WorldWideScience

Sample records for parto transvaginal em

  1. Ultra-sonografia transvaginal do colo para a predição do parto pré-termo em pacientes sintomáticas com bolsa íntegra Transvaginal ultrasound of the cervix for predicting premature delivery in symptomatic patients with intact membranes

    Lívia Teresa Moreira Rios

    2006-11-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar a utilidade do comprimento cervical ultra-sonográfico para a predição do parto em gestantes com contrações uterinas persistentes e bolsa íntegra. MÉTODOS: realizou-se estudo observacional, prospectivo, do tipo coorte no qual foram incluídas 45 gestantes internadas em nossa instituição entre a 22ª e a 34ª semana. Ultra-sonografia transvaginal do colo foi realizada uma única vez, após completado um ciclo de tocólise endovenosa, com aferição do comprimento, conforme critérios descritos previamente. Os achados ultra-sonográficos não foram utilizados para o diagnóstico ou conduta obstétrica. O desfecho estudado foi a ocorrência de parto pré-termo (PURPOSE: to assess the role of ultrasonographic cervical length in predicting premature labor in patients presenting persistent uterine contractions and intact membranes. METHODS: a prospective observational cohort study was performed in 45 women admitted to our hospital between 22 and 34 weeks of gestation. Transvaginal sonographic evaluation of the cervix was performed once in the women who had completed a course of parenteral tocolysis. The cervical length was obtained according to criteria reported previously. Cervical sonographic findings were not used in diagnosis and management. Outcome variable was the occurrence of preterm delivery (<37 weeks. Statistical analysis consisted of univariate method with the purpose of determining the significant contribution of cervical length to the prediction of preterm delivery. The adopted significance level was 5% (p<0,05 and the confidence interval was 95% (95% CI. RESULTS: the incidence of preterm delivery was 51.11% (23/45. Cervical length was significantly associated with the outcome (p<0.0001. Receiver operating characteristic curve analysis showed that a cervical length of 20 mm was the best cutoff in predicting preterm delivery (sensitivity 86.9%; specificity 81.8%; positive predictive value 83.3%; negative

  2. Violência consentida: mulheres em trabalho de parto e parto Consented violence: women in labor and delivery

    Leila Regina Wolff

    2008-09-01

    Full Text Available O parto é um evento que integra a vivência reprodutiva da mulher e seu parceiro. Os profissionais de saúde são coadjuvantes dessa vivência, desempenhando um importante papel ao colocar seu conhecimento a serviço do bem-estar da mulher e do bebê, ajudando-os no processo de parturição e nascimento de forma saudável, humana e humanizadora. Este trabalho traz uma secção da tese de doutorado de uma das autoras, com o objetivo de denunciar como se dá a assistência em muitas das instituições de saúde, e que revela como várias das circunstâncias a que a mulher está sujeita no processo de parturição se caracterizam por ações de não cuidado e/ou como desumanização. Nesse recorte destacou-se os depoimentos de parturientes que evidenciaram o não cuidado e/ou a desumanização da assistência à mulher em trabalho de parto e parto. Os relatos evidenciaram um tipo especial de violência de gênero na área da saúde, uma violência consentida, conforme opinião das autoras, que ocorre com mulheres em trabalho de parto e parto.Delivery is an event that is part of the reproductive experience of a woman and her partner. Health professionals play an important role in that experience by putting their knowledge in the service of the woman's and her baby's welfare and helping them in the childbirth process in a healthy as well as humanized manner. The present study is a section of the doctoral dissertation of one of the authors and the objective was to reveal how assistance is provided at some health institutions. Several circumstances to which the woman in labor is subject are characterized by actions that were considered as non-care and/or dehumanization. This section of the dissertation shows a special type of gender violence in the health area, a consented violence, according to the authors' opinion, which occurs with women in labor and delivery.

  3. Diabetes nos partos hospitalares em sistemas de saude publico e privado

    Carla Regina de Souza Teixeira

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar tendências da presença do diagnóstico de diabetes mellitus em partos hospitalares. MÉTODOS: Estudo transversal com dados analisados de partos hospitalares de gestantes residentes em Ribeirão Preto, SP, no período de 1998 a 2007. Os dados foram obtidos no Centro de Processamento de Dados Hospitalares da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, referentes à categoria diabetes mellitus na gravidez. Os dados analisados foram: faixa etária, tipo de parto (vaginal ou cirúrgico, duração da internação e tipo de assistência pública (SUS ou privada (saúde suplementar e particular. RESULTADOS: Houve aumento de 3,9 vezes na proporção de partos com menção de diabetes em relação ao total de partos (p = 0,01. Esse aumento foi de 4,5 vezes nos partos pela assistência pública (p = 0,01 e de 3 vezes na assistência privada (p = 0,01. Observou-se aumento da presença de diabetes em todas as faixas etárias, proporcionalmente mais acentuado nas mais baixas. A frequência de parto cirúrgico nas gestações com menção de diabetes diminuiu de 64,5% em 1998/1999 para 39,8% em 2006/2007 na assistência pública; e na privada a frequência se manteve sempre acima de 90%. CONCLUSÕES: Houve tendência crescente da presença de diabetes mellitus nos partos hospitalares ao longo dos biênios, apesar da tendência de diminuição do número de partos e aumento da população feminina em idade reprodutiva residente em Ribeirão Preto. Essa tendência necessita não só de sua identificação e tratamento, mas também de intervenções pré-gestacionais que possam revertê-la.

  4. PESO PÓS-PARTO, FREQÜÊNCIA E PREVALÊNCIA DO TIPO DE PARTO DE CUTIAS (Dasyprocta sp) CRIADAS EM CATIVEIRO

    Maria Acelina Martins Carvalho; Airton Mendes Conde Júnior; Luís Madeira Martins Júnior; Sandovaldo Gonçalves de Moura; Mônica Marcos de Almeida; Rildênio Renato Cavalcante; João Batista Lopes

    2006-01-01

    A pesquisa objetivou avaliar parâmetros de desenvolvimento de cutias, buscando fornecer dados para contribuir com a seleção, o melhoramento genético e formas adequadas de manejo para estes animais. Foram observados o peso pós-parto, freqüência e a prevalência do tipo de parto em função da época do ano em 33 fêmeas. Constatou-se que não houve interação entre época do ano e tipo de parto (P>0,05). O peso médio pós-parto foi de 2,24 Kg e 2,39 Kg, para o período de janeiro a dezembro, respecti...

  5. Fatores ambientais sobre a idade ao primeiro parto, dias abertos e intervalo entre partos em vacas da raça holandesa na Bacia Leiteira de Castrolanda, estado do Paraná

    Wolff, Maria Cândida Córdova

    2012-01-01

    Dados provenientes do Programa de Análises de Rebanhos Leiteiros do Paraná (PARLPR) da Associação Paranaense de Criadores de Bovinos Leiteiros da Raça Holandesa (APCBRH) foram analisados para estudar os fatores do meio ambiente (rebanho, ano de parto, mês de parto, grupo genético, idade ao parto e efeito vaca) que estariam influenciando as características reprodutivas: idade ao primeiro parto (IPP) em meses, .dias abertos (DA) e intervalo entre partos (IEP) em dias, nas vacas da raça Holandes...

  6. Dor e comportamento de mulheres durante o trabalho de parto e parto em diferentes posições

    Evenise Nilsen; Hugo Sabatino; Maria Helena Baena de Moraes Lopes

    2011-01-01

    Avaliou-se a intensidade da sensação dolorosa e o comportamento, durante o trabalho de parto e parto, entre mulheres que tiveram parto normal, sem analgesia, nas posições semi-sentada, decúbito lateral esquerdo e litotomia. O estudo foi descritivo, transversal e correlacional. Foram usados um questionário validado que avalia dor e comportamento durante o trabalho de parto e parto, segundo a perspectiva da mulher, e duas escalas de dor: uma analógica e outra alfanumérica. Observou-se que a dor...

  7. Custos diretos do parto envolvidos com a prática obstétrica de enfermagem em Casa de Parto

    Fabiane Azevedo de Oliveira; Jane Márcia Progianti; Antonio Augusto de Fritas Peregrino

    2014-01-01

    Objetivo: Descrever os custos diretos do trabalho de parto e parto envolvidos com a prática obstétrica de cuidado de enfermagem em Casa de Parto. Métodos: Tipo de Estudo: Avaliação econômica em saúde com a perspectiva do Sistema Único de Saúde como órgão gestor. Foram avaliados 161 prontuários das gestantes que realizaram o pré-natal no ano de 2010, excluindo-se desses, as que não pariram na unidade. Resultados: Na análise, foram descritos e valorados os recursos envolvidos nos custos ...

  8. O desafio da humanização do parto em Portugal: questões essenciais na actualidade

    Correia, Rita

    2014-01-01

    A Humanização do parto é um tema muito em voga hoje em dia. Mas afinal, em que consiste “humanizar o parto”? Para a maioria dos médicos e directores de serviço, humanizar o parto é proporcionar melhores condições e conforto às parturientes, permitir-lhes um acompanhante durante o trabalho de parto e proporcionar um atendimento mais gentil e simpático durante esse momento tão importante da vida familiar. Nesse seguimento, várias maternidades do país dotaram-se de infra-estruturas mais modernas...

  9. INTERVALO ENTRE PARTOS EM GADO AZEBUADO CALVING INTERVAL IN CROSSBRED ZEBU CATTLE

    José Marcelino Sobrinho

    2007-09-01

    Full Text Available

    O trabalho apresenta o estudo de 296 dados de intervalos entre partos em gado azebuado do planalto central de Goiás, município de Anápolis. Observou-se que o intervalo médio entre partos foi de 17,37 +/- 0,24 meses.

    The work presents the study of 296 calving intervals data in crossbred zebu cattle of the Central Plateau in Anápolis, Goiás. It was observed that the average calving intervals were 17.37 +/- 0.24 months.

  10. Parto cesáreo: quem o deseja? Em quais circunstâncias?

    Barbosa Gisele Peixoto; Giffin Karen; Angulo-Tuesta Antonia; Gama Andrea de Souza; Chor Dóra; d'Orsi Eleonora; Reis Ana Cristina Gonçalves Vaz dos

    2003-01-01

    O Brasil apresenta altos índices de cesáreas. Este estudo investigou a existência de uma "cultura de cesárea", ou preferência por este tipo de parto, através de uma amostra de 909 puérperas (454 vaginais e 455 cesáreos) em duas maternidades do Município do Rio de Janeiro, onde entrevistas e revisão de prontuários foram realizados entre setembro de 1998 e março de 1999. Perguntou-se às mulheres se queriam que seu parto fosse cesáreo e a maioria absoluta (75,5%) respondeu "não", as razões princ...

  11. Estágio em uma casa de parto do Japão: relato de experiência

    Luiza Akiko Komura Hoga

    2005-01-01

    O conhecimento da assistência ao parto desenvolvida em outras sociedades pode promover a autocrítica a respeito de nossas próprias práticas. Este artigo relata a experiência de um estágio desenvolvido em uma Casa de Parto do Japão. A Instituição oferece assistência pré-natal, grupo de educação em saúde, ioga, hidroginástica, assistência ao parto e puerpério, cuidado com o recém-nascido, visita domiciliar e consulta de enfermagem da puérpera e recém-nascido. Os princípios que norteiam a assist...

  12. Leucograma e metabolismo oxidativo de neutrófilos em cabras da raça Saanen nos períodos de gestação, parto e pós-parto

    Joandes H. Fonteque; Mere E. Saito; Graziela Barioni; Ana C. dos S. Valente; Regina K. Takahira; Aguemi Kohayagawa

    2013-01-01

    O presente estudo teve como objetivo a avaliação do leucograma e do metabolismo oxidativo de neutrófilos em fêmeas caprinas da raça Saanen, nos períodos de gestação, parto e pós-parto. Amostras de sangue foram colhidas de 20 fêmeas nulíparas da raça Saanen, clinicamente sadias por venipunção jugular aos 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5), 14 (M6), sete (M7), três (M8) dias antes do parto, no dia do parto (M9), três (M10) e sete (M11) dias após o parto, para a realização do leucograma...

  13. Achados histeroscópicos em mulheres na pós-menopausa com diagnóstico de espessamento endometrial por ultra-sonografia transvaginal Hysteroscopic findings in postmenopausal women with endometrial thickening diagnosed by transvaginal ultrasound

    Adriana Bittencourt Campaner; Sebastião Piato; Paulo Ayrosa Galvão Ribeiro; Tsutomo Aoki; Ricardo da Fonseca Nadais; Roberto Adelino de Almeida Prado

    2004-01-01

    OBJETIVO: correlacionar espessamento endometrial diagnosticado por ultra-sonografia com os achados histeroscópicos, em mulheres na pós-menopausa. MÉTODOS: foi realizado estudo transversal com avaliação histeroscópica em 121 mulheres na pós-menopausa, com diagnóstico de espessamento do endométrio por ultra-sonografia transvaginal. Das pacientes incluídas, 23 (19%) recebiam diferentes esquemas de hormonioterapia e 98 não referiam uso de reposição hormnonal.; 55 pacientes queixavam-se de sangram...

  14. AVALIAÇÃO DA ASSISTÊNCIA AO PARTO NORMAL EM UMA MATERNIDADE PÚBLICA

    José Francisco Ribeiro

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo/Objetivos: Investigar a qualidade da assistência ao parto normal em uma maternidade pública, conforme as normas da Organização Mundial de Saúde no município de Teresina/Piaui. Métodos: Estudo transversal, conduzido mediante pesquisa em prontuário e entrevistas com 91 puérperas. Três categorias (A, B e C classificaram a assistência em existente, não existente, ou de existência intermediária. Resultados: A maioria das puérperas e recém – nascidos foram assistidas por (médicos e enfermeiros obstetras e neonatologia. No momento da admissão (39,6% tinham dilatação cervical de 4 a 6 cm acompanhado de parto com duração de 1 a 5 horas (44%, recém-nascido com apgar nos primeiros sete minutos (75,8%. Quanto à frequência das avaliações realizadas no trabalho de parto obteve: toque vaginal uma avaliação/hora (38,5%, ausculta dos batimentos cardiofetais uma avaliação/hora (35,2%, verificação da pressão arterial materna uma avaliação / horas (30,8% e dinâmica uterina (60,4% não verificada. Da frequência das práticas utilizadas na assistência ao parto normal, conforme protocolo para a assistência ao parto da Organização Mundial de Saúde as três categorias foram existentes Conclusão: o estudo mostra que a maternidade se encontra em uma situação privilegiada quanto as praticas que devem ser incentivadas. Descritores: Avaliação de serviços de saúde; Trabalho de parto; Parto normal; Atenção à saúde.

  15. Fatores associados ao parto vaginal em gestantes de alto risco submetidas à indução do parto com misoprostol Factors associated with vaginal delivery in high-risk pregnant women submitted to labor induction with misoprostol

    Zuleika Studart Sampaio; Carlos Augusto Alencar Júnior; Francisco Edson de Lucena Feitosa; Melania Maria Ramos Amorim

    2004-01-01

    OBJETIVOS: determinar os principais fatores associados ao parto transpelvino em gestantes de alto-risco submetidas à indução do parto com misoprostol vaginal (50 µg). MÉTODOS: trata-se da análise secundária de um ensaio clínico aberto, não randomizado, incluindo 61 gestantes de alto-risco internadas na Enfermaria de Patologia Obstétrica da Maternidade Escola Assis Chateaubriand, em Fortaleza (CE). Todas tinham idade gestacional de mais de 37 semanas, feto único com boa vitalidade e escores de...

  16. Leucograma e metabolismo oxidativo de neutrófilos em cabras da raça Saanen nos períodos de gestação, parto e pós-parto

    Joandes H. Fonteque

    2013-12-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo a avaliação do leucograma e do metabolismo oxidativo de neutrófilos em fêmeas caprinas da raça Saanen, nos períodos de gestação, parto e pós-parto. Amostras de sangue foram colhidas de 20 fêmeas nulíparas da raça Saanen, clinicamente sadias por venipunção jugular aos 49 (M1, 42 (M2, 35 (M3, 28 (M4, 21 (M5, 14 (M6, sete (M7, três (M8 dias antes do parto, no dia do parto (M9, três (M10 e sete (M11 dias após o parto, para a realização do leucograma e dosagens séricas de cortisol, estradiol e progesterona. A partir de 28 dias (M4 antes do parto até sete dias do pós-parto (M11 foram colhidas amostras de sangue para a avaliação do metabolismo oxidativo de neutrófilos por meio do teste de redução do tetrazólio nitroazul (NBT. Os resultados demonstraram que no dia do parto houve aumento nas concentrações séricas de cortisol e estradiol, e diminuição da progesterona, leucocitose por neutrofilia e desvio à esquerda leve, diminuição dos linfócitos, aumento da relação neutrófilo:linfócito, eosinopenia, monocitose e basofilia. No sétimo dia do pós-parto houve leucocitose por neutrofilia e aumento da relação neutrófilo:linfócito. Não houve nos períodos de gestação, parto e pós-parto alterações significativas no metabolismo oxidativo dos neutrófilos. Conclui-se que o parto determina elevação da concentração sérica de cortisol e estradiol, e diminuição da progesterona determinando quadro de leucocitose por neutrofilia e desvio à esquerda leve, com diminuição dos linfócitos, aumento da relação neutróflo:linfócito, eosinopenia, monocitose e basofilia. Ao sétimo dia do pós-parto há leucocitose por neutrofilia, aumento da relação neutrófilo:linfócito e do fibrinogênio. A gestação, o parto e o período do pós-parto não alteram o metabolismo oxidativo de neutrófilos avaliado por meio do teste de redução do NBT.

  17. Fatores associados à prova de trabalho de parto em primíparas com uma cesárea anterior

    Helaine M B Pires; Cecatti, José G; Aníbal Faúndes

    1999-01-01

    OBJETIVO: Identificar fatores médicos e não médicos associados à realização da prova de trabalho de parto na segunda gestação de primíparas com uma cesárea anterior. MÉTODOS: Estudo de caso-controle aninhado, com uma análise secundária de dados de um estudo de coorte retrospectivo previamente desenvolvido numa população de mulheres que deu à luz ao primeiro filho em Campinas, no ano de 1985. RESULTADOS: Os principais fatores que estiveram associados à realização da prova de trabalho de parto ...

  18. Fatores associados ao parto vaginal em gestantes de alto risco submetidas à indução do parto com misoprostol Factors associated with vaginal delivery in high-risk pregnant women submitted to labor induction with misoprostol

    Zuleika Studart Sampaio

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: determinar os principais fatores associados ao parto transpelvino em gestantes de alto-risco submetidas à indução do parto com misoprostol vaginal (50 µg. MÉTODOS: trata-se da análise secundária de um ensaio clínico aberto, não randomizado, incluindo 61 gestantes de alto-risco internadas na Enfermaria de Patologia Obstétrica da Maternidade Escola Assis Chateaubriand, em Fortaleza (CE. Todas tinham idade gestacional de mais de 37 semanas, feto único com boa vitalidade e escores de Bishop menores ou iguais a 7. Utilizou-se a dose de 50 µg de misoprostol via vaginal, repetindo-se a cada seis horas, até o máximo de quatro doses. Realizou-se análise uni e multivariada para determinação da associação entre parto vaginal (variável dependente e variáveis independentes (preditoras, construindo-se curvas ROC para paridade e escores de Bishop. RESULTADOS: encontrou-se associação significativa do parto vaginal com a paridade (um ou mais partos anteriores, escore de Bishop >4 e intervalo entre indução e parto menor que 6 horas, ao passo que a taquissistolia reduziu a chance de parto vaginal. Realizou-se análise de regressão logística múltipla para avaliar cada um desses fatores independentemente, persistindo fortemente associados ao parto vaginal o escore de Bishop >4 (OR = 3,3; IC 95% = 2,15-4,45 e a paridade >1 (OR = 5,41; IC 95% = 4,18-6,64. Pela curva ROC para os escores de Bishop e a paridade como determinantes do parto vaginal, encontrou-se um valor preditivo positivo de 100%, com sensibilidade de 63,2%. A área sob a curva foi de 86,8%, significativamente superior a 50% (p=0,023. CONCLUSÕES: os fatores preditivos mais importantes para parto vaginal após indução com misoprostol foram a paridade (um ou mais partos e escores de Bishop >4. Estes fatores devem ser levados em consideração na escolha de diferentes esquemas e doses de misoprostol, tanto para preparo cervical como indução do parto.PURPOSE: to

  19. Fatores relacionados ao trauma perineal no parto normal em nulíparas Factores relacionados al trauma perineal en el parto normal en nulíparas Factors related to perineal trauma in normal births in nulliparous

    Leila Barreto Scarabotto

    2006-09-01

    Full Text Available Inúmeros estudos têm sido realizados com a finalidade de contribuir para a prevenção do trauma perineal no parto normal. O objetivo do presente estudo foi relacionar a altura do períneo, duração do período expulsivo, variedade de posição no desprendimento cefálico, tipo de puxo, presença de circular de cordão, peso do recém-nascido e ardor na vulva ao urinar com a ocorrência de lacerações perineais. A pesquisa foi realizada em 2003, no Centro de Parto Normal do Amparo Maternal, com uma amostra de 67 parturientes sem partos vaginais anteriores. Os resultados mostraram que não houve diferença estatisticamente significante em relação às variáveis analisadas.Innumerables estudios han sido realizados con la finalidad de contribuir en la prevención del trauma perineal, en el parto normal. El objetivo del presente estudio fue relacionar la altura del perineo, duración del período expulsivo, variedad de posición en el desprendimiento cefálico, tipo de pujo, presencia de circular de cordón, peso del recién nacido y ardor en la vulva al orinar con la ocurrencia de laceraciones perineales. La investigación fue realizada en el 2003, en el Centro de Parto Normal do Amparo Maternal, con una muestra de 67 parturientas sin partos vaginales anteriores. Los resultados mostraron que no hubo diferencia estadísticamente significativa en relación a las variables analizadas.Many studies have been undertaken with the purpose of contributing towards the prevention of perineal trauma in normal birth. The objective of this study was to relate height of the perineum, duration of the second stage of labor, variation of the position of the head detaching, kind of effort, presence of the umbilical cord around the babies' neck, birth weight and vulva's ardor to urinate with the occurrence of perineal laceration. The study was undertaken in 2003 at the Normal Birth Center of the Amparo Maternal, with a sample consisting of 67 women in labor

  20. Determinação da duração do anestro pós-parto em ovelhas da raça Churra Galega Bragançana com diferentes condições corporais ao parto

    Correia, Teresa Montenegro; Valentim, Ramiro; Azevedo, Jorge; Cardoso, Manuel; Almeida, José Carlos; Ferreira, Sónia

    1999-01-01

    Este trabalho foi desenvolvido com o objectivo de estudar a duração do período de anestro pós-parto, em ovelhas da raça Churra Galega Bragançana, com dois níveis diferentes de condição corporal ao parto - 2,5 e 2,0. Neste sentido, na cidade de Bragança (latitude 41° 49' N, longitude 6° 40' W e altitude 720 metros), mais precisamente na Quinta de Santa Apolónia, pertencente à Escola Superior Agrária de Bragança, um grupo de quarenta ovelhas da raça Churra Galega Bragançana com 2 a 3 anos de...

  1. Bola de pilates e música no trabalho de parto: uma intervenção em cuidados especializados

    Gradíssimo, Andreia Maria Dias

    2014-01-01

    INTRODUÇÃO: A prestação de cuidados especializados em saúde materna e obstetrícia requer a aquisição e desenvolvimento de um conjunto de competências específicas que foram adquiridas com a realização do estágio. Foram também desenvolvidos conhecimentos e competências na utilização de métodos não farmacológicos de alívio da dor/desconforto no trabalho de parto, especificamente a bola de pilates e a audição musical. OBJECTIVOS: Desenvolver competências na prestação de cuidados de enfermagem ...

  2. Progestágeno intravaginal para controle do estro e do parto em fêmeas suínas

    Bernardo Garziera Gasperin; Gabriel Fernando Freling; Rogério Ferreira; João Francisco Coelho de Oliveira; Vilceu Bordignon; Paulo Bayard Dias Gonçalves

    2011-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização de dispositivos intravaginais (DIV) para o controle da reprodução em suínos. Porcas aos 112 dias de gestação receberam injeção de PGF2α (controle, n = 15) ou PGF2α com inserção de DIV contendo acetato de medroxiprogesterona (grupo DIV, n = 14) por 48 horas. As fêmeas iniciaram o parto 27,7±1,6 e 82,3±3,8 horas após aplicação de PGF2α nos grupos controle e tratado, respectivamente. Quanto ao controle do estro, dez porcas receberam DIV por 12 d...

  3. Controle sobre GnRH durante o anestro pós-parto em bovinos GnRH control during bovine postpartum anestrous

    João Francisco Coelho de Oliveira; Paulo Bayard Dias Gonçalves; Rogério Ferreira; Bernardo Gasperin; Lucas Carvalho Siqueira

    2010-01-01

    O pós-parto em bovinos é caracterizado como um momento em que as fêmeas bovinas não ovulam, principalmente devido a uma inadequada liberação de gonadotrofinas. Os conceitos e os mecanismos regulatórios do hormônio liberador de gonadotrofinas (GnRH) têm sido descritos isoladamente. Esta revisão aborda a influência da nutrição e amamentação, com enfoque na regulação do GnRH, e fornece conceitos atuais do controle neuroendocrinológico da secreção de GnRH durante o pós-parto em bovinos. Conhecime...

  4. Achados histeroscópicos em mulheres na pós-menopausa com diagnóstico de espessamento endometrial por ultra-sonografia transvaginal Hysteroscopic findings in postmenopausal women with endometrial thickening diagnosed by transvaginal ultrasound

    Adriana Bittencourt Campaner

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: correlacionar espessamento endometrial diagnosticado por ultra-sonografia com os achados histeroscópicos, em mulheres na pós-menopausa. MÉTODOS: foi realizado estudo transversal com avaliação histeroscópica em 121 mulheres na pós-menopausa, com diagnóstico de espessamento do endométrio por ultra-sonografia transvaginal. Das pacientes incluídas, 23 (19% recebiam diferentes esquemas de hormonioterapia e 98 não referiam uso de reposição hormnonal.; 55 pacientes queixavam-se de sangramento por via vaginal e as restantes apresentavam-se sem esta condição. Os exames endoscópicos foram realizados ambulatorialmente, utilizando-se histeroscópio rígido de 4 mm. Para a distensão da cavidade uterina empregou-se gás carbônico (CO2. Biópsia foi praticada em todas as pacientes, com auxílio de cureta tipo Novak, de 3 mm, e o material obtido submetido a estudo histopatológico. RESULTADOS: a espessura do endométrio variou entre 6 e 38 mm, com média de 10,7 ± 5,3 mm. Os achados histeroscópicos foram: lesão polipóide, em 51 pacientes (42,1%; endométrio atrófico, em 15 (12,4%; sinéquia senil, em 15 (12,4%; espessamento focal, em 13 (10,7%; lesão cerebróide, em 6 (5,0%; endométrio proliferativo, em 5 (4,1%; muco, em 5 (4,1%; mioma, em 4 (3,3%; endométrio secretor, em 3 (2,5%; hiperplasia endometrial, em 3 (2,5% e atrofia cística, em 1 (0,8%. Observou-se correlação entre os achados histeroscópicos e os resultados da histopatologia em 30 dos 51 casos de pólipo, em 12 dos 15 de endométrio atrófico e na totalidade dos casos sugestivos de hiperplasia endometrial e de adenocarcinoma. CONCLUSÃO: na maioria das pacientes, o exame histeroscópico revelou que não se tratava de real espessamento endometrial, mas sim de outras variedades de lesão da cavidade uterina.PURPOSE: to correlate endometrial thickening diagnosed by ultrasonography with hysteroscopic findings in postmenopausal women. METHODS: a transversal study

  5. Progestágeno intravaginal para controle do estro e do parto em fêmeas suínas

    Bernardo Garziera Gasperin

    2011-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização de dispositivos intravaginais (DIV para o controle da reprodução em suínos. Porcas aos 112 dias de gestação receberam injeção de PGF2α (controle, n = 15 ou PGF2α com inserção de DIV contendo acetato de medroxiprogesterona (grupo DIV, n = 14 por 48 horas. As fêmeas iniciaram o parto 27,7±1,6 e 82,3±3,8 horas após aplicação de PGF2α nos grupos controle e tratado, respectivamente. Quanto ao controle do estro, dez porcas receberam DIV por 12 dias, iniciando imediatamente após o desmame, e o estro foi confirmado aos 17,25±0,17 dias após o desmame, em comparação a 4±0,25 dias no grupo controle. Dispositivos intravaginais com progestágeno podem ser utilizados no controle da reprodução em suínos.

  6. Fatores associados à violência obstétrica na assistência ao parto vaginal em uma maternidade de alta complexidade em Recife, Pernambuco

    Priscyla de Oliveira Nascimento Andrade; Jéssica Queiroz Pereira da Silva; Cinthia Martins Menino Diniz; Maria de Fátima Costa Caminha

    2016-01-01

    Resumo Objetivos: analisar os fatores associados à violência obstétrica de acordo com as práticas não recomendadas na assistência ao parto vaginal em uma maternidade escola e de referência da Cidade do Recife. Métodos: estudo transversal, prospectivo, com 603 puérperas, realizado entre agosto a dezembro de 2014. Os dados sociodemográficos, clínicos e de acesso à assistência foram obtidos através dos prontuários e de entrevistas com as pacientes. A prevalência da violência obstétrica foi bas...

  7. Resultados da assistência ao parto no Centro de Parto Normal Dr. David Capistrano da Costa Filho em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil Results of childbirth care at a birthing center in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

    Sibylle Emilie Vogt Campos

    2007-06-01

    Full Text Available A qualidade da assistência prestada em Centro de Parto Normal (CPN por enfermeira obstetra é amplamente questionada. Foi realizado um estudo descritivo e retrospectivo de 2.117 partos ocorridos entre janeiro de 2002 e julho 2003, no CPN Dr. David Capistrano da Costa Filho, em Belo Horizonte. Entre os principais resultados da assistência, destacam-se a taxa de transferência materna com 11,4%; a taxa de cesárea com 2,2%; a taxa de admissão em Centro de Tratamento Intensivo (CTI neonatal de 1,2%; e a taxa de Apgar This was a descriptive and retrospective study of 2,117 deliveries from January 2002 to July 2003 at the Dr. David Capistrano da Costa Filho Birthing Center in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. Widespread questions have been raised concerning the quality of services provided at birthing centers by obstetric nurses. The results of the current study were: 11.4% maternal transfer rate; 2.2% cesarean sections; 1.2% neonatal ICU admissions; and 1% 5-minute Apgar scores below 7. Delivery dystocia and the request for epidural anesthesia were the main reasons for maternal transfer, and respiratory distress was the main cause of neonatal ICU admission. Corrected neonatal mortality was 2 per 1,000 live births. The results at this birthing center did not differ significantly from those in a review of the international literature. The most striking finding was the low cesarean rate. Comparative studies and more comprehensive national data on low-risk gestations are needed.

  8. Re-significando a dor e superando a solidão: experiências do parto entre adolescentes de classes populares atendidas em uma maternidade pública de Salvador, Bahia, Brasil

    Cecilia McCallum

    2006-07-01

    Full Text Available Este artigo examina o parto em uma maternidade pública de Salvador, Bahia, Brasil, com base na perspectiva de mulheres jovens e adolescentes, a maioria das quais negras e de classes populares. O estudo, de caráter antropológico, baseia-se na análise de entrevistas e na etnografia do hospital, particularmente do centro obstétrico. As mulheres descrevem o trabalho de parto como dominado pelo medo, solidão e dor, sensações que se transformam em amor com o nascimento da criança. Enfocando o parto como um processo biossocial, o trabalho mostra como as jovens produzem significados durante o processo de parturição, enquanto se encontram envolvidas nas interações sociais próprias ao parto hospitalar, particularmente com os profissionais de saúde. Do ponto de vista simbólico, as parturientes experienciam o parto como um rito de passagem que legitima a maternidade, em um contexto social e institucional que, ao contrário, deslegitima a reprodução sexual de mulheres negras, jovens e de baixa renda e estigmatiza a maternidade na adolescência.

  9. Re-significando a dor e superando a solidão: experiências do parto entre adolescentes de classes populares atendidas em uma maternidade pública de Salvador, Bahia, Brasil

    McCallum Cecilia

    2006-01-01

    Full Text Available Este artigo examina o parto em uma maternidade pública de Salvador, Bahia, Brasil, com base na perspectiva de mulheres jovens e adolescentes, a maioria das quais negras e de classes populares. O estudo, de caráter antropológico, baseia-se na análise de entrevistas e na etnografia do hospital, particularmente do centro obstétrico. As mulheres descrevem o trabalho de parto como dominado pelo medo, solidão e dor, sensações que se transformam em amor com o nascimento da criança. Enfocando o parto como um processo biossocial, o trabalho mostra como as jovens produzem significados durante o processo de parturição, enquanto se encontram envolvidas nas interações sociais próprias ao parto hospitalar, particularmente com os profissionais de saúde. Do ponto de vista simbólico, as parturientes experienciam o parto como um rito de passagem que legitima a maternidade, em um contexto social e institucional que, ao contrário, deslegitima a reprodução sexual de mulheres negras, jovens e de baixa renda e estigmatiza a maternidade na adolescência.

  10. Transvaginal endoscopic appendectomy.

    Shin, Eung Jin; Jeong, Gui Ae; Jung, Jun Chul; Cho, Gyu Seok; Lim, Chul Wan; Kim, Hyung Chul; Song, Ok Pyung

    2010-12-01

    Since Kalloo and colleagues first reported the feasibility and safety of a peroral transgastric approach in the porcine model in 2004, various groups have reported more complex natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES) procedures, such as the cholecystectomy, splenectomy and liver biopsy, in the porcine model. Natural orifice access to the abdominal cavity, such as transgastric, transvesical, transcolonic, and transvaginal, has been described. Although a novel, minimally invasive approach to the abdominal cavity is a peroral endoscopic transgastric approach, there are still some challenging issues, such as the risk of infection and leakage, and the method of gastric closure. Hybrid-NOTES is an ideal first step in humans. Human hybrid transvaginal access has been used for years by many surgeons for diagnostic and therapeutic purposes. Here, we report a transvaginal flexible endoscopic appendectomy, with a 5-mm umbilical port using ultrasonic scissors in a 74-year-old woman with acute appendicitis. PMID:21221245

  11. Programa hormonal associado ao desmame temporário, na indução de ovulação em vacas de corte durante o pós-parto

    Maciel Marlon Nadal; Neves Jairo Pereira; Gonçalves Paulo Bayard Dias; Oliveira João Francisco de; Bortolotto Ederson Bisognin; Stranieri Patrícia

    2001-01-01

    Este experimento foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a eficiência de tratamentos hormonais, associados ao desmame temporário, na indução de ovulação após o parto, em fêmeas de corte criadas extensivamente. Foram utilizadas 143 vacas (Hereford e cruzas Hereford x Nelore), pluríparas, entre 50 e 70 dias após o parto, com condição corporal (CC) 2 e 3 (1-5). O grupo SEMED (somatotropina, estradiol, medroxiprogesterona, gonadotrofina e desmame) foi constituído por 50 vacas, as quais receber...

  12. Oxitocina endovenosa na profilaxia activa da hemorragia pós-parto em cesariana: perspectiva anestésica

    Vilela, H; Pereira, M; Cabrita, S; Oliveira, A

    2007-01-01

    Após o esvaziamento uterino e expulsão da placenta a vasoconstrição produzida pela contracção uterina constitui o principal mecanismo de hemostase. A oxitocina é um peptídeo natural comercializado sob a forma sintética (Syntocinon®), actua por estimulação das contracções uterinas e é utilizada no terceiro estadio do trabalho de parto para a profilaxia da hemorragia pós-parto. Os autores procedem à revisão dos respectivos mecanismos de acção, farmacocinética, farmacodinâmica, efeitos adversos ...

  13. Controle sobre GnRH durante o anestro pós-parto em bovinos GnRH control during bovine postpartum anestrous

    João Francisco Coelho de Oliveira

    2010-12-01

    Full Text Available O pós-parto em bovinos é caracterizado como um momento em que as fêmeas bovinas não ovulam, principalmente devido a uma inadequada liberação de gonadotrofinas. Os conceitos e os mecanismos regulatórios do hormônio liberador de gonadotrofinas (GnRH têm sido descritos isoladamente. Esta revisão aborda a influência da nutrição e amamentação, com enfoque na regulação do GnRH, e fornece conceitos atuais do controle neuroendocrinológico da secreção de GnRH durante o pós-parto em bovinos. Conhecimentos atuais das funções do hormônio inibitório de gonadotrofinas (GnIH, da leptina, dos estrógenos, da kisspeptina e da adiponectina, bem como suas complexas inter-relações durante este período estão detalhados para melhor entendimento do assunto.The bovine postpartum period is characterized as a moment when the ovulation is suppressed, mainly in consequence of insufficient release of gonadotropins. Concepts and regulatory mechanisms of gonadotropin-releasing hormone (GnRH had been described independently. This review covers the influence of nutrition and suckling with emphasis on GnRH regulation, and provides up to date concepts of neuroendocrine control of GnRH secretion during postpartum in cattle. Current knowledge of gonadotropin-inhibitory hormone (GnIH, leptin, estrogens and kisspeptin during this period are presented in order to provide a better understanding of the subject.

  14. O processo de trabalho na assistência ao parto em Londrina-PR El processo de trabajo en la asistencia del parto en Londrina-PR The working process in labor care in Londrina-PR

    Thelma Malagutti Sodré

    2007-03-01

    Full Text Available Neste estudo investigamos a assistência ao trabalho de parto no município de Londrina-PR, sob o recorte da decisão dos profissionais em prescrever jejum, enema e tricotomia. Os dados foram colhidos em cinco instituições, por meio de entrevistas com dez médicos obstetras, oito enfermeiras e uma obstetriz, em 2000. As entrevistas foram interpretadas por meio da análise do discurso, extraindo-se frases temáticas. O referencial teórico utilizado foi o materialismo histórico e dialético. A análise das frases identificou o processo de trabalho dessa assistência com seus elementos constituintes. O médico é o principal agente e único com poder de decisão. Tal poder é reforçado pelos instrumentos identificados - a prescrição médica, o trabalho das enfermeiras e o local de prática: o hospital. O saber que embasa essa prática é o modelo clínico, representado pelas intervenções não individualizadas que atendem antes às necessidades dos agentes do que às do seu objeto (a parturiente.En este estudio investigamos la asistencia al trabajo de parto en el municipio de Londrina-PR, bajo el recorte de la decisión de los profesionales en prescribir ayuno, enema y tricotomía. Los datos fueron cogidos en cinco instituciones, por medio de entrevistas a diez médicos obstetras, ocho enfermeras y una obstetriz, en el año 2000. Las entrevistas fueron interpretadas por medio del análisis del discurso, extrayéndose frases temáticas. El referencial teórico utilizado fue el materialismo histórico y dialéctico. El análisis de las frases identificó el proceso de trabajo de esa asistencia con sus elementos constitutivos. El médico es el principal agente, y único con poder de decisión. Tal poder es reforzado por los instrumentos identificados - la prescripción médica, el trabajo de las enfermeras y el local de práctica: el hospital. El saber en que se fundamenta esa práctica es el modelo clínico, representado por las

  15. Práticas assistenciais em reanimação do recém-nascido no contexto de um centro de parto normal Prácticas asistenciales en reanimación neonatal en el contexto de un centro de parto normal Care practices on the resuscitation of newborns in the context of a delivery center

    Karina Fernandes; Amélia Fumiko Kimura

    2005-01-01

    Aproximadamente 10 a 15% dos recém-nascidos (RNs) apresentam dificuldades de adaptação ao nascimento, o que requer habilidade e prontidão dos profis-sionais para intervir nessas situações. Este estudo observacional, transversal objetivou descrever as práticas assistenciais empregadas em reanimação neo-natal em um Centro de Parto Normal de um hospital público de São Paulo. Observou-se 100 atendimentos prestados pela equipe profissional e os dados foram registrados em um instrumento checklist. ...

  16. Comparação do ultrassom transvaginal e da histeroscopia ambulatorial no diagnóstico das doenças endometriais em mulheres menopausadas Comparative study of transvaginal sonography and outpatient hysteroscopy for detection of pathologic endometrial lesions in postmenopausal women

    Daniela Angerame Yela

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a eficácia do ultrassom transvaginal e da histeroscopia diagnóstica ambulatorial no diagnóstico das doenças intrauterinas em mulheres menopausadas. MÉTODOS: Foram selecionadas 243 mulheres menopausadas que se submeteram a uma histeroscopia diagnóstica no ano de 2006. Todas essas mulheres vieram encaminhadas da rede básica de saúde após terem realizado um ultrassom transvaginal para avaliar a cavidade endometrial. RESULTADOS: As mulheres tinham em média 61±9,4 anos e encontravam-se na menopausa em média há 11±8,3 anos. Observamos 6,6% de casos de hiperplasia endometrial e câncer de endométrio. O ultrassom apresentou uma sensibilidade de 95,6%, uma especificidade de 7,4%, um valor preditivo positivo de 53,3% e valor preditivo negativo de 60%, enquanto a histeroscopia apresentou 95,7%; 83%; 82,2% e 95,9%, respectivamente. CONCLUSÃO: A histeroscopia apresentou maior acurácia que o ultrassom no diagnóstico das doenças endometriais.OBJECTIVE: To compare the efficiency of transvaginal sonography and outpatient hysteroscopy in the diagnosis of intrauterine pathology in postmenopausal women. METHODS: Two-hundred and forty-three postmenopausal women were selected. All women had undergone outpatient hysteroscopy in the year 2006. These women were referred from the Basic Healthcare Units in Campinas, where they underwent ultrasonography for the evaluation of the endometrial cavity. RESULTS: The mean age of these women was 61±9.4 years. These women were menopausal for 11±8.3 years.. We observed 6.6% cases of endometrial hyperplasia and cancer. The ultrasonography had a sensitivy of 95.6%, a specificity of 7.4%, a positive predictive value of 53.3% and a negative predictive value of 60%, while the hysteroscopy had 95.7%, 83%, 82.2% and 95.9% respectively. CONCLUSION: Hysteroscopy was a more accurate method for the detection of intrauterine pathology than ultrasonography.

  17. Período anovulatório pós-parto em cabras da raça Serrana paridas no Inverno

    Correia, Teresa Montenegro; Valentim, Ramiro; Azevedo, Jorge; Maurício, Raimundo; Galvão, Lurdes; Mendonça, Álvaro; Cardoso, Manuel

    2001-01-01

    Este trabalho foi desenvolvido com o objectivo de estudar a duração do período anovulatório pós-parto, em cabras da raça Serrana, ecótipo Transmontano, paridas no final do Inverno. Neste sentido, na cidade de Bragança (latitude 41° 49' N, longitude 6° 40' W e altitude 720 metros), mais precisamente na Quinta de Santa Apolónia, pertencente à Escola Superior Agrária de Bragança, um grupo de vinte e quatro cabras da raça Serrana, ecótipo Transmontano, com 2 a 3 anos de idade, foi escolhido pa...

  18. Fatores associados à adequação do cuidado pré-natal e à assistência ao parto em São Tomé e Príncipe, 2008-2009

    Patrícia Alexandra da Graça Dantas dos Reis

    2015-09-01

    Full Text Available Neste artigo, foram identificados fatores sociodemográficos associados com o cuidado pré-natal e com a assistência ao parto em São Tomé e Príncipe. A amostra foi composta por 1.326 nascidos vivos de mulheres de 15 a 49 anos que participaram do Inquérito Demográfico e Sanitário de São Tomé e Príncipe, 2008-2009. Foram utilizados modelos de regressão logística e multinomial multiníveis. A adequação global do cuidado pré-natal foi de 26% e da assistência ao parto de 7% quando realizado por médicos e de 76% quando realizado por enfermeiras/auxiliares. Os fatores associados ao pré-natal e à assistência ao parto adequados foram: ordem de nascimento, educação materna e o índice de bem-estar econômico. O local de residência se mostrou fator importante apenas em relação à assistência ao parto. Observou-se que os efeitos aleatórios referentes às áreas onde as mulheres residem exerceram impacto importante sobre a chance de realizar pré-natal adequado e parto com profissionais capacitados. A importância dos fatores socioeconômicos aponta para a elaboração de ações que visem reduzir a desigualdade social em São Tomé e Príncipe.

  19. Perinatal outcome of twin pregnancies delivered in a teaching hospital Resultado perinatal de gestações gemelares com parto em hospital universitário

    Renata Almeida de Assunção

    2010-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: This study aimed to evaluate the perinatal outcome of twin pregnancies delivered in a tertiary teaching hospital according to chorionicity. METHODS: A retrospective study involving 289 twin pregnancies delivered from January 2003 to December 2006 was carried out. Maternal and perinatal data were obtained from hospital charts and delivery logs. Chorionicity was determined by ultrasonography or histopathological study. RESULTS: Incidence of twin gestations was 3.4% and 96.4% were spontaneously conceived. 60.5% were dichorionic (DC, 30.8% of monochorionic diamniotic (MCDA, 6.6% monochorionic monoamniotic (MCMA and for 2.1% chorionicity was unknown. The mean gestation age at delivery was respectively 35.4, 33.6, 32.9 for DC, MCDA and MCMA. The mean birth weight was 2.171, 1.832 and 1.760 g respectively for DC, MC and MCMA. The proportion of fetuses delivered with less than 34 weeks in DC was of 21.7%, while in MCDA it was of 39.3% and in MCMA of 42.1%. Birth weight below the 10th centile occurred in 15.7% for DC, 22.5% for MCDA and 26.3% in MCMA. Congenital anomalies were observed in 21.3% in monochorionic and in 7.4% in the dichorionic. Lenght of hospital stay was shorter for DC when compared to MCDA and MCMA twins (13.1, 17.3 and 23.3 days, respectively. The proportion of twin pregnancies with both babies discharged alive were 85.7% in DC and 61.1% in MC. CONCLUSION: The rate of preterm deliveries and low birth weight is higher in monochorionic pregnancies when compared to dichorionic twins. However, when adjusted for complications such as fetal abnormalities and twin-twin transfusion syndrome, double survival rates were similar in the two groups.OBJETIVO: Avaliar o resultado perinatal nas gestações gemelares com partos em hospital universitário segundo a corionicidade. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 289 gestações gemelares com partos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, no per

  20. Transvaginal Endoscopic Appendectomy

    Shin, Eung Jin; Jeong, Gui Ae; Jung, Jun Chul; Cho, Gyu Seok; Lim, Chul Wan; Kim, Hyung Chul; Song, Ok Pyung

    2010-01-01

    Since Kalloo and colleagues first reported the feasibility and safety of a peroral transgastric approach in the porcine model in 2004, various groups have reported more complex natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES) procedures, such as the cholecystectomy, splenectomy and liver biopsy, in the porcine model. Natural orifice access to the abdominal cavity, such as transgastric, transvesical, transcolonic, and transvaginal, has been described. Although a novel, minimally invasiv...

  1. Tipo de parto : expectativas, experiências, dor e satisfação

    Raquel A. Costa; Figueiredo, Bárbara; Pacheco, Alexandra P.; Pais, A.

    2003-01-01

    O estudo que apresentamos neste artigo teve como principal objectivo explorar a influência do tipo de parto - eutócito, por cesariana, com analgesia epidural, com analgesia geral - na experiência de parto da mulher, atendendo em particular à confirmação de expectativas, à satifação e à dor durante o trabalho de parto, parto e pós-parto imediato. Para esse efeito, o Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto (QESP, Figueiredo, Pacheco & Costa, 2002) foi administrado nos primeiros ...

  2. Distúrbios evacuatórios em primigestas após parto normal: estudo clínico Evacuatory disorders in primigravidae after vaginal delivery: clinical study

    Maria Auxiliadora Prolungatti Cesar

    2011-06-01

    Full Text Available Introdução: Os distúrbios evacuatórios são descritos na literatura relacionados ao parto normal e episiotomia. Objetivo: Estudar a incidência de distúrbios evacuatórios em primíparas submetidas à episiotomia, durante o parto normal. Métodos: Estudo prospectivo em 32 pacientes primíparas, submetidas à episotomia durante parto vaginal. Para realização do estudo as pacientes reSponderam os questionários com o score de constipação de Agachan e score de incontinência de Jorge e Wexner, em relação ao período pré-gestacional e 90 dias após o parto. Resultados: Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes quando comparados os resultados dos questionários aplicados, em relação ao período pré-gestacional e 90 dias pós-parto. Conclusões: Não observamos alterações da constipação e continência fecal em primigestas após parto normal com episiotomia.Introduction: Evacuatories disturbances are described in the literature related to vaginal delivery and episiotomy. Objective: To study the incidence of evacuatories disturbances in primiparous undergoing episiotomy during vaginal delivery. Methods: Prospective study in 32 primiparous patients submitted to episotomy during vaginal delivery. For the study the patients answered in relation to the period before pregnancy and 90 days postpartum questionnaires with the score of Agachan constipation and incontinence score of Jorge and Wexner. Results: No statistically significant differences were found when comparing the results from the questionnaires in relation to the period before pregnancy and 90 days postpartum. Conclusions: Episiotomy in vaginal delivery in primiparous women with no prior history of intestinal symptoms, caused no disorders of anal continence postpartum in the pacients of this study.

  3. Parto humanizado e tipo de parto: avaliação da assistência oferecida pelo Sistema Único de Saúde em uma cidade do sul do Brasil Humane childbirth and type of childbirth: an evaluation of care provided by the brazilian national health system in a city in the south of Brazil

    Elizabeth Eriko Ishida Nagahama

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar a qualidade da atenção ao parto nos dois hospitais de referência para atendimento ao parto no Sistema Único de Saúde - SUS no município de Maringá, Paraná. MÉTODOS: estudo transversal, conduzido mediante pesquisa em prontuário hospitalar e entrevistas com 569 mulheres. Foram utilizados sete indicadores de processo, sendo quatro relacionados ao trabalho de parto e três ao parto. Por meio do estabelecimento de escores para cada um dos indicadores a assistência hospitalar foi qualificada em quatro níveis: excelente, boa, regular e insatisfatória. O tipo de parto foi considerado indicador de resultado. A análise foi realizada nos softwares Excel e Statistica e utilizados os testes Qui-quadrado e T de Student. RESULTADOS: 1,0% das mulheres tiveram atendimento excelente; 28,9% boa; 52,7% regular; e 17,4% insatisfatória. Na média geral de escores, o hospital 1 apresentou média superior ao do hospital 2.O parto cesariana prevaleceu nos dois hospitais, com taxas superiores a 50%. CONCLUSÕES: os hospitais obtiveram desempenho classificado como regular e resultado da assistência insatisfatório, determinado pelas altas taxas de cesarianas.OBJECTIVES: to evaluate the quality of childbirth care in two public maternity referral hospitals in the municipality of Maringá, Paraná. METHODS: a cross-sectional study was carried out using medical records and interviews with 569 women. Seven process indicators were used, four relating to labor and three to delivery. By establishing scores for each the indicators, hospital care was classified into four levels: excellent, good, regular and unsatisfactory. The kind of delivery was considered to be a result indicator. Analysis was carried out using the Excel and Statistica software and the results submitted to the chi-squared and Student’s t test. RESULTS: 1.0% of women received excellent care; 28.9% good; 52.7% regular; and 17.4% unsatisfactory. In terms of average scores

  4. Assistência ao parto em São Leopoldo (RS: um estudo de base populacional Assistance to obstetrical deliveries in São Leopoldo, Rio Grande do Sul State: a population-based study

    Margareth Schreiner

    2010-06-01

    Full Text Available O objetivo foi descrever as condições estruturais de assistência ao parto, estabelecer o percentual de cesarianas, as características de atenção ao parto e verificar a associação do tipo e presença de pediatra no parto com variáveis socioeconômicas. Foi realizado um estudo transversal de base populacional, incluindo 840 mulheres de 20 a 49 anos residentes na zona urbana de São Leopoldo (RS. Entre as 840 mulheres entrevistadas na pesquisa, 36 (4,3% tiveram filho nos doze meses anteriores à realização da pesquisa. O percentual de mulheres que tiveram parto cesáreo foi de 52,8%. Quanto à realização do parto, 97,2% foram feitos por médico e 72,2% das mulheres referiram a presença de pediatra no momento do parto. O financiamento do parto ocorreu em 68,6% dos casos pelo SUS, 20% foram financiados pelos planos privados de saúde e 11,4% foram pagos de forma particular. O parto cesáreo foi menos frequente entre as mulheres de nível socioeconômico mais baixo (RP 0,42; IC95% 0,20-0,86. Verificou-se que 30,4% das mulheres que receberam cuidados pelo SUS não manifestaram presença de pediatra no momento do parto. Foram encontradas evidências mostrando a associação de tipo de parto e variáveis que expressam classe econômica, sendo possível afirmar que a remuneração interfere no tipo de parto.The study was carried out to describe the deliveries structural conditions, characteristics of assistance to the deliveries, to establish the percentage of cesarean section, and to verify the association between the presence of the pediatrician and the type of childbirth with socioeconomic variables. A cross-sectional population-based study was carried out including 840 women from 20 to 49 years old resident in São Leopoldo, Rio Grande do Sul State. Among them, 36 (4.3% had children within 12 months prior the research. The percentage of women who had caesarian delivery was 52.8%. Regarding the obstetric delivery, 97.2% had been assisted

  5. Ultrassonografia do colo uterino versus índice de Bishop como preditor do parto vaginal Cervical ultrasonography versus Bishop score as a predictor of vaginal delivery

    José Richelmy Brazil Frota Aragão

    2011-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar a acurácia da mensuração ultrassonográfica transvaginal do colo uterino com o escore de Bishop para predição do parto vaginal após indução do trabalho de parto com misoprostol a 25 mcg. MÉTODOS: realizou-se estudo de validação de técnica diagnóstica com 126 gestantes com indicação para indução do trabalho de parto, as quais foram avaliadas pelo escore de Bishop e por ultrassonografia transvaginal para mensuração cervical. As pacientes foram submetidas, também, à ultrassonografia obstétrica transabdominal para avaliação da estática, pesos fetais e índice de líquido amniótico, e à cardiotocografia basal para avaliação da vitalidade fetal. Procedeu-se à indução do trabalho de parto com misoprostol vaginal e sublingual, um dos comprimidos contendo 25 mcg da droga e o outro apenas placebo. Os comprimidos foram administrados a cada seis horas, em um número máximo de oito. Construíram-se tabelas de distribuição de frequência e calcularam-se medidas de tendência central e de dispersão. Curvas ROC foram construídas para avaliação do escore de Bishop e da medida ultrassonográfica do colo uterino para predição de parto vaginal. RESULTADOS: obteve-se uma área sob a curva ROC de 0,5 (p=0,8 para medição do colo uterino pela ultrassonografia transvaginal, enquanto a curva ROC do escore de Bishop (ponto de corte ³4 apresentou área de 0,6 (p=0,02. O escore de Bishop ³4 apresentou sensibilidade de 56,2% e especificidade de 67,9% para predição de parto vaginal, com razão de verossimilhança positiva de 1,75 e negativa de 0,65. CONCLUSÕES: a medida ultrassonográfica transvaginal do colo uterino não foi boa preditora da evolução para parto vaginal em pacientes com trabalho de parto induzido com misoprostol. O escore de Bishop foi melhor preditor para parto vaginal nestas circunstâncias.PURPOSE: to compare the accuracy of transvaginal ultrasonographic measurement of the uterine cervix

  6. Estudo clínico e cardiorrespiratório em cadelas gestantes com parto normal ou submetidas à cesariana sob anestesia inalatória com sevofluorano Clinical and cardiorespiratory study in bitches under normal parturition or underwent to cesarean section using inalatory anesthesia with sevoflurane

    D.T. Gabas; V.N.L.S. Oliva; L.M. Matsuba; PERRI, S H V

    2006-01-01

    Estudaram-se as alterações hemodinâmicas e respiratórias em cadelas, decorrentes do parto normal e da cesariana, utilizando-se sevofluorano como agente de manutenção anestésica. Foram acompanhados seis partos normais e seis cesarianas, sendo as últimas realizadas sob anestesia geral utilizando-se acepromazina, propofol e sevofluorano. Durante o parto normal, ao nascimento de cada filhote, as gestantes foram monitoradas (temperatura retal, pressão arterial não-invasiva, freqüências respiratóri...

  7. Evolução do comprimento cervical uterino na gestação, avaliado pela ultra-sonografia transvaginal Changes in cervical length during pregnancy measured by transvaginal ultrasound

    Reginaldo Antônio de Oliveira Freitas-Júnior

    2003-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a evolução do comprimento cervical uterino, ao longo da gestação, avaliado por meio da ultra-sonografia transvaginal. MÉTODOS: foi realizado estudo prospectivo, longitudinal, no qual 82 gestantes hígidas foram acompanhadas desde o início da gestação, das quais 49 mantiveram o seguimento até o parto sem complicações da gravidez, sendo examinadas a cada quatro semanas, e agrupadas, conforme a paridade, em nulíparas ou com um ou mais partos anteriores. O comprimento do colo uterino foi avaliado em vista sagital pela ultra-sonografia transvaginal, com a medida linear da distância entre os orifícios cervicais interno e externo. RESULTADOS: as médias de comprimento do colo uterino, bem como os percentis 5, 25, 50, 75 e 95, em função da idade gestacional, não diferiram significativamente entre os grupos estudados (p>0.05. No intervalo entre a 20ª e a 24ª semana gestacional o comprimento cervical variou entre 28, 35 e 47,2 mm, com os percentis 5, 50 e 95, respectivamente. O comprimento cervical uterino diminuiu progressivamente ao longo da gestação normal, sendo esse encurtamento significativo após a 20ª semana de gravidez e mais expressivo após a 28ª semana (pPURPOSE: to establish a normality curve of cervical length during pregnancy measured by transvaginal ultrasonography. METHODS: we conducted a prospective, longitudinal study on 82 healthy pregnant women who were followed up from the beginning of pregnancy to delivery at four-week intervals, of whom 49 concluded the study. Patients were divided according to parity into nulliparous women and women with one or more previous deliveries. Cervical length was measured in a sagittal view by transvaginal ultrasonography, as the linear distance between internal and external cervical os. RESULTS: no significant difference was observed in mean cervical length or the 5th, 25, 50th, 75th, or 95th percentile according to gestational age between groups (p>0

  8. Prevalence of suicide risk and comorbidities in postpartum women in Pelotas Prevalência do risco de suicídio e de comorbidades em mulheres pós-parto em Pelotas

    Daniele Tavares

    2012-10-01

    Full Text Available OBJECTIVES: To evaluate the prevalence of suicide risk and comorbidities in postpartum women. METHODS: This is a cross-sectional study of postpartum women. The sample comprised mothers who have received prenatal care from the Brazilian National System of Public Heath in the city of Pelotas. Suicide risk and other mental disorders were evaluated using the Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI. A yes answer on one of the six interview questions was considered a sign of suicide risk. RESULTS: The sample consisted of 919 postpartum women. The 11.5% suicide prevalence was 4.62 (CI 2.45, 8.73 times higher in women with low educational levels. Women with comorbid depression or an anxiety disorder showed a 17.04 (CI 2.27; 19.96 times greater risk of suicide than those who did not suffer from any mood disorder. CONCLUSION: Lower education levels and psychiatric disorders are associated with suicide risk. Bipolar disorder is the psychiatric disorder with the highest impact on suicide risk.OBJETIVOS: Avaliar a prevalência do risco de suicídio e de comorbidades em mulheres pós-parto. MÉTODOS: Este foi um estudo em corte transversal com mulheres pós-parto. A amostra foi constituída de mães que receberam cuidados pré-natais prestados pelo Sistema Nacional de Saúde Pública do Brasil na cidade de Pelotas. O risco de suicídio e outros transtornos mentais foram avaliados pela Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI. Uma resposta afirmativa a qualquer das seis perguntas é considerada um risco de suicídio. RESULTADOS: A amostra consistiu de 919 mulheres pós-parto. A prevalência do risco de suicídio foi de 11,5%. Ela foi 4,62 vezes mais alta (IC de 95% 2,45; 8,73 em mulheres de baixo nível educacional. Mulheres apresentando qualquer comorbidade para depressão e transtornos ansiosos tiveram uma chance 17,04 vezes maior (IC 95% 2,27; 19,96 àquelas que não apresentaram nenhum transtorno afetivo. CONCLUSÃO: Um n

  9. Fatores associados à adequação do cuidado pré-natal e à assistência ao parto em São Tomé e Príncipe, 2008-2009

    Patrícia Alexandra da Graça Dantas dos Reis; Claudia Cristina de Aguiar Pereira; Iuri da Costa Leite; Mariza Miranda Theme Filha

    2015-01-01

    Neste artigo, foram identificados fatores sociodemográficos associados com o cuidado pré-natal e com a assistência ao parto em São Tomé e Príncipe. A amostra foi composta por 1.326 nascidos vivos de mulheres de 15 a 49 anos que participaram do Inquérito Demográfico e Sanitário de São Tomé e Príncipe, 2008-2009. Foram utilizados modelos de regressão logística e multinomial multiníveis. A adequação global do cuidado pré-natal foi de 26% e da assistência ao parto de 7% quando realizado por médic...

  10. Estado nutricional de nutrizes adolescentes em diferentes semanas pós-parto Nutritional status of lactanting adolescents in different postpartum weeks

    Vilma Blondet de Azeredo

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar as modificações do estado nutricional de nutrizes adolescentes em diferentes momentos no pós-parto. MÉTODO: estudo do tipo analítico observacional longitudinal, com acompanhamento de 50 nutrizes adolescentes da 5ª a 15ª semana pós-parto (SPP. O estado nutricional foi avaliado na 5ª, 10ª e 15ª SPP, com uso do Índice de Massa Corporal (IMC/idade. Foi utilizado o método colorimétrico para avaliação da hemoglobina e microcentrifugação para o hematócrito. Usou-se ANOVA com medidas de repetição e Tukey como pós-teste, para comparação das médias. Trabalhou-se com nível de significância de 5%. RESULTADOS: observou-se modificação no estado nutricional do período pré-gestacional para a 15ª SPP, com diminuição na frequência de voluntárias com baixo peso (de 21% para 9% e aumento nos casos de sobrepeso (de 21% para 27% e eutrofia (58% para 64%. Apesar de, em média, as concentrações de hemoglobina (12,3±1,7g/dL e hematócrito (39,0±4,0% apresentarem-se adequados, observou-se grande frequência de anemia (30% durante todo o período estudado. CONCLUSÃO: os resultados mostram incremento no peso corporal em função do tempo de lactação, aumentando o problema da obesidade na adolescência. Também foi apontado que a anemia é um problema nutricional, não apenas durante a gestação, mas também na lactação em adolescentes. Portanto, deve-se prevenir e tratar possíveis deficiências nutricionais subclínicas existentes neste momento biológico.PURPOSE: to evaluate changes in the nutritional status of lactating adolescents in different postpartum weeks. METHOD: this is an analytical, observational, longitudinal study. Lactating adolescents were followed-up from the 5th to the 15th postpartum week (PPW. The nutritional status was evaluated in the 5th, 10th and 15th PPW by the Body Mass Index (BMI/age. A colorimetric method was used to determine hemoglobin level and microcentrifugation to define

  11. Avaliação de desfechos perinatais/infantis em partos de pacientes com transtornos mentais maiores de um hospital psiquiátrico do Rio de Janeiro, Brasil

    Priscila Krauss Pereira

    2014-08-01

    Full Text Available Desfechos perinatais/infantis constituem as principais causas de morbi-mortalidade infantil em países em desenvolvimento como o Brasil. Dentre os fatores de risco, está a presença de transtornos mentais maternos. Foi realizado um estudo longitudinal retrospectivo baseado no seguimento passivo por meio do método de linkage probabilístico para verificar a prevalência de desfechos perinatais/infantis em pacientes internadas em um hospital psiquiátrico público do Rio de Janeiro, Brasil, que tiveram partos durante o período de 1999 a 2009. As prevalências encontradas foram: baixo peso ao nascer (27,6%, prematuridade (17,4%, malformações (2,5%, óbitos fetais (4,8% e neonatais (3,7%, sendo fatores associados o cuidado pré-natal insatisfatório, a presença de esquizofrenia e a baixa renda familiar. Os resultados reforçam que a prevalência de desfechos perinatais/infantis é elevada em mães com transtornos mentais maiores, sendo fundamental o rastreamento de sintomas psiquiátricos e o acompanhamento especializado por profissionais da saúde mental durante a assistência pré e pós-parto.

  12. Resultados neonatais no parto vaginal espontâneo comparados aos dos partos com fórcipe de Simpson-Braun em primíparas Neonatal outcome of spontaneous deliveries as compared to Simpson-Braun forceps deliveries in nulliparous women

    Belmiro Gonçalves Pereira

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar os resultados neonatais dos partos vaginais espontâneos ou assistidos com fórcipe de Simpson-Braun em nulíparas. MÉTODO: em estudo de corte retrospectivo foram avaliados dois grupos de primíparas atendidas no Centro Obstétrico do CAISM/UNICAMP, que tiveram parto vaginal sob analgesia epidural. O grupo fórcipe foi formado por 119 pacientes que tiveram parto a fórcipe de Simpson-Braun, e o grupo normal por 114 casos de parto vaginal espontâneo. Foram estudadas as variáveis neonatais imediatas como o estado do líquido amniótico e os índices de Apgar, assim como a evolução neonatal nos primeiros dias de vida. Para análise estatística foram utilizados os testes c², exato de Fisher e t de Student para comparação de médias e considerada significativa a diferença correspondente a pPURPOSE: to compare maternal and neonatal outcomes between spontaneous vaginal and Simpson-Braun forceps deliveries in nulliparous women. METHOD: a retrospective study including two groups of nulliparous women, who had vaginal delivery under peridural anesthesia in the obstetric unit of the CAISM-UNICAMP: the forceps group included 119 women who had Simpson-Braun forceps delivery, and the normal group included 114 women who delivered spontaneously. Neonatal outcomes, such as Apgar score and the evolution in the first days of life, were studied. Data were compared in both groups and, for statistical analysis, c² test, Fisher exact, and Student t tests were used. The differences were considered significant when p<0.05. RESULTS: the indications for Simpson-Braun forceps delivery were maternal-fetal relief (90 cases and abbreviation of the expulsive period (29 cases. In the forceps group there were 8 cases (6.7% of vaginal injuries; a similar result was observed in the normal group. The number of hospitalization days for the parturient and the newborns was identical, 2.4 days. The newborns in the two groups had similar Apgar scores

  13. Indução de partos em suínos: uso de cloprostenol associado com ocitocina ou carbetocina Farrowing induction in swine: use of cloprostenol associated with oxytocin or carbetocin

    Neimar Bonfanti Gheller

    2011-07-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de um análogo sintético da PGF2 (cloprostenol sodico, associado à ocitocina ou carbetocina, sobre a eficiência da indução ao parto em suínos. O experimento I foi realizado com 284 fêmeas, distribuídas em quatro tratamentos: cloprostenol; cloprostenol e 0,100mg de carbetocina; cloprostenol e 10UI de ocitocina; solução salina (NaCl 0,9%. No experimento II, foram utilizadas 276 fêmeas, distribuídas em quatro tratamentos: cloprostenol; cloprostenol e 0,10mg de carbetocina; cloprostenol e 0,05mg de carbetocina; cloprostenol e 10UI de ocitocina. A indução do parto foi realizada aos 113 dias de gestação, pela aplicação de 0,175mg de cloprostenol, via submucosa vulvar. A carbetocina ou a ocitocina foram aplicadas 24h após a aplicação de cloprostenol, pela via intramuscular. O intervalo indução-parto foi menor (P0,05 entre os tratamentos. A utilização de ocitócitos, em associação com cloprostenol, resulta em partos antecipados e mais sincronizados. O uso associado de cloprostenol e carbetocina reduz o tempo de parto e 99% ou mais dos partos ocorrem em até quatro horas após a aplicação de carbetocina, independentemente da dose utilizada.The aim of the present study was to evaluate the effect of a synthetic analogue of PGF2 (sodium cloprostenol associated to carbetocin or oxytocin on the efficiency of farrowing induction in swine. In Experiment I, 284 females were distributed in four treatments: - cloprostenol; - cloprostenol and 0.10mg of carbetocin; - cloprostenol and 10UI of oxytocin; and saline solution. In Experiment II, 276 females were distributed in four treatments: cloprostenol; cloprostenol and 0.10mg of carbetocin; cloprostenol and 0.05mg of carbetocin; and cloprostenol and 10UI of oxytocin. Farrowing induction was performed at 113 days of gestation using an injection of 0.175mg cloprostenol by vulvar submucosal route. Carbetocin or oxytocin was

  14. Colonização materna e neonatal por estreptococo do grupo B em situações de ruptura pré-termo de membranas e no trabalho de parto prematuro Group B streptococcus maternal and neonatal colonization in preterm rupture of membranes and preterm labor

    Marcelo Luís Nomura; Renato Passini Júnior; Ulysses Moraes Oliveira; Roseli Calil

    2009-01-01

    OBJETIVO: identificar a prevalência e os fatores de risco de colonização materna por estreptococo do grupo B (EGB) em gestantes com trabalho de parto prematuro (TPP) e/ou ruptura prematura pré-termo de membranas (RPM). MÉTODOS: foram colhidos dois swabs anais e dois swabs vaginais de 203 gestantes com diagnóstico de TPP ou RPM entre 22 e 36 semanas completas de gestação atendidas no serviço em um período de um ano. Foram excluídas as gestantes que deram entrada com parto iminente. Um swab de ...

  15. Resultado de partos domiciliares atendidos por enfermeiras de 2005 a 2009 em Florianópolis, SC Resultado de partos domiciliares atendidos por enfermeras de 2005 a 2009 en Florianópolis, Sur de Brasil Outcomes of planned home birth assisted by nurses, from 2005 to 2009, in Florianópolis, Brazil

    Joyce Green Koettker

    2012-08-01

    Full Text Available Estudo transversal sobre resultados obstétricos e neonatais dos partos domiciliares planejados assistidos por enfermeiras obstétricas em Florianópolis, SC. Dados coletados nos prontuários de 100 parturientes assistidas de 2005 a 2009 apontam 11 transferências hospitalares, sendo nove submetidas a cesariana. A maioria das que pariram no domicílio apresentou batimentos cardíacos fetais (94,0% e evolução no partograma normais (61,0%, adotou posição vertical na água, no período expulsivo (71,9%, e os recém-nascidos receberam Apgar do 5° minuto > 7 (98,9%. A frequência de episiotomia foi 1,0%, 49,4% não necessitaram sutura perineal. Os resultados indicam que o parto domiciliar é seguro.Estudio transversal sobre resultados obstétricos y neonatales de los partos domiciliares planificados asistidos por enfermeras obstétricas en Florianópolis, Sur de Brasil. Datos colectados en los prontuarios de 100 parturientas asistidas de 2005 a 2009, señalan 11 transferencias hospitalarias, siendo nueve sometidas a cesárea. La mayoría de las que parieron en el domicilio presentó pulsaciones cardíacas fetales (94,0% y evolución en el partograma normales (61,0%, adoptó posición vertical en el agua, en el período expulsivo (71,9%, y los recién nacidos recibieron Apgar al 5° minuto >7 (98,9%. La frecuencia de episiotomía fue 1,0%, 49,4% no necesitaron sutura perineal. Los resultados indican que el parto domiciliar es seguro.A cross-sectional study was performed to analyze obstetric and neonatal results of planned home births assisted by obstetric nurses in the city of Florianópolis, Southern Brazil. Data collected from the medical records of 100 parturient women cared for between 2005 and 2009 indicated 11 hospital transfers, nine of which underwent a Cesarean section. The majority of women who had a home birth showed normal fetal heart beat (94.0% and progress on the partogram (61.0%, vertical water delivery was the position most

  16. Modelos de assistência ao parto e taxa de cesárea em diferentes países Modelos de asistencia al parto en diferentes países y tasa de cesárea Models of childbirth care and cesarean rates in different countries

    Luciano Eduardo Maluf Patah

    2011-02-01

    Full Text Available Revisão bibliográfica que descreve as taxas de cesárea em diferentes países e os modelos de atenção ao parto de acordo com o uso de tecnologias assistenciais. Foram analisados 60 estudos publicados entre 1999 e 2010, obtidos nas bases de dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e ProQuest. O modelo de assistência obstétrica praticado no país baseia-se na relação médico-paciente, ao grau de utilização de tecnologias e à realização do parto cesáreo.Revisión bibliográfica que describe las tasas de cesárea en diferentes países y los modelos de atención al parto de acuerdo con el uso de tecnologías asistenciales. Se analizaron 60 estudios publicados entre 1999 y 2010, obtenidos en las bases de datos de la Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Brasil y ProQuest. El modelo de asistencia obstétrica practicado en Brasil es embasado en la relación médico-paciente, con el grado de utilización de tecnologías y con la realización del parto por cesárea.The paper reports the results of a literature review on cesarean rates and models of childbirth care in different countries according to their utilization of technology. There were reviewed 60 studies published between 1999 and 2010 retrieved from the Brazilian Federal Agency for Support and Evaluation of Graduate Education (CAPES and ProQuest databases. The Brazilian model of childbirth care relies on the physician-patient relationship, level of technology utilization and cesarean delivery.

  17. Transvaginal ultrasonography of rectal endometriosis

    Egekvist, Anne Gisselmann; Seyer-Hansen, Mikkel; Forman, Axel

    Objectives: The aim of this present study was to evaluate the interobserver variation of transvaginal ultrasonographic measurements of endometriosis infiltrating the rectosigmoid wall. Methods: Transvaginal ultrasonography was performed independently by two observers. Observer 1 had several years...... of experience in ultrasonography while observer 2 was a medical student with no prior experience in ultrasonography or endometriosis. In 24 patient length, width and depth of endometriosis infiltrating the rectosigmoid bowel was measured. The differences between the observers were analysed by Bland...... ultrasonography for a relatively short period gives comparable scanning results between the two observers. It seems that transvaginal ultrasound could be used as a diagnostic tool for rectal endometriosis in most departments. However, the irregular morphology of the lesions makes the measurements very complex...

  18. Analgesia de parto em paciente com tetralogia de Fallot não corrigida: relato de caso Analgesia de parto en paciente con tetralogía de Fallot no corregida: relato de caso Labour analgesia in parturient with uncorrected tetralogy of Fallot: case report

    Florentino Fernandes Mendes

    2005-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embora a tetralogia de Fallot seja a mais comum das cardiopatias congênitas cianóticas, as publicações nacionais, relacionando essa doença com a prática anestésica são escassas. O objetivo deste relato é apresentar um caso de analgesia de parto em paciente portadora de tetralogia de Fallot não corrigida e diagnosticada durante a gestação. RELATO DO CASO: Paciente com 26 anos, 56 kg, 1,56 m, idade gestacional 32 semanas e 5 dias, com diagnóstico de tetralogia de Fallot realizado durante a gestação. Internou em trabalho de parto. A conduta obstétrica foi a de parto via baixa, sendo realizada analgesia através de bloqueio peridural com bupivacaína a 0,125% e fentanil (100 µg e colocação de cateter peridural. Após 1h30 minutos do início da analgesia, ocorreu o nascimento. O peso do recém-nascido foi 1485 g e o índice de Apgar 6 e 8 no primeiro e no quinto minutos, respectivamente. A paciente permaneceu estável e sem alterações hemodinâmicas e/ou eletrocardiográficas. CONCLUSÕES: A escolha da técnica anestésica é de fundamental importância no manuseio das pacientes com tetralogia de Fallot não corrigidas. Condições favoráveis do colo e boa dinâmica uterina, particularmente naquelas pacientes sem história de síncope, tornam-se imprescindíveis para uma boa indicação da analgesia de parto.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Aunque la tetralogía de Fallot sea la más común de las cardiopatías congénitas cianóticas, las publicaciones nacionales, relacionando esa enfermedad con la práctica anestésica son escasas. El objetivo de este relato es presentar un caso de analgesia de parto en paciente portadora de tetralogía de Fallot no corregida y diagnosticada durante la gestación. RELATO DEL CASO: Paciente con 26 años, 56 kg, 1,56 m, edad gestacional 32 semanas y 5 días, con diagnóstico de tetralogía de Fallot realizado durante la gestación. Internó en trabajo de parto. La conducta

  19. Vivências do Trabalho de Parto e Parto: Estudo Comparativo Entre Adolescentes e Mulheres Adultas

    Brandão, Ana Paula Miller

    2010-01-01

    RESUMO A mulher em trabalho de parto é uma pessoa em situação e vivência única. Todo o processo do nascimento representa para a mulher, uma altura em que estão presentes todas as suas expectativas, as suas crenças e valores, as suas esperanças e medos, a relação com o acompanhante e pais e o modo como ela coordena todas estas relações e emoções. Ao acompanhar a mulher no momento do parto é necessário ter em consideração todas as suas particularidades e necessidades. A adolescência é um ...

  20. Estimulação hormonal, punção folicular transvaginal e avaliação ovocitária em bezerras pré-púberes da raça Nelore (Bos taurus indicus Hormonal stimulation and ultrasound guided transvaginal follicle aspiration and oocyte recovery in Nelore (Bos taurus indicus prepubertal calves

    Marilia Viviane Snel-Oliveira

    2003-02-01

    Full Text Available O uso de bezerras pré-púberes como doadoras de ovócitos oferece um considerável potencial para acelerar o ganho genético através da diminuição do intervalo de gerações, além de incrementar o aproveitamento de fêmeas bovinas de alto valor genético. Os objetivos deste estudo foram analisar o efeito da idade e do tratamento estimulatório com gonadotrofinas sobre a resposta folicular, a taxa de recuperação, a produção e a avaliação morfológica de ovócitos colhidos em bezerras da raça nelore (B. t. indicus a partir de 10 meses de idade. As bezerras foram distribuídas aleatoriamente em três grupos (n=4 e receberam tratamentos hormonais distintos, repetidos nos mesmos animais nos três períodos, aos 10, 11 e 12 meses de idade. No dia zero (D0, todas as bezerras receberam um implante intravaginal de progesterona e, em D1, 2 mg de benzoato de estradiol intramuscular (im. Em D6, deu-se início à diferenciação dos tratamentos (T: T1- 120 UI de FSH, divididos em quatro aplicações im a cada 12 horas; T2 - 120 UI de FSH, em uma única aplicação subcutânea (sc, mais 300 UI de eCG sc, T3 - sem tratamento estimulatório. No D8, o implante de progesterona foi retirado e a punção folicular transvaginal, guiada por ultra-som (PFTV, foi realizada no D9. Dos 402 ovócitos coletados, 53 foram desnudados e medidos, incluindo a zona pelúcida, encontrando-se um diâmetro médio de 153,38 (8,06 mm. Não houve diferença significativa entre os tratamentos e entre as idades para quantidade de folículos > 3 mm, de ovócitos recuperados e de ovócitos viáveis. A média de ovócitos recuperados e ovócitos viáveis para cada tratamento foi: T1- 11,08 (6,20 e 59,58% (25,80, T2- 12,75 (8,04 e 66,02% (36,71, T3 - 9,66 (8,15 e 51,51% (30,69, respectivamente. O valor médio da taxa de recuperação foi de 78,70%. O uso de FSH e FSH + eCG não aumentou significantemente a quantidade de folículos > 3 mm no momento da PFTV, assim como dos ov

  1. Transvaginal Appendectomy: A Systematic Review

    Mehmet Ali Yagci

    2014-01-01

    Full Text Available Background. Natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES is a new approach that allows minimal invasive surgery through the mouth, anus, or vagina. Objective. To summarize the recent clinical appraisal, feasibility, complications, and limitations of transvaginal appendectomy for humans and outline the techniques. Data Sources. PubMed/MEDLINE, Cochrane, Google-Scholar, EBSCO, clinicaltrials.gov and congress abstracts, were searched. Study Selection. All related reports were included, irrespective of age, region, race, obesity, comorbidities or history of previous surgery. No restrictions were made in terms of language, country or journal. Main Outcome Measures. Patient selection criteria, surgical techniques, and results. Results. There were total 112 transvaginal appendectomies. All the selected patients had uncomplicated appendicitis and there were no morbidly obese patients. There was no standard surgical technique for transvaginal appendectomy. Mean operating time was 53.3 minutes (25–130 minutes. Conversion and complication rates were 3.6% and 8.2%, respectively. Mean length of hospital stay was 1.9 days. Limitations. There are a limited number of comparative studies and an absence of randomized studies. Conclusions. For now, nonmorbidly obese females with noncomplicated appendicitis can be a candidate for transvaginal appendectomy. It may decrease postoperative pain and enable the return to normal life and work off time. More comparative studies including subgroups are necessary.

