WorldWideScience

Sample records for anemia em lactentes

  1. Anemia em lactentes de baixa renda em aleitamento materno exclusivo Anemia in low-income exclusively breastfed infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio A. Torres

    2006-08-01

    Full Text Available OBJETIVO:Verificar o comportamento dos valores da hemoglobina e a prevalência de anemia entre lactentes de termo de 3 a 6 meses de idade em aleitamento materno exclusivo. MÉTODOS: Estudo transversal em 242 lactentes de 3 a 6 meses de idade com peso de nascimento superior a 2.500 g, em aleitamento materno exclusivo e em acompanhamento no Programa de Promoção do Crescimento e Desenvolvimento do Lactente do Programa Einstein na Comunidade de Paraisópolis. A dosagem de hemoglobina foi realizada por meio de punção digital entre o terceiro e o sexto meses de vida. Adotaram-se os valores de Hb OBJECTIVE: To verify the behavior of hemoglobin levels and anemia prevalence in full term infants, aged 3 to 6 months and on exclusive breastfeeding. METHODS: A cross-sectional study of 242 infants aged 3 to 6 months with birth weights of more than 2,500 g, on exclusive breastfeeding and monitored by the Program for the Promotion of Infant Growth and Development, part of the Paraisópolis Einstein Community Program. Hemoglobin was assayed by finger prick between the third and sixth months of life. Anemia was defined as Hb < 10.3 g/dL (Saarinen or Hb < 10 g/dL (Brault-Dubuc for infants aged 3 to 5 months and as Hb < 11.0 g/dL (WHO for infants aged 6 months. RESULTS: Mean hemoglobin concentration was 11.3 and 11.4 g/dL at 3 and 4 months and 11.2 and 11.1 g/dL at 5 and 6 months, respectively. The percentage of anemic infants varied depending on age and the cutoff adopted, being 11.8, 10.2 and 8.3% at 3, 4 and 5 months, respectively, according to the Brault-Dubuc criteria, and 20.6, 14.8 and 10.4% by the Saarinen criteria. Anemia prevalence at 6 months was 37.5%. CONCLUSIONS: Anemia prevalence rates observed among infants aged between 3 and 6 months varied from 8.3 to 37.5%, justifying increased attention on the part of pediatricians to the hemoglobin levels of infants who are on exclusive breastfeeding, come from low-income families and present risk factors

  2. Fatores associados à anemia em lactentes nascidos a termo e sem baixo peso Anemia-associated factors in infants born at term with normal weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Pereira Netto

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar os fatores envolvidos na gênese da anemia ferropriva em lactentes. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, no qual foram avaliadas 104 crianças no segundo ano de vida, que nasceram a termo e sem baixo peso, no município de Viçosa, Minas Gerais. Foi aplicada entrevista aos pais, realizado recordatório 24 horas e avaliação antropométrica. Os exames laboratoriais foram eritrograma, ferritina e retinol sérico. O estudo foi aprovado pelos Comitês de Ética com seres humanos da UFMG e UFV. As análises estatísticas foram conduzidas no Epi Info e SPSS. O Modelo de Regressão Linear generalizado de Poisson, com resultados expressos como razões de prevalências, foi utilizado para verificar a associação da anemia com as variáveis do estudo. RESULTADOS: A deficiência de vitamina A e a anemia estiveram presentes em 9,6% e 26% das crianças, respectivamente. A anemia dos lactentes se associou ao uso de composto ferroso no pós-parto pela mãe, uso anterior de composto ferroso pela criança, início do pré-natal, tempo de aleitamento materno predominante e condição de trabalho do pai. Assim, no segundo ano de vida, os lactentes filhos de mulheres que iniciaram o pré-natal tardiamente e não usaram o composto ferroso após o parto, com pais em situação de desemprego, que nunca receberam composto ferroso e que mantiveram o aleitamento materno predominante por mais de quatro meses, apresentaram significantemente maior prevalência de anemia. CONCLUSÃO: Os resultados demonstraram a importância da nutrição durante a gestação e durante a infância na prevenção da anemia em crianças.OBJECTIVE: To investigate the factors involved in the genesis of infant iron deficiency anemia. METHODS: This is a cross-sectional study, which evaluated 104 children in their second year of life who were born at term with adequate weight in Viçosa, Minas Gerais, Brazil. An interview, a 24-hour recall to parents, and

  3. Método FAMACHA para detectar anemia clínica causada por Haemonchus contortus em cordeiros lactentes e ovelhas em lactação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Angela M. Fernandes

    2015-06-01

    Full Text Available Resumo: O controle das endoparasitoses gastrintestinais em pequenos ruminantes tem sido tradicionalmente realizado por meio do uso indiscriminado dos anti-helmínticos, porém essa prática tem resultado em grande pressão de seleção de parasitas resistentes. Métodos seletivos (ex: FAMACHA/FMC e contagem de ovos nas fezes/OPG e que apresentem boa sensibilidade para identificar os animais que necessitam receber o tratamento químico são importantes alternativas aos métodos tradicionais. O objetivo desse trabalho foi determinar a sensibilidade e a especificidade do método FMC, usado para detectar anemia causada por Haemonchus contortus em ovinos da raça Suffolk, em duas categorias de alta suscetibilidade; cordeiros lactentes e ovelhas durante a fase de lactação. A conjuntiva ocular de 42 cordeiros lactentes e 35 ovelhas em lactação foi avaliada usando o método FMC, em intervalos de 14 dias, durante cinco meses. O hematócrito (Ht foi utilizado como padrão-ouro para avaliação clínica de anemia dos animais. Para o cálculo de sensibilidade e especificidade, diferentes critérios foram utilizados: animais classificados como 4 e 5 ou 3, 4 e 5 e anêmicos pelo Ht (teste positivo; animais classificados como 1, 2 e 3 ou 1 e 2 e não anêmicos pelo Ht (teste negativo. Três valores de corte para Ht (≤22%, ≤19% ou ≤15% foram utilizados para confirmar a anemia. Entre os gêneros observados nas coproculturas, H. contortus (61,5% e Ostertagiasp (21,3% foram os mais prevalentes. Em ambas as categorias, a inclusão do FMC 3 como teste positivo, elevou a sensibilidade mas reduziu a especificidade do método. Quando o FMC 3 foi considerado anêmico, o percentual de falsos negativos foi próximo a zero, no entanto, houve aumento no número de tratamentos aplicados em animais não anêmicos (falso positivo. Durante as avaliações, a maior parte dos cordeiros (73% e das ovelhas (53% permaneceu nas categorias de FMC 1 e 2. Apenas 5% dos

  4. Anemia do lactente: etiologia e prevalência Anemia in infancy: etiology and prevalence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Claret C.M. Hadler

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: verificar a prevalência de anemia, anemia ferropriva e deficiência de ferro em lactentes, de unidade pública de saúde, no município de Goiânia, Brasil, analisar e correlacionar as variáveis bioquímicas e hematológicas. Métodos: realizou-se estudo transversal. De 120 mães entrevistadas, foram incluídos 110 lactentes de 6 a 12 meses de idade, a termo e não gemelares. Dados socioeconômicos e hematológicos foram obtidos. Colheu-se sangue venoso dos lactentes em jejum para realização do hemograma completo por contagem eletrônica, ferro sérico, ferritina sérica e proteína C-reativa, os quais foram utilizados na avaliação da etiologia ferropriva nos anêmicos. Crianças com hemoglobina Objective: To verify the prevalence of anemia, iron deficiency anemia and iron deficiency in infants, at a Public Health Unit in the city of Goiânia - Brazil; to analyze and to correlate the hematologic and biochemical variables. Methods: A cross-sectional study was carried out. One hundred and ten full-term infants of the 120 mothers interviewed were included. The infants aged between six and twelve months and there were not twins. Socioeconomic and hematologic data was obtained. Venous blood was taken from fasting infants in order to carry out a complete hemogram through electronic cell counting, serum iron, serum ferritin and C-reactive protein, which were used in the evaluation of the etiology of iron deficiency in the anemic infants. Children with hemoglobin < 11g/dL were considered anemic. Results: The prevalence of anemia was 60.9%. In the diagnosis of the iron deficiency etiology in infants without an inflammation process, when considering the alteration of hemoglobin plus two more indices among mean corpuscular volume (MCV or mean corpuscular hemoglobin (MCH or serum ferritin or serum iron, the prevalence of the iron deficiency was 87%. Nevertheless, when red cell distribution width (RDW was included in the indices, the

  5. Fatores de risco de anemia em lactentes matriculados em creches públicas ou filantrópicas de São Paulo Risk factors for anemia in infants enrolled in public or philanthropic day-care centers in São Paulo city, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tulio Konstantyner

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar e quantificar os fatores de risco de anemia em lactentes matriculados em creches públicas ou filantrópicas no município de São Paulo e discutir o impacto das ações da creche no controle desta carência nutricional específica. MÉTODO: Estudo seccional compreendendo 212 lactentes de duas creches públicas e três filantrópicas. Foram realizadas entrevistas com as mães, coleta de sangue por punção digital e antropometria. Considerou-se como anemia, hemoglobina inferior a 11g/dL. Foi ajustado um modelo de regressão logística para fatores de risco entre grupos de lactentes com e sem anemia. RESULTADOS: A prevalência de anemia foi de 51,9%. O modelo logístico final foi composto por 4 variáveis: presença de 1 ou mais irmãos menores que 5 anos (Odds Ratio=2,57; p=0,005; estar freqüentando creche de administração exclusivamente pública (Odds Ratio=2,12; p=0,020; uso de aleitamento materno exclusivo inferior a 2 meses (Odds Ratio=1,88; p=0,044, e idade inferior a 15 meses (Odds Ratio=2,32; p=0,006. CONCLUSÃO:Concluiu-se que a alta prevalência de anemia evidencia a ineficiência das creches estudadas para controlar e prevenir esta carência nutricional; portanto, cabe ao planejador de saúde considerar os riscos de anemia identificados e quantificados quando da elaboração de programas de controle e prevenção.OBJECTIVE: To identify and quantify the risk factors for anemia in infants enrolled in public or philanthropic day care centers in São Paulo city and discuss the impact of the actions of day care centers in controlling this specific nutritional deficiency. METHODS: Cross-sectional study comprising 212 infants of two public and three philanthropic day care centers. Interviews with the mothers, collection of blood by digital puncture and anthropometry were performed. Anemia was characterized by hemoglobin levels below 11g/dL. A logistic regression model for risk factors between groups of infants with

  6. Efetividade da suplementação diária ou semanal com ferro na prevenção da anemia em lactentes Efectividad en el suplemento diario o semanal de hierro en la prevención de anemia en lactantes Effectiveness of daily and weekly iron supplementation in the prevention of anemia in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elyne Montenegro Engstrom

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a efetividade da suplementação universal profilática com sulfato ferroso, em administração diária ou semanal, na prevenção da anemia em lactentes. MÉTODOS: Ensaio de campo randomizado com crianças de seis a 12 meses de idade, atendidas em unidades básicas de saúde do município do Rio de Janeiro, em 2004-2005. Foram formadas três coortes concorrentes com suplementação universal com sulfato ferroso com grupos: diário (n=150; 12,5mgFe/dia, semanal (n=147; 25mgFe/semana e controle (n=94. A intervenção durou 24 semanas e foi acompanhada por ações educativas promotoras de adesão. A concentração de hemoglobina sérica foi analisada segundo sua distribuição, média e prevalência de anemia (HbOBJETIVO: Evaluar la efectividad del suplemento universal profiláctico con sulfato ferroso, en administración diaria o semanal, en la prevención de la anemia en lactantes. MÉTODOS: Se realizo un ensayo de campo aleatorio con niños de seis a 12 meses de edad, atendidos en unidades básicas de salud del municipio de Río de Janeiro (Sureste de Brasil, en 2004-2005. Se formaron tres cohortes coincidentes con suplemento universal con sulfato ferroso con grupos: diario (n=150; 12,5mgFe/dia, semanal (n=147; 25mgFe/semana y control (n=94. La intervención duró 24 semanas y fue acompañada por acciones educativas promotoras de adhesión. La concentración de hemoglobina sérica fue analizada de acuerdo a su distribución, promedio y prevalencia de anemia (HbOBJECTIVE: To evaluate the effectiveness of universal prophylactic targeting with iron sulfate on daily or weekly basis in the prevention of anemia in infants. METHODS: Randomized clinical field trial with children between ages six and 12 months seen at primary health care units in the municipality of Rio de Janeiro, Brazil, between 2004 and 2005. Three concurrent cohorts were compared: daily group (n=150; 12.5mg Fe/day; weekly group (n=147; 25mg Fe/week and control

  7. Botulismo Infantil em Portugal – Um Lactente com Hipotonia

    OpenAIRE

    Malveiro, D; Henriques, C; Flores, P; Barata, D; Vieira, JP; Cabral, P

    2013-01-01

    O Botulismo Infantil (BI) constitui uma síndrome neuroparalítica rara, potencialmente fatal, causada pela neurotoxina do Clostridium botulinum. Descreve-se o primeiro caso reportado desde o início da notificação obrigatória em Portugal (1999). Lactente de dois meses, internado por prostração, dificuldade alimentar e obstipação. Constatou-se envolvimento inicial dos pares cranianos associado a fraqueza muscular progressiva, descendente e simétrica. Constituíam factores de risco o consumo de me...

  8. Avaliação do impacto do Programa Nacional de Suplementação de Ferro em lactentes não anêmicos,Viçosa, MG

    OpenAIRE

    Azeredo, Catarina Machado

    2008-01-01

    O limitado sucesso de programas de profilaxia da anemia ferropriva em lactentes remete à necessidade de que sejam desenvolvidas pesquisas de avaliação desses programas, no intuito de melhor direcionar as políticas públicas de saúde em relação a esta carência. Neste sentido, o presente trabalho objetivou avaliar o impacto do Programa Nacional de Suplementação de Ferro (PNSF) em lactentes não anêmicos de 6 a 18 meses de idade, atendidos pelas Equipes de Saúde da Família (ESF) do município de Vi...

  9. Efetividade superior do esquema diário de suplementação de ferro em lactentes

    OpenAIRE

    Azeredo, Catarina Machado; Cotta, Rosângela Minardi Mitre; Sant'Ana, Luciana Ferreira da Rocha; Franceschini, Sylvia do Carmo Castro; Ribeiro, Rita de Cássia Lanes; Lamounier, Joel Alves; Pedron, Flávia Araújo

    2010-01-01

    OBJETIVO: Avaliar a efetividade de esquemas, diário e semanal, de suplementação profilática de ferro medicamentoso na prevenção da anemia ferropriva em lactentes não anêmicos. MÉTODOS: Estudo populacional, prospectivo, de abordagem quantitativa com intervenção profilática, realizado no município de Viçosa, MG, em 2007/8. Foram selecionadas 103 crianças não anêmicas, entre seis e 18 meses de idade, correspondendo a 20,2% das crianças cadastradas e atendidas pelas Equipes de Saúde da Família. A...

  10. Sibilância recorrente em lactentes: mudanças epidemiológicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herberto José Chong Neto

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar mudanças na epidemiologia da sibilância recorrente em lactentes de Curitiba (PR. MÉTODOS: Estudo transversal com aplicação do questionário Estudio Internacional de Sibilancias en Lactantes (EISL. Pais de lactentes entre 12 e 15 meses de vida preencheram o instrumento entre agosto de 2005 e dezembro de 2006 (fase I, e de setembro de 2009 a setembro de 2010 (fase III. RESULTADOS: Pais de 3.003 lactentes participaram da fase I, e 22,6% dos lactentes apresentaram sibilância recorrente (> 3 episódios. Após 5 anos, 1.003 pais preencheram o mesmo questionário na fase III, e 19,8% dos lactentes apresentaram sibilância recorrente (p = 0,1. Houve redução na gravidade dos sintomas (p = 0,001 e nas visitas a prontos-socorros (p < 0,001, mas não houve redução nas internações (p = 0,12. Ter o diagnóstico médico de asma foi mais frequente na fase III (p = 0,03. CONCLUSÕES: Não houve mudança na prevalência de sibilância recorrente em lactentes, mas ocorreu redução na gravidade, embora sem afetar o nível de internações e com aumento do diagnóstico de asma pelos clínicos.

  11. Hipertensão pulmonar em lactente associada a pulmão em ferradura: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Rodrigues Neves

    2011-06-01

    Full Text Available Relatamos caso de lactente jovem com desconforto respiratório precoce e hipertensão pulmonar, diagnosticado como variante de pulmão em ferradura, e revisamos literatura a cerca desta rara malformação pulmonar e suas repercussões cardíacas e hemodinâmicas.

  12. Relato de caso: divertículo de Meckel em lactente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izilda das Eiras Tamega

    2016-10-01

    Full Text Available Introdução: O divertículo de Meckel ocorre como resultado de uma falha na involução do duto vitelínico e se localiza a 30 a 60 cm da junção ileocecal em lactentes. Afeta cerca de 2% da população e sua maioria é assintomática. As complicações geralmente surgem nos lactentes e são obstrução intestinal ou hemorragia digestiva baixa. Objetivo: relatar um caso de DM em lactente acompanhado no Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS em junho de 2016. Metodologia: acompanhamento do paciente, revisão do prontuário e da literatura. Relato de caso: YSA, 6 meses, masculino, foi atendido no CHS devido a quadro de aumento do número de evacuações há 2 dias com presença de sangue vivo há 1 dia. Ao exame físico apresentava-se em mau estado geral, descorado, desidratado, afebril, dispnéico, taquicárdico, hipoativo. Foi utilizada adrenalina devido a choque hipovolêmico e o lactente permaneceu em observação. Um dia após ser admitido apresentou novo episódio de hematoquezia, havendo indicação cirúrgica. Realizada a Laparotomia, houve constatação e retirada de Divertículo de Meckel. Decorridos 10 dias da cirurgia o lactente manifestou vômitos e distensão abdominal sendo submetido a nova Laparotomia. Essa, evidenciou deiscência de anastomose prévia com saída de fezes, além de invaginação ileocólica. Paciente teve boa evolução e deixou o hospital após 21 dias de internação. Conclusão: DM é mais freqüente no sexo masculino (3:1 e a maioria não manifesta sintomas. Dos sintomáticos, 4% apresentarão complicações se tiverem menos de 20 anos de idade.

  13. Meningencefalite por Pasteurella multocida: estudo clínico-laboratorial de um caso em lactente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. E. Levy

    1989-12-01

    Full Text Available Os autores apresentam descrição clínico-laboratorial e evolutiva do caso de lactente com o diagnóstico de meningencefalite por Pasteurella multocida que apresentou na evolução atraso neuromotor, manifestações epilépticas, surdez neurossensorial e paresia crural à esquerda. Fazem também breve revisão do papel deste agente etiológico na patologia humana. Ressaltam a importância da P. multocida em casos de meningites bacterianas, fazendo-se o diagnóstico laboratorial diferencial com o Haemophilus influenzae e Neisseria meningitidis em processos infecciosos conseqüentes a arranhadura ou mordida de animais e nas bacteremias ou septicemias em pacientes com hepatopatias crônicas ou em estados de imunodepressão.

  14. Hiperoxalúria primária com insuficiência renal crônica terminal em lactente

    OpenAIRE

    Macedo,Célia S.; Yoshida,Eneida M.; Viero,Rosa Marlene; Riyuzo,Márcia C.; Bastos,Herculano D.

    2002-01-01

    Objetivo: descrever caso clínico de um lactente com insuficiência renal crônica terminal, causada por hiperoxalúria primária.Método: após revisão da literatura, verifica-se a raridade da doença; na França, a prevalência é de 1,05/milhão, com taxa de incidência de 0,12/milhão/ano. Pesquisa abordando centros especializados mundiais detectou, em 1999, 78 casos em lactentes; destes, em 14% o quadro inicial foi de uremia. A gravidade e a raridade da doença sugerem o relato deste caso.Resultados: c...

  15. Doença da arranhadura do gato por Bartonella quintana em lactente: uma apresentação incomum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Azevedo Zina Maria Almeida de

    2000-01-01

    Full Text Available Relato de caso de doença da arranhadura do gato (DAG, em um paciente lactente, com história epidemiológica negativa, descrevendo o rastreamento diagnóstico, a imagem ao ultra-som, a evolução clínica e o prognóstico. B. quintana foi identificada em aspirado de secreção ganglionar pelo método de PCR. B. henselae, embora seja o agente causal habitualmente responsável pela DAG, não foi isolada. Os autores concluem que a pesquisa de B. quintana e B. henselae deve ser incluída na investigação de adenites, principalmente quando a evolução é subaguda, mesmo em lactentes e, ainda que a história epidemiológica seja negativa.

  16. Validade concorrente e confiabilidade da Alberta Infant Motor Scale em lactentes nascidos prematuros Concurrent validity and reliability of the Alberta Infant Motor Scale in premature infants

    OpenAIRE

    Kênnea Martins Almeida; Maria Virginia Peixoto Dutra; Rosane Reis de Mello; Ana Beatriz Rodrigues Reis; Priscila Silveira Martins

    2008-01-01

    OBJETIVO: Verificar a validade concorrente e a confiabilidade interobservador da Alberta Infant Motor Scale (AIMS) em lactentes prematuros acompanhados no ambulatório de seguimento do Instituto Fernandes Figueira, Fundação Oswaldo Cruz (IFF/Fiocruz). MÉTODOS: Foram avaliados 88 lactentes nascidos prematuros no ambulatório de seguimento do IFF/Fiocruz entre fevereiro e dezembro de 2006. No estudo de validade concorrente, 46 lactentes com 6 (n = 26) ou 12 (n = 20) meses de idade corrigida foram...

  17. Observação do desenvolvimento de linguagem e funções auditiva e visual em lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lima Maria Cecília Marconi Pinheiro

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar o desenvolvimento da linguagem e das funções auditiva e visual em lactentes de creche, a partir da avaliação realizada por educadores. MÉTODOS: Foram avaliados 115 lactentes, nos anos de 1998 a 2001, usuários de uma creche da área da saúde de uma universidade do Estado de São Paulo. Foi utilizado o "Protocolo da Observação do Desenvolvimento de Linguagem e das Funções Auditiva e Visual", com 39 provas no total, para a avaliação dos lactentes de 3 até 12 meses de idade. A aplicação desse Protocolo foi feita pelas educadoras da creche, devidamente treinadas. Utilizou-se o teste de Qui-quadrado ou Exato de Fisher. O nível de significância adotado foi de 5%. RESULTADOS: Os lactentes apresentaram um padrão diferente no desenvolvimento da linguagem quanto ao início do balbucio e das primeiras palavras, bem como na função visual, quanto à imitação e uso de jogos gestuais e de seguir ordem com uso de gestos. CONCLUSÕES: O ambiente creche propicia condições para um outro padrão de desenvolvimento de linguagem e das funções auditiva e visual. Ações de prevenção na creche devem integrar as áreas de saúde e educação num objetivo comum.

  18. Burkitt-like lymphoma in an infant: a case report Linfoma burkitt-like em um lactente: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudete Esteves Klumb

    2003-01-01

    Full Text Available Childhood non-Hodgkin's lymphomas, including Burkitt and Burkitt-like, are rarely diagnosed in infants. A case of B-cell lymphoma in a 13-month-old girl with extensive abdominal disease, ascites, pleural effusion, and tumor lysis syndrome is reported. Phenotypic analysis showed a germinal center B-cell phenotype, and a B-cell clonality was confirmed by polymerase chain reaction. There was no evidence of Epstein-Barr and HIV infection. The case herein reported emphasizes the need for considering the diagnosis of lymphoma even in very young children.Os linfomas não Hodgkin da infância, incluindo os linfomas de Burkitt e Burkitt-like são raros em lactentes. Um caso de linfoma não Hodgkin B em uma lactente de 13 meses de idade é descrito. Ao diagnóstico a paciente apresentava extenso comprometimento abdominal associado à ascite, derrame pleural e síndrome de lise tumoral. A análise imunofenotípica mostrou um fenótipo compatível com células linfóides oriundas do centro germinativo e a origem clonal dessas células foi demonstrada por reação em cadeia da polimerase. Não foi demonstrada associação do linfoma com infecção pelo vírus Epstein-Barr e/ou virus da imunodeficiência adquirida. O caso apresentado enfatiza a necessidade de considerar o diagnóstico de linfoma mesmo em lactentes.

  19. Fatores de risco associados à sibilância em lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lillian S.L. Moraes

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar possíveis fatores de risco associados à sibilância em lactentes (12 a 15 meses no estado de Mato Grosso, Brasil. MÉTODOS: estudo transversal, utilizando o questionário escrito padronizado do Estudio Internacional de Sibilancia en Lactantes (EISL - fase 3. Pais e/ou responsáveis pela criança foram entrevistados em Unidades Básicas de Saúde quando as procuravam para imunização de rotina ou durante visitas nos domicílios de crianças matriculadas nos programas de saúde da família, no período de agosto de 2009 a novembro de 2010. Fatores associados à sibilância foram avaliados utilizando análise bivariada e multivariada e expressos como odds ratio (OR e intervalo de confiança 95% (IC95%. RESULTADOS: ao todo, um mil e sessenta (n = 1.060 pais e/ou responsáveis responderam o questionário escrito. Os fatores de risco para sibilância foram: história familiar de asma [mãe (OR = 1,62; IC95%= 1,07-2,43; pai (OR = 1,98; IC95% = 1,22-3,23; irmãos (OR = 2,13; IC95% = 1,18-3,87]; história prévia de pneumonia (OR = 10,8; IC 95% = 4,52-25,77; ter mais de seis infecções de vias aéreas superiores (IVAS (OR = 2,95; IC95% = 2,11-4,14 e a primeira IVAS antes dos três meses de idade (OR = 1,50; IC95% = 1,04-2,17; residir em local com moderada poluição (OR = 1,59; IC95% = 1,08-2,33; uso de paracetamol por IVAS (OR = 2,13; IC95% = 1,54-2,95; e uso de antibiótico por infecção na pele (OR = 2,29; IC 95% = 1,18-4,46. CONCLUSÕES: o estudo dos fatores de risco para sibilância no primeiro ano de vida é importante para auxiliar na identificação, entre os lactentes sibilantes, aqueles de alto risco para desenvolver asma, e para o desenvolvimento de estratégias de prevenção por políticas pública de saúde visando minimizar a morbidade da sibilância na infância.

  20. Consumo alimentar de lactentes com fenilcetonúria em uso de aleitamento materno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacqueline Siqueira Santos

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar a ingestão de calorias, fenilalanina, tirosina e proteína de lactentes com fenilcetonúria em uso de aleitamento materno. MÉTODOS: Um grupo de 39 crianças, com até 6 meses de idade, que fazia uso de aleitamento materno (grupo amamentado foi comparado a um grupo-controle que fazia uso de fórmula especial com baixo teor de fenilanina, por meio de um estudo de coorte histórico concorrente. Os grupos foram pareados por sexo e duração da amamentação. Foram revistos 719 recordatórios alimentares de pacientes do grupo amamentado e 628 do grupo-controle. Foi realizada avaliação antropométrica no início e no final do estudo. A análise da ingestão de nutrientes foi feita com a utilização dos programas Minitab e LogXact 4.0, e a avaliação antropométrica foi feita com a utilização do programa Epi Info 6.0. RESULTADOS: O grupo amamentado apresentou ingestão adequada de fenilalanina e tirosina e maior adequação de ingestão proteica e energética. A maioria das crianças dos dois grupos apresentou escore-Z dentro dos limites normais (Z ³-2, com evolução favorável dos indicadores estudados (peso/idade, estatura/idade, peso/estatura e perímetro cefálico. CONCLUSÃO: O aleitamento materno na fenilcetonúria proporcionou ingestão adequada de calorias, fenilalanina, tirosina e proteína. A chance de uma criança do grupo amamentado possuir recordatórios de 24h adequados de ingestão energética foi 10,64 vezes maior que a chance de uma criança do grupo-controle. Em relação à ingestão proteica a chance foi 5,34 vezes maior. O crescimento foi similar nos dois grupos.

  1. Hiperoxalúria primária com insuficiência renal crônica terminal em lactente Primary hyperoxaluria with endstage renal failure in an infant

    OpenAIRE

    Célia S. Macedo; Eneida M. Yoshida; Rosa Marlene Viero; Márcia C. Riyuzo; Herculano D. Bastos

    2002-01-01

    Objetivo: descrever caso clínico de um lactente com insuficiência renal crônica terminal, causada por hiperoxalúria primária.Método: após revisão da literatura, verifica-se a raridade da doença; na França, a prevalência é de 1,05/milhão, com taxa de incidência de 0,12/milhão/ano. Pesquisa abordando centros especializados mundiais detectou, em 1999, 78 casos em lactentes; destes, em 14% o quadro inicial foi de uremia. A gravidade e a raridade da doença sugerem o relato deste caso.Resultados: c...

  2. Estado nutricional de lactentes em áreas periféricas de Fortaleza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadia Tavares SOARES

    2000-08-01

    Full Text Available O presente estudo foi realizado com a finalidade de caracterizar a prevalência da má nutrição entre crianças menores de um ano vinculadas ao Fundo Cristão para Crianças em dois bairros periféricos de Fortaleza: Presidente Kennedy e Álvaro Weine. Desnutrição protéico-energética, obesidade e anemia ferropriva foram diagnosticadas através dos seguintes indicadores: peso ao nascer +2 desvios-padrão da mediana de referência do National Center for Health Statistics, hemoglobina < 11 g/dl, hematócrito < 32%, volume corpuscular médio <72 fl e hemoglobina corpuscular média < 24 pg. O peso ao nascer foi obtido através da entrevista domiciliar, enquanto que as demais medidas antropométricas e as amostras de sangue foram colhidas em uma das unidades do Fundo Cristão para Crianças, seguindo os procedimentos técnicos recomendados. Das 110 crianças catalogadas, 96 foram pesadas e medidas e 75 fizeram o exame de sangue. A análise dos dados revelou 7% de baixo peso ao nascer, 10% de desnutrição crônica, 8% de obesidade e 60% de anemia. Possivelmente, a dieta que as crianças receberam contribuiu para o comprometimento nutricional encontrado. Parece essencial a realização de mais estudos sobre prática alimentar nestas comunidades.

  3. Estado nutricional de lactentes em áreas periféricas de Fortaleza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOARES Nadia Tavares

    2000-01-01

    Full Text Available O presente estudo foi realizado com a finalidade de caracterizar a prevalência da má nutrição entre crianças menores de um ano vinculadas ao Fundo Cristão para Crianças em dois bairros periféricos de Fortaleza: Presidente Kennedy e Álvaro Weine. Desnutrição protéico-energética, obesidade e anemia ferropriva foram diagnosticadas através dos seguintes indicadores: peso ao nascer +2 desvios-padrão da mediana de referência do National Center for Health Statistics, hemoglobina < 11 g/dl, hematócrito < 32%, volume corpuscular médio <72 fl e hemoglobina corpuscular média < 24 pg. O peso ao nascer foi obtido através da entrevista domiciliar, enquanto que as demais medidas antropométricas e as amostras de sangue foram colhidas em uma das unidades do Fundo Cristão para Crianças, seguindo os procedimentos técnicos recomendados. Das 110 crianças catalogadas, 96 foram pesadas e medidas e 75 fizeram o exame de sangue. A análise dos dados revelou 7% de baixo peso ao nascer, 10% de desnutrição crônica, 8% de obesidade e 60% de anemia. Possivelmente, a dieta que as crianças receberam contribuiu para o comprometimento nutricional encontrado. Parece essencial a realização de mais estudos sobre prática alimentar nestas comunidades.

  4. Frequência de chiado, características clínicas e tratamento em lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maiara Lanna Bouzas

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a frequência de história pregressa de chiado, descrevendo as características clínicas e formas de tratamento utilizadas. MÉTODOS: Coorte retrospectiva incluindo lactentes (6-23 meses de vida com sintomas de infecção de vias aéreas superiores e relato de episódio prévio de chiado. Os dados foram registrados em questionário anteriormente validado. RESULTADOS: Dos 451 avaliados, 164 (36,4%; IC95% = 31,9-41,0 apresentaram história pregressa de chiado, 148 (32,8%; IC95% = 28,5-37,4 no primeiro ano de vida. A média de idade no primeiro episódio de chiado foi de 5,3±3,9 meses. Para quem começou a chiar no primeiro ano de vida, 38,5% referiram entre três e seis episódios e 14,2% > seis episódios. A média da idade no primeiro episódio foi menor para os que apresentaram > três episódios em comparação aos que apresentaram até dois episódios (3,2±2,7 versus 5,7±2,5 meses, p < 0,001. CONCLUSÃO: Um terço dos lactentes apresentou chiado no primeiro ano de vida. Quanto mais cedo ocorre o primeiro episódio, mais frequente é a recorrência do chiado.

  5. Alimentação complementar: práticas inadequadas em lactentes Complementary feeding: inappropriate practices in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Cavalcante Caetano

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as práticas e o consumo alimentar de lactentes saudáveis de três metrópoles do Brasil. MÉTODOS: Por meio de estudo prospectivo, analisaram-se registros alimentares de 7 dias consecutivos de amostra intencional, por cotas e ponderada, das cidades de Curitiba, São Paulo e Recife, de 179 lactentes saudáveis, entre 4 e 12 meses, que não se encontravam em aleitamento materno (AM exclusivo. As mães receberam orientação verbal e escrita, por nutricionista, visando a uniformização da anotação do registro alimentar. Para o cálculo de ingestão, utilizou-se o Programa de Apoio à Nutrição (NutWin. RESULTADOS: A mediana de idade dos lactentes foi de 6,8 meses (4,0-12,6 meses. Observou-se que 50,3% já não recebiam AM. Destes, 12,0 e 6,7% dos menores e maiores de 6 meses, respectivamente, utilizavam fórmulas infantis em substituição ao leite materno. A maioria dos lactentes, portanto, recebia leite de vaca integral. A diluição da fórmula infantil foi correta em apenas 23,8 e 34,7% das crianças menores e maiores de 6 meses, respectivamente. Em relação à alimentação complementar, observou-se que a mediana de idade foi de 4 meses para sua introdução e de 5,5 meses para a alimentação da família. Verificou-se elevada inadequação quantitativa na ingestão de micronutrientes para lactentes de 6 a 12 meses que não recebiam AM, destacando-se as de zinco (75% e ferro (45%. CONCLUSÃO: O presente estudo mostrou elevada frequência de práticas e consumo alimentar inadequados em lactentes muito jovens. É possível que essas práticas levem a aumento no risco de desenvolvimento futuro de doenças crônicas.OBJECTIVE: To assess feeding practices and dietary intake of healthy infants in three Brazilian municipalities. METHODS: By means of a prospective study, we analyzed the food record of 7 consecutive days of an intentional sample (quota and weighted sampling of 179 healthy infants, aged between 4 and 12 months

  6. Infecções por vírus respiratórios em lactentes com suspeita clínica de coqueluche

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela E. Ferronato

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a frequência das infecções por vírus respiratórios em lactentes hospitalizados com suspeita clínica de coqueluche e analisar suas características admissionais e evolutivas. MÉODOS: foi realizado um estudo de coorte histórica, em um serviço sentinela para coqueluche, no qual a pesquisa de vírus respiratórios também foi rotineira para os lactentes hospitalizados com problemas respiratórios. Foram incluídos todos os lactentes submetidos à notificação compulsória de suspeita de coqueluche. Foram realizadas pesquisas para Bordetela pertussis - BP (PCR/cultura e vírus respiratórios - VR (imunofluorescência. Foram excluídos os pacientes que haviam recebido macrolídeos previamente à internação. Os dados clínicos foram obtidos dos prontuários. RESULTADOS: dentre os 67 pacientes analisados, a pesquisa para BP foi positiva em 44% e para VR em 26%. Não houve identificação etiológica em 35% e em 5% houve codetecção de VR e BP. Todos os pacientes apresentaram características demográficas semelhantes. A presença de tosse seguida de guincho inspiratório ou cianose foi um forte preditor de coqueluche, assim como, leucocitose e linfocitose evidentes. Coriza e dispneia foram mais frequentes nas infecções virais. Houve suspensão do uso de macrolídeos em 40% dos pacientes com pesquisa positiva para VR e negativa para BP. CONCLUSÃO: os resultados sugerem que lactentes hospitalizados com suspeita de coqueluche podem apresentar infecção viral e a pesquisa etiológica pode possibilitar a redução do uso de macrolídeos em alguns casos. No entanto, salienta-se que o diagnóstico etiológico de infecção por vírus respiratórios, por si só, não exclui a possibilidade de infecção por Bordetella pertussis.

  7. Auditory evoked potentials in premature and full-term infants Potenciais evocados auditivos em lactentes pré-termo e a termo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Angélica de Almeida Porto

    2011-10-01

    Full Text Available Accurate information about type, degree, and configuration of hearing loss are necessary for successful audiological early interventions. Auditory brainstem response with tone burst stimuli (TB ABR and auditory steady-state response (ASSR exams provide this information. AIM: To analyze the clinical applicability of TB ABR and ASSR at 2 kHz in infants, comparing responses in full-term and premature neonates. MATERIAL AND METHOD: The study was cross-sectional, clinical and experimental. Subjects consisted of 17 premature infants and 19 full-term infants. TB ABR and ASSR exams at 2000 Hz were done during natural sleep. RESULTS: The electrophysiological minimum response obtained with TB ABR was 32.4 dBnHL (52.4 dBSPL; the ASSR minimum was 13.8 dBHL (26.4 dBSPL. The exams required 21.1 min and 22 min, respectively. Premature and full-term infant responses showed no statistically significant differences, except for auditory steady-state response duration. CONCLUSIONS: Both exams have clinical applicability at 2 kHz in infants, with 20 min of duration, on average. In general, there are no differences between premature and full-term individuals.O sucesso de uma intervenção audiológica precoce depende de informações precisas quanto ao tipo, grau e configuração da perda auditiva. O potencial evocado auditivo de tronco encefálico com o estímulo tone burst (PEATE TB e a resposta auditiva de estado estável (RAEE proporcionam tais informações. OBJETIVO: Investigar a aplicabilidade clínica, em lactentes, do PEATE TB e da RAEE na frequência de 2 kHz, comparando as respostas dos lactentes nascidos a termo e prétermo. MATERIAL E MÉTODO: O estudo (transversal, clínico e experimental foi realizado com uma casuística de 17 lactentes pré-termo e 19 a termo submetidos ao PEATE TB e RAEE em 2000 Hz. RESULTADOS: A resposta eletrofisiológica mínima obtida com o PEATE TB foi de 32,4 dBnNA (52,4 dBNPS e com a RAEE de 13,8 dBNA (26,4 dBNPS, com dura

  8. Aspectos clínicos e laboratoriais de meningite piogênica em lactentes Clinical and laboratorial aspects of acute bacterial meningitis in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Lucena

    2002-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: descrever as características clínicas e laboratoriais da meningite piogênica em lactentes. MÉTODO: informações obtidas a partir do acompanhamento prospectivo dos lactentes com meningite piogênica, admitidos no Hospital Couto Maia no período de março a dezembro de 1997, foram inseridas em um banco de dados e analisadas com auxílio de programas estatísticos. RESULTADOS: meningite piogênica foi mais prevalente em lactentes com idade entre 6 meses e 1 ano, sendo o agente etiológico mais freqüente o Haemophilus influenzae. A letalidade global foi de 25,9% e, entre os sobreviventes, 39,3% deixaram o hospital apresentando alguma anormalidade compatível com envolvimento encefálico ao exame neurológico. CONCLUSÃO: meningite piogênica em lactentes se constitui em enfermidade com taxa de letalidade elevada, sendo, na maioria dos casos, passível de prevenção. Consideramos de grande relevância a adoção de medidas profiláticas de saúde visando redução da incidência desta enfermidade.OBJECTIVE: to describe clinical and laboratorial characteristics of acute bacterial meningitis in infants. METHOD: data from the prospective follow-up of infants with acute bacterial meningitis, admitted at the Hospital Couto Maia between March and December 1997, were analyzed with specific statistical software. RESULTS: acute bacterial meningitis was more prevalent in infants with ages varying from 6 months to 1 year. The most frequent etiologic agent was Haemophilus influenzae. The global lethality was 25.9% and among the survivors 39.3% left the hospital with some abnormality in the neurological exam compatible with the brain involvement. CONCLUSION: acute bacterial meningitis in infants is a high lethality disease that in the majority of cases can be prevented. We consider of great relevance the adoption of health prevention strategies in order to reduce the incidence of this disease.

  9. Efetividade superior do esquema diário de suplementação de ferro em lactentes Efectividad superior del esquema diario de suplementación de hierro en lactantes Greater effectiveness of daily iron supplementation scheme in infants

    OpenAIRE

    Catarina Machado Azeredo; Rosângela Minardi Mitre Cotta; Luciana Ferreira da Rocha Sant'Ana; Sylvia do Carmo Castro Franceschini; Rita de Cássia Lanes Ribeiro; Joel Alves Lamounier; Flávia Araújo Pedron

    2010-01-01

    OBJETIVO: Avaliar a efetividade de esquemas, diário e semanal, de suplementação profilática de ferro medicamentoso na prevenção da anemia ferropriva em lactentes não anêmicos. MÉTODOS: Estudo populacional, prospectivo, de abordagem quantitativa com intervenção profilática, realizado no município de Viçosa, MG, em 2007/8. Foram selecionadas 103 crianças não anêmicas, entre seis e 18 meses de idade, correspondendo a 20,2% das crianças cadastradas e atendidas pelas Equipes de Saúde da Família. A...

  10. Avaliação do comportamento auditivo e neuropsicomotor em lactentes de baixo peso ao nascimento Assessment of auditory behaviour and neuropsychomotor development of low weight infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I. Lichtig

    2001-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS E MÉTODOS: Este estudo teve como objetivos detectar a presença de deficiência auditiva (DA de moderada a profunda em 60 lactentes de baixo peso ao nascimento, e na ausência desta, acompanhar o desenvolvimento da função auditiva (localização da fonte sonora, e acompanhar o desenvolvimento neuropsicomotor destas crianças durante os dois primeiros anos de vida, através da avaliação comportamental da audição (Hear Kit, Downs - 1984, avaliação clínica do desenvolvimento neuropsicomotor e ultra-sonografia de crânio. RESULTADOS: Os resultados obtidos mostraram que dos 60 lactentes, em um caso foi levantada a hipótese de DA e em nove crianças foi verificado atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. Na análise transversal dos dados obtidos da avaliação auditiva, verificou-se que o comportamento auditivo dos lactentes apresentou respostas diferentes do que aquelas citadas na literatura americana. CONCLUSÃO: Concluiu-se que 5% dos lactentes apresentaram atraso na localização auditiva da fonte sonora e que os atendimentos médico e fonoaudiológico precoces, no berçário e ambulatório, nos dois primeiros anos de vida destas crianças de alto - risco são necessários.PURPOSES AND METHODS: The aims of this study were: to detect moderate to profound hearing loss in high risk infants for deafness, to follow up their auditory development (localization of the sound source- Hear Kit - Downs, 1984; and their neuropsychomotor development during the two first years of life. All subjects were submitted to cerebral ultra sound assessment. RESULTS: An infant with a suspected hearing loss was identified and nine infants presented neuropsychomotor development delay. In a transversal analysis of the hearing assessment data it was verified that infants in this study presented different response than the referred in the American literature. CONCLUSIONS: It was concluded that 5% of the infants were delayed in localizing the sound source

  11. Gravidade das coinfecções virais em lactentes hospitalizados com infecção por vírus sincicial respiratório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena De Paulis

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a gravidade de infecções causadas por um único vírus (VSR com a gravidade de coinfecções. MÉTODOS: Este estudo avaliou uma coorte histórica de lactentes com infecção aguda por VSR. Secreção de nasofaringe foi coletada de todos os pacientes rotineiramente para pesquisa viral usando técnicas de biologia molecular. Os seguintes desfechos foram analisados: tempo total de internação, duração da oxigenioterapia, admissão em unidade de terapia intensiva e uso de ventilação mecânica. Os resultados foram ajustados para os fatores confundidores (prematuridade, idade e aleitamento materno. RESULTADOS: Foram incluídos no estudo 176 lactentes com idade média de 4,5 meses e diagnósticos de bronquiolite e/ou pneumonia. Cento e vinte e um tinham infecção única por VSR, e 55 tinham coinfecções (24 VSR + adenovírus, 16 VSR + metapneumovírus humano e 15 outras associações menos frequentes. Os quatro desfechos de gravidade avaliados foram semelhantes entre o grupo com infecção única por VSR e os grupos com coinfecções, independente do tipo de vírus associado com o VSR. CONCLUSÃO: As coinfecções virais não parecem alterar o prognóstico de lactentes hospitalizados com infecção aguda por VSR.

  12. Recrudescência fatal de hipertermia maligna em lactente com síndrome de Moebius. Relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Regina Fernandes

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A hipertermia maligna (HM é uma desordem farmacogenética da musculatura esquelética, caracterizada por estado hipermetabólico após anestesia com succinilcolina e/ou agentes anestésicos voláteis. Várias síndromes neuromusculares estão associadas com susceptibilidade, no entanto a síndrome de Moebius não é descrita. O dantrolene é o fármaco de escolha para o tratamento. Recrudescência pode ocorrer em até 20% dos casos após o tratamento do evento inicial. RELATO DO CASO: Lactente, masculino, primeiro gemelar, sete meses, 6,5 kg. Portador da síndrome de Moebius. Internado para correção de pé torto congênito. Apresentou HM após exposição à sevoflurano e succinilcolina, prontamente revertida com dantrolene, sendo o fármaco mantido por 24 horas. Dez horas após a interrupção do dantrolene, houve recrudescência da HM, a qual não respondeu satisfatoriamente ao tratamento, evoluindo para óbito. DISCUSSÃO: Doenças musculoesqueléticas em crianças estão associadas a aumento de risco para desenvolvimento de MH, embora a síndrome de Moebius ainda não tenha sido descrita. O dantrolene é fármaco de eleição para o tratamento da síndrome, está indicada profilaxia durante as primeiras 24-48 horas do episódio inicial. Os principais fatores associados à recrudescência são: tipo muscular, longa latência após exposição anestésica e aumento da temperatura. A criança tinha apenas um fator de risco. Este caso nos remete à reflexão de que devemos estar atentos a crianças com doença musculoesquelético e que devemos manter o tratamento durante 48 horas.

  13. Leucemia linfoblástica aguda em lactentes: 20 anos de experiência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Ibagy

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar pacientes com menos de dois anos de idade com leucemia linfoblástica aguda atendidos no período de 1990 a 2010, em um centro de referência estadual. MÉTODOS: Estudo clínico, epidemiológico, transversal, descritivo e observacional. Pacientes incluídos tinham menos de dois anos de idade, com leucemia linfoblástica aguda, tratados no período de 1990 a 2010 na unidade de oncologia pediátrica de um centro de referência estadual, totalizando 41 casos. RESULTADOS: Todos os pacientes eram Caucasianos e 60,9% eram do sexo feminino. Com relação à idade, 24,38% tinham menos de seis meses, 17,07% tinham entre seis meses e um ano e 58,53% mais do que um ano de idade. A idade de seis meses foi estatisticamente significante para o desfecho de óbito. Os sinais e sintomas predominantes foram febre, hematomas e petéquias. Uma contagem de leucócitos superior a 100.000 foi observada em 34,14% dos casos; hemoglobina inferior a 11 em 95,13% e contagem de plaquetas inferior a 100.000, em 75,61% dos casos. Infiltração do sistema nervoso central estava presente em 12,91% dos pacientes. Em relação à linhagem, a linhagem B predominou (73%, mas a linhagem de células T foi estatisticamente significativa para o óbito. Trinta e nove por cento dos pacientes tiveram recorrência da doença. Em relação ao estado vital, 70,73% dos pacientes morreram, sendo choque séptico a principal causa. CONCLUSÕES: leucemia linfoblástica aguda em crianças tem uma alta taxa de mortalidade, principalmente em crianças menores de um ano e linhagem derivada de células T.

  14. Validade concorrente e confiabilidade da Alberta Infant Motor Scale em lactentes nascidos prematuros Concurrent validity and reliability of the Alberta Infant Motor Scale in premature infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kênnea Martins Almeida

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a validade concorrente e a confiabilidade interobservador da Alberta Infant Motor Scale (AIMS em lactentes prematuros acompanhados no ambulatório de seguimento do Instituto Fernandes Figueira, Fundação Oswaldo Cruz (IFF/Fiocruz. MÉTODOS: Foram avaliados 88 lactentes nascidos prematuros no ambulatório de seguimento do IFF/Fiocruz entre fevereiro e dezembro de 2006. No estudo de validade concorrente, 46 lactentes com 6 (n = 26 ou 12 (n = 20 meses de idade corrigida foram avaliados pela AIMS e pela escala motora da Bayley Scales of Infant Development, 2ª edição, por dois observadores diferentes, utilizando-se o coeficiente de correlação de Pearson para análise dos resultados. No estudo de confiabilidade, 42 lactentes entre 0 e 18 meses foram avaliados pela AIMS por dois observadores diferentes, utilizando-se o intraclass correlation coefficient (ICC para análise dos resultados. RESULTADOS: No estudo de validade concorrente, a correlação encontrada entre as duas escalas foi alta (r = 0,95 e estatisticamente significativa (p OBJECTIVE: To verify the concurrent validity and interobserver reliability of the Alberta Infant Motor Scale (AIMS in premature infants followed-up at the outpatient clinic of Instituto Fernandes Figueira, Fundação Oswaldo Cruz (IFF/Fiocruz, in Rio de Janeiro, Brazil. METHODS: A total of 88 premature infants were enrolled at the follow-up clinic at IFF/Fiocruz, between February and December of 2006. For the concurrent validity study, 46 infants were assessed at either 6 (n = 26 or 12 (n = 20 months' corrected age using the AIMS and the second edition of the Bayley Scales of Infant Development, by two different observers, and applying Pearson's correlation coefficient to analyze the results. For the reliability study, 42 infants between 0 and 18 months were assessed using the Alberta Infant Motor Scale, by two different observers and the results analyzed using the intraclass correlation

  15. Chlamydia trachomatis: um importante agente de infecções respiratórias em lactentes de famílias de baixa renda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Lucia Souza

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a prevalência de infecção do trato respiratório inferior (ITRI por Chlamydia trachomatis em lactentes internados e descrever as características clínicas, laboratoriais e radiológicas da doença. MÉTODOS: Este foi um estudo do tipo corte transversal, realizado durante um período de 12 meses. Foram incluídos todos os lactentes de até 6 meses internados consecutivamente no Centro Pediátrico Professor Hosannah de Oliveira da Universidade Federal da Bahia, em Salvador, BA, com diagnóstico clínico ou clínico-radiológico de ITRI. O diagnóstico de infecção por C. trachomatis foi realizado através da pesquisa de anticorpos da classe IgM, utilizando-se o ensaio imunoenzimático (ELISA. A prevalência de ITRI por C. trachomatis foi determinada, e foram calculadas as razões de prevalência para essa infecção e variáveis clínicas e laboratoriais. RESULTADOS: Cento e cinquenta e um lactentes realizaram sorologia para C. trachomatis, das quais 15 (9,9% foram positivas. A infecção por C. trachomatis ocorreu unicamente entre os menores de 5 meses, principalmente naqueles menores de 2 meses. Três crianças com infecção por C. trachomatis nasceram de parto cesáreo. Conjuntivite e eosinofilia ocorreram em 33,3% dos casos. As radiografias de tórax se mostraram alteradas em 92% dos casos. Demonstrou-se associação da infecção por C. trachomatis com duração de internação superior a 15 dias (p = 0,0398 e com oxigenoterapia (p = 0,0484. CONCLUSÕES: Houve alta prevalência de ITRI por C. trachomatis na população estudada. A infecção por esta bactéria foi associada a uma forma mais grave da doença, demonstrando a importância de se investigar essa infecção na gestante de forma a evitar o adoecimento de recém-nascidos.

  16. Incidência da síndrome da morte súbita em coorte de lactentes The incidence of sudden death syndrome in a cohort of infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena T. C. Geib

    2006-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Quantificar a incidência de síndrome da morte súbita do lactente no município de Passo Fundo (RS e descrever o perfil dos óbitos. MÉTODOS: Coorte de base populacional, de nascidos vivos no período de fevereiro de 2003 a janeiro de 2004, domiciliados na zona urbana. Excluíram-se lactentes hospitalizados desde o nascimento, crianças em processo de adoção e óbitos ocorridos antes da coleta de dados. Dos 2.634 nascidos vivos, foram incluídas 2.411 crianças, acompanhando-se 2.285 (94,8%. Os dados foram coletados no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos, declarações de óbito, registros do comitê de mortalidade infantil e mediante entrevistas domiciliares com a mãe social. Os instrumentos foram adaptados de formulários validados previamente. Os dados foram analisados no Epi-Info, com estatística descritiva. RESULTADOS: Foram registrados 10 óbitos (0,4%. Quatro de causa indeterminada puderam ser incluídos na categoria III de síndrome da morte súbita do lactente. Ocorreram entre os 2 e 5 meses, no domicílio, em crianças que dormiam na posição lateral, em cama com adultos, utilizando colchão macio, travesseiro e fralda sobre a face. Eram filhos de mãe jovens, fumantes, pré-natal incompleto, multíparas e de classes econômicas desfavorecidas. A incidência de suspeita dessa síndrome foi de 1,75/1.000. CONCLUSÃO: A taxa de incidência de suspeita de síndrome da morte súbita do lactente em Passo Fundo é compatível com os maiores coeficientes internacionais, sugerindo medidas de vigilância e prevenção de riscos.OBJECTIVES: To quantify the incidence of sudden infant death syndrome in the town of Passo Fundo, in Rio Grande do Sul, Brazil, and to describe the profile of the deaths observed. METHODS: A population-based cohort study of the live births from February 2003 to January 2004 to parents resident in the urban area. Infants were excluded if they had been hospitalized since birth, were in the

  17. Risk factors for sudden infant death syndrome in a developing country Fatores de risco para síndrome da morte súbita do lactente em um país em desenvolvimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Silveira Pinho

    2008-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To analyze whether previously identified risk factors for sudden death syndrome have a significant impact in a developing country. METHODS: Retrospective longitudinal case-control study carried out in Porto Alegre, Southern Brazil. Cases (N=39 were infants born between 1996 and 2000 who died suddenly and unexpectedly at home during sleep and were diagnosed with sudden death syndrome. Controls (N=117 were infants matched by age and sex who died in hospitals due to other conditions. Data were collected from postmortem examination records and questionnaires answers. A conditional logistic model was used to identify factors associated with the outcome. RESULTS: Mean age at death of cases was 3.2 months. The frequencies of infants regarding gestational age, breastfeeding and regular medical visits were similar in both groups. Sleeping position for most cases and controls was the lateral one. Supine sleeping position was found for few infants in both groups. Maternal variables, age below 20 years (OR=2, 95% CI: 1.1; 5.1 and smoking of more than 10 cigarettes per day during pregnancy (OR=3, 95% CI: 1.3; 6.4, significantly increased the risk for the syndrome. Socioeconomic characteristics were similar in both groups and did not affect risk. CONCLUSIONS: Infant-maternal and socioeconomic profiles of cases in a developing country closely resembled the profile described in the literature, and risk factors were similar as well. However, individual characteristics were identified as risks in the population studied, such as smoking during pregnancy and maternal age below 20 years.OBJETIVO: Analisar se fatores de risco previamente identificados para a síndrome da morte súbita do lactente têm impacto significativo em um país em desenvolvimento. MÉTODOS: Estudo retrospectivo, longitudinal, de caso-controle pareado realizado em Porto Alegre, RS. Os casos (N=39 foram lactentes nascidos entre 1996 e 2000 que morreram subitamente e inesperadamente em

  18. Anemia ferropriva em crianças de 6 a 12 meses atendidas na rede pública de saúde do município de Viçosa, Minas Gerais Iron deficiency anemia in 6 to 12-month-old infants attended at the public health service of Viçosa, Minas Gerais, Brazil

    OpenAIRE

    Danielle Góes da SILVA; Sylvia do Carmo Castro FRANCESCHINI; Silvia Eloiza PRIORE; Sônia Machado Rocha RIBEIRO; Sophia Cornbluth SZARFARC; Sônia Buongermino SOUZA; Laerte Pereira ALMEIDA; Nerilda Martins Miranda de LIMA; Úrsula Comastri de Castro MAFFIA

    2002-01-01

    Este estudo teve como objetivos verificar a prevalência de anemia em lactentes de 6 a 12 meses atendidos na rede pública de saúde do município de Viçosa, MG e analisar alguns possíveis fatores de risco. As informações foram obtidas através de questionário aplicado aos responsáveis pela criança e através da verificação de medidas antropométricas e da dosagem de hemoglobina por hemoglobinômetro portátil. No diagnóstico de anemia, utilizou-se o ponto de corte de 11 g/dL. A prevalência de anemia ...

  19. Anemia ferropriva em crianças de 6 a 12 meses atendidas na rede pública de saúde do município de Viçosa, Minas Gerais

    OpenAIRE

    SILVA, Danielle Góes da; FRANCESCHINI, Sylvia do Carmo Castro; PRIORE, Silvia Eloiza; RIBEIRO, Sônia Machado Rocha; SZARFARC, Sophia Cornbluth; SOUZA, Sônia Buongermino; ALMEIDA, Laerte Pereira; LIMA, Nerilda Martins Miranda de; MAFFIA, Úrsula Comastri de Castro

    2002-01-01

    Este estudo teve como objetivos verificar a prevalência de anemia em lactentes de 6 a 12 meses atendidos na rede pública de saúde do município de Viçosa, MG e analisar alguns possíveis fatores de risco. As informações foram obtidas através de questionário aplicado aos responsáveis pela criança e através da verificação de medidas antropométricas e da dosagem de hemoglobina por hemoglobinômetro portátil. No diagnóstico de anemia, utilizou-se o ponto de corte de 11 g/dL. A prevalência de anemia ...

  20. Associação entre índice de ventilação e tempo de ventilação mecânica em lactentes com bronquiolite viral aguda

    OpenAIRE

    Almeida-Júnior,Armando A.; Silva,Marcos T. N. da; Almeida,Celize C.B.; Jácomo,Andréa D. N.; Nery,Breno M.; Ribeiro,José D.

    2005-01-01

    OBJETIVO: Avaliar a associação entre tempo de ventilação mecânica e variáveis antropométricas, clínicas e de função pulmonar, precocemente, em lactentes com insuficiência respiratória por bronquiolite viral aguda em ventilação mecânica invasiva, e a evolução temporal das variáveis significativamente correlacionadas. MÉTODOS: Foram estudados 29 lactentes admitidos na unidade de terapia intensiva pediátrica do Hospital de Clínicas da UNICAMP, com diagnóstico de bronquiolite viral aguda, definid...

  1. Relato de um caso de neutropenia congênita grave em um lactente jovem A case report of severe congenital neutropenia in a young infant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Fadel M. dos Santos

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar um caso de neutropenia congênita grave e alertar os pediatras sobre tal diagnóstico em pacientes jovens, com infecções recorrentes. DESCRIÇÃO DO CASO: Lactente jovem com 45 dias de vida, com história de febre alta, letargia, recusa alimentar e hemogramas repetidos com leucopenia importante à custa de polimorfonucleares. A hipótese diagnóstica foi confirmada pelo aspirado de medula óssea, que mostrou hipoplasia de série granulocítica e completa ausência de neutrófilos maduros. Foi introduzida antibioticoterapia de largo espectro e estimulador da formação de colônias de granulócitos. O paciente evoluiu para óbito em decorrência de complicações infecciosas após 21 dias de internação. COMENTÁRIOS: Trata-se de um lactente jovem, portador de uma rara desordem congênita que leva à intensa neutropenia, deixando-o vulnerável a infecções graves e potencialmente fatais. À internação, o paciente apresentava sinais e sintomas sugestivos de sepse, sendo introduzido antibioticoterapia de amplo espectro, necessária por se tratar de lactente jovem, neutropênico e febril. A hipótese diagnóstica se baseou na história clínica e nos leucogramas alterados, sendo posteriormente confirmada pelo aspirado de medula óssea. Foi introduzido o estimulador da formação de colônias de granulócitos, que geralmente é efetivo, porém, nesse caso, não houve sucesso e o paciente evoluiu para óbito devido à grave infecção.OBJECTIVE: To report a case of severe congenital neutropenia and alert pediatricians about its diagnosis in young patients with recurrent infectious diseases. CASE DESCRIPTION: Young infant with 45 days of life, with a history of high fever, lethargy, poor feeding and repeated blood counts showing significant leucopenia due to a significant decrease of polymorphonuclear cells. The diagnosis was confirmed by bone marrow aspirate showing hypoplasia of the granulocytic series and complete absence of

  2. Abordagem ambulatorial do nutricionista em anemia hemolítica Nutritional ambulatory approach in hemolytic anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Vieira

    1999-04-01

    Full Text Available Descreve a atuação do nutricionista em ambulatório de Hematologia Pediátrica em um hospital escola e relata as condutas dietéticas necessárias na abordagem de crianças com anemia hemolítica com e sem sobrecarga de ferro, e também as atitudes mais freqüentes dos familiares em relação à alimentação desses pacientes.The Authors describe the performance of the Dietitian in a Pediatric Hematology Ambulatory. They emphasize the necessary dietetic procedures for adequate management of children with hemolytic anemia, with and without iron overload. Furthermore, they approach the family's attitude towards the patient's nutrition.

