dos momentos con la presencia de los indicadores de hipogalactia. Es un estudio exploratorio/descriptivo, cuyos datos fueron obtenidos con 168 mujeres lactantes y sus hijos, por medio de entrevistas realizadas en consulta de enfermería en los 10º y 30º días después del parto. Los resultados obtenidos mostraron que las primíparas y multíparas hipogalactas y las primíparas con galactia normal presentaron trazo de ansiedad más elevado que los estados de ansiedad en el 10º y 30º dia post parto. Hubo remisión de las señales maternas de ansiedad, con el pasar del tiempo, que puede

  1. Confiabilidade de instrumentos diagnósticos: estudo do inventário de sintomas psiquiátricos do DSM-III aplicado em amostra populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Baxter Andreoli

    Full Text Available O objetivo foi estudar a confiabilidade do inventário de sintomas psiquiátricos do DSM-III aplicado em amostras representativas da população geral de três cidades brasileiras. Foram utilizados os métodos do entrevistador-observador e de consistência interna para medir a confiabilidade. Os diagnósticos de ansiedade generalizada, na vida (k = 0,46, no ano (k = 1,00, depressão na vida (k = 0,77 e os diagnósticos de abuso e dependência de álcool na vida (k = 1,00 foram confiáveis de forma consistente nos dois métodos empregados. Os diagnósticos de agorafobia (k = 1,00, fobia simples (k = 0,77, transtorno psicótico não esquizofrênico (k = 1,00 e o de fatores psicológicos que afetam o físico (1,00, todos feitos para a vida, apresentaram confiabilidade excelente medidos por meio do Kappa. O principal problema de medir a confiabilidade em estudos populacionais é a baixa prevalência de alguns diagnósticos que resulta em uma pequena variabilidade nas respostas positivas, o que impossibilita o cálculo do Kappa. Por causa disso, apenas 11 dos 39 diagnósticos que compõem o inventário puderam ser examinados. Recomenda-se a utilização do método de teste e re-teste com um tempo curto entre as entrevistas para diminuir esse problema.

  2. Confiabilidade de instrumentos diagnósticos: estudo do inventário de sintomas psiquiátricos do DSM-III aplicado em amostra populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreoli Sérgio Baxter

    2001-01-01

    Full Text Available O objetivo foi estudar a confiabilidade do inventário de sintomas psiquiátricos do DSM-III aplicado em amostras representativas da população geral de três cidades brasileiras. Foram utilizados os métodos do entrevistador-observador e de consistência interna para medir a confiabilidade. Os diagnósticos de ansiedade generalizada, na vida (k = 0,46, no ano (k = 1,00, depressão na vida (k = 0,77 e os diagnósticos de abuso e dependência de álcool na vida (k = 1,00 foram confiáveis de forma consistente nos dois métodos empregados. Os diagnósticos de agorafobia (k = 1,00, fobia simples (k = 0,77, transtorno psicótico não esquizofrênico (k = 1,00 e o de fatores psicológicos que afetam o físico (1,00, todos feitos para a vida, apresentaram confiabilidade excelente medidos por meio do Kappa. O principal problema de medir a confiabilidade em estudos populacionais é a baixa prevalência de alguns diagnósticos que resulta em uma pequena variabilidade nas respostas positivas, o que impossibilita o cálculo do Kappa. Por causa disso, apenas 11 dos 39 diagnósticos que compõem o inventário puderam ser examinados. Recomenda-se a utilização do método de teste e re-teste com um tempo curto entre as entrevistas para diminuir esse problema.

  3. Ansiedade e depressão de mães de recém-nascidos com malformações visíveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gimol Benzaquen Perosa

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo comparar as condições emocionais de mães cujos filhos nascem com malformações visíveis, em dois momentos: após o nascimento e três meses após alta hospitalar. Para tanto, foram avaliados os sinais de ansiedade e depressão de 17 mães desses recém-nascidos pelo Inventário de Depressão de Beck e Inventário de Ansiedade Traço-Estado - IDATE. Confirmando a literatura, com outras crianças de risco, observaram-se altos índices de ansiedade e depressão no pós-parto imediato, uma redução significativa da ansiedade-estado, da depressão e dos sinais clínicos de ansiedade, três meses após a alta. Pode-se supor que estava ocorrendo uma adaptação gradual dessas mães, que contavam com suporte social e grupo de apoio, à medida que tinham um contato íntimo com a criança e percebiam suas habilidades como cuidadoras. Discutem-se as limitações do estudo e necessidade de investigações orientadas para aprofundar a identificação dos fatores que potencializam ou dificultam a adaptação materna.

  4. Distúrbio cognitivo transitório associado a atividade epileptiforme generalizada ou difusa durante o eletrencefalograma Transient cognitive impairment during generalized or diffuse epileptiform EEG discharges

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lineu Corrêa Fonseca

    2005-09-01

    Full Text Available Atividade epileptiforme (AE no eletrencefalograma (EEG é achado comum entre as crises epilépticas e, menos freqüentemente, em outras condições clínicas. AE "subclínica" pode estar acompanhada de distúrbio cognitivo transitório (DCT. Foram estudados 30 pacientes (27 com epilepsia com AE generalizada ou difusa, freqüente, em EEG inicial. Em EEG subseqüente, foi avaliado o desempenho em testes de classificação visual de animais e objetos, discriminação de cores, memória verbal e auditiva, reconhecimento de padrões e estimação de tempo. Foi comparado, estatisticamente, o número de respostas corretas ou incorretas durante a AE e fora dela. DCT foi caracterizado em 43,3% dos casos. Em 23,3% a AE foi rara, não permitindo avaliação de DCT. Assim, pôde ser caracterizado comprometimento transitório de atividades cognitivas durante AE até então considerada "subclínica". Há necessidade de pesquisar a importância desse fator em pacientes com comprometimento cognitivo e de caracterizar as situações de eventuais benefícios na medicação dirigida à AE.Epileptiform EEG discharges (EED are a frequent finding in people with epilepsy, and may occur in other clinical conditions. Formal testing during EEG recording may demonstrate transitory cognitive impairment (TCI. Thirty patients (27 with epilepsy with generalized or diffuse EED on a previous examination were studied. The interaction between EED and cognitive tasks was evaluated on subsequent EEG. The numbers of correct or incorrect answers were compared with the occurrence or absence of EED. Results were analyzed by non parametric tests. TCI was characterized in 43.3% of the patients. In 23.3% the EED were rare and it was not possible to evaluate the occurrence of TCI. The findings confirm that otherwise subclinical EED may be accompanied by TCI. There is a need of researchs to evaluate the relevance of TCI and to determine when EED should be treated.

  5. Ansiedade no período pré-operatório de cirurgias de mama: estudo comparativo entre pacientes com suspeita de câncer e a serem submetidas a procedimentos cirúrgicos estéticos Ansiedad en el período preoperatorio de cirugías de mama: estudio comparativo entre pacientes con sospecha de cáncer a ser sometidas a procedimientos quirúrgicos estéticos Preoperative anxiety in surgeries of the breast: a comparative study between patients with suspected breast cancer and that undergoing cosmetic surgery

    OpenAIRE

    Maria Luiza Melo Alves; Adriana Jucá Pimentel; Álvaro Antônio Guaratini; José Álvaro Marques Marcolino; Judymara Lauzi Gozzani; Ligia Andrade da Silva Telles Mathias

    2007-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A avaliação da ansiedade não faz parte da rotina da avaliação pré-anestésica (APA), o que faz com que situações especiais em que o estado emocional dos pacientes possa estar alterado, passem despercebidas pelo anestesiologista. Este estudo visou comparar, no momento da APA ambulatorial, fatores de risco, intensidade e prevalência de ansiedade em pacientes com suspeita de câncer de mama e a serem submetidas a procedimentos cirúrgicos estéticos de mama. MÉTODO: Após a...

  6. Efectos de la competencia del terapeuta en el tratamiento de adolescentes con fobia social generalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo J. Olivares-Olivares

    2015-01-01

    Full Text Available El propósito de este estudio es verificar la parte de los resultados del Programa para la Intervención en Adolescentes con Fobia Social que puede ser atribuida a la competencia del terapeuta. Se presentan los resultados obtenidos en tres condiciones experimentales (grupos experto, cuasi-experto e inexperto, integradas por 46 adolescentes españoles con una edad media de 15.37 años (DT = 1.04; rango = 14-18, siendo la mayoría chicas (67.40% que cursaban 4º de E.S.O (46.70%. Todos cumplieron los criterios requeridos para el diagnóstico de Fobia Social Generalizada. Los resultados muestran que (i el tamaño del efecto que se puede atribuir a los terapeutas es bajo, (ii que la magnitud del tamaño del efecto obtenido correlaciona con la magnitud de la competencia del terapeuta en las variables más sensibles al cambio terapéutico, (iii que tales resultados no alcanzan diferencias con significación estadística entre las tres condiciones experimentales. Los datos hallados nos permiten concluir que siendo relevante el impacto de la competencia del terapeuta en los resultados obtenidos la mayor parte de la varianza en los resultados se relaciona directamente con el efecto del programa de tratamiento manualizado que se ha aplicado.

  7. O uso da aromaterapia no alívo da ansiedade El uso de la aromaterapia en el alivo de la ansiedad The use of aromatherapy in alleviating anxiety

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Rizzo Gnatta

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Verificar como o uso dos óleos essenciais (OE de Lavanda e Gerânio alteram a percepção de ansiedade e comparar sua eficácia. MÉTODOS: Amostra foi composta por graduandos da 1ª série em Enfermagem que foram randomizados em três grupos: dois que receberam OE (em um gel de base polimérica e o outro placebo (que recebeu essência de Rosa. A avaliação da ansiedade foi feita por meio de uma escala já validada, aplicada antes, ao final de 30 e de 60 dias de uso dos géis aromáticos. RESULTADOS: O grupo que utilizou Lavanda teve uma redução de -11,80 na média dos escores, porém não significativa estatisticamente. CONCLUSÃO: Houve maior eficácia do OE de Lavanda na diminuição da ansiedade, porém não foi estatisticamente expressiva.OBJETIVOS: Verificar cómo el uso de los aceites esenciales (OE de Lavanda y Geranio alteran la percepción de ansiedad y comparar su eficacia. MÉTODOS: La muestra estuvo compuesta por estudiantes del pregrado en Enfermería que fueron randomizados en tres grupos: dos que recibieron OE (en un gel de base polimérica y el otro placebo (que recibió esencia de Rosa. La evaluación de la ansiedad fue realizada por medio de una escala ya validada, aplicada antes, al final de 30 y de 60 días de uso de los geles aromáticos. RESULTADOS: El grupo que utilizó Lavanda tuvo una reducción de -11,80 en promedio de los escores, sin embargo no significativo estadísticamente. CONCLUSIÓN: Huvo mayor eficacia del OE de Lavanda en la disminución de la ansiedad, mas no fue estadísticamente expresiva.OBJECTIVES: To determine how the use of essential oils (OE Lavender and Geranium change the perception of anxiety, and to compare their effectiveness in treating anxiety. METHODS: The sample included students from the first year of nursing school who were randomized into three groups: two groups received OE (in a gel polymer-based and the other received a placebo (essence of Rose. A previously validated

  8. Efeitos gradativos do toque terapêutico na redução da ansiedade de estudantes universitários Efecto gradual del tacto terapéutico en la reducción de la ansiedad en estudiantes universitarios Gradual effects of therapeutic touch in reducing anxiety in university students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Miranda Gomes

    2008-12-01

    Full Text Available Trabalho de pesquisa quantitativo realizado com 42 discentes de uma instituição pública de ensino superior, utilizando-se a técnica do Toque Terapêutico - Método Krieger-Kunz e aplicação de um questionário validado no Brasil para avaliar a ansiedade durante três sessões. Os sujeitos foram alocados em dois grupos: experimental (1, em que receberam a terapia complementar; e controle (2, em que foram submetidos a imitação da técnica sem intenção terapêutica. O objetivo foi identificar a influência gradativa desta terapia complementar de saúde no que se refere ao estado de ansiedade dos estudantes. A análise dos dados revelou uma redução estatisticamente significativa do estado de ansiedade em ambos os grupos, com pd" 0,05.Trabajo de pesquisa cuantitativo con 42 discentes de una institución pública de enseñanza superior, utilizándose la técnica del Toque Terapéutico - Método Krieger-Kunz y aplicación de un cuestionario validado en Brasil para evaluar la ansiedad durante tres sesiones. Los sujetos fueron alocados en dos grupos: experimental (1 que recibieron la terapia complementar y control (2 que fueron sometidos a la imitación de la técnica sin intención terapéutica. El objetivo fue identificar la influencia graduada de esta terapia complementar de salud en lo que se refiere al Estado de Ansiedad de los estudiantes. La análisis de los datos rebeló una reducción estadísticamente significativa del Estado de ansiedad en ambos los grupos con pd" 0,05.This is quantitative research conducted with 42 students of a public university using the Therapeutic Touch - Krieger-Kunz Method and the application of a questionnaire validated in Brazil to assess anxiety in three sessions. Subjects were divided into two groups: experimental (1, in which the complementary therapy was used; and control (2, in which a mock of the technique, with no therapeutic intention, was applied. The objective was to identify the gradual influence

  9. Tratamientos eficaces para el Trastorno de Ansiedad Social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Baeza Velasco

    2007-01-01

    Full Text Available www.neuropsicologia.cl 127 Tratamientos eficaces para el Trastorno de Ansiedad Social Efficient Treatments for Social Anxiety Disorder Carolina Baeza Velasco * Resumen El Trastorno de Ansiedad Social (TAS, también cono cido como Fobia Social, es reconocido hoy en día como una condición psiquiátri ca crónica e incapacitante. La alta prevalencia y la significancia clínica de la enferm edad, enfatizan la necesidad de reconocimiento temprano y de tratamiento eficaz. El objetivo de este trabajo es exponer los principales tratamientos existentes, poniendo a tención a las investigaciones y estudios meta-analíticos que intentan diferenciar los distin tos tipos de intervención en relación a su eficacia.

  10. Ansiedad y rendimiento académico en estudiantes universitarios

    OpenAIRE

    Bojórquez de la Torre, Javier Daniel

    2015-01-01

    Objetivos: Determinar la asociación entre el nivel de ansiedad clínica y el rendimiento académico en los estudiantes del primer año de la Facultad de Medicina Humana de la Universidad de San Martín de Porres (2012 y 2013). Material y métodos: Se realizó un estudio observacional de cohorte retrospectivo. La población fue de 687 alumnos de la Facultad de Medicina Humana de la Universidad de San Martín de Porres, a los que se aplicó la Escala de Autoevaluación de la Ansiedad de Zung, durant...

  11. Creencias irracionales y ansiedad en estudiantes de medicina de una universidad nacional

    OpenAIRE

    García Arce, Sara del Carmen

    2014-01-01

    Revisa la ansiedad y las creencias irracionales como trasfondo de las manifestaciones ansiosas en cuanto se presentan como evidencias de un rasgo de la personalidad; o, como estado asociado a situaciones y reacciones de tipo emocional. Se planteó como objetivos, identificar las creencias irracionales asociadas a la ansiedad estado en un grupo de estudiantes de Medicina Humana de la ciudad de Tarapoto e identificar las creencias irracionales asociadas a la ansiedad rasgo. Luego del trabajo con...

  12. Ansiedade no período pré-operatório de cirurgias de mama: estudo comparativo entre pacientes com suspeita de câncer e a serem submetidas a procedimentos cirúrgicos estéticos Ansiedad en el período preoperatorio de cirugías de mama: estudio comparativo entre pacientes con sospecha de cáncer a ser sometidas a procedimientos quirúrgicos estéticos Preoperative anxiety in surgeries of the breast: a comparative study between patients with suspected breast cancer and that undergoing cosmetic surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Melo Alves

    2007-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A avaliação da ansiedade não faz parte da rotina da avaliação pré-anestésica (APA, o que faz com que situações especiais em que o estado emocional dos pacientes possa estar alterado, passem despercebidas pelo anestesiologista. Este estudo visou comparar, no momento da APA ambulatorial, fatores de risco, intensidade e prevalência de ansiedade em pacientes com suspeita de câncer de mama e a serem submetidas a procedimentos cirúrgicos estéticos de mama. MÉTODO: Após aprovação pelo Comitê de Ética, foram estudadas, no ambulatório de APA, 114 pacientes, ASA I ou II, idade > 14 anos, divididas nos grupos: GMAMA - pacientes com suspeita de câncer de mama; GPLAST - pacientes a serem submetidas à cirurgia plástica estética. Após consentimento esclarecido, as pacientes responderam o teste de avaliação de ansiedade (IDATE - Inventário de Ansiedade Traço-Estado antes da avaliação pré-anestésica. Foram analisados: dados sociodemográficos; experiência com procedimentos cirúrgicos anteriores; número e percentual de pacientes com ansiedade baixa, moderada e alta (IDATE I e II; mediana das pontuações das escalas IDATE I e II. RESULTADOS: Os grupos foram homogêneos em relação aos dados sociodemográficos e experiência com procedimentos cirúrgicos anteriores. Observou-se diferença significativa dos níveis e prevalência de ansiedade-estado (IDATE I. Não foram identificados fatores de risco para ansiedade-estado e ansiedade-traço. CONCLUSÕES: As pacientes com suspeita de câncer de mama a serem submetidas à retirada de nódulo ou tecido mamário para diagnóstico apresentaram níveis e prevalência de ansiedade-estado alta maiores do que as pacientes a serem submetidas a mamoplastias; os níveis e a prevalência de ansiedade-traço foram similares nos dois grupos e não foram identificados fatores de risco para ansiedade-estado e ansiedade-traço.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La evaluaci

  13. Correlação entre ansiedade e anéis de tensão Correlación entre ansiedad y anillos nerviosos Anxiety and contraction furrows correlations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leia Fortes Salles

    2011-03-01

    Full Text Available A ansiedade vem sendo muito estudada pelas áreas de psicossomática e psiconeuroimunologia e tem sido apontada como fator predisponente em inúmeras doenças. Isso sugere que a minimização de comportamentos ansiosos traria benefícios à saúde. A análise da íris permite determinar as características de personalidade do indivíduo. Dentre os diversos sinais estudados pela iridologia, os anéis de tensão são relacionados com a ansiedade. O objetivo deste estudo é comparar os resultados do Inventário de Diagnóstico da Ansiedade Traço (IDATE com a análise da íris (quantidade de anéis de tensão. A pesquisa foi realizada nos meses de setembro e outubro de 2008, com todos os integrantes do Grupo de Estudos em Práticas Alternativas e Complementares em Saúde da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. Houve correspondência entre a íris e o inventário em 75% da população e o coeficiente de correlação de Spearman apontou uma correlação positiva e significativa entre o escore do Inventário de ansiedade (IDATE e a quantidade e classificação dos anéis de tensão. Este resultado sugere que a presença destes sinais na íris indica maior predisposição para a ansiedade.La ansiedad ha sido muy estudiada en las áreas de la psicosomática y de la psico-neuroinmunología y ha sido señalada como siendo un factor predisponente de innúmeras enfermedades. Esto sugiere que la minimización de comportamientos ansiosos podría traer beneficios para la salud. El análisis del iris permite determinar las características de personalidad del individuo. Dentro de las diversas señales estudiadas por la iridología, los anillos nerviosos están relacionados con la ansiedad. El objetivo de este estudio es comparar los resultados del Inventario de la Ansiedad Rasgo-Estado (IDARE con el análisis del iris (cantidad de anillos nerviosos. La investigación fue realizada en los meses de septiembre a octubre de 2008, con todos los

  14. Sesgos de Memoria en los Trastornos de Ansiedad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubén Sanz Blasco

    2011-01-01

    Full Text Available En la actualidad existen un gran número de modelos teóricos que defienden la importancia de la valoración cognitiva en el inicio y mantenimiento de la respuesta de ansiedad. La investigación acerca de los procesos cognitivos que subyacen a la respuesta de ansiedad ha puesto de manifiesto de manera bastante sólida cómo los sujetos ansiosos en comparación con sujetos normales muestran una tendencia a atender de manera selectiva y a interpretar de un modo catastrofista información congruente con su estado emocional. Sin embargo, existiría un tercer sesgo para el cual los datos de las distintas investigaciones han arrojado resultados difusos en los distintos trastornos y tareas experimentales. Nos referimos al sesgo de memoria, que puede definirse como la tendencia a recordar preferentemente estimulación negativa presentada previamente en comparación con estimulación neutra. Se presenta un trabajo de revisión teórica sistemática que tiene como objetivo fundamental determinar la existencia del sesgo de memoria a lo largo de los diferentes trastornos de ansiedad y de las diferentes tareas experimentales utilizadas en la evaluación de dicho sesgo.

  15. Ansiedad hacia las matemáticas, agrado y utilidad en futuros maestros

    OpenAIRE

    Nortes, Rosa; Nortes, Andrés

    2014-01-01

    Para conocer si los futuros maestros de primaria tienen ansiedad hacia las matemáticas se han elegido dos muestras de alumnos de la Universidad de Murcia en dos cursos consecutivos que estudian actualmente el grado y se les han aplicado dos escalas de ansiedad, una de agrado y una de utilidad. Los resultados obtenidos indican que el nivel de ansiedad se mantiene estable, que al alumnado le agradan poco las Matemáticas aunque le encuentran utilidad, que la ansiedad ante un examen es alta y q...

  16. A influência da ansiedade nas estratégias de enfrentamento utilizadas no período pré-operatório La influencia de la ansiedad en las estrategias de enfrentamento utilizadas en el período pré-operatorio The influence of anxiety in coping strategies used during the pre-operative period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Veronica Cecilia Calbo de Medeiros

    2006-03-01

    Full Text Available O presente estudo tem como objetivos: identificar o estado de ansiedade dos pacientes no período pré-operatório; identificar as estratégias de enfrentamento utilizadas pelos pacientes nesse período; verificar a relação entre o estado de ansiedade e as estratégias de enfrentamento utilizadas pelos pacientes, no período pré-operatório. A amostra foi composta por 40 pacientes cirúrgicos. Para a coleta dos dados foram utilizados dois instrumentos auto-aplicáveis: o questionário de estado de ansiedade de Spielberger e o inventário de estratégias de coping de Lazarus e Folkman. A amostra compôs-se, em sua maioria, por pacientes do sexo feminino com uma idade média de 46 anos, com baixo grau de escolaridade, com experiência cirúrgica anterior e sem intercorrências anteriores. As estratégias de enfrentamento mais comumente utilizadas foram as de suporte social e a de resolução de problemas. Em relação à ansiedade e às estratégias de enfrentamento, obteve-se uma correlação negativa entre o estado de ansiedade e o suporte social e a resolução de problemas.En el presente estudio se tuvo por objetivos: identificar el estado de ansiedad de los pacientes en el período pre-operatorio; identificar las estrategias de enfrentamiento utilizadas por los pacientes en ese período; verificar la relación entre el estado de ansiedad y las estrategias de enfrentamiento utilizadas por los pacientes, en el período pre-operatorio. La muestra estuvo compuesta por 40 pacientes quirúrgicos. Para la recolección de los datos fueron utilizados dos instrumentos auto-aplicables: el cuestionario de estado de ansiedad de Spielberger y el inventario de estrategias de coping de Lazarus y Folkman. La muestra se compuso, en su mayoría, por pacientes del sexo femenino con una edad media de 46 años, con bajo grado de escolaridad, con experiencia quirúrgica anterior y sin incidencias anteriores. Las estrategias de enfrentamiento com

  17. Ansiedade materna manifestada durante o tratamento odontológico de seus filhos Maternal anxiety manifested during dental treatment of their children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Mendes Tomita

    2007-12-01

    Full Text Available A ansiedade manifestada pela criança durante o atendimento odontológico constitui um elemento potencialmente prejudicial à realização do tratamento bucal. O objetivo deste trabalho foi descrever e analisar os comportamentos de dez mães durante sessões seqüenciais de atendimento odontológico de seus filhos. Todas as sessões foram filmadas em videoteipe com marcas sonoras a cada 15 segundos, indicando os momentos em que foram efetuados os registros dos comportamentos. Um mapeamento geral do repertório de comportamentos permitiu apontar padrões comuns a todas as participantes e padrões específicos, indicadores de maior ansiedade de algumas participantes. Proporcionalmente, o procedimento de anestesia injetável evocou maior freqüência de comportamentos indicadores de respostas de ansiedade das mães. O cirurgião-dentista, atento aos comportamentos de pais e acompanhantes de crianças, pode adotar estratégias que reduzam a ansiedade dos pais, aumentando a freqüência de comportamentos colaborativos da criança com o tratamento.The anxiety manifested by the child during the dentistry treatment constitutes a potentially harmful element to the accomplishment of the treatment. The aim of this study was to describe and analyse 10 mother's behavior during sequential sessions of their children's dental treatment. All sessions were recorded in videotape biped every 15 second interval, indicating the moments that the records of the behaviors would be carried out. A behavioral repertoire general plotting allowed to point common standards to all the participants and specific standards, larger anxiety indicators of some participants. Proportionally, the invasive anesthesia procedure evoked escape behaviors indicators larger frequency and/or mothers dodge. The pediatric dentistry, careful with parents' behaviors, can adopt strategies that reduce parents' anxiety, increasing behaviors frequency children's collaborating with the treatment.

  18. Uso da terapia anti-retroviral entre pacientes atendidos em dois serviços públicos de referência para o HIV/aids: impacto na qualidade de vida e ocorrência de sintomas de ansiedade e depressão

    OpenAIRE

    Lorenza Nogueira Campos

    2008-01-01

    Introdução: A introdução da terapia anti-retroviral combinada (TARV) mudou a percepção do HIV/aids de uma doença fatal para crônica e potencialmente controlável. A TARV é capaz de aumentar a sobrevida, reduzir a morbidade e mortalidade e melhorar a qualidade de vida das pessoas vivendo com o HIV/aids. Sintomas psiquiátricos, como ansiedade e depressão, são comuns entre pessoas com doenças crônicas, incluindo a infecção pelo HIV/aids. Eles têm sido apontados como importantes preditores da n...

  19. GRUPO TERAPÊUTICO COM MULHERES COM TRANSTORNOS DE ANSIEDADE: AVALIAÇÃO PELA ESCALA DE ANSIEDADE DE HAMILTON

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ÂNGELA MARIA ALVES E SOUZA

    2008-01-01

    Full Text Available La necesidad de evaluar la asistencia a un grupo de mujeres nos llevó a la aplicación de una escala. Fueron seleccionadas dieciocho usuarias con diagnóstico de trastornos neuróticos, relacionados al estrés y somato formes. Se aplicó la Escala de Evaluación de Ansiedad de Hamilton (HAM-A con el objetivo de verificar el nivel de ansiedad antes y después de empezar las sesiones grupales. Realizamos 16 sesiones semanales, con desarrollo de técnicas de relajación y arte terapia, y como referencial la Terapia de Gestalt de corta duración. Después de las secciones de grupo, el nivel de ansiedad de las mujeres acompañadas a través de abordaje grupal, tuvo reducción significativa en lo que se refiere a los síntomas que habían aparecido como características determinantes para su sufrimiento psíquico.

  20. Anxiety and joint hypermobility association: a systematic review Associação entre ansiedade e hipermobilidade articular: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone H. Bianchi Sanches

    2012-06-01

    Full Text Available BACKGROUND: Anxiety disorders are often associated with several non-psychiatric medical conditions. Among the clinical conditions found in association with anxiety stands out the joint hypermobility (JH. OBJECTIVES: To carry out a systematic review of the clinical association between anxiety disorders and JH. METHOD: A survey was conducted in MEDLINE, PsychINFO, LILACS e SciELO databases up to December 2011. We searched for articles using the keywords 'anxiety', 'joint' and 'hypermobility' and Boolean operators. The review included articles describing empirical studies on the association between JH and anxiety. The reference lists of selected articles were systematically hand-searched for other publications relevant to the review. RESULTS: Seventeen articles were included in the analysis and classified to better extract data. We found heterogeneity between the studies relate to the methodology used. Most of the studies found an association between anxiety features and JH. Panic disorder/agoraphobia was the anxiety disorder associated with JH in several studies. Etiological explanation of the relationship between anxiety and JH is still controversial. CONCLUSION: Future research in large samples from the community and clinical setting and longitudinal studies of the association between anxiety and HA and the underlying biological mechanisms involved in this association are welcome.INTRODUÇÃO: Os transtornos de ansiedade estão frequentemente associados a vários quadros clínicos não psiquiátricos. Dentre os quadros clínicos associados à ansiedade destaca-se a hipermobilidade articular (HA. Objetivo: Realizar uma revisão sistemática da associação entre os transtornos de ansiedade e a HA. MÉTODO: Foi realizada uma pesquisa nos bancos de dados MEDLINE, PsychINFO, LILACS e SciELO em busca de artigos publicados até dezembro de 2011. Usamos as palavras-chave anxiety , joint e hypermobility e os operadores boolianos. A revisão incluiu

  1. Ansiedad estado y ansiedad rasgo en bailarines según el tipo de danza que practican y su condición como bailarín

    OpenAIRE

    Valle, María Liliana; Universidad de Lima (Perú)

    2014-01-01

    Se determinó comparativamente la ansiedad estado y la ansiedad rasgo en bailarines según el tipo de danza escogido (clásica y contemporánea) y su condición como bailarín (profesional y amateur). Se trabajó con 58 bailarines de Lima Metropolitana, de los cuales el 24,1 % fueron bailarines clásicos amateur; el 27,6 %, bailarines clásicos profesionales; el 20,7 %, bailarines contemporáneos amateur, y 27,6 %, bailarines contemporáneos profesionales. Se utilizó el Inventario de Ansiedad Rasgo-Esta...

  2. Impacto del resultado post-partido en la ansiedad cognitiva, ansiedad somática y la autoconfianza en jóvenes jugadoras de fútbol

    OpenAIRE

    Arroyo del Bosque, Rubén; Irazusta Adarraga, Susana; González Rodríguez, Oscar; Bastarrica Varela, Olatz

    2014-01-01

    22 p. - Publicado en CD-ROM El presente estudio analiza el impacto que tiene el resultado post-partido en la ansiedad cognitiva, ansiedad somática y la autoconfianza en jóvenes jugadoras de fútbol. Una muestra de 45 jóvenes futbolistas mujeres completaron la traducción realizada por Capdevila (1997) al castellano de la versión en inglés del Inventario de Ansiedad Competitiva en el Deporte (CSAI-2) (Martens et al., 1990), cuestionario que evalúa los componentes cognitivos y somáticos de la ...

  3. Estudo da ansiedade como variável no relacionamento aluno-paciente Estudio de la ansiedad como variable en el relacionamiento alumnos y pacientes A study of anxiety as a variablein the student-patient relationship

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lúcia Araújo Sadala

    1994-07-01

    Full Text Available O estudo tem o objetivo de analisar a ansiedade como variável na comunicação de alunas de graduação em enfermagem ao prestarem assistência aos pacientes. Os dados foram obtidos pela pesquisadora através da observação participante, estratégia que se constituiu simultaneamente de três procedimentos: registro das interações aluno-paciente pela pesquisadora, registro das mesmas pelos alunos e entrevistas dos alunos pela pesquisadora imediatamente após os dois primeiros procedimentos. A população da pesquisa constituiu-se de 10 alunos de enfermagem , acompanhados durante atividades de estágios curriculares nos 3°, 4° e 6° semestre do curso. A ansiedade, tanto dos alunos como dos pacientes, aparece como variável interferindo no uso da comunicação terapêutica pelos alunos.El estudio tiene por objetivo el análisis de la ansiedad como variable en la comunicación de los alumnos de graduación de enfermería, en actividades relacionadas a cuidados de pacientes. Los datos fueron obtenidos a partir de la observación participante, estrategia esta que constituida por tres procedimientos simultáneos: registro por la investigadora de las interacciones entre alumnos y pacientes; registro por los alumnos de esas mismas interacciones y entre vista de los alumnos por la autora mediatamente después de los dos primeros procedimientos. La populación se constituyó de 10 alumnos de enfermería acompañados durante sus actividades prácticas curriculares en los 3°, 4° e 6° semestres del curso básico (enfermería. La ansiedad de los estudiantes como la de los pacientes , aparece como variable interferente en el uso de la comunicación terapéutica entre ellos.The aim of this study was to analyze the anxiety as a variable in the nursing students communication with patients. Data was obtained through interviews, reports and observations of 10 students during 3 moments: 3th, 4th, and 6th, periods of undergraduate nursing course. Both

  4. Ansiedade e desempenho: um estudo com uma equipe infantil de voleibol feminino Anxiety and performance: a study of an infant female volleyball team

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christi Noriko Sonoo

    2010-09-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar a 'ansiedade traço' e 'ansiedade estado' e sua relação com o desempenho pré-competitivo e competitivo no voleibol. O caso estudado foi uma equipe de voleibol feminina infantil. Utilizou-se como instrumentos de medida os protocolos CSAI-II e o SCAT. A coleta de dados ocorreu nos locais de treinamento e durante os Jogos Colegiais 2005. Para a análise dos dados utilizou-se estatística descritiva e o teste "t" de Student. Os resultados indicaram: 'ansiedade traço' pré-competitiva e competitiva sem diferenças significativas, porém na 'ansiedade estado' observou-se diferença significativa (P=0,05 para o componente cognitivo. Verificou-se um equilíbrio entre os componentes da 'ansiedade estado' na fase preparatória pelas vitórias em todos os jogos, o que se mostrou diferente na fase competitiva, onde a equipe sofreu duas derrotas. Conclui-se que a ansiedade pode afetar o desempenho das atletas na situação competitiva nesta modalidade e categoria estudada.The objective of this study was to analyze trait anxiety and state anxiety and their relation with pre-competitive and competitive performance in volleyball. The case studied was a infantile female volleyball team. The measure instruments used were the CSAI-II and SCAT protocols. Data collection occurred in training stations and during High School games 2005. Data analysis was performed through descriptive statistics and Student's "t" test. The results indicated: pre-competitive and competitive trait anxiety with no significant differences, however in relation to state anxiety a significant difference was observed (P=0,05 in the cognitive component. A balance was verified between state anxiety components in preparation phase because of the winnings in all games, fact that was different in the competitive phase, where the team lost two times. It is concluded that anxiety can affect athletes' performance in competitive situation in the modality and

  5. MAXWELL EQUATIONS FOR A GENERALISED LAGRANGIAN FUNCTIONAL ECUACIONES DE MAXWELL PARA UNA FUNCIONAL DE LAGRANGE GENERALIZADA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Héctor Torres-Silva

    2008-11-01

    Full Text Available This work deals with the problem of the construction of the Lagrange functional for an electromagnetic field. The generalised Maxwell equations for an electromagnetic field in free space are introduced. The main idea relies on the change of Lagrange function under the integral action. Usually, the Lagrange functional which describes the electromagnetic field is built with the quadrate of the electromagnetic field tensor . Such a quadrate term is the reason, from a mathematical point of view, for the linear form of the Maxwell equations in free space. The author does not make this assumption and nonlinear Maxwell equations are obtained. New material parameters of free space are established. The equations obtained are quite similar to the well-known Maxwell equations. The energy tensor of the electromagnetic field from a chiral approach to the Born Infeld Lagrangian is discussed in connection with the cosmological constant.Se aborda el problema de la construcción de la funcional de Lagrange de un campo electromagnético. Se introducen las ecuaciones generalizadas de Maxwell de un campo electromagnético en el espacio libre. La idea principal se basa en el cambio de función de Lagrange en virtud de la acción integral. Por lo general, la funcional de lagrange, que describe el campo electromagnético, se construye con el cuadrado del tensor de campo electromagnético. Ese término cuadrático es la razón, desde un punto de vista matemático, de la forma lineal de las ecuaciones de Maxwell en el espacio libre. Se obtienen las ecuaciones no lineales de Maxwell sin considerar esta suposición. Las ecuaciones de Maxwell obtenidas son bastante similares a las conocidas ecuaciones de Maxwell. Se analiza el tensor de energía del campo electromagnético en un enfoque quiral de la Lagrangiana de Born Infeld en relación con la constante cosmológica.

  6. Demencia frontotemporal no familiar y epilepsia generalizada Frontotemporal dementia non familial and generalized epilepsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricio Fuentes

    2005-12-01

    Full Text Available Se presenta un paciente de 62 años, sin antecedentes familiares de demencia, que a los 45 años debuta con crisis súbitas de disnea, visión borrosa, caída al suelo y movimientos repetitivos de brazos. Tratado por epilepsia con fenitoína y ácido valproico, repite esporádicamente crisis semejantes. Hace 4 años sus familiares notan cambios de personalidad, irritabilidad y conductas obsesivas. Hace 2 años aparecen episodios de desorientación de días de duración, algunos con alucinaciones auditivas y también fenómenos convulsivos. Ultimamente presenta crisis polimorfas, algunas con prolongada alteración de conciencia, estados catatoniformes y relajación esfinteriana. Examen físico y neurológico sin anormalidades. Evaluación neuropsicológica evidenció consistentes defectos en funciones frontales. EEG mostraron lentitud generalizada y actividad irritativa esporádica en regiones frontotemporales. Atrofia cortical de predominio anterior en CT scan e hipoperfusión fronto-temporal bilateral en SPECT. Exámenes de laboratorio y LCR normales. CONCLUSIÓN: La asociación de DFT con epilepsia, en forma no familiar, sugiere un síndrome neurodegenerativo cortical diferente.A 62 year-old patient is presented, without family antecedents of dementia who begins with 45 years of age with sudden crisis of dyspnea, blurred vision, fall to the floor and repetitive jerks of arms. Tried by epilepsy with phenytoin and valproate repeats similar crisis sporadically. Four years ago their relatives began to notice changes of personality, irritability and obsessive behaviors. Later on, are added episodes of disorientation of days of duration, some with auditory hallucinations and also convulsive manifestations. Finally appear polymorphic crisis, some with continue alteration of consciousness, catatonic states and sphincteric incontinence. Physical and neurological examination without abnormalities. Neuropsychological evaluation evidenced consistent

  7. El enfoque cognitivo-comportamental para la ansiedad por la salud ("Hipocondría")

    OpenAIRE

    Salkovskis, Paul M.; Rimes, Katharine A.

    1997-01-01

    El presente artículo describe las líneas generales del enfoque cognitivo aplicado a la ansiedad por la salud (hipocondría). En este trastorno, la ansiedad se operativiza mediante 4 factores cognitivos clave: la probabilidad percibida de tener una enfem

  8. La mercancía patrón generalizada para trabajo heterogéneo y equilibrio general

    OpenAIRE

    Escudé, Guillermo

    1982-01-01

    Se generaliza el modelo de Sraffa de producción no conjunta para incluir requerimientos de stocks y trabajo heterogéneo. Se generaliza la Mercancía Patrón de Sraffa y se comprueba que su utilización como numerario linealiza la frontera de precios de los factores. Luego se supone coeficientes fijos y se cierra el modelo mediante funciones de demanda y maximización de beneficios bajo restricciones de capital. La utilización como numerario de la Mercancía Patrón Generalizada, al circunscribir a ...

  9. Transtornos de ansiedade e exercício físico Anxiety disorders and physical exercise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Regina Cassiano de Araújo

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: A maioria dos estudos sobre os efeitos ansiolíticos do exercício físico, até meados da década de 90, foram realizados avaliando-se estados de ansiedade, com indivíduos jovens, universitários ou atletas, que podem ser considerados pré-condicionados, limitando a validade das conclusões para populações com ansiedade patológica. Na atualidade, o número de estudos envolvendo pacientes com transtorno de ansiedade aumentou. O presente estudo tem por objetivo a revisão de artigos que discutem a influência do exercício físico nos transtornos de ansiedade. MÉTODO: Foi realizada uma pesquisa no Medline, no período de 1966-1995 e 1996-2006, utilizando-se os descritores: anxiety, panic, phobic disorders, exercise, physical fitness, além de referências cruzadas dos artigos selecionados e análise adicional de referências na literatura específica do tema. RESULTADOS: Os achados demonstraram desenhos heterogêneos assim como limitações metodológicas. As publicações mais recentes são promissoras e acenam para a utilização de exercícios físicos aeróbios como auxiliares das terapêuticas tradicionais no tratamento dos transtornos de ansiedade. CONCLUSÃO: Verificou-se que os exercícios aeróbios cuja intensidade não ultrapasse o limiar de lactato podem ser os mais apropriados, mas ainda não esclarecem as implicações dos exercícios anaeróbios, sugerindo cautela na prescrição de exercícios para indivíduos com ansiedade patológica, principalmente em relação aos exercícios anaeróbios.OBJECTIVE: Until the mid 90's, most of the studies on the anxiolytic effects of exercise were carried out through the evaluation of the anxiety state of young individuals. They were college students or athletes who might be considered pre-fit, thus limiting the validity of the conclusions as regards populations with pathological anxiety. The number of studies involving patients with anxiety disorder is increasing nowadays

  10. AROMATERAPIA E ANSIEDADE: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

    OpenAIRE

    Domingo, Thiago da Silva; Braga, Eliana Mara

    2013-01-01

    O presente estudo teve como objetivo investigar na literatura científica nacional e internacional como se utiliza a aromaterapia como ferramentaterapêutica para a redução da ansiedade. Trata-se de uma pesquisabibliográfica que adotou como método a revisão integrativa da literatura. Foram selecionados estudos publicados entre 2008 e 2012, nas bases de dados Scielo, Medline e Cinahl. A análise se constituiu de uma amostra de 20 artigos científicos, sendo 13 com delineamento experimentale quase ...