  2. Transvaginal appendectomy: a systematic review.

    Yagci, Mehmet Ali; Kayaalp, Cuneyt

    2014-01-01

    Background. Natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES) is a new approach that allows minimal invasive surgery through the mouth, anus, or vagina. Objective. To summarize the recent clinical appraisal, feasibility, complications, and limitations of transvaginal appendectomy for humans and outline the techniques. Data Sources. PubMed/MEDLINE, Cochrane, Google-Scholar, EBSCO, clinicaltrials.gov and congress abstracts, were searched. Study Selection. All related reports were included, irrespective of age, region, race, obesity, comorbidities or history of previous surgery. No restrictions were made in terms of language, country or journal. Main Outcome Measures. Patient selection criteria, surgical techniques, and results. Results. There were total 112 transvaginal appendectomies. All the selected patients had uncomplicated appendicitis and there were no morbidly obese patients. There was no standard surgical technique for transvaginal appendectomy. Mean operating time was 53.3 minutes (25-130 minutes). Conversion and complication rates were 3.6% and 8.2%, respectively. Mean length of hospital stay was 1.9 days. Limitations. There are a limited number of comparative studies and an absence of randomized studies. Conclusions. For now, nonmorbidly obese females with noncomplicated appendicitis can be a candidate for transvaginal appendectomy. It may decrease postoperative pain and enable the return to normal life and work off time. More comparative studies including subgroups are necessary. PMID:25614832

  3. Patterns of deliveries in a Brazilian birth cohort: almost universal cesarean sections for the better-off Padrones de partos en una cohorte de nacimientos: cesáreas casi universales para los riesgos Padrões dos partos em uma coorte de nascimentos: cesarianas quase universais para os ricos

    Aluísio J D Barros

    2011-08-01

    fueron entrevistadas aún en el hospital, cuando informaciones detalladas de la gestación, el parto y el recién nacido, junto con una historia de salud materna y características de la familia fueron colectadas. Características maternas y el financiamiento del parto fueron los principales factores estudiados. También se hizo descripción de la distribución de las cesáreas por hora del día y día de la semana. Técnicas de padrón de análisis descriptivo y pruebas chi-cuadrado para comparar proporciones y regresión Poisson para explorar el efecto independiente de predictores de la cesárea fueron los métodos utilizados. RESULTADOS: La tasa global de cesáreas fue de 45%, 36% entre pacientes del servicio público y 81% en el servicio privado, donde se relató que 35% de las cesáreas fueron electivas. Las cesáreas fueron más frecuentes martes y miércoles, con una reducción de cerca de un tercio los domingos, mientras que los partos normales presentaron distribución uniforme a lo largo de la semana. El horario de las cesáreas en el servicio público y en el privado fue muy diferente. La escolaridad materna se asoció positivamente con la cesárea entre las madres del servicio público, pero no del privado. CONCLUSIONES: La cesárea fue muy frecuente entre las madres más ricas, y fuertemente asociada con la escolaridad materna entre pacientes del servicio público. Los padrones descritos son compatibles con la hipótesis de que las cesáreas son hechas, en gran parte, para atender la conveniencia de las agendas de los médicos. La situación actual sólo será revertida con políticas radicales.OBJETIVO: Descrever o padrão dos partos em uma coorte de nascimentos, comparando partos normais e cesarianos. MÉTODOS: Todos os recém-nascidos de moradoras da área urbana de Pelotas (RS em 2004 foram recrutados para uma coorte de nascimentos. As mães foram entrevistadas ainda no hospital, quando informações detalhadas sobre a gestação, o parto e o rec

  4. Práticas assistenciais em reanimação do recém-nascido no contexto de um centro de parto normal Prácticas asistenciales en reanimación neonatal en el contexto de un centro de parto normal Care practices on the resuscitation of newborns in the context of a delivery center

    Karina Fernandes

    2005-12-01

    Full Text Available Aproximadamente 10 a 15% dos recém-nascidos (RNs apresentam dificuldades de adaptação ao nascimento, o que requer habilidade e prontidão dos profis-sionais para intervir nessas situações. Este estudo observacional, transversal objetivou descrever as práticas assistenciais empregadas em reanimação neo-natal em um Centro de Parto Normal de um hospital público de São Paulo. Observou-se 100 atendimentos prestados pela equipe profissional e os dados foram registrados em um instrumento checklist. A presença de líquido meconial foi constatada em 24 (24,0% partos e a aspiração das vias respiratórias foi realizada em 47 (47,0% RNs. Desse total, 3 (6,4% tiveram a traquéia aspirada e 26 (26,0% RNs receberam oxigenação, sendo que 5 (19,2% com máscara aberta e pressão positiva. Massagem cardíaca foi realizada em 1 (1,0% RN. Após a reanimação neonatal inicial, 6 (6,0%RNs foram transferidos à UTI neonatal devido desconforto respiratório.Aproximadamente entre 10 a 15% de los recién nacidos (RNs presentan dificultades de adaptación al nacer. Así, el momento del nacimiento requiere habilidad y prontitud de los profesionales para intervenir de modo adecuado. Este estudio observacional, transversal realizado en un hospital público de São Paulo, tuvo como objetivo describir las prácticas asistenciales en reanimación neonatal en un centro de parto normal. Se observaron 100 atenciones al nacimiento prestados por el equipo profesional cuyos datos fueron registrados en un instrumento checklist. Se verificó presencia de líquido meconial en 24(24.0% de las atenciones. Las vías respiratorias de 47(47.0% RNs fueron aspiradas. De ese total, 3(6.4% tuvieron aspiración de tráquea. 26(26.0% RNs fueron oxigenados, 5(19.2% recibieron, además de la máscara abierta, ventilación por presión positiva. El masaje cardiaco fue empleado en 1(1.0% RN. Después de la reanimación neonatal 6(6.0% RNs fueron transferidos a la26(26.0% RNs UCI

  5. Acurácia da histerossonografia versus ultrassonografia transvaginal em mulheres inférteis candidatas às técnicas de reprodução assistida Sonohysterography accuracy versus transvaginal ultrasound in infertile women candidate to assisted reproduction techniques

    João Rocha Vilela

    2012-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a acurácia diagnóstica da histerossonografia (HSN com a da ultrassonografia transvaginal convencional (USG na avaliação da cavidade uterina de mulheres inférteis candidatas às técnicas de reprodução assistida (TRA. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal comparativo com 120 mulheres inférteis candidatas à TRA, acompanhadas no Centro de Reprodução Assistida (CRA do Hospital Regional da Asa Sul (HRAS, Brasília - DF, no período compreendido entre agosto de 2009 e novembro de 2010. A HSN foi realizada com infusão de soro fisiológico em sistema fechado. Comparou-se o achado da HSN com o resultado da USG prévia. A cavidade uterina foi considerada anormal quando se visualizava: endométrio com espessura superior à esperada para a fase do ciclo; pólipo endometrial; mioma submucoso e alteração do formato da cavidade do útero. A análise estatística foi feita utilizando-se frequências absolutas, valores percentuais e o teste χ² com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Observamos que 92 (76,7% mulheres inférteis, candidatas à TRA, apresentavam cavidade uterina normal pela HSN e em 28 (23,3% foram detectadas as seguintes alterações: 15 pólipos (12,5%, nove alterações no formato da cavidade uterina (7,5%, 6 miomas submucosos (5%, 4 espessura endometrial anormal (3,3% para a fase do ciclo menstrual e 2 septos uterinos (1,7%; 5 mulheres apresentavam mais de uma alteração (4,2%. Enquanto a USG observou alterações da cavidade uterina apenas em 5 (4,2% mulheres, a HSN confirmou 4 das 5 alterações detectadas pela USG e detectou alterações na cavidade uterina em outras 24 mulheres que não tinham sido detectadas na USG, ou seja, a HSN foi capaz de detectar mais alterações na cavidade uterina do que a USG, com diferença significativa (p=0,002. CONCLUSÃO: A HSN tem maior acurácia que a USG na avaliação da cavidade uterina, neste grupo de mulheres inférteis candidatas às TRA. A HSN poder

  6. Fatores associados à retenção de peso pós-parto em uma coorte de mulheres, 2005-2007 Factors associated with post-partum weight retention in a cohort of women, 2005-2007

    Fernanda Rebelo

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: investigar fatores associados à retenção de peso pós-parto. MÉTODOS: estudo de coorte com 104 gestantes recrutadas em uma Unidade Básica de Saúde no município do Rio de Janeiro, da 8ª a 13ª semana de gestação e acompanhadas até aproximadamente 55 dias pós-parto. As variáveis incluíram informações sócio-demográficas, econômicas, bioquímicas, antropométricas e reprodutivas. A retenção de peso pós-parto (diferença entre o peso pós-parto e o peso pré-gestacional foi utilizada como variável dependente. RESULTADOS: a média de peso retido foi 3,2 kg ± 3,7 kg. As mulheres com ganho de peso gestacional (GPG excessivo retiveram 5,0 kg ± 3,9 em comparação a 3,6 kg ± 3,0 em mulheres com GPG adequado e 1,4 kg ± 3,1 para as com GPG insuficiente. O GPG e o Índice de Massa corporal (IMC pré-gestacional mantiveram associação significativa com a retenção de peso no modelo final. Observou-se que a cada quilo de peso ganho na gestação, quase 50% ficaram retidos no pós-parto (β = 0,494; pOBJECTIVE: to investigate factors associated with post-partum weight retention. METHODS: a cohort study with 104 recruited pregnant women in the 8th to 13th week of gestation was carried out at Basic Health Unit in the municipality of Rio de Janeiro and the women were accompanied until around 55 days post-partum. The variables included socio-demographic, economic, biochemical, anthropometric and reproductive data. Post-partum weight retention (the difference between postpartum andpre-gestational weight was used as the dependent variable. RESULTS: the mean weight retention was 3.2 kg ± 3.7 kg. Women with excessive gestational weight gain retained 5.0 kg ± 3.9 in comparison to 3.6 kg ± 3.0 in women with adequate gestational weight gain and 1.4 kg ± 3.1 compared to those with inadequate gestational weight gain. The gestational weight gain and pre-gestational body mass index continued to show a significant association with

  7. Programa hormonal associado ao desmame temporário, na indução de ovulação em vacas de corte durante o pós-parto Hormonal program associated to temporary weaning in the induction of ovulation in beef cows during post-partum

    Marlon Nadal Maciel; Jairo Pereira Neves; Paulo Bayard Dias Gonçalves; João Francisco Oliveira; Ederson Bisognin Bortolotto; Patrícia Stranieri

    2001-01-01

    Este experimento foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a eficiência de tratamentos hormonais, associados ao desmame temporário, na indução de ovulação após o parto, em fêmeas de corte criadas extensivamente. Foram utilizadas 143 vacas (Hereford e cruzas Hereford x Nelore), pluríparas, entre 50 e 70 dias após o parto, com condição corporal (CC) 2 e 3 (1-5). O grupo SEMED (somatotropina, estradiol, medroxiprogesterona, gonadotrofina e desmame) foi constituído por 50 vacas, as quais receber...

  8. Ultrassonografia do colo uterino versus índice de Bishop como preditor do parto vaginal Cervical ultrasonography versus Bishop score as a predictor of vaginal delivery

    José Richelmy Brazil Frota Aragão; Francisco Edson de Lucena Feitosa; Carlos Augusto Alencar Júnior; Rodney Paiva Vasconcelos; Melânia Maria Ramos de Amorim; Renato Passini Júnior

    2011-01-01

    OBJETIVO: comparar a acurácia da mensuração ultrassonográfica transvaginal do colo uterino com o escore de Bishop para predição do parto vaginal após indução do trabalho de parto com misoprostol a 25 mcg. MÉTODOS: realizou-se estudo de validação de técnica diagnóstica com 126 gestantes com indicação para indução do trabalho de parto, as quais foram avaliadas pelo escore de Bishop e por ultrassonografia transvaginal para mensuração cervical. As pacientes foram submetidas, também, à ultrassonog...

  9. Sexual function after transvaginal cholecystectomy

    Donatsky, Anders M; Jørgensen, Lars N; Meisner, Søren;

    2014-01-01

    INTRODUCTION: Despite several benefits, patients are concerned that transvaginal cholecystectomy has a negative impact on sexual health. The objective of this systematic review was to assess the impact of transvaginal cholecystectomy on postoperative dyspareunia and sexual function. METHOD: A...... literature search was performed in the PubMed and EMBASE databases. Papers reporting on postoperative dyspareunia, vaginal pain or discomfort, and sexual function were included. RESULTS: Seventeen papers reported on dyspareunia and vaginal pain or discomfort. Two papers reported a rate of de novo dyspareunia...... of 3.8% and 12.5%, respectively. One study reported a nonsignificant reduction in painful sexual intercourse and the remaining 14 reported no incidents of dyspareunia. Eight papers reported on sexual function. One paper using a nonvalidated questionnaire found impaired sexual function. The papers...

  10. Conhecimento de homens sobre o trabalho de parto e nascimento

    Raimunda Maria de Melo; Bárbara Helena de Brito Angelo; Cleide Maria Pontes; Rosineide Santana de Brito

    2015-01-01

    ResumoObjetivo:Analisar a percepção do homem/companheiro quanto à sua presença na sala de parto durante o nascimento de seu filho.Métodos:Trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória, de natureza qualitativa desenvolvida em um Hospital Universitário do Município de Santa Cruz/RN, Brasil. A população constou de 12 homens que estiveram presentes em sala de parto, quantitativo esse estabelecido pelo critério de saturação. Os dados emergidos foram submetidos aos preceitos da análise de conte...

  11. Transvaginal Appendectomy: A Systematic Review

    Mehmet Ali Yagci; Cuneyt Kayaalp

    2014-01-01

    Background. Natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES) is a new approach that allows minimal invasive surgery through the mouth, anus, or vagina. Objective. To summarize the recent clinical appraisal, feasibility, complications, and limitations of transvaginal appendectomy for humans and outline the techniques. Data Sources. PubMed/MEDLINE, Cochrane, Google-Scholar, EBSCO, clinicaltrials.gov and congress abstracts, were searched. Study Selection. All related reports were included...

  12. Conhecimentos e expectativas de adolescentes nuligestas acerca do parto

    Fátima Raquel Rosado Morais

    2012-06-01

    Full Text Available Este estudo objetivou apreender os conhecimentos de adolescentes nuligestas acerca do parto e do nascimento, mediante uma pesquisa qualitativa com doze adolescentes de idade entre 12 e 16 anos, residentes na área de uma unidade de saúde de Mossoró - RN. Os resultados mostraram que as adolescentes possuem conhecimentos precários acerca do parto, sendo as informações permeadas por mitos e desarticuladas de conceitos capazes de transformar os saberes vigentes. Assim, evidencia-se a necessidade da aproximação das adolescentes com a temática da sexualidade, e em particular, da gravidez e parto, para que possam analisar e escolher a forma ideal de parir, identificando possibilidades para um parto mais humanizado e saudável. Para isto, sugere-se que os profissionais de saúde, em especial os enfermeiros, desenvolvam atividades socioeducativas de preparação para o parto em articulação com a escola e a família, com vista a esclarecer as adolescentes quanto à dinâmica da parturição e assim contribuir para a desmistificação de estigmas ainda presentes na sociedade.

  13. Atenção ao pré-natal e parto em mulheres usuárias do sistema público de saúde residentes na Amazônia Legal e no Nordeste, Brasil 2010

    Maria do Carmo Leal; Mariza Miranda Theme-Filha; Erly Catarina de Moura; José Guilherme Cecatti; Leonor Maria Pacheco Santos

    2015-01-01

    Objetivos: descrever a adequação da atenção à saúde entre as mulheres que fizeram o pré-natal e/ou parto no Sistema Único de Saúde (SUS), nos municípios prioritários para a redução da mortalidade infantil na Amazônia Legal e no Nordeste. Métodos: análise de dados secundários de inquérito de base populacional com mães e crianças menores de um ano de idade que compareceram à Campanha de vacinação em 2010. A amostra estudada foi de 13.205 mulheres com acompanhamento de pré-natal e de 13.044 mulh...

  14. Desempenho e digestibilidade dos nutrientes de rações com casca do grão de soja em substituição ao milho para cabras Saanen em lactação e no pré-parto Performance and nutrients digestibility of rations with soybean hulls as a corn ground replacement for Saanen goats, in prepartum and lactation

    Maximiliane Alavarse Zambom; Claudete Regina Alcalde; Karina Toledo da Silva; Francisco de Assis Fonseca de Macedo; Carlos Eduardo Crispim de Oliveira Ramos; Gabriella de Oliveira Passianoto

    2008-01-01

    Objetivou-se com este experimento avaliar o desempenho produtivo, a digestibilidade da matéria seca e dos nutrientes e a composição do leite de cabras Saanen alimentadas com rações contendo casca do grão de soja (CGS) em substituição ao milho (0, 50 ou 100%CGS) no período da lactação até o pré-parto (30 dias). Foram utilizadas 18 cabras (75,70 ± 10,59 kg) em delineamento inteiramente casualizado. As dietas apresentaram em média 14,82% PB e 2,28 Mcal de EM/kg MS ingerida. Os animais foram mant...

  15. OVULATION INDUCTION IN BEEF COWS WITH DIFFERENT FORAGES ALLOWANCES DURING POST PARTUM INDUÇÃO DA OVULAÇÃO EM VACAS DE CORTE COM DIFERENTES OFERTAS FORRAGEIRAS DURANTE O PERÍODO PÓS-PARTO

    Gustavo Herter Terra

    2008-04-01

    , <em>post-partum> anestrous, weaning. Este experimento teve por objetivo comparar a eficiência de um protocolo hormonal associado ao desmame por 96 horas com o desmame definitivo, em vacas em pastejo com diferentes ofertas forrageiras. Utilizaram-se 310 vacas (190 Aberdeen-Angus e 120 Charolês, entre 50 e 70 dias pós-parto, distribuídas em seis grupos. Os grupos A2, A5, B2 e B5 foram mantidos em maior (A2 e A5 e menor (B2 e B5 disponibilidade forrageira, no período parto-tratamento, e receberam (dia 0 2mg (A2 e B2 e 5mg (A5 e B5 de benzoato de estradiol e dispositivo intravaginal com acetato de medroxiprogesterona (CIDR. Seis dias após, receberam 1.000 UI de gonadotrofina coriônica eqüina (eCG. No sétimo dia, foi retirado o CIDR e procedido ao desmame dos bezerros por 96 horas. Os grupos AD e BD foram constituídos por 52 e 48 vacas, permanecendo, respectivamente, em maior e menor disponibilidade forrageira, submetidas ao desmame definitivo dos bezerros (dia 7. Inseminaram-se as vacas que manifestaram estro entre os dias 7 e 17, sendo acasaladas, depois, até o 67ºdia.  Nos dias 60 e 127 realizaram-se diagnósticos ultra-sonográficos de prenhez. Para análise dos dados, utilizou-se PROC CATMOD do pacote estatístico do SAS, não se verificando diferença (P>0,05 na prenhez entre os grupos com diferentes ofertas forrageiras. Uma nova análise das vacas, conforme seus ganhos de peso, indicou que o desmame definitivo proporciona melhor percentual de prenhez em relação ao modelo de tratamento hormonal utilizado. As vacas que perdem peso no período pós-parto respondem, ao desmame definitivo, mais lentamente do que as que ganham peso no mesmo período. PALAVRAS-CHAVES: Anestro pós-parto desmame, indução à ovulação, ofertas forrageiras, vacas de corte.

  16. Experiência de parto : alguns factores e consequências associadas

    Figueiredo, Bárbara; Raquel A. Costa; Pacheco, Alexandra P.

    2002-01-01

    Neste artigo os autores começam por fazer uma breve explanação da diversidade cultural na concepção do parto e das consequências que advêm desta diversidade, quer em termos dos métodos utilizados, quer em termos da experiência de parto proporcionada à mulher. Seguidamente, apresentam uma revisão teórica e empírica dos estudos que investigam a experiência de parto, tal como é geralmente descrita pela mulher, nomeadamente, os acontecimentos tidos como mais si...

  17. Programa hormonal associado ao desmame temporário, na indução de ovulação em vacas de corte durante o pós-parto

    Maciel Marlon Nadal

    2001-01-01

    Full Text Available Este experimento foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a eficiência de tratamentos hormonais, associados ao desmame temporário, na indução de ovulação após o parto, em fêmeas de corte criadas extensivamente. Foram utilizadas 143 vacas (Hereford e cruzas Hereford x Nelore, pluríparas, entre 50 e 70 dias após o parto, com condição corporal (CC 2 e 3 (1-5. O grupo SEMED (somatotropina, estradiol, medroxiprogesterona, gonadotrofina e desmame foi constituído por 50 vacas, as quais receberam (dia 0 500mg de somatotropina bovina recombinante (bST-r, 5mg de benzoato de estradiol e um pessário intravaginal contendo 250mg de acetato de medróxiprogesterona (MAP e, seis dias após, (dia 6 500UI de gonadotrofina coriônica eqüina (eCG. No momento da retirada dos pessários (dia 7, os terneiros foram separados totalmente das vacas por 96h. No grupo EMED (estradiol, medroxiprogesterona, gonadotrofina e desmame, constituído de 48 vacas, adotou-se um tratamento semelhante ao do grupo anterior, diferindo apenas na não utilização da somatotrofina. No grupo CONTROLE, 43 vacas foram unicamente separadas dos seus filhos por 96h. Logo após a retirada dos pessários vaginais e de realizado o aparte dos terneiros, as vacas foram colocadas em um piquete com touros (1:10. Após 53 dias, foi realizado o diagnóstico de gestação por palpação retal e ultra-sonografia, para detectar as vacas que conceberam no estro subseqüente aos tratamentos. Obtiveram-se índices de prenhez de 11,1% , 38,0% e 56,2% respectivamente, para os grupos CONTROLE, SEMED e EMED, cujas diferenças foram significativas (p<0,0001 entre os grupos. No grupo SEMED, a CC das vacas interferiu no tratamento, pois foi observada superioridade (p < 0,01 nos índices de prenhez de vacas com CC 3 quando comparadas com vacas em CC 2. Essa diferença não foi verificada nos demais grupos. Os resultados também demonstraram que os tratamentos agiram de maneira diferenciada em vacas com

  18. Parto hospitalar!...outra perspetiva

    Grilo, Ana; Frias, Ana

    2013-01-01

    Parto Hospitalar…Outra perspetiva! O parto tem um significado emocional fundamental na vida de uma mulher e deverá ser uma experiência encarada com serenidade e alegria (Kitzinger, 1995). O avanço na área da obstetrícia, visível nas últimas décadas, deveu-se muito à institucionalização do parto. Permitiu aos profissionais de saúde detetar e tratar complicações nas grávidas e puérperas, de tal forma que as taxas de morbilidade e mortalidade materna e neonatal desceram consideravelmente....

  19. Preparação para o parto: Estudo do comportamento das parturientes e das atitudes dos profissionais de saúde

    Coelho, Lucília S. A.

    1998-01-01

    Dissertação de mestrado em Comportamento Organizacional A presente tese apresenta os resultados de uma investigação que teve por objectivos: (a) Descrever o contexto em que se desenvolve o trabalho de parto e o próprio parto nas instituições de saúde; (b) Avaliar a influência da preparação para o parto nas parturientes e recém-nascidos e (c) Analisar as atitudes dos profissionais de saúde perante a preparação para o parto. Para descrever o contexto em que se desenvolve o trabalho de par...

  20. Comparação da composição bioquímica do líquido amniótico equino colhido em diferentes estágios gestacionais e no momento do parto

    Bruna De Vita

    2014-06-01

    Full Text Available A viabilidade e maturidade fetais podem ser estimadas através da avaliação dos fluídos fetais em muitas espécies, no entanto a composição bioquímica do líquido amniótico durante a gestação ainda não está bem definida para a espécie equina. O objetivo deste estudo foi estabelecer e comparar o perfil bioquímico do liquido amniótico em diferentes momentos da gestação e no momento do parto para um melhor entendimento da fisiologia da gestação de equinos. Foram avaliados valores encontrados para pH, osmolaridade, glicose, uréia, creatinina, gamma-GT, sódio, potássio, cloretos e proteína total no liquido amniótico colhido de 122 éguas comparando-se os resultados encontrados entre as colheitas em terço inicial (TI, médio (TM e final (TF da gestação e no momento do parto (MP. As amostras colhidas nos períodos gestacionais foram realizadas em frigoríficos abatedouros. As idades gestacionais (IG, em dias, foram definidas através de fórmula de regressão sugerida por Naves et al. (2008, utilizando-se a mensuração crânio-caudal dos fetos. Devido a presença de graus variados de assimetria e desvios de um padrão Gaussiano de distribuição, o teste de Kruskal-Wallis foi usado para comparar a mediana de cada variável-resposta entre os grupos de estudo. Quando houve evidência significante de que pelo menos uma das medianas era diferente das outras, o teste de Wilcoxon foi usado para realizar comparações múltiplas entre os grupos. O método de Bonferroni foi usado para ajustar o valor-P resultante das comparações múltiplas. A análise estatística foi realizada com o procedimento PROC NPAR1WAY e significância estatística foi definida como p<0,05 .pH e osmolaridade do líquido amniótico equino não sofreram alterações significantes entre os terços gestacionais e no momento do parto. Os valores encontrados para glicose foram significativamente menores nas amostras do grupo TF e MP. As concentrações de ur

  1. Mortes perinatais e avaliação da assistência ao parto em maternidades do Sistema Único de Saúde em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, 1999 Perinatal deaths and childbirth healthcare evaluation in maternity hospitals of the Brazilian Unified Health System in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil, 1999

    Sônia Lansky

    2006-01-01

    Full Text Available Este trabalho analisa a associação entre a morte perinatal e o processo de assistência hospitalar ao parto, considerando-se que grande parte das mortes perinatais pode ser prevenível pela atenção qualificada de saúde e que a avaliação da qualidade da assistência perinatal ao parto é necessária para a redução da morbi-mortalidade perinatal. Realizou-se estudo caso-controle de base populacional dos óbitos perinatais (n = 118 e nascimentos (n = 492, ocorridos em maternidades do Sistema Único de Saúde (SUS de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Sexo masculino, prematuridade, doenças na gravidez, baixo peso ao nascer, doenças do recém-nascido, não realização de pré-natal, não utilização de partograma e menos de uma avaliação fetal por hora durante o trabalho de parto apresentaram associação estatisticamente significativa com o óbito perinatal. No modelo de regressão logística múltipla, não utilização do partograma durante o trabalho de parto e tipo de maternidade apresentaram-se como fatores de risco independentes para a morte perinatal. O estudo indica que é deficiente a qualidade da assistência hospitalar ao parto e que aspectos da estrutura dos serviços e do processo de assistência relacionam-se com a mortalidade perinatal por causas evitáveis.This paper analyzes the association between perinatal mortality and factors related to hospital care during labor, considering that healthcare assessment is needed in order to reduce perinatal mortality. A population-based case-control study was conducted with 118 perinatal deaths (cases and 492 births (controls that took place in maternity hospitals of the Brazilian Unified Health System (SUS in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. Male sex, prematurity, diseases during pregnancy, low birth weight, newborn diseases, lack of prenatal care, lack of partograph use during labor, and less than one fetus assessment per hour during labor were significantly associated

  2. A reanimação do prematuro extremo em sala de parto: controvérsias Controversies about the resuscitation of extremely preterm infants in the delivery room

    Maria Fernanda Branco de Almeida

    2005-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar as principais controvérsias quanto aos procedimentos atualmente realizados na reanimação de recém-nascidos de extremo baixo peso na sala de parto. FONTES DOS DADOS: Revisão sistemática dos artigos incluídos em MEDLINE, SciELO e Cochrane Library e dos temas livres publicados em congressos internacionais e nacionais, utilizando-se as palavras-chave reanimação, asfixia e recém-nascido. SÍNTESE DOS DADOS: As principais controvérsias incluem aspectos relacionados à oxigenação e à ventilação do prematuro de extremo baixo peso ao nascimento. Os efeitos da administração de oxigênio em concentrações entre 21% e 100% precisam ser investigados. Os parâmetros adequados de pressão inspiratória, volume pulmonar e pressão expiratória final positiva necessitam ser estabelecidos com a finalidade de minimizar o barotrauma e o volutrauma. Os benefícios da aplicação da pressão positiva contínua de vias aéreas por via nasal também precisam ser bem determinados através de ensaios clínicos randomizados. Além disso, reanimadores manuais devem ser desenvolvidos para otimizar a administração desses parâmetros e minimizar a lesão pulmonar no início da vida extra-uterina. Estudos clínicos sobre a administração ao nascimento de adrenalina, expansores de volume e bicarbonato de sódio são inexistentes em prematuros de muito baixo peso. Adicionalmente, o principal dilema ético envolve a decisão conjunta entre os profissionais e os pais de não iniciar a reanimação na dependência da idade gestacional. CONCLUSÕES: A conduta atualmente vigente poderá ser modificada a partir dos resultados de ensaios clínicos randomizados e controlados, em conjunto com a avaliação do desenvolvimento, realizados em recém-nascidos de extremo baixo peso submetidos à reanimação na sala de parto.OBJECTIVE: To describe the main controversies about resuscitation procedures performed in extremely low birth weight infants in

  3. ESTIMATIVA DA DATA DO PARTO EM CADELAS ROTTWEILER ATRAVÉS DA BIOMETRIA FETAL REALIZADA POR ULTRASSONOGRAFIA ESTIMATION OF PARTURITION DATE THROUGH ULTRASONOGRAPHIC FOETAL BIOMETRY IN ROTTWEILER BITCHES ESTIMACIÓN DE LA FECHA DEL PARTO EN PERRAS ROTTWEILER A TRAVÉS DE LA BIOMETRÍA FETAL REALIZADA POR EL ULTRASONIDO

    Karina Costa Moreira de Melo

    2009-09-01

    Full Text Available Utilizou-se a ultrassonografia neste experimento para avaliar o desenvolvimento fetal e determinar a idade gestacional em cadelas Rottweiler. Tomaram-se e avaliaram-se as medidas da vesícula embrionária/fetal (VE e do corpo fetal mediante análise de regressão, estabelecendo-se as equações de regressão linear e seus coeficientes. Os diâmetros biparietal (DBP e do abdome (DA dos fetos foram os que apresentaram os melhores resultados, considerando-se os coeficientes de correlação (0,89 e 0,90, respectivamente com a idade fetal e a facilidade de mensuração ao longo da gestação. Com base nos dados obtidos, conclui-se que é possível estimar o momento do parto em cadelas Rottweiler a partir das mensurações e equações obtidas para essa raça.

    PALAVRAS-CHAVES: Cão, feto, gestação, ultrassom.

    Ultrasonography was used in this study with the aim to evaluate fetal development, and to determine the gestational age of Rottweiler bitches. Measurements of embryonic vesicle (VE and fetal body were taken and evaluated by regression analysis. The linear regression equations and coefficients between gestational age and measures were established. The measures of abdominal (DA and biparietal (DBP diameters presented the best results, concerning to correlation coefficients (0.89 and 0.90, respectively and facilities on mensuration takes. It was concluded that it is feasible to predict gestational age of Rottweiler bitches taken into consideration fetal measurements and equations obtained for this breed.

    KEY WORDS: Dog, fetus, gestation, ultra-sound.

    El ultrasonido fue utilizado en esta investigación con el objetivo de evaluar el desarrollo fetal y determinar la edad gestacional en perras Rottweiler. Las medidas de la vesícula embrionária (VE y del cuerpo fetal fueran tomadas y evaluadas por an

  4. Depression with postpartum onset: a prospective cohort study in women undergoing elective cesarean section in Brasilia, Brazil Depressão com início após o parto: estudo de corte prospectivo em mulheres submetidas à cesárea eletiva em Brasília, Brasil

    Alberto Moreno Zaconeta

    2013-03-01

    Full Text Available PURPOSE: It was to determine the prevalence of depressive symptoms in a sample of puerperal women from Brasília, Brazil, distinguishing cases with onset after delivery from those already present during pregnancy. METHODS: A prospective cohort study with convenience sampling of patients submitted to elective cesarean section at two private hospitals. As an instrument for assessing depressive symptoms, the Edinburgh Postnatal Depression Scale with cutoff >13 was applied shortly before delivery and four to eight weeks after childbirth. RESULTS: Among the 107 women who completed the study, 11 (10.3% had significant depressive symptoms during pregnancy and 12 (11.2% during the postpartum period. Among the 12 patients with postpartum symptoms, 6 had symptoms during pregnancy, so that 5.6% of the sample had postpartum onset of depression. The higher overall frequency of depression was significantly among single women than among married women (p=0.04, a fact mainly due to a higher frequency of single women experiencing persistent depressive symptoms both before and after delivery (p=0.002. The risk of depression was not influenced by age, parity or educational level. CONCLUSION: Women with depression identified during the postpartum period comprise a heterogeneous group, in which symptoms may have started before pregnancy, during pregnancy or after childbirth. In this sample, half of the postpartum depression cases already presented symptoms during late pregnancy. Since depression can arise before and after childbirth, it may have different etiologies and, therefore, a different response to treatment, a possibility that should be considered by clinicians and researchers.OBJETIVO: Foi determinar a prevalência de sintomas depressivos em uma amostra de puérperas da cidade de Brasília, Brasil, discriminando os casos com surgimento após o parto daqueles já presentes durante a gestação. MÉTODOS: Estudo de corte prospectivo. Amostragem por conveni

  5. Os efeitos da manobra de Kristeller no segundo período de trabalho de parto

    Carvalho, Laëtitia Cristina

    2014-01-01

    Pela redação do presente relatório, procuramos descrever as atividades desenvolvidas ao longo do Estágio: Gravidez, trabalho de parto, parto e pós-parto, com objetivo de dar cumprimento às competências específicas do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica, descritas e aprovadas pela Ordem dos Enfermeiros. Tratando-se de um estágio profissionalizante, planeamos estratégias e intervenções para a prestação de cuidados especializados, procurando dar resposta à mulh...

  6. Eficácia de dinoprostone e misoprostol para indução do trabalho de parto em nulíparas Efficacy of dinoprostone and misoprostol for labor induction in nulliparous women

    Tenilson Amaral Oliveira

    2011-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar a eficácia e a segurança de dinoprostone e misoprostol para indução do parto vaginal, com ou sem o uso de ocitocina em nulíparas. MÉTODOS: realizou-se estudo retrospectivo, observacional, envolvendo 238 pacientes que foram submetidas à indução do parto de janeiro de 2008 a fevereiro de 2010 com uso de misoprostol 25 mcg via vaginal ou pessário contendo 10 mg de dinoprostone. Desse grupo, foram selecionadas 184 pacientes, que apresentavam as seguintes características: nulíparas, gestação entre 37 e 42 semanas, feto único, apresentação cefálica, membranas íntegras e índice de Bishop PURPOSE: to determine the efficacy and safety of dinoprostone and misoprostol for the induction of vaginal childbirth, with or without the use of oxytocin in nulliparous women. METHODS: in this retrospective observational study, 238 patients were subjected to the induction of delivery from January 2008 to February 2010 with the use of misoprostol 25 mcg by the vaginal route or a pessary containing 10 mg of dinoprostone. A total of 184 patients were selected, with the following characteristics: nulliparous, gestational age of 37-42 weeks, singleton pregnancies, cephalic presentation, intact membranes, and Bishop score < 3. Obstetric and neonatal data were analyzed and compared between groups. The Student t-test, chi-square test and Fisher's exact test were used for statistical analysis, with the level of significance set at p<0.05. RESULTS: the rate of vaginal childbirth did not differ significantly in patients who used misoprostol and dinoprostone (43.2% versus 50%; p = 0.35, respectively. The ripening of cervix was higher in the group treated with misoprostol (87.3% versus 75.6%, p=0.04. The use of oxytocin was necessary in 58.8% of the misoprostol group and 57.3% in the dinoprostone group after the ripening of cervix. Failed induction was the primary indication of caesarean section delivery in both groups, with no significant

  7. Percepção das mães em relação ao aleitamento materno no período do pós parto

    Karina Rodrigues Mendes da Aparecida

    2014-11-01

    Full Text Available Introdução: Para eficácia do aleitamento materno, a Organização Mundial de Saúde propõe a educação das mães durante o momento da gestação pelos profissionais de saúde. Objetivo: Observar as percepções das mães com relação ao aleitamento materno. Métodos: Estudo descritivo de caráter quantitativo utilizando técnica exploratória. esquisa realizada no Centro de Saúde Escola Capuava em Santo André, São Paulo. A população foi constituída por 29 mães submetidas à primeira consulta puerperal. Resultados: As médias de idade e de número de filhos das mães foram 26 anos e 1,8 filhos. Em sua maioria são casadas ou encontra-se em união estável (93,1% e apresentam ensino médio completo (62,1%. Possuem vínculo empregatício 51,7%. Teve parto cesárea 58,6%. Foram amamentados na sala de parto 69,0% dos recém-nascidos. Possuem mamilos protusos 79,3% das mães, sendo que 55,2% não apresentaram fissuras. Não apresentaram nenhum cuidado em relação à limpeza dos mamilos 37,9% das mães, as demais usaram várias formas, sendo mais comum somente limpeza com leite materno (17,2% e somente utilização de pomada (13,8%. A frequência de amamentação foi bastante variável. Dos recémnascidos, 89,3% apresentaram pegas corretas. Relataram que tiveram todas as informações necessárias no pré-natal e puerpério 96,6% das mães. Pretendem introduzir precocemente o uso de chupetas para seu recém-nascido 44,8% das mães. Conclusão: As orientações realizadas durante a gestação e puerpério se tornam importantes e aos poucos produzem resultados positivos. Vale enfatizar que o enfermeiro se torna uma peça chave na realização das orientações durante os períodos de gestação e puerpério.

  8. Uso de misoprostol retal para indução do parto em gestantes com amniorrexe prematura: ensaio clínico fase II Use of rectal misoprostol for induction of labor in patients with premature rupture of membranes: a phase II clinical trial

    Francisco Carlos Nogueira Arcanjo

    2003-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar se o misoprostol por via retal constitui método efetivo para indução do parto em gestantes com amniorrexe prematura a termo. MÉTODOS: realizou-se estudo piloto, incluindo 32 gestantes com amniorrexe prematura entre 36 e 41 semanas, feto vivo e único, em apresentação cefálica, escore de Bishop 18 horas receberam antibiótico (penicilina cristalina para profilaxia de infecção estreptocócica. Analisaram-se desfechos diversos como intervalo entre indução e início do trabalho de parto, entre indução e parto, incidência de taquissistolia, tipo de parto, incidência de corioamnionite e resultados neonatais. A análise estatística foi realizada no programa de domínio público Epi-Info 2002, calculando-se médias com os respectivos desvios-padrão, além de distribuições de freqüência. Realizou-se análise de sobrevivência para determinação do percentual de partos em função do tempo transcorrido (em horas desde a administração do primeiro comprimido. RESULTADOS: os intervalos (média ± desvio padrão entre indução e início das contrações e entre indução e parto foram de, respectivamente, 299,8±199,9 e 681±340,5 minutos. Observou-se freqüência de 9,4% de taquissistolia. Cerca de 72% das pacientes evoluíram para parto vaginal. Diagnosticou-se corioamnionite em 12,5% dos casos. As medianas dos escores de Apgar foram de 8 e 9 no primeiro e quinto minuto, respectivamente. Não houve nenhum caso de Apgar PURPOSE: to investigate whether rectally administered misoprostol is an effective method for induction of labor in patients with premature ruptured membranes at term. METHODS: a pilot trial was conducted, enrolling 32 women with alive, singleton, cephalic fetus and ruptured membranes between 36 and 41 weeks of pregnancy, with Bishop score 18 h received antibiotics (crystalline penicillin for prophylaxis of streptococcal infeccion. Outcomes included time from induction to labor and induction to

  9. Via de Parto e Resultados Perinatais em Gestantes Diabéticas Route of Delivery and Perinatal Outcomes of Diabetic Pregnant Women

    Belmiro Gonçalves Pereira

    1999-10-01

    Full Text Available Objetivo: apresentar os resultados perinatais obtidos a partir da aplicação de um protocolo de assistência às gestantes diabéticas no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM da UNICAMP. Métodos: foram estudadas 90 gestantes diabéticas que iniciaram controle pré-natal na instituição e foram submetidas a este protocolo. Foram comparadas com dois grupos controles de 180 gestantes cada: um constituído por gestantes pareadas por idade e número de gestações (controle A e outro por gestantes aleatoriamente selecionadas (controle B. Nos três grupos foram avaliadas as seguintes variáveis: tipo de parto, indicações de cesárea, idade gestacional, índice de Apgar ao primeiro e quinto minuto de vida, peso e adequação de peso para idade gestacional, morbidade e mortalidade perinatal. Para a análise estatística utilizaram-se médias, desvio-padrão, os testes t de Student e do chi². Resultados: entre as gestantes diabéticas ocorreu maior incidência de cesáreas, recém-nascidos prematuros e grandes para a idade gestacional (GIG, assim como uma maior freqüência de patologias neonatais (hipoglicemia, hipocalcemia, hiperbilirrubinemia, desconforto respiratório e depressão neonatal. A incidência de Apgar Purpose: to present the perinatal outcomes resulting from the use of a protocol for assistance to diabetic pregnant women used at the Center for Integral Assistance to Women's Health (CAISM, of the University of Campinas. Methods: ninety diabetic pregnant women, who were assisted at the institution with this protocol, were compared with two control grups: the first consisted of 180 pregnant women with equal number of gestations and same age (control A and the second consisted of 180 randomly selected pregnant women (control B. The study variables were route of delivery, indication for cesarean section, gestational age, Apgar score at first and fifth minute, weight, adequacy of weight for gestational age and perinatal

  10. Etiologia das infecções intramamárias em vacas primíparas no período pós-parto Etiology of intramammary infections in primiparous cows at postparturition

    Paulo Eduardo Pardo

    1998-07-01

    Full Text Available Foram analisadas 664 amostras de leite de 83 vacas primíparas da raça Holandesa. As amostras foram colhidas no primeiro e no sétimo dia após o parto. Das 664 amostras analisadas, 488 (73,50% foram bacteriologicamente negativas e 176 (26,50%, positivas para microrganismos aeróbios. Foi observado um alto índice de mastite clínica (20,48%. Os agentes isolados com maior freqüência foram os Staphylococcus spp coagulase negativo (64,20%, Staphylococcus spp coagulase positivo (8,52%, Streptococcus spp (7,96%, Actinomyces pyogenes (4,55%, Mycoplasma bovigenitalium (3,40% e Escherichia coli (2,84%. Foi observado um maior índice de isolamento de patógenos no primeiro dia (17,62% em relação ao sétimo (8,88%.A total of 664 foremilk samples from 83 Holstein cows were cultured. Quarter samples were collected at parturition and 7 days post the first parturition. From 664 milk samples examined, 488 (73.50% were bacteriologically negative and 176 (26.50% were positive. A high incidence (20.48% of clinical mastitis was observed. The most frequently encountered isolates were coagulase negative staphylococci (64.20%, coagulase positive staphylococci (8.52%, streptococci (7.96%, Actinomyces pyogenes (4.55%, Mycoplasma bovigenitalium (3.40% and Escherichia coli (2.84%. The frequency of mastitis pathogen isolation was highest at parturition (17.62% and decreased markedly during the first week (8.88%.

  11. Transvaginal Appendectomy in Morbidly Obese Patient

    Mehmet Ali Yagci

    2014-01-01

    Full Text Available Introduction. Laparoscopic appendectomy has significant benefits in obese patients. However, morbid obesity can be accepted as an exclusion criterion for natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES. Here, we present a transvaginal appendectomy in a 66-year-old morbidly obese (BMI 36 kg/m2, ASA III patient. Case and Technique. Acute appendicitis was suspected based on history, physical examination, laboratory tests, and ultrasound findings. During laparoscopic surgery, a 5 mm trocar was inserted through the umbilicus and a 5 mm telescope was placed. A 12 mm trocar and a 5 mm grasper were inserted separately through the posterior fornix of the vagina under laparoscopic guidance. The appendix was divided with an endoscopic stapler through the transvaginal 12 mm trocar and removed from the same trocar. The operating time was 75 minutes with minimal blood loss (<10 mL. The patient was discharged 16 hours after surgery uneventfully and she did not require any analgesic administration. Conclusion. To the best of our knowledge, this is the first clinical case that focuses on the transvaginal appendectomy at morbid obesity. We can say that morbid obesity does not constitute an obstacle for treatment of acute appendicitis by transvaginal endoscopic surgery.

  12. Parto domiciliar planejado: resultados maternos e neonatais Parto domiciliario planificado: resultados maternos y neonatales Planned homebirth: maternal and neonatal outcomes

    Priscila Maria Colacioppo

    2010-12-01

    Full Text Available A hospitalização de todas as parturientes, em nome da segurança e bem-estar da mãe e bebê, introduziu uma assistência mecânica, impessoal e intervencionista no parto, fazendo ressurgir o parto em domicílio. A bibliografia a respeito é escassa, justificando-se a produção de dados sobre partos domiciliares. O objetivo foi descrever o processo e os resultados maternos e neonatais em partos domiciliares planejados. Foram coletados dados de 70 partos assistidos por enfermeiras obstétricas, em São Paulo, Brasil. Os resultados indicaram que 61,4% das mulheres tinham 30 anos ou mais; 71,4% possuíam ensino superior; 97,1% viviam com companheiro; 64,3% exerciam atividade remunerada; 54,3% eram nulíparas; a taxa de remoção materna para o hospital foi de 5,7% por indicação obstétrica e 14,3% a pedido; 92,9% foram partos normais; 63,6% escolheram posições verticais e 57,5% tiveram períneo íntegro ou laceração de primeiro grau; todos os recém-nascidos apresentaram Apgar =7 no 5º minuto e um bebê foi removido para o hospital com seis horas de vida, devido a arritmia cardíaca. O uso criterioso de intervenções obstétricas e neonatais no parto domiciliar e a produção de evidências científicas sobre sua segurança podem contribuir para a transformação do atual modelo de assistência ao parto no Brasil.La hospitalización de todas las parturientas, en el nombre de la seguridad y el bienestar de madre y bebé, introdujo una asistencia mecánica, impersonal e intervencionista en el parto, haciendo resurgir el parto domiciliario. La literatura sobre este tema es escasa, justificando la producción de datos sobre los nacimientos en el hogar. El objetivo fue describir el proceso y los resultados maternos y neonatales en partos domiciliarios planificados. Se recogieron datos de 70 partos atendidos por enfermeras obstétricas. Los resultados indicaron: 61,4% de las mujeres tenían edad = 30 años; 71,4% tenían educación superior

  13. A vivência de mulheres no parto domiciliar e hospitalar La vivencia de mujeres en el parto domiciliar y hospitalario Women experience with home and hospital childbirth

    Cilene Delgado Crizóstomo

    2007-03-01

    Full Text Available Estudo com abordagem qualitativa, objetivando compreender na vivência das mulheres a experiência do parto normal domiciliar e hospitalar bem como discutir a vivência das mulheres nos dois tipos de partos. Os sujeitos do estudo foram sete mulheres multíparas residentes em Batalha PI, e o instrumento utilizado foi um roteiro semi-estruturado com a técnica da entrevista. Os resultados revelaram que os partos domiciliares vivenciados pelas mulheres aconteceram mais rápido, de forma natural, sem intervenções e assistidos por parteiras ou por suas mães. As posições de preferência durante o parto domiciliar foram na rede e no assento, e os partos hospitalares foram laboriosos, complicados e com intervenções traumáticas. A melhor posição e o melhor local do parto escolhidos pelas entrevistadas foram na rede e o domicílio, respectivamente. Conclui-se que o parto domiciliar foi natural e humanizado, já o parto normal hospitalar foi conduzido pelos profissionais com intervenções sem a participação ativa das parturientes, tornando-o traumático, desumano e de risco.Estudio con abordaje cualitativo, objetivando entender la experiencia de mujeres en parto natural en el domicilio y en el hospital, en cuanto se discute la experiencia de las mujeres en ambos tipos de parto. Los sujetos del estudio fueron siete mujeres multiparas que viven en Batalha - Piauí - Brasil, y los instrumentos usados fueran un guión semi-estructurado con la técnica de la entrevista. Los resultados revelaron que los partos en el domicilio experimentados por las mujeres sucedieron más rápidamente, de una manera natural, sin intervenciones y asistido por parteras o por sus madres. Las posiciones preferidas durante el parto en el domicilio fueron en la red y en el asiento, y los partos en el hospital fueran laboriosos, complicados y con intervenciones traumáticas. La mejor posición y la mejor localización del parto, escogidos por las entrevistadas, fueron la

  14. Determinação da duração do anestro pós-parto em ovelhas da raça Churra Galega Bragançana sujeitas a diferentes regimes alimentares pós-parto

    Correia, Teresa Montenegro; Valentim, Ramiro; Teixeira, A; Azevedo, Jorge; Amorim, Victor

    1999-01-01

    Este trabalho foi desenvolvido com o intuito de estudar a duração do período de anestro pós-parto de ovelhas da raça Churra Galega Bragançana, submetidas a dois regimes alimentares pós-parto distintos. Neste sentido, na cidade de Bragança (latitude 41° 49' N, longitude 6° 40' W e al-titude 720 metros), mais precisamente na Quinta de Santa Apolónia, pertencente à Escola Superior Agrária de Bragança, um grupo de trinta e quatro ovelhas da raça Churra Galega Bragançana foi dividido aleatoriam...

  15. LA MUSICA EN EL TRABAJO DE PARTO

    Sandra Cruz P.; Hugo Pirovich B.; Eloísa Peña T.

    2003-01-01

    Este trabajo es una propuesta de apoyo al Parto Natural en el convencimiento que la parturienta que inicia relajada su Trabajo de Parto y en un lugar con ambiente sonoro controlado, íntimo, silencio y privado, necesariamente tendría un parto natural. Se aplica la Música Barroca durante la Fase latente del trabajo de parto ya que por sus nobles virtudes estéticas -auditivas y sus características técnicas- musicales, media en la relajación y bienestar de la parturienta. Se privilegia el silenci...

  16. MÉTODOS NÃO FARMACOLÓGICOS DE ALÍVIO DA DOR DURANTE TRABALHO DE PARTO E PARTO

    Eveline Franco da Silva; Marcia Rejane Strapasson; Ana Carla dos Santos Fischer

    2011-01-01

    RESUMO: Objetivou-se analisar as produções científicas relacionadas aos métodos não farmacológicos de alívio da dor durante trabalho de parto e parto, por meio de uma revisão integrativa da literatura desenvolvida por meio das bases de dados Literatura Latino-Americana em Ciências de Saúde (LILACS) e Scientific Electronic Library Online (SciELO). Foram incluídos 21 artigos, oriundos de estudos realizados no Brasil, publicados no período de 2003 e 2009. Os estudos abordaram: mobilidade, hidrot...

  17. Desempenho e digestibilidade dos nutrientes de rações com casca do grão de soja em substituição ao milho para cabras Saanen em lactação e no pré-parto Performance and nutrients digestibility of rations with soybean hulls as a corn ground replacement for Saanen goats, in prepartum and lactation

    Maximiliane Alavarse Zambom

    2008-07-01

    Full Text Available Objetivou-se com este experimento avaliar o desempenho produtivo, a digestibilidade da matéria seca e dos nutrientes e a composição do leite de cabras Saanen alimentadas com rações contendo casca do grão de soja (CGS em substituição ao milho (0, 50 ou 100%CGS no período da lactação até o pré-parto (30 dias. Foram utilizadas 18 cabras (75,70 ± 10,59 kg em delineamento inteiramente casualizado. As dietas apresentaram em média 14,82% PB e 2,28 Mcal de EM/kg MS ingerida. Os animais foram mantidos confinados em baias individuais com controle diário da ração ingerida e da produção de leite. No 150º dia de lactação, e também no 20º dia anterior à data prevista para o parto, iniciou-se a coleta de fezes para determinação da digestibilidade da ração e dos nutrientes. Mensalmente, foram coletadas amostras de leite para análise dos principais constituintes. Os níveis de CGS não influenciaram o peso corporal (PC, as ingestões de matéria seca (IMS e matéria orgânica (IMO, a digestibilidade de matéria seca (DMS, matéria orgânica (DMO e proteína bruta (DPB para produção de leite, a eficiência de produção de leite e a composição do leite no período de lactação. Também não afetaram o PC e as digestibilidades de MS e MO no período pré-parto. Os níveis de CGC influenciaram as ingestões de proteína bruta e fibra em detergente neutro e a digestibilidade da fibra em detergente neutro nos dois períodos avaliados. No período pré-parto, os maiores resultados para ingestão de MS e MO, digestibilidade da PB e nitrogênio uréico no plasma foram obtidos no nível de 100%CGS. A utilização de casca do grão de soja em substituição ao milho moído na alimentação de cabras Saanen em lactação não altera o desempenho produtivo e a composição do leite.This experiment was carried out to evaluate productive performance, dry matter and nutrient digestibility, and milk composition of Saanen goats fed rations

  18. Transvaginal Appendectomy in Morbidly Obese Patient

    Mehmet Ali Yagci; Cuneyt Kayaalp; Mustafa Ates

    2014-01-01

    Introduction. Laparoscopic appendectomy has significant benefits in obese patients. However, morbid obesity can be accepted as an exclusion criterion for natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES). Here, we present a transvaginal appendectomy in a 66-year-old morbidly obese (BMI 36 kg/m2, ASA III) patient. Case and Technique. Acute appendicitis was suspected based on history, physical examination, laboratory tests, and ultrasound findings. During laparoscopic surgery, a 5 mm troc...

  19. Do imaginário ao real: mitos e medos acerca do parto normal.

    Denismar Borges de MIRANDA

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: conhecer mitos e medos relacionados ao parto normal segundo primigestas ao término da gestação, e a confirmação ou não destes mitos e/ou medos durante o puerpério tardio. Método: trata-se de pesquisa descritiva com abordagem qualitativa utilizando a técnica de entrevista aberta em profundidade e aplicação de questionários em dois momentos distintos: inicialmente na condição de gestante e posteriormente como puérperas. Os dados foram levantados em uma maternidade pública na cidade de Goiânia após aprovação do comitê de ética em pesquisa (0004.0.168.000-08; análise de conteúdo foi estabelecida para identificação das categorias temáticas. Resultados: emergiram três categorias: A chegada de um bebê, O verdadeiro significado do parto normal e Mitos e medos que permeiam o nascimento. Conclusão: a dor foi identificada como principal fator cultural que interfere na escolha pelo tipo de parto em primigestas. E o parto normal esteve associado à desmistificação acerca do nascimento pelas puérperas.

  20. Processo de decisão pelo tipo de parto no Brasil: da preferência inicial das mulheres à via de parto final

    Rosa Maria Soares Madeira Domingues; Marcos Augusto Bastos Dias; Marcos Nakamura-Pereira; Jacqueline Alves Torres; Eleonora d'Orsi; Ana Paula Esteves Pereira; Arthur Orlando Correa Schilithz; Maria do Carmo Leal

    2014-01-01

    O objetivo deste artigo é descrever os fatores referidos para a preferência pelo tipo de parto no início da gestação e reconstruir o processo de decisão pelo tipo de parto no Brasil. Dados de uma coorte de base hospitalar nacional com 23.940 puérperas, realizada em 2011-2012, foram analisados, segundo fonte de pagamento do parto e paridade, com utilização do teste χ2. A preferência inicial pela cesariana foi de 27,6%, variando de 15,4% (primíparas no setor público) a 73,2% (multíparas com ces...

  1. Transvaginal appendectomy in morbidly obese patient.

    Yagci, Mehmet Ali; Kayaalp, Cuneyt; Ates, Mustafa

    2014-01-01

    Introduction. Laparoscopic appendectomy has significant benefits in obese patients. However, morbid obesity can be accepted as an exclusion criterion for natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES). Here, we present a transvaginal appendectomy in a 66-year-old morbidly obese (BMI 36 kg/m(2), ASA III) patient. Case and Technique. Acute appendicitis was suspected based on history, physical examination, laboratory tests, and ultrasound findings. During laparoscopic surgery, a 5 mm trocar was inserted through the umbilicus and a 5 mm telescope was placed. A 12 mm trocar and a 5 mm grasper were inserted separately through the posterior fornix of the vagina under laparoscopic guidance. The appendix was divided with an endoscopic stapler through the transvaginal 12 mm trocar and removed from the same trocar. The operating time was 75 minutes with minimal blood loss (appendectomy at morbid obesity. We can say that morbid obesity does not constitute an obstacle for treatment of acute appendicitis by transvaginal endoscopic surgery. PMID:25506028

  2. Transvaginal sonography of acute pelvic inflammatory disease

    To determine the value of transvaginal sonography in evaluating women with acute pelvic inflammatory disease (PID). Transvaginal sonography was performed in 25 patients with clinically suggested PID during recent 36 months. The sonographic findings of fallopian tubes and ovaries were analyzed and correlated with pathological findings of 2 fallopian tubes and 19 ovaries in 16 patients who had operations. The correct diagnosis of acute PID was made in 20/25 (80%) by transvaginal sonography. the abnormal sonographic findings of the fallopian tube include tubal thickening or dilatation with internal echo. The sensitivity, specificity, and accuracy for tubal abnormality were 88%, 96%, and 86% , respectively. Ovarian changes were seen on TVS in 14/19 (73%), which include multiple follicular enlargement in 5, tubo-ovarian complex in 9 (tubo-ovarian adhesion in 3, tubo-ovarian abscess in 6). At surgery, the ovay was not involved in all three women who showed tubo-ovarian adhesion on TVS. Among 6 women who showed tubo-ovarian abscess on TVS, tubo-ovarian abscess was confirmed in 3 and the remaining 3 had ovarian cysts. Trandvaginal sonography, a facilitative and accurate modality, is highly sensitive in detecting the abnormality of the tube and useful in differentiating the tubo-ovarian complex in patients with acute PID.

  3. Resultados maternos e neonatais em Centro de Parto Normal peri-hospitalar na cidade de São Paulo, Brasil Resultados maternos y neonatales en un Centro de Parto Normal perihospitalario en la ciudad de São Paulo, Brasil Maternal and perinatal outcomes of an alongside hospital Birth Center in the city of São Paulo, Brazil

    Sheila Fagundes Lobo

    2010-09-01

    Full Text Available O objetivo foi descrever os resultados maternos e perinatais da assistência no Centro de Parto Normal Casa de Maria (CPN-CM, na cidade de São Paulo. A amostra probabilística foi de 991 parturientes e seus recém-nascidos, assistidos entre 2003 e 2006. Os resultados mostraram que 92,2% das parturientes tiveram um acompanhante de sua escolha e as práticas mais utilizadas no parto foram banho de aspersão ou imersão (92,9%, amniotomia (62,6%, deambulação (47,6%, massagem de conforto (29,8% e episiotomia (25,7%. Com relação aos recém-nascidos, 99,9% apresentaram índice de Apgar = 7 no quinto minuto; 9,3% receberam aspiração das vias aéreas superiores; nenhum necessitou ser entubado; e 1,4% foram removidos para o hospital. O modelo de assistência praticado no CPN-CM apresenta resultados maternos e perinatais esperados para mulheres com baixo risco obstétrico, sendo alternativa segura e menos intervencionista no parto normal.El objetivo fue describir los resultados de la atención materna y perinatal en el Centro de Parto Normal Casa de María (CPN-CM, en la ciudad de São Paulo, Brasil. La muestra probabilística se constituyó de 991 madres y sus recién nacidos, atendidos entre 2003 y 2006. Los resultados mostraron que 92,2% de las madres tenía un acompañante de su elección y las prácticas más utilizadas en el parto fueron el baño de aspersión o inmersión (92,9%, la amniotomía (62,6%, ambulación (47,6%, masaje de confortación (29,8% y episiotomía (25,7%. Con respecto a los recién nacidos, el 99,9% presentaba índice de Apgar = 7 en el minuto cinco, el 9,3% recibió aspiración de las vías aéreas superiores, ninguno necesitó ser entubado y el 1,4% fue trasladado a un hospital. El modelo de atención practicado en el CPN-CN presenta resultados maternos y perinatales esperados para mujeres con bajo riesgo obstétrico, demostrando ser una alternativa segura y menos invasiva en el parto normal.The aim of this study was to

  4. Avaliação da assistência ao parto em maternidade terciária do interior do Estado de São Paulo, Brasil Evaluation of delivery care in a tertiary maternity in the interior of State of São Paulo, Brazil

    Fernanda Cristina Manzini

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar a estrutura e o processo de assistência ao parto e ao recém-nascido desenvolvidos na maternidade e na unidade de neonatologia de uma instituição hospitalar de nível terciário do interior do Estado de São Paulo, Brasil. MÉTODOS: estudo descritivo, transversal, voltado para a análise da adesão às normas preconizadas pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde em relação ao parto, avaliando-se os recursos existentes e as atividades desenvolvidas durante a assistência. Os dados foram colhidos nos anos de 2004 e 2005, a partir de entrevista com o gestor da maternidade, análise de 293 prontuários amostradose observação de 29 partos realizados. RESULTADOS: a avaliação da estrutura evidenciou a disponibilidade de equipamentos, instrumentais e medicamentos, de obstetra, pediatra e anestesista eausência de quartos de pré-parto, parto e puerpério.Na análise do processo observouse, entre outras,frequências regulares relacionadas à verificação de pressão arterial e ausculta dos batimentos cardíacos fetais; o preenchimento do partograma foi satisfatório; na assistência ao recém-nascido, foram insatisfatórios o aleitamento na primeira hora de vida e ocontato pele a pele. CONCLUSÕES: algumas práticas úteis no partonormal foram pouco utilizadas. Percebese uma tendência à incorporação de práticas baseadas em evidências científicas, quando se considerou a realização de procedimentos como tricotomia, enteroclisma e episiotomia, demonstrando uma mudançapositiva na assistência ao parto.OBJECTIVES: to evaluated the structure and care provided on delivery and for newborns by the maternity an neonatal unit of a tertiary hospital of the interior of State of São Paulo, Brazil. METHODS: a crosscutting descriptive study was carried out in accordance with the desired standards of the Ministry of Health and World Health Organization regarding care on delivery, evaluating the resources and the

  5. Embarazo, parto y puerperio: creencias y prácticas de parteras en San Luis Potosí, México Gravidez, parto e puerpério: crenças e práticas de parteiras em San Luis Potosi, México Pregnancy, delivery and puerperium: beliefs and practices of midwives in San Luis Potosi, Mexico

    Blanca Pelcastre; Norma Villegas; Verónica De León; Agustín Díaz; Doris Ortega; Manuel Santillana; Juana de los Ángeles Mejía

    2005-01-01

    OBJETIVO: Documentar las creencias y las prácticas de las parteras tradicionales respecto al embarazo parto y puerperio. MÉTODOS: Aprovechando un curso de capacitación de 160 parteras tradicionales locales de las regiones Media y Huasteca del Estado de San Luis Potosí, México, dos de las enfermeras-instructoras entrevistaron a 25 de los capacitandos, apoyadas por un miembro de las comunidades náhuatl y tenek. La identidad de los participantes se mantiene anónima y se obtuvo permiso para publi...

  6. Parto de adolescentes: elementos qualitativos da assistência

    Cleci de Fátima Enderle

    2012-04-01

    Full Text Available O estudo buscou conhecer o que as adolescentes entendem como assistência adequada ao parto. Dados coletados através de entrevista individual com as adolescentes que tiveram seu parto em um Hospital Universitário do sul do Brasil, entre julho de 2008 e outubro de 2009Foi efetuada uma análise temática, que se baseou nas preconizações do Ministério da Saúde sobre o parto humanizado. Despontaram núcleos temáticos relacionados à necessidade de atenção, de orientação e de respeito. A atenção apareceu como elemento significativo e primordial, caracterizada pela compreensão, diálogo e participação ativa no processo de parir, assinalada pelo pronto atendimento às solicitações, compreensão pelo fato de desconhecerem as rotinas e procedimentos, interação com a equipe, sem serem simplesmente visualizadas como sujeitos passivos.

  7. A acupuntura na analgesia do parto: percepções das parturientes La acupuntura en la analgesía del parto: percepciones de las parturientas Acupunture in childbirth analgesia: perceptions of the parturients

    Jussara Gue Martini; Sandra Greice Becker

    2009-01-01

    O estudo objetivou conhecer as percepções das parturientes atendidas na Maternidade do Hospital Universitário de Florianópolis (HU) sobre a utilização da acupuntura na analgesia das dores do parto. Por meio de entrevistas com 31 parturientes, atendidas em procedimento de parto normal, em abril de 2005, obteve-se como resultados: 60% das protagonistas do estudo tem de 20 a 30 anos, são procedentes de Florianópolis em 90% dos casos. Uma grande parcela das mulheres atendidas na Maternidade não t...

  8. Parto por cesariana:solucção e/ou conformidade?

    Barros, Maria

    2013-01-01

    O parto, sendo um fenómeno fisiológico nem sempre ocorre de forma natural, verificando-se atualmente um aumento das taxas de cesariana na maioria dos países desenvolvidos, com implicações no aumento da morbilidade materna e encargos financeiros em saúde.

  9. Identification of molecular markers on bovine chromosome 18 associated to calving interval in a Brangus-Ibagé cattle herd Identificação de marcadores moleculares no cromossomo bovino 18 associados ao intervalo entre partos em um rebanho Brangus-Ibagé

    Tania de Azevedo Weimer

    2007-10-01

    Full Text Available In the detection phase of a bovine marker assisted selection program, this paper investigated the genetic variability of three microsatellites on the chromosome 18 (BTA 18. The possible associations between genotypes or alleles of these markers versus weight at first calving and a lifetime calving interval (as indicators of reproductive performance were evaluated in a beef cattle herd (5/8 Aberdeen Angus x 3/8 Nelore. Eleven alleles were detected in TGLA227 and ILSTS002 and three in BMS3004, the most frequent being TGLA227*79, ILSTS002*133, ILSTS002*135 and BMS3004*129. Polymorphic information content ranged from 0.41 to 0.84, while heterozygosity ranged from 49% to 86%, with an average value of 77%. The association analyses performed between genotype classes for the genetic markers versus weight at first calving indicated no significant result. Also, no correlation was observed between calving interval (CI and TGLA227 genotypes. However, positive associations were detected between ILSTS002 and BMS3004 and CI. Animals carrying at least one ILSTS002*135 allele presented a CI about 39 days longer than the individuals with other genotypes; animals heterozygous for BMS3004 presented a CI about 35 days shorter than the homozygous. On these grounds, it can be concluded that these markers can be useful as an aid to fertility selection, in this herd.Na fase de detecção, em um programa de seleção assistida por marcadores, em bovinos, este trabalho investigou a variabilidade genética de três microssatélites no cromossomo 18 (BTA 18. As possíveis associações entre genótipos ou alelos destes marcadores versus o peso ao primeiro parto e o intervalo entre partos (como indicadores do desempenho reprodutivo foram avaliados em um rebanho de gado de corte (5/8 Aberdeen Angus x 3/8 Nelore. Onze alelos foram detectados em TGLA227 e ILSTS002 e três em BMS3004, os mais freqüentes sendo TGLA227*79, ILSTS002*133, ILSTS002*135 e BMS3004*129. O conte

  10. Transvaginal ultrasound ovarian diathermy: sheep as an experimental model

    Pimentel Anita M

    2012-01-01

    Full Text Available Abstract Background Some techniques of transvaginal ovarian drilling have been previously described. Nevertheless a monopolar transvaginal ovarian cauterization, that use the expertise and safety of transvaginal puncture for oocyte captation seems to be an easier and feasible approach. The aim of this study was to develop a minimally invasive ovarian cauterization technique under transvaginal ultrasound control, and to evaluate the safety of the transvaginal ovarian monopolar cauterization, female sheep at reproductive age were used as an experimental model. Findings An experimental study was performed in a university research center. Seventeen female sheep (15 Corriedale e 2 Suffolk in reproductive age were submitted to transvaginal ovarian cauterization with a monopolar Valleylab Force 2 electrocautery. Macroscopic and microscopic lesions were assessed. Ovarian size were 1.31 cm2 ± 0,43 (Corriedale and 3.41 cm2 ± 0,64 (Suffolk. From 30 ovaries from Corriedale sheep punctured, only 3 were cauterized, presenting macroscopic and typical microscopic lesion. In the Suffolk sheep group, only one ovary was cauterized. No lesion could be found in the needle path. Conclusions This is the first experimental animal model described for ovarian cauterization needle guided by transvaginal ultrasound. The sheep does not seem to be the ideal animal model to study this technique. Another animal model, whose ovaries are better identified by transvaginal ultrasound should be sought for this technique, theoretically less invasive, before it could be offered safely to women with polycystic ovary syndrome.

  11. USO DA PGF2? NO PUERPÉRIO PARA REDUZIR O ANESTRO PÓS-PARTO DE CABRAS EM ALEITAMENTO CONTÍNUO E CONTROLADO USE OF PGF2? ON THE PUERPERIO TO REDUCE THE POS-PARTUM ANESTROUS OF CONTINUOS OR CONTROLLED SUCKLING GOATS

    Paulo Fernandes Lima

    2008-07-01

    Full Text Available

    Objetivou-se estudar os efeitos da administração da PGF2α sobre o período de anestro pós-parto de oitenta cabras, em aleitamento contínuo ou controlado, criadas em sistema semi-extensivo com acesso à água e sal mineral <em>ad libitumem>. As fêmeas, com idade entre dois e seis anos, foram aleatoriamente distribuídas em três grupos experimentais (GI, GII, GIII. As do GI (n = 30 receberam, na musculatura vulvar, 250µg de PGF2α no 6o e 12o dias após o parto. As do GII (n = 30 foram tratadas, pela mesma via e com a mesma dose de PGF2α, no 6o, 7o, 8o, 9o e 10o dias do pós-parto, e as do GIII (n = 20 serviram como controle. Realizou-se a detecção do estro por rufião com auxílio de pessoal habilitado e efetuaram-se as coberturas com reprodutores de fertilidade comprovada. Analisaram-se os dados através da ANOVA e do cálculo do erro-padrão da diferença entre proporções. Não se verificou diferença (P > 0,05 das porcentagens de estro entre os três grupos experimentais; todavia, a duração média do anestro pós-parto foi significativamente reduzida (P < 0,05 nos animais tratados com PGF2α. Houve redução significativa (P < 0,05 do anestro pós-parto das fêmeas em aleitamento controlado. Não se registrou diferença (P > 0,05 nas porcentagens de prenhez entre os diferentes grupos. Os dados obtidos permitem concluir que a administração da PGF2α no início do puerpério é eficiente para reduzir o período de anestro pós-parto, especialmente nas fêmeas em aleitamento controlado; contudo, não exerce influência sobre a fertilidade de cabras SRD com aptidão para produção de carne.

    PALAVRAS-CHAVES: Caprino, estro, prostaglandina, puerpério.

    This work aimed to

  12. Estudo clínico e cardiorrespiratório em cadelas gestantes com parto normal ou submetidas à cesariana sob anestesia inalatória com sevofluorano Clinical and cardiorespiratory study in bitches under normal parturition or underwent to cesarean section using inalatory anesthesia with sevoflurane

    D.T. Gabas

    2006-08-01

    Full Text Available Estudaram-se as alterações hemodinâmicas e respiratórias em cadelas, decorrentes do parto normal e da cesariana, utilizando-se sevofluorano como agente de manutenção anestésica. Foram acompanhados seis partos normais e seis cesarianas, sendo as últimas realizadas sob anestesia geral utilizando-se acepromazina, propofol e sevofluorano. Durante o parto normal, ao nascimento de cada filhote, as gestantes foram monitoradas (temperatura retal, pressão arterial não-invasiva, freqüências respiratória e cardíaca, tempo de reperfusão capilar e gasometria. Durante a cesariana foram avaliadas as mesmas características citadas para o parto normal, acrescentando-se a temperatura esofágica e a pressão arterial invasiva, ao longo de todo o período anestésico, além da qualidade da recuperação anestésica. Os valores das variáveis: freqüência cardíaca, pressão arterial, freqüência respiratória, tempo de reperfusão capilar e o pH do sangue arterial no grupo submetido à cesariana foram menores que os das cadelas de partos normais, evidenciando a relativa depressão cardiorrespiratória produzida pelo procedimento anestésico. O protocolo anestésico empregado não comprometeu a viabilidade e a saúde das parturientes e dos filhotes e é seguro em cadelas gestantes, podendo ser utilizado nas operações cesarianas.Haemodynamic and respiratory changes in 12 bitches, being six of natural birth and six caesarean using sevoflurane as an anaesthetic maintenance agent, were studied. The caesarean sections were performed using general anaesthesia, employing acepromazine maleate, propofol and sevoflurane. During natural birth, as each puppy was being delivered, the bitches were evaluated (rectal temperature, non-invasive arterial blood pressure respiratory and cardiac rate, capillary time reperfusion and blood gas values. During the caesarean, the same parameters mentioned for the natural birth were measured, in addition to the esophagus

  13. Embarazo, parto y puerperio: creencias y prácticas de parteras en San Luis Potosí, México Gravidez, parto e puerpério: crenças e práticas de parteiras em San Luis Potosi, México Pregnancy, delivery and puerperium: beliefs and practices of midwives in San Luis Potosi, Mexico

    Blanca Pelcastre

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Documentar las creencias y las prácticas de las parteras tradicionales respecto al embarazo parto y puerperio. MÉTODOS: Aprovechando un curso de capacitación de 160 parteras tradicionales locales de las regiones Media y Huasteca del Estado de San Luis Potosí, México, dos de las enfermeras-instructoras entrevistaron a 25 de los capacitandos, apoyadas por un miembro de las comunidades náhuatl y tenek. La identidad de los participantes se mantiene anónima y se obtuvo permiso para publicar los resultados mediante consentimiento informado. RESULTADOS: Las prácticas de las parteras (os tradicionales son comunes en los grupos sociales que carecen de servicios de salud. Sus funciones no están limitadas al parto e incluyen nutrición, cuidados prenatales, del puerperio y la lactancia, así como apoyo afectivo emocional de las madres parturientas y sus familiares. En este estudio se registraron varios mitos y terapias tradicionales. CONCLUSIÓN: Los recursos de la terapia tradicional y de la atención primaria de la salud de las parteras Náhuatl y Tenek son útiles y benéficos para los cuidados perinatales.OBJETIVO: Documentar as crenças e as práticas das parteiras tradicionais quanto à gravidez, parto e puerpério. MÉTODO: Aproveitando um curso de capacitação de 160 parteiras tradicionais locais das regiões Media e Huasteca do Estado de São Luís Potosi, México, duas das enfermeiras-instrutoras entrevistaram 25 participantes do curso, apoiadas por um membro das comunidades náhuatl e tenek. Foi garantido o anonimato dos participantes, que concordaram com a publicação dos resultados, mediante o termo de consentimento esclarecido. RESULTADOS: As práticas das (os parteiras (os tradicionais são comuns nos grupos sociais carentes de servicos de saúde. Suas funções não estão limitadas ao parto, compreendem nutrição, cuidados do pré-natal, do puerpério e da lactância, assim como apoio afetivo emocional das m

  14. IGF-I e IgG séricos e nas secreções lácteas em vacas tratadas com rbST no período pré-parto IGF-I and IgG serum concentrations and in mammary secretions in cows treated with rbST prepartum

    Patricia Pauletti

    2005-06-01

    Full Text Available Foram utilizadas 42 vacas holandesas gestantes e multíparas, distribuídas ao acaso em dois grupos, com o objetivo de se determinar possíveis alterações na concentração de IGF-I no colostro e nas secreções lácteas em resposta a mudanças na concentração sérica de IGF-I pré-parto, além de se avaliar comparativamente a flutuação sérica pré-parto de IGF-I em relação a IgG. O grupo tratado (n=21 recebeu 500 mg de somatotropina bovina recombinante (rbST e o grupo controle (n=21 injeções de vitamina E. Os tratamentos foram iniciados 35 dias pré-parto e repetidos a cada 14 dias até o parto. Semanalmente, até o parto, avaliou-se o escore corporal (EC e coletaram-se amostras de sangue da veia mamária. Foram amostrados o colostro e as secreções lácteas diariamente por sete dias pós-parto. O EC e a concentração sérica de ácidos graxos não-esterificados não diferiram entre os grupos. O grupo rbST apresentou maiores concentrações séricas de IGF-I na segunda e quarta semanas após o início dos tratamentos, não sendo encontradas diferenças entre os tratamentos ao parto. A concentração de IGF-I foi superior no colostro das vacas tratadas com rbST, não diferindo nas secreções subseqüentes. As concentrações séricas de IgG não diferiram entre tratamentos durante todo o período experimental, assim como as do colostro e demais secreções lácteas. As concentrações séricas de IGF-I e IgG variaram em função do período experimental, diferindo na amplitude e refletindo as grandes mudanças que ocorrem no último mês de gestação.Forty-two Holstein cows, pregnants and multiparous, wereassigned randomly to two groups to determine the possible alterations of IGF-I concentration in colostro and mammary secretions by changes in pre-partum blood serum IGF-I concentration, and also to compare its temporal changes with the serum immunoglobulin G (IgG in pre-partum period. The treated group (n=21 received 500 mg of

  15. Representações e experiências das mulheres sobre a assistência ao parto vaginal e cesárea em maternidades pública e privada Women's representations and experiences with vaginal and cesarean delivery in public and private maternity hospitals

    Andréa de Sousa Gama

    2009-11-01

    Full Text Available Este estudo analisa as diferentes representações e experiências quanto ao parto vaginal e cesárea de mulheres de diferentes estratos sócio-econômicos, bem como a natureza das relações profissionais de saúde/usuárias no contexto institucional em que estão inseridas. A pesquisa de natureza qualitativa foi desenvolvida em três maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil, sendo uma pública, uma conveniada com o SUS e uma particular, com mulheres que tiveram os dois tipos de parto. Os resultados revelam que o modelo de organização dos serviços público e privado apresentam variações que produzem diferentes tipos de assistência e de relação entre os profissionais de saúde e as usuárias, dando forma a experiências distintas entre as mulheres pesquisadas. Todavia, ao empreendermos uma crítica assentada nas relações de gênero, podemos verificar que o modelo de assistência ao parto permanece submetendo quem deve ser sujeito e reproduzindo o projeto da medicalização - mesmo que este processo se manifeste de formas diferenciadas entre os grupos estudados -, o que reduz o campo da assistência e inviabiliza um lugar de poder diferenciado das usuárias.This study analyzes the different representations and experiences of women from different social classes, including issues related to their relations with hospital staff in different institutional settings. This qualitative study focused on women who had experienced both types of delivery, in three maternity hospitals in Rio de Janeiro, Brazil (one public, one fully private, and another private under an outsourcing agreement with the public health system. The study showed that variations in public and private service models result in different types of delivery care and different relations with staff, and are reflected in different birthing experiences for the women. However, a critical gender perspective shows that in both cases, the service models reproduce the

  16. Depressão pós-parto: fatores de risco e repercussões no desenvolvimento infantil Post-partum depression: risk factors and repercussions in infant development

    Eluisa Bordin Schmidt; Neri Maurício Piccoloto; Marisa Campio Müller

    2005-01-01

    A depressão pós-parto é uma condição que afeta 10% a 15% das mulheres no pós-parto. Este quadro tem seu início em algum momento durante o primeiro ano do pós-parto, havendo maior incidência entre a quarta e oitava semana após o parto. Geralmente se manifesta por um conjunto de sintomas como irritabilidade, choro freqüente, sentimentos de desamparo e desesperança, falta de energia e motivação, desinteresse sexual, transtornos alimentares e do sono, ansiedade, sentimentos de incapacidad...

  17. Acurácia diagnóstica da histerossalpingografia e da ultra-sonografia para avaliação de doenças da cavidade uterina em pacientes com abortamento recorrente Diagnostic accuracy of hysterosalpingography and transvaginal sonography to evaluate uterine cavity diseases in patients with recurrent miscarriage

    Évelyn Traina

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a acurácia da histerossalpingografia e da ultra-sonografia transvaginal bidimensional para o diagnóstico de defeitos uterinos em pacientes com aborto recorrente. MÉTODOS: oitenta pacientes com história de dois ou mais abortos espontâneos consecutivos foram submetidas a histerossalpingografia, ultra-sonografia bidimensional pélvica e transvaginal e histeroscopia ambulatorial. Os achados foram divididos em três grupos: alterações da forma, sinéquias e lesões polipóides. A histeroscopia foi considerada padrão-ouro. A concordância entre os diferentes métodos foi avaliada pelo coeficiente kappa e sua significância foi testada. O nível de significância adotado foi de 0,05 (alfa=5%. Sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo, com intervalos de confiança de 95%, foram calculados. RESULTADOS: defeitos cavitários foram diagnosticados em 29 (36,3% pacientes, sendo 11 (13,7% alterações da forma, 17 (21,3% sinéquias e uma (1,3% lesão polipóide. A concordância global da histerossalpingografia com a histeroscopia foi de 85,0%, ao passo que da ultra-sonografia foi de apenas 78,7%. Os melhores resultados da histerossalpingografia foram obtidos para os diagnósticos de alterações da forma e sinéquias (acurácia de, respectivamente, 97,5 e 95%. Para lesões polipóides, a histerossalpingografia teve acurácia de apenas 92,5%, devido ao baixo valor preditivo positivo (14,3%. A ultra-sonografia teve acurácia inferior para todos os diagnósticos, 93,7% para alterações da forma e 85% para detecção de sinéquias, às custas principalmente de baixa sensibilidade. CONCLUSÕES: a histerossalpingografia revelou boa acurácia diagnóstica para a pesquisa da cavidade uterina em pacientes com aborto recorrente. A ultra-sonografia mostrou especificidade alta, porém com baixa sensibilidade.PURPOSE: to evaluate the diagnostic accuracy of hysterosalpingography (HSG and transvaginal sonography (TVS in

  18. Características demográficas e psicossociais associadas à depressão pós-parto em uma amostra de Belo Horizonte Demographic and psychosocial characteristics associated with postpartum depression in a sample from Belo Horizonte

    Patricia Gomes Figueira

    2011-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A depressão pós-parto (DPP tem sido alvo de inúmeras investigações científicas devido à sua alta prevalência e gravidade e também por suas repercussões negativas na puérpera e na criança. OBJETIVO:Comparar mulheres com e sem DPP em um grupo de puérperas selecionadas aleatoriamente a partir dos partos ocorridos em uma maternidade de Belo Horizonte (MG. MÉTODOS: Selecionamos 245 mulheres que tiveram parto em uma maternidade de Belo Horizonte. Aplicamos uma entrevista semiestruturada para a obtenção de dados psicossociais e demográficos e uma entrevista estruturada (Mini Neuropsychiatric Interview, MINI-Plus para o diagnóstico de depressão maior segundo critérios do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, 4th edition (DSM-IV. RESULTADOS:26,9% das mulheres tinham diagnóstico de DPP. Não encontramos diferenças entre as características sociodemográficas das mulheres com (n = 66, 26,9% e sem diagnóstico de DPP (n = 179, 73,1%. Entretanto, diversas variáveis clínicas e psicossociais se mostraram significativamente diferentes entre os dois grupos, tais como história de depressão, vivência de estresse ou presença de sintomas depressivos ou ansiosos durante a gravidez, ocorrência de complicações maternas ou na criança no pós-parto e insuficiência de suporte nos cuidados pós-natais. CONCLUSÃO: A identificação de fatores associados à DPP é importante para a compreensão de sua etiopatogenia e para o estabelecimento de estratégias de prevenção e tratamento precoce dessa grave doença.INTRODUCTION: Postpartum depression has been the object of extensive research both because of its high prevalence and its repercussions on the mother and the infant. OBJECTIVE:To compare women with and without depression in a sample of postpartum women randomly selected at a maternity in the city of Belo Horizonte, Brazil. METHODS: A total of 245 women who gave birth at a private maternity hospital in

  19. Transvaginal Ultrasound-Guided Aspiration of Pelvic Abscesses

    P. J. Corsi

    1999-01-01

    Full Text Available Objective: To assess the utility of a less invasive approach to the care of women with a pelvic abscess, we retrospectively reviewed the outcome of women with pelvic abscesses managed by transvaginal ultrasound-guided aspiration.

  20. Caracterização das mães, partos e recém-nascidos em Campinas, São Paulo, 2001 e 2005 Characterization of mothers, mode of deliveries and newborns in Campinas, São Paulo, 2001 and 2005

    André Moreno Morcillo

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar dados pré-natais, dos partos e dos recém-nascidos de Campinas em 2001 e 2005. MÉTODOS: Estudo transversal que analisou 13.656 documentos do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc de 2005, comparando-as aos resultados de 2001. Analisou-se o local de moradia e parto, idade materna, estado civil, escolaridade, ocupação, paridade, consultas de pré-natal, tipo de parto, duração da gestação e peso ao nascer. Para avaliar a associação entre as variáveis, utilizou-se o teste de qui-quadrado, sendo significante pOBJECTIVE: To compare data related to prenatal care, deliveries and newborns from Campinas, Brazil, in 2001 and 2005. METHODS: This cross-sectional study analyzed 13,656 Live Birth Certificates from 2005, comparing them to of 2001. The analyzed variables were: place of birth and dwelling, maternal age, marital status, schooling, number of births, number of prenatal consultations, mode of delivery, length of pregnancy and birthweight. Association between variables was evaluated by the chi-square test, being significant p<0.05. RESULTS: In 2005, there was a decrease in the number of newborns from Health Districts with worse living conditions in comparison to 2001. The rate of teenage pregnancies varied from 17.7% in 2001 to 14.7% in 2005. Working mothers were 42.9% of the sample in 2005 and 39.4% in 2001. In 2005, single mothers were 54.3% compared to 35.9% in 2001. Mothers with seven or less years of schooling were 37.8% in 2001, compared to 25.7% in 2005. In 2005, 86.6% of mothers had more than six prenatal visits compared to 74.4% in 2001. There was an increase in the rates of cesarean section (from 54.9% in 2001 to 60.3% in 2005 and prematurity (from 7.1% in 2001 to 8.9% in 2005. No significant changes in birthweight were observed. CONCLUSIONS: This study shows a decrease in the rate of births in the Health Districts with worse conditions of living and in teenage pregnancies. Rates of working

  1. A dor do parto na literatura científica da Enfermagem e áreas correlatas indexada entre 1980-2007

    Nilza Alves Marques Almeida; Lucinéia Joaquina Soares; Rúbia Lícia Rodrigues Sodré; Marcelo Medeiros

    2008-01-01

    Pesquisa bibliográfica, descritiva e exploratória que objetivou analisar a produção científica, sobre a temática dor do parto, indexada em dois bancos de dados da Biblioteca Virtual em Saúde, no período de 1980 a 2007. Foram utilizadas as combinações dos seguintes descritores: dor, parto, dor do parto, trabalho de parto, nascimento, maternidade, cultura, controle e alívio para levantamento das referências. Optou-se pelo acesso aos resumos para a análise. Realizou-se a classificação das referê...

