WorldWideScience
1

Fatores prognósticos para o parto transvaginal em pacientes com cesárea anterior Prognostic factors for vaginal delivery after cesarian section  

OpenAIRE

O objetivo deste estudo foi determinar os fatores prognósticos para a ultimação do parto por via transpélvica em gestantes com cesárea anterior admitidas em trabalho de parto no CAM-IMIP. Foi realizado um estudo tipo caso-controle, analisando os partos de pacientes com cesárea prévia assistidos no CAM-IMIP no período de janeiro/1991 a dezembro/1994. Foram considerados casos as pacientes com cesárea anterior (n=156) e controles as que tiveram parto transvaginal (n=338). Os critérios ...

Luiz Carlos Santos; Amorim, Melania M. R.; Ana Maria Feitosa Porto; Elvira Barbalho Azevedo; Carina Carla Mesquita

1998-01-01

2

Fatores prognósticos para o parto transvaginal em pacientes com cesárea anterior / Prognostic factors for vaginal delivery after cesarian section  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese O objetivo deste estudo foi determinar os fatores prognósticos para a ultimação do parto por via transpélvica em gestantes com cesárea anterior admitidas em trabalho de parto no CAM-IMIP. Foi realizado um estudo tipo caso-controle, analisando os partos de pacientes com cesárea prévia assistidos no C [...] AM-IMIP no período de janeiro/1991 a dezembro/1994. Foram considerados casos as pacientes com cesárea anterior (n=156) e controles as que tiveram parto transvaginal (n=338). Os critérios de inclusão foram: idade gestacional > 36 semanas, cesárea anterior há pelo menos 1 ano, concepto vivo, trabalho de parto espontâneo e apresentação cefálica fletida. Foram excluídas as gestações de alto risco, os casos de sofrimento fetal anteparto e pacientes com história de parto transpélvico anterior depois da cesárea. A análise estatística foi realizada em Epi-Info 6.0 e Epi-Soft, utilizando-se os testes chi² de associação, teste exato de Fisher e "t" de Student, bem como a odds ratio e seu intervalo de confiança a 95%. Análise de regressão logística múltipla foi efetuada para controle das variáveis confundidoras. O percentual de cesáreas no grupo estudado foi de 31,6%. Os fatores maternos que apresentaram associação significativa com o parto transvaginal foram a idade materna 35 anos (OR = 0,54, IC a 95% = 0,36-0,82), a história de parto vaginal anterior (OR = 1,6, IC a 95% = 1,01-2,55) e a indicação da cesárea anterior por doenças da gestação (OR = 3,67, IC a 95% = 1,19-12,02). Fatores como intervalo entre a cesárea anterior e o parto atual, outras indicações de cesárea e o tipo de histerorrafia não apresentaram associação significativa com o parto transpélvico. No modelo de regressão logística múltipla, persistiram como variáveis associadas significativamente ao parto vaginal a idade materna e a história de parto vaginal anterior. Os autores concluíram que sendo a idade materna Abstract in english Objectives: to determine prognostic factors for vaginal delivery in pregnant women after previous cesarean section admitted to CAM-IMIP in labor.Patients and Methods: a case-control study was performed, analyzing all deliveries of patients with previous cesarean section admitted to CAM-IMIP between [...] January 1991 and December 1994. Patients who had a cesarean section (n=156) were considered cases while patients with a vaginal birth were the controls (n=338). Inclusion criteria were: gestational age > 36 weeks, previous cesarean section at least 1 year before, alive fetus, spontaneous labor and vertex presentation. Patients with high-risk pregnancies, acute fetal distress and a previous vaginal delivery after cesarean section were excluded. Statistical analysis was performed with in Epi-Info 6.0 and Epi-Soft, using c² test, Fisher's exact test and Student's "t" test. Odds ratio and its 95% confidence interval was calculated and multiple logistic regression analysis was performed for the control of confounding factors. Results: overall rate of cesarean section was 31.6%. Maternal factors significantly associated with vaginal delivery were age 35 years (OR = 0.54, 95% CI = 0.36-0.82), history of vaginal delivery (OR = 1.6, 95% CI = 1.01-2.55) and complications of pregnancy as indication for previous cesarean section (OR = 3.67, 95% CI =1.19-12.02). A significant association with vaginal delivery could not be detected for other variables: interval between previous cesarean section and present delivery, other indications for cesarean section and type of uterine suture. In a multiple logistic regression model the variables that remained associated with vaginal delivery were maternal age and previous vaginal delivery. Conclusions: maternal age below 20 years, previous cesarean section indicated due to gestational complications and previous vaginal delivery were favorably associated with vaginal delivery in patients with prior cesarean section. Risk of repeated cesarean section is increased in pregnant w

Luiz Carlos, Santos; Melania M. R., Amorim; Ana Maria Feitosa, Porto; Elvira Barbalho, Azevedo; Carina Carla, Mesquita.

1998-07-01

3

Fatores prognósticos para o parto transvaginal em pacientes com cesárea anterior Prognostic factors for vaginal delivery after cesarian section  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available O objetivo deste estudo foi determinar os fatores prognósticos para a ultimação do parto por via transpélvica em gestantes com cesárea anterior admitidas em trabalho de parto no CAM-IMIP. Foi realizado um estudo tipo caso-controle, analisando os partos de pacientes com cesárea prévia assistidos no CAM-IMIP no período de janeiro/1991 a dezembro/1994. Foram considerados casos as pacientes com cesárea anterior (n=156 e controles as que tiveram parto transvaginal (n=338. Os critérios de inclusão foram: idade gestacional > 36 semanas, cesárea anterior há pelo menos 1 ano, concepto vivo, trabalho de parto espontâneo e apresentação cefálica fletida. Foram excluídas as gestações de alto risco, os casos de sofrimento fetal anteparto e pacientes com história de parto transpélvico anterior depois da cesárea. A análise estatística foi realizada em Epi-Info 6.0 e Epi-Soft, utilizando-se os testes chi² de associação, teste exato de Fisher e "t" de Student, bem como a odds ratio e seu intervalo de confiança a 95%. Análise de regressão logística múltipla foi efetuada para controle das variáveis confundidoras. O percentual de cesáreas no grupo estudado foi de 31,6%. Os fatores maternos que apresentaram associação significativa com o parto transvaginal foram a idade materna 35 anos (OR = 0,54, IC a 95% = 0,36-0,82, a história de parto vaginal anterior (OR = 1,6, IC a 95% = 1,01-2,55 e a indicação da cesárea anterior por doenças da gestação (OR = 3,67, IC a 95% = 1,19-12,02. Fatores como intervalo entre a cesárea anterior e o parto atual, outras indicações de cesárea e o tipo de histerorrafia não apresentaram associação significativa com o parto transpélvico. No modelo de regressão logística múltipla, persistiram como variáveis associadas significativamente ao parto vaginal a idade materna e a história de parto vaginal anterior. Os autores concluíram que sendo a idade materna Objectives: to determine prognostic factors for vaginal delivery in pregnant women after previous cesarean section admitted to CAM-IMIP in labor.Patients and Methods: a case-control study was performed, analyzing all deliveries of patients with previous cesarean section admitted to CAM-IMIP between January 1991 and December 1994. Patients who had a cesarean section (n=156 were considered cases while patients with a vaginal birth were the controls (n=338. Inclusion criteria were: gestational age > 36 weeks, previous cesarean section at least 1 year before, alive fetus, spontaneous labor and vertex presentation. Patients with high-risk pregnancies, acute fetal distress and a previous vaginal delivery after cesarean section were excluded. Statistical analysis was performed with in Epi-Info 6.0 and Epi-Soft, using c² test, Fisher's exact test and Student's "t" test. Odds ratio and its 95% confidence interval was calculated and multiple logistic regression analysis was performed for the control of confounding factors. Results: overall rate of cesarean section was 31.6%. Maternal factors significantly associated with vaginal delivery were age 35 years (OR = 0.54, 95% CI = 0.36-0.82, history of vaginal delivery (OR = 1.6, 95% CI = 1.01-2.55 and complications of pregnancy as indication for previous cesarean section (OR = 3.67, 95% CI =1.19-12.02. A significant association with vaginal delivery could not be detected for other variables: interval between previous cesarean section and present delivery, other indications for cesarean section and type of uterine suture. In a multiple logistic regression model the variables that remained associated with vaginal delivery were maternal age and previous vaginal delivery. Conclusions: maternal age below 20 years, previous cesarean section indicated due to gestational complications and previous vaginal delivery were favorably associated with vaginal delivery in patients with prior cesarean section. Risk of repeated cesarean section is increased in pregnant women aged 35 years or above. These factors should be contemplated when obstetrical evaluation of the de

Luiz Carlos Santos

1998-07-01

4

Prevenção do parto prematuro: emprego do toque vaginal e da ultra-sononografia transvaginal / Prevention of preterm birth: use of digital examination and transvaginal ultrasonography  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Objetivo: avaliar o colo uterino por meio do toque vaginal e da ultra-sonografia transvaginal em gestantes de risco elevado para o parto prematuro. Métodos: durante o período compreendido entre fevereiro de 1995 e setembro de 1997 foram acompanhadas 38 gestantes com elevado risco para o parto premat [...] uro entre a 20ª e 36ª semana de gestação. Estas pacientes foram submetidas semanalmente ao toque vaginal e ao exame ultra-sonográfico transvaginal. O toque vaginal avaliou o colo uterino quanto a dois parâmetros: comprimento e dilatação. A ultra-sonografia transvaginal estudou o comprimento e o diâmetro anteroposterior do colo uterino. Foram analisados os comportamentos destas medidas cervicais ao longo da gestação. Os dois métodos foram comparados quanto à avaliação cervical e à acurácia no diagnóstico do parto prematuro. Resultados: a incidência de partos prematuros foi de 18,4% (7/38). As medidas do comprimento cervical obtidas pela ultra-sonografia foram sempre maiores em relação às medidas obtidas pelo toque vaginal. Mediante análise pelo teste de hipóteses foram observadas uma relação indireta entre o comprimento cervical e a idade gestacional por meio do toque e do estudo ultra-sonográfico (p Abstract in english Objective: to evaluate the uterine cervix by digital and transvaginal ultrasound examinations in pregnant women at high risk of having premature delivery. Methods: during the period between February 1995 and September 1997, 38 pregnant women at high risk of having premature delivery between the 20th [...] and 36th week of gestation were examined. These patients were submitted weekly to both digital and transvaginal ultrasound examinations. The digital examination evaluated the uterine cervix using two parameters: length and dilation. The transvaginal ultrasound studied the length and the anteroposterior diameter of the uterine cervix. The behavior of these cervical measurements was analyzed throughout the pregnancies. The two methods were compared regarding cervical evaluation and accuracy of premature birth diagnosis. Results: the rate of premature deliveries was 18.4% (7/38). Digital examination resulted in cervical evaluations with variation coefficients of 30.3% for length and 193% for dilation. Transvaginal ultrasound resulted in cervical evaluations with variation coefficients of 14.7% and 26.5% for the anteroposterior diameter and length, respectively. The cervical length measures obtained on ultrasound were always greater than those obtained on digital examination. Through analysis with the hypothesis test, an indirect relationship was observed between the cervical length and the gestational period for digital examination and ultrasound study (p

Arlete Ayako, Yamasaki; Roberto Eduardo, Bittar; Eduardo Sérgio Borges da, Fonseca; Silvio, Martinelli; Solange, Sasaki; Marcelo, Zugaib.

1998-07-01

5

Prevenção do parto prematuro: emprego do toque vaginal e da ultra-sononografia transvaginal Prevention of preterm birth: use of digital examination and transvaginal ultrasonography  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objetivo: avaliar o colo uterino por meio do toque vaginal e da ultra-sonografia transvaginal em gestantes de risco elevado para o parto prematuro. Métodos: durante o período compreendido entre fevereiro de 1995 e setembro de 1997 foram acompanhadas 38 gestantes com elevado risco para o parto prematuro entre a 20ª e 36ª semana de gestação. Estas pacientes foram submetidas semanalmente ao toque vaginal e ao exame ultra-sonográfico transvaginal. O toque vaginal avaliou o colo uterino quanto a dois parâmetros: comprimento e dilatação. A ultra-sonografia transvaginal estudou o comprimento e o diâmetro anteroposterior do colo uterino. Foram analisados os comportamentos destas medidas cervicais ao longo da gestação. Os dois métodos foram comparados quanto à avaliação cervical e à acurácia no diagnóstico do parto prematuro. Resultados: a incidência de partos prematuros foi de 18,4% (7/38. As medidas do comprimento cervical obtidas pela ultra-sonografia foram sempre maiores em relação às medidas obtidas pelo toque vaginal. Mediante análise pelo teste de hipóteses foram observadas uma relação indireta entre o comprimento cervical e a idade gestacional por meio do toque e do estudo ultra-sonográfico (pObjective: to evaluate the uterine cervix by digital and transvaginal ultrasound examinations in pregnant women at high risk of having premature delivery. Methods: during the period between February 1995 and September 1997, 38 pregnant women at high risk of having premature delivery between the 20th and 36th week of gestation were examined. These patients were submitted weekly to both digital and transvaginal ultrasound examinations. The digital examination evaluated the uterine cervix using two parameters: length and dilation. The transvaginal ultrasound studied the length and the anteroposterior diameter of the uterine cervix. The behavior of these cervical measurements was analyzed throughout the pregnancies. The two methods were compared regarding cervical evaluation and accuracy of premature birth diagnosis. Results: the rate of premature deliveries was 18.4% (7/38. Digital examination resulted in cervical evaluations with variation coefficients of 30.3% for length and 193% for dilation. Transvaginal ultrasound resulted in cervical evaluations with variation coefficients of 14.7% and 26.5% for the anteroposterior diameter and length, respectively. The cervical length measures obtained on ultrasound were always greater than those obtained on digital examination. Through analysis with the hypothesis test, an indirect relationship was observed between the cervical length and the gestational period for digital examination and ultrasound study (p<0.05 and p<0.01, respectively, and a direct relationship between the cervical dilation and the gestational age observed on the digital examination (p<0.01. Conclusions: among the parameters studied by means of the digital and transvaginal ultrasound examinations, the ultrasound cervical length presented the best accuracy in the diagnosis of premature birth, proving to be more reliable for the evaluation of cervical alterations in pregnant women at high risk of premature delivery.

Arlete Ayako Yamasaki

1998-07-01

6

Via de parto em gestações sucessivas em adolescentes: estudo de 714 casos / Route of delivery in successive gestations in adolescents: study of 714 cases  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: analisar a associação da via de partos consecutivos de 714 gestantes adolescentes, que pariram na Maternidade do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, no período de janeiro a dezembro de 2001. PACIENTES E MÉTODOS: em estudo prospectivo, analítico, transversal, tipo i [...] ncidência, foi analisada a sucessão das vias de parto da primeira até a quarta gestação de 714 parturientes adolescentes, com idade variando entre 13 e 19 anos (média 17,2±1,5 anos). Identificando-se, no livro da sala de parto, a cada dia, as adolescentes que pariram, após ter obtido o consentimento livre e esclarecido, cada uma respondeu a um questionário estruturado, com 65 perguntas diretas e respostas fechadas, pré-codificadas, entre as quais estavam vias de parto e o número de gestações. RESULTADOS: observou-se que 527 (73,8%) adolescentes tiveram uma única parturição, 149 (20,9%) duas parturições, 35 (4,9%) três partos e 3 (0,4%) quatro partos. Dentre os 273 partos cesáreos, 207 (75,8%) ocorreram em primíparas, 65 (23,8%) em paucíparas e 1 (0,4%) em multípara. Houve associação estatisticamente significante entre via de parto da primeira e da segunda parturições; em 83 (55,7%) gestantes adolescentes quanto à via transvaginal e em 41 (27,5%), para a via cesárea. Coincidiram também as vias de parto de segunda e terceira parturições, em 23 (65,7%) gestantes adolescentes no parto transvaginal e em outras 10 (28,6%) na cesárea. CONCLUSÃO: identificou-se tendência da coincidência das vias de parto em gestações sucessivas em parturientes adolescentes, até a terceira parturição Abstract in english PURPOSE: to analyze the association between modes of consecutive deliveries of 714 adolescents attended at the Maternity sector of the Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (Federal University of Pernambuco), from January to December 2001. PATIENTS AND METHODS: according to a p [...] rospective, analytic, transversal, and incidence type study, the sequence of delivery modes was analyzed from the first to the fourth parturition of 714 pregnant adolescents, aged from 13 to 19 years (mean17.2±1.5 years). Every day, after identifying the adolescents who delivered, by the parturition room register, they were invited to participate in this study. Those who agreed, after signing a free informed consent answered a structured questionnaire with 65 direct questions with precodified closed options, among which were delivery mode and number of gestations. RESULTS: it was found that 527 (73.8%) adolescents had only one delivery, 149 (20.9%) two deliveries, 35 (4.9%) three deliveries, and 3 (0.4%) had had four deliveries. Among the 273 cesarean sections, 207 (75.8%) occurred in primiparae, 65 (23.8%) in secundiparae and one (0.4%) in a multipara. There was a statistically significant association between the first and the second deliveries for 83 (55.7%) adolescents who had transvaginal delivery, as well as for 41 (27.5%) by cesarean section. There was also coincidence about the second and third deliveries, regarding transvaginal delivery of 23 (65.7%) adolescents, as well as cesarean section of 10 (28.6%) adolescents. CONCLUSION: a tendency to coincidence of subsequent delivery modes was identified for adolescents until the third parturition.

Vamberto Oliveira de Azevedo, Maia; Alessandra Costa de Azevedo, Maia; Fábio Lima, Queiroga; Vamberto Oliveira de Azevedo, Maia Filho; Aline Brandão de, Araújo; Luís André Marinho, Lippo; Rivaldo Mendes de, Albuquerque.

2004-10-01

7

Violência consentida: mulheres em trabalho de parto e parto / Consented violence: women in labor and delivery  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese O parto é um evento que integra a vivência reprodutiva da mulher e seu parceiro. Os profissionais de saúde são coadjuvantes dessa vivência, desempenhando um importante papel ao colocar seu conhecimento a serviço do bem-estar da mulher e do bebê, ajudando-os no processo de parturição e nascimento de [...] forma saudável, humana e humanizadora. Este trabalho traz uma secção da tese de doutorado de uma das autoras, com o objetivo de denunciar como se dá a assistência em muitas das instituições de saúde, e que revela como várias das circunstâncias a que a mulher está sujeita no processo de parturição se caracterizam por ações de não cuidado e/ou como desumanização. Nesse recorte destacou-se os depoimentos de parturientes que evidenciaram o não cuidado e/ou a desumanização da assistência à mulher em trabalho de parto e parto. Os relatos evidenciaram um tipo especial de violência de gênero na área da saúde, uma violência consentida, conforme opinião das autoras, que ocorre com mulheres em trabalho de parto e parto. Abstract in english Delivery is an event that is part of the reproductive experience of a woman and her partner. Health professionals play an important role in that experience by putting their knowledge in the service of the woman's and her baby's welfare and helping them in the childbirth process in a healthy as well [...] as humanized manner. The present study is a section of the doctoral dissertation of one of the authors and the objective was to reveal how assistance is provided at some health institutions. Several circumstances to which the woman in labor is subject are characterized by actions that were considered as non-care and/or dehumanization. This section of the dissertation shows a special type of gender violence in the health area, a consented violence, according to the authors' opinion, which occurs with women in labor and delivery.

Leila Regina, Wolff; Vera Regina, Waldow.

2008-09-01

8

Violência consentida: mulheres em trabalho de parto e parto Consented violence: women in labor and delivery  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available O parto é um evento que integra a vivência reprodutiva da mulher e seu parceiro. Os profissionais de saúde são coadjuvantes dessa vivência, desempenhando um importante papel ao colocar seu conhecimento a serviço do bem-estar da mulher e do bebê, ajudando-os no processo de parturição e nascimento de forma saudável, humana e humanizadora. Este trabalho traz uma secção da tese de doutorado de uma das autoras, com o objetivo de denunciar como se dá a assistência em muitas das instituições de saúde, e que revela como várias das circunstâncias a que a mulher está sujeita no processo de parturição se caracterizam por ações de não cuidado e/ou como desumanização. Nesse recorte destacou-se os depoimentos de parturientes que evidenciaram o não cuidado e/ou a desumanização da assistência à mulher em trabalho de parto e parto. Os relatos evidenciaram um tipo especial de violência de gênero na área da saúde, uma violência consentida, conforme opinião das autoras, que ocorre com mulheres em trabalho de parto e parto.Delivery is an event that is part of the reproductive experience of a woman and her partner. Health professionals play an important role in that experience by putting their knowledge in the service of the woman's and her baby's welfare and helping them in the childbirth process in a healthy as well as humanized manner. The present study is a section of the doctoral dissertation of one of the authors and the objective was to reveal how assistance is provided at some health institutions. Several circumstances to which the woman in labor is subject are characterized by actions that were considered as non-care and/or dehumanization. This section of the dissertation shows a special type of gender violence in the health area, a consented violence, according to the authors' opinion, which occurs with women in labor and delivery.

Leila Regina Wolff

2008-09-01

9

Fatores associados ao parto vaginal em gestantes de alto risco submetidas à indução do parto com misoprostol  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVOS: determinar os principais fatores associados ao parto transpelvino em gestantes de alto-risco submetidas à indução do parto com misoprostol vaginal (50 µg. MÉTODOS: trata-se da análise secundária de um ensaio clínico aberto, não randomizado, incluindo 61 gestantes de alto-risco internadas na Enfermaria de Patologia Obstétrica da Maternidade Escola Assis Chateaubriand, em Fortaleza (CE. Todas tinham idade gestacional de mais de 37 semanas, feto único com boa vitalidade e escores de Bishop menores ou iguais a 7. Utilizou-se a dose de 50 µg de misoprostol via vaginal, repetindo-se a cada seis horas, até o máximo de quatro doses. Realizou-se análise uni e multivariada para determinação da associação entre parto vaginal (variável dependente e variáveis independentes (preditoras, construindo-se curvas ROC para paridade e escores de Bishop. RESULTADOS: encontrou-se associação significativa do parto vaginal com a paridade (um ou mais partos anteriores, escore de Bishop >4 e intervalo entre indução e parto menor que 6 horas, ao passo que a taquissistolia reduziu a chance de parto vaginal. Realizou-se análise de regressão logística múltipla para avaliar cada um desses fatores independentemente, persistindo fortemente associados ao parto vaginal o escore de Bishop >4 (OR = 3,3; IC 95% = 2,15-4,45 e a paridade >1 (OR = 5,41; IC 95% = 4,18-6,64. Pela curva ROC para os escores de Bishop e a paridade como determinantes do parto vaginal, encontrou-se um valor preditivo positivo de 100%, com sensibilidade de 63,2%. A área sob a curva foi de 86,8%, significativamente superior a 50% (p=0,023. CONCLUSÕES: os fatores preditivos mais importantes para parto vaginal após indução com misoprostol foram a paridade (um ou mais partos e escores de Bishop >4. Estes fatores devem ser levados em consideração na escolha de diferentes esquemas e doses de misoprostol, tanto para preparo cervical como indução do parto.

Sampaio Zuleika Studart

2004-01-01

10

Violência consentida: mulheres em trabalho de parto e parto Consented violence: women in labor and delivery  

OpenAIRE

O parto é um evento que integra a vivência reprodutiva da mulher e seu parceiro. Os profissionais de saúde são coadjuvantes dessa vivência, desempenhando um importante papel ao colocar seu conhecimento a serviço do bem-estar da mulher e do bebê, ajudando-os no processo de parturição e nascimento de forma saudável, humana e humanizadora. Este trabalho traz uma secção da tese de doutorado de uma das autoras, com o objetivo de denunciar como se dá a assistência em muitas das instit...

Leila Regina Wolff; Vera Regina Waldow

2008-01-01

11

Evisceración transvaginal Transvaginal evisceration  

OpenAIRE

Se presenta una paciente de 55 años de edad que acude al cuerpo de guardia del Hospital General Docente "Dr. Carlos J. Finlay" con una evisceración transvaginal con compromiso vascular. Se realizó una hemicolectomía derecha urgente con cierre intraperitoneal de la cúpula vaginal, fue egresada a los 8 días con estado de salud satisfactorio.This is the case of a female patient aged 55 seen in tht Emergency Room of "Dr. Carlos J. Finlay" Teaching General Hospital presenting with transv...

Enia Ramón Musibay; René Borges Sandrino

2010-01-01

12

Aspectos epidemiológicos da depressão pós-parto em amostra brasileira Postpartum depression epidemiology in a Brazilian sample  

OpenAIRE

INTRODUÇÃO: Sintomas psiquiátricos são freqüentes após o parto, momento marcado por alterações hormonais e mudanças no caráter social, na organização familiar e na identidade feminina. A Escala de Depressão Pós-Parto de Edimburgo (EPDS) é instrumento de auto-avaliação para rastrear depressão após a gestação, nem sempre adequadamente reconhecida pelos profissionais de saúde. O objetivo deste estudo foi avaliar prevalência de depressão pós-parto em mulheres atendidas em...

Gustavo Enrico Cabral Ruschi; Sue Yazaki Sun; Rosiane Mattar; Antônio Chambô Filho; Eliana Zandonade; Valmir José de Lima

2007-01-01

13

INTERVALO ENTRE PARTOS EM GADO AZEBUADO CALVING INTERVAL IN CROSSBRED ZEBU CATTLE  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available

O trabalho apresenta o estudo de 296 dados de intervalos entre partos em gado azebuado do planalto central de Goiás, município de Anápolis. Observou-se que o intervalo médio entre partos foi de 17,37 +/- 0,24 meses.

The work presents the study of 296 calving intervals data in crossbred zebu cattle of the Central Plateau in Anápolis, Goiás. It was observed that the average calving intervals were 17.37 +/- 0.24 months.

José Marcelino Sobrinho

2007-09-01

14

Caracterização das cesarianas em centro de parto normal Caracterización de las cesáreas en centro de parto normal Cesarean sections in a birth center  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de cesarianas em um centro de parto normal intra-hospitalar e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com análise de prontuários de 2.441 partos assistidos em março e abril de 2005 em um centro de parto normal intra-hospitalar de São Paulo, SP. A variável dependente (tipo de parto foi classificada como parto normal e operação cesariana. As variáveis independentes foram categorizadas em quatro grupos: demográficas; história obstétrica pregressa e atual; assistência intraparto; e resultados perinatais. A razão de prevalência e o intervalo de 95% de confiança (IC95% foram calculados para identificar associação entre tipo de parto e variáveis maternas e do recém-nascido. RESULTADOS: Do total de partos, 14,9% foram operações cesarianas. Ter sido submetida a cesariana na gestação atual esteve associado a cesariana em gestação anterior (RP = 3,19; IC95%: 2,64;3,84, idade gestacional > 40 semanas (RP = 1,32; IC95%: 1,09;1,61, ser admitida com cervicodilatação até 4 cm (RP = 3,22; IC95%: 2,31;4,50, líquido amniótico meconial (RP = 2,5; IC95%: 2,05;3,06. Quanto ao recém-nascido, a cesariana associou-se a peso > 4kg (RP = 1,86; IC95%: 1,29;2,66. Entre as mulheres com cesariana em gestação anterior, ter também parto normal prévio foi fator de proteção para cesariana na gestação atual (RP = 0,46; IC95% 0,30;0,71. Fatores relacionados à condição fetal, como estresse fetal, líquido amniótico meconial, apresentação pélvica e macrossomia corresponderam a 47,8% (175 das indicações para a realização da cesariana; condições ligadas ao mecanismo do parto, como parada de progressão, distócia funcional e distócia de rotação totalizaram 31,3% (115 das indicações. CONCLUSÕES: A prevalência de cesariana mostrou-se dentro dos limites propostos pela Organização Mundial da Saúde. Mulheres com cesariana em gestação anterior, admitidas com até 4 cm de dilatação, idade gestacional > 40 semanas, com líquido amniótico meconial e recém-nascido > 4 kg tiveram maior risco para cesariana.OBJETIVO: Estimar la prevalencia de cesáreas en un centro de parto normal intra-hospitalario e identificar factores asociados. MÉTODOS: Estudio transversal con análisis de prontuarios de los 2.441 partos asistidos en marzo y abril de 2005 en Centro de Parto Normal de Sao Paulo, Sureste de Brasil. La variable dependiente (tipo de parto fue clasificada como parto normal y operación cesárea. Las variables independientes fueron categorizadas en cuatro grupos: demográficas; historia obstétrica anterior y actual; asistencia intraparto; y resultados prenatales. La tasa de prevalencia y el intervalo con 95% de confianza (IC95% fueron calculados para identificar asociación entre tipo de parto y variables maternas y del recién nacido. RESULTADOS: Del total de partos, 14,9% fueron operaciones cesáreas. Haber tenido parto por cesárea en la gestación actual estuvo asociada a cesárea en gestación anterior (RP=3,19; IC95%: 2,64;3,84, edad gestacional >40 semanas (RP=1,32;IC95%: 1,09;1,61, ser admitida con dilatación cervical hasta 4 cm (RP=3,22; IC95%: 2,31;4,50, liquido amniótico meconial (RP=2,5; IC95%: 2,05;3,06. con relación al recién nacido, la cesárea se asoció al peso>4kg (RP=1,86; IC 95%: 1,29;2,66. Entre las mujeres con cesárea en gestación anterior, tener también parto normal previo fue factor de protección para cesárea en la gestación actual (RP=0,46; IC95%: 0,30;0,71. Factores relacionados a la condición fetal, como estrés fetal, liquido amniótico meconial, presentación pélvica y macrosomia correspondieron a 41,8% (175 de las indicaciones para la realización de la cesárea; condiciones ligadas al mecanismo del parto, como parada de progresión, distoccia funcional y distoccia de rotación totalizaron 31,3% (115 de las indicaciones. CONCLUSIONES: La prevalencia de cesárea se mostró dentro de los límites propuestos por la Organización Mundial de la Salud. Mayor riesgo para cesárea fue asociado a ces

Ruth Hitomi Osava

2011-12-01

15

Acurácia da histerossonografia versus ultrassonografia transvaginal em mulheres inférteis candidatas às técnicas de reprodução assistida / Sonohysterography accuracy versus transvaginal ultrasound in infertile women candidate to assisted reproduction techniques  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Comparar a acurácia diagnóstica da histerossonografia (HSN) com a da ultrassonografia transvaginal convencional (USG) na avaliação da cavidade uterina de mulheres inférteis candidatas às técnicas de reprodução assistida (TRA). MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal comparativo com 120 mul [...] heres inférteis candidatas à TRA, acompanhadas no Centro de Reprodução Assistida (CRA) do Hospital Regional da Asa Sul (HRAS), Brasília - DF, no período compreendido entre agosto de 2009 e novembro de 2010. A HSN foi realizada com infusão de soro fisiológico em sistema fechado. Comparou-se o achado da HSN com o resultado da USG prévia. A cavidade uterina foi considerada anormal quando se visualizava: endométrio com espessura superior à esperada para a fase do ciclo; pólipo endometrial; mioma submucoso e alteração do formato da cavidade do útero. A análise estatística foi feita utilizando-se frequências absolutas, valores percentuais e o teste ?² com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Observamos que 92 (76,7%) mulheres inférteis, candidatas à TRA, apresentavam cavidade uterina normal pela HSN e em 28 (23,3%) foram detectadas as seguintes alterações: 15 pólipos (12,5%), nove alterações no formato da cavidade uterina (7,5%), 6 miomas submucosos (5%), 4 espessura endometrial anormal (3,3%) para a fase do ciclo menstrual e 2 septos uterinos (1,7%); 5 mulheres apresentavam mais de uma alteração (4,2%). Enquanto a USG observou alterações da cavidade uterina apenas em 5 (4,2%) mulheres, a HSN confirmou 4 das 5 alterações detectadas pela USG e detectou alterações na cavidade uterina em outras 24 mulheres que não tinham sido detectadas na USG, ou seja, a HSN foi capaz de detectar mais alterações na cavidade uterina do que a USG, com diferença significativa (p=0,002). CONCLUSÃO: A HSN tem maior acurácia que a USG na avaliação da cavidade uterina, neste grupo de mulheres inférteis candidatas às TRA. A HSN poderá ser facilmente incorporada à propedêutica das candidatas às TRA e contribuir para reduzir as falhas de implantação embrionária. Abstract in english PURPOSE: To compare the diagnostic accuracy of sonohysterography (HSN) and conventional transvaginal ultrasound (USG) in assessing the uterine cavity of infertile women candidate to assisted reproduction techniques (ART). METHODS: Comparative cross-sectional study with 120 infertile women candidate [...] to ART, assisted at Centro de Reprodução Assistida (CRA) of Hospital Regional da Asa Sul (HRAS), Brasília - DF, from August 2009 to November 2010. Sonohysterography was performed with saline solution infusion in a close system. The sonohysterography finding was compared to previous USG results. The uterine cavity was considered abnormal when the endometrium was found to be thicker than expected during the menstrual cycle and when an endometrial polyp, a submucous myoma and an abnormal shape of the uterine cavity were observed. The statistical analysis was done using absolute frequencies, percentage values and the ?², with the level of significance set at 5%. RESULTS: HSN revealed that 92 (76.7%) infertile women candidate to ART had a normal uterine cavity, while 28 (23.3%) had the following abnormalities: 15 polyps (12.5%), 9 cases of abnormal shape of the uterine cavity (7.5%), 6 submucous myomas (5%), 4 cases of inadequate endometrial thickness for the menstrual cycle phase (3.3%), and 2 cases of uterine septum (1.7%); 5 women presented more than one abnormality (4.2%). While USG showed alteration in the cavity only in 5 (4.2%) women, the sonohysterography confirmed 4 out of the 5 abnormalities shown by USG and detected an abnormal uterine cavity in 24 other women, who had not been detected by USG. This means that sonohysterography was able to detect more abnormalities in the uterine cavity than USG, with a statistically significant difference (p=0.002). CONCLUSION: The sonohysterography was more accurate than USG in the as

João Rocha, Vilela; Maria Teresinha de Oliveira, Cardoso; José Gonçalves, Franco Júnior; Anaglória, Pontes.

2012-03-01

16

Acurácia da histerossonografia versus ultrassonografia transvaginal em mulheres inférteis candidatas às técnicas de reprodução assistida Sonohysterography accuracy versus transvaginal ultrasound in infertile women candidate to assisted reproduction techniques  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Comparar a acurácia diagnóstica da histerossonografia (HSN com a da ultrassonografia transvaginal convencional (USG na avaliação da cavidade uterina de mulheres inférteis candidatas às técnicas de reprodução assistida (TRA. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal comparativo com 120 mulheres inférteis candidatas à TRA, acompanhadas no Centro de Reprodução Assistida (CRA do Hospital Regional da Asa Sul (HRAS, Brasília - DF, no período compreendido entre agosto de 2009 e novembro de 2010. A HSN foi realizada com infusão de soro fisiológico em sistema fechado. Comparou-se o achado da HSN com o resultado da USG prévia. A cavidade uterina foi considerada anormal quando se visualizava: endométrio com espessura superior à esperada para a fase do ciclo; pólipo endometrial; mioma submucoso e alteração do formato da cavidade do útero. A análise estatística foi feita utilizando-se frequências absolutas, valores percentuais e o teste ?² com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Observamos que 92 (76,7% mulheres inférteis, candidatas à TRA, apresentavam cavidade uterina normal pela HSN e em 28 (23,3% foram detectadas as seguintes alterações: 15 pólipos (12,5%, nove alterações no formato da cavidade uterina (7,5%, 6 miomas submucosos (5%, 4 espessura endometrial anormal (3,3% para a fase do ciclo menstrual e 2 septos uterinos (1,7%; 5 mulheres apresentavam mais de uma alteração (4,2%. Enquanto a USG observou alterações da cavidade uterina apenas em 5 (4,2% mulheres, a HSN confirmou 4 das 5 alterações detectadas pela USG e detectou alterações na cavidade uterina em outras 24 mulheres que não tinham sido detectadas na USG, ou seja, a HSN foi capaz de detectar mais alterações na cavidade uterina do que a USG, com diferença significativa (p=0,002. CONCLUSÃO: A HSN tem maior acurácia que a USG na avaliação da cavidade uterina, neste grupo de mulheres inférteis candidatas às TRA. A HSN poderá ser facilmente incorporada à propedêutica das candidatas às TRA e contribuir para reduzir as falhas de implantação embrionária.PURPOSE: To compare the diagnostic accuracy of sonohysterography (HSN and conventional transvaginal ultrasound (USG in assessing the uterine cavity of infertile women candidate to assisted reproduction techniques (ART. METHODS: Comparative cross-sectional study with 120 infertile women candidate to ART, assisted at Centro de Reprodução Assistida (CRA of Hospital Regional da Asa Sul (HRAS, Brasília - DF, from August 2009 to November 2010. Sonohysterography was performed with saline solution infusion in a close system. The sonohysterography finding was compared to previous USG results. The uterine cavity was considered abnormal when the endometrium was found to be thicker than expected during the menstrual cycle and when an endometrial polyp, a submucous myoma and an abnormal shape of the uterine cavity were observed. The statistical analysis was done using absolute frequencies, percentage values and the ?², with the level of significance set at 5%. RESULTS: HSN revealed that 92 (76.7% infertile women candidate to ART had a normal uterine cavity, while 28 (23.3% had the following abnormalities: 15 polyps (12.5%, 9 cases of abnormal shape of the uterine cavity (7.5%, 6 submucous myomas (5%, 4 cases of inadequate endometrial thickness for the menstrual cycle phase (3.3%, and 2 cases of uterine septum (1.7%; 5 women presented more than one abnormality (4.2%. While USG showed alteration in the cavity only in 5 (4.2% women, the sonohysterography confirmed 4 out of the 5 abnormalities shown by USG and detected an abnormal uterine cavity in 24 other women, who had not been detected by USG. This means that sonohysterography was able to detect more abnormalities in the uterine cavity than USG, with a statistically significant difference (p=0.002. CONCLUSION: The sonohysterography was more accurate than USG in the assessment of the uterine cavity of this cohort of infertile women candidate to ART. The sonohysterography can be easi

João Rocha Vilela

2012-03-01

17

Comparação do ultrassom transvaginal e da histeroscopia ambulatorial no diagnóstico das doenças endometriais em mulheres menopausadas Comparative study of transvaginal sonography and outpatient hysteroscopy for detection of pathologic endometrial lesions in postmenopausal women  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Comparar a eficácia do ultrassom transvaginal e da histeroscopia diagnóstica ambulatorial no diagnóstico das doenças intrauterinas em mulheres menopausadas. MÉTODOS: Foram selecionadas 243 mulheres menopausadas que se submeteram a uma histeroscopia diagnóstica no ano de 2006. Todas essas mulheres vieram encaminhadas da rede básica de saúde após terem realizado um ultrassom transvaginal para avaliar a cavidade endometrial. RESULTADOS: As mulheres tinham em média 61±9,4 anos e encontravam-se na menopausa em média há 11±8,3 anos. Observamos 6,6% de casos de hiperplasia endometrial e câncer de endométrio. O ultrassom apresentou uma sensibilidade de 95,6%, uma especificidade de 7,4%, um valor preditivo positivo de 53,3% e valor preditivo negativo de 60%, enquanto a histeroscopia apresentou 95,7%; 83%; 82,2% e 95,9%, respectivamente. CONCLUSÃO: A histeroscopia apresentou maior acurácia que o ultrassom no diagnóstico das doenças endometriais.OBJECTIVE: To compare the efficiency of transvaginal sonography and outpatient hysteroscopy in the diagnosis of intrauterine pathology in postmenopausal women. METHODS: Two-hundred and forty-three postmenopausal women were selected. All women had undergone outpatient hysteroscopy in the year 2006. These women were referred from the Basic Healthcare Units in Campinas, where they underwent ultrasonography for the evaluation of the endometrial cavity. RESULTS: The mean age of these women was 61±9.4 years. These women were menopausal for 11±8.3 years.. We observed 6.6% cases of endometrial hyperplasia and cancer. The ultrasonography had a sensitivy of 95.6%, a specificity of 7.4%, a positive predictive value of 53.3% and a negative predictive value of 60%, while the hysteroscopy had 95.7%, 83%, 82.2% and 95.9% respectively. CONCLUSION: Hysteroscopy was a more accurate method for the detection of intrauterine pathology than ultrasonography.

Daniela Angerame Yela

2009-01-01

18

CLINICAL COMPLICATIONS IN NELORE OOCYTE DONERS CAUSED BY VAGINAL ULTRASOUND GUIDED FOLLICULAR ASPIRATION COMPLICAÇÕES CLÍNICAS EM VACAS NELORE DOADORAS DE OÓCITOS DECORRENTES DA ASPIRAÇÃO FOLICULAR TRANSVAGINAL GUIADA POR ULTRA-SOM  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available

In the last few years the vaginal ultrasound guided follicular aspiration or OPU (<em>ovum pick upem> in bovine oocyte doners has become a very difunded technique. It has been used in females with highly zootechnical valuable. The complications of this technique, despite exceptional, assume great importance and might be of the veterinarian and owner’s knowledge. The purpose of this study is to describe the possible complications of the follicular aspiration considering the Veterinarian Hospital ";Governador Laudo Natel"; of the Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias UNESP-Jaboticabal 2003-2005 casuistic. In a total number of 16 animals was possible to observe peritonitis, absence of labor signals, offspring death and peritonitis, distocic delivery with premature fetus, genital lesions, presence of vaginal wall abnormal masses and ovarian adhesions.

KEY WORDS: Clinical complications, follicular aspiratiorn, Nelore cow.

Nos últimos anos, a aspiração folicular transvaginal guiada pela ultra-sonografia ou OPU (<em>ovum pick upem>, em fêmeas bovinas doadoras de oócitos, tem se tornado uma prática muito difundida e vem sendo utilizada na multiplicação de fêmeas de elevado valor zootécnico. As complicações dessa técnica, mesmo que de ocorrência excepcional, assumem grande importância e devem ser de conhecimento do veterinário e, também, do proprietário. O propósito deste trabalho é descrever as possíveis complicações da aspiração folicular, considerando a casuística do Hospital Veterinário Governador Laudo Natel, da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da UNESP, Jaboticabal, durante os anos de 2003 a 2005. Em um total de dezesseis animais recebidos, verificaram-se a presença de peritonite, a ausência de sinais de parto, morte fetal, parto distócico com feto prematuro, lesões de órgãos genitais, aumento de volume na parede da vagina e aderência ovariana.

 

PALAVRAS-CHAVES: Aspiração folicular, complicações clínicas, cava Nelore.

Renata Gebara Sampaio Dória

2008-10-01

19

Analgesia de parto em paciente portadora de deficiência de proteína S: relato de caso  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Na deficiência de proteína S, uma glicoproteína com atividade anticoagulante, o risco de eventos tromboembólicos está aumentado. O objetivo deste relato é abordar o manuseio anestésico em paciente obstétrica portadora desta deficiência. RELATO DO CASO: Paciente com deficiência de proteína S, com 25 semanas de gestação, apresentou os seguintes resultados de exames: INR = 0,9, TTPA = 32 s (controle 25,6, proteína S = 35% (normal = 70% a 130%. Nos dois últimos trimestres de gravidez, fez uso de até 12000 U de heparina, cada 8 horas. Com 38 semanas, foi internada em trabalho de parto. Decorridas 8 horas da interrupção da heparina, já com TTPA 25,8 s (controle 27,8 s, realizou-se anestesia peridural injetando-se 6 ml de bupivacaína a 0,2% e fentanil (20 µg, seguido de infusão contínua. O tempo de infusão foi de 5 horas com dose total de 40 mg de bupivacaína. Não houve intercorrências e, 1 hora após a retirada do cateter, foi reiniciada heparina, por via subcutânea, 10.000 UI, a cada 12 horas. A mãe e o recém-nascido evoluíram bem, recebendo alta no terceiro dia do pós-parto. CONCLUSÕES: Grávidas com deficiência de proteína S devem receber anticoagulantes com o objetivo de manter o TTPA 2 vezes o valor controle. A heparina, por não atravessar a barreira placentária, é o anticoagulante de eleição em obstetrícia. O bloqueio pode ser realizado respeitando um tempo mínimo entre 4 a 6 horas entre a última dose de heparina e a realização da punção lombar, desde que os exames apresentem parâmetros de normalidade. Entretanto, nestes casos, a analgesia peridural pode auxiliar na profilaxia de eventos tromboembólicos.

Stocche Renato Mestriner

2004-01-01

20

Intervalo de partos em rebanho Nelore na Amazônia Oriental / Calving of interval on cattle of Nellore in the Eastern Amazonia  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese O estudo foi conduzido para avaliar intervalo de partos (IDP) na raça Nelore, utilizando 578 dados de intervalo de partos de animais criados em regime de pasto, no período de 1988 a 1996. Para as análises estatísticas dos dados, foi usado o Programa SAS (Statistical Analysis System). Foram incluídos [...] no modelo o efeito aleatório do pai da vaca, os efeitos fixos de grupo genético da cria anterior, de ano do parto anterior e do mês do parto anterior e as interações entre grupo genético anterior e mês do parto anterior, grupo genético anterior e ano do parto anterior, além da idade da vaca ao parto como covariável. O IDP foi influenciado pelo pai da vaca e pelo ano do parto anterior. A média estimada por quadrado mínimo e seu respectivo erro-padrão (EP) e coeficiente de variação (CV) foram 431,83 ± 142,76 dias e 33,06%, respectivamente. O intervalo de partos, além do efeito de pai, sofreu influência de ambiente. O desempenho reprodutivo do rebanho estudado, para as condições de clima tropical, pode ser considerado como satisfatório, estando de acordo com os parâmetros obtidos por outros autores em diferentes regiões. Abstract in english A study was conducted to evaluate calving interval (CI) in the Nellore breed, using a total of 578 data of calving interval from animals raised in pasture, from 1988 to 1996. The GLM procedure of the SAS Program was used to analyze the data. The model included the sire of the cow random effect, the [...] fixed effects of genetic group of last calf, of the year and the month of the last calving and the interactions between last genetic group and month of the last calving, genetic group and year of the last calving, and the age of the cow at calving as covariate. The sire of the cow and last year of calving influenced the IDP. The estimated minimum square mean and its respective error standard (EP) and coefficient of variation (CV) were 431.83 ± 142.76 days and 33.06%, respectively. The environment in addition of the sire of the cow effect, influenced the calving interval. The reproductive performance of the studied herd, for the tropical climate conditions, could be considered as satisfactory, and is in accordance with the parameters obtained by other authors in different regions.

Francisco Aloísio, Cavalcante; Raimundo, Martins Filho; Claudio Cabral, Campello; Raimundo Nonato Braga, Lobo; Gabrimar Araujo, Martins.

1327-13-01

21

Estudo ultra-sonográfico da involução uterina pós-parto em cadelas Ultrasonography study of the post-partum uterine involution in bitches  

OpenAIRE

Utilizando-se 15 cadelas no pós-parto, são descritas as características da involução uterina e determinado o diâmetro do útero, por meio de exames seriados de ultra-som em modo B (tempo real), no período de zero a 28 dias pós-parto. O diâmetro uterino declina progressivamente, sem influência da ordem de parto ou tamanho da ninhada. As características ultra-sonográficas do útero são melhor visualizadas na primeira semana pós-parto e a qualidade da imagem diminui com o progresso...

Ferri, S. T. S.; Vicente, W. R. R.

2002-01-01

22

Aspectos epidemiológicos da depressão pós-parto em amostra brasileira / Postpartum depression epidemiology in a Brazilian sample  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese INTRODUÇÃO: Sintomas psiquiátricos são freqüentes após o parto, momento marcado por alterações hormonais e mudanças no caráter social, na organização familiar e na identidade feminina. A Escala de Depressão Pós-Parto de Edimburgo (EPDS) é instrumento de auto-avaliação para rastrear depressão após a [...] gestação, nem sempre adequadamente reconhecida pelos profissionais de saúde. O objetivo deste estudo foi avaliar prevalência de depressão pós-parto em mulheres atendidas em unidades básicas de saúde. MÉTODOS: Estudo transversal com aplicação da EPDS em 292 mulheres que se encontravam entre 31 e 180 dias após o parto. Adotamos o ponto de corte Abstract in english INTRODUCTION: Psychiatric symptoms are frequent in the postpartum period, a moment marked by hormonal alterations and changes in social character, family organization and women's identity. The Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS) is a self-reporting instrument to track depression after pregna [...] ncy, unfortunately not always properly supported by health care professionals. This study aimed at verifying the prevalence of postpartum depression in women receiving care at basic health units. METHODS: Cross-sectional study including 292 women in the postpartum period (from day 31 to 180) who answered the EPDS questionnaire. Cut-off point

Gustavo Enrico Cabral, Ruschi; Sue Yazaki, Sun; Rosiane, Mattar; Antônio, Chambô Filho; Eliana, Zandonade; Valmir José de, Lima.

2007-12-01

23

Analysis of endometrial thickness measured by transvaginal ultrasonography in obese patients / Análise da medida da espessura endometrial pela ultrassonografia transvaginal em pacientes obesasAnalysis of endometrial thickness measured by transvaginal ultrasonography in obese patients  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese Objetivo Relacionar os valores do eco endometrial obtidos à ultrassonografia transvaginal com o índice de massa corporal de pacientes na pós-menopausa; verificar se existe maior prevalência de espessamento endometrial naquelas com índice de massa corporal ?30. Métodos Trata-se de estudo analíti [...] co, transversal, que avaliou 294 pacientes. As pacientes incluídas estavam na pós-menopausa; foram excluídas aquelas que faziam uso de terapia hormonal. As variáveis avaliadas foram o índice de massa corporal, sendo considerado obesidade quando acima de 30, o número de gestações, o número de anos após a menopausa e a idade. Todas foram correlacionadas com os valores de eco endometrial. Resultados Houve correlação estatisticamente significante entre as pacientes com sobrepeso/obesas e o aumento do eco endometrial (p=0,0236). A correlação entre idade e valores de eco endometrial foi negativa e significante, isto é, quanto maior a idade, menor o eco (p=0,0478). Gestações e anos após a menopausa não demonstraram significância com relação ao eco endometrial, com p=0,0614 e p=0,115, respectivamente. Conclusão Houve correlação positiva e significante entre o aumento do eco endometrial e o índice de massa corporal ?30. Objective To compare the endometrial echo values obtained by transvaginal ultrasonography with the body mass index of postmenopausal patients; to verify if there is higher prevalence of endometrial thickening in women with body mass index ?30. Methods This is an analytical and cross-sectional study that evaluated 294 patients. Postmenopausal women were included, and those on hormone therapy were excluded. The variables evaluated were body mass index (considering obesity if >30), number of pregnancies, years since menopause, and age. These variables were correlated with endometrial echography. Results There was a statistically significant corre lation between overweight and obese patients and increased endometrial thickness (p=0.0236). The correlation between age and endometrial echo was negative and statistically significant, that is, the older the woman, the lower the endometrial thickness (p=0.0478). Pregnancies and years since menopause showed no statistical significance in relation to endometrial echo, with p=0.0614 and p=0.115, respectively. Conclusion There was positive and significant correlation between body mass index ?30 and endometrial thickeness. Abstract in english Objective To compare the endometrial echo values obtained by transvaginal ultrasonography with the body mass index of postmenopausal patients; to verify if there is higher prevalence of endometrial thickening in women with body mass index ?30. Methods This is an analytical and cross-sectional s [...] tudy that evaluated 294 patients. Postmenopausal women were included, and those on hormone therapy were excluded. The variables evaluated were body mass index (considering obesity if >30), number of pregnancies, years since menopause, and age. These variables were correlated with endometrial echography. Results There was a statistically significant correlation between overweight and obese patients and increased endometrial thickness (p=0.0236). The correlation between age and endometrial echo was negative and statistically significant, that is, the older the woman, the lower the endometrial thickness (p=0.0478). Pregnancies and years since menopause showed no statistical significance in relation to endometrial echo, with p=0.0614 and p=0.115, respectively. Conclusion There was positive and significant correlation between body mass index ?30 and endometrial thickeness.

Isabela Corrêa, Barboza; Daniella de Batista, Depes; Ilzo, Vianna Júnior; Marisa Teresinha, Patriarca; Raquel Martins, Arruda; João Alfredo, Martins; Reginaldo Guedes Coelho, Lopes.

2014-04-01

24

Resultados maternos e neonatais em centro de parto normal peri-hospitalar e hospital Resultados maternos y neonatales en centro de parto normal peri hospitalario y hospital Maternal and neonatal outcomes at an alongside birth center and at a hospital  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Comparar os resultados maternos e neonatais em mulheres de baixo risco atendidas em centro de parto normal peri-hospitalar e hospital. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra representativa de mulheres de baixo risco atendidas em São Paulo, SP, de 2003 a 2006. Foram incluídas 991 mulheres que tiveram o parto no centro de parto normal e 325 que deram à luz no hospital. Os dados foram obtidos dos prontuários. A análise comparativa foi realizada para o total de mulheres e estratificada segundo a paridade. Foram aplicados os testes qui-quadrado e exato de Fisher. RESULTADOS: Houve distribuição homogênea das mulheres segundo a paridade (45,4% nulíparas e 54,6% mulheres com um ou mais partos anteriores. Foram encontradas diferenças estatisticamente significantes em relação às seguintes intervenções: amniotomia (mais freqüente entre nulíparas do hospital; utilização de ocitocina no trabalho de parto e utilização de analgésico no pós-parto (mais freqüentes no hospital entre as mulheres de todas as paridades. A taxa de episiotomia foi maior entre as nulíparas, tanto no centro de parto como no hospital. Houve maior freqüência de intervenções com o neonato no hospital: aspiração das vias aéreas superiores, aspiração gástrica, lavagem gástrica, oxigênio por máscara aberta. Também ocorreram com mais freqüência no hospital bossa serossanguínea, desconforto respiratório e internação na unidade neonatal. Não houve diferença nos valores de Apgar no quinto minuto nem casos de morte materna ou perinatal. CONCLUSÕES: A assistência no centro de parto normal foi realizada com menos intervenções e com resultados maternos e neonatais semelhantes aos do hospital.OBJETIVO: Comparar los resultados maternos y neonatales en mujeres de bajo riesgo atendidas en centro de parto normal peri hospitalario y hospital. MÉTODOS: Estudio transversal con muestra representativa de mujeres de bajo riesgo atendidas en Sao Paulo, Sureste de Brasil, de 2003 a 2006. Se incluyeron 991 mujeres que realizaron el parto en el centro de parto normal y 325 que dieron a luz en el hospital. Los datos fueron obtenidos de los prontuarios. El análisis comparativo fue realizado para el total de mujeres y estratificado según la paridad. Se aplicaron las pruebas de chi-cuadrado y exacto de Fisher. RESULTADOS: Hubo distribución homogénea de las mujeres según la paridad (45,4% de nulíparas y 54,6% de mujeres con uno o más partos anteriores. Se encontraron diferencias estadísticamente significativas con relación a las siguientes intervenciones: amniotomía (más frecuente entre nulíparas del hospital, utilización de ocitocina en el trabajo de parto y utilización de analgésico en el postparto (más frecuentes en el hospital entre las mujeres de todas las paridades. La tasa de episiotomía fue mayor entre las nulíparas, tanto en el centro de parto como en el hospital. Hubo mayor frecuencia de intervenciones con el neonato en el hospital: aspiración de las vías aéreas superiores, aspiración gástrica, lavado gástrico, oxígeno por máscara abierta. También ocurrieron con más frecuencia en el hospital bolsa serosanguínea, dificultad respiratoria e internación en la unidad neonatal. No hubo diferencia en los valores de Apgar en el quinto minuto ni en casos de muerte materna o perinatal. CONCLUSIONES: La asistencia en el centro de parto normal fue realizada con menos intervenciones y con resultados maternos y neonatales semejantes a los del hospital.OBJECTIVE: To compare maternal and neonatal outcomes in low-risk women assisited in an alongside birth center and at a hospital. METHODS: A cross-sectional study was conducted with a representative sample of low-risk women in São Paulo (Southeastern Brazil, from 2003 to 2006. The study included 991 women who delivered a child at the alongside birth center and 325 who delivered a child at a hospital. Data were obtained from medical records. A comparative analysis was performed for all of the women, who were stratified according to parity. T

Camilla Alexsandra Schneck

2012-02-01

25

Fertilidade pós-parto em éguas Puro-Sangue de Corrida / Post-partum fertility in thoroughbred mares  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Observaram-se 549 éguas da raça Puro-Sangue de Corrida paridas durante o segundo semestre, no período de 1º de julho de 1983 a 31 de dezembro de 1994, com a finalidade de se analisar o índice de concepção pós-parto, a duração e a fertilidade dos cios pós-parto, os percentuais de produtos nascidos no [...] ano seguinte e relacioná-los com a idade das éguas. Verificou-se que éguas com idade superior a 13 anos apresentam uma capacidade significativamente menor de conceber e levar a gestação a termo do que éguas mais novas. O 1º cio pós-parto ocorre em média aos 12,3 (± 10,9) dias pós-parto e, quando apresenta uma duração de 8 a 14 dias, é significativamente mais fértil do que quando tem uma duração fora destes limites. A taxa de prenhez observada no 2º cio pós-parto foi significativamente superior à do 1º cio pós-parto. Abstract in english Five hundred and forty nine foaling thoroughbred mares, were observed to analyze the conception rate, duration and fertility of the foal heat, foaling rate in the forthcoming year and its relation with the age of the mare during the 2nd semester comprised between July, 1983 and December, 1994. Conce [...] ption and foaling rates decreased after the age of the 13th. The first estrus appeared 12.3 (± 10.9) days post-partum and, when its duration was between 8 and 14 days, the first estrus was significantly more fertile than out of these limits. The conception rate of the second post-partum estrus was significantly higher than the first.

Mario, KURTZ FILHO; Joaquin Lopes de, ALDA; Neiva Medianeira, DEPRÁ; Karin Érica, BRASS; Flávio Desessards de La, CORTE; José Henrique Souza da, SILVA; Carlos Antonio Mondino, SILVA; Isabele Picada, EMANUELLI.

26

Remifentanil em analgesia para o trabalho de parto Remifentanil en analgesia para el trabajo de parto Remifentanil as analgesia for labor  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As técnicas neuroaxiais representam atualmente os métodos mais efetivos para controle da dor durante o trabalho de parto e a analgesia peridural utilizando soluções anestésicas ultradiluídas é considerada o padrão ouro, promovendo alívio adequado da dor com mínimos efeitos colaterais. Em algumas situações, no entanto, o emprego dessas técnicas é limitado pela existência de contraindicações maternas ou obstáculos estruturais e materiais. Nestes casos, as opções alternativas ainda são precárias e escassas, oferecendo resultados pouco otimistas e de eficácia questionável. CONTEÚDO: Este artigo apresenta, com base em uma revisão da literatura, as informações disponíveis relacionadas ao emprego do remifentanil como técnica alternativa para a analgesia de parto discutindo aspectos farmacocinéticos, farmacodinâmicos, eficácia analgésica, satisfação materna e efeitos colaterais maternos e fetais. CONCLUSÕES: Os dados iniciais apontam o remifentanil como uma opção promissora a ser empregada nas situações em que a gestante não quer ou não pode receber a analgesia neuroaxial.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las técnicas neuroaxiales representan actualmente los métodos más efectivos para el control del dolor durante el trabajo de parto, y la analgesia epidural utilizando soluciones anestésicas ultradiluidas se considera el estándar oro, promoviendo el alivio correcto del dolor con los mínimos efectos colaterales. En algunas situaciones, sin embargo, el uso de esas técnicas queda limitado por la existencia de contraindicaciones maternas u obstáculos estructurales y materiales. En esos casos, las alternativas todavía son precarias y escasas, ofreciendo resultados poco optimistas y de una eficacia cuestionable. CONTENIDO: Con base en una revisión de la literatura, este artículo muestra que las informaciones disponibles relacionadas a lo empleo de lo remifetanil como técnica alternativa para la analgesia del parto discutindo los aspectos farmacocinéticos, farmacodinamicos, eficacia analgésica, satisfacion materna y efectos colaterales maternos y fetales. CONCLUSIONES: Los datos iniciales nos indican al remifentanil como una opción promisoria que podemos usar en las situaciones en que la embarazada no quiere o no puede recibir la analgesia neuroaxial.BACKGROUND AND OBJECTIVES: The neuraxial techniques currently represent the most effective methods for pain control during labor and the epidural block using ultradiluted anesthetic solutions is considered the gold standard promoting adequate pain relief with minimum side effects. In some situations however the use of these techniques is limited by the existence of maternal contraindications, or structural or material obstacles. In these cases, the alternatives are still precarious and scarce offering little optimistic results and of dubious effectiveness. CONTENT: This article presents through a literature review the available information on the use of remifentanil as an alternative technique for analgesia during labor discussing aspects of pharmacokinetics, analgesia efficacy, maternal satisfaction and maternal/fetal side effects. CONCLUSIONS: The initial data show that remifentanil is a promising option to be employed in situations where the parturient cannot or does not want to receive the neuraxial analgesia.

Eliane C S Soares

2010-06-01

27

Remifentanil em analgesia para o trabalho de parto / Remifentanil as analgesia for labor / Remifentanil en analgesia para el trabajo de parto  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As técnicas neuroaxiais representam atualmente os métodos mais efetivos para controle da dor durante o trabalho de parto e a analgesia peridural utilizando soluções anestésicas ultradiluídas é considerada o padrão ouro, promovendo alívio adequado da dor com mínimos efeitos [...] colaterais. Em algumas situações, no entanto, o emprego dessas técnicas é limitado pela existência de contraindicações maternas ou obstáculos estruturais e materiais. Nestes casos, as opções alternativas ainda são precárias e escassas, oferecendo resultados pouco otimistas e de eficácia questionável. CONTEÚDO: Este artigo apresenta, com base em uma revisão da literatura, as informações disponíveis relacionadas ao emprego do remifentanil como técnica alternativa para a analgesia de parto discutindo aspectos farmacocinéticos, farmacodinâmicos, eficácia analgésica, satisfação materna e efeitos colaterais maternos e fetais. CONCLUSÕES: Os dados iniciais apontam o remifentanil como uma opção promissora a ser empregada nas situações em que a gestante não quer ou não pode receber a analgesia neuroaxial. Abstract in spanish JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las técnicas neuroaxiales representan actualmente los métodos más efectivos para el control del dolor durante el trabajo de parto, y la analgesia epidural utilizando soluciones anestésicas ultradiluidas se considera el estándar oro, promoviendo el alivio correcto del dolor [...] con los mínimos efectos colaterales. En algunas situaciones, sin embargo, el uso de esas técnicas queda limitado por la existencia de contraindicaciones maternas u obstáculos estructurales y materiales. En esos casos, las alternativas todavía son precarias y escasas, ofreciendo resultados poco optimistas y de una eficacia cuestionable. CONTENIDO: Con base en una revisión de la literatura, este artículo muestra que las informaciones disponibles relacionadas a lo empleo de lo remifetanil como técnica alternativa para la analgesia del parto discutindo los aspectos farmacocinéticos, farmacodinamicos, eficacia analgésica, satisfacion materna y efectos colaterales maternos y fetales. CONCLUSIONES: Los datos iniciales nos indican al remifentanil como una opción promisoria que podemos usar en las situaciones en que la embarazada no quiere o no puede recibir la analgesia neuroaxial. Abstract in english BACKGROUND AND OBJECTIVES: The neuraxial techniques currently represent the most effective methods for pain control during labor and the epidural block using ultradiluted anesthetic solutions is considered the gold standard promoting adequate pain relief with minimum side effects. In some situations [...] however the use of these techniques is limited by the existence of maternal contraindications, or structural or material obstacles. In these cases, the alternatives are still precarious and scarce offering little optimistic results and of dubious effectiveness. CONTENT: This article presents through a literature review the available information on the use of remifentanil as an alternative technique for analgesia during labor discussing aspects of pharmacokinetics, analgesia efficacy, maternal satisfaction and maternal/fetal side effects. CONCLUSIONS: The initial data show that remifentanil is a promising option to be employed in situations where the parturient cannot or does not want to receive the neuraxial analgesia.

Eliane C S, Soares; Michelle R, Lucena; Renata C, Ribeiro; Letícia L, Rocha; Walkíria W, Vilas Boas.

2010-06-01

28

Achados histeroscópicos em mulheres na pós-menopausa com diagnóstico de espessamento endometrial por ultra-sonografia transvaginal / Hysteroscopic findings in postmenopausal women with endometrial thickening diagnosed by transvaginal ultrasound  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: correlacionar espessamento endometrial diagnosticado por ultra-sonografia com os achados histeroscópicos, em mulheres na pós-menopausa. MÉTODOS: foi realizado estudo transversal com avaliação histeroscópica em 121 mulheres na pós-menopausa, com diagnóstico de espessamento do endométrio por [...] ultra-sonografia transvaginal. Das pacientes incluídas, 23 (19%) recebiam diferentes esquemas de hormonioterapia e 98 não referiam uso de reposição hormnonal.; 55 pacientes queixavam-se de sangramento por via vaginal e as restantes apresentavam-se sem esta condição. Os exames endoscópicos foram realizados ambulatorialmente, utilizando-se histeroscópio rígido de 4 mm. Para a distensão da cavidade uterina empregou-se gás carbônico (CO2). Biópsia foi praticada em todas as pacientes, com auxílio de cureta tipo Novak, de 3 mm, e o material obtido submetido a estudo histopatológico. RESULTADOS: a espessura do endométrio variou entre 6 e 38 mm, com média de 10,7 ± 5,3 mm. Os achados histeroscópicos foram: lesão polipóide, em 51 pacientes (42,1%); endométrio atrófico, em 15 (12,4%); sinéquia senil, em 15 (12,4%); espessamento focal, em 13 (10,7%); lesão cerebróide, em 6 (5,0%); endométrio proliferativo, em 5 (4,1%); muco, em 5 (4,1%); mioma, em 4 (3,3%); endométrio secretor, em 3 (2,5%); hiperplasia endometrial, em 3 (2,5%) e atrofia cística, em 1 (0,8%). Observou-se correlação entre os achados histeroscópicos e os resultados da histopatologia em 30 dos 51 casos de pólipo, em 12 dos 15 de endométrio atrófico e na totalidade dos casos sugestivos de hiperplasia endometrial e de adenocarcinoma. CONCLUSÃO: na maioria das pacientes, o exame histeroscópico revelou que não se tratava de real espessamento endometrial, mas sim de outras variedades de lesão da cavidade uterina. Abstract in english PURPOSE: to correlate endometrial thickening diagnosed by ultrasonography with hysteroscopic findings in postmenopausal women. METHODS: a transversal study with hysteroscopic evaluation was performed in 121 postmenopausal women, with endometrial thickening diagnosed through transvaginal ultrasonogra [...] phy. In 98 women there was no history of hormonal replacement therapy, while the remaining 23 received different types of hormone; 55 patients complained of vaginal bleeding and the remaining did not present this condition. The endoscopic examinations were performed in the outpatient clinic, using a 4 mm rigid hysteroscope. For uterine cavity distention carbon dioxide (CO2) was used. Biopsy was performed in all patients, with a 3 mm Novak type curette, and the collected material was submitted to a histopathological study. RESULTS: endometrial thickening varied from 6 to 38 mm, with a mean of 10.7 ± 5.3 mm. The hysteroscopic findings were: polypoid lesion in 51 patients (42.1%); atrophic endometrium in 15 patients (12.4%); senile synechia in 15 patients (12.4%), focal thickening in 13 patients (10.7%); cerebroid lesion in 6 patients (5.0%); proliferative endometrium in 5 patients (4.1%); mucus in 5 patients (4.1%); myoma in 4 patients (3.3%); secreting endometrium in 3 patients (2.5%); endometrial hyperplasia in 3 patients (2.5%); and cystic atrophy in 1 patient (0.8%). Correlation between hysteroscopic findings and cytopathology was observed in 30 of 51 cases of polypoid lesion, in 12 of 15 cases of atrophic endometrium and in all cases in which the diagnosis of endometrial hyperplasia or adenocarcinoma was suspected. CONCLUSION: in the majority of the patients, the hysteroscopic examinations revealed that there was no genuine endometrial thickening but rather other types of lesion in the uterine cavity.

Adriana Bittencourt, Campaner; Sebastião, Piato; Paulo Ayrosa Galvão, Ribeiro; Tsutomo, Aoki; Ricardo da Fonseca, Nadais; Roberto Adelino de Almeida, Prado.

2004-02-01

29

Achados histeroscópicos em mulheres na pós-menopausa com diagnóstico de espessamento endometrial por ultra-sonografia transvaginal Hysteroscopic findings in postmenopausal women with endometrial thickening diagnosed by transvaginal ultrasound  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: correlacionar espessamento endometrial diagnosticado por ultra-sonografia com os achados histeroscópicos, em mulheres na pós-menopausa. MÉTODOS: foi realizado estudo transversal com avaliação histeroscópica em 121 mulheres na pós-menopausa, com diagnóstico de espessamento do endométrio por ultra-sonografia transvaginal. Das pacientes incluídas, 23 (19% recebiam diferentes esquemas de hormonioterapia e 98 não referiam uso de reposição hormnonal.; 55 pacientes queixavam-se de sangramento por via vaginal e as restantes apresentavam-se sem esta condição. Os exames endoscópicos foram realizados ambulatorialmente, utilizando-se histeroscópio rígido de 4 mm. Para a distensão da cavidade uterina empregou-se gás carbônico (CO2. Biópsia foi praticada em todas as pacientes, com auxílio de cureta tipo Novak, de 3 mm, e o material obtido submetido a estudo histopatológico. RESULTADOS: a espessura do endométrio variou entre 6 e 38 mm, com média de 10,7 ± 5,3 mm. Os achados histeroscópicos foram: lesão polipóide, em 51 pacientes (42,1%; endométrio atrófico, em 15 (12,4%; sinéquia senil, em 15 (12,4%; espessamento focal, em 13 (10,7%; lesão cerebróide, em 6 (5,0%; endométrio proliferativo, em 5 (4,1%; muco, em 5 (4,1%; mioma, em 4 (3,3%; endométrio secretor, em 3 (2,5%; hiperplasia endometrial, em 3 (2,5% e atrofia cística, em 1 (0,8%. Observou-se correlação entre os achados histeroscópicos e os resultados da histopatologia em 30 dos 51 casos de pólipo, em 12 dos 15 de endométrio atrófico e na totalidade dos casos sugestivos de hiperplasia endometrial e de adenocarcinoma. CONCLUSÃO: na maioria das pacientes, o exame histeroscópico revelou que não se tratava de real espessamento endometrial, mas sim de outras variedades de lesão da cavidade uterina.PURPOSE: to correlate endometrial thickening diagnosed by ultrasonography with hysteroscopic findings in postmenopausal women. METHODS: a transversal study with hysteroscopic evaluation was performed in 121 postmenopausal women, with endometrial thickening diagnosed through transvaginal ultrasonography. In 98 women there was no history of hormonal replacement therapy, while the remaining 23 received different types of hormone; 55 patients complained of vaginal bleeding and the remaining did not present this condition. The endoscopic examinations were performed in the outpatient clinic, using a 4 mm rigid hysteroscope. For uterine cavity distention carbon dioxide (CO2 was used. Biopsy was performed in all patients, with a 3 mm Novak type curette, and the collected material was submitted to a histopathological study. RESULTS: endometrial thickening varied from 6 to 38 mm, with a mean of 10.7 ± 5.3 mm. The hysteroscopic findings were: polypoid lesion in 51 patients (42.1%; atrophic endometrium in 15 patients (12.4%; senile synechia in 15 patients (12.4%, focal thickening in 13 patients (10.7%; cerebroid lesion in 6 patients (5.0%; proliferative endometrium in 5 patients (4.1%; mucus in 5 patients (4.1%; myoma in 4 patients (3.3%; secreting endometrium in 3 patients (2.5%; endometrial hyperplasia in 3 patients (2.5%; and cystic atrophy in 1 patient (0.8%. Correlation between hysteroscopic findings and cytopathology was observed in 30 of 51 cases of polypoid lesion, in 12 of 15 cases of atrophic endometrium and in all cases in which the diagnosis of endometrial hyperplasia or adenocarcinoma was suspected. CONCLUSION: in the majority of the patients, the hysteroscopic examinations revealed that there was no genuine endometrial thickening but rather other types of lesion in the uterine cavity.

Adriana Bittencourt Campaner

2004-02-01

30

A prova de trabalho de parto aumenta a morbidade materna e neonatal em primíparas com uma cesárea anterior?  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: comparar a morbidade materna e os resultados neonatais, bem como algumas características clínicas e epidemiológicas de primíparas com uma cesárea anterior, segundo a realização de cesárea eletiva (CE ou prova de trabalho de parto (PTP no segundo parto. PACIENTES E MÉTODO: trata-se de estudo de corte transversal retrospectivo do segundo parto em mulheres com uma cesárea prévia, atendidas no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM/UNICAMP, no período de 1986 a 1998. Os dados foram obtidos de 2068 prontuários clínicos que correspondiam a 322 casos de CE e 1746 de PTP. A análise dos dados foi realizada pela distribuição percentual dos casos de CE e PTP e das categorias das variáveis nestes dois grupos, com a diferença estatística avaliada pelos testes chi2, chi2 para tendência (chi2 trend e exato de Fisher, com nível de significância de 95%. RESULTADO: a indicação de CE diminuiu progressivamente com o tempo, passando de 22,6% em 1986 para 5% em 1998. A morbidade materna foi semelhante e reduzida nos dois grupos (1,24 e 1,21%. Não houve diferença significativa entre os grupos quanto ao índice de Apgar e natimortalidade, mas notou-se proporção significativamente maior de RN prematuros e com peso 4.000 g no grupo submetido à CE. A prevalência de CE foi significativamente maior em mulheres com idade >35 anos, história pregressa ou atual de síndrome hipertensiva, diabetes ou primeiro filho morto, bem como com alterações no volume do líquido amniótico. CONCLUSÕES: A realização da PTP aumentou progressivamente ao longo dos treze anos, sem aumento na morbidade materna e/ou neonatal. As indicações de CE obedeceram critério médico relacionado às condições clínicas maternas e/ou fetais desfavoráveis ao parto vaginal.

Matias Jacinta Pereira

2003-01-01

31

Diabetes nos partos hospitalares em sistemas de saúde público e privado / Diabetes in hospital deliveries in public and private health system hospitals / Partos gestantes con diabetes en hospitales de los sistemas de salud público y privado  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Analisar tendências da presença do diagnóstico de diabetes mellitus em partos hospitalares. MÉTODOS: Estudo transversal com dados analisados de partos hospitalares de gestantes residentes em Ribeirão Preto, SP, no período de 1998 a 2007. Os dados foram obtidos no Centro de Processame [...] nto de Dados Hospitalares da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, referentes à categoria diabetes mellitus na gravidez. Os dados analisados foram: faixa etária, tipo de parto (vaginal ou cirúrgico), duração da internação e tipo de assistência pública (SUS) ou privada (saúde suplementar e particular). RESULTADOS: Houve aumento de 3,9 vezes na proporção de partos com menção de diabetes em relação ao total de partos (p = 0,01). Esse aumento foi de 4,5 vezes nos partos pela assistência pública (p = 0,01) e de 3 vezes na assistência privada (p = 0,01). Observou-se aumento da presença de diabetes em todas as faixas etárias, proporcionalmente mais acentuado nas mais baixas. A frequência de parto cirúrgico nas gestações com menção de diabetes diminuiu de 64,5% em 1998/1999 para 39,8% em 2006/2007 na assistência pública; e na privada a frequência se manteve sempre acima de 90%. CONCLUSÕES: Houve tendência crescente da presença de diabetes mellitus nos partos hospitalares ao longo dos biênios, apesar da tendência de diminuição do número de partos e aumento da população feminina em idade reprodutiva residente em Ribeirão Preto. Essa tendência necessita não só de sua identificação e tratamento, mas também de intervenções pré-gestacionais que possam revertê-la. Abstract in spanish OBJETIVO: Analizar tendencias de la presencia de diagnóstico de diabetes mellitus en partos hospitalarios MÉTODOS: Estudio transversal con datos analizados de partos hospitalarios de gestantes residentes en Ribeirao Preto, SP, Brasil, en el período de 1998 a 2007. Los datos fueron obtenidos en [...] el Centro de Procesamiento de Datos Hospitalarios de la Facultad de Medicina de Ribeirao Preto de la Universidad de Sao Paulo, referentes e la categoría diabetes mellitus en el embarazo. Los datos analizados fueron: grupo etario, tipo de parto (vaginal o quirúrgico), duración de la internación y tipo de asistencia pública (SUS) o privada (salud suplementaria y particular). RESULTADOS: Hubo aumento de 3,9 en la propo rción de partos con mención de diabetes con relación al total de partos (p= 0,01). Este aumento fue de 4,5 en los partos con asistencia pública (p=0,01) y de e, en la asistencia privada (p=0,01). Se observó aumento de la presencia de diabetes en todos los grupos etarios, proporcionalmente más acentuado en las más bajas. En los partos con mención de diabetes, la frecuencia del parto quirúrgico fue de 30% en la asistencia pública y de 90% en la asistencia privada. La frecuencia de parto quirúrgico en las gestaciones con mención de diabetes disminuyó de 64,5% en 1988/1999 para 39,8% en 2006/2007 en la asistencia pública; y en la privada se mantuvo siempre por encima de 90%. CONCLUSIONES: Hubo tendencia creciente de la presencia de diabetes mellitus en los partos hospitalarios a lo largo de los bienios, a pesar de la tendencia de disminución del número de partos y aumento de la población femenina en edad reproductiva residente en Ribeirao Preto. Esta tendencia necesita no solo de identificación y tratamiento, sino también de intervenciones pre-gestacionales que puedan revertirla. Abstract in english OBJETIVE: To analyze trends of diagnoses of diabetes mellitus in hospital deliveries. METHODS: Transversal study analyzing data on hospital deliveries for pregnant women living in Ribeirão Preto, SP, from 1998 to 2007. The data on diabetes mellitus in pregnancy were obtained from the Faculdade [...] de Medicina de Ribeirão Preto of the Universidade de São Paulo Hospital Data Processing Center. The data analyzed were: age group, type of delivery (vaginal or cesarean)

Carla Regina de Souza, Teixeira; Laércio Joel, Franco; Rosane Aparecida, Monteiro; Felipe, Granado.