  11. Ansiedad, stress y trastornos psicofisiológicos

    OpenAIRE

    Casado Morales, María Isabel

    1994-01-01

    La presente tesis doctoral se centra en el estudio de los trastornos psicofisiologicos y su relación con una serie de variables psicológicas asociadas a los mismos. En primer lugar, por su relación con dichos trastornos se recogen de forma global el desarrollo histórico y los modelos explicativos de los conceptos de ansiedad y stress. Centrándonos ya de forma directa sobre los trastornos psicofisiologicos, se reseñan las distintas formas de abordaje, los factores determinantes y los modelos e...

  12. Bienestar espiritual y ansiedad en pacientes diabéticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ma. del Refugio Zavala

    2006-01-01

    Full Text Available El presente estudio investigó la correlación entre los niveles de bienestar espiritual y los niveles de ansiedad-estado, en una muestra de 190 pacientes obtenida por medio de muestreo no probabilístico; los criterios de inclusión fueron: adultos de 35 a 85 años de edad, diagnosticados con diabetes mellitus tipo 2, se excluyeron los pacientes con demencia. El marco teórico que guió el estudio es el Modelo de Adaptación de Callista Roy. El diseño fue descriptivo, transversal, correlacional. La muestra poblacional se distribuyó normalmente con una potencia de 80. Se utilizó el cuestionario de espiritualidad de Reed y la escala de ansiedad-estado de Spielberger; los instrumentos presentaron una consistencia interna favorable con un Alpha de Cronbach de .894 y .847 respectivamente. La información se recabó de cuatro instituciones de salud, una del primer nivel y tres del segundo nivel de atención. El análisis de los datos se llevó a cabo a través del paquete estadístico SPSS versión 13. La edad media de los participantes fue de 57,36 años, con una desviación estándar de 11,4; el 55% fueron del sexo femenino, el 83,2% profesa la religión católica, el 51,5% presenta algún tipo de complicación asociada a la diabetes. El coeficiente de correlación entre el bienestar espiritual y la ansiedad-estado fue significativo. Estos resultados apoyan la hipótesis del estudio que refiere a mayor espiritualidad menor nivel de ansiedad-estado, situación que invita a profundizar en el estudio de estos fenómenos tanto en el área educativa como asistencial en la disciplina de enfermería.

  13. Nivel de Ansiedad preoperatoria en los pacientes programados para cirugía

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilma Margot Vivas

    2009-12-01

    Full Text Available El presente estudio tiene como objetivo principal, establecer la relación entre el grado de información del procedimiento quirúrgico con el nivel de ansiedad preoperatoria en los pacientes programados para cirugía de la Fundación Mario Gaitan Yanguas en el periodo comprendido de octubre-noviembre del 2008. Se realizó un estudio cuantitativo, descriptivo, correlacional y de corte transversal. Para la recolección de la información se utilizó Escala De Valoración De La Ansiedad De Spielberger Idare-Estado. La población está conformada por los pacientes que acuden al servicio de cirugía. Las variables utilizadas son información acerca de la cirugía, nivel de ansiedad y causas de la ansiedad. Se concluye que el 59% de los pacientes tenían conocimiento acerca del procedimiento, 50.9 % presentaron un nivel de ansiedad moderada; los procedimientos con mayor nivel de ansiedad fue colecistectomía 67% y herniorrafia inguinal 50%. En cuanto a la relación entre el procedimiento y el nivel de ansiedad, la cesárea + pomeroy y la conización presentaron un nivel de ansiedad alto; y la relación entre el grado de información del procedimiento y el nivel de ansiedad, se encontró que, a pesar de que la mayoría de los pacientes manifiestan conocer el procedimiento, predomina el nivel de ansiedad moderada y baja.

  14. Distribucion hiperbolica generalizada: una aplicacion en la seleccion de portafolios y en cuantificacion de medidas de riesgo de mercado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jose Luis Alayon

    2015-12-01

    Full Text Available La distribución Hiperbólica Generalizada ha sido usada por académicos y profesionales para eliminar los problemas de colas de distribución delgadas en finanzas, y por su utilidad en la modelación de los retornos de los activos y de las medidas de riesgo de mercado. En este trabajo, la distribución hiperbólica generalizada es usada para encontrar el portafolio óptimo y su riesgo de mercado. Igualmente, se desarrolla un método para la Selección de Portafolio Robusto la cual reduce la sensibilidad del portafolio ante variaciones de los parámetros de la distribución. Luego de esto, se muestra un esquema comparativo para determinar cómo la inclusión del nuevo método representa un avance respecto a la teoría de selección de portafolios de Markowitz. Por último, en algunos gráficos se muestra el efecto de los parámetros sobre la forma de la distribución, lo que se usa para generar escenarios de estrés y portafolios óptimos.

  15. Bioimpedância Elétrica e Antropometria na Avaliação Nutricional de Adolescentes com Sintomas de Ansiedade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diane Cristina Fiaminghi

    2010-10-01

    Full Text Available Introdução: Algumas evidências apontam para uma associação positiva entre obesidade e sobrepeso com sintomas de ansiedade em crianças e adolescentes. No entanto, poucos estudos se dedicaram a estudar os métodos para a correta avaliação do estado nutricional em crianças ansiosas. Objetivo: Comparar o perfil nutricional estimado por bioimpedância elétrica (BIA e antropometria em adolescentes com sintomas de ansiedade. Métodos: A amostra foi composta por 225 escolares com um alto nível de sintomas de ansiedade de ambos os sexos com idades entre 10 e 19 anos. A presença de sintomas de ansiedade foi avaliada pelo Auto-relato para Transtornos Relacionados à Ansiedade na Infância (SCARED-C e a avaliação nutricional foi realizada através do peso, estatura, Índice de Massa Corporal (IMC, circunferência da cintura (CC, percentual de gordura corporal obtido através da bioimpedância elétrica (%GC-BIA e percentual de gordura corporal obtido através de equações de predição que levam em conta as dobras cutâneas tricipital e subescapular (%GC-DC. Os métodos de avaliação nutricional foram correlacionados através do coeficiente de correlação produto-momento de Pearson. O nível de concordância entre o %GC-BIA e o %GC-DC foi medido através do coeficiente Kappa. Resultados: As correlações entre todos os métodos foram estatisticamente significantes, com tamanho de efeito alto para as dobras cutâneas e moderadas a fortes para %GC-BIA com os outros métodos. Apesar disso, a concordância observada entre as medidas do %GC-BIA e o %GC-DC mostrou que há uma concordância satisfatória entre os métodos. Conclusão: Embora mais estudos sejam necessários, controlando as diferenças entre os métodos em população não ansiosa, a bioimpedância elétrica pode ser uma boa alternativa, em relação aos métodos antropométricos, na avaliação nutricional de adolescentes com sintomas de ansiedade.

  16. Impacto do diagnóstico pré-natal (DPN citogenético e ansiedade materna sobre a interação precoce mãe-bebê

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Céu Diogo Nunes

    2013-06-01

    Full Text Available O presente estudo de natureza longitudinal teve como objetivo estudar a influência que o diagnóstico pré-natal citogenético pode exercer sobre a ansiedade materna, a adaptação à gravidez e a relação precoce mãe-bebê, particularmente em grávidas de idade materna avançada. A amostra incidiu sobre 3 grupos de gestantes: G1 selecionadas para amniocentese (≥35 anos; G2 selecionadas para amniocentese por rastreio (<35 anos; G3 gestantes (20-34 anos não selecionadas, e decorreu entre Março de 2008 e Maio de 2009. Os resultados revelaram que a expectativa de realização do exame citogenético conduz a um aumento da ansiedade-estado mais significativo entre as mulheres propostas para teste após rastreio positivo; a ansiedade-estado evidenciada pelas mães é mediadora da relação entre a interação mãe-bebê e os sentimentos face à gravidez.Estes resultados permitem fundamentar recomendações no sentido de efetuar uma intervenção profilática entre as mães que, durante a gravidez, reagiram com maior ansiedade ao exame.

  17. Inteligência emocional e ansiedade e depressão: o papel das tácticas de poder e do maquiavelismo

    OpenAIRE

    Valdrez, Vânia Raquel Rodrigues

    2009-01-01

    Mestrado em Psicologia Social e das Organizações São conhecidas algumas associações entre a inteligência emocional, o maquiavelismo e a saúde mental, nomeadamente no que diz respeito à ansiedade e à depressão. Porém, os mecanismos comportamentais que explicam estas relações estão ausentes na teoria. Aceitando a centralidade que as tácticas de poder e o maquiavelismo podem assumir neste quadro é testado um modelo de mediação moderada tomando o maquiavelismo como moderadora e as ...

  18. Estratégias de enfrentamento para a ansiedade de performance musical (APM): um olhar sobre músicos profissionais de orquestras paulistas

    OpenAIRE

    Meryelle Nogueira Maciente

    2016-01-01

    O presente trabalho trata da Ansiedade de Performance Musical (APM) e do Medo de Palco e possíveis estratégias de enfrentamento, com foco em uma observação dos músicos profissionais de orquestras que atuam no estado de São Paulo. Traz revisão da literatura sobre o assunto, reflexões sobre as diversas áreas relacionadas e uma pesquisa de campo, que apresenta dados e implicações dessas emoções na vida cotidiana desses músicos. Aponta também para a necessidade de se obter maior conhecimento sobr...

  19. Aplicação smartphone para auto-monitorização nas perturbações de ansiedade com crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Lima, Regina da Graça Luís

    2014-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde/Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014 Os avanços tecnológicos têm sido aplicados em diversas áreas, sendo uma delas a psicologia. Neste âmbito encontram-se vários instrumentos tecnológicos desenvolvidos como apoio da psicoterapia, nomeadamente, na psicoterapia cognitivo-comportamental com perturbações de ansiedade. A realização de tarefas for...

  20. Biofeedback no tratamento de transtornos relacionados ao estresse e à ansiedade: uma revisão crítica Biofeedback en el tratamiento de trastornos relacionados con el estrés y la ansiedad: una revisión crítica Biofeedback in the treatment of stress and anxiety-related disorders: a critical review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo da Costa Padovani

    2013-04-01

    Full Text Available O treinamento em biofeedback tem sido utilizado para o tratamento de diferentes quadros clínicos e para a prevenção/alívio de sintomas relacionados ao estresse/ansiedade. Este trabalho analisou a literatura de 2008 a 2012 sobre o tema "biofeedback, estresse e ansiedade" publicada nas bases MEDLINE, LILACS e Web of Sciences, utilizando como palavras-chave "biofeedback", "anxiety", "stress", "psychology" e "biofeedback training". Os resultados demonstram que técnicas de biofeedback são eficazes no manejo do estresse/ansiedade nas diferentes populações estudadas. Entretanto, todos os estudos encontrados foram realizados fora do Brasil, o que sugere que técnicas de biofeedback como ferramenta terapêutica não tem sido utilizadas no país, por algum motivo que merece ser melhor investigado.El entrenamiento con biofeedback se ha utilizado para el tratamiento de diferentes manifestaciones clínicas y para la prevención y alivio de síntomas relacionados con el estrés/ansiedad. Este estudio analizó la literatura desde 2008 hasta 2012 sobre el tema "biofeedback, estrés y ansiedad", publicada en MEDLINE, LILACS y Web of Sciences, utilizando como palabras clave "biofeedback", "anxiety", "stress", "psychology" y "biofeedback training". Los resultados demuestran que técnicas de biofeedback son eficaces para el tratamiento del estrés y la ansiedad en diferentes poblaciones. Sin embargo, todos los estudios encontrados se realizaron fuera de Brasil, un indicador de que el biofeedback como herramienta terapéutica no ha sido utilizado en el país por una razón que debe investigarse más a fondo.Biofeedback training has been utilized for the treatment of different pathological conditions, in particular those related to stress/anxiety. This study reviews the scientific literature from 2008 to 2012 about the subject "biofeedback, stress and anxiety", published in MEDLINE, LILACS and Web of Sciences, using as keywords "biofeedback", "anxiety

  1. Prevalência de transtornos depressivos e ansiosos em uma amostra ambulatorial brasileira de mulheres na menopausa Prevalence of depressive and anxiety disorders in a Brazilian outpatient sample of menopausal women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André B. Veras

    2006-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência dos transtornos depressivo-ansiosos entre mulheres atendidas em um ambulatório de menopausa. METODOLOGIA: Avaliamos, através da entrevista semi-estruturada Mini International Neuropsychiatric Interview, 86 mulheres que encontravam-se em tratamento no ambulatório de menopausa do Instituto de Ginecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. RESULTADOS: A maioria das mulheres apresentava algum diagnóstico psiquiátrico (57% sendo mais prevalentes o transtorno de ansiedade generalizada (34,9% e a depressão maior (31,4%. O grupo com algum diagnóstico foi representado por mulheres mais jovens, casadas, com menor escolaridade e história familiar para transtornos psiquiátricos. CONCLUSÃO: Observamos uma grande prevalência de transtornos mentais entre mulheres em atendimento ambulatorial na menopausa em nosso estudo, em relação às mulheres em atendimento em outros ambulatórios segundo a literatura. Há também uma alta taxa de prevalência de comorbidades (55,5% dos pacientes com algum transtorno complicadoras do transtorno primário, o que pode representar a evolução para pior prognóstico pela ausência de tratamento precoce e específico.OBJETIVE: To determine the prevalence of depressive and anxiety disorders in women receiving care in a menopause clinic. METHODS: Eighty-six women receiving care in the menopause clinic at Instituto de Ginecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro were assessed using the Mini-International Neuropsychiatric Interview. RESULTS: Most women had a psychiatric diagnosis (57%; generalized anxiety disorder (34.9% and major depression (31.4% were the most prevalent disorders. The group composed of subjects with any disorder was represented by young and married women, with lower schooling level and family history for psychiatric disorders. CONCLUSION: In our study, there was a high prevalence of psychiatric disorders in outpatient women receiving care in a

  2. Ansiedad, angustia y estrés: tres conceptos a diferenciar

    OpenAIRE

    Juan Carlos Sierra; Virgilio Ortega; Ihab Zubeidat

    2003-01-01

    El objetivo de este trabajo es hacer una revisión de los conceptos de ansiedad, angustia y estrés, a fin de delimitar el solapamiento entre los mismos (especialmente entre ansiedad y angustia, por una parte, y ansiedad y estrés, por otra); también, se pretende identificar aspectos que hacen posible la diferenciación de estos conceptos. Para alcanzar este objetivo, ofrecemos una introducción general sobre la confusión conceptual que se há producido en torno a dichos términ...

  3. El Cuestionario de Ansiedad Laboral (C.A.L.). Resultados preliminares

    OpenAIRE

    González-Romá, Vicente; Espejo Tort, Begoña; Lloret Segura, Susana

    1993-01-01

    La aceptación de la naturaleza multidimensional de la ansiedad ha llevado a su abandono como una entidad explicativa unitaria. Las dimensiones de la ansiedad comprenden las interacciones entre el ambiente y el comportamiento cognitivo y/o fisiológico y/o motor, y dado que los tres sistemas interactúan entre sí, es necesaria la medición de las tres dimensiones. Sin embargo, en muchas investigaciones solo se ha medido uno de los componentes de la ansiedad, como ocurre en el ámbito de las organi...

  4. Depresión, autoestima y ansiedad en la tercera edad: un estudio comparativo

    OpenAIRE

    Hugo Guadalupe Canto Pech; Eira Karla Castro Rena

    2004-01-01

    El presente estudio se enfocó en los niveles de depresión, ansiedad y autoestima en los ancianos, especialmente en quienes viven en asilos o que acuden a estancias con frecuencia. De los resultados obtenidos, se observó de manera general que hay probabilidades de que a mayor nivel de autoestima, menor depresión; a mayor nivel de ansiedad, mayor probabilidad de depresión, y a menor autoestima, mayor el nivel de ansiedad. Al comparar las estancias con los asilos en cuanto a lo...

  5. Ansiedad, personalidad y rendimiento académico en alumnado de Educación primaria

    OpenAIRE

    Domblas García, Andrés

    2016-01-01

    La investigación que se presenta en esta tesis doctoral es un estudio descriptivo y correlacional situado en el ámbito escolar. En primer lugar, se lleva a cabo un análisis minucioso de cada una de las variables objeto de estudio: la ansiedad, la personalidad y el rendimiento académico. En segundo lugar, se analizan las interacciones entre las variables estudiadas: ansiedad y personalidad, ansiedad y rendimiento académico, personalidad y rendimiento académico. En tercer luga...

  6. Generalized transmissibilities for corner point rids in reservoir simulation; Transmissibilidades generalizadas em malhas corner point na simulacao de reservatorios

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Tada, Mauricio P.; Silva, Antonio Fabio C. da; Maliska, Clovis R. [Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianopolis, SC (Brazil). Lab. de Simulacao Numerica em Mecanica dos Fluidos e Transferencia de Calor (SINMEC)

    2008-07-01

    It is common to use five points schemes in reservoir simulation, since it simplifies the computational implementation and takes the linear resultant system simplest to be solved, giving more process velocity and robust to simulator. However, the use of these schemes may introduce significant errors solutions as function of volume's non orthogonality and medium anisotropy. These errors do not disappear with grid refinement since they are not truncate errors, it is a flux calculus approximation in the control volume faces. In order to get a correct solution and with no errors of these kind, it must be used a nine point scheme based on the correct flux calculus. The objective of this work is to present a new methodology to calculate the transmissibility on simulation reservoir that use a five and nine points scheme with corner-points grids. This mode considers full tensor anisotropy and the heterogeneity. The transmissibility presented are derivative of the discrete flux expression through control volume faces, where a generalized curvilinear coordinate system, located inner to the control volume, it is adopted. The transmissibility is then written on vector form and may to be used for any coordinate system. (author)

  7. Relationship between adult social phobia and childhood anxiety Relação entre fobia social na vida adulta e ansiedade na infância

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Gus Manfro

    2003-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the prevalence of traumas and the presence of childhood anxiety disorders in adult patients with social phobia and investigate their influence on the presentation of the disorder. METHODS: Twenty-four adult patients with social phobia were asked about the presence of trauma before the age of 16. The K-SADS-E and the DICA-P interviews were used to assess these patients regarding childhood anxiety disorders. RESULTS: Twelve (50% patients reported a history of trauma before the age of 16. The presence of trauma did not influence the presentation of the disorder. Seventy-five percent of patients had a history of anxiety disorders in childhood. Patients with a history of at least 2 childhood anxiety disorders had an increased lifetime prevalence of major depression (10 vs. 3; p=.04 and family history of psychiatric disorders (13 vs. 6; p=.02. CONCLUSION: Anxiety disorder in childhood is associated with family history of psychiatric disorders. The presence of more than one diagnosis of anxiety disorder in childhood can be considered a risk factor for the development of depression in adult patients with social phobia.OBJETIVO: A meta desse estudo foi avaliar a prevalência de traumas e a presença de transtornos de ansiedade na infância em pacientes adultos com fobia social e investigar sua influência na apresentação do transtorno. MÉTODOS: Vinte e quatro pacientes adultos com fobia social foram questionados sobre a presença de trauma antes dos 16 anos. A presença de transtornos de ansiedade na infância foi avaliada por meio do K-SADS-E e DICA-P. RESULTADOS: Doze (50% pacientes relataram história de trauma antes dos 16 anos. A presença de trauma não influenciou a apresentação do transtorno de ansiedade social. Três quartos dos pacientes apresentavam história de transtorno de ansiedade na infância. Pacientes com história de dois ou mais transtornos de ansiedade na infância tinham uma

  8. Teste de razão de verossimilhanças Bootstrap e técnicas de diagnóstico em modelos em séries de potências não-lineares generalizados

    OpenAIRE

    FORERO, Sébastien Lozano

    2015-01-01

    Os Modelos em Série de Potência não-Lineares Generalizados (MSPNLGs), introduzidos em Cordeiro et al. (2009), são apresentados como uma alternativa para a análise de regressão de dados de contagem, generalizando os modelos tradicionais, como o Consul, Poisson generalizada, binomial negativa generalizada, entre outros. Nesta dissertação, versões modificadas (via Bartlett (1937) e Rocke (1989)) das estatísticas da razão de verosimilhanças e razão de verossimilhanças bootstrap, re...

  9. Caracterización de Los Problemas de Aprendizaje en Niños y Adolescentes con Epilepsia Primaria Generalizada en La Liga Central contra la Epilepsia y El Hospital de la Misericordia (Bogotá, Colombia*

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lina Marcela Tavera Saldaña

    2011-10-01

    Full Text Available

    * Trabajo ganador del Premio Nacional a la Investigación e Epilepsia Margaret Merz de Fandiño 2011. 

    RESUMEN

    Objetivo: Determinar la prevalencia de los trastornos específicos del aprendizaje (TEA en una serie de pacientes con epilepsia primaria generalizada.

    Materiales y Métodos: Con dicho diagnóstico se estudió un grupo de 32 niños y adolescentes entre 7 y 17 años, a quienes se les realizó una evaluación neuropsicológica con énfasis en habilidades escolares (lecto-escritura y cálculo.

    Resultados: Se encontró que la frecuencia de problemas de aprendizaje en la población epiléptica estudiada fue del 34,38%. Además, se observó una prevalencia de 40,63% de problemas de atención siendo la atención, esta última y la velocidad de procesamiento las variables neuropsicológicas que más se vieron afectadas.

    Conclusión: Es importante reconocer que los TEA son una comorbilidad frecuente en pacientes con epilepsia, se asocian con una alta tasa de fracaso y deserción escolar. En el grupo de pacientes valorados se observó una frecuencia de TEA más alta que la informada en la población general.

    Palabras clave: ENI (Evaluación Neuropsicológica Infantil, epilepsia primaria generalizada, trastornos de aprendizaje, trastornos de lectoescritura, trastornos del cálculo.

    ABSTRACT

    Specific Learning Disorders in Children And Adolescents With Generalized Primary Epilepsy Seen At Central League Against Epilepsy and at Mercy Hospital (Bogota, Colombia 

    Objective:<em>To establish the prevalence of specific learning disorders (SLD in a series of patients with primary generalized epilepsy.em>

    Materials and Methods: <em>A group of 32 children and adolescents aged 7 to 17 years with above mentioned diagnosis underwent neuropsychological evaluation with emphasis on academic skills (reading, writing

  10. Effects of relaxation on anxiety and salivary IgA levels in puerperae Los efectos del relajamiento sobre el estado de ansiedad y en los niveles de IgA en la saliva de mujeres en puerperio Efeitos do relaxamento na ansiedade e nos níveis de IgA salivar de puérperas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cândida Caniçali Primo

    2008-02-01

    trazo y estado de ansiedad y el nivel de IgA salivar; los dos grupos (control y experimental presentaron un valor promedio para Trazo y Estado de ansiedad.Este estudo experimental teve como objetivos avaliar os efeitos da técnica de relaxamento nos níveis de ansiedade e a relação entre ansiedade e concentração de imunoglobulina A. Foi realizado em uma maternidade de um município do Estado do Espírito Santo, Brasil. A amostra foi composta por 60 puérperas. As informações referentes às variáveis idade, grau de instrução, estado civil, tipo de parto, paridade foram coletadas por meio de formulário específico; o traço e estado de ansiedade com base no Inventário de Ansiedade Traço e Estado (IDATE e o nível de IgA saliva através da imunoturbidimetria. A aplicação dos testes estatísticos Mann-Whytney, Wilcoxon e a correlação de Pearson evidenciaram diminuição significativa dos níveis do estado de ansiedade no grupo experimental (p=0,01, ausência de correlação entre as variáveis traço e estado de ansiedade e nível de IgA salivar. Os dois grupos (controle e experimental apresentaram Traço e Estado de média ansiedade.

  11. Ansiedade e aprendizagem: um estudo com díades resolvendo problemas algébricos Anxiety and learning: peer interaction in solving algebraic problems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helga Loos

    2004-12-01

    Full Text Available Partindo de uma perspectiva construtivista e interacionista, pesquisadores têm apontado o conflito sócio-cognitivo como situação que favorece o desenvolvimento cognitivo em estudantes que resolvem problemas conjuntamente. Com base no pressuposto de que elementos afetivos estão interligados aos sociais e cognitivos, o estudo teve por objetivo observar como oito duplas de estudantes de sexta e sétima séries gerenciavam, simultaneamente, a busca de solução para quatro problemas algébricos, a relação interpessoal e a ansiedade gerada pelas dificuldades eventualmente encontradas. As sessões foram videografadas e analisadas qualitativamente. Observou-se que: (1 todas as duplas manifestaram ansiedade relacionada às dificuldades da tarefa; (2 uma boa interação facilitou o gerenciamento dessa ansiedade; (3 uma má interação piorou o desempenho, sendo fonte adicional de ansiedade e desencorajando o desencadeamento de conflitos sócio-cognitivos; (4 uma boa interação e um gerenciamento adequado da ansiedade não puderam garantir um bom desempenho na tarefa quando, a pelo menos um dos participantes, faltavam os requisitos cognitivos mínimos para dominá-la.From a constructionist and interactionist perspective, researchers have shown that the socio-cognitive conflict leads to a cognitive development by students in solving-problem tasks in small groups. Based on the paradigm that affective factors are interconnected to the social and cognitive ones, this study aimed to observe sixteen 6th and 7th grade students in working in pairs, how they manage simultaneously: the solution search to four given algebraic problems, the interpersonal relationship and the anxiety generated by the difficulties eventually found. The sessions were recorded in video and qualitatively analyzed. It was observed that: (1 all groups manifested anxiety related to the difficulties of the task; (2 good interactions facilitated anxiety management; (3 bad interactions

  12. Generalized principal resonance in oscillatory systems of second order; Resonancia principal generalizada en sistemas oscilatorios de segundo orden

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Munoz Aguirre, E. [Universidad Autonoma de Puebla, Oaxaca (Mexico); Alexandrov, V. V. [Benemerita Universidad Autonoma de Puebla, Puebla (Mexico)

    2001-02-01

    This paper will describe the generalized principal resonance of systems as described by the second order of ordinary differential equations and proved by the Pontriaguin maximal principle to coincide with the lengthened solution of an external problem of the same system. The results are verified in special cases of general resonance and parametric resonance for the Mathieu equation. [Spanish] En el presente articulo se estudia la resonancia principal generalizada para sistemas descritos por ecuaciones diferenciales ordinarias de segundo orden y se demuestra con ayuda del principio del maximo de Pontriaguin, la coincidencia de esta con la solucion prolongada de un problema extremal para el mismo sistema. Ademas se verifican estos resultados en los casos particulares de resonancia general y resonancia parametrica para la ecuacion de Mathieu.

  13. Errores numéricos: ¿Cómo afectan a las personas con ansiedad matemática?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Macarena Suárez-Pellicioni

    2014-05-01

    Full Text Available ¿Cómo responde el cerebro de una persona con ansiedad a las matemáticas? Nuestro estudio muestra que los estudiantes con mucha ansiedad hacia las matemáticas presentan un componente electroencefalográfico llamado negatividad asociada al error (NAE de mayor tamaño que aquellos con poca ansiedad. Esta diferencia emerge en errores en tareas numéricas, lo que sugiere que las personas con alta ansiedad son hipersensibles a la comisión de estos errores. Este hallazgo aporta nuevo conocimiento sobre las bases cerebrales de la ansiedad hacia las matemáticas y sugiere que esta hipersensibilidad al error numérico podría ser un factor determinante tanto en el origen como en el mantenimiento de esta ansiedad.

  14. Ansiedade e depressão na DPOC: O conhecimento actual, questões não respondidas e investigação necessária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Maurer

    2009-07-01

    Full Text Available Resumo: Aproximadamente 60 milhões de pessoas nos Estados Unidos vivem com uma de quatro doenças crónicas: doença cardíaca, diabetes mellitus, doença respiratória crónica e depressão major. A DPOC está associada a múltiplas comorbilidades, sendo a ansiedade e a depressão muito comuns nesta doença, possuindo um impacto significativo nos doentes, suas famílias, sociedade e evolução da patologia.Existem poucos estudos prospectivos na avaliação do método diagnóstico, abordagem terapêutica e impacto na qualidade de vida dos doentes com DPOC e com sintomas de depressão e ansiedade.Os autores decidiram avaliar de forma multidisciplinar a ansiedade e a depressão presentes nestes doentes, procurando salientar questões não respondidas, nomeadamente a verdadeira prevalência da depressão e a ansiedade na DPOC, se estas comorbilidades são idênticas na DPOC em relação a outras doenças crónicas, qual o papel preditivo da depressão e da ansiedade na DPOC e os mecanismos que levam ao seu aparecimento e se o sexo e as diferenças étnicas influenciam estas alterações. Quanto a áreas de futura investigação, é necessário standardizar os critérios de diagnóstico de ansiedade e depressão, o impacto destas patologias nos custos de saúde, qualidade de vida, actividades sociais e adesão à terapêutica, identificação de factores de risco e de estratégias preventivas.Este objectivo surgiu da falta de uniformização e a da utilização de diferentes critérios de diagnóstico destas comorbilidades.A nível de resultados, foi determinada a prevalência de ansiedade e depressão, que é geralmente superior em relação a outras doenças crónicas. A prevalência de depressão na DPOC estável varia entre 10 e 42% e a ansiedade entre 10 e 19%. O risco de depressão é obviamente

  15. Comorbidades clínicas e psiquiátricas em pacientes com transtorno bipolar do tipo I

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izabela Guimarães Barbosa

    2011-01-01

    Full Text Available Contexto: O transtorno bipolar tipo I está comumente associado a comorbidades clínicas e psiquiátricas, mas ainda há poucos dados disponíveis sobre pacientes brasileiros. Objetivos: O objetivo do presente estudo foi avaliar a prevalência de comorbidades clínicas e psiquiátricas em uma amostra brasileira de pacientes bipolares tipo I. O objetivo secundário foi investigar as associações de características clínico-demográficas e comorbidades com tentativas de suicídio. Métodos: Foram incluídos neste estudo 94 pacientes bipolares tipo I. O diagnóstico psiquiátrico foi determinado utilizando-se a avaliação Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI-Plus. O diagnóstico de comorbidades clínicas foi baseado na história clínica e no acompanhamento de clínicos gerais. Resultados: As comorbidades mais prevalentes nos pacientes bipolares foram: transtorno de ansiedade generalizada (19,20%, dependência de substâncias (43,60%, hipertensão arterial (29,80%, diabetes mellitus (17,00%, dislipidemia (22,30% e hipotireoidismo (19,10%. Não foram encontradas diferenças estatísticas em relação às características demográficas ou à prevalência de comorbidades nos grupos com e sem tentativa de suicídio. Conclusão: Pacientes bipolares atendidos em serviço psiquiátrico apresentam elevada prevalência de comorbidades psiquiátricas e clínicas. Nessa população, tentativas de suicídio não se associam com a presença de comorbidades ou características demográficas.

  16. O tratamento odontológico como gerador de ansiedade Dental treatment as a cause of anxiety

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana de Fátima Possobon

    2007-12-01

    Full Text Available A situação de tratamento odontológico é potencialmente ansiogênica para todos os envolvidos. Do ponto de vista do paciente, aspectos clínicos - em especial os invasivos, tais como a injeção da anestesia - e aspectos relacionados aos comportamentos do profissional podem gerar ansiedade e respostas de esquiva ao tratamento. Para o cirurgião-dentista, a necessidade de lidar com a ansiedade do paciente, que requer, muitas vezes, estratégias diferenciadas de manejo do comportamento, além de toda a exigência pela perfeição técnica e atualização de conhecimentos clínicos, pode tornar estressante sua rotina de trabalho. A situação se agrava na medida em que a formação do profissional de odontologia seja deficiente na aquisição de conhecimentos teóricos e práticos sobre a relação profissional-paciente e estratégias de manejo de comportamentos.La situación de tratamiento odontológico es potencialmente ansiogénica para todos los involucrados. Del punto de vista del paciente, aspectos clínicos - en especial los invasivos, tales como la inyección de la anestesia - y aspectos relacionados a los comportamientos del profesional pueden generar ansiedad y respuestas de elusión al tratamiento. Para el cirujano dentista, la necesidad de lidiar con la ansiedad del paciente, que requiere, muchas veces, estrategias diferenciadas de manejo del comportamiento, además de toda exigencia por la perfección técnica y actualización de conocimientos clínicos, pueden volver estresante su rutina de trabajo. La situación se agrava a medida que la formación del profesional de odontología sea deficiente en la adquisición de conocimientos teóricos y prácticos sobre la relación profesional-paciente y estrategias de manejo de comportamientos.Dental treatment causes anxiety in patients and professionals. In the case of patients, the clinical aspects, mainly invasive factors, such as local anesthesia, and, in the case of professionals

  17. ¿Trastorno de personalidad por evitación o fobia social generalizada? Un estudio piloto con población adolescente española (Personality Disorder by Avoidance or Generalized Social Phobia? A Pilot Study with Spanish Teenager Population

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo J. Olivares-Olivares

    2014-12-01

    Full Text Available Resumen Este estudio planteó como objetivo analizar en qué medida se presentan diferencias cualitativas y cuantitativas entre adolescentes con diagnóstico de Fobia social generalizada y los que cumplen los criterios para el diagnóstico de fobia social generalizada más Trastorno de personalidad por evitación, de acuerdo a los requisitos del Manual Diagnóstico y Estadístico de los Trastornos Mentales (DSM-IV-TR. La muestra estuvo integrada por 29 adolescentes españoles con una edad media de 15.22 años (DT = 1.08; rango = 14-17, en su mayoría del género femenino (66.7%. Los resultados muestran diferencias estadísticamente significativas solo en una de las nueve variables cuantitativas continuas medidas: el número de situaciones sociales temidas/evitadas. El diseño del estudio realizado fue correlacional y transversal. No se hallaron diferencias intergrupo en cuanto a comorbilidad excepto en la variable Trastorno obsesivo-compulsivo. Los resultados obtenidos avalan la posición que el trastorno de personalidad por evitación no debería ser considerado una entidad diagnóstica independiente, sino que debería formar parte del gradiente Ansiedad social situándose en el extremo de mayor gravedad del continuo. Abstract The objective of this study was to analyze to what extent are qualitative and quantitative differences among teenager with Generalized Social Phobia diagnosis and those, which meet the criteria for the diagnosis of generalized social phobia plus Personality Disorder by Avoidance, in accordance with the requirements of the Diagnostic, and Statistical Manual of Mental Disorders DSM-IV-TR. The sample consisted of 29 Spanish teenagers with an average age of 15.22 (TD = 1.08; range = 14-17, most of them were female (66.7%. The results show statistically significant differences in only one of the nine quantitative variables continuous measures: the number of social situations Feared/Avoided. The design of the study was

  18. ¿Tienen ansiedad hacia las matemáticas los futuros matemáticos?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Nortes Martínez-Artero

    2014-01-01

    Full Text Available Las Matemáticas es una asignatura difícil de enseñar y de aprender, siendo los profesionales que se dediquen a ello personas con una baja ansiedad hacia las matemáticas. El objetivo del presente trabajo es aportar nuevos datos sobre la ansiedad de los alumnos hacia las Matemáticas, en este caso del Grado de Matemáticas, a través de la aplicación de dos escalas de ansiedad tipo Likert de 5 valores, siendo 1 el más bajo y 5 el más alto, a una muestra de 149 alumnos de distintas universidades españolas, reunidos en Murcia en el 13 Encuentro Nacional de Estudiantes de Matemáticas (24 -28 julio de 2012, obteniendo que la ansiedad hacia las matemáticas de los futuros matemáticos es de 1,767 en la subescala de Auzmendi y de 2,007 según la de Fennema-Sherman; siendo de 1,714 en la subescala general, de 2,093 ante la resolución de problemas y de 2,501 ante los exámenes, aportando la novedad de ser exclusiva a estudiantes del Grado y Licenciatura de Matemáticas y contrastar su ansiedad por edad y por futuro profesional, siendo -0,250 la correlación de la última calificación en una asignatura de Matemáticas con la Ansiedad (Fennema-Sherman. Como conclusiones obtenemos que la correlación entre las dos escalas es de 0,648, que las mujeres tienen más ansiedad que los hombres (Escala de Fennema-Sherman, que los estudiantes de 21 años o más tiene más ansiedad que los de menos de 21 años (Subescala general de Fennema-Sherman y que los futuros matemáticos docentes tienen mayor ansiedad que los no docentes (en las dos escalas, teniendo en todos los casos un nivel bajo de ansiedad al ser alumnos relacionados profesionalmente en el futuro con las Matemáticas, aunque más alto de lo deseable, necesitando ampliar este estudio a otros futuros docentes, no específicamente de Matemáticas, como pueden ser maestros de primaria.

  19. Associação da qualidade de vida com dor, ansiedade e depressão Association of quality of life with pain, anxiety and depression

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Capela

    2009-09-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar associação entre qualidade de vida relacionada à saúde e dor, ansiedade e depressão em indivíduos de 35 a 60 anos. Foram avaliados 304 indivíduos (244 mulheres, 60 homens com queixa de dor, divididos em três grupos segundo a característica da dor: dor difusa e crônica (DDC, dor regional (DR e dor esporádica (DE. A intensidade da dor foi avaliada por uma escala visual analógica, ansiedade pelo Inventário de Ansiedade Traço-Estado, depressão pela escala de depressão de Beck e a qualidade de vida (QV, pelo questionário Short-Form Health Survey - SF-36. A média de idade foi 49,1±6,8 anos; 80,3% eram do sexo feminino; e 35% da amostra referiu dor difusa e crônica. Os resultados mostram que o grupo DDC apresentou os sintomas mais intensos de dor, ansiedade, depressão e pior qualidade de vida, seguido pelos grupos DR e DE, com diferença estatisticamente significante (pThe aim of this study was to establish associations between quality of life and pain, anxiety, and depression, in subjects aged 35 to 60 years old. Three hundred and four subjects were evaluated and divided into three groups according to pain features: chronic and widespread pain (CWP, local pain (LP, and sporadic pain (SP groups. Pain intensity was assessed by means of a visual analog scale (VAS; anxiety by the State-trait anxiety inventory; depression, by the Beck depression scale; and quality of life, by the Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey. Subjects mean age was 49.1±6.8 years old; 80.3% were women; and 35% of the sample reported chronic widespread pain. Results show that the CWP group presented more intense pain, anxiety and depression, as well as worst quality of life, followed by LP and SP groups (p<0.001. A strong correlation was found between quality of life and depression (r=-0.73, and moderate ones between quality of life and pain (r=-0.41, anxiety-trait (r=-0.65 and anxiety-state (r=-0.58 (p<0

  20. Proceso de alta de una unidad de cuidados intensivos. Medición de la ansiedad y factores relacionados

    OpenAIRE

    Ricart Basagaña, Mª Teresa

    2015-01-01

    La ansiedad es un diagnóstico que frecuentemente se relaciona con los enfermos de las unidades de cuidados intensivos (UCI). Aunque la literatura aporta evidencias suficientes para tener en cuenta el problema de la ansiedad y las complicaciones derivadas, aún desconocemos hasta qué punto la ansiedad tiene impacto en nuestro contexto cultural y cuáles son los factores que condicionan que algunas personas presenten niveles de ansiedad más altos que otras cuando son dados de alta de nuestras UC...

