WorldWideScience

Sample records for anemia em lactentes

  1. Anemia em lactentes de baixa renda em aleitamento materno exclusivo Anemia in low-income exclusively breastfed infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio A. Torres

    2006-08-01

    Full Text Available OBJETIVO:Verificar o comportamento dos valores da hemoglobina e a prevalência de anemia entre lactentes de termo de 3 a 6 meses de idade em aleitamento materno exclusivo. MÉTODOS: Estudo transversal em 242 lactentes de 3 a 6 meses de idade com peso de nascimento superior a 2.500 g, em aleitamento materno exclusivo e em acompanhamento no Programa de Promoção do Crescimento e Desenvolvimento do Lactente do Programa Einstein na Comunidade de Paraisópolis. A dosagem de hemoglobina foi realizada por meio de punção digital entre o terceiro e o sexto meses de vida. Adotaram-se os valores de Hb OBJECTIVE: To verify the behavior of hemoglobin levels and anemia prevalence in full term infants, aged 3 to 6 months and on exclusive breastfeeding. METHODS: A cross-sectional study of 242 infants aged 3 to 6 months with birth weights of more than 2,500 g, on exclusive breastfeeding and monitored by the Program for the Promotion of Infant Growth and Development, part of the Paraisópolis Einstein Community Program. Hemoglobin was assayed by finger prick between the third and sixth months of life. Anemia was defined as Hb < 10.3 g/dL (Saarinen or Hb < 10 g/dL (Brault-Dubuc for infants aged 3 to 5 months and as Hb < 11.0 g/dL (WHO for infants aged 6 months. RESULTS: Mean hemoglobin concentration was 11.3 and 11.4 g/dL at 3 and 4 months and 11.2 and 11.1 g/dL at 5 and 6 months, respectively. The percentage of anemic infants varied depending on age and the cutoff adopted, being 11.8, 10.2 and 8.3% at 3, 4 and 5 months, respectively, according to the Brault-Dubuc criteria, and 20.6, 14.8 and 10.4% by the Saarinen criteria. Anemia prevalence at 6 months was 37.5%. CONCLUSIONS: Anemia prevalence rates observed among infants aged between 3 and 6 months varied from 8.3 to 37.5%, justifying increased attention on the part of pediatricians to the hemoglobin levels of infants who are on exclusive breastfeeding, come from low-income families and present risk factors

  2. Fatores associados à anemia em lactentes nascidos a termo e sem baixo peso

    OpenAIRE

    Netto,Michele Pereira; Rocha,Daniela da Silva; Sylvia do Carmo Castro FRANCESCHINI; Lamounier, Joel Alves

    2011-01-01

    OBJETIVO: Investigar os fatores envolvidos na gênese da anemia ferropriva em lactentes. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, no qual foram avaliadas 104 crianças no segundo ano de vida, que nasceram a termo e sem baixo peso, no município de Viçosa, Minas Gerais. Foi aplicada entrevista aos pais, realizado recordatório 24 horas e avaliação antropométrica. Os exames laboratoriais foram eritrograma, ferritina e retinol sérico. O estudo foi aprovado pelos Comitês de Ética com seres humanos...

  3. Prevenção da anemia ferropriva em lactentes da Zona da Mata Meridional de Pernambuco

    OpenAIRE

    de Lourdes Perez Diaz Teixeira, Maria

    2007-01-01

    Esta tese é apresentada sob a forma de um artigo de revisão da literatura e dois artigos originais. A revisão da literatura discorre sobre a importância da deficiência de ferro e a anemia dela decorrente para os lactentes, bem como das estratégias preventivas que têm sido preconizadas. O primeiro artigo original aborda o papel da alimentação, mais especificamente do aleitamento materno exclusivo, na prevenção da anemia no lactente. Aborda ainda a relação entre a anemia materna ...

  4. Introdução alimentar e anemia em lactentes do município de Campinas (SP Feeding pattern and anemia in infants in the city of Campinas, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Esteves Jordão

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de anemia em crianças do município de Campinas, levando-se em consideração a introdução de alimentos complementares. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com 354 crianças de seis a 12 meses de idade, sorteadas do Sistema de Informações de Nascidos Vivos da cidade de Campinas. Profissionais da área da saúde devidamente treinados realizaram entrevista domiciliar com as mães dos lactentes, as quais responderam a um questionário contendo dados sobre a introdução de alimentos e condições socioeconômicas. Ao final, coletou-se sangue capilar do lactente, para dosagem de hemoglobina com o Hemocue®. Foram consideradas anêmicas as crianças com concentrações de hemoglobina inferiores a 11g/dL. Os dados foram avaliados por análise de sobrevida para verificar a associação da introdução alimentar com a anemia. RESULTADOS: Dos lactentes estudados, 66,5% apresentaram níveis de hemoglobina OBJECTIVE: To verify the prevalence of anemia associated with the introduction of complementary food in children less than two years old in the city of Campinas, São Paulo, Brazil. METHODS: A cross-sectional survey was performed in 354 children between 6 and 12 months of age which were registered in the Live Births Information System from Campinas area. Health professionals interviewed the mothers, who answered a questionnaire about food introduction and socioeconomic status. Capillary blood was collected and the hemoglobin level was determined by Hemocue®. Anemia was diagnosed if hemoglobin level was below 11g/dL. Survival analysis was performed to determine the influence of complementary food introduction on anemia. RESULTS: 66.5% of the children had hemoglobin levels lower than 11g/dl. Anemia was associated to early introduction of the family diet (p=0.036, bread (p=0.012, yogurt (p=0.006, soft drinks (p=0.005, candies (p=0.005 and snacks (p=0.013. CONCLUSIONS: Inadequate complementary food introduction is

  5. Anemia do lactente: etiologia e prevalência Anemia in infancy: etiology and prevalence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Claret C.M. Hadler

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: verificar a prevalência de anemia, anemia ferropriva e deficiência de ferro em lactentes, de unidade pública de saúde, no município de Goiânia, Brasil, analisar e correlacionar as variáveis bioquímicas e hematológicas. Métodos: realizou-se estudo transversal. De 120 mães entrevistadas, foram incluídos 110 lactentes de 6 a 12 meses de idade, a termo e não gemelares. Dados socioeconômicos e hematológicos foram obtidos. Colheu-se sangue venoso dos lactentes em jejum para realização do hemograma completo por contagem eletrônica, ferro sérico, ferritina sérica e proteína C-reativa, os quais foram utilizados na avaliação da etiologia ferropriva nos anêmicos. Crianças com hemoglobina Objective: To verify the prevalence of anemia, iron deficiency anemia and iron deficiency in infants, at a Public Health Unit in the city of Goiânia - Brazil; to analyze and to correlate the hematologic and biochemical variables. Methods: A cross-sectional study was carried out. One hundred and ten full-term infants of the 120 mothers interviewed were included. The infants aged between six and twelve months and there were not twins. Socioeconomic and hematologic data was obtained. Venous blood was taken from fasting infants in order to carry out a complete hemogram through electronic cell counting, serum iron, serum ferritin and C-reactive protein, which were used in the evaluation of the etiology of iron deficiency in the anemic infants. Children with hemoglobin < 11g/dL were considered anemic. Results: The prevalence of anemia was 60.9%. In the diagnosis of the iron deficiency etiology in infants without an inflammation process, when considering the alteration of hemoglobin plus two more indices among mean corpuscular volume (MCV or mean corpuscular hemoglobin (MCH or serum ferritin or serum iron, the prevalence of the iron deficiency was 87%. Nevertheless, when red cell distribution width (RDW was included in the indices, the

  6. Fatores de risco de anemia em lactentes matriculados em creches públicas ou filantrópicas de São Paulo Risk factors for anemia in infants enrolled in public or philanthropic day-care centers in São Paulo city, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tulio Konstantyner

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar e quantificar os fatores de risco de anemia em lactentes matriculados em creches públicas ou filantrópicas no município de São Paulo e discutir o impacto das ações da creche no controle desta carência nutricional específica. MÉTODO: Estudo seccional compreendendo 212 lactentes de duas creches públicas e três filantrópicas. Foram realizadas entrevistas com as mães, coleta de sangue por punção digital e antropometria. Considerou-se como anemia, hemoglobina inferior a 11g/dL. Foi ajustado um modelo de regressão logística para fatores de risco entre grupos de lactentes com e sem anemia. RESULTADOS: A prevalência de anemia foi de 51,9%. O modelo logístico final foi composto por 4 variáveis: presença de 1 ou mais irmãos menores que 5 anos (Odds Ratio=2,57; p=0,005; estar freqüentando creche de administração exclusivamente pública (Odds Ratio=2,12; p=0,020; uso de aleitamento materno exclusivo inferior a 2 meses (Odds Ratio=1,88; p=0,044, e idade inferior a 15 meses (Odds Ratio=2,32; p=0,006. CONCLUSÃO:Concluiu-se que a alta prevalência de anemia evidencia a ineficiência das creches estudadas para controlar e prevenir esta carência nutricional; portanto, cabe ao planejador de saúde considerar os riscos de anemia identificados e quantificados quando da elaboração de programas de controle e prevenção.OBJECTIVE: To identify and quantify the risk factors for anemia in infants enrolled in public or philanthropic day care centers in São Paulo city and discuss the impact of the actions of day care centers in controlling this specific nutritional deficiency. METHODS: Cross-sectional study comprising 212 infants of two public and three philanthropic day care centers. Interviews with the mothers, collection of blood by digital puncture and anthropometry were performed. Anemia was characterized by hemoglobin levels below 11g/dL. A logistic regression model for risk factors between groups of infants with

  7. Fatores de risco para anemia em lactentes atendidos nos serviços públicos de saúde: a importância das práticas alimentares e da suplementação com ferro Risk factors for anemia in infants assisted by public health services: the importance of feeding practices and iron supplementation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle G. Silva

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar os fatores de risco para anemia em lactentes atendidos nos serviços públicos de saúde. MÉTODOS: Em estudo transversal, foram avaliadas 205 crianças de 6 a 12 meses no município de Viçosa (MG. A coleta de dados envolveu variáveis socioeconômicas, ambientais e biológicas, bem como aquelas relacionadas ao estado nutricional, à mãe, ao nascimento, ao cuidado com a saúde infantil, às práticas alimentares e à suplementação com ferro. O diagnóstico da anemia baseou-se nos valores de hemoglobina inferiores a 11 g/dL, utilizando o fotômetro portátil Hemocue. Na análise da associação das variáveis com a anemia, foi utilizada a regressão logística múltipla hierarquizada. RESULTADOS: A prevalência de anemia foi de 57,6%. Apresentaram maior chance de anemia os lactentes que pertenciam às famílias com renda per capita inferior a 0,5 salário mínimo, não consumiam frutas diariamente e não ingeriam suplementos medicamentosos com ferro. CONCLUSÃO: A adequada assistência à saúde e nutrição das famílias de baixa renda, o incentivo às práticas alimentares saudáveis e a prescrição de suplementos medicamentosos com ferro são medidas de grande importância para a prevenção e o controle da anemia entre os lactentes atendidos nos serviços públicos de saúde.OBJECTIVE: To investigate risk factors for anemia in infants assisted by public health services. METHODS: In a cross-sectional study carried out in Viçosa, state of Minas Gerais, Brazil, 205 children from 6 to 12 months were evaluated. Socioeconomic, environmental and biological data were collected, as well as information on child's birth, nutritional status, maternal data, child health care practices, feeding practices, and iron supplementation. Diagnosis of anemia was based on hemoglobin levels under 11 g/dL, using a portable Hemocue photometer. To analyze variables associated with anemia, a hierarchical logistic regression model was used

  8. Efetividade da suplementação diária ou semanal com ferro na prevenção da anemia em lactentes Efectividad en el suplemento diario o semanal de hierro en la prevención de anemia en lactantes Effectiveness of daily and weekly iron supplementation in the prevention of anemia in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elyne Montenegro Engstrom

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a efetividade da suplementação universal profilática com sulfato ferroso, em administração diária ou semanal, na prevenção da anemia em lactentes. MÉTODOS: Ensaio de campo randomizado com crianças de seis a 12 meses de idade, atendidas em unidades básicas de saúde do município do Rio de Janeiro, em 2004-2005. Foram formadas três coortes concorrentes com suplementação universal com sulfato ferroso com grupos: diário (n=150; 12,5mgFe/dia, semanal (n=147; 25mgFe/semana e controle (n=94. A intervenção durou 24 semanas e foi acompanhada por ações educativas promotoras de adesão. A concentração de hemoglobina sérica foi analisada segundo sua distribuição, média e prevalência de anemia (HbOBJETIVO: Evaluar la efectividad del suplemento universal profiláctico con sulfato ferroso, en administración diaria o semanal, en la prevención de la anemia en lactantes. MÉTODOS: Se realizo un ensayo de campo aleatorio con niños de seis a 12 meses de edad, atendidos en unidades básicas de salud del municipio de Río de Janeiro (Sureste de Brasil, en 2004-2005. Se formaron tres cohortes coincidentes con suplemento universal con sulfato ferroso con grupos: diario (n=150; 12,5mgFe/dia, semanal (n=147; 25mgFe/semana y control (n=94. La intervención duró 24 semanas y fue acompañada por acciones educativas promotoras de adhesión. La concentración de hemoglobina sérica fue analizada de acuerdo a su distribución, promedio y prevalencia de anemia (HbOBJECTIVE: To evaluate the effectiveness of universal prophylactic targeting with iron sulfate on daily or weekly basis in the prevention of anemia in infants. METHODS: Randomized clinical field trial with children between ages six and 12 months seen at primary health care units in the municipality of Rio de Janeiro, Brazil, between 2004 and 2005. Three concurrent cohorts were compared: daily group (n=150; 12.5mg Fe/day; weekly group (n=147; 25mg Fe/week and control

  9. Botulismo Infantil em Portugal – um lactente com hipotonia

    OpenAIRE

    Malveiro, D; C. Henriques; Flores, P.; Barata, D; Vieira, JP; Cabral, P.

    2013-01-01

    O Botulismo Infantil (BI) constitui uma síndrome neuroparalítica rara, potencialmente fatal, causada pela neurotoxina do Clostridium botulinum. Descreve-se o primeiro caso reportado desde o início da notificação obrigatória em Portugal (1999). Lactente de dois meses, internado por prostração, dificuldade alimentar e obstipação. Constatou-se envolvimento inicial dos pares cranianos associado a fraqueza muscular progressiva, descendente e simétrica. Constituíam factores de risco o consumo...

  10. Sibilância recorrente em lactentes: mudanças epidemiológicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herberto José Chong Neto

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar mudanças na epidemiologia da sibilância recorrente em lactentes de Curitiba (PR. MÉTODOS: Estudo transversal com aplicação do questionário Estudio Internacional de Sibilancias en Lactantes (EISL. Pais de lactentes entre 12 e 15 meses de vida preencheram o instrumento entre agosto de 2005 e dezembro de 2006 (fase I, e de setembro de 2009 a setembro de 2010 (fase III. RESULTADOS: Pais de 3.003 lactentes participaram da fase I, e 22,6% dos lactentes apresentaram sibilância recorrente (> 3 episódios. Após 5 anos, 1.003 pais preencheram o mesmo questionário na fase III, e 19,8% dos lactentes apresentaram sibilância recorrente (p = 0,1. Houve redução na gravidade dos sintomas (p = 0,001 e nas visitas a prontos-socorros (p < 0,001, mas não houve redução nas internações (p = 0,12. Ter o diagnóstico médico de asma foi mais frequente na fase III (p = 0,03. CONCLUSÕES: Não houve mudança na prevalência de sibilância recorrente em lactentes, mas ocorreu redução na gravidade, embora sem afetar o nível de internações e com aumento do diagnóstico de asma pelos clínicos.

  11. Status de Vitamina D em Lactentes Com Alergia à Proteína do Leite de Vaca

    OpenAIRE

    Silva, Cristiane Marroscos

    2015-01-01

    A deficiência de vitamina D pode estar relacionada a distúrbios do sistema imunológico. A avaliação dessa deficiência em crianças com alergia à proteína do leite de vaca (APLV) residentes em locais ensolarados ainda é escassa, e restrita à forma IgE mediada. Esta pesquisa teve como objetivo verificar se lactentes com APLV possuem menores níveis de vitamina D, quando comparados aos lactentes saudáveis. A amostra foi composta por lactentes atendidos nos ambulatórios de Gastroenterologia Pediátr...

  12. Deficiência de ferro em lactentes brasileiros com doença falciforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila C. Rodrigues

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a deficiência ou sobrecarga de ferro em lactentes com doença falciforme, a fim de embasar a decisão de recomendar (ou não a suplementação profilática de ferro nessa população. MÉTODOS: Estudo retrospectivo transversal envolvendo 135 lactentes menores de 2 anos (66 meninos e 69 meninas, com genótipos SS e SC (77/58, nascidos entre 2005 e 2006 em Minas Gerais. Os indicadores de uma possível deficiência de ferro foram: volume corpuscular médio (VCM, hemoglobina corpuscular média (HCM, saturação da transferrina (ST e ferritina. Dezessete lactentes [12,6%, intervalo de confiança de 95% (IC95% 7,0-18,2%] haviam recebido hemotransfusão antes da coleta dos exames. RESULTADOS: ST e ferritina estavam significativamente mais baixas nos lactentes com hemoglobina SC (p < 0,001. Quando dois indicadores foram utilizados para definir a deficiência de ferro (VCM ou HCM baixos mais ST ou ferritina baixas, 17,8% das crianças (IC95% 11,3-24,3% tinham deficiência de ferro, predominando naquelas com perfil SC (p = 0,003. Análise das crianças que não haviam sido transfundidas (n = 118 mostrou prevalência de ferropenia em 19,5%. Constatou-se aumento de ferritina em 15 lactentes (11,3%; IC95% 5,9-16,7%; a maioria havia sido transfundida. CONCLUSÕES: A maior parte dos lactentes com doença falciforme não desenvolve deficiência de ferro, mas alguns têm déficit significativo. Este estudo indica que lactentes com doença falciforme, principalmente aqueles com hemoglobinopatia SC, talvez possam receber ferro profilático; no entanto, a suplementação deve ser suspensa após a primeira hemotransfusão.

  13. Hipertensão pulmonar em lactente associada a pulmão em ferradura: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Rodrigues Neves

    2011-06-01

    Full Text Available Relatamos caso de lactente jovem com desconforto respiratório precoce e hipertensão pulmonar, diagnosticado como variante de pulmão em ferradura, e revisamos literatura a cerca desta rara malformação pulmonar e suas repercussões cardíacas e hemodinâmicas.

  14. Meningencefalite por Pasteurella multocida: estudo clínico-laboratorial de um caso em lactente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. E. Levy

    1989-12-01

    Full Text Available Os autores apresentam descrição clínico-laboratorial e evolutiva do caso de lactente com o diagnóstico de meningencefalite por Pasteurella multocida que apresentou na evolução atraso neuromotor, manifestações epilépticas, surdez neurossensorial e paresia crural à esquerda. Fazem também breve revisão do papel deste agente etiológico na patologia humana. Ressaltam a importância da P. multocida em casos de meningites bacterianas, fazendo-se o diagnóstico laboratorial diferencial com o Haemophilus influenzae e Neisseria meningitidis em processos infecciosos conseqüentes a arranhadura ou mordida de animais e nas bacteremias ou septicemias em pacientes com hepatopatias crônicas ou em estados de imunodepressão.

  15. Cistinúria como causa de litíase renal bilateral em lactente

    OpenAIRE

    Cardoso, Rita; Moura, Márcio; Tapadinhas, Fernando; Simão, Carla; Mendes,Patrícia

    2014-01-01

    A litíase renal é pouco frequente em idade pediátrica e a sua manifestação clínica é variável. No entanto, é possível identificar em grande número destas crianças os factores precipitantes para formação de litíase, entre eles, causas metabólicas.Descreve-se o caso de um lactente de 5 meses, sexo masculino, que manifestou quadro de vómitos, recusa alimentar e presença de sangue na fralda. O exame citoquímico de urina revelou hematúria e o exame cultural foi negativo. A ecografia revelou litías...

  16. Hiperoxalúria primária com insuficiência renal crônica terminal em lactente

    OpenAIRE

    Macedo Célia S.; Yoshida Eneida M.; Viero Rosa Marlene; Riyuzo Márcia C.; Bastos Herculano D.

    2002-01-01

    Objetivo: descrever caso clínico de um lactente com insuficiência renal crônica terminal, causada por hiperoxalúria primária.Método: após revisão da literatura, verifica-se a raridade da doença; na França, a prevalência é de 1,05/milhão, com taxa de incidência de 0,12/milhão/ano. Pesquisa abordando centros especializados mundiais detectou, em 1999, 78 casos em lactentes; destes, em 14% o quadro inicial foi de uremia. A gravidade e a raridade da doença sugerem o relato deste caso.Resultados: c...

  17. Doença da arranhadura do gato por Bartonella quintana em lactente: uma apresentação incomum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Azevedo Zina Maria Almeida de

    2000-01-01

    Full Text Available Relato de caso de doença da arranhadura do gato (DAG, em um paciente lactente, com história epidemiológica negativa, descrevendo o rastreamento diagnóstico, a imagem ao ultra-som, a evolução clínica e o prognóstico. B. quintana foi identificada em aspirado de secreção ganglionar pelo método de PCR. B. henselae, embora seja o agente causal habitualmente responsável pela DAG, não foi isolada. Os autores concluem que a pesquisa de B. quintana e B. henselae deve ser incluída na investigação de adenites, principalmente quando a evolução é subaguda, mesmo em lactentes e, ainda que a história epidemiológica seja negativa.

  18. Burkitt-like lymphoma in an infant: a case report Linfoma burkitt-like em um lactente: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudete Esteves Klumb

    2003-01-01

    Full Text Available Childhood non-Hodgkin's lymphomas, including Burkitt and Burkitt-like, are rarely diagnosed in infants. A case of B-cell lymphoma in a 13-month-old girl with extensive abdominal disease, ascites, pleural effusion, and tumor lysis syndrome is reported. Phenotypic analysis showed a germinal center B-cell phenotype, and a B-cell clonality was confirmed by polymerase chain reaction. There was no evidence of Epstein-Barr and HIV infection. The case herein reported emphasizes the need for considering the diagnosis of lymphoma even in very young children.Os linfomas não Hodgkin da infância, incluindo os linfomas de Burkitt e Burkitt-like são raros em lactentes. Um caso de linfoma não Hodgkin B em uma lactente de 13 meses de idade é descrito. Ao diagnóstico a paciente apresentava extenso comprometimento abdominal associado à ascite, derrame pleural e síndrome de lise tumoral. A análise imunofenotípica mostrou um fenótipo compatível com células linfóides oriundas do centro germinativo e a origem clonal dessas células foi demonstrada por reação em cadeia da polimerase. Não foi demonstrada associação do linfoma com infecção pelo vírus Epstein-Barr e/ou virus da imunodeficiência adquirida. O caso apresentado enfatiza a necessidade de considerar o diagnóstico de linfoma mesmo em lactentes.

  19. Espectroscopia de luz próxima ao infravermelho e processamento sensorial auditivo em lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Almeida Fontes

    Full Text Available RESUMO Objetivo: revisar sistematicamente, por meio de busca nas plataformas Medline e Lilacs o uso da espectroscopia de luz próxima ao infravermelho (NIRS como instrumento para a avaliação da audição a nível cortical em lactentes. Métodos: foi realizada uma revisão integrativa baseada nos critérios estabelecidos pela Cochrane Handbook, passando pelas etapas de definição da questão norteadora (o tema a ser pesquisado, definição das bases de dados para localização dos estudos, seleção e análise crítica dos artigos. A pesquisa bibliográfica foi realizada no período de setembro a dezembro de 2014. Os critérios de inclusão utilizados foram: artigos publicados nos idiomas inglês, português e espanhol, com a população infantil (bebês de 0 a 24 meses e tipo de estudo (coorte, caso controle, transversal. Resultados: foram identificados 1674 artigos e 12 atenderam os critérios de inclusão deste estudo. Todos os artigos utilizaram o estímulo auditivo para medir alterações na hemodinâmica cerebral, porém com áreas cerebrais de interesse diferentes. E foram agrupados em três categorias quanto ao tipo de estímulo: apenas sons vocais, sons vocais e outros estímulos auditivos e sons não vocais. Conclusão: a NIRS é um instrumento eficaz para investigação da audição a nível cortical na população infantil.

  20. Fatores de risco associados à sibilância em lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lillian S.L. Moraes

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar possíveis fatores de risco associados à sibilância em lactentes (12 a 15 meses no estado de Mato Grosso, Brasil. MÉTODOS: estudo transversal, utilizando o questionário escrito padronizado do Estudio Internacional de Sibilancia en Lactantes (EISL - fase 3. Pais e/ou responsáveis pela criança foram entrevistados em Unidades Básicas de Saúde quando as procuravam para imunização de rotina ou durante visitas nos domicílios de crianças matriculadas nos programas de saúde da família, no período de agosto de 2009 a novembro de 2010. Fatores associados à sibilância foram avaliados utilizando análise bivariada e multivariada e expressos como odds ratio (OR e intervalo de confiança 95% (IC95%. RESULTADOS: ao todo, um mil e sessenta (n = 1.060 pais e/ou responsáveis responderam o questionário escrito. Os fatores de risco para sibilância foram: história familiar de asma [mãe (OR = 1,62; IC95%= 1,07-2,43; pai (OR = 1,98; IC95% = 1,22-3,23; irmãos (OR = 2,13; IC95% = 1,18-3,87]; história prévia de pneumonia (OR = 10,8; IC 95% = 4,52-25,77; ter mais de seis infecções de vias aéreas superiores (IVAS (OR = 2,95; IC95% = 2,11-4,14 e a primeira IVAS antes dos três meses de idade (OR = 1,50; IC95% = 1,04-2,17; residir em local com moderada poluição (OR = 1,59; IC95% = 1,08-2,33; uso de paracetamol por IVAS (OR = 2,13; IC95% = 1,54-2,95; e uso de antibiótico por infecção na pele (OR = 2,29; IC 95% = 1,18-4,46. CONCLUSÕES: o estudo dos fatores de risco para sibilância no primeiro ano de vida é importante para auxiliar na identificação, entre os lactentes sibilantes, aqueles de alto risco para desenvolver asma, e para o desenvolvimento de estratégias de prevenção por políticas pública de saúde visando minimizar a morbidade da sibilância na infância.

  1. Consumo alimentar de lactentes com fenilcetonúria em uso de aleitamento materno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacqueline Siqueira Santos

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar a ingestão de calorias, fenilalanina, tirosina e proteína de lactentes com fenilcetonúria em uso de aleitamento materno. MÉTODOS: Um grupo de 39 crianças, com até 6 meses de idade, que fazia uso de aleitamento materno (grupo amamentado foi comparado a um grupo-controle que fazia uso de fórmula especial com baixo teor de fenilanina, por meio de um estudo de coorte histórico concorrente. Os grupos foram pareados por sexo e duração da amamentação. Foram revistos 719 recordatórios alimentares de pacientes do grupo amamentado e 628 do grupo-controle. Foi realizada avaliação antropométrica no início e no final do estudo. A análise da ingestão de nutrientes foi feita com a utilização dos programas Minitab e LogXact 4.0, e a avaliação antropométrica foi feita com a utilização do programa Epi Info 6.0. RESULTADOS: O grupo amamentado apresentou ingestão adequada de fenilalanina e tirosina e maior adequação de ingestão proteica e energética. A maioria das crianças dos dois grupos apresentou escore-Z dentro dos limites normais (Z ³-2, com evolução favorável dos indicadores estudados (peso/idade, estatura/idade, peso/estatura e perímetro cefálico. CONCLUSÃO: O aleitamento materno na fenilcetonúria proporcionou ingestão adequada de calorias, fenilalanina, tirosina e proteína. A chance de uma criança do grupo amamentado possuir recordatórios de 24h adequados de ingestão energética foi 10,64 vezes maior que a chance de uma criança do grupo-controle. Em relação à ingestão proteica a chance foi 5,34 vezes maior. O crescimento foi similar nos dois grupos.

  2. Bronquiolite aguda por rinovírus em lactentes jovens Rhinovirus and acute bronchiolitis in young infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo M. C. Pitrez

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência de infecção por rinovírus em lactentes menores de 6 meses hospitalizados por bronquiolite aguda. MÉTODOS: Foram selecionados de forma prospectiva lactentes hospitalizados com diagnóstico de bronquiolite aguda, no Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, no período entre maio e setembro de 2002. Foi pesquisada a presença de vírus respiratórios no aspirado nasofaríngeo (ANF, através de imunofluorescência direta para vírus sincicial respiratório, parainfluenza, influenza e adenovírus. Para detecção do rinovírus, foi utilizada a reação de transcrição reversa, seguida de reação em cadeia da polimerase, específicas para picornavírus, seguidas de hibridização com sonda específica para rinovírus. RESULTADOS: Foram selecionados 45 lactentes hospitalizados com diagnóstico de bronquiolite aguda. A mediana da idade dos pacientes selecionados foi de 2 meses. Foram encontradas amostras positivas para vírus respiratórios em 35/45 (77,8% casos. Foi detectado mais de um vírus em 7/35 (20% amostras. Das amostras positivas, o vírus sincicial respiratório foi detectado em 33/35 (94% casos. O rinovírus foi detectado em 6/35 casos (17%. CONCLUSÕES: O rinovírus foi o segundo agente mais freqüentemente detectado em secreção nasal de lactentes jovens hospitalizados por bronquiolite aguda.OBJECTIVE: To determine the prevalence of rhinovirus infection in hospitalized young infants with acute bronchiolitis. METHODS: Hospitalized children with acute bronchiolitis admitted to the Hospital São Lucas/PUCRS between May and September 2002 were selected prospectively. Nasopharyngeal samples were assayed for respiratory syncytial virus, parainfluenza, influenza and adenovirus by immunofluorescence. For rhinovirus test a reverse transcription-polymerase chain reaction for picornavirus was used, followed by hybridization with rhinovirus specific probes. RESULTS

  3. Frequência de chiado, características clínicas e tratamento em lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maiara Lanna Bouzas

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a frequência de história pregressa de chiado, descrevendo as características clínicas e formas de tratamento utilizadas. MÉTODOS: Coorte retrospectiva incluindo lactentes (6-23 meses de vida com sintomas de infecção de vias aéreas superiores e relato de episódio prévio de chiado. Os dados foram registrados em questionário anteriormente validado. RESULTADOS: Dos 451 avaliados, 164 (36,4%; IC95% = 31,9-41,0 apresentaram história pregressa de chiado, 148 (32,8%; IC95% = 28,5-37,4 no primeiro ano de vida. A média de idade no primeiro episódio de chiado foi de 5,3±3,9 meses. Para quem começou a chiar no primeiro ano de vida, 38,5% referiram entre três e seis episódios e 14,2% > seis episódios. A média da idade no primeiro episódio foi menor para os que apresentaram > três episódios em comparação aos que apresentaram até dois episódios (3,2±2,7 versus 5,7±2,5 meses, p < 0,001. CONCLUSÃO: Um terço dos lactentes apresentou chiado no primeiro ano de vida. Quanto mais cedo ocorre o primeiro episódio, mais frequente é a recorrência do chiado.

  4. Alimentação complementar: práticas inadequadas em lactentes Complementary feeding: inappropriate practices in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Cavalcante Caetano

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as práticas e o consumo alimentar de lactentes saudáveis de três metrópoles do Brasil. MÉTODOS: Por meio de estudo prospectivo, analisaram-se registros alimentares de 7 dias consecutivos de amostra intencional, por cotas e ponderada, das cidades de Curitiba, São Paulo e Recife, de 179 lactentes saudáveis, entre 4 e 12 meses, que não se encontravam em aleitamento materno (AM exclusivo. As mães receberam orientação verbal e escrita, por nutricionista, visando a uniformização da anotação do registro alimentar. Para o cálculo de ingestão, utilizou-se o Programa de Apoio à Nutrição (NutWin. RESULTADOS: A mediana de idade dos lactentes foi de 6,8 meses (4,0-12,6 meses. Observou-se que 50,3% já não recebiam AM. Destes, 12,0 e 6,7% dos menores e maiores de 6 meses, respectivamente, utilizavam fórmulas infantis em substituição ao leite materno. A maioria dos lactentes, portanto, recebia leite de vaca integral. A diluição da fórmula infantil foi correta em apenas 23,8 e 34,7% das crianças menores e maiores de 6 meses, respectivamente. Em relação à alimentação complementar, observou-se que a mediana de idade foi de 4 meses para sua introdução e de 5,5 meses para a alimentação da família. Verificou-se elevada inadequação quantitativa na ingestão de micronutrientes para lactentes de 6 a 12 meses que não recebiam AM, destacando-se as de zinco (75% e ferro (45%. CONCLUSÃO: O presente estudo mostrou elevada frequência de práticas e consumo alimentar inadequados em lactentes muito jovens. É possível que essas práticas levem a aumento no risco de desenvolvimento futuro de doenças crônicas.OBJECTIVE: To assess feeding practices and dietary intake of healthy infants in three Brazilian municipalities. METHODS: By means of a prospective study, we analyzed the food record of 7 consecutive days of an intentional sample (quota and weighted sampling of 179 healthy infants, aged between 4 and 12 months

  5. Efeito de supressão das emissões otoacústicas em lactentes termo e pré-termo

    OpenAIRE

    2016-01-01

    RESUMO Objetivo Verificar a ocorrência e a magnitude do efeito de supressão das emissões otoacústicas evocadas por estímulo transiente, em lactentes a termo e pré-termo, estabelecendo-se níveis de referência para utilização clínica. Método A amostra foi composta por 40 lactentes, de 5 dias a 4 meses de idade, sem risco para alteração neurológica e auditiva e com emissões otoacústicas presentes ao nascimento, sendo 20 nascidos a termo e 20 nascidos pré-termo que permaneceram mais de cinco di...

  6. Infecções por vírus respiratórios em lactentes com suspeita clínica de coqueluche

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela E. Ferronato

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a frequência das infecções por vírus respiratórios em lactentes hospitalizados com suspeita clínica de coqueluche e analisar suas características admissionais e evolutivas. MÉODOS: foi realizado um estudo de coorte histórica, em um serviço sentinela para coqueluche, no qual a pesquisa de vírus respiratórios também foi rotineira para os lactentes hospitalizados com problemas respiratórios. Foram incluídos todos os lactentes submetidos à notificação compulsória de suspeita de coqueluche. Foram realizadas pesquisas para Bordetela pertussis - BP (PCR/cultura e vírus respiratórios - VR (imunofluorescência. Foram excluídos os pacientes que haviam recebido macrolídeos previamente à internação. Os dados clínicos foram obtidos dos prontuários. RESULTADOS: dentre os 67 pacientes analisados, a pesquisa para BP foi positiva em 44% e para VR em 26%. Não houve identificação etiológica em 35% e em 5% houve codetecção de VR e BP. Todos os pacientes apresentaram características demográficas semelhantes. A presença de tosse seguida de guincho inspiratório ou cianose foi um forte preditor de coqueluche, assim como, leucocitose e linfocitose evidentes. Coriza e dispneia foram mais frequentes nas infecções virais. Houve suspensão do uso de macrolídeos em 40% dos pacientes com pesquisa positiva para VR e negativa para BP. CONCLUSÃO: os resultados sugerem que lactentes hospitalizados com suspeita de coqueluche podem apresentar infecção viral e a pesquisa etiológica pode possibilitar a redução do uso de macrolídeos em alguns casos. No entanto, salienta-se que o diagnóstico etiológico de infecção por vírus respiratórios, por si só, não exclui a possibilidade de infecção por Bordetella pertussis.

  7. Auditory evoked potentials in premature and full-term infants Potenciais evocados auditivos em lactentes pré-termo e a termo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Angélica de Almeida Porto

    2011-10-01

    Full Text Available Accurate information about type, degree, and configuration of hearing loss are necessary for successful audiological early interventions. Auditory brainstem response with tone burst stimuli (TB ABR and auditory steady-state response (ASSR exams provide this information. AIM: To analyze the clinical applicability of TB ABR and ASSR at 2 kHz in infants, comparing responses in full-term and premature neonates. MATERIAL AND METHOD: The study was cross-sectional, clinical and experimental. Subjects consisted of 17 premature infants and 19 full-term infants. TB ABR and ASSR exams at 2000 Hz were done during natural sleep. RESULTS: The electrophysiological minimum response obtained with TB ABR was 32.4 dBnHL (52.4 dBSPL; the ASSR minimum was 13.8 dBHL (26.4 dBSPL. The exams required 21.1 min and 22 min, respectively. Premature and full-term infant responses showed no statistically significant differences, except for auditory steady-state response duration. CONCLUSIONS: Both exams have clinical applicability at 2 kHz in infants, with 20 min of duration, on average. In general, there are no differences between premature and full-term individuals.O sucesso de uma intervenção audiológica precoce depende de informações precisas quanto ao tipo, grau e configuração da perda auditiva. O potencial evocado auditivo de tronco encefálico com o estímulo tone burst (PEATE TB e a resposta auditiva de estado estável (RAEE proporcionam tais informações. OBJETIVO: Investigar a aplicabilidade clínica, em lactentes, do PEATE TB e da RAEE na frequência de 2 kHz, comparando as respostas dos lactentes nascidos a termo e prétermo. MATERIAL E MÉTODO: O estudo (transversal, clínico e experimental foi realizado com uma casuística de 17 lactentes pré-termo e 19 a termo submetidos ao PEATE TB e RAEE em 2000 Hz. RESULTADOS: A resposta eletrofisiológica mínima obtida com o PEATE TB foi de 32,4 dBnNA (52,4 dBNPS e com a RAEE de 13,8 dBNA (26,4 dBNPS, com dura

  8. Anemia

    Science.gov (United States)

    ... Hemolytic anemia Idiopathic aplastic anemia Megaloblastic anemia Pernicious anemia Sickle cell anemia Thalassemia Causes Although many parts of the ... anemia Immune hemolytic anemia Iron deficiency anemia Pernicious anemia Sickle cell anemia Vitamin B12 deficiency anemia Review Date 2/ ...

  9. Novo método de dosagem de soros antipeçonhentos em camundongos lactentes: I - dosagem do soro anticrotálico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Soerensen

    1984-08-01

    Full Text Available A atividade biológica dos soros antipeçonhentos pode ser determinada "in vivo" em pombos, coelhos, cobaios e camundongos adultos, não existindo, entretanto, nenhum método que possa ser recomendado internacionalmente. Estudou-se comparativamente aos métodos tradicionais de dosagem de soros em pombos e camundongos adultos, a validade do uso de camundongos lactentes de 6 a 7 dias, pesando 4 a 5g, inoculados pela via subcutânea. Inicialmente foi determinada a toxidez do veneno de Crotalus durissus terríficus através do estudo da sintomatologia do envenenamento e da atividade letal. O estudo comparativo dos três métodos forneceu maior concordância de resultados em DE100 entre as dosagens realizadas com camundongos lactentes e adultos. A DE100 e DL50 determinadas em camundongos lactentes forneceu resultados mais constantes que os dos métodos de camundongos adultos e pombos. O uso deste novo método permite eliminar a dificuldade de obtenção do atual animal de prova; a utilização de um maior número de animais por ponto de avaliação biológica, possibilitando uma maior precisão e conseguindo-se uma uniformidade nas características exigidas neste tipo de dosagem como peso, idade e linhagem, visando a reprodução sistemática dos resultados.

  10. Prevalência de sibilância recorrente em lactentes Prevalence of recurrent wheezing in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herberto José Chong Neto

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência da sibilância recorrente em lactentes na cidade de Curitiba (PR. MÉTODOS: Estudo transversal pela aplicação de questionários aos pais de lactentes, idade entre 12 e 15 meses, que procuraram unidades de saúde para imunização no período entre agosto de 2005 e dezembro de 2006. Este instrumento padronizado e validado consiste de perguntas sobre características demográficas, sibilância, infecções respiratórias e fatores de risco. Durante o período de estudo, a Secretaria Municipal de Saúde possuía 107 unidades de saúde, das quais 35 foram selecionadas por sorteio e distribuídas homogeneamente no território municipal. RESULTADOS: Um total de 1.364 lactentes (45,4% apresentou um ou mais episódios de sibilância nos primeiros 12 meses de vida, com início aos 5,5±3,1 meses (média ± desvio padrão, e 678 (22,6% tiveram três ou mais episódios. Utilizaram β2-agonistas, corticóides inalatórios, corticóides orais e antagonistas do receptor de leucotrienos 84,6, 18,5, 24,3 e 5,4% dos sibilantes, respectivamente. Sintomas noturnos, dificuldade intensa para respirar e visitas a emergência estiveram presente em 58,9, 46,2 e 57,6% dos lactentes que sibilaram; destes, 12,7% foram hospitalizados por asma e 10,9% tiveram diagnóstico médico de asma. Sintomas noturnos, visitas à emergência, gravidade dos sintomas, hospitalização por asma e diagnóstico médico de asma foram mais freqüentes entre os que apresentaram três ou mais crises (p OBJECTIVE: To identify the prevalence of recurrent wheezing in infants in the city of Curitiba, PR, Brazil. METHODS: A cross-sectional study carried out by means of administering questionnaires to the parents of infants aged 12 to 15 months attending health centers for immunization during the period between August 2005 and December 2006. This is a standardized and validated instrument consisting of questions on demographic characteristics, wheezing

  11. Aspectos clínicos e laboratoriais de meningite piogênica em lactentes Clinical and laboratorial aspects of acute bacterial meningitis in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Lucena

    2002-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: descrever as características clínicas e laboratoriais da meningite piogênica em lactentes. MÉTODO: informações obtidas a partir do acompanhamento prospectivo dos lactentes com meningite piogênica, admitidos no Hospital Couto Maia no período de março a dezembro de 1997, foram inseridas em um banco de dados e analisadas com auxílio de programas estatísticos. RESULTADOS: meningite piogênica foi mais prevalente em lactentes com idade entre 6 meses e 1 ano, sendo o agente etiológico mais freqüente o Haemophilus influenzae. A letalidade global foi de 25,9% e, entre os sobreviventes, 39,3% deixaram o hospital apresentando alguma anormalidade compatível com envolvimento encefálico ao exame neurológico. CONCLUSÃO: meningite piogênica em lactentes se constitui em enfermidade com taxa de letalidade elevada, sendo, na maioria dos casos, passível de prevenção. Consideramos de grande relevância a adoção de medidas profiláticas de saúde visando redução da incidência desta enfermidade.OBJECTIVE: to describe clinical and laboratorial characteristics of acute bacterial meningitis in infants. METHOD: data from the prospective follow-up of infants with acute bacterial meningitis, admitted at the Hospital Couto Maia between March and December 1997, were analyzed with specific statistical software. RESULTS: acute bacterial meningitis was more prevalent in infants with ages varying from 6 months to 1 year. The most frequent etiologic agent was Haemophilus influenzae. The global lethality was 25.9% and among the survivors 39.3% left the hospital with some abnormality in the neurological exam compatible with the brain involvement. CONCLUSION: acute bacterial meningitis in infants is a high lethality disease that in the majority of cases can be prevented. We consider of great relevance the adoption of health prevention strategies in order to reduce the incidence of this disease.

  12. Avaliação do comportamento auditivo e neuropsicomotor em lactentes de baixo peso ao nascimento Assessment of auditory behaviour and neuropsychomotor development of low weight infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I. Lichtig

    2001-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS E MÉTODOS: Este estudo teve como objetivos detectar a presença de deficiência auditiva (DA de moderada a profunda em 60 lactentes de baixo peso ao nascimento, e na ausência desta, acompanhar o desenvolvimento da função auditiva (localização da fonte sonora, e acompanhar o desenvolvimento neuropsicomotor destas crianças durante os dois primeiros anos de vida, através da avaliação comportamental da audição (Hear Kit, Downs - 1984, avaliação clínica do desenvolvimento neuropsicomotor e ultra-sonografia de crânio. RESULTADOS: Os resultados obtidos mostraram que dos 60 lactentes, em um caso foi levantada a hipótese de DA e em nove crianças foi verificado atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. Na análise transversal dos dados obtidos da avaliação auditiva, verificou-se que o comportamento auditivo dos lactentes apresentou respostas diferentes do que aquelas citadas na literatura americana. CONCLUSÃO: Concluiu-se que 5% dos lactentes apresentaram atraso na localização auditiva da fonte sonora e que os atendimentos médico e fonoaudiológico precoces, no berçário e ambulatório, nos dois primeiros anos de vida destas crianças de alto - risco são necessários.PURPOSES AND METHODS: The aims of this study were: to detect moderate to profound hearing loss in high risk infants for deafness, to follow up their auditory development (localization of the sound source- Hear Kit - Downs, 1984; and their neuropsychomotor development during the two first years of life. All subjects were submitted to cerebral ultra sound assessment. RESULTS: An infant with a suspected hearing loss was identified and nine infants presented neuropsychomotor development delay. In a transversal analysis of the hearing assessment data it was verified that infants in this study presented different response than the referred in the American literature. CONCLUSIONS: It was concluded that 5% of the infants were delayed in localizing the sound source

  13. Candida spp. occurrence in oral cavities of breastfeeding infants and in their mothers' mouths and breasts Presença de Candida spp. em boca de lactentes em aleitamento materno e em bocas e mamas de suas nutrizes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Stella Amorim da Costa Zöllner

    2003-06-01

    Full Text Available This study aimed to determine the occurrence of Candida spp. in the oral cavity of predominantly breastfed infants and in their mothers' mouths and breasts, as well as in the oral cavity of bottlefed infants and in non-lactating women. One hundred and sixty nine women and eighty-five milk-fed infants took part in this study and were divided into four groups: 1 infants predominantly on breastfeeding (n = 55 and their mothers (n = 55; 2 infants on bottlefeeding (n = 30; 3 non-lactating women on whom oral collections were performed (n = 80 and, 4 non-lactating women on whom breast collections were performed (n = 34. Oral and mammary swabs were cultured on Sabouraud agar dextrose with chloramphenicol. The Candida yeast strains found were isolated and identified through morphological and biochemical tests. Candida species were much less frequent in infants who were predominantly breastfed than in those who were bottlefed. Yeasts were much more frequent on the breasts of lactating women, with statistical difference in relation to the control group.O objetivo do estudo foi verificar a presença de leveduras do gênero Candida na cavidade bucal de lactentes em aleitamento materno predominante e nas bocas e mamas de suas mães, assim como na cavidade bucal de lactentes em aleitamento artificial e em mulheres na ausência de lactação. Participaram do estudo 169 mulheres e 85 lactentes divididos em quatro grupos: 1 crianças em aleitamento natural predominante (n = 55 e suas mães (n = 55; 2 crianças em aleitamento artificial (n = 30; 3 mulheres que não estavam amamentando, em que se realizaram coletas bucais (n = 80 e, 4 mulheres em ausência de lactação em que se realizaram coletas mamárias (n = 34. "Swabs" bucais e mamários, foram semeados em ágar Sabouraud dextrose com cloranfenicol, e as cepas de levedura isoladas foram identificadas utilizando-se provas morfológicas e bioquímicas. Espécies de Candida foram detectadas a partir de um n

  14. Gravidade das coinfecções virais em lactentes hospitalizados com infecção por vírus sincicial respiratório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena De Paulis

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a gravidade de infecções causadas por um único vírus (VSR com a gravidade de coinfecções. MÉTODOS: Este estudo avaliou uma coorte histórica de lactentes com infecção aguda por VSR. Secreção de nasofaringe foi coletada de todos os pacientes rotineiramente para pesquisa viral usando técnicas de biologia molecular. Os seguintes desfechos foram analisados: tempo total de internação, duração da oxigenioterapia, admissão em unidade de terapia intensiva e uso de ventilação mecânica. Os resultados foram ajustados para os fatores confundidores (prematuridade, idade e aleitamento materno. RESULTADOS: Foram incluídos no estudo 176 lactentes com idade média de 4,5 meses e diagnósticos de bronquiolite e/ou pneumonia. Cento e vinte e um tinham infecção única por VSR, e 55 tinham coinfecções (24 VSR + adenovírus, 16 VSR + metapneumovírus humano e 15 outras associações menos frequentes. Os quatro desfechos de gravidade avaliados foram semelhantes entre o grupo com infecção única por VSR e os grupos com coinfecções, independente do tipo de vírus associado com o VSR. CONCLUSÃO: As coinfecções virais não parecem alterar o prognóstico de lactentes hospitalizados com infecção aguda por VSR.

  15. Leucemia linfoblástica aguda em lactentes: 20 anos de experiência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Ibagy

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar pacientes com menos de dois anos de idade com leucemia linfoblástica aguda atendidos no período de 1990 a 2010, em um centro de referência estadual. MÉTODOS: Estudo clínico, epidemiológico, transversal, descritivo e observacional. Pacientes incluídos tinham menos de dois anos de idade, com leucemia linfoblástica aguda, tratados no período de 1990 a 2010 na unidade de oncologia pediátrica de um centro de referência estadual, totalizando 41 casos. RESULTADOS: Todos os pacientes eram Caucasianos e 60,9% eram do sexo feminino. Com relação à idade, 24,38% tinham menos de seis meses, 17,07% tinham entre seis meses e um ano e 58,53% mais do que um ano de idade. A idade de seis meses foi estatisticamente significante para o desfecho de óbito. Os sinais e sintomas predominantes foram febre, hematomas e petéquias. Uma contagem de leucócitos superior a 100.000 foi observada em 34,14% dos casos; hemoglobina inferior a 11 em 95,13% e contagem de plaquetas inferior a 100.000, em 75,61% dos casos. Infiltração do sistema nervoso central estava presente em 12,91% dos pacientes. Em relação à linhagem, a linhagem B predominou (73%, mas a linhagem de células T foi estatisticamente significativa para o óbito. Trinta e nove por cento dos pacientes tiveram recorrência da doença. Em relação ao estado vital, 70,73% dos pacientes morreram, sendo choque séptico a principal causa. CONCLUSÕES: leucemia linfoblástica aguda em crianças tem uma alta taxa de mortalidade, principalmente em crianças menores de um ano e linhagem derivada de células T.

  16. Validade concorrente e confiabilidade da Alberta Infant Motor Scale em lactentes nascidos prematuros Concurrent validity and reliability of the Alberta Infant Motor Scale in premature infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kênnea Martins Almeida

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a validade concorrente e a confiabilidade interobservador da Alberta Infant Motor Scale (AIMS em lactentes prematuros acompanhados no ambulatório de seguimento do Instituto Fernandes Figueira, Fundação Oswaldo Cruz (IFF/Fiocruz. MÉTODOS: Foram avaliados 88 lactentes nascidos prematuros no ambulatório de seguimento do IFF/Fiocruz entre fevereiro e dezembro de 2006. No estudo de validade concorrente, 46 lactentes com 6 (n = 26 ou 12 (n = 20 meses de idade corrigida foram avaliados pela AIMS e pela escala motora da Bayley Scales of Infant Development, 2ª edição, por dois observadores diferentes, utilizando-se o coeficiente de correlação de Pearson para análise dos resultados. No estudo de confiabilidade, 42 lactentes entre 0 e 18 meses foram avaliados pela AIMS por dois observadores diferentes, utilizando-se o intraclass correlation coefficient (ICC para análise dos resultados. RESULTADOS: No estudo de validade concorrente, a correlação encontrada entre as duas escalas foi alta (r = 0,95 e estatisticamente significativa (p OBJECTIVE: To verify the concurrent validity and interobserver reliability of the Alberta Infant Motor Scale (AIMS in premature infants followed-up at the outpatient clinic of Instituto Fernandes Figueira, Fundação Oswaldo Cruz (IFF/Fiocruz, in Rio de Janeiro, Brazil. METHODS: A total of 88 premature infants were enrolled at the follow-up clinic at IFF/Fiocruz, between February and December of 2006. For the concurrent validity study, 46 infants were assessed at either 6 (n = 26 or 12 (n = 20 months' corrected age using the AIMS and the second edition of the Bayley Scales of Infant Development, by two different observers, and applying Pearson's correlation coefficient to analyze the results. For the reliability study, 42 infants between 0 and 18 months were assessed using the Alberta Infant Motor Scale, by two different observers and the results analyzed using the intraclass correlation

  17. Chlamydia trachomatis: um importante agente de infecções respiratórias em lactentes de famílias de baixa renda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Lucia Souza

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a prevalência de infecção do trato respiratório inferior (ITRI por Chlamydia trachomatis em lactentes internados e descrever as características clínicas, laboratoriais e radiológicas da doença. MÉTODOS: Este foi um estudo do tipo corte transversal, realizado durante um período de 12 meses. Foram incluídos todos os lactentes de até 6 meses internados consecutivamente no Centro Pediátrico Professor Hosannah de Oliveira da Universidade Federal da Bahia, em Salvador, BA, com diagnóstico clínico ou clínico-radiológico de ITRI. O diagnóstico de infecção por C. trachomatis foi realizado através da pesquisa de anticorpos da classe IgM, utilizando-se o ensaio imunoenzimático (ELISA. A prevalência de ITRI por C. trachomatis foi determinada, e foram calculadas as razões de prevalência para essa infecção e variáveis clínicas e laboratoriais. RESULTADOS: Cento e cinquenta e um lactentes realizaram sorologia para C. trachomatis, das quais 15 (9,9% foram positivas. A infecção por C. trachomatis ocorreu unicamente entre os menores de 5 meses, principalmente naqueles menores de 2 meses. Três crianças com infecção por C. trachomatis nasceram de parto cesáreo. Conjuntivite e eosinofilia ocorreram em 33,3% dos casos. As radiografias de tórax se mostraram alteradas em 92% dos casos. Demonstrou-se associação da infecção por C. trachomatis com duração de internação superior a 15 dias (p = 0,0398 e com oxigenoterapia (p = 0,0484. CONCLUSÕES: Houve alta prevalência de ITRI por C. trachomatis na população estudada. A infecção por esta bactéria foi associada a uma forma mais grave da doença, demonstrando a importância de se investigar essa infecção na gestante de forma a evitar o adoecimento de recém-nascidos.

  18. Glicerina bruta no suplemento para cordeiros lactentes em pastejo de azevém Crude glycerin in supplement to suckling lambs on ryegrass pasture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Ribeiro Sanquetta de Pellegrin

    2012-08-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de níveis de glicerina bruta sobre o consumo de suplemento e o desempenho de cordeiros lactentes mantidos a pasto, além das características quali-quantitativas do pasto de azevém. Foram utilizados 32 cordeiros lactentes distribuídos nos tratamentos: 0, 10, 20 e 30% de glicerina bruta, em substituição ao milho, no suplemento isoproteico (18% PB fornecido diariamente em quantidade equivalente a 2% do peso corporal. Não houve efeito (P>0,05 dos níveis de glicerina bruta sobre as características qualitativas e quantitativas do pasto, na composição de proteína bruta e fibra detergente neutro e na carga animal suportada pela pastagem, nem no consumo de suplemento, ganho de peso médio diário e o número de dias até o abate dos cordeiros. Níveis de até 30% de glicerina bruta, em substituição ao milho, no suplemento fornecido para cordeiros lactentes pastejando azevém não comprometem o consumo de suplemento, desempenho e período de terminação dos animais.The aim of this study was to evaluate the effect of levels of crude glycerin in the supplement intake and performance of suckling lambs on ryegrass pasture, beyond the qualitative and quantitative characteristics of ryegrass pastures. It was used 32 suckling lambs distributed between the treatments: 0, 10, 20 and 30% of crude glycerin, replacing corn, in the isoproteic supplement (18% CP offered daily in an amount equivalent to 2% of body weight. There was no effect (P>0.05 of the levels of crude glycerin on the qualitative and quantitative characteristics of pastures, composition of crude protein and neutral detergent fiber, stocking rate supported by ryegrass pasture, neither on supplement intake, average weight gain and number of days to slaughter the lambs. Levels up to 30% of crude glycerin, replacing corn, provided in the supplement to suckling lambs grazing ryegrass didn't compromise the supplement intake, performance and termination period of the

  19. Preferência podal em lactentes com síndrome de Down: fatores extrínsecos e intrínsecos Foot preference in infants with Down syndrome: extrinsic and intrinsic factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Lopes dos Santos

    2012-06-01

    Full Text Available Durante o processo de aquisição do chute em lactentes, a preferência podal pode ser influenciada de forma diferente pelos fatores extrínsecos e intrínsecos. O objetivo foi comparar a preferência podal e verificar a influência do peso adicional e do Reflexo Tônico Cervical Assimétrico (RTCA na preferência podal entre lactentes com síndrome de Down e típicos. Participaram do estudo cinco lactentes com síndrome de Down e cinco típicos aos três e quatro meses de idade. O experimento foi subdividido em quatro condições experimentais: Treinamento, Linha de Base, Peso e Pós-Peso. Os lactentes com síndrome de Down apresentaram preferência à esquerda ou indefinida e os típicos, preferência à direita. O RTCA influenciou na preferência podal em ambos os grupos, indicando que o lado de rotação da cabeça orientou o chute do mesmo lado. Nos lactentes com síndrome de Down a correlação entre RTCA e chutes foi positiva, sendo forte aos três meses e moderada aos quatro meses. Para os lactentes típicos foi observada correlação positiva fraca aos três meses, e aos quatro meses a correlação não foi estatisticamente significativa. Lactentes com síndrome de Down apresentam preferência podal contrária aos lactentes típicos. O RTCA exerce influência na preferência podal por um período mais longo em lactentes com síndrome de Down em comparação aos lactentes típicos.During the acquisition process of the kick in infants, foot preference may be influenced differently by extrinsic and intrinsic factors. The aim was to compare the foot preference and find the influence of additional weight and Asymmetrical Neck Tonic Reflex (ANTR on the foot preference of infants with Down syndrome and typical ones. Five infants with Down syndrome and five typical infants at three and four months of age participated of the sudy. The experiment was divided into four experimental conditions: Training, Baseline, Weight and After Weight. Infants

  20. Incidência da síndrome da morte súbita em coorte de lactentes The incidence of sudden death syndrome in a cohort of infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena T. C. Geib

    2006-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Quantificar a incidência de síndrome da morte súbita do lactente no município de Passo Fundo (RS e descrever o perfil dos óbitos. MÉTODOS: Coorte de base populacional, de nascidos vivos no período de fevereiro de 2003 a janeiro de 2004, domiciliados na zona urbana. Excluíram-se lactentes hospitalizados desde o nascimento, crianças em processo de adoção e óbitos ocorridos antes da coleta de dados. Dos 2.634 nascidos vivos, foram incluídas 2.411 crianças, acompanhando-se 2.285 (94,8%. Os dados foram coletados no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos, declarações de óbito, registros do comitê de mortalidade infantil e mediante entrevistas domiciliares com a mãe social. Os instrumentos foram adaptados de formulários validados previamente. Os dados foram analisados no Epi-Info, com estatística descritiva. RESULTADOS: Foram registrados 10 óbitos (0,4%. Quatro de causa indeterminada puderam ser incluídos na categoria III de síndrome da morte súbita do lactente. Ocorreram entre os 2 e 5 meses, no domicílio, em crianças que dormiam na posição lateral, em cama com adultos, utilizando colchão macio, travesseiro e fralda sobre a face. Eram filhos de mãe jovens, fumantes, pré-natal incompleto, multíparas e de classes econômicas desfavorecidas. A incidência de suspeita dessa síndrome foi de 1,75/1.000. CONCLUSÃO: A taxa de incidência de suspeita de síndrome da morte súbita do lactente em Passo Fundo é compatível com os maiores coeficientes internacionais, sugerindo medidas de vigilância e prevenção de riscos.OBJECTIVES: To quantify the incidence of sudden infant death syndrome in the town of Passo Fundo, in Rio Grande do Sul, Brazil, and to describe the profile of the deaths observed. METHODS: A population-based cohort study of the live births from February 2003 to January 2004 to parents resident in the urban area. Infants were excluded if they had been hospitalized since birth, were in the

  1. Risk factors for sudden infant death syndrome in a developing country Fatores de risco para síndrome da morte súbita do lactente em um país em desenvolvimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Silveira Pinho

    2008-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To analyze whether previously identified risk factors for sudden death syndrome have a significant impact in a developing country. METHODS: Retrospective longitudinal case-control study carried out in Porto Alegre, Southern Brazil. Cases (N=39 were infants born between 1996 and 2000 who died suddenly and unexpectedly at home during sleep and were diagnosed with sudden death syndrome. Controls (N=117 were infants matched by age and sex who died in hospitals due to other conditions. Data were collected from postmortem examination records and questionnaires answers. A conditional logistic model was used to identify factors associated with the outcome. RESULTS: Mean age at death of cases was 3.2 months. The frequencies of infants regarding gestational age, breastfeeding and regular medical visits were similar in both groups. Sleeping position for most cases and controls was the lateral one. Supine sleeping position was found for few infants in both groups. Maternal variables, age below 20 years (OR=2, 95% CI: 1.1; 5.1 and smoking of more than 10 cigarettes per day during pregnancy (OR=3, 95% CI: 1.3; 6.4, significantly increased the risk for the syndrome. Socioeconomic characteristics were similar in both groups and did not affect risk. CONCLUSIONS: Infant-maternal and socioeconomic profiles of cases in a developing country closely resembled the profile described in the literature, and risk factors were similar as well. However, individual characteristics were identified as risks in the population studied, such as smoking during pregnancy and maternal age below 20 years.OBJETIVO: Analisar se fatores de risco previamente identificados para a síndrome da morte súbita do lactente têm impacto significativo em um país em desenvolvimento. MÉTODOS: Estudo retrospectivo, longitudinal, de caso-controle pareado realizado em Porto Alegre, RS. Os casos (N=39 foram lactentes nascidos entre 1996 e 2000 que morreram subitamente e inesperadamente em

  2. Comportamento da anemia e eosinofilia nas infestações por nematelmintos em crianças internadas na 5.ª Enfermaria do Instituto Fernandes Figueira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márta Maria Bozóti

    1969-12-01

    Full Text Available 1 A incidência de exames coprológicos positivos para helmintos foi de 64.6% em crianças de baixo nível sócio-econômico procedentes do Estado da Guanabara e vizinhanças e internados no Instituto Fernandes Figueira devido a diversas entidades nosológicas. 2 Das crianças com exames positivos, 50,77% eram infestados por áscaris, 45% por tricuris, 13,84% por ancilóstoma e/ou necator, 18,56% por estrongilóides e 0,77% por esquistossoma. Não foram computados as infestações por oxiuros. 3 A ausência de casos de teníase provavelmente deve-se à alimentação carente em carnes. 4 As parasitoses mais freqüentes eram a ascaridíase e a tricuríase, isto é, as adquiridos por via digestiva. 5 O componente melanodérmico da amostra mostrou-se mais susceptível ao parasitismo que o leucodérmico, sendo o faiodérmico de susceptibilidade intermediária. 6 Os lactentes apresentam menor incidência de parasitismo que os grupos etários mais avançados (diferença estatisticamente significante, embora haja presença a de helmintíases graves em lactentes do grupo. 7 Mesmo em se tratando de crianças de nível sócio-econômico baixo e de precárias condições nutritivas, que predispõem à anemia, o grupo com exames de fezes positivos para nematelmintos apresenta uma incidência de diversos tipos de anemia maior que o grupo com exames de fezes negativos para helmintos (diferença estatisticamente significativa. 8 Alta incidência de estrongiloidíase na amostra. 9 Foi estudado o comportamento da eosinofilia em crianças com exames de fezes negativos, com exames positivos para nematelmintos e especial atenção foi dada à eosinofilia em lactentes de 0 a 1 ano.

  3. Abordagem ambulatorial do nutricionista em anemia hemolítica Nutritional ambulatory approach in hemolytic anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Vieira

    1999-04-01

    Full Text Available Descreve a atuação do nutricionista em ambulatório de Hematologia Pediátrica em um hospital escola e relata as condutas dietéticas necessárias na abordagem de crianças com anemia hemolítica com e sem sobrecarga de ferro, e também as atitudes mais freqüentes dos familiares em relação à alimentação desses pacientes.The Authors describe the performance of the Dietitian in a Pediatric Hematology Ambulatory. They emphasize the necessary dietetic procedures for adequate management of children with hemolytic anemia, with and without iron overload. Furthermore, they approach the family's attitude towards the patient's nutrition.

  4. Relato de um caso de neutropenia congênita grave em um lactente jovem A case report of severe congenital neutropenia in a young infant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Fadel M. dos Santos

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar um caso de neutropenia congênita grave e alertar os pediatras sobre tal diagnóstico em pacientes jovens, com infecções recorrentes. DESCRIÇÃO DO CASO: Lactente jovem com 45 dias de vida, com história de febre alta, letargia, recusa alimentar e hemogramas repetidos com leucopenia importante à custa de polimorfonucleares. A hipótese diagnóstica foi confirmada pelo aspirado de medula óssea, que mostrou hipoplasia de série granulocítica e completa ausência de neutrófilos maduros. Foi introduzida antibioticoterapia de largo espectro e estimulador da formação de colônias de granulócitos. O paciente evoluiu para óbito em decorrência de complicações infecciosas após 21 dias de internação. COMENTÁRIOS: Trata-se de um lactente jovem, portador de uma rara desordem congênita que leva à intensa neutropenia, deixando-o vulnerável a infecções graves e potencialmente fatais. À internação, o paciente apresentava sinais e sintomas sugestivos de sepse, sendo introduzido antibioticoterapia de amplo espectro, necessária por se tratar de lactente jovem, neutropênico e febril. A hipótese diagnóstica se baseou na história clínica e nos leucogramas alterados, sendo posteriormente confirmada pelo aspirado de medula óssea. Foi introduzido o estimulador da formação de colônias de granulócitos, que geralmente é efetivo, porém, nesse caso, não houve sucesso e o paciente evoluiu para óbito devido à grave infecção.OBJECTIVE: To report a case of severe congenital neutropenia and alert pediatricians about its diagnosis in young patients with recurrent infectious diseases. CASE DESCRIPTION: Young infant with 45 days of life, with a history of high fever, lethargy, poor feeding and repeated blood counts showing significant leucopenia due to a significant decrease of polymorphonuclear cells. The diagnosis was confirmed by bone marrow aspirate showing hypoplasia of the granulocytic series and complete absence of

  5. Penfigóide bolhoso no lactente

    OpenAIRE

    Quattrino,Ada Lobato; Silveira,Júlio César Gomes; Kawakubo,Susy Megumi; Xavier,Vera; Rochael, Mayra Carrijo

    2007-01-01

    O penfigóide bolhoso é doença que comumente acomete pessoas idosas. Desde o primeiro caso na infância, confirmado por imunofluorescência em 1970, cerca de 50 casos foram relatados e poucos ocorreram em crianças com menos de um ano de idade. Apresentase caso de penfigóide bolhoso em lactente de quatro meses de idade e discutem-se as características clínicas e imunopatológicas dessa rara bulose da infância.

  6. Hiperoxalúria primária com insuficiência renal crônica terminal em lactente Primary hyperoxaluria with endstage renal failure in an infant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia S. Macedo

    2002-04-01

    Full Text Available Objetivo: descrever caso clínico de um lactente com insuficiência renal crônica terminal, causada por hiperoxalúria primária.Método: após revisão da literatura, verifica-se a raridade da doença; na França, a prevalência é de 1,05/milhão, com taxa de incidência de 0,12/milhão/ano. Pesquisa abordando centros especializados mundiais detectou, em 1999, 78 casos em lactentes; destes, em 14% o quadro inicial foi de uremia. A gravidade e a raridade da doença sugerem o relato deste caso.Resultados: criança de sexo feminino, com quadro de vômitos e baixo ganho de peso desde os primeiros meses de vida, desenvolveu insuficiência renal terminal aos 6 meses de idade, sendo mantida em tratamento dialítico desde então. Aos 8 meses, foi encaminhada para esclarecimento diagnóstico, apresentando déficit pôndero-estatural grave e os seguintes exames laboratoriais: uréia= 69 mg/dl, creatinina=2,2 mg/dl e clearance de creatinina= 12,5 ml/min/1.73m²SC. O exame de urina foi normal, a ultra-sonografia renal revelou tamanho normal e hiperecogenicidade de ambos os rins. A dosagem de oxalato urinário foi de 9,2mg/kg/dia ou 0,55 mmol/1.73m²SC, e a relação oxalato:creatinina, de 0,42. A biópsia renal diagnosticou presença de grande quantidade de depósitos de cristais de oxalato de cálcio no parênquima renal. A radiografia de ossos longos evidenciou sinais sugestivos de osteopatia oxalótica, e a fundoscopia indireta, sinais de retinopatia por oxalato. A criança foi mantida em diálise peritoneal ambulatorial contínua, tendo sido iniciado tratamento com piridoxina.Conclusões: a hiperoxalúria primária deve ser considerada como um dos diagnósticos diferenciais de insuficiência renal crônica em lactentes, especialmente na ausência de história sugestiva de outras patologias.Objective: to report a case of an infant with endstage renal failure caused by primary hyperoxaluria. Methods: the review of the literature showed the rarity of

  7. Avaliação funcional da disfagia de lactentes em UTI neonatal The functional evaluation of dysphagy in the neonatal intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Izabel Martins Redondo Botelho

    2003-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Os objetivos deste trabalho foram: 1 detectar os critérios clínicos na avaliação da disfagia em lactentes sindrômicos e patológicos; 2 testar a hipótese de associação entre achados funcionais e/ou videoendoscópicos; 3 mostrar a importância da atuação conjunta entre o fonoaudiólogo e o médico otorrinolaringologista na avaliação da disfagia nesses lactentes. MÉTODOS: A amostra foi composta por 15 lactentes nascidos no Hospital Maternidade de Campinas (SP, para os quais houve solicitação de uma avaliação fonoaudiológica por parte do médico neonatologista responsável. Todos os lactentes foram avaliados uma vez pelo mesmo fonoaudiólogo e pelo mesmo médico otorrinolaringologista. A avaliação funcional da deglutição observou: a a sensibilidade táctil extra-oral, b a sensibilidade táctil intra-oral, c o reflexo nauseoso e d a movimentação dos bucinadores. A avaliação da deglutição videoendoscópica analisou: a sensibilidade na cartilagem aritenóidea, b o choro, c a aspiração, d a queda de saturação, e a penetração. Utilizou-se o teste exato de Fisher para pequenas amostras e cada hipótese foi testada com nível de significância de 0,05. RESULTADOS: Observou-se que existe uma relação de dependência estatisticamente significativa entre as variáveis: 1 aspiração após fase faríngea e a penetração (alta e baixa e 2 sensibilidade extra-oral nas bochechas e a sensibilidade na cartilagem aritenóidea. CONCLUSÕES: Este último resultado mostra a associação entre um achado funcional obtido pelo fonoaudiólogo e um achado videoendoscópico do médico otorrinolaringologista, o que evidencia a importância do trabalho conjunto desses dois profissionais da saúde.BACKGROUND: The objectives of this study were: 1 to detect clinical criteria on the evaluation of dysphagy in preterm newborns; 2 to analyze the association between the functional and the videoendoscopy findings and 3 to show the

  8. Iron deficiency decreases hemolysis in sickle cell anemia Anemia ferropriva diminui hemólise em anemia falciforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oswaldo Castro

    2009-02-01

    Full Text Available A woman with homozygous sickle cell disease developed severe iron deficiency due to long-standing uterine bleeding. At this point, the serum lactic dehydrogenase level was normal and the reticulocyte count was only minimally elevated. This suggested that the low red cell hemoglobin concentration that resulted from iron deficiency also decreased Hb S polymerization and lowered the hemolytic rate. Iron replacement led first to a substantially improved hemoglobin concentration with only a minimal increase in the hemolytic rate and secondarily to a modest further improvement in the hemoglobin concentration and a marked increase in the hemolytic rate. The hematologic changes observed in this patient, and those in other iron deficient sickle cell patients reported in the literature, suggest that it may be appropriate to consider the induction of an intermediate iron deficient stage as experimental treatment in adult sickle cell patients.Uma mulher com anemia falciforme homozigose para a Hb S evoluiu com anemia ferropriva grave devido a sangramento uterino prolongado. A dosagem de dehidrogenase lática era normal e a contagem de reticulócitos estava levemente aumentada. Isto sugere que concentrações baixas de hemoglobina, que resulta de anemia ferropriva, também diminuem a polimeração de Hb S e reduz a taxa de hemólise. O complemento de ferro levou, primeiramente, a uma concentração substancialmente maior de hemoglobina com apenas um aumento mínimo na taxa hemolítica e subsequentemente a um aumento leve adicional na concentração da hemoglobina e um aumento notável na taxa hemolítica. As mudanças hematológicas observadas nesta paciente e aquelas em outras pacientes com anemia falciforme e também deficientes de ferro relatadas na literatura sugerem que pode ser interessante considerar a indução de deficiência de ferro como tratamento experimental em pacientes adultos com anemia falciforme.

  9. Análise da compliância e gradiente timpanométrico em lactentes com refluxo Analysis of compliance and tympanometric gradient in infants with reflux

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizângela Dias Camboim

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar e comparar o gradiente timpanométrico e a compliância obtida nas sondas de 226 Hz e 1 kHz entre os grupos de lactentes com e sem refluxo gastroesofágico. MÉTODOS: Cento e dezoito lactentes a termo e pré-termo, de recém-nascidos a 6 meses de idade - 63 com diagnóstico clínico de refluxo gastroesofágico fisiológico realizado por pediatras ou gastropediatras e 55 sem refluxo -, foram submetidos a timpanometria com sondas de 226 Hz e 1 kHz. RESULTADOS: Foram observados maiores valores de compliância com sonda de 1 kHz em ambos os grupos. Ao se comparar a média de compliância entre os grupos, observou-se que o grupo sem refluxo apresentou maiores valores. A média dos valores do gradiente timpanométrico foi maior no grupo sem refluxo, quando comparada ao grupo com refluxo. CONCLUSÃO: A sonda de 1 kHz apresenta maior compliância em lactentes com e sem refluxo, em relação à sonda de 226 Hz. Lactentes com refluxo apresentam compliância dentro dos padrões de normalidade, porém apresentando menor compliância quando comparados com lactentes sem refluxo. Com relação ao gradiente, lactentes com refluxo apresentam valores alterados e/ou dentro dos padrões limítrofes da normalidade, em ambas as orelhas.PURPOSE: To analyze and compare the tympanometric gradient and the compliance obtained in probe tones of 226 and 1 kHz between groups of infants with and without gastroesophageal reflux (GER. METHODS: Participants were 118 full-term and preterm infants, from newborns to 6-month-olds - 63 with clinical diagnosis of physiological GER performed by pediatricians or gastroenterologists, and 55 without GER -, who were submitted to tympanometry with probe tones of 226 and 1 kHz. RESULTS: Higher compliance values were found with 1 kHz in both groups. Comparing the average compliance between groups, we observed that the group without reflux showed higher values. The mean value of the tympanometric gradient was higher in the

  10. Diarréia aguda grave associada à Escherichia coli enteropatogênica clássica (EPEC: características clínicas e perdas fecais em lactentes hospitalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliva C.A.G.