  3. Abordagem ambulatorial do nutricionista em anemia hemolítica Nutritional ambulatory approach in hemolytic anemia

    OpenAIRE

    Maria Aparecida Vieira; Ilda Nogueira de Lima; Marina Emiko Ivamoto Petilik

    1999-01-01

    Descreve a atuação do nutricionista em ambulatório de Hematologia Pediátrica em um hospital escola e relata as condutas dietéticas necessárias na abordagem de crianças com anemia hemolítica com e sem sobrecarga de ferro, e também as atitudes mais freqüentes dos familiares em relação à alimentação desses pacientes.The Authors describe the performance of the Dietitian in a Pediatric Hematology Ambulatory. They emphasize the necessary dietetic procedures for adequate management of children with ...

  4. Hiperoxalúria primária com insuficiência renal crônica terminal em lactente Primary hyperoxaluria with endstage renal failure in an infant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia S. Macedo

    2002-04-01

    Full Text Available Objetivo: descrever caso clínico de um lactente com insuficiência renal crônica terminal, causada por hiperoxalúria primária.Método: após revisão da literatura, verifica-se a raridade da doença; na França, a prevalência é de 1,05/milhão, com taxa de incidência de 0,12/milhão/ano. Pesquisa abordando centros especializados mundiais detectou, em 1999, 78 casos em lactentes; destes, em 14% o quadro inicial foi de uremia. A gravidade e a raridade da doença sugerem o relato deste caso.Resultados: criança de sexo feminino, com quadro de vômitos e baixo ganho de peso desde os primeiros meses de vida, desenvolveu insuficiência renal terminal aos 6 meses de idade, sendo mantida em tratamento dialítico desde então. Aos 8 meses, foi encaminhada para esclarecimento diagnóstico, apresentando déficit pôndero-estatural grave e os seguintes exames laboratoriais: uréia= 69 mg/dl, creatinina=2,2 mg/dl e clearance de creatinina= 12,5 ml/min/1.73m²SC. O exame de urina foi normal, a ultra-sonografia renal revelou tamanho normal e hiperecogenicidade de ambos os rins. A dosagem de oxalato urinário foi de 9,2mg/kg/dia ou 0,55 mmol/1.73m²SC, e a relação oxalato:creatinina, de 0,42. A biópsia renal diagnosticou presença de grande quantidade de depósitos de cristais de oxalato de cálcio no parênquima renal. A radiografia de ossos longos evidenciou sinais sugestivos de osteopatia oxalótica, e a fundoscopia indireta, sinais de retinopatia por oxalato. A criança foi mantida em diálise peritoneal ambulatorial contínua, tendo sido iniciado tratamento com piridoxina.Conclusões: a hiperoxalúria primária deve ser considerada como um dos diagnósticos diferenciais de insuficiência renal crônica em lactentes, especialmente na ausência de história sugestiva de outras patologias.Objective: to report a case of an infant with endstage renal failure caused by primary hyperoxaluria. Methods: the review of the literature showed the rarity of

  5. Associa??o entre periodontite e anemia em gestantes

    OpenAIRE

    Porto, Edla Carvalho Lima

    2015-01-01

    Apesar de j? serem institu?das medidas de preven??o e controle de anemias ferropriva e perniciosa durante o pr?-natal, a preval?ncia ainda continua alta. Outro tipo de agravo que tamb?m pode ocorrer nesta fase ? a anemia de doen?a cr?nica, relacionada a um processo inflamat?rio e infeccioso, a exemplo da periodontite. Desse modo, o presente estudo buscou investigar a tem?tica com base em estudos pr?vios que analisaram a associa??o entre a periodontite e algumas doen?as/condi??es sist?mica. OB...

  6. Avaliação funcional da disfagia de lactentes em UTI neonatal The functional evaluation of dysphagy in the neonatal intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Izabel Martins Redondo Botelho

    2003-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Os objetivos deste trabalho foram: 1 detectar os critérios clínicos na avaliação da disfagia em lactentes sindrômicos e patológicos; 2 testar a hipótese de associação entre achados funcionais e/ou videoendoscópicos; 3 mostrar a importância da atuação conjunta entre o fonoaudiólogo e o médico otorrinolaringologista na avaliação da disfagia nesses lactentes. MÉTODOS: A amostra foi composta por 15 lactentes nascidos no Hospital Maternidade de Campinas (SP, para os quais houve solicitação de uma avaliação fonoaudiológica por parte do médico neonatologista responsável. Todos os lactentes foram avaliados uma vez pelo mesmo fonoaudiólogo e pelo mesmo médico otorrinolaringologista. A avaliação funcional da deglutição observou: a a sensibilidade táctil extra-oral, b a sensibilidade táctil intra-oral, c o reflexo nauseoso e d a movimentação dos bucinadores. A avaliação da deglutição videoendoscópica analisou: a sensibilidade na cartilagem aritenóidea, b o choro, c a aspiração, d a queda de saturação, e a penetração. Utilizou-se o teste exato de Fisher para pequenas amostras e cada hipótese foi testada com nível de significância de 0,05. RESULTADOS: Observou-se que existe uma relação de dependência estatisticamente significativa entre as variáveis: 1 aspiração após fase faríngea e a penetração (alta e baixa e 2 sensibilidade extra-oral nas bochechas e a sensibilidade na cartilagem aritenóidea. CONCLUSÕES: Este último resultado mostra a associação entre um achado funcional obtido pelo fonoaudiólogo e um achado videoendoscópico do médico otorrinolaringologista, o que evidencia a importância do trabalho conjunto desses dois profissionais da saúde.BACKGROUND: The objectives of this study were: 1 to detect clinical criteria on the evaluation of dysphagy in preterm newborns; 2 to analyze the association between the functional and the videoendoscopy findings and 3 to show the

  7. Respostas dos Potenciais Evocados Auditivos de Tronco Encefálico por Frequência Específica por Condução Óssea Em Neonatos ou Lactentes

    OpenAIRE

    Curado, Nathália Raphaela Pessôa Vaz

    2014-01-01

    Os testes objetivos são capazes de dar valiosas contribuições para o diagnóstico da perda auditiva em neonatos ou lactentes uma vez que não há necessidade de resposta do paciente, porém ainda precisam ser melhores estudados. Este estudo teve como objetivo, verificar as respostas eletrofisiológicas dessa população, através dos registros dos potenciais evocados auditivos de tronco encefálico por Frequência Específica por condução óssea. A pesquisa (transversal, observacional, analítica) foi rea...

  8. Análise da compliância e gradiente timpanométrico em lactentes com refluxo Analysis of compliance and tympanometric gradient in infants with reflux

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizângela Dias Camboim

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar e comparar o gradiente timpanométrico e a compliância obtida nas sondas de 226 Hz e 1 kHz entre os grupos de lactentes com e sem refluxo gastroesofágico. MÉTODOS: Cento e dezoito lactentes a termo e pré-termo, de recém-nascidos a 6 meses de idade - 63 com diagnóstico clínico de refluxo gastroesofágico fisiológico realizado por pediatras ou gastropediatras e 55 sem refluxo -, foram submetidos a timpanometria com sondas de 226 Hz e 1 kHz. RESULTADOS: Foram observados maiores valores de compliância com sonda de 1 kHz em ambos os grupos. Ao se comparar a média de compliância entre os grupos, observou-se que o grupo sem refluxo apresentou maiores valores. A média dos valores do gradiente timpanométrico foi maior no grupo sem refluxo, quando comparada ao grupo com refluxo. CONCLUSÃO: A sonda de 1 kHz apresenta maior compliância em lactentes com e sem refluxo, em relação à sonda de 226 Hz. Lactentes com refluxo apresentam compliância dentro dos padrões de normalidade, porém apresentando menor compliância quando comparados com lactentes sem refluxo. Com relação ao gradiente, lactentes com refluxo apresentam valores alterados e/ou dentro dos padrões limítrofes da normalidade, em ambas as orelhas.PURPOSE: To analyze and compare the tympanometric gradient and the compliance obtained in probe tones of 226 and 1 kHz between groups of infants with and without gastroesophageal reflux (GER. METHODS: Participants were 118 full-term and preterm infants, from newborns to 6-month-olds - 63 with clinical diagnosis of physiological GER performed by pediatricians or gastroenterologists, and 55 without GER -, who were submitted to tympanometry with probe tones of 226 and 1 kHz. RESULTS: Higher compliance values were found with 1 kHz in both groups. Comparing the average compliance between groups, we observed that the group without reflux showed higher values. The mean value of the tympanometric gradient was higher in the

  9. Eventração diafragmática congênita complicada por hérnia interna em lactente: uma rara combinação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willy Marcus Gomes França

    2016-10-01

    Full Text Available Introdução: A eventração diafragmática (ED é um evento raro, caracterizado pela elevação anormal do diafragma. Em casos congênitos, ocorre defeito na muscularização do diafragma no período embrionário, o que afeta sua fixação e leva ao deslocamento do hemidiafragma enfraquecido para o tórax. Por outro lado, a hérnia diafragmática congênita (HDC decorre da falha de fusão das membranas pleuroperitoneais, resultando em um defeito diafragmático que permite a herniação visceral. Ao contrário da HDC, que apresenta maior gravidade, a ED congênita pode ser assintomática. Objetivo: Relatar um caso incomum de eventração diafragmática congênita complicada por hérnia interna. Metodologia: Informações obtidas pelo acompanhamento da paciente em enfermaria do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS, análise do prontuário e revisão de literatura. Relato do caso: Lactente feminina de 53 dias de vida, referenciada à Emergência Pediátrica do CHS por vômitos, gemência, irritação e diminuição da aceitação do leite materno há 2 dias. Ao exame: mau estado geral; ausculta cardíaca em hemitórax direito, pulsos finos; ausculta pulmonar rude e diminuída em hemitórax esquerdo (HTE; abdome globoso, distendido, com edema de parede abdominal. A radiografia revelou a presença de alças intestinais em HTE, além de grande distensão das alças de delgado, com discreto edema de parede em algumas delas, sugerindo quadro obstrutivo e provável hérnia diafragmática. Durante a cirurgia, foram observadas alças de delgado em saco herniário eventrado no HTE, formando uma eventração diafragmática, onde haviam encarceradas alças de jejuno e íleo, comprometendo alça de íleo terminal, de aspecto necrótico por uma extensão de 10 cm. O tratamento cirúrgico foi curativo e a paciente recebeu alta após 14 dias. Conclusão: A eventração diafragmática congênita é diagnóstico diferencial com HDC, e sua correção cir

  10. Efetividade superior do esquema diário de suplementação de ferro em lactentes Efectividad superior del esquema diario de suplementación de hierro en lactantes Greater effectiveness of daily iron supplementation scheme in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Catarina Machado Azeredo

    2010-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a efetividade de esquemas, diário e semanal, de suplementação profilática de ferro medicamentoso na prevenção da anemia ferropriva em lactentes não anêmicos. MÉTODOS: Estudo populacional, prospectivo, de abordagem quantitativa com intervenção profilática, realizado no município de Viçosa, MG, em 2007/8. Foram selecionadas 103 crianças não anêmicas, entre seis e 18 meses de idade, correspondendo a 20,2% das crianças cadastradas e atendidas pelas Equipes de Saúde da Família. As crianças foram divididas em dois grupos de suplementação: dosagem diária recomendada pela Sociedade Brasileira de Pediatria (grupo 1, n=34 e dosagem semanal preconizada pelo Ministério da Saúde (grupo 2, n=69. As avaliações ocorreram no início do estudo e após seis meses, sendo realizadas dosagem de hemoglobina (ß-hemoglobinômetro portátil, avaliação antropométrica e dietética, e aplicação de questionário socioeconômico. Os indicadores de impacto utilizados foram a prevalência de anemia, variação de hemoglobina, adesão e efeitos adversos aos suplementos. RESULTADOS: Os grupos se mostraram homogêneos quanto às variáveis socioeconômicas, biológicas e de saúde anteriores à intervenção. Após seis meses de suplementação, observaram-se maiores médias de hemoglobina no grupo 1 em relação ao grupo 2, (11,66; DP=1,25 e 10,95; DP=1,41, respectivamente, p=0,015; além de menores prevalências de anemia (20,6% e 43,5%, respectivamente, p=0,04. Apenas o tempo de suplementação influenciou na anemia grave (p=0,009. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes para as variáveis adesão ao suplemento e efeitos adversos. CONCLUSÕES: A dosagem diária recomendada pela Sociedade Brasileira de Pediatria mostrou-se mais efetiva na prevenção da anemia em lactentes, quando comparada à dosagem utilizada pelo Ministério da Saúde. A dosagem semanal recomendada pelo programa do governo

  11. Indicadores de risco para perda auditiva em neonatos e lactentes atendidos em um programa de triagem auditiva neonatal Risk indicators for hearing loss of newborns and infants in a newborn hearing screening program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Maria Sobral Griz

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: descrever os indicadores de risco para perda auditiva presentes em neonatos e lactentes que realizaram a Triagem Auditiva Neonatal no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, nascidos em 2008. MÉTODOS: foram pesquisados os 787 neonatos e lactentes que realizaram a Triagem Auditiva Neonatal no citado Hospital, nascidos em 2008. Foi montado um banco de dados com informações do formulário com histórico familiar e clínico dos pesquisados e resultado da triagem, para análise dos indicadores de risco. RESULTADOS: os indicadores de risco mais prevalentes na população estudada foram presença de hiperbilirrubinemia, nascimento pré-termo, baixo peso ao nascimento, uso de medicamento durante o período gestacional, permanência em Unidade de Terapia intensiva e presença de infecções intra-uterinas durante a gestação. Os indicadores de risco para perda auditiva com associação estatisticamente significante com o resultado falha na triagem foram nascimento pré-termo, baixo peso, permanência em Unidade de Terapia Intensiva, uso de ventilação mecânica e uso de medicamento ototóxicos. CONCLUSÃO: houve ocorrência de indicadores de risco pré, peri e pós-natais, porém apenas foi encontrada significância estatística entre alguns indicadores peri e pós-natais e a falha na triagem.PURPOSE: to characterize neonates and infants who were born in 2008 and have been submitted to the Newborn Hearing Screening Program of the Federal University of Pernambuco Hospital according to the presence of risk factors related to hearing loss. METHODS: a total of 787 newborns took part in the study. Information from clinical charts and tests results were collected in order set up a database. RESULTS: the most prevalent risk factors for hearing loss in the related population was hyperbilirubinemia, prematurity, low weigh at birth, use of medication during pregnancy, presence of diseases during pregnancy and permanence in a

  12. Anemia

    Science.gov (United States)

    ... reason for blood cell counts to be low. Anemia of Chronic Disease Anemia of chronic disease is a result of chronic inflammation caused by ... benign or malignant tumors, or a variety of chronic medical conditions. Pernicious Anemia ... © 2018 Health ...

  13. Anemia

    Science.gov (United States)

    ... a shortage of iron. This condition is called iron deficiency anemia. There are a few other types of anemia, ... Try to avoid these foods if you have iron deficiency anemia. Foods high in vitamin B12 include: meat and ...

  14. Otite Média Aguda no Pequeno Lactente

    OpenAIRE

    Rodrigues, V; Maia, R; Pedrosa, C; Brito, MJ; Cordeiro Ferreira, G

    2011-01-01

    Introdução: A otite média aguda (OMA) é uma patologia comum na infância mas rara abaixo dos 3 meses de idade Objectivos: Caracterizar a OMA e avaliar eventuais factores de risco no pequeno lactente. Métodos: Estudo descritivo, de 2005 a 2009 em lactentes com menos de três meses, internados por OMA. Analisaram-se idade, sexo, factores de risco (FR) comorbilidades, clínica, terapêutica e evolução. A avaliação de factores de risco foi realizada com grupo de controlo emparelh...

  15. Meningites bacterianas no lactente aspectos neurológicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Valeriana L. de Moura-Ribeiro

    1990-06-01

    Full Text Available Aspectos clínicos, neurológicos e laboratoriais das meningites bacterianas agudas no lactente são criticamente analisados em função da experiência da autora. São apresentadas considerações fisiopatológicas sobre os eventos que ocorrem na fase aguda desses processos.

  16. Probióticos e prebióticos na prevenção e no tratamento de doenças em lactentes e crianças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yvan Vandenplas

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o impacto do uso de probióticos e prebióticos na saúde das crianças. FONTES DOS DADOS: Foram pesquisados os bancos de dados MEDLINE e LILACS, selecionando-se artigos relevantes em inglês e francês. SÍNTESE DOS DADOS: O leite humano é rico em oligossacarídeos prebióticos e pode conter probióticos. Não existem dados sugerindo que a adição de probióticos a fórmulas para lactentes possa ser prejudicial, mas as evidências de sua eficácia são insuficientes para que seja recomendada. Visto que dados sugerem que a adição de oligossacarídeos prebióticos específicos pode reduzir infecções e atopia em lactentes saudáveis, sua adição parece razoável. Os benefícios a longo prazo dos pro e prebióticos para o sistema imunológico em desenvolvimento ainda precisam ser comprovados. Probióticos selecionados reduzem a duração da diarreia infecciosa em 1 dia, mas faltam evidências quanto à prevenção, exceto na diarreia associada a antibióticos. Alguns probióticos específicos previnem a enterocolite necrosante, e outros micro-organismos podem ser benéficos nos casos de gastrite por Helicobacter pylori e de cólica do lactente. Não há evidências suficientes para recomendar o uso de probióticos na prevenção e no tratamento da dermatite atópica. A utilização de probióticos nos casos de constipação, síndrome do intestino irritável, doença inflamatória intestinal e infecções extraintestinais requer mais estudos. CONCLUSÕES: A duração da administração, a dosagem microbiana e as espécies utilizadas necessitam de maior validação, tanto para probióticos quanto para prebióticos. Alegações de saúde injustificadas são uma grande ameaça ao conceito de pro e prebióticos.

  17. Novo método de dosagem de soros antipeçonhentos em camundongos lactentes: I - dosagem do soro anticrotálico New method for dosage of antivenoms sera in baby mice: I-Anticrotalic serum's dosage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Soerensen

    1984-08-01

    Full Text Available A atividade biológica dos soros antipeçonhentos pode ser determinada "in vivo" em pombos, coelhos, cobaios e camundongos adultos, não existindo, entretanto, nenhum método que possa ser recomendado internacionalmente. Estudou-se comparativamente aos métodos tradicionais de dosagem de soros em pombos e camundongos adultos, a validade do uso de camundongos lactentes de 6 a 7 dias, pesando 4 a 5g, inoculados pela via subcutânea. Inicialmente foi determinada a toxidez do veneno de Crotalus durissus terríficus através do estudo da sintomatologia do envenenamento e da atividade letal. O estudo comparativo dos três métodos forneceu maior concordância de resultados em DE100 entre as dosagens realizadas com camundongos lactentes e adultos. A DE100 e DL50 determinadas em camundongos lactentes forneceu resultados mais constantes que os dos métodos de camundongos adultos e pombos. O uso deste novo método permite eliminar a dificuldade de obtenção do atual animal de prova; a utilização de um maior número de animais por ponto de avaliação biológica, possibilitando uma maior precisão e conseguindo-se uma uniformidade nas características exigidas neste tipo de dosagem como peso, idade e linhagem, visando a reprodução sistemática dos resultados.The biological activity of antiserum against venoms can be assessed by "in vivo" tests using pigeons, rabbits, guinea-pigs and adult mice although there is no International standardized reaction for it. The traditional methods using pigeons and adult mice were comparatively studied with those using mice of 4-5 g (6-7 days of age, inoculated by subcutaneous injection. The toxicity of the Crotalus durissus terrificus venom was initially determined by studying the symptomatology after administration of venom and lethal activity. The comparative study of these three methods showed that the best concordance in the results of the ED100 was obtained using adult and baby mice. The most homogeneous ED100

  18. Características neuromotoras e biopsicossocias de lactentes com histórico de risco biológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joyce Ribeiro

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Os avanços tecnológicos têm permitido maior sobrevivência de recém-nascidos de risco. No entanto, os fatores de risco biológico aos quais essas crianças foram expostas fazem com que tenham maior chance de apresentar atrasos no desenvolvimento. OBJETIVO: O presente estudo objetivou avaliar as características neuromotoras e biopsicossociais de lactentes com histórico de risco biológico. METODOLOGIA: A amostra foi constituída de 25 lactentes com idade desde o nascimento a dois meses de vida, com registro de nascimento na cidade de Fraiburgo, SC. Os fatores de risco biológicos presentes foram: prematuridade, baixo peso, incompatibilidade sanguínea, necessidade de reanimação, intubação, permanência em O2, hipertensão pulmonar leve, icterícia, desconforto respiratório, infecção neonatal, anemia neonatal, tabagismo materno, trauma durante o parto, cardiopatia e má-formação de traqueia. Foram utilizados os seguintes instrumentos: cartão de saúde da criança, formulário biopsicossocial e Neonatal Behavioral Assesment Scale. RESULTADOS: Foi possível constatar, em relação às condições biopsicossociais, prevalência de mães casadas, primigestas, com ensino superior completo, exercendo atividade extra-lar e com idade média de 28 anos na ocasião do parto. Verificou-se casos de exposição do feto ao tabagismo materno, mães acometidas por anemia, hipertensão e hipotensão durante o período gestacional. Em relação ao desenvolvimento neuromotor, os lactentes apresentaram desempenho esperado para crianças de risco em relação à habituação, regulação e reflexos. Em relação à socialização, organização e sistema autônomo, constatou-se desempenho inferior ao de demais crianças de risco. CONCLUSÃO: Os achados deste estudo demonstram que crianças com histórico de risco biológico podem apresentar comprometimento em relação a aspectos do desenvolvimento neuromotor.

  19. Desempenho motor de lactentes frequentadores de berçários em creches públicas Motor performance of infants attending the nurseries of public day care centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Baltieri

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o desempenho motor axial, apendicular e global e sua correlação com as características neonatais, familiares e de tempo de exposição à creche em crianças com idade entre 12-24 meses, frequentadoras de creches públicas. MÉTODOS: Estudo transversal com 40 lactentes (idade média 14,3±2,4 meses frequentadores de creches públicas. Os participantes foram avaliados quanto ao desempenho motor com a Bayley Scales of Infant and Toddler Development-III, a qual possibilita análise do desempenho motor e comparação dos domínios motores axial e apendicular. Foram coletados dados neonatais, familiares e de exposição à creche e pesquisou-se a correlação destes fatores ao desempenho motor. Foi utilizado o teste t pareado para comparar médias e a correlação de Pearson. RESULTADOS: O desempenho motor do grupo esteve, em média, abaixo da referência, com 22,5% das crianças classificadas como suspeitas de atraso nos desempenhos axial e global, contrastando com nenhuma no domínio apendicular. A comparação axial e apendicular apontou diferença significativa, com desempenho axial aquém do apendicular, além de 35% do grupo ter apresentado discrepância significativa entre esses domínios. Não foi encontrada correlação linear entre os domínios motores avaliados e as variáveis neonatais, familiares e de exposição à creche. CONCLUSÕES: O desempenho motor global do grupo esteve abaixo da média de referência, com desempenho motor axial inferior ao apendicular e importante discrepância entre esses. Recomenda-se atenção às habilidades motoras axiais e às oportunidades de exploração que o ambiente em creches pode propiciar, especialmente no decorrer dos dois primeiros anos de vida.OBJECTIVE: To analyze gross, fine and global motor performance and its correlation with neonatal and familial variables and day care exposure among children between 12-24 months of age attending public day care centers. METHODS: This

  20. Potenciais impactos da variabilidade climática sobre a morbidade respiratória em crianças, lactentes e adultos Potential impacts of climate variability on respiratory morbidity in children, infants, and adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amaury de Souza

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a relação existente entre a o número de internações por doenças do aparelho respiratório em lactentes, crianças e adultos e as variações meteorológicas na cidade de Campo Grande (MS. MÉTODOS Foram utilizados dados diários de internações por doenças respiratórias, precipitação, temperatura do ar, umidade e velocidade dos ventos entre 2004 e 2008. Foram calculados os índices de conforto térmico humano, temperatura efetiva e temperatura efetiva com velocidade do vento com base nas variáveis meteorológicas. Foram realizados modelos lineares generalizados utilizando o modelo múltiplo de regressão de Poisson para predizer as internações por doenças respiratórias. RESULTADOS: Foram observados valores relativamente elevados dos coeficientes de correlação entre as variáveis estudadas e internações por pneumonia em crianças (R² = 68,4%, lactentes (R² = 71,8% e adultos (R² = 81,8%. CONCLUSÕES: Os resultados aqui apresentados indicam em termos quantitativos o risco para um aumento no número de hospitalizações de crianças, lactentes e adultos de acordo com o aumento ou a diminuição das temperaturas, umidade, precipitação, velocidade dos ventos e índice de conforto térmico na cidade de Campo Grande.OBJECTIVE: To determine whether climate variability influences the number of hospitalizations for respiratory diseases in infants, children, and adults in the city of Campo Grande, Brazil. METHODS: We used daily data on admissions for respiratory diseases, precipitation, air temperature, humidity, and wind speed for the 2004-2008 period. We calculated the thermal comfort index, effective temperature, and effective temperature with wind speed (wind-chill or heat index using the meteorological data obtained. Generalized linear models, with Poisson multiple regression, were used in order to predict hospitalizations for respiratory disease. RESULTS: The variables studied were (collectively found to show

  1. Anemias.

    Science.gov (United States)

    Broadway-Duren, Jacqueline B; Klaassen, Hillary

    2013-12-01

    Anemias continue to present a challenge to the health care profession. Anemia is defined as a reduction in one or more of the RBC indices. Patients presenting with a mild form of anemia may be asymptomatic; however, in more serious cases the anemia can become life threatening. In many cases the clinical presentation also reflects the underlying cause. Anemia may be attributed to various causes, whereas autoimmune RBC destruction may be attributed to intrinsic and extrinsic factors. Laboratory tests are essential in facilitating early detection and differentiation of anemia. Published by Elsevier Inc.

  2. Educação em saúde auditiva do neonato e lactente para profissionais de enfermagem Newborn and infant hearing health education for nursing professionals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Padilha Barbosa

    2013-04-01

    Full Text Available A perda auditiva é uma privação sensorial e, entre suas consequências, pode-se citar: atraso no desenvolvimento de linguagem, problemas socioemocionais e escolar. Neste cenário, destacam-se os profissionais de enfermagem, que podem multiplicar os conhecimentos sobre saúde auditiva infantil, desde o pré-natal. OBJETIVO: Verificar o conhecimento dos profissionais de enfermagem após ações educativas em saúde auditiva infantil. MÉTODO: Estudo quase-experimental com delineamento tempo-série. Participaram 82 profissionais de enfermagem (enfermeiros, técnicos e auxiliares, que trabalhavam em um hospital universitário, no período entre março e setembro de 2011. Todos responderam a um questionário semiestruturado, antes e após ações educativas desenvolvidas. RESULTADOS: Pôde-se observar mudança significativa de conhecimento dos profissionais de enfermagem após a ação educativa na maioria das variáveis analisadas, a exemplo, idade ideal para realizar a Triagem Auditiva Neonatal; idade ideal para realizar o diagnóstico da perda auditiva; idade ideal para iniciar a intervenção ante a perda auditiva e os indicadores de risco para perda auditiva. CONCLUSÃO: Acredita-se que a metodologia utilizada nas ações educativas, baseadas na problematização da prática profissional, pode ter contribuído sobremaneira para o aumento do conhecimento sobre saúde auditiva, especialmente da população neonatal e lactente.Hearing loss is a sensory deprivation, which can brings several consequences, among them: language development delay, emotional and social problems, and school difficulties. In such settings, we stress the role of nursing professional, who can expand their knowledge about children's hearing health, all the way from pre-natal care. OBJECTIVE: To check the knowledge of nursing professional after the educational actions on pediatric hearing. METHOD: A quasi-experimental design with timeseries outline. We had 82 nursing

  3. Fatores de risco para diárreia persistente em lactentes Risk factors to persistent diarrhea in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Moura Lins

    2003-12-01

    Full Text Available RACIONAL: A diarréia persistente é uma doença multicausal. A análise do risco para o prolongamento do quadro diarréico envolve variáveis ambientais, biológicas e do manejo clínico. OBJETIVO: Identificar fatores de risco para a diarréia persistente em crianças hospitalizadas na fase aguda do quadro diarréico. PACIENTES E MÉTODOS: O estudo foi do tipo caso-controle. A amostra consistiu de 216 crianças menores de 24 meses hospitalizadas por diarréia de início abrupto, no Instituto Materno-Infantil de Pernambuco, Recife, PE. O grupo de casos incluiu as crianças com diarréia persistente e o de controles aquelas com diarréia aguda. Foram analisadas variáveis socioeconômicas, biológicas, de morbidade anterior, clínicas e do manejo terapêutico prévio à admissão. Utilizou-se o odds ratio não ajustado e ajustado, com seus respectivos intervalos de confiança de 95%, observando-se o nível de significância de 5%. A análise multivariada foi feita através de regressão logística. RESULTADOS: O risco de persistência da diarréia foi maior nas crianças com: disenteria, febre no início do quadro, dieta suspensa e uso de antibiótico à admissão hospitalar. O risco de diarréia persistente foi cerca de três vezes maior para crianças sem geladeira no domicílio e que apresentavam hiperemia perianal ao exame físico na admissão hospitalar, sendo estas as variáveis que apresentaram significância estatística após o ajuste para fatores de confusão. CONCLUSÕES: A melhoria das condições ambientais e o manejo adequado e individualizado da criança hospitalizada por diarréia pode contribuir para a redução da morbidade da doença.BACKGROUND: Persistent diarrhea is a multicausal disease. The analysis of risk factors for persistent diarrhea includes environmental and biological variables as well as therapeutical management. AIM: To identify risk factors for persistent diarrhea among children hospitalized with acute diarrhea

  4. Aerobic bacteria, Chlamydia trachomatis, Pneumocystis carinii and Cytomegalovirus as agents of severe peneumonia in small infants Bactérias aeróbias, Chlamydia trachomatis, Pneumocystis carinii e Cytomegalovirus: agentes causadores de pneumonia grave em pequenos lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bernardo Ejzenberg

    1996-02-01

    Full Text Available The authors studied 58 infants hospitalized for pneumonia in a semi-intensive care unit. Age ranged from 1 complete to 6 incomplete months. The infants were sent from another hospital in 20 cases and from home in a further 38. Pulmonary involvement, which was alveolar in 46 cases and interstitial in 12, was bilateral in 31 children. The investigation was carried out prospectively on the etiological agents associated with respiratory infection to look for evidence of aerobic bacteria (blood cultures, Chlamydia trachomatis and Cytomegalovirus (serology, and Pneumocystis carinii (direct microscopy of tracheal aspirated material. The following infectious agents were diagnosed in 21 children (36.2%: Aerobic bacteria (8, Chlamydia trachomatis (5, Pneumocystis carinii (3, Cytomegalovirus (3, Cytomegalovirus and Chlamydia trachomatis (1, Aerobic bacteria and Cytomegalovirus (1. Seven cases of infection by Chlamydia trachomatis and/or Cytomegalovirus were diagnosed out of the 12 cases with pulmonary interstitial involvement.Os autores estudaram prospectivamente 58 lactentes internados por pneumonia em unidade semi-intensiva. A idade foi limitada entre 1 mês completo e 6 meses incompletos. A procedência das crianças foi de outro hospital em 20 casos e domiciliar em 38. O acometimento pulmonar era alveolar em 46 casos, intersticial em 12 e bilateral em 31 crianças. Foram pesquisados agentes etiológicos associados à infecção respiratória dos lactentes jovens: Bactérias aeróbias (Hemoculturas, Chlamydia trachomatis e Cytomegalovirus (sorologia, e Pneumocystis carinii (microscopia direta do aspirado traqueal. Foram diagnosticadas infecções em 21 crianças (36,2%: Bactérias aeróbias (8, Chlamydia trachomatis (5, Cytomegalovirus (3, Pneumocystis carinii (3, Cytomegalovirus e Chlamydia trachomatis (1, Bactéria aeróbia e Cytomegalovirus (1. Foram diagnosticadas 7 infecções por Chlamydia trachomatis e/ou Cytomegalovirus entre as 12 crianças com

  5. Anemia ferropriva em crianças de 6 a 12 meses atendidas na rede pública de saúde do município de Viçosa, Minas Gerais Iron deficiency anemia in 6 to 12-month-old infants attended at the public health service of Viçosa, Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Góes da SILVA

    2002-09-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivos verificar a prevalência de anemia em lactentes de 6 a 12 meses atendidos na rede pública de saúde do município de Viçosa, MG e analisar alguns possíveis fatores de risco. As informações foram obtidas através de questionário aplicado aos responsáveis pela criança e através da verificação de medidas antropométricas e da dosagem de hemoglobina por hemoglobinômetro portátil. No diagnóstico de anemia, utilizou-se o ponto de corte de 11 g/dL. A prevalência de anemia ferropriva nas 204 crianças estudadas foi 60,8%, e 55,6% dos casos de anemia eram graves. A média da hemoglobina foi 9,28±1,07 nos anêmicos e 12,07±0,89 mg/dL nos não-anêmicos. A baixa escolaridade paterna e a idade materna mostraram associação estatística com a anemia (pThis study aimed at verifying the prevalence of anemia in 6 to 12-month-old infantsattended at the public health service of the city of Viçosa, state of Minas Gerais, and analyzing some possible risk factors. Information was obtained through questionnaire applied to those responsible for the infants and through the verification of the anthropometric measures and the hemoglobin dosage by portable hemoglobinometer. In diagnosing anemia, a 11g/dL cutoff point was used. The prevalence of iron deficiency anemia in a total of 204 infants reached 60.8%, and 55.6% of the cases of anemia were serious. The hemoglobin average was 9.28±1.07 mg/dL in anemic infants, and 12.07± 0.89 mg/dL in non-anemic ones. The father's low school level and the mother's age showed statistical association with anemia (p<0.05. A high prevalence and severity of the anemia was found, emphasizing the need for prevention and control of this disease in the city of Viçosa.

  6. Fatores de risco para anemia em crianças de 6 a 12 meses no Brasil Risk factors for anemia among 6- to 12-month-old children in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Glória Neumann Spinelli

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de anemia e investigar os fatores de risco a ela associados em lactentes brasileiros que recebem atendimento na rede básica de saúde. MÉTODO: Estudo transversal com 2 715 crianças entre 6 e 12 meses de idade, residentes em 12 municípios das cinco regiões do Brasil. As mães ou responsáveis responderam a um questionário para coleta de informações sobre a criança e sua alimentação. Foram medidos o peso e a altura para determinação do estado nutricional. Também foi feita a dosagem da concentração de hemoglobina com fotômetro portátil HemoCue, considerando-se como anemia o nível OBJECTIVE: To estimate the prevalence of anemia and to determine associated risk factors among infants receiving routine health care in public clinics in Brazil. METHOD: This cross-sectional study included 2 715 infants between 6 and 12 months old in 12 cities, in all five of the geographic regions of Brazil. Information regarding the child and its feeding habits was obtained from the mother or other caregiver, using a questionnaire. Nutritional status was determined based on height and weight measurements. The hemoglobin concentration was measured using the HemoCue portable hemoglobinometer. Anemia was defined as hemoglobin < 11 g/dL. The infants’ eating habits were assessed based on what they were eating around the time of the questionnaire interviews. The association between anemia and the different variables was evaluated through bivariate analysis, followed by multiple logistic regression using a hierarchical selection model. RESULTS: The prevalence of anemia for the entire group was 65.4%. Multiple regression analysis identified the following risk factors for anemia: living in the Southeastern Region of Brazil (odds ratio (OR = 1.57, 95% confidence interval (95% CI = 1.25- 1.99, maternal age < 20 years (OR = 1.58, 95% CI = 1.21-2.07, birthweight < 2 500 g (OR = 2.09, 95% CI = 1.48-2.95, not being breast-fed (OR

  7. Secreção na orelha média em lactentes - ocorrência, recorrência e aspectos relacionados Secretion of middle ear in infants - occurrence, recurrence and related factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra de O. Saes

    2005-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O presente estudo objetivou avaliar a ocorrência e recorrência de secreção na orelha média e os possíveis fatores associados, em 190 recém-nascidos e lactentes observados nos 2 primeiros anos de vida, participantes de um programa de prevenção, detecção e intervenção interdisciplinar desenvolvido na Clínica de Educação para Saúde da Universidade do Sagrado Coração. MÉTODOS: Os recém-nascidos e lactentes foram submetidos mensalmente a anamnese, otoscopia, avaliação audiológica comportamental por meio de instrumentos sonoros e tons puros (audiometria pediátrica e timpanometria. RESULTADOS: Os resultados revelaram que 68,4% dos lactentes apresentaram um ou mais episódios de secreção na orelha média nos 2 primeiros anos, com maior recorrência para o sexo masculino. A idade de maior ocorrência foi entre 4 e 12 meses. Quanto mais cedo ocorreu o primeiro episódio, maior foi a probabilidade de recorrência. Os meses do ano de maior incidência foram de maio a agosto. Das variáveis estudadas, constatou-se que o período de aleitamento materno exclusivo atuou como um fator protetor. Quanto aos fatores de risco, verificou-se que a presença tabagismo passivo, refluxo gastroesofágico, alergia respiratória esteve relacionada à recorrência de efusão. CONCLUSÃO: Os achados revelaram a importância do acompanhamento auditivo periódico para lactentes nos 2 primeiros anos de vida, considerando ser o período crítico para o processo de maturação do sistema auditivo, no qual privações sensoriais auditivas podem ser responsáveis por seqüelas para o desenvolvimento de fala e linguagem.OBJECTIVE: The present study aimed at evaluating the occurrence and recurrence of middle ear secretion and possible associated factors in the first two years of life of 190 newborns and infants, participants in the interdisciplinary prevention, detection, and intervention program at the Clínica de Educação para Saúde of

  8. Anemia em adolescentes segundo maturação sexual Anemia among adolescents according to sexual maturation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Assunção Iuliano

    2004-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de anemia em adolescentes (hemoglobina0,05. Observou-se aparente aumento do nível médio de hemoglobina com o desenvolvimento do adolescente. Detectou-se anemia em 11,0% dos adolescentes, a maioria na fase púbere, classificada como ''prevalência leve'' segundo a World Health Organization. Não foi encontrada associação entre indicadores sociais e anemia. CONCLUSÃO: O estudo apontou baixa prevalência de anemia, mas acima do esperado entre púberes de escola particular e indica tendência de aumento dos níveis de hemoglobina com o desenvolvimento sexual dos adolescentes. Devem ser realizados novos estudos de prevalência de anemia para se determinar sua causa entre adolescentes de diferentes níveis socioeconômicos.OBJECTIVE: To assess the prevalence of anemia (hemoglobin level <12g/dL in adolescents, according to their sexual maturation stage. METHODS: A cross-sectional study was conducted with all adolescents enrolled in 5th - 8th grades in a private school in the city of São Paulo. Their hemoglobin level was measured (using Hemocue® and sexual development was self-evaluated (with the aid of pictures of the maturation stages proposed by Tanner. The social indicators evaluated were the per capita family income and maternal schooling. Student t test and non-parametric Kruskal-Wallis test were used for mean comparison and Chi-square-test for associations (p<0.05. RESULTS: We analyzed 118 students, of which 66.9% were females (aged 12.2±1.13 years and 33.1% were males (aged 12.0±1.18 years. The mean hemoglobin level was 13.2±1.08 g/dL for females and 13.3±1.21 g/dL for males, with no significant difference. An apparent increase in the mean hemoglobin level was verified along with sexual development of the adolescents. Anemia was detected in 11% of them, most in the pubertal stage, which is classified by the World Health Organization as ''mild prevalence''. No association was found between social

  9. Aumento do fluxo expiratório produzido pelas técnicas de fisioterapia respiratória em lactentes = Increase of expiratory flow generated by respiratory physiotherapy techniques in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fontoura, Adriana L. da

    2005-01-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo avaliar o efeito das técnicas Terapia Expiratória Manual Passiva (TEMP e de Aumento de Fluxo Expiratório Lento (AFEL nos fluxos expiratórios. Material e métodos: Seis lactentes foram submetidos às duas técnicas fisioterápicas. Os dados dos fluxos expiratórios foram coletados através de um pneumotacógrafo conectado a uma máscara e os dados registrados em um computador. Resultados: TEMP e AFEL produzem um aumento de fluxos expiratórios em relação aos fluxos gerados durante respiração normal. Não houve diferen- ças significativas entre as duas técnicas quanto ao incremento de fluxo expiratório. Conclusão: As técnicas TEMP e AFEL não apresentaram magnitude significativa em seus picos de fluxos expiratórios

  10. Cerebral aneurysmal dilatation in an infant with perinatally acquired HIV infection and HSV encephalitis Aneurisma cerebral sintomático precoce em lactente com infecção congênita por HIV e encefalite herpética

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magda Lahorgue Nunes

    2001-03-01

    Full Text Available Although most children with human immunodeficiency virus (HIV infection have neurological dysfunction, in childhood the incidence of symptomatic cerebrovascular disease is low. Cerebral aneurysmal arteriopathy in childhood AIDS has been reported in the past and considered to have a relatively long latency following the primary infection. We report a 1 month-old infant with congenitally acquired HIV infection, and herpes encephalitis; she presented a sudden cardiorespiratory arrest followed by coma and was found to have a giant saccular aneurysm of the left basilar artery. Literature review showed that cerebral aneurysmal artheriopathy is an unusual manifestation in newborns and infants and this case is possibly the youngest patient reported with aneurysma, herpes encephalitis and AIDS. The role of HIV and herpes simplex infections in the pathogenesis of this lesion is discussed.A maioria das crianças com síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA apresenta complicações neurológicas, mas a incidência de doença cerebrovascular sintomática nesta faixa etária é baixa. Existem relatos prévios de arteriopatia aneurismática em crianças com SIDA, mas a latência entre a infecção primária e o desenvolvimento dos sintomas geralmente é longa. Relatamos lactente com infecção congênita por HIV, que apresentou encefalite herpética e apresentou subitamente parada cardiorespiratória, seguida de coma. A investigação através de neuroimagem demonstrou aneurisma sacular gigante da artéria basilar. A revisão da literatura demonstra ser a arteriopatia aneurismática uma entidade rara no perído neonatal e em lactentes, sendo possivelmente este o caso mais jovem até o presente relatado com doença cerebrovascular aneurismática associada a herpes e SIDA. A relação da associação entre SIDA e infecção por herpes vírus na gênese da doença cerebrovascular é discutida.

  11. Anemia em menores de seis anos: estudo de base populacional em Pelotas, RS Anemia in children under six: population-based study in Pelotas, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cecília Formoso Assunção

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a prevalência de anemia em crianças menores de seis anos, em uma amostra probabilística de área urbana. MÉTODOS: Foi realizado estudo com crianças de zero a cinco anos de idade, na cidade de Pelotas, RS, em 2004. Foram coletadas informações sobre características demográficas, socioeconômicas, antropométricas, de morbidade e sobre alimentação, por meio de questionário aplicado às mães ou responsáveis. As crianças foram pesadas e medidas. A concentração de hemoglobina foi medida com hemoglobinômetro portátil, HemoCue e anemia foi definida como valores de hemoglobina OBJECTIVE: To assess the prevalence of anemia among children under six years of age in a probabilistic sample from an urban area. METHODS: A study was conducted comprising children aged zero to five years in the city of Pelotas, Southern Brazil, in 2004. Data were collected on demographic, socioeconomic, and anthropometric characteristics, morbidity and nutrition using a questionnaire applied to the mothers and guardians. Children's weight and height measurements were obtained. Hemoglobin concentration was measured using the HemoCue portable hemoglobinometer and anemia was defined as hemoglobin <11 g/dL. The association between anemia and predictors was expressed as prevalence ratio. Multivariate analysis was carried out using Poisson regression following a conceptual model and taking into account the study design effect. RESULTS: There were identified 534 children and total losses and refusals were 27 (5.1%. The prevalence of anemia was 30.2% (95% CI 23.5%;37.0%. In the multivariate analysis, only age and family income remained significantly associated with anemia. CONCLUSIONS: Anemia was largely socially determined in the population studied. Interventions aiming at reducing anemia should be developed to lessen this condition in the short run targeting disadvantaged populations.

  12. Fatores de risco associados ao desmame precoce e ao período de desmame em lactentes matriculados em creches Risk factors associated to early weaning and to weaning period of infants enrolled in daycare centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Borelli Barbosa

    2009-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os fatores de risco no processo de desmame de lactentes matriculados em creches. MÉTODOS: Estudo analítico transversal com 56 crianças de nove a 18 meses de idade matriculadas em cinco creches de São Paulo. As mães das crinaças responderam ao questionário pré-testado que abordava questões demográficas, socioeconômicas, de gestação e nascimento, morbidade, aleitamento materno, alimentação complementar (quando/como foram introduzidos novos alimentos e atividades da criança na creche. Os fatores associados ao desmame precoce e menor período de desmame (variável definida pela diferença entre tempo de aleitamento exclusivo e tempo de aleitamento total foram avaliados em análises bivariadas. As variáveis com p25 anos (OR 4,91; IC95% 1,35-17,95; mãe morar sem companheiro (OR 6,42; IC95% 1,28-32,20 e uso de chupeta antes dos 30 dias de vida (OR 8,75; IC95% 1,90-40,23. Os fatores de risco para tempo insuficiente de desmame foram: frequentar creche pública (OR 3,20; IC95% 0,77-14,29 e início tardio do pré-natal (OR 4,13; IC95% 0,70-31,29. CONCLUSÕES: Características relacionadas à família e à instituição creche são fatores de risco para o desmame de crianças institucionalizadas. A abordagem desses determinantes para definir ações de saúde e nutrição é estratégica para favorecer a prática do aleitamento e qualificar o papel da creche como promotora de saúde e nutrição infantil.OBJECTIVE: To evaluate risk factors associated with weaning of infants enrolled in daycare centers. METHODS: Analytical cross-sectional study comprising 56 children aged nine to 18 months in five daycare centers of São Paulo. A pre-tested questionnaire was applied to their mother, including questions on demographics and socioeconomic issues, gestation and birth, illness, breastfeeding, complementary feeding (when and how new foods were introduced and children activities in daycare centers. Factors associated with early

  13. Intervenções nutricionais na anemia ferropriva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cardoso Marly A.

    1994-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo de revisão bibliográfica é fornecer subsídios para o planejamento e avaliação de medidas de combate à anemia ferropriva. A necessidade de intervenções para o controle da prevalência da anemia ferropriva deve ser determinada pela magnitude da defi ciência nutricional e pelo conhecimento de seus efeitos na qualidade de vida, morbidade e mortalidade. A abordagem mais usual é fornecer ferro suplementar a gestantes, nutrizes e lactentes em programas de assistência primária à saúde, reconhecidamente os grupos de maior vulnerabilidade. A fortificação de alimentos e orientações sobre modificações da dieta representam medidas complementares e devem ser incrementadas.

  14. PREVALÊNCIA DE ANEMIA EM ESCOLARES DE SANTA CRUZ DO SUL - RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Inês Klinger

    2013-12-01

    Full Text Available A anemia é caracterizada como um processo patológico em que a concentração de hemoglobina está abaixo dos níveis considerados normais e a sua principal causa na infância é a deficiência de ferro. Altas prevalências de anemia e suas consequências à saúde tornam esta patologia um grave problema de saúde pública. O objetivo deste trabalho é estimar a prevalência de anemia em crianças e adolescentes, estudantes de escolas municipais, estaduais e particulares de Santa Cruz do Sul, RS. É um estudo transversal realizado com 1.590 crianças e adolescentes, de ambos os sexos, na faixa etária de 7 a 17 anos, no período de 2011 a 2012. A concentração de hemoglobina foi medida através de espectrofotometria na região do visível, utilizando o método de cianeto de hemoglobina (HiCN. Encontrou-se uma prevalência de 14,3% de anemia. A frequência de casos de anemia foi maior entre as meninas. A prevalência de anemia nos escolares da rede privada foi mais alta em comparação às demais escolas e os adolescentes apresentaram porcentagem superior de anemia quando comparados às crianças (p = 0,042. Com base neste estudo é possível delinear estratégias de saúde pública para prevenção.

  15. Perfil do desenvolvimento motor de lactentes com síndrome de Down dos 3 aos 12 meses de idade

    OpenAIRE

    Karina Pereira

    2008-01-01

    O estudo teve por objetivo caracterizar e identificar o ritmo de desenvolvimento motor de lactentes com síndrome de Down (grupo experimental) e típicos (grupo controle) nas idades de 3 a 12 meses. Foram analisados o desempenho motor, a aquisição motora, a idade mínima e máxima em que os lactentes adquirem cada habilidade motora e a idade máxima em que completam todas as habilidades referentes às subescalas (posturas), prona, supina, sentada e em pé. Para isto, foram elaborados ...

  16. Anemia entre pre-escolares - um problema de saude publica em Belo Horizonte, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais de Souza Chaves de Oliveira

    2014-01-01

    Full Text Available O artigo tem por objetivo determinar a prevalência de anemia em crianças matriculadas em creches da regional Centro-Sul de Belo Horizonte (MG, identificando fatores biológicos e socioeconômicos associados. Estudo transversal descritivo realizado em 18 creches. Foram avaliadas 373 crianças com base em amostragem estratificada por instituição participante. A hemoglobina (Hb sérica foi determinada por punção capilar e leitura em β-hemoglobinômetro, adotando-se pontos de corte para anemia de Hb < 11,0g/dL para crianças de seis a 60 meses e Hb < 11,5g/dL para aquelas com idade superior, preconizados pela OMS. O estado nutricional foi definido por aferição do peso e altura e confecção dos índices Peso/Idade (P/I, Estatura/Idade (E/I e IMC/Idade (IMC/I. Entre os participantes 54% eram meninas. A média de idade foi de 38,1 ± 6,2 meses. A prevalência global de anemia foi de 38,3%, sendo superior nas crianças com idade inferior ou igual a 24 meses (56,1%. Encontrou-se associação significativa entre anemia e os fatores menor idade da criança, menor idade materna e baixa renda familiar. O estudo mostrou que anemia em crianças de creches de Belo Horizonte constitui relevante problema de saúde pública, sinalizando a necessidade de se implantar ações específicas para mitigação dos riscos por ele apontados.

  17. Observação de anemia hemolítica auto-imune em artrite reumatóide Observation of autoimmune hemolytic anemia in rheumatoid arthritis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo A. S. Souza

    2003-01-01

    Full Text Available Artrite reumatóide é uma doença difusa do tecido conjuntivo que se caracteriza pelo acometimento articular e sistêmico. Disfunções hematológicas como anemia ocorrem em até 65% dos pacientes, sendo a anemia das doenças crônicas a forma mais comum. A anemia hemolítica auto-imune pode estar associada à difusa do tecido conjuntivo, sendo classicamente associada ao lúpus eritematoso sistêmico e fazendo parte dos seus critérios de classificação. A presença de anemia hemolítica auto-imune em artrite reumatóide é relatada raramente na literatura e os mecanismos etiopatogênicos para o seu desenvolvimento ainda não estão esclarecidos. Descrevemos um caso de artrite reumatóide no adulto e outro de artrite reumatóide juvenil que desenvolveram anemia hemolítica auto-imune e discutimos os prováveis mecanismos etiopatogênicos envolvidos.Rheumatoid arthritis is a connective tissue disease characterized by articular and systemic involvement. Hematological abnormalities such as anemia may occur in up to 65% of the patients, with chronic disease anemia being the commonest form. Autoimmune hemolytic anemia can be associated with different connective tissue diseases, particularly systemic lupus erythematosus and it is part of its classification criteria. On the other hand, the presence of autoimmune hemolytic anemia in rheumatoid arthritis has rarely been described in the literature and the pathogenic mechanisms for its development remain unclear. We describe here a case of rheumatoid arthritis and another of juvenile rheumatoid arthritis that developed to autoimmune hemolytic anemia and present the probable etiopathogenic mechanisms.

  18. Anemia and intestinal parasitic infections in primary school students in Aracaju, Sergipe, Brazil Anemia e parasitoses intestinais em escolares de primeiro grau em Aracaju, Sergipe, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reiko Tsuyuoka

    1999-04-01

    Full Text Available Anemia is estimated to affect half the school-age children and adolescents in developing countries. The main causes are parasitic infections, malaria, and low iron intake. This study aimed to describe the prevalence of anemia, parasitic infections, and nutritional status of children attending public primary schools in Aracaju, Northeast Brazil. Of 360 students, 26.7% were anemic, and prevalence was higher in children under 8 and over 15 years of age. Overall prevalence of intestinal parasites was 42%, with Ascaris lumbricoides (28.7%, Trichuris trichiura (15.6%, and hookworm (1.7% most frequently found. There was an association between parasitic infections and poor sanitary conditions, but there was no association between anemia and presence of intestinal parasites. Height-for-age Z scores were lower than the NCHS standard, and prevalence of stunting was 5.4%. Although intestinal parasites were not associated with anemia, children with parasites had lower nutritional indices (weight- and height-for-age Z scores than those without parasites.Estima-se que a anemia afeta metade dos escolares e adolescentes nos países em desenvolvimento. As principais causas são enteroparasitoses, malária e/ou baixa ingesta de ferro. Este estudo objetivou descrever a prevalência de anemia e de enteroparasitoses, assim como o estado nutricional de escolares de primeiro grau de escolas públicas municipais de Aracaju, SE, Brasil. Dos 360 estudantes, 26,7% estavam anêmicos, sendo a prevalência maior nos menores de oito anos e nos maiores de 15. A prevalência geral de enteroparasitoses foi de 42%. Ascaris lumbricoides (28,7%, Trichuris trichiura (15,6% e ancilostomídeos (1,7% estavam entre os mais freqüentemente encontrados. Houve associação entre enteroparasitose e má condição de saneamento, mas não entre anemia e presença de enteroparasitos. Os escores de desvio padrão (Z-scores de altura para idade foram inferiores aos padrões do NCHS, com preval

  19. Alimentação complementar de lactentes em uma cidade desenvolvida no contexto de um país em desenvolvimento Supplementary feeding of infants in a developed city within the context of a developing country

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julia Laura Delbue Bernardi

    2009-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estabelecer o momento da introdução de alimentos complementares na dieta dos lactentes no Município de Campinas, Estado de São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal com 2 857 crianças menores de 2 anos sorteadas no banco de nascidos vivos (SINASC da secretaria de saúde do município entre 2004 e 2005. As mães responderam a um questionário contendo 87 questões fechadas que coletou informações sociais, sobre aleitamento materno e sobre a época de introdução de outros alimentos. RESULTADOS: A caracterização das mães revelou que 13,5% eram adolescentes, 73,1% completaram o ensino fundamental ou médio, 45,9% desempenhavam funções de nível técnico, 6,7% tinham profissões de nível superior e 2,7% eram profissionais da saúde. O nível socioeconômico médio da população foi da classe C; porém, todas as classes sociais estiveram representadas. A mediana do aleitamento materno exclusivo foi de 90 dias (IC95%: 87,6 a 92,4. Para introdução de água (IC95%: 118,6 a 121,4 e de chá (IC95%: 113,2 a 126,8, a mediana foi de 120 dias; da papa salgada (IC95%: 178,6 a 181,4 e leite em pó (IC95%: 169,0 a 191,0, de 180 dias. Antes dos 4 meses, 39,1% haviam ingerido leite em pó e 2,1% refrigerantes, dados que subiram para 63,2 e 69,1%, respectivamente, com 1 ano. As mulheres que trabalhavam em profissões de nível técnico, as que estavam desempregadas e as que não tinham companheiro ofereceram leite materno por menos tempo. CONCLUSÕES: A mediana do aleitamento materno exclusivo está distante do preconizado devido à oferta de líquidos. A introdução alimentar revelou-se precoce, principalmente para guloseimas.OBJECTIVE: To establish the timing for introducing supplementary foods in the diet of infants from the city of Campinas, state of São Paulo, Brazil. METHODS: This cross-sectional study included 2 857 children younger than 2 years of age randomly selected from the city department of health live birth database

  20. RISCO DE ANEMIA FERROPRIVA EM CRIANÇAS COM BAIXOS NÍVEIS DE FERRITINA

    OpenAIRE

    Renata Gonçalves de CASTRO, José Abreu MARTINS-JÚNIOR, Luciana Moreira LIMA

    2013-01-01

    Em crianças pré-escolares a anemia ferropriva pode comprometer a capacidade de aprendizagem, além de produzir efeitos comportamentais como a falta de atenção, fadiga e cansaço que podem levar ao baixo rendimento escolar. O objetivo deste estudo foi verificar o número de crianças de 02 a 06 anos que realizaram as dosagens de ferritina, ferro sérico e hemograma, com suspeita de anemia ferropriva, num laboratório clínico, no primeiro semestre de 2011, buscando avaliar os resultados dos referi...

  1. Prevalência de talassemias e hemoglobinas variantes em pacientes com anemia não ferropênica

    OpenAIRE

    Wagner,Sandrine C.; Silvestri,Matheus C.; Bittar,Christina M.; Friedrisch,João R.; Silla,Lúcia M. R.

    2005-01-01

    Para estabelecer a freqüência de hemoglobinopatias e talassemias em pacientes com anemia não ferropênica foram estudados 58 casos de pacientes comprovadamente com anemia não ferropênica e 235 controles obtidos de pessoas sem anemia. Todas as amostras foram obtidas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil. As técnicas realizadas foram eletroforese em acetato de celulose, pH alcalino, pesquisa citológica de Hb H, HPLC, hemograma e ferritina. A análise dos dados realizada no gr...

  2. Prognóstico audiológico tardio relacionado à meningite em lactentes Audiologic late prognosis due to meningitis in children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luzia Poliana Anjos

    2004-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Déficit auditivo tem sido considerado uma das principais manifestações tardias das meningites, sobretudo quando esta ocorre nos dois primeiros anos de vida. No país, poucos são os estudos relatando a evolução de crianças acometidas por meningite e a percentagem e gravidade dos transtornos auditivos e seqüelas neurológicas após a alta hospitalar. OBJETIVO: Caracterizar as principais seqüelas auditivas e neurológicas, delineando o perfil do comprometimento auditivo encontrado cinco anos após a infecção do sistema nervoso central. MÉTODO: Foram incluídas crianças com idade entre 5 e 7 anos, admitidas no Hospital Couto Maia no ano de 1997, e que tiveram diagnóstico de meningite com idade inferior a dois anos. RESULTADOS: 19 crianças passaram pela avaliação neurológica e auditiva. A idade média foi 6 anos e 68,42% eram do sexo masculino. Quanto à etiologia, 52,63% piogênica, 42,1%viral, 5,26% tuberculosa. Alterações auditivas ocorreram em 26,31% da população. CONCLUSÃO: Distúrbios auditivos trazem implicações acadêmicas e sociais às crianças afetadas, especialmente aquelas em idade escolar. Destacamos a necessidade de monitoramento audiológico de todas as crianças com história prévia de meningite.INTRODUCTION: Auditory deficit has been considered one of the main late manifestations of meningitis, when it occurs during the two first years of life. Few studies have been conducted in Brazil explaining the evolution of children who had meningitis and the percentage, as well the neurological gravity, the auditory problems and sequels after the children left the hospital. OBJECTIVE: To characterize the main auditory and neurological correlation, delineating the profile of the auditory deficits found five years after the central nervous system infection. METHOD: We evaluated children between 5 and 7 years old, admitted in Couto Maia Hospital in the year of 1997, that had been diagnosed with meningitis

  3. Sintomas depressivos em crianças e adolescentes com anemia falciforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe José Nascimento Barreto

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar a frequência de sintomas depressivos em crianças e adolescentes com anemia falciforme, bem como caracterizar e associar tal sintomatologia aos dados individuais. Métodos: Realizou-se um estudo transversal com portadores de anemia falciforme dos 7 aos 17 anos, atendidos em um ambulatório de Hematologia Pediátrica, os quais preencheram o Inventário de Depressão Infantil (CDI. Resultados: Foram avaliados 76 pacientes, estabelecendo-se em 13 o ponto de corte. Vinte e seis pacientes (34,2% apresentavam sintomas sugestivos de depressão. "Não ser tão bom quanto os outros colegas" foi o item mais pontuado, além de ter predominado significativamente naqueles com escore de CDI maior ou igual a 13, assim como as variáveis: ter pais separados ou viúvos e renda familiar mensal menor ou igual a R$ 510,00. O item "preocupação com dores" foi bem pontuado, independentemente da presença de sintomas depressivos (p = 0,1. Conclusão: A depressão em crianças e adolescentes com anemia falciforme ainda é pouco estudada. Os dados obtidos indicam frequência elevada de sintomas depressivos nessa população. Possivelmente, conviver precocemente com a separação dos pais e pertencer a uma família com baixa renda esteja relacionado ao desenvolvimento desses sintomas.