  1. Os prejuízos funcionais de pessoas com transtorno de ansiedade social: uma revisão Functional impairment of persons with social anxiety disorder: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciene Vaccaro de Morais

    2008-01-01

    Full Text Available O transtorno de ansiedade social caracteriza-se pelo medo acentuado e persistente de situações sociais ou de desempenho, podendo influenciar a vida cotidiana dos portadores. Objetiva-se identificar, na literatura indexada, estudos empíricos com instrumentos de avaliação que abordem os prejuízos funcionais experimentados por pessoas com transtorno de ansiedade social no desempenho de atividades cotidianas e analisar as implicações de tais dificuldades. Procedeu-se a uma busca sistemática junto às bases de dados indexadas, identificando dez artigos, que foram agrupados em dois conjuntos: a os relativos à proposição de instrumentos de avaliação e análise das qualidades psicométricas (n = 4; e b os relativos ao impacto do transtorno de ansiedade social para a qualidade de vida e para as atividades cotidianas (n = 6. Os estudos psicométricos ressaltaram a pouca atenção dada a instrumentos validados para avaliar especificamente os prejuízos funcionais. Os trabalhos relativos ao impacto na qualidade de vida e nas atividades cotidianas constataram a presença de insatisfação com a vida e com a saúde em pacientes com transtorno de ansiedade social. A análise da literatura apontou para a importância da avaliação dos prejuízos funcionais do transtorno de ansiedade social no funcionamento cotidiano, por meio de medidas objetivas. Destaca-se a relevância de tais avaliações no planejamento e na intervenção de atividades voltadas ao transtorno de ansiedade social no contexto das práticas multidisciplinares de saúde mental.Social anxiety disorder is characterized by strong and persistent fear of social situations, impairing the daily life of affected people. The objective of the present work was to identify empirical studies involving instruments that assess the functional impairment experienced by persons with social anxiety disorder in the execution of daily activities and to analyze the implications of such difficulties. A

  2. Relação entre ansiedade, depressão e desesperança entre grupos de idosos Relación entre ansiedad, depresión y desesperanza entre grupos de ancianos Relations between anxiety, depression and hopelessness among elderly groups

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Katya Luciane de Oliveira

    2006-08-01

    Full Text Available O envelhecimento é uma etapa da vida que permanece pouco conhecida e estudada, se comparada a outras fases do desenvolvimento humano. Nesta pesquisa buscou-se explorar a relação entre ansiedade, depressão e desesperança entre grupos de idosos. Participaram deste estudo 79 idosos provenientes de centro do terceira idade de um posto de retirada de medicamentos e de uma instituição asilar. Utilizou-se um questionário para os dados de caracterização dos idosos, bem como as escalas Beck para mensurar sintomas de ansiedade, depressão e desesperança. Os resultados evidenciaram relação estatisticamente significativa entre ansiedade, depressão e desesperança nos idosos. O grupo de asilares apresentou uma maior incidência de sintomas ansiosos, depressivos e desesperançosos em relação aos outros dois grupos.El envejecimiento es una etapa de la vida que permanece poco conocida o estudiada, al ser comparada a otras fases del desarrollo humano. Esta investigación buscó explorar la relación entre ansiedad, depresión y desesperanza entre grupos de ancianos. Participaron en este estudio 79 adultos mayores provenientes de tres sitios diferentes: un centro de tercera edad, un puesto de retirada de medicinas y un asilo. Un cuestionario para los datos de caracterización de los ancianos fue utilizado, así como las escalas Beck para mensurar síntomas de ansiedad, depresión y desesperanza. Los resultados dejaron en evidencia relación estadísticamente significativa entre dichos síntomas en los adultos mayores. El grupo proveniente del asilo presentó mayor incidencia de manifestaciones en relación con los demás grupos.Aging is a life stage that remains hardly ever studied and, consequently, unknown if compared to other human development phases. This research investigates the relation between anxiety, depression and hopelessness among elderly groups. 79 elderly people, from three different units, such as a 'third-age-center', a center of

  3. Toxina botulínica como tratamento para fobia social generalizada com hiperidrose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa da Rocha Lessa

    2011-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Enrubescimento, tremores e transpiração excessiva são fenômenos frequentemente observados na fobia social. OBJETIVOS: Descrever a resposta de um paciente com o tipo generalizado de fobia social e hiperidrose à terapia cognitivo-comportamental aliada à toxina botulínica. MÉTODO: Relato de caso único. RESULTADOS: O Sr. A, 20 anos, estudante universitário, procurou tratamento por apresentar sintomas compatíveis com os diagnósticos de fobia social e depressão. O Sr. A também apresentava diagnóstico de hiperidrose palmar, plantar e axilar. Tanto a fobia social quanto a hiperidrose tiveram seu início no começo da adolescência, com a primeira se iniciando quatro anos antes da segunda. A terapia cognitivo-comportamental levou à remissão da depressão, mas o tratamento efetivo da fobia social apenas foi possível após a terapia com a toxina botulínica. CONCLUSÃO: A toxina botulínica, um tratamento que bloqueia fenômenos autonômicos periféricos, também pode proporcionar alívio dos sintomas em pacientes com fobia social.

  4. Ansiedad y calidad de vida en la mujer con cáncer de mama

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eustolia Velázquez Leyva

    2015-12-01

    Full Text Available La ansiedad surge en la mujer con Cáncer de Mama (CaMa desde el momento del diagnóstico, por tal motivo el presente estudio tiene como objetivo medir la relación de la ansiedad como factor estresor intrapersonal en la calidad de vida de la mujer con CaMa, en un hospital de Sonora. Es un estudio cuantitativo, correlacional y no experimental; el muestreo es no probabilístico, con una significancia de 0.05 y poder de 0.80, muestra de 65 individuos. Se empleó estadística descriptiva e inferencial, se aplicó la prueba de correlación de Pearson, se utilizó la escala de Hamilton para medir la ansiedad, y el WHOQOL-BREF para determinar la calidad de vida. La edad media fue 52.43 años y la ansiedad tuvo una relación negativa significativa (r = -0.270, p < 0.01 con la calidad de vida. Se concluye que es importante desarrollar intervenciones que promuevan una mejor calidad de vida y disminuyan la ansiedad en las mujeres con CaMa.

  5. Estrategias de aprendizaje y ansiedad ante los exámenes en estudiantes universitarios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Alberto Furlan

    2009-01-01

    Full Text Available Diversas investigaciones coinciden en señalar que la elevada ansiedad frente a los exámenes está asociada a la baja habilidad para el estudio y al uso de estrategias superficiales de procesamiento de la información, existendo influencias recíprocas entre dichas variables. De acuerdo a esta perspectiva, se evaluó el uso de estrategias de aprendizaje en 816 estudiantes universitarios con elevada, media o baja ansiedad frente a los exámenes. Adicionalmente, se analizaron las relaciones entre las cuatro dimensiones de la ansiedad y las estrategias de aprendizaje. Los estudiantes con elevada ansiedad utilizaron más frecuentemente estrategias de repetición y búqueda de ayuda académica y los de baja ansiedad, estrategias de estudio reflexivo. La falta de confianza correlacionó negativamente con estrategias de estudio reflexivo, repetición, búsqueda de ayuda académica y regulación del tiempo y esfuerzo. En sentido opuesto, la preocupación se asoció positivamente con tres de estas estrategias.

  6. Miedos comunes en niños y adolescentes : relación con la sensibilidad a la ansiedad, el rasgo de ansiedad, la afectividad negativa y la depresión

    OpenAIRE

    Valiente, Rosa M.; Sandín, Bonifacio; Chorot, Paloma

    2002-01-01

    En el presente estudio hemos examinado las relaciones entre los miedos comunes y la sensibilidad a la ansiedad, el rasgo de ansiedad, la afectividad negativa y la depresión en una muestra no clínica de niños y adolescentes. Una amplia muestra (N= 1080)

  7. Women living with HIV/AIDS: sleep impairment, anxiety and depression symptoms Mulheres portadoras de HIV/AIDS: características do sono, sintomas de ansiedade e depressão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Junqueira

    2008-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To evaluate sleep impairment, symptoms of anxiety and depression, and associations with sleep characteristics of sleep in female HIV/AIDS patients. METHOD: 30 female patients with HIV/AIDS were evaluated along with 30 female controls with a mean age of 35.4 years in the study group and 33.1 years in the control group, with: a the Pittsburgh Sleep Quality Index; b the Beck Anxiety Inventory; c the Beck Depression Inventory. RESULTS: Sleep quality was more impaired in AIDS patients than in those with HIV+ or in controls. The AIDS patients showed more symptoms of anxiety. There were associations of sleep impairment with anxiety in HIV+ patients; whereas in AIDS patients associations were found between sleep impairment and depression. CONCLUSION: There was sleep quality in the presence of symptoms of anxiety and depression. In HIV+ patients, sleep impairment was associated with anxiety, while in AIDS patients sleep impairment was associated with depression.OBJETIVO: Avaliar o sono, verificar sintomas de ansiedade e depressão e associações com as características do sono de mulheres portadoras de HIV/AIDS. MÉTODO: Foram avaliadas 30 mulheres portadoras de HIV/AIDS e 30 controles com média de idade para o grupo estudo de 33,1 anos (p=0,320, utilizando-se os seguintes instrumentos: a Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh; b Inventário de Ansiedade Beck; c Inventário de Depressão Beck. RESULTADOS: Verificou-se que a qualidade do sono estava mais prejudicada nas doentes de AIDS em comparação com as soropositivas e o grupo controle. As doentes de AIDS apresentaram mais sintomas de ansiedade. Ocorreram associações do comprometimento do sono com sintomas de ansiedade nas mulheres soropositivas; e nas doentes de AIDS associações foram verificadas do sono e sintomas de depressão. CONCLUSÃO: Houve prejuízo na qualidade do sono, associada a presença de sintomas de ansiedade e depressão. Nas mulheres soropositivas o

  8. Factores sociodemográficos que influyen en la ansiedad ante la muerte en estudiantes de medicina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime Boceta Osuna

    2017-07-01

    Conclusiones: El sexo y la creencia en una religión influyen en la ansiedad ante la muerte. El afrontamiento de la ansiedad ante la muerte ha de ser contemplado específicamente en los programas de formación de pregrado en medicina.

  9. A identificação da ansiedade por meio da análise da íris: uma possibilidade La identificación de la ansiedad a través del análisis de iris: una posibilidad The identification of anxiety through the analysis of the iris: a possibility

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Léia Fortes Salles

    2012-03-01

    Full Text Available A ansiedade é um comportamento relacionado com doenças psicossomáticas. Por meio da avaliação da íris é possível determinar características de personalidade e intervir precocemente para evitar que algum comportamento mal adaptativo colabore para o desenvolvimento de uma doença. Os anéis de tensão sugerem predisposição para ansiedade. O objetivo deste trabalho foi verificar a correlação dos anéis de tensão presentes na íris com o Inventário de Diagnóstico da Ansiedade Traço-Estado (IDATE. Após aprovação pelo Comitê de Ética e Pesquisa, o estudo foi realizado com 62 funcionários do Centro de Aperfeiçoamento em Ciências da Saúde da Fundação Zerbini entre maio e julho de 2010. O coeficiente de correlação de Spearman mostrou correlação positiva e significativa entre o escore do IDATE e a quantidade dos anéis de tensão, sugerindo que a presença destes sinais indicam maior predisposição para ansiedade. Com a identificação precoce deste comportamento temos chances de diminuir o desenvolvimento de doenças.La ansiedad es uno de los comportamientos asociados a las enfermedades psicosomáticas. A través de la evaluación del iris es posible determinar los rasgos de personalidad y de intervención temprana para prevenir una mala conducta y evitar desarrollar una enfermedad. Los anillos de tensión sugieren una predisposición a la ansiedad. El objetivo de este estudio fue evaluar la correlación de los anillos de estrés presentes en el iris con el Inventario Diagnóstico de Ansiedad Rasgo-Estado (IDATE. Después de la aprobación por el Colegio de Ética e Investigación, la encuesta se llevó a cabo con 62 funcionarios del Centro para el Avance de las Ciencias de la Salud Fundación Zerbini entre mayo y julio de 2010. El coeficiente de correlación de Spearman mostró una correlación positiva y significativa entre la puntuación del IDATE y la cantidad de anillos de tensión, lo que sugiere que la presencia de

  10. Asertividad y ansiedad en universitarios mexicanos y norteamericanos. Un estudio piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ángel Manuel Ramírez Peredo

    1990-01-01

    Full Text Available A través de una encuesta aplicada a tres grupos de estudiantes universitarios de ambos lados de la frontera México-Estados Unidos (mexicanos, chicanos y norteaméricanos, en este trabajo se trata de medir la asertividad, que es una respuesta ante situaciones que provocan ansiedad y consiste en la defensa de los derechos personales pero manteniendo una actitud de respecto ante el derecho de los demás.Los resultados indican un elevado nivel de ansiedad y un notable decremento en asertividad en el grupo de los chicanos; además, para los tres grupos en el sexo femenino se presentan mayores niveles de ansiedad, acentúandose entre los mexico-norteamericanos. Los autores finalizan indicando la necesidad de efectuar más estudios sobre el tema.

  11. Paciente cirúrgico ambulatorial: calatonia e ansiedade Paciente quirúrgico ambulatorio: calatonia y ansiedad The effect of calatonia on anxiety level of surgical outpatients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vitor Nosow

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: consistiu em averiguar a eficácia do relaxamento promovido pela técnica de calatonia ao paciente no período pré-operatório. MÉTODOS: a amostra constitui-se de 45 indivíduos alfabetizados, com idade superior a 17 anos, classificados como American Society of Anasthesiology 1 e divididos em 2 grupos: experimental (30 e controle (15. Foram entregues o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e a escala auto-aplicativa IDATE-estado; mensuraram-se os parâmetros vitais antes e após a técnica. Aplicou-se a técnica entre 1:30h e 30 min antes da cirurgia, com a duração de 10 minutos. Mediram-se e analisaram-se a freqüência de pulso, temperatura, freqüência respiratória e pressão arterial. RESULTADOS: apenas a freqüência de pulso demonstrou redução estatisticamente significante (p=0,015. CONCLUSÃO: a técnica demonstrou eficácia, porém acredita-se que o curto tempo de aplicação, a imprecisão entre o questionário utilizado e a sua correspondência orgânica ou baixo nível de ansiedade dos grupos restringiram o relaxamento esperado no período pré-operatório.OBJETIVO: consistió en averiguar la eficacia del relajamiento promovido por la técnica de calatonia al paciente en el período preoperatorio. MÉTODS: la muestra estuvo constituida por 45 individuos alfabetizados, con edad superior a los 17 años, clasificados como American Society of Anasthesiology 1 y divididos en 2 grupos: experimental (30 y control (15. Fueron entregados el consentimiento informado y la escala auto-aplicativa IDATE-estado; se midieron los signos vitales antes y después de la técnica. Se aplicó la técnica entre 1:30h y 30 minutos antes de la cirugía, con una duración de 10 minutos. Se midieron y analizaron la frecuencia del pulso, temperatura, frecuencia respiratoria y presión arterial. RESULTADOS: apenas la frecuencia del pulso demostró reducción estadísticamente significativa (p=0,015. CONCLUSIÓN: la técnica demostr

  12. Ansiedade Social na Infância e Pré-Adolescência: Adaptação para o Português de Portugal da SASC-R

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Martins

    2014-01-01

    Full Text Available A Escala de Ansiedade Social para Crianças (forma revista - SASC-R destina-se a avaliar as experiências de ansiedade social e de evitamento das crianças e pré-adolescentes no contexto das relações com os pares. Neste estudo, pretende-se validar para a população portuguesa a SASC-R, utilizando a estrutura proposta pelos autores da escala original, através da análise fatorial confirmatória (AFC. Procedemos à aplicação da SASC-R numa amostra de 486 crianças entre os 9 e os 15 anos. Os resultados indicam que a escala replica os fatores da versão original, possui boa consistência interna e uma validade de constructo bastante satisfatória. Este estudo sugere que a SASC-R é uma escala útil na avaliação da ansiedade social em crianças.

  13. Ansiedade infantil e instrumentos de avaliação: uma revisão sistemática Childhood anxiety and assessment instruments: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wildson Vieira da Silva

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Fazer um levantamento dos principais instrumentos de avaliação da ansiedade em crianças, quando surgiram, que tipos de estudos foram realizados com os mesmos, verificando os países de maior incidência de aplicação dos testes, bem como a realidade dos instrumentos no Brasil. MÉTODOS: Revisão sistemática em bancos de dados eletrônicos _ Psychoinfo (1940 _ Maio 2002, Psyclit (1887 _ maio 2002, Medline (1966 _ maio 2002 e Eric (1966 _ maio 2002. Busca de informações fundamentada em comunicação pessoal e capítulos de livros. O critério de inclusão foi: estudos realizados com crianças, nos quais o construto ansiedade foi avaliado por algum instrumento psicométrico. Critérios de exclusão: artigos alusivos à pesquisa com adolescentes, adultos e animais; artigos utilizando testes projetivos ou sem a indicação do instrumento. Os artigos indexados repetidamente em dois ou mais bancos foram considerados apenas uma vez. RESULTADOS: Esta revisão apontou 1.911 estudos que utilizaram, no mínimo, um instrumento de avaliação de ansiedade; 118 instrumentos foram usados para este fim. Conclusões: Atualmente, existem inúmeros instrumentos disponíveis para avaliação da ansiedade em crianças; entretanto, no Brasil, a escala disponível no mercado está desatualizada e as mais modernas encontram-se somente em centros clínicos acadêmicos.OBJECTIVE: To make a survey of the principal anxiety instruments available for children, when they appeared, the type of methods used, verifying which countries have the highest number of children anxiety instruments and also how is the Brazilian reality on this matter. METHODS: A systematic review on electronic databases _ Psychoinfo (1940 _ May 2002, Psyclit (1887 _ May 2002, Medline (1966 _ May 2002 e Eric (1966 _ May 2002. Information collected on personal communications and books chapters. The inclusion criterion utilized: studies realized with children, where the anxiety were

  14. Relación entre ansiedad y actitud hacia los feminicidios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paloma María Guadalupe Montiel Merino

    2014-01-01

    Full Text Available Inicialmente, escuchar sobre la muerte de una mujer tras haber sido privada de su libertad y violentada sexualmente sonaba como un caso aislado en el que las circunstancias habían “pro - piciado” ese acontecimiento. La cantidad y frecuencia de tales acontecimientos, obligó a dar un significante específico para tan específico significado: feminicidio. El interés social y psicológico condujo a investigar de qué manera estos feminicidios influyen en la actitud y en las emociones de las mujeres juarenses, específicamente en los niveles de ansiedad; el presente trabajo tiene como objetivo dar a conocer los resultados obtenidos en dicha investigación. A fin de establecer la relación entre la actitud hacia los feminicidios y la ansiedad, se tomaron dos grupos de estu - dio: mujeres estudiantes de psicología (n=181 y mujeres trabajadoras de maquila (n=186, a los cuales se les aplicaron dos instrumentos de medición (Inventario de Ansiedad Rasgo-Estado e Inventario de Actitud hacia los feminicidios que permitieran: a determinar los niveles de ansiedad (rasgo-estado y los niveles de actitud hacia los feminicidios en cada grupo de estudio, b correlacionar tales niveles, y c establecer una comparación entre los resultados de cada grupo de estudio. No se encontraron diferencias significativas entre los grupos respecto a la actitud hacia los feminicidios, sin embargo, se obtuvo una diferencia significativa en los niveles más altos de ansiedad rasgo-estado presentados en las trabajadoras de maquila, respecto a los niveles de ansiedad rasgo-estado presentados en las estudiantes de psicología.

  15. Avaliação de reações emocionais em odontopediatria

    OpenAIRE

    Reis, Janaina Rocha

    2011-01-01

    As reações emocionais infantis, especialmente a manifestação de suas ansiedades e medos em Odontologia, devem ser entendidas como uma atitude comportamental de etiologia complexa e multifatorial. E, o controle da dor de uma criança é o fatorchave imprescindível na conduta do profissional pediatra, visto que o tratamento adequado da dor, da ansiedade e do medo, gerados pela situação desconfortável dos sinais e sintomas, proporcionam maior probabilidade de sucesso nos procedimentos, em es...

  16. Comparación de dos procedimientos de inducción colectiva de ansiedad

    OpenAIRE

    Nuevo, Roberto; Cabrera, Isabel; Montorio Cerrato, Ignacio; Márquez González, María

    2008-01-01

    Objetivo: Este estudio compara los resultados de la aplicación colectiva de dos procedimientos de inducción de ansiedad. Método: 62 estudiantes de psicología fueron aleatoriamente asignados a dos condiciones experimentales de inducción de ansiedad empleandose un diseño intergrupos con medidas repetidas pre-post. La condición A incluía el visionado de escenas de películas ansiógenas y la condición B la lectura de frases autoreferenciales de contenido amenazante combinada con la escucha de una ...

  17. Ansiedad manifiesta en jóvenes adolescentes con sobrepeso y obesidad

    OpenAIRE

    Edith Pompa Guajardo; Cecilia Meza Peña

    2014-01-01

    La obesidad es un problema de salud serio en México, y se presenta junto a un alto número de comorbilidades psicológicas, por lo que se propuso evaluar la presencia de ansiedad en po - blación de adolescentes en relación a su peso y talla. En el presente estudio participaron 601 adolescentes de ambos sexos, quienes com - pletaron la Escala de Ansiedad Manifiesta en Niños, además de proporcionar datos sociode - mográficos y ser evaluados en talla y peso. Los resultados son consistentes ...

  18. Genes candidatos para la comorbilidad entre trastornos de ansiedad y trastornos adictivos.

    OpenAIRE

    Gallego Moreno, Xavier

    2008-01-01

    Esta Tesis Doctoral ha consistido en el estudio de los mecanismos implicados en la comorbilidad entre el abuso de drogas y los trastornos de ansiedad, así como en las regiones cerebrales responsables de la coexistencia de estos dos trastornos en modelos transgénicos. Nos hemos centrado en dos grandes familias de genes, que podrían actuar como interfaz genético en la comorbilidad entre trastornos de ansiedad y de abuso de sustancias: neurotrofinas por su intervención en el neurodesarrollo y en...

  19. Motivation and Anxiety in Tennis Players Motivación y ansiedad en jugadores de tenis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Cervelló

    2010-09-01

    Full Text Available

    This work studied the "goals achievement theory;" how dispositional goal orientation and the perception of the motivational climate are related to the different components of competitive anxiety (cognitive anxiety, somatic anxiety and self-confidence in high-level tennis players. To the accomplish this objective structural equation modelling was employed (SEM. The results show that perception of the motivational climate that tennis players perceive is related to dispositional goal orientation. Results also show positive relationships between perception of ego involving motivational climate and somatic and cognitive components of anxiety. On the other hand, results show that ego orientation is a negative predictor of cognitive anxiety. Finally, results show that task orientation is a positive and significant predictor of self-confidence.
    KEY WORDS: Goal orientation, motivational climate, competitive state anxiety, tennis

    Este estudio analiza desde la perspectiva social-cognitiva de las metas de logro como la orientación disposicional de los sujetos y la percepción del clima motivacional en los entrenamientos se relacionan con los diferentes componentes de la ansiedad estado precompetitiva (ansiedad cognitiva, ansiedad somática y autoconfianza en tenistas de alto nivel. Para ello se utilizó un análisis de ecuaciones estructurales (SEM. Los resultados muestran que el clima motivacional que los tenistas perciben en los entrenamientos se relaciona con la orientación disposicional que estos presentan, así como existe una relación directa de influencia entre el clima motivacional orientado al ego y los componentes cognitivo y somático de la ansiedad. Por otra parte, los resultados muestran como la orientación disposicional al ego se muestra como predictor significativo y negativo de la ansiedad cognitiva y la orientación disposicional a la tarea predice la autoconfianza de forma positiva. A

  20. Ansiedad, síndrome de piernas inquietas y onicofagia en estudiantes de medicina.

    OpenAIRE

    Pedraz-Petrozzi, Bruno; Pilco-Inga, Jorge; Vizcarra-Pasapera, Joaquín; Osada-Liy, Jorge; Ruiz-Grosso, Paulo; Vizcarra-Escobar, Darwin

    2015-01-01

    Objetivos:Describir la frecuencia de ansiedad, onicofagia y síndrome de piernas inquietas (SPI) en estudiantes de medicina y explorar la relación entre los mismos. Materiales y métodos: Participaron 315 estudiantes del primer al quinto año de medicina de una universidad privada de Lima. Se administraron la Escala de Ansiedad de Beck (BAI), una escala Likert para onicofagia, el Inventario de Estudios Epidemiológicos de SPI (García - Borreguero) y el Inventario de SPI (Grupo Internacional de SP...

  1. Associação entre depressão, ansiedade e qualidade de vida após infarto do miocárdio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Conceição Lemos

    Full Text Available Este trabalho investigou a freqüência da depressão em indivíduos cardiopatas, com e sem diagnóstico de infarto agudo do miocárdio (IAM, e indivíduos sem diagnóstico de cardiopatia. Trata-se de estudo prospectivo com 168 pacientes divididos em três grupos: 60 internados (diagnóstico de IAM, 49 ambulatoriais (diagnóstico de doença cardiovascular sem infarto e 59 da população em geral (sem diagnóstico de doença cardiovascular, de ambos os sexos, entre 35 a 65 anos, investigados por meio do Inventário de Depressão de Beck (BDI, do Inventário de Ansiedade de Beck (BAI e do Teste de Qualidade de Vida (WHOQOL. A prevalência de depressão no grupo IAM foi 48,3%. As variáveis significativas associadas à depressão foram: história familiar (RC=2,82 - IC95%=1,12;7,08 - p=0,028, domínio psicológico do WHOQOL (RC=0,93 - IC95%=0,89;0,98 - p=0,006 e escore de ansiedade (RC=1,08 - IC95%=1,02;1,14 - p=0,012. Os resultados sugerem que os transtornos de depressão não são desencadeados pelo IAM, mas que estão presentes antes da admissão hospitalar, destacando a importância do rastreamento dos pacientes portadores de doença coronariana crônica.

  2. Tratamiento ortodóntico en paciente con periodontits crónica avanzada generalizada: reporte de un caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iván Enrique Porto Cortés

    2016-01-01

    Full Text Available El tratamiento de ortodoncia es un procedimiento que busca corregir la maloclusión y mejorar la estética dental a través de fuerzas leves por periodos de tiempos largos o medianos, dicho tratamiento en pacientes periodontalmente comprometidos genera polémica debido a que la colocación de la aparatología puede incrementar la formacion de biopelicula y por ende agravar la periodontitis; también las fuerzas ejercidas podrían aumentar la reabsorción ósea. Sin embargo, en la actualidad se pueden encontrar estudios que confirman que el tratamiento de ortodoncia ayuda al periodonto enfermo gracias a los diferentes movimientos dentales que se producen durante éste; siempre y cuando el ortodoncista y periodoncista trabajen en conjunto, eduquen y motiven al paciente a cambiar sus hábitos de higiene bucal y sigan unos parámetros determinados. El objetivo principal del artículo es la presentación de un caso clínico en el que se realizó un tratamiento de ortodoncia a un paciente con periodontitis crónica avanzada generalizada y con relación canina clase III para de detener el avance de esta enfermedad, además para corregir la maloclusión y lograr una buena estética facial y dental. En conjunto con este tratamiento se realizaron procedimientos de mantenimiento periodontal tales como profilaxis dental, fase higiénica y enseñanza en higiene bucal. Los resultados del tratamiento se consideraron satisfactorios, se culminó sin pérdida dentaria, con oclusión en clase 1 de Angle, una buena estética facial y dental, un periodonto sano y un paciente educado en higiene bucal.

  3. Reduction of the anxiety of medical students after curricular reform Redução da ansiedade de estudantes de medicina após reforma curricular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Waldo Zuardi

    2008-06-01

    Full Text Available OBJECTIVES: Curricular structure may interfere in students' anxiety level at medical schools. The objective of this study was to assess anxiety levels in medical students before and after a curriculum reform at the Medical School of Ribeirão Preto and to compare them with students at other courses that had no curricular changes in the same university campus. METHOD: Study samples were obtained in two moments: 1 two years before the reform; 2 after the reform when the reformed curriculum completed its fourth year. The pre-sample (former curriculum consisted of 307 medical students and 217 students from psychology and biology courses. The post-sample (new curriculum was composed of 330 medical students and 194 students from psychology and biology courses. Anxiety was assessed by the State-Trait Anxiety Inventory (STAI. RESULTS: Comparing the pre with the post sample, we found STAI-T scores of the students under the former curriculum were significantly higher in the first (42.9 + 1.08 and second (41.9 + 1.1 years than the STAI-T scores of the medical students under the new curriculum (38.1 + 1.0 and 37.9 + 1.06, respectively. Students from other courses and 5th year medical students, who followed the same curriculum, did not show any significant differences between different samples. CONCLUSION: These results suggest that changes to medical school curricula may reduce the medical student' levels of anxiety in the first two years of the course.OBJETIVOS: Características da estrutura curricular podem interferir no nível de ansiedade dos alunos do curso médico. O objetivo deste estudo foi avaliar o nível de ansiedade nos alunos do curso médico, antes e depois de uma reforma no currículo da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, comparando com outros cursos, do mesmo campus da universidade, que não tiveram mudanças curriculares. MÉTODO: As amostras do estudo foram obtidas em dois tempos distintos: 1 dois anos antes da reforma; 2 pós a

  4. Intervenciones musicales para la ansiedad odontológica en pacientes pediátricos y adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Sanjuán Navais

    2016-02-01

    Full Text Available La ansiedad odontológica ha sido identificada como un problema común tanto en niños como en adultos. La ansiedad odontológica se refiere a un estado de aprensión de que algo terrible va a suceder en relación con el tratamiento dental y se combina con una sensación de pérdida de control. Se informa que uno de cada seis adultos sufren algún tipo de ansiedad y en los niños entre un 5,7% y el 19,5%. Los pacientes con ansiedad odontológica tienden a descuidar el cuidado dental, lo cual plantea un problema, tanto para los pacientes como para los dentistas. Una relación dentista-paciente dominada por la ansiedad grave puede conducir a un mal diagnóstico y tratamiento inadecuado. Existen diferentes opciones de tratamiento para la ansiedad odontológica que pueden ir desde la explicación del proceso de tratamiento, estrategias farmacológicas, biofeedback, hipnosis e intervenciones conductuales. Se cree que la música reduce la ansiedad gracias a un efecto relajante o de distracción, que a su vez disminuye la actividad de los sistemas neuro-endocrino y sistema nervioso simpático.

  5. Relações entre controle psicológico e comportamental materno e ansiedade infantil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaina Nascimento Teixeira

    2016-01-01

    Full Text Available El presente estudio investigó la relación entre el control psicológico, el control conductual y los síntomas de ansiedad en niños de edades comprendidas entre los seis y los ocho años. El estudio incluyó a 83 madres que respondieron el Inventario de Comportamientos de Niños y Adolescentes de 6-18 Años (CBCL/6-18 y la Entrevista Estructurada sobre Prácticas Parentales y Socialización de Niños. El análisis de regresión y el análisis comparativo entre un grupo de niños con perfil clínico de ansiedad y un grupo de niños sin perfil clínico en todos los síndromes y escalas de problemas evaluados por el CBCL, confirmaron el poder predictivo del control crítico sobre la ansiedad infantil. Además, la comparación de los dos grupos reveló una mayor frecuencia de relatos de prácticas de apoyo adecuados por parte de las madres del grupo no clínico. Estos resultados refuerzan la importancia del control crítico para la comprensión de los síntomas de ansiedad en la infancia.

  6. Análise fatorial do Questionário de Ansiedade Social para Adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Fortes Wagner

    2017-01-01

    Full Text Available El trastorno de ansiedad social o fobia social es uno de los trastornos psicológicos más comunes y, para un correcto diagnóstico, es necesario el uso de instrumentos de evaluación con adecuadas propiedades psicométricas. Este artículo tiene como objetivo describir el análisis factorial exploratorio del Cuestionario de ansiedad social para adultos, un nuevo instrumento de evaluación del trastorno de ansiedad social. La muestra consistió en 894 sujetos, 768 de población no clínica y 126 clínica. Se trata de un estudio instrumental, cuantitativo y transversal. El Cuestionario de ansie - dad social para adultos mostró buenas propiedades psicométricas, estabilidad de la estructura y naturaleza de los cinco factores, con una excelente consistencia interna. Se concluye que el instrumento posee distribución factorial claramente definida y es adecuado para la medición de la ansiedad social.

  7. Protocolo para el manejo de las crisis de ansiedad en el servicio de urgencias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Alejandro Múnera Galarza

    1996-01-01

    Full Text Available Se presenta un protocolo para orientar a los médicos de urgencias en el proceso de evaluación de filtro, control inicial, estudio diagnostico, manejo definitivo y referencia de pacientes que consultan por crisis de ansiedad.

  8. A influência do perfeccionismo na (in) satisfação com a imagem corporal e na ansiedade físico-social de jovens adultos do sexo feminino

    OpenAIRE

    Afonso, Andreia Sofia Leal

    2011-01-01

    Este estudo tem como principal objectivo investigar a eventual influência quer das dimensões, quer dos níveis de perfeccionismo (Perfeccionismo Socialmente Prescrito, Perfeccionismo Auto-orientado, e Orientado aos Outros) sobre os níveis de insatisfação com a imagem corporal em mulheres jovens, bem como, a vivência de ansiedade social associada à imagem corporal. Trata-se de um estudo correlacional com um corte transversal. A amostra é composta por 80 mulheres jovens adultas, estudantes na...

  9. Influencia do estresse sobre a ansiedade e nocicepção induzida na ATM de ratas nas fases de estro e poestro

    OpenAIRE

    Ana Paula Botelho

    2009-01-01

    Resumo: As disfunções têmporo-mandibulares são mais prevalentes em mulheres e a influência dos hormônios gonadais sobre estas disfunções ainda não estão totalmente esclarecidas. Uma vez que a exposição tanto ao estresse agudo quanto ao crônico podem apresentar diferentes respostas comportamentais; o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do estresse agudo, sub-crônico e crônico sobre a ansiedade e nocicepção induzida pela injeção de formalina na articulação temporomandibular (ATM) de ra...

  10. Validação da versão brasileira do questionário de ansiedade cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Sardinha

    2013-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: A ansiedade cardíaca (AC é o medo de sensações cardíacas, caracterizado por sintomas recorrentes de ansiedade em pacientes com ou sem doença cardiovascular. O Questionário de Ansiedade Cardíaca (QAC é uma ferramenta para avaliar a AC, já adaptado, mas não validado em português. OBJETIVO: Este trabalho apresenta as três fases dos estudos de validação do QAC brasileiro. MÉTODOS: Foram recrutados 98 pacientes com doença arterial coronária, a fim de extrair a estrutura fatorial e avaliar a confiabilidade do QAC (fase 1. O objetivo da fase 2 foi explorar a validade convergente e divergente. Cinquenta e seis pacientes completaram o QAC, juntamente com o Escala de sensações corporais (ESC e o Versão brasileira do Social Phobia Inventory (SPIN. Para determinar a validade discriminante (fase 3, comparamos os escores do QAC de dois subgrupos formados por pacientes da fase 1 (n = 98, de acordo com os diagnósticos de transtorno do pânico e agorafobia obtidos com o MINI - Mini International Neuropsychiatric Interview (Mini Entrevista Neuropsiquiátrica Internacional. RESULTADOS: A solução de dois fatores foi a mais interpretável (46,4% da variância. As subescalas foram denominadas de "Medo e Hipervigilância" (n = 9; alfa = 0,88 e "Evitação" (n = 5; alfa = 0,82. Foi encontrada correlação significativa do fator 1 com o escore total do ESC (p < 0,01, mas não com o fator 2. Os fatores do SPIN apresentaram correlações significativas com as subescalas do QAC (p < 0,01. Na fase 3, os escores dos pacientes "Cardíacos com pânico" foram significativamente maiores no fator 1 do QAC (t = -3,42; p < 0,01, IC = -1,02 a -0,27, e maiores, mas não significativamente diferentes, no fator 2 (t = -1,98; p = 0,51, IC = -0.87 a 0,00. CONCLUSÕES: Os presentes resultados fornecem uma versão final brasileira validada do QAC adequada aos contextos clínicos e de pesquisa.

  11. Abordaje psicoterapéutico grupal de ansiedad ante la Muerte en el adulto mayor institucionalizado desde el modelo integrativo

    OpenAIRE

    Campos Peralta, Diana Janneth

    2015-01-01

    En el presente trabajo investigativo se elaboró y aplicó un dispositivo psicoterapéutico de modelo integrativo, capaz de disminuir niveles de ansiedad ante la muerte en adultos mayores. La muestra estuvo integrada por 12 pacientes del Hogar Cristo Rey de la ciudad de Cuenca, de ambos sexos, alfabetizados, con un rango de edad comprendido entre los 65 y 80 años. Para medir los niveles de ansiedad ante la muerte se aplicó la Escala Revisada de Ansiedad ante la Muerte, la que fue administrada an...

  12. Ansiedad al tratamiento odontológico: Características y diferencias de género

    OpenAIRE

    Caycedo, Martha; Colorado, Patricia; Rodríguez, Helena; Gama, Rocío; Cortés, Omar Fernando; Caycedo, Claudia; Barahona, Germán; Palencia, Rafael

    2008-01-01

    Este trabajo hace parte de un estudio mayor sobre la convergencia entre el reporte del odontólogo acerca de la ansiedad de sus pacientes y las respuestas de los pacientes a dos escalas de ansiedad ante el tratamiento odontológico, llevado a cabo con una muestra de 132 odontólogos y sus correspondientes 913 pacientes en Bogotá, Colombia. Se presentan los datos correspondientes a las respuestas de los pacientes a dos instrumentos de autorreporte acerca de la ansiedad ante los tratamientos odont...

  13. Problemas de ansiedad en niños y adolescentes y su relación con variables cognitivas disfuncionales

    OpenAIRE

    Valderrama-Martos, Lidia

    2016-01-01

    La investigación pretende analizar los trastornos de ansiedad en niños y adolescentes de Málaga y su provincia, así como su relación con factores emocionales (sensibilidad a la ansiedad y ansiedad rasgo) y con variables cognitivas disfuncionales importantes en el origen y mantenimiento de dichos trastornos. Para ello se ha evaluado una muestra compuesta por un total de 1.483 niños y adolescentes de la población general malagueña (escolarizados en Educación Primaria, Educación Secundaria, Bach...

  14. Traço e estado de ansiedade de nutrizes com indicadores de hipogalactia e nutrizes com galactia normal

    OpenAIRE

    Aragaki, Ilva Marico Mizumoto; Silva, Isília Aparecida; Santos, Jair Lício Ferreira dos

    2006-01-01

    Este estudo objetivou identificar e comparar o traço e estado de ansiedade, no 10º dia pós-parto e estado de ansiedade no 30º dia puerperal, das nutrizes primíparas e multíparas que apresentaram indicadores de hipogalactia e nutrizes com galactia normal; verificar possíveis relações entre o estado de ansiedade das nutrizes nesses dois momentos com a presença dos indicadores de hipogalactia. É um estudo exploratório/descritivo, cujos dados foram obtidos com 168 nutrizes e seus filhos, por meio...

  15. Revisitando a Simon &Martens: la ansiedad competitiva en deportes de iniciación

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yago Ramis

    2013-01-01

    Full Text Available Este trabajo nace con la intención de recuperar y actualizar un artículo clásico de la psicología del deporte como es el de Simon y Martens del 1979. Como su antecesor, nuestro trabajo compara la ansiedad rasgo competitiva en deportes y actividades lúdicas que se clasifican en base a dos variables de agrupación: la Colaboración, que diferencia entre actividades individuales y colectivas, y la Habilidad, que separa aquellas actividades que requieren de habilidades habituales de las que requieren de habilidades perceptivas. 643 deportistas y 140 castellers contestaron la Escala de Ansiedad Competitiva-2 y sus puntuaciones fueron comparadas mediante análisis de la varianza en función de las variables Colaboración, Habilidad y la interacción entre ambas. Los resultados indican que en aquellas actividades cuya habilidad es de tipo habitual, aparecen niveles más altos en el factor de Ansiedad Somática y Preocupación. Además, los participantes en deportes individuales relatan mayores niveles de Desconcentración que aquellos que realizan deportes o actividades colectivas. Se detecta también un efecto interactivo de las variables colaboración y habilidad sobre la Preocupación. Se ha realizado una comparación adicional deportistas y castellers, como actividad evaluativa no deportiva, revelando que el nivel de Ansiedad Somática de los castellers es equivalente al de los deportistas, pero que en las variables de Preocupación y Desconcentración los deportistas relatan niveles significativamente mayores. Finalmente se discute la importancia de conocer las características de cada modalidad deportiva de cara al trabajo específico con los entrenadores y padres para el trabajo preventivo de la ansiedad.

  16. Validação da versão em português do Mini-Inventário de Fobia Social (Mini-SPIN Validation of the portuguese version of the Mini-Social Phobia Inventory (Mini-SPIN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo José Fonseca D'El Rey

    2009-12-01

    Full Text Available A fobia social (também conhecida como transtorno de ansiedade social é um grave transtorno mental que traz sofrimento e incapacitação. O objetivo deste estudo foi validar para a língua portuguesa o Mini-Inventário de Fobia Social (Mini-SPIN em uma amostra da população. Foi realizado um estudo da validade discriminativa do Mini-SPIN em uma amostra de 644 pessoas (grupo positivo para o Mini-SPIN: n = 218 e grupo controle/negativo: n = 426 de um estudo de prevalência de transtornos de ansiedade na cidade de Santo André (SP. A versão em português do Mini-SPIN (com escore de 6 pontos, sugerido na versão original em inglês demonstrou uma sensibilidade de 95,0%, especificidade de 80,3%, valor preditivo positivo de 52,8%, valor preditivo negativo de 98,6% e taxa de classificação incorreta de 16,9%. Com escores de 7 pontos, foi observado um aumento na especificidade e no valor preditivo positivo (88,6% e 62,7%, sendo que a sensibilidade e o valor preditivo negativo (84,8% e 96,2% mantiveram-se altos. A versão em português do Mini-SPIN apresentou qualidades psicométricas satisfatórias em termos de validade discriminativa. Neste estudo, o ponto de corte igual a 7 mostrou-se mais adequado para a identificação da fobia social generalizada.Social phobia (also known as social anxiety disorder is a severe mental disorder that brings distress and disability. The aim of this study was validate to the Portuguese language the Mini-Social Phobia Inventory (Mini-SPIN in a populational sample. We performed a discriminative validity study of the Mini-SPIN in a sample of 644 subjects (Mini-SPIN positive group: n = 218 and control/negative group: n = 426 of a study of anxiety disorders' prevalence in the city of Santo André-SP. The Portuguese version of the Mini-SPIN (with score of 6 points, suggested in the original English version demonstrated a sensitivity of 95.0%, specificity of 80.3%, positive predictive value of 52.8%, negative predictive

  17. Método de inversión generalizada: aplicación en sismología y posibilidades en ingeniería civil

    OpenAIRE

    Canas, J. A.; Ledesma, A.

    1985-01-01

    El método de inversión generalizada ha sido aplicado extensamente en Geofísica, y en particular en Sismología, con sumo éxito. En este trabajo se describe en forma sucinta, pero suficientemente clara, dicho método, considerando dos casos distintos. El primero cuando no existe ruido que contamine las medidas, y el segundo cuando éste se tiene en cuenta. A continuación se introducen los problemas concretos de Sismología, los cuales se han resuelto por aplicación del método en presencia de ru...