    1997-01-01

    Full Text Available Escherichia coli enteropatogênica clássica (EPEC tem sido o agente enteropatogênico mais freqüentemente isolado nas fezes de lactentes, de baixo nível socioeconômico, hospitalizados com diarréia aguda grave, na cidade de São Paulo. OBJETIVOS. 1 Analisar as características clínicas de lactentes do sexo masculino, hospitalizados com diarréia aguda grave associada à EPEC; 2 quantificar suas perdas fluidas fecais, ingestão de fórmulas alimentares e variações de peso corporal durante a evolução intra-hospitalar. CASUÍSTICA E MÉTODOS. Estudaram-se 38 lactentes do sexo masculino. Foram avaliadas as características clínicas e epidemiológicas dos pacientes e a freqüência dos diferentes sorogrupos de EPEC identificados. As crianças foram mantidas em cama metabólica, e balanços metabólicos diários foram obtidos durante toda a duração do quadro diarréico. Os lactentes permaneceram, em média, 5,8 dias em estudo metabólico. Duzentos e vinte balanços diários foram acumulados e analisados. RESULTADOS. O grupo estudado apresentou como principais características clínicas: idade inferior a 12 meses, peso insuficiente ao nascer; desmame precoce e formas graves de desnutrição protéico-calórica. O sorogrupo O111 foi o mais freqüentemente identificado (68,4%, sendo a idade dos pacientes com tal agente significativamente maior que a dos portadores do sorogrupo O55. A média dos volumes fecais diários foi de 66mL/kg/dia, havendo diferenças segundo dias de estudo. A média de ingestão diária de fórmulas alimentares foi de 85,2mL/kg/dia. Leite de vaca foi a dieta mais precocemente utilizada e as crianças que dela fizeram uso apresentaram volumes fecais maiores que os que receberam caseinato ou nutrição parenteral e incremento de peso corporal menor que os que utilizaram hidrolisado protéico ou NPT. CONCLUSÕES. Os sorogrupos de EPEC acarretaram perdas fluidas fecais de moderada e grave intensidade nos lactentes

  11. Características das emissões otoacústicas em lactentes expostos à medicação ototóxica Characteristics of otoacoustic emissions in infants exposed to ototoxic drugs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreza Ferreira dos Santos

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar as emissões otoacústicas (EOA em lactentes submetidos a tratamento por medicação ototóxica no período neonatal. MÉTODOS: Foi realizada a captação das EOA por transiente (EOAT e das EOA produto de distorção (EOAPD em 40 lactentes: 14 lactentes submetidos a drogas ototóxicas por, no mínimo, cinco dias (grupo estudo e 26 lactentes sem risco auditivo e sem intercorrências (grupo controle. A análise estatística do conjunto de dados foi efetuada utilizando-se os testes não-paramétricos de Wilcoxon e Mann-Whitney, e a técnica de intervalo de confiança para média. RESULTADOS: Foram observados menores níveis de resposta e relação sinal/ruído nas EOAPD para o grupo estudo, com valores estatisticamente significantes para as frequências de 3000, 6000 e 8000 Hz. CONCLUSÃO: A ação dos ototóxicos pode ser observada pela resposta típica das EOA em altas frequências, o que foi mais bem avaliado pelas EOAPD.PURPOSE: To analyze the otoacoustic emissions (OAE of infants exposed to ototoxic drugs during the neonatal period. METHODS: It was carried out the testing of transient OAE (TOAE and distortion product OAE (DPOAE with 40 infants: 14 infants exposed to ototoxic drugs for, at least, five days (study group, and 26 infants with no risks for hearing loss and no complications during the neonatal period (control group. The statistical analysis was performed using the non-parametric tests of Wilcoxon and Mann-Whitney, and the confidence interval for the average technique. RESULTS: Lower levels of response and signal/noise relation of DPOAE were observed in the study group, with statistically significant values for the frequencies of 3000, 6000 and 8000 Hz. CONCLUSION: The action of the ototoxic drugs can be observed by the typical response of OAE in high frequencies, which was better evaluated by the DPOAE.

  12. Efetividade superior do esquema diário de suplementação de ferro em lactentes Efectividad superior del esquema diario de suplementación de hierro en lactantes Greater effectiveness of daily iron supplementation scheme in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Catarina Machado Azeredo

    2010-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a efetividade de esquemas, diário e semanal, de suplementação profilática de ferro medicamentoso na prevenção da anemia ferropriva em lactentes não anêmicos. MÉTODOS: Estudo populacional, prospectivo, de abordagem quantitativa com intervenção profilática, realizado no município de Viçosa, MG, em 2007/8. Foram selecionadas 103 crianças não anêmicas, entre seis e 18 meses de idade, correspondendo a 20,2% das crianças cadastradas e atendidas pelas Equipes de Saúde da Família. As crianças foram divididas em dois grupos de suplementação: dosagem diária recomendada pela Sociedade Brasileira de Pediatria (grupo 1, n=34 e dosagem semanal preconizada pelo Ministério da Saúde (grupo 2, n=69. As avaliações ocorreram no início do estudo e após seis meses, sendo realizadas dosagem de hemoglobina (ß-hemoglobinômetro portátil, avaliação antropométrica e dietética, e aplicação de questionário socioeconômico. Os indicadores de impacto utilizados foram a prevalência de anemia, variação de hemoglobina, adesão e efeitos adversos aos suplementos. RESULTADOS: Os grupos se mostraram homogêneos quanto às variáveis socioeconômicas, biológicas e de saúde anteriores à intervenção. Após seis meses de suplementação, observaram-se maiores médias de hemoglobina no grupo 1 em relação ao grupo 2, (11,66; DP=1,25 e 10,95; DP=1,41, respectivamente, p=0,015; além de menores prevalências de anemia (20,6% e 43,5%, respectivamente, p=0,04. Apenas o tempo de suplementação influenciou na anemia grave (p=0,009. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes para as variáveis adesão ao suplemento e efeitos adversos. CONCLUSÕES: A dosagem diária recomendada pela Sociedade Brasileira de Pediatria mostrou-se mais efetiva na prevenção da anemia em lactentes, quando comparada à dosagem utilizada pelo Ministério da Saúde. A dosagem semanal recomendada pelo programa do governo

  13. Eventração diafragmática congênita complicada por hérnia interna em lactente: uma rara combinação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willy Marcus Gomes França

    2016-10-01

    Full Text Available Introdução: A eventração diafragmática (ED é um evento raro, caracterizado pela elevação anormal do diafragma. Em casos congênitos, ocorre defeito na muscularização do diafragma no período embrionário, o que afeta sua fixação e leva ao deslocamento do hemidiafragma enfraquecido para o tórax. Por outro lado, a hérnia diafragmática congênita (HDC decorre da falha de fusão das membranas pleuroperitoneais, resultando em um defeito diafragmático que permite a herniação visceral. Ao contrário da HDC, que apresenta maior gravidade, a ED congênita pode ser assintomática. Objetivo: Relatar um caso incomum de eventração diafragmática congênita complicada por hérnia interna. Metodologia: Informações obtidas pelo acompanhamento da paciente em enfermaria do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS, análise do prontuário e revisão de literatura. Relato do caso: Lactente feminina de 53 dias de vida, referenciada à Emergência Pediátrica do CHS por vômitos, gemência, irritação e diminuição da aceitação do leite materno há 2 dias. Ao exame: mau estado geral; ausculta cardíaca em hemitórax direito, pulsos finos; ausculta pulmonar rude e diminuída em hemitórax esquerdo (HTE; abdome globoso, distendido, com edema de parede abdominal. A radiografia revelou a presença de alças intestinais em HTE, além de grande distensão das alças de delgado, com discreto edema de parede em algumas delas, sugerindo quadro obstrutivo e provável hérnia diafragmática. Durante a cirurgia, foram observadas alças de delgado em saco herniário eventrado no HTE, formando uma eventração diafragmática, onde haviam encarceradas alças de jejuno e íleo, comprometendo alça de íleo terminal, de aspecto necrótico por uma extensão de 10 cm. O tratamento cirúrgico foi curativo e a paciente recebeu alta após 14 dias. Conclusão: A eventração diafragmática congênita é diagnóstico diferencial com HDC, e sua correção cir

  14. Complicação decorrente da presença de brônquio traqueal em lactente: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reis Jaqueline Costa

    2006-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O brônquio traqueal é uma anomalia congênita com incidência aproximada de 2% na população geral, habitualmente assintomática e de diagnóstico usualmente incidental. Esta anomalia caracteriza-se pela presença de brônquio para o lobo superior direito emergindo diretamente da traquéia, junto à carina. Em vigência de intubação traqueal, este brônquio pode ter sua luz obliterada pela cânula, levando a atelectasia isolada do lobo superior direito. O objetivo deste artigo foi relatar um caso de atelectasia isolada de lobo superior direito em lactente, percebida após intubação orotraqueal, bem como fazer uma revisão de literatura sobre esta anomalia, destacando suas implicações anestésicas. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, pardo, 5 meses de idade, 5 kg, estado físico ASA I, portador de fístula anorretal, em programação para correção da fístula (Mini-Peña. Após intubação orotraqueal realizou-se punção de veia subclávia direita, que foi seguida de dessaturação e diminuição do murmúrio vesicular no ápice direito. As hipóteses iniciais foram de hemotórax, pneumotórax, secreção brônquica e intubação seletiva. Foi realizada radiografia de tórax, que mostrou atelectasia de lobo superior direito. Realizada broncoscopia, que revelou brônquio traqueal. A cânula foi reposicionada, com re-expansão do lobo atelectasiado. CONCLUSÕES: Por ser uma anomalia de incidência relativamente alta (2%, o brônquio traqueal deve ser incluído entre os diagnósticos diferenciais de atelectasia de lobo superior direito.

  15. Indicadores de risco para perda auditiva em neonatos e lactentes atendidos em um programa de triagem auditiva neonatal Risk indicators for hearing loss of newborns and infants in a newborn hearing screening program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Maria Sobral Griz

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: descrever os indicadores de risco para perda auditiva presentes em neonatos e lactentes que realizaram a Triagem Auditiva Neonatal no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, nascidos em 2008. MÉTODOS: foram pesquisados os 787 neonatos e lactentes que realizaram a Triagem Auditiva Neonatal no citado Hospital, nascidos em 2008. Foi montado um banco de dados com informações do formulário com histórico familiar e clínico dos pesquisados e resultado da triagem, para análise dos indicadores de risco. RESULTADOS: os indicadores de risco mais prevalentes na população estudada foram presença de hiperbilirrubinemia, nascimento pré-termo, baixo peso ao nascimento, uso de medicamento durante o período gestacional, permanência em Unidade de Terapia intensiva e presença de infecções intra-uterinas durante a gestação. Os indicadores de risco para perda auditiva com associação estatisticamente significante com o resultado falha na triagem foram nascimento pré-termo, baixo peso, permanência em Unidade de Terapia Intensiva, uso de ventilação mecânica e uso de medicamento ototóxicos. CONCLUSÃO: houve ocorrência de indicadores de risco pré, peri e pós-natais, porém apenas foi encontrada significância estatística entre alguns indicadores peri e pós-natais e a falha na triagem.PURPOSE: to characterize neonates and infants who were born in 2008 and have been submitted to the Newborn Hearing Screening Program of the Federal University of Pernambuco Hospital according to the presence of risk factors related to hearing loss. METHODS: a total of 787 newborns took part in the study. Information from clinical charts and tests results were collected in order set up a database. RESULTS: the most prevalent risk factors for hearing loss in the related population was hyperbilirubinemia, prematurity, low weigh at birth, use of medication during pregnancy, presence of diseases during pregnancy and permanence in a

  16. Anemias.

    Science.gov (United States)

    Broadway-Duren, Jacqueline B; Klaassen, Hillary

    2013-12-01

    Anemias continue to present a challenge to the health care profession. Anemia is defined as a reduction in one or more of the RBC indices. Patients presenting with a mild form of anemia may be asymptomatic; however, in more serious cases the anemia can become life threatening. In many cases the clinical presentation also reflects the underlying cause. Anemia may be attributed to various causes, whereas autoimmune RBC destruction may be attributed to intrinsic and extrinsic factors. Laboratory tests are essential in facilitating early detection and differentiation of anemia.

  17. Novo método de dosagem de soros antipeçonhentos em camundongos lactentes: I - dosagem do soro anticrotálico New method for dosage of antivenoms sera in baby mice: I-Anticrotalic serum's dosage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Soerensen

    1984-08-01

    Full Text Available A atividade biológica dos soros antipeçonhentos pode ser determinada "in vivo" em pombos, coelhos, cobaios e camundongos adultos, não existindo, entretanto, nenhum método que possa ser recomendado internacionalmente. Estudou-se comparativamente aos métodos tradicionais de dosagem de soros em pombos e camundongos adultos, a validade do uso de camundongos lactentes de 6 a 7 dias, pesando 4 a 5g, inoculados pela via subcutânea. Inicialmente foi determinada a toxidez do veneno de Crotalus durissus terríficus através do estudo da sintomatologia do envenenamento e da atividade letal. O estudo comparativo dos três métodos forneceu maior concordância de resultados em DE100 entre as dosagens realizadas com camundongos lactentes e adultos. A DE100 e DL50 determinadas em camundongos lactentes forneceu resultados mais constantes que os dos métodos de camundongos adultos e pombos. O uso deste novo método permite eliminar a dificuldade de obtenção do atual animal de prova; a utilização de um maior número de animais por ponto de avaliação biológica, possibilitando uma maior precisão e conseguindo-se uma uniformidade nas características exigidas neste tipo de dosagem como peso, idade e linhagem, visando a reprodução sistemática dos resultados.The biological activity of antiserum against venoms can be assessed by "in vivo" tests using pigeons, rabbits, guinea-pigs and adult mice although there is no International standardized reaction for it. The traditional methods using pigeons and adult mice were comparatively studied with those using mice of 4-5 g (6-7 days of age, inoculated by subcutaneous injection. The toxicity of the Crotalus durissus terrificus venom was initially determined by studying the symptomatology after administration of venom and lethal activity. The comparative study of these three methods showed that the best concordance in the results of the ED100 was obtained using adult and baby mice. The most homogeneous ED100

  18. Anemia em idade geriátrica : uma revisão da literatura

    OpenAIRE

    Miranda, Emanuel Cardoso Marques de

    2014-01-01

    Anemia em idosos é muito comum e é atribuída incorrectamente ao normal envelhecimento, sendo na maioria das vezes uma condição modificável e, como tal, deve ser gerida de forma pró-activa. A prevalência de anemia aumenta com a idade e esta é muito maior entre os residentes em lares de idosos do que entre idosos residentes na comunidade. Nesta faixa etária, as causas de anemia são geralmente multifactoriais. Os indivíduos mais velhos com anemia, mesmo aqueles com níveis baixos ou no limiar ...

  19. Anemia

    Science.gov (United States)

    ... are affected. Low levels of red blood cells leads to anemia. With low levels of white blood cells, the ... foods they eat. Food fads and dieting can lead to anemia. Talk to your doctor about taking iron pills ( ...

  20. Desempenho motor de lactentes frequentadores de berçários em creches públicas Motor performance of infants attending the nurseries of public day care centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Baltieri

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o desempenho motor axial, apendicular e global e sua correlação com as características neonatais, familiares e de tempo de exposição à creche em crianças com idade entre 12-24 meses, frequentadoras de creches públicas. MÉTODOS: Estudo transversal com 40 lactentes (idade média 14,3±2,4 meses frequentadores de creches públicas. Os participantes foram avaliados quanto ao desempenho motor com a Bayley Scales of Infant and Toddler Development-III, a qual possibilita análise do desempenho motor e comparação dos domínios motores axial e apendicular. Foram coletados dados neonatais, familiares e de exposição à creche e pesquisou-se a correlação destes fatores ao desempenho motor. Foi utilizado o teste t pareado para comparar médias e a correlação de Pearson. RESULTADOS: O desempenho motor do grupo esteve, em média, abaixo da referência, com 22,5% das crianças classificadas como suspeitas de atraso nos desempenhos axial e global, contrastando com nenhuma no domínio apendicular. A comparação axial e apendicular apontou diferença significativa, com desempenho axial aquém do apendicular, além de 35% do grupo ter apresentado discrepância significativa entre esses domínios. Não foi encontrada correlação linear entre os domínios motores avaliados e as variáveis neonatais, familiares e de exposição à creche. CONCLUSÕES: O desempenho motor global do grupo esteve abaixo da média de referência, com desempenho motor axial inferior ao apendicular e importante discrepância entre esses. Recomenda-se atenção às habilidades motoras axiais e às oportunidades de exploração que o ambiente em creches pode propiciar, especialmente no decorrer dos dois primeiros anos de vida.OBJECTIVE: To analyze gross, fine and global motor performance and its correlation with neonatal and familial variables and day care exposure among children between 12-24 months of age attending public day care centers. METHODS: This

  1. Anemia ferropriva em crianças de 6 a 12 meses atendidas na rede pública de saúde do município de Viçosa, Minas Gerais Iron deficiency anemia in 6 to 12-month-old infants attended at the public health service of Viçosa, Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Góes da SILVA

    2002-09-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivos verificar a prevalência de anemia em lactentes de 6 a 12 meses atendidos na rede pública de saúde do município de Viçosa, MG e analisar alguns possíveis fatores de risco. As informações foram obtidas através de questionário aplicado aos responsáveis pela criança e através da verificação de medidas antropométricas e da dosagem de hemoglobina por hemoglobinômetro portátil. No diagnóstico de anemia, utilizou-se o ponto de corte de 11 g/dL. A prevalência de anemia ferropriva nas 204 crianças estudadas foi 60,8%, e 55,6% dos casos de anemia eram graves. A média da hemoglobina foi 9,28±1,07 nos anêmicos e 12,07±0,89 mg/dL nos não-anêmicos. A baixa escolaridade paterna e a idade materna mostraram associação estatística com a anemia (pThis study aimed at verifying the prevalence of anemia in 6 to 12-month-old infantsattended at the public health service of the city of Viçosa, state of Minas Gerais, and analyzing some possible risk factors. Information was obtained through questionnaire applied to those responsible for the infants and through the verification of the anthropometric measures and the hemoglobin dosage by portable hemoglobinometer. In diagnosing anemia, a 11g/dL cutoff point was used. The prevalence of iron deficiency anemia in a total of 204 infants reached 60.8%, and 55.6% of the cases of anemia were serious. The hemoglobin average was 9.28±1.07 mg/dL in anemic infants, and 12.07± 0.89 mg/dL in non-anemic ones. The father's low school level and the mother's age showed statistical association with anemia (p<0.05. A high prevalence and severity of the anemia was found, emphasizing the need for prevention and control of this disease in the city of Viçosa.

  2. Educação em saúde auditiva do neonato e lactente para profissionais de enfermagem Newborn and infant hearing health education for nursing professionals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Padilha Barbosa

    2013-04-01

    Full Text Available A perda auditiva é uma privação sensorial e, entre suas consequências, pode-se citar: atraso no desenvolvimento de linguagem, problemas socioemocionais e escolar. Neste cenário, destacam-se os profissionais de enfermagem, que podem multiplicar os conhecimentos sobre saúde auditiva infantil, desde o pré-natal. OBJETIVO: Verificar o conhecimento dos profissionais de enfermagem após ações educativas em saúde auditiva infantil. MÉTODO: Estudo quase-experimental com delineamento tempo-série. Participaram 82 profissionais de enfermagem (enfermeiros, técnicos e auxiliares, que trabalhavam em um hospital universitário, no período entre março e setembro de 2011. Todos responderam a um questionário semiestruturado, antes e após ações educativas desenvolvidas. RESULTADOS: Pôde-se observar mudança significativa de conhecimento dos profissionais de enfermagem após a ação educativa na maioria das variáveis analisadas, a exemplo, idade ideal para realizar a Triagem Auditiva Neonatal; idade ideal para realizar o diagnóstico da perda auditiva; idade ideal para iniciar a intervenção ante a perda auditiva e os indicadores de risco para perda auditiva. CONCLUSÃO: Acredita-se que a metodologia utilizada nas ações educativas, baseadas na problematização da prática profissional, pode ter contribuído sobremaneira para o aumento do conhecimento sobre saúde auditiva, especialmente da população neonatal e lactente.Hearing loss is a sensory deprivation, which can brings several consequences, among them: language development delay, emotional and social problems, and school difficulties. In such settings, we stress the role of nursing professional, who can expand their knowledge about children's hearing health, all the way from pre-natal care. OBJECTIVE: To check the knowledge of nursing professional after the educational actions on pediatric hearing. METHOD: A quasi-experimental design with timeseries outline. We had 82 nursing

  3. AVALIAÇÃO BIOLÓGICA DE UM ALIMENTO EM PÓ A BASE DE CARNE DE FRANGO UTILIZADO PARA O TRATAMENTO DE LACTENTES COM INTOLERÂNCIA ALIMENTAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA LUIZA FERREIRA STRINGHINI

    2009-07-01

    Full Text Available

    RESUMO: O presente trabalho consistiu na avaliação biológica, determinada pelo coeficiente de eficiência protéica (CEP, pelo coeficiente de eficácia alimentar (CEA e pela digestibilidade aparente (Dap, de um produto desenvolvido a base de carne de frango em pó, utilizado para o tratamento de lactentes com intolerância alimentar, especialmente na diarréia protraída. PALAVRAS-CHAVE: Intolerância alimentar; diarréia protraída; carne de frango; utilização protéica.

  4. Fatores de risco para diárreia persistente em lactentes Risk factors to persistent diarrhea in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Moura Lins

    2003-12-01

    Full Text Available RACIONAL: A diarréia persistente é uma doença multicausal. A análise do risco para o prolongamento do quadro diarréico envolve variáveis ambientais, biológicas e do manejo clínico. OBJETIVO: Identificar fatores de risco para a diarréia persistente em crianças hospitalizadas na fase aguda do quadro diarréico. PACIENTES E MÉTODOS: O estudo foi do tipo caso-controle. A amostra consistiu de 216 crianças menores de 24 meses hospitalizadas por diarréia de início abrupto, no Instituto Materno-Infantil de Pernambuco, Recife, PE. O grupo de casos incluiu as crianças com diarréia persistente e o de controles aquelas com diarréia aguda. Foram analisadas variáveis socioeconômicas, biológicas, de morbidade anterior, clínicas e do manejo terapêutico prévio à admissão. Utilizou-se o odds ratio não ajustado e ajustado, com seus respectivos intervalos de confiança de 95%, observando-se o nível de significância de 5%. A análise multivariada foi feita através de regressão logística. RESULTADOS: O risco de persistência da diarréia foi maior nas crianças com: disenteria, febre no início do quadro, dieta suspensa e uso de antibiótico à admissão hospitalar. O risco de diarréia persistente foi cerca de três vezes maior para crianças sem geladeira no domicílio e que apresentavam hiperemia perianal ao exame físico na admissão hospitalar, sendo estas as variáveis que apresentaram significância estatística após o ajuste para fatores de confusão. CONCLUSÕES: A melhoria das condições ambientais e o manejo adequado e individualizado da criança hospitalizada por diarréia pode contribuir para a redução da morbidade da doença.BACKGROUND: Persistent diarrhea is a multicausal disease. The analysis of risk factors for persistent diarrhea includes environmental and biological variables as well as therapeutical management. AIM: To identify risk factors for persistent diarrhea among children hospitalized with acute diarrhea

  5. Aerobic bacteria, Chlamydia trachomatis, Pneumocystis carinii and Cytomegalovirus as agents of severe peneumonia in small infants Bactérias aeróbias, Chlamydia trachomatis, Pneumocystis carinii e Cytomegalovirus: agentes causadores de pneumonia grave em pequenos lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bernardo Ejzenberg

    1996-02-01

    Full Text Available The authors studied 58 infants hospitalized for pneumonia in a semi-intensive care unit. Age ranged from 1 complete to 6 incomplete months. The infants were sent from another hospital in 20 cases and from home in a further 38. Pulmonary involvement, which was alveolar in 46 cases and interstitial in 12, was bilateral in 31 children. The investigation was carried out prospectively on the etiological agents associated with respiratory infection to look for evidence of aerobic bacteria (blood cultures, Chlamydia trachomatis and Cytomegalovirus (serology, and Pneumocystis carinii (direct microscopy of tracheal aspirated material. The following infectious agents were diagnosed in 21 children (36.2%: Aerobic bacteria (8, Chlamydia trachomatis (5, Pneumocystis carinii (3, Cytomegalovirus (3, Cytomegalovirus and Chlamydia trachomatis (1, Aerobic bacteria and Cytomegalovirus (1. Seven cases of infection by Chlamydia trachomatis and/or Cytomegalovirus were diagnosed out of the 12 cases with pulmonary interstitial involvement.Os autores estudaram prospectivamente 58 lactentes internados por pneumonia em unidade semi-intensiva. A idade foi limitada entre 1 mês completo e 6 meses incompletos. A procedência das crianças foi de outro hospital em 20 casos e domiciliar em 38. O acometimento pulmonar era alveolar em 46 casos, intersticial em 12 e bilateral em 31 crianças. Foram pesquisados agentes etiológicos associados à infecção respiratória dos lactentes jovens: Bactérias aeróbias (Hemoculturas, Chlamydia trachomatis e Cytomegalovirus (sorologia, e Pneumocystis carinii (microscopia direta do aspirado traqueal. Foram diagnosticadas infecções em 21 crianças (36,2%: Bactérias aeróbias (8, Chlamydia trachomatis (5, Cytomegalovirus (3, Pneumocystis carinii (3, Cytomegalovirus e Chlamydia trachomatis (1, Bactéria aeróbia e Cytomegalovirus (1. Foram diagnosticadas 7 infecções por Chlamydia trachomatis e/ou Cytomegalovirus entre as 12 crianças com

  6. Anemia Ferropriva e fatores associados em gestantes assistidas em hospital de referência do Estado de Pernambuco

    OpenAIRE

    Lima,Marília de Carvalho

    2012-01-01

    A deficiência de ferro é o distúrbio nutricional mais comum e difundido no mundo. Estima-se que a anemia afeta cerca de 30% da população mundial, sendo definida como a condição em que os níveis de hemoglobina estão abaixo dos valores normais, estabelecidos para grupos específicos. Sua ocorrência pode ser observada em diversas populações, com maior prevalência em países em desenvolvimento. Alguns grupos populacionais ainda apresentam altas prevalências de anemia ferropriva, dentre esses, podem...

  7. Determinantes da anemia em mães e filhos no Brasil

    OpenAIRE

    Claudia Regina Marchiori Antunes Araújo

    2012-01-01

    Introdução: Anemia por carência alimentar de ferro é a deficiência nutricional mais freqüente e preocupante do ponto de vista da saúde coletiva. Afeta principalmente crianças, gestantes e mulheres em idade fértil. Apesar das medidas de intervenção para prevenção e controle da anemia no Brasil, estudos mostram que as prevalências ainda continuam elevadas. Objetivo: Investigar a situação da anemia e seus determinantes em mães e filhos no Brasil, considerando o contexto familiar. Método: Pesquis...

  8. Anemia

    Science.gov (United States)

    ... Physician October 01, 2002, http://www.aafp.org/afp/20021001/1217.html)Normocytic Anemia by JR Brill, ... Physician November 15, 2000, http://www.aafp.org/afp/20001115/2255.html) Last Updated: February 2014 This ...

  9. Avaliação do desempenho motor global e em habilidades motoras axiais e apendiculares de lactentes frequentadores de creche Assessment of global motor performance and gross and fine motor skills of infants attending day care centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina T Souza

    2010-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o desempenho motor global em habilidades motoras axiais e apendiculares de lactentes que frequentavam, em tempo integral, duas Escolas Municipais de Educação Infantil. MÉTODOS: Estudo longitudinal do qual participaram 30 lactentes avaliados aos 12 e 17 meses de vida com a escala motora das Bayley Scales of Infant and Toddler Development-III, que possibilita a análise do desempenho motor global, apendicular e axial e a discrepância entre eles. Utilizaram-se o teste de Wilcoxon e o Coeficiente de Correlação de Spearman. RESULTADOS: A maioria dos participantes apresentou desempenho motor global dentro dos limites de normalidade, porém abaixo da média de referência aos 12 e 17 meses, com 30% classificados como suspeitos de atraso em pelo menos uma das avaliações. O desempenho motor axial foi inferior ao apendicular aos 12 e aos 17 meses, com grande discrepância entre eles especialmente na 2ª avaliação. Observou-se marcada variabilidade individual nas habilidades motoras apendiculares, com fraca correlação linear no desempenho entre a 1ª e a 2ª avaliações nesse domínio. Nas habilidades axiais e no desempenho motor global, encontrou-se menor variabilidade individual, com correlações moderadas e positivas entre a 1ª e a 2ª avaliações. Identificaram-se quatro lactentes com suspeita de atraso no desenvolvimento motor em ambas as avaliações. CONCLUSÕES: O estudo aponta necessidade de maior atenção ao desenvolvimento motor durante os primeiros 17 meses de crianças que frequentam creches, com especial vigilância à motricidade axial (considerando que ela é parte integrante do desenvolvimento global da criança e às crianças com desempenho suspeito de atraso em duas avaliações consecutivas.OBJECTIVE: To analyze the global motor performance and the gross and fine motor skills of infants attending two public child care centers full-time. METHODS: This was a longitudinal study that included 30 infants

  10. Secreção na orelha média em lactentes - ocorrência, recorrência e aspectos relacionados Secretion of middle ear in infants - occurrence, recurrence and related factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra de O. Saes

    2005-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O presente estudo objetivou avaliar a ocorrência e recorrência de secreção na orelha média e os possíveis fatores associados, em 190 recém-nascidos e lactentes observados nos 2 primeiros anos de vida, participantes de um programa de prevenção, detecção e intervenção interdisciplinar desenvolvido na Clínica de Educação para Saúde da Universidade do Sagrado Coração. MÉTODOS: Os recém-nascidos e lactentes foram submetidos mensalmente a anamnese, otoscopia, avaliação audiológica comportamental por meio de instrumentos sonoros e tons puros (audiometria pediátrica e timpanometria. RESULTADOS: Os resultados revelaram que 68,4% dos lactentes apresentaram um ou mais episódios de secreção na orelha média nos 2 primeiros anos, com maior recorrência para o sexo masculino. A idade de maior ocorrência foi entre 4 e 12 meses. Quanto mais cedo ocorreu o primeiro episódio, maior foi a probabilidade de recorrência. Os meses do ano de maior incidência foram de maio a agosto. Das variáveis estudadas, constatou-se que o período de aleitamento materno exclusivo atuou como um fator protetor. Quanto aos fatores de risco, verificou-se que a presença tabagismo passivo, refluxo gastroesofágico, alergia respiratória esteve relacionada à recorrência de efusão. CONCLUSÃO: Os achados revelaram a importância do acompanhamento auditivo periódico para lactentes nos 2 primeiros anos de vida, considerando ser o período crítico para o processo de maturação do sistema auditivo, no qual privações sensoriais auditivas podem ser responsáveis por seqüelas para o desenvolvimento de fala e linguagem.OBJECTIVE: The present study aimed at evaluating the occurrence and recurrence of middle ear secretion and possible associated factors in the first two years of life of 190 newborns and infants, participants in the interdisciplinary prevention, detection, and intervention program at the Clínica de Educação para Saúde of

  11. Efetividade da suplementação de sulfato ferroso na prevenção da anemia em crianças: revisão sistemática da literatura e metanálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francieli Cembranel

    2013-09-01

    Full Text Available Revisão sistemática e metanálise de estudos que avaliaram a efetividade da suplementação de sulfato ferroso na prevenção da anemia em crianças menores de cinco anos de idade. Foram pesquisadas as bases PubMed, Scopus, SciELO e LILACS e incluídos artigos publicados entre 1980-2011 em espanhol, inglês ou português, utilizando os unitermos: criança, pré-escolar, lactente, anemia, prevenção, suplementação e ferro. Foram selecionados 13 estudos, que mostraram que independentemente da dose e do tempo de suplementação, o esquema diário foi mais consistente na melhoria dos níveis de hemoglobina (efeito combinado 0,56mg/dL, IC95%: 0,31; 0,81, p < 0,001 do que o semanal (efeito combinado 0,28mg/dL, IC95%: -0,22; 0,78, p = 0,273. Não houve efeito da suplementação na redução da prevalência de anemia, mesmo com doses diárias, e a administração conjunta com outros micronutrientes não trouxe benefícios adicionais em comparação com a administração exclusiva do suplemento. A suplementação diária de sulfato ferroso mostrou-se mais efetiva do que doses semanais na melhoria dos níveis de hemoglobina.

  12. Prevalência de anemia em idosos internados em enfermarias gerais de um hospital universitário

    OpenAIRE

    Muñoz, Rilva Lopes de Sousa; Sousa, Graziela Batista de; Lucena, Germana Ribeiro de; Grigório, Mayara Cardoso; Etto, Leina Yukari

    2016-01-01

    A anemia representa um problema de saúde pública para a população idosa, pois atua negativamente, sobretudo no contexto de hospitalização. Sua prevalência não está clara na literatura em virtude de resultados discrepantes. Os objetivos deste estudo foram avaliar a prevalência de anemia em idosos internados em enfermarias de clínica médica de um hospital universitário brasileiro, assim como determinar a classificação morfológica da anemia e sua distribuição de acordo com a faixa de idade e o s...

  13. Efeito da suplementação sobre a digestibilidade dos nutrientes e desempenho de bezerros lactentes mantidos em pastagens de Brachiaria brizantha = Effect of supplementation on nutrient digestibility and performance of lactating calves fed with Brachiaria brizantha pastures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Amstalden Moraes Sampaio

    2010-01-01

    Full Text Available Foi avaliado o efeito da suplementação e do tipo do suplemento sobre adigestibilidade dos nutrientes e o desempenho de bezerros Canchim lactentes mantidos em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Marandu durante os meses de fevereiro a maio. Os tratamentos foram: sem e com suplementação em creep-feeding com concentrado proteico, comconcentrado energético e com concentrado energético-proteico. Em quadrado latino, foi avaliada a digestibilidade dos nutrientes, utilizando-se quatro bezerros mantidos em baias individuais, recebendo feno da mesma forrageira e com mamadas controladas duas vezes ao dia. O desempenho foi avaliado em delineamento inteiramente casualizado, sendo os 23 bezerros mantidos junto com as matrizes. A suplementação com concentrado energético-proteico determinou melhor ingestão e aproveitamento dos nutrientes (65% de digestibilidade da matéria seca, desempenho dos bezerros (ganhos de peso de 0,98 kg dia-1 e manutenção do peso e das reservas corporais das matrizes. A utilização de suplemento proteico não mostrou bons resultados, sendo estes inferiores inclusive ao desempenho dos bezerros que não receberam suplementação, 0,56 e 0,77 kg dia-1, respectivamente. O desempenho dos bezerros no tratamento sem suplementação foi semelhante àqueles que receberam suplemento energético, porém asmatrizes tiveram redução mais acentuada do peso corporal e das reservas energéticas. A suplementação com concentrado energético-proteico para bezerros lactentes mantidos em pastagens de Brachiaria brizantha cv. Marandu no início da seca mostrou ser uma técnica quebeneficia o desempenho desses animais e das matrizes.This study evaluated the effect of supplementation and the type of supplement on nutrient digestibility and performance of lactating calves fed with Brachiara brizantha cv. Marandu pasture from February to May. The treatments were: supplementation in creep-feeding with protein concentrate, with energy concentrate

  14. Anemia entre pre-escolares - um problema de saude publica em Belo Horizonte, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais de Souza Chaves de Oliveira

    2014-01-01

    Full Text Available O artigo tem por objetivo determinar a prevalência de anemia em crianças matriculadas em creches da regional Centro-Sul de Belo Horizonte (MG, identificando fatores biológicos e socioeconômicos associados. Estudo transversal descritivo realizado em 18 creches. Foram avaliadas 373 crianças com base em amostragem estratificada por instituição participante. A hemoglobina (Hb sérica foi determinada por punção capilar e leitura em β-hemoglobinômetro, adotando-se pontos de corte para anemia de Hb < 11,0g/dL para crianças de seis a 60 meses e Hb < 11,5g/dL para aquelas com idade superior, preconizados pela OMS. O estado nutricional foi definido por aferição do peso e altura e confecção dos índices Peso/Idade (P/I, Estatura/Idade (E/I e IMC/Idade (IMC/I. Entre os participantes 54% eram meninas. A média de idade foi de 38,1 ± 6,2 meses. A prevalência global de anemia foi de 38,3%, sendo superior nas crianças com idade inferior ou igual a 24 meses (56,1%. Encontrou-se associação significativa entre anemia e os fatores menor idade da criança, menor idade materna e baixa renda familiar. O estudo mostrou que anemia em crianças de creches de Belo Horizonte constitui relevante problema de saúde pública, sinalizando a necessidade de se implantar ações específicas para mitigação dos riscos por ele apontados.

  15. Observação de anemia hemolítica auto-imune em artrite reumatóide Observation of autoimmune hemolytic anemia in rheumatoid arthritis

    OpenAIRE

    Souza, Ricardo A. S.; Henrique F. S. Souza; Leandro V. Rangel; Nogueira,Luciana V. A.; Mittermayer B. Santiago

    2003-01-01

    Artrite reumatóide é uma doença difusa do tecido conjuntivo que se caracteriza pelo acometimento articular e sistêmico. Disfunções hematológicas como anemia ocorrem em até 65% dos pacientes, sendo a anemia das doenças crônicas a forma mais comum. A anemia hemolítica auto-imune pode estar associada à difusa do tecido conjuntivo, sendo classicamente associada ao lúpus eritematoso sistêmico e fazendo parte dos seus critérios de classificação. A presença de anemia hemolítica auto-imune em artrite...

  16. Immune-mediated hemolytic anemia - report of three cases / Anemia hemolítica imunomediada em cães - relato de três casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Curotto Nolasco de Carvalho

    Full Text Available Immune-mediated hemolytic anemia (IMHA is a common type of anemia in dogs and cats. The disease é most common in middle-aged female dogs, especially American Cocker Spaniel. The clinical signs are associated with severe anemia. There is no pathognomonic test for IMHA, but the presence of hemolytic anemia in a young adult or middle age, autoagglutination and spherocytosis or positive results of Coombs test, elimination of any other underlying cause of anemia and an appropriate response to immunosuppressive therapy are suggestive of it. The aim of the present paper is to report of three cases of serious IMHA, and highlighting the therapeutic modalities and prognosis associated with them.A anemia hemolítica imunomediada (AHIM é um tipo comum de anemia em cães e gatos. A doença é mais comum em fêmeas caninas de meia-idade, especialmente Cocker Spaniel Americano. Os sinais clínicos estão associados com a anemia severa. Não há achados patognomônicos, mas a presença de anemia hemolítica em um cão jovem ou de meia idade, auto-aglutinação e esferócitos ou teste de Coombs positivo, eliminação de outros diagnósticos diferenciais e a resposta apropriada a terapia imunossupressora indicam AHIM. Apesar de inúmeras opções terapêuticas, os índices de mortalidade permanecem elevados. O objetivo do presente trabalho é relatar três casos graves de AHIM, ressaltando as modalidades terapêuticas e o prognóstico associado a elas.

  17. Observação de anemia hemolítica auto-imune em artrite reumatóide Observation of autoimmune hemolytic anemia in rheumatoid arthritis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo A. S. Souza

    2003-01-01

    Full Text Available Artrite reumatóide é uma doença difusa do tecido conjuntivo que se caracteriza pelo acometimento articular e sistêmico. Disfunções hematológicas como anemia ocorrem em até 65% dos pacientes, sendo a anemia das doenças crônicas a forma mais comum. A anemia hemolítica auto-imune pode estar associada à difusa do tecido conjuntivo, sendo classicamente associada ao lúpus eritematoso sistêmico e fazendo parte dos seus critérios de classificação. A presença de anemia hemolítica auto-imune em artrite reumatóide é relatada raramente na literatura e os mecanismos etiopatogênicos para o seu desenvolvimento ainda não estão esclarecidos. Descrevemos um caso de artrite reumatóide no adulto e outro de artrite reumatóide juvenil que desenvolveram anemia hemolítica auto-imune e discutimos os prováveis mecanismos etiopatogênicos envolvidos.Rheumatoid arthritis is a connective tissue disease characterized by articular and systemic involvement. Hematological abnormalities such as anemia may occur in up to 65% of the patients, with chronic disease anemia being the commonest form. Autoimmune hemolytic anemia can be associated with different connective tissue diseases, particularly systemic lupus erythematosus and it is part of its classification criteria. On the other hand, the presence of autoimmune hemolytic anemia in rheumatoid arthritis has rarely been described in the literature and the pathogenic mechanisms for its development remain unclear. We describe here a case of rheumatoid arthritis and another of juvenile rheumatoid arthritis that developed to autoimmune hemolytic anemia and present the probable etiopathogenic mechanisms.

  18. Medidas de imitância acústica em lactentes com 226hz e 1000hz: correlação com as emissões otoacústicas e o exame otoscópico Accoustic immitance measures in infants with 226 and 1000 hz probes: correlation with otoacoustic emissions and otoscopy examination

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Vargas Garcia

    2009-02-01

    Full Text Available A avaliação audiológica do lactente deve ser composta pela verificação das condições de orelha média (medidas de imitância acústica e otoscopia e pela avaliação coclear (Emissões Otoacústicas. OBJETIVO: Verificar qual tom teste da timpanometria (226Hz ou 1000Hz tem maior correlação com o exame otoscópico e com o resultado das Emissões Otoacústicas por estímulo transiente. MÉTODO: Realizou-se emissões otoacústicas nos 60 lactentes da amostra, com idade entre de zero e quatro meses. Foram distribuídos em dois grupos, sendo o grupo I 30 lactentes com EOA presente e o grupo II 30 lactentes com EOA ausente. Foram submetidos à timpanometria de múltiplas freqüências, com tom teste de 226Hz e 1000Hz e avaliação otoscópica. RESULTADOS: Na timpanometria, o tom teste de 1000Hz apresentou mais sensibilidade para identificar as alterações de orelha média. Nas crianças com curva timpanométrica dentro da normalidade, ambos os tons-teste (226 e 1000Hz apresentaram alta especificidade. Todas as correlações foram significantes com o tom teste de 1000Hz. CONCLUSÃO: O tom teste de 1000Hz apresentou maior correlação estatisticamente significante com as EOA e com a avaliação otoscópica para lactentes de zero a quatro meses.Audiological evaluation in infants should include the middle ear (immitance measures and otoscopy and also a cochlear evaluation. AIM: To check which tympanometry tone test (226 Hz or 1000 Hz, transient otoacoustic emissions and otoscopy. METHODS: Transient otoacoustic emissions were taken from sixty infants ranging from zero to four months of age. The babies were assigned to two groups of 30 infants each, according to the presence or absence of otoacoustic emissions (OAE. All babies have undergone tympanometry with probe tones of 226 and 1000 Hz and ENT evaluation. RESULTS: Tests performed with 1000 Hz probe tone were more sensitive in identifying middle ear disorders. In children with normal

  19. Manifestações retinianas em pacientes portadores de anemia de células falciformes

    OpenAIRE

    2011-01-01

    A Organização Mundial de Saúde estima que mais de 5% da população mundial seja portadora de algum tipo de hemoglobinopatia. Dentre essas encontramos a anemia de células falciformes, que tem seu principal efeito lesivo sobre a vasculatura periférica. Na retina, as lesões falciformes possuem fisiopatologia e classificação bem definidas. O objetivo é identificar as manifestações retinianas à anemia falciforme em pacientes encaminhados ao Hospital Bettina Ferro de Souza a partir do Hemocentro do ...

  20. Parvovirose e anemia acentuada em paciente imunocompetente Parvovirus and severe anemia in an immunocompetent patient

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Annete Damasceno

    2012-04-01

    Full Text Available Paciente de 16 anos, sexo masculino, com vírus da imunodeficiência humana (HIV negativo e sem doença hematológica prévia, desenvolveu anemia acentuada devido à infecção por parvovírus B19. A doença apresentou evolução bifásica, com acalmia clínica e retorno dos sintomas após 15 dias. Ao exame físico, apresentava-se descorado e febril, sem adeno e organomegalias, com sinais de insuficiência cardíaca. O aspirado de medula óssea mostrava megaloblastos com nucléolos aberrantes e, na histologia, foram observadas células gigantes com nucleolação aberrante e presença do corpúsculo de inclusão nuclear típico da parvovirose. O exame de imuno-histoquímica mostrou positividade para anticorpo específico para parvovírus. A sorologia comprovou a infecção.A 16-year-old human immunodeficiency virus (HIV negative male patient without hematological disease developed acute anemia due to parvovirus B19 infection. The disease showed a biphasic evolution: clinical remission and return of symptoms after 15 days. Physical examination revealed paleness and fever, neither adeno nor organomegalies, and signs of heart failure. The bone marrow aspiration showed megaloblasts with aberrant nucleoli. As far as histology is concerned, giant cells with aberrant nucleoli and the presence of intranuclear inclusions typical of Parvoviruses were observed. Immunohistochemistry revealed positivity for specific Parvovirus antibody. Serology confirmed parvovirus B19 infection.

  1. Prevalência de talassemias e hemoglobinas variantes em pacientes com anemia não ferropênica

    OpenAIRE

    Sandrine C. Wagner; Silvestri, Matheus C.; Christina M. Bittar; Friedrisch,João R.; Silla,Lúcia M. R.

    2005-01-01

    Para estabelecer a freqüência de hemoglobinopatias e talassemias em pacientes com anemia não ferropênica foram estudados 58 casos de pacientes comprovadamente com anemia não ferropênica e 235 controles obtidos de pessoas sem anemia. Todas as amostras foram obtidas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil. As técnicas realizadas foram eletroforese em acetato de celulose, pH alcalino, pesquisa citológica de Hb H, HPLC, hemograma e ferritina. A análise dos dados realizada no gr...

  2. Leucemia linfoblástica aguda em lactentes: 20 anos de experiência Acute lymphoblastic leukemia in infants: 20 years of experience

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Ibagy

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar pacientes com menos de dois anos de idade com leucemia linfoblástica aguda atendidos no período de 1990 a 2010, em um centro de referência estadual. MÉTODOS: Estudo clínico, epidemiológico, transversal, descritivo e observacional. Pacientes incluídos tinham menos de dois anos de idade, com leucemia linfoblástica aguda, tratados no período de 1990 a 2010 na unidade de oncologia pediátrica de um centro de referência estadual, totalizando 41 casos. RESULTADOS: Todos os pacientes eram Caucasianos e 60,9% eram do sexo feminino. Com relação à idade, 24,38% tinham menos de seis meses, 17,07% tinham entre seis meses e um ano e 58,53% mais do que um ano de idade. A idade de seis meses foi estatisticamente significante para o desfecho de óbito. Os sinais e sintomas predominantes foram febre, hematomas e petéquias. Uma contagem de leucócitos superior a 100.000 foi observada em 34,14% dos casos; hemoglobina inferior a 11 em 95,13% e contagem de plaquetas inferior a 100.000, em 75,61% dos casos. Infiltração do sistema nervoso central estava presente em 12,91% dos pacientes. Em relação à linhagem, a linhagem B predominou (73%, mas a linhagem de células T foi estatisticamente significativa para o óbito. Trinta e nove por cento dos pacientes tiveram recorrência da doença. Em relação ao estado vital, 70,73% dos pacientes morreram, sendo choque séptico a principal causa. CONCLUSÕES: leucemia linfoblástica aguda em crianças tem uma alta taxa de mortalidade, principalmente em crianças menores de um ano e linhagem derivada de células T.OBJECTIVE: To analyze patients younger than 2 years with acute lymphoblastic leukemia, treated in the period between 1990 and 2010 in a state reference center. METHODS: This was a clinical-epidemiological, cross-sectional, observational, and descriptive study. It included patients younger than 2 years with acute lymphoblastic leukemia, treated in the period of 1990 to 2010 in a

  3. Intervenções nutricionais na anemia ferropriva Nutritional strategies for controlling iron deficiency anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marly A. Cardoso

    1994-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo de revisão bibliográfica é fornecer subsídios para o planejamento e avaliação de medidas de combate à anemia ferropriva. A necessidade de intervenções para o controle da prevalência da anemia ferropriva deve ser determinada pela magnitude da defi ciência nutricional e pelo conhecimento de seus efeitos na qualidade de vida, morbidade e mortalidade. A abordagem mais usual é fornecer ferro suplementar a gestantes, nutrizes e lactentes em programas de assistência primária à saúde, reconhecidamente os grupos de maior vulnerabilidade. A fortificação de alimentos e orientações sobre modificações da dieta representam medidas complementares e devem ser incrementadas.This review was elaborated in order to contribute to the planning of strategies for controlling iron deficiency anemia in developing countries. The need for intervention should be determined by the degree of iron deficiency in the individual group and knowledge of its effects on quality of life, morbidity, and mortality. The most frequent approach is to provide iron supplementation during pregnancy, lactation, and early childhood as a basic primary healthcare measure. Fortification and dietary modification are complementary approaches, and should be developed.

  4. Fatores associados com anemia ferropriva em crianças menores de 6 meses

    OpenAIRE

    Fabiola Figueiredo Nejar

    2007-01-01

    Resumo: O presente estudo analisou os fatores associados à anemia infantil e materna, tempo de clampeamento do cordão umbilical e duração do aleitamento materno exclusivo. Utilizou-se uma coorte com 513 crianças, selecionadas no Hospital Estadual de Sumaré, avaliadas em dois momentos (parto/alta e seguimento aos 150 dias). Encontramos 16,9% das mulheres que apresentaram anemia durante a gestação, porém essa proporção é bem menor após 150 dias do parto (1,7%). Já a análise do sangue de cordão ...

  5. Observação de anemia hemolítica auto-imune em artrite reumatóide

    OpenAIRE

    Souza, Ricardo A. S.; Henrique F. S. Souza; Leandro V. Rangel; Nogueira,Luciana V. A.; Mittermayer B. Santiago

    2003-01-01

    Artrite reumatóide é uma doença difusa do tecido conjuntivo que se caracteriza pelo acometimento articular e sistêmico. Disfunções hematológicas como anemia ocorrem em até 65% dos pacientes, sendo a anemia das doenças crônicas a forma mais comum. A anemia hemolítica auto-imune pode estar associada à difusa do tecido conjuntivo, sendo classicamente associada ao lúpus eritematoso sistêmico e fazendo parte dos seus critérios de classificação. A presença de anemia hemolítica auto-imune em artrite...

  6. Visual function and fine-motor control in small-for-gestational age infants Função visual e controle motor apendicular em lactentes pequenos para a idade gestacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heloisa G.R.G. Gagliardo

    2004-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To compare visual function and fine-motor control of full-term infants small-for-gestational age (SGA and appropriate for gestational age (AGA, in the first three months. METHOD: We evaluated prospectively 31 infants in the 1st month; 33 in the 2nd and 34 infants in the 3rd month, categorized as full-term; birth weight less than 10th percentile for SGA and 25th to 90th percentile for the AGA group. Genetic syndromes, infections, multiple congenital malformations were excluded. The Bayley Scales of Infant Development-II were used, especially items related to visual function and to fine-motor control outcomes. RESULTS: The Motor Index Score (IS was significantly lower in the SGA group in the 2nd month. The items "attempts to bring hands to mouth", in the 1st month and "reaches for suspended ring", in the 3rd month showed higher frequency in the SGA group. CONCLUSION: The Motor IS was lower in the 2nd month and items of fine-motor control in the 1st month and in the 3rd month showed higher frequency in the SGA group.OBJETIVO: Comparar a função visual e o controle motor apendicular de lactentes nascidos a termo pequenos para a idade gestacional (PIG com lactentes adequados para a idade gestacional (AIG, no primeiro trimestre. MÉTODO: Amostra de 31 lactentes no 1º mês, 33 no 2º e 34 lactentes no 3º mês, nascidos a termo; peso de nascimento < percentil 10 para o grupo PIG e percentil 25 a 90 para o grupo AIG. Síndromes genéticas, infecções ou malformações congênitas múltiplas foram excluídas. Foram utilizadas as Bayley Scales of Infant Development-II, especialmente itens relacionados com a evolução da função visual e controle motor apendicular. RESULTADOS: Houve diferença significativa no Index Score (IS Motor no 2º mês, havendo pontuação menor no grupo PIG. Os itens "tenta trazer mão à boca", no 1º mês e "alcança aro suspenso" no 3º mês foram mais freqüentes no grupo PIG. CONCLUSÃO: No grupo PIG, o IS

  7. Prevalência da anemia e fatores associados em crianças de seis a 59 meses de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Pedrosa Leal

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de anemia e identificar seus fatores associados em crianças de seis a 59 meses. MÉTODOS: Estudo transversal com dados da III Pesquisa Estadual de Saúde e Nutrição/Pernambuco em amostra representativa de 1.403 crianças para as áreas urbana e rural. A anemia foi diagnosticada pela dosagem da hemoglobina. A análise multivariada foi realizada a partir de um modelo hierárquico, utilizando a regressão de Poisson, com variância robusta para estimar a razão de prevalência em função de variáveis: biológicas, de morbidade e estado nutricional da criança, socioeconômicas, de habitação, de saneamento e fatores maternos. RESULTADOS: A prevalência ponderada de anemia foi de 32,8%: 31,5% na área urbana e 36,6% na rural. Na área urbana, as variáveis que se associaram significantemente à anemia foram: escolaridade materna, bens de consumo, número de crianças menores de cinco anos no domicílio, tratamento da água de beber, idade e anemia materna e idade da criança. Na área rural, apenas a idade materna e a idade da criança associaram-se de modo significante à anemia. CONCLUSÕES: A prevalência de anemia nas crianças pernambucanas é semelhante nas áreas urbana e rural. Os fatores associados à anemia apresentados devem ser considerados no planejamento de medidas efetivas para o seu controle.

  8. Manifestações retinianas em pacientes portadores de anemia de células falciformes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edmundo Frota de Almeida Sobrinho

    2011-10-01

    Full Text Available A Organização Mundial de Saúde estima que mais de 5% da população mundial seja portadora de algum tipo de hemoglobinopatia. Dentre essas encontramos a anemia de células falciformes, que tem seu principal efeito lesivo sobre a vasculatura periférica. Na retina, as lesões falciformes possuem fisiopatologia e classificação bem definidas. O objetivo é identificar as manifestações retinianas à anemia falciforme em pacientes encaminhados ao Hospital Bettina Ferro de Souza a partir do Hemocentro do Estado do Pará - HEMOPA. MÉTODOS: No Serviço de Oftalmologia do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza realizou-se em cinquenta pacientes portadores de anemia de células falciformes, sendo 37 genótipo SS e 13 genótipo SC, foram acompanhados pelo ambulatório de anemia falciforme do HEMOPA e selecionados aleatoriamente, sendo submetidos à entrevista para registro de sexo; idade; cor; genótipo; alterações oculares; medicamentos utilizados. exame oftalmológico, incluindo angiofluoresceínografia nos casos com alteração retiniana. RESULTADOS: Registro em protocolo de pesquisa e posteriormente submetidos à análise estatística utilizando o teste estatístico Qui-quadrado e p<0,05. Oitenta e oito por cento dos pacientes estudados não possuíam qualquer lesão retiniana falciforme, 3% apresentaram oclusão vascular periférica, em 2% evidenciou-se placa pigmentada, e 7% apresentaram lesões não compatíveis com a doença falciforme; quanto ao sexo houve proporcionalidade de 50% para ambos; faixa etária de maior predominância foi a de 11 e 15 anos com 38%, 74% enquandraram-se no genótipo SS e 26% no SC. Em relação ao uso de medicamentos, notou-se maior prevalência de alterações oculares nos pacientes que faziam uso do ácido fólico isolado com 5%, em contraste com aqueles em uso da associação hidróxiuréia e ácido fólico em que todos (27% possuíam exame fundoscópico normal. Todos os pacientes (29% com

  9. Prevalência de anemia ferropriva em gestantes brasileiras: uma revisão dos últimos 40 anos

    OpenAIRE

    Côrtes,Mariana Helcias; Vasconcelos,Ivana Aragão Lira; Coitinho,Denise Costa

    2009-01-01

    A anemia ferropriva é conhecida como uma das principais deficiências nutricionais em todo o mundo e sua ocorrência pode ser observada em diversas populações. Alguns grupos populacionais ainda apresentam altas prevalências de anemia ferropriva, comprometendo diversas funções do organismo. Dentre esses grupos de risco, podem ser citadas as gestantes, que merecem especial atenção devido à sua vulnerabilidade à carência e ao aumento significativo de suas necessidades, que não são acompanhados por...

  10. Variabilidade da frequência cardíaca em pacientes com anemia ferropriva Variabilidad de la frecuencia cardiaca en pacientes con anemia ferropriva Heart rate variability in patients with iron deficiency anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mustafa Tuncer

    2009-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A variabilidade da frequência cardíaca (VFC está associada com aumento do fator de risco cardíaco em várias condições. As concentrações de ferro apresentadas por um indivíduo podem ter um papel importante na saúde cardiovascular. OBJETIVO: Avaliar a VFC em pacientes com anemia ferropriva. MÉTODOS: Vinte e três pacientes com anemia ferropriva (hemoglobina (Hb média = 8,6±2,2 g/dl e 10 indivíduos saudáveis ( Hb média = 13,9±1,2 g/dl foram avaliados através de monitoramento ambulatorial por 24 horas (Sistema Holter durante estadia hospitalar com atividade física limitada. RESULTADOS: Embora a frequência cardíaca (FC média tenha sido significantemente mais alta em pacientes com anemia, não houve diferença significativa em relação aos parâmetros da VFC quando comparados ao grupo saudável. CONCLUSÃO: Não há diferença significativa nos parâmetros da VFC entre pacientes com anemia ferropriva e indivíduos saudáveis.FUNDAMENTO: La variabilidad de la frecuencia cardiaca (VFC está asociada al aumento del factor de riesgo cardiaco en varias condiciones. Las concentraciones de hierro presentadas por un individuo pueden ejercer un rol importante para la salud cardiovascular. OBJETIVO: Evaluar la VFC en pacientes con anemia ferropriva. MÉTODOS: Se evaluaron a 23 pacientes con anemia ferropriva (hemoglobina [Hb] media = 8,6±2,2 g/dL y a 10 individuos sanos (Hb media = 13,9±1,2 g/dL por medio de monitoreo ambulatorio por 24 horas (Sistema Holter durante estadía hospitalaria con actividad física limitada. RESULTADOS: Aunque la frecuencia cardiaca (FC media fue significantemente más alta en pacientes con anemia, no hubo diferencia significante respecto a los parámetros de la VFC en comparación con el grupo de individuos sanos. CONCLUSIONES: No hay diferencia significante en los parámetros de la VFC entre pacientes con anemia ferropriva e individuos sanos.BACKGROUND: Heart rate variability (HRV is associated

  11. Anemia aplásica adquirida e anemia de Fanconi - Diretrizes Brasileiras em Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas Acquired aplastic anemia and Fanconi anemia - Brazilian Guidelines in Hematopoietic Stem Cell Transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa A. Medeiros

    2010-05-01

    Full Text Available As diretrizes apresentadas neste trabalho foram elaboradas e aprovadas na I Reunião de Diretrizes Brasileiras em Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas (TCTH realizada no Rio de Janeiro, entre os dias 19 e 21 de julho de 2009. O evento foi promovido pela SBTMO (Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea. Neste artigo, tratamos da anemia aplásica severa (AAS, considerada uma urgência hematológica, que, identificada e manejada de forma precoce, apresenta grande possibilidade de recuperação da hematopoese seja através de transplante de medula óssea ou terapia imunossupressora. Objetiva-se nortear o manejo terapêutico no contexto do transplante e indicar formas de condicionamento, de acordo com as características clínicas dos pacientes, como o número de transfusões, com intuito de minimizar a rejeição primária e secundária, garantindo a melhora da sobrevida global e livre de doença (observadas pela literatura e já validadas por resultados na população brasileira. No que concerne à anemia de Fanconi, o transplante é a única modalidade curativa para o componente aplásico de medula óssea; embora não modificando as outras características da síndrome também demanda perícia e agilidade na busca de um doador com resultados expressivos de sobrevida.The guidelines presented in this article have been prepared and approved in the I Meeting of Brazilian Guidelines in Hematopoietic Stem Cell Transplantation (HSCT - Rio de Janeiro, July 19-21, 2009. The event was sponsored by SBTMO (Brazilian Society of Bone Marrow Transplantation. In this paper, we treat the severe aplastic anemia (SAA, considered a hematological emergency, that when identified and medically treated early, shows a great chance of recovery of the hematopoiesis, either through bone marrow transplantation or immunosuppressive therapy. Its objective is to guide the management of the transplantation, and indicate methods of conditioning, according to

  12. Influência da posição do objeto na frequência de alcances manuais em lactentes com desenvolvimento típico Influence of object position on the frequency of manual reaching in typically developing infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline da Silva Frônio

    2011-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar a frequência de alcances no período de três a cinco meses de idade e se há influência da posição de apresentação do objeto. Treze lactentes com desenvolvimento típico foram avaliados aos três, quatro e cinco meses, em supino, sendo o objeto apresentado na linha média e nas linhas axilares direita e esquerda. O procedimento foi filmado e analisado para registro do número de alcances realizados nas posições de apresentação. Para análise foram utilizados os testes de Friedman e Wilcoxon, considerando o nível de significância α=0,05. As frequências médias de alcances aumentaram até o quinto mês, sendo encontrada diferença significativa entre o terceiro e o quinto (p=0,011 e entre o quarto e o quinto meses (p=0,008. O número de alcances na linha média aumentou significativamente do terceiro para o quinto (p=0,011 e do quarto para o quinto mês (p=0,025, e houve tendência de diferenciação (0,1>p>0,05 entre o terceiro e o quarto mês (p=0,058. Aos três meses, encontrou-se tendência de diferenciação (p=0,066 entre a frequência de alcances nas linhas axilar (D ou E e média. Aos quatro e cinco meses, não foi encontrada diferença estatisticamente significativa entre as posições. Concluiu-se que a frequência de alcances aumenta significativamente de três a cinco meses e a posição de apresentação do objeto parece influenciá-la na fase inicial de aquisição desta habilidade.The aim of this study was to evaluate the frequency of reaching in the period of three to five months of age and if the object presentation position has an influence on it. Thirteen typically developing infants were assessed at three, four, and five months of age. The frequency of reaching was evaluated with the infants in the supine position, with the object presented at midline, right, and left axillary lines. The procedure was shot and further analyzed to determine all reaching numbers at the

  13. Diagnóstico de esofagite de refluxo em lactentes: a histologia do esôfago distal deve complementar a endoscopia digestiva alta Diagnosis of reflux esophagitis in infants: histology of the distal esophagus must complement upper gastrointestinal endoscopy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário C. Vieira

    2004-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi o de validar os resultados do exame de endoscopia digestiva alta contra a histologia do esôfago distal para o diagnóstico da esofagite de refluxo em lactentes. MÉTODOS: Foram revisados os prontuários de 167 pacientes (88 do sexo masculino e 79 do sexo feminino com idade de 38 a 364 dias, encaminhados para investigação de esofagite de refluxo no período de janeiro de 1995 a dezembro de 2000. Analisou-se a associação entre as variáveis nominais (presença ou ausência de esofagite e ordinais (graus de esofagite através da comparação entre os resultados da endoscopia digestiva alta e histologia. RESULTADOS: A endoscopia digestiva alta, quando comparada à histologia, apresentou sensibilidade de 45%, especificidade de 71%, valores preditivos positivo de 89% e negativo de 21%, e acurácia de 50%. Verificou-se baixa concordância entre os achados endoscópicos e histológicos na endoscopia digestiva alta normal ou na esofagite grau I (eritema leve ao nível da transição epitelial, apagamento, friabilidade e perda do brilho da mucosa (p = 0,10. A endoscopia digestiva alta normal não identificou 79,2% dos pacientes com esofagite histológica. Entre os pacientes com esofagite grau I à endoscopia digestiva alta, 12,1% não apresentaram alterações histológicas. CONCLUSÕES: Concluiu-se que, enquanto a endoscopia digestiva alta apresentou especificidade de 71%, não atingiu sensibilidade aceitável (45% para justificar sua realização sem biópsia; e que a presença de esofagite grau I (não-erosiva na endoscopia digestiva alta não aumentou a capacidade deste exame de prever a anormalidade histológica.OBJECTIVE: The aim of this study was to validate the endoscopic findings against histologic features of the distal esophageal mucosa for the diagnosis of reflux esophagitis in infants. METHODS: The data records of 167 patients (88 M; 79F aged 38-364 days, referred for investigation of reflux

  14. Estresse oxidativo e lipoperoxidação devido à anemia induzida por perda aguda de sangue em ovinos

    OpenAIRE

    Fonteque,Joandes Henrique

    2005-01-01

    A produção de espécies reativas de oxigênio (ERO) é um evento presente em todas as células do organismo e pode estar aumentada em condições como hipóxia induzida pela anemia causando lesões em moléculas como DNA, lipídeos e proteínas. Com o objetivo de avaliar o estresse oxidativo na anemia induzida por perda aguda de sangue, foram utilizados 10 ovinos, mestiços da raça Texel, machos e fêmeas, com idade entre seis e oito meses, clinicamente sadios, mantidos em regime de confinamento. Os anima...

  15. Anemia hemolítica causada por Ditaxis desertorum (Euphorbiaceae em bovinos Hemolytic anemia caused by Ditaxis desertorum (Euphorbiaceae in cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Hubinger Tokarnia

    1997-07-01

    Full Text Available Ditaxis desertorum Pax et K. Hoffm., planta herbácea da família Euphorbiaceae, causou experimentalmente em bovinos um quadro caracterizado por hemoglobinúria em virtude de sua ação hemolítica, quando administrada por via oral em doses diárias de 1,0 a 2,5 g/kg (planta fresca, a partir do 4° ao 8° dia do experimento. Após um período de 3 a 5 dias em que os animais tiveram hemoglobinúria e anemia acentuadas, apesar de continuarem a receber a planta (durante um total de 12 a 14 dias, em três dos quatro animais esses sintomas desapareceram. Verificou-se nesses casos uma rápida recuperação dos valores hemáticos logo que cessou a hemoglobinúria. O quarto bovino, que recebeu 2,5 g/kg/dia durante 5 dias, morreu no 8° dia, tendo apresentado durante os últimos 4 dias de vida hemoglobinúria e anemia acentuadas. À necropsia e nos exames histopatológicos deste animal foram verificadas nefrose hemoglobinúrica e distrofia hepática com necrose centrolobular do parênquima. Dose de 7,7 g/kg única ou quantidades de 2,5 e 3 g/kg/dia administradas durante 2 dias seguidos, causaram em três outros bovinos quadro clínico de cólica, com morte em questão de horas, verificando-se à necropsia acentuado edema da parede do rúmen e do retículo. Pelos históricos obtidos somente ocorre, sob condições naturais, a intoxicação caracterizada pelo quadro da anemia hemolítica, indicando que possivelmente a ingestão de D. desertorum em quantidades necessárias para causar o quadro com lesões dos proventrículos ser, apesar de sua boa palatabilidade, autolimitada pelo efeito cáustico da planta.Ditaxis desertorum Pax et K. Hoffm., a herbaceous plant of the Euphorbiaceae family, caused hemoglobinuria due to its hemolytic properties, when force-fed fresh to bovines in daily doses of 1.0 to 2.5 g/kg; the hemoglobinuria appeared from the 4th to 8th day of the experiment. After a period of 3 to 5 days of severe hemoglobinuria and anemia, these

  16. Prevalência de talassemias e hemoglobinas variantes em pacientes com anemia não ferropênica Prevalence of thalassemias and variant hemoglobins in patients with non-ferropenic anemia

    OpenAIRE

    Sandrine C. Wagner; Silvestri, Matheus C.; Christina M. Bittar; Friedrisch,João R.; Silla,Lúcia M. R.

    2005-01-01

    Para estabelecer a freqüência de hemoglobinopatias e talassemias em pacientes com anemia não ferropênica foram estudados 58 casos de pacientes comprovadamente com anemia não ferropênica e 235 controles obtidos de pessoas sem anemia. Todas as amostras foram obtidas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil. As técnicas realizadas foram eletroforese em acetato de celulose, pH alcalino, pesquisa citológica de Hb H, HPLC, hemograma e ferritina. A análise dos dados realizada no gr...

  17. Tuberculomas cerebrais múltiplos em lactente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lígia M. Larré Barbosa

    1972-03-01

    Full Text Available É relatado um caso de uma menina com 11 meses de idade, apresentando distrofia de III.º grau, desidratação e processo pleuro-pulmonar grave. Após a hospitalização ocorreu paralisia facial periférica à direita, progredindo e quadro neurológico para paralisia de ambos os nervos motores oculares externos, do pneumogástrico e do glossofaríngeo. Após evolução rápida para o coma, ocorreu o óbito, tendo a autópsia mostrado tuberculose pulmonar, mesentérica e cerebral. O caso é discutido quanto à idade da paciente, à multiplicidade e localização dos tuberculomas encefálicos, ao quadro clínico apresentado, ao encontro de bacilos de Koch nos tuberculomas intracranianos e à normalidade do líquido cefalorraqueano.

  18. Prevalência e determinantes de anemia em crianças de Porto Alegre, RS, Brasil Prevalence and risk factors for anemia among children in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Loraine Storch Meyer da Silva

    2001-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: O estudo foi realizado com o objetivo de verificar a prevalência de anemia e seus possíveis determinantes em crianças de 0 a 36 meses de idade que freqüentam escolas municipais infantis. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal pelo qual foram estudadas 557 crianças de 0 a 36 meses de idade de todas as escolas municipais infantis de Porto Alegre, RS. Foi feita antropometria e dosagem de hemoglobina pelo fotômetro portátil HemoCue, considerando-se anemia níveis inferiores a 11 g/dl. As informações sobre as crianças foram obtidas por questionário aplicado às mães. A associação das variáveis estudadas com a anemia foi analisada pela técnica de regressão log-binomial aplicada ao modelo hierárquico. RESULTADOS: Encontrou-se uma prevalência de anemia de 47,8% entre toda a população estudada, cujos determinantes foram: famílias com renda per capita igual ou inferior a um salário-mínimo (razão de prevalência [RP] = 1,6, faixa etária de 12 a 23 meses (RP=1,4 e presença de dois ou mais irmãos com menos de cinco anos (RP=1,4. CONCLUSÕES: A prevalência de anemia na população estudada é bastante elevada, especialmente nas crianças de nível socioeconômico mais baixo, na faixa etária de 12 a 23 meses, e nas crianças com dois ou mais irmãos com menos de cinco anos, indicando a necessidade urgente de medidas efetivas visando o seu combate e a sua prevenção.OBJECTIVE: To verify the prevalence of anemia among children aged 0 to 36 months, who attend public day care centers in Porto Alegre, Brazil, and assess its possible risk factors. METHODS: A cross-sectional study was carried out in 557 children aged 0 to 36 months of all public day care centers in Porto Alegre. Anthropometric measurements and hemoglobin levels were performed. The portable HemoCue photometer was employed to measure hemoglobin levels, and anemia was considered when the hemoglobin level was below 11 g/dl. Information regarding each child

  19. Anemia em Idosos do Programa de saúde da Família do Município de Camaragibe Pernambuco 2003

    OpenAIRE

    Lemos Barbosa, Diana

    2006-01-01

    A anemia é considerada um problema de saúde pública em escala mundial, e é o distúrbio hematológico de maior prevalência que acomete a população idosa. O estudo objetivou estimar a prevalência e características da anemia em idosos do Programa de Saúde da Família (PSF) de Camaragibe, PE. O delineamento foi transversal, com amostra aleatória sistemática de 284 idosos ≥ 60 anos, de ambos os sexos, em novembro/dezembro-2003. A anemia foi avaliada pela hemoglobina (Hb), Hemató...

  20. Comparação dos efeitos de duas técnicas fisioterapêuticas respiratórias em parâmetros cardiorrespiratórios de lactentes com bronquiolite viral aguda Comparison of the effects that two different respiratory physical therapy techniques have on cardiorespiratory parameters in infants with acute viral bronchiolitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melissa Karina Pupin

    2009-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar os efeitos das técnicas de aumento do fluxo expiratório (AFE e vibração associada à drenagem postural (DP nos parâmetros cardiorrespiratórios de frequência cardíaca (FC, frequência respiratória (FR e SpO2 de lactentes com bronquiolite viral aguda (BVA. MÉTODOS: Foram analisados lactentes com diagnóstico clínico e radiológico de BVA. A FC, FR e SpO2 foram registradas em quatro tempos: antes do procedimento e após 10, 30 e 60 min do término do procedimento. Os pacientes foram divididos em três grupos: submetido à AFE; submetido à vibração/DP; e controle. RESULTADOS: Foram incluídos no estudo 81 lactentes, 27 em cada grupo de estudo, com média de idade de 4,52 meses e peso médio de 6,56 kg. Na comparação por ANOVA, as médias da FR, FC e SpO2 nos grupos AFE e vibração/DP não apresentaram diferenças significantes em relação ao grupo controle (p > 0,05. Considerando somente os quatro tempos, houve queda significante dos valores médios de FR nos grupos AFE e vibração/DP em relação ao controle (p OBJECTIVE: To compare the expiratory flow increase technique (EFIT and vibration accompanied by postural drainage (PD in terms of their effects on the heart rate (HR, respiratory rate (RR and SpO2 of infants with acute viral bronchiolitis (AVB. METHODS: Infants with clinical and radiological diagnosis of AVB were analyzed. The HR, RR and SpO2 were registered at four time points: prior to the procedure; and at 10, 30 and 60 min after the procedure. The patients were divided into three groups: submitted to the EFIT; submitted to vibration/PD; and control. RESULTS: We included 81 infants, 27 per group, with a mean age of 4.52 years and a mean weight of 6.56 kg. Using ANOVA, we found that the EFIT and vibration/PD groups presented no significant differences in relation to the control group in terms of the mean values for HR, RR or SpO2 (p > 0.05. Considering only the four time points evaluated, the mean RR

  1. Efeito do feno de leguminosas no desempenho de bezerros lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcus Vinícius Morais de Oliveira

    Full Text Available RESUMOO objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho de bezerros lactentes submetidos a dietas com e sem feno de leguminosas. O período experimental foi de 60 dias, sendo o fornecimento dos alimentos sólidos ad libitum e disponibilizados a partir do 10º dia de vida do animal, e o leite in natura fornecido de maneira restrita na porção de 4 litros/dia, divididos em duas refeições equitativas. Foram avaliadas as dietas: ração concentrada; ração concentrada mais feno de leucena (Leucaena leucocephala Lam. De Wit e ração concentrada mais feno de alfafa (Medicago sativa L.. Utilizou-se 15 animais Girolando, distribuídos em três tratamentos, em um delineamento em blocos ao acaso desbalanceados. Os parâmetros avaliados foram peso corpóreo inicial (nascimento - PCI e final (PCF, ganho médio diário (GMD, alturas de cernelha (AC e garupa (AG, perímetro torácico (PT, consumo de matéria seca (CMS e conversão alimentar (CA. Não foram observadas diferenças no desempenho dos animais em relação aos tratamentos, com médias 32,9 (±2,9 kg; 67,7(±1,2 kg; 0,58(±0,02 kg; 13,1(±0,5 cm; 13,7(±0,3 cm; 20,6(±0,7 cm; 0,46(±0,1 kg e 0,79(±0,1, para os parâmetros PCI, PCF, GMD, AC, AG, PT, CMS e CA, respectivamente. As exigências nutricionais de bezerros lactentes são atendidas com o fornecimento de leite e ração concentrada, não havendo necessidade de inclusão de feno de leguminosas na dieta.

  2. Avaliação eletromiográfica com eletrodos de captação de superfície dos músculos masseter, temporal e bucinador de lactentes em situação de aleitamento natural e artificial Surface electromyography of facial muscles during natural and artificial feeding of infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane F. Gomes

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Mensurar e comparar a atividade dos músculos masseter, temporal e bucinador em diferentes métodos de alimentação de lactentes. MÉTODO: Estudo transversal, com participação de 60 lactentes nascidos a termo e sem intercorrências, entre 2 e 3 meses de idade, divididos em três grupos: 1 aleitamento materno exclusivo; 2 aleitamento misto com uso de mamadeira; e 3 aleitamento materno exclusivo com uso de copo. Foi realizada eletromiografia com eletrodos de captação de superfície durante a alimentação. O teste estatístico utilizado é o Kruskal-Wallis, complementado com as comparações múltiplas entre pares de grupos, e todas as discussões são realizadas no nível de 5% de significância. RESULTADOS: Verificam-se maiores resultados no grupo de aleitamento materno em relação ao grupo de aleitamento por mamadeira, tanto na amplitude quanto na média de contração do músculo masseter. No que se refere ao músculo temporal, há resultados maiores na amplitude do grupo de aleitamento materno e na média de contração do grupo de aleitamento por copo, quando comparados ao grupo de aleitamento por mamadeira. Quanto ao músculo bucinador, observam-se resultados maiores no grupo de aleitamento por mamadeira com relação ao aleitamento materno, sendo que tal diferença ocorre apenas na amplitude de contração. CONCLUSÃO: As semelhanças entre a atividade muscular do grupo de aleitamento materno e aleitamento por copo permitem sugerir o uso do copo como método alternativo na alimentação de lactentes, ao contrário do aleitamento por mamadeira, devido à hiperfunção do músculo bucinador, podendo resultar em alterações motoras orais e das funções neurovegetativas.OBJECTIVE: To measure and compare the activity of the masseter, temporalis and buccinator muscles in different infant feeding methods METHODS: Cross-sectional study of 60 full-term infants with no intercurrent diseases, aged between two and three months

  3. Carcinoma de células escamosas da hipofaringe em mulher jovem com anemia de Fanconi Squamous cell carcinoma of the hypopharynx in a young woman with Fanconi’s anemia

    OpenAIRE

    Henrique de Lins e Horta; Fernando Fernandes Guimarães; Luiz Otávio Savassi Rocha; Roberto Eustáquio Santos Guimarães; Eugênia Ribeiro Valadares

    2006-01-01

    A anemia de Fanconi é um raro distúrbio autossômico recessivo caracterizado por malformações congênitas, aplasia da medula óssea e instabilidade genômica, com predisposição ao desenvolvimento de neoplasias malignas, em especial as leucemias e os tumores do trato aerodigestivo alto. Em razão de características inerentes à síndrome em questão, o tratamento de tais neoplasias é particularmente difícil. Relata-se o caso de anemia de Fanconi uma jovem de 24 anos, que desenvolveu carcinoma de célul...

