WorldWideScience

Sample records for na trombose venosa

  1. Investigação da trombose venosa na gravidez Deep vein thrombosis during pregnancy work up

    Jorge Agle Kalil; Marco Antonio C. Jovino; Marcelo Arriaga de Lima; Renato Kalil; Maria Elisa Ruffolo Magliari; Marcelo K. Di Santo

    2008-01-01

    CONTEXTO: A trombose venosa profunda (TVP) na gravidez é fator determinante no aumento da morbidade e da mortalidade maternofetal. Pode ocorrer na presença de trombofilias, por compressão da veia cava inferior, estase venosa ou alterações hormonais. OBJETIVOS: Analisar pacientes grávidas e no pós-parto imediato portadoras de TVP em membros inferiores, pesquisar as possíveis causas de trombofilia e realizar revisão de literatura. MÉTODOS: Foram analisadas gestantes e puérperas encaminhadas por...

  2. Investigação da trombose venosa na gravidez Deep vein thrombosis during pregnancy work up

    Jorge Agle Kalil

    2008-03-01

    Full Text Available CONTEXTO: A trombose venosa profunda (TVP na gravidez é fator determinante no aumento da morbidade e da mortalidade maternofetal. Pode ocorrer na presença de trombofilias, por compressão da veia cava inferior, estase venosa ou alterações hormonais. OBJETIVOS: Analisar pacientes grávidas e no pós-parto imediato portadoras de TVP em membros inferiores, pesquisar as possíveis causas de trombofilia e realizar revisão de literatura. MÉTODOS: Foram analisadas gestantes e puérperas encaminhadas por ginecologistas e obstetras com quadro clínico suspeito de TVP, de janeiro de 2004 a novembro de 2006, período em que foram realizados 24.437 partos no Hospital e Maternidade São Luiz (HMSL, sendo 89% cesarianas, 7,5% partos normais e 3,5% fórceps. Do total de pacientes encaminhadas com quadro clínico sugestivo, foram realizados 42 diagnósticos clínicos de TVP em gestantes com idade entre 21 e 39 anos, confirmados por duplex scan venoso. Imediatamente antes da introdução da terapia anticoagulante, foram colhidos exames para pesquisa de trombofilia, os quais foram repetidos após o período de tratamento. RESULTADOS: Das 42 pacientes portadoras de TVP, 32 eram primigestas (três gemelares sem alterações trombofílicas, duas por fecundação in vitro, oito secundigestas e duas tercigestas. Em quatro pacientes, a TVP ocorreu no primeiro trimestre da gestação (9,5%; em 11, no segundo trimestre (26,2%; em 27, no terceiro trimestre (64,3%. Dos 42 casos de diagnóstico de TVP, 18 (42,8% ocorreram nas veias infrapatelares. Houve um caso de tromboembolismo pulmonar (TEP em paciente de 37 anos que havia realizado fecundação in vitro, com gestação gemelar, e TVP (ausência de trombofilia diagnosticada após a cesariana. Das 42 pacientes, 16 (38,1% tiveram a causa da TVP estabelecida, com prevalência de mutação heterozigótica do fator V de Leiden (FVL em seis pacientes (14,2%, seguida pela síndrome antifosfolípide e outras. A maioria das

  3. Trombose venosa dos membros superiores Venous thrombosis of the upper limbs

    Waldemy Silva

    2005-01-01

    Full Text Available Foi realizada uma revisão da evolução clínica de 52 pacientes portadores de trombose venosa axilar e/ou subclávia. Na opinião do autor, até o presente não se tem evidência do esforço na patogenia dessa forma topográfica de trombose venosa. A terminologia síndrome de Paget-Schrötter pode ser usada quando existe um trombo, conforme sugeriram esses autores. No que diz respeito aos pacientes cujo quadro clínico têm como fator preponderante uma compressão extrínseca dos troncos venosos, deve-se levar em consideração uma outra síndrome, como a do desfiladeiro torácico. Para a confirmação de uma suspeita clínica de trombose venosa profunda, a flebografia é o padrão-ouro. O tratamento ideal da oclusão venosa axilo-subclávia não foi ainda estabelecido, mas o anticoagulante tem a preferência. A eficácia do efeito trombolítico in situ é contestada em publicações da literatura médica. O acesso cirúrgico direto para a trombectomia pode ser feito somente em condições especiais.Clinical course of 52 patients with axillary and/or subclavian vein thrombosis was reviewed. In the author's opinion, up to the present time we have no evidence of strain in the pathogenesis of this topographic vein thrombosis. The term Paget-Schrötter syndrome can be used when a thrombus is present, as these authors have suggested. With regard to the patients whose clinical picture is supported by an extrinsic compression on the venous trunks, another syndrome must be considered, such as the thoracic outlet syndrome. For the determination of a clinically suspected deep venous thrombosis, phlebography is the gold standard. The optimal treatment for the axillary-subclavian venous occlusion remains to be established, but the anticoagulant therapy has the preference. The efficacy of in situ thrombolytic effect is contested in medical publications. A direct surgical access for thrombectomy can be made only under special conditions.