  18. Efeitos de Intervenção Cognitivo-Comportamental sobre Fatores de Risco Psicológicos em Cardiopatas

    OpenAIRE

    Gorayeb, Ricardo; Facchini, Giovana Bovo; Almeida, Poliana de Lima de; Siguihura, Ana Luisa Magaldi; Nakao, Renata Tamie; Schmidt, Andre

    2015-01-01

    RESUMODiminuir fatores de risco para cardiopatias pode melhorar a qualidade de vida e reduzir a mortalidade e morbidade relacionadas a elas.O presente estudo avaliou a eficácia de uma intervenção cognitivo-comportamental em grupo sobre ansiedade, depressão, estresse e saúde cardiovascular em cardiopatas. Foram avaliados 91 pacientes antes e após participação nos grupos, com entrevistas semiestruturadas, Inventários Beck (Ansiedade e Depressão) e Inventário de Sintomas de Stress para Adultos d...

  19. Prevalencia de ansiedad y depresión en pacientes de hemodiálisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lídia Gómez Vilaseca

    Full Text Available Introducción: Los pacientes en hemodiálisis tienen síntomas y trastornos emocionales como ansiedad y depresión. Son pocos los estudios que valoren el diagnóstico mediante la Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS; nuestro objetivo es conocer la prevalencia de la ansiedad y depresión en pacientes con enfermedad renal crónica en programa de hemodiálisis. Metodología: Estudio transversal durante el primer trimestre del 2012. Realizado en el servicio de hemodiálisis del hospital de Palamós. Se incluyeron pacientes en programa crónico de hemodiálisis que llevaban como mínimo un mes. Se registró la edad, sexo, talla, peso, índice de masa corporal, índice de Charlson, tiempo en hemodiálisis y número de fármacos. Se utilizó la escala HADS (versión española de Caro-Ibáñez. Resultados: Se analizaron 49 pacientes, 25% fueron mujeres, la edad media 67,2 años, I. Charlson 4,6 (DE:4,5, tiempo en HD 39,9 meses (DE:43,8, IMC 26,9 (DE:4,5, turno de mañana 52,9 % y tarde 50,9 %. La sintomatología depresiva representa 42,9% (IC95% 33,7%-60,6% y la ansiosa 32,7 % (IC95% 21,2%-46,6% según la escala HADS. La ansiedad presenta relación estadísticamente significativa con el índice de masas corporal inferior y sexo femenino, la depresión con una edad más elevada, índice de masa corporal inferior y el turno de la mañana. Conclusiones: Existe una alta prevalencia de ansiedad y depresión en pacientes con enfermedad renal crónica en hemodiálisis. Un índice de masa corporal bajo se relaciona con la ansiedad y depresión, la mayor edad con la depresión y la ansiedad es más frecuente en mujeres. Nuestro estudio sugiere que es necesario un mayor control, seguimiento y tratamiento de las alteraciones emocionales en pacientes con enfermedad renal crónica.

  20. Personalidad, ansiedad estado-rasgo e ingreso a la universidad en alumnos preuniversitarios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Niño de Guzmán

    2000-12-01

    Full Text Available Estudio correlacional que identifica las dimensiones de personalidad, el tipo de ansiedad y las características sociodemográficas de alumnos de un centropreuniversitario. Se trabajó con 318 participantes de ambos sexos (43.8% mujeres y 56.2% hombres, que entre 16 y 19 años. Se los evaluó con los siguientes instrumentos: (a NEO PI-R de Costa y McCrae (1992, (b Inventario de Ansiedad Estado-Rasgo de Spielberger (IDARE, 1975 y (c reporte de los tutores. Los resultados confirman la presencia de una estructura factorial básica de cinco dimensiones. Asimismo, revelan correlaciones significativas entre el C.I., características de personalidad asociadas al factor conciencia e ingreso a la universidad. Entre las facetas que correlacionan con el ingreso destaca la autodisciplina. Finalmente, se discuten los resultados.

  1. Bienestar psicológico y ansiedad competitiva: el papel de las estrategias de afrontamiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrique Cantón Chirivella

    2016-01-01

    Full Text Available El interés por el estudio del bienestar psicológico (Ryff, 1989 y su relación con las estrategias de afrontamiento se ha producido también en el ámbito deportivo. En esta investigación, se evalúan la ansiedad competitiva, el bienestar psicológico y las estrategias de afrontamiento utilizadas en la competición por 213 deportistas, de cuatro deportes diferentes. Los resultados permiten predecir, a través de los análisis de regresión, la posibilidad de experimentar ansiedad y bienestar psicológico en el contexto competitivo, regulado por el papel mediador de las estrategias de afrontamiento dirigidas a la tarea.

  2. Optimismo, ansiedad-estado y autoconfianza en jóvenes jugadores de balonmano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco J. Ortín-Montero

    2013-10-01

    Full Text Available Este estudio analiza la relación entre optimismo, ansiedad competitiva y autoconfianza en una muestra de 133 jugadores adolescentes de balonmano. Para dicho análisis se administraron los cuestionarios LOT-R en su versión española de Otero-López, Luengo, Romero, Triñanes, Gómez y Castro (1998, y el CSAI-2 (Competitive State Anxiety Inventory-2 de Martens, Burton, Vealy, Bump y Smith (1990. Los resultados indican que los deportistas con perfil optimista, sienten menos ansiedad estado, tanto cognitiva como fisiológica, encontrando en esta última resultados estadísticamente significativos. Por otro lado, los sujetos optimistas muestran mayores niveles de autoconfianza.

  3. Ansiedade e depressão na DPOC: O conhecimento actual, questões não respondidas e investigação necessária Anxiety and depression in COPD: Current understanding, unanswered questions, and research needs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Monteiro

    2009-08-01

    Full Text Available Aproximadamente 60 milhões de pessoas nos Estados Unidos vivem com uma de quatro doenças crónicas: doença cardíaca, diabetes mellitus, doença respiratória crónica e depressão major. A DPOC está associada a múltiplas comorbilidades, sendo a ansiedade e a depressão muito comuns nesta doença, possuindo um impacto significativo nos doentes, suas famílias, sociedade e evolução da patologia. Existem poucos estudos prospectivos na avaliação do método diagnóstico, abordagem terapêutica e impacto na qualidade de vida dos doentes com DPOC e com sintomas de depressão e ansiedade. Os autores decidiram avaliar de forma multidisciplinar a ansiedade e a depressão presentes nestes doentes, procurando salientar questões não respondidas, nomeadamente a verdadeira prevalência da depressão e a ansiedade na DPOC, se estas comorbilidades são idênticas na DPOC em relação a outras doenças crónicas, qual o papel preditivo da depressão e da ansiedade na DPOC e os mecanismos que levam ao seu aparecimento e se o sexo e as diferenças étnicas influenciam estas alterações. Quanto a áreas de futura investigação, é necessário standardizar os critérios de diagnóstico de ansiedade e depressão, o impacto destas patologias nos custos de saúde, qualidade de vida, actividades sociais e adesão à terapêutica, identificação de factores de risco e de estratégias preventivas. Este objectivo surgiu da falta de uniformização e a da utilização de diferentes critérios de diagnóstico destas comorbilidades. A nível de resultados, foi determinada a prevalência de ansiedade e depressão, que é geralmente superior em relação a outras doenças crónicas. A prevalência de depressão na DPOC estável varia entre 10 e 42% e a ansiedade entre 10 e 19%. O risco de depressão é obviamente superior em estádios mais avançados da DPOC, chegando a atingir taxas de 62% em doentes a fazer oxigenoterapia de longa duração. Também em doentes a

  4. Ansiedade e depressão na DPOC: O conhecimento actual, questões não respondidas e investigação necessária** Chest 2008; 134:43s-56s

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Maurer

    2009-07-01

    Full Text Available Resumo: Aproximadamente 60 milhões de pessoas nos Estados Unidos vivem com uma de quatro doenças crónicas: doença cardíaca, diabetes mellitus, doença respiratória crónica e depressão major. A DPOC está associada a múltiplas comorbilidades, sendo a ansiedade e a de-pressão muito comuns nesta doença, possuindo um impacto significativo nos doentes, suas famílias, sociedade e evolução da patologia.Existem poucos estudos prospectivos na avaliação do método diagnóstico, abordagem terapêutica e impacto na qualidade de vida dos doentes com DPOC e com sintomas de depressão e ansiedade.Os autores decidiram avaliar de forma multidisciplinar a ansiedade e a depressão presentes nestes doentes, procurando salientar questões não respondidas, nomeadamente a verdadeira prevalência da depressão e a ansiedade na DPOC, se estas comorbilidades são idênticas na DPOC em relação a outras doenças crónicas, qual o papel preditivo da depressão e da ansiedade na DPOC e os mecanismos que levam ao seu aparecimento e se o sexo e as diferenças étnicas influenciam estas alterações. Quanto a áreas de futura investigação, é necessário standardizar os critérios de diagnóstico de ansiedade e depressão, o impacto destas patologias nos custos de saúde, qualidade de vida, actividades sociais e adesão à terapêutica, identificação de factores de risco e de estratégias preventivas.Este objectivo surgiu da falta de uniformização e a da utilização de diferentes critérios de diagnóstico destas comorbilidades.A nível de resultados, foi determinada a prevalência de ansiedade e depressão, que é geralmente superior em relação a outras doenças crónicas. A prevalência de de-pressão na DPOC estável varia entre 10 e 42% e a ansiedade entre 10 e 19%. O risco de depressão é obvia

  5. Evaluación de ansiedad ante exámenes : datos de aplicación y fiabilidad de un cuestionario CAEX

    OpenAIRE

    Valero Aguayo, Luis

    1999-01-01

    Se presenta un cuestionario de evaluación de problemas de ansiedad ante exámenes. Los datos se han obtenido entre estudiantes universitarios, justo antes de realizar los exámenes correspondientes. Los sujetos informar sobre sus respuestas fisiológicas, cognitivas y conductuales, así como su ansiedad ante diferentes tipos de pruebas. Se presentan los datos sobre los grupos, ítems, fiabilidad y diferencias entre las escalas de frecuencia y ansiedad utilizadas.

  6. RELACIÓN ENTRE VARIABLES MOTIVACIONALES Y ANSIEDAD EN JUGADORES DE BALONMANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Leyton Román

    2015-04-01

    Full Text Available Tradicionalmente, los postulados de la Teoría de la Autodeterminación (TAD diferenciaban entre tres grandes motivaciones: la intrínseca, la extrínseca y la desmotivación (Deci y Ryan, 2000. Sin embargo, las últimas aportaciones a la teoría (Vansteenkiste, Niemiec, y Soenens, 2010, se decantan más por una agrupación formada por la motivación autónoma (compuesta por la motivación intrínseca y la regulación identificada, motivación controlada (formada por las regulaciones introyectada y externa y la desmotivación. La TAD que se ha desarrollado en las últimas décadas se basa en que el comportamiento humano es motivado fundamentalmente por 3 necesidades psicológicas básicas (NPB: autonomía, competencia, y relaciones sociales (Deci y Ryan, 2000. Por otro lado, los jugadores se exponen a diversas situaciones de juego en las que puede aparecer síntomas de ansiedad. Las preocupaciones respecto a la ejecución y falta de habilidad para concentrarse se conocen como ansiedad cognitiva. La ansiedad somática son las percepciones de los síntomas corporales (Martens, Burton, Vealey, Bump, y Smith  1990. La autoconfianza hace referencia a la creencia que tiene una persona de poder hacer aquello que quiere hacer (Feltz, 1994.Objetivo: Analizar las relaciones entre los tipos de motivación, las necesidades psicológicas básicas y la ansiedad precompetitiva del deportista en jugadores de balonmano.

  7. Correlações entre ansiedade e depressão no desempenho cognitivo de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Maria Fernandes Lopes

    2014-01-01

    Full Text Available Se observa que en los últimos años, el cuerpo humano pasa por un proceso de envejecimiento natural, la generación de modificaciones funcionales, la reducción de la vitalidad; favoreciendo así la aparición de enfermedades relacionadas con ese periodo de la vida. Los principales factores de riesgo para el desarrollo de la depresión en los ancianos incluyen factores genéticos, los acontecimientos estresantes de la vida, el deterioro cognitivo asociado con el envejecimiento y las alteraciones neurobiológicas, con tasas de prevalencia del trastorno depresivo mayor en el rango de edad avanzada del 2 % al 5 %. Los adultos mayores con síntomas depresivos y síntomas de la ansiedad mostraron déficits cognitivos más severos. El objetivo de este estudio es verificar si existe una correlación significativa entre el rendimiento cognitivo de los adultos mayores con síntomas de la depresión, la ansiedad y la edad. 231 personas mayores participaron en este estudio. El diseño fue un estudio cuantitativo transversal. Se utilizó el Mini Examen del Estado Mental (MMSE, la Escala de Depresión Geriátrica (GDS y el Inventario de Ansiedad de Beck (BAI. Los resultados mostraron que la edad y correlacionada estadísticamente significativamente asociada negativamente con la puntuación del MMSE (r = -0,205, p <0,005, demostrando que la edad, disminuyó el rendimiento cognitivo. Personas mayores con los síntomas depresivos y los síntomas de ansiedad severa tenían puntuaciones en el MMSE inferiores.

  8. Fisicoculturismo: diferencias de sexo en el estado de ánimo y la ansiedad precompetitiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F\\u00E9lix Arbinaga Ibarz\\u00E1bal

    2013-01-01

    Full Text Available El trabajo pretende analizar aspectos diferenciales basados en el sexo y presentes en los momentos previos de una competición de fisicoculturismo. Han participado un total de 52 hombres y 40 mujeres fisicoculturistas competidores, con una edad media de 29.16 años (DE = 5.61 y con 8.03 años (DE = 4.79 de entrenamiento como tiempo medio. Se ha valorado, durante el pesaje antes de la competición, los niveles de ansiedad mediante el Competitive State Anxiety Inventory-2 (CSAI-2 de Martens, Vealy y Burton (1990 y el estado de ánimo mediante el Profile of Mood States (POMS de (McNair, Lorr, y Droplemann, 1971. En los resultados al CSAI-2, las mujeres han mostrado una mayor autoconfianza (t = 3.57, p = .001, una menor ansiedad-somática (t = 2.86, p = .005 y no se han diferenciado de los hombres en ansiedad-cognitiva (t = .43, p = .67. Por su parte, en la escala POMS, los hombres han mostrado puntuaciones superiores en las subescalas de tensión-ansiedad (t = 2.74, p = .007, en la de depresión-melancolía (t = 2.906, p = .005, en la de cólera-hostilidad (t = 3.23, p = .002, en la de fatiga (t = 3.78, p < .001 y en la de confusión (t = 4.35, p < .001 pero no en la subescala de vigor, donde las mujeres han indicado unas puntuaciones superiores a los hombres (t = 3.68, p < .001. De cara al futuro, habría que ampliar los trabajos con este grupo de población deportista y solventar las iniciales y aparentes contradicciones con los resultados encontrados en mujeres de otras disciplinas deportivas.

  9. ANSIEDAD ANTE LA MUERTE Y FACTORES DE VULNERABILIDAD ASOCIADOS EN OFENSORES SEXUALES RECLUIDOS EN EL CENTRO DE ATENCIÓN INSTITUCIONAL ADULTO MAYOR

    OpenAIRE

    Tatiana María Blanco Álvarez

    2015-01-01

    : Establecer la relación entre los factores de vulnerabilización y la ansiedad ante la muerte en ofensores sexuales, recluidos en el Centro de Atención Institucional Adulto Mayor. Metodología: Estudio de tipo mixto, con un alcance correlacional y transversal. Instrumentos: Escala de Ansiedad ante la Muerte de Templer, Cuestionario de Ansiedad Estado-Rasgo, la Escala Geriátrica de Ansiedad. Muestra: 103 personas adultas mayores de la Asociación Gerontológica Costarricense y 80 privados de libe...

  10. Relación entre ansiedad escénica, perfeccionismo y calificaciones en estudiantes del Título Superior de Música

    OpenAIRE

    Francisco Javier Zarza-Alzugaray; Óscar Casanova-López; José Elías Robles-Rubio

    2016-01-01

    La ansiedad escénica es uno de los principales problemas a los que los músicos, estudiantes y profesionales, deben enfrentarse. El perfeccionismo es un constructo asociado a problemas de fobia social como pueda ser la ansiedad escénica. La asociación entre perfeccionismo y ansiedad escénica no ha recibido especial atención dentro del ámbito investigador y formativo español. Objetivos: Estudiar la presencia de niveles de ansiedad escénica en una muestra de estudiantes del Conservatorio Superio...

  11. Eventos negativos na infância e ansiedade social em estudantes universitários

    OpenAIRE

    Binelli, Cynthia; Ortiz, Ana; Muñiz, Armando; Gelabert, Estel; Ferraz, Liliana; S. Filho, Alaor; Crippa, José Alexandre S; Nardi, Antonio E.; Subirà, Susana; Martín-Santos, Rocío

    2012-01-01

    INTRODUCTION: There is substantial evidence regarding the impact of negative life events during childhood on the aetiology of psychiatric disorders. We examined the association between negative early life events and social anxiety in a sample of 571 Spanish University students. METHODS: In a cross-sectional survey conducted in 2007, we collected data through a semistructured questionnaire of sociodemographic variables, personal and family psychiatric history, and substance abuse. We assessed ...

  12. O estudo bibliométrico do transtorno de ansiedade social em universitários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina Maura Pereira

    2012-04-01

    Full Text Available The Social Anxiety Disorder (SAD or Social Phobia (SP is characterized by excessive anxiety and persists in situations of social interaction or performance. This study aimed to examine the articles indexed in Pubmed and Web of Science databases, between 2006 and 2010 and evaluate the bibliometric indicators of scientific literature related to Social Anxiety Disorder /Social Phobia in university students. The final sample consisted of 13 articles that met the subject studied. These articles present a quantitative methodology and the use of instruments SIAS, SPS, LSAS and SPIN SPQS in order to evaluate the FS. The results indicated that SAD is found in university students and that it interferes with the perception that the subject has of itself, evaluating its performance in a negative and critical way. It is suggested to carry out further analysis in other databases, so that the national and international scientific production can be examined systematically.

  13. Nuevas orientaciones en el tratamiento de la infección puerperal generalizada por los antivirus en inyección intravenosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José del Carmen Acosta

    1932-11-01

    Full Text Available El tratamiento de la infección puerperal ha sido tema de constante preocupación y estudio de los médicos de todas las épocas, desde Hipócrates hasta nuestros días; hubo en la antigüedad verdaderas epidemias que diezmaban los servicios hospitalarios y aún la clientela civil, como fué la estudiada por Mauriceau, en 1660, que causó una mortalidad de los dos tercios de las puérperas del Hotel Dieu de París, posteriormente se registraron epidemias semejantes, si no tan generalizadas, sí muy alarmantes, en Leipzig, Londres, Edimburgo, Berlín, etc., etc. En todas ellas, como era natural, se hicieron estudios diversos sobre su etiología y su tratamiento, que si todavía no han resuelto el problema, sí han contribuido grandemente a discriminar y simplificar los distintos puntos que abarca: hoy están clasificadas y claramente separadas las infecciones localizadas, de las generalizadas; él tratamiento de las primeras, especialmente en lo que se refiere a las endcmetritis, es un punto definitivamente adquirido con la aplicación de los filtrados o antivirus de Besredka, como lo demuestra el importante trabajo que sobre este asunto presentó a la Facultad el actual Jefe de Clínica del Servicio a mi cargo, Dr. Carlos J. Mojica; el pronóstico de esas formas en lo generales benigno, aun cuando la evolución pueda. prolongarse. por mas o menos días. En lo que respecta a las formas generalizadas, cuya etiología fué prevista por el gran sabio vienés Semmelweis (1847 y más tarde confirmada por los estudios de la éra pasteuríana, subsisten hoy como un espectro amenazador, porque la terapéutica empleada contra ellas sólo ha servido para demostrar nuestra impotencia y poner de manifiesto el completo fracaso de las drogas empleadas para combatirlas.

  14. Ansiedad ante la muerte en enfermeras de Atención Sociosanitaria: datos y significados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Sevilla-Casado

    Full Text Available Introducción: la intensa convivencia con la muerte en el ámbito sociosanitario puede alterar el nivel de ansiedad ante la muerte del profesional produciendo impacto emocional que repercuta en el cuidado y en su propia vida. Los objetivos de esta investigación son determinar el nivel de ansiedad ante la muerte y explorar los desencadenantes de temor y sus significados, en enfermeras de dicho ámbito. Método: diseño mixto cuantitativo/cualitativo. La población de estudio fueron las enfermeras de un centro sociosanitario en Tarragona, España. Respondieron los instrumentos seleccionados para la recogida de variables sociodemográficas y medición de la ansiedad ante la muerte, y realizaron entrevistas en profundidad. Análisis cuantitativo: medidas de tendencia central, dispersión y tablas de frecuencia (SPSS 15.0. El análisis cualitativo sigue la metodología de la teoría fundamentada. Resultados: la media de puntuación de ansiedad es de 114,36 [DT (Desviación Típica 15,35]. Los valores más elevados corresponden al propio proceso de morir 30,09 (DT 3,96 y a la muerte de otros 29,64 (DT 3,47. Las enfermeras viven la muerte del otro, y piensan en la suya, influenciadas por emociones intensas que varían según la "aceptación" y evolución del proceso. Reconocen los temores, desencadenados por el cuidado, que les acompañan repercutiendo en su vida. Conclusiones: el ámbito asistencial sociosanitario acoge unos niveles altos de ansiedad ante la muerte para las enfermeras. La pérdida de personas queridas y el dolor asociado al proceso de morir, son las situaciones más ansiógenas. Identifican los temores de manera clara, sin alejarse del cuidado y ofreciendo el apoyo psicoemocional como signo de identidad profesional. Los resultados parciales de este trabajo fueron presentados en XXVIII Congreso Nacional de Enfermería de Salud Mental. 1ª Conferencia Internacional de Enfermería de Salud Mental. Tarragona 2011.

  15. Eficácia da técnica de relaxamento com imagem guiada em pacientes oncológicos submetidos a tratamento quimioterápico = Efficacy of guided imagery relaxation in chemotherapy-treated cancer patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lufiego, Claudia Adriana Facco

    2017-01-01

    Conclusões: A intervenção através da técnica de relaxamento com imagem guiada mostrou eficácia em reduzir os níveis de depressão e ansiedade nessa amostra de pacientes oncológicos em vigência de quimioterapia

  16. Nível de ansiedade de clientes submetidos a cineangiocoronariografia e de seus acompanhantes Nivel de ansiedad de acompañantes y clientes durante el cateterismo cardíaco Caregivers and patient's anxiety level during cardiac catheterizathion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane da Silva Grazziano

    2004-04-01

    Full Text Available Este estudo exploratório e com abordagem quantitativa teve como objetivos identificar o nível de ansiedade de 40 acompanhantes e 40 clientes submetidos a cineangiocoronariografia pela primeira vez, no período de espera do exame, e correlacionar os dados entre si e com as variáveis sóciodemográficas, utilizando a Escala de Ansiedade-Estado (IDATE. Concluiu-se que a maioria dos clientes apresenta baixo nível de ansiedade e a maioria dos acompanhantes apresenta nível médio de ansiedade. Na análise das correlações, não houve relação entre o nível de ansiedade e as variáveis sóciodemográficas da população estudada. Na análise das comparações, observou-se que o acompanhante do sexo masculino é mais ansioso que aquele do sexo feminino. As intervenções de enfermagem, nesse período, podem ser mais eficazes se incluírem ações para redução da ansiedade dos familiares/acompanhantes.Este estudio exploratorio de carácter cuantitativo que tuvo como objetivo analizar el nivel de ansiedad de 40 acompañantes y 40 clientes sometidos por primera vez al cateterismo cardíaco y durante el periodo de espera del examen, con aplicación de la Escala de Ansiedad-Estado (IDATE. La conclusión es que la mayoría de los clientes tiene bajo nivel de ansiedad e sus acompañantes tienen nivel medio de ansiedad. Pudimos verificar en el análisis estadístico que no hay relación entre el nivel de ansiedad y la variables sociodemográficas de la población estudiada. El análisis de las comparaciones muestra que el acompañante del sexo masculino es más ansioso que el femenino. Intervenciones específicas de enfermería para reducir ansiedad del acompañante durante el cateterismo cardíaco podrán ayudar con la ansiedad de los clientes.This exploratory and quantitative study aimed to identify the anxiety level of 40 caregivers and 40 patients before cardiac catheterization and to establish a correlation among them and with sociodemographic

  17. Um estudo sobre o processamento de informação na ansiedade, através de tarefas de evocação, tomada de decisão e atenção.

    OpenAIRE

    Alexandre Vianna Montagnero

    2009-01-01

    O interesse da psicologia experimental pelo estudo da emoção e sua relação com a cognição foi, até pouco tempo, deixado em segundo plano. Recentemente, com o avanço da neurociência cognitiva, as pesquisas começaram a enfatizar, também, a investigação da relação cognição-emoção, gerando vários modelos explicativos. Mais recentemente, os teóricos voltaram sua atenção para a avaliação cognitiva, em estados de humor negativos como a depressão e ansiedade. Este trabalho investigou, através de expe...

  18. Mulheres no climatério: nível de informações, ansiedade, depressão, qualidade de vida e resultados de uma intervenção psicológica

    OpenAIRE

    Jaqueline Rodrigues da Cunha Netto

    2002-01-01

    Em decorrência do aumento da expectativa de vida, um número cada vez maior de mulheres tem oportunidade de vivenciar o climatério e a menopausa. O climatério deve ser compreendido como evento biológico determinado pelo contexto sócio-cultural. Para muitas mulheres, em função da desinformação e de mitos, este período é visto negativamente. Este estudo teve como objetivos caracterizar um grupo de mulheres no climatério quanto ao nível de informações, ansiedade, depressão e qualidade de vida, e ...

  19. Nursing consultation protocol for patients after myocardial revascularization: influence on anxiety and depression Protocolo de consultas de enfermería al paciente después de la revascularización del miocardio: influencia en la ansiedad y depresión Protocolo de consultas de enfermagem ao paciente após a revascularização do miocárdio: influência na ansiedade e depressão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Elisângela Teixeira Lima

    2010-06-01

    és de seis meses de acompañamiento.O objetivo foi verificar a influência do protocolo de consultas de enfermagem nos aspectos relacionados à ansiedade e à depressão em pacientes após revascularização miocárdica, utilizando a escala de HAD (Hospital Ansiety and Depression. Ensaio clínico, randomizado, desenvolvido no ambulatório de um hospital público, Fortaleza, CE. Compôs a população 146 pacientes nos quais foi realizada revascularização miocárdica, constituindo a amostra 39 pacientes do grupo controle (GC e 39 do grupo de intervenção (GI. Os resultados foram apresentados em tabelas. A ansiedade teve média no GC de 5,41 e mediana de 5 e, no GI, teve média de 5,21 e mediana de 4. A depressão predominou no GC, com média 4,82 e mediana de 4, enquanto o GI teve média de 3,79 e mediana de 3. Constatou-se que as pessoas acompanhadas de acordo com o protocolo de consultas de enfermagem tiveram menor percentual de ansiedade e depressão, após seis meses de acompanhamento.

  20. Tratamentos farmacológicos para o transtorno de ansiedade social: existem novos parâmetros na atualidade?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Forni dos Santos

    2011-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: O transtorno de ansiedade social (TAS, apesar da baixa taxa de detecção e do alto índice de comorbidades associadas, é considerado uma condição tratável. Apesar da resposta estabelecida a diversas classes de medicamentos, os algoritmos para o tratamento do TAS necessitam de atualização constante. OBJETIVO: Realizar revisão sistemática da literatura no que diz respeito à eficácia dos tratamentos farmacológicos relativos ao TAS, a partir de estudos controlados, conduzidos no período de 2005 a 2010. MÉTODO: Foram utilizados os indexadores eletrônicos PsycoInfo, Lilacs e Medline, utilizando-se as palavras-chave: "social phobia or social anxiety and treatment". RESULTADOS: De acordo com critérios de inclusão adotados, 29 artigos foram incluídos e analisados. Mostram-se eficazes para o tratamento do TAS as seguintes drogas, de acordo com a classe: a ISRSs: escitalopram, fluvoxamina, citalopram, GR205171 e sertralina; b ISRSN: venlafaxina; c IMAOs: fenelzina, moclobemina; d aminoácidos: d-cicloserina; f anticonvulsivantes: tiagabina. CONCLUSÃO: Os ISRSs e os ISRSNs têm seu uso estabelecido e ainda continuam sendo considerados primeira opção de tratamento. Porém, destaca-se o potencial futuro da d-cicloserina e dos anticonvulsivantes, com necessidade de um número maior de estudos controlados que confirmem os achado iniciais. A ação das diferentes drogas em nível neurobiológico, bem como dos tratamentos associados, necessita ainda ser mais explorada.

  1. Factores psicosociales relacionados con la ansiedad competitiva de los deportistas en etapas de formación

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Rocío Bohórquez Gómez-Millán

    2017-01-01

    Full Text Available El objetivo de este trabajo es indagar la relación existente entre la ansiedad competitiva de futbolistas y tenistas en etapas de formación y la práctica de deporte por parte de los progenitores. Participaron en este estudio 246 niños deportistas de tenis y fútbol con una media de edad de 10,43 años (DT= 2,42, que han sido evaluados con un cuestionario de datos sociodemográ- ficos y el cuestionario de Ansiedad Competitiva SAS-2 (Ramis, Torregrosa, Viladrich, & Cruz, 2010. Utilizando pruebas t de diferencias de medias independientes y pruebas no paramétricas, los resultados demuestran que los tenistas experimentan más ansiedad somática, mientras que los deportistas de menor edad presentan mayores niveles de preocupación. La práctica deportiva paterna o materna no tiene influencia sobre la ansiedad competitiva en etapas de formación en esta muestra, ya practiquen el mismo deporte que sus hijos o no. Se discute la posibilidad de que, más que la realización de la misma práctica deportiva en sí, sea el contenido de las expectativas de sus padres lo que puede guardar relación con la ansiedad competitiva.

  2. Intensidad y dirección de la ansiedad competitiva y expectativas de resultados en atletas y nadadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amparo Pozo Calvo

    2007-01-01

    Full Text Available El presente estudio describe el estado de ansiedad cognitiva y somática precompetitiva y la autoconfianza en sus dimensiones de "intensidad" y de "dirección", y las relaciona con las expectativas de resultados. Una muestra de 59 nadadores y deportistas de atlétismo cumplimentó la versión modificada (Jones y Swain, 1992 del CSAI-2 antes de competir, y registró el puesto que esperaba obtener en la prueba. Comparado el puesto esperado con el puesto real se formaron tres grupos de sujetos con distintas expectativas de resultados. Los resultados descriptivos del estudio ofrecen valores medios en la intensidad de la ansiedad más bajos que anteriores estudios con otras modalidades deportivas, la correlación entre las subescalas de intensidad y dirección es más elevada. Los sujetos que obtienen un puesto en la competición superior al puesto que esperaban son los que presentan menor ansiedad cognitiva, menor ansiedad somática y mayor autoconfianza. Este grupo es el que valora como más facilitadora la ansiedad y la autoconfianza.

  3. Indecisão profissional, ansiedade e depressão na adolescência: a influência dos estilos parentais Vocational indecision, anxiety and depression in adolescence: The influence of parenting styles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio Simon Hutz

    2006-06-01

    Full Text Available Este estudo investigou a influência dos estilos parentais percebidos sobre os níveis de indecisão profissional, ansiedade e depressão de adolescentes. Participaram do estudo 467 adolescentes, de 15 a 20 anos, estudantes do último ano do ensino médio em Porto Alegre. Os instrumentos utilizados foram um Questionário Sóciodemográfico, uma Escala de Indecisão Profissional, uma Escala de Estilos Parentais e os Inventários Beck de Ansiedade e Depressão. Houve correlação positiva entre indecisão, ansiedade e depressão. Filhos de pais autoritários e negligentes apresentaram maior depressão e ansiedade do que os outros. Os estilos parentais não influenciaram diretamente a indecisão profissional, mas sim o bem-estar psicológico dos adolescentes, indicando que o padrão de interação familiar é fundamental para o entendimento de como a indecisão está sendo vivenciada. Assim, enfatiza-se a importância do trabalho relativo à saúde emocional e à interação familiar nos processos de Orientação Profissional.This study investigated perceived parenting styles and its influence on adolescents' vocational indecision, anxiety, and depression. Participants were 467 male and female high school students, aged 15 to 20 years old in Porto Alegre. Instruments were a demographic questionnaire, Beck Depression and Anxiety Inventories and scales to measure vocational indecision and perceived parenting styles. Positive correlation was found between indecision, anxiety, and depression. Adolescents from authoritarian and neglectful families scored significantly higher than others in depression and anxiety. Parenting styles had no direct influence on vocational indecision, but on adolescents' well being, suggesting that family interaction patterns are important to understand how indecision is been experienced. This study concludes that professional guidance processes must include family interaction aspects and must focus on adolescents' mental

  4. Transtorno de estresse pós-traumático em pacientes vítimas de queimaduras

    OpenAIRE

    Medeiros, Leticia Galery

    2015-01-01

    Há um crescente interesse no estudo das conseqüências emocionais de pacientes vítimas de queimaduras. O objetivo deste estudo foi identificar a presença do Transtorno de Estresse Pós-Traumático, depressão e ansiedade em pacientes vítimas de queimaduras internados no Hospital Municipal de Pronto Socorro de Porto Alegre (RS, Brasil). Os pacientes foram avaliados quanto ao TEPT, utilizando-se o Screen for Posttraumatic Stress Symptoms (SPTSS) e quanto à ansiedade e à depressão, através do Invent...

  5. ANSIEDAD Y AUTOESTIMA EN ESCOLARES DE EDUCACIÓN PRIMARIA DE MÉRIDA, YUCATÁN

    OpenAIRE

    Cinthya Lorena Couoh Lope; Alfonso Góngora Huchim; Andrea Dianela García Rivero; Ian Rafael Macías Aguilar; Nuria Alexis Olmos Barragán

    2015-01-01

    A fin de identificar la relación entre ansiedad y autoestima y las diferencias entre niños y niñasde educación primaria, se utilizó la Escala de Ansiedad de Spence para Niños y la Escala deAutoestima de Reyes y Hernández. Participaron 60 niñas y 49 niños de quinto y sexto año deprimaria de la ciudad de Mérida, Yucatán (México), elegidos mediante un muestreo no probabi-lístico. Se observó que las niñas reportaron mayor ansiedad y mejor autoestima que los varones,y que ambas variables se correl...

  6. Medo de falar em público em uma amostra da população: prevalência, impacto no funcionamento pessoal e tratamento

    OpenAIRE

    D'El Rey, Gustavo J. Fonseca; Pacini, Carla Alessandra

    2005-01-01

    O medo de falar em público constitui um subtipo não reconhecido da fobia social em estudos epidemiológicos. Para se verificar a prevalência, o impacto no funcionamento pessoal e a procura por tratamento do medo de falar em público, foi realizada uma pesquisa com 452 residentes da cidade de São Paulo, Brasil. Trinta e dois porcento dos entrevistados reportaram ansiedade excessiva quando falavam para um grande grupo de pessoas. No total, 13% dos entrevistados relataram que o medo de falar em pú...

  7. Risco para depressão, ansiedade e alcoolismo entre trabalhadores informais.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanna Fernandes de Oliveira

    2010-06-01

    Full Text Available A OMS aponta que os transtornos mentais menores acometem cerca de 30% dos trabalhadores ocupados e os transtornos mentais graves, 5 a 10%. Esta pesquisa objetivou identificar o risco, o perfil sociodemográfico e os fatores de risco para depressão, ansiedade e alcoolismo entre 86 trabalhadores informais no município de João Pessoa – PB, no período de agosto de 2006 a outubro de 2007. Trata-se de um estudo individuado, observacional, de corte transversal. Os dados foram coletados através dos questionários SRQ-20, CAGE e de um questionário sobre fatores de risco da saúde mental. Para a análise, utilizou-se o software SPSS 15.0. O risco para depressão e ansiedade foi apresentado por 31,4% da amostra, e o risco para alcoolismo, por 24,4%. Os dados sociodemográficos comuns aos riscos estudados foram: predominância da idade de 21 a 40 anos e da renda mensal de um a três salários mínimos. Os fatores de risco sobrecarga de trabalho e tempo insuficiente para lazer foram associados aos riscos para depressão, ansiedade e alcoolismo. Ressalta-se a necessidade deelaboração de ações de saúde mental que minimizem o sofrimento desses trabalhadores, melhorando sua qualidade de vida. A terapia comunitária é indicada como uma ação de prevenção do adoecimento mental.

  8. Outlining new frontiers for the comprehension of obsessive-compulsive disorder: a review of its relationship with fear and anxiety Desenhando as novas fronteiras para a compreensão do transtorno obsessivo-compulsivo: uma revisão de sua relação com o medo e a ansiedade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Belo Diniz

    2012-06-01

    ísticas do TOC e a fenomenologia e fisiopatologia dos demais transtornos de ansiedade com o intuito de dar suporte ao racional que orienta a pesquisa nesse campo. RESULTADOS: Alguns dados sobre os neurocircuitos envolvidos na manifestação dos transtornos de ansiedade foram obtidos a partir do estudo de modelos animais de ansiedade, e da neuroimagem estrutural e funcional em humanos. Esses trabalhos sugerem que no TOC, além da disfunção das vias corticoestriatais, o funcionamento do circuito amigdalocortical, essencial para a apresentação da resposta de medo e processos de extinção dessa resposta, também pode estar prejudicado. CONCLUSÃO: É provável que a ansiedade seja uma dimensão relevante do TOC, com impacto em outras características desse transtorno. Consequentemente, estudos futuros podem se beneficiar da investigação dos fenômenos de medo e ansiedade e de suas relações com os tipos de obsessões e compulsões, idade de início do TOC, comorbidades e padrões de resposta ao tratamento.

  9. Ansiedad, depresión y malestar emocional en los profesionales sanitarios de las Unidades de Cuidados Intensivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Gómez-Martínez

    2015-05-01

    Full Text Available Los profesionales sanitarios (PS de las Unidades de Cuidados Intensivos (UCI no son inmunes a los efectos emocionales que supone enfrentarse diariamente a situaciones de sufrimiento y muerte. Los estudios sobre afectación emocional en PS se han centrado en el síndrome burnout y han presentado ansiedad y depresión como consecuencias de éste. Nuestro objetivo es evaluar los problemas de ansiedad, depresión y percepción subjetiva del estado de ánimo en profesionales de las UCIs. Los participantes fueron 117 PS de la UCI de un Hospital de la Comunidad Valenciana (España. Los análisis descriptivos muestran que entre 14.6%-20% y un 4-7% de los participantes presentan síntomas de ansiedad y de depresión respectivamente. Los análisis diferenciales, muestran diferencias en función del género en ansiedad y en función del puesto laboral en depresión. La edad y la experiencia mostraron relación con depresión y ansiedad. Además, se realizaron análisis de regresión para conocer qué variables juegan un papel más importante en la presencia de síntomas de ansiedad y depresión, Los resultados muestran que trabajar a diario en contacto con el sufrimiento y la muerte, en un ambiente con numerosas demandas, puede tener consecuencias sobre la salud mental de los profesionales.

  10. Ansiedad al tratamiento odontológico: Características y diferencias de género

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caycedo, Martha

    2008-09-01

    Full Text Available Este trabajo hace parte de un estudio mayor sobre la convergencia entre el reporte del odontólogo acerca de la ansiedad de sus pacientes y las respuestas de los pacientes a dos escalas de ansiedad ante el tratamiento odontológico, llevado a cabo con una muestra de 132 odontólogos y sus correspondientes 913 pacientes en Bogotá, Colombia. Se presentan los datos correspondientes a las respuestas de los pacientes a dos instrumentos de autorreporte acerca de la ansiedad ante los tratamientos odontológicos. Tanto la escala MDAS (Escala de Ansiedad Dental Modificada como la SDAI (Inventario de Ansiedad Dental-versión corta, permitieron identificar una distribución similar en los diferentes niveles de severidad en la muestra de este estudio. Adicionalmente, se pudo observar que los contextos más ansiogenos son los que incluyen jeringas y agujas (47,2%, la anticipación de la extracción de una pieza dental (34,7% y la anticipación del uso de la fresa dental (25,4%. Por otra parte, se observó niveles de ansiedad levemente mayores en mujeres que en hombres, este aspecto se evidencia tanto en los resultados de las escalas SDAI y MDAS como en la clasificación reportada por los odontólogos. Los resultados se discuten haciendo énfasis en la importancia de la identificación temprana de este desorden, del entrenamiento a odontólogos para su manejo; así como, del trabajo interdisciplinario para brindar al paciente una alternativa que promueva el uso de habilidades de autorregulación emocional.

  11. Ansiedad y depresión en el dolor crónico

    OpenAIRE

    Ardao Sánchez, Inés

    2013-01-01

    El trabajo que a continuación se presenta consiste en una revisión teórica acerca de la investigación que gira alrededor del dolor crónico y su impacto a nivel psicológico en las personas que lo sufren. Los aspectos psicológicos abarcan un campo muy amplio, por ello se estudia más a fondo la relación que guarda el dolor crónico con la depresión y la ansiedad.

