WorldWideScience

Sample records for abelhas nativas apidae

  1. Termorregulação colonial e a influência da temperatura no desenvolvimento da cria em abelhas sem ferrão, Melipona scutellaris (Hymenoptera, Apidae, Meliponini)

    OpenAIRE

    Yara Sbrolin Roldão

    2011-01-01

    Uma característica dos insetos sociais, entre elas as abelhas, é o controle da temperatura de seus ninhos. Abelhas sociais são denominadas como animais heterotérmicos, ou seja, são endotérmicas quando realizam atividades motoras (adultas) e ectotérmicas quando apresentam inatividade (cria e abelhas jovens). Essa característica está entrelaçada com o comportamento social. As abelhas melíferas (Apidae; Apini: Apis mellifera) são conhecidas por apresentarem uma temperatura ótima dentro de seus n...

  2. Higher-level bee classifications (Hymenoptera, Apoidea, Apidae sensu lato Classificação dos grandes grupos de abelhas (Hymenoptera, Apoidea, Apidae sensu lato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel A. R. Melo

    2005-03-01

    Full Text Available A higher-level classification of bees, in which the entire group is treated as a single family - the Apidae - is advocated here. A total of seven subfamilies, 51 tribes and 27 subtribes are recognized. These subfamilies correspond to the families adopted in the traditional classification. Although the proposed changes do not involve any major rearrangement, basically only changing the rank given to the main groups, the new system makes the classification of bees more consistent with that adopted for other major groups of aculeate Hymenoptera. It also departs from the 19th century practice, perpetuated in the traditional classification, of giving family-status to the main groups of bees. A correspondence table associating the taxon names used in the current traditional classification with those of the revised classification is presented. Scrapterini new tribe (type-genus Scrapter Lepeletier & Serville is proposed to accommodate the southern African genus Scrapter.Apresenta-se uma classificação para as abelhas em que o todo o grupo é tratado como uma única família - Apidae. São reconhecidas sete subfamílias, 51 tribos e 27 subtribos. As subfamílias correspondem às famílias da classificação tradicional. Apesar das mudanças propostas afetarem apenas o status dos grupos, o novo sistema torna a classificação das abelhas mais consistente com aquela adotada para os grandes grupos de Hymenoptera aculeados. Além disso, distancia-se da tradição de dar status de família aos grupos principais de abelhas, uma prática do século 19 perpetuada na classificação tradicional. É apresentada uma tabela de correspondência associando os nomes dos táxons usados na classificação tradicional corrente com aquelas da classificação sendo proposta aqui. Scrapterini tribo nova (gênero-tipo Scrapter Lepeletier & Serville é proposta para acomodar Scrapter, um gênero restrito à porção sul do continente africano.

  3. ABELHAS EUGLOSSINA (HYMENOPTERA: APIDAE ASSOCIADAS À MONOCULTURA DE EUCALIPTO NO CERRADO MATO-GROSSENSE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva do Nascimento

    2015-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a composição de abelhas Euglossina em três áreas distintas, com monocultura de eucalipto de diferentes idades, utilizando a vegetação nativa como controle, com base nos aspectos de riqueza e abundância. O trabalho foi realizado em três propriedades particulares, localizadas na região Sudoeste de Mato Grosso, em monocultura de eucaliptos de diferentes idades e vegetação nativa (Cerrado. As coletas foram realizadas mensalmente, de dezembro de 2011 a março de 2012, utilizando-se seis essências: eugenol, eucaliptol, vanilina, benzoato de benzila, salicitato de metila e acetato de benzila, das 8 às 16 h. Foram coletados 430 espécimes, de quatro gêneros e 18 espécies. Eulaema nigrita Lepeletier, 1841, Euglossa melanotricha Moure, 1967 e Eulaema cingulata Fabricius, 1804 foram as espécies mais abundantes e comuns a todas as áreas estudadas. A área com maior abundância de abelhas foi ApS (166 indivíduos e com maior riqueza, a Tol (14 espécies. A composição de espécies foi semelhante nas áreas analisadas, e a abundância apresentou dissimilaridade entre a Tol e as áreas SanR e ApS. A área AC (área-controle apresentou maior abundância (147 e riqueza (n = 15 em relação à monocultura de eucalipto.

  4. Diversidade de insetos e frequência de abelhas visitantes florais de Serjania lethalis na Chapada do Araripe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Társio Thiago Lopes Alves

    2014-11-01

    Full Text Available O cipó-uva Serjania lethalis pertence à Sapindacea, grupo de plantas escandentes reconhecidas por sua importância apícola. A espécie é encontrada naturalmente na Chapada do Araripe. O objetivo do trabalho foi estudar a diversidade e frequência dos visitantes florais do cipó-uva nos municípios de Santana do Cariri – CE e Moreilândia – PE nos meses de agosto a novembro entre2009 e 2010. Os visitantes florais foram conhecidos por meio de coletas regulares, usando-se rede entomológica durante o pico de floração. A frequência média de abelhas visitantes florais foi determinada através da contagem simples dos indivíduos, percorrendo por 20 minutos transectos pré-determinados, em sete horários diferentes ao longo dia. Os resultados mostraram indivíduos de Lepidoptera, Diptera, Apidae, Vespidea, Formicidae e Pompilidae visitando as inflorescências do Cipó - Uva, sendo os indivíduos de Apidae mais significativos. Conclui-se que a espécie S. lethalis atrai uma diversidade de visitantes florais, na grande maioria abelhas, especialmente Apis mellifera e Trigona spinipes que a visitam ao longo de todo o dia, indicando uma disponibilidade de recursos por todo esse período, sugerindo que a espécie vegetal possui potencial apícola. A visitação por outras espécies de abelhas nativas e insetos de outros grupos, demonstram a importância de S. lethalis para manutenção de visitantes florais silvestres da Chapada do Araripe.

  5. Comunidade de abelhas (Hymenoptera, Apoidea e plantas em uma área do Agreste pernambucano, Brasil Community of bees (Hymenoptera, Apoidea and plants in an area of Agreste in Pernambuco, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Milet-Pinheiro

    2008-01-01

    Full Text Available O Agreste é uma região de transição entre floresta tropical úmida e caatinga no nordeste brasileiro. Nessa região, grande parte da vegetação nativa foi desmatada para a implantação de pastagens. Não é sabido se áreas degradadas mantém uma apifauna e flora melitófila diversificada, ou quais são associações entre abelhas e plantas que ocorrem nessas áreas. A cobertura vegetal atual é composta por pastos, vegetação ruderal e restos da vegetação nativa. Abelhas e plantas por elas visitadas foram coletadas mensalmente entre agosto de 2001 e julho de 2002, durante dois dias consecutivos entre 5h30 e 17h30. Foram coletados 1.004 indivíduos de abelhas pertencentes a 79 espécies. Apidae foi a família mais abundante e com maior riqueza de espécies (732 indivíduos e 43 espécies, seguida por Halictidae (194 indivíduos e 20 spp., Megachilidae (47 indivíduos e 13 spp., Colletidae (16 indivíduos e 2 spp. e Andrenidae (15 indivíduos e 1 sp.. Foram registradas apenas três espécies de abelhas eussocais e cinco de Euglossini, dois grupos altamente diversificados nas florestas neotropicais. A ausência de abelhas sem ferrão nativas dos gêneros Plebeia, Frieseomelitta, Partamona, Scaptotrigona e Trigonisca, assim como de outras espécies de Euglossini, deve estar relacionada à falta de sítios de nidificação e à escassez de fontes de pólen e néctar nessa área degradada. Foram registradas 87 espécies de plantas melitófilas, a maioria ervas e arbustos. Árvores nativas isoladas, assim como plantas ornamentais e frutíferas cultivadas contribuem para manter parte da diversidade da comunidade de abelhas nativas.The Agreste is a transition region of tropical rainforest and Caatinga in northeastern Brazil. In this region, the majority of the native Atlantic Rainforest was destroyed to give place to livestock farming. It is not known whether degraded areas maintain a diversified bee-plant community or not and which kinds of

  6. Interactions between carpenter bees and orchid bees (Hymenoptera: Apidae in flowers of Bertholletia excelsa Bonpl. (Lecythidaceae Interações entre abelhas carpinteiras e abelhas das orquídeas (Hymenoptera: Apidae em flores de Bertholletia excelsa Bonpl. (Lecythidaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charles Fernando dos Santos

    2012-03-01

    Full Text Available Competition between two species of bees for the same type of floral resource may generate antagonistic behavior between them, especially in cultivated areas where food resources are limited, seasonally and locally. In this study, was tested the hypothesis of antagonism between two solitary bee species of the family Apidae, Eulaema mocsaryi (Euglossini and Xylocopa frontalis (Xylocopini, visiting the Brazil nut flowers (Bertholletia excelsa: Lecythidaceae in a central Amazonia agricultural area. The visitation time was analyzed to detect the possible temporal overlap in the foraging of these bees. Furthermore, was analyzed their interspecific interactions for manipulating flower species visited by an opponent species, as well as attempts to attack this opponent. The individuals of Xylocopa frontalis visited the Brazil nut flowers before Eulaema mocsaryi, although the peak visitation of both did not presented significant differences. Neither of the species manipulated flowers recently visited by opponent species, and there were practically no antagonistic interactions between them. Thus, X. frontalis and E. mocsaryi shared the same food source in the flowers of B. excelsa due to differences in their time of visits and non-aggressive way of interacting with the opponent. This result has important implications for pollinating the Brazil nut, and a possible management of X. frontalis and E. mocsaryi, since these two were the most abundant pollinators in the studied locality.A competição entre duas espécies de abelhas por um mesmo tipo de recurso floral pode gerar comportamentos antagônicos entre elas, principalmente, dentro de áreas cultivadas, onde o recurso alimentar é limitado sazonalmente e localmente. No presente trabalho, foi testada a hipótese de antagonismo entre duas espécies de abelhas solitárias da família Apidae, Eulaema mocsaryi (Euglossini e Xylocopa frontalis (Xylocopini em flores da castanheira do Brasil (Bertholletia

  7. Análise faunística de abelhas Euglossina (Hymenoptera: Apidae em ambientes de floresta nativa e plantios de Acacia mangium no Estado de Roraima. = Faunal analysis of the Euglossina bees (Hymenoptera: Apidae within the native Forest and plantations of Acacia mangium in the Brazilian State of Roraima.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Fernandes Tavares Maia

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivou-se com o presente trabalho comparar a Fauna de abelhas Euglossina de mata nativa com plantios de Acacia mangium (Mimosaceae atraídas por iscas odoríferas. Foram utilizadas armadilhas de garrafas de politereftalato de etila (PET, contendo fragrâncias de salicilato de metila e eugenol. As abelhas foram retiradas das armadilhas em intervalos de 30 em 30 minutos a contar das 6 horas até as 12 horas de cada dia de coleta. Foram selecionados três locais em mata nativa (Ilha de Maracá, Serra Grande e Itã e três em plantios de Acacia mangium (Haras Cunhã-Pucá, Fazenda Jacitara e Fazenda Umirizal. Em cada local de coleta as abelhas foram capturadas em um único dia, perfazendo um total de 6 dias de coletas para todos os locais. Foram coletados 123indivíduos de 21 espécies. Nos pontos de coleta nos plantios de Acacia mangium foram coletados 35 indivíduos pertencentes a 12 espécies e em mata nativa foram coletados 88 indivíduos pertencentes a 17 espécies. As espécies mais abundantes foram Eulaema pseudocingulata (48 espécimes, Eul. meriana (12 espécimes, Eul. cingulata (11 espécimes, Euglossa augaspis (10 espécimes e Eug. amazonica (8 espécimes. Os pontos de coleta nos plantiosde Acacia mangium apresentaram baixa diversidade e abundância quando comparados com os pontos de coleta em mata nativa. = The objective of this study was to compare the Fauna of the Euglossina bees of native forest and plantings of Acacia mangium collected with odoriferous baits. Traps made from PET bottles were used, and contained fragrances of methyl salicilate and eugenol. The bees were removed from the traps in intervals of 30 in 30 minutes from 6 am to 12 pm every day during the period of collection. Three places were selected within the native forest (Island of Maracá, Serra Grande, and Itã, and from three plantations of Acacia mangium (Cunhã-Pucá farm, Jacitara farm and Umirizal farm. In each area of collection,the bees were captured on a

  8. Fauna de abelhas nativas de duas áreas de restinga do Parque Estadual de Itaúnas, Espírito Santo, Brasil.

    OpenAIRE

    RECEPUTI, A. L. M.

    2015-01-01

    Dois estudos foram realizados nesta dissertação: uma avaliação da riqueza, diversidade e composição da fauna de abelhas nativas de uma área de restinga herbáceo-arbustiva e de uma área de restinga florestal do Parque Estadual de Itaúnas, Espírito Santo, Brasil, e uma avaliação da riqueza, diversidade e composição da fauna de Euglossina das duas mesmas áreas. Em ambos os casos objetivou-se responder a duas perguntas diretamente relacionadas, 1) a composição, riqueza e diversidade da fauna de a...

  9. Bees (Hymenoptera: Apidae present in the flowers of the balsa wood Ochroma lagopus Swartz, 1788 = Abelhas (Hymenoptera: Apidae associadas às flores do pau-de-balsa Ochroma lagopus Swartz, 1788

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Regina Guimarães Brighenti

    2010-10-01

    Full Text Available The flower of balsa wood holds about 10 to 15 mL of nectar, which helps attracting pollinating agents, since the genus Ochroma is incapable of self-fertilization. However, a high mortality of bees is observed in these flowers. The present study investigated the frequency and constancy of mortality of the individuals of the familyApidae that fed on nectar from the balsa wood. Data was gathered from June to August 2008, in Lavras – Minas Gerais State, Brazil. In addition, the survival of the Africanized bees that fed on the nectar of this flower was compared to those that fed on 50% aqueous solution of honey. Forty flowers were analyzed, and 949 individuals of the orders Hymenoptera (98.1%, Hemiptera (0.95%, Coleoptera (0.74% and Diptera (0.21% were collected. Most Hymenoptera individuals were bees of the genera Partamona and Trigona (677 individuals, which were considered of constant occurrence. Flowers producing up to 16.7 nectar mL were found. The nectar diet contained 16.44% of total sugar, and resulted in low survival of the bees in laboratory (31.32 . 2.37 hours, compared to a diet of 50% aqueous solution of honey (112.32 .2.03 hours.A flor do pau-de-balsa produz cerca de 10 a 15 mL de néctar, útil na atração de polinizadores, uma vez que o gênero Ochroma é incapaz de fazer autofecundação. É observada intensa mortalidade de abelhas em suas flores. Objetivou-se realizar o levantamento da frequência e constância de mortalidade de indivíduos da família Apidae, sendo os dados levantados no período de junho a agosto de 2008 em Lavras, MinasGerais, Brasil. Além disso, avaliou-se a sobrevivência de abelhas africanizadas alimentadas com o néctar desta flor quando comparados com aquelas alimentadas com solução aquosa de mel a 50%. Foram analisadas 40 flores e coletados 949 indivíduos das Ordens: Hymenoptera (98,1%, Hemiptera (0,95%, Coleoptera (0,74% e Diptera (0,21%. Dentre os himenópteros os mais frequentes foram dos g

  10. Abelhas africanizadas Apis mellifera scutellata Lepeletier, 1836 (Hymenoptera: Apidae: Apinae exploram recursos na floresta amazônica? Do Africanized honeybees explore resources in the amazonian forest?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcio Luiz de Oliveira

    2005-09-01

    Full Text Available As abelhas africanas (Apis mellifera scutellata foram trazidas para o Brasil na década de 1950 e, por acidente, cruzaram-se com outras subespécies de abelhas melíferas européias introduzidas no século XIX. Isso proporcionou o surgimento de híbridos com características predominantes das abelhas africanas, tais como rusticidade e maior capacidade de enxamear, o que lhes permitiu uma rápida adaptação e expansão por quase todo continente americano. Até hoje existem controvérsias se essas abelhas, denominadas africanizadas, causam algum impacto sobre a fauna de abelhas nativas. Nas Américas, as africanizadas estão restritas a regiões de baixas altitudes e de invernos amenos; no Brasil, ocorrem principalmente em áreas urbanas e formações vegetacionais abertas ou adulteradas, sendo dificilmente vistas ou coletadas no interior de florestas densas como a amazônica. Diante dessa observação, diversas iscas foram disponibilizadas no interior de fragmentos de florestas e de florestas contínuas na Amazônia central, para testar se operárias de abelhas africanizadas seriam capazes de penetrar nos mesmos. Nenhuma operária foi vista visitando as iscas na floresta contínua ou mesmo nos fragmentos de floresta, ocorrendo visitas somente nas áreas desmatadas e capoeiras próximas. Esse resultado, além de indicar a inexistência de competição por recursos com as abelhas nativas no interior da floresta amazônica, também indica que uma apicultura em grande escala na região seria inviável, uma vez que a floresta não é sequer visitada por essas abelhas.The African honeybees (Apis mellifera scutellata were introduced accidentally to Brazil in 1956 where it subsequently interbred with other subspecies of European honeybee here introduced in the 19th century. This resulted in hybrids with predominantly African honeybee characteristics, such as higher capacity of swarming and survival in inhospitable conditions, allowing them to adapt

  11. Euglossine bee communities in small forest fragments of the Atlantic Forest, Rio de Janeiro state, southeastern Brazil (Hymenoptera, Apidae Comunidade de abelhas Euglossina em pequenos fragmentos de Mata Atlântica no estado do Rio de Janeiro, sudeste do Brasil (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willian Moura de Aguiar

    2012-06-01

    Full Text Available Euglossine bee communities in small forest fragments of the Atlantic Forest, Rio de Janeiro state, southeastern Brazil (Hymenoptera, Apidae. Euglossine bees are important pollinators in forests and agricultural areas. Although the structure of their communities is critically affected by anthropogenic disturbances, little is known about these bees in small forest fragments. The objectives of this study were to analyze the composition, abundance, and diversity of euglossine bee species in nine small fragments of different phytophysiognomies of the Atlantic Forest in southeastern Brazil, and to identify the environmental variables that may be related to the species composition of these communities. Males were sampled quarterly from May 2007 to May 2009 with aromatic traps containing methyl cinnamate, vanillin, eucalyptol, benzyl acetate, and methyl salicylate. A total of 1558 males, belonging to 10 species and three genera of Euglossina were collected. The richness ranged from five to seven species per fragment. Euglossa cordata, E. securigera, Eulaema nigrita e E. cingulata were common to all fragments studied. The diversity differed significantly among areas, ranging from H' = 1.04 to H' = 1.65. The precipitation, phytophysiognomy, and altitude had the highest relative importance over the species composition variation. The results presented in this study demonstrate that small forest fragments are able to support populations of euglossine bee species, most of which are widely distributed and reportedly tolerant to open and/or disturbed areas and suggest that the conservation of such areas is important, particularly in areas that are regenerating and in regions with agricultural matrices where these bees can act as important pollinatorsComunidade de abelhas Euglossina em pequenos fragmentos de Mata Atlântica no estado do Rio de Janeiro, sudeste do Brasil (Hymenoptera, Apidae. Abelhas Euglossina são importantes polinizadores nas florestas e em

  12. Desenvolvimento produtivo de colmeias de abelhas Melipona scutellaris

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Evangelista Rodrigues

    2008-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2008v21n1p59 A criação de espécies nativas de abelhas, também conhecidas como abelhas sem ferrão, têm despertado interesse geral na área, em função da facilidade de manejo e da qualidade dos produtos. No entanto, pouco se sabe sobre sua produção e sua biologia e por isto o presente trabalho acompanhou o desenvolvimento de colmeias de Melipona scutellaris, avaliando os seus parâmetros produtivos em ambiente de criação. Como o crescimento de uma colmeia tem como parâmetro o armazenamento de alimento, e como no caso da abelha M.scutellaris este armazenamento é feito em potes construídos com cera, foram feitas contagens dos potes nas colmeias classificando-os como: potes abertos, potes fechados e potes vazios, separando-os de acordo com o conteúdo (mel ou pólen. Foram medidas as suas dimensões e anotadas para posterior avaliação dos dados. Com os resultados pôde-se averiguar que as colmeias apresentam quantidades de potes diferentes, variando em função do número de indivíduos que colaboram para este fator. Confirmou-se que, quando o alimento é escasso no pasto apícola, as abelhas usam o alimento armazenado nos potes, em função da diminuição de matéria-prima na entressafra.

  13. Morphological, chemical and developmental aspects of the Dufour gland in some eusocial bees (Hymenoptera, Apidae: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Camargo Abdalla

    2006-06-01

    Full Text Available Morphological, chemical and developmental aspects of the Dufour gland in some eusocial bees (Hymenoptera, Apidae: a review. The present revision focused on the more recent data about the Dufour gland in some eusocial bees, taking in account general aspects of its morphology, secretion chemical nature, bio-synthetic pathway and development. Many functions have been attributed to this gland in eusocial bees, but none are convincing. With the new data about this gland, not only the secretion chemical pathway of the Dufour gland may be reasonable understood, as its function in some eusocial bees, especially Apis mellifera Linné, 1758, which has been extensively studied in the last years.Aspectos morfológicos, químicos e do desenvolvimento da glândula de Dufour em algumas abelhas eussociais (Hymenoptera, Apidae: revisão. Esta revisão aborda os mais recentes dados sobre a glândula de Dufour em algumas abelhas eussociais, considerando aspectos gerais da sua morfologia, do seu desenvolvimento, da natureza química da sua secreção, assim como sua via bio-sintética. Muitas funções têm-se atribuído à glândula de Dufour nas abelhas eussociais, mas nenhuma suficientemente convincente. Os novos dados a respeito dessa glândula permitem não só conhecer razoavelmente bem a via bio-sintética como a função da secreção da glândula de Dufour em algumas abelhas eussociais, especialmente em Apis mellifera Linné, 1758, a qual tem sido extensivamente estudada nos últimos anos.

  14. Análise físico-química dos méis das abelhas Apis mellifera e Melipona scutellaris produzidos em regiões distintas no Estado da Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evangelista-Rodrigues Adriana

    2005-01-01

    Full Text Available O mel de abelhas é um produto muito apreciado, no entanto, de fácil adulteração com açúcares ou xaropes. Desta forma, é necessário que haja algumas análises para a determinação da sua qualidade para que seja comercializado. Este trabalho teve como objetivo fazer a análise físico-química dos méis de abelha Apis mellifera. e Melipona scutellaris para a comparação entre as espécies e entre as localidades do Brejo e do Cariri (regiões do Estado da Paraíba. Observou-se que o mel de abelha nativa apresenta um maior teor de água (umidade de 25,25% quando comparado com o mel de abelha africanizada (18,76%, dificultando o seu armazenamento, pois o alto teor de água do produto diminui a sua vida útil de prateleira. Para as análises de hidroximetilfurfural, o valor mais alto foi para o mel produzido na região do Cariri, quando comparado com o mel produzido na região do Brejo, o que pode ser explicado pela diferença de temperatura, sendo mais alta no Cariri. Para os valores de pH, obteve-se diferença significativa entre os méis, com o mel do Cariri apresentando valor mais baixo (3,8. Para Acidez Total, o mel de abelha africanizada do Brejo Paraibano apresentou 41,6 meq/kg de mel, enquanto o mel de abelha nativa apresentou 28,3 meq/kg de mel. Para os demais parâmetros estudados, não houve diferença significativa entre os tratamentos. Conclui-se que os méis produzidos pelas abelhas africanizadas (A. mellifera e pela abelha nativa Melipona scutellaris na Estação Experimental do Cariri e da Chã-de-Jardim pertencentes ao CCA/UFPB apresentam valores diferentes dos padrões da Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade do Mel (Ministério da Agricultura e do Abastecimento para alguns parâmetros, o que pode dificultar o seu armazenamento por um longo período.

  15. Estudo da qualidade do mel de abelhas sem ferrão por análise por ativação neutrônica instrumental

    OpenAIRE

    André Luís Lima de Araujo

    2013-01-01

    O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de mel, no qual sua produção é baseada principalmente na criação da espécie exótica Apis mellifera. A produção de mel da Apis mellifera é cerca de 10 vezes maior que das espécies de abelhas sem ferrão, contudo, o mel de abelhas nativas possui maior valor comercial. Embora pouco explorado, o mel de abelhas sem ferrão desperta interesse em indústrias de cosméticos e medicinas naturais. A sua produção se apresenta como uma ferramenta com grande poten...

  16. A bananeira como fonte alternativa de néctar para abelhas africanizadas durante a escassez de floradas nativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ednir Oliveira Santiago

    2014-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o cultivo irrigado de bananeira (Musa paradisiaca como possível fonte substitutiva de alimento para as colônias de abelhas africanizadas (Apis mellifera em período de escassez de floradas nativas. Foram utilizadas 60 colônias homogêneas de A. mellifera, distribuídas em três tratamentos: T1– 10 colônias; T2– 20 colônias e T3– 30 colônias. Todos os tratamentos foram colocados dentro de uma área de produção de bananas, distantes entre si por 1.500 metros. Os parâmetros avaliados foram: área de cria no ninho, área de reserva de alimento no ninho e área de mel armazenado na melgueira, por um período de 140 dias. Não houve diferença (P>0,05 na área de cria no ninho entre os tratamentos, mas esta decresceu em todos eles ao longo do tempo. A área de reserva de alimento no ninho permaneceu constante para os três tratamentos, enquanto que na melgueira, ocorreu grande acúmulo inicial de mel e subseqüente decréscimo para T2 e T3. Ao final do período as colônias ainda permaneceram fortes e aptas a produzirem mel desde o início das próximas floradas.

  17. Abelhas-sem-ferrão amazônicas defendem meliponários contra saques de outras abelhas Amazonian stingless bees protect meliponaries against robber bees

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Rodrigo Rech

    2013-09-01

    Full Text Available Entre as abelhas eussociais, dois gêneros apresentam estratégia de vida cleptobiótica, obtendo recursos alimentares de ninhos de outras abelhas ao invés de coletá-los em flores. Entre as espécies atacadas existe um gradiente de suscetibilidade ao roubo variando desde espécies vulneráveis até altamente resistentes. Neste trabalho nós descrevemos um ataque de Lestrimelitta rufipes a um ninho de Scaptotrigona sp. em um meliponário na Amazônia central (Amazonas, Brazil. O ninho atacado foi transferido para um meliponário com espécies resistentes (Duckeola ghilianii e Melipona fulva e as interações foram descritas. As abelhas resistentes contra-atacaram e afugentaram as ladras protegendo o ninho de Scaptotrigona sp.. A presença de comportamento defensivo em gêneros não proximamente relacionados sugere que ele tenha evoluído mais de uma vez entre os Meliponini. Considerando o comportamento descrito, sugerimos a criação de espécies nativas resistentes em meliponários de regiões onde elas forem nativas, devido ao potencial que elas tem na proteção.Among eusocial bees, two genera evolved a cleptobiotic life strategy, stealing food resources from other bee nest instead of collecting it from flowers. Under natural conditions there is a gradient of strategies against robbing, from more susceptible to highly resistant species. In this work, we describe one attack of the robber bee Lestrimelitta rufipes to a nest of Scaptotrigona sp. in the Amazon Rain Forest (Amazonas, Brazil. The attacked nest was introduced in a beekeeping area with bees already known to be resistant to cleptobiosis. The resident bees (Duckeola ghilianii and Melipona fulva counter-attacked the robber bees and successfully protect the Scaptotrigona sp. nest. The presence of the defensive behaviour in unrelated genera suggests it evolved many times in social bees. Based on the protective behaviour described here, we suggest that in order to reduce the damage caused

  18. Análise físico-química dos méis das abelhas Apis mellifera e Melipona scutellaris produzidos em regiões distintas no Estado da Paraíba

    OpenAIRE

    Evangelista-Rodrigues,Adriana; Silva,Eva Mônica.Sarmento da; Beserra,Ennio Marcello Fernandes; Rodrigues,Marcelo Luis

    2005-01-01

    O mel de abelhas é um produto muito apreciado, no entanto, de fácil adulteração com açúcares ou xaropes. Desta forma, é necessário que haja algumas análises para a determinação da sua qualidade para que seja comercializado. Este trabalho teve como objetivo fazer a análise físico-química dos méis de abelha Apis mellifera. e Melipona scutellaris para a comparação entre as espécies e entre as localidades do Brejo e do Cariri (regiões do Estado da Paraíba). Observou-se que o mel de abelha nativa ...

  19. Biologia floral e polinização por abelhas em siratro (Macroptilium atropurpureum Urb. Floral biology and bees pollination by bees in siratro (Macroptilium atropurpureum Urb

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Claudia Colla Ruvolo-Takasusuki

    2002-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi realizar estudos sobre polinização em siratro, avaliando o período de antese, abelhas visitantes, viabilidade dos grãos de pólen e produção de sementes, utilizando dois tratamentos, um de plantas cobertas e outro de descobertas. O período de antese foi 2,48 dias e 3,56 dias (P = 0,0023 e a produção foi de 8,62 e 11,15 sementes (P = 0,0001, para os tratamentos descoberto e coberto, respectivamente. O teste de receptividade do estigma indicou que 91,95% das flores abertas estavam receptivas. A viabilidade dos grãos de pólen foi 100%. Das seis famílias de abelhas que ocorrem no Brasil, foram encontradas cinco delas visitando as flores desta planta: Andrenidae (12%, Anthophoridae (4%, Apidae (56%, Halictidae (16% e Megachilidae (12%. Pode-se concluir que as flores de siratro são importantes fontes de pólen e néctar para as abelhas que contribuem para a polinização desta planta.This research was carried out to evaluate the pollination in siratro studying the anthesis period, pollen grain viability and seed production. Two treatments were used, one covered and another uncovered. The anthesis period was 2.48 days and 3.56 days (p = 0.0001 and the production was 8.62 and 11.15 seeds (p = 0.0023, in covered and uncovered treatments, respectively. The stigma receptivity test showed that 91.95% of opened flowers were receptive. Pollen grains viability was 100%. In Brazil, there are six families of bees and we have found five of them in Maringá region visiting the flowers of this plant: Apidae (56%, Megachilidae (12%, Halictidae (16%, Andrenidae (12% and Anthophoridae (4%. Results showed that the flowers of siratro are important as pollen and nectar source for bees which contribute to its pollination.

  20. Diversidade de abelhas (Hymenoptera, Apidae) ao longo de um gradiente latitudinal na Mata Atlântica

    OpenAIRE

    Gonçalves,Rodrigo Barbosa; Brandão,Carlos Roberto Ferreira

    2008-01-01

    A Mata Atlântica é um dos ambientes mais ricos e ameaçados do mundo, o que deveria ter estimulado em muito o estudo e a conservação do Bioma, mas a fauna de Hymenoptera permanece ainda relativamente pouco conhecida. Em especial, a fauna de abelhas da floresta ombrófila densa é pouco estudada em comparação à fauna das áreas abertas brasileiras. O projeto temático "Biodiversidade de Hymenoptera e Isoptera: riqueza e diversidade ao longo de um gradiente latitudinal na Mata Atlântica - a floresta...

  1. CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DO MEL DE MELIPONA FULVA LEPELETIER, 1836 (HIMENOPTERA: APIDAE: MELIPONINAE) UTILIZADA NA MELIPONICULTURA POR COMUNIDADES TRADICIONAIS DO ENTORNO DA CIDADE DE MACAPÁ-AP

    OpenAIRE

    Chaves, Alison Felipe Alencar; Gomes, Jorge Emílio Henriques; da Costa, Arley José Silveira

    2012-01-01

    O estudo buscou determinar as características físico-químicas do mel de abelha sem ferrão Melipona fulva Lepeletier, 1836 (Hymenoptera: Apidae: Meliponinae) utilizada na meliponicultura por comunidades tradicionais do entorno da cidade de Macapá, AP. As características físico-químicas analisadas foram: umidade, cinzas, acidez, pH, condutividade e hidroximetilfurfural. Os resultados foram expressos em média ± desvio padrão e comparados com os valores limites presentes na legislação vigente e c...

  2. A comunidade de abelhas (Hymenoptera, Apidae s. l. em uma área restrita de campo natural no Parque Estadual de Vila Velha, Paraná: diversidade, fenologia e fontes florais de alimento The bee community (Hymenoptera, Apidae s. l. in a restricted area of native grassland in the Vila Velha State Park, Paraná: diversity, phenology and food plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo B. Gonçalves

    2005-12-01

    Full Text Available Coletas sistemáticas de abelhas em uma área restrita no Parque Estadual de Vila Velha, Paraná, no período de outubro de 2002 a outubro de 2003, resultaram em 1552 espécimes pertencentes a 181 espécies. Estas espécies estão distribuídas em 58 gêneros, 24 tribos e 5 subfamílias. As plantas visitadas correspondem a 113 espécies, em 72 gêneros e 38 famílias. Megachile com 20 espécies foi o gênero mais rico e Ceratina o gênero mais abundante dentre os gêneros nativos. Apis mellifera foi a espécie mais coletada, correspondendo a 28% do total de indivíduos, e Bombus atratus foi a espécie mais abundante dentre as abelhas nativas. A riqueza e a equitabilidade nos meses foram variáveis, sendo março o mais rico e novembro o de maior equitabilidade. Apesar de tradicionalmente considerados parte das estepes sulinas, os campos de Vila Velha apresentam uma fauna de abelhas contendo várias espécies típicas de cerrado. O igual número de espécies entre as subfamílias Apinae e Halictinae também apontam para uma peculiaridade de sua fauna. Listas de abelhas e plantas coletadas são apresentadas em anexo.A standardized survey of bees visiting blooming plants in an area covered by natural grasslands in the Vila Velha State Park was conducted from October, 2002, to October, 2003. A total of 1552 specimens belonging to 181 species were collected. These species are distributed in 58 genera, 24 tribes and 5 subfamilies. The visited plants belong to 113 species, in 72 genera and 38 families. Megachile, with 20 species, was the richest genus, while Ceratina was the most abundant native genus. Apis mellifera was the most abundant species, with 28% of all bees collected. Among the native species, Bombus atratus was the most abundant. Monthly richness and equitability varied along the year, March being the richest, and November, the most equitable. Despite being traditionally placed within the southern steppes, the open grasslands of Vila Velha

  3. Análise da variabilidade genética de uma pequena população de Frieseomelitta varia (Hymenoptera, Apidae, Meliponini) por meio de análise do DNA mitocondrial, microssatélites e morfometria geométrica das asas

    OpenAIRE

    Paulo Henrique Pereira Gonçalves

    2010-01-01

    As abelhas da tribo Meliponini apresentam distribuição pantropical. São encontradas mais de 400 espécies pertencentes a 50 gêneros, sendo que mais de 300 estão presentes nas Américas. Os meliponíneos são responsáveis por grande parte da polinização das plantas nativas. A destruição das florestas tem ameaçado seriamente as abelhas sem ferrão, isolando-as em fragmentos e expondo-as ao endocruzamento e aos efeitos de perda de variabilidade genética. No presente estudo, foram empregadas análises ...

  4. Déficit de polinização da aceroleira no período seco no semiárido paraibano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rozileudo da Silva Guedes

    2011-06-01

    Full Text Available A aceroleira é uma importante frutífera tropical que pode produzir frutos o ano todo na região semiárida do Nordeste do Brasil, caso seja utilizada a irrigação. Como a aceroleira depende da polinização por abelhas coletoras de óleos florais para apresentar uma produção satisfatória de frutos, este trabalho teve como objetivo avaliar a abundância de polinizadores e o sucesso reprodutivo da cultura no período seco, no semiárido paraibano. Foram registradas quatro espécies de abelhas nativas da tribo Centridini, todas consideradas polinizadoras efetivas da aceroleira, pela frequência nas flores e comportamento: Centris aenea Lepeletier, C. tarsata Smith, C. fuscata Lepeletier e C. trigonoides Lepeletier (Apidae, Centridini. A frequência de visitas às flores foi menor no período seco do que no período chuvoso. A polinização cruzada manual complementar resultou em incremento de 61 a 74% na produção de frutos durante o período seco, nos dois anos avaliados, indicando que há um grande déficit de polinização devido à baixa abundância de abelhas Centris. Esse resultado implica a necessidade de manejo dos polinizadores, especialmente em cultivos irrigados durante o período seco, na região semiárida do Nordeste do Brasil.

  5. Estudo químico e potencial antioxidante do mel e geoprópolis coletados pela abelha sem ferrão mandaçaia (Melipona mandacaia).

    OpenAIRE

    Paulo Ricardo da Silva

    2015-01-01

    A espécie de abelha sem ferrão Melipona mandacaia é conhecida popularmente como mandaçaia e é nativa do Nordeste brasileiro. Neste estudo foi analisado o mel e a geoprópolis da mandaçaia. Foram realizadas as análises palinológicas, físico-químicas tais como umidade, pH, acidez livre, hidroximetilfurfural, teor de cinzas, açucares redutores e atividade de água, aminoácidos, minerais e atividade antirradicalar em quatro amostras de mel. Os principais constituintes fenólicos do mel foram extraíd...

  6. Captura de enxames de abelhas sem ferrão (Hymenoptera, Apidae, Meliponinae sem destruição de árvores Capturing stingless bee nests (Hymenoptera, Apidae, Meliponinae without destroying the trees

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Coletto-Silva

    2005-09-01

    Full Text Available No Brasil a criação racional de abelhas sem ferrão é denominada meliponicultura. As abelhas sem ferrão possuem diferentes comportamentos de nidificação, com ninhos internos (cavidades naturais ou não e externos. Um dos principais problemas apresentados na meliponicultura é a captura de uma colônia com o objetivo de iniciar um meliponário sem "destruir as árvores" ou mesmo as próprias colônias durante a captura. O presente trabalho apresenta um método alternativo para captura de colônias de abelhas sem ferrão, especialmente, do gênero Melipona Illiger, 1806, que são as espécies mais utilizadas para produção de mel e pólen, na região Amazônica. O método consiste em abrir uma janela na árvore, coletar o material e fechar a abertura utilizando a resina vegetal conhecida como breu.Meliponiculture is the name for stingless beekeeping in Brazil. Stingless bees have different nest behaviors showing external and internal nests (natural cavities or not. One of the main problems of meliponiculture is the capture of a colony in order to begin a meliponary without destroying trees or the colonies during the capture. A new alternative method for the capture of stingless bee colonies is presented for the genus Melipona Illiger, 1806, which are the species mostly used for producing honey and pollen. The method is to open the tree, collect the colony, and then close the tree with natural resins known as "breu".

  7. Métodos para atrair a abelha Apis mellifera L. em cultura de abacate (Persea americana Mill. Methods to attract honeybee Apis mellifera L. to avocado tree (Persea americana Mill

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darclet Terezinha Malerbo Souza

    2002-04-01

    Full Text Available O presente experimento teve como objetivo avaliar métodos de atração da abelha Apis mellifera L. (Hymenoptera, Apidae em duas variedades de abacate (Persea americana Mill.. Os atrativos utilizados foram extratos de Cymbopogon citratus, Ocimum basilicum, Lippia alba, folha de Citrus sp, folha de Eucaliptus sp. e o eugenol e o linalol (SIGMA. Os tratamentos utilizados foram: coberto; descoberto pulverizado (DP; descoberto com tubos e descoberto não pulverizado (DNP. Observou-se que a atratividade das substâncias testadas desapareceu minutos após a sua aplicação, utilizando ou não a glicerina, em ambas as variedades. A pulverização dos extratos de falsa melissa, folhas de eucalipto e folhas de laranja apresentaram um aumento no número de abelhas Apis mellifera, na variedade Quintal. Os dados mostraram que a freqüência das abelhas A. mellifera foi maior na variedade Quintal comparada à variedade Fortuna. Isto pode ter ocorrido devido à maior concentração de açúcares do néctar de suas flores. Observou-se que as abelhas A. mellifera preferiram visitar as flores do abacateiro da variedade Quintal, tanto para néctar quanto para coleta de pólen, comparada à variedade Fortuna. Com relação aos frutos, nenhuma das características apresentou diferença significativa entre os tratamentos, em ambas as variedades. Entretanto, observou-se que na variedade Quintal os frutos decorrentes dos tratamentos DP e DNP foram mais pesados, mais compridos e com maior espessura da polpa, comparados ao único fruto obtido do tratamento coberto. Os produtos testados em tubos não foram eficientes para atrair a abelha Apis mellifera, em ambas as variedades.The present experiment was carried out to evaluate some methods to attract honeybee Apis mellifera L. (Hymenoptera, Apidae to two avocado varieties (Persea americana Mill.. Extracts of Cymbopogon citratus, Ocimum basilicum, Lippia alba, Citrus sp leaf, Eucalyptus sp leaf, the eugenol and linalol

  8. Effect of nectar pillaging by native stingless bees (Hymenoptera: Apidae in the abscission of flowers of Bougainvillea spectabilis Willd. (Nyctaginaceae =Efeito da pilhagem de néctar por abelhas nativas sem ferrão (Hymenoptera: Apidae na abscisão floral de Bougainvillea spectabilis Willd. (Nyctaginaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Arand

    2011-09-01

    Full Text Available This study had as objective to evaluate whether the pillaging activity by native bees influences floral abscission. Samples were collected in ten individuals of Bougainvillea spectabilis. In the period between May 4 and June 1st, 2009, 2,874 flowers were collected on the ground and 2,895 from the plants, with three-day intervals between each collection and a total of 10 repetitions in each plant. We measured the total of closed flowers, open flowers, robbed flowers, normal flowers, open robbed flowers and nonrobber open flowers, in both soil and plant. For the statistical analysis, the T-test was used to see whether there was a difference between the averages obtained from the evaluated characteristics between the soil flowers and plant flowers. Simple linear regression was used to see whether there was a relationship between the closed flowers and robbed closed flowers found on the ground and open flowers and non-robbed open flowers in the plant. There were significant differences regarding all variables measured between soil and plant.A correlation was found at both closed flowers and robbed closed flowers found on the ground and open flowers and non-robbed open flowers in the plant.O presente trabalho teve como objetivo avaliar a atividade de pilhagemde abelhas nativas influenciando a abscisão floral de Bougainvillea spectabilis. As coletas foram realizadas em dez indivíduos de B. spectabilis. Foram coletadas 2.874 flores no solo e 2.895 na planta no período de 4/5/2009 a 1/6/2009 com intervalo de três dias entre cada coleta, totalizando 10 repetições em cada indivíduo. Foram mensuradas as flores fechadas, flores abertas, flores fechadas pilhadas, flores fechadas não pilhadas, flores abertas pilhadas e flores abertas não pilhadas tanto no solo como na planta. Para as análises estatísticas foi utilizado o Teste-T para verificar se houve diferença entre as médias obtidas das características avaliadas entre as flores do solo e as

  9. Calendário floral de plantas melíferas nativas da Borda Oeste do Pantanal no Estado do Mato Grosso do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana Maria Salis

    2015-10-01

    Full Text Available Resumo:O objetivo deste trabalho foi avaliar o padrão de floração, ao longo do ano, de plantas melíferas na Borda Oeste do Pantanal, no Maciço do Urucum, MS, bem como o tipo de recurso oferecido pela flora melífera, para elaborar um calendário floral para a região. A floração das plantas melíferas visitadas pelas abelhas nativas e africanizadas foi acompanhada quinzenalmente, por 3 anos consecutivos, tendo-se anotado a data de florescimento, o hábito de crescimento e os recursos coletados pelos insetos. Foram identificadas 160 espécies florescendo e sendo visitadas pelas abelhas, mas somente 73 espécies foram consideradas como plantas melíferas e incluídas no calendário floral, das quais 34 eram ervas, 17 árvores, 15 arbustos e 7 lianas. Foram observadas plantas melíferas em flor ao longo de todo o ano, com maior número no verão e menor no inverno. As ervas florescem mais intensamente no verão e no outono (janeiro-junho, enquanto as árvores e os arbustos, na primavera (final de setembro-dezembro. As lianas florescem, principalmente, no final do verão (março-abril. Néctar e pólen são oferecidos às abelhas ao longo de todo o ano, com diminuição da oferta nos meses de inverno (julho-setembro.

  10. Uso de zangões (Apis mellifera L.) na detecção de cera de abelha adulterada

    OpenAIRE

    Maurizete da Cruz Silva; Italo de Souza Aquino; Charles Ira Abramson; José Wellington dos Santos

    2000-01-01

    Esta pesquisa avaliou a habilidade de zangões da abelha africanizada (Apis mellifera L.) em detectar cera de abelha adulterada usando o reflexo da extensão da probóscide (PER). Duzentos e quarenta zangões foram divididos em 12 grupos contendo níveis diferentes de cera de abelha adulterada (100% cera de abelha, 90% cera de abelha, 10% cera de abelha, 0% cera de abelha). Um estímulo de ar foi incluído como testemunha devido à possível influência do fluxo de ar per se. Os animais foram mantidos ...

  11. Nesting biology of Centris (Hemisiella tarsata Smith (Hymenoptera, Apidae, Centridini

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cândida M. L. Aguiar

    2004-09-01

    Full Text Available Nests of Centris tarsata Smith, 1874 were obtained from trap-nests in areas of dry semi-deciduous forest (Baixa Grande and caatinga (Ipirá, in the State of Bahia. Nesting occurred in bamboo canes and in tubes of black cardboard with 5.8 cm (= small tube and 10.5 cm (= large tube in length and 0.6 and 0.8 cm in diameter, respectively. In both areas C. tarsata nested during the wet season producing four generations in Baixa Grande and three generations in Ipirá. The immatures of one generation underwent diapause at both sites. The bees constructed their nests with a mixture of sand and oil. In general, the cells were elongated and arranged in linear series with its opening pointing towards the nest entrance. Completed nests had two to three cells in small tubes, one to seven cells in large tubes, and two to 13 cells in bamboo canes. The nest plug resembled an uncompleted cell and was externally covered with oil. The cells were provisioned with pollen, oil, and nectar. Nests were parasitized by Mesocheira bicolor (Fabricius, 1804 (Hymenoptera: Apidae and other not identify bee species.Ninhos de Centris tarsata Smith, 1874 foram obtidos através da utilização de ninhos-armadilha, em áreas de floresta estacional semi-decídua (Baixa Grande e de caatinga (Ipirá, no Estado da Bahia. A nidificação ocorreu em gomos de bambus e em tubos de cartolina preta, estes com comprimentos de 5,8 cm (= tubos pequenos e 10,5 cm (= tubos grandes, e diâmetro de 0,6 e 0,8 cm, respectivamente. Em ambas as áreas C. tarsata nidificou durante a estação úmida, produzindo quatro gerações anuais em Baixa Grande e três em Ipirá. Os imaturos de uma das gerações passaram por diapausa em ambos os locais. As abelhas construíram seus ninhos com uma mistura de areia e óleo. Em geral, as células foram alongadas e arranjadas em série linear, com sua abertura dirigida para a entrada do ninho. Os ninhos completados tinham de duas a três células nos tubos pequenos

  12. Análise cladística das abelhas do gênero Megalopta Smith, 1853 (APIDAE: Halictinae, Augochlorini) e revisão taxonômica das espécies brasileiras

    OpenAIRE

    Santos, Leandro Mattos

    2010-01-01

    Resumo: Megalopta (Smith, 1853) é um gênero de abelhas crepusculares e/ou noturnas, com distribuição neotropical. Estas abelhas nidificam em ramos e galhos em decomposição e podem apresentar hábito social facultativo. O gênero possui vinte e sete espécies descritas e na maioria das vezes são consideradas de difícil identificação principalmente por causa de polimorfismos, descobertos após a descrição da maioria das espécies. Além disto, gêneros e subgêneros em sinonímias foram propostos ao lon...

  13. Uso de zangões (Apis mellifera L. na detecção de cera de abelha adulterada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurizete da Cruz Silva

    2000-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa avaliou a habilidade de zangões da abelha africanizada (Apis mellifera L. em detectar cera de abelha adulterada usando o reflexo da extensão da probóscide (PER. Duzentos e quarenta zangões foram divididos em 12 grupos contendo níveis diferentes de cera de abelha adulterada (100% cera de abelha, 90% cera de abelha, 10% cera de abelha, 0% cera de abelha. Um estímulo de ar foi incluído como testemunha devido à possível influência do fluxo de ar per se. Os animais foram mantidos em tubos de metal, acondicionados com fita adesiva Ducktape® entre a cabeça e o tórax. Os resultados da performance dos zangões no condicionamento olfativo do PER indicam que esses animais são capazes de detectar níveis diferentes de cera de abelha adulterada. Os zangões mostraram melhor resposta ao tratamento contendo 100% de cera de abelha. Esse bioensaio pode servir de ferramenta alternativa na seleção de lotes de cera de abelha na apicultura e indústria.

  14. Análise cladística das abelhas do gênero Augochloropsis cockerell, 1897 (Hymenoptera:Apidae s.l.:Augochlorini)

    OpenAIRE

    Santos, Leandro Mattos

    2014-01-01

    Resumo: O gênero de abelhas Augochloropsis Cockerell, 1897 é o táxon mais diverso dentre os Augochlorini, com 146 espécies válidas, sendo a maioria descrita do ínicio até a metade do século vinte. Após este período pouco foi feito em referência à taxonomia e sistemática do gênero que nunca foi revisado e sua classificação é instável em relação aos subgêneros: Augochloropsis s.str., A. (Glyptobasia) Moure, 1941, A. (Glyptochlora) Moure, 1958 e A. (Paraugochloropsis) Schrottky, 1906. Estas abel...

  15. Composição físico-química de amostras de pólen coletado por abelhas Africanizadas Apis mellifera (Hymenoptera:Apidae) em Piracicaba, Estado de São Paulo

    OpenAIRE

    Marchini Luís Carlos; Reis Vanderlei Doniseti Acassio dos; Moreti Augusta Carolina de Camargo Carmello

    2006-01-01

    Com o objetivo de se verificar a composição físico-química de amostras do pólen coletado por abelhas Africanizadas, foram realizadas coletas em 5 colméias de abelhas Apis mellifera Africanizadas utilizando coletores de pólen de alvado (frontais) com orifícios de 4,00mm de diâmetro, em Piracicaba, São Paulo, durante um ano (março de 1999 a março de 2000). A composição química das amostras foi determinada no Laboratório de Apicultura do Departamento de Entomologia, Fitopatologia e Zoologia Agrí...

  16. Abelhas (Hymenoptera: Apoidea visitantes das flores do feijão guandu no Recôncavo Baiano, Brasil Bees (Hymenoptera: Apoidea on pigeonpea flowers in 'Recôncavo Baiano' region, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruberval Leone Azevedo

    2007-10-01

    Full Text Available O feijão guandu Cajanus cajan L. é uma cultura comum, encontrada com freqüência em todo o Brasil, principalmente em pequenas propriedades rurais. Este trabalho teve por objetivo obter informações sobre a diversidade de abelhas visitantes das flores do feijão guandu, gerando informações sobre a estrutura da comunidade de abelhas e a importância desta leguminosa como fonte de recursos tróficos. As coletas foram feitas semanalmente, entre maio e outubro de 2005, na área experimental de Entomologia do Centro de Ciências Agrárias da UFBA, localizada no município de Cruz das Almas, Bahia, no intervalo entre as 6:00 e as 18:00 horas. Um total de 4.676 indivíduos foi coletado visitando as flores do feijão guandu. A família Apidae foi representada por 99,3% dos indivíduos e 76,2% das espécies amostradas. Os gêneros Xylocopa e Trigona foram os que apresentaram maior riqueza, com quatro e três espécies, respectivamente. Trigona spinipes foi a espécie mais abundante, com freqüência relativa igual a 83,1%, seguida de Nannotrigona testaceicornis (5,1%.Pigeonpea, Cajanus cajan L. is a common crop, frequently found throughout Brazil, mainly in small rural properties. This research was aimed at geting information on the diversity of visiting bees to flowers of pigeonpea, generating information on the structure of the bee community and the importance of this Leguminosae as source of food resources. Collections had been made weekly, between May and October 2005 in the Experimental area of the Center of Agrarian Sciences and Environmental of the UFBA, located in the Cruz das Almas, Bahia, in the interval between 6:00 AM and 06:00 PM. A total of 4.676 individuals was collected visiting the pigeonpea flowers. The Apidae family was represented by 99.25% of individuals and 76.19% of total species. The genera Xylocopa and Trigona were the ones that showed greater richness, with four and three species, respectively. Trigona spinipes was the most

  17. Características das colônias de abelhas africanizadas (Apis mellifera L., coletadas de alojamentos naturais em Jaboticabal, Estado de São Paulo Characteristics of african honeybee colonies (Apis mellifera L. in nature, in Jaboticabal - SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Helena Nogueira-Couto

    2002-04-01

    Full Text Available No presente experimento analisou-se as características de 70 enxames de abelhas africanizadas, Apis mellifera L. (Hymenoptera Apidae, coletados na natureza, durante 16 anos (1981 a 1996, em Jaboticabal, Estado de São Paulo e arredores. Durante a coleta foram feitas avaliações sobre o enxame quanto à: localização, posição (favos expostos ou em cavidades, presença de rainha, defensividade, áreas de cria e alimento e quantidade de abelhas presentes. Foi observada a posição dos favos em relação à entrada da colônia, classificando-os em perpendicular e paralelo. Observou-se que metade dos enxames (51,4% foi coletada dentro do Câmpus da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal - Unesp, especialmente na área de reflorestamento e no horto. Apenas 18,6% dos enxames coletados estavam expostos ao ar livre, estando preferencialmente em galhos, e 81,4% estavam alojados no interior de cavidades. Foi observado que, nos alojados em cavidades, as abelhas preferiram instalar seus enxames sob telhados (30%, ocos de árvores (20%, dentro de cavidades de cimento (12,9% e buracos no solo (10%. Observou-se que as abelhas não foram consideradas defensivas em 86,2% dos enxames coletados e que preferiram construir seus favos em posição perpendicular (70,4% à entrada da colméia, em relação à posição paralela (29,6%. Em relação à quantidade de indivíduos, cria e alimento, observou-se que 54,7% dos 70 enxames tinham grande quantidade de abelhas, 43,9% tinham área de cria considerada média e 51,7% apresentaram pouco alimento estocado. A rainha foi observada em 56,4% dos enxames coletados.The experiment was conducted to observe characteristics of African honey bee, Apis mellifera L. (Hymenoptera Apidae swarms collected in nature, for 16 years (1981 to 1996, in Jaboticabal, state of São Paulo -Brasil. During the collection, location, presence of queen, position of the swarms in the nature (exposed or housed, brood and

  18. Uso da parafina incorporada à cera alveolada em colônias de abelhas Apis mellifera L. africanizadas para produção de mel Paraffin incorporation to beewax foundation in Apis mellifera L. Africanized colonies for honey production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vagner de Alencar Arnaut de Toledo

    2002-04-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar favos construídos a partir de três tratamentos, lâminas de cera alveolada, lâminas de cera alveolada com parafina e parte do quadro sem cera. Foram utilizadas dez colônias de abelhas africanizadas, Apis mellifera L. (Hymenoptera, Apidae existentes na região de Marialva, Estado do Paraná. Foram efetuados mapeamentos da área construída e ocupada com mel, a intervalos de aproximadamente 20 dias. Três quadros, cada um contendo os três tratamentos foram colocados nas posições lateral esquerda, central e lateral direita da melgueira vista por trás da colméia. As abelhas construíram a maior área e ocuparam com mel (p The aim of this paper was the evaluation of combs from three experimental treatments: beeswax foundation, beeswax with paraffin and a gap frame, partially without wax. The experiment was carried out using ten Apis mellifera L. (Hymenoptera, Apidae Africanized honeybee colonies in Marialva - state of Paraná, in the south of Brazil. They were accomplished by mapping areas constructed and occupied with honey, at intervals of approximately 20 days. Three combs, containing, each one, the three treatments were placed at the positions right lateral, central and left lateral of the super observed the hive to the back. The honeybees built the greatest area and filled with honey (p < 0.05 when the comb was introduced in the central position of the hive, compared to other treatments in which differences were also observed (p < 0.05. The position of the wax comb mixed with paraffin produced the smallest area (p < 0.05 occupied with honey compared to the others. Results showed that paraffin mixed with wax comb should be used since the combs are placed in the central position and must be used for production of honey in sections.

  19. Espécies nectaríferas e poliníferas utilizadas pela abelha Melipona compressipes fasciculata (MELIPONINAE, APIDAE), no Maranhão

    OpenAIRE

    Kerr, Warwick Estevam; Absy, Maria Lúcia; Souza, Antônio Carlos Marques

    1986-01-01

    Este trabalho apresenta 79 espécies de plantas que fornecem néctar e/ou pólen para operárias de Melipona compressipes fasciculata, que é a abelha mais comum do Maranhão. A maioria dessas plantas são também visitadas por Apis mellifera. Sugere-se, com isso, o plantio de algumas espécies em estradas, cercas, ruas, avenidas e praças, a fim de melhorar a pasto apícola. This paper lists 79 species of plants used by Melipona compressipes fasciculata, the most common bee of Maranhão (a northern B...

  20. Análise melissopalinológica e estrutura de ninho de abelhas Trigona spinipes (Fabricius, 1793 (Hymenoptera: Apidae encontradas no Campus da Universidade Federal de Sergipe, São Cristovão, SE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Emilene Correia Oliveira

    2008-08-01

    Full Text Available Resumo. A tribo Trigonini abrange o maior número de gêneros e espécies de abelhas, existindo espécies que ainda não foram estudadas e características biológicas e ecológicas que ainda são desconhecidas. As abelhas Trigona spinipes (Fabricius são descritas como agente polinizador de diversas culturas, podendo ser utilizada inclusive como agente polinizador comercial. O objetivo do trabalho foi realizar estudos sobre a abelha T. spinipes, buscando conhecer aspectos de sua biologia, preferências e hábitos alimentares, a partir do acompanhamento dos ninhos existentes no Campus da Universidade Federal de Sergipe, situado na cidade de São Cristóvão, SE. Os seguintes parâmetros foram avaliados: atividade de vôo, estrutura de ninho, umidade, grau brix e pH no mel, e avaliação palinológica do mel e tipos polínicos observados nos ninhos. Foram encontrados 20 ninhos de T. spinipes, as médias de entradas de abelhas foram 298,72 e saídas 282,16. O volume médio dos potes de mel foi de 0,459 mL (p > 0.05, o peso médio de 0,9573 g, (p = 0.05, and the medium weight 0.9573 g, (p <0.01. The humidity text the same to 24.20%, degree brix (soluble solids equal to 74.50 and pH 3.58. In the pollen the dominant grain belonged to the family Celastraceae (46% and honey the grain of dominant pollen belonged to the family Euphorbiaceae (51%. The diversity of pollens grains found in its victuals evidences the potential of the trigona as polinizador.

  1. Padrões geográficos de diversidade genética da abelha melífera em Portugal (continente e ilhas)

    OpenAIRE

    Pinto, M. Alice; Baptista, Paula; Pires, Sância

    2010-01-01

    A Europa alberga três linhagens evolutivas da abelha melífera (Apis mellifera L.), nomeadamente: linhagem M (oeste e norte europeia), linhagem C (sudeste Europeia) e linhagem A (Africana). A linhagem C inclui mais de 6 subespécies destacando-se, pela sua importância na apicultura mundial, a A. m. ligustica (abelha italiana) e A. m. carnica (abelha carniola). Por sua vez, a linhagem M agrupa apenas a A. m. mellifera (abelha preta) e A. im. iberiensis (abelha ibérica). Enquanto a distribuição n...

  2. Suscetibilidade de operárias e larvas de abelhas sociais em relação à ricinina Susceptibility of workers and larvae of social bees in relation to ricinine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora C. Rother

    2009-03-01

    Full Text Available Muitas substâncias de origem vegetal podem ser tóxicas ou apresentar potencial inseticida. Com o objetivo de diminuir a problemática da poluição ambiental alguns estudos vêm tentando substituir os inseticidas artificiais pelos inseticidas botânicos. Ricinus communis (Euphorbiaceae apresenta uma grande variedade de substâncias sendo a ricinina o principal componente tóxico. Considerando que as abelhas são insetos benéficos por atuarem como agentes polinizadores das plantas, este estudo teve por objetivo avaliar o efeito tóxico da ricinina para as operárias e larvas de Apis mellifera (Linnaeus, 1758 (Hymenoptera, Apidae e Scaptotrigona postica (Latreille, 1907 (Hymenoptera, Meliponini. Para isso, foram realizados testes de ingestão em operárias confinadas recebendo ricinina incorporada à dieta e testes de aplicação tópica com a substância solubilizada em metanol e aplicada no pronoto das abelhas com auxílio de uma microseringa. Para as larvas foram realizados testes de ingestão e calculada sua taxa de mortalidade. Os resultados mostram atividade tóxica significativa (p Many substances of vegetal origin can be toxic or present an insecticidal potential. With the aim of decreasing the environment pollution problem, a few studies are trying to substitute synthetic insecticides with botanical ones. Ricinus communis (Euphorbiaceae presents a great variety of substances, being the ricinine the main toxic component. Considering that bees are useful as pollinator agents of plants, this study evaluates toxicity potential of ricinine on workers and larvae of Apis mellifera (Linnaeus, 1758 (Hymenoptera, Apidae and Scaptotrigona postica (Latreille, 1907 (Hymenoptera, Meliponini. In order to determine ricinine toxicity, ingestion tests were carried out with isolated workers bees that received ricinine on its diet. Furthermore, for topic tests, solutions of ricinine in methanol were applied on pronotum of worker bees with an "Agla" brand

  3. Pollen storages in nests of bees of the genera Partamona, Scaura and Trigona (Hymenoptera, Apidae Pólen estocado nos ninhos de abelhas dos gêneros Partamona, Scaura e Trigona (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Rodrigo Rech

    2011-09-01

    Full Text Available Bees and angiosperms established a mutualistic relationship along the evolutionary time. The aim of this study is to contribute for the understanding of this relation analyzing pollen stored by stingless bees colonies distributed along the Rio Negro. Fourteen species of Meliponini from the genera Partamona, Scaura, and Trigona were studied with regard to the content of pollen pots. The pollen material was removed from the pollen pots, homogenized, and prepared according to the usual acetolysis technique. The overlap of the trophic niche and the grouping of species by similarity of niches was calculated. The identification revealed 78 pollen types belonging to 36 families, being 37 types attractive and 16 considered as promoters of a temporary specialization event. With the results, it was possible to indicate a list of important plants for meliponiculture in the Amazon.Abelhas e plantas estabeleceram ao longo do tempo evolutivo uma relação mutualística. Buscando contribuir para o entendimento dessa relação, foi analisado o pólen estocado por colônias de abelhas-sem-ferrão distribuídas ao longo do rio Negro. Foram estudados potes de pólen de 14 espécies de Meliponini dos gêneros Partamona, Scaura e Trigona. O material polínico foi retirado dos potes de pólen, homogeneizado e preparado segundo técnica usual de acetólise. Foram calculados a sobreposição de nicho trófico e o agrupamento das espécies pela similaridade de nichos. Foi identificado o total de 78 tipos polínicos, pertencentes a 36 famílias, sendo 37 destes, considerados atrativos, enquanto 16 foram promotores de eventos de especialização temporária. Com os resultados obtidos foi possível indicar uma lista de plantas de importância para a meliponicultura na Amazônia.

  4. Development of an Application Programming Interface for Depletion Analysis (APIDA)

    International Nuclear Information System (INIS)

    Lago, Daniel; Rahnema, Farzad

    2017-01-01

    Highlights: • APIDA an Application Programming Interface tool for Depletion Analysis. • APIDA employs a matrix exponential method and a linear chain method. • A burnup solver to couple to neutron transport solvers in lattice depletion or reactor core analysis codes. - Abstract: A new utility has been developed with extensive capabilities in identifying nuclide decay and transmutation characteristics, allowing for accurate and efficient tracking of the change in isotopic concentrations in nuclear reactor fuel over time when coupled with a transport solution method. This tool, named the Application Programming Interface for Depletion Analysis (APIDA), employs both a matrix exponential method and a linear chain method to solve for the end-of-time-step nuclide concentrations for all isotopes relevant to nuclear reactors. The Chebyshev Rational Approximation Method (CRAM) was utilized to deal with the ill-conditioned matrices generated during lattice depletion calculations, and a complex linear chain solver was developed to handle isotopes reduced from the burnup matrix due to either radioactive stability or a sufficiently low neutron-induced reaction cross section. The entire tool is housed in a robust but simple application programming interface (API). The development of this API allows other codes, particularly numerical neutron transport solvers, to incorporate APIDA as the burnup solver in a lattice depletion code or reactor core analysis code in memory, without the need to write or read from the hard disk. The APIDA code was benchmarked using several decay and transmutation chains. Burnup solutions produced by APIDA were shown to provide material concentrations comparable to the analytically solved Bateman equations – well below 0.01% relative error for even the most extreme cases using isotopes with vastly different decay constants. As a first order demonstration of the API, APIDA was coupled with the transport solver in the SERPENT code for a fuel pin

  5. Dinâmica populacional em populações de abelhas africanizadas (Appis mellifera L.) no nordeste brasileiro

    OpenAIRE

    Caroline Julio Moretti

    2014-01-01

    Em sua distribuição autóctone, as abelhas Apis mellifera apresentam diversas diferenciações morfológicas, comportamentais e ecológicas, que as possibilitam habitar os mais variados ambientes, apresentando grande diversidade de subespécies adaptadas a cada região. Com a introdução das abelhas africanas Apis mellifera scutellata no Brasil, em 1956, surgiram populações polí-hibridas denominadas Africanizadas, sendo que essas abelhas se tornaram interessantes para várias atividades econômicas e e...

  6. Conhecimento dos moradores do médio Araguaia, Estado do Mato Grosso, sobre a utilidade de produtos de abelhas (Hymenoptera, Apidae = Knowledge of the inhabitants of the Mid-Araguaia region, Mato Grosso State, about the usefulness of bee (Hymenoptera, Apidae products

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Frida Hatsue Modro

    2009-10-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo conhecer as indicações de uso dos produtos das abelhas. As entrevistas foram realizadas com representantes de 14 municípios do médio Araguaia, Estado do Mato Grosso, entre os meses de janeiro e fevereiro de 2007. No médio Araguaia, houve indicações de uso para mel, cera, veneno e própolis, principalmente para fins medicinais. O mel foi o produto mais utilizado (75,49%, o consumo é principalmente por ingestão (79,59%e in natura (71,43%. Os produtos das abelhas são utilizados, pela maioria, para fins medicinais (77,55% e recomendados para tratar afecções na garganta (63,27%.The objective of this study was to find out the use indications for bee products. The interviews were carried out with representatives of 14 municipalities of the Mid-Araguaia River region, Mato Grosso State, Brazil, during the months of January and February 2007. In the Mid- Araguaia there were indications of use honey, beeswax, poison and propolis, mainly for medicinal purposes. Honey was the most used product (75.49%. The consumption is mainly by ingestion (79.59% and in natura (71.43%. The bee products are used, by the majority of the users, for medicinal purposes (77.55%, and they are recommended to heal throat infections (63.27%.

  7. Recurso polínico coletado por abelhas sem ferrão (Apidae, Meliponinae em um fragmento de floresta na região de Manaus - Amazonas Pollen resources collected by stingless bees (Apidae, Meliponinae in a forest fragment in the Manaus region, Amazonas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Plácido Magalhães Oliveira

    2009-09-01

    Full Text Available O recurso polínico coletado por operárias de Melipona seminigra merrillae Cockerell, Melipona fulva Lepeletier, Trigona fulviventris (Smith e CephaloTrigona femorata Guérin, no Campus da UFAM, Manaus (AM foi estudado no período de março a outubro de 2001. Noventa tipos polínicos foram coletados pelas abelhas, distribuídos em 31 famílias, 67 gêneros e 10 formas Tipo. Trigona fulviventris diversificou mais suas coletas, utilizando 58 fontes no período. O tamanho do nicho polínico utilizado pelas abelhas ficou assim distribuído: T. fulviventris (58, M.s. merrillae (41, C. femorata (34 e M. fulva (25. Dos tipos determinados, os que mais contribuíram para a dieta das abelhas, apresentando as maiores freqüências nas amostras de pólen, foram Miconia myriantha (12,91%, Leucaena leucocephala (9,52%, Tapirira guianensis (6,53%, Eugenia stipitata (6,22%, Protium heptaphyllum (6,17% e Vismia guianensis (5,93%. As abelhas de modo geral concentraram suas coletas em um número reduzido de espécies vegetais e com um grau diferenciado de uso para cada uma das fontes. Tipos polínicos com freqüência acima de 10% ocorreram em pequena proporção na maioria dos meses, sendo responsáveis por mais de 50% do total do pólen coletado em cada mês. A utilização das fontes de pólen variou conforme a espécie. T. fulviventris teve uma dieta mais ampla e diversificada, enquanto M. fulva foi a que menos diversificou suas coletas. T. fulviventris apresentou maior uniformidade no uso das fontes polínicas e a sobreposição de nichos polínicos foi maior entre M.s. merrillae e M. fulva e menor entre T. fulviventris e C. femorata.The objective of this study was to characterize the resources used by Amazonian bees Melipona seminigra merrillae, Melipona fulva, Trigona fulviventris and CephaloTrigona femorata, in an urban Forest patch at Manaus city from March to October 2001. The pollen analysis determined 90 pollen types, distributed in 31 families, 67

  8. Enkele bijzondere bijenwaarnemingen (Hymenoptera: Apidae)

    NARCIS (Netherlands)

    Raemakers, I.P.

    2000-01-01

    Some interesting records on Dutch bees (Hymenoptera: Apidae) The publication of the preliminary atlas of Dutch bees (Peeters et al. 1999) has stimulated many specialists in their mapping activity. The author reports several interesting new distribution records on ten bee-species in 1999. The Dutch

  9. Estudo Bioquímico de Qualidade do Mel de Abelha Comercializado no Municipio de Caraúbas - RN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas de Souza Barbosa

    2014-06-01

    Full Text Available O mel é uma substância que vem sendo utilizada pelo homem como alimento, é um produto natural elaborado pelas abelhas a partir do néctar das flores, possui propriedades nutritivas e terapêuticas. O mel de abelhas é um produto alimentício muito apreciado, porém pode ser facilmente adulterado com a adição de açúcares ou xaropes. Desta forma, é necessário fiscalizar sua qualidade através de análises físico-químicas com a finalidade de conhecer a composição química do mel de abelha comercializado além de contribuir para a identificação de fraudes e mudanças físico-químicas indesejáveis. Este trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade físico-química do mel de abelha comercializado no município de Caraúbas – RN e sua adequação quanto aos padrões de identidade e qualidade estipulados pela legislação brasileira. As amostras de mel foram adquiridas no comércio do município de Caraubas – RN, sendo estas transportadas até o laboratório de Tecnologia de Alimentos, da UFERSA e UFCG, onde foram armazenadas para posteriores análises. Foram analisadas 6 amostras de diferentes produtores e marcas sendo os ensaios conduzidos com um numero mínimo de três repetições. No tocante às análises microscópicas, todas as amostras de mel estavam de acordo à legislação em vigor, não apresentando sujidades, fragmentos ou larvas de insetos, os testes bioquímicos demonstraram resultados de acordo com os índices estipulados pela legislação demonstrando uma boa qualidade dos méis analisados dentro dos Padrões de Identidade e Qualidade do mel de abelha, vigentes e estipulados pela legislação brasileira. Sugeri-se, portanto como forma de assegurar à qualidade do mel de abelha comercializado a adoção dos princípios das Boas Práticas Apícolas nas unidades produtoras.

  10. Uma maneira prática de distinguir abelhas africanizadas (Apis mellifera L. de abelhas européias usando o estado excitatório central, a mobilidade dos membros e viabilidade do ferrão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Italo de Souza Aquino

    2007-06-01

    Full Text Available Uma chave para o entendimento da expansão da abelha africanizada (Apis mellifera é distinguir esta abelha agressiva de sua equivalente européia. Técnicas de identificação atual têm um grau de sucesso, mas cada método tem seu próprio conjunto de problemas, tornando-se proibitivo sua adoção e uso em larga escala. Este estudo examinou aspectos do estado excitatório central, persistência de mobilidade de apêndices e viabilidade da ferroada após decapitação como ferramenta na distinção entre essas duas raças. O estado excitatório central não foi útil na distinção entre a abelha africanizada e a européia; todavia, a mobilidade de apêndices e a viabilidade do ferrão foram significativamente diferentes entre essas duas raças. A mobilidade de apêndices e a viabilidade do ferrão são técnicas úteis na distinção das duas raças e atenua os aspectos relacionados a gastos, aplicação e precisão.

  11. POTENCIAL DE LAS ABEJAS NATIVAS EN LA POLINIZACIÓN DE CULTIVOS

    OpenAIRE

    JOSE JAVIER QUEZADA-EUAN

    2009-01-01

    RESUMEN En esta nota se discute sobre la polinización de cultivos como una actividad potencial del cultivo de abejas nativas. Palabras clave: abejas nativas, polinación de cultivos ABSTRACT This note refers to the potential of native bees cultivation in crop polinization. Key words: native bees, crop polinization

  12. Composição físico-química de amostras de pólen coletado por abelhas Africanizadas Apis mellifera (Hymenoptera:Apidae em Piracicaba, Estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marchini Luís Carlos

    2006-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de se verificar a composição físico-química de amostras do pólen coletado por abelhas Africanizadas, foram realizadas coletas em 5 colméias de abelhas Apis mellifera Africanizadas utilizando coletores de pólen de alvado (frontais com orifícios de 4,00mm de diâmetro, em Piracicaba, São Paulo, durante um ano (março de 1999 a março de 2000. A composição química das amostras foi determinada no Laboratório de Apicultura do Departamento de Entomologia, Fitopatologia e Zoologia Agrícola, ESALQ/USP. Foram obtidas as seguintes médias: 21,5% de proteínas; 2,8% de cinzas; 23,6% de umidade; 76,3% de resíduo seco; 3,5% de lipídios; 28,4% de açúcares totais; 20,7mEq kg-1 de pólen de acidez titulável e pH igual a 5,1. Para análise estatística, foram considerados todos os dados referentes aos diferentes dias de coleta, sendo as médias mensais comparadas pelo teste de Tukey em nível de 5%. Foram verificadas diferenças significativas nas médias ao longo do ano para os diferentes parâmetros estudados, com exceção da porcentagem de cinzas que não apresentou variação significativa.

  13. Meliponini neotropicais: o gênero Ptilotrigona Moure (Hymenoptera, Apidae, Apinae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João M. F. Camargo

    2004-01-01

    Full Text Available O gênero neotropical de abelhas sem ferrão, Ptilotrigona Moure, 1951, é revisado. Três espécies são reconhecidas: Ptilotrigona occidentalis (Schulz, 1904, endêmica do NW da América do Sul - do NW do Equador até o sul de Darién -, e com uma população isolada na Península de Osa - Costa Rica; P. pereneae (Schwarz, 1943, endêmica do oeste da Amazônia, e P. lurida (Smith, 1854, amplamente distribuída na Amazônia. Ptilotrigona lurida e P. pereneae são as únicas abelhas sem ferrão que estocam pólen em associação com leveduras (Candida sp. e produzem pouco ou nenhum mel. Ninhos são descritos e ilustrados. Holótipos de Trigona suffragata Cockerell, 1922 (sin. de P. occidentalis e Trigona manni Cockerell, 1912, e exemplares de Trigona heideri Friese, 1900 (sins. de P. lurida, identificados por Friese, e um parátipo de Trigona (Tetragona heideri pereneae Schwarz, 1943, são estudados. Novo sinônimo: Ptilotrigona lurida (Smith, 1854 = Trigona mocsaryi lutea Friese, 1903 syn. nov. Na análise cladística, espécies de Camargoia Moure, 1989, e Tetragona Lepeletier & Serville, 1828, foram incluídas como grupos externos; a hipótese apresentada é a seguinte: ((((Ptilotrigona lurida, P. pereneae P. occidentalis((Camargoia nordestina, C. pilicornis C. camargoi Tetragona goettei. Uma chave de identificação para as espécies e outros aspectos bionômicos também são apresentados.Neotropical Meliponini: the genus Ptilotrigona Moure, (Hymenoptera, Apidae, Apinae. The Neotropical stingless bees genus Ptilotrigona Moure, 1951 is revised. Three species are recognized: Ptilotrigona occidentalis (Schulz, 1904, endemic to NW South America - from NW Ecuador to southern Darién -, and with one isolated population in Osa Peninsula - Costa Rica; P. pereneae (Schwarz, 1943, endemic to the western Amazon; and P. lurida (Smith, 1854, largely distributed in the Amazon region. Ptilotrigona lurida and P. pereneae are the only known stingless bees

  14. ABELHAS SEM FERRÃO: EDUCAÇÃO PARA CONSERVAÇÃO – INTERAÇÃO ENSINO-PESQUISA-EXTENSÃO VOLTADA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Garcia Tavares

    2016-08-01

    Full Text Available Resumo: O projeto de extensão universitária em interface com a pesquisa “Abelhas sem Ferrão: Educação para Conservação” foi elaborado a partir dos conhecimentos gerados com pesquisas com abelhas nativas, com a missão de enriquecer o processo pedagógico, socializar o saber e possibilitar meios para a interação com a comunidade. O presente artigo relata a experiência vivida por alunos de três escolas da rede pública de Viçosa (MG. As atividades desenvolvidas foram: trilhas para localização de ninhos de abelhas no campus da Universidade Federal de Viçosa (UFV e no entorno das escolas, visita ao Apiário Central da UFV, oficinas, palestras, minicurso e acompanhamento de duas colônias de abelhas sem ferrão instaladas nas escolas. Os alunos também apresentaram os resultados de suas atividades nas escolas e na Feira do Conhecimento de Viçosa. Após análise dos questionários avaliativos utilizados, verificou-se que o desconhecimento inicial dos participantes sobre as abelhas brasileiras deu lugar a um considerável volume de novas informações e interesses sobre o tema. Além dos alunos, as professoras de Ciências das escolas participaram ativamente das atividades e consideraram que, além de propiciar oportunidades de aprendizagem para os estudantes, o projeto enriqueceu seus conhecimentos e estreitou as relações entre a comunidade escolar e a UFV. O projeto constituiu, ainda, excelente oportunidade de formação para pós-graduandos e graduandos. Como base nas trocas de experiências que ocorreram, verificou-se que a utilização de atividades não formais de educação é muito importante para um ensino mais eficiente. Palavras-chave: Educação Ambiental, Ensino-Aprendizagem, Extensão Universitária, Modelo Biológico.  Education for conservation of stingless bees: an interaction of Education-Research-Extension for elementary and secondary education Abstract: The extension project interfaces with research initiative

  15. De wespbijen (Nomada) van Nederland (Hymenoptera: Apidae)

    NARCIS (Netherlands)

    Smit, J.

    2004-01-01

    The wasp bees (Nomada) of the Netherlands (Hymenoptera: Apidae) In the Netherlands 44 species of Nomada are known to occur. The name wasp bee is derived from the often yellow and black colour, which give the insects a wasplike appearance. Nomada bees are cleptoparasites mostly with Andrena species.

  16. Effects of Apis mellifera adansonii, L. 1758 (Apidae: Hymenoptera ...

    African Journals Online (AJOL)

    Effects of Apis mellifera adansonii, L. 1758 (Apidae: Hymenoptera) pollination on yields of Cucumeropsis mannii (Naudin) in Kisangani, Democratic Republic of Congo. Boniface Posho Ndola, Yves Brostaux, Guillaume Le Goff, Marie-Lucie Susini, Eric Haubruge, Frederic Francis, Bach Kim Nguyen ...

  17. Trichinella nativa in a black bear from Plymouth, New Hampshire.

    Science.gov (United States)

    Hill, D E; Gamble, H R; Zarlenga, D S; Coss, C; Finnigan, J

    2005-09-05

    A suspected case of trichinellosis was identified in a single patient by the New Hampshire Public Health Laboratories in Concord, NH. The patient was thought to have become infected by consumption of muscle larvae (ML) in undercooked meat from a black bear killed in Plymouth, NH in October 2003 and stored frozen at -20 degrees C fro 4 months. In January 2004, a 600 g sample of the meat was thawed at 4 degrees C, digested in hydrochloric acid and pepsin, and larvae were collected by sedimentation. Intact, coiled, and motile ML were recovered (366 larvae per gram (l pg) of tissue), which were passed into mice and pigs. Multiplex PCR revealed a single 127 bp amplicon, indicative of Trichinella nativa. The Reproductive Capacity Index (RCI) for the T. nativa-Plymouth isolate in mice was 24.3. Worm burdens in the diaphragms of two 3-month-old pigs given 2,500 ML were 0.05 and 0.2l pg by 35 days post-inoculation, while 2.2 and 0.75 l pg were recovered from two 3-month-old pigs given 10,000 ML; no larvae were recovered from four 1-year-old pigs given 2,500 ML (n=2) or 10,000 ML (n=2). Viable larvae were also recovered from frozen black bear meat harvested at two additional locations, one in southern Ontario, Canada, and one in upstate New York, USA. Multiplex PCR using genomic DNA from these parasite samples demonstrated that both isolates were T. nativa. This is the first report of the freeze-resistant species, T. nativa, within the continental United States.