  4. Lactato sérico como marcador de morbimortalidade no pós-operatório de operação de Jatene em lactentes Serum lactate as mortality and morbidity marker in infants after Jatene's operation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taís Sica da Rocha

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a morbidade e mortalidade após a operação de Jatene utilizando a dosagem de lactato sérico como principal marcador. MÉTODOS: Foi realizada uma coorte histórica com lactentes da UTI no período de 1995 a 2005 submetidos a essa cirurgia. Foram avaliados o lactato do pré-operatório, pós-operatório imediato (POI, da terceira hora de PO (3ªh, sexta hora (6ªh de PO e do 1º dia de PO; bem como outros fatores como sepse, sangramento aumentado, síndrome de baixo débito, insuficiência renal, hipertensão pulmonar, arritmias cardíacas, quilotórax, isquemia miocárdica, convulsões e outras complicações. Também foram coletadas informações referentes ao tempo de internação na UTI e ao desfecho (se o paciente morreu ou teve alta da UTI. RESULTADOS: A média de idade dos 76 pacientes foi de 14,59 ± 19,09 dias, peso ao nascimento de 3,128 ± 0,48 kg. Quarenta e quatro pacientes tinham o diagnóstico anatômico exclusivo de transposição de grandes artérias. O tempo médio de CEC foi de 143,78 ± 28,77 minutos, de pinçamento de 87,68 ± 22,3 minutos e de internação na UTI de 20,28 ± 15,62 dias. Vinte quatro (31,58% pacientes foram a óbito. O lactato aumentou no POI, retornando aos níveis basais em 24h. Os pacientes que foram a óbito apresentaram e mantiveram a partir do POI níveis de lactato mais elevados. O lactato da 3ªh foi o que melhor discriminou mortalidade, área sob a curva 0,68 (IC 0,54-0,83 P=0,035. Entretanto, considerando um ponto de corte para o lactato maior ou igual a 5,8 mmol/dl na 3ªh de PO, obteve-se apenas sensibilidade de 67% e especificidade de 64% para mortalidade. Existe correlação positiva entre o número de complicações e os níveis de lactato. A síndrome de baixo débito com odds ratio (OR de 7,67 (2,38-24, sangramento aumentado com OR de 2,91 (1,07-7,94 e complicações respiratórias com OR de 1,67 (1,35-2,05 são fatores de risco de óbito quando somados. CONCLUSÃO: Ap

  5. Desenvolvimento neuropsicomotor de lactentes desnutridos Neuropsychomotor development of malnourished babies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SS Mansur

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: O objetivo deste estudo foi analisar o desenvolvimento neuropsicomotor de lactentes com desnutrição leve e caracterizar seu perfil nutricional. MÉTODOS: A pesquisa foi do tipo transversal, numa população de 374 lactentes e amostra de 31 desnutridos leve, entre 7 e 24 meses de idade, matriculados em creches municipais. O estado nutricional foi identificado pelo critério de Gómez e caracterizado por um questionário. Para a avaliação neuropsicomotora utilizou-se a Escala de Desenvolvimento Psicomotor da Primeira Infância de Brunet e Lézine. RESULTADOS: Os principais resultados do questionário mostraram: infecções respiratórias (48,4%; diarréias (71,0%; pais em união estável (61,3%; pais com ensino fundamental incompleto (74,2% das mães, 83,8% dos pais; renda familiar de 1 a 3 salários-mínimos (80,6%; aleitamento materno satisfatório (67,7%; reação adversa a algum alimento (41,9%. Entre os dados neuropsicomotores, as médias das Idades de Desenvolvimento da Linguagem (14,45 meses e da Sociabilidade (14,74 meses foram as que obtiveram os valores mais abaixo da média da Idade Cronológica (16,41 meses. Todas as áreas avaliadas obtiveram Quocientes de Desenvolvimento dentro da normalidade, porém, as áreas da Linguagem e da Sociabilidade foram classificadas em nível "normal baixo" e as outras em nível "normal médio". CONCLUSÕES: A avaliação neuropsicomotora é instrumento fundamental na assistência ao lactente desnutrido, que tende a apresentar deficiências nas áreas da Linguagem e Sociabilidade, fornecendo subsídios para observar sua atuação exploratória, efeito de seu pensamento, e planejar o trabalho intervencionista.OBJECTIVE: The purpose of this study was to analyze the neuropsychomotor development of babies with slight malnutrition and to characterize their nutritional profile. METHOD: This was a cross-sectional survey on a population of 374 babies and a sample of 31 babies with slight

  6. Anemia, insuficiência cardíaca e manejo clínico baseado em evidências

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Alves Pereira

    2013-07-01

    Full Text Available A anemia é uma comorbidade prevalente e marcadora de pior prognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca (IC. Sua relevância clínica, bem como a fisiopatologia e abordagem terapêutica nesses pacientes são temas de destaque na literatura especializada. Nessa revisão são descritos os conceitos atuais sobre a fisiopatologia da anemia na IC, os critérios diagnósticos e as indicações da suplementação de ferro, ao mesmo tempo em que são analisados criticamente os principais estudos que ofereceram evidências sobre os benefícios dessa suplementação. São abordados os quatro componentes principais da anemia: doença crônica, dilucional, "renal" e disabsortiva. Nos pacientes com IC, os critérios para o diagnóstico são os mesmos utilizados na população geral: níveis de ferritina sérica inferiores a 30 mcg/L em pacientes não nefropatas e menores que 100 mcg/L ou ferritina sérica entre 100-299 mcg/L com saturação de transferrina menor que 20% em pacientes com doença renal crônica. Finalmente, são discutidas as possibilidades terapêuticas da anemia nessa população específica de pacientes.

  7. Anemia em crianças menores de 3 anos que freqüentam creches públicas em período integral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brunken Gisela S.

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo:estudar a prevalência de anemia em crianças menores de 36 meses de idade, freqüentando creches públicas de Cuiabá, em período integral.Métodos: trata-se de estudo transversal, com o universo de crianças (n=271 menores de 36 meses de idade, presentes nas creches públicas em meados de 1997, avaliadas quanto à concentração de hemoglobina (sangue venoso, analisado no Laboratório Central do Estado e indicadores antropométricos (peso/idade, altura/idade, peso/altura.Resultados: foi encontrada elevada prevalência de anemia (63% e de anemia grave (22,5%. A anemia mostrou-se associada com idade, déficit ponderal e estatural e com tempo de ingresso na creche. A prevalência de desnutrição (< -2 z-score foi de 0,8% de acordo com o índice de peso/altura, 5,0% segundo peso/idade, e 10,3% de inadequação na altura/idade. A proporção de crianças anêmicas foi, portanto, 6 vezes maior do que o déficit de altura e 12 vezes maior que o déficit ponderal. A desnutrição, em geral, não apresentava-se associada com anemia, mas, tomando-se como ponto-de-corte valores extremos de déficits antropométricos (< -2 z-score, seja de altura ou de peso para idade, percebe-se associação com anemia.Conclusões: a elevada prevalência de anemia caracteriza a situação como um grave problema de saúde pública entre os pré-escolares de Cuiabá.

  8. Sideropenia sem anemia em doadores de sangue do Hemocentro do Amazonas - Hemoam Sideropenia without anemia in blood donors of the Amazon Blood Bank - Hemoam

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leny N. M. Passos

    2005-03-01

    Full Text Available Uma doaç��o de aproximadamente 475mL de sangue depleta em média 242 ± 17 mg de ferro do doador, o que pode ter conseqüências variáveis em suas reservas e na sua saúde. Tivemos por objetivo avaliar se doadores de sangue do Hemocentro do Amazonas - Hemoam desenvolvem sideropenia sem anemia após doações consecutivas. A ferritina sérica foi medida em 528 doadores de sangue, do sexo masculino, com idade entre 18 a 61 anos, divididos em 313 doadores de repetição, com 4 ou mais doações regulares, e 215 primodoadores, que compareceram ao Hemocentro do Amazonas no período de setembro de 2001 a junho de 2002. Depleção do depósito de ferro, definida por níveis de ferritina menores de 20 ng/L, foi encontrada em 7,4% [16/215] dos primodoadores e em 48,6% [152/313] dos doadores de repetição. Utilizando-se de um critério mais rigoroso, como valores de ferritina A blood donation of 475 mL could deplete 242 ± 17 mg of iron from blood donors. The objective of this report is to evaluate if blood donors could develop sideropenia without anemia after several donations. Serum levels of ferritin were measured in 528 male blood donors, with ages ranging from 18 to 61 years old. A total of 313 of them had made 4 or more donations and 215 of them were first time donors. They donated blood in the Hemocentro do Amazonas - Hemoam, from September 2001 to June 2002. Deletion of iron stores characterized by serum ferritin levels of less than 20 ng/L was found in 7.4% (16/215 of first time donors, and in 48.6% (152/313 of multiple donors. With more stringent criteria of ferritin values less than 12 ng/L, 3.7% (8/215 of first-time donors as opposed to 24.9% (78/313 of multiple donors showed severe depletions. We concluded that multiple donors, after more than 5 repeated donations, are at risk of depleted iron and ferritin levels. It is important to implant protocols of iron supplementation for these donors to avoid damage to their health and

  9. Prevalência e caracterização da anemia em idosos do Programa de Saúde da Família Prevalence and characteristics of anemia in an elderly population attending a Health Family Program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana L. Barbosa

    2006-12-01

    Full Text Available A anemia é considerada um problema de saúde pública em escala mundial e é o distúrbio hematológico de maior prevalência que acomete a população idosa. O objetivo deste trabalho foi estimar a prevalência e características da anemia em idosos do Programa de Saúde da Família de Camaragibe, PE. O delineamento foi transversal, com amostra aleatória sistemática de 284 idosos > 60 anos, de ambos os sexos, realizado em novembro/dezembro-2003. A anemia foi avaliada pela hemoglobina (Hb, concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM, volume corpuscular médio (VCM e amplitude de distribuição eritrocitária (RDW. A prevalência de anemia foi, em média, de 11,0%. A morfologia eritrocitária não mostrou associação com as concentrações de Hb. A grande maioria dos idosos apresentou anemia normocrômica, normocítica, sem anisocitose, sugestivo de anemia por doença crônica. A ínfima prevalência de microcitose e macrocitose com anisocitoseminimiza a gênese da deficiência de ferro, bem como da deficiência de vitamina B12 e ácido fólico na etiologia da anemia em idosos. Concluímos que o uso de indicadores que reflitam o grau de anisocitose eritrocitária associados àqueles que avaliam o estado nutricional do ferro é extremamente recomendado para o diagnóstico das anemias em idosos.Anemia is a serious public health problem worldwide that mainly affects children and women of childbearing age. However, data about anemia in elderly individuals are still scarce in developing countries. This study aimed at assessing the prevalence and characteristics of anemia among an elderly population attending the Health Family Program in Camaragibe, northeast Brazil. Following a systematic sampling procedure, a cross-sectional study was carried out in November and December 2003 involving 284 subjects of both genders with ages grater than or equal to 60 years old. Anemia was estimated by the measurement of hemoglobin, mean cell hemoglobin

  10. Prevalência e caracterização da anemia em idosos do Programa de Saúde da Família Prevalence and characteristics of anemia in an elderly population attending a Health Family Program

    OpenAIRE

    Barbosa,Diana L.; Arruda,Ilma K. G.; Alcides S. Diniz

    2006-01-01

    A anemia é considerada um problema de saúde pública em escala mundial e é o distúrbio hematológico de maior prevalência que acomete a população idosa. O objetivo deste trabalho foi estimar a prevalência e características da anemia em idosos do Programa de Saúde da Família de Camaragibe, PE. O delineamento foi transversal, com amostra aleatória sistemática de 284 idosos > 60 anos, de ambos os sexos, realizado em novembro/dezembro-2003. A anemia foi avaliada pela hemoglobina (Hb), concentração ...

  11. Enteroparasitoses, Anemia e Estado Nutricional em Grávidas Atendidas em Serviço Público de Saúde Intestinal Parasites, Anemia and Nutritional Status in Pregnant Women in a Public Health Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariani Impieri de Souza

    2002-05-01

    Full Text Available Objetivos: estimar a freqüência de enteroparasitoses em gestantes de pré-natal de baixo risco e sua associação com anemia, estado nutricional, escolaridade e saneamento (fossa sanitária no domicílio. Métodos: a partir de amostra de 316 gestantes que iniciaram o pré-natal de baixo risco do ambulatório de pré-natal do Instituto Materno Infantil de Pernambuco (IMIP no período de maio de 2000 a julho de 2001, determinaram-se, por meio de um desenho de corte transversal, as freqüências de enteroparasitoses (método Hoffman, em única amostra e de anemia (Hb Purpose: to determine the frequency of enteroparasitoses in a group of pregnant women undergoing low-risk antenatal care and their association with anemia, maternal nutritional status, schooling and the existence of a bathroom in the home. Methods: to a sample of pregnant women who had begun low-risk antenatal care at IMIP's Maternal Health Care Center between May 2000 and July 2001, a cross-sectional design was applied to determine the frequencies of enteroparasitoses (Hoffman method, in a single sample and anemia (Hb <11.0 g/dL, nutritional status (through BMI standardized for stage of pregnancy and social indicators (schooling and the existence of a bathroom in the home. Results: in a sample of 316 pregnant women, a rate of 37.4% enteroparasitosis was detected, of which 31.6% was infestation by a single parasite. The most commonly found parasite species were Entamoeba histolytica (13.3% and Ascaris lumbricoides (12.0%. Anemia was detected in 55.4% of the pregnant women, malnutrition in 25.0% and overweight or obesity in 24.1%. There was a statistically significant association between enteroparasitosis and schooling. However, no association of, enteroparasitosis, anemia, maternal nutritional status with the existence of a bathroom in the home was noted. Conclusions: The prevalence of enteroparasitoses and anemia is high, albeit without any association of the two conditions, while

  12. Prevalência de anemia ferropriva em gestantes brasileiras: uma revisão dos últimos 40 anos Prevalence of iron-deficiency anemia in Brazilian pregnant women: a review of the last 40 years

    OpenAIRE

    Mariana Helcias Côrtes; Ivana Aragão Lira Vasconcelos; Denise Costa Coitinho

    2009-01-01

    A anemia ferropriva é conhecida como uma das principais deficiências nutricionais em todo o mundo e sua ocorrência pode ser observada em diversas populações. Alguns grupos populacionais ainda apresentam altas prevalências de anemia ferropriva, comprometendo diversas funções do organismo. Dentre esses grupos de risco, podem ser citadas as gestantes, que merecem especial atenção devido à sua vulnerabilidade à carência e ao aumento significativo de suas necessidades, que não são acompanhados por...

  13. Apneia obstrutiva do sono em portadores da anemia falciforme Obstructive sleep apnea in sickle cell disease carriers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Salles

    2010-02-01

    Full Text Available A Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS é definida como episódios recorrentes de obstrução completa ou parcial das vias aéreas superiores que ocorrem durante o sono. O fluxo aéreo pode estar diminuído ou completamente interrompido, a despeito do esforço inspiratório, resultando em episódios intermitentes de hipoxemia, hipercapnia. A presença de SAOS poderá ser um fator de piora da hipoxemia noturna, da doença de base, concorrendo para ocorrência de síndrome torácica aguda. Com o objetivo de revisar dados sobre a fisiopatologia da SAOS em crianças e adolescentes portadores de anemia falciforme, foi realizada busca eletrônica de artigos no Medline e Lilacs nos últimos dez anos, bem como referências cruzadas dos artigos encontrados. Palavras-chaves: "sleep apnea, sickle cell anemia, sickle cell disease, pathophysiology ". Estudos sugerem que a SAOS pode potencializar o quadro clínico, ou seja, as crises álgicas, déficit de estatura, de peso, cognitivo e de inteligência, dessaturação arterial noturna, e acidente vascular cerebral das crianças portadoras de anemia falciforme. Rev. Bras. Hematol. Hemoter.Obstructive Sleep Apnea Syndrome (OSAS is defined as recurrent episodes of complete or partial obstruction of the upper airway during sleep. The airflow can be reduced or completely stopped despite of inspiratory effort, resulting in intermittent episodes of hypoxemia and hypercapnia. OSAS may be a factor in the worsening of nocturnal hypoxemia, of the underlying disease, leading to acute chest syndrome. The aim of this work was to review data on the pathophysiology of OSAS in children and adolescents with sickle cell anemia. We revisited articles published over the last ten years linked to the Medline and Lilacs databases, as well as cross-referencing using these articles. The following keywords were used: sleep apnea, obstructive sleep apnea, sickle cell anemia, sickle cell disease. Studies suggest that OSAS may

  14. Alimentos complementares e fatores associados ao aleitamento materno e ao aleitamento materno exclusivo em lactentes até 12 meses de vida em Itapira, São Paulo, 1999 Complementary feeding and factors associated to breast-feeding and exclusive breast-feeding among infant up to 12 months of age, Itapira, São Paulo, 1999

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celene Aparecida Ferrari Audi

    2003-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: analisar as práticas alimentares no primeiro ano de vida e fatores associados ao aleitamento materno e ao aleitamento materno exclusivo, no município de Itapira, SP. MÉTODOS: inquérito realizado em 1999 com 679 lactentes menores de 12 meses no Dia Nacional de Vacinação como parte do projeto Amamentação & Municípios. A associação entre o aleitamento e as variáveis independentes condições de nascimento, uso de mamadeira, chupeta e característica maternas, foi verificada por meio de regressão logística múltipla. RESULTADOS: a idade média da mãe foi de 25,5 anos, sendo 41,8% primíparas e 51,7% dos partos cirúrgicos. O peso médio ao nascer foi de 3.223g. Observou-se que 98,1% dos lactentes foram amamentados nos primeiros 30 dias, porém houve introdução precoce de chá, água e outros leites. A prevalência do aleitamento materno exclusivo foi de 64,8% no primeiro mês, caindo para 45% e 30,1% aos quatro e seis meses, respectivamente. Aos 12 meses 61,6% dos lactentes eram amamentados. As variáveis associadas ao desmame foram: usar chupeta (OR 5,58; IC95%: 3,94 -7,89, baixo peso ao nascer (OR 2,74; IC95%: 1,46 - 5,13 e hospital de nascimento (OR 1,76; IC95%: 1,22 - 2,52. Para interrupção da amamentação exclusiva, nos primeiros seis meses, os resultados foram: usar chupeta (OR 4,41; IC95%: 2,57 - 7,59 e parto cesárea (OR 1,78; IC95%: 1,09-2,91. CONCLUSÕES: a prevalência observada, do aleitamento materno e aleitamento materno exclusivo, ainda está distante das atuais recomendações da OMS.OBJECTIVES: to analyze feeding practices in the first year of life and factors associated to breast-feeding and exclusive breast-feeding in the municipality of Itapira. METHODS: survey performed in 1999 with 679 infants under twelve months old in the National Vaccination Day as part of the Project Breast-Feeding & Municipalities. Association between breast-feeding and independent variables of birth conditions, bottle use

  15. Estudos sôbre a anemia produzida em cães por benzoato de estradiol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. O. Cruz

    1944-08-01

    Full Text Available A anemia que se processa em caes quando se administra grandes doses de benzoato de estradiol, nao parece ser produzida por processes conhecidos de destrui?ao intra-organica. Esta substantia paraliza os fenomenos de rege¬nerate hematica, parece interferir por processo desconhecido na fisiologia sanguinea, produz graves lesoes na rede circulatoria que irriga a mucosa do intestino, principalmente jejuno, ocasipnando nesse orgao «extravasamento variavel de sangue, fator seguramente coadjuvante na formação da anemia.The characteristic findings in the pathological picture presented by 60 dogs when administered large doses of estradiol benzoate subcutaneously in an oil vehicle are: thrombocytopenia, aplastic anemia, which follows a brief latent period, intestinal tract haemorrhages, haemorrhagic lesions occurring principally in the mucosa of the jejunum, followed by prostration and death generally within 1 to 3 weeks. Irregular findings are leucocytosis, purpuric skin lesions, visceral haemorrhages and pyoid bone marrow. The total circulating hemoglobin was determined in 9 dogs before and after the anemia was established, thus verifying the total hemoglobin loss. The blood loss through intestinal haemorrhages during the observation period was determined by benzidine test. The quantity of hemoglobin recovered from the feces in the form of hematin varied between 30 and 70% of the total hemoglobin which disappeared from the circulation. In order to ascertain the degree of intra-organic blood destruction the bilirubin eliminated in the urine of dogs with gall-bladder renal type of fis¬tula was determined daily and these values compared with those obtained for normal animals. The blood destruction as measured by this method was practically nil. An attempt was made to determine whether the presence of large quan¬tities of blood in the intestine might exert a paralyzing effect on the regene¬ration of hemoglobin in dogs rendered anemic through

  16. Efeito da suplementação sobre a digestibilidade dos nutrientes e desempenho de bezerros lactentes mantidos em pastagens de Brachiaria brizantha - DOI: 10.4025/actascianimsci.v32i1.4849 Effect of supplementation on nutrient digestibility and performance of lactating calves fed with Brachiaria brizantha pastures - DOI: 10.4025/actascianimsci.v32i1.4849

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glauco Mora Ribeiro

    2009-12-01

    Full Text Available Foi avaliado o efeito da suplementação e do tipo do suplemento sobre a digestibilidade dos nutrientes e o desempenho de bezerros Canchim lactentes mantidos em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Marandu durante os meses de fevereiro a maio. Os tratamentos foram: sem e com suplementação em creep-feeding com concentrado proteico, com concentrado energético e com concentrado energético-proteico. Em quadrado latino, foi avaliada a digestibilidade dos nutrientes, utilizando-se quatro bezerros mantidos em baias individuais, recebendo feno da mesma forrageira e com mamadas controladas duas vezes ao dia. O desempenho foi avaliado em delineamento inteiramente casualizado, sendo os 23 bezerros mantidos junto com as matrizes. A suplementação com concentrado energético-proteico determinou melhor ingestão e aproveitamento dos nutrientes (65% de digestibilidade da matéria seca, desempenho dos bezerros (ganhos de peso de 0,98 kg dia-1 e manutenção do peso e das reservas corporais das matrizes. A utilização de suplemento proteico não mostrou bons resultados, sendo estes inferiores inclusive ao desempenho dos bezerros que não receberam suplementação, 0,56 e 0,77 kg dia-1, respectivamente. O desempenho dos bezerros no tratamento sem suplementação foi semelhante àqueles que receberam suplemento energético, porém as matrizes tiveram redução mais acentuada do peso corporal e das reservas energéticas. A suplementação com concentrado energético-proteico para bezerros lactentes mantidos em pastagens de Brachiaria brizantha cv. Marandu no início da seca mostrou ser uma técnica que beneficia o desempenho desses animais e das matrizesThis study evaluated the effect of supplementation and the type of supplement on nutrient digestibility and performance of lactating calves fed with Brachiara brizantha cv. Marandu pasture from February to May. The treatments were: supplementation in creep-feeding with protein concentrate, with energy

  17. Fatores de risco e proteção à infecção respiratória aguda em lactentes Factores de riesgo y protección de la infección respiratoria aguda en lactantes Risk and protective factors of acute respiratory infections in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Regina Cachulo Lopes

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a efetividade da vacina pneumocócica polissacarídica e fatores de risco e proteção para infecções por pneumococo em lactentes. MÉTODOS: Estudo transversal aninhado em ensaio clínico com filhos de 139 mulheres selecionadas no pré-natal um serviço público de saúde em São Paulo, SP, de 2005 a 2006. As participantes foram randomizadas em três grupos: o primeiro não recebia nenhuma vacina (n=46, o segundo recebia a vacina pneumocócica polissacarídica no último trimestre de gravidez (n=42, e o terceiro a recebia no pós-parto imediato (n=45. As infecções presumivelmente causadas pelo pneumococo nos lactentes foram acompanhados aos três e seis meses de vida e colhidas amostras de nasofaringe. Foram investigados fatores de risco como: fumantes no domicílio, outras crianças no domicílio e aleitamento materno exclusivo. RESULTADOS: A vacina pneumocócica polissacarídica não mostrou proteção contra infecções causadas por pneumococo. No entanto, o aleitamento materno exclusivo até os seis meses protegeu os lactentes contra as infecções respiratórias (OR= 7,331. A colonização da nasofaringe por pneumococo aos três ou seis meses aumentou a chance de infecções respiratórias (OR= 2,792. CONCLUSÕES: Lactentes amamentados exclusivamente com leite materno até seis meses são significativamente protegidos contra infecções por pneumococos, independentemente da vacinação pneumocócica.OBJETIVO: Analizar la efectividad de la vacuna pneumocóccica polisacarídica y factores de riesgo y protección para infecciones por pneumococo en lactantes. MÉTODOS: Estudio transversal anidado en ensayo clínico con hijos de 139 mujeres seleccionadas en el prenatal en servicio público de salud en Sao Paulo, SP, de 2005 a 2006. Las participantes fueron aleatorizadas en tres grupos: el primero no recibía ninguna vacuna (n=46, el segundo recibía la vacuna pneumocóccica polisacarídica en el último trimestre del

  18. Avaliação do nível mínimo de audição em lactentes de seis a 24 meses por meio do reforço visual Measurement of the minimal hearing level in infants from six to 24 months through visual reinforcement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Cristina Cavalcanti Lemos

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar, em campo livre, o comportamento auditivo de lactentes ouvintes de seis a 24 meses de idade cronológica, quanto aos aspectos de duração da avaliação, nível mínimo de resposta e análise crítica do método utilizado. MÉTODOS: Foram avaliados 30 lactentes, de ambos os gêneros, subdivididos em grupos etários: Grupo I - 6 meses a 11 meses 29 dias (n= 11; Grupo II - 12 meses a 17 meses 29 dias (n= 9; Grupo III - 18 meses a 24 meses (n= 10. Foram avaliadas as freqüências de 500, 1000, 2000 e 4000 Hz, bilateralmente, não seqüenciais, em campo livre. RESULTADOS: A mediana do nível mínimo de audição foi de 30 dB em todas as freqüências e todos os grupos. Observou-se que os Grupos I e III tiveram maior variabilidade dos níveis mínimos de audição enquanto o Grupo II mostrou-se mais homogêneo. O Grupo I necessitou de maior tempo de condicionamento, apresentando cansaço, agitação e tempo de atenção reduzido sendo necessário maior número de interrupções no exame. Já o Grupo III evidenciou menor motivação para responder ao teste, já que a técnica do reforço visual não é tão interessante nessa faixa etária, fazendo com que o desinteresse pelo reforço aconteça mais rapidamente. Estes aspectos não inviabilizam o procedimento, no entanto requerem maior experiência dos avaliadores. CONCLUSÕES: O método mostrou-se eficiente para a faixa etária pesquisada, não somente como um método de triagem, mas também para auxiliar a investigação do nível mínimo de audição, em campo livre, durante o processo diagnóstico.PURPOSE: To investigate the auditory behavior of hearing infants with ages ranging from six to 24 months, on the aspects of evaluation length, minimum level of response and critical analysis of the method. METHODS: Thirty infants of both genders were divided in three age groups: Group I - 11 infants aged 6 to 11 months 29 days; Group II - 9 infants aged 12 to 17 months 29 days

  19. Alterações retinianas em jovens portadores de anemia falciforme (hemoglobinopatias em hospital universitário no nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Allisson Mário dos Santos

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever e classificar alterações retinianas encontradas em portadores de anemia falciforme com genótipo SS, bem com comparar métodos diagnósticos (mapeamento de retina e angiofluoresceinografia. MÉTODOS: Neste estudo transversal foram avaliados pacientes portadores de anemia falciforme com idade igual ou superior a sete anos. Esses pacientes foram submetidos a mapeamento de retina e angiofluoresceinografia. Os achados do mapeamento de retina foram agrupados em três classes: sem alterações; alterações não proliferativas e alterações proliferativas. Os resultados à angiofluoresceinografia foram classificados de acordo com os estágios de Goldberg, variando de I a V e expressando gradiente crescente de gravidade. RESULTADOS: Foram avaliados 61olhos de 31pacientes. A retinopatia falciforme foi encontrada em 38/61 (62,3% dos olhos examinados. A média de idade do grupo de portadores de retinopatia foi menor que dos pacientes sem retinopatia (14,4 versus 17,4 anos, p=0,04. Observou-se elevada freqüência de retinopatia não proliferativa, especialmente as tortuosidades vasculares (27,9%, seguidas por anastomoses arteriovenosas na periferia da retina (24,6% e oclusões arteriolares (8,2%. Em um olho foi observado neovascularização. Em 16,4% dos olhos obteve-se resultado normal no mapeamento de retina e alterado à angiofluoresceinografia. CONCLUSÕES: As alterações retinianas do tipo não proliferativa são frequentes e precoces nos portadores de anemia falciforme do tipo SS, sendo a angiofluoresceinografia mais sensível no diagnóstico quando comparada ao mapeamento de retina.

  20. Pernicious anemia

    Science.gov (United States)

    ... malabsorption); Anemia - intrinsic factor; Anemia - IF; Anemia - atrophic gastritis ... of pernicious anemia include: Weakened stomach lining (atrophic gastritis) An autoimmune condition in which the body's immune ...

  1. Sequestro esplênico agudo em coorte de crianças com anemia falciforme Acute splenic sequestration in a cohort of children with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo V. Rezende

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o sequestro esplênico agudo (SEA em crianças com anemia falciforme, provindas da triagem neonatal de Minas Gerais e acompanhadas pelo Hemominas de Belo Horizonte (MG. MÉTODOS: Coorte retrospectiva de 255 crianças com hemoglobinopatia SS/Sβ0, nascidas entre 01/01/2000 e 31/12/2004 e acompanhadas até 31/12/2006. Os dados foram extraídos dos prontuários médicos. RESULTADOS: Oitenta e nove pacientes apresentaram 173 eventos de SEA (10,2 primeiros eventos por 100 pacientes/ano, sendo que 75% dos primeiros episódios de SEA ocorreram até 2 anos de vida. A probabilidade estimada de ocorrência do primeiro episódio de SEA foi de 40%. A recorrência atingiu 57,3%. Após o primeiro episódio de SEA, a esplenectomia foi indicada em apenas 12,4% dos casos; após o segundo, em 60,4% dos casos. Após o terceiro episódio, 41,7% dos casos ainda permaneceram sob observação clínica. A mediana do tempo entre indicação e realização da esplenectomia foi de 2 meses. Nesse intervalo, 37,2% das crianças tiveram novo episódio de SEA e uma delas faleceu. A letalidade no primeiro episódio foi de 1,1% e de 7,8% em episódios subsequentes. Entre as 255 crianças ocorreram 19 óbitos: 36,8% devido a infecções e 26,3% após SEA. CONCLUSÕES: O SEA é um evento comum na anemia falciforme, principalmente nos 2 primeiros anos de vida, com recidiva em mais da metade dos casos. Predominou conduta conservadora na indicação da esplenectomia. Embora a letalidade tenha sido baixa, o SEA representou a segunda causa de óbito. Isso aponta para fragilidades estruturais do sistema de saúde de MG e para a necessidade de melhor capacitação profissional na abordagem do problema.OBJECTIVE: To analyze acute splenic sequestration (ASS in children with sickle cell anemia diagnosed through a newborn screening program in the state of Minas Gerais, Brazil, and followed up at the hematology center in the city of Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

  2. Prevalência de talassemias e hemoglobinas variantes em pacientes com anemia não ferropênica Prevalence of thalassemias and variant hemoglobins in patients with non-ferropenic anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandrine C. Wagner

    2005-03-01

    Full Text Available Para estabelecer a freqüência de hemoglobinopatias e talassemias em pacientes com anemia não ferropênica foram estudados 58 casos de pacientes comprovadamente com anemia não ferropênica e 235 controles obtidos de pessoas sem anemia. Todas as amostras foram obtidas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA, RS, Brasil. As técnicas realizadas foram eletroforese em acetato de celulose, pH alcalino, pesquisa citológica de Hb H, HPLC, hemograma e ferritina. A análise dos dados realizada no grupo de pacientes com anemia não ferropênica demonstrou que 63,8% eram portadores de alguma forma de anemia hereditária: 25,9% de talassemia alfa heterozigota, 32,8% de talassemia beta heterozigota, 3,4% de heterozigose para hemoglobina S (Hb AS e 1,7% de homozigose para hemoglobina C (Hb CC. No grupo dos controles, foram identificados 14,1% de anemias hereditárias, sendo destas 11,5% de talassemia alfa, 0,9% de talassemia beta, 1,3% de heterozigose para hemoglobina S (Hb AS e 0,4% de heterozigose para hemoglobina C (Hb AC. Os resultados obtidos permitem concluir que a prevalência de talassemias e hemoglobinas variantes no grupo controle é coincidente com a descrita na literatura. Entretanto, a excepcional prevalência dessas hemopatias hereditárias em pessoas com anemia não ferropênica deve ser divulgada entre médicos e serviços de saúde dada a sua importância no diagnóstico definitivo de anemia e dos corretos procedimentos terapêuticos.To establish the frequency of hemoglobinopathies and thalassemias in patients with non-ferropenic anemia, 58 patients with confirmed non-ferropenic anemia and 235 non-anemic individuals (control group were studied. All samples were obtained from the Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA, Rio Grande do Sul, Brazil. The techniques used were Alkaline pH cellulose acetate electrophoresis and cytological screening of Hb, Hl, HPLC, hemogram and ferritin. The data analysis showed that 63% of the

  3. Prevalência e caracterização da anemia em idosos do Programa de Saúde da Família

    OpenAIRE

    Barbosa,Diana L.; Arruda,Ilma K. G.; Alcides S. Diniz

    2006-01-01

    A anemia é considerada um problema de saúde pública em escala mundial e é o distúrbio hematológico de maior prevalência que acomete a população idosa. O objetivo deste trabalho foi estimar a prevalência e características da anemia em idosos do Programa de Saúde da Família de Camaragibe, PE. O delineamento foi transversal, com amostra aleatória sistemática de 284 idosos > 60 anos, de ambos os sexos, realizado em novembro/dezembro-2003. A anemia foi avaliada pela hemoglobina (Hb), concentração ...

  4. Características clínicas e da saturação transcutânea de oxigênio em lactentes hospitalizados com bronquiolite viral aguda Clinical and transcutaneous oxygen saturation characteristics in hospitalized infants with acute viral bronchiolitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda M. Rubin

    2003-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever as características clínicas de lactentes com bronquiolite viral aguda (BVA e verificar a influência do tempo de dessaturação de oxigênio (TD como teste preditivo para estimar a evolução desses pacientes. MÉTODOS: Estudo de coorte realizado com 111 lactentes hospitalizados com diagnóstico de BVA e em oxigenoterapia por cateter nasal. Os desfechos foram: tempo de internação, tempo de oxigenoterapia e tempo para saturar 95% em ar ambiente. Foi aplicado, duas vezes ao dia, um escore de gravidade com os sinais clínicos verificados durante o período em que o paciente necessitou de oxigênio suplementar. Após suspender o oxigênio do paciente, foi observado o tempo necessário para a saturação transcutânea de oxigênio decrescer até 90% e 85%. Utilizou-se o teste do qui-quadrado ou teste exato de Fisher, para comparar entre si os grupos de variáveis categóricas, e o teste t ou Mann-Whitney, para as variáveis numéricas. A correlação de Spearman foi utilizada para avaliar associações entre variáveis contínuas de distribuição assimétrica. RESULTADOS: Houve predominância de idade inferior a quatro meses (61,3%. Os pacientes com história de sibilância prévia (45% foram analisados separadamente e tiveram resultados semelhantes ao grupo com BVA (pOBJECTIVE: To describe the clinical characteristics of infants with acute viral bronchiolitis (AVB and to assess the influence of oxygen desaturation time (DT as a prognostic test to estimate the evolution of such patients. METHODS: We performed a cohort study with 111 hospitalized patients diagnosed with AVB receiving oxygen therapy through nasal prong. The outcomes were: length of admission, length of oxygen therapy and time elapsed to read 95% saturation in room air. A severity score was obtained twice a day based on clinical signs during the time when the patient required oxygen supplementation. After the supply of oxygen was interrupted, the time required

  5. Efeitos da pentoxifilina na anemia resistente à eritropoetina em pacientes sob hemodiálise Pentoxifylline effects on the resistant anemia to erythropoietin in hemodialysis patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra A. Antunes

    2008-08-01

    Full Text Available A anemia na insuficiência renal crônica deve-se à redução da produção de eritropoetina, devido à diminuição da massa renal funcionante. A eritropoetina tem sido preconizada para o tratamento da anemia, no entanto, cerca de 5% dos pacientes são resistentes à mesma. A resistência à eritropoetina é definida como a necessidade do uso de uma dose maior que 12.000U/kg por semana, sem atingir o hematócrito alvo de 33% a 36%. As citocinas pró-inflamatórias têm uma associação importante com a anemia resistente ao tratamento com eritropoetina (EPO. A pentoxifilina tem sido usada para inibir a produção dessas citocinas pró-inflamatórias. Este estudo foi realizado com os pacientes sob hemodiálise no Instituto de Nefrologia Ribamar Vaz, do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Maceió-Al. Os pacientes com diagnóstico de resistência à eritropoetina receberam pentoxifilina na dose de 400 mg VO, após hemodiálise por seis meses. Avaliamos o hematócrito e a proteína C reativa (PCR em dois momentos: ao final de três meses com 12 pacientes e, ao final de seis meses, com sete pacientes. A média de PCR dos 12 pacientes, no primeiro mês, foi de 5,65 mg/l. No terceiro mês, de 2,58 mg/l. Porém, no sexto mês, considerando apenas os sete que terminaram o projeto, foi de 4,55 mg/l. Não foi observada diferença significativa. A média final dos hematócritos(Htc observada nos pacientes foi de 28,74 %. A média dos Htc na avaliação de seis meses que precederam o início do projeto, foi de 26,22%. Não foi observada diferença estatisticamente significante, quer nos 12 pacientes acompanhados por três meses ou nos sete que conseguiram concluir o estudo. Não observamos correlação entre os níveis de PCR e os de hematócrito. No entanto, em nossa amostragem, a média de PCR basal não estava elevada e este pode ter sido um fator importante nos resultados díspares em relação aos dados da literatura. Sendo assim, conclu

  6. Associação entre índice de ventilação e tempo de ventilação mecânica em lactentes com bronquiolite viral aguda Association between ventilation index and time on mechanical ventilation in infants with acute viral bronchiolitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Armando A. Almeida-Júnior

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a associação entre tempo de ventilação mecânica e variáveis antropométricas, clínicas e de função pulmonar, precocemente, em lactentes com insuficiência respiratória por bronquiolite viral aguda em ventilação mecânica invasiva, e a evolução temporal das variáveis significativamente correlacionadas. MÉTODOS: Foram estudados 29 lactentes admitidos na unidade de terapia intensiva pediátrica do Hospital de Clínicas da UNICAMP, com diagnóstico de bronquiolite viral aguda, definido por critérios clínicos e radiológicos. Lactentes com doenças crônicas ou instabilidade hemodinâmica foram excluídos. Todas as medidas foram feitas entre 24 e 72 horas em ventilação mecânica, usando capnografia volumétrica e análise dos gases sangüíneos. O tempo de ventilação mecânica foi dividido em: menor ou igual que 7 dias e maior que 7 dias. A associação entre o tempo de ventilação e as variáveis analisadas foi determinada pelo coeficiente de correlação de Spearman (r s RESULTADOS: O tempo de ventilação mecânica apresentou correlação positiva significativa com a PaCO2 (r s = 0,45, p = 0,01 e com o índice de ventilação (r s = 0,51, p = 0,005, e negativa com o pH (r s = -0,40, p = 0,03. Índice de ventilação com valor de 37, avaliado do primeiro ao quinto dia, foi associado a risco progressivamente aumentado de tempo de ventilação mecânica maior que 7 dias (OR = 4,2 no primeiro dia a 15,71 no quarto dia CONCLUSÕES: Índice ventilatório, PaCO2 e pH, precocemente medidos, foram associados com tempo prolongado em ventilação mecânica, refletindo a gravidade do distúrbio ventilatório e necessidade de suporte.OBJECTIVE: To evaluate the association between time on mechanical ventilation and anthropometric, clinical and pulmonary function variables, measured early, in infants on invasive mechanical ventilation with acute respiratory failure due to viral bronchiolitis, and the temporal progression

  7. Penfigóide bolhoso no lactente Bullous pemphigoid in childhood

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ada Lobato Quattrino

    2007-02-01

    Full Text Available O penfigóide bolhoso é doença que comumente acomete pessoas idosas. Desde o primeiro caso na infância, confirmado por imunofluorescência em 1970, cerca de 50 casos foram relatados e poucos ocorreram em crianças com menos de um ano de idade. Apresentase caso de penfigóide bolhoso em lactente de quatro meses de idade e discutem-se as características clínicas e imunopatológicas dessa rara bulose da infância.Bullous pemphigoid typically affects the elderly. Since the first description of bullous pemphigoid in childhood in 1970, about 50 cases have been reported, but only 10 were reported in children under the first year of age. We report a case of bullous pemphigoid in a 4-month-old girl and discuss the clinical and immunopathological features of this rare bullous disease of infancy.

  8. Fatores de risco para aloimunização em pacientes com anemia falciforme Risk factors for alloimmunization in patients with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícía Costa Alves Pinto

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a imunofenotipagem eritrocitária em doadores de sangue e em pacientes com anemia falciforme (SS atendidos no Hemocentro de Alagoas e descrever a frequência e os fatores associados à aloimunização eritrocitária. MÉTODOS: Estudo transversal com 102 pacientes SS e 100 doadores de sangue. Realizou-se a fenotipagem eritrocitária, teste de Coombs Direto e Indireto e detecção de anticorpos irregulares por painel de hemácias fenotipadas. Os dados foram comparados por meio do teste de Mann-Whitney, qui-quadrado ou teste exato de Fisher. Para análise dos fatores associados à aloimunização utilizou-se a regressão logística univariada e múltipla. RESULTADOS: Os antígenos mais frequentes entre os pacientes e os doadores foram c, e, M, s, JK(a. Observaram-se diferenças significativas entre as frequências dos fenótipos dos pacientes e dos doadores em relação aos antígenos s, FY(a e JK(b. Dos 79 pacientes transfundidos, 10 (12,7% apresentaram Coombs Indireto positivo. Detectaram-se 13 aloanticorpos, sete do sistema Rh, dois do Kell e quatro não identificados. Os fatores associados à aloimunização foram o intervalo de tempo entre a última transfusão e a data do teste e ter recebido mais de dez transfusões de hemácias. Receber mais de dez transfusões representou uma chance 16,39 (IC 95%: 2,23-120,59 vezes maior de ser aloimunizado, em comparação aos que receberam menos que dez. CONCLUSÃO: A prevalência de aloimunização nos pacientes SS foi 12,7%, sendo 70% dos anticorpos encontrados pertencentes a grupos sanguíneos Rh e Kell. Este estudo mostra a importância da fenotipagem eritrocitária em doadores e receptores para diminuir o risco de aloimunização.OBJECTIVE: To determine erythrocyte phenotyping in blood donors and patients with sickle cell anemia (SS treated at Hemocentro of Alagoas and describe the frequency and factors associated with erythrocyte alloimmunization. METHODS: Cross-sectional study

  9. Prevalência de anemia e insuficiência renal em portadores de insuficiência cardíaca não-hospitalizados

    OpenAIRE

    Reis, Francisco José Farias Borges dos; Fernandes, André Maurício Souza; Bitencourt, Almir Galvão Vieira; Neves, Flávia Branco Cerqueira Serra; Kuwano,André Yoichi; França,Victor Hugo Pinheiro; de Macedo, Cristiano Ricardo Bastos; Cruz,Cristiano Gonçalves da; Sahade, Viviane; Aras Júnior, Roque

    2009-01-01

    FUNDAMENTOS: Insuficiência cardíaca (IC) é uma doença comum com alta taxa de mortalidade. Anemia e insuficiência renal (IR) são frequentemente encontradas em portadores de IC associadas com maior gravidade da doença cardíaca e pior prognóstico. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de anemia e insuficiência renal, bem como a associação entre esses dois quadros, em portadores de IC não hospitalizados. MÉTODOS: Foram observados pacientes acompanhandos na clínica de IC de um hospital universitário de ...

  10. Anemia ferropriva em escolares de Campinas, São Paulo: prevalência, sensibilidade e especificidade de testes laboratoriais Iron deficiency anemia among schoolchildren from Campinas, Sao Paulo: prevalence, sensitivity and specificity of laboratory tests

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erly Catarina de Moura

    2001-08-01

    Full Text Available OBJETIVOS: determinar a prevalência de anemia ferropriva em escolares e identificar a sensibilidade e a especificidade dos testes laboratoriais, especificamente hemoglobina e hematócrito, no diagnóstico desta deficiência, considerando a ferritina sérica como padrão. MÉTODOS: o estudo abrangeu 365 alunos no município de Campinas, São Paulo, entre 7 e 14 anos de idade. Foram considerados anêmicos os escolares com valores de hemoglobina abaixo de 11,5 g/dl na faixa etária de 5 £ 8 anos, 11,9g/dl na faixa etária de 8 £ 12 anos; e 12,5g/dl na faixa etária de 12 £ 15 anos para o sexo masculino e 11,8g/dl para o feminino. Quanto ao hematócrito, os cortes foram em 34,5%, 35,4%, 37,3% e 35,7%, respectivamente para as mesmas faixas etárias e sexo. Para a ferritina sérica,15mg/dl. RESULTADOS: encontrou-se anemia em 12,4%, 7,5% e 19,3% dos escolares, respectivamente para os valores de hemoglobina, hematócrito e ferritina. A prevalência de anemia ferropriva foi igual a 19,3%, conforme o padrão ferritina. O teste da hemoglobina apresentou sensibilidade de 12,9% e especificidade de 87,7% no diagnóstico da anemia ferropriva, enquanto que o do hematócrito apresentou sensibilidade de 8,6% e especificidade de 92,8%. CONCLUSÕES: estes valores apontam para o problema do diagnóstico da anemia ferropriva, muitas vezes baseado apenas nos indicadores laboratoriais de baixo custo. É necessário readequar os procedimentos diagnósticos em uso, principalmente na rede básica de saúde.OBJECTIVES: to identify the prevalence of iron deficiency anemia and to calculate the sensitivity and specificity of laboratory tests, specifically hemoglobin and hematocrit, to predict an iron deficiency, considering serum ferritin as the standard test. METHODS: the study involved 365 schoolchildren from Campinas, Sao Paulo,Brazil aged from 7 to 14 years old. The children were considered to have anemia when they presented hemoglobin concentration under 11,5 g

  11. Anemia e deficiência de ferro em gestantes adolescentes Anemia and iron deficiency in pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth FUJIMORI

    2000-12-01

    Full Text Available Por meio de dosagem de ferritina sérica, transferrina sérica, hemoglobina e hematócrito, caracterizou-se o estado nutricional de ferro de 79 gestantes adolescentes de primeira consulta pré-natal (£ 20 semanas de gestação, atendidas na Rede Básica de Saúde de um Município da Grande São Paulo. Todos os valores hematológicos estudados foram menores entre as gestantes do segundo trimestre gestacional em relação às do primeiro, sendo as diferenças estatisticamente significativas (pThe objective of this study was to characterize iron nutritional status of 79 pregnant adolescents, at first prenatal consultation (<= 20 weeks of gestation, in the Primary Health System of a district of Great São Paulo, through the serum ferritin, serum transferrin, hemoglobin and hematocrit determinations. All the hematologic values studied were smaller for the pregnant adolescents in the second gestational trimester than for the ones in the first. Statistically significant differences (p.<.0.05 were found just for hemoglobin. It was verified that 64.3% and 32.1% had, respectively, less than 500.mg and 300.mg of organic iron reservations, and 5.4% presented serious lack of this mineral. By World Health Organization criterion 19.0% of the pregnant women were iron-deficient (Saturation of Transferrin <.16% and 13.9% were anemic (Hemoglobin.<.11 g/dl.

  12. Weekly iron supplementation reduces anemia prevalence by 1/3 in preschool children Suplementação semanal com sulfato ferroso reduz em 1/3 a prevalência de anemia em pré-escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisela Soares Brunken

    2004-06-01

    Full Text Available A weekly medication scheme, followed by nutritional guidance on diets in child-care centers, was evaluated in order to make it feasible for routine use. The study was conducted in six child-care centers in the town of Cuiabá - Brazil. The supplement (6 mg/kg was provided on a weekly basis to all children (n=178 less than three years old during four months at the institution by the classroom staff. After this initial phase, nutritional guidance was provided regarding the child-care center's normal diet as a way to control hemoglobin levels. This is an intervention study whose individuals were examined at three different periods: at the beginning of treatment (T0; after four months of iron supplementation (T1 and after five months of nutritional guidance (T2. Hemoglobin measurements were obtained using a portable hemoglobinometer - HemoCue. A significant improvement was observed in the hemoglobin levels of anemic children after controlling for age and initial hemoglobin. The hemoglobin concentration of these children improved an average of 0.1 g/l after each dose of iron sulfate. At the end of four months there was an average gain of 1.6 g/l, and prevalence of anemia reduced by 1/3, sufficient to meet the United Nations target adopted by Brazil. At the end of nine months (four months of weekly drug intervention followed by 5 months of nutritional guidance the prevalence of anemia dropped by 1/4 in the child-care centers. The intervention proved to be feasible for child-care centers and pre-school population.Um esquema terapêutico semanal, seguido de orientação alimentar aos cardápios, foi avaliado com o intuito de verificar viabilidade como rotina em creches. O estudo foi realizado em seis creches no município de Cuiabá. O suplemento (6 mg/kg foi oferecido semanalmente a todas as crianças (n=178 menores de 3 anos durante 4 meses, na própria Instituição, pelas funcionárias. Após essa primeira etapa seguiram-se orientações alimentares

  13. Prevalência e fatores associados à presença de anemia em idosos do município de Viçosa (MG, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarice Santana Milagres

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo A anemia é o problema hematológico mais comum encontrado na população idosa. Com objetivo de avaliar a prevalência e os fatores associados à anemia em idosos no município de Viçosa (MG, foi realizado um estudo transversal, de base populacional. Os dados foram coletados de junho a dezembro de 2009, mediante inquérito domiciliar e realização de exames bioquímicos em 349 idosos. A prevalência de anemia foi de 11,7% (IC95% 8,3%-15,1% e mostrou-se mais elevada entre os homens (15,4%, entre idosos com 80 anos e mais (30,0% e naqueles que praticavam polifarmácia (16,8%. Os resultados evidenciaram determinantes de anemia semelhantes ao observado em países desenvolvidos. A real necessidade da polifarmácia deve ser avaliada na atenção à saúde dos idosos, com vistas a prevenir iatrogenias, dentre as quais a anemia está incluída.

  14. Prevalência de anemia ferropriva em gestantes brasileiras: uma revisão dos últimos 40 anos Prevalence of iron-deficiency anemia in Brazilian pregnant women: a review of the last 40 years

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Helcias Côrtes

    2009-06-01

    Full Text Available A anemia ferropriva é conhecida como uma das principais deficiências nutricionais em todo o mundo e sua ocorrência pode ser observada em diversas populações. Alguns grupos populacionais ainda apresentam altas prevalências de anemia ferropriva, comprometendo diversas funções do organismo. Dentre esses grupos de risco, podem ser citadas as gestantes, que merecem especial atenção devido à sua vulnerabilidade à carência e ao aumento significativo de suas necessidades, que não são acompanhados por aumento suficiente no consumo ou na absorção de ferro. Este artigo analisa dados de artigos publicados nos últimos 40 anos nas línguas inglesa, espanhola ou portuguesa nos bancos de dados Lilacs e Medline sobre prevalência de anemia ferropriva na gestação. Em todas as pesquisas verificadas, a prevalência de anemia ferropriva na gestação apresenta valores elevados, o que caracteriza essa situação como um problema de saúde pública para o Brasil, mesmo com as políticas nacionais atuais de combate à deficiência.Iron-deficiency anemia is known as one of the main nutritional deficiencies around the world and its occurrence can be observed in many populations. Some groups still present a high prevalence of iron-deficiency anemia, compromising many body functions. Pregnant women are among the groups at risk given their vulnerability to deficiencies and the significant increase in their requirements, which are not accompanied by a sufficiently higher iron intake or absorption. This paper analyzes data from articles published in the last 40 years in English, Spanish or Portuguese found in the Lilacs and Medline databases about the prevalence of iron-deficiency anemia during pregnancy. Every paper found reports a high prevalence of anemia in pregnant women, characterizing this situation as a public health problem in Brazil, despite current Brazilian policies to fight iron deficiency.

  15. Prevalência de anemia ferropriva em adolescentes da "Vila Princesa" - lixão em Porto Velho - RO

    OpenAIRE

    França, Maria das Graças Guedes de

    2006-01-01

    As anemias nutricionais resultam da carência simples ou combinada de nutrientes como ferro, o acido fólico e a vitamina B12, podendo também ser causadas por outros fatores mais raros como a deficiência de piridoxina, riboflavina e proteína. Apesar de muitos nutrientes e co-fatores estarem envolvidos na manutenção da síntese normal de hemoglobina, a deficiência de ferro é a causa mais comum de anemia carencial no mundo, constituindo-se a carência nutricional de maior abrangência, afetando prin...

  16. Anestesia venosa total (AVT) em lactente com doença de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Anestesia general intravenosa (AVT) en lactante con enfermedad de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Total intravenous anesthesia (TIVA) in an infant with Werdnig-Hoffmann disease: case report

    OpenAIRE

    Marco Antonio Cardoso de Resende; Elizabeth Vaz da Silva; Osvaldo José Moreira Nascimento; Alberto Esteves Gemal; Giseli Quintanilha; Eliana Maria Vasconcelos

    2010-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A doença de Werdnig-Hoffmann é a causa mais comum de hipotonia no lactente e quando presente logo após o nascimento tem pior prognóstico. Fraqueza muscular simétrica, arreflexia e fasciculações da língua são característicos. A maioria dos lactentes morre antes dos dois anos por insuficiência respiratória. O presente relato apresenta um caso com técnica venosa total durante anestesia. RELATO DO CASO: Paciente feminina, branca, um ano, 10 kg, estado físico ASA III, co...

  17. Anemia em gestantes brasileiras antes e após a fortificação das farinhas com ferro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Fujimori

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar prevalência de anemia e valores de hemoglobina (Hb em gestantes brasileiras, antes e após a fortificação das farinhas com ferro. MÉTODOS: Estudo de avaliação de painéis repetidos, desenvolvido em serviços públicos de saúde de municípios das cinco regiões brasileiras. Dados retrospectivos foram obtidos de 12.119 prontuários de gestantes distribuídas em dois grupos: antes da fortificação, com parto anterior a junho de 2004, e após a fortificação, com última menstruação após junho de 2005. Anemia foi definida como Hb < 11,0 g/dL. Valores de Hb/idade gestacional foram avaliados segundo dois referenciais da literatura. Foram utilizados teste qui-quadrado, t de Student e regressão logística, com nível de 5% de significância. RESULTADOS: Na amostra total, anemia caiu de 25% para 20% após fortificação (p < 0,001, com médias de Hb significativamente maiores no grupo "após" (p < 0,001. Observaram-se, entretanto, diferenças regionais importantes: reduções significativas nas regiões Nordeste (37% para 29% e Norte (32% para 25%, onde as prevalências de anemia eram elevadas antes da fortificação, e reduções menores nas regiões Sudeste (18% para 15% e Sul (7% para 6%, onde as prevalências eram baixas. Os níveis de Hb/idade gestacional de ambos os grupos se mostraram discretamente mais elevados nos primeiros meses, porém bem mais baixos após o terceiro ou quarto mês, dependendo da referência utilizada para comparação. Análise de regressão logística mostrou que grupo, região geográfica, situação conjugal, trimestre gestacional, estado nutricional inicial e gestação anterior associaram-se com anemia (p < 0,05. CONCLUSÕES: A prevalência de anemia diminuiu após a fortificação, porém continua elevada nas regiões Nordeste e Norte. Embora a fortificação possa ter tido papel nesse resultado favorável, há que se considerar a contribuição de outras políticas p

  18. Prevalência de anemia e insuficiência renal em portadores de insuficiência cardíaca não-hospitalizados Prevalencia de anemia e insuficiencia renal en portadores de insuficiencia cardiaca no hospitalizados Prevalence of anemia and renal insufficiency in non-hospitalized patients with heart failure

    OpenAIRE

    Francisco José Farias Borges dos Reis; André Maurício Souza Fernandes; Almir Galvão Vieira Bitencourt; Flávia Branco Cerqueira Serra Neves; André Yoichi Kuwano; Victor Hugo Pinheiro França; Cristiano Ricardo Bastos de Macedo; Cristiano Gonçalves da Cruz; Viviane Sahade; Roque Aras Júnior

    2009-01-01

    FUNDAMENTOS: Insuficiência cardíaca (IC) é uma doença comum com alta taxa de mortalidade. Anemia e insuficiência renal (IR) são frequentemente encontradas em portadores de IC associadas com maior gravidade da doença cardíaca e pior prognóstico. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de anemia e insuficiência renal, bem como a associação entre esses dois quadros, em portadores de IC não hospitalizados. MÉTODOS: Foram observados pacientes acompanhandos na clínica de IC de um hospital universitário de ...

  19. Diagnosis of iron deficiency anemia in children of Northeast Brazil Diagnóstico de anemia por deficiencia de hierro en niños del Noreste de Brasil Diagnóstico de anemia por deficiência de ferro em crianças do Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Geraldo Cidrão Carvalho

    2010-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To diagnose iron deficiency anemia in children. METHODS: The study was conducted with a sample of 301 children aged six to 30 months attending public daycare centers in the city of Recife, Northeast Brazil, in 2004. The diagnoses of anemia were based on a combination of different hematological and biochemical parameters: hemoglobin, mean corpuscular volume, ferritin, C-reactive protein, transferrin saturation and transferrin receptor. The chi-square test and ANOVA were used in the statistical analysis. RESULTS: Of all children studied, 92.4% had anemia (Hb OBJETIVO: Diagnosticar anemia por deficiencia de hierro en niños. MÉTODOS: El estudio fue desarrollado con una muestra de 301 niños con edades entre seis y 30 meses, usuarios de guarderías públicas de Recife, Noreste de Brasil, en 2004. Para el diagnóstico de la anemia se utilizó la combinación de diferentes parámetros hematológicos y bioquímicos: hemoglobina, volumen corpuscular promedio, ferritina, proteína C-reactiva, saturación de la transferrina y receptor de la transferrina. Para el análisis estadístico se empleó la prueba de chi-cuadrado y ANOVA. RESULTADOS: Del total de niños, 92,4% tenían anemia (HbOBJETIVO: Diagnosticar anemia por deficiência de ferro em crianças. MÉTODOS: O estudo foi desenvolvido com uma amostra de 301 crianças com idade entre seis e 30 meses, usuárias de creches públicas de Recife, PE, em 2004. Para o diagnóstico da anemia utilizou-se a combinação de diferentes parâmetros hematológicos e bioquímicos: hemoglobina, volume corpuscular médio, ferritina, proteína C-reativa, saturação da transferrina e receptor da transferrina. Para a análise estatística empregou-se o teste do qui-quadrado e ANOVA. RESULTADOS: Do total de crianças, 92,4% tinha anemia (Hb < 110g/L e 28,9% apresentou anemia moderada/grave (Hb<90g/L. Níveis mais baixos de hemoglobina foram observados em crianças de seis a 17 meses. Encontrou-se defici

  20. Prevalência e fatores associados à presença de anemia em idosos do município de Viçosa (MG), Brasil

    OpenAIRE

    Clarice Santana Milagres; Keila Bacelar Duarte de Moraes; Sylvia Carmo Castro Franceschini; Luciana Ferreira Rocha Sant’Ana; Luciana Moreira Lima; Andréia Queiroz Ribeiro

    2015-01-01

    Resumo A anemia é o problema hematológico mais comum encontrado na população idosa. Com objetivo de avaliar a prevalência e os fatores associados à anemia em idosos no município de Viçosa (MG), foi realizado um estudo transversal, de base populacional. Os dados foram coletados de junho a dezembro de 2009, mediante inquérito domiciliar e realização de exames bioquímicos em 349 idosos. A prevalência de anemia foi de 11,7% (IC95% 8,3%-15,1%) e mostrou-se mais elevada entre os homens (15,4%), ent...

  1. Cálculo do volume de sangue necessário para a correção da anemia fetal em gestantes isoimunizadas Blood volume calculation required for the correction of fetal anemia in pregnant women with alloimmunization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Deolindo Santiago

    2008-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: obter uma equação capaz de estimar o volume de concentrado de hemácias a ser infundido para correção da anemia em fetos de gestantes portadoras de isoimunização pelo fator Rh, baseado em parâmetros alcançados durante a cordocentese prévia à transfusão intra-uterina. MÉTODOS: em estudo transversal, foram analisadas 89 transfusões intra-uterinas para correção de anemia em 48 fetos acompanhados no Centro de Medicina Fetal do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. A idade gestacional mediana, no momento da cordocentese, foi de 29 semanas e a média de procedimentos por feto foi de 2,1. A hemoglobina fetal foi dosada antes e após a cordocentese, sendo verificado o volume de concentrado de hemácias transfundido. Para determinação de uma fórmula para estimar o volume sanguíneo necessário para correção da anemia fetal, tomou-se como base o volume necessário para elevar em 1 g% a hemoglobina fetal (diferença entre a concentração de hemoglobina final e a inicial, dividida pelo volume transfundido e o volume de quanto seria necessário para se atingir 14 g%, em análise de regressão múltipla. RESULTADOS: a concentração da hemoglobina pré-transfusional variou entre 2,3 e 15,7 g%. A prevalência de anemia fetal (HbPURPOSE: to obtain an equation to estimate the volume of red blood cells concentrate to be infused to correct anemia in fetuses of pregnant women with Rh factor isoimmunization, based in parameters obtained along the cordocentesis previous to intrauterine transfusion. METHODS: a transversal study analyzing 89 intrauterine transfusions to correct anemia in 48 fetuses followed-up in the Centro de Medicina Fetal do Hospital das Clínicas da Universidade de Minas Gerais. The median gestational age at the cordocentesis was 29 weeks and the average number of procedures was 2.1. Fetal hemoglobin was assayed before and after cordocentesis, leading to the volume of transfused red blood

  2. Anemias em crianças de dois serviços de saúde de Recife, PE (Brasil Anemias in children from two health centers in Recife (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aureni Costa Salzano

    1985-12-01

    Full Text Available Foi estudada a prevalência de anemia em 1.306 crianças, com idade compreendida entre 6 e 60 meses, de duas unidades de saúde, em Recife, PE, (Brasil. Na clientela pediátrica do Centro de Saúde Lessa de Andrade, mantido pelo Governo do Estado, a ocorrência de anemias era quase duas vezes superior à encontrada no Posto de Assistência Médica de Areias, pertencente ao Instituto Nacional de Assistência Médica e Previdência Social (INAMPS. A prevalência de valores baixos de hemoglobina predominava nas crianças abaixo de 2 anos de idade, variando de 41% a 77% nos extratos amostrais distribuídos nesta faixa etária. Além da relação com a idade, observou-se associação estatística entre ocorrência de anemias e estado nutricional definido pela classificação de Gomez e ainda, com a renda "per capita" das famílias das crianças examinadas. O trabalho faz parte de um estudo colaborativo sobre as anemias, em estados do nordeste do Brasil.The prevalence of anemias in preschool children at two health centers in Recife, Pernambuco, Brazil, was investigated. A total of 1,306 children, aged 6-60 months, were selected. The prevalence of anemias was almost twice as high in the children at the Health Center Lessa de Andrade, supported by the state government, as that found at the Health Center in Areias, belonging to the Federal Health service (INAMPS. The low hemoglobin levels, which varied from 41 to 77% in the sample of this age group, was found to be higher in children under two years of age. Besides being related to the age, and to the per capita income of the families, of the children under study, a statistical association was detected between anemia and nutritional status assessed by Gomez's classification.

  3. Anemia hemolítica imunomediada não regenerativa em um cão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brandão Leonardo Pinto

    2004-01-01

    Full Text Available Quadros hemolíticos não eritrorregenerativos são descritos em cães e podem ser decorrentes de doença medular primária, bem como, da destruição dos precursores eritróides medulares por imunoglobulinas. Um cão macho, de três anos de idade, sem raça definida, foi atendido no Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo apresentando sinais de anemia hemolítica aguda arregenerativa. Após a instituição de terapia imunossupressora (prednisona, houve remissão da hemólise sem, no entanto, sinais de eritrorregeneração. No décimo dia de tratamento, o mielograma demonstrou discreta hipoplasia e displasia eritróide, descartando a possibilidade de aplasia medular. Associou-se ciclofosfamida e azatioprina ao tratamento, tendo havido resposta eritrorregenerativa e recuperação dos valores hematológicos. A ocorrência deste caso de anemia hemolítica não eritrorregenerativa deve servir como alerta para a ocorrência desta condição mórbida, como também, da importância da utilização do mielograma como método auxiliar no diagnóstico de anemias arregenerativas.

  4. Anemia hemolítica causada por Indigofera suffruticosa (Leg. Papilionoideae em bovinos Hemolytic anemia caused by Indigofera suffruticosa (Leg. Papilionoideae in cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Diomedes Barbosa Neto

    2001-03-01

    Full Text Available As partes aéreas de Indigofera suffruticosa Mill. (família Leg. Papilionoideae, planta incriminada pelos criadores de diversas áreas do Nordeste por doença caracterizada por hemoglobinúria em bovinos, foram administradas por via oral a seis bovinos, em doses diárias repetidas de 10 a 40 g/kg, Todos os animais experimentais apresentaram hemoglobinúria, porém passageira, apesar continuidade da administração da planta. Dois desses bovinos não apresentaram manifestações adicionais, um terceiro animal evidenciou manifestações leves, e os três outros, sintomas adicionais de intensidade moderada: apatia, mucosas visíveis de coloração esbranquiçada, pêlos arrepiados, anorexia, diminuição da freqüência e intensidade dos movimentos ruminais, taquicardia, pulso venoso positivo e dispnéia. Antes da crise hemolítica a urina apresentava coloração verde azulada. Nenhum animal experimental morreu, porém um foi sacrificado durante a fase hemoglobinúrica. À necropsia observaram-se anemia, bexiga contendo urina cor de vinho tinto, rins aumentados de volume com coloração marrom-escura, fígado, na superfície e ao corte, de coloração azulada com lobulação perceptível. As principais alterações histológicas foram verificadas no fígado, sob forma de necrose coagulativa e tumefação e/ou microvacuolização citoplasmática dos hepatócitos, e no rim representadas por acentuada nefrose, associada a grande quantidade de filtrado e/ou hemoglobina nos espaços de Bowman dentro de túbulos e do citoplasma das células epiteliais.The aereal parts of Indigofera suffruticosa Mill. (family Leg. Papilionoideae were force-fed fresh to 6 bovines in daily doses of 10 to 40 g/kg. Cattle breeders of various parts of the Northeast of Brazil accuse this plant as the cause of a non-fatal disease characterized by hemoglobinuria. The disease occurs only in years when the plant proliferates well invading the native pastures. All experimental

  5. Anemia hemolítica imunomediada em cães - relato de três casos

    OpenAIRE

    Luciana Curotto Nolasco de Carvalho; João Henrique Atero de Carvalho Leite; Patricia Mendes Pereira

    2011-01-01

    Immune-mediated hemolytic anemia (IMHA) is a common type of anemia in dogs and cats. The disease é most common in middle-aged female dogs, especially American Cocker Spaniel. The clinical signs are associated with severe anemia. There is no pathognomonic test for IMHA, but the presence of hemolytic anemia in a young adult or middle age, autoagglutination and spherocytosis or positive results of Coombs test, elimination of any other underlying cause of anemia and an appropriate response to imm...

  6. Carcinoma de células escamosas em língua pós-transplante de medula óssea por Anemia de Fanconi Squamous cell carcinoma of the tongue due to Fanconi's Anemia after bone marrow transplantation

    OpenAIRE

    Ricardo Pasquini; José Z. Neto; Medeiros,Carlos R. de; Marco A. Bitencourt; Carmem M. S. Bonfim; Vaneuza A. Moreira; Setúbal,Daniela C.; Flowers, Mary E.D.; Elcio Kupka; Araújo,Marcos V.

    2003-01-01

    Anemia Fanconi (AF) é uma síndrome autossômica recessiva, caracterizada por pancitopenia progressiva com hipoplasia de MO, em associação com várias anormalidades constitucionais, tendo como único recurso terapêutico com possibilidade potencial de cura o transplante de medula óssea, e sendo tais pacientes propensos ao desenvolvimento de malignidades hematológicas e carcinoma de células escamosas (CEC) em diversos locais: reto, vagina, cérvice, esôfago, cavidade bucal, faringe ou pele, mas espe...

  7. Avaliação do estresse oxidativo em pacientes idosos com anemia ferropênica

    OpenAIRE

    Aline Coghetto Baccin

    2008-01-01

    A deficiência de ferro é o resultado de um longo período de balanço negativo do ferro, culminando na exaustão do estoque de ferro do organismo. Isto é revelado quando a concentração de hemoglobina declina para valores abaixo dos limites normais e então aparece a anemia, que ocorre devido à deficiente síntese de hemoglobina, com diminuição da proliferação eritrocitária. A anemia ferropênica é considerada o maior problema de saúde no idoso e está associada com várias complicações, incluindo doe...

  8. Efeitos do clampeamento tardio do cordão umbilical sobre os níveis de hemoglobina e ferritina em lactentes aos três meses de vida

    OpenAIRE

    Venâncio,Sonia Isoyama; Levy,Renata Bertazzi; Saldiva,Sílvia Regina Dias Médici; Mondini,Lenise; Alves, Maria Cecília Goi Porto; Leung,Siu Lum

    2008-01-01

    Este estudo verificou o efeito do clampeamento tardio (um minuto após o nascimento) do cordão umbilical sobre os níveis de hemoglobina e ferritina em crianças aos três meses de vida. Foram alocadas 325 mães e crianças, nascidas a termo, de parto vaginal e sem patologias (164 no grupo do clampeamento imediato e 161 no tardio) em um hospital do Município de São Paulo, Brasil, em 2006. Realizaram-se dosagens de hemoglobina da mãe no pré-parto e de hemoglobina e ferritina do cordão umbilical. As ...

  9. Efeitos do clampeamento tardio do cordão umbilical sobre os níveis de hemoglobina e ferritina em lactentes aos três meses de vida Effects of delayed cord clamping on hemoglobin and ferritin levels in infants at three months of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Isoyama Venâncio

    2008-01-01

    Full Text Available Este estudo verificou o efeito do clampeamento tardio (um minuto após o nascimento do cordão umbilical sobre os níveis de hemoglobina e ferritina em crianças aos três meses de vida. Foram alocadas 325 mães e crianças, nascidas a termo, de parto vaginal e sem patologias (164 no grupo do clampeamento imediato e 161 no tardio em um hospital do Município de São Paulo, Brasil, em 2006. Realizaram-se dosagens de hemoglobina da mãe no pré-parto e de hemoglobina e ferritina do cordão umbilical. As crianças (69% foram acompanhadas no ambulatório, após três meses, ocorrendo coleta de sangue venoso para dosagem de hemoglobina e ferritina. Variáveis sócio-econômicas, reprodutivas, antropométricas e de alimentação da criança foram estudadas. Utilizou-se a regressão linear múltipla para a análise dos dados. O efeito do clampeamento tardio do cordão umbilical foi significativo somente para os níveis de ferritina das crianças aos três meses de idade (p = 0,040, sendo superior em 23,29ng/mL quando comparado às crianças submetidas ao clampeamento imediato. O procedimento pode se constituir em uma estratégia para prevenir a deficiência de ferro em lactentes.This study assessed the effect of delayed (1 minute after delivery clamping of the umbilical cord on hemoglobin and ferritin levels in infants at three months of age. Mothers and their infants born through vaginal delivery, at term, and without congenital anomalies (325 pairs were recruited at a hospital in São Paulo, Brazil, in 2006 (164 in the delayed clamping subgroup and 161 in the early clamping subgroup. Maternal hemoglobin at delivery, umbilical cord hemoglobin, and ferritin were recorded. At three months follow-up, venous blood samples were drawn from 224 (69% infants for hemoglobin and ferritin measurement. Socioeconomic, maternal reproductive, anthropometric, and infant feeding variables were studied. Multiple linear regression models were used to analyze the data

  10. PREVALÊNCIA DE ANEMIA, PERFIL COMPORTAMENTAL E ASPECTOS NUTRICIONAIS EM IDOSOS RESIDENTES DE CIDADE DE PEQUENO PORTE DO SUL DO BRASIL.

    OpenAIRE

    Larissa CASTELACI; Helena ZORASKI; Marilene FIAMETTI; Ramison SANTOS; Maria Luísa de Oliveira GREGOLETTO; Cremonese,Cleber

    2016-01-01

    A diminuição da capacidade fisiológica e o declínio funcional dos órgãos, associados ao aumento da expectativa de vida, tornam os idosos mais propensos ao desenvolvimento de doenças. A anemia é uma patologia comum nos idosos, associada a várias condições crônicas, com sintomas que podem ser confundidos pela própria idade. Com o objetivo de avaliar a prevalência de anemia e identificar fatores associados em idosos residentes no município de Nova Roma do Sul- RS, foi realizado um estudo transve...

  11. Relação entre deficiência de ferro e anemia em crianças de até 4 anos de idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Ane Bortolini

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência de anemia, deficiência de ferro e anemia por deficiência de ferro em uma coorte de crianças. MÉTODOS: Estudo de coorte aninhado a um ensaio de campo randomizado. As crianças foram selecionadas ao nascimento na maternidade do único hospital público da cidade de São Leopoldo (RS, Brasil. O presente estudo avaliou o estado nutricional de ferro (hemoglobina e ferritina sérica quando essas crianças apresentavam idade de 12-16 meses e, posteriormente, na idade de 3-4 anos. A anemia foi definida pela concentração de hemoglobina < 11,0 g/dL; a deficiência de ferro, por ferritina sérica < 15,0 µg/L; e a anemia por deficiência de ferro, pela presença de concentrações de hemoglobina < 11,0 g/dL com deficiência de ferro. RESULTADOS: Na idade de 12-16 meses, a prevalência geral de anemia, deficiência de ferro e anemia por deficiência de ferro foi de 63,7, 90,3 e 58,8%, respectivamente. Esses valores, para a faixa etária de 3-4 anos, foram de 38,1, 16,1 e 7,4%, respectivamente. Na idade de 12-16 meses, 95% dos casos de anemia foram associados à deficência de ferro, e na idade de 3-4 anos, apenas 19,3% dos casos. CONCLUSÕES: Observou-se que a deficiência de ferro foi a principal causa da anemia no segundo ano de vida, porém não na idade de 3-4 anos. Assim, enfatiza-se que a anemia em crianças de idade pré-escolar pode ter outras etiologias e merece avaliações cuidadosas.