2013-06-01

32

Diabetes nos partos hospitalares em sistemas de saude publico e privado / Diabetes in hospital deliveries in public and private health system hospitals / Partos gestantes con diabetes en hospitales de los sistemas de salud publico y privado  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Public Health | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Analisar tendências da presença do diagnóstico de diabetes mellitus em partos hospitalares. MÉTODOS: Estudo transversal com dados analisados de partos hospitalares de gestantes residentes em Ribeirão Preto, SP, no período de 1998 a 2007. Os dados foram obtidos no Centro de Processame [...] nto de Dados Hospitalares da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, referentes à categoria diabetes mellitus na gravidez. Os dados analisados foram: faixa etária, tipo de parto (vaginal ou cirúrgico), duração da internação e tipo de assistência pública (SUS) ou privada (saúde suplementar e particular). RESULTADOS: Houve aumento de 3,9 vezes na proporção de partos com menção de diabetes em relação ao total de partos (p = 0,01). Esse aumento foi de 4,5 vezes nos partos pela assistência pública (p = 0,01) e de 3 vezes na assistência privada (p = 0,01). Observou-se aumento da presença de diabetes em todas as faixas etárias, proporcionalmente mais acentuado nas mais baixas. A frequência de parto cirúrgico nas gestações com menção de diabetes diminuiu de 64,5% em 1998/1999 para 39,8% em 2006/2007 na assistência pública; e na privada a frequência se manteve sempre acima de 90%. CONCLUSÕES: Houve tendência crescente da presença de diabetes mellitus nos partos hospitalares ao longo dos biênios, apesar da tendência de diminuição do número de partos e aumento da população feminina em idade reprodutiva residente em Ribeirão Preto. Essa tendência necessita não só de sua identificação e tratamento, mas também de intervenções pré-gestacionais que possam revertê-la. Abstract in spanish OBJETIVO: Analizar tendencias de la presencia de diagnóstico de diabetes mellitus en partos hospitalarios MÉTODOS: Estudio transversal con datos analizados de partos hospitalarios de gestantes residentes en Ribeirao Preto, SP, Brasil, en el período de 1998 a 2007. Los datos fueron obtenidos en [...] el Centro de Procesamiento de Datos Hospitalarios de la Facultad de Medicina de Ribeirao Preto de la Universidad de Sao Paulo, referentes e la categoría diabetes mellitus en el embarazo. Los datos analizados fueron: grupo etario, tipo de parto (vaginal o quirúrgico), duración de la internación y tipo de asistencia pública (SUS) o privada (salud suplementaria y particular). RESULTADOS: Hubo aumento de 3,9 en la propo rción de partos con mención de diabetes con relación al total de partos (p= 0,01). Este aumento fue de 4,5 en los partos con asistencia pública (p=0,01) y de e, en la asistencia privada (p=0,01). Se observó aumento de la presencia de diabetes en todos los grupos etarios, proporcionalmente más acentuado en las más bajas. En los partos con mención de diabetes, la frecuencia del parto quirúrgico fue de 30% en la asistencia pública y de 90% en la asistencia privada. La frecuencia de parto quirúrgico en las gestaciones con mención de diabetes disminuyó de 64,5% en 1988/1999 para 39,8% en 2006/2007 en la asistencia pública; y en la privada se mantuvo siempre por encima de 90%. CONCLUSIONES: Hubo tendencia creciente de la presencia de diabetes mellitus en los partos hospitalarios a lo largo de los bienios, a pesar de la tendencia de disminución del número de partos y aumento de la población femenina en edad reproductiva residente en Ribeirao Preto. Esta tendencia necesita no solo de identificación y tratamiento, sino también de intervenciones pre-gestacionales que puedan revertirla. Abstract in english OBJETIVE: To analyze trends of diagnoses of diabetes mellitus in hospital deliveries. METHODS: Transversal study analyzing data on hospital deliveries for pregnant women living in Ribeirão Preto, SP, from 1998 to 2007. The data on diabetes mellitus in pregnancy were obtained from the Faculdade [...] de Medicina de Ribeirão Preto of the Universidade de São Paulo Hospital Data Processing Center. The data analyzed were: age group, type of delivery (vaginal or ce

Carla Regina de Souza, Teixeira; Laercio Joel, Franco; Rosane Aparecida, Monteiro; Felipe, Granado.

2013-06-01

33

Leucograma e metabolismo oxidativo de neutrófilos em cabras da raça Saanen nos períodos de gestação, parto e pós-parto / Leukocyte count and neutrophil oxidative burst in Saanen goats in the pregnancy, parturition and postpartum periods  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese O presente estudo teve como objetivo a avaliação do leucograma e do metabolismo oxidativo de neutrófilos em fêmeas caprinas da raça Saanen, nos períodos de gestação, parto e pós-parto. Amostras de sangue foram colhidas de 20 fêmeas nulíparas da raça Saanen, clinicamente sadias por venipunção jugular [...] aos 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5), 14 (M6), sete (M7), três (M8) dias antes do parto, no dia do parto (M9), três (M10) e sete (M11) dias após o parto, para a realização do leucograma e dosagens séricas de cortisol, estradiol e progesterona. A partir de 28 dias (M4) antes do parto até sete dias do pós-parto (M11) foram colhidas amostras de sangue para a avaliação do metabolismo oxidativo de neutrófilos por meio do teste de redução do tetrazólio nitroazul (NBT). Os resultados demonstraram que no dia do parto houve aumento nas concentrações séricas de cortisol e estradiol, e diminuição da progesterona, leucocitose por neutrofilia e desvio à esquerda leve, diminuição dos linfócitos, aumento da relação neutrófilo:linfócito, eosinopenia, monocitose e basofilia. No sétimo dia do pós-parto houve leucocitose por neutrofilia e aumento da relação neutrófilo:linfócito. Não houve nos períodos de gestação, parto e pós-parto alterações significativas no metabolismo oxidativo dos neutrófilos. Conclui-se que o parto determina elevação da concentração sérica de cortisol e estradiol, e diminuição da progesterona determinando quadro de leucocitose por neutrofilia e desvio à esquerda leve, com diminuição dos linfócitos, aumento da relação neutróflo:linfócito, eosinopenia, monocitose e basofilia. Ao sétimo dia do pós-parto há leucocitose por neutrofilia, aumento da relação neutrófilo:linfócito e do fibrinogênio. A gestação, o parto e o período do pós-parto não alteram o metabolismo oxidativo de neutrófilos avaliado por meio do teste de redução do NBT. Abstract in english The purpose of this study was to evaluate the leukocyte count and the oxidative metabolism of neutrophil in Saanen goats during periods of pregnancy, parturition and postpartum. Were used 20 Saanen goats, clinically healthy and serologically negative for caprine arthritis encephalitis virus (CAEV). [...] Blood samples were collected by jugular venipuncture 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5), 14 (M6), seven (M7), three (M8) days before the parturition, on the day of birth (M9), three (M10) and seven (M11) days postpartum, for the leukocyte count, and serum for cortisol, estradiol and progesterone determination. From 28 days (M4) before parturition until seven days postpartum (M11) blood samples were collected for evaluation of oxidative metabolism of neutrophils by the nitroblue tetrazolium reduction test (NBT). The results showed that at parturition day there were an increase in cortisol and estradiol levels and a decrease in progesterone serum, neutrophilic leukocytosis and left shift slight, decrease of lymphocytes, increase in the neutrophil: lymphocyte, eosinopenia, monocytosis and basophilia. There was a neutrophilic leukocytosis and an increase in the neutrophil: lymphocyte on the seventh day postpartum. There were not significant alterations in oxidative metabolism of neutrophils during pregnancy, parturition and postpartum. It was concluded that parturition causes an elevation in cortisol and estradiol levels and a decrease in progesterone serum determining a neutrophilic leukocytosis and left shift slight, with a reduction of lymphocytes, increase in the neutrophil:lymphocyte, eosinopenia, monocytosis and basophilia. Neutrophilic leukocytosis, increase in the neutrophil: lymphocyte and fibrinogen are detected on the seventh day postpartum. Pregnancy, parturition and the postpartum do not change the oxidative metabolism of neutrophils evaluated by NBT reduction test.

Joandes H., Fonteque; Mere E., Saito; Graziela, Barioni; Ana C. dos S., Valente; Regina K., Takahira; Aguemi, Kohayagawa.

2013-12-01

34

Aspectos epidemiológicos da depressão pós-parto em amostra brasileira Postpartum depression epidemiology in a Brazilian sample  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available INTRODUÇÃO: Sintomas psiquiátricos são freqüentes após o parto, momento marcado por alterações hormonais e mudanças no caráter social, na organização familiar e na identidade feminina. A Escala de Depressão Pós-Parto de Edimburgo (EPDS é instrumento de auto-avaliação para rastrear depressão após a gestação, nem sempre adequadamente reconhecida pelos profissionais de saúde. O objetivo deste estudo foi avaliar prevalência de depressão pós-parto em mulheres atendidas em unidades básicas de saúde. MÉTODOS: Estudo transversal com aplicação da EPDS em 292 mulheres que se encontravam entre 31 e 180 dias após o parto. Adotamos o ponto de corte INTRODUCTION: Psychiatric symptoms are frequent in the postpartum period, a moment marked by hormonal alterations and changes in social character, family organization and women's identity. The Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS is a self-reporting instrument to track depression after pregnancy, unfortunately not always properly supported by health care professionals. This study aimed at verifying the prevalence of postpartum depression in women receiving care at basic health units. METHODS: Cross-sectional study including 292 women in the postpartum period (from day 31 to 180 who answered the EPDS questionnaire. Cut-off point < 12 for EPDS depression was used. RESULTS: A total of 115 women (39.4% had scores < 12 in EPDS, classified as depressive; 177 (60.6% had scores < 12 and were not considered depressive. Women with lower education, higher number of pregnancies, higher parity, higher number of live children and shortest relationship time had more depression. CONCLUSION: High frequency of postpartum depression is associated with social factors, which shows the importance of health care professionals in early detection of depression, with the aid of instruments such as EPDS, due to its efficacy and practicability.

Gustavo Enrico Cabral Ruschi

2007-12-01

35

Evolução do comprimento cervical uterino na gestação, avaliado pela ultra-sonografia transvaginal Changes in cervical length during pregnancy measured by transvaginal ultrasound  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: analisar a evolução do comprimento cervical uterino, ao longo da gestação, avaliado por meio da ultra-sonografia transvaginal. MÉTODOS: foi realizado estudo prospectivo, longitudinal, no qual 82 gestantes hígidas foram acompanhadas desde o início da gestação, das quais 49 mantiveram o seguimento até o parto sem complicações da gravidez, sendo examinadas a cada quatro semanas, e agrupadas, conforme a paridade, em nulíparas ou com um ou mais partos anteriores. O comprimento do colo uterino foi avaliado em vista sagital pela ultra-sonografia transvaginal, com a medida linear da distância entre os orifícios cervicais interno e externo. RESULTADOS: as médias de comprimento do colo uterino, bem como os percentis 5, 25, 50, 75 e 95, em função da idade gestacional, não diferiram significativamente entre os grupos estudados (p>0.05. No intervalo entre a 20ª e a 24ª semana gestacional o comprimento cervical variou entre 28, 35 e 47,2 mm, com os percentis 5, 50 e 95, respectivamente. O comprimento cervical uterino diminuiu progressivamente ao longo da gestação normal, sendo esse encurtamento significativo após a 20ª semana de gravidez e mais expressivo após a 28ª semana (pPURPOSE: to establish a normality curve of cervical length during pregnancy measured by transvaginal ultrasonography. METHODS: we conducted a prospective, longitudinal study on 82 healthy pregnant women who were followed up from the beginning of pregnancy to delivery at four-week intervals, of whom 49 concluded the study. Patients were divided according to parity into nulliparous women and women with one or more previous deliveries. Cervical length was measured in a sagittal view by transvaginal ultrasonography, as the linear distance between internal and external cervical os. RESULTS: no significant difference was observed in mean cervical length or the 5th, 25, 50th, 75th, or 95th percentile according to gestational age between groups (p>0.05. Between the 20thand 24th gestacional week, the 5th, 50th and 95th percentiles of cervical length were 28, 35 and 47.2 mm, respectively. Cervical length decreased progressively during normal pregnancy, with a significant shortening observed after 20 weeks of gestation and being more marked after 28 weeks (p<0.05. CONCLUSION: the pattern of cervical length behavior does not seem to differ between nulliparous women and women with one or more previous deliveries. The numerical values of the normality curve of cervical length according to gestational age reflect the variability in the peculiar characteristics of the studied sample, thus emphasizing the value of the parameters established for different populations.

Reginaldo Antônio de Oliveira Freitas-Júnior

2003-03-01

36

Fatores associados ao parto vaginal em gestantes de alto risco submetidas à indução do parto com misoprostol / Factors associated with vaginal delivery in high-risk pregnant women submitted to labor induction with misoprostol  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVOS: determinar os principais fatores associados ao parto transpelvino em gestantes de alto-risco submetidas à indução do parto com misoprostol vaginal (50 µg). MÉTODOS: trata-se da análise secundária de um ensaio clínico aberto, não randomizado, incluindo 61 gestantes de alto-risco internadas [...] na Enfermaria de Patologia Obstétrica da Maternidade Escola Assis Chateaubriand, em Fortaleza (CE). Todas tinham idade gestacional de mais de 37 semanas, feto único com boa vitalidade e escores de Bishop menores ou iguais a 7. Utilizou-se a dose de 50 µg de misoprostol via vaginal, repetindo-se a cada seis horas, até o máximo de quatro doses. Realizou-se análise uni e multivariada para determinação da associação entre parto vaginal (variável dependente) e variáveis independentes (preditoras), construindo-se curvas ROC para paridade e escores de Bishop. RESULTADOS: encontrou-se associação significativa do parto vaginal com a paridade (um ou mais partos anteriores), escore de Bishop >4 e intervalo entre indução e parto menor que 6 horas, ao passo que a taquissistolia reduziu a chance de parto vaginal. Realizou-se análise de regressão logística múltipla para avaliar cada um desses fatores independentemente, persistindo fortemente associados ao parto vaginal o escore de Bishop >4 (OR = 3,3; IC 95% = 2,15-4,45) e a paridade >1 (OR = 5,41; IC 95% = 4,18-6,64). Pela curva ROC para os escores de Bishop e a paridade como determinantes do parto vaginal, encontrou-se um valor preditivo positivo de 100%, com sensibilidade de 63,2%. A área sob a curva foi de 86,8%, significativamente superior a 50% (p=0,023). CONCLUSÕES: os fatores preditivos mais importantes para parto vaginal após indução com misoprostol foram a paridade (um ou mais partos) e escores de Bishop >4. Estes fatores devem ser levados em consideração na escolha de diferentes esquemas e doses de misoprostol, tanto para preparo cervical como indução do parto. Abstract in english PURPOSE: to determine the main factors associated with vaginal delivery in high-risk pregnant women submitted to labor induction with vaginal misoprostol (50 µg). METHODS: this is a secondary analysis of an open nonrandomized clinical trial that included 61 high-risk pregnant women admitted at the " [...] Maternidade-Escola Assis Chateaubriand", Fortaleza (Ceará). All women had singleton pregnancies with alive fetuses, gestational age >37 weeks and Bishop scores 4 and interval induction to delivery 4 (OR = 3.30, 95% CI = 2.15-4.45) were significant independent predictors for vaginal delivery. In the ROC curve for parity and Bishop score, sensitivity of 63.2% and positive predictive value of 100% were found. The area under the ROC curve was 86.8%, significantly higher than 50% (p=0.023). CONCLUSIONS: the most important predictive factors for vaginal delivery after induction with misoprostol were parity and Bishop score. These characteristics should be considered when choosing schemes and doses of misoprostol for cervical ripening and labor induction.

Zuleika Studart, Sampaio; Carlos Augusto, Alencar Júnior; Francisco Edson de Lucena, Feitosa; Melania Maria Ramos de, Amorim.

2004-02-01

37

INTERVALO ENTRE PARTOS EM GADO NELORE CALVING INTERVAL IN NELORE CATTLE  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available

O trabalho apresenta o estudo de 368 dados de intervalos entre partos de gado Nelore de Goiânia - Goiás. Observou-se que o intervalo médio entre partos foi de 16,15 +/- 0,22 meses.

The work presents the study of 368 calving intervals data in Nelore cattle of Goiânia - Goiás. It was observed that the average calving intervals were 16.15 +/- 0.22 months.

José Magno Pato

2007-09-01

38

Ultrassonografia do colo uterino versus índice de Bishop como preditor do parto vaginal Cervical ultrasonography versus Bishop score as a predictor of vaginal delivery  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: comparar a acurácia da mensuração ultrassonográfica transvaginal do colo uterino com o escore de Bishop para predição do parto vaginal após indução do trabalho de parto com misoprostol a 25 mcg. MÉTODOS: realizou-se estudo de validação de técnica diagnóstica com 126 gestantes com indicação para indução do trabalho de parto, as quais foram avaliadas pelo escore de Bishop e por ultrassonografia transvaginal para mensuração cervical. As pacientes foram submetidas, também, à ultrassonografia obstétrica transabdominal para avaliação da estática, pesos fetais e índice de líquido amniótico, e à cardiotocografia basal para avaliação da vitalidade fetal. Procedeu-se à indução do trabalho de parto com misoprostol vaginal e sublingual, um dos comprimidos contendo 25 mcg da droga e o outro apenas placebo. Os comprimidos foram administrados a cada seis horas, em um número máximo de oito. Construíram-se tabelas de distribuição de frequência e calcularam-se medidas de tendência central e de dispersão. Curvas ROC foram construídas para avaliação do escore de Bishop e da medida ultrassonográfica do colo uterino para predição de parto vaginal. RESULTADOS: obteve-se uma área sob a curva ROC de 0,5 (p=0,8 para medição do colo uterino pela ultrassonografia transvaginal, enquanto a curva ROC do escore de Bishop (ponto de corte ³4 apresentou área de 0,6 (p=0,02. O escore de Bishop ³4 apresentou sensibilidade de 56,2% e especificidade de 67,9% para predição de parto vaginal, com razão de verossimilhança positiva de 1,75 e negativa de 0,65. CONCLUSÕES: a medida ultrassonográfica transvaginal do colo uterino não foi boa preditora da evolução para parto vaginal em pacientes com trabalho de parto induzido com misoprostol. O escore de Bishop foi melhor preditor para parto vaginal nestas circunstâncias.PURPOSE: to compare the accuracy of transvaginal ultrasonographic measurement of the uterine cervix with Bishop’s score for the prediction of vaginal delivery after labor induction, with 25 mcg of misoprostol. METHODS: a prospective study for the validation of a diagnostic test was conducted on 126 pregnant women with indication for labor induction. The patients were evaluated by Bishop’s score and transvaginal ultrasonography for cervical measurement. They also undergone obstetric transabdominal ultrasound to evaluate static and fetal weight, as well as the amniotic fluid index, and basal cardiotocography for the evaluation of fetal vitality. Labor was induced with vaginal and sublingual misoprostol, one of the tablets containing 25 mcg of the drug and the other only placebo. The tablets were administered every six hours, with a maximum number of eight. Frequency tables were obtained, and measures of central tendency and dispersion were calculated. ROC curves were constructed for the evaluation of Bishop’s score and ultrasonographic measurement of the uterine cervix for the prediction of vaginal delivery. RESULTS: the area under the ROC curve was 0.5 (p=0.8 for the ultrasonographic measurement of the uterine cervix, and 0.6 (p=0.02 for Bishop’s score (cut point ³4. Bishop’s score had a sensitivity of 56.2% and specificity of 67.9% for prediction of vaginal delivery, with a positive likelihood ratio of 1.75 and a negative one of 0.65. CONCLUSIONS: ultrasonographic measurement of the uterine cervix was not a good predictor of evolution to vaginal delivery among patients with misoprostol-induced labor. Bishop’s score was a better predictor of vaginal delivery under these circumstances.

José Richelmy Brazil Frota Aragão

2011-11-01

39

The medical construction of midwifery. Representations and practices in Catalonia, Spain / A construção médica da assistência ao parto. Representações e práticas em Cataluña, Espanha / La construcción médica de la asistencia al parto. Representaciones y prácticas en Cataluña, España  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Colombia | Language: English Abstract in portuguese Objetivo. Descrever como se construíram os discursos sobre do parto e a necessidade de intervenção médica em Espanha. Metodologia. Estudo qualitativo. Realizaramse entrevistas a sete matronas que exerceram em Cataluña (Espanha) em meados do século passado. Comparamse suas opiniões com os discursos m [...] édicos recolhidos nas investigações publicadas na Revista Espanhola de Obstetrícia e Ginecologia entre os anos 1954 a 1960. Resultados. Frente à normalidade da evolução da maioria dos partos que informam os relatos das matronas, nas definições médicas aparecem como problemáticos ou alterados em sua duração e pela presença da dor, justificando suas intervenções sistemáticas; ainda que o anterior suponha um risco para as mulheres e suas criaturas. Como resultado, reafirma-se o discurso que define como patológicos a maioria dos partos. Conclusão. O sistema médico aparece construindo a assistência ao parto como um processo cirúrgico. As mulheres estão fazendo outras construções mais realistas e conformes com suas necessidades. A assistência ao nascimento como uma construção cultural e por tanto, susceptível de mudanças. Abstract in spanish Objetivo. Describir cómo se han construido los discursos sobre del parto y la necesidad de intervención médica en España. Metodología. Estudio cualitativo. Se realizaron entrevistas a siete matronas que ejercieron en Cataluña (España) a mediados del siglo pasado. Se compararon sus opiniones con los [...] discursos médicos recogidos en las investigaciones publicadas en la Revista Española de Obstetricia y Ginecología entre los años 1954 a 1960. Resultados. Frente a la normalidad de la evolución de la mayoría de los partos que informan los relatos de las matronas, en las definiciones médicas aparecen como problemáticos o alterados en su duración, además, por la presencia del dolor, justificando sus intervenciones sistemáticas, aunque lo anterior suponga un riesgo para las mujeres y sus criaturas. Como resultado, se reafirma el discurso que define como patológicos la mayoría de los partos. Conclusión. El sistema médico aparece construyendo la asistencia al parto como un proceso quirúrgico. Las mujeres están haciendo otras construcciones más realistas y acordes con sus necesidades. La asistencia al nacimiento como una construcción cultural y, por tanto, susceptible de cambios. Abstract in english Objective. To describe how discourse has been constructed regarding parturition (delivery) and the need for medical intervention in Spain. Methodology. This was a qualitative study. Interviews were conducted with seven midwives who practiced in Cataluña (Spain) during the middle of the last century. [...] Their opinions were compared to medical discourse gathered from research published in the Spanish Journal on Obstetrics and Gynecology (Revista Española de Obstetricia y Ginecología) between 1954 and 1960. Results. Against the normality of the evolution of most parturitions reported by the stories of the midwives, in medical definitions these appear as problematic or altered in their duration and by the presence of pain, justifying their systematic interventions; although the aforementioned poses a risk for women and their offspring. As a result, the discourse defining most deliveries as pathological is reaffirmed. Conclusion. The medical system constructed midwifery as a surgical process. Women are engaged in other more realistic constructions in agreement to their needs. Care at birth is perceived as a cultural construction and, hence, susceptible to change.

María Jesús, Montes Muñoz.

2012-07-01

40

Analgesia de parto em paciente com tetralogia de Fallot não corrigida: relato de caso Analgesia de parto en paciente con tetralogía de Fallot no corregida: relato de caso Labour analgesia in parturient with uncorrected tetralogy of Fallot: case report  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embora a tetralogia de Fallot seja a mais comum das cardiopatias congênitas cianóticas, as publicações nacionais, relacionando essa doença com a prática anestésica são escassas. O objetivo deste relato é apresentar um caso de analgesia de parto em paciente portadora de tetralogia de Fallot não corrigida e diagnosticada durante a gestação. RELATO DO CASO: Paciente com 26 anos, 56 kg, 1,56 m, idade gestacional 32 semanas e 5 dias, com diagnóstico de tetralogia de Fallot realizado durante a gestação. Internou em trabalho de parto. A conduta obstétrica foi a de parto via baixa, sendo realizada analgesia através de bloqueio peridural com bupivacaína a 0,125% e fentanil (100 µg e colocação de cateter peridural. Após 1h30 minutos do início da analgesia, ocorreu o nascimento. O peso do recém-nascido foi 1485 g e o índice de Apgar 6 e 8 no primeiro e no quinto minutos, respectivamente. A paciente permaneceu estável e sem alterações hemodinâmicas e/ou eletrocardiográficas. CONCLUSÕES: A escolha da técnica anestésica é de fundamental importância no manuseio das pacientes com tetralogia de Fallot não corrigidas. Condições favoráveis do colo e boa dinâmica uterina, particularmente naquelas pacientes sem história de síncope, tornam-se imprescindíveis para uma boa indicação da analgesia de parto.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Aunque la tetralogía de Fallot sea la más común de las cardiopatías congénitas cianóticas, las publicaciones nacionales, relacionando esa enfermedad con la práctica anestésica son escasas. El objetivo de este relato es presentar un caso de analgesia de parto en paciente portadora de tetralogía de Fallot no corregida y diagnosticada durante la gestación. RELATO DEL CASO: Paciente con 26 años, 56 kg, 1,56 m, edad gestacional 32 semanas y 5 días, con diagnóstico de tetralogía de Fallot realizado durante la gestación. Internó en trabajo de parto. La conducta obstétrica fue la de parto vía baja, siendo realizada analgesia de parto a través de bloqueo peridural con bupivacaína a 0,125% y fentanil (100 µg y colocación de catéter peridural. Después de 1h30 minutos del inicio de la analgesia, ocurrió el nacimiento. El peso del recién nacido fue 1485 g y el índice de Apgar 6 y 8 en el primero y en el quinto minutos, respectivamente. La paciente permaneció estable y sin alteraciones hemodinámicas y/o electrocardiográficas. CONCLUSIONES: La elección de la técnica anestésica es de fundamental importancia en el manoseo de las pacientes con tetralogía de Fallot no corregidas. Condiciones favorables del cuello y buena dinámica uterina, particularmente en aquellas pacientes sin historia de síncope, se vuelven imprescindibles para una buena indicación de la analgesia de parto.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Although tetralogy of Fallot is the most common cyanotic congenital heart disease, national publications correlating this condition with anesthetic practice are scarce. This report aimed at presenting a case of labor epidural analgesia in a patient with uncorrected tetralogy of Fallot diagnosed during gestation. CASE REPORT: Patient 26 years old, 1.54 m, 56 kg, 32 weeks and 5 days of gestational age, who had been diagnosed with tetralogy of Fallot during gestation. Patient was admitted in labour. After obstetric evaluation and decision for natural birth, epidural analgesia was performed with 0.125% bupivacaine associated to 100µg fentanyl through a catheter. Patient gave birth 1 hour and 30 minutes after the procedure. The newborn weighed 1485 grams and had an Apgar score of 6 and 8 at one and five minutes, respectively. Patient remained stable, with no hemodynamic or ECG changes. CONCLUSIONS: Selecting the appropriate anesthetic technique is extremely important when managing patients with uncorrected tetralogy of Fallot. Favorable uterine dynamics and cervical conditions, particularly in patients with no history of syncope, are critical findings for adequate labour analgesia indication.

Florentino Fernandes Mendes

2005-02-01

41

Analgesia de parto em paciente com tetralogia de Fallot não corrigida: relato de caso / Labour analgesia in parturient with uncorrected tetralogy of Fallot: case report / Analgesia de parto en paciente con tetralogía de Fallot no corregida: relato de caso  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embora a tetralogia de Fallot seja a mais comum das cardiopatias congênitas cianóticas, as publicações nacionais, relacionando essa doença com a prática anestésica são escassas. O objetivo deste relato é apresentar um caso de analgesia de parto em paciente portadora de tet [...] ralogia de Fallot não corrigida e diagnosticada durante a gestação. RELATO DO CASO: Paciente com 26 anos, 56 kg, 1,56 m, idade gestacional 32 semanas e 5 dias, com diagnóstico de tetralogia de Fallot realizado durante a gestação. Internou em trabalho de parto. A conduta obstétrica foi a de parto via baixa, sendo realizada analgesia através de bloqueio peridural com bupivacaína a 0,125% e fentanil (100 µg) e colocação de cateter peridural. Após 1h30 minutos do início da analgesia, ocorreu o nascimento. O peso do recém-nascido foi 1485 g e o índice de Apgar 6 e 8 no primeiro e no quinto minutos, respectivamente. A paciente permaneceu estável e sem alterações hemodinâmicas e/ou eletrocardiográficas. CONCLUSÕES: A escolha da técnica anestésica é de fundamental importância no manuseio das pacientes com tetralogia de Fallot não corrigidas. Condições favoráveis do colo e boa dinâmica uterina, particularmente naquelas pacientes sem história de síncope, tornam-se imprescindíveis para uma boa indicação da analgesia de parto. Abstract in spanish JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Aunque la tetralogía de Fallot sea la más común de las cardiopatías congénitas cianóticas, las publicaciones nacionales, relacionando esa enfermedad con la práctica anestésica son escasas. El objetivo de este relato es presentar un caso de analgesia de parto en paciente po [...] rtadora de tetralogía de Fallot no corregida y diagnosticada durante la gestación. RELATO DEL CASO: Paciente con 26 años, 56 kg, 1,56 m, edad gestacional 32 semanas y 5 días, con diagnóstico de tetralogía de Fallot realizado durante la gestación. Internó en trabajo de parto. La conducta obstétrica fue la de parto vía baja, siendo realizada analgesia de parto a través de bloqueo peridural con bupivacaína a 0,125% y fentanil (100 µg) y colocación de catéter peridural. Después de 1h30 minutos del inicio de la analgesia, ocurrió el nacimiento. El peso del recién nacido fue 1485 g y el índice de Apgar 6 y 8 en el primero y en el quinto minutos, respectivamente. La paciente permaneció estable y sin alteraciones hemodinámicas y/o electrocardiográficas. CONCLUSIONES: La elección de la técnica anestésica es de fundamental importancia en el manoseo de las pacientes con tetralogía de Fallot no corregidas. Condiciones favorables del cuello y buena dinámica uterina, particularmente en aquellas pacientes sin historia de síncope, se vuelven imprescindibles para una buena indicación de la analgesia de parto. Abstract in english BACKGROUND AND OBJECTIVES: Although tetralogy of Fallot is the most common cyanotic congenital heart disease, national publications correlating this condition with anesthetic practice are scarce. This report aimed at presenting a case of labor epidural analgesia in a patient with uncorrected tetralo [...] gy of Fallot diagnosed during gestation. CASE REPORT: Patient 26 years old, 1.54 m, 56 kg, 32 weeks and 5 days of gestational age, who had been diagnosed with tetralogy of Fallot during gestation. Patient was admitted in labour. After obstetric evaluation and decision for natural birth, epidural analgesia was performed with 0.125% bupivacaine associated to 100µg fentanyl through a catheter. Patient gave birth 1 hour and 30 minutes after the procedure. The newborn weighed 1485 grams and had an Apgar score of 6 and 8 at one and five minutes, respectively. Patient remained stable, with no hemodynamic or ECG changes. CONCLUSIONS: Selecting the appropriate anesthetic technique is extremely important when managing patients with uncorrected tetralogy of Fallot. Favorable uterine dynamics and cervical conditions, particularly i

Florentino Fernandes, Mendes; Carlos Alberto T, Farias; Daniel, Segabinazzi.

2005-02-01

42

Estimulação hormonal, punção folicular transvaginal e avaliação ovocitária em bezerras pré-púberes da raça Nelore (Bos taurus indicus Hormonal stimulation and ultrasound guided transvaginal follicle aspiration and oocyte recovery in Nelore (Bos taurus indicus prepubertal calves  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available O uso de bezerras pré-púberes como doadoras de ovócitos oferece um considerável potencial para acelerar o ganho genético através da diminuição do intervalo de gerações, além de incrementar o aproveitamento de fêmeas bovinas de alto valor genético. Os objetivos deste estudo foram analisar o efeito da idade e do tratamento estimulatório com gonadotrofinas sobre a resposta folicular, a taxa de recuperação, a produção e a avaliação morfológica de ovócitos colhidos em bezerras da raça nelore (B. t. indicus a partir de 10 meses de idade. As bezerras foram distribuídas aleatoriamente em três grupos (n=4 e receberam tratamentos hormonais distintos, repetidos nos mesmos animais nos três períodos, aos 10, 11 e 12 meses de idade. No dia zero (D0, todas as bezerras receberam um implante intravaginal de progesterona e, em D1, 2 mg de benzoato de estradiol intramuscular (im. Em D6, deu-se início à diferenciação dos tratamentos (T: T1- 120 UI de FSH, divididos em quatro aplicações im a cada 12 horas; T2 - 120 UI de FSH, em uma única aplicação subcutânea (sc, mais 300 UI de eCG sc, T3 - sem tratamento estimulatório. No D8, o implante de progesterona foi retirado e a punção folicular transvaginal, guiada por ultra-som (PFTV, foi realizada no D9. Dos 402 ovócitos coletados, 53 foram desnudados e medidos, incluindo a zona pelúcida, encontrando-se um diâmetro médio de 153,38 (8,06 mm. Não houve diferença significativa entre os tratamentos e entre as idades para quantidade de folículos > 3 mm, de ovócitos recuperados e de ovócitos viáveis. A média de ovócitos recuperados e ovócitos viáveis para cada tratamento foi: T1- 11,08 (6,20 e 59,58% (25,80, T2- 12,75 (8,04 e 66,02% (36,71, T3 - 9,66 (8,15 e 51,51% (30,69, respectivamente. O valor médio da taxa de recuperação foi de 78,70%. O uso de FSH e FSH + eCG não aumentou significantemente a quantidade de folículos > 3 mm no momento da PFTV, assim como dos ovócitos recuperados e viáveis aos 10, 11 e 12 meses de idade.The use of pre-pubertal calves as oocyte donors offers a considerable potential to increase the genetic gain lowering the generations interval, as well as increase the usage of bovine females with high genetic value. The objectives of this study were to analyze the effect of age and of the stimulatory treatment with gonadotropins in the follicular response, the recovery rate, quantity and quality of oocytes of the prepubertal Nelore (B. t. indicus calves. Twelve Nelore prepubertal females were stimulated with gonadotrophin hormone and were submitted to ultrasound guided transvaginal oocyte recovery (OPU at 10, 11 and 12 months of age. Before OPU the females were randomly distributed into three treatment groups (n=4, which consist of different protocols of ovarian super stimulation. For all treatments the animals on day zero (D0 received one intravaginal progesterone implant (CIDR-G® and on D1, 2 mg of estradiol benzoate im (Estrogin®. The stimulatory treatment began on D6 according to the following treatments: T1-120 IU of FSH (Foltropin®, divided in 4 im injections with 12 hours interval; T2-120 IU of FSH in one sc application plus 300 IU of eCG (Folligon® on D6; T3 - without stimulatory treatment (control. At D8 the CIDR-G®was removed and OPU was performed on D9. Among the 402 oocytes retrieved, 53 were denuded and measured (including the pellucid zone where a mean diameter of 153.38 ± 8.06 mm was obtained. No significant difference was detected among treatments and among ages for the quantity of follicles > 3 mm, quantity of oocytes recovery and quantity of oocytes morphologically viable. The mean of recovery oocytes and viable oocytes for each treatment was T1- 11.08 (6.20 and 59.58% (25.80, T2 - 12.75 (8.04 and 66.02% (36.71, T3 - 9.66 (8.15 and 51.51% (30.69, respectively. The mean value of recovery rate was 78.70%. The use of FSH or FSH + eCG does not increase significantly the amount of follicles > 3 mm at the OPU moment, as well as the total and viable oocytes by 10, 11 and 12 months

Marilia Viviane Snel-Oliveira

2003-02-01

43

Estimulação hormonal, punção folicular transvaginal e avaliação ovocitária em bezerras pré-púberes da raça Nelore (Bos taurus indicus) / Hormonal stimulation and ultrasound guided transvaginal follicle aspiration and oocyte recovery in Nelore (Bos taurus indicus) prepubertal calves  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese O uso de bezerras pré-púberes como doadoras de ovócitos oferece um considerável potencial para acelerar o ganho genético através da diminuição do intervalo de gerações, além de incrementar o aproveitamento de fêmeas bovinas de alto valor genético. Os objetivos deste estudo foram analisar o efeito da [...] idade e do tratamento estimulatório com gonadotrofinas sobre a resposta folicular, a taxa de recuperação, a produção e a avaliação morfológica de ovócitos colhidos em bezerras da raça nelore (B. t. indicus) a partir de 10 meses de idade. As bezerras foram distribuídas aleatoriamente em três grupos (n=4) e receberam tratamentos hormonais distintos, repetidos nos mesmos animais nos três períodos, aos 10, 11 e 12 meses de idade. No dia zero (D0), todas as bezerras receberam um implante intravaginal de progesterona e, em D1, 2 mg de benzoato de estradiol intramuscular (im). Em D6, deu-se início à diferenciação dos tratamentos (T): T1- 120 UI de FSH, divididos em quatro aplicações im a cada 12 horas; T2 - 120 UI de FSH, em uma única aplicação subcutânea (sc), mais 300 UI de eCG sc, T3 - sem tratamento estimulatório. No D8, o implante de progesterona foi retirado e a punção folicular transvaginal, guiada por ultra-som (PFTV), foi realizada no D9. Dos 402 ovócitos coletados, 53 foram desnudados e medidos, incluindo a zona pelúcida, encontrando-se um diâmetro médio de 153,38 (8,06) mm. Não houve diferença significativa entre os tratamentos e entre as idades para quantidade de folículos > 3 mm, de ovócitos recuperados e de ovócitos viáveis. A média de ovócitos recuperados e ovócitos viáveis para cada tratamento foi: T1- 11,08 (6,20) e 59,58% (25,80), T2- 12,75 (8,04) e 66,02% (36,71), T3 - 9,66 (8,15) e 51,51% (30,69), respectivamente. O valor médio da taxa de recuperação foi de 78,70%. O uso de FSH e FSH + eCG não aumentou significantemente a quantidade de folículos > 3 mm no momento da PFTV, assim como dos ovócitos recuperados e viáveis aos 10, 11 e 12 meses de idade. Abstract in english The use of pre-pubertal calves as oocyte donors offers a considerable potential to increase the genetic gain lowering the generations interval, as well as increase the usage of bovine females with high genetic value. The objectives of this study were to analyze the effect of age and of the stimulato [...] ry treatment with gonadotropins in the follicular response, the recovery rate, quantity and quality of oocytes of the prepubertal Nelore (B. t. indicus) calves. Twelve Nelore prepubertal females were stimulated with gonadotrophin hormone and were submitted to ultrasound guided transvaginal oocyte recovery (OPU) at 10, 11 and 12 months of age. Before OPU the females were randomly distributed into three treatment groups (n=4), which consist of different protocols of ovarian super stimulation. For all treatments the animals on day zero (D0) received one intravaginal progesterone implant (CIDR-G®) and on D1, 2 mg of estradiol benzoate im (Estrogin®). The stimulatory treatment began on D6 according to the following treatments: T1-120 IU of FSH (Foltropin®), divided in 4 im injections with 12 hours interval; T2-120 IU of FSH in one sc application plus 300 IU of eCG (Folligon®) on D6; T3 - without stimulatory treatment (control). At D8 the CIDR-G®was removed and OPU was performed on D9. Among the 402 oocytes retrieved, 53 were denuded and measured (including the pellucid zone) where a mean diameter of 153.38 ± 8.06 mm was obtained. No significant difference was detected among treatments and among ages for the quantity of follicles > 3 mm, quantity of oocytes recovery and quantity of oocytes morphologically viable. The mean of recovery oocytes and viable oocytes for each treatment was T1- 11.08 (6.20) and 59.58% (25.80), T2 - 12.75 (8.04) and 66.02% (36.71), T3 - 9.66 (8.15) and 51.51% (30.69), respectively. The mean value of recovery rate was 78.70%. The use of FSH or FSH + eCG does not increase significa

Marilia Viviane, Snel-Oliveira; Daniela Costa, Pereira; Danilo, Malagoli Junior; Rodolfo, Rumpf.

2003-02-01

44

Resultados neonatais no parto vaginal espontâneo comparados aos dos partos com fórcipe de Simpson-Braun em primíparas / Neonatal outcome of spontaneous deliveries as compared to Simpson-Braun forceps deliveries in nulliparous women  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: comparar os resultados neonatais dos partos vaginais espontâneos ou assistidos com fórcipe de Simpson-Braun em nulíparas. MÉTODO: em estudo de corte retrospectivo foram avaliados dois grupos de primíparas atendidas no Centro Obstétrico do CAISM/UNICAMP, que tiveram parto vaginal sob analge [...] sia epidural. O grupo fórcipe foi formado por 119 pacientes que tiveram parto a fórcipe de Simpson-Braun, e o grupo normal por 114 casos de parto vaginal espontâneo. Foram estudadas as variáveis neonatais imediatas como o estado do líquido amniótico e os índices de Apgar, assim como a evolução neonatal nos primeiros dias de vida. Para análise estatística foram utilizados os testes c², exato de Fisher e t de Student para comparação de médias e considerada significativa a diferença correspondente a p Abstract in english PURPOSE: to compare maternal and neonatal outcomes between spontaneous vaginal and Simpson-Braun forceps deliveries in nulliparous women. METHOD: a retrospective study including two groups of nulliparous women, who had vaginal delivery under peridural anesthesia in the obstetric unit of the CAISM-UN [...] ICAMP: the forceps group included 119 women who had Simpson-Braun forceps delivery, and the normal group included 114 women who delivered spontaneously. Neonatal outcomes, such as Apgar score and the evolution in the first days of life, were studied. Data were compared in both groups and, for statistical analysis, c² test, Fisher exact, and Student t tests were used. The differences were considered significant when p

Belmiro Gonçalves, Pereira; Michel Gardere, Camargo; Egle Cristina, Couto; Eliana, Amaral; Renato, Passini Jr; Mary Angela, Parpinelli.

2004-02-01

45

Impacto econômico do intervalo de partos em rebanhos bovinos leiteiros / Economic impact of calving interval on dairy cattle herds  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Conduziu-se esta pesquisa com o objetivo de avaliar e quantificar o impacto econômico do intervalo de partos em rebanhos de gado de leite. Foram simulados, no software Dimensionamento e Evolução de Rebanhos Bovinos, três rebanhos bovinos leiteiros, de um sistema de produção hipotético composto por 2 [...] 5 fêmeas, da raça holandesa, com média de produção diária de 15 kg, com idade ao primeiro parto de 30 meses, mantidas em 200 ha cultivados com pastagem de Brachiaria decumbens Stapf. com capacidade de suporte de 1UA/ha/ano. A equivalência entre as categorias animais utilizadas foram: matrizes 1,30; fêmeas de 0 - 1 ano 0,30; fêmea de 1-2 anos 0,71; fêmeas de 2-3 anos 1,01 UA/ha. Os três rebanhos possuiam as mesmas taxas de descarte (20%) e mortalidade (3% de 0 a 1 ano; 2% de a 1 a 2 anos e 1% de 2 a 3 anos) diferindo apenas as taxas de natalidade, quais sejam 100; 80 e 60%, para os casos 1; 2 e 3, respectivamente refletindo em intervalos de partos de 365, 510 e 657 dias. A simulação do impacto econômico foi realizada no aplicativo MS Excel®. O intervalo de partos, afetou diretamente a composição e a evolução do rebanho e influenciou a rentabilidade da atividade leiteira, sendo mais eficiente o índice de natalidade 100%, ou seja, intervalo de partos de 12 meses. Abstract in english The aim of this study was to quantify and evaluate the economic impact of calving interval on dairy herd. A simulation using a Dimensioning and Evolution of Bovine Herd software was conducted on three dairy herds from a hypothetical production system composed by 25 females of Holstein breed, having [...] an average of 15 kg daily milk production, at an age of 30 months after the first calving, kept in a 200 ha Brachiaria decumbens Stapf. pasture presenting an 1AU/ha/year support capacity. The equivalence among the tested animal categories were: dam cows 1.30; females of 0-1 year 0.30; females of 1-2 years 0.71; females of 2-3 years 1.01n AU/ha. The three herds showed the same culling rates (20%) and mortality rates (3% for 0 to 1 year; 2% for 1 to 2 years and 1% for 2 to 3 years), only the birth rates differed, namely 100; 80 and 60% for the cases 1; 2 and 3, respectively as reflecting in calving intervals of 365, 510 and 657 days. The simulation of the economic impact was done by the MS Excel(r) applicative. Calving interval not only directly affected the herd composition and evolution but also influenced dairy business profitability, the most efficient birth rate was that of 100%, in other words, calving interval of 12 months.

Marcos Aurélio, Lopes; Fabiana Alves, Demeu; Glauber dos, Santos; Milton Ghedini, Cardoso.

1908-19-01

46

Estimación de parámetros genéticos para edad al primer parto e intervalo entre partos en poblaciones bovinas de la raza Blanco Orejinegro (BON) en Colombia / Estimation of genetic parameters for age at first calving and calving interval in Blanco Orejinegro (BON) breed cattle populations in Colombia / Estimação de parâmetros genéticos para idade ao primeiro parto e intervalo de partos em populações bovinas da raça Blanco Orejinegro (BON) na Colômbia  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Colombia | Language: Spanish Abstract in portuguese Objetivo: estimar os parâmetros genéticos de idade ao primeiro parto (EPP) e do intervalo entre partos (IEP) em 22 populações bovinas da raça crioula colombiana Blanco Orejinegro. Métodos: foram utilizadas 1.256 e 3.803 dados para IPP e IEP respectivamente, obtidos entre os anos 1981 e 2010. Os comp [...] onentes de (Co) variância foram estimados por máxima verossimilhança restrita livre de derivadas com um modelo animal bicaracterístico. Resultados: as médias da EPP e IEP foram 1.104 ± 141 días (36.8 ± 4.7 meses) e 487 ± 147 días (16.2 ± 4.9 meses), respectivamente. As herdabilidades obtidas nas análises foram de 0.15 e 0.13 para EPP e IEP respectivamente, com uma correlação genética de -0.43. Foram incluídos os efeitos fixos de ano de parto e rebanho para EPP, também foi analisado o efeito de ordem de parto e a covariável de idade da vaca ao parto para o IEP. Todos os efeitos incluídos na análise foram significativos sobre a variação do IEP. Conclusões: os valores obtidos no presente estúdio para estas características reprodutivas indicam que a selecção para intervalo entre parto e idade ao primeiro parto podem ter um efeito relativamente baixo, devido ao amplio efeito ambiental sobre a variação destes dois parâmetros nas populações desta raça. Abstract in spanish Objetivo: estimar los parámetros genéticos de la edad al primer parto (EPP) y del intervalo entre partos (IEP) en 22 poblaciones bovinas de la raza criolla colombiana Blanco Orejinegro. Métodos: se utilizaron 1.256 registros para EPP y 3.803 registros de IEP, obtenidos entre los años 1981 y 2010. Lo [...] s componentes de (Co) varianza fueron estimados por máxima verosimilitud restringida libre de derivadas con un modelo animal bicaracterístico. Resultados: los promedios de la EPP y del IEP fueron de 1.104 ± 141 y 487 ± 147 días, respectivamente. Las heredabilidades obtenidas en el análisis fueron de 0.15 y 0.13 para EPP e IEP, respectivamente, con una correlación genética de -0.43. Se evaluaron los efectos fijos de año de nacimiento y hato para la EPP, también fue incluido el orden de parto y la covariable edad de la vaca al parto en el análisis del IEP, los cuales todos tuvieron una influencia significativa sobre la variación de este parámetro. Conclusiones: los valores obtenidos para estas características reproductivas en el presente estudio, indican que la selección para intervalo entre parto y edad al primer parto puede tener un efecto relativamente bajo, debido al amplio efecto ambiental sobre la variación de estos dos parámetros en las poblaciones de esta raza. Abstract in english Objective: to estimate genetic parameters for age at first calving (AFC) and calving interval (CI) in 22 herds of Blanco Orejinegro cattle in Colombia. Methods: a total of 1,256 records for AFC and 3,803 for CI, obtained between years 1981 and 2010 were analyzed. The (Co) variances components were e [...] stimated by a derivative-free restricted maximum likelihood procedure in a bi-trait animal model. Results: average of AFC and CI were 1,104 ± 141 and 487 ± 147 days, respectively. Heritabilities were 0.15 and 0.13 for AFC and CI, respectively, with -0.43 genetic correlation. The herd and year of birth were included as fixed effects for the AFC, while parity number and the covariate age of dam at farrow were analyzed for CI. All the effects had a significant influence over the CI variance. Conclusions: the values obtained for these traits indicate that selection for calving interval and age at first calving may have a relatively low impact, due to the large environmental effect on the variation of both parameters in these breed populations.

Juan F, M-Rocha; Jaime L, Gallego; Rodrigo F, Vásquez; Jorge A, Pedraza; Julián, Echeverri; Mario F, Cerón-Muñoz; Rodrigo, Martínez.

2012-06-01

47

Perineal trauma after vaginal delivery in healthy pregnant women / Trauma perineal após parto vaginal em parturientes saudáveis  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese CONTEXTO E OBJETIVOS: Apesar do cuidado médico executado durante o trabalho de parto, os traumas perineais ainda são prevalentes e podem levar a várias desordens do assoalho pélvico. O objetivo foi investigar a prevalência de injúrias obstétricas e do esfíncter anal em mulheres saudáveis após parto [...] vaginal. DESENHO E LOCAL DE ESTUDO: Estudo transversal envolvendo 3.034 pacientes com recém-natos únicos de um hospital secundário de baixo risco. MÉTODOS: Um questionário padronizado foi preparado e aplicado aos prontuários completamente preenchidos (classificação do Royal College of Obstetricians and Gynecologists) para identificar as lesões obstétricas e do esfíncter anal e analisar fatores de risco associados com lacerações perineais leves e graves. RESULTADOS: A média de idade das mulheres era 25 anos; mais da metade (54,4%) era primípara. Quase 38% das participantes tiveram lacerações perineais; estas foram graves em 0,9% dos casos. A presença de parto vaginal prévio (odds ratio, OR, 1,64 [1,33-2,04]) e o parto fórceps (OR 2,04 [1,39-2,97]) foram fatores de risco associados às lesões perineais leves (primeira e segunda classificações de lesão esfíncter e anal). Somente a posição em pé prolongada durante a atividade profissional (OR 2,85 [1,34-6,09]) estava associada com lesões perineais graves. CONCLUSÃO: A prevalência de trauma perineal grave concordou com dados da literatura. A variável posição em pé foi considerada fator de risco para trauma perineal grave e necessita ser investigada. Abstract in english CONTEXT AND OBJECTIVE: Despite all the medical care provided during delivery labor, perineal injury is still prevalent and may lead to diverse pelvic floor disorders. The aim here was to investigate the prevalence of obstetric and anal sphincter injuries (OASIS) in healthy pregnant women after vagi [...] nal delivery. DESIGN AND SETTING: Cross-sectional study involving 3,034 patients with singletons in a secondary hospital for low-risk cases. METHODS: A standardized questionnaire was prepared and applied to medical files that had been completely filled out (classification of the Royal College of Obstetricians and Gynecologists, RCOG) in order to identify OASIS and analyze risk factors associated with mild and severe perineal lacerations. RESULTS: The women's mean age was 25 years; more than half (54.4%) were primiparae. Almost 38% of the participants had perineal lacerations; these were severe in 0.9% of the cases. Previous vaginal delivery (odds ratio, OR: 1.64 [1.33-2.04]) and forceps delivery (OR: 2.04 [1.39-2.97]) were risk factors associated with mild perineal injuries (1st and 2nd OASIS classifications). Only remaining standing for prolonged periods during professional activity (OR: 2.85 [1.34-6.09]) was associated with severe perineal injuries. CONCLUSION: The prevalence of severe perineal injuries was concordant with data in the literature. The variable of standing position was considered to be a risk factor for severe perineal injury and should be further investigated.

Larissa Santos, Oliveira; Luiz Gustavo Oliveira, Brito; Silvana Maria, Quintana; Geraldo, Duarte; Alessandra Cristina, Marcolin.

2014-07-01

48

Perineal trauma after vaginal delivery in healthy pregnant women / Trauma perineal após parto vaginal em parturientes saudáveis  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese CONTEXTO E OBJETIVOS: Apesar do cuidado médico executado durante o trabalho de parto, os traumas perineais ainda são prevalentes e podem levar a várias desordens do assoalho pélvico. O objetivo foi investigar a prevalência de injúrias obstétricas e do esfíncter anal em mulheres saudáveis após parto [...] vaginal. DESENHO E LOCAL DE ESTUDO: Estudo transversal envolvendo 3.034 pacientes com recém-natos únicos de um hospital secundário de baixo risco. MÉTODOS: Um questionário padronizado foi preparado e aplicado aos prontuários completamente preenchidos (classificação do Royal College of Obstetricians and Gynecologists) para identificar as lesões obstétricas e do esfíncter anal e analisar fatores de risco associados com lacerações perineais leves e graves. RESULTADOS: A média de idade das mulheres era 25 anos; mais da metade (54,4%) era primípara. Quase 38% das participantes tiveram lacerações perineais; estas foram graves em 0,9% dos casos. A presença de parto vaginal prévio (odds ratio, OR, 1,64 [1,33-2,04]) e o parto fórceps (OR 2,04 [1,39-2,97]) foram fatores de risco associados às lesões perineais leves (primeira e segunda classificações de lesão esfíncter e anal). Somente a posição em pé prolongada durante a atividade profissional (OR 2,85 [1,34-6,09]) estava associada com lesões perineais graves. CONCLUSÃO: A prevalência de trauma perineal grave concordou com dados da literatura. A variável posição em pé foi considerada fator de risco para trauma perineal grave e necessita ser investigada. Abstract in english CONTEXT AND OBJECTIVE: Despite all the medical care provided during delivery labor, perineal injury is still prevalent and may lead to diverse pelvic floor disorders. The aim here was to investigate the prevalence of obstetric and anal sphincter injuries (OASIS) in healthy pregnant women after vagi [...] nal delivery. DESIGN AND SETTING: Cross-sectional study involving 3,034 patients with singletons in a secondary hospital for low-risk cases. METHODS: A standardized questionnaire was prepared and applied to medical files that had been completely filled out (classification of the Royal College of Obstetricians and Gynecologists, RCOG) in order to identify OASIS and analyze risk factors associated with mild and severe perineal lacerations. RESULTS: The women's mean age was 25 years; more than half (54.4%) were primiparae. Almost 38% of the participants had perineal lacerations; these were severe in 0.9% of the cases. Previous vaginal delivery (odds ratio, OR: 1.64 [1.33-2.04]) and forceps delivery (OR: 2.04 [1.39-2.97]) were risk factors associated with mild perineal injuries (1st and 2nd OASIS classifications). Only remaining standing for prolonged periods during professional activity (OR: 2.85 [1.34-6.09]) was associated with severe perineal injuries. CONCLUSION: The prevalence of severe perineal injuries was concordant with data in the literature. The variable of standing position was considered to be a risk factor for severe perineal injury and should be further investigated.

Larissa Santos, Oliveira; Luiz Gustavo Oliveira, Brito; Silvana Maria, Quintana; Geraldo, Duarte; Alessandra Cristina, Marcolin.

2014-05-28

49

Bloqueio combinado raquiperidural versus bloqueio peridural contínuo para analgesia de parto em primigestas: resultados maternos e perinatais Combined spinal-epidural block versus continuous epidural block in labor analgesia for primiparous women: newborns and women outcomes  

OpenAIRE

OBJETIVOS: comparar a evolução materna e perinatal após a utilização da analgesia peridural contínua versus analgesia combinada raqui-peridural em parturientes primigestas. MÉTODOS: foi realizado ensaio clínico aleatorizado com 128 gestantes primigestas em trabalho de parto, divididas em dois grupos: analgesia peridural (APC) com 65 mulheres e grupo analgesia combinada raqui-peridural (ACRP) com 63, admitidas no pré-parto de duas maternidades na cidade de Jundiaí - SP. Foram estudad...

Márcio Antonio de Souza; Silva, Joa?o Luiz Pinto E.; Nelson Lourenço Maia Filho

2009-01-01

50

Diagnóstico do parto pré-termo pela medida ultrassonográfica do comprimento do colo uterino / Preterm labor diagnosis by sonographic measurement of the uterine cervical length  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Medir o comprimento do colo uterino, utilizando a ultrassonografia transvaginal, em pacientes com quadro clínico compatível com ameaça de parto pré-termo, e correlacionar a medida do colo uterino, em cada caso, com a interrupção espontânea da gravidez dentro de sete dias. MATERIAIS E MÉTOD [...] OS: Foram realizados exames ultrassonográficos em 72 pacientes com quadro clínico compatível com ameaça de parto pré-termo. RESULTADOS: A sensibilidade do exame foi de 90,5%, a especificidade, de 98%, o valor preditivo positivo, de 95%, e o valor preditivo negativo, de 96%. A análise foi realizada utilizando-se a medida de 15 mm de comprimento do colo uterino como valor preditivo do parto pré-termo. CONCLUSÃO: Parece ser possível prever o parto pré-termo em pacientes com colo uterino menor que 15 mm. Tal observação poderá trazer contribuição para a administração mais oportuna de corticoides, com o intuito de acelerar a maturidade pulmonar fetal. Abstract in english OBJECTIVE: To measure the uterine cervical length by using transvaginal ultrasonography in patients with clinical signs compatible with preterm labor threat, and correlating each individual measurement with spontaneous pregnancy interruption within seven days. MATERIALS AND METHODS: Sonographic exam [...] inations were performed in 72 patients with clinical signs compatible with preterm labor threat. RESULTS: Sensitivity was 90.5%, specificity, 98%, positive predictive value, 95%, and negative predictive value, 96%. A standard uterine cervix length of 15 mm was considered as a predictive value for preterm labor. CONCLUSION: It seems to be possible to foresee preterm delivery in patients whose cervical length is

Carlos Eduardo Ferreira, Novaes; Hilton Augusto, Koch; Carlos Antônio Barbosa, Montenegro; Jorge Fonte de, Rezende Filho.

2009-10-01

51

Diagnóstico do parto pré-termo pela medida ultrassonográfica do comprimento do colo uterino Preterm labor diagnosis by sonographic measurement of the uterine cervical length  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Medir o comprimento do colo uterino, utilizando a ultrassonografia transvaginal, em pacientes com quadro clínico compatível com ameaça de parto pré-termo, e correlacionar a medida do colo uterino, em cada caso, com a interrupção espontânea da gravidez dentro de sete dias. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram realizados exames ultrassonográficos em 72 pacientes com quadro clínico compatível com ameaça de parto pré-termo. RESULTADOS: A sensibilidade do exame foi de 90,5%, a especificidade, de 98%, o valor preditivo positivo, de 95%, e o valor preditivo negativo, de 96%. A análise foi realizada utilizando-se a medida de 15 mm de comprimento do colo uterino como valor preditivo do parto pré-termo. CONCLUSÃO: Parece ser possível prever o parto pré-termo em pacientes com colo uterino menor que 15 mm. Tal observação poderá trazer contribuição para a administração mais oportuna de corticoides, com o intuito de acelerar a maturidade pulmonar fetal.OBJECTIVE: To measure the uterine cervical length by using transvaginal ultrasonography in patients with clinical signs compatible with preterm labor threat, and correlating each individual measurement with spontaneous pregnancy interruption within seven days. MATERIALS AND METHODS: Sonographic examinations were performed in 72 patients with clinical signs compatible with preterm labor threat. RESULTS: Sensitivity was 90.5%, specificity, 98%, positive predictive value, 95%, and negative predictive value, 96%. A standard uterine cervix length of 15 mm was considered as a predictive value for preterm labor. CONCLUSION: It seems to be possible to foresee preterm delivery in patients whose cervical length is < 15 mm. Such observation could contribute to a timely corticosteroid administration to accelerate fetal lung maturity.

Carlos Eduardo Ferreira Novaes

2009-10-01

52

Indução de partos em suínos: uso de cloprostenol associado com ocitocina ou carbetocina / Farrowing induction in swine: use of cloprostenol associated with oxytocin or carbetocin  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de um análogo sintético da PGF2 (cloprostenol sodico), associado à ocitocina ou carbetocina, sobre a eficiência da indução ao parto em suínos. O experimento I foi realizado com 284 fêmeas, distribuídas em quatro tratamentos: cloprost [...] enol; cloprostenol e 0,100mg de carbetocina; cloprostenol e 10UI de ocitocina; solução salina (NaCl 0,9%). No experimento II, foram utilizadas 276 fêmeas, distribuídas em quatro tratamentos: cloprostenol; cloprostenol e 0,10mg de carbetocina; cloprostenol e 0,05mg de carbetocina; cloprostenol e 10UI de ocitocina. A indução do parto foi realizada aos 113 dias de gestação, pela aplicação de 0,175mg de cloprostenol, via submucosa vulvar. A carbetocina ou a ocitocina foram aplicadas 24h após a aplicação de cloprostenol, pela via intramuscular. O intervalo indução-parto foi menor (P0,05) entre os tratamentos. A utilização de ocitócitos, em associação com cloprostenol, resulta em partos antecipados e mais sincronizados. O uso associado de cloprostenol e carbetocina reduz o tempo de parto e 99% ou mais dos partos ocorrem em até quatro horas após a aplicação de carbetocina, independentemente da dose utilizada. Abstract in english The aim of the present study was to evaluate the effect of a synthetic analogue of PGF2 (sodium cloprostenol) associated to carbetocin or oxytocin on the efficiency of farrowing induction in swine. In Experiment I, 284 females were distributed in four treatments: - cloprostenol; - cloprostenol and 0 [...] .10mg of carbetocin; - cloprostenol and 10UI of oxytocin; and saline solution. In Experiment II, 276 females were distributed in four treatments: cloprostenol; cloprostenol and 0.10mg of carbetocin; cloprostenol and 0.05mg of carbetocin; and cloprostenol and 10UI of oxytocin. Farrowing induction was performed at 113 days of gestation using an injection of 0.175mg cloprostenol by vulvar submucosal route. Carbetocin or oxytocin was administered 24h after cloprostenol, by intramuscular route. The interval induction-farrowing was shorter (P0.05) in stillbirth rate among treatments. The use of oxytocic drugs, in association with cloprostenol, results in anticipated and more synchronized farrowings. Following the use of carbetocin in association with cloprostenol, occurs a reduction in farrowing length and 99% or more of farrowings take place within 4h after carbetocin administration, regardless of the dose used.

Neimar Bonfanti, Gheller; Danielle, Gava; Mônica, Santi; Tiago José, Mores; Mari Lourdes, Bernardi; David Emilio Santos Neves de, Barcellos; Ivo, Wentz; Fernando Pandolfo, Bortolozzo.

1272-12-01

53

Freqüência de lesões perineais ocorridas nos partos vaginais em uma instituição hospitalar / Frequency of perineal lesions occurred during natural child labour in a hospital institution / Frecuencia de lesiones perineales ocurridos en los partos naturales en una institución hospitalaria  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Durante o parto normal, a maioria das mulheres sofre algum tipo de lesão perineal, em razão de lacerações espontâneas ou como conseqüência da incisão cirúrgica - episiotomia. Este estudo, do tipo descritivo, com abordagem quantitativa, visa levantar a freqüência de lesões perineais ocorridas em mulh [...] eres durante o parto vaginal em uma instituição hospitalar que exerce a obstetrícia tradicional. A amostra foi composta por 279 prontuários de mulheres que pariram na instituição durante o período de julho a dezembro de 2006. Em 11,82% dos prontuários não foi relatada a ocorrência de lesões. A episiotomia foi realizada em 86,99% das mulheres, 3,25% sofreram episiotomia e lacerações perineais de 1° e 2° graus, 9,76% tiveram o períneo íntegro. A prática da episiotomia não foi justificada nos prontuários, sua realização ocorreu sem qualquer enfoque seletivo, sendo praticada rotineiramente na instituição, demonstrando que ainda persiste o desrespeito aos direitos humanos adquiridos pelas mulheres. Abstract in spanish Durante el proceso de parto normal, la mayoría de las mujeres sufre algún tipo de trauma del períneo, debido a laceraciones espontáneas del períneo o por la incisión quirúrgica - las episiotomías. Este estudio de tipo descriptivo con un abordaje cuantitativo y intenta registrar el número y frecuenci [...] a de de traumas perineales ocurridos en mujeres durante el parto normal en una instituición hospitalar que practica obstetricia tradicional. La muestra fue recogida de 279 casos clínicos de mujeres que tuvieron partos normales en la institución, durante el período de julio a diciembre de 2006. En 11,82% de los casos no hubo relatos de. La episiotomía fue practicada en 86.99% de las mujeres, 3.25% sufrieron de episiotomía y de laceraciones de primero y segundo grados, 9.76% tuvieron el períneo intacto. Por lo tanto, concluímos que la episiotomía es practicada rutinariamente sin justificación y sin enfoque selectivo y en la instituición. Esto demuestra que persiste una clara falta de respeto a los derechos humanos de las mujeres. Abstract in english During the process of natural child labour, most of women suffers some kind of perineal trauma when they go into natural childbirth labor, due to spontaneous perineum lacerations or episiotomies. The objective of this study of quantitative and descriptive approach is to document the number of perine [...] al traumas occurred in women during natural childbirths in a hospital institution. This study was created based on 279 files of women who delivered their babies by natural birth a hospital institution that practiced tradicional obstetricsduring a period from July to December 2006. In 11,82% of the cases no lesions were reported. The episiotomy was practiced in 86,99% of the women and 3,25% suffered episiotomy and perineal lacerations in 1 and 2 degrees, 9,76% of the women had their perineum intact. The practice of the episiotomy was not justified in the files and it is practiced as a routine without any selective criteria by the institution, demonstrating that the disrespect to human rights of women still persists.

Jaqueline de Oliveira, Santos; Izabel Cristina, Bolanho; Jaqueline Queiroz Carlos da, Mota; Lidiane, Coleoni; Márcia Alessandra de, Oliveira.

2008-12-01

54

Freqüência de lesões perineais ocorridas nos partos vaginais em uma instituição hospitalar Frecuencia de lesiones perineales ocurridos en los partos naturales en una institución hospitalaria Frequency of perineal lesions occurred during natural child labour in a hospital institution  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Durante o parto normal, a maioria das mulheres sofre algum tipo de lesão perineal, em razão de lacerações espontâneas ou como conseqüência da incisão cirúrgica - episiotomia. Este estudo, do tipo descritivo, com abordagem quantitativa, visa levantar a freqüência de lesões perineais ocorridas em mulheres durante o parto vaginal em uma instituição hospitalar que exerce a obstetrícia tradicional. A amostra foi composta por 279 prontuários de mulheres que pariram na instituição durante o período de julho a dezembro de 2006. Em 11,82% dos prontuários não foi relatada a ocorrência de lesões. A episiotomia foi realizada em 86,99% das mulheres, 3,25% sofreram episiotomia e lacerações perineais de 1° e 2° graus, 9,76% tiveram o períneo íntegro. A prática da episiotomia não foi justificada nos prontuários, sua realização ocorreu sem qualquer enfoque seletivo, sendo praticada rotineiramente na instituição, demonstrando que ainda persiste o desrespeito aos direitos humanos adquiridos pelas mulheres.Durante el proceso de parto normal, la mayoría de las mujeres sufre algún tipo de trauma del períneo, debido a laceraciones espontáneas del períneo o por la incisión quirúrgica - las episiotomías. Este estudio de tipo descriptivo con un abordaje cuantitativo y intenta registrar el número y frecuencia de de traumas perineales ocurridos en mujeres durante el parto normal en una instituición hospitalar que practica obstetricia tradicional. La muestra fue recogida de 279 casos clínicos de mujeres que tuvieron partos normales en la institución, durante el período de julio a diciembre de 2006. En 11,82% de los casos no hubo relatos de. La episiotomía fue practicada en 86.99% de las mujeres, 3.25% sufrieron de episiotomía y de laceraciones de primero y segundo grados, 9.76% tuvieron el períneo intacto. Por lo tanto, concluímos que la episiotomía es practicada rutinariamente sin justificación y sin enfoque selectivo y en la instituición. Esto demuestra que persiste una clara falta de respeto a los derechos humanos de las mujeres.During the process of natural child labour, most of women suffers some kind of perineal trauma when they go into natural childbirth labor, due to spontaneous perineum lacerations or episiotomies. The objective of this study of quantitative and descriptive approach is to document the number of perineal traumas occurred in women during natural childbirths in a hospital institution. This study was created based on 279 files of women who delivered their babies by natural birth a hospital institution that practiced tradicional obstetricsduring a period from July to December 2006. In 11,82% of the cases no lesions were reported. The episiotomy was practiced in 86,99% of the women and 3,25% suffered episiotomy and perineal lacerations in 1 and 2 degrees, 9,76% of the women had their perineum intact. The practice of the episiotomy was not justified in the files and it is practiced as a routine without any selective criteria by the institution, demonstrating that the disrespect to human rights of women still persists.

Jaqueline de Oliveira Santos

2008-12-01

55

Resultados neonatais no parto vaginal espontâneo comparados aos dos partos com fórcipe de Simpson-Braun em primíparas Neonatal outcome of spontaneous deliveries as compared to Simpson-Braun forceps deliveries in nulliparous women  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: comparar os resultados neonatais dos partos vaginais espontâneos ou assistidos com fórcipe de Simpson-Braun em nulíparas. MÉTODO: em estudo de corte retrospectivo foram avaliados dois grupos de primíparas atendidas no Centro Obstétrico do CAISM/UNICAMP, que tiveram parto vaginal sob analgesia epidural. O grupo fórcipe foi formado por 119 pacientes que tiveram parto a fórcipe de Simpson-Braun, e o grupo normal por 114 casos de parto vaginal espontâneo. Foram estudadas as variáveis neonatais imediatas como o estado do líquido amniótico e os índices de Apgar, assim como a evolução neonatal nos primeiros dias de vida. Para análise estatística foram utilizados os testes c², exato de Fisher e t de Student para comparação de médias e considerada significativa a diferença correspondente a pPURPOSE: to compare maternal and neonatal outcomes between spontaneous vaginal and Simpson-Braun forceps deliveries in nulliparous women. METHOD: a retrospective study including two groups of nulliparous women, who had vaginal delivery under peridural anesthesia in the obstetric unit of the CAISM-UNICAMP: the forceps group included 119 women who had Simpson-Braun forceps delivery, and the normal group included 114 women who delivered spontaneously. Neonatal outcomes, such as Apgar score and the evolution in the first days of life, were studied. Data were compared in both groups and, for statistical analysis, c² test, Fisher exact, and Student t tests were used. The differences were considered significant when p<0.05. RESULTS: the indications for Simpson-Braun forceps delivery were maternal-fetal relief (90 cases and abbreviation of the expulsive period (29 cases. In the forceps group there were 8 cases (6.7% of vaginal injuries; a similar result was observed in the normal group. The number of hospitalization days for the parturient and the newborns was identical, 2.4 days. The newborns in the two groups had similar Apgar scores inferior to 7 at the first minute (7.5 vs 4.3% and at the fifth minute (1.6 vs1.7%. The weight in the two groups had similar results (3,146 and 3,016 g. The first days of life did not differ between the groups. CONCLUSIONS: the use of Simpson-Braun forceps was safe, when compared to spontaneous vaginal delivery.

Belmiro Gonçalves Pereira

2004-02-01

56

Avaliação da atenção ao parto por adolescentes em um hospital universitário / Evaluation of birthing care provided to adolescents in a university hospital  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVOS: avaliar a atenção ao parto na ótica de adolescentes assistidas em um hospital universitário. MÉTODOS: estudo quantitativo, descritivo, desenvolvido em um hospital universitário do Sul do Brasil. A amostra foi 269 adolescentes, entre 10 e 19 anos, de julho de 2008 a outubro de 2009. A cole [...] ta de dados foi com entrevista acerca das práticas de parto normal. Para análise estatística, foi utilizado o Teste Exato de Fisher. Os achados foram comparados com as práticas recomendadas à atenção perinatal preconizados pelo Ministério da Saúde (MS). RESULTADOS: a posição litotômica adotada em 99% dos casos; a episiotomia foi realizada em 89,6% das parturientes; os toques vaginais foram realizados por mais de um examinador em 69,4% dos partos; a cateterização venosa profilática de rotina foi instalada em 91,8% das adolescentes e a restrição hídrica e alimentação esteve presente em 87,4 %. Estes achados não condizem com as orientações preconizadas pelo MS acerca da atenção ao parto. CONCLUSÕES: muitas condutas recomendadas pelo MS para o parto são desconsideradas na instituição em estudo, precisando ser revistas de modo a contemplar as diretrizes do MS. Abstract in english OBJECTIVES: evaluate birthing care from the perspective of adolescents seen at a university hospital. METHODS: a quantitative descriptive study deve-loped at a university hospital in the south of Brazil. The research sample was comprised of 269 adolescents, between 10 and 19 years of age, from July [...] 2008 to October 2009. The data was collected through interviews about the practices of vaginal childbirth. Statistical analysis was performed using Fisher's Exact Test. The fin-dings were then compared with the recommended practices for perinatal care recommended by the Ministry of Health (MH). RESULTS: the lithotomic position was adopted in 99% of cases; an episiotomy was performed on 89.6% of delivering women; digital vaginal examinations were conducted by more than one examiner in 69.4% of deliveries; routine preventive venous catheterization was performed in 91.8% of adolescent girls and food and water restrictions were put in place in 87.4% of cases. These findings are not consistent with MH guidelines for birthing care. CONCLUSIONS: many of the guidelines recommended by MH for birthing care are disregarded at the reviewed institution and must be revised in order to address the directives of the Ministry of Health.

Cleci de Fátima, Enderle; Nalú Pereira da Costa, Kerber; Lulie Rosane Odeh, Susin; Raúl A., Mendoza-Sassi.

2012-12-01

57

Estudo ultra-sonográfico da involução uterina pós-parto em cadelas Ultrasonography study of the post-partum uterine involution in bitches  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Utilizando-se 15 cadelas no pós-parto, são descritas as características da involução uterina e determinado o diâmetro do útero, por meio de exames seriados de ultra-som em modo B (tempo real, no período de zero a 28 dias pós-parto. O diâmetro uterino declina progressivamente, sem influência da ordem de parto ou tamanho da ninhada. As características ultra-sonográficas do útero são melhor visualizadas na primeira semana pós-parto e a qualidade da imagem diminui com o progresso da involução. Pela técnica usada são visualizadas apenas três camadas constituintes da parede uterina.The ultrasonographic characteristics and the involution of the uterus were described in 15 pregnant bitches by serial B-mode (real time technique at period of 0 to 28 days postpartum. The uterine diameter decreased progressively, without influence of parity or litter size. The ultrasonographic image of the uterus is better view in the first week and the image quality is poor at subsequent weeks. The uterus was composed of only three ecographic layers.

S.T.S. Ferri

2002-02-01

58

Estudo ultra-sonográfico da involução uterina pós-parto em cadelas / Ultrasonography study of the post-partum uterine involution in bitches  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Utilizando-se 15 cadelas no pós-parto, são descritas as características da involução uterina e determinado o diâmetro do útero, por meio de exames seriados de ultra-som em modo B (tempo real), no período de zero a 28 dias pós-parto. O diâmetro uterino declina progressivamente, sem influência da orde [...] m de parto ou tamanho da ninhada. As características ultra-sonográficas do útero são melhor visualizadas na primeira semana pós-parto e a qualidade da imagem diminui com o progresso da involução. Pela técnica usada são visualizadas apenas três camadas constituintes da parede uterina. Abstract in english The ultrasonographic characteristics and the involution of the uterus were described in 15 pregnant bitches by serial B-mode (real time) technique at period of 0 to 28 days postpartum. The uterine diameter decreased progressively, without influence of parity or litter size. The ultrasonographic imag [...] e of the uterus is better view in the first week and the image quality is poor at subsequent weeks. The uterus was composed of only three ecographic layers.

S.T.S., Ferri; W.R.R., Vicente.

2002-02-01

59

Qualidade da atenção ao parto em maternidades do Rio de Janeiro Quality of birth care in maternity hospitals of Rio de Janeiro, Brazil  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade da atenção durante o processo de trabalho de parto de acordo com normas da Organização Mundial de Saúde. MÉTODOS: Trata-se de estudo do tipo caso-controle, realizado em duas maternidades: pública e conveniada com o Sistema Único de Saúde, no Município do Rio de Janeiro. A amostra foi composta por 461 mulheres na maternidade pública (230 partos vaginais e 231 cesáreas e por 448 mulheres na maternidade conveniada (224 partos vaginais e 224 cesáreas. De outubro de 1998 a março de 1999, foram realizadas entrevistas com puérperas e revisão de prontuários. Foi construído escore sumarizador da qualidade do atendimento. RESULTADOS: Observou-se baixa freqüência de algumas práticas que devem ser encorajadas, como presença de acompanhante (1% na maternidade conveniada, em ambos os tipos de parto, deambulação durante o trabalho de parto (9,6% das cesáreas na maternidade pública e 9,9% dos partos vaginais na conveniada e aleitamento na sala de parto (6,9% das cesáreas na maternidade pública e 8,0% das cesáreas na conveniada. Práticas comprovadamente danosas e que devem ser eliminadas como uso de enema (38,4%, tricotomia, hidratação venosa de rotina (88,8%, uso rotineiro de ocitocina (64,4%, restrição ao leito durante o trabalho de parto (90,1% e posição de litotomia (98,7% para parto vaginal apresentaram alta freqüência. Os melhores resultados do escore sumarizador foram obtidos na maternidade pública. CONCLUSÕES: As duas maternidades apresentam freqüência elevada de intervenções durante a assistência ao parto. A maternidade pública, apesar de atender clientela com maior risco gestacional, apresenta perfil menos intervencionista que maternidade conveniada. Procedimentos realizados de maneira rotineira merecem ser discutidos à luz de evidências de seus benefícios.OBJECTIVE: To evaluate the quality of birth care based on the World Health Organization guidelines. METHODS: A case-control study was carried out in a public and a private maternity hospitals contracted by the Brazilian Health System in the city of Rio de Janeiro, Brazil, from October 1998 to March 1999. The sample comprised 461 women in the public maternity hospital (230 vaginal deliveries and 231 Cesarean sections and 448 women in the private one (224 vaginal deliveries and 224 Cesarean sections. Data was collected through interviews with puerperal women and review of medical records. A summarization score of quality of delivery care was constructed. RESULTS: There was low frequency of practices that should be encouraged, such as having an accompanying person (1% in the private hospital for both vaginal delivery and C-sections, freedom of movements throughout labor (9.6% of C-sections in the public hospital and 9.9% of vaginal deliveries in the private hospital and breastfeeding in the delivery room (6.9% of C-sections in the public hospital and 8.0% of C-sections in the private hospital. There was a high frequency of known harmful practices such as enema administration (38.4%; routine pubic shaving; routine intravenous infusion (88.8%; routine use of oxytocin (64.4%, strict bed rest throughout labor (90.1% and routine supine position in labor (98.7% in vaginal deliveries. The best summarizing scores were seen in the public maternity hospital. CONCLUSIONS: The two maternity hospitals have a high frequency of interventions during birth care. In spite of providing care to higher risk pregnant women, the public maternity hospital has a less interventionist profile than the private one. Procedures carried out on a routine basis should be pondered based on evidence of their benefits.