  18. Influência de essências na alimentação artificial energética na atratividade de Abelhas Apis mellifera

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I. P. Almeida Neto

    2015-09-01

    Full Text Available O objetivo desse trabalho foi avaliar a atratividade de diferentes aromas adicionados a alimentação artificial energética de abelhas Apis mellifera. O delineamento experimental usado foi DIC no qual constou de 11 tratamentos e quatro repetições, sendo os tratamentos os aromas tutti-frutte, erva-doce, maracujá, café, baunilha, morango, amarula, menta, cereja, coco e testemunha (sem aroma e as repetições foram considerados os dias de coleta de dados. Foram feitas observações do fluxo de abelhas a cada cinco minutos fazendo o registro fotográfico para contagem das mesmas. O período de observação ao longo do dia foi de 20 minutos sendo realizado no horário da manhã. Observamos que no decorrer do trabalho o fluxo das abelhas foi aumentando gradativamente em todas as essências a cada repetição sendo que essência que mais atraiu as abelhas foi a amarula (em media 147 abelhas, não deferindo da essência da baunilha, porém a baunilha não diferiu das demais essências.Influence of essences in energy artificial food the bees attractiveness Apis melliferaAbstract: The aim of this study was to evaluate the attractiveness of Apis mellifera by energy added artificial feeding of different aromas. The experimental design used was DIC in which consisted of 11 treatments and four replications, and the treatments the tutti-frutte aromas, fennel, passion fruit, coffee, vanilla, strawberry, amarula, mint, cherry, coconut and control (without aroma and repetitions were considered the days of data collection. Observations of bees stream samples were collected every five minutes making the photographic record to count them. The observation period throughout the day was 20 minutes being held in the morning hours. We note that during the work flow of bees has been increasing gradually in all essences with each repetition being that essence that attracted the bees was amarula (on average 147 bees, not deferring the essence of vanilla, but vanilla

  19. Pollination efficiency of Apis mellifera Linnaeus, 1758 (Hymenoptera, Apidae on the monoecious plants Jatropha mollissima (Pohl Baill. and Jatropha mutabilis (Pohl Baill. (Euphorbiaceae in a semi-arid Caatinga area, northeastern Brazil Eficiência de Apis mellifera Linnaeus, 1758 (Hymenoptera: Apidae na polinização das espécies monoicas Jatropha mollissima (Pohl Baill. e Jatropha mutabilis (Pohl Baill. (Euphorbiaceae em uma área de Caatinga, nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EL. Neves

    2011-02-01

    Full Text Available Previous studies have shown the superior competitive ability of honeybees compared with native bees in the exploitation of floral resources and nesting sites besides their low efficiency in pollinating native plant species. However, there is little evidence of the effect of this invading species on autochthonous plant populations in natural environments. Thus experiments were performed to test the pollination efficiency of honeybees in two species of Jatropha (Euphorbiaceae, J. mollissima (Pohl Baill. and J. mutabilis (Pohl Baill., after a single flower visitation. Samplings were carried out between March and April 2006 in a hyperxerophilous shrub-arboreal Caatinga at Estação Biológica de Canudos, Bahia (9º 56´ 34" S, 38º 59´ 17" W, the property of Fundação Biodiversitas. Apis mellifera was efficient at pollinating J. mollissima (100% and J. mutabilis (85%. This high efficiency may be explained by 1 the simple floral characteristics of both plant species, which facilitate access to the sexual organs of the plant; and 2 the body size of A. mellifera that fits the flower's dimensions.Estudos sugerem que Apis mellifera é altamente generalista e oportunista, interfere nas populações de abelhas nativas através da competição por recursos florais e por sítios de nidificação, além de ser pouco eficiente na polinização de espécies nativas. Entretanto, há poucas evidências que comprovem o efeito de Apis mellifera sobre populações autóctones em ambientes naturais. O presente estudo testou experimentalmente a eficiência de A. mellifera na polinização das espécies Jatropha mollissima e J. mutabilis em apenas uma visita e observou o seu comportamento de visitação. As amostragens foram feitas entre março e abril de 2006 em uma área de caatinga hiperxerófila arbustiva-arbórea na Estação Biológica de Canudos, Bahia (9º56´34"S, 38º59´17"W, pertencente à Fundação Biodiversitas. Apis mellifera foi eficiente na poliniza

  20. Conhecimento dos moradores do médio Araguaia, Estado do Mato Grosso, sobre a utilidade de produtos de abelhas (Hymenoptera, Apidae - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i4.4518 Knowledge of the inhabitants of the Mid-Araguaia region, Mato Grosso State, about the usefulness of bee (Hymenoptera, Apidae products - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i4.4518

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emanuel Maia

    2009-08-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo conhecer as indicações de uso dos produtos das abelhas. As entrevistas foram realizadas com representantes de 14 municípios do médio Araguaia, Estado do Mato Grosso, entre os meses de janeiro e fevereiro de 2007. No médio Araguaia, houve indicações de uso para mel, cera, veneno e própolis, principalmente para fins medicinais. O mel foi o produto mais utilizado (75,49%, o consumo é principalmente por ingestão (79,59% e in natura (71,43%. Os produtos das abelhas são utilizados, pela maioria, para fins medicinais (77,55% e recomendados para tratar afecções na garganta (63,27%.The objective of this study was to find out the use indications for bee products. The interviews were carried out with representatives of 14 municipalities of the Mid-Araguaia River region, Mato Grosso State, Brazil, during the months of January and February 2007. In the Mid-Araguaia there were indications of use honey, beeswax, poison and propolis, mainly for medicinal purposes. Honey was the most used product (75.49%. The consumption is mainly by ingestion (79.59% and in natura (71.43%. The bee products are used, by the majority of the users, for medicinal purposes (77.55%, and they are recommended to heal throat infections (63.27%

  1. Mel de abelhas sem ferrão: proposta de regulamentação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Costa Rodrigues de Camargo

    Full Text Available Resumo Os méis das abelhas sem ferrão são produtos únicos da biodiversidade brasileira, presentes e valorizados pela cultura popular desde os povos originais das Américas. Por ser mais ácido e apresentar maior teor de umidade, seu sabor é peculiar e sua viscosidade é menor quando comparada ao mel proveniente da espécie exótica Apis mellifera. Devido a essas diferenças, esse produto necessita do estabelecimento de parâmetros físico-químicos específicos que sejam referência tanto para controle de qualidade como para sua comercialização. Com base em pesquisas realizadas pela Embrapa, pelo Instituto de Tecnologia de Alimentos de Campinas e pelo levantamento bibliográfico de diversos estudos científicos realizados por outros institutos de ensino e pesquisa, esta comunicação tem como objetivo esclarecer as peculiaridades deste produto e apresentar uma proposta de Regulamento Técnico de Identidade e Padrão para o Mel das Abelhas Sem Ferrão, visando sua comercialização no Estado de São Paulo, contribuindo assim para a disponibilidade de um produto seguro e de qualidade para o consumidor final.

  2. Infestation rate of the mite Varroa destructor in commercial apiaries of the Vale do Paraíba and Serra da Mantiqueira, southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.A. Pinto

    2015-04-01

    Full Text Available Nos últimos anos, grandes perdas de colônias de abelhas melíferas vêm sendo registradas em várias regiões do mundo. Contudo, os motivos desse acontecimento permanecem obscuros. O ácaro ectoparasita Varroa destructor Anderson e Trueman (Acari: Varroidae pode ser um dos responsáveis por esse fato, principalmente como vetor de vírus. Neste estudo, avaliaram-se as taxas de infestação (TIs do ácaro V. destructor em abelhas africanizadas Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae e correlacionaram-se os dados com as médias de temperatura de 16 municípios das regiões do Vale do Paraíba e da Serra da Mantiqueira (São Paulo, Brasil, onde a apicultura comercial atua de maneira significativa. Em cada município, um apiário comercial foi selecionado para coleta de amostras de três colônias populosas (padrão Langstroth, totalizando 48 colônias amostradas. Aproximadamente 300 abelhas adultas localizadas na área de cria foram coletadas em cada colônia. As TIs variaram de 0.0 a 5.5%, níveis considerados baixos para causar danos significativos às colônias. As TIs mais baixas foram encontradas em municípios com clima mais ameno durante a estação avaliada (verão. Adicionalmente, cofatores como variações na disponibilidade de alimento entre os municípios e a variabilidade genética das abelhas podem interagir na interação entre parasita e hospedeiro. A variação nas TIs entre os municípios indica que, mesmo presente, a tolerância das abelhas africanizadas ao varroa pode variar drasticamente em uma pequena região, devido à dinâmica multifatorial de infestação do ácaro.

  3. As abelhas eussociais (Hymenoptera, Apidae visitantes florais em um ecossistema de dunas continentais no médio Rio São Francisco, Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edinaldo Luz das Neves

    2002-01-01

    Full Text Available Highly eusocial bees (Hymenoptera, Apidae flower visitors in a continental sand dune ecosystem from the medium São Francisco River, Bahia, Brazil. A community of highly eusocial bees in sand dunes, covered with caatinga vegetation, in the medium São Francisco River, Bahia (10º47' 37"S and 42º49' 25"W was studied. The local climate is semi arid and hot, with mean temperature of 25.7 ºC and annual precipitation of 653.8 mm. Censuses took place every two months, from February to December of 2000. The bees were sampled on flowers with entomological nets, from 6:00 a.m. to 5:00 p.m. A total of 2,147 individuals of eight species of Apinae were found, of which Apis mellifera Linnaeus (40.2%, Trigona spinipes (Fabricius (28.7% and Frieseomelitta silvestri languida Moure (14.7% were the predominant species. The diversity was H' = 1.53 and the evenness E' = 0.73. The bees were active during the whole year, but there was a significant variation in the monthly abundance of individuals (c2= 799.55; df= 35; p<0.0001. The daily activity was greater between 6:00 a.m. and 8:00 a.m. The low bee diversity observed is a consequence of the low richness of botanical species and of the small amount of sites for the bees' nests. The community of highly eusocial bees from the dunes presents organization patterns similar to those observed in other caatinga areas, albeit with some particularities.

  4. De kortsnuitbloedbij Sphecodes majalis nieuw voor de Nederlandse fauna (Hymenoptera: Apidae)

    NARCIS (Netherlands)

    Raemakers, I.

    2004-01-01

    Sphecodes majalis, a new bee species for the Netherlands (Hymenoptera: Apidae) A population of Sphecodes majalis was found on a limestone grassland near Maastricht (Limburg). On several occasions more than 10 female and several male specimen were observed. Sphecodes majalis is a parasite of

  5. Neuroproteômica : proteínas relacionadas à aprendizagem em abelhas e ratos

    OpenAIRE

    Souza, Jaques Miranda Ferreira de

    2012-01-01

    Aprendizagem associativa pode ocorrer por condicionamento operante, através do qual o animal consegue antecipar eventos futuros baseado em suas experiências como consequências de seus próprios comportamentos. Trata-se de uma forma de aprendizagem que o homem compartilha com outros animais, incluindo invertebrados. O uso de ratos e abelhas como modelos biológicos em estudos comportamentais tem ajudado na compreensão dos mecanismos moleculares envolvidos na aprendizagem por condicionamento ...

  6. Produtos naturais para o controle do ácaro Varroa destructor em abelhas africanizadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guido Laércio Bragança Castagnino

    2012-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do ácido oxálico e de óleos essenciais de plantas no controle da infestação pelo ácaro Varroa destructor em colônias de Apis mellifera africanizadas. O experimento foi realizado em delineamento inteiramente casualizado, em 30 colônias, com seis tratamentos e cinco repetições. As colmeias foram tratadas com óleos essenciais de arruda (Ruta graveolens, eucalipto (Eucalyptus spp. e hortelã (Mentha piperita, além de timol, ácido oxálico e do tratamento controle sem aplicação de produtos. Foram avaliadas a mortalidade de varroas e as taxas de mortalidade de crias e de infestação de varroas em crias e em abelhas adultas, antes e depois da aplicação de cada produto. O ácido oxálico e os óleos de arruda, timol, eucalipto e de hortelã reduziram a mortalidade de crias parasitadas pelo ácaro em 92,1, 83,3, 81,7, 86,4 e 81,3%, respectivamente. O tratamento com ácido oxálico reduziu em 87,4% a infestação de varroas em abelhas adultas. O uso desses produtos é eficiente na redução da mortalidade de crias de A. mellifera parasitadas por V. destructor.

  7. Produção de mel por abelhas africanizadas em plantio de mamoneira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo de Oliveira Milfont

    2009-07-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo investigar se abelhas Apis mellifera L. produzem mel ou não em plantio comercial de mamoneira (Ricinus communis L.. A pesquisa foi realizada no Núcleo de Produção Comunitária Santa Clara, Canto do Buriti, Piauí (PI. Dois apiários, com seis colônias cada, foram instalados em duas áreas de cultivo de mamona. A primeira área era mantida livre de ervas daninhas (área limpa, enquanto a outra não, apresentando estrato herbáceo entre as fileiras de cultivo (área suja. As colônias receberam melgueiras vazias à medida que necessário e eram pesadas a cada sete dias, até o final do experimento, aos 49 dias. Houve produção de mel em todas as colônias, porém a produção não diferiu (P>0,05 entre os apiários a cada pesagem. A área limpa produziu uma média de 18,8±4,0kg de mel/colônia, enquanto que, na área suja, a produtividade foi de 23,5±3,0. Conclui-se que abelhas Apis mellifera L. produzem e armazenam mel quando introduzidas em áreas de cultivo comercial de mamona.

  8. Espécies novas de Trigonisca Moure (Hymenoptera, Apidae, Apinae New species of Trigonisca Moure (Hymenoptera, Apidae, Apinae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Maia Correia de Albuquerque

    2007-01-01

    Full Text Available Algumas espécies novas de Meliponini do gênero Trigonisca Moure, 1950 (Hymenoptera, Apidae, Apinae do Brasil e Panamá são descritas: T. roubiki sp. nov. (Panamá, T. variegatifrons sp. nov. (Brasil: RO, PA, MT, T. vitrifrons sp. nov. (Brasil: AM, PA, T. unidentata sp. nov. (Brasil: AM, T. meridionalis sp. nov. (Brasil: PA, MA, MT, MG, SP, T. bidentata sp. nov. (Brasil: RO, T. extrema sp. nov. (Brasil: AM e T. hirticornis sp. nov. (Brasil: RO, PA; e são apresentados novos registros geográficos de T. flavicans (Moure, 1950, T. intermedia Moure, 1989, T. dobzhanskyi (Moure, 1950, T. ceophloei (Schwarz, 1938, T. nataliae (Moure, 1950 e T. pediculana (Fabricius, 1804 e uma chave para identificação das espécies.Some new Meliponini species of the genus Trigonisca Moure, 1950 (Hymenoptera, Apidae, Apinae from Brazil and Panamá are described: T. roubiki sp. nov. (Panamá, T. variegatifrons sp. nov. (Brazil: RO, PA, MT, T. vitrifrons sp. nov. (Brazil: AM, PA, T. unidentata sp. nov. (Brazil: AM, T. meridionalis sp. nov. (Brazil: PA, MA, MT, MG, SP, T. bidentata sp. nov. (Brazil: RO, T. extrema sp. nov. (Brazil: AM and T. hirticornis sp. nov. (Brazil: RO, PA; additional geographic records from T. flavicans (Moure, 1950, T. intermedia Moure, 1989, T. dobzhanskyi (Moure, 1950, T. ceophloei (Schwarz, 1938, T. nataliae (Moure, 1950 and T. pediculana (Fabricius, 1804 and an identification key for species are presented.

  9. Cinética de produção de bebida mista de mel de abelha e morango

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaela Teixeira Rodrigues do Vale Costa

    2017-02-01

    Full Text Available O morango é um fruto de estrutura frágil e muito perecível. Uma alternativa para agregar valor ao fruto é a produção de um fermentado de morango. O mel de abelha é conhecido como ingrediente versátil e altamente fermentável que apresenta sabor e aroma característico.. O presente trabalho teve como objetivo produzir uma bebida mista de mel de abelha e morango, com teor alcoólico de 10° GL e avaliando a cinética de fermentação alcoólica na produção da bebida. A bebida mista de mel de abelha e morango foi obtida seguindo etapas de seleção, sanitização, preparo do mosto, sulfitação, inoculação, fermentação, trasfega, clarificação, envase, rotulagem e armazenamento. O processo fermentativo foi avaliado em oito tempos de fermentação quanto ao teor de sólidos solúveis totais, produção de etanol, acidez titulável, pH e contagem de células. A bebida produzida apresentou um sabor seco com leve aroma de morango, pH de 3,18, acidez titulável de 0,5% e teor alcoólico de 10,1 °GL estando em conformidade com os padrões exigidos pela legislação brasileira sobre bebidas. O morango e o mel de abelha utilizados na produção da bebida mista apresentou características adequadas para o processamento industrial, a graduação alcoólica da bebida mista de mel de abelha e morango foi de 10,1°GL, estando dentro das especificações exigidas pela legislação brasileira. A produção de bebida mista de mel de abelha e morango é tecnicamente viável em função da qualidade do produto e pode ser considerada como uma forma promissora de aproveitamento do mel nos excedentes da safra.Kinetics of mixed beverage production of honey from bees and strawberriesAbstract: The strawberry is a fruit of fragile and very perishable structure. An alternative to add value to the fruit is the production of a strawberry fermented. Bee honey is known as a versatile and highly fermentable ingredient that has a characteristic flavor and aroma

  10. Influência dos Fatores Ambientais e da Quantidade de Néctar na Atividade de Forrageio de Abelhas em Flores de Adenocalymma bracteatum (Cham.) DC. (Bignoniaceae)

    OpenAIRE

    Keila Silva; João Cloves Dutra; Mateus Nucci; Leandro Polatto

    2013-01-01

    Resumo. Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência diária dos fatores ambientais e da quantidade de néctar na frequência de forrageio de abelhas em flores de Adenocalymma bracteatum (Cham.) DC. Para isso, foi demarcada uma área focal e registrada a atividade de forrageio das abelhas em um intervalo de 30 minutos para cada hora, das 6:00 às 17:30 h, nas flores da referida espécie vegetal durante quatro dias não consecutivos. Também foi avaliada a produção acumulativa de néctar e o s...

  11. Phylogeny and revision of the bee genus Rhinocorynura Schrottky (Hymenoptera, Apidae, Augochlorini, with comments on its female cephalic polymorphism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo B. Gonçalves

    2012-03-01

    Full Text Available Phylogeny and revision of the bee genus Rhinocorynura Schrottky (Hymenoptera, Apidae, Augochlorini, with comments on its female cephalic polymorphism. A taxonomic revision and a phylogeny for the species of Rhinocorynura are provided. Six species are recognized: R. briseis, R. crotonis, R. inflaticeps and R. vernoniae stat. nov., the latter removed from synonymy with R. inflaticeps, in addition to two newly described species, R. brunnea sp. nov. and R. viridis sp. nov. Lectotypes for Halictus crotonis Ducke, 1906 and Halictus inflaticeps Ducke, 1906 are hereby designated. Another available name included in Rhinocorynura, Corynuropsis ashmeadi Schrottky, 1909, is removed from the genus and treated as species inquerenda in Augochlorini. Rhinocorynura is monophyletic in the phylogenetic analysis and the following relationships were found among its species: (R. crotonis (R. briseis ((R. brunnea sp. nov. + R. viridis sp. nov. (R. inflaticeps + R. vernoniae. Biogeographic relationships within the genus and comparisons with related taxa are presented. Females of all species exhibit pronounced variation in body size, in two of them, R. inflaticeps and R. vernoniae, with structural modifications possibly linked to division of labor. Identification key and illustrations for the species are provided.Filogenia e revisão taxonômica das abelhas do gênero Rhinocorynura Schrottky (Hymenoptera, Apidae, Augochlorini, com comentários sobre o poliformismo cefálico das fêmeas. São apresentadas uma revisão taxonômica e filogenia para as espécies de Rhinocorynura. Seis espécies são reconhecidas, duas descritas como novas, R. brunnea sp. nov. e R. viridis sp. nov., e quatro com nomes disponíveis, R. briseis, R. crotonis, R. inflaticeps e R. vernoniae stat. nov., esta última removida da sinonímia com R. inflaticeps. Designam-se aqui lectótipos para Halictus crotonis Ducke, 1906 e Halictus inflaticeps Ducke, 1906. Outro nome disponível incluído em

  12. Efeito tóxico de alimentos alternativos para abelhas Apis mellifera Toxic effect of alternative feeds for honeybees Apis mellifera

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábia de Mello Pereira

    2007-04-01

    Full Text Available Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de avaliar a existência de efeito tóxico em alimentos protéicos alternativos fornecidos para abelhas Apis mellifera. Medindo-se o tempo médio de mortalidade e o índice de mortalidade de abelhas confinadas, avaliou-se a existência de efeito tóxico do: (a feno das folhas de mandioca (Manihot esculenta; (b feno das folhas de leucena (Leucaena leococephala; (c farinha de vagem de algaroba (Prosopis juliflora; (d farinha de vagem de bordão-de-velho (Pithecellobium cf. saman; (e farelo de babaçu (Orbygnia martiana e (f sucedâneo do leite para bezerros da marca Purina®. O tempo médio de mortalidade variou de 4,46 a 11,74 e o índice de mortalidade variou de 4,58 a 12,80. Durante o experimento, obsevou-se que as abelhas alimentadas com farinha de bordão-de-velho ficavam envoltas em uma crosta de alimento, morrendo asfixiadas posteriormente. Os resultados demonstraram que a farinha de bordão-de-velho não deve ser fornecida às abelhas. Não foi observado efeito tóxico nos demais alimentos estudados.The objective of this research was to study toxic effects of alternative feeds for honeybees Apis mellifera. The average mortality time and the mortality index of cagged honeybees were assessed to evaluate any possible toxic effect of: (a cassava hay (Manihot esculenta; (b leucaena hay (Leucaena leococephala; (c mesquite pod meal (Prosopis juliflora; (d "bordão-de-velho" pod meal (Pithecellobium cf. saman; (e babassu bran (Orbygnia martiana and (f succedaneous for calfskin from Purina®. The mortality time average varied from 4.46 to 11.74 and the mortality index varied between 4.58 and 12.80. It was obseved that honeybees fed with "bordão-de-velho" pod meal got involved by stichy layer of food and died asphyxiated. Results showed that the flour of Pithecellobium cf. saman should not be used for feeding honeybees, considering the early mortality of workers fed with this meal. The other food studied

  13. Plantas visitadas por abelhas africanizadas em duas localidades do estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marchini Luís Carlos

    2001-01-01

    Full Text Available O conhecimento das plantas de uma região, sua época de florescimento e as características do pólen, auxiliam na determinação das espécies vegetais que contribuem para a composição do mel. Durante o período de 1994 a 1997 foram inventariadas, semanalmente, em diferentes horários e num raio de aproximadamente 300m dos apiários da USP/ESALQ, em Piracicaba,SP (22°43'S, 47°27'W e 580 m e do Instituto de Zootecnia, em Pindamonhangaba, SP (22°57'S, 45°27'W e 560 m, as plantas que estavam sendo visitadas por abelhas. Foram anotados o mês e o período de florescimento das plantas inventariadas. Em Piracicaba foram identificadas 94 espécies de plantas pertencentes a 41 famílias (maior número de espécies nas famílias Asteraceae e Myrtaceae e em Pindamonhangaba, 76 espécies, pertencentes a 26 famílias (maior número de espécies nas famílias Asteraceae e Verbenaceae. Os resultados indicam que 21 famílias, 22 gêneros e 15 espécies de plantas visitadas pelas abelhas africanizadas foram comuns em ambas as localidades.

  14. On the identity of Melipona torrida Friese (Hymenoptera, Apidae)

    OpenAIRE

    Melo, Gabriel A. R.

    2013-01-01

    On the identity of Melipona torrida Friese (Hymenoptera, Apidae). Melipona marginata var. torrida Friese, 1916, described from three workers putatively collected in Costa Rica, never had its identity properly recognized. Since its original description, no additional specimens have ever been collected in Costa Rica. It is argued here that Melipona torrida was based on mislabeled specimens and corresponds to Melipona marginata obscurior Moure, 1971, a form known only from southern Brazil, Argen...

  15. Visitantes florais do maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg. Passifloraceae em áreas de cultivo com diferentes proximidades a fragmentos florestais na região Norte Fluminense, RJ Yellow passion fruit (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg. Passifloraceae floral visitors in cultivated areas within different distances from forest remnants in north Rio de Janeiro state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristine Rodrigues Benevides

    2009-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos estudar a biologia floral e identificar os principais polinizadores do maracujá-amarelo em áreas de cultivo com diferentes proximidades a fragmentos florestais no norte do estado do Rio de Janeiro. A floração do maracujá-amarelo teve duração de nove meses, no período de setembro a maio. As flores iniciavam a antese às 12:00 h e abriam-se ao longo do dia até às 16:30 h. O processo de curvatura dos estiletes ocorreu ao longo da antese e 72,4% das flores curvaram seus estiletes. A produção de néctar deu-se continuamente, atingindo 18μl/flor/hora e a concentração de solutos totais variou entre 38 e 42%. Xylocopa frontalis e Xylocopa ordinaria foram os principais polinizadores do maracujá-amarelo pela freqüência de visitas, comportamento intrafloral e porte corporal. Estas espécies de abelhas, além de Apis mellifera, estiveram presentes em todas as áreas de cultivo. A maior riqueza de visitantes polinizadores do maracujá-amarelo foi observada em áreas de cultivo próximas a fragmentos florestais, fato relacionado à presença de certos grupos de abelhas nativas, como Centridini e Euglossina (Apidae que dependem de áreas florestais para nidificação e alimentação. A proximidade a fragmentos florestais também é importante para o fornecimento de recursos alimentares e de nidificação ao longo do ano para a manutenção de populações de Xylocopa.This work aimed to identify the main pollinators and study the floral biology of the yellow passion fruit cultivated in areas within different distances from forest remnants in north Rio de Janeiro state. The yellow passion fruit flowering lasted nine months, from September to March. Anthesis started at 12:00 h and the opening process lasted until 16:30 h. The styles bent down during the anthesis and 72.4% of the flowers had its styles curved. Nectar was produced continuously, reaching 18μl/flower/hour, and the total solute concentration varied

  16. Structure of bee-flower system in the coastal sand dune of Abaeté, northeastern Brazil Estrutura do sistema abelha-flor nas dunas litorâneas de Abaeté, Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Blandina F. Viana

    2006-03-01

    Full Text Available For twelve months (from January to December of 1996 we investigated bee-flower interactions in a sea coastal ecosystem in Bahia, Brazil. Samples were taken three times each month. 3983 individuals belonging to 49 bee species, grouped in 13 morph-functional categories, visited 66 plant species belonging to 39 botanic families. It was observed 310 interactions between bees and plants at species level. The use of floral resources by bees was not homogeneous; most of the plant species received a low number of visitors. No restricted plant-bee species relationship in resource use concerning the subset of analyzed interactions was detected. In Abaeté the generalist relationships predominated.As interações entre abelhas e flores foram investigadas três vezes por mês, durante doze meses (entre janeiro a dezembro de 1996 em um ambiente de dunas litorâneas com vegetação de restinga no Nordeste do Brasil. Foram amostrados 3983 indivíduos de abelhas pertencentes a 49 espécies, agrupadas em 13 categorias morfo-funcionais. Essas visitaram 66 espécies de plantas pertencentes a 39 famílias vegetais. Trezentos e dez (310 interações entre abelhas e plantas, em nível de espécie foram observadas. O uso de recursos florais por abelhas não foi homogêneo, a maioria das espécies de plantas recebeu um baixo número de visitantes. Não foi notada nenhuma relação especializada, em nível de espécie, entre plantas e abelhas no subconjunto de interações analisadas. Em Abaeté, houve predominância de relações de generalistas.

  17. O Efeito do Fogo sobre a Comunidade de Abelhas Euglossini (Hymenoptera: Apidae em Floresta de Transição Cerrado-Amazônia (Mato Grosso, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nubia Giehl

    2013-12-01

    Abstract. We evaluated the effects of induced burned on Euglossini bee assemblages (Hymenoptera: Apidae in a transitional area between Cerrado and Amazonia, eastern Mato Grosso, Brazil. We determinate abundances, richness and composition of Euglossini in three plots: control plot (unburned, plot burned each year since 2004 (intermediate degradation, plot burned each three years since 2004 (high degradation. We tested the hypothesis that two burned plots present lower male abundances, less species richness and different species composition in comparison with the control plot. We collected male bees actively and passively by using six pure fragrances: β-ionona, benzoato de benzila, geraniol, fenil-etil-acetato, salicilato de metila e vanilina. We collected seven species with no differences in male abundances among three plots (F (2, 12= 0.150; p= 0.8. Estimated richness species in control the plot was higher than the plot burned each three years (12 ± 3.8; 4± 2, respectively, while plot burned each year showed intermediate richness (8 ± 4.35 and higher than plot burned each three years. Cluster Analysis (UPGMA revealed significant differences in species composition of the triennial fire area to the other two areas. Our results suggest that fire occurring with different frequencies in transitional forest promote decreases in richness of species and modifications in species composition. These modifications were clearer in plot more degraded (burned each three years and induce deleterious effects on orchid bee assemblage.

  18. El cultivo de tilapias: una amenaza a las especies ícticas nativas en Nicaragua.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    McCrary, J.K.

    2001-08-01

    Full Text Available El cultivo de tilapia del nilo (oreochromis niloticus, linnoeus previamente alimentados con hormonas para producir machos, en la laguna de Apoyo en Nicaragua ha permitido la introducción a la laguna de individuos, incluyendo hembras fecundas. Discutimos las consecuencias de esta introducción, en términos de amenazas de extinción de especies endémicas nativas a través de destrucción de hábitat, competencia por sitios de cortejo y alimentación, proliferación de parásitos en poblaciones de fauna nativa, y la depredación de alevines nativos. Mientras que una liberación anterior de una especie similar (O. aureus Steindachner en la laguna de Apoyo, en 1983, tuvo poco impacto observado, este segundo incidente, aquí documentado, ha resultado en dramáticos impactos negativos en la laguna, amenazando especies endémicas locales y creando posiblemente riesgos en la salud humana. Abogamos por la remoción total de tilapias de ecosistemas naturales como el de Apoyo, y advertimos sobre el peligro de las introducciones de especies no nativas en ecosistemas naturales, aun donde introducciones previas han sucedido.

  19. Abelhas (Hymenoptera: apoidea visitantes das flores de goiaba em pomar comercial in Salinas, MG Bee diversity in a commercial guava orchard in Salinas, Minas Gerais State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosemeire Alves Guimarães

    2009-01-01

    Full Text Available As abelhas são responsáveis por cerca de 80% a 100% da polinização de culturas agrícolas, especialmente aquelas relacionadas com a produção de sementes e frutos. A investigação da diversidade de abelhas em pomares de goiaba pode ser subsídio para estratégias de incremento da produtividade. Nesta perspectiva, o objetivo deste estudo foi identificar a diversidade de abelhas visitantes das flores de goiaba (Psidium guajava, em pomar comercial em Salinas (MG. O trabalho foi desenvolvido em maio de 2005 e foram coletadas as abelhas visitantes das flores nos horários entre 6h e 18h, totalizando-se 44 horas de coleta. Coletaram-se 705 abelhas de 17 espécies, sendo Trigona spinipes a mais freqüente e dominante na cultura da goiaba. Apis mellifera, Melipona quadrifasciata e Tetragonisca angustula foram consideradas acessórias. Aproximadamente 84% dos indivíduos foram coletados da manhã, de 6h às 10h.Pollination is an important factor in agricultural systems, especially in growing fruits and seed production, which depend greatly on bee visiting during blossom season; highly successful gains within these activities varies between 80 and nearly 100 per cent, owing to the bees. The assessment of bee diversity in commercial orchards of guava may contribute to a more desirable strategic design and consequent improvement of production. The aim of the study was identify the diversity of visiting bees to guava flowers (Psidium guajava in a commercial orchard in Salinas, State of Minas Gerais, Brazil. The work was carried during blossom season of May - 2005. Field works occurred between 6:00 am to 6:00 pm, counting with 44 hours of collection, when 705 bees were collected. The richness observed was of 17 species, the most frequent and dominant being Trigona spinipes. Among the collection there were some considered accessory species: Apis mellifera, Melipona quadrifasciata and Tetragonisca angustula. Most of individual bees have been captured

  20. Mitochondrial genome of the North African Sahara Honeybee, Apis mellifera sahariensis (Hymenoptera: Apidae)

    DEFF Research Database (Denmark)

    Haddad, Nizar; Adjlane, Noureddine; Loucif-Ayad, Wahida

    2017-01-01

    e present the complete mitochondrial genome of honey bee subspecies, Apis mellifera sahariensis (Apidae) belonging to the African lineage. The assembled circular genome has a length of 16,569 bp which comprises 13 protein coding genes, 22 transfer RNA genes, two ribosomal RNA genes, and AT rich...

  1. Avaliação de alimentadores para abelha mandaçaia (Melipona quadrifasciata anthidioides)

    OpenAIRE

    Sampaio, R.B.; Paula-Leite, M.C.; Carvalho, C.A.L.; Faquinello, P.

    2013-01-01

    Este trabalho teve por objetivo avaliar diferentes dispositivos para alimentação de colônias de abelha mandaçaia. Foram avaliados três alimentadores, Eiratama, Pernambucano e Prato, para a alimentação energética. Foram utilizados 5 dispositivos por tratamento, totalizando 15 colônias. Foram avaliados à capacidade de coleta e tempo até o consumo total do alimento fornecido. O Prato apresentou média para consumo de alimento de 13,55 mL, sendo superior aos demais. Concluiu-se que, para a aliment...

  2. Study of the flight range and ideal density of the africanized honeybees, Apis mellifera L., 1758 (Hymenoptera: Apidae) labelled with {sup 32} P on an apple orchard; Estudo do raio de acao e densidade ideal de abelhas africanizadas, Apis mellifera L., 1758 (Hymenoptera: Apidae) marcadas com {sup 32} P em pomar de maca

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Paranhoa, B A.J.

    1990-06-01

    The ideal density, the flight range, the choice for any flight direction, the influence of temperature and relative humidity of air about the honeybee`s activity, Apis mellifera L.. 1758 (Hymenoptera: Apidae) were studied in an apple orchard, utilizing nuclear techniques. Five hives, with 35,000 bees each, were labelled with syrup (50%) content (2,5 {mu}Ci {sup 32} P/ml) and taken one by one, every two days to the blossomed orchard. A circumference area of 100 m diameter (0,8 ha) W staked each 10 m from the center to the limit (50 m), making a cross, pointing out to North, South, East and West. The honeybees were collected on apple flowers, during 5 minutes in each stake, at 10:00 a.m. and 12:30 p.m. (author).

  3. First host record for the cleptoparasitic bee Rhathymus friesei Ducke (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo A. Werneck

    2012-12-01

    Full Text Available The genus Rhathymus contains only obligatory cleptoparasitic species whose hosts belong to the genus Epicharis (Apidae, Centridini. Host information is available for only four of the 20 species of Rhathymus. In this note a new host record is added, in which the parasitism by R. friesei on nests of Epicharis (Epicharoides picta is documented.

  4. Bees visitors of three species of Clusia (Clusiaceae flowers in Central Amazonia Abelhas visitantes de flores de três espécies de Clusia (Clusiacea na Amazônia Central

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia Kaminski

    2006-01-01

    Full Text Available Observations on bees visitors to three species of Clusia (Clusiaceae flowers in the Reserva Adolpho Ducke, Manaus, Amazonas, Brazil were made during three two-week periods. The three species of Clusia, namely C. grandiflora, C. panapanari and C. insignis, presented variations regarding the species of bee visitors. A total of 23 bee species visited the three species of Clusia. The Euglossini and Meliponinae bees were the most frequent visitors of the Clusia flowers. Bee collecting behavior of floral resources is described.Durante seis semanas foram realizadas observações das abelhas visitantes de flores de três espécies de Clusia (Clusiaceae, na Reserva Florestal Adolpho Ducke, em Manaus. As três espécies de Clusia: C. grandiflora Splitg., C. panapanari (Aubl. e C. insignis Mart. apresentaram diferenças com relação às visitas de espécies de abelhas, tendo sido visitadas por 23 espécies. Abelhas Euglossini e Meliponinae foram os visitantes mais freqüentes em flores de Clusia. O comportamento de coleta de recursos florais é descrito.

  5. Éster de sacarose no controle do Varroa destructor em abelhas africanizadas = Sucrose ester in the control of Varroa destructor in Africanized honeybees

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guido Laércio Castagnino

    2009-07-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo verificar o efeito do éster de sacarose no controle da infestação do ácaro Varroa destructor em abelhas africanizadas. Nos testes “in vitro”, testou-se o produto em abelhas e ácaros com cinco concentrações diluídas em água (T0: 100% de água destilada; T1: 0,5%; T2: 1%; T3: 2,0%; T4: 5% e T5: 10% de éster de sacarose. Nos testes de campo, o delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e sete repetições, totalizando 28 colônias, sendo sete delas como controle, sete com 0,1% de éster de sacarose, sete com 0,2% de éster de sacarosee sete colmeias com 0,5% éster de sacarose, diluídas em água. Nos testes “in vitro” com concentração de 0,5%, o éster de sacarose promoveu a mortalidade dos ácaros e das abelhas. Os testes em campo demonstraram que o produto reduziu a infestação do Varroa destructorem abelhas na concentração de 0,2% e pode ser uma ferramenta no controle dessa praga. Nas concentrações de 0,1; 0,2 e 0,5%, não prejudicou o desenvolvimento de área de cria aberta, operculada e de alimento estocado na colmeia, sugerindo que não é tóxico para as abelhas.This study aimed to determine the effect of sucrose ester on the control of Varroa destructor mite infestation in Africanized honeybees. For the in vitro experiments, the product was tested in bees and mites at five concentrations obtained through dilution in water (T0: 100% distilled water; T1: 0.5%; T2: 1%; T3: 2%; T4: 5%; and T5: 10% sucrose ester. For the field studies, the experimental design was completely randomized, with four treatments and seven replicates, totaling 28 colonies, from which seven were the controls,seven were treated with 0.1% sucrose ester, seven with 0.2% sucrose ester, and seven hives with 0.5% sucrose ester diluted in water. In the in vitro study, the sucrose ester at 0.5% concentration caused mite and bee mortality. In the field tests, the

  6. BENEFITS OF LOCAL PRODUCTIVE ARRANGEMENTS (LPA: PERCEPTIONS OF THE MEMBERS OF THE APICULTURE NETWORK ‘REDE ABELHA CEARÁ’ - BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oderlene Vieira de Oliveira

    2013-11-01

    Full Text Available Many projects are currently being developed in Brazil by governmental and non-governmental agencies to support community-based production initiatives, especially through local productive arrangements (LPA. The apiculture network ‛Rede Abelha Ceará’ in Northeastern Brazil is an example of the dynamics of this novel form of productive organization, in which small-scale producers increase their competitiveness through LPAs. The present study poses the question: What are the perceptions of the members of ‛Rede Abelha Ceará’ regarding the dynamics of the network? To answer the question, we inquired beekeepers about the benefits obtained from their affiliation with the network. The investigation took the form of case study with findings submitted to content analysis. The results show that beekeepers recognized benefits derived from participation in the network, especially as related to cooperative purchasing, access to government credit and training in honey production processes. However, the synergy of the network was not fully exploited as half the interviewees reported not using the network logo on their products.

  7. Nest-mate recognition in Manuelia postica (Apidae: Xylocopinae): an eusocial trait is present in a solitary bee.

    Science.gov (United States)

    Flores-Prado, Luis; Aguilera-Olivares, Daniel; Niemeyer, Hermann M

    2008-02-07

    In eusocial Hymenoptera, females are more tolerant towards nest-mate than towards non-nest-mate females. In solitary Hymenoptera, females are generally aggressive towards any conspecific female. Field observations of the nest biology of Manuelia postica suggested nest-mate recognition. Experiments were performed involving two live interacting females or one live female interacting with a dead female. Live females from different nests were more intolerant to each other than females from the same nest. Females were more intolerant towards non-nest-mate than towards nest-mate dead females. When dead females were washed with pentane, no differences in tolerant and intolerant behaviours were detected between non-nest-mate and nest-mate females. Females were more intolerant towards nest-mate female carcasses coated with the cuticular extract from a non-nest-mate than towards non-nest-mate female carcasses coated with the cuticular extract from a nest-mate. The compositions of the cuticular extracts was more similar between females from the same nest than between females from different nests. The results demonstrate for the first time nest-mate recognition mediated by cuticular chemicals in a largely solitary species of Apidae. The position of Manuelia at the base of the Apidae phylogeny suggests that nest-mate recognition in eusocial species apical to Manuelia represents the retention of a primitive capacity in Apidae.

  8. sociales de mujeres de una comunidad nativa en Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rocío Elizabeth Chávez Alvarez

    2007-01-01

    Full Text Available Este estudio cualitativo tuvo el objetivo de conocer el autocuidado tradicional de mujeres nativas durante el embarazo, el parto y al recién nacido. Fueron efectuadas 16 entrevistas parcialmente estructuradas a madres y parteras de una comunidad nativa peruana. Con el soporte de la teoría de las representaciones sociales y el método etnográfico, emergieron tres categorías temáticas: los símbolos y prácticas tradicionales representadas al cuidarse, preparan a la gestante para un parto fácil; la partera, saberes, prácticas y objetos durante el parto, representan protección para el bebé; la partera y la madre aseguran los cuidados inmediatos y la alimentación del recién nacido. Finalmente, las prácticas de autocuidado tradicional se consideran de sentido común, transmitidas generacionalmente y destacando la mujer cuidadora. Se objetiva respeto por su cosmovisión y naturaleza; y el anclaje de auto cuidado está arraigado a sus costumbres, creencias, símbolos e imágenes, con poca integración del cuidado y salud occidental.

  9. Endocarditis infecciosa de válvula pulmonar nativa

    OpenAIRE

    Franco Romaní R; Fernando Atencia M; José Cuadra A

    2007-01-01

    La endocarditis infecciosa en válvulas derechas es predominantemente en la válvula tricuspídea, mientras la válvula pulmonar es excepcionalmente afectada (menos de 1,5%), por lo que son pocos los casos reportados en la literatura mundial. Las manifestaciones clínicas de endocarditis en válvula pulmonar no son las clásicas de endocarditis infecciosa, como son los síntomas de embolismo séptico pulmonar. La endocarditis aislada de válvula pulmonar nativa es inusual en personas que no consumen dr...

  10. Cargas polínicas de abelhas polinizadoras de Byrsonima chrysophylla Kunth. (Malpighiaceae: fidelidade e fontes alternativas de recursos florais Pollen loads of pollinator bees of Byrsonima chrysophylla Kunth. (Malpighiaceae: fidelity and alternative sources of flower resources

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Éville Karina Maciel Delgado Ribeiro

    2008-03-01

    Full Text Available Byrsonima chrysophylla, conhecida popularmente como murici pitanga, é uma espécie arbustiva que ocorre em restinga. Dentre seus visitantes, além de abelhas da tribo Centridini, também se encontram com freqüência abelhas Xylocopini. Para verificação das espécies vegetais utilizadas pelas abelhas visitantes mais freqüentes, cargas polínicas de suas pernas posteriores (n = 5, bem como de ninhos naturais de Centris caxiensis (n = 7 foram analisados através de acetólise. Durante toda a floração, Byrsonima chrysophylla foi a principal fonte de pólen utilizada por suas abelhas visitantes. Comolia lythrarioides e Myrcia obtusa foram fontes secundárias de pólen, Mouriri guianensis foi fonte secundária de óleo e pólen, enquanto Anacardium microcarpum, Cuphea tenella, Matayba discolor e Phthirusa pyrifolia mostraram-se importantes fontes de néctar durante esse período, sendo o pólen detectado nas amostras, provavelmente aderido ao corpo das abelhas durante a coleta de néctar. Os resultados demonstram que as abelhas visitantes não misturaram os recursos polínicos durante o vôo para a coleta de pólen, apresentando fidelidade às flores de Byrsonima chrysophylla.Byrsonima chrysophylla, known as "murici pitanga", is a shrubby species occurring in 'restinga'. Among its visitors, bees of the Centridini tribe as well as Xylocopini bees are frequently found. To detect which plant species have been used by the most frequent visitors, pollen loads from the back legs (n = 5 and also from natural nests of Centris caxiensis (n = 7 were treated by acetolysis. During flowering of Byrsonima chrysophylla, this plant species was the main pollen source used by bees. Comolia lythrarioides and Myrcia sylvatica were secondary pollen sources, Mouriri guianensis was a secondary oil and pollen source, while Anacardium microcarpum, Cuphea tenella, Matayba discolor and Phthirusa pyrifolia were important nectar sources at this time. The pollen detected in

  11. Apis mellifera (Hymenoptera: Apidae as a potential Brassica napus pollinator (cv. Hyola 432 (Brassicaceae, in Southern Brazil Apis mellifera (Hymenoptera: Apidae como potencial polinizador de Brassica napus (cv. Hyola 432 (Brassicaceae, no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AS. Rosa

    2010-11-01

    Full Text Available Brassica napus Linnaeus is considered a self-compatible crop; however, studies show that bee foraging elevates their seed production. Considering bee food shortages during the winter season and that the canola is a winter crop, this study aimed to evaluate the foraging behaviour of Apis mellifera Linnaeus, 1758 regarding those flowers, and to verify if it presents adequate behaviour for successfully pollinating this crop in Rio Grande do Sul State. The study was carried out in a canola field, in Southern Brazil. The anthesis stages were morphologically characterised and then related to stigma receptivity and pollen grain viability. Similarly, the behaviour of A. mellifera individuals on flowers was followed, considering the number of flowers visited per plant, the amount of time spent on the flowers, touched structures, and collected resources. Floral fidelity was inferred by analysing the pollen load of bees collected on flowers. The bees visited from 1-7 flowers/plant (x = 2.02; sd = 1.16, the time spent on the flowers varied between 1-43 seconds (x = 3.29; sd = 2.36 and, when seeking nectar and pollen, they invariably touched anthers and stigmas. The pollen load presented 100% of B. napus pollen. The bees' attendance to a small number of flowers/plants, their short permanence on flowers, their contact with anthers and stigma and the integral floral constancy allows their consideration as potential B. napus pollinators.Brassica napus Linnaeus é considerada uma cultura autocompatível, entretanto, estudos indicam que o forrageio de abelhas eleva sua produtividade de sementes. Considerando-se a escassez de alimento para abelhas no inverno e a canola sendo uma cultura desse período, objetivou-se avaliar o comportamento de forrageio de Apis mellifera Linnaeus, 1758 nas suas flores e verificar se apresenta comportamento propício ao sucesso de polinização dessa cultura no Rio Grande do Sul. O estudo foi desenvolvido em lavoura de canola, no Sul

  12. Nutrientes no mantilho em pastagem nativa sob distintos manejos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heringer Ingrid

    2002-01-01

    Full Text Available A avaliação da quantidade de nutrientes no mantilho é importante para verificar a ciclagem de nutrientes e a preservação da fertilidade do solo. O teor e a quantidade de nutrientes no mantilho e material senescente foram estudados em pastagem nativa sob pastejo, sujeita à queima e manejos alternativos, durante um ano, nos Campos de Cima da Serra, no Rio Grande do Sul. O acúmulo de mantilho foi coletado em gaiolas de exclusão ao pastejo, a cada 90 dias. O mantilho representou o material morto desprendido da planta existente junto à superfície do solo. A esta fração foi adicionado o material senescente ligado à planta. Os tratamentos foram pastagem nativa sob pastejo sem queima e sem roçada há 32 anos, melhorada há sete anos e com queima bienal há mais de 100 anos. O delineamento experimental foi completamente casualizado com três repetições. Os teores de Ca e Mg no mantilho mais material senescente foram inferiores no tratamento queimado em relação às áreas sem queima. O melhoramento da pastagem aumentou os teores de nutrientes nos tecidos. A quantidade acumulada de nutrientes, reflexo da produção de mantilho e material senescente, foi maior nos sistemas sem queima.

  13. Bumble bee (Hymenoptera: Apidae) community structure on two sagebrush steppe sites in southern Idaho

    Science.gov (United States)

    Stephen P. Cook; Sara M. Birch; Frank W. Merickel; Carrie Caselton Lowe; Deborah Page-Dumroese

    2011-01-01

    Although sagebrush, Artemisia spp., does not require an insect pollinator, there are several native species of bumble bees, Bombus spp. (Hymenoptera: Apidae), that are present in sagebrush steppe ecosystems where they act as pollinators for various forbs and shrubs. These native pollinators contribute to plant productivity and reproduction. We captured 12 species of...

  14. Ecologia da polinização da amoreira-preta (Rubus sp (Rosaceae em Timbó-SC, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leônidas João de Mello Junior

    2011-09-01

    Full Text Available O presente trabalho verificou experimentalmente a ecologia da polinização da amoreira-preta (Rubus sp.. Objetivou-se confirmar a síndrome de polinização de Rubus sp., por meio de análise de seu sistema reprodutivo, quantificação da produção diária de néctar, levantamento da entomofauna que visita as flores da amoreira na área de estudo e análise do seu comportamento polinizador. Os experimentos foram realizados em uma área de cultivo de amoreira-preta, no mês de dezembro de 2005, município de Timbó (SC. Constatou-se que a maior taxa de frutificação (48,3 % ± 3,2 ocorreu via polinização livre, onde os insetos não foram excluídos. Foi verificada a ocorrência de autopolinização, porém com taxa inferior de frutificação (12,2% ± 4,9. A anemofilia não foi constatada na espécie. A avaliação da produção de néctar em Rubus sp. resultou em valores compatíveis com a síndrome de melitofilia. Os visitantes florais coletados e observados sobre as flores de Rubus sp. foram predominantemente abelhas da ordem Hymenoptera (97%, que iniciam, em menor número, a atividade de forrageamento às 8h, com pico de atividade às 12h e declinando até às 16h. As coletas resultaram numa amostragem de 1.360 abelhas, divididas em quatro famílias e 13 espécies. A família com maior riqueza de espécies (N = 7 foi Halictidae e a mais abundante foi Apidae, com 1.288 indivíduos. Em Apidae, houve o predomínio da espécie exótica Apis mellifera, cuja representação na amostra foi de 1.246 indivíduos. Os dados da abundância e as observações naturalísticas do seu comportamento da flor apontaram A. mellifera como o principal polinizador de Rubus sp., mas confirmam que as demais espécies de abelhas também participam na polinização de Rubus sp.

  15. Diversidade genÃtica da abelha sem ferrÃo melipona quinquefasciata baseada no sequÃnciamento das regiÃes its1 e 18s do dna ribossÃmico nuclear

    OpenAIRE

    JÃlio OtÃvio Portela Pereira

    2006-01-01

    A pesquisa foi desenvolvida no perÃodo de janeiro de 2003 a marÃo de 2006, nos Departamentos de Zootecnia, e Biologia da Universidade Federal do CearÃ, localizada no municÃpio de Fortaleza, estado do CearÃ. As amostras de abelhas foram coletadas nos estados do CearÃ, Piauà e GoiÃs. O objetivo desta tese foi estudar a diversidade genÃtica de populaÃÃes da abelha sem ferrÃo Melipona quinquefasciata, ocorrendo naturalmente na Chapada do Araripe (Sul do CearÃ), na Chapada da Ibiapaba (Oeste do Ce...

  16. Mortalidade de abelhas visitantes de flores de Caesalpinia peltophoroides Benth (Leguminosae no estado de São Paulo, Brasil Mortality of bees visiting Caesalpinia peltophoroides Benth (Leguminosae flowers in the state of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio Del Lama

    2006-12-01

    Full Text Available É relatada a mortalidade de abelhas (213 fêmeas e 60 machos pertencentes a 20 espécies ao visitarem as inflorescências de Caesalpinia peltophoroides. A presença presumida de um composto tóxico no néctar mostrou grande variação espacial e temporal. Árvores individuais produziram ou não mortalidade de abelhas em diferentes períodos de floração e árvores vizinhas mostraram efeitos distintos em cada floração. A toxicidade sobre as abelhas foi igualmente variável. A maior parte das abelhas morria logo após visitarem as flores; algumas mostravam sinais de narcose, morrendo em seguida; poucas, após um período de narcose, deixaram este estado e voaram. Utilizando o índice de desgaste alar foram observadas abelhas jovens (29%, velhas (26% e de idade intermediária (45% (n = 227 entre as abelhas mortas. Se a presença do presumido composto tóxico afeta ou não o fitness da planta requer inicialmente a identificação de qual(is fator(es elicia(m seu aparecimento. Uma vez que C. peltophoroides é amplamente utilizada em projetos paisagísticos urbanos, é necess��rio estimar o potencial efeito negativo sobre as comunidades de abelhas que vivem em áreas urbanas de diferentes regiões do Brasil. Até que este efeito seja conhecido, recomenda-se aos profissionais do planejamento urbano a não utilização paisagística da sibipiruna em nossas cidades.It is reported the mortality of bees (213 females and 60 males belonging to 20 species when visiting the inflorescences of Caesalpinia peltophoroides. The presumed presence of a toxic compound in the nectar showed considerable spatial and temporal variation. Sibipiruna trees may or may not kill bees during different flowering periods and neighboring trees showed distinct effects on bee mortality. The toxicity effect on bees was quite variable. Most of the bees died immediately after visiting some flowers; a few showed signals of narcosis, but after some time they came out of this state

  17. Divergências morfométricas entre populações isoladas de Melipona subnitida Ducke (Hymenoptera: Apidae no semiárido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Aldenor de Souza

    2014-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo realizar um estudo morfométrico desta espécie de abelha criada em condições artificiais no semiárido brasileiro, com a finalidade de verificar divergência em sua morfologia, de forma a identificar possíveis variações dessa espécie. As abelhas foram coletadas de criadores de abelhas sem ferrão distintos, de duas localidades sendo uma delas o município de São João do Rio do Peixe, Paraíba-PB, sob as coordenadas: lat. 06° 43' 44" S e long. 38° 26' 56" W. E a outra no município de Mossoró sob as coordenadas lati. 5°03'40’’ S, long. 37º23'51’ W. Distantes 262 quilômetros entre si. O período da pesquisa compreendeu os meses de dezembro de 2012 a janeiro do ano de 2013. Foram avaliados 200 cortiços, e identificados 30 de maior percentual de produção, de onde foram selecionados aleatoriamente 10 para nível de coletas dos insetos em cada localidade. Foram coletadas 60 abelhas operárias, sendo 3 abelhas referentes a cada cortiço. Os parâmetros avaliados dentro do estudo morfométrico foram: Comprimento Transversal, Comprimento Longitudinal, Pernas Coletoras Asas Anteriores Asas Posteriores e Peso por Inseto. Em relação a características avaliadas foram constatadas diferenças significativas entre todas quando se trata dos indivíduos das duas localidades. Corroborando a existência de variabilidade morfométricas entre as localidades. Na análise discriminante obtida para classificação de indivíduos entre as localidades, o município de são João do Rio do Peixe obteve uma taxa de classificação Correta de 100,0%, já para Mossoró a taxa foi de 96,67%, sendo que a média geral foi de 98,33%. Pela validação cruzada, estas localidade tiveram, respectivamente, identificação correta de seus indivíduos com taxas de 100% e 93,33%. A média geral da validação cruzada foi de 96,97%. As variações de tamanho encontradas neste trabalho constatadas pela morfometria demonstram que as

  18. Diversidade de abelhas visitantes das flores de Citrus em pomares de laranjeira e tangerineira Diversity of flowers visiting bees of Citrus in salinas, state of minas gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Tigre do Nascimento

    2011-03-01

    Full Text Available A presença de abelhas em culturas de valor comercial, no período de florescimento, é importante não apenas para garantir a polinização cruzada, quando indispensável, mas também para incrementar a produção de frutos e sementes. Nessa perspectiva, o presente trabalho teve a finalidade de identificar as abelhas visitantes das flores em pomar de laranjeira (Citrus sinensis e tangerineira (Citrus reticulata em Salinas - MG. O trabalho foi conduzido na fazenda experimental Santa Isabel, da Escola Agrotécnica Federal de Salinas - MG, em pomares de laranjeira com as variedades, pera, baía e baianinha, e de tangerineira, variedade poncã. As coletas das abelhas visitantes das culturas da laranjeira e tangerineira foram feitas nas floradas principais, entre os meses de agosto e outubro. Foram coletadas as abelhas que visitaram as flores nos horários entre 06 h e 18 h, totalizando 52 horas na laranjeira e 50 horas na tangerineira. No pomar de laranjeira, foram coletados 5.045 espécimes com riqueza de 12 espécies, e na tangerineira, 1.428 espécimes com 20 espécies. As espécies de abelhas de maior predominância e dominância em todos os horários amostrados foram Apis mellifera e Trigona spinipes na cultura da laranjeira e A. mellifera, T. spinipes e Tetragonisca angustula na cultura da tangerineira.The presence of bees on cultures with commercial value during flowering is important to ensure the cross-pollination, when necessary, but also to increase the production of fruits and seeds. This work aimed to identify flowers' visiting bees on orange and tangerine orchards in Salinas - MG. The work was leaded on Santa Isabel experimental farm of the Federal Agro-technical School of Salinas - MG, on orange orchards (Citrus sinensis with pear, bahia and baianinha varieties in the spacing of 5,0 x 6,0, and on tangerine orchards (C. reticulate using poncã variety in the spacing of 5,0 x 5,0. The sampling of visiting bees from orange and tangerine

  19. Pollen morphology and study of the visitors (Hymenoptera, Apidae of Solanum stramoniifolium Jacq. (Solanaceae in Central Amazon Morfologia polínica e estudo dos visitantes (Hymenoptera, Apidae de Solanum stramoniifolium Jacq. (Solanaceae na Amazônia Central

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Coletto da Silva

    2004-09-01

    Full Text Available The Solanaceae family has a wide distribution, mainly in the tropical and subtropical areas of South America. Solanum L. is one of the most important genera of the family with approximately 1,200 species. The objective of this work was to study the floral biology, pollen morphology as well as to investigate the bee visitors of S. stramoniifolium. Preliminary data indicate the presence of one species of stinging bee and four species of stingless bees as visitors to S. stramoniifolium. The pollen of S. stramoniifolium is tricolporate and psilate or without ornamentation. In a word, S. stramoniifolium constitutes a potential source of pollen for different species of bees with and without sting, providing an interesting field for germination studies, insect-plant interactions and floral biology that are already under way.A família Solanaceae tem ampla distribuição, principalmente nas áreas tropicais e subtropicais da América do Sul. Solanum L. é um dos mais importantes gêneros desta família com aproximadamente 1.200 espécies. O objetivo deste trabalho foi o de estudar a biologia floral com enfoque na morfologia polínica e no registro de algumas abelhas visitantes de S. stramoniifolium. Dados preliminares indicam a presença de uma espécie de abelha com ferrão e quatro espécies sem ferrão como visitantes de S. stramoniifolium. O pólen de S. stramoniifolium é tricolporado e psilado, ou seja, sem ornamentação. Conclui-se, após o estudo da biologia floral, que S. stramoniifolium constitui fonte potencial de pólen para diferentes espécies de abelhas com e sem ferrão, representando interessante campo para estudos de germinação, interações inseto-planta e biologia floral.

  20. Predation of Apiomerus pilipes (Fabricius (Hemiptera, Reduviidae, Harpactorinae, Apiomerini over Meliponinae bees (Hymenoptera, Apidae, in the State of Amazonas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Coletto da Silva

    2004-12-01

    Full Text Available The present work shows the occurrence of an intense predatory activity on adults working Meliponinae bees (Hymenoptera, Apidae, by Apiomerus pilipes (Fabricius, 1787 (Hemiptera, Reduviidae, Harpactorinae, Apiomerini at a meliponary in the Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA, Manaus, Amazonas State, Brazil.O presente trabalho registra a ocorrência de intensa atividade predatória de Apiomerus pilipes (Fabricius, 1787 (Hemiptera, Reduviidae, Harpactorini, Apiomerini sobre operárias adultas de meliponíneos (Hymenoptera, Apidae, no meliponário experimental do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA, Manaus, Estado do Amazonas, Brasil. O meliponário se encontra num fragmento de vegetação secundária no próprio INPA.

  1. First record of the behavior of latex drainage by Trigona spinipes (Fabricius (Hymenoptera, Apidae in laticiferous flowers Primeiro registro do comportamento de drenagem de latex de Trigona spinipes (Fabricius (Hymenoptera, Apidae em flores latescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiana Koschnitzke

    2011-09-01

    Full Text Available This paper describes the behavior of the bee Trigona spinipes, to avoid the latex, when piercing the base of the tubular corolla of the flowers of Mandevilla guanabarica in order to steal the nectar.Este trabalho descreve o comportamento da abelha Trigona spinipes para evitar o látex quando perfura a base da corola tubular das flores de Mandevilla guanabarica ao roubar néctar.

  2. Endocarditis infecciosa de válvula pulmonar nativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franco Romaní R

    2007-04-01

    Full Text Available La endocarditis infecciosa en válvulas derechas es predominantemente en la válvula tricuspídea, mientras la válvula pulmonar es excepcionalmente afectada (menos de 1,5%, por lo que son pocos los casos reportados en la literatura mundial. Las manifestaciones clínicas de endocarditis en válvula pulmonar no son las clásicas de endocarditis infecciosa, como son los síntomas de embolismo séptico pulmonar. La endocarditis aislada de válvula pulmonar nativa es inusual en personas que no consumen drogas intravenosas. Se presenta el caso de un paciente varón con diabetes mellitus tipo 2 y sin otro factor predisponente.

  3. Implementación de un sistema para control de deforestación de vegetación nativa en Cuenca

    OpenAIRE

    Mendieta Mendieta, Marco Felipe

    2015-01-01

    La deforestación de áreas cubiertas con vegetación nativa y bosques primarios en los predios adjudicados por el Estado, a través del Instituto Nacional de Desarrollo Agrario en el año 2005, mismos que se encuentran ubicados en la parroquias rurales del cantón Cuenca, han sufrido un alto porcentaje (85%) de deforestación a causa de la ausencia de un sistema de control que no permita la tala indiscriminada de bosques y de vegetación nativa; ocasionando de esta manera, la erosión de los suelos, ...

  4. Plantas ornamentais e seus recursos para abelhas no campus da Universidade Estadual de Campinas, Estado de São Paulo, Brasil Resources of ornamental plants for bee on campus of the State University of Campinas, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kayna Agostini

    2003-01-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta um estudo florístico e fenológico das plantas ornamentais arbóreas e arbustivas, visitadas por abelhas no campus da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo. Os registros sobre as plantas foram feitos de maio de 1999 a abril de 2000, obtendo-se 42 espécies de plantas. Cerca de 43% apresentou pico de floração no período úmido, 33% no período seco e 24% em ambos os períodos, não havendo sazonalidade marcada. A maioria das espécies, cerca de 72%, apresentou padrão de floração anual. As famílias mais representativas foram Leguminosae e Bombacaceae com 13 e 5 espécies respectivamente. Dentre as espécies estudadas predominaram flores brancas e o tipo floral aberto. As observações sobre as abelhas que visitavam as flores foram feitas de maio de 2000 a fevereiro de 2001, tendo sido registradas 17 espécies de abelhas. Essas abelhas podiam realizar visitas legítimas e/ou ilegítimas às flores. Os recursos utilizados pelas abelhas foram, principalmente, pólen e néctar e, na maioria das espécies de plantas, ambas as substâncias foram utilizadas. Apis mellifera, Trigona spinipes e Tetragonisca angustula, abelhas consideradas generalistas e Xylocopa frontalis e Bombus morio, consideradas mais especializadas, foram as cinco espécies que visitaram as flores de maior quantidade de espécies de plantas. Essas informações podem ser úteis para a elaboração de planos de manejo em ambientes urbanos visando à utilização de plantas ornamentais adequadas para atender maior diversidade de abelhas.A floristic and phenological study of ornamental, arboreal and shrubby species visited by bees was carried out on the campus of the Universidade Estadual de Campinas, São Paulo. Data on the species were recorded from May 1999 to April 2000. During this period 42 flowering species in flower were evaluated, of these 43% flowered in the wet season, 33% in the dry season and 24% in both seasons, without marked

  5. Cytogenetic characterization of Partamona cupira (Hymenoptera, Apidae by fluorochromes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jefferson de Brito Marthe

    2010-01-01

    Full Text Available Four colonies of the stingless bee Partamona cupira (Hymenoptera: Apidae were cytogenetically analyzed using conventional staining and the fluorochromes CMA3 e DAPI. The females have 2n = 34 chromosomes (2K=32+2. Some females, however, presented an additional large B acrocentric chromosome, to a total of 2n = 35. Chromosome B and the chromosomal pairs 2, 9 and 10 showed CMA3+ bands, indicating an excess of CG base-pairs. A clear association was verified between the P. helleri B chromosome SCAR marker and the presence of a B chromosome in P. cupira. The data obtained suggests that B chromosomes in P. helleri and P. cupira share a common origin.

  6. Atrativo para as abelhas Apis mellifera e polinização em café (Coffea arabica L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darclet Teresinha Malerbo-Souza

    2003-01-01

    Full Text Available O presente experimento foi conduzido em Jaboticabal, SP, e teve como objetivos estudar uma cultura de café (Coffea arabica L., var. Mundo Novo, quanto à biologia floral, a freqüência e comportamento dos insetos na flor, testar o produto Bee-HereR (Hoescht Shering Agrevo do Brasil Ltda quanto a sua atratividade para as abelhas Apis mellifera e verificar a produção de frutos com e sem a visita dos insetos. Para isso, foram verificados o tempo do desenvolvimento e quantidade de açúcar solúvel do néctar das flores; freqüência das visitações dos insetos, no decorrer do dia, por meio de contagem do número de insetos visitando as flores, a cada 60 minutos, das 8 às 17 horas, 10 minutos em cada horário; tempo (em segundos e tipo de coleta (néctar e/ou pólen dos insetos mais freqüentes; perda de botões florais; porcentagem de flores que se transformaram em frutos; tempo de formação e contagem dos grãos de café, observando-se a porcentagem de frutificação em flores visitadas ou não pelos insetos. Também foram realizados testes por pulverização utilizando-se o produto Bee-HereR , diluído em xarope e em água, em diferentes horários. A flor durou, em média, cerca de 3 dias desde sua abertura até o murchamento. A quantidade de açúcares do néctar apresentou diferença significativa entre os horários, sendo maior às 8 horas (em média, 102,18 ± 8,75 mg de carboidratos totais por flor. A abelha A. mellifera foi o inseto mais freqüente nas flores de café, coletando, principalmente, néctar no decorrer do dia. A perda de botões florais causada pelas chuvas foi, em média, 26,50 ± 11,70%. O tempo para a formação do fruto foi 6 meses e o número de frutos decorrentes do tratamento descoberto foi maior (38,79% e 168,38%, em 1993 e 1994, respectivamente que do tratamento coberto. Apesar da eficiência do produto Bee-HereR ser afetada pelas condições climáticas, ele pode ser usado para atrair as abelhas A. mellifera na

  7. Enxertia herbácea em Myrtaceae nativas do Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daiane Silva Lattuada

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi testar a viabilidade da técnica de enxertia herbácea em frutíferas nativas da família Myrtaceae. O experimento foi realizado em casa de vegetação do Departamento de Horticultura e Silvicultura/ UFRGS, em Porto Alegre. Duas espécies de Myrtaceae nativas foram usadas, tanto como porta-enxerto quanto como enxerto, Eugenia uniflora (Pitangueira e E. involucrata (Cerejeira-do-rio-grande ou Cerejeira-do-mato, totalizando quatro combinações. O método de enxertia adotado foi por garfagem em fenda cheia, em ramos herbáceos, com diâmetro médio do porta-enxerto de 0,1cm, enquanto os ramos dos enxertos apresentavam diâmetro médio entre 0,08 a 0,1cm, para as duas espécies. As análises foram quinzenais e, após 70 dias, foram analisadas estatisticamente a pega e a altura média das brotações emitidas. O delineamento experimental foi o completamente casualizado, com quatro repetições, sendo cada unidade experimental composta de cinco enxertos. Os resultados indicaram pega de 60% na combinação Pitangueira-Pitangueira (porta enxerto - enxerto. As demais combinações mostraram-se ineficientes.

  8. Ecologia da polinização da amoreira-preta (Rubus sp (Rosaceae em Timbó-SC, Brasil Pollination ecology of blackberry (Rubus sp. (Rosaceae in Timbo (SC, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leônidas João de Mello Junior

    2011-09-01

    Full Text Available O presente trabalho verificou experimentalmente a ecologia da polinização da amoreira-preta (Rubus sp.. Objetivou-se confirmar a síndrome de polinização de Rubus sp., por meio de análise de seu sistema reprodutivo, quantificação da produção diária de néctar, levantamento da entomofauna que visita as flores da amoreira na área de estudo e análise do seu comportamento polinizador. Os experimentos foram realizados em uma área de cultivo de amoreira-preta, no mês de dezembro de 2005, município de Timbó (SC. Constatou-se que a maior taxa de frutificação (48,3 % ± 3,2 ocorreu via polinização livre, onde os insetos não foram excluídos. Foi verificada a ocorrência de autopolinização, porém com taxa inferior de frutificação (12,2% ± 4,9. A anemofilia não foi constatada na espécie. A avaliação da produção de néctar em Rubus sp. resultou em valores compatíveis com a síndrome de melitofilia. Os visitantes florais coletados e observados sobre as flores de Rubus sp. foram predominantemente abelhas da ordem Hymenoptera (97%, que iniciam, em menor número, a atividade de forrageamento às 8h, com pico de atividade às 12h e declinando até às 16h. As coletas resultaram numa amostragem de 1.360 abelhas, divididas em quatro famílias e 13 espécies. A família com maior riqueza de espécies (N = 7 foi Halictidae e a mais abundante foi Apidae, com 1.288 indivíduos. Em Apidae, houve o predomínio da espécie exótica Apis mellifera, cuja representação na amostra foi de 1.246 indivíduos. Os dados da abundância e as observações naturalísticas do seu comportamento da flor apontaram A. mellifera como o principal polinizador de Rubus sp., mas confirmam que as demais espécies de abelhas também participam na polinização de Rubus sp.The pollination ecology of the blackberry (Rubus sp. was studied by means of determining its reproductive system, the analysis of flower's nectar production. Sampling the insects that visit

  9. Influência de abelhas africanizadas na concentração de açúcares no néctar de soja (Glycine max L. Merrill var. Coodetec 207 = Influence of africanized honeybees on sugar concentration in the nectar of soybean (Glycine max L. Merrill var. Coodetec 207

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eloi Machado Alves

    2010-04-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar a concentração de açúcares no néctar de soja (Glycine max L. Merrill em áreas com ou sem a presença de abelhas Apis mellifera L. Foi utilizada a variedade Coodetec 207 em quatro tratamentos: área de 24 m2 coberta com colônia de abelhas africanizadas em seu interior; área semicoberta com livre acesso para insetos visitantes; área livre e área coberta sem abelhas. As flores foram coletadas durante três dias, a cada 2h. e a concentração dos açúcares totais por flor foi determinada por espectrofotometria. A área coberta com abelha apresentou maior concentração de açúcares totais em relação à área coberta sem abelhas e livre, contudo, aconcentração de açúcares totais na área livre não diferiu da concentração observada na área coberta sem abelhas. Houve redução na concentração média de sacarose na área livre, diferindo das concentrações nas demais áreas. A concentração média de glicose não diferiu entre os tratamentos, enquanto que a de frutose não apresentou diferença entre as áreas cobertas com abelhas, semicoberta e livre. A variedade Coodetec 207 da soja apresentou maior concentração total de açúcares e de frutose nas áreas cobertas com abelhas. Contudo, a presença de Apis mellifera não interferiu nesta concentração de açúcares no néctar das flores de soja desta variedade.This research was carried out to evaluate the sugar concentration in soybean nectar in areas with Africanized honeybee colonies. The var. Coodetec 207 was used in four treatments: 24 m2 covered area with Africanized honeybee colony inside, semi-covered area for free insect visitation, uncovered area, and covered area without insect visitation. Flowers were harvested for three days at two-hour intervals, and the total sugar concentration per flower was determined by spectrophotometry. The covered area with Africanized honeybee colony presented higher sugar concentration than the covered area

  10. Qualidade química e física do solo sob vegetação arbórea nativa e pastagens no Pantanal Sul-Mato-Grossense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evaldo Luis Cardoso

    2011-04-01

    Full Text Available A busca por aumento de produtividade da pecuária pantaneira tem motivado o desmatamento de áreas florestadas para a implantação de pastagem cultivada, gerando preocupação quanto à sustentabilidade dos recursos naturais. Para estudar alguns aspectos de uso do solo no Pantanal Sul-Mato-Grossense, este trabalho teve por objetivo avaliar as alterações nos atributos químicos e físicos do solo em razão da conversão da vegetação arbórea nativa em pastagem cultivada, bem como da submissão da pastagem nativa ao sistema de pastejo contínuo. Os ambientes de estudo consistiram de três remanescentes de vegetação arbórea nativa, representadas por uma floresta semidecídua (FN e dois cerradões (CE1 e CE2, três pastagens de Brachiaria decumbens com 27, 26 e 11 anos de formação, implantadas em substituição a FN, CE1 e CE2, respectivamente, e uma pastagem nativa caracterizada pela predominância de Mesosetum chaseae e Axonopus purpusii, submetida a três diferentes sistemas de pastejo (contínuo e sem pastejo por 3 e 19 anos. Amostras de solo, deformadas e indeformadas, foram coletadas em cada ambiente de estudo, nas profundidades de 0-10 e 10-20 cm, com três repetições. A substituição da vegetação arbórea nativa por pastagem cultivada e o sistema de pastejo contínuo da pastagem nativa determinaram redução da qualidade química do solo, evidenciada principalmente por perdas de matéria orgânica do solo, notadamente na profundidade de 0-10 cm. Embora a qualidade física do solo também tenha apresentado tendência à redução nas pastagens cultivada e nativa sob pastejo contínuo, a densidade do solo, porosidade total, macroporosidade, microporosidade, condutividade hidráulica do solo saturado e resistência do solo à penetração não atingiram valores considerados limitantes ao desenvolvimento do sistema radicular.

  11. Onde os mais Adaptados Permanecem: Comunidade de Abelhas sem Ferrão (Hymenoptera: Apidae, Meliponini em Áreas Urbanas do Município de Ubá, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Araújo

    2016-12-01

    Where the most Adapted Remain: Stingless Bees Community (Hymenoptera: Apidae, Meliponini in Urban Areas of the City of Uba, Minas Gerais, Brazil Abstract. The urbanization has caused the fragmentation of various natural environments, taking to loss of many ecological processes in which includes pollination, realized mainly by bees, in special Meliponini species, which has drastically reduced their populations due to loss of habitat for urban expansion. The aim of this study was to survey the species of stingless bees in urban areas of the municipality of Ubá - MG, Brazil, relate the richness and abundance of species found with the percentage of occupation of the structural variables of the urban landscape and relate the presence of the species obtained with these variables. Were found 28 nests belonging to four species, Tetragonisca angustula (Latreille, Trigona spinipes (Fabricius, Nannotrigona testaceicornis (Lepeletier and Friesella schrottkyi (Friese. There was no significant relationship between richness and abundance of Meliponini and structural variables of vegetation, possibly due to low values in the number of nests and species obtained. Only T. spinipes showed related to the presence of vegetation. The results show that the Meliponini community is composed by generalist species able to use artificial cavities and ornamental plants as an alternative source of resources, common in urban areas. The results obtained in this study is a warning to current conditions of the plant remaining in urban areas in the city of Ubá, besides may also be used as support in taking-decision on projects for the conservation and recovery of degraded areas, focusing on bees and their importance to the sustainability of these ecosystems.

  12. Produção de cultivares de morangueiro polinizadas pela abelha jataí em ambiente protegido Yield of strawberry cultivars polinized by jatai bees under protected environment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Odirce Teixeira Antunes

    2007-03-01

    Full Text Available A cultura do morangueiro, tradicionalmente produzida a campo, teve seu sistema de cultivo modificado, sendo hoje produzido também em ambientes protegidos. Essa tecnologia pode, porém, ocasionar a produção de frutos deformados, devido à polinização entomófila insuficiente. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade dos frutos de morangueiro em ambiente protegido, utilizando a abelha jataí como agente polinizador. Foram avaliadas quatro cultivares de morangueiro (Oso Grande, Tudla, Chandler e Dover, na ausência e presença de duas e quatro colméias da Tetragonisca angustula (abelha sem ferrão Jataí. Os tratamentos constituíram um fatorial 4 x 3, dispostos em um delineamento completamente casualizado, com sete repetições e 6 plantas úteis por parcela. Os rendimentos obtidos nas cvs. Oso Grande, Tudla e Chandler demonstram que a presença da abelha jataí na polinização em ambiente protegido contribui para o aumento da produtividade. A cv. Dover é a que se mostrou menos dependente de agentes polinizadores. A presença de abelhas eleva a porcentagem de frutos comerciáveis. A recomendação é da utilização de quatro colméias de Tetragonisca angustula para cada 170 m² de área protegida.Strawberry, which used to be typically grown in field conditions, had the growth system changed to be produced under protected environment. However, the harvested fruits in this system may show a certain deformation due to the insects pollination's deficit. In this work the strawberry yield was evaluated under protected cultivation, using stinglees bees (Meliponinae Jatai as a pollination agent. Four strawberry cultivars (Oso Grande, Tudla, Chandler, and Dover were evaluated in the presence of Tetragonisca angustula L. (Jatai bee, using two, four, and no beehives. A completely randomized design in a 4 x 3 factorial scheme with seven replications and six plants per plot was used. The yield of Oso Grande, Tudla, and Chandler cultivars

  13. Estudo morfobiométrico de abelhas jandaíra (Melípona subnitida duck criadas em cortiços racionais no município de São João do Rio do Peixe – PB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Whalamys Lourenço de Araújo

    2015-06-01

    Full Text Available Em virtude da grande disseminação da abelha Jandaíra em diversas regiões do Nordeste brasileiro, este trabalho teve por objetivo realizar um estudo morfobiométrico desta espécie de melipona, criada em cortiços artificiais no município de São João do Rio do Peixe – PB, com a finalidade de verificar a viabilidade do modelo da chave entomológica proposta por pesquisadores já consagrados em Entomologia, diante das características morfobiométricas apresentadas por estas abelhas. A pesquisa foi dimensionada em um meliponário presente na região Sertaneja Paraibana, num total de 30 abelhas, de 10 distintos cortiços. A espécie em estudo, de acordo com a chave entomológica utilizada, pertence ao gênero Melipona e subgênero Melipona s.str., depois do confronto das características e descritas e as encontradas no inseto, o que demonstrou a eficácia da chave para identificação das abelhas criadas no sertão, que por sua vez apresentaram, em média, 8,85 mm de Comprimento Transversal; 3,38 mm de Comprimento Longitudinal; 7,84 mm de Pernas Coletoras; 6,99 mm de Asas Anteriores; 5,18 mm de Asas Posteriores e por fim 0,0520 mg de Peso Médio, além de características distintas da espécie em sua morfologia externa. Há uma necessidade de se estudar a variabilidade genética através de análises moleculares para uma melhor compreensão da diversidade e dinâmica dessas populações de insetos, bem como fazer uma revisão mais ampla dos subgêneros, em se tratando de morfologia descritiva.

  14. Fenologia e visitantes florais de Erythrina crista-galli L. (Leguminosae: Faboideae em Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raimunda Alice Coimbra Vieira Costa

    2008-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2008v21n2p51 Erythrina crista-galli é uma espécie característica do bioma Pampa, também usada com fins ornamentais em arborização urbana. E. crista-galli  floresce mais intensamente de novembro a dezembro. A antese inicia entre 7h-11h, e as flores têm duração de cinco dias. Um total de 1.275 visitas florais foi registrado em 57h de observações. Abelhas da família Apidae (Trigona spinipes e Apis mellifera foram os visitantes fl orais mais freqüentes (88,23%, seguidos de moscas (Muscidae – 5,50%, formigas (Formicidae – 2,35%, vespas (Vespidae –  1,56% e besouros (Chrysomelidae – 1,56%. As flores também foram visitadas por beija-flores da família Trochilidae (Chlorostilbon aureoventris (0,79%. A abelha T. spinipes foi observada em todos os horários e apresentou comportamento de possível polinizadora, juntamente com A. mellifera e o beija-fl or C. aureoventris. E. crista-galli é autocompatível, apresentando produção de frutos e sementes após a polinização manual e sob condições naturais.

  15. Análise faunística de himenópteros visitantes florais em fragmento de cerradão em Itirapina, SP.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia d'Avila

    2009-10-01

    Full Text Available Normal 0 21 MicrosoftInternetExplorer4 As abelhas são consideradas os mais eficientes polinizadores. Desse modo, possuem papel indiscutível na reprodução das plantas, aumento da qualidade e quantidade de frutos e sementes e, conseqüentemente, na manutenção dos ecossistemas. O cerrado é um dos ecossistemas mais afetados pelo crescimento das atividades humanas, diminuindo drasticamente sua biodiversidade. A análise faunística além de identificar as espécies e o tamanho das populações, também pode indicar o grau de impacto ambiental numa determinada área. O levantamento dos himenópteros visitantes florais foi realizado quinzenalmente, no período de março de 2003 a fevereiro de 2004, em área de cerradão, com aproximadamente 40 ha, na Estação Experimental de Itirapina, SP. Foram coletados 181 indivíduos, e a família Apidae apresentou maior número de espécies e abundância de indivíduos. As abelhas, Apis mellifera com 55,8%, seguida de Trigona spinipes com 14,4% e Exomalopsis (Exomalopsis sp. com 8,3% foram as predominantes. Dentre as abelhas coletadas, 30,8% das espécies são sociais e 69,2% das espécies são solitárias. Do total de himenópteros coletados, 59,7% preferiram o período da manhã e 40,3% o período da tarde para forrageamento e/ou visita. O índice de diversidade de espécies (H (Shannon-Wiener foi 1,6933, a variância (H foi 0,0123 e o índice de uniformidade (E foi 0,5652, seguindo padrão encontrado em outras áreas de cerrado.

  16. Microbiota do solo em vinhedos agroecológico e convencional e sob vegetação nativa em Caxias do Sul, RS.

    OpenAIRE

    Rech, Morgana; Pansera, Márcia Regina; Sartori, Valdirene Camatti; Ribeiro, Rute Terezinha da Silva

    2013-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o impacto de diferentes formas de manejo agrícola na produção de videiras sobre a microbiota do solo. Foram feitas duas coletas de solo em um vinhedo sob manejo agroecológico, um vinhedo sob manejo convencional e em área de mata nativa em Caxias do Sul, RS. A partir da diluição do solo e plaqueamento em meios de cultura, quantificou-se a população microbiana e foram identificados os gêneros de fungos filamentosos. O solo sob vegetação nativa apresentou ma...

  17. Propriedades físicas de um Latossolo Vermelho distrófico cultivado e sob mata nativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Araujo M. A.