  4. Prevalência da anemia e fatores associados em crianças de seis a 59 meses de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Pedrosa Leal

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de anemia e identificar seus fatores associados em crianças de seis a 59 meses. MÉTODOS: Estudo transversal com dados da III Pesquisa Estadual de Saúde e Nutrição/Pernambuco em amostra representativa de 1.403 crianças para as áreas urbana e rural. A anemia foi diagnosticada pela dosagem da hemoglobina. A análise multivariada foi realizada a partir de um modelo hierárquico, utilizando a regressão de Poisson, com variância robusta para estimar a razão de prevalência em função de variáveis: biológicas, de morbidade e estado nutricional da criança, socioeconômicas, de habitação, de saneamento e fatores maternos. RESULTADOS: A prevalência ponderada de anemia foi de 32,8%: 31,5% na área urbana e 36,6% na rural. Na área urbana, as variáveis que se associaram significantemente à anemia foram: escolaridade materna, bens de consumo, número de crianças menores de cinco anos no domicílio, tratamento da água de beber, idade e anemia materna e idade da criança. Na área rural, apenas a idade materna e a idade da criança associaram-se de modo significante à anemia. CONCLUSÕES: A prevalência de anemia nas crianças pernambucanas é semelhante nas áreas urbana e rural. Os fatores associados à anemia apresentados devem ser considerados no planejamento de medidas efetivas para o seu controle.

  5. Diarréia aguda grave associada à Escherichia coli enteropatogênica clássica (EPEC: características clínicas e perdas fecais em lactentes hospitalizados Severe acute diarrhea associated to classic enteropathogenic by clinical features and fecal losses in hospitalized infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.A.G. Oliva

    1997-12-01

    Full Text Available Escherichia coli enteropatogênica clássica (EPEC tem sido o agente enteropatogênico mais freqüentemente isolado nas fezes de lactentes, de baixo nível socioeconômico, hospitalizados com diarréia aguda grave, na cidade de São Paulo. OBJETIVOS. 1 Analisar as características clínicas de lactentes do sexo masculino, hospitalizados com diarréia aguda grave associada à EPEC; 2 quantificar suas perdas fluidas fecais, ingestão de fórmulas alimentares e variações de peso corporal durante a evolução intra-hospitalar. CASUÍSTICA E MÉTODOS. Estudaram-se 38 lactentes do sexo masculino. Foram avaliadas as características clínicas e epidemiológicas dos pacientes e a freqüência dos diferentes sorogrupos de EPEC identificados. As crianças foram mantidas em cama metabólica, e balanços metabólicos diários foram obtidos durante toda a duração do quadro diarréico. Os lactentes permaneceram, em média, 5,8 dias em estudo metabólico. Duzentos e vinte balanços diários foram acumulados e analisados. RESULTADOS. O grupo estudado apresentou como principais características clínicas: idade inferior a 12 meses, peso insuficiente ao nascer; desmame precoce e formas graves de desnutrição protéico-calórica. O sorogrupo O111 foi o mais freqüentemente identificado (68,4%, sendo a idade dos pacientes com tal agente significativamente maior que a dos portadores do sorogrupo O55. A média dos volumes fecais diários foi de 66mL/kg/dia, havendo diferenças segundo dias de estudo. A média de ingestão diária de fórmulas alimentares foi de 85,2mL/kg/dia. Leite de vaca foi a dieta mais precocemente utilizada e as crianças que dela fizeram uso apresentaram volumes fecais maiores que os que receberam caseinato ou nutrição parenteral e incremento de peso corporal menor que os que utilizaram hidrolisado protéico ou NPT. CONCLUSÕES. Os sorogrupos de EPEC acarretaram perdas fluidas fecais de moderada e grave intensidade nos lactentes

  6. Anemia aplásica adquirida e anemia de Fanconi - Diretrizes Brasileiras em Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas Acquired aplastic anemia and Fanconi anemia - Brazilian Guidelines in Hematopoietic Stem Cell Transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa A. Medeiros

    2010-05-01

    Full Text Available As diretrizes apresentadas neste trabalho foram elaboradas e aprovadas na I Reunião de Diretrizes Brasileiras em Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas (TCTH realizada no Rio de Janeiro, entre os dias 19 e 21 de julho de 2009. O evento foi promovido pela SBTMO (Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea. Neste artigo, tratamos da anemia aplásica severa (AAS, considerada uma urgência hematológica, que, identificada e manejada de forma precoce, apresenta grande possibilidade de recuperação da hematopoese seja através de transplante de medula óssea ou terapia imunossupressora. Objetiva-se nortear o manejo terapêutico no contexto do transplante e indicar formas de condicionamento, de acordo com as características clínicas dos pacientes, como o número de transfusões, com intuito de minimizar a rejeição primária e secundária, garantindo a melhora da sobrevida global e livre de doença (observadas pela literatura e já validadas por resultados na população brasileira. No que concerne à anemia de Fanconi, o transplante é a única modalidade curativa para o componente aplásico de medula óssea; embora não modificando as outras características da síndrome também demanda perícia e agilidade na busca de um doador com resultados expressivos de sobrevida.The guidelines presented in this article have been prepared and approved in the I Meeting of Brazilian Guidelines in Hematopoietic Stem Cell Transplantation (HSCT - Rio de Janeiro, July 19-21, 2009. The event was sponsored by SBTMO (Brazilian Society of Bone Marrow Transplantation. In this paper, we treat the severe aplastic anemia (SAA, considered a hematological emergency, that when identified and medically treated early, shows a great chance of recovery of the hematopoiesis, either through bone marrow transplantation or immunosuppressive therapy. Its objective is to guide the management of the transplantation, and indicate methods of conditioning, according to

  7. Efeito do feno de leguminosas no desempenho de bezerros lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcus Vinícius Morais de Oliveira

    Full Text Available RESUMOO objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho de bezerros lactentes submetidos a dietas com e sem feno de leguminosas. O período experimental foi de 60 dias, sendo o fornecimento dos alimentos sólidos ad libitum e disponibilizados a partir do 10º dia de vida do animal, e o leite in natura fornecido de maneira restrita na porção de 4 litros/dia, divididos em duas refeições equitativas. Foram avaliadas as dietas: ração concentrada; ração concentrada mais feno de leucena (Leucaena leucocephala Lam. De Wit e ração concentrada mais feno de alfafa (Medicago sativa L.. Utilizou-se 15 animais Girolando, distribuídos em três tratamentos, em um delineamento em blocos ao acaso desbalanceados. Os parâmetros avaliados foram peso corpóreo inicial (nascimento - PCI e final (PCF, ganho médio diário (GMD, alturas de cernelha (AC e garupa (AG, perímetro torácico (PT, consumo de matéria seca (CMS e conversão alimentar (CA. Não foram observadas diferenças no desempenho dos animais em relação aos tratamentos, com médias 32,9 (±2,9 kg; 67,7(±1,2 kg; 0,58(±0,02 kg; 13,1(±0,5 cm; 13,7(±0,3 cm; 20,6(±0,7 cm; 0,46(±0,1 kg e 0,79(±0,1, para os parâmetros PCI, PCF, GMD, AC, AG, PT, CMS e CA, respectivamente. As exigências nutricionais de bezerros lactentes são atendidas com o fornecimento de leite e ração concentrada, não havendo necessidade de inclusão de feno de leguminosas na dieta.

  8. Anemia hemolítica causada por Ditaxis desertorum (Euphorbiaceae em bovinos Hemolytic anemia caused by Ditaxis desertorum (Euphorbiaceae in cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Hubinger Tokarnia

    1997-07-01

    Full Text Available Ditaxis desertorum Pax et K. Hoffm., planta herbácea da família Euphorbiaceae, causou experimentalmente em bovinos um quadro caracterizado por hemoglobinúria em virtude de sua ação hemolítica, quando administrada por via oral em doses diárias de 1,0 a 2,5 g/kg (planta fresca, a partir do 4° ao 8° dia do experimento. Após um período de 3 a 5 dias em que os animais tiveram hemoglobinúria e anemia acentuadas, apesar de continuarem a receber a planta (durante um total de 12 a 14 dias, em três dos quatro animais esses sintomas desapareceram. Verificou-se nesses casos uma rápida recuperação dos valores hemáticos logo que cessou a hemoglobinúria. O quarto bovino, que recebeu 2,5 g/kg/dia durante 5 dias, morreu no 8° dia, tendo apresentado durante os últimos 4 dias de vida hemoglobinúria e anemia acentuadas. À necropsia e nos exames histopatológicos deste animal foram verificadas nefrose hemoglobinúrica e distrofia hepática com necrose centrolobular do parênquima. Dose de 7,7 g/kg única ou quantidades de 2,5 e 3 g/kg/dia administradas durante 2 dias seguidos, causaram em três outros bovinos quadro clínico de cólica, com morte em questão de horas, verificando-se à necropsia acentuado edema da parede do rúmen e do retículo. Pelos históricos obtidos somente ocorre, sob condições naturais, a intoxicação caracterizada pelo quadro da anemia hemolítica, indicando que possivelmente a ingestão de D. desertorum em quantidades necessárias para causar o quadro com lesões dos proventrículos ser, apesar de sua boa palatabilidade, autolimitada pelo efeito cáustico da planta.Ditaxis desertorum Pax et K. Hoffm., a herbaceous plant of the Euphorbiaceae family, caused hemoglobinuria due to its hemolytic properties, when force-fed fresh to bovines in daily doses of 1.0 to 2.5 g/kg; the hemoglobinuria appeared from the 4th to 8th day of the experiment. After a period of 3 to 5 days of severe hemoglobinuria and anemia, these

  9. Anemia em crianças indígenas da etnia Karapotó Anemia in indigenous children of Karapotó ethnic backgrounds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaína Ferro Pereira

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: identificar a prevalência e fatores associados à anemia em crianças indígenas Karapotó. MÉTODOS: estudo transversal em que foi realizada dosagem de hemoglobina com fotômetro portátil Hemocue, coletadas medidas de peso e estatura e dados socioeconômicos de 99 crianças de 6 a 59 meses da etnia karapotó. Foi analisada a associação entre a prevalência de anemia e variáveis referentes às crianças, às mães e às famílias utilizando teste qui-quadrado ou teste exato de Fisher. RESULTADOS: a prevalência de anemia nas crianças foi de 57,6%, as prevalências de baixa estatura para idade, baixo peso para estatura e baixo peso para idade entre as crianças foram de 15,6%, 3,0% e 2,0%, respectivamente. A ocorrência de anemia associou-se à menor idade da criança, a um menor tempo de estudo materno, a um maior número de membros da família, à menor posse de itens de consumo e à moradia fora da aldeia (desaldeados. CONSLUSÕES: os resultados evidenciam que a anemia é um grave problema de saúde entre as crianças Karapotó, principalmente naquelas desaldeadas, coexistindo com problemas como sobrepeso e déficit estatural.OBJECTIVES: to identify the prevalence and factors associated with anemia in children of Karapotó ethnic backgrounds. METHODS: a cross-sectional study of hemoglobin dosage levels using a portable Hemocue photometer to collect measurements of weight and height along with socioeconomic data for 99 children between 6 and 59 months of age, all of Karapotó ethnicity. The association between the prevalence of anemia and variables related to children, mothers and families were analyzed, using chi-square tests or Fisher Exact Tests. RESULTS: the prevalence of anemia in the children was 57.6%, the prevalences of low height for age range, low weight-to-height ratios and low weight for age range in the children were 15.6%, 3.0% and 2.0% respectively. The occurrence of anemia was associated with younger children

  10. Prevalência da anemia infecciosa equina em haras de Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Maria Andrade Almeida

    2017-06-01

    Full Text Available A criação de cavalos está em expansão no Brasil. No entanto, a anemia infecciosa equina (EIA, uma doença transmissível, incurável é um obstáculo ao desenvolvimento da indústria equidea. Dessa forma, para determinar a incidência de AIE em haras de Minas Gerais, foi realizado um levantamento sorológico para estimar a prevalência e identificar potenciais fatores de risco para a transmissão do vírus da anemia infecciosa equina (EIAV. Esta foi a segunda etapa de um estudo em curso sobre a epidemiologia da doença, que foi realizado pela primeira vez em animais de serviço. Uma amostra de 7.742 equídeos de 717 fazendas em sete regiões do Estado foi testada entre maio de 2004 e janeiro de 2006. Testes de laboratório incluindo ensaios imunoenzimáticos e a imunodifusão em gel de ágar foram conduzidos para triagem e confirmação, respectivamente. A prevalência de AIE foi estimada em 0,44% (intervalo de confiança de 95% [IC] = 0,00-0,871 ao nível de propriedade e 0,07% (IC 95% = 0,00-0,251 ao nível animal. A baixa prevalência de AIE em haras pode ser explicada pelo maior valor zootécnico de animais de raça estabulados, o que leva ao controle sorológico periódico e ao cumprimento do abate de animais positivos ao teste, a fim de manter a fazenda livre da AIE. Além disso, os cavalos de haras geralmente viajam mais e são submetidos aos controles oficiais com maior frequência do que os animais de serviço. A maior prevalência de AIE foi observada nas regiões 1 (Norte / Noroeste de Minas Gerais e 2 (Vale do Mucuri / Jequitinhonha, com taxas de 0,34% e 0,72%, respectivamente. Esses resultados mostram que a prevalência de AIE em haras em Minas Gerais é geralmente baixa, sendo a prevalência maior na região norte do Estado (regiões 1 e 2. Um levantamento sorológico prévio sobre AIE em animais de serviço mostrou uma distribuição muito semelhante da doença em Minas Gerais. Estes resultados sugerem um padrão muito

  11. Avaliação da participação de mães em um programa de prevenção e controle de cáries e doenças periodontais para lactentes

    OpenAIRE

    Silva,Rubenice Amaral da; Nóia,Nayron Barbosa; Gonçalves,Letícia Machado; Pinho,Judith Rafaelle O.; Cruz,Maria Carmen F. N. da

    2013-01-01

    OBJETIVO: Avaliar o conhecimento sobre saúde bucal de mães participantes de um programa educativo-preventivo para lactentes. MÉTODOS: Estudo de coorte com 112 mães e seus bebês de 0 a 18 meses, cadastrados no projeto "Promoção de Saúde Bucal na Primeira Infância", da Universidade Federal do Maranhão. Inicialmente, entrevistas semiestruturadas que contemplavam o nível de conhecimento das mães sobre a saúde bucal dos bebês foram realizadas. Também foi examinada a cavidade bucal dos bebês a fim ...

  12. Prevalência e determinantes de anemia em crianças de Porto Alegre, RS, Brasil Prevalence and risk factors for anemia among children in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Loraine Storch Meyer da Silva

    2001-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: O estudo foi realizado com o objetivo de verificar a prevalência de anemia e seus possíveis determinantes em crianças de 0 a 36 meses de idade que freqüentam escolas municipais infantis. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal pelo qual foram estudadas 557 crianças de 0 a 36 meses de idade de todas as escolas municipais infantis de Porto Alegre, RS. Foi feita antropometria e dosagem de hemoglobina pelo fotômetro portátil HemoCue, considerando-se anemia níveis inferiores a 11 g/dl. As informações sobre as crianças foram obtidas por questionário aplicado às mães. A associação das variáveis estudadas com a anemia foi analisada pela técnica de regressão log-binomial aplicada ao modelo hierárquico. RESULTADOS: Encontrou-se uma prevalência de anemia de 47,8% entre toda a população estudada, cujos determinantes foram: famílias com renda per capita igual ou inferior a um salário-mínimo (razão de prevalência [RP] = 1,6, faixa etária de 12 a 23 meses (RP=1,4 e presença de dois ou mais irmãos com menos de cinco anos (RP=1,4. CONCLUSÕES: A prevalência de anemia na população estudada é bastante elevada, especialmente nas crianças de nível socioeconômico mais baixo, na faixa etária de 12 a 23 meses, e nas crianças com dois ou mais irmãos com menos de cinco anos, indicando a necessidade urgente de medidas efetivas visando o seu combate e a sua prevenção.OBJECTIVE: To verify the prevalence of anemia among children aged 0 to 36 months, who attend public day care centers in Porto Alegre, Brazil, and assess its possible risk factors. METHODS: A cross-sectional study was carried out in 557 children aged 0 to 36 months of all public day care centers in Porto Alegre. Anthropometric measurements and hemoglobin levels were performed. The portable HemoCue photometer was employed to measure hemoglobin levels, and anemia was considered when the hemoglobin level was below 11 g/dl. Information regarding each child

  13. Anemia hemolítica imunomediada não regenerativa em um cão Nonregenerative immune-mediated hemolytic anemia in a dog

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Pinto Brandão

    2004-04-01

    Full Text Available Quadros hemolíticos não eritrorregenerativos são descritos em cães e podem ser decorrentes de doença medular primária, bem como, da destruição dos precursores eritróides medulares por imunoglobulinas. Um cão macho, de três anos de idade, sem raça definida, foi atendido no Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo apresentando sinais de anemia hemolítica aguda arregenerativa. Após a instituição de terapia imunossupressora (prednisona, houve remissão da hemólise sem, no entanto, sinais de eritrorregeneração. No décimo dia de tratamento, o mielograma demonstrou discreta hipoplasia e displasia eritróide, descartando a possibilidade de aplasia medular. Associou-se ciclofosfamida e azatioprina ao tratamento, tendo havido resposta eritrorregenerativa e recuperação dos valores hematológicos. A ocorrência deste caso de anemia hemolítica não eritrorregenerativa deve servir como alerta para a ocorrência desta condição mórbida, como também, da importância da utilização do mielograma como método auxiliar no diagnóstico de anemias arregenerativas.Nonregenerative forms of immune-mediated hemolytic anemia has been describe in dogs and are attributed to bone marrow diseases or immune-mediated destruction of erythroid progenitors. A 3-year-old, male mongrel dog was received at the Veterinary Hospital of the Faculdade of Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (USP, Brazil showing signs of acute hemolytic anemia without erythroregeneration. After immunosuppressive therapy (prednisone the hemolysis was suppressed but the dog didn’t show hematologic signs of erythroid response. On the 10th day after treatment a bone marrow aspiration was performed and signs of hypoplasia and mild erythroid cell dysplasia were the main features observed, which could exclude the suspicious of marrow aplasia. After the addiction of cyclophosphamide and

  14. Lactato sérico como marcador de morbimortalidade no pós-operatório de operação de Jatene em lactentes Serum lactate as mortality and morbidity marker in infants after Jatene's operation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taís Sica da Rocha

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a morbidade e mortalidade após a operação de Jatene utilizando a dosagem de lactato sérico como principal marcador. MÉTODOS: Foi realizada uma coorte histórica com lactentes da UTI no período de 1995 a 2005 submetidos a essa cirurgia. Foram avaliados o lactato do pré-operatório, pós-operatório imediato (POI, da terceira hora de PO (3ªh, sexta hora (6ªh de PO e do 1º dia de PO; bem como outros fatores como sepse, sangramento aumentado, síndrome de baixo débito, insuficiência renal, hipertensão pulmonar, arritmias cardíacas, quilotórax, isquemia miocárdica, convulsões e outras complicações. Também foram coletadas informações referentes ao tempo de internação na UTI e ao desfecho (se o paciente morreu ou teve alta da UTI. RESULTADOS: A média de idade dos 76 pacientes foi de 14,59 ± 19,09 dias, peso ao nascimento de 3,128 ± 0,48 kg. Quarenta e quatro pacientes tinham o diagnóstico anatômico exclusivo de transposição de grandes artérias. O tempo médio de CEC foi de 143,78 ± 28,77 minutos, de pinçamento de 87,68 ± 22,3 minutos e de internação na UTI de 20,28 ± 15,62 dias. Vinte quatro (31,58% pacientes foram a óbito. O lactato aumentou no POI, retornando aos níveis basais em 24h. Os pacientes que foram a óbito apresentaram e mantiveram a partir do POI níveis de lactato mais elevados. O lactato da 3ªh foi o que melhor discriminou mortalidade, área sob a curva 0,68 (IC 0,54-0,83 P=0,035. Entretanto, considerando um ponto de corte para o lactato maior ou igual a 5,8 mmol/dl na 3ªh de PO, obteve-se apenas sensibilidade de 67% e especificidade de 64% para mortalidade. Existe correlação positiva entre o número de complicações e os níveis de lactato. A síndrome de baixo débito com odds ratio (OR de 7,67 (2,38-24, sangramento aumentado com OR de 2,91 (1,07-7,94 e complicações respiratórias com OR de 1,67 (1,35-2,05 são fatores de risco de óbito quando somados. CONCLUSÃO: Ap

  15. Desenvolvimento neuropsicomotor de lactentes desnutridos Neuropsychomotor development of malnourished babies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SS Mansur

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: O objetivo deste estudo foi analisar o desenvolvimento neuropsicomotor de lactentes com desnutrição leve e caracterizar seu perfil nutricional. MÉTODOS: A pesquisa foi do tipo transversal, numa população de 374 lactentes e amostra de 31 desnutridos leve, entre 7 e 24 meses de idade, matriculados em creches municipais. O estado nutricional foi identificado pelo critério de Gómez e caracterizado por um questionário. Para a avaliação neuropsicomotora utilizou-se a Escala de Desenvolvimento Psicomotor da Primeira Infância de Brunet e Lézine. RESULTADOS: Os principais resultados do questionário mostraram: infecções respiratórias (48,4%; diarréias (71,0%; pais em união estável (61,3%; pais com ensino fundamental incompleto (74,2% das mães, 83,8% dos pais; renda familiar de 1 a 3 salários-mínimos (80,6%; aleitamento materno satisfatório (67,7%; reação adversa a algum alimento (41,9%. Entre os dados neuropsicomotores, as médias das Idades de Desenvolvimento da Linguagem (14,45 meses e da Sociabilidade (14,74 meses foram as que obtiveram os valores mais abaixo da média da Idade Cronológica (16,41 meses. Todas as áreas avaliadas obtiveram Quocientes de Desenvolvimento dentro da normalidade, porém, as áreas da Linguagem e da Sociabilidade foram classificadas em nível "normal baixo" e as outras em nível "normal médio". CONCLUSÕES: A avaliação neuropsicomotora é instrumento fundamental na assistência ao lactente desnutrido, que tende a apresentar deficiências nas áreas da Linguagem e Sociabilidade, fornecendo subsídios para observar sua atuação exploratória, efeito de seu pensamento, e planejar o trabalho intervencionista.OBJECTIVE: The purpose of this study was to analyze the neuropsychomotor development of babies with slight malnutrition and to characterize their nutritional profile. METHOD: This was a cross-sectional survey on a population of 374 babies and a sample of 31 babies with slight

  16. Anemia e deficiência de ferro em pré-escolares da Amazônia Ocidental brasileira: prevalência e fatores associados Anemia and iron deficiency among schoolchildren in the Western Brazilian Amazon: prevalence and associated factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Gontijo de Castro

    2011-01-01

    Full Text Available Estudo transversal de base populacional que investigou prevalênciasde anemia e fatores associados à anemia, anemia ferropriva e deficiência de ferro entre crianças de 6 a 60 meses da área urbana de dois municípios do Acre, Brasil (N = 624. Dosagens de hemoglobina sanguínea, ferritina e receptor solúvel de transferrina plasmáticas foram realizadas mediante sangue venoso. Condições sócio-econômicas, demográficas e de morbidade foram obtidas por questionário. Razões de prevalências foram calculadas por regressão de Poisson em modelo hierárquico. As prevalências de anemia, anemia ferropriva e deficiência de ferro foram de 30,6%, 20,9% e 43,5%, respectivamente. Menores de 24 meses apresentaram maior risco para anemia, anemia ferropriva e deficiência de ferro. Pertencer ao maior tercil do índice de riqueza conferiu proteção contra anemia ferropriva (RP = 0,62; IC95%: 0,40-0,98. Pertencer ao maior quartil do índice estatura/idade foi protetor contra anemia (0,62; 0,44-0,86 e anemia ferropriva (0,51; 0,33-0,79, e ocorrência recente de diarréia representou risco (anemia: 1,47; 1,12-1,92 e anemia ferropriva: 1,44; 1,03-2,01. A infestação por geohelmintos conferiu risco para anemia, anemia ferropriva e deficiência de ferro.This cross-sectional population-based study investigated prevalence rates and associated factors for anemia, iron deficiency anemia, and iron deficiency among children 6 to 60 months of age in two towns in Acre State, Brazil (N = 624. Hemoglobin, plasma ferritin, and soluble transferrin receptor were measured in venous blood samples. Socioeconomic, demographic, and disease data were obtained using a questionnaire. Prevalence ratios were calculated by Poisson regression in a hierarchical model. Prevalence rates for anemia, iron deficiency anemia, and iron deficiency were 30.6%, 20.9%, and 43.5%, respectively. Children younger than 24 months showed higher risk of anemia, iron deficiency anemia, and iron

  17. Triagem auditiva em hospital público de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil: deficiência auditiva e seus fatores de risco em neonatos e lactentes Hearing screening in a public hospital in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil: hearing impairment and risk factors in neonates and infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Oliveira Tiensoli

    2007-06-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi estimar a prevalência de deficiência auditiva em crianças de hospital público de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, e investigar sua associação com fatores de risco descritos na literatura. O estudo transversal, retrospectivo, analisou 798 neonatos e lactentes, avaliados no Programa de Triagem Auditiva Neonatal Universal entre junho de 2002 e dezembro de 2003. Foram pesquisados os fatores de risco estabelecidos pelo Joint Committee on Infant Hearing em 1994, e por Azevedo em 1996, além da prematuridade. A prevalência de deficiência auditiva foi de 1,8% (15 casos. Foi realizada análise multivariada por regressão logística para verificação da associação entre fatores de risco e perda auditiva, que revelou associação estatisticamente significativa (valor p The objective of this study was to estimate the prevalence of hearing impairment in children in a public hospital in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil, and to investigate the association with risk factors described in the literature. This study was cross-sectional and retrospective and analyzed 798 newborns and infants evaluated in the Universal Neonatal Hearing Screening Program from June 2002 to December 2003. The risk factors established by the Joint Committee on Infant Hearing in 1994 and Azevedo in 1996 were studied, besides prematurity. Prevalence of hearing impairment was 1.8% (15 cases. A multivariate logistic regression analysis was used to verify associations between risk factors and hearing impairment, showing a significant statistical association (p < 0.05 between hearing loss and suspicion of hearing loss by relatives, hyperbilirubinemia (serum level requiring exchange transfusion, ototoxic drugs, and low birth weight. A significant prevalence of hearing impairment in neonates and infants was confirmed. Attention should thus be focused on risk factors for hearing impairment, using hearing programs that ensure prevention, early

  18. Acurácia dos indicadores de risco do Programa de Defesa da Vida dos Lactentes em região do Estado de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Davi Rumel

    1992-02-01

    Full Text Available O Programa de Desfesa da Vida dos Lactentes da Secretaria de Higiene e Saúde do Munícipio de Bauru tem um critério diagnóstico para a inclusão de recém-nascidos dentro do programa. Este critério é formado pela combinação de 11 indicadores clínicos e sociais de risco à mortalidade infantil de fácil obtenção no momento do parto. Decidiu-se propor um critério diagnóstico alternativo, a partir dos mesmos indicadores clínicos e sociais, com maior sensibilidade para a mesma proporção de crianças matriculadas no Programa. Os dados hospitalares foram coletados no período de 11 de maio de 1986 a 10 de novembro de 1987. A mortalidade compreende o período entre 7 dias e 6 meses, que é o período de seguimento das crianças pelo Programa. Calculou-se para cada indicador o risco relativo bruto numa análise univariada e o risco relativo ajustado pela técnica de regressão logística. Criou-se um sistema de pontuação baseado na somatória dos excessos de risco de cada indicador.

  19. Estado nutricional e prevalência de anemia em crianças menores de 36 meses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LUANA DA SILVA BAPTISTA ARPINI

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivos: Estimar a prevalência de anemia correlacionando com o estado nutricional de crianças menores de 36 meses. Métodos: Estudo observacional, transversal, retrospectivo e analítico, realizado com 374 crianças com idade inferior a 36 meses, de creches municipais de Vitória, ES. Foi realizada antropometria e coletadas amostras de sangue para dosagem de hemoglobina (Hb, ferro sérico (FeS e ferritina sérica (FS. Para análise estatística utilizou-se o teste qui-quadrado e o teste exato de Fisher. Resultados: A prevalência de anemia nos préescolares foi de 10,9% (n=19. Níveis inadequados de ferritina estiveram presentes em 7,5% (n=13 das crianças e de ferro sérico em 27,6% (n=48. O estado nutricional da criança não mostrou associação estatisticamente significante com a anemia. Conclusão: A prevalência de anemia na população estudada caracteriza um problema leve de saúde pública, não sendo observada associação do estado nutricional a essa deficiência. doi:10.5020/18061230.2014.p109

  20. Fatores de risco e proteção à infecção respiratória aguda em lactentes Factores de riesgo y protección de la infección respiratoria aguda en lactantes Risk and protective factors of acute respiratory infections in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Regina Cachulo Lopes

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a efetividade da vacina pneumocócica polissacarídica e fatores de risco e proteção para infecções por pneumococo em lactentes. MÉTODOS: Estudo transversal aninhado em ensaio clínico com filhos de 139 mulheres selecionadas no pré-natal um serviço público de saúde em São Paulo, SP, de 2005 a 2006. As participantes foram randomizadas em três grupos: o primeiro não recebia nenhuma vacina (n=46, o segundo recebia a vacina pneumocócica polissacarídica no último trimestre de gravidez (n=42, e o terceiro a recebia no pós-parto imediato (n=45. As infecções presumivelmente causadas pelo pneumococo nos lactentes foram acompanhados aos três e seis meses de vida e colhidas amostras de nasofaringe. Foram investigados fatores de risco como: fumantes no domicílio, outras crianças no domicílio e aleitamento materno exclusivo. RESULTADOS: A vacina pneumocócica polissacarídica não mostrou proteção contra infecções causadas por pneumococo. No entanto, o aleitamento materno exclusivo até os seis meses protegeu os lactentes contra as infecções respiratórias (OR= 7,331. A colonização da nasofaringe por pneumococo aos três ou seis meses aumentou a chance de infecções respiratórias (OR= 2,792. CONCLUSÕES: Lactentes amamentados exclusivamente com leite materno até seis meses são significativamente protegidos contra infecções por pneumococos, independentemente da vacinação pneumocócica.OBJETIVO: Analizar la efectividad de la vacuna pneumocóccica polisacarídica y factores de riesgo y protección para infecciones por pneumococo en lactantes. MÉTODOS: Estudio transversal anidado en ensayo clínico con hijos de 139 mujeres seleccionadas en el prenatal en servicio público de salud en Sao Paulo, SP, de 2005 a 2006. Las participantes fueron aleatorizadas en tres grupos: el primero no recibía ninguna vacuna (n=46, el segundo recibía la vacuna pneumocóccica polisacarídica en el último trimestre del

  1. Deficiência de ferro e anemia em escolares da área rural de Novo Cruzeiro (Minas Gerais) Brasil.

    OpenAIRE

    Rezende, Eliane Garcia; Santos, Margarete Aparecida; Lamounier, Joel Alves; Galvão, Márcio Antônio Moreira; Leite, Romário Cerqueira

    2008-01-01

    O reconhecimento da relação existente entre a deficiência de ferro e a presença ou ausência de anemia, comprometendo diversas funções do organismo humano, tem sido tema de debates na área de nutrição em âmbito internacional, especialmente por ser uma das deficiências mais prevalentes no mundo. Objetivo: este estudo descreve a ocorrência de deficiência de ferro e busca elucidar a frequência de anemia ferropriva em escolares de área rural. Casuística e Métodos: foram avaliados níveis de hemoglo...

  2. Anemia, insuficiência cardíaca e manejo clínico baseado em evidências

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Alves Pereira

    2013-07-01

    Full Text Available A anemia é uma comorbidade prevalente e marcadora de pior prognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca (IC. Sua relevância clínica, bem como a fisiopatologia e abordagem terapêutica nesses pacientes são temas de destaque na literatura especializada. Nessa revisão são descritos os conceitos atuais sobre a fisiopatologia da anemia na IC, os critérios diagnósticos e as indicações da suplementação de ferro, ao mesmo tempo em que são analisados criticamente os principais estudos que ofereceram evidências sobre os benefícios dessa suplementação. São abordados os quatro componentes principais da anemia: doença crônica, dilucional, "renal" e disabsortiva. Nos pacientes com IC, os critérios para o diagnóstico são os mesmos utilizados na população geral: níveis de ferritina sérica inferiores a 30 mcg/L em pacientes não nefropatas e menores que 100 mcg/L ou ferritina sérica entre 100-299 mcg/L com saturação de transferrina menor que 20% em pacientes com doença renal crônica. Finalmente, são discutidas as possibilidades terapêuticas da anemia nessa população específica de pacientes.

  3. Prevalência e caracterização da anemia em idosos do Programa de Saúde da Família Prevalence and characteristics of anemia in an elderly population attending a Health Family Program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana L. Barbosa

    2006-12-01

    Full Text Available A anemia é considerada um problema de saúde pública em escala mundial e é o distúrbio hematológico de maior prevalência que acomete a população idosa. O objetivo deste trabalho foi estimar a prevalência e características da anemia em idosos do Programa de Saúde da Família de Camaragibe, PE. O delineamento foi transversal, com amostra aleatória sistemática de 284 idosos > 60 anos, de ambos os sexos, realizado em novembro/dezembro-2003. A anemia foi avaliada pela hemoglobina (Hb, concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM, volume corpuscular médio (VCM e amplitude de distribuição eritrocitária (RDW. A prevalência de anemia foi, em média, de 11,0%. A morfologia eritrocitária não mostrou associação com as concentrações de Hb. A grande maioria dos idosos apresentou anemia normocrômica, normocítica, sem anisocitose, sugestivo de anemia por doença crônica. A ínfima prevalência de microcitose e macrocitose com anisocitoseminimiza a gênese da deficiência de ferro, bem como da deficiência de vitamina B12 e ácido fólico na etiologia da anemia em idosos. Concluímos que o uso de indicadores que reflitam o grau de anisocitose eritrocitária associados àqueles que avaliam o estado nutricional do ferro é extremamente recomendado para o diagnóstico das anemias em idosos.Anemia is a serious public health problem worldwide that mainly affects children and women of childbearing age. However, data about anemia in elderly individuals are still scarce in developing countries. This study aimed at assessing the prevalence and characteristics of anemia among an elderly population attending the Health Family Program in Camaragibe, northeast Brazil. Following a systematic sampling procedure, a cross-sectional study was carried out in November and December 2003 involving 284 subjects of both genders with ages grater than or equal to 60 years old. Anemia was estimated by the measurement of hemoglobin, mean cell hemoglobin

  4. Sideropenia sem anemia em doadores de sangue do Hemocentro do Amazonas - Hemoam Sideropenia without anemia in blood donors of the Amazon Blood Bank - Hemoam

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leny N. M. Passos

    2005-03-01

    Full Text Available Uma doaç��o de aproximadamente 475mL de sangue depleta em média 242 ± 17 mg de ferro do doador, o que pode ter conseqüências variáveis em suas reservas e na sua saúde. Tivemos por objetivo avaliar se doadores de sangue do Hemocentro do Amazonas - Hemoam desenvolvem sideropenia sem anemia após doações consecutivas. A ferritina sérica foi medida em 528 doadores de sangue, do sexo masculino, com idade entre 18 a 61 anos, divididos em 313 doadores de repetição, com 4 ou mais doações regulares, e 215 primodoadores, que compareceram ao Hemocentro do Amazonas no período de setembro de 2001 a junho de 2002. Depleção do depósito de ferro, definida por níveis de ferritina menores de 20 ng/L, foi encontrada em 7,4% [16/215] dos primodoadores e em 48,6% [152/313] dos doadores de repetição. Utilizando-se de um critério mais rigoroso, como valores de ferritina A blood donation of 475 mL could deplete 242 ± 17 mg of iron from blood donors. The objective of this report is to evaluate if blood donors could develop sideropenia without anemia after several donations. Serum levels of ferritin were measured in 528 male blood donors, with ages ranging from 18 to 61 years old. A total of 313 of them had made 4 or more donations and 215 of them were first time donors. They donated blood in the Hemocentro do Amazonas - Hemoam, from September 2001 to June 2002. Deletion of iron stores characterized by serum ferritin levels of less than 20 ng/L was found in 7.4% (16/215 of first time donors, and in 48.6% (152/313 of multiple donors. With more stringent criteria of ferritin values less than 12 ng/L, 3.7% (8/215 of first-time donors as opposed to 24.9% (78/313 of multiple donors showed severe depletions. We concluded that multiple donors, after more than 5 repeated donations, are at risk of depleted iron and ferritin levels. It is important to implant protocols of iron supplementation for these donors to avoid damage to their health and

  5. Enteroparasitoses, Anemia e Estado Nutricional em Grávidas Atendidas em Serviço Público de Saúde Intestinal Parasites, Anemia and Nutritional Status in Pregnant Women in a Public Health Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariani Impieri de Souza

    2002-05-01

    Full Text Available Objetivos: estimar a freqüência de enteroparasitoses em gestantes de pré-natal de baixo risco e sua associação com anemia, estado nutricional, escolaridade e saneamento (fossa sanitária no domicílio. Métodos: a partir de amostra de 316 gestantes que iniciaram o pré-natal de baixo risco do ambulatório de pré-natal do Instituto Materno Infantil de Pernambuco (IMIP no período de maio de 2000 a julho de 2001, determinaram-se, por meio de um desenho de corte transversal, as freqüências de enteroparasitoses (método Hoffman, em única amostra e de anemia (Hb Purpose: to determine the frequency of enteroparasitoses in a group of pregnant women undergoing low-risk antenatal care and their association with anemia, maternal nutritional status, schooling and the existence of a bathroom in the home. Methods: to a sample of pregnant women who had begun low-risk antenatal care at IMIP's Maternal Health Care Center between May 2000 and July 2001, a cross-sectional design was applied to determine the frequencies of enteroparasitoses (Hoffman method, in a single sample and anemia (Hb <11.0 g/dL, nutritional status (through BMI standardized for stage of pregnancy and social indicators (schooling and the existence of a bathroom in the home. Results: in a sample of 316 pregnant women, a rate of 37.4% enteroparasitosis was detected, of which 31.6% was infestation by a single parasite. The most commonly found parasite species were Entamoeba histolytica (13.3% and Ascaris lumbricoides (12.0%. Anemia was detected in 55.4% of the pregnant women, malnutrition in 25.0% and overweight or obesity in 24.1%. There was a statistically significant association between enteroparasitosis and schooling. However, no association of, enteroparasitosis, anemia, maternal nutritional status with the existence of a bathroom in the home was noted. Conclusions: The prevalence of enteroparasitoses and anemia is high, albeit without any association of the two conditions, while

  6. Childhood anemia prevalence and associated factors in Salvador, Bahia, Brazil Prevalência e fatores associadosà ocorrência da anemia em pré-escolares na cidade de Salvador, Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Marlúcia O. Assis

    2004-12-01

    Full Text Available A cross-sectional study was conducted in 1996 to estimate the prevalence of anemia in a stratified sample of 603 preschool children and identify factors associated with the disease. Hemoglobin assays were conducted in finger-prick blood samples using a Hemocue hemoglobinometer. Anemia was defined as hemoglobin below 11.0g/dl. Logistic regression analysis was used to evaluate the potential associations. Observed anemia prevalence was 46.3%. Associated factors were: the 6-12-month and 12-24-month age brackets, the lowest tertiles for iron density and protein content dietary intake, and any degree of deficit in the height-for-age anthropometric parameter. Inadequate physical, sanitary, and environmental conditions in the home were associated with a significantly increased risk of anemia. Anemia constitutes an important health problem in this study's child population. Improvements in living conditions and dietary quality could contribute to a reduction in anemia prevalence.Este é um estudo transversal, realizado na cidade de Salvador, Bahia, Brasil, em 1996, envolvendo 603 pré-escolares com o objetivo de estimar a prevalência e identificar os fatores associados à ocorrência da anemia. A concentração da hemoglobina foi determinada utilizando-se o hemoglobinômetro (Hemocue. Níveis de hemoglobina abaixo de 11,0g/dl caracterizaram a anemia. Utilizou-se a análise de regressão logística para avaliar as associações de interesse. A prevalência da anemia foi de 46,3%. As faixas etárias de 6 a 12 e 12 a 24 meses, a densidade de ferro e a quantidade de proteína, situados no terceiro tercil da distribuição de consumo e quaisquer níveis de inadequação da altura em relação à idade constituíram-se em fatores de risco para a ocorrência da anemia. Inadequadas condições físicas, sanitárias e ambientais do domicilio imprimiram riscos crescentes e significantes na ocorrência da anemia A anemia é um importante problema de saúde nas

  7. DIAGNÓSTICO DA ANEMIA INFECCIOSA EQÜINA - RELATO DE UM CASO OCORRIDO EM GOIÁS DIAGNOSIS OF INFECTIOUS EQUINE ANEMIA IN A CASE OCCURRED IN GOIÁS, BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lourival Pereira Nunes

    2007-09-01

    Full Text Available

    Trata o presente trabalho do primeiro caso diagnosticado de Anemia Infecciosa Eqüina, ocorrida em Goiás. O diagnóstico foi estabelecido com base em exames clínicos, laboratoriais e prova de inoculação.

    This paper presents the first diagnosis in Equine infectious Anemia in Goiás State — Brazil. The diagnosis was made after clinical and laboratorial examinations and inoculation test.

  8. Características clínicas e da saturação transcutânea de oxigênio em lactentes hospitalizados com bronquiolite viral aguda Clinical and transcutaneous oxygen saturation characteristics in hospitalized infants with acute viral bronchiolitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda M. Rubin

    2003-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever as características clínicas de lactentes com bronquiolite viral aguda (BVA e verificar a influência do tempo de dessaturação de oxigênio (TD como teste preditivo para estimar a evolução desses pacientes. MÉTODOS: Estudo de coorte realizado com 111 lactentes hospitalizados com diagnóstico de BVA e em oxigenoterapia por cateter nasal. Os desfechos foram: tempo de internação, tempo de oxigenoterapia e tempo para saturar 95% em ar ambiente. Foi aplicado, duas vezes ao dia, um escore de gravidade com os sinais clínicos verificados durante o período em que o paciente necessitou de oxigênio suplementar. Após suspender o oxigênio do paciente, foi observado o tempo necessário para a saturação transcutânea de oxigênio decrescer até 90% e 85%. Utilizou-se o teste do qui-quadrado ou teste exato de Fisher, para comparar entre si os grupos de variáveis categóricas, e o teste t ou Mann-Whitney, para as variáveis numéricas. A correlação de Spearman foi utilizada para avaliar associações entre variáveis contínuas de distribuição assimétrica. RESULTADOS: Houve predominância de idade inferior a quatro meses (61,3%. Os pacientes com história de sibilância prévia (45% foram analisados separadamente e tiveram resultados semelhantes ao grupo com BVA (pOBJECTIVE: To describe the clinical characteristics of infants with acute viral bronchiolitis (AVB and to assess the influence of oxygen desaturation time (DT as a prognostic test to estimate the evolution of such patients. METHODS: We performed a cohort study with 111 hospitalized patients diagnosed with AVB receiving oxygen therapy through nasal prong. The outcomes were: length of admission, length of oxygen therapy and time elapsed to read 95% saturation in room air. A severity score was obtained twice a day based on clinical signs during the time when the patient required oxygen supplementation. After the supply of oxygen was interrupted, the time required

  9. Distribuição da anemia em pré-escolares do semi-árido da Bahia Distribution of anemia among preschool children from the semi-arid region of Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Marlúcia O. Assis

    1997-04-01

    Full Text Available O objetivo desta investigação foi identificar a prevalência da anemia e alguns de seus potenciais determinantes em 754 crianças de áreas urbanas de sete municípios na região do semi-árido baiano. Hemoglobina foi determinada em 745 crianças de um a 72 meses de idade. Para o grupo etário de seis a 72 meses um valor de hemoglobina The objective of this survey was to determine the prevalence of anemia and potential determinants thereof in 754 children from urban areas of seven small towns in the semi-arid region of Bahia. Hemoglobin was measured in 745 children 1 to 72 months of age. For the 6-to-72 month-old group, hemoglobin < 11.0 g/dl was considered anemia (following WHO recommendations whereas <9.5 g/dl was considered severe anemia. The same cutoffs were used for children under 6 months, which are the same ones used in clinical-hematology. A mean hemoglobin of 12.1 g/dl was found, distributed differently according to age groups (p=0.001. The study found prevalences of 22.2 % for anemia and 5.8% for severe anemia, respectively. Occurrence of anemia varied significantly with age (p=0.001; the highest prevalence was 50.0% in children 12 to 23 months of age, followed by 29.9% in children below 12 months. The association of anemia with mother's education (controlled for age and per capita family income was not statistically significant.

  10. Anemias: caracterização e implicações em Medicina Dentária

    OpenAIRE

    Rocha, Marta Alexandra de Almeida

    2011-01-01

    Tese de mestrado, Medicina Dentária, Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Dentária, 2011 A anemia é uma das várias patologias sistémicas que têm manifestações orais. Esta é uma disfunção hematológica que resulta de uma diminuição no nível normal da hemoglobina (Hb) circulante. O objectivo principal desta dissertação é abordar os tipos de anemia que têm manifestações e implicações em Medicina Dentária. Para tal, foi realizada uma pesquisa de artigos científicos online, na base de d...

  11. Anemia, disfunção renal e desnutrição associadas à insuficiência cardíaca em pacientes valvopatas Anemia, renal dysfunction and malnutrition associated with heart failure in patients with valvulopathy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wysllenny Nascimento de Souza

    2010-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A doença valvar pode cursar com insuficiência cardíaca (IC, anemia e disfunção renal (DR, aumentando o risco nutricional e piorando o prognóstico dos pacientes. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de anemia e DR em pacientes portadores de valvopatias com ou sem IC, bem como estabelecer correlação com o estado nutricional. MÉTODOS: Foram avaliados 104 pacientes internados na enfermaria de valvopatias do PROCAPE/UPE, no período de ago-out/2008. Os dados foram obtidos das fichas de acompanhamento nutricional e dos prontuários. As variáveis coletadas foram: sexo, idade, estado nutricional segundo o índice de massa corpórea (IMC, presença de IC, anemia, DR. Considerou-se como anemia valores de hemoglobina BACKGROUND: Valvular disease can course with heart failure (HF, anemia and renal dysfunction (RD, increasing the nutritional risk and worsening patient prognosis. OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of anemia and RD in patients with valvulopathy with or without HF, as well as establish a correlation with the nutritional status. METHODS: A total of 104 patients admitted at the Clinic of Valvulopathy of PROCAPE/UPE, during the period of Aug-Oct/2008. The data were obtained from the nutritional and medical follow-up files. The collected variables were: sex, age, nutritional status according to the body mass index (BMI, presence of HF, anemia and RD. Anemia was considered when hemoglobin values were < 13 g/dl in men and < 12 g/dl in women. RD was established according to the glomerular filtration rate (GFR and it was calculated through the formula proposed by Cockcroft and Gault. RESULTS: The prevalence of anemia and RD was 71.1% and 68.8%, and 48.1% and 60.0%, in patients with and without HF, respectively, with a statistically significant difference for anemia (p = 0.022. Of the patients, 48.1% were eutrophic, 26.9% had excess weight and 25.0% presented some degree of malnutrition. The patients with HF presented a higher

  12. Anestesia venosa total (AVT em lactente com doença de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Anestesia venosa total (AVT en lactante con enfermedad de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Total intravenous anesthesia (TIVA in an infant with Werdnig-Hoffmann disease: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Otavio Esteves

    2010-10-01

    Full Text Available Foi com grande interesse que li o artigo "Anestesia Venosa Total (AVT em Lactente com Doença de Werdnig-Hoffmann. Relato de Caso", de Resende e col. ¹, publicado nesta revista. Gostaria, em primeiro lugar, de parabenizar os autores pela iniciativa. Entretanto, dois pontos me chamaram a atenção. O primeiro refere-se à definição de lactente, a qual compreende o período de 1 a 12 meses de idade. A partir de 12 meses, define-se como pré-escolar ou apenas criança. No artigo, o autor coloca a idade do paciente como 1 ano, mas não especifica meses ou dias. Provavelmente, esse paciente tem mais de 12 meses, sendo, dessa forma, a definição de lactente inadequada. O segundo e mais importante ponto diz respeito à técnica usada e ao título do artigo. No título, utilizou-se a expressão "anestesia venosa total", mas no relato foi dito que, além de propofol e remifentanil, a anestesia foi mantida com oxigênio e N2O. Se foi usado um gás com propriedades anestésicas (N2O, não seria correto classificar essa técnica como venosa total. Além disso, ele cita o artigo de Crawford e col. ², que definiu doses de remifentanil para intubação em crianças. Esse estudo foi realizado utilizando-se oxigenação na concentração de 100%, pois os autores provavelmente entendem que a adição de gases com propriedades anestésicas interferiria nos resultados obtidosFue con un gran interés que leí el artículo "Anestesia Venosa Total (AVT en Lactante con Enfermedad de Werdnig-Hoffmann. Relato de Caso", de Resende y col. ¹, publicado en esta revista. Y de hecho quiero, en primer lugar, felicitar a los autores por la iniciativa. Sin embargo, dos puntos me llamaron la atención. El primero, se refiere a la definición de lactante, la cual abarca el período de 1 a 12 meses de edad. A partir de los 12 meses, se define como preescolar o apenas como niño. En el artículo, el autor coloca la edad del paciente como de 1 año, pero no especifica meses o d

  13. Sequestro esplênico agudo em coorte de crianças com anemia falciforme Acute splenic sequestration in a cohort of children with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo V. Rezende

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o sequestro esplênico agudo (SEA em crianças com anemia falciforme, provindas da triagem neonatal de Minas Gerais e acompanhadas pelo Hemominas de Belo Horizonte (MG. MÉTODOS: Coorte retrospectiva de 255 crianças com hemoglobinopatia SS/Sβ0, nascidas entre 01/01/2000 e 31/12/2004 e acompanhadas até 31/12/2006. Os dados foram extraídos dos prontuários médicos. RESULTADOS: Oitenta e nove pacientes apresentaram 173 eventos de SEA (10,2 primeiros eventos por 100 pacientes/ano, sendo que 75% dos primeiros episódios de SEA ocorreram até 2 anos de vida. A probabilidade estimada de ocorrência do primeiro episódio de SEA foi de 40%. A recorrência atingiu 57,3%. Após o primeiro episódio de SEA, a esplenectomia foi indicada em apenas 12,4% dos casos; após o segundo, em 60,4% dos casos. Após o terceiro episódio, 41,7% dos casos ainda permaneceram sob observação clínica. A mediana do tempo entre indicação e realização da esplenectomia foi de 2 meses. Nesse intervalo, 37,2% das crianças tiveram novo episódio de SEA e uma delas faleceu. A letalidade no primeiro episódio foi de 1,1% e de 7,8% em episódios subsequentes. Entre as 255 crianças ocorreram 19 óbitos: 36,8% devido a infecções e 26,3% após SEA. CONCLUSÕES: O SEA é um evento comum na anemia falciforme, principalmente nos 2 primeiros anos de vida, com recidiva em mais da metade dos casos. Predominou conduta conservadora na indicação da esplenectomia. Embora a letalidade tenha sido baixa, o SEA representou a segunda causa de óbito. Isso aponta para fragilidades estruturais do sistema de saúde de MG e para a necessidade de melhor capacitação profissional na abordagem do problema.OBJECTIVE: To analyze acute splenic sequestration (ASS in children with sickle cell anemia diagnosed through a newborn screening program in the state of Minas Gerais, Brazil, and followed up at the hematology center in the city of Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

  14. Anemia e desnutrição em escolares da rede pública do município de Osasco, São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lúcia R. Stefanini

    Full Text Available Com o objetivo de estimar a prevalência de anemia e conhecer o estado nutricional de escolares, foi realizado um estudo em uma amostra dos alunos ingressantes nas primeiras séries do primeiro grau das escolas públicas de Osasco, município integrante da Região Metropolitana de São Paulo. O diagnóstico de anemia foi feito através da dosagem da concentração de hemoglobina do sangue colhido por punção digital. O nível crítico utilizado para caracterizar a presença de anemia foi o estabelecido pela OMS. O estado nutricional foi avaliado utilizando os indicadores peso/idade e altura/idade expressos em escores Z e a população de referência do NCHS. A prevalência, de anemia encontrada foi de 51%n. Houve diferença nos níveis de prevalência quanto à localização geográfica das escolas, sendo maior (56,9% na Região Periférica do que na Região Central (41,7%. A presença de anemia também foi mais elevada em crianças cujos pais eram analfabetos. O risco de anemia foi superior entre as crianças que ingressaram no primeiro grau com idade superior a 8 anos. Não foi constatada presença significante de desnutrição aguda. Os resultados deste estudo destacam a anemia entre escolares como importante problema de Saúde Pública e ressaltam a urgência da implantação de programas de controle da anemia na população de escolares.

  15. Carcinoma de células escamosas da hipofaringe em mulher jovem com anemia de Fanconi Squamous cell carcinoma of the hypopharynx in a young woman with Fanconi’s anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique de Lins e Horta

    2006-12-01

    Full Text Available A anemia de Fanconi é um raro distúrbio autossômico recessivo caracterizado por malformações congênitas, aplasia da medula óssea e instabilidade genômica, com predisposição ao desenvolvimento de neoplasias malignas, em especial as leucemias e os tumores do trato aerodigestivo alto. Em razão de características inerentes à síndrome em questão, o tratamento de tais neoplasias é particularmente difícil. Relata-se o caso de anemia de Fanconi uma jovem de 24 anos, que desenvolveu carcinoma de células escamosas da hipofaringe, na ausência de fatores de risco como o tabagismo e o alcoolismo, e faz-se uma revisão sumária da literatura a respeito do tema.Fanconi’s anemia is a rare autosomal recessive disorder characterized by congenital malformation, bone marrow failure and genomic instability, with a predisposition to develop malignancies, especially the leukemias and upper aerodigestive tract tumors. Due to inherent characteristics to this syndrome, the treatment of such neoplasms is particularly difficult. In this paper we report the case of a 24-year-old woman with Fanconi’s anemia who developed a squamous cell carcinoma of the hypopharynx; she had none of the traditional risk factors, such as smoking and alcohol abuse. We also briefly review the literature about this topic

  16. Fatores de risco para aloimunização em pacientes com anemia falciforme Risk factors for alloimmunization in patients with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícía Costa Alves Pinto

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a imunofenotipagem eritrocitária em doadores de sangue e em pacientes com anemia falciforme (SS atendidos no Hemocentro de Alagoas e descrever a frequência e os fatores associados à aloimunização eritrocitária. MÉTODOS: Estudo transversal com 102 pacientes SS e 100 doadores de sangue. Realizou-se a fenotipagem eritrocitária, teste de Coombs Direto e Indireto e detecção de anticorpos irregulares por painel de hemácias fenotipadas. Os dados foram comparados por meio do teste de Mann-Whitney, qui-quadrado ou teste exato de Fisher. Para análise dos fatores associados à aloimunização utilizou-se a regressão logística univariada e múltipla. RESULTADOS: Os antígenos mais frequentes entre os pacientes e os doadores foram c, e, M, s, JK(a. Observaram-se diferenças significativas entre as frequências dos fenótipos dos pacientes e dos doadores em relação aos antígenos s, FY(a e JK(b. Dos 79 pacientes transfundidos, 10 (12,7% apresentaram Coombs Indireto positivo. Detectaram-se 13 aloanticorpos, sete do sistema Rh, dois do Kell e quatro não identificados. Os fatores associados à aloimunização foram o intervalo de tempo entre a última transfusão e a data do teste e ter recebido mais de dez transfusões de hemácias. Receber mais de dez transfusões representou uma chance 16,39 (IC 95%: 2,23-120,59 vezes maior de ser aloimunizado, em comparação aos que receberam menos que dez. CONCLUSÃO: A prevalência de aloimunização nos pacientes SS foi 12,7%, sendo 70% dos anticorpos encontrados pertencentes a grupos sanguíneos Rh e Kell. Este estudo mostra a importância da fenotipagem eritrocitária em doadores e receptores para diminuir o risco de aloimunização.OBJECTIVE: To determine erythrocyte phenotyping in blood donors and patients with sickle cell anemia (SS treated at Hemocentro of Alagoas and describe the frequency and factors associated with erythrocyte alloimmunization. METHODS: Cross-sectional study

  17. Anemia em gestantes de municípios das regiões Sul e Centro-Oeste do Brasil

    OpenAIRE

    Fujimori,Elizabeth; Sato,Ana Paula Sayuri; Araújo,Claudia Regina Marchiori Antunes; Uchimura,Taqueco Teruya; Porto,Edirene da Silva; Brunken,Gisela Soares; Borges,Ana Luiza Vilela; Szarfarc,Sophia Cornbluth

    2009-01-01

    Objetivou-se analisar a distribuição da anemia em gestantes da rede básica de saúde de dois municípios, na região Sul e Centro-Oeste do Brasil. Estudo transversal retrospectivo e descritivo desenvolvido a partir de dados de prontuários de 954 e 781 gestantes em Cuiabá-MT e Maringá-PR, respectivamente. Coletaram-se dados de caracterização sociodemográfica, de pré-natal e indicadores sociais. Foram consideradas anêmicas, as mulheres com hemoglobina inferior a 11g/dL. A desigualdade social exist...

  18. Anemia e deficiência de ferro em gestantes adolescentes Anemia and iron deficiency in pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth FUJIMORI

    2000-12-01

    Full Text Available Por meio de dosagem de ferritina sérica, transferrina sérica, hemoglobina e hematócrito, caracterizou-se o estado nutricional de ferro de 79 gestantes adolescentes de primeira consulta pré-natal (£ 20 semanas de gestação, atendidas na Rede Básica de Saúde de um Município da Grande São Paulo. Todos os valores hematológicos estudados foram menores entre as gestantes do segundo trimestre gestacional em relação às do primeiro, sendo as diferenças estatisticamente significativas (pThe objective of this study was to characterize iron nutritional status of 79 pregnant adolescents, at first prenatal consultation (<= 20 weeks of gestation, in the Primary Health System of a district of Great São Paulo, through the serum ferritin, serum transferrin, hemoglobin and hematocrit determinations. All the hematologic values studied were smaller for the pregnant adolescents in the second gestational trimester than for the ones in the first. Statistically significant differences (p.<.0.05 were found just for hemoglobin. It was verified that 64.3% and 32.1% had, respectively, less than 500.mg and 300.mg of organic iron reservations, and 5.4% presented serious lack of this mineral. By World Health Organization criterion 19.0% of the pregnant women were iron-deficient (Saturation of Transferrin <.16% and 13.9% were anemic (Hemoglobin.<.11 g/dl.