Eleonora d'Orsi

2005-08-01

60

Prevalence of suicide risk and comorbidities in postpartum women in Pelotas / Prevalência do risco de suicídio e de comorbidades em mulheres pós-parto em Pelotas  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese OBJETIVOS: Avaliar a prevalência do risco de suicídio e de comorbidades em mulheres pós-parto. MÉTODOS: Este foi um estudo em corte transversal com mulheres pós-parto. A amostra foi constituída de mães que receberam cuidados pré-natais prestados pelo Sistema Nacional de Saúde Pública do Brasil na ci [...] dade de Pelotas. O risco de suicídio e outros transtornos mentais foram avaliados pela Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI). Uma resposta afirmativa a qualquer das seis perguntas é considerada um risco de suicídio. RESULTADOS: A amostra consistiu de 919 mulheres pós-parto. A prevalência do risco de suicídio foi de 11,5%. Ela foi 4,62 vezes mais alta (IC de 95% 2,45; 8,73) em mulheres de baixo nível educacional. Mulheres apresentando qualquer comorbidade para depressão e transtornos ansiosos tiveram uma chance 17,04 vezes maior (IC 95% 2,27; 19,96) àquelas que não apresentaram nenhum transtorno afetivo. CONCLUSÃO: Um nível educacional mais baixo e a presença de um transtorno psiquiátrico se associam ao risco de suicídio. O transtorno bipolar é o diagnóstico psiquiátrico com maior impacto sobre o risco de suicídio. Abstract in english OBJECTIVES: To evaluate the prevalence of suicide risk and comorbidities in postpartum women. METHODS: This is a cross-sectional study of postpartum women. The sample comprised mothers who have received prenatal care from the Brazilian National System of Public Heath in the city of Pelotas. Suicide [...] risk and other mental disorders were evaluated using the Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI). A yes answer on one of the six interview questions was considered a sign of suicide risk. RESULTS: The sample consisted of 919 postpartum women. The 11.5% suicide prevalence was 4.62 (CI 2.45, 8.73) times higher in women with low educational levels. Women with comorbid depression or an anxiety disorder showed a 17.04 (CI 2.27; 19.96) times greater risk of suicide than those who did not suffer from any mood disorder. CONCLUSION: Lower education levels and psychiatric disorders are associated with suicide risk. Bipolar disorder is the psychiatric disorder with the highest impact on suicide risk.

Daniele, Tavares; Luciana, Quevedo; Karen, Jansen; Luciano, Souza; Ricardo, Pinheiro; Ricardo, Silva.

2012-10-01

61

Prevalence of suicide risk and comorbidities in postpartum women in Pelotas Prevalência do risco de suicídio e de comorbidades em mulheres pós-parto em Pelotas  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJECTIVES: To evaluate the prevalence of suicide risk and comorbidities in postpartum women. METHODS: This is a cross-sectional study of postpartum women. The sample comprised mothers who have received prenatal care from the Brazilian National System of Public Heath in the city of Pelotas. Suicide risk and other mental disorders were evaluated using the Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI. A yes answer on one of the six interview questions was considered a sign of suicide risk. RESULTS: The sample consisted of 919 postpartum women. The 11.5% suicide prevalence was 4.62 (CI 2.45, 8.73 times higher in women with low educational levels. Women with comorbid depression or an anxiety disorder showed a 17.04 (CI 2.27; 19.96 times greater risk of suicide than those who did not suffer from any mood disorder. CONCLUSION: Lower education levels and psychiatric disorders are associated with suicide risk. Bipolar disorder is the psychiatric disorder with the highest impact on suicide risk.OBJETIVOS: Avaliar a prevalência do risco de suicídio e de comorbidades em mulheres pós-parto. MÉTODOS: Este foi um estudo em corte transversal com mulheres pós-parto. A amostra foi constituída de mães que receberam cuidados pré-natais prestados pelo Sistema Nacional de Saúde Pública do Brasil na cidade de Pelotas. O risco de suicídio e outros transtornos mentais foram avaliados pela Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI. Uma resposta afirmativa a qualquer das seis perguntas é considerada um risco de suicídio. RESULTADOS: A amostra consistiu de 919 mulheres pós-parto. A prevalência do risco de suicídio foi de 11,5%. Ela foi 4,62 vezes mais alta (IC de 95% 2,45; 8,73 em mulheres de baixo nível educacional. Mulheres apresentando qualquer comorbidade para depressão e transtornos ansiosos tiveram uma chance 17,04 vezes maior (IC 95% 2,27; 19,96 àquelas que não apresentaram nenhum transtorno afetivo. CONCLUSÃO: Um nível educacional mais baixo e a presença de um transtorno psiquiátrico se associam ao risco de suicídio. O transtorno bipolar é o diagnóstico psiquiátrico com maior impacto sobre o risco de suicídio.

Daniele Tavares

2012-10-01

62

Resultados da assistência ao parto no Centro de Parto Normal Dr. David Capistrano da Costa Filho em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil Results of childbirth care at a birthing center in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available A qualidade da assistência prestada em Centro de Parto Normal (CPN por enfermeira obstetra é amplamente questionada. Foi realizado um estudo descritivo e retrospectivo de 2.117 partos ocorridos entre janeiro de 2002 e julho 2003, no CPN Dr. David Capistrano da Costa Filho, em Belo Horizonte. Entre os principais resultados da assistência, destacam-se a taxa de transferência materna com 11,4%; a taxa de cesárea com 2,2%; a taxa de admissão em Centro de Tratamento Intensivo (CTI neonatal de 1,2%; e a taxa de Apgar This was a descriptive and retrospective study of 2,117 deliveries from January 2002 to July 2003 at the Dr. David Capistrano da Costa Filho Birthing Center in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. Widespread questions have been raised concerning the quality of services provided at birthing centers by obstetric nurses. The results of the current study were: 11.4% maternal transfer rate; 2.2% cesarean sections; 1.2% neonatal ICU admissions; and 1% 5-minute Apgar scores below 7. Delivery dystocia and the request for epidural anesthesia were the main reasons for maternal transfer, and respiratory distress was the main cause of neonatal ICU admission. Corrected neonatal mortality was 2 per 1,000 live births. The results at this birthing center did not differ significantly from those in a review of the international literature. The most striking finding was the low cesarean rate. Comparative studies and more comprehensive national data on low-risk gestations are needed.

Sibylle Emilie Vogt Campos

2007-06-01

63

Pressão arterial e freqüência cardíaca avaliadas pela MAPA em primigestas durante o trabalho de parto e puerpério imediato Blood pressure and heart rate evaluated by ABPM in primigravid women during labor and early puerperium  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: analisar os valores da pressão arterial e da freqüência cardíaca durante o trabalho de parto e puerpério imediato de primigestas normais. MÉTODOS: foram incluídas no estudo 60 parturientes, às quais foi aplicada a monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA com uso do aparelho modelo SpaceLabs 90207, durante o trabalho de parto e nas primeiras 12 horas após o mesmo. A pressão arterial e a freqüência cardíaca foram registradas a cada 15 minutos durante o trabalho de parto e na primeira hora após o parto, e a cada 30 minutos até a 12ª hora após o parto. Esses parâmetros foram avaliados em três momentos do trabalho de parto (com dilatação cervical até 7 cm, entre 8 cm e dilatação total e durante o período expulsivo e em dois momentos do puerpério (na primeira e décima segunda hora. Primeiramente os resultados foram analisados sem levar em consideração o tipo de procedimento anestésico, e depois, dividindo-os em grupos conforme o tipo de procedimento realizado: anestesia local, analgesia peridural lombar e anestesia subaracnóidea. Para comparação dentro de cada grupo foram realizados análise de variância (ANOVA e teste t de Student pareado e, entre os grupos, o teste t não-pareado. Foi considerado o limite de significância estatística de 5%. RESULTADOS: quando os resultados foram avaliados sem levar em consideração o procedimento anestésico, os valores médios da pressão arterial sistólica, registrados durante o trabalho de parto, foram significativamente mais elevados que no puerpério. Durante o trabalho de parto esses valores foram significativamente mais elevados nos períodos de dilatação final e expulsivo que no período de dilatação inicial e, na 12ª hora, inferiores ao da primeira hora após o parto. Os valores médios da pressão arterial diastólica registrados durante o trabalho de parto foram significativamente mais altos que no puerpério. Estes valores não apresentaram alteração durante os diferentes períodos do trabalho de parto ou durante as primeiras doze horas do puerpério. A freqüência cardíaca aumentou progressivamente durante o trabalho de parto, diminuindo nas primeiras 12 horas após o parto. Quando a pressão arterial e a freqüência cardíaca foram avaliadas conforme o tipo de procedimento anestésico empregado, ambas mostraram-se com mesmo comportamento na anestesia local e peridural, embora naquelas submetidas à anestesia subaracnóidea, tanto a pressão arterial sistólica como a diastólica não apresentaram alteração durante o trabalho de parto. CONCLUSÕES: o trabalho de parto determinou aumento da pressão arterial sistólica e da freqüência cardíaca. Durante o trabalho de parto os valores das pressões arteriais sistólica e diastólica foram mais altos que nas primeiras 12 horas do puerpério, havendo queda significativa entre a primeira e a décima segunda hora do mesmo. Diferentes procedimentos anestésicos não interferiram nos valores das pressões arteriais sistólica e diastólica ou da freqüência cardíaca, durante o trabalho de parto e nas primeiras doze horas após o parto.OBJECTIVE: to analyze the maternal blood pressure and heart rate variation of primigravid women during labor and early puerperium. METHODS: sixty primigravid women were included in the study, and submitted to ambulatory blood pressure monitoring (ABPM with SpaceLabs 90207 monitor during labor and the first 12 h of puerperium. The records of blood pressure and heart rate were done every 15 min during labor and every 30 min during the first 12 h of puerperium. Three periods during labor (until cervix dilated 7 cm, cervix dilated between 8 cm and total dilatation, and delivery period and two during puerperium (first and twelfth hours, were analyzed. First of all the results were analyzed without considering the kind of analgesia used and then the patients were divided into three groups, according to the anesthetic technique: local, lumbar extradural or subarachnoid. Results were analyzed by one-way analysis of v

Milton Marchioli

2004-06-01

64

Estado nutricional de nutrizes adolescentes em diferentes semanas pós-parto Nutritional status of lactanting adolescents in different postpartum weeks  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: avaliar as modificações do estado nutricional de nutrizes adolescentes em diferentes momentos no pós-parto. MÉTODO: estudo do tipo analítico observacional longitudinal, com acompanhamento de 50 nutrizes adolescentes da 5ª a 15ª semana pós-parto (SPP. O estado nutricional foi avaliado na 5ª, 10ª e 15ª SPP, com uso do Índice de Massa Corporal (IMC/idade. Foi utilizado o método colorimétrico para avaliação da hemoglobina e microcentrifugação para o hematócrito. Usou-se ANOVA com medidas de repetição e Tukey como pós-teste, para comparação das médias. Trabalhou-se com nível de significância de 5%. RESULTADOS: observou-se modificação no estado nutricional do período pré-gestacional para a 15ª SPP, com diminuição na frequência de voluntárias com baixo peso (de 21% para 9% e aumento nos casos de sobrepeso (de 21% para 27% e eutrofia (58% para 64%. Apesar de, em média, as concentrações de hemoglobina (12,3±1,7g/dL e hematócrito (39,0±4,0% apresentarem-se adequados, observou-se grande frequência de anemia (30% durante todo o período estudado. CONCLUSÃO: os resultados mostram incremento no peso corporal em função do tempo de lactação, aumentando o problema da obesidade na adolescência. Também foi apontado que a anemia é um problema nutricional, não apenas durante a gestação, mas também na lactação em adolescentes. Portanto, deve-se prevenir e tratar possíveis deficiências nutricionais subclínicas existentes neste momento biológico.PURPOSE: to evaluate changes in the nutritional status of lactating adolescents in different postpartum weeks. METHOD: this is an analytical, observational, longitudinal study. Lactating adolescents were followed-up from the 5th to the 15th postpartum week (PPW. The nutritional status was evaluated in the 5th, 10th and 15th PPW by the Body Mass Index (BMI/age. A colorimetric method was used to determine hemoglobin level and microcentrifugation to define hematocrit. ANOVA with repeated measures was used to compare means, followed by the Tukey post-test. The level of significance was 5%. RESULTS: modification in nutritional status was observed from the pregestational period to the 15th PPW, with a reduction in the frequency of lactating adolescents with low weight (from 21% to 9% and a rise in the frequency of overweight (21% to 27% and eutrophic (58% to 64% adolescents. Although mean hemoglobin (12.3±1.7 g/dL and hematocrit (39.0±4.0% levels were normal, a high frequency of anemia (30% was observed throughout the study period. CONCLUSION: the present results show that the body weight of lactating adolescents rises during the lactation period and could lead to a higher frequency of obesity among adolescents. Anemia is still a nutritional problem, not only during pregnancy, but also during the postpartum period. It is necessary to prevent and treat probable subclinical nutritional deficiencies at this biological time.

Vilma Blondet de Azeredo

2011-04-01

65

Eritrograma, metabolismo do ferro e concentração sérica de eritropoetina em fêmeas caprinas da raça Saanen nos períodos de gestação, parto e pós-parto / Erithrogram, iron metabolism and serum erythropoietin concentration in female Saanen caprine in the pregnancy, parturition and postpartum periods  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese As alterações hematológicas durante o período de gestação, parto e pós-parto são de grande importância em humanos e têm sido estudadas em várias espécies de animais domésticos. O objetivo do trabalho foi determinar as alterações no eritrograma, no metabolismo do ferro e na concentração sérica de eri [...] tropoetina durante os períodos de gestação, parto e pós-parto em fêmeas nulíparas Saanen. Foram colhidas amostras de sangue de 20 fêmeas, clinicamente sadias, aos 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5), 14 (M6), sete (M7), três (M8) dias antes do parto, no dia do parto (M9), três (M10) e sete (M11) dias após o parto, para a realização do eritrograma, proteína plasmática total, e dosagens séricas de eritropoetina, ferro, capacidade total de ligação do ferro, índice de saturação da transferrina e ferritina. Os dados foram analisados pelo teste de análise de variância (ANOVA) ao nível de 5% de significância (P Abstract in english Hematological changes during the pregnancy and parturition are of great importance in humans and have been studied in several species of domestic animals. The objective was to determine changes in erythrogram, iron metabolism and the serum concentration of erythropoietin in nuliparous female Saanen [...] caprine during periods of pregnancy, parturition and postpartum. Blood samples were collected from 20 goats, clinically healthy, the 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5), 14 (M6), seven (M7), three (M8) days in the pregnancy, parturition (M9), three (M10) and seven (M11) days postpartum for the erythrogram, plasma total protein and the serum of erythropoietin, iron, total iron binding capacity, transferrin saturation index and ferritin determination. The data were analyzed by analysis of variance (ANOVA) at 5% level of significance (P

Joandes Henrique, Fonteque; Regina Kiomi, Takahira; Mere Erika, Saito; Ana Cláudia dos Santos, Valente; Graziela, Barioni; Aguemi, Kohayagawa.

2010-11-01

66

Fatores associados à prática de atividade física no lazer em mulheres no pós-parto Associated factors to physical activity practice in leisure in postpartum women  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available INTRODUÇÃO: São escassos os estudos brasileiros sobre a prática de atividade física, sobretudo em mulheres no pós-parto. OBJETIVO: Investigar fatores associados às mudanças na prática de atividade física no lazer (AFL em mulheres no pós-parto. MÉTODOS: Quatrocentos e setenta e oito mulheres entre 15 e 45 anos foram recrutadas e acompanhadas por nove meses pós-parto em um estudo prospectivo com quatro acompanhamentos (15 dias, dois, seis e nove meses. A AFL foi definida como variável dependente e aferida por meio de um escore. A criação dos escores baseou-se na aplicação de um questionário validado, que compreende cinco questões referentes à atividade física no trabalho e seis referentes à AFL. As principais co-variáveis investigadas foram cor de pele, idade, renda familiar total, paridade e tipo de parto. Os dados foram analisados usando-se modelos de regressão linear longitudinal com efeitos mistos. RESULTADOS: Observou-se que 82,4% das mulheres praticavam algum grau de atividade física no lazer no pós-parto. As maiores médias de escore para AFL aos nove meses pós-parto foram observadas entre mulheres pardas (2,41, com mais de 30 anos (2,44 e com três ou mais filhos (2,44. Os fatores que permaneceram associados à maior prática de AFL no modelo multivariado foram cor de pele preta e parda [(branca/preta ß = 0,0925, branca/parda ß = 0,1114], a maior idade (ß = 0,0157, a menor renda familiar total (ß = -0,0001, a maior paridade (ß = 0,1708 e o tipo de parto cesárea (ß = -0,1058. CONCLUSÕES: Mulheres pretas e pardas, mais velhas e com maior paridade apresentaram maior escore de AFL no período pós-parto na amostra estudada.INTRODUCTION: Brazilian studies on physical activity practice are scarce, especially in postpartum women. OBJECTIVE: To investigate factors associated with the alterations in the physical activity practice in leisure (LPA in postpartum women. METHODS: Four hundred and seventy-eight women, age range of 15-45 were recruited and followed for nine months postpartum in a prospective study with four follow ups (15 days; 2; 6 and 9 months. The LPA was defined as a dependent variable and measured through a score. The designing of scores was based on the application of a validated questionnaire, which includes five questions concerning physical activity at work and six concerning LPA. The main co-variables investigated were skin color; age; total family income; parity and type. The data were analyzed using models of longitudinal linear regression with mixed effects. RESULTS: It was observed that 82.4% of the women practiced some degree of physical activity in postpartum leisure. The highest means of score for LPA at the nine months postpartum were observed among mixed color (2.41, older than 30 years (2.44 and with three children or more (2.44 women. The factors which remained associated with the most practice of LPA in the multivariate model were black and mixed skin color [(white/black beta= 0.0925; white/mixed beta = 0.1114}; the oldest age (beta = 0.0157; the lowest total family income (beta = 0.0001; the highest parity (beta = 0.1708 and the kind of birth c-section (beta = -0.1058. CONCLUSIONS: Black and mixed, older and with higher parity women present the highest score of LPA in the postpartum period in the studied sample.

Gilberto Kac

2007-04-01

67

Fatores associados à prática de atividade física no lazer em mulheres no pós-parto / Associated factors to physical activity practice in leisure in postpartum women  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese INTRODUÇÃO: São escassos os estudos brasileiros sobre a prática de atividade física, sobretudo em mulheres no pós-parto. OBJETIVO: Investigar fatores associados às mudanças na prática de atividade física no lazer (AFL) em mulheres no pós-parto. MÉTODOS: Quatrocentos e setenta e oito mulheres entre 1 [...] 5 e 45 anos foram recrutadas e acompanhadas por nove meses pós-parto em um estudo prospectivo com quatro acompanhamentos (15 dias, dois, seis e nove meses). A AFL foi definida como variável dependente e aferida por meio de um escore. A criação dos escores baseou-se na aplicação de um questionário validado, que compreende cinco questões referentes à atividade física no trabalho e seis referentes à AFL. As principais co-variáveis investigadas foram cor de pele, idade, renda familiar total, paridade e tipo de parto. Os dados foram analisados usando-se modelos de regressão linear longitudinal com efeitos mistos. RESULTADOS: Observou-se que 82,4% das mulheres praticavam algum grau de atividade física no lazer no pós-parto. As maiores médias de escore para AFL aos nove meses pós-parto foram observadas entre mulheres pardas (2,41), com mais de 30 anos (2,44) e com três ou mais filhos (2,44). Os fatores que permaneceram associados à maior prática de AFL no modelo multivariado foram cor de pele preta e parda [(branca/preta ß = 0,0925, branca/parda ß = 0,1114)], a maior idade (ß = 0,0157), a menor renda familiar total (ß = -0,0001), a maior paridade (ß = 0,1708) e o tipo de parto cesárea (ß = -0,1058). CONCLUSÕES: Mulheres pretas e pardas, mais velhas e com maior paridade apresentaram maior escore de AFL no período pós-parto na amostra estudada. Abstract in english INTRODUCTION: Brazilian studies on physical activity practice are scarce, especially in postpartum women. OBJECTIVE: To investigate factors associated with the alterations in the physical activity practice in leisure (LPA) in postpartum women. METHODS: Four hundred and seventy-eight women, age range [...] of 15-45 were recruited and followed for nine months postpartum in a prospective study with four follow ups (15 days; 2; 6 and 9 months). The LPA was defined as a dependent variable and measured through a score. The designing of scores was based on the application of a validated questionnaire, which includes five questions concerning physical activity at work and six concerning LPA. The main co-variables investigated were skin color; age; total family income; parity and type. The data were analyzed using models of longitudinal linear regression with mixed effects. RESULTS: It was observed that 82.4% of the women practiced some degree of physical activity in postpartum leisure. The highest means of score for LPA at the nine months postpartum were observed among mixed color (2.41), older than 30 years (2.44) and with three children or more (2.44) women. The factors which remained associated with the most practice of LPA in the multivariate model were black and mixed skin color [(white/black beta= 0.0925; white/mixed beta = 0.1114)}; the oldest age (beta = 0.0157); the lowest total family income (beta = 0.0001); the highest parity (beta = 0.1708) and the kind of birth c-section (beta = -0.1058). CONCLUSIONS: Black and mixed, older and with higher parity women present the highest score of LPA in the postpartum period in the studied sample.

Gilberto, Kac; Alice Helena de Resende Nóra, Pacheco; Daniele Marano Rocha, Araújo; Camilla Medeiros Macedo da, Rocha; Elton Bicalho de, Sousa; Natália de Lima Pereira, Coelho; Lívia Costa de, Oliveira; Bruna Moreira, Muniz.

2007-04-01

68

Novas contribuições da ultrassonografia transvaginal no diagnóstico da endometriose ovariana  

OpenAIRE

Resumo: Estimar a acuracia da ultrassonografia transvaginal (USTV) como teste potencialmente relevante no diagnostico dos endometriomas ovarianos e avaliar outros achados ultrassonograficos associados que promovam algum incremento neste diagnostico. Material e Método: Foram estudados 95 endometriomas ovarianos em 63 mulheres em idade reprodutiva, diagnosticados pela USTV, correlacionando-os com os resultados da cirurgia e da anatomia patologica. A sensibilidade, especificidade, valor prediti...

Teixeira, Arildo Co?rrea

2013-01-01

69

Características do parto e involução uterina em ovelhas nativas do Pantanal brasileiro / Parturition characteristics and uterine involution in native sheep from Brazilian Pantanal  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese O objetivo deste estudo foi descrever aspectos do parto e da involução uterina em ovelhas nativas do Pantanal. Foram estudadas 57 fêmeas pluríparas com cio sincronizado. Ao parto, avaliou-se sua classificação (simples ou gemelar), o tempo de expulsão da placenta, peso da placenta, total de diâmetro [...] dos cotilédones, além do sexo e peso do cordeiro. A involução uterina foi avaliada pelo perfil leucocitário e de células de descamação (esfregaços cérvico-uterinos) e pela ultrassonografia uterina transretal nos dias 1, 7, 14, 21 e 28 dias pós-parto. O peso da placenta foi superior (P Abstract in english The aim of this study was to describe aspects of the parturition and uterine involution in native sheep from Brazilian Pantanal. Fifty-seven pluriparous ewes were used in this study. At parturition, the placenta expulsion (h), weight (g), total diameter of cotyledons, sex and weight of newborn, and [...] single or twin parturition were evaluated. The uterine involution was evaluated by leucocytes profile, desquamation cells (cervix-uterine smears) and transrectal ultrasonography at 1, 7, 14, 21 and 28 days post-partum. The weight of the placenta and total of cotyledons were higher (P0.05) between sex and parturition classification. The total of neutrophils in twin parturitions were higher in days 1, 7 and 14 postpartum (78.5±9.5; 58.5±9.6 and 31.9±9.8, respectively). Macrophages were different (P

Carlos E., Fernandes; Cristiane Fabiane, Cigerza; Guilherme dos Santos, Pinto; Cesar, Miazi; Marcos, Barbosa-Ferreira; Charles Ferreira, Martins.

2013-06-01

70

Estimulação hormonal, punção folicular transvaginal e avaliação ovocitária em bezerras pré-púberes da raça Nelore (Bos taurus indicus)  

OpenAIRE

O uso de bezerras pré-púberes como doadoras de ovócitos oferece um considerável potencial para acelerar o ganho genético através da diminuição do intervalo de gerações, além de incrementar o aproveitamento de fêmeas bovinas de alto valor genético. Os objetivos deste estudo foram analisar o efeito da idade e do tratamento estimulatório com gonadotrofinas sobre a resposta folicular, a taxa de recuperação, a produção e a avaliação morfológica de ovócitos colhidos em bezerra...

Snel-Oliveira Marilia Viviane; Pereira Daniela Costa; Malagoli Junior Danilo; Rumpf Rodolfo

2003-01-01

71

Avaliação do Risco de Parto Prematuro: Teste da Fibronectina Fetal e Medida do Colo Uterino Evaluation of Risk for Preterm Delivery by Fetal Fibronectin: Test and Measurement of Uterine Cervix  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objetivo: avaliar o risco de parto prematuro em gestantes com antecedentes de parto pré-termo espontâneo por meio do teste da fibronectina fetal e da medida do colo uterino pela ultra-sonografia transvaginal. Métodos: foram relacionadas 107 gestantes na 24ª, 28ª e 32ª semana de gestação para realização do teste da fibronectina fetal no conteúdo cérvico- vaginal. No mesmo período, o comprimento do colo uterino foi medido, entre o orifício interno e externo, pela ultra-sonografia transvaginal. Consideramos o colo curto quando a medida da cérvice foi menor ou igual ao ponto de corte estabelecido pela curva ROC ("receiver-operating characteristic" para predição do parto prematuro. Comparamos o resultado dos exames com a ocorrência do parto antes de 34 e 37 semanas de gestação. Resultados: a incidência do parto prematuro foi de 37,4% (40/107. O melhor ponto de corte do comprimento do colo uterino indicado pela curva ROC para maximizar sensibilidade e especificidade foi 30 mm para 24 e 28 semanas de gestação e 25 mm para 32 semanas. O teste positivo da fibronectina fetal teve um risco relativo (RR significante apenas na 28ª semana (RR: 1,77; intervalo de confiança (IC 95%: 1,10-2,84 para a ocorrência do parto antes de 37 semanas. O colo curto mostrou um RR significativo para ocorrência do parto antes de 37 semanas, na 24ª, 28ª e 32ª semana. O RR foi mais elevado quando o colo curto esteve presente na 24ª semana para ocorrência do parto antes de 34 semanas (RR: 4,42; IC 95%: 1,25-15,56. Conclusão: em pacientes com antecedentes de prematuridade espontânea, a medida do comprimento do colo uterino por meio da ultra-sonografia transvaginal é melhor que o teste da fibronectina fetal para avaliar o risco de parto prematuro.Purpose: to evaluate the risk of preterm delivery using the fetal fibronectin test and the measurement of the cervix by transvaginal ultrasonography in pregnant women with previous preterm delivery. Methods: one hundred and seven women were enrolled in the study at 24th, 28thand 32ndweek to detect the presence of fetal fibronectin by immediate-reading membrane test and to perform vaginal ultrasonography to measure the length of the cervix between the internal and external cervical os. The cervix was considered to be short when the cervical length was at or below the cutoff set by the receiver-operating characteristic (ROC curve for prediction of preterm delivery. Sonographic cervical length and fetal fibronectin were compared to assess the risk of preterm birth before 34 and 37 weeks. Results: the spontaneous preterm delivery rate was 37.4% (40/107. The analysis made by the ROC curve indicated 30 mm as the best cutoff to maximize sensitivity and specificity at 24 and 28 weeks and 25 mm at 32 weeks of gestation. The positive test of fetal fibronectin had a significant relative risk (RR: 1.77; 95% confidence interval (IC: 1.10-2.84 to predict delivery before 37 weeks, when compared with a negative test, only at 28 weeks. The presence of short cervix at 24, 28 and 32 weeks showed a significative RR for birth before 37 weeks. The highest RR occurred with a short cervix at 24 weeks (RR: 4.42; 95% CI: 1.25-15.56. Conclusion: we concluded that the measurement of uterine cervix by vaginal ultrasonography is better than the fetal fibronectin test for evaluating the risk of preterm delivery in women with previous preterm delivery.

Tenilson Amaral Oliveira

2000-12-01

72

Avaliação do Risco de Parto Prematuro: Teste da Fibronectina Fetal e Medida do Colo Uterino / Evaluation of Risk for Preterm Delivery by Fetal Fibronectin: Test and Measurement of Uterine Cervix  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Objetivo: avaliar o risco de parto prematuro em gestantes com antecedentes de parto pré-termo espontâneo por meio do teste da fibronectina fetal e da medida do colo uterino pela ultra-sonografia transvaginal. Métodos: foram relacionadas 107 gestantes na 24ª, 28ª e 32ª semana de gestação para realiza [...] ção do teste da fibronectina fetal no conteúdo cérvico- vaginal. No mesmo período, o comprimento do colo uterino foi medido, entre o orifício interno e externo, pela ultra-sonografia transvaginal. Consideramos o colo curto quando a medida da cérvice foi menor ou igual ao ponto de corte estabelecido pela curva ROC ("receiver-operating characteristic") para predição do parto prematuro. Comparamos o resultado dos exames com a ocorrência do parto antes de 34 e 37 semanas de gestação. Resultados: a incidência do parto prematuro foi de 37,4% (40/107). O melhor ponto de corte do comprimento do colo uterino indicado pela curva ROC para maximizar sensibilidade e especificidade foi 30 mm para 24 e 28 semanas de gestação e 25 mm para 32 semanas. O teste positivo da fibronectina fetal teve um risco relativo (RR) significante apenas na 28ª semana (RR: 1,77; intervalo de confiança (IC) 95%: 1,10-2,84) para a ocorrência do parto antes de 37 semanas. O colo curto mostrou um RR significativo para ocorrência do parto antes de 37 semanas, na 24ª, 28ª e 32ª semana. O RR foi mais elevado quando o colo curto esteve presente na 24ª semana para ocorrência do parto antes de 34 semanas (RR: 4,42; IC 95%: 1,25-15,56). Conclusão: em pacientes com antecedentes de prematuridade espontânea, a medida do comprimento do colo uterino por meio da ultra-sonografia transvaginal é melhor que o teste da fibronectina fetal para avaliar o risco de parto prematuro. Abstract in english Purpose: to evaluate the risk of preterm delivery using the fetal fibronectin test and the measurement of the cervix by transvaginal ultrasonography in pregnant women with previous preterm delivery. Methods: one hundred and seven women were enrolled in the study at 24th, 28thand 32ndweek to detect t [...] he presence of fetal fibronectin by immediate-reading membrane test and to perform vaginal ultrasonography to measure the length of the cervix between the internal and external cervical os. The cervix was considered to be short when the cervical length was at or below the cutoff set by the receiver-operating characteristic (ROC) curve for prediction of preterm delivery. Sonographic cervical length and fetal fibronectin were compared to assess the risk of preterm birth before 34 and 37 weeks. Results: the spontaneous preterm delivery rate was 37.4% (40/107). The analysis made by the ROC curve indicated 30 mm as the best cutoff to maximize sensitivity and specificity at 24 and 28 weeks and 25 mm at 32 weeks of gestation. The positive test of fetal fibronectin had a significant relative risk (RR: 1.77; 95% confidence interval (IC): 1.10-2.84) to predict delivery before 37 weeks, when compared with a negative test, only at 28 weeks. The presence of short cervix at 24, 28 and 32 weeks showed a significative RR for birth before 37 weeks. The highest RR occurred with a short cervix at 24 weeks (RR: 4.42; 95% CI: 1.25-15.56). Conclusion: we concluded that the measurement of uterine cervix by vaginal ultrasonography is better than the fetal fibronectin test for evaluating the risk of preterm delivery in women with previous preterm delivery.

Tenilson Amaral, Oliveira; Carla Muniz Pinto de, Carvalho; Eduardo de, Souza; Jorge F. Kuhn dos, Santos; Sandra de Oliveira, Guaré; Corintio, Mariani-Neto; Luiz, Camano.

2000-12-01

73

Transvaginal sonography and gynecologic imaging  

International Nuclear Information System (INIS)

Transvaginal sonography of the pelvis is useful to follow ovarian follicular maturation and to guide oocyte retrieval for in vitro fertilization. The author wish to broaden the indications for its use and to determine the advantages and drawbacks of this technique as compared to transvesical scanning. In 200 patients, transvesical and transvaginal pelvic US studies were compared for image quality, completeness of anatomic detail, and unique diagnostic information. Overall quality of image was better in 33% of transvaginal scans, 14% of transvesical scans, and equally good in 47%. Both techniques provided diagnostic information in 76% of cases. In only 14% of cases did the transvaginal probe allow a diagnosis to be rendered that could not have been made based on transvesical scanning alone. In 48% of cases, however, transvaginal scanning enhanced the examiner's diagnostic confidence. Individual organs and fine structures are better seen transvaginally, but the regional survey offered by the transvesical approach remains necessary to provide anatomic orientation. To augment sensitivity and specificity in pelvic sonography, the author suggest that transvaginal scanning be performed routinely along with transvesical scanning

74

Aspectos ultra-sonográficos e prevalência da tireoidite pós-parto em gestantes sem disfunção tireóidea atendidas em hospital público de São Paulo  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Avaliamos prospectivamente a função, as imagens ultra-sonográficas e a auto-imunidade tireóidea em grupo racial heterogêneo de 800 mulheres grávidas, primíparas ou multíparas (1 a 7 gestações prévias) atendidas em hospital universitário de São Paulo durante o pré-natal. Quarenta e seis pacientes for [...] am excluídas do estudo por apresentarem diagnóstico confirmado de doença tireóidea anterior; das 754 restantes, 386 abandonaram o seguimento antes ou após o parto. Assim, a coorte avaliada no puerpério constituiu-se de 368 puérperas, examinadas aos 3, 6, 12 meses e no 2º ano pós-parto. Embora 29 pacientes tenham tido aumento transitório daqueles anticorpos antitireóideos, caracterizando reação de auto-imunidade, estes progressivamente declinaram ou tornaram-se negativos durante o puerpério. Entretanto, nenhuma destas evoluiu com disfunção tireóidea durante o acompanhamento. Quarenta e nove pacientes (13,3%) desenvolveram progressivamente alterações funcionais da tireóide (principalmente hipotireoidismo), provavelmente devido à TPP. Além disso, a continuação do seguimento mostrou que em 18 a 24 meses, 42 mostraram níveis séricos de anti-TPO mais elevados, em comparação aos valores do primeiro ano. Os fatores de risco para o desenvolvimento da TPP, presentes durante a gravidez, foram: (1) níveis relativamente baixos de anti-TPO, entre 60 e 100U/mL [risco relativo ou odds ratio de 3,1] e (2) alterações estruturais ultra-sonográficas da tireóide no primeiro trimestre [odds ratio de 6,4]. Concluímos que a prevalência de TPP em hospital público de São Paulo foi de 13,3%, considerando as 368 pacientes seguidas. Em 29 puérperas foi diagnosticada forma transitória de reação tireóidea auto-imune, caracterizada por elevação dos níveis séricos de anti-TPO, que posteriormente regrediram. Abstract in english We evaluated thyroid function, ultrasound images and presence of autoantibodies in a mixed racial group of 800 unselected primiparous or multiparous (1-7 previous pregnancies) pregnant women attended in a public hospital in the city of São Paulo. Forty-six patients were excluded from the study becau [...] se of a confirmed diagnosis of a thyroid condition. Thus, a total of 754 women were available for further studies in the postpartum period. A relatively large number of those patients (n= 386) were lost or unavailable to follow-up either before or after delivery. A cohort of 386 puerperal healthy women was followed-up regularly at 3, 6, 12 and 24 months during the postpartum period, with regular thyroid function tests, random urine iodine measurements, assays for serum autoantibodies against thyroid antigens and imaging by ultrasound. Twenty-nine patients had a transient rise of anti-TPO-Ab characterizing an autoimmune reaction. These antibodies titres progressively declined or became negative. Moreover none of these patients have evidence for altered thyroid function during the 18-24 months of follow-up. Forty-nine patients (13.3%) changed their thyroid status, mainly to hypothyroidism, indicating the presence of a postpartum thyroid dysfunction (PPTD). Further follow-up studies have evidenced that at 18-24 months of examination 42/49 had serum levels of anti-TPO-Ab that were more elevated as compared with the first year values. Predictive factors found during pregnancy for developing PPTD, were: (1) relatively low levels of anti-TPO-Ab (between 60 and 100U/mL) [odds ratio 3:1] and (2) ultrasonographic thyroid structural changes in the first trimester [odds ratio 3.5:1]. In conclusion, the prevalence of PPTD was 13.3% considering only those postpartum women actually followed-up (n= 368). A transient form of thyroid autoimmune reaction, characterized by elevated serum titers of anti-TPO-Ab that further declined and reached the normal range, was observed in 29 puerperal women.

Maria Fernanda, Barca; Meyer, Knobel; Eduardo, Tomimori; Maria Silvia, Cárdia; Marcelo, Zugaib; Geraldo, Medeiros-Neto.

2001-04-01

75

Depression with postpartum onset: a prospective cohort study in women undergoing elective cesarean section in Brasilia, Brazil / Depressão com início após o parto: estudo de corte prospectivo em mulheres submetidas à cesárea eletiva em Brasília, Brasil  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese OBJETIVO: Foi determinar a prevalência de sintomas depressivos em uma amostra de puérperas da cidade de Brasília, Brasil, discriminando os casos com surgimento após o parto daqueles já presentes durante a gestação. MÉTODOS: Estudo de corte prospectivo. Amostragem por conveniência de pacientes que se [...] riam submetidas à cesariana eletiva em dois hospitais privados. Como instrumento para avaliar os sintomas depressivos, foi utilizada a Escala de Depressão Pós-natal de Edimburgo, com ponto de corte >13, aplicada momentos antes do parto e quatro a oito semanas após o nascimento da criança. RESULTADOS: Das 107 mulheres que completaram o estudo, 11 (10,3%) apresentaram sintomas depressivos significativos na gestação e 12 (11,2%) no período pós-parto. Das 12 pacientes com sintomas no pós-parto, 6 já tinham os sintomas durante a gestação, de modo que 5,6% da amostra teve depressão com início após o parto. A frequência global de depressão foi significativamente maior entre as mulheres solteiras em comparação com mulheres casadas (p=0,04) por causa principalmente da maior frequência de mulheres solteiras apresentando sintomas depressivos persistentes, antes e depois do parto (p=0,002). O risco de depressão não foi influenciado pela idade, paridade e escolaridade. CONCLUSÃO: As mulheres com depressão reconhecida no período pós-parto compõem um grupo heterogêneo, no qual o quadro pode ter tido início antes da gestação, durante a gestação ou após o parto. Na amostra estudada, metade dos casos de depressão reconhecida após o parto já apresentava os sintomas no final da gestação. Uma vez que a depressão que surge antes e após o parto pode ter etiologia diferente e, portanto, apresentar resposta ao tratamento diferente, os clínicos e pesquisadores devem estar atentos a essa possibilidade. Abstract in english PURPOSE: It was to determine the prevalence of depressive symptoms in a sample of puerperal women from Brasília, Brazil, distinguishing cases with onset after delivery from those already present during pregnancy. METHODS: A prospective cohort study with convenience sampling of patients submitted to [...] elective cesarean section at two private hospitals. As an instrument for assessing depressive symptoms, the Edinburgh Postnatal Depression Scale with cutoff >13 was applied shortly before delivery and four to eight weeks after childbirth. RESULTS: Among the 107 women who completed the study, 11 (10.3%) had significant depressive symptoms during pregnancy and 12 (11.2%) during the postpartum period. Among the 12 patients with postpartum symptoms, 6 had symptoms during pregnancy, so that 5.6% of the sample had postpartum onset of depression. The higher overall frequency of depression was significantly among single women than among married women (p=0.04), a fact mainly due to a higher frequency of single women experiencing persistent depressive symptoms both before and after delivery (p=0.002). The risk of depression was not influenced by age, parity or educational level. CONCLUSION: Women with depression identified during the postpartum period comprise a heterogeneous group, in which symptoms may have started before pregnancy, during pregnancy or after childbirth. In this sample, half of the postpartum depression cases already presented symptoms during late pregnancy. Since depression can arise before and after childbirth, it may have different etiologies and, therefore, a different response to treatment, a possibility that should be considered by clinicians and researchers.

Alberto Moreno, Zaconeta; Indara Ferreira Braz de, Queiroz; Angélica Amorim, Amato; Lucília Domingues Casulari da, Motta; Luiz Augusto, Casulari.

2013-03-01

76

Analgesia de parto em paciente portadora de deficiência de proteína S: relato de caso / Labor analgesia in protein S deficient patient: case report / Analgesia de parto en paciente portadora de deficiencia de proteína S: relato de caso  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Na deficiência de proteína S, uma glicoproteína com atividade anticoagulante, o risco de eventos tromboembólicos está aumentado. O objetivo deste relato é abordar o manuseio anestésico em paciente obstétrica portadora desta deficiência. RELATO DO CASO: Paciente com deficiê [...] ncia de proteína S, com 25 semanas de gestação, apresentou os seguintes resultados de exames: INR = 0,9, TTPA = 32 s (controle 25,6), proteína S = 35% (normal = 70% a 130%). Nos dois últimos trimestres de gravidez, fez uso de até 12000 U de heparina, cada 8 horas. Com 38 semanas, foi internada em trabalho de parto. Decorridas 8 horas da interrupção da heparina, já com TTPA 25,8 s (controle 27,8 s), realizou-se anestesia peridural injetando-se 6 ml de bupivacaína a 0,2% e fentanil (20 µg), seguido de infusão contínua. O tempo de infusão foi de 5 horas com dose total de 40 mg de bupivacaína. Não houve intercorrências e, 1 hora após a retirada do cateter, foi reiniciada heparina, por via subcutânea, 10.000 UI, a cada 12 horas. A mãe e o recém-nascido evoluíram bem, recebendo alta no terceiro dia do pós-parto. CONCLUSÕES: Grávidas com deficiência de proteína S devem receber anticoagulantes com o objetivo de manter o TTPA 2 vezes o valor controle. A heparina, por não atravessar a barreira placentária, é o anticoagulante de eleição em obstetrícia. O bloqueio pode ser realizado respeitando um tempo mínimo entre 4 a 6 horas entre a última dose de heparina e a realização da punção lombar, desde que os exames apresentem parâmetros de normalidade. Entretanto, nestes casos, a analgesia peridural pode auxiliar na profilaxia de eventos tromboembólicos. Abstract in spanish JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: En la deficiencia de proteína S, una glucoproteína con actividad anticoagulante, el riesgo de eventos tromboembólicos está aumentado. El objetivo de este relato es abordar el manoseo anestésico en paciente obstétrica portadora de esta deficiencia. RELATO DE CASO: Paciente [...] con deficiencia de proteína S, con 25 semanas de gestación, presentó los siguientes resultados de exámenes: INR = 0,9, TTPA = 32 s (control 25,6), proteína S = 35% (normal = 70% a 130%). En los dos últimos trimestres de embarazo, hizo uso de hasta 12000 U de heparina, cada 8 horas. Con 38 semanas, fue internada en trabajo de parto. Pasadas 8 horas de la interrupción de la heparina, y ya con TTPA 25,8 s (control 27,8 s), se realizó anestesia peridural con inyección de 6 ml de bupivacaína a 0,2% y fentanil (20 µg), seguido de infusión continua. EL tiempo de infusión fue de 5 horas con dosis total de 40 mg de bupivacaína. No hubo intercurrencias y, 1 hora después de la retirada del catéter, fue reiniciada heparina, por vía subcutánea, 10.000 UI, a cada 12 horas. La madre y el recién nacido evoluyeron bien, recibiendo alta en el tercero día del pos-parto. CONCLUSIONES: Embarazadas con deficiencia de proteína S deben recibir anticoagulantes con el objetivo de mantener el TTPA 2 veces el valor control. La heparina, por no atravesar a barrera placentaria, es el anticoagulante de elección en obstetricia. El bloqueo puede ser realizado respetando un tiempo mínimo entre cuatro a seis horas entre a última dosis de heparina y la realización de la punción lumbar, desde que los exámenes presenten parámetros de normalidad. Entretanto, en estos casos, la analgesia peridural puede auxiliar en la profilaxis de eventos tromboembólicos. Abstract in english BACKGROUND AND OBJECTIVES: Deficiency in protein S, which is a glycoprotein with anticoagulant activity, increases the risk for thromboembolic events. This report aimed at addressing anesthetic management of protein S deficient obstetric patient. CASE REPORT: Protein S deficient patient, at 25 weeks [...] gestation, presented the following lab results: INR = 0.9, TTPA = 32 s (control 25.6), protein S = 35% (normal = 70% to 130%). In the last three gestation quarters she

Renato Mestriner, Stocche; Luis Vicente, Garcia; Marlene Paulino dos, Reis; Jyrson Guilherme, Klamt.

2004-02-01

77

Estudo comparativo entre bupivacaína (S75-R25 e ropivacaína em bloqueio peridural para analgesia de parto Estudio comparativo entre la bupivacaína (S75-R25 y la ropivacaína en bloqueo epidural para analgesia de parto A comparative study between bupivacaine (S75-R25 and ropivacaine in spinal anesthesia for labor analgesia  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia peridural é utilizada para alívio da dor no trabalho de parto e está associada a baixos índices de complicações. Estudos com enantiômeros levógiros dos anestésicos locais demonstraram maior segurança em função da menor cardiotoxicidade. Este estudo teve o objetivo de avaliar a latência e a duração da analgesia e as repercussões maternas e fetais com o emprego da bupivacaína (S75-R25 e da ropivacaína quando utilizadas para analgesia de parto por bloqueio peridural. MÉTODOS: Realizou-se um ensaio clínico prospectivo, duplamente encoberto e aleatório, de 49 pacientes gestantes de termo, apresentando baixo risco, com indicação de parto vaginal, idade entre 15 e 35 anos, ASA I ou II distribuídas em dois grupos: GI - bupivacaína (S75-R25 0,25%; GII - ropivacaína a 0,20%. RESULTADOS: Evidenciou-se diferença estatisticamente significante entre os dois grupos 30 minutos após a instalação da peridural, sendo os escores de dor maiores no grupo que utilizou a ropivacaína. Não foram encontradas diferenças estatísticas significativas quanto a latência de analgesia, nível sensorial do bloqueio, volume de anestésico local, dose de resgate, duração do trabalho de parto e da analgesia, frequência de parto instrumental, alterações hemodinâmicas, escores de Apgar ou pH do cordão umbilical e incidência de eventos adversos. CONCLUSÕES: O uso de bupivacaína (S75-R25 e ropivacaína para a analgesia de parto proporcionou boas condições para a realização da anestesia peridural com pequenas ocorrências de eventos adversosJUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia epidural se usa para el alivio del dolor en el parto y está asociada a bajos índices de complicaciones. Estudios con enantiómeros levógiros de los anestésicos locales, han demostrado una seguridad más elevada en función de una menor cardiotoxicidad. Este estudio quiso evaluar la latencia y la duración de la analgesia y las repercusiones maternas y fetales con el uso de la bupivacaína (S75-R25 y de la ropivacaína cuando se usan para la analgesia de parto por bloqueo epidural. MÉTODOS: Realizamos un ensayo clínico prospectivo, encubierto y randomizado, con 49 pacientes gestantes a término, que presentaban bajo riesgo, con indicación de parto vaginal, y una edad entre los 15 y los 35 años, ASA I o II distribuidas en dos grupos: GI - bupivacaína (S75-R25 0,25%; GII - ropivacaína a 0,20%. RESULTADOS: Quedó evidenciada la diferencia estadísticamente significativa entre los dos grupos, 30 minutos después de la administración de la epidural, siendo que las puntuaciones de dolor fueron más elevadas en el grupo que utilizó la ropivacaína. No se encontraron diferencias estadísticas significativas en cuanto a la latencia de la analgesia, nivel sensorial del bloqueo, volumen del anestésico local, dosis de rescate, duración del parto y de la analgesia, frecuencia de parto instrumental, alteraciones hemodinámicas, puntuaciones de Apgar o pH del cordón umbilical e incidencia de eventos adversos. CONCLUSIONES: El uso de la bupivacaína (S75-R25 y la ropivacaína para la analgesia de parto, proporcionó buenas condiciones para la realización de la anestesia epidural con pequeñas incidencias de eventos adversosBACKGROUND AND OBJECTIVES: Spinal anesthesia is used for relief of pain during labor and it is associated with low indices of complications. Studies with levorotatory enantiomers of local anesthetics demonstrate higher safety due to the lower cardiotoxicity. The objective of this study was to evaluate the latency and duration of analgesia and maternal and fetal repercussions with bupivacaine (S75-R25 and ropivacaine in spinal anesthesia for labor analgesia. METHODS: A prospective, double-blind, randomized clinical assay was undertaken with 49 labouring parturients with low risk, with indication of vaginal delivery, ages 15 to 35 years, ASA I or II, divided into two groups: GI - 0.25% bupivacaine (S75-R25; GII - 0.20% ropivacaine. RESULTS: A statistically significan

Celso Schmalfuss Nogueira

2010-10-01

78

Estudo comparativo entre bupivacaína (S75-R25) e ropivacaína em bloqueio peridural para analgesia de parto / A comparative study between bupivacaine (S75-R25) and ropivacaine in spinal anesthesia for labor analgesia / Estudio comparativo entre la bupivacaína (S75-R25) y la ropivacaína en bloqueo epidural para analgesia de parto  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia peridural é utilizada para alívio da dor no trabalho de parto e está associada a baixos índices de complicações. Estudos com enantiômeros levógiros dos anestésicos locais demonstraram maior segurança em função da menor cardiotoxicidade. Este estudo teve o objet [...] ivo de avaliar a latência e a duração da analgesia e as repercussões maternas e fetais com o emprego da bupivacaína (S75-R25) e da ropivacaína quando utilizadas para analgesia de parto por bloqueio peridural. MÉTODOS: Realizou-se um ensaio clínico prospectivo, duplamente encoberto e aleatório, de 49 pacientes gestantes de termo, apresentando baixo risco, com indicação de parto vaginal, idade entre 15 e 35 anos, ASA I ou II distribuídas em dois grupos: GI - bupivacaína (S75-R25) 0,25%; GII - ropivacaína a 0,20%. RESULTADOS: Evidenciou-se diferença estatisticamente significante entre os dois grupos 30 minutos após a instalação da peridural, sendo os escores de dor maiores no grupo que utilizou a ropivacaína. Não foram encontradas diferenças estatísticas significativas quanto a latência de analgesia, nível sensorial do bloqueio, volume de anestésico local, dose de resgate, duração do trabalho de parto e da analgesia, frequência de parto instrumental, alterações hemodinâmicas, escores de Apgar ou pH do cordão umbilical e incidência de eventos adversos. CONCLUSÕES: O uso de bupivacaína (S75-R25) e ropivacaína para a analgesia de parto proporcionou boas condições para a realização da anestesia peridural com pequenas ocorrências de eventos adversos Abstract in spanish JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia epidural se usa para el alivio del dolor en el parto y está asociada a bajos índices de complicaciones. Estudios con enantiómeros levógiros de los anestésicos locales, han demostrado una seguridad más elevada en función de una menor cardiotoxicidad. Este estud [...] io quiso evaluar la latencia y la duración de la analgesia y las repercusiones maternas y fetales con el uso de la bupivacaína (S75-R25) y de la ropivacaína cuando se usan para la analgesia de parto por bloqueo epidural. MÉTODOS: Realizamos un ensayo clínico prospectivo, encubierto y randomizado, con 49 pacientes gestantes a término, que presentaban bajo riesgo, con indicación de parto vaginal, y una edad entre los 15 y los 35 años, ASA I o II distribuidas en dos grupos: GI - bupivacaína (S75-R25) 0,25%; GII - ropivacaína a 0,20%. RESULTADOS: Quedó evidenciada la diferencia estadísticamente significativa entre los dos grupos, 30 minutos después de la administración de la epidural, siendo que las puntuaciones de dolor fueron más elevadas en el grupo que utilizó la ropivacaína. No se encontraron diferencias estadísticas significativas en cuanto a la latencia de la analgesia, nivel sensorial del bloqueo, volumen del anestésico local, dosis de rescate, duración del parto y de la analgesia, frecuencia de parto instrumental, alteraciones hemodinámicas, puntuaciones de Apgar o pH del cordón umbilical e incidencia de eventos adversos. CONCLUSIONES: El uso de la bupivacaína (S75-R25) y la ropivacaína para la analgesia de parto, proporcionó buenas condiciones para la realización de la anestesia epidural con pequeñas incidencias de eventos adversos Abstract in english BACKGROUND AND OBJECTIVES: Spinal anesthesia is used for relief of pain during labor and it is associated with low indices of complications. Studies with levorotatory enantiomers of local anesthetics demonstrate higher safety due to the lower cardiotoxicity. The objective of this study was to evalua [...] te the latency and duration of analgesia and maternal and fetal repercussions with bupivacaine (S75-R25) and ropivacaine in spinal anesthesia for labor analgesia. METHODS: A prospective, double-blind, randomized clinical assay was undertaken with 49 labouring parturients with low risk, with indication of vaginal delivery, ages 15 to 35 years, A

Celso Schmalfuss, Nogueira; Luciana Cavalcanti, Lima; Valter Cesar, Paris; Priscila Milhomem, Neiva; Erica Tanaka, Otani; Roberto de Oliveira, Couceiro; Fabio, Burim; Jonas Antônio Franco, Ferreira Junior; Patrícia, Cadecaro.

2010-10-01

79

Efeitos adversos do sufentanil associado ao anestésico local pelas vias subaracnóidea e peridural em pacientes submetidas à analgesia de parto Efectos adversos del sufentanil asociado al anestésico local por las vías subaracnoidea y peridural en pacientes sometidas a la analgesia de parto Side effects of subarachnoid and epidural sufentanil associated with a local anesthetic in patients undergoing labor analgesia  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A associação do opióide ao anestésico local melhora a qualidade da analgesia de parto e reduz o risco de toxicidade sistêmica pelo anestésico local. Os opióides, entretanto, podem determinar efeitos colaterais. O objetivo desta pesquisa foi comparar os efeitos adversos determinados pelo sufentanil, administrado por via subaracnóidea, associado à bupivacaína, com aquele determinado pelo sufentanil por via peridural, associado à ropivacaína, nas doses utilizadas no Serviço de Anestesia, em gestantes submetidas à analgesia de parto. MÉTODO: Participaram do estudo 60 pacientes, estado físico ASA I e II, com idade entre 15 e 42 anos, com gestação a termo e fetos saudáveis, submetidas à analgesia de parto. Foram distribuídas de forma aleatória em dois grupos: G1 - Duplo bloqueio - bupivacaína a 0,5% (2,5 mg e sufentanil (5 µg pela via subaracnóidea, G2 - Peridural - ropivacaína a 0,2% (20 mg e sufentanil (10 µg pela via peridural. Para doses complementares foi administrada ropivacaína a 0,2% (12 mg e para resolução do parto, ropivacaína a 1% (50 mg. As pacientes foram avaliadas após analgesia (M1 com relação a hipotensão arterial, bradicardia materna, prurido, náusea, vômito, depressão respiratória e sedação. No pós-operatório (M2, quanto à presença de náusea, vômito, prurido, sedação, retenção urinária e dor. Os recém-nascidos foram avaliados pelo índice de Apgar. Para análise estatística, foram utilizados teste t de Student, Mann-Whitney e Qui-quadrado. RESULTADOS: Os grupos foram similares com relação à idade, ao peso, à altura, à duração do período de trabalho de parto após analgesia, ao Apgar dos recém-nascidos, à ocorrência de hipotensão arterial, bradicardia, náusea, vômito, prurido e retenção urinária. A sedação foi mais freqüente nas pacientes de G2, em M1 (50% com diferença estatística significativa. CONCLUSÕES: O sufentanil nas doses utilizadas, administrado por via subaracnóidea ou peridural, associado aos anestésicos locais, determinou similaridade na duração do trabalho de parto após analgesia e no Apgar dos recém-nascidos. A sedação foi o efeito adverso mais freqüente nas pacientes que receberam o opióide pela via peridural.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La asociación del opioide con el anestésico local mejora la calidad de la analgesia de parto y reduce el riesgo de toxicidad sistémica por el anestésico local. Los opioides, sin embargo, pueden determinar efectos colaterales. El objetivo de esta investigación fue comparar los efectos adversos determinados por el sufentanil, administrado por vía subaracnoidea, asociado a la bupivacaína, con aquel determinado por el sufentanil por vía peridural, asociado a la ropivacaína, en las dosis utilizadas en el Servicio de Anestesia, en embarazadas sometidas a la analgesia de parto. MÉTODO: Participaron del estudio 60 pacientes, estado físico ASA I y II, con edad entre los 15 y los 42 años, con embarazo en tiempo y fetos saludables, sometidas a la analgesia de parto. Se distribuyeron aleatoriamente en de los grupos: G1 Doble bloqueo bupivacaína a 0,5% (2,5 mg y sufentanil (5 µg por vía subaracnoidea, G2 Peridural ropivacaína a 0,2% (20 mg y sufentanil (10 µg por vía peridural. Para dosis complementarias fue administrada ropivacaína a 0,2% (12 mg y para resolución del parto, ropivacaína a 1% (50 mg. Las pacientes se evaluaron después de la analgesia (M1 con relación a la hipotensión arterial, bradicardia materna, prurito, náusea, vómito, depresión respiratoria y sedación. En el postoperatorio (M2, en cuanto a la presencia de náusea, vómito, prurito, sedación, retención urinaria y dolor. Los recién nacidos se evaluaron por el índice de Apgar. Para análisis estadístico, se utilizaron la prueba t de Student, Mann-Whitney y Qui-cuadrado. RESULTADOS: Los grupos fueron similares con relación a la edad, al peso, a la altura, a la duración del período de trabajo de parto después de la analgesi

Isabel C.F. Salem

2007-04-01

80

O processo de trabalho na assistência ao parto em Londrina-PR El processo de trabajo en la asistencia del parto en Londrina-PR The working process in labor care in Londrina-PR  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Neste estudo investigamos a assistência ao trabalho de parto no município de Londrina-PR, sob o recorte da decisão dos profissionais em prescrever jejum, enema e tricotomia. Os dados foram colhidos em cinco instituições, por meio de entrevistas com dez médicos obstetras, oito enfermeiras e uma obstetriz, em 2000. As entrevistas foram interpretadas por meio da análise do discurso, extraindo-se frases temáticas. O referencial teórico utilizado foi o materialismo histórico e dialético. A análise das frases identificou o processo de trabalho dessa assistência com seus elementos constituintes. O médico é o principal agente e único com poder de decisão. Tal poder é reforçado pelos instrumentos identificados - a prescrição médica, o trabalho das enfermeiras e o local de prática: o hospital. O saber que embasa essa prática é o modelo clínico, representado pelas intervenções não individualizadas que atendem antes às necessidades dos agentes do que às do seu objeto (a parturiente.En este estudio investigamos la asistencia al trabajo de parto en el municipio de Londrina-PR, bajo el recorte de la decisión de los profesionales en prescribir ayuno, enema y tricotomía. Los datos fueron cogidos en cinco instituciones, por medio de entrevistas a diez médicos obstetras, ocho enfermeras y una obstetriz, en el año 2000. Las entrevistas fueron interpretadas por medio del análisis del discurso, extrayéndose frases temáticas. El referencial teórico utilizado fue el materialismo histórico y dialéctico. El análisis de las frases identificó el proceso de trabajo de esa asistencia con sus elementos constitutivos. El médico es el principal agente, y único con poder de decisión. Tal poder es reforzado por los instrumentos identificados - la prescripción médica, el trabajo de las enfermeras y el local de práctica: el hospital. El saber en que se fundamenta esa práctica es el modelo clínico, representado por las intervenciones no individualizadas que atienden antes a las necesidades de los agentes que a las de su objeto (la parturienta.In this study, delivery care in the city of Londrina, State of Paraná, was investigated under the focus of health professionals' decisions to prescribe procedures such as fasting, enema and trichotomy. The theoretical referential was historical and dialectical materialism. The data survey was carried out in 2000 in five institutions and included individual interviews with ten obstetricians, eight nurses and one midwife. The interviews were interpreted using the speech analysis and then the thematic phrases were extracted. It was possible to identify the working process and its constitutive elements. The physician is the only one with decision power. Such power is reinforced by the following instruments identified in the study: medical prescriptions, nursing staff's work and the place where it is practiced - the hospital. The knowledge that supports this practice is the clinical model, represented by non-individualized interventions that focus more on the agents' needs than on their object's (the parturient.

Thelma Malagutti Sodré

2007-03-01

81

O processo de trabalho na assistência ao parto em Londrina-PR / The working process in labor care in Londrina-PR / El processo de trabajo en la asistencia del parto en Londrina-PR  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Neste estudo investigamos a assistência ao trabalho de parto no município de Londrina-PR, sob o recorte da decisão dos profissionais em prescrever jejum, enema e tricotomia. Os dados foram colhidos em cinco instituições, por meio de entrevistas com dez médicos obstetras, oito enfermeiras e uma obste [...] triz, em 2000. As entrevistas foram interpretadas por meio da análise do discurso, extraindo-se frases temáticas. O referencial teórico utilizado foi o materialismo histórico e dialético. A análise das frases identificou o processo de trabalho dessa assistência com seus elementos constituintes. O médico é o principal agente e único com poder de decisão. Tal poder é reforçado pelos instrumentos identificados - a prescrição médica, o trabalho das enfermeiras e o local de prática: o hospital. O saber que embasa essa prática é o modelo clínico, representado pelas intervenções não individualizadas que atendem antes às necessidades dos agentes do que às do seu objeto (a parturiente). Abstract in spanish En este estudio investigamos la asistencia al trabajo de parto en el municipio de Londrina-PR, bajo el recorte de la decisión de los profesionales en prescribir ayuno, enema y tricotomía. Los datos fueron cogidos en cinco instituciones, por medio de entrevistas a diez médicos obstetras, ocho enferme [...] ras y una obstetriz, en el año 2000. Las entrevistas fueron interpretadas por medio del análisis del discurso, extrayéndose frases temáticas. El referencial teórico utilizado fue el materialismo histórico y dialéctico. El análisis de las frases identificó el proceso de trabajo de esa asistencia con sus elementos constitutivos. El médico es el principal agente, y único con poder de decisión. Tal poder es reforzado por los instrumentos identificados - la prescripción médica, el trabajo de las enfermeras y el local de práctica: el hospital. El saber en que se fundamenta esa práctica es el modelo clínico, representado por las intervenciones no individualizadas que atienden antes a las necesidades de los agentes que a las de su objeto (la parturienta). Abstract in english In this study, delivery care in the city of Londrina, State of Paraná, was investigated under the focus of health professionals' decisions to prescribe procedures such as fasting, enema and trichotomy. The theoretical referential was historical and dialectical materialism. The data survey was carrie [...] d out in 2000 in five institutions and included individual interviews with ten obstetricians, eight nurses and one midwife. The interviews were interpreted using the speech analysis and then the thematic phrases were extracted. It was possible to identify the working process and its constitutive elements. The physician is the only one with decision power. Such power is reinforced by the following instruments identified in the study: medical prescriptions, nursing staff's work and the place where it is practiced - the hospital. The knowledge that supports this practice is the clinical model, represented by non-individualized interventions that focus more on the agents' needs than on their object's (the parturient).

Thelma Malagutti, Sodré; Rúbia Aparecida, Lacerda.

2007-03-01

82

Eficácia de dinoprostone e misoprostol para indução do trabalho de parto em nulíparas / Efficacy of dinoprostone and misoprostol for labor induction in nulliparous women  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: verificar a eficácia e a segurança de dinoprostone e misoprostol para indução do parto vaginal, com ou sem o uso de ocitocina em nulíparas. MÉTODOS: realizou-se estudo retrospectivo, observacional, envolvendo 238 pacientes que foram submetidas à indução do parto de janeiro de 2008 a fevere [...] iro de 2010 com uso de misoprostol 25 mcg via vaginal ou pessário contendo 10 mg de dinoprostone. Desse grupo, foram selecionadas 184 pacientes, que apresentavam as seguintes características: nulíparas, gestação entre 37 e 42 semanas, feto único, apresentação cefálica, membranas íntegras e índice de Bishop Abstract in english PURPOSE: to determine the efficacy and safety of dinoprostone and misoprostol for the induction of vaginal childbirth, with or without the use of oxytocin in nulliparous women. METHODS: in this retrospective observational study, 238 patients were subjected to the induction of delivery from January 2 [...] 008 to February 2010 with the use of misoprostol 25 mcg by the vaginal route or a pessary containing 10 mg of dinoprostone. A total of 184 patients were selected, with the following characteristics: nulliparous, gestational age of 37-42 weeks, singleton pregnancies, cephalic presentation, intact membranes, and Bishop score

Tenilson Amaral, Oliveira; Elisa Matias Vieira de, melo; Márcia Maria Auxiliadora de, Aquino; Corintio, Mariani Neto.

2011-03-01

83

Historia natural de la herniación de las membranas ovulares en mujeres en alto riesgo de parto prematuro espontáneo  

OpenAIRE

Objetivo: Estudiar la historia natural de la herniación de las membranas ovulares en el segundo trimestre mediante ultrasonido transvaginal, y evaluar si esta herniación aumenta el riesgo de parto espontáneo. Métodos: Análisis secundario de un estudio multicéntrico, observacional, de mujeres con al menos un parto prematuro espontáneo previo entre las 16,0 y 31,9 semanas, quienes cursan subsecuentemente con una gestación única. Se midió la longitud cervical, la herniación de las mem...

Alejandra Salvaro A; Jorge Carvajal C

2007-01-01

84

Efeitos adversos do sufentanil associado ao anestésico local pelas vias subaracnóidea e peridural em pacientes submetidas à analgesia de parto / Side effects of subarachnoid and epidural sufentanil associated with a local anesthetic in patients undergoing labor analgesia / Efectos adversos del sufentanil asociado al anestésico local por las vías subaracnoidea y peridural en pacientes sometidas a la analgesia de parto  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A associação do opióide ao anestésico local melhora a qualidade da analgesia de parto e reduz o risco de toxicidade sistêmica pelo anestésico local. Os opióides, entretanto, podem determinar efeitos colaterais. O objetivo desta pesquisa foi comparar os efeitos adversos det [...] erminados pelo sufentanil, administrado por via subaracnóidea, associado à bupivacaína, com aquele determinado pelo sufentanil por via peridural, associado à ropivacaína, nas doses utilizadas no Serviço de Anestesia, em gestantes submetidas à analgesia de parto. MÉTODO: Participaram do estudo 60 pacientes, estado físico ASA I e II, com idade entre 15 e 42 anos, com gestação a termo e fetos saudáveis, submetidas à analgesia de parto. Foram distribuídas de forma aleatória em dois grupos: G1 - Duplo bloqueio - bupivacaína a 0,5% (2,5 mg) e sufentanil (5 µg) pela via subaracnóidea, G2 - Peridural - ropivacaína a 0,2% (20 mg) e sufentanil (10 µg) pela via peridural. Para doses complementares foi administrada ropivacaína a 0,2% (12 mg) e para resolução do parto, ropivacaína a 1% (50 mg). As pacientes foram avaliadas após analgesia (M1) com relação a hipotensão arterial, bradicardia materna, prurido, náusea, vômito, depressão respiratória e sedação. No pós-operatório (M2), quanto à presença de náusea, vômito, prurido, sedação, retenção urinária e dor. Os recém-nascidos foram avaliados pelo índice de Apgar. Para análise estatística, foram utilizados teste t de Student, Mann-Whitney e Qui-quadrado. RESULTADOS: Os grupos foram similares com relação à idade, ao peso, à altura, à duração do período de trabalho de parto após analgesia, ao Apgar dos recém-nascidos, à ocorrência de hipotensão arterial, bradicardia, náusea, vômito, prurido e retenção urinária. A sedação foi mais freqüente nas pacientes de G2, em M1 (50%) com diferença estatística significativa. CONCLUSÕES: O sufentanil nas doses utilizadas, administrado por via subaracnóidea ou peridural, associado aos anestésicos locais, determinou similaridade na duração do trabalho de parto após analgesia e no Apgar dos recém-nascidos. A sedação foi o efeito adverso mais freqüente nas pacientes que receberam o opióide pela via peridural. Abstract in spanish JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La asociación del opioide con el anestésico local mejora la calidad de la analgesia de parto y reduce el riesgo de toxicidad sistémica por el anestésico local. Los opioides, sin embargo, pueden determinar efectos colaterales. El objetivo de esta investigación fue comparar [...] los efectos adversos determinados por el sufentanil, administrado por vía subaracnoidea, asociado a la bupivacaína, con aquel determinado por el sufentanil por vía peridural, asociado a la ropivacaína, en las dosis utilizadas en el Servicio de Anestesia, en embarazadas sometidas a la analgesia de parto. MÉTODO: Participaron del estudio 60 pacientes, estado físico ASA I y II, con edad entre los 15 y los 42 años, con embarazo en tiempo y fetos saludables, sometidas a la analgesia de parto. Se distribuyeron aleatoriamente en de los grupos: G1 Doble bloqueo bupivacaína a 0,5% (2,5 mg) y sufentanil (5 µg) por vía subaracnoidea, G2 Peridural ropivacaína a 0,2% (20 mg) y sufentanil (10 µg) por vía peridural. Para dosis complementarias fue administrada ropivacaína a 0,2% (12 mg) y para resolución del parto, ropivacaína a 1% (50 mg). Las pacientes se evaluaron después de la analgesia (M1) con relación a la hipotensión arterial, bradicardia materna, prurito, náusea, vómito, depresión respiratoria y sedación. En el postoperatorio (M2), en cuanto a la presencia de náusea, vómito, prurito, sedación, retención urinaria y dolor. Los recién nacidos se evaluaron por el índice de Apgar. Para análisis estadístico, se utilizaron la prueba t de Student, Mann-Whitney y Qui-cuadrado. RESULTADOS: Los grupos fueron similares con relación a la edad, al

Isabel C.F., Salem; Fernanda B., Fukushima; Giane, Nakamura; Fábio, Ferrari; Laís C., Navarro; Yara Marcondes Machado, Castiglia; Eliana Marisa, Ganem.

2007-04-01

85

Estimulação hormonal, punção folicular transvaginal e avaliação ovocitária em bezerras pré-púberes da raça Nelore (Bos taurus indicus) Hormonal stimulation and ultrasound guided transvaginal follicle aspiration and oocyte recovery in Nelore (Bos taurus indicus) prepubertal calves  

OpenAIRE

O uso de bezerras pré-púberes como doadoras de ovócitos oferece um considerável potencial para acelerar o ganho genético através da diminuição do intervalo de gerações, além de incrementar o aproveitamento de fêmeas bovinas de alto valor genético. Os objetivos deste estudo foram analisar o efeito da idade e do tratamento estimulatório com gonadotrofinas sobre a resposta folicular, a taxa de recuperação, a produção e a avaliação morfológica de ovócitos colhidos em bezerra...

Marilia Viviane Snel-Oliveira; Daniela Costa Pereira; Danilo Malagoli Junior; Rodolfo Rumpf

2003-01-01

86

Intervalo de partos e fertilidade real em vacas Nelore no Estado do Maranhão Calving interval and real fertility of Nellore cows in State of Maranhão  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Os efeitos de fatores genéticos e de ambiente sobre características reprodutivas, a partir de 475 observações de intervalos de partos (IDP e 401 de fertilidade real (FR de vacas da raça Nelore, criadas no município de Santa Inês, Estado do Maranhão, em regime de pasto com suplementação na estação seca, no período de 1980 a 1994, foram estudados. Os dados foram analisados por intermédio de modelos lineares, que incluíram efeito de touro (aleatório, mês e ano do parto anterior e atual, ordem de parição e sexo da cria (fixos. O pai da vaca e a ordem de parição influenciaram significativamente ambas as características estudadas, enquanto o sexo da cria influiu apenas na FR. As médias estimada pelo método dos quadrados mínimos, para IDP e FR, foram 433,84 ± 88,20 dias e 184,69 ± 37,09 kg, respectivamente. Os coeficientes de herdabilidade estimados pela correlação intraclasse entre meio-irmãs paternas foram estimados em 0,32 ± 0,15 e 0,49 ± 0,19, respectivamente, para IDP e FR.The effects of genetic and environmental factors on reproductive traits, from 475 records of calving interval (CI and 401 of real fertility (RF of Nellore cows reared at Santa Inês county, Maranhão State, in pasture grazing system with supplementation in the dry season, from 1980 to 1994, were studied. The data were analyzed by means of linear models, which included the sire effect (random effects, month and year of the last and the actual calving, calving number and sex of calf (fixed effects. The sire effect and calving number significantly affected both studied traits, while calf sex affected only the RF. The calving interval and R F by least square means were: 433.84 ± 88.20 days and 184.69 ± 37.09 kg, respectively. The heritability coefficients estimated by intraclass correlation of paternal half-sisters were .32 ± .15 and .49 ± .19, for CI. and RF. respectively.

Claudio Cabral Campello

1999-01-01

87

Representações e experiências das mulheres sobre a assistência ao parto vaginal e cesárea em maternidades pública e privada Women's representations and experiences with vaginal and cesarean delivery in public and private maternity hospitals  

OpenAIRE

Este estudo analisa as diferentes representações e experiências quanto ao parto vaginal e cesárea de mulheres de diferentes estratos sócio-econômicos, bem como a natureza das relações profissionais de saúde/usuárias no contexto institucional em que estão inseridas. A pesquisa de natureza qualitativa foi desenvolvida em três maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil, sendo uma pública, uma conveniada com o SUS e uma particular, com mulheres que tiveram os dois tipos de ...

Andréa de Sousa Gama; Karen Mary Giffin; Antonia Angulo-Tuesta; Gisele Peixoto Barbosa; Orsi, Eleonora D.

2009-01-01

88

Uso de misoprostol retal para indução do parto em gestantes com amniorrexe prematura: ensaio clínico fase II / Use of rectal misoprostol for induction of labor in patients with premature rupture of membranes: a phase II clinical trial  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: avaliar se o misoprostol por via retal constitui método efetivo para indução do parto em gestantes com amniorrexe prematura a termo. MÉTODOS: realizou-se estudo piloto, incluindo 32 gestantes com amniorrexe prematura entre 36 e 41 semanas, feto vivo e único, em apresentação cefálica, escor [...] e de Bishop 18 horas receberam antibiótico (penicilina cristalina) para profilaxia de infecção estreptocócica. Analisaram-se desfechos diversos como intervalo entre indução e início do trabalho de parto, entre indução e parto, incidência de taquissistolia, tipo de parto, incidência de corioamnionite e resultados neonatais. A análise estatística foi realizada no programa de domínio público Epi-Info 2002, calculando-se médias com os respectivos desvios-padrão, além de distribuições de freqüência. Realizou-se análise de sobrevivência para determinação do percentual de partos em função do tempo transcorrido (em horas) desde a administração do primeiro comprimido. RESULTADOS: os intervalos (média ± desvio padrão) entre indução e início das contrações e entre indução e parto foram de, respectivamente, 299,8±199,9 e 681±340,5 minutos. Observou-se freqüência de 9,4% de taquissistolia. Cerca de 72% das pacientes evoluíram para parto vaginal. Diagnosticou-se corioamnionite em 12,5% dos casos. As medianas dos escores de Apgar foram de 8 e 9 no primeiro e quinto minuto, respectivamente. Não houve nenhum caso de Apgar Abstract in english PURPOSE: to investigate whether rectally administered misoprostol is an effective method for induction of labor in patients with premature ruptured membranes at term. METHODS: a pilot trial was conducted, enrolling 32 women with alive, singleton, cephalic fetus and ruptured membranes between 36 and [...] 41 weeks of pregnancy, with Bishop score 18 h received antibiotics (crystalline penicillin) for prophylaxis of streptococcal infeccion. Outcomes included time from induction to labor and induction to delivery, incidence of tachysystole, mode of delivery, incidence of chorioamnionitis and neonatal outcome. Statistical analysis was performed using the public domain software Epi-Info 2002. Means and standard deviations were calculated, as well as frequency distributions. Survival analysis was performed to determine percent of deliveries according to time (hours) since the administration of the first tablet. RESULTS: the mean (±SD) induction-to-labor and induction-to-delivery intervals were 299.8±199.9 and 681±340.5 min, respectively. The frequency of tachysystole was 9.4%. About 72% of patients achieved vaginal delivery. Chorioamnionitis was diagnosed in 12.5% of the patients. Median Apgar scores at 1st and 5th min were 8 and 9, respectively. There was no case of Apgar

Francisco Carlos Nogueira, Arcanjo; Carlos Augusto, Alencar Júnior; Francisco Edson de Lucena, Feitosa; Melania Maria Ramos de, Amorim.