  2. Transvaginal Hybrid NOTES Procedure for Treatment of Gallstone Ileus

    Shiraishi, Takuya; Tomizawa, Naoki; Andoh, Tatsumasa; Arakawa, Kazuhisa; Enokida, Yasuaki; Ozawa, Naoya

    2016-01-01

    Gallstone ileus is a rare mechanical bowel obstruction, and previously reported cases have been treated laparoscopically with good results. Although transvaginal hybrid NOTES without a minilaparotomy has been reported to decrease the incidence of surgical wound complications, to our knowledge, this procedure has not been used previously to treat gallstone ileus. We present a case of a 63-year-old woman who underwent transvaginal hybrid NOTES procedure for treatment of gallstone ileus. This ca...

  3. Transvaginal NOTES cholecystectomy in my partner? No way!

    Kobiela, Jarek; Stefaniak, Tomasz; Dobrowolski, Sebastian; Makarewicz, Wojciech; Łachiński, Andrzej J.; Śledziński, Zbigniew

    2011-01-01

    Introduction Natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES) transvaginal cholecystectomy is being intensively studied. A few studies have been recently published evaluating patients’ attitude towards NOTES with its individual accesses. However, the choice of a transvaginal access with its potential influence on sex life and fertility is not restricted entirely to women. The sexual partner would at least give his opinion or decide together with the woman. Aim The aim of the study was ...

  4. Transvaginal Route for Kidney Extraction in Laparoscopic Donor Nephrectomy

    Gurluler, Ercument; Berber, Ibrahim; Cakir, Ulkem; Gurkan, Alihan

    2014-01-01

    Background and Objectives: The aim of this retrospective study was to compare conventional laparoscopic living-donor nephrectomy with transvaginal natural orifice transluminal endoscopic surgery–assisted living-donor nephrectomy in terms of feasibility and reproducibility. Methods: A total of 115 consecutive female patients who underwent laparoscopic living-donor nephrectomy (n = 70) or transvaginal natural orifice transluminal endoscopic surgery–assisted living-donor nephrectomy (n = 45) wer...

  5. Transvaginal NOTES cholecystectomy in my partner? No way!

    Stefaniak, Tomasz; Dobrowolski, Sebastian; Makarewicz, Wojciech; Łachiński, Andrzej J.; Śledziński, Zbigniew

    2011-01-01

    Introduction Natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES) transvaginal cholecystectomy is being intensively studied. A few studies have been recently published evaluating patients’ attitude towards NOTES with its individual accesses. However, the choice of a transvaginal access with its potential influence on sex life and fertility is not restricted entirely to women. The sexual partner would at least give his opinion or decide together with the woman. Aim The aim of the study was to assess the attitude of male sexual partners of potential NOTES transvaginal patients towards the surgical access. Material and methods Hundred males were asked for their opinion in a specially designed instrument. Results The general attitude of male sexual partners of potential NOTES transvaginal cholecystectomy patients is negative. With several possible problems and complications feared by the partners, they would mostly oppose or dissuade against NOTES transvaginal cholecystectomy. The cosmetic benefit seems not to justify undergoing a novelty procedure with potential complications threatening sexual life and procreation. This attitude was especially observed in young, sexually active males with high appreciation of sexual life. Conclusions Both scientific and educational efforts are required to prove safety and efficiency of NOTES transvaginal cholecystectomy beyond question. PMID:23255986

  6. Casas de Parto: sua importância na humanização da assistência ao parto e nascimento

    Cleusa Alves Martins

    2005-12-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta reflexões sobre a importância do cuidar em obstetrícia, sobretudo a influência das Casas de Parto no sentido de nortear uma assistência humanizada e integral aos seus clientes. Objetiva discutir a importância da Casa de Parto na concretização do atendimento humanizado à parturiente. Salienta as deficiências do atual sistema de assistência à saúde da parturiente, que ainda se caracteriza por concepções do modelo biomédico e condutas que, muitas vezes, expõe a cliente a situações de desrespeito e exclusão. Propõe-se a assistência de Enfermagem respaldada em pilares como o conhecimento técnico-científico e habilidades nas relações intra e interpessoais, reverenciando o cuidado em saúde como norteador das condutas do profissional. Enfatiza-se a necessidade de buscar a assistência humanizada à mulher no ciclo gravídico-puerperal, tornando-a, por meio de um processo saudável de comunicação, a protagonista do evento que envolve atendimento integral obstétrico e neonatal. Foram definidas duas categorias de análises: Casas de Parto e Humanização; O Cuidar no Processo do Nascimento. Concluiu-se que a Casa de Parto apresenta como uma opção adequada que proporcione assistência humanizada à parturiente e familiares, e sua concretização caminha, também, por mudança de postura do profissional de saúde.

  7. Colecistectomía transvaginal (NOTES combinada con minilaparoscopia Transvaginal cholecystectomy (NOTES combined with minilaparoscopy

    C. Dolz

    2007-12-01

    Full Text Available Objetivo: comunicar la primera colecistectomía transvaginal realizada en humanos en nuestro país. Pacientes y métodos: mujer de 35 años de edad con historia de cólicos hepáticos de repetición de etiología litiásica. La intervención la realizó un equipo multidisciplinar constituido por cirujanos, gastroenterólogos y ginecólogos. Consistió en crear un neumoperitoneo mediante una aguja de Veres colocada en el fondo umbilical con posterior colocación de un trócar de 5 mm. Se colocó un segundo trócar de 3 mm en el hipocondrio derecho. Se realizó una colpotomía y colocación de un trócar vaginal de 12 mm que permitió el paso de un videogastroscopio que alcanzó el hilio hepático. Resultados: se realizó la colecistectomía mediante la acción conjunta de instrumentos de trabajo que pasaron por las puertas de entrada de la minilaparoscopia y por el videogastroscopio. La extracción de la vesícula se realizó por vía transvaginal mediante el videogastroscopio. No aparecieron complicaciones postoperatorias siendo la paciente dada de alta al cabo de 24 horas. Conclusiones: la colecistectomía transvaginal mediante la acción conjunta de un equipo multidiscliplinar es posible y segura. La cirugía endoscópica transluminal a través de orificios naturales (NOTES, es una modalidad emergente que intenta ser menos invasiva, mejor tolerada y más respetuosa con el daño estético que la cirugía laparoscópica y probablemente será la puerta de entrada de innovaciones médicas y tecnológicas de gran trascendencia durante los próximos años.Objective: to report on the first transvaginal cholecystectomy performed on a human being in Spain. Patients and methods: a 35-year-old female with a history of recurrent bouts of biliary pain resulting from gallstones. A surgical procedure was performed by a multidisciplinary team composed of surgeons, gastroenterologists, and gynecologists. It involved creating a pneumoperitoneum by placing a

  8. Anemia materna en el tercer trimestre de embarazo como factor de riesgo para parto pretérmino

    Loretta Giacomin-Carmiol

    2009-03-01

    Full Text Available Objetivos: Analizar la relación entre la anemia y el parto pretérmino en el Servicio de Obstetricia del Hospital "Dr. Rafael Ángel Calderón Guardia", durante 2006. Materiales y métodos: Estudio de 110 pacientes y 220 controles. Se utilizó el registro estadístico de la sala de partos del Servicio de Obstetricia para la identificación de la muestra. Los criterios de inclusión para el grupo de casos fueron: edad materna mayor o igual a 18 años, edad materna menor de 35 años, primigesta, embarazo mayor de 32 semanas, embarazo único, y recién nacido vivo al momento del parto. Los criterios de exclusión fueron: embarazo complicado por enfermedades médicas crónicas o inducidas por este, antecedente en la historia clínica de sangrado transvaginal durante el primer o segundo trimestre, antecedente en la historia clínica de síntomas que sugirieran infección del tracto urinario o de otro sistema, antecedente en la historia clínica del uso de tabaco, alcohol u otra sustancia ilícita, productos con algún tipo de malformación diagnosticada previo a la labor del parto o durante el nacimiento, parto inducido o cesárea electiva, parto atendido de forma extrahospitalaria, ausencia o registro incompleto de alguna variable de interés. Las pacientes del grupo de control fueron aquellas internadas durante el mismo periodo. Los dos controles para cada caso fueron seleccionados de forma aleatoria, pareados por grupo quinquenal de edad y fecha de la atención del parto. Los criterios de inclusión y exclusión fueron los mismos aplicados al grupo de casos. Se definió como anemia una hemoglobina menor a 11 g/dl. La magnitud de la asociación entre la anemia y el parto pretérmino se evaluó mediante la razón de probabilidades (Odds Ratio Resultados: La hemoglobina promedio de los casos fue de 12,3 g/dl (DS+ 1,2 y la de los controles de 12,9 g/dl (DS+ 1,1; p < 0,001. El hematocrito promedio de los casos fue de 36,2 %(DS+ 3,6 y la de los

  9. Crioterapia no pos-parto: tempo de aplicacao e mudancas na temperatura perineal

    Adriana Amorim Francisco; Sonia Maria Junqueira Vasconcellos de Oliveira; Lucila Coca Leventhal; Caroline de Souza Bosco

    2013-01-01

    Estudo descritivo com dados de dois ensaios clínicos realizados em 2008 e 2009 em uma maternidade de uma instituição filantrópica da cidade de São Paulo. Teve como objetivo descrever a temperatura perineal após a aplicação de bolsa de gelo no pós-parto normal. Três grupos com 38 puérperas cada (n=114) receberam aplicação perineal de bolsa de gelo entre 2 e 48h após o parto. Os achados indicaram que com 10 min de crioterapia as médias da temperatura perineal atingiram de 13,3 a 15,3oC, com peq...

  10. Nitroglicerina transdérmica versus nifedipina oral para inibição do trabalho de parto prematuro: ensaio clínico randomizado Transdermal nitroglycerin versus oral nifedipine administration for tocolysis: a randomized clinical trial

    Melania Maria Ramos de Amorim; Luis André Marinho Lippo; Aurélio Antônio Ribeiro Costa; Isabela Cristina Coutinho; Alex Sandro Rolland Souza

    2009-01-01

    OBJETIVO: comparar a efetividade da nitroglicerina transdérmica com a nifedipina oral na inibição do trabalho de parto prematuro. MÉTODOS: foi realizado um ensaio clínico com 50 mulheres em trabalho de parto prematuro, randomizadas em dois grupos, 24 para nifedipina oral (20 mg) e 26 para nitroglicerina transdérmica (patch 10 mg). Foram selecionadas as pacientes com gestação única, entre a 24ª e 34ª semanas e diagnóstico de trabalho de parto prematuro. Foram excluídas pacientes com malformaçõ...

  11. Dinâmica do peso e da condição corporal e eficiência reprodutiva de ovelhas da raça Santa Inês e mestiças Santa Inês-Suffolk submetidas a dois sistemas de alimentação em intervalos entre partos de 8 meses

    Boucinhas Claudia da Costa

    2006-01-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo comparar a eficiência produtiva e reprodutiva de ovelhas em dois sistemas de alimentação. Noventa e oito matrizes da raça Santa Inês e trinta e nove mestiças Suffolk (3/4 Suffolk + 1/4 Santa Inês foram divididas em dois tratamentos: tratamento 1 (T1 - mantidas em pastagem, com suplementação de silagem de capim elefante na seca invernal, e tratamento 2 (T2 -mantidas em pastagem, com suplementação de silagem de capim elefante na seca invernal e de concentrado três semanas antes e durante a estação de monta, três semanas antes do parto e durante a lactação. Verificou-se diferença (P<0,05 entre peso inicial (PI (52,5kg e 54,33kg, e peso final (PF (53,38kg e 55,76kg para T1 e T2, respectivamente. Houve efeito de genótipo (P<0,05, sendo PI 51,46 kg para a raça Santa Inês (SI e 55,38kg para as mestiças Santa Inês-Suffolk (SF. Para PF, observou-se 52,36kg para a Santa Inês e 56,78kg na mestiça Santa Inês-Suffolk. O peso pré-parto (PPP diferiu (P<0,05 apenas entre as estações, tendo sido de 65,23kg na estação reprodutiva I (2 a 4/2002, 58,15kg na estação reprodutiva II (10 a 12/2002 e 59,73kg na estação reprodutiva III (6 a 8/2003. No peso pós-parto (PPART, também ocorreram diferenças (P<0,05 entre a raça Santa Inês (53,59kg e a mestiça Santa Inês-Suffolk (57,05kg; no peso aos 30 dias de lactação (P30d a Santa Inês registrou 52,94kg e a mestiça Santa Inês-Suffolk 55,45kg. O peso aos 70 dias (P70d de lactação foi para a Santa Inês de 50,83kg e de 53,22 kg para a mestiça Santa Inês-Suffolk; e o peso aos 100dias (P100d de lactação foi de 51,55kg e de 53,61kg para a Santa Inês e para a mestiça Santa Inês-Suffolk, respectivamente. A condição corporal inicial (CCI foi maior (P<0,05 para o T2 2,47 do que para o T1 2,16. Na condição corporal final (CCF, 2,19 e 2,6, respectivamente para T1 e T2, mas os tratamentos não diferiram na condição corporal pré-parto (CCPP. A

  12. Aspectos relacionados à escolha do tipo de parto: um estudo comparativo entre uma maternidade pública e outra privada, em São Luís, Maranhão, Brasil Aspects related to choice of type of delivery: a comparative study of two maternity hospitals in São Luís, State of Maranhão, Brazil

    Natália Ribeiro Mandarino

    2009-07-01

    Full Text Available Esta pesquisa objetivou analisar aspectos relacionados à escolha do tipo de parto em uma maternidade do serviço público e outra do serviço privado, em São Luís, Maranhão, Brasil. Trata-se de um estudo transversal abordando comparativamente 163 primíparas de uma maternidade pública e 89 de maternidade privada, com médias de idade de 21,63 ± 5,24 e 28,8 ± 5,41 anos, respectivamente. Preferiam o parto vaginal 79,1% das gestantes da maternidade pública, e a cesariana 67,4% das da maternidade privada (p This study aimed to analyze aspects related to choice of type of delivery in two maternity hospitals, one public and the other private, in São Luís, Maranhão State, Brazil. This cross-sectional study compared 163 primiparous women in a public maternity hospital and 89 in a private hospital, with mean ages of 21.63 ± 5.24 and 28.8 ± 5.41 years, respectively. In the public hospital, 79.1% of the women reported preferring vaginal deliveries, while in the private hospital 67.4% of the women preferred cesareans (p < 0.0001. Cesareans were performed in 46% of the women in the public maternity hospital and 97.8% of those in the private hospital (p < 0.0001. Patient satisfaction was high for both modes of delivery, but the desire to repeat the same mode was reported more frequently by women with vaginal deliveries (71.6% vs. 41.3% in the public maternity hospital and 100% vs. 65.5% in the private. In the public maternity hospital, the cesarean subgroup included more white and higher-income women. The cesarean rate was thus high in both maternity hospitals and was significantly higher in the private hospital; the study also showed a preference for vaginal delivery in the public hospital and cesareans in the private.

  13. Colonização materna e neonatal por estreptococo do grupo B em situações de ruptura pré-termo de membranas e no trabalho de parto prematuro Group B streptococcus maternal and neonatal colonization in preterm rupture of membranes and preterm labor

    Marcelo Luís Nomura

    2009-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar a prevalência e os fatores de risco de colonização materna por estreptococo do grupo B (EGB em gestantes com trabalho de parto prematuro (TPP e/ou ruptura prematura pré-termo de membranas (RPM. MÉTODOS: foram colhidos dois swabs anais e dois swabs vaginais de 203 gestantes com diagnóstico de TPP ou RPM entre 22 e 36 semanas completas de gestação atendidas no serviço em um período de um ano. Foram excluídas as gestantes que deram entrada com parto iminente. Um swab de cada local foi colocado em meio de transporte, sendo posteriormente enviados para cultura em placas de ágar-sangue, os outros dois foram incubados por 24 horas em meio de Todd-Hewitt para posterior semeadura em placas de ágar-sangue. Foram analisados fatores de risco com o uso do teste do qui-quadrado, t de Student (p ajustado a 0,05 e intervalo de confiança 95% e de regressão logística. Foram analisadas as seguintes variáveis: idade, raça, paridade e escolaridade maternas; resultados das culturas por local de coleta e tipo de cultura; diagnóstico de admissão; idade gestacional de admissão; bacteriúria assintomática; idade gestacional no parto; tipo de parto; taxa de colonização neonatal por EGB e resultado neonatal imediato. RESULTADOS: a prevalência de colonização materna por EGB foi de 27,6% (56 gestantes. As taxas de colonização segundo as complicações da gestação foram 30% para RPM, 25,2% para TPP e 17,8% para TPP + RPM. As variáveis "raça branca", "baixo nível de escolaridade" e "bacteriúria" foram associadas a maiores taxas de colonização na análise univariada. A presença de infecção urinária foi a única variável significativamente associada à colonização materna na análise multivariada. A taxa de detecção do estreptococo do grupo B foi significativamente maior com o uso do meio seletivo e com a associação de coleta de culturas anais e vaginais. A taxa de colonização neonatal foi de 3,1%. Ocorreram

  14. Percepção do homem sobre o pós-parto da mulher/companheira

    Rosineide Santana de Brito; Eteniger Marcela Fernandes de Oliveira; Fernanda Louise Alves de Carvalho

    2008-01-01

    Reconhecendo a influência do parceiro no contexto da reprodução, sentimos a necessidade de investigar a percepção do homem sobre o pós-parto da mulher objetivando subsidiar a assistência de Enfermagem na área obstétrica. O estudo teve como objetivos verificar o entendimento do homem acerca do pós-parto da companheira e identificar suas atitudes nessa fase da vida do casal. Trata-se de uma investigação exploratória descritiva em uma abordagem qualitativa desenvolvida no município de Natal-RN n...

  15. Avaliação de desfechos perinatais/infantis em partos de pacientes com transtornos mentais maiores de um hospital psiquiátrico do Rio de Janeiro, Brasil

    Priscila Krauss Pereira; Cláudia Lima Vieira; Jacqueline Fernandes de Cintra Santos; Lúcia Abelha Lima; Letícia Fortes Legay; Giovanni Marcos Lovisi

    2014-01-01

    Desfechos perinatais/infantis constituem as principais causas de morbi-mortalidade infantil em países em desenvolvimento como o Brasil. Dentre os fatores de risco, está a presença de transtornos mentais maternos. Foi realizado um estudo longitudinal retrospectivo baseado no seguimento passivo por meio do método de linkage probabilístico para verificar a prevalência de desfechos perinatais/infantis em pacientes internadas em um hospital psiquiátrico público do Rio de Janeiro, Brasil, que tiver...

  16. Influência do ciclo lunar no parto: mito ou constatação científica? Influencia del ciclo lunar en el parto: mito o constatación científica? Influences of lunar cycle in labor: myth or scientific finding?

    Aline Bueno; Isabela Lovizutto Iessi; Débora Cristina Damasceno

    2010-01-01

    Muitas superstições são encontradas em nossas vidas. Na medicina, uma profissão que se orgulha em métodos baseados em evidências para tratamentos, isso não é uma exceção. Uma superstição que abrange o parto é a influência de determinadas fases do ciclo da lua, mais especificamente a lua cheia. Embora estudos tenham demonstrado que o aumento de partos está relacionado com o ciclo lunar, existe discordância sobre quando ocorre o pico do volume de partos em cada fase da lua. Frente à divergência...

  17. Casa de parto: simbologia e princípios assistenciais Casa de parto: simbología y principios de asistencia Birth center: symbols and assistance -related principles

    Luiza Akiko Komura Hoga

    2004-10-01

    Full Text Available A primeira Casa de Parto vinculada ao Programa Saúde da Família possui simbologia específica. Objetivou-se identificar os símbolos que permeiam as idéias, crenças, valores e práticas e os princípios que orientam a assistência prestada na Casa de Parto. O método de pesquisa foi a etnografia e a história oral temática, o recurso empregado para entrevistar enfermeiras obstétricas da Casa. Resultados: A Casa possui o valor simbólico da inovação da assistência ao parto e o cuidado humanizado à gestante é o princípio que norteia as práticas. Considerações finais: A simbologia da Casa e as práticas de cuidado desenvolvidas constituem referência às demais Casas de parto em proposição no Brasil e devem ser conhecidas pelas enfermeiras obstétricas.La primera Casa de Parto vinculada al Programa de Salud de la Familia posee simbología específica. El Objetivo de esta encuesta es identificar los símbolos que atraviesan las ideas, creencias, valores y prácticas así como los principios que orientan la asistencia de la casa de parto. El método de la encuesta fue la etnografía y la historia oral temática fue el recurso usado para entrevistar a enfermeras obstétricas de esta Casa. Resultados: La Casa posee el valor simbólico de la innovación de la asistencia al parto y el cuidado humanizado es el principio que orienta las prácticas de enfermería. Consideraciones finales: La simbología de la Casa y las prácticas de asistencia al parto desarrolladas en esta casa constituyen referencia de las demás casas de parto en Brasil y las deben conocer las enfermeras obstétricas.The first Birth Center of the Family Health Program has specific symbols. The purpose was the identification of symbols that permeate the ideas, beliefs, values, practices, and principles that guide the assistance given at the Birth Center. Ethnography was the research method; thematic oral history was the resource employed to interview obstetric nurses in

  18. Assistência à gestação e ao parto: resultados de dois estudos transversais em áreas pobres das regiões Norte e Nordeste do Brasil Health care during pregnancy and childbirth: results of two cross-sectional surveys in poor areas of North and Northeast Brazil

    Maria Aurora D. Chrestani

    2008-07-01

    Full Text Available Em 2002 e 2005 realizou-se inquérito transversal em áreas pobres das regiões Norte e Nordeste do Brasil visando avaliar a assistência à gestação e ao parto entre mães de menores de cinco anos. Foram estudadas 1.528 e 1.529 crianças em 2002 e 2005, respectivamente. Neste período, a escolaridade média das mães aumentou em 1,5 anos, a renda familiar em R$ 100,00 e o fornecimento de água tratada passou de 23% para 41%; a realização de seis ou mais consultas de pré-natal aumentou de 42% para 52% e a imunização contra tétano neonatal de 54% para 77%; a avaliação da altura uterina de 54% para 77% enquanto a realização de teste para HIV e sífilis duplicou, passando de cerca de 8% para aproximadamente 16% e de ultra-sonografia de 44% para 64%. No entanto, a realização de exames ginecológicos caiu de 41% para 31% e as orientações sobre amamentação de 66% para 55%. Apesar de melhorias expressivas na maioria dos indicadores estudados, verifica-se que ainda estão abaixo das regiões mais desenvolvidas do país. Esforços devem ser feitos visando reduzir estes diferenciais.In 2002 and 2005, two surveys were conducted in poor areas of North and Northeast Brazil to evaluate prenatal care received by mothers of children under five years old. The study covered 1,528 and 1,529 children in 2002 and 2005, respectively. In this three-year period, maternal schooling and monthly family income increased by 1.5 years and US$ 50.00, respectively, availability of safe drinking water increased from 23% to 41%, the proportion of pregnant woman with six or more prenatal visits increased from 42% to 52%, and immunization against neonatal tetanus increased from 54% to 77%. Coverage of uterine height evaluation increased from 54% to 77%. Testing for HIV and syphilis virtually doubled, from 8% to 16%. Meanwhile, gynecological examinations dropped from 41% to 31% and counseling for breastfeeding decreased from 66% to 55%. Despite improvements, the

  19. Avaliação da medida do comprimento do colo e da ausência do eco glandular endocervical para predição do parto pré-termo Evaluation of risk for preterm delivery by measurement of uterine cervix and cervical gland area

    Claudio Rodrigues Pires

    2004-04-01

    inferior a 20 mm em 3,3% da população estudada e em 27,8% das pacientes que apresentaram parto pré-termo espontâneo. A ausência do EGE foi detectada em 2,8% das pacientes estudadas e em 44,4% das pacientes que evoluíram para parto pré-termo espontâneo. A associação entre ausência do EGE e presença do colo curto revelou-se estatisticamente significante (pPURPOSE: to verify the prevalence of two sonographic findings, the cervical gland area (CGA feature and the cervical length of less than 20 mm, and to compare these with the risk for premature delivery in pregnant women between 21 and 24 weeks' gestation. METHOD: this was a prospective, cross-sectional study in which 361 women were consecutively examined by transvaginal ultrasonography. Müllerian or other malformations, multiple gestations, fetal death, olygo- or polyhydramnios, marginal placenta previa, and conization, cerclage, amputation or other surgical procedures in the cervix, prior to or during pregnancy, were exclusion criteria. After the abdominal ultrasonographic morphological examination, we used transvaginal ultrasonography to measure the cervical length and to observe the presence of hyper- or hypoechoic area next to the endocervical canal, a feature characteristic of endocervical epithelium glands which is called CGA (cervical gland area. Qualitative variables are expressed as absolute and relative frequency. Quantitative variables are expressed as mean, median, standard deviation, minimum, and maximum values. Association between qualitative variables was detected by the c² test or by the Fisher exact test. For each variable, the relative risk and the 95% confidence interval (CI were calculated. Logistic regression analysis was used to calculate the predictive values for premature delivery. Significance level was 95% (alpha = 5%, with descriptive (p values equal or lower than 0.05 considered significant. RESULTS: spontaneous preterm delivery occurred in 5.0% of the patients. Cervical length was

  20. Transtornos psiquiátricos no pós-parto Postpartum psychiatric disorders

    Amaury Cantilino

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O pós-parto é um período de alterações biológicas, psicológicas e sociais. Essa é considerada a época mais vulnerável para a ocorrência de transtornos psiquiátricos. A disforia puerperal, a depressão pós-parto e a psicose pós-parto têm sido classicamente relacionadas ao pós-parto. Atualmente, tem sido observado que os transtornos ansiosos também estão associados a esse período. MÉTODO: Neste artigo é feita uma revisão da bibliografia acerca de transtornos psiquiátricos no pós-parto a partir de artigos encontrados no PubMed e no SciELO entre os anos de 2000 e 2009. Livros, teses e outros artigos considerados relevantes citados no material consultado também foram incluídos. RESULTADOS: A disforia puerperal ocorre em 50% a 85% das mulheres, o quadro é leve e transitório e não requer tratamento. A depressão pós-parto tem prevalência em torno de 13%, pode causar repercussões negativas na interação mãe-bebê e em outros aspectos da vida da mulher e deve ser tratada. A psicose pós-parto é rara, aparecendo em cerca de 0,2% das puérperas. Tem quadro grave que envolve sintomas psicóticos e afetivos, havendo risco de suicídio e infanticídio e geralmente requerendo internação hospitalar. Os transtornos ansiosos podem ser exacerbados ou precipitados no pós-parto, especialmente o transtorno de ansiedade generalizada, o transtorno de estresse pós-traumático e o transtorno obsessivo-compulsivo. CONCLUSÃO: Apesar de não serem reconhecidos como entidades diagnósticas pelos sistemas classificatórios atuais, os transtornos mentais no puerpério apresentam peculiaridades clínicas que merecem atenção por parte de clínicos e pesquisadores.OBJECTIVE: The postpartum period is marked by biological, psychological and social changes. Women are considered most susceptible to psychiatric disorders during the postpartum period. Puerperal blues, postpartum depression and postpartum psychosis have been

  1. Influência do tipo de parto na hematologia do cordão umbilical de cães

    Godoy Aline Vieira

    2005-01-01

    Full Text Available O sangue do cordão umbilical humano tem sido crescentemente utilizado como fonte de células-tronco. Os modelos experimentais de células-tronco da medula óssea, em cães, têm propiciado informações importantes para transplantes medulares em humanos. Vários trabalhos citam a influência do tipo de parto nas características do sangue do cordão umbilical (SCU humano. Entretanto, não existem relatos sobre a colheita do sangue do cordão umbilical de cães. O objetivo deste ensaio é avaliar a influência do tipo de parto na hematologia do cordão umbilical de cães. No presente protocolo experimental, foram estudados 54 fetos de cães, ao final da vida intra-uterina, provenientes de parto normal (n=24 e cesariana (n=30. A colheita de sangue do cordão umbilical foi realizada com seringa de cinco mL contendo solução anticoagulante EDTA (1mg/1mL sangue. Em seguida, a contagem global de hemácias, leucócitos, plaquetas, a determinação da concentração de hemoglobina, taxa de hematócrito, os índices eritrocitários foram realizados no contador automático de células. A contagem diferencial de leucócitos foi determinada em esfregaços de SCU corados com May-Grunwald-Giemsa (MGG. Com relação ao eritrograma e ao plaquetograma, não houve diferença significativa entre as amostras obtidas em cesarianas e partos normais. Os valores do leucograma do SCU colhido em partos normais foram superiores àqueles obtidos em cesarianas (P<0,05. Portanto, o tipo de parto influencia os valores hematológicos do cordão umbilical de cães.

  2. Parto domiciliario planeado: asistido por enfermero obstetra

    Martins, C A; Almeida, N.A.M.; De Mattos, D.V.

    2012-01-01

    En este artículo se reflexiona sobre el papel del enfermero obstetra en el parto en casa planeado. En este sentido, refleja los retos y las tendencias para la promoción y prestación de atención a la parturienta y al recién nacido. Señala el papel del enfermero obstetra en la asistencia planeada y el suministro y promoción de la calidad, eficacia y seguridad a las parturientas y al recién nacido como trípode de la humanización de la asistencia al parto y nacimiento. Este artigo objetiva ref...

  3. Diffuse uterine adenomyosis: Transvaginal US with histopathologic correlation

    Song, Mi Jin; Kim, Hye Sun; Lee, Myung Sook; Cho, Hyeun Cha; Lee, Young Ho [Samsung Cheil Hospital, Sungkyunkwan University College of Medicine, Seoul (Korea, Republic of)

    1999-06-15

    To correlate transvaginal sonographic findings with histopathology in diffuse uterine adenomyosis. We prospectively analyzed the transvaginal sonographic findings of 15 patients undergoing hysterectomy for adenomyosis. Diffuse adenomyosis was diagnosed when an abnormal echotexture (heterogenous echogenicity, decreased echogenicity, increased echogenicity, cystic lesion) was present in myometrium of enlarged uterus. We evaluate the size of the uterus, abnormal echotexture in myometrium and anterior and posterior myometrial wall thickness'. Transvaginal sonographic findings of diffuse adenomyosis are enlarged uterus (n=15), heterogenous and increased echogenicity in myometrium (n=10), heterogenous echogenicity in myometrium (n=4), heterogenous and increased echogenicity with cystic lesion lesion in myometrium (n=1). The posterior myometrial wall is equal to anterior wall (n=7), thicker than anterior wall (n=4), thinner than anterior wall (n=4). The histopathologic findings including ectopic endometrial gland (n=14), muscular hypertrophy (n=15), myoma (n=4). Diffuse adenomyosis was confirmed except one case that proved myoma. Transvaginal sonographic findings of enlarged uterus with heterogenous and increased echotexture in myometrium of adenomyosis is correlated with ectopic endometrial gland with secondary muscular hypertrophy.

  4. Diffuse uterine adenomyosis: Transvaginal US with histopathologic correlation

    To correlate transvaginal sonographic findings with histopathology in diffuse uterine adenomyosis. We prospectively analyzed the transvaginal sonographic findings of 15 patients undergoing hysterectomy for adenomyosis. Diffuse adenomyosis was diagnosed when an abnormal echotexture (heterogenous echogenicity, decreased echogenicity, increased echogenicity, cystic lesion) was present in myometrium of enlarged uterus. We evaluate the size of the uterus, abnormal echotexture in myometrium and anterior and posterior myometrial wall thickness'. Transvaginal sonographic findings of diffuse adenomyosis are enlarged uterus (n=15), heterogenous and increased echogenicity in myometrium (n=10), heterogenous echogenicity in myometrium (n=4), heterogenous and increased echogenicity with cystic lesion lesion in myometrium (n=1). The posterior myometrial wall is equal to anterior wall (n=7), thicker than anterior wall (n=4), thinner than anterior wall (n=4). The histopathologic findings including ectopic endometrial gland (n=14), muscular hypertrophy (n=15), myoma (n=4). Diffuse adenomyosis was confirmed except one case that proved myoma. Transvaginal sonographic findings of enlarged uterus with heterogenous and increased echotexture in myometrium of adenomyosis is correlated with ectopic endometrial gland with secondary muscular hypertrophy.

  5. Transvaginal Hybrid NOTES Procedure for Treatment of Gallstone Ileus.

    Shiraishi, Takuya; Tomizawa, Naoki; Andoh, Tatsumasa; Arakawa, Kazuhisa; Enokida, Yasuaki; Ozawa, Naoya

    2016-01-01

    Gallstone ileus is a rare mechanical bowel obstruction, and previously reported cases have been treated laparoscopically with good results. Although transvaginal hybrid NOTES without a minilaparotomy has been reported to decrease the incidence of surgical wound complications, to our knowledge, this procedure has not been used previously to treat gallstone ileus. We present a case of a 63-year-old woman who underwent transvaginal hybrid NOTES procedure for treatment of gallstone ileus. This case was admitted to our hospital following acute-onset abdominal pain and vomiting. We diagnosed gallstone ileus with cholecystoduodenal fistula by computed tomography and performed totally laparoscopic surgery using only three 5 mm abdominal ports with transvaginal specimen extraction and enterectomy. The patient's postoperative course was uneventful, and laparoscopic cholecystectomy and fistula repair were performed 8 months after the initial surgery. The patient experienced additional pain relief and good cosmetic outcomes. In conclusion, using transvaginal hybrid NOTES may become a future option to minimize the invasiveness of other laparoscopic procedures. PMID:27429831

  6. Transvaginal Hybrid NOTES Procedure for Treatment of Gallstone Ileus

    Takuya Shiraishi

    2016-01-01

    Full Text Available Gallstone ileus is a rare mechanical bowel obstruction, and previously reported cases have been treated laparoscopically with good results. Although transvaginal hybrid NOTES without a minilaparotomy has been reported to decrease the incidence of surgical wound complications, to our knowledge, this procedure has not been used previously to treat gallstone ileus. We present a case of a 63-year-old woman who underwent transvaginal hybrid NOTES procedure for treatment of gallstone ileus. This case was admitted to our hospital following acute-onset abdominal pain and vomiting. We diagnosed gallstone ileus with cholecystoduodenal fistula by computed tomography and performed totally laparoscopic surgery using only three 5 mm abdominal ports with transvaginal specimen extraction and enterectomy. The patient’s postoperative course was uneventful, and laparoscopic cholecystectomy and fistula repair were performed 8 months after the initial surgery. The patient experienced additional pain relief and good cosmetic outcomes. In conclusion, using transvaginal hybrid NOTES may become a future option to minimize the invasiveness of other laparoscopic procedures.

  7. Transvaginal Hybrid NOTES Procedure for Treatment of Gallstone Ileus

    Tomizawa, Naoki; Andoh, Tatsumasa; Arakawa, Kazuhisa; Enokida, Yasuaki; Ozawa, Naoya

    2016-01-01

    Gallstone ileus is a rare mechanical bowel obstruction, and previously reported cases have been treated laparoscopically with good results. Although transvaginal hybrid NOTES without a minilaparotomy has been reported to decrease the incidence of surgical wound complications, to our knowledge, this procedure has not been used previously to treat gallstone ileus. We present a case of a 63-year-old woman who underwent transvaginal hybrid NOTES procedure for treatment of gallstone ileus. This case was admitted to our hospital following acute-onset abdominal pain and vomiting. We diagnosed gallstone ileus with cholecystoduodenal fistula by computed tomography and performed totally laparoscopic surgery using only three 5 mm abdominal ports with transvaginal specimen extraction and enterectomy. The patient's postoperative course was uneventful, and laparoscopic cholecystectomy and fistula repair were performed 8 months after the initial surgery. The patient experienced additional pain relief and good cosmetic outcomes. In conclusion, using transvaginal hybrid NOTES may become a future option to minimize the invasiveness of other laparoscopic procedures. PMID:27429831

  8. Detrusor instability responses to transvaginal versus posterior tibial nerve stimulation

    Adly AS

    2012-01-01

    Full Text Available Background: This study aimed at comparing the effects of transvaginal electrical stimulation versus posterior tibial nerve electrical stimulation on urodynamic measurements in detrusor instability.Methods: Forty patients were randomly assigned to transvaginal electrical stimulation (Group A and posterior tibial nerve electrical stimulation (Group B. All patients were assessed before and after the treatment course (36 sessions according to the urodynamic parameters. These parameters included first sensation to void and bladder capacity.Results: Regarding first sensation to void, Group A showed improvement with 45.9% after the end of the treatment compared to the baseline while, Group B showed 2.72 % improvement. Regarding bladder capacity both groups showed highly significant (p>0.0001 increase in the bladder capacity. Group A showed significant improvement in the first desire to void and bladder capacity (p>0.0001& p>0.05 respectively compared to Group B.Conclusions: Both transvaginal electrical stimulation and posterior tibial nerve electrical stimulation restore normal detrusor capacity in cases of idiopathic detrusor instability. However, the transvaginal electrical stimulation seems to be more effective.

  9. Experiencias de las mujeres durante el trabajo de parto y parto

    Dora Isabel Giraldo Montoya; Elvira Margarita González Mazuelo; Claudia Patricia Henao López

    2015-01-01

    Objetivo: Develar las experiencias de las mujeres durante el trabajo de parto y parto en una Unidad Materno Infantil de Medellín, durante el año 2013. Metodología: Estudio cualitativo, de tipo fenomenológico. Muestreo representado en la saturación teórica, con la participación de 13 mujeres a quienes se les aplicó la entrevista a profundidad. Se construyeron las categorías descriptivas, posteriormente se agruparon en categorías de orden axial y finalmente se obtuvieron las de orden selectivo ...

  10. Rastreamento da depressão pós-parto em mulheres atendidas pelo Programa de Saúde da Família Post-partum depression screening among women attended by the Family Health Program

    Eliane Bezerra da Silva Cruz

    2005-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: estimar a prevalência de depressão puerperal (DP sua associação com transtorno mental comum (TMC nas mulheres atendidas por duas unidades do Programa de Saúde da Família (PSF da cidade de São Paulo e identificar os fatores de risco associados à DP. MÉTODOS: estudo de corte transversal com 70 puérperas atendidas nas Unidades do PSF, Fazenda da Juta II e Jardim Sinhá, entre outubro de 2003 e fevereiro de 2004. Como instrumentos utilizaram-se: questionário com informações sociodemográficas econômicas e dados obstétricos e perinatais; Self-Report Questionnaire 20 (SRQ-20, para rastreamento de TMC e a Edinburgh Post-Natal Depression Scale (EPDS, para avaliação de DP. Para testar as associações entre variáveis explicativas (fatores de risco e a presença de DP foram utilizados os testes t de Student, chi2 e chi2 de tendência linear, quando indicados. Para avaliar a concordância entre a EPDS e o SRQ foi utilizado o coeficiente de concordância kappa (kapa. RESULTADOS: a prevalência de TMC e de DP foi de 37,1%. As escalas apresentaram boa concordância (kapa = 0,75. As variáveis explicativas idade materna, cor, escolaridade, ocupação e estado civil, além de idade, ocupação e instrução do companheiro, renda familiar, número de gestações, paridade, abortamentos, filhos vivos, partos prematuros, idade gestacional, tipo do parto, planejamento da gestação, Apgar de 1º e 5º minuto, sexo e peso do recém-nascido e aleitamento materno não apresentaram significância estatística. Quanto maior a percepção de suporte social do marido, menor a prevalência de DP (p=0,03. CONCLUSÃO: devido à alta prevalência e impacto negativo sobre a mãe e seu filho, é valioso sensibilizar o profissional de saúde para a importância da DP.PURPOSE: to estimate the prevalence of Family Health Program postpartum depression (PPD and its association with minor mental disorders (MMD among women attended in two (FHP PSF units

  11. A inserção do acompanhante de parto nos serviços públicos de saúde de Santa Catarina, Brasil

    Odalea Maria Bruggemann

    2013-09-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva, quantitativa, que objetivou descrever a inserção do acompanhante de escolha da parturiente durante o trabalho de parto, parto e pós-parto imediato nos serviços vinculados ao Sistema Único de Saúde que prestam assistência ao parto em Santa Catarina/Brasil, e identificar os aspectos que facilitaram e dificultaram esse processo. A população foi composta pelos 138 serviços do estado. Os dados foram coletados de maio/2010 a junho/2011, por meio de questionário enviado aos diretores e por contato telefônico, e posteriormente analisados por estatística descritiva. Dos 135 serviços contatados, 54,8% referiram que sempre permitem a presença do acompanhante, 32,6% permitem às vezes, 11,9% nunca permitem e 0,7% não responderam. A maioria dos serviços permite a presença do acompanhante. No entanto, em alguns deles essa prática ainda é implementada com restrições, pois a escolha da parturiente não é respeitada e impede-se a permanência do acompanhante no momento do parto.

  12. Fatores culturais que interferem nas experiências das mulheres durante o trabalho de parto e parto Los factores que interfieren en las experiencias de las mujeres durante el trabajo de parto y parto Factors interfering in the experience of women in childbirth process and in childbirth

    Maria Gorette Andrade Bezerra

    2006-06-01

    Full Text Available O parto é um acontecimento de relevância na vida da mulher, uma vez que constitui momento único para o binômio mãe-filho. O estudo teve como objetivo compreender os fatores que interferem nas experiências vividas pela parturiente. Participaram sete parturientes que tiveram filhos através de parto normal, em uma maternidade pública de Fortaleza-Ceará. A coleta dos dados ocorreu nos meses de junho a agosto de 2003. Para coleta e análise dos dados foi utilizada a Etnoenfermagem. Os achados foram refletidos na Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural, de Leininger, e foram organizados em três categorias: medo; influência das crenças e religiosidade e gestação anterior. A prática do cuidado cultural na assistência à mulher mostrou como é importante a comunicação e o respeito às suas crenças e valores no momento do trabalho de parto e parto.El parto es una ocurrencia de importancia en la vida de la mujer, pues se constituye un momento único para el binomio madre-hijo. El estudio tuvo por objetivo comprender los factores que interfieren en las experiencias vividas por la parturienta. Participaron siete parturientas que tuvieron sus hijos a través del parto normal, en una maternidad pública de Fortaleza-Ceará. La recolecta de los datos ocurrió en los meses de junio, julio y agosto de 2003. Para la recolecta y el análisis de los datos fue utilizada la Etnoenfermería. Los hallazgos fueron reflejados en la Teoría de la Diversidad y Universidad del Cuidado Cultural de Leininger, y fueron organizados en tres categorías: Miedo; Influencia de las creencias y religiosidad; Gestación anterior. La práctica del cuidado cultural en la atención a la mujer nos ha mostrado la importancia de la comunicación y respecto a sus creencias y valores en el momento que se pone de parto y parto.Childbirth is a relevant happening in a woman's life, as it is a unique moment for the mother-child binomial. This study aimed at

  13. Corporalidades transformadas: embarazo, parto y puerperio

    Tabak, Graciela

    2014-01-01

    Este trabajo tiene como punto de partida una investigación etnográfica realizada en el Hospital General de Agudos Dr. Cosme Argerich a partir de la obtención de la Beca Carrillo Oñativia. Se busca analizar las representaciones y las prácticas en torno al cuerpo en el embarazo y la maternidad sostenidas por los diferentes actores involucrados en el Curso de Preparación Integral para la Maternidad y Paternidad Responsables, conocido como Curso de Pre-parto. La indagación pone el énfasis e...

  14. A abordagem global do Fisioterapeuta na dor pélvica no pós-parto

    Sancho, Maria

    2010-01-01

    O presente estudo de caso surge no âmbito da prática clínica privada, na área de intervenção da fisioterapia na saúde da mulher, em particular na intervenção multifactorial em sequelas após parto. Iremos descrever e analisar o processo da fisioterapia aplicado a uma mulher de 34 anos com dor lombar/pélvica a qual teve início três semanas após o parto do seu terceiro filho. Este sintoma considerado como principal, que levou à procura dos cuidados de fisioterapia, além das implicações ao nív...

  15. Diagnosis of cervical cancer with transvaginal color Doppler sonography

    Li-bo DENG; Wei ZHOU; Chang, Shu-Fang; Ming-jie LIN

    2011-01-01

    Objective To investigate the imaging features of cervical cancer by transvaginal color Doppler sonography(TVCS),and evaluate the diagnostic value of TVCS.Methods A hundred and thirty cases of cervical intraepithelial neoplasia(CIN) grade Ⅰ-Ⅱ and cervical cancer,diagnosed by Thinprep cytologic test(TCT),cervical biopsy and pathological examination,received TVCS examination.The image characters and color Doppler flow imaging(CDFI) were collected and analyzed.Another 41 cases with normal cervice...

  16. [Transvaginal hybrid natural orifice translumenal endoscopic surgery appendectomy].

    Wada, Norihito; Tanabe, Minoru; Kataoka, Fumio; Kitagawa, Yuko

    2013-11-01

    Natural orifice translumenal endoscopic surgery (NOTES) is considered the ultimate minimally invasive intervention for visceral disease. The transvaginal route is now the only one that can be used for NOTES procedures in daily clinical practice. We performed hybrid NOTES appendectomy that was preevaluated and approved by the Japan NOTES and Institutional Review Board. A 5-mm trocar was inserted transumbilically and used for laparoscope access. An additional transumbilical 2.3-mm port was placed, through which the surgeon inserted a grasper. We created a transvaginal port with a long 12-mm trocar. Laparoscopic instruments such as a vessel sealing system, surgical staplers, and a retrieval bag were introduced, and the surgical technique consequently became safer, although the access route was limited. The appendix was removed transvaginally. The patient did not need epidural anesthesia or any pain medication. The cosmetic results were better than that of conventional single-port surgery. Triangulation is achieved in this procedure, which makes the surgery easier. To generalize NOTES to many types of surgery and enable it to be performed in men, the transgastric approach is essential. The development of flexible instruments designed for NOTES is also necessary. PMID:24358726

  17. Métodos para indução do parto Methods for labor induction

    Olímpio Barbosa de Moraes Filho

    2005-08-01

    Full Text Available O interesse da obstetrícia moderna pela indução do parto é demonstrado pela grande quantidade de artigos científicos publicados nos últimos anos. Os avanços da medicina em geral e da obstetrícia em particular têm permitido que mais gestações de risco evoluam até o termo ou próximo dele, com indicação materna ou fetal de interrupção da gestação antes do desencadeamento do trabalho de parto espontâneo. Isso coloca o obstetra na situação entre a escolha da cesárea ou da indução do parto. Para que o obstetra faça a escolha pela indução do parto e desta forma colabore com a diminuição da incidência de cesárea, é necessário que haja método acessível, barato, seguro, efetivo, de fácil utilização e de boa aceitabilidade. Embora exista grande quantidade de métodos de indução do parto relatados na literatura médica, sabe-se que ainda não há método ideal. No entanto, dentre eles, dois se destacam. O primeiro é a ocitocina, que possui as vantagens de promover contrações uterinas fisiológicas de trabalho de parto e com possibilidade de reverter os quadros de aumento da contratilidade uterina com a sua suspensão. O outro método é o misoprostol, o mais utilizado na atualidade, que amadurece o colo uterino e provoca contrações uterinas de trabalho de parto. No entanto, em relação ao misoprostol ainda existem controvérsias sobre sua dose e via ideal e segurança.The interest of modern obstetrics in labor induction can be demonstrated by the huge amount of scientific articles published during the last few years. The advances of medicine in general and particularly of obstetrics allowed that more risky pregnancies reach term or near term, with a maternal or fetal indication for pregnancy interruption before the spontaneous onset of labor and delivery. This leads the obstetrician to the situation of choosing between cesarean section and labor induction. With the aim of helping the obstetrician to make the

  18. Evolução da migração de partos para Aracaju, Sergipe, Brasil, 1970-1996

    Ricardo Queiroz Gurgel

    2003-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é descrever a evolução da migração de partos do interior do Estado de Sergipe para a capital (Aracaju, no período compreendido entre 1970 e 1996. Para tanto utilizou-se a informação "município de residência da mãe" cujo parto ocorreu nas maternidades de Aracaju, nos anos de 1970, 1976, 1986 e 1996. Ao se estudar as proporções de mães não residentes em Aracaju, verificaram-se diferenças significativas, sendo que o período com maiores percentuais de migração ocorreu entre 1976 e 1986. A migração foi estimulada pela melhoria das rodovias que dão acesso à capital (a partir de 1970 e pelo incentivo político com fins eleitoreiros (clientelismo. Assim, a melhoria na estrutura hospitalar do interior não impediu o aumento da migração para a capital. Em Sergipe, no período em estudo, houve um crescimento de 134,6% do número de partos ocorridos na capital, provenientes de outras localidades. Além disso, observa-se intensidades de variação diferenciadas, quando se analisa o fenômeno por regiões, tendo em vista a melhoria das condições de acessibilidade. Faz-se necessária a regionalização e hierarquização da assistência ao parto e ao recém-nascido, para que se possa dar um atendimento adequado às gestantes e aos seus filhos.

  19. Digital examination and transvaginal scan - competing or complementary for predicting preterm birth?

    Reiter, Eva; Nielsen, Kurt Aagaard; Fedder, Jens

    2012-01-01

    The transvaginal ultrasonographic cervix scan has partly replaced digital examination for diagnosing preterm birth; conflicting results are reported about their respective contribution to birth prediction....

  20. Depressão pós-parto em puérperas: conhecendo interações entre mãe, filho e família Depresión posparto en puérperas: conociendo interacciones entre madre, hijo y familia Postpartum depression in puerperal women: knowing the interactions among mother, son and family

    Francisca Cláudia Sousa da Silva

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer a interação de puérperas, que apresentam depressão pós-parto, com seus filhos e compreender a percepção de familiares sobre a doença e cuidados maternos prestados por essas puérperas. MÉTODOS: Estudo qualitativo de caráter exploratório que teve como sujeitos do estudo quatro puérperas com depressão pós-parto, acompanhadas em um Centro de Atenção Psicossocial do município de Quixadá - CE e quatro familiares. Foram realizadas visitas domiciliárias para a execução de entrevistas em profundidade. Os dados foram analisados conforme a técnica de análise de conteúdo proposta por Morse e Field. RESULTADOS: As principais alterações emocionais relatadas foram o choro fácil e nervosismo. As puérperas sentiam-se frustradas e/ou inseguras quanto ao exercício da maternidade. Como agravante foi observado que familiares desconheciam o problema da depressão pós-parto. CONCLUSÃO: O cuidado de enfermagem nessa situação deve começar no pré-natal com avaliação da auto-estima, da rede de suporte social e da satisfação das futuras mães.OBJETIVO: Conocer la interacción de puérperas, que presentan depresión posparto, con sus hijos y, comprender la percepción de familiares sobre la enfermedad y cuidados maternos prestados por esas puérperas. MÉTODOS: Estudio cualitativo de carácter exploratorio que tuvo como sujetos de estudio cuatro puérperas con depresión posparto, acompañadas en un Centro de Atención Psicosocial del municipio de Quixadá (estado de Ceará, y cuatro familiares. Fueron realizadas visitas domiciliarias para la ejecución de entrevistas en profundidad. Los datos fueron analizados conforme la técnica de análisis de contenido propuesta por Morse e Field. RESULTADOS: Las principales alteraciones emocionales relatadas fueron el llanto fácil y el nervosismo. Las puérperas se sentían frustradas y/o inseguras en lo referente al ejercicio de la maternidad. Como agravante fue observado

  1. Influencia de la Educación Maternal en el embarazo, parto, puerperio y salud neonatal

    Ortiz Fernández, Cristina

    2014-01-01

    La Educación para la Maternidad (EM) es el conjunto de actividades grupales dirigidas a las embarazadas y sus parejas, orientadas a mejorar sus conocimientos sobre el proceso, promover comportamientos saludables, resolver dudas, y ofrecer estrategias que faciliten el embarazo, parto y puerperio tanto física como emocionalmente. En este trabajo se realiza una revisión bibliográfica con el objeto de conocer las características de los programas de Educación Maternal actuales, así como el impacto...

  2. Percepção das mães em relação ao aleitamento materno no período do pós parto

    Karina Rodrigues Mendes da Aparecida; Loide Corina Chaves; Rosangela Filipini; Isabel Cristine Fernandes

    2014-01-01

    Introdução: Para eficácia do aleitamento materno, a Organização Mundial de Saúde propõe a educação das mães durante o momento da gestação pelos profissionais de saúde. Objetivo: Observar as percepções das mães com relação ao aleitamento materno. Métodos: Estudo descritivo de caráter quantitativo utilizando técnica exploratória. esquisa realizada no Centro de Saúde Escola Capuava em Santo André, São Paulo. A população foi constituída por 29 mães submetidas à primeira consulta puerperal. Result...

  3. Parto pretermine nelle gravidanze complicate: nuove strategie diagnostiche e terapeutiche

    Poppiti, Raffaela

    2011-01-01

    Parto pretermine nelle gravidanze complicate: nuove strategie diagnostiche e terapeutiche. Il parto pretermine rappresenta una complicanza ostetrica di rilevante entità, interessando il 5-10% delle gravidanze. E’ considerato ormai la principale causa di morbilità e mortalità perinatale e neonatale nei paesi sviluppati, contribuendo al 50-70 % di tutte le morti neonatali. Nelle gravidanze singole, la percentuale di parto prima della 32° settimana è dell’1-2% mentre è pari al 5-10% nelle g...

  4. Apego mãe - filho: estudo comparativo entre mães de parto normal e cesárea

    Semíramis Melani Melo Rocha; Érica Simpionato; Débora Falleiros de Mello

    2003-01-01

    Estudo da observação de comportamento através do registro cursivo contínuo-específico. O objetivo é comparar o comportamento de mães e recém-nascidos de parto normal com o de parto cesárea, nas primeiras 24 horas de vida, em alojamento conjunto neonatal. Observamos 14 binômios mãe-filho, sete de parto normal e sete de cesárea. As observações permitiram conclusões úteis para o cuidado de enfermagem. A voz da mãe e a forma de acariciar o recém-nascido podem ser indicadores da disposição da mãe ...

  5. Parto pretérmino en adolescentes

    Riscarle Manrique

    2008-09-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar la prevalencia de parto pretérmino en las adolescentes, durante el año 2005, patologías asociadas y complicaciones perinatales. Método: Estudio descriptivo y transversal. La muestra estuvo conformada por 68 pacientes que cumplieron los criterios de inclusión. Se hizo revisión de historias clínicas. Ambiente: Hospital "Dr. Adolfo Prince Lara". Puerto Cabello, Estado Carabobo. Resultados: La prevalencia de parto pretérmino fue 10,51 %. El grupo de edad más frecuente fue el de 17-19 años con 57,4 %. El estrato socioeconómico predominante fue el IV con 67,6 %. Se presentaron patologías maternas (85,3 % y complicaciones perinatales (38,2 %. Se detectó asociación estadísticamente significativa entre la edad y las patologías maternas (PObjective: To determine the prevalence of preterm childbirth in adolescents in 2005, to distribute them according to age, socioeconomic level, associated pathologies and perinatal complications and to associate the age with pathologies and perinatal complications. Method: A descriptive, cross-sectional study was made. The sample was 68 patients that completed the inclusion criteria. Revision of clinical histories was made. Setting: Hospital "Dr. Adolfo Prince Lara". Puerto Cabello, Estado Carabobo. Results: The prevalence of preterm childbirth was 10.51 %. The most frequent age range was 17-19 years with 57.4 %. The predominant socioeconomic level was the IV with 67.6 %. They showed up maternal pathologies (85.3 % and perinatal complications (38.2 %. A significant statistically association was detected between the age and the maternal pathologies (P<0.05. Conclusion: The poverty and the low socioeconomic level are related with the pregnancy in adolescents.

  6. MÉTODOS NÃO FARMACOLÓGICOS DE ALÍVIO DA DOR DURANTE TRABALHO DE PARTO E PARTO

    Eveline Franco da Silva

    2011-01-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivou-se analisar as produções científicas relacionadas aos métodos não farmacológicos de alívio da dor durante trabalho de parto e parto, por meio de uma revisão integrativa da literatura desenvolvida por meio das bases de dados Literatura Latino-Americana em Ciências de Saúde (LILACS e Scientific Electronic Library Online (SciELO. Foram incluídos 21 artigos, oriundos de estudos realizados no Brasil, publicados no período de 2003 e 2009. Os estudos abordaram: mobilidade, hidroterapia, crioterapia, estimulação elétrica transcutânea, técnicas de respiração e relaxamento. A região sudeste apresentou maior número de publicações, com maior incidência entre os anos de 2005 a 2007. Quanto à autoria, evidenciou-se maior empreendimento dos enfermeiros sobre os demais profissionais. A evidência da redução do medo e do uso de analgésicos e anestésicos possibilita sacramentar o uso destas terapias. O estudo permitiu a visibilidade às produções científicas sobre esta temática, apontando para a importância da realização de estudos exploratórios.

  7. A dor do trabalho de parto...como ultrapassar?

    Frias, Ana

    2011-01-01

    A dor do trabalho de parto é um dos maior desafios da vida da mulher. Existe várias estratégias não farmacológicas do alivio da dor, entre as quais salientamos a Preparação psicoprofilática para o parto. A realização deste estudo aponta a existência de várias vantagens/benefícios da Preparação para o Nascimento, pelo método Psicoprofiláctico, nomeadamente na variável Dor, verificando-se nas mulher que realizaram Preparação para o parto um maior controlo da dor durante o trabalho de parto assi...

  8. Crioterapia no pos-parto: tempo de aplicacao e mudancas na temperatura perineal

    Adriana Amorim Francisco

    2013-06-01

    Full Text Available Estudo descritivo com dados de dois ensaios clínicos realizados em 2008 e 2009 em uma maternidade de uma instituição filantrópica da cidade de São Paulo. Teve como objetivo descrever a temperatura perineal após a aplicação de bolsa de gelo no pós-parto normal. Três grupos com 38 puérperas cada (n=114 receberam aplicação perineal de bolsa de gelo entre 2 e 48h após o parto. Os achados indicaram que com 10 min de crioterapia as médias da temperatura perineal atingiram de 13,3 a 15,3oC, com pequena redução de temperatura ao final de aplicações de 15 e 20 minutos (2,4 e 2,7o, respectivamente. Após resfriamento por 10 min., as mulheres referiram frio e alívio e, depois de 15 a 20 min., dormência e anestesia local. Conclui-se que 10 minutos de aplicação foram suficientes para reduzir a temperatura perineal aos níveis recomendados para analgesia (10-15oC.

  9. Doulas na assistência ao parto: concepção de profissionais de enfermagem Doulas en la asistencia al parto: concepción de los profesionales de enfermería DOULAS in delivery assistance: perceptions of nursing professionals

    Denise da Silva Santos; Isa Maria Nunes

    2009-01-01

    Estudo descritivo, exploratório. Objetivou descrever a concepção das profissionais de enfermagem sobre a participação das doulas na assistência à mulher no trabalho de parto. Utilizou abordagem qualitativa com entrevista semiestruturada. Os sujeitos foram 11 auxiliares/técnicas de enfermagem e 5 enfermeiras (os) atuantes no centro obstétrico de uma maternidade pública em Salvador, Bahia. Os resultados apontaram para três categorias: da ideia à realidade da iniciativa "doulas na sala de parto"...

  10. Parâmetros genéticos entre características de leite, de peso e a idade ao primeiro parto em gado mestiço leiteiro (Bos taurus x Bos indicus Genetic parameters between milk traits, weight traits and age at first calving in crossbreed dairy cattle (Bos taurus x Bos indicus

    A.E. Vercesi Filho

    2007-08-01

    Full Text Available Foram estimadas as correlações genéticas entre características de produção de leite (produção de leite, gordura, proteína e duração da lactação em até 305 dias, na primeira lactação, características de peso (taxa de crescimento de novilhas entre 12-24 meses e peso médio de vacas e idade ao primeiro parto, em uma população de fêmeas Mestiço Leiteiro Brasileiro (MLB, por meio de metodologia REML, sob modelo animal. As estimativas de herdabilidade das características estudadas na ordem acima foram, respectivamente, 0,28± 0,08, 0,30±0,11, 0,28±0,09, 0,19±0,07, 0,18±0,06, 0,42±0,10 e 0,48±0,12. As correlações genéticas entre peso médio da vaca e a produção de leite, gordura e proteína foram, respectivamente, -0,22±0,22, -0,49±0,31 e -0,22±0,23 e da taxa de crescimento das novilhas com a produção de leite, gordura e proteína foram respectivamente, -0,59±0,35, -0,73±0,44 e -0,62±0,37. As correlações genéticas entre produção de leite, peso médio das vacas e taxa de crescimento das novilhas com idade ao primeiro parto foram respectivamente, 0,05±0,18, -0,05±0,18 e 0,02±0,20. A alta correlação genética (0,93±0,02 entre produção de leite e duração da lactação indicou que não se deve remover a variação na duração da lactação na seleção de gado leiteiro tropical.Genetic correlations between milk production (milk, fat, protein yield lactation length in 305-d lactation, live weight (average cow live weight, growth rate between 12-24 mo and age at first calving traits were estimated in a population of Mestiço Leiteiro Brasileiro (MLB females using REML methodology and animal model. The estimates of heritability were respectively, 0.28± 0.08, 0.30±0.11, 0.28±0.09, 0.19±0.07, 0.18±0.06, 0.42±0.10 and 0.48±0.12 for those traits. Genetic correlations between milk, fat and protein yield with cow average weight were, respectively, -0.22±0.22, -0.49±0.31, -0.22±0.23, and between milk

  11. Estimação de parâmetros genéticos de medidas de conformação, produção de leite e idade ao primeiro parto em vacas da raça Gir Leiteiro Estimate of genetic parameters of conformation traits, milk production and age at first calving in dairy Gyr breed cows

    Amauri Arias Wenceslau

    2000-02-01

    Full Text Available RESUMO - Foram utilizados 573 registros zootécnicos de vacas primíparas da raça Gir Leiteiro para estimar os componentes de (covariância das características de conformação, produção de leite em até 305 dias de lactação (PLEI e idade ao primeiro parto (IPP pelo Método da Máxima Verossimilhança Restrita (REML. Esses componentes foram utilizados no cálculo dos coeficientes de herdabilidade e nas correlações genéticas, fenotípicas e residuais. As medidas de conformação, circunferência torácica (CTOR, altura na garupa (AG, comprimento corporal (CC, comprimento de tetas (CT, diâmetro de tetas (DT e altura de úbere (AU foram realizadas em vacas à primeira lactação, com idade média de 4,05 anos. As correlações genéticas e fenotípicas entre PLEI e IPP foram 0,49 e 0,18, respectivamente. As correlações genéticas entre as características foram: PLEI x CTOR = -0,37; PLEI x AG = -0,62; PLEI x CC = -0,52; PLEI x CT = -0,08; PLEI x DT = -0,12; PLEI x AU = -0,69; IPP x CTOR = -0,05; IPP x AG = -0,37; e IPP x CC = 0,25. As estimativas de correlações genéticas entre produção de leite e medidas de tamanho corporal, de modo geral, indicam que a seleção para produção de leite teria, como resposta correlacionada, diminuição do tamanho da vaca.ABSTRACT - Data from 573 primiparous lactating Gyr cows were used to estimate the (co variance components of the conformation traits, milk production up to 305 days of lactation (MP and age at first calving (AFC by REML method. These components were used to calculate heritability coefficients and genetic, phenotypic and residual correlations. The conformation measures, the heart girth (HG, croup height (CH, body length (BL, teats length (TL, teats diameter (TD and udder height (UH were obtained in the cows at first lactation with average age of 4.05 years. The genetic and phenotypic correlations between MP and AFC were 0.49 and 0.18 respectively. The genetic correlation between

  12. Experiencias de las mujeres durante el trabajo de parto y parto

    Dora Isabel Giraldo Montoya

    2015-05-01

    Full Text Available Objetivo: Develar las experiencias de las mujeres durante el trabajo de parto y parto en una Unidad Materno Infantil de Medellín, durante el año 2013. Metodología: Estudio cualitativo, de tipo fenomenológico. Muestreo representado en la saturación teórica, con la participación de 13 mujeres a quienes se les aplicó la entrevista a profundidad. Se construyeron las categorías descriptivas, posteriormente se agruparon en categorías de orden axial y finalmente se obtuvieron las de orden selectivo para determinar las categorías núcleo. Se desarrolló la triangulación a través de grupos focales y la observación. El estudio obtuvo la aprobación del Comité de Ética y se utilizó el consentimiento informado por escrito. Resultados: Surgieron tres categorías principales: Los síntomas desagradables, La soledad y Yo quiero ver a Camila. Desde la teoría de rango medio de los síntomas desagradables, se encontró que el dolor, la fatiga y la sed son experiencias altamente significativas que comprometen el bienestar y la satisfacción materna. La soledad estuvo presente en todo el proceso, sin embargo el apoyo espiritual y la presencia del personal de salud fueron una fuente de acompañamiento. A pesar del sufrimiento y el dolor del trabajo de parto, el nacimiento las hizo olvidar estos acontecimientos y consideraron que el proceso del parto las reafirmaba frente a la adopción de su rol materno. Conclusiones: Se deben cambiar los métodos tradicionales de cuidado y propiciar otras formas de atención más humanizadas para que las mujeres asuman su rol de madres con seguridad y decisión.

  13. Transvaginal Aspiration of Ovarian Cysts: Long-Term Follow-up

    Background and purpose. Transvaginal aspiration of ovarian cysts has been advocated as a viable alternative to surgery in patients who are high-risk surgical candidates. We describe a retrospective study evaluating the results of transvaginal aspirations of benign ovarian cysts in patients at increased surgical risk, focusing on long-term follow-up for recurrence of the cyst and/or development of malignancy. Methods. Twenty-four women with ovarian cysts underwent 34 transvaginal drainages between October 1998 and December 2004. All patients were referred following diagnosis of a persistent ovarian cyst with a benign appearance on ultrasound. All patients were unsuitable candidates for surgery (history of previous pelvic surgery, n = 21; high risk for anesthesia, n = 1; and unsuitable for laparoscopy due to obesity, n = 2). Patients with a history of pregnancy, acute abdominal symptoms, or previous gynecologic malignancy were excluded. A 20G x 20 cm Chiba needle was used for transvaginal aspiration using an endocavity probe (Acuson XP, Mountain View, CA, USA; Siemens Sololine, Erlangen, Germany) and intravenous sedoanalgesia. Cysts were aspirated to dryness. Results. Long-term follow-up of patients was performed and revealed a recurrence rate of 75%. Eighty-three percent of cysts on the left and 42% of those on the right recurred. Nine of 15 (60%) patients with recurrence required further intervention. Two of 9 underwent surgical intervention only, 4 of 9 had repeat transvaginal aspiration(s) performed, and 3 of 9 had a combination of both transvaginal aspiration and surgery. No patient developed ovarian malignancy. Conclusion. Transvaginal cyst aspiration has many advantages including short hospital stay, rapid recovery, excellent patient tolerance, and a low rate of procedure-related complications. Our study demonstrates that ovarian cyst recurrence following transvaginal drainage is a more significant problem than previously documented, especially if the cyst is

  14. acompanhante de parto: discursos de enfermeiros

    Odaléa Maria Brüggemann

    2014-01-01

    Full Text Available Investigación cualitativa, que objetivó comprender los motivos que llevan a los servicios de salud de Santa Catarina, Brasil, a no permitir la presencia del acompañante elegido por la mujer en el parto. Los datos fueron recolectados de setiembre/2011 a enero/2012, por medio de entrevistas semiestructuradas con 12 enfermeros responsables por los centros obstétricos que no permitían o permitían algunas veces al acompañante. Las entrevistas fueron analizadas según la propuesta del Discurso del Sujeto Colectivo, emergiendo tres temas: los profesionales son resistentes a la presencia del acompañante; falta de estructura física, recursos humanos-materiales; falta de apoyo institucional para la implementación de la ley del acompañante. Los discursos demuestran que el no permiso del acompañante está relacionado principalmente con la decisión de los profesionales y con la inadecuada estructura organizacional, requiriendo cambios en la actitud del equipo, apoyo institucional y estrategias de gestión que valoricen el apoyo del acompañante elegido por la mujer.

  15. Sangrado transvaginal durante el embarazo, como factor de riesgo para isoinmunización al antígeno Rhesus-D Transvaginal bleeding during pregnancy associated with Rhesus-D isoimmunization

    Edgar Hernández-Andrade

    2003-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Evaluar el sangrado transvaginal en cualquier etapa del embarazo como factor de riesgo para la sensibilización al antígeno eritrocitario Rhesus-D en mujeres previamente no isoinmunizadas (Rh(-NI, como una alternativa para la aplicación rutinaria de gama-globulina anti-D a la semana 28 de gestación. MATERIAL Y MÉTODOS: Estudio de casos y controles consecutivos, efectuado en el Instituto Nacional de Perinatología de la Ciudad de México, en el periodo de 1995 a 2001.Casos (n=24, pacientes Rh(-NI que mostraron seroconversión positiva de anticuerpos contra el componente D del antígeno Rh durante el embarazo o en el puerperio inmediato. Controles (n=24, mujeres Rh(-NI, captadas consecutivamente y que no presentaron seroconversión positiva de anticuerpos Anti-D. En todos los casos los recién nacidos fueron Rh positivos. Ninguna de las pacientes recibió inmunoprofilaxis Anti-D a la semana 28 de gestación. Se evaluaron periodos de sangrado transvaginal en cualquier etapa del embarazo y antes del inicio del trabajo de parto. Se estimaron razones de probabilidad e intervalos de confianza de 95%. RESULTADOS: La presencia de sangrado transvaginal se observó en 18/24 (75% de los casos y en 5/24 de los controles (20%. La actividad uterina pretérmino y la amenaza de aborto fueron las causas más frecuentes identificadas como causa de este sangrado. La presencia de uno solo de estos eventos durante cualquier etapa del embarazo aumentó 11.4 veces (IC 95% 2.9-44.0 el riesgo de sensibilización al antígeno eritrocitario Rh-D, y si el sangrado se presentó después de la semana 20 el riesgo se incrementó 5.0 veces (IC 95% 1.3-19.1. La presencia de sangrado antes de la semana 20 no se asoció con un incremento significativo en el riesgo de sensibilización (OR=7.6, IC 95% 0.8-69.5. CONCLUSIONES: En presencia de cualquier sangrado transvaginal durante el embarazo en una paciente Rh-NI se recomienda la aplicación profiláctica de gama

  16. Cervical length measurement: comparison of transabdominal and transvaginal approach

    Westerway, Sue C; Pedersen, Lars Henning; Hyett, Jon

    2015-01-01

    external cervical os. Bland- Altman plots and Wilcoxon signed rank test were used to evaluate differences between TA and TV measurements. Results: The validity of the TA method depended on cervical length. Although the TA method underestimated cervical length by 2.0 mm on average (P < 0.001), Bland Altman......Objective: To compare transabdominal (TA) and transvaginal (TV) ultrasound assessment of cervical length at 16-41 weeks gestation. Methods: TA and TV ultrasound measurements of cervical length were made on 491 pregnancies of 16-41 weeks gestation. Cervical length was measured from internal to...... plots showed an inverse trend with shorter cervixes. In women with a cervix < 25 mm (n = 30) based on TV scan measurement, TA overestimated cervical length by 12 mm (P < 0.001). The sensitivity and specificity of TA as a test to detect cervical length < 25 mm were 10% (95% CI: 2.1–26%) and 94% (95% CI...

  17. Transvaginal ultrasonography in ovarian cancer screening: current perspectives

    van Nagell Jr JR

    2013-12-01

    Full Text Available John R van Nagell Jr, John T HoffDepartment of Obstetrics and Gynecology, University of Kentucky Chandler Medical Center/Markey Cancer Center, Lexington, KY, USAAbstract: Transvaginal ultrasonography (TVS is an integral part of all major ovarian cancer screening trials. TVS is accurate in detecting abnormalities in ovarian volume and morphology, but is less reliable in differentiating benign from malignant ovarian tumors. When used as the only screening test, TVS is sensitive, but has a low positive predictive value. Therefore, serum biomarkers and tumor morphology indexing are used together with TVS to identify ovarian tumors at high risk for malignancy. This allows preoperative triage of high-risk cases to major cancer centers for therapy while decreasing unnecessary surgery for benign disease. Ovarian cancer screening has been associated with a decrease in stage at detection in most trials, thereby allowing treatment to be initiated when the disease is most curable.Keywords: ovarian cancer, ultrasound, screening, serum Ca-125

  18. Influência do ciclo lunar no parto: mito ou constatação científica? Influencia del ciclo lunar en el parto: mito o constatación científica? Influences of lunar cycle in labor: myth or scientific finding?

    Aline Bueno

    2010-06-01

    Full Text Available Muitas superstições são encontradas em nossas vidas. Na medicina, uma profissão que se orgulha em métodos baseados em evidências para tratamentos, isso não é uma exceção. Uma superstição que abrange o parto é a influência de determinadas fases do ciclo da lua, mais especificamente a lua cheia. Embora estudos tenham demonstrado que o aumento de partos está relacionado com o ciclo lunar, existe discordância sobre quando ocorre o pico do volume de partos em cada fase da lua. Frente à divergência de resultados existentes na literatura que relaciona os eventos do ciclo lunar com parto, o objetivo desta revisão foi realizar um levantamento bibliográfico na tentativa de esclarecer esta cultura popular com base nos resultados apresentados por diferentes autores.Se encuentran las supersticiones por todas partes en nuestras vidas, y la medicina, una profesión que tiene orgullo acerca de los tratamientos con base en evidencia, no está extinta. La influencia de ciertas fases del ciclo lunar, específicamente la luna llena, es una superstición sobre el parto. Aunque algunos estudios han demostrado un aumento en los partos que se relacionan al ciclo lunar, ha habido discordancia sobre cuando, en el ciclo lunar, el volumen máximo ocurre. Afronte a la divergencia de los resultados existentes en la literatura que relacionan los eventos del ciclo lunar con los partos, el objetivo de esta revisión era explorar la literatura en el esfuerzo de explicar esta cultura popular con la base en los resultados presentado por los diferentes investigadores.Superstitions are found everywhere in our lives, and medicine, a profession that is prides itself on an evidence-based approach to treatment, is not exempt. A superstition that pervades the labor and delivery floor is that it is busier during certain phases of the lunar cycle, specifically the full moon. Although some studies have demonstrated an increase in deliveries that are related to the lunar

  19. Digital examination and transvaginal scan – competing or complementary for predicting preterm birth?

    Reiter, Eva; Nielsen, Kurt Aagaard; Fedder, Jens

    2012-01-01

    -positive results. Conclusions. Clarification on the methods for performing cervical assessment is needed. The evidence that transvaginal scanning of the cervix improves outcome in symptomatic women is insufficient. The methods for assessing cervical change should be regarded as complementary....

  20. Centro de parto normal e a assistência obstétrica centrada nas necessidades da parturiente Centro de parto normal y la asistencia obstétrica centrada en las necesidades de la parturienta Delivery center and obstetric assistance focused on the parturient's needs

    Nilce Xavier de Souza Machado

    2006-06-01

    Full Text Available Levando em conta os vários estudos e reflexões a respeito do novo modelo de assistência ao parto e nascimento (assistência humanizada, e trabalhando como enfermeira obstétrica em um Centro de Parto Normal, surgiu o questionamento a respeito desse conceito, devido às diversas conotações dadas a esse termo. Este artigo foi produzido com a finalidade de divulgar nossa proposta de substituição da expressão "assistência humanizada ao parto", por "assistência obstétrica centrada nas necessidades da parturiente", e de discorrer como essa assistência é prestada no Centro de Parto Normal do Hospital Geral de Itapecerica da Serra (SP, que segue um protocolo de condutas obstétricas e normas preconizadas pelo Ministério da Saúde.Teniendo en cuenta los variados estudios y reflexiones respecto al nuevo modelo de asistencia del parto y nacimiento (asistencia humanizada, y trabajando como enfermera obstétrica en un Centro de Parto Normal, surgió el cuestionamiento relacionado a ese concepto, debido a las diversas connotaciones que se le ha dado. Este artículo fue producido con la finalidad de divulgar nuestra propuesta de sustitución de la expresión "asistencia humanizada del parto", por "asistencia obstétrica centrada en las necesidades de la parturienta", y de discurrir cómo esa asistencia se presta en el Centro de Parto Normal del Hospital General de Itapecerica da Serra (SP, que sigue un protocolo de conductas obstétricas y normas preconizadas por el Ministerio de Salud.As an obstetric nurse working in a Delivery Center and considering the studies and reflections on the new model of assistance to labor and birth (humanized assistance, I started to think about this concept, given the various connotations attributed to the term. This article was written with the aim of divulging our proposal of replacement of the expression "humanized assistance to child-birth" for "obstetric assistance fo-cused on the parturient's needs", and to

  1. Transvaginal Ultrasound-Guided Biopsy of Deep Pelvic Masses: How We Do It.

    Plett, Sara K; Poder, Liina; Brooks, Rebecca A; Morgan, Tara A

    2016-06-01

    The purpose of this review is to discuss the rationale and indications for transvaginal ultrasound-guided biopsy. Transvaginal ultrasound-guided biopsy can be a helpful tool for diagnosis and treatment planning in the evaluation of pelvic masses, particularly when the anatomy precludes a transabdominal or posterior transgluteal percutaneous biopsy approach. A step-by-step summary of the technique with preprocedure and postprocedure considerations is included. PMID:27091918

  2. Bishop score and transvaginal ultrasound for preinduction cervical assessment: a randomized clinical trial

    Reeta Bansiwal; Ratna Rao; Neeta Misra; Vaneeta Kapur

    2013-01-01

    Background: The objective was to compare transvaginal ultrasound with the Bishop score for preinduction cervical assessment and for choice of induction agent. Methods: 150 women were randomized to have preinduction cervical assessment for choice of induction agent based on either Bishop score or transvaginal ultrasound. The primary outcome measure was the percentage of women who were administered prostaglandin as a preinduction agent. The criteria for considering the cervix as unripe and ...

  3. Comparison of Cervical Length Measurement by Transvaginal Ultrasonograghy and Bishop Score in Predicting Successful Labor Induction

    Poursayyah N; Saharkhiz N; Nikbakht R

    2010-01-01

    Background and Objective: This study was conducted to explore the value of the transvaginal ultrasonography of the cervical length measurement in comparison with Bishop Score in predicting the mode of delivery in the pregnancies in which labor is induced.Subjects and Methods: A total of 148 pregnancies at 37 to 42 weeks of gestation were included for induction. At first, the cervical length was measured by transvaginal ultrasonograghy and then was compared with Bishop Score to predict the mod...

  4. Transvaginal Ultrasonographic Cervical Assessment as a Predictor Of Successful Labor Induction

    Nahed H. Mohamed, Naglaa H. Mohamed and Mahmoud A. Mansour

    2000-01-01

    OBJECTIVE: To assess cervical maturation before labor induction with measurements obtained by transvaginal scans. Cervical length and detection rate of cervical gland area, were compared with Bishop score and serum Prostaglandin E2 levels at term for duration of labor, successful labor induction and mode of delivery. STUDY DESIGN: Transvaginal scans were performed for detection of cervical gland area and measurements of cervical length in 80 singleton pregnant women scheduled for induction of...

  5. Total laparoscopic subtotal gastrectomy with transvaginal specimen extraction is feasible in advanced gastric cancer

    Fatih Sumer

    2015-01-01

    Conclusions: Transvaginal specimen extraction after laparoscopic gastric resection for advanced gastric cancer is a feasible procedure. It is offered to selected patients and of course only to female patients. Natural orifice surgery may provide faster recovery and decrease the wound related complications which may cause a delay on postoperative adjuvant chemo–radio therapies. We have presented, as far as we know, the first human case of a transvaginal extraction of an advanced gastric cancer after laparoscopic gastrectomy.

  6. Tratamento do trabalho de parto prematuro Management of preterm labor

    Roberto Eduardo Bittar; Marcelo Zugaib

    2009-01-01

    O objetivo principal para o uso de uterolíticos no trabalho de parto prematuro é prolongar suficientemente a gestação para a administração materna de glicocorticoides e/ou realizar a transferência materna para um centro hospitalar terciário. As decisões sobre o uso e a escolha de uterolítico requerem o diagnóstico correto do trabalho de parto prematuro, o conhecimento da idade gestacional, das condições médicas materno-fetais, da eficácia, dos efeitos colaterais e do custo do medicamento. Tod...

  7. Systematic Review and Meta-analysis of Complications in Transvaginal Approach in Laparoscopic Surgery.

    Komorowski, Andrzej L; Alba Mesa, Francisco; Bała, Małgorzata M; Mituś, Jerzy W; Wysocki, Wojciech M

    2015-12-01

    Transvaginal access is the most popular natural orifice translumenal technique in the minimally invasive surgery. Reviews on non-gynecological transvaginal approach morbidities reveal that rates vary greatly. A systematic review of transvaginal approach in non-gynecological intraabdominal procedures was carried out to assess the risk of complications. A systematic search was conducted using MEDLINE, EMBASE, PubMed, and the Cochrane Library from the inception of these databases to March 2012. The following keywords were searched: "transvaginal", "NOTES", "single incision", and "single port". From the total of 231 potentially eligible abstracts, 87 papers were retrieved and evaluated as fulfilling the eligibility criteria. The final analysis included 32 articles. The overall complications rate was 4.4 %, and complications related to the transvaginal port reached 2.4 %. Conversion rate to open surgery was 3.4 %. The incidence of postoperative urinary tract infection was 0.8 %. The mean operative time was 119 min. The mean hospital stay was 3.1 days (range 6 h-12 days). The technique of transvaginal access can offer several advantages for a patient and is associated with an acceptable rate of complications. PMID:27011470

  8. Pre- and post-calving forage systems and reproductive performance of primiparous cows Sistemas forrageiros pré e pós-parto e desempenho reprodutivo de vacas primíparas

    José Fernando Piva Lobato

    2010-09-01

    ; pastagem melhorada no pré-parto e pastagem natural no pós-parto; pastagem melhorada nos períodos pré e pós-parto. Os menores pesos e condições corporais foram observados nas vacas mantidas em pastagem natural no pré-parto, (384,3 kg e 3,31; 391,4 kg e 3,60, seguidas daquelas em pastagem melhorada no pré-parto e natural no pós-parto (424,4 kg e 3,60; e, por ultimo, das vacas em pastagem melhorada no pré e pós- parto (421,2 kg e 3,59. As vacas em pastagem melhorada no pré e pós-parto tiveram maior peso e condição corporal ao início do acasalamento (442,1 kg e 3,76, maior taxa de prenhez (82,3% e emprenharam mais cedo. Os sistemas com pastagem natural no pré-parto e melhorada no pós-parto e aquele com pastagem melhorada no pré-parto e natural no pós-parto não diferiram quanto a peso ao início do acasalamento (417,2 e 409,8 kg e taxa de prenhez (65,8 e 62,8%, respectivamente. Entretanto, as vacas em pastagem natural no pré-parto e melhorada no pós-parto emprenharam mais cedo. As vacas mantidas em pastagem natural tiveram o menor peso ao início do acasalamento (391,2 kg, a menor taxa de prenhez (52,7% e emprenharam mais tarde. Pastagens melhoradas no pré e pós-parto melhoraram os pesos e as condições corporais ao parto e ao início da reprodução, possibilitando alto desempenho reprodutivo.