  19. Prevalência de anemia ferropriva em gestantes brasileiras: uma revisão dos últimos 40 anos Prevalence of iron-deficiency anemia in Brazilian pregnant women: a review of the last 40 years

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Helcias Côrtes

    2009-06-01

    Full Text Available A anemia ferropriva é conhecida como uma das principais deficiências nutricionais em todo o mundo e sua ocorrência pode ser observada em diversas populações. Alguns grupos populacionais ainda apresentam altas prevalências de anemia ferropriva, comprometendo diversas funções do organismo. Dentre esses grupos de risco, podem ser citadas as gestantes, que merecem especial atenção devido à sua vulnerabilidade à carência e ao aumento significativo de suas necessidades, que não são acompanhados por aumento suficiente no consumo ou na absorção de ferro. Este artigo analisa dados de artigos publicados nos últimos 40 anos nas línguas inglesa, espanhola ou portuguesa nos bancos de dados Lilacs e Medline sobre prevalência de anemia ferropriva na gestação. Em todas as pesquisas verificadas, a prevalência de anemia ferropriva na gestação apresenta valores elevados, o que caracteriza essa situação como um problema de saúde pública para o Brasil, mesmo com as políticas nacionais atuais de combate à deficiência.Iron-deficiency anemia is known as one of the main nutritional deficiencies around the world and its occurrence can be observed in many populations. Some groups still present a high prevalence of iron-deficiency anemia, compromising many body functions. Pregnant women are among the groups at risk given their vulnerability to deficiencies and the significant increase in their requirements, which are not accompanied by a sufficiently higher iron intake or absorption. This paper analyzes data from articles published in the last 40 years in English, Spanish or Portuguese found in the Lilacs and Medline databases about the prevalence of iron-deficiency anemia during pregnancy. Every paper found reports a high prevalence of anemia in pregnant women, characterizing this situation as a public health problem in Brazil, despite current Brazilian policies to fight iron deficiency.

  20. Diagnosis of iron deficiency anemia in children of Northeast Brazil Diagnóstico de anemia por deficiencia de hierro en niños del Noreste de Brasil Diagnóstico de anemia por deficiência de ferro em crianças do Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Geraldo Cidrão Carvalho

    2010-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To diagnose iron deficiency anemia in children. METHODS: The study was conducted with a sample of 301 children aged six to 30 months attending public daycare centers in the city of Recife, Northeast Brazil, in 2004. The diagnoses of anemia were based on a combination of different hematological and biochemical parameters: hemoglobin, mean corpuscular volume, ferritin, C-reactive protein, transferrin saturation and transferrin receptor. The chi-square test and ANOVA were used in the statistical analysis. RESULTS: Of all children studied, 92.4% had anemia (Hb OBJETIVO: Diagnosticar anemia por deficiencia de hierro en niños. MÉTODOS: El estudio fue desarrollado con una muestra de 301 niños con edades entre seis y 30 meses, usuarios de guarderías públicas de Recife, Noreste de Brasil, en 2004. Para el diagnóstico de la anemia se utilizó la combinación de diferentes parámetros hematológicos y bioquímicos: hemoglobina, volumen corpuscular promedio, ferritina, proteína C-reactiva, saturación de la transferrina y receptor de la transferrina. Para el análisis estadístico se empleó la prueba de chi-cuadrado y ANOVA. RESULTADOS: Del total de niños, 92,4% tenían anemia (HbOBJETIVO: Diagnosticar anemia por deficiência de ferro em crianças. MÉTODOS: O estudo foi desenvolvido com uma amostra de 301 crianças com idade entre seis e 30 meses, usuárias de creches públicas de Recife, PE, em 2004. Para o diagnóstico da anemia utilizou-se a combinação de diferentes parâmetros hematológicos e bioquímicos: hemoglobina, volume corpuscular médio, ferritina, proteína C-reativa, saturação da transferrina e receptor da transferrina. Para a análise estatística empregou-se o teste do qui-quadrado e ANOVA. RESULTADOS: Do total de crianças, 92,4% tinha anemia (Hb < 110g/L e 28,9% apresentou anemia moderada/grave (Hb<90g/L. Níveis mais baixos de hemoglobina foram observados em crianças de seis a 17 meses. Encontrou-se defici

  1. Anemia em gestantes brasileiras antes e após a fortificação das farinhas com ferro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Fujimori

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar prevalência de anemia e valores de hemoglobina (Hb em gestantes brasileiras, antes e após a fortificação das farinhas com ferro. MÉTODOS: Estudo de avaliação de painéis repetidos, desenvolvido em serviços públicos de saúde de municípios das cinco regiões brasileiras. Dados retrospectivos foram obtidos de 12.119 prontuários de gestantes distribuídas em dois grupos: antes da fortificação, com parto anterior a junho de 2004, e após a fortificação, com última menstruação após junho de 2005. Anemia foi definida como Hb < 11,0 g/dL. Valores de Hb/idade gestacional foram avaliados segundo dois referenciais da literatura. Foram utilizados teste qui-quadrado, t de Student e regressão logística, com nível de 5% de significância. RESULTADOS: Na amostra total, anemia caiu de 25% para 20% após fortificação (p < 0,001, com médias de Hb significativamente maiores no grupo "após" (p < 0,001. Observaram-se, entretanto, diferenças regionais importantes: reduções significativas nas regiões Nordeste (37% para 29% e Norte (32% para 25%, onde as prevalências de anemia eram elevadas antes da fortificação, e reduções menores nas regiões Sudeste (18% para 15% e Sul (7% para 6%, onde as prevalências eram baixas. Os níveis de Hb/idade gestacional de ambos os grupos se mostraram discretamente mais elevados nos primeiros meses, porém bem mais baixos após o terceiro ou quarto mês, dependendo da referência utilizada para comparação. Análise de regressão logística mostrou que grupo, região geográfica, situação conjugal, trimestre gestacional, estado nutricional inicial e gestação anterior associaram-se com anemia (p < 0,05. CONCLUSÕES: A prevalência de anemia diminuiu após a fortificação, porém continua elevada nas regiões Nordeste e Norte. Embora a fortificação possa ter tido papel nesse resultado favorável, há que se considerar a contribuição de outras políticas p

  2. Efeitos do clampeamento tardio do cordão umbilical sobre os níveis de hemoglobina e ferritina em lactentes aos três meses de vida Effects of delayed cord clamping on hemoglobin and ferritin levels in infants at three months of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Isoyama Venâncio

    2008-01-01

    Full Text Available Este estudo verificou o efeito do clampeamento tardio (um minuto após o nascimento do cordão umbilical sobre os níveis de hemoglobina e ferritina em crianças aos três meses de vida. Foram alocadas 325 mães e crianças, nascidas a termo, de parto vaginal e sem patologias (164 no grupo do clampeamento imediato e 161 no tardio em um hospital do Município de São Paulo, Brasil, em 2006. Realizaram-se dosagens de hemoglobina da mãe no pré-parto e de hemoglobina e ferritina do cordão umbilical. As crianças (69% foram acompanhadas no ambulatório, após três meses, ocorrendo coleta de sangue venoso para dosagem de hemoglobina e ferritina. Variáveis sócio-econômicas, reprodutivas, antropométricas e de alimentação da criança foram estudadas. Utilizou-se a regressão linear múltipla para a análise dos dados. O efeito do clampeamento tardio do cordão umbilical foi significativo somente para os níveis de ferritina das crianças aos três meses de idade (p = 0,040, sendo superior em 23,29ng/mL quando comparado às crianças submetidas ao clampeamento imediato. O procedimento pode se constituir em uma estratégia para prevenir a deficiência de ferro em lactentes.This study assessed the effect of delayed (1 minute after delivery clamping of the umbilical cord on hemoglobin and ferritin levels in infants at three months of age. Mothers and their infants born through vaginal delivery, at term, and without congenital anomalies (325 pairs were recruited at a hospital in São Paulo, Brazil, in 2006 (164 in the delayed clamping subgroup and 161 in the early clamping subgroup. Maternal hemoglobin at delivery, umbilical cord hemoglobin, and ferritin were recorded. At three months follow-up, venous blood samples were drawn from 224 (69% infants for hemoglobin and ferritin measurement. Socioeconomic, maternal reproductive, anthropometric, and infant feeding variables were studied. Multiple linear regression models were used to analyze the data

  3. Tendência temporal da anemia, desnutrição e obesidade em crianças de creches públicas de Belo Horizonte - MG

    OpenAIRE

    Maite Costa da Silva

    2013-01-01

    Este estudo avaliou a tendência temporal da anemia, da desnutrição e da obesidade em crianças com idade de seis a 72 meses, matriculadas em 25 creches públicas do Distrito Sanitário Leste de Belo Horizonte - MG. Para a avaliação da anemia, realizou-se a dosagem de hemoglobina por sangue capilar colhido em microcuvetas descartáveis e verificado no hemoglobinômetro portátil (Hemocue®), expresso em g/dL. Foram consideradas anêmicas as crianças com hemoglobina até 11,0 g/dL para a faixa etária de...

  4. Cálculo do volume de sangue necessário para a correção da anemia fetal em gestantes isoimunizadas Blood volume calculation required for the correction of fetal anemia in pregnant women with alloimmunization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Deolindo Santiago

    2008-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: obter uma equação capaz de estimar o volume de concentrado de hemácias a ser infundido para correção da anemia em fetos de gestantes portadoras de isoimunização pelo fator Rh, baseado em parâmetros alcançados durante a cordocentese prévia à transfusão intra-uterina. MÉTODOS: em estudo transversal, foram analisadas 89 transfusões intra-uterinas para correção de anemia em 48 fetos acompanhados no Centro de Medicina Fetal do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. A idade gestacional mediana, no momento da cordocentese, foi de 29 semanas e a média de procedimentos por feto foi de 2,1. A hemoglobina fetal foi dosada antes e após a cordocentese, sendo verificado o volume de concentrado de hemácias transfundido. Para determinação de uma fórmula para estimar o volume sanguíneo necessário para correção da anemia fetal, tomou-se como base o volume necessário para elevar em 1 g% a hemoglobina fetal (diferença entre a concentração de hemoglobina final e a inicial, dividida pelo volume transfundido e o volume de quanto seria necessário para se atingir 14 g%, em análise de regressão múltipla. RESULTADOS: a concentração da hemoglobina pré-transfusional variou entre 2,3 e 15,7 g%. A prevalência de anemia fetal (HbPURPOSE: to obtain an equation to estimate the volume of red blood cells concentrate to be infused to correct anemia in fetuses of pregnant women with Rh factor isoimmunization, based in parameters obtained along the cordocentesis previous to intrauterine transfusion. METHODS: a transversal study analyzing 89 intrauterine transfusions to correct anemia in 48 fetuses followed-up in the Centro de Medicina Fetal do Hospital das Clínicas da Universidade de Minas Gerais. The median gestational age at the cordocentesis was 29 weeks and the average number of procedures was 2.1. Fetal hemoglobin was assayed before and after cordocentesis, leading to the volume of transfused red blood

  5. Anemias em crianças de dois serviços de saúde de Recife, PE (Brasil Anemias in children from two health centers in Recife (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aureni Costa Salzano

    1985-12-01

    Full Text Available Foi estudada a prevalência de anemia em 1.306 crianças, com idade compreendida entre 6 e 60 meses, de duas unidades de saúde, em Recife, PE, (Brasil. Na clientela pediátrica do Centro de Saúde Lessa de Andrade, mantido pelo Governo do Estado, a ocorrência de anemias era quase duas vezes superior à encontrada no Posto de Assistência Médica de Areias, pertencente ao Instituto Nacional de Assistência Médica e Previdência Social (INAMPS. A prevalência de valores baixos de hemoglobina predominava nas crianças abaixo de 2 anos de idade, variando de 41% a 77% nos extratos amostrais distribuídos nesta faixa etária. Além da relação com a idade, observou-se associação estatística entre ocorrência de anemias e estado nutricional definido pela classificação de Gomez e ainda, com a renda "per capita" das famílias das crianças examinadas. O trabalho faz parte de um estudo colaborativo sobre as anemias, em estados do nordeste do Brasil.The prevalence of anemias in preschool children at two health centers in Recife, Pernambuco, Brazil, was investigated. A total of 1,306 children, aged 6-60 months, were selected. The prevalence of anemias was almost twice as high in the children at the Health Center Lessa de Andrade, supported by the state government, as that found at the Health Center in Areias, belonging to the Federal Health service (INAMPS. The low hemoglobin levels, which varied from 41 to 77% in the sample of this age group, was found to be higher in children under two years of age. Besides being related to the age, and to the per capita income of the families, of the children under study, a statistical association was detected between anemia and nutritional status assessed by Gomez's classification.

  6. Anemia hemolítica causada por Indigofera suffruticosa (Leg. Papilionoideae em bovinos Hemolytic anemia caused by Indigofera suffruticosa (Leg. Papilionoideae in cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Diomedes Barbosa Neto

    2001-03-01

    Full Text Available As partes aéreas de Indigofera suffruticosa Mill. (família Leg. Papilionoideae, planta incriminada pelos criadores de diversas áreas do Nordeste por doença caracterizada por hemoglobinúria em bovinos, foram administradas por via oral a seis bovinos, em doses diárias repetidas de 10 a 40 g/kg, Todos os animais experimentais apresentaram hemoglobinúria, porém passageira, apesar continuidade da administração da planta. Dois desses bovinos não apresentaram manifestações adicionais, um terceiro animal evidenciou manifestações leves, e os três outros, sintomas adicionais de intensidade moderada: apatia, mucosas visíveis de coloração esbranquiçada, pêlos arrepiados, anorexia, diminuição da freqüência e intensidade dos movimentos ruminais, taquicardia, pulso venoso positivo e dispnéia. Antes da crise hemolítica a urina apresentava coloração verde azulada. Nenhum animal experimental morreu, porém um foi sacrificado durante a fase hemoglobinúrica. À necropsia observaram-se anemia, bexiga contendo urina cor de vinho tinto, rins aumentados de volume com coloração marrom-escura, fígado, na superfície e ao corte, de coloração azulada com lobulação perceptível. As principais alterações histológicas foram verificadas no fígado, sob forma de necrose coagulativa e tumefação e/ou microvacuolização citoplasmática dos hepatócitos, e no rim representadas por acentuada nefrose, associada a grande quantidade de filtrado e/ou hemoglobina nos espaços de Bowman dentro de túbulos e do citoplasma das células epiteliais.The aereal parts of Indigofera suffruticosa Mill. (family Leg. Papilionoideae were force-fed fresh to 6 bovines in daily doses of 10 to 40 g/kg. Cattle breeders of various parts of the Northeast of Brazil accuse this plant as the cause of a non-fatal disease characterized by hemoglobinuria. The disease occurs only in years when the plant proliferates well invading the native pastures. All experimental

  7. Avaliação da anemia em crianças da cidade de Campina Grande, Paraíba, Brasil Evaluation of anemia in children from the city of Campina Grande, Paraíba, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola G. M. B. Pinheiro

    2008-12-01

    Full Text Available A anemia é uma condição definida como a redução da concentração de hemoglobina circulante a um valor inferior ao considerado pela Organização Mundial da Saúde em13 g/dl, 12 g/dl e 11 g/dl para homens, mulheres e crianças, respectivamente. É considerada a principal consequência da deficiência de ferro - um nutriente que atua principalmente na síntese das células vermelhas do sangue e no transporte de oxigênio para as demais células do corpo. Este trabalho, realizado nos meses de março e abril de 2007, teve como objetivo avaliar as alterações hematológicas e os níveis de ferro sérico em crianças de 6 a 59 meses de idade na cidade de Campina Grande-PB. A prevalência de anemia observada foi de 31,73%, e, dentre as crianças anêmicas, 91% apresentaram quadro de anemia leve (Hb 9,0 g/dl. A faixa etária predominante em que se observou a menor concentração de hemoglobina foi de 6 a 12 meses (10,26 ± 1,27 g/dl. Considerando-se os vários parâmetros do hemograma para avaliar a etiologia ferropriva entre os anêmicos, o RDW (amplitude de distribuição dos eritrócitos foi o que mais apresentou especificidade no diagnóstico laboratorial da anemia por deficiência de ferro. Dessa forma, a investigação laboratorial é essencial para o diagnóstico precoce e para o acompanhamento terapêutico eficiente da anemia ferropriva em crianças.Anemia is a condition that is defined as a concentration of circulating hemoglobin at a level lower than that considered adequate by the World Health Organization (13 g/dL, 12 g/dL and 11 g/dL for men, women and children, respectively. It is considered the main consequence of iron deficiency - a nutrient that mainly acts in the synthesis of red blood cells and in the transportation of oxygen to other cells of the body. This study, which was performed in March and April 2007, aimed at evaluating hematologic alterations and serum iron levels in 6 to 59-month-old children in the city of Campina

  8. Acompanhamento do desenvolvimento da linguagem de lactentes de risco para surdez Follow-up of language development in infants with risk factors for hearing loss

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Maria Zaratini Fernandes

    2011-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o desenvolvimento da linguagem, de acordo com o gênero, idade gestacional e peso ao nascimento, aos quatro, oito e 12 meses, de lactentes que permaneceram em UTI Neonatal e que apresentaram um ou mais indicadores de risco para perda auditiva de aparecimento tardio. MÉTODOS: Estudo longitudinal de lactentes nascidos entre agosto de 2007 e julho de 2008 que, na UTI, apresentaram resultado normal no Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico, e que necessitaram de monitoramento audiológico e de linguagem, por apresentarem indicadores de risco para perda auditiva. Os lactentes foram avaliados no 4º, 8º e 12° meses de vida por meio da Escala de Aquisições Iniciais de Linguagem. RESULTADOS: Compareceram a todas as avaliações 87 lactentes e 60 (69% apresentaram como indicador de risco a permanência na UTI associada à hipertensão pulmonar. Na Escala de Aquisições Iniciais de Linguagem, nove lactentes apresentaram alterações aos quatro meses e 11 lactentes aos oito meses de idade. Aos 12 meses, 18 (20,6% lactentes apresentaram alteração e desses, cinco tiveram atraso nos meses anteriores. Os dados estatísticos demonstraram que resultados alterados aos quatro e oito meses podem predizer dificuldades nas respostas dos lactentes aos 12 meses. Houve o aparecimento de desvios transitórios no desenvolvimento da linguagem oral, normalizados na maioria dos casos. CONCLUSÃO: Deve-se realizar a avaliação de linguagem no primeiro ano de vida a fim de monitorar possíveis atrasos em lactentes com indicador de risco para surdez.PURPOSE: To compare language development, according to gender, gestational age and birth weight, at four, eight and 12 months of life, of infants who remained in the Neonate Intensive Care Unit, who presented at least one risk factor for hearing loss with delayed onset. METHODS: Longitudinal study of infants born between August 2007 and July 2008, who, in the Intensive Care Unit (ICU, showed

  9. Fatores associados à concentração de retinol sérico em lactentes Factores asociados a la concentración de retinol sérico en lactantes Factors associated with the concentration of serum retinol in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Pereira Netto

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar os fatores associados à concentração de retinol em lactentes atendidos em serviço público de saúde. MÉTODOS: Estudo de corte transversal realizado com 101 crianças de 18 a 24 meses, atendidas no serviço público de saúde da área urbana da cidade de Viçosa. A análise da concentração de retinol no sangue venoso foi realizada por cromatografia líquida de alta eficiência. Para avaliação da prática alimentar, utilizou-se o recordatório de 24 horas. As entrevistas foram realizadas com os pais ou responsáveis pelas crianças em seus domicílios. Para avaliar as variáveis associadas ao retinol sérico, foi utilizada análise de regressão linear múltipla. RESULTADOS: Identificou-se 39,6% de prevalência da deficiência de vitamina A. Os fatores associados positivamente ao nível sérico de retinol foram tempo de escolaridade paterna e ingestão de proteína. Por outro lado, o número de moradores no domicílio e a idade da criança estiveram negativamente associados. CONCLUSÕES: A hipovitaminose A se apresenta como um problema de Saúde Pública entre os lactentes do município de Viçosa. Fatores socioeconômicos, dietéticos e biológicos se associam à deficiência da vitamina A na população infantil.OBJETIVO: Verificar los factores asociados a la concentración de retinol en lactantes atendidos en el servicio público de salud del área urbana de la ciudad de Viçosa (Minas Gerais, Brasil. MÉTODOS: Estudio de corte transversal realizado con 101 niños, de 18 a 24 meses, atendidos en el servicio de salud del área urbana de la ciudad de Viçosa. El análisis de la concentración de retinol en la sangre venosa fue realizado por cromatografía líquida de alta eficiencia. Para evaluación de la práctica alimentar, se utilizó el recordatorio de 24 horas. Las entrevistas fueron realizadas con los padres o responsables de los niños en sus domicilios. Para evaluar las variables asociadas al retinol s

  10. Efetividade da Estratégia Nacional para Alimentação Complementar Saudável na melhoria da alimentação complementar de lactentes em um município do Sul do Brasil

    OpenAIRE

    Baldissera, Rosane; Issler, Roberto Mário Silveira; Giugliani, Elsa Regina Justo

    2016-01-01

    Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar a efetividade da Estratégia Nacional para Alimentação Complementar Saudável (ENPACS) na melhoria da alimentação complementar no primeiro ano de vida em um município brasileiro. Trata-se de um estudo avaliativo de impacto, envolvendo 340 crianças com idades entre 6 e 12 meses, acompanhadas nas unidades básicas de saúde. Os desfechos avaliados foram prevalência do consumo de verduras, legumes, frutas e alimentos não saudáveis, e prevalência de...

  11. Perfil oxidativo e bioquímico em pacientes que apresentam anemia falciforme ou traço falciforme

    OpenAIRE

    Vanusa Manfredini

    2008-01-01

    A Anemia Falciforme (AF) é uma doença autossômica recessiva e, dentre as hemoglobinopatias, é a mais comum das alterações hematológicas hereditárias conhecidas no homem. Sua distribuição é ampla, abrangendo todos os continentes. AF foi a primeira doença caracterizada em nível molecular. É causada por uma mutação no gene beta da globina, produzindo uma alteração estrutural na molécula. No gene da globina beta S, há a substituição de uma base nitrogenada do códon GAG para GTG, resultando na sub...

  12. Anemia hemolítica imunomediada não regenerativa em um cão

    OpenAIRE

    Brandão,Leonardo Pinto; Ikesaki,Júlia Habu; Miyashiro,Samantha Ive; Franchini,Maria Luisa; Hagiwara,Mitika Kuribayashi

    2004-01-01

    Quadros hemolíticos não eritrorregenerativos são descritos em cães e podem ser decorrentes de doença medular primária, bem como, da destruição dos precursores eritróides medulares por imunoglobulinas. Um cão macho, de três anos de idade, sem raça definida, foi atendido no Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo apresentando sinais de anemia hemolítica aguda arregenerativa. Após a instituição de terapia imunossupressora (prednisona), h...

  13. Relação entre deficiência de ferro e anemia em crianças de até 4 anos de idade

    OpenAIRE

    Bortolini,Gisele Ane; Vitolo,Márcia Regina

    2010-01-01

    OBJETIVO: Avaliar a prevalência de anemia, deficiência de ferro e anemia por deficiência de ferro em uma coorte de crianças. MÉTODOS: Estudo de coorte aninhado a um ensaio de campo randomizado. As crianças foram selecionadas ao nascimento na maternidade do único hospital público da cidade de São Leopoldo (RS), Brasil. O presente estudo avaliou o estado nutricional de ferro (hemoglobina e ferritina sérica) quando essas crianças apresentavam idade de 12-16 meses e, posteriormente, na idade de 3...

  14. Efeito da fortificação de alimentos com ferro sobre anemia em crianças: um estudo de revisão Effect of food fortification with iron on childhood anemia: a review study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cecília F. Assunção

    2007-02-01

    Full Text Available Uma revisão sistemática da literatura foi conduzida com o objetivo de identificar estudos que avaliassem o efeito da fortificação de alimentos com ferro sobre a ocorrência de anemia em crianças. As bases de dados pesquisadas foram MEDLINE, LILACS e sites da Organização Mundial da Saúde e Organização Pan-Americana da Saúde, sem limite de tempo, incluindo estudos publicados em português, inglês ou espanhol, utilizando os seguintes unitermos e suas combinações: food fortification, iron, effectiveness, efficacy, anemia, flour, staple foods, interventions e children. Dos 21 estudos revisados, apenas um não mostrou efeito positivo da intervenção, indicando a possibilidade de existência de viés de publicação. Os estudos apresentaram limitações metodológicas importantes. Os dois estudos com os melhores escores metodológicos mostraram resultados discordantes, evidenciando a necessidade de explorar essa hipótese em ensaios maiores e com maior rigor metodológico.A systematic review was conducted to identify studies assessing the effect of food fortification with iron on childhood anemia. The MEDLINE, LILACS, and PubMed databases and WHO and PAHO sites were searched with no time limitation, including articles published in Portuguese, English, or Spanish, using the following key words and their combination: food fortification, iron, effectiveness, efficacy, anemia, flour, staple foods, interventions, and children. Of 21 studies reviewed, only one failed to report a positive, favorable effect of iron fortification, indicating the possibility of publication bias. The studies showed important methodological limitations. The two studies with the best methodological scores showed opposite results, highlighting the need for larger trials with better planning to explore this hypothesis.

  15. Prevalência de tabagismo e consumo de bebida alcoólica em mães de lactentes menores de seis meses de idade Prevalence of smoking and alcohol consumption among mothers of infants under six months of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Del Ciampo

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer a prevalência de tabagismo e consumo de bebida alcoólica em mães de lactentes menores de seis meses de idade. MÉTODOS: Estudo transversal e descritivo com mães de crianças com idade entre zero e seis meses completos, matriculadas em programas de puericultura das Unidades Básicas de Saúde da cidade de Ribeirão Preto (SP, ligadas aos seis Centros de Saúde Escola da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Foi aplicado um questionário em que constavam informações como idade materna, grau de escolaridade, paridade, ocupação, tempo de aleitamento materno exclusivo e complementado, consumo de bebidas alcoólicas e cigarros e existência de algum tabagista no domicílio. RESULTADOS: Foram entrevistadas 504 mulheres; 324 (64,3% tinham algum contato com cigarro sendo 97 (19,2% tabagistas ativas, 142 (28,2% tabagistas passivas e 85 (16,8% tabagistas ativas e passivas. Dentre as 97 tabagistas ativas, 78 (80,4% estavam amamentando. Também estavam amamentando 118 (83,1% das 142 mães tabagistas passivas. Quanto às bebidas alcoólicas, 56 (11,1% mães responderam que as consumiam e, destas, 45 (80,3% estavam amamentando. Quinze (26,8% mães que consumiam bebidas alcoólicas também eram tabagistas. CONCLUSÕES: O estudo encontrou alta prevalência de mães com algum tipo de contato com tabagismo e que consumiam bebidas alcoólicas, sendo imprescindível investir na prevenção dessas práticas nos programas de assistência pré-natal e de puericultura.OBJECTIVE: To study the prevalence of smoking and alcoholic beverage consumption among mothers of infants under six months of age. METHODS: This is a descriptive cross-sectional study of mothers of all infants up to six months of age who were enrolled in child care programs at the Basic Care Units of Ribeirão Preto city, linked to the six Health Care Centers of Ribeirão Preto School of Medicine of São Paulo University, Brazil. Mothers answered

  16. Evolução temporal da prevalência de anemia em adolescentes grávidas de uma maternidade pública do Rio de Janeiro

    OpenAIRE

    Pessoa,Lidiane da Silva; Saunders,Cláudia; Belfort,Gabriella Pinto; Silva,Letícia Barbosa Gabriel da; Veras,Lívia Soares; Esteves,Ana Paula Vieira dos Santos

    2015-01-01

    OBJETIVO: Descrever a evolução temporal da prevalência de anemia em adolescentes grávidas atendidas em uma maternidade pública do município do Rio de Janeiro no período de 2004 a 2013. MÉTODOS: Trata-se de um estudo analítico transversal retrospectivo com 628 gestantes/puérperas adolescentes, distribuídas em 3 grupos distintos: Grupo A (2004 a 2006), Grupo B (2007 a 2010) e Grupo C (2013). Informações relativas às caracter&...

  17. Anemia infecciosa eqüina: prevalência em eqüídeos de serviço em Minas Gerais Equine infectious anemia: prevalence in working equids of livestock herds, in Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V.M.A. Almeida

    2006-04-01

    Full Text Available Estimaram-se, no estado de Minas Gerais, a prevalência e a distribuição espacial da anemia infecciosa eqüina (AIE em propriedades com eqüídeos de serviço. As amostras de sangue, de 6540 eqüídeos de 1940 rebanhos foram coletadas no período de setembro de 2003 a março de 2004, nos 853 municípios do estado. Utilizaram-se dois testes de laboratório em seqüência: ELISA, usando-se antígeno recombinante gp90, e imunodifusão em gel de ágar (IDGA. As prevalências foram de 5,3% [IC=4,3 a 6,3%] para rebanhos e de 3,1% [IC=2,2 a 3,9%] para animais. O estado de Minas Gerais foi considerado área endêmica para AIE. As mais altas prevalências para rebanhos e para animais foram encontradas na região Norte/Noroeste, seguida pela região Vale do Mucuri/Jequitinhonha.The prevalence and spatial distribution of equine infectious anemia (EIA were estimated in livestock herds where equids were used as draft power and for transportation in the State of Minas Gerais, Brazil. Serum samples were collected from September/2003 to March/2004 in 853 municipalities of the state. The sample comprised 6,540 equids from 1,940 herds. Two laboratorial tests were performed in sequence: ELISA using a recombinant gp90 protein, following by the AGID. The prevalence in the herds was estimated in 5.3% [CI = 4.3 to 6.3%], and 3.1% [CI = 2.2 to 3.9%] of the animals tested were positive. Minas Gerais was considered an endemic region for EIA. The highest prevalence for herds and animals was found in North/Northwest region (strata followed by Vale do Mucuri/Jequitinhonha region.

  18. Anemia, níveis de hemoglobina e estado nutricional em crianças menores de três anos de idade

    OpenAIRE

    Patricia Pereira Lima Miranda

    2016-01-01

    Introdução: A anemia e a obesidade infantil representam importantes problemas nutricionais na saúde pública. Estudos realizados na última década evidenciam associação entre anemia, menores níveis de hemoglobina e obesidade, porém são escassos os estudos que avaliam essa associação em crianças, particularmente no Brasil. Objetivos: Avaliar a ocorrência de anemia e sua associação com estado nutricional e outras características infantis, maternas e familiares; investigar associação entre nível d...

  19. Efetividade da Estratégia Nacional para Alimentação Complementar Saudável na melhoria da alimentação complementar de lactentes em um município do Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosane Baldissera

    Full Text Available Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar a efetividade da Estratégia Nacional para Alimentação Complementar Saudável (ENPACS na melhoria da alimentação complementar no primeiro ano de vida em um município brasileiro. Trata-se de um estudo avaliativo de impacto, envolvendo 340 crianças com idades entre 6 e 12 meses, acompanhadas nas unidades básicas de saúde. Os desfechos avaliados foram prevalência do consumo de verduras, legumes, frutas e alimentos não saudáveis, e prevalência de alimentos com consistência adequada para a idade. A regressão de Poisson revelou que a ENPACS esteve associada a uma redução de 32% no consumo de refrigerante e/ou suco industrializado, 35% no de comidas industrializadas e 5% no consumo de alimentos não saudáveis. Não houve aumento no consumo de frutas, legumes, verduras e alimentos com consistência adequada para a idade. Conclui-se que o efeito positivo da estratégia foi parcial, mas que ela tem potencial de contribuir para a melhoria da alimentação infantil, haja vista sua efetividade na redução do consumo de alimentos não saudáveis.

  20. Carcinoma de células escamosas em língua pós-transplante de medula óssea por Anemia de Fanconi Squamous cell carcinoma of the tongue due to Fanconi's Anemia after bone marrow transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Pasquini

    2003-01-01

    Full Text Available Anemia Fanconi (AF é uma síndrome autossômica recessiva, caracterizada por pancitopenia progressiva com hipoplasia de MO, em associação com várias anormalidades constitucionais, tendo como único recurso terapêutico com possibilidade potencial de cura o transplante de medula óssea, e sendo tais pacientes propensos ao desenvolvimento de malignidades hematológicas e carcinoma de células escamosas (CEC em diversos locais: reto, vagina, cérvice, esôfago, cavidade bucal, faringe ou pele, mas especialmente em cabeça e pescoço. Relatamos aqui três casos de pacientes portadores de AF, que após TMO desenvolveram CEC em língua. Além disso, mencionamos fatores de risco relatados para tal evento, como diagnóstico de AF, condicionamento pré-transplante (quimioterápicos e irradiação, terapia com drogas imunossupressoras para tratamento de doença enxerto contra hospedeiro (DECH aguda ou crônica, sexo e idade avançada. Além do que, discorremos sobre a existência de três mecanismos postulados que predispõem indivíduos com AF ao desenvolvimento de neoplasia: (1 defeito na reparação do DNA; (2 defeito na detoxificação de radicais de oxigênio; e (3 imunodeficiência.Fanconi's Anemia, first described in 1927, is a rare autonomic recessive disease characterized by progressive pancytopenia, congenital malformations, spontaneous or chemically induced chromosome breakage and increased incidence of leukemia and other cancers. The onset of bone marrow hypoplasia and its hematological manifestations is usually in the 3 - 7 year age range. The disease has traditionally been managed clinically through administration of blood products, treatment of infections and prolonged administration of androgens, growth factors and more recently with gene therapy. The value of bone marrow transplantation in correcting the hematological manifestations of Fanconi's anemia has been established. Alkilanting agents and radiation have been utilized as a

  1. Anemia na doença renal crônica em hospital da região noroeste do estado do Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Schmalz Bueno

    2014-09-01

    Full Text Available Introdução: A doença renal crônica (DRC tem sido identificada em um número crescente de pacientes e, dentre suas consequências, encontra-se a anemia. Objetivo: Verificar a ocorrência de anemia em pacientes com DRC que realizavam hemodiálise em um hospital da Região Sul, Brasil, bem como seu perfil laboratorial renal e de ferro. Métodos: Realizou-se estudo retrospectivo descritivo analítico. Foram analisados 45 prontuários com resultados de exames desde o início do tratamento hemodialítico até nove meses após. Resultados: Mais de 50,0% dos pacientes apresentava hipertensão arterial e diabetes e 68,8% era do gênero masculino. A anemia esteve presente em 97,8% dos pacientes e foi tratada com eritropoetina e/ou ferro. No período avaliado, ocorreu aumento nas medianas dos níveis de hemoglobina (p < 0,001, hematócrito (p < 0,001, ferritina, creatinina (p < 0,001 e ureia pré (p = 0,039. A saturação de transferrina estava baixa em 35,6% dos pacientes após aproximadamente um ano de tratamento hemodialítico. Houve correlação entre creatinina e ureia, ambas elevando-se. Conclusão: Após a Introdução de tratamento para anemia, ocorreu aumento dos níveis plasmáticos de hemoglobina e melhora do quadro, ainda que sem normalização completa desses níveis.

  2. Anestesia venosa total (AVT em lactente com doença de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Anestesia general intravenosa (AVT en lactante con enfermedad de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Total intravenous anesthesia (TIVA in an infant with Werdnig-Hoffmann disease: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio Cardoso de Resende

    2010-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A doença de Werdnig-Hoffmann é a causa mais comum de hipotonia no lactente e quando presente logo após o nascimento tem pior prognóstico. Fraqueza muscular simétrica, arreflexia e fasciculações da língua são característicos. A maioria dos lactentes morre antes dos dois anos por insuficiência respiratória. O presente relato apresenta um caso com técnica venosa total durante anestesia. RELATO DO CASO: Paciente feminina, branca, um ano, 10 kg, estado físico ASA III, com doença de Werdnig-Hoffmann diagnosticada desde os dois meses de idade. Candidata à gastrostomia e fundogastroplicatura na técnica aberta e traqueostomia. Monitorização com cardioscópio, pressão arterial não invasiva, oxímetro de pulso, estetoscópio precordial e temperatura retal após venóclise. Foi préoxigenada e após bolus de atropina (0,3 mg foi realizada indução anestésica com remifentanil bolus (20 µg e propofol (30 mg. Após intubação traqueal foi ventilada de forma controlada manual, em sistema sem absorvedor de CO2, Baraka (sistema Mapleson D, FGF de 4 L.min-1, FiO2 0,5 (0(2/N(20. Mantida sob anestesia com propofol 250 µg.kg-1.min-1 e remifentanil 0,3 µg.kg-1.min-1 em infusão contínua manual. O tempo cirúrgico foi de 150 minutos. O despertar ocorreu 8 minutos após o término da infusão, com ventilação espontânea. Duas horas depois foi transferida para unidade pediátrica e recebeu alta hospitalar no 4º dia de pós-operatório. CONCLUSÕES: A escolha da técnica anestésica prioriza a segurança que advém da familiaridade do manuseio dos fármacos existentes. Em crianças com doenças neuromusculares, a anestesia venosa total com remifentanil e propofol em sistemas de infusão, pela duração de ação extremamente curta, pode influenciar a evolução da doença favoravelmente.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La enfermedad de Werdnig-Hoffmann es la causa más común de hipotonía en el lactante y cuando est

  3. Prevalência de anemia e níveis séricos de hemoglobina em adolescentes segundo estágio de maturidade sexual Prevalence of anemia and hemoglobin serum levels in adolescents according to sexual maturation stage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Brandão Mariath

    2006-12-01

    Full Text Available Durante a adolescência o crescimento acelerado promove um aumento nas necessidades nutricionais, inclusive de ferro, tornando os adolescentes um grupo de risco nutricional. O presente estudo objetivou avaliar a prevalência de anemia e os níveis séricos de hemoglobina de acordo com o estágio de maturidade sexual em uma amostra representativa composta por 272 adolescentes matriculados em escolas da rede municipal de ensino de Balneário Camboriú-SC. A auto-avaliação da maturidade sexual foi realizada segundo os critérios de Tanner (1962. Os níveis sangüíneos de hemoglobina foram medidos através do sistema HemoCue® e o diagnóstico de deficiência de ferro foi baseado no critério proposto pela Organização Mundial de Saúde (2001. Foram consideradas significativas as diferenças ao nível de pAccelerated growth spurt during adolescence leads to increased nutritional requirements, including iron, therefore posing a nutritional risk to adolescents. The present study aimed to assess the prevalence of anemia and hemoglobin serum levels according to the sexual maturation stage in a representative sample comprised of 272 adolescents enrolled in public schools in Balneário Camboriú, SC. Self-assessment of sexual maturation was carried out according to criteria defined by Tanner (1962. Hemoglobin serum levels were measured through the HemoCue® system and the diagnosis of iron deficiency was based on the cut off points proposed by the World Health Organization (2001. Differences were considered significant at the level of p<0.05. We found a prevalence of 31.2% of anemia without significant differences between genders. Hemoglobin serum levels were significantly higher in boys (p=0.044 than in girls. We did not find significant differences between mean hemoglobin levels of girls who had reached menarche and the ones who had not. There was no statistical association between the presence of anemia and sexual maturation stages of adolescents

  4. Eficácia da suplementação de ferro associado ou não à vitamina A no controle da anemia em escolares Efficacy of iron supplementation with or without vitamin A for anemia control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rute Cândida Pereira

    2007-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a eficácia da suplementação de ferro, associado ou não à vitamina A, na anemia ferropriva, administrado semanalmente, realizou-se ensaio clínico comunitário, randomizado, não controlado por placebo, em 1999. Uma amostra probabilística de 267 escolares de ambos os sexos com 6 a 14 anos de idade foram casualizados em bloco segundo dois tipos de intervenção: um grupo (144 recebeu 200mg de sulfato ferroso com (40mg de ferro elementar e o outro (123 recebeu dose similar de sulfato ferroso associado a 10.000 UI de vitamina A, durante 30 semanas. A prevalência de anemia ao final foi reduzida de 48,4%, para 17,7% (p This study aimed to evaluate the efficacy of weekly iron supplementation with or without vitamin A in the treatment of iron deficiency anemia, using an experimental, randomized, non-placebo-controlled design in 1999. 267 schoolchildren 6 to 14 years of age were randomized to two treatment groups: one group (144 received 200mg iron sulfate alone, with 40mg of elemental iron, while the other (123 received the same iron supplementation dose plus 10,000 IU of vitamin A (both groups for 30 weeks. Final anemia prevalence was reduced from 48.4% to 17.7% (p < 0.001 in the group receiving iron supplementation alone and 58.1% to 14.3% (p < 0.001 in the group receiving iron plus vitamin A. There was no significant difference between the groups at the end of the study according to mean Hb (p = 0.355 and anemia (p = 0.479. There was a significant correction for iron deficiency anemia with weekly iron-alone supplementation, but with no additional advantage of vitamin A. New studies on the synergism between these two micronutrients are recommended.

  5. Prevalência de aloimunização eritrocitária em pacientes portadores de anemia falciforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Gomes Vizzoni

    2017-04-01

    Full Text Available Embora as transfusões de concentrado de hemácias sejam importantes para o tratamento de pacientes com anemia falciforme, elas acarretam riscos imunológicos tais como a aloimunização a antígenos eritrocitários. Aproximadamente 50% dos pacientes de anemia falciforme recebem transfusões no decorrer da vida, e entre 5 e 10% desses pacientes são submetidos a um programa de transfusão crônica. A aloimunização eritrocitária é uma complicação relativamente comum, podendo até mesmo levar a reações transfusionais hemolíticas tardias, contribuindo para aumentar as comorbidades da doença. Importantes medidas para prevenção dessas complicações nesses pacientes são o uso de hemácias previamente fenotipadas, além da fenotipagem do próprio receptor de concentrado de hemácias, determinando seu correto perfil fenotípico e possibilitando a escolha de concentrado de hemácias com antígenos correspondentes ao do paciente a ser transfundido. Extensa genotipagem eritrocitária profilática para selecionar doadores para pacientes que receberão repetidas transfusões durante um longo período é uma aplicação atraente de tipagem de sangue baseado em DNA. Isso é particularmente relevante para pacientes com doença falciforme, nos quais a taxa de aloimunização é elevada.

  6. Hemolytic Anemia

    Science.gov (United States)

    ... lead to hemolytic anemia in a fetus or newborn. Signs, Symptoms, and Complications The signs and symptoms of hemolytic anemia will depend on the type and severity of the disease. People who have mild hemolytic anemia often have ...

  7. Hemolytic anemia

    Science.gov (United States)

    Anemia - hemolytic ... bones that helps form all blood cells. Hemolytic anemia occurs when the bone marrow isn't making ... destroyed. There are several possible causes of hemolytic anemia. Red blood cells may be destroyed due to: ...

  8. Estudo clínico, citológico e de prevalência do papilomavírus humano em mucosa oral na Anemia de Fanconi

    OpenAIRE

    Melissa Rodrigues de Araujo

    2008-01-01

    A Anemia de Fanconi (AF) é uma doença genética rara de herança recessiva caracterizada por insuficiência da medula óssea, anormalidades de desenvolvimento malformações congênitas. A doença evolui para anemia aplástica grave em decorrência da falência progressiva da medula óssea e neoplasias malignas, principalmente a leucemia mielóide aguda e os carcinomas espinocelulares em região de cabeça e pescoço. O risco de desenvolvimento de neoplasias malignas aumenta após o transplante de medula ósse...

  9. Magnitude, tendência temporal e fatores associados à anemia em crianças do Estado da Paraíba Magnitud, tendencia temporal y factores asociados a la anemia en niños del Estado de Paraíba Magnitude, time trends and factors associate with anemia in children in the state of Paraíba, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Sherezaide Rocha Gondim

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência da anemia em crianças, sua tendência temporal e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo de corte transversal, de base populacional, envolvendo 1.108 crianças, com idade entre seis e 59 meses, de ambos os sexos, do Estado da Paraíba, em 2007. A hemoglobina foi analisada em sangue venoso com contador automático. Foram considerados para anemia valores OBJETIVO: Estimar la prevalencia de la anemia en niños, su tendencia temporal e identificar factores asociados. MÉTODOS: Estudio de corte transversal, de base poblacional, involucrando 1.108 niños, con edad entre 6 a 59 meses, de ambos sexos, del Estado de Paraíba, en 2007. La hemoglobina fue analizada en sangre venosa con contador automático. Se consideraron para anemia valores OBJECTIVE: To estimate the magnitude of the anemia, to analyze the time trends and investigate the factors associated with this disturbance in children in the state of Paraíba, Brazil. METHODS: A cross-sectional survey, of population-based, with 1108 children, aged 6 to 59 months, both sexes in the state of Paraíba. Hemoglobin (Hb in venous blood was analyzed with an automatic counter. The social-economic and demographic characteristics of children were obtained by questionnaire. Proportions were compared by Pearson's chi-squared test, and the association between hemoglobin concentrations and potential risk factors was tested by regression model Poisson. The time trend of anemia was assessed by the increase/decreased in the prevalence of anemia, using as comparison the prevalence observed in the years 1982, 1992 and 2007. RESULTS: The prevalence of anemia (Hb < 11.0 g/dl in the state of Paraíba was 36.5% (CI95% 33.7 to 39.3. It was observed that 1.3% (CI95% 0.7 to 1.8 were in severe form (Hb <7.0 g/dl, 11% (CI95% 9.4 to 13.5 in a moderate form and 87.6% (CI95% 79.1 to 91.2 in the mild form. There was an increase 88.5% in cases of anemia between the years 1982-1992 and

  10. Influência do nível de habilidade e posição corporal no alcance de lactentes Influence of skill level and body position on infants’ reaching

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RP Carvalho

    2008-06-01

    Full Text Available CONTEXTUALIZAÇÃO: Embora o desenvolvimento do alcance em diferentes posições corporais tem sido amplamente estudado, há poucas pesquisas sobre este assunto, considerando o nível de habilidade do lactente. Objetivo: Verificar como as posições corporais afetam os ajustes proximais e distais do alcance manual de lactentes de quatro a seis meses. MATERIAIS E MÉTODOS: Dez lactentes classificados como menos (n=6 e mais habilidosos (n=4 foram avaliados no mês de aquisição do alcance (M1 e após um mês de prática espontânea (M2, nas posições supina (0º, reclinada (45º e sentada (70º. Foram analisados os ajustes proximais (alcances uni ou bimanuais e distais (mão aberta, semi-aberta ou fechada, posição das mãos no início do movimento (perto ou longe do corpo e movimentos de preensão. RESULTADOS: Houve predomínio de alcances unimanuais para os lactentes mais habilidosos. Os lactentes menos habilidosos apresentaram maior freqüência de alcances unimanuais em M1 (sentado e M2 (supino e sentado. Houve predomínio de alcances com as mãos semi-abertas, exceto para lactentes mais habilidosos em M2 na posição reclinada. Lactentes menos habilidosos apresentaram mãos próximas ao corpo em M1 (reclinado e sentado e M2 (reclinado, enquanto os mais habilidosos iniciaram seus alcances com as mãos longe do corpo em M2 (supino. Lactentes mais habilidosos fizeram mais alcances seguidos de preensão em M2 nas posições supina e sentada. CONCLUSÕES: A posição corporal afeta os ajustes proximais e distais do alcance, de acordo com o nível de habilidade do lactente.BACKGROUND: Although the development of reaching under different body position conditions has been widely studied, little research has addressed this issue considering the infant’s skill level. OBJECTIVE: To investigate how different body positions affect proximal and distal reaching adjustments among four to six-month-old infants. Methods: Ten infants classified as less (n

  11. Hidrocinesioterapia no tratamento fisioterapêutico de um lactente com Síndrome de Down: estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Maximo Toble

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Os deficit sensoriais presentes na Síndrome de Down podem interferir no controle da postura, movimentos, equilíbrio e coordenação, por isso é importante a intervenção fisioterapêutica, porém a literatura é escassa em relação aos efeitos da terapia aquática. OBJETIVO: Investigar a eficácia da hidrocinesioterapia como método complementar de tratamento fisioterapêutico na aquisição de habilidades motoras grossas de um lactente com Síndrome de Down e deficiência auditiva. MATERIAIS E MÉTODOS: Participou da pesquisa um lactente com Síndrome de Down, sexo masculino, 1 ano e 4 meses de idade, com perda auditiva bilateral de grau severo. O desenvolvimento motor foi avaliado por meio da Alberta Infant Motor Scale (AIMS, na pré-intervenção e nas Etapas I e II da pós-intervenção. Na Etapa I, foi realizada a intervenção em solo, baseada no conceito neuroevolutivo; na Etapa II, intervenção em solo e na hidrocinesioterapia. Totalizaram ambas as etapas 24 sessões. RESULTADOS: Após as Etapas I e II, foi observado aumento de três pontos no escore bruto da AIMS, passando de 11 para 14 habilidades na Etapa I, e a 17 habilidades na Etapa II. Após a Etapa I, ocorreram ganhos de um ponto nos escores das posturas supino, sentado e em pé, e após a Etapa II, ganho de um ponto no escore da postura prona e dois na postura sentada. CONCLUSÃO: A intervenção hidroterapêutica propiciou a estimulação sensorial e o aprimoramento do controle e do fortalecimento dos músculos do tronco do lactente com Síndrome de Down, refletindo melhor desempenho motor nas posturas antigravitacionais, prona e sentada.

  12. Prevalência e fatores associados à ocorrência de anemia entre menores de seis anos de idade em Pelotas, RS Prevalence of anemia and associated factors among children under six years of age in Pelotas, South Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iná dos Santos

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a prevalência e investigar fatores associados à ocorrência de anemia entre menores de seis anos de idade atendidos pela Pastoral da Criança em Pelotas, RS. MÉTODOS: Na fase de rastreamento de uma intervenção nutricional, as crianças foram avaliadas através de estudo transversal. No domicílio, após consentimento informado, a mãe foi entrevistada, sendo coletadas informações sobre características demográficas e socioeconômicas da família, saúde da criança, características ao nascer, amamentação e freqüência semanal de consumo de alimentos. As crianças foram pesadas e medidas. Foi coletada uma amostra de sangue capilar da polpa digital em microcuveta e a leitura da concentração de hemoglobina foi feita em fotômetro portátil (Hemocue. Considerou-se como tendo anemia quando a concentração de hemoglobina era inferior a 11 g/dl. Por se tratar de desfecho freqüente, a associação com as variáveis independentes foi analisada por regressão de Poisson. A análise obedeceu a modelo hierárquico previamente definido. RESULTADOS: Foram identificadas 362 crianças menores de seis anos, sendo a hemoglobina dosada em 304 (84,0% delas. A prevalência de anemia foi de 53,0% (IC95% 47,2% - 58,7%. Os fatores de risco foram a menor idade da criança, cor não branca, presença de família numerosa e classe social E (em comparação à D. A disponibilidade de água encanada dentro de casa e o maior peso ao nascer mostraram-se fatores protetores. CONCLUSÕES: os achados deste estudo mostram uma alta prevalência de anemia entre as crianças alvo da ação da Pastoral da Criança, bem como a presença de diversos fatores de risco e poucos fatores de proteção, o que mostra a necessidade de intervenções preventivas.OBJECTIVES: to determine the prevalence of and investigate factors associated with anemia among children under six years of age, assisted by the Pastoral da Criança in Pelotas, South Brazil. METHODS

  13. Vacina difteria, tétano e pertussis acelular (dTpa na gravidez: prevenção da tosse convulsa no lactente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Amaral

    2015-09-01

    Full Text Available Introdução: Atualmente observa-se uma reemergência de tosse convulsa em países com elevadas coberturas vacinais, incluindo Portugal. Os lactentes com menos de três meses de idade constituem o grupo mais vulnerável. Novas estratégias vacinais têm sido propostas, entre as quais a vacinação no terceiro trimestre de gravidez. No entanto, a sua implementação é ainda limitada, existindo dúvidas quanto à sua eficácia e segurança. Objectivo: Rever a evidência quanto à eficácia e segurança da vacina difteria, tétano e pertussis acelular (dTpa administrada na gravidez na prevenção da tosse convulsa no lactente. Métodos: Foram pesquisadas normas de orientação clínica (NOC, revisões sistemáticas e estudos originais (EO na Medline, bases de dados de medicina baseada na evidência e sítios da Direção-Geral da Saúde e Sociedade Portuguesa de Pediatria. Utilizaram-se os termos MeSH pertussis vaccine e pregnancy e foram selecionados artigos publicados entre 01/07/09 e 15/07/2014 nas línguas portuguesa, inglesa e espanhola. Desenvolvimento: A maioria das NOC recomenda a vacinação de todas as grávidas no terceiro trimestre. Os EO mostram que a dTpa administrada na gravidez é eficaz no aumento da concentração de anticorpos anti-pertussis maternos e do lactente e na diminuição dos casos de doença e de hospitalizações em lactentes. A vacina não parece associar-se a aumento de efeitos adversos materno-fetais ou nas crianças. Conclusões: A vacinação com dTpa durante o terceiro trimestre de gravidez parece ser segura e eficaz na prevenção da tosse convulsa no lactente.

  14. Fatores associados a anemia por deficiência de ferro em crianças pré-escolares brasileiras Factors associated with iron deficiency anemia in Brazilian preschool children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos A. N. de Almeida

    2004-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar fatores determinantes de anemia e deficiência de ferro em crianças de duas creches da cidade de Pontal, sudeste do Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal foi realizado avaliando-se 192 crianças com idades entre 12 e 72 meses. Dados pessoais (idade, sexo, uso de ferro medicamentoso, duração do aleitamento materno, tipo de parto, cuidados pré-natais, peso e estatura e dados socioeconômicos (número de co-habitantes, escolaridade dos pais e renda per capita familiar foram obtidos e correlacionados com hemoglobina, receptores de transferrina, ferritina e anemia ferropriva. RESULTADOS: A idade foi a variável mais afetada pelo estado nutricional de ferro, correlacionando-se com maiores valores de hemoglobina e ferritina e menores valores de receptor de transferrina, sendo que menos anemia ferropriva foi detectada quanto maior a idade. As outras variáveis estudadas não apresentaram correlação com o estado nutricional de ferro. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que as estratégias de controle para essa população de crianças pré-escolares devem ser direcionadas especialmente para aquelas de menor idade.OBJECTIVE: To examine the determining factors of anemia and iron deficiency in children attending two day care centers in the town of Pontal, southeast of Brazil. METHODS: Cross-sectional study was conducted in 192 children aged 12 to 72 months. Personal data (age, sex, use of medicinal iron supplements, duration of breast-feeding, type of delivery, prenatal care, weight, and height, and socioeconomic data (number of co-inhabitants, parental schooling, and per capita family income were obtained and evaluated together with hemoglobin, serum transferrin receptor, ferritin, and iron deficiency anemia. RESULTS: Age was the variable that most affected iron nutritional status, with higher hemoglobin values, lower transferrin receptor concentrations, higher ferritin values and lower iron deficiency anemia being detected with increasing

  15. Efeitos da prematuridade sobre o desenvolvimento de lactentes

    OpenAIRE

    Rodrigues, Olga Maria Piazentin Rolim [UNESP; Bolsoni-Silva, Alessandra Turini [UNESP

    2011-01-01

    The aim of this study was to evaluate the behavioral aspects of infants relating them to prematurity. A total of 130 lactentes were evaluated every month during the first year of life, employing the Operational Portage Inventory . Group 1, 56 newborns with no life risk at birth and Group 2, 74 premature babies, those that was born until 37 gestation weeks. The outcomes obtained showed that the premature babies (Group 2) presented a totally different performance than Group 1 in 68% of the anal...

  16. Informação genética na mídia impressa: a anemia falciforme em questão Genetic information in the written media: sickle cell anemia at issue

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Debora Diniz

    2006-12-01

    Full Text Available O artigo analisa o discurso da mídia sobre a anemia falciforme. O objetivo é conhecer e analisar o conteúdo das mensagens veiculadas pela mídia impressa sobre a anemia falciforme, doença genética mais prevalente no País. Foram analisadas todas as matérias publicadas sobre o tema da anemia falciforme, entre 1998 e 2002, nos jornais A Tarde (BA, 41 matérias e Folha de S. Paulo (SP, 25 matérias. Para a análise foram selecionadas quatro variáveis: a prevenção, a conscientização do risco, o aconselhamento genético e o recorte racial da doença. A análise das matérias identificou um forte apelo preventivo que acompanha as informações sobre anemia falciforme. O tema da prevenção em genética traz uma série de desafios éticos, em especial dada a impossibilidade legal de interrupção da gestação em casos de diagnóstico de anemia falciforme no feto, o que faz com que haja uma ênfase nos cuidados reprodutivos pré-concepção. No caso da anemia falciforme, a pesquisa mostra ainda que há um apelo no sentido de chamar as pessoas a identificar a doença e buscar atendimento especializado. Mas há também a ênfase na idéia de que as pessoas informadas podem contribuir para prevenir o avanço da doença. Mediar essa tênue fronteira entre prevenção e reconhecimento das liberdades individuais pode ser considerado um desafio não só para a saúde pública, mas também para os meios de comunicação.This article examines the strategies used by the media to approach and disseminate information about the most prevalent genetic disease in Brazil, sickle cell anemia. In this investigation we analyzed all articles on this matter published between 1998 and 2002 in two newspapers: A Tarde (State of Bahia, 41 articles and Folha de S. Paulo (State of São Paulo, 25 articles. We selected four variables: prevention, risk awareness, genetic counseling and the racial dimension of the disease. The results revealed that the national media were

  17. Quadro seroproteico como auxílio diagnóstico na anemia hemolítica imunomediada em cães Serum proteic profile as diagnosis aids in immune-mediated hemolytic anemia in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Mendes Pereira

    2010-04-01

    Full Text Available No presente protocolo experimental, determinaram-se os proteinogramas séricos, por intermédio da eletroforese em gel de poliacrilamida contendo duodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE, de 120 cães com raças e idades variadas e atendidos junto ao Hospital Veterinário "Governador Laudo Natel" da FCAV/Unesp, com o objetivo principal de comparar diferentes frações seroproteicas em estados anêmicos regenerativos, arregenerativos, imunomediados primários e secundários. Os referidos animais foram distribuídos em cinco grupos experimentais: grupo 1: 20 cães de controle; grupo 2: 28 cães com anemia regenerativa não imune; grupo 3: 27 cães com anemia arregenerativa não imune; grupo 4: 10 cães com anemia hemolítica imunomediada primária; grupo 5: 35 cães com anemia hemolítica imunomediada secundária. A técnica SDS-PAGE permitiu o fracionamento de 24 proteínas, cujos pesos moleculares (PM variaram de 18.000 a 165.000 daltons (Da. Os cães com AHIM primária e secundária apresentaram 24 frações proteicas em seus traçados eletroforéticos, enquanto que cães de controle (1 e portadores de anemia regenerativa (2 e arregenerativa (3 de natureza não imune apresentaram 23 frações de proteínas, cuja proteína de peso molecular 68.000Da não foi encontrada. Dessa forma, 23 frações proteicas foram detectadas e revelaram-se comuns aos proteinogramas dos cães de controle e daqueles dos quatro grupos experimentais. Destas, identificaram-se nominalmente 11 frações proteicas, e as demais foram estudadas com base nos seus respectivos pesos moleculares. Em relação aos cães de controle, os anêmicos (grupos 2, 3, 4 e 5 apresentaram maiores concentrações de transferrina sérica e entre estes os animais portadores da AHIM primária. Todos os cães anêmicos apresentaram teores séricos de haptoglobina e fosforilase significativamente maiores que os controles, enquanto que a concentração sérica de ceruloplasmina foi significativamente

  18. Unusual Anemias.

    Science.gov (United States)

    Daughety, Molly Maddock; DeLoughery, Thomas G

    2017-03-01

    Many processes lead to anemia. This review covers anemias that are less commonly encountered in the United States. These anemias include hemoglobin defects like thalassemia, bone marrow failure syndromes like aplastic anemia and pure red cell aplasia, and hemolytic processes such as paroxysmal nocturnal hemoglobinuria. The pathogenesis, diagnostic workup, and treatment of these rare anemias are reviewed. Copyright © 2016 Elsevier Inc. All rights reserved.