    2004-01-01

    Full Text Available A compreensão e a quantificação do impacto do uso e manejo na qualidade física dos solos são fundamentais no desenvolvimento de sistemas agrícolas sustentáveis. O objetivo deste trabalho foi avaliar algumas propriedades indicadoras da qualidade física de um Latossolo Vermelho distrófico da região Noroeste do Paraná, cultivado e sob mata nativa. Foram coletadas 24 amostras de solo com estrutura não deformada, na profundidade de 0-0,20 m, em duas áreas contíguas, sob mata nativa e cultivado, localizadas na Fazenda Experimental da Universidade Estadual de Maringá, município de Maringá, PR. A área cultivada tem sido utilizada com culturas anuais, com preparo convencional do solo (arado de discos e grade niveladora. A área sob mata nativa é classificada como Floresta Estacional semidecidual. Avaliaram-se a porosidade, a densidade do solo, a curva de retenção de água do solo, a curva de resistência do solo à penetração e o intervalo hídrico ótimo. Os resultados indicaram valores significativamente maiores de densidade do solo e menores de macroporosidade e porosidade total na área cultivada. Não foi constatado efeito significativo do uso do solo na curva de retenção de água, apesar de ter sido ela influenciada pela densidade do solo. A curva de resistência foi significativamente influenciada pelo uso do solo, evidenciada pelos maiores valores de resistência à penetração com o secamento do solo na área cultivada. O intervalo hídrico ótimo (IHO foi menor no solo cultivado, uma vez que a resistência à penetração e a porosidade de aeração determinaram os limites, inferior e superior, de água disponível com o aumento da densidade do solo. No solo sob mata nativa, o IHO foi igual à água disponível determinada pela capacidade de campo e pelo ponto de murcha permanente. A compactação do solo na área cultivada resultou em mudanças no sistema poroso, as quais foram descritas pelos menores valores do IHO

  18. Varroa destructor mite mortality rate according to the amount of worker broods in africanized honey bee (Apis mellifera L. colonies = Taxa de mortalidade do ácaro Varroa destructor de acordo com a quantidade de crias em colônias de abelhas africanizadas (Apis mellifera L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Moretto

    2007-07-01

    Full Text Available The Varroa destructor mite has caused the death of hundreds of thousands of Apis mellifera colonies in several countries worldwide. However, the effects determined by the Varroa mite change according to the A. mellifera subspecies. In Africanized bee colonies from South and Central America, the parasite causes little damage, as the infestation levels are relatively stable and low, thus treatments against the pest are not required. Among several factors, the grooming behavior of Africanized worker bees plays an important role in the maintenance of the low infestation levels. This study determined the daily rate of live and dead mites found at the bottom of the hive in five Africanized honey bee colonies. During fifteen days of observations, a significant increase was verified in the number of live and dead mites at the bottom of the hive as the amount of worker broods from each honey bee colony decreased. This suggests a more intense grooming activity as the Varroa concentration in the adult honey bee population increases.O ácaro Varroa destructor tem causado a mortalidade de centenas de milhares de colônias de abelhas Apis mellifera em várias partes do mundo. Os efeitos determinados pelo ácaro Varroa variam com a subespécie de Apis mellifera. Nas Américas do Sul e Central, o parasita causa poucos danos às colônias de abelhas africanizadas, a taxa de infestação é estável e baixa, não sendo necessário o tratamento químico contra a praga. Entre vários fatores que são responsáveis pela tolerância das abelhas africanizadas a esse parasita, o comportamento de grooming executado pelas operárias deve exercer importante papel na manutenção dos baixos níveis deinfestação. Neste estudo, foram avaliadas as taxas diárias de ácaros vivos e mortos encontrados no fundo das colméias de cinco colônias de abelhas africanizadas. Durante 15 dias de observações, foi verificado significativo aumento de ácaros no fundo da colméia

  19. ESTADO DE DETERIORAÇÃO DOS MÉIS DE ABELHA (APIS MELLIFERA) COMERCIALIZADOS EM SÃO LUÍS DO MARANHÃO

    OpenAIRE

    Saraiva, Marly Azevedo; Nunes, Gilberth Silva; Rosa, Ivone Garros; Silva, José Malheiros; Peixoto, Carlene Reis; Holanda, Carlos Alexandre

    2013-01-01

    O mel é um alimento muito apreciado e de excelente valor nutritivo, constituído por uma mistura complexa de carboidratos, enzimas, aminoácidos, ácidos, minerais, substâncias aromáticas, vitaminas, pigmentos, cera e grãos de pólen. O produto pode apresentar alterações devido a formas inadequadas de armazenamento e conservação. Tais procedimentos ocasionam sua deterioração, comprometendo seriamente o alimento. Quando os méis de abelha são submetidos a condições de temperatura e luminosidade int...

  20. Consideraciones éticas para la realización de investigaciones en comunidades nativas de la selva amazónica del Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Duilio Fuentes D

    2007-01-01

    Full Text Available El progreso de la medicina se ha debido al desarrollo de investigaciones, en ese contexto, conciente o inconcientemente algunos investigadores en su afán de responder a sus inquietudes han atropellado los intereses del ser humano, dando origen a documentos internacionales de ética en investigación. En todos estos casos éticamente escandalosos y controversiales, los participantes involucrados fueron personas vulnerables. Dentro de ellos se puede incluir a las minorías étnicas comprendidas por las llamadas comunidades indígenas, nativas o aborígenes, que son numerosas tanto en la región andina como en la selva amazónica de nuestro país. Ante esta realidad, para realizar una investigación que tenga validez científica y ética debemos tratar de responder las siguientes preguntas: ¿es ético investigar en una comunidad nativa problemas que no son prevalentes o no son beneficiosos para ellos? ¿qué riesgos puede haber al investigar en una comunidad indígena? ¿cómo debe formularse el proceso de consentimiento informado? ¿a quién se le pide el consentimiento? ¿qué beneficios durante y después de la investigación deberían tener estas comunidades nativas? ¿es ético aprovechar las muestras biológicas de una investigación en una comunidad nativa para poder investigar otros problemas que no estaban estipulados en el consentimiento informado del estudio original? ¿debería crearse una guía normativa de investigación ética en estas comunidades?

  1. A new species of Eufriesea Cockerell (Hymenoptera, Apidae, Euglossina from northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz R. R. Faria

    2011-03-01

    Full Text Available A new species of Eufriesea Cockerell (Hymenoptera, Apidae from northeastern Brazil. Eufriesea pyrrhopyga sp. nov. a short-tongued Eufriesea is described as a new species. It can be easily recognized for its predominantly violet lower frons and thorax, violet tergum 1 contrasting with the strong reddish coloration on the lateral portions of terga 2 to 4 and on entire terga 5 and 6, and head pubescence with contrasting colors, white on the lower two-thirds of the face and black on upper frons and vertex. This new species, collected in Recife (Pernambuco, Brazil, apparently is restricted to the Pernambuco endemic center, and seems to be highly endangered.

  2. [Rediscovery of Melipona subnitida Ducke (Hymenoptera: Apidae) in the "Restinga" in the Nacional Park Lençóis Maranhenses, Barreirinhas, MA, Brazil].

    Science.gov (United States)

    Rêgo, Márcia; Albuquerque, Patrícia

    2006-01-01

    Approximately 95 years after the original description, a nest of Melipona subnitida Ducke was rediscovered in the state of Maranhão, in a restinga ecosystem of the Barreirinhas municipality, Northeastern Brazil. The voucher specimens are deposited in the collection of the "Laboratório de Estudos sobre Abelhas" of the "Departamento de Biologia UFMA".

  3. Contribution to Taxonomy and Distribution of the Genus Elaphropoda (Hymenoptera: Apidae: Apinae in Vietnam

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nguyen, Minh Phuong

    2016-04-01

    Full Text Available Taxonomic notes on the genus Elaphropoda Lieftinck, 1966 (Hymenoptera: Apidae from Vietnam are presented. Two species of the genus are reported: Elaphropoda percarinata (Cockerell, 1930 was first recorded from Vietnam based on specimens collected from Ha Tinh province in 1998, and is reconfirmed with a specimens collected from Bac Kan province in the Northeastern part of the country in this study, and Elaphropoda khasiana (Schulz, 1906 is recorded from Vietnam for the first time. Redescriptions of the male of E. percarinata and the female of E. khasiana are given with illustrations.

  4. Melostelis gen. nov., espécies novas e notas complementares sobre Anthidiini (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danúncia Urban

    2011-06-01

    Full Text Available Melostelis gen. nov., espécies novas e notas complementares sobre Anthidiini (Hymenoptera, Apidae. Melostelis gen. nov. é proposto para um novo Anthidiini cleptoparasita. São descritas e ilustradas duas espécies novas: Melostelis amazonensis sp. nov. de Manaus, Amazonas e Larocanthidium chacoense sp. nov. de Porto Murtinho, Mato Grosso do Sul. São dados a conhecer os machos de Epanthidium bolivianum Urban, 1995 e Epanthidium araranguense Urban, 2006 e, registrados pela primeira vez no Brasil, na sub-região do chaco, Ketianthidium zanolae Urban, 2000 e Epanthidium bolivianum.

  5. Revistas nativas digitales en el ámbito del deporte en España: el caso de MARCA Plus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ignacio LABARGA-ADÁN

    2018-01-01

    Full Text Available Desde su aparición en el verano de 2014, MARCA Plus se ha convertido en un referente para las publicaciones nativas digitales. Prueba de ello es el reconocimiento por parte de Apple como una de las mejores 'apps' para iPad y ganar los 'Digital Magazine Awards' en 2015 y 2016. Este artículo pretende abordar las características de este nuevo formato en el panorama actual de los medios: el de las revistas nativas digitales. La revista objeto de estudio es una de las apuestas de Unidad Editorial por las nuevas tecnologías, habiendo conseguido en tres años un posicionamiento excepcional en el mercado digital. MARCA Plus destaca por su diseño, creatividad, carácter innovador, interactividad y nuevas narrativas audiovisuales, a lo que se suma el ser un soporte ideal para las nuevas tendencias en publicidad.

  6. Trichinella Nativa Outbreak With Rare Thrombotic Complications Associated With Meat From a Black Bear Hunted in Northern Ontario.

    Science.gov (United States)

    Dalcin, Daniel; Zarlenga, Dante S; Larter, Nicholas C; Hoberg, Eric; Boucher, Daniel A; Merrifield, Samuel; Lau, Rachel; Ralevski, Filip; Cheema, Karamjit; Schwartz, Kevin L; Boggild, Andrea K

    2017-05-15

    Although trichinellosis is known to cause thrombotic disease, serious thrombotic events are rare and have not been previously associated with Trichinella nativa infection. Patient interviews and medical chart reviews were conducted on 10 men who became ill following consumption of a common source of black bear meat. Trichinella serology on patient sera as well as polymerase chain reaction (PCR) and larval identification of the meat samples was conducted. All 10 exposed individuals developed an acute illness clinically compatible with trichinellosis, characterized by fever, abdominal pain, and diarrhea, along with eosinophilia ranging from 0.9 × 109/L to 6.1 × 109/L. Within 2 weeks of the diarrheal illness, systemic symptoms developed in all exposed individuals characterized by fever, myalgia, periorbital edema, and fatigue. ST-elevation myocardial infarction and sinus venous tract thrombosis occurred as a complication of trichinellosis in 2 patients. Acute serology was nonreactive in all patients, though convalescent serology was reactive in 6 of 8 (75%) patients for whom sera was available. Multiplex PCR identified T. nativa from the bear meat, and was corroborated by microscopic larval identification. We report a 100% attack rate of T. nativa from bear meat among those who were exposed, and demonstrate that this species can cause serious thrombotic complications of trichinellosis in humans. Education of hunters and the public regarding the importance of proper preparation of wild game prior to ingestion is warranted. © The Author 2017. Published by Oxford University Press for the Infectious Diseases Society of America. All rights reserved. For permissions, e-mail: journals.permissions@oup.com

  7. Uso de bovinos e de ovinos como agentes de controle da vegetação nativa sob três populações de eucalipto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Costa Varella

    1999-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar cinco sistemas de controle da vegetação nativa e os danos provocados por bovinos e ovinos em três populações de eucalipto. O delineamento experimental foi em parcelas subdivididas, com dois blocos completos. Os tratamentos foram: a três densidades de Eucalyptus saligna Smith. (204, 400 e 816 árvores/ha nas parcelas principais e b cinco sistemas de controle da vegetação nativa (sem controle, herbicida pré-emergente, herbicidas pré e pós-emergentes, pastejo com bovinos e com ovinos nas subparcelas. O pastejo com bovinos ou ovinos foi mais eficiente na redução da vegetação nativa que nos demais tratamentos. Os bovinos danificaram mais as árvores que os ovinos. Existe estreita relação entre a altura das mudas de eucalipto e os danos causados pelos bovinos e ovinos no momento da introdução destes animais no sub-bosque.

  8. Presença de cinco rainhas fisogástricas em colônia de abelha sem ferrão (Melipona scutellaris Latreille)

    OpenAIRE

    Carvalho, Carlos Alfredo Lopes de; Souza, Bruno de Almeida; Dias, Carleandro de Souza; Alves, Rogério Marcos de Oliveira; Melo, Alex Fábio de Lima; Soares, Ana Cristina Fermino; Carvalho-Zilse, Gislene Almeida

    2011-01-01

    Polygyny, characterized by the presence of several egg-laying queens, is considered as a temporary colony status. In stingless bees it is rarely observed. This paper reports the first case of natural polygyny in Melipona scutellaris colony, with five egg-laying queens.Poliginia, caracterizada pela presença de mais de uma rainha poedeira, é considerada como uma condição temporária em colônias. Em abelhas sem ferrão isso é raramente observado. Este artigo registra o primeiro caso de poliginia n...

  9. On the identity of Melipona torrida Friese (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel A. R. Melo

    2013-09-01

    Full Text Available On the identity of Melipona torrida Friese (Hymenoptera, Apidae. Melipona marginata var. torrida Friese, 1916, described from three workers putatively collected in Costa Rica, never had its identity properly recognized. Since its original description, no additional specimens have ever been collected in Costa Rica. It is argued here that Melipona torrida was based on mislabeled specimens and corresponds to Melipona marginata obscurior Moure, 1971, a form known only from southern Brazil, Argentina and Paraguay. A lectotype is designated for Melipona torrida and notes on the type material of Melipona marginata obscurior are provided. Other known examples of species described from mislabeled specimens in Friese's Zur Bienenfauna von Costa Rica are discussed. It is pointed out that additional names proposed in this work, based on material from Costa Rica, might turn out to correspond to South American taxa. Also, the date of publication of this Friese's paper is discussed.

  10. Caracterización funcional de almidones nativos obtenidos de papas (Solanum phureja nativas peruanas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Martínez

    2015-01-01

    Full Text Available Existen muchas variedades de papas nativas cultivadas en diferentes localidades del Perú, generalmente para el auto consumo del agricultor. Sin embargo, la posibilidad de su uso comercial ha originado este trabajo con el fin de darles un valor agregado. Para evaluar la posibilidad de uso del almidón nativo proveniente de estas papas, como ingrediente en la industria alimentaria, se planteó como objetivo determinar las propiedades funcionales de almidones obtenidos de papas nativas procedentes de Pampacorral (Cusco, Perú: Puka Ambrosio (PA, Combe (CO, Perwanita (PER, Kalis qero (KQ, Qello virondos (QEV, Yana churos (YACH, Pitikiña (PI, Yana kusi (YAKU y Solischa (SOL. Con este fin se prepararon geles con el almidón nativo, por dispersión y calentamiento. El poder de hinchamiento, el índice de absorción y la solubilidad mostraron estar correlacionados con el incremento de la temperatura. A 90 °C, el almidón de la variedad PI mostró los mayores valores de poder de hinchamiento (28,47%, capacidad de absorción de agua (22,70 y solubilidad (20,24%. La menor sinéresis, a 4 °C, la presentaron los almidones de las variedades CO y YACH, 3,8 y 4,6; respectivamente. Los geles de almidón de todas las variedades mostraron un comportamiento pseudoplástico (n G”.

  11. POSSIBILIDADE DE GANHO DE FUSTE EM ESPÉCIES EUXILÓFORAS NATIVAS DA REGIÃO CENTRAL DO RIO GRANDE DO SUL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandro Dal’Col Lúcio

    2003-09-01

    Full Text Available O presente trabalho foi desenvolvido com o intuito de observar e quantificar a possibilidade de ganho de fuste em cinco espécies euxilóforas (Angico (Parapiptadenia rigida, Canjerana (Cabralea canjerana, Cedro (Cedrela fissilis, Grápia (Apuleia leiocarpa, e Louro (Cordia trichotoma em matas nativas, não-manejadas, de São João do Polêsine, RS. Foram levantadas 17 parcelas temporárias de 10 x 100 m nas matas nativas do município. Nas árvores das cinco espécies eleitas para este estudo, que apresentavam diâmetro à altura do peito (dap superior a 5 cm, foram medidas a altura total, a altura comercial atual e a altura comercial potencial dos troncos. O ganho de fuste foi definido como a diferença entre a altura comercial atual e potencial, em relação à altura comercial atual e expresso em porcentagem. O percentual médio de ganho de fuste para todas as espécies em conjunto foi superior a 70%. O Louro mostrou um ganho de fuste significativamente menor que as demais espécies. Mediante a análise de regressão (stepwise, selecionou-se modelos matemáticos que melhor descrevem o ganho de fuste de cada espécie e das espécies em conjunto. Os resultados mostraram que existe um potencial para o aumento do valor das formações florestais nativas da região, ainda não-explorado por ações silviculturais.

  12. Rescatando el autocuidado de la salud durante el embarazo, el parto y al recién nacido: representaciones sociales de mujeres de una comunidad nativa en Perú

    OpenAIRE

    Chávez Alvarez,Rocío Elizabeth; Arcaya Moncada,Maria Josefa; Garcia Arias,Gladys; Surca Rojas,Teresa Catalina; Infante Contreras,Maria Virginia

    2007-01-01

    Este estudio cualitativo tuvo el objetivo de conocer el autocuidado tradicional de mujeres nativas durante el embarazo, el parto y al recién nacido. Fueron efectuadas 16 entrevistas parcialmente estructuradas a madres y parteras de una comunidad nativa peruana. Con el soporte de la teoría de las representaciones sociales y el método etnográfico, emergieron tres categorías temáticas: los símbolos y prácticas tradicionales representadas al cuidarse, preparan a la gestante para un pa...

  13. Abundância, Distribuição Espacial de Ninhos de Abelhas Sem Ferrão (Apidae: Meliponini e Espécies Vegetais Utilizadas para Nidificação em um Fragmento de Floresta Secundária em Rio Branco, Acre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco da Silva Correia

    2016-12-01

    Abstract. Was conducted a study of the abundance, distribution of bee nests stingless (Apidae: Meliponini and plant species used for nesting in a fragment of secondary forest in Rio Branco-Acre. The field surveys took place in August 2015 in a forest area measuring 137 ha. The nesting substrates (trees were identified and their location recorded by GPS, and also checked the CAP measures (circumference at breast height and height of entry of the nests from the ground. In total, we found 25 nests of stingless bees distributed in three genera, with Melipona eburnea Friese the most abundant species (n=14, followed by Scaptotrigona sp. (n=7, Melipona crinita Moure & Kerr (n=2 and Tetragona sp. (n=2. The botanical species most provided cavities for foundation of the nests were Eugenia jambolana Lam. (Myrtaceae with seven nests (28% in an only individual, followed by Spondias lutea L. (Anacardiaceae and Castilla ulei Warb. (Moraceae, both with three nests (12%. The density of nests was significantly lower (0.18/ha when compared to other studies in the Neotropics, which may be related to fragment size and the degree of disturbance since it is characterized by being in a forest regeneration process.

  14. Infestação do ácaro Varroa destructor em colônias de abelhas africanizadas (Apis mellifera L. no Semiárido potiguar, Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stephano Bismark Lopes Cavalcante Moreira

    2017-02-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo analisar os índices de infestação pelo ácaro Varroa. destructor em colônias de abelhas africanizadas (Apis mellifera de apiários dos municípios de Encanto e de Marcelino Vieira, estado do Rio Grande do Norte. A pesquisa foi conduzida no período de setembro a dezembro de 2014, sendo coletadas em média de 100 a 200 abelhas adultas (nutrizes retiradas dos quadros centrais do ninho com crias de cada colmeia, aprisionadas em recipientes contendo 100 mL de álcool a 70% e encaminhadas para laboratório do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN, para a contagem das abelhas e dos ácaros. Os resultados apresentaram ocorrência do ácaro V. destructor em todos apiários e em todas colmeias analisados, obtendo uma infestação média de 7,24% em Encanto e de 5,25% em Marcelino Vieira, níveis de infestação baixos (<15%, portanto, não acarretando risco às colônias.Varroa destructor mite infestation in colonies of Africanized honey bees (Apis mellifera L. in the potiguar Semi-arid region, Northeastern BrazilAbstract: The goal of the present work was to analyze the rates of infestation by Varroa. destructor mite in Africanized honeybees (Apis mellifera colonies from apiaries in Encanto and Marcelino Vieira cities, state of Rio Grande do Norte. The research was conducted during the period from September to December 2014. In average 100 to 200 adult bees (nursing honey bee workers were collected from the brood chamber over center frames of with brood of each hive surveyed, trapped in containers containing 100 mL of 70% alcohol and sent to the laboratory of the Federal Institute of Rio Grande do Norte (IFRN for the counting of bees and mites. The results showed an occurrence of the Varroa destructor mite in all apiaries and in all hives analyzed, obtaining an average infestation of 7.24% in Encanto city and 5.25% in Marcelino Vieira city, low infestation levels (<15%, without risk to the colonies.

  15. Anemia en mujeres en edad fértil de la Comunidad Nativa Ese’eja - Palma Real, Madre Dios, Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Antonio Grandez-Urbina

    2013-01-01

    Full Text Available Objetivos: Determinar la prevalencia de anemia en mujeres en edad fértil en comunidades nativas Ese’eja en Madre de Dios, Perú. Material y métodos: Estudio observacional, descriptivo y transversal, un muestreo tipo censal, se determinó la concentración de hemoglobina mediante la técnica de micro hematocrito. El análisis de los datos se realizó con el paquete estadístico STATA 11.0 (STATA Corp. Texas, US. Resultados: El 77,63% de las mujeres mostró cifras de hemoglobina inferiores a 12 g/dl de ellas, el 29,5% se encontraba entre 11,0 y 11,9 g/dl, lo que se considera como anemia leve; el 70,5% restante tenía la hemoglobina entre 7,0 y 10,9 g/dl. Conclusiones: La anemia es una alteración altamente prevalente en mujeres en edad fértil de la comunidad nativa Ese’eja Palma Real.

  16. Atividades relacionadas à construção e aprovisionamento de ninhos de Xylocopa subcyanea (Hymenoptera, Apidae em uma área de restinga na Bahia, Brasil Activities related to construction and provioning of nests of Xylocopa subcyanea (Hymenoptera, Apidae in an area of sandbank in Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miriam Gimenes

    Full Text Available As abelhas do gênero Xylocopa Latreille, 1802 são comuns em ecossistemas de restingas em acelerada fase de degradação e são importantes polinizadores deste ecossistema. Elas nidificam especialmente em madeira morta ou apodrecida. As atividades relacionadas à construção e estrutura dos ninhos de Xylocopa (Schoenherria subcyanea Perez, 1901 na restinga do litoral norte da Bahia, Brasil, foram observadas em 43 ninhos ativos de X. subcyanea, em diferentes fases de desenvolvimento, em dois troncos apodrecidos. A fase de fundação ou reuso no primeiro tronco foi em agosto e a fase de provisionamento das células nos ninhos, em ambos troncos, em janeiro. As principais atividades foram escavações no tronco, entrada e saída dos ninhos, permanência na entrada do ninho, entrada com pólen e desidratação de néctar. Foi observado horário preferencial ao longo do dia para as atividades de entrada e saída dos ninhos, sendo estas influenciadas pelos horários do nascer e pôr do sol. Ninhos abandonados foram reusados por X. subcyanea e Centris tarsata SMITH, 1874. Os ninhos ativos eram ocupados por quatro diferentes abelhas adultas. Geralmente, uma abelha ficava na entrada do ninho. A estrutura do ninho foi descrita.Bees of the genus Xylocopa Latreille, 1802 are frequent in sandbank ecosystems under accelerated degradation. They nest especially in dead or rotted wood. The nest construction and nest structure of Xylocopa (Schoenherria subcyanea Perez, 1901 were studied in a sandbank from Bahia's north littoral, Brazil. We observed 43 active nests, under different stages of development, in two dead logs. The main activities were excavation of the logs, entering and leaving nest, permanence in the nest entrance, entering with pollen, and nectar dehydration. Preferential times along the day were observed for entering and leaving nest, showing influence of sunrise and sunset times. Abandoned nests were reused by X. subcyanea and Centris tarsata

  17. MICROINVERNADEROS COMO ESTRATEGIA DE APROPIACIÓN Y CONSERVACIÓN DE PLANTAS NATIVAS Y ESPACIOS VERDES EN LOS ESTUDIANTES DE GRADO OCTAVO DEL GIMNASIO EL PORTILLO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gineth Adriana Calderón Padilla

    2014-05-01

    Full Text Available La vegetación nativa ha cumplido un papel importante a través del tiempo en el desarrollo e identidad de las comunidades. Esta no se limita estrictamente a una función biológica o ecológica en un ecosistema; sino que también interviene en aspectos culturales y sociales de la población humana. A pesar de ello, en la actualidad se ha visto que existe una falta de apropiación por los espacios verdes y un desconocimiento de la función e importancia de las plantas de origen nativo en nuestro entorno. El objeto del presente artículo fue propiciar una conciencia ecológica en los estudiantes de grado octavo del colegio Gimnasio El Portillo del municipio de Cota-Cundinamarca, a partir del reconocimiento de la flora del lugar y la construcción de micro-invernaderos de plantas nativas, lo cual se logró mediante  la implementación de seis actividades guiadas, que permitieron dar cuenta de las concepciones de los estudiantes y construir nuevo conocimiento escolar, al complejizar el concepto que tenían  hacia los espacios verdes y la flora nativa y exótica desde su propio contexto; y generar sentido de apropiación y conservación de los mismos. Concluyéndose que la siembra de plantas nativas en las zonas verdes de su entorno hace que los estudiantes tengan un contacto más cercano con la flora de su país y puedan apropiarse de sus espacios y tomar conciencia de la importancia de sus usos, así como la implicación que tiene su permanencia o desaparición para un ecosistema.

  18. Notes on the systematics of the orchid-bee genus Eulaema (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel A. R. Melo

    2014-09-01

    Full Text Available Notes on the systematics of the orchid-bee genus Eulaema (Hymenoptera, Apidae. The classification of the genus Eulaema is modified in order to make it congruent with recent phylogenetic hypotheses based on molecular data. The speciosa group, containing E. peruviana, E. speciosa and related species, is removed from E. (Eulaema and transferred to E. (Apeulaema. New morphological characters are presented to support the revised scope of the subgenera and their diagnostic features are revised. Six species groups are recognized herein: two in E. (Apeulaema and four in E. (Eulaema. A list of valid species in each species group and an identification key to males of each of the subgenera and species groups are provided. Finally, an older overlooked designation of a type species for Eulaema is presented in the Appendix.

  19. Prevalence of Trichinella spp. in black bears, grizzly bears, and wolves in the Dehcho Region, Northwest Territories, Canada, including the first report of T. nativa in a grizzly bear from Canada.

    Science.gov (United States)

    Larter, Nicholas C; Forbes, Lorry B; Elkin, Brett T; Allaire, Danny G

    2011-07-01

    Samples of muscle from 120 black bears (Ursus americanus), 11 grizzly bears (Ursus arctos), and 27 wolves (Canis lupus) collected in the Dehcho Region of the Northwest Territories from 2001 to 2010 were examined for the presence of Trichinella spp. larvae using a pepsin-HCl digestion assay. Trichinella spp. larvae were found in eight of 11 (73%) grizzly bears, 14 of 27 (52%) wolves, and seven of 120 (5.8%) black bears. The average age of positive grizzly bears, black bears, and wolves was 13.5, 9.9, and approximately 4 yr, respectively. Larvae from 11 wolves, six black bears, and seven grizzly bears were genotyped. Six wolves were infected with T. nativa and five with Trichinella T6, four black bears were infected with T. nativa and two with Trichinella T6, and all seven grizzly bears were infected with Trichinella T6 and one of them had a coinfection with T. nativa. This is the first report of T. nativa in a grizzly bear from Canada. Bears have been linked to trichinellosis outbreaks in humans in Canada, and black bears are a subsistence food source for residents of the Dehcho region. In order to assess food safety risk it is important to monitor the prevalence of Trichinella spp. in both species of bear and their cohabiting mammalian food sources.

  20. Antibacterial Compounds from Propolis of Tetragonula laeviceps and Tetrigona melanoleuca (Hymenoptera: Apidae) from Thailand

    Science.gov (United States)

    Sanpa, Sirikarn; Popova, Milena; Bankova, Vassya; Tunkasiri, Tawee; Eitssayeam, Sukum; Chantawannakul, Panuwan

    2015-01-01

    This study investigated the chemical composition and antimicrobial activity of propolis collected from two stingless bee species Tetragonula laeviceps and Tetrigona melanoleuca (Hymenoptera: Apidae). Six xanthones, one triterpene and one lignane were isolated from Tetragonula laeviceps propolis. Triterpenes were the main constituents in T. melanoleuca propolis. The ethanol extract and isolated compounds from T. laeviceps propolis showed a higher antibacterial activity than those of T. melanoleuca propolis as the constituent α-mangostin exhibited the strongest activity. Xanthones were found in propolis for the first time; Garcinia mangostana (Mangosteen) was the most probable plant source. In addition, this is the first report on the chemical composition and bioactivity of propolis from T. melanoleuca. PMID:25992582

  1. Antibacterial Compounds from Propolis of Tetragonula laeviceps and Tetrigona melanoleuca (Hymenoptera: Apidae from Thailand.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sirikarn Sanpa

    Full Text Available This study investigated the chemical composition and antimicrobial activity of propolis collected from two stingless bee species Tetragonula laeviceps and Tetrigona melanoleuca (Hymenoptera: Apidae. Six xanthones, one triterpene and one lignane were isolated from Tetragonula laeviceps propolis. Triterpenes were the main constituents in T. melanoleuca propolis. The ethanol extract and isolated compounds from T. laeviceps propolis showed a higher antibacterial activity than those of T. melanoleuca propolis as the constituent α-mangostin exhibited the strongest activity. Xanthones were found in propolis for the first time; Garcinia mangostana (Mangosteen was the most probable plant source. In addition, this is the first report on the chemical composition and bioactivity of propolis from T. melanoleuca.

  2. Propriedades de solos sob vegetação nativa em Minas Gerais: distribuição por fitofisionomia, hidrografia e variabilidade espacial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alba Lucia Araujo Skorupa

    2012-02-01

    Full Text Available A distribuição das formações vegetais nativas depende dos fatores de formação do solo, entre outros aspectos. Dessa forma, solos sob vegetação nativa podem informar muito sobre uma região e sua fertilidade natural, constituindo um testemunho das condições encontradas antes da ocupação agrossilvopastoril. O objetivo deste estudo foi avaliar propriedades químicas e textura dos solos sob fragmentos de Cerrado e florestas nativas amostrados durante o Inventário Florestal de Minas Gerais, por meio de análises de fertilidade do solo, textura e estatística espacial. Em geral, houve grande variabilidade em todas as propriedades analisadas, exceto em Al trocável. Os solos sob Campo Cerrado apresentaram maiores teores de matéria orgânica, comparados aos sob Cerradão e Cerrado stricto sensu. As Florestas Estacionais ocorreram, em geral, em solos de melhor fertilidade natural do que aqueles sob Cerrado, enquanto as florestas sob clima chuvoso ocorreram nos solos mais ácidos e com maiores teores de matéria orgânica, entre todas as fitofisionomias. Análises de regressão linear indicaram que a importância da matéria orgânica na CTC a pH 7,0 variou entre as diferentes fitofisionomias, sendo não significativa para as Florestas Deciduais. A estratificação por bacias hidrográficas, interpretada em conjunto com a fitofisionomia, permitiu também concluir sobre um provável efeito dos materiais de origem nas propriedades do solo, especialmente a textura. Por meio de análise geoestatística, foi possível construir, por krigagem ordinária, mapas do Estado com a distribuição de teores de carbono orgânico do solo, argila e pH, mas não para CTC a pH 7,0. A análise de solos sob fragmentos de vegetação nativa oferece potencial para uso como referência do padrão de fertilidade natural dos solos e é uma iniciativa que poderia ser empreendida em outras unidades da federação.

  3. Meliponini neotropicais: o gênero Partamona Schwarz, 1939 (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Silvia R. M.

    2003-01-01

    Full Text Available Neotropical Meliponini: the genus Partamona Schwarz, 1939 (Hymenoptera, Apidae. The systematics and biogeography of Partamona Schwarz, a Neotropical genus of stingless bees (Meliponini, Apinae, Apidae, are revised. Seventeen new species are described: P. epiphytophila sp. nov., P. subtilis sp. nov., P. nhambiquara sp. nov., P. batesi sp. nov., P. yungarum sp. nov., P. vitae sp. nov., P. ferreirai sp. nov., P. gregaria sp. nov., P. auripennis sp. nov., P. nigrilabris sp. nov., P. combinata sp. nov., P. chapadicola sp. nov., P. seridoensis sp. nov., P. littoralis sp. nov., P. criptica sp. nov., P. rustica sp. nov. and P. sooretamae sp. nov. Partamona pseudomusarum Camargo, 1980, is considered as junior synonym of P. vicina Camargo, 1980. Types of P. grandipennis (Schwarz, 1951, P. xanthogastra Pedro & Camargo, 1996-1997, P. pearsoni (Schwarz, 1938, P. ailyae Camargo, 1980, P. pseudomusarum, P. vicina, P. mulata Moure in Camargo, 1980, P. aequatoriana Camargo, 1980, P. mourei Camargo, 1980, P. peckolti, (Friese, 1901, P. testacea (Klug, 1807, P. helleri (Friese, 1900 and P. musarum (Cockerell, 1917 were examined. Lectotypes of P. orizabaensis (Strand, 1919, and P. cupira (Smith, 1863 are designated. An identification key for the species and drawings of morphological characters are presented. A phylogenetic hypothesis, based mainly on morphological characters is proposed. Four groups are defined, considering the shape of mandible of workers and sternum VII of males: bilineata / epiphytophila group (western Amazon to México, including P. bilineata (Say, P. grandipennis, P. xanthogastra P. orizabaensis P. peckolti P. epiphytophila sp. nov., P. subtilis sp. nov., P. nhambiquara sp. nov., P. batesi sp. nov., P. yungarum sp. nov. and P. vitae sp. nov.; musarum group (Central Brazil, north of South America to Central America, including P. musarum, P. aequatoriana, P. vicina, P. mourei, P. pearsoni, P. ferreirai sp. nov., P. gregaria sp. nov. and P

  4. Características físico-químicas de amostras de mel de Melipona asilvai (Hymenoptera: Apidae)

    OpenAIRE

    Souza,Bruno de Almeida; Carvalho,Carlos Alfredo Lopes de; Sodré,Geni da Silva; Marchini,Luis Carlos

    2004-01-01

    Análises de amostras de mel da abelha Melipona asilvai provenientes dos municípios de Itaberaba e Tucano, região semi-árida do Estado da Bahia, foram realizadas com o objetivo de contribuir para o conhecimento das características físico-químicas desse produto. A maioria dos parâmetros físico-químicos apresentou valores adequados para o consumo humano, o que possibilita a exploração desse produto pelas comunidades rurais da região semi-árida da Bahia. Contudo, o teor de umidade elevado é um as...

  5. Características físico-químicas de amostras de mel de Melipona asilvai (Hymenoptera: Apidae)

    OpenAIRE

    Souza, Bruno de Almeida; Carvalho, Carlos Alfredo Lopes de; Sodré, Geni da Silva; Marchini, Luis Carlos

    2004-01-01

    p. 1623-1624 Análises de amostras de mel da abelha Melipona asilvai provenientes dos municípios de Itaberaba e Tucano, região semi-árida do Estado da Bahia, foram realizadas com o objetivo de contribuir para o conhecimento das características físico-químicas desse produto. A maioria dos parâmetros físico-químicos apresentou valores adequados para o consumo humano, o que possibilita a exploração desse produto pelas comunidades rurais da região semi-árida da Bahia. Contudo, o teor de u...

  6. Avaliação da qualidade de méis de abelha produzidos e comercializados em Vitória da Conquista, Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Nelson de Castro Filho

    2017-10-01

    Full Text Available O mel é um produto elaborado pelas abelhas, a partir do néctar das flores ou de secreções procedentes de partes vivas das plantas, que as abelhas recolhem, transformam e combinam com substâncias específicas próprias. Este alimento é nutritivo e energético, sendo apreciado, entre outros fatores, por suas propriedades terapêuticas. Açúcares, água, vitaminas, ácidos orgânicos e sais minerais são os principais constituintes do mel. Nesse sentido, as análises laboratoriais são utilizadas para inspeção, com o objetivo de conhecer a composição química do mel, identificando a qualidade do produto. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade dos méis produzidos e comercializados na cidade de Vitória da Conquista - BA e sua adequabilidade em relação à identidade e qualidade padronizadas pela legislação brasileira. As amostras foram obtidas da Casa do Mel da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, em Vitória da Conquista, e analisadas no laboratório de Química Analítica e Ambiental da mesma instituição. Foram analisados teor de umidade, acidez livre, açúcares redutores e não redutores, hidroximetilfurfural, sólidos solúveis totais, pH e reação de Fiehe e Lund  em 18 amostras de méis. Das amostras avaliadas, 66,67% apresentaram valores de HMF superiores aos aceitáveis pela legislação, 11,11% para acidez e 27,78% para o teste Fiehe. O resultado das demais análises apresentaram-se dentro dos valores permitidos.

  7. A molecular marker distinguishes the subspecies Melipona quadrifasciata quadrifasciata and Melipona quadrifasciata anthidioides (Hymenoptera: Apidae, Meliponinae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana M. Waldschmidt

    2000-09-01

    Full Text Available The stingless bee species Melipona quadrifasciata includes two subspecies, Melipona quadrifasciata anthidioids and Melipona quadrifasciata quadrifasciata. The morphological difference between the two subspecies is the presence of three to five continuous yellow stripes on the terga on the 3rd to 6th segments in workers and males of M. q. quadrifasciata, and two to five interrupted bands in M. q. anthidioides. We identified a DNA marker which is present in M. q. quadrifasciata and absent in M. q. anthidioides. Only one among the M. q. quadrifasciata colonies did not present the marker. It was also absent in bees collected in northern Minas Gerais State (Brazil, despite their morphological resemblance to M. q. quadrifasciata. The marker can be used for studying the genetic structure of the hybridization zone formed by the intercrossing of the two subspecies.A espécie de abelha sem ferrão Melipona quadrifasciata apresenta duas subespécies, Melipona quadrifasciata quadrifasciata Lep. e Melipona quadrifasciata anthidioides Lep. A diferença morfológica entre as duas subespécies é a presença de três a cinco bandas tergais amarelas do 3º ao 6º segmentos em operárias e machos de M. q. quadrifasciata e duas a cinco bandas interrompidas em M. q. anthidioides. Nós identificamos um marcador de DNA que está presente em M. q. quadrifasciata e ausente em M. q. anthidioides. Este marcador está ausente em abelhas coletadas no norte do Estado de Minas Gerais (Brasil, embora esses indivíduos apresentem morfologia similar à de M. q. quadrifasciata. Este marcador poderá ser utilizado em estudos da zona de hibridação entre as subespécies.

  8. Desenvolvimento de colônias de abelhas com diferentes alimentos protéicos Development of honeybee colonies under protein diets

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábia de Mello Pereira

    2006-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de produtos regionais do Nordeste na alimentação de colônias de abelhas (Apis mellifera, em um período de escassez de floradas. Foram fornecidas dietas às abelhas, contendo 20% de proteína bruta, à base de feno de mandioca (Manihot esculenta e farinha de vagem de algaroba (Prosopis juliflora, feno de mandioca e farelo de babaçu (Orbygnia martiana, farelo de babaçu e Purilac (sucedâneo para bezerros da marca Purina e pólen apícola de Palmae. As colônias foram analisadas quanto ao peso e às áreas de alimento e cria. Não foi observada diferença significativa entre os tratamentos em relação às áreas de cria. Apesar de a pasta com pólen ser a mais consumida, este alimento mostrou conversão alimentar menor do que as demais dietas fornecidas. As colônias que receberam pasta de feno de mandioca com farelo de babaçu tiveram maior peso final. Todos os alimentos mostraram-se eficientes na manutenção das colônias.The objective of this work was to evaluate the efficiency of some regional products of Brazil Northeast to feed Apis mellifera colonies. Diets with 20% of crude protein made of cassava hay (Manihot esculenta and mesquite pod meal (Prosopis juliflora, cassava hay and babassu bran (Orbygnia martiana, babassu bran and Purilac (succedaneous for calfskin from Purina and Palmae pollen were offered to the honeybees. Colonies were evaluated for weight gain, store area and brood area. There was no significant difference among the treatments in relation to the brood areas. Pollen treatment showed the highest intake but also showed the lowest food conversion. Beehives that received diet with cassava hay and babassu flour showed greater final weight gain. All diets were efficient in the maintenance of the colonies.

  9. Interacciones entre el estornino pinto (Sturnus vulgaris) y aves nativas de Argentina por el uso de cavidades

    OpenAIRE

    Ibañez, Lucía M.; Girini, Juan M.; Palacio, Facundo X.; Fiorini, Vanina D.; Montalti, Diego

    2017-01-01

    Resumen: El estornino pinto, Sturnus vulgaris, es un ave introducida en Argentina que nidifica en cavidades y puede desplazar a otras aves de sus nidos. Durante las temporadas reproductivas 2010 y 2011 observamos en el parque Pereyra Iraola 3 intentos de usurpación de nidos de aves nativas, hornero (Furnarius rufus), carpintero real (Colaptes melanochloros) y carpintero campestre (C. campestris). Además, en 2 ocasiones se observaron estorninos nidificando en cavidades que estaban construyendo...

  10. Comportamento de abelhas visitantes florais de Lecythis lurida (Lecythidaceae no norte do estado do Rio de Janeiro Behavior of flower visiting bees of Lecythis lurida in the north of Rio de Janeiro state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willian Moura Aguiar

    2008-01-01

    Full Text Available Este estudo descreve e analisa o comportamento dos visitantes florais de L. lurida em fragmentos de mata de tabuleiro. Esta espécie monóica floresceu de outubro a janeiro. As flores abriram-se entre 5h30 e 10h00 e a antese floral não ultrapassou um dia. Durante amostragens padronizadas foram coletadas 172 abelhas visitantes florais, pertencentes a 10 gêneros e 18 espécies. As maiores freqüências foram de Epicharis flava (42,3%, Xylocopa frontalis (16,3% e Eufriesea surinamensis (11,6%, com atividade principalmente de 7h00 às 11h00. Abelhas Centridini, Euglossina e Xylocopini buscam néctar nas flores e foram considerados polinizadores efetivos. Megachile coleta pólen e também é potencial polinizador. Oxaea flavescens atuou como pilhador de néctar, perfurando o capuz da flor. Experimentos de polinização indicaram ausência de autopolinização espontânea e baixa taxa de frutificação (0,48% sob condições naturais. Como observado para outras espécies zigomórficas de Lecythidaceae, a complexa morfologia floral restringe os visitantes a abelhas de grande porte ou abelhas robustas que conseguem entrar pelo capuz floral. Entretanto, Centridini foi principal grupo de polinizadores de L.lurida, o que difere dos polinizadores indicados em outros trabalhos sobre Lecythis e outros gêneros de Lecythidaceae na região amazônica.This study describes and analyses the behavior of L. lurida flower visitors in fragments of tabuleiro lowland forest. This monoecious species flowered from October to January. The flowers opened between 5:30 and 10:00 a.m. and floral anthesis did not exceed one day. Standardizing samples on flowers resulted in 172 bees, belonging to ten genera and 18 species. Epicharis flava (42,3%, Xylocopa frontalis (16,3% and Eufriesea surinamensis (11,6% performed the highest relative frequencies, mainly occuring between 7:00 and 11:00a.m. Centridini, Euglossina and Xylocopini bees took nectar on flowers and were considered

  11. Método para avaliação da potencialidade ornamental de flores e folhagens de corte nativas e não convencionais.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabeth R. Tempel Stumpf

    2007-06-01

    Full Text Available Para garantir o êxito no mercado de novos produtos da Floricultura, é preciso estabelecer critérios objetivos de escolha das características ornamentais desejáveis. Este trabalho tem como objetivo propor e validar um método para a avaliação do potencial ornamental de plantas nativas e não-convencionais, para uso como flores e folhagens de corte. A partir de uma planilha de avaliação especialmente elaborada para tal fim, foi testado o grau de potencialidade ornamental de 11 espécies nativas do Rio Grande do Sul, resultante do somatório das notas dadas para cada uma das dez características escolhidas por sua importância para a arte floral e para o mercado. Para a validação da eficácia do método, foi efetuada uma pesquisa de opinião on line. Andropogon bicornis, Baccharis articulata, B. usterii, Eryngium ebracteatum, E. eriophorum, E. sanguisorba, Hypericum connatum, Limonium brasiliense, Myrsine umbellata, Schinus lentiscifolius e S. terebinthifolius receberam pontuação superior a 70 pontos, sendo categorizadas como de alta potencialidade ornamental. A eficácia da escolha destas espécies com base em atributos estéticos visuais ficou comprovada nos resultados obtidos pela aplicação da planilha e posteriormente validados pela pesquisa de opinião. Os resultados indicam que o método aqui proposto é uma ferramenta eficaz para avaliar o grau de potencialidade ornamental de flores e folhagens de corte nativas e não-convencionais

  12. Cucos, formigas, abelhas e a evolução dos instintos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César Ades

    Full Text Available Neste artigo, abordo o capítulo VII de "A Origem das Espécies" (Instinto, no qual Charles Darwin efetua uma aplicação da teoria da evolução por seleção natural ao domínio dos instintos, inaugurando a análise biológica do comportamento. Darwin pretendeu mostrar a possibilidade de uma evolução gradual no caso de exemplos complexos como o parasitismo de ninhada do cuco, o hábito escravagista de formigas e a construção das células do favo de abelhas melíferas. Atribuiu ao comportamento um caráter funcional, comparou espécies próximas para reconstituir etapas evolucionárias, colocou os cálculos de custo e benefício e de otimização subjacentes à seleção do comportamento, indicou aspectos de competição entre espécies e de manipulação de umas por outras, e utilizou o pensamento da seleção de grupo para dar conta da presença de indivíduos estéreis em insetos eusociais. Mais do que soluções e resultados, Darwin traz, no capítulo Instinto, argumentos e uma proposta paradigmática para a análise dos comportamentos típicos da espécie, verdadeiro ponto de partida para as abordagens atuais da etologia e da ecologia comportamental.

  13. Honey bee as an effective pollinating agent of pumpkin Abelha melífera como eficiente agente polinizador de moranga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Nicodemo

    2009-08-01

    Full Text Available The production of fruits and seeds of many crops is increased when bees visit their flowers pollinating them. The aim of this research was to study the pollination of pumpkins (Cucurbita maxima Duch. var. Exposição, to determine the diversity of insects visiting its flowers, the time and type of provision obtained and the effect of the visits on fruit set, fruit size and weight, and number of seeds. Apis mellifera L. accounted for 73.4% of the visits made by bees, collecting pollen during 34.5 s per flower and nectar in 43.9 s and 29.3 s from female and male flowers, respectively. Trigona spinipes (Fabr. collected only nectar, during a mean time of 60.5 s per flower, and represented 26.6% of the visits by bees. Diabrotica speciosa (Germ. only fed on the petals of the flower. When no insect visits occurred, there was no production of fruits. In the flowers with free visitation by insects, fruit set was 40%. The higher the number of visits, up to 16, by A. mellifera to female flowers, the greater was the fruit set, fruit size and weight, and number of seeds. In flowers visited by insects from the onset of anthesis until 9 a.m., fruit set was 35%. After 9 a.m., there was no fruit set, demonstrating the important role of A. mellifera as a pollinating agent of pumpkin, since it was the only insect visiting up to 9 a.m.A produção de frutos e sementes de várias culturas é favorecida quando abelhas visitam suas flores, efetuando a polinização. O objetivo deste trabalho foi estudar a polinização em moranga (Cucurbita maxima Duch. var. Exposição, no que se refere à identificação dos insetos que visitam mais freqüentemente suas flores, o tempo e tipo de recurso floral coletado e o resultado das visitas destes insetos na frutificação, tamanho, peso e número de sementes dos frutos. Apis mellifera L. foi responsável por 73.4% das visitas realizadas por abelhas, coletando pólen em 34.5 s e néctar em 43.9 s e 29.3 s, respectivamente para

  14. Nesting sites characteristics of stingless bees (Hymenoptera: Apidae in Central Sulawesi, Indonesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelky Suriawanto

    2017-06-01

    Full Text Available Stingless bees (Hymenoptera: Apidae is eusocial insects that live together in a colony. This research was aimed to study the nesting site characteristics of stingless bees in the settlement areas at Central Sulawesi, Indonesia. The nesting sites were observed by purposive sampling method from July 2015 to January 2016. Four species belong to genus Tetragonula were found, namely T. fuscobalteata, T. biroi, T. sapiens, and T. laeviceps. Two spesies, T. biroi and T. sapiens are the new record in Sulawesi island. The highest abundance of stingless bees colony was T. fuscobalteata (92.26%, followed by T. biroi (4.17%, T. sapiens (2.98%, and T. laeviceps (0.59%. Nesting sites of T. fuscobalteata were found in the stone, brick wall, wooden wall, bamboo, and iron cavities, T. biroi in the wooden wall, stone, and brick wall cavities, T. sapiens in stone cavities, while T. laeviceps in wooden walls.

  15. Seleção de espécies arbóreas nativas da região sul do Brasil para reflorestamento e emprego na arquitetura e no design

    OpenAIRE

    Francisco Humberto Franck Filho

    2005-01-01

    A pesquisa aborda, de modo geral, o reflorestamento como uma maneira de conter a grande demanda da indústria moveleira e a degradação das florestas nativas da Região Sul do Brasil, constituída pelos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, bem como o reflorestamento das espécies exóticas de Pinus e Eucalipto e a situação em que se encontram as florestas nativas do Rio Grande do Sul. Na busca pela promoção e valorização da madeira local, após a adoção de critérios imprescindíveis...

  16. Comunidade de insetos visitantes florais de Ocimum selloi Benth (Lamiaceae em Santa Cruz do Sul, RS, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karine Schoeninger

    2011-10-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n1p55 Este trabalho objetivou listar a comunidade de visitantes florais de Ocimum selloi, indicar os potenciais polinizadores e seus padrões de visitação. A coleta dos visitantes florais ocorreu no ano de 2007, em área antropofizada, sendo analisada a constância e a dominância dos táxons. Coletou-se um total de 653 insetos, pertencentes a sete ordens; Hymenoptera, com 370 indivíduos, foi o grupo mais representativo. Foram identificadas 36 famílias, sendo 12 de Hymenoptera e oito de Diptera, as mais diversas. Apidae foi a família com maior constância e dominância compreendida, principalmente, pela abelha Apis mellifera L., 1758 (n = 223, seguida de Halictidae (n = 107. A maior atividade forrageira foi observada no horário entre as 9h e 11h da manhã. Constatou-se que A. mellifera foi o principal visitante floral e potencial polinizador de O. selloi.

  17. Compostos fenólicos totais e taninos condensados em frutas nativas do cerrado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wesley Silveira Rocha

    2011-12-01

    Full Text Available As frutas nativas do cerrado têm despertado ultimamente interesse crescente, devido às suas propriedades nutricionais e funcionais aliadas ao potencial para agregar valor e conservar a biodiversidade deste bioma. Muitos compostos fenólicos apresentam capacidade antioxidante de neutralizar a atividade de radicais livres gerados no organismo, que estão associados a diversas doenças crônico-degenerativas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de três soluções extratoras (acetona a 70 %, etanol a 95 % e metanol a 99,8 % e determinar os teores de compostos fenólicos em 10 espécies de frutas nativas do cerrado, utilizando o método de Folin-Ciocalteou para compostos fenólicos totais e o método da vanilina para taninos condensados. A acetona a 70 % mostrou-se como o melhor solvente extrator de compostos fenólicos totais e taninos condensados em frutos de Pouteria gardneriana, Eugenia dysenterica, E. klostzchiana, E. punicifolia, Plinia edulis, Campomanesia sp., fenólicos totais de Brosimium gaudichaudii e taninos condensados de Jaracatia spinosa. O etanol a 95 % foi mais eficiente na extração de fenólicos totais de Jaracatia spinosa e taninos condensados de Brosimium gaudichaudii; o metanol a 99,8 % foi mais eficiente na extração de taninos condensados de Eugenia dysenterica. Os teores de compostos fenólicos totais variaram entre 90 e 327 mg de ácido gálico equivalente por 100g de polpa para as espécies E. dysenterica e E. punicifolia, respectivamente. Os teores de taninos condensados variaram entre 4 e 291 mg de catequina equivalente por 100 g de polpa para as espécies E. dysenterica e E. calcyna, respectivamente. As espécies de frutas do cerrado, avaliadas neste estudo, podem ser consideradas boas fontes de compostos fenólicos totais, sendo que a natureza específica dos diferentes tipos deve ser avaliada em estudos futuros.

  18. Levantamento de plantas medicinais nativas da Fazenda Azulão em Dourados-MS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Bratti

    2013-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo identificar as espécies medicinais nativas em um fragmento de mata situada na Fazenda Azulão, em Dourados/MS, baseando-se no conhecimento popular de mateiros da região, com intuito de gerar subsídios para perpetuar a preservação, a diversidade e variabilidade das espécies, bem como, incentivar populações locais a valorizar e preservar esses recursos naturais, retardando o impacto sobre a biodiversidade. Partes das plantas indicadas como medicinais foram coletadas, as quais foram identificadas mediante literaturas especializadas e por comparações com plantas depositadas no Herbário da Cidade Universitária de Dourados. Foram identificadas 61 espécies distribuídas em 35 famílias e 53 gêneros. As famílias Asteraceae (9, Fabaceae (5 e Piperaceae (4 foram as que apresentaram o maior número de espécies. Dentre as formas de vida encontradas na vegetação nativa do local, as espécies medicinais de hábito arbustivo (39,34% foram as que apresentaram os maiores valores, seguido pelas herbáceas (27,86%, arbóreas (24,6%, e lianas (8,2%. As partes das plantas mais utilizadas são as folhas, seguidas da raiz e casca. Com base nos resultados obtidos nesse estudo, as indicações da utilização das plantas medicinais podem fornecer subsídios para estudos bioquímicos e farmacológicos, diminuindo os custos e o tempo na extração de princípios ativos, bem como, permitir o fortalecimento do conhecimento cultural da comunidade local, incentivando a preservação ambiental de diversas espécies medicinais utilizadas na região. Novos estudos devem ser conduzidos no Estado do Mato Grosso do Sul, a fim de se garantir o registro de dados mais precisos sobre as espécies medicinais ocorrentes.

  19. Meliponini Neotropicais: o gênero Dolichotrigona Moure (Hymenoptera, Apidae, Apinae Neotropical Meliponini: the genus Dolichotrigona Moure (Hymenoptera, Apidae, Apinae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João M. F. Camargo

    2005-03-01

    Full Text Available O gênero neotropical de abelhas-sem-ferrão Dolichotrigona Moure, 1950, é revisado. Sete espécies novas são descritas: D. mendersoni sp. nov. (Brasil: AM, AC, RO, D. clavicornis sp. nov. (Brasil: AC, D. rondoni sp. nov. (Brasil: RO, D. tavaresi sp. nov. (Brasil: AM, AC, D. browni sp. nov. (Brasil: RO, AC, MT; Peru, Equador, Bolívia, D. moratoi sp. nov. (Brasil, AM, AC e D. chachapoya sp. nov. (Peru. O holótipo de Trigona martinezi Brèthes, 1920, e o lectótipo de Melipona longitarsis Ducke, 1916 - aqui designado -, foram examinados e redescritos. Trigona schulthessi Friese, 1900, foi interpretada com base na literatura. Chave para identificação das espécies e ilustrações dos principais caracteres diagnósticos são apresentadas.The Neotropical stingless bees genus Dolichotrigona Moure, 1950, is revised. Seven new species are described: D. mendersoni sp. nov. (Brazil: AM, AC, RO, D. clavicornis sp. nov. (Brazil: AC, D. rondoni sp. nov. (Brazil: RO, D. tavaresi sp. nov. (Brazil: AM, AC, D. browni sp. nov. (Brazil: RO, AC, MT; Peru, Equador, Bolivia, D. moratoi sp. nov. (Brazil, AM, AC and D. chachapoya sp. nov. (Peru. The holotype of Trigona martinezi Brèthes, 1920, and the lectotype of Melipona longitarsis Ducke, 1916 - herein designated -, were examined and redescribed. Trigona schulthessi Friese, 1900, was interpreted based on the literature. Identification key for species and illustrations of the main diagnostic characters are presented.

  20. Medio de cultivo utilizando residuos-sólidos para el crecimiento de una bacteria nativa con potencial biofertilizante

    OpenAIRE

    Lara Mantilla, Cecilia; García Támara, Liliana Pahola; Oviedo Zumaqué, Luis E

    2010-01-01

    En el presente trabajo se muestran los resultados obtenidos de la evaluación del crecimiento, desarrollo y viabilidad de una cepa bacteriana nativa Azotobacter A15M2G con potencial biofertilizante, sobre un medio de cultivo preparado con residuos sólidos vegetales procedentes del mercado: Brassica Oleracea (repollo), Lactusa sativa (lechuga) y Allium fistulosum (cebollín). El crecimiento de la bacteria en el medio de residuo vegetal a diferentes concentraciones: 25, 50 y 75% p/v fue evaluado,...

  1. A molecular phylogeny of the stingless bee genus Melipona (Hymenoptera: Apidae).

    Science.gov (United States)

    Ramírez, Santiago R; Nieh, James C; Quental, Tiago B; Roubik, David W; Imperatriz-Fonseca, Vera L; Pierce, Naomi E

    2010-08-01

    Stingless bees (Meliponini) constitute a diverse group of highly eusocial insects that occur throughout tropical regions around the world. The meliponine genus Melipona is restricted to the New World tropics and has over 50 described species. Melipona, like Apis, possesses the remarkable ability to use representational communication to indicate the location of foraging patches. Although Melipona has been the subject of numerous behavioral, ecological, and genetic studies, the evolutionary history of this genus remains largely unexplored. Here, we implement a multigene phylogenetic approach based on nuclear, mitochondrial, and ribosomal loci, coupled with molecular clock methods, to elucidate the phylogenetic relationships and antiquity of subgenera and species of Melipona. Our phylogenetic analysis resolves the relationship among subgenera and tends to agree with morphology-based classification hypotheses. Our molecular clock analysis indicates that the genus Melipona shared a most recent common ancestor at least approximately 14-17 million years (My) ago. These results provide the groundwork for future comparative analyses aimed at understanding the evolution of complex communication mechanisms in eusocial Apidae. Copyright 2010 Elsevier Inc. All rights reserved.

  2. Especies nuevas de abejas de Cuba y La Española (Hymenoptera: Colletidae, Megachilidae, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio A. Genaro

    2001-12-01

    Full Text Available Se describen e ilustran cinco especies nuevas de abejas antillanas: Collectes granpiedrensis n. sp. (Cuba (Colletidae; Osmia (Diceratosmia stangei n. sp. (República Dominicana; Coelioxys (Cyrtocoelioxys alayoi n. sp. (Cuba; C. (Boreocoelioxys sannicolarensis n. sp. (Cuba (Megachilidae y Triepeolus nisibonensis n. sp. (República Dominicana (ApidaeFive new species of Antillean bees are described and illustrated: Colletes granpiedrensis n. sp. (Cuba (Colletidae is charaterized as follows: Head and mesosoma black, legs and metasoma brown. Dense brown hairs on head and mesosoma; white on frons and metasomal terga. Clypeus, frons and mesosoma with large punctures, lesser on vertex and metasoma. Malar space more wide than long. Male and female slightly similar, except in the apical margin of clypeus, supraclipeal area, and color of the pubescence on legs and sterna; Osmia (Diceratosmia stangei n. sp. (Dominican Republic (Megachilidae is charaterized as follows: Dark metallic green, metasoma black with metallic green reflections. Pubescence light; body with large, closed punctures. Female with violet reflections in tergum III and mandible tridentate; Coelioxys (Cyrtocoelioxys alayoi n. sp. (Cuba (Megachilidae is charaterized as follows: Female black, except basal area of mandibles, tegula, legs, lateral area of tergum I and sterna, reddish brown. Posterior margin of scutellum rounded. Apex of tergum VI with spine curved up. Sternum VI fringed with short, closed setae, and the apex with short spine; Coelioxys (Boreocoelioxys sannicolarensis n. sp. (Cuba (Megachilidae is charaterized as follows: Black, except antenna and tegula brown; legs and sterna reddish brown. Clypeal margin straight in profile. Gradular grooves on metasomal terga II and III distinct medially. Fovea on metasomal tergum II of male deep and short, and Triepeolus nisibonensis n. sp. (Dominican Republic (Apidae is charaterized as follows: Dorsal pubescence (short and dense on mesosoma

  3. INCORPORAÇÃO DO LODO DE ESGOTO NA COMPOSIÇÃO DE SUBSTRATO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS NATIVAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Aparecida dos Santos NOBREGA

    2017-07-01

    Full Text Available A disposição final dos resíduos sólidos tem sido um agravante nas questões ambientais, pois seu despejo incorreto promove danos à saúde pública e ao meu ambiente. Baseado em suas características químicas, os biossólidos tem potencial para uso em substratos de plantas, demandando estudos de espécies que sejam tolerantes, passíveis de serem utilizadas em modelos de produção vegetal, bem como para recuperação de áreas degradadas. Neste sentido, esta revisão objetiva alertar e informar a população em geral e os profissionais da área de restauração ambiental quanto à atuação do lodo de esgoto como coajduvante na composição de substrato para produção de mudas de espécies florestais nativas. Tais informações podem contribuir para a elaboração de protocolos para a produção de substrato para mudas nativas, substrato este que seja de baixo custo de produção e que contribua para a melhoria ambiental. 

  4. Evaluación de medios de cultivo in vitro para especies forestales nativas en peligro de extinción en ecuador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Blanca Indacochea

    2018-01-01

    Full Text Available Las especies nativas Myroxylon balsamum (bálsamo, Tabebuia crhysantha (guayacán y Tabebuia billbergii (madero negro, son especies forestales endémicas del bosque seco de la costa del Ecuador y Perú. Los objetivos de la investigación fueron: i desarrollar un protocolo para establecer, multiplicar plantas micropropagadas en condiciones in vitro para el establecimiento de cultivos de especies nativas amenazadas en la zona sur de Manabí y ii definir los medios de cultivos y protocolos de desinfección más adecuados para la reproducción in vitro de las especies nativas amenazadas, empleando para el establecimiento diferentes concentraciones de Povidyn®, NaClO + Tween + HgCl2 y tiempos de exposición. De acuerdo con los resultados en la fase de establecimiento in vitro de explantes de M. balsamum, T. crhysantha y T. billbergii, se demostró que la aplicación de Povidyn® por 20 minutos + 15% NaClO + 2 gotas Tween por 5 minutos + 0,5% HgCl2 por 5 minutos, permitió reducir significativamente la contaminación de los explantes por microorganismos, alcanzando un 90%, 87% y 88% de explantes vivos respectivamente, libres de contaminación por hongos y bacterias a los 30 días de evaluación. En la fase de multiplicación in vitro, el medio MS suplementado con 2 mg.l-1 BAP + 1 mg.l-1 ANA, permitió generar el 80%, 82% y 87 de brotes sanos de M. balsamum, T. crhysantha y T. billbergii respectivamente. El enraizamiento de brotes de las 3 especies en dosis combinadas de BAP/AIB y BAP/ANA, no presentó efecto alguno. La producción in vitro de material vegetal seleccionado de M. balsamum, T. crhysantha y T. billbergii, confirma la utilidad de la micropropagación respecto del uso de técnicas convencionales.

  5. Comportamiento ingestivo de vacas en una asociación grama nativa/ Arachis pintoi en el trópico húmedo veracruzano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Epigmenio Castillo Gallegos

    2014-01-01

    Full Text Available Se introdujo la leguminosa Arachis pintoi CIAT 17434 (AP en una pastura de gramas nativas, para estudiar su efecto sobre la conducta de ingestión del animal al pastar, en la época lluviosa del trópico húmedo del estado de Veracruz. Los tratamientos fueron gramas nativas (PN, testigo y AP asociado a gramas nativas (PNA. La rotación fue 1 día de pastoreo/20 días de recuperación con carga de 3.2 vacas F1 (Holstein x Cebú/ha. Las diferencias se probaron a P <0.05, presentándose primero las medias ± error estandar de PNA y luego de PN. Hubo diferencias entre tratamientos en cantidad de materia seca (MS presente antes del pastoreo (4,225 ± 212 vs 3,314 ± 212 kg/ha, así como en proteína cruda (15.1 ± 0.45 vs 10.6 ± 0.5 % y materia orgánica (MO digestible (67.65 ± 1.7 vs 64.1 ± 2.4 % de la extrusa esofágica. El tiempo de pastoreo (367 ± 11 vs 380 ± 11 min/24 h fue similar entre tratamientos y el de rumia diferente (291 ± 8 vs 379 ± 8 min/24 h. No hubo diferencias en consumo de MO calculado por Cr-indigestibilidad in situ (2.09 ± 0.11 vs 2.16 ± 0.11 kg MO/100 kg PV, pero por comportamiento ingestivo, si las hubo (1.54 ± 0.12 vs 2.02 ± 0.12. La producción diaria (kg/vaca de leche ordeñada (6.8 ± 0.4 vs 6.1 ± 0.4 y consumida por el becerro (4.4 ± 0.4 vs 3.8 ± 0.5 fueron similares, pero la producción total fue diferente (9.0 ± 0.6 vs 7.2 ± 0.6 kg/animal/ día.

  6. Estudo das glândulas mandibulares e ovários de operárias de Apis mellifera L. (Hymenoptera, Apidae mantidas em condiçoes artificiais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Regina de Salvo

    1988-01-01

    Full Text Available Foram estudados os ovários e as glândulas mandibulares de Apis mellifera mantidas em condições artificiais e foi observado que em pequenos grupos (menos de 20 abelhas os órgãos analisados não se desenvolveram.The ovaries and mandibular glands in workers of Apis mellifera under artificial conditions were studied and was observed that in small groups (less than 20 bees the analyzed organs did not develop.

  7. Trichinella spiralis, T-britovi, and T-nativa: infectivity, larval distribution in muscle, and antibody response after experimental infection of pigs

    DEFF Research Database (Denmark)

    Kapel, C.M.O.; Webster, P.; Lind, Peter

    1998-01-01

    larvae per gram (lpg)] and in three of four pigs inoculated with T. britovi (mean 7 lpg). No larvae were found in pigs inoculated with T. nativa. For T. spiralis and T. britovi, the neck muscle (m. splenius) appears to be a predilection site in addition to the tongue, the diaphram, and the jaw. High...... samples from wild animals. Immunoblotting (Western blots) on slaughter sera revealed no species specificity when comparing homologous versus heterologous staining....

  8. Métodos para atrair e repelir a abelha Apis mellifera (L. em cultura de maracujá amarelo (Passiflora edulis flavicarpa flavicarpa Deg. - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i1.2036 Methods to attract and repel Africanize honey bees Apis mellifera, L., to passion fruit (Passiflora edulis flavicarpa flavicarpa Deg. - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i1.2036

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Maria Rossi

    2003-04-01

    Full Text Available Este experimento foi conduzido no Centro Universitário Moura Lacerda, Campus Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, e teve como objetivos observar a eficiência dos extratos de capim-limão (Cymbopogon citratus, manjericão (Ocimum basilicum L. e falsa melissa (Lippia alba, como atrativos, e citronela (C. nardus, extratos de orégano, pimenta-do-reino, canela e cravo, como repelentes, que foram comparados a outros atrativos (eugenol e linalol e repelentes (n.octyl.acetato, 2.heptanona e citronellal, obtidos comercialmente, para a A. mellifera. Foram estudados, ainda, os insetos visitantes nas flores do maracujá amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg., além de testar plantas-iscas para essas abelhas. Os produtos testados in vitro e, posteriormente, testados tanto pulverizados quanto em tubos, não foram eficientes para atrair ou repelir a abelha Apis mellifera. Os produtos n.octyl.acetato e citronellal repeliram completamente tanto as abelhas africanizadas quanto as Xylocopa, não devendo ser utilizado em cultivos comerciais. O girassol (Hellianthus annuus e o cosmos (Cosmos sulphureus podem ser utilizados como alternativas para afastar a abelha A. mellifera das flores do maracujá.This experiment was carried out at Centro Universitário Moura Lacerda, Ribeirão Preto, state of São Paulo, Brazil, to study Africanized honey bee (Apis mellifera L. attractives and repellents in vitro, in tubes and on passion fruit flowers (Passiflora edulis flavicarpa flavicarpa Deg.. Visiting insects were studied in flowers and also, bait-plants to Africanized honey bees were tested. The products were not effective in attracting and repelling the honey bee in vitro and in tube tests. The chemicals n.octyl.acetato and citronellal were repellent to honey bees and Xylocopa bees on passion fruit flowers. Sunflower (Hellianthus annuus and cosmos (Cosmos sulphureus flowers can be used to remove Africanized honey bees from passion fruit crops.

  9. Termorregulação em colônias de Melipona eburnea (Apidae: Meliponina criadas racionalmente em Rio Branco, Acre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Cildomar da Silva Correia

    2017-08-01

    Full Text Available Resumo. A temperatura é o agente climático que afeta mais diretamente o metabolismo das abelhas, influenciando no desenvolvimento das crias, podendo acarretar resultados negativos para produção de mel. O objetivo deste estudo foi conhecer a diferença da termorregulação de colônias de Melipona eburnea Friese. As observações foram realizadas en­tre 09 de junho e 09 de julho de 2016, 24 horas por dia, utilizando-se dois ninhos de M. eburnea, um em caixa racional e outro em troncode árvore. Utilizou-se Data Logger(modelo HOBO U12 – 012, com exatidão de ±0,35 °C. Verificou-se que o ninho de M. eburnea em oco de árvore manteve uma temperatura média de 31,7 ºC, enquanto que o ninho em caixa racional apresentou temperatura média de 27,8 ºC. A temperatura ambiente variou de 16,6 a 34,2 °C, com média de 23,8 ºC. A espécie M. eburnea em caixa racional apresentou termorregulação inferior à colônia em oco de árvore e também maior oscilação de temperatura. Concluiu-se que M. eburnea mantém sua colônia em homeostase, mesmo quando há variações na temperatura ambiente (ninho em oco de árvore. M. eburnea apresentou termorregulação insatisfatória, quando mantida em caixa racional. Thermoregulation in colonies of Melipona eburnea Friese(Apidae: Meliponina rationally bred in Rio Branco, Acre Abstract. Temperature is the climatic agent that most directly affects the metabolism of bees, influencing at the development of the young being able lead to negative results for honey production. The objective of this study was to know the difference of thermoregulation of Melipona eburnea Friese colonies. The observations were made between June 9 and July 9, 2016, 24 hours a day, using two nests of M. eburnea, one in rational box and the other in tree trunk. Was used Data Logger (model HOBO U12-012 was used, with accuracy of ± 0.35 °C. Was verified that the nest of M. eburnea in tree hollow maintained an average temperature of 31

  10. Intenção comportamental de agricultores do Oeste de Santa Catarina para a conservação de florestas nativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Zuchiwschi

    2015-03-01

    Full Text Available ResumoConciliar a conservação de florestas nativas e a produção agropecuária em estabelecimentos rurais é uma tarefa complexa que demanda abordagens sistêmicas e multidisciplinares que incluam, além de aspectos biológicos dos recursos, outros de natureza socioeconômica, cultural e mesmo psicológica. Para identificar e comparar a intenção comportamental de agricultores da região Oeste de Santa Catarina para a conservação e manejo de florestas nativas em seus imóveis rurais, foi utilizada neste trabalho a Teoria do Comportamento Planejado. Verificou-se que a Intenção Comportamental de agricultores de diferentes sistemas de produção e de agricultores com e sem dependência por recursos florestais nativos para compor a renda, diferem. Diferenças entre grupos de agricultores em relação aos resultados da Atitude e do Controle Comportamental Percebido estavam associadas de forma coerente com aspectos socioeconômicos e ambientais. Os resultados das Normas Subjetivas indicam que a família é a principal referência dos agricultores, exercendo pressão positiva para a conservação florestal.

  11. Abelhas (Hymenoptera: Apoidea visitantes das flores de urucum em Vitória da Conquista, BA Bees (Hymenoptera: Apoidea visitors of the annatto flowers in Vitória da Conquista, Bahia State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Augusto Jorge Cavalcante Costa

    2008-04-01

    Full Text Available O urucum é um arbusto da família Bixaceae, utilizado na fabricação de corantes naturais para a indústria alimentícia e cosmética. No Brasil, somente nos últimos 15 anos, houve maior interesse pelo cultivo, pois se tornou uma alternativa agrícola promissora. O presente trabalho teve por objetivo identificar as abelhas visitantes das flores do urucuzeiro em Vitória da Conquista, BA. O trabalho foi conduzido no campo experimental da UESB, em uma lavoura do tipo cultivado Peruana Paulista. A coleta das abelhas visitantes foi feita na época principal de floração do urucueiro: março/abril, das 6h às 18h. Foram coletadas 3019 abelhas de 22 espécies, com predominância na visitação das 8h às 14h em relação ao número de indivíduos e número de espécies capturadas. As espécies mais freqüentes foram: Trigona spinipes (Fabricius, Apis mellifera L., Schwarziana quadripunctata (Lepeletier e Tetragonisca angustula (Latreille. Espécies de maior porte, como Xylocopa frontalis (Olivier, Bombus morio (Swederus e Eulaema nigrita Lepeletier, consideradas como eficientes na polinização da cultura do urucum, não foram abundantes neste estudo.Annatto is a shrub from Bixaceae family, which natural pigment (annatto is widely used in food and cosmetic industries. In Brazil, the interest for this crop started in the last fifteen years, once it became a promising agricultural alternative. This study was aimed at identifing visitor bees of annatto flowers at the agriculture region of Vitória da Conquista (BA. The research was carried out in the experimental field of UESB, in an experimental plot planted with the cv. Peruana Paulista. The visitor bees were collected during the main blooming period: March/April, between 6:00h and 18:00h. A total of 3,019 bees from 22 species was collected, with higher visitation during the period from 8:00 to 14:00h, regarding the number of individuals and species. The species most frequent were Trigona spinipes

  12. Limitación de la conservación de variedades nativas por variedades mejoradas: Estudio de caso de la papa en los Andes centrales del Ecuador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MSc. María Cecilia Dávila

    2018-04-01

    Full Text Available La conservación de la biodiversidad para la alimentación y la agricultura, es una actividad importante a nivel mundial para asegurar la seguridad alimentaria y nutricional, pero dicha actividad está siendo limitada por varios factores. Este estudio de caso analiza cómo la adopción de variedades mejoradas de papa limita la conservación de la diversidad de las variedades nativas a nivel de granja o chakra en seis comunidades indígenas en los Andes centrales ecuatorianos. Los resultados muestran que la adopción de variedades mejoradas ha desplazado una amplia gama de variedades locales tradicionales de los campos de agricultores que, junto con las condiciones socioeconómicas y ambientales que caracterizaron el sitio de estudio, han socavado la diversidad genética de variedades cultivadas de papa en las fincas. Palabras clave: Conservación en finca, diversidad de papa, variedades mejoradas, variedades nativas.

  13. Levantamento de espécies de cobertura vegetal nativas e exóticas encontradas no campus oeste da Universidade Federal Rural do Semi-Árido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. V. Sousa

    2015-12-01

    Full Text Available Desmatamento é o processo de desaparecimento de massas florestais, fundamentalmente causadas pela atividade humana, com a retirada da cobertura vegetal em determinada área para utilização comercial de madeira, implantação de projetos agropecuários e também na expansão urbana. Como em qualquer área que necessite de uma cobertura vegetal, a UFERSA também enfrenta uma problemática frequente, a replantação de árvores exóticas invasoras, ao invés de nativas da região. Dessa forma o presente trabalho tem como objetivo não somente avaliar e mapear a densidade da flora do local, mas também evidenciar possíveis problemas e disponibilizar soluções. Procurou-se dividir a vegetação em dois grupos: as nativas e as exóticas. Foi realizada a demarcação dos pontos de acordo com a localização das espécies, com a finalidade de identificar e quantificar as espécies de plantas nativas e exóticas. Dentre todas as espécies amostradas, 24 espécies (25,3% são representantes de espécies nativas e 71 espécies (74,7% são exóticas. A arborização da UFERSA segue o padrão observado na maioria das áreas verdes públicas das cidades brasileiras, com grande número de espécies exóticas em relação às nativas. Em vista de uma melhor estrutura física fica evidente a necessidade de uma maior arborização, tendo como incentivo o plantio de espécies nativas, que proporcionem sombra, alimento e sirvam de abrigo para a fauna local, não apenas na UFERSA, mas em toda a região que vem perdendo sua flora natural em favor de plantas exóticas. Survey of species of native and exotic vegetation coverage found in the campus of Federal Rural University west of the Semi-arid regionAbstract: Deforestation is the process of disappearance of forest masses, basically caused by human activity, with the withdrawal of the vegetation cover in particular area for commercial use of wood, deployment of agricultural projects and also in urban expansion

  14. Preservation of Domesticated Honey Bee (Hymenoptera: Apidae) Drone Semen.

    Science.gov (United States)

    Paillard, M; Rousseau, A; Giovenazzo, P; Bailey, J L

    2017-08-01

    Preservation of honey bee (Apis mellifera L., Hymenoptera: Apidae) sperm, coupled with instrumental insemination, is an effective strategy to protect the species and their genetic diversity. Our overall objective is to develop a method of drone semen preservation; therefore, two experiments were conducted. Hypothesis 1 was that cryopreservation (-196 °C) of drone semen is more effective for long-term storage than at 16 °C. Our results show that after 1 yr of storage, frozen sperm viability was higher than at 16 °C, showing that cryopreservation is necessary to conserve semen. However, the cryoprotectant used for drone sperm freezing, dimethyl sulfoxide (DMSO), can harm the queen and reduce fertility after instrumental insemination. Hypothesis 2 was that centrifugation of cryopreserved semen to reduce DMSO prior to insemination optimize sperm quality. Our results indicate that centrifuging cryopreserved sperm to remove cryoprotectant does not affect queen survival, spermathecal sperm count, or sperm viability. Although these data do not indicate that centrifugation of frozen-thawed sperm improves queen health and fertility after instrumental insemination, we demonstrate that cryopreservation is achievable, and it is better for long-term sperm storage than above-freezing temperatures for duration of close to a year. © The Authors 2017. Published by Oxford University Press on behalf of Entomological Society of America. All rights reserved. For Permissions, please email: journals.permissions@oup.com.

  15. Avaliação microbiológica de amostras de mel de trigoníneos (Apidae: Trigonini do Estado da Bahia Microbiological evaluation of trigonine bee (Apidae: Trigonini honey samples from the State of Bahia - Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno de Almeida Souza

    2009-12-01

    Full Text Available O mel é um produto que apresenta atividade antimicrobiana atribuída a fatores físicos e químicos. Mesmo assim, ainda é possível encontrar uma série de microrganismos presentes neste produto e que servem como indicadores de qualidade. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade microbiológica do mel produzido por espécies de abelhas sem ferrão (Trigonini do Estado da Bahia. Quatorze amostras de mel foram avaliadas quanto ao teor de umidade, atividade de água, contagem padrão de bolores e leveduras, e presença de microrganismos do grupo coliforme. Um total de 50,0% das amostras apresentou contagem padrão para bolores e leveduras acima do máximo permitido pela regulamentação brasileira para alimentos. Esta desclassificação de amostras assepticamente colhidas indica a necessidade de identificação desta microbiota e sua possível ocorrência natural no mel produzido por este grupo de abelhas. Nenhuma das amostras foi desclassificada em relação à contagem de microrganismos do grupo coliforme.Honey is a product that presents antimicrobial activity attributed to physical and chemical factors. Even so, it is still possible to find many microorganisms present in this product, which can be used as quality indicators. The objective of this work was to evaluate the microbiologic quality of the honey produced by stingless bee species from the State of Bahia, Brazil. Fourteen samples of honey were evaluated for the moisture content, water activity, standard counting of moulds and yeasts, and presence of microorganisms of coliform group. A total of 50.0% of the samples presented standard counting of moulds and yeasts above the maximum value permmited by the Brazilian food legislation. This disqualification of samples asseptically harvested indicates the need of identification of this microbiota and its possible natural occurrence in the honey produced by this group of bees. None of the samples was disqualified regarding the

  16. Geoestatística na avaliação dos atributos físicos em latossolo sob floresta nativa e pastagem na Região de Manicoré, Amazonas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Eleotério de Aquino

    2014-04-01

    Full Text Available A utilização das técnicas geoestatísticas permite detectar a existência da dependência e distribuição espacial dos atributos do solo, constituindo importante ferramenta na análise e descrição detalhada do comportamento dos atributos físicos do solo. Este trabalho teve como objetivo o uso da geoestatística na avaliação dos atributos físicos em Latossolo sob floresta nativa e pastagem na região de Manicoré no Amazonas. Nas áreas de floresta nativa e pastagem, foram estabelecidas malhas com dimensão 70 × 70 m e demarcados pontos nessas malhas espaçados a cada 10 m, totalizando 64 pontos. Esses pontos foram georreferenciados e, em seguida, foram feitas as coletadas de solo em cada ponto da malha nas camadas de 0,00-0,20 e 0,40-0,60 m para determinação dos atributos físicos, totalizando 128 amostras de solo em cada malha. Essas malhas encontram-se paralelas com uma distância uma da outra de 100 m e o solo nessas áreas é classificado como Latossolo. Determinaram-se textura, densidade do solo e de partículas, macroporosidade, microporosidade, porosidade total e estabilidade dos agregados em água. Após a tabulação dos dados, foram realizadas análises estatísticas descritivas e geoestatística. A pastagem apresentou leve variação nos seus atributos físicos em relação à floresta nativa, com coeficiente de variação alto e dependência espacial fraca. Os semivariogramas escalonados conseguiram reproduzir de forma satisfatória o comportamento espacial dos atributos no mesmo padrão dos semivariogramas individuais, e o uso do parâmetro alcance do semivariograma mostrou-se eficiente para determinar a densidade amostral ideal para os ambientes em estudo. Os resultados geoestatísticos indicaram que a retirada da floresta nativa para a implantação da pastagem alterou a variabilidade natural dos atributos físicos.

  17. Qualidade da forragem de pastagem nativa sob distintas alternativas de manejo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heringer Ingrid

    2002-01-01

    Full Text Available A queima da vegetação se reflete sobre o solo, a composição botânica, o desenvolvimento das espécies, e também sobre a qualidade da forragem. O objetivo deste trabalho foi estudar cinco sistemas de manejo da pastagem nativa, em relação às queimadas. Foram avaliados os seguintes sistemas, todos pastejados: com queima bienal há mais de 100 anos; sem queima há 32 anos com ou sem roçada; e melhorado há 7 e 24 anos. O delineamento experimental foi o completamente casualizado com três repetições. Os teores de proteína bruta e de digestibilidade in vitro da matéria orgânica foram maiores nas áreas sob melhoramento e roçada. O teor de N não diferiu entre tratamentos, enquanto os teores de P, K, Ca e Mg foram maiores na forragem da área melhorada, e não diferiram nos demais tratamentos. A quantidade acumulada de nutrientes nos tecidos, reflexo da produção de forragem, foi maior nos sistemas sem queima.

  18. Mitochondrial sequencing reveals five separate origins of 'black' Apis mellifera (Hymenoptera: Apidae) in eastern Australian commercial colonies.

    Science.gov (United States)

    Oxley, P R; Oldroyd, B P

    2009-04-01

    Establishment of a closed population honey bee, Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae), breeding program based on 'black' strains has been proposed for eastern Australia. Long-term success of such a program requires a high level of genetic variance. To determine the likely extent of genetic variation available, 50 colonies from 11 different commercial apiaries were sequenced in the mitochondrial cytochrome oxidase I and II intergenic region. Five distinct and novel mitotypes were identified. No colonies were found with the A. mellifera mellifera mitotype, which is often associated with undesirable feral strains. One group of mitotypes was consistent with a caucasica origin, two with carnica, and two with ligustica. The results suggest that there is sufficient genetic diversity to support a breeding program provided all these five sources were pooled.