  9. Efeito da adição de clonidina subaracnóidea à solução anestésica de sufentanil e bupivacaína hiperbárica ou hipobárica para analgesia de parto Efecto de la adición de clonidina subaracnoidea a la solución anestésica de sufentanil y bupivacaína hiperbárica o hipobárica para la analgesia de parto Effects of the addition of subarachnoid clonidine to the anesthetic solution of sufentanil and hyperbaric or hypobaric bupivacaine for labor analgesia

    Thaís Cristina Tebaldi; Luíz Marcelo Sá Malbouisson; Kondo, Mario M.; Mônica M. S. C. Cardoso

    2008-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Adição de clonidina subaracnóidea (±-agonista) prolonga a ação analgésica da combinação sufentanil e bupivacaína isobárica em analgesia combinada para o trabalho de parto ¹. O objetivo deste estudo foi comparar a qualidade de analgesia e a prevalência de efeitos colaterais após a adição de clonidina subaracnóidea à solução anestésica em gestantes durante trabalho de parto. MÉTODO: Após aprovação da Comissão de Ética, 22 gestantes em trabalho de parto receberam aleat...

  10. Preparação para o parto : expectativas/vivências de um grupo de mulheres

    Neves, Isabel da Conceição

    2012-01-01

    A gravidez e o parto constituem um período na vida da mulher/casal, caracterizado por complexas alterações a nível físico, psico-emocional e social, que variam de pessoa para pessoa e de casal para casal, de acordo com uma diversidade de fatores de carácter social, familiar, psicológicos, culturais e outros, que requerem capacidade de adaptação e implicam necessidade de apoio por parte da equipa de saúde, constituindo por isso um momento crucial em termos de necessidades de ...

  11. Estudio experimental controlado y aleatorizado sobre la efectividad y seguridad del uso de la pelota de parto durante el trabajo de parto

    Delgado García, Beatriz Elena

    2015-01-01

    La presente tesis fue financiada por el Fondo de Investigación Sanitarias del Instituto Carlos III, dependiente del Ministerio de Ciencia e Innovación, con el registro PI09/90257 y el proyecto de investigación titulado "Estudio experimental controlado y aleatorizado para evaluar la efectividad y seguridad del uso de la pelota de parto durante el trabajo del parto y el parto.

  12. FACTORES AMBIENTALES QUE AFECTAN LA EDAD AL PRIMER PARTO Y PRIMER INTERVALO DE PARTOS EN VACAS DEL SISTEMA DOBLE PROPOSITO

    Caty Martínez B; Luz Botero A; Oscar Vergara G

    2009-01-01

    Objetivo. Determinar los factores que influyen en la edad al primer parto (AFC) y primer intervalo de parto (PIDP) en hembras bovinas bajo el sistema de doble propósito, en la finca “El Rodeo”, municipio de Magangué, Bolívar - Colombia. Materiales y métodos. Se analizaron 379 datos provenientes de los registros productivos entre los años 1993 hasta 2002, usando el programa estadístico GLM del Statistical Analysis System, donde se obtuvieron la media y el error estándar de cada fuente de vari...

  13. Incontinência urinária no puerpério de parto vaginal e cesárea: revisão de literatura = Urinary incontinence in postpartum of vaginal delivery and cesarean: literature review

    Borba, Alice Rios

    2014-01-01

    Conclusão: Conclui-se que a segunda fase prolongada do trabalho de parto tem papel significativo na presença da IU no puerpério em ambos modos de parto, e que a cesárea teria o seu valor protetor no desenvolvimento da IU no puerpério apenas se fosse realizada de maneira eletiva. Dos 14 artigos, apenas um estudo foi realizado na população brasileira, mostrando a importância de serem realizados mais estudos sobre IU no puerpério no Brasil

  14. Representações sociais sobre o parto domiciliar

    Clara Fróes de Oliveira Sanfelice

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Objetivo: Conhecer as representações sociais sobre o parto domiciliar de mulheres que fizeram esta opção diante da escassez de estudos que avaliem esse fenômeno sob uma perspectiva humana, histórica e social. Métodos: Pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva, fundamentada na Teoria das Representações Sociais. Foram entrevistadas 14 mulheres que vivenciaram ao menos uma experiência de parto domiciliar, assistido e planejado, na cidade de Campinas-SP e região entre fevereiro e março de 2014. Utilizou-se o critério de saturação teórica para definição do tamanho amostral. Resultados: Os dados analisados revelaram uma representação social: meu corpo, minhas escolhas, meu parto. As participantes mostraram-se discordantes com o modelo de atendimento institucionalizado da atualidade e buscam o parto domiciliar como uma alternativa concreta de contemplação às suas expectativas, as quais estão fortemente alicerçadas pelo princípio da autonomia. Conclusão: As reflexões apresentadas servem como subsídios para o debate e reformulação das políticas de saúde obstétrica brasileira.

  15. Evidências sobre o suporte durante o trabalho de parto/parto: uma revisão da literatura Evidence on support during labor and delivery: a literature review

    Odaléa Maria Brüggemann

    2005-10-01

    Full Text Available Os efeitos do suporte à mulher durante o trabalho de parto/parto por profissionais de saúde, mulheres leigas e doulas, sobre os resultados maternos e neonatais têm sido avaliados em vários ensaios clínicos randomizados, metanálises e revisões sistemáticas. Este artigo apresenta a revisão desses estudos, enfocando as principais características, o provedor de suporte, a simultaneidade na presença ou não do companheiro/familiares da parturiente durante o trabalho de parto e parto, e os resultados obtidos. Foram incluídos os estudos publicados entre os anos de 1980 e 2004, que contemplam explicitamente os aspectos avaliados. De maneira geral, os resultados do suporte são favoráveis, destacando-se redução da taxa de cesarianas, da analgesia/medicamentos para alívio da dor, da duração do trabalho de parto, da utilização de ocitocina e produzindo aumento na satisfação materna com a experiência vivida. Quando o provedor de suporte não é um profissional de saúde, os benefícios têm sido mais acentuados. Os estudos disponíveis não avaliam o acompanhante escolhido pela parturiente como um provedor de suporte, o que constitui lacuna de conhecimento a ser preenchida.The effects of support for women during labor and delivery provided by health professionals, lay women, and doulas on the maternal and neonatal outcomes have been evaluated through randomized clinical trials, meta-analyses, and systematic reviews. This article presents a review of these studies, focusing on the principal characteristics, support provider, simultaneous presence of the woman's spouse and/or family members during labor and delivery and the outcomes. The analysis included studies published from 1980 to 2004 which explicitly approached these aspects. In general, the results of such support were favorable, highlighting a reduction in the cesarean rate, analgesia/ medication for pain relief, duration of labor, and utilization of oxytocin and an increase in

  16. Partos domiciliares acidentais na região sul do Município de São Paulo Accidental home deliveries in southern São Paulo, Brazil

    Márcia Furquim de Almeida

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a freqüência, o risco de mortalidade fetal e neonatal precoce e os determinantes do parto domiciliar acidental. MÉTODOS: Estudo caso-controle de base populacional sobre mortes fetais e neonatais precoces realizado na região sul do Município de São Paulo. Foram coletados dados em entrevistas domiciliares e de prontuários hospitalares. Os motivos referidos pelas mães para a ocorrência de partos domiciliares foram obtidos nas entrevistas. Os fatores de risco para o parto domiciliar foram obtidos comparando-se com os partos hospitalares. Os dados foram analisados separadamente para perdas fetais, óbitos neonatais e sobreviventes. Foram utilizadas odds ratio, intervalo de confiança de 95% e o teste exato de Fisher para avaliar os fatores de risco e estimar o risco de morte. RESULTADOS: A freqüência de partos domiciliares de 0,2% no Sistema de Informações de Nascidos Vivos está sub-notificada. Quando ajustada, passa a ser de 0,4%, compatível com a encontrada em algumas cidades da Europa. Todos os partos domiciliares identificados foram acidentais. O parto domiciliar acidental está associado ao aumento da mortalidade fetal e neonatal precoce. Características sociais das mães e da gestação estão associadas à ocorrência de partos domiciliares acidentais, e não são sempre as mesmas para os três tipos de desfecho (óbito fetal, óbito neo-natal precoce e sobreviventes. A falta de transporte para o hospital foi indicada como motivo para os partos domiciliares por 30% das mães. Falhas do sistema de saúde em reconhecer a iminência do parto e a não disponibilidade de atendimento de urgência contribuíram para a ocorrência de alguns partos domiciliares. CONCLUSÕES: Apesar de serem eventos raros, pelo menos em área urbana, os partos domiciliares acidentais devem merecer atenção específica, já que acarretam aumento do risco de morte e parecem ser evitáveis.OBJECTIVE: To identify the frequency, risks

  17. Uso da bola suíça no trabalho de parto Uso de la pelota suiza en el trabajo de parto Using the Swiss ball in labor

    Lia Mota e Silva

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Caracterizar o uso da bola suíça na assistência à parturiente em serviços de atenção obstétrica vinculado ao Sistema Único de Saúde no Município de São Paulo e identificar as características de seu emprego na assistência à parturiente por enfermeira obstétricas. MÉTODOS: Estudo descritivo com base em entrevistas estruturadas com 35 enfermeiras que prestavam assistência às parturientes. RESULTADOS: Constatou-se que 100% dos Centros de Parto Normal e 40,9% dos Centros Obstétricos possuiam bola suíça. As indicações do uso da bola suíça foram: promover a descida da apresentação fetal (32,4%, relaxamento (19,7%, progressão do parto (17,1%, exercício do períneo (14,5%, alívio da dor (11,8%, benefícios psicológicos e movimentação materna. A quase totalidade das instituições visitadas (96,8% não possuia protocolo para sua utilização. CONCLUSÃO: O estudo apontou que as enfermeiras atribuem benefícios ao uso da bola suíça no trabalho de parto. Ensaios clínicos são necessários para avaliar seus efeitos e subsidiar a elaboração de orientações para seu uso.OBJETIVOS: Caracterizar el uso de la pelota suiza en la asistencia a la parturienta en servicios de atención obstétrica vinculado al Sistema Único de Salud en el Municipio de Sao Paulo e identificar las características de su empleo en la asistencia de la parturienta por enfermeras obstétricas. MÉTODOS: Estudio descriptivo a partir de entrevistas estructuradas realizadas a 35 enfermeras que prestaban asistencia a las parturientas. RESULTADOS: Se constató que el 100% de los Centros de Parto Normal y 40,9% de los Centros Obstétricos poseían la pelota suiza. Las indicaciones del uso de la pelota suiza fueron: promover el descenso de la presentación fetal (32,4%, relajamiento (19,7%, progresión del parto (17,1%, ejercicio del periné (14,5%, alivio del dolor (11,8%, beneficios psicológicos y movimiento materno. La casi totalidad de las

  18. DIREITO AO PARTO HUMANIZADO: EXPERIÊNCIA E LEGALIDADE NA VISÃO DAS PUÉRPERAS

    Oliveira, T.C.

    2015-09-01

    Full Text Available O parto humanizado é um direito garantido pela Constituição Federal de 1988, e incentivado como estratégia para redução da morbimortalidade materna e neonatal, que preconiza o respeito à fisiologia do parto, à mulher, ao recém-nascido e aos familiares, bem como, a extinção de práticas intervencionistas desnecessárias na assistência obstétrica. No entanto, são verificadas barreiras na sua efetivação, o que implica na necessidade de reconhecer suas fragilidades e aprimorar a qualidade e humanização dessa assistência. O estudo teve como objetivo reunir as evidências científicas sobre as percepções da puérpera em relação à experiência do parto. Utilizou-se o método de revisão integrativa, através de pesquisa à base de dados Scielo Brasil, utilizando-se os descritores: “Direito à Saúde”, “Humanização do Parto”, “Legislação”, com análise de 10 artigos dos últimos dez anos (2004 – 2014. Os resultados evidenciaram que os atendimentos são pautados por violência obstétrica, desrespeito aos princípios da humanização e ausência de protagonismo das parturientes, que desconhecem seus direitos e expressam insatisfação e opiniões negativas. Concluímos que as práticas de assistência humanizada ainda possuem falhas em relação ao cumprimento, fazendo-se necessários investimentos para melhorar sua qualidade.

  19. Efeito da condição corporal ao parto sobre alguns parâmetros do metabolismo energético, produção de leite e incidência de doenças no pós-parto de vacas leiteiras

    Lago Ernani Paulino do; Pires Alexandre Vaz; Susin Ivanete; Faria Vidal Pedroso de; Lago Luiz Alberto do

    2001-01-01

    Cento e dezoito vacas da raça Holandesa foram utilizadas para se avaliar o efeito da condição corporal ao parto sobre a produção e teor de gordura no leite, níveis plasmáticos de beta-hidroxibutirato (BHBA), glicose e aspartato-aminotransferase (AST) e incidência de doenças no início da lactação. De acordo com seu escore de condição corporal (ECC) ao parto, em uma escala de 1 (magra), a 5 (gorda), as vacas foram divididas em dois grupos: I) constituído por vacas com ECC > ou = 4,0); II) vac...

  20. Participação do acompanhante na humanização do parto e sua relação com a equipe de saúde

    Cristiane Silva Mendonça Longo

    2010-06-01

    Full Text Available A humanização é entendida como responsabilização mútua entre serviços de saúde e a comunidade e consiste em acolhimento e resolutividade. O objetivo deste artigo foi refletir sobre a participação do acompanhante na humanização do parto e nascimento e sobre a sua interface com a equipe de saúde. Reflexão baseada na experiência dos pesquisadores e na literatura atualizada. Organizou-se o texto com abordagem nas temáticas: a participação do acompanhante na humanização do parto e nascimento e o acompanhante no processo de parturição e sua interface com a equipe de saúde. O atendimento humanizado é importante para que o parto seja uma experiência satisfatória e segura para a mulher e seu filho. Entre asmedidas do parto humanizado destaca-se o direito da mulher decidir pelo parto natural e de ser acompanhada durante o processo de parturição. A relação entre o acompanhante e a equipe de saúde é complexa, dada a limitação de sua participação no contexto do parto. Trata-se de processo em construção, envolvendo aspectos físico-ambientais das instituições de saúde, qualificação dos profissionais de saúde e da própria cultura das usuárias, que mantém muito arraigada a atitude submissa diante de seus direitos como cidadãs.

  1. Heterotopic pregnancy after in vitro fertilization and embryo transfer: the role of routine transvaginal ultrasonography

    Spontaneous heterotopic pregnancy (HP) is a rare condition, however, the rising incidence after in-vitro fertilization and embryo transfer (IVF-ET) may present serious problems as the diagnosis of this potentially fatal condition is often missed. The purposes of this study were to investigate the frequency of HP after IVF-ET, to analyze the clinical presentation and the outcome of coincidental intrauterine pregnancy, and to evaluate the value of routine transvaginal ultrasonography in early diagnosis and treatment of HP. There were 11 cases of HP among 484 pregnancies after IVF-ET (The incidence was 2.3%) in recent 2 years. We evaluated the clinical findings and the findings of transvaginal sonography in those 11 patients. The combined extrauterine pregnancies were tubal (n = 9), cornual (n = 1), and both the tubal and cornual (n = 1). Vaginal bleeding was absent in 4 cases and one of them was asymptomatic. HP may be suspected if there was an elevated serum hCG in the absence of intrauterine multiple gestations. In all cases, the condition was diagnosed by transvaginal sonography performed prior to surgical intervention. The coincidental intrauterine pregnancies were ended in successful full-term delivery in 7 cases, while one pregnancy was ongoing at that time. The incidence of HP was evidently higher in IVF-ET than in spontaneous pregnancies. Transvaginal sonography was useful in accurate diagnosis in clinically suspected cases and even in asymptomatic cases. Routine transvaginal sonography played an important role in early diagnosis and prompt management of HP

  2. Avaliação da testagem anti-HIV no pré-natal e na assistência ao parto no Rio de Janeiro, Brasil

    Daniela Marcondes Gomes; Maria Inês Couto de Oliveira; Sandra Costa Fonseca

    2015-01-01

    Resumo Objetivos: avaliar a testagem anti-HIV durante a assistência pré-natal e ao parto no Sistema Único de Saúde. Métodos: estudo transversal conduzido em 2009 em 15 maternidades no Rio de Janeiro, sendo entrevistada amostra representativa de 835 parturientes e observados prontuários. Para avaliação da adequação da testagem anti-HIV foi elaborado um modelo lógico. Resultados: segundo informação das parturientes, 86,7% dispunham de sorologia não reagente do pré-natal e 55,7% foram submeti...

  3. Estridor na sala de parto Stridor in the delivery room

    Ana Carolina Rangel

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Ressaltar a importância do estridor por anel vascular em recém-nascidos. DESCRIÇÃO DE CASO: Caso 1: recém-nascido a termo do sexo feminino, com história prévia de poli-hidrâmnio, apresentou estridor na sala de parto e necessidade de intubação orotraqueal com parâmetros ventilatórios moderados. Trouxe melhora do quadro respiratório após a inserçào de cânula traqueal além do habitual, o que motivou a investigação de compressão traqueal extrínseca. Realizado diagnóstico de duplo arco aórtico, seguido de cirurgia corretiva com boa evolução. Caso 2: menina de sete meses com estridor desde o nascimento e diagnóstico prévio de laringomalácia, com diversas internações anteriores por doenças respiratórias. Na última internação, houve melhora dos sintomas após a intubação seletiva do brônquio principal direito, sugerindo compressão extrínseca da traqueia. Após a confirmação do diagnóstico de anel vascular, foi submetida à correção cirúrgica, porém evoluiu a óbito. COMENTÁRIOS: O anel vascular não é a principal causa de estridor em recém-nascidos, mas deve ser considerado no diagnóstico diferencial. O baixo índice de suspeição dessa alteração leva a atrasos no tratamento e, como consequência, aumenta o risco de traqueomalácia e dismotilidade esofágica mesmo após a correção cirúrgica.OBJECTIVE: To underline the importance of vascular rings causing stridor in newborns infants. CASE DESCRIPTION: Case 1: term female newborn infant with prenatal history of polyhydramnios that presented stridor in the delivery room. She was treated with endotracheal intubation and moderate ventilator settings. She improved her respiratory distress after the insertion of the endotracheal tube deeper than usual. This fact prompted the investigation of extrinsic tracheal compression. A double aortic arch was diagnosed, which had satisfactory surgical outcome. Case 2: a seven-month old girl with stridor

  4. Delivery assistance in fetal macrosomia Assistência ao parto na macrossomia fetal

    Renato Augusto Moreira de Sá

    2003-12-01

    Full Text Available OBJECTIVES: to evaluate delivery assistance in fetal macrosomia. METHODS: this was a hospital-based cohort study of consecutive births at a tertiary perinatal center from January 1, 1996 to October 31, 1999. A total of 5261 pregnancies met the inclusion criteria which were singleton pregnancies with minimal birth weight of 1000 g. Fetal macrosomia was defined as birth weight of 4000 g or more. We studied the mode of delivery, the newborn condition at birth, considered low when the Apgar scored below seven in the first or fifth minute, and the presence of abnormalities that could indicate a Caesarian section (disproportion, uterine dysfunction, prolonged second period of birth and fetal distress. RESULTS: 296 (5,6% of the babies were macrosomic. Macrosomia was a risk factor for Caesarian section (RR = 1,59, p OBJETIVOS: avaliar a assistência ao parto na macrossomia fetal. MÉTODOS: Estudo do tipo coorte realizado em centro perinatal terciário no período de 1 de janeiro de 1996 a 31 de outubro de 1999. Foram selecionadas 5261 gestações de acordo com os critérios de inclusão, que foram: gestação única e peso mínimo ao nascimento de 1000 g. A macrossomia fetal foi definida como peso ao nascimento acima de 4000 g. Estudamos a via de parto, as condições ao nascimento, Apgar baixo quando inferior a sete no primeiro e quinto minutos e as anormalidades que serviram de indicação para cesariana (desproporção, distocia uterina, segundo período prolongado e sofrimento fetal. RESULTADOS: 296 (5,6% dos conceptos eram macrossômicos. Macrossomia foi fator de risco para cesariana (RR = 1,59, p <0,001 e para parto operatório vaginal (RR = 1,12 p <0,001. As condições do recém-nascido não foram piores nos fetos macrossômicos. Houve correlação positiva entre macrossomia fetal e desproporção mas não para distocia uterina, prolongamento do segundo período ou sofrimento fetal. CONCLUSÕES: Houve maior número de indicações de cesariana

  5. Perfil de casais que optam pelo parto domiciliar assistido por enfermeiras obstétricas Perfil de las parejas que optan por el parto domiciliario asistido por enfermeras obstétricas Profile of couples who opt for home birth assisted by obstetric nurses

    Iara Simoni Silveira Feyer

    2013-06-01

    Full Text Available Esta pesquisa exploratório-descritiva foi desenvolvida com o objetivo de identificar as características sociodemográficas de casais que optam pelo domicílio como local para a ocorrência do parto. Participaram 25 casais que elegeram os serviços de uma equipe de enfermeiras obstétricas que assiste a partos domiciliares, em Florianópolis-SC. As informações foram obtidas por meio dos registros em prontuários dos atendimentos prestados pelas enfermeiras e de entrevistas semiestruturadas com os casais praticantes do parto domiciliar planejado, tendo sido realizada análise descritiva do perfil obtido. Identificou-se que a maioria dos casais era de pessoas com formação superior, relacionamento estável, que residiam em casa própria e tinham estabilidade profissional. Grande parte dos participantes não era natural de Florianópolis e alguns casais vieram de outras cidades para que o parto ocorresse nesta cidade. Foi possível concluir que a opção pelo parto em casa está atrelada à revalorização do ambiente doméstico, e não a um resgate do passado.Estudio exploratorio-descriptivo, desarrollado con el objetivo de identificar las características sociodemográficas de las parejas que eligen el hogar como un lugar para la ocurrencia del parto. Participaron 25 parejas que han elegido los servicios de un equipo de enfermeras obstétricas que asisten partos en domicilio de Florianópolis-SC. La información se obtuvo a través de los registros de la atención prestada por las enfermeras y entrevistas semiestructuradas con las parejas participantes del nacimiento domiciliario planificado, después de haber realizado un análisis descriptivo del perfil obtenido. Se identificó que la mayoría de las parejas practicantes del parto en casa son personas con educación superior, relación estable, que viven en sus propias casas y tienen seguridad laboral. Gran parte de los participantes no es natural de Florianópolis y algunas parejas

  6. Implantación del nuevo modelo de atención al parto: Actitud de los profesionales Implementação do novo modelo de atendimento ao parto: Atitude dos profissionais Implementation of the new model of care during childbirth: Attitude of professionals

    Juan Miguel Martínez-Galiano

    2011-12-01

    Full Text Available La Organización Mundial de la Salud (OMS recomienda seguir una pauta de atención al parto de forma más humanizada. En España se puso en marcha una estrategia para fomentar la atención del parto de baja intervención. Objetivos: conocer cómo, ante esta nueva realidad, los profesionales implicados en la atención sanitaria de las mujere de parto se habían adaptado a la nueva tendencia de asistencia al parto y como valoraban las mujeres este tipo de atención. Metodología: estudio observacional descriptivo cuyos sujetos de estudio son las mujeres que han dado a luz y los profesionales implicados en la atención al parto del Hospital San Juan de la Cruz de Úbeda (España. Se utilizó un cuestionario de elaboración propia y se realizó un análisis descriptivo de los datos a través de frecuencias absolutas, relativas, media y desviación estándar. Resultados: los profesionales, en su mayoría, están satisfechos, motivados y se han adaptado a las nuevas prácticas de asistencia al parto. Las mujeres están satisfechas con la atención recibida en su parto. Conclusión: el nuevo modelo de atención al parto ha sido incorporado por los profesionales de la salud lo que hace que las mujeres estén satisfechas con los buenos resultados obstétricos y neonatales.A Organização Mundial da Saúde (OMS recomenda seguir uma pauta de atenção ao parto de forma mais humanizada. Em Espanha pôs-se em marcha uma estratégia para fomentar a atenção do parto de baixa intervenção. Objectivos: conhecer de que forma, perante esta nova realidade, os profissionais implicados na atenção de saúde das mulheres em trabalho de parto se têm adaptado à nova tendência de assistência ao parto e de que forma as mesmas valorizavam este tipo de atenção. Metodologia: estudo observacional descritivo cujos sujeitos de estudo são as mulheres que deram à luz e os profissionais implicados na atenção ao parto do Hospital San Juan de la Cruz de Úbeda (Espanha

  7. O efeito do banho de imersão na duração do trabalho de parto El efecto del baño de inmersión en la duración del trabajo de parto The effect of immersion baths on the length of childbirth labor

    Flora Maria Barbosa da Silva

    2006-03-01

    Full Text Available Estudo experimental, randomizado do tipo ensaio-clínico, teve como objetivo identificar a influência do banho de imersão na duração do primeiro período clínico do parto e na freqüência e duração das contrações uterinas. Os dados foram coletados em uma maternidade pública filantrópica da cidade de São Paulo que atende, em média, 1.100 partos mensais. A amostra constou de 108 parturientes, 54 no grupo controle e 54 no experimental, que fizeram uso do banho de imersão. Os resultados demonstraram que o banho de imersão não modificou a duração do trabalho de parto e a freqüência das contrações uterinas. No entanto, a duração das contrações foi estatisticamente menor no grupo experimental (41,9 versus 44,6min. Concluiu-se que o banho de imersão é uma alternativa para o conforto da mulher, durante o trabalho de parto, por oferecer alívio à parturiente, sem interferir na progressão do parto sem trazer prejuízos ao recém-nascido.Este estudio experimental, randomizado del tipo ensayo-clínico, tuvo como objetivo identificar la influencia del baño de inmersión en la duración del primer período clínico del parto y en la frecuencia y duración de las contracciones uterinas. Los datos fueron recolectados en una maternidad pública filantrópica de la ciudad de São Paulo que atiende, en promedio, 1,100 partos mensuales. La muestra constó de 108 parturientas, 54 en el grupo control y 54 en el experimental, que hicieron uso del baño de inmersión. Los resultados demostraron que el baño de inmersión no modificó la duración del trabajo de parto y la frecuencia de las contracciones uterinas. Entre tanto, la duración de las contracciones fue estadísticamente menor en el grupo experimental (41,9 versus 44,6min. Se concluye que el baño de inmersión es una alternativa para el confort de la mujer, durante el trabajo de parto, por ofrecer alivio a la parturienta, sin interferir en la progresión del parto y ocasionar

  8. Saberes e competências do pai, com preparação para o parto, durante o trabalho de parto e parto : contributos para a prática de enfermagem

    Pousa, Olga Maria

    2012-01-01

    A preparação para o parto oferece ao casal momentos de partilha de experiências, a possibilidade de um maior envolvimento do pai na preparação para o nascimento e para a parentalidade, a aprendizagem de estratégias que permitam reduzir a ansiedade e o medo relativamente ao parto e que aumentem a autoconfiança do casal. O pai tem cada vez mais um papel ativo no apoio à mulher durante o trabalho de parto e no momento do nascimento do bebé. Assim, o enfermeiro de saúde materna e obstétrica deve ...

  9. humanização ao parto e nascimento

    Rejane Antonello Griboski

    2006-01-01

    Full Text Available En la búsqueda de conocer el impacto de la política de humanización al parto y al nacimiento para mujeres y profesionales de la salud fue realizada una investigación cualitativa, usando como la metodología de referencia el Análisis de Contenido. Los datos fueron recolectados mediante la entrevista individual, así las informaciones obtenidas y analizadas a la luz de la Bioética Feminista apuntan que las mujeres vivencian el proceso de parto y alumbramiento con la sensación de miedo y desconocimiento del mismo; y la humanización en ese momento, significa someterse a las acciones intervencionistas dirigidas, a ellas, colocándolas en situación de vulnerabilidad extrema. Los profesionales verbalizan la existencia de una jerarquización en las relaciones, entre ellos y las mujeres, que delimita el espacio social y de los saberes. Fue evidente la falta de comunicación en la asistencia dispensada por ellos a las mujeres. El rescate de la autonomía femenina frente al proceso de parto y la transformación en las relaciones interpersonales y profesionales son aspectos relevantes vinculados a los cambios propuestos por la Política de Humanización.

  10. ACOMPAÑAMIENTO EN SALA DE PARTOS: REGLA O EXCEPCIÓN

    Andrea Cantero; Lucrecia Fiuri; Karina Furfaro; M. Paula Jankovic; Vanesa Llompart; M. Emilia San Martín

    2010-01-01

    El apoyo continuo durante el trabajo de parto y parto se ha convertido en una excepción en vez de brindarse en forma habitual. Objetivos. a) Primario: Determinar en qué porcentaje las mujeres ingresan a sala de partos acompañadas por una persona de su elección. b) Secundarios: Identificar las causas que impiden el ingreso del acompañante a sala de partos. Determinar el número de embarazadas que realizan el curso de preparación integral para la maternidad. Material y métodos. Diseño observacio...

  11. Randomized controlled clinical trial on two perineal trauma suture techniques in normal delivery Ensayo aleatorio clínico controlado para dos técnicas de sutura perineal en parto normal Ensaio clínico controlado aleatório sobre duas técnicas de sutura do trauma perineal no parto normal

    Sandra Ferreira Silva de Almeida

    2008-04-01

    , el que fue más frecuente en mujeres con sutura separada.O objetivo foi comparar a cicatrização e a dor perineal com a utilização das técnicas de sutura contínua e separada em mulheres com parto normal. Realizou-se estudo controlado aleatório, em centro de parto normal, em Itapecerica da Serra, São Paulo. Participaram 61 mulheres com episiotomia ou rotura perineal de segundo grau, alocadas em dois grupos, segundo a técnica de sutura contínua (n=31 ou separada (n=30. Os principais desfechos avaliados foram edema, equimose, hiperemia, secreção, deiscência, fibrose, freqüência e magnitude da dor (avaliada pela escala numérica de 1 a 10. Os dados foram coletados na internação e após a alta (quatro e 41 dias pós-parto. A cicatrização foi por primeira intenção em 100% dos casos, nas duas técnicas de sutura. Não houve diferença estatisticamente significante para a ocorrência de morbidades, exceto na dor perineal à palpação, com quatro dias de pós-parto, que foi mais freqüente entre as mulheres com sutura separada.

  12. CONHECIMENTO DE GESTANTES SOBRE A HUMANIZAÇÃO DO PARTO: UMA INTERVENÇÃO EDUCATIVA

    MARCIANO, R. A.

    2015-09-01

    Full Text Available A prática do nascimento tem sofrido modificações ao longo dos anos, em virtude das inovações advindas com o avanço da ciência (CHAVES, 2002. Inicialmente, o nascimento era vivenciado pela família e comunidade, ocorrendo como um acontecimento fisiologicamente natural, sem exigir um método científico (BRASIL, 2001. A assistência ao parto era realizada por parteiras, identificadas segundo sua experiência (MORAES, 2010. No entanto, com o avanço da medicina, houve muitas transformações em relação ao parto, que deixou de ser assistido por parteiras em domicílio passando para os cuidados de médicos em ambiente hospitalar. Embora este tipo de intervenção represente uma alternativa para resolução das situações de risco também necessita de uma assistência específica e tecnológica, tendo em vista as práticas médicas intervencionistas que trouxe vários riscos à saúde do binômio mãe-filho (OSAVA, 1997; CECATTI, 1999; DINIS, 2004. , O presente estudo tem como objetivo identificar o conhecimento das gestantes a respeito das diretrizes de humanização do parto, em dois momentos: antes e após a implementação de uma atividade educativa em saúde. Para isso será desenvolvida uma pesquisa quantitativa não experimental do tipo descritiva, a ser realizada no Centro de Saúde Escola Professor José Rodrigues Moura (FMC, situado na cidade de Campos dos Goytacazes – RJ, com gestantes cadastradas no programa de pré-natal, com idade igual ou superior a 18 anos. A coleta de dados será realizada por meio da aplicação de um questionário, semi-estruturado antes e após a implementação educativa. Os dados serão analisados estatisticamente pelo software Statistical Package Science, versão 13.0 for Windows. Espera-se com este estudo conscientizar as gestantes sobre a humanização e seus direitos de assistência no momento do parto, contribuindo assim para a melhora na qualidade do atendimento já que a humanização é uma

  13. Endometriose em cicatriz cirúrgica: uma série de 42 pacientes Surgical scar endometriosis: a series of 42 patients

    Fabia Lima Vilarino

    2011-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a frequência e o quadro clínico de pacientes com endometriose incisional. MÉTODOS: estudo retrospectivo descritivo a partir da revisão de prontuários de pacientes submetidas à ressecção de nódulos em cicatriz cirúrgica na Faculdade de Medicina do ABC, no período de novembro de 1990 a setembro de 2003. A idade, a paridade, o número de cesáreas, os sintomas, a localização do tumor, o diagnóstico inicial, o tratamento e a recorrência foram relatados e analisados. Os resultados foram representados por porcentagem, média e desvio padrão. RESULTADOS: foram encontrados 42 pacientes com diagnóstico de endometriose em cicatriz. Dos 42 casos, 37 eram de endometriose em cicatriz de cesárea; 3 casos em episiotomia e 2 casos em ápice vesical aderido à histerorrafia. A média de idade das pacientes foi de 32,4 anos com desvio padrão de ±6,2 anos. Todas tinham como antecedente cirúrgico exclusivo o parto, e a queixa principal foi nodulação com dor perimenstrual em 40% dos casos. Em 57% das pacientes, a avaliação clínica foi complementada pelo exame de ultrassonografia pélvica ou transvaginal. As pacientes foram tratadas com ressecção completa do nódulo e a recidiva ocorreu em apenas dois casos. CONCLUSÃO: a endometriose em cicatriz cirúrgica é incomum; entretanto, tem diagnóstico inicial fácil se o quadro clínico for conhecido. O tratamento eficaz é cirúrgico.PURPOSE: to evaluate the frequency and clinical picture of patients with incisional endometriosis. METHODS: retrospective descriptive study performed from the medical records of patients that underwent nodules resection in the surgical scar at Faculdade de Medicina do ABC, from November 1990 to September 2003. The age, parity, number of cesarean sections, symptoms, tumor location, initial diagnosis, treatment, and recurrences were surveyed and analyzed. The results were reported as percentage, mean, and standard deviation. RESULTS: we found 42

  14. Diagnosis of cervical cancer with transvaginal color Doppler sonography

    Li-bo DENG

    2011-09-01

    Full Text Available Objective To investigate the imaging features of cervical cancer by transvaginal color Doppler sonography(TVCS,and evaluate the diagnostic value of TVCS.Methods A hundred and thirty cases of cervical intraepithelial neoplasia(CIN grade Ⅰ-Ⅱ and cervical cancer,diagnosed by Thinprep cytologic test(TCT,cervical biopsy and pathological examination,received TVCS examination.The image characters and color Doppler flow imaging(CDFI were collected and analyzed.Another 41 cases with normal cervices as determined by inspection and cytological examination were involved as control.Results In order of normal cervix,CIN,cancer in situ and cervical cancer,the cervical diameter showed a tendency of increase,also with an increase incidence of low-level echo focus in cervix.As a specific image of cervical cancer,the low level echo focus occurred only in cervical cancer with a specificity of 100%.The absence of mucosal line in cervical canal was a specific character of stage Ⅱ cervical cancer with a specificity of 100%.CDFI and resistance index(RI revealed that the local blood flow was more abundant in invasive cancer than in CIN and cancer in situ,and significant difference was found between stage Ⅰ and stage Ⅱ cervical cancer(P < 0.05.The sensitivity and specificity of enlarged cervical diameters in diagnosis of cervical cancer were 89.1% and 82.8%.The specificity of cervical low level echo focus in diagnosis of cervical cancer and invasive cervical cancer were 100% and 94.8%,respectively.The specificity of abundant blood flow in dendritic form in diagnosis of invasive cervical cancer was 100%.Conclusions Invasive cervical cancer may present several specific features in TVCS images.TVCS examination is of high reliability in diagnosis of invasive cervical cancer,but is not so reliable in diagnosing precancerous lesion and preinvasive cancer.Combined with other auxiliary examinations,TVCS could be considered as one of the methods to diagnose cervical

  15. ASSISTÊNCIA AO PARTO NORMAL NO DOMICÍLIO ATENCIÓN DEL PARTO NORMAL EN CASA CARE TO NATURAL HOME DELIVERY

    Rejane Marie Barbosa Davim; Rejane Maria de Paiva Menezes

    2001-01-01

    Trata da experiência vivenciada por uma enfermeira obstetra com um casal grávido de seu terceiro filho. Destaca os modelos assistenciais que valorizam a mulher e o casal no processo do nascimento e parto. Descreve a assistência prestada a um casal durante o processo da gestação e parto realizado no domicílio. Ressalta que a experiência possibilitou a participação ativa do casal e filhos no processo do nascimento e parto, propiciando, fundamentalmente, satisfação à família e ao profissional.Es...

  16. O acesso à assistência ao parto para parturientes adolescentes nas maternidades da rede SUS Accesibilidad a asistencia del parto para parturientes adolescentes en las maternidades del sistema de salud Accessibility to childbirth attendance for pregnant adolescents in health system's maternities

    Patrícia Santos Barbastefano; Vania Reis Girianelli; Octavio Muniz da Costa Vargens

    2010-01-01

    Estudo quantitativo, observacional e de delineamento transversal, cujo objetivo foi identificar os fatores que interferem na acessibilidade da gestante ao acompanhamento do parto na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Foi realizado em maternidades da rede SUS-RJ, por meio de entrevista estruturada. A amostra constituiu-se de 328 puérperas adolescentes. As informações foram organizadas em banco de dados, e para análise se utilizou o software EPI INFO versão 6...

  17. Prevalência e fatores associados à prematuridade entre gestantes submetidas à inibição de trabalho de parto prematuro Prevalence and risk factors associated to preterm delivery among pregnant women submitted to preterm labor inhibition treatment

    Lucila Coca Bezerra

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: identificar a prevalência de parto prematuro em gestantes submetidas ao tratamento de inibição de trabalho de parto prematuro e analisar os fatores associados. MÉTODOS: estudo transversal, com dados coletados de 163 prontuários de gestantes submetidas a tratamento de inibição de trabalho de parto prematuro atendidas em 1995-2000, no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo, Brasil. A variável dependente constituiu-se na ocorrência de parto prematuro e as independentes foram: idade, escolaridade, ocupação, paridade, companheiro, tabagismo, infecção urinária prévia, número de consultas pré-natal e intervalo interpartal. A análise foi feita pelo teste de associação pelo Qui-quadrado e modelos de regressão logística univariado e múltiplo. RESULTADOS: 66,3% das gestantes tiveram filhos prematuros e, em 22,7% dos casos, o parto ocorreu antes de 34 semanas. Houve associação estatística significativa entre parto prematuro e ser nulípara e apresentar número baixo de consultas pré-natal. CONCLUSÕES: atenção especial deve ser dada às gestantes nulíparas e com número reduzido de consulta pré-natal submetidas ao tratamento de inibição de trabalho de parto prematuro, com a finalidade de prevenir esse evento.OBJECTIVES: to identify preterm delivery prevalence in pregnant women submitted to preterm delivery inhibition treatment and to analyze associated factors. METHODS: cross sectional study with data collected from 163 pregnant women medical files seen from 1995-2000 at the University Hospital of the University of São Paulo, Brazil. The dependent variable was preterm delivery and the independent ones were: age, education, job, parity, companion, smoking, prior urinary infection, number of prenatal medical visits and birth interval. Analysis was performed through association by the Chi-square test and univariate and multiple logistic regression models. RESULTS: 66.3% of the women had preterm

  18. Ultrasound-Guided Transvaginal Cyst Aspiration for the Management of Pelvic Pseudocyst: A Preliminary Experience

    Ching-Chou Tsai

    2002-11-01

    Full Text Available Background: While some research has been reported on the use of transvaginal ultrasound-guided aspiration of ovarian cysts, none has been reported for pseudocysts.Sometimes laparotomy patients experience recurrent pelvic psuedocystsfor which they may need to undergo another laparotomy. The use oftransvaginal ultrasound-guided aspiration of pelvic pseudocysts may makerepeated laparotmies unnecessary.Methods: Between April 1993 and October 2001, 14 outpatients with postoperativepelvic pseudocysts underwent transvaginal ultrasound-guided aspirationswith or without surgical starch irrigation. All patients had previously undergonepelvic surgeries for adenomyosis and leiomyoma, except one was stageIb cervical cancer. A total of 25 treatment cycles by transvaginal ultrasoundguidedaspiration were included: 15 cycles with starch and 10 cycles without.Results: The 13 patients with more than 6 months follow-up had a total of 25 aspirationcycles, 22 of which (88% had no recurrent cyst by the end of their 6-month follow-up period. Eighteen out of 25 cycles (72% had no evidenceof recurrence after 12 months of follow-up. Five patients needed only oneaspiration to become disease free and six patients needed two aspirations.Only 2 patients needed 3 or more aspirations procedures. After 12 months offollow up, 33% of those irrigated with starch had a recurrent pelvic pseudocystwhile 30% without starch experienced recurrence.Conclusion: Because it eliminates necessity of repeat laparotomy, transvaginal ultrasound-guided aspiration of pelvic pseudocysts may become a preferred treatmentfor recurrent pelvic pseudocysts.

  19. Bishop score and transvaginal ultrasound for preinduction cervical assessment: a randomized clinical trial

    Reeta Bansiwal

    2013-08-01

    Conclusions: With the suggested cut-off values of a Bishop score <6 and wedging <30%, the use of transvaginal ultrasound instead of Bishop score for preinduction cervical assessment to choose induction agent significantly reduces the need for intracervical prostaglandin treatment without adversely affecting the success of induction. [Int J Reprod Contracept Obstet Gynecol 2013; 2(4.000: 611-615

  20. Women's perception of transvaginal sonography in a tertiary hospital in nigeria

    Available studies suggest that pregnant women's views on the desirability of routine ultrasound are Influenced by their perceptions of its potential benefits and concern about possible adverse effects. To assess women's views of transvaginal sonography and to determine any correlation between their perception of the procedure and their prior knowledge and experience of it. We surveyed women presenting with various gynecologic problems or complications of the first trimester. Data collection was by self-administered questionnaires using conveniences sampling technique on women attending the clinic over a period of one year. Only women who had transvaginal sonography were included. A total of 250 women were recruited and interviewed. Transvaginal sonography was considered not embarrassing by 76%, acceptable by 86%, not painful by 87.2% and not stressful by 82% of the women. There were no statistically significant differences in the women's perception of the procedure whether they had prior knowledge and previous experience of the procedure or not (P>0.05). The majority of the women perceived transvaginal sonography favourably. Their perception of the Procedure was favourable whether they had prior knowledge and previous experience of it or not. (author)

  1. Parto hospitalar: experiências de mulheres da periferia de Cuibá-MT Parto hospitalar: experiencias de mujeres de subúrbios de Cuibá-MT Hospital delivery: women´s experience from the suburbs of Cuibá-MT

    Neuma Zamariano Fanaia Teixeira

    2006-12-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo foi analisar alguns aspectos culturais que atravessaram as vivências de mulheres ao se submeteram ao parto normal hospitalar do SUS. Trata-se de pesquisa qualitativa com referencial téorico-metodológico da Teoria das Representações Sociais e, para a coleta dos dados, foram entrevistadas, no domicilio, dez mulheres que haviam vivenciado partos normais em hospital do SUS. Como resultados, constatamos que, dos aspectos que atravessaram suas vivências, vários estavam relacionados a uma cultura institucional que revelou um atendimento pautado por violência velada e em desrespeito aos princípios do Programa de Humanização do Nascimento do Ministério da Saúde. Concluímos que há muitos investimentos ainda a serem feitos para melhorar a qualidade da assistência ao parto e ao nascimento nos locais estudados.El objetivo de este artículo fue analizar algunos de los aspectos culturales que hicieron parte de las vivencias de mujeres cuando se han sometido al parto normal hospitalar del Sistema Público de Salud. Trata-se de una investigación cualitativa, cuyo referencial teórico fue la Teoría de las Representaciones Sociales e, para colectar los datos, hicimos encuestas, en el domicilio, con diez mujeres que hubieran tenido parto normal en hospitales públicos. Como resultados, tuvimos que, de los aspectos que atravesaron sus vivencias, muchos estaban relacionados a una cultura institucional que ha expuesto violencia velada a la mujer y en falta de respecto a los principios del Programa de Humanización en el Nacimiento del Ministerio de la Salud. Hemos concluido que aun hay mucho a se investir para mejorar la calidad de la asistencia al parto e al nacimiento en los locales estudiados.The objective of this article was to analyze some cultural aspects of women who have experienced normal deliveries at hospitals of the National Health System. It is a qualitative research, and its theoretic-methodological reference was

  2. Alterações Endometriais em Pacientes com Câncer de Mama Tratadas com Tamoxifeno

    Feitosa Francisco Edson de Lucena; Juaçaba Sérgio Ferreira; Medeiros Francisco das Chagas

    2002-01-01

    Objetivos: avaliar sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e negativo e razão de probabilidade da ultra-sonografia transvaginal e da histeroscopia quando comparadas com o exame histopatológico do endométrio em mulheres com câncer de mama tratadas com tamoxifeno. Método: estudo transversal, com trinta mulheres, em que se avaliou a ecogenicidade do eco endometrial e a sua espessura por meio de ultra-sonografia transvaginal. Realizou-se histeroscopia que foi descrita como normal ...

  3. Parâmetros sangüíneos e urinários, no pré e pós parto, de búfalas criadas em sistema exclusivo de pastejo The blood and urinary values in the pre and pos-parturient period of buffaloes, kept on exclusive pasture feeding

    Carlos Magno Chaves de Oliveira

    2003-06-01

    Full Text Available Foi avaliada a ocorrência de alterações nas concentrações de glicose sanguínea, proteína plasmática total, hematócrito e presença de corpos cetônicos na urina de oito búfalas leiteiras da raça Murrah, com idade variando entre 5 e 10 anos, com no mínimo duas lactações, clinicamente sadias, desde 60 dias antes até 60 dias pós-parto. As concentrações médias de glicose sangüínea e o valor médio do hematócrito diminuíram significativamente no pós-parto (pEight lactating buffaloes of the Murrah breed were used from 60 days before up to 60 days after calving, in order to evaluate alterations in the concentration of blood glucose, total plasmatic protein, haematocrit and the presence of ketonic bodies in the urine. The 5 to 10- year old buffaloes were clinically healthy and had had at least two lactations. During the experimental period the animals were maintained on Brachiaria brizantha pasture and supplemented with a mineral mixture and water.The media concentrations of blood glucose and the media values of the haematocrit diminished significantly after calving (p<0,05. The concentrations of total plasmatic protein did not show significant variation during the pre and post-calving period. The ketonic bodies in the pre-calving period were only detected in the urine of one buffaloe, but after the 32nd day of lactation ketonic bodies were detected in all animals. There was a direct relationship between the color of the urine positive by the Rothera test and blood glucose concentrations. It can be concluded that at the beginning of lactation the buffaloes had an energetic deficit, characterized by a decline of blood glucose concentrations and the presence of ketonic bodies in the urine, and that lactation caused a progressive decline of the hematocrit, but that the concentration of total plasmatic protein did not vary during the pre and post-calving period.

  4. Parto e pós-parto: impacto sobre a sexualidade do pai

    Menezes, Clarisse Costa; Marques, António Manuel

    2010-01-01

    Ao longo do exercício como profissional de saúde e com o uso diário do processo de enfermagem na prestação de cuidados à pessoa, sendo esta, o centro deste processo, fomos recolhendo elementos empíricos sobre o tema desta investigação, os quais foram sistematizados com a formação específica em sexologia. Foi a partir destas vivências e das observações não sistemáticas que surgiu a curiosidade em relacionar esta temática, numa perspectiva pouco desenvolvida, com a área em que ...

  5. Estudo do peso do recém-nascido, faixa etária da mãe e tipo de parto

    João Batista Ferreira dos Santos

    2001-09-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo estudar o peso do recém-nascido, a faixa etária da mãe e o tipo de parto ocorrido em Maternidades de Rio Branco - Acre - Brasil, no período de 1994 a 1996. Como resultado 73,8% nasceram de parto normal e 25,5% por cesariana. Por outro lado 5,4% dos partos foram por adolescentes na faixa etária de 10-14 anos Com relação ao peso, 84,6% estavam dentro do normal, 7,4% abaixo e 6,6% acima. Vale ressaltar o registro de peso, idade e sexo como sendo ignorados, o que demonstram falhas nos registros. Concluindo destacamos a importância da assistência no período pré-natal, proporcionando atenção ao binômio mãe-filho, além de maior empenho por parte da Direção das Maternidades e das Chefias de Enfermagem na produção e análise dos dados.

  6. A PROSPECTIVE STUDY ON ROLE OF HYSTEROSCOPY VS. TRANSVAGINAL SONOGRAPHY IN DIAGNOSIS OF ABNORMAL UTERINE BLEEDING

    Padma

    2014-07-01

    Full Text Available AIMS AND OBJECTIVES: To study the demographic pattern of the patients and to evaluate causes of abnormal uterine bleeding in different menstrual phases using transvaginal sonography and diagnostic hysteroscopy. Evaluation of the validity of transvaginal sonography and hysteroscopy in various menstrual abnormalities and intrauterine pathologies. MATERIAL AND METHODS: Total 60 patients were selected with complaint of abnormal uterine bleeding who were in reproductive, premenopausal and postmenopausal phase of life and were grouped similarly. All patients were subjected for transvaginal sonography followed by hysteroscopy. RESULTS: Analysis of 60 cases were done, 21 (35% cases were normal and 39 (65% were having different uterine pathologies according to transvaginal sonography whereas 13 (21.66% were normal and 47 (78.34% were having uterine pathology as per hysteroscopy. In this study hysteroscopy was superior to TVS in detecting endometrial polyp and hyperplasia with sensitivity (100%, specificity (97.8%, positive predictive value (92.8% and negative predictive value (100% for polyp and 100%, 98.04%, 90% and 100% respectively for hyperplasia. Hysteroscopy shows 100% validity for submucous fibroid. TVS has better sensitivity (100%, specificity (98.2% and NPV (100% than hysteroscopy for detecting adenomyosis. TVS is superior to hysteroscopy in investigating endometrial carcinoma with 100%. Sensitivity, Specificity, PPV and NPV against hysteroscopic value of 66.6%, 100%, 100% and 98.2% respectively. Hysteroscopy has higher sensitivity (92.0% NPV (69.2% whereas TVS has higher specificity (100%, PPV (100% in diagnosis of AUB. CONCLUSION: Diagnostic hysteroscopy and transvaginal sonography are complimentary to each other in management of patients with abnormal uterine bleeding.

  7. Saberes e práticas de enfermeiros e obstetras: cooperação e conflito na assistência ao parto Cooperation and conflict in childbirth care: representations and practices of nurses and obstetricians

    Antonia Angulo-Tuesta; Karen Giffin; Andréa de Sousa Gama; Eleonora d'Orsi; Gisele Peixoto Barbosa

    2003-01-01

    A incorporação crescente de enfermeiros constitui uma das estratégias para melhorar a assistência obstétrica no Brasil, onde o parto é atendido sobretudo por obstetras e em hospitais públicos. Nosso estudo, realizado em duas maternidades do Rio de Janeiro, busca compreender as representações de obstetras e de enfermeiras sobre o trabalho em equipe. Analisa de que forma as dimensões de poder, cooperação e conflito, e autonomia técnica são permeadas por concepções dualistas que influem na organ...

  8. Transtornos psiquiátricos no pós-parto Postpartum psychiatric disorders

    Amaury Cantilino; Carla Fonseca Zambaldi; Everton Botelho Sougey; Joel Rennó Jr

    2010-01-01

    OBJETIVO: O pós-parto é um período de alterações biológicas, psicológicas e sociais. Essa é considerada a época mais vulnerável para a ocorrência de transtornos psiquiátricos. A disforia puerperal, a depressão pós-parto e a psicose pós-parto têm sido classicamente relacionadas ao pós-parto. Atualmente, tem sido observado que os transtornos ansiosos também estão associados a esse período. MÉTODO: Neste artigo é feita uma revisão da bibliografia acerca de transtornos psiquiátricos no pós-parto ...

  9. [Selective embryonic or fetal reduction by surgical transvaginal ultrasonography].

    Delafontaine, D; Mugniot-bellamy, S; Simeon, S; Menard, M N

    1991-06-01

    The increased use of ovulation induction and of medically assisted fertilization procedures involving transfer of 3 or more ova has resulted in an increased frequency of multiple pregnancies. This paper describes 6 cases in which the number of embryos was reduced by a transvaginal transuterine route guided by sonography. 3 women with multiple pregnancies resulting from in vitro fertilization (IVF) in a fertility clinic in France and 3 patients referred to the clinic with multiple pregnancies after ovulation induction elsewhere underwent the procedure under general anesthesia in 1989-90. A needle was introduced through the vagina and the uterine wall and into the nearest gestational sac. A hypertonic solution of potassium chloride was injected into or neat the heart. The needle was withdrawn after verification that cardiac activity had ceased and that the remaining embryos were healthy. A follow-up sonography was done 24 hours later and the procedure repeated if necessary. The 3 IVF patients ranged in age from 26-37 years. The 2 triplet and 1 quadruple pregnancies were reduced to twin pregnancies and all resulted in births of healthy twins at between 36 weeks and term. The 3 patients in whom ovulation was induced ranged in age from 18-26 years. 1 had a miscarriage of undetermined etiology at 20 weeks and the other 2 pregnancies were still in progress after reduction to 2. The literature on the progress of multiple pregnancies is relatively limited. It is recognized however the multiple pregnancy increased the rate of prematurity, of low birth weight, and of intrauterine and perinatal mortality, with the risk increasing as the pregnancy order increases. It is generally advised that pregnancies of orders higher than 3 be reduced, but opinions are divided for triple pregnancies. Selective reduction represents a partial solution to the problem of multiple pregnancies, at the cost of psychological suffering for the parents and an increased risk of abortion with embryonic

  10. O efeito da deambulação na duração da faze ativa do trabalho de parto El efecto de la deambulación en la duración de la fase activa del trabajo de parto The ambulation effect in the active stage duration of the labor

    Fabiana Villela Mamede

    2007-09-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo analisar a associação entre a deambulação e a duração da fase ativa do trabalho de parto. Metodologia: estudo analítico de intervenção do tipo quase experimental. Fizeram parte do estudo 80 parturientes primíparas, admitidas em trabalho de parto espontâneo, no início da fase ativa. Instrumentos de coleta de dados: podômetro para medir a distância percorrida em metros, Escala Visual Numérica (EVN de dor, formulário para o registro de dados. Resultados: as participantes percorreram uma distância média de 1.624 metros, 63,09% da fase ativa do trabalho de parto e em um tempo médio de 5 horas. Verificou-se que a quantidade deambulada durante as três primeiras horas da fase ativa está associada a um encurtamento do trabalho de parto, sendo que a cada 100 metros percorridos ocorreu uma diminuição de 22 minutos na primeira hora, 10 minutos na segunda hora e 6 minutos na terceira hora.La finalidad de este trabajo fue la de analizar la asociación entre la deambulación y el tiempo de la fase activa del trabajo de parto. Metodología: estudio analítico de intervención del tipo casi experimental. Participaron del estudio 80 parturientes primíparas, admitidas en trabajo de parto espontáneo, en el inicio de la fase activa. Instrumentos de recopilación de datos: podómetro para medir la distancia transcurrida en metros, Escala visual numérica de dolor, Formulario para el registro de datos. Resultados: las participantes transcurrieron una distancia media de 1624metros, 63,09% de la fase activa del trabajo de parto y en un tiempo promedio de 5 horas. Se verificó que la cantidad deambulada durante las tres primeras horas de la fase activa está asociada a un acortamiento del trabajo de parto. Para cada 100 metros transcurridos ocurrió una disminución de 22 minutos en la primera hora, 10 minutos en la segunda hora y 6 minutos en la tercera hora.This study aimed to analyze the association between

  11. Óbitos perinatais investigados e falhas na assistência hospitalar ao parto Muertes perinatales investigadas y los fracasos en la atención hospitalaria al parto Perinatal deaths investigated and failures in hospital care delivery

    Eunice Francisca Martins; Edna Maria Rezende; Francisco Carlos Félix Lana; Kleyde Ventura de Souza

    2013-01-01

    Objetivou-se analisar as falhas na assistência hospitalar ao parto, o perfil materno e as características do feto e do recém-nascido que evoluíram para óbito perinatal, em Belo Horizonte. MÉTODOS: Estudo transversal, dos óbitos perinatais investigados pelo Comitê de Prevenção de Óbitos de Belo Horizonte, ocorridos entre 2003 e 2007. A fonte dos dados foram as fichas de investigação do Comitê. Os dados foram analisados pela distribuição de frequência das variáveis e análise bivariada utilizand...

  12. Sobre as dores e temores do parto: dimensões de uma escuta On pains and fear in childbirth: dimensions of listening

    Ana Verônica Rodrigues; Arnaldo A Franco de Siqueira

    2008-01-01

    OBJETIVOS: desenvolver algumas reflexões sobre os possíveis efeitos benéficos de uma escuta responsiva à verbalização da presença de dor, medos e seus correlatos na cena do parto tomando como base dados empíricos de pesquisa realizada em maternidade situada na cidade de São Paulo, Brasil. MÉTODOS: estudo descritivo, de metodologia qualitativa, referenciado no quadro teórico da Psicologia Social, Psicanálise e Lingüística, utilizando entrevistas semi-estruturadas com 20 parturientes e sete dou...

  13. Transvaginal Ultrasonographic Cervical Measurement in Predicting Failed Labor Induction and Cesarean Delivery for Failure to Progress in Nulliparous Women

    Park, Kyo Hoon

    2007-01-01

    The aim of this study was to evaluate the value of transvaginal sonographic cervical measurement in predicting failed labor induction and cesarean delivery for failure to progress in nulliparous women. One hundred and sixty-one women scheduled for labor induction underwent transvaginal ultrasonography and digital cervical examinations. Logistic regression demonstrated that cervical length and gestational age at induction, but not the Bishop score, significantly and independently predicted fai...

  14. Cervical length measured by transvaginal ultrasonography versus Bishop score to predict successful labour induction in term pregnancies

    Groeneveld, Y.J.B.; Bohnen, A.M.; Heusden, A.M.

    2010-01-01

    Objectives: To compare the value of transvaginal ultrasonographic measurement of the cervical length versus the Bishop score, prior to induction of labour, in predicting the mode of delivery within four days. Materials and Methods: This longitudinal study included 110 women (at term, singleton, vertex presentation) in whom induction of labour was performed at 37-42 weeks of gestation. Cervical length on transvaginal ultrasound and the Bishop score were assessed prior to induction according to...

  15. Septate or bicornuate uterus: Accuracy of three-dimensional trans-vaginal ultrasonography and pelvic magnetic resonance imaging

    Khaled Abd AlWahab Abo Dewan

    2014-09-01

    Conclusions: Transvaginal 3-D ultrasonography is accurate for diagnosis and differentiation between septate uterus and bicornuate uterus. We recommend 3-D transvaginal ultrasonography as the first and only mandatory step in the assessment of the uterine cavity in patients with a suspected septate or bicornuate uterus, especially before planning surgery. MRI should be preserved for patients in whom 3D TVS is not possible like virgins.

  16. Analysis of a humanization proposal to the childbirth = Análise de uma proposta de humanização ao parto

    Bruna Caroline Rodrigues

    2012-07-01

    técnica de observação durante trabalho de parto, parto e puerpério imediato e foi composto por variáveis referentes à história obstétrica. Como pontos positivos, observou-se que em todas as mulheres foram realizados cuidados como, presença de acompanhante; privacidade com uso de biombos e cortinas; técnicas de relaxamento entre outros. Os pontos negativos observados foram a impossibilidade do direito de escolha da posição preferida para o parto e a realização de exames vaginais frequentes, especialmente, por mais de um prestador do cuidado. Pode-se considerar que o conjunto de medidas humanizadoras implementadas tem desestimulado o parto medicalizado, e incentivado as práticas e intervenções biomecânicas no trabalho de parto, consideradas como mais adequadas à fisiologia do mesmo.

  17. The Effects of Simulation-based Transvaginal Ultrasound Training on Quality and Efficiency of Care

    Tolsgaard, Martin G; Ringsted, Charlotte; Rosthøj, Susanne;

    2016-01-01

    OBJECTIVE: To explore the effect of adding simulation-based transvaginal ultrasound training to trainees' clinical training compared with only clinical training on quality of and efficiency of care. BACKGROUND: Simulation-based ultrasound training may be an effective adjunct to clinical training......, but no studies have examined its effects on quality and efficiency of care. METHODS: Trainees from 4 University Hospitals in East Denmark were included (N = 54). Participants were randomized to either simulation-based ultrasound training and clinical training (intervention group, n = 28), or to...... clinical training only (control group, n = 26).The primary outcome was patient-reported discomfort during transvaginal ultrasound examinations performed by study participants. Secondary outcomes included patient-reported perceived safety and confidence in ultrasound provider. Finally, the need for trainee...

  18. Suplementação materna com retinil palmitato no pós-parto imediato: consumo potencial por lactentes Suplementación materna con retinil palmitato en el post-parto inmediato: consumo potencial por lactantes Maternal supplementation with retinyl palmitate during immediate postpartum period: potential consumption by infants

    Danielle Soares Bezerra

    2009-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito da suplementação materna com dose única de retinil palmitato no pós-parto para o fornecimento de vitamina A ao lactente. MÉTODOS: Ensaio clínico realizado em Natal (RN, entre março e dezembro de 2007, com 85 mulheres aleatoriamente distribuídas em dois grupos. As suplementações de retinil palmitato no pós-parto corresponderam à dose única de 200.000 (grupo experimento UI e 0 UI (grupo controle. A quantificação do nível de retinol no leite foi obtida pelo método de cromatografia líquida de alta eficiência. Com base nas concentrações de retinol obtidas no leite materno e por meio de simulações, foi calculado o consumo de vitamina A dos lactentes nos momentos 24h e 30 dias pós-parto. RESULTADOS: No momento 24h pós-parto, o fornecimento diário de retinol ao recém-nascido via colostro foi de 1,63 µmol para o grupo controle e 2,9 µmol para o grupo experimento, considerando ingestão adequada de 1,40 µmol/dia e volume de leite consumido de 500 mL/dia. Trinta dias pós-parto, esses valores corresponderam a 0,64 µmol/dia (controle e 0,89 µmol/dia (experimento, um aumento de 39% na concentração de retinol no grupo experimento em relação ao grupo controle ou 64% da recomendação para lactentes de zero a seis meses de idade. CONCLUSÕES: A suplementação materna com 200.000 UI de retinil palmitato no pós-parto imediato e a promoção de práticas de aleitamento materno são eficientes para melhorar o estado nutricional em vitamina A do binômio mãe-filho.OBJETIVO: Evaluar el efecto de la suplementación materna con dosis única de retinil palmitato en el post-parto para proveer de vitamina A al lactante. MÉTODOS: Ensayo clínico realizado en Natal (Noreste de Brasil, entre marzo y diciembre de 2007, con 85 mujeres aleatoriamente distribuidas en dos grupos. Las suplementaciones de retinil palmitato en el post-parto correspondieron a la dosis única de 200.000 (grupo experimento UI y 0 UI

  19. Associação da Vaginose Bacteriana com o Parto Prematuro Espontâneo Association of Bacterial Vaginosis with Spontaneous Preterm Delivery

    Mário Henrique Burlacchini de Carvalho

    2001-09-01

    Full Text Available Objetivo: relacionar a presença de vaginose bacteriana em gestantes com a ocorrência de parto prematuro espontâneo. Método: foram estudadas 611 gestantes do serviço pré-natal da Clínica Obstétrica do HCFMUSP. Foram incluídas gestantes com idade gestacional confirmada por ultra-sonografia no primeiro trimestre de gestação ou duas ultra-sonografias até a 20ª semana quando havia discordância da idade gestacional no primeiro exame. Os partos prematuros eletivos foram excluídos. A pesquisa da vaginose foi realizada na 23ª ou 24ª semana de gestação por meio da técnica de coloração de Gram. O pH vaginal foi pesquisado utilizando-se fita de pH Universal 0-14 produzida pela Merck. O conteúdo vaginal foi coletado com a paciente em posição ginecológica, utilizando-se espéculo não-lubrificado. O pH foi medido na parede lateral da vagina e o conteúdo para Gram foi coletado do fundo de saco vaginal utilizando-se de cotonete estéril. Resultado: das 611 gestantes envolvidas inicialmente no estudo, foram obtidos os resultados do parto em 541. A vaginose bacteriana foi diagnosticada por bacterioscopia em 19% dos casos. No grupo de gestantes com vaginose, 9,7% (10/103 evoluíram com parto prematuro, contra apenas 3,2% (14/438 no grupo negativo (p=0,008. A sensibilidade da bacterioscopia positiva para vaginose bacteriana para predição do parto prematuro foi de 41,7%, a especificidade de 82%, a acurácia de 80,2%, com taxa de falso-positivos de 18% e risco relativo de 1,8. Conclusão: a vaginose bacteriana diagnosticada pelo Gram do conteúdo vaginal representa fator de risco para o parto prematuro, com risco relativo de 1,8.Purpose: to evaluate the relationship between bacterial vaginosis (BV and spontaneous preterm delivery. Method: a total of 611 pregnant women from the general antenatal clinic of the "Clínica Obstétrica do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo" were enrolled in this study. All pregnancies were

  20. Transvaginal Laparoscopic Appendectomy Simultaneously with Vaginal Hysterectomy: Initial Experience of 10 Cases

    Tian, Yu; Wu, Shuo-Dong; Chen, Ying-Han; Wang, Dan-Bo

    2014-01-01

    Background Natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES) involves the introduction of instruments through a natural orifice into the peritoneal cavity to perform surgical interventions. The vagina is the most widely used approach to NOTES. We report the utilization of the vaginal opening at the time of vaginal hysterectomy as a natural orifice for laparoscopic appendectomy. Material/Methods We reviewed cases of 10 patients with chronic appendicitis who underwent transvaginal laparos...

  1. Uterine cavity evaluation in infertile patients with transvaginal sonography, saline infusion sonography and hysteroscopy

    Neena Gupta; Seema Dwivedi; G. N. Dwivedi; Bandana Sharma; Pragati Gupta

    2016-01-01

    Background: To compare diagnostic accuracy of Transvaginal sonography (TVS), Saline infusion sonography (SIS) and hysteroscopy in infertile women. Methods: In a prospective study, 250 women with complaint of infertility underwent TVS and SIS. Diagnostic and operative hysteroscopy under general anaesthesia was then performed. Results: Hysteroscopy with directed biopsy was considered as the gold standard. Endometrial polyp (n=25, 10%), submucosal fibroid (n=12, 4.8%), suspected intrauteri...

  2. Transvaginal ultrasonography compared with Bishop score for predicting cesarean section after induction of labor

    Bastani P

    2011-08-01

    Full Text Available Parvin Bastani, Kobra Hamdi, Fatemeh Abasalizadeh, Parisa Pourmousa, Fatemeh GhatrehsamaniWomen's Reproductive Health Research Center, Tabriz University of Medical Sciences, Tabriz, IranBackground: Reproductive health researchers are interested in finding better methods for predicting an unwanted type of delivery after induction of labor. The aim of this study was to compare the value of transvaginal ultrasonography findings and the Bishop score in predicting cesarean section after induction of labor.Methods: Two hundred women with singleton pregnancies undergoing induction of labor at 37–42 weeks were enrolled in this prospective study. Transvaginal investigation was done for all participants prior to induction. To compare the predictive value of the methods, receiver-operating characteristic (ROC curves were plotted and equality of the area under curve (AUC was tested.Results: The mean age of the participants was 29.9 years, mean gestational age was 39.6 weeks, and mean gravid was 1.5. The AUC calculated for Bishop score was 0.39 (95% confidence interval [CI] 0.3–0.48. The AUC for cervical length measured by ultrasonography was 0.69 (95% CI 0.6–0.77. The AUC for the posterior cervical angle measured by ultrasonography was 0.38 (95% CI 0.29–0.47. Testing equality of the ROC curves for these three methods showed the ROC for cervical length to be statistically different from both Bishop score and posterior cervical angle (P < 0.001. However, the difference in ROC area compared between Bishop score and posterior cervical angle was not statistically significant.Conclusion: Based on our findings and available information in the literature, it seems that cervical length measured by transvaginal ultrasonography has the potential to replace the traditional Bishop score, provided that such a facility is available when needed.Keywords: induction of labor, Bishop score, transvaginal ultrasonography, cesarean section, diagnostic value

  3. Transvaginal ultrasonography compared with Bishop score for predicting cesarean section after induction of labor

    Bastani P; Hamdi K; Abasalizadeh F; Pourmousa P; Ghatrehsamani F

    2011-01-01

    Parvin Bastani, Kobra Hamdi, Fatemeh Abasalizadeh, Parisa Pourmousa, Fatemeh GhatrehsamaniWomen's Reproductive Health Research Center, Tabriz University of Medical Sciences, Tabriz, IranBackground: Reproductive health researchers are interested in finding better methods for predicting an unwanted type of delivery after induction of labor. The aim of this study was to compare the value of transvaginal ultrasonography findings and the Bishop score in predicting cesarean section after in...

  4. TRANSVAGINAL VERSUS TRANSGASTRIC ENDOSCOPIC PERITONEAL APPROACH – A COMPARATIVE EXPERIMENTAL STUDY

    S. Patrascu; V. Surlin; E. Georgescu; A. Olaru; Georgescu, I.

    2011-01-01

    Background: During the last 30 years the advent of laparoscopy and interventional endoscopy induced the emergence of a new approach - Natural Orifice Translumenal Endoscopic Surgery (N.O.T.E.S.) in which the peritoneal cavity is accessed through stomach, vagina or other natural orifice, as a even lesser minimally invasive surgery. Method: A total of 8 female pigs (20-35 kg), were assigned to either transgastric or transvaginal endoscopic procedures. General anesthesia with orotracheal intuba...

  5. Spontaneous Rupture of Pyometra Causing Peritonitis in Elderly Female Diagnosed on Dynamic Transvaginal Ultrasound

    Malvadkar, Sharad M.; Madhuri S. Malvadkar; Domkundwar, Shilpa V.; Shariq Mohd

    2016-01-01

    Pyometra is collection of pus within the uterine cavity and is usually associated with underlying gynaecological malignancy or other benign causes. Spontaneous rupture of pyometra is a rare complication. We report a case of a 65-year-old female who presented with acute abdomen and was diagnosed with a ruptured uterus secondary to pyometra and consequent peritonitis on dynamic transvaginal sonography (TVS) which was later confirmed on contrast enhanced computed tomography (CECT). An emergency ...

  6. Influencia del contacto precoz, nacionalidad, tipo de parto y prematuridad en la lactancia materna

    Ana Belén Laviña Castan

    2015-01-01

    Conocer si en el HUMS existe asociación entre lactancia materna y nacionalidad, prematuridad, tipo de parto, contacto precoz piel con piel. Estudio de cohortes, en una muestra de 541 puérperas del HUMS en octubre-noviembre 2011. Las variables: nacionalidad, tipo de parto, contacto precoz, parto prematuro e inicio lactancia materna se recogieron antes del alta hospitalaria mediante cuestionario. A los dos meses postparto se contactó telefónicamente con las madres para conocer el tipo de lactan...

  7. Progesterona no parto pré-termo: papel das células T reguladoras

    Areia, Ana Luísa Fialho Amaral de

    2015-01-01

    O Parto pré-termo (PTL) é uma das principais causas de morbilidade e mortalidade neonatais, sendo responsável por 11% de todos os partos, ocorrendo espontaneamente na maioria dos casos. Mesmo as crianças que sobrevivem a um PTL têm maior incidência de sequelas a longo prazo, abrangendo défices de desenvolvimento psico-motor, patologia neurológica (como a paralisia cerebral) e um aumento do risco de doenças da vida adulta. As mulheres com ameaça de parto pré-termo revertida com tocólise, ma...

  8. A participação do pai como acompanhante da mulher no parto

    Fernanda Rosa Indriunas Perdomini; Ana Lúcia de Lourenzi Bonilha

    2011-01-01

    Se trata de un estudio de caso, de carácter cualitativo, con el objetivo de conocer la participación del padre como acompañante de la mujer durante el parto. Participaron del estudio veinticuatro padres que estuvieron presentes durante el trabajo de parto y en el parto de sus compañeras, en el Hospital de Clínicas de Porto Alegre-RS. Las informaciones, colectadas por medio de observación participante y entrevista semi-estructurada, se examinaron a través del análisis de contenido temático. El...

  9. Reflexões sobre o resgate do parto natural na era da tecnologia

    Petronila Libana Cechin

    2002-01-01

    Este artigo tece algumas considerações reflexivas sobre o resgate do parto natural, apesar dos avanços tecnológicos na área obstétrica. Retomar as nossas raizes culturais para humanizar o processo da gestação e do parto, é uma proposta alternativa ao modelo atual. A interferência da tecnologia médica sobre o parto está associada ao poder econômico que se apossou do corpo, preconizando que o nascimento seguro é aquele que ocorre no meio hospitalar, munido de alta tecnologia. Assim sendo, criou...

  10. Evaluation of transvaginal color doppler to infertility patient's ovarian reserve function

    Objective: To investigate the evaluation of transvaginal color doppler on infertility patient's ovarian reserve function. Methods: 80 cases of infertility (the observation group) and 40 cases healthy check-up (control group) as the research object in our hospital between Oct, 2009 and Nov, 2010 were selected, two groups of patients were performed by transvaginal color doppler inspection, bilateral ovarian biggest longitudinal and transverse diameter, anteroposterior diameter, sinus follicular counted number (2∼10 mm), ovarian stromal artery systolic peak (peak systolic due, PSV), ovarian pulsatility index, pulsing index (PI), resistance index (resistive index, RI) were measured. And in the same period, two sets of patients serum estradiol (E2), follicle-stimulating hormone (FSH) and luteinizing hormone (LH) level were detected. Results: Peak systolic velocity (PSV) of the observation group is significantly lower than that of control one (P<0.05), resistance index (RI), beating index (PI), significant higher than that in control group (P<0.05). And the observation group of ovarian reserves fell a good with numbers of follicles and between the sinus were significantly difference, PSV eindhoven (P<0.05). Conclusion: The transvaginal color doppler ultrasound on infertility patient's ovarian reserve function may develop good diagnostic and predicting roles, worthwhile to be popularized. (authors)

  11. TRANSVAGINAL VERSUS TRANSGASTRIC ENDOSCOPIC PERITONEAL APPROACH – A COMPARATIVE EXPERIMENTAL STUDY

    S. Patrascu

    2011-11-01

    Full Text Available Background: During the last 30 years the advent of laparoscopy and interventional endoscopy induced the emergence of a new approach - Natural Orifice Translumenal Endoscopic Surgery (N.O.T.E.S. in which the peritoneal cavity is accessed through stomach, vagina or other natural orifice, as a even lesser minimally invasive surgery. Method: A total of 8 female pigs (20-35 kg, were assigned to either transgastric or transvaginal endoscopic procedures. General anesthesia with orotracheal intubation was applied following a pre-established protocol in both groups. Transgastric peritoneoscopy, tubal excision and oophorectomy were performed in the first group, and transvaginal liver biopsy and colecistectomy in the second one, with a 14 days follow-up and necropsy at the end of the experiment. Results: All the procedures were successful, with no major intraoperative incidents. Postoperative evolution was uneventful. Necropsy showed mild to moderate peritoneal adhesions in both groups, with small perigastric abscesses in one animal (transgastric-NOTES. No other complications were noted. Conclusions: Both transgastric and transvaginal NOTES procedures are feasible and safe, but should have different indications and limitations. More research and sustained technical development are imperative before clinical implementation.

  12. Tratamento do trabalho de parto prematuro Management of preterm labor

    Roberto Eduardo Bittar

    2009-08-01

    Full Text Available O objetivo principal para o uso de uterolíticos no trabalho de parto prematuro é prolongar suficientemente a gestação para a administração materna de glicocorticoides e/ou realizar a transferência materna para um centro hospitalar terciário. As decisões sobre o uso e a escolha de uterolítico requerem o diagnóstico correto do trabalho de parto prematuro, o conhecimento da idade gestacional, das condições médicas materno-fetais, da eficácia, dos efeitos colaterais e do custo do medicamento. Todos os uterolíticos possuem efeitos colaterais e alguns deles são potencialmente letais. Os estudos sugerem que os agonistas de receptores beta-adrenérgicos, os bloqueadores de cálcio e os antagonistas de receptor de ocitocina são eficazes para prolongar a gestação por pelo menos 48 horas. Dos três agentes, o atosiban (antagonista de receptor de ocitocina possui maior segurança, embora o custo seja elevado. O sulfato de magnésio não é eficaz para prolongar a gestação e apresenta efeitos colaterais importantes. Os inibidores da ciclooxigenase também apresentam efeitos colaterais significativos. Até o momento, não há evidências suficientes para se recomendar o uso de doadores de óxido nítrico para inibir o trabalho de parto prematuro. Não existem fundamentos para o emprego de antibióticos para evitar a prematuridade diante do trabalho de parto prematuro.The main purpose of using uterulytic in preterm delivery is to prolong gestation in order to allow the administration of glucocorticoid to the mother and/or to accomplish the mother's transference to a tertiary hospital center. Decisions on uterolytic use and choice require correct diagnosis of preterm delivery, as well as the knowledge of gestational age, maternal-fetal medical condition, and medicine's efficacy, side-effects and cost. All the uterolytics have side-effects, and some of them are potentially lethal. Studies suggest that beta-adrenergic receptor agonists

  13. Fatores de risco maternos para prematuridade em uma maternidade pública de Imperatriz-MA Los factores maternos de riesgo de parto prematuro en una maternidad pública de Imperatriz-MA Maternal risk factors for premature births in a public maternity hospital in Imperatriz-MA

    Adriana Carvalho de Almeida; Ana Cristina Pereira de Jesus; Pamylla Fortes Tanikawa Lima; Araújo Márcio Flávio Moura de; Thiago Moura de Araújo

    2012-01-01

    Apesar dos avanços da obstetrícia, a prematuridade ainda se configura como um dos grandes problemas de saúde pública, em virtude da morbidade e da mortalidade neonatal que causa. O objetivo deste estudo foi investigar fatores de risco maternos para nascimentos de prematuros em uma maternidade pública de Imperatriz-MA. Um estudo comparativo transversal foi realizado com 116 puérperas, por meio de entrevistas estruturadas. Os dados coletados foram analisados através do Software Epi-Info, versão...

  14. Detecção imunoistoquímica de receptores de estrógeno e progesterona no endométrio de vacas Nelore (Bos taurus indicus) durante o anestro pós-parto

    Lima, R S; I. Martin; W.C. Marques Filho; M.M.P. Rodrigues; R Laufer-Amorim; Ferreira, J.C.P.

    2011-01-01

    Foram utilizadas 24 vacas Nelore P.O., em anestro pós-parto, diagnosticado pelo histórico reprodutivo, por avaliações ultrassonográficas transretais e por dosagem de progesterona plasmática, que foram submetidas à colheita de fragmento uterino via transcervical. Os animais foram divididos em dois grupos conforme o máximo diâmetro folicular: grupo 1: folículos 6mm (n=12). Para avaliar receptor de estrógeno e receptor de progesterona no epitélio glandular e no estroma, foi utilizada a técnica d...

  15. Casa de parto: simbologia e princípios assistenciais Casa de parto: simbología y principios de asistencia Birth center: symbols and assistance -related principles

    Luiza Akiko Komura Hoga

    2004-01-01

    A primeira Casa de Parto vinculada ao Programa Saúde da Família possui simbologia específica. Objetivou-se identificar os símbolos que permeiam as idéias, crenças, valores e práticas e os princípios que orientam a assistência prestada na Casa de Parto. O método de pesquisa foi a etnografia e a história oral temática, o recurso empregado para entrevistar enfermeiras obstétricas da Casa. Resultados: A Casa possui o valor simbólico da inovação da assistência ao parto e o cuidado humanizado à ges...

  16. ASSISTÊNCIA AO PARTO NORMAL NO DOMICÍLIO ATENCIÓN DEL PARTO NORMAL EN CASA CARE TO NATURAL HOME DELIVERY

    Rejane Marie Barbosa Davim

    2001-11-01

    Full Text Available Trata da experiência vivenciada por uma enfermeira obstetra com um casal grávido de seu terceiro filho. Destaca os modelos assistenciais que valorizam a mulher e o casal no processo do nascimento e parto. Descreve a assistência prestada a um casal durante o processo da gestação e parto realizado no domicílio. Ressalta que a experiência possibilitou a participação ativa do casal e filhos no processo do nascimento e parto, propiciando, fundamentalmente, satisfação à família e ao profissional.Este estudio trata de la experiencia vivida por una enfermera obstétrica con una pareja esperando su tercero hijo. Destaca los modelos asistenciales que valorizan la mujer y la pareja en el proceso del nacimiento y parto. Describe la atención prestada a una pareja durante el proceso de la gestación y parto realizado en la casa. Resalta que la experiencia hizo posible la participación activa de la pareja y de los hijos en el proceso del nacimiento y parto, propiciando fundamentalmente, satisfacción a familia y al profesional.This study presents the experience of an obstetric nurse and of a couple who had their third child. It focuses on care standards that value women and couples in the childbirth and delivery process. It describes the care given to a couple during the pregnancy stage and during home delivery. The experience enabled the active participation of the couple and their children in the childbirth process, which essencialy provided satisfaction to the family and to the professional.