  19. Prevalência e fatores associados à anemia em gestantes da região semi-árida do Estado de Alagoas Prevalence and factors associated with anemia in pregnant women from the semiarid region of Alagoas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Haroldo da Silva Ferreira

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: determinar a prevalência e fatores de risco associados à anemia em gestantes da região semi-árida de Alagoas. MÉTODOS: estudo de caráter transversal envolvendo amostra (n=150 obtida, considerando a prevalência estimada pela Organização Mundial da Saúde de 52%, com erro de 8% e intervalo de confiança de 95%. O processo de amostragem foi realizado em três estágios: 15 dentre os 38 municípios da região, quatro setores censitários por município e 24 domicílios por setor. Nestes, eram elegíveis todas as gestantes residentes, das quais se coletaram dados socioeconômicos, demográficos, antropométricos e de saúde. A anemia foi identificada por um nível de hemoglobina PURPOSE: to determine the prevalence and risk factors associated to anemia in pregnant women from the semiarid region of Alagoas, Brazil. METHODS: transversal study comprising a sample (n=150 obtained taking into consideration the prevalence estimated by World Health Organization of 52%, an error of 8% and a confidence interval of 95%. Sampling has been done in three stages: 15 towns among the 38 in the region, four census sectors by town and 24 residences by sector. All the resident pregnant women were eligible, and their socio-economic, demographic, anthropometric and health data have been collected. Anemia was identified at the <11 g/dL hemoglobin level (Hemocue®, and its association with risk factors, tested by multiple linear regression analysis. RESULTS: anemia prevalence was 50%. Seventy eight per cent of the pregnant women were under pre-natal care. From those, 79.3% were in the second or third trimester of gestation. Nevertheless, only 21.2% of them were taking iron supplementation. Variables (p<0.05 independently associated with anemia (anemic versus not-anemic pregnant women were: larger number of family members (4.5±2.3 versus 4,3±2.3; p=0.02, lower age group of the pregnant woman (23.9±6.3 versus 24.7±6.7; p=0.04, or of her partner (34.5

  20. Adesão à antibioticoterapia profilática em crianças com anemia falciforme: um estudo prospectivo Compliance with antibiotic prophylaxis in children with sickle cell anemia: a prospective study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enio Latini Bitarães

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a adesão a antibiótico profilático em crianças com anemia falciforme. MÉTODOS: Estudo prospectivo de 108 crianças (idade entre 3 meses e 4,5 anos, 45% masculino seguidas por 15 meses no Hemocentro de Belo Horizonte. Avaliou-se a adesão por meio de três entrevistas com cuidadores, análise de prontuário médico e atividade antibacteriana em uma amostra de urina em 81 crianças. Os antibióticos foram dispensados gratuitamente. RESULTADOS: Penicilina foi usada em 106 casos (maioria via oral, e eritromicina, dois casos. O antibiótico foi detectado na urina de 56% das crianças; 48% dos cuidadores afirmaram nas entrevistas que nenhuma dose deixou de ser administrada; em 89% dos prontuários médicos, não se registrou falha de adesão. Considerando-se aderente a criança que não apresentasse falhas em nenhum ou em apenas um dos métodos, a taxa de adesão foi de 67%. O grau de concordância entre os três métodos para medir a adesão foi baixo. Não se demonstrou qualquer associação entre a taxa de adesão e o gênero, estado nutricional, renda familiar per capita, nível educacional dos cuidadores ou número de membros da família. CONCLUSÕES: A taxa de adesão à antibioticoterapia profilática foi baixa quando avaliada por meio de questionários e testes urinários, e superestimada quando avaliada pela consulta ao prontuário médico. A adesão deve ser preferencialmente avaliada por vários métodos, pois sua mensuração é complexa. Os resultados do presente estudo sugerem a necessidade de programas educacionais abrangentes para os profissionais de saúde, para as famílias e crianças portadoras de anemia falciforme.OBJECTIVE: To prospectively assess compliance with antibiotic prophylaxis among children with sickle cell anemia. METHODS: A total of 108 children (aged 3 months to 4½ years, 45% male were recruited from the Hematology Center in Belo Horizonte, Brazil, and followed up for 15 months. Data on

  1. Formação do enfermeiro para detecção precoce de desvios psicomotores em lactentes - Fortaleza, estado do Ceará, Brasil - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v25i2.2230 Nurse formation for precocious detection of psychomotor deviations in suckling - Fortaleza, state of Ceará, Brazil - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v25i2.2230

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Teresa Moreno Valdés

    2003-04-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar a formação dos enfermeiros para detecção precoce dos desvios psicomotores em lactentes, os fatores que interferem na atuação profissional e elaborar um roteiro para subsidiá-lo. Trata-se de estudo exploratório-descritivo realizado em cinco Unidades do Programa de Saúde da Família (Fortaleza - CE. Foram entrevistados 17 enfermeiros que realizam consulta em puericultura. A coleta dos dados ocorreu de julho a outubro de 2001, por meio de observação e entrevista semi - estruturada. Os dados foram analisados, discutidos e apresentados por meio de Tabelas. Onze enfermeiros consideram-se despreparados para a detecção precoce de tais desvios. Os obstáculos apontados foram: falta de treinamento, tempo reduzido para aperfeiçoamento e carga horária excessiva de trabalho. Os enfermeiros sugerem aperfeiçoamento profissional, associado à melhoria das condições de trabalho e aquisição de material didático e audiovisual para implementação de programas preventivos. Conclui-se ser necessária a implementação de um plano com ações que capacitem o enfermeiro para a detecção precoce desses desvios.This paper aimed to identify nurses formation for precocious detection of psychomotor deviations in suckling, the factors that interfere in their performance and to make a proposal of a schedule to subsidize them. Exploratory-descriptive study was carried out in five Units of Family Health Program, in the city of Fortaleza, state of Ceará, Brazil. Seventeen nurses who had accomplished consultation in puericulture were interviewed. Data were collected from July to October 2001, through observation and semi-structured interview. The data were analyzed, debated, and presented through tables. Eleven nurses considered themselves unprepared for precocious identification of such deviations. The obstacles pointed were: insufficient training, reduced time to improvement and excessive work routine. The nurses suggest the

  2. ANEMIA GESTACIONAL: PREVALÊNCIA E ASPECTOS NUTRICIONAIS RELACIONADOS EM PARTURIENTES DE UM HOSPITAL PÚBLICO DO SUL DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Winkel ELERT

    2013-08-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi verificar a prevalência de anemia em parturientes de um hospital universitário do sul do Brasil, e a associação entre anemia, realização de pré-natal, uso de suplementos ferrosos e hábitos alimentares. Estudo de delineamento transversal com 157 parturientes do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas. Foi utilizado o hemograma feito rotineiramente pelo hospital e consideradas anêmicas as gestantes com valores de hemoglobina menores que 11g/dL. Foram obtidas informações socioeconômicas, demográficas, de pré-natal e alimentação através de questionário padronizado. O pré- -natal foi realizado por 98,1% das gestantes, tendo 81,2% iniciado o acompanhamento no primeiro trimestre. A suplementação de ferro foi utilizada por 83,4%, sendo que 92,4% fizeram uso diário. O abandono precoce da suplementação de ferro foi relatado por 38,2%, tendo como principal motivo iniciativa própria. A prevalência de anemia foi de 14,7%, e as anêmicas apresentaram hemoglobina signi- ficativamente menor que as não anêmicas. Não houve associação significativa entre anemia e realização de pré-natal, uso de suplementos e hábitos alimentares. A prevalência de anemia gestacional foi aquém da estimada para o Brasil, possivelmente devido à quase universalidade do pré-natal e ao alto índice de uso de suplementação de ferro.

  3. Eficácia e toxicidade da hidroxiuréia em crianças com anemia falciforme Effectiveness and toxicity of hydroxyurea in children with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle C. Silva

    2006-06-01

    Full Text Available A anemia falciforme é uma doença genética caracterizada pelo alto índice de morbimortalidade, considerada como a mais grave entre as doenças falciformes. As opções terapêuticas mais eficazes atualmente disponíveis para tratamento desta hemoglobinopatia são transplante de medula óssea (TMO e hidroxiuréia (HU. O TMO apesar de ser a medida curativa é considerado de alto risco por apresentar diversos graus de complicações e significativo nível de mortalidade. O uso de HU em crianças portadoras de anemia falciforme tem proporcionado redução de complicações clínicas e aumento significativo na expectativa de vida, por promover elevação dos níveis de hemoglobina fetal, da concentração de hemoglobina e do VCM, bem como redução da hemólise e de eventos vaso-oclusivos. Desse modo, a HU é considerada como melhor opção terapêutica atualmente disponível. Porém, por ser apontada como droga potencialmente carcinogênica, há questionamentos quanto aos benefícios e toxicidades quando utilizada por longo período. Este trabalho teve como proposta, avaliar por meio da revisão literária, os riscos, benefícios e efeitos adversos da hidroxiuréia em crianças.Sickle cell anemia is a genetic disease characterized by a high morbimortality rate, it is considered as the most serious among all sickle cell diseases. The most effective therapeutic options available nowadays for the treatment of this hemoglobinopathy are bone morrow transplantation (BMT and hydroxyurea (HU. BMT is considered a high risk procedure due to the different complications and significant mortality rates. The use of HU for children with sickle cell anemia has reduced the clinical complications and given a significant increase in life expectancy by augmenting the fetal hemoglobin levels and hemoglobin concentrations and reducing cytomegalovirus, as well as reducing hemolysis and vaso-occlusive events. Thus, HU is considered the best therapeutic option currently

  4. Anemia em gestantes de municípios das regiões Sul e Centro-Oeste do Brasil Anemia en mujeres enbarazadas de ciudades de regiones Sur y Centro-Oeste de Brasil Anemia in pregnant women from two cities in the South and Mid-West Regions of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Fujimori

    2009-12-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar a distribuição da anemia em gestantes da rede básica de saúde de dois municípios, na região Sul e Centro-Oeste do Brasil. Estudo transversal retrospectivo e descritivo desenvolvido a partir de dados de prontuários de 954 e 781 gestantes em Cuiabá-MT e Maringá-PR, respectivamente. Coletaram-se dados de caracterização sociodemográfica, de pré-natal e indicadores sociais. Foram consideradas anêmicas, as mulheres com hemoglobina inferior a 11g/dL. A desigualdade social existente entre os municípios foi evidente. Gestantes atendidas em Cuiabá-MT apresentavam características sociodemográficas significativamente mais precárias. A prevalência de anemia era significativamente maior e valores médios de hemoglobina menores em Cuiabá-MT, independentemente da idade gestacional. Encontrou-se associação dos níveis de hemoglobina com a idade, situação conjugal, número de gestações anteriores, estado nutricional e trimestre gestacional. As diferenças regionais na ocorrência da anemia gestacional são socialmente determinadas, o que deve ser considerado nas propostas de intervenção em saúde coletiva.Se analizó la distribución de anemia en mujeres embarazadas asistidas en servicios básicos de salud de dos ciudades de las regiones Sur y Centro-Oeste de Brasil. Estudio transversal retrospectivo y descriptivo. Se usó datos de registros médicos de 954 y 781 embarazadas de Cuiabá-MT y Maringá-PR, respectivamente. Se recopilaron datos sobre características sociodemográficas, atención prenatal e indicadores sociales. Hemoglobina-HbWe aimed to analyze anemia distribution in pregnant women who were attending health services in two cities in the South and Mid-West Regions in Brazil. This is a retrospective cross-sectional study developed from 954 and 781 medical records data in Cuiabá-MT and Maringá-PR. We collected data of social and demographic features as well as pre-natal care. Women who presented

  5. Recrudescência fatal de hipertermia maligna em lactente com síndrome de Moebius. Relato de caso Recrudescencia fatal de hipertermia maligna en lactante con el síndrome de Moebius. Relato de caso Fatal recrudescence of malignant hyperthermia in an infant with Moebius syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Regina Fernandes

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A hipertermia maligna (HM é uma desordem farmacogenética da musculatura esquelética, caracterizada por estado hipermetabólico após anestesia com succinilcolina e/ou agentes anestésicos voláteis. Várias síndromes neuromusculares estão associadas com susceptibilidade, no entanto a síndrome de Moebius não é descrita. O dantrolene é o fármaco de escolha para o tratamento. Recrudescência pode ocorrer em até 20% dos casos após o tratamento do evento inicial. RELATO DO CASO: Lactente, masculino, primeiro gemelar, sete meses, 6,5 kg. Portador da síndrome de Moebius. Internado para correção de pé torto congênito. Apresentou HM após exposição à sevoflurano e succinilcolina, prontamente revertida com dantrolene, sendo o fármaco mantido por 24 horas. Dez horas após a interrupção do dantrolene, houve recrudescência da HM, a qual não respondeu satisfatoriamente ao tratamento, evoluindo para óbito. DISCUSSÃO: Doenças musculoesqueléticas em crianças estão associadas a aumento de risco para desenvolvimento de MH, embora a síndrome de Moebius ainda não tenha sido descrita. O dantrolene é fármaco de eleição para o tratamento da síndrome, está indicada profilaxia durante as primeiras 24-48 horas do episódio inicial. Os principais fatores associados à recrudescência são: tipo muscular, longa latência após exposição anestésica e aumento da temperatura. A criança tinha apenas um fator de risco. Este caso nos remete à reflexão de que devemos estar atentos a crianças com doença musculoesquelético e que devemos manter o tratamento durante 48 horas.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La hipertermia maligna (HM es un trastorno farmacogenético de la musculatura esquelética, caracterizado por un estado hipermetabólico después de la anestesia con la succinilcolina y/o agentes anestésicos volátiles. Varios síndromes neuromusculares están asociados con la susceptibilidad, sin embargo el s

  6. Evolução temporal da prevalência de anemia em adolescentes grávidas de uma maternidade pública do Rio de Janeiro

    OpenAIRE

    Pessoa, Lidiane da Silva; Saunders, Cláudia; Belfort, Gabriella Pinto; Silva, Letícia Barbosa Gabriel da; Veras, Lívia Soares; Esteves, Ana Paula Vieira dos Santos

    2015-01-01

    OBJETIVO: Descrever a evolução temporal da prevalência de anemia em adolescentes grávidas atendidas em uma maternidade pública do município do Rio de Janeiro no período de 2004 a 2013. MÉTODOS: Trata-se de um estudo analítico transversal retrospectivo com 628 gestantes/puérperas adolescentes, distribuídas em 3 grupos distintos: Grupo A (2004 a 2006), Grupo B (2007 a 2010) e Grupo C (2013). Informações relativas às características antropométricas, clínicas, sociodemográficas, obstétricas e da ...

  7. Deficiências de micronutrientes em crianças e adolescentes com anemia falciforme: uma revisão sistemática Micronutrient deficiency in children and adolescents with sickle cell anemia: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pilar S. R. Mataratzis

    2010-01-01

    Full Text Available A anemia falciforme é a doença hemolítica crônica, de caráter hereditário mais comum no Brasil, sendo escassas as informações sobre o estado nutricional de micronutrientes em portadores dessa enfermidade no Brasil. Estudos internacionais vêm demonstrando correlação positiva entre deficiência de micronutrientes e evolução desfavorável da doença.O objetivo deste estudo foi realizar revisão sistemática sobre deficiência de micronutrientes em crianças e adolescentes com anemia falciforme.Foram selecionadas publicações nas bases científicas de dados Medline e Lilacs através do Pubmed e Scielo, disponíveis entre os anos de 1998 e 2008. Foram incluídas na análise as publicações realizadas com crianças e adolescentes portadores da forma homozigótica da doença (SS. A qualidade metodológica dos artigos foi avaliada segundo as recomendações de Strobe, sendo selecionados 11 estudos, sendo 2 transversais, 4 caso-controle e 5 de coorte, todos realizados nos Estados Unidos. A avaliação da concordância entre os avaliadores na classificação da qualidade dos artigos demonstrou ótima concordância (k = 1,00, com um total de 90,9% de trabalhos com classificação B. Para a maioria dos nutrientes estudados (vit. A, D, B6, folato, cálcio e zinco, observou-se estado nutricional desfavorável entre os portadores de anemia falciforme, à exceção do ferro e vitamina B12, cujos resultados revelaram baixo ou nenhum nível de inadequação, seja bioquímica ou dietética. Tal constatação reforça a necessidade do cuidado nutricional no manejo desses pacientes, garantindo qualidade de vida para os portadores da doença.Sickle cell anemia is a chronic hemolitic disease and very common in Brazil and there are few information about nutritional status of micronutrients in people with sickle cell anemia in this country. International studies have shown positive correlation between deficiency of micronutrients and worst evolution of

  8. Anemia em gestantes brasileiras antes e após a fortificação das farinhas com ferro Anemia en gestantes brasileñas antes y después de la fortificación de harinas con hierro Anemia in Brazilian pregnant women before and after flour fortification with iron

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Fujimori

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar prevalência de anemia e valores de hemoglobina (Hb em gestantes brasileiras, antes e após a fortificação das farinhas com ferro. MÉTODOS: Estudo de avaliação de painéis repetidos, desenvolvido em serviços públicos de saúde de municípios das cinco regiões brasileiras. Dados retrospectivos foram obtidos de 12.119 prontuários de gestantes distribuídas em dois grupos: antes da fortificação, com parto anterior a junho de 2004, e após a fortificação, com última menstruação após junho de 2005. Anemia foi definida como Hb OBJETIVO: Comparar prevalencia de anemia y valores de hemoglobina (Hb en gestantes brasileñas, antes y después de la fortificación de las harinas con hierro. MÉTODOS: Estudio de evaluación de paneles repetidos, desarrollado en servicios públicos de salud de municipios de las cinco regiones brasileñas. Datos retrospectivos se obtuvieron de 12.119 prontuarios de gestantes distribuidas en dos grupos: antes de la fortificación, con parto anterior a junio de 2004, y posterior a la fortificación, con última menstruación después de junio 2005. Anemia fue definida como HbOBJECTIVE: To compare prevalence of anemia and hemoglobin (Hb levels in Brazilian pregnant women before and after flour fortification with iron. METHODS: A repeated cross-sectional panel study of public health care centers of municipalities in the five Brazilian regions was conducted. Retrospective data were obtained from 12,119 medical records of pregnant women distributed in two groups: before fortification (delivery prior to June 2004 and after fortification (date of last period after June 2005. Anemia was defined as Hb<11.0 g/dl. Hb levels according to gestational age were assessed using two references from the literature. Statistical analysis was carried out using chi-squared tests, Student's t tests, and logistic regression, with a significance level of 5%. RESULTS: In the total sample, prevalence of anemia fell from

  9. Prevalência de anemia e fatores associados em mulheres adultas residentes em São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil Anemia prevalence and associated factors among adult women in São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Fabian

    2007-05-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar a prevalência de anemia (hemoglobina A cross-sectional population-based study was conducted to investigate the prevalence of anemia and associated factors in adult women. A representative sample was selected with 312 women aged 20 to 60 in São Leopoldo, Rio Grande do Sul State, Brazil. The bivariate analyses included the chi-squared test, prevalence ratios, and 95% confidence intervals. Poisson regression was used to adjust effects in the multivariate analyses. Anemia prevalence was 19.2% (95%CI: 14.8-23.6 for all women in the sample. The highest prevalence was in black women (54%. After controlling for confounding factors, the risk of anemia in black women was three times that of whites (PR = 3.17; 95%CI: 1.85-5.41; p < 0.001. A protective effect against anemia (PR = 0.44; 95%CI: 0.19-1.07; p = 0.07 was found in women over 50 as compared to younger women (20-29 years. These findings suggest the need for public health policies for anemia prevention in black women.

  10. Aplastic Anemia

    Science.gov (United States)

    Aplastic anemia is a rare but serious blood disorder. If you have it, your bone marrow doesn't make ... blood cells. There are different types, including Fanconi anemia. Causes include Toxic substances, such as pesticides, arsenic, ...

  11. Prevalence of Anemia in Children Three to 12 Months Old in a Health Service in Ribeirão Preto, SP, Brazil La prevalencia de anemia en niños de 3 a 12 meses de vida en un servicio de salud de Ribeirão Preto, SP, Brasil Prevalência de anemia em crianças de 3 a 12 meses de vida em um serviço de saúde de Ribeirão Preto, SP, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Cristina Guerreiro dos Reis

    2010-08-01

    , quantitativo, recorte de um projeto multicêntrico, que verificou a prevalência de anemia em crianças de 3 a 12 meses, em um serviço de saúde em Ribeirão Preto, SP. Foram realizadas entrevistas e dosagem de hemoglobina de 121 crianças que participaram do estudo. Adotaram-se dois critérios internacionais como parâmetros de anemia, de acordo com a idade da criança. Para a análise dos dados foram utilizadas estatística descritiva, medidas de tendência central e associações. A prevalência de anemia nas 69 crianças de 3 a 5 meses foi de 20,2% e naquelas 52, de 6 a 12 meses, foi de 48%. A prevalência total de anemia foi de 32,2%. Encontrou-se associação significativa entre anemia e idade da criança e anemia e uso de leite de vaca fluido.

  12. Determinação do volume de sangue necessário para a correção da anemia fetal em gestantes isoimunizadas

    OpenAIRE

    Monica Deolindo Santiago

    2006-01-01

    Objetivo: Foram dois os objetivos do estudo. O primeiro foi verificar se há possibilidade de calcular o volume sanguíneo que permita a correção da anemia fetal (Hb-pós = 14,0g%) baseando-se nos seguintes parâmetros fetais: idade gestacional e hemoglobina pré-transfusional. E o segundo foi verificar se o volume de sangue necessário para elevar a hemoglobina do feto em 1,0g% difere significativamente quando os fetos estão agrupados no segundo ou no terceiro trimestre de gestação. Pacientes e Mé...

  13. Consumo de leite de vaca e anemia em crianças de 6 a 59 meses de idade no Estado de Pernambuco

    OpenAIRE

    OLIVEIRA, Maria Alice Araújo

    2005-01-01

    O trabalho teve por objetivo avaliar a influência do consumo de leite de vaca sobre a anemia em crianças e foi estruturado com a apresentação de 3 artigos para publicação. O primeiro artigo trata de uma revisão da literatura sobre o assunto. Os outros dois apresentam e discutem os resultados do estudo realizado com uma amostra de 746 crianças do Estado de Pernambuco, nas quais se realizaram dosagem de hemoglobina e inquérito dietético recordatório de 24 horas. O segundo artigo apresenta os da...

  14. Avian anemia's

    OpenAIRE

    Raukar Jelena

    2005-01-01

    This paper deals with avian anemia's classified by MCHC/MCV and with types of anemia's. Father hematological and immunological research is needed to secure information on hematological parameters in different avian species at their earliest age. Anemia is a common clinical finding in birds because the avian erythrocyte half - life is much shorter than the mammalian. Therefore anemia should be determined as soon as possible. Researchers should standardize hematologica...

  15. Avian anemia's

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raukar Jelena

    2005-01-01

    Full Text Available This paper deals with avian anemia's classified by MCHC/MCV and with types of anemia's. Father hematological and immunological research is needed to secure information on hematological parameters in different avian species at their earliest age. Anemia is a common clinical finding in birds because the avian erythrocyte half - life is much shorter than the mammalian. Therefore anemia should be determined as soon as possible. Researchers should standardize hematological parameters for every single avian species.

  16. Púrpura trombocitopênica e anemia hemolítica auto-imune em pacientes internados com lúpus eritematoso sistêmico juvenil Trombocytopenic purpura and autoimmune hemolytic anemia in hospitalized patients with juvenile systemic lupus erythematosus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jochebed Kyoung Kim

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o comprometimento hematológico (CHE em pacientes internados com lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ. MÉTODOS: durante o período de 1994 a 2005, ocorreram 195 internações de 77 pacientes com LESJ (critérios do Colégio Americano de Reumatologia e foram acompanhadas pela Unidade de Reumatologia Pediátrica do Instituto da Criança - Universidade de São Paulo. Essas internações foram avaliadas com relação à presença de CHE inicial ou evolutivo: anemia hemolítica auto-imune ou púrpura trombocitopênica. Todos os pacientes realizaram dois ou mais hemogramas. O diagnóstico de anemia hemolítica auto-imune (AHAI foi estabelecido pela queda acentuada dos níveis de hemoglobina (acima de 2 g/dl, reticulocitose, aumento de desidrogenase láctica (DHL, aumento de bilirrubina indireta e teste de Coombs positivo. As manifestações hematológicas associadas à infecção, neoplasia e anemia aplásica foram excluídas. RESULTADOS: o CHE ocorreu em 14 pacientes (18,9%, com 15 internações. Destes, 11 eram do sexo feminino, sete apresentaram púrpura trombocitopênica, cinco, anemia hemolítica auto-imune e dois, síndrome de Evans. O CHE, como manifestação inicial e isolada do LESJ, foi evidenciado em três pacientes. Todos os pacientes com púrpura trombocitopênica apresentaram sangramento cutâneo (petéquias e/ou equimoses. Todos estavam em atividade da doença e apresentavam simultaneamente outras manifestações do LESJ, particularmente nefrite e vasculite. Inicialmente, todos receberam pulsoterapia com metilprednisolona e, posteriormente, prednisona. Em três pacientes, o tratamento foi predominantemente realizado para controle das manifestações hematológicas, com gamaglobulina endovenosa. Os imunossupressores mais utilizados foram pulsoterapia endovenosa com ciclosfosfamida, ciclosporina e azatioprina. Óbito ocorreu em uma paciente por sangramento de sistema nervoso central. Nenhum paciente necessitou de

  17. PREVALÊNCIA DE ANEMIA, PERFIL COMPORTAMENTAL E ASPECTOS NUTRICIONAIS EM IDOSOS RESIDENTES DE CIDADE DE PEQUENO PORTE DO SUL DO BRASIL.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa CASTELACI

    2016-12-01

    Full Text Available A diminuição da capacidade fisiológica e o declínio funcional dos órgãos, associados ao aumento da expectativa de vida, tornam os idosos mais propensos ao desenvolvimento de doenças. A anemia é uma patologia comum nos idosos, associada a várias condições crônicas, com sintomas que podem ser confundidos pela própria idade. Com o objetivo de avaliar a prevalência de anemia e identificar fatores associados em idosos residentes no município de Nova Roma do Sul- RS, foi realizado um estudo transversal. A coleta de dados ocorreu entre março e agosto de 2016, através de visitas domiciliares para aplicação de questionários, que identificaram informações demográficas, comportamentais e alimentares. Foram mensuradas medidas antropométricas e amostras de sangue, para exames bioquímicos. Presença de anemia foi identificada a partir da concentração sanguínea de hemoglobina, seguindo os valores de referência estabelecidos pela OMS (<12g/dL mulheres, <13g/dL homens. Foram avaliados 294 idosos, onde a prevalência geral de anemia foi de 4,4%. Quando associados, os resultados com maior prevalência do desfecho foram: idade avançada (12,5%, não ter filhos (11,1%, dormir 9 horas ou mais (7,4%, diagnóstico de diabetes mellitus (13,0% e hipertensão arterial (7,4%, e o consumo elevado de alimentos gordurosos (9,0%. A regressão logística ajustada foi significativa para diagnóstico de diabetes mellitus e consumo elevado de alimentos gordurosos, apresentando respectivamente odds ratio de 7,97 (p=0,004 e 4,01 (p=0,043. A prevalência de anemia em idosos residentes de Nova Roma do Sul- RS foi baixa, no entanto, assim como outras doenças que acometem esta população, merece atenção clínica e tratamento adequado.

  18. Acute splenic sequestration in a pregnant woman with homozygous sickle-cell anemia Sequestro esplênico agudo em uma mulher grávida com anemia falciforme homozigótica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Bastos Maia

    2013-04-01

    Full Text Available CONTEXT Homozygous (SS sickle-cell anemia complicated by acute splenic sequestration in adults is a rare event, and it has never been reported during pregnancy. CASE REPORT A 25-year-old woman with homozygous (SS sickle-cell disease was hospitalized at 32 weeks' of gestation presenting weakness, abdominal pain, fever and hemoglobin of 2.4 g/dl. Abnormal fetal heart rate was detected by means of cardiotocography, and 5 units of packed red cells were transfused. Cesarean was performed at 37 weeks. Both mother and baby were discharged in a good general condition. CONCLUSION This case report demonstrates the importance of immediate blood transfusion for treatment of fetal distress in cases of splenic sequestration during pregnancy. This treatment is essential for avoiding maternal and fetal complications. CONTEXTO Anemia falciforme homozigótica (SS complicada por sequestro esplênico agudo em adultos é evento raro, e nunca foi relatado durante a gravidez. RELATO DO CASO Uma mulher de 25 anos, portadora de doença falciforme homozigótica (SS, com 32 semanas de gestação, foi internada apresentando fraqueza, dor abdominal, febre e hemoglobina de 2,4 g/dl. Frequência cardíaca fetal anormal foi detectada pela cardiotocografia e a paciente recebeu 5 unidades de concentrado de hemácias. Cesariana foi realizada com 37 semanas. Mãe e filho receberam alta em bom estado geral. CONCLUSÃO Este relato de caso demonstra a importância da transfusão imediata para o tratamento de sofrimento fetal nos casos de sequestro esplênico durante a gestação. Este tratamento é imprescindível para se evitarem complicações maternas e fetais.

  19. Fatores de risco para anemia por deficiência de ferro em crianças e adolescentes parasitados por helmintos intestinais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciara L. Brito

    2003-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar os fatores de risco para anemia por deficiência de ferro em crianças e adolescentes (7 a 17 anos infectados por helmintos. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal com 1709 crianças e adolescentes residentes na cidade de Jequié, Estado da Bahia, Brasil, que apresentavam infecção leve ou moderada por Schistosoma mansoni, Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura e ancilostomídeos. Foram obtidos dados sobre níveis de hemoglobina (hemoglobinômetro portátil, consumo alimentar (inquérito recordatório de 24 horas, infecção parasitária (método Kato-Katz, condições ambientais e domiciliares, renda e escolaridade dos responsáveis. Os fatores de risco para anemia na população foram estudados com base em um modelo hierárquico de causalidade. RESULTADOS: A prevalência de infecção por T. trichiura, A. lumbricoides, S. mansoni e ancilostomídeos foi de 74,8, 63,0, 55,5 e 15,7%, respectivamente. Constatou-se que 32,2% das crianças e adolescentes eram anêmicos. Depois do ajuste para variáveis de confusão, os resultados da análise multivariada mostraram que a renda familiar per capita abaixo de um quarto do salário mínimo (27 dólares, o sexo masculino, a faixa etária de 7 a 9 anos e a ingestão inadequada de ferro biodisponível foram significativamente associados à anemia. CONCLUSÕES: As ações para controle da anemia no grupo de maior risco, conforme identificado no presente estudo, devem visar o aumento do consumo de alimentos ricos em ferro e da biodisponibilidade do ferro ingerido, bem como a melhoria das condições sócio-ambientais.

  20. Avaliação da importância da coloração de Perls na rotina de mielogramas de pacientes com anemia associada a uma ou mais citopenias em sangue periférico Evaluation of the importance of Perls stain in the routine testing of myelograms of patients with anemia associated with one or more peripheral blood cytopenias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nydia S. Bacal

    2005-06-01

    Full Text Available As síndromes mielodisplásicas (SMD são um grupo heterogêneo de doenças malignas das células-tronco hematopoéticas, classificadas segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS em: anemia refratária, anemia refratária com sideroblastos em anel, citopenia refratária com displasia de multilinhagens, anemia refratária com excesso de blastos, síndrome mielodisplásica inclassificável e sindrome mielodisplásica associada com anormalidade isolada do cromossomo 5q(del. Na anemia refratária com sideroblastos em anel observam-se hiperplasia e displasia eritróide com presença de 15% ou mais de sideroblastos em anel. Utilizamos neste estudo a coloração de Perls em esfregaços de medula óssea de pacientes com idade superior a 40 anos e que apresentavam uma ou mais citopenias no sangue periférico associada a anemia. Por tratar-se de técnica de manejo fácil e ágil sugerimos seu emprego em esfregaços de aspirado de medula óssea de pacientes que apresentem os achados laboratoriais acima, pois, dentre os casos analisados 18,7% apresentavam mais que 10 grânulos sideróticos circundando a terça parte ou mais do núcleo do precursor eritróide (sideroblasto em anel, sugerindo ao hematologista um possível diagnóstico de Síndrome Mielodisplásica com Sideroblastos em Anel (SMD-ARSA. Importante relatar que a grande maioria destes casos com aumento de sideroblastos em anel não foi encaminhada ao nosso serviço, com suspeita de SMD, e em somente um caso foi solicitada a realização da coloração de Perls.Myelodisplastic syndromes are a heterogeneous group of malignant haematopoietic stem cells. They are classified by the World Health Organization as refractory anemia, refractory anemia with ringed sideroblasts, refractory cytopenia with multilineage displasia, refractory anemia with excess of blast cells, unclassified myelodisplastic syndrome and myelodisplastic syndrome associated with a 5q chromosomal delection. Refractory anemia with

  1. Freqüência de anemia infecciosa em eqüinos no Acre, 1986 a 1996 Frequency of equine infectious anemia in the State of Acre, Brazil, from 1986 to 1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.M.L. Santos

    2001-06-01

    Full Text Available Foram analisadas as fichas de 9.963 eqüídeos do Acre, submetidos ao teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA para anemia infecciosa eqüina (AIE, no período de 1986 a 1996. As regiões sócio-ecológicas da Bacia do Alto Juruá, Alto Acre e Alta Bacia do Purus apresentaram os maiores índices da doença, o que caracteriza a associação entre região e positividade. Essas áreas são fronteiriças com o Peru, Bolívia e o Estado do Amazonas, são distantes de Rio Branco, capital do Estado, onde muitas vezes é difícil o acesso pelas estradas, revelando serem áreas de risco. As regiões Oriental e Rio Branco apresentaram baixos índices de positividade. Não se observou diferença estatística entre animais positivos e negativos quanto à espécie, sexo, raça e idade.Data from 9,963 formularies of equines from Acre State (1986-1996 examined for equine infectious anemia (EIA by the AGID test were analyzed. The socio-ecological regions in Alto Juruá, Alto Acre and Alto Purus rivers basins showed the highest levels of disease, characterizing an association between these regions and positivity. These risk regions are border areas with the State of Amazonas, Peru and Bolivia, far from the capital city of the State of Acre (Rio Branco and access by roads is often difficult. The regions Oriental and Rio Branco showed low levels of positivity. No differences were found regarding to animal species, sex, race and age.

  2. Alterações retinianas em jovens portadores de anemia falciforme (hemoglobinopatias em hospital universitário no nordeste do Brasil Retinal impairment in young individuals with sickle cell anemia (hemoglobin SS disease in university hospital in Northeastern of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Allisson Mário dos Santos

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever e classificar alterações retinianas encontradas em portadores de anemia falciforme com genótipo SS, bem com comparar métodos diagnósticos (mapeamento de retina e angiofluoresceinografia. MÉTODOS: Neste estudo transversal foram avaliados pacientes portadores de anemia falciforme com idade igual ou superior a sete anos. Esses pacientes foram submetidos a mapeamento de retina e angiofluoresceinografia. Os achados do mapeamento de retina foram agrupados em três classes: sem alterações; alterações não proliferativas e alterações proliferativas. Os resultados à angiofluoresceinografia foram classificados de acordo com os estágios de Goldberg, variando de I a V e expressando gradiente crescente de gravidade. RESULTADOS: Foram avaliados 61olhos de 31pacientes. A retinopatia falciforme foi encontrada em 38/61 (62,3% dos olhos examinados. A média de idade do grupo de portadores de retinopatia foi menor que dos pacientes sem retinopatia (14,4 versus 17,4 anos, p=0,04. Observou-se elevada freqüência de retinopatia não proliferativa, especialmente as tortuosidades vasculares (27,9%, seguidas por anastomoses arteriovenosas na periferia da retina (24,6% e oclusões arteriolares (8,2%. Em um olho foi observado neovascularização. Em 16,4% dos olhos obteve-se resultado normal no mapeamento de retina e alterado à angiofluoresceinografia. CONCLUSÕES: As alterações retinianas do tipo não proliferativa são frequentes e precoces nos portadores de anemia falciforme do tipo SS, sendo a angiofluoresceinografia mais sensível no diagnóstico quando comparada ao mapeamento de retina.PURPOSES: To describe and categorize retinal vascular changes in patients with sickle cell anemia, as well as to compare diagnostic methods (indirect ophthalmoscopy and fluorescein angiography. METHODS: Patients with sickle cell anemia over the age of seven were examined. Complete ophthalmologic examination with indirect ophthalmoscopy and

  3. Aspectos da função tireóidea em lactentes submetidos à cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea Aspectos de la función tiroidea en lactantes sometidos a cirugía cardíaca con circulación extracorpórea Thyroid function profile in infants submitted to cardiac surgery with cardiopulmonary bypass

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Maria da Cruz

    2004-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea (CEC relaciona-se à doença eutireóidea ou à depressão do eixo hipotálamo-hipofisário-tireóideo. O estado hemodinâmico incomum imposto pela CEC é responsável por diversas alterações endócrino-metabólicas, acarretando complexa resposta inflamatória sistêmica. Esta investigação teve como objetivo analisar o comportamento da triiodotironina (T3, tetraiodotironina (T4 e tireotrofina (TSH em lactentes submetidos à cirurgia cardíaca com CEC. MÉTODO: Foram estudados 15 lactentes. As amostras de sangue para pesquisa de T3, T4 e TSH foram obtidas em 4 momentos designados: M1 - após a indução da anestesia; M2 - após o final da cirurgia; M3 - 6 horas após o final da cirurgia e M4 - 24 horas após o M1. Para complementar esta investigação, foram estudadas as variações dos seguintes parâmetros: pressão arterial média (PAM, temperatura sangüínea central (ºC, atributos da oxigenação tecidual e do equilíbrio ácido-base (M1, CEC, M2, M3 e M4. RESULTADOS: As médias de idade, peso, altura e superfície corpórea dos pacientes foram 3,9 meses; 4,708 kg; 0,65 m e 0,3 m², respectivamente. As concentrações plasmáticas de T3 (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La cirugía cardíaca con circulación extracorpórea (CEC relacionase a la enfermedad eutiroidea o a la depresión del eje hipotálamo-hipofisário-tiroideo. El estado hemodinámico incomún impuesto por la CEC es responsable por diversas alteraciones endócrino-metabólicas, acarreando compleja respuesta inflamatoria sistémica. Esta investigación tuvo como objetivo analizar el comportamiento de la triiodotironina (T3, tetraiodotironina (T4 y tireotrofina (TSH en lactantes sometidos a cirugía cardíaca con CEC. MÉTODO: Fueron estudiados 15 lactantes. Las muestras de sangre para pesquisa de T3, T4 y TSH fueron obtenidas en 4 momentos designados: M1 - después de la inducción de la anestesia

  4. Pregnancy Complications: Anemia

    Science.gov (United States)

    ... online community Home > Complications & Loss > Pregnancy complications > Anemia Anemia E-mail to a friend Please fill in ... anemia at a prenatal care visit . What causes anemia? Usually, a woman becomes anemic (has anemia) because ...

  5. Prevalência de anemia em gestantes de primeira consulta em centros de saúde de área metropolitana, Brasil The prevalence of anemia in first consultation pregnant women of health centers in a metropolitan area, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elvira Maria Guerra

    1990-10-01

    Full Text Available No período de abril a outubro de 1988, foram estudadas 363 gestantes de primeira consulta, as quais estavam inscritas no Programa de Atendimento à Gestante da Secretaria do Estado da Saúde de São Paulo, subdistrito do Butantã, Município de São Paulo, Brasil. Na ocasião da coleta do material biológico estas gestantes não faziam uso de medicamentos contendo ferro, ácido fólico, vitamina B12 ou associações destes. A idade média das gestantes foi de 25 anos, 65,9% delas pertenciam a famílias com renda até 1 SMPC (salário mínimo per capita e apenas 3,1% pertenciam a famílias com renda superior a 3 SMPC. A prevalência de anemia foi de 12,4%. A média da concentração de hemoglobina (g/dl no primeiro trimestre foi significativamente maior que as médias no segundo e terceiro trimestres gestacional. A prevalência de anemia no primeiro trimestre: (3,6% foi significativamente menor do que aquelas encontradas no segundo (20,9% e terceiro trimestre (32,1%. As gestantes que tiveram mais que três partos tiveram prevalência de anemia significativamente maior do que aquelas com até três partos. A prevalência de anemia foi maior no grupo das gestantes que pertenciam a famílias com renda até 0,5 SMPC.Three hundred and sixty-three pregnant women enrolled in the Pregnancy Medical Care Program of S. Paulo Health Department from the district of Butantan, S. Paulo city, Brazil, were studied at the first routine consultation. At the time they were examined they were not given any medicine containing iron, folie acid or vitamin B12. Their average age was 25 and 65.9% belonged to families with a monthly per capita income below US$ 50.00. Only 3.1% had a per capita income above U$$ 150.00. The prevalence of anemia was 12.4%. The hemoglobin concentration (grams/dl in the first trimester was significantly higher than in the second and third trimester of pregnancy. The prevalence of anemia in the first trimesters (3.6% was significantly smaller

  6. Fortificação das farinhas com ferro e controle da anemia em gestantes de Teresina, Piauí, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Dias de Souza Filho

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO Comparar níveis de hemoglobina e ocorrência de anemia em gestantes antes e depois da fortificação das farinhas e caracterizar a prática alimentar de gestantes usuárias atuais dos serviços. MÉTODOS Estudo transversal que analisou dados de hemoglobina de gestantes atendidas em dois serviços públicos de maior demanda pré-natal do Município de Teresina, Piauí. Os dados foram obtidos de 854 prontuários de gestantes distribuídas em dois grupos: não fortificado (427 gestantes com parto anterior a junho/2004 e fortificado (427 gestantes com data da última menstruação posterior a junho/2005. Gestantes com nível de hemoglobina <11,0g/dL foram consideradas anêmicas. O consumo alimentar foi analisado por meio de questionário de frequência alimentar semiquantitativo. RESULTADOS Níveis médios de hemoglobina aumentaram significativamente de 11,7g/dL, DP=1,2 para 12,4g/dL, DP=1,3 (p<0,001 após a fortificação. A prevalência de anemia caiu de 27,2% no grupo não fortificado para 11,5% no grupo fortificado (p<0,001. CONCLUSÃO Houve melhora significativa no quadro de anemia após a fortificação das farinhas, o que sugere que a intervenção foi efetiva no controle da deficiência de ferro, porém o estudo não permite atribuir tal resultado apenas à implantação dessa medida, embora análise da prática alimentar tenha mostrado que as gestantes de Teresina (PI apresentaram condição diferenciada de alimentação, com consumo frequente de fontes naturais de ferro e de facilitadores de sua absorção, além de alimentos fortificados.

  7. Stroke in patients with sickle cell disease: clinical and neurological aspects Acidente cerebrovascular em pacientes com anemia falciforme: aspectos clínicos e neurológicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Camargo de Oliveira

    2008-03-01

    Full Text Available The aim of this study was to characterize a group of patients (n=8 with sickle cell disease (SCD and ischemic stroke concerning the clinical, neurological, imaging and progressive aspects. Data were collected from records and completed with an interview of patients and their parents. In this study there were 8 patients with ages ranging from 10 to 23 years old; SCD diagnosis was given between one and two years of age with clinical features of fatigue and anemia. The stroke was ischemic in all individuals and the first cerebrovascular event occurred before 6 years of age; 3 patients had recurrence of stroke despite prophylactic blood transfusion therapy and both cerebral hemispheres were affected in 4 patients. Clinical and neurological current features observed were: acute pain crises, sialorrhea, mouth breathing, motor, and neuropsychological impairments resulting from cortical-subcortical structure lesions.O objetivo deste estudo foi caracterizar um grupo de sujeitos (n=8 com antecedentes de anemia falciforme (AF e acidente vascular cerebral (AVC isquêmico, dos pontos de vista clínico, neurológico, radiológico e evolutivo, reavaliados através de exame neurológico e neuropsicológico. A partir de prontuários dos sujeitos com diagnóstico comprovado de AF e AVC, coletamos dados, complementados por entrevista com pacientes e responsáveis. Foram avaliados 8 pacientes; atualmente com idades entre 10 e 23 anos; diagnóstico da AF entre um e dois anos; quadro clínico de fraqueza e anemia. Em todos, o AVC foi isquêmico e o primeiro evento na maioria ocorreu antes dos 6 anos de idade; houve recorrência do AVC em 3, apesar da profilaxia com transfusão sanguínea; ambos os hemisférios afetados em 4; no quadro clínico e neurológico atual constatamos crises dolorosas, sialorréia, respiração oral e importante comprometimento motor e neuropsicológico, resultantes de lesões estruturais cortico-subcorticais.

  8. Pesquisa de hemoglobinopatias em cães da região metropolitana do Rio de Janeiro portadores de anemia crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Bobany de Queiroz

    Full Text Available RESUMO: Talassemias e hemoglobinopatias são condições hereditárias encontradas em humanos de todo o mundo. Em medicina veterinária, o polimorfismo de hemoglobinas tem sido estudado em animais de produção, mas não existem relatos de hemoglobinopatias em cães, e os estudos envolvendo o polimorfismo de hemoglobinas nesta espécie são escassos. Com o objetivo de pesquisar variantes da hemoglobina em cães, foram coletadas amostras de sangue de 202 caninos de variadas raças, sendo 130 portadores de anemia crônica (Grupo Experimental e 72 animais clinicamente saudáveis (Grupo Controle. Estas amostras foram submetidas à eletroforese alcalina de hemoglobinas, que permitiu a separação e quantificação das frações de hemoglobina por densitometria, e posteriormente submetidas à eletroforese de hemoglobinas em meio ácido, técnica utilizada em medicina humana para a separação de frações de hemoglobinas variantes que não se diferenciam em meio alcalino. O eritrograma e índices hematimétricos foram obtidos concomitantemente. Os métodos utilizados demonstraram que a HbA é o maior componente da hemoglobina canina, e que uma pequena quantidade de HbA2 pode ser detectada em uma parcela dos animais avaliados, sendo que a maioria dos caninos apresentava exclusivamente HbA em sua composição. Concluiu-se que a presença ou ausência de HbA2 não interfere nos índices hematimétricos dos animais avaliados, e que quando comparadas as hemoglobinas dos grupos Experimental e Controle, não são observadas diferenças na distribuição das frações destas, além de não serem observadas hemoglobinas variantes nos caninos avaliados.

  9. Associação entre malária e anemia em área urbana de transmissão do Plasmodium: Mâncio Lima, Acre, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eder Ferreira de Arruda

    Full Text Available Resumo: O objetivo deste trabalho é analisar a prevalência de anemia atribuível à malária na população urbana residente no Município de Mâncio Lima, Acre, Brasil. Trata-se de um estudo de coorte não concorrente com 1.167 pessoas acompanhadas por três meses anteriores à data da entrevista mediante dados do SIVEP-Malária. Foram calculadas as medidas de frequência e a prevalência de anemia em pacientes com e sem histórico de malária recente, conforme as variáveis de interesse. Os resultados mostraram que 50,2% dos indivíduos eram do sexo masculino e 67,96% encontravam-se na faixa etária de 15 anos ou mais. A prevalência geral de anemia foi de 7,1%, sendo maior na faixa etária de 6 meses até 5 anos de idade. Com relação ao histórico de malária recente, verificou-se que 8,3% dos homens que tiveram malária apresentaram anemia. No geral, a prevalência de anemia atribuível à malária foi nulo, exceto para os homens (2,4% e no bairro Cobal (51,4%. Os resultados demonstram que a prevalência de anemia é baixa e que a contribuição da malária para anemia existe apenas em homens e áreas geográficas específicas.

  10. Prevalência de deficiência de vitamina B12 e ácido fólico e sua associação com anemia em idosos atendidos em um hospital universitário

    OpenAIRE

    Coussirat, Caroline

    2010-01-01

    Objetivos: Descrever a prevalência de deficiência de vitamina B12 e ácido fólico e a sua associação com anemia em idosos atendidos em um ambulatório de geriatria de um hospital universitário.Métodos: Foi realizada uma revisão de prontuários de todos os idosos que tiveram pelo menos um atendimento no Ambulatório de Geriatria do Hospital São Lucas da PUCRS, no período de julho de 2005 a junho de 2010. Para verificar a deficiência de vitamina B12, foram utilizados os seguintes critérios: Vitamin...

  11. Políticas públicas para o controle da anemia ferropriva Public policies to control iron deficiency in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sophia C. Szarfarc

    2010-06-01

    Full Text Available A anemia por deficiência de ferro configura um problema epidemiológico da maior relevância atuando nos gastos públicos de saúde, nas consequências sociais do aumento de riscos no período gestacional, na redução da produtividade e, ainda, nas consequências, em longo prazo, do desenvolvimento mental. Algumas datas marcam o envolvimento do governo brasileiro em busca de alternativas de controle da deficiência marcial: 1977 - 1ª Reunião do Ministério da Saúde (INAN, com especialistas nacionais e internacionais, para discutir perspectivas e intervenções para o controle da anemia; 1982/83 - distribuição de suplemento de ferro para a clientela do Programa de Atenção à Gestante e dosagem de hemoglobina na 1ª consulta; 1992 - assinatura de compromisso brasileiro de reduzir em 1/3 a prevalência de anemia em gestantes; 1994 - implantação do Programa de Leite Vivaleite, no estado de São Paulo, fornecendo leite fortificado com ferro a famílias com crianças até 6 anos e renda inferior a dois salários mínimos; 2002/junho 2004 - fortificação das farinhas de trigo e de milho com ferro; 2005 - programa de suplementação de ferro a lactentes; 2009/março - divulgação do resultado do levantamento de prevalência de anemia em mulheres (15-49 anos e crianças (6 - 59 meses no Brasil; 2009/agosto - foi reeditada a Portaria no 1793/GM/agosto/2009 do Ministério da Saúde, instituindo a Comissão Interinstitucional para implementação, acompanhamento e monitorização das ações de fortificação das farinhas de trigo e milho e seus subprodutos.Iron deficiency anemia is a vast epidemiologic problem evidenced by health public spending, the social consequences of increased risk in pregnancy, low production, and also by long term consequences of cognitive development. Some points in time highlight the involvement of the Brazilian government: 1977 - 1st Health Minister Meeting (INAN, with international and national specialists to

  12. Complicações neurológicas em anemia falciforme: avaliação neuropsicológica do desenvolvimento com o NEPSY Neurological complications in sickle cell anemia: a developmental neuropsychological assessment using NEPSY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samantha Nunest

    2010-01-01

    Full Text Available Estudo de caso de duas crianças portadoras de anemia falciforme, com complicações neurológicas. Utilizou-se uma ampla bateria neuropsicológica - NEPSY. Uma criança apresentou acidente vascular cerebral com paresia de hemicorpo esquerdo, e a outra, ataque isquêmico transitório. As avaliações neuropsicológicas demonstraram que havia extenso prejuízo cognitivo no primeiro caso, em contraste com comprometimento leve no segundo. Baixas pontuações nas funções de atenção visual, memória operacional, linguagem, flexibilidade cognitiva, habilidades sensório-motora, visoespacial e viso-construtiva. Rebaixamento intelectual e no desempenho acadêmico foram encontrados no paciente que sofreu o acidente isquêmico. A criança que foi acometida por ataque isquêmico transitório apresentou dispraxia motora e oromotora, diminuição da atenção visual e memória verbal. Estes achados corroboram com os dados encontrados na literatura e reforçam a relevância de conhecer a tipologia destas alterações para intervir precocemente na deficiência cognitiva, minimizando as repercussões no desenvolvimento cognitivo, acadêmico e psicossocial.This is a case study of two children with sickle cell anemia and neurological complications. An extensive series of neuropsychological tests - NEPSY was used in the evaluation of the children. One child had suffered an ischemic stroke with left hemiparesis and the other, transient ischemic attack. The neuropsychological assessment showed extensive cognitive damage in the first case, in contrast to mild impairment in the second. Low scores were found for tasks of visual attention, operational memory, language, cognitive flexibility and for sensory-motor, visuospatial and visuoconstructive skills. Low intellectual and academic performance was found in the patient who suffered ischemic stroke. The child who suffered transient ischemic attack showed motor and oromotor dyspraxia, and decreased visual attention

  13. Regularidade de ciclos e padrão ovulatório em jovens portadoras de anemia falciforme Regularity of cycles and ovulatory pattern in young women with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Wilson Viana Júnior

    2010-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar as características do ciclo menstrual e identificar a ocorrência de ovulação em mulheres jovens nuligestas portadoras de anemia falciforme (AF. MÉTODOS: foi realizado um estudo de caso-controle, incluindo 26 mulheres nuligestas, durante a menacme, divididas em dois grupos: Grupo "Casos", contendo 13 portadoras de AF, e Grupo "Controle", com 13 mulheres saudáveis com mesmo intervalo desde a menarca. As características do ciclo menstrual foram informadas pelas participantes, que também foram submetidas a dosagens de progesterona sérica, curvas de temperatura basal e ecografias transabdominais em três ciclos consecutivos (total: 78 ciclos, com a finalidade de identificar a ocorrência de ovulação. Os resultados dos dois grupos foram comparados com o uso dos testes não paramétricos de Mann-Whitney ou Kruskal Wallis, sendo significativas as diferenças cujo valor p PURPOSE: to evaluate the characteristics of the menstrual cycle and to identify the occurrence of ovulation in nulliparous young women with sickle cell anemia (SCA. METHODS: we conducted a case-control study including 26 nulliparous women of reproductive age, divided into two groups: "cases", consisting of 13 women with SCA, and "Control" Group, consisting of 13 healthy women with the same interval since menarche. The characteristics of the menstrual cycle were reported by the participants, who were also submitted to measurements of serum progesterone, basal body temperature curves and transabdominal ultrasound in three consecutive cycles (total: 78 cycles in order to identify the occurrence of ovulation. The results were compared between groups using the nonparametric Mann-Whitney or Kruskal Wallis tests, and the differences were considered significant when p-value < 0.05. RESULTS: no significant difference was found in mean chronological age between the two groups (p = 0.2 in the pattern of the menstrual cycle when duration of flow (p = 0.4 and interval

  14. Influência de práticas maternas no desenvolvimento motor de lactentes do 6º ao 12º meses de vida Influence of child-rearing practices on infants' motor development between the sixth and twelfth months of life

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PL Silva

    2006-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Práticas maternas são comportamentos específicos, por meio dos quais as mães/cuidadores desempenham suas tarefas maternais. Estas práticas poderiam influenciar o desenvolvimento motor de lactentes. OBJETIVO: verificar a influência de práticas maternas, utilizadas no cuidado diário de lactentes saudáveis, sobre seu desenvolvimento motor do 6º ao 12º meses de vida. MÉTODO: Selecionados 14 lactentes, nascidos a termo e saudáveis, avaliados longitudinalmente no 6º, 9º e 12º meses de vida, utilizando-se a Alberta Infant Motor Scale. Em cada avaliação/idade a mãe respondeu a um questionário fechado sobre práticas, predominantemente adotadas no cuidado diário do lactente durante os períodos de vigília. Considerou-se neste estudo a postura predominantemente adotada pelo lactente, local preferencial de permanência e a forma de carregar o lactente no colo. RESULTADOS: No 9º mês de vida o desempenho motor dos lactentes foi influenciado positivamente pela predominância na postura de quatro apoios, em relação à sentada e prono ou supino e pela permanência no chão em relação ao carrinho de bebê. No 12º mês houve influência positiva da predominância na postura de quatro apoios e em pé. A postura predominante no 6º mês de vida e a forma de carregar o lactente no 6º, 9º e 12º meses de vida não influenciaram o desempenho motor do grupo estudado. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que as práticas que estimulam a adoção da postura de quatro apoios e a utilização do chão como local de permanência influenciam positivamente o desenvolvimento motor de lactentes saudáveis a partir do 6º mês de vida.BACKGROUND: Child-rearing practices are defined as specific behavioral patterns used during maternal duties. These practices could influence infants' motor development. OBJECTIVE: To verify the influence of daily child-rearing practices on the motor development of healthy infants from their sixth to twelfth

  15. Anemia ferropriva em escolares da primeira série do ensino fundamental da rede pública de educação de uma região de Brasília, DF Iron deficiency anemia in first grade students from public schools in a region of Brasília, DF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gracy Santos Heijblom

    2007-06-01

    Full Text Available A anemia ferropriva é a deficiência de micronutriente mais prevalente no mundo. É particularmente deletéria em escolares, pois crianças anêmicas são sonolentas e prestam menos atenção. Como conseqüência, pode levar ao alto absenteísmo e baixo rendimento escolar. Realizou-se um estudo transversal com amostra probabilística de 424 alunos de 6 a 11 anos, da 1ª série do ensino fundamental de escolas públicas da Regional Norte de Saúde de Brasília. Os objetivos foram avaliar a prevalência de anemia e comparar o resultado obtido em 2004 com aquele de estudo similar realizado na mesma área em 1998. A hemoglobina (Hb foi determinada em amostra de sangue digital, usando Hemocue®. Dois pontos de corte foram adotados para classificar anemia, ambos estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde: HbIron deficiency anemia (IDA is the most prevalent micronutrient deficiency in the world. In school age children, IDA is particularly deleterious: anemic children are sleepy and pay less attention. As a consequence, anemia can lead to high absenteeism and lower school performance. A cross-sectional survey was conducted in a representative sample of 424 randomly selected first graders (ages 6 to 11 years from public schools located in the Northern Public Health Region of Brasília. The study objectives were to: (a determine the prevalence of anemia; (b compare the results obtained in 2004 to those of a similar survey conducted in the same area in 1998. Hemoglobin (Hb was determined in finger-prick blood samples using Hemocue®. Two cut-off points were used to classify anemia, both established by the WHO: Hb<11.5g/dL and Hb<12.0g/dL. The height/age, weight/age and weight/height indicators below -2.0 standard deviations from the NCHS reference were used to indicate growth retardation. Prevalence of anemia was 12.5% and 11.9% (Hb<11.5g/dL and 26.9% and 21.5% (Hb<12.0g/dL in 2004 and 1998 respectively. The prevalence of anemia increased between

  16. Sequestro esplênico agudo em uma mulher grávida com anemia falciforme homozigótica

    OpenAIRE

    Maia, Carolina Bastos; Nomura, Roseli Mieko Yamamoto; Igai, Ana Maria Kondo; Fonseca, Guilherme Hencklain; Gualandro, Sandra Menosi; Zugaib, Marcelo

    2013-01-01

    CONTEXT Homozygous (SS) sickle-cell anemia complicated by acute splenic sequestration in adults is a rare event, and it has never been reported during pregnancy. CASE REPORT A 25-year-old woman with homozygous (SS) sickle-cell disease was hospitalized at 32 weeks' of gestation presenting weakness, abdominal pain, fever and hemoglobin of 2.4 g/dl. Abnormal fetal heart rate was detected by means of cardiotocography, and 5 units of packed red cells were transfused. Cesarean was performed at 37...

  17. Pernicious Anemia

    Science.gov (United States)

    ... helps your body absorb vitamin B12. Have an autoimmune disorder that involves the endocrine glands, such as Addison's ... Research suggests a link may exist between these autoimmune disorders and pernicious anemia that's caused by an autoimmune ...

  18. [Hemolytic anemia].

    Science.gov (United States)

    Tuchscherer, A; Chemnitz, J

    2015-09-01

    Hemolytic anemia can be caused by various hereditary or acquired diseases. Classification is usually based on corpuscular or extracorpuscular defects. Beside the anemia, laboratory testing indicates increased lactate dehydrogenase, unconjugated bilirubin and reticulocytes as well as reduced or absent plasma haptoglobin. Knowledge of further diagnostic procedures (e.g., Coombs test, schistocytes, hemoglobin electrophoresis or flow cytometric analysis) leads in many cases to an underlying disease with differentiated therapeutic options. Autoimmune hemolytic anemia (AIHA) is often associated with diseases as HIV, connective tissue disease, lymphomas or malignant tumors and the hemolytic process is preexisting in many cases. Thrombotic microvascular diseases (e.g., thrombotic thrombocytopenic purpura or hemolytic-uremic syndrome) are further important causes of hemolytic anemia which need immediate diagnosis and treatment.