  19. Produção e desenvolvimento de colônias de abelhas africanizadas (Apis mellifera l. a partir de diferentes áreas e idades de cria Production and development of africanized honey bee (Apis mellifera l. colonies departing from different comb brood areas and brood ages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Henrique Dias da Silva

    2004-04-01

    Full Text Available A apicultura brasileira usa da captura de enxames silvestres de abelhas melíferas africanizadas (Apis mellifera L. para repor e/ou aumentar o número de colônias dos apiários, possuindo inconvenientes como a dependência da natureza para captura dos enxames, a heterogeneidade genética das colônias capturadas e a possibilidade desses enxames serem portadores de doenças e parasitas prejudiciais à sanidade das abelhas. O presente trabalho testa e apresenta uma técnica de divisão de colônias de abelhas melíferas africanizadas para a produção de novas colônias fortes em curto espaço de tempo, a partir de recursos mínimos de cera, cria e alimento. Os resultados mostraram que núcleos de A. mellifera formados inicialmente com uma rainha jovem e fecundada, 1 kg de operárias, um quadro de cria fechada, um quadro de favo puxado e vazio e dois quadros com cera alveolada permitem a produção de novas colônias em 42 dias. Portanto, pode-se concluir que a técnica de divisão de colônias por formação de núcleos como descrito acima, oferece aos apicultores uma alternativa viável para a produção e comercialização em larga escala de novas colônias de abelhas melíferas africanizadas.The Brazilian apiculture relies upon collecting wild swarms of Africanized honey bees (Apis mellifera L. to replace and/or increase the number of colonies in the apiaries. This practice brings problems such as dependence on nature to capture any swarm, diverse genetic make-up of the colonies captured and the possibility of these swarms be carrying diseases and parasites harmful to the bees. The present work tests and presents a technique to split colonies of Africanized honey bees to produce new strong colonies in short time, departing from little resources of wax, brood and food stores. Results showed that A. mellifera nuclei formed by a young and mated queen, 1kg of workers, a frame of sealed brood, an empty frame of drawn beeswax and two frames

  20. Anidamiento y dieta de Harpia harpyjaLinnaeus en la Comunidad Nativa de Infierno, Madre de Dios, Perú

    OpenAIRE

    Piana, Renzo

    2007-01-01

    El Águila Arpía (Harpia harpyja Linnaeus) es la rapaz de mayor tamaño que habita los bosques amazónicos, sin embargo en el Perú, es muy poco lo que se sabe de esta especie. Desde 1996 a 2001, realizó una investigación en la Comunidad Nativa de Infierno para obtener información sobre la biología de la especie mediante la localización y observación de nidos activos y abandonados. La investigación permitió encontrar los primeros nidos activos descritos para el Águila Arpía en Perú e indicarían u...

  1. Características físico-químicas de amostras de mel de Melipona asilvai (Hymenoptera: Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza Bruno de Almeida

    2004-01-01

    Full Text Available Análises de amostras de mel da abelha Melipona asilvai provenientes dos municípios de Itaberaba e Tucano, região semi-árida do Estado da Bahia, foram realizadas com o objetivo de contribuir para o conhecimento das características físico-químicas desse produto. A maioria dos parâmetros físico-químicos apresentou valores adequados para o consumo humano, o que possibilita a exploração desse produto pelas comunidades rurais da região semi-árida da Bahia. Contudo, o teor de umidade elevado é um aspecto que merece uma maior atenção por parte do produtor, que deverá ter cuidado com a higiene na manipulação do mel durante a coleta e no processo de armazenamento.

  2. Sex Determination in Bees. IV. Genetic Control of Juvenile Hormone Production in MELIPONA QUADRIFASCIATA (Apidae)

    Science.gov (United States)

    Kerr, Warwick Estevam; Akahira, Yukio; Camargo, Conceição A.

    1975-01-01

    Cell number and volume of corpora allata was determined for 8 phases of development, the first prepupal stage to adults 30 days old, in the social Apidae Melipona quadrifasciata. In the second prepupal stage a strong correlation was found between cell number and body weight ( r=0.651**), and cell number and corpora allata volume in prepupal stage (r=0.535*), which indicates that juvenile hormone has a definite role in caste determination in Melipona. The distribution of the volume of corpus allatum suggest a 3:1 segregation between bees with high volume of corpora allata against low and medium volume. This implies that genes xa and xb code for an enzyme that directly participates in juvenile hormone production. It was also concluded that the number of cells in the second prepupal stage is more important than the weight of the prepupa for caste determination. A scheme summarizing the genic control of sex and caste determination in Melipona bees in the prepupal phase is given. PMID:1213273

  3. Selección de cepas productoras de enzimas ligninolíticas nativas del Valle del Yaqui

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.R. Maldonado-Bustamante

    2017-01-01

    Full Text Available Introducc ión: Las fibras lignocelulósicas están compuestas por tres polímeros: celulosa, hemicelulosa y lignina. El biopulpeo es un pretratamiento, previo al proceso de pulpeo físico químico, cuyo fin es lograr la deslignificación parcial del complejo lignocelulós ico por la acción de hongos, debido a que los hongos tienen un complejo enzimático formado por: ligno peroxidasas (LiP, lacasas (Lac, manganeso peroxidasas (MnP, y xilanasas (Xil. Las cepas nativas tienen la habilidad de deslignificar el material ligno celulósico como paja de trigo o madera, entre otros. Método: Se trabajó con diez cepas de la colección COLMENA del Laboratorio de Biotecnología del Recurso Microbiano del Instituto Tecnológico de Sonora. La selección de cepas se realizó escogiendo las que presentaron mayor índice de potencia (I.P., obtenido a través de la comparación del halo de actividad enzimática contra el halo de crecimiento de la cepa, a los 14 días de incubación utilizando el software Image J 1.44. Resultados: De las diez cepas eva luadas , la mejor para la producción de LiP fue TSM35 con un I.P. de 3.83±0.29, para Lac y Xil ; la cepa TSO46 obtuvo valores de con un I.P. de 20.37±2.70 y 1.38±0.00 respectivamente . Con este estudio se determinó el potencial de incorporar cepas nativas pa ra el pretratamiento de biopulpeo previo a un un proceso de deslignificación físico químico. Discusiones o Conclusiones: Se logró determinar que tres cepas tienen actividad ligninolítica en medio sólido por excreción de LiP, Lac y Xil , por lo que tiene n potencial para incorporarlos como pretratamiento en un proceso de deslignificación.

  4. Avaliação do desenvolvimento de mudas nativas em uma área paludosa, no município de Inconfidentes, MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Mélega Sarmento

    2013-09-01

    Full Text Available O presente trabalho trata-se da avaliação inicial do desenvolvimento de cem mudas nativas, durante onze meses, plantadas numa área paludosa na fazenda experimental da Escola Agrotécnica Federal de Inconfidentes – EAFI , Inconfidentes, MG. As dez espécies nativas escolhidas para o plantio foram Nectandra nitidula (canelinha, Croton urucurana (sangra-d’água, Inga vera (ingá, Triplaris americana (pau-formiga, Alchornea glandulosa (tapiá, Erythrina falcata (moxoco, Cordia ecalyculata (café-de-bugre, Cedrela odorata (cedro-do-brejo, Acacia polyphylla (monjoleiro e Citronella gongonha (laranjeira-do-brejo. Foram plantadas dez mudas de cada espécie, no espaçamento de 1,5 x 2,0 m em setembro do ano de 2007. Foram feitas avaliações mensais até o mês de julho do ano de 2008. Os parâmetros utilizados nas avaliações foram: Altura (H, Diâmetro à Altura do Solo (DAS e Diâmetro de Copa. Nas onze avaliações, esses parâmetros mostraram que as espécies apresentaram diferentes ritmos de desenvolvimento, em função da área ser permanentemente encharcada. As espécies que se destacaram em Altura, DAS e Diâmetro de Copa foram Citronella gongonha (laranjeira-do-brejo e Cedrela odorata (cedro-do-brejo, significando que essas espécies são as mais propícias para o ambiente paludoso

  5. Atividades externas de Melipona marginata obscurior Moure (Hymenoptera, Apidae, em distintas épocas do ano, em São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brasil External activities of Melipona marginata obscurior Moure (Hymenoptera, Apidae, in distinct times of the year, at São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francine von B. Borges

    2005-09-01

    Full Text Available Propõe-se a análise das atividades de vôo de Melipona marginata obscurior Moure, 1971, em diferentes épocas do ano. Atividades de vôo de abelhas de duas colônias foram estudadas no Centro de Pesquisas e Conservação da Natureza Pró-Mata, em São Francisco de Paula, RS. Na primavera-verão, a amplitude diária de atividade de vôo foi de nove e 13 horas para colônias A e B, respectivamente, com maior intensidade de vôo entre nove e 11 horas. A temperatura mínima para vôo foi de 14,3°C e a partir desta tornaram-se mais intensas. A maior intensidade de vôo ocorreu na faixa de 81-90% de umidade relativa e radiação solar a partir de 300 W/m². Para a colônia A, apenas a temperatura influenciou significativamente as atividades de vôo das abelhas, enquanto que para a colônia B foi somente a radiação solar. No outono-inverno, a amplitude diária de atividades de vôo foi de 10 horas, e entre 10 e 15 horas estas atividades foram mais intensas. A temperatura mínima para vôo foi de 13,7°C, e a partir desta temperatura as atividades tornaram-se mais intensas. Assim como na primavera-verão, a maior intensidade de vôo neste período ocorreu a partir de 300 W/m² de radiação solar. A temperatura e a radiação solar exerceram influência significativa nas atividades externas das abelhas das duas colônias no outono-inverno. As atividades de coleta de pólen pelas abelhas, na primavera-verão, ocorreram desde as primeiras horas da manhã, enquanto no outono-inverno o forrageamento foi tardio.It is proposed a seasonal analysis of the external activities of Melipona marginata obscurior Moure, 1971, in different times of the year. The flight activities of the bees of colonies were studied in the Centro de Pesquisas e Conservação da Natureza Pró-Mata, at São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul. In the spring-summer period, the diary amplitude of the flight activity was about 9 and 13 hours to the colonies A and B, respectively

  6. Relação entre plantas nativas do Cerrado e água

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonnardo Cruvinel Furquim

    2018-05-01

    Full Text Available A distribuição da vegetação no bioma Cerrado relaciona-se principalmente à profundidade do solo, uma vez que esta estabelece o estoque de nutrientes e de água no solo até o final da estação seca. O trabalho aborda a evolução das plantas nativas deste bioma, trazendo as principais adaptações anatômicas, fenológicas e fisiológicas relacionadas com a disponibilidade hídrica no solo. Redução na taxa de transpiração, investimento em sistemas radiculares espessados e profundos, dormência fisiológica de sementes e acúmulo de carboidratos não-estruturais em tecidos são as principais características adaptativas destas plantas às condições do Cerrado. Algumas espécies possuem eficiente mecanismo de ajustamento osmótico, sendo capazes de redistribuir água nos tecidos mesmo em condição de déficit hídrico, o que as permite, em taxas lentas, crescerem e se desenvolverem.

  7. Absconding and migratory behaviors of feral Africanized honey bee (Apis mellifera L. colonies in NE Brazil = Comportamentos de abandono e migração de colônias silvestres da abelha melífera africanizada (Apis mellifera L. no nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Breno Magalhães Freitas

    2007-10-01

    Full Text Available We investigated the annual movements of feral Africanized honey bee (Apis mellifera L. colonies in the state of Ceará, Brazil, aiming to understand seasonal variations in their population. Arrival and absconding of Africanized honey bee (AHB colonies in the semiaridmunicipality of Canindé and the coastal humid city of Fortaleza (120 km apart were recorded weekly from January 1999 to December 2001, and the data compared to rainfall records in both areas. Results showed that AHB colonies only nest in the semiarid during the rainy season and abscond during the dry season, the opposite from observations taken in Fortaleza. Only 5% of colonies remained in the semiarid area for the entire year due to ant (Camponotus sp. attacks and shortage of nectar and water during the dry season, with most colonies migrating to coastal areas where the weather is milder and many plant species bloom at that time of year. Excessive rainfallprobably pushes AHB colonies back to the semiarid during the rainy season. We concluded that absconding and migration are strategies that allow AHB colonies to survive in the semiarid NE of Brazil, contrary to European honeybees, which have never succeeded in establishing wild colonies in the region.Os movimentos de colônias silvestres da abelha melífera africanizada (Apis mellifera L. no Estado do Ceará, Brasil, foram investigados com o objetivo de compreender variações anuais em sua população. A chegada e a partida de colônias de abelhas africanizadas (AHB,no município semi-árido de Canindé e na úmida cidade litorânea de Fortaleza (separadas por 120 km, foram monitoradas semanalmente, de janeiro de 1999 a dezembro de 2001, e comparados com os dados pluviométricos de chuvas em ambas as áreas. Os resultadosdemonstraram que as abelhas africanizadas somente nidificaram no semi-árido durante a estação chuvosa e o abandonaram na estação seca, ao contrário do observado em Fortaleza. Apenas 5% das col

  8. Survival of honey bee (Hymenoptera: Apidae) spermatozoa incubated at room temperature from drones exposed to miticides.

    Science.gov (United States)

    Burley, Lisa M; Fell, Richard D; Saacke, Richard G

    2008-08-01

    We conducted research to examine the potential impacts ofcoumaphos, fluvalinate, and Apilife VAR (Thymol) on drone honey bee, Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae), sperm viability over time. Drones were reared in colonies that had been treated with each miticide by using the dose recommended on the label. Drones from each miticide treatment were collected, and semen samples were pooled. The pooled samples from each treatment were subdivided and analyzed for periods of up to 6 wk. Random samples were taken from each treatment (n = 6 pools) over the 6-wk period. Sperm viability was measured using dual-fluorescent staining techniques. The exposure of drones to coumaphos during development and sexual maturation significantly reduced sperm viability for all 6 wk. Sperm viability significantly decreased from the initial sample to week 1 in control colonies, and a significant decrease in sperm viability was observed from week 5 to week 6 in all treatments and control. The potential impacts of these results on queen performance and failure are discussed.

  9. Body size limits dim-light foraging activity in stingless bees (Apidae: Meliponini).

    Science.gov (United States)

    Streinzer, Martin; Huber, Werner; Spaethe, Johannes

    2016-10-01

    Stingless bees constitute a species-rich tribe of tropical and subtropical eusocial Apidae that act as important pollinators for flowering plants. Many foraging tasks rely on vision, e.g. spatial orientation and detection of food sources and nest entrances. Meliponini workers are usually small, which sets limits on eye morphology and thus quality of vision. Limitations are expected both on acuity, and thus on the ability to detect objects from a distance, as well as on sensitivity, and thus on the foraging time window at dusk and dawn. In this study, we determined light intensity thresholds for flight under dim light conditions in eight stingless bee species in relation to body size in a Neotropical lowland rainforest. Species varied in body size (0.8-1.7 mm thorax-width), and we found a strong negative correlation with light intensity thresholds (0.1-79 lx). Further, we measured eye size, ocelli diameter, ommatidia number, and facet diameter. All parameters significantly correlated with body size. A disproportionately low light intensity threshold in the minute Trigonisca pipioli, together with a large eye parameter P eye suggests specific adaptations to circumvent the optical constraints imposed by the small body size. We discuss the implications of body size in bees on foraging behavior.

  10. Nidificação e forrageamento de Centris (Ptilotopus scopipes Friese (Hymenoptera, Apidae Nesting biology and foraging behavior of Centris (Ptilotopus scopipes Friese (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Gaglianone

    2001-07-01

    Full Text Available Centris (Ptilotopus are large bees and important pollinators in the Neotropical region. Its biology and behavior is still poorly known and only a few observations have been published. In this paper, observations on the biology of C. (Ptilotopus scopipes Friese, 1899, a species that occurs in the "cerrados" of Brazil, are presented. The study was conducted in the Estação Ecológica de Jataí, in Luiz Antônio, São Paulo, during the active period of the adults (November through April. Females collected pollen from flowers of Solanaceae and Caesalpiniaceae, by vibration, and floral oils from Malpighiaceae belonging to the genera Byrsonima, Banisteriopsis, Stigmaphyllon and Peixotoa. Floral resources are carried in the hind leg scopae to the nests, which are excavated in the walls of epigeous nests of the termite Procornitermes araujoi Emerson, 1952 (Termitidae, Nasutitermitinae. The main tunnel entered the termite nest at an ascending angle ending in a vestibulum. Two parallel, vertical burrows forming linear series of cells descended from the vestibulum. The upper cell (the nearest to the nest entrance was filled with soil. This might represent a protection against parasites. During the study, one female of Acanthopus excellens Schrottky, 1902 (Apidae, Ericrocidini, a cleptoparasitic bee, was captured when leaving one of the nests. A male of C. scopipes emerged eleven months after cell closure, suggesting a univoltine cycle for this species.

  11. Physicochemical aspects and sensory profile of stingless bee honeys from Seridó region, State of Rio Grande do Norte, BrazilAspectos físico-químicos e perfil sensorial de méis de abelhas sem ferrão da região do Seridó, Estado do Rio Grande do Norte, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaína Maria Batista Sousa

    2013-09-01

    Full Text Available Stingless bee honey is a highly valued product of the Seridó region, state of Rio Grande do Norte due to its specific sensory and nutritional characteristics. The objective of this study was to evaluate the physicochemical and sensory profile of stingless bee honeys produced in the Seridó region, state of Rio Grande do Norte. Twenty-nine honey samples from the following stingless bees were analyzed: M. subnitida D., Frieseomellita doederleini F., Melipona scutellaris L., Frieseomellita flavicornis, Scaptotrigrona SP, Nannotrigona testaceicornis L., Melipona compressipes fasciculada S., Melipona quadrifasciata Lep, Melipona quinquefasciata, M. scutellaris L. and Partamona helleri F. The composition considering moisture, total sugars, reducing sugars, apparent sucrose, protein, vitamin C, and ash, and the total acidity, pH, and color were evaluated. A sensory profile, considering the aroma, color, viscosity, flavor, acidity attributes and general acceptability, and the acceptability, regarding aroma, color and flavor, were also analyzed. The honeys were different (p O mel de abelhas sem ferrão é um produto bastante valorizado na região do Seridó do Rio Grande do Norte, em função de suas características nutritivas e sensoriais específicas. O objetivo do presente estudo foi avaliar os aspectos físico-químicos e perfil sensorial de méis de abelhas sem ferrão produzidos na região do Seridó do Rio Grande do Norte. Foram analisadas 29 amostras de mel das seguintes abelhas sem ferrão: M. subnitida D., Frieseomellita doederleini F., Melipona scutellaris L., Frieseomellita flavicornis, Scaptotrigrona SP, Nannotrigona testaceicornis L., Melipona compressipes fasciculada S., Melipona quadrifasciata Lep, Melipona quinquefasciata, M. scutellaris L. e Partamona helleri F. Os aspectos físico-químicos analisados foram: umidade, açúcares totais, açucares redutores, sacarose aparente, cinzas, acidez total, pH, proteína, vitamina C e cor

  12. Populações nativas: capuchinhos franceses e o governo estadual – práticas e articulações no início do século XX no RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cintia Régia Rodrigues

    2013-05-01

    Full Text Available Este trabalho analisa a relação entre Igreja Católica e as populações nativas do RS, destacando a atuação dos missionários capuchinhos franceses junto às populações nativas do Rio Grande do Sul no início do século XX. Além disso, averigua-se a articulação entre o Governo Estadual e a Igreja Católica durante a República Velha. Cada Instituição detinha seus interesses: uma desenvolveu a “proteção fraterna” para os nativos, a partir da Diretoria de Terras e Colonização o Governo do Estado organizou uma série de práticas, sendo que o nativo deveria se transformar em mais um agente do projeto de modernização e a outra tentou continuar seu trabalho evangelizador, dentro do contexto de modernização que estava em marcha no Estado Sul-Riograndense.

  13. Optimizing Drone Fertility With Spring Nutritional Supplements to Honey Bee (Hymenoptera: Apidae) Colonies.

    Science.gov (United States)

    Rousseau, Andrée; Giovenazzo, Pierre

    2016-03-27

    Supplemental feeding of honey bee (Apis melliferaL., Hymenoptera: Apidae) colonies in spring is essential for colony buildup in northern apicultural regions. The impact of pollen and syrup feeding on drone production and sperm quality is not well-documented, but may improve fecundation of early-bred queens. We measured the impact of feeding sucrose syrup, and protein supplements to colonies in early spring in eastern Canada. Drones were reared under different nutritional regimes, and mature individuals were then assessed in regard to size, weight, and semen quality (semen volume, sperm count, and viability). Results showed significant increases in drone weight and abdomen size when colonies were fed sucrose and a protein supplement. Colonies receiving no additional nourishment had significantly less semen volume per drone and lower sperm viability. Our study demonstrates that feeding honey bee colonies in spring with sucrose syrup and a protein supplement is important to enhance drone reproductive quality. RÉSUMÉ: L'administration de suppléments alimentaires aux colonies de l'abeille domestique (Apis melliferaL., Hymenoptera: Apidae) au printemps est essentielle pour le bon développement des colonies dans les régions apicoles nordiques. L'impact de la supplémentation des colonies en pollen et en sirop sur la production des faux-bourdons et la qualité du sperme demeure peu documenté mais pourrait résulter en une meilleure fécondation des reines produites tôt en saison. Nous avons mesuré l'impact de la supplémentation en sirop et/ou en supplément de pollen sur les colonies d'abeilles tôt au printemps dans l'est du Canada. Les faux-bourdons ont été élevé sous différents régimes alimentaires et les individus matures ont ensuite été évalués pour leur taille, leur poids ainsi que la qualité de leur sperme (volume de sperme, nombre et viabilité des spermatozoïdes. Les résultats montrent une augmentation significative du poids et de la taille

  14. A flora melitófila de uma área de dunas com vegetação de caatinga, Estado da Bahia, Nordeste do Brasil The bee flora of caatinga vegetation on sand dunes in Bahia State, Northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Tereza Araújo Rodarte

    2008-06-01

    Full Text Available As espécies melitófilas de uma área de caatinga foram caracterizadas quanto à morfologia e recursos florais, floração e abelhas visitantes. As coletas foram realizadas, durante quatro dias consecutivos, em fevereiro, abril, junho, agosto, outubro e dezembro/2000 (10º47'37'S e 42º49'25'W. A área foi percorrida das 06:00 às 17:00 h, seguindo dois transectos paralelos (com 450 m × 100 m e 550 m × 100 m e distando 50 m entre si, abrangendo 10 ha. As 42 espécies melitófilas identificadas (55% da flora local foram visitadas por 2.924 indivíduos de 41 espécies abelhas. As famílias Caesalpiniaceae e Malpighiaceae foram as mais visitadas. As espécies predominantemente visitadas por 35 espécies de abelhas, correspondendo a 78% do total de indivíduos foram: Byrsonima blanchetiana Miq., Copaifera coriacea Mart., Senna macranthera, Peltogyne pauciflora Benth., Senna gardneri (Benth. H.S. Irwin & Barneby, Serjania comata, Mouriri pusa (Gardner, Jatropha mutabilis (Pohl. Baill., Maytenus rigida Mart. e Turnera calyptrocarpa Urb. (24% da flora apícola. A produção de flores dessas espécies representou 95% do total. Em geral, os aspectos básicos da morfologia floral das espécies: pequenas, dispostas em inflorescências, zigomorfas, de cores alva e rosa, monoclinas e com deiscência longitudinal das anteras, não diferiram em relação à flora local, corroborando o seu caráter generalista. O predomínio de interações generalistas deve-se à abundância local de abelhas eussociais nativas (Meliponinae e Apis mellifera. Embora a produção de flores tenha sido maior na estação chuvosa, as abelhas foram mais abundantes no período seco, indicando que o recurso não limitou a atividade das abelhas. As plantas do estrato arbustivo e herbáceo floresceram mais intensamente no período seco e chuvoso, respectivamente, gerando um grau de compartimentalização no padrão de uso dos recursos pelas abelhas. Esse padrão pode favorecer a

  15. Pollen harvest by Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae in the Dourados region, Mato Grosso do Sul state (Brazil Pólen coletado por Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae na região de Dourados, estado de Mato Grosso do Sul (Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D'Apolito

    2010-12-01

    Full Text Available We present data on the pollen harvest by Apismellifera L. at a central-western Brazil site not yet studied. Corbiculae pollen loads were collected during one year in front of the hive, acetolysed and slides mounted for optical microscopy. Identification followed comparisons with a local pollen collection. Forty-two pollen types were utilized by the bee; the most important families were Myrtaceae, Asteraceae, Euphorbiaceae, Brassicaceae and Poaceae. The genus/species level ranking of relative importance showed Eucalyptus (19%, Raphanus raphanistrum (13%, Poaceae type 2 (7.5%, Jatropha cf. gossypiifolia (7% and Sapium glandulatum (6.5%. Overall, the majority of pollen types (80% were not abundantly harvested, and a minority (4% reached values of 10%. Given that the study area has cultivated plants and not natural vegetation, we indicate most of the identified species as manageable and point out that weedy vegetation can be an important food source for bees since it frequently occurred in the pollen spectra even within a totally cultivated area.Apresentamos dados sobre a coleta de pólen por Apis mellifera L. em uma localidade no centro-oeste do Brasil, ainda não estudada. Cargas corbiculares de pólen foram coletadas durante um ano em frente ao ninho, acetolisadas e montadas em lâminas para microscopia óptica. A identificação foi feita por comparação com uma coleção de referência local. Quarenta e dois tipos polínicos foram utilizados pelas abelhas; as famílias mais importantes foram Myrtaceae, Asteraceae, Euphorbiaceae, Brassicaceae e Poaceae. O ranqueamento de importância relativa para gênero/espécie mostrou Eucalyptus (19%, Raphanus raphanistrum (13%, Poaceae tipo 2 (7,5%, Jatropha cf. gossypiifolia (7% e Sapium glandulatum (6,5%. No geral, a maioria dos recursos (80% não foi utilizada com abundância, e uma minoria (4% alcançou valores de 10%. Dado que a área de estudo não possui uma vegetação natural, mas cultivares, n

  16. Influência da qualidade de luz e silício no crescimento in vitro de orquídeas nativas e híbridas

    OpenAIRE

    Pasqual,Moacir; Soares,Joyce DR; Rodrigues,Filipe A; Araujo,Aparecida G de; Santos,Roseneide R dos

    2011-01-01

    Objetivou-se avaliar a influência do ambiente de cultivo e de concentrações de silicato de cálcio no crescimento in vitro de uma espécie nativa de orquídea (Brassavola perrine) e de um híbrido [(Laelia cattleya Culminant "Tuilerie" x Laelia cattleya Sons Atout Rotunda) x Brassolaelia cattleya Startifire Moon Beach]. Plântulas oriundas de sementes germinadas in vitro com aproximadamente 0,5 cm de comprimento foram inoculadas em frascos com capacidade para 250 mL contendo 60 mL de meio de cultu...

  17. Five egg-laying queens in a single colony of brazilian stingless bees (Melipona scutellaris Latreille Presença de cinco rainhas fisogástricas em colônia de abelha sem ferrão (Melipona scutellaris Latreille

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alfredo Lopes de Carvalho

    2011-03-01

    Full Text Available Polygyny, characterized by the presence of several egg-laying queens, is considered as a temporary colony status. In stingless bees it is rarely observed. This paper reports the first case of natural polygyny in Melipona scutellaris colony, with five egg-laying queens.Poliginia, caracterizada pela presença de mais de uma rainha poedeira, é considerada como uma condição temporária em colônias. Em abelhas sem ferrão isso é raramente observado. Este artigo registra o primeiro caso de poliginia natural em colônia de Melipona scutellaris, com cinco rainhas poedeiras.

  18. Composição da macrofauna do solo sob diferentes usos da terra (cana-de-açúcar, eucalipto e mata nativa em Jacutinga (MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lizandra de Fátima Martins

    2017-04-01

    com posterior triagem manual dos indivíduos. A identificação de cada grupo taxonômico foi baseada em características morfológicas. O solo para análise química foi coletado nos mesmos pontos de coleta da fauna. A menor riqueza de grupos foi encontrada na cana-de-açúcar, em comparação com o eucalipto e área de mata nativa. A Ordem Hymenoptera foi a mais abundante nas três áreas de estudo, representada principalmente por insetos da Família Formicidae. O resultado da Análise de Componentes Principais mostrou que Enchytraeidae e Oligochaeta associaram-se ao atributo umidade do solo na área de cana-de-açúcar. A Análise de Agrupamento mostrou que há uma separação espacial entre as áreas de estudos em que a mata nativa isolou-se das áreas de cana-de-açúcar e eucalipto. Os resultados obtidos neste trabalho demonstram que o uso da terra, principalmente o monocultivo como cana-de-açúcar, provoca uma diminuição na diversidade de invertebrados edáficos. Palavras-chave: Distância euclidiana. Ecologia do solo. Densidade de invertebrados. Alterações de ecossistemas.

  19. Avaliação farmacognóstica de geoprópolis de Melipona fasciculata Smith da Baixada maranhense, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Richard Pereira Dutra

    Full Text Available Melipona fasciculata Smith é uma abelha nativa, social e sem ferrão que produz cera, mel e geoprópolis. O presente trabalho objetivou caracterizar, do ponto de vista farmacognóstico, o geoprópolis de Melipona fasciculata, coletado em meliponários nos municípios de Arari, São Bento e São João Batista, da Baixada maranhense, no Estado do Maranhão, visando estabelecer dados para o controle de qualidade e padronização do produto. A metodologia utilizada constou de análises sensoriais, abordagem química, perfis cromatográficos e determinação dos teores de flavonóides. Os resultados demonstram que o geoprópolis apresenta características sensoriais similares às encontradas para própolis de Apis mellifera, presença de compostos fenólicos em maior concentração, além de substâncias da classe dos terpenos e saponinas e ausência de alcalóides. Os perfis cromatográficos indicaram que a composição e concentração das substâncias químicas são diferentes entre as amostras. Os teores de flavonóides variaram de 0,17 - 2,6%, os quais para a maioria das amostras apresentaram valores acima do mínimo exigido pela legislação brasileira para própolis de Apis mellifera. Os dados encontrados sugerem que as variações qualitativa e quantitativa de flavonóides e outros constituintes químicos no geoprópolis são fortemente afetados pela flora visitada pelas abelhas, região geográfica e fatores ambientais.

  20. Dinâmica de crescimento e distribuição diamétrica de fragmentos de florestas nativa e plantada na Amazônia sul ocidental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Paulo da Cunha Lima

    Full Text Available O Brasil é um país com grande vocação florestal, apresentando em torno de 6,8 milhões de hectares de florestas plantadas e 385 milhões de hectares de florestas nativas. A estrutura diamétrica de uma floresta, sob o ponto de vista da produção, permite caracterizar e indicar o estoque de madeira disponível anteriormente a uma exploração, além de fornecer informações que auxiliem na tomada de decisões sobre a necessidade de reposição florestal. O objetivo do estudo é analisar o padrão de distribuição por classe diamétrica pelos métodos empírico e estatístico, bem como a dinâmica de crescimento de dois fragmentos florestais distintos (nativo e plantado situados em Rio Branco, no Estado do Acre. Na floresta plantada de seringueira, foram realizadas medições a 100% da circunferência e do diâmetro das árvores, sendo os dados agrupados em classes tanto pelo método estatístico como empírico. Na floresta nativa, as árvores de diferentes espécies foram medidas em dez parcelas com área de 500 m² (10 × 50 m. A partir da obtenção dos diâmetros, os dados foram agrupados em classes tanto pelo método estatístico como pelo empírico. Houve maior concentração de indivíduos nas classes centrais da distribuição, fator esse muito comum em florestas plantadas. As florestas plantadas apresentam uma disposição gráfica que se aproxima de uma curva normal, o que é característico desse tipo florestal. As florestas nativas, geralmente, caracterizam-se por apresentar distribuição diamétrica decrescente, em forma de 'J-invertido', ou seja, maior quantidade de indivíduos nas classes de tamanhos menores, sendo que isso vai diminuindo com o aumento das classes.

  1. Espectro polínico de amostras de mel de Apis mellifera L., coletadas na Bahia Pollen spectrum of samples of Apis mellifera L., honey collected in Bahia State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AUGUSTA CAROLINA DE CAMARGO CARMELLO MORETI

    2000-01-01

    Full Text Available O espectro polínico encontrado em amostras de mel provenientes de seis municípios do Estado da Bahia foi analisado com o objetivo de contribuir para o conhecimento da flora visitada por Apis mellifera L. 1758 (Hymenoptera: ApidaeA identificação dos tipos polínicos foi feita por meio de literatura especializada e de informações de campo. Foram encontrados 43 tipos de pólen, sendo consideradas como dominantes as espécies Eucalyptus sp. (Myrtaceae, Mimosa verrucosa Benth. (Mimosaceae, M. scabrella Benth. (Mimosaceae e Bauhinia sp. (Caesalpiniaceae. Os tipos acessórios foram Alternanthera ficoidea R.Br. (Amaranthaceae, tipo Compositae (Asteraceae e Cecropia sp. (Moraceae. Destacou-se a participação de Mimosa sp. (Mimosaceae e de outras espécies silvestres na composição dos méis nos municípios considerados, registrando-se ainda a espécie Eucalyptus sp. (Myrtaceae como uma das principais fontes de alimento das abelhas dessa região.Pollen spectrum found in honey samples from six localities of Bahia State, Brazil, was analyzed with the objective to contribute for the knowledge of the plants used by Apis mellifera L., 1758 (Hymenoptera: Apidae. The identification of the pollen types was made by specialized literature and by field information. Two hundred pollen grains were studied in order to determine the percentage and the occurrence of each type. Forty three pollen types were identified, being considered as the predominant types Eucalyptus sp. (Myrtaceae, Mimosa verrucosa Benth. (Mimosaceae, M. scabrella Benth. (Mimosaceae and Bauhinia sp. (Caesalpiniaceae. The accessory pollen types were Alternanthera ficoidea R.Br. (Amaranthaceae, Compositae type (Asteraceae and Cecropia sp. (Moraceae. It is intense the participation of Mimosa sp. (Mimosaceae and other wild species in the honey composition of the six localities considered. Eucalyptus sp. (Myrtaceae is one of the dominant sources of bee food in some regions of Bahia State.

  2. Caracterización de cepas nativas de Azotobacter spp. y su efecto en el desarrollo de Lycopersicon esculentum Mill. “tomate” en Lambayeque

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cynthia Escobar

    2011-01-01

    Full Text Available El objetivo de la presente investigación fue caracterizar y determinar el efecto de cepas nativas de Azotobacter spp. en el desarrollo vegetativo de Lycopersicon esculentum Mill. “tomate”, como una alternativa al uso indiscriminado de fertilizantes químicos. Se tomaron muestras de raíces y suelo rizosférico de hortalizas con las que se realizaron diluciones (10-4 en caldo Ashby-Sacarosa y se incubaron a 30 ºC hasta observar un color amarillo, turbidez y película superficial. El género Azotobacter se identificó en agar mineral sin nitrógeno y Ashby-Benzoato, obteniéndose 96 cepas con una producción de 7.10 a 57.99 mgL-1 de ácido indolacético, 0.13 a 1.64 mgL-1 de nitrógeno fijado como amonio y hasta 1.61 % de eficiencia en la solubilización de roca fosfórica de Bayóvar. Se obtuvo una suspensión celular (108 de cada una de las cuatro cepas con los mayores valores y se inocularon independientemente y en consorcio, así como una combinación con 50 % de urea-100 % de roca fosfórica, en la rizósfera de tomate cv. Río Grande, en un diseño experimental completamente aleatorio. Todas las cepas nativas incrementaron la altura, volumen radicular, materia seca total, parte aérea y radicular frente al testigo absoluto.

  3. Prediction of social structure and genetic relatedness in colonies of the facultative polygynous stingless bee Melipona bicolor (Hymenoptera, Apidae).

    Science.gov (United States)

    Dos Reis, Evelyze Pinheiro; de Oliveira Campos, Lucio Antonio; Tavares, Mara Garcia

    2011-04-01

    Stingless bee colonies typically consist of one single-mated mother queen and her worker offspring. The stingless bee Melipona bicolor (Hymenoptera: Apidae) shows facultative polygyny, which makes this species particularly suitable for testing theoretical expectations concerning social behavior. In this study, we investigated the social structure and genetic relatedness among workers from eight natural and six manipulated colonies of M. bicolor over a period of one year. The populations of M. bicolor contained monogynous and polygynous colonies. The estimated genetic relatedness among workers from monogynous and polygynous colonies was 0.75 ± 0.12 and 0.53 ± 0.16 (mean ± SEM), respectively. Although the parental genotypes had significant effects on genetic relatedness in monogynous and polygynous colonies, polygyny markedly decreased the relatedness among nestmate workers. Our findings also demonstrate that polygyny in M. bicolor may arise from the adoption of related or unrelated queens.

  4. Prediction of social structure and genetic relatedness in colonies of the facultative polygynous stingless bee Melipona bicolor (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evelyze Pinheiro dos Reis

    2011-01-01

    Full Text Available Stingless bee colonies typically consist of one single-mated mother queen and her worker offspring. The stingless bee Melipona bicolor (Hymenoptera: Apidae shows facultative polygyny, which makes this species particularly suitable for testing theoretical expectations concerning social behavior. In this study, we investigated the social structure and genetic relatedness among workers from eight natural and six manipulated colonies of M. bicolor over a period of one year. The populations of M. bicolor contained monogynous and polygynous colonies. The estimated genetic relatedness among workers from monogynous and polygynous colonies was 0.75 ± 0.12 and 0.53 ± 0.16 (mean ± SEM, respectively. Although the parental genotypes had significant effects on genetic relatedness in monogynous and polygynous colonies, polygyny markedly decreased the relatedness among nestmate workers. Our findings also demonstrate that polygyny in M. bicolor may arise from the adoption of related or unrelated queens.

  5. Bioensayo de toxicidad aguda con plantas nativas para evaluar un derrame de petróleo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivien Pentreath

    2015-06-01

    Full Text Available Los bioensayos con plantas constituyen una excelente herramienta en la evaluación del riesgo ambiental y, en particular, la utilización de semillas de plantas vasculares es recomendada debido a su mayor sensibilidad. El objetivo del presente trabajo fue evaluar el comportamiento de plantas nativas para ser utilizadas como indicador biológico de contaminación ambiental con petróleo en relación con un bioindicador estandarizado. Se analizó el Índice de Germinación (IG de Lactuca sativa L., Atriplex lampa (Moq. D.Dietri. y Prosopis denudans Benth. en treinta muestras de suelo extraídas de un yacimiento petrolero a fin de detectar efectos fitotóxicos. El IG es un método económico, rápido y reproducible para determinar toxicidad de suelo, ayudando a caracterizar áreas con suelos contaminados. La germinación de Atriplex lampa (Moq. D.Dietri. y Prosopis denudans resultó más resistente en los suelos contaminados de un yacimiento petrolero que el bioindicador de referencia utilizado (Lactuca sativa L..

  6. Effect of nectar pillaging by native stingless bees (Hymenoptera: Apidae) in the abscission of flowers of Bougainvillea spectabilis Willd. (Nyctaginaceae) =Efeito da pilhagem de néctar por abelhas nativas sem ferrão (Hymenoptera: Apidae) na abscisão floral de Bougainvillea spectabilis Willd. (Nyctaginaceae)

    OpenAIRE

    Rodrigo Arand; Gisele Catian; Paulo Alexandre Bogiani; Igor Inforzato

    2011-01-01

    This study had as objective to evaluate whether the pillaging activity by native bees influences floral abscission. Samples were collected in ten individuals of Bougainvillea spectabilis. In the period between May 4 and June 1st, 2009, 2,874 flowers were collected on the ground and 2,895 from the plants, with three-day intervals between each collection and a total of 10 repetitions in each plant. We measured the total of closed flowers, open flowers, robbed flowers, normal flowers, open robbe...

  7. Notes on the nesting biology of five species of Euglossini (Hymenoptera: Apidae in the Brazilian Amazon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Carvalho-Filho

    2017-04-01

    Resumo. As abelhas-da-orquídea (Euglossini possuem tamanho médio a grande, corpo parcialmente ou completamente metálico e são relativamente comuns na região Neotropical. Apesar disso, a biologia de nidificação da maioria das espécies permanece desconhecida. Portanto, o objetivo deste estudo e fornecer novas informações sobre a biologia de nidificação de cinco espécies de Euglossini encontradas em área urbana e florestada da Amazônia Brasileira. Os ninhos de Eufriesea pulchra (Smithe Euglossa chalybeata Frieseforam registrados pela primeira vez, encontrados dentro de ninho de formiga Azteca sp. e em uma árvore apodrecida caída, respectivamente. O ninho de Euglossa townsendiCockerell foi registrado pela primeira vez em uma folha da planta ornamental Cordyline sp. (Asparagaceae. Euglossa intersecta Latreillefoi registrada nidificando dentro de um ninho abandonado de cupim e Euglossa cordata (Linnaeusfoi encontrada nidificando em uma maçaneta tubular de metal de uma janela.

  8. Caracterização fisiológica e conservação de sementes de oito fruteiras nativas do bioma floresta com araucária

    OpenAIRE

    Pirola, Kelli

    2013-01-01

    As fruteiras nativas brasileiras mesmo apresentando potencial de uso na agricultura, têm sido pouco exploradas comercialmente. Neste sentido, devem-se estimular estudos que permitam fomentar futuros programas de melhoramento e tecnologias para sua produção. O objetivo deste trabalho foi estudar o comportamento fisiológico de sementes de fruteiras do Bioma Floresta com Araucária, bem como, testar métodos para conservação das mesmas. O trabalho foi conduzido no Laboratório de Fisiologia Vegetal...

  9. Diferenciação genética entre Melipona mondury, Smith 1863, Melipona rufiventris, Lepeletier, 1836 e Melipona sp. (Hymenoptera, Apidae) no estado de Minas Gerais, Brasil, utilizando marcadores ISSR

    OpenAIRE

    Dias, Fábia Guimarães

    2008-01-01

    Melipona rufiventris, Lepeletier, 1836 e M. mondury, Smith, 1863 (Hymenoptera, Apidae) são espécies geneticamente similares, popularmente conhecidas como uruçu amarela. Estudos recentes, utilizando marcadores moleculares mostraram que as populações de uruçu amarela em Minas Gerais formam grupos distintos, sendo M. mondury pertencente à região de Mata Atlântica, M. rufiventris e uma terceira espécie, ainda não identificada aqui denominada de Melipona sp., pertencentes à região do Cerrado. O ob...

  10. Estabelecimento de Espécies Florestais Nativas Via Semeadura Direta no Rio Piauitinga - Sergipe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janisson Batista de Jesus

    2017-04-01

    Full Text Available RESUMO A técnica de semeadura direta vem se destacando nos projetos de recuperação florestal pela redução de custos na implantação e tem sido cada vez mais utilizada. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a emergência, sobrevivência e estabelecimento de espécies florestais nativas, por meio de sementes em áreas de mata ciliar no Rio Piauitinga, município de Lagarto, SE. As espécies utilizadas foram Libidibia ferrea var. leiostachya (Benth. L. P. Queiroz, Cassia grandis L. f., Cecropia pachystachya Trec., Enterolobium contortisiliquum (Vell. Morong e Guazuma ulmifolia Lam. O experimento em campo foi implantado em Delineamento em Blocos Casualizados (DBC com quatro repetições, em esquema fatorial, testando-se as cinco espécies com e sem tratamento para superação de dormência. A semeadura direta mostrou-se uma técnica viável para a área de estudo apenas para as espécies L. ferrea var. leiostachya, E. contortisiliquum e Cassia grandis, utilizando-se sementes com e sem dormência.

  11. Respuesta productiva de una pastura de gramas nativas bajo pastoreo rotacional intensivo en clima cálido húmedo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. A. Alonso-Díaz

    2007-01-01

    Full Text Available En el trópico húmedo de Veracruz se estimó la respuesta productiva de una pastura de gramas nativas bajo pastoreo rotacional intensivo, con ganado Cebú Brahman, de junio de 1994 a mayo de 1997, con periodos variables de ocupación (1-3 días y recuperación (10-151 días. Se muestrearon seis divisiones (3.0 ± 0.5 ha/división. La MS presente, antes y después del pastoreo en sequía (marzo-junio; 2,135 y 1,402 kg/ ha, fue inferior a “nortes” (noviembre-febrero; 2,846 y 1,909 kg/ha y lluvias (julio-octubre; 2,844 y 1,864 kg/ha, sin diferencia entre sí. Se encontraron diferencias para peso vivo del becerro en sequía, lluvias y “nortes” (71, 142 y 161 kg/cabeza. La carga animal en sequía (2.0 unidades animal [UA = 450 kg de peso vivo]/ha fue inferior a la de “nortes” (2.4 UA/ha y lluvias (2.3 UA/ha que no difirieron entre sí. La época no afectó el contenido de: proteína cruda de la MS presente antes del pastoreo (9.3 ± 1.7%, los días de recuperación (50 ± 26, el peso vivo de la vaca (397 ± 11 kg/cabeza, la tasa absoluta de crecimiento (41 ± 33 kg MS/ ha/día, la disponibilidad de MS (5.8 ± 2.6 kg MS/100 kg PV, el consumo de materia seca (2.3 ± 1.5 kg MS/100 kg PV y grado de uso de la MS disponible (40 ± 22%. La carga animal media del presente estudio duplicó la tradicional de 1.0 UA/ha para gramas nativas, lo que sugiere un potencial productivo mayor de estas pasturas en la región.

  12. Proteasas alcalinas de una cepa nativa de Bacillus sp Alcalofílico Proteasas alcalinas de una cepa nativa de Bacillus sp Alcalofílico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Sáez Vega

    2006-06-01

    Full Text Available Se evaluó el efecto de cuatro fuentes de nitrógeno sobre la actividad enzimática de proteasas alcalinas, secretadas por una cepa nativa de Bacillus sp Alcalofílico, cultivada a diferentes concentraciones de LMF (Licor de Maíz Fermentado. El crecimiento de la cepa no es afectado por los pH de inoculación de 7,0; 8,5 y 9,5; en contraste con la actividad enzimática y producción de proteína verdadera, que tuvieron sus mejores resultados a pH inicial de 8,5. A este pH se evaluaron dos fuentes de nitrógeno orgánico (extracto de levadura y peptona y dos inorgánicos (NH4Cl y NaNO3The effect of four nitrogen sources on the enzymatic activity of alkaline proteases from a wild strain of Alkalophilic Bacillus sp cultivated to different concentrations from CSL (Corn Steep Liquor. was evaluated. The growth of the strain is not affected by pH of inoculation of 7,0, 8,5 and 9,5, in contrast to the enzymatic activity and true protein production, that had their better results to initial pH of 8,5. To this initial pH of 8,5; two organic nitrogen sources (yeast extract and peptone and two inorganic ones were evaluated (NH4Cl and NaNO3. With peptone the best enzymatic activity to a relation appeared to molar C/N between 1 and 2 was found. For the studied interval of % CSL (0,5 to 2% p/v the concentration of the CSL does not affect the enzymatic activity.

  13. Trap-nesting bees (Hymenoptera, Apoidea in areas of dry semideciduous forest and caatinga, Bahia, Brazil Abelhas (Hymenoptera, Apoidea que nidificam em ninhos-armadilha em áreas de floresta semi-decídua e caatinga, Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cândida M. L. Aguiar

    2005-12-01

    Full Text Available In this study were examined the species richness and seasonal abundance of cavity-nesting bees in areas of dry semi-deciduous forest and caatinga in the State of Bahia, Brazil. Sampling was done employing two types of trap-nests: bamboo canes and tubes made of black cardboard with dimensions of either 58 x 6 mm or 105 x 8 mm. The traps were inspected once a month. One hundred and forty-six nests of 11 bee species were collected in the forest, and 121 nests of seven species were collected in the caatinga. Five species of cleptoparasitic bees were also reared from these nests. The highest nesting frequencies occurred in the wet season in both areas. Nests parasitism was important only for Centris tarsata Smith, 1874, and was higher at the caatinga site than in the forest. The mortality of pre-emergent adults was high, especially in C. tarsata,Tetrapedia diversipes Klug, 1810 and Euglossa cordata (Linnaeus, 1758. Information on the number of cells per nest, the size, shape, and arrangement of brood cells in the nests, as well as the number of adults produced and the number of generations per year are also presented. Species richness, temporal patterns of nesting, and percentage of parasitism were compared with other habitats.Neste estudo foram investigadas a riqueza de espécies e a abundância sazonal de abelhas que nidificam em cavidades em áreas de Floresta estacional semi-decídua e Caatinga na Bahia. A amostragem foi realizada com dois tipos de ninhos-armadilha (= N.A.: gomos de bambu e tubos de cartolina preta (58 x 6 mm e 105 x 8 mm. Os N.A. foram inspecionados uma vez por mês. Foram coletados 146 ninhos de 11 espécies de abelhas na floresta e 121 ninhos de sete espécies na caatinga. Além disso, cinco espécies de abelhas cleptoparasitas foram criadas a partir destes ninhos. As freqüências de nidificação mais altas ocorreram na estação úmida em ambas as áreas. Parasitismo de ninhos foi importante apenas para Centris tarsata

  14. Efeitos de atrativos e repelentes sobre o comportamento da abelha (Apis mellifera, l. Effect of attractants and repellents on the behavior of honey bees (Apis mellipera, L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.T. MALERBO-SOUZA

    1998-01-01

    Full Text Available O objetivo do presente ensaio foi testar diversas substâncias e verificar sua atratividade e repelência para abelhas, Apis mellifera, L. Para isso, foram realizados testes em discos próximos às colméias e em cana picada oferecida como alimentação para gado bovino confinado. Nos discos próximos à colméia, o produto mais atrativo foi Bee-Here e o mais repelente foi o óleo de citronela. No cocho para bovinos, o repelente mais efetivo foi n-octyl-acetato.The experiment aimed to study honey bee (Apis mellifera attractants and repellents in vitro and on chopped sugar cane for bovine feeding. Tests were performed on plates located near to the hives and on bovine-hods. On plates, Bee-Here® was the most attractive and citronela oil the most repellent. On bovine-hods the most effective was n-octyl-acetate.

  15. Community of orchid bees (Hymenoptera: Apidae in transitional vegetation between Cerrado and Atlantic Forest in southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EP. Pires

    Full Text Available The community of orchid bees (Hymenoptera: Apidae: Euglossina was studied at an area in the transition between the Cerrado and Atlantic Forest biomes, from March, 2010 to February, 2011 in the Barroso region, state of Minas Gerais, eastern Brazil. Orchid-bee males were collected with bait traps containing three different scents (cineole, eugenol and vanillin and with entomological nets for collecting bees on flowers. A total of 614 orchid-bee males were collected using aromatic traps, belonging to four genera and 15 species. Twenty-five female specimens belonging to two genera and at least three species were collected on flowers. Eulaema (Apeulaema nigrita Lepeletier, 1841 was the most abundant species (50% of collected specimens, followed by Euglossa (Euglossa truncata Rebêlo & Moure, 1996 (28%. Cineole was the most attractive compound (66.5% of males and 13 species, followed by eugenol (16% and 9 species and vanillin (13.5% and 4 species. Eulaema (Apeulaema marcii Nemésio, 2009 and Eufriesea auriceps (Friese, 1899 were attracted to all scents, whereas Euglossa species were collected only in cineole and eugenol.

  16. Canto livre? : o nativismo gaúcho e os poemas da Califórnia da Canção Nativa do Rio Grande do Sul

    OpenAIRE

    Álvaro Santi

    1999-01-01

    Este estudo aborda o “Nativismo” gaúcho, fenômeno regional originado no Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), cujas manifestações artísticas mais importantes são os “festivais de música nativista”. O mais antigo desses festivais, a “Califórnia da Canção Nativa do Rio Grande do Sul”, realizado anualmente em Uruguaiana desde 1971, tornou-se modelo para eventos semelhantes, em outras cidades do Estado. O estudo divide-se em duas grandes partes. A primeira reconstitui, em síntese inédita de dep...

  17. Filogeografia e conservação de Melipona capixaba Moure e Camargo, 1994 e Melipona scutellaris Latreille, 1811, e biogeografia do gênero Melipona Illiger, 1806 (Hymenoptera: Apidae)

    OpenAIRE

    Resende, Helder Canto

    2012-01-01

    A abelha sem ferrão Melipona capixaba Moure e Camargo, 1994, a uruçu-capixaba, é endêmica da Mata Atlântica brasileira e está ameaçada de extinção. Sua distribuição geográfica é conhecida apenas em áreas de altitude do estado do Espírito Santo. Melipona scutellaris Latreille, 1811, a uruçu nordestina, tem sido considerada como presumivelmente ameaçada de extinção devido à redução de sua área de ocorrência natural. A espécie ocorre na Mata Atlântica entre os estados da Bahia ao Rio Grande d...

  18. Produção de geléia real com abelhas africanizadas selecionadas e cárnicas híbridas Royal jelly production by selected africanized honeybees and carniolan hybrids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vagner de Alencar Arnaut de Toledo

    2005-12-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar a produção de geléia real em colônias de abelhas Apis mellifera, em comparação às africanizadas selecionadas para a produção de geléia real, africanizadas selecionadas para mel com cárnicas híbridas. No experimento I, foram utilizadas 10 colônias de abelhas africanizadas após seleção, para produção de geléia real; as cinco melhores rainhas foram substituídas por suas filhas e, nas restantes, foram introduzidas rainhas cárnicas, para avaliação da produção após troca da população. No experimento II, foram utilizadas 15 colônias, cinco com rainhas africanizadas selecionadas para a produção de mel (AFML, cinco selecionadas para a produção de geléia real (AFGR e cinco cárnicas híbridas (CAHB. No experimento I, as cárnicas híbridas apresentaram maior produção de geléia real/colônia/coleta (3,95 ± 2,92 g que as africanizadas (2,23 ± 2,13 g. As cárnicas foram superiores quanto à porcentagem de aceitação de larvas (55,4 ± 36,7% às africanizadas (35,8 ± 28,3%. Quanto à produção de geléia real/colônia/coleta (g, no experimento II, as abelhas AFML foram significativamente superiores (4,42 ± 2,67 g às CAHB (3,30 ± 1,85 g e às AFGR (3,71 ± 2,13 g, que não diferiram das anteriores. Ambas as africanizadas, AFML e AFGR, produziram mais geléia real por cúpula (254,2 ± 90,7 e 253,8 ± 206,8 g, respectivamente que as CAHB (195,8 ± 80,9 g.This study was conducted to compare royal jelly production from colonies of Apis mellifera Africanized honeybees selected for yields of royal jelly or honey with that from Carniolan hybrids. In the first trial, 10 colonies of Africanized honeybees selected for royal jelly production were used; the top five queens were replaced with their offspring and in the remaining colonies were introduced Carniolan queens in order to evaluate production after switch of population. In the second trial, 15 colonies were used as follows: five with Africanized

  19. Aplicação de análises multivariadas para determinação da casta de abelhas Apis mellifera L. (Africanizadas, obtidas em laboratório Aplication of multivariate analysis for caste determination in Honeybees Apis mellifera L. (Africanized obtained in laboratory conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izabel Christina da Silva

    2005-04-01

    Full Text Available A técnica de criação de larvas de abelhas Apis mellifera em laboratório tem sido utilizada freqüentemente em estudos de desenvolvimento larval, determinação de castas e, mais recentemente, em testes de patogênese. A quantidade e a qualidade do alimento fornecido às larvas em laboratório podem levar à formação de castas diferentes (rainha, operárias ou intercastas. Neste trabalho, crias de abelhas africanizadas foram desenvolvidas a partir de larvas de 18-24 horas de idade até atingir a fase adulta, utilizando-se durante a alimentação, 4, 15, 25, 50 e 70 µl de dieta por larva, respectivamente, do primeiro ao quinto dia de alimentação. Para determinar se as abelhas adultas obtidas em laboratório eram pertencentes à casta de operárias, de rainhas ou se eram intermediárias (intercastas, foram comparadas com um controle constituído por operárias e rainhas da mesma origem das operárias desenvolvidas no laboratório, utilizando-se o peso e as medidas dos seguintes caracteres: a comprimento da cabeça; b largura da cabeça; c comprimento do olho composto; d largura do olho composto; e comprimento do mesoscuto; f largura do mesoscuto; g comprimento da tíbia; h largura da tíbia. Foram utilizadas a Função Discriminante de Anderson e a técnica de Componentes Principais, de modo a efetuar a discriminação das castas das abelhas adultas obtidas em laboratório em relação àquelas desenvolvidas naturalmente. Entre os caracteres avaliados, os que menos contribuíram para a determinação das castas foram o comprimento do mesoscuto e a largura da cabeça, sendo, portanto, dispensáveis em estudos futuros.Apis mellifera honeybee brood rearing in laboratory conditions has been frequentely used to search for larval development, caste determination, and more recently for tests of pathogenesis. The amount and quality of food received by larvae during the feeding time can produce different castes (queen, worker or intercaste. In the

  20. MORFOMETRIA DE Cabralea canjerana, EM MATA SECUNDARIA NATIVA DO RIO GRANDE DO SUL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Denardi

    1998-12-01

    Full Text Available Neste trabalho são apresentados os dados morfométricos, a relação hipsométrica entre diâmetro e altura e equações de fator de forma, de fator de forma comercial e de altura formal, para Cabralea canjerana, em mata secundária nativa do RS. Para a relação hipsométrica, foram testadas os modelos de Keylwerth, Petterson e Pollanschütz, para três diferentes estágios de desenvolvimento da mata, e o modelo de Näslund para todas as árvores em conjunto, utilizando-se o procedimento "stepwise". Com o mesmo procedimento, utilizou-se o modelo de Pollanschütz para o fator de forma e o fator de forma comercial, e o modelo de Kennel para a altura formal. Os resultados demonstraram que o fator de forma da canjerana é dependente apenas de sua altura, e que o fator de forma comercial é uma função de sua altura comercial e seu DAP. Dos nove coeficientes da equação de Kennel, apenas quatro foram significativos ao nível de 95% de probabilidade. O modelo de Näslund mostrou-se o mais apropriado para descrever a relação hipsométrica da espécie estudada.

  1. Establecimiento de un medio de cultivo sumergido para una cepa nativa de un hongo Poliporal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peña Serna Carolina

    2006-07-01

    Full Text Available Se evaluó el efecto de dos velocidades de agitación (80 y 100 rpm, dos fuentes de carbono (glucosa y sacarosa y tres pH iniciales (5.5, 6.0 y 6.5 sobre la producción de fenoles totales, la actividad antioxidante, el crecimiento micelial y el consumo de sustrato de una cepa nativa de un hongo perteneciente al orden Poliporal en cultivo sumergido.El mayor crecimiento micelial se obtuvo al día 3 con un valor de 10 g/L a una velocidad de agitación de 80 rpm, sacarosa como fuente de carbono y pH inicial 5.5. La máxima producción de fenoles y actividad antioxidante se presentó este mismo día, alcanzando valores de 0.18 g GAE/L y 0.28 TEAC (mM/mL, respectivamente, para cualquiera de las dos velocidades de agitación evaluadas, con glucosa como fuente de carbono y con pH inicial 6.0 y/o 6.5 para fenoles y pH inicial 5.5 para actividad antioxidante.Palabras claves: actividad antioxidante, crecimiento micelial, cultivo sumergido, fenoles.

  2. Estudio de los efectos causados por la introducción de sistemas de rizorremediación en las poblaciones bacterianas nativas de un suelo contaminado por PCBs

    OpenAIRE

    Aguirre de Cárcer, Daniel

    2014-01-01

    Los diferentes análisis llevados a cabo en este estudio sostienen que la comunidad bacteriana de la rizosfera, que evolucionó de la población nativa de un suelo con un historial de contaminación por bifenilos policlorados, durante el desarrollo de las raíces de Salix vimminalis, fue diferente de la comunidad parental tanto a niveles funcionales como estructurales. La rizosfera estuvo enriquecida en especies de Proteobacteria, y en genes de ISP altamente relacionados con el grupo de las bacte...

  3. Eumelanin and pheomelanin are predominant pigments in bumblebee (Apidae: Bombus pubescence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlo Polidori

    2017-05-01

    Full Text Available Background Bumblebees (Hymenoptera: Apidae: Bombus are well known for their important inter- and intra-specific variation in hair (or pubescence color patterns, but the chemical nature of the pigments associated with these patterns is not fully understood. For example, though melanization is believed to provide darker colors, it still unknown which types of melanin are responsible for each color, and no conclusive data are available for the lighter colors, including white. Methods By using dispersive Raman spectroscopy analysis on 12 species/subspecies of bumblebees from seven subgenera, we tested the hypothesis that eumelanin and pheomelanin, the two main melanin types occurring in animals, are largely responsible for bumblebee pubescence coloration. Results Eumelanin and pheomelanin occur in bumblebee pubescence. Black pigmentation is due to prevalent eumelanin, with visible signals of additional pheomelanin, while the yellow, orange, red and brown hairs clearly include pheomelanin. On the other hand, white hairs reward very weak Raman signals, suggesting that they are depigmented. Additional non-melanic pigments in yellow hair cannot be excluded but need other techniques to be detected. Raman spectra were more similar across similarly colored hairs, with no apparent effect of phylogeny and both melanin types appeared to be already used at the beginning of bumblebee radiation. Discussion We suggest that the two main melanin forms, at variable amounts and/or vibrational states, are sufficient in giving almost the whole color range of bumblebee pubescence, allowing these insects to use a single precursor instead of synthesizing a variety of chemically different pigments. This would agree with commonly seen color interchanges between body segments across Bombus species.

  4. A New Method for Quick and Easy Hemolymph Collection from Apidae Adults.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Grzegorz Borsuk

    Full Text Available Bio-analysis of insects is increasingly dependent on highly sensitive methods that require high quality biological material, such as hemolymph. However, it is difficult to collect fresh and uncontaminated hemolymph from adult bees since they are very active and have the potential to sting, and because hemolymph is rapidly melanized. Here we aimed to develop and test a quick and easy method for sterile and contamination-free hemolymph sampling from adult Apidae. Our novel antennae method for hemolymph sampling (AMHS, entailed the detachment of an antenna, followed by application of delicate pressure to the bee's abdomen. This resulted in the appearance of a drop of hemolymph at the base of the detached antenna, which was then aspirated using an automatic pipetter. Larger insect size corresponded to easier and faster hemolymph sampling, and to a greater sample volume. We obtained 80-100 μL of sterile non-melanized hemolymph in 1 minute from one Bombus terrestris worker, in 6 minutes from 10 Apis mellifera workers, and in 15 minutes from 18 Apis cerana workers (+/-0.5 minutes. Compared to the most popular method of hemolymph collection, in which hemolymph is sampled by puncturing the dorsal sinus of the thorax with a capillary (TCHS, significantly fewer bees were required to collect 80-100 μL hemolymph using our novel AMHS method. Moreover, the time required for hemolymph collection was significantly shorter using the AMHS compared to the TCHS, which protects the acquired hemolymph against melanization, thus providing the highest quality material for biological analysis.

  5. Bioprospección química y propagación de plantas nativas del monte patagónico como estrategias de conservación y uso sustentable

    OpenAIRE

    Boeri, Patricia

    2016-01-01

    Esta tesis tuvo como objetivo general aplicar estrategias de propagación y bioprospección química a dos especies nativas del monte patagónico (Prosopis alpataco Phil., “alpataco” y Condalia microphylla Cav., “piquillín”) para su conservación y uso sostenible. La hipótesis que sustenta el trabajo supone que la puesta a punto de estrategias de propagación de estas especies facilitaría la introducción de plantas en ecosistemas degradados, rescatando su valorización y uso sostenible. Por otro lad...

  6. Estudo de plantas visitadas por abelhas Melipona scutellaris na microrregião do brejo no Estado da Paraíba - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i2.1988 Study of plants visited by bees Melipona scutellaris in brejo Paraibano- DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i2.1988

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Genaro S. Dornellas

    2003-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de inventariar as plantas visitadas por abelhas Melipona scutellaris L. na Microrregião do Brejo Paraibano, delimitaram-se, 4 linhas de transecção de aproximadamente 1km2 cada, partindo-se do meliponário constituído por 20 colméias da estação experimental Chã de Jardim da Universidade Federal da Paraíba, no município de Areia, estado da Paraíba. As trilhas foram percorridas uma vez por semana durante todo o período de execução do trabalho (abril a julho, nos horários das 7h30min às 10h30min, no qual todas as plantas em florescimento com até 3m de altura foram observadas, por cerca de 5 minutos, anotando-se a visita das abelhas Uruçu. A conclusão foi que essas abelhas apresentam preferência pela vegetação característica da Mata Atlântica e capoeira em detrimento da vegetação de campo, mostrando-se bastante seletivas com relação à escolha de fontes alimentares. Para os meliponicultores, pode-se sugerir como pasto apícola as plantas: Erytroxylon sp., Schamanthus sp, Caliandra brevipes, Wulffia stenoglossa, Croton alagoenis, Jaquemontia sp.The present work had the aim to inventory plants visited by bees Melipona scutellaris in Brejo Paraibano using 20 beehives of bees M. scutellaris L.. Data of four lines of transection were delimited approximately 1km2 each from the mellyponary. Lines were drawn inside of this transection, where each trail was traveled, once a week, during a whole period of work from 7h30min to 10h30min. Along the trail all the plants in flowering were observed about 5 minutes during the visit of Uruçu bees or other ones. During the course plants were collected for botanic identification. For identification of transection line which was more foraged by Uruçu bees, statistical formula used no parametric Kruskal-Wallis for independent “K” samples (Siegel, 1975. The M. scutellaris is shown quite selective regarding to the choice of alimentary sources. For apicultures it can be

  7. Composição de amostras de mel de abelha Jataí (Tetragonisca angustula latreille, 1811 Composition of the honey of samples originated from Jataí bees (Tetragonisca angustula latreille, 1811

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela de Almeida Anacleto

    2009-09-01

    Full Text Available As características físico-químicas do mel produzido pelas abelhas sem ferrão ainda são pouco conhecidas, principalmente devido à elevada diversidade da flora apícola e à baixa produção que é inerente a estas espécies. O objetivo deste trabalho foi determinar as características físico-químicas de 20 amostras de mel de Jataí (Tetragonisca angustula, do município de Piracicaba, estado de São Paulo, contribuindo para o estabelecimento de um padrão de qualidade do mel das abelhas sem ferrão brasileiras, possibilitando o controle da fraude deste produto. Desta maneira, as seguintes análises foram realizadas: açúcares totais, açúcares redutores, sacarose aparente, umidade, hidroximetilfurfural, proteínas, cinzas, pH, acidez, índice de formol, condutividade elétrica, cor, atividade diastásica e atividade de água. Os resultados demonstram que a legislação atual, referente ao mel de Apis mellifera, não é adequada para todos os caracteres analisados, reforçando a necessidade de um padrão próprio para os méis de meliponíneos.The knowledge regarding the physicochemical characteristics of the honey produced by stingless bees is still limited, mainly due to the high diversity of the floral resources and the low production that is inherent to these species. This research deals with the physicochemical characteristics of 20 samples of Tetragonisca angustula honey, from the municipality of Piracicaba, state of São Paulo, Brazil, contributing to the establishment of a quality standard for the honey produced by Brazilian stingless bees making possible the control of this product. Thus, the following parameters were determined: total sugars, reducing sugars, apparent sucrose, moisture content, hydroxymethylfurfural, proteins, ashes, pH, acidity, formol index, electrical conductivity, color, diastase activity, and water activity. The results indicated that the Brazilian standard rules, referring to the Apis mellifera honey, are

  8. Comportamentos de abandono e migração de colônias silvestres da abelha melífera africanizada (Apis mellifera L. - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i4.882 Absconding and migratory behaviors of feral Africanized honey bee (Apis mellifera L. colonies in NE Brazil - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i4.882

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raimundo Maciel Souza

    2008-02-01

    Full Text Available Os movimentos de colônias silvestres da abelha melífera africanizada (Apis mellifera L. no Estado do Ceará, Brasil, foram investigados com o objetivo de compreender variações anuais em sua população. A chegada e a partida de colônias de abelhas africanizadas (AHB, no município semi-árido de Canindé e na úmida cidade litorânea de Fortaleza (separadas por 120 km, foram monitoradas semanalmente, de janeiro de 1999 a dezembro de 2001, e comparados com os dados pluviométricos de chuvas em ambas as áreas. Os resultados demonstraram que as abelhas africanizadas somente nidificaram no semi-árido durante a estação chuvosa e o abandonaram na estação seca, ao contrário do observado em Fortaleza. Apenas 5% das colônias permaneceram na área semi-árida por todo o ano, por causa dos ataques de formigas (Camponotus sp. e carência de néctar e água na estação seca. A maioria das colônias migrou para as áreas litorâneas onde o clima é mais ameno e muitas espécies vegetais florescem nesta época do ano. O excesso de chuvas provavelmente forçava as colônias africanizadas a migrarem de volta ao semi-árido durante a estação chuvosa. Conclui-se que o abandono e a migração são estratégias que permitem às abelhas africanizadas sobreviverem no semi-árido nordestino, em contraste com as raças européias que nunca conseguiram estabelecer populações silvestres na região.We investigated the annual movements of feral Africanized honey bee (Apis melliferaL. colonies in the state of Ceará, Brazil, aiming to understand seasonal variations in their population. Arrival and absconding of Africanized honey bee (AHB colonies in the semiarid municipality of Canindé and the coastal humid city of Fortaleza (120 km apart were recorded weekly from January 1999 to December 2001, and the data compared to rainfall records in both areas. Results showed that AHB colonies only nest in the semiarid during the rainy season and abscond during the

  9. Óxidos de ferro e área superficial de Latossolo subtropical sob campo e floresta nativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Vasconcellos Inda

    2014-02-01

    Full Text Available As condições climáticas atuais indicam avanço da vegetação de floresta sobre os campos na região dos Campos de Cima da Serra no Rio Grande do Sul. Essa mudança na vegetação altera o conteúdo de matéria orgânica e a umidade do solo. Este estudo objetivou avaliar os óxidos de ferro pedogênicos em um Latossolo sob campo e floresta nativa e relacionar os mesmos com os teores de carbono orgânico e a área superficial específica do solo. Os teores de carbono orgânico são maiores no solo sob floresta e, possivelmente, influenciaram processos dissolutivos de óxidos de ferro cristalinos e a neoformação de tipos metaestáveis de baixa cristalinidade. O incremento de C orgânico no solo sob floresta elevou expressivamente a área superficial específica do solo, mascarando o efeito geralmente positivo dos óxidos de Fe sobre essa característica física.

  10. Notas sobre a bionomia de Tetragonisca weyrauchi schwarz, 1943 (Apidae, MeliponinI Notes on the bionomy of The stingless bee Tetragonisca weyrauchi Schwarz, 1943 (Apidae, Meliponini

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilda Cortopassi-Laurino

    2003-12-01

    Full Text Available No Brasil, a abelha sem ferrão, Tetragonisca weyrauchi tem sua distribuição restrita à região Amazônica. Constrói ninhos aéreos freqüentemente em forquilhas inclinadas de árvores. Os ninhos, cilindróides e verticais, medem cerca de 60cm de circunferência na parte mais larga e 35cm de altura. A cobertura é de uma película fina e maleável com diferentes consistências. A maioria dos ninhos apresenta, na parte superior, um prolongamento com várias protuberâncias e aberturas, ou só aberturas, com diâmetros milimétricos variáveis ao longo do dia, denominado aqui de respiráculo. A morfologia do ninho, com a porta na parte inferior e o respiráculo na parte superior, parece estar bem adaptado ao ambiente tropical em que se encontra. As médias das temperaturas internas de um ninho habitado e outro vazio acompanharam as flutuações ambientais com alto valor de correlação (r=0,98. Os resultados sugerem que a estrutura física do ninho seria responsável por uma pequena parcela na retenção da energia calorífera. Se existe termorregulação, ela deve ser mais evidente acima dos 33ºC ambientais, temperatura onde ocorreu tendência de estabilidade. A grande quantidade de lamelas de cerume ao redor dos favos de cria horizontais, o tamanho dos potes ovóides de alimento ao redor de 1-2 cm de altura, a porcentagem de água no mel ao redor de 27.6%, o aspecto do tubo de entrada com pequenos orifícios, os valores de temperatura em que ocorre a abertura desse tubo pela manhã, entre 21-23ºC, e as coletas de néctar, predominantemente em Myrtacea, fazem com que seja atribuída grande semelhança física e comportamental entre T.weyrauchi e T. angustula. Os ninhos se adaptam bem em colônias tipo Paulo Nogueira-Neto. São abelhas agressivas quando manuseadas. Estima-se que seus ninhos tenham uma população de 2000-3000 indivíduos.In Brazil, the stingless bee Tetragonisca weyrauchi has its distribution restricted to the Amazonian

  11. Acidente provocado por picada de abelhas como causa de morte de cães Bee sting as cause of death in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Almeida Fighera

    2007-04-01

    Full Text Available Acidentes causados por himenópteros são freqüentes em animais domésticos, mas apenas raramente reportados na literatura. Este relato descreve seis casos fatais de reação tóxica sistêmica decorrente de acidente por abelhas (Apis mellifera em cães. Os principais sinais clínicos foram icterícia e hemoglobinúria. Outros achados incluíram anorexia, apatia, vômito, diarréia e dispnéia. Na necropsia, cinco dos seis cães apresentavam icterícia, fígado vermelho-alaranjado, rins intensamente enegrecidos e urina com coloração semelhante à do vinho tinto. Na histologia, havia necrose hepática centrolobular e nefrose hemoglobinúrica, lesões típicas de crise hemolítica intravascular.Hymenopteran stinging events are frequent cause of disease and death in domestic animals, but rarely reported in the literature. This paper reports six cases of envenomation by bee (Apis mellifera sting in dogs with fatal outcome. The main clinical signs were icterus and hemoglobinuria. Other findings included anorexia, apathy, vomiting, diarrhea, and dyspnea. Necropsy findings in five dogs included icterus, red-orange discoloration of the liver, dark-red kidneys with an red-wine aspect to the urine. Histologically, there were centrolobular necrosis in the liver and hemoglobinuric nephosis, typical lesions of intravascular hemolysis.

  12. Potential of ozone as a fumigant to control pests in honey bee (Hymenoptera: Apidae) hives.

    Science.gov (United States)

    James, R R

    2011-04-01

    Ozone is a powerful oxidant capable of killing insects and microorganisms, and eliminating odors, taste, and color. Thus, it could be useful as a fumigant to decontaminate honey comb between uses. The experiments here are intended to determine the exposure levels required to kill an insect pest and spore forming bee pathogens. Ozone was effective against greater wax moth, Galleria mellonella (L.) (Lepidoptera: Pyralidae), even on naturally infested comb. Neonates and adults were the easiest life stages to kill, requiring only a few hours of exposure, whereas eggs required a 48-h exposure (at 460-920 mg O3/m3). Two honey bee, Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae), pathogens, Ascosphaera apis (a fungus that causes chalkbrood) and Paenibacillus larvae (a bacterium that causes American foulbrood), also were killed with ozone. These pathogens required much higher concentrations (3200 and 8560 mg O3/m3, respectively) and longer exposure periods (3 d) than needed to control the insects. P. larvae was effectively sterilized only when these conditions were combined with high temperature (50 degrees C) and humidity (> or =75% RH). Thus, ozone shows potential as a fumigant for bee nesting materials, but further research is needed to evaluate its acceptability and efficacy in the field. The need for a reliable method to decontaminate honey bee nesting materials as part of an overall bee health management system is discussed.

  13. Honey Bees of Santa Catarina, Brazil, have only African mitochondrial DNA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Lopes-da-Silva

    2012-04-01

    Full Text Available As diferenças entre a subspécie de abelha africana (Apis mellifera scutellata e as subspécies europeias (Apis mellifera mellifera e Apis mellifera ligustica nos quesitos comportamento higiênico e agressividade são marcantes. Diferenças acentuadas no comportamento higiênico entre colônias de abelhas foram relatadas em Santa Catarina, Brasil. Suspeitou-se que essas diferenças fossem devidas a um possível fluxo gênico entre as abelhas africanizadas brasileiras e as abelhas europeias da Argentina. Amostras de abelhas de 30 localidades de Santa Catarina foram analisadas por meio do uso de um marcador PCR-RFLP do DNA mitocondrial específico para identificação da origem da linhagem maternal. Os resultados indicaram ausência de linhagem materna de origem europeia em Santa Catarina. Baseando-se em hipóteses e resultados de trabalhos anteriores, conclui-se que não há fluxo gênico entre as populações das diferentes subespécies. O resultado também reforça que a eliminação do DNA maternal europeu é um indicativo de ineficácia de introduções de abelhas de subespécies europeias, no Brasil, com propósitos de melhoramento do atributo agressividade.

  14. Effect of entomopathogens on Africanized Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Potrich

    2018-01-01

    Full Text Available This study aimed to evaluate the effect of commercially used entomopathogens on Africanized Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae. Four bioassays were performed: 1 pulverized entomopathogens on A. mellifera; 2 entomopathogens sprayed on a smooth surface; 3 entomopathogens sprayed on soy leaves; and 4 entomopathogens mixed with candy paste (sugar syrup. Five treatments were prepared: sterile distilled water (control, distilled water sterilized with Tween® 80 (0.01%, and the commercial entomopathogens Metarhizium anisopliae E9 (1.0 × 109 conidia mL−1, Beauveria bassiana PL63 (1.0 × 108 conidia mL−1 and Bacillus thuringiensis var. kurstaki HD-1 (3.0 × 108 spores mL−1. Each treatment consisted of five repetitions, with 20 workers per repetition, which were stored in a plastic box and, later, in a biological oxygen demand (B.O.D. incubator (27 ± 2 °C, RH of 60% ± 10%, 12-h photophase. The mortality of the workers was evaluated from 1 h to 240 h, and the data were analyzed using Bayesian inference. The workers killed by the ingestion of candy paste contaminated with the pathogens (products were randomly separated and selected for the removal of the midgut. Each midgut was fixed in Bouin's solution and prepared for histology. B. bassiana was verified to reduce the survival of A. mellifera workers in all bioassays. Moreover, M. anisopliae reduced the survival of A. mellifera workers directly sprayed, on a smooth surface and mixed with candy. B. thuringiensis reduced A. mellifera survival on a smooth surface and mixed with candy paste. However, its effects were lower than that observed by B. bassiana. The treatments with the biological products did not induce morphometric alterations in the midgut of A. mellifera. Keywords: Bayesian statistics, Entomopathogenic fungi, Entomopathogenic bacteria, Honeybee, Selectivity

  15. Study of the flight range and ideal density of the africanized honeybees, Apis mellifera L., 1758 (Hymenoptera: Apidae) labelled with 32 P on an apple orchard

    International Nuclear Information System (INIS)

    Paranhoa, B.A.J.

    1990-06-01

    The ideal density, the flight range, the choice for any flight direction, the influence of temperature and relative humidity of air about the honeybee's activity, Apis mellifera L.. 1758 (Hymenoptera: Apidae) were studied in an apple orchard, utilizing nuclear techniques. Five hives, with 35,000 bees each, were labelled with syrup (50%) content (2,5 μCi 32 P/ml) and taken one by one, every two days to the blossomed orchard. A circumference area of 100 m diameter (0,8 ha) W staked each 10 m from the center to the limit (50 m), making a cross, pointing out to North, South, East and West. The honeybees were collected on apple flowers, during 5 minutes in each stake, at 10:00 a.m. and 12:30 p.m. (author)

  16. Physicochemical characteristics and sensory profile of honey samples from stingless bees (Apidae: Meliponinae submitted to a dehumidification process

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos A.L. Carvalho

    2009-03-01

    Full Text Available This study was conducted to evaluate the effect of a dehumidification process on the physicochemical and sensory characteristics of stingless-bee honey. Melipona scutellaris and M. quadrifasciata honey samples were submitted to a dehumidification process and to physicochemical (reducing sugars, apparent sucrose, moisture, diastatic activity, hydroxymethylfurfural, ash, pH, acidity, and electric conductivity and sensory evaluations (fluidity, color, aroma, crystallization,flavor,and acceptability. The results indicated that the dehumidification process does not interfere with honey quality and acceptability.Este estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar o efeito do processo de desumidificação sobre as características físico-químicas e sensoriais do mel das abelhas sem ferrão. Amostras de méis de Melipona scutellaris e M. quadrifasciata foram submetidas ao processo de desumidificação, passando em seguida por avaliações físico-químicas (açúcares redutores, sacarose aparente, umidade, atividade diastásica, hidroximetilfurfural, cinzas, pH, acidez e condutividade elétrica e sensoriais (fluidez, cor, aroma, cristalização, sabor e aceitabilidade. Os resultados indicaram que o processo de desumidificação não interfere na qualidade e aceitabilidade do mel.

  17. Videografia digital na estimativa de carbono em florestas implantadas com espécies nativas / Estimation of carbon in forests established with native species using digital videography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilton Thadeu Zarate do Couto

    2008-09-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho é utilizar a videografi a digital como ferramenta para a estimativa do carbono em fl orestas implantadas com essências nativas, utilizando para isso o índice de vegetação NDVI. As imagens aéreas foram obtidas com o auxílio de uma aeronave modelo Cessna 180, equipada com o sistema de rastreamento e armazenamento de dados, que inclui uma câmera digital multiespectral de alta resolução.A partir das imagens geradas pelo sistema foi analisado o índice devegetação ou NDVI do mosaico formado e a idade, em anos, dos plantiosestudados, correlacionando os valores do índice e da idade com dados de biomassa total, biomassa do tronco (DAP maior que 5cm carbono e CO2-equivalente obtidos a partir de medições de DAP realizadas em parcelas permanentes instaladas nas áreas fl orestais inventariadas. Os modelos obtidos foram gerados utilizando-se da análise de regressão linear múltipla. Os resultados obtidos apresentaram coefi cientes dedeterminação (R² e nível de significância adequado para os modelos que relacionam o NDVI e a idade com as variáveis de biomassa e carbono nas florestas, mostrando que a videografia digital pode ser uma importante ferramenta na análise e estimativa de biomassa e carbono em florestas implantadas com essências nativas.