  17. Multivariate assessment of cervical invasion of endometrial carcinoma. Comparison of transvaginal ultrasonography, hysteroscopy, and magnetic resonance imaging

    Miyagi, Yasunari; Yamada, Shinako; Miyagi, Yuji [Okayama Univ. (Japan). School of Medicine] [and others

    1997-07-01

    From 1991 to 1995, 71 patients with endometrial cancer at Okayama University Medical School underwent transvaginal ultrasonography with a 6.5-MHz transducer, MRI at 1.5 T, and hysteroscopy using a rigid hysteroscope. The findings of these examinations were compared against pathologic results. The sensitivity/specificity/accuracy were 0.73/0.89/0.86 for transvaginal ultrasonography, 0.73/0.88/0.85 for MRI, and 0.73/0.80/0.79 for hysteroscopy. The coefficient values for transvaginal ultrasonography/MRI/hysteroscopy were 0.69/0.62/-0.21 and 1.99/1.89/0.79 in quantification theory second family analysis and logistic regression, respectively. Misdiagnosed cases had the following factors: large tumor volume; tumor near the internal os; tumor descending from the uterine cavity; polypoid tumor in the endocervix; artifacts due to the use of a cervix dilator made from stems of the seaweed Laminaria japonica; endocervical glandular involvement only; and atypical signals on MRI. For the preoperative assessment of cervical invasion, transvaginal ultrasonography and MRI were the most reliable. Hysteroscopy was least reliable, because of a large number of false-positive results. The use of these examinations in combination, especially transvaginal ultrasonography and MRI, would be of great value in surgical planning for endometrial cancer, considering the factors responsible for misdiagnosis. (K.H.)

  18. Efecto de grupo racial y edad al primer parto sobre el número de partos durante la vida útil de vacas cebú

    JC Segura-Correa; JG Magaña-Monforte; F Centurión-Castro; VM Segura-Correa

    2013-01-01

    El objetivo del estudio fue determinar el efecto de grupo racial (GG) y grupo de edad al primer parto (EPP) sobre el número de partos de por vida de las vacas de un sistema de producción localizado en el estado de Yucatán, México. Los datos incluyeron los registros de 765 vacas de los grupos raciales Brahman (Br, n=313), Nelore (Ne, n = 184) y Cebú comercial (CC, cruzas indefinidas de Suizo pardo y Cebú (n = 268), nacidas de 1981 a 2002. Del total de vacas, 391 habían sido desechadas y 374 aú...

  19. O papel da equipe de saúde no cuidado e conforto no trabalho de parto e parto: opinião de puérperas

    Telma Elisa Carraro; Roxana Knobel; Ariane Thaise Frello; Vitória Regina Petters Gregório; Dalva Irany Grüdtner; Vera Raduns; Sonia Maria Könzgen Meincke

    2008-01-01

    Se trata de una investigación cualitativa y cuantitativa, multicéntrica, con base teórica en los Componentes del Cuidado de Carraro, cuyo objetivo fue presentar el papel del equipo de salud, según la opinión de las mujeres, en relación a los métodos utilizados para su cuidado y confort durante el trabajo de parto y el parto. Las entrevistas fueron realizadas con 30 puérperas internadas en tres instituciones públicas de la región sur de Brasil, en el periodo de agosto a diciembre d...

  20. Humanização da assistência ao parto no Brasil: os muitos sentidos de um movimento Humanization of childbirth care in Brazil: the numerous meanings of a movement

    Carmen Simone Grilo Diniz

    2005-09-01

    Full Text Available Este texto recupera as origens do termo humanização do parto, o reconhecimento da sua assistência ao parto como evento desumanizante, a crítica técnica à assistência, o surgimento de um movimento nacional e internacional de humanização do parto, as políticas de humanização do parto desenvolvidas no Brasil, e as relações entre a crítica à assistência e a criação do movimento pela medicina baseada em evidências (MBE. Com base em um estudo de duas maternidades "humanizadas" do SUS, discute os diferentes (às vezes contraditórios sentidos do termo, e seu alcance em questionar a cultura técnico-assistencial, a anatomia, a fisiologia femininas, e as relações de gênero. Entre os diferentes sentidos estão: o uso da MBE, o respeito aos direitos (reprodutivos e sexuais, ao acesso universal e ao consumo de tecnologia, o tratamento acolhedor e respeitoso, o manejo da dor do parto e a prevenção da dor iatrogênica, novas atribuições profissionais e disputas corporativas; a relação custo-benefício etc. Longe de querer achar a "humanização certa", busca-se compreender nos diferentes sentidos um diálogo, tenso e produtivo, entre atores sociais em disputa.This paper recovers the origins of the term "humanization of childbirth", the recognition of birth care as a dehumanizing event, the technical criticism to the organization of care, the emergence of a national and international movement, and the related public policies in Brazil. It explores the relationships between the critique to maternal care and the emergence of Evidence-Based Medicine (EBM. Based on a research about "humanized maternity hospitals" in the Brazilian Public Health System, the paper explores the understanding of "humanization", describing the different (often contradictory meanings, its possibilities to change the technical culture, the understanding of women’s anatomy and physiology, and gender relations. Those meanings are: the use of EBM, respect for

  1. Alterações Endometriais em Pacientes com Câncer de Mama Tratadas com Tamoxifeno Endometrial Findings in Patients with Breast Cancer Using Tamoxifen

    Francisco Edson de Lucena Feitosa; Sérgio Ferreira Juaçaba; Francisco das Chagas Medeiros

    2002-01-01

    Objetivos: avaliar sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e negativo e razão de probabilidade da ultra-sonografia transvaginal e da histeroscopia quando comparadas com o exame histopatológico do endométrio em mulheres com câncer de mama tratadas com tamoxifeno. Método: estudo transversal, com trinta mulheres, em que se avaliou a ecogenicidade do eco endometrial e a sua espessura por meio de ultra-sonografia transvaginal. Realizou-se histeroscopia que foi descrita como normal ...

  2. Efeito da música no trabalho de parto e no recém-nascido Efecto de la musica en el trabajo de parto y en el recién nacido Effect of the music in labor and newborn

    Camila Sotilo Tabarro

    2010-06-01

    Full Text Available A música tem sido aplicada para o equilíbrio de energias alteradas pelo stress do mundo moderno. Este estudo objetivou verificar o efeito da música no trabalho de parto e no recém-nascido, quando submetido às mesmas melodias ouvidas por suas mães na gestação. Gestantes, usuárias de Unidades Básicas de Saúde, foram submetidas a sessões de sensibilização musical a partir do quinto mês de gestação. Durante o trabalho de parto, a parturiente foi submetida às melodias selecionadas por ela, com interrupções de 30 minutos a cada duas horas. Os dados foram coletados em três entrevistas realizadas após o parto, em diferentes momentos, e o discurso obtido foi analisado qualitativamente. Constatou-se, pelo conteúdo das falas, que a música minimizou os desconfortos do trabalho de parto e facilitou a adaptação do bebê nos primeiros meses de vida.La música ha sido aplicada para el equilibrio de las energías alteradas por el estrés del mundo moderno. Este estudio tuvo por objetivo verificar el efecto de la música en el trabajo de parto y en el recién nacido cuando es expuesto a las mismas melodías oídas por sus madres durante el embarazo. Mujeres embarazadas atendidas en Unidades Básicas de Salud fueron expuestas a períodos de sensibilización musical a partir del quinto mes de embarazo. Durante el trabajo de parto, la parturienta escuchó las melodías elegidas por ella misma, con interrupciones de 30 minutos cada dos horas. Los datos fueron recolectados en tres entrevistas realizadas en diferentes momentos; las respuestas obtenidas fueron analizadas cualitativamente. Los autores constataron en las respuestas a las entrevistas que la música minimizó las incomodidades del trabajo de parto y facilitó la adaptación del bebé en sus primeros meses de vida.Music has been applied for balancing energies that have been disturbed by the stress of modern life. The objective of the present study was to verify the effect of music

  3. Role of transvaginal sonography and hysteroscopy in abnormal uterine bleeding: does the diagnostic yield increase by combining transvaginal sonography, hysteroscopy and biopsy?

    Nivedita Krishnamoorthy

    2014-08-01

    Methods: This was a descriptive cross sectional study between January 2013 to June2014 in Sri Manakula Vinayagar medical college and hospital. After obtaining ethics committee approval, 100 consecutive patients with abnormal uterine bleeding between the age group of 35 and 55 years, who consented to participate in the study, were subjected to transvaginal sonography followed by diagnostic hysteroscopy combined with a directed biopsy. TVS and hysteroscopy was performed by two different investigators. The endometrial curettings and any intracavitary lesion were subjected to histopathological examination. Results tabulated and analysed using MS EXCEL and cross tabulation using Epi-info. Sensitivity, specificity, PPV, NPV for each pathology by TVS and hysteroscopy with HPE as the gold standard was calculated. Also the pathology causing abnormal uterine bleeding was computed by taking into account the endometrial characteristics and the associated lesions diagnosed by TVS, hysteroscopy and histopathological examination report. Results: 61 patients had only single lesions in the form of normal endometrium, atrophic endometrium, endometrial hyperplasia, endometrial polyp, malignancy and IU synechiae whereas 39 patients had lesions like intramural fibroids, adenomyosis, submucus myoma and polyps associated with different types of endometrium. The diagnostic accuracy of TVS and hysteroscopy were comparable for normal endometrium whereas hysteroscopy was found to be more accurate for endometrial polyps, endometrial hyperplasia and atrophic endometrium. Conclusions: The combination of transvaginal sonography, hysteroscopy and directed biopsy was found to increase the diagnostic yield in patients with abnormal uterine bleeding. As the diagnostic accuracy increased by combining the three modalities, an effective and appropriate management can be planned. [Int J Reprod Contracept Obstet Gynecol 2014; 3(4.000: 919-923

  4. Transvaginal ultrasonography in first trimester of pregnancy and its comparison with transabdominal ultrasonography

    Aneet Kaur

    2011-01-01

    Full Text Available Objectives : Examination of pregnant women in the first trimester with transvaginal ultrasonography with the aim to study various fetal development markers, e.g., gestation sac, yolk sac, fetal heart motion, CRL length, and fetal anatomy in both normal and abnormal pregnancies. Comparative evaluation of transvaginal ultrasonography vis-ΰ-vis transabdominal scanning in the study of first trimester of pregnancy and its complications. To assess the relative merits and demerits of transvaginal ultrasonography in comparison with the transabdominal technique. Materials and Methods : The study will be conducted on 50 females patients during the first trimester of pregnancy. The study population will consist of both normal and abnormal pregnancies. These patients will be included on the basis of suspicion of or proven pregnancy of duration up to 12 weeks from LMP. The evaluation of the patients will include the following: Record of patients obstetrical history and clinical examination, record of pregnancy test and relevant investigations, ultrasonic examination of pregnancy. (a Transabdominal ultrasound scanning will be done with moderately distended bladder by using real time scanners with low frequency probe (3/3.5 MHz; (b transvaginal sonography will be done with the real-time sector scanner using high-frequency endovaginal probe (5/7.5 MHz, after the patient voids urine. Relevant images will be taken by using the multiformat automatic camera. Results and Conclusions : In the study of 46 normal intrauterine pregnancies, TVS showed additional information in 36 patients (78.3% as compared to TAS, in detection of gestation sac, yolk sac, double bleb sign, or better visualization of embryonic anatomy. In the abnormal pregnancy (n=17, TVS provided more information in 11 cases (64.9%, which included detection of embryonic demise, yolk sac, double bleb sign, or subchorionic hemorrhage. Regarding ectopic gestations (n=7, TVS gave additional information in 5

  5. As mulheres e os receios vivenciados em suas trajetórias obstétricas

    Maria das Dores do Vale Oba

    1996-12-01

    Full Text Available A assistência ao parto constitui ainda hoje um ponto crítico do atendimento obstétrico, acarretando conseqüências negativas para mulher e criança. O presente estudo procurou buscar a percepção das usuárias numa Unidade Básica de Saúde de Ribeirão Preto, sobre assistência ao parto, através da abordagem qualitativa. Foram entrevistadas 21 gestantes de 14 a 34 anos, em julho de 1995. As manifestações dos receios em decorrência do parto apresentaram-se nas diferentes formas de medo: da morte; do sofrimento do parto; de acontecer algo com o bebê; de não ser bem atendida; do tipo de parto; do hospital, de ser atendida por outro médico com o qual não realizou o pré-natal; de não ter convênio médico; de não saber em qual hospital terá o filho.

  6. O Partograma como instrumento de análise da assistência ao parto El partograma como instrumento de análisis de la asistencia al parto The partogram as an instrument to analyze care during labor and delivery

    Ivanilde Marques da Silva Rocha

    2009-12-01

    Full Text Available A Organização Mundial da Saúde e Ministério da Saúde do Brasil recomendam o uso do partograma para acompanhamento do trabalho de parto. O objetivo do estudo foi analisar o uso de intervenções obstétricas, tipo de parto e resultados perinatais, segundo as zonas I, II e III do partograma. Estudo transversal realizado com 233 parturientes de baixo risco entre dezembro de 2004 e março de 2005 em uma maternidade pública de Itapecerica da Serra-SP. Foram utilizados os testes Qui-quadrado e Exato de Fischer para análise comparativa, adotando-se o valor de p=0,05. As práticas utilizadas nas diferentes zonas do partograma com significância estatística (p=0,05 foram: banho, movimento e deambulação (zona-III; rotura artificial de membrana (zona-II; ocitocina (zona-I. A cesariana ocorreu em 24,0% das parturientes na zona-III. As intervenções ocorreram em momento oportuno, apontando que partograma pode ser um instrumento norteador para adoção de intervenções no trabalho de parto.La Organización Mundial de la Salud y el Ministerio de la Salud de Brasil recomiendan el uso del partograma para acompañamiento del trabajo de parto. El objetivo del estudio fue analizar el uso de intervenciones obstétricas, el tipo de parto y los resultados perinatales, según las zonas I, II y III del partograma. Estudio transversal realizado con 233 parturientas de bajo riesgo entre diciembre de 2004 y marzo de 2005 en una maternidad pública de Itapecerica de la Serra-SP. Fueron utilizadas las pruebas Chi-cuadrado y Exacta de Fischer para análisis comparativo, adoptándose el valor de p=0,05. Las prácticas utilizadas en las diferentes zonas del partograma con significancia estadística (p=0,05 fueron: baño, movimiento y ambulación (zona-III; rotura artificial de membrana (zona-II; y, oxcitocina (zona-I. La cesariana ocurrió en 24,0% de las parturientes en la zona-III. Las intervenciones ocurrieron en momento oportuno, apuntando que el partograma

  7. Depressão pós-parto: fatores de risco e repercussões no desenvolvimento infantil Post-partum depression: risk factors and repercussions in infant development

    Eluisa Bordin Schmidt

    2005-06-01

    Full Text Available A depressão pós-parto é uma condição que afeta 10% a 15% das mulheres no pós-parto. Este quadro tem seu início em algum momento durante o primeiro ano do pós-parto, havendo maior incidência entre a quarta e oitava semana após o parto. Geralmente se manifesta por um conjunto de sintomas como irritabilidade, choro freqüente, sentimentos de desamparo e desesperança, falta de energia e motivação, desinteresse sexual, transtornos alimentares e do sono, ansiedade, sentimentos de incapacidade de lidar com novas solicitações. O objetivo deste artigo é apresentar uma revisão bibliográfica acerca da depressão pós-parto. São abordados aspectos conceituais, epidemiológicos, fatores de risco associados a sua ocorrência e algumas repercussões da depressão pós-parto na relação materno-infantil e no desenvolvimento da criança. O conhecimento destes aspectos reveste-se de grande importância considerando as conseqüências prejudiciais às mães bem como ao desenvolvimento cognitivo, social e emocional de suas crianças.The post-partum depression is a condition that affects 10 to 15% of the women in the post-partum period. These symptoms begin at some moment during the first year after delivery, occurring more frequently between the fourth and eighth week after parturition. It is generally expressed through a complexity of symptoms where there is a presence of irritability, frequent crying, feelings of abandonment and hopelessness, lack of energy and motivation, lack of sexual interest, disturbances in sleep and eating patterns, anxiety, and feelings of not being able to cope with new demands. The objective of this paper is to present a bibliographical revision regarding the post-partum depression. Conceptual and epidemiological aspects, risk factors associated with their occurrence as well as a few repercussions of the post-partum depression in the mother-child relation, and the development of the infant will be broached. The

  8. Minilaparoscopic-assisted transvaginal approach in benign liver lesions Abordaje transvaginal asistido por minilaparoscopia en lesiones benignas del hígado

    R. Castro-Pérez

    2010-06-01

    Full Text Available Objective: to report two benign liver lesions treatment under minilaparoscopic-assisted transvaginal approach. Patients and methods: females, 44 and 45 years old, respectively, were treated. Patient 1 showed a 1,2 cm Ø tumor located in the left liver lobe. In preoperative studies was not possible to discern the etiology, for what was decided surgical treatment. The patient 2 showed a symptomatic liver simple cyst, 8 cm Ø, located in the subsegment VI. She refused percutaneous treatment, it was recommended surgical treatment under general anesthesia. The surgical intervention offered was either the laparoscopic or the transvaginal approach, but this latter was accepted. Pneumoperitoneum with 15 mmHg was used. Two small trocars were inserted into the abdomen. The first one (5 mm Ø at the umbilical region, the second one (3 mm Ø near the lesion. One trocar 11 mm Ø, was placed in the posterior cul-de-sac. In patient 1 a large dissector was introduced adjacent to the trocar. In the patient 2, one second trocar 5 mm Ø was introduced in vagina for operative instruments. Both specimens were extracted through the vagina, protected in extractor bags. Variables studied: operating room time; analgesia required and post-operative complications. Results: the operating room times were 51 and 73 min, respectively. Only the patient with hepatic liver cyst required post-operative analgesia for pain at the right upper quadrant. Both patients were discharged before 24 hours. No postsurgical complications were found in the 6 months follow up. Conclusions: using transvaginal approach assisted with minilaparoscopy was possible to carry out surgical treatment in benign and non complex liver lesions located in outlying subsegments. It is a safe method with better aesthetic result than laparoscopic surgery. Nevertheless, will be necessary future studies that demonstrate the advantages of this approach in the hepatic lesions.Objetivo: reportar dos casos de lesiones

  9. Influência do tipo de parto sobre a concentração de imunoglobulinas A, G e M no colostro materno Influence of type of delivery on A, G and M immunoglobulin concentration in maternal colostrum

    Gabriel A. J. Striker

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a influência do tipo de parto sobre a concentração das imunoglobulinas (Ig A, G e M no colostro materno. MÉTODOS: Foram selecionadas 82 puérperas com idade cronológica entre 21 e 41 anos, idade gestacional de 37 ou mais semanas, paridade até IV gesta, bom estado nutricional e sem patologias associadas durante a gestação e o puerpério. Foram também critérios de inclusão para os recém-nascidos: peso > 2.500 g, escore de Apgar > 7 no primeiro minuto e aleitamento materno exclusivo durante o período da internação. As puérperas foram divididas em três grupos: A - parto vaginal; B - cesárea precedida de trabalho de parto; e C - cesárea eletiva. O colostro foi colhido manualmente entre 48 e 72 horas pós-parto. IgA, IgG e IgM foram dosadas pela técnica de ELISA RESULTADOS: Não se observou diferença significativa entre os tempos de coleta do colostro nos três grupos maternos estudados. Quanto menor o tempo de coleta, maior foi a concentração de IgA no colostro materno; quanto menor a paridade, maior foi a concentração de IgA e IgM no colostro materno. O grupo de puérperas submetidas a cesárea precedida de trabalho de parto apresentou concentração mais elevada de IgA no colostro do que o grupo de puérperas que havia dado à luz por parto normal. A concentração de IgM e IgG no colostro materno não foi influenciada pelo tipo de parto. CONCLUSÃO: A ocorrência do trabalho de parto, somada ao estresse cirúrgico, induz a uma concentração mais elevada de IgA no colostro materno na puérpera submetida a cesárea precedida de trabalho de parto.OBJECTIVE: To investigate the association between type of delivery and immunoglobulin concentration in maternal colostrum. METHODS: We studied 82 women who were giving birth. Age was between 21 and 41 years, gestational age was 37 or more weeks and parity up to IV pregnancies. The women were in good nutritional condition and did not have any pregnancy or

  10. Tiempo y despedida: substancias de la humanización del parto

    Silvia de Ambrosis Pinheiro MACHADO

    2010-12-01

    Full Text Available Parto y nacimiento son experiencias muy intensas y poderosas para toda la familia e implican en cambios en la forma como las personas se ven y como ven al otro, así como en la forma como la experiencia e recodada y contada. Para la autora, humanizar el parto es hacerlo parte de una historia, punto transitivo. Entendemos historia como el proceso de integración y articulación de las experiencias Time and parting: substances of childbirth humanization1 Tempo e Despedida: Substâncias da Humanização do Parto Tiempo y despedida: substancias de la humanización del parto REFLEXÕES SOBRE HUMANIZAÇÃO E A REALIDADE DOS SERVIÇOS REFLECTIONS ON HUMANIZATION AND THE REALITY OF HEALTH SERVICES REFLEXIONES SOBRE LA HUMANIZACIÓN Y LA REALIDAD DE LOS SERVICIOS 68 // Rev Tempus Actas Saúde Col (personales, de la pareja, familiares y culturales, para construir una identidad propia de ser padre y de ser madre, y para construir un sentido personal de maternidad y paternidad. No hay historia sin tiempo. En ese sentido humanizar significa incluir el tiempo. Incluirlo es también reconocer el limite humano, su condición: ser humano es ser limitado, finito en el tiempo, mortal. Es sobre estos dos pilares – el tempo y la muerte (despedida- que este artigo busca fundamentar la humanización del parto.

  11. Mesh Exposure and Associated Risk Factors in Women Undergoing Transvaginal Prolapse Repair with Mesh

    Elizabeth A. Frankman

    2013-01-01

    Full Text Available Objective. To determine frequency, rate, and risk factors associated with mesh exposure in women undergoing transvaginal prolapse repair with polypropylene mesh. Methods. Retrospective chart review was performed for all women who underwent Prolift Pelvic Floor Repair System (Gynecare, Somerville, NJ between September 2005 and September 2008. Multivariable logistic regression was performed to identify risk factors for mesh exposure. Results. 201 women underwent Prolift. Mesh exposure occurred in 12% (24/201. Median time to mesh exposure was 62 days (range: 10–372. When mesh was placed in the anterior compartment, the frequency of mesh exposure was higher than that when mesh was placed in the posterior compartment (8.7% versus 2.9%, P=0.04. Independent risk factors for mesh exposure were diabetes (AOR = 7.7, 95% CI 1.6–37.6; P=0.01 and surgeon (AOR = 7.3, 95% CI 1.9–28.6; P=0.004. Conclusion. Women with diabetes have a 7-fold increased risk for mesh exposure after transvaginal prolapse repair using Prolift. The variable rate of mesh exposure amongst surgeons may be related to technique. The anterior vaginal wall may be at higher risk of mesh exposure as compared to the posterior vaginal wall.

  12. Transvaginal mesh in repair of pelvic organs prolapse as a minimally invasive surgical procedure

    Argirović Rajka

    2011-01-01

    Full Text Available Background/Aim. Prolapse of genital organs with or without urinary stress incontinention is the most often health problem in the elderly female population tending to increase with ageing. The aim of this study was to assess the perioperative complications and short-term outcomes of prolaps repair using transvaginal polypropylene mesh (Prolift system, Gynecare, Ethicon, USA. Methods. A retrospective study was conducted evaluating 96 women from September 2006 to January 2010 who undewent vaginal repair with implatation of a soft mesh manufactured by Gynecare, Ethicon, USA. Results. All the patients had a stage 3 or stage 4 prolapse according to the POP-Q system of ICS. Total mesh was used in 12 (13% patients isolated anterior mesh in 52 (54% patients and isolated posterior mesh in 32 (33% patients. We reported one intra-operative bladder injury and no other serious complications. At 3 months, all 96 patients were available for follow-up. Vaginal erosion occured in 9 (9.3% patients, shrinkage of mesh in 6 (6.2% patients and de novo urinary incontinence in 5 (5.2% patients. Failure rate was 6.25% (recurrent prolapse stage 3 or 4 even asymptomatic. Conclusion. Our study suggests that transvaginal polypropylene mesh applied with a tensionfree technique is a safe and effective method with low intraoperative complications and low morbidity rates. However, some complications are serious and require highly specialised management.

  13. Clinical Outcomes and Urodynamic Effects of Tailored Transvaginal Mesh Surgery for Pelvic Organ Prolapse

    Ting-Chen Chang

    2015-01-01

    Full Text Available Objective. To evaluate the clinical outcomes and urodynamic effects of tailored anterior transvaginal mesh surgery (ATVM and tailored posterior transvaginal mesh surgery (PTVM. Methods. We developed ATVM for the simultaneous correction of cystocele and stress urinary incontinence and PTVM for the simultaneous correction of enterocoele, uterine prolapse, vaginal stump prolapse, and rectocele. Results. A total of 104 women enrolled. The median postsurgical follow-up was 25.5 months. The anatomic cure rate was 98.1% (102/104. Fifty-eight patients underwent urodynamic studies before and after surgeries. The pad weight decreased from 29.3 ± 43.1 to 6.4 ± 20.9 g at 3 months. Among the 20 patients with ATVM, 13 patients had objective stress urinary incontinence (SUI at baseline while 8 patients came to have no demonstrated SUI (NDSUI, and 2 improved after surgery. Among the 38 patients who underwent ATVM and PTVM, 24 had objective SUI at baseline while 18 came to have NDSUI, and 2 improved after surgery. Mesh extrusion (n = 4, vaginal hematoma (n = 3, and voiding difficulty (n = 2 were noted postoperatively. Quality of life was substantially improved. Conclusions. Our findings document the advantages of these two novel pelvic reconstructive surgeries for pelvic organ prolapse, which had a positive impact on quality of life. ATVM surgery additionally provided an anti-incontinence effect. This clinical trial is registered at ClinicalTrials.gov (NCT02178735.

  14. The role and contribution of transvaginal endoscopy to diagnostics and treatment of infertility

    Kopitović Vesna

    2013-01-01

    Full Text Available Transvaginal endoscopy (TVE presents minimal invasive endoscopic method that involves hysteroscopy, transvaginal laparoscopy and salpingoscopy. It gives a new approach to both basic evaluation of marital infertility and its treatment. The role of TVE is a subject of controversies regarding its justification as standard infertility treatment. Another aspect is a role of TVE prior to methods of assisted reproductive technologies (ART. The aim of this paper was to try, through the analysis of the available literature, to clarify the role of TVE in reproductive medicine, as well as to show our experience. The concept of one­day diagnostics, which is so­called one stop fertility clinic, is performed in the Clinical Center of Vojvodina, Department of Gynecology and Obstetrics on a daily basis. It consists of history, gynecology and ultrasound exam, spermiogram, hormone tests, and TVE. Patients are informed about results on the very same day and advised on the proper infertility treatment. By forming the infertility diagnostics protocols, which use the methods of TVE, we consider it possible to evaluate adequately and accurately the fertility within the shortest possible time. It replaced standard laparoscopy in certain indication fields; it eventually confirmed the necessity of its use in recurrent IVF implantation failure, raising the question of its routine use prior to the first IVF cycle that is a topic requiring further randomized trials.

  15. Aplicação das ações preconizadas pelo Ministério da Saúde para o parto humanizado em um hospital de Santa Catarina Application of Ministry of Health guidelines for humane childbirth in a hospital in Santa Catarina, Brazil

    Adriana Elias dos Reis

    2005-12-01

    Full Text Available A mudança do cenário domiciliar do nascimento para o hospitalar fez emergir nova cultura de atendimento à mulher parturiente, provocando desvalorização do potencial do cuidado humano, em suas características culturais e afetivas, e gerando desconforto e até agravos à saúde da mulher e do seu recém-nascido.Tendo em vista essa realidade, o Ministério da Saúde criou diretrizes para orientar as ações das equipes de saúde no processo de parir. O foco deste estudo foi analisar, de forma qualitativa, a aplicação dessas ações preconizadas em um centro obstétrico de um hospital do Estado de Santa Catarina. Participaram como sujeitos do estudo onze parturientes e seus recém-nascidos e acompanhantes e os profissionais da equipe de saúde que atenderam essas mulheres. A análise dos dados, levantados por observação participante, entrevista e análise documental, mostrou limitações da equipe de saúde para incorporar as referidas diretrizes no cotidiano da assistência, bem como das gestantes e acompanhantes em estimular essa prática, especialmente pelo desconhecimento que têm de seus direitos. Isto reforça a importância dessas diretrizes serem trabalhadas no pré-natal junto às gestantes e seus familiares.The change in the scenary from home birth to the hospital has created another culture in the care and attendance for woman in labor, leading to a depreciation of the potencial of the human care, in your cultural and affective characteristics and generating discomfort and even aggravating the woman’s health and her infant. Looking upon this reality, the Health Departament created gruidelines to help the actions of health teams in the process of birth. The focus of this study was to analyze, in a qualitative way, the application of those actions in a obstetric center of a hospital in the State of Santa Catarina. This research had as participants eleven women in labor, their infants and their companions and the health

  16. Gravidez, Parto e Disfunção Sexual

    Serrano, F.

    2005-01-01

    Assunto apoiado ao longo dos séculos e culturas em preconceitos morais, religiosos e médicos, a sexualidade durante a gravidez e puerpério constitui ainda hoje motivo de grande ansiedade, condicionante da sexualidade do casal. Aproveitados pelas diferentes religiões, culturas e políticas, alguns conceitos mantiveram-se inalterados até ao século passado, altura em que uma maior abertura para as questões sexuais na sociedade em geral, despertou na comunidade científica interesse pela sexualidad...

  17. A escolha pelo parto domiciliar: história de vida de mulheres que vivenciaram esta experiência La elección de parto domiciliario: relato de vida de las mujeres que pasaron por esta experiencia The choice to give birth at home: life story of women who experienced it

    Renata Marien Knupp Medeiros

    2008-12-01

    Full Text Available Estudo qualitativo cujo método foi a História de Vida. O objetivo foi analisar os fatores que influenciaram a escolha pelo parto domiciliar, assistido por enfermeira obstetra, a partir da história de vida das mulheres que vivenciaram esta experiência. Os sujeitos foram seis mulheres que pariram em domicílio em grandes centros urbanos. Foi realizada análise temática, emergindo uma categoria: A construção de uma escolha. Todas as entrevistadas fizeram referência às experiências de parto de suas mães, evidenciando a influência destas na construção de suas escolhas. Este grupo buscou informações; enfrentou tanto o modelo tecnocrático vigente como suas famílias; encontrou atendimento ao parto humanizado no ambiente acolhedor domiciliar. Conclui-se que o vínculo entre a enfermeira obstétrica e sua cliente, bem como o respeito por suas escolhas, expectativas e cultura proporcionaram segurança e confiabilidade às mulheres. A escolha informada deve ser tida como um direito. A satisfação com a experiência foi unânime.Estudio cualitativo, cuyo método fue Historias de vida El objetivo fue examinar los factores que influyeron en la elección del parto domiciliario asistido por una enfermera obstetra según la historia de vida de las mujeres que vivieron esta experiencia. Los sujetos del estudio fueron seis mujeres que tuvieron parto domiciliario en los grandes centros urbanos. Fue realizado un análisis temático, de donde emergió uma categoria: La construcción de una elección. Todas las entrevistadas hicieron referencia a las experiencias de parto de sus madres, lo que demuestra la influencia en la construcción de su elección. El grupo busco información; se enfrentaron tanto el actual modelo tecnócrata como a sus famílias; se encuentra la prestación de servicio humanizado en un el cálido ambiente del hogar . Se concluyó que el vínculo entre la enfermera obstetra y su cliente, así como el respeto de sus decisiones

  18. Creencias y costumbres relacionadas con el embarazo, parto y puerperio en comunidades nativas Awajun y Wampis

    Armando Medina I

    2006-01-01

    Full Text Available Objetivo: Nuestro país, por su riqueza cultural, presenta diversas concepciones en torno al embarazo, parto y puerperio. Las costumbres y los procesos de embarazo, parto y puerperio, de la mujer Awajun (Aguaruna o Wampis (Huambisa, en el contexto cultural de las comunidades indígenas, son revisadas en el presente estudio. Materiales y métodos: Estudio etnográfico descriptivo, cualitativo, realizado durante octubre de 2002 a abril de 2003, aplicándose 24 entrevistas a profundidad (a parteras, promotores de salud y usuarias, en las comunidades de Puerto Galilea y Chapiza, además de tres grupos focales. Dichas entrevistas se analizaron en función de cinco aspectos, relacionados con señales, peligros, dietas y cuidados durante el embarazo, parto y puerperio. Resultados: Los pobladores reconocen algunas señales de peligro en el embarazo, como el sangrado vaginal y pérdida de líquido amniótico. Los cuidados durante el embarazo se relacionan con las actividades diarias y la ingesta de alimentos (dietas. Existen algunos elementos que dificultan el parto y nacimiento, como el sentimiento de vergüenza para llamar al promotor. Logrado el parto, debe mantenerse los cuidados para la recuperación de la madre, y un adecuado desarrollo del recién nacido. Conclusiones: Las concepciones y percepciones del embarazo, parto y puerperio en comunidades nativas, norman el comportamiento de sus pobladores, repercutiendo esto en la salud materna e infantil. Es necesario comprender esta cultura y capacitar agentes de medicina tradicional, implementando estrategias en promoción de la salud y atención de la gestante, fortaleciendo las capacidades institucionales e incrementando la cobertura.

  19. Estado neurológico e cardiorrespiratório de filhotes de cães nascidos de parto normal ou de cesariana sob anestesia geral inalatória com sevofluorano Neurological and cardiocirculatory investigation of dog neonates born by normal parturition or cesarean section on sevoflurane inhalation anesthesia

    Daniela Tozadore Gabas; Lidia Mitsuko Matsubara; Valéria Nobre Leal de Souza Oliva; Leandro Rodello; Cláudio Nazaretian Rossi; Silvia Helena Venturolli Perri

    2006-01-01

    A anestesia obstétrica possibilita um procedimento mais seguro para a mãe e para os fetos. Em medicina veterinária, no entanto, a literatura científica a respeito do assunto é deficiente. Este trabalho teve como objetivo avaliar o grau de depressão neurológica, hemodinâmica e respiratória fetais provocado pelo agente anestésico, em que as mães foram submetidas ao parto normal ou à cesariana, utilizando-se sevofluorano como agente de manutenção anestésica, comparando-o com o parto normal. Fora...

  20. Avaliação da qualidade de vida e da perda urinária de mulheres com bexiga hiperativa tratadas com eletroestimulação transvaginal ou do nervo tibial Evaluation of quality of life and loss urine of women with overactive bladder treated with intravaginal or tibial nerve electro stimulation

    Maíra Menezes Franco; Flaviane de Oliveira Souza; Elaine Cristine Lemes Mateus de Vasconcelos; Maurício Mesquita Sabino de Freitas; Cristine Homsi Jorge Ferreira

    2011-01-01

    Trata-se de um ensaio clínico prospectivo comparativo que objetivou comparar os efeitos do tratamento com eletroestimulação transvaginal (ET) e do nervo tibial (ENT) sobre a qualidade de vida (QV) e queixas de perda urinária em mulheres com bexiga hiperativa. Participaram 42 pacientes com bexiga hiperativa ou incontinência urinária (IU) mista e foram divididas para tratamento com ET ou ENT. A QV foi avaliada pelo questionário de QV genérico, o Medical Outcomes Study Short Form 36 (SF-36) e um...

  1. Relação entre a pressão muscular perineal no puerpério e o tipo de parto Relationship between perineal muscular force in the puerperal period and the type of delivery

    Silmara Menta

    2006-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: relacionar o tipo de parto e as características do períneo com valores da pressão muscular perineal (PMP mensurada em primíparas nas posições deitada e sentada com a musculatura perineal em repouso e em contração máxima. MÉTODOS: estudo quantitativo do tipo transversal, realizado em maternidade conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS do município de São Paulo. A casuística, obtida por conveniência, foi de 95 primíparas de termo. A avaliação ocorreu entre o 40º e o 45º dia. Realizaram-se entrevista, exame físico e mensuração da PMP por meio do perineômetro de Kegel. A mensuração foi realizada nas posições deitada e sentada, com a musculatura em repouso e em contração máxima, sendo considerada a média de três aferições para cada posição e estado muscular. RESULTADOS: 76,8% (73 das primíparas tiveram parto vaginal e 23,2% (22 cesárea. No pós-parto vaginal, observou-se períneo íntegro em 18,9% (18, com rotura perineal em 24,2% (23 e com episiotomia em 33,7% (32. Os valores obtidos da PMP foram em: posição deitada/musculatura em repouso, 18,9 mmHg; deitada/musculatura em contração máxima, 30,7 mmHg; sentada/musculatura em repouso, 34,5 mmHg; sentada/musculatura em contração máxima, 46,5 mmHg. CONCLUSÃO: não houve associação entre o tipo de parto e as condições perineais e a pressão muscular perineal.PURPOSE: to determine the values of perineal muscular force (PMF in the lying and seated positions and to identify the values of PMF between first pregnancy, according to type and the characteristics of the vaginal delivery and cesarean section. METHODS: study of the transversal type, performed in a maternity of Brazilian Public the Health System (SUS in the city of São Paulo. The sample consisted of 95 primiparae at term. Evaluation occurred between the 40th and 45 th, day with an interview, physical examination and measurement of PMF using a perineometer of the Kegel type. The

  2. Consulta preanalgésica del parto: un proyecto hecho realidad

    V. Aceña Fabian; H. Vasquez Lobo; J. L. Ortega García; F. Neira Reina

    2014-01-01

    Objetivo: el objetivo del presente estudio es dar a conocer la estrategia seguida en el Hospital Universitario Puerto Real para crear una consulta preanalgésica del parto con el fin de dar respuesta a los derechos de la embarazada a recibir una adecuada analgesia durante el trabajo del parto, cumpliendo la Ley 41/2002 Reguladora de la autonomía del paciente y de derechos y obligaciones en materia de información y documentación clínica. Valorar la situación en el resto de los hospitales andalu...

  3. ReHuNa- La Red por la Humanización del Parto y Nacimiento

    Daphne RATTNER; Marcos Leite dos SANTOS; Heloisa LESSA; Simone Grilo DINIZ

    2010-01-01

    La ReHuNa - Red por la Humanización del Parto y Nacimiento - es una organización de la sociedad civil que actúa desde 1993 en forma de red de asociados en el Brasil. Su principal objetivo es la divulgación de la asistencia y cuidados perinatales con base en evidencias científicas y de acuerdo a las recomendaciones de la Organización Mundial de la Salud. Esta red tuvo un papel fundamental en la estructura de un movimiento que hoy se denomina “humanización de la asistencia al parto y nacimiento...

  4. Oximetría de pulso fetal y parto por cesárea

    Bloom, Steven L.; Catherine Y. Spong; Elizabeth Thom; Varner, Michael W.; ROUSE, Dwight J.; Sandy Weininger; Ramin, Susan M.; CARITIS, Steve N.; Alan Peaceman; Yoram Sorokin; Anthony Sciscione; Marshall Carpenter; Brian Mercer; John Thorp; Fergal Malone

    2007-01-01

    Introducción: El conocimiento de la saturación de oxígeno fetal, como complemento del monitoreo electrónico fetal, podría estar asociado con un cambio significativo en la tasa de partos por cesárea o con el estado del bebé en el momento del nacimiento. Métodos: Asignamos aleatoriamente a 5.341 nulíparas a término, que se encontraban en las fases iniciales del trabajo de parto, a una oximetría de pulso fetal abierta o enmascarada. En el grupo abierto, los valores de ...

  5. Autonomía, heteronomía y vulnerabilidad en el proceso de parto

    Goberna Tricas, Josefina

    2012-01-01

    Resumen: Objetivo principal: Indagar en los principios éticos de autonomía y vulnerabilidad en la atención al partoMetodología: Reflexión ético-filosófica.Resultados principales: El parto es un proceso en que las vivencias corporales deben objetivrse en el “Yo materno”. Una transición harmoniosa entre las fases “corporales” de las contracciones y las fases de objetivación de las sensaciones, que se produce en los periodos intercontráctiles permiten una vivencia en que la mujer mantiene el con...

  6. Humanización del parto en la medicina de excelencia

    Xiomara Pujadas Ríos; Regino Oviedo Rodríguez; Francisco Montero Torres; Juan Francisco Pineda.

    2011-01-01

    Se realiza una revisión bibliográfica en la que se actualizan los conocimientos que se tienen hasta el momento sobre el parto humanizado, esta revisión incluye trabajos de autores tanto nacionales como extranjeros además de la búsqueda en Internet. La revisión se hace con el objetivo de identificar los cambios específicos y posibles a lograr, que podrían mejorar las experiencias de las mujeres durante el trabajo de parto y el desarrollo de pruebas y métodos para promover estos. Se profundiza ...

  7. Hemorragia Pós-Parto. Diagnóstico e Factores Predisponentes

    Videira, A; Ramos, L.; Valadares, S; C. Soares; Dâmaso, J

    2002-01-01

    A hemorragia pós-parto continua a ser a causa mais frequente de morbilidade e mortalidade materna, apesar da redução na sua incidência nas últimas décadas. Esta diminuição deve-se a um maior número de partos hospitalares, consciência da existência de factores de risco com diagnóstico de hemorragia no puerpério. A intervenção terapêutica será abordada noutro artigo da mesma revista.

  8. Creencias y costumbres relacionadas con el embarazo, parto y puerperio en comunidades nativas Awajun y Wampis

    Armando Medina I; Julio Mayca P

    2006-01-01

    Objetivo: Nuestro país, por su riqueza cultural, presenta diversas concepciones en torno al embarazo, parto y puerperio. Las costumbres y los procesos de embarazo, parto y puerperio, de la mujer Awajun (Aguaruna) o Wampis (Huambisa), en el contexto cultural de las comunidades indígenas, son revisadas en el presente estudio. Materiales y métodos: Estudio etnográfico descriptivo, cualitativo, realizado durante octubre de 2002 a abril de 2003, aplicándose 24 entrevistas a profundidad (a parteras...

  9. Consumo de medicamentos no período de internação para o parto Drug use during in-hospital birth delivery stay

    Edson Perini

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: O consumo de medicamentos no parto tem sido pouco explorado na literatura. Limitado no tempo e nas possibilidades terapêuticas, representa um evento privilegiado para discussão sobre o seu uso correto. Assim, realizou-se análise do consumo de medicamentos no parto, estabelecendo base para comparações entre maternidades. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo duas maternidades, uma particular e outra pública, de Belo Horizonte, Minas Gerais. Para a análise da utilização de medicamentos no período de internação das parturientes, foram coletados dados sobre identificação, gravidez, parto e medicamentos prescritos nos prontuários da maternidade pública, e na particular, nos prontuários e faturas. Para a análise estatística utilizou-se odds ratio (OR testadas pelo qui-quadrado, e em médias pelo t de Student. RESULTADOS: O tempo médio de hospitalização foi de 2,2 dias, menor na maternidade particular. Partos cesáreos representaram 52,7%, 31,3% na pública e 64,5% na particular. A anestesia peridural foi utilizada em 72,8% dos casos e a local em 22,4% (25,3 e 63,7% na pública e 98,2 e 0,4% na particular. Todas as mulheres receberam medicamentos, com mínimo de três e máximo de 19 produtos diferentes. No total, 83 medicamentos (97 princípios ativos foram utilizados com freqüência total de 3.429. Foi observado consumo médio maior na maternidade particular de 8,5 medicamentos por mulher. CONCLUSÕES: Observou-se diferença significativa no consumo de medicamentos nas duas maternidades, maior nos procedimentos do pré-parto/parto. Em ambas as maternidades, o consumo mostrou-se elevado em relação às poucas evidências internacionais. O excesso de partos cesáreos e os procedimentos anestésicos explicam as diferenças quantitativas observadas.OBJECTIVE: Drug use in birth delivery has not been enough explored in the literature. It is a significant issue to be discussed on the theme of rational drug use. The

  10. Transvaginal three-dimensional sonographic assessment of the embryonic brain: a pilot study

    BOITOR-BORZA, DAN; KOVACS, TUNDE; STAMATIAN, FLORIN

    2015-01-01

    Aims A very good knowledge of human embryology is mandatory not only for the correct sonographic assessment of the developing brain, but also for better understanding the origins of congenital anomalies involving the central nervous system. 3D transvaginal sonography may be an effective technique for imaging the developing brain. The aims of this explorative study are to demonstrate the feasibility of imaging the embryonic brain between 7 and 10 weeks of gestation for clinical studies by using a 3D high-frequency vaginal ultrasound transducer and to provide a reference for the morphology of the brain in the embryonic period. Materials and methods Four embryos of 9 mm, 17 mm, 23 mm and 31 mm crown-rump length respectively were assessed in vivo by transvaginal sonography. We gave a special attention to the embryonic brain. All patients were examined with a Voluson E10, BT 15 ultrasound scanner (GE Healthcare, Zipf, Austria), using a high-frequency 6–12 MHz/ 256-element 3D/4D transvaginal transducer. Three-dimensional sonography was performed routinely as the patients were scanned. The multiplanar display was used after selecting the best volume. The Omni view® software was used for digitally slicing the selected volumes. Results We describe the morphological details of the developing brains of four embryos ranging from 7 to 10 gestational weeks. In the human embryo 9 mm CRL the hypoechogenic cavities of the three primary vesicles (prosencephalon, mesencephalon, rhombencephalon) could be observed on a sagittal section. In the human embryo 17 mm CRL the prosencephalon was divided into the median diencephalon and two telencephalic vesicles, which were partially separated by the falx cerebri. In the human embryo 23 mm CRL the cerebral hemispheres developed and they were completely separated by the falx cerebri. The choroid plexus was evident inside the lateral ventricles and the fourth ventricle. In the human embryo 31 mm CRL the ventral thalamus was evident, and the

  11. Expectativas sobre a assistência ao parto de mulheres usuárias de uma maternidade pública do Rio de Janeiro, Brasil: os desafios de uma política pública de humanização da assistência Patients' expectations concerning childbirth care at a public maternity hospital in Rio de Janeiro, Brazil: challenges for the humanization of obstetric care

    Marcos Augusto Bastos Dias

    2006-12-01

    Full Text Available Analisamos as expectativas de gestantes, usuárias de uma maternidade pública no Município do Rio de Janeiro, Brasil, sobre a assistência que receberam no parto e a avaliação que fazem do atendimento recebido em partos anteriores. A metodologia pautou-se pela análise temática de entrevistas realizadas entre o oitavo e o nono mês de gravidez. Foram analisadas informações das mulheres sobre humanização da assistência ao parto, experiências relativas à assistência recebida em parto(s anterior(es, seu ideal de atendimento ao parto eminente e sobre a atenção da equipe de saúde. Os resultados mostram que as expectativas estão centradas em três elementos principais: admissão rápida na internação, garantia de vaga na maternidade e o atendimento por uma equipe atenciosa e competente que cuide de sua saúde e do seu bebê. As informações discordantes sobre a qualidade da assistência na maternidade trazem para essas mulheres uma tensão a mais nesse momento já que, a seu ver, a qualidade do cuidado dependerá mais de sorte do que da rotina institucional. A partir dessas expectativas, os autores avaliam os desafios da política de humanização da assistência ao parto em implantação nesse município.This study analyzes patients' expectations at a public maternity hospital in Rio de Janeiro, Brazil, concerning childbirth care. The methodology was based on a thematic analysis of interviews held during the eighth and ninth months of pregnancy. The study analyzed women's information on humanization of childbirth care, experience pertaining to care received during previous deliveries, their notions of ideal treatment during the current delivery, and attention received from the health care team. The results show that women's expectations focus on three main elements: speedy hospital admission, guaranteed admission to the maternity hospital, and treatment by an attentive and skilled team that cares for the patient's own health and

  12. Influência do consumo alimentar na gestação sobre a retenção de peso pós-parto Influencia del consumo alimentario en la gestación sobre la retención de peso post-parto Influence of dietary intake during gestation on postpartum weight retention

    Ana Paula Bortoletto Martins

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência da alimentação durante a gestação sobre a retenção de peso pós-parto. MÉTODOS: Foram acompanhadas 82 gestantes adultas e saudáveis que iniciaram o pré-natal em serviço público de saúde no Município de São Paulo, SP, entre abril e junho de 2005. As medidas de peso e estatura foram aferidas na primeira entrevista (até 16 semanas de gestação e a medida de peso foi repetida em visita domiciliar 15 dias após o parto. O Recordatório de 24 horas foi usado para avaliar o consumo alimentar e foi aplicado nos três trimestres da gestação. Foi calculado o consumo médio de gordura saturada, fibras, açúcar adicionado, refrigerantes, alimentos processados, frutas, verduras e legumes, e a densidade energética da dieta. A retenção de peso foi obtida pela diferença entre a medida de peso pós-parto e a primeira medida realizada. A influência da alimentação sobre a retenção de peso pós-parto foi avaliada por meio de análise de regressão linear múltipla e foi realizado o teste para tendência linear. As variáveis utilizadas para ajuste do modelo foram: índice de massa corporal no início da gestação, estatura, renda familiar per capita, tabagismo, idade e escolaridade. RESULTADOS: O índice de massa corporal inicial médio foi de 24 kg/m² e a retenção média de peso foi de 1,9 kg. O aumento do consumo de gordura saturada (p = 0,005 e alimentos processados (p = 0,014 elevou de forma significativa a retenção de peso pós-parto, após ajuste pelas variáveis de controle. As demais variáveis de consumo alimentar não apresentaram relação significativa com a variável desfecho. CONCLUSÕES: O maior consumo de alimentos não saudáveis, como alimentos processados, e de gordura saturada influencia a elevação da retenção de peso pós-parto.OBJETIVO: Evaluar la influencia de la alimentación durante la gestación sobre la retención de peso post-parto. MÉTODOS: Fueron acompañadas 82

  13. Transvaginal Ultrasound in Fertile Patients with Suspected Appendicitis: An Experience Report of Current Practice

    Malek Tabbara

    2012-01-01

    Full Text Available Background. Transvaginal ultrasound (TVU in female patients with acute right lower quadrant (RLQ abdominal pain is time and infrastructure intensive and not always available. This study aims to evaluate the role of TVU in these patients. Methods. Retrospective analysis identified 224 female patients with RLQ pain and TVU. Results. TVU revealed an underlying pathology in 34 (15% patients, necessitating a diagnostic laparoscopy in 12 patients. Six patients (2% had a true gynaecological emergency. The remaining 23 patients did not require surgery. The other 190 patients with RLQ pain had a bland TVU; 127 (67% were discharged, while 63 patients (33% received a diagnostic laparoscopy. Conclusion. The incidence of true gynaecological emergencies requiring urgent surgical intervention is very low in our patient cohort. TVU is a helpful tool if performed by a physician who is well trained in TVU.

  14. Anemia materna en el tercer trimestre de embarazo como factor de riesgo para parto pretérmino Maternal Anemia During the Third Trimester of Pregnancy as a Risk Factor for Preterm Labor

    Loretta Giacomin-Carmiol

    2009-03-01

    Full Text Available Objetivos: Analizar la relación entre la anemia y el parto pretérmino en el Servicio de Obstetricia del Hospital "Dr. Rafael Ángel Calderón Guardia", durante 2006. Materiales y métodos: Estudio de 110 pacientes y 220 controles. Se utilizó el registro estadístico de la sala de partos del Servicio de Obstetricia para la identificación de la muestra. Los criterios de inclusión para el grupo de casos fueron: edad materna mayor o igual a 18 años, edad materna menor de 35 años, primigesta, embarazo mayor de 32 semanas, embarazo único, y recién nacido vivo al momento del parto. Los criterios de exclusión fueron: embarazo complicado por enfermedades médicas crónicas o inducidas por este, antecedente en la historia clínica de sangrado transvaginal durante el primer o segundo trimestre, antecedente en la historia clínica de síntomas que sugirieran infección del tracto urinario o de otro sistema, antecedente en la historia clínica del uso de tabaco, alcohol u otra sustancia ilícita, productos con algún tipo de malformación diagnosticada previo a la labor del parto o durante el nacimiento, parto inducido o cesárea electiva, parto atendido de forma extrahospitalaria, ausencia o registro incompleto de alguna variable de interés. Las pacientes del grupo de control fueron aquellas internadas durante el mismo periodo. Los dos controles para cada caso fueron seleccionados de forma aleatoria, pareados por grupo quinquenal de edad y fecha de la atención del parto. Los criterios de inclusión y exclusión fueron los mismos aplicados al grupo de casos. Se definió como anemia una hemoglobina menor a 11 g/dl. La magnitud de la asociación entre la anemia y el parto pretérmino se evaluó mediante la razón de probabilidades (Odds Ratio Resultados: La hemoglobina promedio de los casos fue de 12,3 g/dl (DS+ 1,2 y la de los controles de 12,9 g/dl (DS+ 1,1; p Objective: To explore the relationship between anemia and preterm birth at the

  15. Transvaginal Ultrasonographic Cervical Assessment as a Predictor Of Successful Labor Induction

    Nahed H. Mohamed, Naglaa H. Mohamed and Mahmoud A. Mansour

    2000-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To assess cervical maturation before labor induction with measurements obtained by transvaginal scans. Cervical length and detection rate of cervical gland area, were compared with Bishop score and serum Prostaglandin E2 levels at term for duration of labor, successful labor induction and mode of delivery. STUDY DESIGN: Transvaginal scans were performed for detection of cervical gland area and measurements of cervical length in 80 singleton pregnant women scheduled for induction of labor at >37 weeks of gestation. Cervical ripening was assessed simultaneously by Bishop score and preinduction serum prostaglandin E2 metabolite was detected by ELISA technique. Results were compared against parity, gestational age, and mode of delivery and induction-to-delivery interval. RESULTS: Seventy percent of the studied women were delivered vaginally (46.7% of nulliparous and 84 % of multiparous women. Women with cervical length 4 also had shorter labors and were more likely to be delivered vaginally (P0.05. Cervical length, detection rate of cervical gland area serum PGE2 levels, and Bishop score showed linear correlation with duration of labor (r =0.47 P< 0.05, r =0.58 P< 0.01, r = 0.67 P< 0.05 and r = 0.43, P <0.01 respectively. CONCLUSIONS: Ttransvaginal ultrasonographic cervical measurement is comparable to Bishop score in assessing cervical ripeness for labor induction. Cervical measurement parity and serum PGE2 were independent predictors of the mode of delivery. Whereas, the mode of delivery cold not be predicted in women with Bishop score < 4.

  16. Diagnostic Accuracy of Transvaginal Sonography in the Detection of Uterine Abnormalities in Infertile Women

    Maryam Niknejadi

    2012-01-01

    Full Text Available Background: Accurate diagnosis of uterine abnormalities has become a core part of the fertility work-up. A variety of modalities can be used for the diagnosis of uterine abnormalities.Objectives: This study was designed to assess the diagnostic accuracy of transvaginal ultrasonography (TVS in uterine pathologies of infertile patients using hysteroscopy as the gold standard.Patients and Methods: This was a cross-sectional study carried out in the Department of Reproductive Imaging at Royan Institute from October 2007 to October 2008. In this study, the medical documents of 719 infertile women who were investigated with transvaginal ultrasound (TVS and then hysteroscopy were reviewed. All women underwent hysteroscopy in the same cycle time after TVS. Seventy-six out of 719 patients were excluded from the study and 643 patients were studied. TVS was performed in the follicular phase after cessation of bleeding. Sensitivity, specificity, positive predictive value (PPV and negative predictive value (NPV were calculated for TVS. Hysteroscopy served as the gold standard.Results: The overall sensitivity, specificity, positive and negative predictive values for TVS in the diagnosis of uterine abnormality was 79%, 82%, 84% and 71%, respectively. The sensitivity and PPV of TVS in detection of polyp were 88.3% and 81.6%, respectively. These indices were 89.2% and 92.5%, respectively for fibroma, 67% and 98.3%, respectively for subseptated uterus and 90.9% and 100%, respectively for septated uterus. Adhesion and unicornuated uterus have the lowest sensitivity with a sensitivity of 35% and PPV of 57.1%.Conclusion: TVS is a cost-effective and non-invasive method for diagnosis of intrauterine lesions such as polyps, submucosal fibroids and septum. It is a valuable adjunctive to hysteroscopy with high accuracy for identification and characterization of intrauterine abnormalities. This may lead to a more precise surgery plan and performance.Keywords:Ultrasonography,Diagnosis,Uterus

  17. Office hysteroscopy, transvaginal ultrasound and endometrial histology: a comparison in infertile patients

    Devleta Balić

    2011-05-01

    Full Text Available Objective. To evaluate accuracy of transvaginal sonography (TVS and hysteroscopy in detection of intrauterine pathology in infertile women. Subjects and methods. This retrospective study was conducted in 56 infertile women with abnormal transvaginal ultrasound findings of the uterine cavity which was performed during the midfollicular phase as a part of routine infertility workup. Hysteroscopy was performed between 6th and 10th day of cycle. Results. The mean age of the subjects was 31.9±4.0. The most frequent ultrasound finding was endometrial polyp in 34 (60.7% patients, septate uterus in 8 (14.3% patients, submucosal myoma in 7 (12.5% patients, endometrial hyperplasia in 5 (8.9% patients and Syndroma Ascherman in 2 (3.6% patients. Hysteroscopy confirmed 20 (35.7% polyps, the same number of myomas, septate uterus and Syndroma Ascherman as detected by ultrasound, (7 (12.5%, 8 (14.3% and 2 (3.6%, respectively and 19 (33.9% endometrial hyperplasia. In 46 women with histological excamination, the sensitivity of TVS and hysteroscopy in the diagnosis of endometrial polyps were identical - 100%, while the specificity was higher in hysteroscopy than in TVS (92.3% versus 56.4%, p<0.001. The sensitivity of TVS in the diagnosis of endometrial hyperplasia was higher than that of hysteroscopy (86.4% versus 22.7%, p<0.001, while specificity was identical, of 100%. Accordance between hysteroscopy and histology was good (k=0.79, between ultrasound and histology was moderete (k=0.59. Conclusion. Hysteroscopy appeared to be more reliable in diagnosis than TVS. The use of a high frequency ultrasound probe leads us to a lack of diagnostic clarity between endometrial polyps and hyperplasia.

  18. Effect of pelvic floor muscle training on labour and newborn outcomes: a randomized controlled trial Efeitos do treinamento da musculatura do assoalho pélvico sobre o parto e recém-nascido: estudo controlado randomizado

    Letícia A. R. Dias

    2011-12-01

    anos, e que eram capazes de contrair a musculatura do assoalho pélvico. As gestantes foram incluídas no estudo com 20 semanas de idade gestacional, e realizava-se a avaliação da pressão de contração vaginal pela contração da musculatura do assoalho pélvico. Elas foram randomizadas em dois grupos: grupo de treinamento e grupo controle. Todas as voluntárias tiveram o trabalho de parto e os resultados dos recém-nascidos avaliados por meio de consulta ao prontuário por um pesquisador não envolvido com o grupo de treinamento. RESULTADOS: Não houve diferença significativa entre os grupos quanto à idade gestacional no nascimento, tipo de parto, duração da segunda fase de trabalho de parto, tempo total de trabalho de parto, prevalência da laceração perineal, peso e tamanho do bebê e índice de Apgar. Nenhuma correlação foi encontrada entre a força muscular do assoalho pélvico e a segunda fase ou a duração total do trabalho de parto. CONCLUSÕES: Este ensaio clínico randomizado não verificou qualquer influência do treinamento muscular do assoalho pélvico e da força dos músculos do assoalho pélvico sobre o trabalho de parto e os resultados do recém-nascido.

  19. Cervical ripening methods for labor induction Métodos de preparo cervical para indução do trabalho de parto

    Fernanda Garanhani de Castro Surita

    2004-06-01

    Full Text Available The indication for labor induction has been increasing in the world. It is known that cervical conditions are directly associated to the success of labor induction. Knowledge of cervix anatomy and physiology during pregnancy and of the different methods for cervical ripening is essential for indicating the best cervical ripening method in a given situation, therefore obtaining the best outcomes following labor induction. This is a challenge for obstetricians where not every method is readily available and accessible and C-sections rates are very high as in Brazil. Some methods are discussed in this paper including breast stimulation, membrane stripping, and the use of relaxin, oxytocin, prostaglandins, hyaluronidase, mifepristone, laminaria and Foley catheter.Tem sido mundialmente crescente a indicação de indução do trabalho de parto. Sabe-se que as condições do colo uterino estão diretamente relacionadas com o sucesso da indução. O conhecimento da anatomia e fisiologia do colo uterino durante a gestação, bem como as dos diversos métodos de preparo cervical, são de fundamental importância para que possa ser indicado o melhor método para o preparo de colo em uma situação específica e conseqüentemente obter-se melhores resultados nas induções do trabalho de parto. Esse é um desafio para os obstetras de um país em que nem todos os métodos estão disponíveis e acessíveis e com taxas de cesarianas tão elevadas quanto o Brasil. São discutidos alguns métodos incluindo a estimulação dos mamilos, descolamento de membranas, relaxina, ocitocina, prostaglandinas, hialuronidase, mefiprestone, laminaria e sonda Foley.

  20. O acesso à assistência ao parto para parturientes adolescentes nas maternidades da rede SUS Accesibilidad a asistencia del parto para parturientes adolescentes en las maternidades del sistema de salud Accessibility to childbirth attendance for pregnant adolescents in health system's maternities

    Patrícia Santos Barbastefano

    2010-12-01

    Full Text Available Estudo quantitativo, observacional e de delineamento transversal, cujo objetivo foi identificar os fatores que interferem na acessibilidade da gestante ao acompanhamento do parto na rede do Sistema Único de Saúde (SUS na cidade do Rio de Janeiro (RJ. Foi realizado em maternidades da rede SUS-RJ, por meio de entrevista estruturada. A amostra constituiu-se de 328 puérperas adolescentes. As informações foram organizadas em banco de dados, e para análise se utilizou o software EPI INFO versão 6.03, e a razão de prevalência como medida de associação. Os resultados evidenciaram que 40,5% das adolescentes eram negras; 54,9% tinham apenas o ensino fundamental; 91,5% haviam feito pré-natal. O acesso foi considerado insatisfatório em 36,6% dos casos, e 20,7% das puérperas passaram por mais de uma unidade de saúde para parir. Concluiu-se que a assistência à parturiente adolescente ainda necessita de ajustes, de modo a favorecer o acesso destas aos serviços de assistência ao parto.El estudio objectivó identificar los factores que interfieren en la accesibilidad de parturientes adolesacentes a la asistencia del parto en el Sistema de Salud, en la ciudad de Río de Janeiro, Brasil. Estudio cuantitativo, con diseño travesaño y observacional, cumplido en maternidades del Sistema de Salud, a través de entrevista estructurada. La muestra se constituyó de 328 puerperas adolescentes. Los datos fueran organizados en una base de datos, para el análisis subsecuente, con el software EPI INFO versión 6.03. Como medida de asociación se usó la razón de predominio. Los resultados evidenciaron que 40,5% de las adolescentes eran negras; 54,9% tenían la enseñanza fundamental; 91,5% habían tenido la asistencia prenatal. El acceso fue considerado insatisfactorio para 36,6% de ellas, y 20,7% fueron a más de una maternidad para el parto. Concluyese que la asistencia a parturientes adoelscentes necesita de ajustes para favorecer su acceso a los

  1. Factores causales de complicaciones en el trabajo de parto, de los Centros de Salud del Valle Alto, Cochabamba

    Freddy Álvarez Rodriguez

    2011-06-01

    Full Text Available Se denomina trabajo de parto a un conjunto de fenomenos fisiológicos que tienen por objeto de salida del feto viable de los genitales maternos. Con el presente estudio se determiná los factores causales de complicaciones en el trabajo de parto y el tipo de costumbre al desasrrollo del mismo. Se realizo un estudio de tipo retrospectivo;transversal y cuantitativo comprendiendo a los municipios de Punata, Arani, Villa Rivero, Tiraque,Cliza y Tarata y de Vacas. El método de recolección de datos fue a raves de la utilización de un cuestionario dirigido a las mujeres pos-puerperio. La informacion se obtuvo de los cuadernos de control prenatal, parto, y puerperio del Sistema Nacional de Información en Salud (SNIS. Entre los resultados obtenidos se tiene que los factores causales de complicaciones en el trabajo de parto en la mayoría se debe a la realización de actividades costumbristas traumáticas que se caracteriza por el balanceo horizontal de la gestante sobre una sabana (manteo63%. Se concluye que los factores de riesgo en el trabajo del parto son: el vivir en un lugar pobre, no realizar un adecuado control prenatal, presentar el antecedente de un parto pretérmino y además que la comunidades tienen costumbres que ponen en peligro el bienestar de la madre en trabajo de parto.

  2. Prácticas para estimular el parto normal Practices to stimulate normal childbirth

    Flora Maria Barbosa da Silva

    2011-09-01

    Full Text Available Este artículo lleva a una reflexión sobre las prácticas del estímulo al parto normal, con la fundamentación teórica de cada una de ellas. Las prácticas incluidas en este estudio fueron el ayuno, enemas, spray y baños de inmersión, caminatas, movimientos pélvicos y masaje. En un contexto de revalorización del parto normal, ofrecer a la mujer durante el parto opciones de comodidad basadas en evidencias puede ser una forma de preservar el curso fisiológico del parto.This article leads to a reflection about the practices of encouraging normal childbirth, with the theoretical foundation for each one of them. The practices included in this study were fasting, enema, shower and immersion baths, walking, pelvic movements and massage. In a context of revaluation of normal birth, providing evidence-based comfort options for women during childbirth can be a way to preserve the physiological course of labour.

  3. Humanización del parto en la medicina de excelencia

    Xiomara Pujadas Ríos

    2011-11-01

    Full Text Available Se realiza una revisión bibliográfica en la que se actualizan los conocimientos que se tienen hasta el momento sobre el parto humanizado, esta revisión incluye trabajos de autores tanto nacionales como extranjeros además de la búsqueda en Internet. La revisión se hace con el objetivo de identificar los cambios específicos y posibles a lograr, que podrían mejorar las experiencias de las mujeres durante el trabajo de parto y el desarrollo de pruebas y métodos para promover estos. Se profundiza en el estudio, en el efecto positivo que produce el apoyo personalizado durante el trabajo de parto, como resultado de una sólida evidencia científica que respalda el parto humanizado; lo que permite contribuir en la reducción de la mortalidad materna y perinatal, reducción de la cesárea y mejor calidad de atención a la parturienta, que conducen a un nacimiento feliz.

  4. Mortalidade infantil e acesso geográfico ao parto nos municípios brasileiros Mortalidad infantil y acceso geográfico al parto en los municipios brasileños Infant mortality and geographic access to childbirth in Brazilian municipalities

    Wanessa da Silva de Almeida

    2012-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o acesso geográfico ao parto hospitalar nos municípios brasileiros. MÉTODOS: Foram analisadas informações de óbitos e nascimentos quanto à sua adequação para o cálculo do coeficiente de mortalidade infantil no período de 2005 a 2007 para os 5.564 municípios brasileiros. O acesso geográfico foi expresso por indicadores de deslocamento, oferta e acesso aos serviços de saúde. A associação entre o acesso geográfico ao parto e o coeficiente de mortalidade infantil em municípios com adequação de suas informações vitais foi avaliada por meio de regressão múltipla. RESULTADOS: Dentre os municípios analisados, 56% apresentaram adequação das informações vitais, correspondendo a 72% da população brasileira. O deslocamento geográfico ao parto mostrou-se inversamente associado ao porte populacional, à renda per capita, e à mortalidade infantil, mesmo controlado por fatores demográficos e socioeconômicos. CONCLUSÕES: Embora tenham sido desenvolvidas estratégias importantes para a melhoria da qualidade do atendimento às gestantes no Brasil, as ações para garantir o acesso igualitário à assistência ao parto ainda são insuficientes. O maior deslocamento intermunicipal para o parto se mostrou como um fator de risco para a mortalidade infantil, aliado à desigualdade de oferta de serviços qualificados e à falta de integração com a atenção básica de saúde.OBJETIVO: Analizar el acceso geográfico al parto hospitalario en los municipios brasileños. MÉTODOS: Se analizaron informaciones de óbitos y nacimientos con relación a su adecuación para el cálculo del coeficiente de mortalidad infantil en el período de 2005 a 2007 para los 5.564 municipios brasileños. El acceso geográfico fue expresado por indicadores de desplazamiento y oferta y acceso a los servicios de salud. Se evaluó la asociación entre el acceso geográfico al parto y el coeficiente de mortalidad infantil en municipios con

  5. Idade ao primeiro parto e intervalo de partos de cinco grupos genéticos Holandês x Gir no Brasil Age at first calving and calving interval of five Holstein x Gir genetic groups in Brazil

    Olivardo Facó

    2005-12-01

    Full Text Available Tendo em vista a grande importância dos bovinos mestiços Holandês x Gir (H x G nos sistemas de produção de leite no Brasil e a íntima relação entre a reprodução e a produtividade destes sistemas, foram obtidos registros de partos e datas de nascimento junto à Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, no intuito de avaliar o desempenho reprodutivo de vários grupos genéticos HxG. Os dados, num total de 2.600 registros de idade ao primeiro parto (IPP e 3.763 de intervalos de partos (IDP, foram analisados por meio do procedimento GLM do pacote estatístico SAS (1999. As comparações do desempenho dos grupos genéticos foram feitas por meio de modelos classificatórios incluindo o efeito de grupo genético. Foram feitas estimativas dos efeitos genéticos, isto é, da diferença aditiva entre Holandês e Gir, do efeito de dominância e do efeito epistático aditivo x aditivo, utilizando-se modelos de regressão. O grupo meio-sangue apresentou desempenho superior, ou seja, menores IPP e IDP. Foi observada tendência de elevação do IDP com o aumento da proporção de genes da raça Holandesa. O efeito de dominância influenciou significativamente as duas características estudadas, enquanto o efeito de interação epistática do tipo aditivo x aditivo influenciou significativamente apenas a IPP. Os resultados indicaram que a perda de interações epistáticas favoráveis contribuiu para a alta IPP no grupo 5/8 Holandês.Reproduction efficiency of Holstein x Gir crossbred animals in Brazilian dairy farms were evaluated using data provided by the Brazilian Association of Girolando. A total of 2,600 records of age at first calving (IPP and 3,763 records of calving intervals (IDP were analyzed using the SAS® GLM procedure. Estimates of genetics effects: additive difference between Holstein and Gir breeds, dominance and additive x additive epistatic effects were obtained by regression models including genetic groups to model the

  6. Trans-vaginal total pelvic floor repair using customized prolene mesh: A safe and cost-effective approach for high-grade pelvic organ prolapse

    Chaturvedi, Samit; Bansal, Rajesh; Ranjan, Priyadarshi; Ansari, M. S.; Kapoor, Deepa; Kapoor, Rakesh

    2012-01-01

    Aims: To assess safety, efficacy, and cost-effectiveness of trans-vaginal total pelvic floor repair with customized prolene mesh in patients with high-grade pelvic organ prolapse. Materials and Methods: A total of 32 patients, who underwent trans-vaginal total pelvic floor repair using a customized prolene mesh from January 2007 to June 2010 for grade III and IV pelvic organ prolapse, were analyzed retrospectively. Prolapse was graded using Pelvic Organ Prolapse Quantification system of Inter...

  7. A negociação do cuidado de enfermagem obstétrica através das práticas educativas na casa de parto La negociación cultural del cuidado de enfermería obstétrica en una casa de partos brasileña Cultural negotiation of obstetric nursing care by educational practices in a brazilian birth center

    Jane Márcia Progianti; Rafael Ferreira da Costa

    2008-01-01

    O estudo reflete sobre o cuidado de enfermagem obstétrica desenvolvido na Casa de Parto David Capistrano Filho. Esta reflexão, utilizando-se do conceito de negociação da teoria do Cuidado Cultural e do conceito de Educação em Saúde, respondeu por que neste espaço, construído para o desenvolvimento de ações sob a visão do modelo humanizado, as enfermeiras obstétricas se apóiam nas práticas de educação em saúde. Concluiu-se que a educação em saúde é instrumento do cuidado cultural, e as enferme...

  8. O discurso de parto de mulheres vivenciando a experiência da primeira gestação

    Marcia R. Nozawa

    1996-01-01

    Full Text Available Este trabalho é parte integrante de um estudo realizado junto a um grupo de mulheres, clientes de um centro de saúde escola, que vivenciavam a experiência da primeira gravidez, com o objetivo de desenvolver e avaliar uma ação educativa participante. A ação educativa foi desenvolvida sob a perspectiva de uma relação pedagógica calcada no diálogo e na participação ativa das educandas no processo, assim, o referencial metodológico do estudo inspirou-se na concepção de educação libertadora e na metodologia participativa em pesquisa. Os dados apresentados e a análise realizada referem-se à discussão sobre o parto que apresentou-se como tema central durante todo o processo educativo. Pelo emprego da Análise de Discurso como instrumento de avaliação da ação realizada foi possível identificar o sentido predominantemente negativo de parto no discurso das gestantes, bem como discutir o processo de constituição desse discurso apontando estratégias que promovam a superação de tal significado visando subsidiar a prática educativa realizada por profissionais de saúde junto a esse grupo específico da clientela.This paper is part of a study carried out with a group of women, at a school health centre, experiencing their first gestation. The study aims at developing and evaluating a participative educative action. Such action has been developed from a pedagogic relation perspective based on dialogue and active participation of the women in in the educative process. Thus the methodological framework derived from the concept of freeing education and participation research methodology. Both the data used and analysis perfomed refer to the discussion on delivery - the central issue of the whole educative process. The use of Discourse Analysis as an evaluative tool of the action allowed the identification of the predominantly negative meaning of delivery in the pregnant women's discourse as well as the discussion of the production

  9. Nitroglicerina transdérmica versus nifedipina oral para inibição do trabalho de parto prematuro: ensaio clínico randomizado Transdermal nitroglycerin versus oral nifedipine administration for tocolysis: a randomized clinical trial

    Melania Maria Ramos Amorim

    2009-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar a efetividade da nitroglicerina transdérmica com a nifedipina oral na inibição do trabalho de parto prematuro. MÉTODOS: foi realizado um ensaio clínico com 50 mulheres em trabalho de parto prematuro, randomizadas em dois grupos, 24 para nifedipina oral (20 mg e 26 para nitroglicerina transdérmica (patch 10 mg. Foram selecionadas as pacientes com gestação única, entre a 24ª e 34ª semanas e diagnóstico de trabalho de parto prematuro. Foram excluídas pacientes com malformações fetais e com doenças clínicas ou obstétricas. As variáveis analisadas foram tocólise efetiva, tempo necessário para tocólise, frequência de recorrência, progressão para parto prematuro e efeitos colaterais. RESULTADOS: a eficácia da tocólise nas primeiras 12 horas foi semelhante entre os grupos (nitroglicerina: 84,6% versus nifedipina: 87,5%; p=0,5. A média do tempo para tocólise também foi semelhante (6,6 versus 5,8 horas; p=0,3. Não houve diferença entre os grupos quanto à recorrência de parto prematuro (26,9 versus 16,7%; p=0,3 e nem na frequência de parto prematuro dentro de 48 horas (15,4 versus 12,5%; p=0,5. Entretanto, a frequência de cefaleia foi significativamente maior no grupo que usou nitroglicerina (30,8 versus 8,3%; p=0,04. CONCLUSÕES: a nitroglicerina transdérmica apresentou efetividade semelhante à nifedipina oral para inibição do trabalho de parto prematuro nas primeiras 48 horas, porém com maior frequência de cefaleia.PURPOSE: to compare the effectiveness of transdermal nitroglycerin with oral nifedipine in the inhibition of preterm delivery. METHODS: a clinical essay has been performed with 50 women in preterm delivery, randomly divided into two groups, 24 receiving oral nifedipine (20 mg, and 26, transdermal nitroglycerin (10 mg patch. Patients with a single gestation, between the 24th and the 34th weeks and diagnosis of preterm delivery were selected. Women with fetal malformation and clinical

  10. Predictores de parto pretérmino en la población adolescente

    Manrique Leal-Mateos

    2015-03-01

    Full Text Available Objetivo: identificar los principales factores de riesgo que inducen un parto pretérmino en pacientes adolescentes. Métodos: se realizó un estudio observacional de corte transversal, mediante el análisis secundario de la base de datos del estudio original “Características del control prenatal de pacientes adolescentes atendidas en la consulta de obstetricia. Hospital Rafael Ángel Calderón Guardia, 2010”. Las variables relacionadas con el control prenatal se categorizaron según la dicotomía Sí/ No, y mediante una regresión logística, se estimó la razón de probabilidades ajustada en cuanto a la presencia de parto pretérmino. Resultados: la edad promedio de las pacientes fue de 16,6 años (DE + 1,6. El parto pretérmino se presentó en el 13,3% de los casos (n = 48, IC 95% 10,1- 17,4. Las enfermedades médicas asociadas al embarazo (OR 3,5, IC 95% 1,3-9,6, la multiparidad (OR 3,6, IC 95% 1,3-10,3 y la falta de un control prenatal adecuado (OR 10,1, IC 95% 3,2-32,3 fueron las principales variables independientes para la presencia de un parto pretérmino. Conclusiones: las enfermedades médicas asociadas al embarazo, la presencia de 2 o más embarazos y la falta de un control prenatal adecuado, fueron las principales variables independientes para la predisposición a un parto pretérmino en la población de adolescentes.

  11. Parir en casa, parir en el hospital. Algunas dimensiones para el análisis de los lugares del parto

    María Belén Castrillo

    2015-01-01

    En una investigación doctoral sobre la intervención médica en el proceso de embarazo, parto y puerperio, resulta relevante preguntarnos por la espacialidad del parto, de su atención/asistencia, por los actores involucrados y por las dinámicas diversas que generan y son generadas por los distintos lugares en los que sucede. En estas líneas reflexionaremos sobre los lugares del parto, poniendo el énfasis en el que propone e impone el modelo médico hegemónico en salud, el hospital, y la “alterna...

  12. Parir en casa, parir en el hospital : Algunas dimensiones para el análisis de los lugares del parto

    Castrillo, María Belén

    2015-01-01

    En una investigación doctoral sobre la intervención médica en el proceso de embarazo, parto y puerperio, resulta relevante preguntarnos por la espacialidad del parto, de su atención/asistencia, por los actores involucrados y por las dinámicas diversas que generan y son generadas por los distintos lugares en los que sucede. En estas líneas reflexionaremos sobre los lugares del parto, poniendo el énfasis en el que propone e impone el modelo médico hegemónico en salud, el hospital, y la “alterna...

  13. Indicadores de cuidados para o corpo que pro-cria: ações de enfermagem no pré-trans e pós-parto - uma contribuição para a prática de enfermagem obstétrica Indicadores de cuidados para el cuerpo que procrea: acciones de enfermería en el pre, trans y post-parto - una contribuición para la práctica del oficio de enfermero en obstetricia Care indicators for the body that procreates: nursing actions before, during and after delivery - a contribution to obstetrical nursing practice

    Nébia Maria Almeida de Figueirêdo

    2004-12-01

    Full Text Available Este estudo é o resultado de dinâmicas entendidas como Cenas de Produção Estética feitas com 28 profissionais de ensino e de serviços de enfermagem para responder a questão: o que se produz sobre o corpo em trabalho de parto quando cuidamos dele no pré, trans e pós - parto? Os objetivos do estudo, que é de natureza qualitativa, foram identificar e discutir as ações nestes momentos em que o corpo da mulher dá origem a uma outra vida. Três categorias surgiram como resultado: 1 O cuidado do corpo em trabalho de parto a (indevida invasão e a violência velada; 2 O (descuidado do corpo que (expulsa outro corpo a invasão e a violência mostrada; 3 O (descuidado do corpo vazio: "cansaço e solidão" "a violência do abandono". Estas categorias apontam que existem cuidados para esta clientela como cuidados para a saúde os quais devem evitar a violência sobre o corpo da mulher em processo de parto.Este estudio es el resultado de dinámicas comprendidas como Escenas de Producción Estética hechas con 28 profesionales de la enseñanza y de servicios de enfermería para responder a la cuestión: ¿Lo qué se produce sobre el cuerpo en trabajo de parto cuando prestamos cuidados antes, durante y tras el parto? Los objetivos del estudio, del tipo cualitativo, fueron identificar y discutir las acciones en estos momentos en que el cuerpo de la mujer da origen a una otra vida. Tres categorías surgieron como resultado: 1. El cuidado del cuerpo en trabajo de parto: la (indebida invasión y la violencia velada; 2. El (descuidado del cuerpo que (expulsa otro cuerpo: la invasión y la violencia mostrada; 3. El (descuidado del cuerpo vacío: "cansancio y soledad" "La violencia del abandono". Estas categorías apuntan que existen cuidados a la salud de esta clientela, que deben evitar la violencia sobre el cuerpo de la mujer en proceso del parto.This study results from dynamics seen as Scenes of Esthetical Production, which were accomplished with 28

  14. O impacto da depressão pós-parto para a interação mãe-bebê The impact of postpartum depression to mother-child interaction

    Daniela Delias de Sousa Schwengber

    2003-12-01

    Full Text Available O presente artigo examina algumas questões teóricas e estudos empíricos a respeito do impacto da depressão pós-parto para a interação mãe-bebê. Analisam-se as características da depressão pós-parto e fatores de risco associados à sua ocorrência. Discutem-se, em particular, as repercussões do estado depressivo da mãe para a qualidade da interação com o bebê e, conseqüentemente, para o desenvolvimento posterior da criança. Os estudos revisados sugerem que a depressão pós-parto afeta a qualidade da interação mãe-bebê, especialmente no que se refere ao prejuízo na responsividade materna. Por outro lado, apontam que os efeitos da depressão da mãe na interação com o bebê dependem de uma série de fatores, o que não permite a realização de um prognóstico baseado em fatores isolados.The present article examines some theoretical aspects and empirical studies related to the impact of postpartum depression to mother-child interaction. The characteristics of postpartum depression and the risk factors related to its occurrence are also examined. Furthermore, it discusses the consequences of maternal depressed state to mother-child interaction and to child development. The revised studies suggest that postpartum depression negatively affects the mother-child interaction quality, particularly maternal responsivity. On the other hand, studies show that postpartum depression effects on mother-child interaction depend on various factors, which makes it impossible for us to make predictions based on any isolated factor.