  12. Perfeccionismo y "alarma adaptativa" a la ansiedad en deportes de combate

    OpenAIRE

    González Hernández, Juan

    2017-01-01

    La descripción de las relaciones diferenciales entre la personalidad y la respuesta deportiva ha permitido ofrecer explicación sobre el comportamiento psicológico de las personas cuando practican deporte. Por otra parte, han sido más reducidos los estudios realizados en particular en los deportes de combate. El presente estudio se dirige al análisis de cómo los indicadores de perfeccionismo se relacionan con la vulnerabilidad y sensibilidad a la sintomatología de ansiedad. La muestra consta d...

  13. O conceito de ansiedade na análise do comportamento

    OpenAIRE

    COÊLHO, Nilzabeth Leite

    2006-01-01

    A temática da ansiedade tem sido discutida na Psicologia enfocando os mais diferentes aspectos, mas uma definição consensual está longe de ser alcançada. A dificuldade se explica por diversas razões, dentre elas a ausência de uma referência precisa a relações comportamentais. Na literatura da Análise do Comportamento, também são encontradas divergências. Algumas explicações enfatizam o papel das contingências diretas como controladoras dos padrões de respostas ansiosas. Outras definições abor...

  14. Estrés, ansiedad y rendimiento en el deporte de alta competición

    OpenAIRE

    Hidalgo Arranz, Sara

    2013-01-01

    El aprendizaje y la consecución de un estado de ánimo positivo y constructivo debe alcanzarse mediante el entrenamiento psicológico adecuado, evitando todos los elementos que producen interferencia en la ejecución deportiva, entre ellos los más frecuentes son la ansiedad y el estrés. La capacidad de los deportistas de élite, para centrar la atención en lo que la tarea y la situación requieren, debe practicarse antes, durante y después de la competición deportiva, buscando estrategias que evit...

  15. La musicoterapia como agente reductor del estrés y la ansiedad en adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Mora

    2017-09-01

    estudio pretende arrojar una pequeña muestra de los efectos de la musicoterapia en el desarrollo individual de los adolescentes de un instituto público. Tratamos a estos alumnos desde la totalidad de su persona, incluyendo aspectos cognitivos, emocionales, sociales, musicales e intrapersonales dentro de cada sesión. Se pretende ante todo reducir los niveles de ansiedad y de estrés al que muchos de ellos se ven sometidos a diario, víctimas de su propia situación de riesgo o exclusión social, sumada o no a diferentes patologías diagnosticadas.

  16. Personalidad cognitiva y afrontamiento diferencial en ansiedad y depresión

    OpenAIRE

    Arias López, Hugo Alejandro; Universidad Manuela Beltrán; Toro Tobar, Ronald Alberto; Universidad Manuela Beltrán

    2015-01-01

    El objetivo fue identificar las diferencias entre estrategias de afrontamiento sociotrópicas y autonómicas en personas con síntomas ansiosos o depresivos. Según Clark, Beck y Alford (1999) la hipótesis de afrontamiento diferencial afirma que existen estrategias de afrontamiento desadaptativas diferenciales entre sociotropía y autonomía (congruencia personalidad-síntoma-afrontamiento), en ansiedad o depresión. La muestra estuvo constituida por 590 participantes entre 18 y 50 años, de todos los...

  17. Funcionalidad familiar y ansiedad en pacientes adultos con enfermedad crónica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ma. del Refugio Zavala-Rodríguez

    2009-01-01

    Full Text Available Objetivo. Describir el grado de relación entre la funcionalidad familiar y el nivel de ansiedad en pacientes adultos con enfermedad crónica de una institución de salud de segundo nivel. Metodología. El diseño del estudio fue descriptivo, transversal, correlacional, se efectuó en una muestra de 97 pacientes y una misma cantidad de familiares; los primeros se seleccionaron mediante un análisis de potencia, cubriendo los siguientes criterios de inclusión: pacientes adultos, orientados, de los servicios de hospitalización y consulta externa de una institución de segundo nivel de atención. Se utilizó una cédula sociodemográfica, la Escala de Efectividad en el Funcionamiento Familiar de Friedemann (E-EFF, y la escala de ansiedad-rasgo de Spielberger, estos últimos con una consistencia interna de ,83 y ,75 respectivamente, determinada por el alpha de Cronbach. Los datos se analizaron a través de estadística descriptiva e inferencial. Resultados. El grupo de edad que predominó en los familiares fue de 33 a 47 años, con una media de 45,73, y en los pacientes predominó el grupo de 60 a 70 años, con una media de 65,05; en ambos grupos se destacó el género femenino. El 56% de los pacientes presenta diabetes mellitus tipo 2. En cuanto a los índices, la ansiedad-rasgo obtuvo una media de 51 (DE 10,7, en la E-EFF fue de 84 (DE 11,5. Por tanto, se detectó nivel moderado de ansiedad en el 92% de los pacientes, y el 91% integra una familia funcional. La correlación de Spearman no arrojó una asociación significativa entre las dos variables del estudio (rho= -,094, p= ,362. Conclusión. Las cuatro subescalas de la E-EFF obtuvieron una media significativa, con valores que fluctúan entre 77,0 a 92,0. Este último valor equivale a la subescala de coherencia que, de acuerdo con Friedemann, guía a la unidad y pertenencia familiar, y permite vínculos emocionales positivos.

  18. INTERVENCIÓN COGNITIVO-CONDUCTUAL PARA EL MANEJO DE LA ANSIEDAD PRECOMPETITIVA EN NADADORES ADOLESCENTES

    OpenAIRE

    Viridiana Paredes Cisneros; Itzia Gabriela Rodríguez Villa; Jennifer Lira Mandujano

    2014-01-01

    El propósito de la presente investigación fue evaluar la efectividad de una intervención cog - nitivo-conductual para el manejo de la ansiedad precompetitiva en nadadores adolescentes. Participaron 37 nadadores en edades de 11 a 16 años, pertenecientes al equipo de natación del Instituto Mexicano del Seguro Social en la ciudad de Morelia (México). Para cumplir con dicho objetivo se realizó una evaluación antes y después de la aplicación de la intervenci...

  19. Manejo del estrés en estudiantes universitarios para reducir la ansiedad en exámenes

    OpenAIRE

    Pérez Aguilar, José Lucio

    2005-01-01

    Es importante facilitar al manejo del estrés en estudiantes, el desarrollo de estrategias de afrontamiento a la emoción y al problema, para reducir la ansiedad en exámenes. Se trabajo con 40 estudiantes universitarios, hombres y mujeres. Se evaluó la ansiedad en un pretest, asignado aleatoriamente a los sujetos de un grupo experimental dividido en 3 (técnica de relajación con visualización, terapia racional emotiva y resolución de problemas), y un control al que no se le aplico ninguna ...

  20. Ansiedad, depresión y malestar emocional en los profesionales sanitarios de las Unidades de Cuidados Intensivos

    OpenAIRE

    Sandra Gómez-Martínez; Rafael Ballester-Arnal; Beatriz Gil-Julia; Ricardo Abizanda-Campos

    2015-01-01

    Los profesionales sanitarios (PS) de las Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) no son inmunes a los efectos emocionales que supone enfrentarse diariamente a situaciones de sufrimiento y muerte. Los estudios sobre afectación emocional en PS se han centrado en el síndrome burnout y han presentado ansiedad y depresión como consecuencias de éste. Nuestro objetivo es evaluar los problemas de ansiedad, depresión y percepción subjetiva del estado de ánimo en profesionales de las UCIs. Los participan...

  1. Relación entre los trastornos por ansiedad y alteraciones del oído interno

    OpenAIRE

    Chica Urzola, Heydy Luz

    2010-01-01

    La ansiedad es un proceso normal adaptativo a circunstancias que generan estrés o representan un desafío para quien la padece y puede tornarse en desadaptativa bajo algunas circunstancias. Como parte del espectro sintomático de la ansiedad, algunas de sus representaciones somáticas se relacionan con equilibrio y oído interno. Con frecuencia se encuentra relación entre la sintomatología neuropsiquiátrica y otorrinolaringológica. Las estadísticas internacionales así lo señalan. En Colombia no h...

  2. Factores psicosociales relacionados con la ansiedad competitiva de los deportistas en etapas de formación

    OpenAIRE

    M. Rocío Bohórquez Gómez-Millán; Irene Checa Esquiva

    2017-01-01

    El objetivo de este trabajo es indagar la relación existente entre la ansiedad competitiva de futbolistas y tenistas en etapas de formación y la práctica de deporte por parte de los progenitores. Participaron en este estudio 246 niños deportistas de tenis y fútbol con una media de edad de 10,43 años (DT= 2,42), que han sido evaluados con un cuestionario de datos sociodemográ- ficos y el cuestionario de Ansiedad Competitiva SAS-2 (Ramis, Torregrosa, Viladrich, & Cruz, 2010). Utilizando pruebas...

  3. Evaluaci??n de factores asociados a la ansiedad social y a otras psicopatolog??as en adolescentes

    OpenAIRE

    Zubeidat, Ihab; Fern??ndez-Parra, Antonio; Sierra Freire, Juan Carlos; Salinas, Jos?? Mar??a

    2008-01-01

    El estudio de factores asociados a la ansiedad y fobia social constituye un tema de reciente inter??s. Concretamente, la timidez infantil parece actuar como una expresi??n temprana de la fobia social que m??s tarde se puede consolidar como cuadro cl??nico. La percepci??n de los hijos sobre la presencia de ciertas psicopatolog??as y de determinados estilos de crianza de los padres se asocia a la aparici??n de la fobia social en la adolescencia. El trastorno de ansiedad social...

  4. Prevalencia y factores relacionados con depresión , ansiedad y conductas suicidas en estudiantes de medicina

    OpenAIRE

    Delgado Santillana, Teresa; Fuente Ballesteros, Sara Leticia de la

    2016-01-01

    Depresión y ansiedad son los trastornos mentales de mayor prevalencia en la población general, tanto en España como en otros países(1,2), siendo los principales motivos de consulta psicológica y psiquiátrica. Es interesante conocer tanto su magnitud como los factores de riesgo asociados. Además, el 90% de los que fallecen por suicidio tienen un trastorno mental y, en más de la mitad de los casos, una depresión. Los problemas de ansiedad y los trastornos adaptativos frente a ...

  5. Ansiedad, depresión y práctica de ejercicio físico en estudiantes universitarias

    OpenAIRE

    Olmedilla Zafra, Aurelio; Ortega Toro, Enrique; Candel, Nieves

    2010-01-01

    La mayoría de estudios indican que existe una correlación negativa entre la práctica de ejercicio físico y la ansiedad y depresión, aunque resulta necesario precisar mejor qué tipo de actividad, o qué sector de población, y con qué características. En el presente estudio se pretende conocer la relación entre la práctica de ejercicio físico y la ansiedad y la depresión.

  6. Tradução e adaptação transcultural da versão brasileira do Inventário de Ansiedade Geriátrica (GAI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Martiny

    2011-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: É crescente a produção científica brasileira referente à adaptação de instrumentos utilizados internacionalmente para avaliação de ansiedade, porém a realização de estudos envolvendo ansiedade, especificamente na população geriátrica, ainda é menos frequente. Com isso, existe carência de instrumentos de medida criados com finalidade de atender essa população. A tradução e a adaptação transcultural são o primeiro passo para disponibilização de uma medida para investigação em diferentes contextos culturais, permitindo, desse modo, estudos comparativos. OBJETIVO: Elaborar a equivalência semântica da Geriatric Anxiety Inventory para o português brasileiro. MÉTODO: O processo foi realizado em quatro etapas: duas traduções; duas retrotraduções, ambas realizadas por tradutores cegos entre si e ao instrumento original; elaboração de uma versão sintética e pré-teste realizado com uma amostra da população-alvo. RESULTADOS: Para cada item do instrumento, apresentam-se os resultados das quatro etapas. Ao longo do processo, eventuais problemas detectados puderam ser resolvidos, garantindo a qualidade do instrumento e sua adequação à população à qual se destina. CONCLUSÃO: A utilização do método em quatro etapas demonstrou ser eficaz e segura para o processo de equivalência semântica.

  7. Prevalência de transtornos psiquiátricos em portadores de prótese valvar mecânica com e sem febre reumática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Ponce da Silva

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Valvulopatias cardíacas, causadas por febre reumática e outras etiologias, podem levar ao implante de prótese valvar mecânica e anticoagulação oral obrigatória. Comorbidade psiquiátrica pode reduzir a adesão à anticoagulação. Esse estudo teve como objetivo avaliar a prevalência de transtornos psiquiátricos em pacientes com prótese valvar mecânica. MÉTODOS: Foram avaliados 193 portadores de prótese valvar mecânica, sendo 135 com cardiopatia reumática, tendo sido utilizada a Mini International Neuropsychiatric Interview, versão 5.0.0, para investigação quanto à presença de transtornos psiquiátricos. RESULTADOS: Foram encontrados os seguintes transtornos psiquiátricos nos pacientes avaliados: transtornos de ansiedade generalizada (16,6%, agorafobia (11,9%, fobia social (10,4%, depressão (9,8%, distimia (4,1% atual e 1% no passado, transtorno obsessivo-compulsivo (3,6%, pânico - vida inteira (1,6%, dependência ou abuso de substâncias (2%, dependência ou abuso de álcool (1%, episódio hipomaníaco (0,5% atual e 0,5% no passado, bulimia (0,5%. O risco de suicídio detectado foi de 13,4%. Ao ser comparada a prevalência dos transtornos no grupo com e sem cardiopatia reumática, não foi encontrada diferença estatisticamente significativa. CONCLUSÃO: Foi encontrada elevada comorbidade de transtornos psiquiátricos, principalmente transtornos ansiosos e depressão, sendo também elevado o risco de suicídio nessa população.

  8. Eficacia de un tratamiento grupal cognitivo-conductual en pacientes con trastornos de ansiedad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MANUEL SÁNCHEZ GARCÍA

    2003-01-01

    Full Text Available Este estudio evalúa los datos obtenidos por 44 sujetos con diversos trastornos de ansiedad a los que se les indicó terapia grupal cognitivo-conductual. No se apreciaron diferencias significativas entre los individuos sometidos a tratamiento y el grupo control en variables sociodemográficas, estrés previo, alexitimia, estilo de afrontamiento y diagnóstico. Los resultados indican que la evolución clínica en los sujetos que asistieron a la mayoría de las sesiones es significativamente más favorable que en los sujetos-control: El seguimiento de un año muestra que son más los sujetos que reciben el alta (73.68% vs. 28% y los que ven reducida la dosis de benzodiacepinas prescrita (44.44% vs. 10.52% respecto a los controles. Entre las medidas post-tratamiento obtenidas, se hallaron disminuciones en las puntuaciones de ansiedad-estado, depresión y malestar emocional (p< .05; también mejoró, aunque con menos valor estadístico, la apreciación de su estado físico y disminuyó la frecuencia del malestar físico percibido.

  9. Ansiedad-estado y variables sociodemográficas en futbolistas juveniles colombianos durante competencia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Héctor Haney Aguirre-Loaiza

    2011-01-01

    Full Text Available Con el objetivo de evaluar la ansiedad-estado en relación con variables sociodemográficas en el periodo competitivo, fueron evaluados los jugadores participantes en la fase semifinal del Campeonato Nacional Juvenil de Fútbol (n=93 realizado en Manizales en agosto de 2009. Fue utilizado el test IDARE (STAI de Spielberger et ál. (1970. La edad cronológica media de los participantes fue 17,4±20,0 años. Los resultados del IDARE fueron relacionados con variables sociodemográficas y del rendimiento deportivo como posición de juego, edad cronológica y deportiva, estrato socio-económico, escolaridad y lugar de nacimiento. Se encontró que los defensas, del equipo del Valle del Cauca, los jugadores de más alto estrato socioeconómico (5-6 y los de menor edad deportiva experimentaron mayores niveles de ansiedad; mientras que en función de escolaridad, lugar de procedencia (capital vs. provincia y edad cronológica no se encontraron diferencias significativas.

  10. Ansiedad y diagnóstico del síndrome premenstrual (SPM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CARMEN BORRÁS SANSALONI

    2001-01-01

    Full Text Available La falta de una definición clara y unánime del trastorno constituye uno de los principales problemas metodológicos en la evaluación del síndro m e premenstrual (SPM, dificultando enormemente la diferenciación entre los denominados cambios premenstruales negativos (CPM- y el verdadero síndrome premenstrual (SPM. Algunos autores, con el objeto de solucionar este problema, han propuesto una serie de criterios para el correcto diagnóstico del SPM, criterios que hacen referencia a síntomas tanto emocionales como comportamentales relacionados con la fase premenstrual del ciclo ovárico y cuya severidad interfiere significativamente en la vida cotidiana de las mujeres que los padecen No obstante, por una parte, algunos autores han señalado que dichos criterios diagnósticos se refieren a una manifestación ideal del trastorno y, por otra, numerosos estudios han demostrado que el patrón general de ansiedad constituye uno de los principales factores implicados en el padecimiento del SPM. En el presente trabajo, realizado con una muestra de 133 mujeres se analiza la posible relación entre el patrón general de ansiedad así como de las respuestas emocionales manifestadas en las diferentes fases del ciclo menstrual y los criterios diagnósticos del SPM.

  11. Sequência generalizada de Pell (SGP: aspectos históricos e epistemológicos sobre a evolução de um modelo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Regis Vieira Alves

    2016-09-01

    Full Text Available Neste artigo trazemos uma discussão, que não desconsidera elementos de ordem histórica, atinentes ao modelo matemático que nomeamos por Sequência de Pell – SP. Mostraremos os resultados de artigos especializados, predominantemente das décadas de 80 e 90, que indicam resultados que validam a generalização do referido modelo, e que passa a ser nomeado, então, como Sequência Generalizada de Pell – SGP. Intimamente relacionado com outra duas outras sequências emblemáticas, como a sequência de Fibonacci e de Lucas, apontaremos propriedades e relações desconsideradas por autores de livros de História da Matemática - HM e demarcaremos determinados elementos que podem atuar decidamente para um entendimento da evolução epistemológica de um modelo devido a John Pell, o qual preserva seu vigor e se mostra indene ao passar dos séculos.

  12. Ansiedad pre operatoria en pacientes quirúrgicos en el área de cirugía del Hospital Isidro Ayora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Carolina Gaona Rentería

    2018-03-01

    Full Text Available Introducción: La ansiedad es una reacción emocional ante una amenaza real o potencial, que altera el equilibrio biopsicosocial, cultural y espiritual, llevando a quien la padece a experimentar tensión, miedo, insomnio, dificultad para concentrarse, ante la experiencia de una intervención quirúrgica, y afectando la recuperación de la salud e incrementando la estancia hospitalaria. Objetivo: Determinar el nivel de ansiedad del paciente en el preoperatorio, en el área de cirugía del Hospital Isidro Ayora, en la ciudad de Loja. Métodos: Se realizó un estudio descriptivo, observacional, de campo, y se trabajó con un universo de 75 pacientes prequirúrgicos. Para obtener la información se utilizó la técnica de la entrevista, mediante la escala de ansiedad de Hamilton. Resultados: Los resultados demuestran que de la mitad del grupo investigado fue afectado por un nivel de ansiedad leve, una tercera parte de la población con niveles de ansiedad moderados, y un porcentaje significativo no experimentó ningún nivel de ansiedad. Conclusiones: Un alto porcentaje de los pacientes pre quirúrgicos entrevistados en el área de cirugía, presentaron ansiedad en diferentes niveles siendo el nivel moderado el más significativo. La ansiedad prequirúrgica desencadenó manifestaciones psíquicas en los pacientes investigados, específicamente la tensión y el miedo, alcanzando niveles moderados; por su parte, el insomnio y dificultad para concentrarse alcanzaron un nivel leve con porcentajes significativos. La ansiedad en los pacientes pre operatorios generó en el grupo investigado manifestaciones somáticas, un alto porcentaje alcanzaron niveles leves de tensión muscular, alteraciones cardiovasculares, respiratorios, y genitourinarios.

  13. Relación entre ansiedad escénica, perfeccionismo y calificaciones en estudiantes del Título Superior de Música

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Javier Zarza-Alzugaray

    2016-02-01

    Full Text Available La ansiedad escénica es uno de los principales problemas a los que los músicos, estudiantes y profesionales, deben enfrentarse. El perfeccionismo es un constructo asociado a problemas de fobia social como pueda ser la ansiedad escénica. La asociación entre perfeccionismo y ansiedad escénica no ha recibido especial atención dentro del ámbito investigador y formativo español. Objetivos: Estudiar la presencia de niveles de ansiedad escénica en una muestra de estudiantes del Conservatorio Superior de Música de Alicante y cómo se relaciona ésta con el perfeccionismo y las calificaciones obtenidas. Método: El estudio de los datos es cuantitativo mediante un diseño selectivo con un muestreo por disponibilidad. Las respuestas corresponden a dos instrumentos de medida específicos de la ansiedad escénica y del perfeccionismo por parte de 87 estudiantes del Conservatorio Superior de Música de Alicante. Resultados: Encontramos niveles de ansiedad escénica algo mayores a la media. La ansiedad escénica está relacionada significativamente con el perfeccionismo, y éste con las calificaciones del alumnado. Conclusiones: El perfeccionismo explica una parte tanto de la ansiedad escénica como de las calificaciones obtenidas por parte de los estudiantes. Es necesaria más investigación sobre la ansiedad escénica que suponga en un futuro implementar mejoras formativas.

  14. ANSIEDAD, DEPRESIÓN Y RASGOS DE PERSONALIDAD EN PACIENTES CON INSUFICIENCIA VENOSA CRÓNICA PERIFÉRICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L A Carmona-López

    2016-07-01

    Full Text Available Introducción: La Insuficiencia Venosa Crónica Periférica (IVCP es un cambio clínico que se produce como resultado de la dilatación patológica de las venas en los miembros inferiores, de la incompetencia de sus válvulas y de la hipertensión venosa resultante. Pudiera cursar dentro de la categoría de trastornos sistémicos que producen depresión y ansiedad, las cuales a su vez son alteraciones psiquiátricas relacionadas con toda la esfera cardiovascular. Objetivo: Determinar la frecuencia de ansiedad, depresión y su relación con los rasgos de personalidad, en pacientes con Insuficiencia Venosa Crónica Periférica. Metodología: Se realizó un trabajo de tipo descriptivo, de corte transversal. Se utilizó la escala de Hamilton para ansiedad y depresión; la personalidad fue evaluada con el cuestionario Factorial de Personalidad 16 FP de Catell además de otras variables sociodemográficas. Resultados: Se evaluaron 30 pacientes; 93% (N=28 de sexo femenino, 7% (N=2 de sexo masculino diagnosticados. Con edades entre 25 y 74 años; encontrándose 36,7% (N=11 ansiedad severa, seguida de ansiedad menor en 33,3% (N=10. 50% de los pacientes no presentó depresión, y 50% se distribuyó de forma homogénea en leve, moderada y severa. Predominando personalidad que se le dificulta manejar las frustraciones, suelen ser nerviosos o ansiosos ante ciertas circunstancias, suspicaces, inteligentes y leales a nivel grupal. El rasgo de personalidad que predominó en el grupo de estudio es el de tipo ansioso. Conclusión: Los pacientes con insuficiencia venosa crónica periférica tienen inclinación a la ansiedad con dificultades para manejar la frustración. Palabras claves: Insuficiencia venosa, Ansiedad, Depresión, Personalidad

  15. Efeitos da fisioterapia motora em pacientes críticos: revisão de literatura

    OpenAIRE

    Silva,Ana Paula Pereira da; Maynard,Kenia; Cruz,Mônica Rodrigues da

    2010-01-01

    O desenvolvimento de fraqueza generalizada relacionada ao paciente crítico é uma complicação recorrente em pacientes admitidos em uma unidade de terapia intensiva. A redução da força muscular aumenta o tempo de desmame, internação, o risco de infecções e conseqüentemente morbimortalidade. A fisioterapia é usada nesses pacientes como recurso para prevenção da fraqueza muscular, hipotrofia e recuperação da capacidade funcional. O objetivo deste estudo foi rever a literatura relacionada ao uso d...

  16. Ansiedad, Estrés y Obesidad en una muestra de adolescentes de México Anxiety, Stress and Obesity in a sample of adolescents in Mexico

    OpenAIRE

    Pompa Guajardo, Edith Gerardina; Universidad Autónoma de Nuevo León; Meza Peña, Cecilia; Universidad Autónoma de Nuevo León

    2017-01-01

    Para analizar la relación entre sobrepeso/obesidad, género, ansiedad y estrés se realizó un estudio transversal correlacional en donde participaron 849 adolescentes del norte de México. Los análisis de revelaron que las mujeres con sobrepeso y obesidad presentan mayores niveles de estrés y de ansiedad, así como mayor probabilidad de manifestar ambas condiciones. Se concluye que el género y la obesidad son condiciones de riesgo para la manifestación de estrés y ansiedad. To analyze the rel...

  17. Ansiedad y depresión en mujeres con cáncer de mama en radioterapia: Prevalencia y factores asociados

    OpenAIRE

    Ornelas-Mejorada,Rosa Elena; Tufiño Tufiño,Mónica Anahí; Sánchez-Sosa,Juan José

    2011-01-01

    Someterse a radioterapia y padecer los efectos secundarios son situaciones que generan ansiedad y depresión en las mujeres con cáncer de mama. El objetivo fue evaluar la prevalencia de ansiedad y depresión que presentan las mujeres con cáncer de mama en radioterapia y analizar los efectos y las diferencias de variables clínicas y sociodemográficas sobre su malestar psicológico. Participaron 203 mujeres mexicanas con cáncer de mama en estadios 0-III. Para evaluar ansiedad y depresión se utiliz...

  18. Descanso y niveles de ansiedad en jóvenes adventistas de la iglesia Villa Unión, Lima, Perú, 2015

    OpenAIRE

    Valdez Pajuelo, Angie Gladys

    2016-01-01

    Este estudio determinó la relación existente entre el descanso y la ansiedad. Es de corte transversal, descriptivo y correlacional, realizado en una muestra de 290 jóvenes adventistas bautizados y miembros de la Iglesia Villa Unión, cuyas edades oscilan entre los 16 y 35 años. Para la variable: descanso, se utilizó la versión modificada del Inventario de Desórdenes del Sueño de Zammit et al (2010); para la ansiedad, se utilizó el Inventario de Ansiedad de Beck de Beck y Steers (2011). Los res...

  19. Ansiedad estado y autoconfianza precompetitiva en gimnastas. (Precompetitive anxiety state and self-confidence in gymnasts.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inmaculada Fuentes García

    2011-05-01

    Full Text Available ResumenSe describen las diferencias en los niveles de ansiedad y sus interpretaciones en gimnastas de diferente edad, género y niveles competitivos ante una competición importante y se analizan las diferencias ante competiciones de diferente importancia en las gimnastas de bajo nivel. El grupo (G1 estuvo formado por 8 gimnastas de la Selección Nacional de Gimnasia Artística Masculina y el grupo (G2 por 8 gimnastas de nivel nacional de Gimnasia Artística Femenina. Se administró una versión reducida del Competitive State Anxiety Inventory-2 (CSAI-2 en tres competiciones, dos importantes para cada grupo (G1 y G2a y la tercera de menor importancia para el grupo 2 (G2b. Los gimnastas del G1 tuvieron mayores niveles de autoconfianza e interpretaron dichos síntomas como muy facilitadores para su rendimiento competitivo e interpretaron los síntomas de ansiedad cognitiva más intensamente que los del G2. No encontramos diferencias significativas entre niveles e interpretación de ansiedad y autoconfianza en G2 cuando se evalúan en dos competiciones de diferente importancia.AbstractThe purpose was to describe the intensity and directional interpretation of anxiety and self-confidence in gymnasts of different ages, gender and competitive level in a major competition and analyze their differences in two meeting of very different importance in minor-level gymnasts. Were evaluated eight elite men gymnasts (G1; International level and 8 national level female gymnasts (G2; National level. We administered a shortened version of the Competitive State Anxiety Inventory-2 (CSAI-2 in three competitions, among which two were most important in the season for each group (G1 and G2a and the minor third for the group minor-level (G2b. The G1 have higher levels of self-confidence that G2. Moreover their interpretation of symptoms of anxiety as facilitators for their competitive performance was very high. The G1 had interpretations of the cognitive symptoms of

  20. A influência da atividade lúdica sobre a ansiedade da criança durante o período pré-operatório no centro cirúrgico ambulatorial The influence of playful activities on children's anxiety during the preoperative period at the outpatient surgical center

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Seganfredo Weber

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a influência das atividades lúdicas realizadas durante o pré-operatório sobre a ansiedade de crianças participantes do projeto de recreação terapêutica desenvolvido no Centro Cirúrgico Ambulatorial (CCA do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Porto Alegre (RS. MÉTODOS: Para a realização do estudo, foi aplicada a Escala de Ansiedade Pré-operatória de Yale modificada (modified Yale Preoperative Anxiety Scale, mYPAS em 50 crianças de 5 a 12 anos submetidas a procedimentos médicos no CCA. As crianças foram divididas em dois grupos: grupo recreação (participou de intervenções lúdicas na sala de recreação e grupo controle (não participou de intervenções lúdicas. A ansiedade foi mensurada através da escala mYPAS em dois momentos: logo que os indivíduos chegaram ao CCA (minuto 0 e 15 minutos após a primeira medida. RESULTADOS: Os resultados mostraram que, logo ao entrar no CCA, os pacientes não apresentaram diferenças significativas com relação à ansiedade, sendo os valores elevados. No entanto, após 15 minutos de espera ou intervenção, as crianças do grupo recreação diminuíram a ansiedade, e as do grupo controle permaneceram ansiosas. CONCLUSÕES: Durante o período pré-operatório, crianças que participam de atividades lúdicas na sala de recreação diminuem a sua ansiedade em comparação àquelas que somente ficam na sala de espera pelo menos durante 15 minutos.OBJECTIVE: To verify the influence of playful activities during the preoperative period on the anxiety of children participating in the therapeutic recreation project conducted at the outpatient surgical center of Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA, Porto Alegre, Brazil. METHODS: The modified Yale Preoperative Anxiety Scale (mYPAS was administered to 50 children between 5 and 12 years of age undergoing medical procedures at the outpatient surgical center. The children were divided in two groups: recreation group

  1. Ansiedade na gestação, prematuridade e baixo peso ao nascer: uma revisão sistemática da literatura Anxiety during pregnancy, prematurity, and low birth weight: a systematic literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Marano Rocha Araújo

    2007-04-01

    Full Text Available O objetivo desta revisão �� examinar publicações que investigaram o efeito da ansiedade no maior risco de prematuridade e/ou baixo peso ao nascer. Os bancos de dados MEDLINE versão PubMed, BVS, CINAHL e HEALTHSTAR, referentes aos anos de 1966 a 2006, foram rastreados usando-se a combinação dos seguintes descritores: anxiety, pregnancy, low birth weight e prematurity. Foram localizados 13 estudos: 11 coortes, 1 transversal e 1 caso-controle. A maioria (7/13 dos estudos foi realizado nos Estados Unidos. Quatro estudos foram considerados de excelente qualidade, pois excluíram adolescentes e/ou mulheres acima de 34 anos, aferiram a ansiedade a partir do primeiro e/ou segundo trimestre de gestação, utilizaram escalas validadas para medir ansiedade, apresentaram perdas de seguimento inferiores a 30% e controlaram os mais importantes fatores de confusão. A ansiedade na gestação foi associada à prematuridade e/ou ao baixo peso ao nascer em oito estudos. Os valores de razão de chance e risco relativo variaram de 1,08 a 2,31. São necessários estudos cuidadosamente desenhados para esclarecer a relação entre ansiedade na gestação, prematuridade e baixo peso ao nascer, já que as evidências observadas ainda são contraditórias.The purpose of this systematic literature review was to examine publications that had investigated the effect of anxiety on prematurity and/or low birth weight. The PubMed, BVS, CINAHL, and HEALTHSTAR databases, published from 1966 to 2006, were tracked using the following key words: "anxiety", "pregnancy", "low birth weight", and "prematurity". Thirteen studies were found: 11 cohorts, 1 cross-sectional, and 1 case-control. Most studies (7/13 were conducted in the United States. The most reliable results came from four studies, whose strengths were: exclusion of adolescents and/or women older than 34 years, studies that analyzed anxiety during the second and/or third trimester of pregnancy, used validated

  2. Relações entre controle psicológico e comportamental materno e ansiedade infantil

    OpenAIRE

    Janaina Nascimento Teixeira; Patrícia Alvarenga

    2016-01-01

    El presente estudio investigó la relación entre el control psicológico, el control conductual y los síntomas de ansiedad en niños de edades comprendidas entre los seis y los ocho años. El estudio incluyó a 83 madres que respondieron el Inventario de Comportamientos de Niños y Adolescentes de 6-18 Años (CBCL/6-18) y la Entrevista Estructurada sobre Prácticas Parentales y Socialización de Niños. El análisis de regresión y el análisis comparativo entre un grupo de niños con perfil clínico de ans...

  3. Repercusiones del alcoholismo paterno y su entorno sobre la ansiedad de los niños

    OpenAIRE

    Padilla Muñoz, Eva María

    1995-01-01

    En el presente trabajo se han evaluado a 155 niños de 9 a 18 años (x= 13 años), todos ellos hijos de enfermos alcohólicos en tratamiento. La evaluación se ha llevado a cabo a través de una historia clínica al enfermo alcohólico y diverso material testologico. Una vez llevados a cabo los análisis estadísticos pertinentes, los res ... ultados obtenidos nos hacen pensar en la posible normalización del nivel de ansiedad del hijo de alcohólico en tratamiento. En cuanto a las variables que contribu...

  4. Medo de falar em público em uma amostra da população: prevalência, impacto no funcionamento pessoal e tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo J. Fonseca D'El Rey

    Full Text Available O medo de falar em público constitui um subtipo não reconhecido da fobia social em estudos epidemiológicos. Para se verificar a prevalência, o impacto no funcionamento pessoal e a procura por tratamento do medo de falar em público, foi realizada uma pesquisa com 452 residentes da cidade de São Paulo, Brasil. Trinta e dois porcento dos entrevistados reportaram ansiedade excessiva quando falavam para um grande grupo de pessoas. No total, 13% dos entrevistados relataram que o medo de falar em público resultou em grande interferência em seu trabalho, vida social e educação, ou causou sofrimento acentuado. Esta pesquisa apóia a inclusão de formas graves do medo de falar em público no constructo diagnóstico da fobia social e sugere, também, que essa ansiedade de falar em público pode ter um impacto negativo na vida de muitos indivíduos na comunidade.

  5. Relação entre esporte, resiliência, qualidade de vida e ansiedade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Cevada

    2012-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: A prática de esportes apresenta efeitos benéficos para o sistema cardiorrespiratório e muscular, para a função comportamental e para a saúde mental. Entretanto, não se sabe o papel do esporte de alto nível na construção de perfis resilientes. OBJETIVOS: O objetivo do presente estudo foi comparar resiliência, qualidade de vida e ansiedade de ex-atletas de alto rendimento de ginástica artística, de outros esportes e indivíduos não atletas. MÉTODOS: Participaram do estudo ex-atletas de ginástica artística (n = 17, de outras modalidades (n = 15 e indivíduos não atletas (n = 30. Foram utilizadas as seguintes escalas e questionários: Inventário de Depressão de Beck, Inventário de Ansiedade Traço e Estado (IDATE T e E, Escala de Resiliência e Questionário de Qualidade de Vida SF-36®. RESULTADOS: Foi observada diferença significativa entre os grupos na resiliência (p = 0,001, IDATE T (p = 0,049, estado geral de saúde (p = 0,044 e aspectos emocionais da qualidade de vida (p = 0,002, indicando que o grupo de ex-atletas apresentou maior resiliência e melhor aspecto emocional que não atletas. CONCLUSÃO: O esporte parece favorecer a construção de um perfil mais resiliente, além de contribuir para melhor qualidade de vida.

  6. Escalas de depresión y ansiedad para personas transexuales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Miguel Rodríguez Molina

    2015-01-01

    Full Text Available La transexualidad es un fenómeno emergente. Es necesario evaluar no solo la presencia de transexualidad sino también todas las variables de proceso. Este estudio tuvo como objetivo presentar y analizar las propiedades psicométricas de dos instrumentos de evaluación en población transexual; uno para evaluar ansiedad y otro depresión. Se llevó a cabo la construcción cualitativa de las dos escalas y se validó su contenido mediante su aplicación a 154 sujetos. Se calcularon la validez de criterio y la fiabilidad mediante el Alfa de Cronbach y se ejecutó un Análisis Factorial Exploratorio. Se obtuvieron datos de alta significación estadística para la fiabilidad de las escalas (para ESANTRA un Alfa de Cronbach de .958 y correlación entre mitades de .926 y para ESDETRA un Alfa de Cronbach de .967 y correlación entre mitades de .958 y también para todos los elementos de ambas, así como una alta validez de criterio (para ESANTRA de .782 con p< .001 con el ISRA y para ESDETRA .829 con p< .001 con el BDI. El AFE mostró un único factor explicativo en cada escala (con varianza explicada del 45.71% ESANTRA y 51.55% ESDETRA. Las escalas ESANTRA y ESDETRA parecen ser útiles para la evaluación de ansiedad y depresión en personas transexuales.

  7. Ansiedad ante los exámenes en alumnos de Educación Secundaria Obligatoria || Anxiety in students from junior high-school

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alba Rodríguez

    2014-12-01

    Full Text Available El presente trabajo tiene como objetivo identificar el grado de ansiedad ante los exámenes. Para llevar a cabo el estudio se ha utilizado el Cuestionario de Evaluación de Ansiedad ante los Exámenes (CAEX administrado a 325 estudiantes de ESO. Los resultados pusieron de manifiesto que el perfil de estudiante que posee mayores niveles de ansiedad ante los exámenes es una mujer de 12 años, que estudia 1º ESO en un colegio privado-concertado y aprueba todas las asignaturas. Se puede concluir en primer lugar que la ansiedad ante los exámenes afecta significativamente a los estudiantes de la muestra, y en segundo lugar, se han encontrado diferencias estadísticamente significativas en las variables edad, sexo, tipo de centro, curso y rendimiento académico.