  12. Colite alérgica: características clínicas e morfológicas da mucosa retal em lactentes com enterorragia Allergic colitis: clinical and morphological aspects in infants with rectal bleeding

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norys Josefina Diaz

    2002-10-01

    Full Text Available RACIONAL: Recentes estudos indicam a importância do infiltrado eosinofílico na mucosa retal que, juntamente com os dados clínicos, pode servir para estabelecer o diagnóstico de colite alérgica. OBJETIVOS: Descrever, prospectivamente, as características clínicas e a morfologia da mucosa retal em pacientes com enterorragia e suspeita diagnóstica de alergia às proteínas do leite de vaca. MATERIAL E MÉTODOS: Foram estudados 20 pacientes, menores de 6 meses para descrever suas características clínicas e a histologia da mucosa retal que foi comparada com um grupo controle, com suspeita de megacólon congênito. RESULTADOS: A idade média dos pacientes foi 97 ± 47 dias; enterorragia teve início antes dos 120 dias em 85% deles; em vigência de aleitamento materno (40% artificial ou misto (60%. O achado histológico, estatisticamente significativo, foi o infiltrado aumentado de eosinófilos, na mucosa retal, em 18 pacientes. CONCLUSÃO: Pode-se afirmar que esses achados constituem, associados aos dados clínicos, os mais importantes elementos no diagnóstico de colite alérgica, em pacientes menores de 6 meses com enterorragia, que estejam recebendo aleitamento materno e/ou aleitamento artificial.BACKGROUND: Recent studies indicate the importance of eosinophilis infiltrated in the rectal mucous which jointly with the clinical features can serve to establish the diagnostic of allergic colitis. AIM: To describe prospectively, the clinical features and morphological abnormalities of the rectal mucosa in patients with rectal bleeding and clinical diagnosis of cow's milk allergy. METHODS: Clinical features of 20 infants under 6 months of age were described. Morphological findings in rectal mucosa were compared with control group, with suspicion of congenital megacolon. RESULTS: The mean age of the patients was 97 ± 47 days, rectal bleeding started before 120 days in 85% of them; 40% were breastfed, 60% cow's milk formula or both. The most

  13. ANEMIA HEMOLÍTICA EM CÃES: RELATO DE CASO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Franco Andrade

    2010-06-01

    Full Text Available Imunne-mediated hemolytic anemia (IMHA is defined as a reduction in the number of red cells due to the destruction of them by the immune system due to the presence of immunoglobulins (IgM and IgG in theerythrocyte membrane. Were attempted two cases of this disease, which were diagnosed by the sum clinical history, examination results and positive development through effective clinical treatment. This report aims to briefly review the issue and contribute with more data about this disease.

  14. Anemia na doença renal crônica em hospital da região noroeste do estado do Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Schmalz Bueno

    2014-09-01

    Full Text Available Introdução: A doença renal crônica (DRC tem sido identificada em um número crescente de pacientes e, dentre suas consequências, encontra-se a anemia. Objetivo: Verificar a ocorrência de anemia em pacientes com DRC que realizavam hemodiálise em um hospital da Região Sul, Brasil, bem como seu perfil laboratorial renal e de ferro. Métodos: Realizou-se estudo retrospectivo descritivo analítico. Foram analisados 45 prontuários com resultados de exames desde o início do tratamento hemodialítico até nove meses após. Resultados: Mais de 50,0% dos pacientes apresentava hipertensão arterial e diabetes e 68,8% era do gênero masculino. A anemia esteve presente em 97,8% dos pacientes e foi tratada com eritropoetina e/ou ferro. No período avaliado, ocorreu aumento nas medianas dos níveis de hemoglobina (p < 0,001, hematócrito (p < 0,001, ferritina, creatinina (p < 0,001 e ureia pré (p = 0,039. A saturação de transferrina estava baixa em 35,6% dos pacientes após aproximadamente um ano de tratamento hemodialítico. Houve correlação entre creatinina e ureia, ambas elevando-se. Conclusão: Após a Introdução de tratamento para anemia, ocorreu aumento dos níveis plasmáticos de hemoglobina e melhora do quadro, ainda que sem normalização completa desses níveis.

  15. Carcinoma de células escamosas em língua pós-transplante de medula óssea por Anemia de Fanconi Squamous cell carcinoma of the tongue due to Fanconi's Anemia after bone marrow transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Pasquini

    2003-01-01

    Full Text Available Anemia Fanconi (AF é uma síndrome autossômica recessiva, caracterizada por pancitopenia progressiva com hipoplasia de MO, em associação com várias anormalidades constitucionais, tendo como único recurso terapêutico com possibilidade potencial de cura o transplante de medula óssea, e sendo tais pacientes propensos ao desenvolvimento de malignidades hematológicas e carcinoma de células escamosas (CEC em diversos locais: reto, vagina, cérvice, esôfago, cavidade bucal, faringe ou pele, mas especialmente em cabeça e pescoço. Relatamos aqui três casos de pacientes portadores de AF, que após TMO desenvolveram CEC em língua. Além disso, mencionamos fatores de risco relatados para tal evento, como diagnóstico de AF, condicionamento pré-transplante (quimioterápicos e irradiação, terapia com drogas imunossupressoras para tratamento de doença enxerto contra hospedeiro (DECH aguda ou crônica, sexo e idade avançada. Além do que, discorremos sobre a existência de três mecanismos postulados que predispõem indivíduos com AF ao desenvolvimento de neoplasia: (1 defeito na reparação do DNA; (2 defeito na detoxificação de radicais de oxigênio; e (3 imunodeficiência.Fanconi's Anemia, first described in 1927, is a rare autonomic recessive disease characterized by progressive pancytopenia, congenital malformations, spontaneous or chemically induced chromosome breakage and increased incidence of leukemia and other cancers. The onset of bone marrow hypoplasia and its hematological manifestations is usually in the 3 - 7 year age range. The disease has traditionally been managed clinically through administration of blood products, treatment of infections and prolonged administration of androgens, growth factors and more recently with gene therapy. The value of bone marrow transplantation in correcting the hematological manifestations of Fanconi's anemia has been established. Alkilanting agents and radiation have been utilized as a

  16. Fatores associados à concentração de retinol sérico em lactentes Factores asociados a la concentración de retinol sérico en lactantes Factors associated with the concentration of serum retinol in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Pereira Netto

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar os fatores associados à concentração de retinol em lactentes atendidos em serviço público de saúde. MÉTODOS: Estudo de corte transversal realizado com 101 crianças de 18 a 24 meses, atendidas no serviço público de saúde da área urbana da cidade de Viçosa. A análise da concentração de retinol no sangue venoso foi realizada por cromatografia líquida de alta eficiência. Para avaliação da prática alimentar, utilizou-se o recordatório de 24 horas. As entrevistas foram realizadas com os pais ou responsáveis pelas crianças em seus domicílios. Para avaliar as variáveis associadas ao retinol sérico, foi utilizada análise de regressão linear múltipla. RESULTADOS: Identificou-se 39,6% de prevalência da deficiência de vitamina A. Os fatores associados positivamente ao nível sérico de retinol foram tempo de escolaridade paterna e ingestão de proteína. Por outro lado, o número de moradores no domicílio e a idade da criança estiveram negativamente associados. CONCLUSÕES: A hipovitaminose A se apresenta como um problema de Saúde Pública entre os lactentes do município de Viçosa. Fatores socioeconômicos, dietéticos e biológicos se associam à deficiência da vitamina A na população infantil.OBJETIVO: Verificar los factores asociados a la concentración de retinol en lactantes atendidos en el servicio público de salud del área urbana de la ciudad de Viçosa (Minas Gerais, Brasil. MÉTODOS: Estudio de corte transversal realizado con 101 niños, de 18 a 24 meses, atendidos en el servicio de salud del área urbana de la ciudad de Viçosa. El análisis de la concentración de retinol en la sangre venosa fue realizado por cromatografía líquida de alta eficiencia. Para evaluación de la práctica alimentar, se utilizó el recordatorio de 24 horas. Las entrevistas fueron realizadas con los padres o responsables de los niños en sus domicilios. Para evaluar las variables asociadas al retinol s

  17. Variabilidade do risco do tempo de permanência ajustado para lactentes de muito baixo peso ao nascer entre centros da Neocosur South American Network

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Marshall

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Desenvolver um modelo de predição para o tempo de permanência hospitalar (TPH em lactentes de muito baixo peso ao nascer (MBPN e comparar esse resultado entre 20 centros de uma rede neonatal, visto que o TPH é utilizado como uma medida da qualidade da assistência em lactentes de MBPN. MÉTODOS: Utilizamos dados coletados prospectivamente de 7.599 lactentes com peso ao nascer entre 500 e 1.500 g no período entre os anos de 2001 a 2008. O modelo de regressão de Cox foi empregado para desenvolver dois modelos de predição: um modelo prévio com dados do nascimento e outro posterior, que acrescenta morbidades relevantes dos primeiros 30 dias de vida. RESULTADOS: A mediana do TPH estimado e ajustado a partir do nascimento foi de 59 dias; 28 dias depois do tempo de sobrevida de 30 dias. Houve uma alta correlação entre os modelos (r = 0,92. O TPH esperado e o TPH observado variaram bastante entre os centros, mesmo depois de correção para as morbidades relevantes após 30 dias. O TPH mediano (variação: 45-70 dias e a idade concepcional na alta hospitalar (variação: 36,4-39,9 semanas refletem uma variabilidade alta entre centros. CONCLUSÃO: Um modelo simples, com fatores apresentados no nascimento, pode predizer o TPH de um lactente de MBPN em uma rede neonatal. Observou-se uma variabilidade nos TPHs considerável entre unidades de terapia intensiva neonatal. Especulamos que os resultados sejam provenientes das diferenças entre as práticas dos centros.

  18. Sibilância no lactente: epidemiologia, investigação e tratamento Wheezing in infancy: epidemiology, investigation, and treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herberto José Chong Neto

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Realizar revisão de aspectos epidemiológicos, de investigação e tratamento da sibilância em lactentes. FONTES DOS DADOS: Foram avaliados os estudos disponíveis na base de dados MEDLINE utilizando os descritores "sibilosc, "lactentes", "diagnóstico", "tratamento" e "crianças", e estudos encontrados com a ferramenta Google utilizando o tema "Estudio Internacional de Sibilancias en Lactantes". SÍNTESE DOS DADOS: Foi observada globalmente grande variabilidade na prevalência de sibilância em lactentes. Os fatores associados à sibilância na infância diferem entre os centros. O tratamento de lactentes sibilantes ainda é controverso e depende de diagnóstico preciso. A história clínica e o exame físico são fundamentais para o diagnóstico. CONCLUSÕES: A padronização de método pode demonstrar dados relevantes sobre a epidemiologia e o tratamento da sibilância em nosso país para comparação entre os centros envolvidos.OBJECTIVE: To perform a review of the epidemiological aspects of investigating and treating wheezing in infants. SOURCES: A search was run on MEDLINE using the keywords "wheezing," "infants," "diagnosis," "treatment," and "children," and Google was also used to search for "Estudio Internacional de Sibilancias en Lactantes." SUMMARY OF THE FINDINGS: The prevalence of wheezing in infants varies greatly around the world. The factors associated with wheezing in infants are different at different research centers. Treatment of wheezing infants is still controversial and is dependent on a precise diagnosis. Clinical history and physical examination are fundamental to diagnosis. CONCLUSIONS: A standardized method could reveal data of relevance to the epidemiology and treatment of wheezing in Brazil and allow comparisons between different participating centers.

  19. Prevalência de anemia e níveis séricos de hemoglobina em adolescentes segundo estágio de maturidade sexual Prevalence of anemia and hemoglobin serum levels in adolescents according to sexual maturation stage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Brandão Mariath

    2006-12-01

    Full Text Available Durante a adolescência o crescimento acelerado promove um aumento nas necessidades nutricionais, inclusive de ferro, tornando os adolescentes um grupo de risco nutricional. O presente estudo objetivou avaliar a prevalência de anemia e os níveis séricos de hemoglobina de acordo com o estágio de maturidade sexual em uma amostra representativa composta por 272 adolescentes matriculados em escolas da rede municipal de ensino de Balneário Camboriú-SC. A auto-avaliação da maturidade sexual foi realizada segundo os critérios de Tanner (1962. Os níveis sangüíneos de hemoglobina foram medidos através do sistema HemoCue® e o diagnóstico de deficiência de ferro foi baseado no critério proposto pela Organização Mundial de Saúde (2001. Foram consideradas significativas as diferenças ao nível de pAccelerated growth spurt during adolescence leads to increased nutritional requirements, including iron, therefore posing a nutritional risk to adolescents. The present study aimed to assess the prevalence of anemia and hemoglobin serum levels according to the sexual maturation stage in a representative sample comprised of 272 adolescents enrolled in public schools in Balneário Camboriú, SC. Self-assessment of sexual maturation was carried out according to criteria defined by Tanner (1962. Hemoglobin serum levels were measured through the HemoCue® system and the diagnosis of iron deficiency was based on the cut off points proposed by the World Health Organization (2001. Differences were considered significant at the level of p<0.05. We found a prevalence of 31.2% of anemia without significant differences between genders. Hemoglobin serum levels were significantly higher in boys (p=0.044 than in girls. We did not find significant differences between mean hemoglobin levels of girls who had reached menarche and the ones who had not. There was no statistical association between the presence of anemia and sexual maturation stages of adolescents

  20. Validação e reprodutibilidade de sinais clínicos no diagnóstico de anemia em crianças Validity and reproductibility of the clinical signs for the diagnosis of anemia in children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Pedrosa Leal

    2005-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a validade e reprodutibilidade dos sinais clínicos (palidez palmar e conjuntival no diagnóstico de anemia em crianças de 6-23 meses, no Nordeste do Brasil, por meio de estudo transversal com amostra de 421 crianças, realizado nos ambulatórios de pediatria e puericultura do Instituto Materno Infantil de Pernambuco. Os sinais clínicos foram avaliados por dois examinadores. A reprodutibilidade foi avaliada pelo coeficiente de kappa e a validação (sensibilidade e especificidade foi realizada utilizando-se a hemoglobina como padrão. Os sinais clínicos demonstraram baixa reprodutibilidade (kappa de 0,24-0,25. A maior sensibilidade para diagnosticar anemia (Hb This study aimed to assess the validity and reproducibility of clinical signs (palmar and conjunctival pallor in the diagnosis of anemia in children 6-23 months of age in Northeast Brazil. This was a cross-sectional study with a sample of 421 children in the child care and pediatric outpatient wards at the Mother and Child Care Institute of Pernambuco. Two examiners evaluated clinical signs using the Kappa coefficient, and validation (sensitivity and specificity was performed using hemoglobin as the standard. Clinical signs demonstrated low reproducibility (kappa 0.24-0.25. The highest sensitivity for diagnosing anemia (Hb < 11g/dl and moderate/ severe anemia (Hb < 9g/dl, respectively, was provided by combining palmar and conjuntival pallor (39.7% and 53.5%, followed by palmar pallor alone (29.9% and 40.0%. The highest specificity was provided by palmar pallor in the child as compared to the mother (95.5% and 90.1%, Hb < 11g/dl and Hb < 9g/dl, respectively. Sensitivity of clinical signs was better in diagnosing moderate/severe anemia, especially when combining palmar and conjunctival pallor, suggesting that their utilization does not provide a good instrument for diagnosing mild anemia.

  1. Las anemias, sin anemia

    OpenAIRE

    Villamarin V., A.; Villamarin C., Maria José

    2011-01-01

    Estudiando las anemias idiopáticas, encontramos dos tipos: la anemia hipócroma megalocítica u enfermedad de Biermer y la anemia hipócroma microcítica o clorosis; en la mayoría de los casos estos dos tipos, se oponen por su figura hematológica, sus manifestaciones clínicas, su evolución y su terapéutica. La anemia de Biermer, tiene por remedio heroico el hígado a altas dosis; la segunda, el hierro en forma química. Pero debemos reconocer que ciertos síntomas son comunes a las anemias idiopátic...

  2. Acompanhamento do desenvolvimento da linguagem de lactentes de risco para surdez Follow-up of language development in infants with risk factors for hearing loss

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Maria Zaratini Fernandes

    2011-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o desenvolvimento da linguagem, de acordo com o gênero, idade gestacional e peso ao nascimento, aos quatro, oito e 12 meses, de lactentes que permaneceram em UTI Neonatal e que apresentaram um ou mais indicadores de risco para perda auditiva de aparecimento tardio. MÉTODOS: Estudo longitudinal de lactentes nascidos entre agosto de 2007 e julho de 2008 que, na UTI, apresentaram resultado normal no Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico, e que necessitaram de monitoramento audiológico e de linguagem, por apresentarem indicadores de risco para perda auditiva. Os lactentes foram avaliados no 4º, 8º e 12° meses de vida por meio da Escala de Aquisições Iniciais de Linguagem. RESULTADOS: Compareceram a todas as avaliações 87 lactentes e 60 (69% apresentaram como indicador de risco a permanência na UTI associada à hipertensão pulmonar. Na Escala de Aquisições Iniciais de Linguagem, nove lactentes apresentaram alterações aos quatro meses e 11 lactentes aos oito meses de idade. Aos 12 meses, 18 (20,6% lactentes apresentaram alteração e desses, cinco tiveram atraso nos meses anteriores. Os dados estatísticos demonstraram que resultados alterados aos quatro e oito meses podem predizer dificuldades nas respostas dos lactentes aos 12 meses. Houve o aparecimento de desvios transitórios no desenvolvimento da linguagem oral, normalizados na maioria dos casos. CONCLUSÃO: Deve-se realizar a avaliação de linguagem no primeiro ano de vida a fim de monitorar possíveis atrasos em lactentes com indicador de risco para surdez.PURPOSE: To compare language development, according to gender, gestational age and birth weight, at four, eight and 12 months of life, of infants who remained in the Neonate Intensive Care Unit, who presented at least one risk factor for hearing loss with delayed onset. METHODS: Longitudinal study of infants born between August 2007 and July 2008, who, in the Intensive Care Unit (ICU, showed

  3. Prevalência de tabagismo e consumo de bebida alcoólica em mães de lactentes menores de seis meses de idade Prevalence of smoking and alcohol consumption among mothers of infants under six months of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Del Ciampo

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer a prevalência de tabagismo e consumo de bebida alcoólica em mães de lactentes menores de seis meses de idade. MÉTODOS: Estudo transversal e descritivo com mães de crianças com idade entre zero e seis meses completos, matriculadas em programas de puericultura das Unidades Básicas de Saúde da cidade de Ribeirão Preto (SP, ligadas aos seis Centros de Saúde Escola da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Foi aplicado um questionário em que constavam informações como idade materna, grau de escolaridade, paridade, ocupação, tempo de aleitamento materno exclusivo e complementado, consumo de bebidas alcoólicas e cigarros e existência de algum tabagista no domicílio. RESULTADOS: Foram entrevistadas 504 mulheres; 324 (64,3% tinham algum contato com cigarro sendo 97 (19,2% tabagistas ativas, 142 (28,2% tabagistas passivas e 85 (16,8% tabagistas ativas e passivas. Dentre as 97 tabagistas ativas, 78 (80,4% estavam amamentando. Também estavam amamentando 118 (83,1% das 142 mães tabagistas passivas. Quanto às bebidas alcoólicas, 56 (11,1% mães responderam que as consumiam e, destas, 45 (80,3% estavam amamentando. Quinze (26,8% mães que consumiam bebidas alcoólicas também eram tabagistas. CONCLUSÕES: O estudo encontrou alta prevalência de mães com algum tipo de contato com tabagismo e que consumiam bebidas alcoólicas, sendo imprescindível investir na prevenção dessas práticas nos programas de assistência pré-natal e de puericultura.OBJECTIVE: To study the prevalence of smoking and alcoholic beverage consumption among mothers of infants under six months of age. METHODS: This is a descriptive cross-sectional study of mothers of all infants up to six months of age who were enrolled in child care programs at the Basic Care Units of Ribeirão Preto city, linked to the six Health Care Centers of Ribeirão Preto School of Medicine of São Paulo University, Brazil. Mothers answered

  4. Validação clínica do diagnóstico de enfermagem "Disposição para desenvolvimento melhorado do lactente"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Paula Magalhães Monteiro

    Full Text Available RESUMO Objetivo: realizar a validação clínica do diagnóstico de enfermagem "Disposição para desenvolvimento melhorado do lactente". Método: estudo transversal, desenvolvido no Centro de Saúde da Família, com 45 lactentes saudáveis. O instrumento de coleta de dados foi construído com base na literatura e validado por enfermeiros. Nele, continham as variáveis: sociodemográficas, gestacionais e obstétricas; perfil alimentar do lactente; avaliação das características definidoras do diagnóstico de enfermagem proposto. Resultados: todas as características definidoras obtiveram valores de sensibilidade elevados (>90%, valores preditivos positivos (>65%, valores preditivos negativos (>66%; entretanto, valores baixos de especificidade (0,50 na curva ROC, o que confere boa sensibilidade e especificidade. Conclusão: este estudo verifica os elementos estruturais do diagnóstico de enfermagem proposto como relevante no contexto clínico, o que justifica a necessidade de ser empregado na clientela infantil, tendo em vista sua contribuição para o aperfeiçoamento do cuidado em enfermagem.

  5. Associação entre doença renal e anemia em idosos atendidos em um centro se atenção integrada a melhor idade de Manaus (AM)

    OpenAIRE

    Matos, Miharu Maguinoria Matsuura [UNESP

    2013-01-01

    Em países em desenvolvimento, como o Brasil, idoso é o indivíduo com idade a partir de 60 anos. Esses indivíduos apresentam características próprias da idade devido a mudanças fisiopatológicas, dentre elas destaca-se a anemia e a disfunção renal. Sabe-se que as prevalências dessas alterações aumentam com o envelhecimento, entretanto, poucos estudos avaliaram a relação entre a insuficiência renal e anemia em idosos assintomáticos. Com o objetivo de se avaliar essa associação foram estudados 17...

  6. Efetividade da Estratégia Nacional para Alimentação Complementar Saudável na melhoria da alimentação complementar de lactentes em um município do Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosane Baldissera

    Full Text Available Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar a efetividade da Estratégia Nacional para Alimentação Complementar Saudável (ENPACS na melhoria da alimentação complementar no primeiro ano de vida em um município brasileiro. Trata-se de um estudo avaliativo de impacto, envolvendo 340 crianças com idades entre 6 e 12 meses, acompanhadas nas unidades básicas de saúde. Os desfechos avaliados foram prevalência do consumo de verduras, legumes, frutas e alimentos não saudáveis, e prevalência de alimentos com consistência adequada para a idade. A regressão de Poisson revelou que a ENPACS esteve associada a uma redução de 32% no consumo de refrigerante e/ou suco industrializado, 35% no de comidas industrializadas e 5% no consumo de alimentos não saudáveis. Não houve aumento no consumo de frutas, legumes, verduras e alimentos com consistência adequada para a idade. Conclui-se que o efeito positivo da estratégia foi parcial, mas que ela tem potencial de contribuir para a melhoria da alimentação infantil, haja vista sua efetividade na redução do consumo de alimentos não saudáveis.

  7. Carcinoma de células escamosas em língua pós-transplante de medula óssea por Anemia de Fanconi

    OpenAIRE

    Pasquini Ricardo; Neto José Z.; Medeiros Carlos R.; Bitencourt Marco A.; Bonfim Carmem M. S.; Moreira Vaneuza A.; Setúbal Daniela C.; Flowers Mary E. D.; Kupka Elcio; Araújo Marcos V.

    2003-01-01

    Anemia Fanconi (AF) é uma síndrome autossômica recessiva, caracterizada por pancitopenia progressiva com hipoplasia de MO, em associação com várias anormalidades constitucionais, tendo como único recurso terapêutico com possibilidade potencial de cura o transplante de medula óssea, e sendo tais pacientes propensos ao desenvolvimento de malignidades hematológicas e carcinoma de células escamosas (CEC) em diversos locais: reto, vagina, cérvice, esôfago, cavidade bucal, faringe ou pele, mas espe...

  8. Hemolytic anemia

    Science.gov (United States)

    Anemia - hemolytic ... bones that helps form all blood cells. Hemolytic anemia occurs when the bone marrow isn't making ... destroyed. There are several possible causes of hemolytic anemia. Red blood cells may be destroyed due to: ...

  9. Função pulmonar em portadores de anemia falciforme Función pulmonar en portadores de anemia falciforme Lung function in patients with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cássia Suzane V. Fonseca

    2011-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a função ventilatória por meio de espirometria, em escolares e adolescentes com anemia falciforme (AF, relacionando os achados a parâmetros clínicos e hematológicos. MÉTODOS: Foram avaliados portadores de AF de ambos os gêneros, a partir dos dez anos, clinicamente estáveis, sem intercorrências agudas, que foram submetidos à espirometria e avaliados quanto à saturação transcutânea de oxigênio, níveis de hemoglobina e contagem de leucócitos. Verificou-se a associação de alterações à espirometria com as características demográficas, clínicas e laboratoriais dos pacientes analisados. Para a análise estatística, aplicou-se o teste do qui-quadrado e o teste t para amostras não pareadas, sendo significante pOBJETIVO: Evaluar la función ventilatoria, mediante espirometria, en escolares y adolescentes con Anemia Falciforme (AF, relacionando los hallazgos a parámetros clínicos y hematológicos. MÉTODOS: Fueron evaluados portadores de AF de ambos géneros, a partir de los 10 años, clínicamente estables, fuera de complicaciones agudas, que fueron sometidos a la espirometria y tuvieron verificados la saturación transcutánea de oxígeno, los niveles de hemoglobina y el recuento de leucocitos. Se verificó la asociación de alteraciones a la espirometria con las características demográficas, clínicas y laboratoriales de los pacientes analizados. Para el análisis estadístico, se usó el chi cuadrado y la prueba t para muestras no pareadas, siendo significante pOBJECTIVE: To evaluate the pulmonary function in children and adolescents with sickle cell disease (SCD and to associate the findings with clinical and hematologic characteristics of the studied population. METHODS: Male and female SCD patients with ten or more years old, clinically stable and without acute clinical problems were tested by spirometry. At that time, total pulse oximetry values, hemoglobin and total white blood cell count were

  10. Fatores associados a anemia por deficiência de ferro em crianças pré-escolares brasileiras Factors associated with iron deficiency anemia in Brazilian preschool children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos A. N. de Almeida

    2004-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar fatores determinantes de anemia e deficiência de ferro em crianças de duas creches da cidade de Pontal, sudeste do Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal foi realizado avaliando-se 192 crianças com idades entre 12 e 72 meses. Dados pessoais (idade, sexo, uso de ferro medicamentoso, duração do aleitamento materno, tipo de parto, cuidados pré-natais, peso e estatura e dados socioeconômicos (número de co-habitantes, escolaridade dos pais e renda per capita familiar foram obtidos e correlacionados com hemoglobina, receptores de transferrina, ferritina e anemia ferropriva. RESULTADOS: A idade foi a variável mais afetada pelo estado nutricional de ferro, correlacionando-se com maiores valores de hemoglobina e ferritina e menores valores de receptor de transferrina, sendo que menos anemia ferropriva foi detectada quanto maior a idade. As outras variáveis estudadas não apresentaram correlação com o estado nutricional de ferro. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que as estratégias de controle para essa população de crianças pré-escolares devem ser direcionadas especialmente para aquelas de menor idade.OBJECTIVE: To examine the determining factors of anemia and iron deficiency in children attending two day care centers in the town of Pontal, southeast of Brazil. METHODS: Cross-sectional study was conducted in 192 children aged 12 to 72 months. Personal data (age, sex, use of medicinal iron supplements, duration of breast-feeding, type of delivery, prenatal care, weight, and height, and socioeconomic data (number of co-inhabitants, parental schooling, and per capita family income were obtained and evaluated together with hemoglobin, serum transferrin receptor, ferritin, and iron deficiency anemia. RESULTS: Age was the variable that most affected iron nutritional status, with higher hemoglobin values, lower transferrin receptor concentrations, higher ferritin values and lower iron deficiency anemia being detected with increasing

  11. Informação genética na mídia impressa: a anemia falciforme em questão Genetic information in the written media: sickle cell anemia at issue

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Debora Diniz

    2006-12-01

    Full Text Available O artigo analisa o discurso da mídia sobre a anemia falciforme. O objetivo é conhecer e analisar o conteúdo das mensagens veiculadas pela mídia impressa sobre a anemia falciforme, doença genética mais prevalente no País. Foram analisadas todas as matérias publicadas sobre o tema da anemia falciforme, entre 1998 e 2002, nos jornais A Tarde (BA, 41 matérias e Folha de S. Paulo (SP, 25 matérias. Para a análise foram selecionadas quatro variáveis: a prevenção, a conscientização do risco, o aconselhamento genético e o recorte racial da doença. A análise das matérias identificou um forte apelo preventivo que acompanha as informações sobre anemia falciforme. O tema da prevenção em genética traz uma série de desafios éticos, em especial dada a impossibilidade legal de interrupção da gestação em casos de diagnóstico de anemia falciforme no feto, o que faz com que haja uma ênfase nos cuidados reprodutivos pré-concepção. No caso da anemia falciforme, a pesquisa mostra ainda que há um apelo no sentido de chamar as pessoas a identificar a doença e buscar atendimento especializado. Mas há também a ênfase na idéia de que as pessoas informadas podem contribuir para prevenir o avanço da doença. Mediar essa tênue fronteira entre prevenção e reconhecimento das liberdades individuais pode ser considerado um desafio não só para a saúde pública, mas também para os meios de comunicação.This article examines the strategies used by the media to approach and disseminate information about the most prevalent genetic disease in Brazil, sickle cell anemia. In this investigation we analyzed all articles on this matter published between 1998 and 2002 in two newspapers: A Tarde (State of Bahia, 41 articles and Folha de S. Paulo (State of São Paulo, 25 articles. We selected four variables: prevention, risk awareness, genetic counseling and the racial dimension of the disease. The results revealed that the national media were

  12. Anestesia venosa total (AVT em lactente com doença de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Anestesia general intravenosa (AVT en lactante con enfermedad de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Total intravenous anesthesia (TIVA in an infant with Werdnig-Hoffmann disease: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio Cardoso de Resende

    2010-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A doença de Werdnig-Hoffmann é a causa mais comum de hipotonia no lactente e quando presente logo após o nascimento tem pior prognóstico. Fraqueza muscular simétrica, arreflexia e fasciculações da língua são característicos. A maioria dos lactentes morre antes dos dois anos por insuficiência respiratória. O presente relato apresenta um caso com técnica venosa total durante anestesia. RELATO DO CASO: Paciente feminina, branca, um ano, 10 kg, estado físico ASA III, com doença de Werdnig-Hoffmann diagnosticada desde os dois meses de idade. Candidata à gastrostomia e fundogastroplicatura na técnica aberta e traqueostomia. Monitorização com cardioscópio, pressão arterial não invasiva, oxímetro de pulso, estetoscópio precordial e temperatura retal após venóclise. Foi préoxigenada e após bolus de atropina (0,3 mg foi realizada indução anestésica com remifentanil bolus (20 µg e propofol (30 mg. Após intubação traqueal foi ventilada de forma controlada manual, em sistema sem absorvedor de CO2, Baraka (sistema Mapleson D, FGF de 4 L.min-1, FiO2 0,5 (0(2/N(20. Mantida sob anestesia com propofol 250 µg.kg-1.min-1 e remifentanil 0,3 µg.kg-1.min-1 em infusão contínua manual. O tempo cirúrgico foi de 150 minutos. O despertar ocorreu 8 minutos após o término da infusão, com ventilação espontânea. Duas horas depois foi transferida para unidade pediátrica e recebeu alta hospitalar no 4º dia de pós-operatório. CONCLUSÕES: A escolha da técnica anestésica prioriza a segurança que advém da familiaridade do manuseio dos fármacos existentes. Em crianças com doenças neuromusculares, a anestesia venosa total com remifentanil e propofol em sistemas de infusão, pela duração de ação extremamente curta, pode influenciar a evolução da doença favoravelmente.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La enfermedad de Werdnig-Hoffmann es la causa más común de hipotonía en el lactante y cuando est

  13. Anemia ferropriva em crianças do município de São Paulo Iron deficiency anaemia in children from the City of S. Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dirce M. Sigulem

    1978-06-01

    Full Text Available Em uma amostra de crianças do município de São Paulo, com idade variando de 6 a 60 meses foi estudada a prevalência de anemia, suas relações com a renda familiar em salários mínimos per capita, com a idade da criança e com a escolaridade materna. Foi também estudada a dieta dessas crianças no que tange sua adequação em ferro de origem animal e vegetal, complementando o estudo com prova terapêutica em uma pequena amostra. Concluiu-se que a anemia observada foi do tipo ferropriva, ocorrendo mais freqüentemente entre crianças menores de 2 anos e em crianças pertencentes a famílias de baixa renda. Em função dos achados os autores recomendam, particularmente, o uso profilático de sulfato ferroso durante o primeiro ano de vida no sentido de suplementar ferro uma vez que a dieta própria para a idade, pobre neste nutriente, é o fator básico para o aparecimento da anemia. Chamam também a atenção para a utilização de técnicas simplificadas para o diagnóstico precoce da anemia ferropriva, como rotina de serviço principalmente em crianças menores de 2 anos.In children from the City of S. Paulo, with ages between 6 and 60 months, anaemia related, to age, family income and mother schooling background were studied. Also, iron adequacy in the diet was compared with recommended dietary allowances for this nutrient and, finnaly, a small group received iron sulfate as a therapeutic test. The authors concluded that anaemia was of the iron deficiency type, mainly, more prevalent in children below 2 years old coming from low income families. To conclude, they recommend the profilatic use of iron sulfate for children during the first years of life and call attention to simplified technical methods for early diagnosis of anaemia to be used, as routine, in medical care of children under 2 years of age.

  14. Quadro seroproteico como auxílio diagnóstico na anemia hemolítica imunomediada em cães Serum proteic profile as diagnosis aids in immune-mediated hemolytic anemia in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Mendes Pereira

    2010-04-01

    Full Text Available No presente protocolo experimental, determinaram-se os proteinogramas séricos, por intermédio da eletroforese em gel de poliacrilamida contendo duodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE, de 120 cães com raças e idades variadas e atendidos junto ao Hospital Veterinário "Governador Laudo Natel" da FCAV/Unesp, com o objetivo principal de comparar diferentes frações seroproteicas em estados anêmicos regenerativos, arregenerativos, imunomediados primários e secundários. Os referidos animais foram distribuídos em cinco grupos experimentais: grupo 1: 20 cães de controle; grupo 2: 28 cães com anemia regenerativa não imune; grupo 3: 27 cães com anemia arregenerativa não imune; grupo 4: 10 cães com anemia hemolítica imunomediada primária; grupo 5: 35 cães com anemia hemolítica imunomediada secundária. A técnica SDS-PAGE permitiu o fracionamento de 24 proteínas, cujos pesos moleculares (PM variaram de 18.000 a 165.000 daltons (Da. Os cães com AHIM primária e secundária apresentaram 24 frações proteicas em seus traçados eletroforéticos, enquanto que cães de controle (1 e portadores de anemia regenerativa (2 e arregenerativa (3 de natureza não imune apresentaram 23 frações de proteínas, cuja proteína de peso molecular 68.000Da não foi encontrada. Dessa forma, 23 frações proteicas foram detectadas e revelaram-se comuns aos proteinogramas dos cães de controle e daqueles dos quatro grupos experimentais. Destas, identificaram-se nominalmente 11 frações proteicas, e as demais foram estudadas com base nos seus respectivos pesos moleculares. Em relação aos cães de controle, os anêmicos (grupos 2, 3, 4 e 5 apresentaram maiores concentrações de transferrina sérica e entre estes os animais portadores da AHIM primária. Todos os cães anêmicos apresentaram teores séricos de haptoglobina e fosforilase significativamente maiores que os controles, enquanto que a concentração sérica de ceruloplasmina foi significativamente

  15. Adesão à antibioticoterapia profilática em crianças com anemia falciforme: um estudo prospectivo Compliance with antibiotic prophylaxis in children with sickle cell anemia: a prospective study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enio Latini Bitarães

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a adesão a antibiótico profilático em crianças com anemia falciforme. MÉTODOS: Estudo prospectivo de 108 crianças (idade entre 3 meses e 4,5 anos, 45% masculino seguidas por 15 meses no Hemocentro de Belo Horizonte. Avaliou-se a adesão por meio de três entrevistas com cuidadores, análise de prontuário médico e atividade antibacteriana em uma amostra de urina em 81 crianças. Os antibióticos foram dispensados gratuitamente. RESULTADOS: Penicilina foi usada em 106 casos (maioria via oral, e eritromicina, dois casos. O antibiótico foi detectado na urina de 56% das crianças; 48% dos cuidadores afirmaram nas entrevistas que nenhuma dose deixou de ser administrada; em 89% dos prontuários médicos, não se registrou falha de adesão. Considerando-se aderente a criança que não apresentasse falhas em nenhum ou em apenas um dos métodos, a taxa de adesão foi de 67%. O grau de concordância entre os três métodos para medir a adesão foi baixo. Não se demonstrou qualquer associação entre a taxa de adesão e o gênero, estado nutricional, renda familiar per capita, nível educacional dos cuidadores ou número de membros da família. CONCLUSÕES: A taxa de adesão à antibioticoterapia profilática foi baixa quando avaliada por meio de questionários e testes urinários, e superestimada quando avaliada pela consulta ao prontuário médico. A adesão deve ser preferencialmente avaliada por vários métodos, pois sua mensuração é complexa. Os resultados do presente estudo sugerem a necessidade de programas educacionais abrangentes para os profissionais de saúde, para as famílias e crianças portadoras de anemia falciforme.OBJECTIVE: To prospectively assess compliance with antibiotic prophylaxis among children with sickle cell anemia. METHODS: A total of 108 children (aged 3 months to 4½ years, 45% male were recruited from the Hematology Center in Belo Horizonte, Brazil, and followed up for 15 months. Data on

  16. Prevalência e fatores associados à anemia em gestantes da região semi-árida do Estado de Alagoas Prevalence and factors associated with anemia in pregnant women from the semiarid region of Alagoas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Haroldo da Silva Ferreira

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: determinar a prevalência e fatores de risco associados à anemia em gestantes da região semi-árida de Alagoas. MÉTODOS: estudo de caráter transversal envolvendo amostra (n=150 obtida, considerando a prevalência estimada pela Organização Mundial da Saúde de 52%, com erro de 8% e intervalo de confiança de 95%. O processo de amostragem foi realizado em três estágios: 15 dentre os 38 municípios da região, quatro setores censitários por município e 24 domicílios por setor. Nestes, eram elegíveis todas as gestantes residentes, das quais se coletaram dados socioeconômicos, demográficos, antropométricos e de saúde. A anemia foi identificada por um nível de hemoglobina PURPOSE: to determine the prevalence and risk factors associated to anemia in pregnant women from the semiarid region of Alagoas, Brazil. METHODS: transversal study comprising a sample (n=150 obtained taking into consideration the prevalence estimated by World Health Organization of 52%, an error of 8% and a confidence interval of 95%. Sampling has been done in three stages: 15 towns among the 38 in the region, four census sectors by town and 24 residences by sector. All the resident pregnant women were eligible, and their socio-economic, demographic, anthropometric and health data have been collected. Anemia was identified at the <11 g/dL hemoglobin level (Hemocue®, and its association with risk factors, tested by multiple linear regression analysis. RESULTS: anemia prevalence was 50%. Seventy eight per cent of the pregnant women were under pre-natal care. From those, 79.3% were in the second or third trimester of gestation. Nevertheless, only 21.2% of them were taking iron supplementation. Variables (p<0.05 independently associated with anemia (anemic versus not-anemic pregnant women were: larger number of family members (4.5±2.3 versus 4,3±2.3; p=0.02, lower age group of the pregnant woman (23.9±6.3 versus 24.7±6.7; p=0.04, or of her partner (34.5

  17. Anemia Due to Excessive Bleeding

    Science.gov (United States)

    ... Anemia Vitamin Deficiency Anemia Anemia of Chronic Disease Aplastic Anemia Autoimmune Hemolytic Anemia Sickle Cell Disease Hemoglobin C, S- ... Anemia Vitamin Deficiency Anemia Anemia of Chronic Disease Aplastic Anemia Autoimmune Hemolytic Anemia Sickle Cell Disease Hemoglobin C, S- ...

  18. ANEMIA GESTACIONAL: PREVALÊNCIA E ASPECTOS NUTRICIONAIS RELACIONADOS EM PARTURIENTES DE UM HOSPITAL PÚBLICO DO SUL DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Winkel ELERT

    2013-08-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi verificar a prevalência de anemia em parturientes de um hospital universitário do sul do Brasil, e a associação entre anemia, realização de pré-natal, uso de suplementos ferrosos e hábitos alimentares. Estudo de delineamento transversal com 157 parturientes do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas. Foi utilizado o hemograma feito rotineiramente pelo hospital e consideradas anêmicas as gestantes com valores de hemoglobina menores que 11g/dL. Foram obtidas informações socioeconômicas, demográficas, de pré-natal e alimentação através de questionário padronizado. O pré- -natal foi realizado por 98,1% das gestantes, tendo 81,2% iniciado o acompanhamento no primeiro trimestre. A suplementação de ferro foi utilizada por 83,4%, sendo que 92,4% fizeram uso diário. O abandono precoce da suplementação de ferro foi relatado por 38,2%, tendo como principal motivo iniciativa própria. A prevalência de anemia foi de 14,7%, e as anêmicas apresentaram hemoglobina signi- ficativamente menor que as não anêmicas. Não houve associação significativa entre anemia e realização de pré-natal, uso de suplementos e hábitos alimentares. A prevalência de anemia gestacional foi aquém da estimada para o Brasil, possivelmente devido à quase universalidade do pré-natal e ao alto índice de uso de suplementação de ferro.

  19. Eficácia e toxicidade da hidroxiuréia em crianças com anemia falciforme Effectiveness and toxicity of hydroxyurea in children with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle C. Silva

    2006-06-01

    Full Text Available A anemia falciforme é uma doença genética caracterizada pelo alto índice de morbimortalidade, considerada como a mais grave entre as doenças falciformes. As opções terapêuticas mais eficazes atualmente disponíveis para tratamento desta hemoglobinopatia são transplante de medula óssea (TMO e hidroxiuréia (HU. O TMO apesar de ser a medida curativa é considerado de alto risco por apresentar diversos graus de complicações e significativo nível de mortalidade. O uso de HU em crianças portadoras de anemia falciforme tem proporcionado redução de complicações clínicas e aumento significativo na expectativa de vida, por promover elevação dos níveis de hemoglobina fetal, da concentração de hemoglobina e do VCM, bem como redução da hemólise e de eventos vaso-oclusivos. Desse modo, a HU é considerada como melhor opção terapêutica atualmente disponível. Porém, por ser apontada como droga potencialmente carcinogênica, há questionamentos quanto aos benefícios e toxicidades quando utilizada por longo período. Este trabalho teve como proposta, avaliar por meio da revisão literária, os riscos, benefícios e efeitos adversos da hidroxiuréia em crianças.Sickle cell anemia is a genetic disease characterized by a high morbimortality rate, it is considered as the most serious among all sickle cell diseases. The most effective therapeutic options available nowadays for the treatment of this hemoglobinopathy are bone morrow transplantation (BMT and hydroxyurea (HU. BMT is considered a high risk procedure due to the different complications and significant mortality rates. The use of HU for children with sickle cell anemia has reduced the clinical complications and given a significant increase in life expectancy by augmenting the fetal hemoglobin levels and hemoglobin concentrations and reducing cytomegalovirus, as well as reducing hemolysis and vaso-occlusive events. Thus, HU is considered the best therapeutic option currently

  20. Anemia em gestantes de municípios das regiões Sul e Centro-Oeste do Brasil Anemia en mujeres enbarazadas de ciudades de regiones Sur y Centro-Oeste de Brasil Anemia in pregnant women from two cities in the South and Mid-West Regions of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Fujimori

    2009-12-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar a distribuição da anemia em gestantes da rede básica de saúde de dois municípios, na região Sul e Centro-Oeste do Brasil. Estudo transversal retrospectivo e descritivo desenvolvido a partir de dados de prontuários de 954 e 781 gestantes em Cuiabá-MT e Maringá-PR, respectivamente. Coletaram-se dados de caracterização sociodemográfica, de pré-natal e indicadores sociais. Foram consideradas anêmicas, as mulheres com hemoglobina inferior a 11g/dL. A desigualdade social existente entre os municípios foi evidente. Gestantes atendidas em Cuiabá-MT apresentavam características sociodemográficas significativamente mais precárias. A prevalência de anemia era significativamente maior e valores médios de hemoglobina menores em Cuiabá-MT, independentemente da idade gestacional. Encontrou-se associação dos níveis de hemoglobina com a idade, situação conjugal, número de gestações anteriores, estado nutricional e trimestre gestacional. As diferenças regionais na ocorrência da anemia gestacional são socialmente determinadas, o que deve ser considerado nas propostas de intervenção em saúde coletiva.Se analizó la distribución de anemia en mujeres embarazadas asistidas en servicios básicos de salud de dos ciudades de las regiones Sur y Centro-Oeste de Brasil. Estudio transversal retrospectivo y descriptivo. Se usó datos de registros médicos de 954 y 781 embarazadas de Cuiabá-MT y Maringá-PR, respectivamente. Se recopilaron datos sobre características sociodemográficas, atención prenatal e indicadores sociales. Hemoglobina-HbWe aimed to analyze anemia distribution in pregnant women who were attending health services in two cities in the South and Mid-West Regions in Brazil. This is a retrospective cross-sectional study developed from 954 and 781 medical records data in Cuiabá-MT and Maringá-PR. We collected data of social and demographic features as well as pre-natal care. Women who presented

  1. Influência do nível de habilidade e posição corporal no alcance de lactentes Influence of skill level and body position on infants’ reaching

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RP Carvalho

    2008-06-01

    Full Text Available CONTEXTUALIZAÇÃO: Embora o desenvolvimento do alcance em diferentes posições corporais tem sido amplamente estudado, há poucas pesquisas sobre este assunto, considerando o nível de habilidade do lactente. Objetivo: Verificar como as posições corporais afetam os ajustes proximais e distais do alcance manual de lactentes de quatro a seis meses. MATERIAIS E MÉTODOS: Dez lactentes classificados como menos (n=6 e mais habilidosos (n=4 foram avaliados no mês de aquisição do alcance (M1 e após um mês de prática espontânea (M2, nas posições supina (0º, reclinada (45º e sentada (70º. Foram analisados os ajustes proximais (alcances uni ou bimanuais e distais (mão aberta, semi-aberta ou fechada, posição das mãos no início do movimento (perto ou longe do corpo e movimentos de preensão. RESULTADOS: Houve predomínio de alcances unimanuais para os lactentes mais habilidosos. Os lactentes menos habilidosos apresentaram maior freqüência de alcances unimanuais em M1 (sentado e M2 (supino e sentado. Houve predomínio de alcances com as mãos semi-abertas, exceto para lactentes mais habilidosos em M2 na posição reclinada. Lactentes menos habilidosos apresentaram mãos próximas ao corpo em M1 (reclinado e sentado e M2 (reclinado, enquanto os mais habilidosos iniciaram seus alcances com as mãos longe do corpo em M2 (supino. Lactentes mais habilidosos fizeram mais alcances seguidos de preensão em M2 nas posições supina e sentada. CONCLUSÕES: A posição corporal afeta os ajustes proximais e distais do alcance, de acordo com o nível de habilidade do lactente.BACKGROUND: Although the development of reaching under different body position conditions has been widely studied, little research has addressed this issue considering the infant’s skill level. OBJECTIVE: To investigate how different body positions affect proximal and distal reaching adjustments among four to six-month-old infants. Methods: Ten infants classified as less (n

  2. Vacina difteria, tétano e pertussis acelular (dTpa na gravidez: prevenção da tosse convulsa no lactente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Amaral

    2015-09-01

    Full Text Available Introdução: Atualmente observa-se uma reemergência de tosse convulsa em países com elevadas coberturas vacinais, incluindo Portugal. Os lactentes com menos de três meses de idade constituem o grupo mais vulnerável. Novas estratégias vacinais têm sido propostas, entre as quais a vacinação no terceiro trimestre de gravidez. No entanto, a sua implementação é ainda limitada, existindo dúvidas quanto à sua eficácia e segurança. Objectivo: Rever a evidência quanto à eficácia e segurança da vacina difteria, tétano e pertussis acelular (dTpa administrada na gravidez na prevenção da tosse convulsa no lactente. Métodos: Foram pesquisadas normas de orientação clínica (NOC, revisões sistemáticas e estudos originais (EO na Medline, bases de dados de medicina baseada na evidência e sítios da Direção-Geral da Saúde e Sociedade Portuguesa de Pediatria. Utilizaram-se os termos MeSH pertussis vaccine e pregnancy e foram selecionados artigos publicados entre 01/07/09 e 15/07/2014 nas línguas portuguesa, inglesa e espanhola. Desenvolvimento: A maioria das NOC recomenda a vacinação de todas as grávidas no terceiro trimestre. Os EO mostram que a dTpa administrada na gravidez é eficaz no aumento da concentração de anticorpos anti-pertussis maternos e do lactente e na diminuição dos casos de doença e de hospitalizações em lactentes. A vacina não parece associar-se a aumento de efeitos adversos materno-fetais ou nas crianças. Conclusões: A vacinação com dTpa durante o terceiro trimestre de gravidez parece ser segura e eficaz na prevenção da tosse convulsa no lactente.

  3. Deficiências de micronutrientes em crianças e adolescentes com anemia falciforme: uma revisão sistemática Micronutrient deficiency in children and adolescents with sickle cell anemia: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pilar S. R. Mataratzis

    2010-01-01

    Full Text Available A anemia falciforme é a doença hemolítica crônica, de caráter hereditário mais comum no Brasil, sendo escassas as informações sobre o estado nutricional de micronutrientes em portadores dessa enfermidade no Brasil. Estudos internacionais vêm demonstrando correlação positiva entre deficiência de micronutrientes e evolução desfavorável da doença.O objetivo deste estudo foi realizar revisão sistemática sobre deficiência de micronutrientes em crianças e adolescentes com anemia falciforme.Foram selecionadas publicações nas bases científicas de dados Medline e Lilacs através do Pubmed e Scielo, disponíveis entre os anos de 1998 e 2008. Foram incluídas na análise as publicações realizadas com crianças e adolescentes portadores da forma homozigótica da doença (SS. A qualidade metodológica dos artigos foi avaliada segundo as recomendações de Strobe, sendo selecionados 11 estudos, sendo 2 transversais, 4 caso-controle e 5 de coorte, todos realizados nos Estados Unidos. A avaliação da concordância entre os avaliadores na classificação da qualidade dos artigos demonstrou ótima concordância (k = 1,00, com um total de 90,9% de trabalhos com classificação B. Para a maioria dos nutrientes estudados (vit. A, D, B6, folato, cálcio e zinco, observou-se estado nutricional desfavorável entre os portadores de anemia falciforme, à exceção do ferro e vitamina B12, cujos resultados revelaram baixo ou nenhum nível de inadequação, seja bioquímica ou dietética. Tal constatação reforça a necessidade do cuidado nutricional no manejo desses pacientes, garantindo qualidade de vida para os portadores da doença.Sickle cell anemia is a chronic hemolitic disease and very common in Brazil and there are few information about nutritional status of micronutrients in people with sickle cell anemia in this country. International studies have shown positive correlation between deficiency of micronutrients and worst evolution of

  4. Anemia em gestantes brasileiras antes e após a fortificação das farinhas com ferro Anemia en gestantes brasileñas antes y después de la fortificación de harinas con hierro Anemia in Brazilian pregnant women before and after flour fortification with iron

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Fujimori

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar prevalência de anemia e valores de hemoglobina (Hb em gestantes brasileiras, antes e após a fortificação das farinhas com ferro. MÉTODOS: Estudo de avaliação de painéis repetidos, desenvolvido em serviços públicos de saúde de municípios das cinco regiões brasileiras. Dados retrospectivos foram obtidos de 12.119 prontuários de gestantes distribuídas em dois grupos: antes da fortificação, com parto anterior a junho de 2004, e após a fortificação, com última menstruação após junho de 2005. Anemia foi definida como Hb OBJETIVO: Comparar prevalencia de anemia y valores de hemoglobina (Hb en gestantes brasileñas, antes y después de la fortificación de las harinas con hierro. MÉTODOS: Estudio de evaluación de paneles repetidos, desarrollado en servicios públicos de salud de municipios de las cinco regiones brasileñas. Datos retrospectivos se obtuvieron de 12.119 prontuarios de gestantes distribuidas en dos grupos: antes de la fortificación, con parto anterior a junio de 2004, y posterior a la fortificación, con última menstruación después de junio 2005. Anemia fue definida como HbOBJECTIVE: To compare prevalence of anemia and hemoglobin (Hb levels in Brazilian pregnant women before and after flour fortification with iron. METHODS: A repeated cross-sectional panel study of public health care centers of municipalities in the five Brazilian regions was conducted. Retrospective data were obtained from 12,119 medical records of pregnant women distributed in two groups: before fortification (delivery prior to June 2004 and after fortification (date of last period after June 2005. Anemia was defined as Hb<11.0 g/dl. Hb levels according to gestational age were assessed using two references from the literature. Statistical analysis was carried out using chi-squared tests, Student's t tests, and logistic regression, with a significance level of 5%. RESULTS: In the total sample, prevalence of anemia fell from

  5. Prevalência de anemia em crianças brasileiras, segundo diferentes cenários epidemiológicos Prevalence of anemia in Brazilian children in different epidemiological scenarios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Coeli da Silva Vieira

    2010-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo estimar a prevalência de anemia em crianças brasileiras segundo diferentes cenários epidemiológicos. Para isso, realizou-se uma revisão sistemática com metanálise dos resultados de estudos observacionais publicados nos últimos dez anos. A pesquisa de artigos foi efetuada nas bases do SciELO e PubMed, usando-se a palavra-chave "anemia" combinada com criança e Brasil. Após aplicação dos critérios de exclusão (artigos de revisão; anemia de etiologia não nutricional; diagnóstico não baseado no nível de hemoglobina (Hb7 anos; ausência de dados de prevalência; e não identificação do local de estudo, da amostra, da faixa etária e/ou do método diagnóstico, foram selecionados 35 artigos, posteriormente categorizados segundo a origem de suas amostras: creches/escolas n=8, serviços de saúde n=12, populações em iniquidades n=6 e estudos de base populacional n=9. Por meio de metanálise, calcularam-se a prevalência média de anemia ponderada pelos respectivos tamanhos amostrais e a razão de chances para um intervalo de confiança de 95%, assumindo-se a prevalência de estudos de base populacional como referência n=1 (CRC=1, e obtiveram-se os seguintes resultados, respectivamente: creches/escolas: 52,0%, 1,61 (1,5-1,8; serviços de saúde: 60,2%, 2,26 (2,1-2,4; populações em iniquidades: 66,5%, 2,96 (2,6-3,4 e estudos de base populacional: 40,1%, com pThis study aimed to estimate the prevalence of anemia in Brazilian children, according to different epidemiological scenarios. For this purpose, we carried out a systematic review with meta-analysis of the results of observational studies published in the last ten years. Articles were searched in the SciELO and PubMed databases using the keyword "anemia" combined with children and Brazil. After establishing the exclusion criteria (review article, anemia not of a nutritional etiology, diagnosis not based upon the level of hemoglobin (Hb<11g

  6. Púrpura trombocitopênica e anemia hemolítica auto-imune em pacientes internados com lúpus eritematoso sistêmico juvenil

    OpenAIRE

    Kim,Jochebed Kyoung; Facó,Mércia Maria Moreira; Lotito,Ana Paola Navarette; Liphaus,Bernadete Lourdes; Carneiro,Jorge David Aivazoglou; SILVA, Clovis Artur Almeida

    2007-01-01

    OBJETIVO: avaliar o comprometimento hematológico (CHE) em pacientes internados com lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ). MÉTODOS: durante o período de 1994 a 2005, ocorreram 195 internações de 77 pacientes com LESJ (critérios do Colégio Americano de Reumatologia) e foram acompanhadas pela Unidade de Reumatologia Pediátrica do Instituto da Criança - Universidade de São Paulo. Essas internações foram avaliadas com relação à presença de CHE inicial ou evolutivo: anemia hemolítica auto-imun...

  7. Prevalence of Anemia in Children Three to 12 Months Old in a Health Service in Ribeirão Preto, SP, Brazil La prevalencia de anemia en niños de 3 a 12 meses de vida en un servicio de salud de Ribeirão Preto, SP, Brasil Prevalência de anemia em crianças de 3 a 12 meses de vida em um serviço de saúde de Ribeirão Preto, SP, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Cristina Guerreiro dos Reis

    2010-08-01

    , quantitativo, recorte de um projeto multicêntrico, que verificou a prevalência de anemia em crianças de 3 a 12 meses, em um serviço de saúde em Ribeirão Preto, SP. Foram realizadas entrevistas e dosagem de hemoglobina de 121 crianças que participaram do estudo. Adotaram-se dois critérios internacionais como parâmetros de anemia, de acordo com a idade da criança. Para a análise dos dados foram utilizadas estatística descritiva, medidas de tendência central e associações. A prevalência de anemia nas 69 crianças de 3 a 5 meses foi de 20,2% e naquelas 52, de 6 a 12 meses, foi de 48%. A prevalência total de anemia foi de 32,2%. Encontrou-se associação significativa entre anemia e idade da criança e anemia e uso de leite de vaca fluido.

  8. Púrpura trombocitopênica e anemia hemolítica auto-imune em pacientes internados com lúpus eritematoso sistêmico juvenil Trombocytopenic purpura and autoimmune hemolytic anemia in hospitalized patients with juvenile systemic lupus erythematosus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jochebed Kyoung Kim

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o comprometimento hematológico (CHE em pacientes internados com lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ. MÉTODOS: durante o período de 1994 a 2005, ocorreram 195 internações de 77 pacientes com LESJ (critérios do Colégio Americano de Reumatologia e foram acompanhadas pela Unidade de Reumatologia Pediátrica do Instituto da Criança - Universidade de São Paulo. Essas internações foram avaliadas com relação à presença de CHE inicial ou evolutivo: anemia hemolítica auto-imune ou púrpura trombocitopênica. Todos os pacientes realizaram dois ou mais hemogramas. O diagnóstico de anemia hemolítica auto-imune (AHAI foi estabelecido pela queda acentuada dos níveis de hemoglobina (acima de 2 g/dl, reticulocitose, aumento de desidrogenase láctica (DHL, aumento de bilirrubina indireta e teste de Coombs positivo. As manifestações hematológicas associadas à infecção, neoplasia e anemia aplásica foram excluídas. RESULTADOS: o CHE ocorreu em 14 pacientes (18,9%, com 15 internações. Destes, 11 eram do sexo feminino, sete apresentaram púrpura trombocitopênica, cinco, anemia hemolítica auto-imune e dois, síndrome de Evans. O CHE, como manifestação inicial e isolada do LESJ, foi evidenciado em três pacientes. Todos os pacientes com púrpura trombocitopênica apresentaram sangramento cutâneo (petéquias e/ou equimoses. Todos estavam em atividade da doença e apresentavam simultaneamente outras manifestações do LESJ, particularmente nefrite e vasculite. Inicialmente, todos receberam pulsoterapia com metilprednisolona e, posteriormente, prednisona. Em três pacientes, o tratamento foi predominantemente realizado para controle das manifestações hematológicas, com gamaglobulina endovenosa. Os imunossupressores mais utilizados foram pulsoterapia endovenosa com ciclosfosfamida, ciclosporina e azatioprina. Óbito ocorreu em uma paciente por sangramento de sistema nervoso central. Nenhum paciente necessitou de

  9. Prevalência de anemia e insuficiência renal em portadores de insuficiência cardíaca não-hospitalizados Prevalencia de anemia e insuficiencia renal en portadores de insuficiencia cardiaca no hospitalizados Prevalence of anemia and renal insufficiency in non-hospitalized patients with heart failure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco José Farias Borges dos Reis

    2009-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: Insuficiência cardíaca (IC é uma doença comum com alta taxa de mortalidade. Anemia e insuficiência renal (IR são frequentemente encontradas em portadores de IC associadas com maior gravidade da doença cardíaca e pior prognóstico. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de anemia e insuficiência renal, bem como a associação entre esses dois quadros, em portadores de IC não hospitalizados. MÉTODOS: Foram observados pacientes acompanhandos na clínica de IC de um hospital universitário de julho de 2003 a novembro de 2006. Anemia foi definida como níveis de hemoglobina abaixo de 13 mg/dl para homens e de 12 mg/dl para mulheres. A função renal foi avaliada por meio da taxa de filtração glomerular (TFG, calculada pela fórmula simplificada do estudo MDRD (Modification of Diet in Renal Disease. RESULTADOS: Dos trezentos e quarenta e cinco pacientes incluídos neste estudo, 26,4% (n = 91 tinham anemia e 29,6% tinham insuficiência renal moderada a grave (TFG FUNDAMENTO: La insuficiencia cardiaca (IC es una enfermedad común con alta tasa de mortalidad. La anemia y la insuficiencia renal (IR, encontradas frecuentemente en portadores de IC, son asociadas a mayor severidad de la enfermedad cardiaca y peor pronóstico. OBJETIVO: Evaluar la prevalencia de anemia e insuficiencia renal, así como la asociación entre esos dos cuadros, en portadores de IC no hospitalizados. MÉTODOS: Se observaron a pacientes seguidos en la clínica de IC de un hospital universitario de julio de 2003 a noviembre de 2006. Se definió la anemia como niveles de hemoglobina abajo de 13 mg/dl para varones y de 12 mg/dl para mujeres. La función renal se evaluó por medio de la tasa de filtración glomerular (TFG, calculada por la fórmula simplificada del estudio MDRD (Modification of Diet in Renal Disease. RESULTADOS: Teniendo en cuenta los trescientos y cuarenta y cinco pacientes incluidos en este estudio, el 26,4% (n = 91 tenía anemia y el 29

  10. Formação do enfermeiro para detecção precoce de desvios psicomotores em lactentes - Fortaleza, estado do Ceará, Brasil - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v25i2.2230 Nurse formation for precocious detection of psychomotor deviations in suckling - Fortaleza, state of Ceará, Brazil - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v25i2.2230

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Teresa Moreno Valdés

    2003-04-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar a formação dos enfermeiros para detecção precoce dos desvios psicomotores em lactentes, os fatores que interferem na atuação profissional e elaborar um roteiro para subsidiá-lo. Trata-se de estudo exploratório-descritivo realizado em cinco Unidades do Programa de Saúde da Família (Fortaleza - CE. Foram entrevistados 17 enfermeiros que realizam consulta em puericultura. A coleta dos dados ocorreu de julho a outubro de 2001, por meio de observação e entrevista semi - estruturada. Os dados foram analisados, discutidos e apresentados por meio de Tabelas. Onze enfermeiros consideram-se despreparados para a detecção precoce de tais desvios. Os obstáculos apontados foram: falta de treinamento, tempo reduzido para aperfeiçoamento e carga horária excessiva de trabalho. Os enfermeiros sugerem aperfeiçoamento profissional, associado à melhoria das condições de trabalho e aquisição de material didático e audiovisual para implementação de programas preventivos. Conclui-se ser necessária a implementação de um plano com ações que capacitem o enfermeiro para a detecção precoce desses desvios.This paper aimed to identify nurses formation for precocious detection of psychomotor deviations in suckling, the factors that interfere in their performance and to make a proposal of a schedule to subsidize them. Exploratory-descriptive study was carried out in five Units of Family Health Program, in the city of Fortaleza, state of Ceará, Brazil. Seventeen nurses who had accomplished consultation in puericulture were interviewed. Data were collected from July to October 2001, through observation and semi-structured interview. The data were analyzed, debated, and presented through tables. Eleven nurses considered themselves unprepared for precocious identification of such deviations. The obstacles pointed were: insufficient training, reduced time to improvement and excessive work routine. The nurses suggest the

  11. PREVALÊNCIA DE ANEMIA, PERFIL COMPORTAMENTAL E ASPECTOS NUTRICIONAIS EM IDOSOS RESIDENTES DE CIDADE DE PEQUENO PORTE DO SUL DO BRASIL.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa CASTELACI

    2016-12-01

    Full Text Available A diminuição da capacidade fisiológica e o declínio funcional dos órgãos, associados ao aumento da expectativa de vida, tornam os idosos mais propensos ao desenvolvimento de doenças. A anemia é uma patologia comum nos idosos, associada a várias condições crônicas, com sintomas que podem ser confundidos pela própria idade. Com o objetivo de avaliar a prevalência de anemia e identificar fatores associados em idosos residentes no município de Nova Roma do Sul- RS, foi realizado um estudo transversal. A coleta de dados ocorreu entre março e agosto de 2016, através de visitas domiciliares para aplicação de questionários, que identificaram informações demográficas, comportamentais e alimentares. Foram mensuradas medidas antropométricas e amostras de sangue, para exames bioquímicos. Presença de anemia foi identificada a partir da concentração sanguínea de hemoglobina, seguindo os valores de referência estabelecidos pela OMS (<12g/dL mulheres, <13g/dL homens. Foram avaliados 294 idosos, onde a prevalência geral de anemia foi de 4,4%. Quando associados, os resultados com maior prevalência do desfecho foram: idade avançada (12,5%, não ter filhos (11,1%, dormir 9 horas ou mais (7,4%, diagnóstico de diabetes mellitus (13,0% e hipertensão arterial (7,4%, e o consumo elevado de alimentos gordurosos (9,0%. A regressão logística ajustada foi significativa para diagnóstico de diabetes mellitus e consumo elevado de alimentos gordurosos, apresentando respectivamente odds ratio de 7,97 (p=0,004 e 4,01 (p=0,043. A prevalência de anemia em idosos residentes de Nova Roma do Sul- RS foi baixa, no entanto, assim como outras doenças que acometem esta população, merece atenção clínica e tratamento adequado.

  12. Comportamento de lactentes nascidos a termo pequenos para a idade gestacional no primeiro trimestre da vida

    OpenAIRE

    2004-01-01

    O objetivo foi comparar o comportamento de lactentes nascidos a termo com peso adequado (AIG) a lactantes pequenos para a idade gestacional (PIG), no primeiro trimestre de vida. A amostra foi de 20 lactentes, avaliados no 1º, 2º e 3º meses. Foram utilizadas as Escalas Bayley de Desenvolvimento Infantil - II, com ênfase na Escala de Classificação do Comportamento (ECC). Houve diferença significativa entre os grupos no 2º mês, com maior número de lactentes PIG classificados como alterados na EC...

  13. Aplastic Anemia

    Science.gov (United States)

    Aplastic anemia is a rare but serious blood disorder. If you have it, your bone marrow doesn't make ... blood cells. There are different types, including Fanconi anemia. Causes include Toxic substances, such as pesticides, arsenic, ...

  14. Qualidade de sono e função pulmonar em adolescentes portadores de anemia falciforme clinicamente estáveis Quality of sleep and pulmonary function in clinically stable adolescents with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lisliê Capoulade Nogueira Arrais de Souza

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade de sono e função pulmonar em adolescentes portadores de anemia falciforme (AF, clinicamente estáveis. MÉTODOS: Estudo trasversal descritivo de 50 pacientes portadores de AF submetidos a polissonografia noturna e espirometria no Hospital Universitário de Brasília. Analisamos dados antropométricos, polissonográficos e de função pulmonar. Dividimos os pacientes em dois grupos segundo a saturação periférica de oxigênio (SpO2 em sono com movimentos oculares rápidos (MOR: SpO2 93%. Realizamos estatística descritiva, teste t de Student, qui-quadrado e correlação de Pearson. RESULTADOS: A média de idade foi de 13,9 ± 2,5 anos. O tempo total de sono e percentagem do sono em MOR estavam diminuídos; dois pacientes (4% não apresentaram sono MOR. Latência de sono MOR, número de despertares, movimentação em sono, mudança de estágio, índice de distúrbios respiratórios e índice de apnéia obstrutiva estavam aumentados. Entre os dois grupos, houve diferenças estatisticamente significativas na maioria das variáveis polissonográficas. A SpO2 em sono MOR correlacionou-se de forma forte e positiva com a SpO2 em vigília, bem como com a SpO2 em sono não-MOR; e correlacionou-se de forma forte e negativa com a percentagem do tempo total de sono em que a SPO2 foi OBJECTIVE: To evaluate quality of sleep and pulmonary function in clinically stable adolescents with sickle cell anemia (SCA. METHODS: A cross-sectional descriptive study involving 50 patients with SCA submitted to nocturnal polysomnography and spirometry at the Brasília University Hospital. Anthropometric, polysomnographic and pulmonary function data were analyzed. Patients were divided into two groups according to oxygen saturation by pulse oximetry (SpO2 during rapid eye movement (REM sleep: SpO2 93%. Descriptive statistics, Student's t-test, chi-square test and Pearson's correlation coefficient were used. RESULTS: Mean age was 13.9 ± 2

  15. Avian anemia's

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raukar Jelena

    2005-01-01

    Full Text Available This paper deals with avian anemia's classified by MCHC/MCV and with types of anemia's. Father hematological and immunological research is needed to secure information on hematological parameters in different avian species at their earliest age. Anemia is a common clinical finding in birds because the avian erythrocyte half - life is much shorter than the mammalian. Therefore anemia should be determined as soon as possible. Researchers should standardize hematological parameters for every single avian species.

  16. Recrudescência fatal de hipertermia maligna em lactente com síndrome de Moebius. Relato de caso Recrudescencia fatal de hipertermia maligna en lactante con el síndrome de Moebius. Relato de caso Fatal recrudescence of malignant hyperthermia in an infant with Moebius syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Regina Fernandes

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A hipertermia maligna (HM é uma desordem farmacogenética da musculatura esquelética, caracterizada por estado hipermetabólico após anestesia com succinilcolina e/ou agentes anestésicos voláteis. Várias síndromes neuromusculares estão associadas com susceptibilidade, no entanto a síndrome de Moebius não é descrita. O dantrolene é o fármaco de escolha para o tratamento. Recrudescência pode ocorrer em até 20% dos casos após o tratamento do evento inicial. RELATO DO CASO: Lactente, masculino, primeiro gemelar, sete meses, 6,5 kg. Portador da síndrome de Moebius. Internado para correção de pé torto congênito. Apresentou HM após exposição à sevoflurano e succinilcolina, prontamente revertida com dantrolene, sendo o fármaco mantido por 24 horas. Dez horas após a interrupção do dantrolene, houve recrudescência da HM, a qual não respondeu satisfatoriamente ao tratamento, evoluindo para óbito. DISCUSSÃO: Doenças musculoesqueléticas em crianças estão associadas a aumento de risco para desenvolvimento de MH, embora a síndrome de Moebius ainda não tenha sido descrita. O dantrolene é fármaco de eleição para o tratamento da síndrome, está indicada profilaxia durante as primeiras 24-48 horas do episódio inicial. Os principais fatores associados à recrudescência são: tipo muscular, longa latência após exposição anestésica e aumento da temperatura. A criança tinha apenas um fator de risco. Este caso nos remete à reflexão de que devemos estar atentos a crianças com doença musculoesquelético e que devemos manter o tratamento durante 48 horas.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La hipertermia maligna (HM es un trastorno farmacogenético de la musculatura esquelética, caracterizado por un estado hipermetabólico después de la anestesia con la succinilcolina y/o agentes anestésicos volátiles. Varios síndromes neuromusculares están asociados con la susceptibilidad, sin embargo el s

  17. Avaliação da importância da coloração de Perls na rotina de mielogramas de pacientes com anemia associada a uma ou mais citopenias em sangue periférico Evaluation of the importance of Perls stain in the routine testing of myelograms of patients with anemia associated with one or more peripheral blood cytopenias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nydia S. Bacal

    2005-06-01

    Full Text Available As síndromes mielodisplásicas (SMD são um grupo heterogêneo de doenças malignas das células-tronco hematopoéticas, classificadas segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS em: anemia refratária, anemia refratária com sideroblastos em anel, citopenia refratária com displasia de multilinhagens, anemia refratária com excesso de blastos, síndrome mielodisplásica inclassificável e sindrome mielodisplásica associada com anormalidade isolada do cromossomo 5q(del. Na anemia refratária com sideroblastos em anel observam-se hiperplasia e displasia eritróide com presença de 15% ou mais de sideroblastos em anel. Utilizamos neste estudo a coloração de Perls em esfregaços de medula óssea de pacientes com idade superior a 40 anos e que apresentavam uma ou mais citopenias no sangue periférico associada a anemia. Por tratar-se de técnica de manejo fácil e ágil sugerimos seu emprego em esfregaços de aspirado de medula óssea de pacientes que apresentem os achados laboratoriais acima, pois, dentre os casos analisados 18,7% apresentavam mais que 10 grânulos sideróticos circundando a terça parte ou mais do núcleo do precursor eritróide (sideroblasto em anel, sugerindo ao hematologista um possível diagnóstico de Síndrome Mielodisplásica com Sideroblastos em Anel (SMD-ARSA. Importante relatar que a grande maioria destes casos com aumento de sideroblastos em anel não foi encaminhada ao nosso serviço, com suspeita de SMD, e em somente um caso foi solicitada a realização da coloração de Perls.Myelodisplastic syndromes are a heterogeneous group of malignant haematopoietic stem cells. They are classified by the World Health Organization as refractory anemia, refractory anemia with ringed sideroblasts, refractory cytopenia with multilineage displasia, refractory anemia with excess of blast cells, unclassified myelodisplastic syndrome and myelodisplastic syndrome associated with a 5q chromosomal delection. Refractory anemia with

  18. Anemia em gestantes de municípios das regiões Sul e Centro-Oeste do Brasil Anemia en mujeres enbarazadas de ciudades de regiones Sur y Centro-Oeste de Brasil Anemia in pregnant women from two cities in the South and Mid-West Regions of Brazil

    OpenAIRE

    Elizabeth Fujimori; Ana Paula Sayuri Sato; Claudia Regina Marchiori Antunes Araújo; Taqueco Teruya Uchimura; Edirene da Silva Porto; Gisela Soares Brunken; Ana Luiza Vilela Borges; Sophia Cornbluth Szarfarc

    2009-01-01

    Objetivou-se analisar a distribuição da anemia em gestantes da rede básica de saúde de dois municípios, na região Sul e Centro-Oeste do Brasil. Estudo transversal retrospectivo e descritivo desenvolvido a partir de dados de prontuários de 954 e 781 gestantes em Cuiabá-MT e Maringá-PR, respectivamente. Coletaram-se dados de caracterização sociodemográfica, de pré-natal e indicadores sociais. Foram consideradas anêmicas, as mulheres com hemoglobina inferior a 11g/dL. A desigualdade social exist...

  19. Avaliação da Velocidade Média na Aorta Torácica Descendente em Fetos com Anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taveira Marcos Roberto

    2001-01-01

    Full Text Available Objetivo: verificar se existe correlação significativa entre a velocidade média na dopplerfluxometria da artéria aorta torácica descendente e o grau de anemia fetal. Métodos: estudo prospectivo, transversal, no qual foram analisados 66 fetos de gestantes isoimunizadas, em que se realizou a cordocentese para a realização de transfusões intra-uterinas pela via intravascular (66,7%. Nos fetos que foram submetidos à transfusão intra-uterina pela via intraperitoneal, ou naqueles casos em que não houve necessidade de tratamento intra-uterino (33,3%, a determinação da concentração de hemoglobina do cordão foi realizada pela punção do cordão umbilical, no momento da interrupção da gestação. Neste grupo de fetos estudados, foi realizado exame dopplerfluxométrico da artéria aorta torácica descendente, sendo calculada a velocidade média de fluxo. Foi realizado estudo de associação entre as variáveis. Foram também calculados os valores de sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo. Resultados: observou-se correlação significativa e inversa entre a velocidade média na artéria aorta torácica descendente e o nível de hemoglobina fetal. A velocidade média na dopplerfluxometria da artéria aorta torácica descendente apresentou sensibilidade de 47,5% para anemia fetal moderada (Hg<10 g/dL, com o teste exato de Fisher apresentando valor de p<0,01, e de 54,5% para anemia fetal grave (Hg<7,0 g/dL, com um valor de p=0,01. Conclusões: houve associação significativa entre a velocidade média na aorta torácica descendente e o grau de diagnóstico de anemia fetal.