  15. Analgesia de parto: estudo comparativo entre anestesia combinada raquiperidural versus anestesia peridural contínua Analgesia de parto: estudio comparativo entre anestesia combinada raqui-peridural versus anestesia peridural continua Labor analgesia: a comparative study between combined spinal-epidural anesthesia versus continuous epidural anesthesia

    Carlos Alberto de Figueiredo Côrtes

    2007-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O alívio da dor no trabalho de parto tem recebido atenção constante visando ao bem-estar materno, diminuindo o estresse causado pela dor e reduzindo as conseqüências deste sobre o concepto. Inúmeras técnicas podem ser utilizadas para analgesia de parto. Este trabalho teve como objetivo comparar a técnica peridural contínua com a combinada, ambas com o uso de bupivacaína a 0,25% em excesso enantiomérico 50% e fentanil como agentes. MÉTODO: Participaram do estudo 40 parturientes em trabalho de parto com dilatação cervical entre 4 e 5 cm que foram distribuídas em dois grupos iguais de forma aleatória. O Grupo I recebeu anestesia peridural contínua. O Grupo II recebeu anestesia combinada. Foram avaliados: medidas antropométricas, idade gestacional, dilatação cervical, tempo entre o bloqueio e a ausência de dor por meio da escala analógica visual, possibilidade de deambulação, tempo entre o início da analgesia e a dilatação cervical completa, duração do período expulsivo, parâmetros hemodinâmicos maternos e vitalidade do recém-nascido. Possíveis complicações, como depressão respiratória, hipotensão arterial materna, prurido, náuseas e vômitos, também foram observadas. Para a comparação das médias utilizou-se o teste t de Student e para a paridade e tipo de parto utilizou-se o teste do Qui-quadrado. RESULTADOS: Não houve diferença estatística significativa entre os dois grupos em relação ao tempo entre o início da analgesia e a dilatação cervical completa, bem como em relação ao tempo da duração do período expulsivo, incidência de cesariana relacionada com a analgesia, parâmetros hemodinâmicos maternos e vitalidade do recém-nascido. CONCLUSÕES: Ambas as técnicas se mostraram eficazes e seguras para a analgesia do trabalho de parto, embora a técnica combinada tenha proporcionado um rápido e imediato alívio da dor. Estudos clínicos com maior número de casos s

  16. Analgesia combinada vs analgesia peridural para trabajo de parto

    Juan Pablo Aristizábal

    2005-06-01

    Full Text Available Introducción: Las ventajas de la analgesia epidural-espinal incluyen una identificación confiable del espacio subaracnoideo, requerimiento de poco fármaco, disminución de toxicidad sistemica y analgesia de instauración rápida. En este estudio se comparan las técnicas peridural y epidural-espinal. Materiales y Métodos: Se incluyeron 200 pacientes en un periodo de 12 meses. Los criterios de inclusión fueron mujeres en trabajo de parto con dilatación mayor o igual a 5 cm sin patologías asociadas. Se evalúo la respuesta analgésica a los 5 y 15 minutos, la respuesta hemodinamica, bloqueo motor, efectos adversos y respuesta fetal. La técnica peridural se realizo con bupivacaina al 0.065% y la técnica epidural-espinal con fentanyl 25mcg intratecales sin anestésico local. Resultados : Cada grupo incluyó 100 pacientes (peridural o analgesia A y epidural-espinal o analgesia B. La percepción de dolor fue similar en ambos grupos a los 5 minutos (p value = 0.291, a los 15 minutos fue menor con analgesia epidural-espinal (p value = 0.008. No hubo cambios hemodinamicos ni bloqueo motor ni diferencia fetal en ambos grupos. Se encontró una incidencia de prurito con la técnica epidural-espinal de 36%. Conclusión: La analgesia epidural-espinal con opioides intratecales produce mayor disminución en la percepción del dolor a los 15 minutos comparado con la peridural, sin presentar cambios hemodinamicos ni bloqueo motor y sin alteración en el recién nacido, con una incidencia de 36% de prurito.Backround: The advantage of epidural-spinal analgesia technique include better subaracnoid space identification, less drug requirements, less sistemic toxicity, and rapid analgesic effect. In this study we compare peridural and peridural-spinal tecnique. Methods: The study included 200 patients during a period of 12 months. The inclusion criteria were women during labour with dilatation of 5cm or more without any associated pathology. The study evaluate

  17. Meningite após técnica combinada para analgesia de parto: relato de caso Meningitis después de técnica combinada para analgesia de parto: relato de caso Meningitis after combined spinal-epidural analgesia for labor: case report

    Carlos Escobar Vásquez

    2002-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Meningite é uma complicação grave em anestesia regional, embora rara de ocorrer. O objetivo deste relato é mostrar um caso de uma paciente que evoluiu com meningite após realização de analgesia de parto pela técnica combinada (raqui-peridural com dupla punção. RELATO DO CASO: Paciente com 25 anos, segunda gestação e cesariana anterior, em trabalho de parto. Foi realizada analgesia de parto pela técnica combinada (raqui-peridural com dupla punção. Após 24 horas apresentou cefaléia em repouso, picos de hipertermia, calafrios discretos, que regrediram com medicação sintomática. No 5º dia a cefaléia piorou. No 10º dia surgiram vômitos e dor na nuca. No 13º dia os sintomas tornaram-se mais intensos. Foi realizada punção lombar. A história clínica e o exame do líquor foram compatíveis com meningite bacteriana. CONCLUSÕES: A técnica combinada (raqui-peridural para analgesia do parto está próxima do ideal. Cuidados com a técnica de anti-sepsia são necessários para realização de bloqueios espinhais. A complicação apresentada ocorreu sem a aparente falha na realização da técnica, sendo uma questão que é inerente ao risco-benefício que a técnica proporciona.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Meningitis es una complicación grave en anestesia regional, no obstante, rara de ocurrir. El objetivo de este relato es mostrar un caso de una paciente que evolucionó con meningitis después de realización de analgesia de parto por la técnica combinada (raqui-peridural con dupla punción. RELATO DEL CASO: Paciente con 25 anos, segunda gestación y cesariana anterior, en trabajo de parto. Fue realizada analgesia de parto por la técnica combinada (raqui-peridural con dupla punción. Después de 24 horas presentó cefalea en reposo, picos de hipertermia, calofríos discretos, que mejoraron con medicación sintomática. En el 5º día la cefalea peoró. En el 10º día surgieron vómitos y dolor en la

  18. Depressão pós-parto: evidências a partir de dois casos clínicos Postpartum depression: evidence from two clinical cases

    Giana Bitencourt Frizzo

    2010-04-01

    Full Text Available O presente estudo examinou a conjugalidade em duas famílias em que a esposa apresentava depressão pós-parto, com base no Inventário Beck de Depressão e em uma entrevista diagnóstica. Os maridos não apresentavam depressão. Foi utilizado delineamento de estudo de casos para investigar como a conjugalidade era vivenciada nesse contexto. As entrevistas foram realizadas individualmente com ambos membros do casal, tendo sido gravadas e posteriormente transcritas. Os resultados revelaram que a conjugalidade estava sendo experienciadas com dificuldades em ambas as famílias, mas de maneira particular em cada caso, especialmente com relação à comunicação entre o casal e conseqüente estrutura da relação conjugal. Os resultados corroboraram a literatura, que associa a depressão com dificuldades na conjugalidade, mas indicam que há diferentes aspectos que podem ser afetados em cada família.The present study investigated the conjugality in two families in which the wife had postpartum depression, according to the Beck Depression Inventory and a diagnostic interview. The husbands did not have depression. A case-study design was used in order to analyze how conjugality was being experienced in this context. The interviews were individually conducted with both members of the couple. They were audiotaped and transcribed. The results revealed that the conjugality was being experienced with difficulties in both families, but in a particular way in each case, especially regarding the communication between the couple and the structure of the matrimonial relationship. The results corroborated with the literature, which associates the depression with difficulties in the conjugality, but they indicate that there are different aspects that may be affected in each family.

  19. Transvaginal Sacrospinous Ligament Fixation for Pelvic Organ Prolapse Stage III and Stage IV Uterovaginal and Vault Prolapse

    Pratiksha Gupta

    2015-01-01

    The result of transvaginal sacrospinous ligament fixation technique, as part of the vaginal repair procedure for massive uterovaginal (Pelvic Organ Prolapse stage III and stage IV and vault prolapse) is evaluated. A total of 32 women were included in the present case series. Marked uterovaginal prolapse was present in 28 women and four had vault prolapse following hysterectomy. Patients with vault prolapse and marked uterovaginal prolapse underwent sacrospinous colpopexy. The mean follow-up p...

  20. THE EFFECT OF PARITY, BISHOP SCORE AND CERVICAL LENGTH BY TRANSVAGINAL ULTRASOUND IN PREDICTION OF INDUCTION TO DELIVERY INTER VAL

    Sree Gouri

    2015-08-01

    Full Text Available AIM: To evaluate the role of parity, Bishop score, cervical length by transvaginal ultrasound in predicting the induction to delivery interval. METHODS AND MATERIALS: It is a prospective study done at Government general Hospital, Kurnool, Andhra Pradesh, India over a period of one year from August 2008 to July 2009. Hundred pregnant women with 37 to 42 weeks of gestation who underwent induction of labour for different indications were taken. Their parity according to obstetric history, Bishop Sco re followed by cervical length in centimeters by transvaginal ultrasound was assessed in all patients. RESULTS: Among the hundred pregnant women 57 were primigravidae, they had mean induction delivery interval of 17 hours and 18 minutes. Multigravidae were 43, they had 11 hours 45 minutes mean induction delivery interval. Bishop score of 5 and cervical length by transvaginal ultrasound of 2.8 cm were considered as cutoff values. Bishop score ≤5, cervical length above >2.8cm were considered unfavorable. Among total 100 women, 76 women had Bishop score ≤5, in them 16 hours 12 minutes mean induction delivery interval was noted. Bishop score >5 was noted in 24 women who had 13 hours and 10 minutes mean induction to delivery interval. When cervical length was cons idered, among total 100 women, 45 women had cervical length >2.8 cm , in them mean induction to delivery interval was 21 hours and 4 minutes, whereas 55 women had cervical length ≤2.8cm in them mean induction to delivery interval was 11 hours and 2 minutes. CONCLUSION: All the three parameters i.e. Parity, Bishop score and cervical length by transvaginal ultrasound are having significant predictability towards induction to delivery interval. Out of these three parameters parity and cervical length are having independent predictability.

  1. THE EFFECT OF PARITY, BISHOP SCORE AND CERVICAL LENGTH BY TRANSVAGINAL ULTRASOUND IN PREDICTION OF INDUCTION TO DELIVERY INTER VAL

    Sree Gouri; Vara Lakshmi; Jyothirmayi

    2015-01-01

    AIM: To evaluate the role of parity, Bishop score, cervical length by transvaginal ultrasound in predicting the induction to delivery interval. METHODS AND MATERIALS: It is a prospective study done at Government general Hospital, Kurnool, Andhra Pradesh, India over a period of one year from August 2008 to July 2009. Hundred pregnant women with 37 to 42 weeks of gestation who underwent induction of labour for different indicatio...

  2. Transvaginal Oocyte Retrieval Complicated by Life-Threatening Obturator Artery Haemorrhage and Managed by a Vessel-Preserving Technique.

    Bolster, Ferdia; Mocanu, Edgar; Geoghegan, Tony; Lawler, Leo

    2014-01-01

    We report the case of a 36-year-old woman with secondary infertility who underwent routine transvaginal oocyte retrieval as part of IVF treatment. Four days following the procedure she presented with life threatening haemorrhagic shock. She underwent surgical laparotomy followed by CT and selective angiography, which demonstrated haemorrhage from a pseudoaneurysm of the obturator artery. The haemorrhage was successfully managed endovascularly with a vessel preserving covered stent. PMID:25484463

  3. Consulta preanalgésica del parto: un proyecto hecho realidad

    V. Aceña Fabian

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: el objetivo del presente estudio es dar a conocer la estrategia seguida en el Hospital Universitario Puerto Real para crear una consulta preanalgésica del parto con el fin de dar respuesta a los derechos de la embarazada a recibir una adecuada analgesia durante el trabajo del parto, cumpliendo la Ley 41/2002 Reguladora de la autonomía del paciente y de derechos y obligaciones en materia de información y documentación clínica. Valorar la situación en el resto de los hospitales andaluces. Material y método: analizamos los retos y dificultades que se plantearon en su momento y la estrategia para la creación de esta consulta. Las cuestiones que se plantearon fueron: ¿en qué momento de la gestación deberían acudir las gestantes? ¿Qué necesidades de personal y formación de personal supondría la creación de esta consulta? ¿Dónde se ubicaría la consulta? ¿Qué material didáctico sería necesario para informar adecuadamente a nuestras gestantes? Para determinar cómo se había dado respuesta a la analgesia del parto y la aplicación de la Ley 41/2002 en el resto de los hospitales andaluces realizamos una encuesta telefónica. Resultados: la consulta de preanalgesia para el parto comenzó en nuestro hospital en febrero del año 2007. Se de-sarrollaron cursos de formación para el personal de paritorio. La consulta se realiza en la semana 20 de gestación haciéndola coincidir con la ecografía que realiza el Servicio de Ginecología en la semana 20. El personal asignado es una auxiliar de enfermería y el anestesiólogo de guardia asignado a paritorio. La consulta se ubica en una sala en el Hospital de Día con capacidad suficiente para 12 personas, donde se imparte una charla y se proyecta un vídeo informativo. Posteriormente se hace una valoración individualizada, se cumplimenta y firma el consentimiento informado. Desde la creación de la consulta de preanalgesia del parto han sido citadas en la consulta 12

  4. Parir en casa, parir en el hospital. Algunas dimensiones para el análisis de los lugares del parto

    María Belén Castrillo

    2015-12-01

    Full Text Available En una investigación doctoral sobre la intervención médica en el proceso de embarazo, parto y puerperio, resulta relevante preguntarnos por la espacialidad del parto, de su atención/asistencia, por los actores involucrados y por las dinámicas diversas que generan y son generadas por los distintos lugares en los que sucede. En estas líneas reflexionaremos sobre los lugares del parto, poniendo el énfasis en el que propone e impone el modelo médico hegemónico en salud, el hospital, y la “alternativa” que supone el parto en casa, retomando los aportes de la perspectiva geográfica.

  5. Vivências da maternidade :expectativas e satisfação das mães no parto

    Silva, Ana Carolina de Sousa

    2010-01-01

    Com o presente estudo pretendeu-se avaliar a experiência, expectativa e satisfação das mães com o trabalho de parto, parto e pós-parto. Neste âmbito, procuramos analisar e descrever algumas questões ligadas à vivência da maternidade. A gravidez e o parto são momentos marcantes na vida de uma mulher, abrangendo aspectos de ordem física, psicológica, social e obstétrica. A análise destas questões foram efetuadas através de uma amostra com 300 puérperas (utentes da Maternidade ...

  6. Preparación psicofísica para el parto: seguridad y satisfacción a las gestantes

    Arlene Vidal Martí

    2012-02-01

    Full Text Available Fundamento: el trabajo de parto es un reto fisiológico y psicológico para las mujeres. El momento en que el parto se hace inminente puede ser de emociones conflictivas, el miedo y la aprehensión pueden coincidir con la excitación y la felicidad. Objetivo: determinar la seguridad y satisfacción de las gestantes al recibir el curso básico sobre la preparación psicofísica para el parto. Métodos: estudio descriptivo, longitudinal y prospectivo realizado en el Hogar Materno Área II, con el universo de 113 embarazadas ingresadas en el período de febrero 2008 a mayo 2009, las cuales recibieron el curso básico sobre preparación psicofísica para el parto. Se analizaron las variables: edad gestacional, paridad, conocimientos previos sobre psicoprofilaxis y conocimientos alcanzados después de finalizada las sesiones, grado de seguridad y satisfacción de las embarazadas durante la labor del parto. Resultados: predominó la edad gestacional de  29-35 semanas (48,6 %, el nivel de escolaridad de pre-universitario (47,8 %. Al iniciar el curso no tenía conocimientos el 68,5 %; al finalizar el curso refirió haberse capacitado el 87,7 %; después del parto, 96,4 % se sienten seguras y satisfechas de haber recibido clases. Conclusiones: el curso de preparación psicofísica para el parto brindó seguridad y satisfacción a la gestante durante el embarazo y el parto

  7. Satisfacción materna con el parto y puerperio relacionada con la atención hospitalaria

    Fernández, R.I. (Rosa)

    2013-01-01

    Es fundamental conocer las necesidades y expectativas de la mujer durante el proceso de parto y puerperio inmediato en el entorno hospitalario, pues la satisfacción percibida con la atención durante el parto y el puerperio permite identificar áreas de mejora en nuestra atención clínica diaria así como incrementar la vivencia positiva global de este proceso en la vida de las mujeres, sus parejas y sus familias

  8. Parto prematuro de adolescentes: influência de fatores sociodemográficos e reprodutivos, Espírito Santo, 2007 Parto prematuro en adolescentes: la influencia de variables sociodemográficas y reproductivas, espírito santo, 2007 Premature childbirth in adolescents: influences of sociodemographic and reproductive factors, espírito santo, 2007

    Priscilla Rocha Araújo Nader

    2010-06-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um problema de saúde pública, podendo trazer consequências negativas para a adolescente, sua família e para o concepto/recém-nascido. Objetivos: Identificar diferenças entre as características sociodemográficas e reprodutivas das mães adolescentes com parto a termo e com parto pré-termo, no Espírito Santo em 2007. Metodologia: Estudo retrospectivo quantitativo. Os dados foram coletados no Sistema de Informação de Nascidos Vivos, sendo realizada análise descritiva de 9.841 Declarações de Nascidos Vivos. A relação entre a variável dependente (termo e fatores foi testada pelo teste exato de Fisher, com á=0,05. Os resultados evidenciaram que as diferenças nas características das mães adolescentes com parto a termo e pré-termo ocorreram nas seguintes variáveis: idade entre 10 a 14 anos (p=0,016, estado civil casada (p=0,014, número de consultas pré-natais quando insuficientes (p=0,000 e gestação dupla (p=0,000. Houve maior incidência de partos prematuros no Sistema Único de Saúde (p=0,000.El embarazo en la adolescência es un problema de salud pública, que puede traer consecuencias negativas para la adolescente, su familia y para el concepto/recién-nacido. Objetivos: Identificar las diferencias entre las características sociodemográficas y reproductivas de las madres adolescentes con parto a término y con parto pre-término, en Espírito Santo en 2007. Metodología: Estudio retrospectivo cuantitativo. Los datos fueron recolectados en el Sistema de Información de Nascidos Vivos, siendo realizado un análisis descriptivo de 9.841 declaraciones de nacidos vivos. La relación entre la variable dependiente (término y factores fue probada mediante la prueba de probabilidad exacta de Fisher, con á=0,05. Los resultados evidenciaron que las diferencias en las características de las madres adolescentes con parto a término y parto pre-término se dieron bajo las siguientes variables: edad

  9. Efetividade de estratégias não farmacológicas no alívio da dor de parturientes no trabalho de parto La efectividad de estratégias no farmacológicas en el alivio del dolor de parturientas en el trabajo de parto Effectiveness of non-pharmacological strategies in relieving labor pain

    Rejane Marie Barbosa Davim; Gilson de Vasconcelos Torres; Janmilli da Costa Dantas

    2009-01-01

    Objetivou-se no estudo avaliar a efetividade de estratégias não-farmacológicas para o alívio da dor de parturientes no trabalho de parto. Ensaio clínico do tipo intervenção terapêutica antes e após, realizado em uma maternidade pública de Natal/RN - Brasil, com 100 parturientes na aplicação de exercícios respiratórios, relaxamento muscular, massagem lombossacral e banho de chuveiro. Utilizou-se a escala analógica visual para coleta de dados. A maioria das parturientes tinha entre 20 a 30 anos...

  10. Paradoxos da humanização em uma maternidade no Brasil

    Tornquist Carmen Susana

    2003-01-01

    Full Text Available A Maternidade do Hospital Universitário em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, procura seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde no sentido da humanização da assistência ao parto, entre elas: o incentivo ao parto vaginal, ao aleitamento materno, ao alojamento conjunto, à presença de acompanhante e à redução do excessivo intervencionismo tecnológico no processo do parto. Neste artigo, são analisadas as diferenças relativas ao público que a ela acorre: mulheres de classes médias e de grupos populares. A análise busca observar as diferenças entre estas usuárias no que tange à escolha de acompanhante e experiências de dor e de amamentação.

  11. Paternidade e auto-conceito: influência do envolvimento na gravidez, trabalho de parto e parto no estabelecimento do bonding pai-filho

    Rodrigues, Verónica Raquel Oliveira

    2012-01-01

    Enquadramento: O bonding, o laço emocional que é estabelecido entre a figura de vinculação e o bebé, tem sido fundamentalmente estudado entre a mãe e o filho. Existem ainda poucos estudos relacionados com o pai, mas sabe-se que as características deste, do bebé e do parto influenciam o envolvimento emocional paterno. Este estudo pretende contribuir para melhorar a compreensão desses factores, procurando esclarecer especificamente a importância do auto-conceito paterno no estabelecimento do bo...

  12. Prevalência da depressão pós-parto e fatores associados Prevalence of postpartum depression and associated factors

    Inácia Gomes da Silva Moraes

    2006-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência e os fatores associados à depressão pós-parto. MÉTODOS: O estudo foi realizado na cidade de Pelotas, entre outubro e novembro de 2000. As mães (n=410 foram entrevistadas no hospital, utilizando dois questionários sobre informações obstétricas e psicossociais. Posteriormente, as puérperas foram visitadas em casa, entre 30 a 45 dias depois do parto, quando foi aplicada a Escala de Hamilton com o objetivo de medir e caracterizar a presença de sintomas depressivos. O teste do qui-quadrado foi utilizado na comparação entre proporções e a regressão logística não condicional, na análise multivariada. Os dados foram analisados hierarquicamente: no primeiro nível as variáveis socioeconômicas, no segundo, as variáveis demográficas, no terceiro, estavam as variáveis obstétricas e no último nível, as variáveis psicossociais. RESULTADOS: A prevalência de depressão pós-parto encontrada foi de 19,1%. As variáveis renda familiar (OR=5,24; IC 95%: 2,00-13,69, preferência pelo sexo da criança (meninos: OR=3,49; IC 95%: 1,76-6,93 e pensar em interromper a gestação (OR=2,52; IC 95%: 1,33-4,76, apresentaram associação com a ocorrência de depressão. CONCLUSÕES: Os achados sugerem que baixas condições socioeconômicas de vida da puérpera e a não aceitação da gravidez são elementos-chave no desenvolvimento da depressão pós-parto.OBJECTIVE: To assess the prevalence of postpartum depression and associated factors. METHODS: The study was carried out in Pelotas, a city in the Southern region of Brazil, between October and November 2000. Mothers (n=410 were interviewed in the hospital using two questionnaires on obstetric and psychosocial data. Later, these mothers were visited at home, within 30 to 45 days after delivery. Occurrence of postpartum depressive symptoms was assessed by the Hamilton Scale for Depression. Chi-square test was used for comparison between proportions and non

  13. Uniparidade em pacas criadas em cativeiro (Agouti paca, Linnaeus, 1766 Uniparity in pacas bred in captivity (Agouti paca, Linnaeus, 1766

    F.S. Oliveira

    2007-04-01

    Full Text Available Durante quatro anos foram detectadas 25 prenhezes, em 13 diferentes pacas, por meio de ultra-sonografia. Após a detecção ultra-sonográfica, as fêmeas foram separadas em baias individuais para o nascimento dos filhotes e aí mantidas até o desmame. Houve nascimento de apenas um animal por parto, ressaltando a característica reprodutiva de uniparidade, o que sugere a tendência de nascimento de apenas um filhote por parto, nessa espécie.During four years 25 pregnancies were detected in 13 different pacas by means of ultrasonography at a wild animal section. After ultrasound detection, females were separated in individual sets for delivering and kept until weaning of newborns. Only one newborn by delivery occurred, remarking the reproductive characteristic of uniparity, what suggests the trend of only one newborn in each delivery.

  14. Associação da catastrofização da dor com a incidência e a intensidade da dor perineal aguda e persistente após parto normal: estudo longitudinal tipo coorte

    Anne Danielle Santos Soares

    2013-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O parto vaginal pode resultar em dor perineal aguda e persistente pósparto. Este estudo avaliou a associação da catastrofização, fenômeno de má adaptação psicológica à dor que leva o indivíduo a magnificar a experiência dolorosa, tornando-a mais intensa, com a incidência e a intensidade da dor perineal e sua relação com o trauma perineal. MÉTODO: Estudo coorte. Realizado com gestantes em trabalho de parto. Foi aplicada a escala de pensamentos catastróficos sobre a dor durante o internamento e foram avaliados o grau da lesão perineal e a intensidade da dor perineal nas primeiras 24 horas e após oito semanas do parto por meio da escala numérica de dor. RESULTADOS: Avaliadas 55 mulheres. Sentiram dor aguda 69,1% das pacientes. Dessas, 36,3% queixaram-se de dor de moderada/forte intensidade e 14,5% de dor persistente. O escore médio de catastrofização foi de 2,15 ± 1,24. As pacientes catastrofizadoras apresentaram um risco 2,90 vezes maior (95% IC: 1,08-7,75 de apresentar dor perineal aguda e 1,31 vezes maior (95% IC: 1,05-1,64 de desenvolver dor perineal persistente. Também apresentaram um risco 2,2 vezes maior de desenvolver dor perineal aguda de maior intensidade (95% IC: 1,11-4,33. CONCLUSÕES: A incidência de dor perineal aguda e persistente após parto vaginal é alta. Gestantes catastrofizadoras apresentam maior risco de desenvolver dor perineal aguda e persistente, como também dor de maior intensidade. O trauma perineal aumentou o risco de ocorrência de dor perineal persistente.

  15. Paternidade no contexto da depressão pós-parto materna: revisando a literatura Fatherhood in the context of maternal postpartum depression: a literature review

    Milena da Rosa Silva

    2009-04-01

    Full Text Available Esta revisão da literatura examina os achados de estudos recentes a respeito da paternidade no contexto da depressão pós-parto materna. Os estudos sobre este tema demonstram forte associação negativa entre depressão pós-parto materna e qualidade do relacionamento conjugal, apoio emocional oferecido pelo pai e seu envolvimento nos cuidados do bebê e no trabalho doméstico. Também têm mostrado que o pai pode diminuir o impacto da depressão materna sobre os filhos, caso mostre-se envolvido e mentalmente saudável, embora sejam raros os estudos descrevendo o modo como se dá a participação do pai nestas famílias. A literatura aponta, ainda, que os maridos de mulheres com depressão encontram-se em situação de risco para o desenvolvimento de psicopatologias, o que sugere que as intervenções clínicas neste contexto devem focalizar também as relações familiares.The literature review examines the findings of recent studies regarding fatherhood in the context of maternal postpartum depression. The studies on this theme demonstrate strong negative association between maternal postpartum depression and the quality of marital relationship, emotional support offered by the father and his involvement in taking care of the baby and in domestic work. They have also shown that the father can reduce the impact of maternal depression on children if he is involved and mentally healthy, although there are few studies describing how fathers participate in these families. The literature also shows that husbands of depressive women are in a risk situation for the development of psychopathology, suggesting that the clinical interventions in this context should also focus on family relationships.

  16. Costumbres y tradiciones en torno al embarazo y al parto en el México virreinal

    Rodríguez, Martha Eugenia

    2000-01-01

    Se analizan los cuidados y prácticas que se llevaban a cabo durante el embarazo y el parto en la Nueva España. Prácticas que podían ser de carácter supersticioso, religioso o profano y que era importante valerse de ellas debido a que el embarazo se veía como un proceso natural y fisiológico y, a su vez, el momento del parto era temido porque se corría el riesgo de perder la vida.

    Otros apartados que se comentan son el de la operación cesárea, cuya práctica se introdujo...

  17. Efecto del número de parto sobre los principales indicadores reproductivos de las cerdas

    Gerardo Ordaz-Ochoa; Aureliano Juárez-Caratachea; Antonio García-Valladares; Rosa Elena Pérez-Sánchez; Ruy Ortiz-Rodríguez

    2013-01-01

    Se evaluó el desempeño reproductivo de cerdas con diferente genotipo: líneas genéticas, razas y cruces, a través del número de parto (NP). Para ello, se utilizaron 11639 partos ocurridos entre enero 2011 y diciembre 2012. La información procedió de tres granjas localizadas en la región de La Piedad, Mi- choacán, México. Se evaluó: tamaño de camada (TC), lecho- nes nacidos vivos (NV), lechones destetados (LD) e intervalo destete-estro (IDE), independientemente de las granjas. La in- formació...

  18. Avaliação da testagem anti-HIV no pré-natal e na assistência ao parto no Rio de Janeiro, Brasil

    Daniela Marcondes Gomes

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Objetivos: avaliar a testagem anti-HIV durante a assistência pré-natal e ao parto no Sistema Único de Saúde. Métodos: estudo transversal conduzido em 2009 em 15 maternidades no Rio de Janeiro, sendo entrevistada amostra representativa de 835 parturientes e observados prontuários. Para avaliação da adequação da testagem anti-HIV foi elaborado um modelo lógico. Resultados: segundo informação das parturientes, 86,7% dispunham de sorologia não reagente do pré-natal e 55,7% foram submetidas ao teste rápido anti-HIV no hospital; em 49,9% dos casos o procedimento relativo ao teste rápido anti-HIV no hospital foi considerado adequado: mães com status ignorado de HIV do pré-natal submetidas ao teste rápido e mães com status conhecido não submetidas ao mesmo. Segundo dados do prontuário, 68,0% dispunham de sorologia não reagente e 79,6% foram submetidas ao teste rápido anti-HIV; em 50,9% dos casos o procedimento relativo ao teste rápido anti- HIV no hospital foi adequado. Conclusões: o protocolo de exames anti-HIV no pré-natal e na maternidade, vigentes em 2009, não foram cumpridos a contento, tanto por gerar procedimentos desnecessários quanto falhas na testagem da população alvo, ameaçando a instituição oportuna de medidas profiláticas de controle da transmissão vertical.

  19. Use of transvaginal ultrasound in females with primary bladder neck obstruction. A preliminary study

    Vikiela Galica

    2015-07-01

    Full Text Available Introduction and aim: The video-urodynamics study is the principal exam to establish a possible primary bladder neck obstruction (PBNO condition. While trans-rectal ultrasonography plays an important role in the evaluation of the low urinary tract symptoms (LUTS and the severity of bladder outlet obstruction (BOO in men, the use of the transvaginal ultrasound (TVUS in women with symptoms suggesting BOO remains unclear. We tried to check the utility of the TVUS in women with PBNO condition. Material and methods: We selected female patients which presented BOO without pelvic organ prolapse (POP. According to the data of the video-urodynamic exam we selected the patients with the suspicion of PBNO. A TVUS in basal and during micturition was performed before and after surgery. Results: TVUS showed a closed bladder neck bladder in basal condition and during micturition similarly to the fluoroscopic image during video-urodynamics. The mean distance from bladder neck to the vaginal mucosa resulted 1.3 cm in this patients. Conclusions: TVUS results worthy in the evaluation of patients with PBNO before and after surgery.

  20. PREDICTION OF PRETERM DELIVERY BY ASSESSMENT OF CERVICAL LENGTH USING TRANSVAGINAL ULTRASOUND

    Gauri Raghunath

    2015-05-01

    Full Text Available AIMS AND OBJECTIVES: To identify patients at risk of preterm deliveries before the onset of symptoms. Purpose of this study is to assess the diagnostic performance of transvaginal ultrasonographic evaluation of cervix in the prediction of preterm delivery. MATERIAL AND METHODS: Sonographic cervical length assessment in 200 antenatal women between 20 – 28 weeks gestation attending OPD was done. Study group was divided in group A ( T hose with cervical length more than 25mm and group B (those with cervical length ≤25mm, again these women with short cervix divided in Group B1 - Women with cervical length 21 – 25mm, Group B2 - Women with cervical length ≤20mm . Cervical length was measured for all enrolled women using 6.5 MHz transvaginal probe. Cervical length on transvaginal sonography ≤25mm were considered as short cervix and remaining (>25 mm were considered as normal cervical lengths. In present study, women with short cervix ≤25 mm and history of previous preterm delivery or second trimester abortions and evidence of cervical defect were treated with elective cervical cerclage by McDonald method. Women in group A and remaining women in group B (who had short cervix but os was closed and women without history of previous preterm delivery or second trimester abortions were conservatively followed up. RESULTS: Out of 200 women 5(2.5% women had cervical lengths ≤20 mm measured with TVS (Group B2; 11(5.5% had cervical lengths ra nging from 21 - 25mm (group B1. Out of 16 women (group B; 9(4.6% women underwent elective cerclage and remaining 7(3.6% women were managed conservatively. Incidence of preterm delivery in group A was 5.6% while in group B it was 75%. Relative risk of preterm delivery in group B was 13.35 (P=0.0000000 ←. Odds Ratio =50.4. Sensitivity of TVS 54.5%, Specificity of TVS 97.6% Positive predictive value 75%, Negative predictive value 94.3%. Incidence of preterm delivery was more in women with visible membranes at

  1. Study on tubal artery flow during tubal pregnancy by transvaginal color Doppler sonography

    Objective: To assess the value of transvaginal color Doppler sonography (TVCDS) in the diagnosis of tubal pregnancy (TP) by comparative study of tubal artery flow. Methods: Forty cases of clinically suspected TP were examined by TVCDS prior to surgery. The bilateral tubal artery were displayed by color Doppler flow imaging (CDFI) and the hemodynamics parameters were measured by pulse Doppler (PD), such as peak systolic velocity (PSV), end diastolic velocity (EDV), time average maxum (TAMAX), pulsatility index (PI) and resistivity index (RI). The hemodynamics parameters on bilateral tubal artery were compared and analized statistically. Results: In 40 cases of TP conformed by surgery and pathology, the luteum were found in 38 cases and in which 33 were in the TP side and 5 in the other. In the former the tubal artery flow signal of TP side was abundant and bright compared to the other. The spectrum showed high-diastolic and low-resistance flow in TP side. EDV and TAMAX of the TP side were usually higher than another. PI and RI of the TP side were lower than the other ( P 0.05). In the later, no difference was shown in all the parameters. In two cases of TP with a great quantity of pelvic and abdominal liquid, EDV and TAMAX of the TP side were lower than the other and PI and RI of the TP side were higher. Conclusion: TVCDS was very helpful to early diagnose in TP. (authors)

  2. Spontaneous Rupture of Pyometra Causing Peritonitis in Elderly Female Diagnosed on Dynamic Transvaginal Ultrasound

    Sharad M. Malvadkar

    2016-01-01

    Full Text Available Pyometra is collection of pus within the uterine cavity and is usually associated with underlying gynaecological malignancy or other benign causes. Spontaneous rupture of pyometra is a rare complication. We report a case of a 65-year-old female who presented with acute abdomen and was diagnosed with a ruptured uterus secondary to pyometra and consequent peritonitis on dynamic transvaginal sonography (TVS which was later confirmed on contrast enhanced computed tomography (CECT. An emergency laparotomy was performed and about 800 cc of pus was drained from the peritoneal cavity. A rent was found in the anterior uterine wall and hence hysterectomy was performed. Histopathology revealed mixed inflammatory cell infiltrate with no evidence of malignancy. There are only 31 cases of ruptured pyometra reported till date, most of which were definitively diagnosed only on laparotomy. In only two of these cases the preoperative diagnosis was made on CECT. We report this case, as the correct and definitive diagnosis was made preoperatively on dynamic TVS. To our knowledge, this is the first case report revealing spontaneous ruptured pyometra being diagnosed preoperatively on dynamic TVS. This report is aimed at giving emphasis on the use of simple dynamic TVS for accurate diagnosis of rare spontaneous ruptured pyometra causing peritonitis.

  3. Spontaneous Rupture of Pyometra Causing Peritonitis in Elderly Female Diagnosed on Dynamic Transvaginal Ultrasound.

    Malvadkar, Sharad M; Malvadkar, Madhuri S; Domkundwar, Shilpa V; Mohd, Shariq

    2016-01-01

    Pyometra is collection of pus within the uterine cavity and is usually associated with underlying gynaecological malignancy or other benign causes. Spontaneous rupture of pyometra is a rare complication. We report a case of a 65-year-old female who presented with acute abdomen and was diagnosed with a ruptured uterus secondary to pyometra and consequent peritonitis on dynamic transvaginal sonography (TVS) which was later confirmed on contrast enhanced computed tomography (CECT). An emergency laparotomy was performed and about 800 cc of pus was drained from the peritoneal cavity. A rent was found in the anterior uterine wall and hence hysterectomy was performed. Histopathology revealed mixed inflammatory cell infiltrate with no evidence of malignancy. There are only 31 cases of ruptured pyometra reported till date, most of which were definitively diagnosed only on laparotomy. In only two of these cases the preoperative diagnosis was made on CECT. We report this case, as the correct and definitive diagnosis was made preoperatively on dynamic TVS. To our knowledge, this is the first case report revealing spontaneous ruptured pyometra being diagnosed preoperatively on dynamic TVS. This report is aimed at giving emphasis on the use of simple dynamic TVS for accurate diagnosis of rare spontaneous ruptured pyometra causing peritonitis. PMID:26989549

  4. Relação entre depressão pós-parto e apoio social: revisão sistemática da literatura = The relationship between postpartum depression and social support: a literature review = Relación entre depresión posparto y apoyo social: revisión sistemática de la literatura

    Carvalho, Flávia Almeida de

    2014-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de fazer uma revisão sistemática da literatura científica a respeito da relação entre depressão pós-parto (DPP e apoio social, realizou-se um levantamento de artigos online que estabelecessem essa relação. A busca de trabalhos publicados no período de janeiro de 2000 a agosto de 2011 foi realizada nas bases de dados APA PsycNET, EBSCOhost, Pepsic, PubMed e Scielo. Foram selecionados estudos escritos em português ou inglês, que utilizaram método quantitativo, a Escala de Depressão Pós-Parto de Edimburgo (EDPE para avaliar DPP, aplicada entre o parto e 12 meses após o parto, e medidas de apoio social. Identificaram-se 24 artigos, realizados em 11 países. Foram examinados, além da associação com apoio social, o número e a idade das participantes, escores de EDPE e outros fatores relacionados com a ocorrência de DPP. Embora usando diferentes instrumentos para avaliar o apoio social, 23 estudos (96% da amostra sugeriram que quanto maior o apoio social percebido pelas mães, menor a ocorrência de DPP. Os resultados mostram, especialmente para profissionais e serviços de saúde, a importância da detecção precoce dos indícios de depressão e do incentivo à adoção de práticas de apoio social nos cuidados à mulher durante e após a gestação

  5. Relación entre la Enfermedad Periodontal y Parto Prematuro

    Quevedo García, Rodrigo

    2013-01-01

    Entender la posible relación entre una enfermedad infecciosa local muchas veces subliminar como la enfermedad periodontal y una de las complicaciones más frecuentes del embarazo como es el parto prematuro. También se intentan describir los mecanismos de esta interacción y si el tratamiento de la EP reduce el PP. Finalmente resaltar la importancia de la salud oral y especialmente periodontal en la salud istémica del individuo.

  6. Indicadores do metabolismo energético no pós-parto de vacas leiteiras de alta produção e sua relação com a composição do leite1

    Campos Gaona, Rómulo; Díaz González, Félix Hilario; Coldebella, Arlei; Lacerda, Luciana de Almeida

    2007-01-01

    A síntese do leite representa um desafio para o metabolismo energético pois a lactação exige precursores gliconeogênicos em grande quantidade para a síntese da lactose. Na primeira fase da lactação os animais diminuem a ingestão de matéria seca e nesta situação desencadeia-se o balanço energético negativo (BEN) caracterizado pela mobilização de reservas corporais. Oobjetivo do presente trabalho foi monitorar os indicadores bioquímicos do meta¬bolismo energético durante o pós-parto em vacas le...

  7. Vinculação materna pré-natal, depressão pós-parto e percepção materna do comportamento do recém-nascido

    Rodrigues, Susana Filipa Videira

    2011-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011 Os Anexos encontram-se no CD-ROM apenso à Tese em papel. O estudo que aqui se apresenta visa averiguar as relações entre o padrão de vinculação materna pré-natal em grávidas no terceiro trimestre de gestação e o risco de incidência de depressão pós-parto, a percepção materna do comportamento do recém-nascido, assim como, a ...

  8. ReHuNa- La Red por la Humanización del Parto y Nacimiento

    Daphne RATTNER

    2010-12-01

    Full Text Available La ReHuNa - Red por la Humanización del Parto y Nacimiento - es una organización de la sociedad civil que actúa desde 1993 en forma de red de asociados en el Brasil. Su principal objetivo es la divulgación de la asistencia y cuidados perinatales con base en evidencias científicas y de acuerdo a las recomendaciones de la Organización Mundial de la Salud. Esta red tuvo un papel fundamental en la estructura de un movimiento que hoy se denomina “humanización de la asistencia al parto y nacimiento”, que pretende disminuir las intervenciones innecesarias y promover cuidados al proceso del embarazo-parto-nacimiento-lactancia comprendido como un proceso natural y fisiológico basado en conocimientos científicos. Este artículo relata la historia de la ReHuNa y sus principales realizaciones y señala sus caminos futuros.

  9. Maternidade segura: relato de experiência de uma nova prática em Natal/RN - Brasil

    Rejane Marie Barbosa Davim

    1999-12-01

    Full Text Available Trabalho descritivo do tipo relato de experiência, desenvolvido na Maternidade Escola Januário Cicco da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (MEJC/UFRN em Natal/RN desde 1996, onde cinco enfermeiras iniciaram mudanças em suas práticas profissionais a partir da implantação do Projeto de "Curso de Especialização em Enfermagem Obstétrica - Habilidades de Enfermagem Midwifery para uma Maternidade Segura." O Projeto tem como objetivos, diminuir ou eliminar riscos às mulheres que desejam engravidar e/ou ter filhos e garantir uma assistência humanizada durante a gravidez, trabalho de parto, parto, pós-parto e nascimento. Estes objetivos deverão ser alcançados através de profissionais mais conscientes que lidam com o complexo de valores, decisões e ações, envolvendo o processo saúde/doença relacionados à mulher no ciclo grávido puerperal. Foram criados Padrões de Qualidade na Assistência à Admissão, Trabalho de Parto, Parto, Pós-Parto, Recém-Nascido e Visita Domiciliar de até 1 mês de vida. Desde sua implantação, o Projeto já vislumbra algumas mudanças no serviço, na participação ativa do enfermeiro no processo do nascimento, proporcionando, fundamentalmente, satisfação à parturiente e aos profissionais envolvidos nesse Projeto.

  10. Baixa dose de misoprostol sublingual (12,5 µg para indução do parto Low dose of sublingual misoprostol (12.5 µg for labor induction

    Daniele Sofia de Moraes Barros Gattás

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever os resultados maternos e perinatais utilizando 12,5 µg de misoprostol sublingual para indução do parto em gestantes com feto vivo a termo. MÉTODOS: Realizou-se um estudo multicêntrico, tipo ensaio clínico, aberto e não randomizado, no período de julho a dezembro de 2009. Foram incluídas 30 gestantes com indicação de indução do parto, a termo, feto vivo, escore de Bishop menor ou igual a seis, apresentação cefálica, peso fetal estimado menor que 4.000 g e índice de líquido amniótico maior que cinco. Foram excluídas mulheres com cicatriz uterina, alteração da vitalidade fetal, anomalias congênitas, gestação múltipla, restrição de crescimento intrauterino, hemorragia genital e contraindicações ao parto vaginal. O comprimido de misoprostol sublingual 12,5 µg foi administrado a cada seis horas, até o início do trabalho de parto, máximo de oito doses. RESULTADOS: O trabalho de parto foi induzido satisfatoriamente em 90% das gestantes. As médias dos intervalos entre a primeira dose e o início das contrações uterinas e o parto foram de 14,3±11,7 horas e 25,4±13 horas, respectivamente. A frequência de parto vaginal foi de 60%. A taquissistolia ocorreu em duas gestantes, sendo revertida em ambos os casos sem necessitar de cesariana. A eliminação de mecônio foi observada em quatro pacientes e o escore de Apgar foi menor que sete no quinto minuto em um recém-nascido. CONCLUSÃO: Os desfechos maternos e perinatais foram favoráveis depois da indução do parto com misoprostol sublingual na dose de 12,5 µg a cada seis horas. No entanto, são necessários ensaios clínicos controlados comparando esse esquema posológico com outras doses e vias de administraçãoPURPOSE: To describe the maternal and perinatal outcomes after the use of 12.5 µg of sublingual misoprostol for labor induction in women with term pregnancy and a live fetus. METHODS: We conducted a multicenter, open and non

  11. Partos domiciliares planejados assistidos por enfermeiras obstétricas: transferências maternas e neonatais Partos domiciliarios planificados atendidos por enfermeras obstétricas: traslados maternales y neonatales Planned home births assisted by nurse midwives: maternal and neonatal transfers

    Joyce Green Koettker

    2013-02-01

    Full Text Available O presente trabalho trata-se de estudo exploratório-descritivo que teve como objetivo descrever a taxa e as causas de transferência intraparto para o hospital de mulheres assistidas no domicílio por enfermeiras obstétricas e os desfechos desses nascimentos. A amostra foi composta por onze mulheres e seus recém-nascidos, de janeiro de 2005 a dezembro de 2009. Os dados foram coleta-dos em prontuários e cadernetas de saúde e analisados por estatística descritiva. A taxa de transferência foi de 11%, a maioria de nulíparas (63,6%, e todas foram transferidas durante o primeiro período clínico do parto. Os motivos mais frequentes de transferência foram parada de dilatação cervical e progressão da apresentação fetal, e desproporção cefalopélvica. Os escores de Apgar no 1º e 5º minutos foram >7 em 81,8% dos casos e não houve internação em unidade de terapia intensiva neonatal. Neste estudo constatou-se que o parto domiciliar planejado assistido por enfermeiras obstétricas, com protocolo assistencial, apresentou bons resultados maternos e neonatais, mesmo quando a transferência para o hospital foi necessária.Estudio exploratorio descriptivo que objetivó describir la tasa y causas de traslados hospitalarios intraparto a mujeres atendidas en domicilio por enfermeras obstétricas y los desenlaces de tales nacimientos. Muestra compuesta por once mujeres y sus recién nacidos, de enero 2005 a diciembre 2009; datos recolectados a partir de historia clínicas y carpetas de salud, analizadas por estadística descriptiva. La tasa de traslado fue 11,0%, mayoritariamente de nulíparas (63,3%, todas ellas trasladadas durante el primer período clínico del parto. Los motivos más frecuentes obedecieron a interrupción de dilatación cervical, progresión de presentación fetal y desproporción cefalopélvica. Los puntajes de Apgar en minutos 1 y 5 fueron >7 en 81,8% de los casos, no produciéndose internación en unidad de terapia

  12. Efectos del plan de parto en los resultados maternos y neonatales en el sector público de salud de Andalucía

    Hidalgo Lopezosa, Pedro

    2014-01-01

    Objetivos: El objetivo de este estudio fue el de determinar si la utilización de los planes de parto puede influir en los resultados obtenidos tras el parto, tanto en la madre como en el recién nacido. Específicamente, el estudio trata de responder a las siguientes preguntas de investigación: 1. Examinar si las mujeres que presentan un plan de parto obtienen menores tasas de cesáreas, partos instrumentados, desgarros perineo-vaginales de 3º-4º grado, y de episiotomías....

  13. La enfernera obstetra y la política de humanización del parto: en busca del cambio en el modelo asistencial.

    Rangel da Silva, L.; De Souza Serrano, N.; Moreira Christoffel, M.

    2006-01-01

    Estudio de naturaleza cualitativa cuyos objetivos son: identificar las características de la asistencia dada por Enfermeras Obstetras al trabajo de parto y parto normal en un Hospital- Maternidad que prima por la humanización del parto y asociar los resultados observados con la propuesta de humanización del parto y la asistencia prestada por las Enfermeras Obstetras a los cambios en el modelo asistencial. El público albo constó de seis Enfermeras Obstetras que actúan en la...

  14. Etiologia das infecções intramamárias em vacas primíparas ao longo dos primeiros quatro meses de lactação

    Laffranchi Alessandra

    2001-01-01

    Full Text Available De 88 vacas primíparas, oriundas de quatro rebanhos leiteiros, foram colhidas 1985 amostras de leite, ao longo dos 120 dias pós-parto, das quais 457 (23,02% apresentaram resultados microbiológicos positivos. Os estafilococos coagulase negativos (ECN foram isolados em 316 (69,14% amostras, Corynebacterium bovis em 56 (12,25%, estreptococos em 41 (8,97% e estafilococos coagulase positivos (ECP em 38 (8,31%. Mastite clínica foi detectada em nove (10,23% vacas. No primeiro dia pós-parto, 57 (64,77% animais e 114 (32,66% quartos apresentaram exames bacteriológicos positivos. Até o décimo quarto dia, ocorreu um decréscimo acentuado no número de vacas e quartos infectados, que posteriormente tendeu a estabilizar. Os ECN foram as bactérias mais isoladas ao longo de todo experimento, enquanto o número de estreptococos decresceu acentuadamente nas duas primeiras semanas pós-parto. As infecções por C. bovis aumentaram progressivamente a partir do parto. Entre os ECN, predominaram o S. hyicus e o S. intermedius e, nos estreptococos, os do grupo C e D. A contagem média de células somáticas (CCS, nos quartos infectados, foi de 508,914/m, enquanto que, nos quartos negativos, foi de 73,942/m.

  15. Assistência ao parto na maternidade: representações sociais de mulheres assistidas e profissionais de saúde Hospital care at childbirth: social representations of women and health care professionals

    Sandra Cristina da Silveira

    2010-04-01

    Full Text Available Estudo de caráter comparativo que teve por objetivo investigar representações sociais (RS de mulheres assistidas (20 e profissionais de saúde (20, sobre a assistência ao parto em maternidades. Foram realizadas 40 entrevistas que examinaram duas maternidades com enfoques diferentes de assistência ao parto. Para a análise dos dados utilizou-se a análise lexicográfica e classificação hierárquica descendente dos textos (ALCESTE. Entre os profissionais encontraram-se duas representações distintas: a primeira, denota uma visão medicalizada da assistência, e a outra aponta para uma assistência identificada com a proposta do Movimento pela Humanização do Parto e Nascimento. Entre as mulheres assistidas a qualidade da relação estabelecida com os profissionais é o fator que maior influência parece exercer sobre a maneira como representam a assistência recebida.The aim of this comparative study was to investigate social representations of assisted women (20 and health care professionals (20 concerning childbirth assistance in maternities. Forty interviews were made examining two maternities with different approaches to childbirth assistance. In dealing with the data, we used lexicographical analysis and hierarchical descending clustering of texts (ALCESTE software. Among the health care professionals, two distinct representations were found: the first denoting a medicalized vision of assistance, and the second pointing towards an assistance identified with the Humanization of Birth Movement. Among the assisted women, the quality of their relationship with health care professionals seems to be the main influence on the way they represent the received assistance.

  16. La promozione del parto naturale: effetti di un ambulatorio dedicato sulla prevalenza del taglio cesareo

    Valentina Simonetti

    2015-04-01

    Full Text Available Background. Il taglio cesareo (TC è una procedura chirurgica eseguita in tutto il mondo, spesso senza una reale necessità, con un trend in continuo aumento sopratutto nei paesi industrializzati. In Italia la prevalenza del TC è più elevata rispetto ad altri paesi europei. Tale pratica espone le donne a rischio di complicanze evitabili e aumenta i costi dell’assistenza sanitaria. Tra i fattori riconducibili al ricorso al TC vengono riportate: carenze organizzative, medicina difensiva, convinzione che sia una modalità elettiva di nascita, scarso supporto alla donna del personale sanitario nel percorso di accompagnamento alla nascita. Diverse evidenze suggeriscono che interventi educativi rivolti alle donne in gravidanza aumentano la probabilità del parto naturale (PN rispetto al cesareo: un ambulatorio dedicato al PN potrebbe risultare determinante nel dipanare dubbi ed incertezze della gestante e promuovere la scelta del parto naturale rispetto al TC. Obiettivi. Confrontare la prevalenza dei TC prima e dopo l’implementazione di un ambulatorio dedicato alla promozione del PN. Metodi. L’indagine è stata condotta consultando i dati delle cartelle cliniche delle pazienti afferenti al Dipartimento Materno-Infantile della Azienda USL di Pescara dal 1 febbraio al 31 ottobre 2011, prima dell’attivazione dell’ambulatorio, e dal 1 febbraio al 31 ottobre 2012, dopo l’attivazione dello stesso. Sono state incluse tutte le schede ostetriche delle donne con gravidanza a termine (37 settimane di gestazione; feto vivo in presentazione cefalica; precedente parto spontaneo; precedente TC eseguito in travaglio con buona dilatazione cervicale raggiunta; intervallo tra i parti di 18-24 mesi. Risultati. Sul totale delle cartelle esaminate (2.623, il campione per l’anno 2011 e 2012 è costituito rispettivamente da donne che hanno espletato prevalentemente il PN (62%; 68% con un’età media di 32.0±1.9 e 31.6±0.3, di nazionalità italiana (82%; 87

  17. Bibliografia comentada sobre a assistência ao parto no Brasil (1972-2002 An annotated bibliography on childbirth in Brazil (1972-2002

    Maria Lucia Mott

    2002-07-01

    Full Text Available A organização desta bibliografia teve por objetivos: 1 divulgar trabalhos sobre a assistência ao parto no Brasil, produzidos em diferentes áreas de conhecimento (história, antropologia, enfermagem, medicina, assistência social, psicologia e sociologia; 2 colocar em contacto pesquisadores que trabalham o tema; 3 dar espaço para assuntos, abordagens e autores não contemplados no dossiê. Foram referenciados e resumidos 77 trabalhos (artigos, dissertações, teses, relatórios, cartilha, produzidos por cerca de 50 autores, publicados ou realizados entre 1972 e 2002.The organization of this bibliography aimed at 1 publishing studies on birth assistency in Brazil, produced in different fields of knowledge (history, anthropology, nursing, medicine, social assistance, psychology, and sociology, 2 bringing researchers - on the into contact and 3 opening space for subjects, approaches and authors not included in the Dossier. The list references and summarizes 76 works (papers, theses, dissertations, reports, primers by about 50 authors, published or produced between 1972 and 2002.

  18. Sangrado transvaginal durante el embarazo, como factor de riesgo para isoinmunización al antígeno Rhesus-D Transvaginal bleeding during pregnancy associated with Rhesus-D isoimmunization

    Edgar Hernández-Andrade; José Roberto Ahued-Ahued

    2003-01-01

    OBJETIVO: Evaluar el sangrado transvaginal en cualquier etapa del embarazo como factor de riesgo para la sensibilización al antígeno eritrocitario Rhesus-D en mujeres previamente no isoinmunizadas (Rh(-)NI), como una alternativa para la aplicación rutinaria de gama-globulina anti-D a la semana 28 de gestación. MATERIAL Y MÉTODOS: Estudio de casos y controles consecutivos, efectuado en el Instituto Nacional de Perinatología de la Ciudad de México, en el periodo de 1995 a 2001.Casos (n=24), pac...

  19. Taking a Step Forward in Laparoscopic Donor Nephrectomy: Transvaginal Retrieval of Donor's Kidney.

    Tan, Ying Hao; Lim, Yu Ming Joel; Ng, Ying Woo; Tiong, Ho Yee

    2016-09-01

    Laparoscopic donor nephrectomy has been broadly recognized as the gold standard for kidney procurement used in kidney transplantation where it is not uncommon for donors to experience discomfort and aesthetic dissatisfaction over larger incision site. Natural orifice transluminal endoscopic surgery is a surgical approach that allows scarless intraabdominal operations through natural orifices, such as the vagina. In this case report, we describe the first case of transvaginal retrieval of donor's kidney at the National University Hospital, Singapore. A 51-year-old Malay lady with no significant medical history volunteered to a living-related kidney donor. Perioperative antibiotics were administered. A 12 mm Excel port was placed over the left iliac fossa with camera insertion. Two additional ports were inserted over the left rectus sheath edge and left costal margin under direct vision. An additional 5 mm port at the left loin was placed for lateral retraction. A vaginal probe was then inserted to facilitate posterior colpotomy and transection of the left uterosacral ligament. Pneumoperitoneum was subsequently maintained with a LiNA McCartney(®) Tube. A 15 mm Endocatch(®) bag was inserted for retrieval of the kidney. The left kidney was placed in the Endocatch bag after transection of the hilar vessels where the kidney was retrieved vaginally with ease. Colpotomy was closed vaginally using Vicryl-0 continuous suture. Total blood loss was noted as 50 mL with warm ischemia time being 7 minutes and the entire retrieval taking totally 20 minutes. Postoperative recovery was uneventful and the donor was discharged stable 3 days postoperation. The transplanted kidney retained normal graft function. Colpotomy retrieval for donor nephrectomy presents an innovative method for specimen retrieval with minimal disruption of donor anatomy. Doing away with laparotomy for kidney retrieval has indeed shown a reduction in recovery time, reduced postoperative pain, and

  20. Persistence of microbial contamination on transvaginal ultrasound probes despite low-level disinfection procedure.

    Fatima M'Zali

    Full Text Available AIM OF THE STUDY: In many countries, Low Level Disinfection (LLD of covered transvaginal ultrasound probes is recommended between patients' examinations. The aim of this study was to evaluate the antimicrobial efficacy of LLD under routine conditions on a range of microorganisms. MATERIALS AND METHODS: Samples were taken over a six month period in a private French Radiology Center. 300 specimens derived from endovaginal ultrasound probes were analyzed after disinfection of the probe with wipes impregnated with a quaternary ammonium compound and chlorhexidine. Human papillomavirus (HPV was sought in the first set of s100 samples, Chlamydia trachomatis and mycoplasmas were searched in the second set of 100 samples, bacteria and fungi in the third 100 set samples. HPV, C. trachomatis and mycoplasmas were detected by PCR amplification. PCR positive samples were subjected to a nuclease treatment before an additional PCR assay to assess the likely viable microorganisms. Bacteria and fungi were investigated by conventional methods. RESULTS: A substantial persistence of microorganisms was observed on the disinfected probes: HPV DNA was found on 13% of the samples and 7% in nuclease-resistant form. C. trachomatis DNA was detected on 20% of the probes by primary PCR but only 2% after nuclease treatment, while mycoplasma DNA was amplified in 8% and 4%, respectively. Commensal and/or environmental bacterial flora was present on 86% of the probes, occasionally in mixed culture, and at various levels (10->3000 CFU/probe; Staphylococcus aureus was cultured from 4% of the probes (10-560 CFU/probe. No fungi were isolated. CONCLUSION: Our findings raise concerns about the efficacy of impregnated towels as a sole mean for disinfection of ultrasound probes. Although the ultrasound probes are used with disposable covers, our results highlight the potential risk of cross contamination between patients during ultrasound examination and emphasize the need for reviewing

  1. Development of Transvaginal Uterus Amputation Device for Laparoscopic Hysterectomies in Gynecologic Surgeries

    Serkan DİKİCİ

    2015-01-01

    Full Text Available Hysterectomy, that is removal of uterus, is one of the most common major operations in gynecologic surgeries. Laparoscopy technique is preferred in hysterectomy because of its advantages such as lower intra-operative blood loss, decreased surrounding tissue/organ damage, less operating time, lower postoperative infection and frequency of fever, shorter duration of hospitalization and post-operative returning time to normal activity. During total laparoscopic hysterectomy, first uterine vessels and ligaments are cauterized respectively, and then cervicovaginal connections are cauterized and coagulated to remove uterus completely. Uterine manipulators are used during laparoscopy to maximize the endoscopic vision of surgeons by moving related organs. However, conventional uterine manipulators have important drawbacks particularly to move uterus in three dimensions and to show cervicovaginal landmark during laparoscopic circular cauterization and amputation of the uterine cervix. A new transvaginal uterine manipulator may overcome these two important drawbacks of these currently available devices. For this reason, a3D scanned technique was used to get uterus sizes and computer aided design software is used in designing of the new manipulator and then 3D printer was used in prototyping. Special light emitting diodes (LEDs were mounted on the cervical cap of the manipulator to guide light beams from inside of cervicovaginal tissue to abdominal cavity to facilitate the visualization of tissue landmarks. Moreover, performances of different caps and LED systems will be evaluated. Furthermore, after integration of self-cutting and self-suturing mechanisms into our system, final prototype will be produced by using titanium which is biologically and mechanically appropriate. Therefore, aim of this study was to design and produce a new uterine manipulator with three dimensional movements, LED illumination, self-cutting and self-suturing systems to facilitate

  2. Incisionless Pubovaginal Fascial Sling Using Transvaginal Bone Anchors for the Treatment of Stress Urinary Incontinence

    Sandip P. Vasavada

    2004-01-01

    Full Text Available Introduction: Bladder neck suspension (BNS for stress urinary incontinence (SUI can have significant morbidity, including bleeding, infection and pain. In an effort to reduce this potential morbidity, we have devised a technique which provides the same suburethral support as a standard anterior vaginal wall sling (AVWS, but without a vaginal or suprapubic incision. We describe this minimally invasive technique. Methods: From April 1998 to February 1999, 85 women underwent an incisionless suburethral fascial sling procedure. A transvaginal bone drill was used to place a bone anchor loaded with #1 prolene suture into the inferior aspect of the pubic bone on either side of the urethra. A subepithelial tunnel was created at the level of the bladder neck. A 2 x 7 cm segment of cadaveric fascia lata was placed through the subepithelial tunnel. The sutures were passed through the fascia 5mm from either edge, effectively creating a 6.0 cm sling. Finally, the sutures are tied up to the pubic symphysis.Results: Follow-up was via a self-administered questionnaire and patient interview. Recurrent SUI was noted in 2/85 (3%. New onset urge incontinence was present in 4/85 (5%. Permanent urinary retention has not occurred in either group. All procedures were performed on an outpatient basis and no operative complications occurred.Conclusions: Early results for the incisionless sling compare favorably with the long term results for the AVWS. This minimally invasive approach has thus far not been associated with any significant complications. Elimination of the vaginal and suprapubic incisions has not compromised efficacy, and appears to reduce the incidence of urge incontinence. Long term follow-up will establish the lasting efficacy of this novel surgical technique.

  3. Is transvaginal elastography useful in pre-operative diagnosis of cervical cancer?

    Sun, Li-tao, E-mail: Litaosun1971@sina.com.cn [Department of Ultrasound, Second Affiliated Hospital of Harbin Medical University, No. 246, Xufu Road, Nangang Dis, Harbin 150081, Heilongjiang (China); Ning, Chun-ping, E-mail: ningchunping1222@163.com [Department of Ultrasound, the Affiliated Hospital of Qingdao University, Medical College, No. 16, Jiang Su Road, Qingdao, ShanDong Province, 266003 (China); Liu, Yu-jie, E-mail: 459019112@qq.com [Department of Ultrasound, Second Affiliated Hospital of Harbin Medical University, No. 246, Xufu Road, Nangang Dis, Harbin 150081, Heilongjiang (China); Wang, Zhen-zhen, E-mail: 2275170511@qq.com [Department of Ultrasound, Second Affiliated Hospital of Harbin Medical University, No. 246, Xufu Road, Nangang Dis, Harbin 150081, Heilongjiang (China); Wang, Ling-di, E-mail: 380263827@qq.com [Department of Ultrasound, Second Affiliated Hospital of Harbin Medical University, No. 246, Xufu Road, Nangang Dis, Harbin 150081, Heilongjiang (China); Kong, Xian-chao, E-mail: 1500260462@qq.com [Department of Ultrasound, Second Affiliated Hospital of Harbin Medical University, No. 246, Xufu Road, Nangang Dis, Harbin 150081, Heilongjiang (China); Tian, Jia-wei, E-mail: 152081340@qq.com [Department of Ultrasound, Second Affiliated Hospital of Harbin Medical University, No. 246, Xufu Road, Nangang Dis, Harbin 150081, Heilongjiang (China)

    2012-08-15

    Objective: To evaluate the clinical value of transvaginal elastography (TVES) in diagnosing cervical malignancies by detecting changes of tissue stiffness. Methods: One hundred and ten consecutive patients with cervical lesions were enrolled. Pathological results were used as the gold standards. TVES was employed to detect the stiffness changes of the cervix. Strain ratio was calculated and compared between the benign and malignant lesions. Depth of invasion into stromas of 56 cases of cervical cancers measured by TVES were recorded and compared with the pathological results. Interclass correlation coefficient (ICC) was used to analyze the reproducibility. Results: Strain ratio of malignant lesions were much higher than that of the benign lesions (8.19 {+-} 5.66 vs. 2.81 {+-} 2.24, P < 0.01). Area under the curve (AUC) was 0.905 with a 95% CI (0.835-0.976). The best cut-off point of strain ratio value was 4.53. Specificity and sensitivity for the best cut-off point were 0.788 and 0.897, respectively. Mean depth of the 56 malignant lesions was 17.8 {+-} 7.4 mm measured by TVES (range 5.4-43.1 mm) and 11.5 {+-} 8.8 mm measured by pathological samples (range 3.7-38.4 mm). ICC of the 2 methods were 0.87 (95% CI 0.863-0.947) and 0.931 (95% CI 0.902-0.952) for the 2 observers. Conclusions: TVES was a useful technique in confirming the diagnoses of cervical cancer and in estimating the infiltrating region. When the strain ratio of a cervical lesion was higher than 4.53, it is confidential to be diagnosed as malignant.

  4. Is transvaginal elastography useful in pre-operative diagnosis of cervical cancer?

    Objective: To evaluate the clinical value of transvaginal elastography (TVES) in diagnosing cervical malignancies by detecting changes of tissue stiffness. Methods: One hundred and ten consecutive patients with cervical lesions were enrolled. Pathological results were used as the gold standards. TVES was employed to detect the stiffness changes of the cervix. Strain ratio was calculated and compared between the benign and malignant lesions. Depth of invasion into stromas of 56 cases of cervical cancers measured by TVES were recorded and compared with the pathological results. Interclass correlation coefficient (ICC) was used to analyze the reproducibility. Results: Strain ratio of malignant lesions were much higher than that of the benign lesions (8.19 ± 5.66 vs. 2.81 ± 2.24, P < 0.01). Area under the curve (AUC) was 0.905 with a 95% CI (0.835–0.976). The best cut-off point of strain ratio value was 4.53. Specificity and sensitivity for the best cut-off point were 0.788 and 0.897, respectively. Mean depth of the 56 malignant lesions was 17.8 ± 7.4 mm measured by TVES (range 5.4–43.1 mm) and 11.5 ± 8.8 mm measured by pathological samples (range 3.7–38.4 mm). ICC of the 2 methods were 0.87 (95% CI 0.863–0.947) and 0.931 (95% CI 0.902–0.952) for the 2 observers. Conclusions: TVES was a useful technique in confirming the diagnoses of cervical cancer and in estimating the infiltrating region. When the strain ratio of a cervical lesion was higher than 4.53, it is confidential to be diagnosed as malignant.

  5. To study the correlation between endometrial thickness on transvaginal sonography and endometrial histopathology in women with postmenopausal bleeding

    Leena Chaudhari

    2016-05-01

    Conclusions: Postmenopausal bleeding, should always be taken seriously, no matter how minimal or nonpersistent it is, because though majority of causes underlying postmenopausal bleeding are benign, endometrial carcinoma may be seen in around 10% cases. So, patients with PMB must undergo thorough evaluation by endometrial sampling which cannot be replaced by transvaginal sonography which though has more sensitivity to detect endometrial thickening, at the same time, has low specificity for detection of malignancy. [Int J Reprod Contracept Obstet Gynecol 2016; 5(5.000: 1309-1315

  6. Comparison of Long-term Clinical Outcomes according to the Change in the Rectocele Depth between Transanal and Transvaginal Repairs for a Symptomatic Rectocele

    Chung, Choon Sik; Yu, Sang Hwa; Lee, Jeong Eun; Lee, Dong Keun

    2012-01-01

    Purpose This study was aimed to compare the results of a transanal repair with those of a transvaginal levatorplasty and to determine the long-term clinical outcomes according to the change in the depth of the rectocele after the procedure. Methods Of 50 women who underwent a rectocele repair from March 2005 to February 2007, 26 women (group A) received a transanal repair, and 24 (group B) received a transvaginal repair with or without levatorplasty. At 12 months after the procedures, 45 (gro...

  7. Efetividade de estratégias não farmacológicas no alívio da dor de parturientes no trabalho de parto La efectividad de estratégias no farmacológicas en el alivio del dolor de parturientas en el trabajo de parto Effectiveness of non-pharmacological strategies in relieving labor pain

    Rejane Marie Barbosa Davim

    2009-06-01

    Full Text Available Objetivou-se no estudo avaliar a efetividade de estratégias não-farmacológicas para o alívio da dor de parturientes no trabalho de parto. Ensaio clínico do tipo intervenção terapêutica antes e após, realizado em uma maternidade pública de Natal/RN - Brasil, com 100 parturientes na aplicação de exercícios respiratórios, relaxamento muscular, massagem lombossacral e banho de chuveiro. Utilizou-se a escala analógica visual para coleta de dados. A maioria das parturientes tinha entre 20 a 30 anos de idade (60%, ensino fundamental incompleto (85%, renda familiar de até 2 salários mínimos (74% e 78% estavam com acompanhantes. A ocitocina foi administrada em 81% dos casos, mas 15% não receberam qualquer medicação. Verificou-se diferença significativa no alívio da dor após a aplicação das ENF, demonstrando redução dessa dor à medida que aumentava a dilatação do colo. Conclui-se que as estratégias foram efetivas no alívio da intensidade da dor das parturientes estudadas durante o trabalho de parto.El objetivo del estudio fue evaluar la efectividad de las estrategias no farmacológicas para aliviar el dolor de parturientas en el trabajo de parto. Se trata de un ensayo clínico con un tipo de intervención terapéutica antes y después, realizado en una maternidad pública de Natal/RN - Brasil, con 100 parturientas en la aplicación de ejercicios respiratorios, relajamiento muscular, masaje lumbosacra y baño de ducha. Se utilizó, para recolectar los datos, la escala analógica visual. La mayoría de las parturientas tenía entre 20 y 30 años de edad (60%, enseñanza fundamental incompleta (85%, renta familiar hasta 2 salarios mínimos (74%, 78% estaban con acompañantes. La oxitocina fue administrada en 81% de los casos y 15% no recibieron ningún medicamento. Se verifico una diferencia significativa en el alivio del dolor después de la aplicación de las ENF, demostrando una reducción de ese dolor en la medida que

  8. The meaning given by the healthcare professional to labor and humanizing delivery El significado dado por el profesional de salud al trabajo de parto y parto humanizado O significado dado pelo profissional de saúde para trabalho de parto e parto humanizado

    Alessandra dos Santos Mabuchi

    2008-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To understand the meaning the healthcare professional in charge of the woman in childbirth gives to labor and humanizing delivery. METHODS: This is a qualitative research with a phenomenological perspective. Seven physicians and four nurses working at the obstetric center of a public hospital in the city of São Paulo were interviewed. RESULTS: After data analysis, two subthemes emerged: Understanding labor and humanizing delivery as a group of differentiated healthcare and behavioral measures, and Identifying failures in the search for healthcare humanization. CONCLUSION: The study showed that there are still disagreements regarding what is understood as humanizing delivery and what is done in practice. Humanization remains a government policy that is far from efficient, not only because of infrastructural deficits or financial shortages, but because of a lack of contact with the theme, resulting in healthcare that is not individualized or human.OBJETIVO: Comprender el significado que el profesional de salud que atiende a la parturienta, da al trabajo de parto y parto humanizado. MÉTODOS: Se trata de uma investigación cualitativa con perspectiva fenomenológica. Fueron entrevistados siete médicos y cuatro enfermeras que trabajaban en el Centro Obstétrico de un hospital público del Municipio de Sao Paulo. RESULTADOS: Después del análisis de los datos emergieron dos subtemas: Comprendiendo el trabajo de parto y parto humanizado como un conjunto de medidas asistenciales y de comportamiento diferenciado, e Identificando fallas en la búsqueda de la humanización de la asistencia, los cuales al ser sintetizados dieron origen al fenómeno mayor de la experiencia de los sujetos: Vivenciando la desarmonía entre teoría y práctica en la búsqueda de la humanización de la asistencia. CONCLUSIÓN: En el estudio se evidenció que aun hay discordancia referente a lo que se entiende por parto humanizado y lo que se realiza en la pr

  9. Impacto da idade materna sobre os resultados perinatais e via de parto Impact of maternal age on perinatal outcomes and mode of delivery

    Graciete Helena Nascimento dos Santos

    2009-07-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a associação entre idade materna, resultados perinatais e via de parto. MÉTODOS: foram analisadas as informações de todas as pacientes atendidas no Serviço de Obstetrícia e Ginecologia de um hospital universitário terciário do Maranhão, no período de Julho a Dezembro de 2006. Foram alocadas em três grupos: adolescentes (10 a 19 anos, adultas (20 a 34 anos e mulheres de idade avançada (>35 anos. As variáveis estudadas foram cor, escolaridade, situação conjugal, renda familiar, paridade, número de consultas no pré-natal, idade gestacional no início do pré-natal, local do pré-natal, duração da gestação, tipo de parto, índice de Apgar no quinto minuto e peso ao nascer. Os dados foram processados no programa Epi-Info versão 3.4.1 e foram analisadas as associações entre as variáveis pela razão dos produtos cruzados, a Odds Ratio (OR, com intervalo de confiança (IC de 95%. O nível de significância adotado foi de 0,05. RESULTADOS: em 2.196 pacientes, foi verificada frequência de 25% dos partos em adolescentes, 69% em adultas e 6% de mulheres em idade avançada. Entre as adolescentes foi verificado maior risco de prematuridade (OR=1,46;IC95%=1,14-1,88 e baixo peso ao nascer (OR=1,47; IC95%=1,13-1,90, maior frequência de partos normais entre todos os grupos (65,2%, além da associação com início tardio do pré-natal (OR=1,86; IC95%=1,43-2,43, menor número de consultas (OR=2,03;IC95%=1,57-2,63 e uso de abortivo no início da gestação (OR=2,34; IC95%=1,38-3,98. Em mulheres com idade avançada constatamos forte associação com diabetes mellitus (OR=9,00; IC95%=3,18-25,19, pré-eclâmpsia (OR=4,38; IC95%=3,02-6,34, ruptura prematura de membranas (OR=5,81; IC95%=3,08-10,89, além de maior chance do índice de Apgar no quinto minuto ser menor que sete (OR=2,90; IC95%=1,37-6,01 e maior frequência de parto operatório cesáreo (60,3%. CONCLUSÕES: a gravidez na adolescência esteve associada a in

  10. Efeito da via de parto sobre a força muscular do assoalho pélvico The influence of the delivery route on pelvic floor muscle strength

    Angélica Mércia Pascon Barbosa

    2005-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a influência da via de parto sobre a força muscular do assoalho pélvico (FM-AP. MÉTODOS: estudo clínico de corte transversal, para avaliar a FM-AP pelo teste da avaliação da força do assoalho pélvico (AFA e uso do perineômetro em primíparas, entre 20-30 anos de idade, 4-6 meses pós-parto. A contração, medida pelos dois testes, foi classificada em: zero - ausência, um - leve, dois - moderada e três - normal, sustentada por 6 segundos. Avaliaram-se 94 mulheres, entre 20 e 30 anos, divididas em três grupos: pós-parto vaginal (n=32; pós-cesárea (n=32 e nulíparas (n=30. A variável independente foi a via de parto e a dependente, a FM-AP. A comparação entre os graus de contração foi realizada pelo teste de Kruskal-Wallis e o teste de Dunn para comparações múltiplas; a influência da via de parto pelo teste chi2, o risco relativo (RR para alteração da FM-AP e o coeficiente kappa para avaliar equivalência entre os testes. RESULTADOS: a mediana e 1º e 3º quartil da FM-AP foram menores (p=0,01 pós-parto vaginal (2,0;1-2 e intermediários pós-cesárea (2,0; 2-3 em relação às nulíparas (3,0;2-3, tanto analisadas pelo AFA como pelo perineômetro. Aumentou o RR de exame alterado pós-parto vaginal (RR=2,5; IC 95%: 1,3-5,0; p=0,002; (RR=2,3; IC 95%: 1,2-4,3; p=0,005 e pós-cesárea (RR=1,5; IC 95%: 0,94-2,57; p=0,12; (RR=1,3; IC 95%: 0,85-2,23; p=0,29 pelo PFSE e perineômetro, respectivamente. CONCLUSÕES: o parto vaginal diminuiu a força muscular do AP de primíparas quando comparado com os casos submetidos à cesárea e com as nulíparas.PURPOSE: to evaluate the influence of the delivery route on pelvic floor (PF muscle strength. METHODS: a cross-sectional study was conducted to evaluate PF muscle strength by the pelvic floor strength evaluation (PFSE test and perineometer in primiparous patients aged 20 to 30 years 4 to 6 months after delivery. The categorization was: zero lack of muscle

  11. Intervenções benéficas durante o parto para a prevenção da mortalidade materna Beneficial interventions during delivery for the prevention of maternal mortality

    José Guilherme Cecatti

    2005-06-01

    Full Text Available O caráter multifatorial das complicações e da mortalidade materna torna difícil e demorada a tarefa de seu controle a longo prazo. A atenção profissional à mulher gestante e/ou parturiente representa seguramente elemento chave para a obtenção de bons resultados, tanto maternos quanto perinatais. Partindo-se do pressuposto de que atenção médica profissional ao parto de maneira adequada tem a capacidade de diminuir a ocorrência de complicações associadas à morbidade e mortalidade materna, são apresentadas resumidamente as evidências sobre algumas intervenções incluídas nesta atenção. São enfocadas as evidências derivadas de estudos realizados com extremo rigor metodológico e científico, os ensaios controlados randomizados, sobre intervenções capazes de reduzir as complicações e a mortalidade materna. Estas principais intervenções referem-se basicamente a: atenção institucional ao parto, atendimento profissional capacitado, utilização de parteiras tradicionais em determinados contextos, uso de tecnologias apropriadas incluindo o partograma, local do parto, posição para o parto, uso de episiotomia, tipo de parto, uso de ocitócicos na fase ativa do parto, realização de esforços de puxo no período expulsivo, manejo da dequitação e profilaxia da hemorragia puerperal. Ainda que o efeito de prevenir mortes seja difícil de ser avaliado pela baixa freqüência, sua utilização de forma racional e padronizada, por meio de manuais e normatizações de condutas de serviços, tem um efeito positivo sobre a qualidade da atenção ao nascimento. Isso faz parte do contexto técnico e humano do direito que toda mulher tem ao melhor atendimento possível nesse momento tão especial de sua vida.The multiple factors involved in maternal complications and maternal mortality make the task of their long-term control difficult and time-consuming. Professional care for pregnant women and/or those in labor certainly

  12. Factores genético-ambientales que afectan el intervalo entre partos y días a primer parto en ganado de doble propósito en el norte de Veracruz

    S. Arellano

    2006-01-01

    Full Text Available Se tomaron los datos reproductivos de 322 vacas para evaluar el intervalo entre partos (IEP y días a primer parto (DPP de un rancho en el norte de Veracruz. El clima es subhúmedo con lluvias en verano y una temperatura y precipitación pluvial media anual de 28° C y 1,400 mm, respectivamente. Los animales eran encastes de Suizo Pardo, Holstein y Cebú en diferentes proporciones. La alimentación se basó en el pastoreo de pastos estrella (Cynodon nlemfuensis y Guinea (Panicum maximum. Las vacas en producción recibieron un suplemento con 16% de proteína cruda (3 kg/vaca/día durante la ordeña. Se utilizó un modelo lineal para estudiar los efectos de grupo racial (GR, año de parto (AP, época de parto (EP y número de parto (NP; además de las interacciones AP*EP, AP*NP y EP*NP sobre el IEP. Mientras que para DPP el modelo incluyó GR, AP, EP y la interacción AP*EP. La media general ± D. E. para IEP fue de 473.9 ± 145.9 d, el GR, AP, NP y la interacción AP*NP tuvieron efecto (P 0.05. La media ± D. E. para DPP fue de 1,225.5 ± 200.5 d, AP, EP y AP*EP afectaron (P 0.05. Los resultados indican que existen problemas reproductivos en el hato; asimismo, la edad al primer parto es tardía.

  13. Parto humanizado na percepção das enfermeiras obstétricas envolvidas com a assistência ao parto Humanización del parto según enfermeras obstetras involucradas con la atención al parto Humanized birth according to obstetric nurses involved in birth care

    Jamile Claro de Castro

    2005-12-01

    Full Text Available O presente estudo, utilizando abordagem qualitativa, objetivou identificar a percepção das enfermeiras obstétricas sobre humanização da assistência ao parto, bem como evidenciar, através dos discursos, as ações desenvolvidas no processo de nascimento e os fatores dificultadores da implementação dessa assistência. Foram sujeitos deste estudo 16 enfermeiras de uma maternidade do interior do Estado de São Paulo. Seguindo a proposta do Discurso do Sujeito Coletivo, os dados foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas, microgravadas, transcritas e organizadas para tabulação e análise. As enfermeiras entrevistadas relataram que o processo de humanização se deu como uma estratégia política que objetiva a melhoria da assistência e o resgate do parto mais natural possível e que acreditam na necessidade de mudança de paradigma para que o processo se concretize. Os resultados evidenciaram, ainda, que as enfermeiras se apresentam mais integradas ao parto como um processo e não como um evento.La finalidad de este estudio cualitativo fue identificar la percepción de enfermeras obstetras sobre la humanización de la atención al parto, además de evidenciar, a través de sus discursos, las acciones desarrolladas en el proceso de nacimiento y los factores que dificultan la implementación de esa atención. Participaron de este estudio 16 enfermeras de una maternidad del interior del Estado de São Paulo, Brasil. Siguiendo la propuesta del Discurso del Sujeto Colectivo, los datos fueron recolectados a través de entrevistas semiestructuradas, grabadas, transcriptas y organizadas para tabulación y análisis. Los resultados demostraron que las enfermeras entienden que el proceso de humanización sucedió como una estrategia política con objeto de mejorar la atención y rescatar el parto de la manera más natural posible. Consideran necesaria una mudanza del paradigma para que el proceso pueda materializarse. Los hallazgos

  14. Doulas apoiando mulheres durante o trabalho de parto: experiência do Hospital Sofia Feldman "Doulas" apoyando mujeres durante el trabajo de parto: experiencia del Hospital Sofia Feldman Doulas supporting womem during labor: the experience of Sofia Feldman Hospital

    Míriam Rêgo de Castro Leão; Marisa Antonini Ribeiro Bastos

    2001-01-01

    O apoio durante o parto, também denominado suporte intraparto pode ser realizado tanto por profissionais do serviço, enfermeiras e parteiras, como por acompanhantes leigas treinadas, denominadas doulas. Os objetivos deste artigo visam fazer uma revisão da literatura sobre suporte intraparto realizado por doulas e relatar a experiência de um hospital filantrópico de nível secundário.El apoyo durante el parto, también denominado soporte intraparto puede ser realizado por los profesionales de se...

  15. La analgesia epidural en el parto. Aspectos prácticos.

    Miguel Picot Castro

    2012-08-01

    Full Text Available Es mucha la literatura científica relacionada con la analgesia epidural (AE durante el trabajo de parto. La mayor parte dirigida a estudiar consecuencias, efectos secundarios o complicaciones de su uso. El objetivo de esta revisión es ofrecer una visión actualizada de la bibliografía centrándonos en aquellos aspectos prácticos que podrían suponer cambios en las actuaciones diarias de las matronas basados en el conocimiento científico.Objetivo principal: El objetivo de esta revisión es ofrecer una visión actualizada de la evidencia científica, centrándonos en aquellos aspectos prácticos que podrían suponer cambios en las actuaciones diarias de las matronas Metodología: Se ha llevado a cabo la revisión consultando las siguientes bases de datos biomédicas: Cuiden, PubMed y Cochrane.Resultados principales: Se detallan a continuación prácticas habituales llevadas a cabo por las matronas no avaladas por la evidencia científica y se describen las prácticas más recomendables en relación con el uso de la analgesia epidural durante el trabajo de parto.Conclusión principal: El conocimiento por parte de la matrona de la evidencia científica en relación al uso de analgesia epidural durante el trabajo de parto, puede disminuir el número de intervenciones innecesarias así como la aparición de complicaciones tanto maternas como fetales.