  8. A prática da hidroginástica como tratamento complementar para pacientes com transtorno de ansiedade The practice of hydrogymnastics as a complementary treatment for patients with anxiety disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luiz Lopes Vieira

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a efetividade da hidroginástica, como auxiliar terapêutico à redução do nível de ansiedade, em mulheres diagnosticadas com transtorno de ansiedade. MÉTODOS: Este ensaio clínico teve a participação de pacientes com ansiedade, sendo a depressão a comorbidade existente, do programa de Residência Médica em Psiquiatria do Hospital Universitário de Maringá, todas em tratamento com medicamentos (n = 16: grupo experimental = 8; grupo-controle = 8. O experimento foi realizado na piscina aquecida do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá. O delineamento do estudo foi elaborado com duas sessões de hidroginástica por semana, durante 12 semanas. Os instrumentos utilizados foram: o Inventário de Ansiedade de Beck (BAI e o Perfil de Estado de Humor (POMS. Para análise estatística, foram utilizados o teste de Friedman, o Teste de Wilcoxon, o Teste de Mann-Whitney e Comparações Múltiplas, adotando significância em 5%. RESULTADOS: Os escores do transtorno de ansiedade tiveram redução no grupo experimental, após 12 semanas de intervenção (19,12 ± 3,12 para 8,37 ± 4,60 pontos, P = 0,0005*, e no grupo-controle (17,87 ± 14,32 para 12,12 ± 9,58 pontos, P = 0,254. Para o perfil do estado de humor, o grupo experimental evidenciou perfil de saúde mental positiva, enquanto o grupo-controle demonstrou perfil negativo de estado de humor. CONCLUSÕES: Portanto, as pacientes do grupo experimental evidenciaram significativa redução do nível de ansiedade em relação às pacientes do grupo-controle, que utilizaram apenas o tratamento convencional com medicamentos. Para o perfil do estado de humor, foram encontradas alterações no decorrer do estudo; o grupo-controle experimentou alteração negativa de humor durante o ensaio clínico, enquanto os pacientes do grupo experimental evidenciaram perfil positivo de estado de humor com redução da tensão, depressão, raiva, confusão e aumento

  9. Evitación experiencial, afrontamiento y ansiedad en estudiantes de una universidad pública de Lima Metropolitana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo D. Valencia

    2017-04-01

    Full Text Available RESUMEN: La evitación experiencial (EE —o (inflexibilidad psicológica— es un concepto central en las terapias contextuales y ha sido propuesta como una dimensión transdiagnóstica de la psicopatología. En el presente estudio, se buscó probar si la EE y otras estrategias de afrontamiento predicen independientemente la ansiedad-estado y la ansiedad-rasgo. Se aplicó un conjunto de medidas (el AAQ-II, una versión modificada del COPE breve, y el IDARE a 284 estudiantes de pregrado de una universidad pública de Lima. De acuerdo con los resultados, la ansiedad (estado y rasgo mostró correlaciones significativas con la EE, la baja actitud de solución de problemas, la autoculpa y el uso de sustancias. Sin embargo, al someter estas variables a análisis de regresión múltiple, solo la EE, la baja actitud de solución de problemas y la autoculpa resultaron predictores significativos de la ansiedad-rasgo; de estos, solo la EE contribuyó de manera importante al modelo (ΔR² = .16. Por otra parte, ninguna de las variables estudiadas predijo de manera significativa la ansiedad-estado. Se concluye que el intento de evitar los pensamientos y emociones desagradables constituye un elemento fundamental de la ansiedad-rasgo. Se discute este hallazgo en relación con estudios previos y se brindan sugerencias para nuevas investigaciones. ABSTRACT: Experiential avoidance (EA—or psychological (inflexibility—is a central concept in contextual therapies, and it has been proposed as a transdiagnostic dimension of psychopathology. We intended to test whether EA and other coping strategies independently predict both state and trait-anxiety. We administered a set of measures (the AAQ-II, a modified version of the Brief COPE, and the STAI to 284 undergraduates from a public university in Lima, Peru. Results showed that EA, lack of problem solving, self-blame, and substance use were all significantly related to state and trait-anxiety. However, after

  10. A influência da ansiedade na atividade profissional do circulante de sala de operações La influencia de la ansiedad en la actividad profesional del circular de cuarto de cirurgía The influence of the anxiety in the professional activity of the circulating of room of operations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aparecida de Cássia Geane Peniche

    2005-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O ambiente de trabalho pode desencadear no circulante de sala de operações, alterações emocionais como a ansiedade, influenciando no desempenho de suas tarefas. OBJETIVOS: Identificar traço e estado de ansiedade do auxiliar e do técnico de enfermagem; identificar quais as alterações fisiológicas provocadas pela ansiedade, e relacionar o traço e estado de ansiedade com as possíveis alterações desencadeadas pela mesma. MÉTODO: Os dados foram coletados usando os inventários para traço e estado de ansiedade antes do início da cirurgia com 19 circulantes de sala de operações e a observação deles durante a cirurgia. RESULTADOS: Os resultados obtidos identificaram uma amostra com 13 (68,42% circulantes apresentando baixo traço de ansiedade e 6 médio traço de ansiedade (31,58%. Com relação ao estado de ansiedade, 14 (73,68% apresentaram baixo estado de ansiedade, 4 (21,05% médio estado e 1 (5,26% alto estado de ansiedade; destes 19 funcionários, 8 (42,11% apresentaram manifestações clínicas relacionadas à ansiedade como agitação, agitação e irritabilidade, agitação e movimentos repetitivos e tristeza. CONCLUSÕES: Pode-se concluir, que a maioria possue baixo traço (68,42% e estado de ansiedade (73,68%. Não houve associação estatisticamente significante entre a ansiedade e as manifestações clínicas apresentadas pelos auxiliares e técnicos de enfermagem, assim como não houve correlação entre ansiedade e as manifestações clínicas apresentadas.INTRODUCCIÓN: El ambiente de trabajo puede desencadenar en el circulante del quirófano, alteraciones emocionales como la ansiedad, influenciando el desempeño de suas tareas. OBJETIVO: El estudio tenía como los objetivos: identificar la línea y estado de la ansiedad del ayudante y del técnico lactante; identificar las alteraciones del physiologico provocadas por la ansiedad, la actuación en el sistema nervioso autónomo y relacionar la línea y

  11. Felipressina aumenta pressão arterial durante procedimento odontológico em pacientes hipertensos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Aparecida Bronzo

    2012-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A felipressina foi adicionada ao anestésico local para aumentar a duração do efeito anestésico e reduzir a toxicidade nos procedimentos dentários. No entanto, o efeito sobre a pressão arterial é incerta, e isso pode ser altamente relevante no tratamento dentário de pacientes hipertensos. OBJETIVO: Investigar o efeito da felipressina sobre a pressão arterial em pacientes hipertensos com pressão arterial controlada. MÉTODOS: Foram estudados 71 indivíduos com essas características e com necessidade de tratamento periodontal. Após 10 minutos de repouso, a anestesia local (prilocaína foi infiltrada com e sem adição de felipressina. Em seguida, uma raspagem subgengival profunda foi realizada. A pressão arterial foi medida por um equipamento oscilométrico automático (DIXTAL DX2010. Dez minutos após a administração do anestésico, o pico de ação anestésica foi gravado. O Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE foi utilizado para avaliar o traço de ansiedade nos pacientes. RESULTADOS: A pressão arterial sistólica aumentou após a anestesia, independentemente da associação com felipressina, durante todo o procedimento dentário (p < 0,05, e essa resposta pode ser explicada, pelo menos em parte, pelos níveis de traço de ansiedade dos indivíduos. No entanto, um aumento adicional na pressão arterial diastólica foi observado quando a prilocaína foi associada a felipressina (p < 0,05, mas essa resposta não se alterou com os níveis de traço de ansiedade. CONCLUSÃO: A felipressina aumentou a pressão arterial diastólica de pacientes hipertensos com pressão arterial controlada. Pacientes com traço de ansiedade elevado apresentaram aumento na pressão arterial sistólica em alguns procedimentos, sugerindo que um aumento da pressão arterial também pode estar relacionado ao medo ou à ansiedade.

  12. RELACIÓN ENTRE ATRIBUCIONES DE ÉXITO Y FRACASO ACADÉMICO Y ANSIEDAD ESCOLAR EN ESTUDIANTES CHILENOS DE EDUCACIÓN SECUNDARIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelly Gromiría Lagos San Martín

    2016-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue comprobar la relación entre las atribuciones de éxito y fracaso académico en Lenguaje y Matemáticas, y la ansiedad escolar en estudiantes de educación secundaria chilenos. Participaron 1314 estudiantes de 15 establecimientos de la provincia de Ñuble, en Chile, cuyo rango de edad osciló entre 13 y 17 años (M = 15.55; DE = 1.32. La Ansiedad Escolar se evaluó con el Inventario de Ansiedad Escolar (IAES, y las atribuciones causales con la Sydney Attribution Scale (SAS. Los resultados mostraron que los estudiantes que atribuyeron menos sus éxitos y fracasos a causas externas en Lenguaje obtuvieron medias más altas de ansiedad escolar. Por otro lado, presentaron mayor ansiedad escolar los sujetos que atribuyeron menos sus éxitos a la capacidad en Matemáticas y más sus fracasos a la falta de capacidad tanto en Matemáticas como en Lenguaje. Por último, los estudiantes que atribuyeron más sus éxitos al esfuerzo en Lenguaje mostraron puntuaciones medias más altas en ansiedad escolar. Se concluye que los datos corroboran hallazgos anteriores y alertan acerca de la necesidad de atender estas problemáticas en los procesos pedagógicos.

  13. Momentos-L: teoria e aplicação em hidrologia L-moments: theory and application in hydrology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Esmeria Lacerda Valverde

    2004-12-01

    Full Text Available Esta nota técnica foi redigida com o objetivo de apresentar o método momentos-L, que tem sido proposto para o cálculo dos parâmetros das principais distribuições de probabilidades utilizadas em estudos hidrológicos. Também foi seu objetivo inferir sobre o tipo de distribuição estatística mais empregada em aplicações específicas. Com base na revisão, pôde-se concluir que, ao analisar dados de eventos extremos, é recomendável testar a aderência, pelo menos, das seguintes distribuições de três parâmetros: Generalizada Logística, Generalizada de Eventos Extremos, Generalizada Normal, Pearson tipo III e Generalizada de Pareto. Concluiu-se também que os parâmetros dessas distribuições, e seus quantis, devem ser estimados utilizando os momentos-L derivados dos momentos ponderados por probabilidade.This technical note aimed to review the L-moments methods which have been proposed to calculate the parameters of the main distributions of probabilities used in hydrological studies. It also aimed to infer on the type of statistical distribution most used for specific applications. Based on the review, it was concluded that when analyzing data of extreme events it is advisable to test the adherence of, at least, the following distributions of three parameters: Generalized Logistics, Generalized of Extreme Events, Pearson type III and Generalized of Pareto. It was also concluded that the parameters of these distributions and its quantis should be estimated using the L-Moment derived of the Moments weighted by Probability.

  14. Transtorno de ansiedade social e comportamentos de evitação e de segurança: uma revisão sistemática Social anxiety disorder, avoidance and safety behavior: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia Regina da Silva Burato

    2009-08-01

    Full Text Available O Transtorno de Ansiedade Social (TAS caracteriza-se por um medo persistente de situações sociais. Objetiva-se identificar na literatura indexada, estudos relativos à qualidade técnica de instrumentos psicométricos e experimentais sobre a avaliação dos pensamentos negativos e comportamentos de segurança associados ao TAS. Foram identificados 22 artigos, agrupados em dois conjuntos, considerando os procedimentos utilizados. No primeiro conjunto os estudos investigaram as qualidades psicométricas de instrumentos que avaliam cognições e TAS, sendo que destes, quatro abordaram versões já aferidas previamente e dois avaliaram instrumentos propostos especificamente para mensurar comportamento de segurança e pensamentos negativos. Os estudos do segundo conjunto investigaram, por meio de simulações de situações de desempenho verbal, aspectos cognitivos associados à ansiedade, destacando as variáveis auto-imagem negativa, pensamentos negativos e comportamentos de segurança associados ao aumento da ansiedade social. A análise dos estudos aponta que a identificação de comportamentos evitativos pode ser útil para a implementação de intervenções.Social anxiety disorder (SAD is characterized by and intense and constant fear of social situations. The goal of this work is to identify, in indexed publications, psychometric and empirical studies on the evaluation of negative thoughts and safety behaviors associated with SAD. Twenty-two articles were located and grouped into two sets considering the type of procedure used. In the first set, studies investigated the psychometric properties of instruments that evaluate cognition and SAD, out of which four studies addressed instruments that had been previously evaluated, and two others evaluated instruments specifically proposed for measuring safety behavior and negative thoughts. The studies in the second set used simulations of verbal performance situations to investigate the cognitive

  15. Influencia de la ansiedad sobre la producción escrita en español como lengua extranjera

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sánchez Castilla, Francisco Manuel

    2016-06-01

    Full Text Available El presente estudio se centra en el efecto sobre la producción escrita de la ansiedad en un grupo de 34 estudiantes de español como lengua extranjera. Se pone esto en relación con variables sociodemográficos y se indaga en factores potencialmente elevadores de la ansiedad. Los resultados obtenidos ofrecen diferencias significativas en producción según la condición sea más o menos ansiógena, que las variables sociodemográficas apenas inciden, si bien señalamos algunas tendencias y que los factores más ansiógenos concuerdan con lo expresado en la literatura.

  16. Relación entre dolor lumbar y ansiedad y su implicación terapéutica

    OpenAIRE

    García Martínez, Miriam; García García, Isabel María; Cerón Pimpinela, María Teresa; Martínez Fuentes, Juan; Moya Faz, Francisco José

    2010-01-01

    Objetivos: Identificar la relación entre lumbalgia crónica y la aparición de ansiedad y conocer la repercusión de la fisioterapia en la comorbilidad dolor-ansiedad en la lumbalgia crónica. Material y Método: Revisión sistemática. Se buscó en las bases de datos Medline, Scielo, Lilacs y la plataforma Ebsco host con los descriptores “anxiety”, “stress”, “back pain”, “low back pain”, “chronic low back pain”, “physical therapy”, “rehabilitation”. Se utilizaron como límites principales, p...

  17. Masculinidade e ciúme na perspectiva da teoria da sedução generalizada Masculinidad y celos desde la perspectiva de la teoría de la seduccíon generalizada Masculinity and jealousy according to the theory of generalized seduction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Carvalho Ribeiro

    2012-09-01

    Full Text Available Partindo das contribuições freudianas sobre as relações do ciúme com a projeção e a homossexualidade, propõe-se no presente artigo uma retomada do papel do masoquismo primário e da identificação feminina como elementos definidores do ciúme masculino patológico. As condições originárias de constituição do psiquismo, vistas sob o ângulo da Teoria da Sedução Generalizada, proposta por Jean Laplanche, são relacionadas tanto ao masoquismo primário quanto à identificação feminina. A situação assimétrica entre o adulto, portador de uma sexualidade inconsciente, e a criança, destituída de recursos psíquicos para lidar com as mensagens sexuais do adulto, caracteriza, segundo esse autor, a situação antropológica fundamental.Partiendo de las contribuciones de Freud sobre las relaciones de los celos con la proyección y la homosexualidad, se propone en este artículo la reanudación de la función del masoquismo primario y de la identificación femenina como elementos definidores de los celos masculinos patológicos. Las condiciones originarias de la constitución del psiquismo, vistas desde el ángulo de la Teoría de la Seducción Generalizada propuesta por Jean Laplanche, están relacionadas tanto al masoquismo primario como a la identificación femenina. La situación asimétrica entre el adulto, que tiene una sexualidad inconsciente, y el niño, carente de recursos psíquicos para lidiar con los mensajes sexuales del adulto, caracteriza, según este autor, la situación antropológica fundamental.Taking Freud's ideas on the relation between jealousy, projection and homosexuality as a starting point, this article focuses on the role played by primary masochism and feminine identification in the formation of masculine pathological jealousy. The early conditions of psychic constitution, as seen by the Theory of Generalized Seduction, are linked to primary masochism and feminine identification alike. According to that

  18. Eficácia do tratamento cognitivo e/ou comportamental para o transtorno de ansiedade social Effectiveness of cognitive and/or behavioral therapy for social anxiety disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Costa Cabral Mululo

    2009-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Avaliar a eficácia do tratamento cognitivo e/ou comportamental no transtorno de ansiedade social quando comparado a outras intervenções terapêuticas, incluindo farmacoterapia. MÉTODO: Realizamos análise sistemática de todos os ensaios clínicos controlados randomizados envolvendo terapia cognitiva e/ou comportamental versus outras formas de tratamento, publicados até março de 2009, indexados nas seguintes bases de dados: MEDLINE, PsycINFO, Registro Cochrane de Ensaios Controlados, LILACS e ISI/Web of Science. RESULTADOS: Os estudos avaliados não demonstraram diferenças significativas entre a terapia cognitiva e/ou comportamental e a farmacoterapia. Esses tratamentos combinados não apresentaram maior eficácia do que as intervenções isoladamente. Quando comparada ao grupo controle, a terapia cognitiva e/ou comportamental é eficaz na redução dos sintomas de ansiedade social, tanto no seu formato padrão quanto nas novas formas de intervenção. A exceção foi o treino em habilidades sociais, que, isoladamente, não se mostrou eficaz. A terapia cognitiva e/ou comportamental também demonstrou ser superior aos outros tipos de psicoterapias. CONCLUSÃO: A terapia cognitiva e/ou comportamental mostrou-se eficaz na redução da ansiedade social em pacientes com transtorno de ansiedade social. No entanto, a heterogeneidade dos estudos avaliados, seja no que diz respeito a aspectos envolvendo o tratamento (duração do tratamento e protocolos utilizados ou os pacientes avaliados (gravidade e forma de recrutamento, dificultaram a comparação dos resultados. Novos estudos de tratamento cognitivo e/ou comportamental e novas revisões envolvendo essas abordagens são necessários para melhor avaliação de nossos achados.INTRODUCTION: To ascertain whether cognitive and/or behavioral treatment of patients with social anxiety disorder is superior in terms of efficacy than other types of therapeutic interventions, including

  19. Efeito da acupuntura na melhora da dor, sono e qualidade de vida em pacientes fibromiálgicos: estudo preliminar

    OpenAIRE

    Takiguchi,Raymond S.; Fukuhara,Vanessa Satie; Sauer,Juliana Ferreira; Assumpção,Ana; Marques,Amélia Pasqual

    2008-01-01

    A fibromialgia é uma síndrome definida por dor crônica generalizada e em pelo menos 11 dos 18 tender points, pontos dolorosos específicos. Este ensaio clínico randômico visou verificar a eficácia da acupuntura na melhora da dor, sono e qualidade de vida de pacientes fibromiálgicas. Dentre 20 mulheres com média de idade 44 anos, com diagnóstico de fibromialgia segundo critérios do Colégio Americano de Reumatologia, finalizaram o estudo 12, distribuídas aleatoriamente em dois grupos: A (GA, n=5...

  20. Traço e estado de ansiedade de nutrizes com indicadores de hipogalactia e nutrizes com galactia normal Trazo y estado de ansiedad de mujeres lactantes con indicadores de hipogalactia y mujeres lactantes con galactia normal Trace and anxiety of nursing mothers with insufficient and normal breast feeding indicators

    OpenAIRE

    Ilva Marico Mizumoto Aragaki; Isília Aparecida Silva; Jair Lício Ferreira dos Santos

    2006-01-01

    Este estudo objetivou identificar e comparar o traço e estado de ansiedade, no 10º dia pós-parto e estado de ansiedade no 30º dia puerperal, das nutrizes primíparas e multíparas que apresentaram indicadores de hipogalactia e nutrizes com galactia normal; verificar possíveis relações entre o estado de ansiedade das nutrizes nesses dois momentos com a presença dos indicadores de hipogalactia. É um estudo exploratório/descritivo, cujos dados foram obtidos com 168 nutrizes e seus filhos, por meio...

  1. Relación entre satisfacción sexual, ansiedad y prácticas sexuales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olga Rosalba Rodríguez Jiménez

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivo: se presentan los resultados de la investigación llevada a cabo con el objetivo de explorar las relaciones existentes entre satisfacción sexual, ansiedad y prácticas sexuales. Método: la muestra estuvo conformada por 1.869 personas de la ciudad de Bogotá-Colombia, a quienes se les aplicaron tres instrumentos: una escala de satisfacción sexual, la escala de ansiedad manifiesta de Taylor y un cuestionario de prácticas sexuales. Resultados: se encontraron asociaciones positivas entre ansiedad y satisfacción sexual. con relación a las características sociodemográficas, se encuentran diferencias en satisfacción a partir de las características como el género, tener pareja sexual estable, la orientación sexual, la importancia de amor en las prácticas sexuales, la religión que se profesa, el estado civil y el no tener hijos o no estar seguro de tenerlos, todas estas relaciones evidencian asociación positiva en relación con el disfrute de la vida sexual. Conclusión: los instrumentos cuentan con la fiabilidad y validez que permiten dar cuenta de la relación entre las variables consideradas en el estudio.

  2. Ansiedad ante exámenes y estrategias de aprendizaje en estudiantes de secundaria de Lima Metropolitana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto A. Alegre

    2013-06-01

    Full Text Available El estudio buscó determinar la relación entre la ansiedad ante exámenes y las estrategias de aprendizaje en estudiantes de cuarto y quinto grados de educación secundaria de colegios estatales de Lima Metropolitana. La muestra se obtuvo por un procedimiento intencional, evaluándose a 469 estudiantes, siendo el 45.6% de sexo masculino y el 54.4% femenino, pertenecientes a cuatro colegios estatales de Lima Metropolitana. Se evaluó a los estudiantes con el Cuestionario de Ansiedad y Rendimiento – CAR y la Escala de Estrategias de Aprendizaje – ACRA. Se encontró que la ansiedad ante exámenes (puntuaciones en sus tres dimensiones: preocupación, emocionalidad y facilitación y las estrategias de aprendizaje (puntuaciones en sus cuatro dimensiones: adquisición, codificación, recuperación y apoyo al procesamiento de la información presentaron correlaciones bajas y en algunos casos negativas; siendo todas estas significativas.

  3. Afrontamiento de la ansiedad ante los exámenes universitarios mediante un programa de Inoculación de Estrés: Caso Clínico

    OpenAIRE

    Escolar-Llamazares, M.C.; Serrano-Pintado, I.

    2016-01-01

    Introducción: Partiendo de la definición del constructo ansiedad ante los exámenes que realiza Spielberger y de la diferenciación de Wolpe entre problemas de ansiedad racional y problemas de ansiedad irracional se ha aplicado un programa basado en Inoculación de Estrés. Objetivo: Disminuir la ansiedad ante los exámenes que manifestaba una estudiante de Enfermería de la Universidad de Salamanca. Método: Se trata de un estudio cuasi-experimental de caso único con diseño AB sin retirada del trat...

  4. Tétano em um gato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Séllos Costa

    2002-01-01

    Full Text Available Relata-se neste artigo o caso de tétano em um gato macho de 3 anos 8 dias após a realização de orquiectomia bilateral, onde o histórico do animal associado aos achados clínicos e laboratoriais propiciaram a definição do diagnóstico. Mesmo após tratamento, o quadro evoluiu para tetania generalizada e óbito. Neste caso, a ação da neurotoxina na musculatura estriada esquelética do esfíncter uretral foi um fator agravante para a doença, levando à retenção vesical e azotemia pós-renal.

  5. Azúcar y Yodopovidona en la disminución del riesgo de infección de herida operatoria en peritonitis generalizada por apendicitis aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilmar Hurtado Guerrero

    2003-04-01

    Full Text Available Objetivo: Se realizó un estudio clínico, de asignación aleatoria, abierto (no ciego para comparar la eficacia, en la disminución del Riesgo de Infección, de la aplicación de Azúcar de caña granulado (ACG vs solución de yodopovidona al 10% (YP, de Herida operatoria en pacientes con Peritonitis Generalizada por Apendicitis Aguda (PGAA. Métodos: Entre 1991 y 1996 se incluyeron a estudio 135 sujetos con diagnóstico de PGAA, intervenidos quirúrgicamente en el Hospital Nacional Cayetano Heredia. Los pacientes fueron asignados aleatoriamente a recibir (ACG o (YP en la Herida Operatoria. Resultados: Ambos grupos fueron estadísticamente comparables en sus características basales como género, edad, promedio de volumen de exudado purulento libre en cavidad peritoneal aspirado, volumen de solución salina al 0.9% usado para el lavado de cavidad peritoneal y en el tiempo operatorio. La frecuencia de infección de herida al 5to día del Post-operatorio para el grupo YP fue de 39.39 % (26 / 66 y el grupo ACG de 28.99% (20/69 (p = 0.20. Se realizó Cierre primario retardo luego del 5to día de Post-operatorio en 89 pacientes, en estos se observó infección de herida en 40% (16/40 para el Grupo YP vs 20.41 % (10/49 para el Grupo ACG (p =0.04, OR: 2.6 IC95%= 0.92 a 7.42. El total de infección de Herida al final del seguimiento fue de 63.64% (42/66 para el grupo YP vs 43.48 % (30 / 69 pacientes para el Grupo ACG. (p= 0.02, OR: 2.28 , IC95% = 1.08 - 4.83. ( Rev Med Hered 2003; 14:74-80 .

  6. Timectomia na miastenia grave: avaliação dos resultados em 73 pacientes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Lamartine de Assis

    1978-03-01

    Full Text Available Foi feita avaliação dos resultados da timectomia transtorácica em 73 pacientes com miastenia grave generalizada, sendo 64 não timomatosos e 9 com timomas. Os resultados foram analisados à curto, médio e, em muitos casos, a longo prazo. Foi feito, também um estudo comparativo dos resultados em relação à idade, sexo, tempo de doença e à presença ou não do timoma. A experiência adquirida neste grupo de pacientes sugere que a timectomia transtorácica é método terapêutico útil na miastenia grave generalizada não timomatosa; seu efeito benéfico aparece no pós-operatório mediato e se mantém a longo prazo na maioria dos pacientes. Os resultados da timectomia em pacientes com timoma foram menos favoráveis. A análise estatística não mostrou diferenças significantes na evolução pós-operatória entre os pacientes não timomatos selecionados e não selecionados.

  7. Epilepsias idiopáticas generalizadas en pacientes mayores de 45 años en dos centros de referencia colombianos: características clínicas y electroencefalográficas e implicaciones terapéuticas

    OpenAIRE

    Fontanilla Díaz, Luis Alejandro

    2015-01-01

    Introducción: La epilepsia es uno de los motivos de consulta más frecuentes en la consulta general y de urgencias en neurología, con una prevalencia en Colombia alrededor del 2% de la población general. La mayoría de los adultos que acuden a dicha consulta, usualmente son considerados como pacientes con epilepsia focal, pero, si realmente es un paciente con epilepsia idiopática generalizada (EIG), se puede escoger un tratamiento que sea equivocado y puede llevar a complicaciones severas como ...

  8. Concentração plasmática do hormônio adrenocorticotrófico de parturientes submetidas a método não farmacológico de alívio da ansiedade e dor do parto Concentración de la hormona adrenocorticotrófica en parturientas sometidas a un método no farmacológico de alivio de ansiedad y el dolor durante el parto Corticotrophin hormone serum levels of parturients submitted to nonpharmacologic anxiety and pain relief method during labor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilza Alves Marques Almeida

    2005-04-01

    Full Text Available Objetivo: analisar os níveis séricos do hormônio adrenocorticotrófico (ACTH e a correlação entre esses níveis, a ansiedade e a dor na parturição. Dezessete parturientes (grupo controle - GC receberam assistência de enfermagem de rotina, e dezenove (grupo experimental - GE foram estimuladas e orientadas a realizar técnicas de respiração e relaxamento. Os níveis plasmáticos do ACTH, o traço e estado de ansiedade e a intensidade de dor foram avaliados. Os níveis de ACTH foram baixos no início do trabalho de parto, com pico no final e regressão no pós-parto imediato, sem diferença estatisticamente significativa entre os grupos. A redução do ACTH com alívio parcial do estresse do GE, sugere a interferência das técnicas de respiração e relaxamento. Os níveis do ACTH, não se correlacionaram à ansiedade e à dor, em ambos os grupos.La finalidad de este estudio fue analizar los niveles séricos de la hormona adrenocorticotrófica (ACTH, la correlación entre esos niveles, la ansiedad y el dolor en el parto. Diecisiete parturientas (grupo control - GC recibieron atención de enfermería de rutina y diecinueve (grupo experimento - GE fueron preparadas y orientadas a realizar técnicas de respiración y relajación. Los niveles de la ACTH, el trazo y estado de ansiedad y la intensidad del dolor fueron evaluados. Los niveles de la ACTH fueron bajos en el inicio del trabajo de parto, con elevación en el final y regresión en el postparto inmediato, sin diferencia estadísticamente significativa entre los grupos. La reducción de la ACTH con alivio parcial del stress del GE, sugiere la interferencia de las técnicas de respiración y relajación. Los niveles de la ACTH no se correlacionaron ni con la ansiedad ni con el dolor, en ambos grupos.This study aimed to analyze the plasma ACTH levels and the correlation between the ACTH levels and pain and anxiety during the parturition. Seventeen parturients received routine nursing

  9. Terapias cognitivo-comportamentais, terapias cognitivas e técnicas comportamentais para o transtorno de ansiedade social Cognitive behavioral-therapies, cognitive therapies and behavioral strategies for the treatment of social anxiety disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Costa Cabral Mululo

    2009-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Pacientes com transtorno de ansiedade social respondem de forma distinta a diferentes tipos de terapias cognitivas e/ou comportamentais, o que motiva a avaliação das melhores técnicas para o tratamento desse transtorno. OBJETIVO: Realizar uma revisão sistemática de estudos controlados que avaliaram a eficácia das técnicas cognitivo e/ ou comportamentais na redução do transtorno de ansiedade social. MÉTODO: Análise sistemática de ensaios clínicos randomizados indexados nas seguintes bases de dados: PubMed/MedLine, PsycINFO, Registro Cochrane de Ensaios Controlados, LILACS, ISI/Web of Science e em artigos relacionados. RESULTADOS: Não se encontrou consenso sobre a eficácia da associação da terapia cognitiva com técnicas comportamentais. Novas técnicas (tratamento por realidade virtual, tarefa de casa via computador e autoterapia com assistência terapêutica demonstraram ser tão eficazes quanto aquelas utilizadas na terapia cognitivo-comportamental (TCC padrão. A associação da TCC com evitação de comportamentos de segurança e com o treino de habilidades sociais apresentou vantagem adicional em relação ao modelo convencional. Entre as técnicas comportamentais, o treino em tarefa de concentração e a exposição foram as estratégias mais eficazes. O tratamento individual foi mais efetivo do que em grupo e o modelo de sessões semanais foi mais eficaz do que sessões no mínimo quinzenais. CONCLUSÃO: Os estudos avaliados confirmaram que tanto técnicas cognitivas quanto comportamentais (convencionais e inovadoras são eficazes no tratamento do transtorno de ansiedade social.BACKGROUND: Patients with social anxiety disorder (SAD exhibit distinctive patterns of response to different types of cognitive and/or behavioral treatment. Therefore, it is imperative to assess the best techniques used for the treatment of this disorder. OBJECTIVE: The aim of this paper is to perform a systematic review of controlled

  10. Depressão e qualidade de vida em pacientes com fibromialgia Depression and quality of life among patients with fibromyalgia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AMB Santos

    2006-09-01

    Full Text Available CONTEXTO: Fibromialgia é uma síndrome reumática caracterizada por dor musculoesquelética difusa e crônica, e sítios dolorosos específicos à palpação (tender points. Freqüentemente é associada à fadiga generalizada, distúrbios do sono, rigidez matinal, dispnéia, ansiedade, alterações no humor que podem evoluir para um quadro de depressão. Sendo assim, afeta negativamente a qualidade de vida das pessoas. No entanto, ainda não se sabe o poder de discriminação dos instrumentos de avaliação da depressão e qualidade de vida. O objetivo desse estudo foi avaliar a depressão e a qualidade de vida de pacientes com fibromialgia e avaliar o poder de discriminação de instrumentos relacionados a esses aspectos. MÉTODO: Para avaliar a qualidade de vida foram utilizados dois instrumentos: um específico, o Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ e outro genérico, o Medical Outcomes Study 36-item Short-Form Healthy Survey (SF-36; para avaliar a depressão, a Escala de Depressão de Beck (BDS. Participaram do estudo 40 mulheres sendo 20 com fibromialgia - Grupo teste e 20 saudáveis - Grupo controle. Os três protocolos foram aplicados aos indivíduos dos dois grupos em uma única sessão de avaliação. Toda a análise estatística foi realizada utilizando-se o teste "t" Student, com significância alfa = 0,05. RESULTADOS: Houve diferença estatisticamente significante entre os grupos controle e teste em todos os questionários (pBACKGROUND: Fibromyalgia is a rheumatic syndrome characterized by widespread chronic musculoskeletal pain and specific palpable tender points. It is often associated with generalized fatigue, sleep disturbances, morning stiffness, dyspnea, anxiety and mood disturbances that may evolve into depression. Thus, such individuals' quality of life is negatively affected. However, the discriminating power of quality-of-life and depression assessment instruments is still unknown. OBJECTIVE: To assess depression and

  11. Diferencias en ansiedad estado-rasgo y en atención selectiva en Trastorno por Déficit de Atención con Hiperactividad (TDAH

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paloma González-Castro

    2015-01-01

    Full Text Available Uno de los trastornos que más afecta al rendimiento escolar es el Trastorno por Déficit de Atención con Hiperactividad (TDAH. El criterio establecido por el DSM diferencia tres subtipos: inatento, hiperactivo-impulsivo y combinado. Sin embargo, el perfil de este trastorno podría verse alterado por la asociación con otros como la ansiedad. El objetivo de esta investigación es determinar si hay diferentes patrones de atención (selectiva y sostenida y ansiedad (estado y rasgo en los tres subtipos de TDAH. Además, el objetivo es analizar cómo la ansiedad predice el rendimiento de los estudiantes con TDAH en una tarea de atención selectiva. La muestra estaba formada por 220 estudiantes (6-12 años: 56 en el grupo control, 54 con TDAH-Inatento, 53 con TDAH-Hiperactivo impulsivo y 56 con el subtipo combinado. Los resultados obtenidos mostraron que los cuatro grupos resultaban significativamente diferentes en las variables atencionales y en los niveles de ansiedad estado y rasgo. Al mismo tiempo, la ansiedad rasgo predijo el rendimiento en la variable de concentración analizada. Los resultados revelan un nuevo patrón de gran interés de cara a la evaluación diagnóstica objetiva y fiable en el TDAH.

  12. ANSIEDAD ANTE LA MUERTE Y FACTORES DE VULNERABILIDAD ASOCIADOS EN OFENSORES SEXUALES RECLUIDOS EN EL CENTRO DE ATENCIÓN INSTITUCIONAL ADULTO MAYOR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana María Blanco Álvarez

    2015-12-01

    Full Text Available : Establecer la relación entre los factores de vulnerabilización y la ansiedad ante la muerte en ofensores sexuales, recluidos en el Centro de Atención Institucional Adulto Mayor. Metodología: Estudio de tipo mixto, con un alcance correlacional y transversal. Instrumentos: Escala de Ansiedad ante la Muerte de Templer, Cuestionario de Ansiedad Estado-Rasgo, la Escala Geriátrica de Ansiedad. Muestra: 103 personas adultas mayores de la Asociación Gerontológica Costarricense y 80 privados de libertad del CAI Adulto Mayor. Conclusiones: En la muestra de estudio, la ansiedad ante la muerte está asociada al hecho de que no reciben una atención médica adecuada, situación que los hace más vulnerables a morir en prisión; además de que por su condición de adultos mayores presentan un mayor deterioro físico, el cual aumenta en un ambiente como la prisión, debido a las condiciones a las cuales se ven expuestos.

  13. Prevalencia de Ansiedad y Depresión en una Población de Estudiantes Universitarios: Factores Académicos y Sociofamiliares Asociados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Serafín Balanza Galindo

    2009-01-01

    Full Text Available La elevada frecuencia de ansiedad y depresión en estudiantes universitarios está relacionada con factores sociales, familiares y por el estrés académico. El objetivo es analizar la prevalencia de trastornos de ansiedad y depresión y factores académicos y sociofamiliares asociados. El estudio se realizó en una muestra de 700 alumnos, aplicando la Escala de Ansiedad y Depresión de Goldberg (EADG. Como factores de estudio se utilizaron variables que medían diversas situaciones estresantes relacionadas con factores sociofamiliares y académicos. El 47,1% de los estudiantes sufrían trastornos de ansiedad y el 55,6% depresión. En el análisis multivariante, el sexo femenino son quienes presentan mayor riesgo de ansiedad (OR: 2,30 IC 955 1,65-3,19 y de depresión (OR.: 1,98 IC 95% 1,43 -2,76, son estudiantes que realizan largos desplazamientos diarios y tienen otras obligaciones extra académicas, suponiendo mayor riesgo en estudiantes de ciencias jurídicas y de la empresa.

  14. Prepararse para la jubilación: el papel del apoyo social en la gestión de la ansiedad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Chiesa

    2008-01-01

    Full Text Available La jubilación puede ser definida como una transición que implica el abandono de un rol laboral y, por consiguiente, esto requiere la capacidad de reestructurar el sistema de funciones y actividades personales. Este estudio incluyó 250 empleados de dos administraciones públicas italianas de más de 48 años de edad, con el objetivo de entender cómo durante el tiempo previo a la jubilación el apoyo social recibido por fuentes laborales y extra-laborales puede influir en la ansiedad hacia su jubilación y cómo la última modula la edad a la que se desea jubilarse. Los resultados obtenidos mediante análisis de modelos de ecuaciones estructurales LISREL muestran cómo el apoyo social del superior y la implicación con el trabajo aumentarán la ansiedad debida a la pérdida de la identidad social, mientras que el apoyo de los miembros de la familia tiende a reducir el tamaño de la ansiedad anterior al retiro de la vida laboral. El apoyo de los amigos reduce la ansiedad ante la anticipación de exclusión social. Por lo último, la ansiedad parece influir la edad en la que se desea jubilarse.

  15. Evaluación del estilo cognitivo «Dependencia/independencia de campo» en el contexto de los problemas de ansiedad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Manuel Ramos Martín

    2006-01-01

    Full Text Available Su sencillez, comodidad y cualidades psicométricas hacen del GEFT un instrumento atractivo para valorar la Dependencia de Campo. Ha sido utilizado, entre otras áreas, en el contexto de los problemas de ansiedad, observándose una relación no con el "rasgo", pero sí con el "estado" de ansiedad. Nosotros lo hemos utilizado con una muestra de 79 sujetos, junto con el ISRA, para veri¬ficar si la Dependencia de campo es un factor de vulnerabilidad para la ansiedad y, con 53 sujetos, para ver si tiene repercusión en el aprovechamiento terapéutico. Resultados: los Dependientes tienen unos niveles de ansiedad mayores (p=0,018. El tratamiento beneficia más a los Independientes, y lo hace en el sistema de respuesta cognitivo (p=0,047. Se aconseja atomizar el constructo en subprocesos que permitan una mejor identificación de los mecanismos implicados en la desventaja que presentan los Dependientes de campo ante los problemas de ansiedad.

  16. Pustulosis exantemática aguda generalizada asociada a Epstein Barr: A propósito de un caso. Acute generalized exanthematous pustulosis associated to Epstein Barr: A propose of a case

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A L Scaglione

    2008-12-01

    Full Text Available La pustulosis exantemática aguda generalizada (PEAG es una rara afección de hipersensibilidad, inducida principalmente por drogas y se manifiesta por una erupción aguda de pústulas estériles, acompañada de fiebre, que regresa en pocos días luego de discontinuar el fármaco causante. Se comunica el caso de una paciente de 23 años de edad, sin antecedentes de psoriasis que consulta por fiebre y una erupción pustulosa generalizada, asociada a la ingesta previa de amoxicilina y ácido clavulánico en el contexto de una mononucleosis infecciosa, con resolución espontánea del cuadro. El cultivo microbiológico no objetivó gérmenes patógenos.Acute generalized exanthematous pustulosis (AGEP is a rare skin eruption most commonly caused by medications. It is characterized by an acute eruption of sterile pustules and it is accompanied by an episode of fever, which regresses a few days after discontinuation of the drug that caused the condition. We report a case 23 year-old woman without history of psoriasis, that consults for fever and an acute generalized pustular eruption after amoxicillin, with clavulanic acid administration in a mononucleosis infection context, which resolved spontaneously. The microbiologic culture was negative for pathogenic germens.

  17. Episódio depressivo maior, prevalência e impacto sobre qualidade de vida, sono e cognição em octogenários The prevalence of major depression and its impact in the quality of life, sleep patterns and cognitive function in a octogenarian population

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio MF Xavier

    2001-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a prevalência de depressão maior em uma população de sujeitos acima de 80 anos residentes na comunidade, comparar os padrões de sono e a função cognitiva entre controles normais e sujeitos com depressão maior e estimar a freqüência de outros transtornos psiquiátricos entre controles e sujeitos deprimidos. MÉTODOS: De uma população de 219 habitantes com mais de 80 anos, residentes em um município semi-rural no sul do Brasil (município de Veranópolis, RS, selecionou-se uma amostra randômica e representativa de 77 sujeitos (35%. Desse grupo, 5 sujeitos que apresentavam critérios de DSM-IV para depressão maior foram comparados com 50 controles sem diagnóstico de demência, delirium ou qualquer transtorno do humor. Os padrões de sono foram avaliados pelo Índice de Pittsburgh de Qualidade do Sono e por um diário do ciclo sono/vigília completado ao longo de duas semanas. Para a avaliação cognitiva, foram usados 5 testes neuropsicológicos: teste de lembranças seletivas de Buschke-Fuld; teste lista de palavras da bateria do CERAD; teste de fluência verbal; e 2 subtestes da bateria de memória de Wechsler. RESULTADOS: A prevalência de depressão maior foi de 7,5%. Sujeitos com esse diagnóstico, quando comparados a sujeitos do grupo-controle, apresentavam mais freqüentemente comorbidade com transtorno de ansiedade generalizada, usavam mais benzodiazepínicos e tinham uma pior qualidade de vida pela escala "Short-form 36". Os idosos deprimidos, quando comparados aos controles, tinham os mesmos padrões de sono e apresentavam o mesmo desempenho nos testes neuropsicológicos. CONCLUSÃO: Os resultados corroboram o conceito de que episódios depressivos são freqüentes entre idosos com mais de 80 anos, causando impacto sobre a qualidade de vida associada à saúde e cursando comorbidade freqüente com transtorno de ansiedade generalizada. Entre os idosos octogenários residentes na comunidade, a depress

  18. Ansiedad y satisfacción con el cuidado y toma de decisiones de la familia en las unidades de cuidados intensivos: la enfermera referente en la gestión de casos de atención familiar al paciente crítico.

    OpenAIRE

    Larrazkueta Martínez De Antoñana, Garazi

    2014-01-01

    Nivel de ansiedad estado o del momento actual, situacional. Nivel de ansiedad rasgo o ansiedad general de la personalidad de uno mismo. Satisfacción general y específica relacionada con los cuidados al paciente y la toma de decisiones de los familiares principales o cercanos de los pacientes críticos ingresados en la UCI.

  19. Efeitos da fisioterapia motora em pacientes críticos: revisão de literatura Effects of motor physical therapy in critically ill patients: literature review

    OpenAIRE

    Ana Paula Pereira da Silva; Kenia Maynard; Mônica Rodrigues da Cruz

    2010-01-01

    O desenvolvimento de fraqueza generalizada relacionada ao paciente crítico é uma complicação recorrente em pacientes admitidos em uma unidade de terapia intensiva. A redução da força muscular aumenta o tempo de desmame, internação, o risco de infecções e conseqüentemente morbimortalidade. A fisioterapia é usada nesses pacientes como recurso para prevenção da fraqueza muscular, hipotrofia e recuperação da capacidade funcional. O objetivo deste estudo foi rever a literatura relacionada ao uso d...

  20. Efeitos de Intervenção Cognitivo-Comportamental sobre Fatores de Risco Psicológicos em Cardiopatas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Gorayeb

    Full Text Available RESUMODiminuir fatores de risco para cardiopatias pode melhorar a qualidade de vida e reduzir a mortalidade e morbidade relacionadas a elas.O presente estudo avaliou a eficácia de uma intervenção cognitivo-comportamental em grupo sobre ansiedade, depressão, estresse e saúde cardiovascular em cardiopatas. Foram avaliados 91 pacientes antes e após participação nos grupos, com entrevistas semiestruturadas, Inventários Beck (Ansiedade e Depressão e Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp. Coletaram-se medidas fisiológicas para cálculo do escore de Framingham. A participação no grupo resultou em redução dos sintomas de ansiedade, depressão, estresse e melhora do enfrentamento ao estresse. Não houve diferença no escore de Framingham. A intervenção se mostrou eficaz para a redução dos fatores de risco psicológicos nessa amostra.