2003-08-01

89

Atenção humanizada ao parto de adolescentes: análise das práticas desenvolvidas em um centro obstétrico Atención humanizada al parto de adolescentes: análisis de las prácticas desarrolladas en un centro obstétrico Humanized attention to parturition of adolescents: analysis of practices developed in an obstetric center  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Estudo quantitativo que objetivou analisar as práticas desenvolvidas na assistência à adolescente, a partir do relato dos trabalhadores de um Centro Obstétrico de um Hospital Universitário, com base na proposta de humanização do parto do Ministério da Saúde. Segundo os trabalhadores, estão sendo desenvolvidas práticas úteis na assistência ao parto, dentre as quais as orientações sobre formas de relaxamento no trabalho de parto, o incentivo ao vínculo entre mãe e filho e a amamentação. Porém, o direito ao acompanhante não vem sendo considerado. A posição de litotomia e a padronização da tricotomia, episiotomia e amniotomia foram constatadas. Os registros dos prontuários, dentre eles o partograma, a anamnese, e o exame físico e obstétrico da parturiente mostraram-se insatisfatórios. Conclui-se que, no cenário investigado, são desenvolvidas práticas consideradas adequadas e inadequadas, mostrando a necessidade de incentivar a utilização de procedimentos embasados em evidência científica e inseridos na proposta de humanização do parto.Estudio cuantitativo que buscó analizar las prácticas desarrolladas en la asistencia a la adolescente, del punto de vista de los trabajadores de un Centro Obstétrico de un Hospital Universitario, con base en la propuesta de humanización del parto de Ministerio de la Salud. Las prácticas útiles en la asistencia, entre ellas las orientaciones sobre la manera de relajarse durante el parto, el fomento a las relaciones entre madre e hijo y la lactancia, están sendo desarrolladas. El derecho a escolta no está siendo considerado y la posición de litotomía, la normalización de tricotomía, episiotomía y amniotomía fueran encontradas. El partograma, anamnese y examen físico y obstétrico resultaran insatisfactorios. Llegamos a la conclusión de que se han desarrollado prácticas que se consideran apropiadas y inapropiadas, lo que muestra la necesidad de fomentar aún más el uso de procedimientos basados en las evidencias científicas y inseridos en la humanización del parto.Quantitative study that aimed to analyze the practices developed in assisting the adolescent, from the account of health workers, in an Obstetric Center in a teaching hospital, based on the proposal of humanization of parturition of the Health Ministry. According to the workers, useful practices in assisting parturition, among them, orientations about relaxation techniques at parturition, improving the attachment between mother and child, are being carried out. However, the right to a companion has not been taken into account. The lithotomy position and standardization of trichotomy, episiotomy e amniotomy were registered. Medical records, among them partogram, anamnesis and physical and obstetric exam of the parturient, proved to the unsatisfactory. We conclude that, in the scenario investigated, are developed practices considered appropriate and inappropriate, showing the need to further encourage the use of procedures grounded in scientific evidence and inserted into the proposal to the humanization of birth.

Josefine Busanello

2011-10-01

90

A prova de trabalho e a via de parto em primíparas com uma cesárea anterior / Factors associated with mode of delivery among primipara women with one previous cesarean section and undergoing a trial of labor  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Identificar fatores associados à cesárea em mulheres com um único parto anterior por cesárea e submetidas à prova de trabalho de parto. MÉTODOS: Estudo de corte transversal retrospectivo, incluindo 1746 mulheres com uma cesárea anterior submetidas à prova de trabalho de parto no segundo pa [...] rto ocorrendo entre 1986 e 1998. Foram excluídos os casos com atual gestação múltipla e/ou com malformações fetais incompatíveis com a vida. Elas foram divididas pelo tipo de parto atual em dois grupos: cesárea (n=731) e parto vaginal após cesárea (PVAC, n=1015). A análise estatística para a identificação de fatores associados ao tipo de parto foi feita por meio do cálculo da razão de prevalência (RP) e IC 95%, sendo feito também o ajuste por idade, excluindo-se os casos com informações ignoradas em cada análise. RESULTADOS: A taxa total de parto vaginal após cesárea foi de 58,1%. Os fatores significativamente associados com parto por cesárea foram: maior idade materna, maior altura uterina (RP 1,5; IC 95% 1,19-1,88), rotura prematura de membranas (1,3; 1,08-1,54), líquido amniótico não claro (1,22; 1,04-1,43) ou com quantidade alterada (1,32; 1,01-1,73), alteração dos batimentos cardíacos fetais (1,96; 1,68-2,28), apresentação não cefálica (2,03; 1,54-2,66), indução do parto (1,74; 1,42-2,11) e ausência de analgesia (2,57; 2,11-3,11). CONCLUSÃO: Os fatores associados ao parto por cesárea foram a maior idade, apresentação não-cefálica, rotura prematura de membranas, fetos grandes, necessidade de indução do trabalho de parto, e sinais de comprometimento da vitalidade fetal. Abstract in english OBJECTIVE: To identify factors associated with cesarean section in women with only one previous delivery by cesarean section and undergoing a trial of labor. METHODS: A retrospective cross sectional study was performed from 1986 to 1998 including a total of 1746 women with one prior cesarean section [...] and delivering after a trial of labor. Cases with a current twin pregnancy or with malformation incompatible with life were excluded. Women were divided in two groups according to the mode of the second delivery: Cesarean (n=731) or Vaginal Birth After Cesarean (VBAC, n=1015). To identify factors associated to the mode of delivery, the prevalence ratios (PR) and the 95%CI for each isolated factor, adjusted according to age, were assessed. In each analysis, cases with missing information were excluded. RESULTS: The total rate of Vaginal Birth After Cesarean was 58.1%. The factors significantly associated with cesarean section were: higher maternal age, greater fundal height (PR 1.5; 95%CI 1.19-1.88), premature rupture of membranes (1.3; 1.08-1.54), amniotic fluid with an altered aspect (1.22; 1.04-1.43) or volume (1.32; 1.01-1.73), altered fetal heart rate (1.96; 1.68-2.28), non cephalic presentation (2.03; 1.54-2.66), induction of labor (1.74; 1.42-2.11) and no labor analgesia (2.57; 2.11-3.11). CONCLUSION: The factors associated with cesarean section were older age, non-cephalic presentation, premature rupture of membranes, signs of large fetus, the need of induction of labor and signs of compromised fetal wellbeing.

Jacinta Pereira, Matias; Mary Angela, Parpinelli; José Guilherme, Cecatti.

2007-04-01

91

Transvaginal ultrasonography of rectal endometriosis  

DEFF Research Database (Denmark)

Objectives: The aim of this present study was to evaluate the interobserver variation of transvaginal ultrasonographic measurements of endometriosis infiltrating the rectosigmoid wall. Methods: Transvaginal ultrasonography was performed independently by two observers. Observer 1 had several years of experience in ultrasonography while observer 2 was a medical student with no prior experience in ultrasonography or endometriosis. In 24 patient length, width and depth of endometriosis infiltrating the rectosigmoid bowel was measured. The differences between the observers were analysed by Bland and Altman plots with 95 % limits of agreement. Results: No systematic differences were found between the observers. Probabilities for differences to be within 30 % of the mean were 0.81, 0.63 and 0.61 for the length, width and depth respectively. Ninety-five percent limits of agreement were 0.64 -1.87, 0.54 - 1.69 and 0.56 - 1.87 for the length, width and depth respectively Conclusions: We found no systematic differences between a routined and an untrained observer regarding estimation of size of endometriotic lesions in the rectal wall. This indicates that systematic training in transvaginal ultrasonography for a relatively short period gives comparable scanning results between the two observers. It seems that transvaginal ultrasound could be used as a diagnostic tool for rectal endometriosis in most departments. However, the irregular morphology of the lesions makes the measurements very complex, and a strict standardized protocol is needed.

Egekvist, Anne Gisselmann; Seyer-Hansen, Mikkel

92

Uso da eletroestimulação transcutânea para alívio da dor durante o trabalho de parto em uma maternidade-escola: ensaio clínico controlado / The use of transcutaneous nerve stimulation for pain relief during labor in a teaching hospital: a randomized controlled trial  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVOS: determinar os desfechos maternos e neonatais de acordo com a aplicação ou não de estimulação elétrica transcutânea (EET) para alívio da dor do trabalho de parto antes da instalação da técnica combinada (raquianestesia + peridural). MÉTODOS: realizou-se ensaio clínico, randomizado, aberto, [...] envolvendo 22 parturientes, com gestação a termo e feto único em apresentação cefálica, atendidas em hospital-escola de nível terciário em Recife, Brasil. Estas pacientes foram randomizadas para receber ou não EET antes da instalação da anestesia combinada (raquianestesia + anestesia peridural) para analgesia de parto. Avaliaram-se a intensidade da dor pela escala analógica visual (EAV), o tempo transcorrido entre a avaliação inicial e a necessidade de instalação da anestesia combinada, a duração do trabalho de parto, a freqüência de cesariana e parto instrumental, os escores de Apgar e a freqüência de hipóxia neonatal. Para análise estatística, foram utilizados os testes de Mann-Whitney e exato de Fisher, considerando-se o nível de significância de 5%. RESULTADOS: o tempo decorrido entre a avaliação da dor da parturiente e a necessidade de instalação da técnica combinada foi significativamente maior no grupo da EET (mediana de 90 minutos) quando comparado ao grupo controle (mediana de 30 minutos). A duração do trabalho de parto foi similar nos dois grupos (em torno de seis horas). Não houve diferença na evolução dos escores de EAV durante o trabalho de parto. A freqüência de cesariana foi de 18,2% nos dois grupos. Apenas um parto foi ultimado a fórcipe, no grupo controle. A mediana do escore de Apgar no quinto minuto foi 10, não se encontrando nenhum caso de hipóxia neonatal. CONCLUSÕES: a aplicação de EET foi efetiva em retardar a instalação da anestesia combinada para manter analgesia satisfatória durante o trabalho de parto, porém não apresentou efeito significativo sobre a intensidade da dor e a duração do trabalho de parto. Não houve efeitos deletérios maternos e neonatais. Abstract in english PURPOSE: to determine maternal and neonatal outcome according to the application or not of transcutaneous electrical nerve stimulation (TENS) for relief of labor pain before installation of combined spinal epidural (CSE) block. METHODS: a randomized open clinical trial was conducted involving 22 par [...] turients with a singleton, vertex, term fetus, managed in a tertiary-care academic medical center in Recife, Brazil. These patients were randomly assigned to receive or not TENS before CSE block for labor analgesia. Outcome analysis included pain intensity as measured by visual analog scale (VAS), interval between initial evaluation and CSE installation, labor duration, cesarian section and instrumental delivery rate, Apgar scores and frequency of neonatal hypoxia. Statistical analysis was performed using Mann-Whitney and Fisher's exact tests with a 5% level of significance. RESULTS: a significantly prolonged interval between initial evaluation and CSE block was observed in the TENS group (median of 90 min) when compared with the control group (median of 30 min). Duration of labor was similar (about 6 h). No significant difference was found in VAS scores. Cesarian section rate was 18.2% in both groups. There was only one forceps delivery (in the control group). The median of Apgar scores at the 5th minute was 10 and no case of neonatal hypoxia was found. CONCLUSONS: TENS was effective in delaying CSE analgesia installation without affecting pain intensity and duration of labor. There were no adverse effects on mothers or newborns.

Flávia Augusta de, Orange; Melania Maria Ramos de, Amorim; Luciana, Lima.

2003-02-01

93

Uso da eletroestimulação transcutânea para alívio da dor durante o trabalho de parto em uma maternidade-escola: ensaio clínico controlado The use of transcutaneous nerve stimulation for pain relief during labor in a teaching hospital: a randomized controlled trial  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVOS: determinar os desfechos maternos e neonatais de acordo com a aplicação ou não de estimulação elétrica transcutânea (EET para alívio da dor do trabalho de parto antes da instalação da técnica combinada (raquianestesia + peridural. MÉTODOS: realizou-se ensaio clínico, randomizado, aberto, envolvendo 22 parturientes, com gestação a termo e feto único em apresentação cefálica, atendidas em hospital-escola de nível terciário em Recife, Brasil. Estas pacientes foram randomizadas para receber ou não EET antes da instalação da anestesia combinada (raquianestesia + anestesia peridural para analgesia de parto. Avaliaram-se a intensidade da dor pela escala analógica visual (EAV, o tempo transcorrido entre a avaliação inicial e a necessidade de instalação da anestesia combinada, a duração do trabalho de parto, a freqüência de cesariana e parto instrumental, os escores de Apgar e a freqüência de hipóxia neonatal. Para análise estatística, foram utilizados os testes de Mann-Whitney e exato de Fisher, considerando-se o nível de significância de 5%. RESULTADOS: o tempo decorrido entre a avaliação da dor da parturiente e a necessidade de instalação da técnica combinada foi significativamente maior no grupo da EET (mediana de 90 minutos quando comparado ao grupo controle (mediana de 30 minutos. A duração do trabalho de parto foi similar nos dois grupos (em torno de seis horas. Não houve diferença na evolução dos escores de EAV durante o trabalho de parto. A freqüência de cesariana foi de 18,2% nos dois grupos. Apenas um parto foi ultimado a fórcipe, no grupo controle. A mediana do escore de Apgar no quinto minuto foi 10, não se encontrando nenhum caso de hipóxia neonatal. CONCLUSÕES: a aplicação de EET foi efetiva em retardar a instalação da anestesia combinada para manter analgesia satisfatória durante o trabalho de parto, porém não apresentou efeito significativo sobre a intensidade da dor e a duração do trabalho de parto. Não houve efeitos deletérios maternos e neonatais.PURPOSE: to determine maternal and neonatal outcome according to the application or not of transcutaneous electrical nerve stimulation (TENS for relief of labor pain before installation of combined spinal epidural (CSE block. METHODS: a randomized open clinical trial was conducted involving 22 parturients with a singleton, vertex, term fetus, managed in a tertiary-care academic medical center in Recife, Brazil. These patients were randomly assigned to receive or not TENS before CSE block for labor analgesia. Outcome analysis included pain intensity as measured by visual analog scale (VAS, interval between initial evaluation and CSE installation, labor duration, cesarian section and instrumental delivery rate, Apgar scores and frequency of neonatal hypoxia. Statistical analysis was performed using Mann-Whitney and Fisher's exact tests with a 5% level of significance. RESULTS: a significantly prolonged interval between initial evaluation and CSE block was observed in the TENS group (median of 90 min when compared with the control group (median of 30 min. Duration of labor was similar (about 6 h. No significant difference was found in VAS scores. Cesarian section rate was 18.2% in both groups. There was only one forceps delivery (in the control group. The median of Apgar scores at the 5th minute was 10 and no case of neonatal hypoxia was found. CONCLUSONS: TENS was effective in delaying CSE analgesia installation without affecting pain intensity and duration of labor. There were no adverse effects on mothers or newborns.

Flávia Augusta de Orange

2003-02-01

94

Intervalo de partos e fertilidade real em vacas Nelore no Estado do Maranhão / Calving interval and real fertility of Nellore cows in State of Maranhão  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Os efeitos de fatores genéticos e de ambiente sobre características reprodutivas, a partir de 475 observações de intervalos de partos (IDP) e 401 de fertilidade real (FR) de vacas da raça Nelore, criadas no município de Santa Inês, Estado do Maranhão, em regime de pasto com suplementação na estação [...] seca, no período de 1980 a 1994, foram estudados. Os dados foram analisados por intermédio de modelos lineares, que incluíram efeito de touro (aleatório), mês e ano do parto anterior e atual, ordem de parição e sexo da cria (fixos). O pai da vaca e a ordem de parição influenciaram significativamente ambas as características estudadas, enquanto o sexo da cria influiu apenas na FR. As médias estimada pelo método dos quadrados mínimos, para IDP e FR, foram 433,84 ± 88,20 dias e 184,69 ± 37,09 kg, respectivamente. Os coeficientes de herdabilidade estimados pela correlação intraclasse entre meio-irmãs paternas foram estimados em 0,32 ± 0,15 e 0,49 ± 0,19, respectivamente, para IDP e FR. Abstract in english The effects of genetic and environmental factors on reproductive traits, from 475 records of calving interval (CI) and 401 of real fertility (RF) of Nellore cows reared at Santa Inês county, Maranhão State, in pasture grazing system with supplementation in the dry season, from 1980 to 1994, were stu [...] died. The data were analyzed by means of linear models, which included the sire effect (random effects), month and year of the last and the actual calving, calving number and sex of calf (fixed effects). The sire effect and calving number significantly affected both studied traits, while calf sex affected only the RF. The calving interval and R F by least square means were: 433.84 ± 88.20 days and 184.69 ± 37.09 kg, respectively. The heritability coefficients estimated by intraclass correlation of paternal half-sisters were .32 ± .15 and .49 ± .19, for CI. and RF. respectively.

Claudio Cabral, Campello; Raimundo, Martins Filho; Raimundo Nonato Braga, Lobo.

95

Assistência ao parto em São Leopoldo (RS: um estudo de base populacional Assistance to obstetrical deliveries in São Leopoldo, Rio Grande do Sul State: a population-based study  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available O objetivo foi descrever as condições estruturais de assistência ao parto, estabelecer o percentual de cesarianas, as características de atenção ao parto e verificar a associação do tipo e presença de pediatra no parto com variáveis socioeconômicas. Foi realizado um estudo transversal de base populacional, incluindo 840 mulheres de 20 a 49 anos residentes na zona urbana de São Leopoldo (RS. Entre as 840 mulheres entrevistadas na pesquisa, 36 (4,3% tiveram filho nos doze meses anteriores à realização da pesquisa. O percentual de mulheres que tiveram parto cesáreo foi de 52,8%. Quanto à realização do parto, 97,2% foram feitos por médico e 72,2% das mulheres referiram a presença de pediatra no momento do parto. O financiamento do parto ocorreu em 68,6% dos casos pelo SUS, 20% foram financiados pelos planos privados de saúde e 11,4% foram pagos de forma particular. O parto cesáreo foi menos frequente entre as mulheres de nível socioeconômico mais baixo (RP 0,42; IC95% 0,20-0,86. Verificou-se que 30,4% das mulheres que receberam cuidados pelo SUS não manifestaram presença de pediatra no momento do parto. Foram encontradas evidências mostrando a associação de tipo de parto e variáveis que expressam classe econômica, sendo possível afirmar que a remuneração interfere no tipo de parto.The study was carried out to describe the deliveries structural conditions, characteristics of assistance to the deliveries, to establish the percentage of cesarean section, and to verify the association between the presence of the pediatrician and the type of childbirth with socioeconomic variables. A cross-sectional population-based study was carried out including 840 women from 20 to 49 years old resident in São Leopoldo, Rio Grande do Sul State. Among them, 36 (4.3% had children within 12 months prior the research. The percentage of women who had caesarian delivery was 52.8%. Regarding the obstetric delivery, 97.2% had been assisted by a doctor and 72.2% of the women had reported the presence of pediatrician at the time of the labor. In 68.6% of the cases the delivery process was financed by the SUS, 20% were by private health care plans and 11.4% were privately paid. The caesarean delivery was less frequent among the women belonging to lower socioeconomic levels (prevalence rate 0.42; CI95% 0.20-0.86. It was verified that 30.4% of the women who had received maternal care by SUS did not report the presence of pediatrician in the labor. It was evidenced the association of the type of delivery and some variables related to economic class, making it possible to state that financial compensation intervenes with the type of obstetrical delivery.

Margareth Schreiner

2010-06-01

96

A reanimação do prematuro extremo em sala de parto: controvérsias Controversies about the resuscitation of extremely preterm infants in the delivery room  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Relatar as principais controvérsias quanto aos procedimentos atualmente realizados na reanimação de recém-nascidos de extremo baixo peso na sala de parto. FONTES DOS DADOS: Revisão sistemática dos artigos incluídos em MEDLINE, SciELO e Cochrane Library e dos temas livres publicados em congressos internacionais e nacionais, utilizando-se as palavras-chave reanimação, asfixia e recém-nascido. SÍNTESE DOS DADOS: As principais controvérsias incluem aspectos relacionados à oxigenação e à ventilação do prematuro de extremo baixo peso ao nascimento. Os efeitos da administração de oxigênio em concentrações entre 21% e 100% precisam ser investigados. Os parâmetros adequados de pressão inspiratória, volume pulmonar e pressão expiratória final positiva necessitam ser estabelecidos com a finalidade de minimizar o barotrauma e o volutrauma. Os benefícios da aplicação da pressão positiva contínua de vias aéreas por via nasal também precisam ser bem determinados através de ensaios clínicos randomizados. Além disso, reanimadores manuais devem ser desenvolvidos para otimizar a administração desses parâmetros e minimizar a lesão pulmonar no início da vida extra-uterina. Estudos clínicos sobre a administração ao nascimento de adrenalina, expansores de volume e bicarbonato de sódio são inexistentes em prematuros de muito baixo peso. Adicionalmente, o principal dilema ético envolve a decisão conjunta entre os profissionais e os pais de não iniciar a reanimação na dependência da idade gestacional. CONCLUSÕES: A conduta atualmente vigente poderá ser modificada a partir dos resultados de ensaios clínicos randomizados e controlados, em conjunto com a avaliação do desenvolvimento, realizados em recém-nascidos de extremo baixo peso submetidos à reanimação na sala de parto.OBJECTIVE: To describe the main controversies about resuscitation procedures performed in extremely low birth weight infants in the delivery room. SOURCES OF DATA: Systematic review including articles from MEDLINE, SciELO and Cochrane Library, and abstracts published in national and international proceedings, using the keywords resuscitation, asphyxia, and newborn infant. SUMMARY OF THE FINDINGS: The main controversies concern the oxygenation and ventilation of extremely low birth weight infants. The effects of oxygen concentrations between 21 and 100% need to be addressed. Appropriate inspiratory pressure, lung volume, and positive end-expiratory pressure parameters also need to be established in order to decrease barotrauma and volutrauma. The benefits of nasal continuous positive airway pressure may be determined through randomized clinical trials. On top of that, manual resuscitation devices have to be developed in order to optimize these ventilatory parameters and to reduce lung injury. So far, clinical trials on the administration of epinephrine, volume expanders, and sodium bicarbonate to extremely low birth weight infants have not been published. In addition, the main ethical dilemma concerns the decision of health professionals and parents not to initiate resuscitation procedures at very low gestational ages. CONCLUSIONS: In the future, guidelines may be modified based on the results of randomized and controlled clinical trials, as well as neurodevelopmental follow-up studies, involving extremely low birth weight infants submitted to resuscitation procedures in the delivery room.

Maria Fernanda Branco de Almeida

2005-03-01

97

Características da assistência ao trabalho de parto e parto em três modelos de atenção no SUS, no Município de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil Characteristics of labor and delivery care in three healthcare models within the Unified National Health System in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Estudo transversal com 831 gestantes, de risco habitual, sobre o manejo do trabalho de parto num Centro de Parto Normal (CPN, num hospital vencedor do título "Galba de Araújo" (HG e numa maternidade com modelo assistencial prevalente (HP. O uso da ocitocina no CPN foi de 27,9%, no HG 59,5% e no HP 40,1%, enquanto a amniotomia foi realizada em 67,6%, 73,6% e 82,2% das mulheres, respectivamente. A realização da episiotomia foi menor nas modalidades com incorporação de práticas humanizadas: 7,2% no CPN e 14,8% no HG versus 54,9% no HP. A prática de oferta liberal no HG resultou numa taxa de analgesia superior (54,4% à do HP (7,7%. O percentual de internação dos recém-nascidos e o de parto a fórceps foram mais altas no HP, mas não houve diferenças para o índice de Apgar e para a taxa de cesárea. Os resultados sugerem resistência ao uso seletivo de intervenções em todos os modelos assistenciais, embora favoreçam o CPN como estratégia no controle das intervenções durante o trabalho de parto e parto nas gestantes de risco habitual sem prejuízos para as mulheres e os recém-nascidos.This cross-sectional study of 831 low-risk pregnancies compared the management of labor and delivery in a birthing center, a hospital that had previously won the "Galba de Araújo" Award (for excellence in obstetric and neonatal care, and a standard-protocol maternity facility. The rates for use of ocytocin during labor were 27.9%, 59.5%, and 40.1%, while amniotomy was performed in 67.6%, 73.6%, and 82.2% of the women, respectively. Episiotomy rates were lower in the first two facilities, which have adopted patient-centered obstetric practices (7.2% at the birthing center and 14.8% at the award-winning hospital as compared to 54.9% at the standard maternity facility. The liberal offer of epidural anesthesia at the awarding-winning hospital resulted in a higher anesthesia rate (54.4% as compared to the standard facility (7.7%. Forceps delivery and neonatal admission rates were higher in the standard hospital, but there were no differences in mean Apgar or cesarean rates. The findings suggest resistance to selective use of interventions in all three models of obstetric care, although favoring the birthing center as a strategy for controlling interventions during labor and childbirth in low-risk pregnancies, with no resulting harm to the mothers or newborns.

Sibylle Emilie Vogt

2011-09-01

98

Eficácia de dinoprostone e misoprostol para indução do trabalho de parto em nulíparas Efficacy of dinoprostone and misoprostol for labor induction in nulliparous women  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: verificar a eficácia e a segurança de dinoprostone e misoprostol para indução do parto vaginal, com ou sem o uso de ocitocina em nulíparas. MÉTODOS: realizou-se estudo retrospectivo, observacional, envolvendo 238 pacientes que foram submetidas à indução do parto de janeiro de 2008 a fevereiro de 2010 com uso de misoprostol 25 mcg via vaginal ou pessário contendo 10 mg de dinoprostone. Desse grupo, foram selecionadas 184 pacientes, que apresentavam as seguintes características: nulíparas, gestação entre 37 e 42 semanas, feto único, apresentação cefálica, membranas íntegras e índice de Bishop PURPOSE: to determine the efficacy and safety of dinoprostone and misoprostol for the induction of vaginal childbirth, with or without the use of oxytocin in nulliparous women. METHODS: in this retrospective observational study, 238 patients were subjected to the induction of delivery from January 2008 to February 2010 with the use of misoprostol 25 mcg by the vaginal route or a pessary containing 10 mg of dinoprostone. A total of 184 patients were selected, with the following characteristics: nulliparous, gestational age of 37-42 weeks, singleton pregnancies, cephalic presentation, intact membranes, and Bishop score < 3. Obstetric and neonatal data were analyzed and compared between groups. The Student t-test, chi-square test and Fisher's exact test were used for statistical analysis, with the level of significance set at p<0.05. RESULTS: the rate of vaginal childbirth did not differ significantly in patients who used misoprostol and dinoprostone (43.2% versus 50%; p = 0.35, respectively. The ripening of cervix was higher in the group treated with misoprostol (87.3% versus 75.6%, p=0.04. The use of oxytocin was necessary in 58.8% of the misoprostol group and 57.3% in the dinoprostone group after the ripening of cervix. Failed induction was the primary indication of caesarean section delivery in both groups, with no significant difference between them. Fetal and maternal adverse events, such as tachysystole and Apgar scores were similar. CONCLUSION: dinoprostone and misoprostol are both effective for vaginal childbirth induction, although they need to be combined with oxytocin. They showed a similar safety profile, with misoprostol being more efficient regarding cervical ripening.

Tenilson Amaral Oliveira

2011-03-01

99

Via de Parto e Resultados Perinatais em Gestantes Diabéticas Route of Delivery and Perinatal Outcomes of Diabetic Pregnant Women  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objetivo: apresentar os resultados perinatais obtidos a partir da aplicação de um protocolo de assistência às gestantes diabéticas no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM da UNICAMP. Métodos: foram estudadas 90 gestantes diabéticas que iniciaram controle pré-natal na instituição e foram submetidas a este protocolo. Foram comparadas com dois grupos controles de 180 gestantes cada: um constituído por gestantes pareadas por idade e número de gestações (controle A e outro por gestantes aleatoriamente selecionadas (controle B. Nos três grupos foram avaliadas as seguintes variáveis: tipo de parto, indicações de cesárea, idade gestacional, índice de Apgar ao primeiro e quinto minuto de vida, peso e adequação de peso para idade gestacional, morbidade e mortalidade perinatal. Para a análise estatística utilizaram-se médias, desvio-padrão, os testes t de Student e do chi². Resultados: entre as gestantes diabéticas ocorreu maior incidência de cesáreas, recém-nascidos prematuros e grandes para a idade gestacional (GIG, assim como uma maior freqüência de patologias neonatais (hipoglicemia, hipocalcemia, hiperbilirrubinemia, desconforto respiratório e depressão neonatal. A incidência de Apgar Purpose: to present the perinatal outcomes resulting from the use of a protocol for assistance to diabetic pregnant women used at the Center for Integral Assistance to Women's Health (CAISM, of the University of Campinas. Methods: ninety diabetic pregnant women, who were assisted at the institution with this protocol, were compared with two control grups: the first consisted of 180 pregnant women with equal number of gestations and same age (control A and the second consisted of 180 randomly selected pregnant women (control B. The study variables were route of delivery, indication for cesarean section, gestational age, Apgar score at first and fifth minute, weight, adequacy of weight for gestational age and perinatal morbidity and mortality. For the statistical analysis Student's t-test and the chi2 test were used. Results: there was a higher incidence of cesarean sections, prematures and large to gestational age (LGA babies among diabetic women, as well as higher occurrence of neonatal morbidity such as hypoglycemia, hypocalcemia, hyperbilirubinemia, respiratory distress and neonatal depression. The incidence of low Apgar score and perinatal mortality was significantly higher than in the randomly selected group, but the same as in the group matched regarding age and number of pregnancies. Conclusions: although this protocol intends to obtain a perfect metabolic control among diabetic pregnant women, the perinatal outcomes are still unfavorable in comparison to nondiabetic pregnant women.

Belmiro Gonçalves Pereira

1999-10-01

100

Via de Parto e Resultados Perinatais em Gestantes Diabéticas / Route of Delivery and Perinatal Outcomes of Diabetic Pregnant Women  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Objetivo: apresentar os resultados perinatais obtidos a partir da aplicação de um protocolo de assistência às gestantes diabéticas no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) da UNICAMP. Métodos: foram estudadas 90 gestantes diabéticas que iniciaram controle pré-natal na instituição e fo [...] ram submetidas a este protocolo. Foram comparadas com dois grupos controles de 180 gestantes cada: um constituído por gestantes pareadas por idade e número de gestações (controle A) e outro por gestantes aleatoriamente selecionadas (controle B). Nos três grupos foram avaliadas as seguintes variáveis: tipo de parto, indicações de cesárea, idade gestacional, índice de Apgar ao primeiro e quinto minuto de vida, peso e adequação de peso para idade gestacional, morbidade e mortalidade perinatal. Para a análise estatística utilizaram-se médias, desvio-padrão, os testes t de Student e do chi². Resultados: entre as gestantes diabéticas ocorreu maior incidência de cesáreas, recém-nascidos prematuros e grandes para a idade gestacional (GIG), assim como uma maior freqüência de patologias neonatais (hipoglicemia, hipocalcemia, hiperbilirrubinemia, desconforto respiratório e depressão neonatal). A incidência de Apgar Abstract in english Purpose: to present the perinatal outcomes resulting from the use of a protocol for assistance to diabetic pregnant women used at the Center for Integral Assistance to Women's Health (CAISM), of the University of Campinas. Methods: ninety diabetic pregnant women, who were assisted at the institution [...] with this protocol, were compared with two control grups: the first consisted of 180 pregnant women with equal number of gestations and same age (control A) and the second consisted of 180 randomly selected pregnant women (control B). The study variables were route of delivery, indication for cesarean section, gestational age, Apgar score at first and fifth minute, weight, adequacy of weight for gestational age and perinatal morbidity and mortality. For the statistical analysis Student's t-test and the chi2 test were used. Results: there was a higher incidence of cesarean sections, prematures and large to gestational age (LGA) babies among diabetic women, as well as higher occurrence of neonatal morbidity such as hypoglycemia, hypocalcemia, hyperbilirubinemia, respiratory distress and neonatal depression. The incidence of low Apgar score and perinatal mortality was significantly higher than in the randomly selected group, but the same as in the group matched regarding age and number of pregnancies. Conclusions: although this protocol intends to obtain a perfect metabolic control among diabetic pregnant women, the perinatal outcomes are still unfavorable in comparison to nondiabetic pregnant women.

Belmiro Gonçalves, Pereira; Aníbal, Faúndes; Mary Angela, Parpinelli; Renato, Passini Jr.; Eliana, Amaral; Helaine Besteti, Pires; José Guilherme, Cecatti.

1999-10-01

101

Avaliação da assistência ao parto em maternidade terciária do interior do Estado de São Paulo, Brasil / Evaluation of delivery care in a tertiary maternity in the interior of State of São Paulo, Brazil  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVOS: avaliar a estrutura e o processo de assistência ao parto e ao recém-nascido desenvolvidos na maternidade e na unidade de neonatologia de uma instituição hospitalar de nível terciário do interior do Estado de São Paulo, Brasil. MÉTODOS: estudo descritivo, transversal, voltado para a anális [...] e da adesão às normas preconizadas pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde em relação ao parto, avaliando-se os recursos existentes e as atividades desenvolvidas durante a assistência. Os dados foram colhidos nos anos de 2004 e 2005, a partir de entrevista com o gestor da maternidade, análise de 293 prontuários amostradose observação de 29 partos realizados. RESULTADOS: a avaliação da estrutura evidenciou a disponibilidade de equipamentos, instrumentais e medicamentos, de obstetra, pediatra e anestesista eausência de quartos de pré-parto, parto e puerpério.Na análise do processo observouse, entre outras,frequências regulares relacionadas à verificação de pressão arterial e ausculta dos batimentos cardíacos fetais; o preenchimento do partograma foi satisfatório; na assistência ao recém-nascido, foram insatisfatórios o aleitamento na primeira hora de vida e ocontato pele a pele. CONCLUSÕES: algumas práticas úteis no partonormal foram pouco utilizadas. Percebese uma tendência à incorporação de práticas baseadas em evidências científicas, quando se considerou a realização de procedimentos como tricotomia, enteroclisma e episiotomia, demonstrando uma mudançapositiva na assistência ao parto. Abstract in english OBJECTIVES: to evaluated the structure and care provided on delivery and for newborns by the maternity an neonatal unit of a tertiary hospital of the interior of State of São Paulo, Brazil. METHODS: a crosscutting descriptive study was carried out in accordance with the desired standards of the Mini [...] stry of Health and World Health Organization regarding care on delivery, evaluating the resources and the activities developed during suchcare. The data were collected in 2004 and 2005 from an interview with the maternity manager, analysis of 293 medical reports and observation of 29 deliveries. RESULTS: the evaluation of the structure provided evidence of the availability of equipment, instruments, medicines and a medical team, but a lack of predelivery, delivery and puerperium rooms. It was observed that arterial pressure and fetal heartbeatwere checked frequently on admission and filling outof partograms was satisfactory. In terms of care for the newborn, the frequency of breastfeeding in the first hour of life and skintoskin contact were unsatisfactory. CONCLUSIONS: some useful natural delivery practices were rarely employed. An inclination to incorporate scientific evidence was noticed in proceedings such as shaving, enteroclysis and episiotomy, demon-strating a positive change in delivery care.

Fernanda Cristina, Manzini; Vera Therezinha Medeiros, Borges; Cristina Maria Garcia de Lima, Parada.

2009-03-01

102

Avaliação da assistência ao parto em maternidade terciária do interior do Estado de São Paulo, Brasil Evaluation of delivery care in a tertiary maternity in the interior of State of São Paulo, Brazil  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVOS: avaliar a estrutura e o processo de assistência ao parto e ao recém-nascido desenvolvidos na maternidade e na unidade de neonatologia de uma instituição hospitalar de nível terciário do interior do Estado de São Paulo, Brasil. MÉTODOS: estudo descritivo, transversal, voltado para a análise da adesão às normas preconizadas pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde em relação ao parto, avaliando-se os recursos existentes e as atividades desenvolvidas durante a assistência. Os dados foram colhidos nos anos de 2004 e 2005, a partir de entrevista com o gestor da maternidade, análise de 293 prontuários amostradose observação de 29 partos realizados. RESULTADOS: a avaliação da estrutura evidenciou a disponibilidade de equipamentos, instrumentais e medicamentos, de obstetra, pediatra e anestesista eausência de quartos de pré-parto, parto e puerpério.Na análise do processo observouse, entre outras,frequências regulares relacionadas à verificação de pressão arterial e ausculta dos batimentos cardíacos fetais; o preenchimento do partograma foi satisfatório; na assistência ao recém-nascido, foram insatisfatórios o aleitamento na primeira hora de vida e ocontato pele a pele. CONCLUSÕES: algumas práticas úteis no partonormal foram pouco utilizadas. Percebese uma tendência à incorporação de práticas baseadas em evidências científicas, quando se considerou a realização de procedimentos como tricotomia, enteroclisma e episiotomia, demonstrando uma mudançapositiva na assistência ao parto.OBJECTIVES: to evaluated the structure and care provided on delivery and for newborns by the maternity an neonatal unit of a tertiary hospital of the interior of State of São Paulo, Brazil. METHODS: a crosscutting descriptive study was carried out in accordance with the desired standards of the Ministry of Health and World Health Organization regarding care on delivery, evaluating the resources and the activities developed during suchcare. The data were collected in 2004 and 2005 from an interview with the maternity manager, analysis of 293 medical reports and observation of 29 deliveries. RESULTS: the evaluation of the structure provided evidence of the availability of equipment, instruments, medicines and a medical team, but a lack of predelivery, delivery and puerperium rooms. It was observed that arterial pressure and fetal heartbeatwere checked frequently on admission and filling outof partograms was satisfactory. In terms of care for the newborn, the frequency of breastfeeding in the first hour of life and skintoskin contact were unsatisfactory. CONCLUSIONS: some useful natural delivery practices were rarely employed. An inclination to incorporate scientific evidence was noticed in proceedings such as shaving, enteroclysis and episiotomy, demon-strating a positive change in delivery care.

Fernanda Cristina Manzini

2009-03-01

103

Restrição alimentar e atividade ovariana luteal cíclica pós-parto em vacas girolanda / Low level of nutrition and ovarian luteal cyclic activity postpartum in crossbred (holstein x zebu) cows  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Objetivou-se neste trabalho verificar se a restrição alimentar no pós-partoem vacas Girolanda, multíparas, de bom escore de condição corporal (ECC = 3,5 a 4,5) ao parto será suficiente para impedir o reinício da atividade ovariana luteal cíclica (AOLC) pós-parto.Os animais foram distribuídos em três [...] tratamentos: Grupo I (n = 15), mantença; Grupo II (n = 10) e Grupo III (n = 13), sendo que os grupos II e III receberam restrição alimentar até 90 e 180 dias pós-parto, respectivamente. As pesagens e avaliações do ECC foram efetuadas logo após o parto, e depois semanalmente. A AOLC foi avaliada por palpação retal, observação de cio e concentração de progesterona no leite. Os intervalos do parto ao primeiro cio foram de 53,1, 63,2 e 51,2 dias (P>0,05), respectivamente para os Grupos I, II e III, que apresentaram perdas de peso de 7,3 kg, 57,0 kg e 63,7 kg nesse período; e de 14,2 kg, 63,8 kg e 78,4 kg do parto até 90 dias pós-parto, repectivamente. Em vacas Girolanda de bom escore de condição corporal ao parto, a perda de 15,2% do peso nos três primeiros meses de lactação, e de 16,3% do peso até 180 dias pós-parto, não é suficiente para atrasar o reinício ou interromper a AOLC nos respectivos períodos. Abstract in english The objective of this study was to evaluate the effect of weight loss on postpartum cross bred Holstein x Gir (HZ) cows in good body score condition (BSC = 3.5 to 4.5) at calving on the delay of beginning or on maintenance of ovarian luteal cyclic activity (OLCA). Cows were distributed in three trea [...] tments: Group I (n = 15), maintenance; Group II (n = 10) and Group III (n = 13); Groups II and III were feed restricted until 90 and 180 days postpartum, respectively. The weight and BSC were measured after calving and then weekly. The OLCA was evaluated by rectal palpation, estrous detection and milk progesterone level. Intervals from the calving to first estrous were 53.1, 63.2 and 51.2 days (P > 0.05), respectively, for the Groups I, II and III; weight loss were of 7.3 kg; 57.0 kg and 63.7 kg up to the first estrous, and of 14.2 kg, 63.8 kg and 78.4 kg up to 90 days postpartum, for the Groups I, II, and III, respectively. In cross bred (HZ) cows in good body score condition at calving, the weight loss of 15.2% of body weight in the first three months of milking, and of 16.3% up to 180 days postpartum do not arrest the beginning or impair the maintenance of OLCA.

ADEMIR DE MORAES, FERREIRA; JOÃO HENRIQUE MOREIRA, VIANA; WANDERLEI FERREIRA DE, SÁ; LUIZ SÉRGIO DE ALMEIDA, CAMARGO; RUI DA SILVA, VERNEQUE.

2521-25-01

104

Freqüência de testagem rápida para o HIV durante a admissão para o parto em puérperas no Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira, IMIP HIV testing prevalence during antenatal care in women admitted for delivery at the Instituto Materno Infantil Professor Fernando Figueira, IMIP  

OpenAIRE

OBJETIVOS: determinar a prevalência da testagem anti-HIV no pré-natal e internamento para o parto e identificar fatores associados à realização e recebimento do resultado dos testes em parturientes. MÉTODOS: estudo descritivo, com 400 puérperas atendidas no Centro de Atenção à Mulher do IMIP Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira, IMIP. RESULTADOS: chegaram à admissão para o parto sem o resultado do teste anti-HIV, 154 (38,5%) mulheres. Dessas, foi solicitado "teste r?...

Maria Celina Rocha Morimura; Manoella Dantas Costa Mendes; Ariani Imperi de Souza; Luiz Cláudio Arraes de Alencar

2006-01-01

105

Atenção humanizada ao parto de adolescentes: análise das práticas desenvolvidas em um centro obstétrico / Humanized attention to parturition of adolescents: analysis of practices developed in an obstetric center / Atención humanizada al parto de adolescentes: análisis de las prácticas desarrolladas en un centro obstétrico  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Estudo quantitativo que objetivou analisar as práticas desenvolvidas na assistência à adolescente, a partir do relato dos trabalhadores de um Centro Obstétrico de um Hospital Universitário, com base na proposta de humanização do parto do Ministério da Saúde. Segundo os trabalhadores, estão sendo des [...] envolvidas práticas úteis na assistência ao parto, dentre as quais as orientações sobre formas de relaxamento no trabalho de parto, o incentivo ao vínculo entre mãe e filho e a amamentação. Porém, o direito ao acompanhante não vem sendo considerado. A posição de litotomia e a padronização da tricotomia, episiotomia e amniotomia foram constatadas. Os registros dos prontuários, dentre eles o partograma, a anamnese, e o exame físico e obstétrico da parturiente mostraram-se insatisfatórios. Conclui-se que, no cenário investigado, são desenvolvidas práticas consideradas adequadas e inadequadas, mostrando a necessidade de incentivar a utilização de procedimentos embasados em evidência científica e inseridos na proposta de humanização do parto. Abstract in spanish Estudio cuantitativo que buscó analizar las prácticas desarrolladas en la asistencia a la adolescente, del punto de vista de los trabajadores de un Centro Obstétrico de un Hospital Universitario, con base en la propuesta de humanización del parto de Ministerio de la Salud. Las prácticas útiles en la [...] asistencia, entre ellas las orientaciones sobre la manera de relajarse durante el parto, el fomento a las relaciones entre madre e hijo y la lactancia, están sendo desarrolladas. El derecho a escolta no está siendo considerado y la posición de litotomía, la normalización de tricotomía, episiotomía y amniotomía fueran encontradas. El partograma, anamnese y examen físico y obstétrico resultaran insatisfactorios. Llegamos a la conclusión de que se han desarrollado prácticas que se consideran apropiadas y inapropiadas, lo que muestra la necesidad de fomentar aún más el uso de procedimientos basados en las evidencias científicas y inseridos en la humanización del parto. Abstract in english Quantitative study that aimed to analyze the practices developed in assisting the adolescent, from the account of health workers, in an Obstetric Center in a teaching hospital, based on the proposal of humanization of parturition of the Health Ministry. According to the workers, useful practices in [...] assisting parturition, among them, orientations about relaxation techniques at parturition, improving the attachment between mother and child, are being carried out. However, the right to a companion has not been taken into account. The lithotomy position and standardization of trichotomy, episiotomy e amniotomy were registered. Medical records, among them partogram, anamnesis and physical and obstetric exam of the parturient, proved to the unsatisfactory. We conclude that, in the scenario investigated, are developed practices considered appropriate and inappropriate, showing the need to further encourage the use of procedures grounded in scientific evidence and inserted into the proposal to the humanization of birth.

Josefine, Busanello; Nalú Pereira da Costa, Kerber; Raúl Andrés, Mendoza-Sassi; Patrícia de Souza, Mano; Lulie Rosane Odeh, Susin; Bruna Goulart, Gonçalves.

2011-10-01

106

Caracterização fenotípica e genética da produção de leite e do intervalo entre partos em bubalinos da raça Murrah / Phenotypic and genetic characterization of the milk yield and calving interval in buffalo of the Murrah breed  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese O objetivo deste trabalho foi estimar as correlações, herdabilidades, repetibilidades, tendências genéticas e fenotípicas, e avaliar as distribuições univariada e bivariada da produção de leite e do intervalo entre partos, em fêmeas bubalinas da raça Murrah, paridas no período de 1982 a 2003. As ten [...] dências genéticas e fenotípicas foram estimadas pelas regressões das variáveis dependentes sobre o ano de parto, pelos métodos: regressão linear e regressão não paramétrica, utilizando-se a função de alisamento Spline. As herdabilidades estimadas foram 0,21 e 0,02, e as repetibilidades, 0,32 e 0,06, para a produção de leite e intervalo entre partos, respectivamente. As correlações genética, fenotípica e ambiental foram -0,22, 0,01 e 0,03, respectivamente. As tendências genéticas (regressão linear) foram significativas e iguais a 1,57 kg por ano e 0,085 dia por ano, e as tendências fenotípicas foram 27,74 kg por ano e 0,647 dia por ano, para a produção de leite e intervalo entre partos, respectivamente, tendo sido significativa apenas para a produção de leite. A correlação negativa sugere a existência de antagonismo favorável entre produção de leite e intervalo entre partos; assim é possível selecionar animais com altos valores genéticos para a produção de leite e com menores valores para o intervalo entre partos. Abstract in english The objective of this work was to estimate the correlations, heritabilities, repeatabilities, phenotypic and genetic trends, and to evaluate the univariate and bivariate distributions of the milk yield and calving interval of Murrah breed buffalo, calved from 1982 to 2003. The genetic and phenotypic [...] trends were estimated by regressions of the dependant variables on year of the animals calving, based on two methods: linear regression and articulated polynomial regression. The heritabilities estimates were 0.21 and 0.02, and the repeatabilities 0.32 and 0.06, for milk yield and calving interval, respectively. The genetic, phenotypic and environmental correlations were -0.22, 0.01 and 0.03, respectively. Genetics trends (linear regression) were significant and equal to 1.57 kg per year and 0.085 day per year, and the phenotypics trends were 27.74 kg per year and 0.647 day per year, for milk yield and calving interval, respectively, being significant just for milk yield. The negative genetic correlation suggests that there is a favorable relationship between milk yield and calving intervals, thus it is possible to select animals of high breeding values for milk yield and with low breeding values for calving intervals.

Alcides de Amorim, Ramos; Carlos Henrique Mendes, Malhado; Paulo Luiz Souza, Carneiro; Heraldo César, Gonçalves; Danielle Maria Machado Ribeiro, Azevedo.

1261-12-01

107

Prevalence of urinary incontinence and pelvic floor muscle dysfunction in primiparae two years after cesarean section: cross-sectional study / Prevalência de incontinência urinária e disfunção muscular do assoalho pélvico em primíparas dois anos após parto cesárea: estudo transversal  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese CONTEXTO E OBJETIVO É ainda controversa na literatura a teoria de que eventos obstétricos e traumas no assoalho pélvico representariam menor risco para mulheres submetidas ao parto cesárea do que para aquelas submetidas a parto vaginal, no tocante a subsequente incontinência urinária. O o [...] bjetivo do estudo foi avaliar a prevalência de incontinência urinária e disfunção muscular do assoalho pélvico dois anos após o parto e os fatores responsáveis por elas. TIPO DE ESTUDO E LOCAL Estudo transversal conduzido em universidade pública. MÉTODOS Foram selecionadas 220 mulheres dois anos após parto cesáreo eletivo ou parto vaginal. Foram avaliados sintomas de incontinência urinária e disfunção muscular do assoalho pélvico por palpação digital e perineômetro. RESULTADOS A prevalência de incontinência urinária dois anos após parto vaginal e cesárea foi de 17% e 18,9% respectivamente. O único fator de risco para disfunção muscular do assoalho pélvico foi o ganho de peso durante a gestação. Índice de massa corporal inferior a 25 kg/m 2 e disfunção muscular do assoalho pélvico normal foram fatores de proteção contra incontinência urinária. Incontinência urinária na gestação aumentou o risco de incontinência urinária dois anos pós-parto. CONCLUSÃO Incontinência urinária gestacional foi um precursor crucial de incontinência urinária pós-parto. O ganho de peso durante a gestação aumentou o risco posterior de disfunção muscular do assoalho pélvico e o parto cesárea eletivo não foi uma ação de prevenção para a incontinência urinária. Abstract in english CONTEXT AND OBJECTIVE There is uncertainty in the literature regarding the theory that obstetric events and pelvic floor injuries give rise to lower risk of subsequent urinary incontinence among women delivering via cesarean section than among women delivering vaginally. The objective of [...] this study was to assess the two-year postpartum prevalence of urinary incontinence and pelvic floor muscle dysfunction and the factors responsible for them. DESIGN AND SETTING Cross-sectional study, conducted in a public university. METHODS 220 women who had undergone elective cesarean section or vaginal childbirth two years earlier were selected. Their urinary incontinence symptoms were investigated, and their pelvic floor muscle dysfunction was assessed using digital palpation and a perineometer. RESULTS The two-year urinary incontinence prevalences following vaginal childbirth and cesarean section were 17% and 18.9%, respectively. The only risk factor for pelvic floor muscle dysfunction was weight gain during pregnancy. Body mass index less than 25 kg/m 2 and normal pelvic floor muscle function protected against urinary incontinence. Gestational urinary incontinence increased the risk of two-year postpartum urinary incontinence. CONCLUSION Gestational urinary incontinence was a crucial precursor of postpartum urinary incontinence. Weight gain during pregnancy increased the subsequent risk of pelvic floor muscle dysfunction, and elective cesarean section did not prevent urinary incontinence.

Angélica Mércia Pascon, Barbosa; Gabriela, Marini; Fernanda, Piculo; Cibele Vieira Cunha, Rudge; Iracema Mattos Paranhos, Calderon; Marilza Vieira Cunha, Rudge.

2013-04-01

108

Avaliação da Freqüência Cardíaca Embriofetal no Primeiro Trimestre da Gestação por meio da Ultra-sonografia Transvaginal com Doppler Colorido e Pulsátil Assessment of Embryo Heart Rate in Early Pregnancy by Transvaginal Ultrasonography with Color and Pulsed Doppler  

OpenAIRE

Objetivos: avaliar a evolução da freqüência cardíaca embrio-fetal no primeiro trimestre da gestação e determinar sua curva de normalidade. Pacientes e Métodos: em estudo prospectivo foram avaliadas 206 pacientes com diagnóstico clínico e/ou ultra-sonográfico de gestação no primeiro trimestre, por meio de exame ultra-sonográfico transvaginal com Doppler colorido, utilizando-se equipamento da marca Aloka, modelo SSD-2000, com sonda transvaginal convexa na freqüência de 5,0 MHz, ...

Cláudia Lemos da Silva; Luiz Antônio Bailão

2000-01-01

109

Caracterização das mães, partos e recém-nascidos em Campinas, São Paulo, 2001 e 2005 / Characterization of mothers, mode of deliveries and newborns in Campinas, São Paulo, 2001 and 2005  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Comparar dados pré-natais, dos partos e dos recém-nascidos de Campinas em 2001 e 2005. MÉTODOS: Estudo transversal que analisou 13.656 documentos do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc) de 2005, comparando-as aos resultados de 2001. Analisou-se o local de moradia e parto, i [...] dade materna, estado civil, escolaridade, ocupação, paridade, consultas de pré-natal, tipo de parto, duração da gestação e peso ao nascer. Para avaliar a associação entre as variáveis, utilizou-se o teste de qui-quadrado, sendo significante p Abstract in english OBJECTIVE: To compare data related to prenatal care, deliveries and newborns from Campinas, Brazil, in 2001 and 2005. METHODS: This cross-sectional study analyzed 13,656 Live Birth Certificates from 2005, comparing them to of 2001. The analyzed variables were: place of birth and dwelling, maternal a [...] ge, marital status, schooling, number of births, number of prenatal consultations, mode of delivery, length of pregnancy and birthweight. Association between variables was evaluated by the chi-square test, being significant p

André Moreno, Morcillo; Emília de Faria, Carniel; Maria de Lurdes, Zanolli; Luisa Zanolli, Moreno; Maria Ângela R. de G. M., Antonio.

2010-09-01

110

Estudo clínico e cardiorrespiratório em cadelas gestantes com parto normal ou submetidas à cesariana sob anestesia inalatória com sevofluorano / Clinical and cardiorespiratory study in bitches under normal parturition or underwent to cesarean section using inalatory anesthesia with sevoflurane  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Estudaram-se as alterações hemodinâmicas e respiratórias em cadelas, decorrentes do parto normal e da cesariana, utilizando-se sevofluorano como agente de manutenção anestésica. Foram acompanhados seis partos normais e seis cesarianas, sendo as últimas realizadas sob anestesia geral utilizando-se ac [...] epromazina, propofol e sevofluorano. Durante o parto normal, ao nascimento de cada filhote, as gestantes foram monitoradas (temperatura retal, pressão arterial não-invasiva, freqüências respiratória e cardíaca, tempo de reperfusão capilar e gasometria). Durante a cesariana foram avaliadas as mesmas características citadas para o parto normal, acrescentando-se a temperatura esofágica e a pressão arterial invasiva, ao longo de todo o período anestésico, além da qualidade da recuperação anestésica. Os valores das variáveis: freqüência cardíaca, pressão arterial, freqüência respiratória, tempo de reperfusão capilar e o pH do sangue arterial no grupo submetido à cesariana foram menores que os das cadelas de partos normais, evidenciando a relativa depressão cardiorrespiratória produzida pelo procedimento anestésico. O protocolo anestésico empregado não comprometeu a viabilidade e a saúde das parturientes e dos filhotes e é seguro em cadelas gestantes, podendo ser utilizado nas operações cesarianas. Abstract in english Haemodynamic and respiratory changes in 12 bitches, being six of natural birth and six caesarean using sevoflurane as an anaesthetic maintenance agent, were studied. The caesarean sections were performed using general anaesthesia, employing acepromazine maleate, propofol and sevoflurane. During natu [...] ral birth, as each puppy was being delivered, the bitches were evaluated (rectal temperature, non-invasive arterial blood pressure respiratory and cardiac rate, capillary time reperfusion and blood gas values). During the caesarean, the same parameters mentioned for the natural birth were measured, in addition to the esophagus temperature and invasive arterial blood pressure throughout the anaesthetic period, besides the anaesthetic recovery quality. The bitches, submitted to the caesarean sections showed lower values of cardiac frequency, arterial pressure, respiratory frequency, time of capilar reperfusion and arterial blood pH when compared to the bitches which underwent natural birth, showing the cardiorespiratoy depression induced by the anaesthetic procedure. In spite of the anaesthetic depression, the anaesthetic protocol employed had no effect on the viability and health of the bitches and the puppies, and can be safely recommend for caesarean sections.

D.T., Gabas; V.N.L.S., Oliva; L.M., Matsuba; S.H.V., Perri.

2006-08-01

111

Estudo clínico e cardiorrespiratório em cadelas gestantes com parto normal ou submetidas à cesariana sob anestesia inalatória com sevofluorano Clinical and cardiorespiratory study in bitches under normal parturition or underwent to cesarean section using inalatory anesthesia with sevoflurane  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Estudaram-se as alterações hemodinâmicas e respiratórias em cadelas, decorrentes do parto normal e da cesariana, utilizando-se sevofluorano como agente de manutenção anestésica. Foram acompanhados seis partos normais e seis cesarianas, sendo as últimas realizadas sob anestesia geral utilizando-se acepromazina, propofol e sevofluorano. Durante o parto normal, ao nascimento de cada filhote, as gestantes foram monitoradas (temperatura retal, pressão arterial não-invasiva, freqüências respiratória e cardíaca, tempo de reperfusão capilar e gasometria. Durante a cesariana foram avaliadas as mesmas características citadas para o parto normal, acrescentando-se a temperatura esofágica e a pressão arterial invasiva, ao longo de todo o período anestésico, além da qualidade da recuperação anestésica. Os valores das variáveis: freqüência cardíaca, pressão arterial, freqüência respiratória, tempo de reperfusão capilar e o pH do sangue arterial no grupo submetido à cesariana foram menores que os das cadelas de partos normais, evidenciando a relativa depressão cardiorrespiratória produzida pelo procedimento anestésico. O protocolo anestésico empregado não comprometeu a viabilidade e a saúde das parturientes e dos filhotes e é seguro em cadelas gestantes, podendo ser utilizado nas operações cesarianas.Haemodynamic and respiratory changes in 12 bitches, being six of natural birth and six caesarean using sevoflurane as an anaesthetic maintenance agent, were studied. The caesarean sections were performed using general anaesthesia, employing acepromazine maleate, propofol and sevoflurane. During natural birth, as each puppy was being delivered, the bitches were evaluated (rectal temperature, non-invasive arterial blood pressure respiratory and cardiac rate, capillary time reperfusion and blood gas values. During the caesarean, the same parameters mentioned for the natural birth were measured, in addition to the esophagus temperature and invasive arterial blood pressure throughout the anaesthetic period, besides the anaesthetic recovery quality. The bitches, submitted to the caesarean sections showed lower values of cardiac frequency, arterial pressure, respiratory frequency, time of capilar reperfusion and arterial blood pH when compared to the bitches which underwent natural birth, showing the cardiorespiratoy depression induced by the anaesthetic procedure. In spite of the anaesthetic depression, the anaesthetic protocol employed had no effect on the viability and health of the bitches and the puppies, and can be safely recommend for caesarean sections.

D.T. Gabas

2006-08-01

112

Determinação da contagem de ovos de nematódeos no período peri-parto em vacas / Determination of nematode faecal egg counts during the periparturient period in cows  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Dois experimentos foram conduzidos com o objetivo de se observar as alterações do número de ovos de nematódeos por grama de fezes (OPG) eliminados por vacas no período do peri-parto. No primeiro foram utilizadas vacas de raças européia (leiteiras) e zebuínas (de corte), da 6ª semana pré-parto à 6ª s [...] emana pós-parto. Observou-se diferença significativa (p Abstract in english Two experiments were carried out to study the changes in the nematode faecal egg counts (EPG) in cows, during the periparturient period. In the first experiment, faeces from Holstein (dairy) and Zebu (beef) cows, were examined from the 6th week before birth up to the 6th week after birth. It was obs [...] erved a significant difference (p

Solange Maria, Gennari; Leandro Silva, Blasques; Aline Aparecida Rezende, Rodrigues; Maria do Carmo, Cilento; Sílvio Luís Pereira de, Souza; Fernando, Ferreira.

113

DO CHANGES IN ANAL SPHINCTER ANATOMY CORRELATE WITH ANAL FUNCTION IN WOMEN WITH A HISTORY OF VAGINAL DELIVERY? / Alterações na anatomia do esfíncter anal se correlacionam com a função anal em mulheres com história de parto vaginal?  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese Objetivos Avaliar a anatomia do esfíncter anal usando ultra-sonografia tridimensional (3D-US) em mulheres incontinentes com parto vaginal, correlacionar os achados anatômicos com sintomas de incontinência fecal e, determinar o efeito do parto vaginal sobre a anatomia e função do canal anal. Métod [...] os Mulheres com sintomas de incontinência fecal e história de parto vaginal foram avaliadas com escore de Wexner, manometria e 3D-US. Um grupo controle constituído por nulíparas assintomáticas foi incluído. Pressão de repouso, o ângulo radial do defeito e o comprimento do esfíncter anal externo (EAE), o esfíncter anal interno anterior e posterior (EAI), o EAE + músculo puborretal e o gap foram medidos e correlacionados com escore. Resultados Das 62 mulheres, 49 apresentaram sintomas de incontinência fecal e 13 eram nulíparas assintomáticas. Vinte e cinco tinham defeitos EAE, 8 haviam defeito combinado EAS e IAS, 16 tinham esfíncteres intactos e escores de continência foram semelhantes. Indivíduos com defeitos do esfíncter tinha um menor EAE e EAI anterior em relação as mulheres sem defeitos. Aquelas com um parto vaginal e esfíncteres intactos tinham um menor EAE anterior em relação as mulheres nulíparas. Evidenciou-se correlações entre a pressão de repouso e a medida do EAS anterior e IAS em pacientes com defeitos do esfíncter. Conclusões Sintomas de incontinência fecal não se correlacionou com as pressões anais e alterações anatômicas do esfíncter anal, mas as mulheres com defeitos do esfíncter têm menor EAS anterior e IAS e uma gap maior e houve correlações com menor pressão de repouso. Abstract in english Objectives To evaluate anal sphincter anatomy using three-dimensional ultrasonography (3-DAUS) in incontinent women with vaginal delivery, correlate anatomical findings with symptoms of fecal incontinence and determine the effect of vaginal delivery on anal canal anatomy and function. Methods Fem [...] ale with fecal incontinence and vaginal delivery were assessed with Wexner’s score, manometry, and 3DAUS. A control group comprising asymptomatic nulliparous was included. Anal pressure, the angle of the defect and length of the external anal sphincter (EAS), the anterior and posterior internal anal sphincter (IAS), the EAS + puborectal and the gap were measured and correlated with score. Results Of the 62, 49 had fecal incontinence and 13 were asymptomatic. Twenty five had EAS defects, 8 had combined EAS+IAS defects, 16 had intact sphincters and continence scores were similar. Subjects with sphincter defects had a shorter anterior EAS, IAS and longer gap than women without defects. Those with a vaginal delivery and intact sphincters had a shorter anterior EAS and longer gap than nulliparous. We found correlations between resting pressure and anterior EAS and IAS length in patients with defects. Conclusions Avaliar a anatomia do esfíncter anal usando ultra-sonografia tridimensional (3D-US) em mulheres incontinentes com parto vaginal, correlacionar os achados anatômicos com sintomas de incontinência fecal e, determinar o efeito do parto vaginal sobre a anatomia e função do canal anal.

Sthela Maria, MURAD-REGADAS; Iris Daiana, DEALCANFREITAS; Francisco Sergio Pinheiro, REGADAS; Lusmar Veras, RODRIGUES; Graziela Olivia da Silva, FERNANDES; Jacyara de Jesus Rosa, PEREIRA.

2014-09-01

114

Bloqueio combinado raquiperidural versus bloqueio peridural contínuo para analgesia de parto em primigestas: resultados maternos e perinatais Combined spinal-epidural block versus continuous epidural block in labor analgesia for primiparous women: newborns and women outcomes  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVOS: comparar a evolução materna e perinatal após a utilização da analgesia peridural contínua versus analgesia combinada raqui-peridural em parturientes primigestas. MÉTODOS: foi realizado ensaio clínico aleatorizado com 128 gestantes primigestas em trabalho de parto, divididas em dois grupos: analgesia peridural (APC com 65 mulheres e grupo analgesia combinada raqui-peridural (ACRP com 63, admitidas no pré-parto de duas maternidades na cidade de Jundiaí - SP. Foram estudadas as variáveis: tempo de latência de instalação da analgesia, intensidade da dor e tempo total decorrido até a dilatação completa, índice de Apgar no primeiro e quinto minutos, tempo de resolução do parto, grau de bloqueio motor, efeitos adversos como náuseas, vômitos, prurido, hipotensão arterial, e grau de satisfação materna. Foram critérios de inclusão: primigestas, estado físico ASA 1 e 2, feto único, apresentação cefálica, de termo, dilatação cervical de 3 a 6 cm e solicitação de analgesia pelo obstetra. Foram excluídas mulheres com morbidades, ruptura de membranas, anormalidades fetais e uso de opioides até quatro horas antes. Para a análise estatística utilizou-se o teste de Mann-Whitney para as variáveis contínuas não paramétricas e os testes exato de Fisher e ?2 de Pearson, para variáveis categóricas. RESULTADOS: não houve diferença entre os grupos para velocidade de dilatação cervical, tempo para resolução do parto, parâmetros hemodinâmicos maternos, vitalidade do recém-nascido, complementações analgésicas durante o trabalho de parto e modo de parto. Houve maior rapidez de instalação da analgesia no grupo da ACRP e menor bloqueio motor no grupo de APC. Não foram observadas diferenças em relação aos efeitos adversos como náuseas, vômitos, prurido e hipotensão, sendo hipotensão mais frequente no grupo APC (16,9 versus 6,3% e náusea no grupo ACRP (6,3 versus 3,1%. CONCLUSÕES: as duas técnicas mostraram-se seguras e eficientes, porém a ACRP ofereceu analgesia mais rápida, com alívio precoce da dor. O bloqueio motor menos intenso no grupo APC proporcionou movimentação mais ativa no leito e colaboração mais efetiva das gestantes durante o período expulsivo. A grande maioria das mulheres referiu satisfação com a analgesia recebida. As doses de anestésicos locais e opioides utilizadas em ambas as técnicas analgésicas e as doses complementares, iguais nos dois grupos, não produziram efeitos adversos maternos significativos ou alteraram a vitalidade dos recém-nascidos.PURPOSE: to compare maternal and perinatal results, after the use of continuous peridural versus combined rachidian and peridural analgesia in primiparous parturients. METHODS: randomized clinical trial with 128 primiparous pregnant women in labor, divided into two groups: peridural analgesia (CPA with 65 women, and combined continuous rachidian and peridural analgesia (CRPA with 63, all of them admitted in the pre-labor period at two maternities in Jundiai, in the state of São Paulo. The variables studied were: latency of analgesia onset, pain intensity, total time until complete dilation, Apgar index at the first and fifth minutes, labor duration, degree of motor blockade, adverse effects such as vomiting, pruritus, arterial hypotension and degree of maternal fulfillment. Inclusion criteria were: primiparous, physical condition ASA 1 and 2, an only foetus, cephalic presentation, term delivery, 3 to 6 cm cervical dilation, and analgesia required by the obstetritian. Women with morbidity, membrane rupture, fetal abnormality and use of opioids up to four hours before were excluded. The Mann-Whitney test was used for the statistical analysis of non-parametric continuous variables, and Fisher's exact and Pearson's ?2 tests, for the categoric variables. RESULTS: there was no difference between the groups concerning the length of cervical dilation, labor duration, maternal hemodynamic parameters, newborn vitality, analgesic complementation during labor and type of delive

Márcio Antonio de Souza

2009-10-01

115

Resultado de partos domiciliares atendidos por enfermeiras de 2005 a 2009 em Florianópolis, SC Resultado de partos domiciliares atendidos por enfermeras de 2005 a 2009 en Florianópolis, Sur de Brasil Outcomes of planned home birth assisted by nurses, from 2005 to 2009, in Florianópolis, Brazil  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Estudo transversal sobre resultados obstétricos e neonatais dos partos domiciliares planejados assistidos por enfermeiras obstétricas em Florianópolis, SC. Dados coletados nos prontuários de 100 parturientes assistidas de 2005 a 2009 apontam 11 transferências hospitalares, sendo nove submetidas a cesariana. A maioria das que pariram no domicílio apresentou batimentos cardíacos fetais (94,0% e evolução no partograma normais (61,0%, adotou posição vertical na água, no período expulsivo (71,9%, e os recém-nascidos receberam Apgar do 5° minuto > 7 (98,9%. A frequência de episiotomia foi 1,0%, 49,4% não necessitaram sutura perineal. Os resultados indicam que o parto domiciliar é seguro.Estudio transversal sobre resultados obstétricos y neonatales de los partos domiciliares planificados asistidos por enfermeras obstétricas en Florianópolis, Sur de Brasil. Datos colectados en los prontuarios de 100 parturientas asistidas de 2005 a 2009, señalan 11 transferencias hospitalarias, siendo nueve sometidas a cesárea. La mayoría de las que parieron en el domicilio presentó pulsaciones cardíacas fetales (94,0% y evolución en el partograma normales (61,0%, adoptó posición vertical en el agua, en el período expulsivo (71,9%, y los recién nacidos recibieron Apgar al 5° minuto >7 (98,9%. La frecuencia de episiotomía fue 1,0%, 49,4% no necesitaron sutura perineal. Los resultados indican que el parto domiciliar es seguro.A cross-sectional study was performed to analyze obstetric and neonatal results of planned home births assisted by obstetric nurses in the city of Florianópolis, Southern Brazil. Data collected from the medical records of 100 parturient women cared for between 2005 and 2009 indicated 11 hospital transfers, nine of which underwent a Cesarean section. The majority of women who had a home birth showed normal fetal heart beat (94.0% and progress on the partogram (61.0%, vertical water delivery was the position most frequently chosen (71.9%, newborns had an Apgar score > 7 at five minutes (98.9%, episiotomy was performed in 1.0%, and 49.4% did not need perineal suturing. Outcomes indicated that planned home birth is safe.

Joyce Green Koettker

2012-08-01

116

Reinício da atividade ovariana no pós-parto em vacas holandesas do rebanho da ESALQ / Postpartum ovarian activity in holstein cows at ESALQ herd, USP, Piracicaba, São Paulo State  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Foram determinados os perfis de progesterona no leite desnatado, em 32 vacas da raça Holandesa no pós-parto até a primeira ovulação no período de 1986 e 1987. A linha divisória das fases folicular e luteínica dos teores de progesterona foi estimada em l,12mg/ml. Ficou evidenciado que não há diferenç [...] a no tempo da primeira ovulação no pós-parto (36,83 ± 18,92 dias) para vacas holandesas criadas em clima tropical ou temperado. Abstract in english With the aid of the radioimmunoassay technique, the progesterone profile of 32 cows and their reproductive performance were studied. It was estimated that the base line between folicular and luteal phase was 1,12 ng (P4)/ml of skim milk. The first ovulation in postpartum occured within 36.83 ± 18.92 [...] days. The authors suggested that there is no difference in time required to restart the ovarian function in the postpartum of animals in tropical or temperate climate.

C.F., Meirelles; A.L., Abdalla; D.M.S.S., Vitti; M.R.S.R., Peçanha.

117

Prevalência da depressão pós-parto e fatores associados  

OpenAIRE

OBJETIVO: Avaliar a prevalência e os fatores associados à depressão pós-parto. MÉTODOS: O estudo foi realizado na cidade de Pelotas, entre outubro e novembro de 2000. As mães (n=410) foram entrevistadas no hospital, utilizando dois questionários sobre informações obstétricas e psicossociais. Posteriormente, as puérperas foram visitadas em casa, entre 30 a 45 dias depois do parto, quando foi aplicada a Escala de Hamilton com o objetivo de medir e caracterizar a presença de sintomas...

Moraes Inácia Gomes da Silva; Pinheiro Ricardo Tavares; Silva Ricardo Azevedo da; Horta Bernardo Lessa; Sousa Paulo Luis Rosa; Faria Augusto Duarte

2006-01-01

118

Fatores de risco para indicação do parto cesáreo em Campinas (SP) / Risk factors for the indication of caesarean section in Campinas (SP)  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: conhecer a freqüência de cesarianas em Campinas (SP), e identificar fatores de risco para sua ocorrência. MÉTODOS: estudo transversal no qual se analisaram dados das Declarações de Nascidos Vivos de 2001. A variável dependente foi o tipo de parto e as variáveis independentes foram as carac [...] terísticas maternas, gestacionais, do parto e do recém-nascido. Na avaliação da associação entre variáveis empregou-se o teste do chi2 e calcularam-se valores de odds ratio (OR) brutos e ajustados. RESULTADOS: a taxa de cesáreas foi 54,9%. As chances de cesárea foram aumentadas 1,9 vezes para mulheres de 20 a 34 anos (OR ajustado (ORaj)=1,9; IC a 95%:1,7-2,1); 3,7 para as maiores de 35 anos (ORaj=3,8; IC a 95%:3,2-4,5); 1,5 para as que estudaram até o ensino médio (ORaj=1,5; IC a 95%:1,4-1,6); 2,5 para as com ensino superior (ORaj=2,6; IC a 95%:2,2-2,9); 1,3 para as com companheiro (ORaj=1,3; IC a 95%:1,2-1,4); 1,6 para as que trabalhavam (ORaj=1,6; IC a 95%:1,5-1,8); 1,2 para as que moravam em regiões com melhores Índices de Condição de Vida (ORaj=1,2; IC a 95%:1,0-1,3); 2,2 para as primíparas (ORaj=2,2; IC a 95%:1,9-2,5); 1,6 para as multíparas (ORaj=1,6; IC a 95%:1,4-1,9) e 3,1 vezes nas gestações duplas (ORaj=3,1; IC a 95%:2,2-4,4). As mulheres com menos de sete consultas foram protegidas da cesárea (ORaj=0,6; IC a 95%:0,5-0,7). CONCLUSÕES: as chances para indicação de cesareana foram mais elevadas para mulheres de melhor nível socioeconômico, para as com pré-natal adequado, as primíparas, as multíparas e nas gestações duplas, sugerindo que essa indicação não se baseou somente em normas técnicas, mas também em razões não-médicas. Abstract in english PURPOSE: to determine the cesarean section (CS) rate in Campinas (SP) and to identify its risk factors. METHODS: a cross-sectional study that analyzed data obtained from Live Birth Certificates in 2001. The dependent variable was the type of delivery and the independent variables were: mothers’ char [...] acteristics and those related to their pregnancies, deliveries and to newborns. The assessment of the association among variables was performed through the chi2 test, and crude and adjusted odds ratio (OR) values were calculated. RESULTS: the CS rate was 54.9%. The chances of having CS increased 1.9 times for women from 20-34 years old (adjOR-1.9; 95% CI:1.7-2.1); 3.7 times for those over 35 years old (adjOR-3.8; 95% CI:3.2-4.5); 1.5 times for those who studied from 8-11 years (adjOR-1.5; 95% CI:1.4-1.6); 2.5 times for those who studied more than 11 years (adjOR-2.6; 95% CI:2.2-2.9); 1.3 times for those who were married (adjOR-1.3; 95 % CI:1.2-1.4); 1.6 times for those who had jobs (adjOR-1.6; 95% CI:1.5-1.8); 1.2 times for who had good living conditions (adjOR-1.2; 95% CI:1.0-1.3); 2.2 times for primiparous (adjOR-2.2; 95% CI:1.9-2.5), 1.6 times for multiparous (adjOR-1.6; 95% CI:1.4-1.9) and 2.7 times in twin gestations (adjOR-2.7; 95% CI:1.9-3.9). The women who had inadequate prenatal care were protected for CS (adjOR-0.6; 95% CI:0.5-0.7). CONCLUSION: the chance of having CS was greater among women with better socio-economic conditions, with adequate prenatal care, for primiparous, for multiparous and in twin gestations, suggesting that the basis for indication of cesarean sections were not restricted to clinical factors but influenced by non-medical reasons.

Emília de Faria, Carniel; Maria de Lurdes, Zanolli; André Moreno, Morcillo.

2007-01-01

119

Efeito da aplicação de prostaglandina (PGF2a no pós-parto imediato sobre a incidência de retenção de placenta em vacas de leite  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de prostaglandina na primeira hora pós-parto sobre a incidência de retenção de placenta 8 e 12 horas pós-parto. Foram utilizadas 82 vacas como controle e 82 vacas tratadas com 25mg de prostaglandina (LUTALYSE®, 5ml. Vacas tratadas com PGF2alfa liberaram a placenta mais rápido (P<0,10 do que as não tratadas (7,72±0,84 vs. 10,07±1,09h. A incidência de retenção de placenta com mais de oito horas foi 30,5% no grupo-controle e 17,1% no grupo-tratado (P<0,05 e com mais de 12 horas, 19,5% no grupo-controle e 12,2% no grupo-tratado (P<0,10. Verificou-se também que fazenda, índice de condição corporal e ordem de lactação tiveram influência na ocorrência de retenção de placenta, mas não se verificou efeito do sexo do bezerro nem da ajuda ao parto. Estes dados mostram que o tratamento com prostaglandina na primeira hora pós-parto pode ser usado como preventivo da retenção de placenta.

Santos R.M.