  20. Alterações retinianas em jovens portadores de anemia falciforme (hemoglobinopatias em hospital universitário no nordeste do Brasil Retinal impairment in young individuals with sickle cell anemia (hemoglobin SS disease in university hospital in Northeastern of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Allisson Mário dos Santos

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever e classificar alterações retinianas encontradas em portadores de anemia falciforme com genótipo SS, bem com comparar métodos diagnósticos (mapeamento de retina e angiofluoresceinografia. MÉTODOS: Neste estudo transversal foram avaliados pacientes portadores de anemia falciforme com idade igual ou superior a sete anos. Esses pacientes foram submetidos a mapeamento de retina e angiofluoresceinografia. Os achados do mapeamento de retina foram agrupados em três classes: sem alterações; alterações não proliferativas e alterações proliferativas. Os resultados à angiofluoresceinografia foram classificados de acordo com os estágios de Goldberg, variando de I a V e expressando gradiente crescente de gravidade. RESULTADOS: Foram avaliados 61olhos de 31pacientes. A retinopatia falciforme foi encontrada em 38/61 (62,3% dos olhos examinados. A média de idade do grupo de portadores de retinopatia foi menor que dos pacientes sem retinopatia (14,4 versus 17,4 anos, p=0,04. Observou-se elevada freqüência de retinopatia não proliferativa, especialmente as tortuosidades vasculares (27,9%, seguidas por anastomoses arteriovenosas na periferia da retina (24,6% e oclusões arteriolares (8,2%. Em um olho foi observado neovascularização. Em 16,4% dos olhos obteve-se resultado normal no mapeamento de retina e alterado à angiofluoresceinografia. CONCLUSÕES: As alterações retinianas do tipo não proliferativa são frequentes e precoces nos portadores de anemia falciforme do tipo SS, sendo a angiofluoresceinografia mais sensível no diagnóstico quando comparada ao mapeamento de retina.PURPOSES: To describe and categorize retinal vascular changes in patients with sickle cell anemia, as well as to compare diagnostic methods (indirect ophthalmoscopy and fluorescein angiography. METHODS: Patients with sickle cell anemia over the age of seven were examined. Complete ophthalmologic examination with indirect ophthalmoscopy and

  1. Fortificação das farinhas com ferro e controle da anemia em gestantes de Teresina, Piauí, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Dias de Souza Filho

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO Comparar níveis de hemoglobina e ocorrência de anemia em gestantes antes e depois da fortificação das farinhas e caracterizar a prática alimentar de gestantes usuárias atuais dos serviços. MÉTODOS Estudo transversal que analisou dados de hemoglobina de gestantes atendidas em dois serviços públicos de maior demanda pré-natal do Município de Teresina, Piauí. Os dados foram obtidos de 854 prontuários de gestantes distribuídas em dois grupos: não fortificado (427 gestantes com parto anterior a junho/2004 e fortificado (427 gestantes com data da última menstruação posterior a junho/2005. Gestantes com nível de hemoglobina <11,0g/dL foram consideradas anêmicas. O consumo alimentar foi analisado por meio de questionário de frequência alimentar semiquantitativo. RESULTADOS Níveis médios de hemoglobina aumentaram significativamente de 11,7g/dL, DP=1,2 para 12,4g/dL, DP=1,3 (p<0,001 após a fortificação. A prevalência de anemia caiu de 27,2% no grupo não fortificado para 11,5% no grupo fortificado (p<0,001. CONCLUSÃO Houve melhora significativa no quadro de anemia após a fortificação das farinhas, o que sugere que a intervenção foi efetiva no controle da deficiência de ferro, porém o estudo não permite atribuir tal resultado apenas à implantação dessa medida, embora análise da prática alimentar tenha mostrado que as gestantes de Teresina (PI apresentaram condição diferenciada de alimentação, com consumo frequente de fontes naturais de ferro e de facilitadores de sua absorção, além de alimentos fortificados.

  2. Stroke in patients with sickle cell disease: clinical and neurological aspects Acidente cerebrovascular em pacientes com anemia falciforme: aspectos clínicos e neurológicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Camargo de Oliveira

    2008-03-01

    Full Text Available The aim of this study was to characterize a group of patients (n=8 with sickle cell disease (SCD and ischemic stroke concerning the clinical, neurological, imaging and progressive aspects. Data were collected from records and completed with an interview of patients and their parents. In this study there were 8 patients with ages ranging from 10 to 23 years old; SCD diagnosis was given between one and two years of age with clinical features of fatigue and anemia. The stroke was ischemic in all individuals and the first cerebrovascular event occurred before 6 years of age; 3 patients had recurrence of stroke despite prophylactic blood transfusion therapy and both cerebral hemispheres were affected in 4 patients. Clinical and neurological current features observed were: acute pain crises, sialorrhea, mouth breathing, motor, and neuropsychological impairments resulting from cortical-subcortical structure lesions.O objetivo deste estudo foi caracterizar um grupo de sujeitos (n=8 com antecedentes de anemia falciforme (AF e acidente vascular cerebral (AVC isquêmico, dos pontos de vista clínico, neurológico, radiológico e evolutivo, reavaliados através de exame neurológico e neuropsicológico. A partir de prontuários dos sujeitos com diagnóstico comprovado de AF e AVC, coletamos dados, complementados por entrevista com pacientes e responsáveis. Foram avaliados 8 pacientes; atualmente com idades entre 10 e 23 anos; diagnóstico da AF entre um e dois anos; quadro clínico de fraqueza e anemia. Em todos, o AVC foi isquêmico e o primeiro evento na maioria ocorreu antes dos 6 anos de idade; houve recorrência do AVC em 3, apesar da profilaxia com transfusão sanguínea; ambos os hemisférios afetados em 4; no quadro clínico e neurológico atual constatamos crises dolorosas, sialorréia, respiração oral e importante comprometimento motor e neuropsicológico, resultantes de lesões estruturais cortico-subcorticais.

  3. Prevalência de anemia em gestantes de primeira consulta em centros de saúde de área metropolitana, Brasil The prevalence of anemia in first consultation pregnant women of health centers in a metropolitan area, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elvira Maria Guerra

    1990-10-01

    Full Text Available No período de abril a outubro de 1988, foram estudadas 363 gestantes de primeira consulta, as quais estavam inscritas no Programa de Atendimento à Gestante da Secretaria do Estado da Saúde de São Paulo, subdistrito do Butantã, Município de São Paulo, Brasil. Na ocasião da coleta do material biológico estas gestantes não faziam uso de medicamentos contendo ferro, ácido fólico, vitamina B12 ou associações destes. A idade média das gestantes foi de 25 anos, 65,9% delas pertenciam a famílias com renda até 1 SMPC (salário mínimo per capita e apenas 3,1% pertenciam a famílias com renda superior a 3 SMPC. A prevalência de anemia foi de 12,4%. A média da concentração de hemoglobina (g/dl no primeiro trimestre foi significativamente maior que as médias no segundo e terceiro trimestres gestacional. A prevalência de anemia no primeiro trimestre: (3,6% foi significativamente menor do que aquelas encontradas no segundo (20,9% e terceiro trimestre (32,1%. As gestantes que tiveram mais que três partos tiveram prevalência de anemia significativamente maior do que aquelas com até três partos. A prevalência de anemia foi maior no grupo das gestantes que pertenciam a famílias com renda até 0,5 SMPC.Three hundred and sixty-three pregnant women enrolled in the Pregnancy Medical Care Program of S. Paulo Health Department from the district of Butantan, S. Paulo city, Brazil, were studied at the first routine consultation. At the time they were examined they were not given any medicine containing iron, folie acid or vitamin B12. Their average age was 25 and 65.9% belonged to families with a monthly per capita income below US$ 50.00. Only 3.1% had a per capita income above U$$ 150.00. The prevalence of anemia was 12.4%. The hemoglobin concentration (grams/dl in the first trimester was significantly higher than in the second and third trimester of pregnancy. The prevalence of anemia in the first trimesters (3.6% was significantly smaller

  4. Associação entre malária e anemia em área urbana de transmissão do Plasmodium: Mâncio Lima, Acre, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eder Ferreira de Arruda

    Full Text Available Resumo: O objetivo deste trabalho é analisar a prevalência de anemia atribuível à malária na população urbana residente no Município de Mâncio Lima, Acre, Brasil. Trata-se de um estudo de coorte não concorrente com 1.167 pessoas acompanhadas por três meses anteriores à data da entrevista mediante dados do SIVEP-Malária. Foram calculadas as medidas de frequência e a prevalência de anemia em pacientes com e sem histórico de malária recente, conforme as variáveis de interesse. Os resultados mostraram que 50,2% dos indivíduos eram do sexo masculino e 67,96% encontravam-se na faixa etária de 15 anos ou mais. A prevalência geral de anemia foi de 7,1%, sendo maior na faixa etária de 6 meses até 5 anos de idade. Com relação ao histórico de malária recente, verificou-se que 8,3% dos homens que tiveram malária apresentaram anemia. No geral, a prevalência de anemia atribuível à malária foi nulo, exceto para os homens (2,4% e no bairro Cobal (51,4%. Os resultados demonstram que a prevalência de anemia é baixa e que a contribuição da malária para anemia existe apenas em homens e áreas geográficas específicas.

  5. Pregnancy Complications: Anemia

    Science.gov (United States)

    ... Close X Home > Complications & Loss > Pregnancy complications > Anemia Anemia E-mail to a friend Please fill in ... anemia at a prenatal care visit . What causes anemia? Usually, a woman becomes anemic (has anemia) because ...

  6. Transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH em doenças falciformes Hematopoietic stem cell transplantation in sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Pieroni

    2007-09-01

    Full Text Available O único tratamento curativo para pacientes com doença falciforme é o transplante de células tronco hematopoéticas (TCTH. Neste artigo sumarizamos os resultados do TCTH em pacientes falciformes publicados na literatura e a experiência brasileira. As indicações atuais para o TCTH nestes pacientes serão discutidas.The only curative treatment approach for patients with sickle cell anemia is allogeneic stem cell transplantation. In this article we will review the published data about stem cell transplantation in patients with sickle cell disease and the small Brazilian experience in this field. The possible indications for stem cell patients will be discussed.

  7. Avaliação da anemia em crianças da cidade de Campina Grande, Paraíba, Brasil

    OpenAIRE

    Pinheiro,Fabíola G. M. B.; Santos, Silene L. D. X.; Mayara P. P. Cagliari; Adriana A Paiva; Queiroz,Maria do Socorro R. de; Maria Auxiliadora L. Cunha; Daniele I. Janebro

    2008-01-01

    A anemia é uma condição definida como a redução da concentração de hemoglobina circulante a um valor inferior ao considerado pela Organização Mundial da Saúde em13 g/dl, 12 g/dl e 11 g/dl para homens, mulheres e crianças, respectivamente. É considerada a principal consequência da deficiência de ferro - um nutriente que atua principalmente na síntese das células vermelhas do sangue e no transporte de oxigênio para as demais células do corpo. Este trabalho, realizado nos meses de março e abril ...

  8. Síndrome aguda do tórax como primeira manifestação de anemia falciforme em adulto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BOK YOO HUGO HYUNG

    2002-01-01

    Full Text Available A síndrome aguda do tórax (SAT acomete portadores de anemia falciforme e é responsável por cerca de 25% dos óbitos. Relata-se o caso de um homem pardo de 45 anos, alcoolista crônico, sem nenhum antecedente de falcização, com quadro de pneumonia-símile havia sete dias. A radiografia simples do tórax mostrou infiltrado heterogêneo bilateral, com áreas de consolidação e broncograma aéreo e derrame pleural à esquerda. Outros exames laboratoriais revelaram anemia, leucocitose com desvio à esquerda e hipoxemia. Tratado com cefoxitina e amicacina, o paciente evoluiu rapidamente para insuficiência respiratória aguda e morreu 14 horas após a internação. Na necropsia, no exame dos pulmões observaram-se intensa congestão, hemorragia intra-alveolar, dano alveolar difuso e hemácias com morfologia falciforme. O caráter rápido, progressivo e freqüentemente mimetizado por outras doenças torna a SAT um evento dramático e de diagnóstico precoce difícil, sendo, entretanto, obrigatória tê-la sempre em mente, especialmente em um país com grande população da raça negra como o Brasil.

  9. Aspectos da função tireóidea em lactentes submetidos à cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea Aspectos de la función tiroidea en lactantes sometidos a cirugía cardíaca con circulación extracorpórea Thyroid function profile in infants submitted to cardiac surgery with cardiopulmonary bypass

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Maria da Cruz

    2004-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea (CEC relaciona-se à doença eutireóidea ou à depressão do eixo hipotálamo-hipofisário-tireóideo. O estado hemodinâmico incomum imposto pela CEC é responsável por diversas alterações endócrino-metabólicas, acarretando complexa resposta inflamatória sistêmica. Esta investigação teve como objetivo analisar o comportamento da triiodotironina (T3, tetraiodotironina (T4 e tireotrofina (TSH em lactentes submetidos à cirurgia cardíaca com CEC. MÉTODO: Foram estudados 15 lactentes. As amostras de sangue para pesquisa de T3, T4 e TSH foram obtidas em 4 momentos designados: M1 - após a indução da anestesia; M2 - após o final da cirurgia; M3 - 6 horas após o final da cirurgia e M4 - 24 horas após o M1. Para complementar esta investigação, foram estudadas as variações dos seguintes parâmetros: pressão arterial média (PAM, temperatura sangüínea central (ºC, atributos da oxigenação tecidual e do equilíbrio ácido-base (M1, CEC, M2, M3 e M4. RESULTADOS: As médias de idade, peso, altura e superfície corpórea dos pacientes foram 3,9 meses; 4,708 kg; 0,65 m e 0,3 m², respectivamente. As concentrações plasmáticas de T3 (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La cirugía cardíaca con circulación extracorpórea (CEC relacionase a la enfermedad eutiroidea o a la depresión del eje hipotálamo-hipofisário-tiroideo. El estado hemodinámico incomún impuesto por la CEC es responsable por diversas alteraciones endócrino-metabólicas, acarreando compleja respuesta inflamatoria sistémica. Esta investigación tuvo como objetivo analizar el comportamiento de la triiodotironina (T3, tetraiodotironina (T4 y tireotrofina (TSH en lactantes sometidos a cirugía cardíaca con CEC. MÉTODO: Fueron estudiados 15 lactantes. Las muestras de sangre para pesquisa de T3, T4 y TSH fueron obtenidas en 4 momentos designados: M1 - después de la inducción de la anestesia

  10. Complicações neurológicas em anemia falciforme: avaliação neuropsicológica do desenvolvimento com o NEPSY Neurological complications in sickle cell anemia: a developmental neuropsychological assessment using NEPSY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samantha Nunest

    2010-01-01

    Full Text Available Estudo de caso de duas crianças portadoras de anemia falciforme, com complicações neurológicas. Utilizou-se uma ampla bateria neuropsicológica - NEPSY. Uma criança apresentou acidente vascular cerebral com paresia de hemicorpo esquerdo, e a outra, ataque isquêmico transitório. As avaliações neuropsicológicas demonstraram que havia extenso prejuízo cognitivo no primeiro caso, em contraste com comprometimento leve no segundo. Baixas pontuações nas funções de atenção visual, memória operacional, linguagem, flexibilidade cognitiva, habilidades sensório-motora, visoespacial e viso-construtiva. Rebaixamento intelectual e no desempenho acadêmico foram encontrados no paciente que sofreu o acidente isquêmico. A criança que foi acometida por ataque isquêmico transitório apresentou dispraxia motora e oromotora, diminuição da atenção visual e memória verbal. Estes achados corroboram com os dados encontrados na literatura e reforçam a relevância de conhecer a tipologia destas alterações para intervir precocemente na deficiência cognitiva, minimizando as repercussões no desenvolvimento cognitivo, acadêmico e psicossocial.This is a case study of two children with sickle cell anemia and neurological complications. An extensive series of neuropsychological tests - NEPSY was used in the evaluation of the children. One child had suffered an ischemic stroke with left hemiparesis and the other, transient ischemic attack. The neuropsychological assessment showed extensive cognitive damage in the first case, in contrast to mild impairment in the second. Low scores were found for tasks of visual attention, operational memory, language, cognitive flexibility and for sensory-motor, visuospatial and visuoconstructive skills. Low intellectual and academic performance was found in the patient who suffered ischemic stroke. The child who suffered transient ischemic attack showed motor and oromotor dyspraxia, and decreased visual attention

  11. Regularidade de ciclos e padrão ovulatório em jovens portadoras de anemia falciforme Regularity of cycles and ovulatory pattern in young women with sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Wilson Viana Júnior

    2010-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar as características do ciclo menstrual e identificar a ocorrência de ovulação em mulheres jovens nuligestas portadoras de anemia falciforme (AF. MÉTODOS: foi realizado um estudo de caso-controle, incluindo 26 mulheres nuligestas, durante a menacme, divididas em dois grupos: Grupo "Casos", contendo 13 portadoras de AF, e Grupo "Controle", com 13 mulheres saudáveis com mesmo intervalo desde a menarca. As características do ciclo menstrual foram informadas pelas participantes, que também foram submetidas a dosagens de progesterona sérica, curvas de temperatura basal e ecografias transabdominais em três ciclos consecutivos (total: 78 ciclos, com a finalidade de identificar a ocorrência de ovulação. Os resultados dos dois grupos foram comparados com o uso dos testes não paramétricos de Mann-Whitney ou Kruskal Wallis, sendo significativas as diferenças cujo valor p PURPOSE: to evaluate the characteristics of the menstrual cycle and to identify the occurrence of ovulation in nulliparous young women with sickle cell anemia (SCA. METHODS: we conducted a case-control study including 26 nulliparous women of reproductive age, divided into two groups: "cases", consisting of 13 women with SCA, and "Control" Group, consisting of 13 healthy women with the same interval since menarche. The characteristics of the menstrual cycle were reported by the participants, who were also submitted to measurements of serum progesterone, basal body temperature curves and transabdominal ultrasound in three consecutive cycles (total: 78 cycles in order to identify the occurrence of ovulation. The results were compared between groups using the nonparametric Mann-Whitney or Kruskal Wallis tests, and the differences were considered significant when p-value < 0.05. RESULTS: no significant difference was found in mean chronological age between the two groups (p = 0.2 in the pattern of the menstrual cycle when duration of flow (p = 0.4 and interval

  12. Autoimmune hemolytic anemia in HCV/HIV coinfected patients during treatment with pegylated alpha-2a interferon plus ribavirin Anemia hemolítica auto-imune durante o tratamento da hepatite crônica com interferon peguilado alfa 2a e ribavirina, em pacientes com co-infecção HCV/HIV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Crivelenti Vilar

    2007-12-01

    Full Text Available Two cases of autoimmune hemolytic anemia that occurred during the treatment of chronic hepatitis C with pegylated alpha-2a interferon and ribavirin, in HIV coinfected patients, are presented and described. The late occurrence (after six months of therapy of this severe hemolytic anemia leads to the recommendation that hemoglobin levels should be monitored throughout the treatment period, even among patients who presented stable hemoglobin levels in the preceding months.São apresentados e discutidos dois casos de anemia hemolítica auto-imune que ocorreram durante o tratamento da hepatite crônica pelo vírus C, com interferon peguilado alfa 2a e ribavirina, em pacientes co-infectados pelo HIV. A ocorrência de anemia hemolítica grave em etapa tardia, após o sexto mês da terapêutica, recomenda que o controle dos níveis de hemoglobina deva ser feito durante todo o período do tratamento , mesmo nos pacientes que apresentam níveis estáveis de hemoglobina nos meses precedentes.

  13. Políticas públicas para o controle da anemia ferropriva Public policies to control iron deficiency in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sophia C. Szarfarc

    2010-06-01

    Full Text Available A anemia por deficiência de ferro configura um problema epidemiológico da maior relevância atuando nos gastos públicos de saúde, nas consequências sociais do aumento de riscos no período gestacional, na redução da produtividade e, ainda, nas consequências, em longo prazo, do desenvolvimento mental. Algumas datas marcam o envolvimento do governo brasileiro em busca de alternativas de controle da deficiência marcial: 1977 - 1ª Reunião do Ministério da Saúde (INAN, com especialistas nacionais e internacionais, para discutir perspectivas e intervenções para o controle da anemia; 1982/83 - distribuição de suplemento de ferro para a clientela do Programa de Atenção à Gestante e dosagem de hemoglobina na 1ª consulta; 1992 - assinatura de compromisso brasileiro de reduzir em 1/3 a prevalência de anemia em gestantes; 1994 - implantação do Programa de Leite Vivaleite, no estado de São Paulo, fornecendo leite fortificado com ferro a famílias com crianças até 6 anos e renda inferior a dois salários mínimos; 2002/junho 2004 - fortificação das farinhas de trigo e de milho com ferro; 2005 - programa de suplementação de ferro a lactentes; 2009/março - divulgação do resultado do levantamento de prevalência de anemia em mulheres (15-49 anos e crianças (6 - 59 meses no Brasil; 2009/agosto - foi reeditada a Portaria no 1793/GM/agosto/2009 do Ministério da Saúde, instituindo a Comissão Interinstitucional para implementação, acompanhamento e monitorização das ações de fortificação das farinhas de trigo e milho e seus subprodutos.Iron deficiency anemia is a vast epidemiologic problem evidenced by health public spending, the social consequences of increased risk in pregnancy, low production, and also by long term consequences of cognitive development. Some points in time highlight the involvement of the Brazilian government: 1977 - 1st Health Minister Meeting (INAN, with international and national specialists to

  14. Anemia ferropriva em escolares da primeira série do ensino fundamental da rede pública de educação de uma região de Brasília, DF Iron deficiency anemia in first grade students from public schools in a region of Brasília, DF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gracy Santos Heijblom

    2007-06-01

    Full Text Available A anemia ferropriva é a deficiência de micronutriente mais prevalente no mundo. É particularmente deletéria em escolares, pois crianças anêmicas são sonolentas e prestam menos atenção. Como conseqüência, pode levar ao alto absenteísmo e baixo rendimento escolar. Realizou-se um estudo transversal com amostra probabilística de 424 alunos de 6 a 11 anos, da 1ª série do ensino fundamental de escolas públicas da Regional Norte de Saúde de Brasília. Os objetivos foram avaliar a prevalência de anemia e comparar o resultado obtido em 2004 com aquele de estudo similar realizado na mesma área em 1998. A hemoglobina (Hb foi determinada em amostra de sangue digital, usando Hemocue®. Dois pontos de corte foram adotados para classificar anemia, ambos estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde: HbIron deficiency anemia (IDA is the most prevalent micronutrient deficiency in the world. In school age children, IDA is particularly deleterious: anemic children are sleepy and pay less attention. As a consequence, anemia can lead to high absenteeism and lower school performance. A cross-sectional survey was conducted in a representative sample of 424 randomly selected first graders (ages 6 to 11 years from public schools located in the Northern Public Health Region of Brasília. The study objectives were to: (a determine the prevalence of anemia; (b compare the results obtained in 2004 to those of a similar survey conducted in the same area in 1998. Hemoglobin (Hb was determined in finger-prick blood samples using Hemocue®. Two cut-off points were used to classify anemia, both established by the WHO: Hb<11.5g/dL and Hb<12.0g/dL. The height/age, weight/age and weight/height indicators below -2.0 standard deviations from the NCHS reference were used to indicate growth retardation. Prevalence of anemia was 12.5% and 11.9% (Hb<11.5g/dL and 26.9% and 21.5% (Hb<12.0g/dL in 2004 and 1998 respectively. The prevalence of anemia increased between

  15. Immune hemolytic anemia

    Science.gov (United States)

    Anemia - immune hemolytic; Autoimmune hemolytic anemia (AIHA) ... for no reason, the condition is called idiopathic autoimmune hemolytic anemia . The antibodies may also be caused by: Complication ...

  16. Prevalência de anemia e deficiência de ferro em adolescentes do sexo feminino - Taboão da Serra, SP, Brasil Prevalecía de anemia y deficiencia de hierro en adolescentes de sexo feminino - Taboão da Serra, SP, Brasil Prevalence of anemia and iron-deficiency in female teenagers - Taboão da Serra, SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Fujimori

    1996-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a prevalência de anemia e deficiência de ferro em mulheres adolescentes, estudou-se uma mostra equiprobabilística de 262 adolescentes do Município de Taboão da Serra, SP, Brasil. A anemia foi diagnosticada pelo nível de hemoglobina, e a deficiência de ferro através da concentração de protoporfirina eritrocitária livre. Encontrou-se 17,6% de anemia e sua ocorrência foi inversamente relacionada ao indicadores sócios-econômicos estudados: renda, escolaridade do chefe da família e características da moradia. Foi mais freqüente no grupo pré-menarca e não mostrou relação com o intervalo entre os ciclos menstruais. A prevalência de deficiência de ferro foi de 29,4% e não se verificou correlação com o nível de hemoglobina a não ser nos casos de severos de anemia.Con el objetivo de evaluar la prevalencia de anemia y deficiencia de hierro en mujeres adolescentes, se estudió una muestra equiprobabilistica de 262 adolescentes del Municipio de Taboão da Serra, Brasil. La anemia fue diagnosticada por el nivel de hemoglobina y la deficiencia de hierro a través de la concentración de protoporfirina eritrocitaria libre. Se encontró 17,6% de anemia y su ocurrencia fue inversamente relacionada a los indicadores socioeconómicos estudiados: renta, escolaridad del jefe de familia y característica de la vivienda. Fue más frecuente en el grupo pre-menarquia y no mostró relación con el intervalo entre los ciclos menstruales. La prevalencia de deficiencia de hierro fue de 29,4% y no se encontró correlación con el nivel de hemoglobina a no ser en los casos severos de anemia.It was studied an equiprobabilistic sample of 262 female teenagers living in the city of Taboão da Serra, Brazil, with the aim of evaluating the prevalence of anemia and iron-deficiency. Anemia was identified by the hemoglobin level and the prevalence of iron-deficiency was determined through the concentration of free erythrocyte

  17. Avaliação nutricional de lactentes hospitalizados Nutritional evaluation of hospitalized suckling childrem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Guilherme Bezerra Alves

    2001-03-01

    Full Text Available Investigou-se a evolução ponderal, conforme o valor das quotas calóricas de dietas prescritas (QCP e aceitas (QCA de lactentes internados por diarréia ou broncopnemonia no Instituto Materno Infantil de Pernambuco, Brasil. A proporção de crianças que ganharam ou não ganharam peso foi avaliada em função das QCP E QCA que atingiram as quotas calóricas ideais (QCI durante o internamento, verificando-se que 46% das crianças perderam ou mantiveram o peso nos dois primeiros dias. Houve maior freqüência de ganho de peso associado às QCP e QCA que atingiram as QCI, bem como entre as crianças amamentadas. Concluiu-se existir deficiente evolução ponderal relacionada às baixas quotas calóricas oferecidas ou aceitas durante a hospitalização.This work investigated the body weight evolution according to prescribed or accepted dietetic caloric value, in children with diarrhea or bronchopneumonia, admitted at Instituto Materno Infantil de Pernambuco, Brazil. The proportions of children who increased or did not increase body weight were evaluated as a function of the prescribed caloric quota (PCQ and the accepted caloric quota (ACQ that attained the ideal caloric quota (ICQ during hospitalization. 46% children lost or maintained the weight during the two first days. A higher frequency of increased weight was observed when PCQ or ACQ attained the ICQ, as well as in breast feeding children. Therefore, this study confirmed the relationship between low caloric values offered or accepted with a deficient body weight evolution.

  18. Pernicious Anemia

    Science.gov (United States)

    ... well, and live normal lives. Without treatment, pernicious anemia can lead to serious problems with the heart, nerves, and other parts of the body. Some of ... INDEX ACCESSIBILITY PRIVACY STATEMENT FOIA NO FEAR ACT OIG ...

  19. Achados fundoscópicos em crianças portadoras de anemia falciforme no estado do Rio Grande do Norte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Garcia Carlos Alexandre de Amorim

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivos: Detectar os principais achados fundoscópicos em crianças portadoras de hemoglobinopatias falciformes. Métodos: Foram estudados 26 pacientes com hemoglobinopatias falciformes, no Serviço de Oftalmologia do Hospital Universitário Onofre Lopes, Natal, RN, que foram submetidos a protocolo de pesquisa pré-estabelecido. Os resultados foram avaliados estatisticamente pelo teste qui-quadrado. Resultados: A idade média foi de 10,6 anos, com acuidade visual igual ou melhor que 20/25 na maioria, excetuando-se 3 olhos, que apresentavam outras doenças associadas. O tipo mais freqüente foi o SS com 57,7% (15/26 dos casos, seguido pelos SC e SA com 15,4% (4/26 cada, e pelo S-Thal com 11,5% (3/26. A freqüência da retinopatia por células falciformes foi maior após os 10 anos de idade, sendo mais freqüente, em valores relativos, no tipo S-Thal (100% dos casos e, em valores absolutos, no tipo SS (9 casos. Os dois achados mais comuns foram tortuosidade venosa (12/26 e "black sunburst" (7/26. Conclusões: Observamos que a incidência de retinopatia por células falciformes aumentou após os 10 anos de idade e não evidenciamos achados da doença proliferativa. Portanto, enfatizamos a necessidade do exame oftalmológico precoce nos portadores de anemia falciforme, como forma de prevenir futuras complicações oculares.

  20. Reação transfusional hiper-hemolítica em pacientes portadores de anemia falciforme: relato de dois casos Hyper-hemolytic transfusional reaction in sickle cell patients: two case reports

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia C.S. Naufel

    2002-12-01

    Full Text Available O caráter crônico da anemia, nos pacientes portadores de anemia falciforme, associado à maior capacidade de liberação de oxigênio pela Hb S, faz com que sejam pouco sintomáticos em relação à anemia e não necessitem de forma rotineira de transfusão de hemácias. Contudo, na vigência de complicações agudas, a queda adicional da hemoglobina pode precipitar descompensação da função cardio-respiratória e colocar em risco a vida do paciente, tornando a transfusão de sangue um recurso terapêutico de grande importância. Em virtude da elevada freqüência de transfusões a que esses pacientes são submetidos, é de fundamental importância o conhecimento dos principais riscos e o diagnóstico adequado das complicações decorrentes da terapia transfusional. Uma forma atípica de reação transfusional, denominada reação transfusional hiperhemolítica, foi descrita recentemente em pacientes com anemia falciforme após transfusão de hemácias aparentemente compatíveis. (4,5,6,7 Nesta condição, transfusões ulteriores podem exacerbar o quadro hemolítico e colocar em risco a vida do paciente. Os mecanismos patofisiológicos exatos dessa entidade ainda não são bem conhecidos e o tratamento consiste na suspensão da transfusão, corticoterapia e/ou administração de imunoglobulina. O objetivo deste trabalho é apresentar o relato de dois casos de reação transfusional hiperhemolítica em pacientes portadores de anemia falciforme.The chronic character of sickle cell anemia associated with the greater capacity to liberate oxygen by the Hb S, results in patients exhibiting few symptoms in relation to the anemia and they do not require regular hemacias transfusions. Nevertheless, in the face of acute complications, the additional drop in hemoglobin can precipitate an imbalance in the cardio-respiratory function and put the life of the patient at risk, making blood transfusion therapy of utmost importance. In the light of the

  1. Aplasia medular após transplante hepático em pediatria Aplastic anemia after pediatric liver transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlene P. Garanito

    2009-01-01

    Full Text Available A aplasia de medula é uma das mais raras (Aplastic anemia (AA is one of the rarest (<1% and most serious complications of liver transplantation for fulminant non-A, non-B and non-C hepatitis. It was first described in 1987 by Stock; the mechanism involved is an immunologically mediated condition secondary to an unknown viral infection. The disease is associated with a dismal prognosis. Spontaneous recovery from acquired AA is very rare however some patients (50-70% recover after immunosuppressive therapy, such as Cyclosporin A (CsA and Antithymocyte globulin (ATG, even after liver transplantation. Another treatment option is bone marrow transplantation. We report on a child who developed AA following liver transplantation for fulminant viral hepatitis that was treated with intensive immunosuppression including CsA and ATG and achieved complete recovery.

  2. Types of Hemolytic Anemia

    Science.gov (United States)

    ... from the NHLBI on Twitter. Types of Hemolytic Anemia There are many types of hemolytic anemia. The ... the condition, but you develop it. Inherited Hemolytic Anemias With inherited hemolytic anemias, one or more of ...

  3. What Is Aplastic Anemia?

    Science.gov (United States)

    ... from the NHLBI on Twitter. What Is Aplastic Anemia? Aplastic anemia (a-PLAS-tik uh-NEE-me-uh) is ... heart, heart failure , infections, and bleeding. Severe aplastic anemia can even cause death. Overview Aplastic anemia is ...

  4. What Causes Anemia?

    Science.gov (United States)

    ... page from the NHLBI on Twitter. What Causes Anemia? The three main causes of anemia are: Blood ... the blood and can lead to anemia. Aplastic Anemia Some infants are born without the ability to ...

  5. Anemia (For Teens)

    Science.gov (United States)

    ... Loss Surgery? A Week of Healthy Breakfasts Shyness Anemia KidsHealth > For Teens > Anemia Print A A A ... Getting Enough Iron en español Anemia What Is Anemia? Lots of teens are tired. With all the ...

  6. What Is Fanconi Anemia?

    Science.gov (United States)

    ... Living With Clinical Trials Links Related Topics Anemia Aplastic Anemia Blood and Bone Marrow Transplant Congenital Heart Defects ... red blood cells. FA is a type of aplastic anemia . In aplastic anemia, the bone marrow stops making ...

  7. Anemia (For Teens)

    Science.gov (United States)

    ... Loss Surgery? A Week of Healthy Breakfasts Shyness Anemia KidsHealth > For Teens > Anemia A A A What's ... Getting Enough Iron en español Anemia What Is Anemia? Lots of teens are tired. With all the ...

  8. Eletroforese para detecção de hemoglobina fetal em pacientes do ambulatório de hematologia e hemoterapia do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS com anemia falciforme e uso de hidroxiuréia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Damada Garcia

    2015-10-01

    Full Text Available Introdução: As hemoglobinopatias são distúrbios genéticos que se apresentam por padrão de herança recessiva e incluem a anemia falciforme e as síndromes falcêmicas (hemoglobinopatia SC e a S/β-talassemia. Na anemia falciforme as moléculas de adesão dos eritrócritos, leucócitos e plaquetas estão envolvidas na oclusão vascular. Nas síndromes falcêmicas, o quadro costuma ser mais brando. Pesquisas demonstram que o tratamento com hidroxiuréia (HU promove melhora da qualidade de vida dos pacientes que a utilizam. O mesmo tem se mostrado efetivo por aumentar a expressão de hemoglobina fetal (HbF, diminuindo assim as complicações de vaso-oclusão, hemólise e diminuição da expressão de moléculas de adesão. Objetivos: Nesta pesquisa, utilizamos o teste de eletroforese alcalina (pH 8,6 para o monitoramento de expressão da HbF nos pacientes do Ambulatório de Hematologia e Hemoterapia do CHS portadores de anemia falciforme e nos portadores de síndromes falcêmicas em tratamento com HU. Metodologia: Aplicou-se o teste de eletroforese em acetato de celulose em pH alcalino (8,6 e, posteriormente, as fitas de acetato submetidas ao campo elétrico foram coradas por Ponceau, transparentizadas e fixadas em lâminas de microscopia para análise e registro. Resultados: Foram realizados 100 testes cegos em amostras de sangue provenientes dos pacientes do Ambulatório de Anemia Falciforme do CHS, entre os quais analisamos 28 pacientes com anemia falciforme e 12 com síndromes falcêmicas. Na avaliação eletroforética do uso ou não uso de hidroxiuréia nos grupos investigados, observamos que não houve diferença significativa na expressão de HbF (p=0,3173. Além disso, comparamos os índices hematimétricos dos dois grupos e verificamos que os valores médios de VCM e HCM aumentaram em relação à concentração de HU utilizada, embora não tenham sido analisados estatisticamente.

  9. Deficiência de ferro, prevalência de anemia e fatores associados em crianças de creches públicas do oeste do Paraná, Brasil Iron deficiency and prevalence of anemia and associated factors in children attending public daycare centers in western Paraná, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdete Carreira Rodrigues

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de ferro, a prevalência de anemia e fatores associados, em crianças de 6 a 24 meses frequentadoras de creche pública em Cascavel, Região Oeste do Paraná, Brasil. MÉTODOS: O estudo transversal foi realizado com amostra aleatória de 256 crianças. A coleta de dados (questionário, medidas antropométricas e amostras de sangue ocorreu de julho a setembro de 2007. A deficiência de ferro foi avaliada em termos de transferrina, hemoglobina, volume corpuscular médio, ferro sérico e eosinófilos. Na análise estatística dos dados foram obtidas as odds ratio bruta e ajustada (regressão logística, bem como os respectivos níveis de significância (p-valor. Para identificar diferenças significativas entre as medidas quantitativas, adotou-se a Análise de Variância e o teste de comparação múltipla de Tukey. RESULTADOS: A prevalência da anemia foi de 29,7%, sendo que 77,3% das amostras apresentaram baixa concentração de ferro. A antropometria não apontou deficiência de macronutrientes, porém mostrou obesidade acima dos índices médios. Os fatores associados à anemia e à deficiência de ferro foram: doenças frequentes na família (OR=10,02, condições de moradia (OR=5,05, tempo de creche (OR=3,05, número de moradores na residência (OR=2,83 e falta de saneamento (OR=2,20. CONCLUSÃO: A prevalência de anemia e a elevada deficiência de ferro detectada evidenciam um grave problema de saúde pública entre os pré-escolares do município de Cascavel, Paraná. Apesar da amplitude do problema, a anemia não está sendo reconhecida, prevenida e tratada adequadamente. Neste estudo são sugeridas algumas possíveis intervenções.OBJECTIVE: This study assessed the iron levels and prevalence of anemia and associated factors in children aged 6 to 24 months attending public daycare centers in Cascavel, Western Paraná, Brazil. METHODS: This cross-sectional study included 256 randomly sampled children

  10. Anemia (For Parents)

    Science.gov (United States)

    ... Old Feeding Your 1- to 2-Year-Old Anemia KidsHealth > For Parents > Anemia Print A A A ... Preventing Iron-Deficiency Anemia en español Anemia About Anemia Anemia happens when the level of healthy red ...

  11. Influência de práticas maternas no desenvolvimento motor de lactentes do 6º ao 12º meses de vida Influence of child-rearing practices on infants' motor development between the sixth and twelfth months of life

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PL Silva

    2006-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Práticas maternas são comportamentos específicos, por meio dos quais as mães/cuidadores desempenham suas tarefas maternais. Estas práticas poderiam influenciar o desenvolvimento motor de lactentes. OBJETIVO: verificar a influência de práticas maternas, utilizadas no cuidado diário de lactentes saudáveis, sobre seu desenvolvimento motor do 6º ao 12º meses de vida. MÉTODO: Selecionados 14 lactentes, nascidos a termo e saudáveis, avaliados longitudinalmente no 6º, 9º e 12º meses de vida, utilizando-se a Alberta Infant Motor Scale. Em cada avaliação/idade a mãe respondeu a um questionário fechado sobre práticas, predominantemente adotadas no cuidado diário do lactente durante os períodos de vigília. Considerou-se neste estudo a postura predominantemente adotada pelo lactente, local preferencial de permanência e a forma de carregar o lactente no colo. RESULTADOS: No 9º mês de vida o desempenho motor dos lactentes foi influenciado positivamente pela predominância na postura de quatro apoios, em relação à sentada e prono ou supino e pela permanência no chão em relação ao carrinho de bebê. No 12º mês houve influência positiva da predominância na postura de quatro apoios e em pé. A postura predominante no 6º mês de vida e a forma de carregar o lactente no 6º, 9º e 12º meses de vida não influenciaram o desempenho motor do grupo estudado. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que as práticas que estimulam a adoção da postura de quatro apoios e a utilização do chão como local de permanência influenciam positivamente o desenvolvimento motor de lactentes saudáveis a partir do 6º mês de vida.BACKGROUND: Child-rearing practices are defined as specific behavioral patterns used during maternal duties. These practices could influence infants' motor development. OBJECTIVE: To verify the influence of daily child-rearing practices on the motor development of healthy infants from their sixth to twelfth

  12. Riscos isolados e agregados de anemia em crianças frequentadoras de berçários de creches Isolated and combined risks for anemia in children attending the nurseries of daycare centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tulio Konstantyner

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar e quantificar os fatores de risco isolados e agregados de anemia, proporcionando visão ampliada quanto à probabilidade da sua ocorrência. MÉTODOS: Estudo transversal com 482 crianças, entre 4 e 29 meses de idade, frequentadoras de berçários de creches públicas e filantrópicas do município de São Paulo (SP, que participaram de dois inquéritos (2004 e 2007. Foram realizadas entrevistas com as mães, coleta de sangue por punção digital e antropometria. Considerou-se anemia, hemoglobina inferior a 11 g/dL. Foi ajustado modelo de regressão logística não-condicional para fatores de risco de anemia, considerando-se estatisticamente significantes associações com p OBJECTIVE: To identify and quantify isolated and combined risk factors for anemia, providing a comprehensive view of the likelihood of its occurrence. METHODS: Cross-sectional study with 482 children aged 4 to 29 months attending the nurseries of philanthropic and public daycare centers in the city of São Paulo, Brazil, who participated in two surveys (2004 and 2007. Mothers were interviewed, blood was collected using digital puncture, and anthropometry was performed. Anemia was characterized by hemoglobin levels below 11 g/dL. Unconditional logistic regression was adjusted for anemia risk factors. A value of p < 0.05 indicated statistically significant associations. Post-test odds and likelihood ratios were calculated to define post-test probabilities. Epi-InfoTM 2000 and Stata 10.0 software packages were used for statistical analysis. RESULTS: Prevalence of anemia was 43.6% (95%CI 39.1-48.1. The final logistic model included five categorical variables: mother's age less than 28 years (OR = 1.50; p = 0.041, per capita income below half a minimum wage (OR = 1.56; p = 0.029, exclusive breastfeeding less than 2 months (OR = 1.71; p = 0.009, decrease in weight/age z score from birth to survey (OR = 1.47; p = 0.050, and age less than 17 months (OR = 2

  13. Fortificação do leite fluido na prevenção e tratamento da anemia carencial ferropriva em crianças menores de 4 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco A. A. Torres

    1996-08-01

    Full Text Available Observou-se a eficácia da fortificação do leite fluido com 3 mg de ferro aminoácido quelato no combate à carência de ferro em crianças menores de quatro anos. Foram acompanhadas 269 crianças que receberam, durante 12 meses, um litro de leite fortificado por dia, e que foram avaliadas a cada 6 meses de acompanhamento. Antes de se iniciar a intervenção, a anemia estava presente em 62,3% das crianças. Após 6 meses, este percentual reduziu-se a 41,8% e, ao final de um ano, a 26,4%. As maiores reduções foram detectadas nas faixas etárias de 12 a 23 meses e em menores de um ano. Das crianças que apresentavam hemoglobinas iniciais inferiores a 9,5 g/dl, 59,3% recuperaram-se da anemia ao final de um ano de acompanhamento. Naquelas com hemoglobinas iniciais entre 9,5 e 10,9 g/dl, o percentual de recuperação da anemia foi de 66,7%. Encontrou-se, ainda, melhores evoluções hematológicas em crianças que ingeriam quantidades superiores a 750 ml/dia de leite fortificado, pertencentes a famílias que não dividiam o suplemento recebido com outros membros e naquelas com apenas uma criança com menos de 5 anos no núcleo familiar. Concluiu-se pela viabilidade e eficácia da fortificação do leite fluido como medida de intervenção no combate à carência de ferro em pré-escolares.

  14. Hemoglobinopatia H adquirida em um paciente com anemia aplástica e evolução para leucemia mielóide aguda

    OpenAIRE

    2004-01-01

    CONTEXT: The prognosis of severe aplastic anemia has improved since the introduction of bone marrow transplantation and treatment with antithymocyte globulin. In contrast to the success of these protocols, studies with long term follow-up have shown the occurrence of clonal diseases such as paroxysmal nocturnal hemoglobinuria, myelodysplastic syndrome and acute leukemia in aplastic anemia. CASE REPORT: We report the first case of a Brazilian patient with aplastic anemia who developed myelodys...

  15. Fatores associados ao uso de chupeta por lactentes nascidos pré-termo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elâine Cristina Vargas Dadalto

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: investigar a avaliação de mães de recém-nascidos pré-termo acerca da introdução e uso de chupeta e sua relação com variáveis socioeconômicas, prematuridade e aleitamento materno, partindo-se do contexto da internação de seus filhos em unidade de terapia intensiva neonatal. Métodos: na etapa inicial, participaram 62 mães de recém-nascidos pré-termo, tendo comparecido 52 para acompanhamento aos seis meses de idade e 40 aos 24 meses. Os dados foram tabulados utilizando o programa SPSS versão 18.0 e análise estatística com testes Qui-quadrado, Fisher e Mann-Whitney. Resultados: a tentativa de introdução da chupeta ocorreu para 96,2% dos bebês nascidos pré-termo, egressos de unidade de terapia intensiva neonatal, e seu uso em 50%; o hábito de sucção de chupeta foi alto entre crianças da família (irmãos - 51,9%; primos - 76,9%, reforçando aspectos culturais. Apresentaram associação estatisticamente significante com maior uso de chupeta: prematuridade avaliada pela relação peso/idade-gestacional (p=0,044, dificuldade para estabelecer ou manter o aleitamento materno após a alta hospitalar (p=0,012 e primiparidade (p=0,02; relação com menor frequência de chupeta: aleitamento materno exclusivo ≥3 meses (p=0,026 e tempo de aleitamento materno ≥6 meses (p=0,004. A dificuldade para o aleitamento materno após a alta hospitalar foi associada com maior tempo de internação (p=0,007 e maior tempo de sonda orogástrica (p=0,006. Conclusão: a oferta da chupeta para lactentes nascidos pré-termo, egressos de unidade de terapia intensiva neonatal, apresentou grande influência cultural, mas sua aceitação pelo bebê ocorreu principalmente devido às dificuldades encontradas pelas mães para estabelecerem o aleitamento materno.

  16. Prevalência de anemia e hipovitaminose A em puérperas do Centro de Atenção à Mulher do Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira, IMIP: um estudo piloto Anemia and hipovitaminosis in postpartum women seen at the Women's Care Center of the Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira, IMIP: a pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renan Éboli Lopes

    2006-05-01

    Full Text Available OBJETIVOS: este estudo avaliou a prevalência de anemia e hipovitaminose A em puérperas no Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira - IMIP. MÉTODOS: estudo descritivo tipo corte transversal com uma amostra de 72 puérperas que já se encontravam de alta hospitalar. RESULTADOS: a idade variou entre 12 e 41 anos, com mediana de 22,5 anos. Observou-se bom nível de escolaridade, embora sete delas referissem três ou menos anos de estudo. Uso de algum tipo de suplemento contendo ferro durante a gestação foi informado por 48 mulheres. Observou-se que 43,1% apresentaram concentração de hemoglobina menor que 10,0 g/dL e 65,3% menor que 11,0 g/dL. Microcitose ocorreu em 14 pacientes (19,4%, não havendo casos de macrocitose. Os níveis de hipovitaminose A foram elevados: 25,0% apresentaram retinol abaixo de 20 µg/dL. Observou-se uma tendência de associação entre puérperas não anêmicas e normocitose (volume corpuscular médio x anemia; tomando o ponto de corte para anemia de 11,0 g/dL houve associação positiva entre anemia durante a gestação e uso de compostos ferrosos. CONCLUSÕES: a prevalência de anemia foi elevada, embora a freqüência de microcitose tenha sido baixa. A prevalência de hipovitaminose A foi alta, alcançando níveis considerados como problema de saúde pública no Brasil.OBJECTIVES: this study assessed anemia and hypovitaminosis A in puerperal women seen at the Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira - IMIP. METHODS: descriptive cross sectional study using a sample of 72 puerperal hospital discharged women. RESULTS: age ranged from 12 to 41 years old, median age of 22.5 years old. A good school level was noted, although seven of these women declared three years or less of education. Some type of iron supplement intake during pregnancy was informed by 48 women. It was noted that 43.1% showed hemoglobin concentration below 10,0 g/dL and 65.3% below 11,0 g/dL. Microcitosis occurred in 14 patients

  17. Níveis de hemoglobina e prevalência de anemia em gestantes atendidas em unidades básicas de saúde, antes e após a fortificação das farinhas com ferro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Regina Marchiori Antunes Araújo

    2013-06-01

    Full Text Available Avaliaram-se níveis de hemoglobina-Hb e prevalência de anemia em gestantes, antes e após a fortificação das farinhas. Estudo de avaliação do tipo antes e depois, com amostras populacionais independentes, realizado em unidades básicas de saúde de Maringá, PR. Foram avaliados 366 prontuários de gestantes Antes da fortificação obrigatória das farinhas, e 419 Após a fortificação. Gestantes com Hb 0,05, porém o Grupo Após a fortificação obrigatória apresentou média de Hb mais elevada (p < 0,05. Evidenciou-se associação entre Hb e Grupo, idade gestacional, gestação anterior, ocupação e situação conjugal (p < 0,05. Embora a fortificação de farinhas possa ter um papel no aumento da média de hemoglobina, é preciso considerar a contribuição de outras variáveis não investigadas.

  18. Método para avaliação da conduta visual de lactentes A method to evaluate visual ability in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heloisa G.R. Gardon Gagliardo

    2004-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é apresentar um método para avaliação de funções visuais em lactentes no primeiro trimestre de vida. Utilizou-se o Roteiro de Avaliação da Conduta Visual em Lactentes, modificado de Gagliardo (1997. O material foi aro suspenso por cordão. Realizou-se estudo piloto com 33 lactentes, segundo os critérios de inclusão: neonatos assintomáticos, sem necessidade de cuidados especiais nas primeiras 48 horas; idade cronológica variando entre 1 e 3 meses; avaliação mensal sem nenhuma falta; procedência da região de Campinas/SP. No 1º mês destacaram-se as provas: fixação visual-93,9%; contato de olho-90,9%; seguimento visual horizontal-72,7% e exploração visual do ambiente-97,0%. No 3º mês: exploração visual da mão-42,4% e aumento da movimentação de braços-36,4%. Este Roteiro permitiu observar a função visual segundo a idade cronológica; desvio dessa função possibilitará pronto encaminhamento a serviços médicos para diagnóstico.The purpose of this study is to introduce a method to evaluate visual functions in infants in the first three months of life. An adaptation of the Guide for the Assessment of Visual Ability in Infants (Gagliardo, 1997 was used. The instrument was a ring with string. It was implemented a pilot study with 33 infants, selected according to the following criteria: neonates well enough to go home within two days of birth; 1 to 3 months of chronological age; monthly evaluation with no absence; subjects living in Campinas/SP metropolitan area. In the first month we observed: visual fixation (93,9%; eye contact (90,9%; horizontal tracking (72,7%; inspects surroundings (97,0%. In the third month, we observed: inspects own hands (42,4% and increased movements of arms (36,4%. This method allowed the evaluation of visual functions in infants, according to the chronological age. Alterations in this function will facilitate immediate referral to medical services for diagnoses.

  19. Prevalência do uso de chupeta em lactentes amamentados e não amamentados atendidos em um hospital universitário Prevalencia del uso de chupete en lactantes amamantados y no amamantados atendidos en un hospital universitario Prevalence of pacifier among breastfed and not breastfed infants attending a university hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Diez Castilho

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência do uso da chupeta em relação ao tipo de aleitamento, as razões das mães para introduzi-la ou não e os fatores associados à mudança de opinião quanto à sua intenção inicial a esse respeito. MÉTODOS: Estudo transversal que avaliou 642 crianças (0-12 meses atendidas no Hospital da Pontifícia Universidade Católica de Campinas quanto ao tipo de alimentação e uso de chupeta. A mãe foi questionada sobre sua intenção inicial quanto à chupeta, quanto ao seu uso e, se utilizada, porquê. Após análise descritiva, aplicou-se a regressão logística para verificar a associação da chupeta com a amamentação. RESULTADOS: A prevalência de uso de chupeta foi de 48% (IC95% 44-52, sendo maior entre as crianças não amamentadas (70% comparadas às amamentadas (36%; p=0,029. Das que estavam em aleitamento exclusivo, 29% usavam chupeta (pOBJETIVO: Evaluar la prevalencia del uso de chupete respecto al tipo de lactancia, los motivos de las madres para introducirlo o no y los factores que hicieron con que mudara de opinión respecto a su intención inicial con relación a eso. MÉTODOS: Estudio transversal que evaluó a 642 niños (0-12 meses atendidos en el Hospital de la Pontificia Universidad Católica de Campinas (São Paulo, Brasil, respecto al tipo de alimentación y uso de chupete. La madre fue cuestionada sobre su intención inicial respecto al chupete, a su uso y, si lo utiliza, el porqué. Tras análisis descriptivo, se aplicó la regresión logística para verificar la asociación del chupete con la amamantación. RESULTADOS: La prevalencia de uso de chupete fue de 48% (IC95% 44-52%, siendo mayor entre los niños no amamantados (70% si comparado a los amamantados (36%; p=0,029. De los que estaban en lactancia exclusiva, el 29% usaban chupete (pOBJECTIVE: To evaluate the prevalence of pacifier use in relation to breastfeeding, to find out the reasons why mothers planned or not to introduce this habit

  20. Aplastic anemia

    Science.gov (United States)

    ... the number of these blood cell types. Aplastic anemia can be caused by: Use of certain drugs or exposure to toxic chemicals (such as benzene) Exposure to radiation or chemotherapy Autoimmune disorders Pregnancy Viruses Sometimes, the cause is unknown. In this ...

  1. Hemolytic Anemia

    Science.gov (United States)

    ... may require ongoing treatment. Acquired forms of hemolytic anemia may go away if the cause of the condition is found and corrected. Rate This Content: NEXT >> Updated: March 21, 2014 Twitter Facebook YouTube Google+ SITE INDEX ACCESSIBILITY PRIVACY STATEMENT FOIA NO FEAR ACT OIG ...

  2. Mieloma Múltiplo e anemia Multiple Myeloma and anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo D. Cançado

    2007-03-01

    Full Text Available Anemia é uma complicação comum em pacientes com mieloma múltiplo (MM e ocorre em mais de 2/3 dos pacientes. Anemia de doença crônica, deficiência de eritropoetina (EPO devido à insuficiência renal e efeito mielossupressivo da quimioterapia são os principais mecanismos patofisiológicos que contribuem para o desenvolvimento de anemia no MM. Nos pacientes que obtêm remissão completa com tratamento quimioterápico, anemia usualmente se normaliza. Nos pacientes que não respondem ou apresentam recaída do mieloma, anemia freqüentemente persiste. As opções de tratamento dos pacientes anêmicos com MM incluem transfusões de hemácias e EPO recombinante humana. Essa proteína é biologicamente equivalente à EPO endógena e sua administração promove aumento dos valores de hemoglobina por tempo mais prolongado sem os riscos das transfusões de sangue. Vários estudos têm relatado melhora significante da eritropoese, redução da necessidade transfusional e melhora da qualidade de vida com o uso da EPO como tratamento a longo prazo da anemia associada ao mieloma. Nesse artigo, propomos o tratamento da anemia do MM baseado nas recomendações propostas pela Sociedade Americana de Hematologia (ASH em conjunto com a Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO, pela Organização Européia para Pesquisa e Tratamento do Câncer (EORTC, pelo IMF (Internacional Myeloma Foundation e pelo NCCN (National Comprehensive Cancer Network.Anemia is a common complication in patients with multiple myeloma (MM occurring in more than two thirds of all patients. Anemia of chronic diseases, erythropoietin (EPO deficiency due to renal impairment and the myelosuppressive effect of chemotherapy are the most important pathophysiological mechanisms contributing to the development of anemia in MM. In patients who achieve complete remission after chemotherapy, anemia usually normalizes. Non-responders and relapsing myeloma patients often continue to suffer

  3. LesÃo no DNA, alteraÃÃes cromossÃmicas e sua correlaÃÃo com polimorfismos genÃticos em pacientes com anemia falciforme tratados com hidroxiurÃia

    OpenAIRE

    Liliane Brito da Silva Rocha

    2014-01-01

    IntroduÃÃo: A anemia falciforme à o resultado de uma mutaÃÃo pontual (GAGGTG) no cÃdon do gene da globina β, conduzindo a uma substituiÃÃo de Ãcido glutÃmico por valina na sexta posiÃÃo da cadeia polipeptÃdica. A HidroxiurÃia (HU) à o quimioterÃpico considerado como principal agente farmacolÃgico capaz de prevenir as complicaÃÃes e aumentar a qualidade de vida dos pacientes com anemia falciforme (AF). Embora a HU tenha sido associada com um aumento do risco de neoplasias em algun...

  4. Anemia in Pregnancy

    OpenAIRE

    Umran Kucukgoz Gulec; Fatma Tuncay Ozgunen; Ismail Cuneyt Evruke; Suleyman Cansun Demir

    2013-01-01

    Iron deficiency anemia (IDA) is the most frequent form of anemia in pregnant women. Folic acid, vitamin B12 deficiency, and hemoglobinopathies are other causes of anemia in pregnancy. Finding the underlying cause are crucial to the management of the anemia. Anemia is defined as hemoglobin of

  5. [Sideroblastic anemias].

    Science.gov (United States)

    Matthes, T

    2006-01-01

    Sideroblastic anemias are a heterogenous group of disorders characterized by the presence of sideroblasts in the bone marrow aspirate. Current classification schemes distinguish between diseases of the heme synthesis pathway and diseases of other mitochondrial pathways which can either be of primary origin (defects in mitochondrial DNA) or of secondary origin (defects in nuclear DNA). Although several distinct hereditary forms exist, sideroblastic anemias are most frequently acquired diseases and belong to the group of myelodysplastic syndromes with the propensity to develop into overt leukemia. Treatment is mainly supportive (vitamins, blood transfusions, cytokines) and only rarely are bone marrow transplantations performed. The molecular defects of a few hereditary forms have already been elucidated, but the genes involved in the acquired forms are still largely unknown.

  6. APLASTIC ANEMIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ni Made Dharma Laksmi

    2013-07-01

    Full Text Available Normal 0 false false false EN-US X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 Aplastic Anemia describes a disorder of the clinical syndrome is marked by a deficiency of red blood cells, neutrophils, monocytes and platelets in the absence of other forms of bone marrow damage. Aplastic anemia is classified as a rare disease in developed countries the incidence of 3-6 cases / 1 million inhabitants / year. The exact cause of someone suffering from aplastic anemia also can not be established with certainty, but there are several sources of potential risk factors. Prognosis or course of the disease varies widely aplastic anemia, but without treatment generally gives a poor prognosis /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Table Normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0in 5.4pt 0in 5.4pt; mso-para-margin:0in; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-theme-font:minor-fareast; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

  7. Fortificação do leite fluido na prevenção e tratamento da anemia carencial ferropriva em crianças menores de 4 anos Fortification of fluid milk for the prevention and treatment of iron defficiency anemia in children under 4 years of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco A. A. Torres

    1996-08-01

    Full Text Available Observou-se a eficácia da fortificação do leite fluido com 3 mg de ferro aminoácido quelato no combate à carência de ferro em crianças menores de quatro anos. Foram acompanhadas 269 crianças que receberam, durante 12 meses, um litro de leite fortificado por dia, e que foram avaliadas a cada 6 meses de acompanhamento. Antes de se iniciar a intervenção, a anemia estava presente em 62,3% das crianças. Após 6 meses, este percentual reduziu-se a 41,8% e, ao final de um ano, a 26,4%. As maiores reduções foram detectadas nas faixas etárias de 12 a 23 meses e em menores de um ano. Das crianças que apresentavam hemoglobinas iniciais inferiores a 9,5 g/dl, 59,3% recuperaram-se da anemia ao final de um ano de acompanhamento. Naquelas com hemoglobinas iniciais entre 9,5 e 10,9 g/dl, o percentual de recuperação da anemia foi de 66,7%. Encontrou-se, ainda, melhores evoluções hematológicas em crianças que ingeriam quantidades superiores a 750 ml/dia de leite fortificado, pertencentes a famílias que não dividiam o suplemento recebido com outros membros e naquelas com apenas uma criança com menos de 5 anos no núcleo familiar. Concluiu-se pela viabilidade e eficácia da fortificação do leite fluido como medida de intervenção no combate à carência de ferro em pré-escolares.The effectiveness of the use of chelate aminoacid iron fortified fluid milk in the treatment of iron deficiency in children under four years of age was studied. The 269 children included in this trial received 1 liter/day of fluid milk fortified with 3 mg of chelate aminoacid iron and were evaluated at six monthly intervals. At the beginning of the study 62.3% of the children presented anemia. After 6 months, this percentage had decreased to 41.8% and at the end of one year to 26.4%. The greatest decreases occurred in the groups comprising the subjects who were of 12 to 23 months of age and those under one year of age. Among the children who presented initial

  8. Folate-deficiency anemia

    Science.gov (United States)

    ... medlineplus.gov/ency/article/000551.htm Folate-deficiency anemia To use the sharing features on this page, please enable JavaScript. Folate-deficiency anemia is a decrease in red blood cells (anemia) ...

  9. Fanconi Anemia Research Fund

    Science.gov (United States)

    ... Support Publications Fundraising News What is the Fanconi Anemia Research Fund? Fanconi anemia is an inherited disease that can lead to ... population. Lynn and Dave Frohnmayer started the Fanconi Anemia Research Fund, in 1989 to find effective treatments ...

  10. Anemia and Pregnancy

    Science.gov (United States)

    ... Advocacy Toolkit Home For Patients Blood Disorders Anemia Anemia and Pregnancy Your body goes through significant changes ... becoming anemic. back to top Is Pregnancy-Related Anemia Preventable? Good nutrition is the best way to ...

  11. Cooley's Anemia Foundation

    Science.gov (United States)

    ... role in their lives. Welcome to the Cooley's Anemia Foundation Website The Cooley's Anemia Foundation is dedicated to serving people afflicted with ... major form of this genetic blood disease, Cooley's anemia/thalassemia major. Our mission is advancing the treatment ...

  12. Anemia - B12 deficiency

    Science.gov (United States)

    ... page: //medlineplus.gov/ency/article/000574.htm Vitamin B12 deficiency anemia To use the sharing features on ... tissues. There are many types of anemia. Vitamin B12 deficiency anemia is a low red blood cell ...

  13. Vitamin Deficiency Anemia

    Science.gov (United States)

    Vitamin deficiency anemia Overview By Mayo Clinic Staff Vitamin deficiency anemia is a lack of healthy red ... you have lower than normal amounts of certain vitamins. Vitamins linked to vitamin deficiency anemia include folate, ...

  14. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Events Spokespeople Email Alerts E-Newsletters About NHLBI Organization NHLBI Director Budget, Planning, & Legislative Advisory Committees Jobs ... food. Overview Iron-deficiency anemia is a common type of anemia . The term "anemia" usually refers to ...

  15. Sobrecarga de ferro transfusional em portadores de anemia falciforme: comparação entre ressonância magnética e ferritina sérica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lécio dos Anjos Bourbon Filho

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar variáveis preditoras de sobrecarga de ferro em portadores de anemia falciforme e correlacionar indicadores bioquímicos e imaginológicos. MATERIAiS E MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal envolvendo 32 portadores de anemia falciforme, que foram submetidos a dosagem sérica de ferro, ferritina e a ressonância magnética do fígado. Foram realizadas cinco sequências gradiente-eco e uma spin-eco. A intensidade de sinal foi obtida em cada sequência pelas médias das regiões de interesse no fígado e musculatura paravertebral para obter a razão da intensidade de sinal (RIS fígado/músculo. A partir da RIS foi obtida a concentração hepática estimada de ferro (CHEF pela fórmula: e[5,808 - (0,877 × T2* - (1,518 × PI], onde T2* é a RIS na sequência com TE de 13 ms e PI é a RIS da sequência com ponderação intermediária. Os pacientes foram agrupados segundo o regime de transfusão de hemácias (regulares mensais versus esporádicas. RESULTADOS: Os grupos transfusionais foram comparados pelas variáveis clínico-laboratoriais, sendo significativas as diferenças entre RIS, CHEF e ferritina sérica: o grupo que recebeu transfusões regulares apresentou sobrecarga de ferro hepático mais intensa. CONCLUSÃO: A ressonância magnética foi ferramenta eficiente para avaliação de sobrecarga hepática de ferro em portadores de anemia falciforme.

  16. Desempenho motor e sensorial de lactentes com e sem síndrome de Down: estudo piloto Motor and sensory performance of infants with and without Down syndrome: a pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina de Campos

    2010-09-01

    Full Text Available O estudo visou avaliar o desempenho motor e sensorial de lactentes com e sem síndrome de Down (SD aos seis meses de vida. Foram avaliados oito lactentes, sendo quatro com SD e quatro típicos, com 24 semanas de vida. Para verificar o desempenho motor foi utilizada a escala motora infantil de Alberta (AIMS, nas posturas supina, prona, sentada e em pé. O desempenho sensorial foi avaliado por meio de entrevista com o cuidador da criança utilizando o perfil sensorial infantil ITSP (infant/toddler sensory profile, que classifica comportamentos sensoriais como de"baixo registro" (dificuldade em registrar estímulos sensoriais, busca de estímulos, excessiva sensibilidade a estímulos e comportamentos de evitar estímulos. Os resultados no ITSP mostram que os lactentes com SD obtiveram piores escores em baixo registro, possivelmente por apresentarem altos limiares neurológicos, demorando mais para responder aos estímulos. Na AIMS os lactentes com SD tiveram um desempenho inferior quando comparados aos típicos na subescala prono, o que pode advir de dificuldades no controle postural e antigravitacional. Não foi encontrada correlação entre os escores do ITSP e da AIMS. Os resultados sugerem que os lactentes com SD podem se engajar com menos freqüência em atividades de interação com o ambiente, tanto por dificuldade em registrar estímulos cotidianos (como diferentes sons e pessoas, quanto por dificuldade em explorar o meio utilizando habilidades motoras.The study aimed at assessing motor and sensory performance of infants with Down syndrome (DS comparing them to typical infants at the age of six months. Eight infants - 4 with typical development, 4 with DS - were assessed as to motor performance by the Alberta infant motor scale (AIMS at supine, prone, sitting, and standing positions. Sensory performance was assessed by using the Infant/toddler sensory profile (ITSP, which classifies sensorial behaviours as"low registration" (difficulty in

  17. Anemia e transfusões de concentrados de hemácias em pacientes graves nas UTI brasileiras (pelo FUNDO-AMIB Transfusion practices in brazilian Intensive Care Units (pelo FUNDO-AMIB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana Margareth Lobo

    2006-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anemia é uma condição comum em pacientes graves. A transfusão de hemoderivados aumenta de forma significativa o risco de transmissão de agentes infecciosos e afeta o perfil imunológico. O objetivo deste estudo foi avaliar a incidência de anemia e a prática de transfusão de hemácias em UTI brasileiras. MÉTODO: Estudo prospectivo, multicêntrico, realizado em 19 UTI em um período de duas semanas. A presença de anemia, as indicações e a utilização de concentrados de hemácias, foram avaliadas diariamente. As complicações que ocorreram durante a internação na UTI e após a transfusão da primeira unidade de concentrado de hemácias foram registradas. RESULTADOS: Um total de 33% apresentava anemia na admissão na UTI e esta proporção aumentou para 55% no final de sete dias de internação. Um total de 348 unidades de concentrado de hemácias foi transfundido em 86 pacientes (36,5%. A média de suas unidades por paciente foi 4,1 ± 3,3 U. O nível de hemoglobina limiar para a transfusão de CH foi 7,7 ± 1,1 g/dL. Pacientes transfundidos tinham mais disfunções orgânicas avaliadas pelo escore SOFA (7,9 ± 4,6 versus 5,6 ± 3,8, transfundidos versus não transfundidos, p BACKGROUND AND OBJECTIVES: Anemia of critical illness is a multifactorial condition caused by blood loss, frequent phlebotomies and inadequate production of red blood cells (RBC. Controversy surrounds the most appropriate hemoglobin concentration "trigger" for transfusion of RBC. We aimed to evaluate transfusion practices in Brazilian ICUs. METHODS: A prospective study throughout a 2-week period in 19 Brazilian ICUs. Hemoglobin (Hb level, transfusion rate, organ dysfunction assessment and 28-day mortality were evaluated. Primary indication for transfusion and pretransfusion hemoglobin level were collected for each transfusion. RESULTS: Two hundred thirty-one patients with an ICU length of stay longer than 48h were included. An Hb

  18. O uso intravenoso de sacarato de hidróxido de ferro III em pacientes com anemia ferropriva Evaluation of the efficacy of intravenous iron III-hydroxide saccharate for treating adult patients with iron deficiency anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo Delfini Cançado

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a eficácia do uso intravenoso de sacarato de hidróxido de ferro III no tratamento de pacientes adultos com anemia ferropriva que não obtiveram resposta satisfatória à terapia com ferro oral. MÉTODOS: No período de janeiro de 2003 a janeiro de 2004, estudamos 25 pacientes com anemia ferropriva que apresentaram intolerância e/ou resposta inadequada ao tratamento com ferro por via oral e/ou valor de hemoglobina OBJECTIVE: To evaluate the efficacy of intravenous iron III-hydroxide saccharate for treating adult patients with iron deficiency anemia lacking satisfactory response to oral iron therapy. METHODS: Between January 2003 and January 2004, 25 patients with iron deficiency anemia who presented intolerance or inadequate response to iron oral therapy, or hemoglobin level < 7 g/dl were studied. The main laboratory tests performed were: complete blood cell count, reticulocyte count, serum iron, total iron-binding capacity, serum ferritin. Patients received a weekly dose of 200 mg of iron diluted in 250 mL of 0.9% sodium chloride solution administered intravenously for 30 minutes. Treatment continued until a hemoglobin level = 12 g/dL for women and = 13 g/dL for men were obtained or until full administration of the total dose of parenteral iron recommended for each patient. RESULTS: Edian age of the patients studied was 45 years (ages ranging from 31 to 70. Nineteen out of 25 patients (76% were women. The most common cause of iron deficiency anemia was abnormal uterine bleeding observed in 68% of the female patients (13 out of 19 and partial gastrectomy observed in 67% of the male patients (4 out of 6. Seventeen (68% patients were included in this study because they did not respond to oral iron therapy, 24% (6 out of 25 showed intolerance to oral iron and 8% (2 out of 25 presented hemoglobin level < 7 g/dl. Correction of anemia was obtained in 12 out of 19 female patients (63% and in 5 out of 6 male patients (83%. The mean

  19. Anemias Hereditárias

    OpenAIRE

    Ferreira, Fátima; Carvalho, Fernanda; Costa, Vítor; Farinha, Nuno; Gil-da-Costa, M.ª João; Norton, Lucília; Reis, Ilidia Lima

    2014-01-01

    Os autores efectuam a revisão das anemias hereditárias da consulta de hematologia pediátrica do Hospital S. João no período compreendido entre 1982 e 1995. Dividem-nas em três grandes grupos: Hemoglobinopatias, Doenças da Membrana do glóbulo rubro e Enzimopatias. Calculam a sua frequência relativa, os parâmetros clínicos e analíticos relevantes no diagnóstico, a abordagem terapêutica e respectiva evolução.Destacam a especificidade desta consulta em que as anemias hereditárias correspondem a 4...

  20. Avaliação do estado nutricional de ferro e anemia em crianças menores de 5 anos de creches públicas Nutritional assessment of iron status and anemia in children under 5 years old at public daycare centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cláudia F. Vieira

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de ferro e a prevalência de anemia em crianças menores de 5 anos de creches públicas da cidade do Recife (PE. MÉTODOS: Estudo transversal, com amostra aleatória sistemática de 162 crianças, de 6 a 59 meses. O estado nutricional de ferro foi avaliado em termos de reservas corporais (ferritina sérica, transferrinemia (ferro sérico, capacidade total de ligação do ferro e % de saturação da transferrina, eritropoiese (protoporfirina eritrocitária livre e hemoglobinogênese (hemoglobina. RESULTADOS: A prevalência de anemia (hemoglobina 40 µmol/mol heme em 69,6% (IC95% 61,0-77,1 das crianças. Os parâmetros de ferro não apresentaram correlação com o gênero (p > 0,05. No entanto, crianças 24 meses. A significante correlação observada entre reserva, transferrinemia e eritropoiese representa achado compatível com o esperado ciclo de vida do ferro no organismo. CONCLUSÕES: A deficiência de ferro e a anemia parecem ser um importante problema de saúde pública entre as crianças menores de 5 anos de creches públicas do Recife. Logo, ações efetivas direcionadas à prevenção e ao controle dessa deficiência são fortemente recomendadas nesse contexto ecológico.OBJECTIVE: To assess nutritional iron status and anemia prevalence in children less than 5 years old at public daycare centers in the city of Recife, PE, Brazil. METHODS: A cross-sectional study, with a systematic random sampling of 162 children aged 6 to 59 months. Nutritional iron status was assessed in terms of body iron reserves (serum ferritin, transferrinemia (serum iron, total iron binding capacity, and transferrin saturation %, erythropoiesis (free erythrocyte protoporphyrin and hemoglobin production (hemoglobin. RESULTS: The prevalence of anemia (hemoglobin 40 µmol/mol heme in 69.6% (95%CI 61.0-77.1 of the children. Iron parameters were not correlated with sex (p > 0.05. However, children 24 months. The significant

  1. Expandindo a aplicação de questionário padronizado para sibilância recorrente no lactente Expanding the application of a standardized questionnaire on recurrent wheezing in infancy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herberto José Chong Neto

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estender a aplicação de um instrumento para avaliar a prevalência e as características clínicas da sibilância em lactentes. MÉTODOS: Estudo transversal, como parte do projeto Estudio Internacional de Sibilancias en Lactantes (EISL, aplicando questionário aos pais de lactentes entre 12 e 15 meses (grupo I e 16 e 24 meses de vida (grupo II. RESULTADOS: Mil trezentos e sessenta e quatro lactentes (45,4% do grupo I e 250 (46,7% do grupo II apresentaram pelo menos um episódio de sibilância (p = 0,58. O uso de β2-agonistas inalados, corticoides inalatórios ou orais e modificadores de leucotrienos foi semelhante entre os grupos (p = 0,52, 0,12, 0,06 e 0,75. Sintomas noturnos, dificuldade para respirar, visitas à emergência, hospitalização por sibilância e diagnóstico médico de asma não foram diferentes nos grupos (p = 0,09, 0,28, 0,69, 0,54 e 0,45. CONCLUSÃO: A aplicação do questionário pode ser estendida aos lactentes com até 24 meses de vida.OBJECTIVE: To verify the possibility of extending the application of an instrument to investigate the prevalence and clinical characteristics of wheezing in infants. METHODS: A cross-sectional study conducted as part of the International Study on Wheezing in Infants (EISL, Estudio Internacional de Sibilancias en Lactantes. A questionnaire was administered to parents of infants aged 12 to 15 months (group I and 16 to 24 months (group II infants. RESULTS: One thousand, three hundred and sixty-four infants (45.4% in group I and 250 (46.7% in group II had had at least one episode (p = 0.58. The numbers of patients on inhaled β2-agonists, inhaled or oral steroids and/or leukotriene modifiers were similar in both groups (p = 0.52, 0.12, 0.06, and 0.75. There were no differences between the groups in terms of night-time symptoms, shortness of breath, emergency room visits, asthma hospitalization or asthma diagnosed by a doctor (p = 0.09, 0.28, 0.54, and 0.45. CONCLUSION: The

  2. Alimentos utilizados ao longo da história para nutrir lactentes The history of infant nutrition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Diez Castilho

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Resgatar a história da alimentação infantil, com o intuito de compreender a prática da amamentação. FONTES DOS DADOS: O levantamento bibliográfico foi realizado nas bases MEDLINE, LILACS e SciELO, Internet, enciclopédias, livros científicos e leigos, literatura, arte e história. Foram consultados textos sobre os cuidados com lactentes em diferentes épocas, a história da Medicina, e artigos científicos recentes sobre nutrição infantil. SÍNTESE DOS DADOS: Durante o período pré-industrial, os costumes pouco variaram, e a chance de sobrevivência estava relacionada ao aleitamento materno ou à sua substituição pelo leite de uma ama. Caso isso não fosse possível, os lactentes recebiam leite animal, alimentos pré-mastigados ou papas pobres em nutrientes e contaminadas, que determinavam altos índices de mortalidade. Nada podia substituir a amamentação com sucesso, e dela dependia a sobrevivência da espécie. Com a Revolução Industrial, as mulheres, que costumavam amamentar, foram trabalhar nas fábricas, motivando a busca de alternativas para nutrir os lactentes. O consumo de leite animal e fórmulas (diluídas, farinhas, leite em pó, bem como a introdução precoce de alimentos comprometeram a saúde das crianças. O movimento feminista e a pílula anticoncepcional determinaram queda da natalidade. As fábricas, visando o lucro, desenvolveram fórmulas modificadas e investiram em propaganda. A sociedade reagiu com um movimento de incentivo ao aleitamento. CONCLUSÕES: Atualmente, reconhecem-se as vantagens do leite materno, e recomenda-se aleitamento exclusivo até os 6 meses, complementado com outros alimentos a partir dessa idade até pelo menos os 2 anos. A alimentação infantil, natural ou artificial, sempre foi determinada e condicionada pelo valor social atribuído à amamentação.OBJECTIVE: To retrace the history of infant nutrition with the objective of better understanding breastfeeding. SOURCES

  3. Complicação decorrente da presença de brônquio traqueal em lactente: relato de caso Complicación debida a la presencia de bronquiotraqueal en un lactante: relato de caso Complication related to tracheal bronchus in infant: case report

    OpenAIRE

    2006-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O brônquio traqueal é uma anomalia congênita com incidência aproximada de 2% na população geral, habitualmente assintomática e de diagnóstico usualmente incidental. Esta anomalia caracteriza-se pela presença de brônquio para o lobo superior direito emergindo diretamente da traquéia, junto à carina. Em vigência de intubação traqueal, este brônquio pode ter sua luz obliterada pela cânula, levando a atelectasia isolada do lobo superior direito. O objetivo deste artigo ...