  18. ECOLOGICAL IMPACT ON NATIVE BEES BY THE INVASIVE AFRICANIZED HONEY BEE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DAVID ROUBIK

    2009-05-01

    Full Text Available ABSTRACT Very little effort has been made to investigate bee population dynamics among intact wilderness areas. The presence of newly-arrived feral Africanized honey bee (AHB, Apis mellifera (Apidae, populations was studied for 10-17 years in areas previously with few or no escaped European apiary honey bees. Here I describe and interpret the major results from studies in three neotropical forests: French Guiana, Panama and Yucatan, Mexico (5° to 19° N. latitude. The exotic Africanized honey bees did not produce a negative effect on native bees, including species that were solitary or highly eusocial. Major differences over time were found in honey bee abundance on flowers near habitat experiencing the greatest degree of disturbance, compared to deep forest areas. At the population level, sampled at nest blocks, or at flower patches, or at light traps, there was no sudden decline in bees after AHB arrival, and relatively steady or sinusoidal population dynamics. However, the native bees shifted their foraging time or floral species. A principal conclusion is that such competition is silent, in floristically rich habitats, because bees compensate behaviorally for competition. Other factors limit their populations. Key words: Africanized honey bee, native bees, competition, population dynamics, neotropical forests RESUMEN Pocos estudios han considerado la dinámica de poblaciones de abejas en bosques o hábitats no alterados por el hombre. La presencia de abejas silvestres Africanizadas de Apis mellifera (Apidae fue estudiado por 10-17 años en áreas previamente sin esta especie. Aquí presento e interpreto resultados de tres bosques neotropicales: Guyana Francesa, Panamá y Yucatán, México (5° a 19° N. latitud. La abeja Africanizada exótica no produjo efecto negativo en las abejas nativas, incluyendo especies altamente sociales y solitarias. Diferencias mayores a través del tiempo fueron encontradas en la abundancia de las abejas de miel

  19. Anidamientoydieta de Harpia harpyja Linnaeus en la Comunidad Nativa de Infierno, Madre de Dios, Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renzo P. Piana

    2013-04-01

    Full Text Available El Águila Arpía (Harpia harpyja Linnaeus es la rapaz de mayor tamaño que habita los bosques amazónicos, sin embargo en el Perú, es muy poco lo que se sabe de esta especie. Desde 1996 a 2001, realizó una investigación en la Comunidad Nativa de Infi erno para obtener información sobre la biología de la especie mediante la localización y observación de nidos activos y abandonados. La investigación permitió encontrar los primeros nidos activos descritos para el Águila Arpía en Perú e indicarían una cierta preferencia para anidar en castañales. Así mismo, la información recogida ha permitido establecer que el área de anidamiento de una pareja de Águilas Arpía en la zona de estudio es de aproximadamente 4300 hectáreas. El análisis de los restos de las presas consumidas y de las egagrópilas recolectadas dentro y alrededor de la base de los nidos nos han permitido hacer una primera descripción de la dieta de la especie, la cual está compuesta principalmente por mamíferos arbóreos.

  20. Utilización de especies nativas del bosque seco para la recuperación del paisaje en el proceso de cierre del botadero a cielo abierto del distrito Las Lomas-Piura

    OpenAIRE

    Montoro Negrón, Barbara Elizabeth; Montoro Negrón, Barbara Elizabeth; Montoro Negrón, Barbara Elizabeth

    2011-01-01

    La presente investigación estudia la fragmentación del paisaje del distrito de Las Lomas en Piura, afectado por la existencia de un botadero a cielo abierto, y la posible restauración del paisaje durante el proceso de clausura. Para lo cual se estudiaron las especies vegetales nativas del bosque seco piurano seleccionando las más resistentes y útiles en el proceso de recuperación, las mismas que fueron colocadas paisajísticamente sobre la cobertura final. Este proceso denominado Fitorremediac...

  1. Varroa destructor (Mesostigmata: Varroidae in Costa Rica: population dynamics and its influence on the colony condition of Africanized honey bees (Hymenoptera: Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael A Calderón

    2008-12-01

    Full Text Available The development of Varroa destructor Anderson & Trueman (Mesostigmata: Varroidae population dynamics in Africanized honey bees, Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae colonies was monitored from February to July 2004 in Atenas, Costa Rica. A correlation between the mite infestation level and the colony condition was evaluated. For each colony, infestation of varroa in adult bees was measured twice a month. Sticky boards were placed on the bottom boards of each colony to collect fallen mites. The condition of the colonies was evaluated by measuring the amount of brood and adult bees. Our results consistently showed that mite infestation on adult bees increased significantly in the experimental colonies, rising to 10.0% by the end of the experiment. In addition, the mean mite fall increased significantly over the course of the study in the treated (R= 0.72, PLa dinámica poblacional del ácaro Varroa destructor Anderson & Trueman (Mesostigmata: Varroidae en abejas africanizadas, Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae fue monitoreada de febrero a julio 2004, en Atenas, Costa Rica. Asimismo, se analizó la relación entre el nivel de infestación de varroa y la condición de la colmena. La infestación del ácaro V. destructor fue evaluada en abejas adultas dos veces al mes. Además, se colocaron trampas adhesivas en el fondo de la colmena para recoger los ácaros que caen naturalmente. La condición de la colmena fue determinada midiendo la cantidad de cría y la población de abejas adultas. La infestación del ácaro V. destructor en abejas adultas aumentó significativamente durante el estudio hasta alcanzar un 10.0%. Igualmente, la caída natural de ácaros se incrementó, tanto en colmenas que fueron tratadas previa-mente con un acaricida químico (R= 0.72, P<0.05 como en colmenas sin tratamiento (R= 0.74, P<0.05, hasta llegar a 63.8 y 73.5 ácaros por día, respectivamente. El aumento de la infestación en las colmenas coincidió con una

  2. Comunidade de Euglossini (Hymenoptera, Apidae das dunas litorâneas do Abaeté, Salvador, Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Blandina Felipe Viana

    2002-01-01

    Full Text Available Community of Euglossini (Hymenoptera, Apidae from the coastal sand dunes of Abaeté, Salvador, Bahia, Brazil. The Euglossini community structure was analyzed by attracting males with the scents eucalyptol, eugenol, vanillin, benzyl benzoate and methyl salicylate, and by netting bees on flowers. The samplings took place three times a month along one year from 6:00 a.m. to 6:00 p.m. The scent baits attracted 670 individuals belonging to seven species of three genus. The predominant species were Euglossa cordata (Linnaeus, 1758 (76.6% and Eulaema nigrita Lepeletier, 1841 (21.8%. Euglossini males visited the scents along the whole year, being more abundant in May and in August. The most efficient fragrance was eucalyptol, attracting 624 individuals of five species. The males abundance fluctuated along the day, being the highest frequency observed between 8:00 a.m. to 10:00 a.m. Forty eigth Euglossini females of four species were netted visiting flowers of 14 plant species belonging to 13 families. Solanaceae and Caesalpiniaceae were the most visited. The species catched on flowers were Euglossa cordata, Eulaema nigrita, Euplusia mussitans (Fabricius, 1787 and Eulaema meriana flavescens Friese 1899. Euglossa cordata was the predominant species on flowers (64.6%, being collected during almost the whole year. Euplusia mussitans was the only species netted on flowers which males were not sampled on the scents.

  3. Tratamentos alternativos no combate à Varroa. Aplicação na apicultura biológica em Trás-os-Montes e Alto Douro

    OpenAIRE

    Vilas-Boas, Miguel

    2004-01-01

    A varroose é urna doença parasitária externa das abelhas causada por um ácaro denominado por Varroa destructor. Este parasita original mente presente nas abelhas melíferas asiáticas Apis cerana, onde coexiste numa relação simbiótica parasita/hospedeiro,foi detectado pela primeira vez em 1963 em colónias de abelhas Appis mellífera. Este salto imediato não Ihes permitiu criar os seus mecanismos de resistência ao parasita, pelo que se verifica actualmente urna mortalidade eleva...

  4. Phylogeny and revision of the bee genus Rhinocorynura Schrottky (Hymenoptera, Apidae, Augochlorini, with comments on its female cephalic polymorphism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo B. Gonçalves

    2012-03-01

    Full Text Available Phylogeny and revision of the bee genus Rhinocorynura Schrottky (Hymenoptera, Apidae, Augochlorini, with comments on its female cephalic polymorphism. A taxonomic revision and a phylogeny for the species of Rhinocorynura are provided. Six species are recognized: R. briseis, R. crotonis, R. inflaticeps and R. vernoniae stat. nov., the latter removed from synonymy with R. inflaticeps, in addition to two newly described species, R. brunnea sp. nov. and R. viridis sp. nov. Lectotypes for Halictus crotonis Ducke, 1906 and Halictus inflaticeps Ducke, 1906 are hereby designated. Another available name included in Rhinocorynura, Corynuropsis ashmeadi Schrottky, 1909, is removed from the genus and treated as species inquerenda in Augochlorini. Rhinocorynura is monophyletic in the phylogenetic analysis and the following relationships were found among its species: (R. crotonis (R. briseis ((R. brunnea sp. nov. + R. viridis sp. nov. (R. inflaticeps + R. vernoniae. Biogeographic relationships within the genus and comparisons with related taxa are presented. Females of all species exhibit pronounced variation in body size, in two of them, R. inflaticeps and R. vernoniae, with structural modifications possibly linked to division of labor. Identification key and illustrations for the species are provided.

  5. Ecotoxicological effects of the insecticide fipronil in Brazilian native stingless bees Melipona scutellaris (Apidae: Meliponini).

    Science.gov (United States)

    de Morais, Cássio Resende; Travençolo, Bruno Augusto Nassif; Carvalho, Stephan Malfitano; Beletti, Marcelo Emílio; Vieira Santos, Vanessa Santana; Campos, Carlos Fernando; de Campos Júnior, Edimar Olegário; Pereira, Boscolli Barbosa; Carvalho Naves, Maria Paula; de Rezende, Alexandre Azenha Alves; Spanó, Mário Antônio; Vieira, Carlos Ueira; Bonetti, Ana Maria

    2018-09-01

    Melipona scutellaris Latreille, 1811 (Hymenoptera, Apidae) is a pollinator of various native and cultivated plants. Because of the expansion of agriculture and the need to ensure pest control, the use of insecticides such as fipronil (FP) has increased. This study aimed to evaluate the effects of sublethal doses of FP insecticide on M. scutellaris at different time intervals (6, 12, and 24 h) after exposure, via individually analyzed behavioral biomarkers (locomotor activity, behavioral change) as well as the effect of FP on different brain structures of bees (mushroom bodies, antennal cells, and optic cells), using sub-individual cell biomarkers (heterochromatin dispersion, total nuclear and heterochromatic volume). Forager bees were collected when they were returning to the nest and were exposed to three different concentrations of FP (0.40, 0.040, and 0.0040 ng a.i/bee) by topical application. The results revealed a reduction in the mean velocity, lethargy, motor difficulty, paralysis, and hyperexcitation in all groups of bees treated with FP. A modification of the heterochromatic dispersion pattern and changes in the total volume of the nucleus and heterochromatin were also observed in the mushroom bodies (6, 12, and 24 h of exposure) and antennal lobes (6 and 12 h) of bees exposed to 0.0040 ng a.i/bee (LD 50/100 ). FP is toxic to M. scutellaris and impairs the essential functions required for the foraging activity. Copyright © 2018 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  6. A Landscape Analysis to Understand Orientation of Honey Bee (Hymenoptera: Apidae) Drones in Puerto Rico.

    Science.gov (United States)

    Galindo-Cardona, A; Monmany, A C; Diaz, G; Giray, T

    2015-08-01

    Honey bees [Apis mellifera L. (Apidae, Hymenoptera)] show spatial learning behavior or orientation, in which animals make use of structured home ranges for their daily activities. Worker (female) orientation has been studied more extensively than drone (male) orientation. Given the extensive and large flight range of drones as part of their reproductive biology, the study of drone orientation may provide new insight on landscape features important for orientation. We report the return rate and orientation of drones released at three distances (1, 2, and 4 km) and at the four cardinal points from an apiary located in Gurabo, Puerto Rico. We used high-resolution aerial photographs to describe landscape characteristics at the releasing sites and at the apiary. Analyses of variance were used to test significance among returning times from different distances and directions. A principal components analysis was used to describe the landscape at the releasing sites and generalized linear models were used to identify landscape characteristics that influenced the returning times of drones. Our results showed for the first time that drones are able to return from as far as 4 km from the colony. Distance to drone congregation area, orientation, and tree lines were the most important landscape characteristics influencing drone return rate. We discuss the role of landscape in drone orientation. © The Authors 2015. Published by Oxford University Press on behalf of Entomological Society of America. All rights reserved. For Permissions, please email: journals.permissions@oup.com.

  7. Desenvolvimento inicial de espécies exóticas e nativas e necessidade de calagem em área degradada do Cerrado no triângulo mineiro (Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    da Silva Alcione Hermínia

    2011-08-01

    Full Text Available

    O processo de recuperação do solo de uma área degradada deve ter como princípio básico o retorno de condições mínimas para o estabelecimento e crescimento das plantas. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o desenvolvimento e estabelecimento de algumas espécies arbóreas exóticas e nativas submetidas a diferentes doses de corretivo numa área degradada com intensos processos erosivos no município de Uberlândia - Minas Gerais. O período experimental foi conduzido de fevereiro a maio de 2009, numa área rural de cascalheira em avançado estado de degradação. Avaliaram-se oito espécies, quatro delas exóticas (Acacia mangium, Gliricidia sepium, Mimosa artemisiana e Acacia auriculiforme e quatro nativas (Gonçalo Alves - Astronium fraxinifolium; Mutamba – Guazuma ulmifolia; Angico vermelho - Anadenanthera macrocarpa; e Ingá - Inga edulis. O desempenho de cada espécie foi submetido a quatro diferentes doses de calcário (0, 50, 100 e 200 g de CaCO3, resultando em 32 tratamentos com duas repetições, sob delineamento experimental inteiramente casualizado. As variáveis estudadas - diâmetro do caule, largura da copa e altura da planta aos 60 dias do plantio – foram submetidas a análise de variância e comparadas pelo teste de Scott - Knott a 5% de probabilidade. No período de estudo, as doses de calcário avaliadas não produziram diferenças significativas. Em contra partida, houve variação de desenvolvimento entre espécies para todas as variáveis analisadas. G. sepium apresentou melhor estabelecimento e crescimento inicial em diâmetro, seguida de I. edulis e G. ulmifolia. Quanto

  8. Desarrollo de un proceso a escala de laboratorio para el aislamiento, conservación y producción de cepas nativas de Monascus spp. a partir de la biodiversidad fúngica ecuatoriana

    OpenAIRE

    Ayala Pastaz, Klever Bayardo

    2017-01-01

    Desarrollar un proceso a escala de laboratorio para la conservación y producción de cepas nativas de Monascus purpureus, mediante bioprocesos que permita el máximo aprovechamiento del recurso natural fúngico y el manejo sostenible de la biodiversidad. Se evidencia un limitado conocimiento en el manejo y aprovechamiento sustentable de la especie Monascus spp. nativo ecuatoriano, tanto en su proceso de aislamiento, conservación y producción; así como del ciclo de vida en el medio natural y m...

  9. Adaptação e comportamento de pastejo da abelha jandaíra (Melipona subnitida Ducke em ambiente protegido - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i3.1777 Adaptation and foraging behavior of the stingless bee (Melipona subnitida Ducke in a caged environment - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i3.1777

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eva Mônica Sarmento da Silva

    2004-04-01

    Full Text Available A influência do ambiente protegido no comportamento de pastejo da abelha sem ferrão jandaíra (Melipona subnitida Ducke foi estudada no Estado do Ceará, região Nordeste do Brasil. Foram investigados aspectos como comportamento, adaptação das abelhas à casa de vegetação e o padrão diário de forrageamento destas na cultura do pimentão (Capsicum annuum L., cultivada em ambiente protegido. Os dados foram analisados estatisticamente por meio de análise de variância, com médias comparadas a posteriori, pelo teste de Tukey. Os resultados obtidos mostraram que M. subnitida Ducke adapta-se bem ao uso em casa de vegetação e realiza vôos de forrageamento durante todo o dia, podendo ser utilizada para polinização de culturas agrícolas, sob cultivo protegido.The effect of caged environment on the foraging behavior of the stingless bee Melipona subnitida Ducke was studied in the state of Ceará, NE Brazil. Species adaptation to enclosures, foraging behavioral aspects and daily foraging pattern were investigated in a greenhouse sweet pepper (Capsicum annuum L. crop. Data were analyzed by Anova and means were compared a posteriori using Tukey test. The results showed that M. subnitida Ducke adapts well to greenhouses and forages throughout the day. It may be concluded that this bee species can be used for crop pollination in protected environments.

  10. Efecto de Bombus atratus (Hymenoptera: Apidae sobre la productividad de tomate (Lycopersicon esculentum Mill. bajo invernadero en la Sabana de Bogotá, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cure José Ricardo

    2007-06-01

    Full Text Available

    En varios países se utilizan con éxito especies de abejorros del género Bombus para la polinización de tomate, reportándose incrementos de productividad hasta del 40%. En la Sabana de Bogotá existen varias especies nativas del género, por lo que se planteó examinar su potencial, desde el punto de vista de su cría en cautiverio y de su utilización como polinizadores de tomate y otras solanáceas. En este trabajo se evaluó el potencial de la especie nativa Bombus atratus como polinizador de tomate, mediante la introducción al cultivo de colonias criadas en cautiverio. Se comparó la autopolinización espontánea de la planta, frente a la obtenida con ayuda de las obreras de B. atratus. Los frutos visitados por ellas presentaron incrementos significativos para las variables ‘peso fresco del fruto’ (40,9%, ‘número de semillas’ (103,3%, ‘diámetro ecuatorial’ (14,3% y ‘proporción de lóculos bien desarrollados’ (42,2%. La relativa facilidad para la cría de esta especie en cautiverio, y el potencial demostrado en el aumento de productividad del tomate bajo invernadero, muestran la necesidad de profundizar en estos estudios en Colombia.

  11. Avaliação do papel de manchas de vegetação semeada no incremento das populações de insectos polinizadores, em macieira, na Região do Dão: influência na produção

    OpenAIRE

    Batista, Vanda Cristina Azevedo da Costa

    2014-01-01

    Dissertação de Mestrado em Engenharia Agronómica A maçã é um fruto único com uma enorme diversidade de aromas, cores, tamanhos e sabores, estando a sua qualidade intrinsecamente associada à polinização. São vários os factores que contribuem para o seu êxito, mas são as abelhas domésticas que assumem um papel determinante neste processo. Todavia as abelhas domésticas não são os únicos agentes polinizadores na macieira e as abelhas selvagens, abelhões e outros, surgem como par...

  12. Variação na cobertura vegetal nativa em São Paulo: um panorama do conhecimento atual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Sampaio Farinaci

    2012-08-01

    Full Text Available Estudos em diversos países têm evidenciado a ocorrência de transição florestal, fenômeno em que o aumento da cobertura florestal supera as perdas por desflorestamento. No Brasil, embora o desflorestamento ocorra em maior grau que a expansão das florestas, é possível que em certas regiões essa relação seja inversa. Levantamentos recentes sugerem a tendência do Estado de São Paulo em direção à transição florestal. Com os objetivos de analisar as evidências dessa transição e facilitar o uso da informação já existente, fez-se uma revisão de quatro fontes de dados sobre a variação da cobertura vegetal nativa em São Paulo (Instituto Florestal, SOS Mata Atlântica/INPE, IBGE e CATI/IEA. Os resultados indicaram que as discrepâncias entre esses levantamentos podem, ao menos em parte, ser atribuídas a diferenças metodológicas e de objetivos. Ressaltam-se seus pontos de concordância e discutem-se possibilidades de harmonização dessas informações.

  13. Reserva de carbono en un sistema silvopastoril compuesto de Pinus patula y herbáceas nativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Oliva

    2017-01-01

    Full Text Available La investigación tuvo como objetivo determinar la reserva de carbono retenida bajo un sistema silvopastoril con Pinus patula , localizado en Amazonas, Perú. Para la estimación de carbono se utilizaron 06 plantas mediante el método directo, los fustes fueron seccionados cada 2 metros y a partir de estos se obtuvieron muestras de 5 cm de espesor previo al pesaje total. Para las ramas y hojas se realizó el pesaje total y se seleccionaron muestras de 200 g. Para la recolección de muestras de hojarasca y herbáceas nativas, se utilizó el mé todo del cuadrante y las muestras de suelo se recolectaron alrededor de cada planta. Los datos fueron obtenidos mediante la formulación de ecuaciones alométricas y selección de la mayor correlación estimada, a partir de variables como diámetro a la altura del pecho (DAP y altura del fuste (AF. Como resultado, se encontró 92,13 t/ha de carbono almacenado y 337,20 t/ha de carbono equivalente. Además, la investigación permitió establecer una ecuación que ayudó a estimar la cantidad de carbono y CO 2 en pino p átula: Biomasa seca = 0,6575*DAP 1,1794 (r 2 = 0,91 .

  14. Tipos polínicos encontrados em colônias de abelhas africanizadas sujeitas à doença cria ensacada brasileira Pollen types found in africanized honeybees colonies submitted to brazilian sac brood disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Rodrigues Pacheco

    2009-10-01

    Full Text Available O pólen de algumas espécies de Stryphnodendron (Mimosoidea, conhecidas popularmente por barbatimão, tem sido apontado como agente causador da mortandade de larvas pré-pupas observada na cria ensacada brasileira (CEB. Neste estudo, objetivou-se identificar os tipos polínicos encontrados em amostras de pólen coletadas em colméias de Apis mellifera L., no Estado do Rio de Janeiro, a fim de elucidar as fontes florais utilizadas por essa espécie de abelhas em períodos sujeitos a CEB, com especial atenção para a presença do pólen de Stryphnodendron spp. Foram coletadas amostras de pólen apícola e pão de abelhas em sete apiários, em três municípios do Estado do Rio de Janeiro. A amostragem foi tomada um mês antes e durante a ocorrência da CEB. As famílias botânicas mais representativas foram: Leguminosae, Euphorbiaceae, Asteraceae, Poaceae e Myrtaceae. O pólen de Stryphnodendron não esteve presente nas amostras analisadas. A ausência de Stryphnodendron no menu floral das colônias africanizadas acometidas pela CEB em condições naturais sugere outro fator causal para a CEB no Estado do Rio de Janeiro.The pollen of some Stryphnodendron species (Mimosoidea, commonly known as barbatimão, has been identified as a causative agent of pre-pulps larvae mortality, observed in Brazilian sac brood disease (BSB. The goal of this study is to identify the pollen types found in samples of pollen collected by Apis mellifera L. to elucidate the floral diet used by this honeybee specie in Rio de Janeiro state during the periods where BSB usually occurs. Particular attention was given to the pollen of Stryphnodendron spp presence. Samples of pollen and bee bread were collected from seven apiaries located in Rio de Janeiro state, Brazil. Sampling procedures were done a month before BSB usual occurrence and also during its occurrence. Leguminosae, Euphorbiaceae, Asteraceae, Poaceae and Myrtaceae were most representative botanical families on

  15. Espectro polínico de amostras de mel de Melipona mandacaia Smith, 1863 (Hymenoptera: Apidae = Pollen spectrum from honey samples of Melipona mandacaia Smith, 1863 stingless bee (Hymenoptera: Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Marcos de Oliveira Alves

    2006-01-01

    Full Text Available O espectro polínico de amostras de mel da abelha Melipona mandacaia foi analisado com objetivo de elucidar os recursos alimentares utilizados por essa espécie. A identificação das plantas visitadas foi realizada com base na análise dos tipos polínicos encontrados nas amostras de mel coletadas em 11 colônias localizadas no município de São Gabriel, em área de caatinga do Estado da Bahia, Brasil (11º14’S e 41º52’W. As análises quantitativas e qualitativas foram realizadas com o objetivo de determinar as porcentagens e classes de freqüência dos tipos polínicos presentes nas amostras de mel. Foram encontrados 26 tipos polínicos, sendo o tipo Piptadenia rigida (Mimosaceae considerado dominante. Ricinus communis (Euphorbiaceae, Mimosa verrucata (Mimosaceae e M. arenosa (Mimosaceae foram considerados pólen isolado importante. As famílias mais representativas no espectro polínico das amostras de mel foram Mimosaceae, Euphorbiaceae, Asteraceae e Anacardiaceae.The pollen spectrum from honey samples of Melipona mandacaia stingless bee was analyzed aiming at elucidating the alimentaryresources used by that species. The identification of the visited plants was based on the analysis of pollen from honey samples collected in 11 hives located in São Gabriel county, in the semiarid area of Bahia State, Brazil (11º14’S and 41º52’W. The quantitative and qualitative analyses of honey samples were conducted in order to determine the pollen types percentages and frequency classes. Twenty-six pollen types were found, being the Piptadenia rigida type (Mimosaceae considered dominant. Ricinus communis (Euphorbiaceae, Mimosa verrucata (Mimosaceae and M. arenosa (Mimosaceae were considered important isolated pollen. The most representative families found in the pollen spectrum of the honey samples were Mimosaceae, Euphorbiaceae, Asteraceae and Anacardiaceae.

  16. Sublethal Effects of the Neonicotinoid Insecticide Thiamethoxam on the Transcriptome of the Honey Bees (Hymenoptera: Apidae).

    Science.gov (United States)

    Shi, Teng-Fei; Wang, Yu-Fei; Liu, Fang; Qi, Lei; Yu, Lin-Sheng

    2017-12-05

    Neonicotinoid insecticides are now the most widely used insecticides in the world. Previous studies have indicated that sublethal doses of neonicotinoids impair learning, memory capacity, foraging, and immunocompetence in honey bees (Apis mellifera, Linnaeus) (Hymenoptera: Apidae). Despite these, few studies have been carried out on the molecular effects of neonicotinoids. In this study, we focus on the second-generation neonicotinoid thiamethoxam, which is currently widely used in agriculture to protect crops. Using high-throughput RNA-Seq, we investigated the transcriptome profile of honey bees after subchronic exposure to 10 ppb thiamethoxam over 10 d. In total, 609 differentially expressed genes (DEGs) were identified, of which 225 were upregulated and 384 were downregulated. Several genes, including vitellogenin, CSP3, defensin-1, Mrjp1, and Cyp6as5 were selected and further validated using real-time quantitative polymerase chain reaction assays. The functions of some DEGs were identified, and Gene Ontology-enrichment analysis showed that the enriched DEGs were mainly linked to metabolism, biosynthesis, and translation. Kyoto Encyclopedia of Genes and Genomes pathway analysis showed that thiamethoxam affected biological processes including ribosomes, the oxidative phosphorylation pathway, tyrosine metabolism pathway, pentose and glucuronate interconversions, and drug metabolism. Overall, our results provide a basis for understanding the molecular mechanisms of the complex interactions between neonicotinoid insecticides and honey bees. © The Author(s) 2017. Published by Oxford University Press on behalf of Entomological Society of America. All rights reserved. For permissions, please e-mail: journals.permissions@oup.com.

  17. Larval development of Physocephala (Diptera, Conopidae in the bumble bee Bombus morio (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio C Abdalla

    2014-12-01

    Full Text Available Larval development of Physocephala (Diptera, Conopidae in the bumble bee Bombus morio (Hymenoptera, Apidae. In the summer of 2012, a high incidence of conopid larvae was observed in a sample of female B. morio collected in remaining fragments of semidecidual forest and Cerrado, in the municipality of Sorocaba, state of São Paulo, Brazil. The larval development of conopid flies was studied, beginning at the larval instars (LO to L3 and PUP, until the emergence of the imago under laboratory conditions and inside the host. At the first instar, or LO, the microtype larvae measured less than 1 mm in length. During the transition from L1 to L3, the larvae grew in length. At L3, the larvae doubled their length (4 mm and then started to develop both in length and width, reaching the PUP stage with 10 mm in length and 7 mm in width. The main characteristic that differentiates L3 from the early instars is the larger body size and the beginning of posterior spiracle development. The development from PUP to puparium took less than 24h. The bees died ten days after the fly oviposition, or just before full PUP development. The early development stages (egg-LO to L1 were critical for larva survival. The pupa was visible between the intersegmental sternites and, 32 days after pupation, a female imago of Physocephala sp. emerged from one bee. The puparium and the fly measured approximately 10 mm in length. In a single day of collection, up to 45% of the bumble bees collected were parasitized by conopid flies.

  18. USBombus, a database of contemporary survey data for North American Bumble Bees (Hymenoptera, Apidae, Bombus) distributed in the United States.

    Science.gov (United States)

    Koch, Jonathan B; Lozier, Jeffrey; Strange, James P; Ikerd, Harold; Griswold, Terry; Cordes, Nils; Solter, Leellen; Stewart, Isaac; Cameron, Sydney A

    2015-01-01

    Bumble bees (Hymenoptera: Apidae, Bombus) are pollinators of wild and economically important flowering plants. However, at least four bumble bee species have declined significantly in population abundance and geographic range relative to historic estimates, and one species is possibly extinct. While a wealth of historic data is now available for many of the North American species found to be in decline in online databases, systematic survey data of stable species is still not publically available. The availability of contemporary survey data is critically important for the future monitoring of wild bumble bee populations. Without such data, the ability to ascertain the conservation status of bumble bees in the United States will remain challenging. This paper describes USBombus, a large database that represents the outcomes of one of the largest standardized surveys of bumble bee pollinators (Hymenoptera, Apidae, Bombus) globally. The motivation to collect live bumble bees across the United States was to examine the decline and conservation status of Bombus affinis, B. occidentalis, B. pensylvanicus, and B. terricola. Prior to our national survey of bumble bees in the United States from 2007 to 2010, there have only been regional accounts of bumble bee abundance and richness. In addition to surveying declining bumble bees, we also collected and documented a diversity of co-occuring bumble bees. However we have not yet completely reported their distribution and diversity onto a public online platform. Now, for the first time, we report the geographic distribution of bumble bees reported to be in decline (Cameron et al. 2011), as well as bumble bees that appeared to be stable on a large geographic scale in the United States (not in decline). In this database we report a total of 17,930 adult occurrence records across 397 locations and 39 species of Bombus detected in our national survey. We summarize their abundance and distribution across the United States and

  19. Efeito da polinização por abelhas e outros insetos na produção de sementes de cebola Effect of pollination by bees and other insects on the production of onion seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sidia Witter

    2003-12-01

    Full Text Available A deficiência de polinização tem sido apontada como uma das causas da baixa produção de sementes na cultura da cebola. O objetivo deste trabalho foi avaliar a relação da presença de abelhas e outros insetos em flores de duas cultivares de cebola, Allium cepa L. (Alliaceae, com a produção de sementes. Foram registradas a diversidade e a freqüência de insetos nas flores de cebola e o efeito polinizador foi testado. O comportamento de Apis mellifera foi observado diretamente nas flores e a fidelidade verificada a partir do pólen nas corbículas. Representantes de Hymenoptera e Diptera foram os visitantes florais mais abundantes. Houve correlação entre a freqüência de A. mellifera com número de umbelas com flores, em ambas cultivares, e de outros insetos em Crioula Alto Vale. A produção de sementes com livre visitação de insetos apresentou acréscimo superior a 20% em relação às parcelas sem insetos e com visita de uma abelha. A. mellifera transportou mais de 70% de pólen de cebola. A presença de A. mellifera é indispensável para a produção comercial de sementes de cebola.Pollination's deficit has been pointed as one of the causes of the low onion seed production. The objective of this work was to evaluate the relationship of the presence of bees and other insects in flowers of two cultivars of onion, Allium cepa L. (Alliaceae, with seed production. The diversity and frequency of insects in flowers of onion was registered and their pollinizing effect was tested. The behavior of Apis mellifera was directly observed in the flowers and the fidelity was testified from the presence of pollen in the corbiculas. Representatives of Hymenoptera and Diptera were the most abundant flower visitors. There was a correlation between frequency of A. mellifera and the number of umbels with flowers in both cultivars and of other insects in Crioula Alto Vale. The production of seeds with free insect visitation had an increase of more

  20. ALCALOIDES BISBENCILISOQUINOLINICOS AISLADOS DE LA ESPECIE NATIVA Berberís glauca (HBK Y EVALUACIÓN DE SU ACTIVIDAD ANTIALIMENTARIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Barbara Moreno Murillo

    2010-09-01

    Full Text Available Durante el estudio de la potencial actividad tóxica del extracto alcohólico de ios tallos de la especie nativa Berberís glauca (HBK (Berberidaceae. Se realizaron bioensayos con larvas del crustáceo Artemia salina, y de los insectos Musca domestica (Díptera y Spodoptera sunia (Lepidoptera. La fracción alcaloidal soluble en CHCl, obtenida por extracción ácido-base del extracto etanólico mostró notable acción antialimentaria frente a larvas de 3° y 4° estadio de la polilla S. sunia. La separación cromatográfica guiada por bioensayos permitió aislar y purificar de la fracción de mayor actividad varios alcaloides benciltctrahidroisoquinolínicos. Por métodos espectroscópicos se identificaron berbamina, isotalicberina. O- metilisotalicberina y 7- 0-demetilisotalicberina. Este es el primer reporte sobre la presencia de bases diméricas bisbenciltetrahidroisoquinolínicas (bbi en especies de Berberís colombianas. Además se detectó la presencia de una base dimérica novedosa de PM 712 cuya dilucidación estructural no se ha establecido en forma completa.

  1. Pentatomídeos (Hemiptera associados a espécies nativas em Itaara, RS, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Garlet

    2010-04-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n1p91 Com o objetivo de determinar qualitativamente e quantitativamente os pentatomídeos associados a diferentes espécies botânicas nativas, no período de setembro de 2005 a setembro de 2006, foram coletados insetos em nove espécies: Gochnatia polymorpha (Less. (cambará, Eugenia uniflora Berg. (pitangueira, Acca selowiana (Berg Burret (goiaba-da-serra, Psidium cattleianum Sabine (araçá, Baccharis spp., Solanaum mauritianum Scop. (fumo-bravo, Micanea cinerascens Miq. (passiquinho, Calliandra brevipes Bhent. (caliandra, Schinus molle L. (aroeira, localizadas na barragem Rodolfo da Costa e Silva, município de Itaara, RS. Foram realizadas coletas quinzenais, com o auxílio de um funil cônico confeccionado com folha de flandres (2mm, com 70cm de diâmetro na maior abertura e 63cm de altura. Retirou-se uma amostra por espécie botânica por data de coleta, obtida através de dez sacudidas dos ramos sobre o funil. Realizadas as coletas, o material foi levado ao Laboratório de Entomologia do Departamento de Defesa Fitossanitária da Universidade Federal de Santa Maria, onde foi realizada a triagem e identificação do material. Foram identificadas nove espécies de Pentatomidae. Edessa rufomarginata (De Geer, 1773 foi à espécie com maior ocorrência, seguida de Thyanta humilis Bergroth, 1891. A espécie botânica S. mauritianum foi a que apresentou o maior número de espécies de Pentatomidae coletados, representando 26,9% do total.

  2. No Evidence of Habitat Loss Affecting the Orchid Bees Eulaema nigrita Lepeletier and Eufriesea auriceps Friese (Apidae: Euglossini) in the Brazilian Cerrado Savanna.

    Science.gov (United States)

    Silva, D P; De Marco, P

    2014-12-01

    Habitat loss, landscape fragmentation, and agriculture intensification constitute the main threats to bees. As the organisms responsible for almost one third of the food produced worldwide, there are growing concerns on bees' response to human-related disturbances. Among all bee groups, orchid bees (Apidae: Euglossini) compose an interesting group to test landscape-related hypotheses. In here, we tested the effect of landscape features (amount of anthropic areas and isolation) on the probability of occurrence and the abundances of both Eulaema nigrita Lepeletier and Eufriesea auriceps Friese in the Cerrado savanna. In general, we did not observe any effect of landscape features on the probability of occurrence and abundances of both species in our sampling sites. Given their potential high dispersal abilities, these bee species may be less sensitive to fragmented landscapes or even positively affected by the increase of anthropic habitats. Since we sampled many E. nigrita specimens in highly preserved Cerrado savanna areas, we believe that at least for this biome, this species may not be a good indicator of landscape disturbance.

  3. Estudo Comparativo das Sensilas Antenais de Operárias de Melipona scutellaris Latreille (Hymenoptera: Apidae de Diferentes Altitudes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcília Aparecida Nascimento

    2013-04-01

    Full Text Available Sensilas são estruturas sensoriais presentes nas antenas dos insetos e são responsáveis pela higro- quimio-, termo- e mecanorrecepção. No presente trabalho, as sensilas presentes nos três flagelômeros (F mais distais de Melipona scutellaris Latreille (Hymenopera: Apidae coletadas em diferentes altitudes (200 e acima de 900m foram avaliadas qualitativamente e quantitativamente. A identificação, contagem e medição das sensilas foram feitas a partir de imagens da superfície dorsal das antenas que foram obtidas com o auxílio de microscópio eletrônico de varredura. Foram observadas as sensilas placoide, basicônica, celocônica, ampulácea, campaniforme e tricoide reta e curvada. Comparativamente, o grupo localizado a 200m de altitude possui sensilas tricoides retas em maior quantidade nos três flagelômeros, enquanto que o grupo de altitudes acima de 900m apresentou maior quantidade de sensilas tricoides curvadas no F9, sendo as mesmas maiores para o F10. Essas diferenças foram discutidas em função da localização geográfica dos diferentes grupos aqui estudados. Os resultados da investigação da estrutura antenal de M. scutellaris contribuem para um melhor entendimento da biologia dessa espécie.

  4. IDENTIFICACIÓN DE CEPAS NATIVAS CON POTENCIAL PARA OBTENCIÓN DE POLIHIDROXIALCANOATOS -(PHAsEN LODOS ACTIVADOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ANA LORENA ARROYAVE R.

    Full Text Available Los Polihidroxialcanoatos son poliésteres naturales que se han convertido en una excelente alternativa para remplazar los plásticos convencionales. Son biocompatibles y biodegradables y en corto tiempo pueden ser reducidos a dióxido de carbono y agua. Son sintetizados intracelularmente por diferentes bacteriasy pueden ser obtenidos a partir de una gran variedad de sustratos, en los que se incluyen algunos desechos agroindustriales. Con el objetivo de identificar cepas nativas con potencial para la producción de Polihidroxialcanoatos se llevó a cabo una bioprospección en los lodos de la Planta deTratamiento de Aguas Residuales de San Fernando (Itagüí-Antioquia. Se aislaron en agar selectivo 19 colonias, de las cuales se seleccionaron las colonias con oxidasa positiva. Se realizó la activación y siembra de las bacteriasen medio mínimo de sales (MSM líquido, para establecer el porcentaje de acumulación de los Polihidroxialcanoatos.Las cepas LM-3D, LAR-4D, LAR-5B,LAR-5E, presentaron un porcentaje de acumulación de PHAs de 2, 10, 4, 3 %, respectivamente y la cepaLM-3F presentó un porcentaje de acumulación del 25%, con respecto a los otros aislados. Tras el análisis bioquímico se determinó que las cepas productoras de PHAs fueron Shingomonas paucemobilis, Aeromonas hydrophila y Aeromonas sobria.

  5. Enxertia herbácea em Myrtaceae nativas do Rio Grande do Sul Herbaceans grafiting in native Myrtaceae on Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daiane Silva Lattuada

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi testar a viabilidade da técnica de enxertia herbácea em frutíferas nativas da família Myrtaceae. O experimento foi realizado em casa de vegetação do Departamento de Horticultura e Silvicultura/ UFRGS, em Porto Alegre. Duas espécies de Myrtaceae nativas foram usadas, tanto como porta-enxerto quanto como enxerto, Eugenia uniflora (Pitangueira e E. involucrata (Cerejeira-do-rio-grande ou Cerejeira-do-mato, totalizando quatro combinações. O método de enxertia adotado foi por garfagem em fenda cheia, em ramos herbáceos, com diâmetro médio do porta-enxerto de 0,1cm, enquanto os ramos dos enxertos apresentavam diâmetro médio entre 0,08 a 0,1cm, para as duas espécies. As análises foram quinzenais e, após 70 dias, foram analisadas estatisticamente a pega e a altura média das brotações emitidas. O delineamento experimental foi o completamente casualizado, com quatro repetições, sendo cada unidade experimental composta de cinco enxertos. Os resultados indicaram pega de 60% na combinação Pitangueira-Pitangueira (porta enxerto - enxerto. As demais combinações mostraram-se ineficientes.The objective of this study was to test the viability of the technique of green grafting in natives Myrtaceae. The experiment was conducted in greenhouse conditions of the Departamento de Horticultura e Silvicultura / UFRGS, in Porto Alegre. Two species of Myrtaceae were used, as well as rootstock and as graft, Eugenia uniflora (Surinam cherry and E. involucrata (Rio-grande-cherry or Cherry of the woods, totaling four combinations. The adopted grafting method consisted to cleft the graft on herbaceous branches, with an average diameter of the rootstock of 0.1 cm, while the branches of the grafts had an average diameter between 0.08 to 0.1 cm for both species. The observations were carried out every two weeks, and after 70 days were statiscally analyzed. The experimental design was completely randomized with four

  6. Expression profile of a Laccase2 encoding gene during the metamorphic molt in Apis mellifera (Hymenoptera,Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moysés Elias-Neto

    2013-06-01

    Full Text Available Expression profile of a Laccase2 encoding gene during the metamorphic molt in Apis mellifera (Hymenoptera, Apidae. Metamorphosis in holometabolous insects occurs through two subsequent molting cycles: pupation (metamorphic molt and adult differentiation (imaginal molt. The imaginal molt in Apis mellifera L. was recently investigated in both histological and physiological-molecular approaches. Although the metamorphic molt in this model bee is extremely important to development, it is not well-known yet. In the current study we used this stage as an ontogenetic scenario to investigate the transcriptional profile of the gene Amlac2, which encodes a laccase with an essential role in cuticle differentiation. Amlac2 expression in epidermis was contrasted with the hemolymph titer of ecdysteroid hormones and with the most evident morphological events occurring during cuticle renewal. RT-PCR semiquantitative analyses using integument samples revealed increased levels of Amlac2 transcripts right after apolysis and during the subsequent pharate period, and declining levels near pupal ecdysis. Compared with the expression of a cuticle protein gene, AmelCPR14, these results highlighted the importance of the ecdysteroid-induced apolysis as an ontogenetic marker of gene reactivation in epidermis for cuticle renewal. The obtained results strengthen the comprehension of metamorphosis in Apis mellifera. In addition, we reviewed the literature about the development of A. mellifera, and emphasize the importance of revising the terminology used to describe honey bee molting cycles.

  7. Morphological and Chemical Characterization of the Invasive Ants in Hives of Apis mellifera scutellata Lepeletier (Hymenoptera: Apidae).

    Science.gov (United States)

    Simoes, M R; Giannotti, E; Tofolo, V C; Pizano, M A; Firmino, E L B; Antonialli-Junior, W F; Andrade, L H C; Lima, S M

    2016-02-01

    Apiculture in Brazil is quite profitable and has great potential for expansion because of the favorable climate and abundancy of plant diversity. However, the occurrence of pests, diseases, and parasites hinders the growth and profitability of beekeeping. In the interior of the state of São Paulo, apiaries are attacked by ants, especially the species Camponotus atriceps (Smith) (Hymenoptera: Formicidae), which use the substances produced by Apis mellifera scutellata (Lepeletier) (Hymenoptera: Apidae), like honey, wax, pollen, and offspring as a source of nourishment for the adult and immature ants, and kill or expel the adult bees during the invasion. This study aimed to understand the invasion of C. atriceps in hives of A. m. scutellata. The individuals were classified into castes and subcastes according to morphometric analyses, and their cuticular chemical compounds were identified using Photoacoustic Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR-PAS). The morphometric analyses were able to classify the individuals into reproductive castes (queen and gynes), workers (minor and small ants), and the soldier subcaste (medium and major ants). Identification of cuticular hydrocarbons of these individuals revealed that the eight beehives were invaded by only three colonies of C. atriceps; one of the colonies invaded only one beehive, and the other two colonies underwent a process called sociotomy and were responsible for the invasion of the other seven beehives. The lack of preventive measures and the nocturnal behavior of the ants favored the invasion and attack on the bees.

  8. Nidificação e forrageamento de Centris (Ptilotopus maranhensis Ducke (Hymenoptera, Apidae, Centridini Nesting biology and foraging of Centris (Ptilotopus maranhensis Ducke (Hymenoptera, Apidae, Centridini

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Ramos

    2007-12-01

    Full Text Available As abelhas pertencentes à tribo Centridini possuem distribuição neotropical e são consideradas os principais polinizadores de diversas espécies vegetais em diferentes biomas. Apesar disso, dados sobre a biologia da maioria das espécies ainda são escassos. Este trabalho relata observações sobre a biologia de Centris (Ptilotopus maranhensis Ducke, 1910, uma espécie que ocorre no Nordeste do Brasil. O estudo foi conduzido em uma área de cerrado no Estado do Maranhão durante o período de atividade dos adultos. Fêmeas foram observadas nidificando em termiteiros epígeos e em visita às flores de Byrsonima umbellata Mart. (Malpighiaceae para coleta de óleo. O comportamento foi registrado diretamente e através de filmagens. Os ninhos foram escavados, raspando-se o substrato até as células serem encontradas. Um ninho completo foi aberto para exame das estruturas internas e análise do conteúdo das células. A estrutura geral apresentava um túnel principal com células descendentes dispostas linearmente. Foram encontradas células (n = 5 com larvas em diferentes estágios de desenvolvimento e uma massa de pólen de consistência firme e pastosa formada por uma grande quantidade de grãos de Byrsonima.The bees belonging to the tribe Centridini possess distribution neotropical and are considered the main pollinators of different plant species in different biomas. Despite of this the biology data of the majority of species remain scarce. This work is about observations of biology of Centris (Ptilotopus maranhensis Ducke, 1910, specie that occurs in the Northeast of Brazil. The study was made in a cerrado area in the State of Maranhão during a period of adult activity. Females were seen nesting at epigeous termite nests and visiting Byrsonima umbellata Mart. (Malpighiaceae flowers for oil collection. The behavior was directly registered and shooted. The nests were excavated being scraped the substratum until the cells were found. A

  9. CARACTERIZACIÓN PRELIMINAR DE COMPUESTOS ANTILISTERIALES PRODUCIDOS POR BACTERIAS ÁCIDO LÁCTICAS NATIVAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Blanca Botina A

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivo. Caracterizar los metabolitos producidos por bacterias ácido lácticas nativas con capacidad antilisterial. Materiales y métodos. Se analizaron 42 muestras tomadas de alimentos y equipos procesadores de alimentos, de donde se aislaron bacterias ácido lácticas, las cuales se identificaron por medio de pruebas bioquímicas. Se evaluó la actividad antagónica de las cepas aisladas frente a 17 cepas de L. monocytogenes pertenecientes a los serotipos 4b, 4e, y 3b utilizando la técnica de la gota y doble capa. Se obtuvieron extractos crudos para la caracterización de los metabolitos inhibitorios del crecimiento de las cepas de L. monocytogenes, los cuales fueron tratados con catalasa, ácido clorhídrico, proteinasa K y temperaturas de 95ºC y 121ºC. El peso molecular de las proteínas se aproximó utilizando la técnica de electroforesis SDS-PAGE y bioensayos. Resultados. De un total de 250 aislamientos se lograron identificar 75 cepas de bacterias ácido lácticas. La evaluación de la actividad antagónica indicó que los metabolitos inhibitorios producidos por las bacterias ácido lácticas no actuaban de igual manera frente a las diferentes cepas de L. monocytogenes. Sin embargo, se encontró que tres de los aislamientos nativos identificados como Lactobacillus spp., Leuconostoc spp. y Enterococcus spp. presentaban una mejor actividad antilisterial debido a que sintetizan proteínas o metabolitos de peso molecular menor a 7600 Da. Conclusiones. En los alimentos distribuidos en Colombia existen cepas de bacterias ácido lácticas con potencial bioprotector.

  10. Alcaloides bisbencilisoquinolinicos aislados de la especie nativa berberís glauca (HBK y evaluación de su actividad antialimentaria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bárbara Moreno-Murillo

    2010-07-01

    Full Text Available Durante el estudio de la potencial actividad tóxica del extracto alcohólico de ios tallos de la especie nativa Berberís glauca (HBK (Berberidaceae. se realizaron bioensayos con larvas del crustáceo Artemia salina, y de los insectos Musca domestica (Díptera y Spodoptera sunia (Lepidoptera. La fracción alcaloidal soluble en CHCl, obtenida por extracción ácido-base del extracto etanólico mostró notable acción antialimentaria frente a larvas de 3° y 4° estadio de la polilla S. sunia. La separación cromatográfica guiada por bioensayos permitió aislar y purificar de la fracción de mayor actividad varios alcaloides benciltctrahidroisoquinolínicos. Por métodos espectroscópicos se identificaron berbamina, isotalicberina. O- metilisotalicberina y 7- 0-demetilisotalicberina. Este es el primer reporte sobre la presencia de bases diméricas bisbenciltetrahidroisoquinolínicas (bbi en especies de Berberís colombianas. Además se detectó la presencia de una base dimérica novedosa de PM 712 cuya dilucidación estructural no se ha establecido en forma completa.

  11. New Records of Bee Genera (Hymenoptera: Apoidea from Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Víctor H. González

    2006-07-01

    Full Text Available The solitary bee genera Lophothygater Moure y Michener (Apidae, Eucerini and Tapinotaspoides Moure (Apidae, Tapinotaspidini are reported from northern Colombia for the first time. These genera were previously known from the central Brazilian Amazonian and Argentina and Paraguay, respectively.

  12. Revegetación de áreas degradadas con especies nativas Revegetation of degraded areas with native species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Daniel Dalmasso

    2010-06-01

    Full Text Available El área de trabajo se localiza al sur de Malargue-Mendoza; es un clima árido, con una precipitación media anual de 134 mm y una temperatra media anual de 13,3°C. Se evalúan los resultados de la revegetación con especies nativas en áreas degradadas por la actividad petrolera propendiendo que los ecosistemas alterados alcancen una mayor estabilidad, en lo posible similar a la situación previa al impacto. Se realizó un inventario geomorfológico y de vegetación estableciéndose hipótesis dinámicas de vegetación. A través del enfoque geosinfitosociológico, y en función de la dinámica vegetal, se seleccionaron un total de 10 especies que fueron reproducidas en vivero y establecidas en tres plataformas petroleras del área, tanto en otoño como en primavera. El diseño experimenal fue de bloques al azar con 10 especies y 20 repeticiones dentro de cada plataforma. En todas ellas se roturó el suelo y se establecieron las plantas y luego de cuatro años de registros, se realizó el análisis estadístico de la evolución temporal de las variables altura, diámetro de copa y porcentaje de supervivencia por especie. Para las mismas variables se comparó el comportamiento medio de las distintas especies mediante ANAVA y prueba de LSD de Fisher (a= 5%. Las poblaciones de plantas del ensayo se ajustaron a una distribución normal con varianzas no homogéneas (Kolmogorov- Smirnov y Bartlett. Al cuarto año de establecidas las plantas se evaluó el grado de recubrimiento de las plataformas asistidas respecto del Monte Natural. Los análisis mostraron diferencias estadísticamente significativas entre las especies plantadas; destacándose por su alto poder de recubrimiento, en todas las plataformas, Atriplex lampa, Prosopis flexuosa var. depressa y Cercidium praecox ssp. glaucum. En una plataforma, la diversidad vegetal a los cuatro años de implantación representó el 61% de la diversidad del monte, mientras que en las otras se alcanzó un

  13. Nível tecnológico e rentabilidade de produção de mel de abelha (Apis mellifera no Ceará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Gaspar Feitosa Freitas

    2004-01-01

    Full Text Available O presente estudo procurou analisar a apicultura no Estado do Ceará, enfocando a produção de mel de abelhas (Apis mellifera nos principais municípios produtores do Estado, mais precisamente fazendo uma análise do nível tecnológico empregado na produção, bem como avaliando a rentabilidade da atividade. A pesquisa se realizou através de coleta de dados primários por meio de entrevistas diretas com os produtores nos municípios de Mombaça, Pacajús e Chorozinho, no mês de outubro de 2002. Para avaliação do nível tecnológico, dividiu-se o sistema de produção de mel em cinco componentes: uso de equipamentos, manejo, colheita, pós-colheita e gestão; daí foram desenvolvidos índices tecnológicos para cada um separadamente e para o conjunto deles, com base na respectiva tecnologia recomendada, sendo que, quanto mais próximo da tecnologia recomendada, maior é o valor deste índice e, portanto, melhor o nível tecnológico. A avaliação da rentabilidade foi feita utilizando-se a metodologia do Sistema Integrado de Custos Agropecuários - CUSTAGRI. Os principais resultados obtidos mostram que o nível tecnológico dos produtores de mel é considerado bom, sendo que na pós-colheita apresenta melhores índices, enquanto na gestão foram encontrados os mais baixos índices. No que se refere à rentabilidade, a produção de mel é uma atividade muito rentável, envolvendo baixos custos e podendo chegar a elevados índices de lucratividade.

  14. Young calves production in native, mixed or cultivated pastures in the Pantanal, Mato Grosso do Sul, Brazil Produção de bezerros jovens em pastagens nativas, mistas ou cultivadas no Pantanal Sul Mato-Grossense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Menezes Dias

    2008-09-01

    fatorial 3x3 (três tipos de pastagens e três idades de abate. As pastagens foram: 1-nativa, composta por Capim-mimoso, Capim-rabo de burro e Capim-carona, 2-cultivada, composta por Brachiaria decumbens e B. humidicola, e 3-mista, composta por capins nativos e cultivados. Houve interação (P<0,05 entre idade de abate e pastagem. Os animais da pastagem mista apresentaram maior peso de abate, ganho médio diário (GMD e peso de carcaça, aos 8 e 10 meses, em comparação aos animais das pastagens nativa ou cultivada. Animais criados em pastagem mista, aos oito meses, apresentaram GMD de 0,83kg/dia, superior aos criados em pastagens nativas ou cultivadas, 0,65 e 0,59kg/dia, respectivamente. Aos nove meses, as médias de GMD foram 0,55; 0,61 e 0,64kg/dia, e, aos 10 meses, foram 0,48; 0,73 e 0,51kg/dia, respectivamente, para pastagens nativa, mista ou cultivada. O rendimento de carcaça não foi influenciado pela idade. Não houve efeito de sexo para nenhuma das variáveis avaliadas. Recomenda-se o abate de bezerros jovens, machos ou fêmeas, entre oito e dez meses de idade, criados em pastagens mistas ou cultivadas no Pantanal, para produção de vitelos.

  15. AISLAMIENTO DE CEPAS NATIVAS DE TRICHODERMA SPP DE SUELOS HORTICOLAS DEL VALLE DE TOLUCA, COMO BIOCONTROL POTENCIAL DE SCLEROTINIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilda G. García-Nuñez

    2012-08-01

    Full Text Available Se evaluó la presencia de Trichoderma en siete localidades en la zona sur del Valle de Toluca, Estado de México. Esta es un área con un alto potencial en la producción de hortalizas. El estudio se dirigió al aislamiento de cepas nativas de Trichoderma a partir de muestras de suelo, identificación de factores fisiográficos, así como las propiedades físicas y químicas del suelo que determinan la ocurrencia de Trichoderma. Se evaluó el potencial de las cepas de Trichoderma para el control de Sclerotinia spp., hongo patógeno causante de la pudrición blanda en lechuga. Se aislaron once cepas, el mayor número de ellas asociadas al tipo de suelo se encontró en las localidades de San Francisco Putla y San Francisco Tetetla. El análisis de regresión logística mostró que no hay una relación entre las propiedades del suelo (materia orgánica y pH y la presencia de Trichoderma. La prueba de Tukey (p

  16. Microsatélites, distancias genéticas y estructura de poblaciones nativas sudamericanas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Demarchi, Darío Alfredo

    2009-01-01

    Full Text Available En este trabajo se investigaron las relaciones genéticas entre 17 poblaciones nativas sudamericanas en relación a 15 microsatélites (STRs autosómicos, utilizando 3 distancias genéticas- DST, DAy (δu2-que se ajustan a diferentes postulados teóricos. A través de diferentes técnicas de análisis (escalamiento multidimensional, correlación y correlación parcial de matrices se puso a prueba si las distancias genéticas reflejaban las relaciones interpoblacionales esperadas a partir de la distribución geográfica o de relaciones lingüísticas entre las poblaciones. Además, se estimó en que grado las distintas medidas de distancias genéticas eran influenciadas por la diversidad (He de cada población. Los mapas genéticos muestran, principalmente para DST y DA, que las poblaciones aisladas y con bajo tamaño efectivo (Ne aparecen como outliers, mientras que las poblaciones con alto Ne y mayor flujo génico ocupan una posición central a bajos valores de distancia unas de otras y sin un patrón definido de agrupamiento. La falta de asociación entre distancias genéticas y lingüísticas o geográficas y por otra parte, la alta correlación negativa entre He y distancias génicas promedio por población confiman ese patrón, demostrando que la mayor parte de la variación interpoblacional puede ser explicada en función del grado de diversidad intrapoblacional. Es decir, las distancias genéticas no reflejan relaciones filogenéticas, lingüísticas o geográficas, sino más bien eventos demográficos recientes tales como cuellos de botella genético, efecto fundador o migración externa masiva. Este hecho puede ser comprobado por medio de otra metodología analítica, el modelo de Harpending y Ward.

  17. Genetic dissimilarity among jabuticaba trees native to southwestern Paraná, Brazil Dissimilaridade genética entre jabuticabeiras nativas do sudoeste do Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moeses Andrigo Danner

    2011-06-01

    Full Text Available Knowledge on the genetic diversity within and between genotype groups is of great importance for breeding programs. The purpose of this study was to estimate the genetic dissimilarity among 36 native jabuticaba trees (Plinia cauliflora from five sites in the southwestern region of Paraná, Brazil. Sixteen fruit traits were analyzed, based on multivariate techniques (canonical variables, Tocher and UPGMA, using Mahalanobis' distance as dissimilarity measure. By the techniques of clustering and graphic dispersion, together with the comparison of means, the genetic diversity among native jabuticaba trees was efficiently identified, indicating a high potential of these genotypes for breeding programs. The traits of greatest importance for dissimilarity were percentage of pulp and of skin, which are easily measured. The clustering structure is related to the collection sites and for breeding programs, genotypes from different sites should be crossed to generate progenies to be tested. Genotypes 'CV5' and 'VT3' should be conserved in genebanks, due to its important agronomic traits.O conhecimento da variabilidade genética dentro e entre grupos de genótipos é de grande importância para programas de melhoramento. O objetivo deste trabalho foi estimar a dissimilaridade genética entre 36 plantas nativas de jabuticabeira (Plinia cauliflora, de cinco locais da região sudoeste do Paraná. Foram avaliados 16 caracteres de frutos e aplicadas técnicas de análise multivariada (variáveis canônicas, Tocher e UPGMA, utilizando a distância generalizada de Mahalanobis como medida de dissimilaridade. As técnicas de agrupamento e dispersão gráfica utilizadas, juntamente com a comparação de médias, permitiram identificar de modo eficiente a variabilidade genética entre as jabuticabeiras nativas, indicando elevado potencial para programas de melhoramento genético. Os caracteres de maior importância para a dissimilaridade foram o percentual de polpa e

  18. Desempenho de novilhos suplementados com sais proteinados em pastagem nativa Performance of steers supplemented with protein salts on native pastures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Knorr

    2005-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da suplementação com sais proteinados sobre o desempenho de novilhos em pastagem nativa diferida, no Rio Grande do Sul, Brasil. Os suplementos de sal proteinado avaliados foram: com uréia, com amiréia, com amiréia mais levedura e sal mineral. O experimento teve duração de 118 dias e foram utilizadas 8 parcelas com área de 7,5 ha, cada uma com 8 novilhos, de peso médio 264 kg, com idade de 18 meses, em delineamento completamente casualizado. A pastagem apresentou valores médios de 6,8% de proteína bruta, 73,3% de fibra em detergente neutro, e 42,5% de digestibilidade in vitro da matéria orgânica, sem que fossem detectadas diferenças significativas entre tratamentos. O ganho médio diário (0,287 kg dos animais suplementados com o sal proteinado com amiréia e levedura, foi superior ao apresentado pelos animais que consumiram sal mineralizado (0,019 kg mas não houve diferenças entre uréia (0,159 kg e amiréia (0,124 kg. O consumo diário dos suplementos proteinados (0,400 kg foi superior ao consumo do suplemento mineral (0,038 kg. A adição de levedura ativa, ao sal proteinado formulado com amiréia, melhora o desempenho de novilhos em pastagem nativa diferida.The objective of this work was to evaluate the effect of protein salts supplementation on performance of beef steers grazing differed native pasture in Rio Grande do Sul State, Brazil. Protein salts were supplemented with: urea, starea, starea plus yeast, and mineral salt. The experiment was conducted during 118 days, and utilized 8 paddocks with 7.5 ha each one, with 8 steers averaging 264 kg and 18 months old, in a completely randomized design. Average composition of pasture was 6.8% of crude protein, 73.3% of neutral detergent fiber, and 42.5% in vitro organic matter digestibility; significative differences weren't detected among treatments. Average daily weight gain of animals fed protein salt with starea plus yeast (0

  19. IMPACTO DE INOCULACIÓN CON LA BACTERIA NATIVA AzospirilumSOBRE Oryza sativa L. EN CÓRDOBA-COLOMBIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CECILIA LARA M

    2013-12-01

    Full Text Available Se evaluó el efecto en el crecimiento y desarrollo de plantas de arroz Paddy,Oryzasativa L. variedad comercial FEDEARROZ 733, inoculado con la cepa nativa Azospirillum(A5, comparado con un testigo absoluto y un testigo comercial (Urea. Se realizó la multiplicación delabacteria a diferentes concentraciones: 106, 107 y 108 UFC, en el medio de cultivo NFB líquido a 24°C, agitación constante e incubación por 72 horas. El estudio se realizó bajo condiciones de invernadero con suelo con bajo contenido de materia orgánica; las semillas fueron embebidas en las diferentes concentraciones bacterianas. Se utilizó un diseño en bloques completos al azar con tres repeticiones y cinco tratamientos: testigo absoluto, testigo comercial y las concentraciones bacterianas 106,107 y 108 UFC. Se evaluaron las variables altura de planta, longitud de las raíces, número de macollas planta y peso seco/planta, a los 30, 60, 90 y 120 días después de germinación. El número de panículas/planta, número de granos/planta y el rendimiento en granos se midieron al momento de la cosecha. La concentración107 UFC produjo 3,74 g/planta; éste valor fue similar al obtenido utilizando fertilizante nitrogenado, demostrándose que las inoculaciones influyen en el crecimiento y producción de las plantas de arroz.

  20. Brood pheromone effects on colony protein supplement consumption and growth in the honey bee (Hymenoptera: Apidae) in a subtropical winter climate.

    Science.gov (United States)

    Pankiw, Tanya; Sagili, Ramesh R; Metz, Bradley N

    2008-12-01

    Fatty acid esters extractable from the surface of honey bee, Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae), larvae, called brood pheromone, significantly increase rate of colony growth in the spring and summer when flowering plant pollen is available in the foraging environment. Increased colony growth rate occurs as a consequence of increased pollen intake through mechanisms such as increasing number of pollen foragers and pollen load weights returned. Here, we tested the hypothesis that addition of brood pheromone during the winter pollen dearth period of a humid subtropical climate increases rate of colony growth in colonies provisioned with a protein supplement. Experiments were conducted in late winter (9 February-9 March 2004) and mid-winter (19 January-8 February 2005). In both years, increased brood area, number of bees, and amount of protein supplement consumption were significantly greater in colonies receiving daily treatments of brood pheromone versus control colonies. Amount of extractable protein from hypopharyngeal glands measured in 2005 was significantly greater in bees from pheromone-treated colonies. These results suggest that brood pheromone may be used as a tool to stimulate colony growth in the southern subtropical areas of the United States where the package bee industry is centered and a large proportion of migratory colonies are overwintered.

  1. Chrysothemis y Episcia (Gesneriaceae: Gesnerioideae: Episcieae, registros nuevos para la flora nativa de México Chrysothemis and Episcia (Gesneriaceae: Gesnerioideae: Episcieae, new records for the native flora of Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica Ramírez-Roa

    2011-09-01

    Full Text Available Chrysothemis pulchella y Episcia lilacina (Gesneriaceae: Gesnerioideae: Episcieae se registran por primera vez como elementos de la flora nativa de México. Ambas especies se encontraron en la localidad Frontera Corozal, municipio de Ocosingo, Chiapas, en una selva alta perennifolia sobre sustrato cárstico. Con estos hallazgos, la riqueza de la familia Gesneriaceae en México es de 26 géneros y 117 especies.Chrysothemis pulchella and Episcia lilacina (Gesneriaceae: Gesnerioideae: Episcieae are reported for first time in the native flora of Mexico. Both species were found in Frontera Corozal, municipality of Ocosingo, Chiapas in tropical rain forest on karst substrate. With these records, the richness of the family Gesneriaceae in Mexico reach up 26 genera and 117 species.

  2. Floral biology and behavior of Africanized honeybees Apis mellifera in soybean (Glycine max L. Merril

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wainer César Chiari

    2005-05-01

    Full Text Available This research was carried out to evaluate the pollination by Africanized honeybees Apis mellifera, the floral biology and to observe the hoarding behavior in the soybean flowers (Glycine max Merril, var. BRS-133. The treatments were constituted of demarcated areas for free visitation of insects, covered areas by cages with a honeybee colony (A. mellifera and also covered areas by cage without insects visitation. All areas had 24 m² (4m x 6m. The soybean flowers stayed open for a larger time (82.82 ± 3.48 hours in covered area without honeybees. The stigma of the flowers was also more receptive (P=0.0021 in covered area without honeybees (87.3 ± 33.0% and at 10:42 o'clock was the schedule of greater receptivity. The pollen stayed viable in all treatments, the average was 99.60 ± 0.02%, which did not present differences among treatments. The percentage of abortion of the flowers was 82.91% in covered area without honeybees, this result was superior (P=0.0002 to the 52.66% and 53.95% of the treatments uncovered and covered with honeybees, respectively. Honeybees were responsible for 87.7% of the pollination accomplished by the insects. The medium amounts of total sugar and glucose measured in the nectar of the flowers were, 14.33 ± 0.96 mg/flower and 3.61 ± 0.36 mg/ flower, respectively, not showing differences (PEste experimento teve como objetivos avaliar a polinização realizada por abelhas Apis mellifera, estudar a biologia floral e observar o comportamento de coleta nas flores de soja (Glycine max L. Merril, variedade BRS-133 plantadas na região de Maringá-PR. Os tratamentos constituíram de áreas demarcadas de livre visitação por insetos, áreas cobertas por gaiolas, com uma colônia de abelhas (A. mellifera no seu interior e plantas também cobertas por gaiola que impedia a visitação por insetos. Todas as áreas possuíam 24 m² (4 m x 6 m. As flores de soja permaneceram abertas por um tempo maior (82,82 ± 3,48 horas no

  3. Orchid bee baits attracting bees of the genus Megalopta (Hymenoptera, Halictidae in Bauru region, São Paulo, Brazil: abundance, seasonality, and the importance of odors for dim-light bees Abelhas do gênero Megalopta (Hymenoptera, Halictidae atraídas por iscas químicas usadas para euglossíneos na região de Bauru, SP: abundância, sazonalidade e importância de odores para abelhas crepusculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima R. N. Knoll

    2012-12-01

    Full Text Available Nocturnal bees in the genus Megalopta Smith, 1853 are generally collected using artificial light sources. However, between 1993 and 2000, a total of 946 females (no males were captured were captured using aromatic baits commonly used for orchid bees (Euglossini in five localities in Bauru region, São Paulo, Brazil. Aromatic compounds used in bait traps were: benzyl acetate, eucalyptol, eugenol, skatole, methyl salicylate, and vanillin. The Megalopta species collected were: M. guimaraesi (71.2% of total number of specimens, M. amoena (28.1%, and M. aegis (0.6%. Using the data from these traps, we showed that there was a positive and significant correlation between the abundance of individuals and meteorological factors, rainfall and temperature. Bees were more commonly collected in the spring (September to December and summer (December to March than in the autumn and winter, the latter characterized for being a drier and colder period. Variations in the abundance were also detected among localities and years. The most attractive compounds were eugenol (54%, methyl salicylate (22%, and eucalyptol (16%. The ability to detect smells may have an important role in searching for flowers during dim-light conditions. We suggest the use of aromatic compounds in future studies on the biology of Megalopta in the Neotropical region.Abelhas noturnas do gênero Megalopta (Smith, 1853 são geralmente coletadas usando fontes artificiais de luz. Porém entre os anos de 1993 e 2000, um total de 946 fêmeas de Megalopta foram capturadas (machos não foram capturados usando iscas aromáticas frequentemente usadas para atração de machos de Euglossini, em cinco localidades na região de Bauru, São Paulo, Brasil. Os compostos aromáticos utilizados foram: acetato de benzila, eucaliptol, eugenol, escatol, salicilato de metila e vanilina. As espécies encontradas foram M. guimaraesi (71.2% do total de indivíduos, M. amoena (28.1% and M. aegis (0.6%. De modo geral

  4. Effects of neonicotinoid imidacloprid exposure on bumble bee (Hymenoptera: Apidae) queen survival and nest initiation.

    Science.gov (United States)

    Wu-Smart, Judy; Spivak, Marla

    2018-02-08

    Neonicotinoids are highly toxic to insects and may systemically translocate to nectar and pollen of plants where foraging bees may become exposed. Exposure to neonicotinoids can induce detrimental sublethal effects on individual and colonies of bees and may have long-term impacts, such as impaired foraging, reduced longevity, and reduced brood care or production. Less well-studied are the potential effects on queen bumble bees that may become exposed while foraging in the spring during colony initiation. This study assessed queen survival and nest founding in caged bumble bees [Bombus impatiens (Cresson) (Hymenoptera: Apidae)] after chronic (18-d) dietary exposure of imidacloprid in syrup (1, 5, 10, and 25 ppb) and pollen (0.3, 1.7, 3.3, and 8.3 ppb), paired respectively. Here we show some mortality in queens exposed at all doses even as low as 1 ppb, and, compared with untreated queens, significantly reduced survival of treated queens at the two highest doses. Queens that survived initial imidacloprid exposure commenced nest initiation; however, they exhibited dose-dependent delay in egg-laying and emergence of worker brood. Furthermore, imidacloprid treatment affected other parameters such as nest and queen weight. This study is the first to show direct impacts of imidacloprid at field-relevant levels on individual B. impatiens queen survival and nest founding, indicating that bumble bee queens are particularly sensitive to neonicotinoids when directly exposed. This study also helps focus pesticide risk mitigation efforts and highlights the importance of reducing exposure rates in the early spring when bumble bee queens, and other wild bees are foraging and initiating nests. © The Author(s) 2017. Published by Oxford University Press on behalf of Entomological Society of America. All rights reserved. For permissions, please e-mail: journals.permissions@oup.com.

  5. Análise temporal da flora nativa no entorno de unidades de conservação: APA Cachoeira das Andorinhas e FLOE Uaimii, Ouro Preto, MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Andrade Rezende

    2011-06-01

    Full Text Available A crescente fragmentação das paisagens tem contribuído para a perda da diversidade biológica nas diversas regiões brasileiras. Isso se deve, na grande maioria dos casos, à maneira desordenada com que o homem vem usando e ocupando as terras. A criação de áreas protegidas ou unidades de conservação (UC tem sido um dos principais mecanismos utilizados para a proteção da biodiversidade (in situ, além de assumir objetivos mais amplos como a proteção dos recursos hídricos, de espécies ameaçadas, dos recursos genéticos, do grau de endemismo, dos habitats, entre outros. Contudo, é preciso que haja instrumentos de avaliação periódica do seu estado de conservação, visando fornecer subsídios aos planos de manejo através da identificação das potenciais ameaças à funcionalidade ecológica dessas áreas protegidas. Com base em mapas temáticos de classificação da cobertura do solo, elaborados para os anos de 1989 e 2008, no intuito de analisar as alterações ocorridas na área de estudo neste mesmo período, este trabalho quantificou a dinâmica da flora nativa no interior e entorno da Área de Proteção Ambiental Estadual Cachoeira das Andorinhas e da Floresta Estadual do Uaimii, localizadas no Município de Ouro Preto (MG. Os resultados mostram que, ao longo dos 19 anos de comparação, a área ocupada pela flora nativa manteve-se praticamente a mesma, com índices de 82 a 83% no interior das UCs e 74% no seu entorno. Com os resultados da fragmentação, torna-se possível identificar as áreas mais críticas ou sujeitas a maior pressão antrópica e direcionar programas específicos, no âmbito gerencial, para minimizá-los.

  6. Abelhas visitantes nas flores da jabuticabeira (Myrciaria cauliflora Berg. e produção de frutos - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i1.1890 Bees visits associated to Brazilian grape tree flowers (Myrciaria cauliflora Berg. and fruit production - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i1.1890

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Helena Nogueira-Couto

    2004-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar a atratividade das flores da jabuticabeira (Myrciaria cauliflora Berg. para os insetos, o comportamento, o tipo de coleta e o efeito dessas visitas na produção de frutos. Foram observados o tempo de desenvolvimento e a quantidade de açúcar solúvel do néctar de flores; os insetos e o tipo de coleta desses insetos. Foram marcados 400 botões florais (200 descobertos e 200 cobertos, para impedir a visita dos insetos. A duração da flor foi de 48 ± 4,6 horas. A quantidade de açúcar solúvel foi baixa (7.14 ± 0.70µg glicose/flor e semelhante entre os horários. As abelhas Apis mellifera, Tetragonisca angustula, Chloralictus sp e Trigona spinipes foram os únicos insetos nas flores (98,0%, 0,88%, 0,57% e 0,55%, respectivamente e coletaram exclusivamente pólen. A porcentagem de frutificação não foi diferente nos tratamentos coberto (19,80% e descoberto (18,62%, mostrando que a presença das abelhas não afetou a produção.This research aimed to verify the Brazilian grape tree flowers’ Myrciaria cauliflora attraction to insects, including their behaviour, sample kind and effect of insect visits on fruit production. The development time and the amount of flower’s nectar soluble sugar, the insects and sample kind were observed. Four hundred flower buds were tagged (200 covered and 200 uncovered, with 5 replications to determine fruiting percentage. Only the bees Apis mellifera, Tetragonisca angustula, Chloralictus sp and Trigona spinipes visited the flowers (98.0, 0.88, 0.57 and 0.55%, respectively, collecting exclusively pollen. Percentage of fruiting did not differ between covered (19.80% and uncovered (18.62% treatments, showing that the bees visits did not affect fruit production.

  7. Visitantes florales diurnos del girasol (Helianthus annuus, Asterales: Asteraceae en la Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan P. TORRETTA

    2010-01-01

    Full Text Available El girasol ( Helianthus annuus L. es un importante cultivo oleaginoso en la Argentina. Durante tres campañas agrícolas, se determinaron la diversidad y la abundancia del elenco de los visitantes florales diurnos de capítulos de girasol, en ocho sitios que cubren gran parte del área cultivada en Argentina. Setenta y seis morfo-especies de visitantes florales, pertenecientes a ocho órdenes, fueron capturados sobre capítulos de este cultivo. El principal orden fue Hymenoptera, con 37 especies o morfo- especies, de las cuales 32 fueron abejas (Apoidea. Las familias de abejas más representadas fueron Apidae (13, Megachilidae (11 y Halictidae (7. La abeja doméstica ( Apis mellifera L. realizó el 93% de las visitas. La composición del elenco de visitantes no mostró un patrón de variación identificable a lo largo del día, ni con respecto a la distancia al borde del cultivo, pero varió entre sitios de muestreo. Se concluye que la abeja doméstica es el principal polinizador del girasol en la Argentina, aunque varias especies nativas de abejas ( Melissodes tintinnans (Holmberg, M. rufithorax Brèthes, Melissoptila tandilensis Holmberg, y Megachile spp. podrían ser consideradas como potenciales polinizadores del cultivo.

  8. Análise da mudança da vegetação nativa ocasionada pela expansão agrícola no município de Uruçuí, Piauí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julianna Lima Queiroz

    2016-03-01

    Full Text Available Atualmente, a agricultura moderna no Brasil, que antes era concentrada na região Centro-Sul, difundiu-se nos estados do Nordeste. O Piauí vivenciou uma rápida ocupação do Cerrado, devido a introdução de grandes projetos de agricultura e o município de Uruçuí se destaca na produção de grãos, principalmente a soja. O objetivo dessa pesquisa foi analisar a mudança da vegetação nativa ocasionada pela expansão agrícola do município de Uruçuí por meio do sensoriamento remoto. O processo foi dividido em fases, tais como: aquisição de dados, pré-processamento, extrapolação e classificação de imagens. Foram utilizadas imagens dos anos de 2003 do satélite Landsat 5 TM e de 2013 do Landsat 8 TM. As imagens desses dois anos foram georreferenciadas e fundidas através da técnica de mosaico com o programa QGIS. Por fim, foi produzido um mapa temático área degradada, para avaliar a evolução do processo de substituição da vegetação. Os dados obtidos nesse estudo indicaram que ocorreu a evolução das áreas de lavouras de grãos no município de Uruçuí. A análise das figuras revelou a substituição da vegetação nativa da região ocasionada principalmente pela crescente expansão agrícola. É de extrema importância o monitoramento dessas grandes áreas, para que seja possível quantificar o nível de exploração e reduzir os impactos ambientais.

  9. Efficiency of n-octyl-acetate, 2-heptanone and citronellal in repelling bees from basil (Ocimum sellowii - Labiatae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darclet Teresinha Malerbo-Souza

    2004-03-01

    Full Text Available The objective of this study was to test repellent substances for honey bees, Apis mellifera, for basil, Ocimum sellowii, and to study the most frequent insects in this crop as well as its behaviors. The frequency of honey bees did not decrease with the application of n.octyl.acetate, citronellal and 2.heptanone, used as repellents, in the concentrations 2.5, 5.0, 7.5 and 10.0% diluted in water. However, when the products (20% were diluted in water (75% and glycerine (5% were effective in repelling those bees of the basil flowers for a period of 20 minutes. The flower lasted, on average, 30 h from the bud phase until the flower withered. The flowers number opened by inflorescence was, on average, 5.65 flowers, and the inflorescence presented, on average, 160 flowers-buds. The basil was visited mainly for the honey bee (98.0%, followed by Augochloropsis electra bee - Halictidae (2.0% and visits sporadics of Diptera and Lepidoptera, collected only nectar. The honey bee frequency increased during the day to 14:00, decreasing soon after, accompanying the curve of the temperature sets registered in the experiment days.O objetivo do experimento foi estudar a polinização em manjericão (Ocimum sellowii, a fim de verificar sua atratividade para as abelhas Apis mellifera, os insetos mais freqüentes, bem como seus comportamentos e testar substâncias repelentes para as abelhas A. mellifera. A flor durou, em média, 30 horas, desde sua abertura até o murchamento. O número de flores abertas por inflorescência foi, em média, 5,65 flores, sendo que a inflorescência possuía, em média, 160 botões florais. O manjericão foi visitado quase que exclusivamente pela abelha A. mellifera africanizada (98,0%, seguida pela abelha Augochloropsis electra-Halictidae (2,0% e visitas esporádicas de dípteros e lepidópteros, sendo que todos coletavam apenas néctar. A freqüência da abelha africanizada aumentou no decorrer do dia até às 14 horas, diminuindo em

  10. Por que Melipona scutellaris (Hymenoptera, Apidae forrageia sob alta umidade relativa do ar?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília D. e Silva

    2011-06-01

    Full Text Available Há evidências de que a temperatura do ar e a umidade relativa afetam a atividade de voo de espécies de abelhas sociais Meliponini. Em particular, as espécies grandes do gênero Melipona Illiger, 1806 responderiam de maneira mais estreita à variação na umidade relativa. Neste estudo defende-se o argumento de que a umidade relativa seja uma variável de confusão. Nesta linha de argumentação, também foi analisado o papel da coleta de pólen sobre o ritmo diário de forrageio. A robusta Melipona scutellaris (Latreille, 1811 foi usada como modelo e a atividade diária de voo e de forrageio de pólen foi medida em 12 colônias (4 colônias/hábitat, em três tipos de hábitats, que variam principalmente quanto à pluviosidade, na área de distribuição natural desta espécie (Floresta Pluvial, Floresta Sazonal e Transição Floresta Tropical-Cerrados. A maioria da atividade de voo acontece durante a manhã. A atividade de forrageio das colônias foi mais elevada nas primeiras horas do alvorecer, quando a umidade relativa também era alta, frequentemente associada a picos de coleta de pólen. A atividade de voo decresceu abruptamente durante as temperaturas altas ao redor do meio dia. A relação da atividade de voo com a umidade relativa foi altamente significativa e linear, contrastando com a relação significativa e unimodal com a temperatura. Na relação com o forrageio de M. scutellaris, a umidade relativa se configura como uma variável contingente, em hábitats tropicais úmidos, considerando os padrões diários de variação do microclima e de forrageio de pólen. Este último padrão também sustenta a hipótese de partição temporal de fontes florais de pólen.

  11. Invasión del estornino pinto Sturnus vulgaris en el Noreste de la provincia de Buenos Aires: análisis de la competencia con aves nativas y potencialidad como transmisor de parásitos

    OpenAIRE

    Ibáñez, Lucía Mariel

    2015-01-01

    El Estornino Pinto (Sturnus vulgaris) es un ave nativa de Europa, Oeste de Asia y norte de África que ha sido introducida en numerosos países y actualmente es considerada una de las 100 especies más invasoras del mundo. En la Argentina fue introducida en la década del 80 y a partir de ese momento se ha observado un aumento importante en la cantidad de ejemplares por bandada y una expansión a distintas provincias del país. Entre noviembre de 2010 y octubre de 2011 se realizó un censo...

  12. Odor Learning and Its Experience-Dependent Modulation in the South American Native Bumblebee Bombus atratus (Hymenoptera: Apidae)

    Science.gov (United States)

    Palottini, Florencia; Estravis Barcala, María C.; Farina, Walter M.

    2018-01-01

    Learning about olfactory stimuli is essential in bumblebees’ life since it is involved in orientation, recognition of nest sites, foraging efficiency and food yield for the colony as a whole. To evaluate associative learning abilities in bees under controlled environmental conditions, the proboscis extension response (PER) assay is a well-established method used in honey bees, stingless bees and successfully adapted to bumblebees of the genus Bombus. However, studies on the learning capacity of Bombus atratus (Hymenoptera: Apidae), one of the most abundant native species in South America, are non-existent. In this study, we examined the cognitive abilities of worker bees of this species, carrying out an olfactory PER conditioning experiment. Bumblebees were able to learn a pure odor when it was presented in paired association with sugared reward, but not when odor and reward were presented in an unpaired manner. Furthermore, if the bees were preexposed to the conditioned odor, the results differed depending on the presence of the scent either as a volatile in the rearing environment or diluted in the food. A decrement in learning performance results from the non-reinforced pre-exposure to the to-be-conditioned odor, showing a latent inhibition phenomenon. However, if the conditioned odor has been previously offered diluted in sugared reward, the food odor acts as a stimulus that improves the learning performance during PER conditioning. The native bumblebee B. atratus is thus a new hymenopteran species capable of being trained under controlled experimental conditions. Since it is an insect increasingly reared for pollination service, this knowledge could be useful in its management in crops. PMID:29755391

  13. Foraging pattern and harvesting of resources of subterranean stingless bee Geotrigona subterranea (Friese, 1901 (Hymenoptera: Apidae: Meliponini

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Mendes Barbosa

    Full Text Available ABSTRACT Flight activity of bees is influenced both by environmental factors and by internal condition of the colonies. Information about external activity of bees is very important, because it provides data of the species biology, supplying subsidies for the use of these insects in the pollination of crops. The present work aim to evaluate the flight activity of Geotrigona subterranea (Friese, 1901 (Hymenoptera: Apidae in natural environment. This study was performed on the Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, in the municipality Januária, Minas Gerais State. Two natural nests were observed. The activities of bees of the colonies were recorded three days each month, during the period of December 2011 to November 2012, totaling 924 observations. It was recorded the number of bees leaving and entering the nest, and the type of material transported by them for ten minutes each hour from 5 a.m. to 7 p.m. The bees entered the colony carrying pollen, resin, detritus and also without apparent material. The bees began external activities by 6 a.m. at 20°C and finished at 6 p.m. at 28.8°C. The peak of activity of G. subterranea occurs on schedule from 1 to 2 p.m. Even though G. subterranea makes their nests in underground, their foraging activities are very similar to others stingless bee species that usually nest on tree cavities or aerial places. This indicate that despite their particular nesting way the external factors as climatic ones will significantly modulate their foraging pattern in a daily and seasonal way.