2002-01-01

120

Avaliação do risco para parto prematuro espontâneo pelo comprimento do colo uterino no primeiro e segundo trimestres da gravidez Risk assessment for spontaneous preterm delivery according to cervical length in the first and second trimesters of pregnancy  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objetivos:avaliar, no primeiro e segundo trimestres da gravidez, a correlação entre o comprimento do colo uterino e a ocorrência de parto prematuro espontâneo. Métodos:em 641 grávidas do pré-natal geral, a medida do comprimento do colo uterino foi realizada em dois momentos: entre a 11ª e a 16ª e entre a 23ª e a 24ª semana da gravidez. A avaliação do colo uterino foi feita pela ultra-sonografia transvaginal, com a grávida em posição ginecológica e tendo realizado previamente esvaziamento da bexiga. O comprimento do colo uterino foi medido linearmente do seu orifício interno ao externo. A medida do comprimento do colo uterino foi correlacionada com a idade gestacional no momento do parto. Para comparação das médias do grupo de grávidas que tiveram parto prematuro e a termo utilizamos o teste t de Student. A sensibilidade, especificidade, taxa de falso-positivos, falso-negativos e acurácia para o parto prematuro foram calculadas para os comprimentos de colo menores ou iguais a 30 mm, 25 mm e 20 mm. Resultados:a medida do comprimento do colo uterino entre a 11ª e a 16ª semana de gestação não apresentou diferença significativa entre o grupo de parto prematuro e o grupo a termo (40,6 mm e 42,7 mm, respectivamente, p=0,2459. A diferença entre os grupos, no entanto, foi significativa quando o colo foi medido entre a 23ª e a 24ª semana de gravidez (37,3 mm para o grupo que evoluiu com parto prematuro e 26,7 mm para o grupo a termo, p=0,0001, teste t de Student. Conclusões:o comprimento do colo uterino entre a 11ª e a 16ª semana de gravidez não foi significativamente diferente entre as gestantes com parto prematuro ou a termo. No entanto, na 23ª e 24ª semana esta diferença foi significativa, podendo ser um método de predição da prematuridade.Purpose: to evaluate, in the first and second trimesters of pregnancy, the correlation between cervical length and spontaneous preterm delivery. Methods: cervical length was evaluated in 641 pregnant women between 11-16 weeks' and 23-24 weeks' gestation. Cervical assessment was performed by a transvaginal scan with the patient with empty bladder in a gynecological position. Cervical length was measured from the internal to the external os. The gestational age at delivery was correlated with the length of the cervix. To compare the means in groups of pregnant women who had a term or preterm delivery, we used Student's t test. Sensitivity, specificity, false-positive and false-negative rates, and accuracy were calculated for cervical length of 20 mm or less, 25 mm or less and 30 mm or less in the prediction of preterm delivery. Results: the measurement of cervical length, between 11 and 16 weeks of pregnancy, did not show any statistically significant difference on comparing women who had preterm and term delivery (40.6 mm and 42.7 mm, respectively, p=0.2459. However, the difference between the two groups at 23 to 24 weeks was significant (37.3 mm in the group who delivered prematurely and 26.7 mm in the term group, p=0.0001, Student's t test. Conclusion: there was no significant difference in cervical length, at 11 to 16 weeks, between pregnant women who had a preterm and term delivery. However, at 23 to 24 weeks, cervical length was significantly different between the two groups, and this measurement might be used as a predictor for prematurity.

Mário Henrique Burlacchini de Carvalho

2002-08-01

121

Flushing em vacas de corte no pós-parto, submetidas ao desmame precoce: desempenho reprodutivo / Flushing on the postpartum beef cows submitted to early weaning: reproductive performance  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Spain | Language: Portuguese Abstract in portuguese O objetivo deste experimento foi avaliar o efeito da suplementação de gordura por um curto período de tempo (flushing) sobre o desempenho reprodutivo (aparecimento de estro pós-parto, anestro, intervalo de estro pós-parto, intervalo entre partos, número de inseminações artificiais, intervalo entre a [...] s inseminações artificiais e percentagem de prenhez) de fêmeas de corte no pós-parto, submetidas ao desmame precoce. Foram utilizadas 258 vacas, dos grupos genéticos: Aberdeen Angus (n= 21), Aberdeen Angus x Canchim (n= 20), Canchim x Aberdeen Angus (n= 52), Charolês x Caracu (n= 29), Charolês (n= 18), Cachim (n= 34), Caracu (n= 35), Caracu x Charolês (n= 26) e Purunã (n= 23), com peso vivo médio de 418,1 kg e diagnóstico de prenhez positivo. Os animais foram distribuídos nos tratamentos flushing (30% de grão de soja + 70% de milho) e não suplementados. Foram avaliados três períodos de acordo com a ordem de parição: setembro, outubro e novembro. Não houve efeito do flushing sobre a percentagem de estro pós-parto (82,9%), percentagem de anestro (17,0%), intervalo de estro pós-parto (100,5 dias), peso ao nascer do bezerro (34,2 kg), número de inseminações artificiais (1,4), intervalo entre a 1ª e a 2ª inseminação artificial (19,2 dias), intervalo entre a 2ª e 3ª inseminação artificial (19,9 dias) e percentagem de prenhez (54,6%). O flushing reduziu o intervalo entre partos (391,1 vs. 399,3 dias). O período de novembro apresentou menor percentagem de estro pós-parto (70,6%), percentagem de anestro (29,4%), intervalo de estro pós-parto (90,3 dias), intervalo entre partos (378,3 dias), número de inseminações artificiais (1,2), intervalo entre a 1ª e a 2ª inseminação artificial (11,5 dias) e percentagem de prenhez (27,5%). Abstract in english The objective of this experiment was to evaluate the effects of short-time fat supplementation (flushing) on the reproductive performance (postpartum estrus, postpartum anestrus, postpartum estrus interval, calving interval, number of artificial insemination, artificial insemination interval, and pr [...] egnancy rate) of postpartum beef cows, submitted to the early weaning. Two hundred and fifty eight beef cows were used from the following genetic groups: Aberdeen Angus (n= 21), Aberdeen Angus x Canchim (n= 20), Canchim x Aberdeen Angus (n= 52), Charoles x Caracu (n= 29), Charolais (n= 18), Cachim (n= 34), Caracu (n= 35), Caracu x Charoles (n= 26) an Purunã (n= 23), with 418.1 kg of body weight and all pregnant. These animals were split into two types of treatments: flushing (30% soybean full + 70% corn) and no supplementation. There was no flushing effect on postpartum estrus percentage (82.9%), anestrus percentage (17.0%), postpartum estrus interval (100.5 days), calf birth weight (34.2 kg), number of artificial insemination (1.4), interval between the 1st and the 2nd artificial insemination (19.2 days), interval between the 1st and the 2nd artificial insemination (19.9 days), and pregnancy percentage (54.6%). The flushing reduced calving interval (391.14 vs. 399.31 days). The November period had lower postpartum estrus percentage (70.6%), anestrus percentage (29.4%), postpartum estrus interval (90.3 days), calving interval (378.3 days), number of artificial insemination (1.2), interval between the 1st and the 2nd artificial insemination (11.5 days), and pregnancy percentage (27.5%).

M., Muller; I.N., Prado; L.M., Zeoula; D., Perotto; J.L., Moletta; R.R., Silva.

2010-03-01

122

Estimation of genetic parameters for test-day milk yield in first calving buffaloes / Estimação de parâmetros genéticos para produção do leite no dia do controle em búfalas de primeiro parto / Estimación de parámetros genéticos para producción de leche en el día de control en búfalas de primer parto  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Colombia | Language: English Abstract in portuguese Antecedentes: os registros da produção do leite medidos ao longo da lactação, apresentam um exemplo de medidas repetidas. Os modelos de regressão aleatória apresentam abordagem atraente para modelar medidas repetidas e estimar parâmetros genéticos. Objetivo: estimar parámetros genéticos mediante a m [...] odelação das variâncias genéticas e residual da produção do leite no dia do controle em búfalas de primeiro parto. Métodos: foram analisados 3986 controles de produção de leite em primeiras lactações de 1246 búfalas, filhas de 391 fêmeas e 23 touros, entre 1997 e 2008 em 5 fazendas. No modelo foram incluídos como efeitos aleatórios o genético aditivo e ambiente permanente, e como fixos o grupo contemporâneo (mês e ano de controle) e a covariável a idade da búfala ao parto (Lineal). As regressões fixas (3° ordem) e aleatórias (3° a 9° ordem) foram obtidas mediante polinômios ortogonais de Legendre. As variâncias residuais foram modeladas mediante estruturas homogêneas e diferentes classes heterogêneas. Os componentes de variância foram estimadas mediante o software WOMBAT. Resultados: de acordo com a prova da máxima verossimilhança, o melhor modelo foi com 4 classes de variâncias residuais, sendo considerado polinômios de Legendre de quarto ordem para o efeito de ambiente permanente e genético aditivo. As herdabilidades foram baixas, variando desde 0,00 até 0,14. As correlações genéticas foram altas e positivas entre o PDC1 e PDC8, a exceção do PDC9 que apresentou valores negativos com respeito aos outros controles. Conclusões:é necessário considerar heterogeneidade de variâncias nos modelos estudados, tentando modelar as mudanças nas variações respeito aos dias em lactação. Abstract in spanish Antecedentes: los registros de producción de leche medidos a lo largo de la lactancia son un ejemplo de medidas repetidas, los modelos de regresión aleatoria presentan un enfoque atractivo para modelar medidas repetidas y para estimar parámetros genéticos. Objetivo: estimar parámetros genéticos a tr [...] avés de la modelación de la varianza genética y residual para producción de leche en el día de control en búfalas de primer parto. Métodos: fueron analizados 3986 controles de producción de leche en la primera lactancia de 1246 búfalas, hijas de 391 hembras y 23 toros, durante los años 1997 hasta 2008 en 5 fincas. El modelo incluyó como efectos aleatorios genético aditivo y de ambiente permanente, como efectos fijos grupo contemporáneo compuesto por mes, año de control y la covariable de la edad de la búfala al parto (lineal). Las regresiones fijas (3er orden) y aleatorias (3er a 9no orden) fueron obtenidas mediante polinomios de Legendre. Las varianzas residuales fueron modeladas con una estructura homogénea y varias clases heterogéneas. Los componentes de varianza fueron estimados utilizando el programa WOMBAT. Resultados: de acuerdo con la prueba de la razón de verosimilitud, el mejor modelo fue con 4 clases de varianzas residuales, siendo considerado un polinomio de Legendre de cuarto orden para el efecto de ambiente permanente y genético aditivo. Las heredabilidades fueron bajas, variando desde 0,00 hasta 0,14. Las correlaciones genéticas fueron altas y positivas entre los PDC1 a PDC8, excepto en el PDC9 que fue negativo con respecto a los demás controles. Conclusiones: es necesario considerar la heterogeneidad de varianzas residuales en los modelos estudiados, con el fin de modelar los cambios en las variaciones respecto a los días en lactancia. Abstract in english Background: the milk yield records measured along lactation provide an example of repeated measures; the random regression models are an appealing approach to model repeated measures and to estimate genetic parameters. Objective: to estimate the genetic parameters by modeling the additive genetic an [...] d the residual variance for test-day milk yield in first calving buffaloes. Methods: 3,986 tes

Naudin A, Hurtado-Lugo; Severino C, de Sousa; Rúsbel R, Aspilcueta; Swammy Y, Gutiérrez; Mario F, Cerón-Muñoz; Humberto, Tonhati.

2013-09-01

123

REPERCUSIÓN DEL PARTO PRETÉRMINO  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Se realizó un estudio prospectivo descriptivo en el hospital Ginecobstétrico Provincial Docente "Ana Betancourt de Mora" de Camagüey para determinar la repercusión del parto pretérmino desde enero a diciembre del año 2004. El universo estuvo constituido por las gestantes que tuvieron este evento entre 21 y 36.6 semanas; en total fueron 197 embarazadas, con edad media de 26.4 +/- 6.4 años; de las cuales 101 para el 51.2 %, no tenían experiencia previa de parto, 89 fueron evaluadas como bajo peso (45.1 % y 119 con ganancia insuficiente (60.4 %. La infección vaginal fue la enfermedad asociada más frecuente, al constituir el 41.6 % de la muestra y la rotura prematura de membranas la propia con 108 para el 54.8 %. La mayor cantidad de partos ocurrió después de las 33 semanas con 138 para un 70 %. La depresión respiratoria transitoria con 55 (27.9 %, la neumonía congénita 23 (11.6 % y la enfermedad de la membrana hialina 22 (11.1 % constituyó la principal morbilidad de los neonatos; mientras que la anemia con 11 (5.5 % y la dehiscencia de la rafia con 6 (0.3 % las maternas. Se confirmó la necesidad del estudio y control de los factores de riesgo del parto pretérmino como la infección cervicovaginal que tan elevada morbilidad puede causar a nuestras mujeres en general y particularmente a los gestantes con su secuela de bajo peso al nacer e inmadurez secundaria a la prematuridad, ya sea directamente o través de la rotura prematura de las membranas amnióticas.

Maitt\\u00E9 Vera L\\u00F3pez

2006-01-01

124

Qualidade e eqüidade da atenção ao pré-natal e ao parto em Criciúma, Santa Catarina, Sul do Brasil Quality and equity in antenatal care and during delivery in Criciúma, Santa Catarina, in Southern Brazil  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Este estudo transversal de base populacional teve por objetivo avaliar a qualidade e a eqüidade da atenção ao pré-natal, ao parto e ao recém-nascido em uma amostra probabilística de 2180 crianças menores de três anos residentes na área urbana do município de Criciúma, SC. 96,6% das mães destas crianças realizaram pelo menos uma consulta de pré-natal; o parto hospitalar foi praticamente universal. As mães de menor renda iniciaram o pré-natal mais tarde e realizaram menos consultas. Gestantes com maior risco reprodutivo apresentaram menor percentagem de atendimento com qualidade adequada. Dos 13 procedimentos de pré-natal e parto pesquisados, o 1º e 4º quartil de renda familiar realizaram 8,6 e 9,4 procedimentos, respectivamente. Os exames ginecológico especular e de mamas foram os menos realizados (51% para ambos. As gestantes do 4º quartil de renda familiar total tiveram 1,5 e 1,9 vezes mais estes procedimentos em relação às do 1º quartil. Esforços devem ser feitos no sentido de captar precocemente as mães provenientes de famílias de menor poder aquisitivo e deve ser utilizado o enfoque de risco com discriminação positiva. Os médicos devem ser re-treinados quanto aos seus procedimentos tanto no pré-natal quanto na assistência ao parto.This population-based cross-sectional study was carried out with a sample of 2,180 children less than three years old living in the urban area of Criciúma, Santa Catarina State, in Southern Brazil. The study aimed to evaluate equity issues related to the quality of antenatal care and newborn care during delivery. 96.6% of mothers had at least one medical check-up during antenatal care. Almost all deliveries took place in a hospital. Low-income mothers began antenatal care later and had less medical check-ups. Pregnant women with higher reproductive risk scores received less appropriate care in the period. Among 13 recommended procedures for antenatal care and during delivery, mothers belonging to the first and quarter quartiles received 8.6 and 9.4 of the recommended procedures, respectively. Pelvic and breast examinations were the least frequently performed of all recommended procedures (51%. Women in the highest income quartile were 1.5 times more likely to have a pelvic exam, and 1.9 times more likely to have their breasts examined, than those in the lowest quartile. Health services should focus on the poorest and highest risk pregnant women. Doctors and health workers should be trained and motivated toward this purpose.

Nelson A. Neumann

2003-12-01

125

Práticas assistenciais em reanimação do recém-nascido no contexto de um centro de parto normal / Care practices on the resuscitation of newborns in the context of a delivery center / Prácticas asistenciales en reanimación neonatal en el contexto de un centro de parto normal  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Aproximadamente 10 a 15% dos recém-nascidos (RNs) apresentam dificuldades de adaptação ao nascimento, o que requer habilidade e prontidão dos profis-sionais para intervir nessas situações. Este estudo observacional, transversal objetivou descrever as práticas assistenciais empregadas em reanimação n [...] eo-natal em um Centro de Parto Normal de um hospital público de São Paulo. Observou-se 100 atendimentos prestados pela equipe profissional e os dados foram registrados em um instrumento checklist. A presença de líquido meconial foi constatada em 24 (24,0%) partos e a aspiração das vias respiratórias foi realizada em 47 (47,0%) RNs. Desse total, 3 (6,4%) tiveram a traquéia aspirada e 26 (26,0%) RNs receberam oxigenação, sendo que 5 (19,2%) com máscara aberta e pressão positiva. Massagem cardíaca foi realizada em 1 (1,0%) RN. Após a reanimação neonatal inicial, 6 (6,0%)RNs foram transferidos à UTI neonatal devido desconforto respiratório. Abstract in spanish Aproximadamente entre 10 a 15% de los recién nacidos (RNs) presentan dificultades de adaptación al nacer. Así, el momento del nacimiento requiere habilidad y prontitud de los profesionales para intervenir de modo adecuado. Este estudio observacional, transversal realizado en un hospital público de S [...] ão Paulo, tuvo como objetivo describir las prácticas asistenciales en reanimación neonatal en un centro de parto normal. Se observaron 100 atenciones al nacimiento prestados por el equipo profesional cuyos datos fueron registrados en un instrumento checklist. Se verificó presencia de líquido meconial en 24(24.0%) de las atenciones. Las vías respiratorias de 47(47.0%) RNs fueron aspiradas. De ese total, 3(6.4%) tuvieron aspiración de tráquea. 26(26.0%) RNs fueron oxigenados, 5(19.2%) recibieron, además de la máscara abierta, ventilación por presión positiva. El masaje cardiaco fue empleado en 1(1.0%) RN. Después de la reanimación neonatal 6(6.0%) RNs fueron transferidos a la26(26.0%) RNs UCI neonatal. Abstract in english Approximately 10 to 15% of the neonates present difficulties in adapting to extra uterine life, which requires ability and readiness from the professional to intervene properly. This is an observational, cross-sectional study aimed at describing the care practices on the resuscitation of the newborn [...] in the Delivery Center of a public hospital in the city of São Paulo. Data were obtained from the observation of 100 assistances given by health care professional staff and were recorded on a checklist instrument. Meconium-amniotic fluid was found in 24 (24.0%) births and 47 (47.0%) newborns were submitted to respiratory airways aspiration. Of these, 6.4% (3) had their trachea aspirated. 26 (26.0%) newborns were ventilated, 5 (19.2%) of which by mask plus positive pressure; 1 (1.0%) newborn was submitted to a chest compression. After the initial resuscitation procedures, 6 (6.0%) newborns were referred to the neonatal intensive care unit.

Karina, Fernandes; Amélia Fumiko, Kimura.

2005-12-01

126

Influência do manejo de mamada sobre o retorno ao estro em ovelhas no pós-parto / Influence of the suckling management on the estrus return in ewes at post-partum  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Conduziu-se este estudo, com o objetivo de avaliar o retorno ao estro pós-parto de ovelhas submetidas a diferentes manejos de mamada. Foram utilizados 56 ovelhas Santa Inês e Bergamácia, 71 cordeiros e 3 rufiões. Os manejos de mamada (MM) foram: 1: contínua; 2: duas mamadas diárias; 3: mamada durant [...] e a noite. O período experimental foi dos 15 dias pós-parto até o desmame aos 60 dias. Até os 15, dias de idade os cordeiros permaneceram com suas mães em período integral. No MM 1, as ovelhas permaneceram com seus cordeiros em uma baia, em período integral. No MM 2, as ovelhas passaram a noite em uma baia e o dia em pastagem, momento em que não possuíam contato físico e visual com as crias. Seus cordeiros permaneceram em outra baia em período integral, para onde as ovelhas eram encaminhadas no momento da amamentação. No MM 3, as ovelhas passaram o dia em pastagem e a noite com seus cordeiros em uma baia, na qual os cordeiros permaneceram em período integral. Todas as ovelhas e todos os cordeiros receberam alimentação nas baias. Para identificação das ovelhas em estro foram utilizados rufiões, os quais permaneceram com elas em período integral. Os dados foram submetidos à análise de variância (PROC GLM, Sas®), e as médias comparadas por contrastes. O MM 2 possibilitou retorno ao estro pós-parto precoce quando comparado ao MM 3 e ao MM 1. Houve pouca ou nenhuma influência do anestro lactacional, pois 80% das ovelhas apresentaram estro durante a amamentação. Abstract in english The objective of this work was to evaluate the return to postpartum estrus of ewes submitted to different suckling managements. Fifty-six (56) Santa Ines and Bergamácia ewes, 71 lambs and 3 teasers were utilized. The suckling managements (MM) were: 1: Continuous; 2: Two daily sucklings; 3: suckling [...] during the night. The experimental period was from 15 days postpartum to weaning at 60 days. The lambs stayed with their mothers until they were 15 days old. For MM 1, the ewes remained with their lambs in a pen for the duration of the study. For MM 2, the ewes spent the night in a pen and the day in pasture; they had no visual or physical contact with their sucklings during the day. Their lambs were kept in a separate pen during the day, where the ewes were led at suckling time. For MM 3, the ewes spent the day in pasture and the night with their lambs in a pen, in which the lambs remained the whole time. All the ewes and all the lambs were fed in the pens. For identification of the ewes in estrus, teasers were utilized, which remained with them the whole time. The data was submitted to an analysis of variance (PROC GLM, Sas®) and the means compared by contrasts. MM 2 made it possible for ewes to return to postpartum estrus early when compared with MM 3 and MM 1. There was little or no influence of lactation anestrous, since 80% of the ewes presented estrus during suckling.

Roberta de Moura, Assis; Juan Ramon Olalquiaga, Pérez; José Camisão de, Souza; Rafael Fernandes, Leite; José Rodolfo Reis de, Carvalho.

1009-10-01

127

Estudo comparativo entre marcadores ultra-sonográficos morfológicos preditores de parto pré-termo: sinal do afunilamento do colo e ausência do eco glandular endocervical / A comparative study between morphologic ultrasonographic markers for preterm delivery: funneling sign and absence of cervical gland area  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Avaliar o risco de parto pré-termo (PPT) espontâneo na população geral a partir do estudo comparativo dos marcadores ultra-sonográficos morfológicos do colo uterino, como o sinal do afunilamento e a ausência da área glandular endocervical. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram arroladas 361 gestantes [...] na população geral, submetidas a exame ultra-sonográfico transvaginal entre a 21ª e 24ª semana, e verificados os resultados perinatais. RESULTADOS: A incidência de PPT espontâneo foi de 5,0%. O sinal do afunilamento foi observado em 4,2% da população estudada e em 22,2% das pacientes que evoluíram para PPT espontâneo. Tal parâmetro mostrou associação significante com PPT (p Abstract in english OBJECTIVE: To verify if different morphological ultrasonographic markers such as the funneling sign and the cervical gland area can be predictors of spontaneous premature delivery in pregnant women between 21 and 24 weeks of gestation. MATERIALS AND METHODS: This was a prospective cross-sectional st [...] udy in which 361 women with 21 to 24 weeks of gestation were examined by transvaginal ultrasonography. The gestational age at delivery was later checked by telephone or mail. RESULTS: Spontaneous preterm delivery (SPD) occurred in 5% of the patients. Cervical funneling occurred in 4.2% of the women and in 22.2% of those who had SPD. This finding was correlated to preterm delivery (p

Claudio Rodrigues, Pires; Antonio Fernandes, Moron; Rosiane, Mattar; Luiz, Kulay Júnior.

2005-02-01

128

Fatores associados à indução do parto em gestantes com óbito fetal após a 20ª semana / Factors associated with induced delivery in pregnant women with a dead fetus after the 20th week of gestation  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVOS: determinar os fatores associados à indução do trabalho de parto em gestantes com óbito fetal. MÉTODOS: estudo seccional, com 258 gestantes após a 20ª semana e diagnóstico ultrassonográfico de óbito fetal, no período de janeiro/2005 a dezembro/2008, na maternidade do Hospital Barão de Luce [...] na, Recife, Brasil. Características sociodemográficas, causas e tipos de óbito fetal, antecedentes obstétricos e características do parto foram variáveis estudadas. Foram utilizados testes qui-quadrado, exato de Fisher e "t" de Student. Razão de prevalência e análise de regressão logística múltipla também foram realizados. O nível de significância foi de 5%. RESULTADOS: a indução do parto ocorreu em 83 (32,2%) gestantes. Após análise multivariada, observou-se que a idade gestacional acima da 40ª semana de gravidez (OR= 126,5; IC95%= 3,83-4.201,5) e óbito fetal tardio (OR= 6,86; IC95%= 2,55-18,47) foram fatores de risco que permaneceram associados à indução do parto. Cesariana (OR= 0,02; IC95%= 0,004-0,09), funiculopatias (OR= 0,12; IC95%= 0,02-0,68), presença de uma ou menos gestações anteriores (OR= 0,34; IC95%= 0,14-0,81) e uma ou mais cesáreas anteriores (OR= 0,16; IC95%= 0,04-0,71) foram negativamente associados à indução. CONCLUSÕES: idade gestacional acima da 40ª semana e óbito fetal tardio são fatores de risco que podem estar associados à indução do parto em gestantes com óbito fetal. Abstract in english OBJECTIVES: to determine the factors associated with induced delivery in pregnant women carrying a dead fetus. METHODS: a cross-sectional study with 258 pregnant women past the 20th week of gestation diagnosed by ultrasound as carrying a dead fetus, between January 2005 and December 2008, at the Hos [...] pital Barão de Lucena maternity hospital, in Recife, Brazil. Socio-demographic characteristics, causes and types of fetal death, prior obstetric data and characteristics of birth were the variables studied. The chi-square test, Fisher's exact test and Student's t test were used. The rate of prevalence was calculated and multiple logistic regression was carried out. The level of significance was 5%. RESULTS: birth was induced in 83 (32.2%) of the pregnant women. Following multivariate analysis, it was found that a gestational age of over 40 weeks (OR= 126.5; CI95%= 3.83-4,201.5) and late fetal death (OR= 6.86; CI95%= 2.55-18.47) were the risk factors that continued to be associated with induced delivery. Caesarian section (OR= 0.02; CI95%= 0.004-0.09), funiculopathy (OR= 0.12; CI95%= 0.02-0.68), having had one or more previous pregnancies (OR= 0.34; CI95%= 0.14-0.81) and one or more previous caesarian sections (OR= 0.16; IC95%= 0.04-0.71) were negatively associated with induced delivery. CONCLUSIONS: a gestational age of over 40 weeks and late fetal death are the risk factors that could be associated with induced delivery in pregnant women carrying a dead fetus.

Ânderson Gonçalves, Sampaio; Alex Sandro Rolland, Souza; Carlos, Noronha Neto.

2011-06-01

129

Fatores associados à retenção de peso pós-parto em uma coorte de mulheres, 2005-2007 Factors associated with post-partum weight retention in a cohort of women, 2005-2007  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: investigar fatores associados à retenção de peso pós-parto. MÉTODOS: estudo de coorte com 104 gestantes recrutadas em uma Unidade Básica de Saúde no município do Rio de Janeiro, da 8ª a 13ª semana de gestação e acompanhadas até aproximadamente 55 dias pós-parto. As variáveis incluíram informações sócio-demográficas, econômicas, bioquímicas, antropométricas e reprodutivas. A retenção de peso pós-parto (diferença entre o peso pós-parto e o peso pré-gestacional foi utilizada como variável dependente. RESULTADOS: a média de peso retido foi 3,2 kg ± 3,7 kg. As mulheres com ganho de peso gestacional (GPG excessivo retiveram 5,0 kg ± 3,9 em comparação a 3,6 kg ± 3,0 em mulheres com GPG adequado e 1,4 kg ± 3,1 para as com GPG insuficiente. O GPG e o Índice de Massa corporal (IMC pré-gestacional mantiveram associação significativa com a retenção de peso no modelo final. Observou-se que a cada quilo de peso ganho na gestação, quase 50% ficaram retidos no pós-parto (? = 0,494; pOBJECTIVE: to investigate factors associated with post-partum weight retention. METHODS: a cohort study with 104 recruited pregnant women in the 8th to 13th week of gestation was carried out at Basic Health Unit in the municipality of Rio de Janeiro and the women were accompanied until around 55 days post-partum. The variables included socio-demographic, economic, biochemical, anthropometric and reproductive data. Post-partum weight retention (the difference between postpartum andpre-gestational weight was used as the dependent variable. RESULTS: the mean weight retention was 3.2 kg ± 3.7 kg. Women with excessive gestational weight gain retained 5.0 kg ± 3.9 in comparison to 3.6 kg ± 3.0 in women with adequate gestational weight gain and 1.4 kg ± 3.1 compared to those with inadequate gestational weight gain. The gestational weight gain and pre-gestational body mass index continued to show a significant association with weight retention in the final model. It was found that for every kilogram of weight gain during gestation, almost 50% was retained post-partum (? = 0.494; p<0.001 and every 1.0 kg/m² less in pre-gestational BMI corresponded to a retention of approximately 150g (? = -0.149; p<0.05. CONCLUSION: gestational weight gain is positively associated with post-partum weight retention, while pre-gestational BMI is inversely associated with the dependent variable. Nutritional advice on weight control may help minimize the incidence of obesity in women during post-partum.

Fernanda Rebelo

2010-06-01

130

Obstetric outcomes in the second birth of women with a previous caesarean delivery: a retrospective cohort study from Peru / Resultados obstétricos no segundo parto em mulheres com uma cesárea anterior: um estudo de coorte retrospectivo no Peru  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese OBJETIVO: Analisar os resultados obstétricos no segundo parto de mulheres que já haviam realizado uma cesariana. MÉTODOS: Estudo de coorte retrospectivo em um hospital materno. Foram incluídas mulheres grávidas que deram à luz (vaginal ou cesárea) de 2001 a 2009. Os principais critérios de inclusão [...] foram: mulheres com 24 a 41 semanas de gestação e com um parto prévio. Duas coortes foram selecionados, sendo uma incluindo mulheres com uma cesariana anterior (n=7.215) e outra com um parto vaginal (n=23.720). Ambos os grupos foram comparados, e uma regressão logística foi realizada para ajustar devido às variáveis de confusão. Os resultados obstétricos incluídos foram ruptura uterina, placenta prévia, complicações relacionadas com uma placentação inadequada, tais como descolamento prematuro da placenta, pré-eclâmpsia e parto prematuro espontâneo. RESULTADOS: Mulheres com uma cesariana anterior foram mais propensas a ter resultados adversos, tais como ruptura uterina (OR=12,4, IC95% 6,8-22,3), descolamento prematuro da placenta (OR=1,4, IC95% 1,1-2,1), pré-eclâmpsia (OR=1,4, IC95% 1,2-1,6) e parto prematuro espontâneo (OR=1,4, IC95% 1,1-1,7). CONCLUSÕES: Pessoas com uma cesárea anterior têm resultados obstétricos adversos na gravidez subsequente, incluindo ruptura de útero, distúrbios relacionados com uma placentação inadequada, tais como pré-eclâmpsia, parto prematuro espontâneo e descolamento prematuro da placenta. Abstract in english PURPOSE: To examine obstetric outcomes in the second birth of women who had undergone a previous cesarean delivery. METHODS: This was a large hospital-based retrospective cohort study. We included pregnant women who had a previous delivery (vaginal or cesarean) attending their second birth from 2001 [...] to 2009. Main inclusion criteria were singleton pregnancies and delivery between a gestation of 24 and 41 weeks. Two cohorts were selected, being women with a previous cesarean delivery (n=7,215) and those with a vaginal one (n=23,720). Both groups were compared and logistic regression was performed to adjust for confounding variables. The obstetric outcomes included uterine rupture, placenta previa, and placental-related complications such as placental abruption, preeclampsia, and spontaneous preterm delivery. RESULTS: Women with previous cesarean delivery were more likely to have adverse outcomes such as uterine rupture (OR=12.4, 95%CI 6.8-22.3), placental abruption (OR=1.4, 95%CI 1.1-2.1), preeclampsia (OR=1.4, 95%CI 1.2-1.6), and spontaneous preterm delivery (OR=1.4, 95%CI 1.1-1.7). CONCLUSIONS: Individuals with previous cesarean section have adverse obstetric outcomes in the subsequent pregnancy, including uterine rupture, and placental-related disorders such as preeclampsia, spontaneous preterm delivery, and placental abruption.

Walter Ricardo Ventura, Laveriano; Conny Elizabeth Nazario, Redondo.

2013-04-01

131

Identification of molecular markers on bovine chromosome 18 associated to calving interval in a Brangus-Ibagé cattle herd / Identificação de marcadores moleculares no cromossomo bovino 18 associados ao intervalo entre partos em um rebanho Brangus-Ibagé  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese Na fase de detecção, em um programa de seleção assistida por marcadores, em bovinos, este trabalho investigou a variabilidade genética de três microssatélites no cromossomo 18 (BTA 18). As possíveis associações entre genótipos ou alelos destes marcadores versus o peso ao primeiro parto e o intervalo [...] entre partos (como indicadores do desempenho reprodutivo) foram avaliados em um rebanho de gado de corte (5/8 Aberdeen Angus x 3/8 Nelore). Onze alelos foram detectados em TGLA227 e ILSTS002 e três em BMS3004, os mais freqüentes sendo TGLA227*79, ILSTS002*133, ILSTS002*135 e BMS3004*129. O conteúdo polimórfico de informação variou de 0,41 a 0,84, enquanto a heterozigosidade variou de 49 a 86%, com média de 77%. As análises de associação efetuadas entre classes genotípicas dos marcadores genéticos versus o peso ao primeiro parto não indicaram resultados significantes. Da mesma forma, nenhuma correlação foi observada entre o intervalo entre partos (IEP) e os genótipos de TGLA227. Entretanto, associações positivas foram detectadas entre ILSTS002 e BMS3004 com o IEP. Animais portadores de pelo menos um alelo ILSTS002*135 apresentaram IEP cerca de 39 dias mais longo que os indivíduos com outros genótipos, e animais heterozigotos para BMS3004 apresentaram IEP cerca de 35 dias mais curto que os homozigotos. Assim, pode-se concluir que esses marcadores podem ser úteis como auxiliares na seleção para fertilidade, o rebanho em questão. Abstract in english In the detection phase of a bovine marker assisted selection program, this paper investigated the genetic variability of three microsatellites on the chromosome 18 (BTA 18). The possible associations between genotypes or alleles of these markers versus weight at first calving and a lifetime calving [...] interval (as indicators of reproductive performance) were evaluated in a beef cattle herd (5/8 Aberdeen Angus x 3/8 Nelore). Eleven alleles were detected in TGLA227 and ILSTS002 and three in BMS3004, the most frequent being TGLA227*79, ILSTS002*133, ILSTS002*135 and BMS3004*129. Polymorphic information content ranged from 0.41 to 0.84, while heterozygosity ranged from 49% to 86%, with an average value of 77%. The association analyses performed between genotype classes for the genetic markers versus weight at first calving indicated no significant result. Also, no correlation was observed between calving interval (CI) and TGLA227 genotypes. However, positive associations were detected between ILSTS002 and BMS3004 and CI. Animals carrying at least one ILSTS002*135 allele presented a CI about 39 days longer than the individuals with other genotypes; animals heterozygous for BMS3004 presented a CI about 35 days shorter than the homozygous. On these grounds, it can be concluded that these markers can be useful as an aid to fertility selection, in this herd.

Tania de Azevedo, Weimer; Clara Sabina, Steigleder; Márcia Silveira, Machado; Sabrina Esteves Matos, Almeida; João Francisco Coelho, Oliveira; José Carlos Ferrugem, Moraes; Luis Ernani, Henkes.

1502-15-01

132

Avaliação da medida do comprimento do colo e da ausência do eco glandular endocervical para predição do parto pré-termo Evaluation of risk for preterm delivery by measurement of uterine cervix and cervical gland area  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: verificar a prevalência do sinal eco glandular endocervical (EGE e o comprimento cervical menor ou igual a 20 mm em gestantes entre a 21ª e a 24ª semana e comparar estes sinais ecográficos como fatores indicadores de parto pré-termo espontâneo. MÉTODOS: estudo prospectivo transversal no qual foram incluídas 361 gestantes da população geral, para realização de exame ultra-sonografico em idade gestacional entre a 21ª a 24ª semana. Os critérios de exclusão do estudo foram malformações müllerianas, gestações múltiplas, malformações fetais, óbito fetal, alterações da quantidade de líquido amniótico, placenta com inserção segmentar, antecedentes de cirurgia no colo uterino (conização, amputação, cerclagem e procedimentos cirúrgicos durante a gestação. Após a realização do exame ultra-sonográfico obstétrico morfológico efetuado por via abdominal, seguiu-se o exame ecográfico por via vaginal para observação de uma faixa hipoecóica ou hiperecóica adjacente ao canal endocervical correpondente às glândulas do epitélio endocervical (EGE e mensuração do comprimento cervical. As variáveis qualitativas são representadas por freqüência absoluta e relativa, ao passo que as variáveis quantitativas, por média, desvio-padrão, mediana e valores mínimo e máximo. A associação entre as variáveis qualitativas foi avaliada pelo teste c² ou teste exato de Fisher. Para cada variável estudada, foi calculado o risco relativo seguido do intervalo com 95% de confiança. A técnica de análise de regressão logística univariada foi utilizada para verificar, entre as variáveis estudadas, quais foram indicativas de parto pré-termo espontâneo. O nível de significância adotado foi de 95% (alfa = 5% e descritivos (p iguais ou inferiores a 0,05 foram considerados significantes. RESULTADOS: a incidência do parto pré-termo espontâneo foi de 5,0%. O comprimento do colo uterino revelou-se igual ou inferior a 20 mm em 3,3% da população estudada e em 27,8% das pacientes que apresentaram parto pré-termo espontâneo. A ausência do EGE foi detectada em 2,8% das pacientes estudadas e em 44,4% das pacientes que evoluíram para parto pré-termo espontâneo. A associação entre ausência do EGE e presença do colo curto revelou-se estatisticamente significante (pPURPOSE: to verify the prevalence of two sonographic findings, the cervical gland area (CGA feature and the cervical length of less than 20 mm, and to compare these with the risk for premature delivery in pregnant women between 21 and 24 weeks' gestation. METHOD: this was a prospective, cross-sectional study in which 361 women were consecutively examined by transvaginal ultrasonography. Müllerian or other malformations, multiple gestations, fetal death, olygo- or polyhydramnios, marginal placenta previa, and conization, cerclage, amputation or other surgical procedures in the cervix, prior to or during pregnancy, were exclusion criteria. After the abdominal ultrasonographic morphological examination, we used transvaginal ultrasonography to measure the cervical length and to observe the presence of hyper- or hypoechoic area next to the endocervical canal, a feature characteristic of endocervical epithelium glands which is called CGA (cervical gland area. Qualitative variables are expressed as absolute and relative frequency. Quantitative variables are expressed as mean, median, standard deviation, minimum, and maximum values. Association between qualitative variables was detected by the c² test or by the Fisher exact test. For each variable, the relative risk and the 95% confidence interval (CI were calculated. Logistic regression analysis was used to calculate the predictive values for premature delivery. Significance level was 95% (alpha = 5%, with descriptive (p values equal or lower than 0.05 considered significant. RESULTS: spontaneous preterm delivery occurred in 5.0% of the patients. Cervical length was up to 20 mm in 3.3% of all studied patients and in 27.8% of those who delivered spontaneously

Claudio Rodrigues Pires

2004-04-01

133

Avaliação da medida do comprimento do colo e da ausência do eco glandular endocervical para predição do parto pré-termo / Evaluation of risk for preterm delivery by measurement of uterine cervix and cervical gland area  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: verificar a prevalência do sinal eco glandular endocervical (EGE) e o comprimento cervical menor ou igual a 20 mm em gestantes entre a 21ª e a 24ª semana e comparar estes sinais ecográficos como fatores indicadores de parto pré-termo espontâneo. MÉTODOS: estudo prospectivo transversal no q [...] ual foram incluídas 361 gestantes da população geral, para realização de exame ultra-sonografico em idade gestacional entre a 21ª a 24ª semana. Os critérios de exclusão do estudo foram malformações müllerianas, gestações múltiplas, malformações fetais, óbito fetal, alterações da quantidade de líquido amniótico, placenta com inserção segmentar, antecedentes de cirurgia no colo uterino (conização, amputação, cerclagem) e procedimentos cirúrgicos durante a gestação. Após a realização do exame ultra-sonográfico obstétrico morfológico efetuado por via abdominal, seguiu-se o exame ecográfico por via vaginal para observação de uma faixa hipoecóica ou hiperecóica adjacente ao canal endocervical correpondente às glândulas do epitélio endocervical (EGE) e mensuração do comprimento cervical. As variáveis qualitativas são representadas por freqüência absoluta e relativa, ao passo que as variáveis quantitativas, por média, desvio-padrão, mediana e valores mínimo e máximo. A associação entre as variáveis qualitativas foi avaliada pelo teste c² ou teste exato de Fisher. Para cada variável estudada, foi calculado o risco relativo seguido do intervalo com 95% de confiança. A técnica de análise de regressão logística univariada foi utilizada para verificar, entre as variáveis estudadas, quais foram indicativas de parto pré-termo espontâneo. O nível de significância adotado foi de 95% (alfa = 5%) e descritivos (p) iguais ou inferiores a 0,05 foram considerados significantes. RESULTADOS: a incidência do parto pré-termo espontâneo foi de 5,0%. O comprimento do colo uterino revelou-se igual ou inferior a 20 mm em 3,3% da população estudada e em 27,8% das pacientes que apresentaram parto pré-termo espontâneo. A ausência do EGE foi detectada em 2,8% das pacientes estudadas e em 44,4% das pacientes que evoluíram para parto pré-termo espontâneo. A associação entre ausência do EGE e presença do colo curto revelou-se estatisticamente significante (p Abstract in english PURPOSE: to verify the prevalence of two sonographic findings, the cervical gland area (CGA) feature and the cervical length of less than 20 mm, and to compare these with the risk for premature delivery in pregnant women between 21 and 24 weeks' gestation. METHOD: this was a prospective, cross-secti [...] onal study in which 361 women were consecutively examined by transvaginal ultrasonography. Müllerian or other malformations, multiple gestations, fetal death, olygo- or polyhydramnios, marginal placenta previa, and conization, cerclage, amputation or other surgical procedures in the cervix, prior to or during pregnancy, were exclusion criteria. After the abdominal ultrasonographic morphological examination, we used transvaginal ultrasonography to measure the cervical length and to observe the presence of hyper- or hypoechoic area next to the endocervical canal, a feature characteristic of endocervical epithelium glands which is called CGA (cervical gland area). Qualitative variables are expressed as absolute and relative frequency. Quantitative variables are expressed as mean, median, standard deviation, minimum, and maximum values. Association between qualitative variables was detected by the c² test or by the Fisher exact test. For each variable, the relative risk and the 95% confidence interval (CI) were calculated. Logistic regression analysis was used to calculate the predictive values for premature delivery. Significance level was 95% (alpha = 5%), with descriptive (p) values equal or lower than 0.05 considered significant. RESULTS: spontaneous preterm delivery occurred in 5.0% of the patients. Cervical

Claudio Rodrigues, Pires; Antonio Fernandes, Moron; Rosiane, Mattar; Luiz, Kulay Júnior.

2004-04-01

134

Involução uterina em um rebanho Gir leiteiro segundo o período pós-parto e o número de parições / Uterine involution in dairy Gir cows, according to postpartum period and parity  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Durante três anos, vacas Gir leiteiro da Fazenda Experimental da EPAMIG, em Uberaba-MG, foram examinadas, pela palpação retal, para verificação da involução uterina. Em 111 parições de 104 vacas, a involução dos cornos uterinos teve duração média de 29,7± 9,6 dias e, na maioria das vezes, a involuçã [...] o da porção cervical demorou mais do que 43 dias. O tempo de involução foi mais longo em vacas com maior número de partos. Na primeira semana, o útero permaneceu na cavidade abdominal (95,0%), na segunda teve início o retorno do órgão à pelve (8,2%), na terceira aconteceram os primeiros casos de involução completa dos cornos uterinos (20,6%) e na sexta semana, a maior parte das vacas apresentavam involução completa (82,9%). Foram constatados seis casos de permanência do útero em involução na cavidade abdominal e oito casos de localização pélvico/abdominal na quinta semana após o parto, detectados somente em vacas pluríparas. Observaram-se 19 casos de retrocesso na seqüência natural das fases de involução. O retrocesso do útero para a cavidade abdominal só ocorreu em vacas com problemas sanitários. Em sete vacas com metrite, verificou-se prolongamento do tempo médio de involução dos cornos uterinos e aumento do diâmetro cervical em relação às demais vacas do rebanho. Abstract in english Uterine involution of 111 calvings of 104 dairy Gir cows, checked by rectal palpation, was studied. Uterine involution averaged 29.7± 9.6 days, and cervical involution delayed more than 43 days. In both cases, time of involution increased with parity. In the first postpartum week uterus remained in [...] abdominal cavity (95.0%) and in the second week uterus initiated its return to the pelvic cavity (8.2%). In the third week 20.6% had completed uterine involution. The total involution was identified in 82.9% of the cows, in the sixth week. Some cases of involuting uterus still remained in abdominal (n=6) or abdominal/pelvic (n=8) cavity, after the fifth postpartum week, observed only in multiparous cows. In 19 cows was detected retrocession of natural sequence of uterine involution phases. Uterus retrocession to abdominal cavity was observed only in cows with sanitary problems. In seven cows with metritis, uterine time of involution was longer and enlargement of cervix was also observed.

J.P., González Sánchez; E., Bianchini Sobrinho; A.A.M., Gonçalves.

1999-08-01

135

Involução uterina em um rebanho Gir leiteiro segundo o período pós-parto e o número de parições Uterine involution in dairy Gir cows, according to postpartum period and parity  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Durante três anos, vacas Gir leiteiro da Fazenda Experimental da EPAMIG, em Uberaba-MG, foram examinadas, pela palpação retal, para verificação da involução uterina. Em 111 parições de 104 vacas, a involução dos cornos uterinos teve duração média de 29,7± 9,6 dias e, na maioria das vezes, a involução da porção cervical demorou mais do que 43 dias. O tempo de involução foi mais longo em vacas com maior número de partos. Na primeira semana, o útero permaneceu na cavidade abdominal (95,0%, na segunda teve início o retorno do órgão à pelve (8,2%, na terceira aconteceram os primeiros casos de involução completa dos cornos uterinos (20,6% e na sexta semana, a maior parte das vacas apresentavam involução completa (82,9%. Foram constatados seis casos de permanência do útero em involução na cavidade abdominal e oito casos de localização pélvico/abdominal na quinta semana após o parto, detectados somente em vacas pluríparas. Observaram-se 19 casos de retrocesso na seqüência natural das fases de involução. O retrocesso do útero para a cavidade abdominal só ocorreu em vacas com problemas sanitários. Em sete vacas com metrite, verificou-se prolongamento do tempo médio de involução dos cornos uterinos e aumento do diâmetro cervical em relação às demais vacas do rebanho.Uterine involution of 111 calvings of 104 dairy Gir cows, checked by rectal palpation, was studied. Uterine involution averaged 29.7± 9.6 days, and cervical involution delayed more than 43 days. In both cases, time of involution increased with parity. In the first postpartum week uterus remained in abdominal cavity (95.0% and in the second week uterus initiated its return to the pelvic cavity (8.2%. In the third week 20.6% had completed uterine involution. The total involution was identified in 82.9% of the cows, in the sixth week. Some cases of involuting uterus still remained in abdominal (n=6 or abdominal/pelvic (n=8 cavity, after the fifth postpartum week, observed only in multiparous cows. In 19 cows was detected retrocession of natural sequence of uterine involution phases. Uterus retrocession to abdominal cavity was observed only in cows with sanitary problems. In seven cows with metritis, uterine time of involution was longer and enlargement of cervix was also observed.

J.P. González Sánchez

1999-08-01

136

Diagnosis of placenta previa by transvaginal sonography.  

Science.gov (United States)

The evolution of the sonographic diagnosis of placenta previa is reviewed with special emphasis on transvaginal sonography (TVS), which has been proved accurate at diagnosing different degrees of placenta previa, such as complete, partial, marginal and low-lying. Bleeding tendency and the need for Caesarean delivery increases when the placental edge is within 3 cm of the internal os. There is no association between bleeding and use of transvaginal probes. The early diagnosis of addition abnormalities of implantation (e.g. placenta accreta) using transvaginal colour flow Doppler widens the prospects for carefully planned patient management. In conclusion, TVS should be the principal diagnostic modality used in the work-up of an obstetric patient with vaginal bleeding. The ease of performance and the clarity and accuracy of method and the additional information about implantation that it can provide will soon make TVS the 'golden standard' in the diagnostic process of placenta previa. PMID:8333928

Timor-Tritsch, I E; Monteagudo, A

1993-06-01

137

Colonização bacteriana do canal cervical em gestantes com trabalho de parto prematuro ou ruptura prematura de membranas / Cervical bacterial colonization in women with preterm labor or premature rupture of membranes  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: estudar a colonização bacteriana do canal cervical em gestantes com trabalho de parto prematuro ou com ruptura prematura de membranas. MÉTODOS: foram avaliadas 212 gestantes com trabalho de parto prematuro ou ruptura prematura de membranas. Na admissão hospitalar foram coletadas duas amost [...] ras do conteúdo endocervical e realizadas bacterioscopia e cultura em meios ágar sangue e ágar chocolate. Foram analisadas associações da colonização endocervical com infecção do trato urinário materno, corioamnionite, utilização de antibióticos, sofrimento fetal, prematuridade e infecção e óbito neonatais. RESULTADOS: a prevalência de colonização endocervical foi 14,2% (IC95%=9,5-18,9%), com resultados similares entre os casos com trabalho de parto prematuro ou ruptura prematura de membranas. O microorganismo mais prevalente na população estudada foi o estreptococo do grupo B (9,4%), sendo também isolados Candida sp, Streptococcus sp, Streptococcus pneumoniae, Escherichia coli e Enterococcus sp. Das bacterioscopias analisadas, os achados mais freqüentes foram baixa prevalência de bacilos de Döderlein e elevado número de leucócitos. Em mulheres colonizadas, houve maior prevalência de infecção do trato urinário (23,8 versus 5,4%; p Abstract in english PURPOSE: to study cervical colonization in women with preterm labor or premature rupture of membranes. METHODS: two hundred and twelve pregnant women with preterm labor or premature rupture of membranes were studied. Two cervical samples from each woman were collected and bacterioscopy and culture w [...] ere performed. Association of cervical microorganisms and urinary tract infection, chorioamnionitis, fetal stress, antibiotic use, prematurity, neonatal infection, and neonatal death were evaluated. RESULTS: the prevalence of endocervical colonization was 14.2% (CI95%=9.5-18.9%), with similar results in preterm labor or premature rupture of membranes. Group B streptococcus was the most prevalent organism (9.4%). Other organisms isolated were Candida sp, Streptococcus sp, Streptococcus pneumoniae, Escherichia coli and Enterococcus sp. The most common findings of bacterioscopy were a reduced number of lactobacilli and a great number of leukocytes. Endocervical colonization was associated with a higher occurrence of urinary tract infection (23.8 versus 5.4%; p

Giuliane Jesus, Lajos; Renato, Passini Junior; Marcelo Luís, Nomura; Eliana, Amaral; Belmiro Gonçalves, Pereira; Helaine, Milanez; Mary Ângela, Parpinelli.

2008-08-01

138

Supplementation of dairy cows with propylene glycol during the periparturient period: effects on body condition score, milk yield, first estrus post-partum, beta-hydroxybutyrate, non-esterified fatty acids and glucose concentrations Suplementação de vacas em lactação com propilenoglicol durante o período peri-parto: efeitos sobre o escore de condição corporal, produção de leite, primeiro estro pós-parto e concentrações de beta-hidroxibutirato, ácidos graxos não-esterificados e glicose  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available The objective of this study was to analyse the effects of propylene glycol (PPG supplementation to periparturient cows on: milk yield, changes in body condition score (BCS, days to first oestrus after calving, and on the beta-hydroxybutyrate (BHBA, non-esterefied fatty acids (NEFA and glucose concentrations. Twenty-three Holstein cows were distributed into two treatments: a 300 mL of PPG (group treatment, 11 cows, b 300 mL of water (group control, 12 cows, administered via drench in periparturient period. BCS was evaluated on days -10, 0, 15, 30, 45 and 60 relative to calving date. There was no effect of treatment or time on milk yield, although the interaction of time*treatment was significant and during the 4th and 5th week of lactation, milk yield was significant higher in treatment group. Days to first oestrus of PPG and control group were on average 40.2 and 45.2 respectively (P>0.05. There was no effect of treatment on body condition score (BCS from calving to sixty days post partum. There was no effect of treatment or interaction of time*treatment on plasma parameters (BHBA, NEFA and glucose but there was an effect of time on glucose and NEFA. However, based on an analysis of covariance, using BCS as the covariate, an effect of treatment on plasma concentrations of BHBA was observed. In conclusion, supplementation of propyleneglycol has a minor effect to alleviate the negative metabolic effects that normally occur at early lactation in dairy cows.O objetivo do presente estudo foi o de analisar os efeitos da suplementação de propilenoglicol (PPG para vacas no período peri-parto sobre a produção de leite, mudanças no escore de condição corporal (ECC, número de dias para o primeiro cio pós-parto, concentrações plasmáticas de beta-hidroxibutirato (BHBA, ácidos graxos não-esterificados (AGNE e glicose. Vinte e três vacas da raça Holandesa foram alocadas em dois tratamentos: a 300 mL de PPG (grupo tratamento, 11 vacas, b 300 mL de água (grupo controle, 12 vacas, administrados através de beberagem no período peri-parto. Amostras de plasma foram coletadas durante os dias -10, -5, 0, 3, 7, 14, 21, 28, 35, 42 e 49 em relação à data do parto para análises de BHBA, AGNE e glicose. O ECC foi avaliado nos dias -10, 0, 15, 30, 45 e 60 em relação à data do parto. Não houve efeito do tratamento ou tempo sobre a produção de leite, embora a interação tempo*tratamento foi significativa, sendo que entre a 4ª e 5ª semana de lactação, a produção de leite foi significativamente maior para o grupo tratamento. Não houve efeito do tratamento sobre o ECC do parto até 60 dias de lactação. O número de dias para o primeiro cio pós-parto para o grupo PPG e controle foi em média 40,2 e 45,2, respectivamente. Não houve efeito do tratamento da interação tempo*tratamento sobre as concentrações plasmáticas de BHBA, AGNE e glicose, mas houve efeito do tempo sobre a concentração de glicose e AGNE. A suplementação de PPG apresenta efeito pouco importante na redução dos efeitos metabólicos negativos que ocorrem durante o início da lactação de vacas leiteiras.

Luís Fernando Laranja da Fonseca

2004-06-01

139

Supplementation of dairy cows with propylene glycol during the periparturient period: effects on body condition score, milk yield, first estrus post-partum, beta-hydroxybutyrate, non-esterified fatty acids and glucose concentrations / Suplementação de vacas em lactação com propilenoglicol durante o período peri-parto: efeitos sobre o escore de condição corporal, produção de leite, primeiro estro pós-parto e concentrações de beta-hidroxibutirato, ácidos graxos não-esterificados e glicose  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese O objetivo do presente estudo foi o de analisar os efeitos da suplementação de propilenoglicol (PPG) para vacas no período peri-parto sobre a produção de leite, mudanças no escore de condição corporal (ECC), número de dias para o primeiro cio pós-parto, concentrações plasmáticas de beta-hidroxibutir [...] ato (BHBA), ácidos graxos não-esterificados (AGNE) e glicose. Vinte e três vacas da raça Holandesa foram alocadas em dois tratamentos: a) 300 mL de PPG (grupo tratamento, 11 vacas), b) 300 mL de água (grupo controle, 12 vacas), administrados através de beberagem no período peri-parto. Amostras de plasma foram coletadas durante os dias -10, -5, 0, 3, 7, 14, 21, 28, 35, 42 e 49 em relação à data do parto para análises de BHBA, AGNE e glicose. O ECC foi avaliado nos dias -10, 0, 15, 30, 45 e 60 em relação à data do parto. Não houve efeito do tratamento ou tempo sobre a produção de leite, embora a interação tempo*tratamento foi significativa, sendo que entre a 4ª e 5ª semana de lactação, a produção de leite foi significativamente maior para o grupo tratamento. Não houve efeito do tratamento sobre o ECC do parto até 60 dias de lactação. O número de dias para o primeiro cio pós-parto para o grupo PPG e controle foi em média 40,2 e 45,2, respectivamente. Não houve efeito do tratamento da interação tempo*tratamento sobre as concentrações plasmáticas de BHBA, AGNE e glicose, mas houve efeito do tempo sobre a concentração de glicose e AGNE. A suplementação de PPG apresenta efeito pouco importante na redução dos efeitos metabólicos negativos que ocorrem durante o início da lactação de vacas leiteiras. Abstract in english The objective of this study was to analyse the effects of propylene glycol (PPG) supplementation to periparturient cows on: milk yield, changes in body condition score (BCS), days to first oestrus after calving, and on the beta-hydroxybutyrate (BHBA), non-esterefied fatty acids (NEFA) and glucose co [...] ncentrations. Twenty-three Holstein cows were distributed into two treatments: a) 300 mL of PPG (group treatment, 11 cows), b) 300 mL of water (group control, 12 cows), administered via drench in periparturient period. BCS was evaluated on days -10, 0, 15, 30, 45 and 60 relative to calving date. There was no effect of treatment or time on milk yield, although the interaction of time*treatment was significant and during the 4th and 5th week of lactation, milk yield was significant higher in treatment group. Days to first oestrus of PPG and control group were on average 40.2 and 45.2 respectively (P>0.05). There was no effect of treatment on body condition score (BCS) from calving to sixty days post partum. There was no effect of treatment or interaction of time*treatment on plasma parameters (BHBA, NEFA and glucose) but there was an effect of time on glucose and NEFA. However, based on an analysis of covariance, using BCS as the covariate, an effect of treatment on plasma concentrations of BHBA was observed. In conclusion, supplementation of propyleneglycol has a minor effect to alleviate the negative metabolic effects that normally occur at early lactation in dairy cows.

Luís Fernando Laranja da, Fonseca; Paulo Henrique Mazza, Rodrigues; Marcos Veiga dos, Santos; André Pinto, Lima; Carlos de Sousa, Lucci.

2004-06-01

140

Efeitos da analgesia do sufentanil por via subaracnóidea e bupivacaína a 0,25% por via peridural sobre as concentrações plasmáticas de ocitocina e cortisol em gestantes em trabalho de parto Efectos de la analgesia del sufentanil por vía subaracnóidea y bupivacaína a 0,25% por vía peridural sobre las concentraciones plasmáticas de ocitocina y cortisol en embarazadas en trabajo de parto Effects of analgesic intrathecal sufentanil and 0.25% epidural bupivacaine on oxytocin and cortisol plasma concentration in labor patients  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O sufentanil por via subaracnóidea promove analgesia do trabalho de parto comparável à peridural com anestésicos locais. As duas técnicas diminuem alguns parâmetros da resposta neuroendócrina à dor do parto, e ambas podem atenuar a liberação reflexa de ocitocina em animais. O objetivo deste estudo foi comparar os efeitos das duas técnicas nas concentrações plasmáticas de ocitocina (CPO e cortisol (CPC durante o trabalho de parto. MÉTODO: Trinta parturientes com 4 - 7 cm de dilatação foram arroladas neste estudo de forma aleatória e encoberta. No grupo S receberam sufentanil (10 mg por via subaracnóidea e no grupo B receberam bupivacaína a 0,25% por via peridural. A analgesia foi medida usando Escala Analógica Visual e amostras sangüíneas de ocitocina e cortisol foram obtidas antes, 30 e 60 minutos após a administração das drogas. As CPO e CPC foram determinadas através da técnica de radioimunoensaio. RESULTADOS: A analgesia no grupo S foi mais intensa aos 30 minutos. As CPO e CPC nos dois grupos foram semelhantes antes da analgesia. No grupo S, houve diminuição significativa da CPO aos 60 minutos e CPC aos 30 e 60 minutos, enquanto no grupo B, CPO e CPC permaneceram estáveis durante todo o estudo. CONCLUSÕES: Nas condições deste estudo, a analgesia peridural com bupivacaína esteve associada à manutenção das concentrações plasmáticas de cortisol e ocitocina. Contrariamente, a analgesia promovida pelo sufentanil, por via subaracnóidea, foi mais intensa e produziu diminuição nas concentrações destes hormônios.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El sufentanil por vía subaracnóidea promueve analgesia del trabajo de parto comparable a la peridural con anestésicos locales. Las dos técnicas diminuyen algunos parámetros de la respuesta neuroendócrina al dolor del parto, y ambas pueden atenuar la liberación refleja de ocitocina en animales. El objetivo de este estudio fue comparar los efectos de las dos técnicas en las concentraciones plasmáticas de ocitocina (CPO y cortisol (CPC durante el trabajo de parto. MÉTODO: Treinta parturientas con 4-7 cm de dilatación, fueron escogidas en este estudio de forma aleatoria y encubierta. En el grupo S recibieron sufentanil (10 mg, por via subaracnoidea y en el grupo B recibieron bupivacaína a 0,25% por vía peridural. La analgesia fue medida usando Escala Analógica Visual y muestras sanguíneas de ocitocina y cortisol fueron obtenidas antes, 30 y 60 minutos después la administración de las drogas. As CPO y CPC fueron determinadas por medio de la técnica de radioinmunoensayo. RESULTADOS: La analgesia en el grupo S fue más intensa con 30 minutos. Las CPO y CPC en los dos grupos fueron semejantes antes de la analgesia. En el grupo S, hubo diminución significativa de la CPO a los 60 minutos y CPC a los 30 y 60 minutos, en cuanto en el grupo B, CPO y CPC permanecieron estables durante todo el estudio. CONCLUSIONES: En las condiciones de este estudio, la analgesia peridural con bupivacaína estuvo asociada a la manutención de las concentraciones plasmáticas de cortisol y ocitocina. Contrariamente, la analgesia promovida por el sufentanil, por vía subaracnóidea, fue más intensa y produjo diminución en las concentraciones de estas hormonas.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Intrathecal sufentanil provides analgesia comparable to epidural local anesthetics for labor pain. Both techniques decrease some parameters of neuroendocrine response to labor pain and both may mitigate reflex oxytocin release in animals. This study aimed to compare the effect of both techniques on cortisol (CPC and oxytocin (OPC plasma concentrations in labor patients. METHODS: Participated in this randomized covered study 30 healthy parturients in spontaneous labor with 4-7 cm cervical dilatation. Group S patients received intrathecal sufentanil (10 mg and group B received epidural 0.25% bupivacaine. Analgesia was assessed by a visual analogue scale and blood oxytocin and cortisol samples were collected before, 30 and 60 minutes

Renato Mestriner Stocche

2001-01-01

141

Efeitos da analgesia do sufentanil por via subaracnóidea e bupivacaína a 0,25% por via peridural sobre as concentrações plasmáticas de ocitocina e cortisol em gestantes em trabalho de parto / Effects of analgesic intrathecal sufentanil and 0.25% epidural bupivacaine on oxytocin and cortisol plasma concentration in labor patients / Efectos de la analgesia del sufentanil por vía subaracnóidea y bupivacaína a 0,25% por vía peridural sobre las concentraciones plasmáticas de ocitocina y cortisol en embarazadas en trabajo de parto  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O sufentanil por via subaracnóidea promove analgesia do trabalho de parto comparável à peridural com anestésicos locais. As duas técnicas diminuem alguns parâmetros da resposta neuroendócrina à dor do parto, e ambas podem atenuar a liberação reflexa de ocitocina em animais [...] . O objetivo deste estudo foi comparar os efeitos das duas técnicas nas concentrações plasmáticas de ocitocina (CPO) e cortisol (CPC) durante o trabalho de parto. MÉTODO: Trinta parturientes com 4 - 7 cm de dilatação foram arroladas neste estudo de forma aleatória e encoberta. No grupo S receberam sufentanil (10 mg) por via subaracnóidea e no grupo B receberam bupivacaína a 0,25% por via peridural. A analgesia foi medida usando Escala Analógica Visual e amostras sangüíneas de ocitocina e cortisol foram obtidas antes, 30 e 60 minutos após a administração das drogas. As CPO e CPC foram determinadas através da técnica de radioimunoensaio. RESULTADOS: A analgesia no grupo S foi mais intensa aos 30 minutos. As CPO e CPC nos dois grupos foram semelhantes antes da analgesia. No grupo S, houve diminuição significativa da CPO aos 60 minutos e CPC aos 30 e 60 minutos, enquanto no grupo B, CPO e CPC permaneceram estáveis durante todo o estudo. CONCLUSÕES: Nas condições deste estudo, a analgesia peridural com bupivacaína esteve associada à manutenção das concentrações plasmáticas de cortisol e ocitocina. Contrariamente, a analgesia promovida pelo sufentanil, por via subaracnóidea, foi mais intensa e produziu diminuição nas concentrações destes hormônios. Abstract in spanish JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El sufentanil por vía subaracnóidea promueve analgesia del trabajo de parto comparable a la peridural con anestésicos locales. Las dos técnicas diminuyen algunos parámetros de la respuesta neuroendócrina al dolor del parto, y ambas pueden atenuar la liberación refleja de o [...] citocina en animales. El objetivo de este estudio fue comparar los efectos de las dos técnicas en las concentraciones plasmáticas de ocitocina (CPO) y cortisol (CPC) durante el trabajo de parto. MÉTODO: Treinta parturientas con 4-7 cm de dilatación, fueron escogidas en este estudio de forma aleatoria y encubierta. En el grupo S recibieron sufentanil (10 mg), por via subaracnoidea y en el grupo B recibieron bupivacaína a 0,25% por vía peridural. La analgesia fue medida usando Escala Analógica Visual y muestras sanguíneas de ocitocina y cortisol fueron obtenidas antes, 30 y 60 minutos después la administración de las drogas. As CPO y CPC fueron determinadas por medio de la técnica de radioinmunoensayo. RESULTADOS: La analgesia en el grupo S fue más intensa con 30 minutos. Las CPO y CPC en los dos grupos fueron semejantes antes de la analgesia. En el grupo S, hubo diminución significativa de la CPO a los 60 minutos y CPC a los 30 y 60 minutos, en cuanto en el grupo B, CPO y CPC permanecieron estables durante todo el estudio. CONCLUSIONES: En las condiciones de este estudio, la analgesia peridural con bupivacaína estuvo asociada a la manutención de las concentraciones plasmáticas de cortisol y ocitocina. Contrariamente, la analgesia promovida por el sufentanil, por vía subaracnóidea, fue más intensa y produjo diminución en las concentraciones de estas hormonas. Abstract in english BACKGROUND AND OBJECTIVES: Intrathecal sufentanil provides analgesia comparable to epidural local anesthetics for labor pain. Both techniques decrease some parameters of neuroendocrine response to labor pain and both may mitigate reflex oxytocin release in animals. This study aimed to compare the ef [...] fect of both techniques on cortisol (CPC) and oxytocin (OPC) plasma concentrations in labor patients. METHODS: Participated in this randomized covered study 30 healthy parturients in spontaneous labor with 4-7 cm cervical dilatation. Group S patients received intrathecal sufentanil (10 mg) and group B received epidural 0.25% bupivacaine

Renato Mestriner, Stocche; Luiz Vicente, Garcia; Jyrson Guilherme, Klamt.

142

A família em expansão: experienciando intercorrências na gestação e no parto do bebê prematuro com muito baixo peso / The family in expansion: experiencing intercurrences during pregnancy and childbirth of a very low weight premature baby / La familia en expansión: experimentando intercurrencias en la gestación y en el parto del bebé prematuro con poco peso  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Trata-se de um estudo descritivo, de natureza qualitativa que utilizou os princípios da etnografia e da análise de conteúdo para desvelar como foi para a família em expansão, conviver com as intercorrências durante a gestação e o parto do bebê nascido prematuro e com muito baixo peso. As informantes [...] foram oito mães de bebês e que passaram por hospitalização na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital Universitário de Maringá nos anos de 1998 a 2000. Os dados foram coletados no período de dezembro 2005 a junho 2006, por meio de entrevistas semi-estruturadas, realizadas no domicílio das famílias. Os resultados revelaram que tanto as gravidezes como suas complicações surgiram de forma inusitada, alterando a estrutura e a dinâmica familiar. As vivências relatadas permitiram a identificação de três categorias: a gravidez mudando a vida da mulher/família; sendo surpreendidas pelas complicações da gravidez; as complicações desencadeando o trabalho de parto prematuro. Abstract in spanish El presente artículo es un estudio descriptivo de naturaleza cualitativa que utilizó los principios de la etnografía y del análisis de contenido para develar cómo ha sido para la familia en expansión, convivir con Interocurrencias durante la gestación y el parto del bebé nacido prematuro y con bajo [...] peso. Los informantes del estudio han sido ocho madres de niños y que han pasado por hospitalización en Unidad de Terapia Intensiva Neonatal del Hospital Universitario de Maringa, de 1998 a 2000. Los datos fueron recolectados en el periodo de diciembre del 2005 hasta junio del 2006, a través de entrevistas parcialmente elaboradas, grabadas y realizadas en el domicilio de las familias. Los resultados obtenidos han revelado que tanto los embarazos como sus complicaciones surgieron de manera inusitada, cambiando la estructura y la dinámica familiar. Las vivencias relatadas han permitido la identificación de tres categorías: el embarazo cambiando la vida de la mujer/familia; siendo sorprendidos por las complicaciones del embarazo; las complicaciones desencadenando el trabajo de parto prematuro. Abstract in english This is a descriptive study, of a qualitative nature which used ethnography and the content analysis principle to reveal how the family in expansion may deal with the intercurrences during pregnancy and childbirth of a very low weight premature baby. The informants were eight mothers of very low wei [...] ght premature babies who received care at the Neonatal Intensive Care Unit of the University Hospital of Maringá between 1998 and 2000. Data was collected from December 2005 to June 2006 through recorded semi-structured interviews in the homes of the families. The results revealed that the pregnancies as well as their complications appeared in unusual ways, altering the family structure and dynamics. The reported experiences allowed for the identification of three categories: the pregnancy changing the life of a woman and her family; being surprised by the complications of the pregnancy; and the complications leading to a premature labor.

Débora Cristina de, Arruda; Sonia Silva, Marcon.

2007-03-01

143

Prova de Trabalho de Parto Após uma Cesárea Anterior  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objetivo: estudar a validade da prova de trabalho de parto (PTP em gestantes com uma cesárea anterior. Métodos: estudo retrospectivo, tipo coorte, incluindo 438 gestantes com uma cesárea anterior ao parto em estudo e seus 450 recém-nascidos (RN, divididas em dois grupos - com e sem PTP. O tamanho amostral mínimo foi de 121 gestantes/grupo. Considerou-se variável independente a PTP e as dependentes relacionaram-se à ocorrência de parto vaginal e à freqüência de complicações maternas e perinatais. Foram efetuadas análises uni e multivariada, respectivamente. A comparação entre as freqüências (% foi analisada pelo teste do qui-quadrado (chi² com significância de 5% e regressão logística com cálculo do odds ratio (OR e do intervalo de confiança a 95% (IC95%. Resultados: a PTP associou-se a 59,2% de partos vaginais. Foi menos indicada nas gestantes com mais de 40 anos (2,7% vs 6,5% e nas portadoras de doenças associadas e complicações da gravidez: síndromes hipertensivas (7,0% e hemorragias de 3º trimestre (0,3%. A PTP não se relacionou às complicações maternas e perinatais. As gestantes que tiveram o parto por cesárea, independente da PTP, apresentaram maior risco de complicações puerperais (OR = 3,53; IC95% = 1,57-7,93. A taxa de mortalidade perinatal foi dependente do peso do RN e das malformações fetais e não se relacionou à PTP. Ao contrário, as complicações respiratórias foram mais freqüentes nos RN de mães não testadas quanto à PTP (OR = 1,92; IC95% = 1,20-3,07. Conclusões: os resultados comprovaram que a PTP em gestantes com uma cesárea anterior é estratégia segura - favoreceu o parto vaginal em 59,2% dos casos e não interferiu com a morbimortalidade materna e perinatal. Portanto, é recurso que deve ser estimulado.

Calderon Iracema de Mattos Paranhos

2002-01-01

144

A prova de trabalho de parto aumenta a morbidade materna e neonatal em primíparas com uma cesárea anterior? / Does a trial of labor for vaginal delivery increase maternal and neonatal morbidity among primiparous women who had one previous cesarean section?  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: comparar a morbidade materna e os resultados neonatais, bem como algumas características clínicas e epidemiológicas de primíparas com uma cesárea anterior, segundo a realização de cesárea eletiva (CE) ou prova de trabalho de parto (PTP) no segundo parto. PACIENTES E MÉTODO: trata-se de est [...] udo de corte transversal retrospectivo do segundo parto em mulheres com uma cesárea prévia, atendidas no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM)/UNICAMP, no período de 1986 a 1998. Os dados foram obtidos de 2068 prontuários clínicos que correspondiam a 322 casos de CE e 1746 de PTP. A análise dos dados foi realizada pela distribuição percentual dos casos de CE e PTP e das categorias das variáveis nestes dois grupos, com a diferença estatística avaliada pelos testes chi2, chi2 para tendência (chi2 trend) e exato de Fisher, com nível de significância de 95%. RESULTADO: a indicação de CE diminuiu progressivamente com o tempo, passando de 22,6% em 1986 para 5% em 1998. A morbidade materna foi semelhante e reduzida nos dois grupos (1,24 e 1,21%). Não houve diferença significativa entre os grupos quanto ao índice de Apgar e natimortalidade, mas notou-se proporção significativamente maior de RN prematuros e com peso 4.000 g no grupo submetido à CE. A prevalência de CE foi significativamente maior em mulheres com idade >35 anos, história pregressa ou atual de síndrome hipertensiva, diabetes ou primeiro filho morto, bem como com alterações no volume do líquido amniótico. CONCLUSÕES: A realização da PTP aumentou progressivamente ao longo dos treze anos, sem aumento na morbidade materna e/ou neonatal. As indicações de CE obedeceram critério médico relacionado às condições clínicas maternas e/ou fetais desfavoráveis ao parto vaginal. Abstract in english PURPOSE: to compare maternal morbidity, neonatal results and some clinical and epidemiological characteristics among primiparous women who had one previous cesarean section, according to the performance of elective cesarean (EC) section or trial of labor (TL) during the second delivery. PATIENTS AND [...] METHODS: this is a retrospective cross-sectional study on the second delivery of women who previously had a cesarean section and were assisted at the Center for Integral Assistance to Women's Health (CAISM/UNICAMP), from 1986 to 1998. Data were collected from 2068 clinical records corresponding to 322 cases of EC and 1746 of TL. Data analysis was performed through percentage distribution of the EC and TL cases and also the distribution of variables between these two groups, using the chi2, chi2 for trend and Fisher exact tests to evaluate the statistical difference, with a significance level of 95%. RESULTS: the indication of EC decreased progressively with time, from 22.6% in 1986 to 5% in 1998. Maternal morbity was similar and low in both groups (1.24% and 1.21%). There was no significant difference between groups regarding Apgar score and stillbirths, but there was a significantly higher proportion of premature newborns and with birth weight below 2.500 g and above 4.000 g in the group who underwent EC. The prevalence of EC was significantly higher in women 35 or more years old, with previous or current history of hypertensive disorder, diabetes or with a first dead child, as well as with changes in the volume of amniotic fluid. CONCLUSIONS: performing TL progressively increased during this period of thirteen years, without any increase of maternal and/or neonatal morbidity. The indication for EC followed medical criteria related to unfavorable maternal and/or fetal clinical conditions for vaginal delivery.

Jacinta Pereira, Matias; Mary Angela, Parpinelli; José Guilherme, Cecatti; Renato, Passini Júnior.

2003-05-01

145

Representações e experiências das mulheres sobre a assistência ao parto vaginal e cesárea em maternidades pública e privada Women's representations and experiences with vaginal and cesarean delivery in public and private maternity hospitals  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Este estudo analisa as diferentes representações e experiências quanto ao parto vaginal e cesárea de mulheres de diferentes estratos sócio-econômicos, bem como a natureza das relações profissionais de saúde/usuárias no contexto institucional em que estão inseridas. A pesquisa de natureza qualitativa foi desenvolvida em três maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil, sendo uma pública, uma conveniada com o SUS e uma particular, com mulheres que tiveram os dois tipos de parto. Os resultados revelam que o modelo de organização dos serviços público e privado apresentam variações que produzem diferentes tipos de assistência e de relação entre os profissionais de saúde e as usuárias, dando forma a experiências distintas entre as mulheres pesquisadas. Todavia, ao empreendermos uma crítica assentada nas relações de gênero, podemos verificar que o modelo de assistência ao parto permanece submetendo quem deve ser sujeito e reproduzindo o projeto da medicalização - mesmo que este processo se manifeste de formas diferenciadas entre os grupos estudados -, o que reduz o campo da assistência e inviabiliza um lugar de poder diferenciado das usuárias.This study analyzes the different representations and experiences of women from different social classes, including issues related to their relations with hospital staff in different institutional settings. This qualitative study focused on women who had experienced both types of delivery, in three maternity hospitals in Rio de Janeiro, Brazil (one public, one fully private, and another private under an outsourcing agreement with the public health system. The study showed that variations in public and private service models result in different types of delivery care and different relations with staff, and are reflected in different birthing experiences for the women. However, a critical gender perspective shows that in both cases, the service models reproduce the medicalization of childbirth and women's submission as objects in the birthing process. Although this is manifested in different ways in the three groups, the end result is to reduce the range of care and the possibility of women's empowerment during childbirth.

Andréa de Sousa Gama

2009-11-01

146

ESTIMATIVA DA DATA DO PARTO EM CADELAS ROTTWEILER ATRAVÉS DA BIOMETRIA FETAL REALIZADA POR ULTRASSONOGRAFIA ESTIMATION OF PARTURITION DATE THROUGH ULTRASONOGRAPHIC FOETAL BIOMETRY IN ROTTWEILER BITCHES ESTIMACIÓN DE LA FECHA DEL PARTO EN PERRAS ROTTWEILER A TRAVÉS DE LA BIOMETRÍA FETAL REALIZADA POR EL ULTRASONIDO  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Utilizou-se a ultrassonografia neste experimento para avaliar o desenvolvimento fetal e determinar a idade gestacional em cadelas Rottweiler. Tomaram-se e avaliaram-se as medidas da vesícula embrionária/fetal (VE e do corpo fetal mediante análise de regressão, estabelecendo-se as equações de regressão linear e seus coeficientes. Os diâmetros biparietal (DBP e do abdome (DA dos fetos foram os que apresentaram os melhores resultados, considerando-se os coeficientes de correlação (0,89 e 0,90, respectivamente com a idade fetal e a facilidade de mensuração ao longo da gestação. Com base nos dados obtidos, conclui-se que é possível estimar o momento do parto em cadelas Rottweiler a partir das mensurações e equações obtidas para essa raça.