  19. Prevalência de anemia e deficiência de ferro em adolescentes do sexo feminino - Taboão da Serra, SP, Brasil Prevalecía de anemia y deficiencia de hierro en adolescentes de sexo feminino - Taboão da Serra, SP, Brasil Prevalence of anemia and iron-deficiency in female teenagers - Taboão da Serra, SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Fujimori

    1996-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a prevalência de anemia e deficiência de ferro em mulheres adolescentes, estudou-se uma mostra equiprobabilística de 262 adolescentes do Município de Taboão da Serra, SP, Brasil. A anemia foi diagnosticada pelo nível de hemoglobina, e a deficiência de ferro através da concentração de protoporfirina eritrocitária livre. Encontrou-se 17,6% de anemia e sua ocorrência foi inversamente relacionada ao indicadores sócios-econômicos estudados: renda, escolaridade do chefe da família e características da moradia. Foi mais freqüente no grupo pré-menarca e não mostrou relação com o intervalo entre os ciclos menstruais. A prevalência de deficiência de ferro foi de 29,4% e não se verificou correlação com o nível de hemoglobina a não ser nos casos de severos de anemia.Con el objetivo de evaluar la prevalencia de anemia y deficiencia de hierro en mujeres adolescentes, se estudió una muestra equiprobabilistica de 262 adolescentes del Municipio de Taboão da Serra, Brasil. La anemia fue diagnosticada por el nivel de hemoglobina y la deficiencia de hierro a través de la concentración de protoporfirina eritrocitaria libre. Se encontró 17,6% de anemia y su ocurrencia fue inversamente relacionada a los indicadores socioeconómicos estudiados: renta, escolaridad del jefe de familia y característica de la vivienda. Fue más frecuente en el grupo pre-menarquia y no mostró relación con el intervalo entre los ciclos menstruales. La prevalencia de deficiencia de hierro fue de 29,4% y no se encontró correlación con el nivel de hemoglobina a no ser en los casos severos de anemia.It was studied an equiprobabilistic sample of 262 female teenagers living in the city of Taboão da Serra, Brazil, with the aim of evaluating the prevalence of anemia and iron-deficiency. Anemia was identified by the hemoglobin level and the prevalence of iron-deficiency was determined through the concentration of free erythrocyte

  20. Acurácia dos indicadores de risco do Programa de Defesa da Vida dos Lactentes em região do Estado de São Paulo, Brasil Accuracy of risk indicators of an Infant Life Defense Program in a region of S. Paulo State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Davi Rumel

    1992-02-01

    Full Text Available O Programa de Desfesa da Vida dos Lactentes da Secretaria de Higiene e Saúde do Munícipio de Bauru tem um critério diagnóstico para a inclusão de recém-nascidos dentro do programa. Este critério é formado pela combinação de 11 indicadores clínicos e sociais de risco à mortalidade infantil de fácil obtenção no momento do parto. Decidiu-se propor um critério diagnóstico alternativo, a partir dos mesmos indicadores clínicos e sociais, com maior sensibilidade para a mesma proporção de crianças matriculadas no Programa. Os dados hospitalares foram coletados no período de 11 de maio de 1986 a 10 de novembro de 1987. A mortalidade compreende o período entre 7 dias e 6 meses, que é o período de seguimento das crianças pelo Programa. Calculou-se para cada indicador o risco relativo bruto numa análise univariada e o risco relativo ajustado pela técnica de regressão logística. Criou-se um sistema de pontuação baseado na somatória dos excessos de risco de cada indicador.The Infant Life Defense Program of Health Department of Bauru City SP, Brazil, has diagnostic criteria for the inclusion of newborns. The diagnostic criteria combine eleven social and clinical indices of infant mortality risk, defined by in the light of a review of the literature and previous case studies. The indices are easily collected at the hospitals during delivery. The objective of this study is to propose an alternative diagnostic criteria, using the same social and clinical indices, of greater sensitivity and same proportion of children included in the program. The data on the newborns were collected between May 11, 1986 and November 10, 1987. The mortality period was defined as between 7 days and 6 months, which was the follow-up period for the infants enrolled in the program. The method of analysis was the determination for each index of the crude relative risk in a univariate analysis and the adjusted relative risk using the logistic regression

  1. Concentração de hemoglobina e anemia em crianças no Estado de Pernambuco, Brasil: fatores sócio-econômicos e de consumo alimentar associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliveira Maria Alice Araújo

    2006-01-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo avaliar a associação entre a concentração de hemoglobina e prevalência de anemia com variáveis sócio-econômicas e de consumo alimentar. O estudo seccional, realizado em Pernambuco, Brasil, no ano 1997, utilizou a amostragem em três estágios. A amostra compreendeu 746 crianças de 6-59 meses, nas quais foram realizados dosagem de hemoglobina e inquérito dietético recordatório de 24 horas. A prevalência de anemia foi de 40,6%, sendo maior no Interior Rural e diminuindo com o aumento da idade, da renda e da escolaridade materna. A maioria das crianças (88,9% consumia leite de vaca. A anemia apresentou tendência de aumento com a elevação da proporção de calorias do leite e de redução com o aumento da densidade de ferro (total, heme e não-heme. A idade da criança, a área geográfica, a renda familiar per capita, a escolaridade materna, a densidade de ferro e a proporção de calorias do leite de vaca na dieta são fatores determinantes da anemia no grupo estudado.

  2. Vitamin Deficiency Anemia

    Science.gov (United States)

    ... cancer can interfere with the metabolism of folate. Vitamin B-12 deficiency anemia risk factors include: Lack ... vitamin B-12 deficiency anemia called pernicious anemia. Vitamin C deficiency anemia risk factors include: Smoking. Smoking ...

  3. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... their experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Aplastic Anemia Arrhythmia Blood Donation Blood Tests Blood Transfusion Heart-Healthy Lifestyle Changes Heart Failure Hemolytic Anemia Hemophilia Pernicious Anemia Restless ...

  4. What Is Fanconi Anemia?

    Science.gov (United States)

    ... and Your Body FA is one of many types of anemia . The term "anemia" usually refers to a condition ... disorder. Anemia The most common symptom of all types of anemia is fatigue (tiredness). Fatigue occurs because your body ...

  5. About Anemia (For Kids)

    Science.gov (United States)

    ... Safe Videos for Educators Search English Español About Anemia KidsHealth / For Kids / About Anemia What's in this ... to every cell in your body. What Is Anemia? Anemia happens when a person doesn't have ...

  6. Situação epidemiológica da anemia infecciosa equina em equídeos de tração do Distrito Federal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniella D.A. Moraes

    Full Text Available RESUMO: A anemia infecciosa equina (AIE é uma doença causada por um lentivirus que possui distribuição mundial. Essa enfermidade é um entrave ao desenvolvimento da equinocultura no Brasil devido à obrigatoriedade de eutanásia dos animais positivos. Este trabalho teve como objetivo estimar a prevalência de AIE em equídeos de tração no Distrito Federal, assim como identificar fatores de risco associados à doença. Foram sorteados aleatoriamente 350 proprietários (Unidades Primárias de Amostragem- UPA e foram amostrados todos os equídeos (Unidades secundárias de Amostragem de cada proprietário sorteado, totalizando 496 animais. As amostras sanguíneas foram analisadas no Lanagro/MG por meio da técnica de imunodifusão em ágar gel (IDGA. No momento da coleta de sangue, também foi aplicado um questionário epidemiológico para a análise de possíveis fatores de risco. A prevalência de AIE nas UPA foi estimada em 2,29%, (IC 95%: 1,01-4,2% e nos animais foi de 1,81% (IC 95%: 0,55-3,07%. A prevalência foi significativamente maior em muares do que em equinos. Não foi possível comprovar a presença de nenhum outro fator de risco associado à doença. Este estudo demonstra que a prevalência da AIE em equídeos de tração é baixa no Distrito Federal, porém mais alta do que os dados de vigilância de rotina sugerem, o que justifica a eutanásia dos equídeos reagentes, com a finalidade de promover a erradicação da enfermidade. Ratifica-se a importância da realização de exames periódicos nesses animais e a manutenção das atividades de vigilância.

  7. Prevalência e fatores associados à anemia em crianças e mulheres atendidas pela estratégia de Saúde da Família no Maranhão

    OpenAIRE

    Maria Tereza Borges Araujo Frota

    2013-01-01

    Introdução - A anemia é considerada um dos maiores problemas de saúde pública da atualidade, afetando as populações de quase todos os países, sobretudo aqueles onde predominam padrões dietéticos deficientes e fatores ambientais adversos. Objetivo - Investigar a prevalência e os fatores associados à anemia em crianças menores de cinco anos e mulheres em idade reprodutiva entre a população atendida pela Estratégia da Saúde da Família (ESF), no estado do Maranhão. Métodos Foi realizado um estud...

  8. Reação transfusional hiper-hemolítica em pacientes portadores de anemia falciforme: relato de dois casos Hyper-hemolytic transfusional reaction in sickle cell patients: two case reports

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia C.S. Naufel

    2002-12-01

    Full Text Available O caráter crônico da anemia, nos pacientes portadores de anemia falciforme, associado à maior capacidade de liberação de oxigênio pela Hb S, faz com que sejam pouco sintomáticos em relação à anemia e não necessitem de forma rotineira de transfusão de hemácias. Contudo, na vigência de complicações agudas, a queda adicional da hemoglobina pode precipitar descompensação da função cardio-respiratória e colocar em risco a vida do paciente, tornando a transfusão de sangue um recurso terapêutico de grande importância. Em virtude da elevada freqüência de transfusões a que esses pacientes são submetidos, é de fundamental importância o conhecimento dos principais riscos e o diagnóstico adequado das complicações decorrentes da terapia transfusional. Uma forma atípica de reação transfusional, denominada reação transfusional hiperhemolítica, foi descrita recentemente em pacientes com anemia falciforme após transfusão de hemácias aparentemente compatíveis. (4,5,6,7 Nesta condição, transfusões ulteriores podem exacerbar o quadro hemolítico e colocar em risco a vida do paciente. Os mecanismos patofisiológicos exatos dessa entidade ainda não são bem conhecidos e o tratamento consiste na suspensão da transfusão, corticoterapia e/ou administração de imunoglobulina. O objetivo deste trabalho é apresentar o relato de dois casos de reação transfusional hiperhemolítica em pacientes portadores de anemia falciforme.The chronic character of sickle cell anemia associated with the greater capacity to liberate oxygen by the Hb S, results in patients exhibiting few symptoms in relation to the anemia and they do not require regular hemacias transfusions. Nevertheless, in the face of acute complications, the additional drop in hemoglobin can precipitate an imbalance in the cardio-respiratory function and put the life of the patient at risk, making blood transfusion therapy of utmost importance. In the light of the

  9. Aplasia medular após transplante hepático em pediatria Aplastic anemia after pediatric liver transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlene P. Garanito

    2009-01-01

    Full Text Available A aplasia de medula é uma das mais raras (Aplastic anemia (AA is one of the rarest (<1% and most serious complications of liver transplantation for fulminant non-A, non-B and non-C hepatitis. It was first described in 1987 by Stock; the mechanism involved is an immunologically mediated condition secondary to an unknown viral infection. The disease is associated with a dismal prognosis. Spontaneous recovery from acquired AA is very rare however some patients (50-70% recover after immunosuppressive therapy, such as Cyclosporin A (CsA and Antithymocyte globulin (ATG, even after liver transplantation. Another treatment option is bone marrow transplantation. We report on a child who developed AA following liver transplantation for fulminant viral hepatitis that was treated with intensive immunosuppression including CsA and ATG and achieved complete recovery.

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... food. Overview Iron-deficiency anemia is a common type of anemia . The term "anemia" usually refers to a condition ... symptoms of iron-deficiency anemia apply to all types of anemia . Signs and Symptoms of Anemia The most common ...

  11. Peroxidação lipídica em cabras com anemia e doença respiratória tratadas com ferro por via parenteral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata L. dos Santos

    2014-11-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a progressão da doença e o dano oxidativo em cabras com anemia e doença respiratória mediante aplicação de ferro parenteral. Foram estudadas seis cabras, adultas, com parâmetros eritrocitários indicativos e anemia e manifestações de doença respiratória (tosse, espirros e secreção nasal. O grupo controle foi composto por seis cabras adultas, sadias. As cabras de ambos os grupos após serem submetidos à avaliação clínica receberam dose similar (0,5g de hidróxido férrico em complexo dextrânico, por via intramuscular. Amostras de sangue colhidas com EDTA, antes da aplicação do ferro e 48 horas depois foram utilizadas para determinação da concentração de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS. Nas cabras doentes antes da aplicação do ferro os valores de TBARS foram equivalentes aos valores mensurados nos controles antes e após a aplicação do ferro (p>0,05. Os valores mensurados nas cabras doentes foram muito mais elevados (p<0,001 no mesmo grupo de animais depois da aplicação do ferro e nos controles antes e após a aplicação. A aplicação do ferro agravou a condição clinica dos animais com doença respiratória, sendo evidenciada uma condição de toxidade refletida pelo estresse oxidativo. Assim sendo, não se deve recomendar tal suplementação nos caprinos acometidos de doenças do aparelho respiratório.

  12. Deficiência de ferro, prevalência de anemia e fatores associados em crianças de creches públicas do oeste do Paraná, Brasil Iron deficiency and prevalence of anemia and associated factors in children attending public daycare centers in western Paraná, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdete Carreira Rodrigues

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de ferro, a prevalência de anemia e fatores associados, em crianças de 6 a 24 meses frequentadoras de creche pública em Cascavel, Região Oeste do Paraná, Brasil. MÉTODOS: O estudo transversal foi realizado com amostra aleatória de 256 crianças. A coleta de dados (questionário, medidas antropométricas e amostras de sangue ocorreu de julho a setembro de 2007. A deficiência de ferro foi avaliada em termos de transferrina, hemoglobina, volume corpuscular médio, ferro sérico e eosinófilos. Na análise estatística dos dados foram obtidas as odds ratio bruta e ajustada (regressão logística, bem como os respectivos níveis de significância (p-valor. Para identificar diferenças significativas entre as medidas quantitativas, adotou-se a Análise de Variância e o teste de comparação múltipla de Tukey. RESULTADOS: A prevalência da anemia foi de 29,7%, sendo que 77,3% das amostras apresentaram baixa concentração de ferro. A antropometria não apontou deficiência de macronutrientes, porém mostrou obesidade acima dos índices médios. Os fatores associados à anemia e à deficiência de ferro foram: doenças frequentes na família (OR=10,02, condições de moradia (OR=5,05, tempo de creche (OR=3,05, número de moradores na residência (OR=2,83 e falta de saneamento (OR=2,20. CONCLUSÃO: A prevalência de anemia e a elevada deficiência de ferro detectada evidenciam um grave problema de saúde pública entre os pré-escolares do município de Cascavel, Paraná. Apesar da amplitude do problema, a anemia não está sendo reconhecida, prevenida e tratada adequadamente. Neste estudo são sugeridas algumas possíveis intervenções.OBJECTIVE: This study assessed the iron levels and prevalence of anemia and associated factors in children aged 6 to 24 months attending public daycare centers in Cascavel, Western Paraná, Brazil. METHODS: This cross-sectional study included 256 randomly sampled children

  13. Fatores socioeconômicos e dietéticos de risco para a anemia em crianças de 6 a 59 meses de idade Socioeconomic and dietary risk factors for anemia in children aged 6 to 59 months

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria A. A. Oliveira

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo tem como objetivo identificar, utilizando modelagem estatística, os fatores de risco da anemia em crianças de 6 a 59 meses de idade no estado de Pernambuco, contemplando aspectos socioeconômicos e da dieta. MÉTODOS: A amostra constou de 746 crianças de 6 a 59 meses do estado de Pernambuco, nas quais foram realizados dosagem de hemoglobina e inquérito dietético recordatório de 24 horas. Foi analisado o risco de anemia em relação às variáveis socioeconômicas e de consumo alimentar, utilizando modelos de análise multivariada. RESULTADOS: Os fatores de risco para a anemia foram: alta proporção de calorias do leite de vaca, baixa densidade de ferro não-heme, baixa idade e baixa escolaridade materna, destacando-se que as crianças com menos de 24 meses apresentaram risco 3,61 vezes maior de serem anêmicas em relação às demais. CONCLUSÕES: O presente estudo reforça a importância de se conhecer o consumo alimentar das crianças no país para melhor estabelecer a sua associação com a ocorrência da anemia. Os resultados revelaram que os fatores que mais explicaram o risco de anemia foram, com relação à dieta, a maior proporção de calorias do leite de vaca e menor densidade de ferro não-heme, além de idade menor de 24 meses e baixa escolaridade materna.OBJECTIVE: The objective of this study was to use statistical modeling to identify risk factors for anemia in children aged 6 to 59 months in the state of Pernambuco, covering socioeconomic and dietary aspects. METHODS: The sample comprised 746 children aged between 6 and 59 months from the state of Pernambuco. Their hemoglobin was assayed and a 24-hour dietary recall performed. Risk of anemia was analyzed with relation to socioeconomic variables and to dietary intakes, using multivariate analysis models. RESULTS: The risk factors for anemia were: a high proportion of calories from cow's milk, low density of nonheme iron, low age and low maternal

  14. Prevalência do uso de chupeta em lactentes amamentados e não amamentados atendidos em um hospital universitário Prevalencia del uso de chupete en lactantes amamantados y no amamantados atendidos en un hospital universitario Prevalence of pacifier among breastfed and not breastfed infants attending a university hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Diez Castilho

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência do uso da chupeta em relação ao tipo de aleitamento, as razões das mães para introduzi-la ou não e os fatores associados à mudança de opinião quanto à sua intenção inicial a esse respeito. MÉTODOS: Estudo transversal que avaliou 642 crianças (0-12 meses atendidas no Hospital da Pontifícia Universidade Católica de Campinas quanto ao tipo de alimentação e uso de chupeta. A mãe foi questionada sobre sua intenção inicial quanto à chupeta, quanto ao seu uso e, se utilizada, porquê. Após análise descritiva, aplicou-se a regressão logística para verificar a associação da chupeta com a amamentação. RESULTADOS: A prevalência de uso de chupeta foi de 48% (IC95% 44-52, sendo maior entre as crianças não amamentadas (70% comparadas às amamentadas (36%; p=0,029. Das que estavam em aleitamento exclusivo, 29% usavam chupeta (pOBJETIVO: Evaluar la prevalencia del uso de chupete respecto al tipo de lactancia, los motivos de las madres para introducirlo o no y los factores que hicieron con que mudara de opinión respecto a su intención inicial con relación a eso. MÉTODOS: Estudio transversal que evaluó a 642 niños (0-12 meses atendidos en el Hospital de la Pontificia Universidad Católica de Campinas (São Paulo, Brasil, respecto al tipo de alimentación y uso de chupete. La madre fue cuestionada sobre su intención inicial respecto al chupete, a su uso y, si lo utiliza, el porqué. Tras análisis descriptivo, se aplicó la regresión logística para verificar la asociación del chupete con la amamantación. RESULTADOS: La prevalencia de uso de chupete fue de 48% (IC95% 44-52%, siendo mayor entre los niños no amamantados (70% si comparado a los amamantados (36%; p=0,029. De los que estaban en lactancia exclusiva, el 29% usaban chupete (pOBJECTIVE: To evaluate the prevalence of pacifier use in relation to breastfeeding, to find out the reasons why mothers planned or not to introduce this habit

  15. Sideroblastic anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P Bhandari

    2016-03-01

    Full Text Available Sideroblastic anemias are a heterogenous group of disorders that have as a common feature with the presence of ringed sideroblasts in the marrow. We present a case of young female, nursing student who presented with increasing palpitation, fatigue and exertional shortness of breath for the last one year. She had a low hemoglobin and high serum iron. Anemia with iron overload prompted us to do bone marrow study and there were 19% ringed sideroblasts and iron overload fulfilling the diagnosis of sideroblastic anemia. We searched for secondary causes of ringed sideroblast but could not find any culprit. Her cytogenetics report was normal and genetic analysis was not done due to financial reason. Since the diagnosis 3 months back, patient is on pyridoxine, folic acid, deferasirox and still needs regular blood transfusion suggesting that she may be pyridoxine refractory and may develop iron overload.

  16. Estratégias analíticas para determinação de espécies inorgânicas em medicamentos utilizados no tratamento de anemia ferropriva

    OpenAIRE

    Barbosa, Uenderson Araújo

    2015-01-01

    Neste trabalho foram propostas estratégias analíticas visando à avaliação toxicológica de metais e metaloides em medicamentos utilizados no tratamento da anemia ferropriva, empregando técnicas cromatográficas e não cromatográficas. Na primeira parte desta tese determinou-se chumbo nos medicamentos aplicando espectrometria de absorção atômica com atomização eletrotérmica (ETAAS). O preparo da amostra foi realizado fazendo uso de digestão ácida em bloco digestor com sistema de...

  17. Riscos isolados e agregados de anemia em crianças frequentadoras de berçários de creches Isolated and combined risks for anemia in children attending the nurseries of daycare centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tulio Konstantyner

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar e quantificar os fatores de risco isolados e agregados de anemia, proporcionando visão ampliada quanto à probabilidade da sua ocorrência. MÉTODOS: Estudo transversal com 482 crianças, entre 4 e 29 meses de idade, frequentadoras de berçários de creches públicas e filantrópicas do município de São Paulo (SP, que participaram de dois inquéritos (2004 e 2007. Foram realizadas entrevistas com as mães, coleta de sangue por punção digital e antropometria. Considerou-se anemia, hemoglobina inferior a 11 g/dL. Foi ajustado modelo de regressão logística não-condicional para fatores de risco de anemia, considerando-se estatisticamente significantes associações com p OBJECTIVE: To identify and quantify isolated and combined risk factors for anemia, providing a comprehensive view of the likelihood of its occurrence. METHODS: Cross-sectional study with 482 children aged 4 to 29 months attending the nurseries of philanthropic and public daycare centers in the city of São Paulo, Brazil, who participated in two surveys (2004 and 2007. Mothers were interviewed, blood was collected using digital puncture, and anthropometry was performed. Anemia was characterized by hemoglobin levels below 11 g/dL. Unconditional logistic regression was adjusted for anemia risk factors. A value of p < 0.05 indicated statistically significant associations. Post-test odds and likelihood ratios were calculated to define post-test probabilities. Epi-InfoTM 2000 and Stata 10.0 software packages were used for statistical analysis. RESULTS: Prevalence of anemia was 43.6% (95%CI 39.1-48.1. The final logistic model included five categorical variables: mother's age less than 28 years (OR = 1.50; p = 0.041, per capita income below half a minimum wage (OR = 1.56; p = 0.029, exclusive breastfeeding less than 2 months (OR = 1.71; p = 0.009, decrease in weight/age z score from birth to survey (OR = 1.47; p = 0.050, and age less than 17 months (OR = 2

  18. Pernicious anemia

    Science.gov (United States)

    ... a type of vitamin B12 anemia. The body needs vitamin B12 to make red blood cells. You get ... shots in the beginning. Some people may also need to take vitamin B12 supplements by mouth. A certain type of ...

  19. Efetividade de três esquemas com sulfato ferroso para tratamento de anemia em gestantes The effectiveness of three regimens using ferrous sulfate to treat anemia in pregnant women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariani Impieri de Souza

    2004-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a efetividade de três esquemas de tratamento utilizando sulfato ferroso em gestantes anêmicas. MÉTODOS: O estudo foi desenvolvido no Centro de Atenção à Mulher do Instituto Materno Infantil de Pernambuco, em Recife, no período de maio de 2000 a dezembro de 2001. Realizou-se um ensaio clínico, aleatório e cego do ponto de vista laboratorial, utilizando comprimidos de 300 mg de sulfato ferroso para administração de 60 mg de ferro elementar. As gestantes foram alocadas em três grupos de tratamento, conforme a freqüência de administração do ferro: uma vez por semana (n =48; duas vezes por semana (n =53; e uma vez ao dia (n =49. Foram comparadas as concentrações de hemoglobina, volume corpuscular médio e ferritina. RESULTADOS: Antes da intervenção, os grupos eram homogêneos e apresentaram as seguintes médias e desvios-padrão nas concentrações de hemoglobina: 10,2 ± 0,5 g/dL para o grupo que recebeu sulfato ferroso uma vez por semana; 10,2 ± 0,6 g/dL para o grupo que recebeu sulfato ferroso duas vezes por semana; e 10,1 ± 0,6 g/dL para o grupo que recebeu sulfato ferroso uma vez ao dia. As médias de volume corpuscular médio foram, respectivamente: 88,5 ± 5,0; 87,6 ± 5,9; e 88,7 ± 5,1 fL. As medianas de ferritina foram 30,2; 37,1; e 52,9 ng/mL. Houve 27% de cura no esquema de uma vez por semana, 34% no grupo tratado duas vezes por semana e 47% no tratamento diário. Houve fracasso terapêutico (hemoglobina OBJECTIVE: To evaluate the effectiveness of three regimens employing ferrous sulfate to treat pregnant women with anemia. METHODS: The study was carried out at the Women's Health Center of the Pernambuco Institute of Maternal and Child Health in the city of Recife, Pernambuco, Brazil, from May 2000 to December 2001. A randomized clinical trial with blinded laboratory analysis was conducted. Iron (60 mg was administered as 300-mg ferrous sulfate tablets. The women were allocated to three treatment

  20. Early presentation of squamous cell carcinoma after bone marrow transplantation in a boy with Fanconi anemia Apresentação precoce de carcinoma de células escamosas em um menino de 11 anos com anemia de Fanconi submetido a transplante de medula óssea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Soares

    2004-08-01

    Full Text Available The authors report a case of an 11-year-old boy with Fanconi anemia presenting with squamous cell carcinoma of the tongue 763 days after bone marrow transplantation. Few cases have been reported in the literature, usually involving mucosal membranes in adult patients. The factors related to the development of malignancies after bone marrow transplantation are discussed and the early presentation is highlighted, once a high index of suspicion is required for the early identification of this kind of lesion in children.Os autores relatam o caso de um menino de 11 anos de idade com anemia de Fanconi que foi submetido a transplante de medula óssea. Com 763 dias de evolução, foi detectada uma lesão ulcerada na língua, compatível com carcinoma de células escamosas. Poucos casos semelhantes foram reportados na literatura, geralmente envolvendo as membranas mucosas em pacientes adultos. Os fatores relacionados ao desenvolvimento de neoplasias secundárias em transplante de medula óssea são discutidos e a idade precoce de apresentação do paciente enfatiza a necessidade de um alto índice de suspeição, mesmo em pacientes muito jovens, para que se faça o diagnóstico da lesão em fase inicial.

  1. Prevalência de anemia e hipovitaminose A em puérperas do Centro de Atenção à Mulher do Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira, IMIP: um estudo piloto Anemia and hipovitaminosis in postpartum women seen at the Women's Care Center of the Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira, IMIP: a pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renan Éboli Lopes

    2006-05-01

    Full Text Available OBJETIVOS: este estudo avaliou a prevalência de anemia e hipovitaminose A em puérperas no Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira - IMIP. MÉTODOS: estudo descritivo tipo corte transversal com uma amostra de 72 puérperas que já se encontravam de alta hospitalar. RESULTADOS: a idade variou entre 12 e 41 anos, com mediana de 22,5 anos. Observou-se bom nível de escolaridade, embora sete delas referissem três ou menos anos de estudo. Uso de algum tipo de suplemento contendo ferro durante a gestação foi informado por 48 mulheres. Observou-se que 43,1% apresentaram concentração de hemoglobina menor que 10,0 g/dL e 65,3% menor que 11,0 g/dL. Microcitose ocorreu em 14 pacientes (19,4%, não havendo casos de macrocitose. Os níveis de hipovitaminose A foram elevados: 25,0% apresentaram retinol abaixo de 20 µg/dL. Observou-se uma tendência de associação entre puérperas não anêmicas e normocitose (volume corpuscular médio x anemia; tomando o ponto de corte para anemia de 11,0 g/dL houve associação positiva entre anemia durante a gestação e uso de compostos ferrosos. CONCLUSÕES: a prevalência de anemia foi elevada, embora a freqüência de microcitose tenha sido baixa. A prevalência de hipovitaminose A foi alta, alcançando níveis considerados como problema de saúde pública no Brasil.OBJECTIVES: this study assessed anemia and hypovitaminosis A in puerperal women seen at the Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira - IMIP. METHODS: descriptive cross sectional study using a sample of 72 puerperal hospital discharged women. RESULTS: age ranged from 12 to 41 years old, median age of 22.5 years old. A good school level was noted, although seven of these women declared three years or less of education. Some type of iron supplement intake during pregnancy was informed by 48 women. It was noted that 43.1% showed hemoglobin concentration below 10,0 g/dL and 65.3% below 11,0 g/dL. Microcitosis occurred in 14 patients

  2. Mieloma Múltiplo e anemia Multiple Myeloma and anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo D. Cançado

    2007-03-01

    Full Text Available Anemia é uma complicação comum em pacientes com mieloma múltiplo (MM e ocorre em mais de 2/3 dos pacientes. Anemia de doença crônica, deficiência de eritropoetina (EPO devido à insuficiência renal e efeito mielossupressivo da quimioterapia são os principais mecanismos patofisiológicos que contribuem para o desenvolvimento de anemia no MM. Nos pacientes que obtêm remissão completa com tratamento quimioterápico, anemia usualmente se normaliza. Nos pacientes que não respondem ou apresentam recaída do mieloma, anemia freqüentemente persiste. As opções de tratamento dos pacientes anêmicos com MM incluem transfusões de hemácias e EPO recombinante humana. Essa proteína é biologicamente equivalente à EPO endógena e sua administração promove aumento dos valores de hemoglobina por tempo mais prolongado sem os riscos das transfusões de sangue. Vários estudos têm relatado melhora significante da eritropoese, redução da necessidade transfusional e melhora da qualidade de vida com o uso da EPO como tratamento a longo prazo da anemia associada ao mieloma. Nesse artigo, propomos o tratamento da anemia do MM baseado nas recomendações propostas pela Sociedade Americana de Hematologia (ASH em conjunto com a Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO, pela Organização Européia para Pesquisa e Tratamento do Câncer (EORTC, pelo IMF (Internacional Myeloma Foundation e pelo NCCN (National Comprehensive Cancer Network.Anemia is a common complication in patients with multiple myeloma (MM occurring in more than two thirds of all patients. Anemia of chronic diseases, erythropoietin (EPO deficiency due to renal impairment and the myelosuppressive effect of chemotherapy are the most important pathophysiological mechanisms contributing to the development of anemia in MM. In patients who achieve complete remission after chemotherapy, anemia usually normalizes. Non-responders and relapsing myeloma patients often continue to suffer

  3. Desempenho motor e sensorial de lactentes com e sem síndrome de Down: estudo piloto Motor and sensory performance of infants with and without Down syndrome: a pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina de Campos

    2010-09-01

    Full Text Available O estudo visou avaliar o desempenho motor e sensorial de lactentes com e sem síndrome de Down (SD aos seis meses de vida. Foram avaliados oito lactentes, sendo quatro com SD e quatro típicos, com 24 semanas de vida. Para verificar o desempenho motor foi utilizada a escala motora infantil de Alberta (AIMS, nas posturas supina, prona, sentada e em pé. O desempenho sensorial foi avaliado por meio de entrevista com o cuidador da criança utilizando o perfil sensorial infantil ITSP (infant/toddler sensory profile, que classifica comportamentos sensoriais como de"baixo registro" (dificuldade em registrar estímulos sensoriais, busca de estímulos, excessiva sensibilidade a estímulos e comportamentos de evitar estímulos. Os resultados no ITSP mostram que os lactentes com SD obtiveram piores escores em baixo registro, possivelmente por apresentarem altos limiares neurológicos, demorando mais para responder aos estímulos. Na AIMS os lactentes com SD tiveram um desempenho inferior quando comparados aos típicos na subescala prono, o que pode advir de dificuldades no controle postural e antigravitacional. Não foi encontrada correlação entre os escores do ITSP e da AIMS. Os resultados sugerem que os lactentes com SD podem se engajar com menos freqüência em atividades de interação com o ambiente, tanto por dificuldade em registrar estímulos cotidianos (como diferentes sons e pessoas, quanto por dificuldade em explorar o meio utilizando habilidades motoras.The study aimed at assessing motor and sensory performance of infants with Down syndrome (DS comparing them to typical infants at the age of six months. Eight infants - 4 with typical development, 4 with DS - were assessed as to motor performance by the Alberta infant motor scale (AIMS at supine, prone, sitting, and standing positions. Sensory performance was assessed by using the Infant/toddler sensory profile (ITSP, which classifies sensorial behaviours as"low registration" (difficulty in

  4. Níveis de hemoglobina e prevalência de anemia em gestantes atendidas em unidades básicas de saúde, antes e após a fortificação das farinhas com ferro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Regina Marchiori Antunes Araújo

    2013-06-01

    Full Text Available Avaliaram-se níveis de hemoglobina-Hb e prevalência de anemia em gestantes, antes e após a fortificação das farinhas. Estudo de avaliação do tipo antes e depois, com amostras populacionais independentes, realizado em unidades básicas de saúde de Maringá, PR. Foram avaliados 366 prontuários de gestantes Antes da fortificação obrigatória das farinhas, e 419 Após a fortificação. Gestantes com Hb 0,05, porém o Grupo Após a fortificação obrigatória apresentou média de Hb mais elevada (p < 0,05. Evidenciou-se associação entre Hb e Grupo, idade gestacional, gestação anterior, ocupação e situação conjugal (p < 0,05. Embora a fortificação de farinhas possa ter um papel no aumento da média de hemoglobina, é preciso considerar a contribuição de outras variáveis não investigadas.

  5. Discriminação racial e de gênero em discursos de mulheres negras com anemia falciforme Discriminación racial y de género en discursos de mujeres negras con anemia falciforme Racial and gender discrmination on the discourses of black women with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Cândida Cordeiro

    2009-06-01

    Full Text Available Estudo exploratório-descritivo com abordagem qualitativa, teve como objetivo identificar e descrever práticas de discriminação racial e de gênero nos serviços de saúde, referidas por mulheres negras com diagnóstico de anemia falciforme. Os dados foram coletados em Salvador/BA, em 2006, por meio de entrevista semiestruturada, gravada e transcrita. Para a análise dos dados foi utilizada a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Os discursos construídos oferecem um conjunto de elementos que nos dão pistas de como o tratamento injusto, descortês e humilhante é um fenômeno naturalizado e revela de modo indireto a discriminação racial e de gênero nos serviços de saúde. Apresenta ainda situações que expõem as pessoas a constrangimentos e que atingem a dignidade humana.Esta investigación exploratorio-descriptiva con abordaje cualitativa, tuvo como objetivo identificar y describir las prácticas de discriminación racial y de género en los servicios de salud, dicho por mujeres negras con anemia falciforme. Los datos fueran colectados en Salvador-BA-Brasil, el año 2006 a través de entrevista semi estructurada, grabada y transcrita. Para el análisis de los datos se utilizó la técnica del Discurso del Sujeto Colectivo. Los discursos construidos muestran un conjunto de factores que indican cómo el tratamiento injusto, descortés y humillante es un fenómeno naturalizado y revela de modo indirecto la discriminación racial y de género en los servicios de salud. Presenta aún situaciones que exponen las personas a constreñimiento e que atingen a la dignidad humana.This is an exploratory and descriptive study based on qualitative research. The objective of this study is to identify and describe gender and racial discrimination in the health service experienced by black women with sickle cell anemia diagnosis. The data were collected in Salvador- BA, in Brazil, in 2006 through semi-structured interviews that were recorded and

  6. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... To Health Topics / Iron-Deficiency Anemia Iron-Deficiency Anemia Leer en español What Is Iron-deficiency anemia ... all types of anemia . Signs and Symptoms of Anemia The most common symptom of all types of ...

  7. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Research Home / < Back To Health Topics / Iron-Deficiency Anemia Iron-Deficiency Anemia Leer en español What Is Iron-deficiency anemia ... cases, surgery may be advised. Treatments for Severe Iron-Deficiency Anemia Blood Transfusion If your iron-deficiency anemia is ...

  8. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Research Home / < Back To Health Topics / Iron-Deficiency Anemia Iron-Deficiency Anemia Also known as Leer en español Iron-deficiency ... iron-deficiency anemia. Blood tests to screen for iron-deficiency anemia To screen for iron-deficiency anemia, your doctor ...

  9. Anemia in Pregnancy

    OpenAIRE

    Umran Kucukgoz Gulec; Fatma Tuncay Ozgunen; Ismail Cuneyt Evruke; Suleyman Cansun Demir

    2013-01-01

    Iron deficiency anemia (IDA) is the most frequent form of anemia in pregnant women. Folic acid, vitamin B12 deficiency, and hemoglobinopathies are other causes of anemia in pregnancy. Finding the underlying cause are crucial to the management of the anemia. Anemia is defined as hemoglobin of

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... To Health Topics / Iron-Deficiency Anemia Iron-Deficiency Anemia Also known as Leer en español Iron-deficiency ... anemia. Blood tests to screen for iron-deficiency anemia To screen for iron-deficiency anemia, your doctor ...

  11. APLASTIC ANEMIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ni Made Dharma Laksmi

    2013-07-01

    Full Text Available Normal 0 false false false EN-US X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 Aplastic Anemia describes a disorder of the clinical syndrome is marked by a deficiency of red blood cells, neutrophils, monocytes and platelets in the absence of other forms of bone marrow damage. Aplastic anemia is classified as a rare disease in developed countries the incidence of 3-6 cases / 1 million inhabitants / year. The exact cause of someone suffering from aplastic anemia also can not be established with certainty, but there are several sources of potential risk factors. Prognosis or course of the disease varies widely aplastic anemia, but without treatment generally gives a poor prognosis /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Table Normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0in 5.4pt 0in 5.4pt; mso-para-margin:0in; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-theme-font:minor-fareast; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Blood Transfusion Heart-Healthy Lifestyle Changes Heart Failure Hemolytic Anemia Hemophilia Pernicious Anemia Restless Legs Syndrome Von Willebrand Disease Other Resources NHLBI resources Your Guide to Anemia [ ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... may require intravenous (IV) iron therapy or a blood transfusion . Iron supplements Your doctor may recommend that you ... Anemia Aplastic Anemia Arrhythmia Blood Donation Blood Tests Blood Transfusion Heart-Healthy Lifestyle Changes Heart Failure Hemolytic Anemia ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Science.gov (United States)

    ... Home / Iron-Deficiency Anemia Iron-Deficiency Anemia Also known as Leer en español ... bleeding Consuming less than recommended daily amounts of iron Iron-deficiency anemia can be caused by getting ...

  15. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... you are diagnosed with iron-deficiency anemia. Risk Factors You may have an increased risk for iron- ... iron-deficiency anemia if you have certain risk factors , including pregnancy. To prevent iron-deficiency anemia, your ...

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... anemia is a common type of anemia . The term "anemia" usually refers to a condition in which ... to grow and develop. The iron that full-term infants have stored in their bodies is used ...

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... to moderate iron-deficiency anemia, or red blood cell transfusion for severe iron-deficiency anemia. You may ... body needs iron to make healthy red blood cells. Iron-deficiency anemia usually develops over time because ...

  18. Toxic hemolytic anemias.

    OpenAIRE

    ZEMANOVÁ, Vendula

    2014-01-01

    This thesis deals with toxic hemolytic anemias which are often unheeded. There are described laboratory signs of hemolytic anemias, their dividing into the various groups and it focuses mainly to toxic and drug-related hemolytic anemias and their causations.

  19. Fanconi Anemia Research Fund

    Science.gov (United States)

    ... Support Publications Fundraising News What is the Fanconi Anemia Research Fund? Fanconi anemia is an inherited disease that can lead to ... population. Lynn and Dave Frohnmayer started the Fanconi Anemia Research Fund, in 1989 to find effective treatments ...

  20. Folate-deficiency anemia

    Science.gov (United States)

    ... medlineplus.gov/ency/article/000551.htm Folate-deficiency anemia To use the sharing features on this page, please enable JavaScript. Folate-deficiency anemia is a decrease in red blood cells (anemia) ...

  1. Anemia em escolares da primeira série do ensino fundamental da rede pública de Maceió, Alagoas, Brasil Anemia in public school first graders in the city of Maceió, Alagoas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Dias dos Santos

    2002-12-01

    Full Text Available Realizou-se um estudo transversal com amostra probabilística de 426 alunos de 6 a 10 anos, da 1ª série do ensino fundamental das escolas públicas de Maceió, Alagoas, Brasil. O objetivo foi avaliar a prevalência da anemia e sua associação com o retardo de crescimento. Os dados foram coletados entre maio e julho de 2000. O sangue foi colhido por venipuntura e a dosagem de hemoglobina (Hb foi realizada pelo contador Coulter STKS. Classificou-se a anemia por dois critérios estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde: Hb A cross-sectional study was conducted in a representative sample of 426 randomly selected first graders (ages 6 to 10 years from public schools in Maceió, State of Alagoas, Brazil. The aim was to determine the prevalence of anemia, as well as its association with growth retardation. Data were collected from May to July 2000, and determination of hemoglobin (HGB employed an STKS Coulter counter. Two cut-off points were used to classify anemia, both established by the World Health Organization: HGB < 11.5g/dl and HGB < 12.0g/dl. The indicators height/age (H/A, weight/age (W/A, and weight/height (W/H below -2.0 standard deviations from the NCHS reference were diagnosed as growth retardation. Prevalence of anemia was 9.9% when HGB < 11.5g/dl was used, and 25.4% when the cut-off point was HGB < 12.0g/dl. Growth retardation was detected in 6.2% of children according to H/A, 4.0% for W/A, and 3.0% for W/H. There was no statistically significant association between the variables in the study. These findings confirm results of previous surveys where prevalence of anemia was much higher than that of growth retardation. The severe consequences of anemia in this age group justify the implementation of broad public policies to overcome this nutritional deficiency.

  2. Avaliação da nested PCR em comparação aos testes sorológicos IDGA e ELISA para o diagnóstico da anemia infecciosa equina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.M. Santos

    2011-04-01

    Full Text Available Comparou-se a técnica nested PCR (nPCR com os testes sorológicos IDGA e ELISA para o diagnóstico da anemia infecciosa equina. Amostras do DNA provenientes das células mononucleares do sangue periférico foram submetidas à amplificação do gene gag pela nPCR, que apresentou valores de sensibilidade e especificidade relativas de 90% e 52,9%, respectivamente, em relação à IDGA, e valores de 85,7% e 49%, respectivamente, em relação ao ELISA. Considerando-se os fatores referentes às limitações de cada técnica, pode ser sugerido o uso da nPCR como teste de diagnóstico complementar para AIE em amostras brasileiras.

  3. Expandindo a aplicação de questionário padronizado para sibilância recorrente no lactente Expanding the application of a standardized questionnaire on recurrent wheezing in infancy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herberto José Chong Neto

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estender a aplicação de um instrumento para avaliar a prevalência e as características clínicas da sibilância em lactentes. MÉTODOS: Estudo transversal, como parte do projeto Estudio Internacional de Sibilancias en Lactantes (EISL, aplicando questionário aos pais de lactentes entre 12 e 15 meses (grupo I e 16 e 24 meses de vida (grupo II. RESULTADOS: Mil trezentos e sessenta e quatro lactentes (45,4% do grupo I e 250 (46,7% do grupo II apresentaram pelo menos um episódio de sibilância (p = 0,58. O uso de β2-agonistas inalados, corticoides inalatórios ou orais e modificadores de leucotrienos foi semelhante entre os grupos (p = 0,52, 0,12, 0,06 e 0,75. Sintomas noturnos, dificuldade para respirar, visitas à emergência, hospitalização por sibilância e diagnóstico médico de asma não foram diferentes nos grupos (p = 0,09, 0,28, 0,69, 0,54 e 0,45. CONCLUSÃO: A aplicação do questionário pode ser estendida aos lactentes com até 24 meses de vida.OBJECTIVE: To verify the possibility of extending the application of an instrument to investigate the prevalence and clinical characteristics of wheezing in infants. METHODS: A cross-sectional study conducted as part of the International Study on Wheezing in Infants (EISL, Estudio Internacional de Sibilancias en Lactantes. A questionnaire was administered to parents of infants aged 12 to 15 months (group I and 16 to 24 months (group II infants. RESULTS: One thousand, three hundred and sixty-four infants (45.4% in group I and 250 (46.7% in group II had had at least one episode (p = 0.58. The numbers of patients on inhaled β2-agonists, inhaled or oral steroids and/or leukotriene modifiers were similar in both groups (p = 0.52, 0.12, 0.06, and 0.75. There were no differences between the groups in terms of night-time symptoms, shortness of breath, emergency room visits, asthma hospitalization or asthma diagnosed by a doctor (p = 0.09, 0.28, 0.54, and 0.45. CONCLUSION: The

  4. Living with Aplastic Anemia

    Science.gov (United States)

    ... experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Arrhythmia Blood and Bone Marrow Transplant Blood Tests Blood Transfusion Bone Marrow Tests Fanconi Anemia Heart Failure Other ...

  5. What Is Aplastic Anemia?

    Science.gov (United States)

    ... experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Arrhythmia Blood and Bone Marrow Transplant Blood Tests Blood Transfusion Bone Marrow Tests Fanconi Anemia Heart Failure Other ...

  6. What Causes Aplastic Anemia?

    Science.gov (United States)

    ... experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Arrhythmia Blood and Bone Marrow Transplant Blood Tests Blood Transfusion Bone Marrow Tests Fanconi Anemia Heart Failure Other ...

  7. Fortificação do leite fluido na prevenção e tratamento da anemia carencial ferropriva em crianças menores de 4 anos Fortification of fluid milk for the prevention and treatment of iron defficiency anemia in children under 4 years of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco A. A. Torres

    1996-08-01

    Full Text Available Observou-se a eficácia da fortificação do leite fluido com 3 mg de ferro aminoácido quelato no combate à carência de ferro em crianças menores de quatro anos. Foram acompanhadas 269 crianças que receberam, durante 12 meses, um litro de leite fortificado por dia, e que foram avaliadas a cada 6 meses de acompanhamento. Antes de se iniciar a intervenção, a anemia estava presente em 62,3% das crianças. Após 6 meses, este percentual reduziu-se a 41,8% e, ao final de um ano, a 26,4%. As maiores reduções foram detectadas nas faixas etárias de 12 a 23 meses e em menores de um ano. Das crianças que apresentavam hemoglobinas iniciais inferiores a 9,5 g/dl, 59,3% recuperaram-se da anemia ao final de um ano de acompanhamento. Naquelas com hemoglobinas iniciais entre 9,5 e 10,9 g/dl, o percentual de recuperação da anemia foi de 66,7%. Encontrou-se, ainda, melhores evoluções hematológicas em crianças que ingeriam quantidades superiores a 750 ml/dia de leite fortificado, pertencentes a famílias que não dividiam o suplemento recebido com outros membros e naquelas com apenas uma criança com menos de 5 anos no núcleo familiar. Concluiu-se pela viabilidade e eficácia da fortificação do leite fluido como medida de intervenção no combate à carência de ferro em pré-escolares.The effectiveness of the use of chelate aminoacid iron fortified fluid milk in the treatment of iron deficiency in children under four years of age was studied. The 269 children included in this trial received 1 liter/day of fluid milk fortified with 3 mg of chelate aminoacid iron and were evaluated at six monthly intervals. At the beginning of the study 62.3% of the children presented anemia. After 6 months, this percentage had decreased to 41.8% and at the end of one year to 26.4%. The greatest decreases occurred in the groups comprising the subjects who were of 12 to 23 months of age and those under one year of age. Among the children who presented initial

  8. Alimentos utilizados ao longo da história para nutrir lactentes The history of infant nutrition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Diez Castilho

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Resgatar a história da alimentação infantil, com o intuito de compreender a prática da amamentação. FONTES DOS DADOS: O levantamento bibliográfico foi realizado nas bases MEDLINE, LILACS e SciELO, Internet, enciclopédias, livros científicos e leigos, literatura, arte e história. Foram consultados textos sobre os cuidados com lactentes em diferentes épocas, a história da Medicina, e artigos científicos recentes sobre nutrição infantil. SÍNTESE DOS DADOS: Durante o período pré-industrial, os costumes pouco variaram, e a chance de sobrevivência estava relacionada ao aleitamento materno ou à sua substituição pelo leite de uma ama. Caso isso não fosse possível, os lactentes recebiam leite animal, alimentos pré-mastigados ou papas pobres em nutrientes e contaminadas, que determinavam altos índices de mortalidade. Nada podia substituir a amamentação com sucesso, e dela dependia a sobrevivência da espécie. Com a Revolução Industrial, as mulheres, que costumavam amamentar, foram trabalhar nas fábricas, motivando a busca de alternativas para nutrir os lactentes. O consumo de leite animal e fórmulas (diluídas, farinhas, leite em pó, bem como a introdução precoce de alimentos comprometeram a saúde das crianças. O movimento feminista e a pílula anticoncepcional determinaram queda da natalidade. As fábricas, visando o lucro, desenvolveram fórmulas modificadas e investiram em propaganda. A sociedade reagiu com um movimento de incentivo ao aleitamento. CONCLUSÕES: Atualmente, reconhecem-se as vantagens do leite materno, e recomenda-se aleitamento exclusivo até os 6 meses, complementado com outros alimentos a partir dessa idade até pelo menos os 2 anos. A alimentação infantil, natural ou artificial, sempre foi determinada e condicionada pelo valor social atribuído à amamentação.OBJECTIVE: To retrace the history of infant nutrition with the objective of better understanding breastfeeding. SOURCES

  9. Sobrecarga de ferro transfusional em portadores de anemia falciforme: comparação entre ressonância magnética e ferritina sérica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lécio dos Anjos Bourbon Filho

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar variáveis preditoras de sobrecarga de ferro em portadores de anemia falciforme e correlacionar indicadores bioquímicos e imaginológicos. MATERIAiS E MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal envolvendo 32 portadores de anemia falciforme, que foram submetidos a dosagem sérica de ferro, ferritina e a ressonância magnética do fígado. Foram realizadas cinco sequências gradiente-eco e uma spin-eco. A intensidade de sinal foi obtida em cada sequência pelas médias das regiões de interesse no fígado e musculatura paravertebral para obter a razão da intensidade de sinal (RIS fígado/músculo. A partir da RIS foi obtida a concentração hepática estimada de ferro (CHEF pela fórmula: e[5,808 - (0,877 × T2* - (1,518 × PI], onde T2* é a RIS na sequência com TE de 13 ms e PI é a RIS da sequência com ponderação intermediária. Os pacientes foram agrupados segundo o regime de transfusão de hemácias (regulares mensais versus esporádicas. RESULTADOS: Os grupos transfusionais foram comparados pelas variáveis clínico-laboratoriais, sendo significativas as diferenças entre RIS, CHEF e ferritina sérica: o grupo que recebeu transfusões regulares apresentou sobrecarga de ferro hepático mais intensa. CONCLUSÃO: A ressonância magnética foi ferramenta eficiente para avaliação de sobrecarga hepática de ferro em portadores de anemia falciforme.

  10. Frequência de anemia infecciosa equina em equinos nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará durante o ano de 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carpejane Ferreira Silva

    2013-02-01

    Full Text Available A frequência de equinos soro-reagentes para o vírus da Anemia Infecciosa Equina (AIE foi investigada, durante o ano de 2010, em 5615 animais originários de 209 municípios de três estados do nordeste do Brasil: Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Os soros foram examinados com o emprego do teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA produzido com o antígeno p26. Dos 5615 animais examinados, 151 (2,69% foram soropositivos. As proporções de animais reatores positivos por estado foram: Paraíba (2,86%, Rio Grande do Norte (1,29% e Ceará (3,10%. Tomando-se por base a menor proporção de resultados positivos encontrada no estado do Rio Grande do Norte, o estado da Paraíba apresentou uma odds ratio de 2,64 (IC 95% = 1,33-5,36; p = 0,004 e o Ceará de 2,87 (IC 95% = 1,48-5,71; p = 0,001. Na Paraíba houve o registro de animais soropositivos em todos os meses do ano, com frequência mínima (0,58% em julho e máxima (5,82% em junho; no Rio Grande do Norte de março a maio e de julho a novembro, com variação de 0% em janeiro, fevereiro, junho e dezembro a 3,61% em maio; e no Ceará em todos os meses com frequência mínima (1,10% em agosto e máxima (7,29% no mês de dezembro.

  11. Anemias Hereditárias

    OpenAIRE

    Ferreira, Fátima; Carvalho, Fernanda; Costa, Vítor; Farinha, Nuno; Gil-da-Costa, M.ª João; Norton, Lucília; Reis, Ilidia Lima

    2014-01-01

    Os autores efectuam a revisão das anemias hereditárias da consulta de hematologia pediátrica do Hospital S. João no período compreendido entre 1982 e 1995. Dividem-nas em três grandes grupos: Hemoglobinopatias, Doenças da Membrana do glóbulo rubro e Enzimopatias. Calculam a sua frequência relativa, os parâmetros clínicos e analíticos relevantes no diagnóstico, a abordagem terapêutica e respectiva evolução.Destacam a especificidade desta consulta em que as anemias hereditárias correspondem a 4...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... To Health Topics / Iron-Deficiency Anemia Iron-Deficiency Anemia Also known as Leer en español What Is ... all types of anemia . Signs and Symptoms of Anemia The most common symptom of all types of ...

  13. Anemia of chronic disease

    Science.gov (United States)

    ... this page: //medlineplus.gov/ency/article/000565.htm Anemia of chronic disease To use the sharing features on this page, ... body tissues. There are many types of anemia. Anemia of chronic disease (ACD) is anemia that is found in people ...

  14. Avaliação do estado nutricional de ferro e anemia em crianças menores de 5 anos de creches públicas Nutritional assessment of iron status and anemia in children under 5 years old at public daycare centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cláudia F. Vieira

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de ferro e a prevalência de anemia em crianças menores de 5 anos de creches públicas da cidade do Recife (PE. MÉTODOS: Estudo transversal, com amostra aleatória sistemática de 162 crianças, de 6 a 59 meses. O estado nutricional de ferro foi avaliado em termos de reservas corporais (ferritina sérica, transferrinemia (ferro sérico, capacidade total de ligação do ferro e % de saturação da transferrina, eritropoiese (protoporfirina eritrocitária livre e hemoglobinogênese (hemoglobina. RESULTADOS: A prevalência de anemia (hemoglobina 40 µmol/mol heme em 69,6% (IC95% 61,0-77,1 das crianças. Os parâmetros de ferro não apresentaram correlação com o gênero (p > 0,05. No entanto, crianças 24 meses. A significante correlação observada entre reserva, transferrinemia e eritropoiese representa achado compatível com o esperado ciclo de vida do ferro no organismo. CONCLUSÕES: A deficiência de ferro e a anemia parecem ser um importante problema de saúde pública entre as crianças menores de 5 anos de creches públicas do Recife. Logo, ações efetivas direcionadas à prevenção e ao controle dessa deficiência são fortemente recomendadas nesse contexto ecológico.OBJECTIVE: To assess nutritional iron status and anemia prevalence in children less than 5 years old at public daycare centers in the city of Recife, PE, Brazil. METHODS: A cross-sectional study, with a systematic random sampling of 162 children aged 6 to 59 months. Nutritional iron status was assessed in terms of body iron reserves (serum ferritin, transferrinemia (serum iron, total iron binding capacity, and transferrin saturation %, erythropoiesis (free erythrocyte protoporphyrin and hemoglobin production (hemoglobin. RESULTS: The prevalence of anemia (hemoglobin 40 µmol/mol heme in 69.6% (95%CI 61.0-77.1 of the children. Iron parameters were not correlated with sex (p > 0.05. However, children 24 months. The significant

  15. Diagnosis of iron deficiency anemia in children of Northeast Brazil Diagnóstico de anemia por deficiencia de hierro en niños del Noreste de Brasil Diagnóstico de anemia por deficiência de ferro em crianças do Nordeste do Brasil

    OpenAIRE

    Antonio Geraldo Cidrão Carvalho; Pedro Israel Cabral de Lira; Maria de Fátima Alcântara Barros; Maria Luiza Martins Aléssio; Marília de Carvalho Lima; Marie Annette Carbonneau; Jacques Berger; Claude Louis Léger

    2010-01-01

    OBJECTIVE: To diagnose iron deficiency anemia in children. METHODS: The study was conducted with a sample of 301 children aged six to 30 months attending public daycare centers in the city of Recife, Northeast Brazil, in 2004. The diagnoses of anemia were based on a combination of different hematological and biochemical parameters: hemoglobin, mean corpuscular volume, ferritin, C-reactive protein, transferrin saturation and transferrin receptor. The chi-square test and ANOVA were used in the ...

  16. Dor abdominal aguda como manifestação de violência física em lactente: alerta aos pediatras Dolor abdominal agudo como manifestación de violencia física en lactante: alerta a los pediatras Acute abdominal pain as a manifestation of physical violence in an infant: alert to pediatricians

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Gomes de Souza

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Alertar os pediatras e residentes de Pediatria quanto à possibilidade da ocorrência de violência contra a criança por meio do relato de um caso clínico. DESCRIÇÃO DO CASO: Paciente de 18 meses deu entrada à emergência com dor abdominal e vômitos há 48 horas. O exame abdominal revelou dois orifícios e massa pequena endurecida. O raio X de abdome mostrou imagem compatível com três objetos metálicos. Duas agulhas e um prego sem cabeça foram removidos da cavidade abdominal por meio de laparotomia. COMENTÁRIOS: O diagnóstico foi realizado no segundo atendimento médico, provavelmente por não ter sido aventada a possibilidade de lesão intencional no primeiro. A violência física é um diagnóstico diferencial a ser pensado nos quadros de dor abdominal em crianças. Ressalta-se a importância de aprimorar a formação do residente de Pediatria e dos pediatras em geral para a abordagem da violência contra a criança, de forma que estejam mais preparados para o acionamento da linha de cuidado em situações de violência.OBJETIVO: Alertar a los pediatras y médicos internos en Pediatría respecto a la posibilidad de ocurrencia de violencia contra el niño por medio del relato de un caso clínico. DESCRIPCIÓN DEL CASO: Paciente con 18 meses llevado a la emergencia por dolor abdominal y vómitos hace 48 horas. El examen abdominal reveló dos agujeros y masa pequeña endurecida. Rayo-X abdominal mostró imagen compatible con tres objetos metálicos. Dos agujas y un clavo sin cabeza fueron removidos de la cavidad abdominal mediante laparotomía. COMENTARIOS: El diagnóstico se realizó en la segunda atención médica, probablemente por no haber sido aventada la posibilidad de lesión intencional en la primera atención. La violencia física es un diagnóstico diferencial que se debe tener en cuenta en los cuadros de dolor abdominal en niños. Se subraya la importancia de perfeccionar la formación del médico interno en

  17. Biodisponibilidade do ferro como fator de proteção contra anemia entre crianças de 12 a 16 meses Iron bioavailability as a protective factor against anemia among children aged 12 to 16 months

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Regina Vitolo

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo investiga os fatores dietéticos determinantes da ausência de anemia entre lactentes de famílias de baixo nível socioeconômico submetidos a um programa de intervenção nutricional, bem como a adequação do consumo de ferro de acordo com as recomendações. METODOLOGIA: O estudo compreendeu 369 crianças pertencentes a uma coorte do município de São Leopoldo (RS, as quais foram randomizadas ao nascimento para constituírem dois grupos: intervenção e controle. O grupo intervenção foi submetido a orientações dietéticas no primeiro ano de vida, com visitas domiciliares mensais, e o grupo controle foi visitado aos 6 e 12 meses, sem intervenção dietética. Ao final do primeiro ano de vida, realizou-se inquérito alimentar recordatório de 24 horas. O diagnóstico de anemia foi determinado pelo nível de hemoglobina inferior a 11 g/dL. As dietas das crianças foram classificadas de acordo com a biodisponiblidade do ferro presente. RESULTADOS: A prevalência de anemia encontrada neste estudo foi de 63,7%. A proporção de crianças com consumo adequado em relação às recomendações foi estatisticamente mais elevada no grupo sem anemia (26,8% do que no grupo com anemia (17,7%. As crianças que não apresentaram anemia mostraram maior consumo de ferro (p = 0,019, vitamina C (p = 0,001, densidade energética no jantar (p = 0,006, densidade de ferro por 1.000 calorias (p = 0,045, e 16,3% delas apresentaram dieta com alta biodisponibilidade em ferro (p = 0,002. CONCLUSÕES: A prática alimentar que garante alta biodisponibilidade de ferro protege a criança contra anemia e pode ser usada como proposta de intervenção na rede básica de saúde e no âmbito das secretarias municipais de educação infantil.OBJECTIVE: This study investigates the nutritional factors that determine the absence of anemia in infants from families with a low socioeconomic background submitted to a nutrition intervention program, as well as

  18. Inborn anemias in mice

    International Nuclear Information System (INIS)

    Bernstein, S.E.; Barker, J.E.; Russell, E.S.