  1. Ansiedad estado competitiva y estrategias de afrontamiento: su relación con el rendimiento en una muestra argentina de jugadores amateurs de golf

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mar\\u00EDa Florencia Pinto

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo del trabajo consiste en estudiar si existe una relación entre ansiedad competitiva, estrategias de afrontamiento, y rendimiento deportivo en una muestra de 77 jugadores argentinos amateurs de golf (edad promedio: 16.14. Se realizó un estudio descriptivo, correlacional y transversal. Se administraron las versiones en español del Inventario de Ansiedad Competitiva y del Cuestionario de Aproximación al Afrontamiento en el Deporte. Los jugadores de golf que tienen un peor nivel de hándicap presentan mayores niveles de ansiedad somática (r = .30; p < .01; mientras que los que obtienen un mejor rendimiento deportivo en el torneo son los que presentan mayores niveles de autoconfianza (r = -.31; p < .01 y recurren a la búsqueda de apoyo social como estrategia de afrontamiento (r = -.27; p < .01.

  2. "Estudo sobre o traço e estado de ansiedade das nutrizes que apresentaram indicadores de hipogalactia e nutrizes com galactia normal"

    OpenAIRE

    Ilva Marico Mizumoto Aragaki

    2002-01-01

    A queixa de “pouco leite” ou hipogalactia tem sido apontada como uma das mais freqüentes causas do desmame ou interrupção do aleitamento materno exclusivoe, os baixos volumes de leite têm sido associados à ansiedade materna que poderia provocar alterações na fisiologia da lactação inibindo a produção láctea. Os objetivos deste estudo foram: identificar o traço e estado de ansiedade no 10°dia pós-parto e estado de ansiedade no 30ºdia pós-parto das nutrizes primíparas e multíparas que apresenta...

  3. Frecuencia de depresión y ansiedad en pacientes con diabetes tipo 2 atendidos en un hospital general de Chiclayo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antero Constantino-Cerna

    2014-10-01

    Full Text Available Objetivos: Estimar la frecuencia de Ansiedad y Depresión, así como su asociación con el control glicémico en pacientes con diabetes tipo 2 atendidos en un hospital de Chiclayo. Material y métodos: Estudio descriptivo transversal. Se incluyeron 270 pacientes diabéticos tipo 2 entre 19 a 60 años que acudieron al consultorio externo de Endocrinología del Hospital Nacional Almanzor Aguinaga Asenjo. Se utilizaron los inventarios de Depresión y Ansiedad de Beck y una ficha de recolección de datos. Se determinaron frecuencias absolutas y relativas y un análisis inferencial exploratorio mediante el cálculo de razones de prevalencia e intervalos de confianza al 95%. Resultados: Hubieron 172 mujeres (64% y 98 hombres (36%. La edad promedio fue 52 ± 6,5 años. Se hallaron 156 (57,78% pacientes con depresión y 176 (65,19% con ansiedad. No hubo asociación entre el control glicémico y depresión (RP = 0,94, IC95% 0,83-1,07, p >0,05 y ansiedad (RP = 0,95, IC95% 0,77-1,16, p >0,05. Conclusiones: La frecuencia de depresión y ansiedad en los pacientes diabéticos tipo 2 fue elevada. No se encontró asociación entre depresión y ansiedad con el control glicémico.

  4. Aproximación al concepto de ansiedad en psicología: su carácter complejo y multidimensional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Teresa GONZÁLEZ MARTÍNEZ

    2009-11-01

    Full Text Available La ansiedad, estado emotivo y respuesta que surge cuando uno se halla expuesto a situaciones que impliquen peligro o amenaza, es una experiencia universal y cotidiana para todo ser humano. Es, además, una conducta que cumple una función esencialmente adaptativa. Ahora bien, la ansiedad puede ser también una conducta patológica, cuando, por la continuidad de las respuestas o la excesiva intensidad de las mismas, no se logra establecer el equilibrio entre el sujeto y los estímulos. Estamos, pues, ante un concepto complejo en el que existen implícitos diferentes significados. A ello ha contribuido el hecho de que la ansiedad es un tema abordado desde ámbitos disciplinarios muy diferentes (filosofía, biología, psicología, sociología, entre otros.] Pero especialmente esto ha sido favorecido por la pluralidad teórica de la psicología que lleva a cada teoría a proponer un modelo explicativo de la ansiedad. A pesar de ello, los progresos actuales sobre el conocimiento de los mecanismos de la ansiedad y sus consecuencias, permiten que se haya llegado al acuerdo de un concepto de ansiedad, válido desde los distintos ámbitos disciplinarios y teóricos, como una forma de conducta compleja y multidimensional en la que existen componentes de respuesta fisiológicos, motores y subjetivo-cognitivos. Este patrón de conducta surge cuando un individuo se halla expuesto a estímulos interpretados como amenazantes, bien porque objetivamente lo sean, o porque él subjetivamente así lo vivencia.

  5. DIFERENCIAS ENTRE JUGADORES DE BALONMANO DE CATEGORÍA DE ALTO RENDIMIENTO Y DE BASE EN VARIABLES MOTIVACIONALES Y ANSIEDAD PRECOMPETITIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Da Silva Batista

    2015-04-01

    Full Text Available Los deportistas en general, se exponen a diversas situaciones intensas en el entorno deportivo, en las que la ansiedad puede suponer que el deportista no afronte los objetivos de la manera más eficaz. Resulta importante analizar el término ansiedad, el cual, hace referencia a un estado emocional negativo que incluye sensaciones de nerviosismo, preocupación y aprensión, relacionadas con la activación o el arousal del organismo. Así pues, la ansiedad tiene un componente de pensamiento, por ejemplo, la preocupación y la aprensión, llamando ansiedad cognitiva, y un componente de ansiedad somática, o percepciones de los síntomas corporales (Weinberg y Gould, 1995. La autoconfianza hace referencia a la creencia que tiene una persona de poder hacer aquello que quiere hacer (Feltz, 1994.Así mismo, resulta relevante analizar la motivación que presenta el deportista, para ello emplearemos la Teoría de la Autodeterminación (TAD, cuyas últimas aportaciones a la teoría (Vansteenkiste, Niemiec, y Soenens, 2010, se decantan más por una agrupación formada por la motivación autónoma (compuesta por la motivación intrínseca y la regulación identificada, motivación controlada (formada por las regulaciones introyectada y externa y la desmotivación. La TAD se basa en que el comportamiento humano es motivado fundamentalmente por tres necesidades psicológicas básicas (NPB: autonomía, competencia, y relaciones sociales (Deci y Ryan, 2000.Objetivo: Determinar las diferencias existentes en jugadores de Balonmano de alto rendimiento y de categorías base, en cuanto a los tipos de motivación, necesidades psicológicas básicas, y ansiedad precompetitiva.

  6. Factores psicosociales de la depresión y la ansiedad en madres con hijos deficientes mentales

    OpenAIRE

    Vea, Ricardo

    1989-01-01

    Este estudio está basado en la aplicación del modelo de factores psicosociales de la depresión y de la ansiedad a grupos de madres con hijos deficientes mentales en edades adultas. Dividiéndoles en dos grupos: hijos que están siendo tratados en centros especializados (asistidos) y los que no lo están (no asistidos). A su vez, estos grupos fueron comparados con un grupo de control (madres con hijos normales), emparejados sus hijos por edad mental. Los resultados ponen de relieve que las madre...

  7. ANSIEDAD, DEPRESIÓN Y RASGOS DE PERSONALIDAD EN PACIENTES CON INSUFICIENCIA VENOSA CRÓNICA PERIFÉRICA

    OpenAIRE

    L A Carmona-López; C e Muñoz-Medina; Emily Parra; Y J Varccaro-Campo

    2016-01-01

    Introducción: La Insuficiencia Venosa Crónica Periférica (IVCP) es un cambio clínico que se produce como resultado de la dilatación patológica de las venas en los miembros inferiores, de la incompetencia de sus válvulas y de la hipertensión venosa resultante. Pudiera cursar dentro de la categoría de trastornos sistémicos que producen depresión y ansiedad, las cuales a su vez son alteraciones psiquiátricas relacionadas con toda la esfera cardiovascular. Objetivo: Determinar la frecuencia de an...

  8. ¿Predice la autoeficacia percibida la ansiedad escolar? Estudio con estudiantes chilenos de Educación Secundaria

    OpenAIRE

    García-Fernández, José Manuel; Lagos San Martín, Nelly; Gonzálvez, Carolina; Vicent, María; Inglés, Cándido J.

    2015-01-01

    Dada la importancia de las creencias de eficacia personal en el desarrollo cognitivo de las personas y su marcada influencia en las reacciones emocionales y conductuales experimentadas sobre todo ante situaciones difíciles, el objetivo de este estudio es analizar la capacidad predictiva de la autoeficacia percibida sobre la ansiedad escolar en una muestra de 1284 estudiantes chilenos de educación secundaria, 634 chicos y 650 chicas (49.4% y 50.6% respectivamente) con edades entre los 14 y 18 ...

  9. Intensidad y dirección de la ansiedad competitiva y expectativas de resultados en atletas y nadadores

    OpenAIRE

    Pozo, Amparo

    2007-01-01

    El presente estudio describe el estado de ansiedad cognitiva y somática precompetitiva y la autoconfianza en sus dimensiones de "intensidad" y de "dirección", y las relaciona con las expectativas de resultados. Una muestra de 59 nadadores y deportistas de atlétismo cumplimentó la versión modificada (Jones y Swain, 1992) del CSAI-2 antes de competir, y registró el puesto que esperaba obtener en la prueba. Comparado el puesto esperado con el puesto real se formaron tres grupos de sujetos con di...

  10. Inventario de excitación y ansiedad sexual ampliado (SAI-E): subescalas por derivación factorial

    OpenAIRE

    Aluja Fabregat, Antón; Torrúbia, Rafael

    1994-01-01

    Se realiza un análisis de componentes principales de las escalas de Excitación y Ansiedad del SAI-E a fin de derivar subescalas que proporcionen mejor y más información sobre el contenido del cuestionario. Los factores obtenidos mantienen una gran afinidad con los resultados de Chambless. Las subescalas de Excitación se encuentran muy correlacionadas con las variables de frecuencia de coito, frecuencia de masturbación y con un listado de variedad de conductas sexuales (Bentler). Las subescala...

  11. Ansiedad, depresión y percepción de control en mujeres diagnosticadas con VIH/Sida

    OpenAIRE

    Marcela Arrivillaga Quintero; Javier López Martínez; Ana Maria Ossa Toro

    2006-01-01

    En la actualidad mundial se observa un aumento significativo de casos de infección por VIH en mujeres. Las nuevas medicaciones antirretrovirales han logrado avances en cuanto a la cantidad de vida mas no a su calidad ya que variables psicológicas afectan la evoluci ón de la infección. Esta investigación describe la ansiedad, depresión y percepción de control como variables psicológicas que intervienen en el proceso de infección. Dentro de los hallazgos más importantes se encuen...

  12. Propiedades psicométricas de la escala de ansiedad ante la muerte de Templer en sujetos mexicanos.

    OpenAIRE

    Armando Rivera-Ledesma; María Montero-López Lena

    2010-01-01

    La presente investigación adaptó la Escala de Ansiedad ante la Muerte de Templer (1970) al español mexicano y obtuvo sus propiedades psicométricas para dos muestras de adultos mexicanos radicados en la ciudad de México. Se entrevistaron 314 sujetos: 165 fueron adultos mayores (97 mujeres y 68 hombres con una edad media de 61.7 y 62.7 respectivamente) y 149 estudiantes universitarios (132 mujeres y 17 hombres con una edad media de 19.4 y 19.9 años). La escala de respuesta se cambió por una esc...

  13. Intervención para reducir la ansiedad de una alumna con necesidades educativas especiales en situaciones de Fobia Social

    OpenAIRE

    Redondo Martín, Laura

    2015-01-01

    El presente trabajo muestra una intervención a través de la cual se pretende reducir o anular la ansiedad que generan diferentes situaciones de fobia social en una alumna adolescente con discapacidad intelectual, a través de una intervención en la que se lleva a cabo una técnica de modificación de conducta conocida con el nombre de “Desensibilización sistemática”. Como punto de partida del trabajo, se tomarán los hechos que se exponen en la introducción y la justificación y ...

  14. Validación de la escala de ansiedad en la interacción social en estudiantes universitarios mexicanos

    OpenAIRE

    Moral de la Rubia, José; Facultad de Psicología, Universidad Autónoma de Nuevo León. Monterrey, NL, Méico.; García Cadena, Cirilo Humberto; Facultad de Psicología. Universidad Autónoma de Nuevo León Monterrey, NL, México.; Antona Casas, César Jesús; Facultad de Psicología, Universidad Pontificia de Salamanca. C/ Compañía, 5. C.P. 37002 Salamanca, España

    2013-01-01

    Objetivo. El propósito de esta investigación fue validar la escala de ansiedad en la interacción social (Social Interaction Anxiety Scale [SIAS-20] de Mattick y Clarke, 1998) en una población de estudiantes universitarios mexicanos. Concretamente, se buscó validar la estructura unidimensional del SIAS-20, calcular su consistencia interna, describir su distribución, comparar diferencias de medias entre géneros, comprobar su validez criterial con el factor de fobia social del inventario de ansi...

  15. Factores sociodemográficos que influyen en la ansiedad ante la muerte en estudiantes de medicina

    OpenAIRE

    Boceta Osuna, Jaime; Galán González-Serna, José María; Gamboa Antiñolo, Fernando Miguel; Muniain Ezcurra, Miguel Ángel

    2016-01-01

    Fundamento y objetivo: Conocer el grado de ansiedad ante la muerte de los estudiantes de medicina analizando la posible influencia de factores sociodemográficos. Material y método: Diseño observacional, descriptivo y transversal. Participaron 175 estudiantes, que respondieron a un cuestionario con variables sociodemográficas y a la escala de miedo a la muerte de Collet-Lester. Se calculan medias y desviaciones típicas, prueba «t» de Student, ANOVA y coeficiente de correlación de Pearson. ...

  16. Emoções, "stress", ansiedade e "coping": estudo qualitativo com treinadores de nível internacional Emotions, stress, anxiety and coping: a qualitative study with international level coaches

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Dias

    2010-09-01

    Full Text Available A influência dos fatores e processos psicológicos no desempenho desportivo dos atletas está, de uma forma geral, amplamente demonstrada; todavia, poucas investigações procuraram estudar esta relação nos treinadores. Neste sentido, empregando uma entrevista semi-estruturada, a presente investigação procurou, junto de seis treinadores de elite com idades compreendidas entre os 55 e os 63 anos (M = 59 ± 3,03 de diversas modalidades, identificar as características/competências psicológicas mais importantes para o sucesso desportivo, as principais fontes de "stress" e ansiedade experienciadas e as estratégias de "coping" a que recorriam em situações estressantes e/ou problemáticas, adicionalmente, pretendeu explorar o papel de outras emoções no seu desempenho. Os resultados revelaram que: 1 a motivação era uma das competências/características psicológicas percepcionadas pelos treinadores como mais importantes para o sucesso; 2 as principais fontes de "stress" estavam relacionadas com preocupações com o desempenho dos atletas, sendo comuns a diferentes modalidades; 3 os treinadores recorriam a diversas estratégias de "coping" em simultâneo, geralmente adaptativas; e 4 para além da ansiedade, outras emoções, positivas e negativas, pareciam influenciar o desempenho dos treinadores.The influence of psychological factors on athletes' sport performance is, in general, well documented; however, there is little understanding of the role these factors and processes play in coaches. In this sense, using a semi-structured interview, the present study aimed to identify, in six elite coaches aged between 55 and 63 (M = 59 ± 3.03 and representing diverse sports, the most important psychological skills and characteristics for obtaining success, the major sources of stress and anxiety and the coping strategies most used in problematic and stressful situations; additionally, the role of further emotions, other than anxiety, in

  17. INTERVENCIÓN TELEFÓNICA PARA PROMOVER LA ADHERENCIA TERAPÉUTICA EN PACIENTES DIABÉTICOS CON SÍNTOMAS DE ANSIEDAD Y DEPRESIÓN

    OpenAIRE

    Angélica Quiroga Garza

    2012-01-01

    Con el objetivo de lograr un impacto positivo en la adherencia al tratamiento de pacientes con diabetes, se realizó un estudio cuasiexperimental de series cronológicas con tratamiento diferenciado y temporalidad de ocho sesiones telefónicas semanales. Los resultados indican un efecto temporal del tratamiento con disminuciones estadísticamente significativas entre O1 y O2 en los puntajes de las escalas de ansiedad y depresión de la Escala de Depresión y Ansiedad Hospitalaria y en HbA1c, los qu...

  18. Efecto de la música sobre la ansiedad y el dolor en pacientes con ventilación mecánica

    OpenAIRE

    Sanjuán Naváis, M.; Via Clavero, G. (Gemma); Vázquez Guillamet, B.; Moreno Durán, A.M.; Martínez Estalella, Gemma

    2013-01-01

    La capacidad de la música para aliviar la ansiedad o el dolor ha sido utilizada ampliamente a lo largo de la historia. Objetivo: Examinar los efectos de la música sobre la ansiedad y el dolor en pacientes con ventilación mecánica invasiva. Diseño: Un ensayo aleatorizado controlado con medidas repetidas. Material y método: estudio prospectivo experimental con distribución aleatoria, en un hospital universitario de tercer nivel, de enero de 2009 a junio de 2010. La muestra fue de 44 participant...

  19. Nivel de estrés, nivel de ansiedad, estado nutricional y hábitos alimentarios en personal auxiliar de tres universidades

    OpenAIRE

    Paz, María Josefina

    2015-01-01

    Introducción. El estrés y la ansiedad han sido reconocidos como causantes de modificaciones de la conducta alimentaria, aumentando la ingesta y alterando la composición de la dieta. Objetivo General. Evaluar el nivel de estrés, nivel de ansiedad, estado nutricional y hábitos alimentarios, en personal auxiliar de tres Universidades durante el año 2012. Materiales y métodos. Se seleccionó una muestra de 146 adultos de ambos sexos que desempeñan sus funciones como personal n...

  20. Aproximación al concepto de ansiedad en psicología: su carácter complejo y multidimensional

    OpenAIRE

    María Teresa GONZÁLEZ MARTÍNEZ

    2009-01-01

    La ansiedad, estado emotivo y respuesta que surge cuando uno se halla expuesto a situaciones que impliquen peligro o amenaza, es una experiencia universal y cotidiana para todo ser humano. Es, además, una conducta que cumple una función esencialmente adaptativa. Ahora bien, la ansiedad puede ser también una conducta patológica, cuando, por la continuidad de las respuestas o la excesiva intensidad de las mismas, no se logra establecer el equilibrio entre el sujeto y los estímulos. Estamos, pue...

  1. Estrés y ansiedad parental en la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatal. El papel modulador de una intervención temprana

    OpenAIRE

    Cano Giménez, Evelyn

    2014-01-01

    RESUMEN Esta investigación evaluó el efecto de un programa de intervención individualizado para reducir el estrés, la ansiedad y la depresión de progenitores con hijos ingresados en la UCIN. Ochenta parejas (40 en el grupo control y 40 en el grupo experimental) fueron seguidas en sus niveles de estrés, ansiedad y depresión, en diferentes momentos desde el ingreso del niño hasta el alta del mismo, siendo valorados mediante la administración de escalas que valoran el Estrés...

  2. Eficacia de una Intervención para Disminuir la Ansiedad frente a los Exámenes en Estudiantes Universitarios Argentinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Alberto Furlan

    2013-01-01

    Full Text Available Se evaluó la efectividad de un programa para disminuir la ansiedad ante los exámenes, la procrastinación académica e incrementar la autoeficacia regulatoria, con 19 estudiantes universitarios de Argentina. El programa estimula el automonitoreo de las estrategias de aprendizaje implementadas, el aprendizaje de técnicas cognitivo-conductuales de control de la ansiedad y el ensayo anticipado de exámenes. Al comparar los resultados pre- y posintervención, se constataron mejorías moderadas. Se deben revisar los procedimientos para incrementar la adherencia al programa y la validez de los resultados.

  3. Ansiedad ante los exámenes y estilos de afrontamiento ante el estrés académico en estudiantes universitarios

    OpenAIRE

    Piemontesi, Sebastián Eduardo; Heredia, Daniel Esteban; Furlan, Luis Alberto; Sánchez Rosas, Javier; Martínez, Milagros

    2012-01-01

    Los estudios sobre las relaciones entre el afrontamiento y la ansiedad ante exámenes han brindado generalmente resultados dispares. Con el fin de contribuir a clarificar dichas relaciones, en el presente trabajo se exploraron las diferencias respecto de los estilos de afrontamiento ante el estrés académico en 816 estudiantes universitarios con baja, moderada y alta ansiedad ante los exámenes. Adicionalmente, se examinaron las relaciones entre cada estilo de afrontamiento y las cuatro dimensio...

  4. Frecuencia de depresión y ansiedad en pacientes con diabetes tipo 2 atendidos en un hospital general de Chiclayo

    OpenAIRE

    Constantino-Cerna, Antero; Bocanegra- Malca, Milagros; León-Jiménez, Franco; Díaz-Vélez, Cristian

    2014-01-01

    Objetivos: Estimar la frecuencia de Ansiedad y Depresión, así como su asociación con el control glicémico en pacientes con diabetes tipo 2 atendidos en un hospital de Chiclayo. Material y métodos: Estudio descriptivo transversal. Se incluyeron 270 pacientes diabéticos tipo 2 entre 19 a 60 años que acudieron al consultorio externo de Endocrinología del Hospital Nacional Almanzor Aguinaga Asenjo. Se utilizaron los inventarios de Depresión y Ansiedad de Beck y una ficha de recolección de datos. ...

  5. Evaluación de la ansiedad y miedo en niños escolares en la consulta odontopediátrica

    OpenAIRE

    Marcano, A .A; Figueredo, A .M; Orozco, G

    2012-01-01

    El miedo y la ansiedad han sido reconocidos como los principales motivos que dificultan la atención del niño en odontología, por lo cual se ha propuesto el uso de instrumentos de evaluación, para conocer los valores de éstos en pacientes odontopediátricos. Son pocas las investigaciones realizadas sobre este tema en Latinoamérica, a pesar de su relevancia. Objetivo: Evaluar los niveles de ansiedad y miedo dental infantil según la edad en niños que acudieron al servicio de Odontopediatría de la...

  6. Análisis del nivel de ansiedad frente a la muerte en el personal de enfermería: comparativa pediatría-adultos.

    OpenAIRE

    Viloria López, Jennifer

    2017-01-01

    La muerte o el proceso de morir ocasionan ansiedad no solamente en pacientes y familiares, sino también en los profesionales de enfermería, que podrían llegar a desarrollar problemas de tipo personal y una disminución en la calidad de los cuidados ofrecidos. Esta respuesta podría verse incrementada en profesionales que atienden a pacientes pediátricos. Por ello, el objetivo del presente estudio fue evaluar los grados de ansiedad frente a la muerte en los profesionales de enfermería que trabaj...

  7. Prevalência de sintomas depressivos e ansiosos em pacientes com dor crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Cardoso Pinheiro

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivos O presente estudo objetivou avaliar a prevalência de sintomas ansiosos e depressivos e relacioná-los com os diferentes tipos e magnitudes de dor crônica; também objetivou caracterizar a população de casos novos agendados para atendimento no ambulatório de dor crônica, no serviço onde o estudo foi realizado. Métodos Estudo de corte transversal, realizado em um ambulatório docente-assistencial para tratamento de dor crônica, realizado entre maio de 2012 e abril de 2013, com 125 pacientes. Instrumentos utilizados Questionário sociodemográfico, Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HAD e Escala Visual Numérica (EVN para aferir a intensidade de dor. Resultados Dor intensa foi referida por 64% (n = 80 dos pacientes. Ansiedade atingiu 65% (N = 82 dos pacientes e a depressão, 48% (N = 60. Houve correlação significante entre os mais altos escores de ansiedade (p < 0,001 e depressão (p < 0,001 com a intensidade de dor. A correlação entre intensidade de dor e sintomas ansiosos e depressivos foi positiva para dor crônica neuropática e mista. Os fatores sociodemográficos associados à intensidade de dor crônica foram: renda e religião para depressão, e tempo de dor para ansiedade. Conclusão O estudo mostrou elevada prevalência de sintomas depressivos e ansiosos em pacientes com dor crônica, assim como relação significante desses sintomas psiquiátricos com alguns tipos e intensidade de dor.

  8. Motivos de extracção em Odontopediatria

    OpenAIRE

    Ribeiro, Juliana Andreia Jesus

    2014-01-01

    Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária Os procedimentos cirúrgicos realizados em pacientes odontopediátricos devem seguir os mesmos princípios das cirurgias realizadas em adultos. Contudo, é necessário não esquecer que se trata de alguém que requer alguma atenção especial. São pacientes que nos chegam à consulta com sinais de medo, ansiedade e stress e como médicos dentis...

  9. Instrumentos de avaliação do transtorno de ansiedade social Instruments for the assessment of social anxiety disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia de Lima Osório

    2005-01-01

    Full Text Available O transtorno de ansiedade social (TAS é um distúrbio de difícil diagnóstico pelos clínicos, o que estimula o estudo e desenvolvimento de instrumentos que favoreçam seu reconhecimento precoce e sistemático. Objetiva-se identificar na literatura indexada entre janeiro de 1999 e julho de 2004, artigos relativos a estudos psicométricos sobre instrumentos para avaliação do TAS. Procedeu-se à busca sistemática nos indexadores PsycoInfo, Lilacs e Medline, utilizando-se as palavras-chaves: social phobia scale, social phobia validity, social phobia reliability e social anxiety, identificando-se 26 artigos. Para a análise, os estudos foram agrupados em dois conjuntos: a onze relativos à Liebowitz Social Anxiety Scale (LSAS, e b quinze relativos a outras escalas já validadas ou em validação. Dos estudos com a LSAS, seis trabalharam com a versão hetero-aplicada e quatro com a auto-aplicada, tendo identificado qualidades psicométricas satisfatórias quanto à validade no idioma original (inglês, e outros idiomas: francês, hebraico, turco e espanhol. Do mesmo modo, bons índices de fidedignidade foram encontrados e quanto à análise fatorial, o modelo de quatro fatores foi considerado o mais adequado. Dos estudos com outras escalas, sete trabalharam com instrumentos já validados e oito com novas escalas, identificando valores satisfatórios quanto à validade e fidedignidade. As principais limitações verificadas nos estudos relacionaram-se à diversidade de padrão-ouro adotada, composição amostral com ausência de claros critérios de inclusão e exclusão, e pequeno número de estudos com amostras não-clínicas, dificultando o uso dos instrumentos para rastreamento na população geral Estudos futuros que visem aprimorar a validação de critério com base na análise fatorial e de cluster, parecem necessários e oportunos.Social anxiety disorder (SAD is difficult to diagnose by clinicians, a fact that stimulates the study and

  10. Efeito da acupuntura na melhora da dor, sono e qualidade de vida em pacientes fibromiálgicos: estudo preliminar Effect of acupuncture on pain, sleep and quality of life improvement in fibromyalgia patients: preliminary study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raymond S. Takiguchi

    2008-09-01

    Full Text Available A fibromialgia é uma síndrome definida por dor crônica generalizada e em pelo menos 11 dos 18 tender points, pontos dolorosos específicos. Este ensaio clínico randômico visou verificar a eficácia da acupuntura na melhora da dor, sono e qualidade de vida de pacientes fibromiálgicas. Dentre 20 mulheres com média de idade 44 anos, com diagnóstico de fibromialgia segundo critérios do Colégio Americano de Reumatologia, finalizaram o estudo 12, distribuídas aleatoriamente em dois grupos: A (GA, n=5, que recebeu acupuntura segundo a medicina tradicional chinesa; e B (GB, n=7, que teve a inserção de agulhas nos tender points base do occipital, trapézio, supraespinhoso e epicôndilo lateral. A dor foi avaliada por escala visual analógica e dolorimetria; o sono, pelo Inventário do Sono; e a qualidade de vida, pelo Questionário de Impacto da Fibromialgia (QIF. Os grupos receberam acupuntura uma vez por semana, durante oito semanas, com inserção de oito agulhas por 25 minutos. Os dados foram tratados estatisticamente, adotando-se o nível de significância ±=0,05. No GA, houve melhora estatisticamente significante do sono; e no GB, na dor, limiar de dor nos tender points, no sono e nos itens do QIF dor, cansaço matinal, ansiedade e depressão (pFibromyalgia is a syndrome defined by chronic widespread pain and sensitivity to pressure at at least 11 of 18 tender points. The aim of this random blind clinical trial was to assess the effectiveness of acupuncture on pain relief, on quality of sleep and life in fibromyalgia patients. From 20 female fibromyalgic patients (diagnosed according to the American College of Rheumatology, mean aged 44 years, 12 completed the study, randomly assigned into two groups: group A (GA, n=5 received acupuncture according to the traditional Chinese medicine; and group B (GB, n=7 received acupuncture at eight tender points: at the occiput, trapezius muscle, supraspinatus muscle, and lateral epicondyle. Pain

  11. Indicadores de estresse e estratégias de enfrentamento em professores de ensino multisseriado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Ambrósio Silveira

    Full Text Available Ensinar em classes multisseriadas pode ser estressante, especialmente em zonas rurais, devido ao deslocamento e falta de recursos. Este estudo identificou estressores percebidos no trabalho, avaliou o estresse, a ansiedade e as estratégias de enfrentamento correlacionando-os com variáveis pessoais e do trabalho de 21 professores responsáveis por duas a três séries/classe, com 16,4 alunos, em média. Identificou-se, em 57% da amostra, estresse relacionado à ansiedade (moderada a grave em 30%. Os estressores mais frequentes foram pouco acompanhamento familiar e problemas motivacionais e comportamentais dos alunos. Predominaram estratégias de enfrentamento baseadas na solução de problemas, especialmente entre professores sem estresse e/ou com mais séries/classe, seguidas de busca de práticas religiosas. Estas se correlacionaram com a busca de suporte social e com o tempo de serviço, especialmente entre os casados e aqueles com menos séries/turmas. São necessários mais estudos sobre o impacto do contexto de ensino multisseriado na saúde mental dos docentes.

  12. El clima motivacional, la autoestima y la ansiedad en jugadores jóvenes de un club de baloncesto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Àngela Mora

    2014-09-01

    Full Text Available En este estudio se describe el clima motivacional (generado por los entrenadores y los compañeros de equipo de un mismo club de baloncesto, y se analiza la relación existente entre dicho clima motivacional y variables psicológicas de los jugadores como la autoestima y la ansiedad. En el estudio participaron 40 jugadores de dos grupos de edad: infantil (12-13 años y cadete-juvenil (14-18 años. Los resultados muestran que los jugadores de las dos franjas de edad perciben un elevado clima motivacional de implicación a la tarea creado por sus entrenadores y compañeros y un bajo clima motivacional de implicación al ego creado por estos. Además, ambos grupos presentan un nivel de ansiedad somática y desconcentración bajo y un nivel más elevado de preocupación. El nivel de autoestima es alto en ambos grupos. Este trabajo preliminar se realizó para orientar futuros estudios en los que el principal objetivo se centra en llevar a cabo intervenciones psicológicas individualizadas a entrenadores para mejorar la satisfacción con la práctica deportiva de sus jugadores.

  13. Un estudio sobre personalidad, ansiedad y depresión en padres de pacientes con un trastorno alimentario

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Íñigo Ochoa de Alda

    2006-01-01

    Full Text Available Objetivo: estudiar la personalidad, ansiedad y depresión en padres de pacientes con un trastorno alimentario (TA y un grupo control. Método: una muestra de 100 familias (padre, madre e hija cuyas hijas presentaban un TA según criterios diagnósticos del DSM-IV [32 con anorexia nerviosa restrictiva, 31 con anorexia nerviosa bulímica y 37 con bulimia nerviosa] y un grupo control formado por 90 familias, fue evaluada con el Eysenck Personality Questionnaire, el Beck Depression Inventory y la Self-Rating Anxiety Scale. Resultados: ambos padres presentan puntuaciones superiores en ansiedad, depresión, neuroticismo y psicoticismo. Discusión: estos resultados pueden estar asociados a la carga familiar, aunque también pueden ser previos a la patología de la hija y jugar algún papel etiológico en la misma. En ambas posibilidades el tratamiento en los TA podría verse mejorado con intervenciones sobre la carga familiar y las características de personalidad de los padres.

  14. Metodologia para determinação da taxa de prorrogação de trinca por corrosão sob tensão em solda de metais dissimilares em meio simulado de Reator Nuclear PWR

    OpenAIRE

    Raphael Gomes de Paula

    2014-01-01

    As ligas de Níquel são amplamente utilizadas na construção de diversos componentes de reatores à água pressurizada PWR. Estes materiais foram selecionados por possuírem elevada resistência mecânica e a corrosão generalizada e compatibilidade com os materiais do reator. No entanto, alguns reatores têm apresentado trincamento causado por corrosão sob tensão em soldas dissimilares efetuadas com a liga de Inconel 182, isto têm ocorrido principalmente no circuito primário. O trabalho aqui apresent...

  15. Fatores comportamentais, hormonais e neuroanatômicos associados à vulnerabilidade ao estresse em ratos Carioca High Conditioned-Freezing (CHF) e Carioca Low Conditioned-Freezing (CLF)

    OpenAIRE

    Laura Andrea Leon Anhuaman

    2014-01-01

    A ansiedade e a depressão são as condições psicopatológicas mais comuns na atualidade. As pesquisas científicas em neurociência, psicologia, psiquiatria e medicina geral procuram encontrar diferentes formas para o tratamento e prevenção. No entanto, a maioria das pesquisas não leva em conta as diferenças individuais ou história do individuo. Quase toda a investigação farmacológica é feita em populações heterogêneas de animais, conduzindo assim à \\"média\\" dos dados. Rec...

  16. Síndrome de Ehlers-Danlos em paciente com dor crônica. Relato de caso

    OpenAIRE

    Bem-Haja, Paola Lima; Canga, José Carlos; Abreu, Yuri Louro de; Bedoni, Felipe Minotti

    2016-01-01

    RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome de Ehlers-Danlos é uma doença do tecido conjuntivo que em alguns casos torna-se incapacitante. O objetivo deste estudo foi apresentar um caso raro diagnosticado no Ambulatório de Controle de Sintomas e Cuidados Paliativos com quadro doloroso importante. RELATO DO CASO: Paciente do gênero masculino, 17 anos, apresentou-se ao ambulatório com queixa de dor no corpo generalizada havia 4 anos. Referia história de hipermobilidade articular notada desde...

  17. Riesgo de Trabajo de parto pretérmino espontáneo y su relación con estrés y ansiedad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norma Lilia Aguilera Elizarraraz

    2014-06-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar asociación de estrés, ansiedad y riesgo de trabajo de parto pretérmino espontáneo. Metodología: Es un estudio correlacional, longitudinal. El muestreo fue no probabilístico por casos consecutivos. A 124 mujeres embarazadas se les aplicó 2 instrumentos en tres semanas diferentes 20-24, 30-34 y 35-36. Uno evaluó el estado psicosocial de ansiedad con el instrumento "The Spielberger State-Trait Anxiety Inventory" (STAI α de Cronbach de 0.90. Otro el estrés percibido con "Perceived Stress Questionnaire" (PSQ α de Cronbach > 0.70. Resultados: La incidencia del parto pretérmino espontáneo (PPE fue 6.4 %, el estrés percibido no incremento el riesgo PPE (RR 1.01; 95% [IC], 0.24-4.3 p < 0.05; La ansiedad no incremento el riesgo de PPE (RR 0.57; 95% [IC], 0.19-1.7 p < 0.05. Conclusión: El estrés percibido y la ansiedad no incrementaron el riesgo de PPE.

  18. Influencia de las estrategias cognitivas de regulación emocional sobre la ansiedad y depresión en universitarios: análisis preliminar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Dominguez-Lara

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivo : Determinar la influencia de las estrategias cognitivas de regulación emocional sobre la ansiedad y depresión en universitarios. Materiales y m étodo s: Esta investigación se llevó a cabo con una muestra de 127 individuos (69.3 % mujeres entre 18 y 57 años. Fue implementado un análisis de regresión múltiple para ansiedad ( GAD - 2 y depresión ( PHQ-2 , con las subescalas del CERQ como predictores. Resultados: En ambos casos, los predictores explican una variabilidad elevada de los criterios ( R 2 > 50 %. Las estrategias cognitivas de Rumiación y Catastrofización predicen en mayor grado la ansiedad; y Catastrofizacion y Reinterpretación Positiva predicen positiva y negati - vamente, de forma respectiva, la depresión. Conclusiones: La influencia de las estrategias cognitivas de regulación emocional sobre la ansiedad y depresión es significativa. Se discuten las consecuencias prácticas y las limitaciones del estudio.

  19. Hiperventilación vs preparación de una charla para hablar en público: efectos diferenciales sobre la experiencia de ansiedad

    OpenAIRE

    Wood Martínez, Cristina Mae

    2011-01-01

    El propósito de este estudio es analizar en detalle la ansiedad fisiológica y subjetiva, así como el miedo, que pueden llegar a provocar dos tareas muy diferentes (hiperventilación voluntaria y preparar una charla para hablar delante de una cámara).

  20. Evaluación de factores de personalidad de los progenitores y ansiedad en los hijos en una muestra de población española

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arantxa Coca Vila

    2013-06-01

    Full Text Available En este trabajo estudia algunos factores de personalidad de padres y madres y su relación con los niveles de ansiedad de sus hijos a partir de la teoría del Análisis Transaccional. La muestra utilizada se compone de 72 parejas de progenitores, madres y padres, con hijos entre 6 y 14 años de edad. Se diferencian dos grupos: un grupo no-clínico con 36 parejas de progenitores cuyos hijos no están en tratamiento psicológico y un grupo clínico de 36 parejas cuyos hijos realizan psicoterapia. A los progenitores se administra el Cuestionario de Autoevaluación AT-2 y el Cuestionario de personalidad EPQ-R, y a los hijos el Cuestionario de Ansiedad Infantil CAS y el Cuestionario de Ansiedad Estado/Rasgo STAIC según la edad. Se han estudiado las diferencias significativas de los resultados y se han hecho análisis de regresión. Se definen tres hipótesis: (a Las puntuaciones de los niños del grupo no-clínico diferirán en ansiedad de las puntuaciones de los niños del grupo clínico; (b El perfil de los progenitores del grupo no-clínico diferirá del de los progenitores del grupo clínico; (c Existirá relación entre la ansiedad del niño y la personalidad de sus progenitores. La primera hipótesis no se cumple; la segunda hipótesis se cumple ya que los factores de personalidad difieren entre ambos grupos tanto en padres como en madres; la tercera hipótesis también se cumple, ya que el Impulsor paterno Complace resultó ser significativo para la Ansiedad-Estado y los Impulsores paterno Date Prisa y materno Esfuérzate lo son para la Ansiedad-Rasgo.

  1. Timectomia e imunossupressão em miastenia gravis estudo prospectivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos C. Sandmann

    1990-03-01

    Full Text Available Entre 1982 e 1988 24 mulheres e 6 homens com miastenia gravis foram submetidos a protocolo diagnóstico e terapêutico prospectivo e estandardizado. A idade variou de 10 a 74 anos (34±16, média±desvio padrão. Três com forma ocular foram tratados com piridostigmina. Quatro com forma generalizada, de idade avançada, receberam corticosteróide e/ou azatioprina. Vinte e três com a forma generalizada foram submetidos a timectomia seguida de prednisona e/ou azatioprina. Um paciente faleceu após timectomia complexa de timoma invasivo. Qutro faleceu logo após a admissão, em crise miastênica/colinérgica. Dois outros tiveram complicações menores da timectomia. De 19 pacientes seguidos por 1-60 (média 24 meses, 11 (58% têm fraqueza residual mas levam vida normal e 8 (42% estão em remissão completa, um sem medicação.

  2. Adaptación y validación psicométrica del Inventario de Ansiedad Escolar (IAES) en una muestra de estudiantes chilenos de Educación Secundaria

    OpenAIRE

    Lagos San Martín, Nelly

    2015-01-01

    La ansiedad escolar puede definirse como un conjunto de síntomas agrupados en reacciones de tipo cognitivo, psicofisiológico y conductual emitidas por un individuo ante situaciones escolares que el mismo percibe como amenazantes y/o peligrosas. Entendida así, la manifestación de ansiedad escolar es una anomalía compleja que implica la evaluación de cada uno de estos ámbitos, ya que cada uno de ellos es independiente y potencialmente relevante para generar la respuesta de ansiedad. Puede agreg...

  3. Influencia del sexo y del tratamiento dental en la aparición de ansiedad en el paciente odontopediátrico: Valoración del comportamiento Sex and dental treatment influence on child's dental anxiety: Behaviour valuation

    OpenAIRE

    F Sánchez Aguilera; M Toledano; R Osario

    2004-01-01

    La actitud de un niño ante el tratamiento dental suele, con demasiada frecuencia, dificultar dicho tratamiento ya que disminuye su cooperación y provoca la aparición de un comportamiento negativo. Los objetivos del estudio han sido: 1) comparar la ansiedad ante la odontología que aparece en un grupo de niñas en relación a uno de niños; 2) establecer la relación existente entre el comportamiento y la ansiedad que presenta un niño en su tratamiento dental; y, 3) contrastar la ansiedad que se pr...