  4. Biodisponibilidade do ferro como fator de proteção contra anemia entre crianças de 12 a 16 meses Iron bioavailability as a protective factor against anemia among children aged 12 to 16 months

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Regina Vitolo

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo investiga os fatores dietéticos determinantes da ausência de anemia entre lactentes de famílias de baixo nível socioeconômico submetidos a um programa de intervenção nutricional, bem como a adequação do consumo de ferro de acordo com as recomendações. METODOLOGIA: O estudo compreendeu 369 crianças pertencentes a uma coorte do município de São Leopoldo (RS, as quais foram randomizadas ao nascimento para constituírem dois grupos: intervenção e controle. O grupo intervenção foi submetido a orientações dietéticas no primeiro ano de vida, com visitas domiciliares mensais, e o grupo controle foi visitado aos 6 e 12 meses, sem intervenção dietética. Ao final do primeiro ano de vida, realizou-se inquérito alimentar recordatório de 24 horas. O diagnóstico de anemia foi determinado pelo nível de hemoglobina inferior a 11 g/dL. As dietas das crianças foram classificadas de acordo com a biodisponiblidade do ferro presente. RESULTADOS: A prevalência de anemia encontrada neste estudo foi de 63,7%. A proporção de crianças com consumo adequado em relação às recomendações foi estatisticamente mais elevada no grupo sem anemia (26,8% do que no grupo com anemia (17,7%. As crianças que não apresentaram anemia mostraram maior consumo de ferro (p = 0,019, vitamina C (p = 0,001, densidade energética no jantar (p = 0,006, densidade de ferro por 1.000 calorias (p = 0,045, e 16,3% delas apresentaram dieta com alta biodisponibilidade em ferro (p = 0,002. CONCLUSÕES: A prática alimentar que garante alta biodisponibilidade de ferro protege a criança contra anemia e pode ser usada como proposta de intervenção na rede básica de saúde e no âmbito das secretarias municipais de educação infantil.OBJECTIVE: This study investigates the nutritional factors that determine the absence of anemia in infants from families with a low socioeconomic background submitted to a nutrition intervention program, as well as

  5. Características clínicas da doença diarréica em lactentes na Zona da Mata Meridional do estado de Pernambuco Clinical characteristics of diarrheal disease in suckling children in the Zona da Mata Meridional in the State of Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giselia Alves Pontes da Silva

    2002-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: descrever as características clínicas dos episódios diarréicos apresentados por um grupo de crianças residentes na Zona da Mata Meridional do estado de Pernambuco nos primeiros seis meses de vida. MÉTODOS: o desenho do estudo é uma série de casos dele fazem parte todas as crianças acompanhadas dentro de um estudo de coorte realizado em quatro cidades da Zona da Mata Meridional do estado de Pernambuco e que durante o período de observação apresentaram pelo menos um episódio de doença diarréica. RESULTADOS: foram acompanhados 264 episódios de doença diarréica, que ocorreram em 239 crianças. A duração dos episódios variou entre um e 31 dias, sendo a mediana de dois dias e a moda de um dia. Um total de 93,5% dos episódios se auto-limitou em até sete dias. A maioria das crianças apresentou um episódio de diarréia durante o período de observação. Houve necessidade de hospitalização em 18 episódios (6,8%. Não foi observado nenhum óbito. CONCLUSÕES: a evolução clínica da doença diarréica quando estudada na comunidade é benigna, com episódios diarréicos de curta duração e levando a baixos índices de hospitalização.OBJECTIVES: to describe clinical characteristics of diarrhea episodes in a group of children residing in the Zona da Mata Meridional in the State of Pernambuco during the first six months of life. METHODS: the study's design is a case series comprising all children followed-up within a cohort study accomplished in four cities of the Zona da Mata Meridional of the State of Pernambuco who during observation had at least one episode of diarrheal disease. RESULTS: 264 episodes of diarrhea were followed-up in 239 children. The episodes lasted between one and 31 days, with the median of two days and the mode of one day. 93,5% of the episodes were self-limited to seven days. The majority of the children had one diarrhea episode during observation. Hospitalization was required in 18 episodes

  6. SeparaÃÃo materna prolongada induz desnutriÃÃo e inflamaÃÃo sistÃmica com deficiÃncia de igf-1 e leptina e alteraÃÃes hipocampais em camundongos lactentes

    OpenAIRE

    Ãtalo Leite Figueiredo

    2015-01-01

    A separaÃÃo materna prolongada (SMP) pode causar uma desnutriÃÃo energÃtico-proteica devido à restriÃÃo do leite materno, o que pode levar a alteraÃÃes no hipocampo, alÃm de afetar a barreira intestinal, induzindo translocaÃÃo bacteriana e inflamaÃÃo sistÃmica. Um estudo recente mostrou uma correlaÃÃo negativa entre marcadores inflamatÃrios sistÃmicos e nÃveis sÃricos do fator de crescimento insuliniforme 1 (IGF-1) em crianÃas desnutridas com baixa estatura. Contudo, ainda hà uma lacuna no co...

  7. Anemia in pregnancy.

    Science.gov (United States)

    Horowitz, Kari M; Ingardia, Charles J; Borgida, Adam F

    2013-06-01

    Hemodynamic changes occur in pregnancy to prepare for expected blood loss at delivery. Physiologic anemia occurs in pregnancy because plasma volume increases more quickly than red cell mass. Anemia is most commonly classified as microcytic, normocytic, or macrocytic. Iron deficiency anemia accounts for 75% of all anemias in pregnancy. Oral iron supplementation is the recommended treatment of iron deficiency anemia in pregnancy. Parenteral iron and erythropoietin can also be used in severe or refractory cases. Outcomes and treatments for other forms of inherited and acquired anemias in pregnancy vary by disease, and include nutritional supplementation, corticosteroids, supportive transfusions, and splenectomy.

  8. Dor abdominal aguda como manifestação de violência física em lactente: alerta aos pediatras Dolor abdominal agudo como manifestación de violencia física en lactante: alerta a los pediatras Acute abdominal pain as a manifestation of physical violence in an infant: alert to pediatricians

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Gomes de Souza

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Alertar os pediatras e residentes de Pediatria quanto à possibilidade da ocorrência de violência contra a criança por meio do relato de um caso clínico. DESCRIÇÃO DO CASO: Paciente de 18 meses deu entrada à emergência com dor abdominal e vômitos há 48 horas. O exame abdominal revelou dois orifícios e massa pequena endurecida. O raio X de abdome mostrou imagem compatível com três objetos metálicos. Duas agulhas e um prego sem cabeça foram removidos da cavidade abdominal por meio de laparotomia. COMENTÁRIOS: O diagnóstico foi realizado no segundo atendimento médico, provavelmente por não ter sido aventada a possibilidade de lesão intencional no primeiro. A violência física é um diagnóstico diferencial a ser pensado nos quadros de dor abdominal em crianças. Ressalta-se a importância de aprimorar a formação do residente de Pediatria e dos pediatras em geral para a abordagem da violência contra a criança, de forma que estejam mais preparados para o acionamento da linha de cuidado em situações de violência.OBJETIVO: Alertar a los pediatras y médicos internos en Pediatría respecto a la posibilidad de ocurrencia de violencia contra el niño por medio del relato de un caso clínico. DESCRIPCIÓN DEL CASO: Paciente con 18 meses llevado a la emergencia por dolor abdominal y vómitos hace 48 horas. El examen abdominal reveló dos agujeros y masa pequeña endurecida. Rayo-X abdominal mostró imagen compatible con tres objetos metálicos. Dos agujas y un clavo sin cabeza fueron removidos de la cavidad abdominal mediante laparotomía. COMENTARIOS: El diagnóstico se realizó en la segunda atención médica, probablemente por no haber sido aventada la posibilidad de lesión intencional en la primera atención. La violencia física es un diagnóstico diferencial que se debe tener en cuenta en los cuadros de dolor abdominal en niños. Se subraya la importancia de perfeccionar la formación del médico interno en

  9. Prevalência do traço e da anemia falciforme em recém-nascidos do Distrito Federal, Brasil, 2004 a 2006 Prevalence of sickle cell trait and sickle cell anemia among newborns in the Federal District, Brazil, 2004 to 2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Debora Diniz

    2009-01-01

    Full Text Available Para determinar a prevalência da anemia e traço falciforme em recém-nascidos no Distrito Federal, Brasil, no período de 2004 a 2006, foi realizado um estudo seccional de prevalência. Foram utilizados os registros dos resultados de testes realizados de 2004 a 2006 pelo Programa de Triagem Neonatal da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, e calculados os coeficientes de prevalência. As amostras de sangue dos recém-nascidos foram analisadas pela técnica de focalização isoelétrica. No período de 1º de janeiro de 2004 a 31 de dezembro de 2006, foram realizados 116.271 testes de triagem neonatal para hemoglobinopatias, correspondendo a 85% do número de nascidos vivos de mães residentes no Distrito Federal. Foram identificados, nos três anos, 3.760 recém-nascidos, com traço falciforme (Hb AS e 109 com anemia falciforme (Hb SS. Os coeficientes de prevalência foram, respectivamente, 323 (Hb AS e 9 (Hb SS por 10 mil nascidos vivos. A elevada prevalência do traço falciforme evidencia a importância da triagem neonatal no Distrito Federal para atuação de gestores e profissionais da saúde no planejamento de ações educativas e na redução da morbidade associada às doenças falciformes.To determine the prevalence of sickle cell trait and sickle cell anemia among newborns in the Federal District, Brazil, a cross-sectional prevalence study covering the years 2004 to 2006 was conducted. Test results reported from the Neonatal Screening Program in the Federal District Health Department from 2004 to 2006 were analyzed, and prevalence rates were calculated. Neonatal blood samples were tested by isoelectric focalization. From January 2004 to December 2006, 116,271 newborns were tested for hemoglobinopathies, corresponding to 85% of all live births from mothers residing in the Federal District. The study identified 3,760 newborns with sickle cell trait (Hb AS and 109 with sickle cell anemia (Hb SS. The prevalence rates were

  10. Hipovitaminose A e anemia ferropriva em gestantes de duas comunidades do Vale do Ribeira (Estado de São Paulo, Brasil Vitamin A deficiency and iron deficiency anemia in pregnant women of two communities of the Ribeira River Valley (State of S. Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José Roncada

    1975-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar deficiências de vitamina A e de ferro em mulheres grávidas, a nível de comunidade, estudou-se 60 gestantes, residentes na zona urbana de Apiaí e Ribeira (Estado de São Paulo, através de inquérito bioquímico, realizando-se dosagens séricas de beta-caroteno, vitamina A, hemoglobina, ferro sérico e capacidade de ligação de ferro, bem como determinação do hematócrito. Os resultados foram comentados e apontaram não haver hipovitaminose A nesta amostra, apesar de haver grande proporção de resultados de caroteno sérico considerados não-normais. Houve maior prevalência de anemia entre gestantes de Ribeira. A comparação dos resultados obtidos entre as gestantes com respectivos grupos-testemunha, apontou freqüência maior de casos considerados não-normais entre as primeiras, em todos os coeficientes levantados.The present study was carried out on sixty pregnant women residing in the urban area of the cities of Apiaí and Ribeira, State of S. Paulo. Samples were taken from each subject in order to study blood levels of beta-carotene, vitamin A, hemoglobin, serum iron and iron binding capacity as well as packed cell volume, with the objective of studying vitamin A and iron deficiency. The results showed that vitamin A deficiency was absent although a large proportion of carotene levels was abnormal. Regarding anemia, prevalence was higher in Ribeira residents. Refering all results to a control group, it was found that frequency was higher in the sample subjects.

  11. Prevalência da anemia em crianças avaliada pela palidez palmar e exame laboratorial: implicações para enfermagem Sentimientos de mujeres-madres delante de la cirugía neonatal en las malformaciones congénitas Prevalence of anemia in children assessed by clinical method known as "palmar pallor" and the laboratory exam: implications for nursing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ethel Bastos da Silva

    2011-09-01

    Full Text Available Buscou-se analisar a prevalência de anemia ferropriva em crianças e comparar os dados obtidos pelo método clínico "palidez palmar" e exame laboratorial em uma Estratégia de Saúde da Família no município de Panambi/RS. Pesquisa exploratória/descritiva, quantitativa, realizada de março a junho de 2009. Foram sujeitos 41 crianças de 2 meses a 5 anos. Os dados foram analisados pela estatística descritiva. Das crianças, 51,2% eram do sexo masculino; 41,46% estavam na faixa etária de 0 a 12 meses; 53,6% das famílias situavam-se no nível social D e 43,9% dos chefes de família tinham o Ensino Fundamental completo ou o Ensino Médio incompleto. Pela palidez palmar, a prevalência de anemia foi de 51,2% e pelo exame laboratorial, de 58,53%. O estudo mostra que a palidez palmar e o exame laboratorial, quando usados juntos, fornecem um diagnóstico mais preciso da anemia ferropriva, podendo ser inseridos na prática assistencial da enfermagem na ESF.Se intenta analizar la prevalencia de anemia por deficiencia de fierro en niños y comparar el método clínico "palidez palmar" y el examen de laboratorio en una Estrategia de Salud de la Familia en la municipalidad de Panambi-RS. La pesquisa exploratoria, descriptiva y cuantitativa fue realizada de marzo hasta junio de 2009. Los sujetos fueron 41 niños de 2 meses a 5 años de edad. Los datos fueron analizados por la estadística descriptiva. Del total de niños, 51,2% eran del sexo masculino; 41,46% estaban en la franja etaria de 0 a 12 meses; 53,6% de las familias se sitúan en el nivel social D y 43,9% de los jefes de familia tienen la Enseñanza Fundamental Completa o la Enseñanza Media Incompleta. Por la palidez palmar, la prevalencia de anemia fue de 51,2% y por el examen de laboratorio, de 58,53%. El estudio muestra que la palidez palmar y el examen de laboratorio, cuando usados juntos, proveen un diagnóstico más preciso de la anemia por deficiencia de fierro, pudiendo ser inserido

  12. Sickle Cell Anemia

    Science.gov (United States)

    Sickle cell anemia is a disease in which your body produces abnormally shaped red blood cells. The cells ... red blood cells. This leads to anemia. The sickle cells also get stuck in blood vessels, blocking blood ...

  13. Sickle cell anemia.

    OpenAIRE

    ŘÍHOVÁ, Tereza

    2013-01-01

    This thesis is about the disease called sickle cell anemia, or drepanocytosis. In this thesis is described the history of the disease, pathophysiology, laboratory features, various clinical features, diferencial diagnosis, quality of life in sickle cell anemia and therapy.

  14. Anemia in the Newborn

    Science.gov (United States)

    ... Doctor About Emotional Struggles Additional Content Medical News Anemia in the Newborn By Arthur E. Kopelman, MD, ... of Prematurity Necrotizing Enterocolitis (NEC) Jaundice in Newborns Anemia in the Newborn Polycythemia in the Newborn Thyroid ...

  15. [Common anemias in neonatology].

    Science.gov (United States)

    Humbert, J; Wacker, P

    1999-01-28

    We describe the four most common groups of neonatal anemia and their treatments, with particular emphasis on erythropoietin therapy. The hemolytic anemias include the ABO incompatibility (much more frequent, nowadays, than the Rh incompatibility, which has nearly disappeared following the use of anti-D immunoglobulin in postpartum Rh-negative mothers), hereditary spherocytosis and G-6-PD deficiency. Among hypoplastic anemias, that caused by Parvovirus B19 predominates, by far, over Diamond-Blackfan anemia, alpha-thalassemia and the rare sideroblastic anemias. "Hemorrhagic" anemias occur during twin-to-twin transfusions, or during feto-maternal transfusions. Finally, the multifactorial anemia of prematurity develops principally as a result of the rapid expansion of the blood volume in this group of patients. Erythropoietin therapy, often at doses much higher than those used in the adult, should be seriously considered in most cases of non-hypoplastic neonatal anemias, to minimise maximally the use of transfusions.

  16. The Anemias of Athletes.

    Science.gov (United States)

    Eichner, Edward R.

    1986-01-01

    Diagnosing anemia in athletes is complicated because athletes normally have a pseudoanemia that needs no treatment. Athletes, however, can develop anemia from iron deficiency or footstrike hemolysis, which require diagnosis and treatment. (Author/MT)

  17. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... or an inability to absorb enough iron from food. Overview Iron-deficiency anemia is a common type ... of the condition. Treatments may include dietary changes, medicines, and surgery. Severe iron-deficiency anemia may require ...

  18. Efeitos da everminação de matrizes e de bezerros lactentes em sistema de produção de bovinos de corte na região de Cerrado Effects of deworming of cow-calf beef herds in brazilian savannas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João B. Catto

    2005-09-01

    Full Text Available Estudou-se o efeito da everminação de vacas no pré-parto e de bezerros antes do desmame, no número de ovos de nematódeos nas fezes (OPG e nos parâmetros produtivos em dois rebanhos de gado de corte na região do Brasil Central. Quatro lotes de vacas prenhes receberam os seguintes tratamentos: T1- vacas e bezerros controle, T2- somente bezerros tratados, T3- somente vacas tratadas antes do parto com ivermectina e T4- vacas e bezerros tratados. Os bezerros dos lotes T2 e T4 foram distribuídos nos seguintes grupos: A- tratados aos 3 a 5 meses de idade com ivermectina de ação prolongada, B- tratados com ivermectina e C- controle. Nas vacas a everminação não diminuiu o OPG durante a lactação, como também não teve efeito significativo na taxa de concepção, no ganho de peso e no peso dos bezerros aos 3 a 5 meses de idade. Os bezerros do Grupo A ganharam até o desmame, 84 a 108 dias após o tratamento, em média 4,2kg (P= 0,0003 e 7,1kg (PThe effect of deworming with ivermectin of cows before calving and of suckling calves on fecal egg counts (EPG and productive performance of two beef cattle herds in Central Brazil was studied. Four groups of pregnant cows received the following treatments: T1- cows and calves not treated, T2- only calves treated, T3- only cows treated, and T4- cows and calves treated. The calves of T2 and T4 were distributed in the following treatments: A- calves treated at 3 to 5 months of age with long action ivermectin, B- treated with ivermectin, and C- control. For the cows, the deworming did not diminish the EPG during lactation and also did not have significant effect on the conception rate, live weight gain and the body weight of their calves at 3 to 5 months of age. The calves of treatment A gained, from the time of treatment to weaning (84 to 108 days, an average of 4.2kg (P=0.0003 and 7.1kg (P<0.0001 more than those of treatment B and C, respectively. The average difference in live weight gain of 2.9kg

  19. Megaloblastic anemia in pregnancy.

    Science.gov (United States)

    Campbell, B A

    1995-09-01

    Megaloblastic anemia is one of the acquired nutritional anemias that may complicate pregnancy. It is most often secondary to folic acid deficiency because folate requirements are increased during gestation. When the diagnosis of megaloblastic anemia is confirmed, appropriate therapy will initiate a rapid reversal of the anemia process. Because of the association between neural tube defects and folate deficiency, it is recommended that women of reproductive age take folic acid supplementation.

  20. Preval??ncia de infec????o pelo v??rus da hepatite C (VHC) em pacientes com anemia falciforme (AF) e associa????o entre a hepatite viral e as manifesta????es cl??nicas da doen??a de base

    OpenAIRE

    Pacheco, Sidelcina Rugieri

    2010-01-01

    Os indiv??duos com anemia falciforme s??o considerados como pertencentes aos grupos de risco para infec????o pelo v??rus da hepatite C (VHC) p??s-transfusional, sobretudo, antes da implanta????o da triagem sorol??gica nos bancos de sangue, que no Brasil ocorreu em 1993. O objetivo do presente estudo foi determinar a preval??ncia de infec????o e os gen??tipos do VHC circulantes nos pacientes com anemia falciforme, bem como avaliar a contribui????o de outros fatores de risco para...

  1. Anemia ferropriva em populações da região sul do Estado de São Paulo Iron deficiency anaemia in populations of the Southern area of the State of S. Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sophia Cornblüth Szarfarc

    1972-06-01

    Full Text Available Foi feito um levantamento da ocorrência de anemia ferropriva no Vale do Ribeira, nas localidades de Iguape, Apiaí, Ribeira, Barra do Chapéu e Pontal do Ribeira, através de dosagens, no sangue, de Hemoglobina, Hematócrito, Ferro sérico e Capacidade de Ligação de Ferro. Na mesma amostra populacional, pelo estudo da composição dos alimentos consumidos, foi obtida a ingestão de ferro, média, diária, "per capita" nas seis localidades referidas. Os resultados da adequação de consumo foram: em Iguape, 91%; Pontal do Ribeira, 63%; Icapara, 81%; Apiaí, 122%; Ribeira, 99% e em Barra do Chapéu, 125%. Através dos índices aplicados, evidenciou-se a existência de anemia como problema de Saúde Pública na grande maioria das áreas estudadas.A study of iron deficiency anaemia in seaside and mountain population of the southern area of the state of S. Paulo, Brazil, was carried out. The towns studies were, Iguape, Pontal do Ribeira, Icapara, Apiai, Ribeira and Barra do Chapeu. Studying the composition of food-stuff consumed a "per capita" average iron consumption was stablished for each town. Results showed that consumption of iron in Iguape was 91% of minimum needs, Pontal do Ribeira, 63%, Icapara, 81%, Apiai, 122%, Ribeira, 99% and Barra do Chapeu, 125%. It was found that in most localities iron deficiency anaemia constitutes a public health problem.

  2. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... the NHLBI on Twitter. What Is Iron-Deficiency Anemia? Español Iron-deficiency anemia is a common, easily ... Featured Video Living With and Managing Iron-Deficiency Anemia 05/18/2011 This video—presented by the ...

  3. Iron deficiency anemia

    Science.gov (United States)

    Anemia - iron deficiency ... iron from old red blood cells. Iron deficiency anemia develops when your body's iron stores run low. ... You may have no symptoms if the anemia is mild. Most of the time, ... slowly. Symptoms may include: Feeling weak or tired more often ...

  4. Iron-Deficiency Anemia

    Science.gov (United States)

    ... the NHLBI on Twitter. What Is Iron-Deficiency Anemia? Español Iron-deficiency anemia is a common, easily ... Featured Video Living With and Managing Iron-Deficiency Anemia 05/18/2011 This video—presented by the ...

  5. Your Guide to Anemia

    Science.gov (United States)

    ... 19 Who Is At Risk for Iron-Deficiency Anemia? Infants and children. Getting enough iron is essential for normal growth ... checkup to see whether they also might have anemia. If you have children or teens who have anemia, talk to them ...

  6. Iron-Deficiency Anemia

    Science.gov (United States)

    ... page from the NHLBI on Twitter. What Is Iron-Deficiency Anemia? Español Iron-deficiency anemia is a common, ... Content: NEXT >> Featured Video Living With and Managing Iron-Deficiency Anemia 05/18/2011 This video—presented by ...

  7. Padrão e ritmo de aquisição das habilidades motoras de lactentes pré-termo nos quatro primeiros meses de idade corrigida Pattern and rate of motor skill acquisition among preterm infants during the first four months corrected age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine P. Raniero

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Este estudo objetivou caracterizar o padrão e o ritmo de aquisição das habilidades motoras de lactentes nascidos pré-termo nos quatro primeiros meses de idade corrigida, comparando-os com um grupo de lactentes a termo. MÉTODOS: Participaram do estudo 12 lactentes pré-termo saudáveis, (MD=33,6 semanas de idade gestacional, ± 1,25 e 10 lactentes a termo saudáveis (MD=39,1 semanas de idade gestacional, ± 0,73. Eles foram avaliados mensalmente (zero a quatro meses de idade com o Test of Infant Motor Performance (TIMP. RESULTADOS: O padrão de desempenho motor aumentou ao longo dos meses em ambos os grupos, constatando variabilidade nos escores totais em todas as idades. O grupo pré-termo apresentou escore médio mais elevado do que o a termo entre um e quatro meses de idade. Nesse grupo, o ritmo de aquisição motora foi maior de zero a um do que de três a quatro meses. Verificou-se também que os cuidadores desses lactentes iniciaram a estimulação com brinquedos anteriormente aos cuidadores do grupo a termo. Ambos os grupos apresentaram escores médios inferiores aos do TIMP. CONCLUSÕES: Os lactentes pré-termo apresentaram padrão de desenvolvimento motor semelhante aos típicos quanto à sequência de habilidades adquiridas e ritmo acelerado no período de recém-nascido (RN a um mês de idade. Sugere-se que lactentes pré-termo com essas características não necessitam de correção do grau de prematuridade e que programas de acompanhamento orientem os pais e cuidadores a estimulá-los, desde o primeiro mês, com brinquedos, propiciando a exploração precoce de diversos padrões motores.OBJECTIVES: This study aimed to characterize the pattern and rate of motor skill acquisition among preterm infants from newborn to four months corrected age, in comparison with a group of full-term infants. METHODS: Twelve healthy preterm infants (mean gestational age=33.6 weeks ± 1.25 and 10 healthy full-term infants (mean

  8. Rotulagem de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância Labeling food products for breastfeeding infants and toddlers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheylle Almeida da Silva

    2008-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a conformidade de rótulos de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância, segundo os preceitos da ética e das legislações vigentes. MÉTODOS: Foram analisados 86 rótulos captados por livre acesso, amostragem intencional, distribuídos em: fórmulas infantis para lactentes (n=11, fórmulas de seguimento para lactentes (n=5; alimentos de transição (n=7; alimentos à base de cereais (n=11, leites e alimentos à base de vegetais (n=52 e alimentos comuns usualmente empregados na alimentação desse público (n=13. Foram preenchidos formulários estruturados com itens das Resoluções da Diretoria Colegiada 222/02, 977/98, 40/01, 40/02, 259/02, 23/00 e das Portarias 34/98 e 36/98 para cada alimento. Aplicaram-se os Testes Qui-Quadrado, Exato de Fisher e de Correlação. RESULTADOS: A freqüência de não conformidades na rotulagem específica foi muito maior que na rotulagem geral. A maior freqüência de não conformidades observada foi a apresentação de ilustrações inadequadas nos alimentos (imagens de lactentes ou crianças com figuras humanizadas. Outras inconformidades foram: a presença de expressões como leite humanizado, baby ou frases que dão falsa idéia de vantagem ou segurança; e a ausência de frases obrigatórias e não conformidade quanto à composição do produto. Alimentos que não tinham como designação de venda nenhuma das características de uso comum nesta faixa etária, ou seja, não eram comercializados como tal, como farinha láctea, flocos de cereais e mingaus, apresentavam frases de advertência não necessárias para aquele tipo de produto. CONCLUSÃO: A rotulagem de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância apresenta muitas irregularidades, principalmente no que se refere à rotulagem específica do produto. Essa prática pode repercutir sobre a amamentação. A fiscalização deve ser intensificada, conjuntamente com maiores esclarecimentos às ind

  9. Fatores de risco relacionados com o desempenho de leitões lactentes em granjas de suínos da região norte do Paraná The relation of the risk factors on the suckling piglets performance in farms of north Parana state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio Abércio da Silva

    1998-12-01

    Full Text Available Foram avaliadas 18 granjas de suínos, sob sistema confinado, na região norte do estado do Paraná, no ano de 1994. Em cada criação, foram acompanhadas no mínimo seis matrizes e suas respectivas leitegadas do nascimento até o desmame. Foram estudadas 4 variáveis objetivas (presença de diarréia nos leitões, taxa de mortalidade, coeficiente de variação do peso ao desmame e o ganho de peso médio diário até o desmame e 16 variáveis explicativas: amplitude térmica diária na maternidade, vazio sanitário, condição nutricional das porcas, percentagem de abertura da maternidade, presença de forro na instalação, temperatura mínima interna, área da cela parideira, utilização de escamoteador, assistência ao parto, aleitamento coletivo, parasitismo intestinal, número de leitegadas por sala, número médio de leitões nascidos vivos, peso médio ao nascer, presença de onfalite e utilização de vacina contra colibacilose. As variáveis foram avaliadas através do programa ECOSUI desenvolvido pela EMBRAPA/CNPSA. Os principais fatores de risco encontrados, presentes em mais de 50% das granjas, foram: ausência de forro, elevada temperatura mínima interna com amplas variações térmicas diárias, reduzida área disponível por porca e sua leitegada, falta de vazio sanitário entre lotes, presença de parasitismo intestinal, salas de maternidade com número excessivo de celas pandeiros, alta freqüência de onfalite e não vacinação contra colibacilose nas porcas. Conseqüentemente, a freqüência de granjas que atingiram os objetivos de ganho de peso diário dos leitões (9/17, do coeficiente de variação de peso ao desmame (0/18, de ocorrência de diarréia (8/18 e de taxa de mortalidade de leitões (5/17 foi relativamente baixa. Estes dados indicam que no exercício da medicina veterinária preventiva esforços devem ser direcionados no sentido de corrigir os fatores de risco acima descritos, para possibilitar aos produtores

  10. Hipertensão arterial pulmonar associada à anemia falciforme Sickle cell anemia-associated pulmonary arterial hypertension

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Ferreira Pinto Machado

    2007-10-01

    Full Text Available A hipertensão pulmonar é uma complicação comum em pacientes com anemia falciforme. A despeito das elevações leves das pressões pulmonares desses pacientes, a morbimortalidade é alta e, em pacientes adultos com anemia falciforme, a hipertensão pulmonar é um fator de risco muito importante. A patogênese da hipertensão pulmonar relacionada à anemia falciforme é multifatorial e inclui hemólise, baixos níveis de óxido nítrico, hipóxia crônica, tromboembolismo, doença hepática crônica e asplenia. Na maioria dos pacientes, a hipertensão arterial pulmonar é a causa principal para as elevações na pressão arterial pulmonar, mas a hipertensão pulmonar venosa também é um fator contribuinte em alguns pacientes. Existem poucos estudos específicos avaliando os efeitos de tratamento para a hipertensão pulmonar em pacientes com anemia falciforme. É provável que a intensificação da terapia para a anemia hemolítica em todos os pacientes e o tratamento específico para a hipertensão pulmonar em pacientes com doença severa sejam benéficos. Estudos de grande porte avaliando o efeito do tratamento da hipertensão pulmonar em pacientes com anemia falciforme estão em andamento.Pulmonary hypertension is a common complication of sickle cell anemia. Despite the fact that the elevations in pulmonary artery pressures are slight, morbidity and mortality are high. In adult sickle cell anemia patients, pulmonary hypertension is emerging as a major risk factor for death. The pathogenesis of sickle cell anemia-related pulmonary hypertension is multifactorial, including hemolysis, impaired nitric oxide bioavailability, chronic hypoxemia, thromboembolism, chronic liver disease and asplenia. In the majority of patients, pulmonary arterial hypertension is the main cause of elevated pulmonary artery pressures. However, pulmonary venous hypertension also plays a role in a subgroup of patients. Specific data on the effects of treatment

  11. Sobre o diagnostico histologico da anemia drepanocytica On the histologic diagnosis of the drepanocytic anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Penna de Azevedo

    1937-01-01

    Full Text Available No presente trabalho são descriptas as alterações anatomo-pathologicas do baço na anemia drepanocytica (anemia falciforme, Sicklecell anemia A observação refere-se a um menino de 12 annos de edade, de côr preta, o qual veio a fallecer em consequencia de processo de trombo-phlebite cerebral e de leptomeningite. A doença não foi reconhecida durante a vida e sómente pelo exame dos córtes histologicos do baço é que foi estabelecido o diagnostico de anemia drepanocytica, apresentando o baço as alterações peculiares á doença.In the present paper, the pathologico-anatomical changes of spleen in drepanocytic anemia are described (Sickle-cell anemia. In the case history, a 12 years old negro boy is concerned, who died in consequence of a cerebral thrombophlebitis process and leptomeningitis. The disease had not been recognized during life, and only on examination of the histological sections of the spleen the diagnosis of drepanocytic anemia was made, as this organ presented changes which are peculiar of the disease.

  12. Transplante renal na anemia falciforme

    OpenAIRE

    Friedrisch, Joao Ricardo; Barros, Elvino José Guardão; Manfro, Roberto Ceratti; Bittar,Christina Matzenbacher; Silla, Lucia Mariano da Rocha

    2003-01-01

    Embora a anemia falciforme e as síndromes falciformes freqüentemente causem várias alterações funcionais renais, não é comum a insuficiência renal terminal. Nestes casos, o transplante renal é uma alternativa que se acompanha de resultados comparáveis aos obtidos em receptores sem hemoglobinopatias. Esta estratégia terapêutica tem sido, no entanto, pouco relatada para portadores de hemoglobinopatia SC. Este relato descreve a evolução de dois pacientes portadores de hemoglobinopatia SC que for...

  13. A ingestão de prébioticos previne a malabsorção de ferro e anemia induzidas pela gastrectomia?: Estudo experimental em ratos Ingestion of prebiotics prevents gastrectomy-induced iron malabsorption and anemia ?: Experimental study in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisvânia Freitas dos Santos

    2011-03-01

    Full Text Available RACIONAL: Ratos gastrectomizados desenvolvem anemia, e a ingestão de galactooligossacarídeo (GOS e a polidextrose (PDX aumenta a absorção de ferro e promove a recuperação da anemia em ratos com deficiência de ferro. OBJETIVO: Avaliar se GOS e PDX estimulam a absorção de ferro em ratos gastrectomizados e normais. MÉTODOS: Os ratos foram laparotomizadas (controle falso-operado e parcialmente gastrectomizados (Billroth II em grupos de 20 animais. Os animais de ambos os tratamentos foram posteriormente submetidos à dieta controle (AIN-93M ou a mesma dieta suplementada com GOS e PDX (25 g/kg de dieta cada durante oito semanas e divididos em quatro subgrupos: sham-operados e gastrectomizados sem GOS e PDX, sham-operados e gastrectomizados com GOS e PDX. Dois animais morreram durante o experimento. Todos os ratos gastrectomizados receberam uma injeção intramuscular de vitamina B-12 a cada duas semanas. Hematócrito (HCT e concentração de hemoglobina (HGB foram dosados no início e nos dias 30 e 56 dias após o início da alimentação. No último dia do estudo, o sangue total foi coletado para determinação da concentração de ferro sérico. RESULTADOS: Na dieta com GOS e PDX a excreção de ferro nas fezes foi significativamente menor do que no grupo sem prebióticos. Absorção aparente de ferro e ferro sérico foram maiores nos grupos alimentados com GOS e PDX (ambos grupos: sham operados e gastrectomizados do que nos grupos não alimentados com GOS e PDX. O HCT e HGB foram significativamente menores nos ratos gastrectomizados que no grupo controle, entretanto, a suplementação com GOS e PDX melhorou os níveis de HGB neste grupo. CONCLUSÃO: A associação de GOS e PDX aumenta a absorção de ferro em ratos shamoperados e gastrectomizados e ainda previne a anemia pós-gastrectomia.BACKGROUND: The ingestion of two prebiotics, galactooligosaccharide (GOS and polydextrose (PDX, leads to an increase in iron absorption and promotes

  14. Manifestações bucais compatíveis com doença do enxerto contra o hospedeiro em pacientes com anemia de Fanconi

    OpenAIRE

    Cavalcanti, Laura Grein

    2014-01-01

    Resumo: A anemia de Fanconi é uma doença genética rara caracterizada por anomalias congênitas, falência medular progressiva e maior susceptibilidade ao desenvolvimento de neoplasias malignas. O único tratamento com perspectiva de cura hematológica é o transplante de células-tronco hematopoiéticas (TCTH). Uma das complicações relacionadas a este procedimento é o desenvolvimento da doença do enxerto contra o hospedeiro crônica (DECHc), a qual pode desencadear dor, impedimento funcional e reduçã...

  15. Postural control of small for gestational age infants born at term Controle postural de lactentes nascidos a termo pequenos para a idade gestacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D Campos

    2007-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: This study compared the postural control of small (SGA and appropriate (AGA for gestational age infants born at term, at the ages of 3, 6, 9 and 12 months. METHOD: This was a cohort study of infants born at term, with birth weight less than the 10th percentile for the SGA group and between the 10th and 90th percentiles for the AGA group. Infants with genetic syndromes, malformations, congenital infections and internment in neonatal intensive care unit were excluded. The evaluation instrument was the Alberta Infant Motor Scale. RESULTS: Comparison of the SGA and AGA groups did not show any significant differences (p>0.05 at the assessment times. However, the postural control of the SGA group was influenced by the gestational age (r=-0.83; p= 0.006 and 5th minute Apgar (r= 0.79; p= 0.01 in the 3rd month, and by maternal occupation (r= 0.67; p= 0.01 in the 6th month. CONCLUSION: It was concluded that the postural control was similar in the groups. However, the postural control of the SGA group was influenced by biological and environmental factors.OBJETIVO: Este estudo teve por objetivo comparar o controle postural de lactentes nascidos a termo, pequenos (PIG e adequados para a idade gestacional (AIG nos 3º, 6º, 9º e 12º meses. MÉTODO: Estudo longitudinal de lactentes nascidos a termo, com peso de nascimento menor que o percentil 10 para o grupo PIG e entre o percentil 10 e 90 para o grupo AIG. Síndromes genéticas, más-formações, infecções congênitas e internados em unidade de terapia intensiva neonatal foram excluídos. O instrumento de avaliação foi Alberta Infant Motor Scale. RESULTADOS: A comparação do grupo PIG e AIG não mostrou diferença significativa (p> 0,05 nos meses avaliados. Entretanto, o controle postural do grupo PIG foi influenciado pela idade gestacional (r= -0,83/p= 0,006 e Apgar de 5' (r= 0,79/p= 0,01 no 3º mês; e pela ocupação materna (r= 0,67/p= 0,01 no 6º mês. CONCLUSÃO: Concluiu-se que o

  16. Aplastic crisis due to human parvovirus B19 infection in hereditary hemolytic anaemia Crise aplástica devido à infecção por parvovirus humano B19 em anemia hemolítica hereditária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. C. N. Cubel

    1992-10-01

    Full Text Available Specific anti-B19 IgM was demonstrated in sera from three children showing transient aplastic crisis. A two years-old boy living in Rio de Janeiro suffering from sickle-cell anaemia showed the crisis during August, 1990. Two siblings living in Santa Maria, RS, developed aplastic crisis during May, 1991, when they were also diagnosed for hereditary spherocytosis. For a third child from this same family, who first developed aplastic crisis no IgM anti-B19 was detected in her sera.IgM específica anti-B19 foi demonstrada nos soros de três crianças apresentando aplasia transitória de medula. Um menino de dois anos de idade vivendo no Rio de Janeiro e sendo portador de anemia falciforme, apresentou a crise durante Agosto de 1990. Dois irmãos vivendo em Santa Maria - RS, desenvolveram crise de aplasia em Maio de 1991, quando foram também diagnosticados como portadores de microesferocitose. IgM anti-B19 não foi detectada no soro de uma terceira criança, desta mesma família, a qual primeiramente apresentou crise de aplasia.

  17. Anemia in Chronic Kidney Disease

    Science.gov (United States)

    ... High Blood Pressure Heart Disease Mineral & Bone Disorder Anemia in Chronic Kidney Disease What is anemia? Anemia is a condition in which the body ... function as well as they should. How is anemia related to chronic kidney disease? Anemia commonly occurs ...

  18. Clinical, hematological, and molecular characterization of sickle cell anemia pediatric patients from two different cities in Brazil Caracterização clínica, hematológica e molecular de crianças portadoras da anemia falciforme em duas diferentes cidades do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isa Menezes Lyra

    2005-08-01

    Full Text Available This study focused on clinical, hematological, and molecular aspects of sickle cell anemia pediatric patients from two different cites in Brazil. Seventy-one patients from São Paulo and Salvador, aged 3 to 18 years, were evaluated. Hematological analyses, betaS globin gene haplotypes, and alpha2 3.7kb-thalassemia were performed. Numbers of hospitalizations due to vaso-occlusive crises, infections, stroke, and cholelithiasis were investigated. São Paulo had more hospitalizations from vaso-occlusion, cholelithiasis, and stroke than Salvador. The Ben/CAR genotype predominated in both cities. alpha2 3.7kb-thalassemia had a frequency of 28.2% in Salvador, mostly with Ben/CAR genotype (45.0%, while São Paulo had 22.5% with similar frequencies of the Ben/ CAR and CAR/CAR genotypes. Sickle cell anemia patients from São Paulo also had more episodes of stroke, which was observed among CAR/CAR, atypical, and BEN/CAR haplotypes. In Salvador stroke was only observed in the Ben/CAR genotype. Cholelithiasis had similar frequencies in the two cities. These data suggest a milder phenotype among patients in Salvador, possibly due to genetic, environmental, and socioeconomic factors. Further studies are needed to elucidate modulating factors and phenotype association.O objetivo desse estudo foi avaliar aspectos clínicos, hematológicos e moleculares de pacientes pediátricos portadores de anemia falciforme em duas cidades brasileiras: Salvador e São Paulo. Foram estudados 71 pacientes com idades variando entre 3 a 18 anos, analisando-se os seguintes aspectos: perfis hematológicos, haplótipos dos genes da globina beta, presença de talassemia alfa-2(3.7kb, número de internações por vaso-oclusão, infecção, presença de acidente vascular cerebral e litíase biliar. O genótipo Ben/CAR predominou nas duas cidades. Talassemia alfa-2(3.7kb teve freqüência de 28,2% em Salvador e 22,5% em São Paulo. Os pacientes de São Paulo apresentaram um número maior

  19. Características fenotípicas dos pacientes com anemia falciforme de acordo com os haplótipos do gene da βS-globina em Fortaleza, Ceará Phenotypic characteristics of patients with sickle cell anemia related to βS-Globin gene haplotypes in Fortaleza, Ceara

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilianne B. Silva

    2010-02-01

    Full Text Available Foram analisados 47 pacientes com diagnóstico clínico, laboratorial e molecular de anemia falciforme, residentes em Fortaleza, Ceará, com a finalidade de fornecer informações sobre a influência dos haplótipos do gene da βS- globina nas características fenotípicas desta doença. A determinação dos valores hematológicos foi realizada em contador automático de células sanguíneas, e os níveis de HbF foram determinados pela técnica da desnaturação alcalina. O DNA foi isolado de leucócitos, a partir de amostras de sangue total. A análise dos haplótipos da mutação βS foi realizada por PCR-RFLP (Polymerase Chain Reaction-Restriction Fragment Lenght Polymorphism, sendo analisados seis sítios polimórficos de restrição. Os pacientes foram divididos em cinco grupos, de acordo com o tipo de haplótipo: Bantu/Bantu, Benin/Benin, Bantu/Benin, Bantu/Atípico e Benin/Atípico. O nível de significância considerado nas análises foi pWe analyzed 47 patients living in Fortaleza, Ceará with clinical, laboratory and molecular diagnosis of sickle cell anemia, in order to provide information on the influence of the βS-globin gene haplotypes on the phenotypic characteristics of this disease. The evaluation of hematological values was performed using an automated blood cell counter and the levels of HbF were determined by the alkali denaturation technique. The DNA was isolated from leukocytes from a whole blood sample. The analysis of the haplotypes of the βS mutation was achieved by PCR-RFLP, with an assessment of six polymorphic restriction sites. The patients were divided in 5 groups according to the type of haplotype: Bantu/Bantu, Benin/Benin, Bantu/Benin, Bantu/Atypical and Benin/Atypical. The level of significance was set for a p-value < 0.05. In the comparison between the haplotypes and the hematological characteristics, statistically significant differences were seen only for the values of HbF and Ht. The levels of HbF were

  20. Anemia, hipovitaminose A e insegurança alimentar em crianças de municípios de Baixo Índice de Desenvolvimento Humano do Nordeste do Brasil Anemia, hypovitaminosis A and food insecurity in children of municipalities with Low Human Development Index in the Brazilian Northeast

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Souza Oliveira

    2010-12-01

    Full Text Available Determinar a prevalência de anemia e hipovitaminose A e analisar a associação da (insegurança alimentar com os níveis de hemoglobina e retinol sérico de menores de 5 anos. Estudo transversal, realizado com 501 e 458 famílias em Gameleira e São João do Tigre, respectivamente. A avaliação da (insegurança alimentar foi realizada através da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar. Os níveis de hemoglobina e retinol sérico foram classificados de acordo com a OMS. Foram analisadas as associações com os indicadores socioeconômicos, habitação e biológicos sobre os níveis de hemoglobina e retinol sérico. As prevalências de anemia e hipovitaminose A foram mais elevadas em Gameleira quando comparadas com São João do Tigre. A (insegurança alimentar moderada e grave das famílias foi de 75% em Gameleira e 64% em São João do Tigre. Na análise de regressão para os níveis de hemoglobina em Gameleira foram identificadas como significantes: escolaridade materna, renda familiar per capita, não possuir TV colorida, água de consumo sem tratamento, piso de barro e idade abaixo de 24 meses, enquanto para São João do Tigre o modelo final ficou resumido à falta de motocicleta e idade da criança. Quanto aos teores de retinol sérico, o modelo final de variáveis associadas ficou sendo renda per capita e sexo para Gameleira, e ausência de telefone celular e de esgotamento sanitário para São João do Tigre. A situação nutricional dessas populações, com prevalências semelhantes de insegurança alimentar, pode apresentar grandes diferenciações, sobretudo na prevalência de carências nutricionais específicas, especialmente, em relação aos fatores determinantes.The objective of this study was to determine the prevalence of anemia and vitamin A deficiency and to analyze the association of food insecurity with hemoglobin levels and serum retinol in children under 5 years of age. This was a cross-sectional study with 501

  1. Diagnostic accuracy comparison between clinical signs and hemoglobin color scale as screening methods in the diagnosis of anemia in children Comparação da acurácia do diagnóstico dos sinais clínicos e da escala de cores de hemoglobina como métodos de triagem no diagnóstico da anemia em crianças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Pedrosa Leal

    2006-06-01

    Full Text Available OBJECTIVES: to compare the validity and reproducibility of clinical signs with the World Health Organization hemoglobin color scale. METHODS: Two hundred six children in the age range of 6-23 months, at the Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira, IMIP, were assessed. Two examiners evaluated the clinical signs and the hemoglobin color scale of each child at the different times. The hemoglobin value was used as a standard for validation. RESULTS: in more than 90% of cases the agreement between the values of the color scale and the laboratorial hemoglobin was OBJETIVOS: comparar a validade e reprodutibilidade dos sinais clínicos (palidez palmar e conjuntival com a escala de cores da hemoglobina da Organização Mundial de Saúde. MÉTODOS: pesquisa realizada em 206 crianças de 6-23 meses, atendidas nos ambulatórios de puericultura e pediatria do Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira, IMIP. Os sinais clínicos e a escala de cores da hemoglobina foram avaliados por dois observadores em diferentes momentos. A validação foi realizada utilizando-se a hemoglobina como padrão. RESULTADOS: em mais de 90% dos casos, a concordância entre os valores da escala de cores e da hemoglobina laboratorial encontravam-se em <2 g/dL. Entre os sinais clínicos e a escala de cores, a maior sensibilidade para diagnosticar anemia (Hb<11 g/dL foi apresentada pela escala de cores da hemoglobina (75,7% e na anemia moderada/grave (Hb<9 g/dL, pela palidez palmar ou de conjuntiva ocular combinadas (74,3% e pela escala de cores (52,5%, para o primeiro e segundo examinadores, respectivamente. A maior especificidade foi apresentada na palidez palmar comparada à palma da mãe e palidez de conjuntiva (100% para Hb<11 g/dL e a escala de cores da hemoglobina (91,9% para a Hb<9 g/dL. CONCLUSÕES: o presente estudo sugere que o diagnóstico da anemia moderada/grave seja possível através dos sinais clínicos e da escala de cores e, no caso da anemia leve

  2. Influência do tamanho e da rigidez dos objetos nos ajustes proximais e distais do alcance de lactentes Influence of object size and rigidity on proximal and distal adjustments to infant reaching

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    NACF Rocha

    2006-09-01

    Full Text Available CONTEXTUALIZAÇÃO: Estudos têm identificado que as propriedades dos objetos induzem os ajustes no alcance; no entanto, poucos investigaram a influência específica do tamanho e rigidez dos objetos em lactentes jovens. OBJETIVO: Verificar se lactentes de 4 a 6 meses realizam ajustes proximais e distais ao alcançarem objetos de diferentes tamanhos e rigidez. MÉTODOS: Nove lactentes saudáveis foram posicionados em uma cadeira inclinada a 50º. Quatro objetos foram apresentados, um rígido grande (RG, um rígido pequeno (RP, um maleável grande (MG e um maleável pequeno (MP, por um período de 1 minuto cada. Em um total de 384 alcances, foram analisados os ajustes proximais (alcance uni e bimanual e distais (orientação da mão horizontal, vertical e oblíqua; mão aberta, fechada e semi-aberta e o sucesso do alcance dos objetos. RESULTADOS: Constatou-se ajuste bimanual para o objeto RG e unimanual para os demais. A orientação da mão oblíqua foi predominante no toque dos objetos, enquanto para a preensão dos mesmos, a predominância foi a vertical, principalmente para o objeto RG. A orientação horizontal não foi observada na preensão do objeto RG. A mão semi-aberta foi mais freqüente no início do alcance para todos os objetos, enquanto no toque do objeto RG a mão aberta foi predominante. O sucesso do alcance foi maior para os objetos maleáveis (MG, MP do que para os rígidos (RG e RP. CONCLUSÃO: Lactentes jovens estudados são capazes de planejar e ajustar seus movimentos baseados na percepção das propriedades físicas dos objetos, o que sugere interação percepção-ação.BACKGROUND: Studies have identified that object properties lead to adjustments to reaching. However, few have investigated the specific influence of object size and rigidity among young infants. OBJECTIVE: To verify whether four to six-month-old infants make proximal and distal adjustments when reaching for objects of different sizes and rigidity. METHOD

  3. Características fenotípicas dos pacientes com anemia falciforme de acordo com os haplótipos do gene da βS-globina em Fortaleza, Ceará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilianne B. Silva

    2010-02-01

    Full Text Available Foram analisados 47 pacientes com diagnóstico clínico, laboratorial e molecular de anemia falciforme, residentes em Fortaleza, Ceará, com a finalidade de fornecer informações sobre a influência dos haplótipos do gene da βS- globina nas características fenotípicas desta doença. A determinação dos valores hematológicos foi realizada em contador automático de células sanguíneas, e os níveis de HbF foram determinados pela técnica da desnaturação alcalina. O DNA foi isolado de leucócitos, a partir de amostras de sangue total. A análise dos haplótipos da mutação βS foi realizada por PCR-RFLP (Polymerase Chain Reaction-Restriction Fragment Lenght Polymorphism, sendo analisados seis sítios polimórficos de restrição. Os pacientes foram divididos em cinco grupos, de acordo com o tipo de haplótipo: Bantu/Bantu, Benin/Benin, Bantu/Benin, Bantu/Atípico e Benin/Atípico. O nível de significância considerado nas análises foi p<0,05. Na comparação entre os haplótipos e as características hematológicas estudadas, apenas os valores de HbF e Ht apresentaram diferença estatisticamente significativa. Os níveis de HbF foram maiores no haplótipo Benin, seguido do haplótipo Bantu, o que está em conformidade com os dados da literatura. Foram demonstrados maior presença de crises vaso-oclusivas e episódios de pneumonia no haplótipo Benin/Atípico do que no haplótipo Bantu/Atípico; e maior presença de crises de infecção urinária no haplótipo Benin/Atípico do que no haplótipo Benin/Benin. Não houve diferença estatisticamente significativa entre os haplótipos Bantu/Bantu e Benin/Benin em relação às complicações clínicas; entretanto, foi observado que o haplótipo Bantu/Bantu tem uma maior frequência em todos os eventos clínicos estudados quando comparado ao Benin/Benin. Os resultados demonstram que o tipo de haplótipo do gene da βS-globina influencia as características fenotípicas dos pacientes com

  4. Tuberculose associada a nefrocalcinose em um lactente = Tuberculosis associated with nephrocalcinosis in an infant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Afonso, Paula

    2014-01-01

    Conclusões: Este caso clínico destaca-se pela forma incomum de apresentação da tuberculose, com a presença de nefrocalcinose. As perturbações do metabolismo do cálcio associadas à tuberculose são raras, mas têm implicação no seguimento e no prognóstico

  5. Laboratory Evaluation of Anemia

    OpenAIRE

    1987-01-01

    The laboratory evaluation of anemia begins with a complete blood count and reticulocyte count. The anemia is then categorized as microcytic, macrocytic or normocytic, with or without reticulocytosis. Examination of the peripheral smear and a small number of specific tests confirm the diagnosis. The serum iron level, total iron-binding capacity, serum ferritin level and hemoglobin electrophoresis generally separate the microcytic anemias. The erythrocyte size-distribution width may be particul...

  6. Iron deficiency anemia

    OpenAIRE

    Naigamwalla, Dinaz Z.; Webb, Jinelle A.; Giger, Urs

    2012-01-01

    Iron is essential to virtually all living organisms and is integral to multiple metabolic functions. The most important function is oxygen transport in hemoglobin. Iron deficiency anemia in dogs and cats is usually caused by chronic blood loss and can be discovered incidentally as animals may have adapted to the anemia. Severe iron deficiency is characterized by a microcytic, hypochromic, potentially severe anemia with a variable regenerative response. Iron metabolism and homeostasis will be ...

  7. How Is Pernicious Anemia Treated?

    Science.gov (United States)

    ... from the NHLBI on Twitter. How Is Pernicious Anemia Treated? Doctors treat pernicious anemia by replacing the missing vitamin B12 in the body. People who have pernicious anemia may need lifelong treatment. The goals of treating ...

  8. How Is Aplastic Anemia Treated?

    Science.gov (United States)

    ... from the NHLBI on Twitter. How Is Aplastic Anemia Treated? Treatments for aplastic anemia include blood transfusions , blood and marrow stem cell ... a transplant. Removing a known cause of aplastic anemia, such as exposure to a toxin, also may ...

  9. Genetics Home Reference: Fanconi anemia

    Science.gov (United States)

    ... Understand Genetics Home Health Conditions Fanconi anemia Fanconi anemia Enable Javascript to view the expand/collapse boxes. Download PDF Open All Close All Description Fanconi anemia is a condition that affects many parts of ...

  10. Inborn anemias in mice

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Bernstein, S.E.; Barker, J.E.; Russell, E.S.

    1981-06-01

    hereditary anemias of mice have been the chief objects of investigation. At present under study are four macrocytic anemias, five hemolytic anemias, nonhemolytic microcytic anemia, transitory siderocytic anemia, sex-linked iron-transport anemia, an ..cap alpha..-thalassemia, and a new target-cell anemia. Each of these blood dyscrasias is caused by the action of a unique mutant gene, which determines the structure of different intracellular molecules, and thus controls a different metabolic process. Thus our wide range of different hereditary anemias has considerable potential for uncovering many different aspects of hemopoietic homeostatic mechanisms in the mouse. Each anemia is studied through: (a) characterization of peripheral blood values, (b) determinations of radiosensitivity under a variety of conditions, (c) measurements of iron metabolism and heme synthesis, (d) histological and biochemical study of blood-forming tissue, (e) functional tests of the stem cell component, (f) examination of responses to erythroid stimuli, and (g) transplantation of tissue between individuals of differently affected genotypes.

  11. Anemia in Pregnancy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Umran Kucukgoz Gulec

    2013-06-01

    Full Text Available Iron deficiency anemia (IDA is the most frequent form of anemia in pregnant women. Folic acid, vitamin B12 deficiency, and hemoglobinopathies are other causes of anemia in pregnancy. Finding the underlying cause are crucial to the management of the anemia. Anemia is defined as hemoglobin of <11 g/dl in the first and third trimester and <10.5 g/dl in second trimester. According to the literature, anemia, particularly severe anemia (Hb<7g/dl is associated with increased risk of maternal and perinatal mortality and morbidity, and long term adverse effects in the newborn. The association of hemoglobin levels to perinatal outcome has been shown to be U shaped with both high and low hemoglobin levels being associated adverse perinatal outcome such as low birth weight, increased stillbirths. Anemia in pregnancy is a major public health problem. Ideally a woman should have adequate iron stores when she conceives, in order meet to additional requirements of pregnancy. This review focuses on the occurrence, types, maternal and perinatal outcomes, prevention and treatment of anemia during pregnancy. [Archives Medical Review Journal 2013; 22(3.000: 300-316

  12. Anemia in the Elderly

    OpenAIRE

    Sparling, Terence G.

    2013-01-01

    As the population ages, increasing attention has become focused on the prevalence of anemia in elderly individuals. Anemia occurs in more than 10% of individuals who are older than the age of 65 years, and it increases to more than 50% in individuals who are older than the age of 80 years. Although the anemia is typically mild and unlikely to result in symptoms, it is uniformly associated with increased morbidity and mortality as assessed in large cohort studies. Anemia is an independent pred...

  13. Exigências nutricionais de bezerros nelores lactentes Nutritional requirements of nursing Nellore calves

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mozart Alves Fonseca

    2012-05-01

    Full Text Available Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar as exigências de proteína, energia e macrominerais de bezerros nelores do nascimento aos 180 dias. Foram utilizados 20 bezerros (10 machos e 10 fêmeas com peso corporal médio de 30±3 kg. Imediatamente após o nascimento, quatro bezerros, dois machos e duas fêmeas, foram abatidos para estimar a composição corporal inicial dos animais restantes no experimento. Aos 90 dias, foram abatidos oito bezerros (quatro machos e quatro fêmeas, o restante dos animais abatidos aos 180 dias. Além do leite, os bezerros foram alimentados com silagem de milho à vontade e concentrado comercial fixado em no máximo 0,5 kg/animal/dia. Foram conduzidos dois ensaios de digestibilidade, aos 30 e 90 dias para estimar os consumos de energia dos bezerros. Após o abate, todos os bezerros tiveram suas meias-carcaças direitas dissecadas. Os conteúdos corporais de proteína, energia e minerais foram estimados pela equação Y = a . PCVZb, sendo PCVZ o peso de corpo vazio. A relação PCVZ/PC dos bezerros foi de 0,9622 e a de ganho (G de PCVZ/GPC foi de 0,958. As exigências líquidas de proteína e energia aumentaram com o aumento do peso corporal, enquanto as de cálcio diminuíram. As exigências de proteína metabolizável para ganho de 1 kg de PC foram de 216,96 e 261,98 g para bezerros de 100 e 200 kg, respectivamente. Recomenda-se utilizar as seguintes equações para estimar os conteúdos corporais de bezerros Nelore lactentes: proteína (g/dia = 0,135 × PCVZ1,0351; energia (Mcal/dia = 1,1798 × PCVZ1,1805; cálcio (g/dia = 0,091 × PCVZ0,6019; fósforo (g/dia = 0,00894 × PCVZ0,9629; sódio (g/dia = 0,00126 × PCVZ0,9791; magnésio (g/dia = 0,000405 × PCVZ0,9827; potássio (g/dia = 0,00165 × PCVZ0,9364.This experiment was carried out to evaluate the nutritional requirements of protein, energy and macro minerals for Nellore calves from birth to 180 days. A total of 20 calves, 10 males (M and 10

  14. Estado nutricional e anemia ferropriva em gestantes: relação com o peso da criança ao nascer

    OpenAIRE

    Rocha,Daniela da Silva; Netto,Michele Pereira; Priore,Sílvia Eloiza; Lima,Nerilda Martins Miranda de; Rosado, Lina Enriqueta Frandsen Paez de Lima; Sylvia do Carmo Castro FRANCESCHINI

    2005-01-01

    OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e a prevalência de anemia durante a gestação e correlacioná-los com o peso do recém-nascido. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal com gestantes que realizaram o pré-natal no único serviço público de saúde do município de Viçosa, MG, no período de dezembro de 2002 a maio de 2003. Foi aplicado questionário com informações maternas e realizada dosagem de hemoglobina através do Hemocue, além da obtenção de dados de peso e estatura da gestante. As inform...

  15. Anestesia em paciente obstétrica portadora de anemia falciforme e traço talassêmico após plasmaféresis: relato de caso Anesthesia in obstetric patient with sickle cell anemia and thalassemic trait after plasmapheresis: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Barbosa Leão

    2005-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A plasmaféresis é a técnica de tratamento de escolha para pacientes com anemia hemolítica grave. Uma de suas conseqüências é a depleção de colinesterase plasmática, o que interfere na metabolização de alguns bloqueadores neuromusculares de uso corrente na prática anestesiológica. RELATO DO CASO: Paciente com 26 anos, estado físico ASA IV, gestação de 30 semanas e 3 dias, portadora de anemia falciforme, traço talassêmico e alo-imunização para antígenos de alta freqüência. Apresentou crise de falcização, sendo transfundida com derivado sangüíneo incompatível. Evoluiu com hemólise maciça, sendo admitida com hemoglobina de 3 g/dL e hematócrito de 10%, icterícia intensa, taquicardia, apatia e descoramento. Na avaliação hematológica concluiu-se ser situação de inexistência de sangue compatível para transfusão. Foi tratada com corticoterapia, imunoglobulinas e plasmaféresis. No segundo dia de internação, evoluiu com insuficiência renal aguda e edema pulmonar agudo, piora do estado geral e instabilidade hemodinâmica. Indicada a resolução da gestação em decorrência do quadro clínico da paciente e do sofrimento fetal agudo que se sobrepôs. A paciente foi admitida na sala de operações consciente, dispnéica, pálida, ictérica, SpO2 de 91% em ar ambiente, freqüência cardíaca de 110 bpm e pressão arterial de 110 x 70 mmHg, em uso de dopamina (1 µg.kg-1.min-1 e dobutamina (10 µg.kg-1.min-1. Optou-se por anestesia geral balanceada, com alfentanil (2,5 mg, etomidato (14 mg e atracúrio (35 mg e isoflurano. Não se observou intercorrências anestésico-cirúrgicas. Ao final, a paciente foi encaminhada à UTI, sob intubação orotraqueal, e em uso de drogas vasoativas, tendo sido extubada após 3 horas. CONCLUSÕES: Este caso mostrou-se um desafio para a equipe, visto que a paciente apresentava instabilidade hemodinâmica e alteração do coagulograma, condições que contra

  16. Controle da anemia ferropriva em pré-escolares por meio da fortificação de alimento com concentrado de Hemoglobina Bovina (estudo preliminar Iron deficiency anemia control in pre-school children by food fortification with Bovine Hemoglobin (preliminary study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadir N. Nogueira

    1992-12-01

    Full Text Available O efeito da introdução de biscoitos fortificados com ferro hemínico no estado de nutrição de ferro de pré-escolares foi avaliado em um estudo piloto que inclui 16 crianças, com idade entre 2 e 4 anos, de uma creche pública do estado do Piauí. A fonte de ferro utilizada foi o sangue bovino seco pelo processo de leito de jorro, uma alternativa para a secagem em spray, adaptada para a secagem de sangue. À primeira tomada de amostra, detectou-se anemia (Hb The effect of hemoglobin-fortified cookies on hemoglobin (Hb levels of 16 children (2 to 4 years of age were evaluated The children were attending a day nursery managed under the Social Welfare Service of the State of Piauí (northeast Brazil. All children were iron deficient according to the average transferrin saturation of 7.1 + 3,7 %, and 12 (75% of them were anemic (Hb < 11 g/dL. The average Hb concentration was 9.4 + 2,6 g/dL. Cookies fortified with 3% bovine concentrate (dried by the sponted bed technique were offered to the children over the course of 90 days (5 cookies (4mg Fe/child/d, with total iron intake of approximately 8 mg Fe/d. After the experimental period the levels of Hb in all children had risen to levels above 11.0 g/dL (average 13,2 + 0,2 g/dL. The results demonstrate the possibility of using dried Hb concentrate in food-fortification programs aimed at meeting daily iron requirements for pre-school and school children in Brazil.

  17. Fatores determinantes dos níveis de hemoglobina em crianças aos 12 meses de vida na Zona da Mata Meridional de Pernambuco Determinant factors of haemoglobin levels in 12 months old infants in the South of the Zona da Mata of Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia V. M. de S. Lima

    2004-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar os fatores determinantes dos níveis de hemoglobina de crianças aos 12 meses de vida, em quatro municípios da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. MÉTODOS: estudo transversal, realizado em uma sub-amostra de 245 lactentes, pertencentes a uma coorte de 652 crianças. A coleta de dados foi realizada no período de janeiro a agosto de 1999. RESULTADOS: a prevalência de anemia foi de 73,2%, sendo a média de hemoglobina de 9,8 g/dL (DP = 1,6 g/dL. A análise de variância apresentou uma associação estatisticamente significante entre níveis de hemoglobina e escolaridade materna, posse de televisão no domicílio, peso ao nascer, duração do aleitamento materno exclusivo, ocorrência de diarréia e estado nutricional segundo os índices peso/idade e comprimento/idade. A análise de regressão linear múltipla mostrou que as condições socioeconômicas, o peso ao nascer, a duração do aleitamento materno exclusivo e a ocorrência de diarréia tiveram um impacto significante na variação dos níveis de hemoglobina. CONCLUSÕES: os resultados confirmam ser a anemia um relevante problema de saúde pública, especialmente em lactentes, tendo múltiplos fatores que contribuem para o seu surgimento, sendo necessário, portanto, identificar os mais importantes para serem levados em consideração nos programas de saúde da criança.OBJECTIVES: to evaluate factors determining hemoglobin levels in 12 months old infants living in four small towns located in the South of Pernambuco. METHODS: a cross-sectional study conducted in a sub-sample of 245 infants belonging to a cohort of 652 children. Data collection was performed from January to August 1999. RESULTS: the prevalence of anemia was 73.2% and mean hemoglobin level 9.8 g/dL (SD = 1.6 g/dL. Variance analysis indicated a significant association between hemoglobin levels and maternal education, absence of a television set at home, birth weight, duration of exclusive breast

  18. Xiv conferencia : anemias

    OpenAIRE

    Paredes Manrique, Raúl; Camacho Gamba, Jorge

    2012-01-01

    La anemia es la disminución por debajo de lo normal de la Hb. o del número de globulos rojos o del hematocrito, pero es difícil encontrar un cuadro clínico que corresponda a la realidad de la anemia en el cual no estén descendidos los tres elementos.

  19. Living with Anemia

    Science.gov (United States)

    ... by an inherited or chronic disease or trauma. Anemia and Children/Teens Infants and young children have a greater ... birth-weight babies often are watched closely for anemia. Talk with your child's doctor if you're feeding your infant breast ...

  20. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Blood Tests Blood Transfusion Restless Legs Syndrome Send a link to NHLBI to someone by E-MAIL | ... Iron-Deficiency Anemia? Español Iron-deficiency anemia is a common, easily treated condition that occurs if you ...

  1. Prevalence of antibodies against chicken anaemia virus (CAV in broiler breeders in Southern Brazil Prevalência de anticorpos contra o vírus da anemia das galinhas (CAV em matrizes de corte no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio W. Canal

    2004-06-01

    Full Text Available Chicks infected during the first two weeks of life with chicken anaemia virus (CAV manifest clinical disease that can be avoided if the breeder hens transfer enough antibodies to their progeny. The objective of the present work was to establish the prevalence and titer of anti-CAV antibodies in some Brazilian broiler hen breeder flocks and verify in which phase of life the birds were infected. A total of 1,709 serum samples from 12 broiler hen flocks vaccinated against CAV and 64 unvaccinated flocks were analyzed for CAV antibodies with an enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA. All non-vaccinated breeder flocks were found to be infected with CAV, with 89% of the hens tested presenting antibodies, 52% of these with titers considered high enough to protect their progeny against CAV infection. Likewise, all vaccinated hens had antibody titer to CAV capable of conferring protection to their progeny. Thus, vaccination of hens seems capable of conferring protection to chicks against clinically apparent CAV-associated disease.A doença clínica causada pelo vírus da anemia das galinhas (CAV ocorre quando os pintos são infectados durante as primeiras duas semanas de vida e pode ser prevenida se as matrizes transferirem anticorpos suficientes para a sua progênie. Em vista disso, este estudo foi realizado visando determinar a prevalência de anticorpos contra o CAV em alguns lotes de matrizes pesadas no Brasil. Buscou-se ainda verificar em que fase da vida as reprodutoras seriam infectadas e quais seriam os títulos de anticorpos nessas aves. Um total de 1709 amostras de soro de 64 lotes de reprodutoras não vacinadas e 12 lotes de reprodutoras vacinadas contra o CAV foram analisados por ELISA. Todos os lotes de aves não vacinadas apresentaram anticorpos. Dentre esses, 89% dos indivíduos foram positivos, 52% com títulos de anticorpos capazes de conferir proteção a sua progênie contra o CAV. Igualmente, todos os lotes de matrizes vacinadas

  2. Impacto da técnica de expiração lenta e prolongada na mecânica respiratória de lactentes sibilantes Impact of the prolonged slow expiratory maneuver on respiratory mechanics in wheezing infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda de Cordoba Lanza

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as alterações da mecânica respiratória e do volume corrente (VC em lactentes sibilantes em ventilação espontânea após a realização da técnica de expiração lenta e prolongada (ELPr. MÉTODOS: Foram incluídos no estudo lactentes com história de sibilância recorrente e sem exacerbações nos 15 dias anteriores. Para a avaliação da função pulmonar, os lactentes foram sedados e posicionados em decúbito dorsal com máscara facial acoplada a um pneumotacógrafo. As variáveis da respiração corrente - VC e FR - e da mecânica respiratória - complacência do sistema respiratório (Csr, resistência (Rsr e constante de tempo (psr - foram mensuradas antes e após a realização de três sequências consecutivas de ELPr. RESULTADOS: Foram avaliados 18 lactentes, com média de idade de 32 ± 11 semanas. Houve um aumento significante no VC após ELPr (79,3 ± 15,6 mL vs. 85,7 ± 17,2 mL; p = 0,009, assim como uma redução na FR (40,6 ± 6,9 ciclos/min vs. 38,8 ± 0,9 ciclos/min; p = 0,042. Entretanto, não houve alterações significantes nos valores da mecânica respiratória (Csr: 11,0 ± 3,1 mL/cmH2O vs. 11,3 ± 2,7 mL/cmH2O; Rsr: 29,9 ± 6,2 cmH2O • mL-1 • s-1 vs. 30,8 ± 7,1 cmH2O • mL-1 • s-1; e psr: 0,32 ± 0,11 s vs. 0,34 ± 0,12 s; p > 0,05 para todos. CONCLUSÕES: Essa técnica de fisioterapia respiratória é capaz de induzir alterações significativas no VC e na FR de lactentes com sibilância recorrente, mesmo na ausência de exacerbações. A manutenção das variáveis da mecânica respiratória indica que a técnica é segura para ser aplicada nesse grupo de pacientes. Estudos com lactentes sintomáticos são necessários para quantificar os efeitos funcionais da técnica.OBJECTIVE: To evaluate changes in respiratory mechanics and tidal volume (V T in wheezing infants in spontaneous ventilation after performing the technique known as the prolonged, slow expiratory (PSE maneuver. METHODS: We

  3. Efeitos do peso externo nos chutes espontâneos de lactentes nos primeiros dois meses de vida Effects of external load on spontaneous kicking by one and two-month-old infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JF Landgraf

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar o padrão de chutes espontâneos de lactentes nas idades de um e dois meses, bem como verificar se o peso externo modifica o padrão dos chutes nessas idades. MÉTODOS: Oito lactentes foram filmados nas idades de um e dois meses, estando em supino em uma cadeira infantil reclinada a 0º, na qual havia um móbile na extremidade superior e um painel na extremidade inferior. O experimento teve a duração de seis minutos e 20 segundos, durante os quais foram observados os movimentos de chutes nas situações sem e com peso de 1/10 e 1/3 da massa do membro inferior do lactente. Os pesos externos foram adicionados nos tornozelos do lactente. Pela análise das imagens coletadas por filmadoras digitais, foram verificados a freqüência de chutes e de contatos dos pés em um painel, os movimentos uni e bipodais, a preferência podal e o padrão de coordenação intramembro. RESULTADOS: O teste qui-quadrado revelou aumento significativo da freqüência de chutes nas idades de dois meses e nas situações de peso de 1/10 e pós-peso. Na situação de peso de 1/3 da massa do membro, verificaram-se diminuição do contato dos pés no painel e, na idade de dois meses, aumento da freqüência de contatos. Em todas as situações e idades, houve predomínio por chutes unipodais, não havendo preferência por um dos membros. Além disso, o padrão de coordenação intramembro dos chutes foi caracterizado como em-fase em ambas as idades. CONCLUSÕES: Fatores intrínsecos como a idade e extrínsecos como o peso externo referente a 1/10 da massa do membro inferior promoveram o aumento da freqüência dos chutes espontâneos em lactentes nas idades de um e dois meses.OBJECTIVE: To characterize the spontaneous kicking patterns among one and two-month-old infants, and find whether an external load can modify such patterns at this age. METHODS: Eight infants were filmed at the ages of one and two months, while in the supine position in a baby

  4. Análise dos haplótipos da anemia falciforme em Fortaleza revela as origens étnicas da população cearense Analysis of sickle cell anemia haplotypes in Fortaleza reveals the ethnic origins of Ceará state population

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilianne Brito da Silva

    2009-04-01

    Full Text Available Os haplótipos ligados ao gene da βS-globina foram analisados em uma amostra de 68 cromossomos de pacientes de Fortaleza, capital do Ceará, com anemia falciforme (AF, com a finalidade de fornecer informações sobre a distribuição das frequências dos haplótipos, contribuindo para o estudo das origens da formação étnica da população cearense. A distribuição dos haplótipos do gene da βS-globina foi 66,2% do tipo Bantu, 22% do Benin e 11,8% do atípico. Houve diferença estatisticamente significativa entre o presente estudo e os resultados de outros pesquisadores no Ceará. A distribuição das frequências dos haplótipos do gene da βS-globina no presente estudo está condizente com a história da formação da população brasileira. Conforme dados históricos sobre as origens da população negra trazida ao Ceará, o haplótipo Bantu seria o mais prevalente, seguido pelo Benin e Senegal. Estes resultados são relevantes para o estudo das rotas de tráfico dos escravos no Brasil e para entendermos as origens étnicas da população brasileira.In a sample of 68 chromosomes from sickle cell anemia patients from the population of Fortaleza, capital of Ceará State - Brazil, the haplotypes connected with βS-globin gene were analyzed with the aim to provide further information on haplotype frequency distribution, which ultimately contributed to the investigation into the ethnic origins of the state's population. The haplotype distribution of βS-globin gene was 66.2% Bantu type, 22% Benin type and 11.8% atypical. There was a significant statistical difference between the results of the present study and those achieved by other researchers in Ceará. The distribution of haplotype frequencies of βS-globin gene in the present study is consistent with the history of the Brazilian population origins. According to historical data on the origins of the slave population brought to Ceará State, Bantu haplotype would be the most prevalent

  5. Allogeneic bone marrow transplantation for severe aplastic anemia patients with risk factors for poor prognosis: is fludarabine a requirement? Transplante alogênico de medula óssea em portadores de anemia aplásica severa com fatores de mau prognóstico: é necessário fludarabina?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos R. de Medeiros

    2008-08-01

    Full Text Available Hematopoietic progenitor cell transplantation from HLA-identical sibling donors cures 70-90% of Severe Aplastic Anemia (sAA patients. Older age, heavy exposure to transfusions, immunosuppression treatment (IST with a long interval from diagnosis to transplant and infection at procedure are associated with poor outcomes. We transplanted 18 patients with sAA and at least one risk factor (RF for poor prognosis (age >35 years, >50 transfusions prior to transplant, unresponsiveness to previous IST and bacterial or fungal infection at transplant from 2001 to 2005, using cyclophosphamide (CY - 5 patients or busulfan plus CY (13 patients. Sixteen patients engrafted, two died with no engraftment, three patients had evidence of graft failure at days +67, +524 and +638 (two died and one was rescued with IST. Grade III/IV mucositis occurred in 39% but neither aGVHD nor cGVHD were observed. The Kaplan-Meier probability of survival was 75% at 2.14 years, with a trend favoring survival by number of RF (1 versus =2 RF (P = 0.06. These results are comparable to recent data reported with fludarabine-based conditioning in patients with poor prognosis sAA. Due to the small sample size, prospective clinical trials with larger cohorts of patients are needed to confirm the real benefits of fludarabine-based conditioning, and also to define the best agent(s to be associated with Fludarabine as preparative regimen for sAA patients with poor prognosis.Transplante de medula óssea de doador irmão HLA-idêntico pode curar 70%-90% dos portadores de anemia aplásica severa (AAs. Pacientes mais idosos, muito transfundidos, longamente tratados com imunossupressão (IS e com infecções ao tempo do transplante têm pior evolução. Nós transplantamos 18 pacientes com AAs e pelo menos um dos fatores associados a pior prognóstico (idade >35 anos, >50 transfusões antes do transplante, falta de resposta à imunossupressão prévia e infecção bacteriana ou fúngica ao

  6. OCORRÊNCIA E FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À IDENTIFICAÇÃO DA ANEMIA INFECCIOSA EQUINA EM EQUÍDEOS DE TRAÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nancyleni Pinto Chaves

    2014-09-01

    Full Text Available The objective of this study was to determine the occurrence and risk factors associated with the identification of equine infectious anemia (EIA in traction equines in the city of São Luiz - MA. We collected blood samples from 154 equines seized on public roads by the Sector of Animal Traction Seizure of the Municipal Urban Development and Housing Department between April and August of 2011. We analyzed the medical records to determine the individual risk factors associated with this disease. Of the animals tested, 5.20% (8/154 were positive. Among the risk factors evaluated, the presence of insects, permanence of the animals in agglomerations for longer than 8 hours per day, body condition, nutritional status, repeated use of the same needle among different equines, occurrence of febrile episodes, yellowish mucous and lack of knowledge on IEA showed to be statistically significant (P <0.05 associated with the IEA. The study results indicate that the occurrence of the IEA in traction equines in the City of São Luiz - MA was low. Still there is the necessity of systematic diagnosis and monitoring of animals, as well as employment of control measures, serological tests and implementation of current legislation.