    1981-06-01

    hereditary anemias of mice have been the chief objects of investigation. At present under study are four macrocytic anemias, five hemolytic anemias, nonhemolytic microcytic anemia, transitory siderocytic anemia, sex-linked iron-transport anemia, an α-thalassemia, and a new target-cell anemia. Each of these blood dyscrasias is caused by the action of a unique mutant gene, which determines the structure of different intracellular molecules, and thus controls a different metabolic process. Thus our wide range of different hereditary anemias has considerable potential for uncovering many different aspects of hemopoietic homeostatic mechanisms in the mouse. Each anemia is studied through: (a) characterization of peripheral blood values, (b) determinations of radiosensitivity under a variety of conditions, (c) measurements of iron metabolism and heme synthesis, (d) histological and biochemical study of blood-forming tissue, (e) functional tests of the stem cell component, (f) examination of responses to erythroid stimuli, and (g) transplantation of tissue between individuals of differently affected genotypes

  19. Padrão e ritmo de aquisição das habilidades motoras de lactentes pré-termo nos quatro primeiros meses de idade corrigida Pattern and rate of motor skill acquisition among preterm infants during the first four months corrected age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine P. Raniero

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Este estudo objetivou caracterizar o padrão e o ritmo de aquisição das habilidades motoras de lactentes nascidos pré-termo nos quatro primeiros meses de idade corrigida, comparando-os com um grupo de lactentes a termo. MÉTODOS: Participaram do estudo 12 lactentes pré-termo saudáveis, (MD=33,6 semanas de idade gestacional, ± 1,25 e 10 lactentes a termo saudáveis (MD=39,1 semanas de idade gestacional, ± 0,73. Eles foram avaliados mensalmente (zero a quatro meses de idade com o Test of Infant Motor Performance (TIMP. RESULTADOS: O padrão de desempenho motor aumentou ao longo dos meses em ambos os grupos, constatando variabilidade nos escores totais em todas as idades. O grupo pré-termo apresentou escore médio mais elevado do que o a termo entre um e quatro meses de idade. Nesse grupo, o ritmo de aquisição motora foi maior de zero a um do que de três a quatro meses. Verificou-se também que os cuidadores desses lactentes iniciaram a estimulação com brinquedos anteriormente aos cuidadores do grupo a termo. Ambos os grupos apresentaram escores médios inferiores aos do TIMP. CONCLUSÕES: Os lactentes pré-termo apresentaram padrão de desenvolvimento motor semelhante aos típicos quanto à sequência de habilidades adquiridas e ritmo acelerado no período de recém-nascido (RN a um mês de idade. Sugere-se que lactentes pré-termo com essas características não necessitam de correção do grau de prematuridade e que programas de acompanhamento orientem os pais e cuidadores a estimulá-los, desde o primeiro mês, com brinquedos, propiciando a exploração precoce de diversos padrões motores.OBJECTIVES: This study aimed to characterize the pattern and rate of motor skill acquisition among preterm infants from newborn to four months corrected age, in comparison with a group of full-term infants. METHODS: Twelve healthy preterm infants (mean gestational age=33.6 weeks ± 1.25 and 10 healthy full-term infants (mean

  20. Rotulagem de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância Labeling food products for breastfeeding infants and toddlers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheylle Almeida da Silva

    2008-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a conformidade de rótulos de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância, segundo os preceitos da ética e das legislações vigentes. MÉTODOS: Foram analisados 86 rótulos captados por livre acesso, amostragem intencional, distribuídos em: fórmulas infantis para lactentes (n=11, fórmulas de seguimento para lactentes (n=5; alimentos de transição (n=7; alimentos à base de cereais (n=11, leites e alimentos à base de vegetais (n=52 e alimentos comuns usualmente empregados na alimentação desse público (n=13. Foram preenchidos formulários estruturados com itens das Resoluções da Diretoria Colegiada 222/02, 977/98, 40/01, 40/02, 259/02, 23/00 e das Portarias 34/98 e 36/98 para cada alimento. Aplicaram-se os Testes Qui-Quadrado, Exato de Fisher e de Correlação. RESULTADOS: A freqüência de não conformidades na rotulagem específica foi muito maior que na rotulagem geral. A maior freqüência de não conformidades observada foi a apresentação de ilustrações inadequadas nos alimentos (imagens de lactentes ou crianças com figuras humanizadas. Outras inconformidades foram: a presença de expressões como leite humanizado, baby ou frases que dão falsa idéia de vantagem ou segurança; e a ausência de frases obrigatórias e não conformidade quanto à composição do produto. Alimentos que não tinham como designação de venda nenhuma das características de uso comum nesta faixa etária, ou seja, não eram comercializados como tal, como farinha láctea, flocos de cereais e mingaus, apresentavam frases de advertência não necessárias para aquele tipo de produto. CONCLUSÃO: A rotulagem de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância apresenta muitas irregularidades, principalmente no que se refere à rotulagem específica do produto. Essa prática pode repercutir sobre a amamentação. A fiscalização deve ser intensificada, conjuntamente com maiores esclarecimentos às ind

  1. Efeitos da everminação de matrizes e de bezerros lactentes em sistema de produção de bovinos de corte na região de Cerrado Effects of deworming of cow-calf beef herds in brazilian savannas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João B. Catto

    2005-09-01

    Full Text Available Estudou-se o efeito da everminação de vacas no pré-parto e de bezerros antes do desmame, no número de ovos de nematódeos nas fezes (OPG e nos parâmetros produtivos em dois rebanhos de gado de corte na região do Brasil Central. Quatro lotes de vacas prenhes receberam os seguintes tratamentos: T1- vacas e bezerros controle, T2- somente bezerros tratados, T3- somente vacas tratadas antes do parto com ivermectina e T4- vacas e bezerros tratados. Os bezerros dos lotes T2 e T4 foram distribuídos nos seguintes grupos: A- tratados aos 3 a 5 meses de idade com ivermectina de ação prolongada, B- tratados com ivermectina e C- controle. Nas vacas a everminação não diminuiu o OPG durante a lactação, como também não teve efeito significativo na taxa de concepção, no ganho de peso e no peso dos bezerros aos 3 a 5 meses de idade. Os bezerros do Grupo A ganharam até o desmame, 84 a 108 dias após o tratamento, em média 4,2kg (P= 0,0003 e 7,1kg (PThe effect of deworming with ivermectin of cows before calving and of suckling calves on fecal egg counts (EPG and productive performance of two beef cattle herds in Central Brazil was studied. Four groups of pregnant cows received the following treatments: T1- cows and calves not treated, T2- only calves treated, T3- only cows treated, and T4- cows and calves treated. The calves of T2 and T4 were distributed in the following treatments: A- calves treated at 3 to 5 months of age with long action ivermectin, B- treated with ivermectin, and C- control. For the cows, the deworming did not diminish the EPG during lactation and also did not have significant effect on the conception rate, live weight gain and the body weight of their calves at 3 to 5 months of age. The calves of treatment A gained, from the time of treatment to weaning (84 to 108 days, an average of 4.2kg (P=0.0003 and 7.1kg (P<0.0001 more than those of treatment B and C, respectively. The average difference in live weight gain of 2.9kg

  2. Primary hyperparathyroidism and anemia.

    Science.gov (United States)

    Falko, J M; Guy, J T; Smith, R E; Mazzaferri, E L

    1976-08-01

    The frequency of anemia associated with primary hyperparathyroidism is uncertain. When anemia does occur, its mechanisms are obscure. Two patients with primary hyperparathyroidism and moderate normochromic, normocytic, reticulocytopenic anemia were studied in detail. Both had results of ferrokinetic studies that were consistent with the anemia of chronic disease; one had low serum iron concentrations and reduced normoblastic iron incorporation. Anemia in both patients resolved after parathyroidectomy. Clinical records of 100 nonuremic patients with primary hyperparathyroidism were reviewed and three other anemic patients were found. The cause of anemia in two of these individuals was bleeding in the upper gastrointestinal system, and the third had folate deficiency attributable to chronic alchoholism.

  3. Fatores de risco relacionados com o desempenho de leitões lactentes em granjas de suínos da região norte do Paraná The relation of the risk factors on the suckling piglets performance in farms of north Parana state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio Abércio da Silva

    1998-12-01

    Full Text Available Foram avaliadas 18 granjas de suínos, sob sistema confinado, na região norte do estado do Paraná, no ano de 1994. Em cada criação, foram acompanhadas no mínimo seis matrizes e suas respectivas leitegadas do nascimento até o desmame. Foram estudadas 4 variáveis objetivas (presença de diarréia nos leitões, taxa de mortalidade, coeficiente de variação do peso ao desmame e o ganho de peso médio diário até o desmame e 16 variáveis explicativas: amplitude térmica diária na maternidade, vazio sanitário, condição nutricional das porcas, percentagem de abertura da maternidade, presença de forro na instalação, temperatura mínima interna, área da cela parideira, utilização de escamoteador, assistência ao parto, aleitamento coletivo, parasitismo intestinal, número de leitegadas por sala, número médio de leitões nascidos vivos, peso médio ao nascer, presença de onfalite e utilização de vacina contra colibacilose. As variáveis foram avaliadas através do programa ECOSUI desenvolvido pela EMBRAPA/CNPSA. Os principais fatores de risco encontrados, presentes em mais de 50% das granjas, foram: ausência de forro, elevada temperatura mínima interna com amplas variações térmicas diárias, reduzida área disponível por porca e sua leitegada, falta de vazio sanitário entre lotes, presença de parasitismo intestinal, salas de maternidade com número excessivo de celas pandeiros, alta freqüência de onfalite e não vacinação contra colibacilose nas porcas. Conseqüentemente, a freqüência de granjas que atingiram os objetivos de ganho de peso diário dos leitões (9/17, do coeficiente de variação de peso ao desmame (0/18, de ocorrência de diarréia (8/18 e de taxa de mortalidade de leitões (5/17 foi relativamente baixa. Estes dados indicam que no exercício da medicina veterinária preventiva esforços devem ser direcionados no sentido de corrigir os fatores de risco acima descritos, para possibilitar aos produtores

  4. Estimulação ambiental e uso do andador infantil por lactentes com desenvolvimento normal Environmental stimulation and use of a children's baby walkers by infants with normal development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karolina Alves de Albuquerque

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar a quantidade e qualidade de estímulos ambientais disponíveis para lactentes com desenvolvimento normal que fizeram uso do andador infantil anteriormente à aquisição da marcha independente. MÉTODOS: estudo transversal, com 24 lactentes distribuídos em dois grupos, sendo 12 do grupo exposto ao andador infantil (AI e 12 do grupo não-exposto (C, mantendo-se equivalência entre grupos em idade, sexo e nível sócio econômico da família. O teste Observation for Measurement of the Environment (HOME documentou os estímulos oferecidos pelo ambiente. Teste-t de Student para amostras independentes comparou os escores médios do teste HOME de ambos os grupos, considerando o nível de significância α=0,05. RESULTADOS: diferenças no teste HOME foram observadas, tendo o grupo AI obtido escores superiores ao grupo C (p=0,014, com efeito de magnitude fraca (d=0,24. CONCLUSÕES: o uso do voador infantil no período pré-aquisição da marcha por lactentes com desenvolvimento normal, pode estar associado a ambientes domiciliares mais estimuladores.OBJECTIVES: to evaluate the quantity and quality of environmental stimuli available to infants with normal development who use a baby walkers prior to learning to walk by themselves. METHODS: a cross-sectional study was carried out with 24 infants distributed into two groups of twelve: one group of children who had used a baby walkers (BW and 12 who had not (C, with the children in both groups being of equivalent ages, sex, and socio-economic background. The Home Observation for Measurement of the Environment (HOME test provided a documentary Record of the stimuli provided by the environment. Student's t-test for independent samples was used to compare the mean scores on the HOME test of both groups, considering the level of significance to be α=0.05. RESULTS: differences in the HOME scores, with the BW group obtaining higher scores than the control group (p=0.014, with a low magnitude

  5. Educação para a genética em saúde pública: um estudo de caso sobre a anemia falciforme Genetics education in public health: a case study on sickle cell anaemia in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Debora Diniz

    2005-04-01

    Full Text Available A anemia falciforme é a doença genética de maior prevalência na população brasileira e comumente apontada como uma questão de saúde pública. O Brasil tem investido na elaboração de ações no campo da anemia falciforme, dentre as quais se encontram ações educativas. Este artigo analisa alguns dos impactos causados pelas informações contidas no folheto educativo Anemia falciforme: um problema nosso, do Ministério da Saúde. O objetivo foi descrever e analisar como, após a leitura do folheto, pessoas com diferentes níveis de escolaridade compreendem a distinção entre traço e a anemia falciforme e como mensuram o risco reprodutivo de casais com o traço falciforme. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário aplicado com 1.007 pessoas, em 11 cidades brasileiras, no período de junho a setembro de 2003. Os dados revelam que: a educação formal é fator fundamental para compreensão do folheto; a confusão entre traço e anemia falciformes permanece apesar de o folheto destacar a diferença entre ambas; e o risco reprodutivo de nascimento de futuras crianças com anemia falciforme é sobrevalorizado. Os resultados apontam para a tensão entre estratégias de prevenção de doenças e de promoção da autonomia reprodutiva, uma característica da nova genética.The sickle cell anaemia is the genetic disease with the highest prevalence in Brazil and it is considered a public health matter. Brazil has proposed medical actions to control sickle cell anaemia. This paper analyses some impacts of the educative brochure Anemia falciforme: um problema nosso (Sickle Cell Anaemia: a collective question, edited by the Brazilian Health Ministry. The aim of this paper is to describe and analyse how, after reading the brochure, people with different levels of education understand the difference between trace and sickle cell anaemia, and how they measure the reproductive risk of couples with the trace. The gather of information

  6. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... at 1 year of age. Women and Girls Women of childbearing age may be tested for iron-deficiency anemia, especially if they have: A history of iron-deficiency anemia Heavy blood loss during ...

  7. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... condition. Women Women of childbearing age are at higher risk for iron-deficiency anemia because of blood ... iron-deficiency anemia. Pregnant women also are at higher risk for the condition because they need twice ...

  8. Anemia in the Newborn

    Science.gov (United States)

    ... Version Blood Problems in Newborns Anemia in the Newborn Hemolytic Disease of the Newborn Polycythemia in the Newborn (See ... faster. Blood Problems in Newborns Anemia in the Newborn Hemolytic Disease of the Newborn Polycythemia in the Newborn NOTE: ...

  9. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... absorb iron from the gastrointestinal tract (GI tract). Blood loss When you lose blood, you lose iron. ... other conditions that can cause iron-deficiency anemia. Blood tests to screen for iron-deficiency anemia To ...

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron-deficiency anemia early in life affects later behavior, thinking, and mood during adolescence. Treating anemia in ... and is recruiting by invitation only. View more information about Donor Iron Deficiency Study - Red Blood Cells ...

  11. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... the first prenatal visit. For pregnant women, medical care during pregnancy usually includes screening for anemia. Also, ... while checking for other problems. Specialists Involved Primary care doctors often diagnose and treat iron-deficiency anemia. ...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... and young children and women are the two groups at highest risk for iron-deficiency anemia. Outlook Doctors usually can successfully treat iron-deficiency anemia. Treatment ... ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... items, such as ice, dirt, paint, or starch. Restless legs syndrome Shortness of breath Weakness Complications Undiagnosed or ... Changes Heart Failure Hemolytic Anemia Hemophilia Pernicious Anemia Restless Legs Syndrome Von Willebrand Disease Other Resources NHLBI resources ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... apply to all types of anemia . Signs and Symptoms of Anemia The most common symptom of all ... growth and development, and behavioral problems. Signs and Symptoms of Iron Deficiency Signs and symptoms of iron ...

  15. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... deficiency anemia can cause serious complications, including heart failure and development delays in children. Explore this Health ... to iron-deficiency anemia include: End-stage kidney failure, where there is blood loss during dialysis. People ...

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... can lead to several conditions: irregular heartbeats called arrhythmias , a heart murmur , an enlarged heart, or even ... More Information Related Health Topics Anemia Aplastic Anemia Arrhythmia Blood Donation Blood Tests Blood Transfusion Heart-Healthy ...

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... drawings also can cause iron-deficiency anemia. Poor Diet The best sources of iron are meat, poultry, ... more likely to develop iron-deficiency anemia. Vegetarian diets can provide enough iron if you eat the ...

  18. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... heavy menstrual periods. Individuals with a gene for hemophilia, including symptomatic female carriers who have heavy menstrual ... Heart-Healthy Lifestyle Changes Heart Failure Hemolytic Anemia Hemophilia Pernicious Anemia Restless Legs Syndrome Von Willebrand Disease ...

  19. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Hemophilia Pernicious Anemia Restless Legs Syndrome Von Willebrand Disease Other Resources NHLBI resources Your Guide to Anemia [PDF, 1.54MB] Cardiovascular Health Study Recipient Epidemiology Donor Studies (REDS) program ...

  20. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... risk for the condition. Women Women of childbearing age are at higher risk for iron-deficiency anemia ... periods. About 1 in 5 women of childbearing age has iron-deficiency anemia. Pregnant women also are ...

  1. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron-deficiency anemia can lead to heart problems, infections, problems with growth and development in children, and ... of the mouth, an enlarged spleen, and frequent infections. People who have iron-deficiency anemia may have ...

  2. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... for iron-deficiency anemia. Lifestyle habits Certain lifestyle habits may increase your risk for iron-deficiency anemia, including: Vegetarian or vegan eating patterns. Not eating enough iron-rich foods, such ...

  3. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... have iron-deficiency anemia, you'll have a high level of transferrin that has no iron. Other ... may include dietary changes and supplements, medicines, and surgery. Severe iron-deficiency anemia may require a blood ...

  4. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... and paler than normal when viewed under a microscope. Different tests help your doctor diagnose iron-deficiency ... if you have iron-deficiency anemia or another type of anemia. You may be diagnosed with iron- ...

  5. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... and other symptoms. Severe iron-deficiency anemia can lead to heart problems, infections, problems with growth and ... Internal bleeding (bleeding inside the body) also may lead to iron-deficiency anemia. This type of blood ...

  6. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... also may help treat iron-deficiency anemia. Medical History Your doctor will ask about your signs and ... much of the transferrin in your blood isn't carrying iron. If you have iron-deficiency anemia, ...

  7. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... information, go to the Health Topics Blood Transfusion article. Iron Therapy If you have severe anemia, your ... and children talk about their experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Blood Tests ...

  8. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron-deficiency anemia early in life affects later behavior, thinking, and mood during adolescence. Treating anemia in ... Visit Children and Clinical Studies to hear experts, parents, and children talk about their experiences with clinical ...

  9. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron-fortified foods that have iron added. Vegetarian diets can provide enough iron if you choose nonmeat ... Anemia in Chronic Kidney Disease (National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases) Avoiding Anemia (National ...

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... specialists also may help treat iron-deficiency anemia. Medical History Your doctor will ask about your signs ... information, go to the Health Topics Blood Transfusion article. Iron Therapy If you have severe anemia, your ...

  11. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... conditions that can cause iron-deficiency anemia. Blood tests to screen for iron-deficiency anemia To screen ... the size of your liver and spleen. Blood tests Based on results from blood tests to screen ...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... effects on brain health, the American Academy of Pediatrics recommends testing all infants for anemia at 1 ... heart murmur , an enlarged heart, or even heart failure . In infants and young children, signs of anemia ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... and pregnancy. Good sources of iron are meat, poultry, fish, and iron-fortified foods that have iron ... Anemia Restless Legs Syndrome Von Willebrand Disease Other Resources NHLBI resources Your Guide to Anemia [PDF, 1. ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron-deficiency anemia may require treatment in a hospital, blood transfusions , iron injections, or intravenous iron therapy. ... Treatment may need to be done in a hospital. The goals of treating iron-deficiency anemia are ...

  15. Anemia in the Newborn

    Science.gov (United States)

    ... Overview of Biliary Atresia Additional Content Medical News Anemia in the Newborn By Andrew W. Walter, MS ... for the Professional Version Blood Problems in Newborns Anemia in the Newborn Hemolytic Disease of the Newborn ...

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... less hemoglobin than normal. Iron-deficiency anemia can cause fatigue (tiredness), shortness of breath, chest pain, and ... iron-deficiency anemia. Treatment will depend on the cause and severity of the condition. Treatments may include ...

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... advised. Treatments for Severe Iron-Deficiency Anemia Blood Transfusion If your iron-deficiency anemia is severe, you may get a transfusion of red blood cells. A blood transfusion is ...

  18. The Anemias of Athletes.

    Science.gov (United States)

    Eichner, Edward R.

    1986-01-01

    Diagnosing anemia in athletes is complicated because athletes normally have a pseudoanemia that needs no treatment. Athletes, however, can develop anemia from iron deficiency or footstrike hemolysis, which require diagnosis and treatment. (Author/MT)

  19. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... endoscopy or colonoscopy, to stop bleeding. Healthy lifestyle changes To help you meet your daily recommended iron ... iron-deficiency anemia early in life affects later behavior, thinking, and mood during adolescence. Treating anemia in ...

  20. Sickle cell anemia.

    OpenAIRE

    ŘÍHOVÁ, Tereza

    2013-01-01

    This thesis is about the disease called sickle cell anemia, or drepanocytosis. In this thesis is described the history of the disease, pathophysiology, laboratory features, various clinical features, diferencial diagnosis, quality of life in sickle cell anemia and therapy.

  1. Sickle cell anemia

    Science.gov (United States)

    Anemia - sickle cell; Hemoglobin SS disease (Hb SS); Sickle cell disease ... Sickle cell anemia is caused by an abnormal type of hemoglobin called hemoglobin S. Hemoglobin is a protein inside red blood cells ...

  2. Side Effects: Anemia

    Science.gov (United States)

    Anemia is a side effect of cancer treatments, including chemotherapy and radiation therapy. It can make women and men feel fatigued, dizzy, and short of breath. Learn how to manage fatigue caused by anemia during cancer treatment.

  3. Vitamin Deficiency Anemia

    Science.gov (United States)

    ... are unique to specific vitamin deficiencies. Folate-deficiency anemia risk factors include: Undergoing hemodialysis for kidney failure. ... the metabolism of folate. Vitamin B-12 deficiency anemia risk factors include: Lack of intrinsic factor. Most ...

  4. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... as ice, dirt, paint, or starch. Restless legs syndrome Shortness of breath Weakness Complications Undiagnosed or untreated ... Failure Hemolytic Anemia Hemophilia Pernicious Anemia Restless Legs Syndrome Von Willebrand Disease Other Resources NHLBI resources Your ...

  5. Postural control of small for gestational age infants born at term Controle postural de lactentes nascidos a termo pequenos para a idade gestacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D Campos

    2007-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: This study compared the postural control of small (SGA and appropriate (AGA for gestational age infants born at term, at the ages of 3, 6, 9 and 12 months. METHOD: This was a cohort study of infants born at term, with birth weight less than the 10th percentile for the SGA group and between the 10th and 90th percentiles for the AGA group. Infants with genetic syndromes, malformations, congenital infections and internment in neonatal intensive care unit were excluded. The evaluation instrument was the Alberta Infant Motor Scale. RESULTS: Comparison of the SGA and AGA groups did not show any significant differences (p>0.05 at the assessment times. However, the postural control of the SGA group was influenced by the gestational age (r=-0.83; p= 0.006 and 5th minute Apgar (r= 0.79; p= 0.01 in the 3rd month, and by maternal occupation (r= 0.67; p= 0.01 in the 6th month. CONCLUSION: It was concluded that the postural control was similar in the groups. However, the postural control of the SGA group was influenced by biological and environmental factors.OBJETIVO: Este estudo teve por objetivo comparar o controle postural de lactentes nascidos a termo, pequenos (PIG e adequados para a idade gestacional (AIG nos 3º, 6º, 9º e 12º meses. MÉTODO: Estudo longitudinal de lactentes nascidos a termo, com peso de nascimento menor que o percentil 10 para o grupo PIG e entre o percentil 10 e 90 para o grupo AIG. Síndromes genéticas, más-formações, infecções congênitas e internados em unidade de terapia intensiva neonatal foram excluídos. O instrumento de avaliação foi Alberta Infant Motor Scale. RESULTADOS: A comparação do grupo PIG e AIG não mostrou diferença significativa (p> 0,05 nos meses avaliados. Entretanto, o controle postural do grupo PIG foi influenciado pela idade gestacional (r= -0,83/p= 0,006 e Apgar de 5' (r= 0,79/p= 0,01 no 3º mês; e pela ocupação materna (r= 0,67/p= 0,01 no 6º mês. CONCLUSÃO: Concluiu-se que o

  6. Ocorrência simultânea de síndrome de Evans e anemia falciforme em uma criança de 2 anos Simultaneous occurrence of Evans syndrome and sickle cell anemia in a 2 year-old child

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Alexandre Brito

    2012-04-01

    Full Text Available A associação entre anemia falciforme (AF e síndrome de Evans (SE parece ser rara. Esse estudo objetivou relatar o caso de uma criança com AF e SE. A paciente R. M. S. S., 2 anos de idade, foi admitida em um centro hematológico apresentando hemorragia de mucosa, leucometria 20,3 × 10(9/l, hemoglobina 4,6 g/dl e plaquetas 28 × 10(9/l. Posteriormente, realizou-se mielograma, que evidenciou hipercelularidade eritroide, sugerindo hemólise. Teste positivo da antiglobulina direcionou o diagnóstico para SE. Iniciou-se pulsoterapia com corticoide até regularização da plaquetometria. Hemácias em foice foram visualizadas no esfregaço sanguíneo; eletroforese de hemoglobina revelou fenótipo SS. A associação parece ter sido fortuita e gerou quadro grave, que deve ser reconhecido prontamente.The association of sickle cell anemia (SCA and Evans syndrome (ES seems to be uncommon. This study aimed to report a case of a child with SCA and SE. 2 year-old R. M. S. S. was admitted into a hematologic center with mucosal bleedings. Exam results revealed leucocyte 20.3 × 10(9/l, hemoglobin 4.6 g/dl, and platelets 28 × 10(9/l. Subsequently, myelogram was performed and showed erythroid-hypercellularity, which suggested hemolysis. Positive antiglobulin test corroborated the diagnosis of ES. Corticosteroid pulse therapies were conducted until normalization of platelet count. Sickle cells were detected in blood smears and hemoglobin electrophoresis revealed SS phenotype. Despite the fact the association appears to occur randomly, it causes severe clinical symptoms, which must be promptly recognized.

  7. Hipovitaminose A e anemia ferropriva em gestantes de duas comunidades do Vale do Ribeira (Estado de São Paulo, Brasil Vitamin A deficiency and iron deficiency anemia in pregnant women of two communities of the Ribeira River Valley (State of S. Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José Roncada

    1975-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar deficiências de vitamina A e de ferro em mulheres grávidas, a nível de comunidade, estudou-se 60 gestantes, residentes na zona urbana de Apiaí e Ribeira (Estado de São Paulo, através de inquérito bioquímico, realizando-se dosagens séricas de beta-caroteno, vitamina A, hemoglobina, ferro sérico e capacidade de ligação de ferro, bem como determinação do hematócrito. Os resultados foram comentados e apontaram não haver hipovitaminose A nesta amostra, apesar de haver grande proporção de resultados de caroteno sérico considerados não-normais. Houve maior prevalência de anemia entre gestantes de Ribeira. A comparação dos resultados obtidos entre as gestantes com respectivos grupos-testemunha, apontou freqüência maior de casos considerados não-normais entre as primeiras, em todos os coeficientes levantados.The present study was carried out on sixty pregnant women residing in the urban area of the cities of Apiaí and Ribeira, State of S. Paulo. Samples were taken from each subject in order to study blood levels of beta-carotene, vitamin A, hemoglobin, serum iron and iron binding capacity as well as packed cell volume, with the objective of studying vitamin A and iron deficiency. The results showed that vitamin A deficiency was absent although a large proportion of carotene levels was abnormal. Regarding anemia, prevalence was higher in Ribeira residents. Refering all results to a control group, it was found that frequency was higher in the sample subjects.

  8. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Home / < Back To Health Topics / Iron-Deficiency Anemia Iron-Deficiency Anemia Also known as Leer en español ... bleeding Consuming less than recommended daily amounts of iron Iron-deficiency anemia can be caused by getting ...

  9. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... for iron-deficiency anemia if you have certain risk factors , including pregnancy. To prevent iron-deficiency anemia, your doctor may recommend you eat heart-healthy foods or control other conditions that can cause iron-deficiency anemia. ...

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Medicine (TOPMed) Program Non-NHLBI resources Anemia (National Library of Medicine, MedlinePlus) Anemia in Chronic Kidney Disease ( ... Supplement Fact Sheet (NIH) Iron-Deficiency Anemia (National Library of Medicine, MedlinePlus) Building 31 31 Center Drive ...

  11. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... anemia if you have certain risk factors , including pregnancy. To prevent iron-deficiency anemia, your doctor may recommend you eat heart- ... infections Motor or cognitive development delays in ... with chronic conditions, iron-deficiency anemia can make their condition worse or result ...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... if you are diagnosed with iron-deficiency anemia. Risk Factors You may have an increased risk for iron- ... for iron-deficiency anemia if you have certain risk factors , including pregnancy. To prevent iron-deficiency anemia, your ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... exploring about iron-deficiency anemia. Read more New treatments for disorders that lead to iron-deficiency anemia. We are ... and other pathways. This could help develop new therapies for conditions that ... behavior, thinking, and mood during adolescence. Treating anemia in ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... who have iron-deficiency anemia develop restless legs syndrome (RLS). RLS is a disorder that causes a ... Topics Anemia Blood Tests Blood Transfusion Restless Legs Syndrome Other Resources Non-NHLBI Resources Anemia (MedlinePlus) "Dietary ...

  15. Iron deficiency anemia

    Science.gov (United States)

    Anemia - iron deficiency ... iron from old red blood cells. Iron deficiency anemia develops when your body's iron stores run low. ... You may have no symptoms if the anemia is mild. Most of the time, ... slowly. Symptoms may include: Feeling weak or tired more often ...

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... be at risk for iron-deficiency anemia. Lifestyle habits Certain lifestyle habits may increase your risk for iron-deficiency anemia, ... prevention and treatment of heart, lung, blood, and sleep disorders, including iron-deficiency anemia. Learn about the ...

  17. Acidente Vascular Cerebral Isquémico num Lactente Filho de Mãe Vegana

    OpenAIRE

    Amaral, Joana; Ezequiel, Marta; Luís, Catarina

    2018-01-01

    O acidente vascular cerebral é uma doença rara na infância (2,7 por 100 000 crianças por ano). A hiperhomocisteinemia é um fator de risco independente para a aterosclerose prematura, sendo habitualmente secundário a mutações na enzima metiltetrahidrofolato redutase ou défice de vitamina B12, na idade pediátrica. Descreve-se o caso clínico de um lactente de 10 meses, observado no serviço de urgência por queda da própria altura, com diminuição dos movimentos espontâneos do hemicorpo esquerdo e ...

  18. Anemia ferropriva em populações da região sul do Estado de São Paulo Iron deficiency anaemia in populations of the Southern area of the State of S. Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sophia Cornblüth Szarfarc

    1972-06-01

    Full Text Available Foi feito um levantamento da ocorrência de anemia ferropriva no Vale do Ribeira, nas localidades de Iguape, Apiaí, Ribeira, Barra do Chapéu e Pontal do Ribeira, através de dosagens, no sangue, de Hemoglobina, Hematócrito, Ferro sérico e Capacidade de Ligação de Ferro. Na mesma amostra populacional, pelo estudo da composição dos alimentos consumidos, foi obtida a ingestão de ferro, média, diária, "per capita" nas seis localidades referidas. Os resultados da adequação de consumo foram: em Iguape, 91%; Pontal do Ribeira, 63%; Icapara, 81%; Apiaí, 122%; Ribeira, 99% e em Barra do Chapéu, 125%. Através dos índices aplicados, evidenciou-se a existência de anemia como problema de Saúde Pública na grande maioria das áreas estudadas.A study of iron deficiency anaemia in seaside and mountain population of the southern area of the state of S. Paulo, Brazil, was carried out. The towns studies were, Iguape, Pontal do Ribeira, Icapara, Apiai, Ribeira and Barra do Chapeu. Studying the composition of food-stuff consumed a "per capita" average iron consumption was stablished for each town. Results showed that consumption of iron in Iguape was 91% of minimum needs, Pontal do Ribeira, 63%, Icapara, 81%, Apiai, 122%, Ribeira, 99% and Barra do Chapeu, 125%. It was found that in most localities iron deficiency anaemia constitutes a public health problem.

  19. [Iron dysregulation and anemias].

    Science.gov (United States)

    Ikuta, Katsuya

    2015-10-01

    Most iron in the body is utilized as a component of hemoglobin that delivers oxygen to the entire body. Under normal conditions, the iron balance is tightly regulated. However, iron dysregulation does occasionally occur; total iron content reductions cause iron deficiency anemia and overexpression of the iron regulatory peptide hepcidin disturbs iron utilization resulting in anemia of chronic disease. Conversely, the presence of anemia may ultimately lead to iron overload; for example, thalassemia, a common hereditary anemia worldwide, often requires transfusion, but long-term transfusions cause iron accumulation that leads to organ damage and other poor outcomes. On the other hand, there is a possibility that iron overload itself can cause anemia; iron chelation therapy for the post-transfusion iron overload observed in myelodysplastic syndrome or aplastic anemia improves dependency on transfusions in some cases. These observations reflect the extremely close relationship between anemias and iron metabolism.

  20. Tuberculose associada a nefrocalcinose em um lactente = Tuberculosis associated with nephrocalcinosis in an infant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Afonso, Paula

    2014-01-01

    Conclusões: Este caso clínico destaca-se pela forma incomum de apresentação da tuberculose, com a presença de nefrocalcinose. As perturbações do metabolismo do cálcio associadas à tuberculose são raras, mas têm implicação no seguimento e no prognóstico

  1. Anemia in Chronic Kidney Disease

    Science.gov (United States)

    ... artérielle Heart Disease Mineral & Bone Disorder Anemia in Chronic Kidney Disease What is anemia? Anemia is a condition in ... as they should. How is anemia related to chronic kidney disease? Anemia commonly occurs in people with chronic kidney ...

  2. Un esquema conceptual para identificar localidades com poblaciones em riesgo de anemia y desnutrición crónica

    OpenAIRE

    Vesga Varela, Andrea Liliana; Pachón, Helena; Hyman, Glenn; Monserrate Rojas, Fredy Alexander; Zapata-Caldas, Emmanuel

    2015-01-01

    Datos nacionales e incluso departamentales de anemia y desnutrición crónica se recolectan con periodicidad. Es raro encontrar datos a nivel municipal del estado nutricional de una población, información necesaria para focalizar intervenciones. Un esquema conceptual se desarrolló, aplicó y válido. Datos bioquímicos (prevalencia departamental de hemoglobina infantil < 11 g/dL), antropométricos (prevalencia departamental de talla/edad infantil < -2 Desviación Estándar) y socioeconómicos (a nivel...

  3. A ingestão de prébioticos previne a malabsorção de ferro e anemia induzidas pela gastrectomia?: Estudo experimental em ratos Ingestion of prebiotics prevents gastrectomy-induced iron malabsorption and anemia ?: Experimental study in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisvânia Freitas dos Santos

    2011-03-01

    Full Text Available RACIONAL: Ratos gastrectomizados desenvolvem anemia, e a ingestão de galactooligossacarídeo (GOS e a polidextrose (PDX aumenta a absorção de ferro e promove a recuperação da anemia em ratos com deficiência de ferro. OBJETIVO: Avaliar se GOS e PDX estimulam a absorção de ferro em ratos gastrectomizados e normais. MÉTODOS: Os ratos foram laparotomizadas (controle falso-operado e parcialmente gastrectomizados (Billroth II em grupos de 20 animais. Os animais de ambos os tratamentos foram posteriormente submetidos à dieta controle (AIN-93M ou a mesma dieta suplementada com GOS e PDX (25 g/kg de dieta cada durante oito semanas e divididos em quatro subgrupos: sham-operados e gastrectomizados sem GOS e PDX, sham-operados e gastrectomizados com GOS e PDX. Dois animais morreram durante o experimento. Todos os ratos gastrectomizados receberam uma injeção intramuscular de vitamina B-12 a cada duas semanas. Hematócrito (HCT e concentração de hemoglobina (HGB foram dosados no início e nos dias 30 e 56 dias após o início da alimentação. No último dia do estudo, o sangue total foi coletado para determinação da concentração de ferro sérico. RESULTADOS: Na dieta com GOS e PDX a excreção de ferro nas fezes foi significativamente menor do que no grupo sem prebióticos. Absorção aparente de ferro e ferro sérico foram maiores nos grupos alimentados com GOS e PDX (ambos grupos: sham operados e gastrectomizados do que nos grupos não alimentados com GOS e PDX. O HCT e HGB foram significativamente menores nos ratos gastrectomizados que no grupo controle, entretanto, a suplementação com GOS e PDX melhorou os níveis de HGB neste grupo. CONCLUSÃO: A associação de GOS e PDX aumenta a absorção de ferro em ratos shamoperados e gastrectomizados e ainda previne a anemia pós-gastrectomia.BACKGROUND: The ingestion of two prebiotics, galactooligosaccharide (GOS and polydextrose (PDX, leads to an increase in iron absorption and promotes

  4. Iron deficiency anemia and megaloblastic anemia in obese patients

    OpenAIRE

    Arshad Mahmoud; Jaberian Sara; Pazouki Abdolreza; Riazi Sajedeh; Rangraz Maryam Aghababa; Mokhber Somayyeh

    2017-01-01

    Background. The association between obesity and different types of anemia remained uncertain. The present study aimed to assess the relation between obesity parameters and the occurrence of iron deficiency anemia and also megaloblastic anemia among Iranian population.

  5. Efeito da fortificação de farinhas com ferro sobre anemia em pré-escolares, Pelotas, RS Effect of iron fortification of flour on anemia in preschool children in Pelotas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cecília Formoso Assunção

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: A fortificação de farinhas com ferro foi estabelecida por lei no Brasil, em 2004. O objetivo do estudo foi avaliar o impacto da fortificação sobre nível de hemoglobina em crianças menores de seis anos. MÉTODOS: O estudo foi realizado em Pelotas, RS, sendo uma série temporal com três avaliações a cada 12 meses. Em maio de 2004, antes da fortificação das farinhas, foram medidos níveis de hemoglobina em amostra probabilística de 453 crianças. Após 12 e 24 meses, foram estudadas amostras de 923 e 863 crianças, respectivamente. RESULTADOS: Os três grupos estudados foram comparáveis em relação a características demográficas e socioeconômicas. No estudo de linha de base, as médias de hemoglobina foram 11,3±2,8 g/dL. Após a fortificação esses valores foram 11,2±2,8 (12 meses e 11,3±2,5 g/dL (24 meses, não havendo diferença estatisticamente significativa entre os três momentos estudados (p=0,16. CONCLUSÕES: Nenhum efeito da fortificação foi observado nos níveis de hemoglobina das crianças estudadas, o que pode ser parcialmente explicado pelo consumo insuficiente de farinhas e/ou pela baixa biodisponibilidade do ferro adicionado.OBJECTIVE: Iron fortification of flour has been sanctioned by the Brazilian government since 2004. The objective of the study was to assess the impact of flour fortification on hemoglobin level in children under six. METHODS: A time-series study was carried out in Pelotas, southern Brazil, consisting of three assessments at a 12-month interval. In May 2004, before flour fortification, hemoglobin measurements were obtained in a probabilistic sample of 453 children. Twelve and 24 months later, samples of 923 and 863 children were studied, respectively. RESULTS: The three groups studied were comparable in terms of demographic and socioeconomic characteristics. At baseline, mean hemoglobin was 11.3±2.8 g/dL. In the post-fortification period, means were 11.2±2.8 (at 12 months and 11

  6. Hábitos de sono relacionados à síndrome da morte súbita do lactente: estudo populacional Sleeping habits related to sudden infant death syndrome: a population-based study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Teresinha Consalter Geib

    2006-02-01

    Full Text Available O estudo transversal, que descreve os hábitos de sono com risco potencial para a síndrome da morte súbita do lactente, incluiu todas as crianças nascidas vivas em 2003, em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil, com coleta de dados nas Declarações de Nascidos Vivos e em entrevistas, analisados com estatística descritiva e teste de qui-quadrado. Dos 2.634 nascidos vivos, selecionaram-se 2.285 (86,75%, com exclusão de 8,4% e perda de 5,2%. Dentre os hábitos protetores, constatou-se, em 77% dos lactentes, uso de vestuário adequado, 90% envolvidos frouxamente, 69% com cobertas de espessura fina, 98% dormindo no quarto dos pais e 56%, no berço. Dos hábitos com potencial risco, observaram-se decúbito lateral (92%, uso de travesseiro (88% e os pés distanciados da borda inferior do berço (96%. Nas classes econômicas pobres, o hábito da criança de compartilhar a cama foi significativo (p = 0,00. Assim, num município com baixa prevalência de síndrome da morte súbita, os lactentes são expostos tanto a hábitos de sono protetores como de risco, sugerindo que, em populações desfavorecidas de países em desenvolvimento, outros fatores de risco dessa síndrome devam ser considerados.This cross-sectional study on sleeping habits with potential risk for sudden infant death syndrome included all live births in Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brazil, in 2003 with data collection from Certificates of Live Birth and interviews, analyzed with descriptive statistics and the qui-squared test. From the 2,634 live births, 2,285 children were selected (86.75%, with 8.4% exclusion and 5.2% losses. Protective habits included 77% of infants with appropriate clothing, 90% loosely wrapped, 69% with thin blankets, 98% sleeping in the parents' bedroom, and 56% in the crib. Potentially risky habits included lateral decubitus (92%, use of a pillow (88%, and feet far from the lower edge of the crib (96%. Among low-income families, bed-sharing with other

  7. Clinical, hematological, and molecular characterization of sickle cell anemia pediatric patients from two different cities in Brazil Caracterização clínica, hematológica e molecular de crianças portadoras da anemia falciforme em duas diferentes cidades do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isa Menezes Lyra

    2005-08-01

    Full Text Available This study focused on clinical, hematological, and molecular aspects of sickle cell anemia pediatric patients from two different cites in Brazil. Seventy-one patients from São Paulo and Salvador, aged 3 to 18 years, were evaluated. Hematological analyses, betaS globin gene haplotypes, and alpha2 3.7kb-thalassemia were performed. Numbers of hospitalizations due to vaso-occlusive crises, infections, stroke, and cholelithiasis were investigated. São Paulo had more hospitalizations from vaso-occlusion, cholelithiasis, and stroke than Salvador. The Ben/CAR genotype predominated in both cities. alpha2 3.7kb-thalassemia had a frequency of 28.2% in Salvador, mostly with Ben/CAR genotype (45.0%, while São Paulo had 22.5% with similar frequencies of the Ben/ CAR and CAR/CAR genotypes. Sickle cell anemia patients from São Paulo also had more episodes of stroke, which was observed among CAR/CAR, atypical, and BEN/CAR haplotypes. In Salvador stroke was only observed in the Ben/CAR genotype. Cholelithiasis had similar frequencies in the two cities. These data suggest a milder phenotype among patients in Salvador, possibly due to genetic, environmental, and socioeconomic factors. Further studies are needed to elucidate modulating factors and phenotype association.O objetivo desse estudo foi avaliar aspectos clínicos, hematológicos e moleculares de pacientes pediátricos portadores de anemia falciforme em duas cidades brasileiras: Salvador e São Paulo. Foram estudados 71 pacientes com idades variando entre 3 a 18 anos, analisando-se os seguintes aspectos: perfis hematológicos, haplótipos dos genes da globina beta, presença de talassemia alfa-2(3.7kb, número de internações por vaso-oclusão, infecção, presença de acidente vascular cerebral e litíase biliar. O genótipo Ben/CAR predominou nas duas cidades. Talassemia alfa-2(3.7kb teve freqüência de 28,2% em Salvador e 22,5% em São Paulo. Os pacientes de São Paulo apresentaram um número maior

  8. Genetics Home Reference: Fanconi anemia

    Science.gov (United States)

    ... Facebook Twitter Home Health Conditions Fanconi anemia Fanconi anemia Printable PDF Open All Close All Enable Javascript to view the expand/collapse boxes. Description Fanconi anemia is a condition that affects many parts of ...

  9. Efeitos do peso externo nos chutes espontâneos de lactentes nos primeiros dois meses de vida Effects of external load on spontaneous kicking by one and two-month-old infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JF Landgraf

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar o padrão de chutes espontâneos de lactentes nas idades de um e dois meses, bem como verificar se o peso externo modifica o padrão dos chutes nessas idades. MÉTODOS: Oito lactentes foram filmados nas idades de um e dois meses, estando em supino em uma cadeira infantil reclinada a 0º, na qual havia um móbile na extremidade superior e um painel na extremidade inferior. O experimento teve a duração de seis minutos e 20 segundos, durante os quais foram observados os movimentos de chutes nas situações sem e com peso de 1/10 e 1/3 da massa do membro inferior do lactente. Os pesos externos foram adicionados nos tornozelos do lactente. Pela análise das imagens coletadas por filmadoras digitais, foram verificados a freqüência de chutes e de contatos dos pés em um painel, os movimentos uni e bipodais, a preferência podal e o padrão de coordenação intramembro. RESULTADOS: O teste qui-quadrado revelou aumento significativo da freqüência de chutes nas idades de dois meses e nas situações de peso de 1/10 e pós-peso. Na situação de peso de 1/3 da massa do membro, verificaram-se diminuição do contato dos pés no painel e, na idade de dois meses, aumento da freqüência de contatos. Em todas as situações e idades, houve predomínio por chutes unipodais, não havendo preferência por um dos membros. Além disso, o padrão de coordenação intramembro dos chutes foi caracterizado como em-fase em ambas as idades. CONCLUSÕES: Fatores intrínsecos como a idade e extrínsecos como o peso externo referente a 1/10 da massa do membro inferior promoveram o aumento da freqüência dos chutes espontâneos em lactentes nas idades de um e dois meses.OBJECTIVE: To characterize the spontaneous kicking patterns among one and two-month-old infants, and find whether an external load can modify such patterns at this age. METHODS: Eight infants were filmed at the ages of one and two months, while in the supine position in a baby

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Precision Medicine Activities Obesity, Nutrition, and Physical Activity Population and ... Treatments may include dietary changes, medicines, and surgery. Severe iron-deficiency anemia may ...

  11. Congenital Hemolytic Anemia.

    Science.gov (United States)

    Haley, Kristina

    2017-03-01

    Red blood cell (RBC) destruction can be secondary to intrinsic disorders of the RBC or to extrinsic causes. In the congenital hemolytic anemias, intrinsic RBC enzyme, RBC membrane, and hemoglobin disorders result in hemolysis. The typical clinical presentation is a patient with pallor, anemia, jaundice, and often splenomegaly. The laboratory features include anemia, hyperbilirubinemia, and reticulocytosis. For some congenital hemolytic anemias, splenectomy is curative. However, in other diseases, avoidance of drugs and toxins is the best therapy. Supportive care with transfusions are also mainstays of therapy. Chronic hemolysis often results in the formation of gallstones, and cholecystectomy is often indicated. Copyright © 2016 Elsevier Inc. All rights reserved.

  12. Anemia in Pregnancy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Umran Kucukgoz Gulec

    2013-06-01

    Full Text Available Iron deficiency anemia (IDA is the most frequent form of anemia in pregnant women. Folic acid, vitamin B12 deficiency, and hemoglobinopathies are other causes of anemia in pregnancy. Finding the underlying cause are crucial to the management of the anemia. Anemia is defined as hemoglobin of <11 g/dl in the first and third trimester and <10.5 g/dl in second trimester. According to the literature, anemia, particularly severe anemia (Hb<7g/dl is associated with increased risk of maternal and perinatal mortality and morbidity, and long term adverse effects in the newborn. The association of hemoglobin levels to perinatal outcome has been shown to be U shaped with both high and low hemoglobin levels being associated adverse perinatal outcome such as low birth weight, increased stillbirths. Anemia in pregnancy is a major public health problem. Ideally a woman should have adequate iron stores when she conceives, in order meet to additional requirements of pregnancy. This review focuses on the occurrence, types, maternal and perinatal outcomes, prevention and treatment of anemia during pregnancy. [Archives Medical Review Journal 2013; 22(3.000: 300-316

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... hear experts, parents, and children talk about their experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Blood Tests Blood Transfusion Restless Legs ...

  14. How Is Aplastic Anemia Diagnosed?

    Science.gov (United States)

    ... experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Arrhythmia Blood and Bone Marrow Transplant Blood Tests Blood Transfusion Bone Marrow Tests Fanconi Anemia Heart Failure Other ...

  15. How Is Aplastic Anemia Treated?

    Science.gov (United States)

    ... experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Arrhythmia Blood and Bone Marrow Transplant Blood Tests Blood Transfusion Bone Marrow Tests Fanconi Anemia Heart Failure Other ...

  16. Estado nutricional e anemia ferropriva em gestantes: relação com o peso da criança ao nascer

    OpenAIRE

    Rocha,Daniela da Silva; Netto,Michele Pereira; Priore,Sílvia Eloiza; Lima,Nerilda Martins Miranda de; Rosado,Lina Enriqueta Frandsen Paez de Lima; Franceschini,Sylvia do Carmo Castro

    2005-01-01

    OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e a prevalência de anemia durante a gestação e correlacioná-los com o peso do recém-nascido. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal com gestantes que realizaram o pré-natal no único serviço público de saúde do município de Viçosa, MG, no período de dezembro de 2002 a maio de 2003. Foi aplicado questionário com informações maternas e realizada dosagem de hemoglobina através do Hemocue, além da obtenção de dados de peso e estatura da gestante. As inform...

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... funding on iron-deficiency anemia. We stimulate high-impact research. Our Trans-Omics for Precision Medicine (TOPMed) Program now includes participants with anemia, which may help us understand how genes contribute to differences in disease severity and how patients respond to treatment. The ...

  18. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... over 65 years of age had low hemoglobin levels. This was associated with a greater risk of death even with mild anemia. Now, anemia in older adults is recognized as an important condition. NHLBI Small Business Program. Through the NHLBI Small Business Program , we ...

  19. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... when used properly, can help prevent iron-deficiency anemia in infants and young children. Talk with your child's doctor ... and supplements, go to "How Is Iron-Deficiency Anemia Treated?" Infants and young children and women are the two ...

  20. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... term but can't take iron supplements by mouth. This therapy also is given to people who need immediate treatment for iron-deficiency anemia. Living With If you have iron-deficiency anemia, get ongoing care to make sure your iron levels are improving. ...

  1. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... ages of 14 and 50 years need more iron than boys and men of the same age. Women are at higher ... anemia. In iron-deficiency anemia, blood levels of iron will be low, or less than 10 micromoles per liter (mmol/L) for both men and women. Normal levels are 10 to 30 ...

  2. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... develop restless legs syndrome (RLS). RLS is a disorder that causes a strong urge to move the legs. This ... may be a sign of infection, a blood disorder, or another ... may be a clue as to the cause of your anemia. In iron-deficiency anemia, for ...

  3. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... for iron-deficiency anemia. Lifestyle habits Certain lifestyle habits may increase your risk for iron-deficiency anemia, including: Vegetarian or vegan eating patterns. Not eating enough iron-rich foods, such as meat and fish, may result in ...

  4. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Home / < Back To Health Topics / Iron-Deficiency Anemia Iron-Deficiency Anemia Also known as Leer en español ... of growth and development. Inability To Absorb Enough Iron Even if you have enough iron in your ...

  5. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron-deficiency anemia early in life affects later behavior, thinking, and mood during adolescence. Treating anemia in premature or very small newborns . In collaboration with the Eunice Kennedy Shriver National Institute of Child Health and Human Development, we are investigating how best to treat ...

  6. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... other conditions to prevent you from developing iron-deficiency anemia. Foods that are good sources of iron include dried ... patterns. Increase your daily intake of iron-rich foods to help treat your iron-deficiency anemia. See Prevention strategies to learn about foods ...

  7. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... may be a sign of infection, a blood disorder, or another condition. Finally, the CBC looks at mean corpuscular (kor-PUS-kyu-lar) volume (MCV). MCV is a measure of the average size of your red blood cells. The results may be a clue as to the cause of your anemia. In iron-deficiency anemia, for ...

  8. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... how we are using current research and advancing research to prevent iron-deficiency anemia. Participate in NHLBI Clinical Trials will explain our ongoing clinical studies that are investigating prevention strategies for iron-deficiency anemia. Signs, Symptoms, and Complications ...

  9. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Blood Disorders and Blood Safety Trans-Omics for Precision Medicine (TOPMed) Program Non-NHLBI resources Anemia (National Library of Medicine, MedlinePlus) Anemia in Chronic Kidney Disease (National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney ...

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Precision Medicine Activities Obesity, Nutrition, and Physical Activity Population and Epidemiology Studies Women’s Health All Science A- ... to help your body absorb iron. Avoid drinking black tea, which reduces iron ... was associated with a greater risk of death even with mild anemia. Now, anemia in older ...

  11. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... even with mild anemia. Now, anemia in older adults is recognized as an important condition. NHLBI Small Business Program. Through the NHLBI Small Business Program , we fund research and development for domestic small businesses that have strong potential ...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Are you curious about how inflammation from chronic diseases can cause iron-deficiency anemia? Read more When there is ... DBDR) is a leader in research on the causes, prevention, and treatment of blood diseases, including iron-deficiency anemia. Search the NIH Research ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... women of childbearing age has iron-deficiency anemia. Pregnant women also are at higher risk for the condition ... for the fetus' growth. About half of all pregnant women develop iron-deficiency anemia. The condition can increase ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... other conditions that can cause iron-deficiency anemia. Blood tests to screen for iron-deficiency anemia To screen ... check the size of your liver and spleen. Blood tests Based on results from blood tests to screen ...

  15. Hematologic Disorders: Anemia.

    Science.gov (United States)

    Baltierra, David; Harper, Tiffany; Jones, Matthew Page; Nau, Konrad C

    2015-06-01

    Anemia occurs in up to 25% of the US population. Normal hemoglobin levels vary by race, sex, and age. Classification of anemia by mean corpuscular volume guides the differential diagnosis and evaluation. Iron studies, reticulocyte count, the red blood cell distribution width index, and blood test results are used to make the diagnosis. Iron deficiency anemia is the most common microcytic anemia and is managed with iron therapy. Parenteral iron is available when the oral route cannot be used. Patients who do not benefit from therapy should be evaluated for adherence, malabsorption, occult bleeding, systemic disease, or less common inherited disorders. A source of gastrointestinal bleeding is found in 60% to 70% of patients with iron deficiency anemia who are referred for endoscopy. Normocytic anemia has a broad differential, including nutritional deficiencies, blood loss, renal disease, malignancy (solid tumors or hematologic cancer), rheumatologic disorders, endocrine disorders, and other systemic diseases. Macrocytic anemias are seen with vitamin B12 and folate deficiency, alcohol use, thyroid disease, hydroxyurea, antiretroviral drugs, myelodysplastic syndromes, and myeloma. Oral vitamin B12 is underused, and can be as effective as intramuscular vitamin B12 in managing anemia due to vitamin B12 deficiency. Written permission from the American Academy of Family Physicians is required for reproduction of this material in whole or in part in any form or medium.

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... be advised. Treatments for Severe Iron-Deficiency Anemia Blood Transfusion If your iron-deficiency anemia is severe, you ... get a transfusion of red blood cells. A blood transfusion is a safe, common procedure in which blood ...

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... issues. For more information, go to the Health Topics Blood Transfusion article. Iron Therapy If you have severe anemia, ... experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Blood Tests Blood Transfusion Restless Legs Syndrome Other Resources Non-NHLBI Resources ...

  18. [Hemolytic anemias in adults].

    Science.gov (United States)

    Müller, A; Zimmermann, R; Krause, S W

    2011-11-01

    The erythrocyte lifespan in haemolytic anemia is shortened while erythropoesis is increased. Important labaratory findings are increased reticulocytes, LDH, indirect bilirubin and a decreased haptoglobin level. The most important diagnostic tool for further work up of hemolytic anemia is the direct antiglobulin test (DAT, Coombs test) to differentiate autoimmune hemolytic anemia (AIHA) from other causes. Another important group are fragmentation syndroms (hemolytic uremic syndrome and thrombotic thrombocytopenic purpura). In these forms of haemolytic anemia fragmented red blood cells can be found in the blood smear together with thrombocytopenia. A severe problem in paroxysmal nocturnal hematuria is the incidence of thrombosis. The following review describes the most important forms of hemolytic anemia in the adult and the diagnostic and therapeutic strategies. © Georg Thieme Verlag KG Stuttgart · New York.

  19. Anestesia em paciente obstétrica portadora de anemia falciforme e traço talassêmico após plasmaféresis: relato de caso Anesthesia in obstetric patient with sickle cell anemia and thalassemic trait after plasmapheresis: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Barbosa Leão

    2005-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A plasmaféresis é a técnica de tratamento de escolha para pacientes com anemia hemolítica grave. Uma de suas conseqüências é a depleção de colinesterase plasmática, o que interfere na metabolização de alguns bloqueadores neuromusculares de uso corrente na prática anestesiológica. RELATO DO CASO: Paciente com 26 anos, estado físico ASA IV, gestação de 30 semanas e 3 dias, portadora de anemia falciforme, traço talassêmico e alo-imunização para antígenos de alta freqüência. Apresentou crise de falcização, sendo transfundida com derivado sangüíneo incompatível. Evoluiu com hemólise maciça, sendo admitida com hemoglobina de 3 g/dL e hematócrito de 10%, icterícia intensa, taquicardia, apatia e descoramento. Na avaliação hematológica concluiu-se ser situação de inexistência de sangue compatível para transfusão. Foi tratada com corticoterapia, imunoglobulinas e plasmaféresis. No segundo dia de internação, evoluiu com insuficiência renal aguda e edema pulmonar agudo, piora do estado geral e instabilidade hemodinâmica. Indicada a resolução da gestação em decorrência do quadro clínico da paciente e do sofrimento fetal agudo que se sobrepôs. A paciente foi admitida na sala de operações consciente, dispnéica, pálida, ictérica, SpO2 de 91% em ar ambiente, freqüência cardíaca de 110 bpm e pressão arterial de 110 x 70 mmHg, em uso de dopamina (1 µg.kg-1.min-1 e dobutamina (10 µg.kg-1.min-1. Optou-se por anestesia geral balanceada, com alfentanil (2,5 mg, etomidato (14 mg e atracúrio (35 mg e isoflurano. Não se observou intercorrências anestésico-cirúrgicas. Ao final, a paciente foi encaminhada à UTI, sob intubação orotraqueal, e em uso de drogas vasoativas, tendo sido extubada após 3 horas. CONCLUSÕES: Este caso mostrou-se um desafio para a equipe, visto que a paciente apresentava instabilidade hemodinâmica e alteração do coagulograma, condições que contra

  20. Controle da anemia ferropriva em pré-escolares por meio da fortificação de alimento com concentrado de Hemoglobina Bovina (estudo preliminar Iron deficiency anemia control in pre-school children by food fortification with Bovine Hemoglobin (preliminary study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadir N. Nogueira

    1992-12-01

    Full Text Available O efeito da introdução de biscoitos fortificados com ferro hemínico no estado de nutrição de ferro de pré-escolares foi avaliado em um estudo piloto que inclui 16 crianças, com idade entre 2 e 4 anos, de uma creche pública do estado do Piauí. A fonte de ferro utilizada foi o sangue bovino seco pelo processo de leito de jorro, uma alternativa para a secagem em spray, adaptada para a secagem de sangue. À primeira tomada de amostra, detectou-se anemia (Hb The effect of hemoglobin-fortified cookies on hemoglobin (Hb levels of 16 children (2 to 4 years of age were evaluated The children were attending a day nursery managed under the Social Welfare Service of the State of Piauí (northeast Brazil. All children were iron deficient according to the average transferrin saturation of 7.1 + 3,7 %, and 12 (75% of them were anemic (Hb < 11 g/dL. The average Hb concentration was 9.4 + 2,6 g/dL. Cookies fortified with 3% bovine concentrate (dried by the sponted bed technique were offered to the children over the course of 90 days (5 cookies (4mg Fe/child/d, with total iron intake of approximately 8 mg Fe/d. After the experimental period the levels of Hb in all children had risen to levels above 11.0 g/dL (average 13,2 + 0,2 g/dL. The results demonstrate the possibility of using dried Hb concentrate in food-fortification programs aimed at meeting daily iron requirements for pre-school and school children in Brazil.