  4. Variáveis psicológicas na adesão terapêutica em lesionados medulares

    OpenAIRE

    Costa, Joana Filipa Cruz

    2012-01-01

    Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Psicopatologia e Psicoterapias Dinâmicas) apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. O presente estudo procura explorar a relação entre algumas variáveis de natureza psicológica (ansiedade e depressão, satisfação com o suporte social e locus de controlo) e a forma como os sujeitos com deficiência motora adquirida (tetraplégicos e paraplégicos) aderem ao tratamento em contexto ho...

  5. Complicação rara e reversível de síndrome convulsiva: hipotonia generalizada e alterações da atividade intelectual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michel Pierre Lison

    1967-03-01

    Full Text Available Os autores relatam uma síndrome hipotônica transitória com perturbações da atividade intelectual, que surgiu no decorrer da evolução de um caso de epilepsia, em criança de um ano de idade. Uma tentativa de interpretação fisiopatogênica das manifestações clínicas e eletrencefalográficas é realizada à luz dos conhecimentos atuais sobre certas disfunções reticulares e suas respectivas expressões bioelétricas.

  6. INDUCCION PREOPERATORIA PARA PACIENTES Y FAMILIARES EN CASO DE CIRUGIA MAYOR Y SU RELACION CON LA ANSIEDAD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosario Vargas Mora

    2012-04-01

    Full Text Available A medida que avanza el conocimiento científico, los procedimientos quirúrgicos que se realizaban con pacientes hospitalizados, se llevan a cabo, ahora, de forma ambulatoria; sin embargo, es necesario preparar a los pacientes, pues ello beneficia el proceso de recuperación. El aumento de la población, los elevados costos por los servicios de salud y los avances tecnológicos, posibilitan la elección de los servicios de Cirugía Ambulatoria como una alternativa segura, rápida y eficiente para atender los procedimientos quirúrgicos de bajo riesgo, los cuales ofrecen ventajas para el paciente, familia e institución. Para este estudio se aplicó la metodología para el desarrollo de la práctica clínica basada en la evidencia. En cuanto a la necesidad de la investigación, se planteó la siguiente pregunta clínica: En los pacientes de edades entre siete a 14 años ¿La información preoperatoria acerca de su cirugía mayor ambulatoria comparada con los que no reciben información disminuye la ansiedad y presentan menos complicaciones postoperatorias?. El tipo de pregunta correspondió a una pregunta de diagnóstico. Para responder a ella, se realizó una búsqueda, revisión y análisis de la literatura científica a la que se accesó mediante el uso de buscadores como GOOGLE, administrador de artículos PUBMED, Excelencia Académica, EBSCOhost; de dichas fuentes se recuperaron 50 documentos de los cuales se encontró dos estudios de buena calidad que responden a la pregunta planteada. La educación preoperatoria intensa a familiares y al paciente pediátrico disminuye el nivel de ansiedad que generan las intervenciones quirúrgicas. El desarrollo de programas apropiados prequirúrgicos ayuda a aliviar la ansiedad de los niños y padres durante la experiencia quirúrgica.

  7. Validez y la confiabilidad de un instrumento para evaluar ansiedad en matemáticas en estudiantes universitarios: la escala de evaluación de la ansiedad en matemáticas (mars)

    OpenAIRE

    Barragán, Carolina; Sánchez, José Gabriel

    2009-01-01

    Se presentan los resultados del análisis de confiabilidad y validez de la Escala de Evaluación de la Ansiedad en Matemáticas versión breve (MARS bv). La versión original de la escala, aunque en español, no fue diseñada para población latinoamericana por ello era importante desarrollar un proceso sistemático de revisión de la MARS, dentro de un contexto de interés por encontrar variables que puedan predecir el rendimiento académico. Este trabajo surge como una necesidad de disponer de un instr...

  8. Levantamento de problemas comportamentais/emocionais em um ambulatório para adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benedita Salete Costa Lima Valverde

    2012-12-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar os principais problemas comportamentais e emocionais percebidos por adolescentes que frequentam um ambulatório de saúde. Participaram 320 adolescentes que não estavam em atendimento psicoterápico e que responderam, na sala de espera de um ambulatório, o Youth Self Report. O principal problema relatado foi Ansiedade/Depressão. Os meninos obtiveram escores mais altos em Problemas Sociais e mais baixos em Comportamento Delinquente; as meninas apresentaram-se com menos problemas no agrupamento Problemas Somáticos e com mais problemas em Ansiedade/Depressão. Quanto à faixa etária, observou-se que Problemas Sociais esteve associado ao início da adolescência. Quanto à incidência, menos de um quarto dos adolescentes apresentaram-se com problemas, sugerindo que a adolescência não é um período de turbulência. Observou-se que alguns adolescentes necessitam de uma avaliação mais detalhada, pois relataram comportamentos indicativos de transtornos mentais. Conclui-se a necessidade de profissionais de saúde mental integrarem a equipe de saúde que atende adolescentes.

  9. Comorbidade de sintomas ansiosos e depressivos em pacientes com dor crônica e o impacto sobre a qualidade de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha M. C. Castro

    2011-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Dor é uma experiência emocional e sensorial desagradável. Tanto a dor crônica como a depressão reduzem de forma significativa a qualidade de vida, além de aumentar muito os custos dos cuidados com a saúde. OBJETIVOS: Analisar a associação entre sintomas depressivos e de ansiedade em relação à dor crônica e investigar o impacto desses sintomas na saúde e na qualidade de vida em indivíduos com dor crônica. MÉTODOS: A dor foi avaliada por meio de uma Escala Analógica Visual (VAS. Os sintomas depressivos e a ansiedade foram avaliados pela Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HAD. A qualidade de vida foi avaliada por meio do SF-36. RESULTADOS: Quatrocentos pacientes foram estudados, com idade média de 45,6 ± 11,4 anos e 82,8% são do sexo feminino. De acordo com a HAD, 70% tinham ansiedade e 60%, os sintomas de depressão. A SF-36 apresentou escores < 50% para todos os domínios. Os pacientes com dor intensa/ extrema apresentaram maior frequência (70,4% de ansiedade do que aqueles com dor selvagem/moderada (59,5%. Essa foi uma associação estatisticamente significante (p = 0,027. No entanto, a frequência de depressão não atingiu significância estatística quando ambos os grupos foram comparados (p = 0,109. CONCLUSÃO: Os sintomas depressivos/ansiedade e dor, em conjunto, apresentaram piores desfechos clínicos de cada estado sozinho. É necessária mais investigação para determinar se o tratamento da dor ajuda os sintomas dos pacientes depressivos e se o alívio dos sintomas depressivos melhora a dor e sua morbidade.

  10. La ansiedad escénica en intérpretes musicales chilenos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mimí Marinovic

    2006-06-01

    Full Text Available La ansiedad escénica (AE es uno de los mayores problemas del ejercicio profesional de los intérpretes musicales. Encuestas realizadas en países desarrollados revelan cifras de prevalencia entre 24% -70% y citan casos severos, causantes del abandono de la carrera. Objetivos: detectar la prevalencia de la AE en músicos chilenos que desempeñan su profesión en los principales conjuntos de música de concierto y determinar algunos de los factores que, a su juicio, influyen en su aparición. Método: 249 intérpretes (122 instrumentistas, 26 directores y 101 cantantes respondieron un cuestionario autoaplicado, incluido en una investigación más amplia sobre los intérpretes de arte. Este instrumento fue complementado con 36 entrevistas abiertas (13 instrumentistas, 6 directores y 11 cantantes. Resultados: el 78% de los músicos estudiados admitió haber sufrido AE, más mujeres que varones. El 64% consideró que ella se relaciona principalmente con la tarea a ejecutar (preparación insuficiente, dificultad de la obra, mientras que el 32% lo atribuyó a factores personales (ser nervioso, temor al fracaso y sólo el 4% a factores situacionales. Hubo diferencias significativas por género, especialidad y edad. Las entrevistas permitieron profundizar acerca del alcance de estos resultados. Conclusiones: se constató una alta prevalencia de AE, la cual debiera ser abordada interdisciplinariamente por especialistas de la salud mental y la música en beneficio de la educación general, la formación especializada y el desarrollo profesional de los intérpretes musicalesPerformance anxiety (PA is one of the major problems that musicians face in their careers. Surveys carried out in developed countries show prevalence figures ranging 24% -70% and quote severe cases leading to abandonment of the profession. Objectives: detect the prevalence of PA in Chilean musicians working in the main groups of concert music and determine some of the factors that

  11. Diretrizes da Associação Médica Brasileira para o diagnóstico e diagnóstico diferencial do transtorno de ansiedade social Guidelines of the Brazilian Medical Association for the diagnosis and differential diagnosis of social anxiety disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Hortes N. Chagas

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O transtorno de ansiedade social é o transtorno de ansiedade mais comum, apresenta curso crônico, frequentemente sem remissões, sendo comumente associado com importante prejuízo funcional e comprometimento psicossocial. A Associação Médica Brasileira, por meio do projeto "Diretrizes", busca desenvolver consensos de diagnóstico e tratamento para as doenças mais comuns. O objetivo deste trabalho é apresentar os achados mais relevantes das diretrizes da Associação Médica Brasileira relativas ao diagnóstico e diagnóstico diferencial do transtorno de ansiedade social. MÉTODO: O método utilizado foi o proposto pela Associação Médica Brasileira para o projeto Diretrizes. A busca foi realizada nas bases de dados do Medline (PubMed, Scopus, Web of Science e Lilacs, sem limite de tempo. A estratégia utilizada baseou-se em perguntas estruturadas na forma P.I.C.O. (acrônimo das iniciais "paciente ou população"; "intervenção, indicador ou exposição"; "controle ou comparação" e; "outcome ou desfecho". RESULTADOS: São apresentados dados relativos a manifestações clínicas, prejuízos e implicações, diferenças entre os subtipos generalizado e circunscrito, e impacto com depressão, abuso e dependência de drogas e outros transtornos de ansiedade. Além disso, foram realizadas discussões acerca dos principais diagnósticos diferenciais. CONCLUSÃO: As diretrizes propõem-se a servir de referência para o médico generalista e especialista, auxiliando e facilitando o diagnóstico do transtorno de ansiedade social.OBJECTIVE: Social anxiety disorder is the most common anxiety disorder. The condition has a chronic course usually with no remission and is frequently associated with significant functional and psychosocial impairment. The Brazilian Medical Association, with the project named Diretrizes ('Guidelines', in English, endeavors to develop diagnostic and treatment protocols for the most common disorders. This work

  12. Principais alterações encontradas em necropsias de cães e gatos que vieram a óbito durante procedimentos em petshops e similares

    OpenAIRE

    Anna Carolina Barbosa Esteves Maria

    2010-01-01

    Atualmente, muitos animais encaminhados para necropsia apresentam histórico de óbito ocorrido durante ou após procedimentos como banho e tosa, adestramento, traslados, permanência em hotéis e outras situações similares. Segundo relato de médicos veterinários e auxiliares presentes no local do óbito, grande parte desses animais ao serem manipulados apresentavam agressividade, ansiedade e agitação, e muitos vinham a óbito ainda nas mãos do próprio tosador, enquanto outros, minutos após a chegad...

  13. Linfossarcoma em cães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fighera Rafael Almeida

    2002-01-01

    Full Text Available O linfossarcoma é uma neoplasia linfóide que se origina em órgão sólido e que, em cães, não tem ainda uma etiologia determinada. O diagnóstico dessa neoplasia pode ser feito tanto por citologia como por histopatologia, embora, muitas vezes, sua diferenciação de leucemia linfóide seja difícil. Vários sinais clínicos são associados com o linfossarcoma canino, a maioria deles relacionada ao órgão na qual o tumor se localiza. Uma manifestação comum é a linfadenopatia generalizada que deve ser diferenciada de outras enfermidades que causam aumento de volume dos linfonodos. Algumas síndromes paraneoplásicas complicam casos de linfossarcoma e, muitas vezes, são responsáveis pela morte do animal. Neste trabalho, são revisados os aspectos clínicos, laboratoriais, as alterações de necropsia e histopatologia do linfossarcoma canino.

  14. Queixas de memória de idosos e sua relação com escolaridade, desempenho cognitivo e sintomas de depressão e ansiedade The relation between memory complaints in the elderly and education, cognitive performance, and symptoms of depression and anxiety

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Lee Vianna Paulo

    2010-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Idosos que apresentam prejuízo mnemônico, em tese, podem queixar-se da memória com mais frequência. A queixa pode ser mais comum entre idosos de baixa escolaridade em razão de maior vulnerabilidade para o declínio cognitivo. OBJETIVOS: Investigar se as queixas mnemônicas do idoso variam de acordo com sua escolaridade e avaliar se essas queixas estão associadas a seu desempenho cognitivo e a sintomas de depressão e ansiedade. MÉTODOS: Sessenta e sete idosos, com idades entre 60 e 75 anos, foram subdivididos em três grupos: 1-4 anos de escolaridade (n = 23, 4-8 anos (n = 20 e 9 anos ou mais (n = 24. O protocolo incluiu o Mini-Exame do Estado Mental (MEEM, a Bateria Cognitiva Breve (BCB - memorização de 10 figuras, Fluência Verbal Categoria Animais (FV, Teste do Desenho do Relógio (TDR -, um questionário de frequência de esquecimentos, o Questionário de Queixas de Memória (MAC-Q, a Escala de Depressão Geriátrica (GDS e a Escala Beck de Ansiedade (BAI. RESULTADOS: Observou-se diferença significativa entre os três grupos para o MEEM, para o reconhecimento das 10 figuras, para FV e TDR, e não foram detectadas diferenças significativas para frequência de esquecimentos e MAC-Q. Também não houve associação entre queixas e desempenho cognitivo nem entre queixas e sintomas de depressão, mas a correlação entre frequência de esquecimentos e sintomas de ansiedade foi significativa. CONCLUSÃO: As queixas de memória não se associaram a escolaridade, desempenho cognitivo nem a sintomas depressivos, mas estiveram associadas a sintomas de ansiedade.BACKGROUND: Older adults with mnemonic deficits may complain about memory more frequently. Memory complaints may be more frequent among older adults with lower education, due to greater vulnerability to cognitive decline. OBJECTIVES: To investigate if memory complaints vary as a function of education, and to evaluate if memory complaints are associated with cognitive

  15. Calidad de vida, ansiedad, depresión y optimismo disposicional en pacientes con lupus eritematoso sistémico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yenier Enrique Perez Mesa

    2014-01-01

    Full Text Available El presente artículo de investigación caracteriza la relación entre Calidad de Vida Relacionada con la Salud (CVRS y la ansiedad, depresión y optimismo disposicional, en pacientes con Lupus Eritematoso Sistémico (LES, que se hallan en estado de remisión y de actividad lúpica. Se realizó un estudio descriptivo-correlacional de corte transversal, sustentado en el paradigma integrativo de la investigación. La muestra estuvo formada por 41 pacientes y los resultados demuestran afectaciones en la CVRS. Los pacientes presentan un nivel moderado de ansiedad en sus dimensiones estado-rasgo, así como en depresión-rasgo, mientras que la depresión situacional resultó elevada. Poseen también un alto nivel de optimismo disposicional, evidenciándose este como una estrategia de afrontamiento. Se encontraron diferencias significativas en la comparación de subgrupos de pacientes según se hallaran o no en estado de remisión y actividad de la dolencia. Abstract This research paper focuses on the relationship between Health Related Quality of Life (HRQL, anxiety, depression and dispositional optimism in patients with Systemic Lupus Erythematosus (SLE, and who have been referred to as having Lupus characteristics. A descriptive-correlational cross sectional study, based on the integrated research paradigm was conducted in which 41 patients were sampled and the results showed an impact on Health Related Quality of Life (HRQL. Patients showed a moderate level of anxiety and depression by trait, in contrast with situational depression which was high. Patients also show high level of dispositional optimism, as a coping strategy. Comparing subgroups of patients undergoing or not experiencing remission of the disease, significant differences were found.

  16. Relación entre los trastornos por ansiedad y alteraciones del oído interno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heydy Luz Chica Urzola

    2010-01-01

    Full Text Available La ansiedad es un proceso normal adaptativo a circunstancias que generan estrés o representan un desafío para quien la padece y puede tornarse en desadaptativa bajo algunas circunstancias. Como parte del espectro sintomático de la ansiedad, algunas de sus representaciones somáticas se relacionan con equilibrio y oído interno. Con frecuencia se encuentra relación entre la sintomatología neuropsiquiátrica y otorrinolaringológica. Las estadísticas internacionales así lo señalan. En Colombia no hay datos específicos al respecto, aunque se encuentra información de patologías individuales. El abordaje de estos pacientes debe ser integral, y con disposición de la mayor cantidad de información clínica y paraclínica posible según la sospecha diagnóstica y con el paciente, se establecen indicadores de logros reales según el caso. La causalidad o el orden de aparición de la sintomatología entre la eminentemente psiquiátrica y la otológica es variable y en muchos casos parece circular. El ver estos síntomas desde la psiquiatría o desde la otorrinolaringología es un abordaje con frecuencia insuficiente y requiere de la integración de saberes. Con ese fin se han planteado teorías explicativas en varios sentidos e incluso se han adicionado categorías diagnósticas nuevas. El tratamiento es un abanico de posibilidades que incluye la terapia física de acondicionamiento y rehabilitación vestibular, psicoterapia y farmacoterapia, dentro de la cual se recomienda el uso de inhibidores selectivos de la recaptación de serotonina.

  17. Validación de la Escala de ansiedad en la interacción social en estudiantes universitarios mexicanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Moral de la Rubia

    2013-01-01

    Full Text Available Objetivo. El propósito de esta investigación fue validar la escala de ansiedad en la interacción social (Social Interaction Anxiety Scale [SIAS-20] de Mattick y Clarke, 1998 en una población de estudiantes universitarios mexicanos. Concretamente, se buscó validar la estructura unidimensional del SIAS-20, calcular su consistencia interna, describir su distribución, comparar diferencias de medias entre géneros, comprobar su validez criterial con el factor de fobia social del inventario de ansiedad y fobia social (Social Phobia and Anxiety Inventory [SPAI] de Turner, Beidel, Dancu y Stanley, 1989 y su validez convergente con la escala de autoverbalizaciones al hablar en público (Self-Statements during Public Speaking Scale [SSPS] de Hofmann y DiBartolo, 2000 así como estudiar su relación con un inventario de deseabilidad social (Balanced Inventory of Desirable Responding [BIDR] de Paulhus, 1998. Método. Para ello, se empleó una muestra probabilística de estudiantes universitarios, estratificada por genéros. Resultados. Descartados los tres ítems inversos del SIAS-20, el modelo unidimensional tuvo buen ajuste. Además, la consistencia interna del SIAS-17 fue alta y su distribución asimétrica positiva. Los promedios fueron estadísticamente equivalentes entre ambos genéros. La escala mostró validez criterial con el SPAI y convergente con el SSPS. La correlación con deseabilidad social fue baja. Conclusión. Se encontró que la escala es válida para emplearla con población estudiantil universitaria mexicana. Futuros estudios deben concentrarse en su estandarización por percentiles, tanto en población mexicana, como en países hispanoparlantes.

  18. Ansiedad, depresión y percepción de control en mujeres diagnosticadas con VIH/Sida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela Arrivillaga Quintero

    2006-01-01

    Full Text Available En la actualidad mundial se observa un aumento significativo de casos de infección por VIH en mujeres. Las nuevas medicaciones antirretrovirales han logrado avances en cuanto a la cantidad de vida mas no a su calidad ya que variables psicológicas afectan la evoluci ón de la infección. Esta investigación describe la ansiedad, depresión y percepción de control como variables psicológicas que intervienen en el proceso de infección. Dentro de los hallazgos más importantes se encuentra que un considerable número de participantes (23,4% presentó altos niveles de ansiedad. Algunos (10,63% presentaron altos niveles de depresión y en un menor número (6,38% se encontró bajos niveles de Percepci ón de Control. Los resultados de esta última variable están relacionados con conclusiones de otras investigaciones donde se plantea su importancia en factores como: generación de conductas de autocuidado, sensación de autoeficacia, entre otros. Finalmente, se confirmó que la percepción de control es un predictor de salud mental y física. Esta investigación fue de carácter no experimental, de tipo descriptivo-correlacional con diseño transversal y en ella participaron 48 mujeres diagnosticadas con VIH/Sida de la ciudad de Cali, Colombia

  19. Surgery information reduces anxiety in the pre-operative period Conhecimento sobre cirurgia reduz ansiedade pré-operatória

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Yoshinobu Kiyohara

    2004-01-01

    Full Text Available PURPOSE: Patients preparing to undergo surgery should not suffer needless anxiety. This study aimed to evaluate anxiety levels on the day before surgery as related to the information known by the patient regarding the diagnosis, surgical procedure, or anesthesia. METHOD: Patients reported their knowledge of diagnosis, surgery, and anesthesia. The Spielberger State-Trait Anxiety Inventory (STAI was used to measure patient anxiety levels. RESULTS: One hundred and forty-nine patients were selected, and 82 females and 38 males were interviewed. Twenty-nine patients were excluded due to illiteracy. The state-anxiety levels were alike for males and females (36.10 ± 11.94 vs. 37.61 ± 8.76 (mean ± SD. Trait-anxiety levels were higher for women (42.55 ± 10.39 vs. 38.08 ± 12.25, P = 0.041. Patient education level did not influence the state-anxiety level but was inversely related to the trait-anxiety level. Knowledge of the diagnosis was clear for 91.7% of patients, of the surgery for 75.0%, and of anesthesia for 37.5%. Unfamiliarity with the surgical procedure raised state-anxiety levels (P = 0.021. A lower state-anxiety level was found among patients who did not know the diagnosis but knew about the surgery (P = 0.038. CONCLUSIONS: Increased knowledge of patients regarding the surgery they are about to undergo may reduce their state-anxiety levels.PROPÓSITO: Pacientes que vão ser operados não devem sofrer ansiedade. Este estudo tem por objetivo comparar o grau de ansiedade no dia anterior à cirurgia entre pacientes que têm informação sobre seu diagnóstico, cirurgia e anestesia. MÉTODOS: Pacientes referiram seu conhecimento sobre o diagnóstico, a cirurgia e a anestesia. O inventário de Spielberger, State-Trait Anxiety Inventory (STAI, mediu a ansiedade. RESULTADOS: Cento e quarenta e nove pacientes foram selecionados, 82 mulheres e 38 homens foram entrevistados. Vinte e nove pacientes foram excluídos do estudo por analfabetismo. A

  20. Obesidade e aspectos psicológicos: maturidade emocional, auto-conceito, locus de controle e ansiedade Obesity and psyhological aspects: emotional and cognitive development, self concept, locus of control and anxiety

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Cataneo

    2005-04-01

    Full Text Available Investigou-se, neste trabalho, variáveis psicológicas como locus de controle, auto-conceito, ansiedade, maturação cognitiva e emocional e problemas comportamentais em crianças obesas e não obesas. Participaram do trabalho 54 crianças, com idades entre 10 e 12 anos, sendo 27 crianças obesas, 14 meninas e 13 meninos com índices de massa corporal situados acima do percentil 85, e 27 não obesas, 15 meninas e 12 meninos, com índices de massa corporal entre os percentis 5 e 85. Os grupos não se diferenciaram em relação às variáveis estudadas. Foram verificados resultados indicativos de sofrimento psicológico tanto num grupo quanto no outro, não permitindo associar obesidade e problemas psicológicos ou comportamentais.The present research aimed to evaluate if obese children showed different results in regard to some psychological variables such as emotional and cognitive development, locus of control, self concept , anxiety and behavioral problems compared to non obese children of same age, sex and school achievement. Subjects were 57 children with ages between 10 and 12 years old. The obese group had 27 children, 14 girls and 13 boys. The criterion for assignment to this group was the value of body mass above 85 percentile. The group of non obese had also 27 children, 15 girls and 12 boys and their body mass index was between 5 and 85 percentiles. There were no differences between the groups in regard to the variables approached. There were signs of psychological suffering in children of both groups. These results do not allow us to associate obesity with psychological or behavioral problems.

  1. Comprensión de la Experiencia de Ansiedad en una Persona Homosexual que siente Amor en su Relación de Pareja: un Estudio Cualitativo de Caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    López Campo, Enrique

    2008-09-01

    Full Text Available La presente investigación es un estudio cualitativo de caso de una mujer homosexual quien en su relación de pareja presenta la experiencia de ansiedad. Este proyecto tuvo como propósito la comprensión de la experiencia de esta mujer teniendo como referencia las siguientes preguntas orientadoras: ¿Cómo vivencia la ansiedad una persona homosexual que siente amor en su relación de pareja?, ¿Cuál es el sentido de experimentar ansiedad para esta persona? y ¿Cómo enfrenta dicha experiencia de ansiedad? Para este fin, se empleó un enfoque fenomenológico-hermenéutico, tanto para la recolección de información a través de entrevistas en profundidad, como para la descripci ón, interpretación y análisis minucioso de la experiencia en estudio

  2. Efecto sedante del extracto alcóholico de hojas y flores de Melissa officinalis “Toronjil” MAS Matricaria chamomilla “Manzanilla” sobre la ansiedad inducida en ratones albinos

    OpenAIRE

    Buendía Ochoa, Jesús Pedro

    2015-01-01

    Introducción: Ansiedad enfermedad del milenio, el cual requiere tratamiento para evitar trastorno mayores. Objetivo: Determinar efecto sedante de Melissa officinalis “Toronjil” más Matricaria chamomilla “Manzanilla” sobre ansiedad inducida en ratones albinos. Diseño: Experimental. Lugar: Facultad de Medicina y Facultad de Farmacia y Bioquímica, Universidad Nacional Mayor de San Marcos. Material Biológico: ratones, ratas albinos. Intervenciones: Treintaises ratones fueron inducidos a hiperacti...

  3. EFEITO DO MÉTODO PILATES COMO TRATMENTO ADJUVANTE EM PACIENTES PORTADORES DE FIBROMIALGIA

    OpenAIRE

    NELBE MARIA FERREIRA DE AMORIM

    2009-01-01

    Fibromialgia é uma desordem multifatorial complexa, caracterizada por dor crônica associada à fadiga, depressão, ansiedade, alterações do sono e da cognição. Exercícios aeróbicos e de treinamento de força são propostos como tratamentos dos sintomas. O método Pilates propõe melhora da flexibilidade do corpo, do fortalecimento do tronco e da postura. Este estudo é um ensaio clínico e teve como objetivo avaliar em pacientes com fibromialgia, os efeitos do método Pilates nas ativid...

  4. QUALIDADE DE SONO E SUA ASSOCIAÇÃO COM SINTOMAS PSICOLÓGICOS EM ATLETAS ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Cordeiro Gomes

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Verificar a prevalência de má qualidade de sono e sua associação com características pessoais e sintomas de depressão, ansiedade e estresse em adolescentes atletas amadores. Métodos: Foram avaliados 309 adolescentes atletas, entre 10 e 19 anos. Para a coleta de dados foram utilizados: questionário estruturado, contendo informações pessoais; Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI; e Escala de Ansiedade, Depressão e Stress de 21 itens (EADS-21. Na análise descritiva foram calculados a média e o desvio padrão das variáveis numéricas e as frequências absolutas e relativas das variáveis categóricas. Para a análise inferencial foram realizados teste t de Student e teste do qui-quadrado, além de regressão de Poisson, sendo calculadas as razões de prevalência (RP em um intervalo de confiança de 95% (IC95%. Resultados: A média de idade dos participantes foi de 14,1±2,1, sendo 13,8±2,0 para o grupo de adolescentes com boa qualidade do sono e 15,0±2,1 para o grupo com má qualidade do sono. A má qualidade do sono foi registrada em 28,2% (n=87, a depressão, em 26,9% (n=83 e a ansiedade/estresse, em 40,1% (n=124 da amostra. A má qualidade do sono se associou à faixa etária de 15 a 19 anos (RP 1,24; IC95% 1,14-1,37, a adolescentes com sobrepeso (RP 1,12; IC95% 1,01-1,24 e com sintomas de depressão (RP 1,23; IC95% 1,08-1,40 e de ansiedade/estresse (RP 1,16; IC95% 1,04-1,28. Conclusões: A presença de sobrepeso e sintomas psicológicos, bem como a idade superior a 15 anos, se mostraram fatores de risco para aumentar a chance da má qualidade do sono em adolescentes atletas.

  5. Análisis de la resiliencia, ansiedad y lesión deportiva en fútbol según el nivel competitivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Félix Zurita-Ortega

    2017-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue determinar y analizar las relaciones existentes entre la resiliencia, los niveles de ansiedad (estado y rasgo y las lesiones deportivas en base al nivel competitivo. Para ello se analizaron a 185 futbolistas de diversos clubes y categorías, mediante los cuestionarios CD-RISC y STAI-RASGO, así como una hoja de autoregistro de lesiones. Se realizó un análisis mediante ecuaciones estructurales y los resultados de- pararon que a mayor nivel de profesionalidad mayor capacidad de resiliencia, concluyéndose que el nivel competitivo afecta de una manera directa a la capaci- dad de afrontar las lesiones independientemente de los niveles de ansiedad que tengan los futbolistas.

  6. Ansiedade nas avaliações escolares: uma abordagem psicoterapêutica sob estados modificados de consciência num grupo de alunos universitários

    OpenAIRE

    Freitas, Maria do Carmo Nunes de Aragão

    2009-01-01

    Fez-se um estudo sobre stress e ansiedade com alunos do ensino superior. O objectivo foi diminuir estes factores através da técnica Terapia por Reestruturação Vivencial e Cognitiva (TRVC) que consiste na indução do Estado Modificado de Consciência (EMC) através das técnicas de relaxamento e hipnose. O EMC facilita o acesso às memórias inconscientes. Procurou-se fazer a ligação do stress e ansiedade com os eventos traumáticos que estão na sua origem. A intervenção foi compost...

  7. Evaluación de la efectividad del entrenamiento de estrategias de afrontamiento en el nivel de ansiedad precompetitiva en tenimesistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benito Urra Tobar

    2014-01-01

    Full Text Available El estudio evaluó la efectividad de tres estrategias de afrontamiento sobre la ansiedad competitiva en jugadores de tenis de mesa. El grupoestuvo compuesto por 60 deportistas, de edad entre 13 y 18 años (M = 14.7, divididos en cuatro grupos: Grupo Control (n = 17, RespiraciónDiafragmática (n = 15, Relajación de Escaneo (n = 13 y Autodiálogo (n = 15 sujetos quienes completaron el Inventario de Ansiedad Estado-Rasgoantes y después del entrenamiento psicológico y un mes después de finalizado éste. Los grupos de Autodiálogo y Respiración Diafragmática presentandiferencias significativas respecto al grupo control. No se apreciaron diferencias entre el grupo de técnica de Relajación de Escaneo y el Grupo Controlexcepto en el post-test.

  8. Orientaciones de meta como mediadoras en la relación entre perfeccionismo y ansiedad precompetitiva. [Goal orientations as mediators in the relationship between perfectionism and precompetitive anxiety].

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heriberto Antonio Pineda-Espejel

    2018-04-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue analizar el efecto del perfeccionismo estado y las orientaciones de meta, sobre la ansiedad precompetitiva, a través de dos modelos que prueban las relaciones secuenciales. Un primer modelo analizó el efecto del perfeccionismo global en competición, sobre las orientaciones de meta, y consecuencias de ansiedad precompetitiva. Posteriormente, el perfeccionismo se separó en dos dimensiones, positiva y negativa, a partir de las facetas de esfuerzo por la perfección, y reacciones negativas ante la imperfección, respectivamente. Tal modelo probó la secuencia: dos facetas del perfeccionismo multidimensional en competición, orientaciones de meta, y consecuencias de ansiedad precompetitiva. Adicionalmente, en este segundo modelo se analizó el papel mediador de las orientaciones de meta. Participaron 171 deportistas de alto rendimiento, de ambos sexos, con una edad de 23.5 años (DT= 6.1, quienes respondieron a un conjunto de cuestionarios para medir las variables de estudio previo a una competición. Los modelos de ecuaciones estructurales mostraron que el perfeccionismo global predice la orientación al ego, y ésta la ansiedad cognitiva. No obstante, cuando dos dimensiones del perfeccionismo son diferenciadas, ambas facetas del perfeccionismo predicen positivamente la orientación al ego y los síntomas de ansiedad; contrariamente el esfuerzo por la perfección también predice positivamente la orientación a la tarea, y ésta negativamente ambas ansiedades. En conclusión, se refuerza que el perfeccionismo estado puede ser adaptativo, ya que el esfuerzo por la perfección en competición reduce los síntomas de ansiedad precompetitiva a través de la orientación a la tarea; por lo que las orientaciones de meta explican teóricamente la relación entre el esfuerzo por la perfección y la ansiedad precompetitiva. Abstract The aim of this study was to analyze a predictive model of state perfectionism on goal

  9. Comportamento inibido e história de transtornos de ansiedade na infância em pacientes brasileiros adultos com transtorno do pânico e transtorno de ansiedade social

    OpenAIRE

    Isolan, Luciano Rassier; Zeni, Cristian Patrick; Mezzomo, Kelin; Blaya, Carolina; Kipper, Leticia; Heldt, Elizeth; Manfro, Gisele Gus

    2005-01-01

    PURPOSE: To evaluate the presence of behavioral inhibition and anxiety disorders during childhood in Brazilian adult patients with panic disorder and social anxiety disorder compared to a control group. METHODS: Fifty patients with panic disorder, 50 patients with social anxiety disorder, and 50 control subjects were included in the study. To assess the history of childhood anxiety, the Schedule for Affective Disorders and Schizophrenia for School Age Children, Epidemiologic Version (K-SADS-E...

  10. Vivencia colectiva subjetiva de las condiciones de trabajo en el ambito público : Efectos subjetivos de la ansiedad y factores de la inteligencia emocional

    OpenAIRE

    Ochoa, Belén; Galeano, Patricia Silvia; Díaz, Mario; López, Martiniana; Alonso, Horacio Jorge

    2009-01-01

    Continuando con el Programa de Investigación-Acción sobre factores humanos y organizaciones, realizamos trabajo de campo en Hogar Asistencial de Varones de la Prov. De Buenos Aires, referido al puesto Asistente de minoridad, aspectos psicosociales del trabajo y sus efectos en dichos trabajadores. El Hogar aloja 15 adolescentes con contacto medio circundante y familias. Objetivos específicos: Explorar existencia de ansiedad-rasgo y estado en trabajadores de nuestra población. Investigar existe...

  11. Estrés y ansiedad maternos y su relación con el éxito de la lactancia materna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Remigio Rafael Gorrita Pérez

    Full Text Available Introducción: la lactancia materna es la única forma natural de alimentar al bebé, e inigualable para su crecimiento y desarrollo. Múltiples son los factores que se han relacionado con el establecimiento o no de una lactancia materna exitosa. Objetivo: identificar en las madres, los niveles de vulnerabilidad al estrés y de ansiedad como estado, y su relación con el éxito de la lactancia materna. Métodos: se realizó un estudio prospectivo y descriptivo. Se estudiaron 101 madres y sus hijos de 13 consultorios del Policlínico "Luis Augusto Turcios Lima", de San José de las Lajas, Mayabeque, entre el 1ro. de febrero de 2012 y el 30 de enero de 2013. Resultados: el 76,2 % de madres estaba en el rango de 20 a 35 años, 89,8 % tenían pareja estable, el 50,5 % nivel preuniversitario y el 41,4 % de ellas padecían de asma bronquial. La vulnerabilidad al estrés y la ansiedad como estado se encontraban al final del tercer trimestre en el 46,5 y 56,4 % respectivamente. El 49,5 % de las madres ofreció lactancia materna exclusiva por 4 o 5 meses, y el 27,7 % hasta los 6 meses. Lograron mejores índices de lactancia materna exclusiva a los 4, 5 y 6 meses aquellas con menores niveles de vulnerabilidad al estrés y de estado de ansiedad. Conclusiones: se evidenció que existe una estrecha relación entre los niveles de estrés y ansiedad y el éxito de la lactancia materna.

  12. Impacto da avaliação pré-anestésica sobre a ansiedade e a depressão dos pacientes cirúrgicos com câncer Impacto de la evaluación pre-anestésica sobre la ansiedad y la depresión de los pacientes quirúrgicos con cáncer Impact of preanesthetic evaluation on anxiety and depression in cancer patients undergoing surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lidiomar Lemos de Magalhães Filho

    2006-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Na trajetória do câncer, a ansiedade (Ans e a depressão (Dep manifestam-se durante os diversos momentos do diagnóstico e continuam durante e após o tratamento. O tratamento cirúrgico pode ter graves conseqüências físicas e psicológicas para o paciente com câncer. Os estudos não discutem a situação emocional dos pacientes com câncer frente à proximidade da internação para o ato anestésico-cirúrgico. Não é analisada também a influência da avaliação pré-anestésica ambulatorial sobre a Ans e/ou Dep desses pacientes. Esta pesquisa prospectiva procurou verificar o impacto da avaliação pré-anestésica sobre os níveis e prevalência de ansiedade e de depressão dos pacientes cirúrgicos com câncer. MÉTODO: Após aprovação pelo Comitê de Ética do Hospital foram selecionados 63 pacientes adultos, com câncer a serem submetidos à intervenção cirúrgica relacionada à doença. Os pacientes foram distribuídos em dois grupos com a aplicação da escala antes (AAPA ou no final (DAPA da consulta pré-anestésica. Foram utilizadas as escalas de Ansiedade e Depressão Hospitalar (HAD. As variáveis analisadas foram idade, faixa etária, sexo, cor da pele, estado civil, grau de instrução e situação ocupacional atual, número e porcentagem de pacientes com Ans/com Dep (HAD > 8; escores das escalas HAD-Ans e HAD-Dep. Na análise estatística, foi considerado significativo p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: En la trayectoria del cáncer, la ansiedad (Ans y la depresión (Dep se manifiestan durante los diversos momentos del diagnóstico y continúan durante y después del tratamiento. El tratamiento quirúrgico puede presentar graves consecuencias físicas y psicológicas para el paciente con cáncer. Los estudios no discuten la situación emocional de los pacientes con cáncer enfrente a la proximidad de la internación para el acto anestésico-quirúrgico. Tampoco se analiza la influencia de la

  13. Crianças com dificuldade de aprendizagem e a escola: emoções e saúde em foco

    OpenAIRE

    Enumo,Sônia Regina Fiorim; Ferrão,Erika da Silva; Ribeiro,Mylena Pinto Lima

    2006-01-01

    Relações entre emoções e saúde de alunos com e sem dificuldade de aprendizagem foram analisadas por indicadores de ansiedade, depressão, stress, doenças físicas, queixas somáticas, faltas escolares, peso e altura. Responderam ao Inventário de Ansiedade Traço-Estado para Criança e à Escala de Stress Infantil 60 alunos (8-14 anos) da 3ª e 4ª série, divididos em G1 (desempenho inferior no Teste de Desempenho Escolar) e G2 (desempenho superior no Teste de Desempenho Escolar). A Escala de Sintomat...

  14. Sobrecarga, ansiedad y depresión en cuidadores de pacientes incluidos en el programa de atención domiciliaria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Gloria Corbalán Carrillo

    2013-09-01

    Full Text Available El objetivo principal es determinar la sobrecarga, la prevalencia de ansiedad y depresión y su relación con la sobrecarga en cuidadores. Estudio descriptivo transversal. Variables: edad, sexo, parentesco, patología del paciente, ansiedad y depresión del cuidador. Se utilizó la escala de Zarit para determinar el grado de sobrecarga. Se incluyeron 48 cuidadores y 48 pacientes. Se obtuvieron diferencias estadísticamente significativas entre sobrecarga y el sexo del cuidador (p = 0,037. Un 87% de mujeres sufrían sobrecarga intensa. La prevalencia de ansiedad y depresión es menor que en otros estudios, aunque el grado de sobrecarga es mayor. La diferencia estadísticamente significativa puede deberse a que la mujer asume tradicionalmente el rol de cuidadora, mientras que los hombres buscan ayuda social antes. Este estudio ayudará a programar intervenciones para prevenir la sobrecarga, priorizando a las cuidadoras femeninas y de más edad.

  15. Relación del burnout y el engagement con depresión, ansiedad y rendimiento académico en estudiantes universitarios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Caballero Domínguez

    2015-01-01

    Full Text Available Objetivo: Analizar las relaciones entre burnout y engagement con ansiedad, depresión y rendimiento académico en estudiantes universitarios de programas de salud. Materiales y métodos: El diseño fue observacional, correlacional, multivariado; la muestra, aleatoria y estratificada, de 802 estudiantes de programas de salud de universidades de Barranquilla. Instrumentos: MBISS, UWES-S, STAI e Inventario de Depresión de Beck. Resultados: El análisis de las correspondencias múltiples entre las variables evidenció un factor conformado principalmente por las dimensiones de Vigor, Absorción, Dedicación e Ineficacia Académica, cuyo extremo negativo se relacionaba con bajo engagement y altos niveles de burnout, ineficacia académica, depresión y de ansiedad de rasgo y de estado; el extremo positivo, con alto engagement