  14. CHARACTERIZATION OF RUMINAL AND METABOLIC PARAMETERS IN CAMBS RAISED IN NATIVE PASTURE CARACTERIZAÇÃO DOS PARÂMETROS RUMINAIS E METABÓLICOS DE CORDEIROS MANTIDOS EM PASTAGEM NATIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felix Hilário Diaz González

    2007-12-01

    Full Text Available

    The objective was aimed at with this work to charac-terize the parameters in ruminal and metabolic parameters in weaned lambs kept in native pasture. Ten lambs were used – five males and five females – with average body weights medium of  26 kg and 22.5 kg, respectively, and ages between 75 and 95 days old. Lambs were weaned and permanently kept in native pasture. Samples of ruminal fluid were collected during eight weeks, and nine collects. Oxidation-reduction, time of sedimentation-flotation, pH, color, odor, viscosity and motility of protozoa were evaluated. Blood samples were also collected to determine metabolic profiles through concentrations of glucose, triacylglycerids, cholesterol, urea, albumin, aspartate amino transferase and γ-glutamil transferase. Ruminal parameters did not differ between gender at α = .05 except for pH which was higher (P < .05 in females (6.90 than in males (6.80. A similar result was observed in the metabolic parameters, with no statistically significant difference between genders at α = .05. However, albumin concentration was higher on males (2.10mg/dL than in females (2.02mg/dL. The results suggest that males and females have similar ruminal and metabolic profiles except for a higher pH in females and a higher albumin concentration in males.

    Key-words: Metabolism, sheep, native pastura, rumen.

    Objetivou-se com este trabalho caracterizar os parâmetros ruminais e metabólicos de cordeiros machos e fêmeas, os quais foram mantidos em pastagem nativa. Utilizaram-se dez cordeiros, sendo cinco machos e cinco fêmeas, com peso médio ao desmame de 26 ±5,43 e 22,5 ± 4,06 kg, respectivamente, com idades entre 75 e 95 dias. Após o desmame, os animais foram mantidos permanentemente em pastagem nativa, por um período de oito semanas. Efetuaram-se nove coletas de amostras de fluido rumina, para determina

  15. Sustitución de la sabana nativa con plantaciones de Pinus caribaea (Pinaceae en Venezuela: efecto sobre parámetros indicadores de cambios en el carbono del suelo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yrma Gómez

    2008-12-01

    Full Text Available Una gran extensión (615000 has de las sabanas nativas de los Llanos Orientales de Venezuela está siendo reemplazada por plantaciones de Pinus caribaea var. hondurensis; sin embargo, hasta ahora existe escasa información sobre el impacto de este manejo del suelo sobre los parámetros indicadores de la dinámica del carbono en el suelo. El objetivo de esta investigación fue determinar el efecto de la variabilidad temporal y la sustitución sobre el contenido de carbono orgánico total (COT, carbono hidrosoluble (CHS, carbono microbiano (Cmic, respiración basal (RB, cociente metabólico microbiano (qCO2 y la relación Cmic/Corg. Las propiedades químicas y parámetros biológicos seleccionados fueron determinados en plantaciones de P. caribaea de 3 y 29 años de edad y en una sabana nativa adyacente a estas plantaciones, la cual fue considerada como control. En cada sitio de muestreo recolectamos nueve muestras compuestas (0-10 cm de profundidad. Los parámetros estudiados no mostraron un patrón definido in relación a la variabilidad temporal. Hay mayor preservación del carbono dentro de la biomasa microbiana presente en suelos de Uverito en plantaciones de pinos. La tasa de respiración basal y el cociente metabólico indican que en estos suelos existe una comunidad microbiana poco activa, la cual es más eficiente en la utilización del carbono en las plantaciones de pino. La relación Cmic/Corg indica que en las plantaciones la biomasa microbiana constituye una importante reserva del carbono en el suelo. La sabana nativa a plantaciones de pino caribeño en estos suelos puede ser considerada un manejo efectivo para incrementar la calidad del suelo en los llanos orientales de Venezuela, siempre y cuando se tome en cuenta la importancia ecológica de las sabanas.Substitution of native savanna by Pinus caribaea (Pinaceae plantations in Venezuela: effect on parameters that indicated changes in soil carbon content. A great extension (615 000

  16. Rarely reported, widely distributed, and unexpectedly diverse: molecular characterization of mermithid nematodes (Nematoda: Mermithidae) infecting bumble bees (Hymenoptera: Apidae: Bombus) in the USA.

    Science.gov (United States)

    Tripodi, Amber D; Strange, James P

    2018-03-16

    Mermithid nematodes (Nematoda: Mermithida: Mermithidae) parasitize a wide range of both terrestrial and aquatic invertebrate hosts, yet are recorded in bumble bees (Insecta: Hymenoptera: Apidae: Bombus) only six times historically. Little is known about the specific identity of these parasites. In a single-season nationwide survey of internal parasites of 3646 bumble bees, we encountered six additional instances of mermithid parasitism in four bumble bee species and genetically characterized them using two regions of 18S to identify the specific host-parasite relationships. Three samples from the northeastern USA are morphologically and genetically identified as Mermis nigrescens, whereas three specimens collected from a single agricultural locality in the southeast USA fell into a clade with currently undescribed species. Nucleotide sequences of the V2-V6 region of 18S from the southeastern specimens were 2.6-3.0% divergent from one another, and 2.2-4.0% dissimilar to the nearest matches to available data. The dearth of available data prohibits positive identification of this parasite and its affinity for specific bumble bee hosts. By doubling the records of mermithid parasitism of bumble bee hosts and providing genetic data, this work will inform future investigations of this rare phenomenon.

  17. Creencias y costumbres relacionadas con el embarazo, parto y puerperio en comunidades nativas Awajun y Wampis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Armando Medina I

    2006-01-01

    Full Text Available Objetivo: Nuestro país, por su riqueza cultural, presenta diversas concepciones en torno al embarazo, parto y puerperio. Las costumbres y los procesos de embarazo, parto y puerperio, de la mujer Awajun (Aguaruna o Wampis (Huambisa, en el contexto cultural de las comunidades indígenas, son revisadas en el presente estudio. Materiales y métodos: Estudio etnográfico descriptivo, cualitativo, realizado durante octubre de 2002 a abril de 2003, aplicándose 24 entrevistas a profundidad (a parteras, promotores de salud y usuarias, en las comunidades de Puerto Galilea y Chapiza, además de tres grupos focales. Dichas entrevistas se analizaron en función de cinco aspectos, relacionados con señales, peligros, dietas y cuidados durante el embarazo, parto y puerperio. Resultados: Los pobladores reconocen algunas señales de peligro en el embarazo, como el sangrado vaginal y pérdida de líquido amniótico. Los cuidados durante el embarazo se relacionan con las actividades diarias y la ingesta de alimentos (dietas. Existen algunos elementos que dificultan el parto y nacimiento, como el sentimiento de vergüenza para llamar al promotor. Logrado el parto, debe mantenerse los cuidados para la recuperación de la madre, y un adecuado desarrollo del recién nacido. Conclusiones: Las concepciones y percepciones del embarazo, parto y puerperio en comunidades nativas, norman el comportamiento de sus pobladores, repercutiendo esto en la salud materna e infantil. Es necesario comprender esta cultura y capacitar agentes de medicina tradicional, implementando estrategias en promoción de la salud y atención de la gestante, fortaleciendo las capacidades institucionales e incrementando la cobertura.

  18. A comparison of the hygienic response of Africanized and European (Apis mellifera carnica honey bees to Varroa-infested brood in tropical Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pia Aumeier

    2000-12-01

    Full Text Available In order to examine the significance of hygienic behavior for the tolerance to varroosis of Africanized honey bees, they were compared with non-tolerant Carniolans in tropical Brazil. Capped worker brood cells were artificially infested with living Varroa mites, and inspected some days later. Uncapping, disappearance of the introduced mite and removal of the pupa were recorded in a total of manipulated 3,096 cells during three summer seasons. The hygienic response varied between Africanized and Carniolan colonies, but this difference was significant only in one year, during which Africanized honey bees removed a significantly greater proportion of Varroa mites than European honey bees. A high proportion of the mites disappeared from artificially infested brood cells without damage to the pupae. The opening of the cell and the removal of the bee brood are independent traits of a graded response by adult workers towards mite-infested brood cells. We found a higher between-colony variation in the reaction towards Varroa-infested brood of Africanized honey bees compared to Carniolans. The overall similar response of the two bee types indicates that hygienic behavior is not a key factor in the tolerance to varroosis of Africanized bees in Brazil.Com o intuito de examinar o significado do comportamento higiênico na tolerância à varroose de abelhas africanizadas, elas foram comparadas com as não tolerantes Cárnicas no Brasil tropical. Células de cria de operárias operculadas foram artificialmente infestadas com ácaros Varroa vivos e inspecionadas alguns dias depois. Desoperculação, desaparecimento dos ácaros introduzidos e remoção da pupa foram anotados em um total de 3096 células manipuladas durante três verões. A resposta higiênica variou entre as colônias africanizadas e de Cárnicas, mas esta diferença foi significante apenas em um ano, durante o qual as abelhas africanizadas removeram uma proporção significantemente maior de

  19. Degradación microbiana de cianuro procedente de plantas de beneficio de oro mediante una cepa nativa de P. fluorecens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    OSCAR JAIME RESTREPO

    2006-01-01

    Full Text Available El cianuro es el compuesto lixiviante más utilizado en la industria metalúrgica de metales preciosos. El cianuro presenta efectos nocivos, entre los que se destacan su alta toxicidad y su efecto inhibitorio en la respiración celular. En este trabajo se probó la alternativa biotecnológica de degradar cianuro empleando una cepa nativa de P. fluorescens, aislada a partir de muestras de arenas procedentes de plantas de beneficio de oro que utilizan la cianuración ubicadas en municipio de Segovia, Colombia. En la mayor parte de las plantas de tratamiento no se controlan técnicamente los procesos, lo cual lleva a la utilización de cantidades de NaCN por encima de las necesarias, generando altas descargas del exceso tanto en solución como en las arenas descartadas. Las pruebas de toxicidad realizadas con D. pulex indican que una concentración de cianuro mayor o igual a 54 ppm es suficiente para intoxicar e inhibir su sobrevivencia. Los tratamientos convencionales para degradación de cianuro, suelen ser muy comunes y eficientes, sin embargo presentan desventajas por el alto costo que conlleva la compra de los reactivos necesarios. El tratamiento microbiano por su parte, demuestra eliminar grandes cantidades de cianuro de una manera eficiente y económica.

  20. Registro de Nephridiophaga sp. (Protista: Nephridiophagidae en Apis mellifera (Hymenoptera: Apidae del Sur de la región Pampeana Record of Nephridiophaga sp. (Protista: Nephridiophagidae in Apis mellifera (Hymenoptera: Apidae of the southern Pampas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santiago Plischuk

    2011-12-01

    Full Text Available Durante estudios prospectivos tendientes a la detección de protistas asociados a ápidos en la región Pampeana, se observó la presencia de esporos ovales bicóncavos y grupos de esporos (cúmulos en los túbulos de Malpighi de abejas de Dufaur, partido de Saavedra, sudoeste de la provincia de Buenos Aires. Los esporos maduros midieron 4,8 ± 0,05 x 2,4 ± 0,03 μm y la carga (intensidad promedió 5,71 ± 1,49 x 10(6 esporos/abeja. Las detecciones se efectuaron entre julio y octubre de 2006 y la prevalencia en las colmenas positivas osciló entre 1 y 16,7 %. Las características morfológicas de los esporos, el lugar de desarrollo y la especie huésped involucrada sugieren que el microorganismo en cuestión, pertenece al género Nephridiophaga y sería N. apis Ivani, especie tipo cuyo conocimiento es extremadamente limitado. El hallazgo constituye el primer registro de un nefridiofágido asociado a A mellifera fuera del continente europeo.During surveys for the detection of protists associated to Apidae in the Pampas region, biconcave oval spores, and spore clumps were observed in the Malpighian tubules of honeybees from Dufaur, Saavedra county, southwestern Buenos Aires province. Mature spores measured 4.8 ± 0.05 x 2.4 ± 0.03 μm, and mean spore load was 5.71 ± 1.49 x 10(6 per honeybee. Detections were from July to October 2006, and prevalence in positive colonies ranged from 1 to 16.7%. Morphology of the spores, the site of development, and the identity of the host species suggest that the isolated microorganism belongs to the genus Nephridiophaga and would be N apis Ivani, the type species, knowledge on which is extremely limited. The finding constitutes the first record of a nephridiophagid in honeybees outside of Europe.

  1. Flora de importância polinífera para Apis mellifera (L. na região de Viçosa, MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Frida Hatsue Modro

    2011-10-01

    Full Text Available Procurou-se conhecer a flora de importância polinífera para Apis mellifera (L. na região de Viçosa, MG, em período de entressafra de mel, entre agosto e dezembro de 2005. O experimento foi realizado em dois apiários distintos, cada um com cinco colmeias. As cargas retidas nos coletores de pólen instalados nas colmeias foram analisadas quanto à origem botânica. As plantas em floração no entorno dos apiários foram coletadas e identificadas. A maioria das plantas de importância polinífera para abelhas na região de Viçosa era nativa, localizada em jardins e com hábito arbóreo. Pela análise palinológica, verificou-se que espécies como Anadenanthera colubrina, Arecaceae sp., Baccharis dracunculifolia, B. melastomaefolia, Coffea spp., Emilia sagittata, Eugenia uniflora, Mikania cordifolia, M. hirsutissima, Myrcia fallax, Psidium guajava, Vernonia condensata, V. diffusa, V. lanuginosa e V. mariana são potenciais recursos poliníferos a serem utilizados no período de entressafra do mel. Os resultados indicaram a importância de plantas localizadas em áreas abertas para o forrageamento de pólen por A. mellifera e confirmaram o potencial polinífero da região estudada, durante o período de entressafra do mel.

  2. Euglossine bee communities in small forest fragments of the Atlantic Forest, Rio de Janeiro state, southeastern Brazil (Hymenoptera, Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willian Moura de Aguiar

    2012-06-01

    Full Text Available Euglossine bee communities in small forest fragments of the Atlantic Forest, Rio de Janeiro state, southeastern Brazil (Hymenoptera, Apidae. Euglossine bees are important pollinators in forests and agricultural areas. Although the structure of their communities is critically affected by anthropogenic disturbances, little is known about these bees in small forest fragments. The objectives of this study were to analyze the composition, abundance, and diversity of euglossine bee species in nine small fragments of different phytophysiognomies of the Atlantic Forest in southeastern Brazil, and to identify the environmental variables that may be related to the species composition of these communities. Males were sampled quarterly from May 2007 to May 2009 with aromatic traps containing methyl cinnamate, vanillin, eucalyptol, benzyl acetate, and methyl salicylate. A total of 1558 males, belonging to 10 species and three genera of Euglossina were collected. The richness ranged from five to seven species per fragment. Euglossa cordata, E. securigera, Eulaema nigrita e E. cingulata were common to all fragments studied. The diversity differed significantly among areas, ranging from H' = 1.04 to H' = 1.65. The precipitation, phytophysiognomy, and altitude had the highest relative importance over the species composition variation. The results presented in this study demonstrate that small forest fragments are able to support populations of euglossine bee species, most of which are widely distributed and reportedly tolerant to open and/or disturbed areas and suggest that the conservation of such areas is important, particularly in areas that are regenerating and in regions with agricultural matrices where these bees can act as important pollinators

  3. Características físico-químicas de amostras de mel de Melipona mandacaia Smith (Hymenoptera: Apidae Physico-chemical characteristics of honey samples of stingless bee Melipona mandacaia Smith (Hymenoptera: Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Marcos de Oliveira Alves

    2005-12-01

    Full Text Available Análises de amostras de mel da abelha Melipona mandacaia provenientes do município de São Gabriel, região semi-árida do Estado da Bahia, foram realizadas com o objetivo de contribuir para o conhecimento das características físico-químicas desse produto. Os parâmetros analisados foram: Umidade (%; Hidroximetilfurfural (mg.kg-1; Açúcares Redutores (%; Sacarose (%; Viscosidade (mPa. s; Condutividade Elétrica (µS; pH; Acidez (meq.kg-1; Índice de Formol (mL.kg-1; e Cor. A maioria dos parâmetros físico-químicos apresentou valores médios adequados para o consumo humano, o que possibilita a exploração desse produto pelas comunidades rurais da região semi-árida da Bahia. Contudo, o teor de umidade elevado é um aspecto que requer uma maior atenção por parte do produtor, que deverá ter maiores cuidados com a higiene na manipulação do mel durante a coleta e no processo de armazenamento, evitando a sua contaminação por microrganismos que causam a depreciação do produto.Honey samples of the Melipona mandacaia stingless bee collected in the São Gabriel county, semi-arid region of the State of Bahia, Brazil, were analyzed with the objective of contributing for the knowledge of the characteristics physico-chemical of that product. The parameters analyzed were: Moisture (%; Hydroxymethylfurfural (mg.kg-1; Reducing Sugars (%; Sucrose (%; Viscosity (mPa.s; Electrical Conductivity (µS; pH; Acidity (meq.kg-1; Formol Index (mL.kg-1; and Color. Most of the physico-chemical parameters showed values adequated for the human consumption, facilitating the exploration of the product by rural communities of the semi-arid area of Bahia. However, the high moisture content is an aspect that deserves a greater attention by the part of producers, who should have concern with hygiene cares when manipulating the honey during the collection and the storage processes, avoiding its contamination with microorganisms that may cause depreciation of the

  4. Analysis of Africanized honey bee mitochondrial DNA reveals further diversity of origin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter S. Sheppard

    1999-03-01

    Full Text Available Within the past 40 years, Africanized honey bees spread from Brazil and now occupy most areas habitable by the species Apis mellifera, from Argentina to the southwestern United States. The primary genetic source for Africanized honey bees is believed to be the sub-Saharan honey bee subspecies A. m. scutellata. Mitochondrial markers common in A. m. scutellata have been used to classify Africanized honey bees in population genetic and physiological studies. Assessment of composite mitochondrial haplotypes from Africanized honey bees, using 4 base recognizing restriction enzymes and COI-COII intergenic spacer length polymorphism, provided evidence for a more diverse mitochondrial heritage. Over 25% of the "African" mtDNA found in Africanized populations in Argentina are derived from non-A. m. scutellata sources.Nos últimos 40 anos, abelhas africanizadas se espalharam a partir do Brasil e agora ocupam a maioria das áreas habitáveis pela espécie Apis mellifera, da Argentina ao sudoeste dos Estados Unidos. Acredita-se que a fonte genética primária das abelhas africanizadas seja a subespécie subsaariana de abelha A. m. scutellata. Marcadores mitocondriais comuns em A. m. scutellata têm sido usados para classificar abelhas africanizadas em estudos de fisiologia e genética de população. A avaliação de haplótipos mitocondriais compostos em abelhas africanizadas, usando 3 enzimas de restrição e um polimorfismo de comprimento no espaçador intergênico "COI-COII", evidenciou uma herança mitocondrial mais diversa. Mais de 25% do mtDNA "africano" encontrado em populações africanizadas na Argentina são derivados de fontes não relacionadas a A. m. scutellata.

  5. Abelhas Euglossini (Apidae de áreas de Mata Atlântica: abundância, riqueza e aspectos biológicos Euglossine bees (Apidae from Atlantic Forest sites: abundance, richness, and biological aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rui Carlos Peruquetti

    1999-01-01

    Full Text Available Collection data of Euglossinae males from Parque Estadual do Rio Doce (PERD and Viçosa, both areas with remnants of Atlantic Rain Forest (Mata Atlântica in Minas Gerais state, Brazil are presented. Comparisons made among three fragments with different sizes and states of disturbance from Viçosa showed differences in abundance of most common species and apparently, Eulaema nigrita Lepeletir, 1841 can be an useful indicator of disturbed sites. Some populations of euglossine bees seems to be restrict to a forest fragment, there being few or no flow of individuals or species of one fragment to another, even when they are only 1 km apart. 15 species of euglossines were sampled in PERD, and the most abundant was Eulaema cingulata (Fabricius, 1804. At Viçosa, 10 species were sampled, E. nigrita was the predominant one. Methyl salicylate attracted no males at both sites, in spite of large numbers of species and individuals sampled using this bait in other regions. The majority of species and individuals were collected in the rainy season. Only 0,58% of sampled males carried orchid pollinia (Catasetum Richard, Cycnoches Lindley and Coryanthes Hook on their bodies. Emergence data of four species of Euglossa Latreille, 1802 reared from trap nests suggest that sex ratio in Euglossini is not a constant within the tribe. A list of 57 euglossine species now known to occur in Mata Atlântica are offered.

  6. Sistema reprodutivo e polinização de Lepidagathis sessilifolia (Pohl Kameyama ex Wassh. & J.R.I. Wood (Acanthaceae, em remanescente florestal da região sudoeste de Mato Grosso, Brasil Breeding system and pollination of Lepidagathis sessilifolia (Pohl Kameyama Wassh ex. & J.R.I.Wood (Acanthaceae in remnant forest in the southwest region of Mato Grosso, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celice Alexandre Silva

    2012-09-01

    Full Text Available O gênero Lepidagathis apresenta distribuição pantropical com cerca de 100 espécies. No Brasil ocorrem 16 espécies, a maioria nas regiões Centro - Oeste e Sudeste. O estudo foi realizado em sub - bosque de remanescente florestal do município de Tangará da Serra - MT e teve como objetivo analisar a fenologia de floração, descrever a morfologia e biologia floral, verificar os visitantes florais e avaliar o sistema e o sucesso reprodutivo por meio de polinizações manuais. Lepidagathis sessilifolia apresenta inflorescências espiciformes, terminais, com cálice de cor rósea vistosa e corola de coloração branco-rósea. A floração ficou restrita aos meses de março a abril, durante a estação chuvosa. A senescência floral ocorreu após 24 ou 48 horas. A viabilidade dos grãos de pólen foi elevada (92,5%. O único polinizador observado visitando as flores de L. sessilifolia foi a abelha Partamona nhambiquara (Apidae - Meliponini. O sistema reprodutivo misto da espécie é caracterizado pela formação de frutos por meio de agamospermia, autopolinização e polinização cruzada. Esse sistema reprodutivo flexível é vantajoso, pois, garante a manutenção da espécie na área de estudo mesmo na ausência de polinizadores.The genus Lepidagathis has pantropical distribution and about 100 species, 16 occurring in Brazil, mostly in the Midwest and Southeast regions. The research was carried out to evaluate in the understory of a forest remnant in Tangará da Serra County - MT to examine the flowering phenology, describe the floral morphology and biology and verify the floral visitors to evaluate the system and reproductive success through hand pollination tests. Lepidagathis sessilifolia shows spiciform and terminal inflorescence with calyx of pink color and corolla whitish-pink. Flowering was restricted from March to April, during the rainy season. Floral senescence occurred after 24 or 48 hours. The viability of pollen grains was high

  7. Propiedades mecánicas de bandejas elaboradas con almidón de especies vegetales nativas y fibras de residuos agroindustriales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Espina

    2016-01-01

    Full Text Available El objetivo de este trabajo fue evaluar el efecto de las fibras naturales obtenidas de residuos agroindustriales en la densidad, el gramaje y las propiedades mecánicas de las espumas termoprensadas elaboradas de almidón de especies nativas, como lo son el camote, la oca y la arracacha. El proceso de termoformado se llevó a cabo a una temperatura de 145 °C y una presión de 60 bar. El tiempo de horneado fue de 10 - 15 min dependiendo del contenido de agua en la mezcla. Las bandejas fueron caracterizadas por su densidad, gramaje, ensayo de impacto, ensayos de deflexión, colorimetría y sus valores de dureza y fracturabilidad. Las bandejas elaboradas por termopresión a base de almidón de camote - fibra de bagazo de caña de azúcar al 15%, y de almidón de arracacha- fibra peladilla de espárrago al 30% presentaron mayores valores en resistencia a la flexión frente a las elaboradas con otros tipos de almidones y fibras, incluyendo a pruebas en blanco. De manera general, la dureza de las bandejas se ve favorecida con el increme nto de fibra, sin embargo, la fracturabilidad decrece o no mejora la integridad de la matriz polimérica. Los resultados mostrados en esta investigación permitirán la elaboración de bandejas biodegradables para distintas aplicaciones industriales.

  8. CRUZAS DIALÉLICAS ENTRE POBLACIONES NATIVAS DE MAÍZ DE YUCATÁN Y POBLACIONES MEJORADAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José C. Segura

    2010-09-01

    Full Text Available Se estimó la aptitud combinatoria general (ACG y específica (ACE de dos dialelos formados cada uno con cinco poblaciones de maíz. El primer dialelo incluyó poblaciones precoces: Nalxoy Blanco, Nalxoy Amarillo, Xmehen-nal de Yaxcabá, V-533 y VS-536. El segundo incluyó maíces tardíos y precoces: Dzit-Bacal de Kantunil, Dzit-Bacal de Presumida, Dzit-Bacal de Bulukax, V-533 y VS-536. Se usaron bloques al azar con cuatro repeticiones, 10 cruzas F1 y cinco progenitores por dialelo. Los datos se analizaron con el Método 2, Modelo I de Griffing. Para rendimiento de grano, en poblaciones precoces, la ACG explicó 86% de la variación y la ACE 14%. Las poblaciones VS-536, Nalxoy Blanco y Nalxoy Amarillo presentaron ACGs  de 0.21, 0.18 y 0.10. Con base en la ACE la mejor cruza fue Nalxoy Blanco x VS-536 (0.27. Para rendimiento de grano en poblaciones tardías, la ACG contribuyó con 78% de la variación y ACE con 22%. El mejor progenitor fue Dzit-Bacal de Bulukax (ACG = 0.21 y las mejores cruzas  Dzit-Bacal de Bulukax x VS-536 (ACE = 0.54 y Dzit-Bacal de Kantunil x VS-536 (ACE = 0.10. Los materiales más rendidores fueron combinaciones de poblaciones nativas x variedades mejoradas, propuestos como base para programas de mejoramiento.

  9. Parâmetros genéticos para características produtivas e biométricas em abelha Melipona quadrifasciata anthidioides LEPELETIER

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    K.N. Oliveira

    2015-06-01

    Full Text Available Os objetivos deste trabalho foram estimar componentes de variância genética aditiva, fenotípica e residual e a herdabilidade para características relacionadas com a produção de mel e com a estrutura do ninho de abelhas Melipona quadrifasciata anthidioides. Sessenta colônias de diferentes regiões da Bahia foram transladadas para caixas padronizadas modelo INPA e divididas, originando as gerações parentais G1 e G2. Foram medidas as características: estimativa da produção de mel; número, largura, volume e altura dos potes de mel; número, altura e diâmetro dos potes de pólen; peso; número, largura e diâmetro dos discos de cria e estimativa da população da colônia. As medidas foram corrigidas para o efeito fixo de mês de mensuração. Os componentes de variância e herdabilidade foram estimados por meio do método de semelhança entre parentes, utilizando-se abordagem Bayesiana. As médias e os desvios padrão variaram de 2,01±0,70cm para diâmetro de potes de pólen a 2.333,0±384,1kg para o peso das caixas. Houve indicação de convergência para todas as cadeias obtidas. As estimativas de variância genética aditiva variaram de 0,02cm para as características largura dos potes de mel a 38.587,72kg para o peso. Para as estimativas de variâncias fenotípicas, os valores variaram de 0,05 para a altura dos potes de pólen a 95.136,43kg para o peso; e para as variâncias residuais, os valores encontrados variaram de 0,02 para a variável largura dos potes de mel a 56.548,71kg para o peso. As estimativas de herdabilidade variaram de 0,35 a 0,53. Os resultados demonstraram que as características avaliadas possuem variação genética aditiva que garante boa resposta à seleção.

  10. Cadenas productivas promisorias para la seguridad alimentaria e inclusión económica en familias pobres rurales : caso del proyecto Desarrollo sostenible de granos andinos y papas nativas en comunidades rurales altoandinas de la región Ayacucho implementado por CARE Perú 2009-2011

    OpenAIRE

    Nishikawa Menacho, Julio

    2016-01-01

    En la perspectiva de aportar en el desarrollo de políticas de inclusión social y económica, basada en evidencias, se ha desarrollado el presente trabajo de investigación cualitativa tomando como base la experiencia desarrollada por CARE PERU a través del proyecto “Desarrollo Sostenible de Granos Andinos y Papas Nativas en Comunidades Rurales Altoandinas” en el Departamento de Ayacucho. El objetivo central de la investigación fue identificar los principales factores de éxito que han contri...

  11. Conhecimento botânico medicinal sobre espécies vegetais nativas da caatinga e plantas espontâneas no agreste da Paraíba, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.M.P. Cordeiro

    2014-01-01

    Full Text Available O bioma Caatinga apresenta diversas espécies vegetais amplamente empregadas pelas populações rurais, especialmente na fitoterapia, abrangendo diversos usos no tratamento de determinadas enfermidades. As plantas espontâneas, apesar de serem entendidas como espécies daninhas ou invasoras, concomitantemente apresentam propriedades fitoquímicas que podem ser aproveitadas no âmbito medicinal. Nesta concepção, o referente trabalho tem como objetivo identificar espécies vegetais nativas da Caatinga, assim como plantas espontâneas, empregadas na medicina popular através de estudo etnobotânico desenvolvido na zona rural do município de Serra da Raiz, Agreste da Paraíba, Nordeste do Brasil. O levantamento das plantas de uso fitoterápico foi estabelecido através de questionamentos e entrevistas semiestruturadas com 57 famílias da região. Foram coletadas informações referentes a 55 espécies vegetais e seus empregos terapêuticos, destacando-se entre elas: Myracrodruom urundeuva Allemão (Aroeira, Genipa americana L. (Jenipapo, Solanum paniculatum L. (Jurubeba e Anadenanthera colubrina (Vell. Brenan (Angico por serem amplamente utilizadas no tratamento de diversas enfermidades pelos moradores locais.

  12. Effects of brood pheromone (SuperBoost) on consumption of protein supplement and growth of honey bee (Hymenoptera: Apidae) colonies during fall in a northern temperate climate.

    Science.gov (United States)

    Sagili, Ramesh R; Breece, Carolyn R

    2012-08-01

    Honey bee, Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae), nutrition is vital for colony growth and maintenance of a robust immune system. Brood rearing in honey bee colonies is highly dependent on protein availability. Beekeepers in general provide protein supplement to colonies during periods of pollen dearth. Honey bee brood pheromone is a blend of methyl and ethyl fatty acid esters extractable from cuticle of honey bee larvae that communicates the presence of larvae in a colony. Honey bee brood pheromone has been shown to increase protein supplement consumption and growth of honey bee colonies in a subtropical winter climate. Here, we tested the hypothesis that synthetic brood pheromone (SuperBoost) has the potential to increase protein supplement consumption during fall in a temperate climate and thus increase colony growth. The experiments were conducted in two locations in Oregon during September and October 2009. In both the experiments, colonies receiving brood pheromone treatment consumed significantly higher protein supplement and had greater brood area and adult bees than controls. Results from this study suggest that synthetic brood pheromone may be used to stimulate honey bee colony growth by stimulating protein supplement consumption during fall in a northern temperate climate, when majority of the beekeepers feed protein supplement to their colonies.

  13. Qualidade da pastagem nativa obtida por diferentes métodos de amostragem e em diferentes solos na Apa do Ibirapuitã, Brasil Quality of natural pasture evaluated with different methods and soils at the Apa of Ibirapuitã, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicente Celestino Pires Silveira

    2005-06-01

    Full Text Available O estado do Rio Grande do Sul apresenta ecossistemas heterogêneos, devido ao grande número de tipos de solo e à variação em altitude e clima, que se reflete na diversidade da composição florística das diferentes comunidades vegetais. A Área de Proteção Ambiental do Ibirapuitã (APA do Ibirapuitã, é a única unidade de conservação federal, representante do bioma campos sulinos no Brasil. O objetivo deste trabalho foi obter informação sobre a qualidade do campo natural oriundo de três tipos de solos predominantes na APA do Ibirapuitã: Basalto superficial, Basalto profundo e Arenito obtidos por três formas de amostragem: Corte de emparelhamento, Simulação de pastejo através de coleta manual e Corte total acima da fração mantilho. Os dados foram coletados mensalmente, no período de outubro/2001 a setembro/2003. A pastagem nativa no solo de Basalto superficial apresenta forragem com qualidade nutricional superior quando comparado ao Basalto profundo e ao Arenito, comprovada pelas diferentes análises de qualidade realizadas. O método de coleta de amostras de forragem de pastagem nativa somente não influencia os resultados da análise de Fibra em Detergente Neutro. Os resultados indicam a simulação de pastejo como um método adequado de amostragem para avaliação da qualidade da pastagem nativa, devido à sua efetividade e facilidade de coleta.Heterogeneous ecosystems are found in the state of Rio Grande do Sul as a consequence of the great number of soil types and variation in altitude and climate. These conditions reflect on the great variety of flora present in the grassland communities. The Area of Environmental Protection of the Ibirapuitã (APA of Ibirapuitã is the only conservation unit under federal jurisdiction representative of the Campos bioma in Brazil. The objective of this work was to obtain information about the quality of the natural pasture on three types of soils in APA of Ibirapuitã: Superficial

  14. Solos e vegetação nativa remanescente no Município de Campinas Soil and native vegetation remnant in Campinas, SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Carlos de Moraes Ferreira

    2007-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi identificar atributos e classes de solos associados à ocorrência de remanescentes de cerrado e de floresta nativa em Campinas, SP, e identificar espécies indicadoras desses ambientes. Vinte e sete fragmentos de vegetação nativa foram estudados. Foi realizada a caracterização morfológica, classificação e coleta do solo para análises, bem como o levantamento florístico-fitossociológico do estrato arbóreo. A análise de correspondência canônica identificou as variáveis mais bem correlacionadas com a distribuição das espécies e identificou 15 variáveis que explicaram 31% da variância nos dois primeiros eixos. A classificação dos solos discriminou as fitofisionomias estudadas, Argissolos associados às matas e Latossolos aos cerrados, indício de que baixa fertilidade, baixa retenção de água e drenagem acentuada do solo favorecem o estabelecimento de cerrado. Parâmetro "n" da curva de retenção de água, densidade, H+Al, Ca, Al, K e Mg trocáveis, macroporos e matéria orgânica do solo foram os atributos dos solos mais efetivos nessa diferenciação fitofisionômica. A barreira química imposta pelo excesso de Al e deficiência de Ca no horizonte B e a baixa retenção de água nos solos sob cerrado favorecem as espécies Luehea grandiflora, Persea willdenovii, Xylopia aromatica e Erythroxylum daphnites, abundantes e exclusivamente encontradas nos fragmentos de cerrado.The objective of this work was to identify soil attributes and classes associated to the occurrence of forest and tropical savannah remnants in Campinas, SP, Brazil. Twenty seven native vegetation fragments were studied. Soil morphological, chemical, and physical characterization were carried out, along with floristic-phytosociological survey of the tree stratum. Canonic correspondence analysis identified variables better correlated with plant species distribution. Fifteen environment variables explained 31% of the variance of

  15. Economia de pólen favorecida pela heteranteria em Desmocelis villosa (Melastomataceae)

    OpenAIRE

    Ferreira,Queroanne Isabel Xavier; Araújo,Francielle Paulina de

    2016-01-01

    Resumo A heteranteria sempre despertou interesse quanto à sua funcionalidade. As flores de Desmocelis villosa (Melastomataceae), possuem estames dimorfos, sendo um grupo composto por cinco anteras amarelas e o outro por cinco anteras de cor púrpura. O presente estudo avaliou se a heteranteria promove divisão de trabalho nessa espécie. Foi realizado um experimento com remoção de anteras de cada tipo para se comparar a taxa de visitação por abelhas. Ao vibrar o conjunto de estames, as abelhas c...

  16. The Effects of the Insect Growth Regulators Methoxyfenozide and Pyriproxyfen and the Acaricide Bifenazate on Honey Bee (Hymenoptera: Apidae) Forager Survival.

    Science.gov (United States)

    Fisher, Adrian; Colman, Chet; Hoffmann, Clint; Fritz, Brad; Rangel, Juliana

    2018-04-02

    The honey bee (Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae)) contributes an essential role in the U.S. economy by pollinating major agricultural crops including almond, which depends entirely on honey bee pollination for successful nut set. Almond orchards are often treated with pesticides to control a variety of pests and pathogens, particularly during bloom. While the effects to honey bee health of some insecticides, particularly neonicotinoids, have received attention recently, the impact of other types of insecticides on honey bee health is less clear. In this study, we examined the effects to honey bee forager survival of three non-neonicotinoid pesticides widely used during the 2014 California almond bloom. We collected foragers from a local apiary and exposed them to three pesticides at the label dose, or at doses ranging from 0.5 to 3 times the label dose rate. The selected pesticides included the insect growth regulators methoxyfenozide and pyriproxyfen, and the acaricide bifenazate. We simulated field exposure of honey bees to these pesticides during aerial application in almond orchards by using a wind tunnel and atomizer set up with a wind speed of 2.9 m/s. Experimental groups consisting of 30-40 foragers each were exposed to either untreated controls or pesticide-laden treatments and were monitored every 24 hr over a 10-d period. Our results revealed a significant negative effect of all pesticides tested on forager survival. Therefore, we suggest increased caution in the application of these pesticides in almond orchards or any agricultural crop during bloom to avoid colony health problems.

  17. Biologia de nidificação de Centris (Hemisiella trigonoides Lepeletier (Hymenoptera, Apidae, Centridini Nesting biology of Centris (Hemisiella trigonoides Lepeletier (Hymenoptera, Apidae, Centridini

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cândida M. L. Aguiar

    2006-06-01

    Full Text Available O comportamento de nidificação de Centris (Hemisiella trigonoides Lepeletier, 1841, e o comportamento de seus cleptoparasitas foram estudados em Monte Santo, Bahia, Brasil. As abelhas construíram seus ninhos com uma mistura de solo e óleo, dentro de cavidades preexistentes na madeira de uma construção abandonada, assim como em gomos de bambu de 8 e 9 mm de diâmetro. Os ninhos completados tinham de uma a cinco células alongadas, arranjadas em uma série linear e orientadas horizontalmente. O tempo gasto para construir uma célula foi altamente variável, sendo em geral de 4,5 a 5,5 h. Após finalizar a construção da célula, as fêmeas fizeram uma ou duas viagens para coletar um líquido incolor, provavelmente óleo floral, usado para revestir as paredes internas da célula. Para aprovisionar uma célula foram realizadas de cinco a oito viagens de coleta para obtenção de pólen e néctar, e de quatro a seis viagens para coleta de óleo. Imediatamente após a oviposição, as fêmeas fecharam as células usando o solo que elas tinham coletado previamente. Três espécies cleptoparasitas pertencentes ao gênero Coelioxys Latreille, 1809 atacaram os ninhos. Entradas de cleptoparasitas dentro dos ninhos occorreram, na maioria dos casos, enquanto a fêmea hospedeira estava ausente do ninho. As fêmeas de C. (H. trigonoides apresentaram comportamentos defensivos para evitar parasitismo, tais como expulsar os parasitas e guardar os ninhos. Machos de C. (H. trigonoides usaram o local de nidificação como abrigo durante as horas mais quentes do dia, assim como para dormir. Eles deixavam as cavidades no dia seguinte entre 09:00 e 10:30 h. Isto sugere que machos e fêmeas têm padrões temporais de atividade distintos.The nesting behavior of Centris (Hemisiella trigonoides Lepeletier, 1841, and the behavior of their cleptoparasites were studied at Monte Santo, Bahia, Brazil. The females constructed their nests within preexisting holes in wood

  18. Visitantes florales diurnos del girasol (Helianthus annuus, Asterales: Asteraceae en la Argentina Diurnal floral visitors of sunflower (Helianthus annuus, Asterales: Asteraceae in Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan P. Torretta

    2010-06-01

    Full Text Available El girasol (Helianthus annuus L. es un importante cultivo oleaginoso en la Argentina. Durante tres campañas agrícolas, se determinaron la diversidad y la abundancia del elenco de los visitantes florales diurnos de capítulos de girasol, en ocho sitios que cubren gran parte del área cultivada en Argentina. Setenta y seis morfo-especies de visitantes florales, pertenecientes a ocho órdenes, fueron capturados sobre capítulos de este cultivo. El principal orden fue Hymenoptera, con 37 especies o morfoespecies, de las cuales 32 fueron abejas (Apoidea. Las familias de abejas más representadas fueron Apidae (13, Megachilidae (11 y Halictidae (7. La abeja doméstica (Apis mellifera L. realizó el 93% de las visitas. La composición del elenco de visitantes no mostró un patrón de variación identificable a lo largo del día, ni con respecto a la distancia al borde del cultivo, pero varió entre sitios de muestreo. Se concluye que la abeja doméstica es el principal polinizador del girasol en la Argentina, aunque varias especies nativas de abejas (Melissodes tintinnans (Holmberg, M. rufithorax Brèthes, Melissoptila tandilensis Holmberg, y Megachile spp. podrían ser consideradas como potenciales polinizadores del cultivo.Sunflower (Helianthus annuus L. is an important oilseed crop in Argentina. During three agricultural years, the diversity and abundance of diurnal floral visitors of sunflower heads were determined in eight sites spanning much of this crop's cultivation area in Argentina. Seventysix morpho-species of floral visitors, belonging to eight orders, were captured on sunflower. The principal order was Hymenoptera, with 37 species or morpho-species, of which 32 were bees (Apoidea. The most represented bee families were Apidae (13, Megachilidae (11 and Halictidae (7. The domestic bee (Apis mellifera L. accounted for 93% of the visits. Floral visitor composition did not show an identifiable variation pattern either throughout the day or

  19. Influência de centrífuga no processamento do mel de abelha The influence of the centrifuge on honey processing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber C. da Costa

    2005-12-01

    Full Text Available Neste trabalho, estudou-se a influência do tipo de centrífuga utilizado no processamento do mel de abelha sobre os parâmetros reológicos, físico-químicos e sensoriais. Para a análise sensorial, trabalhou-se com 58 provadores que constataram mudanças no sabor das amostras. Na análise reológica, foi utilizado um reômetro RS50 conectado a um banho termostático K20-DC5, ambos da HAAKE, com um sensor de geometria cone-placa. Ocorreram diferenças significativas nos valores da viscosidade entre as duas amostras obtidas por meio dos respectivos modelos de centrífugas. O valor da viscosidade do mel obtido da centrífuga radial foi, aproximadamente, o dobro do valor do mel processado na centrífuga facial. Nenhuma alteração foi observada nos níveis de hidroximetilfurfural e umidade de ambas as amostras. No caso do mel obtido da centrífuga radial, obteve-se umidade de 20,6%, enquanto o mel processado na centrífuga facial apresentou umidade de 20,2%. Na análise sensorial, cerca de 69% dos provadores manifestaram preferência pelo mel processado na centrífuga radial, que consideraram o sabor doce menos acentuado e mais viscoso.This work has the objective of studying the influence of the centrifuge type utilized on honey processing by the rheological, the physical-chemical and sensorial characterization. In the sensorial analysis, 58 consumers verified some alteration in the flavour of samples. In the rheological analysis, a RS50 rheometer connected with a K20-DC5 thermostatic bath, both produced by HAAKE, were used to perform the tests. The sensor used in this case was a cone plate sensor. It was observed significative differences at the viscosity value between the two samples processed at each centrifuge. The viscosity value of the honey processed at radial centrifuge was approximately the double of the viscosity value of the honey processed at facial centrifuge. None alteration in the hidroximetilfurfural level and moisture was

  20. Inventário do componente arbustivo-arbóreo com potencial apícola em uma área de caatinga no município de Condado - PB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almair Albuquerque Fernandes

    2014-10-01

    Full Text Available As espécies que compõem a flora apícola são classificadas levando em consideração a busca de alimentos desenvolvida pelas abelhas, podendo ser agrupadas em plantas nectaríferas (fornecem exclusivamente néctar às abelhas, plantas poliníferas (fornecem exclusivamente pólen às abelhas e plantas nectaríferas-poliníferas (fornecem tanto néctar quanto pólen às abelhas. O presente estudo foi realizado na reserva ambiental pertencente ao Perímetro Irrigado Engenheiro Arcoverde, que possui uma área de aproximadamente 135 ha e encontra-se localizado no município de Condado, Estado da Paraíba. A referida reserva, que é propriedade do Departamento Nacional de Obras Contra Seca e administrada em parceria com Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. Para amostragem do componente arbustivo arbórea foram lançadas 28 parcelas de 20 X 20 metros de forma sistemática. Analisando os dados coletados, constatou-se que a espécie Croton blanchetianus, destacou-se das demais, pelo fato de ter apresentado 477 indivíduos, representando 40,46% da amostra pesquisada. Diante destes números e levando em consideração a contribuição que pode advir dessa espécie vegetal para a atividade apícola, conclui-se que a área avaliada possui uma grande importância para a apicultura. Tal conclusão consta que na área estudada, as espécies predominantes são nectaríferas-poliníferas, que durante o período de floração são transformadas em valiosas fontes, onde as abelhas encontram em quantidade vários dos componentes utilizados para a produção do mel, produto este que possui um excelente sabor.

  1. Medio de cultivo utilizando residuos-sólidos para el crecimiento de una bacteria nativa con potencial biofertilizante

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia Lara Mantilla

    2010-01-01

    Full Text Available En el presente trabajo se muestran los resultados obtenidos de la evaluación del crecimiento, desarrollo y viabilidad de una cepa bacteriana nativa Azotobacter A15M2G con potencial biofertilizante, sobre un medio de cultivo preparado con residuos sólidos vegetales procedentes del mercado: Brassica Oleracea (repollo, Lactusa sativa (lechuga y Allium fistulosum (cebollín. El crecimiento de la bacteria en el medio de residuo vegetal a diferentes concentraciones: 25, 50 y 75% p/v fue evaluado, encontrándose un mejor crecimiento en la concentración del 25%; la caracterización química del medio de cultivo al 25% p/v, después de ser esterilizado, mostró los siguientes valores: 0,035% de carbohidratos, 0,4044% de proteína, 0,03574% de cenizas, 99,3955% de humedad, 6,93 mg/l de azufre, 0,170 mg/l de fósforo, 0,2 mg/l de manganeso, 409,2 mg/l de potasio, 1,842 mg/l de hierro, 14 mg/l de sodio y 0,1 mg/l de zinc, 28,056 mg/l de calcio y 17,017 mg/l de magnesio. En el medio de cultivo al 25% también fue evaluada la capacidad fijadora de nitrógeno y productora de ácido indol acético (AIA de la bacteria, obteniendo una concentración de 4,8725 mg/l y 13,5837 mg/l respectivamente. Posteriormente se realizó un ensayo de viabilidad por un periodo de 2 meses. Los resultados muestran que los residuos-sólidos vegetales generados en las plazas de mercado local pueden ser utilizados como medio de cultivo ofreciendo un aporte nutricional al microorganismo de interés agrícola minimizando la contaminación ambiental generada.

  2. CRESCIMENTO DE ESPÉCIES NATIVAS DE UMA FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL/OMBRÓFILA MISTA DO RIO GRANDE DO SUL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peter Spathelf

    2001-05-01

    Full Text Available Com uma abordagem retrospectiva, foi estudado o crescimento da caúna-da-serra (Ilex brevicuspis Reissek., cocão (Erythroxilum deciduum, tarumã-de-espinho (Cytharexylum montevidense Sprenger e capororoca (Rapanea ferruginea (Ruiz & Pavon Mez, nativas da Floresta Estacional Decidual/Floresta Ombrófila Mista de Santa Maria - RS. Foi feita a análise de tronco e a medição de anéis anuais de cada espécie estudada. Com esses dados foi avaliada a tendência de crescimento em volume comercial, o incremento do volume comercial em porcentagem e o fator de forma comercial em função do diâmetro à altura de 1,3 m (DAP. Para o ajuste dos dados obtidos, foram testados cinco modelos diferentes. Revelou-se que, com todas espécies, um polinômio de segundo grau mostrou o melhor ajuste no caso do volume comercial e do fator de forma comercial. O incremento em volume comercial anual percentual foi melhor ajustado por um modelo exponencial, também para cada espécie analisada. Observou-se uma acumulação significativamente diferente do volume sobre o diâmetro das espécies. O tarumã e o cocão mostram uma acumulação rápida em volume, enquanto que a caúna e a capororoca crescem menos rapidamente. Isso é correlacionado com os fatores de forma, nos troncos mais cilíndricos, no caso do tarumã e do cocão. O incremento em volume comercial anual percentual varia entre a faixa de mais de 100% no início do processo de crescimento e abaixo de 10% no final do crescimento estudado.

  3. NOTA PRÉVIA SOBRE ALGUNS DADOS BIONÔMICOS DO PREDADOR DE ABELHAS Apiomerus nigrilobus Stal, 1872 OBTIDOS EM CONDIÇÕES DE LABORATÓRIO PRELIMINARY NOTE ON BIONOMIC DATA OF THE HONEYBEE PREDATOR Apiomerus nigrilobus STAL, 1872 GOTTEN IN LABORATORY CONDITIONS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érico Amaral

    2007-09-01

    Full Text Available

    Esta nota prévia apresenta alguns dados bionômicos do predador de abelhas Apiomerus nigrilobus Stal, 1872 obtidos sob condições de laboratório. O estudo foi realizado no Departamento de Entomologia da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” da Universidade do Estado de São Paulo, no período de março de 1972 a dezembro de 1973. O ciclo biológico médico constatado para este predador foi de 246 dias. Os autores apresentam três quadros que resumem os dados obtidos.

    This preliminary note presents some bionomics data of the honeybee predator Apiomerus nigrilobus Stal, 1872 obtained in laboratory. The study was conducted at the Agricultural College ";Luiz de Queiroz” U.S.P. — São Pau1o, Brazil, from March 1972 to December 1973. The evolutionary cycle of this predator, on an average, is 246 days. A table is presented showing the results.

  4. Prospecção fitoquímica preliminar de plantas nativas do cerrado de uso popular medicinal pela comunidade rural do assentamento vale verde - Tocantins

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.G.F.de Bessa

    2013-01-01

    Full Text Available Este estudo objetivou caracterizar qualitativamente grupos de metabólitos secundários e alguns constituintes de 9 espécies de plantas medicinais nativas do cerrado utilizadas pela comunidade rural do Assentamento Vale Verde, identificando potencialidades biológicas e farmacológicas. As informações referentes às plantas de uso medicinal foram obtidas por meio de estudos etnobotânicos e etnofarmacológicos, realizados no período de 2010 a 2012. O material botânico coletado foi identificado e depositado no Herbário da Universidade Federal do Tocantins, Porto Nacional (TO. O extrato etanólico e metanólico foi obtido a partir do material seco em estufa, filtrado e concentrado em evaporador rotatório sob pressão reduzida, pesados e novamente colocados em estufa por 24h a 50ºC, obtendo o rendimento (m/m resultante da relação entre a massa de extrato concentrado e após seco. A análise fitoquímica das plantas selecionadas foi feita usando a metodologia da Prospecção Preliminar, realizando testes para detecção de alguns constituintes importantes e dos principais grupos de metabólitos: saponinas, fenóis e taninos, catequinas, esteróides e triterpenóides, cumarinas, antraquinonas e flavonóides. Os testes foram considerados positivos através de reações de precipitados com colorações, formações de espumas e manchas coloridas. Os testes fitoquímicos realizados nos extratos revelarem a presença de constituintes do metabolismo secundário das plantas que podem contribuir para a identificação de marcadores químicos para as espécies estudadas, sendo estes indispensáveis para os testes de qualidade e integridade de fitoterápicos e uso popular mais seguro das plantas medicinais, possibilitando melhor controle farmacognóstico dessas espécies e direcionamento dos seus usos e aplicações na pesquisa pela bioatividade preliminarmente conhecida. Neste caso, especialmente devido às atividades antimicrobianas, antioxidantes

  5. Removal of drone brood from Apis mellifera (Hymenoptera: Apidae) colonies to control Varroa destructor (Acari: Varroidae) and retain adult drones.

    Science.gov (United States)

    Wantuch, Holly A; Tarpy, David R

    2009-12-01

    The parasitic mite Varroa destructor Anderson & Trueman (Acari: Varroidae) has plagued European honey bees, Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae), in the Americas since its introduction in the 1980s. For many years, these mites were sufficiently controlled using synthetic acaricides. Recently, however, beekeepers have experienced increased resistance by mites to chemical pesticides, which are also known to leave residues in hive products such as wax and honey. Thus there has been increased emphasis on nonchemical integrated pest management control tactics for Varroa. Because mites preferentially reproduce in drone brood (pupal males), we developed a treatment strategy focusing on salvaging parasitized drones while removing mites from them. We removed drone brood from colonies in which there was no acaricidal application and banked them in separate "drone-brood receiving" colonies treated with pesticides to kill mites emerging with drones. We tested 20 colonies divided into three groups: 1) negative control (no mite treatment), 2) positive control (treatment with acaricides), and 3) drone-brood removal and placement into drone-brood receiving colonies. We found that drone-brood trapping significantly lowered mite numbers during the early months of the season, eliminating the need for additional control measures in the spring. However, mite levels in the drone-brood removal group increased later in the summer, suggesting that this benefit does not persist throughout the entire season. Our results suggest that this method of drone-brood trapping can be used as an element of an integrated control strategy to control varroa mites, eliminating a large portion of the Varroa population with limited chemical treatments while retaining the benefits of maintaining adult drones in the population.

  6. Expresión de toxinas activas para larvas de mosquito por una cepa nativa de Asticaccaulis excentricus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Ordúz

    2000-02-01

    Full Text Available

    El control de mosquitos con insecticidas biológicos, como las toxinas producidas por especies del género Bacillus ha sido usado ampliamente en muchos países. Sin embargo, la rápida sedimentación de éstas las coloca fuera del alcance de la zona de alimentación de las larvas de mosquito. Con el propósito de resolver este problema se ha propuesto clonar los genes de dichas toxinas en bacterias acuáticas que son capaces de vivir y multiplicarse en la parte superior de la columna de agua, donde se alimentas los mosquitos anofelinos. Se escogieron dos cepas de la bacteria acuática Asticaccaulis excentricus para expresar los genes de la toxina binaria de B. sphaericus y el gen cry11Bb de B. thuringiensis subesp. Medellín clonados en un vector de expresión adecuado. En experimentos de alimentación se encontró que larvas de las especies Culex quinquefasciatus, Aedes aegypti y Anopheles albimanus fueron capaces de sobrevivir en una dieta basada exclusivamente en esta bacteria gram negativa. Las células de A. excentricus recombinante fueron capaces de expresar ambos genes, pero solamente la cepa expresando los genes de la toxina binaria de B. sphaericus fue tóxica para larvas de mosquito. Extractos de proteasas de A. excentricus no degradaron la toxina Cry11Bb, lo que indica que es otro el mecanismo que interfiere con la expresión de la toxicidad de la toxina Cry11Bb en esta bacteria recombinante. Los experimentos de flotación mostraron que A. excentricus recombiante se mantiene en la parte superior de la columna de agua al igual que las cepas nativas, y por más tiempo que las cepas de Bacillus.

  7. A Bio-Economic Case Study of Canadian Honey Bee (Hymenoptera: Apidae) Colonies: Marker-Assisted Selection (MAS) in Queen Breeding Affects Beekeeper Profits

    Science.gov (United States)

    Baylis, Kathy; Hoover, Shelley E.; Currie, Rob W.; Melathopoulos, Andony P.; Pernal, Stephen F.; Foster, Leonard J.; Guarna, M. Marta

    2017-01-01

    Abstract Over the past decade in North America and Europe, winter losses of honey bee (Hymenoptera: Apidae) colonies have increased dramatically. Scientific consensus attributes these losses to multifactorial causes including altered parasite and pathogen profiles, lack of proper nutrition due to agricultural monocultures, exposure to pesticides, management, and weather. One method to reduce colony loss and increase productivity is through selective breeding of queens to produce disease-, pathogen-, and mite-resistant stock. Historically, the only method for identifying desirable traits in honey bees to improve breeding was through observation of bee behavior. A team of Canadian scientists have recently identified markers in bee antennae that correspond to behavioral traits in bees and can be tested for in a laboratory. These scientists have demonstrated that this marker-assisted selection (MAS) can be used to produce hygienic, pathogen-resistant honey bee colonies. Based on this research, we present a beekeeping case study where a beekeeper’s profit function is used to evaluate the economic impact of adopting colonies selected for hygienic behavior using MAS into an apiary. Our results show a net profit gain from an MAS colony of between 2% and 5% when Varroa mites are effectively treated. In the case of ineffective treatment, MAS generates a net profit benefit of between 9% and 96% depending on the Varroa load. When a Varroa mite population has developed some treatment resistance, we show that MAS colonies generate a net profit gain of between 8% and 112% depending on the Varroa load and degree of treatment resistance. PMID:28334400

  8. Abelhas sem ferrão (Hymenoptera: Apidae, Meliponini da Estação Ecológica de Água Limpa, Cataguases-MG, Brasil.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Werneck

    2014-08-01

    Stingless Bees of the Estação Ecológica de Água Limpa, Cataguases-MG, Brazil Abstract. This study carried out a survey of nests of stingless bees present in the Estação Ecológica de Água Limpa (EEAL in the municipality of Cataguases, Minas Gerais. We found twenty-one nests belonging to nine species: Friesella schrottkyi (Friese, Melipona bicolor Lepeletier, Plebeia sp. 1, Plebeia sp. 2, Tetragona clavipes (Fabricius, Tetragona quadrangula (Fabricius, Tetragonisca angustula (Latreille, Trigona hyalinata (Lepeletier, Trigona spinipes (Fabricius. Twenty of the 21 nests were found in arboreal substrate. The fauna of stingless bees observed in EEAL is represented by a low number of species. Although the local vegetation has the potential to provide substrates for nesting and floral resources, the low species richness may be related to the fact that the EEAL is an isolated forest remnant.

  9. Extratos brutos e constituintes de própolis brasileiras: avaliação dos efeitos nos carrapatos Rhipicephalus sanguineus, Rhipicephalus microplus e Amblyomma cajennense

    OpenAIRE

    Adne Abbud Righi

    2013-01-01

    Própolis é uma substância resinosa produzida por Apis mellifera, contendo principalmente resinas vegetais e cera das próprias abelhas. É usada na colmeia para diversas finalidades, como vedar aberturas, reparar as células e envolver invasores que foram mortos na colméia, além de contribuir para a quase constância da temperatura dentro da colmeia (28 - 30oC). A própolis é importante para as abelhas, pois é responsável pela manutenção de um ambiente quase estéril, agindo contra bactérias, fungo...

  10. Flowering, nectar production and visiting bees of Eriope blanchetii (Lamiaceae), in sand dunes, northeastern Brazil

    OpenAIRE

    Silva, Fabiana Oliveira da; Viana, Blandina Felipe; Pigozzo, Camila Magalhães

    2007-01-01

    As observações sobre a floração, produção de néctar e abelhas visitantes foram realizadas entre outubro de 1999 e outubro de 2000, em uma população natural de Eriope blanchetii (Benth) Harley (Lamiaceae) distribuída em dunas litorâneas, Salvador (12º56'S, 38º21'W), Bahia. Entre as 15 espécies de abelhas registradas, predominaram aquelas de porte corporal médio e grande. Os polinizadores efetivos são Xylocopa cearensis Ducke, 1910 e Colletes petropolitanus Dalla Torre, 1896, considerando seu t...

  11. Interações entre Protodiscelis (Colletidae, Neopasiphaeinae) e plantas aquáticas e a importância de odores florais na atração de polinizadores.

    OpenAIRE

    Carvalho, Airton Torres

    2012-01-01

    Abelhas são os principais polinizadores das plantas com flores. Plantas são sésseis e a reprodução sexuada cruzada somente ocorre através de vetores de pólen. Sendo assim, flores zoofílicas provêm pistas para o encontro interespecífico, são polinizadas e fornecem recursos florais aos polinizadores. O principal recurso coletado por abelhas herbívoros Apiformes é pólen, o principal alimento larval. Para as plantas, entretanto, existe um balanço entre recurso fornecido e quantidade de grão...

  12. Efecto de la inoculación de bacterias nativas en dos híbridos de maíz (zea mays l., provincia de Santa Elena

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Javier Soto

    2016-11-01

    Full Text Available En la actualidad la mayoría de los sistemas de producción agrícola están sobrecargados con residuos de insumos químicos que aceleran el desgaste del suelo y contaminan las fuentes de agua subterránea. Siendo una alternativa el empleo de biofermentos provenientes de bacterias nativas de la rizosfera, muy conocidas por la producción de sustancias promotoras de crecimiento vegetal (PGPR y de resistencia a ciertos patógenos. En el presente trabajo se seleccionaron y emplearon tres cepas bacterianas (FPMG2, FPMG4 y VAIRV asociadas a nódulos de leguminosas de la península de Santa Elena de la colección CIAP-UPSE (Centro de Investigaciones Agropecuarias de la Universidad Estatal Península de Santa Elena, con potencial uso para la elaboración de biofertilizantes en plantas no leguminosas y de importancia alimenticia como el maíz (Zea mays L.; evaluando la influencia de los híbridos AGRI 104 y 201 en la germinación (a nivel de laboratorio y campo, cultivo y rendimiento en dos fincas agrícolas en la provincia de Santa Elena-Ecuador.

  13. A second generation genetic map of the bumblebee Bombus terrestris (Linnaeus, 1758 reveals slow genome and chromosome evolution in the Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kube Michael

    2011-01-01

    Full Text Available Abstract Background The bumblebee Bombus terrestris is an ecologically and economically important pollinator and has become an important biological model system. To study fundamental evolutionary questions at the genomic level, a high resolution genetic linkage map is an essential tool for analyses ranging from quantitative trait loci (QTL mapping to genome assembly and comparative genomics. We here present a saturated linkage map and match it with the Apis mellifera genome using homologous markers. This genome-wide comparison allows insights into structural conservations and rearrangements and thus the evolution on a chromosomal level. Results The high density linkage map covers ~ 93% of the B. terrestris genome on 18 linkage groups (LGs and has a length of 2'047 cM with an average marker distance of 4.02 cM. Based on a genome size of ~ 430 Mb, the recombination rate estimate is 4.76 cM/Mb. Sequence homologies of 242 homologous markers allowed to match 15 B. terrestris with A. mellifera LGs, five of them as composites. Comparing marker orders between both genomes we detect over 14% of the genome to be organized in synteny and 21% in rearranged blocks on the same homologous LG. Conclusions This study demonstrates that, despite the very high recombination rates of both A. mellifera and B. terrestris and a long divergence time of about 100 million years, the genomes' genetic architecture is highly conserved. This reflects a slow genome evolution in these bees. We show that data on genome organization and conserved molecular markers can be used as a powerful tool for comparative genomics and evolutionary studies, opening up new avenues of research in the Apidae.

  14. Los estados frágiles y el retorno de la administración nativa.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mark DUFFIELD

    2008-06-01

    Full Text Available Durante los últimos años, un número de ideas relacionadas con el trabajo en “entornos difíciles”, o que implican países descritos como “malos actores” o “estados frágiles” han entrado en el discurso político. Tratan de describir el reto del desarrollo en una época de inestabilidad global y de extendido fallo estatal. Estas ideas son similares en contenido y aquí nos referimos a ellas como el estado frágil, o el discurso sobre el estado frágil. El pensamiento de los gobiernos donantes sobre la reconstrucción de los estados frágiles se entiende como la punta de lanza de la política actual. De cualquier forma, además de explorar éste discurso, éste trabajo se basa en las suposiciones y disposiciones desarrolladas dentro de la cobertura del imperialismo liberal, en concreto, la práctica colonial del gobierno indirecto o administración nativa. En vez de ser esencialmente nuevo, el discurso sobre el estado frágil es más bien una reinscripción contemporánea de enfoques anteriores sobre el problema del espacio no gobernado. Dado el fallo histórico de semejantes tecnologías para revertir el rechazo al tutelaje occidental, en una época de guerra indefinida y de creciente insurgencia global, es tan urgente como relevante un examen crítico de esta arqueología.   Over the last several years, a number of ideas relating to working in “difficult environments”, or engaging countries described as “poor performers” or “fragile states” have entered policy discourse. They attempt to describe the challenge for development at a time of global instability and the widespread occurrence of state failure. In content, these ideas are similar and are referred to here as the fragile state, or fragile state discourse. Donor government thinking on reconstructing fragile states is regarded as the cutting-edge of current policy. Besides exploring this discourse however, this paper draws out its reliance on assumptions and

  15. Levantamento da fauna de abelhas silvestres na "zona da mata" de Minas Gerais: III. Mata secundária na região de Viçosa (Hymenoptera, Apoidea Survey of the wild bees of the "zona da mata" of Minas Gerais, Brazil: III. Secondary forest in Viçosa region (Hymenoptera, Apoidea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Ricardo Cure

    1992-01-01

    Full Text Available The outcome of a wild bee fauna survey in a secondary forest is reported. Sampling was carried out mainly on herbaceous and shrubby vegetation under and at the border of the forest. Results are compared with data collected with the same methodology from a previously surveyed grassland nearby. The secondary forest was richer in Anthophoridae and Apidae species, and less diverse in Megachilidae. Similarity between the two habitats was low. Several unidentified species of Ceratinula, Trichocerapis mirabilis and the stingless bees Melipona bicolor, M. quadrifasciata, M. marginata, Paratrigona subnuda, Scaptotrigona tubiba and S. xanthotricha, are among the species dependent on the forest environment to survive. Bee population densities in the forest understory are as large as the largest values found for open vegetation in Southeastern Brazil; species richness is also comparable to those of other areas in Southeastern Brazil. Sampling strategies are discussed.

  16. Germinación de semillas y clave para la identificación de plántulas de seis especies arbóreas nativas de humedales del sureste de México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Felipe Zamora-Cornelio

    2010-06-01

    Full Text Available Especies arbóreas de humedales son de importancia económica y para fines de restauración. Nosotros describimos el proceso de germinación y morfología de plántulas de seis especies arbóreas nativas típicas del sureste de México: Annona glabra, Ceiba pentandra, Pachira aquatica, Haematoxylum campechianum, Coccoloba barbadensis y Crataeva tapia. Un total de 300 semillas por especie fueron sembradas en una mezcla de arena, cascarilla de cacao y tierra negra (1: 1: 1, y mantenidas en invernadero a 30% de sombra artificial, de febrero a noviembre de 2007. Se realizó la caracterización morfológica, y elaboró una clave de plántulas con base en: 1 tipo de germinación 2 eje de la plántula y 3 elementos foliares. P. aquatica presenta germinación criptocotilar hipogea, las otras tienen germinación fanerocotilar epigea. Las tasas de germinación fueron altas (>86%, a excepción de C. barbadensis (69%.

  17. Características florais e polinizadores na qualidade de frutos de cultivares de maracujazeiro-azedo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Santos de Oliveira Cobra

    2015-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar as características florais de oito cultivares de maracujazeiro-azedo e identificar seus polinizadores, bem como avaliar a influência da polinização natural na qualidade dos frutos, na região de Tangará da Serra, MT. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com dez repetições e uma flor por parcela para avaliar a morfometria, e com quatro repetições e cinco flores por cultivar para determinar o índice de frutificação. Avaliaram-se os seguintes parâmetros: morfologia e morfometria floral, longevidade floral, frequência de visitantes florais, índice de frutificação natural e qualidade de fruto. A morfologia e a morfometria das flores foram compatíveis com a polinização por abelhas de grande porte; também foram compatíveis com a polinização por abelhas de médio porte nas cultivares IAC-275-Maravilha, IAC-277-Jóia, BRS SC1, BRS RC e BRS GA1. A maior longevidade floral foi observada nas cultivares IAC-277-Jóia, BRS GA1, BRS RC e BRS OV1. A frequência de abelhas como Xylocopa (2,0% e Bombus (3,9% foi baixa, e 'BRS GA1' recebeu o maior número de visitas destas abelhas. O índice de frutificação natural foi baixo (36,67%. Os frutos de polinização natural apresentam características físicas compatíveis com as exigidas pelo mercado consumidor.

  18. Highly polymorphic DNA markers in an Africanized honey bee population in Costa Rica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Arturo Lobo Segura

    2000-06-01

    Full Text Available Two genetic markers (the mtDNA COI-COII intergenic region and the microsatellite A7 with high levels of variability in South African and European honey bees were analyzed in wild swarms of Africanized honey bees (Apis mellifera from Costa Rica. Allelic or haplotypic frequencies revealed high levels of genetic variability at these loci in this population. Most of the alleles were African alleles, although some European-derived alleles were also present. Differences in the frequencies of African alleles between African and Africanized samples were minor, which could be explained by founder effects occurring during the introduction of African honey bee populations into South America.Dois marcadores genéticos (a região intergénica mitocondrial COI-COII e o microsatélite A7, com altos níveis de variabilidade em populações de abelhas melíferas da África do Sul e Europa, foram analisados em uma amostra de enxames naturais da Costa Rica. As freqüências alélicas e haplotípicas na amostra africanizada mostraram altos níveis de diversidade nestes loci. A maioria dos alelos são de origem africana, embora alguns alelos de origem européia foram observados. As mudanças nas freqüências dos alelos de origem africana entre as abelhas da África do Sul e as abelhas da população africanizada são de baixa magnitude e podem ter sido causadas pelo efeito fundador que ocorreu na introdução da abelha africana na América do Sul.

  19. A Bio-Economic Case Study of Canadian Honey Bee (Hymenoptera: Apidae) Colonies: Marker-Assisted Selection (MAS) in Queen Breeding Affects Beekeeper Profits.

    Science.gov (United States)

    Bixby, Miriam; Baylis, Kathy; Hoover, Shelley E; Currie, Rob W; Melathopoulos, Andony P; Pernal, Stephen F; Foster, Leonard J; Guarna, M Marta

    2017-06-01

    Over the past decade in North America and Europe, winter losses of honey bee (Hymenoptera: Apidae) colonies have increased dramatically. Scientific consensus attributes these losses to multifactorial causes including altered parasite and pathogen profiles, lack of proper nutrition due to agricultural monocultures, exposure to pesticides, management, and weather. One method to reduce colony loss and increase productivity is through selective breeding of queens to produce disease-, pathogen-, and mite-resistant stock. Historically, the only method for identifying desirable traits in honey bees to improve breeding was through observation of bee behavior. A team of Canadian scientists have recently identified markers in bee antennae that correspond to behavioral traits in bees and can be tested for in a laboratory. These scientists have demonstrated that this marker-assisted selection (MAS) can be used to produce hygienic, pathogen-resistant honey bee colonies. Based on this research, we present a beekeeping case study where a beekeeper's profit function is used to evaluate the economic impact of adopting colonies selected for hygienic behavior using MAS into an apiary. Our results show a net profit gain from an MAS colony of between 2% and 5% when Varroa mites are effectively treated. In the case of ineffective treatment, MAS generates a net profit benefit of between 9% and 96% depending on the Varroa load. When a Varroa mite population has developed some treatment resistance, we show that MAS colonies generate a net profit gain of between 8% and 112% depending on the Varroa load and degree of treatment resistance. © The Authors 2017. Published by Oxford University Press on behalf of Entomological Society of America.

  20. Morfologia externa da operária de Lestrimelitta ehrhardtti (Hymenoptera: Meliponini

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DANIELE. R PARIZOTTO

    2010-05-01

    Full Text Available ABSTRACT  Workers of Lestrimelitta ehrhardtti Friese were studied based on a great number of individuals collected in Castro municipality, Paraná State, Brazil. The specimens were described morphologically, measured and illustrated. KEY-WORDS: Apidae, stingless-bees, cleptobiotic, Neotropical.   RESUMEN Se estudió un gran número de obreras de Lestrimelitta ehrhardtti Friese colectadas en el municipio de Castro, Paraná, Brasil. Los especímenes fueran descritos  morfológicamente, medidos e ilustrados. PALABRAS CLAVE: Apidae, abejas sin aguijón, cleptobiótica, Neotropical.

  1. Variabilidade espacial da textura de um Argissolo Vermelho Amarelo sob cultivo de pastagem e vegetação nativa Spatial variability of the texture in a Red-Yellow Ultisol under pasture and nature vegetation crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julião Soares de Souza Lima

    2009-12-01

    Full Text Available O conhecimento da variabilidade espacial dos atributos de um solo sob diferentes coberturas auxilia o estudo das alterações ocorridas em razão do manejo. O objetivo deste trabalho foi determinar, com uso da estatística clássica e geoestatística, a variabilidade espacial das frações texturais de um solo cultivado com pastagem e vegetação nativa. Amostras de solo foram coletadas na profundidade de 0-0,20m, nos pontos de cruzamento de uma malha, com intervalos regulares de 10m, totalizando 64 pontos em cada área. Na área de pastagem, as frações areia grossa e total apresentaram valores médios maiores em relação à vegetação nativa e correlações negativas com as altitudes dos pontos amostrais nas duas áreas. Todas as frações texturais apresentaram dependência espacial de moderada a alta nas duas áreas e com o patamar definido, com exceção da areia fina e do silte na pastagem. Grande parte dessa variabilidade ocorre em função da erosão hídrica.The study of the spatial variability of soil attributes under different crop helps the study of changes due the management. This research was carried out to determine spatial variability the particle-size distribution, using of the classic statistic and geostatistics, of a soil cultivated with pasture and native vegetation. Soil samples were collected in the layer 0-0.20m, at the crossing points of a regular grid with 10m-intervals, summing up 64 samples points in each area. In the pasture area the fractions of coarse and total sand presented larger mean values in relation to the native vegetation, and negative correlation with the altitude of the points samples in the two areas. All of the fractions presented moderate to high spatial dependence in the two areas and with the defined still, with exception of the fine sand and the silt in the pasture. Much of this variability occurs as a function of water erosion.

  2. New enigmatic Andean bee species of Protandrena (Hymenoptera, Andrenidae, Panurginae Novas espécies de abelhas andinas do gênero Protandrena (Hymenoptera, Andrenidae, Panurginae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor H. Gonzalez

    2007-12-01

    Full Text Available Panurgine bees are diverse and abundant in temperate areas of the Americas but poorly represented to nearly absent in the tropics. We describe and illustrate five distinctive new species of the genus Protandrena that occur at high altitudes (2000-3400 m in the Andes, from Venezuela to Ecuador. The species are also described to make the names available in forthcoming papers on their biology. These Andean species resemble some members of the subgenus Heterosarus but differ from it, as well as from any other subgenera of Protandrena, primarily in characters of the male genitalia and hidden sterna. The South American Protandrena s. l. are morphologically highly diverse and a complete study of the group is needed before supraspecific names are proposed for unusual species. Thus, to avoid further nomenclatural changes, we decided not to place these species in a new subgenus or any of the available subgenera. We also provide notes on the biology for some of the species.As espécies de abelhas da subfamília Panurginae nas áreas temperadas das Américas são diversas e abundantes, mas pouco representadas ou até ausentes nos trópicos. São descritas e ilustradas cinco novas espécies do gênero Protandrena que ocorrem em grandes altitudes (2000-3400 m nos Andes, da Venezuela ao Equador. As espécies são descritas para que se tenham nomes válidos em artigos sobre sua biologia. Estas espécies andinas são semelhantes a alguns membros do subgênero Heterosarus, mas diferem dele, assim como do subgênero Protandrena, primariamente pelos caracteres da genitália do macho e pelos esternos ocultos. Protandrena s. l. sulamericanos são morfologicamente muito diversos e um estudo completo do grupo deverá ser feito antes de serem propostos nomes supra-específicos para essas espécies. Portanto, para evitar futuras mudanças na nomenclatura, foi decidido não alocar essas espécies em um novo subgênero ou em qualquer outro. São fornecidas também notas da

  3. Toxicidad biológica de cepas nativas de Bacillus thuringiensis Berliner en larvas de Tecia solanivora Povolny

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paola Martínez

    2011-11-01

    Full Text Available La biodiversidad microbiológica de los suelos del departamento de Boyacá aún no ha sido explorada en toda su magnitud y existen microorganismos, como en el caso de Bacillus thuringiensis Berliner (Bt, que pueden emplearse para el desarrollo de estrategias biológicas de control de plagas en el futuro. Por lo anterior, el presente trabajo evaluó la actividad biológica, expresada como  toxicidad, de cepas nativas de B. thuringiensis en la Polilla Guatemalteca  de  la  papa  Tecia  solanivora Povolny, una de  las plagas más  limitantes en el cultivo de papa en la región andina colombiana. Esta  evaluación  se  realizó con  aislados de  Bt obtenidos y conservados por el Grupo de Manejo Biológico de Cultivos (GMBC en el Laboratorio de Control Biológico de la UPTC, colectados de muestras de  suelo en  la Provincia Centro de Boyacá y  previamente  caracterizados  macro  y microscópicamente.  La   toxicidad  se  evaluó mediante bioensayos con larvas de primer instar de  T.  solanivora,  utilizando  el método  decontaminación superficial de cubos de papa. Se evaluó  la mortalidad  ocho  días  después  de montado  el  bioensayo  y  se  determinó, igualmente,  la Concentración letal media (Cl 50 de las cepas que presentaron  la mayor actividad  tóxica en  los  bioensayos  iniciales.  Los  aislamientosGMBC-B054, GMBC-B071, GMBC-B076, GMBC- B098, GMBC-B111 y GMBC-B117 fueron  los más activos, con Cl 50 de 1.08x106, 4.24x106, 5.12x106, 4.36x103, 3.56x103  y  1.19x104  esporas  · mL-1,respectivamente.

  4. Detoxification and stress response genes expressed in a western North American bumble bee, Bombus huntii (Hymenoptera: Apidae).

    Science.gov (United States)

    Xu, Junhuan; Strange, James P; Welker, Dennis L; James, Rosalind R

    2013-12-12

    The Hunt bumble bee (Bombus huntii Greene, Hymenoptera: Apidae) is a holometabolous, social insect important as a pollinator in natural and agricultural ecosystems in western North America. Bumble bees spend a significant amount of time foraging on a wide variety of flowering plants, and this activity exposes them to both plant toxins and pesticides, posing a threat to individual and colony survival. Little is known about what detoxification pathways are active in bumble bees, how the expression of detoxification genes changes across life stages, or how the number of detoxification genes expressed in B. huntii compares to other insects. We found B. huntii expressed at least 584 genes associated with detoxification and stress responses. The expression levels of some of these genes, such as those encoding the cytochrome P450s, glutathione S-transferases (GSTs) and glycosidases, vary among different life stages to a greater extent than do other genes. We also found that the number of P450s, GSTs and esterase genes expressed by B. huntii is similar to the number of these genes found in the genomes of other bees, namely Bombus terrestris, Bombus impatiens, Apis mellifera and Megachile rotundata, but many fewer than are found in the fly Drosophila melanogaster. Bombus huntii has transcripts for a large number of detoxification and stress related proteins, including oxidation and reduction enzymes, conjugation enzymes, hydrolytic enzymes, ABC transporters, cadherins, and heat shock proteins. The diversity of genes expressed within some detoxification pathways varies among the life stages and castes, and we typically identified more genes in the adult females than in larvae, pupae, or adult males, for most pathways. Meanwhile, we found the numbers of detoxification and stress genes expressed by B. huntii to be more similar to other bees than to the fruit fly. The low number of detoxification genes, first noted in the honey bee, appears to be a common phenomenon among bees

  5. The antiquity and evolutionary history of social behavior in bees.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sophie Cardinal

    Full Text Available A long-standing controversy in bee social evolution concerns whether highly eusocial behavior has evolved once or twice within the corbiculate Apidae. Corbiculate bees include the highly eusocial honey bees and stingless bees, the primitively eusocial bumble bees, and the predominantly solitary or communal orchid bees. Here we use a model-based approach to reconstruct the evolutionary history of eusociality and date the antiquity of eusocial behavior in apid bees, using a recent molecular phylogeny of the Apidae. We conclude that eusociality evolved once in the common ancestor of the corbiculate Apidae, advanced eusociality evolved independently in the honey and stingless bees, and that eusociality was lost in the orchid bees. Fossil-calibrated divergence time estimates reveal that eusociality first evolved at least 87 Mya (78 to 95 Mya in the corbiculates, much earlier than in other groups of bees with less complex social behavior. These results provide a robust new evolutionary framework for studies of the organization and genetic basis of social behavior in honey bees and their relatives.