  16. Symptoms of postpartum depression and early interruption of exclusive breastfeeding in the first two months of life Sintomas de depressão pós-parto e interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo nos dois primeiros meses de vida

    Maria Helena Hasselmann

    2008-01-01

    Full Text Available This study evaluates the association between postpartum depression and interruption of exclusive breastfeeding in the first two months of life. Cohort study of 429 infants Avaliou-se a associação entre depressão pós-parto e interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo nos dois primeiros meses de vida. Estudo de coorte com 429 crianças < 20 dias de idade em quatro unidades de saúde no Rio de Janeiro, Brasil. Considerou-se como interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo a introdução de chá, água, suco, leite artificial ou qualquer outro alimento. Na avaliação da depressão pós-parto utilizou-se a Edinburgh Post-natal Depression Scale. Associações foram expressas como razões de prevalências (linha de base e riscos relativos (primeiro e segundo meses de vida e respectivos intervalos de 95% de confiança estimados via regressão de Poisson com variância robusta. Filhos de mulheres com sintomas de depressão pós-parto apresentam maior risco de interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo nos dois meses de seguimento (RR = 1,46; IC95%: 0,98-2,17 e RR = 1,21; IC95%: 1,02-1,45, respectivamente. Entre mães que amamentam exclusivamente até o primeiro mês de vida, depressão pós-parto não se associou à interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo (RR = 1,44; IC95%: 0,68-3,06. Esses achados apontam para a importância da saúde mental materna no sucesso do aleitamento materno exclusivo.

  17. Contribution of spiral artery blood flow changes assessed by transvaginal color Doppler sonography for predicting endometrial pathologies

    Suna Kabil Kucur

    2013-01-01

    Full Text Available ive: To investigate the diagnostic value of blood flow measurements in spiral artery by transvaginal color Doppler sonography (CDS in predicting endometrial pathologies.Methods: Ninety-seven patients presenting with abnormal uterine bleeding and requiring endometrial assessment were included in this prospective observational study. Endometrial thickness, structure and echogenicity were recorded. Pulsatility index (PI and resistive index (RI of the spiral artery were measured by transvaginal CDS. Endometrial sampling was performed for all subjects. Sonographic and hystopathologic findings were compared.Results: The histopathological diagnoses were as follows; 39 cases (40.2% endometrial polyp, 9 cases (9.3% endometrial hyperplasia, 10 cases (10.3 submucous myoma, 7 cases (7.2% endometrium cancer, and 32 cases (33% nonspecific findings. The spiral artery PI in endometrium cancer group was highly significantly lower than other groups (p<0.01. The spiral artery RI was also significantly lower in the patients with malignant histology (p<0.05. Conclusion: Endometrial pathologies are associated significantly with endometrial spiral artery Doppler changes.Key words: Spiral artery, Doppler ultrasonography, endometrium

  18. Corpus luteum blood flow in normal and abnormal early pregnancy: evaluation and analysis with transvaginal color and pulsed doppler sonography

    Objective: Detecting and assessment the corpus luteum blood flow in normal and abnormal early pregnancy. Methods: Using transvaginal color and pulse Doppler sonography, we detected 215 pregnant women including 150 normal intrauterine pregnancies, 25 abortion, 29 ectopic pregnancies, and then recorded corpus luteum blood flow feature and the blood flow indexes (Vmax, RI and PI). Results: 1) Corpus luteum was successfully identified in 148 cases out of 150 of normal early pregnancies, 25 cases out of 26 of threatened abortion; 22 cases out of 29 of ectopic pregnancy. 2) Three groups shared the same feature of Color Doppler imaging: a circumferential rim around the entire corpus luteum. 3) The flow index revealed mean PVS, RI and PI had no statistical difference in normal and abnormal early pregnancy; The mean PVS was lower in ectopic pregnancy than in normal pregnancy (P<0.05), while PI and PR had no characteristic in ectopic pregnancy group compared with the indexes obtained in normal pregnancy group. Conclusion: The corpus luteum can be precisely identified in most pregnancy using transvaginal color Doppler and manifests a characterized rim Doppler imaging. PVS may help in differentiating the ectopic pregnancy from normal early pregnancy. (authors)

  19. Parâmetros reprodutivo e metabólico de vacas da raça Guzerá suplementadas no pré e pós-parto Reproductive and metabolic parameters of Guzerá cows supplemented in pre and postpartum

    Marcelo Marcondes de Godoy

    2004-02-01

    Full Text Available Foram utilizadas 30 vacas da raça Guzerá (10 por tratamento, suplementadas no pré-parto (PRE, pós-parto (POS e sem suplementação (SS com os objetivos de avaliar no pós-parto as variações do peso corporal (PC, do escore de condição corporal (ECC (1 = muito magra a 9 = muito gorda e dos níveis plasmáticos de colesterol total (NPCT, o índice de prenhez (IP até 112 dias pós-parto e a viabilidade econômica dos tratamentos PRE e POS, que constou de 1 kg/dia/animal de concentrado (16% PB; 3000 kcal ED/kg. O PC e o ECC foram obtidos a cada 28 dias, e colheitas de sangue semanalmente para análise dos NPCT até 112 dias pós-parto. O PC e o ECC tiveram interação dias pós-parto x tratamento. O tratamento PRE aumentou o PC e o ECC das vacas ao parto: 477,80 kg e 6,20 respectivamente, em comparação com os tratamentos POS e SS de 453,37 kg e 5,5; 447,57 kg e 5,28, respectivamente. O PC e o ECC do tratamento PRE foi superior de 28 a 84 dias comparado ao SS, enquanto o tratamento POS foi superior apenas de 84 a 112 dias pós-parto. O tratamento POS não diferiu do PRE no PC de 56 a 112 dias pós-parto e no ECC de 28 a 112 dias pós-parto. O tratamento POS proporcionou aumento do PC e ECC das vacas, já os tratamentos PRE e SS perderam PC e ECC até 112 dias pós-parto. O PC e ECC dos tratamentos PRE, POS e SS aos 112 dias pós-parto foram de 457,79 kg e 5,38; 461,87 kg e 5,66; 436,57 kg e 4,78, respectivamente. Os NPCT tiveram efeito dos dias pós-parto, mas não de tratamento, aumentando com os dias pós-parto. Os IP não foram influenciados pelos tratamentos PRE, POS e SS com 50,00; 62,20 e 57,14%, respectivamente. Economicamente a suplementação não foi viável.Thirty Guzera cows (10 by treatment, supplemented in the prepartum (PRE and postpartum (POS and without supplementation (SS were used to evaluate, in the postpartum, the variation of body weight (BW, body condition score (BCS (1 = very thin to 9 = very fat and levels of serum

  20. História da arte dos partos no âmbito familiar

    García Martínez, Manuel Jesús

    2008-01-01

    El parto se ha desarrollado tradicionalmente en el ámbito familiar, un medio en el que la parturienta ha vivido su experiencia, personal e intransferible, en compañía de sus familiares más cercanos, madre y amigas, siendo asistida por una profesional, otra mujer, la partera o matrona, conocida y reconocida, tanto social como profesionalmente. En nuestro país, hasta prácticamente el último tercio del pasado siglo XX, las parteras/matronas han sido las profesionales ...

  1. Reacciones emocionales durante la gestación y el parto

    Cárdenas Martínez José

    2010-01-01

    Este trabajo propone un análisis de tipo teórico acerca de las reacciones emocionales más comunes presentadas por la mujer dentro del proceso de embarazo y parto. Toma como punto de partida los postulados básicos de las teorías de James & Lange, Cannon & Bard y Schachter & Singer. Analiza el papel de la cultura y del aprendizaje en el manejo de los comportamientos emotivos y plantea la emocionalidad como factor de diferenciación entre los sexos. Finalmente, muestra las fo...

  2. Autonomía, heteronomía y vulnerabilidad en el proceso de parto

    Goberna Tricas, Josefina

    2012-04-01

    Full Text Available Resumen: Objetivo principal: Indagar en los principios éticos de autonomía y vulnerabilidad en la atención al partoMetodología: Reflexión ético-filosófica.Resultados principales: El parto es un proceso en que las vivencias corporales deben objetivrse en el “Yo materno”. Una transición harmoniosa entre las fases “corporales” de las contracciones y las fases de objetivación de las sensaciones, que se produce en los periodos intercontráctiles permiten una vivencia en que la mujer mantiene el control de la situación. Cuando esta transición no tiene lugar de forma adecuada la mujer se siente frágil y es vulnerable.Conclusión principal: El parto es por definición una situación vulnerable en la que los profesionales deben ejercer el cuidado. Siempre existen aspectos unidos a la corporalidad del proceso que no podrán anticiparse en la elaboración del plan de parto, por ello en el proceso asistencial y en la actuación profesional a la competencia técnica es fundamental añadir las habilidades humanas de cuidado, compasión y acompañamiento.Abstract: Main objective: To investigate about the ethical principles of autonomy and vulnerability in the childbirth care. Methodology: Ethical and philosophical reflection.Main results: Birth is a process in which the corporal experiences must be objectify in the “maternal Me” A harmonious transition between body contractions phases and the phases of objectification of the sensations, which occurs during “intercontractions’ periods”, it allows an experience in which women retain control of the situation. When this transition takes place with difficulty, women feel weak and vulnerable.Main conclusion: Delivery process is a vulnerable situation in which professionals should look after with care. There are aspects linked to the bodily aspect of the process which cannot be anticipated in developing the “Birth plan”, so in the care process’ performance and in the technical

  3. Relatos de partos y parteras campesinas en Brasil: los cuentos hacen pensar

    Carmen S. Tornquist

    2005-12-01

    Full Text Available A pesar de la hegemonía de la medicalización de la asistencia al parto, hay diversas regiones del mundo donde hasta hoy muchas mujeres alumbran en sus hogares con auxilio de parteras. Esta es la realidad en algunas regiones rurales de Brasil, donde las parteras hacen partos según los conocimientos y técnicas de sus sistemas de creencias. La OMS, dentro de sus políticas recientes de humanización del parto, estimula los entrenamientos de esas mujeres, en cooperación con ONGs. Algunos de esos entrenamientos son llevados a cabo por feministas involucradas con la promoción de los derechos ciudadanos y sexuales de las mujeres pobres. En este artículo se analizan los relatos de parteras respecto del parto en sí y de las relaciones de género. Por medio de la observación participante en cursos realizados en el año 2000 y de entrevistas semi-directas, se pudo explorar el universo simbólico de las parteras del Valle del Jequitinhonha, una de las regiones más pobres del Brasil.Although childbirth generally takes place in hospitals and clinics, there are still many regions in the world where women give birth in their homes with the assistance of midwives. In some remote rural areas of Brazil midwives help in childbirth according to techniques and knowledge from their beliefs systems. The WHO, within its recent policies aimed at the humanization of childbirth, encourages training courses for midwives in cooperation with NGOs. Some of these training programs are conducted by feminists devoted to the promotion of citizenship and sexual rights of poor women. This study analyzes the discourses of midwives on childbirth and gender relations during two courses in 2000 and through semi-direct interviews. This approach provided a unique opportunity for assessment of the symbolic universe of the peasant midwives in the Vale do Jequitinhonha, Brazil, one of the poorest regions in Brazil.

  4. Oferta formativa en terapias alternativas y complementarias para la asistencia al parto

    Muñoz Sellés, Ester; Goberna Tricas, Josefina

    2012-01-01

    Las terapias complementarias y alternativas (TCA) son las intervenciones y prácticas que no forman parte del sistema sanitario convencional. En la obstetricia, su uso es cada día más frecuente. Para asesorar a las gestantes es necesario tener unos conocimientos adecuados al respecto. El objetivo de este estudio es conocer la oferta formativa de las matronas en TCA para la atención al parto mediante una revisión bibliográfica y la consulta de fuentes documentales. El actual programa de formaci...

  5. De partera a matrona. Hacia la asistencia profesional del parto en Chile en el siglo XIX

    María Soledad Zárate

    2007-12-01

    Full Text Available Este artículo caracteriza el proceso de profesionalización del oficio de matrona durante el siglo XIX en Chile, periodo en que las parteras, antiguas y milenarias practicantes de la asistencia del parto, gozaban de sólida vigencia y confianza entre la población femenina. Asimismo, aporta evidencias para comprender que la particularidad de este oficio en este país sólo puede ser entendida como un proceso de profesionalización desde la partera empírica a la matrona científica.

  6. Experiencias compartidas, trayectorias singulares : Embarazo, parto y puerperio en Molinos (Salta)

    Jacob, Analía; Palermo, María Laura; Remorini, Carolina

    2011-01-01

    La información presentada en esta ponencia surge de una investigación desarrollada desde 2009 en el Departamento de Molinos cuyo objetivo general es caracterizar etnográficamente los factores ecológicos que inciden en los procesos de desarrollo y salud-enfermedad de los niños. En este marco, se realizaron entrevistas a cuidadoras de niños menores de 3 años que enfocaron aspectos vinculados a su trayectoria vital, particularmente, experiencias vinculadas al embarazo, parto y puerperio y la div...

  7. The use of liquid petroleum jelly in the prevention of perineal lacerations during birth Uso de vaselina líquida en la prevención de laceracion perineal durante el parto Uso de vaselina líquida na prevenção de laceração perineal durante o parto

    Natalúcia Matos Araújo

    2008-06-01

    partos vaginais é acompanhada por lacerações do trato genital. Este estudo randomizado foi realizado em um centro de parto normal localizado na cidade de São Paulo, para avaliar a eficácia da vaselina líquida em reduzir o trauma perineal. A amostra foi composta de 38 nulíparas por grupo (experimental e controle. No grupo experimental utilizaram-se 30 ml de vaselina líquida na região perineal durante o período expulsivo. Todas as parturientes realizaram "puxos" espontâneos e permaneceram em posição lateral esquerda. A freqüência de laceração perineal foi semelhante em ambos os grupos (experimental 63,2% versus controle 60,5%. A região posterior do períneo apresentou maior freqüência de trauma (53,2%. Do total de casos de traumatismo perineal, 72,3% foi de laceração de primeiro-grau.

  8. Experiências de partos domiciliares no sertão do Ceará (1960-2000)

    Noelia Alves de Sousa

    2011-01-01

    This work intends an investigation on home childbirth practices common among women in the backlands of Ceará. Aspects as shame, husbands’ participation and beliefs post-childbirth will be analyzed. / Esta pesquisa procura investigar as práticas de partos domiciliares vivenciadas pelas mulheres no sertão do Ceará. Questões como o pudor, a participação dos maridos e as crenças relacionadas ao pós-parto serão aqui abordadas.

  9. Experiências de partos domiciliares no sertão do Ceará (1960-2000

    Noelia Alves de Sousa

    2011-01-01

    Full Text Available This work intends an investigation on home childbirth practices common among women in the backlands of Ceará. Aspects as shame, husbands’ participation and beliefs post-childbirth will be analyzed. / Esta pesquisa procura investigar as práticas de partos domiciliares vivenciadas pelas mulheres no sertão do Ceará. Questões como o pudor, a participação dos maridos e as crenças relacionadas ao pós-parto serão aqui abordadas.

  10. Un recorrido por los modos de estudiar intervención médica en el parto

    Castrillo, María Belén

    2014-01-01

    La propuesta de trabajo es presentar un breve estado de la cuestión sobre las categorías analíticas que atraviesan el estudio de la intervención médica en el parto (IMP), entendida como la actuación médica en todo el proceso de embarazo, parto/nacimiento y puerperio, construido en base a una amplia revisión bibliográfica. Se presentan las conceptualizaciones principales a partir de las cuales se produjeron/producen y situaron/sitúan los distintos saberes sobre el tema, con el fin de contextua...

  11. Análisis crítica de los beneficios del parto normal en distintas posiciones

    Hugo SABATINO

    2010-01-01

    Este trabajo es vencedor del premio Abramge de 2007. Como no hay unanimidad de criterios médicos sobre como deben ser atendidos los partos en seres humanos, el autor estudia el proceso de nacimiento comparando la posición supina con la vertical o de cuclillas, utilizando un modelo teórico con seis variables independientes - Acción de la gravedad; Compresión de los grandes vasos maternos; Diámetros del canal del parto; Ángulo de encaje de la presentación; Ventilación pulmonar y equilibrio áci...

  12. Beneficios del acompañamiento a la mujer por la matrona durante el trabajo de parto y puerperio

    Rodríguez Gallego, Isabel; Partida Márquez, Antonio Luis; Castro Guerrero, Carmen

    2015-01-01

    Cartel presentado en la Segunda Conferencia Internacional de Comunicación en Salud, celebrada el 23 de octubre de 2015 en la Universidad Carlos III de Madrid Introducción: En 2008, el Ministerio de Sanidad y Consumo lanza la “Estrategia de Atención al Parto normal en el Sistema Nacional de Salud”, dónde se reconoce el derecho de la embarazada a estar acompañada por la persona que ella elija durante el embarazo, parto y puerperio. Por otro lado, ofrecer apoyo continuo profesional está descr...

  13. Efficacy of transvaginal contrast-enhanced MRI in the early staging of cervical carcinoma

    Akata, Deniz; Kerimoglu, Ulku; Hazirolan, Tuncay; Karcaaltincaba, Musturay; Oezmen, Mustafa N.; Akhan, Okan [Hacettepe University School of Medicine, Department of Radiology, Ankara (Turkey); Koese, Faruk [Social Security Hospital, Department of Gynecology, Ankara (Turkey)

    2005-08-01

    The objective of this study was to evaluate the efficacy of transvaginal contrast for local staging of cervical carcinoma. Fifty patients diagnosed with cervical carcinoma prospectively underwent magnetic resonance (MR) imaging before and after vaginal opacification (VO) with a mixture of 25 ml saline and 25 ml barium. T2-weighted (T2W) TSE images in axial and sagittal planes were compared before and after vaginal opacification. Dynamic T1W images in sagittal and fat-suppressed T1W images in transverse planes were also evaluated after intravenous contrast administration. Involvement of vaginal wall, lumen, and fornices; parametrium; rectum; and bladder were noted. Changes in local tumor staging and in treatment planning were also assessed after vaginal opacification. MR results were later compared with surgical pathological findings. Twenty-eight patients who went through surgical staging were included in the study. VO did not change any of the MR interpretations in 14 patients (50%). Correct staging was achieved with T2W TSE images with and without VO (in sagittal and transverse planes) in 78.5% and 50% of the patients, respectively. VO correctly lowered staging in seven and increased it in three patients compared with sagittal standard T2W images. Treatment planning was also changed in four (14%) of these patients. When overall accuracy of MR staging to indicate the appropriate treatment was evaluated, patients would have received the proper treatment in 90% and 79% of the cases when only T2W sagittal images with and without VO were evaluated, respectively. Dynamic gradient-echo images in sagittal planes and postcontrast T1W images in transverse planes evaluated with T2W series after VO, accomplished correct staging in 23 (82%) of the patients. MRI staging in early cervical cancer may be difficult and overestimated, especially if the tumor is slightly extended into the proximal vagina. Use of vaginal contrast medium is an easy, well-tolerated, and effective

  14. New trend in endoscopic surgery: transvaginal appendectomy NOTES (Natural Orifice Transluminal Endoscopic Surgery).

    Tabutsadze, T; Kipshidze, N

    2009-03-01

    Natural Orifice Transluminal Endoscopic Surgery is a new method of mini invasive surgery, which involves passing surgical instruments, and a tiny camera, through a natural orifice, such as the mouth, vagina, urethra or rectum, what provides the access to the desired organ. The procedure is approved due to its benefits - less pain, quicker recoveries, fewer complications and no scar - as it lets us avoid major incisions through the skin, muscle and nerves of the abdomen. Besides that the transluminal access is considered to be the most safe and feasible for clinical application. Here are discussed the two operations of Transvaginal Appendectomy performed in Caucasus - Academician N. Kipshidze University Hospital in Tbilisi. The first patient - a 28-year woman, weight - 72 kg, height - 180 cm, married, has one child - was submitted to the hospital with anamnesis of 48 hours acute appendicitis, typical clinical semiotics and laboratory records. In the second case the patient was a 22-year old woman, height - 170 cm, weight - 68 kg, married, with 2 children. She was hospitalized with 24 hours acute appendicitis anamnesis and typical clinical semiotics and laboratory records. Both operations were performed under general anesthesia, using Karl Storz GmbH & Co. equipment. The duration of the first procedure was 76 minutes and the second operation lasted for 88 minutes. The operations were made without any technical difficulties or complications. None of the patients had the need of non-narcotic analgesia during the post-operational period. No gynecological or surgical problems or any complications were detected during the observation period. The patients had superior postoperative evolution, so the stationary stay made up 36 hours after the first operation and 30 hours after the second. Essentially NOTES is a new trend in endoscopic surgery - the non-scar surgery with major advantages compared to the conventional - the NOTES takes endoscopic surgery one step further in

  15. Solução oral escalonada de misoprostol para indução do parto: estudo piloto Titrated oral solution of misoprostol for labour induction: a pilot study

    Alex Sandro Rolland Souza

    2010-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a efetividade e a segurança da administração de uma nova formulação de misoprostol em solução por via oral, com doses escalonadas, para indução do parto de feto vivo a termo. MÉTODOS: realizou-se um estudo multicêntrico, do tipo ensaio clínico, aberto, não-randomizado, no período de Julho a Dezembro de 2008. Foram incluídas 30 pacientes com indicação de indução do trabalho de parto, a termo, com feto vivo, índice de Bishop 5. Foram excluídas mulheres com cicatriz uterina, cardiotocografia alterada, gestação múltipla, restrição de crescimento fetal, hemorragia genital e presença de tumores, ulcerações ou malformações genitais. A dose inicial da solução oral foi de 20µg/h de misoprostol, nas primeiras 6 horas, aumentando em 20µg/h de misoprostol a cada 6 horas, se o trabalho de parto não fosse deflagrado, até uma dose máxima de 80µg/h, nas primeiras 24 horas, mantendo a dose máxima (80µg/h por mais 24 horas, se necessário. RESULTADOS: o trabalho de parto foi induzido satisfatoriamente em 96,7% das gestantes. O intervalo entre a primeira dose e o início das contrações uterinas foi de 3,8±1,8 horas, enquanto o intervalo entre a dose inicial e o parto variou entre 6 e 24 horas. A frequência de parto vaginal foi de 80% (n=24. A maioria das gestantes iniciou o trabalho de parto com a dose de 20µg/h (60%; n=18. A taquissistolia ocorreu em 13,3% das gestações e líquido meconial foi detectado em 20% dos casos. Houve dois casos de escore de Apgar PURPOSE: to test effectiveness and safety of the oral administration of a new misoprostol formulation in titrated doses for the induction of delivery of a live fetus at term. METHODS: an open pilot multicenter, non-randomized clinical trial was conducted from July to December 2008. A total of 30 patients with indications for induction of labor were included. The patients had a live fetus, Bishop score 5. Exclusion criteria were previous uterine

  16. O envolvimento do pai na gravidez/parto e a ligação emocional com o bebé La participación del padre en el embarazo/parto y el vínculo emocional con el bebé Father’s involvement in pregnancy/childbirth and the emotional bond with the baby

    João Rui Duarte Farias Nogueira

    2012-12-01

    Full Text Available Enquadramento: a ligação emocional entre pai e filho é determinante na transição para a paternidade e no desenvolvimento do bebé. Objetivos: pretendemos verificar se existe relação entre as variáveis sóciodemográficas, o envolvimento na gravidez ou o corte do cordão umbilical com a ligação emocional do pai com o bebé. Metodologia: efetuámos um estudo transversal, quantitativo de caráter descritivo analítico. Aplicámos um questionário e a escala bonding validada para a população Portuguesa (Figueiredo et al., 2005, em três momentos diferentes (durante o trabalho de parto, no 1º e no 3º dia após o parto a 222 pais, entre novembro de 2010 e janeiro de 2011. Resultados: verificámos que a idade (entre 25 e 40 anos, o acompanhamento da grávida às consultas de vigilância da gravidez, o acompanhamento da grávida nos preparativos para o nascimento do bebé, a leitura de informação sobre o bebé em desenvolvimento, o envolvimento na gravidez e o corte do cordão umbilical influenciam positivamente a ligação emocional do pai com o bebé. Conclusão: os resultados apontam para uma melhoria na ligação afetiva entre o pai e o bebé se os profissionais de saúde promoverem o envolvimento do pai na gravidez e no parto.Marco: el vínculo emocional entre padre e hijo es crucial en la transición hacia la paternidad y el desarrollo del bebé.Objetivos: pretendemos verificar si existe una relación entre las variables sociodemográficas, la participación en el embarazo o el corte del cordón umbilical y el vínculo emocional entre el padre y el bebé. Metodología: se realizó un estudio transversal, cuantitativo, de corte descriptivo-analítico. Se aplicó un cuestionario y la escala de Bonding validado para la población portuguesa (Figueiredo et al., 2005, en tres momentos diferentes (durante el parto, durante el primer y el tercer día después del parto a 222 padres, entre noviembre 2010 y enero de 2011. Resultados: se

  17. Modelos contemporáneos de asistencia al parto: Cuerpos respetados, mujeres que se potencian

    Natalia Magnone Alemán

    2013-08-01

    Full Text Available El artículo presentado estudia los modelos de atención contemporáneos al parto en Uruguay. Se nutre teóricamente de teoríassociológicassobre el riesgo, el cuerpo y la medicalización de la sociedad, de los modelos de atención a la salud humana definidos por la antropóloga David Floyd, y de perspectivas feministas sobre la sexualidad. Para su elaboración se toman entrevistas en profundidad y grupos de discusión realizados en el marco de la tesis de maestría en sociología de la autora. Sobre esta base se reflexiona en torno a las siguientes preguntas: ¿Qué concepciones de individuo y de cuerpo tienen los distintos modelos de atención al parto? ¿Qué prácticas obstétricasse establecen como consecuencia de estas concepciones? ¿Qué efectos tiene cada modo de atención sobre el respeto o no de los derechos humanos de las mujeres que paren?

  18. Costumbres y tradiciones en torno al embarazo y al parto en el México virreinal

    Rodríguez, Martha Eugenia

    2000-12-01

    Full Text Available Se analizan los cuidados y prácticas que se llevaban a cabo durante el embarazo y el parto en la Nueva España. Prácticas que podían ser de carácter supersticioso, religioso o profano y que era importante valerse de ellas debido a que el embarazo se veía como un proceso natural y fisiológico y, a su vez, el momento del parto era temido porque se corría el riesgo de perder la vida.

    Otros apartados que se comentan son el de la operación cesárea, cuya práctica se introdujo en la Nueva España en el siglo XVIII en medio de mucha resistencia por parte de los profesionales de la salud; el aborto, que fue fuertemente sancionado no sólo por parte de la Iglesia, sino también del Real Tribunal del Protomedicato y, finalmente, la profesión de la partera, quien no obstante que no contaba con una formación académica, resolvía un problema de salud a todas las clases sociales.

  19. INCONTINÊNCIA URINÁRIA AUTORREFERIDA NO PÓS-PARTO

    Daniela Biguetti Martins Lopes

    2010-01-01

    Full Text Available Se trata de un estudio epidemiológico, transversal, que entrevistó a 288 mujeres con hasta seis meses del parto, que son frecuentadoras de un servicio de salud del municipio de Sao Paulo. Tuvo como objetivo caracterizar la ocurrencia de incontinencia urinaria automanifestada por las mujeres en el período de posparto. Los resultados mostraron que entre las 71 mujeres con incontinencia automanifestada, 20 (28% informó que la pérdida involuntaria de orina interfiere con su vida cotidiana; 38 (53.5% eran primiparas; 277 no estaban orientadas a la preparación del perineo durante el embarazo o en el posparto. Se encontró que las mujeres después del parto no informan al profesional de la salud sobre la aparición de la incontinencia urinaria, y las que lo hacen no reciben tratamiento. El embarazo y el posparto son momentos importantes para la prevención de la morbilidad.

  20. Feeding behavior and performance of dairy cows during the transition period seven days before and after calvingComportamento e desempenho de vacas leiteiras no período de transição de sete dias antes e após o parto

    Douglas Veira

    2011-10-01

    matter intake during early post-partum.Durante o período de transição as vacas leiteiras passam por vários desafios internos e externos, que podem deixá-las sujeitas a problemas de saúde como acidose do rúmen e pododermatite. O manejo tradicional durante o período de transição recomenda o fornecimento de uma ração com teores médios de concentrado no pré-parto, e outra com teores mais altos de concentrado no pós-parto. Entretanto, existem evidências de que o consumo de rações com alto teor de concentrado após o parto pode levar a irregularidades no consumo destas dietas. Objetivou-se estudar o efeito de manter constante a composição da dieta sobre o comportamento, consumo de alimentos e produção de vacas leiteiras durante o período de transição. Trinta vacas primíparas e multíparas da raça Holandesa foram divididas e alocadas em dois grupos, sendo um deles tratado com ração constante pré-parto (30:70 relação concentrado:volumoso com maior teor de fibras por sete dias após o parto, seguindo a troca de ração para a dieta tradicional (50:50 relação volumoso:concentrado; e outro grupo, recebendo ração com maior teor de concentrados no pós-parto. O comportamento e o consumo de alimentos foram monitorados com sistema eletrônico de alimentação e data loggers, e a produção de leite através de extração de dados direto do computador da ordenhadeira mecânica. Vacas leiteiras alimentadas com dieta constante durante o período de transição despenderam mais tempo comendo ração no segundo dia pós-parto, 142 minutos/dia, e vacas no tratamento com dieta tradicional 105 minutos/dia. Aquelas manejadas com troca de dieta no pós-parto apresentaram maior consumo no primeiro dia, IMS de 2,2 kg/dia/100 kg PV, mas não nos seguintes, já para as vacas que receberam a dieta constante a IMS foi de 1,7 kg/dia/100 kg PV. Não foram observadas diferenças significativas na produção de leite em relação às duas dietas oferecidas aos animais

  1. Concentração de lactato e glicemia em cadelas e neonatos nascidos de cesariana

    L.M.C. Bueno; M.D. Lopes; M.L.G. Lourenço; N.C. Prestes; R.K. Takahira; A.A.P. Derussi; M.J. Sudano

    2012-01-01

    Avaliaram-se a concentração de lactato e a glicemia em sete cadelas em trabalho de parto submetidas à cesariana e em seus respectivos neonatos. O lactato materno foi mensurado utilizando-se medidor portátil e pelo método enzimático colorimétrico. Nos neonatos avaliou-se também o peso ao nascimento. Os valores de lactato materno e neonatal foram estatisticamente diferentes, sendo mais elevado nos neonatos. Ao nascimento, as cadelas e os neonatos encontravam-se normoglicêmicos, e não se observo...

  2. Gêmeos unidos: diagnóstico pré-natal, parto e desfecho após o nascimento Conjoined twins: prenatal diagnosis, delivery and postnatal outcome

    Maria de Lourdes Brizot

    2011-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a evolução dos casos de gêmeos unidos do diagnóstico pré-natal ao desfecho após o nascimento. MÉTODOS: análise descritiva, retrospectiva, dos casos de gêmeos unidos diagnosticados por exame ultrassonográfico durante o pré-natal. Foram avaliadas as características maternas, os exames ultrassonográficos e de ecocardiografia fetal do período antenatal, os dados do parto e dos recém-nascidos, bem como os resultados da separação cirúrgica e anatomopatológico. Os gêmeos foram classificados segundo o tipo de união e dados referentes aos aspectos ultrassonográficos, parto, evolução pós-natal e de sobrevida foram analisados. RESULTADOS: quarenta casos de gêmeos unidos foram incluídos no estudo. Observou-se 72,5% de toracópagos, 12,5% de parápagos, 7,5% de onfalo-isquiópagos, 5% de onfalópagos e 2,5% de cefalópagos. A autorização judicial para interrupção da gestação foi solicitada em 58,8% dos casos. Todos os casos em que não se realizou a interrupção judicial da gestação, o parto foi cesárea, em idade gestacional média de 35 semanas. Todos nasceram vivos com mediana do peso de 3.860 g e 88% evoluíram para óbito pós-natal. Dos nascidos vivos, 10% foram submetidos à separação cirúrgica com sobrevida de 60%. A sobrevida geral foi de 7,5% e a pós-natal, de 12%. A avaliação antenatal da letalidade e da possibilidade de separação cirúrgica pós-natal foi precisa. Não foram observadas complicações maternas relacionadas ao parto. CONCLUSÃO: a gemelidade imperfeita apresenta prognóstico sombrio, relacionado, principalmente, às fusões cardíacas complexas presentes na maioria dos toracópagos. Em centros de referência, a avaliação ultrassonográfica e ecocardiográfica antenatal delineia com acurácia o prognóstico de letalidade e de possibilidade de separação cirúrgica pós-natal.PURPOSE: the aim of this study was to analyze conjoined twins in terms of antenatal, delivery

  3. Evaluation of diagnostic utility, safety considerations, and effect on fertility of transvaginal ultrasound-guided ovarian biopsy in mares.

    Diel de Amorim, Mariana; Nairn, Dawne; Manning, Steve; Dedden, Ilse; Ripley, Elinorah; Nielsen, Kayla; Card, Claire

    2016-04-01

    Ultrasound-guided biopsies of corpora lutea have been previously used for research purposes in the mare and cow. However, the health effects and fertility after transvaginal luteal biopsies (TVLB) or transvaginal ovarian biopsies (TVOB) obtained for diagnostic purposes in cases of suspected ovarian tumors have not been previously evaluated in the horse. The aim of this study was to determine the effects on health and fertility of TVLB and TVOB in mares; 53 mares were included in the study (11 control non-biopsied mares, 37 TVLB mares biopsied on one or more of the following Days 8, 10, 12, 15, 21, and 5 TVOB mares with ovarian abnormalities), resulting in a total of 108 TVLB and TVOB cycles and 183 procedures. Mares were divided into Groups 1 to 3 by the number of TVLB per estrous cycle (mare in Group 1 had 1 TVLB procedure, mares in Group 2 had 2 TVLB procedures, and mares in Group 3 had 3 TVLB procedures). Group 4 comprised TVOB mare cycles with ovarian abnormalities (n = 5). Mares were examined to determine day of ovulation (Day 0) and the presence of a corpora lutea using transrectal ultrasonography. Mares were sedated, and an ultrasound-guided transvaginal biopsy was performed of luteal or ovarian tissue. Health effects of TVLB or TVOB were assessed by daily rectal temperatures, appetite, and general demeanor for 72 hours post-procedure, and 3 mares were examined at necropsy. Fertility was not significantly different in control and TVLB Groups 1 to 3 (P = 0.7648) and in the first or subsequent cycles where the ovulation was from an ovary that had a previous TVLB (P = 0.7147). A TVLB on Day 8 post-ovulation may induce an early return to estrus. In conclusion, the TVLB or TVOB procedure had no effect on health and fertility in this study if the procedure was correctly performed with good technique. Because of the low number of cycles (n = 37), the fertility data should be interpreted with caution. The TVOB may be applied in the diagnosis of mares with

  4. Aspectos da gravidez e pós-parto de adolescentes portadoras de febre reumática Aspects of the pregnancy and post delivery of adolescents with rheumatic fever

    Ana Julia Pantoja Moraes

    2004-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a incidência e evolução de gravidez entre adolescentes portadoras de febre reumática (FR do nosso serviço. MÉTODOS: Avaliação retrospectiva de 510 prontuários de pacientes com diagnóstico de FR, no período de 1983 a 2001. RESULTADOS: Dos 510 pacientes analisados, 123 (46% eram adolescentes femininas. Dezesseis (13% engravidaram neste período, com um total de 19 gestações (uma apresentou duas gestações e outra três; 14 realizaram pré-natal adequadamente. A idade da primeira gestação variou de 14 a 19 anos (média 16,7; e a idade do início da atividade sexual, de 13 a 18 anos (média 15,2. Insuficiência mitral ocorreu em 15 casos, estando associada com insuficiência aórtica em cinco. Intercorrências durante o pré-natal foram observadas em duas pacientes: em uma houve recidiva da FR com Coréia e em outra infecção pelo HIV. O parto vaginal ocorreu em sete adolescentes, parto fórcipe em três e cesareana em quatro: uma com HIV, uma com gestação gemelar e duas com distocia funcional. Treze recém-nascidos foram adequados para idade gestacional e apenas os gêmeos foram prematuros. No pós-parto, uma paciente apresentou infecção na incisão cirúrgica e outra abscesso mamário. Nenhuma paciente reativou a FR no parto e pós-parto. CONCLUSÕES: As gestações não apresentaram descompensação cardíaca, com predomínio de valvulites de leve intensidade. Atividade sexual precoce e aumento da gravidez em adolescentes são realidades nos ambulatórios de reumatologia pediátrica, justificando a necessidade de uma melhor orientação em relação à sexualidade e uso de métodos anticoncepcionais na rotina do atendimento.BACKGROUND: To evaluate the incidence and follow-up of pregnancy among adolescents with rheumatic fever (RF attended at the authors' service. METHODS: A retrospective evaluation was undertaken of 510 patients with a diagnosis of RF according to records from 1983 to 2001. RESULTS: We

  5. Application of transvaginal sacrospinous colpopexy in the treatment of pelvic organs prolapse

    Argirović Rajka B.

    2005-01-01

    , such as the damage to the pudendal vessels and nerve, the sciatic nerve and rectum. The possibility of injury to the vessels and nearby nerves was preventid with the careful placement of suture through the sacrospinous ligament in the two fingerbreadths medial to its insertion in the ischial spine. In our series, we had 3 patients with conservation of the uterus. The 3 asymptomatic cystocele in our series were diagnosed 6 months after the operation. Our results were satisfactory, since we hade only one postoperative vault prolapse (2,7%. Conclusion. The results of numerous studies, as well as the results of our study, showed that transvaginal sacrospinous colpopexy could be performed along with vaginal hysterectomy and the anterior and posterior vaginal wall repair in the patients with uterovaginal prolapse because of its high success in the prevention of postoperative vaginal vault prolapse and the low intra- and postoperative complication rates. This operative technique is successful in prevention of repeated vaginal vault prolapse.

  6. Delaying farrowing using intravaginal devices impregnated with progestagen does not affect the proportion of piglets born alive O atraso do parto utilizando dispositivos intravaginais impregnados com progestágeno não afeta a proporção de leitões nascidos vivos

    Gabriel Fernando Freling

    2013-01-01

    Full Text Available The objective of this study was to evaluate the efficiency of progestagen intravaginal devices (IVDs in preventing parturition in sows by determining the effect of delaying parturition on the alive/total born piglets ratio. Evaluations of IVDs containing 0.5, 1.0 or 1.5g progesterone (P4 showed they were not effective in delaying parturition at any dosage tested. In a second experiment, seventy-five sows at day 112 of pregnancy were equally distributed (n=15 per group in the following treatments: prostaglandin (PGF2α; 250µg sodium cloprostenol; control group or PGF2α and simultaneous insertion of an IVD containing medroxyprogesterone acetate (MPA for 48h. Control sows initiated labor 27.7±1.6h after PGF2α injection. The mean time (±SEM between PGF2α administration and parturition was 72.1±8.8h, 72.7±3.8h, 82.7±7.1h and 81.8±3.5h for MPA 100, 200, 400 and 800mg, respectively, differing from control group (P0.05. These findings confirm that IVDs impregnated with MPA can effectively prevent parturition in sows without affecting the alive/total born piglets ratio and therefore represent an alternative to avoid weekend farrowing in swine herds.O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficiência de dispositivos intravaginais (DIVs contendo progestágeno na prevenção do parto e determinar o efeito do atraso do parto sobre a proporção de leitões vivos/nascidos totais. DIVs contendo 0,5, 1,0 ou 1,5g de progesterona (P4 não foram eficientes na prevenção do parto em nenhuma das doses. No experimento 2, setenta e cinco porcas aos 112 dias de gestação foram equilibradamente distribuídas (n=15 por grupo nos seguintes tratamentos: prostaglandina (PGF2α; 250µg cloprostenol sódico; grupo controle ou PGF2α e simultânea inserção de DIV contendo acetato de medroxiprogesterona (MAP por 48h. Fêmeas do grupo controle iniciaram o parto 27,7±1,6h após injeção de PGF2α. O tempo médio entre a administração de PGF2α e início do

  7. Guidelines for providing privileges and credentials to physicians for transvaginal placement of surgical mesh for pelvic organ prolapse.

    2012-01-01

    The adoption of new technology or procedures into a clinician's surgical armamentarium is driven by multiple factors. Patient safety and anticipated long-term improvement in outcomes should be the primary objective that guides a surgeon's decision to deliver care involving new procedures. Surgically complex procedures require a balance of knowledge, surgical skill, and experience, with appropriate ongoing surgical volume and monitoring of outcomes and adverse events. Transvaginal placement of surgical mesh for pelvic organ prolapse has the potential to improve quality of life and anatomic outcomes (especially in the anterior compartment), but also has potential serious adverse events as outlined by the FDA's July 2011 Safety Communication. This document provides Guidelines for privileging and credentialing of physicians planning to implement or continue using this new technology in clinical practice. PMID:22777366

  8. Three-dimensional first-trimester transvaginal diagnosis of alobar holoprosencephaly associated with omphalocele in a 46,XX fetus.

    Tonni, Gabriele; Centini, Giovanni

    2006-01-01

    A three-dimensional (3D) transvaginal diagnosis of alobar holoprosencephaly (HPE) with associated omphalocele is reported at 12 weeks, 3 days gestation. Diagnosis of HPE was based on visualization of a single holoprosencephalic cavity with absent falx and basal ganglia and omphalocele by the presence of abdominal wall defect with mid-gut herniation. Chorionic villus sampling showed a normal 46,XX karyotype. 3D volumetric reconstruction allowed a more detailed definition of the anatomic landmarks of the lesion, including visualization of a thin rim of cortical mantel within the prosencephalic cavity, the dysmorphic face with flattened nose, and the abdominal eventration that looked like an abdominal air bag on 3D volumetric reconstruction. PMID:16450277

  9. MICROBIOTA CÉRVICO-VAGINAL DURANTE O FINAL DE GESTAÇÃO E PUERPÉRIO EM VACAS GIROLANDO

    Benedito Dias de Oliveira Filho

    2006-10-01

    Full Text Available Este estudo foi desenvolvido com o objetivo de verificar as alterações presentes na microbiota cérvico-vaginal durante o final da gestação e o puerpério em vacas da raça Girolando. Para isso, no período compreendido entre27 dias antes do parto e 58 dias após, foram realizados 117 cultivos bacteriológicos, oriundos de material colhido da região cérvico-vaginal a intervalos de 14 dias, com exceção do período compreendido entre o dia zero (parto e o dia 2. Foram obtidos 101 isolamentos, constatando-se que as amostras negativas predominaram durante o período pré-parto (58,8% e no final do puerpério (44%, mas que durante o período entre o parto e o 16o dia todas as amostras colhidas foram positivas ao cultivo e isolamento microbiano.Os agentes isolados foram: Escherichia coli (27,72%,Staphylococcus coagulase negativa (21,78%,Staphylococcus coagulase positiva (1,98%, Streptococcus spp. (19,80%, Corynebacterium spp. (7,92%, Corynebacterium bovis (3,98%, Bacillus spp. (6,98%,Pseudomonas spp. (3,96%, Enterobacter aerogenes (1,98%, Actinomyces pyogenes (1,98%, Citrobacter freundii (0,99% e Citrobacter amalonaticus (0,99%. Amostras obtidas de fêmeas primíparas mostraram maior positividade, sugerindo sensibilidade alterada dessa categoria à contaminação do trato reprodutor por microrganismos no período subseqüente ao parto. PALAVRAS-CHAVE: Bovinos, microbiota cérvico-vaginal, parto, puerpério.

  10. Características relacionadas ao primeiro e último parto por cesárea Characteristics related to the first and last cesarean delivery among women from a Campinas University Hospital

    Arlete Maria dos Santos Fernandes

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a associação entre a primeira e a última cesáreas e laqueadura tubária; determinar tempo de vida reprodutivo após o primeiro parto. MÉTODOS: Foram entrevistadas 653 mulheres com pelo menos duas gestações, de fevereiro a outubro de 2001 em hospital universitário, 172 com primeira e 294 com última cesárea. As variáveis foram sociodemográficas, obstétricas e características do primeiro e último partos e da laqueadura. Utilizou-se análise bivariada, posteriormente regressão múltipla com cálculo do odds ratio ajustado. Mulheres laqueadas foram separadas em grupos de 25 a 44 e > 45 anos, distribuídas em percentis e aplicou-se o teste de Wilcoxon para análise da idade na laqueadura e tempo de vida reprodutivo após o último parto. O estudo teve aprovação do Comitê de Ética. RESULTADOS: Do total de mulheres, 89% tinham escolaridade 5 salários (OR=2,41, IC 95% 1,42 a 4,08 e idade no primeiro parto > 25 anos (OR=1,80, IC 95% 1,01 a 3,22. A idade média na laqueadura foi de 29 e 33,2 anos nas mulheres com 25 a 44 anos e > 45 anos, respectivamente (pOBJECTIVE: To study the association between first and last caesarian sections with tubal sterilization; to determine length of reproductive life after the first delivery. METHODS: From February to October 2001 in a university hospital, interviews were carried out with 653 women having had at least two pregnancies. Of these women, 172 had a first caesarian section; 294 had a last caesarian section. Variables were social demographic characteristics, obstetric history and characteristics of the first and last deliveries and tubal sterilization. Bivariate analysis was performed, followed by multiple regression analysis calculating the adjusted odds ratio. Women who had undergone tubal sterilization were divided into age groups of 25 to 44 and >45 years in a percentile distribution. The Wilcoxon test was used to analyze age at tubal sterilization and length of

  11. Síndrome Hemolítico-Urêmica Pós-parto: Relato de Caso Postpartum Hemolytic Uremic Syndrome: A Case Report

    José Geraldo Lopes Ramos

    2002-09-01

    Full Text Available A síndrome hemolítico-urêmica (SHU é processo microangiopático associado a insuficiência renal, determinando alta morbidade e mortalidade. A gestação pode ser um fator precipitante, por meio de mecanismos ainda não bem estabelecidos. Entram no diagnóstico diferencial a pré-eclâmpsia, a síndrome HELLP, o fígado gorduroso agudo da gestação e a púrpura trombocitopênica trombótica. Relatamos um caso de SHU ocorrendo no pós-parto imediato em paciente com diagnóstico inicial de pré-eclâmpsia. O diagnóstico diferencial foi fundamentado na perda abrupta da função renal, acompanhada de instabilidade pressórica e sinais clínicos e laboratoriais de hemólise. São destacados os métodos diagnósticos disponíveis, manejo terapêutico e fatores prognósticos baseados em revisão de literatura.The hemolytic - uremic syndrome (HUS presents with a triad of acute renal failure, microangiopathic hemolytic anemia and thrombocytopenia associated with high morbidity and mortality. On the differential diagnosis, other entities must be considered like preeclampsia, HELLP syndrome, acute fatty liver of pregnancy and thrombotic thrombocytopenic purpura. We report a case of HUS occurring in the immediate postpartum period in a patient initially diagnosed as having preeclampsia. The differential diagnosis was based on abrupt renal failure, blood pressure increase and clinical and laboratorial evidence of hemolysis. Attention is directed to investigation, clinical management and prognosis based on review of the literature.

  12. Abdominal muscle electrical activity during labor expulsive stage: a cross-sectional study Atividade elétrica muscular abdominal durante os esforços expulsivos do parto: um estudo transversal

    Belisa D. R. Oliveira

    2011-12-01

    úsculos retoabdominal e oblíquo externo foram medidas durante o segundo estágio do parto em 24 gestantes. A diástase do músculo retoabdominal, o índice de massa corpórea e a altura de fundo de útero foram analisados como parâmetros maternos, e o peso fetal, o perímetro cefálico, os índices de Apgar e o pH e pCO2 arterial foram analisados como parâmetros fetais. O uso de ocitocina e o tempo do período expulsivo foram considerados. RESULTADOS: Encontrou-se uma correlação negativa entre a diástase umbilical e os parâmetros eletromiográficos do músculo retoabdominal (p=0,04; r=-0,407. Não se encontrou correlação significativa entre a eletromiografia dos músculos retoabdominal e oblíquo externo e os demais parâmetros maternos e fetais, bem como entre o tempo do período expulsivo e o uso da ocitocina. CONCLUSÕES: O presente estudo sugere que a diástase umbilical pode ser um parâmetro influente na geração de esforços voluntários durante o período expulsivo do parto, porém não deve ser considerada de forma isolada para o sucesso do andamento do trabalho de parto.

  13. Perfil epidemiológico e evolução clínica pós-parto na pré-eclâmpsia grave Epidemiological profile and postpartum outcome in severe preeclampsia

    Brena Carvalho Pinto de Melo

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever o perfil epidemiológico e o comportamento dos níveis tensionais no puerpério de mulheres admitidas durante a gravidez com pré-eclâmpsia grave. MÉTODOS: Realizou-se uma análise secundária de um estudo de coorte, com gestantes acima de 28 semanas de gestação, com diagnóstico de pré-eclâmpsia grave, sem trabalho de parto, admitidas na maternidade do Instituto Materno-Infantil Prof. Fernando Figueira (IMIP, entre novembro de 2006 e setembro de 2007. Pacientes com hipertensão arterial crônica, doenças auto-imunes, diabetes, gestação gemelar e sinais clínicos de instabilidade hemodinâmica foram excluídas. Analisaram-se características biológicas, demográficas, obstétricas, além do comportamento da pressão sistólica e diastólica no puerpério. RESULTADOS: Incluiu-se 154 pacientes com pré-eclâmpsia grave. A média de idade foi de 25,1 + 6,5 anos. Em relação à escolaridade, 45,5% tinham 11 anos completos de estudos, 20,1% dos partos foram transpelvinos e a frequência de prematuridade encontrada foi de 59,7%. Houve dois casos de eclâmpsia, dezoito casos de síndrome HELLP e 43 casos de oligúria. A duração do internamento hospitalar puerperal variou de 1 a 30 dias e 45% das pacientes permaneceram internadas até o sétimo dia pós-parto. Emergências hipertensivas foram registradas em 53,9% das pacientes no pós-parto. Receberam alta em uso de droga anti-hipertensiva 76,5% das pacientes. Em relação à evolução dos níveis tensionais, observou-se queda dos níveis a partir do terceiro dia pós-parto. CONCLUSÃO: Puérperas com pré-eclâmpsia grave têm controle pressórico a partir do terceiro dia pós-parto e elevada freqüência de alta hospitalar em uso de drogas anti-hipertensivas.BACKGROUND: To describe maternal characteristics and blood pressure behavior in the puerperium of women admitted, during pregnancy, with diagnosis of severe preeclampsia. METHODS: A cohort study was conducted

  14. A negociação do cuidado de enfermagem obstétrica através das práticas educativas na casa de parto La negociación cultural del cuidado de enfermería obstétrica en una casa de partos brasileña Cultural negotiation of obstetric nursing care by educational practices in a brazilian birth center

    Jane Márcia Progianti

    2008-12-01

    Full Text Available O estudo reflete sobre o cuidado de enfermagem obstétrica desenvolvido na Casa de Parto David Capistrano Filho. Esta reflexão, utilizando-se do conceito de negociação da teoria do Cuidado Cultural e do conceito de Educação em Saúde, respondeu por que neste espaço, construído para o desenvolvimento de ações sob a visão do modelo humanizado, as enfermeiras obstétricas se apóiam nas práticas de educação em saúde. Concluiu-se que a educação em saúde é instrumento do cuidado cultural, e as enfermeiras, ao utilizarem as práticas educativas, estão negociando o cuidado humanizado com a mulher que está socialmente habituada com as concepções do modelo tecnocrático. Deste modo, sem invasões e imposições, colaboram com a fisiologia da gestação e do parto porque evitam o choque cultural e reestruturam o cuidado cultural medicalizado no campo obstétrico por mudar a maneira medicalizada da mulher de parir.El estudio discute el cuidado de enfermería obstétrica proporcionado en el Centro de Parto David Capistrano Filho. Esta reflexión, basada en el concepto de la negociación de la Teoría del Cuidado Cultural y en el concepto de Educación en Salud, buscó la razón por qué en este espacio, que se creó para el desarrollo de acciones bajo la perspectiva humanizada, las enfermeras obstétricas fundamentan sus prácticas en los principios de la educación en salud. Fue concluido que la educación en salud es un instrumento de cuidado cultural y las enfermeras mientras usando las prácticas educativas también están usando la negociación del cuidado, en una perspectiva humanizada, con la mujer que socialmente está acostumbrada con las concepciones del modelo tecnocrático. Sin las invasiones e imposiciones, las enfermeras colaboran con la fisiología del embarazo y parto porque, actuando de esta manera, evitan el choque cultural. Reestructuran el cuidado cultural en el campo obstétrico por cambiar la manera hospitalizada

  15. Reacciones emocionales durante la gestación y el parto

    Cárdenas Martínez José

    1993-12-01

    Full Text Available

    Este trabajo propone un análisis de tipo teórico acerca de las reacciones emocionales más comunes presentadas por la mujer dentro del proceso de embarazo y parto. Toma como punto de partida los postulados básicos de las teorías de James & Lange, Cannon & Bard y Schachter & Singer. Analiza el papel de la cultura y del aprendizaje en el manejo de los comportamientos emotivos y plantea la emocionalidad como factor de diferenciación entre los sexos. Finalmente, muestra las formas típicas de reacción en tres perlados trimestrales del embarazo, tanto en "condiciones normales" como en "condiciones no normales".

  16. Reflexões sobre deambulação e posição materna no trabalho de parto e parto Reflexiones sobre deambulación y posición materna en el trabajo de parto y parto Reflection on ambulation and maternal position during labor and delivery

    Fabiana Villela Mamede

    2007-06-01

    Full Text Available Este artigo apresenta uma reflexão sobre os fatores determinantes que levaram à mudança da posição da mulher de vertical para horizontal no processo de parturição. A institucionalização do processo de parir e nascer promoveu uma série de mudanças no assistir à mulher e à família. Muitas das práticas que preservavam o respeito à autonomia e aos valores culturais deram lugar a outros que valorizam a tecnologia, a medicalização e a intervenção. Tais mudanças não efetivaram significativa redução na mortalidade materna e neonatal, pelo contrário, promoveram a desumanização da assistência. Um novo olhar sobre o efeito da deambulação e da posição durante o trabalho de parto e parto está sendo incentivado e está dando oportunidade de evidenciar uma série de vantagens e benefícios para mãe e filho.Este artículo presenta una reflexión sobre los factores determinantes que llevaran al cambio de la posición de la mujer de vertical para horizontal en el proceso de parturiación. La institucionalización del proceso de parir y nacer promovió el respeto a la autonomía y los valores culturales dieran lugar a otros que valoraran la tecnología, la medicalización y la intervención. Tales cambios no efectivaran significativa reducción en la mortalidad materna y neonatal, por el contrario, promovieran la deshumanización de la ayuda. Una nueva visión sobre el efecto de la deambulación y de la posición durante el trabajo de parto y el parto está siendo incentivados y dando oportunidad de evidenciar una serie de ventajas y beneficios para la madre y el niño.This article presents a reflection on the determinants factors that lead to changes in the position of woman from vertical to horizontal in the delivery process. The institutionalization of the labor and birth process that promoted a lot of changes in the woman and family assistance. Many practicals preserved the autonomy respect and the cultural values that give

  17. Concentração de lactato sérico em ovelhas e cordeiros mestiços (1/2 Suffolk nascidos em eutocia

    L.P. Silva

    2013-08-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi avaliar a concentração de lactato sanguíneo venoso em ovelhas e em cordeiros neonatos imediatamente após o parto eutócico. Foram utilizadas 14 ovelhas, sendo nove da raça Suffolk e quatro mestiças e 20 cordeiros neonatos sadios (machos e fêmeas. O efeito do sexo, da raça e do número de cordeiros por parto foi investigado, bem como a possível correlação entre a concentração de lactato materno e neonatal. Não houve diferença entre machos e fêmeas, em relação à raça (Suffolk e mestiços, contudo a concentração de lactato foi mais elevada em cordeiros gêmeos ou trigêmeos quando comparado a cordeiros uníparos. Houve correlação positiva entre a concentração materna e a neonatal, sendo que quanto maior a concentração de lactato materno, maior a concentração no cordeiro imediatamente após o parto eutócico. Os resultados do presente estudo fornecem um subsídio por meio do qual se podem comparar os níveis de lactato sanguíneo em cordeiros em estado crítico.

  18. Aplicación de cloprostenol intramuscular vs. Intravulvomucosal para inducir el parto en cerdas (Short Note: Intramuscular vs. Intravulvomucosal application of cloprostenol to induce parturition in sows

    Bernabé Hernandez, Abel

    2009-08-01

    Full Text Available ResumenAplicación de cloprostenol intramuscular vs. Intravulvomucosal para inducir el parto en cerdas. ttp://www.veterinaria.org/revistas/redvet/n080809/080903.pdf1 Con el fin de comparar la eficacia de la aplicación de sal sódica de Dcloprostenol por vía intravulvomucosal para inducir el parto en las cerdas, se realizó el presente trabajo. La asistencia en el parto en las primeras horas de vida del lechón es importante para reducir la mortalidad antes del destete. Predeterminar la fecha del parto permite manejos como adopciones cruzadas y limpieza de instalaciones, reduciendo la frecuencia de complicaciones post parto. Para inducir el parto en las cerdas, se han utilizado análogos de la prostaglandina f2 alfa (PGF2 α, por vía intramuscular (IM. Otra práctica es utilizar la mitad de la dosis de mi usual por vía Intravulvo mucosal (IVM. Treinta cerdas fureon divididas en 5tratamientos (n=6: (1 Control, inyección de 2ml de solución salina mi; (2IM con 125 µg de cloprostenol, (3 IMOT, IM mas 10 UI de oxitocina; (4 IVM inyección intravulvomucosal de 70 µg de PGF2 α y (5 IVM seguido de 10 UI de oxitocina. Todos los tratamientos se comenzaron el día 112 de gestación. Se evaluaron el periodo entre inyección y parto, duración del parto, y su relación con el número de crías muertas al parto. Se analizaron por medio de un ANOVA con el programa SPSS 15.0. La duración del parto fué similar en ambos tratamientos y el control, (3.04 Mean + 0.18 SE;P>0.05. El intervalo entre inyección y parto no muestra diferencias estadísticas cuando se utiliza el cloprostenosl, pero si contra el control (P0.05. The time between injection and farrowing does not show statistical differences when cloprostenol was used, however, all the treatments differed from control (P< 0.05 Even when there is no difference between treatments on injection– farrowing mean interval, the birthing time was lower in IMOT treatment (10.41 + 0.50 than in control group

  19. Fatores de risco para mortalidade neonatal, com especial atenção aos fatores assistenciais relacionados com os cuidados durante o período pré-natal, parto e história reprodutiva materna

    Samir B. Kassar

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores de risco para mortalidade neonatal, com especial atenção aos fatores assistenciais relacionados com os cuidados durante o período pré-natal, parto e história reprodutiva materna. MÉTODOS: Trata-se de um estudo caso-controle realizado em Maceió, Nordeste do Brasil. A amostra consistiu de 136 casos e 272 controles selecionados em bancos de dados oficiais brasileiros. Os casos foram todos os recém-nascidos que morreram antes de completar 28 dias de vida, selecionados no Sistema de Informações sobre Mortalidade, e os controles foram os sobreviventes neste período, selecionados no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos, por sorteio aleatório entre as crianças nascidas na mesma data do caso. Entrevistas domiciliares foram realizadas com as mães. RESULTADOS: A análise de regressão logística identificou como fatores determinantes para a morte no período neonatal mães com história de filhos anteriores que morreram no primeiro ano de vida (OR = 3,08, o internamento durante a gestação (OR = 2,48, o pré-natal inadequado (OR = 2,49, a não realização de ecografia durante o pré-natal (OR = 3,89, a transferência de recém-nascidos para outra unidade após o nascimento (OR = 5,06, os recém-nascidos internados em UTI (OR = 5,00 e o baixo peso ao nascer (OR = 2,57. Entre as condições socioeconômicas, observou-se uma maior chance para mortalidade neonatal em residências com menor número de moradores (OR = 1,73 e com ausência de filhos menores de cinco anos (OR = 10,10. CONCLUSÕES: Vários fatores que se mostraram associados à mortalidade neonatal neste estudo podem ser decorrentes de assistência inadequada ao pré-natal, ao parto e ao recém-nascido, sendo, portanto, passíveis de serem modificados.

  20. Analgesia epidural para el trabajo de parto en gestante con esclerosis múltiple Epidural analgesia during labour of a patient with multiple sclerosis

    M.J. Mayorga Buiza

    2010-07-01

    Full Text Available La Esclerosis Múltiple (EM, es una enfermedad del SNC siendo 2 veces más frecuente su aparición en mujeres, el 70% de ellas en edad fértil. Desde el punto de vista anestésico nos encontramos ante una enfermedad con elevada susceptibilidad neurológica que podría agravarse tanto por la propia cirugía, la técnica anestésica como por la medicación utilizada. Por otra parte se plantea como atender la demanda de analgesia para el trabajo de parto en mujeres con EM, que es el grupo de edad con mayor incidencia de la enfermedad. Presentamos el caso de una mujer de 37 años diagnosticada de esclerosis múltiples 3 años antes, forma recidivante, remitente. La paciente es ingresada en dilatación con 37 semanas de amenorrea, presentando una buena evolución del trabajo de parto y encontrándose el feto en situación longitudinal y presentación cefálica. Avisan al Servicio de Anestesia para valoración de la indicación de epidural para analgesia del parto. La gestante previamente había acudido a consulta de preanestesia donde se le había informado del riesgo beneficio de la técnica y en concreto en su caso, habiendo entendido perfectamente las posibles complicaciones derivadas de la misma y firmado el consentimiento informado. Nosotros hemos preferido utilizar una técnica locoregional, vía epidural considerando también el riesgo potencial de cesárea urgente, para evitar, dado el caso la realización de una técnica intraraquídea o una anestesia general, con las posibilidades de desencadenar un brote que tienen estas técnicas. Además de aportar confort a la paciente durante el trabajo de parto, proporcionar analgesia durante el mismo, disminuye por este motivo el estrés de la gestante pudiendo paralelamente evitar la aparición de un brote.Multiple sclerosis (MS is a disease of the central nervous system (CNS, and twice as prevalent in women, 70% of whom are of fertile age. From an anaesthetics point of view, due to it being a

  1. Desempenho de porcas alimentadas durante a gestação, do primeiro ao terceiro parto, com rações com diferentes níveis de proteína bruta Effects of feeding different dietary crude protein levels on performance of sows during pregnancy, from the first to third parturition

    Kedson Raul de Souza Lima

    2006-10-01

    Full Text Available Foram utilizadas 30 porcas mestiças (118,18±12,2 kg, espessura de toucinho de 13,82±1,42 mm e 220 dias de idade distribuídas em um fatorial 3 x 3 com parcelas subdivididas com dez repetições, em um delineamento inteiramente ao acaso, em que as ordens de parto constituíram as parcelas e os níveis de proteína, as subparcelas. Foram avaliados os efeitos da inclusão de três níveis de PB (10,0; 13,5 e 17,0% na ração durante a gestação sobre o desempenho das fêmeas em três ciclos reprodutivos sucessivos completos. O ganho de peso da porca na gestação foi influenciado pelo nível de proteína na dieta de gestação, mas não pela ordem de parto. O ganho em ET durante a gestação e a perda durante a lactação não foram influenciados significativamente pelos níveis de PB da ração e pela ordem de parto. A eficiência energética não diferiu entre os tratamentos nem conforme a ordem de parto. A ordem de parto afetou o peso médio da leitegada ao nascimento (PMLN, o peso médio da leitegada ao desmame (PMLD, o número de leitões nascidos totais (NT e nascidos vivos (NV e o número de leitões desmamados (ND. O desempenho da leitegada para ganho médio diário do leitão (GDP não variou entre os tratamentos. O peso relativo (% não sofreu efeito de nenhum dos fatores estudados. O consumo de ração (CR durante a lactação e o intervalo desmame-cobertura (IDC foram influenciados pelos tratamentos, sendo que o CR foi afetado também pela ordem de parto. Independentemente da ordem de parto, o nível de 17% de PB proporcionou o melhor ganho de tecido corporal durante a gestação e o menor IDC, enquanto o nível de 10% promoveu o maior consumo de ração. A ordem de parto influenciou o NT, NV, GPP, PMLN e PMLD, que foram melhores no terceiro parto.Thirty crossbred sows averaging 118.18±12.2 kg of BW, backfat thickness of 13.82±1.42 mm and 220 days old were assigned to a completely randomized design in a split plot scheme with 10

  2. Perfil energético e hormonal de ovelhas Santa Inês do terço médio da gestação ao pós-parto

    Carolina A.S.C. Araujo

    2014-12-01

    Full Text Available No período periparto ocorrem importantes adequações fisiológicas que, se não forem efetivas predispõem a fêmea a enfermidades metabólicas. O conhecimento desta adaptação é relevante para que sejam implementadas, precocemente, medidas preventivas a poupar perdas produtivas. Com este objetivo foi avaliado o perfil energético e hormonal de ovelhas Santa Inês durante a gestação e puerpério. Foram utilizadas 10 ovelhas não gestantes (G0, 10 gestantes de um (G1 e 14 gestantes de dois e três fetos (G2. Foram avaliadas concentrações plasmáticas de glicose, ácidos graxos não esterificados (AGNE, betahidroxibutirato (BHB, e as concentrações séricas de insulina, glucagon, cortisol, triiodotironina (T3 e tiroxina (T4 a partir do 88º dia de gestação até o 28º dia pós-parto. No terço final de gestação, ovelhas gestantes apresentaram maiores concentrações de AGNE, T3 e T4 que as ovelhas não gestantes. No momento do parto foram observadas maiores concentrações de glicose, AGNE e T3 para todas as ovelhas gestantes em relação às não gestantes. Não houve diferença entre as ovelhas gestantes de um, dois ou três fetos. As diferenças observadas ocorreram apenas entre ovelhas gestantes e as vazias. Portanto, quando há adequada adaptação neste período de elevado desafio metabólico, os parâmetros bioquímicos aqui considerados independem do número de fetos gestados e podem ser considerados como valores de referência para ovelhas gestantes de um feto ou mais fetos do terço médio de gestação ao primeiro mês pós-parto.

  3. Placental site trophoblastic tumour: the value of transvaginal colour and pulsed Doppler sonography (TV-CDS) in its diagnosis: case report

    Bettencourt, E.; Pinto, E; Abraúl, E; Dinis, M; Oliveira, CF

    1997-01-01

    The clinical, transvaginal sonography and colour flow mapping of one patient with placental site trophoblastic tumour is presented. Colour Doppler documented a marked increase in uterine vascularity, characterised by low diastolic flow suggestive of low resistance blood flow, without regression after completion of apparently successful chemotherapy, when negative beta-hCG plasma levels were obtained. Surgical treatment was based upon our experience with colour Doppler assessment of gestationa...

  4. Comparison of transvaginal sonography and saline infusion sonohysterography for the diagnosis of causes of abnormal uterine bleeding: a diagnostic accuracy study

    Alok S. Goyal; Sejal jaydip chaudhari; Anjani R. Shrivastava; Ragini N. Verma

    2016-01-01

    Background: Abnormal uterine bleeding (AUB) is one of the frequently observed gynecological problems in outpatient settings. Diagnosis of the cause of AUB is important and hysteroscopy with biopsy is considered is best method for diagnosis of the same. Recent studies suggest the role of transvaginal sonography (TVS) and saline infusion sonohysterography (SIS) for the diagnosis of AUB though data about accuracy and comparison of these techniques with gold standard is not available. The study w...

  5. Ultrasonografía transvaginal e histerosonografía en el diagnóstico de patologías endometriales

    Ronald Salazar Mora

    2001-10-01

    Full Text Available Justificación y Objetivo: A pesar que en los últimos años la ultrasonografía transvaginal se ha convertido en una gran herramienta en la evaluación de pacientes con sangrado uterino anormal, ha mostrado cierta limitación en el diagnóstico de patología endometrial. La infusión salina intracavitaria en el momento de la realización de la sonografía ha demostrado ser un método más preciso. En el siguiente trabajo el objetivo principal fue comparar la sensibilidad y especificidad del ultrasonido transvaginal versus el uso de la histerosonografía en el diagnóstico de estas patologías. Metodología: treinta y seis pacientes con sangrado uterino anormal fueron seleccionadas de forma consecutiva, según referencia para ultrasonografía vaginal. A todas se les realizó un ultrasonido transvaginal y luego la histerosonografía, siendo los resultados comparados con el diagnóstico histológico, el cual fue considerado como el "estándar dorado". Resultados: 38% de las pacientes mostraron un endometrio normal, el 30% tuvo pólipo endometrial, 30% tuvo hiperplasia endometrial, 19% miomas intramurales y/o adenomiosis y 7.6% miomas submucosos. La sensibilidad y especificidad del ultrasonido transvaginal fue de un 42,8%, y 91,6% respectivamente, comparada con de 92.8% y 100% para al histerosonografía. Conclusiones: La histerosonografía es más precisa en el diagnóstico de patología endometrial enpacientes con sangrado uterino anormal.

  6. The feasibility and superiority In transvaginal ovarian teratoma cystectomy%经阴道卵巢畸胎瘤剔除术的临床研究

    刘春梅; 桑晓梅

    2013-01-01

    目的探讨经阴道卵巢畸胎瘤剔除术的可行性和优越性。方法 对30例年轻女性在硬模外麻醉下行经阴道卵巢畸胎瘤剔除术。观察手术适应症、手术时间、术中出血量、住院时间、术后肛门排气时间。结果 30例手术成功,无中转开腹。平均手术时间22分钟、术中出血量19ml、平均肛门排气时间18.4小时,住院时间3.2天。结论 经阴道卵巢畸胎瘤手术具有微创、术中损伤小、术后恢复快、腹壁不留瘢痕。%Objective: To investigate the feasibility and superiority of transvaginal ovarian teratoma cystectomy. Methods: 30 patients of young women were managed in transvaginal ovarian teratoma resection. To observe the operation indications, the overall operating time, the estimated operative blood loss, hospital stay, postoperative anal exhaust time were explored. Results: transvaginal ovarian teratoma cystectomy were successfully completed without conversion to laparotomy. The mean operative time was 22 minutes,t he estimated blood loss was 19mL .mean anal exhaust time was 18.4 hours, The average hospital stay was 3.2 days. Conclusion: transvaginal ovarian teratoma cystectomy is a good choice when the indication of operation are managed properly with minimally invasive operation,rapid postoperative recovery, leaving no scar of abdominal wall.

  7. Maternal inheritance on reproductive traits in Brangus-Ibagé cattle Herança materna em caracteres reprodutivos em bovinos Brangus-Ibagé

    Luis Ernani Henkes

    2004-08-01

    Full Text Available Cytoplasmic inheritance influence on reproductive traits was investigated in the Brangus-Ibagé cattle (3/8 Nelore x 5/8 Aberdeen Angus. Additive genetic effects were responsible for 12% ± 11% of phenotypic variation observed in first calving interval, but their contribution dropped to zero when all calving intervals (CI were considered. The heritability estimate for age at first calving (AFC, in days was 0.19 ± 0.09. Mitochondrial lineage (MIT had negligible effects on phenotypic variances of calving interval (0.0 ± 0.02, calf birth weight (0.0 ± 0.01, and cow weight at calving (0.0 ± 0.01. However, for the age at first calving, MIT accounted for 0.15 ± 0.07 of total variation. Cow weight at calving had a significant linear effect on CI and AFC. Three D-loop mtDNA mutations significantly affected either calving interval (T®C at sites 16,113 and 16,119 or calf birth weight (T®C at site 16,113. The C variants had decreased CI (29 and 32 days, respectively and increased calf weight (0.6kg. Although the effects were small, direct selection for these mutation-carrier cows might improve the reproductive and developmental performance in this herd.A influência da herança citoplasmática sobre características reprodutivas foi investigada em bovinos Brangus-Ibagé (3/8 Nelore x 5/8 Aberdeen Angus. Os efeitos genéticos aditivos foram responsáveis por 12% ± 11% da variação fenotípica observada no primeiro intervalo entre partos, mas esta contribuição decresceu para zero quando todos os intervalos entre partos (IEP foram considerados. A herdabilidade da idade para o primeiro parto (IPP, em dias foi estimada em 0,19 ± 0,09. A linhagem mitocondrial teve um efeito negligenciável na variância fenotípica do intervalo entre partos (0,0 ± 0,02, peso do terneiro ao nascer (0,0 ± 0,01 e peso da vaca ao parto (0,0 ± 0,01. No entanto, para a idade ao primeiro parto, a linhagem mitocondrial contribuiu com 0,15 ± 0,07 da variação total. O

  8. Predicción del parto prematuro en reproducción asistida : la importancia del cérvix

    Casanova Fuset, Ana María

    2014-01-01

    Introducción El parto pretermino es aquel que acontece antes de la semana 37 y después de la semana 23 de gestación. A pesar de los avances de medicina perinatal no se ha conseguido disminuir esa cifra, es más, se ha producido un aumento en países desarrollados, gracias al incremento de las técnicas de reproducción asistida que generan un aumento de las gestaciones múltiples pero también gestaciones únicas de mayor riesgo. La patogénesis del parto pretérmino es aún discutida, y no ...

  9. The use of insulin to improve fertility of timed-inseminated postpartum suckled beef cows Uso de insulina para aumento da fertilidade de vacas de corte pós-parto lactantes inseminadas

    Augusto Schneider

    2010-10-01

    Full Text Available The objective of this work was to evaluate the effect of insulin alone or in association with equine chorionic gonadotropin (eCG on the fertility of postpartum beef cows subjected to synchronization. A total of 340 cows was subjected to fixed time artificial insemination. In the trial 1, the cows were subjected to temporary weaning (TW, while in the trial 2 the same protocol was tested without TW. The addition of an insulin injection to a progesterone/eCG-based protocol without TW increased the pregnancy rate of beef cows with body condition score (BCS equal to or lower than 2.5. Insulin had no effect on cows submitted to TW or with BCS equal to or higher than 3.0.O objetivo deste trabalho foi avaliar apenas o efeito da insulina ou dela em associação com gonadotrofina coriônica equina (eCG na fertilidade de vacas em pós-parto submetidas à sincronização. Um total de 340 vacas foi submetido à inseminação artificial em tempo fixo. No experimento 1, as vacas foram submetidas ao desmame temporário (DT, enquanto no experimento 2, o mesmo protocolo foi testado sem DT. A adição de uma injeção de insulina a um protocolo baseado em progesterona/eCG sem DT aumentou a taxa de prenhez de vacas de corte com escore de condição corporal (ECC igual ou menor que 2,5. A insulina não teve efeito em vacas submetidas a DT ou com ECC igual ou maior que 3,0.

  10. REPERCUSIÓN DE LA EDAD MATERNA AVANZADA SOBRE EL EMBARAZO, EL PARTO Y EL RECIÉN NACIDO

    Francisco Amaro Hernández

    2006-01-01

    Full Text Available Se realizó un estudio descriptivo sobre la repercusión de la edad materna avanzada en el embarazo, el parto y el recién nacido, en el policlínico comunitario docente "Previsora" de Camagüey, desde el 1ro de junio de 2004 al 31 de mayo de 2005. Se incluyeron 32 de un total de 37 mujeres con edad materna avanzada, cuyos partos se produjeron en la fecha señalada, a las que se les aplicó una encuesta diseñada al efecto, que se convirtió en el registro primario de la investigación. Los datos fueron procesados de forma computarizada, se utilizó el sistema MICROSTAT. Predominaron las mujeres entre 35-39 años (75 %. El antecedente patológico personal que más se presentó fue la hipertensión arterial crónica (85.7 %. Las enfermedades propias del embarazo más frecuentes fueron la amenaza de parto pretérmino (73.3 %, la enfermedad hipertensiva del embarazo (50 % y la amenaza de aborto (43.3 %.. Se constató un por ciento significativo de grávidas con tiempo de gestación menor a 37 semanas (25 %, parto distóccico (46.87 % y recién nacidos menor de 2500g (21.87%. Se encontró de manera importante antecedentes patológicos personales y enfermedades propias del embarazo en el estudio. Las acciones de salud en la comunidad deben incrementarse para la que la edad materna avanzada sobre la gestación no constituya un problema para la población grávida.

  11. Humanization of Childbirth in Excellence Medicine Humanización del parto en la medicina de excelencia

    Xiomara Pujadas Ríos

    2011-11-01

    Full Text Available A literature review for the updating of current knowledge on humanized childbirth is conducted. It includes the works of both national and international author as well as Internet and search results. The objective is to identify the specific changes that could be achieved in order to improve the experiences of women during childbirth as well as the development of tests and methods to promote these changes. The present studies emphasizes on the positive effects that personalized support may produce during childbirth as a result of a solid scientific evidence supporting humanized childbirth, thus allowing to contribute to the reduction of maternal and perinatal mortality and the number of caesarean sections. It also improves the quality in the attention to these women, leading to a happy birth.Se realiza una revisión bibliográfica en la que se actualizan los conocimientos que se tienen hasta el momento sobre el parto humanizado, esta revisión incluye trabajos de autores tanto nacionales como extranjeros además de la búsqueda en Internet. La revisión se hace con el objetivo de identificar los cambios específicos y posibles a lograr, que podrían mejorar las experiencias de las mujeres durante el trabajo de parto y el desarrollo de pruebas y métodos para promover estos. Se profundiza en el estudio, en el efecto positivo que produce el apoyo personalizado durante el trabajo de parto, como resultado de una sólida evidencia científica que respalda el parto humanizado; lo que permite contribuir en la reducción de la mortalidad materna y perinatal, reducción de la cesárea y mejor calidad de atención a la parturienta, que conducen a un nacimiento feliz.

  12. O uso de medicamentos em puérpuras interfere nas recomendações quanto ao aleitamento materno?

    Lamounier Joel A.

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: estudar a freqüência do uso de medicamentos no pós-parto imediato e verificar possíveis interferências nas recomendações quanto à amamentação.Métodos: foi realizado um estudo transversal em quatro maternidades de Belo Horizonte, no período de julho de 1998 a julho de 1999, incluindo 2.173 parturientes. A amostra foi calculada com base em dados da Secretaria Municipal de Saúde sobre o número de partos ocorridos nessas instituições, no ano de 1995, ou seja, em torno de 5% do total em um ano. A distribuição da amostra foi aleatória, utilizando o calendário de semanas epidemiológicas. Através de entrevistas junto às mães, usando um questionário próprio, e da coleta de dados obtidos de prontuários médicos da mãe e do recém-nascido, foi avaliada a freqüência do uso de medicamentos no pós-parto imediato. Os medicamentos foram agrupados em categorias quanto à compatibilidade com amamentação, à incompatibilidade, ao uso criterioso em monitorar e observar o recém-nascido para possíveis efeitos indesejáveis.Resultados: de um total de 2.173 mulheres, em 2.090 (96,2% foram prescritos medicamentos no pós-parto imediato. Dos medicamentos utilizados, 2.054 (98,3% foram de drogas sem contra-indicação à amamentação natural; 338 (16,2% foram de drogas sem informações seguras, e 3 (0,14% de drogas contra-indicadas à amamentação. Conclusões: observou-se um amplo uso de medicamentos pelas mães nas maternidades de Belo Horizonte, no pós-parto imediato. A maioria das drogas é compatível com a amamentação, o que parece não influenciar negativamente a prática do aleitamento materno.

  13. Repeated ultrasound-guided transvaginal oocyte retrieval from cyclic Murrah buffaloes (Bubalus bubalis): oocyte recovery and quality.

    Gupta, V; Manik, R S; Chauhan, M S; Singla, S K; Akshey, Y S; Palta, P

    2006-01-01

    The present study was undertaken to explore the potential of the Murrah breed of buffaloes as donors of oocytes and to find out the recovery rate and oocyte quality in cyclic Murrah buffaloes subjected to oocyte recovery once a week. Murrah buffaloes (n = 5) were synchronized for estrus by a single prostaglandin injection schedule. The animals were subjected to transvaginal oocyte retrieval (TVOR) once weekly for 6 weeks, starting from Day 7 of the oestrous cycle (Day 0 = day of oestrus). TVOR was performed using an ultrasound machine with a 5 MHz transvaginal transducer, single lumen 19-gauge, 60 cm long needle and a constant vacuum pressure of 50 mmHg. The number and size of follicles in each ovary was determined before puncture. The follicles were characterized on the basis of their diameter as small (3-5 mm), medium (6-9 mm) and large (> or = 10 mm). The oocytes recovered were classified as grade A, cumulus-oocytes complexes (COCs) with > or = 5 layers of cumulus cells; grade B, those with two to four layers; grade C, partially denuded oocytes; and grade D, completely denuded oocytes. The mean (+/- S.E.M) number of small, medium and large follicles, and the number of total follicles observed per animal per session, which was 2.2 +/- 0.3, 0.6 +/- 0.2, 0.9 +/- 0.1 and 3.7 +/- 0.3, respectively, did not differ between animals or between puncture sessions. Small follicles constituted a major proportion (59%) of the total observed follicles. A mean (+/- S.E.M) number of 3.0 +/- 0.3 follicles were punctured and 2.0 +/- 0.3 oocytes recovered per animal per session, with a recovery rate of 68%. Out of the total 61 oocytes recovered, 36 (59%) were of grades A + B whereas 25 (41%) were of grades C + D. In conclusion, this study describes the potential of cyclic Murrah buffaloes as donors of oocytes collected by repeated TVOR once a week, without any adverse effects on follicular growth and oocyte recovery. It also describes an efficient system for carrying out TVOR in

  14. INDICADORES DO METABOLISMO ENERGÉTICO NO PÓS-PARTO DE VACAS LEITEIRAS DE ALTA PRODUÇÃO E SUA RELAÇÃO COM A COMPOSIÇÃO DO LEITE BIOCHEMICAL ENERGY INDICATORS DURING POST-PARTUM PERIOD IN HIGH-YIELDING DAIRY COWS THEIR RELATION WITH MILK COMPOSITION

    Luciana Lacerda; Arlei Coldebella; Félix González; Rómulo Campos

    2007-01-01

    A síntese do leite representa um desafio para o metabolismo energético pois a lactação exige precursores gliconeogênicos em grande quantidade para a síntese da lactose. Na primeira fase da lactação os animais diminuem a ingestão de matéria seca e nesta situação desencadeia-se o balanço energético negativo (BEN) caracterizado pela mobilização de reservas corporais. O objetivo do presente trabalho foi monitorar os indicadores bioquímicos do metabolismo energético durante o pós-parto em vacas le...