PALAVRAS-CHAVES: Cão, feto, gestação, ultrassom.

Ultrasonography was used in this study with the aim to evaluate fetal development, and to determine the gestational age of Rottweiler bitches. Measurements of embryonic vesicle (VE and fetal body were taken and evaluated by regression analysis. The linear regression equations and coefficients between gestational age and measures were established. The measures of abdominal (DA and biparietal (DBP diameters presented the best results, concerning to correlation coefficients (0.89 and 0.90, respectively and facilities on mensuration takes. It was concluded that it is feasible to predict gestational age of Rottweiler bitches taken into consideration fetal measurements and equations obtained for this breed.

KEY WORDS: Dog, fetus, gestation, ultra-sound.

El ultrasonido fue utilizado en esta investigación con el objetivo de evaluar el desarrollo fetal y determinar la edad gestacional en perras Rottweiler. Las medidas de la vesícula embrionária (VE y del cuerpo fetal fueran tomadas y evaluadas por análisis de regresión, establecendo los cálculos de regresión linear y sus coeficientes. Los diámetros biparietal (DBP y del abdome (DA de los fetos fueron los que presentaran los mejores coeficientes de correlación (0,96 y 0,95, respectivamente con la edad fetal. Basado en los datos obtenidos, se concluye que es posible estimar el momento del parto en perras Rotweiller a partir de las mensuraciones y cálculos obtenidos para esta raza.

Karina Costa Moreira de Melo

2009-09-01

147

Efeitos genéticos e de ambiente sobre produção de leite e intervalo de partos em rebanhos leiteiros monitorados por sistema de informação Genetic and environmental aspects on milk yield and calving interval of dairy herds monitored by computerized information systems  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Este estudo foi realizado para analisar a influência de alguns fatores de meio sobre a produção de leite e o intervalo de partos e estimar os parâmetros genéticos da produção de leite aos 305 dias (P305 e do intervalo de partos (IP. Foram analisadas 3044 lactações de 1568 vacas da raça Holandesa, paridas no período de 1988 a 1995, pertencentes a rebanhos monitorados pelo Sistema de Informação DAISY (The Dairy Information System. Nas análises dos fatores não-genéticos, foi utilizado o método dos quadrados mínimos e para estimação dos parâmetros genéticos, o método da máxima verossimilhança restrita (REML, utilizando-se análises uni e bivariadas. As médias estimadas e os erros-padrão para P305 e IP foram 4634,3±108 kg, e 421,7±93,5 dias, respectivamente. Os efeitos de ano do parto, rebanho ou nível de produção e idade da vaca em classes influenciaram todas as características estudadas. As estimativas de herdabilidade para P305 e IEP variaram de 0,24 a 0,43 e 0,06 a 0,07, respectivamente. As correlações genética, fenotípica e de ambiente entre produção de leite até 305 dias e intervalo de partos foram 0,42; 0,06; e 0,11, respectivamente. Houve variação genética aditiva para produção de leite e correlação genética positiva, porém indesejável, entre as características analisadas, sugerindo que a seleção para a alta produção de leite poderia acarretar aumento no intervalo de parto.This study was carried out to analyze the influence of some environmental effects on the milk yield and calving interval and to estimate the genetic parameters at 305-day milk yield (P305, and calving interval (IP. Data from 3044 lactations of 1568 Holstein cows, calved from 1988 to 1995 belonging to dairy herds monitored by DAISY (The Dairy Information System, were used. The Least Squares Method was used to study the environment effects and the Derivative-Free Restricted Maximum Likelihood (REML algorithm was used to estimate genetic parameters using univariate and bivariate sire model. The estimated means and standard errors were 4634.4+108 kg and 421.7+ 93.5 days for P 305 and IP, respectively. Calving year, herd or production level and age of cow affected all studied traits. The estimated heritabilities ranged from 0.24 to .43 for P305 and .06 to .07 for IP. The genetic, phenotypic and environmental correlation between 305-day milk yield and calving interval were .42, .12 and .11, respectively. There was an additive genetic variation for milk yield and a positive genetic correlation, but undesirable relationship among the traits, sugesting that the selection for high milk yield could increase the calving interval.

Ana Rosa Zambianchi

1999-01-01

148

Características demográficas e psicossociais associadas à depressão pós-parto em uma amostra de Belo Horizonte Demographic and psychosocial characteristics associated with postpartum depression in a sample from Belo Horizonte  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available INTRODUÇÃO: A depressão pós-parto (DPP tem sido alvo de inúmeras investigações científicas devido à sua alta prevalência e gravidade e também por suas repercussões negativas na puérpera e na criança. OBJETIVO:Comparar mulheres com e sem DPP em um grupo de puérperas selecionadas aleatoriamente a partir dos partos ocorridos em uma maternidade de Belo Horizonte (MG. MÉTODOS: Selecionamos 245 mulheres que tiveram parto em uma maternidade de Belo Horizonte. Aplicamos uma entrevista semiestruturada para a obtenção de dados psicossociais e demográficos e uma entrevista estruturada (Mini Neuropsychiatric Interview, MINI-Plus para o diagnóstico de depressão maior segundo critérios do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, 4th edition (DSM-IV. RESULTADOS:26,9% das mulheres tinham diagnóstico de DPP. Não encontramos diferenças entre as características sociodemográficas das mulheres com (n = 66, 26,9% e sem diagnóstico de DPP (n = 179, 73,1%. Entretanto, diversas variáveis clínicas e psicossociais se mostraram significativamente diferentes entre os dois grupos, tais como história de depressão, vivência de estresse ou presença de sintomas depressivos ou ansiosos durante a gravidez, ocorrência de complicações maternas ou na criança no pós-parto e insuficiência de suporte nos cuidados pós-natais. CONCLUSÃO: A identificação de fatores associados à DPP é importante para a compreensão de sua etiopatogenia e para o estabelecimento de estratégias de prevenção e tratamento precoce dessa grave doença.INTRODUCTION: Postpartum depression has been the object of extensive research both because of its high prevalence and its repercussions on the mother and the infant. OBJECTIVE:To compare women with and without depression in a sample of postpartum women randomly selected at a maternity in the city of Belo Horizonte, Brazil. METHODS: A total of 245 women who gave birth at a private maternity hospital in Belo Horizonte were selected. A semi-structured interview was used for the collection of psychosocial and demographic data. Diagnosis of major depression was established using and a structured interview (Mini Neuropsychiatric Interview, MINI-Plus, based on criteria set forth in the Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, 4th edition (DSM-IV. RESULTS: Of the total sample, 26.9% had a diagnosis of postpartum depression. No differences were observed in the social and demographic characteristics of depressed women (n = 66, 26,9% and of those without depression (n = 179, 73,1%. Nevertheless, several clinical and psychosocial variables showed significant differences between the groups and were therefore associated with postpartum depression, namely previous history of depression, presence of stress or depressive/anxiety symptoms during pregnancy, postpartum complications affecting the mother or the infant, and lack of support and care in the postpartum period. CONCLUSION: The identification of factors associated with postpartum depression is important for an improved understanding of the pathophysiology of this disease and for the establishment of strategies aimed at prevention and early diagnosis.

Patricia Gomes Figueira

2011-01-01

149

Características demográficas e psicossociais associadas à depressão pós-parto em uma amostra de Belo Horizonte / Demographic and psychosocial characteristics associated with postpartum depression in a sample from Belo Horizonte  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese INTRODUÇÃO: A depressão pós-parto (DPP) tem sido alvo de inúmeras investigações científicas devido à sua alta prevalência e gravidade e também por suas repercussões negativas na puérpera e na criança. OBJETIVO:Comparar mulheres com e sem DPP em um grupo de puérperas selecionadas aleatoriamente a par [...] tir dos partos ocorridos em uma maternidade de Belo Horizonte (MG). MÉTODOS: Selecionamos 245 mulheres que tiveram parto em uma maternidade de Belo Horizonte. Aplicamos uma entrevista semiestruturada para a obtenção de dados psicossociais e demográficos e uma entrevista estruturada (Mini Neuropsychiatric Interview, MINI-Plus) para o diagnóstico de depressão maior segundo critérios do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, 4th edition (DSM-IV). RESULTADOS:26,9% das mulheres tinham diagnóstico de DPP. Não encontramos diferenças entre as características sociodemográficas das mulheres com (n = 66, 26,9%) e sem diagnóstico de DPP (n = 179, 73,1%). Entretanto, diversas variáveis clínicas e psicossociais se mostraram significativamente diferentes entre os dois grupos, tais como história de depressão, vivência de estresse ou presença de sintomas depressivos ou ansiosos durante a gravidez, ocorrência de complicações maternas ou na criança no pós-parto e insuficiência de suporte nos cuidados pós-natais. CONCLUSÃO: A identificação de fatores associados à DPP é importante para a compreensão de sua etiopatogenia e para o estabelecimento de estratégias de prevenção e tratamento precoce dessa grave doença. Abstract in english INTRODUCTION: Postpartum depression has been the object of extensive research both because of its high prevalence and its repercussions on the mother and the infant. OBJECTIVE:To compare women with and without depression in a sample of postpartum women randomly selected at a maternity in the city of [...] Belo Horizonte, Brazil. METHODS: A total of 245 women who gave birth at a private maternity hospital in Belo Horizonte were selected. A semi-structured interview was used for the collection of psychosocial and demographic data. Diagnosis of major depression was established using and a structured interview (Mini Neuropsychiatric Interview, MINI-Plus), based on criteria set forth in the Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, 4th edition (DSM-IV). RESULTS: Of the total sample, 26.9% had a diagnosis of postpartum depression. No differences were observed in the social and demographic characteristics of depressed women (n = 66, 26,9%) and of those without depression (n = 179, 73,1%). Nevertheless, several clinical and psychosocial variables showed significant differences between the groups and were therefore associated with postpartum depression, namely previous history of depression, presence of stress or depressive/anxiety symptoms during pregnancy, postpartum complications affecting the mother or the infant, and lack of support and care in the postpartum period. CONCLUSION: The identification of factors associated with postpartum depression is important for an improved understanding of the pathophysiology of this disease and for the establishment of strategies aimed at prevention and early diagnosis.

Patricia Gomes, Figueira; Leandro Malloy, Diniz; Humberto Correa da, Silva Filho.

150

Induction of labor with titrated oral misoprostol solution versus oxytocin in term pregnancy: randomized controlled trial / Indução do trabalho de parto por meio de solução oral titulada de misoprostol versus oxitocina em gestação a termo: estudo controlado randomizado  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese OBJETIVO: Avaliar a eficácia e segurança do misoprostol administrado por via oral em comparação à infusão de oxitocina para a indução do trabalho de parto em gestantes a termo. MÉTODOS: Entre 2008 e 2010, um total de 285 gestantes a termo candidatas para parto vaginal foram avaliadas quanto à eligib [...] ilidade para inclusão no estudo. Vinte e cinco pacientes foram excluídas por várias razões, e as 260 mulheres incluídas foram divididas aleatoriamente em dois grupos de acordo com o método de tratamento, misoprostol ou oxitocina. O grupo tratado com o misoprostol recebeu 25 µg cada 2 horas durante um máximo de 24 horas para indução. O grupo tratado com oxitocina recebeu infusão de 10 UI, que foi aumentada gradativamente. O tempo a partir da indução até o início da fase ativa e as induções bem-sucedidas dentro de 12, 18 e 24 horas foram registrados. O ensaio foi registrado em irct.ir, número IRCT2012061910068N1. RESULTADOS: A falha de indução levando à necessidade de cesariana foi de aproximadamente 38.3% no grupo tratado com oxitocina, sendo significativamente maior em relação ao grupo tratado com misoprostol (20,3%) (p Abstract in english PURPOSE: To evaluate the effectiveness and the safety of orally administered misoprostol in comparison to intravenously infused oxytocin for labor induction in term pregnant women. METHODS: Between 2008 and 2010, a total of 285 term pregnant women whom were candidate for vaginal delivery were assess [...] ed for eligibility to enter the study. Twenty five patients were excluded for different reasons; and 260 included women were randomly assigned to one of the two groups according to the method of treatment, misoprostol or oxytocin. The misoprostol group received 25 µg every 2 hours for up to 24 hours for induction. The oxytocin group received an infusion of 10 IU which was gradually increased. The time from induction to delivery and induction to the beginning of the active phase and successful inductions within 12, 18, and 24 hours were recorded. The trial is registered at irct.ir, number IRCT2012061910068N1. RESULTS: Failure of induction, leading to caesarean section was around 38.3% in the oxytocin group and significantly higher than that of the misoprostol group (20.3%) (p

Rezvan, Aalami-Harandi; Maryam, Karamali; Aida, Moeini.

2013-02-01

151

Ectopic pregnancy: the role of transvaginal sonography  

International Nuclear Information System (INIS)

To determine the predictability of ectopic gestation by transvaginal sonography, we have prospectively studied 234 patients who were clinically suspicious of ectopic gestation. Of 234 patients, 143 had an ectopic gestation, 16 had a viable intrauterine pregnancy, 19 had a nonviable intrauterine pregnancy, 16 had an ovarian cyst, 15 had a pelvic inflammatory disease and the remaining 25 did not have any pathologic lesion. Of 136 ectopic gestation which were corresponded to sonographic findings, transvaginal sonography provided important information i.e, extrauterine gestational sac (61 cases), tad-pole appearance of hematosalpinx (49 cases), nonspecific adnexal mass (28 cases), and hypoechoic masses (3 cases). Extrauterine gestational sac showed fetal pole with definite heart beat in 14 cases, fetal pole without heart beat in 8 cases and yolk sac without fetal pole in 15 cases. Follow-up transvaginal sonography performed 5 days after the initial sonography provided additional information, that is, newly developed extrauterine gestational sac (7 cases), hematosalpinx (4 cases), fetal heart beat (2 cases), and the yolk sac (1 case). Interval growth of the extrauterine gestational sac (3 cases) and of the hematosal pinx (5 cases) were noted on the follow up study. In all cases, patients accepted well with the procedure of transvaginal sonography without any complaint. The application of the transvaginal sonography as an initial screening test for the evaluation of ectopicreening test for the evaluation of ectopic gestation had and excellent diagnostic predictability with sensitivity 95.1%, specificity 78%, positive predictive value 87.1% and negative predictive value 91%

152

Parto pretérmino en adolescentes  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objetivo: Determinar la prevalencia de parto pretérmino en las adolescentes, durante el año 2005, patologías asociadas y complicaciones perinatales. Método: Estudio descriptivo y transversal. La muestra estuvo conformada por 68 pacientes que cumplieron los criterios de inclusión. Se hizo revisión de historias clínicas. Ambiente: Hospital "Dr. Adolfo Prince Lara". Puerto Cabello, Estado Carabobo. Resultados: La prevalencia de parto pretérmino fue 10,51 %. El grupo de edad más frecuente fue el de 17-19 años con 57,4 %. El estrato socioeconómico predominante fue el IV con 67,6 %. Se presentaron patologías maternas (85,3 % y complicaciones perinatales (38,2 %. Se detectó asociación estadísticamente significativa entre la edad y las patologías maternas (PObjective: To determine the prevalence of preterm childbirth in adolescents in 2005, to distribute them according to age, socioeconomic level, associated pathologies and perinatal complications and to associate the age with pathologies and perinatal complications. Method: A descriptive, cross-sectional study was made. The sample was 68 patients that completed the inclusion criteria. Revision of clinical histories was made. Setting: Hospital "Dr. Adolfo Prince Lara". Puerto Cabello, Estado Carabobo. Results: The prevalence of preterm childbirth was 10.51 %. The most frequent age range was 17-19 years with 57.4 %. The predominant socioeconomic level was the IV with 67.6 %. They showed up maternal pathologies (85.3 % and perinatal complications (38.2 %. A significant statistically association was detected between the age and the maternal pathologies (P<0.05. Conclusion: The poverty and the low socioeconomic level are related with the pregnancy in adolescents.

Riscarle Manrique

2008-09-01

153

Association between molecular markers linked to the Leptin gene and weight gain in postpartum beef cows / Associação entre marcadores moleculares ligados ao gene da Leptina e ganho de peso em vacas de corte no pós-parto  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese Foram investigadas três repetições curtas em tandem (STRs), BMS1074, BM1500 e IDVGA-51 e três polimorfismos de um único nucleotídeo (SNPs) LEPSau3AI (A/B), LEPSau3AI (+/-) e LEPKpn2I, ligados ao gene da leptina, verificando-se associações com o desempenho produtivo em vacas no pós-parto, em dois reb [...] anhos de gado de corte, Aberdeen Angus (AA, n=98) e Charolês (C, n=83). Após a reação em cadeia da polimerase, os STRs foram analisados em géis de poliacrilamida e os SNPs em gel de agarose, após a clivagem com endonucleases. Na raça AA, 79% dos portadores do alelo BMS1074*151 apresentaram ganho médio de peso diário (ADG) menor, quando comparados com a média da população (103g), enquanto 62% dos não-portadores mostraram ADG mais alto (P Abstract in english Three short tandem repeats (STRs), BMS1074, BM1500, IDVGA-51, and three single nucleotide polymorphisms (SNPs), LEPSau3AI (A/B), LEPSau3AI (+/-) and LEPKpn2I linked to the LEP gene were investigated to verify associations with productive performance in postpartum cows of two beef cattle breeds, Aber [...] deen Angus (AA, n=98) and Charolais (C, n=83). After polymerase chain reaction, STRs were analyzed by vertical electrophoresis and SNPs in agarose gel after endonucleases cleavage. In AA herd 79% of BMS1074*151 carriers had a lower average daily weight gain (ADG) when compared with the population mean daily weight gain (103g), while 62% of BMS1074*151 non-carriers presented a higher ADG (P

Sabrina Esteves Matos, Almeida; Erik Amazonas de, Almeida; Gustavo, Terra; Jairo Pereira, Neves; Paulo Bayard Dias, Gonçalves; Tania de Azevedo, Weimer.

2007-02-01

154

OVULATION INDUCTION IN BEEF COWS WITH DIFFERENT FORAGES ALLOWANCES DURING POST PARTUM INDUÇÃO DA OVULAÇÃO EM VACAS DE CORTE COM DIFERENTES OFERTAS FORRAGEIRAS DURANTE O PERÍODO PÓS-PARTO  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available This experiment compared the efficiency of combined hormonal treatment and 96-hour calf removal with weaning in cows fed different forages allowances and with different weight gains. A total of 310 cows (190 Aberdeen Angus and 120 Charolais, 50 to 70 days postpartum, were sorted into 6 groups. Groups A2, A5, B2 and B5 were composed of 53, 49, 53 and 55 cows, respectively; the first two groups had higher forage availability, while the others had lower forage availability, in the postpartum period; groups A2 and B2 received 2mg estradiol benzoate (day zero and the groups A5 and B5 5mg estradiol benzoate as well as an intra-vaginal device (CIDR with progesterone. Six days later they received 1000UI equine chorionic gonadotropin (eCG. At day 7 the CIDR device was removed and the 96-hour calf removal period began. Groups AD and BD, with 52 and 48 cows and high and low forage availability respectively, in the postpartum period, were weaned on day 7. All cows that showed estrous were inseminated between day 7 and 17, and then were bred, up to day 67. Between days 60 and 127, ultrasounds diagnosis of pregnancy were performed. Data analysis was carried out using to the PROC CATMOD in the SAS statistical program. There were no significant differences in pregnancy (p>0.05 rates among groups submitted to different forage offers. Data was then analyzed according to whether the cow gamed or lost weight in the post partum period. These results indicate that weaning was more efficient than the hormonal treatment used and cows that lost weight in the have gained weight in the same period. KEY WORDS: Beef cows,<em> em>forages availability,<em> em>ovulation induction, <em>post-partum> anestrous, weaning. Este experimento teve por objetivo comparar a eficiência de um protocolo hormonal associado ao desmame por 96 horas com o desmame definitivo, em vacas em pastejo com diferentes ofertas forrageiras. Utilizaram-se 310 vacas (190 Aberdeen-Angus e 120 Charolês, entre 50 e 70 dias pós-parto, distribuídas em seis grupos. Os grupos A2, A5, B2 e B5 foram mantidos em maior (A2 e A5 e menor (B2 e B5 disponibilidade forrageira, no período parto-tratamento, e receberam (dia 0 2mg (A2 e B2 e 5mg (A5 e B5 de benzoato de estradiol e dispositivo intravaginal com acetato de medroxiprogesterona (CIDR. Seis dias após, receberam 1.000 UI de gonadotrofina coriônica eqüina (eCG. No sétimo dia, foi retirado o CIDR e procedido ao desmame dos bezerros por 96 horas. Os grupos AD e BD foram constituídos por 52 e 48 vacas, permanecendo, respectivamente, em maior e menor disponibilidade forrageira, submetidas ao desmame definitivo dos bezerros (dia 7. Inseminaram-se as vacas que manifestaram estro entre os dias 7 e 17, sendo acasaladas, depois, até o 67ºdia.  Nos dias 60 e 127 realizaram-se diagnósticos ultra-sonográficos de prenhez. Para análise dos dados, utilizou-se PROC CATMOD do pacote estatístico do SAS, não se verificando diferença (P>0,05 na prenhez entre os grupos com diferentes ofertas forrageiras. Uma nova análise das vacas, conforme seus ganhos de peso, indicou que o desmame definitivo proporciona melhor percentual de prenhez em relação ao modelo de tratamento hormonal utilizado. As vacas que perdem peso no período pós-parto respondem, ao desmame definitivo, mais lentamente do que as que ganham peso no mesmo período. PALAVRAS-CHAVES: Anestro pós-parto desmame, in

Gustavo Herter Terra

2008-04-01

155

Caracterização das mães, partos e recém-nascidos em Campinas, São Paulo, 2001 e 2005 Characterization of mothers, mode of deliveries and newborns in Campinas, São Paulo, 2001 and 2005  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Comparar dados pré-natais, dos partos e dos recém-nascidos de Campinas em 2001 e 2005. MÉTODOS: Estudo transversal que analisou 13.656 documentos do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc de 2005, comparando-as aos resultados de 2001. Analisou-se o local de moradia e parto, idade materna, estado civil, escolaridade, ocupação, paridade, consultas de pré-natal, tipo de parto, duração da gestação e peso ao nascer. Para avaliar a associação entre as variáveis, utilizou-se o teste de qui-quadrado, sendo significante pOBJECTIVE: To compare data related to prenatal care, deliveries and newborns from Campinas, Brazil, in 2001 and 2005. METHODS: This cross-sectional study analyzed 13,656 Live Birth Certificates from 2005, comparing them to of 2001. The analyzed variables were: place of birth and dwelling, maternal age, marital status, schooling, number of births, number of prenatal consultations, mode of delivery, length of pregnancy and birthweight. Association between variables was evaluated by the chi-square test, being significant p<0.05. RESULTS: In 2005, there was a decrease in the number of newborns from Health Districts with worse living conditions in comparison to 2001. The rate of teenage pregnancies varied from 17.7% in 2001 to 14.7% in 2005. Working mothers were 42.9% of the sample in 2005 and 39.4% in 2001. In 2005, single mothers were 54.3% compared to 35.9% in 2001. Mothers with seven or less years of schooling were 37.8% in 2001, compared to 25.7% in 2005. In 2005, 86.6% of mothers had more than six prenatal visits compared to 74.4% in 2001. There was an increase in the rates of cesarean section (from 54.9% in 2001 to 60.3% in 2005 and prematurity (from 7.1% in 2001 to 8.9% in 2005. No significant changes in birthweight were observed. CONCLUSIONS: This study shows a decrease in the rate of births in the Health Districts with worse conditions of living and in teenage pregnancies. Rates of working mothers, single mothers, years of schooling, number of prenatal consultations increased.

André Moreno Morcillo

2010-09-01

156

Milk production and quality of Holstein cows in function of the season and calving order Produção e qualidade do leite de vacas da raça Holandesa em função da estação do ano e ordem de parto  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available It was aimed to evaluate the effect of the lactation order and calving season on milk production and quality of Holstein’s cows. The lactation order had a significant effect on milk production and score of somatic cells (SSC, without affecting fat and protein content. Cows of 3rd and 4th lactation were more productive due to the complete development of the mammary gland and corporal growth. SSC rose with the increase of the lactation number due to the contact with pathological agents as the animals had a more advanced age. Lactations that begin in the spring presented the smallest milk production (Kg/cow/day because of the heat stress that these animals suffered in the lactation pick, with damage of milk production of this lactation. SSC, the fat and protein content did not vary in function of the calving season. Lactation order and calving season caused variation in the milk production, being important the use of strategies to minimize the heat stress mainly in the lactation pick. Larger careful should be taken with cows starting from 4th lactation, because these present a higher SSC, and the heat stress can favor the mastitis occurrence.Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da ordem de lactação e estação do ano ao parto sobre a produção e qualidade do leite de vacas da raça Holandesa. A ordem de parto teve efeito significativo sobre a produção de leite e escore de células somáticas (ECS, sem efeito sobre os teores de gordura e proteína. Vacas de 3ª e 4ª lactação foram mais produtivas devido ao completo desenvolvimento da glândula mamária e crescimento corporal. O ECS aumentou com a elevação do número de lactações devido ao contato com agentes patogênicos à medida que os animais têm uma idade mais avançada. Lactações iniciadas na primavera apresentaram a menor produção de leite (Kg/vaca/dia por causa do estresse calórico que os animais sofreram no pico de lactação, de modo a comprometer a produção de leite dessa lactação. ECS e teores de gordura e proteína não variaram em função da época de parição. Ordem de lactação e estação do ano ao parto causam variação na produção de leite, e é importante o uso de estratégias para minimizar o estresse calórico, principalmente no pico de lactação. Maiores cuidados devem ser tomados com vacas a partir da 4ª lactação, pois apresentam maior ECS e o estresse calórico pode favorecer a ocorrência de mastite.

Daniele Cristina da Silva

2010-06-01

157

Influência do tipo de parto na hematologia do cordão umbilical de cães  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available O sangue do cordão umbilical humano tem sido crescentemente utilizado como fonte de células-tronco. Os modelos experimentais de células-tronco da medula óssea, em cães, têm propiciado informações importantes para transplantes medulares em humanos. Vários trabalhos citam a influência do tipo de parto nas características do sangue do cordão umbilical (SCU humano. Entretanto, não existem relatos sobre a colheita do sangue do cordão umbilical de cães. O objetivo deste ensaio é avaliar a influência do tipo de parto na hematologia do cordão umbilical de cães. No presente protocolo experimental, foram estudados 54 fetos de cães, ao final da vida intra-uterina, provenientes de parto normal (n=24 e cesariana (n=30. A colheita de sangue do cordão umbilical foi realizada com seringa de cinco mL contendo solução anticoagulante EDTA (1mg/1mL sangue. Em seguida, a contagem global de hemácias, leucócitos, plaquetas, a determinação da concentração de hemoglobina, taxa de hematócrito, os índices eritrocitários foram realizados no contador automático de células. A contagem diferencial de leucócitos foi determinada em esfregaços de SCU corados com May-Grunwald-Giemsa (MGG. Com relação ao eritrograma e ao plaquetograma, não houve diferença significativa entre as amostras obtidas em cesarianas e partos normais. Os valores do leucograma do SCU colhido em partos normais foram superiores àqueles obtidos em cesarianas (P<0,05. Portanto, o tipo de parto influencia os valores hematológicos do cordão umbilical de cães.

Godoy Aline Vieira

2005-01-01

158

Estudo comparativo entre bupivacaína racêmica (S50-R50 a 0,125% e bupivacaína em excesso enantiomérico de 50% (S75-R25 a 0,125% e 0,25% em anestesia peridural para analgesia de parto Estudio comparativo entre bupivacaina racémica (S50-R50 a 0,125% y bupivacaina en exceso enantiomérico de 50% (S75-R25 a 0,125% y 0,25% en anestesia peridural para analgesia de parto A comparative study of 0.125% racemic bupivacaine (S50-R50 and 0.125% and 0.25% 50% enantiomeric excess bupivacaine (S75-R25 in epidural anesthesia for labor analgesia  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A peridural contínua é utilizada para alívio da dor do trabalho de parto e associada a baixos índices de complicações. Estudos com enantiômeros levógiros dos anestésicos locais demonstraram maior segurança em função de menor cardiotoxicidade. O objetivo deste estudo foi comparar a analgesia e o bloqueio motor entre a bupivacaína (S50-R50 a 0,125% e a bupivacaína em excesso enantiomérico de 50% (S75-R25 a 0,125% e 0,25% em peridural contínua para analgesia de parto. MÉTODO: Realizou-se ensaio clínico duplamente encoberto, com distribuição aleatória de 75 participantes em trabalho de parto, distribuídas em três grupos: GI - bupivacaína (S50-R50 a 0,125%; GII - bupivacaína (S75-R25 a 0,125%; e GIII - bupivacaína (S75-R25 a 0,25%. A inclusão no estudo foi feita após assinatura do Consentimento Livre e Esclarecido. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças estatísticas significativas quanto à latência da analgesia, nível sensorial do bloqueio, volume de anestésico local, duração do trabalho de parto e da analgesia, freqüência de parto instrumental, escores de Apgar ou pH do cordão umbilical. O intervalo para a primeira dose resgate foi maior e os escores de dor em 45 min foram menores no grupo bupivacaína (S75-R25 a 0,25%. A intensidade do bloqueio motor foi maior no grupo bupivacaína (S50-R50 a 0,125%. CONCLUSÕES: A bupivacaína (S75-R25 determinou um bloqueio motor menos intenso, mesmo quando utilizada em maior concentração (0,25%, resultando em melhor qualidade de analgesia, sem interferir na evolução do trabalho de parto ou na vitalidade dos recém-nascidos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La peridural continua se utiliza para el alivio del dolor del trabajo de parto y asociada a bajos índices de complicaciones. Estudios con enantiómeros levógiros de los anestésicos locales demostraron una mayor seguridad en función de una menor cardiotoxicidad. El objetivo de este estudio fue comparar la analgesia y el bloqueo motor entre la Bupivacaina (S50-R50 a 0,125% y la Bupivacaina en exceso enantiomérico de 50% (S75-R25 a 0,125% e 0,25% en peridural continua para analgesia de parto. MÉTODO: Se realizó un ensayo clínico doblemente encubierto, con distribución aleatoria de 75 participantes en trabajo de parto, distribuidas en tres grupos: GI - Bupivacaina (S50-R50 a 0,125%, GII - Bupivacaina (S75-R25 a 0,125% y GIII - Bupivacaina (S75-R25 a 0,25%. La inclusión en el estudio fue hecha después de la firma del Consentimiento Libre y Aclarado. RESULTADOS: No se encontraron diferencias estadísticas significativas en cuanto a la latencia de la analgesia, nivel sensorial del bloqueo, volumen de anestésico local, duración del trabajo de parto y de la analgesia, frecuencia de parto instrumental, puntuaciones de Apgar o pH del cordón umbilical. El intervalo para la primera dosis rescate fue mayor y los puntajes de dolor en 45 minutos fueron menores en el grupo Bupivacaina (S75-R25 a 0,25%. La intensidad del bloqueo motor fue mayor en el grupo Bupivacaina (S50-R50 a 0,125%. CONCLUSIONES: La Bupivacaina (S75-R25 determinó un bloqueo motor menos intenso, incluso cuando se utilizó en mayor concentración (0,25%, resultando en una mejor calidad de analgesia, sin interferir en la evolución del trabajo de parto o en la vitalidad de los recién nacidos.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Continuous epidural block is used for relief of labor pain and it is associated with a low incidence of complications. Studies with the levorotatory isomer of local anesthetics demonstrated that they are safer regarding the cardiotoxicity. The objective of this study was to compare analgesia and motor blockade of 0.125% bupivacaine (S50-R50 and 0.125% and 0.25% 50% enantiomeric excess bupivacaine (S75-R25 in continuous epidural block for labor analgesia. METHODS: Seventy-five patients in labor participated in this randomized, double-blind study after signing an informed consent. Patients were divided in three groups: GI - 0.125% bupivacaine (S50-R50; GII - 0.125% bupi

Nádia Maria da Conceição Duarte

2008-02-01

159

Efeito da condição corporal ao parto sobre a produção e composição do leite, a curva de lactação e a mobilização de reservas corporais em vacas da raça Holandesa Effects of body condition at calving on milk yield and composition, lactation curve and body reserve mobilization of Holstein cows  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Avaliaram-se os efeitos do escore da condição corporal ao parto sobre a produção e composição do leite, a curva de lactação e o padrão de mobilização de reservas corporais em vacas da raça Holandesa. Foram utilizadas 51 vacas, sendo 13 primíparas e 38 multíparas, distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso, segundo a ordem de partos - primíparas e multíparas - e a classe de escore da condição corporal ao parto (ECCP - classe 1 ECCP igual ou superior a 3,25, e classe 2 ECCP igual ou inferior a 3,0. Para avaliar o padrão de mobilização de reservas corporais, foram formados grupos de vacas em função do ECCP e do nível de produção de leite. Nas primíparas, não foram observados efeitos da ECCP sobre a produção e a composição do leite e sobre a curva da lactação, exceto para porcentagem de gordura. Nas multíparas, as vacas da classe 1 produziram mais leite e mais componentes do leite, e a curva da lactação mostrou pico de produção mais alto. As vacas de maior ECCP e maior produção de leite apresentaram padrão de mobilização de reservas corporais mais acentuado no início da lactação e maior peso corporal no pré-parto e ao parto. O peso corporal e a mudança de peso corporal ao parto e no início da lactação não foram influenciados pelo escore de condição corporal ao parto e pela produção de leite.The effects of body condition at calving on milk yield, milk composition, lactation curve and body tissue mobilization patterns were evaluated in Holstein cows. Thirteen primiparous and 38 multiparous cows were assigned body condition scores at calving (BCC. Those with BCC equal to or greater than 3.25 were assigned to class 1; while those with BCC less than 3.25 constituted class 2. These BCC classes did not affect milk yield, milk composition (except for fat percentage or lactation curve significantly in primiparous cows. In multiparous cows, however, class 1 individuals had higher total milk yield, higher peak milk yield, higher milk composition percentages and more effective mobilization of body tissue reserves than cows in class 2. Among those cows that had higher BCC, those with more effective mobilization of body tissue reserves at the beginning of lactation had higher milk yields. Cows with higher BCC were heavier at prepartum and at calving in comparison to cows with lower BCC. However, body weight at calving and change in body weight early in lactation were not related to body composition at calving and subsequent milk yield.

F.P. Rennó

2006-04-01

160

Efeito da condição corporal ao parto sobre a produção e composição do leite, a curva de lactação e a mobilização de reservas corporais em vacas da raça Holandesa / Effects of body condition at calving on milk yield and composition, lactation curve and body reserve mobilization of Holstein cows  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Avaliaram-se os efeitos do escore da condição corporal ao parto sobre a produção e composição do leite, a curva de lactação e o padrão de mobilização de reservas corporais em vacas da raça Holandesa. Foram utilizadas 51 vacas, sendo 13 primíparas e 38 multíparas, distribuídas em delineamento inteira [...] mente ao acaso, segundo a ordem de partos - primíparas e multíparas - e a classe de escore da condição corporal ao parto (ECCP) - classe 1 ECCP igual ou superior a 3,25, e classe 2 ECCP igual ou inferior a 3,0. Para avaliar o padrão de mobilização de reservas corporais, foram formados grupos de vacas em função do ECCP e do nível de produção de leite. Nas primíparas, não foram observados efeitos da ECCP sobre a produção e a composição do leite e sobre a curva da lactação, exceto para porcentagem de gordura. Nas multíparas, as vacas da classe 1 produziram mais leite e mais componentes do leite, e a curva da lactação mostrou pico de produção mais alto. As vacas de maior ECCP e maior produção de leite apresentaram padrão de mobilização de reservas corporais mais acentuado no início da lactação e maior peso corporal no pré-parto e ao parto. O peso corporal e a mudança de peso corporal ao parto e no início da lactação não foram influenciados pelo escore de condição corporal ao parto e pela produção de leite. Abstract in english The effects of body condition at calving on milk yield, milk composition, lactation curve and body tissue mobilization patterns were evaluated in Holstein cows. Thirteen primiparous and 38 multiparous cows were assigned body condition scores at calving (BCC). Those with BCC equal to or greater than [...] 3.25 were assigned to class 1; while those with BCC less than 3.25 constituted class 2. These BCC classes did not affect milk yield, milk composition (except for fat percentage) or lactation curve significantly in primiparous cows. In multiparous cows, however, class 1 individuals had higher total milk yield, higher peak milk yield, higher milk composition percentages and more effective mobilization of body tissue reserves than cows in class 2. Among those cows that had higher BCC, those with more effective mobilization of body tissue reserves at the beginning of lactation had higher milk yields. Cows with higher BCC were heavier at prepartum and at calving in comparison to cows with lower BCC. However, body weight at calving and change in body weight early in lactation were not related to body composition at calving and subsequent milk yield.

F.P., Rennó; J.C., Pereira; A.D.F., Santos; N.G., Alves; C.A.A., Torres; L.N., Rennó; P.Z., Balbinot.

2006-04-01

161

Costo económico por quistes foliculares en vacas lecheras posparto / Economic cost of follicular cysts in postpartum dairy cows / Custo econômico por cistos foliculares em vacas leiteiras pós-parto  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Colombia | Language: Spanish Abstract in portuguese Considerando que os cistos foliculares são uma patologia reprodutiva comum na pecuária leiteira, e que os custos associados ao tratamento da doença e a diminuição da produção causam consideráveis perdas econômicas; a prevenção e o diagnóstico desta patologia têm um papel fundamental na competitivida [...] de do produtor. Objetivo: avaliar o efeito de cistos foliculares em vacas pós-parto sobre o custo econômico da produção leiteira. Métodos: 950 vacas foram estudadas em cinco rebanhos no município de San Pedro de los Milagros, planalto norte do departamento de Antioquia-Colômbia. Nas vacas que tinham cistos administrou-se de uma a três doses de GnRH e PGF2 segundo sua resposta ao tratamento luteinizante. Realizou-se uma análise de sensibilidade para avaliar o custo de produção do litro de leite, sob os possíveis cenários de intervalo entre partos (IEP), calculado em função da resposta ao tratamento. Resultados e conclusões: O custo unitário da produção de leite atingiu, em média, $496 COP (peso colombiano) por litro para as vacas que não têm cistos; o valor aumentou 3.5, 13.3 e 33.8%, quando se tornou necessário aplicar uma, duas ou três doses de GnRH e PGF2 . Estes aumentos nos custos demonstram a importância de um diagnostico e tratamento oportuno. Abstract in spanish Considerando que los quistes foliculares son una patología reproductiva común en las vacas lecheras, y debido a que los costos asociados a tratamientos y bajas de producción suelen causar pérdidas económicas considerables, la prevención y el diagnóstico de éstos cobra un papel importante en la compe [...] titividad del productor. Objetivo: evaluar el efecto de los quistes foliculares en vacas posparto sobre el costo económico de la producción de leche. Métodos: el estudio incluyó 950 vacas de cinco hatos ubicados en el municipio de San Pedro de los Milagros, altiplano norte del departamento de Antioquia. A las vacas diagnosticadas con quistes, se les aplicó de una a tres dosis de GnRH y PGF2 según su respuesta al tratamiento luteinizante. Se realizó un análisis de sensibilidad para evaluar el costo de producción del litro de leche bajo los posibles escenarios de intervalo entre partos (IEP), calculado en función de la respuesta al tratamiento. Resultado y conclusión: el costo unitario de producción de leche ascendió en promedio a 496 COP/litro para vacas que no presentan quistes, valor que se incrementó en 3.5, 13.3 y 33.8%, ya que se hizo necesario aplicar de una a tres repeticiones del tratamiento respectivamente, por la no resolución del quiste; este aumento en los costos demuestran la importancia de un diagnóstico y tratamiento oportuno. Abstract in english Follicular cysts represent a common reproductive pathology in dairy cows. Prevention and early detection are crucial to prevent economic loses from medical treatments and decreased milk production. Objective: to evaluate the economic loses attributed to follicular cysts on post-partum dairy cows. Me [...] thods: Medical treatments and milk production records were retrieved from a total of 950 cows at five different herds in the high plains of Antioquia. Usual treatment consisted of 1-3 doses of GnRH and PGF2 . A sensitivity analysis was conducted to assess the cost per liter of milk produced depending on the response to treatment. Results and conclusion: The mean cost of milk production was 496 Colombian pesos/liter for cows free of cysts. This value increased 3.5, 13.3 and 33.8% for cystic cows that received one, two, or three hormonal treatments, respectively. Consequently, any measures aimed at reducing the incidence and rapid resolution of follicular cyst will result in substantial financial gains to the producer.

Dursun, Barrios Hernández; Leonardo, Duque Muñoz.

2012-06-01

162

Sintomas urinários irritativos após parto vaginal ou cesárea Irritative bladder symptoms after vaginal delivery or c-section  

OpenAIRE

OBJETIVO: Avaliar a frequência de Sintomas Urinários Irritativos (SUI) três anos após o parto em mulheres previamente entrevistadas no terceiro trimestre da gestação e sua associação com a via de parto exclusiva, a paridade, a idade materna, o peso do RN, a realização da episiotomia e o uso de fórcipe. MÉTODOS: Das 340 mulheres, originalmente avaliadas no terceiro trimestre da gestação, 120 foram localizadas e entrevistadas por telefone, três anos após o parto, entre junho e o...

Kátia Pary Scarpa; Viviane Herrmann; Paulo Cesar Rodrigues Palma; Cassio Luis Zanettini Riccetto; Sirlei Siani de Morais

2009-01-01

163

Predicción de trabajo de parto pretérmino espontáneo / Prediction of spontaneous preterm delivery  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Colombia | Language: Spanish Abstract in spanish Existe la necesidad de encontrar medidas eficaces para la detección e intervención del trabajo de parto pretérmino, con el fin de disminuir la morbilidad neonatal y los altos costos derivados de la atención del recién nacido prematuro. Frente a esta necesidad, y ante el advenimiento de la ultrasonog [...] rafía cérvicouterina, se requiere revisar algunos conceptos como: factores de riesgo, la valoración del cérvix durante el embarazo, la medición de la longitud cervical por ultrasonido transvaginal, la variación del cérvix con la edad gestacional, el valor de la fibronectina y de otras prueban que puedan servir como coadyuvantes en la detección el parto pretérmino. Abstract in english Prediction of preterm delivery. There is a huge need to find effective measurements for the detection and intervention of preterm labor in order to decrease the new born morbidity and high costs derived from the attention of preterm new born. Regarding this need and with the presence of cervical-ute [...] rine ultrasonography, it is necessary to review some concepts, such as: risks factors, the variation of cervix during pregnancy, the measurement of cervical length by transvaginal ultrasound, the variation of cervix through the gestation, the value of fibronectin and other tests that may help in the detection of preterm labor.

Adriana María, Cuartas Calle.

2002-12-01

164

Transvaginal recanalization of the obstructed fallopian tube  

International Nuclear Information System (INIS)

Since the first report of successful transvaginal recanalization of the occluded fallopian tube, a protocol for evaluation of the technical feasibility of the procedure and its impact on infertility has been initiated. Patients are accepted only if bilateral fallopian tube obstruction has been demonstrated by prior hysterosalpingography and if laparoscopy has excluded other causes for infertility. Repeat hysterosalpingography, including use of intravenous glucagon (1 mg) when necessary is performed on initial evaluation. Of 26 patients referred for treatment of tubal obstruction, nine patients were found to have tubal patency, indicating the importance of careful reevaluation. The 17 remaining patients underwent the transvaginal recanalization procedure. The technical success of the procedure is high (88%), particularly with use of either the system developed by Thurmond et al or a system with slightly modified catheters. Two pregnancies, one ectopic and one intrauterine, occurred in the same ovulatory cycle of the recanalization procedure

165

Early pregnancy assessment with transvaginal ultrasound scanning.  

OpenAIRE

OBJECTIVE: To establish normal parameters in early pregnancy through transvaginal ultrasonography so that gestational age can be determined and to correlate the sonographic findings with serum human chorionic gonadotropin (hCG) levels calibrated against the first international reference preparation standard. SETTING: Infertility clinic. PATIENTS: Thirty-five women with normal intrauterine pregnancy. INTERVENTIONS: Serial measurement of the serum hCG level and the diameter of the gestational s...

Daya, S.; Woods, S.; Ward, S.; Lappalainen, R.; Caco, C.

1991-01-01

166

Postcoital Transvaginal Evisceration After Hysterectomy: a Case Report  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Transvaginal evisceration is mostly seen at postmenopausal period in a case who had vaginal operation and at premenopausal period it ensues postcoitally after hysterectomy. A 47 year old patient presented to emergency department with a complaint of intestinal herniation through vagina after coitus that had total abdominal histerectomy two months ago. The patient was emergently operated. Her vaginal cuff was sutured transvaginally then laparoscopic irrigation and suction were performed. Although transvaginal cuff repair is sufficient laparoscopic irrigation and suction are thought to be relevant for the management of transvaginal evisceration to prevent peritonitis.

A.O?uz Hasdemir

2012-01-01

167

Transvaginal sonography of acute pelvic inflammatory disease  

Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

To determine the value of transvaginal sonography in evaluating women with acute pelvic inflammatory disease (PID). Transvaginal sonography was performed in 25 patients with clinically suggested PID during recent 36 months. The sonographic findings of fallopian tubes and ovaries were analyzed and correlated with pathological findings of 2 fallopian tubes and 19 ovaries in 16 patients who had operations. The correct diagnosis of acute PID was made in 20/25 (80%) by transvaginal sonography. the abnormal sonographic findings of the fallopian tube include tubal thickening or dilatation with internal echo. The sensitivity, specificity, and accuracy for tubal abnormality were 88%, 96%, and 86% , respectively. Ovarian changes were seen on TVS in 14/19 (73%), which include multiple follicular enlargement in 5, tubo-ovarian complex in 9 (tubo-ovarian adhesion in 3, tubo-ovarian abscess in 6). At surgery, the ovay was not involved in all three women who showed tubo-ovarian adhesion on TVS. Among 6 women who showed tubo-ovarian abscess on TVS, tubo-ovarian abscess was confirmed in 3 and the remaining 3 had ovarian cysts. Trandvaginal sonography, a facilitative and accurate modality, is highly sensitive in detecting the abnormality of the tube and useful in differentiating the tubo-ovarian complex in patients with acute PID.

Choi, Jin Soo; Kim, Young Hwa; Shin, Hyung Chul; Han, Gun Soo; Kim, Il Young [Chonan Hospital, Soonchunhyang University College of Medicine, Chonan (Korea, Republic of)

1999-12-15

168

Trajetória das mulheres na definição pelo parto cesáreo: estudo de caso em duas unidades do sistema de saúde suplementar do estado do Rio de Janeiro The decision of women for cesarean birth: a case study in two units of the supplementary health care system of the State of Rio de Janeiro  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available No Brasil, as taxas de cesariana são bastante elevadas, principalmente nos serviços privados, estando provavelmente associadas a fatores socioeconômicos e culturais. O objetivo deste estudo foi descrever as características socioeconômicas, demográficas, culturais e reprodutivas de puérperas e os determinantes da decisão por parto cesáreo em duas unidades do sistema de saúde suplementar do Estado do Rio de Janeiro. A população foi composta por 437 puérperas que tiverem partos vaginais ou cesarianos nas duas unidades selecionadas. Os dados foram coletados por meio de entrevistas com as mães e consulta aos prontuários. Através de regressão logística não condicional, avaliaram-se os fatores associados à decisão por cesariana como via de parto, seguindo os modelos hierárquicos estabelecidos em três momentos definidos: no início, ao longo da gestação e no momento do parto. Observou-se que, embora 70% das entrevistadas não relatassem preferência inicial pela cesariana, 90% apresentaram esse tipo de parto. Verificou-se que, independente do desejo inicial da gestante, a interação com o serviço de saúde resultou na cesariana como via final de parto. Trabalhos educativos direcionados às gestantes e à população geral e mudanças no modelo de assistência ao parto podem ser estratégias promissoras para a reversão desse quadro.Cesarean section rates are very high in Brazil mainly in private hospitals, probably due to socioeconomic and cultural factors. The objective of this study was to describe socioeconomic, demographic, cultural and reproductive characteristics of women in the postpartum period and the factors that had determined their decision for caesarean section in two units of the supplementary health care system of the State of Rio de Janeiro. The study population was composed of 437 women that had vaginal or caesarean childbirths in the two selected units. Data were collected by means of interviews with mothers and consultation of hospital records. The factors associated with the decision for cesarean section as mode of delivery were evaluated using non-conditional logistic regression analysis and following the hierarchic models established at three definite moments. Although 70% of the women had no initial preference for cesarean section, 90% of them had this mode of birth. It was verified that, despite their initial desire, the interaction with the health services resulted in cesarean section as mode of birth. Educative actions directed to pregnant women and to the public at large as well as changes in the childbirth care model can be promising strategies for reverting this picture.

Marcos Augusto Bastos Dias

2008-10-01

169

Dinâmica do peso e da condição corporal e eficiência reprodutiva de ovelhas da raça Santa Inês e mestiças Santa Inês-Suffolk submetidas a dois sistemas de alimentação em intervalos entre partos de 8 meses  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available O trabalho teve como objetivo comparar a eficiência produtiva e reprodutiva de ovelhas em dois sistemas de alimentação. Noventa e oito matrizes da raça Santa Inês e trinta e nove mestiças Suffolk (3/4 Suffolk + 1/4 Santa Inês foram divididas em dois tratamentos: tratamento 1 (T1 - mantidas em pastagem, com suplementação de silagem de capim elefante na seca invernal, e tratamento 2 (T2 -mantidas em pastagem, com suplementação de silagem de capim elefante na seca invernal e de concentrado três semanas antes e durante a estação de monta, três semanas antes do parto e durante a lactação. Verificou-se diferença (P<0,05 entre peso inicial (PI (52,5kg e 54,33kg, e peso final (PF (53,38kg e 55,76kg para T1 e T2, respectivamente. Houve efeito de genótipo (P<0,05, sendo PI 51,46 kg para a raça Santa Inês (SI e 55,38kg para as mestiças Santa Inês-Suffolk (SF. Para PF, observou-se 52,36kg para a Santa Inês e 56,78kg na mestiça Santa Inês-Suffolk. O peso pré-parto (PPP diferiu (P<0,05 apenas entre as estações, tendo sido de 65,23kg na estação reprodutiva I (2 a 4/2002, 58,15kg na estação reprodutiva II (10 a 12/2002 e 59,73kg na estação reprodutiva III (6 a 8/2003. No peso pós-parto (PPART, também ocorreram diferenças (P<0,05 entre a raça Santa Inês (53,59kg e a mestiça Santa Inês-Suffolk (57,05kg; no peso aos 30 dias de lactação (P30d a Santa Inês registrou 52,94kg e a mestiça Santa Inês-Suffolk 55,45kg. O peso aos 70 dias (P70d de lactação foi para a Santa Inês de 50,83kg e de 53,22 kg para a mestiça Santa Inês-Suffolk; e o peso aos 100dias (P100d de lactação foi de 51,55kg e de 53,61kg para a Santa Inês e para a mestiça Santa Inês-Suffolk, respectivamente. A condição corporal inicial (CCI foi maior (P<0,05 para o T2 2,47 do que para o T1 2,16. Na condição corporal final (CCF, 2,19 e 2,6, respectivamente para T1 e T2, mas os tratamentos não diferiram na condição corporal pré-parto (CCPP. A CCI 2,4 para a mestiça Santa Inês-Suffolk foi (P<0,05 em relação a Santa Inês 2,22. A CCF da mestiça Santa Inês-Suffolk de 2,49 também foi maior (P<0,05 que da Santa Inês que obteve 2,3, mas não diferiram na CCPP. Em relação as três estações reprodutivas, apenas na estação I a CCI 2,55, CCF 2,8 e a CCPP 3,03 foram maiores (P<0,05. Já as estações reprodutivas II= 2,47 e III= 2,1 diferiram somente na CCPP que foi menor na estação III. Na estação I e T1 ambos os genótipos obtiveram 72,5% de fertilidade e o T2 apresentou para as mestiças Santa Inês-Suffolk 77% e para a Santa Inês 88%. Na estação II o T1 obteve para as mestiças Santa Inês-Suffolk 42% e para as Santa Inês 38% e o T2 resultou em 56 e 50% para as mestiças Santa Inês-Suffolk e Santa Inês respectivamente. Na estação III a fertilidade do T1 foi para as mestiças 60% e para as Santa Inês 54% e o T2 87% e 76% para as mestiças e Santa Inês respectivamente. Encontrou-se diferença na prolificidade, entre os tratamentos, sendo na estação I a prolificidade foi de 1,20 e 1,55, na estação II foi 0,90 e 1,03 e na estação III obteve-se 1,11 e 1,14, respectivamente para o T1 e T2. Concluiu-se que a suplementação melhorou o desempenho reprodutivo das ovelhas.

Boucinhas Claudia da Costa

2006-01-01

170

Avaliação do risco para parto prematuro espontâneo pelo comprimento do colo uterino no primeiro e segundo trimestres da gravidez / Risk assessment for spontaneous preterm delivery according to cervical length in the first and second trimesters of pregnancy  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Objetivos:avaliar, no primeiro e segundo trimestres da gravidez, a correlação entre o comprimento do colo uterino e a ocorrência de parto prematuro espontâneo. Métodos:em 641 grávidas do pré-natal geral, a medida do comprimento do colo uterino foi realizada em dois momentos: entre a 11ª e a 16ª e en [...] tre a 23ª e a 24ª semana da gravidez. A avaliação do colo uterino foi feita pela ultra-sonografia transvaginal, com a grávida em posição ginecológica e tendo realizado previamente esvaziamento da bexiga. O comprimento do colo uterino foi medido linearmente do seu orifício interno ao externo. A medida do comprimento do colo uterino foi correlacionada com a idade gestacional no momento do parto. Para comparação das médias do grupo de grávidas que tiveram parto prematuro e a termo utilizamos o teste t de Student. A sensibilidade, especificidade, taxa de falso-positivos, falso-negativos e acurácia para o parto prematuro foram calculadas para os comprimentos de colo menores ou iguais a 30 mm, 25 mm e 20 mm. Resultados:a medida do comprimento do colo uterino entre a 11ª e a 16ª semana de gestação não apresentou diferença significativa entre o grupo de parto prematuro e o grupo a termo (40,6 mm e 42,7 mm, respectivamente, p=0,2459). A diferença entre os grupos, no entanto, foi significativa quando o colo foi medido entre a 23ª e a 24ª semana de gravidez (37,3 mm para o grupo que evoluiu com parto prematuro e 26,7 mm para o grupo a termo, p=0,0001, teste t de Student). Conclusões:o comprimento do colo uterino entre a 11ª e a 16ª semana de gravidez não foi significativamente diferente entre as gestantes com parto prematuro ou a termo. No entanto, na 23ª e 24ª semana esta diferença foi significativa, podendo ser um método de predição da prematuridade. Abstract in english Purpose: to evaluate, in the first and second trimesters of pregnancy, the correlation between cervical length and spontaneous preterm delivery. Methods: cervical length was evaluated in 641 pregnant women between 11-16 weeks' and 23-24 weeks' gestation. Cervical assessment was performed by a transv [...] aginal scan with the patient with empty bladder in a gynecological position. Cervical length was measured from the internal to the external os. The gestational age at delivery was correlated with the length of the cervix. To compare the means in groups of pregnant women who had a term or preterm delivery, we used Student's t test. Sensitivity, specificity, false-positive and false-negative rates, and accuracy were calculated for cervical length of 20 mm or less, 25 mm or less and 30 mm or less in the prediction of preterm delivery. Results: the measurement of cervical length, between 11 and 16 weeks of pregnancy, did not show any statistically significant difference on comparing women who had preterm and term delivery (40.6 mm and 42.7 mm, respectively, p=0.2459). However, the difference between the two groups at 23 to 24 weeks was significant (37.3 mm in the group who delivered prematurely and 26.7 mm in the term group, p=0.0001, Student's t test). Conclusion: there was no significant difference in cervical length, at 11 to 16 weeks, between pregnant women who had a preterm and term delivery. However, at 23 to 24 weeks, cervical length was significantly different between the two groups, and this measurement might be used as a predictor for prematurity.

Mário Henrique Burlacchini de, Carvalho; Roberto Eduardo, Bittar; Midgley, Gonzales; Maria de Lourdes, Brizot; Marcelo, Zugaib.

2002-08-01

171

Depressão pós-parto em puérperas: conhecendo interações entre mãe, filho e família / Postpartum depression in puerperal women: knowing the interactions among mother, son and family / Depresión posparto en puérperas: conociendo interacciones entre madre, hijo y familia  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Conhecer a interação de puérperas, que apresentam depressão pós-parto, com seus filhos e compreender a percepção de familiares sobre a doença e cuidados maternos prestados por essas puérperas. MÉTODOS: Estudo qualitativo de caráter exploratório que teve como sujeitos do estudo quatro puérp [...] eras com depressão pós-parto, acompanhadas em um Centro de Atenção Psicossocial do município de Quixadá - CE e quatro familiares. Foram realizadas visitas domiciliárias para a execução de entrevistas em profundidade. Os dados foram analisados conforme a técnica de análise de conteúdo proposta por Morse e Field. RESULTADOS: As principais alterações emocionais relatadas foram o choro fácil e nervosismo. As puérperas sentiam-se frustradas e/ou inseguras quanto ao exercício da maternidade. Como agravante foi observado que familiares desconheciam o problema da depressão pós-parto. CONCLUSÃO: O cuidado de enfermagem nessa situação deve começar no pré-natal com avaliação da auto-estima, da rede de suporte social e da satisfação das futuras mães. Abstract in spanish OBJETIVO: Conocer la interacción de puérperas, que presentan depresión posparto, con sus hijos y, comprender la percepción de familiares sobre la enfermedad y cuidados maternos prestados por esas puérperas. MÉTODOS: Estudio cualitativo de carácter exploratorio que tuvo como sujetos de estudio cuatro [...] puérperas con depresión posparto, acompañadas en un Centro de Atención Psicosocial del municipio de Quixadá (estado de Ceará), y cuatro familiares. Fueron realizadas visitas domiciliarias para la ejecución de entrevistas en profundidad. Los datos fueron analizados conforme la técnica de análisis de contenido propuesta por Morse e Field. RESULTADOS: Las principales alteraciones emocionales relatadas fueron el llanto fácil y el nervosismo. Las puérperas se sentían frustradas y/o inseguras en lo referente al ejercicio de la maternidad. Como agravante fue observado que los familiares desconocían el problema de la depresión posparto. CONCLUSIÓN: El cuidado de enfermería en esa situación debe comenzar en el prenatal con evaluación de la autoestima, de la red de suporte social y de la satisfacción de las futuras madres. Abstract in english OBJECTIVES: To study the interaction of puerperal women who have postpartum depression and to understand the perception of family about the disease and maternal care provided by these mothers. METHODS: This is an exploratory and qualitative study which had as a subject of study four puerperal women [...] (with postpartum depression, being followed at the Psychosocial Care Center in the municipality of Quixada, state of Ceara) and four relatives. Home visits were made to carry out the interviews. The data were analyzed according to the content analysis technique proposed by Morse and Field. RESULTS: The main changes reported were emotional easy-tears and nervousness. The puerperal women were frustrated and/or lacking confidence in the exercise of motherhood. To make matters worse it was observed that the families were unaware of the postpartum depression problem. CONCLUSION: Nursing care in this situation should begin assessing the prenatal self-esteem, the received social support from the network and the mother satisfaction.

Francisca Cláudia Sousa da, Silva; Thiago Moura de, Araújo; Márcio Flávio Moura de, Araújo; Carolina Maria de Lima, Carvalho; Joselany Áfio, Caetano.

2010-06-01

172

Avaliação biométrica do colo uterino durante a gestação por meio da ultra-sonografia transvaginal e ressonância magnética Biometric analysis of uterine cervix during pregnancy using transvaginal ultrasonography and magnetic resonance imaging  

OpenAIRE

OBJETIVO: Avaliar o comprimento do colo uterino por meio da ressonância magnética e comparar aos achados da ultra-sonografia transvaginal. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram realizados exames ultra-sonográficos e de ressonância magnética do colo uterino em 20 pacientes com idade gestacional entre 19 e 30 semanas. As medidas do colo obtidas pelo exame de ressonância magnética foram aferidas por dois especialistas em diagnóstico por imagem, para calcular a variabilidade interobservador do mét...

Rosieny Souza Brandão; Claudio Rodrigues Pires; Eduardo De Souza; Francisco da Silva Maciel Junior; Antonio Fernandes Moron; Rosiane Mattar

2008-01-01

173

Rastreamento da depressão pós-parto em mulheres atendidas pelo Programa de Saúde da Família Post-partum depression screening among women attended by the Family Health Program  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVOS: estimar a prevalência de depressão puerperal (DP sua associação com transtorno mental comum (TMC nas mulheres atendidas por duas unidades do Programa de Saúde da Família (PSF da cidade de São Paulo e identificar os fatores de risco associados à DP. MÉTODOS: estudo de corte transversal com 70 puérperas atendidas nas Unidades do PSF, Fazenda da Juta II e Jardim Sinhá, entre outubro de 2003 e fevereiro de 2004. Como instrumentos utilizaram-se: questionário com informações sociodemográficas econômicas e dados obstétricos e perinatais; Self-Report Questionnaire 20 (SRQ-20, para rastreamento de TMC e a Edinburgh Post-Natal Depression Scale (EPDS, para avaliação de DP. Para testar as associações entre variáveis explicativas (fatores de risco e a presença de DP foram utilizados os testes t de Student, chi2 e chi2 de tendência linear, quando indicados. Para avaliar a concordância entre a EPDS e o SRQ foi utilizado o coeficiente de concordância kappa (kapa. RESULTADOS: a prevalência de TMC e de DP foi de 37,1%. As escalas apresentaram boa concordância (kapa = 0,75. As variáveis explicativas idade materna, cor, escolaridade, ocupação e estado civil, além de idade, ocupação e instrução do companheiro, renda familiar, número de gestações, paridade, abortamentos, filhos vivos, partos prematuros, idade gestacional, tipo do parto, planejamento da gestação, Apgar de 1º e 5º minuto, sexo e peso do recém-nascido e aleitamento materno não apresentaram significância estatística. Quanto maior a percepção de suporte social do marido, menor a prevalência de DP (p=0,03. CONCLUSÃO: devido à alta prevalência e impacto negativo sobre a mãe e seu filho, é valioso sensibilizar o profissional de saúde para a importância da DP.PURPOSE: to estimate the prevalence of Family Health Program postpartum depression (PPD and its association with minor mental disorders (MMD among women attended in two (FHP PSF units, in the city of São Paulo, and to identify risk factors associated with PPD. METHODS:a cross-sectional study with 70 postpartum women from two FHP units (Fazenda da Juta II and Jardim Sinhá, from October 2003 to February 2004. The following instruments were used: questionnaire with socio-demographical-economic data and obstetric and perinatal data; Self-Report Questionnaire 20 (SRQ-20, for screening of MMD, and Edinburgh Post-Natal Depression Scale (EPDS, for evaluation of PPD. To verify association between explanatory variables and PPD, Student's t test, chi2 or linear trend chi2 were utilized when indicated. To evaluate concordance between scales (EPDS and SRQ-20 kappa (kappa coefficient correlation was used. RESULTS:the prevalence of PPD and MMD was 37.1%. Scales presented a good concordance (kappa=0.75. The explanatory variables age, ethnicity, years of education, profession, and marital status, besides partner's profession and years of education, familiar income, number of pregnancies, parity, miscarriage, number of alive children, premature deliveries, gestational age, type of delivery, planning of actual pregnancy, score of Apgar (first and five minutes, newborn sex and weight, and breastfeeding did not show significant statistical association. A greater perception of social support from the partner was associated with lower prevalence of PPD (p=0.03. CONCLUSION: because of its high prevalence and negative impact upon mother and child, it is worthwhile to sensitize health care professionals about the importance of PPD

Eliane Bezerra da Silva Cruz

2005-04-01

174

Rastreamento da depressão pós-parto em mulheres atendidas pelo Programa de Saúde da Família / Post-partum depression screening among women attended by the Family Health Program  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVOS: estimar a prevalência de depressão puerperal (DP) sua associação com transtorno mental comum (TMC) nas mulheres atendidas por duas unidades do Programa de Saúde da Família (PSF) da cidade de São Paulo e identificar os fatores de risco associados à DP. MÉTODOS: estudo de corte transversal [...] com 70 puérperas atendidas nas Unidades do PSF, Fazenda da Juta II e Jardim Sinhá, entre outubro de 2003 e fevereiro de 2004. Como instrumentos utilizaram-se: questionário com informações sociodemográficas econômicas e dados obstétricos e perinatais; Self-Report Questionnaire 20 (SRQ-20), para rastreamento de TMC e a Edinburgh Post-Natal Depression Scale (EPDS), para avaliação de DP. Para testar as associações entre variáveis explicativas (fatores de risco) e a presença de DP foram utilizados os testes t de Student, chi2 e chi2 de tendência linear, quando indicados. Para avaliar a concordância entre a EPDS e o SRQ foi utilizado o coeficiente de concordância kappa (kapa). RESULTADOS: a prevalência de TMC e de DP foi de 37,1%. As escalas apresentaram boa concordância (kapa = 0,75). As variáveis explicativas idade materna, cor, escolaridade, ocupação e estado civil, além de idade, ocupação e instrução do companheiro, renda familiar, número de gestações, paridade, abortamentos, filhos vivos, partos prematuros, idade gestacional, tipo do parto, planejamento da gestação, Apgar de 1º e 5º minuto, sexo e peso do recém-nascido e aleitamento materno não apresentaram significância estatística. Quanto maior a percepção de suporte social do marido, menor a prevalência de DP (p=0,03). CONCLUSÃO: devido à alta prevalência e impacto negativo sobre a mãe e seu filho, é valioso sensibilizar o profissional de saúde para a importância da DP. Abstract in english PURPOSE: to estimate the prevalence of Family Health Program postpartum depression (PPD) and its association with minor mental disorders (MMD) among women attended in two (FHP) PSF units, in the city of São Paulo, and to identify risk factors associated with PPD. METHODS:a cross-sectional study with [...] 70 postpartum women from two FHP units (Fazenda da Juta II and Jardim Sinhá), from October 2003 to February 2004. The following instruments were used: questionnaire with socio-demographical-economic data and obstetric and perinatal data; Self-Report Questionnaire 20 (SRQ-20), for screening of MMD, and Edinburgh Post-Natal Depression Scale (EPDS), for evaluation of PPD. To verify association between explanatory variables and PPD, Student's t test, chi2 or linear trend chi2 were utilized when indicated. To evaluate concordance between scales (EPDS and SRQ-20) kappa (kappa) coefficient correlation was used. RESULTS:the prevalence of PPD and MMD was 37.1%. Scales presented a good concordance (kappa=0.75). The explanatory variables age, ethnicity, years of education, profession, and marital status, besides partner's profession and years of education, familiar income, number of pregnancies, parity, miscarriage, number of alive children, premature deliveries, gestational age, type of delivery, planning of actual pregnancy, score of Apgar (first and five minutes), newborn sex and weight, and breastfeeding did not show significant statistical association. A greater perception of social support from the partner was associated with lower prevalence of PPD (p=0.03). CONCLUSION: because of its high prevalence and negative impact upon mother and child, it is worthwhile to sensitize health care professionals about the importance of PPD

Eliane Bezerra da Silva, Cruz; Gláucia Lucena, Simões; Alexandre, Faisal-Cury.

2005-04-01

175

Factors associated with low birth weight in a historical series of deliveries in Campinas, Brazil Fatores associados a baixo peso ao nascer em uma série histórica de partos em Campinas, Brazil  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJECTIVE: To identify the risk factors associated with low birth weight (37 months, maternal history of hypertension, cardiopathy and premature delivery, few (OBJETIVO: Identificar os fatores de risco associados com baixo peso (37 meses, história materna de hipertensão, cardiopatia e parto prematuro, <5 consultas de pré-natal e seu início tardiamente na gestação (após o terceiro mês, rotura prematura de membranas, aumento da pressão arterial, doenças infecciosas e hemorragias durante a atual gestação. Obesidade materna e primiparidade foram fatores de proteção. CONCLUSÃO: Estes resultados confirmam os achados de estudos prévios. A detecção e manejo ante-parto de fatores modificáveis, aconselhamento, intervenção pré-concepcional, pré-natal adequado e a implementação de prevenção primária e secundária de morbidade materna devem constituir uma preocupação para todo obstetra como potencial fonte de redução da incidência de baixo peso ao nascimento.

Pedro Ribeiro Coutinho

2009-01-01

176

Transvaginal ultrasound ovarian diathermy: sheep as an experimental model  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Abstract Background Some techniques of transvaginal ovarian drilling have been previously described. Nevertheless a monopolar transvaginal ovarian cauterization, that use the expertise and safety of transvaginal puncture for oocyte captation seems to be an easier and feasible approach. The aim of this study was to develop a minimally invasive ovarian cauterization technique under transvaginal ultrasound control, and to evaluate the safety of the transvaginal ovarian monopolar cauterization, female sheep at reproductive age were used as an experimental model. Findings An experimental study was performed in a university research center. Seventeen female sheep (15 Corriedale e 2 Suffolk in reproductive age were submitted to transvaginal ovarian cauterization with a monopolar Valleylab Force 2 electrocautery. Macroscopic and microscopic lesions were assessed. Ovarian size were 1.31 cm2 ± 0,43 (Corriedale and 3.41 cm2 ± 0,64 (Suffolk. From 30 ovaries from Corriedale sheep punctured, only 3 were cauterized, presenting macroscopic and typical microscopic lesion. In the Suffolk sheep group, only one ovary was cauterized. No lesion could be found in the needle path. Conclusions This is the first experimental animal model described for ovarian cauterization needle guided by transvaginal ultrasound. The sheep does not seem to be the ideal animal model to study this technique. Another animal model, whose ovaries are better identified by transvaginal ultrasound should be sought for this technique, theoretically less invasive, before it could be offered safely to women with polycystic ovary syndrome.

Pimentel Anita M

2012-01-01

177

Transvaginal ultrasonography and hysteroscopy in postmenopausal bleeding: a prospective study  

OpenAIRE

OBJECTIVE: To determine the diagnostic value of transvaginal ultrasonography and hysteroscopy in patients with postmenopausal bleeding. MATERIAL AND METHODS: Between January 1, 1998 and June 30, 1999, 88 outpatient women with postmenopausal bleeding were enrolled in a prospective study. They underwent transvaginal ultrasonography and hysteroscopy, and were submitted to directed biopsy during hysteroscopy. Findings were classified as normal endometrium, suggestive of atrophy, focal abnormality...

Sousa, R.; Silvestre, M.; Almeida E Sousa, L.; Falca?o, F.; Dias, I.; Silva, T.; Oliveira, Cf; Oliveira, Hm

2001-01-01

178

Sangrado transvaginal durante el embarazo, como factor de riesgo para isoinmunización al antígeno Rhesus-D Transvaginal bleeding during pregnancy associated with Rhesus-D isoimmunization  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Evaluar el sangrado transvaginal en cualquier etapa del embarazo como factor de riesgo para la sensibilización al antígeno eritrocitario Rhesus-D en mujeres previamente no isoinmunizadas (Rh(-NI, como una alternativa para la aplicación rutinaria de gama-globulina anti-D a la semana 28 de gestación. MATERIAL Y MÉTODOS: Estudio de casos y controles consecutivos, efectuado en el Instituto Nacional de Perinatología de la Ciudad de México, en el periodo de 1995 a 2001.Casos (n=24, pacientes Rh(-NI que mostraron seroconversión positiva de anticuerpos contra el componente D del antígeno Rh durante el embarazo o en el puerperio inmediato. Controles (n=24, mujeres Rh(-NI, captadas consecutivamente y que no presentaron seroconversión positiva de anticuerpos Anti-D. En todos los casos los recién nacidos fueron Rh positivos. Ninguna de las pacientes recibió inmunoprofilaxis Anti-D a la semana 28 de gestación. Se evaluaron periodos de sangrado transvaginal en cualquier etapa del embarazo y antes del inicio del trabajo de parto. Se estimaron razones de probabilidad e intervalos de confianza de 95%. RESULTADOS: La presencia de sangrado transvaginal se observó en 18/24 (75% de los casos y en 5/24 de los controles (20%. La actividad uterina pretérmino y la amenaza de aborto fueron las causas más frecuentes identificadas como causa de este sangrado. La presencia de uno solo de estos eventos durante cualquier etapa del embarazo aumentó 11.4 veces (IC 95% 2.9-44.0 el riesgo de sensibilización al antígeno eritrocitario Rh-D, y si el sangrado se presentó después de la semana 20 el riesgo se incrementó 5.0 veces (IC 95% 1.3-19.1. La presencia de sangrado antes de la semana 20 no se asoció con un incremento significativo en el riesgo de sensibilización (OR=7.6, IC 95% 0.8-69.5. CONCLUSIONES: En presencia de cualquier sangrado transvaginal durante el embarazo en una paciente Rh-NI se recomienda la aplicación profiláctica de gama-globulina anti-D.OBJECTIVE: The aim of the present study was to evaluate transvaginal bleeding (TVB as a risk factor for Rhesus isoimmunization during pregnancy, in order to optimize the application of Anti-D gammaglobulin in non-immunized pregnant women, as an alternative to the routine application of Anti-D at 28 weeks of gestation. MATERIAL AND METHODS: This case-control study was conducted from 1995 to 2001 at Mexico's National Perinatology Institute. Cases (n=24 were non-immunized pregnant women who showed positive anti-D antibody seroconversion during pregnancy or during the early puerperium. Controls (n=24 were non-immunized pregnant women who enrolled after each case, with similar clinical characteristics but who had no anti-D antibody seroconversion during pregnancy. In all cases the newborns were Rh-positive. None of the patients received immunoprofilaxis at 28 weeks of gestation. The presence of TVB was recorded at any stage of pregnancy and before labor. Odds ratios with 95% confidence intervals were used to assess associations. RESULTS: TVB was observed in 18/24 (75% cases and in 5/24 (20% controls. Preterm uterine contractions and threatened miscarriage were the most frequent causes of TVB. The presence of one TVB event during pregnancy increased 11.4 times (95% CI 2.9-44.0 the likelihood of Rhesus isoimmunization. TVB after 20 weeks of gestation increased the likelihood 5.0 times (95%CI 1.3-19.1. TVB before 20 weeks of gestation was not significantly associated with Rh isoimmunization (OR=7.6, 95%CI 0.8-69.5. CONCLUSIONS: Prophylaxis with anti-D gammaglobulin should be given to all non-immunized Rhesus-negative pregnant woman with TVB at any stage of pregnancy.

Edgar Hernández-Andrade

2003-12-01

179

Comparação da composição bioquímica do líquido amniótico equino colhido em diferentes estágios gestacionais e no momento do parto / Comparison of the biochemical composition of equine amniotic fluid collected in different gestational phases and at delivery  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese A viabilidade e maturidade fetais podem ser estimadas através da avaliação dos fluídos fetais em muitas espécies, no entanto a composição bioquímica do líquido amniótico durante a gestação ainda não está bem definida para a espécie equina. O objetivo deste estudo foi estabelecer e comparar o perfil [...] bioquímico do liquido amniótico em diferentes momentos da gestação e no momento do parto para um melhor entendimento da fisiologia da gestação de equinos. Foram avaliados valores encontrados para pH, osmolaridade, glicose, uréia, creatinina, gamma-GT, sódio, potássio, cloretos e proteína total no liquido amniótico colhido de 122 éguas comparando-se os resultados encontrados entre as colheitas em terço inicial (TI), médio (TM) e final (TF) da gestação e no momento do parto (MP). As amostras colhidas nos períodos gestacionais foram realizadas em frigoríficos abatedouros. As idades gestacionais (IG), em dias, foram definidas através de fórmula de regressão sugerida por Naves et al. (2008), utilizando-se a mensuração crânio-caudal dos fetos. Devido a presença de graus variados de assimetria e desvios de um padrão Gaussiano de distribuição, o teste de Kruskal-Wallis foi usado para comparar a mediana de cada variável-resposta entre os grupos de estudo. Quando houve evidência significante de que pelo menos uma das medianas era diferente das outras, o teste de Wilcoxon foi usado para realizar comparações múltiplas entre os grupos. O método de Bonferroni foi usado para ajustar o valor-P resultante das comparações múltiplas. A análise estatística foi realizada com o procedimento PROC NPAR1WAY e significância estatística foi definida como p Abstract in english The viability and fetal maturity can be estimated by biochemical evaluation of the fetal fluids of several species; however the biochemical composition of amniotic fluid during pregnancy is not fully defined for equine. The aim of this study was to establish and compare the biochemical profile of am [...] niotic fluid in different moments of pregnancy and at delivery, in order to better explain the peculiarities of the physiology of pregnancy in mares. The values founded for pH, osmolarity, glucose, urea, creatinine, gamma-GT, Sodium, potassium, chloride and total protein were evaluated in amniotic fluid collected from 122 mares comparing the results between the initial-third (IT), mid-third (MT) and latter-third (FT) of gestation and at delivery (D). The gestational period samples were collected at slaughterhouses. Gestational ages (IG), in days, were defined following the regression formula suggested by Naves et al. (2008) by measuring the craniocaudal (CC) distance of the fetuses. Commercial kits for biochemical evaluation were used. Due to the presence of varying degrees of asymmetry and deviations from a standard Gaussian distribution, the Kruskal-Wallis test was used to compare the median of each response variable among the study groups. When there has been significant evidence that at least one of the medians differed from the others, the Wilcoxon test was used to perform multiple comparisons between groups. The Bonferroni method was used to adjust the resulting p-value for multiple comparisons. Statistical analysis was performed using PROC Npar1way and statistical significance was defined as p

Bruna De, Vita; Loreta L., Campos; Amanda J., Listoni; Ian, Martin; Regina K., Takahira; Bruna R., Curcio; Fernanda C., Landim-Alvarenga; Nereu C., Prestes.