  6. Desempenho de ovelhas nativas em confinamento recebendo palma-forrageira na dieta na região do semiárido nordestino Performance of native ewes under feedlot system receiving spineless cactus in diet in Brazilian semiarid region

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cicília Maria Silva de Souza

    2010-05-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o ganho de peso, o consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes de dieta à base de palma forrageira em ovelhas nativas confinadas na região do semiárido nordestino. Foram testadas duas formas de oferecimento da palma-forrageira (Opuntia ficus-indica: separada da mistura feno de capim-tifton + concentrado e junto da mistura feno + concentrado. Utilizaram-se 40 fêmeas das raças nativas Barriga-preta, Cara-curta, Cariri e Morada Nova, com peso inicial médio de 36,76 kg, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 4 × 2, com quatro raças e duas estratégias de alimentação. Os genótipos e as estratégias de alimentação influenciaram os consumos médios de fibra em detergente neutro e nutrientes digestíveis totais e os coeficientes de digestibilidade aparente da fibra em detergente neutro. O genótipo influencia o ganho de peso e a conversão alimentar em ovelhas alimentadas com palma forrageira na dieta, uma vez que animais das raças Cariri e Cara-curta apresentam maiores ganhos de peso.The experiment was carried out with the objective of evaluating the weight gain, intake of nutrients, and the apparent digestibility of diets based on spineless cactus in native ewes in feedlot system in Brazilian semiarid region. Two spineless cactus feeding strategies were evaluated: spineless cactus (Opuntia ficus-indica separated from the Tifton hay + concentrated mixture, and with Tifton hay mixture + concentrate. It was used forty native breed ewes (Barriga Preta, Cara Curta, Cariri and Morada Nova, with average initial body weight of 36.76 kg, distributed in a complete randomized design in a 4 × 2 factorial scheme (four breed and two feeding strategies. The genotypes and feeding strategies neutral fiber detergent had effect on the average intake of neutral fiber detergent and total digestible nutrient, and on the coefficients of neutral fiber detergent

  7. Influência da qualidade de luz e silício no crescimento in vitro de orquídeas nativas e híbridas Light quality and silicon on growth in vitro of native and hybrid orchid species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moacir Pasqual

    2011-09-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a influência do ambiente de cultivo e de concentrações de silicato de cálcio no crescimento in vitro de uma espécie nativa de orquídea (Brassavola perrine e de um híbrido [(Laelia cattleya Culminant "Tuilerie" x Laelia cattleya Sons Atout Rotunda x Brassolaelia cattleya Startifire Moon Beach]. Plântulas oriundas de sementes germinadas in vitro com aproximadamente 0,5 cm de comprimento foram inoculadas em frascos com capacidade para 250 mL contendo 60 mL de meio de cultura MS, acrescido de silicato de cálcio (0; 0,5; 1,0 e 2,0 mg L-1 em ambientes de cultivo [natural (casa de vegetação e artificial (em sala de crescimento], em todas as combinações possíveis. O meio de cultura teve seu pH ajustado para 5,8±0,1 e geleificado com 5,5 g L-1 de ágar antes do processo de autoclavagem a 121ºC e 1 atm por 20 minutos. Ao final de 150 dias foram realizadas avaliações biométricas e análises micromorfológicas (miscroscopia de varredura nas plântulas. Maior crescimento foi obtido com a utilização de 2,0 mg L-1 e 1,0 mg L-1 de silicato de cálcio para o híbrido e espécie nativa, respectivamente, em sala de crescimento. As orquídeas em estudo são espécies anfiestomáticas, com estômatos do tipo tetracítico (híbrida e anomocítico (nativa. A presença do silício na estrutura foliar proporcionou o correto desenvolvimento (ausência de deformações estruturais de plântulas de orquídeas.The vegetative propagation techniques using tissue culture can be a valuable tool in the production of orchid seedlings. The objective of this study was to determine the concentration of calcium silicate and light quality that provides better growth in seedlings of native orchid (Brassavola perrine and hybrid [(Laelia cattleya Climax "Tuilerie" x Laelia cattleya Sons Atout Rotunda x Brassolaelia cattleya Startifire Moon Beach]. Seedlings from seeds germinated in vitro with approximately 0.5 cm long were inoculated in 250 m

  8. Atividade anti-helmíntica de plantas nativas do continente americano: uma revisão Anthelmintic activity of native American plants: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.G. Sousa

    2013-01-01

    Full Text Available O presente trabalho faz uma revisão de plantas nativas do continente americano com atividade anti-helmíntica com a finalidade de subsidiar pesquisas e o desenvolvimento de novos medicamentos na área de produtos naturais. Na literatura, foram citadas 22 famílias de plantas, tais como: Moraceae, Asteraceae e Cucurbitaceae, e estudadas cerca de 35 espécies, como a Ficus sp, Cucurbita máxima, e Ruta graveolens, usadas por sua alegada atividade anti-helmíntica. Destas espécies, 26 foram ativas contra alguns helmintos: Strongyloides stercolaris, Ancylostomidae, Trichostrongylus sp, Capillaria sp, Ascaris lumbricoides, Taenia saginata, Haemonchus contortus, e Hymenolepsis diminuta. Foi verificado maior número de estudos com parasitas de animais, possivelmente devido ao desenvolvimento de resistência dos helmintos aos tratamentos convencionais disponíveis.This paper is a review of native American plants showing anthelmintic activity in order to give support to research and development of new drugs in the field of natural products. In the literature, 22 plant families were cited, such as: Moraceae, Asteraceae and Cucurbitaceae, and around 35 species were studied, including Ficus sp, Cucurbita maxima and Ruta graveolens, used for their putative anthelmintic activity. From these species, 26 were active against some helminthes: Strongyloides stercolaris, Ancylostomidae, Trichostrongylus sp, Capillaria sp, Ascaris lumbricoides, Taenia saginata, Haemonchus contortus and Hymenolepsis diminuta. Data indicated a larger number of studies with animal parasites, probably due to the resistance of these helminthes to the conventional treatments available.

  9. Levantamento das espécies exóticas arbóreas e seu impacto nas espécies nativas em áreas adjacentes a depósitos de resíduos domiciliares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otacílio Antunes Santana

    2011-09-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2008v21n4p29 Os objetivos deste trabalho, em áreas adjacentes à deposição de resíduos domiciliares, foram: i realizar o levantamento das espécies exóticas, ii verificar o seu impacto nas espécies nativas arbóreas de Cerrado, e iii comparar os resultados com áreas controles. Vinte e duas espécies exóticas foram encontradas nas parcelas estudadas próximos aos depósitos de resíduos domiciliares, distribuídas entre treze famílias. Apenas duas espécies foram encontradas nas áreas controle. A presença de depósitos de resíduos domiciliares aumenta a incidência de espécies exóticas arbóreas, causando um gradiente na distribuição de seus indivíduos, padrão não observado nas áreas controles.

  10. Potencial probiótico de cepas nativas para uso como aditivos en la alimentación avícola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia Lara Mantilla

    2012-01-01

    Full Text Available Título en ingles: Probiotic potential of native strains, for as feed additives for poultry Resumen: Se evaluó in vitro el potencial probiótico de cepas nativas aisladas de las heces de pollos asilvestrados (Gallus gallus pertenecientes a los géneros Lactobacillus sp, Bacillus sp y levaduras tipo saccharomyces sp; se determinó la actividad probiótica mediante pruebas de resistencia al ácido (pH  3, 4, 5, 6, 7, sales de bilis (0,05, 0,1, 0,15, 0.3 %, tolerancia al NaCl (2, 4, 7, 10 %, actividad antagónica (Salmonella sp, E. coli, determinación del tipo de fermentación, crecimiento a temperaturas (28,37,43°C y capacidad de crecimiento. Las cepas con mayor tolerancia se identificaron a través de pruebas bioquímicas y fermentación de carbohidratos. Como resultado se observó que tres microorganismos: Saccharomyces sp. (3, Bacillus sp. (7 y Lactobacillus sp. (14 poseen propiedades probióticas. Palabras claves: Gallus gallus; Saccharomyces sp.;  Bacillus sp.; Lactobacillus sp.; aditivos  microbianos. Abstract: Was evaluated in vitro the probiotic potential of native strains isolated from feces of wild chickens (Gallus gallus belonging to the genera Lactobacillus sp., Bacillus sp. and Saccharomyces ; probiotic activity was determined by testing acid resistance (pH 3, 4, 5.6, 7, bile salts (0,05, 0,1, 0,15, 0,3%, tolerance to NaCl (2, 4, 7,10%, antagonistic activity (Salmonella spp, E. coli, production gas (glucose, growth temperatures (28, 37, 43 ° C and growth capacity. The most tolerant strains were identified by biochemical tests and carbohydrate fermentation. As a result it was found that three microorganisms: Saccharomyces sp. (3, Bacillus sp. (7 and Lactobacillus sp. (14 have probiotic properties. Key words: Gallus gallus; Saccharomyces sp.;  Bacillus sp.; Lactobacillus sp.; microbial additives.

  11. Crescimento inicial de arbóreas nativas em solo salino-sódico do nordeste brasileiro tratado com corretivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Vanies da Silva Sá

    2013-06-01

    Full Text Available O excesso de sais e de sódio no solo é um dos fatores que mais contribuem para a degradação química dos solos de perímetros irrigados, em regiões áridas e semiáridas. Por essa razão, objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito de corretivos, na recuperação de um solo degradado por excesso de sais e sódio, e o crescimento inicial de cinco arbóreas nativas do bioma Caatinga, em solo salino-sódico. Dois experimentos foram conduzidos, em casa de vegetação, no CCTA/UFCG, utilizando-se amostras de um solo salino-sódico. O primeiro experimento constou de cinco tratamentos de correção do solo: sem corretivo, gesso agrícola na dose de 100% da necessidade de gesso (NG, gesso agrícola na dose de 50% NG mais matéria orgânica (MO, enxofre elementar (S na dose de 100% NG e S na dose de 50% NG + MO, com 15 repetições. No segundo experimento, os tratamentos foram constituídos por um esquema fatorial 5 x 5, sendo cinco espécies arbóreas: tamboril (Enterolobium contortisiliquum, sabiá (Mimosa caelsalpiniifolia, jurema-preta (Mimosa tenuiflora, craibeira (Tabebuia aurea e pereiro (Aspidosperma pyrifolium e cinco tratamentos referentes à correção do solo do primeiro experimento, com três repetições. A aplicação de gesso agrícola ou S com ou sem MO melhorou quimicamente o solo salino-sódico estudado, especialmente diminuindo a PST. Estes tratamentos proporcionaram incrementos no crescimento e acúmulo de massa de matéria seca das espécies arbóreas, principalmente jurema-preta, sabiá e tamboril, e diminuíram o estresse provocado pelo solo salino-sódico sobre as plantas, aumentando a taxa fotossintética.

  12. Espectro polínico de amostras de mel de Melipona mandacaia Smith, 1863 (Hymenoptera: Apidae - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v28i1.1061 Pollen spectrum from honey samples of Melipona mandacaia Smith, 1863 stingless bee (Hymenoptera: Apidae - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v28i1.1061

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Afredo Lopes de Carvalho

    2006-03-01

    Full Text Available O espectro polínico de amostras de mel da abelha Melipona mandacaia foi analisado com objetivo de elucidar os recursos alimentares utilizados por essa espécie. A identificação das plantas visitadas foi realizada com base na análise dos tipos polínicos encontrados nas amostras de mel coletadas em 11 colônias localizadas no município de São Gabriel, em área de caatinga do Estado da Bahia, Brasil (11º14’S e 41º52’W. As análises quantitativas e qualitativas foram realizadas com o objetivo de determinar as porcentagens e classes de freqüência dos tipos polínicos presentes nas amostras de mel. Foram encontrados 26 tipos polínicos, sendo o tipo Piptadenia rigida (Mimosaceae considerado dominante. Ricinus communis (Euphorbiaceae, Mimosa verrucata (Mimosaceae e M. arenosa (Mimosaceae foram considerados pólen isolado importante. As famílias mais representativas no espectro polínico das amostras de mel foram Mimosaceae, Euphorbiaceae, Asteraceae e AnacardiaceaeThe pollen spectrum from honey samples of Melipona mandacaia stingless bee was analyzed aiming at elucidating the alimentary resources used by that species. The identification of the visited plants was based on the analysis of pollen from honey samples collected in 11 hives located in São Gabriel county, in the semiarid area of Bahia State, Brazil (11º14’S and 41º52’W. The quantitative and qualitative analyses of honey samples were conducted in order to determine the pollen types percentages and frequency classes. Twenty-six pollen types were found, being the Piptadenia rigida type (Mimosaceae considered dominant. Ricinus communis (Euphorbiaceae, Mimosa verrucata (Mimosaceae and M. arenosa (Mimosaceae were considered important isolated pollen. The most representative families found in the pollen spectrum of the honey samples were Mimosaceae, Euphorbiaceae, Asteraceae and Anacardiaceae

  13. Estudo comparativo da massa específica aparente e retratibilidade da madeira de pau-brasil (Caesalpinia echinata LAM. nativa e de reflorestamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sinval dos Santos Marques

    2012-04-01

    Full Text Available Entre as propriedades físicas da madeira, a massa específica aparente e a retratibilidade são características importantes na avaliação da qualidade da madeira para ampla gama de uso. A massa específica aparente, ou densidade aparente, está relacionada a uma série de outras características, principalmente àquelas relacionadas às propriedades mecânicas e anatômicas da madeira. Do mesmo modo, a retratibilidade também é importante característica, pois avalia a estabilidade dimensional das madeiras, sendo de grande importância para aplicações em que a madeira não deve apresentar contrações excessivas durante sua utilização. Com base nisso, este estudo teve como objetivo comparar a massa específica aparente e a retratibilidade da madeira de pau-brasil, proveniente de áreas naturais e de reflorestamentos com 10, 15, 20, 26 e 30 anos. Tais avaliações foram realizadas segundo a metodologia preconizada pelo Método Brasileiro 26/1940 da Associação Brasileira de Normas Técnicas. Os resultados indicaram que houve variação na massa específica aparente nas diferentes idades, com os maiores valores para a madeira de 30 anos de idade, que foram próximos aos encontrados para amostras de madeira nativa. A retratibilidade volumétrica total também variou em função da idade, não apresentando grande diferença em relação à madeira proveniente de áreas naturais.

  14. Bioatividade de três espécies vegetais nativas da Floresta Atlântica brasileira frente ao microcrustáceo Artemia salina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W.M Pompilho

    2014-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo a investigação fitoquímica e propriedades antioxidantes de extratos das folhas de Trigynaea oblongifolia Schltdl (Annonaceae, Ottonia frutescens Trel (Piperaceae, e Bathysa australis (St Hill Hooz (Rubiaceae, bem como avaliar, in vitro, a letalidade frente ao microcrustáceo Artemia salina Leach. Os extratos foram preparados por maceração em metanol 10% (p/v por sete dias, à temperatura ambiente. A atividade antioxidante dos extratos foi determinada pela metodologia que utiliza o radical estável DPPH. A toxicidade dos extratos foi avaliada frente ao microcrustáceo A. salina. Os extratos de O. frutescens e B. australis apresentaram as seguintes classes de metabólitos secundários: Alcalóides, Antraquinonas, Cumarinas, Polifenóis (Taninos, Saponinas. Nos extratos de T. oblongifolia, além dos metabólitos citados anteriormente, foi detectada a presença de Flavonóides. A atividade antioxidante, observada em 30 minutos na concentração de 24 µg/mL de extrato, foi de: O. frutescens - 38,3%, T. oblongifolia - 32,3%, e B. australis - 32,1%. A Concentração Letal, CL50, dos extratos em A. salina foi de: O. frutescens - 149,75 ± 1,02 µg/mL, T. oblongifolia - 148,8 ± 1,74 µg/mL, e B. australis - 684 ± 9,04 µg/mL. Neste contexto, destacamos as espécies, nativas da Floresta Atlântica, O. frutescens e T. oblongifolia de grande potencial na bioprospecção de moléculas biologicamente ativas.

  15. Pollen harvest features of the Central Amazonian bee Scaptotrigona fulvicutis Moure 1964 (Apidae: Meliponinae, in Brazil Aspectos de coleta de pólen de Scaptotrigona fulvicutis 1964 (Apidae: Meliponinae, abelha da Amazônia Central, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos Marques-Souza

    2007-03-01

    Full Text Available Over a twelve-month period, pollen loads transported by Scaptotrigona fulvicutis Moure 1964 were collected from the workers corbiculae right after the hive entrance closure in an area of old secondary forest mixed with some exotic fruit trees and ornamentals. Once the pollen grains were identified, their monthly frequency in the samples and grouping by botanical family established that Mimosaceae, Myrtaceae and Sapindaceae were the most frequently visited. The workers harvested the pollen from 97 plant species distributed in 73 genera and 36 families, mostly: Stryphnodendron guianense (Aubl. Benth. in April (57,37% and Schefflera morototoni (Aubl. Frodin in May (54,73%. The harvested pollen types abundance matrix showed that there was little species dissimilarity between the months, which resulted in the formation of two large groups.Durante o período de doze meses, o pólen transportado por Scaptotrigona fulvicutis Moure 1964 foi coletado das corbículas das operárias, logo após o fechamento da entrada das colméias. Feita a identificação polínica dos grãos, sua freqüência mensal nas amostras e o agrupamento por famílias botânicas, constatou-se que as mais visitadas foram: Mimosaceae, Myrtaceae e Sapindaceae. As operárias coletaram o pólen de 97 espécies de plantas distribuídas em 73 gêneros e 36 famílias, sendo as mais freqüentes: Stryphnodendron guianense (Aubl. Benth. em abril (57,37% e Schefflera morototoni (Aubl. Frodin em maio (54,73%. A matriz de abundância dos tipos polínicos coletados mostrou que a dissimilaridade de espécies entre os meses foi pequena o que resultou na formação de dois grandes grupos.

  16. Abelhas Euglossina (Hymenoptera, Apidae coletadas em uma monocultura de eucalipto circundada por Cerrado em Urbano Santos, Maranhão, Brasil Euglossina bees (Hymenoptera, Apidae collected in an eucalyptus monoculture surounded by Cerrado, Urbano Santos, MA, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda N. Mendes

    2008-09-01

    Full Text Available Machos de Euglossina foram coletados por meio de iscas-odores de benzoato de benzila, eucaliptol, eugenol, salicilato de metila e vanilina em uma monocultura de eucalipto circundada por cerrado, no município de Urbanos Santos, Maranhão. As coletas foram realizadas mensalmente, de abril de 2001 a abril de 2002, entre 8h e 16h, totalizando 96 horas de amostragem. Foram coletados 58 indivíduos de 3 gêneros e 10 espécies. Euglossa Latreille, 1802 foi o gênero mais abundante, seguido por Eufriesea Cockerell, 1909 e Eulaema Lepeletier, 1841. As espécies mais freqüentes foram Euglossa cordata (Linnaeus, 1758, Euglossa gaianii Dressler, 1982 e Euglossa modestior (Dressler, 1982. Eucaliptol foi a essência mais atrativa. As maiores freqüências de visitas ocorreram no período da manhã e as maiores abundâncias em setembro, no período de estiagem, e em dezembro, no período chuvoso.Males of Euglossina bees were collected in benzil benzoate, eucaliptol, eugenol, methyl salicylate and vanillin scent baits in an eucalyptus monoculture surrounded by cerrado, located in the municipality of Urbano Santos, Maranhão. The collections were carried out monthly, from April 2001 to April 2002, between 8 a.m. and 4 p.m., totaling 96 hours of sampling, resulting in 58 individuals of 3 genera and 10 species. Euglossa Latreille, 1802 was the most abundant genus, followed by Eufriesea Cockerell, 1909 and Eulaema Lepeletier, 1841. The most frequent species were Euglossa cordata (Linnaeus, 1758, Euglossa gaianii Dressler, 1982 and Euglossa modestior (Dressler, 1982. Eucaliptol was the most attractive chemical bait. The highest frequencies of visits were in the morning and the highest abundance in September, in the drought period, and December, in the rainy period.

  17. Aplicação de herbicidas dessecantes em pastagens nativas construídas por differentes espécies do gênero Paspalum Application of desiccant herbicides on native pasture composed with diferent Paspalum gender

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Vicente Weiss Ferri

    2001-08-01

    Full Text Available Com objetivo de avaliar o efeito de herbicidas dessecantes sobre pastagens nativas constituídas por diferentes espécies do gênero Paspalum, adequando-as a semeadura direta ou a sobressemeadura de espécies de interesse forrageiro, foram conduzidos três experimentos na região fisiográfica da Depressão Central do Rio Grande do Sul. No primeiro experimento, em 1995/96, avaliou-se glyphosate a 360, 720 e 1080g ha-1 de equivalente ácido, aspergido nos volumes de calda de 50 e 200 ha-1 e as espécies de Paspalum identificadas foram P. pumilum e P. notatum var. notatum biótipo "C" e "D". No segundo, em 1996, avaliou-se glyphosate a 720, 1080, 1440 e 1880g ha-1 de equivalente ácido e as espécies de Paspalum identificadas foram P. plicatulum, P. nicorae, P. notatum var. notatum biótipo "A", P. pumilum e P. maculosum. No terceiro, em 1997, avaliou-se glyphosate a 180, 270, 360, 450, 540, 720 e 1080g ha-1 de equivalente ácido e paraquat a 600 e 800g ha-1 de ingrediente ativo, e onde foram identificadas as espécies P. notatum var. saurae, P. notatum var. notatum biótipo "A" e P. pumilum. O herbicida glyphosate a 1080, 1440 e 1880g ha-1 é adequado quando se deseja controlar a pastagem nativa para introdução de semeadura direta, enquanto que glyphosate a 180, 270, 360 e 450g ha-1 e o paraquat a 600 e 800g ha-1, são adequados quando se deseja realizar a sobressemeadura de espécies forrageiras. A seleção dos herbicidas e das doses, dependerá da espécie de Paspalum dominante na pastagem nativa.The objective of this report was to evaluate the effect of desiccant herbicides on native pasture constituted of different species of the Paspalum gender, to adequate it to no-till system or to introduce forage species. Three experiments were carried out in the "Depressão Central Region" in the State of Rio Grande do Sul, Brazil. In the first, during 1995/96, glyphosate was applied in the rates of 360, 720 and 1080g ha-1 of acid equivalent, sprayed

  18. The Size But not the Symmetry of the Wings of Eulaema nigrita Lepeletier (Apidae: Euglossini) is Affected by Human-Disturbed Landscapes in the Brazilian Cerrado Savanna.

    Science.gov (United States)

    Pinto, N S; Silva, D P; Rodrigues, J G; De Marco, P

    2015-10-01

    Among other human-related activities, habitat loss and fragmentation are currently ranked as the most important environmental features affecting the persistence of animal and plant populations in landscapes, as well as the maintenance of ecological processes and services. Since these processes are also capable of affecting the ontogenetic development of species inhabiting those landscapes, here we measured the wing veins of male Eulaema nigrita Lepeletier (Apidae: Euglossini) bees in order to evaluate whether the bees sampled in agriculture (AG) areas suffer higher fluctuating asymmetry (FA) than those sampled in Cerrado (CE) areas in the Brazilian state of Goiás. We believe that individuals sampled in CE areas would be less asymmetric than those sampled in AG areas, given a potential higher exposure of these specimens to environmental stresses (mostly pesticides). However, we did not observe a significant trend in the FA measures we obtained, although three wing measures were bigger for bees from CE areas. The lack of significant effects of FA may be related to inherent bionomic features of E. nigrita. For instance, given their high individual dispersal abilities, the individuals we analyzed may have developed in different areas than those where they were sampled. Their generalist feeding behavior may also have given them a higher resistance to environmental perturbations, buffering the normal development of immatures even in areas with local high environmental stress. Nonetheless, higher death rates of individuals from anthropic areas may also have killed the developing immatures of E. nigrita before they reached adulthood consequently equalizing our sampled estimates.

  19. Própolis produzida no sul do Brasil, Argentina e Uruguai: evidências fitoquímicas de sua origem vegetal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Park Yong Kun

    2002-01-01

    Full Text Available A própolis é uma substância resinosa coletada pelas abelhas de diversas partes da planta. Sua composição depende da época, vegetação e área de coleta. Própolis produzida por abelhas Apis mellifera africanizada do sul do Brasil, Argentina e Uruguai foram investigadas por meio de técnicas cromatográficas. De acordo com os resultados obtidos por CCDAE-FR, CLAE-FR e CG-EM, as própolis do sul do Brasil foram classificadas em 5 grupos distintos. Com base nas evidências fitoquímicas, Populus alba foi identificada como a principal fonte da própolis do grupo 3 do sul do Brasil, Argentina e Uruguai.

  20. Maloclusiones en niños y adolescentes de caseríos y comunidades nativas de la Amazonía de Ucayali, Perú Malocclusions in children and adolescents from villages and native communities in the Ucayali amazon region in Peru

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arón Aliaga-Del Castillo

    2011-03-01

    Full Text Available Se realizó un estudio descriptivo transversal para evaluar la prevalencia de maloclusiones en niños y adolescentes de 2 a 18 años de edad de caseríos y comunidades nativas de la selva de Ucayali, Perú. Se evaluó la presencia de maloclusiones usando la clasificación de Angle así como alteraciones ortodónticas. Se incluyeron 201 sujetos, 106 (52,7% fueron mujeres, la mayoría (54,7% tuvieron entre 6 y 12 años. Se encontró una prevalencia de maloclusiones del 85,6%; la más prevalente según la clasificación de Angle fue la clase I (59,6%. Se evidenciaron alteraciones ortodónticas en el 67,2% de casos. Las alteraciones ortodónticas encontradas más frecuentes fueron apiñamiento dentario (28,4%, mordida cruzada anterior (17,4%, sobresalte exagerado (8,5%, sobremordida exagerada (5,0% y mordida abierta anterior (5,0%. Se evidencia una alta prevalencia de maloclusiones y alteraciones ortodónticas en las comunidades nativas evaluadas, por lo que es necesario implementar programas preventivos para mejorar la salud bucal de estas poblaciones marginadas.We conducted a cross-sectional descriptive study to assess the prevalence of malocclusions in children and adolescents aged 2 to 18 years of villages and native communities of the Ucayali jungle of Peru. We assessed the presence of malocclusions using Angle’s classification and orthodontic changes. We evaluated 201 individuals, 106 (52.7% were women, most of them (54.7% had between 6 and 12 years. The prevalence of malocclusions was 85.6%, the most prevalent according to Angle’s classification was class I (59.6%. Orthodontic alterations were present in 67.2% of cases. The most frequent were dental crowding (28.4%, anterior crossbite (17.4%, exaggerated overjet (8.5%, excessive overbite (5.0% and anterior open bite (5.0%. We found a high prevalence of malocclusion and orthodontic changes in the evaluated native communities, highlighting the need to implement preventive programs to

  1. “Memórias” de políticos brasileiros: produção escrita, gestão de imagens e “teorizações” nativas do jogo político.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Igor Gastal Grill

    2012-12-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7984.2012v11n22p11 O artigo apresenta resultados de uma pesquisa mais ampla sobre a atividade da escrita (livros de memórias, ensaios, análises, romances, etc. entre profissionais da política no Brasil. O foco privilegiado aqui são as memórias produzidas por deputados federais e senadores que atuaram ou atuam no Congresso Nacional. Instrumento do trabalho simbólico de autoapresentação, de construção da própria imagem e de administração das identidades estratégicas, os relatos analisados fixam modalidades de eventos valorizados, de entradas na política e de demarcação do espaço dos especialistas da representação política. O corpus permite ainda examinar as teorizações nativas fornecidas pelos parlamentares em torno das regras, papéis e definições concorrentes relativos ao jogo político. Do mesmo modo, possibilita a comparação entre momentos históricos, contextos regionais e padrões de institucionalização da vida política.

  2. Areas of natural occurrence of Melipona scutellaris Latreille, 1811 (Hymenoptera: Apidae in the state of Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério M.O. Alves

    2012-09-01

    Full Text Available The bee Melipona scutellaris is considered the reared meliponine species with the largest distribution in the North and Northeast regions of Brazil, with records from the state of Rio Grande do Norte down to the state of Bahia. Considering the importance of this species in the generation of income for family agriculture and in the preservation of areas with natural vegetation, this study aimed at providing knowledge on the distribution of natural colonies of M. scutellaris in the state of Bahia. Literature information, interviews with stinglessbee beekeepers, and expeditions were conducted to confirm the natural occurrence of the species. A total of 102 municipalities showed records for M. scutellaris, whose occurrence was observed in areas ranging from sea level up to 1,200-meter height. The occurrence of this species in the state of Bahia is considered to be restricted to municipalities on the coastal area and the Chapada Diamantina with its rainforests. Geographic coordinates, elevation, climate and vegetation data were obtained, which allowed a map to be prepared for the area of occurrence in order to support conservation and management policies for the species.A abelha Melipona scutellaris é considerada a espécie criada de meliponíneo com maior distribuição no norte e nordeste do Brasil, com ocorrência registradas desde o Estado do Grande do Norte até o Estado da Bahia. Considerando a importância desta espécie na geração de renda para agricultura familiar e na manutenção de áreas com vegetação natural, este trabalho teve como objetivo conhecer a distribuição de colônias naturais de M. scutellaris no Estado da Bahia. Informações de literatura, entrevistas com meliponicultores e expedições foram realizadas para confirmar a ocorrência natural da espécie. Um total de 102 municípios apresentou registro de M. scutellaris, cuja ocorrência foi observada em áreas desde o nível do mar até 1.200 metros de altitude. A

  3. Atividade antiviral e virucida de extratos hidroalcoólicos de própolis marrom, verde e de abelhas Jataí (Tetragonisca angustula frente ao herpersvírus bovino tipo 1 (BoHV-1 e ao vírus da diarreia viral bovina (BVDV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Mendes Peter

    Full Text Available RESUMO: Dentre as propriedades biológicas da própolis, a atividade antimicrobiana tem merecido destacada atenção. No presente trabalho, descreve-se a ação antiviral e virucida de três extratos hidroalcoólicos de própolis (marrom, verde e de abelhas jataí (Tetragonisca angustula, frente ao Herpesvírus Bovino tipo (BoHV-1 e ao Vírus da Diarreia Viral Bovina (BVDV. Os três extratos hidroalcoólicos foram obtidos de extração etanólica e são oriundos do sul do Brasil. A composição química dos extratos de própolis foi determinada pela cromatografia líquida de alta eficiência acoplada a espectrômetro de massas (UFLC-PDA-ESI-TOF/MS que identificou e quantificou compostos como: ácido cafeico e ácido p-cumárico, ácido clorogênico, ácido ferúlico, além de flavonoides como a rutina. A toxicidade celular bem como a atividade antiviral dos extratos de própolis em monocamadas de células MDBK (Madin-Darby Bovine Kidney foi avaliada através de observação microscópica e quantificada pelo teste de MTT (3-(4,5 dimetiltiazol-2yl-2-5-difenil-2H tetrazolato de bromo. O extrato de própolis de abelhas jataí demonstrou ser menos citotóxico (1,57μg/mL, quando comparado aos extratos verde (0,78μg/mL e marrom (0,39μg/mL. Quanto a atividade antiviral, a própolis verde demostrou maior eficácia em ambos os tratamentos celulares (pós e pré-exposição frente ao BoHV-1 em relação aos outros extratos, ou seja, houve maior viabilidade celular quando comparada aos controles de células e vírus. Já a de jataí apresentou atividade frente aos dois vírus (BoHV-1 e BVDV no método pré-infecção, enquanto a própolis marrom demonstrou ação apenas frente ao BoHV-1 também no método pré-infecção. Para determinação da atividade virucida foram utilizadas diferentes diluições dos vírus, bem como temperaturas e tempos distintos de incubação. A própolis verde a 37°C propiciou a maior redução no título viral (4,33log em

  4. Tratamento para o combate do forídeo Pseudohypocera kerteszi em Melipona quadrifasciata Lep Treatment against the forid fly Pseudohypocera kerteszi in Melipona quadrifasciata Regional Lep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Moretto

    2000-05-01

    Full Text Available O forideo P. kerteszi é uma praga que ataca principalmente as crias de abelhas sociais. As conseqüências do ataque vão desde o enfraquecimento até o extermínio total da colônia de abelhas. O objetivo deste trabalho foi a criação de uma metodologia que permita a erradicação deste parasita quando estiver atacando colônias de abelhas melipona. Três colônias de M. quadrifasciata parasitadas com o forídeo foram tratadas com solução de mel de meliponídeos ou vinagre associada ao veneno de mosca oktrine. Um frasco contendo essa solução foi colocado entre o ninho e a lixeira em colmeias do modelo Uberlândia. Uma tela de malha que não permitisse a passagem das abelhas foi colocada entre o ninho e a lixeira. Por um período de três a sete dias foram encontrados forídeos mortos dentro ou próximo à solução.The forid fly P. kerteszi is a pest that mainly attacks the brood of social bees. The consequences of this attack range from weakening to total extermination of bee colonies. The objective of the present study was to develop a methodology that would eradicate this pest when P. kerteszi is parasitizing colonies of Melipona bees. Three M. quadrifasciata colonies parasitized with the forid fly were treated with a solution of meliponid honey or vinegar in combination with the oktrine fly poison. A flask containing this solution was placed between the nest and a garbage tray separated by a mesh net that would permit the passage of forid flies but not of bees. Dead forid flies inside or close to the solution were found daily for a period of three to seven days.

  5. VIGOR JUVENIL EM PROGÊNIES DE ERVA-MATE (Ilex paraguariensis A. St.-Hil. NATIVAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raul Alffonso Rodrigues Roa

    2007-03-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou estimar parâmetros e valores genéticos para caracteres altura, diâmetro e sobrevivência de progênies de erva-mate em fase inicial de desenvolvimento, com vistas ao estabelecimento de teste de progênie em área indígena Kaiowá e Guarani, visando à seleção de materiais genéticos adaptados ao local. As sementes foram coletadas de trinta matrizes nativas de polinização aberta no município de Caarapó, MS. As progênies de meio-irmãos foram estabelecidas no viveiro da COMFLORA Reflorestadora, em Ponta Porã, MS, sob delineamento de blocos ao acaso, com trinta tratamentos (progênies, cinco repetições e dez plantas por parcela em linhas simples. Aos 8 meses de idade, foram avaliados os caracteres: altura total das mudas, diâmetro do coleto e sobrevivência. Os valores obtidos de herdabilidades individual (0,48; 0,55 e 0,79 e para média de progênies (0,74; 0,87 e 0,90 para os caracteres altura, diâmetro e sobrevivência, respectivamente, foram expressivos, sugerindo grandes chances de progresso genético na seqüência das avaliações. Ganhos genéticos preditos de 46,26% foram obtidos para o caracter altura e 38,61% para o caracter diâmetro, com a seleção dos dez melhores indivíduos. Os coeficientes de variação genética individual (CVgi% para os caracteres altura (25,24 e diâmetro (18,48 são considerados valores elevados, o que denota a ocorrência de uma expressão genética desejável para o programa de melhoramento genético. Os ganhos genéticos com seleção para a idade avaliada estimulam a utilização desse germoplasma e a continuidade das avaliações em idades mais avançadas.

  6. Avaliação dos atributos físicos de um Nitossolo Vermelho distroférrico sob sistema plantio direto, preparo convencional e mata nativa Evaluation of physical attributes of a dystrophic Red Nitosol under no-tillage, conventional tillage and native forest systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Lara de Assis

    2005-07-01

    Full Text Available Com o aumento do tempo de uso do sistema plantio direto (SPD, atributos físicos do solo são modificados; entretanto, os efeitos ainda não estão bem quantificados. O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito do tempo de adoção do sistema plantio direto, comparativamente com área de mata nativa e preparo convencional, usando atributos físicos do solo em um Nitossolo Vermelho distroférrico. Os sistemas de manejo estudados foram: mata nativa (MN, preparo convencional (PC, plantio direto com um ano (PD1, plantio direto com quatro anos (PD4, plantio direto com cinco anos (PD5 e plantio direto com 12 anos (PD12. Os valores de densidade do solo foram menores na profundidade de 0-5 cm em relação a 10-15 cm para todos os sistemas. Os sistemas de manejo MN e PD12, na profundidade de 0-5 cm, apresentaram densidade do solo inferior à dos demais sistemas. O diâmetro médio geométrico (DMG dos agregados do solo foi crescente com o tempo de adoção do sistema plantio direto, na profundidade de 0-5 cm, e a mata nativa (MN apresentou maior DMG em ambas as profundidades. O tempo de adoção do SPD não promoveu diferenciação na porosidade total. O PD12 apresentou aumento da macroporosidade e diminuição da microporosidade na profundidade de 0-5 cm em relação aos demais sistemas. A resistência do solo à penetração não apresentou tendência predominante de variação com o tempo de adoção no SPD, tampouco em relação ao tipo de preparo. Os sistemas PD12 e MN apresentaram maiores velocidades de infiltração tridimensional de água no solo e condutividade hidráulica do solo saturado.As the time of adoption of no-tillage systems lengthens thee occur modification in soil physical attributes; however, these effects are not well quantified yet. The present study had the objective to evaluate the effect of time of adoption of a no-tillage system, compared to native forest and a conventional tillage system using physical attributes of

  7. Floração, produção de néctar e abelhas visitantes de Eriope blanchetii (Lamiaceae em dunas costeiras, Nordeste do Brasil Flowering, nectar production and visiting bees of Eriope blanchetii (Lamiaceae, in sand dunes, northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Oliveira da Silva

    2007-03-01

    Full Text Available As observações sobre a floração, produção de néctar e abelhas visitantes foram realizadas entre outubro de 1999 e outubro de 2000, em uma população natural de Eriope blanchetii (Benth Harley (Lamiaceae distribuída em dunas litorâneas, Salvador (12º56'S, 38º21'W, Bahia. Entre as 15 espécies de abelhas registradas, predominaram aquelas de porte corporal médio e grande. Os polinizadores efetivos são Xylocopa cearensis Ducke, 1910 e Colletes petropolitanus Dalla Torre, 1896, considerando seu tamanho, comportamento e freqüência nas flores. A floração contínua da população de E. blanchetii e o grau de sincronia, duração e intensidade da floração entre os indivíduos estimula o movimento interplanta e o transporte de pólen pelos polinizadores com diferentes demandas energéticas e comportamento generalista. A deposição de pólen ocorre na região ventral do corpo do polinizador na região que contata as anteras e o estigma durante o forrageio, mas apenas C. petropolitanus transportou exclusivamente pólen de E. blanchetii. O pólen, removido principalmente durante a fase masculina é, posteriormente, depositado em flores com estigmas receptivos durante a fase feminina. Entre maio e outubro de 2000, o volume de néctar variou de 0,01 a 0,98 ml sendo maior na fase masculina (U=2972,5; P0.05 e entre aquelas ensacadas e não ensacadas (U=3632; P>0.05 não foi significativa. O padrão de floração, a produção e acessibilidade do néctar tornam as flores de E. blanchetii atrativas aos seus polinizadores potenciais.Observations on nectar production, flowering and visiting bees were conducted from October 1999 to October 2000 in a wild population of Eriope blanchetii (Benth Harley (Lamiaceae located at Abaeté sand dunes (12º56'S, 38º21'W, in Salvador, Bahia. Fifteen bee species were collected with those varying from medium to large-sized being predominant. The effective pollinators were Xylocopa cearensis Ducke, 1910 and

  8. Perfil sensorial e aceitabilidade de méis de abelhas sem ferrão submetidos a processos de conservação Sensorial profile and acceptability of stingless bee honey submitted to conservation processes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geni da Silva Sodré

    2008-12-01

    Full Text Available O presente trabalho avaliou o perfil sensorial e a aceitabilidade de méis de abelhas sem ferrão submetidos a dois processos de conservação, objetivando obter maior vida de prateleira. Foram utilizadas amostras de méis de Melipona scutellaris e M. quadrifasciata, coletadas no Estado da Bahia entre dezembro de 2005 e janeiro de 2006. As amostras foram submetidas aos processos de pasteurização e desumidificação, passando em seguida por avaliação sensorial. O perfil sensorial foi determinado no Laboratório de Entomologia do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, em Cruz das Almas, Estado da Bahia. Os atributos analisados foram: fluidez, cor, aroma, cristalização, sabor e aceitabilidade. Os resultados mostraram que os processos de conservação utilizados não interferem no perfil sensorial e na aceitabilidade do produto.The present work was conducted to evaluate the sensorial profile and the acceptability of the honey of stingless bees submitted to two conservation processes seeking to obtain longer shelf life. The samples of Melipona scutellaris and M. quadrifasciata honey were collected in the State of Bahia, Brazil, between December 2005 and January 2006. The samples were first submitted to pasteurization and dehumidification processes and then to sensorial evaluation. The sensorial profile was determined in the Laboratory of Entomology in the Center for Agrarian, Biological, and Environmental Sciences of the Federal University of Recôncavo Bahiano, in Cruz das Almas, in the state of Bahia. The analyzed attributes were: fluidity, color, scent, crystallization, flavour, and acceptability. The results show that the conservation processes used do not interfere with the sensorial profile and the product acceptability.

  9. Caracterização físico-química e sensorial de Amostras de mel de abelhas africanizadas (Apis mellifera L. produzidas em quatros áreas do município de Apodi/RN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wedson de Lima Tôrres

    2013-11-01

    Full Text Available No presente trabalho objetivou-se avaliar, mediante análises físico-química e sensoriais, a qualidade de oito amostras de méis silvestres multiflorais de abelhas africanizadas (Apis mellifera L., produzidos em quatros áreas de diferentes solos do município de Apodi.  A maioria das amostras apresentou padrões de qualidade de acordo com a legisla­ção brasileira em vigor, evidenciando ser apropriada ao consumo humano, o que possi­bilita a produção de mel em escala comercial nas regiões rurais desse município. Entre o principal destaque dos parâmetros analisados está o alto teor de umidade  para as áreas do vale e pedra que ficou entre 20,0% e 21,0%, com valor médio de 18,92%. E baixo teor de umidade para as áreas da areia e chapada com média de 19,0%.  Na análise sensorial, realizada com todas as amostras observou-se que a maioria gostou da impressão geral desse produto apícola, afirmando que provavelmente compraria o produto. Com relação ao atributo sabor, foi verificado que parte dos provadores aprovam que os méis possuem uma baixa acidez, baixa adstringência e é pouco amargo, por outro lado afirmam que  é medianamente doce  e  pouco picante. Por intermédio dos resultados obtidos, pode-se concluir que a maioria dos méis analisados neste trabalho está adequada para o consumo humano e com boa aceitabilidade pelo consumidor. Dessa forma, é possível fomentar o desenvolvimento da apicultura com qualidade em todos esses quatros área geográfica do município de apodi.

  10. Honey bee contribution to canola pollination in Southern Brazil Abelhas melíferas na polinização de canola no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Annelise de Souza Rosa

    2011-04-01

    visitantes florais registrados destacaram-se representantes de Hymenoptera (92,3%, dos quais 99,8% eram A. mellifera. A relação entre essas abelhas e o curso da floração foi positiva (r = 0,87; p = 0,002. A indução de polinização elevou a produtividade de sementes de 28,3% (autogamia para 50,4% com livre visita de insetos e com polinização manual, respectivamente, para 48,7 (geitonogamia e 55,1% (xenogamia.

  11. The mitochondrial genome of the stingless bee Melipona bicolor (Hymenoptera, Apidae, Meliponini: sequence, gene organization and a unique tRNA translocation event conserved across the tribe Meliponini

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Silvestre

    2008-01-01

    Full Text Available At present a complete mtDNA sequence has been reported for only two hymenopterans, the Old World honey bee, Apis mellifera and the sawfly Perga condei. Among the bee group, the tribe Meliponini (stingless bees has some distinction due to its Pantropical distribution, great number of species and large importance as main pollinators in several ecosystems, including the Brazilian rain forest. However few molecular studies have been conducted on this group of bees and few sequence data from mitochondrial genomes have been described. In this project, we PCR amplified and sequenced 78% of the mitochondrial genome of the stingless bee Melipona bicolor (Apidae, Meliponini. The sequenced region contains all of the 13 mitochondrial protein-coding genes, 18 of 22 tRNA genes, and both rRNA genes (one of them was partially sequenced. We also report the genome organization (gene content and order, gene translation, genetic code, and other molecular features, such as base frequencies, codon usage, gene initiation and termination. We compare these characteristics of M. bicolor to those of the mitochondrial genome of A. mellifera and other insects. A highly biased A+T content is a typical characteristic of the A. mellifera mitochondrial genome and it was even more extreme in that of M. bicolor. Length and compositional differences between M. bicolor and A. mellifera genes were detected and the gene order was compared. Eleven tRNA gene translocations were observed between these two species. This latter finding was surprising, considering the taxonomic proximity of these two bee tribes. The tRNA Lys gene translocation was investigated within Meliponini and showed high conservation across the Pantropical range of the tribe.

  12. Biomassa microbiana e atividade enzimática em solos sob vegetação nativa e sistemas agrícolas anuais e perenes na região de Primavera do Leste (MT Microbial biomass and enzyme activities in soils under native vegetation and under annual and perennial cropping systems at the Primavera do Leste region - Mato Grosso State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Matsuoka

    2003-06-01

    Full Text Available Primavera do Leste é um dos pólos de produção de grãos e fibras do Mato Grosso, com lavouras altamente tecnificadas. Este estudo foi realizado num Latossolo Vermelho-Amarelo da região de Primavera, com objetivo de avaliar a biomassa e a atividade microbiana de solos sob vegetação nativa e sistemas agrícolas anuais e perenes. As amostras de solo foram coletadas em duas profundidades (0-5 e 5-20 cm, no início da estação chuvosa, em áreas sob cultivo de videira (Vitis vinifera, entrelinha e linha, cultivos anuais (soja e em uma área de vegetação nativa de Cerradão. Foram avaliados o carbono da biomassa microbiana (CBM, carbono prontamente mineralizável e as atividades das enzimas beta-glucosidase, fosfatase ácida e arilsulfatase. Nas duas profundidades avaliadas, os sistemas de uso do solo com culturas perenes e anuais apresentaram reduções médias de 70 % no CBM, em relação à área sob vegetação nativa. O manejo diferenciado na entrelinha do parreiral e a utilização do capim-pé-de-galinha (Eleusine indica, como cobertura viva, proporcionaram aumentos no C mineralizável e na atividade das enzimas beta-glucosidase e arilsulfatase nas duas profundidades. Os níveis médios de P no solo sob Cerradão resultaram em valores de atividade da fosfatase ácida inferiores aos dos observados em outros locais do Cerrado. Mesmo assim, na profundidade de 0-5 cm, a atividade da fosfatase ácida no Cerradão foi superior à da entrelinha do parreiral (VE e à da área com culturas anuais, demonstrando a sua importância na mineralização do fósforo orgânico em áreas sob vegetação nativa. Os resultados obtidos confirmaram a sensibilidade dos parâmetros microbiológicos e bioquímicos para identificar alterações no solo de acordo com os diferentes sistemas de uso da terra.Primavera do Leste is one of the most important farming areas of Mato Grosso State. This study was carried out in a Red-Yellow Latosol to evaluate the

  13. Repertoire of Defensive Behavior in Africanized Honey Bees (Hymenoptera – Apidae: Variations in Defensive Standard and Influence of Visual Stimuli

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Pinto

    2016-04-01

    Resumo. As abelhas africanizadas (AHB são conhecidas por sua alta produtividade e tolerância a patógenos e parasitas como o ácaro Varroa destructor. Em contraste às características vantajosas, as AHB são consideradas altamente defensivas necessitando de certos cuidados em seu manejo. Entretanto, poucos estudos relatam características específicas sobre os padrões de comportamento de AHB na apicultura brasileira. Nesse contexto, o objetivo do trabalho foi avaliar o repertório do comportamento defensivo (DB em AHB, identificando a importância de condições climáticas e estímulos visuais nesta característica, bem como gradiente de agressividade dentre as colônias. Os aspectos relacionados ao comportamento defensivo foram avaliados pelo método de Stort com adaptações. Foram encontradas diferenças entre as colônias em relação à velocidade do primeiro ataque e intensidade de ataque (p<0.05%, por outro lado os padrões de DB não foram afetados pela variação de temperatura durante os períodos de avaliação. Todos os ataques se iniciaram pela parte preta da esfera alvo, contudo após o primeiro ataque ambos os lados (preto e branco sofreram ataques. Tal fato indica que embora as pistas visuais possuam um papel relavente na defesa das colônias, sinais químicos (feromônios de alarme atuam na manutenção e aumento do possível alvo. Pôde-se também identificar uma grande variação nos padrões defensivos dentre as colônias estudadas, fator esperado devido a grande variabilidade genética presente em AHB. Por sua vez, a avaliação do DB possui um importante papel na seleção e melhoramento de colônias visando à seleção de características benéficas como alta produtividade de mel e baixa agressividade durante o manejo.

  14. Busy Bees: Variation in Insect Flower-Visiting Rates across Multiple Plant Species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margaret J. Couvillon

    2015-01-01

    Full Text Available We quantified insect visitation rates by counting how many flowers/inflorescences were probed per unit time for five plant species (four native and one garden: California lilac, bramble, ragwort, wild marjoram, and ivy growing in Sussex, United Kingdom, by following individual insects (n=2987 from nine functional groups (honey bees (Apis mellifera, bumble bees (Bombus spp., hoverflies, flies, butterflies, beetles, wasps, non-Apidae bees, and moths. Additionally, we made a census of the insect diversity on the studied plant species. Overall we found that insect groups differed greatly in their rate of flower visits (P<2.2e-16, with bumble bees and honey bees visiting significantly more flowers per time (11.5 and 9.2 flowers/minute, resp. than the other insect groups. Additionally, we report on a within-group difference in the non-Apidae bees, where the genus Osmia, which is often suggested as an alternative to honey bees as a managed pollinator, was very speedy (13.4 flowers/minute compared to the other non-Apidae bees (4.3 flowers/minute. Our census showed that the plants attracted a range of insects, with the honey bee as the most abundant visitor (34%. Therefore, rate differences cannot be explained by particular specializations. Lastly, we discuss potential implications of our conclusions for pollination.

  15. The effect of heat and smoke on the emergence of exotic and native seedlings in a Mediterranean fire-free matorral of central Chile Efecto del calor y el humo sobre la emergencia de plántulas exóticas y nativas en un matorral mediterráneo libre de fuego en Chile central

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JAVIER A FIGUEROA

    2012-03-01

    material leñoso sobre la emergencia de especies de plantas nativas y exóticas en muestras de suelo obtenidas en un matorral siempreverde de Chile central que ha estado libre de fuego por décadas, ubicado en el piedemonte occidental de la Cordillera de los Andes en San Carlos de Apoquindo. Las muestras fueron secadas y almacenadas en condiciones de laboratorio, inmediatamente después de las colectas. En cada uno de los dos transectos, diez muestras fueron aleatoriamente elegidas para la aplicación de los siguientes tratamientos: (1 golpe de calor, (2 humo producido por material vegetal, (3 calor y humo combinado, y (4 control, que corresponde a muestras que no fueron tratadas. Veinte y siete especies, que representan a 13 familias, emergieron de las muestras de suelo. Las familias más abundantes fueron Asteraceae y Poaceae. Todas las especies que emergieron fueron especies herbáceas y 18 fueron exóticas. Respecto a la hipótesis general, no hay evidencias para postular que el matorral libre de incendios tienen una menor proporción de especies exóticas y nativas con señales relacionadas al fuego que el matorral sometido a fuegos. El número promedio de especies que emergieron desde las muestras de suelo no cambiaron significativamente con respecto al control para ninguno de los tratamientos aplicados, ya sea entre las nativas y las exóticas. No obstante, importante respuestas especie específica fueron observadas. El humo y el humo-calor combinado incremetó significativamente la emergencia de la especie exótica Anthriscus caucalis. Mientras las señales relativas al humo incrementaron significativamente la emergencia de la especie exótica Avena barbata, la emergencia disminuyó en la exótica Aphanes arvensis y en la nativa Bromus berteroanus. En varias especies nuestros resultados mostraron respuestas inconsistentes a las señales relacionadas al fuego, comparadas a esas registradas en la literatura. Nosotros sugerimos que estas diferencias pueden estar

  16. Efecto de las cepas nativas Paecilomyces sp. (Bainier y Lecanicillium sp. (Zimm en el control de Carmenta foraseminis Eichlin (Lepidoptera: Sesiidae en cultivos de cacao (Theobroma cacao L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilmer Figueroa Medina

    2013-07-01

    Full Text Available El pasador del fruto, Carmenta foraseminis Eichlin, es un insecto que ha acentuado su ataque en cultivos de cacao (Theobroma cacao L. en los últimos años en Norte de Santander (Colombia. El objetivo de este estudio fue evaluar la patogenicidad de las cepas nativas Giav-3 Paecilomyces sp. y Giav-4 Lecanicillium sp. sobre larvas de C. foraseminis. Para el efecto, se realizaron aislamientos a partir de muestras de suelo recolectadas en el municipio de Tibú, Norte de Santander. Después de obtenidos los cultivos puros se procedió a la caracterización macroscópica y microscópica para la identificación del género de los aislados mediante claves taxonómicas. La infección fue realizada mediante inmersión de larvas en las suspensiones de los aislados en concentraciones de 0, 10(6, 10(7 y 10(8 conidios/ml. En ambos aislados se observó una tendencia lineal respecto a la mortalidad, la cual fue directamente proporcional a las concentraciones del inóculo. La CL50 y CL90 para Giav-3 fue de 10(6.95 y 10(8.70 conidios/ml y para Giav-4 de 10(6.6 y 10(8.04 conidios/ml, respectivamente. Lo cual indica que esta última requirió la menor concentración de inóculo para eliminar el 50% y 90% de la población tratada, lo que supone una mayor efectividad contra las larvas.

  17. Produção de fitomassa e atributos químicos do solo sob cultivo em aléias e sob vegetação nativa de cerrado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. L. Mafra

    1998-03-01

    Full Text Available Os sistemas agroflorestais podem aliar produção de alimentos com conservação dos recursos naturais, buscando economia de fertilizantes a partir da reciclagem de nutrientes. A produção de fitomassa e o aporte de nutrientes foram quantificados num cultivo em aléias e em área de vegetação nativa de cerrado em Botucatu (SP, com vistas em verificar as influências do sistema agroflorestal nos atributos químicos do solo. A leucena foi plantada em linhas em 1987, com espaçamento de 6 m, após calagem e aplicação de P. As linhas da leguminosa foram podadas anualmente, permitindo o cultivo intercalar de centeio + aveia e milho + feijão, durante a estação seca e chuvosa, respectivamente. A produção anual de fitomassa no sistema agroflorestal foi de 11.036 kg ha-1 de massa seca, com um aporte mineral pelas plantas de (kg ha-1 149,0 de N, 9,4 de P, 70,0 de K, 75,2 de Ca e 31,1 de Mg. O pH do solo e os teores de Ca e Mg nesse sistema foram superiores aos do cerrado, o que se atribuiu ao efeito do calcário. A adubação verde, principalmente a fitomassa da leucena, colaborou na alteração dos teores de matéria orgânica, N e P no solo sob cultivo em aléias.

  18. Efeito de Brachiaria decumbens na herbivoria e no desenvolvimento de duas leguminosas nativas de cerrado Effect of Brachiaria decumbens on herbivory and development of two cerrado native leguminosae species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C.V. Pires

    2012-12-01

    Full Text Available Este estudo avaliou o impacto da presença da gramínea exótica (Brachiaria decumbens na herbivoria e no desenvolvimento de plântulas de espécies nativas (Hymenaea stigonocarpa e Dipteryx alata de Cerrado. Para avaliar o impacto da presença da gramínea, 10 blocos em pastagem (antiga área de Cerrado na Embrapa Gado de Corte (Campo Grande-MS foram demarcados em janeiro de 2009. As gramíneas foram mantidas intactas em metade dos blocos e, na outra metade, foram removidas. Em cada tratamento, foram avaliados a herbivoria, a altura e o diâmetro na altura do solo (DAS de 25 plântulas de cada espécie ao longo do ano. O conteúdo de carbono, nitrogênio e água das folhas também foi quantificado. Plântulas de Hymenaea stigonocarpa nos tratamentos com gramínea tiveram maior taxa de crescimento em diâmetro que as plântulas no tratamento sem gramíneas. As plântulas de Dipteryx alata que estavam no tratamento sem gramíneas tiveram maiores taxas de crescimento em altura que as do tratamento com gramíneas. Houve diferença na taxa de herbivoria de D.alata entre os tratamentos. As plântulas das duas espécies que estavam no tratamento com gramínea mostraram maiores concentrações de carbono e menores de água. O conteúdo de nitrogênio foliar foi maior no tratamento com gramíneas que no sem gramíneas em D.alata; já o nitrogênio em H. stigonocarpa não variou entre os tratamentos. Esses resultados mostram que cada espécie nativa possui distintas respostas fisiológicas e suscetibilidade à herbivoria em ambientes sob competição de recursos com a gramínea exótica, B. decumbens.This study evaluated the impact of the presence of the exotic grass (Brachiaria decumbens on the herbivory and development of seedlings of native species (Hymenaea stigonocarpa and Dipteryx alata of the Cerrado. Thus, 10 pasture plots (former Cerrado at the Embrapa Gado de Corte (Campo Grande-MS were demarcated in January 2009. The grasses were kept intact

  19. Ecologia da polinização de Ipomoea asarifolia (Ders. Roem. & Schult. (Convolvulaceae na região semi-árida de Pernambuco Pollination ecology of Ipomoea asarifolia (Ders. Roem. & Schult. (Convolvulaceae in the semi-arid area of Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Helena Piedade Kiill

    2003-09-01

    Full Text Available O presente trabalho foi desenvolvido no período de março/1995 a julho/1997, com o objetivo de estudar aspectos da fenologia, polinização e reprodução de Ipomoea asarifolia, na Fazenda Catalunha, Santa Maria da Boa Vista, PE. I. asarifolia é uma liana perene, com hábito exclusivamente rasteiro e floração registrada no período de março a outubro, caracterizada como do tipo cornucópia. As flores estão reunidas em cimeiras, são infundibuliformes, de cor rosa com as mesopétalas magenta, que funcionam como guias de néctar. A antese é diurna (5:30 e 6:00h e a duração das flores é de aproximadamente seis horas. A quantidade de néctar secretada por flor é inferior a 1µl. Abelhas Megachilidae e Apidae foram os principais visitantes desta Convolvulaceae. Liturge huberi Ducke foi considerada polinizador efetivo e Acamptopoeum prinii Holm. e Diadasina riparia Ducke polinizadores ocasionais. Quanto ao sistema de reprodução, I. asarifolia é autoincompatível, produzindo frutos e sementes viáveis somente após polinização cruzada. Os testes de crescimento de tubo polínico mostraram que, após 10 horas, há tubos polínicos na micrópila de óvulos autopolinizados e daqueles submetidos à polinização cruzada, sugerindo que se trata de um sistema de incompatibilidade tardia. Os testes de germinação mostraram que somente as sementes obtidas em condições naturais (93,3% e nos experimentos de polinização cruzada (100% foram viáveis, reforçando os dados obtidos no sistema de reprodução.The present work was carried out during March/1995 to July/1997, to study aspects of the phenology, pollination and reproduction of Ipomoea asarifolia growing at Fazenda Catalunha, Santa Maria da Boa Vista, PE. I. asarifolia is a perennial creeping liana with floration registered in the period of March to October, characterized as a cornucopian pattern of flowering. The flowers are gathered in cymes, with a pink funnel-like corolla with

  20. Biologia floral e sistema reprodutivo de Gliricidia sepium (Jacq. Steud. (Fabaceae- Papilionoidae na região de Petrolina, Pernambuco Floral biology and reproductive system of Gliricidia sepium (Jacq. Steud. (Fabaceae-Papilionoidae in region of Petrolina, Pernambuco state, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Helena Piedade Kiill

    2001-08-01

    Full Text Available Aspectos da biologia da polinização e do sistema de reprodução de Gliricidia sepium foram estudados no período de março a dezembro de 1999, entre 05:30 e 17:00h., em uma população introduzida na Embrapa Semi-Árido (Petrolina, estado de Pernambuco. Quinze indivíduos da população foram marcados e acompanhados quinzenalmente para as observações dos estudos fenológicos. Para o estudo da morfologia e biologia florais, flores e inflorescências foram marcadas e acompanhadas até a formação dos frutos. Os visitantes florais foram observados ao longo do período do experimento, anotando-se a freqüência, o horário e a duração de suas visitas. G. sepium apresenta floração anual do tipo "cornucópia", com pico desta fenofase no mês de agosto. As flores estão reunidas em racemos axilares, com desenvolvimento centrípeto, ocorrendo a antese de 5 a 45 flores/dia. As flores apresentam a formação típica das papilionáceas, com corola de cor magenta, com a parte central do estandarte de cor creme, o qual funciona como guia de néctar. A antese é diurna, ocorrendo por volta da 06:00h, e a duração das flores é de aproximadamente 10 horas. Abelhas Apidae e Anthophoridae e lepidópteros Hesperiidae são os visitantes mais freqüentes, sendo Xylocopa griscesens, X. frontalis e Eulaema nigrita consideradas como principais polinizadores desta espécie. Quanto ao sistema de reprodução, G. sepium é xenôgama obrigatória, produzindo frutos e sementes somente após polinização cruzada (51,6%.The aspects of floral biology and reproductive system of Gliricidia sepium were studied from March to October of 1999, from 5:30am to 5:00pm, in an introduced population at Embrapa Semi-Árido, Petrolina, in the State of Pernambuco, Brazil. Fifteen plants were marked and observed every two weeks for the study of phenology. For the study of floral biology and morphology, flowers and inflorescences were marked and observed until fruit set. The

  1. Sistema de polinização e reprodução de Byrsonima sericea DC (Malpighiaceae Pollination and reproductive system of Byrsonima sericea DC (Malpighiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Almeida Gomes Teixeira

    2000-12-01

    Full Text Available A polinização, o sistema reprodutivo e a fenologia de floração de Byrsonima sericea, foram estudados no período de outubro/1997 a fevereiro/1998 na Reserva Ecológica de Dois Irmãos, Recife (PE. Byrsonima sericea possui porte arbóreo (3 a 20m, com período de floração de outubro a fevereiro. As flores são hermafroditas, zigomorfas, agrupadas em inflorescências do tipo racemo terminal. A corola é amarela e possui cinco pétalas unguiculadas, sendo a superior modificada em forma de estandarte. O cálice é formado por cinco sépalas com dez glândulas epiteliais produtoras de óleo, os elaióforos. Em alguns indivíduos essas glândulas são ausentes. O androceu é formado por dez estames, com anteras rimosas e deiscência ocorrendo em fase de pré-antese floral. A viabilidade dos grãos de pólen foi de 93,3% e 98,3%, em indivíduos com e sem elaióforos, respectivamente, sendo o número de grãos de pólen por antera de 1.216,66 e 923,33 e a razão pólen/óvulo (P/O de 308.000 e 405.500. Como visitantes das flores, observaram-se abelhas pertencentes às famílias Anthophoridae (coletoras de óleo e pólen, Apidae e Halictidae (somente pólen. Baseando-se nas estratégias e recompensas florais (óleo e pólen, elevada razão P/O e, principalmente, na ausência de formação de frutos nos experimentos de autopolinização, conclui-se que esta espécie é xenógama.The pollination, the reproductive system and the flowering phenology of Byrsonima sericea DC. were studied from October/1997 to February/1998 in the Ecological Reserve of "Dois Irmãos", in Recife (PE. Byrsonima sericea is a woody species (3-20 m tall, flowering from October to February. The flowers are hermaphrodites, zygomorphic, arranged in terminal inflorescence, of the raceme type. The corolla is yellow and has five clawed and fringed petals. The superior one is modified as a flag. The calyx has five sepals with 10 elliptic epithelial oil glands, the elaiophores. In

  2. Tecnologias usadas no Brasil para a recuperaçao de sementes crioulas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Emerson Zúñiga Mosquera

    2014-12-01

    Full Text Available Esta investigación tuvo como objetivo caracterizar los procesos de implementación y administración de las tecnologías para la conservación local de las semillas nativas. Las semillas nativas representan una alternativa importante para los agricultores, pues son el resultado de un largo proceso de adaptación a diferentes condiciones ambientales, además son esenciales para los consumidores toda vez que son una garantía de la bioseguridad y seguridad alimentaria. El uso de semillas nativas se ha reforzado con los movimientos y las instituciones vinculados a la agroecología, así como con las familias de los agricultores, que en los últimos años las han estado conservando a través de diferentes tecnologías; estas acciones tienen el objetivo de extender las semillas nativas y variedades locales a los agricultores promoviendo prácticas de la autonomía y la resistencia al avance de los transgénicos.

  3. Diversity of bees (Hymenoptera, Apiformes in extensive orchards in the highlands of Jordan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Al-Ghzawi, A.

    2014-09-01

    Full Text Available Bees visiting the blossoms of fruit trees were surveyed for the first time in Jordan. A transect was determined in Ebbin village in Ajlun (32° 22″ N, 35° 49″ E where the bees were collected from blossoms of stone fruit trees. Most of the specimens were identified up to the species level and few specimens were identified up to the genus level only. A total of 1,461 specimens were collected during the study period and 53 bee species were identified and recorded for the first time in Jordan. The collected species represented five families: Apidae, Megachilidae, Halictidae, Andrenidae and Colletidae. The results showed that Apidae and Megachilidae were the largest in terms of diversity, while Halictidae showed the highest abundance.

  4. Two acute kidney injury risk scores for critically ill cancer patients undergoing non-cardiac surgery.

    Science.gov (United States)

    Xing, Xue-Zhong; Wang, Hai-Jun; Huang, Chu-Lin; Yang, Quan-Hui; Qu, Shi-Ning; Zhang, Hao; Wang, Hao; Gao, Yong; Xiao, Qing-Ling; Sun, Ke-Lin

    2012-01-01

    Several risk scoures have been used in predicting acute kidney injury (AKI) of patients undergoing general or specific operations such as cardiac surgery. This study aimed to evaluate the use of two AKI risk scores in patients who underwent non-cardiac surgery but required intensive care. The clinical data of patients who had been admitted to ICU during the first 24 hours of ICU stay between September 2009 and August 2010 at the Cancer Institute, Chinese Academy of Medical Sciences & Peking Union Medical College were retrospectively collected and analyzed. AKI was diagnosed based on the acute kidney injury network (AKIN) criteria. Two AKI risk scores were calculated: Kheterpal and Abelha factors. The incidence of AKI was 10.3%. Patients who developed AKI had a increased ICU mortality of 10.9% vs. 1.0% and an in-hospital mortality of 13.0 vs. 1.5%, compared with those without AKI. There was a significant difference between the classification of Kheterpal's AKI risk scores and the occurrence of AKI (PAbelha's AKI risk scores and the occurrence of AKI (P=0.499). Receiver operating characteristic curves demonstrated an area under the curve of 0.655±0.043 (P=0.001, 95% confidence interval: 0.571-0.739) for Kheterpal's AKI risk score and 0.507±0.044 (P=0.879, 95% confidence interval: 0.422-0.592) for Abelha's AKI risk score. Kheterpal's AKI risk scores are more accurate than Abelha's AKI risk scores in predicting the occurrence of AKI in patients undergoing non-cardiac surgery with moderate predictive capability.

  5. Utilização de eucaliptos e de madeiras nativas no armazenamento da aguardente de cana-de-açúcar Use of wood of Eucalyptus sp and native in the storage of the sugar cane spirit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Akira Mori

    2003-12-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo avaliar madeiras de diferentes espécies de eucaliptos e de madeiras nativas na construção de barris para o armazenamento da aguardente de cana-de-açúcar. Foram estudadas as propriedades químicas, anatômicas e físicas das madeiras e realizadas análises físico-químicas das aguardentes após doze meses de armazenamento. Os barris construídos com madeiras de eucaliptos apresentaram pouca permeabilidade a líquidos e também uma baixa estabilidade dimensional, provocando o descarte de grande parte deles. A análise química das diferentes madeiras de eucaliptos mostraram constituição constante em termos de polissacarídeos e lignina, diferindo no teor de extrativos, que é mais elevado em relação à madeira de carvalho. As análises físico-químicas das aguardentes armazenadas nestas madeiras apresentaram padrão de qualidade conforme a lei vigente, indicando o potencial da utilização desta madeira como barris para o armazenamento da aguardente. As madeiras nativas estudadas apresentaram baixa instabilidade dimensional e quase nenhum tipo de vazamento. A análise química destas madeiras também mostrou constituição constante em termos de polissacarídeos e lignina, e diferenças entre teores de extrativos, que foi também mais alto em relação a madeira de carvalho.As análises físico-químicas das aguardentes armazenadas nessas madeiras também apresentaram padrão normal segundo a lei vigente.The aim of this work was to evaluate different species of Eucalyptus and of native wood to make barrels for storage of sugar cane spirit. It was studied the chemical, anatomical and physical properties of the woods and made physical-chemical analyses of the sugar cane spirit storage during twelve months. The barrels made with wood of Eucalyptus presented little permeabilidade to liquids and a low dimensional estability, provoking discard of great part of them. The chemical composition of the different

  6. Origem botânica de cargas de pólen de colmeias de abelhas africanizadas em Piracicaba, SP Botanic origin of pollen beehives’ loads from Africanized honeybees in Piracicaba, SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Frida Hatsue Modro

    2011-11-01

    Full Text Available Este estudo objetivou identificar a origem botânica das cargas de pólen coletadas por abelhas africanizadas. Em Piracicaba (SP, foram instaladas, durante as quatro estações do ano, cinco colmeias de A. mellifera com um coletor de pólen frontal em cada uma. A preparação palinológica foi pelo uso de acetólise, sendo identificados e contados aproximadamente 900 grãos de pólen por amostra. A partir da composição polínica, calculou-se a riqueza, os índices de diversidade e equitabilidade. Ao longo do ano, foram encontrados 81 tipos polínicos, pertencentes a 32 famílias botânicas sendo Fabaceae, Asteraceae e Malvaceae, as famílias com maior frequência de tipos polínicos (≥5 tipos polínicos, e Myrtaceae, a família com dois tipos polínicos (Eucalyptus sp. e Myrcia sp. entre os nove mais frequentes nas amostras (>10%. A maior riqueza de tipos polínicos foi no verão e a maior diversidade e equitabilidade, na primavera. Fabaceae, Asteraceae, Malvaceae e Myrtaceae são as famílias botânicas mais importantes como fontes poliníferas em Piracicaba - SP.This study aimed to identify the botanic origin of pollen loads collected by Africanized honeybees. In Piracicaba (SP, during four seasons of the year, five honeybee colonies were installed with a frontal pollen collector in each one. The palinological preparation was done by the use of acetolysis and identified and counted approximately 900 pollen grains per sample. From the pollinic composition, the richness, diversity indexes and equitability were calculated. Throughout the year, 81 pollinic types were found, belonging to 32 botanic families, being Fabaceae, Asteraceae and Malvaceae the ones with the biggest frequency of pollinic types (≥5 pollinic types and, Myrtaceae, the family with two pollinic types (Eucalyptus sp. and Myrcia sp., among the nine most common types in the samples (> 10%. The biggest richness of pollinic types was during summer, and the biggest diversity and

  7. A scent shield to survive: identification of the repellent compounds secreted by the male offspring of the cuckoo bumblebee Bombus vestalis

    Czech Academy of Sciences Publication Activity Database

    Lhomme, P.; Ayasse, M.; Valterová, Irena; Lecocq, T.; Rasmont, P.

    2015-01-01

    Roč. 157, č. 3 (2015), s. 263-270 ISSN 0013-8703 Institutional support: RVO:61388963 Keywords : Hymenoptera * Apidae * Psithyrus * social parasitism * repellent * GC-EAD * chemical camouflage Subject RIV: EG - Zoology Impact factor: 1.442, year: 2015

  8. Padrão de Nidificação de Monobia angulosa Saussure (Vespidae Durante Estação Seca Prolongada na Região da Chapada Diamantina, Bahia, com Notas Sobre Nidificação em Ninho Abandonado de Xylocopa cearensis Ducke (Apidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Mahlmann

    2015-03-01

    Abstract. Weather can be treated as an important factor in the nesting pattern of several solitary wasps species. Nesting pattern of wasp Monobia angulosa Saussure (Vespidae: Eumeninae was accessed in present study in the agricultural area of Mucugê-Ibicoara, Chapada Diamantina, Bahia, during an extended period of dry season. In here we also presented the first record of a natural nest in pre-existing cavities prior used by Xylocopa (Neoxylocopa cearensis Ducke (Apidae: Xylocopinae. For a description of the M. angulosa’s natural nest a single nest found in apple orchard (Malus domestica Borkh was used. For the nesting pattern study we used the trap nests technique with 25 points along the agricultural sampled area; traps were placed in remaining native vegetation. Each sample point was at least 4 km apart. Emerged in the laboratory a total of 19 females and 23 males for a total of 19 established nests, males emerged prior females. Unlike the horizontal trap nests, the natural one was built in vertical linear series and a wooden stake was used as a substrate. Nesting concentrated in the warmer months, between February and April, 2012, with very low precipitation, evidencing influence on nesting pattern of this species, probably due fast response to climatic changes.

  9. Produção de geléia real por abelhas Apis mellifera italianas, africanizadas e descendentes de seus cruzamentos - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i1.1254 Royal jelly production by Italian and Africanized honeybees Apis mellifera, descendants of their crossing - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i1.1254

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Helena Nogueira Couto

    2005-03-01

    Full Text Available Este experimento objetivou comparar a produção de geléia real de abelhas descendentes de rainhas italianas irmãs, inseminadas com zangões africanizados (T1, ou com zangões italianos (T2, e de rainhas africanizadas irmãs, fecundadas no vôo (T3, comparando-a com fatores ambientais. As operárias híbridas (T1 aceitaram mais larvas transferidas (45,41 %, embora a diferença não tenha sido significativa, e depositaram maior (P This work aimed at comparing royal jelly production among descendants of Italian queen sisters inseminated by Africanized drones (T1, Italian drones (T2 and Africanized queen sisters in natural mating (T3. The workers cross-bred (T1 accepted more transferred larvae (45.41% but there was no significant difference. They deposited more (P < 0.05 royal jelly in each cup (243.5 mg than Italians (T2 – 31.36% and 214.7 mg and Africanized workers (T3 – 33.63% and 209.3 mg, respectively. The result showed a best production in each colony which suggests heterosis. These parameters showed positive relation with pollen and workers quantities and with environmental temperature. The best production occurred in February and March, period of absence of flower in orange and eucalyptus culture in this region

  10. Caracterización química de panojas y vainas con semillas nativas del estado de Guerrero, México, para uso en la alimentación animal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Pérez-Gil Romo

    2014-01-01

    Full Text Available Se seleccionaron e identificaron cinco especies forrajeras nativas del estado de Guerrero, México: Bothriochloa sp, Sorghum halepense (L. Pers, Desmanthus virgatus (L. Willd, Gliricidia sepium (Jacq. Stend, Acacia farnesiana (L. Willd, consideradas forrajes no convencionales por ser productos naturales, no utilizados actualmente para la alimentación animal. El objetivo fue determinar la composición química en muestras representativas de las cinco plantas, vainas con semillas y panojas. Los análisis realizados fueron: análisis químico proximal, fracciones de fibra, perfil de aminoácidos, factores antinutricios, minerales y vitaminas hidrosolubles. Se encontró que el valor de proteína cruda osciló entre 60 y 202, fibra cruda entre 132.5 y 354.8, extracto etéreo 17 a 32.4, reportados en g-1 kg-1 de materia seca (MS. El contenido de lignina en las gramíneas fue 52 a 82 y en las muestras de leguminosas fue de 132 a 202 g; mientras que la celulosa para el primer grupo fue de 189 a 276 y para el segundo de 95 a 269 g kg -1 MS. De los factores antinutricios analizados el inhibidor de tripsina cuantificado fue de 1.0 a 4.97 UIT mg-1, hemaglutininas y saponinas no se detectaron. Se analizaron los siguientes minerales: Ca (301-652, Mg (57-88, K (565-1286, Na (64.3-630, Zn (0.93-5.1 y Fe (8.3-21.0 (reportados en g kg-1. Se cuantificaron 17 aminoácidos y 3 vitaminas (B1, B2 y B3 de cada muestra presentando valores similares entre ellas. Se concluye que las panojas y las vainas con semillas podrían considerarse como un recurso no convencional en la alimentación de rumiantes.

  11. Propagules removal in fragments of native forest and in reforested areas in an Araucaria Forest region of Paraná State Remoção de propágulos em fragmento de floresta nativa e reflorestamentos numa região de Floresta Ombrófila Mista do estado do Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yves Rafael Bovolenta

    2011-06-01

    Full Text Available A question that has been discussed is the role that reforestations with exotic species in native fauna and several studies have shown that removal of propagules is lower in these environments. This study compared the removal rate of propagules (araucaria seeds, peanuts, corn from areas of native forest (FN, reforestations of Pinus taeda L. (RP, Eucalyptus saligna Sm. (RE and Araucaria angustifolia (Bertol Kuntze (RA. In FN all propagules were removed. There was no difference in the removal of araucaria seeds between FN and RA, and removal rate in both areas differ from the removal rate in the RP and RE. In RP there was high removal of peanuts, while the RE showed the lowest value of removal of the three propagules. The low removal rates in reforestation of pine and eucalyptus reflect the decreased exploitation of these habitats for wildlife, which may be related to a poorly structured understory. Uma questão que tem sido discutida é o papel das monoculturas florestais exóticas na manutenção da fauna nativa e vários estudos têm mostrado que a remoção de propágulos é menor nesses ambientes. O presente trabalho comparou a taxa de remoção de propágulos (pinhão, amendoim, milho entre áreas de Floresta Nativa (FN, Reflorestamentos de Pinus taeda L. (RP, de Eucalyptus saligna Sm. (RE e Araucaria angustifolia (Bertol Kuntze (RA. Na FN, todos os propágulos foram removidos e não houve diferença significativa na remoção de pinhão entre a FN e o RA. A remoção de propágulos nessas áreas diferiu da remoção no RP e RE. No RP, houve alta remoção de amendoim, enquanto que o RE apresentou os menores valores de remoção dos três propágulos. As baixas taxas de remoção nos reflorestamentos de pinus e eucalipto refletem a menor exploração desses habitas pela fauna, o que pode estar relacionado com um subosque pouco estruturado.

  12. Comportamento de forrageamento de abelhas e outros insetos nas panículas da mangueira (Mangifera indica L. e produção de frutos = Forage behaviour of bees and other insects on mango flowers (Mangifera indica L. and fruit production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darclet Terezinha Malerbo-Souza

    2009-07-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido com o objetivo de se estudar a frequência,constância, o tipo de coleta (néctar e/ou pólen e comportamento de forrageamento dos insetos visitantes às flores da mangueira (Mangifera indica L. e seu efeito na produção de frutos. A frequência e o tipo de coleta dos insetos nas flores foram obtidos durante os primeiros 10 min. em cada horário, das 7 às 18h, com três repetições em cada ano. O teste de polinização foi realizado, utilizando-se dois tratamentos: panículas cobertas para se impedir a visita dos insetos e panículas descobertas (controle nas quais foi permitida a visita dos insetos. Os insetos da ordem Diptera, a abelha Tetragonisca angustula e o coleóptero Diabrotica speciosa foram espécies constantes nas panículas da mangueira, e os dípteros foramos mais frequentes. A porcentagem de frutificação foi maior nas flores visitadas pelos insetos.This research was carried out to study the frequency and constancy of visitors on mango inflorescence (Mangifera indica L. as well ascollection type (nectar and pollen, its forage behaviour and these effects on fruit production. The frequency and collection type by insects on flowers were obtained in the first ten minutes of each hour between 7:00 a.m. and 6:00 p.m., with three replications in two years. The pollination test was performed with two treatments: overed flowers and uncovered flowers with free insect visits. Diptera order insects, stingless bees Tetragonisca angustula and Diabrotica speciosa were constant species on mango flowers, and Diptera insectswere the more frequent visitors. Fruition percentage was higher in flowers visited by insects.

  13. Langstroth hive construction with cement-vermiculite Construção de colméia Langstroth com cimento-vermiculita

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Affonso Lorenzon

    2004-12-01

    Full Text Available Exfoliated vermiculite is a light-weight and cheap product that, because of its thermal resistance, has become a valuable insulating material. With regard to its use in beekeeping, this research tested whether the box for honey bees constructed with cement-vermiculite mortar (CVM presents physical characteristics similar to those of wood. The experiment was carried out at Seropédica, RJ, Brazil, for eight months. The cement-vermiculite mortar was compared with a control material (pinewood, in the construction of Langstroth boxes and boards, in a completely randomized design, with respect to thermal control, thermal conductivity and its capacity to absorb and lose water. The production cost for a CVM box was estimated. There were no internal temperature differences between CVM and wooden boxes. Thermal conductivity values for CVM and pinewood were similar. CVM absorbed more water and lost water faster than pinewood. Since CVM boxes can be easily constructed, at a low cost and with similar characteristics as traditional boxes, made of wood, the material can be recommended for use in non-migratory beekeeping.A vermiculita expandida é um material leve, barato e sua resistência térmica permite sua utilização como material isolante. Referente ao seu uso na Apicultura, esta pesquisa testou se a caixa para abelhas melíferas construída com argamassa cimento-vermiculita (ACV apresenta características similares às da madeira. O estudo foi realizado em Seropédica (ERJ, Brasil, durante oito meses. Comparou-se a argamassa com o material controle, que foi a madeira pinho, em caixas de abelhas e em placas, em um delineamento inteiramente casualizado, quanto ao: controle térmico, a condutividade térmica, a capacidade de absorver e perder água. O custo de produção da caixa ACV para abelhas foi estimado. Não se observaram diferenças da temperatura interna entre as caixas de ACV e de madeira. A condutividade térmica foi similar nas placas de ACV

  14. Néctar de caju adoçado com mel de abelha: desenvolvimento e estabilidade Honey-sweetened cashew apple juice: development and stability

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Alves Silva

    2008-06-01

    Full Text Available Os alimentos e bebidas desenvolvidos atualmente buscam cada vez mais associar sabor agradável com alegações funcionais, oferecendo aos consumidores produtos mais saudáveis. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi desenvolver um néctar de caju adoçado com mel de abelha em substituição à sacarose, estudando também sua estabilidade química, físico-química, sensorial e microbiológica durante 180 dias de armazenamento à temperatura de 28 ± 2 °C. No desenvolvimento do produto avaliaram-se, através de testes afetivos de sabor e aceitação global, quatro formulações (A, B, C e D com diferentes quantidades de suco de caju (15 e 20% associadas a diferentes quantidades de mel em sólidos solúveis (10 e 11 °Brix. A formulação mais aceita foi processada e avaliada após o processamento e a cada 45 dias até o final do período de armazenamento. Dentre as formulações testadas, a preferida pelos provadores foi a formulação D com 20% de suco de caju e 11 °Brix. No estudo de estabilidade o produto manteve boa aceitação sensorial até o final do armazenamento em relação aos atributos: cor, sabor, avaliação global e intenção de compra. O produto manteve padrões microbiológicos satisfatórios de acordo com a legislação durante o armazenamento. As alterações químicas e físico-químicas ocorridas não caracterizaram instabilidade do produto, com exceção da vitamina C que ao final da armazenagem teve um decréscimo acentuado. Trata-se, portanto, de uma alternativa viável ao mercado de bebidas.Food and beverages developed today search the association of pleasant flavor with functional claims, offering consumers healthier products. In this sense, the objective of this work was to develop a ready-to-drink cashew apple juice sweetened with honey in substitution to sucrose and to evaluate its chemical, physicochemical, sensory and microbiological stability during 180 days storage at a temperature of 28 ± 2 °C. In the

  15. Limitações ao uso de Apis mellifera (Hymenoptera: Apidae para a polinização dirigida de cultivares: um estudo de caso com a pereira-portuguesa (Pyrus communis L. cv. Rocha

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Amarildo Sezerino

    2015-03-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2015v28n2p73 A existência de polinizadores capazes de promover a xenogamia é um fator decisivo na produtividade dos pomares. Por ser alógama, devido à autoincompatibilidade gametofítica, a maioria das cultivares europeias de pereiras não produzem frutos com sementes sem a presença de insetos polinizadores. Portanto, o correto manejo e a qualidade das colmeias de Apis mellifera instaladas nos pomares são imprescindíveis para assegurar produções economicamente viáveis. Nesse contexto, objetivou-se avaliar alguns aspectos do sistema de polinização dirigida com A. mellifera que podem interferir decisivamente na eficiência da polinização em um pomar comercial de pereira portuguesa nas condições ecológicas do planalto serrano catarinense, no Sul do Brasil. Foi observada uma baixa visitação de abelhas nas flores de pereira, possivelmente devido a dois fatores: competição floral e densidade insuficiente de colmeias instaladas no pomar. Não foi observada a deposição de pólen nos estigmas, o que confirma a deficiência de polinização na área. A qualidade das colmeias alugadas apresentou diferenças entre os anos, com presença do ácaro Varroa destructor e do microsporídeo Nosema ceranae, os quais podem ter contribuído para o despovoamento das colmeias durante o período de floração e, consequentemente, redução da deposição de pólen no estigma das flores da cultivar produtora de frutos.