  1. Elaboração e aplicação de manual para familiares de lactentes pré-termos normais que apresentam atraso do desenvolvimento neuropsicomotor

    OpenAIRE

    Rangel, Tathiana Corrêa; Rocha, Laura Cristina Dias; Castro, Rosane Karla Aguiar de; Mathias, Ana Eliza Rios de Araújo

    2012-01-01

    O presente estudo desenvolveu atividades de extensão relacionadas à Fisioterapia Neurofuncional Infantil e à Saúde da Mulher, nas assistências preventiva, curativa e de promoção da saúde comunitária, aplicando um manual aos familiares de lactentes pré-termos normais do Hospital Dom Malan/Gestão IMIP na cidade de Petrolina-PE. O objetivo deste trabalho foi orientar os familiares dos lactentes prematuros através de um manual didático-instrucional permitindo conhecer e estimular a evolução do ne...

  2. Avaliação da participação de mães em um programa de prevenção e controle de cáries e doenças periodontais para lactentes Evaluación de la participación de madres en un programa de prevención y control de las enfermedades caries y periodontal para lactantes Assessment of mothers' participation in a program of prevention and control of caries and periodontal diseases for infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubenice Amaral da Silva

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o conhecimento sobre saúde bucal de mães participantes de um programa educativo-preventivo para lactentes. MÉTODOS: Estudo de coorte com 112 mães e seus bebês de 0 a 18 meses, cadastrados no projeto "Promoção de Saúde Bucal na Primeira Infância", da Universidade Federal do Maranhão. Inicialmente, entrevistas semiestruturadas que contemplavam o nível de conhecimento das mães sobre a saúde bucal dos bebês foram realizadas. Também foi examinada a cavidade bucal dos bebês a fim de detectar o nível de placa bacteriana, sangramento gengival e presença de cárie. Em seguida, palestras educativo-preventivas foram ministradas e, após um ano de acompanhamento, novas entrevistas foram realizadas, bem como o exame clínico. Para analisar os dados, foram utilizados os testes de qui-quadrado e exato de Fisher com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Antes das palestras educativas, 93% das mães executavam a higiene bucal de seus bebês e 57,3% a realizavam nos períodos diurno e noturno. Após as palestras, todas responderam executar os cuidados (p=0,02, sendo 74,7% nos períodos diurno e noturno (p=0,01. Não houve diferença quanto ao consumo de alimentos cariogênicos nos questionários inicial e final. Notou-se que, inicialmente, 5,6% das faces dentais apresentaram cárie; 29,7%, placa bacteriana; e 11,9%, sangramento gengival. Após as palestras, apenas 0,4% das faces dentais apresentaram cárie (pOBJETIVO: Evaluar el conocimiento sobre salud bucal de madres participantes de un programa educativo-preventivo para lactantes. MÉTODOS: Se realizó un estudio caso-control anidado a una cohorte. Se evaluaron a 112 madres y a sus bebés con edades de 0 a 18 meses, registrados en el proyecto «Promoción de Salud Bucal en la Primera Infancia», de la Universidad Federal de Maranhão. Inicialmente, se realizaron entrevistas semiestructuradas que contemplaban el nivel de conocimiento de las madres sobre la salud bucal

  3. Anemia in the elderly.

    Science.gov (United States)

    Pang, Wendy W; Schrier, Stanley L

    2012-05-01

    There have been several large-scale epidemiologic studies, including the National Health and Nutrition Examination Survey III (NHANES III), which have described the prevalence and impact of anemia in the elderly. The information derived has been critically important. However, given the large number of patients surveyed, these reports necessarily relied substantially on the laboratory-based screening evaluations. There are now two recent reports describing the cause of anemia in elderly outpatients, and although the numbers are smaller than the large scale surveys, they constitute comprehensive hematologic evaluations with therapeutic interventions and clinical follow-up. The purpose of this review is to compare these different analyses. There are distinct differences and similarities in the two types of studies, which are derived from patients seen in hematology clinics. Despite comprehensive hematologic evaluation, the puzzling entity of unexplained anemia of the elderly is confirmed and found to account for 30-46% of patients. NHANES III classified iron-deficiency anemia with other nutritional anemias, a classification that might be correct in the developing third world, but in North America and Western Europe, iron deficiency is more often caused by blood loss and the cause must be sought and dealt with. The myelodysplastic syndromes are an important cause of anemia in the elderly, with a prevalence of at least 4%. Large-scale screening studies of anemia in the elderly are of great importance, and when complemented by comprehensive hematologic evaluations, provide a more accurate picture of the clinical situation.

  4. OCORRÊNCIA E FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À IDENTIFICAÇÃO DA ANEMIA INFECCIOSA EQUINA EM EQUÍDEOS DE TRAÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nancyleni Pinto Chaves

    2014-09-01

    Full Text Available The objective of this study was to determine the occurrence and risk factors associated with the identification of equine infectious anemia (EIA in traction equines in the city of São Luiz - MA. We collected blood samples from 154 equines seized on public roads by the Sector of Animal Traction Seizure of the Municipal Urban Development and Housing Department between April and August of 2011. We analyzed the medical records to determine the individual risk factors associated with this disease. Of the animals tested, 5.20% (8/154 were positive. Among the risk factors evaluated, the presence of insects, permanence of the animals in agglomerations for longer than 8 hours per day, body condition, nutritional status, repeated use of the same needle among different equines, occurrence of febrile episodes, yellowish mucous and lack of knowledge on IEA showed to be statistically significant (P <0.05 associated with the IEA. The study results indicate that the occurrence of the IEA in traction equines in the City of São Luiz - MA was low. Still there is the necessity of systematic diagnosis and monitoring of animals, as well as employment of control measures, serological tests and implementation of current legislation.

  5. [Anemia in children].

    Science.gov (United States)

    Muramatsu, Hideki; Kojima, Seiji

    2008-03-01

    Anemia is one of the most common symptoms in children caused by numerous underlying diseases. In majority of patients, these diseases can be correctly diagnosed through physical examination, history taking, and routine laboratory tests. Bone marrow failure syndromes associated with several genetic diseases are rare causes of anemia in childhood. We reviewed the recent progress of molecular mechanisms in bone marrow failure syndromes, such as Shwachman-Diamond syndrome (SDS), Diamond-Blackfan anemia (DBA), and dyskeratosis congenita (DC), which are all predicted to involve defective ribosome synthesis. Delineation of the precise role of each gene product in ribosomal biogenesis and hematopoiesis may have both therapeutic and prognostic significance.

  6. ANEMIA OF CENTRAL ORIGIN

    Science.gov (United States)

    Ishii, Kazusa; Young, Neal S.

    2015-01-01

    Hypoproliferative anemia results from the inability of bone marrow to produce adequate numbers of red blood cells. The list of conditions that cause hypoproliferative anemia is long, starting from common etiologies as iron deficiency to rarer diagnoses of constitutional bone marrow failure syndromes. There is no perfect diagnostic algorithm, and clinical data may not always clearly distinguish “normal” from “abnormal”, yet it is important for practicing clinicians to recognize each condition so that treatment can be initiated promptly. This review describes diagnostic approaches to hypoproliferative anemia, with particular emphasis on bone marrow failure syndromes. PMID:26404444

  7. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron in your body causes iron-deficiency anemia. Lack of iron usually is due to blood loss, ... can help prevent overdosing in children. Because recent research supports concerns that iron deficiency during infancy and ...

  8. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... an MCV of less than 80 femtoliters (fL). Prevention strategies If you have certain risk factors , such ... explain our ongoing clinical studies that are investigating prevention strategies for iron-deficiency anemia. Signs, Symptoms, and ...

  9. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... or an inability to absorb enough iron from food. Overview Iron-deficiency anemia is a common type ... or an inability to absorb enough iron from food. Blood Loss When you lose blood, you lose ...

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... and naproxen Certain rare genetic conditions such as hereditary hemorrhagic telangiectasia, which causes bleeding in the bowels ... iron-deficiency anemia may cause the following complications: Depression Heart problems. If you do not have enough ...

  11. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Look for Treatment will discuss medicines and eating pattern changes that your doctors may recommend if you ... iron-deficiency anemia, including: Vegetarian or vegan eating patterns. Not eating enough iron-rich foods, such as ...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... is caused by strong muscle contractions and the impact of feet repeatedly striking the ground, such as ... Treatment will explain treatment-related complications or side effects. Diagnosis Iron-deficiency anemia may be detected during ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... also can cause internal bleeding. Other At-Risk Groups People who get kidney dialysis treatment may develop ... and young children and women are the two groups at highest risk for iron-deficiency anemia. Special ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Safety Sleep Science and Sleep Disorders Lung Diseases Heart and Vascular Diseases Precision Medicine Activities Obesity, Nutrition, ... symptoms. Severe iron-deficiency anemia can lead to heart problems, infections, problems with growth and development in ...

  15. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... developing iron-deficiency anemia. Foods that are good sources of iron include dried beans, dried fruits, eggs, ... is needed, such as childhood and pregnancy. Good sources of iron are meat, poultry, fish, and iron- ...

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... cells carry oxygen and remove carbon dioxide (a waste product) from your body. Anemia also can occur ... iron as they grow and begin to eat solid foods. Talk with your child's doctor about a ...

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... screen for iron-deficiency anemia, your doctor may order a blood test called a complete blood count ( ... your risk factors , do a physical exam, or order blood tests or other diagnostic tests. Physical exam ...

  18. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Heavy blood loss during their monthly periods Other risk factors for iron-deficiency anemia The Centers for Disease Control and Prevention (CDC) has developed guidelines for ...

  19. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... in which your blood has a lower than normal number of red blood cells. Red blood cells ... cells it does make have less hemoglobin than normal. Iron-deficiency anemia can cause fatigue (tiredness), shortness ...

  20. Equine Infectious Anemia

    OpenAIRE

    Hoopes, Karl H.

    2017-01-01

    This fact sheet gives information on equine infectious anemia, a blood-borne infectious viral disease of horses, donkeys, and mules. It describes transmission, clinical disease, diagnosis and control.

  1. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... you don't have enough iron in your body. Low iron levels usually are due to blood ... remove carbon dioxide (a waste product) from your body. Anemia also can occur if your red blood ...

  2. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... making new blood cells. Visit our Aplastic Anemia Health Topic to learn more. ... recommend that you take iron supplements, also called iron pills or oral iron, by mouth once or several times a ...

  3. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... For this treatment, iron is injected into a muscle or an IV line in one of your ... body can damage your organs. You may have fatigue (tiredness) and other symptoms of iron-deficiency anemia ...

  4. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... the body. Iron-deficiency anemia usually develops over time if your body doesn't have enough iron ... because your need for iron increases during these times of growth and development. Inability To Absorb Enough ...

  5. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... tests, especially in infants and small children Heavy menstrual periods Injury or surgery Urinary tract bleeding Consuming ... iron-deficiency anemia from trauma, surgery, or heavy menstrual periods. Individuals with a gene for hemophilia, including ...

  6. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Search Form Search the NHLBI, use the drop down list to select: the entire site, the Health ... who have iron-deficiency anemia develop restless legs syndrome (RLS). RLS is a disorder that causes a ...

  7. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Heavy Menstrual Bleeding (Centers for Disease Control and Prevention) Iron - Health Professional Fact Sheet (NIH) Iron Dietary Supplement Fact Sheet (NIH) Iron-Deficiency Anemia (National Library ...

  8. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... of blood loss during their monthly periods. About 1 in 5 women of childbearing age has iron- ... Pediatrics recommends testing all infants for anemia at 1 year of age. Women and Girls Women of ...

  9. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... more. Read less Reminders Return to Causes to review how blood loss, not consuming the recommended amount ... iron-deficiency anemia. Return to Risk Factors to review family history, lifestyle, unhealthy environments, or other factors ...

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... lead in their blood from their environment or water. Lead interferes with the body’s ability to make ... explain tests and procedures that your doctor may use to diagnose iron-deficiency anemia. Living With will ...

  11. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Health Topics Health Topics A-Z Clinical Trials Publications and Resources Health Education and Awareness The Science ... deficiency anemia. Endurance activities and athletes. Athletes, especially young females, are at risk for iron deficiency. Endurance ...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... starch. Restless legs syndrome Shortness of breath Weakness Complications Undiagnosed or untreated iron-deficiency anemia may cause ... as complete blood count and iron studies. Prevent complications over your lifetime To prevent complications from iron- ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... for iron-deficiency anemia The Centers for Disease Control and Prevention (CDC) has developed guidelines for who ... heavy menstrual flow, your doctor may prescribe birth control pills to help reduce your monthly blood flow. ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... heart failure . Increased risk of infections Motor or cognitive development delays in children Pregnancy complications, such as ... iron-deficiency anemia may require intravenous (IV) iron therapy or a blood transfusion . Iron supplements Your doctor ...

  15. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... and Strategic Vision Leadership Scientific Divisions Operations and Administration Advisory Committees Budget and Legislative Information Jobs and ... may recommend you eat heart-healthy foods or control other conditions that can cause iron-deficiency anemia. ...

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Program. Through the NHLBI Small Business Program , we fund research and development for domestic small businesses that ... our Hematology Branch , performs research on anemia. We fund research. Our Division of Blood Diseases and Resources ( ...

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... need for iron increases during these periods of growth and development, and it may be hard to get the ... iron-deficiency anemia, red blood cells will be small in size with an MCV of less than ...

  18. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... at highest risk for iron-deficiency anemia. Special measures can help prevent the condition in these groups. ... is a complete blood count (CBC). The CBC measures many parts of your blood. This test checks ...

  19. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... test called a complete blood count (CBC) to see if you have lower than normal red blood ... iron-deficiency anemia: Check for bleeding. Look to see whether your tongue, nails, or inner lining of ...

  20. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Treatment will explain treatment-related complications or side effects. Diagnosis Iron-deficiency anemia may be detected during ... to your doctor if you are experiencing side effects such as a bad metallic taste, vomiting, diarrhea, ...

  1. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron in your body causes iron-deficiency anemia. Lack of iron usually is due to blood loss, ... preventing, diagnosing, and treating heart, lung, blood, and sleep disorders. Learn more about participating in a clinical ...

  2. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... also are at increased risk for the condition. Women Women of childbearing age are at higher risk ... infants for anemia at 1 year of age. Women and Girls Women of childbearing age may be ...

  3. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... in infants and small children Heavy menstrual periods Injury or surgery Urinary tract bleeding Consuming less than recommended daily amounts of iron Iron-deficiency anemia can be caused by getting less than the recommended daily ...

  4. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... diagnose iron-deficiency anemia. Living With will discuss what your doctor may recommend to prevent your iron- ... colon under sedation to view the colon directly. What if my doctor thinks something else is causing ...

  5. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... especially in infants and small children Heavy menstrual periods Injury or surgery Urinary tract bleeding Consuming less ... deficiency anemia from trauma, surgery, or heavy menstrual periods. Individuals with a gene for hemophilia, including symptomatic ...

  6. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... people who have iron-deficiency anemia develop restless legs syndrome (RLS). RLS is a disorder that causes a strong urge to move the legs. This urge to move often occurs with strange ...

  7. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... leafy green vegetables like turnip greens and spinach. Treatment To Stop Bleeding If blood loss is causing ... flow. In some cases, surgery may be advised. Treatments for Severe Iron-Deficiency Anemia Blood Transfusion If ...

  8. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... also often take other medicines—such as proton pump inhibitors, anticoagulants, or blood thinners—that may cause iron-deficiency anemia. Proton pump inhibitors interfere with iron absorption, and blood thinners ...

  9. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... MCV of less than 80 femtoliters (fL). Prevention strategies If you have certain risk factors , such as ... our ongoing clinical studies that are investigating prevention strategies for iron-deficiency anemia. Signs, Symptoms, and Complications ...

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... size of your liver and spleen Do a pelvic and rectal exam to check for internal bleeding ... bleeding in the stomach, upper intestines, colon, or pelvic organs. Treatment Treatment for iron-deficiency anemia will ...

  11. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... anemia at 1 year of age. Women and Girls Women of childbearing age may be tested for ... and fruits, especially citrus fruits. Citrus fruits include oranges, grapefruits, tangerines, and similar fruits. Fresh and frozen ...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... and dark green leafy vegetables. Foods rich in vitamin C, such as oranges, strawberries, and tomatoes, may ... of other nutrients in your blood, such as vitamin B12 or folic acid. Visit our Pernicious Anemia ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... striking the ground, such as with marathon runners. Sex Girls and women between the ages of 14 ... developing iron-deficiency anemia. Foods that are good sources of iron include dried beans, dried fruits, eggs, ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... is caused by strong muscle contractions and the impact of feet repeatedly striking the ground, such as ... funding on iron-deficiency anemia. We stimulate high-impact research. Our Trans-Omics for Precision Medicine (TOPMed) ...

  15. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... rectal exam to check for internal bleeding Diagnostic Tests and Procedures Many tests and procedures are used ... cells usually are smaller than normal. Other Blood Tests If the CBC results confirm you have anemia, ...

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... deficiency anemia. Proton pump inhibitors interfere with iron absorption, and blood thinners increase the likelihood of bleeding ... oranges, strawberries, and tomatoes, may help increase your absorption of iron. If you are pregnant, talk to ...

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... recommended amounts of iron, in milligrams (mg) at different ages and stages of life. Until the teen ... mean corpuscular volume (MCV) that would suggest anemia. Different tests help your doctor screen for iron-deficiency ...

  18. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... can slow the absorption of iron. Screening and Prevention Eating a well-balanced diet that includes iron- ... deficiency anemia The Centers for Disease Control and Prevention (CDC) has developed guidelines for who should be ...

  19. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron-deficiency anemia in blood donors affects the quality of donated red blood cells, such as how ... Cells From Iron-deficient Donors: Recovery and Storage Quality. Learn more about participating in a clinical trial . ...

  20. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... heart murmur , an enlarged heart, or even heart failure . In infants and young children, signs of anemia ... Usage No FEAR Act Grants and Funding Customer Service/Center for Health Information Email Alerts Jobs and ...

  1. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... improved health for people with iron-deficiency anemia. Recipient Epidemiology Donor Studies program findings help to protect blood donors . NHLBI’s Recipient Epidemiology Donor Studies (REDS) program , which began in ...

  2. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... complications, including heart failure and development delays in children. Explore this Health ... red blood cells. Iron-deficiency anemia usually develops over time because your body’s intake of iron ...

  3. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... from developing iron-deficiency anemia. Foods that are good sources of iron include dried beans, dried fruits, ... iron is needed, such as childhood and pregnancy. Good sources of iron are meat, poultry, fish, and ...

  4. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... mouth Pale skin Swelling or soreness of the tongue Common symptoms of iron-deficiency anemia include: Chest ... Check for bleeding. Look to see whether your tongue, nails, or inner lining of your eyelids are ...

  5. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Safety Sleep Science and Sleep Disorders Lung Diseases Heart and Vascular Diseases Precision Medicine Activities Obesity, Nutrition, ... iron-deficiency anemia can cause serious complications, including heart failure and development delays in children. Explore this ...

  6. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... re more likely to develop iron-deficiency anemia. Vegetarian diets can provide enough iron if you eat ... which are the best sources of iron. However, vegetarian diets can provide enough iron if you eat ...

  7. Iron-Deficiency Anemia

    Science.gov (United States)

    ... re more likely to develop iron-deficiency anemia. Vegetarian diets can provide enough iron if you eat ... which are the best sources of iron. However, vegetarian diets can provide enough iron if you eat ...

  8. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... about their experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Blood Tests Blood Transfusion Restless ... Get Email Alerts Receive automatic alerts about NHLBI related news and highlights from across the Institute. Learn ...

  9. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... may be at risk for iron-deficiency anemia. Lifestyle habits Certain lifestyle habits may increase your risk ... upper endoscopy or colonoscopy, to stop bleeding. Healthy lifestyle changes To help you meet your daily recommended ...

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... cells carry oxygen and remove carbon dioxide (a waste product) from your body. Anemia also can occur ... Serum ferritin. Ferritin is a protein that helps store iron in your body. A measure of this ...

  11. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Disorders Lung Diseases Heart and Vascular Diseases Precision Medicine Activities Obesity, Nutrition, and Physical Activity Population and ... of the condition. Treatments may include dietary changes, medicines, and surgery. Severe iron-deficiency anemia may require ...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Blood Disorders and Blood Safety Sleep Science and Sleep Disorders Lung Diseases Heart and Vascular Diseases Precision Medicine ... prevention and treatment of heart, lung, blood, and sleep disorders, including iron-deficiency anemia. Learn about the current ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... lead in their blood from their environment or water. Lead interferes with the body’s ability to make ... iron-deficiency anemia in blood donors affects the quality of donated red blood cells, such as how ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... fatigue or tiredness, shortness of breath, or chest pain. If your doctor diagnoses you with iron-deficiency ... Common symptoms of iron-deficiency anemia include: Chest pain Coldness in the hands and feet Difficulty concentrating ...

  15. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... were born prematurely may be at an even higher risk, as most of a newborn’s iron stores ... men of the same age. Women are at higher risk for iron-deficiency anemia under some circumstances, ...

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... can cause complications and may be life-threatening. Signs and Symptoms Common signs of iron-deficiency anemia ... abnormal heart rhythms and depression. Learn the warning signs of serious complications and have a plan Tell ...

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... the cause and severity of the condition. Treatments may include dietary changes, medicines, and surgery. Severe iron-deficiency anemia may require treatment in a hospital, blood transfusions , iron ...

  18. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron-deficiency anemia. Learn about the current and future NHLBI efforts to improve health through research and ... blood donors. Cardiovascular Health Study identifies predictors of future health problems in older adults. The NHLBI-sponsored ...

  19. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... eating lead in paint or soil, or drinking water that contains lead. Teens Teens are at risk ... the first prenatal visit. For pregnant women, medical care during pregnancy usually includes screening for anemia. Also, ...

  20. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... often take other medicines—such as proton pump inhibitors, anticoagulants, or blood thinners—that may cause iron-deficiency anemia. Proton pump inhibitors interfere with iron absorption, and blood thinners increase ...

  1. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... MCV of less than 80 femtoliters (fL). Prevention strategies If you have certain risk factors , such as ... to iron-deficiency anemia. We are interested in studying in more detail how iron levels are regulated ...

  2. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... MCV of less than 80 femtoliters (fL). Prevention strategies If you have certain risk factors , such as ... infancy has lasting effects. We are interested in learning how having iron-deficiency anemia early in life ...

  3. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... GI tract. Inflammation from congestive heart failure or obesity . These chronic conditions can lead to inflammation that may cause iron-deficiency anemia. Are you curious about how ...

  4. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... more information about diet and supplements, go to "How Is Iron-Deficiency Anemia Treated?" Infants and young ... who should be screened for iron deficiency, and how often: Girls aged 12 to 18 and women ...

  5. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... disease also often take other medicines—such as proton pump inhibitors, anticoagulants, or blood thinners—that may cause iron-deficiency anemia. Proton pump inhibitors interfere with iron absorption, and blood ...

  6. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... MCV of less than 80 femtoliters (fL). Prevention strategies If you have certain risk factors , such as ... Learn about exciting research areas that NHLBI is exploring about iron-deficiency anemia. Read more New treatments ...

  7. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... carry oxygen and remove carbon dioxide (a waste product) from your body. Anemia also can occur if ... months. Tell your doctor if you have any new symptoms or if your symptoms get worse. Participate ...

  8. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... anemia at 1 year of age. Women and Girls Women of childbearing age may be tested for ... be screened for iron deficiency, and how often: Girls aged 12 to 18 and women of childbearing ...

  9. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... risk for iron-deficiency anemia if they're underweight or have chronic (ongoing) illnesses. Teenage girls who ... other dark green leafy vegetables Prune juice The Nutrition Facts labels on packaged foods will show how ...

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... treat iron-deficiency anemia. These doctors include pediatricians, family doctors, gynecologists/obstetricians, and internal medicine specialists. A hematologist (a blood disease specialist), a gastroenterologist (a digestive system specialist), and ...

  11. Anemia (For Teens)

    Science.gov (United States)

    ... Feelings Expert Answers Q&A Movies & More for Teens Teens site Sitio para adolescentes Body Mind Sexual ... immune system can destroy red blood cells. Why Teens Get Anemia Because teens go through rapid growth ...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... When signs and symptoms do occur, they can range from mild to severe. Many of the signs ... hematocrit is a sign of anemia. The normal range of these levels varies in certain racial and ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... of vitamin C are vegetables and fruits, especially citrus fruits. Citrus fruits include oranges, grapefruits, tangerines, and similar fruits. ... their experiences with clinical research. More Information Related Health Topics Anemia Blood Tests Blood Transfusion Restless Legs ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... common type of anemia that occurs if you do not have enough iron in your body. People ... make it hard to find the energy to do normal activities. Headache Irregular heartbeat. This is a ...

  15. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... stomach also can interfere with iron absorption. Risk Factors Infants and Young Children Infants and young children ... blood loss during their monthly periods Other risk factors for iron-deficiency anemia The Centers for Disease ...

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron-deficiency anemia can cause serious complications, including heart failure and development delays in children. Explore this Health ... bleeding in the GI tract. Inflammation from congestive heart failure or obesity . These chronic conditions can lead to ...

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Syndrome Other Resources Non-NHLBI Resources Anemia (MedlinePlus) "Dietary Supplement Fact Sheet: Iron" (Office of Dietary Supplements, National Institutes of Health) Building 31 31 Center ...

  18. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... All News NHLBI News NHLBI in the Press Research Features All Events Past Events Upcoming Events About ... NHLBI Entire Site Health Topics News & Resources Intramural Research Home / < Back To Health Topics / Iron-Deficiency Anemia ...

  19. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... the likelihood of bleeding in the GI tract. Inflammation from congestive heart failure or obesity . These chronic conditions can lead to inflammation that may cause iron-deficiency anemia. Are you ...

  20. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... blood loss during dialysis. People who have chronic kidney disease also often take other medicines—such as proton ... anemia or who have chronic conditions such as kidney disease or celiac disease may be more likely to ...

  1. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... iron-deficiency anemia may cause the following complications: Depression Heart problems. If you do not have enough ... prevent complications such as abnormal heart rhythms and depression. Learn the warning signs of serious complications and ...

  2. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... interferes with the body’s ability to make hemoglobin. Family history and genetics Von Willebrand disease is an ... deficiency anemia. Return to Risk Factors to review family history, lifestyle, unhealthy environments, or other factors that ...

  3. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... body to absorb iron from the gastrointestinal tract (GI tract). Blood loss When you lose blood, you ... to iron-deficiency anemia include: Bleeding in your GI tract, from an ulcer, colon cancer, or regular ...

  4. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... also may help treat iron-deficiency anemia. Medical History Your doctor will ask about your signs and ... Reticulocytes are young, immature red blood cells. Over time, reticulocytes become mature red blood cells that carry ...

  5. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... to prevent you from developing iron-deficiency anemia. Foods that are good sources of iron include dried ... tofu, dried fruits, and dark green leafy vegetables. Foods rich in vitamin C, such as oranges, strawberries, ...

  6. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... cells carry oxygen and remove carbon dioxide (a waste product) from your body. Anemia also can occur ... leafy green vegetables like turnip greens and spinach. Treatment To Stop Bleeding If blood loss is causing ...

  7. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... vegetables. During some stages of life, such as pregnancy and childhood, it may be hard to get ... prenatal visit. For pregnant women, medical care during pregnancy usually includes screening for anemia. Also, your doctor ...

  8. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... breastfeeding women older than 18 need 9 mg. Problems absorbing iron Even if you consume the recommended ... prevention and treatment of heart, lung, blood, and sleep disorders, including iron-deficiency anemia. Learn about the ...

  9. Immune hemolytic anemia

    Science.gov (United States)

    ... intravenous immunoglobulin (IVIG) or removal of the spleen (splenectomy) may be considered. You may receive treatment to ... need special treatment. In most people, steroids or splenectomy can totally or partially control anemia.

  10. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Iron-Deficiency Anemia (National Library of Medicine, MedlinePlus) Building 31 31 Center Drive Bethesda, MD 20892 Learn ... and Usage No FEAR Act Grants and Funding Building 31 31 Center Drive Bethesda, MD 20892 Learn ...

  11. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... as ice, dirt, paint, or starch. Restless legs syndrome Shortness of breath Weakness Complications Undiagnosed or untreated iron-deficiency anemia may cause the following complications: Depression Heart problems. If you ...

  12. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... breastfeeding women older than 18 need 9 mg. Problems absorbing iron Even if you consume the recommended ... infancy has lasting effects. We are interested in learning how having iron-deficiency anemia early in life ...

  13. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Diseases Heart and Vascular Diseases Precision Medicine Activities Obesity, Nutrition, and Physical Activity Population and Epidemiology Studies ... or an inability to absorb enough iron from food. Overview Iron-deficiency anemia is a common type ...

  14. Qualidade de medicamentos isentos de prescrição: um estudo com marcas de dipirona comercializadas em uma drogaria de Cascavel (PR, Brasil Quality of over-the-counter medicines: a study with dipyrone brands commercialized in a drugstore in Cascavel city (Paraná, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Leandro Knappmann

    2010-11-01

    Full Text Available A dipirona é um fármaco muito utilizado pela população brasileira. É considerado seguro mesmo em gestantes, lactentes e crianças, mas é proibido em alguns países do mundo pelo suposto papel de causar agranulocitose e anemia aplástica. Em 2001, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa considerou que os medicamentos com esse fármaco apresentavam bom risco-benefício em relação a outros de indicação semelhante. Porém, de nada adianta segurança no uso de um medicamento se este é de baixa qualidade. É comum encontrar no mercado brasileiro medicamentos fora dos padrões, o que se constitui em um risco para a população em geral. Dessa forma, foram analisadas sete amostras de marcas diferentes de dipirona solução oral comercializados em uma farmácia de Cascavel (PR. Os resultados demonstram que a fiscalização quanto à qualidade de medicamentos similares precisa ser aprimorada, pois eles foram os que mais apresentaram desvios de qualidade.Dipyrone is an antipyretic and analgesic medicine very used by the Brazilian population. The administration is considered safe even in pregnant women, nurseling and children, but is forbidden in some countries, as supposedly causes agranulocytosis and aplastic anemia. In 2001, National Health Surveillance Agency (Anvisa approved the commercialization of this medicine in Brazil. However, it does not matter the safeness in the use of a medicine advances, if it does not have quality. Based on this quality, this work was elaborated, that analyzes seven samples of commercialized different marks of dipyrone oral solution in pharmaceutical establishment in the Cascavel city, Paraná, Brazil. The results demonstrate that the quality control of similar drugs must be improved as were the ones that presented quality deviations.

  15. XIV Conferencia : Anemias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raúl Paredes Manrique

    1958-05-01

    Full Text Available La anemia es la disminución por debajo de lo normal de la Hb. o del número de globulos rojos o del hematocrito, pero es difícil encontrar un cuadro clínico que corresponda a la realidad de la anemia en el cual no estén descendidos los tres elementos.

  16. Meningites purulentas em crianças no primeiro ano de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Valeriana L. de Moura -Ribeiro

    1990-06-01

    Full Text Available Foram estudadas 169 crianças com diagnóstico de meningencefalite purulenta aguda e que manifestaram a doença no primeiro ano de vida. São feitas considerações sobre os achados clínicos e neurológicos, em subgrupos etários. É ressaltada a maior freqüência da doença entre lactentes até 6 meses de idade.

  17. Anemia carencial y SIDA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Ruiz

    2003-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar el tipo mas frecuente de anemia en pacientes con SIDA y el grado de severidad de la anemia. MATERIAL Y MÉTODOS: Se estudió 100 pacientes, entre 18 y 60 años, infectados por virus de inmunodeficiencia humana (VIH en estadio SIDA, de Lima Metropolitana y el Callao, desde enero a diciembre 2001. Se realizó hemograma, mielograma, dosaje sérico de hierro, saturación de transferrina, ferritina, folato y vitamina B12. Las muestras fueron procesadas en el Departamento de Patología Clínica del Hospital Nacional Dos de Mayo. RESULTADOS: De los 100 pacientes, 60% presentaron anemia severa, 30% moderada y 10% leve. La tipificación del cuadro anémico fue carencial en 70% y por enfermedad crónica en 30%. En el caso de anemia carencial, 25% fue ferropénica, 30% carencial mixta (ferropénica y megaloblástica y 15% megaloblástica. De los casos con componente megaloblástico, 30 pacientes tuvieron deficiencia de folatos y 15 carencia de vitamina B12. CONCLUSIONES: La anemia prevalente fue la del tipo carencial. El grado de anemia predominante fue el severo.

  18. Anemias in children from two health centers in Recife (Brazil)

    OpenAIRE

    Salzano, Aureni Costa; Torres, Marco Antonio A.; Batista Filho, Malaquias; Romani, Sylvia de Azevedo Mello

    1985-01-01

    Foi estudada a prevalência de anemia em 1.306 crianças, com idade compreendida entre 6 e 60 meses, de duas unidades de saúde, em Recife, PE, (Brasil). Na clientela pediátrica do Centro de Saúde Lessa de Andrade, mantido pelo Governo do Estado, a ocorrência de anemias era quase duas vezes superior à encontrada no Posto de Assistência Médica de Areias, pertencente ao Instituto Nacional de Assistência Médica e Previdência Social (INAMPS). A prevalência de valores baixos de hemoglobina predominav...

  19. Aspectos moleculares da anemia falciforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Galiza Neto Gentil Claudino de

    2003-01-01

    Full Text Available No presente artigo abordaram-se vários aspectos relacionados à natureza molecular da anemia falciforme, desordem hematológica de caráter hereditário que acomete expressivo número de indivíduos em várias regiões do mundo. As pesquisas realizadas em torno desta patologia da hemácia, ao longo de quase um século, a partir de 1910, cooperaram para a criação de um novo e importante segmento da ciência, denominado biologia molecular. A descoberta dos polimorfismos da mutação (GAT->GTG no gene que codifica a cadeia beta da hemoglobina, originando diferentes haplótipos da doença, permitiu um melhor e mais amplo conhecimento em torno da heterogeneidade clínica nos pacientes falcêmicos. Analisando a hemoglobina na sua estrutura normal e mutante, sua produção e evolução, pode-se ter um entendimento mais completo da fisiopatologia desta doença e da sua complexidade clínica.

  20. Mouse models of Fanconi anemia

    International Nuclear Information System (INIS)

    Parmar, Kalindi; D'Andrea, Alan; Niedernhofer, Laura J.

    2009-01-01

    Fanconi anemia is a rare inherited disease characterized by congenital anomalies, growth retardation, aplastic anemia and an increased risk of acute myeloid leukemia and squamous cell carcinomas. The disease is caused by mutation in genes encoding proteins required for the Fanconi anemia pathway, a response mechanism to replicative stress, including that caused by genotoxins that cause DNA interstrand crosslinks. Defects in the Fanconi anemia pathway lead to genomic instability and apoptosis of proliferating cells. To date, 13 complementation groups of Fanconi anemia were identified. Five of these genes have been deleted or mutated in the mouse, as well as a sixth key regulatory gene, to create mouse models of Fanconi anemia. This review summarizes the phenotype of each of the Fanconi anemia mouse models and highlights how genetic and interventional studies using the strains have yielded novel insight into therapeutic strategies for Fanconi anemia and into how the Fanconi anemia pathway protects against genomic instability.

  1. Anemia e marcadores séricos da deficiência de ferro em grávidas atendidas na rede pública municipal de Manaus, Amazonas, Brasil Anemia and serum markers of iron deficiency in pregnant women attended by Public Health Service in Manaus, Amazonas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Marinho da Costa

    2009-01-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo avaliar a anemia em grávidas, associando os resultados da dosagem de hemoglobina e hematócrito com a análise de marcadores do perfil sérico do ferro. Participaram do estudo 92 grávidas que estavam realizando pré-natal em unidades de atendimento à saúde no Município de Manaus, Amazonas, Brasil. Foi aplicado um formulário para obtenção dos dados antropométricos e informações sobre estilo de vida, além de serem realizadas dosagens dos níveis séricos de ferro, capacidade latente de ligação do ferro (CLLF, capacidade total de ligação do ferro (CTLF, índice de saturação da transferrina (IST, transferrina, ferritina e níveis sanguíneos de hemoglobina e hematócrito por metodologia automatizada utilizando kits comerciais disponíveis. Foram encontradas 26,1% de grávidas com níveis de hemoglobina abaixo de 11 g/dL. Observou-se que 17,4% das grávidas com níveis normais de hemoglobina apresentavam níveis inadequados de ferro sérico e 9,8% apresentavam níveis baixos de ferritina sérica. Os níveis de ferritina e de hemoglobina apresentaram diferença significativa entre os trimestres de gestação (p This study aimed to evaluate anemia in pregnant women, comparing results of hemoglobin and hemotocrit dosages with analysis of iron serum status markers. 92 pregnant women, in pre-natal attendance in Public Health Service of Manaus, Amazonas, Brazil, participated in this study. A questionnaire was used to access anthropometric data and life style information. Serum levels of iron, latent iron binding capacity (LIBC, total iron binding capacity (TIBC, transferrin saturation (TS, transferrin, ferritin, and blood levels of hemoglobin and hematocrit were measured by automated methods, using commercially available kits. The study showed that 26.1% of the pregnant women had hemoglobin levels below 11 g/dL. Also, of the pregnant women with normal levels of hemoglobin, 17.4% showed inadequate iron

  2. Uso diário e semanal de sulfato ferroso no tratamento de anemia em mulheres no período reprodutivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lopes Maria do Carmo dos Santos

    1999-01-01

    Full Text Available Mediante um ensaio terapêutico randomizado e cego em 193 mulheres (15-45 anos de idade anêmicas (Hb<12mg/dl e "menstruantes", comparou-se a ação e a adesão ao tratamento com sulfato ferroso (60 mg de Fe elementar, administrado em doses diárias e semanais, em uma comunidade de baixa renda do Recife-PE. Após 12 semanas de tratamento, 150 mulheres chegaram ao final do ensaio, sendo 79 do esquema semanal e 71 do diário. As médias de Hb antes do tratamento foram, respectivamente, 10,52 g/dl (DP = 1,13 e 10,72 g/dl (DP = 0,92 para o esquema alternativo e convencional. Após a intervenção, as médias de Hb alcançaram 11,83 g/dl (DP = 0,97 no esquema semanal e 11,62 g/dl (DP = 1,39 no diário. Não houve significância estatística (p = 0,22 entre as diferenças de médias nos dois esquemas terapêuticos, embora o percentual de cura (48,1% tenha sido maior no tratamento semanal, quando comparado ao diário (36,6%. Conclui-se que o esquema de tratamento semanal teve a mesma eficácia do diário. A aceitação ao tratamento no primeiro mês foi melhor no esquema semanal, não havendo, entretanto, diferenças nos dois meses subseqüentes.

  3. Longitudinal anthropometric assessment of infants born to HIV-1-infected mothers, Belo Horizonte, Southeastern Brazil Evaluación antropométrica longitudinal de lactantes nacidos de madres infectadas por VIH-1 Avaliação antropométrica longitudinal de lactentes nascidos de mães infectadas pelo HIV-1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Arlene Fausto

    2011-08-01

    (variación: 6,8 a 18,0 meses y 14,3 meses (variación: 6,3 a 18,6 meses, respectivamente. Se utilizó el modelo de regresión linear de efectos mixtos ajustado por máxima verosimilitud restringida para construir las curvas de crecimiento. RESULTADOS: Los z-escores PI, EI y PE de los lactantes infectados con el VIH-1 presentaron decrecimiento. A los seis meses, la diferencia promedio en los z-escores PI, EI y PE entre lactantes infectados y no infectados con el VIH era, respectivamente, 1,02, 0,59 y 0,63 desviaciones-estándares. A los 12 meses, la diferencia promedio en los z-escores PI, EI y PE entre lactantes infectados y no infectados era, respectivamente, 1,15, 1,01 y 0,87 desviaciones-estándares. CONCLUSIONES: El comprometimiento precoz y creciente de los indicadores antropométricos de niños infectados con el VIH-1 muestra la importancia de identificar precozmente niños infectados con el VIH que están en riesgo nutricional y la necesidad de evaluarse continuamente las intervenciones nutricionales adoptadas.OBJETIVO: Avaliar os parâmetros de crescimento em lactentes nascidos de mães infectadas com o HIV-1. MÉTODOS: Avaliação longitudinal dos z-escores peso-idade (PI, estatura-idade (EI, peso-estatura (PE foi realizada em uma coorte. Foram estudados 97 lactentes não-infectados e 33 lactentes infectados nascidos de mães infectadas com o HIV-1 em Belo Horizonte, MG, de 1995 a 2003. O tempo mediano de seguimento para os lactentes infectados e não-infectados foi de 15,8 meses (variação: 6,8 a 18,0 meses e 14,3 meses (variação: 6,3 a 18,6 meses, respectivamente. Utilizou-se o modelo de regressão linear de efeitos mistos ajustado por máxima verossimilhança restrita para construir as curvas de crescimento. RESULTADOS: Os z-escores PI, EI e PE dos lactentes infectados com o HIV-1 apresentaram decréscimo. Aos seis meses, a diferença média nos z-escores PI, EI e PE entre lactentes infectados e não-infectados com o HIV era, respectivamente, 1,02, 0,59 e 0

  4. CARACTERIZAÇÃO DO ESTADO NUTRICIONAL E PRESENÇA DE ANEMIA EM PRÉ-ESCOLARES DE MATÃO - S.P.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V. R. GUANDALINI

    2009-03-01

    Full Text Available

    A avaliação do estado nutricional é uma das maneiras de indentificar as carências nutricionais, seja, de macronutrientes como a desnutrição protéicocalórica, ou de micronutrientes, como a anemia ferropriva, e que reconhecidamente são problemas de saúde pública mundial. No Brasil, diversos estudos tem demonstrado a extensão e gravidade destes problemas, recomendando medidas urgentes para a sua prevenção e controle. Programas de distribuição de alimentos, de aleitamento materno, de distribuição de leite, de alimentação nas creches, têm sido implantados procurando oferecer uma nutrição adequada à todas as crianças. O objetivo do presente trabalho foi caracterizar pela antropometria e eritrograma sangüíneo, o estado nutricional de crianças em idade pré-escolar atendidas em uma creche municipal da cidade de Matão, no estado de São Paulo. Foram examinadas 47 crianças da instituição e obtidos dados de peso e altura, para avaliar o seu desenvolvimento físico. O sangue foi colhido para o estudo do eritrograma, incluindo resultados sobre a amplitude de distribuição de hemácias e a contagem de reticulócitos. Os valores de peso e altura das crianças foram classificados pelo escore Z, apresentando 3 crianças com valores antropométricos ≤ -2 escore Z, portanto, quadro de desnutrição protéico-calórica e 3 apresentaram valores compatíveis com obesidade (Z ≥ +2. Apresentaram –se em risco de desnutrição protéicocalórica, com um escore Z entre –2 e –1, 12 crianças e em risco de obesidade com um escore Z entre +1 e +2, 4 crianças. Todos os dados hematológicos absolutos ou seus índices mostraram valores considerados normais para o grupo et

  5. Cancer-related anemia

    International Nuclear Information System (INIS)

    Abdel-Rzaeq, Hikmat N.

    2004-01-01

    Anemia is the most common hematological abnormality in cancer patients is often under-recognized and undertreated. The pathogenesis of cancer anemia is complex and most of time multifactorial; involving factors related to the tumor itself or its therapy. While anemia can be present in a wide range of symptoms, involing almost every organ, it is beleived that it contributes much to cancer-related-fatigue, one of the most common symptoms in cancer patients. In addition there is increasing evidence to suggest that anemia is an independent factor adversely affecting tumor reponse and patient survival. While blood transfusion was the only option to treat cancer related anemia, the use of recombinant human erythropoietin (rHuEPO) is becomig the new standard of care, more so with the recent studies demonstrating the feasibility of a sigle weekly injection .Things are even getting better with the recent approval of a new form of rHuEPO; Darbepoetin an analogue with a 3-fold longer half-life. In addition to its effects in raising homoglobin, several well controlled studies demonstrated decrease in transfusion requirementsand better qualify of life assessed objectively using standard assesments scales. (author)

  6. Aplastic Anemia & MDS International Foundation

    Science.gov (United States)

    ... In Treatment at NIH "The Aplastic Anemia and MDS International Foundation is helping patients like me cope with bone marrow failure disease." Diseases Aplastic Anemia Myelodysplastic Syndromes (MDS) Paroxysmal Nocturnal Hemoglobinuria (PNH) Related Diseases Treatments ...

  7. Evaluation of Macrocytic Anemias.

    Science.gov (United States)

    Green, Ralph; Dwyre, Denis M

    2015-10-01

    Macrocytic anemia, defined as a mean cell volume (MCV) ≥100 fL in adults, has a narrow differential diagnosis that requires evaluation of the peripheral blood smear as well as additional laboratory testing taken in conjunction with clinical information that includes patient history and physical examination findings. This review is an update on the approach to a patient with macrocytic anemia with attention paid to the differentiation of megaloblastic and non-megaloblastic macrocytic anemias. Critical to the determination of the diagnosis is the judicious use of laboratory testing and the evaluation of those findings in conjunction with the patient medical, surgical, and medication history. Copyright © 2015 Elsevier Inc. All rights reserved.

  8. Aloimunidade contra antígenos HLA de classe I em pacientes com síndromes mielodisplásicas e anemia aplástica Aloimmunity against HLA class I antigens in patients with myelodisplastic syndrome and aplastic anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daisy M. M. Arruda

    2008-02-01

    Full Text Available As síndromes mielodisplásicas (SMD e a anemia aplástica (AA apresentam citopenias periféricas necessitando, com freqüência, de reposições transfusionais contínuas de concentrados de hemácias e/ou de concentrados de plaquetas. O objetivo do presente estudo foi verificar a ocorrência de anticorpos anti-HLA de classe I em pacientes portadores das SMD e AA atendidos no ambulatório de Hematologia do Hemoce/UFC. Foram analisados 110 pacientes, sendo 70 com SMD e 40 com AA. A pesquisa de anticorpos anti-HLA de classe I foi realizada frente a um painel (PRA, utilizando-se a técnica de microlinfocitotoxicidade dependente do complemento. Vinte (28,6% dos 70 pacientes com as SMD e 18 (45% dos 40 pacientes com AA desenvolveram anticorpos anti-HLA contra o PRA. Esses pacientes que receberam uma carga de antígenos estranhos advindos de múltiplas transfusões de vários doadores de CH e/ou CP, geralmente desenvolvem aloanticorpos contra os antígenos HLA presentes na superfície das plaquetas e dos leucócitos que contaminam esses concentrados. A produção desses anticorpos pode trazer sérias complicações para o tratamento dos pacientes com SMD e AA. As avaliações sistemáticas para detecção de anticorpos anti-HLA após a reposição transfusional podem ser valiosas para adoção de estratégias transfusionais mais adequadas para esta população de pacientes.Patients with myelodysplastic syndromes (MDS or aplastic anemia (AA present peripheral cytopenias and require continuous transfusions of red cell and/or platelet concentrates. The objective of this study is to verify the existence of anti-HLA class 1 antibodies in patients with MDS and AA treated at the hematology Out patient Clinic of Hemoce/UFC. A total of 110 patients were analyzed, 70 with MDS and 40 with AA. Anti-HLA class 1 antibody detection was achieved with an antibody reactivity panel using the complement-dependent microlymphocytotoxicity technique. A total of 20 (28.6% of

  9. Severe anemia in Malawian children

    NARCIS (Netherlands)

    Calis, Job Cj; Phiri, Kamija S.; Faragher, E. Brian; Brabin, Bernard J.; Bates, Imelda; Cuevas, Luis E.; de Haan, Rob J.; Phiri, Ajib I.; Malange, Pelani; Khoka, Mirriam; Hulshof, Paul Jm; van Lieshout, Lisette; Beld, Marcel Ghm; teo, Yik Y.; Rockett, Kirk A.; Richardson, Anna; Kwiatkowski, Dominic P.; Molyneux, Malcolm E.; van Hensbroek, Michaël Boele

    2016-01-01

    Severe anemia is a major cause of sickness and death in African children, yet the causes of anemia in this population have been inadequately studied. We conducted a case-control study of 381 preschool children with severe anemia (hemoglobin concentration, <5.0 g per deciliter) and 757 preschool

  10. Nutritional anemias and the elderly.

    Science.gov (United States)

    Carmel, Ralph

    2008-10-01

    Nutritional anemias are important because they are easily reversed and because their underlying causes, most often unrelated to dietary intake, require individualized assessment. Iron-deficiency anemia (IDA) usually results from iron losses accompanying chronic bleeding, including loss to intestinal parasites, or from gastric disorders or malabsorption in the elderly. Cobalamin-deficiency anemia, the only nutritional anemia with predilection for the elderly, nearly always stems from failure of intrinsic factor (IF)-related absorption. Folate-deficiency anemia, the only nutritional anemia usually caused by poor intake, has nearly disappeared in countries that fortify food with folic acid. Copper-deficiency anemia, which usually results from malabsorptive disorders or from medical or nutritional interventions that provide inadequate copper or excess zinc, is uncommon but increasingly recognized. The prevalences of nutritional anemias, which are not always distinguished from non-anemic deficiency, are uncertain. The mean corpuscular volume (MCV) provides an essential diagnostic tool leading to judicious matching of relevant biochemical changes with relevant anemia. Nutritional anemias usually feature abnormal MCV, whereas the predominant anemias in the aged, especially the anemias of chronic disease/chronic inflammation (ACD/ACI), of renal failure, and of unknown causes, are typically normocytic.

  11. Crescimento de lactentes não-anêmicos suplementados com diferentes doses profiláticas de ferro Growth in non-anemic infants supplemented with different prophylactic iron doses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle G. da Silva

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar os efeitos de diferentes doses profiláticas de ferro sobre o crescimento e estado nutricional de lactentes não-anêmicos. MÉTODOS: Estudo do tipo prospectivo e randomizado. Lactentes de 5,0 a 6,9 meses de vida que atenderam aos critérios de inclusão e apresentaram hemoglobina capilar ≥ 11 g/dL foram alocados randomicamente em três grupos com doses profiláticas de suplemento de ferro (sulfato ferroso de 1 mg/kg/dia (n = 39, 2 mg/kg/dia (n = 36 e 25 mg/semana (n = 39. A suplementação durou 16 semanas. Foram avaliados peso e comprimento. O estado nutricional foi avaliado por meio dos escores z do peso/idade, comprimento/idade e peso/comprimento com base na referência da Organização Mundial da Saúde (2006. Os dados de morbidade foram obtidos durante as visitas mensais. RESULTADOS: Antes da suplementação, os grupos apresentaram similar estado nutricional. Não houve diferença entre os grupos na ingestão diária de nutrientes. Durante o estudo, o ganho de peso, o ganho de comprimento e os incrementos nos índices antropométricos não diferiram estatisticamente entre os grupos suplementados. A ocorrência e duração dos episódios de morbidade não diferiram estatisticamente entre os grupos. De modo geral, observaram-se melhorias nos índices peso/idade e peso/comprimento na população estudada, porém o comprimento/idade não apresentou diferenças antes e após a suplementação. CONCLUSÃO: As diferentes doses profiláticas de ferro não exerceram efeito diferenciado sobre o crescimento e estado nutricional dos lactentes não-anêmicos.OBJECTIVE: To compare the effects of different prophylactic iron doses on the growth and nutritional status of non-anemic infants. METHODS: Prospective randomized study. Infants aged 5.0 to 6.9 months who met the inclusion criteria and showed capillary hemoglobin ≥ 11 g/dL were randomly allocated into three groups who received the following prophylactic doses of iron

  12. [Equine Infectious Anemia (EIA)].

    Science.gov (United States)

    Kaiser, A; Meier, H P; Straub, R; Gerber, V

    2009-04-01

    Equine Infectious Anemia (EIA) is a reportable, eradicable epizootic disease caused by the equine lentivirus of the retrovirus family which affects equids only and occurs worldwide. The virus is transmitted by blood, mainly by sanguivorous insects. The main symptoms of the disease are pyrexia, apathy, loss of body condition and weight, anemia, edema and petechia. However, infected horses can also be inapparent carriers without any overt signs. The disease is diagnosed by serological tests like the Coggins test and ELISA tests. Presently, Switzerland is offi cially free from EIA. However, Switzerland is permanently at risk of introducing the virus as cases of EIA have recently been reported in different European countries.

  13. Prevenção de anemia no primeiro ano de vida em centros de saúde do município de Santo André, São Paulo

    DEFF Research Database (Denmark)

    Szarfarc, S C; Berg, Gabriele; Santos, A L

    1996-01-01

    The aim of this study was to evaluate the efficacy of an iron prophylactic supplementation program, in three health centers of Santo André, in São Paulo state. The prevalence of anemia was identified in a control group consisting of 201 children of 1 year old. The intervention group consisted...... and anemia and its risk to children's health. When the children were 12 months old, the diagnosis of anemia was made through dosage of hemoglobin concentration and the results were compared with those of the control group. It was verified that the 2 groups presented similar prevalences. It is important...... to realize that children with low frequency of visits to the health centers had prevalence of anemia significantly higher than those with high frequency. Some factors that possibly contributed to the result of the intervention are discussed....

  14. Perfil sérico da molécula de adesão intercelular-1 no pós-operatório cardíaco de lactentes submetidos à circulação extracorpórea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hunsche Angela

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivos: mensurar os níveis séricos da molécula de adesão intercelular-1, solúvel em condições basais e após exposição ao circuito de circulação extracorpórea, em lactentes submetidos à cirurgia cardíaca para correção de defeitos cardíacos congênitos. Métodos: estudo de coorte contemporâneo envolvendo 21 lactentes submetidos à cirurgia cardíaca com uso de circulação extracorpórea. Foram medidos os níveis séricos da molécula de adesão intercelular-1, solúvel na indução anestésica, ao término e 8 e 26 horas após o término da circulação extracorpórea. As amostras foram dosadas através do método de ELISA. Resultados: as patologias cardíacas congênitas mais comuns foram defeito do septo atrioventricular e Tetralogia de Fallot. As médias de idade e de peso foram 6,6 meses e 5,8 quilos. As medianas dos tempos de circulação extracorpórea e de clampeamento da aorta foram, respectivamente, 87 e 53 minutos. Todos os lactentes utilizaram inotrópicos. As medianas dos tempos de intubação e de internação foram 72 horas e 21 dias. A taxa de mortalidade dos pacientes foi de 9,5%. Os níveis basais da molécula avaliada foram mais elevados do que aqueles considerados normais (p<0,0001. Seus níveis diminuíram significativamente ao término da circulação extracorpórea (p<0,001, voltando a aumentar significativamente 8 horas após o término desse período (p<0,005, sem, no entanto, alcançar os valores basais 26 horas depois. Conclusões: o nível sérico basal da molécula de adesão intercelular-1 solúvel é aumentado em lactentes com cardiopatias congênitas. Os níveis séricos desta molécula variam após exposição ao circuito de circulação extracorpórea, e apresentam um comportamento característico nesses pacientes.

  15. O hemograma nas anemias microcíticas e hipocrômicas: aspectos diferenciais Blood tests in microcytic and hypochromic anemias: differential aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Januária Fonseca Matos

    2012-08-01

    Full Text Available O diagnóstico diferencial das anemias microcíticas é clinicamente importante. Na tentativa de tornar esse diagnóstico menos oneroso e mais eficiente, o uso de parâmetros dos contadores automáticos tem sido sugerido. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência diagnóstica de alguns parâmetros do hemograma na diferenciação das anemias microcíticas. Foram comparados os parâmetros hematológicos de 395 pacientes portadores de anemia ferropriva, anemia de doença crônica ou talassemia menor. O número de hemácias apresentou os maiores valores combinados de sensibilidade e especificidade na diferenciação dessas anemias. Em conclusão, a contagem de hemácias pode ser útil no diagnóstico diferencial de anemias microcíticas.Differential diagnosis of microcytic anemia is clinically important. In an attempt to make this diagnosis more cost-effective, the use of some parameters obtained from automated blood count analyzers has been suggested. The objective of this study was to evaluate the efficiency of blood count parameters in differentiating microcytic anemias. Blood parameters were compared in 395 patients with iron deficiency anemia, chronic disease anemia or thalassemia minor. The number of red blood cells showed the highest combined sensitivity and specificity in differentiating these anemias. Hence, blood counts may be a useful tool in the differential diagnosis of microcytic anemias.

  16. Tratamento da Osteonecrose da Cabeça Femoral com celulas progenitoras autólogas em anemia falciforme Femoral Head Necrosis treatment with autologous stem cells in sickle cell disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gildásio Cerqueira Daltro

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliação da segurança e eficácia do uso de células progenitoras autólogas da medula óssea (CMMO no tratamento da Osteonecrose da Cabeça Femoral (OCF de pacientes portadores de anemia falciforme. MÉTODOS: Foram estudados 8 pacientes portadores de anemia falciforme, com OCF nos estágios I e II (classificação de Ficat e Arlet. As CMMO retiradas da crista ilíaca posterior foram concentradas e reinfundidas na área central da osteonecrose. Os principais parâmetros avaliados foram segurança, sintomas clínicos e progressão da doença, através da avaliação clínica (Harris Hip Score e radiológica. RESULTADOS: A maior parte dos pacientes (7 em 8 referiu melhora dos sintomas após o tratamento. Não houve complicações durante o procedimento anestésico e cirúrgico. A medida do escore (Harris Hip Score no pré-operatório foi 78,5 +/- 6,2 pontos, com aumento significativo destes valores no pós-operatório (98,3 +/- 2,5 pontos (pPURPOSE: To assess the efficacy and safety of autologous bone-marrow mononuclear cells (BMMC implantation in necrotic lesions of the femoral head in patients with sickle cell disease. METHODS: We studied eight patients with stage-I or -II femoral head osteonecrosis according to the system by Ficat and Arlet. BMMCs were harvested and re-infused into the necrotic zone. The primary endpoints studied were safety, clinical symptoms and disease progression, these being assessed according to the Harris hip score (HHS and to X-ray studies. RESULTS: After eight months, seven of the eight patients reported improvement from symptoms. There were no complications during anesthetic and surgery procedures. There was a significant postoperative increase in the HHS (98.3 +/- 2.5 points compared to preoperative HHS (78.5 +/- 6.2 points (p< 0.001. X-ray evaluation and cell parameters were found to be favorable. CONCLUSION: The autologous bone-marrow mononuclear cells implantation seems to be a safe and effective

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... deficiency anemia if they're underweight or have chronic (ongoing) illnesses. Teenage girls who have heavy periods ... because blood is lost during dialysis. Also, the kidneys are no longer able to make ... Centers for Disease Control and Prevention (CDC) has developed guidelines for ...

  18. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... woman's risk for a premature or low-birth-weight baby. Adults Who Have Internal Bleeding Adults who have internal bleeding, such as intestinal bleeding, can develop iron-deficiency anemia due to blood loss. Certain conditions, such as colon cancer and bleeding ...

  19. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Follow a high-fiber diet. Large amounts of fiber can slow the absorption of iron. Screening and Prevention Eating a well-balanced diet that includes iron-rich foods may help you prevent iron-deficiency anemia. Taking ...

  20. Anemia and School Participation

    Science.gov (United States)

    Bobonis, Gustavo J.; Miguel, Edward; Puri-Sharma, Charu

    2006-01-01

    Anemia is among the most widespread health problems for children in developing countries. This paper evaluates the impact of a randomized health intervention delivering iron supplementation and deworming drugs to Indian preschool children. At baseline, 69 percent were anemic and 30 percent had intestinal worm infections. Weight increased among…