2014-06-01

180

Access to care for women during childbirth in university hospitals: characterization and associated factors / Acesso de parturientes para a assistência ao parto em hospitais universitários: caracterização e fatores associados / Acceso de las parturientas para prestación de servicios en los hospitales universitarios: caracterización y factores asociados  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese O estudo teve por objetivo analisar os fatores socioeconômicos, demográficos, obstétricos, neonatais e assistenciais associados ao acesso da parturiente à assistência ao parto. Foi um estudo transversal, realizado com 310 puérperas em dois hospitais universitários do estado do Paraná, Brasil, em 201 [...] 1. O acesso ao parto foi analisado segundo as variáveis socioeconômicas, demográficas, obstétricas, neonatais e assistenciais. As puérperas foram entrevistadas durante a internação no hospital, nas primeiras 72 horas após o parto. Os dados foram analisados por frequências relativas e cálculo do x 2 , considerando-se associação significativa quando p? 0,05. A taxa total de mulheres encaminhadas aos hospitais universitários foi de 17,7%. Encontrou-se associação significativa do acesso ao parto com: residir em outros municípios; parto prematuro; recém-nascido de baixo peso; intercorrências na gestação atual e uso de ambulância. Conclui-se que os fatores associados encontrados neste estudo sugerem que a gestante com algum risco necessitou de encaminhamento para os hospitais universitários. Abstract in spanish El objetivo del estudio fue analizar los factores socioeconómicos, demográficos, obstétricos, neonatales y asistenciales relacionados con el acceso de las parturientas. Un estudio transversal que incluyó a 310 puérperas en dos hospitales universitarios en el estado de Paraná-Brasil en 2011. Acceso a [...] l parto se analizó de acuerdo a las variables socioeconómicas, demográficas, obstétricas, neonatales y asistenciales. Las mujeres fueron entrevistadas durante la estancia hospitalaria, las primeras 72 horas después del parto. Los datos analizados por frecuencias relativas y x2, considerando asociación significativa cuando p? 0,05. La tasa total de mujeres encaminadas a los hospitales universitarios fue 17,7%. Se encontró asociación significativa del acceso al parto, con: vivir en otros municipios, parto prematuro, recién nacido con bajo peso, complicaciones en el embarazo actual y el uso de ambulancia. Se concluye que los factores asociados encontrados sugieren que las mujeres embarazadas con algún riesgo requieren el encaminamiento a los hospitales universitarios. Abstract in english This study aimed to analyze the socioeconomic, demographic, obstetric, neonatal and healthcare factors associated with access to care by women during childbirth. It was a transversal study conducted on puerperal women in two university hospitals in the state of Paraná, Brazil in 2011. Access to chil [...] dbirth was analyzed according to socioeconomic, demographic, obstetric, neonatal and healthcare variables. The puerperal women were interviewed during hospitalization, in the first 72 hours after birth. The data was analyzed by relative frequencies and calculation of the x2, considering a significant association when p? 0.05. The overall rate of women referred to university hospitals was 17.7%. A significant associated was found between access to childbirth and: residing in other cities; premature birth; underweight newborns; complications in the current pregnancy and the use of ambulances. It was concluded that the associated factors found in this study suggest that pregnant women with some risk required referral to university hospitals.

Lorenna Viccentine Coutinho, MONTESCHIO; Jenny Karol Gomes Sato, SGOBERO; Sonia Silva, MARCON; Thais Aidar de Freitas, MATHIAS.

2014-03-01

181

Infertilidad: histeroscopia versus ultrasonografía transvaginal e histerosalpingografía  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Venezuela | Language: Spanish Abstract in spanish Objetivo: Comparar la histeroscopia con el ultrasonido transvaginal y la histerosalpingografía para el estudio de la cavidad uterina en la paciente infértil. Métodos: Estudio prospectivo descriptivo, comparativo de las pacientes de la Unidad de Fertilidad del Servicio de Ginecología del Hospital Uni [...] versitario de Caracas entre marzo y noviembre de 2011. Resultados: Se evaluaron 33 pacientes con diagnóstico de infertilidad primaria y secundaria. La histeroscopia mostró alteraciones en 66,6 % predominando la sinequia uterina y el pólipo endometrial. La histerosalpingografía reportó una sensibilidad de 40,9 % y una especificidad de 81,8 % en comparación con la histeroscopia, con un valor predictivo positivo de 81,8 % y un valor predictivo negativo de 40,9.%. La tasa de concordancia entre los dos procedimientos fue de 50,4 %. El ultrasonido transvaginal reportó una sensibilidad de 45,5 % y una especificidad de 90,9 % en comparación con la histeroscopia, la concordancia entre estos dos procedimientos fue de 60,65 %. No hubo complicaciones durante la histeroscopia. Conclusiones: Consideramos que el ultrasonido transvaginal, la histerosalpingografía y la histeroscopia son complementarios en la evaluación de la paciente infértil, pero en vista de la baja tasa de sensibilidad y concordancia de los dos primeros, consideramos que la histeroscopia debe incluirse de rutina en el estudio de la pareja infértil Abstract in english Objective: The aim of this study was to compare the hysteroscopy, transvaginal ultrasound and hysterosalpingography in the study of uterine cavity in infertile patients. Methods: Descriptive, comparative study of patients from the Fertility Unit of Gynecology Service of the Hospital Universitario de [...] Caracas between March and November 2011. Results: We evaluated 33 patients with primary and secundary infertility. Abnormal hysteroscopic findings were observed in 66, 6 %, in wich intrauterine adhesions and endometrial polyp were the most common findings. Hysterosalpingography reported a sensitivity of 40.9 % and specificity of 81.8 % compared with hysteroscopy, with a positive predictive value of 81.8 % and a negative predictive value of 40.9 %. Overall agreement between these two procedures was 50.4 %. Transvaginal ultrasound reported a sensitivity of 45.5 % and specificity of 90.9 % compared with hysteroscopy, with a positive predictive value of 90.9 % and negative predictive value of 45.5 %. Overall agreement between between these two procedures was 60.65 %. There were no complications during hysteroscopy. Conclusions: We believe that transvaginal ultrasound, hysterosalpingography and hysteroscopy are complementary in the evaluation of the infertile patient but given the low rate of sensitivity and consistency of the first two, we believe that routine hysteroscopy should be included in the study of the infertile couple

Jeismar, Bello Zambrano; Ana Katiuska, Maldonado Asuaje; Christian, Sánchez Boccaccio.

2013-03-01

182

Métodos para indução do parto Methods for labor induction  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available O interesse da obstetrícia moderna pela indução do parto é demonstrado pela grande quantidade de artigos científicos publicados nos últimos anos. Os avanços da medicina em geral e da obstetrícia em particular têm permitido que mais gestações de risco evoluam até o termo ou próximo dele, com indicação materna ou fetal de interrupção da gestação antes do desencadeamento do trabalho de parto espontâneo. Isso coloca o obstetra na situação entre a escolha da cesárea ou da indução do parto. Para que o obstetra faça a escolha pela indução do parto e desta forma colabore com a diminuição da incidência de cesárea, é necessário que haja método acessível, barato, seguro, efetivo, de fácil utilização e de boa aceitabilidade. Embora exista grande quantidade de métodos de indução do parto relatados na literatura médica, sabe-se que ainda não há método ideal. No entanto, dentre eles, dois se destacam. O primeiro é a ocitocina, que possui as vantagens de promover contrações uterinas fisiológicas de trabalho de parto e com possibilidade de reverter os quadros de aumento da contratilidade uterina com a sua suspensão. O outro método é o misoprostol, o mais utilizado na atualidade, que amadurece o colo uterino e provoca contrações uterinas de trabalho de parto. No entanto, em relação ao misoprostol ainda existem controvérsias sobre sua dose e via ideal e segurança.The interest of modern obstetrics in labor induction can be demonstrated by the huge amount of scientific articles published during the last few years. The advances of medicine in general and particularly of obstetrics allowed that more risky pregnancies reach term or near term, with a maternal or fetal indication for pregnancy interruption before the spontaneous onset of labor and delivery. This leads the obstetrician to the situation of choosing between cesarean section and labor induction. With the aim of helping the obstetrician to make the choice for labor induction and thus collaborate with the reduction in cesarean section rates, it is necessary that an accessible, cheap, safe, effective, easy to be used method with good acceptability is available. Although several methods of labor induction reported in medical literature do exist, it is known that there is no ideal method. However, among them, two are highlighted. The first is oxytocin, which has the advantages of promoting physiologic uterine contractions of labor and reverting uterine hypercontractility when suspended. The other method is misoprostol, nowadays the most used, which ripens the uterine cervix and induces uterine contractions of labor. However, there are still some controversies regarding its ideal dose, route and safety.

Olímpio Barbosa de Moraes Filho

2005-08-01

183

Eqüidade na atenção pré-natal e ao parto em área da Região Metropolitana de São Paulo, 1996 Prenatal and childbirth care in an area in Greater Metropolitan São Paulo, 1996  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Estudo transversal realizado com o objetivo de avaliar a assistência pré-natal e ao parto de mães de crianças menores de um ano residentes no Município do Embu (Região Metropolitana de São Paulo, no ano de 1996, segundo quatro estratos de condições de vida. Inquérito domiciliar considerou uma amostra probabilística constituída por 483 crianças. Em todos os estratos, mais de 90% das mães realizaram pré-natal, porém com acesso tardio no estrato 4 (favelas. A realização do exame de mamas, isoladamente, foi o pior indicador de qualidade da assistência pré-natal do município, referida por apenas 60,8% das mães. O desfecho - início do pré-natal após o 1º trimestre e o número de consultas inferior a seis - associou-se à idade materna (menor de 20 anos, menor renda (inferior a 1 salário mínimo per capita e à falta de acesso a plano privado de saúde. Quanto aos partos, 97,7% deles foram hospitalares; houve 32,5% de cesarianas, que foram mais freqüentes nos serviços privados (63,2%. Não se identificaram segmentos populacionais excluídos do sistema de saúde, no entanto, alguns indicadores apontaram para deficiências mais acentuadas no estrato 4. Estes resultados têm subsidiado os gestores locais na definição de ações de saúde para o município.A cross-sectional study was conducted to evaluate prenatal and childbirth care interviewing mothers of infants in the municipality of Embu (Greater Metropolitan São Paulo in 1996, according to four socioeconomic strata. A door-to-door survey included a probabilistic sample consisting of 483 infants. In all strata more than 90% of the mothers had received prenatal care, but with late access in stratum 4 (residents of favelas, or slums. Breast examination during prenatal care, reported by only 60.8% of the mothers, was the worst single indicator of quality of prenatal care in the municipality. The outcome indicator - first prenatal consultation after the first trimester and total number of consultations less than six - was associated with maternal age (less than 20 years, low per capita family income (less than one minimum wage, and lack of private health plan. As for deliveries, 97.7% occurred in hospital, of which 32.5% by cesarean section, with the latter more frequent in private health care facilities (63.2%. No population segments were identified as being excluded from the health care system, but some indicators suggest greater deficiencies in socioeconomic stratum 4. These results have supported local health system managers in redefining health measures for the municipality.

Rosana Fiorini Puccini

2003-02-01

184

Desempenho e digestibilidade dos nutrientes de rações com casca do grão de soja em substituição ao milho para cabras Saanen em lactação e no pré-parto Performance and nutrients digestibility of rations with soybean hulls as a corn ground replacement for Saanen goats, in prepartum and lactation  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objetivou-se com este experimento avaliar o desempenho produtivo, a digestibilidade da matéria seca e dos nutrientes e a composição do leite de cabras Saanen alimentadas com rações contendo casca do grão de soja (CGS em substituição ao milho (0, 50 ou 100%CGS no período da lactação até o pré-parto (30 dias. Foram utilizadas 18 cabras (75,70 ± 10,59 kg em delineamento inteiramente casualizado. As dietas apresentaram em média 14,82% PB e 2,28 Mcal de EM/kg MS ingerida. Os animais foram mantidos confinados em baias individuais com controle diário da ração ingerida e da produção de leite. No 150º dia de lactação, e também no 20º dia anterior à data prevista para o parto, iniciou-se a coleta de fezes para determinação da digestibilidade da ração e dos nutrientes. Mensalmente, foram coletadas amostras de leite para análise dos principais constituintes. Os níveis de CGS não influenciaram o peso corporal (PC, as ingestões de matéria seca (IMS e matéria orgânica (IMO, a digestibilidade de matéria seca (DMS, matéria orgânica (DMO e proteína bruta (DPB para produção de leite, a eficiência de produção de leite e a composição do leite no período de lactação. Também não afetaram o PC e as digestibilidades de MS e MO no período pré-parto. Os níveis de CGC influenciaram as ingestões de proteína bruta e fibra em detergente neutro e a digestibilidade da fibra em detergente neutro nos dois períodos avaliados. No período pré-parto, os maiores resultados para ingestão de MS e MO, digestibilidade da PB e nitrogênio uréico no plasma foram obtidos no nível de 100%CGS. A utilização de casca do grão de soja em substituição ao milho moído na alimentação de cabras Saanen em lactação não altera o desempenho produtivo e a composição do leite.This experiment was carried out to evaluate productive performance, dry matter and nutrient digestibility, and milk composition of Saanen goats fed rations with soybean hulls (SBH as a corn ground replacement (0, 50 and 100%SBH, during lactation until prepartum (30 days. Eighteen goats were used (75.70 ± 10.59 kg in a completely randomized design. The rations presented 14.82% CP and 2.28 Mcal ME/kg DM intake. The animals were confined in individual pens, with daily control of ration intake and milk production. At the 150th lactation day and also 20 th days before kidding, fecal sampling started to be collected to determine ration and nutrient digestibilities. Monthly, milk samples were collected to analyses the main constituents. The levels of SBH did not affect body weight (BW, dry matter (DMI and organic matter (OMI intake, dry matter (DMD, organic matter (OMD and crude protein (CPD digestibility for milk production, milk production efficiency and milk composition during lactation; likewise for BW and digestibilities of DM and OM in prepartum period. The SBH influenced the intakes of crude protein, neutral detergent fiber and digestibility of neutral detergent fiber in the two evaluated periods. In prepartum period, the greatest results for DM and OM intakes , digestibility of CP and plasma urea nitrogen were obtained with the level of 100%SBH. Soybean hulls can be used as a corn ground replacement in rations for lactating Saanen goats without changes in productive performance and milk composition.

Maximiliane Alavarse Zambom

2008-07-01

185

Desempenho e digestibilidade dos nutrientes de rações com casca do grão de soja em substituição ao milho para cabras Saanen em lactação e no pré-parto / Performance and nutrients digestibility of rations with soybean hulls as a corn ground replacement for Saanen goats, in prepartum and lactation  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Objetivou-se com este experimento avaliar o desempenho produtivo, a digestibilidade da matéria seca e dos nutrientes e a composição do leite de cabras Saanen alimentadas com rações contendo casca do grão de soja (CGS) em substituição ao milho (0, 50 ou 100%CGS) no período da lactação até o pré-parto [...] (30 dias). Foram utilizadas 18 cabras (75,70 ± 10,59 kg) em delineamento inteiramente casualizado. As dietas apresentaram em média 14,82% PB e 2,28 Mcal de EM/kg MS ingerida. Os animais foram mantidos confinados em baias individuais com controle diário da ração ingerida e da produção de leite. No 150º dia de lactação, e também no 20º dia anterior à data prevista para o parto, iniciou-se a coleta de fezes para determinação da digestibilidade da ração e dos nutrientes. Mensalmente, foram coletadas amostras de leite para análise dos principais constituintes. Os níveis de CGS não influenciaram o peso corporal (PC), as ingestões de matéria seca (IMS) e matéria orgânica (IMO), a digestibilidade de matéria seca (DMS), matéria orgânica (DMO) e proteína bruta (DPB) para produção de leite, a eficiência de produção de leite e a composição do leite no período de lactação. Também não afetaram o PC e as digestibilidades de MS e MO no período pré-parto. Os níveis de CGC influenciaram as ingestões de proteína bruta e fibra em detergente neutro e a digestibilidade da fibra em detergente neutro nos dois períodos avaliados. No período pré-parto, os maiores resultados para ingestão de MS e MO, digestibilidade da PB e nitrogênio uréico no plasma foram obtidos no nível de 100%CGS. A utilização de casca do grão de soja em substituição ao milho moído na alimentação de cabras Saanen em lactação não altera o desempenho produtivo e a composição do leite. Abstract in english This experiment was carried out to evaluate productive performance, dry matter and nutrient digestibility, and milk composition of Saanen goats fed rations with soybean hulls (SBH) as a corn ground replacement (0, 50 and 100%SBH), during lactation until prepartum (30 days). Eighteen goats were used [...] (75.70 ± 10.59 kg) in a completely randomized design. The rations presented 14.82% CP and 2.28 Mcal ME/kg DM intake. The animals were confined in individual pens, with daily control of ration intake and milk production. At the 150th lactation day and also 20 th days before kidding, fecal sampling started to be collected to determine ration and nutrient digestibilities. Monthly, milk samples were collected to analyses the main constituents. The levels of SBH did not affect body weight (BW), dry matter (DMI) and organic matter (OMI) intake, dry matter (DMD), organic matter (OMD) and crude protein (CPD) digestibility for milk production, milk production efficiency and milk composition during lactation; likewise for BW and digestibilities of DM and OM in prepartum period. The SBH influenced the intakes of crude protein, neutral detergent fiber and digestibility of neutral detergent fiber in the two evaluated periods. In prepartum period, the greatest results for DM and OM intakes , digestibility of CP and plasma urea nitrogen were obtained with the level of 100%SBH. Soybean hulls can be used as a corn ground replacement in rations for lactating Saanen goats without changes in productive performance and milk composition.

Maximiliane Alavarse, Zambom; Claudete Regina, Alcalde; Karina Toledo da, Silva; Francisco de Assis Fonseca de, Macedo; Carlos Eduardo Crispim Oliveira, Ramos; Gabriella de Oliveira, Passianoto.

1311-13-01

186

Transvaginal evisceration after laparoscopic adrenalectomy in neurofibromatosis  

Science.gov (United States)

Transvaginal evisceration is a rare complication of hysterectomy. We describe this event following adrenalectomy for pheochromocytoma in a patient affected by neurofibromatosis. This is the first case reported in the literature following laparoscopic surgery. Prompt emergency intestinal reduction and vaginal cuff repair is required to prevent ischemia of the eviscerated bowel. Pneumoperitoneum, passage of stools, or an unknown connective tissue dysplasia due to genetic abnormalities might have contributed to this unpredictable event. The general surgeon must be aware of this rare but challenging gynecological complication. PMID:20606805

Vettoretto, Nereo; Balestra, Luca; Taglietti, Lucio; Giovanetti, Maurizio

2010-01-01

187

Transvaginal evisceration after laparoscopic adrenalectomy in neurofibromatosis  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Transvaginal evisceration is a rare complication of hysterectomy. We describe this event following adrenalectomy for pheochromocytoma in a patient affected by neurofibromatosis. This is the first case reported in the literature following laparoscopic surgery. Prompt emergency intestinal reduction and vaginal cuff repair is required to prevent ischemia of the eviscerated bowel. Pneumoperitoneum, passage of stools, or an unknown connective tissue dysplasia due to genetic abnormalities might have contributed to this unpredictable event. The general surgeon must be aware of this rare but challenging gynecological complication.

Vettoretto Nereo

2010-01-01

188

Prevalência da depressão pós-parto e fatores associados Prevalence of postpartum depression and associated factors  

OpenAIRE

OBJETIVO: Avaliar a prevalência e os fatores associados à depressão pós-parto. MÉTODOS: O estudo foi realizado na cidade de Pelotas, entre outubro e novembro de 2000. As mães (n=410) foram entrevistadas no hospital, utilizando dois questionários sobre informações obstétricas e psicossociais. Posteriormente, as puérperas foram visitadas em casa, entre 30 a 45 dias depois do parto, quando foi aplicada a Escala de Hamilton com o objetivo de medir e caracterizar a presença de sintomas...

Inácia Gomes da Silva Moraes; Ricardo Tavares Pinheiro; Ricardo Azevedo da Silva; Bernardo Lessa Horta; Paulo Luis Rosa Sousa; Augusto Duarte Faria

2006-01-01

189

Depressão pós-parto : estudo de prevalência e deteção de fatores de risco  

OpenAIRE

Introdução. A prevalência da depressão nas mulheres é aproximadamente duas vezes superior à dos homens. Estima-se que a prevalência de depressão pós-parto em Portugal seja de 12.4% na semana que se segue ao parto e 13.7% nos três meses seguintes. Vários fatores de risco têm sido investigados com resultados contraditórios que se devem provavelmente à natureza complexa e multifatorial da perturbação. O objetivo deste estudo foi a avaliação da prevalência de sintomatologia dep...

Sousa, Soraia Guerra

2012-01-01

190

Avaliação biométrica do colo uterino durante a gestação por meio da ultra-sonografia transvaginal e ressonância magnética Biometric analysis of uterine cervix during pregnancy using transvaginal ultrasonography and magnetic resonance imaging  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o comprimento do colo uterino por meio da ressonância magnética e comparar aos achados da ultra-sonografia transvaginal. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram realizados exames ultra-sonográficos e de ressonância magnética do colo uterino em 20 pacientes com idade gestacional entre 19 e 30 semanas. As medidas do colo obtidas pelo exame de ressonância magnética foram aferidas por dois especialistas em diagnóstico por imagem, para calcular a variabilidade interobservador do método. RESULTADOS: O cálculo do coeficiente de correlação de Pearson entre as medidas do comprimento cervical indicou correlação significante entre os métodos (r=0,628; pOBJECTIVE: To evaluate the uterine cervix length with magnetic resonance imaging in comparison with findings at transvaginal ultrasonography. MATERIALS AND METHODS: Twenty pregnant women between the 19th and 30th gestational weeks underwent magnetic resonance imaging and transvaginal ultrasonography for evaluation of their uterine cervix. Measurements by means of magnetic resonance imaging were performed by two specialists in imaging diagnosis for calculating the interobserver variability of the method. RESULTS: Calculation of the Pearson's correlation coefficient between measurements of the cervical length demonstrated a significant correlation between the results of both methods (r=0.628; p<0.01. The paired t test demonstrated no statistically significant difference between measurements obtained by transvaginal ultrasonography and magnetic resonance imaging (p=0.068. Interobserver agreement in cervical measurements by magnetic resonance imaging was high (a=0.96, demonstrating the reliability of the method. CONCLUSION: The comparison between both imaging methods in the evaluation of cervical biometry showed no statistically significant difference thus reinforcing the utilization of ultrasonography. However, in some cases where transvaginal ultrasonography is contraindicated, magnetic resonance imaging can be alternatively utilized for measurement of the cervical length.

Rosieny Souza Brandão

2008-08-01

191

Percepção da experiência de parto: continuidade e mudança ao longo do pós-parto / Perception of childbirth experience: continuity and change over the postpartum period  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Portugal | Language: Portuguese Abstract in portuguese O parto é, geralmente, uma experiência difícil; o modo como a experiência é recordada ao longo do pós-parto pode interferir no estado de humor e disposição da mulher para engravidar de novo. Objectivos: O objectivo deste estudo é explorar a continuidade e a mudança na percepção da experiência de par [...] to ao longo dos primeiros seis meses do puerpério, em relação com o tipo de parto. Método: Uma amostra de 306 mulheres, recrutadas na Maternidade de Júlio Dinis (Porto), preencheu o "Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto" (QESP, Costa, Figueiredo, Pacheco, & Pais, 2004) nas primeiras 48 horas e ao 3º e 6º mês do pós-parto. Resultados: Os resultados revelam mudanças no sentido de uma percepção mais positiva da experiência de parto entre o pós-parto imediato e o 6º mês do puerpério, pautada pela progressiva recordação da vivência de: mais emoções positivas, menos emoções negativas e menor preocupação durante o parto. A ocorrência destas mudanças positivas associa-se ao tipo de parto, sendo particularmente visível nos partos eutócitos com analgesia epidural e cesariana com anestesia geral. Conclusão: A construção de uma percepção mais positiva da experiência de parto pode ser uma tarefa desenvolvimental relevante do puerpério e parece ser mais consistente nos partos eutócitos com analgesia epidural e cesariana com anestesia geral. Abstract in english The delivery is an experience perceived as difficult by most mothers; the way mothers remember this experience during the early postpartum months can interfere in their mood and predisposition to get pregnant again. Aims: The main aim of this study is to explore continuities and changes in the perce [...] ption of the childbirth experience throughout the first six postpartum months, and relating them to the type of delivery. Method: A sample of 306 pregnant women, recruited at the Júlio Dinis Maternity Hospital (Oporto, Portugal), filled in the "Childbirth Experience and Satisfaction Questionnaire" (QESP, Costa, Figueiredo, Pacheco, & Pais, 2004) in the first 48 hours after delivery, 3rd and 6th postpartum months. Results: Results showed changes in the perception of childbirth experience in a positive way between 48 hours after delivery and the 6th postpartum month. At this moment, women perceived their childbirth experience with more positive emotions, less negative emotions and fewer worries during delivery. The occurrence of these positive changes is associated to the type of delivery, being especially clear in normal deliveries with epidural analgesia and in cesarean with general anaesthetic. Conclusions: The construction of a more positive perception of childbirth experience can be a relevant postpartum developmental task, more consistent in normal deliveries with epidural analgesia and in caesarean with general anaesthetic.

Ana, Conde; Bárbara, Figueiredo; Raquel, Costa; Alexandra, Pacheco; Álvaro, Pais.

192

Esterilización tubaria transvaginal: serie de casos  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Antecedentes: La esterilización tubaria transvaginal, es una forma de abordar la esterilización quirúrgica, en la actualidad poco popularizada. Objetivo: Evaluar la colpotomía posterior como vía para la esterilización tubaria. Método: Análisis de 100 fichas clínicas de mujeres multíparas en estado no puerperal, a solicitud voluntaria de esterilización. Resultados: Hubo un 3% de complicaciones. Conversiones en el 4% y un tiempo operatorio promedio de 25,2 minutos. Conclusión: La colpotomía posterior es una buena alternativa quirúrgica para efectuar la esterilización tubaria, con baja morbilidad.Background: Transvaginal tubal sterilization is a way for surgical sterilization, that currently is not widely used. Objective: To evaluate the posterior colpotomy as a pathway for tubal sterilization. Method: Analysis of 100 medical records of multiparous women non puerperal state, who request voluntary sterilization. Results: There were 3% of complications, 4% of conversions and a mean operative time of 25.2 minutes. Conclusion: The posterior colpotomy is a good surgical alternative to perform tubal sterilization with low morbidity and cost.

Hernán Quinchavil A

2011-01-01

193

Esterilización tubaria transvaginal: serie de casos  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Chile | Language: Spanish Abstract in spanish Antecedentes: La esterilización tubaria transvaginal, es una forma de abordar la esterilización quirúrgica, en la actualidad poco popularizada. Objetivo: Evaluar la colpotomía posterior como vía para la esterilización tubaria. Método: Análisis de 100 fichas clínicas de mujeres multíparas en estado n [...] o puerperal, a solicitud voluntaria de esterilización. Resultados: Hubo un 3% de complicaciones. Conversiones en el 4% y un tiempo operatorio promedio de 25,2 minutos. Conclusión: La colpotomía posterior es una buena alternativa quirúrgica para efectuar la esterilización tubaria, con baja morbilidad. Abstract in english Background: Transvaginal tubal sterilization is a way for surgical sterilization, that currently is not widely used. Objective: To evaluate the posterior colpotomy as a pathway for tubal sterilization. Method: Analysis of 100 medical records of multiparous women non puerperal state, who request volu [...] ntary sterilization. Results: There were 3% of complications, 4% of conversions and a mean operative time of 25.2 minutes. Conclusion: The posterior colpotomy is a good surgical alternative to perform tubal sterilization with low morbidity and cost.

Hernán, Quinchavil A; Francisco, Kaplan D; Magaly, Martínez L; Oscar, Becerra A; Tiare, Hevia G.

194

Colecistectomía transvaginal (NOTES combinada con minilaparoscopia Transvaginal cholecystectomy (NOTES combined with minilaparoscopy  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objetivo: comunicar la primera colecistectomía transvaginal realizada en humanos en nuestro país. Pacientes y métodos: mujer de 35 años de edad con historia de cólicos hepáticos de repetición de etiología litiásica. La intervención la realizó un equipo multidisciplinar constituido por cirujanos, gastroenterólogos y ginecólogos. Consistió en crear un neumoperitoneo mediante una aguja de Veres colocada en el fondo umbilical con posterior colocación de un trócar de 5 mm. Se colocó un segundo trócar de 3 mm en el hipocondrio derecho. Se realizó una colpotomía y colocación de un trócar vaginal de 12 mm que permitió el paso de un videogastroscopio que alcanzó el hilio hepático. Resultados: se realizó la colecistectomía mediante la acción conjunta de instrumentos de trabajo que pasaron por las puertas de entrada de la minilaparoscopia y por el videogastroscopio. La extracción de la vesícula se realizó por vía transvaginal mediante el videogastroscopio. No aparecieron complicaciones postoperatorias siendo la paciente dada de alta al cabo de 24 horas. Conclusiones: la colecistectomía transvaginal mediante la acción conjunta de un equipo multidiscliplinar es posible y segura. La cirugía endoscópica transluminal a través de orificios naturales (NOTES, es una modalidad emergente que intenta ser menos invasiva, mejor tolerada y más respetuosa con el daño estético que la cirugía laparoscópica y probablemente será la puerta de entrada de innovaciones médicas y tecnológicas de gran trascendencia durante los próximos años.Objective: to report on the first transvaginal cholecystectomy performed on a human being in Spain. Patients and methods: a 35-year-old female with a history of recurrent bouts of biliary pain resulting from gallstones. A surgical procedure was performed by a multidisciplinary team composed of surgeons, gastroenterologists, and gynecologists. It involved creating a pneumoperitoneum by placing a Veres needle in the umbilical fundus, followed by the insertion of a 5-mm trocar. A second 3-mm trocar was placed in the right upper quadrant. A colpotomy was performed, and a 12-mm trocar placed inside the vagina allowed the insertion of a videogastroscope as far as the hilum of the liver. Results: cholecystectomy was performed by using a combination of working tools inserted through the entry port for the minilaparoscopy and the videogastroscope. The gallbladder was removed transvaginally through the videogastroscope. There were no postoperative complications, and the patient was discharged within 24 hours. Conclusions: transvaginal cholecystectomy is possible and safe when performed by a multidisciplinary team working together. Natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES is an emerging modality that seeks to be less invasive, better tolerated, and more respectful of esthetics than laparoscopic surgery. It will probably open the way for very important medical and technological innovations over the coming years.

C. Dolz

2007-12-01

195

Transvaginal liver resection (NOTES) combined with minilaparoscopy / Resección hepática transvaginal, fusión de NOTES y minilaparoscopia  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Spain | Language: English Abstract in spanish Objetivo: comunicar la primera resección hepática realizada en humanos mediante cirugía endoscópica transluminal con abordaje transvaginal combinada con minilaparoscopia. Pacientes y métodos: paciente de 61 años de edad con antecedentes de intervención de Wertheim por carcinoma endometrial a los 50 [...] años y melanoma maligno correctamente tratado a los 59 años, con sospecha por tomografía y resonancia de metástasis hepática en segmento V próxima a la vesícula biliar. Se indicó cirugía exerética mediante abordaje laparoscópico y se ofreció a la paciente abordaje combinado NOTES transvaginal y minilaparoscópico, que aceptó. La intervención fue realizada por un equipo multidisciplinar compuesto por cirujanos y endoscopistas. Se creó el neumoperitoneo mediante aguja de Veres en el fondo umbilical y posteriormente se insertaron dos trócares en el abdomen, transumbilical de 5 mm y en hipocondrio derecho de 3 mm. Se hallaron numerosas adherencias pélvicas que obligaron a colocar un trócar accesorio en el cuadrante inferior izquierdo de 5 mm, empleado exclusivamente para la adhesiolisis. Se liberó e identificó el fondo de saco vaginal y se realizó la entrada vaginal con trócar de 12 mm que permitió el paso del endoscopio hasta el espacio subhepático. Resultados: la resección hepática (hepatectomía limitada en segmento V) y colecistectomía se realizaron usando una combinación de instrumentos endoscópicos y laparoscópicos. La resección en bloque fue extraída por vía transvaginal mediante tracción endoscópica. No existieron complicaciones postoperatorias y la paciente fue dada de alta a las 48 horas del procedimiento. Conclusiones: la resección hepática transvaginal es posible y segura cuando la realiza un equipo multidisciplinario con experiencia en estos campos. La cirugía endoscópica transluminal a través de orificios naturales (NOTES) es una técnica emergente que permite realizar el procedimiento con menor invasión en la pared abdominal, mejor tolerancia por el paciente y con un beneficio estético. Será, además, una vía de importantes avances para la medicina y la innovaciones tecnológicas. Abstract in english Objective: to report on the first liver resection performed on a human being by a transvaginal NOTES approach combined with minilaparoscopy. Patients and methods: a sixty-one-year-old woman with a history of Wertheim's hysterectomy for endometrial carcinoma 10 years ago, and malignant melanoma corre [...] ctly treated in 2006, had suspected segment-V liver metastasis near the gallbladder by CT-scan and MRI. The indication for a laparoscopic approach was made, and a combined transvaginal and minilaparoscopic resection was offered and accepted by the patient. The procedure was performed by a multidisciplinary team composed of surgeons and gastroenterologists. It involved creating a pneumoperitoneum by placing a Veres needle in the umbilical fundus, followed by the insertion of a 5-mm trocar. A second, 3-mm trocar was placed in the right upper quadrant. A lot of pelvic adhesions were found in the major pelvis, and it was necessary to place a third, 5-mm trocar in the left abdominal side. It was employed only for the adhesions, not for liver resection. Adhesions were removed to reveal the minor pelvis and the vaginal fornix. A colpotomy was performed with a 12-mm trocar placed inside the vagina, which allowed the insertion of the videogastroscope as far as the liver hilum. Results: liver resection (segment-V partial resection) and cholecystectomy were performed by using a combination of working tools inserted through the entry port for the minilaparoscopy and the videogastroscope. The en bloc resection was removed transvaginally through the videogastroscope. There were no postoperative complications, and the patient was discharged after 48 hours. Conclusions: transvaginal liver resection is possible and safe when performed by a multidisciplinary team. Natural orifice transluminal endoscopic surge

J. F., Noguera; C., Dolz; A., Cuadrado; J. M., Olea; A., Vilella.

2008-07-01

196

Historia natural de la herniación de las membranas ovulares en mujeres en alto riesgo de parto prematuro espontáneo  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Chile | Language: Spanish Abstract in spanish Objetivo: Estudiar la historia natural de la herniación de las membranas ovulares en el segundo trimestre mediante ultrasonido transvaginal, y evaluar si esta herniación aumenta el riesgo de parto espontáneo. Métodos: Análisis secundario de un estudio multicéntrico, observacional, de mujeres con al [...] menos un parto prematuro espontáneo previo entre las 16,0 y 31,9 semanas, quienes cursan subsecuentemente con una gestación única. Se midió la longitud cervical, la herniación de las membranas (prolapso mayor o igual a 5 mm), forma de la herniación y cambios dinámicos, entre las 16-18 semanas, y luego cada dos semanas hasta las 23,9 semanas. Los obstetras tratantes fueron ciegos al resultado de la ecografía. El resultado primario fue la edad gestacional al parto. Resultados: Se efectuaron 590 ecografías en 183 mujeres, de las cuales 60 (33%) tenían herniación de las membranas observado en al menos una de las evaluaciones seriadas. Estas 60 mujeres tuvieron el parto a una edad gestacional más temprana que las 123 mujeres sin herniación (31,7+7,9 semanas comparado con 36,9+4,4 semanas; p

Alejandra, Salvaro A; Jorge, Carvajal C.

197

A influência da assistência profissional em saúde na escolha do tipo de parto: um olhar sócio antropológico na saúde suplementar brasileira The influence of professional health care on the choice of type of childbirth: a socio-anthropological perspective on supplementary Brazilian health care  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVOS: este estudo é um recorte de uma pesquisa multicêntrica realizada em três capitais da Região Sul do Brasil que focaliza as experiências de usuárias da rede suplementar, buscando contribuir na compreensão da influência da assistência profissional na escolha do tipo de parto realizado neste segmento. MÉTODOS: estudo de abordagem qualitativa, explo-ratório-descritivo, utilizando dados coletados entre dezembro de 2006 e fevereiro de 2007, através de entrevistas com 33 mulheres com até dezoito meses de pós-parto. RESULTADOS: os resultados mostraram alta incidência de parto cesáreo e entre os fatores que contribuíram para este fenômeno identificou-se a medicalização do processo gravidez-parto, o medo da dor, a conveniência da data marcada e um processo de negociação/orientação que se estabelece entre a gestante e seus familiares e o profissional médico, fortemente influenciado pelo vínculo de confiança dessa relação. Fatores culturais, experiências anteriores, relações familiares e a assistência pré-natal baseada na biomedicina também influenciaram a favor do parto cesáreo. CONCLUSÕES: conclui-se que um conjunto de fatores de ordem cultural e organizacional deva ser considerado no sentido da reorganização da assistência pré-natal, visando à implantação de práticas que favoreçam o parto normal.OBJECTIVES: this article reports on a multicentric research carried out in three State capitals in the Southern Region of Brazil, focusing on the experience of users of the supplementary network and aims to contribute to understanding of the influence of Professional care on the type of delivery carried out in this segment of the population. METHODS: a qualitative, exploratory and descriptive approach was adopted, using data collected between December 2006 and February 2007 by way of interviews with 33 women within 18 months of childbirth. RESULTS: the results showed a high incidence of cesarean section and, among the factors contributing this was, identified the medicalization of the process of pregnancy and childbirth, the fear of pain, the convenience of a pre-established date of birth and a process of negotiation/orientation between the pregnant woman, her family and medical professionals, with the latter enjoying special authority. Cultural factors, previous experiences, family relations and pre-natal care based on biomedicine also inclined women in favor of cesarean birth. CONCLUSIONS: it was concluded that a combination of cultural and organizational factors should be considered when restructuring pre-natal care with a view to promoting natural birth

Denise Pires

2010-06-01

198

Resultados maternos e neonatais da assistência em casa de parto no município do Rio de Janeiro / Maternal and neonatal assistance results at Birthing Center in the municipality of Rio de Janeiro / Resultados maternos y neonatales de la asistencia en casa de nacimiento en el municipio de Rio de Janeiro  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese O objetivo deste estudo foi descrever os resultados maternos e neonatais da assistência na Casa de Parto David Capistrano Filho. Pesquisa exploratório-descritiva, com abordagem quantitativa, que analisou 458 prontuários dos partos normais e nascimentos no período de janeiro de 2008 a dezembro de 200 [...] 9. As parturientes eram mulheres jovens, de 15 a 25 anos de idade (66,6%), e nulíparas (55%). Durante o trabalho de parto, elas permaneceram com o acompanhante (94,1%) e receberam cuidados para o relaxamento e o conforto. A taxa de episiotomia foi de 2,4%. Não houve óbitos maternos e neonatais. Os casos de asfixia neonatal representaram 0,2% dos nascidos vivos. As transferências para o hospital corresponderam a 2,8% das mulheres no pós-parto e 8,5% entre os neonatos. A maioria dos resultados encontrados foi semelhante aos descritos nas pesquisas brasileiras e internacionais acerca da assistência em centros de parto. Abstract in spanish El objetivo de este estudio fue describir los resultados maternos y neonatales de la asistencia en la Casa de Parto David Capistrano Filho. Investigación exploratoria y descriptiva con enfoque cuantitativo, que analizó 458 registros clínicos de los partos normales y nacimientos en el período de Ener [...] o de 2008 a Diciembre de 2009. Las mujeres embarazadas eran mujeres jóvenes, entre 15 y 25 años de edad (66,6%), y nulíparas (55%). Durante el trabajo de parto, ellas recibieron dieta oral (100%), permanecieron con el acompañante (94,1%) y recibieron cuidados para la relajación y confort. La tasa de episiotomía fue del 2,4%. No hubo óbitos maternos y neonatales. Los casos de asfixia neonatal representaron 0,2% de los neonatos. Los traslados para el hospital correspondieron a 2,8% de las mujeres en el postparto y a 8,5% entre los recién nacidos. La mayoría de los resultados fueron similares a los descritos en las investigaciones brasileñas e internacionales a cerca de la asistencia en centros de nacimientos. Abstract in english The purpose of this study was to describe the maternal and neonatal assistance results in the Casa de Parto David Capistrano Filho Birthing Center. An exploratory and descriptive research with a quantitative approach, which were analyzed 458 patients' files data of normal delivery and births in peri [...] od from January 2008 to December 2009. The pregnants were young women, from 15 to 25 years old (66.6%), and nulliparous (55%). During labor, they remained with the companion (94.1%) and received care to relaxation and comfort. The episiotomy rate was 2.4%. There were no maternal and neonatal deaths. The cases of neonatal asphyxia accounted for 0.2% of live births. Transfers rate to hospital corresponded to 2.8% of women postpartum and 8.5% among newborns. Most results were similar to those described in Brazilian and internationals researches about birth centers assistance.

Adriana Lenho de Figueiredo, Pereira; Tamara Rubia Lino de, Lima; Mariana Santana, Schroeter; Monique da Silva Ferreira, Gouveia; Sabrina Damazio do, Nascimento.

2013-03-01

199

Avaliação da Freqüência Cardíaca Embriofetal no Primeiro Trimestre da Gestação por meio da Ultra-sonografia Transvaginal com Doppler Colorido e Pulsátil Assessment of Embryo Heart Rate in Early Pregnancy by Transvaginal Ultrasonography with Color and Pulsed Doppler  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objetivos: avaliar a evolução da freqüência cardíaca embrio-fetal no primeiro trimestre da gestação e determinar sua curva de normalidade. Pacientes e Métodos: em estudo prospectivo foram avaliadas 206 pacientes com diagnóstico clínico e/ou ultra-sonográfico de gestação no primeiro trimestre, por meio de exame ultra-sonográfico transvaginal com Doppler colorido, utilizando-se equipamento da marca Aloka, modelo SSD-2000, com sonda transvaginal convexa na freqüência de 5,0 MHz, todos realizados por um mesmo examinador. Foi determinada a freqüência cardíaca embriofetal. As pacientes foram divididas em grupos de acordo com a idade gestacional, em intervalos de 0,5 semana a partir da 6ª semana de gestação. Foi avaliada a evolução da gestação mediante realização de exame ultra-sonográfico de rotina no final do 2º e 3º trimestre. Foram calculados as médias e desvios-padrão para cada idade gestacional avaliada. Resultados: foi possível determinar a curva de normalidade para a freqüência cardíaca embriofetal. A média da freqüência cardíaca embriofetal apresentou modificações com a evolução da idade gestacional, variando de 110 ± 14 bpm com 6,0 semanas a 150 ± 12 bpm com 14,0 semanas, compatíveis com as fases do desenvolvimento e maturação funcional cardíaca. Conclusões: a ultra-sonografia transvaginal com Doppler colorido tornou possível a avaliação cardiovascular da gestação inicial, sendo um método não-invasivo e inócuo para o embrião. Os valores determinados poderão ser utilizados em estudos futuros neste período gestacional.Purpose: to evaluate the evolution in the embryo heart rate in the first trimester of pregnancy. Patients and Methods: in a prospective study 206 pregnant women were evaluated in the first trimester of pregnancy, by transvaginal color Doppler sonography, using Aloka, SSD-2000 apparatus, with a 5-MHz transvaginal transducer. All examinations were performed by the same examiner, with the determination of embryo heart rate. The patients were classified into groups according to the gestational age, in half-week intervals from the 5th week of pregnancy on. Pregnancy outcome was evaluated by ultrasonography at the end of second and third trimesters. Mean and standard deviation were determined for each evaluated gestational age. Results: it was possible to determine normal values for embryo heart rate. Mean embryo heart rate showed changes with gestational age, ranging from 110 ± 14 bpm at the 6.0th week to 150 ± 12 bpm at the 14.0th week. Conclusions: transvaginal pulsed color Doppler equipment enabled cardiovascular evaluation in early pregnancy, being a noninvasive method and innocuous to the embryo. These values would be useful in new studies on dopplervelocimetry in this period of pregnancy.

Cláudia Lemos da Silva

2000-10-01

200

A dor do parto na literatura científica da Enfermagem e áreas correlatas indexada entre 1980-2007  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Pesquisa bibliográfica, descritiva e exploratória que objetivou analisar a produção científica, sobre a temática dor do parto, indexada em dois bancos de dados da Biblioteca Virtual em Saúde, no período de 1980 a 2007. Foram utilizadas as combinações dos seguintes descritores: dor, parto, dor do parto, trabalho de parto, nascimento, maternidade, cultura, controle e alívio para levantamento das referências. Optou-se pelo acesso aos resumos para a análise. Realizou-se a classificação das referências identificadas por meio de um protocolo previamente estabelecido. Das 30 referências protocoladas, 25 (83,33% são artigos originais, de revisão ou de atualização; 3 (10% teses; e 2 (6,67% dissertações. O enfoque do conteúdo dos resumos foi dividido nas categorias temáticas: vivência do processo doloroso e do parto propriamente dito; métodos alternativos e não-farmacológicos de assistência; efeitos de fármacos utilizados na analgesia do parto normal. Da análise apreendemos a contribuição científica das pesquisas sobre a temática dor do parto, com destaque na relevância do resgate a cultura do parto normal e da importância do gerenciamento da dor visando aumentar a segurança e satisfação da mulher na vivência do processo de parturição.

Nilza Alves Marques Almeida

2008-12-01

201

Programa hormonal associado ao desmame temporário, na indução de ovulação em vacas de corte durante o pós-parto / Hormonal program associated to temporary weaning in the induction of ovulation in beef cows during post-partum  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Este experimento foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a eficiência de tratamentos hormonais, associados ao desmame temporário, na indução de ovulação após o parto, em fêmeas de corte criadas extensivamente. Foram utilizadas 143 vacas (Hereford e cruzas Hereford x Nelore), pluríparas, entre 50 [...] e 70 dias após o parto, com condição corporal (CC) 2 e 3 (1-5). O grupo SEMED (somatotropina, estradiol, medroxiprogesterona, gonadotrofina e desmame) foi constituído por 50 vacas, as quais receberam (dia 0) 500mg de somatotropina bovina recombinante (bST-r), 5mg de benzoato de estradiol e um pessário intravaginal contendo 250mg de acetato de medróxiprogesterona (MAP) e, seis dias após, (dia 6) 500UI de gonadotrofina coriônica eqüina (eCG). No momento da retirada dos pessários (dia 7), os terneiros foram separados totalmente das vacas por 96h. No grupo EMED (estradiol, medroxiprogesterona, gonadotrofina e desmame), constituído de 48 vacas, adotou-se um tratamento semelhante ao do grupo anterior, diferindo apenas na não utilização da somatotrofina. No grupo CONTROLE, 43 vacas foram unicamente separadas dos seus filhos por 96h. Logo após a retirada dos pessários vaginais e de realizado o aparte dos terneiros, as vacas foram colocadas em um piquete com touros (1:10). Após 53 dias, foi realizado o diagnóstico de gestação por palpação retal e ultra-sonografia, para detectar as vacas que conceberam no estro subseqüente aos tratamentos. Obtiveram-se índices de prenhez de 11,1% , 38,0% e 56,2% respectivamente, para os grupos CONTROLE, SEMED e EMED, cujas diferenças foram significativas (p Abstract in english The purpose of this experiment was to assess the efficiency of hormonal treatments on the fertility of beef cows raised extensively on the west border region of Rio Grande do Sul, Brazil. A hundred and forty-three cows (Hereford and Crossing breeds) which were between 50 and 70 days after delivery w [...] ere used and, after being classified according to their body condition (BC), varying from 1 to 5, they were separated into three groups. The SEMED group had 50 cows, which received (day 0) 500mg of bovine somatotropin (bST), 5mg of benzoate of estradiol and an intravaginal pessary containing 250mg of medroxiprogesteron acetate (MAP) and, six days later, (day 6), 500UI of equine chorionic gonadotropin (eCG). By the time the pessaries were withdrawn, the calves were totally separated from their mothers for 96 hours. In the EMED group, which had 48 cows, a treatment similar to the previous one was adopted, differing only in the non-use of somatotropin. In the CONTROL group, 43 cows were only separated from their calves for 96 hours. Right after the vaginal pessaries withdrawal and the separation from the calves, the cows were placed in an pasture with bulls (1:10). After 53 days, a pregnancy diagnosis via rectal palpation and ultrasonography was done to detect the cows that had conceived in the estrous subsequent to the treatment. Pregnancy rates of 11.1%, 38.0% and 56.2% were obtained for the groups CONTROL, SEMED e EMED respectively, whose differences were significant (p

Marlon Nadal, Maciel; Jairo Pereira, Neves; Paulo Bayard Dias, Gonçalves; João Francisco de, Oliveira; Ederson Bisognin, Bortolotto; Patrícia, Stranieri.

2001-06-01

202

IGF-I e IgG séricos e nas secreções lácteas em vacas tratadas com rbST no período pré-parto IGF-I and IgG serum concentrations and in mammary secretions in cows treated with rbST prepartum  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Foram utilizadas 42 vacas holandesas gestantes e multíparas, distribuídas ao acaso em dois grupos, com o objetivo de se determinar possíveis alterações na concentração de IGF-I no colostro e nas secreções lácteas em resposta a mudanças na concentração sérica de IGF-I pré-parto, além de se avaliar comparativamente a flutuação sérica pré-parto de IGF-I em relação a IgG. O grupo tratado (n=21 recebeu 500 mg de somatotropina bovina recombinante (rbST e o grupo controle (n=21 injeções de vitamina E. Os tratamentos foram iniciados 35 dias pré-parto e repetidos a cada 14 dias até o parto. Semanalmente, até o parto, avaliou-se o escore corporal (EC e coletaram-se amostras de sangue da veia mamária. Foram amostrados o colostro e as secreções lácteas diariamente por sete dias pós-parto. O EC e a concentração sérica de ácidos graxos não-esterificados não diferiram entre os grupos. O grupo rbST apresentou maiores concentrações séricas de IGF-I na segunda e quarta semanas após o início dos tratamentos, não sendo encontradas diferenças entre os tratamentos ao parto. A concentração de IGF-I foi superior no colostro das vacas tratadas com rbST, não diferindo nas secreções subseqüentes. As concentrações séricas de IgG não diferiram entre tratamentos durante todo o período experimental, assim como as do colostro e demais secreções lácteas. As concentrações séricas de IGF-I e IgG variaram em função do período experimental, diferindo na amplitude e refletindo as grandes mudanças que ocorrem no último mês de gestação.Forty-two Holstein cows, pregnants and multiparous, wereassigned randomly to two groups to determine the possible alterations of IGF-I concentration in colostro and mammary secretions by changes in pre-partum blood serum IGF-I concentration, and also to compare its temporal changes with the serum immunoglobulin G (IgG in pre-partum period. The treated group (n=21 received 500 mg of recombinant bovine somatotropin (rbST, and the control group (n=21 vitamin E injections. The treatments had been initiated 35 days pre-partum and repeated each 14 days until partum. Weekly it was evaluated body condition scores and was collected blood by mammary venepuncture until partum. Colostrum and mammary secretions were collected daily for seven days pos-partum. Body condition scores and nonesterified fatty acid concentration did not differ between the groups. To the rbST group IGF-I concentration was superior on second and fourth weeks after the treatment had been initiated. However, no treatment differences were found at partum. Concentration of IGF-I was superior in colostrum of cows treated with rbST, but it did not differ in subsequent mammary secretions. IgG serum concentration did not differ between treatments during the experimental period, neither in colostrum and subsequent mammary secretions. IGF-I and IgG serum concentrations showed different responses according to the experimental period, which differed at the range and reflected the main changes that happened at the last month of gestation.

Patricia Pauletti

2005-06-01

203

IGF-I e IgG séricos e nas secreções lácteas em vacas tratadas com rbST no período pré-parto / IGF-I and IgG serum concentrations and in mammary secretions in cows treated with rbST prepartum  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Foram utilizadas 42 vacas holandesas gestantes e multíparas, distribuídas ao acaso em dois grupos, com o objetivo de se determinar possíveis alterações na concentração de IGF-I no colostro e nas secreções lácteas em resposta a mudanças na concentração sérica de IGF-I pré-parto, além de se avaliar co [...] mparativamente a flutuação sérica pré-parto de IGF-I em relação a IgG. O grupo tratado (n=21) recebeu 500 mg de somatotropina bovina recombinante (rbST) e o grupo controle (n=21) injeções de vitamina E. Os tratamentos foram iniciados 35 dias pré-parto e repetidos a cada 14 dias até o parto. Semanalmente, até o parto, avaliou-se o escore corporal (EC) e coletaram-se amostras de sangue da veia mamária. Foram amostrados o colostro e as secreções lácteas diariamente por sete dias pós-parto. O EC e a concentração sérica de ácidos graxos não-esterificados não diferiram entre os grupos. O grupo rbST apresentou maiores concentrações séricas de IGF-I na segunda e quarta semanas após o início dos tratamentos, não sendo encontradas diferenças entre os tratamentos ao parto. A concentração de IGF-I foi superior no colostro das vacas tratadas com rbST, não diferindo nas secreções subseqüentes. As concentrações séricas de IgG não diferiram entre tratamentos durante todo o período experimental, assim como as do colostro e demais secreções lácteas. As concentrações séricas de IGF-I e IgG variaram em função do período experimental, diferindo na amplitude e refletindo as grandes mudanças que ocorrem no último mês de gestação. Abstract in english Forty-two Holstein cows, pregnants and multiparous, wereassigned randomly to two groups to determine the possible alterations of IGF-I concentration in colostro and mammary secretions by changes in pre-partum blood serum IGF-I concentration, and also to compare its temporal changes with the serum im [...] munoglobulin G (IgG) in pre-partum period. The treated group (n=21) received 500 mg of recombinant bovine somatotropin (rbST), and the control group (n=21) vitamin E injections. The treatments had been initiated 35 days pre-partum and repeated each 14 days until partum. Weekly it was evaluated body condition scores and was collected blood by mammary venepuncture until partum. Colostrum and mammary secretions were collected daily for seven days pos-partum. Body condition scores and nonesterified fatty acid concentration did not differ between the groups. To the rbST group IGF-I concentration was superior on second and fourth weeks after the treatment had been initiated. However, no treatment differences were found at partum. Concentration of IGF-I was superior in colostrum of cows treated with rbST, but it did not differ in subsequent mammary secretions. IgG serum concentration did not differ between treatments during the experimental period, neither in colostrum and subsequent mammary secretions. IGF-I and IgG serum concentrations showed different responses according to the experimental period, which differed at the range and reflected the main changes that happened at the last month of gestation.

Patricia, Pauletti; Adriana Regina, Bagaldo; Liris, Kindlein; Cláudia Cristina Paro de, Paz; Dante Pazzanese Duarte, Lanna; Raul, Machado Neto.

2005-06-01

204

Comparação entre ultrassonografia transvaginal e histerossonografia na avaliação de pacientes com sangramento uterino anormal Comparison between transvaginal ultrasonography and sonohysterography in the assessment of patients with abnormal uterine bleeding  

OpenAIRE

OBJETIVO: Avaliar a eficácia da ultrassonografia transvaginal (USTV) e da histerossonografia (HSG) e compará-las na avaliação de alterações endometriais em portadoras de sangramento uterino anormal. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo transversal com 30 pacientes, idade entre 29 e 71 anos, 21 delas (70%) na pré-menopausa e 9 (30%) na pós-menopausa. Utilizou-se solução salina a 0,9% para contraste na HSG. Foi considerado o achado histeroscópico e/ou histopatológico como método padrão. U...

Iêda Maria Silveira Diógenes Feitosa; Helvécio Neves Feitosa; Francisco Herlânio Costa Carvalho; Silvia Menescal Pereira; Francisco das Chagas Medeiros

2011-01-01

205

"Ser pai de um filho... Deleite ou sarilho?": Depressão pós-parto masculina e bonding pai-bebé: Um estudo exploratório  

OpenAIRE

A Depressão Pós-parto Feminina tem aumentado na Sociedade Ocidental. Sabe-se que a principal consequência é a deterioração do Bonding mãe-bebé. Contudo em Portugal, poucos são os estudos que se debruçam sobre Depressão Pós-parto Masculina. O presente estudo tem então como objetivo principal compreender a incidência de Depressão Pós-parto Masculina e sua relação com o Bonding pai-bebé, numa amostra de homens portugueses. Como objetivos específicos analisou-se a influênc...

Soares, Mariana Carvalho Pacheco Estrela

2013-01-01

206

Parto domiciliar planejado: resultados maternos e neonatais / Planned homebirth: maternal and neonatal outcomes / Parto domiciliario planificado: resultados maternos y neonatales  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Portugal | Language: Portuguese Abstract in portuguese A hospitalização de todas as parturientes, em nome da segurança e bem-estar da mãe e bebê, introduziu uma assistência mecânica, impessoal e intervencionista no parto, fazendo ressurgir o parto em domicílio. A bibliografia a respeito é escassa, justificando-se a produção de dados sobre partos domicil [...] iares. O objetivo foi descrever o processo e os resultados maternos e neonatais em partos domiciliares planejados. Foram coletados dados de 70 partos assistidos por enfermeiras obstétricas, em São Paulo, Brasil. Os resultados indicaram que 61,4% das mulheres tinham 30 anos ou mais; 71,4% possuíam ensino superior; 97,1% viviam com companheiro; 64,3% exerciam atividade remunerada; 54,3% eram nulíparas; a taxa de remoção materna para o hospital foi de 5,7% por indicação obstétrica e 14,3% a pedido; 92,9% foram partos normais; 63,6% escolheram posições verticais e 57,5% tiveram períneo íntegro ou laceração de primeiro grau; todos os recém-nascidos apresentaram Apgar =7 no 5º minuto e um bebê foi removido para o hospital com seis horas de vida, devido a arritmia cardíaca. O uso criterioso de intervenções obstétricas e neonatais no parto domiciliar e a produção de evidências científicas sobre sua segurança podem contribuir para a transformação do atual modelo de assistência ao parto no Brasil. Abstract in spanish La hospitalización de todas las parturientas, en el nombre de la seguridad y el bienestar de madre y bebé, introdujo una asistencia mecánica, impersonal e intervencionista en el parto, haciendo resurgir el parto domiciliario. La literatura sobre este tema es escasa, justificando la producción de dat [...] os sobre los nacimientos en el hogar. El objetivo fue describir el proceso y los resultados maternos y neonatales en partos domiciliarios planificados. Se recogieron datos de 70 partos atendidos por enfermeras obstétricas. Los resultados indicaron: 61,4% de las mujeres tenían edad = 30 años; 71,4% tenían educación superior; 97,1% vivían con la pareja; 64,3% eran empleadas; 54,3% eran primíparas; tasa de transferencia materna al hospital de 5,7% por indicación obstétrica y de 14,3% por demanda de la mujer; 92,9% fueron partos normales; 63,6% optaron por posiciones verticales; 57,5% tuvieron perineo intacto o desgarro perineal de primer grado; todos los recién nacidos tuvieron Apgar = 7 a los 5 minutos y un bebé fue trasladado al hospital, por arritmia cardiaca. El uso juicioso de intervenciones obstétricas y neonatales en los partos domiciliarios y la producción de evidencias científicas sobre su seguridad pueden contribuir a la transformación del modelo actual de atención del parto en Brasil. Abstract in english The hospitalization of all women in labour, in the interests of the safety and well-being of mother and baby introduced mechanical, impersonal and interventionist childbirth care, leading to seeing homebirth as an alternative for women seeking a natural approach during birth. The literature on the s [...] ubject is scarce, justifying the production of data on homebirths. The aim was to describe the process and maternal and neonatal outcomes in planned homebirths. Data were collected from 70 births attended by midwives, in Sao Paulo, Brazil. The results indicated that 61.4% of women were 30 years old or more, 71.4% had higher education, 97.1% lived with a partner, 64.3% performed paid work, 54.3% were nulliparous, and the rate of maternal transfer to hospital was 5.7% due to complications in labour and 14.3% on request; 92.9% were normal deliveries, 63.6% chose vertical positions and 57.5% had an intact perineum or first-degree laceration, all newborns had Apgar scores = 7 at 5 minutes and one baby was transferred to the hospital due to cardiac arrhythmia. Judicious use of obstetrical and neonatal interventions in homebirths and scientific evidence about their safety can contribute to transformation of the current model of childbirth in Brazil.

Priscila Maria, Colacioppo; Márcia Duarte, Koiffman; Maria Luiza Gonzalez, Riesco; Camilla Alexsandra, Schneck; Ruth Hitomi, Osava.

2010-12-01

207

Transvaginal Ultrasound-Guided Aspiration of Pelvic Abscesses  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objective: To assess the utility of a less invasive approach to the care of women with a pelvic abscess, we retrospectively reviewed the outcome of women with pelvic abscesses managed by transvaginal ultrasound-guided aspiration.

M. P. Diamond

1999-01-01

208

Postcoital Transvaginal Evisceration After Hysterectomy: a Case Report  

OpenAIRE

Transvaginal evisceration is mostly seen at postmenopausal period in a case who had vaginal operation and at premenopausal period it ensues postcoitally after hysterectomy. A 47 year old patient presented to emergency department with a complaint of intestinal herniation through vagina after coitus that had total abdominal histerectomy two months ago. The patient was emergently operated. Her vaginal cuff was sutured transvaginally then laparoscopic irrigation and suction were performed. Althou...

Og?uz Hasdemir, A.; Önder Koç; Oktay Büyüka??k; Cavit Çöl; Hayri Erkol

2012-01-01

209

Transvaginal mesh for pelvic organ prolapse : clinical and histological aspects  

OpenAIRE

The objectives of this thesis were to assess the objective, clinical, and sexual outcomes after transvaginal surgery for pelvic organ prolapse using a trocar guided mesh kit, to ascertain the vaginal in vivo histological inflammatory response to large mesh, and to identify possible risk factors associated with exposures after transvaginal mesh surgery. A prospective multicenter cohort study was performed between June 2006 and March 2007 throughout 26 clinics in the Nordic co...

Elme?r, Caroline

2012-01-01

210

Efeitos adversos do sufentanil associado ao anestésico local pelas vias subaracnóidea e peridural em pacientes submetidas à analgesia de parto Efectos adversos del sufentanil asociado al anestésico local por las vías subaracnoidea y peridural en pacientes sometidas a la analgesia de parto Side effects of subarachnoid and epidural sufentanil associated with a local anesthetic in patients undergoing labor analgesia  

OpenAIRE

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A associação do opióide ao anestésico local melhora a qualidade da analgesia de parto e reduz o risco de toxicidade sistêmica pelo anestésico local. Os opióides, entretanto, podem determinar efeitos colaterais. O objetivo desta pesquisa foi comparar os efeitos adversos determinados pelo sufentanil, administrado por via subaracnóidea, associado à bupivacaína, com aquele determinado pelo sufentanil por via peridural, associado à ropivacaína, nas doses util...

Salem, Isabel C. F.; Fukushima, Fernanda B.; Giane Nakamura; Fábio Ferrari; Navarro, Lai?s C.; Yara Marcondes Machado Castiglia; Eliana Marisa Ganem

2007-01-01

211

Historia natural de la herniación de las membranas ovulares en mujeres en alto riesgo de parto prematuro espontáneo  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Objetivo: Estudiar la historia natural de la herniación de las membranas ovulares en el segundo trimestre mediante ultrasonido transvaginal, y evaluar si esta herniación aumenta el riesgo de parto espontáneo. Métodos: Análisis secundario de un estudio multicéntrico, observacional, de mujeres con al menos un parto prematuro espontáneo previo entre las 16,0 y 31,9 semanas, quienes cursan subsecuentemente con una gestación única. Se midió la longitud cervical, la herniación de las membranas (prolapso mayor o igual a 5 mm, forma de la herniación y cambios dinámicos, entre las 16-18 semanas, y luego cada dos semanas hasta las 23,9 semanas. Los obstetras tratantes fueron ciegos al resultado de la ecografía. El resultado primario fue la edad gestacional al parto. Resultados: Se efectuaron 590 ecografías en 183 mujeres, de las cuales 60 (33% tenían herniación de las membranas observado en al menos una de las evaluaciones seriadas. Estas 60 mujeres tuvieron el parto a una edad gestacional más temprana que las 123 mujeres sin herniación (31,7+7,9 semanas comparado con 36,9+4,4 semanas; p<0,001. En las 60 mujeres con herniación, en al menos una evaluación, la progresión de la herniación en forma de "Y" a una en forma de "V" y luego en forma de "U", se asoció a una menor edad gestacional al parto, mientras que la herniación con forma de "V" se asoció a parto de término. Mujeres con longitud cervical menores a 25 mm (n=60 tuvieron similar edad gestacional al parto independiente de la presencia de herniación de las membranas (30,6 + 8,0 semanas comparado con 31,9 + 6,6 semanas; p=0,59. Después de controlar por la menor longitud cervical observada, un mayor porcentaje de herniación de las membranas no resultó un factor de riesgo independiente. Conclusión: La historia natural de la herniación de las membranas en el segundo trimestre tiene una variabilidad significativa y una asociación significativa con menor edad gestacional al parto. Como un hallazgo independiente, la herniación no agrega un aumento apreciable al riesgo de menor edad gestacional al parto asociado a un cuello acortado

Alejandra Salvaro A

2007-01-01

212

Transtornos psiquiátricos no pós-parto Postpartum psychiatric disorders  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: O pós-parto é um período de alterações biológicas, psicológicas e sociais. Essa é considerada a época mais vulnerável para a ocorrência de transtornos psiquiátricos. A disforia puerperal, a depressão pós-parto e a psicose pós-parto têm sido classicamente relacionadas ao pós-parto. Atualmente, tem sido observado que os transtornos ansiosos também estão associados a esse período. MÉTODO: Neste artigo é feita uma revisão da bibliografia acerca de transtornos psiquiátricos no pós-parto a partir de artigos encontrados no PubMed e no SciELO entre os anos de 2000 e 2009. Livros, teses e outros artigos considerados relevantes citados no material consultado também foram incluídos. RESULTADOS: A disforia puerperal ocorre em 50% a 85% das mulheres, o quadro é leve e transitório e não requer tratamento. A depressão pós-parto tem prevalência em torno de 13%, pode causar repercussões negativas na interação mãe-bebê e em outros aspectos da vida da mulher e deve ser tratada. A psicose pós-parto é rara, aparecendo em cerca de 0,2% das puérperas. Tem quadro grave que envolve sintomas psicóticos e afetivos, havendo risco de suicídio e infanticídio e geralmente requerendo internação hospitalar. Os transtornos ansiosos podem ser exacerbados ou precipitados no pós-parto, especialmente o transtorno de ansiedade generalizada, o transtorno de estresse pós-traumático e o transtorno obsessivo-compulsivo. CONCLUSÃO: Apesar de não serem reconhecidos como entidades diagnósticas pelos sistemas classificatórios atuais, os transtornos mentais no puerpério apresentam peculiaridades clínicas que merecem atenção por parte de clínicos e pesquisadores.OBJECTIVE: The postpartum period is marked by biological, psychological and social changes. Women are considered most susceptible to psychiatric disorders during the postpartum period. Puerperal blues, postpartum depression and postpartum psychosis have been classically associated to the postpartum. Anxiety disorders have also recently been associated to this period. METHOD: The present article reports a review of the literature on postpartum psychiatric disorders based on articles found on the PubMed and SciELO databases, published between 2000 and 2009. Relevant books, theses and other articles cited in the articles found were also included in this review. RESULTS: Puerperal dysphoria occurs in 50% to 85% of women following childbirth and is typically mild and transient in nature and requires no treatment. Postpartum depression has a prevalence rate of around 13% and can have negative repercussions on mother-infant interaction and other life events and must therefore be treated. Postpartum psychosis is rare, occurring in approximately 0.2% of puerperium cases. This condition is severe with psychotic and affective symptoms as well as risk of suicide and infanticide. Postpartum psychosis patients generally require hospital treatment. Anxiety disorders may be exacerbated or precipitated during the postpartum, particularly generalized anxiety disorder, post-traumatic stress disorder and compulsive-obsessive disorder. DISCUSSION: Although not recognized as distinct diagnostic entities under current classification systems, mental disorders during the puerperium present clinical features which warrant the attention of clinicians and researchers.

Amaury Cantilino

2010-01-01

213

Transtornos psiquiátricos no pós-parto / Postpartum psychiatric disorders  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: O pós-parto é um período de alterações biológicas, psicológicas e sociais. Essa é considerada a época mais vulnerável para a ocorrência de transtornos psiquiátricos. A disforia puerperal, a depressão pós-parto e a psicose pós-parto têm sido classicamente relacionadas ao pós-parto. Atualmen [...] te, tem sido observado que os transtornos ansiosos também estão associados a esse período. MÉTODO: Neste artigo é feita uma revisão da bibliografia acerca de transtornos psiquiátricos no pós-parto a partir de artigos encontrados no PubMed e no SciELO entre os anos de 2000 e 2009. Livros, teses e outros artigos considerados relevantes citados no material consultado também foram incluídos. RESULTADOS: A disforia puerperal ocorre em 50% a 85% das mulheres, o quadro é leve e transitório e não requer tratamento. A depressão pós-parto tem prevalência em torno de 13%, pode causar repercussões negativas na interação mãe-bebê e em outros aspectos da vida da mulher e deve ser tratada. A psicose pós-parto é rara, aparecendo em cerca de 0,2% das puérperas. Tem quadro grave que envolve sintomas psicóticos e afetivos, havendo risco de suicídio e infanticídio e geralmente requerendo internação hospitalar. Os transtornos ansiosos podem ser exacerbados ou precipitados no pós-parto, especialmente o transtorno de ansiedade generalizada, o transtorno de estresse pós-traumático e o transtorno obsessivo-compulsivo. CONCLUSÃO: Apesar de não serem reconhecidos como entidades diagnósticas pelos sistemas classificatórios atuais, os transtornos mentais no puerpério apresentam peculiaridades clínicas que merecem atenção por parte de clínicos e pesquisadores. Abstract in english OBJECTIVE: The postpartum period is marked by biological, psychological and social changes. Women are considered most susceptible to psychiatric disorders during the postpartum period. Puerperal blues, postpartum depression and postpartum psychosis have been classically associated to the postpartum. [...] Anxiety disorders have also recently been associated to this period. METHOD: The present article reports a review of the literature on postpartum psychiatric disorders based on articles found on the PubMed and SciELO databases, published between 2000 and 2009. Relevant books, theses and other articles cited in the articles found were also included in this review. RESULTS: Puerperal dysphoria occurs in 50% to 85% of women following childbirth and is typically mild and transient in nature and requires no treatment. Postpartum depression has a prevalence rate of around 13% and can have negative repercussions on mother-infant interaction and other life events and must therefore be treated. Postpartum psychosis is rare, occurring in approximately 0.2% of puerperium cases. This condition is severe with psychotic and affective symptoms as well as risk of suicide and infanticide. Postpartum psychosis patients generally require hospital treatment. Anxiety disorders may be exacerbated or precipitated during the postpartum, particularly generalized anxiety disorder, post-traumatic stress disorder and compulsive-obsessive disorder. DISCUSSION: Although not recognized as distinct diagnostic entities under current classification systems, mental disorders during the puerperium present clinical features which warrant the attention of clinicians and researchers.

Amaury, Cantilino; Carla Fonseca, Zambaldi; Everton Botelho, Sougey; Joel, Rennó Jr..

214

Factors associated with low birth weight in a historical series of deliveries in Campinas, Brazil / Fatores associados a baixo peso ao nascer em uma série histórica de partos em Campinas, Brazil  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese OBJETIVO: Identificar os fatores de risco associados com baixo peso ([...] s do banco de dados contendo informações sobre os partos de mulheres que deram à luz a crianças de baixo peso (6.477 casos) e peso normal (37.467) ao nascimento. Os fatores associados com o baixo peso ao nascimento foram identificados pelo odds ratio (OR) e IC95% na análise bivariada e pelo OR ajustado na análise multivariada. Foram estudadas características sócio-demográficas, história reprodutiva, morbidade prévia e fatores relacionados ao pré-natal atual. RESULTADOS: Os fatores que estiveram associados com o baixo peso ao nascimento foram extremos de idade reprodutiva, baixa escolaridade, baixo peso materno, fumar além do quarto mês de gestação, cesariana anterior, intervalo interpartal 37 meses, história materna de hipertensão, cardiopatia e parto prematuro, Abstract in english OBJECTIVE: To identify the risk factors associated with low birth weight ([...] containing information on deliveries of women who gave birth to infants with low (6,477 cases) and normal (37,467) birth weight were performed. Factors associated with low birth weight were identified according to the odds ratio (OR) and 95% confidence interval (95%CI) in the bivariate analysis and according to the adjusted OR in the multivariate analysis. Sociodemographic characteristics, reproductive history, previous morbidity and factors related to current prenatal care were studied. RESULTS: Extremes of reproductive age, poor education, low maternal weight, smoking beyond the fourth month of pregnancy, previous cesarean section, interdelivery interval 37 months, maternal history of hypertension, cardiopathy and premature delivery, few (

Pedro Ribeiro, Coutinho; José Guilherme, Cecatti; Fernanda Garanhani, Surita; João Paulo de, Souza; Sirlei Siani de, Morais.

215

Colecistectomía transvaginal (NOTES) combinada con minilaparoscopia / Transvaginal cholecystectomy (NOTES) combined with minilaparoscopy  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Spain | Language: Spanish Abstract in spanish Objetivo: comunicar la primera colecistectomía transvaginal realizada en humanos en nuestro país. Pacientes y métodos: mujer de 35 años de edad con historia de cólicos hepáticos de repetición de etiología litiásica. La intervención la realizó un equipo multidisciplinar constituido por cirujanos, gas [...] troenterólogos y ginecólogos. Consistió en crear un neumoperitoneo mediante una aguja de Veres colocada en el fondo umbilical con posterior colocación de un trócar de 5 mm. Se colocó un segundo trócar de 3 mm en el hipocondrio derecho. Se realizó una colpotomía y colocación de un trócar vaginal de 12 mm que permitió el paso de un videogastroscopio que alcanzó el hilio hepático. Resultados: se realizó la colecistectomía mediante la acción conjunta de instrumentos de trabajo que pasaron por las puertas de entrada de la minilaparoscopia y por el videogastroscopio. La extracción de la vesícula se realizó por vía transvaginal mediante el videogastroscopio. No aparecieron complicaciones postoperatorias siendo la paciente dada de alta al cabo de 24 horas. Conclusiones: la colecistectomía transvaginal mediante la acción conjunta de un equipo multidiscliplinar es posible y segura. La cirugía endoscópica transluminal a través de orificios naturales (NOTES), es una modalidad emergente que intenta ser menos invasiva, mejor tolerada y más respetuosa con el daño estético que la cirugía laparoscópica y probablemente será la puerta de entrada de innovaciones médicas y tecnológicas de gran trascendencia durante los próximos años. Abstract in english Objective: to report on the first transvaginal cholecystectomy performed on a human being in Spain. Patients and methods: a 35-year-old female with a history of recurrent bouts of biliary pain resulting from gallstones. A surgical procedure was performed by a multidisciplinary team composed of surge [...] ons, gastroenterologists, and gynecologists. It involved creating a pneumoperitoneum by placing a Veres needle in the umbilical fundus, followed by the insertion of a 5-mm trocar. A second 3-mm trocar was placed in the right upper quadrant. A colpotomy was performed, and a 12-mm trocar placed inside the vagina allowed the insertion of a videogastroscope as far as the hilum of the liver. Results: cholecystectomy was performed by using a combination of working tools inserted through the entry port for the minilaparoscopy and the videogastroscope. The gallbladder was removed transvaginally through the videogastroscope. There were no postoperative complications, and the patient was discharged within 24 hours. Conclusions: transvaginal cholecystectomy is possible and safe when performed by a multidisciplinary team working together. Natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES) is an emerging modality that seeks to be less invasive, better tolerated, and more respectful of esthetics than laparoscopic surgery. It will probably open the way for very important medical and technological innovations over the coming years.

C., Dolz; J. F., Noguera; A., Martín; A., Vilella; A., Cuadrado.

2007-12-01

216

Freqüência de testagem rápida para o HIV durante a admissão para o parto em puérperas no Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira, IMIP / HIV testing prevalence during antenatal care in women admitted for delivery at the Instituto Materno Infantil Professor Fernando Figueira, IMIP  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVOS: determinar a prevalência da testagem anti-HIV no pré-natal e internamento para o parto e identificar fatores associados à realização e recebimento do resultado dos testes em parturientes. MÉTODOS: estudo descritivo, com 400 puérperas atendidas no Centro de Atenção à Mulher do IMIP Institu [...] to Materno Infantil Prof. Fernando Figueira, IMIP. RESULTADOS: chegaram à admissão para o parto sem o resultado do teste anti-HIV, 154 (38,5%) mulheres. Dessas, foi solicitado "teste rápido" em 134 (87,0%), porém só foram colhidos em 130 (84,5%). Observou-se que: o número de consultas realizadas no pré-natal, (p=0,001) o número de profissionais que atenderam a mulher no pré-natal e a escolaridade (p=0,006) tiveram associação significativa com a realização do exame anti-HIV no pré-natal, mas não com o recebimento do mesmo. O aconselhamento e oferecimento do teste tanto no pré-natal como na admissão para o parto também apresentaram associação significativa com a realização do anti-HIV durante o pré-natal. CONCLUSÕES: a prevalência de testagem anti-HIV no pré-natal e/ou na triagem foi satisfatório no aspecto quantitativo, porém o recebimento do resultado tanto no pré-natal quanto na admissão para o parto , bem como o aconselhamento pós-teste, foi aquém do recomendado. Abstract in english OBJECTIVES: to determine HIV testing prevalence during antenatal care and hospital admission for delivery and identify factors associated to pregnant women testing and results delivery. METHODS: a descriptive study comprised of 400 puerperal women seen at the Women Care Center of Instituto Materno I [...] nfantil Professor Fernando Figueira, IMIP. RESULTS: one hundred and fifty four (38.5%) women were admitted for delivery without having received the results of the anti-HIV test. One hundred and thirty four women (87.0%) had been prescribed a "fast HIV test" but only 130 were tested (84.5%). The following was determined: the number of antenatal medical visits ((p

Maria Celina Rocha, Morimura; Manoella Dantas Costa, Mendes; Ariani Imperi de, Souza; Luiz Cláudio Arraes de, Alencar.