  15. Desempenho de novilhas de corte até o parto recebendo diferentes níveis de suplementação durante o período reprodutivo, aos 14 meses de idade Performance of beef heifers until calving receiving different levels of supplementation during the breeding season, at 14 months of age

    Ricardo Zambarda Vaz; João Restle; Márcia Bitencourt Vaz; Leonir Luiz Pascoal; Fabiano Nunes Vaz; Ivan Luiz Brondani; Dari Celestino Alves Filho; José Neuman Miranda Neiva

    2012-01-01

    Avaliou-se o desempenho de novilhas de corte até o parto submetidas a diferentes níveis de suplementação em pastagem natural durante o primeiro período reprodutivo, dos 14 aos 17 meses. Foram utilizadas 98 novilhas contemporâneas do mesmo rebanho dos grupos genéticos Charolês, Nelore e suas cruzas, com peso médio de 255 kg. As novilhas foram distribuídas em três grupos: sem suplementação; com suplementação de 3,5 g/kg do peso corporal; com suplementação de 7,0 g/kg do peso corporal. O peso ao...

  16. Vivenciando o parto humanizado: um estudo fenomenológico sob a ótica de adolescentes Vivenciando el parto humanizado: un studio fenomenológico bajo la optica de adolescentes Living the humanized delivery: a phenomenological study from the point of view of adolescents

    Zuleyce Maria Lessa Pacheco de Oliveira

    2002-06-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo compreender o que significa para as adolescentes passarem pelo parto dito humanizado. Paraisso, utilizei a fenomenologia como trajetória de pesquisa, para chegar a essência do fenômeno. Participaram do estudooito adolescentes que foram atendidas no Hospital Sofia Feldman, instituição filantrópica, sem fins lucrativos - BeloHorizonte/MG. Para a coleta de dados utilizei observação de campo e entrevista aberta. O estudo possibilitou apreender trêscategorias de análise: Pré-parto/Parto: o corpo sendo controlado; Pré-parto/Parto: misto de dor e de prazer; PartoHumanizado: a assistência esperada e desejada.Este estudio tuvo como objetivo compreender lo que significa para las adolescentes el hecho de pasar por un parto dichohumanizado. Para esto, utilizé la fenomenologia como trayectoria de investigación, para llegar a la esencia del fenómeno.Participaron del estudio adolescentes que fueron atendidos en el Hospital Sofia Feldman, instituición filantrópica, sinfines de lucro - Belo Horizonte/MG. Para la colecta de datos utilizé observación de campo y entrevista abierta. El estudioposibilitó aprender tres categorias de análisis: Pre-parto/Parto: el cuerpo siendo controlado; Pre-parto/Parto: mixto dedolor y de placer; Parto Humanizado: la asistencia deseada y esperada.The purpose of this study was to comprehend the meaning of the humanized childbirth experience for teenage parturients.Phenomenology was adopted as the way to achieve the essence of the phenomenon. Eight teenagers who were assisted atthe Sofia Feldman Hospital - a philantropic and non-profit-making institution-Belo Horizonte/MG - Brazil - have takenpart of this study. Field work and open interview were the proceedures used for data collection. The study made itpossible to seize three categories of analysis: Prechildbirth/Chilbirth - the body is being controlled. Prechildbirth/Chilbirth - a combination of pain and pleasure; Humanized

  17. Comparative analysis between the cytobrush and low-volume uterine flush techniques for endometrial cytology in clinically normal postpartum crossbred dairy cowsComparação das técnicas de citologia endometrial escova citológica e lavado uterino de baixo volume no pós-parto de vacas leiteiras mestiças

    João Paulo Elsen Saut

    2013-10-01

    Full Text Available This study compared two frequently employed techniques for the collection of endometrial and inflammatory cells and characterized postpartum endometrial cytology (EC of clinically normal postpartum crossbred dairy cows in dairy farming system in Southwestern Brazil. Thirty-four crossbred, clinically healthy dairy cows with normal delivery and puerperium, complete uterine involution and without any treatment were monitored until 42 days in milk (DIM. All cows were evaluated by complete clinical and gynecological examinations at days 0, 7, 14, 21, 28, and 42 DIM. The gynecological examinations were done by transrectal palpation, ultrasonography, vaginoscopy, evaluation of the vaginal mucus and EC by using the cytobrush (CB and low-volume uterine flush (LVF techniques. The agreement (Kappa statistic between the two technicians was good for CB (86% and LVF (80.3% for the counting of the percentage of neutrophils. The average number of neutrophils was significantly higher throughout the experiment for LVF, but a reduced percentage of neutrophils were observed during the postpartum period for both techniques. The amount of macrophages, lymphocytes, and eosinophils were not affected during postpartum and there was no significant difference relative to these cells when the two techniques were compared. There were significant differences in the percentage of cows with subclinical endometritis only at d28 by CB (22.2% and LVF (59.3%. Objetivou-se comparar duas técnicas frequentemente usadas na colheita de células endometriais e inflamatórias e caracterizar a citologia endometrial (CE de vacas leiteiras mestiças no pós-parto fisiológico, criadas em sistemas de fazendas leiteiras do sudoeste do Brasil. Foram utilizadas 34 vacas clinicamente sadias com parto e puerpério fisiológico, completa involução uterina e sem qualquer tratamento até os 42 dias pós-parto (dpp. Realizou-se o exame clínico e ginecológico no parto e aos 7, 14, 21, 28 e 42 dpp

  18. Sintomas obsessivo-compulsivos na depressão pós-parto: relatos de casos Obsessive-compulsive symptoms in postpartum depression: case reports

    Carla Fonseca Zambaldi

    2008-08-01

    Full Text Available A depressão pós-parto é o transtorno afetivo mais prevalente no puerpério. O seu quadro clínico apresenta algumas peculiaridades sintomatológicas, podendo uma delas ser a presença mais freqüente de obsessões e compulsões. Relatamos seis casos identificados pela análise de prontuários de puérperas atendidas no Programa de Saúde Mental da Mulher do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. Todas elas tinham diagnóstico de depressão através do Structured Clinical Interview for DSM-IV Axis I Disorders (SCID-I e apresentavam concomitantemente sintomas obsessivo-compulsivos. Nos relatos, abordamos o período de aparecimento desses sintomas nas mulheres deprimidas, assim como o seu conteúdo, duração e resposta ao tratamento. Em duas mulheres, os sintomas obsessivo-compulsivos precederam os depressivos, e em outras duas, deu-se o inverso. Houve exacerbação de obsessões e compulsões preexistentes em duas puérperas. O conteúdo mais freqüente foi de pensamentos agressivos contra o bebê. Os sintomas tenderam a diminuir juntamente com a melhora da depressão.Postpartum depression is the most common affective disorder in the puerperium. There are some particular symptoms in its clinical presentation, and one might be the higher frequency of obsessions and compulsions. We report six cases identified from the analysis of medical charts of puerperal women receiving care at the Women's Mental Health Program, Hospital das Clínicas, Universidade Federal de Pernambuco, Brazil. All the women were diagnosed with postpartum depression using the Structured Clinical Interview for DSM-IV Axis I Disorders (SCID-I and had associated obsessive-compulsive symptoms. We report time of onset, topics, course and treatment response of these symptoms. Obsessive-compulsive symptoms preceded depressive symptoms in two women, and were succeeded in two other women. There was exacerbation of preexisting obsessions and compulsions in two

  19. Monografía sobre la atención de Enfermería durante la fase activa del primer periodo del trabajo de parto normal en España

    Villacorta Martín, Alicia

    2013-01-01

    En las últimas décadas, el Sistema Nacional de Salud Español (SNS), siguiendo las recomendaciones de la OMS ha vivido un cambio de paradigma en la atención al parto normal, pasando de un modelo biomédico-técnológico a un modelo biopsicosocial centrado en la mujer, que entiende el parto como un proceso fisiológico. Durante este cambio se han cuestionado las prácticas utilizadas durante la atención al parto normal, con la finalidad de reducir el grado de intervencionismo y lograr un parto más h...

  20. Doulas na assistência ao parto: concepção de profissionais de enfermagem Doulas en la asistencia al parto: concepción de los profesionales de enfermería DOULAS in delivery assistance: perceptions of nursing professionals

    Denise da Silva Santos

    2009-09-01

    Full Text Available Estudo descritivo, exploratório. Objetivou descrever a concepção das profissionais de enfermagem sobre a participação das doulas na assistência à mulher no trabalho de parto. Utilizou abordagem qualitativa com entrevista semiestruturada. Os sujeitos foram 11 auxiliares/técnicas de enfermagem e 5 enfermeiras (os atuantes no centro obstétrico de uma maternidade pública em Salvador, Bahia. Os resultados apontaram para três categorias: da ideia à realidade da iniciativa "doulas na sala de parto"; facilidades e dificuldades com a presença destas. Constata-se que essa iniciativa objetivou preencher a lacuna do acompanhante no centro obstétrico da instituição. Dentre as facilidades identificadas, têm relevância a substituição da família e o conforto físico proporcionado à mulher, e, como dificuldades, observam-se a indefinição do papel e a falta de clareza no limite de atuação das doulas. Apreendeu-se que as depoentes reconhecem a importância da atuação da doula, mas enfatizam problemas decorrentes da forma de inserção das doulas no serviço.Estudio descriptivo, exploratorio. El objetivo del presente fue describir el concepto de las profesionales de enfermería sobre la participación de las doulas en la asistencia a la mujer durante el trabajo de parto. El abordaje cualitativo con entrevista semiestructurada fue usado como método de estudio. Participaron 11 auxiliares/técnicas de enfermería y 5 enfermeras (os del Centro Obstétrico de una maternidad pública en Salvador-Bahia. Los resultados apuntaron para 3 categorias: de la idea a la realidad de la iniciativa doulas en la sala de parto; facilidades y dificultades de la actuación y presencia de la doulaen la sala de parto.. Se constató que esta iniciativa tiene como objetivo completar la falta de acompañante en el centro obstétrico de la institución. Entre las facilidades identificadas adquiere relevancia la substitución de la familia y el confort f

  1. Saberes e práticas de enfermeiros e obstetras: cooperação e conflito na assistência ao parto Cooperation and conflict in childbirth care: representations and practices of nurses and obstetricians

    Antonia Angulo-Tuesta

    2003-10-01

    Full Text Available A incorporação crescente de enfermeiros constitui uma das estratégias para melhorar a assistência obstétrica no Brasil, onde o parto é atendido sobretudo por obstetras e em hospitais públicos. Nosso estudo, realizado em duas maternidades do Rio de Janeiro, busca compreender as representações de obstetras e de enfermeiras sobre o trabalho em equipe. Analisa de que forma as dimensões de poder, cooperação e conflito, e autonomia técnica são permeadas por concepções dualistas que influem na organização e qualidade da atenção à parturiente. Os resultados revelam, de um lado, o consenso sobre as vantagens da cooperação profissional para a melhoria da atenção, tendo como premissas a definição de papéis e a valorização de habilidades pessoais. De outro, conflitos vinculados às atribuições profissionais e condutas terapêuticas no parto refletem a percepção dos entrevistados a respeito da autonomia e da hierarquia profissional que relacionam o cuidado obstétrico à "observação objetiva" da parturiente. A magnitude dos conflitos apresenta-se diferenciada segundo o contexto institucional, indicando ser relacionada a limitações advindas de concepções dualistas que separam objetivo/subjetivo, racional/emocional, masculino/feminino, etc.In Brazil, where birthing generally occurs in hospitals and under the care of obstetricians, the incorporation of nurses is a strategy that has been used recently in an attempt to improve obstetric care. This study, conducted in two maternity hospitals in Rio de Janeiro, focuses on representations of obstetricians and nurses regarding teamwork and analyzes how the dimensions of power, cooperation/conflict, and technical autonomy are permeated by dualistic conceptions which influence the quality of health care for women during childbirth. On the one hand, the results show a consensus regarding the advantages of professional cooperation in the improvement of health care, assuming the

  2. Prevalência e preditores de sintomatologia depressiva após o parto Prevalence and predictors of depressive symptoms after childbirth

    Raquel Costa

    2007-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: A depressão pós-parto é uma patologia que ocorre nas primeiras semanas após o parto com conseqüências negativas não só para a mãe, como também para o bebê e para a família. OBJETIVO: Examinar a prevalência de depressão após o parto, bem como as circunstâncias suscetíveis de predizer a sintomatologia depressiva 1 semana e 3 meses após o parto. MÉTODOS: 197 grávidas preencheram o Questionário de Antecipação do Parto (QAP (Costa et al., 2005a no segundo trimestre de gestação. Na primeira semana após o parto, responderam ao Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto (QESP (Costa et al., 2005b e à Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS (Augusto et al., 1996, esta última aplicada novamente no terceiro mês do puerpério. RESULTADOS: Uma percentagem significativa de mulheres encontra-se clinicamente deprimida (EPDS 13 na primeira semana e 3 meses após o parto (12,4% e 13,7%, respectivamente. Das que têm EPDS > 13 na primeira semana, 25% estão ainda deprimidas 3 meses após o parto. Circunstâncias relativas à saúde física, à experiência emocional de parto e ao primeiro contato com o bebê predizem a sintomatologia depressiva na primeira semana do puerpério. A sintomatologia depressiva na primeira semana após o parto e a experiência emocional negativa de parto predizem a sintomatologia depressiva 3 meses após o parto. CONCLUSÕES: Constata-se a importância da experiência emocional de parto e do primeiro contato com o bebê, enfatizando a necessidade de atender às necessidades psicológicas da mulher.BACKGROUND: Postnatal depression is a pathology occurring in the first weeks after childbirth with negative consequence not only for mothers, but also for theirs babies and families. OBJECTIVE: To examine the prevalence of postnatal depression and factors that might predict depressive symptoms one week and three months after childbirth. METHODS: 197 pregnant women filled out the

  3. Baixas doses de misoprostol vaginal (12,5 versus 25 mcg para indução do parto a termo Low-dose vaginal misoprostol (12.5 versus 25 µg for induction of labor at term

    Francisco Airton Rangel Filho

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar a efetividade de baixas doses de misoprostol vaginal (12,5 versus 25 mcg para indução do trabalho de parto. MÉTODOS: ensaio clínico controlado, randomizado, duplo-cego, realizado entre maio de 2005 e abril de 2006. Foram incluídas 62 gestantes com gravidez a termo, membranas íntegras, que necessitaram de indução do parto. Foi administrado 25 mcg (32 ou 12,5 mcg de misoprostol (30, a cada quatro horas, até, no máximo, oito doses. Estudaram-se o tipo de parto, tempo entre o início da indução e o parto, complicações perinatais e efeitos maternos adversos. As variáveis de controle foram idades materna e gestacional, paridade e índice de Bishop. Os testes estatísticos utilizados foram cálculos de médias, desvios padrão e teste t de Student (variáveis numéricas contínuas, c² (variáveis categóricas e Mann-Whitney (variáveis discretas. RESULTADOS: não houve diferença significante entre o Grupo de 12,5 e 25 mcg em relação ao intervalo de tempo entre a primeira dose e o parto (1.524 minutos versus 1.212 minutos, p=0,3, na freqüência de partos vaginais (70 versus 71,8%, p=0,7, no escore de Apgar inferior a sete ao quinto minuto (3,3 versus 6,25%, p=0,5 e na freqüência de taquissistolia (3,3 versus 6,2%, p=0,5. A média da dose total administrada de misoprostol foi significativamente maior no Grupo de 25 mcg (40 versus 61,2 mcg, p=0,03. CONCLUSÕES: misoprostol vaginal na dose de 12,5 mcg foi eficiente, com efeitos colaterais semelhante, à dose de 25 mcg de misoprostol vaginal, para indução do parto a termo.PURPOSE: to compare the effectiveness of low doses of vaginal misoprostol (12.5 versus 25 µg for induction of labor. METHODS: a double-blind, randomized, controlled clinical trial was performed in Santa Casa de Misericórdia de Sobral, from May 2005 to April 2006. Sixty-two term pregnant women, with intact membranes and with indication for labor induction, were included. They randomly received 25

  4. Suplementação de propilenoglicol para vacas no período peri-parto: efeitos sobre incidência de cetose, produção leiteira, escore corporal e primeiro estro pós-parto - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i1.2143 Supplementation of propyleneglycol to dairy cows in the periparturient period: effects on incidence of ketosis, milk yield, body condition score, and first estrus postpartum - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i1.2143

    Carlos de Sousa Lucci

    2003-04-01

    Full Text Available Foi objetivo deste estudo analisar os efeitos da suplementação de propilenoglicol para vacas em lactação sob a ocorrência de cetose e as suas conseqüências na: a produção de leite; e b variação do escore de condição de corporal e primeiro estro pós-parto. Vinte e três vacas da raça Holandesa foram alocadas em dois tratamentos: 1 300mL de propilenoglicol (grupo tratamento, 11 vacas, 2 300 ml de água (grupo controle, 12 vacas, administrados através de beberagem no período peri-parto. Foram colhidas amostras de plasma para análise de ß-hidroxibutirato e realizada a avaliação do escore de condição (ECC corporal. A incidência de cetose subclínica foi de 9,1% e 33,5%; o primeiro estro pós-parto foi em média 40,18 e 45,17 dias no grupo tratamento e controle, respectivamente. Não houve efeito do tratamento ou tempo sobre produção de leite, embora a interação tempo tratamento foi significativa. O ECC do grupo tratamento foi maior que o do grupo controle, mas não sofreu variação nos primeiros 60 dias de lactação.The aim of this study was to analyse the effects of propyleneglycol supplementation to the periparturient cows on the occurrence of ketosis and its consequences on: a milk yield; b variation of body condition score and first estrus postpartum. Twenty-three Holstein cows were distributed into two treatments: a 300mL of propyleneglycol (group treatment, 11 cows, b 300mL of water (group control, 12 cows, administered through drench in the periparturient period. Plasma samples were collected to the analysis of ß-hydroxybutyrate and the body condition score (BCS was carried out. The incidence of subclinical ketosis was 9.1 and 33.5%, and the first postpartum estrus was in an average of 40.18 and 45.17 days, in the treatment groups and control, respectively. There was no effect of treatment or time on milk yield, although the interaction of time&lowest;treatment was significant. The BCS of the treatment group was

  5. Trans-vaginal oocyte retrieval and subsequent in vitro production of embryos from a cow involuntarily culled : case report

    D.G. Shaw

    1999-07-01

    Full Text Available A Holstein cow of high genetic merit, in late lactation (205 days and diagnosed with salpingitis (after 4 infertile services and veterinary consultation, was subjected to 1 trans-vaginal oocyte collection attempt, prior to slaughter.Of an estimated 10 follicles punctured, a total of 4 cumulus-oocyte complexes were retrieved. These were matured in vitro in a maturation medium for 24 hours. After 24 hours maturation, the oocytes were fertilised in vitro with Percoll-processed frozen / thawed imported semen, of the owner's choice. Fertilisation was achieved in a modified Tyrode's medium. At 18 hours post-insemination, the presumptive zygotes were transferred into culture in vitro in Charles Rosenkran's aminoacid medium and supplemented on Day 4 post-insemination with 10 % foetal calf serum. All in vitro procedures were conducted in 50 mℓ medium droplets, under oil, in a humidified incubator at 38.5 oC in 5% CO2 in air. Three of the potential zygotes cleaved and, by Day 7 of culture, these had developed to the morula stage. The embryos were frozen in 1.5 M ethylene glycol and later transferred non-surgically to synchronised Holstein recipient heifers. One morula resulted in the only pregnancy and subsequent birth of a healthy heifer calf. An independent commercial company confirmed parentage through standard bloodtyping assays. The genetic salvage of oocytes, for in vitro production of embryos, has potential benefits to the producer.

  6. Comparison of Sensitivity & Specificity of Transvaginal Sonography, Saline Infusion Sonohysterography and Hysteroscopy in Evaluation of Women with Abnormal Uterine Bleeding

    K Shojaie

    2009-10-01

    Full Text Available Introduction: Bleeding disorders are a common problem in daily practice, especially in premenopausal women. In our investigation, we compared the sensitivity and specificity of three different diagnostic methods Trans-vaginal sonography(TVS, saline infusion sonohystrography(SIS and Hysteroscopy. Methods: It was a cross- sectional study with a study population of ninety-nine women suffering fromAUB attending the outpatient clinic of Imam and Razi hospital in Ahvaz- Iran. They were evaluated by three different diagnostic methods and the results were compared. This study started from March 2008 to December 2008. The sensitivity, specificity, positive predictive and negative predictive values were measured in TVS, SIS, and finally these two methods were compared with hysteroscopy (as a gold standard. Results: The sensitivity and specificity of TVS was 74.2% and 49.7%, respectively, while that of SIS was 91.6% and 86%, respectively. The positive predictive value and negative predictive value of TVS was 71.9% and 54.3%, respectively, while that of SIS was 85.9% and 85.75%, respectively. The sensitivity, specificity, the positive predictive and negative predictive values of SIS was more than TVS, and it was similar to hysteroscopy. Conclusion: The findings obtained in the present study indicate that in AUB, sensitivity, specificity, positive and negative predictive value of SIS is more than TVS and therefore can be considered as a first step for diagnosis of AUB.

  7. A case of splenic metastasis of ovarian cancer treated with complete laparoscopic splenectomy and transvaginal specimen extraction.

    Takase, Yoshiaki; Tomizawa, Naoki; Enokida, Yasuaki; Shiraishi, Takuya; Katoh, Ryuji; Suto, Yujin; Sato, Hiroaki; Muroya, Ken; Kurosaki, Ryo; Kobayashi, Katsumi; Arakawa, Kazuhisa; Ando, Tatsumasa; Takesyohi, Izumi

    2016-12-01

    A 61-year-old woman was diagnosed with right inguinal lymph node and splenic metastasis of ovarian serous cystadenocarcinoma. We performed right inguinal lymph node dissection and total laparoscopic splenectomy in the supine position followed by transvaginal specimen extraction (TVSE). First, using three ports, we extracted the right inguinal lymph node. We repaired the posterior wall of the inguinal canal using a mesh plug. We added two ports and displaced the spleen from the retroperitoneum and lifted it using a snake retractor, disconnecting the hilum using an automatic suturing device. Next, the posterior wall of the vagina was intraperitoneally incised. And an Alexis® laparoscopic system was inserted into the vagina. The cap maintained aeroperitoneum, a collection bag was inserted in the abdominal cavity via the vagina, and the spleen was collected. When the spleen was removed from the body, partial fragmentation of the organ was required in the bag. Organ fragmentation was performed only within the bag, and we made sure not to tear the bag. The vaginal wound was laparoscopically sutured. The patient had no operative complications and was able to actively ambulate at the first day after surgery due to a slight postoperative pain. Total laparoscopic splenectomy with TVSE in the supine position may be a safe and feasible method for selected female patients. This technique enables minimally invasive surgery for female patients with splenic disease. PMID:26976616

  8. Utilidad del tratamiento con hidratación y nifedipino en la amenaza de parto pretérmino

    Carmen A. Argote Viñals

    2014-08-01

    Full Text Available Se realizó un estudio transversal en gestantes ingresadas con el diagnóstico de amenaza de parto pretérmino, en la sala de cuidados maternos-perinatales del Servicio de Obstetricia del Hospital General Docente “Dr. Ernesto Guevara” de Las Tunas, con el objetivo de determinar la utilidad del tratamiento de la amenaza de parto pretérmino con el empleo de hidratación y nifedipino como terapéutica de elección, en una muestra de 86 gestantes con embarazo viable entre 28 y 34 semanas, que recibieron como tratamiento de ataque la hidratación endovenosa, el reposo en cama y el uso de bloqueadores de los canales del calcio. Se estudiaron como variables: edad materna, edad gestacional al ingreso, paridad, antecedentes personales, tiempo para la desaparición de los síntomas, estadía en la sala de cuidados maternos perinatales y tocolíticos empleados. Predominaron las gestantes de entre 20 y 24 años de edad; las de edad gestacional al ingreso entre 32 a 34 semanas, 37 casos para un 43,1%; las que tenían un parto anterior, 42 (48,8%. Los abortos espontáneos previos (26,7% y el parto prematuro anterior (24,4% resultaron los antecedentes patológicos maternos más significativos. El 53,6% de las gestantes necesitaron tres horas para la desaparición de los síntomas y tres días para estar de alta. El 89,6% pudo llegar al término de su gestación. El empleo de nifedipino e hidratación como tratamiento de elección en la amenaza de parto pretérmino se relacionó con la reducción en el tiempo de alivio de los síntomas, una menor estadía y la prolongación de la gestación, lo que hace a este esquema terapéutico como el más recomendable para la atención de este problema de salud en condiciones similares a la de la investigación

  9. Estudio descriptivo de la analgesia obtenida durante el trabajo de parto con PCA de remifentanilo: modelo británico

    C. Morales Muñoz

    2014-12-01

    Full Text Available Introducción: la analgesia epidural obstétrica continúa siendo el "gold-standard" para controlar el dolor durante el trabajo de parto, pero en determinadas ocasiones la técnica está contraindicada o la analgesia es incompleta. El remifentanilo es un opioide potente de rápida acción y vida media ultracorta, que se adapta perfectamente a la dinámica del parto. La coordinación entre el comienzo de las contracciones y la administración del fármaco mediante un dispositivo PCA hacen que esta técnica pueda ser considerada de elección para el alivio de dolor durante el parto y no solo como alternativa a la epidural. Objetivo: este estudio pretende valorar la eficacia y seguridad en el parto del remifentanilo administrado por vía intravenosa, así como la satisfacción materna de la analgesia recibida. Materiales y métodos: estudio descriptivo prospectivo basado en el análisis de la recogida de datos realizado por los investigadores durante el parto donde se recoge el dolor durante la dilatación y el expulsivo antes y después de la aplicación de la PCA de remifentanilo, así como las complicaciones y la incidencia de efectos secundarios. Paralelamente se realiza una encuesta de satisfacción materna de la técnica recibida y su vivencia personal. Resultados: se han recogido un total de 32 casos durante el periodo de estudio (6 meses. Todas las pacientes han presentado una reducción de dolor manifestado por una disminución del EVA respecto del dolor basal de 5,9 puntos en los primeros minutos, 4,6 puntos en completa y 3,4 en el expulsivo. No se han registrado complicaciones materno-fetales importantes derivadas de la técnica. La satisfacción materna ha sido alta, volviendo incluso a repetir la técnica en un 90 % de los casos. Conclusiones: la PCA de remifentanilo ha demostrado ser efectiva y segura como analgesia obstétrica. Es por ello que la PCA ha teniendo una amplia aceptación entre matronas, ginecólogos y anestesiólogos en

  10. Administração de somatotropina bovina no período pré-parto sobre parâmetros produtivos, sanitários e reprodutivos da primeira lactação de vacas holandesas Bovine somatotropin administration during pre-delivery period to productive, sanitary and reproductive parameters of holstein cows' first lactation

    Laerte Dagher Cassoli

    2002-04-01

    Full Text Available Para avaliar a administração de somatotropina bovina (bST no período pré-parto, sobre o desempenho na primeira lactação, foram utilizadas 18 novilhas gestantes, de modo que 9 receberam injeções subcutâneas de 500mg de bST nos dias 21 e 9 antes da data prevista para o parto. Os animais foram alimentados com dieta total, 2 vezes ao dia, e os dados coletados foram relativos a parâmetros sanitários, produtivos e reprodutivos na primeira lactação. A administração de bST não afetou os parâmetros sanitários (retenção de placenta, metrite, deslocamento de abomaso, febre do leite e cetose e reprodutivo (cisto folicular. Entretanto, o uso de bST no pré-parto levou à variação de escore de condição corporal (ECC 65% maior, adiantou o pico de produção de leite em 9,7 dias e diminuiu os dias em lactação em 21,8 dias em relação ao controle (P The effects of pre-delivery administration of bovine somatotropin (bST on first lactation performance were evaluated in this study, which involved eighteen Holstein pregnant heifers. Nine animals were supplemented with subcutaneous injections of 500 mg of bST, on days 21 and 9 prior expected delivery, and 9 were not supplemented (control group. Animals were fed total mixed ration, twice daily. Data evaluated in this experiment were related to sanitary, reproductive and productive parameters during first lactation. Administration of bST did not affect parameters related to sanity (retained placenta, metritis, displacement abomasum, milk fever, ketosis, reproduction (follicular cysts. However, heifers supplemented with bST showed changes of body condition score 65% greater, anticipated milk production peak in 9.7 days and decreased number of days in lactation in 21,8 days, compared to the non-supplemented ones (p < 0.05. Milk production peak and milk production corrected for 305 days were not affected by bST administration.

  11. El parto filosófico y las genealogías femeninas

    Mabel Alicia Campagnoli

    2007-07-01

    Full Text Available Este trabajo analiza la metáfora del parto en los comienzos de la filosofía y la relación con la práctica filosófica como preparación para la muerte. Esta es la base para reflexionar sobre ciudadanía, filosofía y diferencia sexual. La hipótesis es que la práctica filosófica en Occidente instaura una doble operación: apropiación de lo femenino para el estatuto original de la filosofía y exclusión de las mujeres tanto de la práctica filosófica como de la ciudadanía. El desafío, reflexionar sobre las genealogías femeninas.This work analyzes the labor's metaphor and the philosophy as a preparation to the death. This is the base to a reflection about citizenship, philosophy and sexual difference. The hypothesis is that West Philosophy sets up a double operation: the appropriation of the feminine to the original level of the philosophy and the women's exclusion to the citizenship and to the philosophical practice. The challenge is to think about feminine genealogy.

  12. A humanização e a assistência de enfermagem ao parto normal La humanización y la atención de enfermería al parto normal Humanization and nursing assistance to normal childbirth

    Fernanda Maria de Jesus S. Pires Moura; Cilene Delgado Crizostomo; Inez Sampaio Nery; Rita de Cássia Magalhães Mendonça; Olívia Dias de Araújo; Silvana Santiago da Rocha

    2007-01-01

    Estudo bibliográfico que buscou identificar a produção científica sobre humanização e assistência de enfermagem ao parto normal. As fontes foram artigos científicos da base de dados da SCIELO-Brasil, período 2000 a 2007. Obtivemos como resultado da busca 13 artigos que foram agrupados nas seguintes áreas temáticas: medicalização do parto, humanização da assistência ao parto, acompanhante no parto e atuação da enfermeira obstétrica. A análise apontou que o paradigma atual é centralizado na int...

  13. Fisioterapia para redução da diástase dos músculos retos abdominais no pós-parto Physiotherapy for reduction of diastasis of the recti abdominis muscles in the postpartum period

    Luciana Aparecida Mesquita

    1999-06-01

    Full Text Available Objetivos: constatar se a intervenção fisioterápica no puerpério imediato é capaz de contribuir para a redução da diástase mais precocemente. Métodos: foi realizado um estudo longitudinal e aleatório, com 50 puérperas recrutadas na Maternidade-Escola Hilda Brandão da Santa Casa de Belo Horizonte (MEHB-SCBH, no período de abril a setembro de 1998. O grupo controle (N = 25 foi submetido à avaliação e mensuração da diástase (6 horas e 18 horas após o parto e no grupo de tratamento (N = 25 foi realizada a mesma avaliação e mensuração acima, assim como um protocolo de atendimento fisioterápico, 6 e 18 horas após o parto. Utilizou-se um paquímetro, instrumento de medida de precisão, na mensuração da diástase nas avaliações. Resultados: no período de 18 horas pós-parto, o grupo controle apresentou uma redução da diástase de 5,4% e o grupo de tratamento de 12,5%, em relação à primeira medida (6 horas após o parto, (pPurpose: to check if physiotherapy immediately after childbirth may contribute to early diastasis reduction. Methods: longitudinal and randomized study with 50 parturient women recruited in the Maternidade-Escola Hilda Brandão of the Santa Casa of Belo Horizonte, from April to September 1998. The control group (N = 25 was submitted to evaluation and measurement (6 h and 18 h after labor, and the treatment group (N = 25 was submitted to the same evaluation and measurement as above, as well as to a protocol for physiotherapeutic assistance, 6 and 18 h after labor. For the evaluations, a pachymeter, a precision instrument, was used to measure diastasis. Results: at 18 h after parturition, the control group presented a diastasis reduction of 5.4%, and the treatment group of 12.5%, as related to the first measure (6 h after delivery (p<0.001, with a confidence interval of 99%. Conclusions: these results show that the physiotherapeutic assistance immediately after childbirth determines a significant

  14. Fatores associados com a retenção e o ganho de peso pós-parto: uma revisão sistemática Risk factors associated with postpartum weight gain and retention: a systematic review

    Elisa Maria de Aquino Lacerda

    2004-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A retenção de peso após o parto é um dos determinantes da obesidade em mulheres. Seu desenvolvimento está relacionado com o ganho de peso gestacional, paridade, idade, situação marital, consumo energético, atividade física e lactação, mas as associações encontradas têm se mostrado inconclusivas e contraditórias. Objetivos: Avaliar estudos que identificaram fatores preditores da retenção e ganho de peso após o parto. MATERIAL E MÉTODOS: Foi realizada uma revisão de literatura na Base de Dados LILACS e MEDLINE, referente aos anos de 1993 a 2003. RESULTADOS: Vinte e oito artigos foram identificados, sendo 23 estudos de coorte, quatro estudos transversais e um estudo caso-controle. A maioria dos estudos foi realizada nos EUA e o tempo de acompanhamento após o parto ocorreu principalmente entre seis semanas e 24 meses. Cerca de 25% dos estudos apresentaram perdas superiores a 30%, 61% incluíram adolescentes na amostra e 75% não aferiram o peso pré-gestacional. Sete estudos foram considerados de melhor qualidade, pois utilizaram o peso pré-gestacional medido, incluíram grupo de comparação, excluíram adolescentes, apresentaram perdas de seguimento inferiores a 30% e controlaram para variáveis de confundimento. CONCLUSÃO: Ganho de peso gestacional, raça negra e paridade estão associados positivamente com a retenção de peso pós-parto. As evidências são contraditórias para a variável lactação e insuficientes para as variáveis consumo alimentar e atividade física. São necessários estudos cuidadosamente desenhados para esclarecer estas questões.BACKGROUND: Postpartum weight retention is a trigger for developing obesity in women. It is often associated with weight gain during pregnancy, parity, age, marital status, food intake, physical activity and lactation. However, the associations found have proven to be inconclusive or contradictory. OBJECTIVES: The purpose of this review was to study risk

  15. Abordagem fisioterapêutica no pré-parto: proposta de protocolo e avaliação da dor Physiotherapeutic approach in the pre-partum: proposed protocol and evaluate pain

    Amanda de Souza Castro

    2012-09-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da abordagem fisioterapêutica no pré-parto e propor um protocolo de intervenção baseado na escala visual analógica (EVA de dor. Dez parturientes, na primeira fase do trabalho de parto, foram questionadas quanto à dor através da EVA e, com base nas respostas, foi proposto um protocolo, EVA 1-3: cinesioterapia, técnicas respiratórias, relaxamento e estímulo à deambulação; EVA 4-7: massoterapia, técnicas respiratórias, relaxamento e estímulo à deambulação; EVA 8-10: técnicas respiratórias, relaxamento e eletroestimulação nervosa transcutânea. Após as intervenções, as voluntárias foram questionadas novamente através da EVA. Os dados da EVA pré- e pós-intervenção foram submetidos ao teste t pareado, atingindo valor médio de 8,8 pré-intervenção e 8,2 pós-intervenção, sem diferença estatística. Os resultados obtidos por meio da análise quantitativa de dor demonstraram que não houve aumento da mesma até uma hora após a intervenção, fato considerado positivo, uma vez que em função da crescente dilatação é esperado um aumento da dor. O protocolo fisioterapêutico proposto mostrou ser de fácil aplicabilidade, podendo auxiliar o fisioterapeuta na escolha da conduta mais adequada à realidade da sala de pré-parto. A abordagem fisioterapêutica no pré-parto parece interferir positivamente sobre a dor e o desconforto materno no grupo estudado.The aim of this study was to evaluate the effects of physical therapy approach in the antepartum and to propose an intervention protocol based on the visual analogue scale (VAS of pain. Ten parturients in the first stage of labor were questioned about the pain by VAS. Based on the responses, we proposed a protocol VAS 1-3: kinesiotherapy, breathing techniques, relaxation and stimulation of walking; VAS 4-7: massage therapy, breathing techniques, relaxation and stimulation of walking; VAS 8-10: breathing techniques

  16. CAPACITAÇÃO DE ENFERMEIRAS NO JAPÃO: CONTRIBUIÇÃO PARA A IMPLANTAÇÃO DA CASA DE PARTO NO RIO DE JANEIRO

    Jane Márcia Progianti

    2013-01-01

    Full Text Available Estudio cualitativo histórico-social que discute las contribuciones de la capacitación de las enfermeras obstetras brasileñas en los centros de parto normales japoneses para la implantación de la Casa de Parto en Rio de Janeiro-RJ, en 2003. Las fuentes son documentos escritos y orales obtenidos en acervos y a través de entrevista semi-estructurada. Las etapas del análisis: ordenación, clasificación y triangulación de los datos. Para basar el análisis se utilizaron los conceptos de campo, habitus, poder simbólico y capital. Los resultados revelaron que la capacitación de las enfermeras obstétricas en el Curso de Asistencia al Parto en las Casas de Parto de Japón fue una estrategia del Gobierno Federal para reconfigurar el campo obstétrico que actualizó en habitus de estas enfermeras. Las dos enfermeras propuestas por la Secretaría Municipal de Sanidad-RJ al regreso del curso de formación ocuparon cargos institucionales que viabilizaron el funcionamiento de la Casa de Parto.

  17. Educação em saúde: repercussões no crescimento e desenvolvimento neuropsicomotor do recém-nascido

    Karla Oliveira Marcacine; Priscila Lopes Orati; Ana Cristina Freitas de Vilhena Abrão

    2012-01-01

    O período pós-parto caracteriza-se por grandes transformações físicas e emocionais, em que puérperas e familiares muitas vezes experimentam sentimentos e emoções ambivalentes e conflitantes, gerando necessidade de orientação e apoio profissional. Assim, buscou-se avaliar as evidências disponíveis na literatura sobre educação em saúde por parte da equipe de enfermagem para puérpera e familiares sobre cuidados com o recém-nascido, que reflita em seu adequado crescimento e desenvolvimento neurop...

  18. Grupo genético e nível nutricional pós-parto na produção e composição do leite de vacas de corte

    Restle João

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo deste experimento foi avaliar a produção média diária e composição percentual do leite de vacas Charolês (CH e Nelore (NE, mantidas em pastagem nativa (PN ou pastagem cultivada (PC de inverno (aveia mais azevém e de verão (capim papuã. Foram utilizadas sessenta vacas, por um período de 182 dias, amamentando bezerros puros ou mestiços, distribuídas de acordo com os tratamentos: CHPN = Vacas CH mantidas em PN; NEPN = Vacas NE mantidas em PN; CHPC = Vacas CH mantidas em PC; e NEPC = Vacas NE mantidas em PC. Vacas mantidas em PC apresentaram curva de lactação com comportamento quadrático, com média de 4,80 L/dia, enquanto que vacas mantidas em PN reduziram linearmente a produção, com média de 3,98 L/dia. A produção de leite entre vacas CH e NE apresentou similaridade (4,50 e 4,28 L/dia, respectivamente. Os grupos genéticos diferiram em todos os componentes do leite, sendo os valores médios para gordura (GOR, extrato seco total (EST, extrato seco desengordurado (ESD e lactose (LAC de 4,93; 13,81; 8,91; e 5,14%, respectivamente, para vacas NE e 4,35; 13,07; 8,74; e 4,94%, respectivamente, para vacas CH. Vacas adultas mantidas em PC produziram mais leite (5,61 L/dia em relação às jovens (5,00 L/dia e estas mais do que as velhas (3,77 L/dia. No entanto, vacas jovens apresentaram leite com maior teor de GOR e EST do que adultas (4,92 e 13,68% vs 4,51 e 13,27%, respectivamente. O grupo genético do bezerro não influenciou a produção de leite das vacas. Foi verificada interação entre grupo genético da vaca e dia de lactação para teor de GOR e EST, sendo que em vacas NE o comportamento foi quadrático para ambas características e em vacas CH o comportamento foi linear. Já os teores de ESD e LAC variaram de acordo com o dia de lactação. O uso de pastagem cultivada de inverno e de verão no período pós-parto promoveu maior produção de leite em vacas de corte Charolês e Nelore, bem como em vacas jovens e

  19. Assessment of pelvic floor by three-dimensional-ultrasound in primiparous women according to delivery mode: initial experience from a single reference service in Brazil Avaliação do assoalho pélvico por meio da ultrassonografia tridimensional de mulheres primíparas de acordo com o tipo de parto: experiência inicial de um centro de referência do Brasil

    Edward Araujo Júnior

    2013-03-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate changes to the pelvic floor of primiparous women with different delivery modes, using three-dimensional ultrasound. METHODS: A prospective cross-sectional study on 35 primiparae divided into groups according to the delivery mode: elective cesarean delivery (n=10, vaginal delivery (n=16, and forceps delivery (n=9. Three-dimensional ultrasound on the pelvic floor was performed on the second postpartum day with the patient in a resting position. A convex volumetric transducer (RAB4-8L was used, in contact with the large labia, with the patient in the gynecological position. Biometric measurements of the urogenital hiatus were taken in the axial plane on images in the rendering mode, in order to assess the area, anteroposterior and transverse diameters, average thickness, and avulsion of the levator ani muscle. Differences between groups were evaluated by determining the mean differences and their respective 95% confidence intervals. The proportions of levator ani muscle avulsion were compared between elective cesarean section and vaginal birth using Fisher's exact test. RESULTS: The mean areas of the urogenital hiatus in the cases of vaginal and forceps deliveries were 17.0 and 20.1 cm², respectively, versus 12.4 cm² in the Control Group (elective cesarean. Avulsion of the levator ani muscle was observed in women who underwent vaginal delivery (3/25, however there was no statistically significant difference between cesarean section and vaginal delivery groups (p=0.5. CONCLUSION: Transperineal three-dimensional ultrasound was useful for assessing the pelvic floor of primiparous women, by allowing pelvic morphological changes to be differentiated according to the delivery mode.OBJETIVO: Avaliar as mudanças no assoalho pélvico de mulheres primíparas em diversos tipos de partos por meio da ultrassonografia tridimensional. MÉTODOS: Estudo de corte transversal prospectivo com 35 primigestas, divididas em grupos com relação ao

  20. Evolução da imunidade passiva em fêmeas bovinas da raça holandesa Evolution of passive immunity in holstein heifers

    Mauro Pires Moraes; Rudi Weiblen; Adriana Moraes da Silva; Fernando Luiz Tobias

    1997-01-01

    Determinou-se a quantidade de imunoglobulinas(Igs) séricas em 1.530 amostras coletadas de 81 vacas, no período de 28 dias pré e pós-parto (n=579), e suas terneiras, no período até 210 dias (n=951) pela técnica de turvação pelo sulfato de zinco. Os níveis de imunoglobulinas das vacas demonstraram queda nas duas semanas pré-parto, indicando uma transferência de Igs da corrente circulatdria para a glândula mamária. A média de imunoglobulinas séricas às 24 horas de vida em 76 terneiras foi de 11,...

  1. A humanização e a assistência de enfermagem ao parto normal La humanización y la atención de enfermería al parto normal Humanization and nursing assistance to normal childbirth

    Fernanda Maria de Jesus S. Pires Moura

    2007-08-01

    Full Text Available Estudo bibliográfico que buscou identificar a produção científica sobre humanização e assistência de enfermagem ao parto normal. As fontes foram artigos científicos da base de dados da SCIELO-Brasil, período 2000 a 2007. Obtivemos como resultado da busca 13 artigos que foram agrupados nas seguintes áreas temáticas: medicalização do parto, humanização da assistência ao parto, acompanhante no parto e atuação da enfermeira obstétrica. A análise apontou que o paradigma atual é centralizado na intervenção do parto, apesar do movimento da humanização defender o parto natural e fisiológico realizado por enfermeira.. Conclui-se que assistência de qualidade e humanizada ao parto e nascimento privilegia o respeito, dignidade e autonomia das mulheres, com resgate do papel ativo da mulher no processo parturitivo.Estudio bibliográfico que buscó identificar la producción científica sobre humanización y asistencia de enfermería al parto normal. Las fuentes fueron artículos científicos de la base de datos de SCIELO-Brasil, de 2000 a 2007. Obtuvimos 13 artículos como resultado de la búsqueda, que fueron agrupados en las siguientes categorías: medicalización del parto, humanización de la asistencia al parto, acompañante en el parto y actuación de la enfermera obstétrica. El análisis apuntó que el paradigma actual es centralizado en la intervención del parto, a pesar de movimientos de la humanización defender el parto natural y fisiológico realizado por enfermera. Concluimos que asistencia de calidad y humanizada al parto y nacimiento privilegia el respecto, dignidad y autonomía de las mujeres, y también el papel activo de la mujer en el proceso de parto.Bibliographical study that sought to identify the scientific production about humanization and nursing assistance to normal childbirth. The sources were scientific articles from SCIELO-Brasil's database, from 2000 to 2007. We obtained 13 articles as result from the

  2. A arte de partejar: experiência de cuidado das parteiras tradicionais de Envira/AM El arte de los partos: experiencia en atención de las parteras tradicionales de Envira/AM The art of attend the birth: experience in care of traditional midwives at Envira/AM

    Keyla Cristiane do Nascimento

    2009-06-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo exploratório-descritivo de caráter qualitativo, que retrata as parteiras tradicionais de Envira, município do estado do Amazonas, onde 80% dos partos são feitos por elas. Objetiva caracterizar a experiência de cuidado no partejar dessas parteiras. Participaram do estudo 29 parteiras. Para a coleta de dados, optou-se por entrevistas gravadas. As informações foram analisadas de acordo com o método de análise de conteúdo. Seis categorias foram evidenciadas: parteiras de Envira - quem são?; ofício de partejar; partejar - quanto vale esse “dom”; problemas enfrentados pela parteira; problemas frequentemente encontrados pelas parteiras na gestação/parto; e relação com o serviço de saúde. Conclui-se afirmando que há um longo caminho a percorrer na reversão dos quadros de doenças, pobreza e abandono, um caminho no qual as parteiras treinadas poderão desempenhar importante papel, na medida em que atingem muitas mulheres, configurando-se como multiplicadores concretos de conhecimentos.Se trata de un estudio exploratorio-descriptivo de carácter cualitativo, que retrata las parteras tradicionales de Envira, municipio del estado de Amazonas, donde 80% de los partos son realizados por ellas. Su objetivo es caracterizar la experiencia del cuidado en el parto. Los participantes del estudio fueron 29 parteras. Para la recopilación de datos, fue elegida las entrevistas grabadas. La información se analizó en función de análisis de contenido. Seis categorías se destacaron: parteras de Envira - que son: ocupación de ayudar en el parto: cuánto vale este “don”; problemas que enfrentan las parteras; problemas frecuentes de las parteras durante el embarazo o el parto, y la relación con los servicios de salud. Se concluye diciendo que hay un largo camino por seguir para reverter los cuadros de enfermedades, pobreza y abandono. Una manera en que las par teras capacitadas pueden desempeñar papel importante, en

  3. Diagnóstico pré-natal e parto transpelviano na osteogênese imperfeita: relato de caso Prenatal diagnosis and vaginal delivery in osteogenesis imperfecta: a case report

    Alex Sandro Rolland de Souza

    2006-04-01

    Full Text Available A osteogênese imperfeita é doença do tecido conjuntivo devida a anormalidades quantitativas ou qualitativas do colágeno tipo I, transmitida geneticamente, por gene autossômico dominante ou recessivo, que determina fragilidade óssea. Relata-se o caso clínico de paciente de 19 anos, primigesta, encaminhada ao setor de medicina fetal com ultra-sonografia pregressa evidenciando encurtamento de extremidades fetais. Na avaliação morfológica, identificou-se contorno craniano irregular com deformidade à compressão do pólo cefálico, membros com rizo e mesomelia, rarefação óssea e encurvamento de ossos longos (fraturas. A paciente evoluiu com parto transpelviano na 35ª semana de gestação. O recém-nascido apresentou Apgar de 6 no 1ª minuto e 8 no 5ª minuto, sexo masculino, pesando 1.990 gramas. Observado crânio irregular, ossificação diminuída, esclera azulada e fraturas consolidadas com deformidades em todos os membros. O recém-nascido apresentou boa evolução neonatal, recebendo alta hospitalar em boas condições. O diagnóstico pré-natal é de grande importância para adequado acompanhamento da gravidez e a via de parto transpelviana não ocasionou piora do prognóstico neonatal, pois não foram diagnosticadas fraturas recentes.Osteogenesis imperfecta is a connective tissue disorder due to quantitative and qualitative anomalies in type 1 collagen, genetically transmitted by a dominant or recessive autosomal gene, leading to bone fragility. We report a case of a 19-year-old G1 PO patient referred to our institution following a screening ultrasound that demonstrated short limb fetal extremities. A level 3 scan was performed which evidenced an irregular cranial shape and compression of the cephalic pole with moderate transducer pressure. Limb shortening, decreased echoes and fractures of long bones were found on our scan evaluation. A vaginal delivery occurred at 35 weeks of gestation. The male newborn, weighing 1.990 grams

  4. Atenção médica à gestação e ao parto de mães adolescentes Medical care for teenage mothers during pregnancy and at delivery

    Heloisa Bettiol

    1992-12-01

    Full Text Available Estudou-se em Ribeirão Preto, SP, Brasil, no período de 1º de junho de 1978 a 31 de maio de 1979, 98% do universo de nascidos vivos, totalizando 8878 crianças nascidas de parto único, sendo 6750 procedentes de Ribeirão Preto. Observou-se um aumento da proporção de mães adolescentes em Ribeirão Preto (14,1% quando comparada com estudo realizado 10 anos antes (11,7%. A idade materna menor de 20 anos esteve associada com os indicadores mais desfavoráveis para a saúde perinatal, no que diz respeito à atenção médica à gestação e ao parto. Essa situação ficou mais evidente entre as mães adolescentes de classes sociais menos favorecidas, revelando que o grupo de mães adolescentes não é homogêneo, mas apresenta diferentes proporções de risco para a saúde perinatal de acordo com as frações de classe social que existem no seu interior.Ninety-eight percent of all live births occuring in the city of Ribeirão Preto, state of São Paulo (Brazil, from June 1, 1978 to May 30, 1979 were studied, for a total of 8,878 single-delivery infants, 6,750 of whom were from this town. An increase in the proportion of teenage mothers in Ribeirão Preto (14.1% was observed in relation to a study carried out ten years before (11.7%. Maternal age of less than 20 years was associated with more unfavorable perinatal health indicators with respect to medical care and delivery. This situation was more evident among teenage mothers from underprivileged social classes, showing that the group of teenage mothers is not homogeneous but presents different risk rates for perinatal health according to the social strata of which the group is composed.

  5. Assessment value of blood flow velocity and resistance index detection by transvaginal color Doppler ultrasound on effect of neoadjuvant chemotherapy for ovarian cancer

    You-Bin Fan

    2016-01-01

    Objective:To analyze the assessment value of blood flow velocity and resistance index detection by transvaginal color Doppler ultrasound on effect of neoadjuvant chemotherapy for ovarian cancer.Methods:A total of 78 cases of ovarian cancer patients receiving treatment in our hospital from September 2012 to May 2014 were included for study, all patients received neoadjuvant chemotherapy, and before and after treatment, transvaginal color Doppler ultrasound (TVCDU) was used to record resistance index (RI) and pulsatility index (PI), the expression levels of serum tumor markers, illness-related indicators and apoptosis-related factors in circulating blood were detected, and the correlation between TVCDU monitoring indexes and ovarian cancer-related indicators was further analyzed.Results: PI value (1.13±0.12) and RI value (0.65±0.05) of ovarian cancer patients after treatment were significantly higher than PI value (0.72±0.06) and RI value (0.32±0.03) of ovarian cancer patients before treatment; serum HE4, CA153, CA125 and毬-HCG levels of ovarian cancer patients after treatment were lower than those before treatment; serum MSLN, CCL-18, FS, CL and Hpa levels of ovarian cancer patients after treatment were lower than those before treatment; after ovarian cancer patients received neoadjuvant chemotherapy, ADM, HIF-1毩, PCNA and bcl-2 gene expression levels were lower than those before treatment; RI and PI values of ovarian cancer patients were inversely proportional to the expression levels of HE4, CA153, CA125,毬-HCG, MSLN, CCL-18, FS, CL, Hpa, ADM, HIF-1毩, PCNA and bcl-2. Conclusion:Blood flow velocity and resistance index detection by transvaginal color Doppler ultrasound can be used as a highly efficient means to evaluate the effect of neoadjuvant chemotherapy for ovarian cancer, and it has positive significance in judging disease severity, guiding treatment and other aspects.

  6. Transvaginal color Doppler imaging of uterine contractions in early pregnancies: Significance of uterine contractions in early pregnancy failure

    To assess uterine contractions in early pregnancies using transvaginal color Doppler sonography (TVCDS) and to determine the role of uterine contractions in the diagnosis of early pregnancy failure. 76 patients with abnormal pregnancy diagnosed by sonography or histopathology up to 10 weeks of gestation and 38 normal pregnant women as the control group were examines with TVCDS. The presence of uterine contractions was determined by complete or partial disappearance of the color flow signals of vessels within myometrium, and the direction, amplitude (grade 1-3), and interval of uterine contractions were also evaluated. Uterine contractions were identified in 42 (55.3%) of 76 patients with abnormal pregnancy, whereas they were detected only in 2 (5.3%) of 38 normal pregnant women who had initial grade 1 contraction but disappeared in the follow-up study. In 26 patients with blighted ovum or missed abortion, 15 patients (57.7%),showed uterine contraction of grade 1 in 3 cases, grade 2 in 8 cases, and grade 3 in 4 cases and interval from 45 seconds to 5 minutes. In 30 patients with inevitable or incomplete abortion, 23 patients (76.6%) showed uterine contraction of grade 1 in 2 cases, grade 2 in 9 cases, and grade 3 in 12 cases and interval from 1 to 5 minutes. 4 (20%) of 20 patients with threatened abortion had uterine contraction of grade 2 and interval from 2 to 4 minutes. The presence of uterine contractions was significantly different in abnormal pregnancies compared with that of normal and also among the tree different groups of abnormal pregnancies, but the amplitude did not differ.

  7. Comparative study of transvaginal ultrasonographic and diagnostic hysteroscopic findings in postmenopausal breast cancer patients treated with tamoxifen

    GAO Wan-li; ZHANG Lu-ping; FENG Li-min

    2011-01-01

    Background There is an association between postmenopausal tamoxifen therapy and endometrial pathologies. We investigated the usefulness of diagnostic hysteroscopy and transvaginal ultrasonography (TVS) and estimated whether diagnostic hysteroscopy improves detection of endometrial pathologies in postmenopausal breast cancer patients on tamoxifen. Methods Ninety-seven postmenopausal breast cancer patients who had been taking tamoxifen 20 mg/d for ≥6 months went through TVS, diagnostic hysteroscopy, and endometrial biopsy examinations. The presence of endometrial histopathologic features with abnormal TVS and diagnostic hysteroscopic findings were correlated. Results No endometrial cancer was found in any of the 97 patients. Fifty-three patients (54.6%) developed endometrial polyps as diagnosed histopathologically. Fifty-nine patients (60.8%) tested positive in TVS exams, of whom 43 had polyps, four had hyperplasia, and 12 atrophy. Thirty-eight patients (39.2%) tested negative in TVS exams, of whom 10had polyps, three hyperplasia, and 25 atrophy. TVS exams presented 63.6% specificity, 81.8% sensitivity, 72.9%positive-predictive value, and 73.7% negative-predictive value, whereas the corresponding values of diagnostic hysteroscopy were 100%, 98.1%, 100%, and 97.8% respectively. The correct ratio of hysteroscopy was significantly higher than that of TVS (P=0.000). Conclusions In postmenopausal breast cancer patients treated with tamoxifen, TVS alone is not sufficient for the detection of endometrial pathologies. Additional use of diagnostic hysteroscopy considerably improves the detection of polyps, thus significantly reducing the rate of false-negative findings of endometrial pathologies.

  8. Transvaginal color Doppler imaging of uterine contractions in early pregnancies: Significance of uterine contractions in early pregnancy failure

    Lee, Eun Ju; Han, Chang Jin; Suh, Jung Ho; Kwon, Hyuck Chan [Aju University SChool of Medicine, Suwon (Korea, Republic of)

    1999-06-15

    To assess uterine contractions in early pregnancies using transvaginal color Doppler sonography (TVCDS) and to determine the role of uterine contractions in the diagnosis of early pregnancy failure. 76 patients with abnormal pregnancy diagnosed by sonography or histopathology up to 10 weeks of gestation and 38 normal pregnant women as the control group were examines with TVCDS. The presence of uterine contractions was determined by complete or partial disappearance of the color flow signals of vessels within myometrium, and the direction, amplitude (grade 1-3), and interval of uterine contractions were also evaluated. Uterine contractions were identified in 42 (55.3%) of 76 patients with abnormal pregnancy, whereas they were detected only in 2 (5.3%) of 38 normal pregnant women who had initial grade 1 contraction but disappeared in the follow-up study. In 26 patients with blighted ovum or missed abortion, 15 patients (57.7%),showed uterine contraction of grade 1 in 3 cases, grade 2 in 8 cases, and grade 3 in 4 cases and interval from 45 seconds to 5 minutes. In 30 patients with inevitable or incomplete abortion, 23 patients (76.6%) showed uterine contraction of grade 1 in 2 cases, grade 2 in 9 cases, and grade 3 in 12 cases and interval from 1 to 5 minutes. 4 (20%) of 20 patients with threatened abortion had uterine contraction of grade 2 and interval from 2 to 4 minutes. The presence of uterine contractions was significantly different in abnormal pregnancies compared with that of normal and also among the tree different groups of abnormal pregnancies, but the amplitude did not differ.

  9. Estado neurológico e cardiorrespiratório de filhotes de cães nascidos de parto normal ou de cesariana sob anestesia geral inalatória com sevofluorano Neurological and cardiocirculatory investigation of dog neonates born by normal parturition or cesarean section on sevoflurane inhalation anesthesia

    Daniela Tozadore Gabas

    2006-10-01

    Full Text Available A anestesia obstétrica possibilita um procedimento mais seguro para a mãe e para os fetos. Em medicina veterinária, no entanto, a literatura científica a respeito do assunto é deficiente. Este trabalho teve como objetivo avaliar o grau de depressão neurológica, hemodinâmica e respiratória fetais provocado pelo agente anestésico, em que as mães foram submetidas ao parto normal ou à cesariana, utilizando-se sevofluorano como agente de manutenção anestésica, comparando-o com o parto normal. Foram realizados seis partos normais (GN e seis cesarianas (GC, avaliando-se um total de 36 filhotes. As cesarianas foram realizadas utilizando-se acepromazina, propofol e sevofluorano (GC e os neonatos foram avaliados clinicamente ao primeiro, quinto e décimo minuto de nascimento, nos dois grupos. Observou-se maior depressão respiratória nos filhotes nascidos de cesariana. Contudo, apesar dessa depressão, o protocolo anestésico empregado não comprometeu de maneira importante a viabilidade e a saúde das mães e dos filhotes, demonstrando ser seguro em cadelas gestantes.The obstetric anesthesia must be safe for mother and puppies and about this, the literature is pour. This study was aimed at evaluating the neurological, hemodinamic and respiratory changes in neonates provoked by the anestesic agent as a result of normal parturition and cesarean section employing sevoflurane as the maintenance agent. Six deliveries (GN and six cesarean sections (GC were performed. The cesarean sections were performed under general anesthesia using acepromazina maleate, propofol and sevoflurane. Thirty six puppies were evaluated and the neurologic reflexes were worse in that were born through cesarean section. However, we concluded that despite the anesthetic depression, the protocol employed didn,t affect in any important way the viability and health of the mothers and puppies, being suitable for cesarean sections.

  10. Ultrasonografía transvaginal e histerosonografía en el diagnóstico de patologías endometriales

    Ronald Salazar Mora; Alberto Calderón Zuñiga

    2001-01-01

    Justificación y Objetivo: A pesar que en los últimos años la ultrasonografía transvaginal se ha convertido en una gran herramienta en la evaluación de pacientes con sangrado uterino anormal, ha mostrado cierta limitación en el diagnóstico de patología endometrial. La infusión salina intracavitaria en el momento de la realización de la sonografía ha demostrado ser un método más preciso. En el siguiente trabajo el objetivo principal fue comparar la sensibilidad y especificidad del ultrasonido t...

  11. Transvaginal closure of the bladder neck and placement of a suprapubic catheter for destroyed urethra after long-term indwelling catheterization.

    Zimmern, P E; Hadley, H R; Leach, G E; Raz, S

    1985-09-01

    We report on 6 women with continuous urinary incontinence as a late complication of an indwelling urethral catheter for neurogenic bladder. Pressure necrosis by the balloon resulted in progressive destruction of the entire urethra, with subsequent incontinence despite the catheter. Surgical attempts at bladder neck closure to correct the incontinence generally have been unsuccessful. Instead of supravesical urinary diversion, we performed transvaginal closure of the bladder neck and percutaneous placement of a permanent suprapubic tube cystostomy. All 6 patients remained dry after closure and none has shown upper urinary tract deterioration at followup for as long as 5 years. PMID:4040980

  12. A 3-year follow-up after anterior colporrhaphy compared with collagen-coated transvaginal mesh for anterior vaginal wall prolapse

    Rudnicki, Martin; Laurikainen, E; Pogosean, R;

    2016-01-01

    To compare the 1-year (previously published) and 3-year objective and subjective cure rates, and complications, related to the use of a collagen-coated transvaginal mesh for anterior vaginal wall prolapse against a conventional anterior repair. DESIGN: Randomised controlled study. SETTING: Six......-7) and the Pelvic Floor Distress Inventory (PFDI-20). MAIN OUTCOME MEASURES: Objective cure, defined as POP-Q stage <2 prolapse at the 1- and 3-year follow-ups. Furthermore, mesh exposure and dyspareunia were also recorded. RESULTS: In total, 138 patients (70 from the mesh group versus 68 from the...

  13. La humanización del trabajo de parto: necesidad de definir el concepto. Revisión de la bibliografía

    Biurrun Garrido, Ainoa; Goberna Tricas, Josefina

    2013-01-01

    En los últimos años estamos asistiendo a un cambio en el modelo de atención sanitaria al parto, en el que se pone énfasis en el concepto de humanización asociado a la atención sanitaria al trabajo de parto. A pesar de la relevancia actual del concepto y de sus implicaciones sociosanitarias, hay poca bibliografía que lo defina. El objetivo de este artículo es conocer el origen y el significado del concepto de «humanización del parto» y sus características mediante una revisión bibliográfica de...

  14. Aspectos da satisfação das mulheres com a assistência ao parto: contribuição para o debate

    Rosa Maria Soares Madeira Domingues; Elizabeth Moreira dos Santos; Maria do Carmo Leal

    2004-01-01

    Este estudo tem por objetivo analisar os fatores que estiveram associados à satisfação das mulheres com a assistência ao parto normal na Maternidade Leila Diniz. Realizou-se um estudo com desenho transversal por meio de entrevista com puérperas de parto vaginal internadas no período de 1masculine a 30 de março de 1999. Para averiguar o grau de satisfação, foram utilizadas: (a) uma escala para avaliação global do parto; (b) a descrição das razões alegadas pelas mulheres para essa avaliação e (...

  15. A violência doméstica como indicador de risco no rastreamento da depressão pós-parto Domestic violence as a risk factor in the screening of for post-partum depression

    Rosiane Mattar

    2007-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: apurar a freqüência de risco para depressão pós-parto (DP em puérperas de hospital de São Paulo, região Sudeste do Brasil, e determinar fatores associados - entre eles a violência doméstica (VD. MÉTODOS: estudo descritivo, tipo corte transversal. Participaram 133 mulheres, que tiveram partos com idade gestacional de 20 semanas ou mais, no período de agosto a setembro de 2005, em maternidade terciária em São Paulo (Brasil. Foram entrevistadas empregando-se a versão em português do Abuse Assessment Screen para o diagnóstico de violência e responderam questionário de auto-avaliação do risco de DP (Edinburgh Postnatal Depression Scale. As variáveis foram representadas por freqüências absoluta e relativa. A associação entre as variáveis de interesse e DP foi avaliada pelo teste do chi2 ou exato de Fisher. Adotou-se o nível de significância de 5%. RESULTADOS: o risco de DP foi identificado em 24 puérperas (18%. Das mulheres entrevistadas, 38,3% referiram história de abusos. Observou-se associação entre a ocorrência de VD após os 15 anos de idade e o risco de depressão (p=0,03. A ocorrência de abusos no grupo de mulheres com probabilidade de apresentar DP foi de 58,3%, proporção significativamente maior do que a observada no grupo controle com 33,9%. CONCLUSÕES: a probabilidade de apresentar depressão foi alta entre as puérperas assistidas em maternidade terciária da região Sudeste do Brasil. A VD sofrida após os 15 anos de idade esteve estatisticamente associada ao risco de DP.PURPOSE: to assess the prevalence of the risk of post-partum depression in women in the post-natal ward of a hospital in São Paulo city, in the southeastern region of Brazil, and analyze the associated factors, including domestic violence (DV. METHODS: this was a descriptive, cross-sectional study. The participants were 133 women with at least 20 weeks of gestation age, who delivered their babies from August to September

  16. Cuidado para el bienestar de mujeres gestantes orientado a la detección Precoz de la hemorragia Post parto

    Ladino Santos, Maritza; Martínez Castro, Sandra Milena

    2014-01-01

    La Hemorragia Post Parto (HPP) continua siendo según las cifras una de las causas de muerte materna más significativas a nivel mundial. Aunque se han tomado medidas para su reducción, su prevalencia es alta, lo que motiva a la comunidad científica a trabajar en la búsqueda de estrategias encaminadas a su detección oportuna. La HPP afecta seriamente el proyecto de vida de la paciente, retrasa el vínculo madre e hijo, afecta la estabilidad familiar, su salud física y emo...

  17. Aspectos Físicos y emocionales durante la estancia hospitalria de gestantes con amenaza de parto prematuro

    Calvo Movilla, Marina

    2014-01-01

    La amenaza de parto de prematuro es una de las principales patologías que requieren el ingreso hospitalario de las mujeres gestantes, pues puede ocasionar problemas de salud en el futuro recién nacido. Este riesgo provoca serias alteraciones en el estado de salud físico y emocional de la embarazada, ya que la gestación no ha llegado a su fin y esa situación no es lo que la mujer considera como normal, de manera que presenta miedo y ansiedad por el proceso. El objetivo de este trabajo es...

  18. Condilomatosis genital y embarazo asociada a corioamnionitis y parto prematuro Genital condylomatosis and pregnancy associated with chorioamnionitis and premature delivery

    I. Martínez Montero; M.A. García Mutiloa; R. Ezcurra; Campo, G.; E. Arpa; R. Obregozo

    2004-01-01

    Los condilomas genitales están producidos por el virus del papiloma humano. En muchas ocasiones se asocian a otras infecciones genitales (hongos, tricomonas y vaginosis). El embarazo favorece la aparición de condilomas en la región anogenital. A propósito de un caso de condilomatosis genital asociada a corioamnionitis y que desencadenó un parto prematuro realizamos una revisión de la literatura.Genital condylomas are produced by the human papilloma virus. On many occasions they are associated...

  19. El feto agresivo. Parto, formación de la persona y mito-historia en los Andes

    2001-01-01

    Partiendo de un estudio etnográfico y lingüístico sobre la mortalidad materna en Bolivia, este trabajo etno-obstétrico trata de la concepción, la gestación y el parto en una comunidad quechua-hablante de Potosí. Analiza el paralelismo planteado entre la formación temprana de la persona y los orígenes mito-históricos de la sociedad. La sustancia pagana pre-hispánica fluye constantemente hacia una sociedad de conversos, dando realidad al concepto jurídico de “indio originario”. Se propone super...

  20. Técnicas analgésicas para el parto: alternativas en caso de fallo de la epidural

    J.R. Ortiz-Gómez; F.J. Palacio-Abizanda; I. Fornet-Ruiz

    2014-01-01

    La analgesia epidural es hoy día el método de elección para el tratamiento del dolor del trabajo de parto, el expulsivo y el alumbramiento. Sin embargo, esta técnica puede fallar y aliviar de forma inadecuada (o nula) a la parturienta. En el presente artículo se revisan los factores de riesgo, las posibles causas y las alternativas terapéuticas posibles a la analgesia inadecuada, ya sea mediante terapias farmacológicas (neuroaxiales, bloqueos periféricos o administración de analgésicos vía in...

  1. La hidroterapia en la amenaza de parto pretérmino Hydrotherapy when risk of pre-term delivery

    Luis Raúl Martínez González; Marta Valladares Hernández

    1998-01-01

    Se realizó un estudio de las 32 pacientes que ingresaron con el diagnóstico de amenaza de parto pretérmino en la sala de Cuidados Especiales perinatales del Hospital Docente Ginecoobstétrico "Justo Legón Padilla" de Pinar del Río, durante los meses de julio a diciembre de 1997, a quienes se les instauró tratamiento con reposo absoluto, pielera de la cama elevada por 15 cm e hidroterapia con dextro-Ringer o solución salina 0,9 %. Se analizaron otros parámetros como edad materna, paridad, facto...

  2. Resultados maternos e perinatais em gestantes portadoras de leucemia Maternal and perinatal outcomes in pregnant women with leukemia

    Roseli Mieko Yamamoto Nomura; Ana Maria Kondo Igai; Natália Cristina Faciroli; Isabela Neto Aguiar; Marcelo Zugaib

    2011-01-01

    RESUMO OBJETIVO: Descrever as complicações maternas e os resultados perinatais entre as gestantes com diagnóstico de leucemia que foram acompanhadas no pré-natal e no parto em hospital universitário. MÉTODOS: Estudo retrospectivo do período de 2001 a 2011, que incluiu 16 gestantes portadoras de leucemia acompanhadas pela equipe de pré-natal especializado em hemopatias e gestação. Nas leucoses agudas, diagnosticadas após o primeiro trimestre, a recomendação foi realizar a quimioterapia apesar ...

  3. O parecer do Conselho Federal de Medicina, o incentivo à remuneração ao parto e as taxas de cesariana no Brasil

    Paulo Fontoura Freitas; Bianca Carvalho Moreira; Andre Luciano Manoel; Ana Clara de Albuquerque Botura

    2015-01-01

    O estudo buscou investigar como o incentivo à remuneração ao parto, preconizado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) do Brasil, influencia as taxas de cesariana. Foi investigada uma amostra consecutiva de 600 puérperas. A proporção de cesarianas na amostra foi de 59,2%, sendo 92,3% entre as mulheres tendo parto e pré-natal com o mesmo profissional. As taxas de cesariana foram significativamente mais elevadas exatamente naqueles grupos com maior prevalência do mesmo profissional, ou seja, i...

  4. Modelización y medida de la calidad percibida de la atención al parto en la comunidad gallega

    Ferreiro Losada, María Teresa

    2012-01-01

    En los últimos años hemos asistido a una auténtica “revolución” en todo lo que rodea a la asistencia al parto y, en consecuencia, al funcionamiento de los servicios hospitalarios de maternidad. Los avances tecnológicos y sanitarios incorporados al seguimiento del embarazo y al propio parto son innumerables. En nuestros días la mayoría de las mujeres dan a luz en hospitales (públicos o privados) y siempre con el apoyo continuo de personal sanitario cualificado y de diferentes elementos tecnoló...

  5. Prácticas basadas en la evidencia en el cuidado de la gestación, trabajo de parto, puerperio y recién nacido

    de Monterrosa, Esperanza; Zuleta, Jhon Jairo; Rojas Higuera, Ricardo

    2012-01-01

    La red colombiana de centros asociados al Centro Latinoamericano de Perinatología y Desarrollo Humano (CLAP) en busca de mejorar los servicios de salud reproductiva con una asignación más efectiva de los recursos junto con los esfuerzos necesarios para implementar sólo las prácticas clínicas que demuestran ser efectivas, en nuestro medio, desarrolló la investigación “Utilización de prácticas basadas en la evidencia en el cuidado de la gestación, trabajo de parto y parto, puerperio y r...

  6. Expectativas e grau de satisfação da grávida e puérpera com o tipo de parto

    Medeiros, Inês Ambrósio de

    2012-01-01

    A gravidez reflete uma aprendizagem experiencial e formativa, marcada por alterações físicas, cognitivas, comportamentais e afetivas. A sua experiência culmina no parto, um momento irreversível e marcante, geralmente diferente das expectativas e da forma como é antecipado e idealizado. Neste contexto, o presente estudo tem como principal objetivo avaliar as expectativas e o grau de satisfação da mulher com a experiência do parto, tendo também como intuito oferecer um contributo nesta área. ...

  7. Hegemonia e contra-hegemonia no processo de implantação da Casa de Parto no Rio de Janeiro Hegemonía y contra hegemonía en el proceso de implantación de la Casa de Parto en Rio de Janeiro Hegemony and counter-hegemony in the process of implementing the Casa de Parto Birth Center in Rio de Janeiro

    Adriana Lenho de Figueiredo Pereira

    2009-12-01

    Full Text Available Estudou-se o processo de implantação da primeira Casa de Parto no Sistema Único de Saúde (SUS da cidade do Rio de Janeiro. Por meio de pesquisa qualitativa objetivou-se identificar os determinantes do processo de implantação da Casa de Parto e analisar a influência dos grupos hegemônicos e contra-hegemônicos neste processo de implantação. O referencial teórico foi o conceito de hegemonia. O método dialético orientou a análise dos dados por meio das categorias metodológicas: contradição, totalidade e historicidade. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas no período de janeiro a julho de 2007. Os entrevistados foram quatro gestores da saúde municipal e onze profissionais técnico-administrativos designados para implantar a Casa de Parto. A síntese deste estudo revelou que a implantação da Casa de Parto foi determinada pela contra-hegemonia estabelecida na assistência à gestação e parto fisiológicos.Se estudió el proceso de implantación de la primera Casa de Parto en el Sistema Único de Salud (SUS en la ciudad del Rio de Janeiro. Por medio de una investigación cualitativa se objetivó identificar los determinantes del proceso de implantación de la Casa de Parto y analizar la influencia de los grupos hegemónicos y contra hegemónicos en ese proceso de implantación. El marco teórico fue el concepto de hegemonía. El método dialéctico orientó el análisis de los datos por medio de las categorías metodológicas: contradicción, totalidad e historicidad. Fueron realizadas entrevistas semiestructuradas en el período de enero a julio de 2007. Los entrevistados fueron cuatro gestores de la salud municipal y once profesionales técnicos y administrativos designados para implantar la Casa de Parto. La síntesis de este estudio reveló que la implantación de la Casa de Parto fue determinada por la contra hegemonía establecida en la asistencia a la gestación y parto fisiológicos.This study addressed the

  8. Doulas apoiando mulheres durante o trabalho de parto: experiência do Hospital Sofia Feldman "Doulas" apoyando mujeres durante el trabajo de parto: experiencia del Hospital Sofia Feldman Doulas supporting womem during labor: the experience of Sofia Feldman Hospital

    Míriam Rêgo de Castro Leão

    2001-05-01

    Full Text Available O apoio durante o parto, também denominado suporte intraparto pode ser realizado tanto por profissionais do serviço, enfermeiras e parteiras, como por acompanhantes leigas treinadas, denominadas doulas. Os objetivos deste artigo visam fazer uma revisão da literatura sobre suporte intraparto realizado por doulas e relatar a experiência de um hospital filantrópico de nível secundário.El apoyo durante el parto, también denominado soporte intraparto puede ser realizado por los profesionales de servicio, enfermeras y parteras, como por los acompañantes capacitadas, llamadas "doulas". Los objetivos de éste artículo son: presentar una revisión de la literatura sobre el soporte intraparto realizadas por "doulas" y relatar las experiencias desarrolladas en un hospital filantrópico de nivel secundario.Support during travail, also called social intratravail support, can be accomplished by hospital staff, nurses and midwives as well as by trained companions called "doulas". The purpose of this work is to conduct a literature review on labor support accomplished by "doulas" and report the experience of a secondary-level philanthropical hospital.

  9. O suporte durante o processo de parturição: a visão do acompanhante El apyo durante el proceso del parto: la óptica del acompañante Support during the labor and delivery processes: viewpoint of companions of women giving birth

    Ana Márcia Spanó Nakano

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Objetivou-se, neste estudo, compreender o significado de ser acompanhante de uma mulher em trabalho de parto e parto. Os sujeitos do estudo foram 12 acompanhantes de parturientes assistidas em uma maternidade. MÉTODOS: A abordagem metodológica utilizada foi a qualitativa e a análise dos dados foi fundamentada na técnica de análise de conteúdo. RESULTADO: Os significados observados para a participação do acompanhante foram: "dar força", "ficar junto/ao lado" e "observar tudo". No espaço hospitalar de domínio médico, o acompanhante relatou que "quem faz é o médico"; algumas vezes se perceberam "sem coragem" e "sem atitude". CONCLUSÃO: Diante de tais resultados, verificou-se que é preciso dar voz aos agentes envolvidos diretamente no processo de parturição, que muitas vezes sentem-se intimidados pelos profissionais de saúde, desencorajados de participar, ou assumindo um papel fiscalizador na tentativa de obter uma assistência segura para a parturiente.OBJETIVO: En este estudio se tuvo como objetivo, comprender el significado de ser acompañante de una mujer en trabajo de parto y parto. Los sujetos del estudio fueron 12 acompañantes de parturientas asistidas en una maternidad. MÉTODOS: El abordaje metodológico utilizado fue el cualitativo y el análisis de los datos se fundamentó en la técnica del análisis de contenido. RESULTADOS: Los significados observados para la participación del acompañante fueron: "dar fuerza", "quedarse junto/al lado" y "observar todo". En el espacio hospitalario de dominio médico, el acompañante relató que "quien hace es el médico"; algunas veces se percibieron "sin coraje" y "sin actitud". CONCLUSIÓN: Frente a tales resultados, se verificó que es preciso dar voz a los agentes involucrados directamente en el proceso del parto, que muchas veces se sienten intimidados por los profesionales de salud, cohibidos de participar, o asumiendo un papel fiscalizador en el intento de obtener

  10. MICROBIOTA CÉRVICO-VAGINAL DURANTE O FINAL DE GESTAÇÃO E PUERPÉRIO EM VACAS GIROLANDO

    Benedito Dias de Oliveira Filho; Maria Auxiliadora Andrade; Maria Lúcia Gambarini; Alexandro Aluísio Rocha; Frederico Araújo Gomes

    2006-01-01

    Este estudo foi desenvolvido com o objetivo de verificar as alterações presentes na microbiota cérvico-vaginal durante o final da gestação e o puerpério em vacas da raça Girolando. Para isso, no período compreendido entre27 dias antes do parto e 58 dias após, foram realizados 117 cultivos bacteriológicos, oriundos de material colhido da região cérvico-vaginal a intervalos de 14 dias, com exceção do período compreendido entre o dia zero (parto) e o dia 2. Foram obtidos 101 isolamentos, constat...

  11. Laparoscopic-Assisted Tension-free Vaginal Mesh: An Innovative Approach to Placing Synthetic Mesh Transvaginally for Surgical Correction of Pelvic Organ Prolapse

    Watanabe,Toyohiko

    2012-02-01

    Full Text Available Polypropylene mesh implants for the correction of pelvic organ prolapse (POP are now available in Japan. We developed an innovative approach for correcting POP by placing polypropylene mesh transvaginally with laparoscopic assistance. From June 2007 through March 2010, sixteen consecutive patients with symptomatic stage 2 or 3 pelvic organ prolapse underwent the laparoscopic-assisted tension-free vaginal mesh procedure at Okayama University Hospital. All patients were evaluated before and at 1, 3, 6, and 12 months after surgery. Female sexual function was also evaluated with the Female Sexual Function Index (FSFI. The procedure was performed successfully without significant complications. Fifteen of 16 patients were considered anatomically cured (93.8% at 12 months postoperatively. One patient with a recurrent stage 3 vaginal vault prolapse required sacral colpopexy six months postoperatively. Total FSFI scores improved significantly from 10.3±1.3 at baseline to 18.0±1.2 at 12 months after surgery. The laparoscopic-assisted trans-vaginal mesh is a safe, effective, and simple procedure for POP repairs. The procedure not only restores anatomic relationships but also improves sexual function.

  12. Efeito da adição de clonidina subaracnóidea à solução anestésica de sufentanil e bupivacaína hiperbárica ou hipobárica para analgesia de parto Efecto de la adición de clonidina subaracnoidea a la solución anestésica de sufentanil y bupivacaína hiperbárica o hipobárica para la analgesia de parto Effects of the addition of subarachnoid clonidine to the anesthetic solution of sufentanil and hyperbaric or hypobaric bupivacaine for labor analgesia

    Thaís Cristina Tebaldi

    2008-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Adição de clonidina subaracnóidea (±-agonista prolonga a ação analgésica da combinação sufentanil e bupivacaína isobárica em analgesia combinada para o trabalho de parto ¹. O objetivo deste estudo foi comparar a qualidade de analgesia e a prevalência de efeitos colaterais após a adição de clonidina subaracnóidea à solução anestésica em gestantes durante trabalho de parto. MÉTODO: Após aprovação da Comissão de Ética, 22 gestantes em trabalho de parto receberam aleatoriamente no espaço subaracnóideo 2,5 mg de bupivacaína hiperbárica 0,5% (grupo CLON/HIPER; n = 11 ou 2,5 mg de bupivacaína isobárica 0,5% (grupo CLON/ISO; n = 11 em associação ao sufentanil 2,5 µg e à clonidina 30 µg. A dor avaliada pela Escala Analógica Visual, a freqüência cardíaca e a pressão arterial média foram estudadas a cada 5 minutos nos primeiros 15 minutos e, a seguir, a cada 15 minutos até o nascimento. Foi avaliada a prevalência de efeitos colaterais (náusea, vômito, prurido e sedação. O estudo foi encerrado no momento em que foi necessária complementação analgésica peridural (dor > 3 cm ou ao nascimento. A análise estatística foi realizada pelos testes t de Student, Qui-quadrado, Fisher e ANOVA de duas vias para medidas repetidas, considerando como significativo p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La adición de la clonidina subaracnoidea (±-agonista, prolonga la acción analgésica de la combinación sufentanil y bupivacaína isobárica en analgesia combinada para el trabajo de parto ¹. El objetivo de este estudio fue comparar la calidad de analgesia y la prevalencia de los efectos colaterales, después de la adición de clonidina subaracnoidea a la solución anestésica en gestantes durante el parto. MÉTODO: Después de la aprobación de la Comisión de Ética, 22 gestantes en trabajo de parto recibieron aleatoriamente en el espacio subaracnoideo 2,5 mg de bupivacaína hiperbárica 0

  13. Técnicas analgésicas para el parto: alternativas en caso de fallo de la epidural

    J.R. Ortiz-Gómez

    2014-12-01

    Full Text Available La analgesia epidural es hoy día el método de elección para el tratamiento del dolor del trabajo de p