  16. Author Details

    African Journals Online (AJOL)

    Improving honey production in worker bees (Apis mellifera adansoni L.) hymenoptera: apidae through artificial modification of their feeding activities. Abstract PDF · Vol 13, No 2 (2013) - Articles Challenges associated with the honey bee (Apis Mellifera Adansonii) colonies establishment in South Western Nigeria

  17. Efeito dos óleos vegetais de andiroba (Carapa sp. e Copaíba (Copaifera sp. sobre forídeo, pragas de colméias, (Diptera: Phoridae na Amazônia Central Effect of andiroba (Carapa sp. and copaiba's (Copaifera sp. vegetable oils on phorides, hives's prague (Diptera: Phoridae in Central Amazonia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Delci da Costa Brito Freire

    2006-01-01

    Full Text Available O conhecimento de substâncias repelentes para forídeos é um passo importante para a meliponicultura brasileira, pois esses insetos podem causar sérios danos às colméias de abelhas nativas. Os óleos de copaíba e andiroba, naturalmente encontrados na região amazônica, são muito utilizados pelos povos tradicionais da região como repelentes de insetos. Foi observado o efeito de dois óleos vegetais (andiroba e copaíba sobre a postura de ovos por fêmeas de forídeos em condições de laboratório. A postura das fêmeas foi realizada preferencialmente no substrato pólen e diferiu estatisticamente dos substratos contendo óleo de andiroba ou copaíba, nos quais houve considerável diminuição (até nenhuma postura, e do substrato contendo mel. Esses óleos são uma boa alternativa no controle preventivo e curativo dessa praga em colônias de Meliponineos, devido ao seu efeito repelente, ao baixo custo e disponibilidade na Região Amazônica.The knowlegment of repellants substances to phoride flies is an important step to the Brazilian stinglessbee beekeeping due to the serious damage to the native bee hives they can do. The copaiba and andiroba oils, found commonly in the Amazon region, are very employed by the traditional people as insects' repellants. We observed the effect of these oils over the phoride's laying in laboratory conditions. The female phoride's eggs occurred preferentially in the pollen substrate and statistically differed from those containing andiroba and copaiba oils, which was strongly reduced (until none eggs were laid, and from the substrate containing honey. These oils showed to be quite good alternative for this plague's preventive and curative control in stingless bee hives due to its repellant effect, low cost, and availability to get it in the region.

  18. EVALUATION OF SEEDLINGS EMERGENCE OF NATIVE FRUITS FROM “CERRADO” AVALIAÇÃO DA EMERGÊNCIA DE PLÂNTULAS DE ESPÉCIES FRUTÍFERAS NATIVAS DO CERRADO GOIANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Domingos Tiveron Filho

    2007-09-01

    Full Text Available

    In order to obtain preliminary information about sexual propagation of some species of native from “cerrado”, this study was carried out in nursery conditions, at Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás (Goiânia, Goiás, Brazil, from October 1991 to February 1992. The species studied and their percentage of seedlings emergence obtained were: baru (Dypterix alota Vog.; Fabaceae 68%, cajuzinho-do-cerrado (Anacardium othonianum Rizz.; Anacardiaceae 38.67%; gabiroba herbácea (Campomanesia sp; Myrtaceae 95%; mama-cadela (Brosimum gaudichaudii Tréc.; Moraceae 71.25%; mangaba (Harconia speciosa Gomez; Apocynaceae 45%; marmelada-de-cachorro [Alibertia edulis (L. Rich. A. Rich.; Rubiaceae] 75.71%. The behaviour of these specie indicates the viability of sexual propagation.

    Visando a obter informações preliminares sobre a propagação sexuada de algumas espécies frutíferas nativas do cerrado, realizou-se este estudo no período de outubro de 1991 a fevereiro de 1992, em condições de viveiro, na Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás (Goiânia, GO. As espécies estudadas e as melhores porcentagens de emergência de plântulas que respectivamente apresentaram foram baru (Dypterix alata Vog.; Fabaceae 68%; cajuzinho-do-cerrado (Anacardium othonianum Rizz.; Anacardiaceae 38,67%; gabiroba herbácea (Campomanesia sp, Myrtaceae 95%; mama-cadela (Brosimum gaudichaudii Tréc, Moraceae 71,25%; mangaba (Harcornia speciosa Gomez; Apocynaceae 45%, marmelada-de-cachorro [Alibertia edulis (L. Rich. A. Rich.; Rubiaceae], 75,71%. O comportamento dessas espécies indica a viabilidade de sua propagação sexuada.

  19. Características físico-químicas, polifenóis e flavonoides amarelos em frutos de espécies de pitaias comerciais e nativas do Cerrado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Andréa de Lima

    2013-06-01

    Full Text Available Apesar do grande potencial comercial da pitaia, ainda são escassos os estudos de caracterização físico-química de frutos da pitaia, principalmente considerando espécies nativas do Cerrado. Neste trabalho, objetivou-se analisar a caracterização físico-química, polifenóis e flavonoides amarelos totais de frutos de espécies de pitaia Hylocereus costaricensis, Hylocereus undatus, Selenicereus setaceus e Selenicereus megalanthus. Para as avaliações físico-químicas, foram realizadas as análises de sólidos solúveis, pH e acidez total titulável. Para a determinação dos compostos fenólicos, realizaram-se as análises de polifenóis extraíveis totais e flavonoides amarelos. Foram observadas diferenças significativas entre as espécies de pitaia e entre as partes basal, mediana e apical dos frutos, quanto às características físico-químicas e a concentração de compostos fenólicos. A espécie S. megalanthus apresentou maior quantidade de sólidos solúveis, apresentando, assim, a polpa mais doce. Tal característica foi mais pronunciada na parte mediana do fruto de todas as espécies. Houve diferença significativa entre o pH, com valores variando de 4,84 a 5,67, classificando-se como alimentos pouco ácidos. A acidez variou de 0,10 % a 0,15 % de ácido cítrico. H. costaricensis merece destaque pela presença de maior quantidade de polifenóis totais e de flavonoides amarelos, diferenciando-se significativamente das demais espécies.

  20. Alterações edáficas sob plantios puros e misto de espécies florestais nativas do sudeste da Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. C. Gama-Rodrigues

    1999-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi relacionar o acúmulo de serapilheira com sua composição química e desta com as características físicas e químicas do solo, em plantios puros e misto de espécies florestais nativas. O trabalho foi desenvolvido em solos de tabuleiro do sudeste da Bahia, Brasil, no período de agosto de 1994 a novembro de 1996, em plantios, com 22 anos de idade, de pau-roxo (Peltogyne angustiflora, putumuju (Centrolobium robustum, arapati (Arapatiella psilophylla, arapaçu (Sclerolobium chrysophyllum, claraíba (Cordia trichotoma e óleo-comumbá (Macrolobium latifolium . Foram utilizadas uma floresta secundária, praticamente em estado clímax, e uma capoeira, de 40 anos de idade. O solo na camada de 0-5 cm estava mais bem estruturado no plantio misto do que sob as outras coberturas vegetais. A estruturação dessa camada foi positivamente relacionada com o acúmulo de C orgânico no solo e de serapilheira sobre este. O nível de fertilidade do solo (0-10 cm sob as espécies implantadas nos sistemas puros e misto foi superior ao da capoeira e da floresta natural. A fitomassa e a qualidade nutricional da serapilheira revelaram a capacidade diferenciada das coberturas florestais para absorver e reciclar nutrientes; o plantio misto representou uma situação intermediária em relação ao sistema de plantios puros. A quantidade de serapilheira acumulada dependeu da sua composição química. Segundo resultados deste trabalho, a estruturação e o nível de fertilidade do solo distinguiram-se de acordo com as coberturas florestais, em razão da quantidade, da composição química e da taxa de decomposição da serapilheira. As espécies claraíba, arapaçu e pau-roxo revelaram-se promissoras em melhorar a fertilidade do solo. Contudo, o plantio misto mostrou ser o sistema florestal mais adequado, por proporcionar simultaneamente melhor estruturação, maior quantidade de C orgânico, maiores níveis de nutrientes do solo e

  1. Potential pollinators of tomato, Lycopersicon esculentum (Solanaceae), in open crops and the effect of a solitary bee in fruit set and quality.

    Science.gov (United States)

    Santos, A O R; Bartelli, B F; Nogueira-Ferreira, F H

    2014-06-01

    We identified native bees that are floral visitors and potential pollinators of tomato in Cerrado areas, described the foraging behavior of these species, and verified the influence of the visitation of a solitary bee on the quantity and quality of fruits. Three areas of tomato crops, located in Minas Gerais, Brazil, were sampled between March and November 2012. We collected 185 bees belonging to 13 species. Exomalopsis (Exomalopsis) analis Spinola, 1853 (Hymenoptera: Apidae) was the most abundant. Ten species performed buzz pollination. Apis mellifera L. 1758 (Hymenoptera: Apidae) and Paratrigona lineata (Lepeletier, 1836) (Hymenoptera: Apidae) could also act as pollinators. The fruit set and number of seeds obtained from the pollination treatment by E. analis were higher than those in the control group. Our results allowed the identification of potential tomato pollinators in Cerrado areas and also contributed information regarding the impact of a single species (E. analis) on fruit set and quality. Although most of the visiting bees show the ability for tomato pollination, there is an absence of adequate management techniques, and its usage is difficult with the aim of increasing the crop production, which is the case for E. analis. Species such as Melipona quinquefasciata, P. lineata, and A. mellifera, which are easy to handle, are not used for pollination services. Finally, it is suggested that a combination of different bee species that are able to pollinate the tomato is necessary to prevent the super-exploitation of only a single species for pollination services and to guarantee the occurrence of potential pollinators in the crop area.

  2. Estrategias de enraizamiento de genotipos Brachiaria en suelos ácidos y de baja fertilidad en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaumer Ricaurte

    2007-09-01

    Full Text Available En un Haplustox de los Llanos Orientales de Colombia se evaluaron durante 41 meses 6 genotipos de Brachiaria con resistencia variable a niveles altos de Al+3 en dos niveles de nutrientes. Los genotipos con resistencia media y alta mantuvieron altas producciones de biomasa aérea en los primeros meses, decrecieron a valores medios y estables hacia los 21 meses. La producción de biomasa y longitud de raíces en los genotipos de Brachiaria y especies de sabana nativa fue mayor en época lluviosa, con alta producción en los primeros 5 cm del perfil de suelo. Las gramíneas de la sabana nativa y B. decumbens CIAT 606 (altamente resistente a Al+3 generaron raíces finas y menor biomasa de raíces. Durante la época seca los genotipos de Brachiaria con resistencia media y alta a aluminio generaron raíces más profundas que la sabana nativa. La época seca indujo una producción de longitud y biomasa de raíces proporcionalmente más profundas que la lluviosa, tanto en genotipos de Brachiaria con resistencia media y alta a aluminio como en especies de la sabana nativa.

  3. Correlation between honey production and some morphological traits in africanized honey bees (Apis melifera Correlação entre a produção de mel e algumas características morfologicas em abelhas africanizadas (Apis mellifera

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darcet Costa Souza

    2002-10-01

    Full Text Available This study focused on the correlation between honey production length and width of the tibia of the third pair of legs, corbicular area, pupal weight, and glossal length, in Africanized honey bees in Viçosa/MG, Brazil. Correlation values were relatively low, though always positive. The traits glossal length and pupal weight presented the lowest correlation to honey production: 0.225 and 0.410, respectively. The highest correlations were observed between length of the tibia and corbicular area and honey production: 0.587 and 0.549, respectively. In all cases, except pupal weight, correlation was significant. These findings support the notion that worker bees with larger corbicular areas may have a better ability to carry larger quantities of pollen to their hives, so that it is possible to improve honey production through indirect selection of this trait.Foram estimadas as correlações entre as características produção de mel, comprimento e largura da tíbia do terceiro par de patas, área corbicular, peso pupal e comprimento da glossa de abelhas africanizadas em Viçosa/MG. Os valores das correlações foram relativamente baixos, embora todos positivos. As características peso pupal e comprimento da glossa foram as que menos se correlacionaram com a produção de mel, 0,225 e 0,410, respectivamente. A área corbicular e o comprimento da tíbia foram as mais correlacionadas com a produção de mel, 0,587 e 0,549, respectivamente. Todas as correlações, exceto o peso pupal, foram significativas. O trabalho dá suporte à idéia de que operárias de maiores áreas corbiculares são mais hábeis a levar mais pólen para suas colméias, sendo possível a obtenção de ganhos na produção de mel, por meio de uma seleção indireta nesta característica.

  4. International Journal of Biological and Chemical Sciences - Vol 11 ...

    African Journals Online (AJOL)

    ... L. 1758: Hymenoptera, Apidae) in three beekeeping sites of the Democratic Republic of Congo · EMAIL FREE FULL TEXT EMAIL FREE FULL TEXT DOWNLOAD FULL TEXT DOWNLOAD FULL TEXT. Boniface Posho Ndola, Paul Malumba, Bernard Wathelet, Eric Haubruge, Frederic Francis, Bach Kim Nguyen, 541-555.

  5. Biologia floral e sistema reprodutivo de Byrsonima coccolobifolia (Kunth em uma savana amazônica Floral Biology and the reproductive system of Byrsonima coccolobifolia (Kunth in an amazonian savanna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Mª Cordovil Benezar

    2006-01-01

    Full Text Available A biologia reprodutiva de Byrsonima coccolobifolia, foi avaliada em uma população de savana do Estado de Roraima. A espécie é constituída de arbustos e arvoretas com altura inferior a 3m, de flores hermafroditas zigomorfas, pentâmeras, reunidas em inflorescências do tipo racemo terminal, produzidos em brotações novas, o cálice é composto por cinco sépalas, que apresentam um par de glândulas produtoras de óleo. A corola é formada por cinco pétalas albo-róseas e unguiculadas, o androceu é composto por dez estames com anteras de coloração amarela. A antese pode ser noturna ou diurna, estende-se por um período médio de 12 horas e as flores costumam ficar abertas e vistosas por um período adicional de 15 horas, quando se inicia a senescência. Foram registrados dois episódios de floração e o fogo parece ser um fator ambiental estimulador desta fenofase. Os visitantes florais predominantes foram abelhas das famílias Anthophoridae (Centris sp. e Xylocopa sp. e Apidae (Apis mellifera e Bombus sp.. Os resultados das polinizações controladas e o cálculo do índice de auto-incompatibilidade (ISI indicam que a espécie apresenta comportamento protogínico e é autocompatível, produzindo frutos em todos os tratamentos de autopolinização em proporções semelhantes à polinização natural, não sendo confirmada a produção de frutos apomíticos. Entretanto, os percentuais de frutos formados nos tratamentos de xenogamia foram significativamente superiores aos tratamentos de autofertilização, indicando que B. coccolobifolia apresenta um sistema reprodutivo misto com níveis elevados de alogamia e autogamia.The reproductive biology of Byrsonima coccolobifolia was evaluated in a savanna area of State of Roraima, Brazil. This is a woody species of bushes and small trees 3m tall. The flowers are hermaphrodite, pentamerous, zygomorphic, arranged in a terminal inflorescence, produced in new sprouts. Five sepals form the calyx

  6. Caracterización de la maduración del fruto de pina nativa (Ananas comosus L. Merrill CV. India Charaeterization of the ripening of pineapple (Ananas comosus L. Merrill ev. India fruit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Morales Madelaide

    2001-12-01

    Full Text Available El presente estudio tuvo como propósito caracterizar física, química y fisiológicamente el desarrollo de la maduración del fruto de piña nativa cv. India, conservado en fresco a 20°C. Durante el periodo de maduración del fruto, se encontró que la intensidad respiratoria no tuvo ningún incremento, lo que permitió clasificar al fruto como no climatérico. Este comportamiento estuvo acompañado por perdida de peso, disminución de la consistencia del mesocarpio del fruto, aumento en ácidos orgánicos, acidez, azúcares y disminución en los sólidos solubles y pH. El análisis de calidad mostró el detrimento de las características organolépticas que hacen apetecible el fruto, como son apariencia, sabor, color y aroma.This study was conducted to characterize physical, chemical
    and physiologically the development of maturation of fruit
    native pineapple cv. India, kept fresh at 20°C. During the fruit
    rnaturation, the respiratory intensity did not have any incrcase,
    which allowed to classify the fruit as non climacteric. This
    behavior was accompanied by loss of weight, decrease of
    consistency of edible fruit portion, increase in organic acids,
    acidity and sugars and decrease in soluble solids and pH.
    The quality analysis showed loss of organoleptic
    characteristics that make desirable the fruit, like appearance,
    flavor and color.

  7. Mapeamento da flora apícola arbórea das regiões pólos do estado do Piauí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Divane de Lima Aleixo

    2015-06-01

    Full Text Available O conhecimento da flora apícola de uma determinada região constitui uma ferramenta essencial para que o apicultor otimize a sua produção. O presente estudo desenvolvido no Estado do Piauí teve como objetivo identificar e catalogar as espécies apícolas arbóreas existentes nas regiões consideradas polo do Estado (Regiões Norte, Serra da Capivara, Picos e Simplício Mendes, bem como observar o período de florescimento e sua aptidão a néctar e/ou pólen pelas abelhas.  O levantamento apibotânico foi realizado entre os meses de agosto de 2009 a dezembro de 2010. Foram feita coleta do material vegetal mensalmente, de acordo com o período de floração, e para verificar a presença de abelhas. O material vegetal foi herborizado conforme as técnicas usuais em botânica, e encaminhado para o Laboratório de Zootecnia da Universidade Federal de Campina Grande – Campus de Pombal para serem identificadas. Foram catalogadas 38 espécies de plantas arbóreas, sendo que destas, 11 espécies apresentaram floração na estação da seca, sete plantas com floração na estação da chuva e 18 plantas apresentaram floração passando de uma estação para outra, e 16 espécies que apresentam aptidão a pólen e a néctar pelas abelhas. Entre as 17 famílias das espécies identificadas e catalogadas nas microrregiões do semi-árido temos: Anacardiaceae, Bignoniaceae, Burseraceae, Chrysobalanaceae, Euphorbiaceae, Fabaceae, Fabaceae-Faboideae, Fabaceae-Mimosoideae, Lecythydaceae, Leguminosae-Caesalpinoideae, Leguminosae- Mimosoideae, Leguminosae, Mimosaceae, Moringaceae, Myrtaceae, Rhamnaceae, e Sapindaceae.

  8. ALIMENTOS CONVENCIONAIS E ALTERNATIVOS PARA ABELHAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia de Sousa Coelho

    2008-01-01

    Full Text Available Brazil possesss potential for attainment of great amounts of apicultural products, what it differentiates it of the too much countries that, normally, harvests an only time per year. However despite the diversity of the apicultural flora and the high existing food concentration in the rainy period, during the dry station, a scarcity of apicultural grass e occurs, consequently, of food for the bees being necessary a complementary feeding of this form assuring the productivity and the profits. The feeding of the bees of course is very selective, them is adapted in the adult phase to an feeding eliminates, however, these unbalanced fluids little is concentrated and its composition with predominance of sugars, thus needing complementing in the diet with a rich food in proteins as form is pólen.Dessa is necessary to know foods conventional and alternative for the period of between harvest diminishing the loss of the brief produção.Esta revision presents excellent aspects of the feeding of the bees relating its chemical composition, nutritional value and functional properties.

  9. Author Details

    African Journals Online (AJOL)

    Tope, SF. Vol 4, No 4 (2010) - Articles Foraging behaviour of Apis mellifera adansonii Latreille (Hymenoptera : Apidae) on Daniellia oliveri, Delonix regia, Hymenocardia acida and Terminalia mantaly flowers in Ngaoundéré (Cameroon) Abstract PDF. ISSN: 1997-342X. AJOL African Journals Online. HOW TO USE AJOL.

  10. Author Details

    African Journals Online (AJOL)

    Mbianda, AP. Vol 4, No 4 (2010) - Articles Foraging behaviour of Apis mellifera adansonii Latreille (Hymenoptera : Apidae) on Daniellia oliveri, Delonix regia, Hymenocardia acida and Terminalia mantaly flowers in Ngaoundéré (Cameroon) Abstract PDF. ISSN: 1997-342X. AJOL African Journals Online. HOW TO USE AJOL ...

  11. Produção de mudas de espécies arbóreas nativas com combinações de adubos de liberação controlada e prontamente solúveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moraes Neto Sebastião Pires de

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi testar diversas doses e fontes de adubo para verificar o crescimento de mudas de cinco espécies arbóreas nativas. As espécies utilizadas foram as pioneiras Guazuma ulmifolia (mutambo e Croton floribundus (capixingui, as secundárias iniciais Peltophorum dubium (canafístula e Gallesia integrifolia (pau-d'alho e a clímax Myroxylon peruiferum (cabreúva. Os tratamentos consistiram principalmente na utilização de adubo de liberação controlada (ALC, 19-06-10, N-P2O5-K2O de maneira pura ou em mistura com adubo em pó (AP, 14-16-18, ou AP mais adubação de cobertura periódica (ACP, 19-06-20, comparados com adubação convencional (adubação de base mais adubação de cobertura com sulfato de amônio e cloreto de potássio e testemunha (sem adubação. O substrato utilizado foi composto por 60% de húmus de minhoca, 30% de casca de arroz carbonizada e 10% de terra de subsolo, em base volumétrica. O recipiente que comportou o substrato foi o tubete de polipropileno de 50 cm³ de capacidade. Entre os tratamentos que produziram mudas de boa qualidade ao final do experimento, para cada espécie, aqueles com doses de 3,2 e 4,8 kg de adubo de liberação controlada por metro cúbico de substrato foram comuns a todas as espécies e, adicionalmente, resultaram em dimensões apropriadas para plantio no campo em menor tempo do que os outros tratamentos.

  12. Efecto del cambio del paisaje en la estructura de la comunidad de abejas sin aguijón (Hymenoptera: Apidae en Meta, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guiomar Nates-Parra

    2008-09-01

    Full Text Available Las abejas sin aguijón son unos de los polinizadores naturales más diversos de la fauna Apoidea en los trópicos. Nidifican en diversos sustratos y distintos ambientes, existiendo algunas especies típicas de lugares naturales o artificiales. La alteración del medio donde nidifican tiene un importante impacto sobre la composición natural de su estructura, hecho que se ve reflejado también en la densidad de nidos. Analizamos la composición de la estructura de la comunidad de abejas sin aguijón en tres paisajes del piedemonte llanero colombiano, una región importante por representar la transición entre ambientes andinos y de sabana (seriamente amenazada por la ganadería intensiva. Realizamos muestreos sistemáticos en bosque secundario, agro-ecosistema y zona urbana; registramos la presencia de 204 nidos de 11 géneros representados por 24 especies. La riqueza de abejas sin aguijón fue similar, aun cuando hubo diferencias significativas en la estructura de la comunidad en los tres paisajes. La densidad de nidos por paisaje fue heterogénea y nunca mayor de 16 nidos/Ha. Observamos dos patrones de nidificación y registramos diferente número de especies en la misma zona utilizando otro criterio de muestreo.Effect of landscape change on the structure of the sting-less bee community (Hymenoptera: Apidae in Meta, Colombia. Stingless bees represent one of the most diversified components of the natural Apoidea fauna of pollinators in the tropics. They use diverse kinds of substrates and inhabit varied habitats. Some species are typical for some natural either artificial place. The landscape alteration were this group of bees nests, has and important impact on the natural composition of its community structure, fact which is reflected in the nest density. We analyzed the structure composition of the stingless bees’ community in three environments in the Colombian llanos piedmont, an important region that represents the transition between

  13. Effect of aflatoxin B1 on growth and enzymatic activity of a native strain of Bacillus sp Efecto de la aflatoxina B1 sobre el crecimiento y actividad proteolítica de una cepa nativa de Bacillus sp

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márquez Edna Judith

    2004-07-01

    Full Text Available The effect of different aflatoxin B1 (AFAB1 concentrations on alkaline protease growth and enzymatic activity was evaluated; a native strain of alkalophilic Bacillus sp cultivated in CSL (Corn Steep Liquor was used. It was found that the effect of AFAB1 on the strain inhibited its growth and enzymatic activity to 1 ppm, showing that the strain is highly sensible to AFAB1, meaning that medium obtained f rom Colombian corn contaminated with this mycotoxin cannot be easily used. Concentrations less than 0.1 ppm did not affect growth and enzymatic activity. Key words: Bacillus, aflatoxin, alkaline proteases.Se evaluó el efecto de diferentes concentraciones de aflatoxina B1 (AFAB1 sobre el crecimiento y actividad enzimática de proteasas alcalinas de una cepa nativa de Bacillus sp Alcalofílico cultivada en LAM (Licor Agotado de Maíz. Se encontró que la cepa inhibe su crecimiento y actividad enzimática a 1 ppm, lo que demuestra una alta sensibilidad de la cepa evaluada a la AFAB1 e imposibilita utilizar fácilmente medios obtenidos de maíz nacional contaminado con esta micotoxina. Las concentraciones inferiores a 0.1 ppm no tienen ningún efecto sobre el crecimiento y la actividad enzimática. Palabras clave: Bacillus, aflatoxina, proteasas alcalinas.

  14. Pollination and yield responses of cowpea ( Vigna unguiculata L ...

    African Journals Online (AJOL)

    To determine the apicultural value of Vigna unguiculata (L.) Walp. (Fabaceae) and evaluate the Apis mellifera adansonii Latreille (Hymenoptera: Apidae) activity on its pod and seed yields, the bee foraging and pollinating activities were studied in Ngaoundéré. The experiment was carried out within the University of ...

  15. Author Details

    African Journals Online (AJOL)

    Fasasi, KA. Vol 13, No 1 (2011) - Articles Studies on the life cycle and morphometrics of honeybees, Apis Mellifera adansonii (Hymenoptera: Apidae) in a Mangrove Area of Lagos, Nigeria Abstract PDF. ISSN: 0794-4896. AJOL African Journals Online. HOW TO USE AJOL... for Researchers · for Librarians · for Authors ...

  16. Browse Title Index

    African Journals Online (AJOL)

    Items 351 - 400 of 900 ... OC Odoli, PM Oduor-Odote, B Ohowa, SO Onyango. Vol 15, No 2 (2015), Evaluation of four apicultural products for hive colonization by honey bees (Apis mellifera adansonii) (Hymenoptera: apidae) and pre-colonization pests, Abstract PDF. SA Babarinde, SA Olaleke, AO Akinyemi, TA Adebayo, ...

  17. Carbono total e δ13C em agregados do solo sob vegetação nativa e pastagem no bioma cerrado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ciniro Costa Junior

    2011-08-01

    Full Text Available Diferentes sistemas de uso e manejo alteram o teor de carbono no solo (C, porém diminuições no C do solo têm sido reportadas quando áreas de Cerrado nativo são convertidas em pastagem. Disso resulta a necessidade da realização de pesquisas em diferentes sistemas e condições edafoclimáticas, a fim de elucidar as tendências encontradas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a agregação, os teores de C e a abundância natural de δ13C do solo em uma área cultivada há nove anos sob lavoura seguida de 20 anos sob pastagem, a qual atualmente apresenta sinais de degradação (PA, comparando-a a uma vegetação nativa no bioma Cerrado (CE que ocorre em área adjacente. As áreas de estudo estão localizadas no município de Rio Verde (GO, em solo classificado como Latossolo Vermelho distrófico, de textura argilosa. Em amostras de solo coletadas nas camadas de 0-5, 5-10 e 10-20 cm de profundidade, foram determinados a distribuição de agregados estáveis em água (micro, meso e macroagregados, o diâmetro médio aritmético (DMA e geométrico (DMG, os teores de C total e de δ13C, o tempo de residência média do C (TRM e a fração da matéria orgânica leve livre (FLL. Os resultados indicaram que o uso sob lavoura seguido de pastagem reduziu em 21 % o estoque de C original, possivelmente devido ao menor aporte de material na FLL. O solo apresentou elevada agregação e não houve diferenças significativas entre as áreas avaliadas. No entanto, os teores de C nos macroagregados foram menores na PA em relação ao CE, enquanto nos microagregados não houve diferença entre os sistemas de uso, sugerindo, respectivamente, maior e menor sensibilidade ao manejo e menor e maior proteção do C por essas classes de agregados. Os valores de TRM e as análises isotópicas reforçaram esses resultados, mostrando, ainda, substituição de 83 % do C original durante os 29 anos de cultivo. O constante aporte de resíduos vegetais, assim como a

  18. Efeito da suplementação alimentar sobre as características produtivas e reprodutivas de Apis mellifera Linnaeus, 1758

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Patrícia Schafaschek

    2011-09-01

    e desenvolvimento das colméias. No final do período, as colméias com alimentação suplementar apresentaram maior área de mel. A suplementação energético-protéica interferiu no armazenamento de alimento pelas abelhas, mas não proporcionou a antecipação do desenvolvimento das colméias.

  19. PROPAGACIÓN in vitro DE Geranium chilloense WILLD. EX KUNTH. PARA LA OBTENCIÓN DE PLANTAS COMPLETAS

    OpenAIRE

    Benavides, Thaly; Córdova, Adriana; Vaca, Ivonne

    2016-01-01

    Geranium chilloense Willd. ex Kunth es conocida con el nombre de Geranio de los Chillos, es una planta ornamental silvestre, nativa de Los Andes se encuentra distribuida en las quebradas del Distrito Metropolitano de Quito y forma parte de la historia de la flora nativa de Quito ya que ha sido descrita desde la expedición de Alexander Humboldt y Aimé Bonpland en 1802. El presente estudio presenta un protocolo de propagación in vitro de Geranium chilloense Willd. ex Kunth, para la ...

  20. Native bees in blooming orange (Citrus sinensis) and lemon (C. limon) orchards in Yucatán, Mexico

    OpenAIRE

    GRAJALES-CONESA, Julieta; MELÉNDEZ-RAMÍREZ, Virginia; CRUZ-LÓPEZ, Leopoldo; SÁNCHEZ, Daniel

    2013-01-01

    Este estudio tuvo como objetivo determinar la riqueza y la abundancia de abejas (Hymenoptera, Apoidea) en huertas de naranja y limón en floración en Yucatán, México. Se colectaron ocho especies de abejas; el 98% de los especímenes correspondió a Apis mellifera, y el 2% restante a abejas nativas. Estos hallazgos se discuten con base en la ecología de las abejas nativas y en estudios previos en la misma área de estudio.

  1. Carbono e nitrogênio de um Argissolo Vermelho sob floresta, pastagem e mata nativa Carbon and nitrogen of an Alfisol under forest, pasture and native forest

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clenio Nailto Pillon

    2011-03-01

    Full Text Available O monitoramento da matéria orgânica do solo (MOS constitui um indicador da qualidade do sistema de uso adotado. No Sul do Brasil, são escassos os trabalhos que avaliam as alterações no carbono orgânico total (COT, nitrogênio total (NT e a labilidade da MOS em sistemas de produção florestal. Diante desse contexto, este estudo teve como objetivo avaliar a concentração de COT e de NT no solo e na fração leve e livre (FLL da MOS de um Argissolo Vermelho distrófico sob eucalipto após 13 e 20 anos de implantação, adotando-se a mata nativa e um sistema com produção de pastagem como áreas de referência. Além disso, foi quantificado o estoque de COT e de NT na serrapilheira e na liteira das áreas florestais. As avaliações foram feitas, aleatoriamente, em três trincheiras por área, nas camadas de 0,00 a 0,05; 0,05 a 0,10; 0,10 a 0,20 e 0,20 a 0,40m. Maiores concentrações de COT, de NT e da FLL foram verificadas na camada superficial, sendo estas favorecidas pela adição de resíduos vegetais e pela minimização das operações de revolvimento do solo.The monitoring of soil organic matter content (MOS has been considered soil quality indicator. Few studies, in Southern Brazil, have evaluated changes in the total organic carbon (COT, total nitrogen (NT and in the lability of MOS in forestry systems. This study aimed to evaluate the COT, NT and free light fraction of MOS from 0.00 to 0.05, 0.05 to 0.10, 0.10 to 0.20 and 0.20 to 0.40m depths of the Alfisol under eucalyptus, native forest and pasture. In addition, it was quantified the stock of COT and NT in plant residues in forestry areas. The concentration of COT and NT and labile fractions of MOS increased favored by the addition of vegetables residues and by minimizing soil disturbance.

  2. Agrupamento em amostras de sementes de espécies florestais nativas do Estado do Rio Grande do Sul - Brasil Cluster in seeds samples of native forest species from the State of Rio Grande do Sul - Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano de Oliveira Fortes

    2008-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos agrupar por espécie as matrizes de porta-sementes mais similares, utilizando as variáveis observadas em análises de sementes de espécies florestais nativas no Centro de Pesquisas Florestais e Conservação do Solo, Santa Maria, Rio Grande do Sul, analisadas a partir de 1997 até março de 2001. Para a análise de agrupamento, foram utilizadas todas as espécies que possuíam quatro ou mais análises de amostras de sementes por lote coletado, pelo método de agrupamento aglomerativo hierárquico tendo a distância euclidiana média padronizada como medida de similaridade. O dendograma foi construído utilizando o método da ligação completa. Utilizou-se também a técnica de componentes principais para a redução do número de variáveis. O gênero Schinus sp. e as espécies nativas Cassia leptophylla Vogel, Peltophorum dubium (Spreng. Taub., Cedrela fissilis Vell., Allophylus edulis (A. St.-Hil., Cambess. & A. Juss. Radlk., Lafoensia pacari A. St.-Hil., Enterolobium contortisiliquum (Vell. Morong. e Apuleia leiocarpa (Vogel J. F. Macbr. foram as espécies em que, no terceiro e quarto componentes principais, conseguiram explicar aproximadamente 80% da variação existente no conjunto de dados com a umidade e a percentagem de germinação de plântulas anormais, sendo eliminadas na maioria das espécies e as percentagem de germinação de plântulas normais e de sementes mortas presentes em todos os grupos. A análise de agrupamento mostrou-se eficiente na separação dos grupos de todas as espécies testadas sendo que a procedência pouco influenciou na formação dos grupos.This research had the objectives of clustering, the most similar seeds matrixes by species, using the observed variables in analysis of seed samples of native forest species in the Center of Forest Researches and Conservation of the Soil, Santa Maria, Rio Grande do Sul, since 1997 up to March 2001. For the cluster analysis, all the

  3. Efectividad de cepas rizobianas nativas de sabana en Vigna unguiculata (L. Walp. cv. C4A-3

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Mayz

    2010-07-01

    Full Text Available Título en inglés: Effectiveness of savannah native rhizobial strains in Vigna unguiculata (L. Walp. cv. C4A-3 Resumen Se estima que la población mundial se incrementará y demandará mayor cantidad de alimentos y uso de fertilizantes nitrogenados. En Venezuela, el frijol es altamente consumido y se cultiva en las sabanas orientales, cuyas características edáficas pueden afectar negativamente la población rizobiana. Estos planteamientos refuerzan la importancia de la evaluación de la flora rizobiana nativa, y enfatizan la necesidad de aumentar la explotación de la fijación biológica de nitrógeno. En este contexto, se evaluaron 6 cepas rizobianas en el cultivar C4A-3, aisladas, de frijol cv. Tejero Criollo y previamente catalogadas como efectivas (JV91, JV94 y JV101 e inefectivas (JV99, JV103, y JV104 en el cultivar TC9-6. El experimento se llevó a cabo en umbráculo por 45 días, donde además se incluyeron dos tratamientos control no inoculados. La suspensión de las cepas individualmente cultivadas se usó para inoculación. De acuerdo con la tipología de la nodulación (número de nódulos, peso total y por nódulo, tamaño y color, los valores de los parámetros de crecimiento (peso seco, altura y número de hojas del vástago y los estimados de la concentración de nitrógeno y nitrógeno total, las cepas JV91, JV99 y JV101, fueron las más efectivas en la fijación de nitrógeno. El nitrógeno total y la concentración de nitrógeno tuvieron una correlación significativa con peso seco, altura y número de hojas del vástago. Los resultados muestran la existencia de cepas efectivas en los suelos de sabana para este cultivar, y enfatizan la importancia de evaluar las cepas indígenas, antes de proceder a la inoculación con foráneas. Palabras clave: Rhizobium; frijol; fijación de nitrógeno; Venezuela. Abstract It is estimated that world-wide population will increase and demand higher amount of food and use of nitrogen

  4. Substâncias voláteis em mel floral e mel de melato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CAMPOS Gisélia

    2000-01-01

    Full Text Available Embora pareça existir um "flavor" característico de mel, a grande variedade de flores disponíveis para a abelha, possibilita uma grande diversidade de flavor e aroma, indicando a presença de vários componentes voláteis. Alguns destes dependem da fisiologia da abelha, dos procedimentos após a colheita e no mel de melato há também a interferência de insetos sugadores e das formigas. Várias substâncias voláteis já foram identificadas, sendo algumas características de determinados méis uniflorais. Com o objetivo de encontrar uma substância volátil característica do mel de melato, seis amostras deste tipo de mel e seis amostras de mel floral foram analisadas usando extração por arraste de gás hidrogênio e cromatografia a gás acoplada a espectrometria de massas. Ácido acético foi encontrado em quatro amostras de mel de melato e em uma amostra de mel floral porém, com menor abundância.

  5. Método y sistema de modelado de memoria cache

    OpenAIRE

    Posadas Cobo, Héctor; Villar Bonet, Eugenio; Díaz Suárez, Luis

    2010-01-01

    Un método de modelado de una memoria cache de datos de un procesador destino, para simular el comportamiento de dicha memoria cache de datos en la ejecución de un código software en una plataforma que comprenda dicho procesador destino, donde dicha simulación se realiza en una plataforma nativa que tiene un procesador diferente del procesador destino que comprende dicha memoria cache de datos que se va a modelar, donde dicho modelado se realiza mediante la ejecución en dicha plataforma nativa...

  6. Digital native magazines in the field of Sports in Spain: the case of MARCA Plus

    OpenAIRE

    Labarga Adán, Ignacio; González Díez, Laura; Pérez-Cuadrado, Pedro

    2017-01-01

    Desde su aparición en el verano de 2014, MARCA Plus se ha convertido en un referente para las publicaciones nativas digitales. Prueba de ello es el reconocimiento por parte de Apple como una de las mejores 'apps' para iPad y ganar los 'Digital Magazine Awards' en 2015 y 2016. Este artículo pretende abordar las características de este nuevo formato en el panorama actual de los medios: el de las revistas nativas digitales. La revista objeto de estudio es una de las apuestas de Unidad Editorial ...

  7. Determinação de danos do gorgulho, Conotrachelus Psidii Marshall e captura de mosca-das-frutas, Anastrepha fFaterculus Wiedemann, com óleo de andiroba, Carapa Guianensis em goiabeira serrana Acca Sellowiana

    OpenAIRE

    Rosa, Joatan Machado da

    2011-01-01

    A goiabeira-serrana (Acca sellowiana (Berg) Burret) pertencente a família Myrtaceae, é uma espécie nativa com ampla dispersão nos planaltos meridionais do sul do Brasil. Além de espécie nativa e produzir frutos de odor e sabor diferenciado, razão pela qual seu cultivo comercial é incentivado pelo Departamento de Conservação da Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente. A goiabeira serrana tem sido cultivada sob os sistemas orgânico, convencional, ou ainda, os frutos coletad...

  8. Determinação de danos do gorgulho, Conotrachelus psidii Marshall e captura de mosca-das-frutas, Anastrepha fraterculus Wiedemann, com óleo de andiroba, Carapa guianensis em goiabeira serrana Acca sellowiana. Lages-SC 2011

    OpenAIRE

    Rosa, Joatan Machado da

    2011-01-01

    A goiabeira-serrana (Acca sellowiana (Berg) Burret) pertencente a família Myrtaceae, é uma espécie nativa com ampla dispersão nos planaltos meridionais do sul do Brasil. Além de espécie nativa e produzir frutos de odor e sabor diferenciado, razão pela qual seu cultivo comercial é incentivado pelo Departamento de Conservação da Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente. A goiabeira serrana tem sido cultivada sob os sistemas orgânico, convencional, ou ainda, os frutos coletad...

  9. Riqueza e Abundância de Abelhas Euglossini (Hymenoptera, Apidae em Parques Urbanos de Goiânia, Goiáse em parques urbanos de Goiânia, Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Grandolfo

    2013-07-01

    Abstract. Urban environments have become a refuge for many species, including some bees of the tribe Euglossini. The group includes species with large capacity flight, so they are considered important neotropical pollinators. Euglossini is scarce information about the Cerrado, incomplete information like geographic distribution, which are endemic and which are cosmopolitan. This study aimed to identify and analyze the composition of bee species of the tribe Euglossini occurring in urban parks as to abundance, richness and attractiveness through the use of scent baits. The specimens of Euglossini were collected monthly from April to August 2008 in four urban parks in Goiânia, Goiás. The bees were sampled with the aid of scent traps, exposed from 8 am to 12 noon, containing one of the essences: salicylate methyl, benzyl acetate, cineole, vanillin. We collected 147 male orchid bees belonging to three genera and five species. There was a strong dominance of individuals Eulaema nigrita Lepeletier (95.23%, followed by Euglossa cordata (Linnaeus (2.72%. The Cineol was the essence that attracted the greatest abundance of males and methyl salicylate had the highest species richness attracted. This study is the first record of species occurrence of Exaerete smaragdina (Guérin and Euglossa imperialis Cockerell for the Midwest and Euglossa variabilis Friese for the Cerrado. The preservation of all these areas will keep bee populations of wild these regions ecological importance of maintaining the service pollination of plant species.

  10. Caracterização sazonal de acúmulos isolados de própolis em colônias de Plebeia emerina (Hymenoptera, Apidae no sul do Brasil Seasonal characterization of isolated propolis clusters in Plebeia emerina (Hymenoptera, Apidae colonies in the south of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila G. dos Santos

    2009-06-01

    Full Text Available Em colônias de abelhas sem ferrão a aplicação da própolis é ampla, sendo utilizada como matéria-prima nas construções e defesa contra inimigos. Há registros de armazenamento de própolis viscosa, sob forma de acúmulos isolados. Neste trabalho propõe-se a caracterização sazonal da área, do número e da distribuição espacial dos acúmulos isolados de própolis em colônias de Plebeia emerina (Friese, 1900. Colônias foram avaliadas entre outubro/2003 e setembro/2004, medindo-se mensalmente os acúmulos isolados de própolis e registrando-se a posição relativa dos mesmos nas colméias. Entre outubro e março, a área dos acúmulos de própolis nas colônias variou entre 0,50 e 4,92 cm² e o número de acúmulos foi de 3 a 16. No período de abril a setembro, a área foi de 4,54 a 18,48 cm² e o número de acúmulos de 9 a 36. Sugere-se que o aumento da própolis acumulada possa estar relacionado à preparação das colônias para o outonoinverno quando a coleta do produto é reduzida. A análise sazonal da distribuição dos depósitos isolados de própolis corrobora com os registros da área total, indicando preferência da posição anterior da colônia para acumular a própolis. Esta constatação fortalece a hipótese do uso da própolis viscosa dos depósitos isolados na defesa, principalmente junto à entrada das colônias.In colonies of stingless bees, propolis is used for many applications, such as in raw material for constructions and for their defense against enemies. There are records of viscous propolis storage, in form of isolated clusters. In this work, the seasonal characterization of area, number and spatial distribution of isolated propolis clusters in Plebeia emerina (Friese, 1900 colonies is proposed. Colonies were evaluated between October/2003 and September/2004, by measuring in a monthly basis the isolated propolis clusters and recording the relative position of these clusters within the beehives. Between

  11. Author Details

    African Journals Online (AJOL)

    Fasasi, KA. Vol 8 (2010) - Articles Effect of age of honeybee queens of Apis mellifera adansonii (Hymenoptera: apidae) on the rate of brood production in modern bee-hives. Abstract. ISSN: 1596-972X. AJOL African Journals Online. HOW TO USE AJOL... for Researchers · for Librarians · for Authors · FAQ's · More about ...

  12. Browse Title Index

    African Journals Online (AJOL)

    Items 1 - 50 of 391 ... Vol 13, No 2 (2011), A review of the evolution of trappiing strategies for the control of trypanosomiasis and tsetse flies (Glossina spp) in africa (1908 -2004), Abstract ... Vol 9, No 2 (2007):, A survey of indigenous knowledge of stingless bees (Apidae: meliponini) in the central region of Ghana, Abstract.

  13. Biologia floral de Croton urucurana Baill. (Euphorbiaceae ocorrente em vegetação ripária da ilha Porto Rico, Porto Rico, Estado do Paraná, Brasil - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i2.1638 Floral biology of Croton urucurana Baill (Euphorbiaceae that occurs in riparian vegetation of Porto Rico Island, in Porto Rico, Paraná, Brazil - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i2.1638

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio de Souza

    2004-04-01

    Full Text Available Foram realizados estudos de biologia floral em Croton urucurana, espécie monóica, arbórea, pioneira e recomendada para a recuperação de matas ciliares. As flores são diclinas, pequenas, apresentam coloração amarelo-esverdeada e dispõem-se em inflorescências racemosas. A antese é noturna, por volta das 23h, e as flores duram três dias. Os visitantes florais foram insetos das ordens Diptera, Odonata, Lepidoptera, Hemiptera e Hymenoptera (Apidae e Vespidae, sendo Apis mellifera a espécie mais freqüenteStudies of floral biology were developed on Croton urucurana, a pioneer monoecious tree, recommended to be used in the process of regeneration of the riparian forest. The plant presents small yellow-greenish unisexual flowers, disposed in racemose inflorescences. Anthesis occurs at night, flowers last three days and open around 11 pm. Flowers are visited by insects belonging to the following Orders Diptera, Odonata, Lepidoptera, Hemiptera and Hymenoptera (Apidae and Vespidae. Apis mellifera was the most frequent flower visitor

  14. Arquitectura foliar de las especies de Myrtaceae nativas de la Argentina I: Grupos "Myrcia", "Myrceugenia" y "Plinia" Foliar architecture of native species of Myrtaceae from Argentina I: Groups "Myrcia","Myrceugenia" and "Plinia"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cynthia C. González

    2011-06-01

    Full Text Available Se estudiaron 19 especies nativas de la flora Argentina con el fin de encontrar patrones en la arquitectura foliar que permitan diferenciar las especies de los grupos (subtribus informales "Plinia", "Myrcia" y "Myrceugenia" (sensu Lucas et al. 2007, (Tribu Myrteae, Myrtaceae. Las hojas de los grupos estudiados en este trabajo se caracterizan por ser simples, de ápice y base variables, de textura membranácea a coriácea y de margen entero. Su arquitectura foliar está caracterizada por presentar una venación de primera categoría pinnada, simple y recta, carecen de venas agróficas, la venación de segunda categoría es camptódroma-broquidódroma con una vena paramarginal, y dos, una o ninguna vena intramarginal. Las venas de tercera y cuarta categoría son reticuladas al azar o ramificadas; las aréolas varían entre no desarrolladas a desarrolladas completamente y, con vénulas ramificadas una, dos o más veces.Nineteen species of native flora were studied to find patterns of leaf architecture to differentiate the Argentinean species of the groups (informal subtribal "Plinia", "Myrcia" and "Myrceugenia" (sensu Lucas et al. 2007, (Tribe Myrteae, Family Myrtaceae. The leaves studied in this work are characterized by being simple, with apex and base variable, membranaceous to coriaceous in texture, and with entire margin. Its venation pattern is characterized by having the first vein category pinnate, simple, and straight, without agrophic veins; venation of secondary category with always brochidodromous-camptodromous veins, with one paramarginal vein, and may have two, one, or none intramarginal vein; the third and fourth vein category are random reticulate or branched, the areolae vary from undeveloped to fully developed and venules branching one, two, or more times.

  15. Morfologia da copa para avaliar o espaço vital de quatro espécies nativas da Amazônia Crown morphology to evaluate the growing space of four Amazon native species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helio Tonini

    2005-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi o de definir diretrizes para o desbaste de quatro espécies nativas: a castanha-do-pará ou castanheira-do-brasil (Bertholletia excelsa, a andiroba (Carapa guianensis, o ipê-roxo (Tabebuia avellanedae e o jatobá (Hymenaea courbaril, plantadas em plantios homogêneos no Estado de Roraima. Foi feita a análise das relações entre os principais índices morfométricos da copa e o crescimento em diâmetro e altura; para isso foram medidos o diâmetro à altura do peito, altura total, altura de inserção e diâmetro da copa de 87 árvores. Na análise dos parâmetros de copa, a castanheira-do-brasil demonstrou superioridade em diâmetro e área, o que indica que essa espécie necessita de um maior espaço vital e maiores espaçamentos iniciais; no entanto, sua copa foi menos eficiente em manter um mesmo incremento médio anual em diâmetro.This work aimed at defining guidelines for thinning of four native species in pure stands, in Roraima State: Brazil nut tree (Bertholletia excelsa, Andiroba (Carapa guianensis, Ipê-roxo (Tabebuia avellanedae, and Jatobá (Hymenea courbaril. Analyses were made on the relations between main crown morphometric index, and diameter and height growth of these species. Eighty-seven trees were measured, and data taken are: diameter at breast height, total height, crown insertion height and crown diameter. Crown parameters analysis showed diameter and crown area superiority of Brazil nut, which indicates its need of a proper initial spacing and bigger growing space. However, Brazil nut crown was less efficient to maintain the same mean annual diameter increment.

  16. Polinização entomófila em abóbora caipira, Cucurbita mixta (Curcubitaceae = Entomophilus pollination in pumpkins, Cucurbita mixta (Curcubitaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Henrique Lattaro

    2006-10-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi avaliar os insetos visitantes nas flores masculinas e femininas da abóbora caipira (Cucurbita mixta, em Ribeirão Preto, Estado de São Paulo. Para isso, foram realizadas contagens dos insetos presentes nas flores das 7h00 às 18h00, durante 10 minutos em cada horário, com três repetições (três dias distintos, em agosto de 2004. Observou-se que abelha africanizada (Apis mellifera foi o inseto visitante mais freqüente nas flores. Essa abelha visitou as flores até 13h00 e preferiu coletar néctar nasflores masculinas (68,4%, em comparação ao pólen nas flores masculinas (18,6% e ao néctar nas flores femininas (13,0%. A freqüência dessas abelhas nas flores diminuiu no decorrer do dia. A relação de flor masculina para feminina foi 3,2:1.This study aimed to evaluate the insect visitors in the male and female flowers of the pumpkin, Cucurbita mixta, in Ribeirão Preto, São Paulo State, Brazil. The experiment was conducted in August, 2004. The insects in the flowers were counted from 7:00 a.m. to 6:00p.m., for 10 minutes, every hour, with three replications and in three different days. It was observed that the insect which most frequently visited the flowers was the Africanized honey bee, Apis mellifera. That bee visited flowers until 1:00 p.m. and preferred to collect nectar from the male flowers (68.4%, when compared to pollen from the male flowers (18.6% and nectar from the female flowers (13.0%. The frequency of those bees in the flowers decreased in elapsing of the day. The relationship between male and female flowers was 3.2:1.

  17. Refugia, biodiversity, and pollination roles of bumble bees in the Madrean Archipelago

    Science.gov (United States)

    Justin O. Schmidt; Robert S. Jacobson

    2005-01-01

    Eight species of bumble bees (Hymenoptera: Apidae: Bombus) are present within five major Sky Island mountains of southern Arizona. Another four species exist in the nearby large mountainous region stretching from the Arizona White Mountains to Flagstaff. The distribution and number of bumble bee species within the individual Sky Island mountains varies from six in the...

  18. Population structure and morphometric variance of the Apis mellifera scutellata group of honeybees in Africa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sarah Radloff

    2000-06-01

    Full Text Available The honeybee populations of Africa classified as Apis mellifera scutellata Lepeletier were analysed morphometrically using multivariate statistical techniques. The collection consisted of nearly 15,000 worker honeybees from 825 individual colonies at 193 localities in east Africa, extending from South Africa to Ethiopia. Factor analysis established one primary cluster, designated as A. m. scutellata. Morphocluster formation and inclusivity (correct classification are highly sensitive to sampling distance intervals. Within the A. m. scutellata region are larger bees associated with high altitudes of mountain systems which are traditionally classified as A. m. monticola Smith, but it is evident that these bees do not form a uniform group. Variance characteristics of the morphometric measurements show domains of significantly different local populations. These high variance populations mostly occur at transitional edges of major climatic and vegetational zones, and sometimes with more localised discontinuities in temperature. It is also now evident that those A. m. scutellata introduced nearly fifty years ago into the Neotropics were a particularly homogenous sample, which exhibited all the traits expected in a founder effect or bottleneck population.Populações africanas de abelhas comuns classificadas como Apis mellifera scutellata Lepeletier foram analisadas morfometricamente usando-se técnicas estatísticas multivariadas. A população consistia de aproximadamente 15.000 abelhas operárias provenientes de 825 colônias individuais de 193 localidades do leste da África, estendendo-se da África do Sul até a Etiópia. A análise de fatores estabeleceu um agrupamento primário designado A. m. scutellata. A formação de agrupamento morfológico e a inclusividade (classificação correta são altamente sensíveis aos intervalos de distância da amostragem. Dentro da região de A. m. scutellata há abelhas maiores associadas às altas altitudes

  19. Substituição natural de rainhas fisogástricas e distância de vôo dos machos em Tiuba (Melipona compressipes fasciculata Smith, 1854 e Uruçu (Melipona scutellaris Latreille, 1811 (Apidae, Meliponini Natural substitutions of queens and flight distance of males in tiuba (Melipona compressipes fasciculata Smith, 1854 and uruçu (Melipona scutellaris Latreille, 1811 (Apidae, Meliponini

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislene Almeida Carvalho-Zilse

    2004-12-01

    Full Text Available Este trabalho relata detalhes da vida reprodutiva de duas espécies de abelhas sem ferrão. Rainhas velhas de Melipona compressipes fasciculata, no Maranhão, morrem e são substituídas com sucesso em todos os meses. Rainhas de Melipona scutellaris, trazidas de Lençóis (BA - nordeste do Brasil para Uberlândia (MG, centro-sudeste do Brasil morreram durante todos os meses e não mostraram a existência de trimestre preferencial para as novas rainhas iniciarem postura. Quarenta machos de M. scutellaris, após serem marcados no tórax e libertados em grupos de 10 a 100, 400, 800 e 1000 metros do meliponário, tiveram seus retornos observados. Todos os machos libertados a 100 e 400 metros regressaram ao meliponário, 7 de 10 machos e 2 de 10 machos retornaram de 800 e 1000 metros, respectivamente. Os machos esperam constantemente pela saída de uma rainha virgem, próximos às colônias órfãs, o que indica que a maioria das rainhas é inseminada próximo aos seus ninhos, portanto, a dispersão dos genes depende do vôo dos machos e da distância de enxameagem para ocupação de uma cavidade para o novo ninho.This work reports on the reproductive life of the stingless bees (Meliponini. Old queens of Melipona compressipes fasciculata in Maranhão State, Brazil die and are successfully substituted by new ones in all months. Queens of Melipona scutellaris from Lençois (BA - northeastern Brazil brought to Uberlândia (Central South eastern Brazil died during all months, and there are no months where new queens are more able to begin egg laying. Forty males of M. scutellaris were marked in the thorax and released in groups of 10 at 100, 400, 800 and 1000 meters from the meliponary and their return to it was observed. All males released at 100 to 400 meters returned, 7 out of 10 and 2 out of 10 males returned respectively from 800 and 1000 meters. Males are constantly waiting for a virgin queen next to orphan colonies, the majority of the queens is

  20. Recria de cordeiras em pastagem nativa melhorada submetida à fertilização nitrogenada: 2. Produção animal Rearing of lambs in improved native pasture submitted to nitrogen fertilization: 2. Animal production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Igor Justin Carassai

    2008-10-01

    Full Text Available Avaliou-se o desempenho de cordeiras de corte para o acasalamento no outono em pastagem nativa melhorada fertilizada com adubo mineral fórmula 5-20-20 (250 kg/ha. Utilizaram-se duas doses de nitrogênio (100 e 200 kg/ha na forma de uréia, fracionadas em duas aplicações (70% em 3 de fevereiro e 30% em 17 de março de 2005 considerando controle piquetes sem aplicação de nitrogênio. Os tratamentos foram distribuídos em blocos completos com duas repetições. O método de pastejo foi contínuo com lotação variável e oferta de forragem de 16% (16 kg MS/100 kg peso vivo [PV]. O período de avaliação foi de 21 de janeiro a 31 de maio. As variáveis estudadas foram taxa de lotação, carga animal, desaparecimento de MS em %PV, ganho de peso médio diário, escore de condição corporal, ganho de peso por área e taxa de prenhez. O desaparecimento de MS em %PV não diferiu entre as doses de nitrogênio e os períodos de avaliação e apresentou valores limitantes em relação ao provável consumo potencial. As doses de nitrogênio tiveram efeito positivo sobre a taxa de lotação e a carga animal, que não diferiram no decorrer das avaliações. O escore de condição corporal, o ganho médio diário e o ganho de peso por área apresentaram variações significativas entre os períodos de avaliação, como resultado da influência do déficit hídrico registrado durante o período experimental. A taxa de prenhez não foi influenciada pelas doses de nitrogênio. Apesar do déficit hídrico, que comprometeu negativamente as variáveis produtivas da pastagem e a resposta animal às doses de nitrogênio aplicadas, a pastagem nativa melhorada por meio de adubação pode suportar elevadas taxas de lotação.The performance of lambs for the mating in the autumn in improved native pasture fertilized with 250 kg/ha of mineral formula 5-20-20 was evaluated. Two levels of nitrogen (N (100 and 200 kg/ha of N as urea divided in two applications, 70% and

  1. Nest distribution and nesting habits of Xylocopa ordinaria Smith (Hymenoptera, Apidae in a restinga area in the northern Rio de Janeiro State, Brazil Distribuição de ninhos e hábitos de nidificação de Xylocopa ordinaria Smith (Hymenoptera, Apidae em área de restinga no norte do Estado do Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Sarlo Bernardino

    2008-09-01

    espécie multivoltina que tolera a presença de co-específicos no ninho. Essas abelhas foram generalistas quanto às fontes de néctar e pólen, mas apresentaram constância floral no aprovisionamento de células de cria. Esses comportamentos, a atividade ao longo do ano, vôos ao longo do dia e visitas legítimas às flores indicam a importância de X. ordinaria na polinização de plantas da restinga.

  2. Viabilidade financeira da produção de geleia real com abelhas africanizadas suplementadas com diferentes nutrientes =Financial viability in royal jelly production with Africanized honey bees supplemented with different nutrients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Martins Costa Maia

    2010-10-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar a viabilidade financeira do fornecimento de cinco suplementos elaborados com diferentes fontes de óleo e proteína para abelhas africanizadas submetidas à produção de geleia real. Foi verificado se os investimentos com a suplementação das colônias proporcionam rentabilidade aos apicultores, a fim de proporcionar opções lucrativas para diversificação dos produtos apícolas. Para avaliar os cinco suplementos, realizaram-se dois ensaios experimentais. Em cada ensaio, 20 recrias foram divididas aleatoriamente em quatro tratamentos. Foram realizadas 15 observações por recria. No ensaio I, os tratamentos foram: óleo de linhaça mais óleo de palma, óleo de linhaça, óleo de palma e controle sem suplementação. No ensaio II, proteína isolada de soja mais levedo de cerveja, proteína isolada de soja, levedo de cerveja e controle sem suplementação. Foram determinados os seguintes indicadores financeiros de produção: receita operacional líquida, custo total, lucro e relação benefício-custo. Suplementos elaborados com mistura de óleos de linhaça mais óleo de palma e proteína isolada de soja maislevedo de cerveja produziram uma relação entre o lucro obtido e o valor calculado dos custos indiretos de produção de 2,58 e 2,50, respectivamente, diferindo do controle (p This study was carried out to evaluate the financial viability of five supplements made with different sources of oil and protein, to be given to Africanized honeybees for royal jelly production. The study verified whether the investments with colony supplementation give financial returns to beekeepers, increasing profits for thediversification of bee products. In order to evaluate the five supplements, two experimental assays were performed. In each, 20 colonies were distributed randomly in four treatments, with 15 replications per colony. In assay I, the treatments were: linseed oil plus palm oil supplement, linseed oil, palm oil, and

  3. Reproductive ecology of the exotic tree Muntingia calabura L. (Muntingiaceae in southeastern Brazil Ecologia reprodutiva da árvore exótica Muntingia calabura L. (Muntingiaceae no sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo Antônio de Figueiredo

    2008-12-01

    Full Text Available The exotic tree Muntingia calabura L. (Muntingiaceae, a species native to Central America, is used as fish feed and fiber and cellulose production in Brazil. This study was carried out in urban areas and verified the reproductive biology of this plant species. Flower and fruit morphology, compatibility system, reproductive phenology, pollination and frugivore animals, and germination of disseminated seeds were recorded by standard field and laboratory procedures. This tree is self-compatible and autonomously self-pollinated, with its flowers being mainly visited by bees and its fruits consumed by birds and bats. Germination of its dispersed seeds is fast and occurs at a high rate. The results of this work suggest that M. calabura is very adaptable to cultivated areas,thus being an excellent choice for urban reforestation. However, its reproductive characteristics place this plant as an invasive species with significant potential in southeastern Brazil.A árvore exótica Muntingia calabura L. (Muntingiaceae é nativa da América Central e, no Brasil, ela é utilizada para alimentação de peixes e para produção de fibras e celulose. Este estudo, realizado em áreas urbanas, verificou a biologia reprodutiva dessa espécie vegetal. A morfologia de flores e frutos, o sistema de compatibilidade, a fenologia reprodutiva, os animais polinizadores e frugívoros e a germinação das sementes foram estudados através de procedimentos-padrão de campo e laboratório. A árvore é autocompatível e apresenta autopolinização espontânea, com suas flores visitadas por abelhas e frutos consumidos por aves e morcegos. A germinação das sementes é rápida e com elevada taxa. A conclusão é que M. calabura é uma espécie vegetal altamente adaptada à reprodução sob condições de cultivo, sendo uma excelente opção para inclusão em projetos de reflorestamento urbano. Apesar disso, as características reprodutivas colocam essa espécie como importante

  4. Variación de la comunidad de abejas de las orquídeas (Hymenoptera: Apidae en tres ambientes perturbados del piedemonte llanero colombiano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alejandro Parra-H

    2007-12-01

    Full Text Available Las abejas de las orquídeas subsisten en vastas áreas de bosque tropicales gracias a que mantienen estrechas relaciones con tipos de vegetación particular en diversos micro-hábitats. Con base en este tipo de relaciones con el medio y características biológicas como preferencia por ciertos tipos de néctares y de polen, y diversidad morfológica y etológica de la tribu, es posible evaluar la calidad de un hábitat según la distribución de euglosinos. Este trabajo propone el uso de esta información, además de índices de diversidad para la evaluación de la calidad del medio. Entre marzo y diciembre de 2003 muestreamos tres tipos de paisaje (Urbano, Rural y Conservado en el piedemonte llanero colombiano, usando redes entomológicas y sustancias aromáticas (Cineol y Metil Salicilato. Para las 15 localidades muestreadas se registraron 17 de las 26 especies conocidas para el área. Eulaema nigrita fue la más frecuente mientras que Euglossa magnipes, E. cybelia, E. heterosticta, E. singularis, Eulaema bombiformis, E. speciosa y Exaerete frontalis correspondieron a ambientes considerados de aceptable a buena calidad. La composición y cercanía de fragmentos de bosque son factores favorables. La diversidad relativa (máxima variación de formas y tamaños dentro de la tribu, sería proporcional a la calidad del medio.Variation of the orchid bees community (Hymenoptera: Apidae in three altered habitats of the Colombian "llano" piedmont. Orchid bees subsist in vast tropical forest areas because they maintain close relationships with particular plant species in diverse micro-habitats. Based on the relationships among the environment and biological features (food preference, morphologic and ethologic diversity, it is possible to determine habitat quality using the euglossine array. This work proposes the use of this ecological information, in addition to diversity indices, for the evaluation of environmental quality. Fifteen localities in

  5. Revisión taxonómica del subgénero Micrandrena (Hymenoptera: Apoidea: Andrenidae: Andrena) de la Península Ibérica

    OpenAIRE

    Dardón Peralta, María José

    2011-01-01

    [ES]Las abejas (Hymenoptera: Apoidea) han sido clasificadas por diferentes autores siguiendo distintos criterios, aunque actualmente se emplea la propuesta de Michener (2007), quien establece siete familias: Andrenidae, Colletidae, Halictidae, Melittidae, Stenotritidae, Megachilidae y Apidae. La familia Andrenidae se divide en cuatro subfamilias: Oxaeinae, Andreninae, Alocandreninae y Panurginae. La subfamilia Andreninae está conformada por los géneros Ancyladrena Cockerell, 1930, Andrena...

  6. Estudo do comportamento nutricional dos zangões(Apis mellifera L. após diferentes tempos de jejum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Italo Souza Aquino

    2013-05-01

    Full Text Available A aprendizagem olfativa de zangões de abelhas africanizadas (Apis mellifera L. tem sido investigada em condicionamento clássico (CC através do reflexo da extensão da probóscide (PER. O CC entre membros da casta das abelhas merece estudos que possam mostrar diferenças e semelhanças no aprendizado associativo entre esses indivíduos. Zangões e operárias de A. mellifera L. foram igualmente confinados em pequenos tubos de metal e submetidos a diferentes períodos de privação 12, 16, 20 e 24 horas. Os indivíduos sobreviventes a esses períodos foram submetidos a 24 provas em que receberam 12 apresentações de estímulos condicional (EC e incondicional (EI pareados durante aquisição e 12 apresentações de EC na extinção. Observou-se que os longos períodos de jejum não causam grandes retardos da aprendizagem nos zangões. Porém, para que se obtenha um melhor desempenho destes no procedimento de condicionamento recomenda-se períodos de jejum iguais ou inferiores a 12h.

  7. Efeito do sistema de produção de cana-de-açúcar na qualidade da água em bacias hidrográficas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Garcia Brunini

    2017-06-01

    Full Text Available A cultura de cana-de-açúcar é uma das mais importantes do mundo, por ser a principal matéria-prima para a fabricação do açúcar e etanol, gerando inúmeros empregos diretos e indiretos. Entretanto, o sistema produtivo ocupa extensas áreas contíguas, isolando e/ou suprimindo as reservas de matas nativas e áreas de nascentes e mananciais. Objetivou-se, nesse estudo, avaliar a água das nascentes de uma microbacia hidrográfica e observar as diferenças que ocorrem quando as áreas de nascentes estão envoltas por mata nativa (Área de Proteção Permanente - APP e quando estas não estão. Para tanto foram selecionadas sete microbacias de primeira ordem de magnitude com nascentes (três com mata nativa no entorno da nascente; três sem mata nativa no seu entorno e uma com a nascente represada, apresentando a montante áreas com sistema produtivo de cana-de-açúcar. Realizaram-se as coletas de água mensalmente durante o período de um ano. Foram avaliados os parâmetros físicos e químicos da água, que servem como indicadores ambientais, in loco e em laboratórios específicos. O uso/ocupação do solo foi observado durante os meses de coleta na área. Os resultados deste estudo mostraram que a água da rede de drenagem das nascentes protegidas por mata ciliar apresentaram menor variabilidade nos dados em relação as nascentes não protegidas.

  8. Avaliação da compressibilidade de um Nitossolo Vermelho distroférrico sob sistema plantio direto, preparo convencional e mata nativa Evaluation of compressibility of a dystroferric Red Nitosol under no-tillage and conventional tillage systems and a native forest

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Lara de Assis

    2005-07-01

    Full Text Available Os efeitos do tráfego de máquinas nos atributos do solo de acordo com o tempo de adoção do sistema plantio direto são ainda pouco pesquisados em ambientes tropicais, e muitas dúvidas ainda persistem sobre a variação dinâmica da estrutura do solo e a sua interação com máquinas e equipamentos. Objetivou-se com este estudo avaliar o efeito do tempo de adoção do sistema plantio direto, comparativamente com área de mata nativa e de preparo convencional, usando os modelos de compressibilidade do solo. O estudo foi realizado em um Nitossolo Vermelho distroférrico, sob mata nativa (MN, preparo convencional (PC, plantio direto com um ano (PD1, plantio direto com quatro anos (PD4, plantio direto com cinco anos (PD5 e plantio direto com 12 anos (PD12. Amostras indeformadas e deformadas foram coletadas em duas profundidades (0-5 e 10-15 cm. O tempo de adoção do sistema plantio direto alterou o comportamento compressivo dos solos em ambas as profundidades, por meio das mudanças na pressão de preconsolidação. A profundidade de 0-5 cm apresentou menor capacidade de suporte de carga do que a profundidade de 10-15 cm. A profundidade de 0-5 cm, em todos os sistemas de manejo, mostrou-se mais susceptível à compactação em relação à profundidade de 10-15 cm. Os sistemas de plantio direto e convencional apresentaram a capacidade de suporte de carga crescente na seguinte ordem: PD5 @ PC, para a profundidade de 0-5 cm e para a profundidade de 10-15 cm: MN @ PD12 @ PD4 The effects of machinery traffic on soil attributes following the adoption of no-till systems in tropical environments are still poorly documented. Numerous questions persist about the dynamic variation of soil structure and its interaction with machinery and equipments. The present study had the objective to evaluate the effect of time of adoption of no-tillage system and compare them to a conventionally tilled soil and a soil under a native forest using soil compressibility

  9. PERDA UNIVERSAL DE SOLOS PARA A REGIÃO DO ALTO MÉDIO SÃO FRANCISCO - MINAS GERAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcílio Baltazar Teixeira

    2017-12-01

    Full Text Available O principal objetivo deste trabalho foi buscar estimar a perda universal de solos em uma localidade situada na região do alto médio São Francisco, no Estado de Minas Gerais, combinando-se o uso dos Sistemas Informações Geográficas (SIG com modelo quantitativo da Equação Universal de Perdas de Solos (USLE. Neste caso esta localidade foi dividida em duas partes, e através da avaliação da degradação ambiental, estudou-se a parcela mais degradada, considerando, neste caso, a perda de vegetação nativa (cerrado como fator de distinção entre ambas as partes territoriais. Usando a ferramenta do software SPRING/INPE e o ArcGIS, estimou-se a perda de vegetação nativa ao longo dos anos de 1973/1975, 1984, 1993, 2003, 2007 e 2011 para logo em seguida determinar a localidade mais degradada (ou com menor quantidade de vegetação nativa. Após isto, estimou-se a perda universal dos solos para localidade estudada.

  10. Higher order visual input to the mushroom bodies in the bee, Bombus impatiens.

    Science.gov (United States)

    Paulk, Angelique C; Gronenberg, Wulfila

    2008-11-01

    To produce appropriate behaviors based on biologically relevant associations, sensory pathways conveying different modalities are integrated by higher-order central brain structures, such as insect mushroom bodies. To address this function of sensory integration, we characterized the structure and response of optic lobe (OL) neurons projecting to the calyces of the mushroom bodies in bees. Bees are well known for their visual learning and memory capabilities and their brains possess major direct visual input from the optic lobes to the mushroom bodies. To functionally characterize these visual inputs to the mushroom bodies, we recorded intracellularly from neurons in bumblebees (Apidae: Bombus impatiens) and a single neuron in a honeybee (Apidae: Apis mellifera) while presenting color and motion stimuli. All of the mushroom body input neurons were color sensitive while a subset was motion sensitive. Additionally, most of the mushroom body input neurons would respond to the first, but not to subsequent, presentations of repeated stimuli. In general, the medulla or lobula neurons projecting to the calyx signaled specific chromatic, temporal, and motion features of the visual world to the mushroom bodies, which included sensory information required for the biologically relevant associations bees form during foraging tasks.

  11. brasilense nativa de Tamaulipas, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. L. Hernández-Mendoza

    2008-01-01

    Full Text Available La bacteria Azospirillum brasilense [Tarrand et al., 1979] metaboliza el triptófano y produce diversos metabolitos; entre ellos, el ácido indolacético. En este trabajo se utilizó la cepa CBG 497 de A. brasilense aislada de maíz para identificar los metabolitos producidos a partir de triptófano en laboratorio. Entre los metabolitos identificados destacan los ácidos antranílico e indolacético. El ácido antranílico es un compuesto intermediario en la síntesis y degradación del triptófano y, junto con el ácido indolacético, estaría involucrado en la capacidad promotora del crecimiento vegetal de A. brasilense

  12. Influência de depósito de lixo na fitossociologia das espécies arbóreas de cerrado

    OpenAIRE

    Santana, Otacílio Antunes

    2007-01-01

    Mudanças na estrutura física e química do solo e nas águas subterrâneas foram observadas em regiões adjacentes aos depósitos de lixo, com acúmulo de metais pesados e nutrientes. Geralmente, existe uma vegetação nativa associada a esses depósitos em suas áreas adjacentes. Os objetivos deste trabalho foram: i) realizar o levantamento da composição das espécies arbóreas nativas de Cerrado e quantificar seus parâmetros fitossociológicos; ii) realizar o levantamento das espécies arbóreas exóticas ...

  13. A eficiência da semeadura direta para a revegetação de uma jazida de cascalho na fazenda Água Limpa, APA Gama Cabeça de Veado, Brasília, DF

    OpenAIRE

    Santos, Larissa Carolina Amorim dos

    2011-01-01

    A recuperação de áreas degradadas pela mineração é um processo lento e oneroso. O plantio de mudas nativas tem sido a maneira mais comum de se revegetar áreas mineradas. Uma alternativa a esse método é a semeadura direta no substrato exposto. Redução de custo, incentivo aos processos de regeneração natural, maior diversidade de espécies e menor manutenção são algumas vantagens desse método. Este trabalho, portanto, visou à avaliação do sucesso do estabelecimento de espécies arbóreas nativas d...

  14. Aislamiento y caracterización de cepas nativas de Lactobacillus spp. para su uso como probióticos en la industria láctea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sylvia Vázquez

    2011-05-01

    Full Text Available La utilización de fermentos en la elaboración de productos lácteos es una práctica diaria a nivel industrial. En nuestro país los mismos son comprados a multinacionales extranjeras que se dedican a producir y comercializar fermentos; muchos de los cuales incorporan bacterias probióticas. Los probióticos pueden definirse como microorganismos que luego de ser consumidos en cantidades adecuadas, confieren algún efecto benéfico en el huésped. En el presente trabajo se realizó el aislamiento de una cepa de Lactobacillus de origen humano. Se identificó por tinción gram, prueba catalasa, crecimiento en anaerobiosis y aerobiosis y un test API 50 CH. Con el objetivo de probar propiedades probióticas de la cepa se llevaron a cabo estudios de resistencia al pH, tolerancia a sales biliares y se realizó un Modelo Gástrico in vitro. Los resultados permiten afirmar que estamos en presencia de una cepa nativa de Lactobacillus acidophilus caracterizada fenotípicamente con un 97% de confianza. Presentaría la habilidad de sobrevivir al pasaje a través del tubo digestivo ya que resistió la exposición a un pH similar al estomacal, pudo crecer en un medio con sales biliares y sobrevivió a la acción conjunta de la pepsina y una simulación de jugo gástrico; características que permiten clasificarla como posible cepa probiótica.Abstract  The use of starters to elaborate dairy products is a current practice in the industry. In our Country we import these starters from foreign companies dedicated to make and sale it, and most of them include probiotic bacterias. Probiotics can be defined as microorganisms that after be consumed in adequate amount, can give some advantageous effect to the host. In this study a strain of Lactobacillus was isolated from a human. The identification was done through gram stain, catalase test, aerobic and anaerobic growth, and an API 50 CH test. In order to prove the probiotic properties of the strain, studies of p

  15. The Activity of Carbohydrate-Degrading Enzymes in the Development of Brood and Newly Emerged workers and Drones of the Carniolan Honeybee, Apis mellifera carnica

    OpenAIRE

    Żółtowska, Krystyna; Lipiński, Zbigniew; Łopieńska-Biernat, Elżbieta; Farjan, Marek; Dmitryjuk, Małgorzata

    2012-01-01

    The activity of glycogen Phosphorylase and carbohydrate hydrolyzing enzymes α-amylase, glucoamylase, trehalase, and sucrase was studied in the development of the Carniolan honey bee, Apis mellifera carnica Pollman (Hymenoptera: Apidae), from newly hatched larva to freshly emerged imago of worker and drone. Phosphorolytic degradation of glycogen was significantly stronger than hydrolytic degradation in all developmental stages. Developmental profiles of hydrolase activity were similar in both ...

  16. Chemical composition, botanical evaluation and screening of radical scavenging activity of collected pollen by the stingless bees Melipona rufiventris (Uruçu-amarela

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania M.S. Silva

    2009-06-01

    Full Text Available Stingless bees in Brazil are indigenous and found all over the country. Bee pollen is used for its nutritional value in the human diet. It is made up of natural flower pollen mixed with nectar and bee secretions. In order to evaluate the chemical composition, free radical scavenging activity, and botanical origin, sample of pollen loads from stingless bee, Melipona rufiventris (Uruçu amarela was studied. The EtOAc extract of pollen of Melipona rufiventris yielded the following compounds: p-hydroxycinnamic acid, dihydroquercetin, isorhamnetin, isorhamnetin3-O-(6"-O-E-p-coumaroyl-β-D-glucopyranoside, luteolin, and quercetin. This is the first report of the isolation of isorhamnetin3-O-(6"O-E-p-coumaroylβ-D-glucopyranoside from pollen. The free radicalscavenging activities of different solvent extracts of pollen were determined using DPPH assay. This activity decreases in the order: EtOAc>EtOH>Hexane extract. It appears that the EtOAc extract of the pollen is a good scavenger of active oxygen species. The botanical evaluation of pollen loads showed the composition by two pollen types, with the dominant type (97.3% being Scopariadulcis (L. (Scrophulariaceae and the minor one Senna obtusifolia (L. Irwin & Barneby (Fabaceae. This suggests a specific foraging behavior in Melipona rufiventris bees, even in an environment with such a rich botanical diversity as the Northeastern Brazil.As abelhas sem ferrão são espécies indígenas encontradas em todo o Brasil. Seu pólen é utilizado devido ao seu valor nutricional na dieta humana. É produzido a partir de pólen floral misturado com néctar e líquidos secretados pelas abelhas. Visando avaliar a composição química, a atividade sequestradora de radicais livres e a origem botânica foi estudado o pólencoletado pela abelha sem ferrão Melipona rufiventris (Uruçu-amarela. Do extrato acetato de etila foram isolados os compostos: ácido phidroxicinâmico, dihidroquercetina, isoramnetina, 3O(6

  17. Comparison of efficiency and reproductive aptitude indexes between a reference and field strains of the cattle tick Rhipicephalus (Boophilus microplus, in Sinaloa, Mexico Comparação dos índices de eficiência e aptidão reprodutiva entre uma cepa de referência e outra de campo do carrapato do gado, Rhipicephalus (Boophilus microplus, em Sinaloa, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Soila Gaxiola-Camacho

    2009-12-01

    Full Text Available The objective of this work was to study the reproductive behavior of two strains of R. (B. microplus, one wild-caught (Native and one reference strain (Media Joya for two years, measuring the reproductive efficiency index (REI and reproductive aptitude index (RAI. Engorged ticks from each strain were collected monthly from February 2002 to February 2004. These were weighed and kept in the laboratory until egg-laying. Oogenic masses were individually weighed and incubated until larvae emergence. REI and RAI were calculated from each sample, grouping ticks by weight in 100 mg range classes. An analysis of variance and Duncan's multiple rank tests were carried out on the data (P O objetivo deste trabalho foi estudar a conduta reprodutiva de duas cepas de R. (B. microplus, uma coletada no campo (Nativa e outra de referência (Média Jóia, por dois anos, calculando o índice de eficiência reprodutiva (REI e o índice de aptidão reprodutiva (RAI. Foram coletados mensalmente carrapatos fêmeas engurgitadas de cada cepa no período de Fevereiro de 2002 a Fevereiro de 2004. Estas foram pesadas e conservadas no laboratório até ovipositar. As massas de ovos foram pesadas individualmente e incubadas até a eclosão das larvas. O REI e o RAI foram calculados para cada coleta, agrupando os carrapatos em classe de peso de 100 mg. Os dados foram submetidos a uma análise de variância e prova de classe múltipla de Duncan (P < 0,05. Foram calculados os coeficientes de correlação de Pearson (P < 0,01 para estimar a associação entre o peso dos carrapatos engurgitados e o peso e número de ovos postos e eclosionados. A cepa Nativa mostrou um peso ao engurgitamento mais alto do que a cepa Média Jóia. Os valores de REI e de RAI em ambas cepas foram similares em todos as classes de peso, mostrando tendência cuadrática na Média Jóia e linear-cuadrática na cepa Nativa (P < 0,05. Ambos os índices por classe de peso no engurgitamento foram sempre mais

  18. The soil seed bank in abandoned tropical pastures: source of regeneration or invasion? El banco de semillas en pastizales tropicales abandonados: fuente de regeneración o de invasión?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonel López-Toledo

    2011-06-01

    Full Text Available We assessed the availability of both pioneer and non-native species in the soil seed bank of old-growth forest and recently abandoned pasture, to evaluate whether the soil seed bank in these pastures represents a source of regeneration of species from adjacent old-growth forest or of invasion by non-native species. Our study was conducted at Selva Lacandona, Chiapas, Mexico. Soil samples were randomly collected from 6 sites in old-growth forest, and 6 sites in abandoned pastures. Seedlings from soil samples were identified and classified into pioneer, non-native (weeds/graminoids, and other forest species. Pioneer species seeds were virtually absent in pastures, but represented ~30% of seeds in the forest. Non-native species comprised ~99% of the soil seed bank in pastures. In the forest, soil seed bank density of weeds and graminoids decreased with increasing distance (up to 4 km from agricultural fields, and comprised up to 25% (Mean ± 1SE= 16 ± 7 of the seed bank. Our results show a near total elimination of pioneer species from the soil seed bank in pastures, and considerable invasion of the borders of the Montes Azules reserve by seeds of non-native species. Thus, in the region studied, the soil seed bank in abandoned pastures represents a source of invasion by non-native species into old-growth forest rather than a potential source of forest regeneration.Para evaluar si el banco de semillas en pastizales abandonados representa una fuente de regeneracion o de invasión por especies no-nativas para el bosque maduro se evaluó la presencia de especies pioneras y no-nativas en el banco de semillas de bosque maduro y pastizales recien abandonados en la selva lacandona, Chiapas, México. Se recolectaron muestras de suelo en 6 sitios de bosque maduro y de pastizales abandonados. Las semillas germinadas fueron identificadas y clasificadas en especies pioneras, no-nativas (malezas/graminoides y otras especies de bosque. Las especies pioneras

  19. Avaliação de diferentes modelos de colméias para abelhas jataí (Tetragonisca angustula Latreille, 1811 Evaluation of different types of stingless bees hives (Tetragonisca angustula Latreille, 1811

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Claudia Colla Ruvolo-Takasusuki

    2002-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de colônias de abelhas jataís, Tetragonisca angustula Latreille, 1811 (Hymenoptera, Meliponinae na região de Maringá, Estado do Paraná, alojadas nos seguintes modelos de colméia: Fritzen, Guiliani, Nogueira-Neto e Antonio Carlos Farias (ACF. O experimento foi realizado no período de dezembro de 1999 a dezembro de 2000, com 20 colônias. Mensalmente, as col