  7. Evaluation of Macrocytic Anemias.

    Science.gov (United States)

    Green, Ralph; Dwyre, Denis M

    2015-10-01

    Macrocytic anemia, defined as a mean cell volume (MCV) ≥100 fL in adults, has a narrow differential diagnosis that requires evaluation of the peripheral blood smear as well as additional laboratory testing taken in conjunction with clinical information that includes patient history and physical examination findings. This review is an update on the approach to a patient with macrocytic anemia with attention paid to the differentiation of megaloblastic and non-megaloblastic macrocytic anemias. Critical to the determination of the diagnosis is the judicious use of laboratory testing and the evaluation of those findings in conjunction with the patient medical, surgical, and medication history.

  8. Avaliação da participação de mães em um programa de prevenção e controle de cáries e doenças periodontais para lactentes Evaluación de la participación de madres en un programa de prevención y control de las enfermedades caries y periodontal para lactantes Assessment of mothers' participation in a program of prevention and control of caries and periodontal diseases for infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubenice Amaral da Silva

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o conhecimento sobre saúde bucal de mães participantes de um programa educativo-preventivo para lactentes. MÉTODOS: Estudo de coorte com 112 mães e seus bebês de 0 a 18 meses, cadastrados no projeto "Promoção de Saúde Bucal na Primeira Infância", da Universidade Federal do Maranhão. Inicialmente, entrevistas semiestruturadas que contemplavam o nível de conhecimento das mães sobre a saúde bucal dos bebês foram realizadas. Também foi examinada a cavidade bucal dos bebês a fim de detectar o nível de placa bacteriana, sangramento gengival e presença de cárie. Em seguida, palestras educativo-preventivas foram ministradas e, após um ano de acompanhamento, novas entrevistas foram realizadas, bem como o exame clínico. Para analisar os dados, foram utilizados os testes de qui-quadrado e exato de Fisher com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Antes das palestras educativas, 93% das mães executavam a higiene bucal de seus bebês e 57,3% a realizavam nos períodos diurno e noturno. Após as palestras, todas responderam executar os cuidados (p=0,02, sendo 74,7% nos períodos diurno e noturno (p=0,01. Não houve diferença quanto ao consumo de alimentos cariogênicos nos questionários inicial e final. Notou-se que, inicialmente, 5,6% das faces dentais apresentaram cárie; 29,7%, placa bacteriana; e 11,9%, sangramento gengival. Após as palestras, apenas 0,4% das faces dentais apresentaram cárie (pOBJETIVO: Evaluar el conocimiento sobre salud bucal de madres participantes de un programa educativo-preventivo para lactantes. MÉTODOS: Se realizó un estudio caso-control anidado a una cohorte. Se evaluaron a 112 madres y a sus bebés con edades de 0 a 18 meses, registrados en el proyecto «Promoción de Salud Bucal en la Primera Infancia», de la Universidad Federal de Maranhão. Inicialmente, se realizaron entrevistas semiestructuradas que contemplaban el nivel de conocimiento de las madres sobre la salud bucal

  9. Aspectos moleculares da anemia falciforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Galiza Neto Gentil Claudino de

    2003-01-01

    Full Text Available No presente artigo abordaram-se vários aspectos relacionados à natureza molecular da anemia falciforme, desordem hematológica de caráter hereditário que acomete expressivo número de indivíduos em várias regiões do mundo. As pesquisas realizadas em torno desta patologia da hemácia, ao longo de quase um século, a partir de 1910, cooperaram para a criação de um novo e importante segmento da ciência, denominado biologia molecular. A descoberta dos polimorfismos da mutação (GAT->GTG no gene que codifica a cadeia beta da hemoglobina, originando diferentes haplótipos da doença, permitiu um melhor e mais amplo conhecimento em torno da heterogeneidade clínica nos pacientes falcêmicos. Analisando a hemoglobina na sua estrutura normal e mutante, sua produção e evolução, pode-se ter um entendimento mais completo da fisiopatologia desta doença e da sua complexidade clínica.

  10. Qualidade de medicamentos isentos de prescrição: um estudo com marcas de dipirona comercializadas em uma drogaria de Cascavel (PR, Brasil Quality of over-the-counter medicines: a study with dipyrone brands commercialized in a drugstore in Cascavel city (Paraná, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Leandro Knappmann

    2010-11-01

    Full Text Available A dipirona é um fármaco muito utilizado pela população brasileira. É considerado seguro mesmo em gestantes, lactentes e crianças, mas é proibido em alguns países do mundo pelo suposto papel de causar agranulocitose e anemia aplástica. Em 2001, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa considerou que os medicamentos com esse fármaco apresentavam bom risco-benefício em relação a outros de indicação semelhante. Porém, de nada adianta segurança no uso de um medicamento se este é de baixa qualidade. É comum encontrar no mercado brasileiro medicamentos fora dos padrões, o que se constitui em um risco para a população em geral. Dessa forma, foram analisadas sete amostras de marcas diferentes de dipirona solução oral comercializados em uma farmácia de Cascavel (PR. Os resultados demonstram que a fiscalização quanto à qualidade de medicamentos similares precisa ser aprimorada, pois eles foram os que mais apresentaram desvios de qualidade.Dipyrone is an antipyretic and analgesic medicine very used by the Brazilian population. The administration is considered safe even in pregnant women, nurseling and children, but is forbidden in some countries, as supposedly causes agranulocytosis and aplastic anemia. In 2001, National Health Surveillance Agency (Anvisa approved the commercialization of this medicine in Brazil. However, it does not matter the safeness in the use of a medicine advances, if it does not have quality. Based on this quality, this work was elaborated, that analyzes seven samples of commercialized different marks of dipyrone oral solution in pharmaceutical establishment in the Cascavel city, Paraná, Brazil. The results demonstrate that the quality control of similar drugs must be improved as were the ones that presented quality deviations.

  11. What Is Anemia?

    Science.gov (United States)

    ... Treatment will depend on the cause of the anemia and how severe it is. Rate This Content: NEXT >> Updated: May 18, 2012 Twitter Facebook YouTube Google+ SITE INDEX ACCESSIBILITY PRIVACY STATEMENT FOIA NO FEAR ACT OIG ...

  12. What Causes Aplastic Anemia?

    Science.gov (United States)

    ... blood and bone marrow diseases, such as aplastic anemia. // Non Object? Updated: August 22, 2012 Twitter Facebook YouTube Google+ SITE INDEX ACCESSIBILITY PRIVACY STATEMENT FOIA NO FEAR ACT OIG ...

  13. Living with Fanconi Anemia

    Science.gov (United States)

    ... from the NHLBI on Twitter. Living With Fanconi Anemia Improvements in blood and marrow stem cell transplants ... November 1, 2011 Twitter Facebook YouTube Google+ SITE INDEX ACCESSIBILITY PRIVACY STATEMENT FOIA NO FEAR ACT OIG ...

  14. Living with Aplastic Anemia

    Science.gov (United States)

    ... blood and bone marrow diseases, such as aplastic anemia. // Non Object? Updated: August 22, 2012 Twitter Facebook YouTube Google+ SITE INDEX ACCESSIBILITY PRIVACY STATEMENT FOIA NO FEAR ACT OIG ...

  15. How Is Anemia Treated?

    Science.gov (United States)

    ... such as beef or liver), as well as chicken, turkey, pork, fish, and shellfish. Nonmeat foods that ... cause of anemia. Some of these medicines include: Antibiotics to treat infections. Hormones to treat heavy menstrual ...

  16. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... chest pain, and other symptoms. Severe iron-deficiency anemia can lead to heart problems, infections, problems with growth and development in children, and other complications. Infants and young children and ...

  17. Equine Infectious Anemia

    OpenAIRE

    Hoopes, Karl H.

    2017-01-01

    This fact sheet gives information on equine infectious anemia, a blood-borne infectious viral disease of horses, donkeys, and mules. It describes transmission, clinical disease, diagnosis and control.

  18. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... CAUSES WHO IS AT RISK SIGNS & SYMPTOMS DIAGNOSIS TREATMENTS PREVENTION LIVING WITH CLINICAL TRIALS LINKS Related Topics ... Doctors usually can successfully treat iron-deficiency anemia. Treatment will depend on the cause and severity of ...

  19. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... Digg. Share this page from the NHLBI on Facebook. Add this link to the NHLBI to my ... Deficiency Anemia article. Updated: March 26, 2014 Twitter Facebook YouTube Google+ SITE INDEX ACCESSIBILITY PRIVACY STATEMENT FOIA ...

  20. Nutritional anemia and AIDS

    OpenAIRE

    Ruíz, Óscar; Instituto de Investigaciones Clínicas, UNMSM; Díaz, David; Instituto de Investigaciones Clínicas, Facultad de Medicina, UNMSM, y Hospital Nacional Dos de Mayo; Castillo, Óscar; Instituto de Investigaciones Clínicas, UNMSM; Reyes, Rafael; Instituto de Investigaciones Clínicas, UNMSM; Marangoni, Manuela; Programa PROCETSS, Hospital Nacional Dos de Mayo; Ronceros, Gerardo; Instituto de Investigaciones Clínicas, Facultad de Medicina, UNMSM

    2013-01-01

    Objectives: To determine the type of anemia most frequent in patients with AIDS and the various degrees of anemia. Material and methods: One hundred patients 18 to 60 year-old infected with human immune deficiency virus (HIV) with residence in Lima and Callao were studied from January to December 2001 for blood count bone marrow aspiration, serum iron, transferrin, ferritin, folate and vitamin B12 levels. Samples were evaluated at the “Dos de Mayo” Hospital Clinical Pathology Department. Resu...

  1. Mouse models of Fanconi anemia

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Parmar, Kalindi; D' Andrea, Alan [Department of Radiation Oncology, Dana-Farber Cancer Institute, Harvard Medical School, 44 Binney Street, Boston, MA 02115 (United States); Niedernhofer, Laura J., E-mail: niedernhoferl@upmc.edu [Department of Microbiology and Molecular Genetics, University of Pittsburgh School of Medicine and Cancer Institute, 5117 Centre Avenue, Hillman Cancer Center, Research Pavilion 2.6, Pittsburgh, PA 15213-1863 (United States)

    2009-07-31

    Fanconi anemia is a rare inherited disease characterized by congenital anomalies, growth retardation, aplastic anemia and an increased risk of acute myeloid leukemia and squamous cell carcinomas. The disease is caused by mutation in genes encoding proteins required for the Fanconi anemia pathway, a response mechanism to replicative stress, including that caused by genotoxins that cause DNA interstrand crosslinks. Defects in the Fanconi anemia pathway lead to genomic instability and apoptosis of proliferating cells. To date, 13 complementation groups of Fanconi anemia were identified. Five of these genes have been deleted or mutated in the mouse, as well as a sixth key regulatory gene, to create mouse models of Fanconi anemia. This review summarizes the phenotype of each of the Fanconi anemia mouse models and highlights how genetic and interventional studies using the strains have yielded novel insight into therapeutic strategies for Fanconi anemia and into how the Fanconi anemia pathway protects against genomic instability.

  2. Megaloblastic anemia in Japan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taguchi,Hirokuni

    1978-08-01

    Full Text Available Since 1903, 744 cases of megaloblastic anemia have been reported in Japan: 490 cases of pernicious anemia; 95 cases associated with pregnancy; 66 cases after gastrectomy; 22 cases of megaloblastic anemia of infants; 21 cases of folic acid deficiency other than pregnancy and 19 cases of vitamin B12 malabsorption after ileal resection. It is generally agreed among hematologists in Japan that pernicious anemia is relatively rare, as in other Asian countries. The diagnosis of pernicious anemia in Japan is usually made by stained marrow films, radioisotopic assay of serum vitamin B12, Schilling test and good response to vitamin B12 therapy. Serum folate level, intrinsic factor or its antibody, methylmalonic acid excretion, formiminoglutamic acid excretion and deoxyuridine suppression test are performed only at a small number of laboratories. The drugs of choice are hydroxocobalamin, deoxyadenosylcobalamin and methylcobalamin. Cyanocobalamin has nearly disappeared from commercial sources in Japan. Vitamin B12 administration is common in patients with neurological disorders. Megaloblastic anemia due to folic acid deficiency is extremely rare in Japan. Low serum folate levels are frequently observed among patients receiving anticonvulsants or in pregnant women, but in such samples megaloblastic anemia is almost never detected. The folic acid content of hospital diets indicates that satisfactory amounts of folate are taken in Japan. The intake of folic acid from rice is well over the minimum daily requirement of folate. Other factors in folic acid deficiency, such as food taboos, severe alcoholism and malabsorption syndrome are not frequently found in Japanese. The inadequate intake of folate was the critical factor in most reported cases.

  3. Presença de Candida spp. na cavidade bucal de lactentes durante os primeiros quatro meses de vida

    OpenAIRE

    Scherma, Alexandre Prado; Faculdade de Odontologia de São José dos Campos-UNESP; Santos, Daniel Valente de O.; Faculdade de Odontologia de São; Cardoso Jorge, Antonio Olavo; Faculdade de Odontologia de São José dos Campos – UNESP; Rocha, Rosilene Fernandes da; Faculdade de Odontologia de São José dos Campos – UNESP

    2010-01-01

    A candidose bucal é um dos processos infecciosos micóticos mais comuns da cavidade bucal e existe suscetibilidade aumentada para o mesmo durante o período neonatal principalmente devido à imaturidade dos mecanismos de defesa e a falta de um microbiota bucal balanceada. Para verificar a presença de Candida spp. na cavidade bucal de lactentes foram examinados inicialmente cem bebês, nos quais foi feita coleta de material do dorso da língua com swa...

  4. Autoimmune hemolytic anemia in HCV/HIV coinfected patients during treatment with pegylated alpha-2a interferon plus ribavirin Anemia hemolítica auto-imune durante o tratamento da hepatite crônica com interferon peguilado alfa 2a e ribavirina, em pacientes com co-infecção HCV/HIV

    OpenAIRE

    Fernando Crivelenti Vilar; Gleusa de Castro; Maria Janete Moya; Ana de Lourdes Candolo Martinelli; Gil Cunha de Santis; Ana Paula Costa Nunes da Cunha Cozac; José Fernando de Castro Figueiredo

    2007-01-01

    Two cases of autoimmune hemolytic anemia that occurred during the treatment of chronic hepatitis C with pegylated alpha-2a interferon and ribavirin, in HIV coinfected patients, are presented and described. The late occurrence (after six months of therapy) of this severe hemolytic anemia leads to the recommendation that hemoglobin levels should be monitored throughout the treatment period, even among patients who presented stable hemoglobin levels in the preceding months.São apresentados e dis...

  5. Aloimunidade contra antígenos HLA de classe I em pacientes com síndromes mielodisplásicas e anemia aplástica Aloimmunity against HLA class I antigens in patients with myelodisplastic syndrome and aplastic anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daisy M. M. Arruda

    2008-02-01

    Full Text Available As síndromes mielodisplásicas (SMD e a anemia aplástica (AA apresentam citopenias periféricas necessitando, com freqüência, de reposições transfusionais contínuas de concentrados de hemácias e/ou de concentrados de plaquetas. O objetivo do presente estudo foi verificar a ocorrência de anticorpos anti-HLA de classe I em pacientes portadores das SMD e AA atendidos no ambulatório de Hematologia do Hemoce/UFC. Foram analisados 110 pacientes, sendo 70 com SMD e 40 com AA. A pesquisa de anticorpos anti-HLA de classe I foi realizada frente a um painel (PRA, utilizando-se a técnica de microlinfocitotoxicidade dependente do complemento. Vinte (28,6% dos 70 pacientes com as SMD e 18 (45% dos 40 pacientes com AA desenvolveram anticorpos anti-HLA contra o PRA. Esses pacientes que receberam uma carga de antígenos estranhos advindos de múltiplas transfusões de vários doadores de CH e/ou CP, geralmente desenvolvem aloanticorpos contra os antígenos HLA presentes na superfície das plaquetas e dos leucócitos que contaminam esses concentrados. A produção desses anticorpos pode trazer sérias complicações para o tratamento dos pacientes com SMD e AA. As avaliações sistemáticas para detecção de anticorpos anti-HLA após a reposição transfusional podem ser valiosas para adoção de estratégias transfusionais mais adequadas para esta população de pacientes.Patients with myelodysplastic syndromes (MDS or aplastic anemia (AA present peripheral cytopenias and require continuous transfusions of red cell and/or platelet concentrates. The objective of this study is to verify the existence of anti-HLA class 1 antibodies in patients with MDS and AA treated at the hematology Out patient Clinic of Hemoce/UFC. A total of 110 patients were analyzed, 70 with MDS and 40 with AA. Anti-HLA class 1 antibody detection was achieved with an antibody reactivity panel using the complement-dependent microlymphocytotoxicity technique. A total of 20 (28.6% of

  6. Could Anemia Cause Hearing Loss?

    Science.gov (United States)

    ... https://medlineplus.gov/news/fullstory_162793.html Could Anemia Cause Hearing Loss? Iron deficiency might keep ear ... Hearing loss may be linked to iron deficiency anemia -- a combination of low levels of iron and ...

  7. Aplastic Anemia & MDS International Foundation

    Science.gov (United States)

    ... Menu Donate I'm Like You. "The Aplastic Anemia and MDS International Foundation is helping patients like ... cope with bone marrow failure disease." Diseases Aplastic Anemia Myelodysplastic Syndromes (MDS) Paroxysmal Nocturnal Hemoglobinuria (PNH) Related ...

  8. Prevenção de anemia no primeiro ano de vida em centros de saúde do município de Santo André, São Paulo

    DEFF Research Database (Denmark)

    Szarfarc, S C; Berg, Gabriele; Santos, A L

    1996-01-01

    The aim of this study was to evaluate the efficacy of an iron prophylactic supplementation program, in three health centers of Santo André, in São Paulo state. The prevalence of anemia was identified in a control group consisting of 201 children of 1 year old. The intervention group consisted...... and anemia and its risk to children's health. When the children were 12 months old, the diagnosis of anemia was made through dosage of hemoglobin concentration and the results were compared with those of the control group. It was verified that the 2 groups presented similar prevalences. It is important...... to realize that children with low frequency of visits to the health centers had prevalence of anemia significantly higher than those with high frequency. Some factors that possibly contributed to the result of the intervention are discussed....

  9. Iron refractory iron deficiency anemia

    OpenAIRE

    De Falco, Luigia; Sanchez, Mayka; Silvestri, Laura; Kannengiesser, Caroline; Muckenthaler, Martina U; Iolascon, Achille; Gouya, Laurent; Camaschella, Clara; Beaumont, Carole

    2013-01-01

    Iron refractory iron deficiency anemia is a hereditary recessive anemia due to a defect in the TMPRSS6 gene encoding Matriptase-2. This protein is a transmembrane serine protease that plays an essential role in down-regulating hepcidin, the key regulator of iron homeostasis. Hallmarks of this disease are microcytic hypochromic anemia, low transferrin saturation and normal/high serum hepcidin values. The anemia appears in the post-natal period, although in some cases it is only diagnosed in ad...

  10. Mouse models of Fanconi anemia

    OpenAIRE

    Parmar, Kalindi; D'Andrea, Alan; Niedernhofer, Laura J.

    2009-01-01

    Fanconi anemia is a rare inherited disease characterized by congenital anomalies, growth retardation, aplastic anemia and an increased risk of acute myeloid leukemia and squamous cell carcinomas. The disease is caused by mutation in genes encoding proteins required for the Fanconi anemia pathway, a response mechanism to replicative stress, including that caused by genotoxins that cause DNA interstrand crosslinks. Defects in the Fanconi anemia pathway lead to genomic instability and apoptosis ...

  11. [Autoimmune hemolytic anemia in children].

    Science.gov (United States)

    Becheur, M; Bouslama, B; Slama, H; Toumi, N E H

    2015-01-01

    Autoimmune hemolytic anemia is a rare condition in children which differs from the adult form. It is defined by immune-mediated destruction of red blood cells caused by autoantibodies. Characteristics of the autoantibodies are responsible for the various clinical entities. Classifications of autoimmune hemolytic anemia include warm autoimmune hemolytic anemia, cold autoimmune hemolytic anemia, and paroxysmal cold hemoglobinuria. For each classification, this review discusses the epidemiology, etiology, clinical presentation, laboratory evaluation, and treatment options.

  12. DIAGNOSIS LABORATORIK ANEMIA DEFISIENSI BESI

    OpenAIRE

    Dina Sophia Margina; Sianny Herawati; I W P Sutirta Yasa

    2014-01-01

    Iron deficiency anemia is a decreament of iron level in the body. Iron deficiency anemiais oftenly seen, especially in the tropical countries or the third world country thatassociated with social economic rate. Iron deficiency anemia happens in more than onethird world’s population. Iron deficiency anemia can be caused by chronic hemorrhage,low intake of iron, absorption disturbance, and increasement of demand. To diagnose irondeficiency anemia, laboratoric examination is needed. The treatmen...

  13. Hipertensão arterial pulmonar associada à anemia falciforme Sickle cell anemia-associated pulmonary arterial hypertension

    OpenAIRE

    Roberto Ferreira Pinto Machado

    2007-01-01

    A hipertensão pulmonar é uma complicação comum em pacientes com anemia falciforme. A despeito das elevações leves das pressões pulmonares desses pacientes, a morbimortalidade é alta e, em pacientes adultos com anemia falciforme, a hipertensão pulmonar é um fator de risco muito importante. A patogênese da hipertensão pulmonar relacionada à anemia falciforme é multifatorial e inclui hemólise, baixos níveis de óxido nítrico, hipóxia crônica, tromboembolismo, doença hepática crônica e asplenia. N...

  14. Anemia in People with Cancer

    Science.gov (United States)

    ... Managing Cancer-related Side Effects Low Blood Counts Anemia in People With Cancer What is anemia? When you don’t have enough healthy red ... the symptoms that bother people most. What causes anemia? There are many different reasons a person with ...

  15. How Is Fanconi Anemia Diagnosed?

    Science.gov (United States)

    ... from the NHLBI on Twitter. How Is Fanconi Anemia Diagnosed? People who have Fanconi anemia (FA) are born with the disorder. They may ... questions about: Any personal or family history of anemia Any surgeries you’ve had related to the ...

  16. How Is Aplastic Anemia Diagnosed?

    Science.gov (United States)

    ... from the NHLBI on Twitter. How Is Aplastic Anemia Diagnosed? Your doctor will diagnose aplastic anemia based on your medical and family histories, a ... your primary care doctor thinks you have aplastic anemia, he or she may refer you to a ...

  17. Severe Anemia in Malawian Children

    NARCIS (Netherlands)

    Calis, J.C.J.; Kamija, S.P.; Faragher, E.B.; Brabin, B.J.; Bates, I.; Cuevas, L.E.; Haan, de R.J.; Phiri, A.I.; Malange, P.; Khoka, M.; Hulshof, P.J.M.; Lieshout, L.; Beld, M.G.H.M.; Teo, Y.Y.; Rockett, K.A.; Richardson, A.; Kwiatkowski, D.P.; Molyneux, M.E.; Hensbroek, van M.B.

    2008-01-01

    Background Severe anemia is a major cause of sickness and death in African children, yet the causes of anemia in this population have been inadequately studied. Methods We conducted a case¿control study of 381 preschool children with severe anemia (hemoglobin concentration,

  18. Aplastic Anemia and Myelodysplastic Syndromes

    Science.gov (United States)

    ... have aplastic anemia. Most new cases of aplastic anemia in children are due to inherited bone marrow failure syndromes. MDS are typically diagnosed between the ages of 70 and 80 years. Although a cause is not found in most cases of aplastic anemia and MDS, the diseases may be triggered by ...

  19. Tratamento da Osteonecrose da Cabeça Femoral com celulas progenitoras autólogas em anemia falciforme Femoral Head Necrosis treatment with autologous stem cells in sickle cell disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gildásio Cerqueira Daltro

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliação da segurança e eficácia do uso de células progenitoras autólogas da medula óssea (CMMO no tratamento da Osteonecrose da Cabeça Femoral (OCF de pacientes portadores de anemia falciforme. MÉTODOS: Foram estudados 8 pacientes portadores de anemia falciforme, com OCF nos estágios I e II (classificação de Ficat e Arlet. As CMMO retiradas da crista ilíaca posterior foram concentradas e reinfundidas na área central da osteonecrose. Os principais parâmetros avaliados foram segurança, sintomas clínicos e progressão da doença, através da avaliação clínica (Harris Hip Score e radiológica. RESULTADOS: A maior parte dos pacientes (7 em 8 referiu melhora dos sintomas após o tratamento. Não houve complicações durante o procedimento anestésico e cirúrgico. A medida do escore (Harris Hip Score no pré-operatório foi 78,5 +/- 6,2 pontos, com aumento significativo destes valores no pós-operatório (98,3 +/- 2,5 pontos (pPURPOSE: To assess the efficacy and safety of autologous bone-marrow mononuclear cells (BMMC implantation in necrotic lesions of the femoral head in patients with sickle cell disease. METHODS: We studied eight patients with stage-I or -II femoral head osteonecrosis according to the system by Ficat and Arlet. BMMCs were harvested and re-infused into the necrotic zone. The primary endpoints studied were safety, clinical symptoms and disease progression, these being assessed according to the Harris hip score (HHS and to X-ray studies. RESULTS: After eight months, seven of the eight patients reported improvement from symptoms. There were no complications during anesthetic and surgery procedures. There was a significant postoperative increase in the HHS (98.3 +/- 2.5 points compared to preoperative HHS (78.5 +/- 6.2 points (p< 0.001. X-ray evaluation and cell parameters were found to be favorable. CONCLUSION: The autologous bone-marrow mononuclear cells implantation seems to be a safe and effective

  20. O hemograma nas anemias microcíticas e hipocrômicas: aspectos diferenciais Blood tests in microcytic and hypochromic anemias: differential aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Januária Fonseca Matos

    2012-08-01

    Full Text Available O diagnóstico diferencial das anemias microcíticas é clinicamente importante. Na tentativa de tornar esse diagnóstico menos oneroso e mais eficiente, o uso de parâmetros dos contadores automáticos tem sido sugerido. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência diagnóstica de alguns parâmetros do hemograma na diferenciação das anemias microcíticas. Foram comparados os parâmetros hematológicos de 395 pacientes portadores de anemia ferropriva, anemia de doença crônica ou talassemia menor. O número de hemácias apresentou os maiores valores combinados de sensibilidade e especificidade na diferenciação dessas anemias. Em conclusão, a contagem de hemácias pode ser útil no diagnóstico diferencial de anemias microcíticas.Differential diagnosis of microcytic anemia is clinically important. In an attempt to make this diagnosis more cost-effective, the use of some parameters obtained from automated blood count analyzers has been suggested. The objective of this study was to evaluate the efficiency of blood count parameters in differentiating microcytic anemias. Blood parameters were compared in 395 patients with iron deficiency anemia, chronic disease anemia or thalassemia minor. The number of red blood cells showed the highest combined sensitivity and specificity in differentiating these anemias. Hence, blood counts may be a useful tool in the differential diagnosis of microcytic anemias.

  1. Longitudinal anthropometric assessment of infants born to HIV-1-infected mothers, Belo Horizonte, Southeastern Brazil Evaluación antropométrica longitudinal de lactantes nacidos de madres infectadas por VIH-1 Avaliação antropométrica longitudinal de lactentes nascidos de mães infectadas pelo HIV-1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Arlene Fausto

    2011-08-01

    (variación: 6,8 a 18,0 meses y 14,3 meses (variación: 6,3 a 18,6 meses, respectivamente. Se utilizó el modelo de regresión linear de efectos mixtos ajustado por máxima verosimilitud restringida para construir las curvas de crecimiento. RESULTADOS: Los z-escores PI, EI y PE de los lactantes infectados con el VIH-1 presentaron decrecimiento. A los seis meses, la diferencia promedio en los z-escores PI, EI y PE entre lactantes infectados y no infectados con el VIH era, respectivamente, 1,02, 0,59 y 0,63 desviaciones-estándares. A los 12 meses, la diferencia promedio en los z-escores PI, EI y PE entre lactantes infectados y no infectados era, respectivamente, 1,15, 1,01 y 0,87 desviaciones-estándares. CONCLUSIONES: El comprometimiento precoz y creciente de los indicadores antropométricos de niños infectados con el VIH-1 muestra la importancia de identificar precozmente niños infectados con el VIH que están en riesgo nutricional y la necesidad de evaluarse continuamente las intervenciones nutricionales adoptadas.OBJETIVO: Avaliar os parâmetros de crescimento em lactentes nascidos de mães infectadas com o HIV-1. MÉTODOS: Avaliação longitudinal dos z-escores peso-idade (PI, estatura-idade (EI, peso-estatura (PE foi realizada em uma coorte. Foram estudados 97 lactentes não-infectados e 33 lactentes infectados nascidos de mães infectadas com o HIV-1 em Belo Horizonte, MG, de 1995 a 2003. O tempo mediano de seguimento para os lactentes infectados e não-infectados foi de 15,8 meses (variação: 6,8 a 18,0 meses e 14,3 meses (variação: 6,3 a 18,6 meses, respectivamente. Utilizou-se o modelo de regressão linear de efeitos mistos ajustado por máxima verossimilhança restrita para construir as curvas de crescimento. RESULTADOS: Os z-escores PI, EI e PE dos lactentes infectados com o HIV-1 apresentaram decréscimo. Aos seis meses, a diferença média nos z-escores PI, EI e PE entre lactentes infectados e não-infectados com o HIV era, respectivamente, 1,02, 0,59 e 0

  2. Evaluation of anemia in children.

    Science.gov (United States)

    Janus, Jennifer; Moerschel, Sarah K

    2010-06-15

    Anemia is defined as a hemoglobin level of less than the 5th percentile for age. Causes vary by age. Most children with anemia are asymptomatic, and the condition is detected on screening laboratory evaluation. Screening is recommended only for high-risk children. Anemia is classified as microcytic, normocytic, or macrocytic, based on the mean corpuscular volume. Mild microcytic anemia may be treated presumptively with oral iron therapy in children six to 36 months of age who have risk factors for iron deficiency anemia. If the anemia is severe or is unresponsive to iron therapy, the patient should be evaluated for gastrointestinal blood loss. Other tests used in the evaluation of microcytic anemia include serum iron studies, lead levels, and hemoglobin electrophoresis. Normocytic anemia may be caused by chronic disease, hemolysis, or bone marrow disorders. Workup of normocytic anemia is based on bone marrow function as determined by the reticulocyte count. If the reticulocyte count is elevated, the patient should be evaluated for blood loss or hemolysis. A low reticulocyte count suggests aplasia or a bone marrow disorder. Common tests used in the evaluation of macrocytic anemias include vitamin B12 and folate levels, and thyroid function testing. A peripheral smear can provide additional information in patients with anemia of any morphology.

  3. Sickle Cell Anemia Bibliography.

    Science.gov (United States)

    Christy, Steven C.

    Presents sources for the acquisition of medical, social, psychological, educational, and practical knowledge of sickle cell anemia. The materials listed are designed to help parents, educators, and public service workers. Materials include journal articles, films, brochures, slides, and fact sheets. The usual bibliographic information is given.…

  4. Anemia and School Participation

    Science.gov (United States)

    Bobonis, Gustavo J.; Miguel, Edward; Puri-Sharma, Charu

    2006-01-01

    Anemia is among the most widespread health problems for children in developing countries. This paper evaluates the impact of a randomized health intervention delivering iron supplementation and deworming drugs to Indian preschool children. At baseline, 69 percent were anemic and 30 percent had intestinal worm infections. Weight increased among…

  5. Iron-Deficiency Anemia

    Medline Plus

    Full Text Available ... a lower than normal number of red blood cells. Red blood cells carry oxygen and remove carbon dioxide (a waste ... Anemia also can occur if your red blood cells don't contain enough hemoglobin (HEE-muh-glow- ...

  6. Twin anemia polycythemia sequence

    NARCIS (Netherlands)

    Slaghekke, Femke

    2014-01-01

    In this thesis we describe that Twin Anemia Polycythemia Sequence (TAPS) is a form of chronic feto-fetal transfusion in monochorionic (identical) twins based on a small amount of blood transfusion through very small anastomoses. For the antenatal diagnosis of TAPS, Middle Cerebral Artery – Peak Syst

  7. Anemia (For Parents)

    Science.gov (United States)

    ... rich foods to a child's diet or reducing milk intake. If your teenage daughter is anemic and has heavy or irregular menstrual periods, the doctor may prescribe hormonal treatment to help regulate the bleeding. Folic acid and vitamin B12 supplements may be recommended for anemia due to ...

  8. Sickle cell anemia

    Science.gov (United States)

    ... Anemia - sickle cell; Hemoglobin SS disease (Hb SS); Sickle cell disease Images Red blood cells, sickle cell Red blood cells, normal Red blood ... multiple sickle cells Red blood cells, sickle cells Red blood cells, sickle and ... Heeney MM, Ware RE. Sickle cell disease. In: Orkin SH, Fisher DE, Ginsburg D, Look ...

  9. Autoimmune Hemolytic Anemia.

    Science.gov (United States)

    Liebman, Howard A; Weitz, Ilene C

    2017-03-01

    Autoimmune hemolytic anemia is an acquired autoimmune disorder resulting in the production of antibodies directed against red blood cell antigens causing shortened erythrocyte survival. The disorders can present as a primary disorder (idiopathic) or secondary to other autoimmune disorders, malignancies, or infections. Treatment involves immune modulation with corticosteroids and other agents.

  10. Multidisciplinary approach to anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anca Ghiațău

    2015-08-01

    Full Text Available Introduction: We present the case of a 65 years- old woman who was admitted with a severe macrocytic anemia Hb= 5.7g/dl and diffuse bone pain. Biologically she has moderate thrombocytopenia 35 000/µl, a hepatic cytolysis and cholestatic syndrome. Material and method: The patient was extensively evaluated before presentation for a mild iron - deficiency anemia for which she underwent endoscopic examination of the upper and lower gastrointestinal tract- normal. The bone marrow aspiration on admission revealed a marked hyperplasia of the erythroblastic line with ~50% basophilic erythroblasts suggesting a regenerative erythroid hyperplasia. These changes along with the marked reticulocytosis on the peripheral blood smear oriented us towards a hemolytic anemia; Folic acid, vitamin B12, autoimmune tests and hemolytic tests were all normal. We continued the investigations with a thoraco-abdominopelvic computed tomography which identified diffuse demineralization, vertebral compactation and pelvic stress fractures. The breast examination revealed a right breast nodule, but the breast ultrasonography pleaded for benignity. Lacking a clear definitive diagnosis we decided to perform a bone marrow biopsy. Results: The osteo- medullary biopsy pointed towards a medullar invasion from a lobular mammary carcinoma; In these circumstances we performed an ultrasound guided biopsy of the right mammary lump thus histologically confirming a tumoral invasion of the bone marrow with subsequent anemia. The patient started chemotherapy in the Oncology ward. Conclusion: The particularity of this case consists in the pattern of anemia, which initially seemed iron deficient and afterwards macrocytic – apparently hemolytic and was actually due to the tumoral medullar invasion and also the nonspecific ultrasonographic appearance of the breast tumor.

  11. Anemia falciforme e infecções

    OpenAIRE

    Di Nuzzo, Dayana V. P.; Silvana F. Fonseca

    2004-01-01

    p.347-354 Objetivo: A alta prevalência de anemia falciforme em nosso meio e a elevada morbimortalidade por infecções associada a esta condição estimularam a realização deste artigo de revisão. Fonte de dados: Realizamos uma revisão bibliográfica no banco de dados MEDLINE no período de 1986 até 2003. Foram encontradas cerca de 600 referências sobre o tema, sendo selecionados 35 artigos, os quais, aliados a capítulos de dois livros-textos, compuseram esta revisão. Sín...

  12. Subpopulações dos reticulócitos e fração de reticulócitos imaturos como indicadores de aumento da eritropoese em doentes com anemia por deficiência de ferro Reticulocyte subpopulations and immature reticulocyte fractions as indicators of increased erythropoiesi in patients with iron deficiency anaemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana R. João

    2008-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é o de estudar as subpopulações dos reticulócitos e a fração de reticulócitos imaturos (IFR enquanto indicadores de atividade eritropoética em pacientes com anemia por deficiência de ferro e determinar o seu grau de correlação com os marcadores tradicionais de deficiência de ferro. Estudamos um total de 96 indivíduos, com idades compreendidas entre os 20 e os 86 anos, divididos em dois grupos: indivíduos controle (n=30 e indivíduos com anemia por deficiência de ferro (n=66. A todos eles foi efetuado hemograma completo, incluindo contagem de reticulócitos e os seus índices de maturação, ferro, transferrina, ferritina e capacidade total de fixação do ferro. Os indivíduos com anemia por deficiência de ferro mostraram um aumento da proporção de IFR quando comparados com o grupo controle (15.02 ± 9.70% vs 6.43 ± 3.98%, pThe aim of this work is to investigate reticulocyte subpopulations and immature reticulocyte fractions as indicators of bone marrow erythropoietic activity in patients with iron-deficiency anemia and their correlations with traditional hematological and biochemical markers of iron deficiency. A total of 96 individuals, aged 20 to 86 years old, were included in this study. These individuals were divided into two groups: healthy controls (n=30 and iron-deficiency anemia (n=66. Complete blood counts including reticulocytes and their subpopulations, iron, ferritin and transferrin and total binding capacity were determined in all individuals. Patients with iron-deficiency anemia had an increased proportion of immature reticulocyte fractions when compared with controls (15.02 ± 9.70% vs. 6.43 ± 3.98%, p<0.01, respectively. Comparing patients with healthy controls, the investigation of the subpopulations revealed higher medium-fluorescent reticulocyte (12.69 ± 6.69% vs. 5.88 ± 3.59%, respectively p<0.01 and high-fluorescent reticulocyte (1.45 [0.38-3.10] vs. 0.40 [0.00-0.90], p<0

  13. Palidez como dado semiológico de avaliação de anemias Pallor in the clinical evaluation of anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Beatriz Stracieri

    2010-01-01

    Full Text Available A palidez como dado semiológico de importância para avaliação de anemia é confrontado em um grupo de médicos e de estudantes, e os resultados da pequisa mostram a necessidade de maior treinamento dos estudantes.Pallor, an important clinical sign of anemia, is assessed by physicians and medical students. There is a necessity to better train medicine students.

  14. Crescimento de lactentes não-anêmicos suplementados com diferentes doses profiláticas de ferro Growth in non-anemic infants supplemented with different prophylactic iron doses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle G. da Silva

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar os efeitos de diferentes doses profiláticas de ferro sobre o crescimento e estado nutricional de lactentes não-anêmicos. MÉTODOS: Estudo do tipo prospectivo e randomizado. Lactentes de 5,0 a 6,9 meses de vida que atenderam aos critérios de inclusão e apresentaram hemoglobina capilar ≥ 11 g/dL foram alocados randomicamente em três grupos com doses profiláticas de suplemento de ferro (sulfato ferroso de 1 mg/kg/dia (n = 39, 2 mg/kg/dia (n = 36 e 25 mg/semana (n = 39. A suplementação durou 16 semanas. Foram avaliados peso e comprimento. O estado nutricional foi avaliado por meio dos escores z do peso/idade, comprimento/idade e peso/comprimento com base na referência da Organização Mundial da Saúde (2006. Os dados de morbidade foram obtidos durante as visitas mensais. RESULTADOS: Antes da suplementação, os grupos apresentaram similar estado nutricional. Não houve diferença entre os grupos na ingestão diária de nutrientes. Durante o estudo, o ganho de peso, o ganho de comprimento e os incrementos nos índices antropométricos não diferiram estatisticamente entre os grupos suplementados. A ocorrência e duração dos episódios de morbidade não diferiram estatisticamente entre os grupos. De modo geral, observaram-se melhorias nos índices peso/idade e peso/comprimento na população estudada, porém o comprimento/idade não apresentou diferenças antes e após a suplementação. CONCLUSÃO: As diferentes doses profiláticas de ferro não exerceram efeito diferenciado sobre o crescimento e estado nutricional dos lactentes não-anêmicos.OBJECTIVE: To compare the effects of different prophylactic iron doses on the growth and nutritional status of non-anemic infants. METHODS: Prospective randomized study. Infants aged 5.0 to 6.9 months who met the inclusion criteria and showed capillary hemoglobin ≥ 11 g/dL were randomly allocated into three groups who received the following prophylactic doses of iron

  15. Anemia Congénita Diseritropoiética Tipo I. Um Caso Clínico Raro de Anemia

    OpenAIRE

    Henriques, Graça; Braga, Lígia; Gomes da Costa, M.ª Gertrudes; Ferreira, Nuno Cordeiro

    2014-01-01

    Os autores descrevem um caso clínico raro de anemia congénita diseritropoiética tipo I numa adolescente de 15 anos, em que só as alterações morfológicas da medula óssea e os testes serológicos (hemólise ácida, aglutinação anti-I e anti-i) permitiram o diagnóstico.O estudo familiar efectuado foi negativo.Atendendo à raridade destas anemias hereditárias são discutidos alguns dos seus aspectos.

  16. Anemia Congénita Diseritropoiética Tipo I. Um Caso Clínico Raro de Anemia

    OpenAIRE

    Henriques, G; Braga, L; Gomes Costa, G; Cordeiro Ferreira, N

    2000-01-01

    Os autores descrevem um caso clínico raro de anemia congénita diseritropoiética tipo I numa adolescente de 15 anos, em que só as alterações morfológicas da medula óssea e os testes serológicos (hemólise ácida, aglutinação anti-I e anti-i) permitiram o diagnóstico. O estudo familiar efectuado foi negativo. Atendendo a raridade destas anemias hereditárias são discutidos alguns dos seus aspectos.

  17. Variabilidade do risco do tempo de permanência ajustado para lactentes de muito baixo peso ao nascer entre centros da Neocosur South American Network Center variability in risk of adjusted length of stay for very low birth weight infants in the Neocosur South American Network

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Marshall

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Desenvolver um modelo de predição para o tempo de permanência hospitalar (TPH em lactentes de muito baixo peso ao nascer (MBPN e comparar esse resultado entre 20 centros de uma rede neonatal, visto que o TPH é utilizado como uma medida da qualidade da assistência em lactentes de MBPN. MÉTODOS: Utilizamos dados coletados prospectivamente de 7.599 lactentes com peso ao nascer entre 500 e 1.500 g no período entre os anos de 2001 a 2008. O modelo de regressão de Cox foi empregado para desenvolver dois modelos de predição: um modelo prévio com dados do nascimento e outro posterior, que acrescenta morbidades relevantes dos primeiros 30 dias de vida. RESULTADOS: A mediana do TPH estimado e ajustado a partir do nascimento foi de 59 dias; 28 dias depois do tempo de sobrevida de 30 dias. Houve uma alta correlação entre os modelos (r = 0,92. O TPH esperado e o TPH observado variaram bastante entre os centros, mesmo depois de correção para as morbidades relevantes após 30 dias. O TPH mediano (variação: 45-70 dias e a idade concepcional na alta hospitalar (variação: 36,4-39,9 semanas refletem uma variabilidade alta entre centros. CONCLUSÃO: Um modelo simples, com fatores apresentados no nascimento, pode predizer o TPH de um lactente de MBPN em uma rede neonatal. Observou-se uma variabilidade nos TPHs considerável entre unidades de terapia intensiva neonatal. Especulamos que os resultados sejam provenientes das diferenças entre as práticas dos centros.OBJECTIVES: To develop a prediction model for hospital length of stay (LOS in very low birth weight (VLBW infants and to compare this outcome among 20 centers within a neonatal network. METHODS: Data from 7,599 infants with birth weights of 500-1,500 g born between the years 2001-2008 were prospectively collected. The Cox regression model was employed to develop two prediction models: an early model based upon variables present at birth, and a late one that adds relevant

  18. [Anemia in the elderly].

    Science.gov (United States)

    Maerevoet, M; Sattar, L; Bron, D; Gulbis, B; Pepersack, T

    2014-09-01

    Anaemia is a problem that affects almost 10% over 65 years and 20% over 85 years. There is no physiological anaemia in the elderly. Any anaemia expresses the existence of a pathological process, regardless of its severity. Anaemia in the elderly is always associated with a poor prognosis that is in terms of mortality, morbidity and risk of fragility. The diagnostic approach to anemia in the elderly is the same as in younger individual. There are many causes of anaemia; anaemia balance is a complex diagnostic process. Most anaemias are due to a deficiency, chronic inflammation or comorbidity. However, in the elderly, the etiology of anaemia is often multifactorial. In a number of cases remain unexplained anaemia. In a number of cases, anemia remain unexplained. Treatment of anaemia is the treatment of the cause, but specific therapeutic aspects to the elderly should be considered, as among other martial substitution or use of erythropoietin (EPO).

  19. Anemia em população de área endêmica de malária, Rondônia (Brasil Anaemia in a population sample from an endemic malaria area of Rondônia State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marly A. Cardoso

    1992-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de descrever a prevalência de anemia na população de uma área endêmica de malária - o distrito de Candeias, localidade periurbana do Município de Porto Velho, no Estado de Rondônia, Amazônia Ocidental Brasileira, - uma amostra casual de 1.068 indivíduos (14,1% da população total de todas as idades submeteu-se à dosagem de hemoglobina e à microscopia em gota espessa para diagnóstico de malária. O diagnóstico de anemia foi positivo em 299 indivíduos (28,0% da amostra, sendo as maiores prevalências encontradas em crianças com idade entre 6 meses e um ano (70,0% e entre um e 6 anos (38,4%, além de gestantes (41,2%, 7/17 e pacientes com malária (44,4%, 8/18. Realizaram-se exames parasitológicos de fazes em amostra voluntária de 476 indivíduos (44,6% da população amostral, dos quais 118 (26,3% foram positivos. Nessa amostra voluntária, não houve diferença significante na prevalência de anemia entre indivíduos parasitados e não-parasitados. Acima de 14 anos de idade, a prevalência de anemia foi tanto maior quanto mais recente o último episódio de malária referido pelos pacientes. Nesta faixa etária, economicamente produtiva, destaca-se o papel da malária entre as causas subjacentes à anemia.With the purpose of describing the prevalence rate of anaemia among inhabitants of a malaria endemic area - Candeias district, a periurban locality near Porto Velho, in Rondônia State, Brazilian Amazon Basin - a random population sample comprehending 1,068 individuals of all age groups (14.1% of the total population was screened for anaemia (measurement of blood haemoglobin concentration and malaria (Giemsa-stained thick-smear microscopy. Two-hundred and ninety-nine individuals (28.0% of the sample were found to be anaemic, using the cut-off haemoglobin values proposed by the World Health Organization for each age group. Highest prevalence rates were found among children with ages varying from 6 months to 1

  20. Thiamine– Responsive Megaloblastic Anemia Syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F Motavaselian

    2009-01-01

    Full Text Available Thiamine Responsive megaloblastic anemia in DIDMOA (Wolfram syndrome has an autosomal- recessive mode of inheritance . Megaloblastic anemia and sideroblastic anemia is accompanied by diabetes insipidus (DI, diabetes mellitus (DM ,optic atrophy (OA and deafness (D. Neutropenia and thrombocytopenia are also present. We report a 7 month old girl with congenital macrocytic anemia; a rare clinical feature of Wolfram,s syndrome with increased plasma levels of blood glucose, both of which dramatically responded to administration of thiamine in large doses . The patient also had neurosensorial deafness, but no improvement was observed in the deafness. We presented the case because thiamine-responsive megaloblastic anemia is a rare clinical presentation of Wolfram syndrome and after institution of treatment with thiamine, the anemia and hyperglycemia returned to normal.

  1. Iron deficiency anemia in pregnancy.

    Science.gov (United States)

    Di Renzo, Gian Carlo; Spano, Filippo; Giardina, Irene; Brillo, Eleonora; Clerici, Graziano; Roura, Luis Cabero

    2015-11-01

    Anemia is the most frequent derailment of physiology in the world throughout the life of a woman. It is a serious condition in countries that are industrialized and in countries with poor resources. The main purpose of this manuscript is to give the right concern of anemia in pregnancy. The most common causes of anemia are poor nutrition, iron deficiencies, micronutrients deficiencies including folic acid, vitamin A and vitamin B12, diseases like malaria, hookworm infestation and schistosomiasis, HIV infection and genetically inherited hemoglobinopathies such as thalassemia. Depending on the severity and duration of anemia and the stage of gestation, there could be different adverse effects including low birth weight and preterm delivery. Treatment of mild anemia prevents more severe forms of anemia, strictly associated with increased risk of fetal-maternal mortality and morbidity.

  2. Understanding anemia of chronic disease.

    Science.gov (United States)

    Fraenkel, Paula G

    2015-01-01

    The anemia of chronic disease is an old disease concept, but contemporary research in the role of proinflammatory cytokines and iron biology has shed new light on the pathophysiology of the condition. Recent epidemiologic studies have connected the anemia of chronic disease with critical illness, obesity, aging, and kidney failure, as well as with the well-established associations of cancer, chronic infection, and autoimmune disease. Functional iron deficiency, mediated principally by the interaction of interleukin-6, the iron regulatory hormone hepcidin, and the iron exporter ferroportin, is a major contributor to the anemia of chronic disease. Although anemia is associated with adverse outcomes, experimental models suggest that iron sequestration is desirable in the setting of severe infection. Experimental therapeutic approaches targeting interleukin-6 or the ferroportin-hepcidin axis have shown efficacy in reversing anemia in either animal models or human patients, although these agents have not yet been approved for the treatment of the anemia of chronic disease.

  3. [Anemia: guidelines comparison].

    Science.gov (United States)

    Del Vecchio, Lucia

    2009-01-01

    The development of recombinant human erythropoietin and its introduction into the market in the late 1980s has significantly improved the quality of life of patients with chronic kidney disease (CKD) and reduced the need for blood transfusions. Starting from a cautious target, a progressive increase in the recommended hemoglobin levels has been observed over the years, in parallel with an increase in the obtained levels. This trend has gone together with the publication of findings of observational studies showing a relationship between the increase in hemoglobin levels and a reduction in the mortality risk, with the conduction of clinical trials testing the effects of complete anemia correction, and with the compilation of guidelines on anemia control in CKD patients by scientific societies and organizations. In the last two years, evidence of a possible increase in the mortality risk in those patients who were randomized to high hemoglobin levels has resulted in a decrease in the upper limit of the recommended Hb target to be obtained with erythropoietin stimulating agents (ESA), and consequently in a narrowing of the target range. Comparison of guidelines on anemia control in CKD patients is an interesting starting point to discuss single recommendations, strengthen their importance, or suggest new topics of research to fill up important gaps in knowledge.

  4. Management of Iron Deficiency Anemia

    OpenAIRE

    Jimenez, Kristine; Kulnigg-Dabsch, Stefanie; Gasche, Christoph

    2015-01-01

    Anemia affects one-fourth of the world’s population, and iron deficiency is the predominant cause. Anemia is associated with chronic fatigue, impaired cognitive function, and diminished well-being. Patients with iron deficiency anemia of unknown etiology are frequently referred to a gastroenterologist because in the majority of cases the condition has a gastrointestinal origin. Proper management improves quality of life, alleviates the symptoms of iron deficiency, and reduces the need for blo...

  5. Anemia de Doença Crônica Anemia of chronic disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo D. Cançado

    2002-04-01

    Full Text Available Anemia de Doença Crônica (ADC é usualmente definida como a anemia que ocorre em distúrbios infecciosos crônicos, inflamatórios ou doenças neoplásicas, e é uma das síndromes clínicas mais comuns na prática clínica. Caracteristicamente, ADC corresponde à anemia normocrômica/normocítica, leve a moderada, e caracteriza-se por hipoferremia na presença de estoques adequados de ferro. Os três principais mecanismos patológicos envolvidos na ADC são: diminuição da sobrevida da hemácia, falha da medula óssea em aumentar a produção de glóbulos vermelhos para compensar o aumento da sua demanda, e distúrbio da mobilização do ferro de depósito do sistema mononuclear fagocitário. O papel central dos monócitos e dos macrófagos e o aumento da produção de citocinas mediadoras da resposta imune ou inflamatória, tais como: TNF alfa, INF gama e IL-1 estão implicados nos três processos envolvidos no desenvolvimento da ADC. O propósito desse artigo é revisar os recentes avanços no entendimento dos aspectos patofisiológico, diagnóstico e terapêutico desta síndrome.The anemia of chronic disease (ACD is usually defined as the anemia occurring in chronic infectious, inflammatory disorders, or neoplastic diseases, and is one of the most common syndromes in the clinical practice. Characteristically, ACD is a mild-to-moderate, normochromic/normocytic anemia, and is characterized by hypoferremia in the presence of adequate iron stores. The three principal pathologic mechanisms involved in ACD are: reduced erythrocyte survival, bone marrow failure to increase red blood cell production to compensate for the increase in its demand, and abnormal mobilization of reticuloendothelial iron stores. The central role of monocytes and macrophages, and the increased production of the cytokines that mediate the immune or inflammatory response, such as tumor necrosis factor, interleukin-1 and the interferons, are implicated in all three

  6. Iron-Deficiency Anemia (For Parents)

    Science.gov (United States)

    ... Your 1- to 2-Year-Old Iron-Deficiency Anemia KidsHealth > For Parents > Iron-Deficiency Anemia Print A ... common nutritional deficiency in children. About Iron-Deficiency Anemia Every red blood cell in the body contains ...

  7. Special Issues for People with Aplastic Anemia

    Science.gov (United States)

    ... Menu Donate Special Issues for People with Aplastic Anemia Because you have aplastic anemia , everyday events can ... bleeding, such as contact sports. Pregnancy and Aplastic Anemia Pregnancy is possible for women who have been ...

  8. Drug-induced immune hemolytic anemia

    Science.gov (United States)

    Immune hemolytic anemia secondary to drugs; Anemia - immune hemolytic - secondary to drugs ... Drugs that can cause this type of hemolytic anemia include: Cephalosporins (a class of antibiotics), most common ...

  9. Iron-Deficiency Anemia (For Parents)

    Science.gov (United States)

    ... Your 1- to 2-Year-Old Iron-Deficiency Anemia KidsHealth > For Parents > Iron-Deficiency Anemia A A ... common nutritional deficiency in children. About Iron-Deficiency Anemia Every red blood cell in the body contains ...

  10. Anemia of Chronic Liver Diseases

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Shin, Hyun Chung; Lee, Jhung Sang; Koh, Chang Soon; Lee, Mun Ho [Seoul National University College of Medicine, Seoul (Korea, Republic of)

    1971-09-15

    The pathogenetic mechanisms of anemia in patients with chronic liver disease were observed. Seventeen patients with moderate to advanced hepatic diseases were studied by various methods. Only patients without previous blood loss were included : 14 had cirrhosis, 2 had active chronic hepatitis, and one had inferior vena cava obstruction with associated liver cirrhosis. The followings were the results: 1. The anemia based on red blood cell count, Hb., and Ht. was found in 76.5-78.6% of the patients. 2. Red cell indices indicated that normo-macrocytic and normochromic anemia was present is the majority of the patients. 3. No evidence of megaloblastic anemia was found on the basis of the morphological examinations. 4. Serum iron, TIBC, % saturation and iron content in the bone marrow indicated that iron deficiency anemia was present in about half of the patients. 5. In the view of the erythrocyte dynamics, primary increase in the red cell destruction was ascribed to the cause of the anemia. 6. Decrease in the red cell survival time was not correlated with MCV, % saturation and S.L. ratio. Also, hemoglobin level was not correlated with MCV, % saturation and T{sub 50} Cr. Therefore, multiple causes may be involved in the pathogenesis of the anemia. 7. Anemia as determined by the red cell volume was found in only 60% of the patients. It may be possible that hemodilutional anemia is present.

  11. Iron Deficiency Anemia in Pregnancy.

    Science.gov (United States)

    Breymann, Christian

    2015-10-01

    Anemia is a common problem in obstetrics and perinatal care. Any hemoglobin below 10.5 g/dL can be regarded as true anemia regardless of gestational age. Reasons for anemia in pregnancy are mainly nutritional deficiencies, parasitic and bacterial diseases, and inborn red blood cell disorders such as thalassemias. The main cause of anemia in obstetrics is iron deficiency, which has a worldwide prevalence between estimated 20%-80% and consists of a primarily female population. Stages of iron deficiency are depletion of iron stores, iron-deficient erythropoiesis without anemia, and iron deficiency anemia, the most pronounced form of iron deficiency. Pregnancy anemia can be aggravated by various conditions such as uterine or placental bleedings, gastrointestinal bleedings, and peripartum blood loss. In addition to the general consequences of anemia, there are specific risks during pregnancy for the mother and the fetus such as intrauterine growth retardation, prematurity, feto-placental miss ratio, and higher risk for peripartum blood transfusion. Besides the importance of prophylaxis of iron deficiency, the main therapy options for the treatment of pregnancy anemia are oral iron and intravenous iron preparations.

  12. ANEMIA SEL SABIT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gede Agus Suwiryawan

    2013-09-01

    Full Text Available Normal 0 false false false EN-US X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 Anemia is a form of blood disorder most often occurs in the community. Sickle cell anemia is anemia due to hemoglobinopathy caused by a change in the amino acid-6 of the ? globin chain. Sickle cell anemia is common in tropical areas of Africa and some parts of the region Saudi Arabia, India and the Mediterranean as well as black people in America. In addition there are also careers in various European countries. In pathophysiology, there are amino acid change from glutamic acid to valine in the ?-globin chain that causes red blood cells become sickle-shaped when deoxygenatied, but still be able to return to its normal shape when experiencing oxygenation. When the red blood cell membrane have been amended, the polymerization of red blood cells has become irreversible. Clinical picture seen in sickle cell anemia can be divided into two, namely: acute and chronic. Diagnosis can be done is to distinguish between heterozygous or homozygous sickle cell. Treatment provided in accordance with the clinical picture appears. Treatment that can be done is by blood transfusion, bone marrow transplant, anti-sickling drug delivery, and drug delivery to trigger the synthesis of HbF. Treatment still in the development stage is to use stem cells. /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Table Normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0in 5.4pt 0in 5.4pt; mso-para-margin:0in; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-theme-font:minor-fareast; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

  13. Prognóstico de crianças portadoras de insuficiência renal aguda em unidade de terapia intensiva

    OpenAIRE

    Bresolin, Nilzete Liberato

    2004-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saude. Programa de Pós-graduação em Ciências Médicas Introdução: A insuficiência renal aguda (IRA) representa um fator importante de morbidade e mortalidade para lactentes e crianças gravemente enfermas. No entanto, há na literatura poucos estudos sobre fatores prognósticos nestes pacientes.

  14. Hemolytic anemia caused by chemicals and toxins

    Science.gov (United States)

    ... This list is not all-inclusive. Alternative Names Anemia - hemolytic - caused by chemicals or toxins References Michel M. Autoimmune and intravascular hemolytic anemias. In: Goldman L, Schafer ...

  15. Índice de anisocitose eritrocitária (RDW): diferenciação das anemias microcíticas e hipocrômicas Red blood cell distribution width (RDW): differentiation of microcytic and hypochromic anemias

    OpenAIRE

    Matos,Januária F.; Dusse,Luci M. S.; Rachel V. B. Stubbert; Geralda F. G. Lages; Maria das Graças Carvalho

    2008-01-01

    A anemia ferropriva, talassemia menor e anemia de doença crônica são as anemias microcíticas e hipocrômicas mais comuns em nosso meio. O diagnóstico diferencial das referidas anemias é de grande importância clínica; contudo, muitas vezes é complexo em virtude de concomitância de doenças, além de demandar tempo e apresentar custos significativos. Com o propósito de conferir maior simplicidade e eficiência ao diagnóstico diferencial destas anemias, o uso de índices derivados de modernos contado...

  16. Influência das avós na alimentação de lactentes: o que dizem suas filhas e noras Influencia de las abuelas en la alimentación de lactantes Influence of grandmothers on infant feeding: what they say to their daughters and granddaughters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana de Medeiros Gross

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar as práticas de primíparas sobre a alimentação de crianças lactentes aprendidas com a mãe e/ou sogra. MÉTODOS: Trata-se de pesquisa qualitativa, do tipo descritiva. Os sujeitos foram 11 primíparas, usuárias do Sistema Único de Saúde de Palmeira das Missões/RS. Os dados foram coletados por entrevista semiestruturada e analisados por meio da análise temática. RESULTADOS: Emergiram três temas: práticas de alimentação transmitidas pelas avós; influência das avós na alimentação do lactente; sentimentos das primíparas em relação às ações das avós relativas à alimentação do lactente. CONCLUSÕES: As avós são importantes no que diz respeito à transmissão de conhecimentos, saberes e experiências relativas à alimentação do lactente. Para que a assistência de enfermagem priviligie a autonomia dos sujeitos que envolve corresponsabilidade e congruência cultural, o enfermeiro deve considerar as interações do grupo familiar que, em seu movimento dialético, modulam e são moduladas pela cultura.OBJETIVO: Identificar las prácticas de primigestas sobre la alimentación de niños lactantes aprendidas con la madre y/o suegra. MÉTODOS: Se trata de una investigación cualitativa, de tipo descriptiva. Los sujetos fueron 11 primigestas, usuarias del Sistema Único de Salud de Palmeira das Missões/RS. Los datos fueron recolectados por entrevista semiestructurada y analizados por medio del análisis temático. RESULTADOS: Emergieron tres temas: prácticas de alimentación transmitidas por las abuelas; influencia de las abuelas en la alimentación del lactante; sentimientos de las primigestas en relación a las acciones de las abuelas relativas a la alimentación del lactante. CONCLUSIONES: Las abuelas son importantes en lo referente a la transmisión de conocimientos, saberes y experiencias relativas a la alimentación del lactante. Para que la asistencia de enfermería privilegie la autonomía de los

  17. Anemia nos pacientes com insuficiência cardíaca avançada Anemia en los pacientes con insuficiencia cardíaca avanzada Anemia in patients with advanced heart failure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano Cardoso

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Anemia está associada à pior evolução nos pacientes com insuficiência cardíaca (IC. Entretanto, há poucos estudos sobre a anemia nos pacientes com IC avançada. OBJETIVO: Avaliar as características da anemia na IC em fase avançada. MÉTODOS: Foram incluídos 99 pacientes hospitalizados para compensação de IC (CF IV/NYHA, com idade > 18 anos e FEVE 12 g/dl. A anemia foi marcador independente de mau prognóstico na análise multivariada (mortalidade 47% vs 24,6%, p = 0,016, risco relativo 2,54. CONCLUSÃO: Anemia acomete, aproximadamente, 1/3 dos pacientes com IC avançada, e a deficiência de ferro é uma importante etiologia. Pacientes anêmicos são mais idosos e apresentaram função renal mais deteriorada. A melhora da congestão não foi suficiente para melhorar a anemia na maioria dos casos. Nos pacientes com IC avançada, a anemia é marcador independente de mau prognóstico.FUNDAMENTO: Anemia está asociada a peor evolución en los pacientes con insuficiencia cardíaca (IC. Mientras tanto, hay pocos estudios sobre la anemia en los pacientes con IC avanzada. OBJETIVO: Evaluar las características de la anemia en la IC en fase avanzada. MÉTODOS: Fueron incluidos 99 pacientes hospitalizados para compensación de IC (CF IV/NYHA, con edad > 18 años y FEVI 12 g/dl. La anemia fue marcador independiente de mal pronóstico en el análisis multivariado (mortalidad 47% vs 24,6%, p = 0,016, riesgo relativo 2,54. CONCLUSIÓN: Anemia afecta, aproximadamente, 1/3 de los pacientes con IC avanzada, y la deficiencia de hierro es una importante etiología. Pacientes anémicos son más añosos y presentaron función renal más deteriorada. La mejora de la congestión no fue suficiente para mejorar la anemia en la mayoría de los casos. En los pacientes con IC avanzada, la anemia es marcador independiente de mal pronóstico.BACKGROUND: Anemia is linked with worsening of progress in patients with heart failure (HF. However, there are

  18. Warm autoimmune hemolytic anemia.

    Science.gov (United States)

    Naik, Rakhi

    2015-06-01

    Warm autoimmune hemolytic anemia (AIHA) is defined as the destruction of circulating red blood cells (RBCs) in the setting of anti-RBC autoantibodies that optimally react at 37°C. The pathophysiology of disease involves phagocytosis of autoantibody-coated RBCs in the spleen and complement-mediated hemolysis. Thus far, treatment is aimed at decreasing autoantibody production with immunosuppression or reducing phagocytosis of affected cells in the spleen. The role of complement inhibitors in warm AIHA has not been explored. This article addresses the diagnosis, etiology, and treatment of warm AIHA and highlights the role of complement in disease pathology.

  19. Eletroforese para detecção de hemoglobina fetal em pacientes do ambulatório de hematologia e hemoterapia do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS) com anemia falciforme e uso de hidroxiuréia

    OpenAIRE

    2015-01-01

    Introdução: As hemoglobinopatias são distúrbios genéticos que se apresentam por padrão de herança recessiva e incluem a anemia falciforme e as síndromes falcêmicas (hemoglobinopatia SC e a S/β-talassemia). Na anemia falciforme as moléculas de adesão dos eritrócritos, leucócitos e plaquetas estão envolvidas na oclusão vascular. Nas síndromes falcêmicas, o quadro costuma ser mais brando. Pesquisas demonstram que o tratamento com hidroxiuréia (HU) promove melhora da qualidade de vida dos pacient...

  20. Interferentes eritrocitários e ambientais na anemia falciforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Naoum Paulo C.

    2000-01-01

    Full Text Available A anemia falciforme tem um desenvolvimento clínico extremamente variável que se caracteriza principalmente por diferentes graus de intensidade da anemia hemolítica. As razões dessa variabilidade são parcialmente conhecidas na expressão fenotípica da doença. Apesar de ter um mesmo defeito genético, a anemia falciforme pode estar associada com níveis diferentes de Hb Fetal e interações com talassemia alfa que atuam como modeladores genéticos da doença. Entretanto, outros defeitos genéticos dos eritrócitos, com destaques para a deficiência de G-6PD, a esferocitose e as deficiências de enzimas anti-oxidantes (SOD, GPx e catalase certamente interferem no curso clínico da doença. Os diferentes haplótipos da Hb S denominados por Banto, Benin, Senegal, Camarões e Asiático, tem sido apontados também como possíveis causas da heterogeneidade fenotípica da anemia falciforme. Toda essa diversidade que caracteriza a anemia falciforme está, em parte, relacionada à sua origem multicêntrica e que envolvem populações com diferentes anormalidades genéticas de proteínas e enzimas eritrocitárias. Por outro lado, além desses fatores caracterizados como interferentes eritrocitários, há os interferentes do meio ambiente em que está inserido o doente com anemia falciforme. Entre os interferentes ambientais destacam-se as situações sociais, econômicas e culturais do doente, e que tem influência no curso de sua doença. Diante desse quadro complexo e interativo, o presente artigo mostra a influência de certos interferentes eritrocitários e ambientais na anemia falciforme. Ao finalizar o artigo é proposto um protocolo de monitoramento laboratorial das síndromes falcêmicas, com destaque para a anemia falciforme.

  1. ANEMIA AGUDA DE NOVO: O MESMO SINAL, DIFERENTES ETIOLOGIAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inês Falcão

    2015-12-01

    Conclusão: Na investigação etiológica de uma anemia aguda grave é fundamental a sua caracterização correta com base em todos os parâmetros hematológicos disponíveis. O diagnóstico assertivo é fundamental, atendendo às diferentes implicações no que diz respeito à abordagem, orientação e prognóstico.

  2. Padrão alimentar de lactentes residentes em áreas periféricas de Fortaleza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOARES Nadia Tavares

    2000-01-01

    Full Text Available Este estudo caracterizou o padrão alimentar de 96 crianças menores de um ano assistidas pelo Fundo Cristão para Crianças nos bairros Álvaro Weyne e Presidente Kennedy, na cidade de Fortaleza, Brasil. Os dados foram levantados por meio de entrevista domiciliar, utilizando o método recordatório 24h para conhecimento das quantidades dos alimentos consumidos, e um formulário contendo perguntas estruturadas sobre a prática do aleitamento materno e idade de introdução dos alimentos de desmame. Os resultados indicaram que o aleitamento materno misto predomina (68% sobre o aleitamento artificial (32% e exclusivo (10% e que 7% das crianças nunca receberam leite materno. Porém, até o final do décimo mês de vida, 53% das crianças ainda são amamentadas. Mingau lácteo, preparado com leite de vaca não modificado, constitui a alimentação básica de desmame. Do ponto de vista nutricional, as dietas são desbalanceadas, sendo o ferro o nutriente mais deficiente. Devem ser intensificados os esforços na promoção da alimentação infantil apropriada.

  3. Composição química e conteúdo de ferro solúvel em soja [Glycine max (L. Merrill] Chemical composition and soluble iron content in soybean [Glycine max (L. Merrill

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Tamie Paiva Yamada

    2003-04-01

    Full Text Available A soja é um grão que possui um dos maiores teores de proteína e ferro entre os alimentos de origem vegetal e teve a sua utilização muito aumentada nos últimos anos, principalmente por lactentes que têm problemas de intolerância ao leite de vaca em todo mundo. Em razão da sua grande quantidade de ferro, a soja tem sido investigada quanto à sua capacidade de recuperação de indivíduos anêmicos. No passado, a investigação baseou-se somente na sua quantidade de ferro total, não considerando as frações solúveis (mais biodisponíveis das insolúveis (que são mais dificilmente absorvidas. Objetivou-se com este trabalho realizar análises químicas em quatro cultivares de soja Glycine max (L. Merrill (IAC PL-1; IAC 22; IAC 8-2 E IAC 15-2, bem como os seus respectivos conteúdos de ferro solúvel. Os teores de proteína nos grãos, que foram em média de 34,46%, foram estatisticamente iguais; o de lipídeos foi maior para a cultivar IAC PL-1, com 20,07% (PSoybean is a grain which possesses one of the highest contents of protein and iron among the foods of plant origin and had its use greatly increased in the latest years, in the eastern countries mainly by lactents who have problems of intolerance to bovine's milk. Due to its great concentration of iron, soybean has been investigated as to its capacity of recovering anemic individuals. In the past, the investigation was based only on its concentration of total iron, not taking into account the soluble fractions (greater bioavailability from the insoluble (which are less bioavailable. This work was designed to accomplish chemical analyses on four soybean cultivars Glycine max (L. Merrill (IAC PL-1; IAC 22; IAC 8-2 and IAC 15-2, as well as their respective contents of soluble iron. Protein contents in the grains, that were on average 34,46% were statistically similar; oil content was greater for the cultivar IAC PL-1, with 20,07% (P<0,01, the same cultivar which presented the lower

  4. Severe autoimmune hemolytic anemia with renal neoplasm.

    Science.gov (United States)

    Rhodes, Emily C; Parikh, Sahil P; Bhattacharyya, Nishith

    2014-02-01

    Autoimmune hemolytic anemia is a type of hemolytic anemia characterized by autoantibodies directed against red blood cells shortening their survival. When autoimmune hemolytic anemia is secondary to a paraneoplastic process, severe anemia can occur leading to significant morbidity and even mortality. Here we discuss the literature and present the case of a child with autoimmune hemolytic anemia from a paraneoplastic syndrome secondary to a renal tumor.

  5. Anemia in the general population

    DEFF Research Database (Denmark)

    Martinsson, Andreas; Andersson, Charlotte; Andell, Pontus

    2014-01-01

    Low hemoglobin concentration is associated with increased mortality, but there is disagreement with regard to the clinical definition of anemia. We aimed to evaluate the prevalence, clinical correlates and association with total and cause-specific long-term mortality across the hemoglobin...... distribution and for previously proposed definitions of anemia. Blood hemoglobin concentration and mean corpuscular volume was measured in participants of the Malmö diet and cancer study-a prospective cohort study, and related to baseline characteristics and outcomes during follow-up. Primary endpoints were...... of anemia, hazard ratio: 1.36, 1.94 and 2.16 for hemoglobin

  6. Complement in hemolytic anemia.

    Science.gov (United States)

    Brodsky, Robert A

    2015-01-01

    Complement is increasingly being recognized as an important driver of human disease, including many hemolytic anemias. Paroxysmal nocturnal hemoglobinuria (PNH) cells are susceptible to hemolysis because of a loss of the complement regulatory proteins CD59 and CD55. Patients with atypical hemolytic uremic syndrome (aHUS) develop a thrombotic microangiopathy (TMA) that in most cases is attributable to mutations that lead to activation of the alternative pathway of complement. For optimal therapy, it is critical, but often difficult, to distinguish aHUS from other TMAs, such as thrombotic thrombocytopenic purpura; however, novel bioassays are being developed. In cold agglutinin disease (CAD), immunoglobulin M autoantibodies fix complement on the surface of red cells, resulting in extravascular hemolysis by the reticuloendothelial system. Drugs that inhibit complement activation are increasingly being used to treat these diseases. This article discusses the pathophysiology, diagnosis, and therapy for PNH, aHUS, and CAD.