2006-05-01

217

Avaliação biométrica do colo uterino durante a gestação por meio da ultra-sonografia transvaginal e ressonância magnética / Biometric analysis of uterine cervix during pregnancy using transvaginal ultrasonography and magnetic resonance imaging  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Avaliar o comprimento do colo uterino por meio da ressonância magnética e comparar aos achados da ultra-sonografia transvaginal. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram realizados exames ultra-sonográficos e de ressonância magnética do colo uterino em 20 pacientes com idade gestacional entre 19 e 30 se [...] manas. As medidas do colo obtidas pelo exame de ressonância magnética foram aferidas por dois especialistas em diagnóstico por imagem, para calcular a variabilidade interobservador do método. RESULTADOS: O cálculo do coeficiente de correlação de Pearson entre as medidas do comprimento cervical indicou correlação significante entre os métodos (r=0,628; p Abstract in english OBJECTIVE: To evaluate the uterine cervix length with magnetic resonance imaging in comparison with findings at transvaginal ultrasonography. MATERIALS AND METHODS: Twenty pregnant women between the 19th and 30th gestational weeks underwent magnetic resonance imaging and transvaginal ultrasonography [...] for evaluation of their uterine cervix. Measurements by means of magnetic resonance imaging were performed by two specialists in imaging diagnosis for calculating the interobserver variability of the method. RESULTS: Calculation of the Pearson's correlation coefficient between measurements of the cervical length demonstrated a significant correlation between the results of both methods (r=0.628; p

Rosieny Souza, Brandão; Claudio Rodrigues, Pires; Eduardo de, Souza; Francisco da Silva, Maciel Junior; Antonio Fernandes, Moron; Rosiane, Mattar.

2008-08-01

218

CLINICAL COMPLICATIONS IN NELORE OOCYTE DONERS CAUSED BY VAGINAL ULTRASOUND GUIDED FOLLICULAR ASPIRATION COMPLICAÇÕES CLÍNICAS EM VACAS NELORE DOADORAS DE OÓCITOS DECORRENTES DA ASPIRAÇÃO FOLICULAR TRANSVAGINAL GUIADA POR ULTRA-SOM  

OpenAIRE

In the last few years the vaginal ultrasound guided follicular aspiration or OPU (<em>ovum pick upem>) in bovine oocyte doners has become a very difunded technique. It has been used in females with highly zootechnical valuable. The complications of this technique, despite exceptional, assume great importance and might be of the veterinarian and owner’s knowledge. The purpose of this study is to describe the possible complications of the fol...

Renata Gebara Sampaio Dória; Paulo Aléscio Canola; Diogo José Cardilli; Gilson Hélio Toniollo; Francisco Guilherme Leite; César Roberto Esper; Júlio Carlos Canola

2008-01-01

219

Sintomas do trato urinário inferior três anos após o parto: estudo prospectivo Lower urinary tract symptoms three years after delivery: a prospective study  

OpenAIRE

OBJETIVO: avaliar a freqüência de sintomas do trato urinário inferior (STUI) três anos após o parto em mulheres previamente entrevistadas no terceiro trimestre da gestação e comparar o impacto da gestação e do parto no desencadeamento dos STUI. Analisar o desconforto social e higiênico associado às queixas miccionais. MÉTODOS: estudo prospectivo analítico. Em 2003, 340 gestantes foram selecionadas em um ambulatório de atendimento Pré-natal e responderam ao questionário pré-te...

Kátia Pary Scarpa; Viviane Herrmann; Paulo César Rodrigues Palma; Cássio Luiz Zanettini Ricetto; Sirlei Morais

2008-01-01

220

Transvaginal sonographic findings of the ectopic pregnancy  

Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

Transvaginal(TV) sonography uses high-frequency transducer and allows access to the uterus and adnexa, provides better resolution and more accurate diagnosis of ectopic pregnancy. To determine the value and the utility of TV sonography for a suspected ectopic pregnancy, we studied 56 women during 4 months from January to April 1989. Of 56 patients 46 had an surgically confirmed ectopic pregnancy, 5 had not an ectopic pregnancy and 5 had not follow up. TV sonography provides definite sonographic diagnosis of ectopic pregnancy including an extrauterine gestational sac 34 cases(74%), extrauterine embryo 9 caes(19.7%), hematosalpinx 10 cases(21.7%). Overall adnexal mass was detected in 38 cases(82.6%) at initial TV sonography and in 44 cases(95.6%) at follow up TV sonography. Additional findings were uterine decidual reaction 19 cases(41.3%), pseudo G-sac 4 cases(8.7%), cul-de-sac fluid 42 cases(91.2%). Follow-up TV sonography showed newly developed or growing adnexal mass in 8 among 9 cases. False positive 5 cases were two ovarian cysts, one incomplete abortion, two parametrial thickening due to previous ectopic pregnancy and salpingectomy. TV sonography may improve the govality of patient management by early diagnosis and early surgical treatment, so may preserve fertility. In conclusion, we may suggest that TV sonography is an integral part of diagnostic modality in suspected ectopic pregnancy.

Jun, Soon Ae; Youn, Chang Seon; Han, Sei Yul; Cho, Joo Youn; Chang, Sang Sik; Cha, Kwang Yul; Cha, Kyung Sub [Cha Women' s Hospital, Sungnam (Korea, Republic of)

1989-08-15

221

Transvaginal sonographic findings of the ectopic pregnancy  

International Nuclear Information System (INIS)

Transvaginal(TV) sonography uses high-frequency transducer and allows access to the uterus and adnexa, provides better resolution and more accurate diagnosis of ectopic pregnancy. To determine the value and the utility of TV sonography for a suspected ectopic pregnancy, we studied 56 women during 4 months from January to April 1989. Of 56 patients 46 had an surgically confirmed ectopic pregnancy, 5 had not an ectopic pregnancy and 5 had not follow up. TV sonography provides definite sonographic diagnosis of ectopic pregnancy including an extrauterine gestational sac 34 cases(74%), extrauterine embryo 9 caes(19.7%), hematosalpinx 10 cases(21.7%). Overall adnexal mass was detected in 38 cases(82.6%) at initial TV sonography and in 44 cases(95.6%) at follow up TV sonography. Additional findings were uterine decidual reaction 19 cases(41.3%), pseudo G-sac 4 cases(8.7%), cul-de-sac fluid 42 cases(91.2%). Follow-up TV sonography showed newly developed or growing adnexal mass in 8 among 9 cases. False positive 5 cases were two ovarian cysts, one incomplete abortion, two parametrial thickening due to previous ectopic pregnancy and salpingectomy. TV sonography may improve the govality of patient management by early diagnosis and early surgical treatment, so may preserve fertility. In conclusion, we may suggest that TV sonography is an integral part of diagnostic modality in suspected ectopic pregnancy

222

Componentes do cuidado de enfermagem no processo de parto  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available O cuidar é necessário durante todo o processo do parto, e conhecer o que as mulheres têm a dizer sobre suas experiências permite que as práticas sejam repensadas. Assim, este estudo teve como objetivo identificar como se apresentam os Componentes do Cuidado de Enfermagem nas falas das puérperas acerca do seu processo de parto. Trata-se de uma pesquisa qualitativa envolvendo três instituições públicas de cada um dos estados da Região Sul do Brasil no período de agosto a dezembro de 2006, tendo como sujeitos 28 puérperas, entrevistadas no alojamento conjunto por meio de entrevista semi-estruturada. Os dados foram analisados conforme passos propostos por Creswell. O referencial teórico utilizado para sustentar a coleta e análise de dados foram os Componentes do Cuidado de Enfermagem propostos por Carraro, baseados em Nightingale e Semmelweis. Os resultados apontam os aspectos relativos ao cuidado da mulher no processo do parto, possibilitando ter clareza sobre suas necessidades de forma a qualificar o cuidado prestado. Desta forma, seus depoimentos contribuem para promover a reflexão e futuras mudanças nos cuidados prestados pela Enfermagem e toda a Equipe de Saúde.

Ariane Thaise Frello

2010-12-01

223

Parto hospitalar: experiências de mulheres da periferia de Cuibá-MT Parto hospitalar: experiencias de mujeres de subúrbios de Cuibá-MT Hospital delivery: women´s experience from the suburbs of Cuibá-MT  

OpenAIRE

O objetivo deste artigo foi analisar alguns aspectos culturais que atravessaram as vivências de mulheres ao se submeteram ao parto normal hospitalar do SUS. Trata-se de pesquisa qualitativa com referencial téorico-metodológico da Teoria das Representações Sociais e, para a coleta dos dados, foram entrevistadas, no domicilio, dez mulheres que haviam vivenciado partos normais em hospital do SUS. Como resultados, constatamos que, dos aspectos que atravessaram suas vivências, vários estava...

Neuma Zamariano Fanaia Teixeira; Wilza Rocha Pereira

2006-01-01

224

Saberes e práticas de enfermeiros e obstetras: cooperação e conflito na assistência ao parto  

OpenAIRE

A incorporação crescente de enfermeiros constitui uma das estratégias para melhorar a assistência obstétrica no Brasil, onde o parto é atendido sobretudo por obstetras e em hospitais públicos. Nosso estudo, realizado em duas maternidades do Rio de Janeiro, busca compreender as representações de obstetras e de enfermeiras sobre o trabalho em equipe. Analisa de que forma as dimensões de poder, cooperação e conflito, e autonomia técnica são permeadas por concepções dualistas que ...

Angulo-Tuesta Antonia; Giffin Karen; Gama Andréa de Sousa; Orsi Eleonora, D.; Barbosa Gisele Peixoto

2003-01-01

225

Representações mentais de mães com depressão pós-parto e o seu impacto nas interacções mãe-bebé  

OpenAIRE

A literatura evidencia que mães com sintomatologia de depressão pós-parto reflectem sentimentos de tristeza, instabilidade emocional, irritabilidade, choro e cansaço, pelo que apresentam uma grande dificuldade em estabelecer um vínculo afectivo saudável com o seu bebé (Brazelton & Cramer, 1997). Neste sentido, o presente trabalho procurou compreender qual é o impacto que as representações mentais, de mães com depressão pós-parto, podem ter na interação mãe-bebé. O estudo de c...

Costa, Ana Rita Fernandes Da

2012-01-01

226

Transvaginal ultrasonography of rectosigmoid endometriosis : interobserver variation of lesion size  

DEFF Research Database (Denmark)

This study evaluates the interobserver variation of transvaginal ultrasonographic measurements of the size of deep infiltrating endometriosis lesions in the rectosigmoid wall performed by an experienced and a less experienced sonographer. Fifteen outpatient women were seen for a gynecologic examination and 24 women were seen with rectosigmoid endometriosis. Transvaginal ultrasonography was performed independently by two observers with a focus on the presence and size of rectosigmoid endometriosis. The senior observer had several years of experience, whereas the junior observer was a medical student with no prior experience in transvaginal ultrasonography. The findings of the two observers were identical concerning the identification of rectosigmoid endometriosis. The probability of differences in size within 30% of the mean was 0.81, 0.63 and 0.61 for length, width and depth, respectively. Our data suggest that fair skills in this technique can be acquired by inexperienced examiners within a short period of time.

Egekvist, Anne Gisselmann; Forman, Axel

2012-01-01

227

Parto e nascimento: saberes e práticas humanizadas / Labor and birth: knowledge and humanized practices / Parto y nacimiento: saberes y práticas humanizadas  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Este estudo teve como objetivos descrever os conceitos instituídos pelos profissionais de saúde que atuam na atenção ao parto e nascimento sobre a humanização do parto, identificar saberes e práticas da humanização do parto e nascimento, e avaliar a implementação dos saberes e práticas na assistênci [...] a ao parto e nascimento e sua relação com a humanização. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo descritivo-exploratória realizada na Maternidade do Hospital Universitário Antônio Pedro, cujos sujeitos foram dezesseis profissionais de saúde, entre médicos obstetras e enfermeiros obstetras. Os dados foram obtidos através de entrevista semiestruturada e analisados pelo método da análise de conteúdo. Concluiu-se que os profissionais detêm conhecimentos acerca das políticas de saúde que dispõem sobre a humanização do parto e nascimento, seguem estes preceitos, e sua prática profissional vai ao encontro do que é preconizado pelas políticas. Estes resultados, no entanto, divergem de resultados observados em estudos anteriores. Abstract in spanish Este estudio tuvo como objetivos: describir los conceptos instituidos por profesionales de salud que trabajan en la atención del parto humanizado; identificar el conocimiento y las prácticas de humanización del parto; evaluar la aplicación de conocimientos y prácticas en la asistencia al parto y su [...] relación con la humanización. Es una investigación cualitativa de tipo descriptivo-exploratoria realizada en la Maternidad del Hospital Universitario Antônio Pedro, Niterói, Brasil, cuyos participantes fueron dieciséis profesionales de salud, entre médicos obstetras y enfermeras obstétricas. Los datos fueron obtenidos a través de entrevistas semi-estructuradas y analizados por el método de análisis de contenido. Se concluyó que: los profesionales conocen las políticas de salud relacionadas a la humanización del parto y siguen las directrices de estas políticas. Sin embargo, estos resultados divergen de otros observados en estudios anteriores. Abstract in english This study had as objectives to describe the concepts instituted by health professionals who work in the childbirth attention conserning the childbirth's humanization; to identify knowledge and practices of childbirth humanization; to evaluate the implementation of knowledge and practices in the chi [...] ldbirth attendance and its relationship with the humanization. It is a qualitative research of descriptive-exploratory with approach accomplished at the Maternity of the Antônio Pedro University Hospital, Niterói, Brazil, whose informants were sixteen health professionals, obstetricians and obstetrical nurses. Data were obtained by semi-structured interviews and analyzed by the method of content analysis. It was concluded that: the professionals know the health policies related to humanization of childbirth; they follow these policies' guidelines. These results, however, diverge of results observed in previous studies.

Paolla Amorim, Malheiros; Valdecyr Herdy, Alves; Tainara Seródio Amim, Rangel; Octavio Muniz da Costa, Vargens.

2012-06-01

228

Transvaginal color Doppler sonography of ovarian masses with pathological correlation.  

Science.gov (United States)

This report describes the correlation of pathological findings with transvaginal color Doppler sonography performed preoperatively on 26 ovarian masses. The pulsatility indices of benign lesions (1.9 +/- 0.7) were higher than those of malignant ones (0.7 +/- 0.2) (p = 0.03). Low pulsatility indices (teratoma, one cystadenoma containing a dermoid cyst, one endometrioma), causing an overlap between the pulsatility indices of some benign and malignant masses. There appears to be significant potential for discrimination between benign and malignant ovarian masses with transvaginal color Doppler sonography. PMID:12797059

Fleischer, A C; Rogers, W H; Rao, B K; Kepple, D M; Jones, H W

1991-07-01

229

Estudo comparativo entre marcadores ultra-sonográficos morfológicos preditores de parto pré-termo: sinal do afunilamento do colo e ausência do eco glandular endocervical A comparative study between morphologic ultrasonographic markers for preterm delivery: funneling sign and absence of cervical gland area  

OpenAIRE

OBJETIVO: Avaliar o risco de parto pré-termo (PPT) espontâneo na população geral a partir do estudo comparativo dos marcadores ultra-sonográficos morfológicos do colo uterino, como o sinal do afunilamento e a ausência da área glandular endocervical. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram arroladas 361 gestantes na população geral, submetidas a exame ultra-sonográfico transvaginal entre a 21ª e 24ª semana, e verificados os resultados perinatais. RESULTADOS: A incidência de PPT espontâneo f...

Claudio Rodrigues Pires; Antonio Fernandes Moron; Rosiane Mattar; Luiz Kulay Júnior

2005-01-01

230

Embarazo, parto y puerperio: creencias y prácticas de parteras en San Luis Potosí, México / Pregnancy, delivery and puerperium: beliefs and practices of midwives in San Luis Potosi, Mexico / Gravidez, parto e puerpério: crenças e práticas de parteiras em San Luis Potosi, México  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Spanish Abstract in portuguese OBJETIVO: Documentar as crenças e as práticas das parteiras tradicionais quanto à gravidez, parto e puerpério. MÉTODO: Aproveitando um curso de capacitação de 160 parteiras tradicionais locais das regiões Media e Huasteca do Estado de São Luís Potosi, México, duas das enfermeiras-instrutoras entrevi [...] staram 25 participantes do curso, apoiadas por um membro das comunidades náhuatl e tenek. Foi garantido o anonimato dos participantes, que concordaram com a publicação dos resultados, mediante o termo de consentimento esclarecido. RESULTADOS: As práticas das (os) parteiras (os) tradicionais são comuns nos grupos sociais carentes de servicos de saúde. Suas funções não estão limitadas ao parto, compreendem nutrição, cuidados do pré-natal, do puerpério e da lactância, assim como apoio afetivo emocional das mães parturientes e de seus familiares. Neste estudo registraram-se vários mitos e terapias tradicionais. CONCLUSÃO: Os recursos da terapia tradicional e da atenção primaria da saúde das parteiras náhuatl e tenek são úteis e benéficas para os cuidados do pré-natal. Abstract in spanish OBJETIVO: Documentar las creencias y las prácticas de las parteras tradicionales respecto al embarazo parto y puerperio. MÉTODOS: Aprovechando un curso de capacitación de 160 parteras tradicionales locales de las regiones Media y Huasteca del Estado de San Luis Potosí, México, dos de las enfermeras- [...] instructoras entrevistaron a 25 de los capacitandos, apoyadas por un miembro de las comunidades náhuatl y tenek. La identidad de los participantes se mantiene anónima y se obtuvo permiso para publicar los resultados mediante consentimiento informado. RESULTADOS: Las prácticas de las parteras (os) tradicionales son comunes en los grupos sociales que carecen de servicios de salud. Sus funciones no están limitadas al parto e incluyen nutrición, cuidados prenatales, del puerperio y la lactancia, así como apoyo afectivo emocional de las madres parturientas y sus familiares. En este estudio se registraron varios mitos y terapias tradicionales. CONCLUSIÓN: Los recursos de la terapia tradicional y de la atención primaria de la salud de las parteras Náhuatl y Tenek son útiles y benéficos para los cuidados perinatales. Abstract in english OBJECTIVE: To document the beliefs and practices of traditional midwifes in regard to pregnancy, delivery and puerperium. METHOD: Taking advantage of a training course for 160 local traditional midwives from the Media and Huasteca regions of San Luis Potosí State, Mexico. Two of the teacher-nurses i [...] nterviewed 25 of them, supported by a member of Náhuatl and Tenek communities. The participant's identity was kept anonymous and permit for publications of results was obtained by informed consent. RESULTS: Traditional midwifes practices are common in social groups lacking health services. Their role is not limited to delivery and includes nursing, prenatal and puerperium care, as well as emotional and affective support to delivering mothers and their families. In this study several myths and traditional therapies were registered. CONCLUSION: The traditional therapy and primary health care resources of the Náhuatl and Tenek midwifes are useful and harmless for the perinatal care.

Blanca, Pelcastre; Norma, Villegas; Verónica, De León; Agustín, Díaz; Doris, Ortega; Manuel, Santillana; Juana, de los Ángeles Mejía.

2005-12-01

231

Embarazo, parto y puerperio: creencias y prácticas de parteras en San Luis Potosí, México Gravidez, parto e puerpério: crenças e práticas de parteiras em San Luis Potosi, México Pregnancy, delivery and puerperium: beliefs and practices of midwives in San Luis Potosi, Mexico  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available OBJETIVO: Documentar las creencias y las prácticas de las parteras tradicionales respecto al embarazo parto y puerperio. MÉTODOS: Aprovechando un curso de capacitación de 160 parteras tradicionales locales de las regiones Media y Huasteca del Estado de San Luis Potosí, México, dos de las enfermeras-instructoras entrevistaron a 25 de los capacitandos, apoyadas por un miembro de las comunidades náhuatl y tenek. La identidad de los participantes se mantiene anónima y se obtuvo permiso para publicar los resultados mediante consentimiento informado. RESULTADOS: Las prácticas de las parteras (os tradicionales son comunes en los grupos sociales que carecen de servicios de salud. Sus funciones no están limitadas al parto e incluyen nutrición, cuidados prenatales, del puerperio y la lactancia, así como apoyo afectivo emocional de las madres parturientas y sus familiares. En este estudio se registraron varios mitos y terapias tradicionales. CONCLUSIÓN: Los recursos de la terapia tradicional y de la atención primaria de la salud de las parteras Náhuatl y Tenek son útiles y benéficos para los cuidados perinatales.OBJETIVO: Documentar as crenças e as práticas das parteiras tradicionais quanto à gravidez, parto e puerpério. MÉTODO: Aproveitando um curso de capacitação de 160 parteiras tradicionais locais das regiões Media e Huasteca do Estado de São Luís Potosi, México, duas das enfermeiras-instrutoras entrevistaram 25 participantes do curso, apoiadas por um membro das comunidades náhuatl e tenek. Foi garantido o anonimato dos participantes, que concordaram com a publicação dos resultados, mediante o termo de consentimento esclarecido. RESULTADOS: As práticas das (os parteiras (os tradicionais são comuns nos grupos sociais carentes de servicos de saúde. Suas funções não estão limitadas ao parto, compreendem nutrição, cuidados do pré-natal, do puerpério e da lactância, assim como apoio afetivo emocional das mães parturientes e de seus familiares. Neste estudo registraram-se vários mitos e terapias tradicionais. CONCLUSÃO: Os recursos da terapia tradicional e da atenção primaria da saúde das parteiras náhuatl e tenek são úteis e benéficas para os cuidados do pré-natal.OBJECTIVE: To document the beliefs and practices of traditional midwifes in regard to pregnancy, delivery and puerperium. METHOD: Taking advantage of a training course for 160 local traditional midwives from the Media and Huasteca regions of San Luis Potosí State, Mexico. Two of the teacher-nurses interviewed 25 of them, supported by a member of Náhuatl and Tenek communities. The participant's identity was kept anonymous and permit for publications of results was obtained by informed consent. RESULTS: Traditional midwifes practices are common in social groups lacking health services. Their role is not limited to delivery and includes nursing, prenatal and puerperium care, as well as emotional and affective support to delivering mothers and their families. In this study several myths and traditional therapies were registered. CONCLUSION: The traditional therapy and primary health care resources of the Náhuatl and Tenek midwifes are useful and harmless for the perinatal care.

Blanca Pelcastre

2005-12-01

232

Avaliação do comprimento do colo uterino em gestantes normais entre 20 e 34 semanas de gestação por meio da ultrassonografia endovaginal / Endovaginal sonographic assessment of cervical length in healthy pregnant women between 20 and 34 gestational weeks  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Avaliar o comprimento do colo uterino pela ultrassonografia transvaginal em uma população de gestantes normais e construir uma curva de normalidade no período de 20 a 34 semanas de gestação. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo de corte transversal, incluindo 145 gestantes normais, com feto único, [...] vivo, sem enfermidades, entre 20 e 34 semanas de gravidez, examinadas nos serviços de ultrassonografia do Hospital Universitário Júlio Müller e de uma clínica privada. As gestantes foram submetidas a ultrassonografia endovaginal, com registro do comprimento cervical. Critérios de exclusão foram: parto prematuro, rotura prematura pré-termo das membranas, placenta prévia, uso de fármacos tocolíticos e/ou progesterona, cerclagem ou qualquer intervenção cirúrgica prévia no colo. A associação entre o comprimento do colo uterino e a idade gestacional foi examinada por regressão linear. RESULTADOS: O comprimento cervical diminuiu progressivamente em 0,8 mm a cada semana, à medida que a idade gestacional progrediu (r = -0,351; p Abstract in english OBJECTIVE: To evaluate the cervical length by means of transvaginal ultrasonography in a population of healthy pregnant women, developing a normality curve in the period between the 20th and 34th gestational weeks. MATERIALS AND METHODS: Cross sectional study involving 145 healthy singleton pregnanc [...] ies with healthy fetuses between 20 and 34 weeks of gestation, evaluated at the units of ultrasonography of Hospital Universitário Júlio Müller and of a private center. Each pregnant woman underwent a single transvaginal ultrasonography study, with measurement and recording of the cervical length. Exclusion criteria were: preterm labor, preterm premature rupture of membranes, placenta previa, use of tocolytics and/or progesterone, cerclage or any surgical intervention prior to pregnancy. The association between cervical length and gestational age was evaluated by linear regression analysis. RESULTS: The cervical length presented a progressive decrease (0.8 mm/week) as the gestational age progressed (r = -0.351; p

Rejane Martins Ribeiro, Itaborahy; Anselmo Verlangieri, Carmo; Sebastião Freitas de, Medeiros; Ali, Yassin.

2010-12-01

233

Pre- and post-calving forage systems and reproductive performance of primiparous cows Sistemas forrageiros pré e pós-parto e desempenho reprodutivo de vacas primíparas  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available During pre and post calving periods, it was evaluated the influence of the following forage systems on reproductive performance of primiparous cows: natural pasture during pre and post-calving periods; natural pastures during pre-calving period and improved pastures during post-calving period; improved pastures during pre-calving and natural pasture during post-calving; improved pasture during pre- and post-calving periods. The lowest body weights and body condition scores were observed on cows kept on natural pastures pre-calving (384.3 kg and 3.31; 391.4 kg and 3.60, followed by those on improved pastures during pre-calving and on natural pasture during post-calving period (424.4 kg and 3.60, finally, cows on improved pasture during pre- and post-calving period (421.2 kg and 3.59. Cows on improved pastures pre and post-calving showed higher body weight and body condition score in the beginning of the breeding season (442.1 kg and 3.76, higher pregnancy rate (82.3% and they conceived earlier. Natural system during pre-calving and improved on post-calving and that with improved pasture in pre-calving and natural in post-calving did not differ on weight at the beginning of breeding season (417.2 and 409.8 kg and on pregnancy rate (65.8 and 62.8%, respectively. However, cows on natural pasture in pre-calving and on improved pasture in post-calving conceived earlier. Cows on natural pastures showed lower weight in the beginning of breeding season (391.2 kg, the lowest pregnancy rate (52.7%, and they conceived later. Cows maintained on improved pastures pre- and post-calving improved weight and body condition score at calving and beginning of the breeding season making high reproductive performance possible.Durante os períodos pré e pós-parto, foi avaliada a influência de sistemas forrageiros no desempenho reprodutivo de vacas primíparas: pastagem natural nos períodos pré e pós-parto; pastagem natural no pré-parto e pastagem melhorada no pós-parto; pastagem melhorada no pré-parto e pastagem natural no pós-parto; pastagem melhorada nos períodos pré e pós-parto. Os menores pesos e condições corporais foram observados nas vacas mantidas em pastagem natural no pré-parto, (384,3 kg e 3,31; 391,4 kg e 3,60, seguidas daquelas em pastagem melhorada no pré-parto e natural no pós-parto (424,4 kg e 3,60; e, por ultimo, das vacas em pastagem melhorada no pré e pós- parto (421,2 kg e 3,59. As vacas em pastagem melhorada no pré e pós-parto tiveram maior peso e condição corporal ao início do acasalamento (442,1 kg e 3,76, maior taxa de prenhez (82,3% e emprenharam mais cedo. Os sistemas com pastagem natural no pré-parto e melhorada no pós-parto e aquele com pastagem melhorada no pré-parto e natural no pós-parto não diferiram quanto a peso ao início do acasalamento (417,2 e 409,8 kg e taxa de prenhez (65,8 e 62,8%, respectivamente. Entretanto, as vacas em pastagem natural no pré-parto e melhorada no pós-parto emprenharam mais cedo. As vacas mantidas em pastagem natural tiveram o menor peso ao início do acasalamento (391,2 kg, a menor taxa de prenhez (52,7% e emprenharam mais tarde. Pastagens melhoradas no pré e pós-parto melhoraram os pesos e as condições corporais ao parto e ao início da reprodução, possibilitando alto desempenho reprodutivo.

José Fernando Piva Lobato

2010-09-01

234

Detrusor instability responses to transvaginal versus posterior tibial nerve stimulation  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Background: This study aimed at comparing the effects of transvaginal electrical stimulation versus posterior tibial nerve electrical stimulation on urodynamic measurements in detrusor instability.Methods: Forty patients were randomly assigned to transvaginal electrical stimulation (Group A and posterior tibial nerve electrical stimulation (Group B. All patients were assessed before and after the treatment course (36 sessions according to the urodynamic parameters. These parameters included first sensation to void and bladder capacity.Results: Regarding first sensation to void, Group A showed improvement with 45.9% after the end of the treatment compared to the baseline while, Group B showed 2.72 % improvement. Regarding bladder capacity both groups showed highly significant (p>0.0001 increase in the bladder capacity. Group A showed significant improvement in the first desire to void and bladder capacity (p>0.0001& p>0.05 respectively compared to Group B.Conclusions: Both transvaginal electrical stimulation and posterior tibial nerve electrical stimulation restore normal detrusor capacity in cases of idiopathic detrusor instability. However, the transvaginal electrical stimulation seems to be more effective.

Adly AS

2012-01-01

235

Implantación del nuevo modelo de atención al parto: Actitud de los profesionales / Implementation of the new model of care during childbirth: Attitude of professionals / Implementação do novo modelo de atendimento ao parto: Atitude dos profissionais  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Portugal | Language: Spanish Abstract in portuguese A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda seguir uma pauta de atenção ao parto de forma mais humanizada. Em Espanha pôs-se em marcha uma estratégia para fomentar a atenção do parto de baixa intervenção. Objectivos: conhecer de que forma, perante esta nova realidade, os profissionais implicados [...] na atenção de saúde das mulheres em trabalho de parto se têm adaptado à nova tendência de assistência ao parto e de que forma as mesmas valorizavam este tipo de atenção. Metodologia: estudo observacional descritivo cujos sujeitos de estudo são as mulheres que deram à luz e os profissionais implicados na atenção ao parto do Hospital San Juan de la Cruz de Úbeda (Espanha). Utilizou-se um questionário de elaboração própria e realizou-se uma análise descritiva dos dados através de frequências absolutas, relativas, médias e desvio padrão. Resultados: os profissionais, na maioria, estão satisfeitos, motivados e têm-se adaptado às novas práticas de assistência ao parto. As mulheres estão satisfeitas com a atenção recebida durante o parto. Conclusão: o novo modelo de atenção ao parto tem sido incorporado pelos profissionais da saúde, o que faz com que as mulheres estejam satisfeitas com os bons resultados obstétricos e neonatais. Abstract in spanish La Organización Mundial de la Salud (OMS) recomienda seguir una pauta de atención al parto de forma más humanizada. En España se puso en marcha una estrategia para fomentar la atención del parto de baja intervención. Objetivos: conocer cómo, ante esta nueva realidad, los profesionales implicados en [...] la atención sanitaria de las mujere de parto se habían adaptado a la nueva tendencia de asistencia al parto y como valoraban las mujeres este tipo de atención. Metodología: estudio observacional descriptivo cuyos sujetos de estudio son las mujeres que han dado a luz y los profesionales implicados en la atención al parto del Hospital San Juan de la Cruz de Úbeda (España). Se utilizó un cuestionario de elaboración propia y se realizó un análisis descriptivo de los datos a través de frecuencias absolutas, relativas, media y desviación estándar. Resultados: los profesionales, en su mayoría, están satisfechos, motivados y se han adaptado a las nuevas prácticas de asistencia al parto. Las mujeres están satisfechas con la atención recibida en su parto. Conclusión: el nuevo modelo de atención al parto ha sido incorporado por los profesionales de la salud lo que hace que las mujeres estén satisfechas con los buenos resultados obstétricos y neonatales. Abstract in english The World Health Organization (WHO) recommended that a more humanized pattern of care delivery is to be followed. In Spain, a strategy was launched to promote low intervention of the midwife. Objectives: to understand how, in light of this new reality, the professionals involved in health care provi [...] ded to women in labor had adapted to the new trend in midwifery and how these women valued this type of care. Methods: observational descriptive study whose subjects are women who have given birth and professionals involved in care delivery at the Hospital San Juan de la Cruz de Úbeda (Spain). We used a specifically designed questionnaire and conducted a descriptive analysis of data through absolute frequency, relative, mean and standard deviation. Results the majority of the professionals are happy, motivated and have adapted to the new midwifery practices. The women are satisfied with the care received during labor. Conclusion: the new model of care during childbirth has been adopted by health professionals, which means that women are satisfied with good obstetric and neonatal outcomes.

Juan Miguel, Martínez-Galiano.

2011-12-01

236

REPRODUCTIVE CHARACTERISTICS OF BUFFALOES RAISED IN FLOODPLAIN AND MAIN LAND IN PARÁ STATE. I. AGE AT FIRST CALVING, INTER CALVING INTERVAL, CALVING SEASON, REPRODUCTIVE EFFICIENCY AND PREGNANCY RATES. DESEMPENHO REPRODUTIVO DE FÊMEAS BUBALINAS CRIADAS EM SISTEMA MISTO (VÁRZEA E PASTAGEM ARTIFICIAL NO ESTADO DO PARÁ. I. IDADE A PRIMEIRA CRIA, INTERVALO ENTRE PARTOS, EPOCA DE PARIÇÃO, EFICIÊNCIA REPRODUTIVA E TAXA DE PRENHEZ  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available The objective of this work was to evaluate the reproductive efficiency of a buffaloes flock raised in a productive system of river and main land/artificial pasture in Belém County, Pará, state. Data on 770 female buffaloes in a total of 2115 parturition registers have been analyzed. From this herd 57 animals were submitted to gynecological examination and selected according to the body score condition (BSC in a scale of (1-5 and inseminated in a program of fixed time for artificial insemination (FTAI. The animals were divided in two groups, the Group 1 (G1 with 31 animals and Group 2 (G2 with 26 animals, both synchronized by the protocol Ovsynch and inseminated in fixed time with 00:00h and 24:00h after of GnRH. The age for first parturition (AFP for the whole herd was  39.52±7.54 months. The AFP related to the natural mating (NM, artificial insemination (AI and fixed timed artificial insemination (FTAI, was of 39.5±6.58; 39.6±9.85 and 36.6±7.12 months, respectively. Considering the seasonal rain annual distribution, the AFP and the calving interval (CI was 39.40±7.29 and 38.74±7.76,  17.09±4.71 and 16.54±3.74 months, for rainy and less rainy period, respectively,  with a concentration between March to August through 1974 and 2005. The overall average for CI 16.54±3.74 meses months. Moreover, according to the reproductive system employed, natural mated (NM, AI and FTAI was17.31, 18.43 and 20.79 months, respectively. The overall reproductive efficiency (RE was of 0.67±0.13, and for the animals submitted to the NM, AI and FTAI was 0.69; 0.56; 0.63 respectively. The pregnancy rates obtained for each group, taking in account the moment or time for artificial insemination and the application of GnRH was of 25.81%(08/31 in the animals inseminated on 00:00h and of 30,77 % (08/26 in the inseminated on 24:00h.

KEY WORDS: Buffaloes, calving interval, reproductive efficiency.

O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficiência reprodutiva de bubalinos criados em sistema misto (várzea e terra firme/pastagem artificial em uma fazenda experimental no município de Belém, Estado do Pará. Analisaram-se 770 registros de fêmeas bubalinas, entre 1974 a 2005, totalizando 2.115 registros de partos. Selecionaram-se 57 búfalas, para a inseminação artificial em tempo fixo (IATF, as quais foram divididas em dois grupos – grupo 1 (G1 com 31 animais e grupo 2 (G2 com 26 –, submetidas à sincronização pelo protocolo Ovsynch e inseminadas com 00:00h (G1 e 24:00h (G2, após a última aplicação de GnRH. A média de idade ao primeiro parto (IPP do rebanho foi de 39,52±7,54. As médias e os desvios-padrão para idade ao primeiro parto (IPP e sua relação com os sistemas de monta natural (MN, inseminação artificial (IA e inseminação artificial em tempo fixo (IATF foram de 39,5±6,58; 39,6±9,85 e 36,6±7,12 meses respectivamente. Considerando-se o período climático, na época mais chuvosa, as médias da IPP e do intervalo entre partos (IEP foram de 39,40±7,29 e 17,09±4,71, e na menos chuvosa, de 38,74±7,76 e 18,89±4,27 meses, respectivamente. A média do IEP do rebanho foi de 16,54±3,74 meses. Em relação ao sistema de reprodução, essa média variou para 17,31 (MN, 18,43 (IA, e 20,79 (IATF meses. Houve uma maior concentração dos partos entre os meses de março e agosto. A média e desvio-padrão da eficiência reprodutiva (ER do rebanho foi de 0.67±0,13 e para os sistemas de MN, IA e IATF, apresentando médias de 0,69; 0,56; 0,63, respectivamente. A taxa de prenhez foi 25,81% (08/31 nos animais inseminados em 00:00h e de 30,77 % (08/26 nos inseminados com 24:00h após a aplicação de GnRH.

PALAVRAS-CHAVES: Bubalinos, eficiência reprodutiva, intervalo entre partos.

Elizabeth Machado Barbosa

2009-09-01

237

Adequação do dispositivo intrauterino pela avaliação ultrassonográfca: inserção pós-parto e pós-abortamento versus inserção durante o ciclo menstrual / Adequacy of the device intrauterine by ultrasound evaluation: postpartum and post-abortion insertion versus insertion during the menstrual cycle  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese OBJETIVO: Comparar, empregando a ultrassonografia transvaginal, a adequação da posição do dispositivo intrauterino (DIU) na cavidade uterina, em função do período: inserção pós-parto e pós-aborto versus inserção durante o ciclo menstrual. MÉTODOS: Estudo epidemiológico do tipo individuado, observaci [...] onal e transversal, realizado entre fevereiro e julho de 2013. Foram incluídas 290 mulheres, sendo 205 com inserção no ciclo menstrual e 85 no pós-abortamento/pós-parto. As variáveis independentes foram: idade, paridade, tempo de uso, época de inserção, número de retornos ao planejamento familiar, satisfação com o método, desejo de continuidade, queixas e complicações. A variável dependente foi a adequação do DIU na cavidade uterina. Para a análise estatística empregou-se o teste do ?², com correção de Pearson, e o teste exato de Fisher, considerando um nível de significância de 5%. RESULTADOS: A idade média foi de 29,4 anos e o tempo médio de uso foi de 2,7 anos; 39,3% das mulheres tiveram queixas associados ao método, sendo a menorragia a mais frequente (44,7%). A satisfação foi de 85%, e 61,4% retornaram duas ou mais vezes para consultas. A faixa etária, a paridade e a posição do útero não se associaram com má adequação do DIU na cavidade uterina (p>0,05). A inserção no ciclo menstrual associou-se mais à posição adequada do DIU do que a inserção pós-parto/pós-abortamento, com significância estatística (p=0,028). CONCLUSÃO: A inserção no pós-parto e pós-abortamento apresentaram piores resultados quanto à adequação do DIU, não sendo observado o mesmo com a faixa etária, a paridade e a posição do útero na cavidade pélvica. Abstract in english PURPOSE: To compare by transvaginal ultrasound the position of the intrauterine device (IUD) inside the uterine cavity, depending on the time of insertion, postpartum and post-abortion, and during the menstrual cycle. METHODS: Epidemiologic, observational and cross-sectional study carried out betwee [...] n February and July, 2013. A total of 290 women were included, 205 of them with insertion during the menstrual cycle and 85 during the postpartum and post-abortion periods. The independent variables were: age, parity, time of use, insertion time, number of returns to family planning, satisfaction with the method, wish to continue using the device, symptoms and complications. The dependent variable was the adequate position of the IUD inside the uterine cavity. The ?² test with Pearson's correction and the Fisher exact test were used for statistical analysis, with the level of significance set at 5%. RESULTS: The average age was 29.4 years and the average time of IUD use was 2.7 years; 39.3% of the women had symptoms associated with the method, the most frequent being menorrhagia (44.7%). The degree of satisfaction was 85% and 61.4% of the women returned two or more times for consultation about family planning. Age, parity and the position of the uterus in the pelvic cavity was not associated with a poor position of the IUD inside the uterine cavity (p>0.05). Insertion during the menstrual cycle was significantly more associated with a correct position of the IUD than postpartum and post-abortion insertion (p

Antônio Arildo Reginaldo de, Holanda; Aline de Melo, Pessoa; Julita de Campos Pipolo, Holanda; Maria Helena Vieira de, Melo; Técia Maria de Oliveira, Maranhão.

2013-08-01

238

Comprimento do colo uterino de gestantes com rotura prematura pré-termo de membranas avaliado pela ultra-sonografia transvaginal Length of the uterine cervix by transvaginal ultrasonography in pregnant women with preterm rupture of membranes  

OpenAIRE

OBJETIVO: avaliar o comprimento do colo uterino, por meio da ultra-sonografia transvaginal, em gestantes com rotura prematura pré-termo de membranas. PACIENTES E MÉTODOS: o grupo de estudo (Ge) foi constituído por 26 grávidas entre a 24ª e a 36ª semana de gestação e o grupo controle (Gc) por 49 pacientes clinicamente normais, na mesma idade gestacional. As pacientes foram avaliadas entre a 24ª e 28ª, 28ª e 32ª, 32ª e 36ª semana de gestação, sendo subdivididas nos subgrupos Ge2...

Patricia Spara; Francisco Mauad Filho; Antonio Gadelha da Costa; Adilson Cunha Ferreira; Reginaldo Antônio de Oliveira Freitas-Júnior; Aderson Tadeu Berezowski

2004-01-01

239

Dinâmica do peso e da condição corporal e eficiência reprodutiva de ovelhas da raça Santa Inês e mestiças Santa Inês-Suffolk submetidas a dois sistemas de alimentação em intervalos entre partos de 8 meses / Dynamic of weight and corporal score and reproductive efficiency of the Santa Ines breed and crossbreed Suffolk ewes submited to two feeding systems and lambing of 8 months  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese O trabalho teve como objetivo comparar a eficiência produtiva e reprodutiva de ovelhas em dois sistemas de alimentação. Noventa e oito matrizes da raça Santa Inês e trinta e nove mestiças Suffolk (3/4 Suffolk + 1/4 Santa Inês) foram divididas em dois tratamentos: tratamento 1 (T1) - mantidas em past [...] agem, com suplementação de silagem de capim elefante na seca invernal, e tratamento 2 (T2) -mantidas em pastagem, com suplementação de silagem de capim elefante na seca invernal e de concentrado três semanas antes e durante a estação de monta, três semanas antes do parto e durante a lactação. Verificou-se diferença (P Abstract in english This study was carried out with the objective of comparing the productive and reproductive efficiency of ewes in two productive systems. Ninety eight Santa Ines ewes and thirty nine crossbred Suffolk were divide in two treatments: T1- maintained on pasture, with supplementation of Pennisetum purpure [...] um silage in dry winter, T2- maintained on pasture, with supplementation of Pennisetum purpureum silage in winter and grain ration for three weeks before and during the mating, three weeks before lambing and during the lactation. There was difference (P

Claudia da Costa, Boucinhas; Edson Ramos de, Siqueira; Sirlei Aparecida, Maestá.

2006-06-01

240

Parâmetros sangüíneos e urinários, no pré e pós parto, de búfalas criadas em sistema exclusivo de pastejo / The blood and urinary values in the pre and pos-parturient period of buffaloes, kept on exclusive pasture feeding  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Foi avaliada a ocorrência de alterações nas concentrações de glicose sanguínea, proteína plasmática total, hematócrito e presença de corpos cetônicos na urina de oito búfalas leiteiras da raça Murrah, com idade variando entre 5 e 10 anos, com no mínimo duas lactações, clinicamente sadias, desde 60 d [...] ias antes até 60 dias pós-parto. As concentrações médias de glicose sangüínea e o valor médio do hematócrito diminuíram significativamente no pós-parto (p Abstract in english Eight lactating buffaloes of the Murrah breed were used from 60 days before up to 60 days after calving, in order to evaluate alterations in the concentration of blood glucose, total plasmatic protein, haematocrit and the presence of ketonic bodies in the urine. The 5 to 10- year old buffaloes were [...] clinically healthy and had had at least two lactations. During the experimental period the animals were maintained on Brachiaria brizantha pasture and supplemented with a mineral mixture and water.The media concentrations of blood glucose and the media values of the haematocrit diminished significantly after calving (p

Carlos Magno Chaves de, Oliveira; José Diomedes, Barbosa; Imke Barbara, Pfeifer; Deugles Pinheiro, Cardoso.

2003-06-01

241

Influência do consumo alimentar na gestação sobre a retenção de peso pós-parto Influencia del consumo alimentario en la gestación sobre la retención de peso post-parto Influence of dietary intake during gestation on postpartum weight retention  

OpenAIRE

OBJETIVO: Avaliar a influência da alimentação durante a gestação sobre a retenção de peso pós-parto. MÉTODOS: Foram acompanhadas 82 gestantes adultas e saudáveis que iniciaram o pré-natal em serviço público de saúde no Município de São Paulo, SP, entre abril e junho de 2005. As medidas de peso e estatura foram aferidas na primeira entrevista (até 16 semanas de gestação) e a medida de peso foi repetida em visita domiciliar 15 dias após o parto. O Recordatório de 24 horas f...

Ana Paula Bortoletto Martins; Aquino Benicio, Maria Helena D.

2011-01-01

242

Home childbirth: progress or retrocession? / Parto en casa: hacia adelante o hacia atrás?  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: English Abstract in portuguese Parir em casa representa uma modalidade de atenção ao parto em ascensão na sociedade brasileira atual, embora em proporção pouco representativa quando comparada ao número de partos hospitalares. No Brasil, o tema tem sido amplamente debatido por diferentes categorias profissionais, com destaque para [...] a questão da segurança envolvida no processo. Este artigo, de cunho teórico-reflexivo, tem como objetivo apresentar um breve panorama global da assistência ao parto domiciliar, problematizando a realidade do cenário obstétrico brasileiro contemporâneo. A literatura científica apresenta resultados obstétricos e neonatais favoráveis ao parto domiciliar, risco semelhante quando comparado ao parto hospitalar e maiores índices de satisfação materna, fatores que legitimam a sua prática. Assim, observa-se, na atualidade, um movimento de mulheres que, profundamente descontentes com o modelo de atenção obstétrica vigente, têm optado pelo parto em casa como reação à violência institucional, à fragmentação e despersonalização da assistência hospitalar. Abstract in spanish Dar a luz en casa es un tipo de atención del parto en aumento en la sociedad brasileña, aunque en proporción no representativa en comparación con el número de nacimientos en hospitales. En Brasil, el tema ha sido ampliamente debatido por diferentes categorías profesionales, destacando el problema de [...] seguridad en el proceso. Este artículo, teórico-reflexivos presenta una breve visión general del parto en casa, cuestionando la realidad del contexto obstétrico brasileño contemporáneo. La literatura científica muestra resultados obstétricos y neonatales favorables para el parto en casa; riesgo similar en comparación con el parto en el hospital y tasas más altas de satisfacción materna, factores que legitiman su práctica. Así, vemos, en realidad, el movimiento de mujeres, que profundamente descontentos con el actual modelo de atención obstétrica, han optado por el parto en casa como una reacción a la violencia institucional, la fragmentación y la despersonalización de la atención hospitalaria. Abstract in english Giving birth at home represents a rising modality of delivery care in the Brazilian society, although in unrepresentative proportion when compared to the number of hospital childbirths. In Brazil, the topic has been broadly discussed by different professional categories, highlighting the safety issu [...] e involved in the process. The aim of this theoretical and reflective study was to present a brief overview of the overall care related to home childbirth, also questioning the reality of the contemporary Brazilian obstetric scenario. The scientific literature presents both obstetric and neonatal outcomes as favorable to home childbirth; similar risks when compared to hospital childbirth and higher rates of maternal satisfaction, and these both factors justify its practice. Therefore, a movement of women who are deeply unhappy with the current model of obstetric care is currently observed and they have been opting for home childbirth as a response to institutional violence, fragmentation and depersonalization of hospital care.

Clara Fróes de Oliveira, SANFELICE; Antonieta Keiko Kakuda, SHIMO.

2014-03-01

243

Avaliação da Freqüência Cardíaca Embriofetal no Primeiro Trimestre da Gestação por meio da Ultra-sonografia Transvaginal com Doppler Colorido e Pulsátil / Assessment of Embryo Heart Rate in Early Pregnancy by Transvaginal Ultrasonography with Color and Pulsed Doppler  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Brazil | Language: Portuguese Abstract in portuguese Objetivos: avaliar a evolução da freqüência cardíaca embrio-fetal no primeiro trimestre da gestação e determinar sua curva de normalidade. Pacientes e Métodos: em estudo prospectivo foram avaliadas 206 pacientes com diagnóstico clínico e/ou ultra-sonográfico de gestação no primeiro trimestre, por me [...] io de exame ultra-sonográfico transvaginal com Doppler colorido, utilizando-se equipamento da marca Aloka, modelo SSD-2000, com sonda transvaginal convexa na freqüência de 5,0 MHz, todos realizados por um mesmo examinador. Foi determinada a freqüência cardíaca embriofetal. As pacientes foram divididas em grupos de acordo com a idade gestacional, em intervalos de 0,5 semana a partir da 6ª semana de gestação. Foi avaliada a evolução da gestação mediante realização de exame ultra-sonográfico de rotina no final do 2º e 3º trimestre. Foram calculados as médias e desvios-padrão para cada idade gestacional avaliada. Resultados: foi possível determinar a curva de normalidade para a freqüência cardíaca embriofetal. A média da freqüência cardíaca embriofetal apresentou modificações com a evolução da idade gestacional, variando de 110 ± 14 bpm com 6,0 semanas a 150 ± 12 bpm com 14,0 semanas, compatíveis com as fases do desenvolvimento e maturação funcional cardíaca. Conclusões: a ultra-sonografia transvaginal com Doppler colorido tornou possível a avaliação cardiovascular da gestação inicial, sendo um método não-invasivo e inócuo para o embrião. Os valores determinados poderão ser utilizados em estudos futuros neste período gestacional. Abstract in english Purpose: to evaluate the evolution in the embryo heart rate in the first trimester of pregnancy. Patients and Methods: in a prospective study 206 pregnant women were evaluated in the first trimester of pregnancy, by transvaginal color Doppler sonography, using Aloka, SSD-2000 apparatus, with a 5-MHz [...] transvaginal transducer. All examinations were performed by the same examiner, with the determination of embryo heart rate. The patients were classified into groups according to the gestational age, in half-week intervals from the 5th week of pregnancy on. Pregnancy outcome was evaluated by ultrasonography at the end of second and third trimesters. Mean and standard deviation were determined for each evaluated gestational age. Results: it was possible to determine normal values for embryo heart rate. Mean embryo heart rate showed changes with gestational age, ranging from 110 ± 14 bpm at the 6.0th week to 150 ± 12 bpm at the 14.0th week. Conclusions: transvaginal pulsed color Doppler equipment enabled cardiovascular evaluation in early pregnancy, being a noninvasive method and innocuous to the embryo. These values would be useful in new studies on dopplervelocimetry in this period of pregnancy.

Cláudia Lemos da, Silva; Luiz Antônio, Bailão.

2000-10-01

244

Assistência ao parto com a presença do acompanhante: Experiências de profissionais / The partner’s presence in delivery care: The professionals´ experience / Asistencia del parto con la presencia del acompañante: Experiencias de profesionales  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Colombia | Language: Portuguese Abstract in portuguese A Organização Mundial da Saúde recomenda a participação de um acompanhante de escolha da gestante no parto. Objetivo: descrever a experiência dos membros da equipe profissional relativa à presença do acompanhante no parto. Metodologia: A pesquisa foi realizada em um hospital público do Estado de São [...] Paulo-Brasil, entre Janeiro e Junho de 2001 e entrevistados 24 profissionais das seguintes categorias: médico obstetra e neonatogista, enfermeira obstétrica e auxiliar de enfermagem. Resultados: a presença do acompanhante provocou reflexos positivos em vários aspectos da assistência ao parto; A implementação de projetos de inserção do acompanhante no parto requer preparação sistemática; A inserção do acompanhante deve ser parte de uma proposta ampla de humanização da assistência; A presença do acompanhante fez com que os profissionais identificassem novas demandas na assistência ao parto. Conclusões: Os profissionais e a estrutura física devem estar preparados para inserir o acompanhante no parto e esta deve ser uma medida que integre uma proposta ampla de humanização da assistência ao parto. Abstract in spanish La Organización Mundial de la Salud recomienda la participación de un acompañante en el parto. Objetivo: Describir la experiencia de los miembros del equipo profesional frente a la presencia del acompañante en el parto. Metodología: La investigación fue realizada en un hospital público del Estado de [...] São Paulo, Brasil, entre enero y junio del 2001, y para ello fueron entrevistados 24 profesionales de las siguientes categorías: médico obstetra, neonatólogo, enfermera obstétrica y auxiliares de enfermería. Los datos fueron analizados inductivamente e identificadas las semejanzas en las experiencias individuales. Resultados: Estas fueron las categorías descriptivas emergentes: La presencia del acompañante fue positiva en varios aspectos de la asistencia del parto. La implementación de proyectos de inclusión del acompañante en la asistencia del parto requirió preparación sistemática. La presencia del acompañante durante el parto partió de una propuesta amplia de asistencia. La presencia del acompañante durante el parto obligó a los profesionales a identificar nuevas demandas en la asistencia del parto. Conclusiones: Los profesionales y la estructura física deben estar preparados para incluir al acompañante en el parto, medida ésta que debe formar parte de una propuesta integral de humanización de la asistencia durante el parto. Abstract in english The W.H.O. recommends the partner’s presence during childbirth. Objective: To describe professional staff experiences related to the partner’s presence during childbirth. Methodology: Research was carried in a hospital in the state of Sao Paulo, Brazil, between January and June 2001. Twenty four pro [...] fessionals (obstetricians, neonatologists, midwifery nurses and ancillary nurses) were interviewed. Findings: The presence of the partner provoked positive reflexes on several aspects of childbirth care. The partner’s inclusion in childbirth requires systematic preparation and should be framed in an integral project of care humanization. The professionals identified other demands following the partner’s involvement in childbirth care. Conclusions: The institution and the professionals require previous preparation when partners will take part in childbirth care as part of an integral childbirth care humanization proposal.

Luiza Akiko, Komura Hoga; Cleusa Maia, de Souza Pinto.

2007-03-01

245

Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto (QESP) / Experience and Satisfaction with Childbirth Questionnaire (QESP)  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Portugal | Language: Portuguese Abstract in portuguese Este artigo apresenta a construção e validação do "Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto" (QESP), destinado a avaliar a experiência e satisfação da mulher com o parto (preocupações, sentimentos, relaxamento, cuidados e condições disponíveis, dor, satisfação e confirmação de expectativ [...] as prévias, bem como suporte por parte de significativos durante o parto). O QESP foi administrado a uma amostra de 306 mulheres nos primeiros 5 dias do pós-parto, das quais 103 realizaram uma medida repetida do instrumento e preencheram a "Edinburgh Postnatal Depression Scale" (EPDS) aos 3 meses de vida do bebé. A Análise Hierárquica de Clusters permitiu identificar 8 sub-escalas que compõem o questionário: (1) condições e cuidados prestados, (2) experiência positiva, (3) experiência negativa, (4) relaxamento, (5) suporte, (6) suporte do companheiro, (7) preocupações e (8) pós-parto. O estudo psicométrico mostra que o QESP tem muito boa consistência interna (Alpha de Cronbach=0,90, Coeficiente de Split-half=0,68), é fidedigno (Teste-Reteste=0,58) e possui boa validade preditiva em relação à posterior ocorrência de depressão pós-parto. Por permitir a identificação de experiências de parto menos positivas, susceptíveis de se traduzirem em dificuldades de ajustamento após o parto, o QESP é um instrumento que pode revelar-se útil para os técnicos e investigadores da área da saúde reprodutiva. Abstract in english This study presents the construction and reliability of the "Experience and Satisfaction with Childbirth Questionnaire" (QESP) to evaluate the childbirth's experience and the mother's satisfaction (concerns, emotions, relaxation, available care and conditions, pain, satisfaction and confirmation of [...] previous expectations, as well as the support by significant others). QESP was administered to a sample of 306 mothers in the 5 days after delivery, 103 participants also answered the questionnaire and the Edinburgh Post-Natal Depression Scale (EPDS) 3 month after childbirth. Hierarchical Clusters Analyses aloud us to identify 8 sub-scales composing the questionnaire: (1) conditions and care provided, (2) positive experience, (3) negative experience, (4) relaxation, (5) social support, (6) partner's support, (7) concerns, (8) postpartum. The psychometric study indicates that QESP is reliable (Test-retest=.58) and has a very good internal consistency (Alpha de Cronbach=.90 and Split-Half=.68) as well as good predictive validation regarding the posterior occurrence of postpartum depression. Because this instrument enable us to identify less positive childbirth experiences, that may create difficulties in postnatal adjustment, we consider it to be useful for health professionals and researchers interested in the reproductive health.

R., Costa; B., Figueiredo; A., Pacheco; A., Marques; A., Pais.

2004-11-01

246

Suplementação materna com retinil palmitato no pós-parto imediato: consumo potencial por lactentes Suplementación materna con retinil palmitato en el post-parto inmediato: consumo potencial por lactantes Maternal supplementation with retinyl palmitate during immediate postpartum period: potential consumption by infants  

OpenAIRE

OBJETIVO: Avaliar o efeito da suplementação materna com dose única de retinil palmitato no pós-parto para o fornecimento de vitamina A ao lactente. MÉTODOS: Ensaio clínico realizado em Natal (RN), entre março e dezembro de 2007, com 85 mulheres aleatoriamente distribuídas em dois grupos. As suplementações de retinil palmitato no pós-parto corresponderam à dose única de 200.000 (grupo experimento) UI e 0 UI (grupo controle). A quantificação do nível de retinol no leite foi obti...

Danielle Soares Bezerra; Katherine Feitosa de Araújo; Gabrielle Mahara Martins Azevêdo; Roberto Dimenstein

2009-01-01

247

Questionário de experiência e satisfação com o parto (QESP)  

OpenAIRE

Este artigo apresenta a construção e validação do “Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto” (QESP), destinado a avaliar a experiência e satisfação da mulher com o parto (preocupações, sentimentos, relaxamento, cuidados e condições disponíveis, dor, satisfação e confirmação de expectativas prévias, bem como suporte por parte de significativos durante o parto). O QESP foi administrado a uma amostra de 306 mulheres nos primeiros 5 dias do pós-parto, das ...

Costa, Raquel A.; Figueiredo, Ba?rbara; Pacheco, Alexandra P.; Marques, A.; Pais, A.

2004-01-01

248

Nonsurgical management of primary ovarian pregnancy with transvaginal ultrasound-guided local administration of methotrexate.  

Science.gov (United States)

Primary ovarian pregnancy is a rare form of ectopic gestation and one that is often diagnosed only at the time of surgery. We report the first case to our knowledge of a live primary ovarian pregnancy diagnosed by transvaginal ultrasonography and successfully treated with transvaginal-guided aspiration and injection of methotrexate. Primary ovarian pregnancy can be diagnosed early in gestation with transvaginal sonography, affording the opportunity to successfully be managed with local administration of methotrexate. PMID:23465263

Pagidas, Kelly; Frishman, Gary N

2013-01-01

249

Transvaginal ultrasound-guided aspiration of benign ovarian cysts.  

Science.gov (United States)

In our study, we evaluate the diagnostic and therapeutic efficacy of transvaginal ultrasound-guided aspiration of benign ovarian cysts in selected patients. A total of 46 women with benign ovarian cysts were referred to our outpatient clinic. The aspirated fluid was collected and sent for cytological analysis. All women were re-evaluated at 1, 3 and 6 months after the procedure. The cytological analysis was negative for malignancy in all cases. Our study showed an overall recurrence rate for ovarian cysts of 39.1%. Women with endometriotic ovarian cysts have an increased incidence of recurrence, 62.5% (n = 5), in comparison with serous cysts, 35.2% (n = 12) and serous-haemorrhagic cysts, 15% (n = 1), ?(2) = 9.913, df = 2, p = 0.007. The results of our study reveal that transvaginal ultrasound-guided aspiration of benign ovarian cysts is a simple, safe and effective procedure. PMID:24483623

Nikolaou, M; Adonakis, G; Zyli, P; Androutsopoulos, G; Saltamavros, A; Psachoulia, C; Tsapanos, V; Decavalas, G

2014-05-01

250

Tiroidite pós-parto: prevalência e evolução clínica  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available A tiroidite pós-parto (TPP é uma disfunção tiroidiana, ainda pouco conhecida, que acomete mulheres no 1º ano pós-parto. Estudos em nosso meio são escassos. Estudamos um grupo de 115 gestantes entre a 16ª e 20ª semana de gestação, quanto a disfunção tiroidiana (T3, T4, T4L e TSH e presença de anticorpos antitiroidianos (anti-tireoglobulina e anti-peroxidase tiroidiana. Reavaliamos estas gestantes no 6º mês pós-parto, quanto aos mesmos parâmetros. Encontramos 4/115 (3,4% portadoras de TPP. Das 12 pacientes que apresentaram AATPO positivo na primeira avaliação, duas (16,6% evoluiram para perda fetal entre o 5º e 6º mês de gestação, três (25% mantiveram-se eutiroidianas, três (25% apresentaram hipotiroidismo subclínico e quatro (33,3% desenvolveram TPP, com diagnóstico realizado através da clínica (queixas de disfunção tiroidiana e alteração das dosagens hormonais. O sintoma mais comumente apresentado pelas pacientes com TPP foi a fadiga (4/4. Todas as pacientes que desenvolveram TPP apresentaram fatores de risco para tal. Baseados nos resultados encontrados, recomendamos que gestantes com fatores de risco para o desenvolvimento da TPP devam ser monitoradas durante a gestação e no período pós-parto quanto ao desenvolvimento de disfunção tiroidiana.Postpartum thyroiditis (PPT is an autoimmune thyroid dysfunction that occurs in the first year after delivery. We evaluated the prevalence and clinical evolution of PPT in 115 pregnant women between the 16th and 20th weeks of gestation. We studied both thyroid function (T3, T4, T4L, TSH and the presence of antithyroid antibodies (antithyroglobulin and antiperoxidase. Reevaluation was done six months postpartum. In the first phase, 12 (10.4% were TPO-Ab positive: two (16.6% had a miscarriage between the 5th and 6th month, three (25% were euthyroid, three (25% subclinic hypothyroidism and four (33,3% PPT. The most frequent symptom was fatigue (4/4. All women showed risk factors for PPT. Based on our data, we recommend that pregnant women with risk factor for PPT should be screened during pregnancy and the postpartum period for the development of thyroid dysfunction.

Andréa F. P. Barros

1998-12-01

251

Predictors of Outcome after Transvaginal Mesh for Pelvic Organ Prolapse  

OpenAIRE

Introduction: We aim to report outcomes and predictors of outcome of transvaginal mesh (TVM) for pelvic organ prolapse (POP). We also report frequency, severity, risk factors, and management of mesh-related complications after TVM. Materials and methods: We performed retrospective chart review of TVM performed from 2005 to 2010. There were 67 patients followed for a mean duration of eighteen months. Complications were reported using the International Continence Society and International Urogy...

Ifeanyi Anusionwu; Stacy Loeb; Stephen Juraschek; Lynda Mettee; Edward James Wright

2012-01-01

252

DIAGNÓSTICO INCIDENTAL DE TUMOR VESICAL POR ECOGRAFÍA GINECOLÓGICA TRANSVAGINAL  

OpenAIRE

Se presenta el caso clínico de una mujer de 60 años que acude al Servicio de Ginecología y Obstetricia del Hospital Padre Hurtado, bajo la sospecha de un mioma cervical pequeño. Se realiza una ecografía transva-ginal la cual evidencia incidentalmente un tumor vesical sólido, vascularizado, intravesical y dependiente de la mucosa. La paciente no refería espontáneamente hematuria. El estudio urológico definitivo es de un carcinoma papilar de células transicionales. El tratamiento endo...

Masami Yamamoto C; Mercedes de Alvarado R; Manuel Figueroa G; Juan Pablo Barroso S; Luis Alberto Caicedo; Jorge Carrillo T.; Alvaro Insunza F.; Enrique Paiva W

2010-01-01

253

TRANSVAGINAL VERSUS TRANSGASTRIC ENDOSCOPIC PERITONEAL APPROACH – A COMPARATIVE EXPERIMENTAL STUDY  

OpenAIRE

Background: During the last 30 years the advent of laparoscopy and interventional endoscopy induced the emergence of a new approach - Natural Orifice Translumenal Endoscopic Surgery (N.O.T.E.S.) in which the peritoneal cavity is accessed through stomach, vagina or other natural orifice, as a even lesser minimally invasive surgery. Method: A total of 8 female pigs (20-35 kg), were assigned to either transgastric or transvaginal endoscopic procedures. General anesthesia with orotracheal intuba...

Patrascu, S.; Surlin, V.; Georgescu, E.; Olaru, A.; Georgescu, I.

2011-01-01

254

TRANSVAGINAL VERSUS TRANSGASTRIC ENDOSCOPIC PERITONEAL APPROACH – A COMPARATIVE EXPERIMENTAL STUDY  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Background: During the last 30 years the advent of laparoscopy and interventional endoscopy induced the emergence of a new approach - Natural Orifice Translumenal Endoscopic Surgery (N.O.T.E.S. in which the peritoneal cavity is accessed through stomach, vagina or other natural orifice, as a even lesser minimally invasive surgery. Method: A total of 8 female pigs (20-35 kg, were assigned to either transgastric or transvaginal endoscopic procedures. General anesthesia with orotracheal intubation was applied following a pre-established protocol in both groups. Transgastric peritoneoscopy, tubal excision and oophorectomy were performed in the first group, and transvaginal liver biopsy and colecistectomy in the second one, with a 14 days follow-up and necropsy at the end of the experiment. Results: All the procedures were successful, with no major intraoperative incidents. Postoperative evolution was uneventful. Necropsy showed mild to moderate peritoneal adhesions in both groups, with small perigastric abscesses in one animal (transgastric-NOTES. No other complications were noted. Conclusions: Both transgastric and transvaginal NOTES procedures are feasible and safe, but should have different indications and limitations. More research and sustained technical development are imperative before clinical implementation.

S. Patrascu

2011-11-01

255

Transvaginal aspiration of ovarian cysts: our experience over 121 cases.  

Science.gov (United States)

We performed an evaluation of ultrasound-guided transvaginal aspiration of ovarian cysts as a viable alternative to surgery in 104 reproductive and 17 postmenopausal women. One-hundred and twenty-one patients with a simple >4 cm diameter ovarian cyst, with a benign appearance on ultrasound as well as on clinical and blood examination, underwent transvaginal fine needle aspiration of the cyst under ultrasonographic control. One-hundred and four patients were of reproductive age and 12 were postmenopausal. Sixty women who were of reproductive age and in which OCP treatment was not contraindicated followed a six-month therapy with oral contraceptives after the intervention. In the group of patients of reproductive age under OCP treatment the cyst persisted in nine of the 60 women (recurrence rate 15%). In the other group of patients of reproductive age,under no OCP treatment, the recurrence rate was 47% (21 of the 44 women). In the group of postmenopausal patients, the cyst persisted in ten out of 17 cases (recurrence rate 58,9%). Transvaginal aspiration of ovarian cysts is a reliable alternative to surgery with many advantages such as excellent tolerance, low risk and cost of complications and recurrence. The OCP treatment after aspiration seems to increase the success rate of expectant management. PMID:21082900

Koutlaki, Nikoleta; Nikas, Ioannis; Dimitraki, Marina; Grapsas, Xenofon; Psillaki, Afrodite; Mandratzi, Jeyaver; Liberis, Anastasios; Liberis, Vasilios

2011-05-01

256

Parâmetros sangüíneos e urinários, no pré e pós parto, de búfalas criadas em sistema exclusivo de pastejo The blood and urinary values in the pre and pos-parturient period of buffaloes, kept on exclusive pasture feeding  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Foi avaliada a ocorrência de alterações nas concentrações de glicose sanguínea, proteína plasmática total, hematócrito e presença de corpos cetônicos na urina de oito búfalas leiteiras da raça Murrah, com idade variando entre 5 e 10 anos, com no mínimo duas lactações, clinicamente sadias, desde 60 dias antes até 60 dias pós-parto. As concentrações médias de glicose sangüínea e o valor médio do hematócrito diminuíram significativamente no pós-parto (pEight lactating buffaloes of the Murrah breed were used from 60 days before up to 60 days after calving, in order to evaluate alterations in the concentration of blood glucose, total plasmatic protein, haematocrit and the presence of ketonic bodies in the urine. The 5 to 10- year old buffaloes were clinically healthy and had had at least two lactations. During the experimental period the animals were maintained on Brachiaria brizantha pasture and supplemented with a mineral mixture and water.The media concentrations of blood glucose and the media values of the haematocrit diminished significantly after calving (p<0,05. The concentrations of total plasmatic protein did not show significant variation during the pre and post-calving period. The ketonic bodies in the pre-calving period were only detected in the urine of one buffaloe, but after the 32nd day of lactation ketonic bodies were detected in all animals. There was a direct relationship between the color of the urine positive by the Rothera test and blood glucose concentrations. It can be concluded that at the beginning of lactation the buffaloes had an energetic deficit, characterized by a decline of blood glucose concentrations and the presence of ketonic bodies in the urine, and that lactation caused a progressive decline of the hematocrit, but that the concentration of total plasmatic protein did not vary during the pre and post-calving period.

Carlos Magno Chaves de Oliveira

2003-06-01

257

Resultados maternos e neonatais da assistência em casa de parto no município do Rio de Janeiro Resultados maternos y neonatales de la asistencia en casa de nacimiento en el municipio de Rio de Janeiro Maternal and neonatal assistance results at Birthing Center in the municipality of Rio de Janeiro  

OpenAIRE

O objetivo deste estudo foi descrever os resultados maternos e neonatais da assistência na Casa de Parto David Capistrano Filho. Pesquisa exploratório-descritiva, com abordagem quantitativa, que analisou 458 prontuários dos partos normais e nascimentos no período de janeiro de 2008 a dezembro de 2009. As parturientes eram mulheres jovens, de 15 a 25 anos de idade (66,6%), e nulíparas (55%). Durante o trabalho de parto, elas permaneceram com o acompanhante (94,1%) e receberam cuidados par...

Adriana Lenho de Figueiredo Pereira; Tamara Rubia Lino de Lima; Mariana Santana Schroeter; Monique da Silva Ferreira Gouveia; Sabrina Damazio do Nascimento

2013-01-01

258

Parto: expectativas, experiências, dor e satisfação / Labor: expectations, experiences, pain and satisfaction  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Portugal | Language: Portuguese Abstract in portuguese O estudo que apresentamos neste artigo teve como principal objectivo dar conta da experiência de parto da mulher, atendendo em particular à confirmação de expectativas, à satisfação e à dor durante o trabalho de parto, parto e pós-parto imediato. Para esse efeito, o Questionário de Experiência e Sat [...] isfação com o Parto (QEPS, Costa, Figueiredo, Pacheco, Marques, & Pais, submited) foi administrado nos primeiros 5 dias do puerpério a uma amostra de 115 mães primíparas, utentes da Consulta Externa de Obstetrícia da Maternidade Júlio Dinis (Porto). Os resultados mostram que, durante o trabalho de parto e parto a generalidade das mulheres: não vê confirmadas muitas das suas expectativas prévias; é excluída das decisões médicas, tem poucos conhecimentos e pouca preparação, vivencia um elevado número de emoções negativas, assim como níveis elevados de dor, está preocupada com o estado de saúde do bebé e considera útil o apoio do companheiro. O pós-parto é considerado como particularmente doloroso por muitas mulheres, no entanto, a dor sentida não parece interferir com a sua capacidade para cuidar do bebé ou para se relacionar com o companheiro. De uma forma geral, as mulheres mostram-se insatisfeitas com a intensidade de dor sentida tanto durante o trabalho de parto como durante o parto e o pós-parto, embora satisfeitas com a qualidade dos cuidados prestados pelos profissionais de saúde. Abstract in english The main aim of the present study is to describe the childbirth experience in Portuguese women, particularly the expectations, satisfaction and pain during labor, delivery and the immediate postpartum. Between the 1st and the 5th day after childbirth, 115 primiparous mothers fulfilled the "Experienc [...] e and Satisfaction with Delivery Questionnaire" (Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto, QESP, QEPS, Costa, Figueiredo, Pacheco, Marques, & Pais, submited) at Júlio Dinis Maternity Hospital (Porto, Portugal). During labor and delivery most women feel that previous expectancies aren't confirmed in some aspects, that are excluded from medical decisions, aren't prepared and have insufficient information, usually don't use respiration and relaxation methods and when they use it, don't think that this methods are helpful, experience a high number of negative emotions, as well as high levels of pain, are very concern about baby's health and consider the partner's support very helpful when he is present. Postpartum is considered to be painful, although the pain doesn't interfere on the capacity to take care of the baby or to relate with the partner. In general, during labor, delivery and postpartum, the majority of women seem to be unsatisfied with intensity of pain although very satisfied with the health professional's care.

R., Costa; B., Figueiredo; A., Pacheco; A., Pais.

2003-07-01

259

LA MUSICA EN EL TRABAJO DE PARTO  

Directory of Open Access Journals (Sweden)

Full Text Available Este trabajo es una propuesta de apoyo al Parto Natural en el convencimiento que la parturienta que inicia relajada su Trabajo de Parto y en un lugar con ambiente sonoro controlado, íntimo, silencio y privado, necesariamente tendría un parto natural. Se aplica la Música Barroca durante la Fase latente del trabajo de parto ya que por sus nobles virtudes estéticas -auditivas y sus características técnicas- musicales, media en la relajación y bienestar de la parturienta. Se privilegia el silencio y el control del ambiente sonoro de la Sala de Parto en la Fase activa del trabajo de parto. Los fundamentos fisiológicos involucrados en la aplicación de este método, dicen relación con el beneficio que aporta la Música Barroca al facilitar el efecto de las B-endorfinas. Por otro lado, con la eliminación de ruidos parásitos de la Sala de Partos se contribuye, además, a la eliminación de los mediadores químicos del Stress materno. Ambos acontecimientos, facilitan la armonía del eje hipotálamo - hipofisiario - adrenal materno, traduciéndose en mayor bienestar; y por extensión, mejor apego con su hijo en su condición fetal y al nacerThis proposal supports the belief that during Natural Childbirth, it is necessary for the woman in labor to be in an intimate, quiet place with a controlled auditory environment. Baroque musica is played during the Latent phase of labor for its noble aesthetic virtues-auditory and technical musical characteristics, assisting with the relaxation and well being of the woman in labor. It is preferable to have a quiet and controlled auditory environment in the birthing room during the Active phase of labor. The physiological fundamentals involved in the application of this method are based upon the relationship between Baroque musica and the production of B-endorphins. Moreover, eliminating parasite noises in the birthing room contributes to the reduction of chemical stress mediators in the mother. Both occurrences facilitate the balance of the mothers's axis (hypothalamic - hypophyseal - adrenal, translating into greater comfort; furthemore, strenghtening the bond with the child in his or her fetal state and during the birthing process

Sandra Cruz P.

2003-01-01

260

LA MUSICA EN EL TRABAJO DE PARTO  

Scientific Electronic Library Online (English)

Full Text Available SciELO Chile | Language: Spanish Abstract in spanish Este trabajo es una propuesta de apoyo al Parto Natural en el convencimiento que la parturienta que inicia relajada su Trabajo de Parto y en un lugar con ambiente sonoro controlado, íntimo, silencio y privado, necesariamente tendría un parto natural. Se aplica la Música Barroca durante la Fase laten [...] te del trabajo de parto ya que por sus nobles virtudes estéticas -auditivas y sus características técnicas- musicales, media en la relajación y bienestar de la parturienta. Se privilegia el silencio y el control del ambiente sonoro de la Sala de Parto en la Fase activa del trabajo de parto. Los fundamentos fisiológicos involucrados en la aplicación de este método, dicen relación con el beneficio que aporta la Música Barroca al facilitar el efecto de las B-endorfinas. Por otro lado, con la eliminación de ruidos parásitos de la Sala de Partos se contribuye, además, a la eliminación de los mediadores químicos del Stress materno. Ambos acontecimientos, facilitan la armonía del eje hipotálamo - hipofisiario - adrenal materno, traduciéndose en mayor bienestar; y por extensión, mejor apego con su hijo en su condición fetal y al nacer Abstract in english This proposal supports the belief that during Natural Childbirth, it is necessary for the woman in labor to be in an intimate, quiet place with a controlled auditory environment. Baroque musica is played during the Latent phase of labor for its noble aesthetic virtues-auditory and technical musical [...] characteristics, assisting with the relaxation and well being of the woman in labor. It is preferable to have a quiet and controlled auditory environment in the birthing room during the Active phase of labor. The physiological fundamentals involved in the application of this method are based upon the relationship between Baroque musica and the production of B-endorphins. Moreover, eliminating parasite noises in the birthing room contributes to the reduction of chemical stress mediators in the mother. Both occurrences facilitate the balance of the mothers's axis (hypothalamic - hypophyseal - adrenal), translating into greater comfort; furthemore, strenghtening the bond with the child in his or her fetal state and during the birthing process

Sandra, Cruz P.; Hugo, Pirovich B.; Eloísa, Peña T..

261