  7. Transcranial doppler in sickle cell anaemia: evaluation of brain blood flow parameters in children of Aracaju, Northeast - Brazil Doppler transcraniano em portadores de anemia falciforme: estudo dos parâmetros de fluxo sangüíneo cerebral em crianças de Aracaju, Sergipe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hyder Aragão de Melo

    2008-06-01

    Full Text Available BACKGROUND: Environmental factors interfere on sickle cell anaemia (SCA. Transcanial Doppler (TCD is important to evaluate cerebrovascular disease. OBJECTIVE: To evaluate brain haemodynamic profile of children with SCA in Sergipe. METHODS: Cross sectional study (group1: SCA patients aged 3-18; group2: age and sex matched healthy individuals. Baseline brain flow was evaluated. RESULTS: Group1=34 patients; group 2=81 controls. SCA patients had mean velocity (MV=125.69 cm/s±23.40; pulsatility index (PI=0.66±0.10; middle cerebral artery ratio (MCAr=14.53±15.23; right anterior cerebral artery/right middle cerebral artery=0.77±0.20; left anterior cerebral artery/left middle cerebral artery=0.78±0.20. Controls had MV=79.44±15.54; PI=0.82±0.11; MCAr=13.19±13.77; right anterior cerebral artery/right middle cerebral artery=0.80±0.16; left anterior cerebral artery/left middle cerebral artery=0.84±0.18. MV and PI differences were statistically significant between groups. MV was related to age but not to gender. CONCLUSION: MV evaluation using TCD was similar to international standards and possible to be used in our setting.INTRODUÇÃO: Aspectos ambientais interferem na apresentação da anemia falciforme (AF. Doppler transcraniano (DTC é útil na avaliação do risco para doença cerebrovascular em pacientes com AF. OBJETIVO: Avaliar o perfil hemodinâmico cerebral de crianças com AF em Sergipe. MÉTODO: Estudo transversal (grupo1: portadores de AF 3-18 anos; grupo2: indivíduos saudáveis, pareados por idade e gênero. Foram avaliadas medidas de fluxo sangüíneo cerebral basal. RESULTADOS: Grupo1 (n=34: velocidade média (Vm=125,69 cm/s ±23,40; índice de pulsatilidade (Ip=0,66±0,10; relação entre artéria cerebral média (ACMs=14,53±15,23; artéria cerebral anterior (ACA/ACM direita=0,77±0,20; ACA/ACM esquerda=0,78±0,20. Grupo 2 (n=81: Vm=79,44 cm/s ±15,54; Ip=0,82±0,11, relação entre ACMs=13,19±13,77, ACA/ACM direita=0,80±0

  8. ANEMIA DAN ANEMIA GIZI BESI PADA KEHAMILAN: HUBUNGANNYA DENGAN ASUPAN PROTEIN DAN ZAT GIZI MIKRO

    OpenAIRE

    Nur Handayani Utami; Bunga CH. Rosha

    2015-01-01

    Anemia masih menjadi permasalahan kesehatan pada wanita hamil. Zat besi dianggap sebagai salah satu zat gizi mikro yang berperan terhadap terjadinya anemia. Kekurangan gizi besi dalam tingkat lanjut dapat menyebabkan anemia, yang disebut sebagai anemia gizi besi. Tujuan studi ini adalah untuk menganalisis perbedaan antara asupan protein dan gizi mikro serta menghitung odd ratio (OR) kejadian anemia dan anemia gizi besi akibat asupan protein dan gizi mikro pada wanita hamil di lokasi studi. An...

  9. Anemia como problema de saúde pública: uma realidade atual Anemia as a public health problem: the current situation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Malaquias Batista Filho

    2008-12-01

    Full Text Available Em 1990, as Nações Unidas promoveram a Reunião de Cúpula de Nova Iorque, onde foram traçadas metas para o decênio vindouro, dentre as quais, a redução de um terço na prevalência das anemias nas mulheres em idade fértil. Porém, apesar de percentual modesto, indícios epidemiológicos apontam no sentido inverso, ou seja, indicam a crescente e grave ocorrência de anemia em diferentes regiões do mundo, inclusive no Brasil. Ao reunir esses informes, constata-se que a anemia continua, desde a antiguidade, a ser uma das entidades nosológicas mais prevalentes e difundidas nas populações humanas. A partir daí surge uma série de questionamentos ainda sem respostas em relação às reais prevalência e etiopatogenia do problema, ao grau de implantação e à efetividade das medidas de controle.In 1990, the United Nations held a World Summit in New York, in which goals for the upcoming decade were established. One of these goals was a one-third reduction in the prevalence of anemia among women at childbearing age. Despite this modest percentage, epidemiological indicators point to the opposite direction, indicating an increasing occurrence of anemia in different regions of the world, including in Brazil. These data show that anemia has continued since the antiquity to be one of the most prevalent and widespread diseases in human populations. Thus, a number of questions without answers arise regarding the actual prevalence and etiopathogenesis of the problem as well as with respect to the degree of implantation and the effectiveness of control measures.

  10. Anemia falciforme e infecções

    OpenAIRE

    Di Nuzzo, Dayana V. P.; Silvana F. Fonseca

    2004-01-01

    OBJETIVO: A alta prevalência de anemia falciforme em nosso meio e a elevada morbimortalidade por infecções associada a esta condição estimularam a realização deste artigo de revisão. FONTE DE DADOS: Realizamos uma revisão bibliográfica no banco de dados MEDLINE no período de 1986 até 2003. Foram encontradas cerca de 600 referências sobre o tema, sendo selecionados 35 artigos, os quais, aliados a capítulos de dois livros-textos, compuseram esta revisão. SÍNTESE DOS DADOS: Neste artigo, além de...

  11. How Is Hemolytic Anemia Treated?

    Science.gov (United States)

    ... G6PD) deficiency can avoid substances that may trigger anemia. For example, avoid fava beans, naphthalene (a substance found in some moth balls), and certain ... INDEX ACCESSIBILITY PRIVACY STATEMENT FOIA NO FEAR ACT OIG ...

  12. Malarial anemia and STAT6

    OpenAIRE

    Robson, Kathryn J.H.; Weatherall, David J

    2009-01-01

    Understanding the mechanisms behind malarial anemia should lead to new approaches to the management and treatment of children. In this perspective article Drs. Robson and Weatherall examine the pathophysiology of this condition. See related article on page 195.

  13. Anemia e obesidade: um paradoxo da transição nutricional brasileira Anemia and obesity: a paradox of the nutritional transition in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Malaquias Batista Filho

    2008-01-01

    Full Text Available Objetiva-se analisar a prevalência crescente das anemias e do sobrepeso/obesidade, como tendências conflitantes da transição nutricional do Brasil. Fez-se uma seleção de 28 trabalhos publicados sobre anemia em crianças e mulheres em idade reprodutiva, considerando representatividade estatística, padronização de técnicas laboratoriais e critérios recomendados pela Organização Mundial da Saúde. O sobrepeso/obesidade em adultos foi avaliado pelo índice de massa corporal (IMC: entre 25 e 29,9kg/m² (sobrepeso e > 30kg/m² (obesidade. Para análise das tendências, foram comparados três inquéritos, 1974/1975 (36,4%, 1989 (53,5% e 2002-2003 (51,9%, para a prevalência de sobrepeso/obesidade. No estudo mais representativo sobre anemias em crianças (The aim of this study was to analyze the growing prevalence of anemia and overweight/obesity as contrasting trends in Brazil's nutritional transition. Twenty-eight studies published on anemia in children and childbearing-age women were selected, based on statistical representativeness, standardization of laboratory methods, and World Health Organization criteria. Overweight/obesity in adults was assessed by body mass index: 25 to 29.9kg/m² (overweight and > 30kg/m² (obesity. Three surveys were compared for analysis of tendencies: 1974/1975 (36.4%, 1989 (53.5%, and 2002/2003 (51.9% for overweight/obesity prevalence. In the most representative study on anemia among children (< 11g/dL, the prevalence increased from 22.0% (1974 to 46.9% (1995/1996. For pregnant woman (< 11g/dL, results ranged from 14.7 to 40.4%. Prevalence of anemia among children and overweight/obesity among adults showed similar tendencies over time. Recent evidence of reduction in anemia can be attributed to flour supplementation with iron and folic acid. Anemia and overweight/obesity are associated with significant changes in food intake as a substratum of the nutritional transition.

  14. Sexuality and sickle cell anemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane de Almeida Côbo

    2013-01-01

    Full Text Available BACKGROUND: Sickle cell disease, the most common hereditary blood disease in the world, is the result of an atypical hemoglobin called S (Hb S which, when homozygous (Hb SS is the cause of sickle cell anemia. Changes of puberty, correlated with a delayed growth spurt, begin late in both male and female sickle cell anemia individuals with repercussions on sexuality and reproduction. The objectives of this exploratory and descriptive study were to characterize the development of sexuality in adults with sickle cell anemia by investigating the patient's perception of their sex life, as well as the information they had and needed on this subject. METHODS: Twenty male and female sickle cell anemia patients treated at the Hemocentro Regional de Uberaba (UFTM with ages between 19 and 47 years old were enrolled. A socioeconomic questionnaire and a semi-structured interview on sexuality, reproduction and genetic counseling were applied. RESULTS: This study shows that the sickle cell anemia patients lacked information on sexuality especially about the risks of pregnancy and the possible inheritance of the disease by their children. Moreover, the sexual life of the patients was impaired due to pain as well as discrimination and negative feelings experienced in close relationships. CONCLUSION: The health care of sickle cell anemia patients should take into account not only the clinical aspects of the disease, but also psychosocial aspects by providing counseling on sexuality, reproduction and genetics, in order to give this population the possibility of a better quality of life.

  15. Comparação entre as curvas de crescimento do Centers for Disease Control and Prevention e da Organização Mundial da Saúde para lactentes com idade de seis a 12 meses Comparison between the Centers for Disease Control and Prevention and the World Health Organization growth curves for six to 12 months old infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Sant'Anna Pires

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o estado nutricional de lactentes de ambos os sexos de acordo com a curva proposta pelo Centers for Disease Control and Prevention (CDC-2000 e com a nova curva de crescimento proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS-2006. MÉTODOS: Estudo longitudinal no qual foram acompanhadas crianças de ambos os sexos, nascidas a termo, com idade entre seis meses e um ano, em aleitamento materno predominante ou exclusivo. Os dados foram coletados por um único pesquisador por meio de ficha de atendimento nutricional composta por dados demográficos, antropométricos e sobre a alimentação da criança. Foram realizados testes de Wilcoxon e Friedman para comparar cada medida das curvas e analisar a variância, respectivamente. RESULTADOS: Da amostra final de 55 crianças, 51% (n=28 eram do sexo masculino. Os percentuais de eutrofia dos índices de peso por idade e de estatura adequada para idade de ambos os sexos apresentaram-se acima de 80%. Não houve diferença significante na classificação do estado nutricional, segundo as curvas utilizadas. A porcentagem de concordância das duas curvas em relação ao peso e à estatura foi de 98,2 e 96,4%, respectivamente. CONCLUSÕES: As curvas de crescimento da OMS-2006 e do CDC-2000 foram similares para classificar o estado nutricional de lactentes entre 6-12 meses em aleitamento materno.OBJECTIVE: Compare the nutritional status of male and female infants classified according to the growth curve proposed by the Center for Disease Control and Prevention (CDC-2000 and the new growth curve proposed by the World Health Organization (WHO-2006. METHODS: This longitudinal study enrolled children of 6-12 months old of both genders. They were born at term and exclusively or predominantly breastfed. A single researcher collected demographic, anthropometric and nutritional data. The Wilcoxon test was used to compare curves and the Friedman test was used to analyze the variance. RESULTS: Among the

  16. A anemia nutricional entre gestantes atendidas em centros de saúde do Estado de São Paulo (Brasil Nutritional anaemia in pregnant women attending health centers in S. Paulo State (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sophia Cornbluth Szarfarc

    1985-10-01

    Full Text Available Com o objetivo de estimar a prevalência de anemia entre a clientela do Programa de Atendimento à Gestante (PAG, da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo (Brasil, e de analisar o item referente à suplementação de ferro, do mesmo programa, estudaram-se os prontuários de 4.539 gestantes, matriculadas nos PAGs de 15 Centros de Saúde (CS, escolhidos através de amostragem, probabilística. Observou-se anemia (hemoglobina - Hb - In order to estimate the prevalence of anaemia among pregnant women receiving attention at the "Program of Attention to Pregnant Women" (PAG of the Secretariat of Health of the State of S. Paulo, and also with a view to analysing the item of PAG referring to iron supplementation, a probabilist sample of 4539, drawn from 15 Health Centers (HC, was studied. Anaemia was observed in 35.1% of the women (Hb < 11.0 g/dl, suggesting that iron deficiency is a considerable public health problem for the sample population. Based on these results the introduction of Hb determination as part of the "PAG" routine is suggested. Results should be related to gestational age. It is also suggested that, in some HC, efficiency of iron supplementation be evaluated.

  17. Anemia nos pacientes com insuficiência cardíaca avançada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano Cardoso

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Anemia está associada à pior evolução nos pacientes com insuficiência cardíaca (IC. Entretanto, há poucos estudos sobre a anemia nos pacientes com IC avançada. OBJETIVO: Avaliar as características da anemia na IC em fase avançada. MÉTODOS: Foram incluídos 99 pacientes hospitalizados para compensação de IC (CF IV/NYHA, com idade > 18 anos e FEVE 12 g/dl. A anemia foi marcador independente de mau prognóstico na análise multivariada (mortalidade 47% vs 24,6%, p = 0,016, risco relativo 2,54. CONCLUSÃO: Anemia acomete, aproximadamente, 1/3 dos pacientes com IC avançada, e a deficiência de ferro é uma importante etiologia. Pacientes anêmicos são mais idosos e apresentaram função renal mais deteriorada. A melhora da congestão não foi suficiente para melhorar a anemia na maioria dos casos. Nos pacientes com IC avançada, a anemia é marcador independente de mau prognóstico.

  18. Estado nutricional e anemia ferropriva em gestantes: relação com o peso da criança ao nascer Nutritional status and iron-deficiency anemia in pregnant women: relationship with the weight of the child at birth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela da Silva Rocha

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e a prevalência de anemia durante a gestação e correlacioná-los com o peso do recém-nascido. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal com gestantes que realizaram o pré-natal no único serviço público de saúde do município de Viçosa, MG, no período de dezembro de 2002 a maio de 2003. Foi aplicado questionário com informações maternas e realizada dosagem de hemoglobina através do Hemocue, além da obtenção de dados de peso e estatura da gestante. As informações referentes aos recém-nascidos foram obtidas no programa Sistema de Informação de Nascidos Vivos/MS. RESULTADOS: Foram avaliadas 168 gestantes de baixo nível socioeconômico e baixa escolaridade. Encontraram-se 41,3% de gestantes com estado nutricional pré-gestacional inadequado, sendo 25,7% com baixo peso e 17,4% com sobrepeso ou obesidade. A maioria das gestantes apresentou ganho de peso inadequado durante a gestação. A prevalência total de anemia ferropriva foi de 21,4%, sendo que essa aumentou com a idade gestacional. A freqüência de baixo peso e peso insuficiente ao nascer foi de 8,9% e 28,6%, respectivamente. As variáveis antropométricas (peso pré-gestacional, estatura, índice de massa corporal pré-gestacional e ganho de peso total apresentaram associação estatisticamente significante com o peso ao nascer. CONCLUSÃO: As variáveis antropométricas maternas apresentaram correlação com o peso ao nascer. Neste estudo não houve relação entre o estado nutricional de ferro das gestantes e o peso de nascimento.OBJECTIVE: The purpose of the study was to evaluate the nutritional status and prevalence to anemia during pregnancy, and to correlate these factors with the weight at birth. METHODS: A transversal study was carried out with pregnant women who underwent prenatal care at the only public health service in the municipality of Viçosa, MG, Brazil, from December 2002 to May 2003. A questionnaire was applied

  19. Estado nutricional e anemia ferropriva em gestantes: relação com o peso da criança ao nascer Nutritional status and iron-deficiency anemia in pregnant women: relationship with the weight of the child at birth

    OpenAIRE

    Daniela da Silva Rocha; Michele Pereira Netto; Sílvia Eloiza Priore; Nerilda Martins Miranda de Lima; Lina Enriqueta Frandsen Paez de Lima Rosado; Sylvia do Carmo Castro Franceschini

    2005-01-01

    OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e a prevalência de anemia durante a gestação e correlacioná-los com o peso do recém-nascido. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal com gestantes que realizaram o pré-natal no único serviço público de saúde do município de Viçosa, MG, no período de dezembro de 2002 a maio de 2003. Foi aplicado questionário com informações maternas e realizada dosagem de hemoglobina através do Hemocue, além da obtenção de dados de peso e estatura da gestante. As inform...

  20. What Are the Signs and Symptoms of Anemia?

    Science.gov (United States)

    ... Twitter. What Are the Signs and Symptoms of Anemia? The most common symptom of anemia is fatigue ( ... mild symptoms or none at all. Complications of Anemia Some people who have anemia may have arrhythmias ( ...

  1. Genetics Home Reference: iron-refractory iron deficiency anemia

    Science.gov (United States)

    ... refractory iron deficiency anemia iron-refractory iron deficiency anemia Enable Javascript to view the expand/collapse boxes. ... All Close All Description Iron-refractory iron deficiency anemia is one of many types of anemia , which ...

  2. The routine of families with nursing infants Rutinas familiares con lactantes Rotinas das famílias com crianças lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Astrid Eggert Boehs

    2007-10-01

    descritivo, de abordagem qualitativa, investigou-se as rotinas de famílias com filhos lactentes de 6 meses a 2 anos, cujas mães enfrentam o mercado de trabalho e se utilizam de Unidade Básica de Saúde em um município do Sul do Brasil. Como referencial teórico, utilizou-se a abordagem das rotinas familiares. Foram entrevistadas 25 mães, através de formulário semi-estruturado. A análise dos dados qualitativos seguiu as fases de organização, codificação, categorização e interpretação dos dados. Identificou-se que as rotinas familiares de cuidado variam com a periodicidade, horário e tipo de ocupação da mãe. Foram identificadas diferentes alternativas de cuidado da criança e, apesar de grande parte das entrevistadas se considerarem casadas, quase não houve menção aos maridos na rotina. A investigação, baseada nas rotinas da família, possibilita identificar os papéis familiares, as relações sociais e a organização de cuidados na saúde.

  3. Anemia grave e Helicobacter Pylori: A Propósito de um caso clínico

    OpenAIRE

    Brandão, Carla; Pereira, Susana Aires; Costa, Cristina

    2014-01-01

    Desde que foi identificado em 1983, o Helicobacter pylori (Hp) tem sido considerado como causa major de gastrite crónica e úlcera péptica primária, quer em adultos, quer em crianças.Recentemente, têm sido descritos casos de anemia ferropénica em crianças sem qualquer evidência de perdas hemáticas e com gastrite assintomática por Hp. A anemia é refractária à terapêuticacom ferro e resolve apenas após erradicação do Helicobacter.Os autores descrevem o caso de uma adolescente com anemia ferropén...

  4. Aspectos clínicos e o hemograma em crianças expostas ao HIV-1: comparação entre pacientes infectados e soro-reversores Clinical aspects and complete blood counts in children exposed to HIV-1: comparison between infected patients and seroreverters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elianete B. Silva

    2001-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar evolutivamente aspectos clínicos e hematológicos de crianças expostas à transmissão vertical do HIV-1 e comparar as que se infectaram com aquelas que não se infectaram, ou soro-reversoras. MÉTODOS: trata-se de estudo prospectivo, descritivo, longitudinal. Foram analisadas 79 crianças, filhas de mães infectadas pelo HIV-1, sob seguimento entre março de 1996 a novembro de 1997, no Ambulatório de Imunodeficiência do Hospital de Clínicas da Unicamp. RESULTADOS: houve comprometimento pôndero-estatural em ambos os grupos, sendo maior nos soro-reversores. No grupo das crianças infectadas, 23 mães não fizeram terapia com AZT na gestação, 16 pacientes (61,5% foram amamentados ao seio, quatro foram classificadas na categoria clínica N, sete na A, e 15 na B. Manifestações clínicas antes de um ano de idade ocorreram em 18 lactentes (69,2%. Anemia se manifestou em 73,1% das crianças infectadas, e em 41,5% das com soro-reversão (P OBJECTIVE: to analyze the evolution of clinical and hematological aspects of children exposed to the vertical transmission of HIV-1, comparing infected patients with uninfected ones or seroreverters. METHODS: prospective, descriptive, longitudinal study. We analyzed 79 children born from HIV-1 infected mothers, under clinical follow up from March, 1996 until November, 1997, at the Immunodeficiency division of the Hospital de Clínicas da Unicamp (State University Hospital of Campinas. RESULTS: failure to thrive was observed in both groups, but was greater among seroreverters. Among the infected children, 23 mothers did not use AZT during pregnancy, 16 of them (61.5% had been breastfed, four were classified into clinical category N, seven into A and fifteen into B. Clinical manifestations in patients younger than one year were seen in 18 infected children (69.2%. Anemia was observed in 73.1% of the infected group and in 41.5% of the seroreverters (P < 0.008. The comparison between the

  5. Índice de anisocitose eritrocitária (RDW: diferenciação das anemias microcíticas e hipocrômicas Red blood cell distribution width (RDW: differentiation of microcytic and hypochromic anemias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Januária F. Matos

    2008-04-01

    Full Text Available A anemia ferropriva, talassemia menor e anemia de doença crônica são as anemias microcíticas e hipocrômicas mais comuns em nosso meio. O diagnóstico diferencial das referidas anemias é de grande importância clínica; contudo, muitas vezes é complexo em virtude de concomitância de doenças, além de demandar tempo e apresentar custos significativos. Com o propósito de conferir maior simplicidade e eficiência ao diagnóstico diferencial destas anemias, o uso de índices derivados de modernos contadores automáticos tem sido sugerido. Entre estes, pode ser citado o índice de anisocitose eritrocitária (RDW, que indica o grau de variabilidade do tamanho das hemácias. Neste estudo, o poder de discriminação deste índice quanto ao tipo de anemia microcítica e hipocrômica foi avaliado em um grupo de 159 pacientes sabidamente portadores de um quadro de anemia causado por deficiência de ferro, beta talassemia menor ou uma anemia de doença crônica. Não foi observada diferença significativa para o RDW entre os três grupos de anemias microcíticas, indicando não ser este índice uma ferramenta útil para a diferenciação entre anemia ferropriva, beta talassemia menor e anemia de doença crônica.Iron deficiency anemia, the thalassemia trait and chronic disease anemia are the most common microcytic and hypochromic anemias in the Brazilian population. Differential diagnosis of these anemias is of great clinical importance however, frequently, it is complex due to coexistence of diseases, as well as being time consuming and expensive. In order to simplify and increase efficiently of checking the differential diagnoses of these anemias, the use of indexes derived from modern blood cell counters has been suggested. Among them, is the index called red blood cell distribution width which indicates the variability in red blood cell size. In this study, the discriminative power of the red blood cell distribution width in differentiating

  6. Método para análise cinemática dos chutes de lactentes Método para el análisis cinemático de los pataleos de lactantes Method for the kinematic analysis of kicking movement in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jocelene de Fátima Landgraf

    2013-03-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram descrever o método utilizado para a análise cinemática dos movimentos de chutes em lactentes e testar sua viabilidade de uso, empregando o sistema Dvideow. Para adequação do método, quatro lactentes foram filmados, longitudinalmente, nas idades de um a seis meses na posição supina. O experimento teve a duração de dois minutos, subdivididos em duas condições: treinamento e observação. O sistema Dvideow 6.3 foi utilizado para análise das imagens. Foi verificado que o uso de quatro câmeras de vídeo é mais apropriado para garantir a visibilidade de dois marcadores, simultaneamente, permitindo a reconstrução tridimensional do movimento. Além disso, utilizamos 6 fios de prumo para calibrar o sistema e garantir uma precisão de 2 mm. Portanto, concluímos que a utilização do sistema Dvideow para realizar a análise cinemática dos chutes de lactentes mostrou-se adequada e viável, uma vez que esse sistema é acessível, de baixo custo e de fácil utilização para os pesquisadores em geral.Los objetivos de este estudio fueron describir el método utilizado para el análisis cinemático de los movimientos de pataleo en lactantes y probar su factibilidad de uso, empleando el sistema Dvideow. Para la adecuación del método, cuatro lactantes fueron filmados, longitudinalmente, en las edades de uno a seis meses en la posición supina. El experimento tiene una duración de dos minutos, subdivididos en dos condiciones: entrenamiento y observación. El sistema Dvideow 6.3 fue utilizado para el análisis de las imágenes. Fue verificado que el uso de cuatro cámaras de video es más apropiado para garantizar la visibilidad de dos marcadores simultáneos, permitiendo la reconstrucción tridimensional del movimiento. Además, utilizamos seis alambres de plomo para calibrar el sistema y garantizar una precisión de 2 mm. Por lo tanto, concluimos que la utilización del sistema Dvideow para realizar el an

  7. Fanconi anemia and radiation

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Nakamura, Asako; Komatsu, Kenshi [Hiroshima Univ. (Japan). Research Inst. for Nuclear Medicine and Biology

    1999-09-01

    Aplastic Fanconi anemia (FA) accompanying malformation was firstly reported in 1927. This review concerns the recent findings on FA. FA belongs to the chromosomal instability syndrome and its detailed molecular mechanism is still unknown. The disease has been defined to be highly sensitive to radiation, however, which is quite an important problem since irradiation with a large dose of radiation is required before its radical treatment (bone marrow transplantation). FA cells are also mitomycin C-sensitive and FA patients are said to be the mosaic of the sensitive and normal cells. This enables to classify FA into 8 types of A-H groups, whose genotypes (FAA-FAH, FANCA-FANCH) are becoming clear. However, the intracellular function of the FANC-expressed protein, although known to form a big complex, is not elucidated yet. There is an abnormality in DNA processing such as re-linkage of the double strand-broken DNA in FA cells. FA causal gene FANCG is found identical to XRCC9 which is associated to high sensitivity to radiation. Analysis of FANC genes will provide useful findings on molecular mechanism of DNA-repair. (K.H.)

  8. Anemia ferropriva em atletas adolescentes da Fundação Vila Olímpica de Manaus-AM Iron deficiency anaemia in adolescent athletes of the Vila Olímpica Fonndation of Manaus - AM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Maria Trindade Nunes

    2008-01-01

    Full Text Available Considerando a escassez de informações quanto ao estado nutricional de atletas jovens, identificou-se a prevalência de anemia ferropriva e sua associação com indicadores nutricionais de atletas adolescentes participantes do Programa de Iniciação Esportiva da Fundação Vila Olímpica de Manaus-AM. A amostra foi constituída por 194 atletas adolescentes do gênero masculino, voluntários, praticantes de diferentes modalidades esportivas classificados como iniciantes. A coleta dos dados foi realizada mediante verificação de medidas antropométricas (peso corporal, estatura e espessuras das dobras cutâneas tricipital e subescapular, dosagem de hemoglobina utilizando o hemoglobinômetro portátil (Sistema Hemocue e instrumento socioeconômico. No diagnóstico do estado nutricional foram utilizados os indicadores Estatura para a Idade (E/I e Índice de Massa Corporal para a idade (IMC/I, assumindo pontos de corte propostos pela OMS. Os resultados mostraram que 9,4% dos adolescentes apresentaram desnutrição, 8,2% sobrepeso e 4,6% obesidade. A prevalência de anemia ferropriva encontrada na amostra foi de 41,7%, com predominância na classe socioeconômica mais baixa. Embora a prevalência de anemia tenha sido elevada, o estado nutricional dos adolescentes não influenciou sobre este resultado, considerando que a maioria dos adolescentes apresentou-se eutrófica. Diante do exposto, sugere-se a adoção de medidas efetivas de intervenção e de educação nutricional visando à minimização e/ou o controle da anemia ferropriva.Considering the dearth of information with regard to the nutritional state of young athletes, were identified the prevalence of iron deficiency anaemia and its association with nutritional indicators of adolescent athletes participating in the Sport Initiation Program of the Vila Olímpica Foundation in Manaus -AM. A sample was made up of 194 voluntary adolescent male athletes classified as beginners, who participated

  9. Prevalência de anemia ferropriva no Brasil: uma revisão sistemática Prevalence of iron-deficiency anemia in Brazil: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Esteves Jordão

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar os estudos de prevalência de anemia no Brasil publicados entre janeiro de 1996 e janeiro de 2007. FONTES DE DADOS: Por meio de revisão sistemática nas bases de dados eletrônicas Medline e Lilacs, foram selecionados títulos científicos publicados no intervalo de onze anos referentes à prevalência de anemia no Brasil em crianças menores de cinco anos de idade. Foram excluídos artigos de revisão, relatos de caso e trabalhos que relacionaram anemia a outras doenças e ao período gestacional. Para a análise comparativa das variáveis categóricas de interesse nos artigos encontrados, realizou-se o teste do qui-quadrado e o teste exato de Fisher, levando-se em conta o nível de significância estatística de 5% (pOBJECTIVE: To conduct a systematic review on the prevalence of anemia due to iron-deficiency in Brazil from January 1996 to January 2007. DATA SOURCES: A systematic review was conducted in electronic databases (Medline and Lilacs in an eleven-year interval to verify the prevalence of iron deficiency anemia in children who were less than five years of age in Brazil. Reviews, case reports and studies related to anemia during pregnancy and anemia caused by others diseases were excluded. In order to describe the categorical variables according to the selected articles, the chi-square and Fisher exact tests were used. The significance level adopted was 5% (p<0.05. DATA SYNTHESIS: The median prevalence level of anemia was 53%, which is considered a high prevalence rate by the World Health Organization. Among the 53 analyzed studies, the age of the children was the variable strongly associated with anemia (p=0.012. CONCLUSIONS: A high prevalence of anemia, mostly in children less than two years of age, was observed in this review. However, most studies were carried out in day care centers or in Basic Health Care Units or were obtained by home interviews, suggesting that future research should focus populational studies.

  10. Anemia y enfermedad inflamatoria intestinal Anemia and inflammatory bowel disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. de la Morena

    2008-05-01

    Full Text Available La anemia es una de las complicaciones más comunes de la enfermedad inflamatoria intestinal. La alta frecuencia de valores bajos de hemoglobina en estos enfermos provoca en muchas ocasiones una infravaloración por parte del médico de esta circunstancia, lo que se traduce en la falta de un tratamiento eficaz. Por otro lado, el carácter complejo de los mecanismos de producción de la anemia en la enfermedad inflamatoria intestinal con frecuencia plantea dudas acerca del tratamiento más adecuado. La identificación correcta de los pacientes con anemia así como la instauración del tratamiento más idóneo serán los dos pilares fundamentales para la mejoría de la calidad de vida de los enfermos. El uso correcto de los suplementos de hierro y las nuevas formulaciones de hierro parenteral, con o sin eritropoyetina asociada, han revolucionado nuestro abordaje de esta complicación evolutiva de la enfermedad inflamatoria intestinalAnemia is a most common complication of inflammatory bowel disease. A high frequency of low hemoglobin values in these patients often leads physicians to subestimate this condition, which translates into ineffective treatment. On the other hand, the complex nature of anemia-inducing mechanisms in inflammatory bowel disease frequently raises doubt about the most appropriate therapy. A correct identification of patients with anemia, and adequate therapy are the essential pillars for improved quality of life. The right use of iron supplementation, and novel parenteral iron formulations, either with or without associated erythropoietin, have revolutionized our approach of this complication in the course of inflammatory bowel disease

  11. Classification of anemia for gastroenterologists.

    Science.gov (United States)

    Moreno Chulilla, Jose Antonio; Romero Colás, Maria Soledad; Gutiérrez Martín, Martín

    2009-10-07

    Most anemia is related to the digestive system by dietary deficiency, malabsorption, or chronic bleeding. We review the World Health Organization definition of anemia, its morphological classification (microcytic, macrocytic and normocytic) and pathogenic classification (regenerative and hypo regenerative), and integration of these classifications. Interpretation of laboratory tests is included, from the simplest (blood count, routine biochemistry) to the more specific (iron metabolism, vitamin B12, folic acid, reticulocytes, erythropoietin, bone marrow examination and Schilling test). In the text and various algorithms, we propose a hierarchical and logical way to reach a diagnosis as quickly as possible, by properly managing the medical interview, physical examination, appropriate laboratory tests, bone marrow examination, and other complementary tests. The prevalence is emphasized in all sections so that the gastroenterologist can direct the diagnosis to the most common diseases, although the tables also include rare diseases. Digestive diseases potentially causing anemia have been studied in preference, but other causes of anemia have been included in the text and tables. Primitive hematological diseases that cause anemia are only listed, but are not discussed in depth. The last section is dedicated to simplifying all items discussed above, using practical rules to guide diagnosis and medical care with the greatest economy of resources and time.

  12. Who Is at Risk for Anemia?

    Science.gov (United States)

    ... history of inherited anemia, such as sickle cell anemia or thalassemia Rate This Content: NEXT >> Updated: May 18, 2012 Twitter Facebook YouTube Google+ SITE INDEX ACCESSIBILITY PRIVACY STATEMENT FOIA NO FEAR ACT OIG ...

  13. Undetectable Glycosylated Hemoglobin in Autoimmune Hemolytic Anemia

    OpenAIRE

    Mitani, Noriyuki; Taguchi, Akihiko; Sakuragi, Shizu; Matsui, Kumiko; Tanaka, Yoshinori; Matsuda, Kazuhiro; Shinohara, Kenji

    2005-01-01

    We encountered two cases of autoimmune hemolytic anemia (AIHA) with undetectable glycosylated hemoglobin (HbA1C) level at diagnosis. Hemolytic anemia improved by administration of prednisolone (PSL) and HbA1C became measurable after response.

  14. FastStats: Anemia or Iron Deficiency

    Science.gov (United States)

    ... this? Submit What's this? Submit Button NCHS Home Anemia or Iron Deficiency Recommend on Facebook Tweet Share ... visits Number of visits to emergency departments with anemia as the primary hospital discharge diagnosis: 146,000 ...

  15. Genetics Home Reference: congenital dyserythropoietic anemia

    Science.gov (United States)

    ... Understand Genetics Home Health Conditions CDA congenital dyserythropoietic anemia Enable Javascript to view the expand/collapse boxes. ... PDF Open All Close All Description Congenital dyserythropoietic anemia ( CDA ) is an inherited blood disorder that affects ...

  16. Anemia caused by low iron - children

    Science.gov (United States)

    ... Disorders of iron and copper metabolism, the sideroblastic anemias, and lead toxicity. In: Orkin SH, Fisher DE, Ginsburg D, ... Philadelphia, PA: Elsevier; 2016:chap 455. Read More Anemia Hemoglobin Lead poisoning Review Date 2/11/2016 Updated by: ...

  17. Índice de anisocitose eritrocitária (RDW): diferenciação das anemias microcíticas e hipocrômicas

    OpenAIRE

    Januária F. Matos; Dusse,Luci M. S.; Rachel V. B. Stubbert; Geralda F. G. Lages; Carvalho, Maria das Graças

    2008-01-01

    A anemia ferropriva, talassemia menor e anemia de doença crônica são as anemias microcíticas e hipocrômicas mais comuns em nosso meio. O diagnóstico diferencial das referidas anemias é de grande importância clínica; contudo, muitas vezes é complexo em virtude de concomitância de doenças, além de demandar tempo e apresentar custos significativos. Com o propósito de conferir maior simplicidade e eficiência ao diagnóstico diferencial destas anemias, o uso de índices derivados de modernos contado...

  18. Retkulocyte production index in various anemia

    OpenAIRE

    Setyawati, Setyawati

    2015-01-01

    Background: Reticulocyte production index (IPR) is used to determine the classification of functional anemia. More specific laboratory parameters are used in managing patient. There were some inappropriate of IPR correlation with the diagnosis of anemia in clinical practice.Objectives: The study was designed to know normal hematocrit in Sardjito General Hospital, to determine IPR in various anemia and to compare with standard IPR and final diagnosis in anemia. Methods: Observational study was...

  19. Manifestasi Anemia Pernisiosa Di Rongga Mulut

    OpenAIRE

    Nona Aini

    2008-01-01

    Anemia pernisiosa adalah salah satu penyakit kronis berupa berkurangnya produksi sel darah merah akibat defisiensi vitamin 812 dan asam folat, Salah satu fungsi vitamin 812 adalah untuk pembentukan sel darah merah di dalam sum-sum tulang menjadi aktif. Akibat defisiensi vitamin 812 dapat menyebabkan terganggunya sintesa DNA dan RNA. Terganggunya sintesa DNA akan menyebabkan anemia di sum-sum tulang dalam bentuk anemia makrositik dan di dalam darah dalam bentuk anemia megaloblastik. Sedangk...

  20. Iron deficiency anemia in children.

    Science.gov (United States)

    Subramaniam, Girish; Girish, Meenakshi

    2015-06-01

    Iron deficiency is not just anemia; it can be responsible for a long list of other manifestations. This topic is of great importance, especially in infancy and early childhood, for a variety of reasons. Firstly, iron need is maximum in this period. Secondly, diet in infancy is usually deficient in iron. Thirdly and most importantly, iron deficiency at this age can result in neurodevelopmental and cognitive deficits, which may not be reversible. Hypochromia and microcytosis in a complete blood count (CBC) makes iron deficiency anemia (IDA) most likely diagnosis. Absence of response to iron should make us look for other differential diagnosis like β thalassemia trait and anemia of chronic disease. Celiac disease is the most important cause of true IDA not responding to oral iron therapy. While oral ferrous sulphate is the cheapest and most effective therapy for IDA, simple nonpharmacological and pharmacological measures can go a long way in prevention of iron deficiency.

  1. Pernicious Anemia with Autoimmune Hemolytic Anemia: A Case Report and Literature Review

    OpenAIRE

    Sri Lakshmi Hyndavi Yeruva; Raj Pal Manchandani; Patricia Oneal

    2016-01-01

    Pernicious anemia is a common cause of vitamin B12 deficiency. Here, we discuss a case of a young woman who presented with severe anemia along with a history of iron deficiency anemia. After a review of her clinical presentation and laboratory data, we identified an autoimmune hemolytic anemia and a concomitant pernicious anemia. The concurrence of both these hematological diagnoses in a patient is rare.

  2. Pernicious Anemia with Autoimmune Hemolytic Anemia: A Case Report and Literature Review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sri Lakshmi Hyndavi Yeruva

    2016-01-01

    Full Text Available Pernicious anemia is a common cause of vitamin B12 deficiency. Here, we discuss a case of a young woman who presented with severe anemia along with a history of iron deficiency anemia. After a review of her clinical presentation and laboratory data, we identified an autoimmune hemolytic anemia and a concomitant pernicious anemia. The concurrence of both these hematological diagnoses in a patient is rare.

  3. Syngeneic transplantation in aplastic anemia

    DEFF Research Database (Denmark)

    Gerull, Sabine; Stern, Martin; Apperley, Jane

    2013-01-01

    Aplastic anemia is usually treated with immunosuppression or allogeneic transplant, depending on patient and disease characteristics. Syngeneic transplant offers a rare treatment opportunity with minimal transplant-related mortality, and offers an insight into disease mechanisms. We present here...... a retrospective analysis of all syngeneic transplants for aplastic anemia reported to the European Group for Blood and Marrow Transplantation. Between 1976 and 2009, 88 patients received 113 transplants. Most transplants (n=85) were preceded by a conditioning regimen, 22 of these including anti-thymocyte globulin...

  4. Demanda para intervenção fonoaudiológica em uma unidade neonatal de um hospital-escola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Miranda Fumelli Monti

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: caracterizar a demanda e intervenção fonoaudiológicas realizadas em recém-nascidos e lactentes que apresentaram alterações no processo de alimentação por via oral, na Unidade Neonatal de um hospital-escola de caráter público. MÉTODOS: trata-se de um estudo retrospectivo, descritivo e de corte transversal. Foi realizada a coleta de dados por meio de consulta a todos os prontuários fonoaudiológicos de recém-nascidos e lactentes internados no período entre março de 2008 e fevereiro de 2010, que receberam ao menos uma avaliação/intervenção fonoaudiológica. RESULTADOS: foram atendidos nesse período 205 recém-nascidos e lactentes internados. Destes sujeitos, 104 atenderam aos critérios de inclusão na pesquisa. A população predominante foi do sexo masculino, composta de recém-nascidos pré-termo, adequados para idade gestacional, baixo peso ao nascimento, em média com 36 semanas de idade gestacional, com diagnósticos mais frequentes de distúrbio respiratório, síndrome ictérica e/ou distúrbio cardiovascular. Dentre os motivos de encaminhamento para avaliação fonoaudiológica predominaram: alteração no comportamento motor oral, avaliação da prontidão para alimentação por via oral e dificuldades no uso do copo. As avaliações foram solicitadas, em sua maioria, por médicos residentes quando os recém-nascidos estavam, em média, com 28 dias de vida. Verificou-se ampliação dos critérios de encaminhamento da equipe para avaliação fonoaudiológica, quando comparados aos critérios descritos na literatura. CONCLUSÕES: esse trabalho permitiu caracterizar a população, a demanda e a intervenção fonoaudiológicas em uma unidade neonatal. Verificou-se que a maioria dos recém-nascidos e lactentes ainda recebe alimentação por via oral sem avaliação fonoaudiológica prévia, o que pode gerar situações de risco para uma alimentação segura e eficiente.

  5. Anemia and survival in human immunodeficiency virus

    DEFF Research Database (Denmark)

    Lundgren, Jens Dilling; Mocroft, Amanda

    2003-01-01

    The prospective, multicenter cohort study EuroSIDA has previously reported on predictors and outcomes of anemia in patients infected with human immunodeficiency virus. In a Cox proportional-hazards model with serial measures of CD4+ cell count, plasma viral load, and degrees of anemia fitted...... as time-dependent variables, the relative hazard of death increased markedly for patients with anemia versus no anemia. A clinical scoring system was developed and validated for patients receiving highly active antiretroviral therapy using the most recent laboratory measures. Mild and severe anemia were...... independently (Panemia. The mechanisms underlying why hemoglobin is such a strong prognostic...

  6. Hubungan Anemia Defisiensi Besi Terhadap Gangguan Konsentrasi

    OpenAIRE

    Meutirani, Riska

    2015-01-01

    Iron deficiency anemia is dedecrease in the number of red blood cells caused by too little iron. Iron deficiency anemia is the most common form of anemia. About 20% of women, 50% of pregnant womenand 3% of men do not have enough iron on their body. Anemia develops slowly after the normal iron stores in the body and bone marrowhave run out. In general, womwn have smaller stores of iron than men because they lose more through menstruation. Iron deficiency anemia may also be caused by poor absor...

  7. Hereditary sideroblastic anemia: pathophysiology and gene mutations.

    Science.gov (United States)

    Harigae, Hideo; Furuyama, Kazumichi

    2010-10-01

    Sideroblastic anemia is characterized by anemia with the emergence of ring sideroblasts in the bone marrow. Ring sideroblasts are erythroblasts characterized by iron accumulation in perinuclear mitochondria due to impaired iron utilization. There are two forms of sideroblastic anemia, i.e., inherited and acquired sideroblastic anemia. Inherited sideroblastic anemia is a rare and heterogeneous disease caused by mutations of genes involved in heme biosynthesis, iron-sulfur (Fe-S) cluster biogenesis, or Fe-S cluster transport, and mitochondrial metabolism. The most common inherited sideroblastic anemia is X-linked sideroblastic anemia (XLSA) caused by mutations of the erythroid-specific δ-aminolevulinate synthase gene (ALAS2), which is the first enzyme of heme biosynthesis in erythroid cells. Sideroblastic anemia due to SLC25A38 gene mutations, which is a mitochondrial transporter, is the next most common inherited sideroblastic anemia. Other forms of inherited sideroblastic anemia are very rare, and accompanied by impaired function of organs other than hematopoietic tissue, such as the nervous system, muscle, or exocrine glands due to impaired mitochondrial metabolism. Moreover, there are still significant numbers of cases with genetically undefined inherited sideroblastic anemia. Molecular analysis of these cases will contribute not only to the development of effective treatment, but also to the understanding of mitochondrial iron metabolism.

  8. Sickle Cell Anemia (For Teens)

    Science.gov (United States)

    ... Loss Surgery? A Week of Healthy Breakfasts Shyness Sickle Cell Disease KidsHealth > For Teens > Sickle Cell Disease Print ... Stay Well? en español Anemia falciforme What Is Sickle Cell Disease? Sickle cell disease is a blood disorder ...

  9. Cooley's Anemia: A Psychosocial Directory.

    Science.gov (United States)

    National Center for Education in Maternal and Child Health, Washington, DC.

    The directory is intended to aid patients and their families who are coping with the genetic disorder of Cooley's anemia. A brief review of the disease covers background, genetics, symptoms, effect on the patient, treatment, and current research. The next section looks at psychosocial needs at various times (time of diagnosis, infancy and toddler…

  10. Acquired aplastic anemia in children.

    Science.gov (United States)

    Hartung, Helge D; Olson, Timothy S; Bessler, Monica

    2013-12-01

    This article provides a practice-based and concise review of the etiology, diagnosis, and management of acquired aplastic anemia in children. Bone marrow transplantation, immunosuppressive therapy, and supportive care are discussed in detail. The aim is to provide the clinician with a better understanding of the disease and to offer guidelines for the management of children with this uncommon yet serious disorder.

  11. Management of Iron Deficiency Anemia

    Science.gov (United States)

    Jimenez, Kristine; Kulnigg-Dabsch, Stefanie

    2015-01-01

    Anemia affects one-fourth of the world’s population, and iron deficiency is the predominant cause. Anemia is associated with chronic fatigue, impaired cognitive function, and diminished well-being. Patients with iron deficiency anemia of unknown etiology are frequently referred to a gastroenterologist because in the majority of cases the condition has a gastrointestinal origin. Proper management improves quality of life, alleviates the symptoms of iron deficiency, and reduces the need for blood transfusions. Treatment options include oral and intravenous iron therapy; however, the efficacy of oral iron is limited in certain gastrointestinal conditions, such as inflammatory bowel disease, celiac disease, and autoimmune gastritis. This article provides a critical summary of the diagnosis and treatment of iron deficiency anemia. In addition, it includes a management algorithm that can help the clinician determine which patients are in need of further gastrointestinal evaluation. This facilitates the identification and treatment of the underlying condition and avoids the unnecessary use of invasive methods and their associated risks. PMID:27099596

  12. Iron deficiency anemia in children

    OpenAIRE

    Pochinok, T. V.

    2016-01-01

    In the article the role of iron in the human body is highlighted. The mechanism of development of iron deficiency states, their consequences and the basic principles of diagnosis and correction of children of different ages are shown.Key words: children, iron deficiency anemia, treatment.

  13. Consumo de leite de vaca e anemia ferropriva na infância Cow's milk consumption and iron deficiency anemia in children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria A. A. Oliveira

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar aspectos do consumo de leite de vaca associados à anemia na infância. FONTES DOS DADOS: As informações foram coletadas a partir de artigos publicados nas 2 últimas décadas, pesquisados nas bases de dados Lilacs e MEDLINE, livros técnicos e publicações de organizações internacionais. SÍNTESE DOS DADOS: A anemia ferropriva é um grave problema de saúde pública nos países em desenvolvimento. Até os 6 meses de idade, o leite materno supre as necessidades de ferro das crianças nascidas a termo. A partir daí, torna-se necessária a ingestão de uma alimentação complementar rica em ferro. Considerando a importância da dieta na determinação da anemia e o alto consumo de leite de vaca na infância, discute-se neste artigo a relação desse alimento com a deficiência de ferro. A introdução precoce ou a substituição do leite materno por leite de vaca pode ocasionar problemas gastrintestinais e alérgicos. Além disso, esse alimento apresenta baixa biodisponibilidade e densidade de ferro, excesso de proteínas e minerais, especialmente cálcio, interferindo na absorção do ferro de outros alimentos, e associa-se às micro-hemorragias intestinais, principalmente nas crianças menores. CONCLUSÕES: A utilização do leite de vaca em detrimento de outros alimentos ricos em ferro biodisponível constitui um risco para o desenvolvimento da anemia. O estímulo ao aleitamento materno exclusivo até os 6 meses de vida e sua continuidade até pelo menos 24 meses, juntamente com uma dieta complementar rica em ferro são medidas de grande importância para a prevenção da anemia e de suas conseqüências na infância.OBJECTIVE: To thoroughly investigate the association between the consumption of cow's milk and anemia in childhood. SOURCES OF DATA: The information was gathered from papers catalogued in Lilacs and MEDLINE and published during the last two decades, and also from textbooks and publications by international

  14. [Neuropsychiatric manifestations ushering pernicious anemia].

    Science.gov (United States)

    Mrabet, S; Ellouze, F; Ellini, S; Mrad, M F

    2015-12-01

    Biermer disease or pernicious anemia is an autoimmune atrophic gastritis characterized by the lack of secretion of gastric intrinsic factor. This leads to an insufficient absorption of vitamin B12 in the ileum. Clinical manifestations are mainly hematologic. Neuropsychiatric manifestations are known but are less frequent especially early in the disease. Inaugural neuropsychiatric arrays are rare and various thus making diagnosis difficult. In this article, we report through two clinical cases different neuropsychiatric manifestations revealing pernicious anemia. Mrs. C.O., aged 56, presented after surgery for gallstones, an acute psychiatric array associated with gait disorders. She had no history of neurological or psychiatric problems. The psychiatric interview revealed delirious syndrome, depressive symptoms and anxiety. Neurological examination noted a flaccid paraplegia with peripheral neuropathic syndrome and myoclonus in the upper limbs. At the full blood count, a macrocytosis (VGM: 112.2fl) without anemia was found. The level of vitamin B12 in the blood was low. Cerebro-spinal MRI was suggestive of a neuro-Biermer and showed hyper signal in the cervical cord on T2-weighted sagittal section. In axial section, hyper signal appears at the posterior columns in the form of V. There were no brain abnormalities. A sensorimotor axonal polyneuropathy was diagnosed. The patient received vitamin B12 intramuscularly for ten days associated with neuroleptic treatment. Mrs. R.M., aged 40, was brought to the psychiatry consultation for acute behavioral disorders progressively worsening over a month. An anxiety syndrome, depressive syndrome and delirious syndrome were identified. Neurological examination showed a posterior cordonal syndrome with quadripyramidal syndrome. Full blood count showed a macrocytic anemia. Serum B12 level was collapsed. Cerebro-spinal MRI was normal. She received vitamin B12 with clinical and biological improvement. Features of pernicious anemia

  15. Medidas imitanciométricas em crianças com ausência de emissões otoacústicas Acoustic immittance in children without otoacoustic emissions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Emilia Linares

    2008-06-01

    Full Text Available Partindo da hipótese de que alterações da função de orelha média possam prejudicar a captação das EOAs, é possível que a ausência destas, em lactentes, esteja associada a discretas alterações timpanométricas. OBJETIVO: Verificar a associação entre resposta de EOAT e alteração imitanciométrica com a sonda de 226Hz em lactentes. MÉTODOS: Estudo de coorte contemporânea com corte transversal. Foram avaliados 20 lactentes com ausência de EOAT (grupo pesquisa e 101 lactentes com presença de EOAT (grupo comparação, com idades variando entre o nascimento e oito meses. Os lactentes foram submetidos a: timpanometria; pesquisa dos limiares de reflexo acústico contralateral com estímulos de 0,5k, 1k, 2k, 4kHz e ruído de faixa larga; emissões otoacústicas (transiente e por produtos de distorção. O potencial evocado auditivo de tronco encefálico para pesquisa do limiar de resposta foi realizado no grupo pesquisa. RESULTADOS: Observou-se diferença estatisticamente significante entre os grupos (pConsidering the hypothesis that middle ear changes can impair the recording of otoacoustic emissions, it is possible that absent otoacoustic emissions in infants could be associated with a light tympanometric change. AIM: To study the association between transient otoacoustic emissions and changes in acoustic immittance measurements with 226Hz probe tone in neonates. METHODS: Cross-sectional contemporary cohort study. 20 infants with no transient otoacoustic emissions (study group and 101 infants with transient otoacoustic emissions (control group, with ages ranged from birth to eight months, were assessed. Infants were submitted to: admittance tympanometry; contralateral acoustic reflex threshold with stimulus of 0.5, 1, 2, 4 kHz and broad band noise; transient and distortion product otoacoustic emissions. The auditory brain response was used to study the threshold in neonates without transient otoacoustic emissions. RESULTS

  16. Disturbio adquirido de linguagem em crianças com doença cerebrovascular : aquisição de linguagem em lactentes e pre-escolares

    OpenAIRE

    2002-01-01

    Resumo: A Doença Cérebrovascular (DCV) é uma das causas do Distúrbio Adquirido de Linguagem (DAL), acometendo entre outras funções mentais superiores, a linguagem. A literatura especializada nos mostra quadros de DAL sem caracterizar os subsistemas lingüísticos alterados nos sujeitos avaliados. Assim, objetivou-se nesta pesquisa a avaliação de linguagem contendo subsistemas fonético-fonológicos, morfossintáticos, semântico lexicais, pragmáticos e discursivo narrativos, incluindo também as noç...

  17. Pathogenia da anemia na Ancylostomose: III - modificações hematicas e organicas, provocadas pelas simples eliminação do Ancylostomo e do Necator, em individuos fortemente anemiados Pathogenesis of Anaemia in Hookworm Disease: III - hematic and organic modifications, induced by mere elimination of Anchylostoma and Necator, in individuals presenting intense anaemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. O. Cruz

    1934-12-01

    Full Text Available Estudamos sob um ponto de vista hematologico, 10 casos puros de Ancylostomose, durante um largo tempo. Um dos doentes foi observado por mais de 2 annos, justificando esta larga observação a segurança que almejavamos alcançar de que a simples eliminação dos helminthos não trouxesse nenhuma modificação hematica, mesmo longiqua. O estudo hematologico constou de 200 exames rotineiros (determinação do numero de globulos, da taxa de Hb., do hematocrito, e, em muitos casos, da taxa dos reticulocytos e exame de esfregaços, praticados em todos os doentes, e de determinações da resistencia globular e outras pesquizas hematologicas praticadas em alguns delles. A grande parte do estudo constou de uma minuciosa (observação sanguinea e clinica dos casos, antes e após administração de vermifugos, até uma completa eliminação dos parasitos intestinaes. Procurou-se averiguar tambem, por meio da administração de diversas dietas, a influencia sobre o quadro hematico da dita eliminação combinada ao effeito de differentes factores nutritivos contidos nestas dietas. Procuramos verificar os phenomenos regenerativos com a administração de ferro, e tambem tivemos opportunidade de observar a marcha da anemia, e assim confirmar resultados que já publicamos. Os resultados mostraram a importancia da absorpção dos medicamentos vermicidas empregados, e por isso focalizamos varios factos similares, procurando relacional-os com aquelle aqui verificado. Discutimos a seguir o methodo therapeutico á luz dos resultados apresentados, e nos referimos á importancia destes na elucidação correcta de pathogenia da doença.We studied, from the hematological viewpoint, 10 straightforward cases of anchylostomiasis for a long time. One of tha patients was under observation for more than 2 years, this ample observation being justified by the reliability at which we aimed that the mere elimination of helminthes conveys no hematic modification, not even a

  18. Fatores associados à interrupção do aleitamento materno exclusivo de lactentes nascidos com baixo peso assistidos na atenção básica Factors associated with interruption of exclusive breastfeeding in low birth weight infants receiving primary care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Teresa Cera Sanches

    2011-05-01

    Full Text Available Visou-se a identificar os fatores associados à interrupção do aleitamento materno exclusivo (AME de lactentes nascidos com baixo peso assistidos na Atenção Básica. Estudo transversal com 170 lactentes assistidos em unidades básicas de saúde (UBS da periferia do Município de São Paulo, Brasil. Incluíram-se nascidos com peso ≤ 2.500g (inclusive gemelares, Apgar (5' ≥ 7 e acompanhados até o terceiro mês. Excluíram-se bebê/mãe com alterações que impedissem o AME e óbitos. Coletaram-se os dados utilizando-se formulários preenchidos nas consultas e prontuários. As razões de prevalência foram obtidas por regressão de Poisson. Identificou-se associado à interrupção do AME no terceiro mês: idade materna This study aimed to identify factors associated with interruption of exclusive breastfeeding (EBF in low birth weight infants receiving primary care. This was a cross-sectional study of 170 infants treated at primary care units on the urban periphery of São Paulo, Brazil. The sample included infants with birth weight ≤ 2,500g (including twins and 5-minute Apgar ≥ 7, followed until the third month of life, and excluded infants/mothers with complications that would impede EBF, besides infant/maternal deaths. Data were collected from forms completed during consultations and patient records. Prevalence ratios were obtained by Poisson regression. The following factors were associated with interruption of EBF in the first three months of life: maternal age ≤ 18 years; informal employment (protective factor; alcohol intake during pregnancy; < 6 prenatal visits; multiple gestations; birth weight ≤ 2,000g; difficulty breastfeeding in the first month; complaints in breastfeeding during the first month; and use of pacifiers in the first two months. Prior knowledge of these factors can help plan measures and policies to increase EBF rates among low birth weight infants.

  19. Anemia in peritoneal dialysis patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laušević Mirjana

    2006-01-01

    Full Text Available A normocytic normochromic anemia is one of the first signs of renal failure. Since anemia increases morbidity and mortality, its elimination is one of the essential objectives of the treatment. Human recombinant erythropoietin (rHuEPO has changed the therapeutical approach to anemia. The aim of the present study was to compare efficacy of anemia correction in peritoneal dialysis patients depending on treatment and dialysis modality. The study is the retrospective analysis of 64 patients who presented to our Clinic in 2003. Eighteen (28.13% patients were treated with rHuEPO, 14 (28% underwent continuous ambulatory peritoneal dialysis (CAPD, 2 (100% - automated peritoneal dialysis (APD and 2 (33.3% - intermittent peritoneal dialysis (IPD. Mean hemoglobin level was 98.6±17.82 g/l in patients treated with rHuEPO versus 98.81±15.14 g/I in patients without rHuEPO treatment. Erythropoietin requirements were 3392.85±1211.77 IU/week. AII patients received iron supplementation during rHuEPO therapy. Mean serum ferritin levels were 463.41 ±360 μg/l. Transferrin saturation (TSAT was 0.35±0.16%. No difference of serum iron and TSAT levels was found between CAPD and IPD patients. The degree of anemia significantly differed between CAPD and IPD patients. A total of 17.11% of PD patients were given blood transfusions, most frequently during the first three months after the onset of dialysis. Our conclusion is that the number of patients receiving rHuEPO should be increased, as 50% of our patients should be substituted, while only 28% are being treated. As 50% of patients receiving rHuEPO failed to reach target Hgb levels, higher EPO doses should be considered. Iron stores should be continuously monitored, particularly in patients receiving rHuEPO, since iron deficiency is an important problem for patients undergoing peritoneal dialysis, especially during erythropoietin therapy. Oral iron supplementation is satisfactory in the majority of patients, and

  20. PERBEDAAN TINGKAT PENGETAHUAN ANEMIA REMAJA PUTRI SEKOLAH MENENGAH UMUM ANEMIA DAN NON ANEMIA DI ENAM DATI II PROPINSI JAWA BARAT

    OpenAIRE

    Edwi Saraswati; Iman Sumarno

    2012-01-01

    Telah dilakukan survei cepat tentang prevalensi anemia dan pengetahuan anemia pada remaja putri SMU di enam Dati II di Propinsi Jawa Barat. Remaja putri merupakan generasi penerus yang perlu diperhatikan, karena kelak menjadi ibu dan atau tenaga pekerja. Terhadap remaja putri sampel dilakukan pemeriksaan Hb dan pengumpulan data mengenai pengetahuan remaja putri tentang anemia. Informasi ini sangat berguna sebagai dasar penetapan prioritas program kesehatan dan gizi pada kelompok remaja putri ...

  1. Fetal Outcome pada Kehamilan Aterm Anemia dan Tidak Anemia di RS Achmad Mochtar Bukittinggi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daulat Azhari

    2016-01-01

    Full Text Available AbstrakAnemia pada kehamilan merupakan faktor resiko gangguan pada fetal outcome dan memiliki komplikasi yang meningkatkan maternal dan perinatal mortality. Tujuan penelitian ini adalah menentukan perbedaan fetal outcome pada kehamilan aterm dengan anemia dan tidak anemia..Penelitian ini menggunakan data sekunder dengan rancangan cross sectional. Total sampel adalah 110 yang terdiri dari 55 ibu hamil aterm dengan anemia dan 55 ibu hamil aterm tidak anemia. Tekhnik pengambilan sampel adalah consecutive sampling dan analisis data menggunakan tes Mann- Whitney. Hasil uji diperoleh rerata berat badan lahir bayi pada ibu hamil aterm anemia adalah 3097,27 gr± 366,93 gr, yang sedikit lebh rendah dibandingkan pada ibu hamil aterm tidak anemia 3200,55 gr± 343,02 gr dengan nilai p= 0,214. Rerata APGAR skor pada menit pertama pada kelompok anemia adalah 7,04± 1,39, yang sedikit lebih rendah jika dibandingkan pada ibu hamil aterm tidak anemia 7.36± 0,65 dengan nilai p= 0,480. Rerata APGAR skor pada menit kelima pada kelompok anemia 8,11± 1,20 sedikit lebih rendah dibandingkan ibu hamil aterm tidak anemia 8,40± 0,62 dengan nilai p= 0,483. Rerata panjang badan lahir pada kelompok anemia adalah 48,58 cm± 1,52 cm hampir tidak memiliki perbedaan dibandingkan ibu hamil aterm tidak anemia 48,89 cm± 1,56 cm  dengan nilai p=0,310. Disimpulkan bahwa tidak ada perbedaan berat badan lahir, APGAR skor menit pertama dan kelima, dan panjang badan lahir pada kehamilan aterm dengan anemia dan tidak anemia.Kata kunci: berat badan lahir, APGAR skor, panjang badan lahir,  wanita hamil aterm dengan anemia AbstractAnemia in pregnancy is a risk factor of fetal outcome disorder and it have complication that increase of matenal and perinatal mortality. The objective of this study was to determine the differences of fetal outcome between aterm pregnant women with anemia and non anemia.This research uses secondary data by using cross sectional study design. Total sample is

  2. Fanconi anemia - learning from children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Johanna Svahn

    2011-06-01

    Full Text Available Fanconi Anemia (FA is a rare autosomic recessive and X-linked disease with chromosomal instability after exposure to crosslinking agents as the hallmark. Clinical features of FA are somatic malformations, progressive bone marrow failure and cancer proneness, however there is wide clinical heterogeneity. The symptom most frequently and early associated with morbidity and mortality is progressive pancytopenia in the first decade of life although acute myelogenous leukemia (AML or myelodysplastic syndrome (MDS can appear before aplastic anemia. Squamous cell carcinoma (SCC of the head-neck, intestinal or genital tract has a very high incidence in FA and can appear at young age. This paper will focus on treatment of bone marrow failure in FA.

  3. Thymoma with Autoimmune Hemolytic Anemia

    OpenAIRE

    Kensuke Suzuki; Minehiko Inomata; Shiori Shiraishi; Ryuji Hayashi; Kazuyuki Tobe

    2014-01-01

    A 38-year-old Japanese male was referred to our hospital with abnormal chest X-ray results and severe Coombs-positive hemolytic anemia. He was diagnosed with a stage IV, WHO type A thymoma and was treated with oral prednisolone (1 mg/kg/day) and subsequent chemotherapy. After chemotherapy, the patient underwent surgical resection of the thymoma. Hemolysis rapidly disappeared and did not return after the discontinuation of oral corticosteroids. Corticosteroid therapy may be preferable to chemo...

  4. Iron, Anemia, and Iron Deficiency Anemia among Young Children in the United States

    OpenAIRE

    Gupta, Priya M.; Perrine, Cria G.; Zuguo Mei; Scanlon, Kelley S.

    2016-01-01

    Iron deficiency and anemia are associated with impaired neurocognitive development and immune function in young children. Total body iron, calculated from serum ferritin and soluble transferrin receptor concentrations, and hemoglobin allow for monitoring of the iron and anemia status of children in the United States. The purpose of this analysis is to describe the prevalence of iron deficiency (ID), anemia, and iron deficiency anemia (IDA) among children 1–5 years using data from the 2007–201...

  5. Estimated red blood cell thickness in microcytic anemia due to iron deficiency anemia and thalassemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viroj Wiwanitkit

    2009-05-01

    Full Text Available "nAnemia is one of the most common hematological disorders that are still the present in all countries around the world. Microcytic anemia is a specific kind of anemia presenting with small red blood cell. In this paper, the author discusses on the estimated red blood cell thickness, a new proposed parameter, comparing between that of iron deficiency anemia and thalassemia and further extrapolate on the clinical implication.

  6. Diamond-Blackfan anemia and nutritional deficiency-induced anemia in children.

    Science.gov (United States)

    Gelbart, David

    2014-04-01

    Diamond-Blackfan anemia is a rare, inherited disease that characteristically presents as a chronic, normochromic macrocytosis due to red cell lineage bone marrow failure. Although studies are elaborating on the genetic basis for its associated comorbidities, little has been published comparing this anemia to other chronic anemias that have similar laboratory results in children. This article offers a global perspective of the disease and compares it with anemia due to vitamin B12 and folate deficiency in children.

  7. Role of Complement in Autoimmune Hemolytic Anemia

    OpenAIRE

    Berentsen, Sigbjørn

    2015-01-01

    Summary The classification of autoimmune hemolytic anemias and the complement system are reviewed. In autoimmune hemolytic anemia of the warm antibody type, complement-mediated cell lysis is clinically relevant in a proportion of the patients but is hardly essential for hemolysis in most patients. Cold antibody-mediated autoimmune hemolytic anemias (primary cold agglutinin disease, secondary cold agglutinin syndrome and paroxysmal cold hemoglobinuria) are entirely complement-mediated disorder...

  8. The Clinical Pictures of Autoimmune Hemolytic Anemia

    OpenAIRE

    Packman, Charles H.

    2015-01-01

    Summary Autoimmune hemolytic anemia is characterized by shortened red blood cell survival and a positive Coombs test. The responsible autoantibodies may be either warm reactive or cold reactive. The rate of hemolysis and the severity of the anemia may vary from mild to severe and life-threatening. Diagnosis is made in the laboratory by the findings of anemia, reticulocytosis, a positive Coombs test, and specific serologic tests. The prognosis is generally good but renal failure and death some...

  9. Anemia in children with chronic kidney disease

    OpenAIRE

    Koshy, Susan M.; Geary, Denis F.

    2007-01-01

    Anemia is a common feature of chronic kidney disease, but the management of anemia in children is complex. Erythropoietin and supplemental iron are used to maintain hemoglobin levels. The National Kidney Foundation-Kidney Disease Outcomes Quality Initiative (NKF-KDOQI) clinical practice guidelines for the management of anemia specifically in children were recently published. Pediatric nephrologists are encouraged to use current clinical practice guidelines and best evidence in conjunction wit...

  10. Anemia and iron deficiency in heart failure.

    Science.gov (United States)

    Gil, Victor M; Ferreira, Jorge S

    2014-01-01

    Heart failure is a common problem and a major cause of mortality, morbidity and impaired quality of life. Anemia is a frequent comorbidity in heart failure and further worsens prognosis and disability. Regardless of anemia status, iron deficiency is a common and usually unidentified problem in patients with heart failure. This article reviews the mechanisms, impact on outcomes and treatment of anemia and iron deficiency in patients with heart failure.

  11. Child with aplastic anemia: Anesthetic management

    OpenAIRE

    Manpreet Kaur; Babita Gupta; Aanchal Sharma; Sanjeev Sharma

    2012-01-01

    Aplastic anemia is a rare heterogeneous disorder of hematopoietic stem cells causing pancytopenia and marrow hypoplasia with the depletion of all types of blood cells. This results in anemia, neutropenia and thrombocytopenia, which pose a challenge to both surgical and anesthetic management of such cases. We report a child with aplastic anemia who sustained traumatic ulcer on the arm and underwent split-thickness skin grafting under general anesthesia. There are only two case reports on anest...

  12. An unusual cause of anemia and encephalopathy

    OpenAIRE

    Sanjeev Kumar Sharma; Dharma Choudhary; Anil Handoo; Gaurav Dhamija; Gaurav Kharya; Vipin Khandelwal; Mayank Dhamija; Sweta Kothari

    2015-01-01

    The authors present here an interesting case of recent onset anemia that was associated with an encephalopathy of the unusual cause.Although severe anemia can theoretically result in anemic hypoxia and can then lead to hypoxic encephalopathy, it is not a primary cause of encephalopathy. More frequently anemia can contribute together with other multiple causes of encephalopathy, such as infections, metabolic abnormalities, trauma, hepatic dysfunction, hypertension, toxins.

  13. Genetics Home Reference: X-linked sideroblastic anemia and ataxia

    Science.gov (United States)

    ... linked sideroblastic anemia and ataxia X-linked sideroblastic anemia and ataxia Enable Javascript to view the expand/ ... Open All Close All Description X-linked sideroblastic anemia and ataxia is a rare condition characterized by ...

  14. Genetics Home Reference: X-linked sideroblastic anemia

    Science.gov (United States)

    ... Conditions X-linked sideroblastic anemia X-linked sideroblastic anemia Enable Javascript to view the expand/collapse boxes. ... Open All Close All Description X-linked sideroblastic anemia is an inherited disorder that prevents developing red ...

  15. Do You Know about Sickle Cell Anemia? (For Kids)

    Science.gov (United States)

    ... X-ray Do You Know About Sickle Cell Anemia? KidsHealth > For Kids > Do You Know About Sickle ... stay in the hospital. What Causes Sickle Cell Anemia? Sickle cell anemia is an inherited (say: in- ...

  16. Do You Know about Sickle Cell Anemia? (For Kids)

    Science.gov (United States)

    ... Operating Room? Do You Know About Sickle Cell Anemia? KidsHealth > For Kids > Do You Know About Sickle ... stay in the hospital. What Causes Sickle Cell Anemia? Sickle cell anemia is an inherited (say: in- ...

  17. Consumo de leite de vaca e anemia na infância no Município de São Paulo Cow's milk consumption and childhood anemia in the city of São Paulo, southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Bertazzi Levy-Costa

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência de consumo de leite de vaca sobre o risco de anemia em menores de cinco anos. MÉTODOS: Estudou-se amostra domiciliar de menores de cinco anos do Município de São Paulo (n=584 em 1995 e 1996. O diagnóstico de anemia (hemoglobina OBJECTIVE: To evaluate the influence of the consumption of cow's milk on the risk of anemia during childhood in the city of São Paulo. METHODS: We have studied a probabilistic sample (n=584 of underfive children living in the city of São Paulo, southeastern Brazil, between 1995 and 1996. Anemia (hemoglobin <11g/dl was diagnosed using capillary blood obtained by fingertip puncture. The cow's milk content and the density of heme and nonheme iron in the child's diet were obtained using 24-hour recall questionnaires. Multiple linear and logistic regression models were used to study the association between cow's milk content in the diet and hemoglobin concentration or risk of anemia, and included statistical control for potential confounders (age, sex, birthweight, presence of intestinal parasites, family income, and mother's schooling. RESULTS: The prevalence of anemia was 45.2% and the mean contribution of milk to the total caloric content of the children's diets was 22.0%. The association between milk consumption and risk of anemia remained significant, even after considering the dilutive effect of milk consumption on the density of iron in the diet, thus indicating a possible inhibitor effect of milk on the absorption of the iron present in the other foods ingested by the child. CONCLUSIONS: The relative participation of cow's milk in the child's diet showed a significant positive association with risk of anemia in children between ages six and 60 months, regardless of the density of iron in the diet.

  18. [Anemia in patients with rheumatoid arthritis].

    Science.gov (United States)

    Wahle, M

    2012-12-01

    One of the most frequent extra-articular organ manifestations in rheumatoid arthritis (RA) is anemia. As anemia in RA patients may result in severe symptoms and aggravation of other disease manifestations (e.g. arteriosclerosis), the influence on the course of RA is profound. However, the importance of anemia in RA patients is frequently underestimated. The etiology of anemia in RA is complex. Anemia of inflammation (AI) and iron deficiency anemia, alone or in combination are the most frequent forms of anemia in RA. Changes in iron metabolism are the leading causes of anemia in RA patients and mainly induced by the altered synthesis and function of hepcidin and ferroportin. Hepcidin, a peptide produced in the liver and immunocompetent cells, impairs the expression of ferroportin on iron-secreting cells, thus reducing iron bioavailability. The typical changes of iron metabolism and hepcidin synthesis in RA are induced by proinflammatory cytokines, primarily interleukin-6. Hence, the treatment of RA with cytokine antagonists has significant therapeutic implications on anemia in the context of inflammation and impaired iron metabolism.

  19. Child with aplastic anemia: Anesthetic management

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manpreet Kaur

    2012-01-01

    Full Text Available Aplastic anemia is a rare heterogeneous disorder of hematopoietic stem cells causing pancytopenia and marrow hypoplasia with the depletion of all types of blood cells. This results in anemia, neutropenia and thrombocytopenia, which pose a challenge to both surgical and anesthetic management of such cases. We report a child with aplastic anemia who sustained traumatic ulcer on the arm and underwent split-thickness skin grafting under general anesthesia. There are only two case reports on anesthetic considerations in aplastic anemia patients in the literature. The anesthetic management is challenging because of the rarity of the disease, associated pancytopenia and immunosuppression.

  20. Fatores associados ao envolvimento do pai nos cuidados do lactente Factores asociados al envolvimiento del papá en los cuidados del lactante Factors associated with father involvement in infant care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olga G Falceto

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores associados à falta de envolvimento ativo do pai nos cuidados de crianças aos quatro meses. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo famílias de 153 crianças aos quatro meses de vida, entrevistadas em suas casas por dois terapeutas de famílias. Além do envolvimento do pai nos cuidados do lactente foram examinadas características sociodemográficas, saúde mental dos pais (utilizando a escala Self Report Questionnaire-20 e avaliação com os critérios do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders-IV e qualidade do relacionamento conjugal (usando a escala Global Assessment of Relational Functioning do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders-IV. Utilizou-se regressão de Poisson para avaliar a associação entre falta de envolvimento do pai nos cuidados do filho e variáveis selecionadas. A magnitude das associações foi estimada pela razão de prevalências. RESULTADOS: Os pais de 13% dos lactentes não tinham qualquer contato com seus filhos. Entre as famílias em que os pais coabitavam (78% do total, 33% dos pais relataram não participar ativamente nos cuidados de seus filhos. Relação conjugal problemática e mãe ser "do lar" mostraram-se associadas à falta de envolvimento dos pais nos cuidados do filho. CONCLUSÕES: É alta a prevalência de famílias nas quais o pai não tem envolvimento ativo no cuidado de seu filho, ocorrendo em especial quando a relação conjugal é problemática e a mãe não tem trabalho remuneradoOBJETIVO: Identificar factores asociados a la falta del envolvimiento activo del papá en los cuidados de niños a los cuatro meses. MÉTODOS: Se realizó estudio transversal involucrando familias de 153 niños de cuatro meses de edad, y se entrevistaron en sus casas por dos terapeutas de familias en Porto Alegre (Sureste de Brasil, 1998-2000. Además de involucrar al padre en los cuidados del lactante se examinaron características sociodemográficas, salud