  4. Identificação pelo eco-Doppler colorido de fístula arteriovenosa na trombose venosa profunda Arteriovenous fistula in deep venous thrombosis identified by color-flow Doppler ultrasonography

    Fanilda Souto Barros

    2006-09-01

    Full Text Available Os três casos são referentes a pacientes em tratamento para trombose venosa profunda encaminhados ao laboratório vascular para avaliação da recanalização e/ou progressão do processo trombótico. Durante o estudo pelo eco-Doppler colorido, foram identificados sinais ecográficos compatíveis com fístula arteriovenosa no interior do trombo e adjacente à parede venosa.We report on a case series of three patients undergoing treatment for deep venous thrombosis, referred to our vascular laboratory for evaluation of recanalization and/or progression of the thrombotic process. During the color-flow Doppler ultrasonography, we identified ultrasound signs typical of arteriovenous fistula flow pattern within the thrombus and adjacent to the venous wall.

  5. Hormonas sexuais femininas e trombose venosa profunda Female hormones and venous thrombosis

    Rita Ataíde Lobo

    2011-12-01

    Full Text Available O tromboembolismo venoso é uma doença grave. Embora raramente fatal, leva frequentemente a elevada morbilidade, associada à síndrome pós-trombótica. Como factores etiopatogénicos da trombose venosa (TV continuam-se a considerar-se os clássicos da tríade de Virchow, descrita em 1895: estase venosa, alteração de factores de coagulação, no sentido de hipercoagulação e lesão do endotélio venoso. A incidência de trombose aumenta lentamente com a idade, sendo de cerca de 160 por 100,000 habitantes/ano. Quando analisamos a incidência em mulheres vemos que esta está aumentada, sobretudo na gravidez - 60 por 100,000/ano -, mas também em utilizadoras de contraceptivos orais combinados (COC - 15 a 25 por 100,000/ano - e de terapêutica hormonal (TH para tratamento da menopausa - 10 por 100,000/ano. Sendo o risco de morte súbita associado a complicações major de 20% por embolia pulmonar (EP e de 1-2% por trombose venosa. Os moduladores selectivos dos receptores de estrogéneos (SERMs são moléculas que actuam ligando-se aos receptores de estrogéneos, induzindo uma acção metabólica que pode ser agonista ou antagonista dos estrogéneos, consoante o tecido alvo. Os mais utilizados, raloxifeno e tamoxifeno, estão associados a um aumento do risco para tromboembolismo (TE venoso de cerca de, três e sete vezes, respectivamente.Venous thrombosis is a serious disorder. Although rarely fatal, often leads to a disabling post thrombotic syndrome. The risk factors for thrombosis can be divided into 3 groups of causes, according to Virchow (1985: reduced blood flow, changes in the vessel wall, and changes in the composition of the blood. The incidence of the disease slowly increases with age, and it is about 160 in 100,000 people/year. When we look at the incidence in women, it is easy to see that it is higher in pregnancy - 60 in 100,000/year; but it is also increased in women that use combined oral contraceptives - 15 to 25 in 100

  6. ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO TRATAMENTO DA TROMBOSE VENOSA PROFUNDA EM PACIENTES CRÍTICOS

    Gianelli Linhares Gusmão

    2014-12-01

    Full Text Available A Trombose Venosa Profunda (TVP é uma doença caracterizada pela formação aguda de trombos que acometem as veias profundas com consequente reação inflamatória e por se tratar de uma doença multifatorial aumentam-se os fatores de risco durante seu tratamento. O objetivo deste estudo foi refletir sobre a assistência da enfermagem diante da importância do Diagnóstico de Enfermagem (NANDA no tratamento da trombose venosa profunda para prevenir as complicações em pacientes críticos no Centro de Terapia Intensiva (CTI. Para o desenvolvimento da contextualização deste trabalho foi feita uma pesquisa bibliográfica nas bases eletrônicas de dados BIREME, livros, revistas cientificas e sites de pesquisa com publicações no período de 2002 a 2013. Após estudo concluiu-se que vários autores comprovam em seus estudos que a maioria dos pacientes está sem profilaxia e que a anticoagulação associado à compressão do membro, deambulação e mobilização precoce diminuem a incidência de TVP, melhorando a qualidade de vida dos indivíduos.

  7. Trombose venosa cerebral e homocistinúria: relato de caso Cerebral venous thrombosis and homocystinuria: case report

    Gisele Sampaio Silva

    2001-09-01

    Full Text Available Homocistinúria apresentando-se como trombose venosa cerebral é incomum. Relatamos o caso de um adolescente com características fenotípicas de homocistinúria que foi admitido por cefaléia intensa, vômitos e sonolência. Investigação diagnóstica com tomografia computadorizada de crânio, ressonância magnética e angiorressonância foi compatível com trombose dos seios transversos e sigmóides. Altos níveis de homocisteína foram detectados no sangue e na urina. Apresentamos os aspectos clínicos e radiológicos deste caso discutindo a controversa fisiopatologia da tendência trombofílica associada a homocistinúria.Homocystinuria presenting as cerebral venous thrombosis is not usual. We report on a 13-year-old boy who was admitted to the hospital due to severe headache, nausea, vomiting and fever (38ºC. The patient was Marfan like and presented left hemiparesis and meningeal irritation sings. He was mentally retarded, had severe myopia, and had right lens dislocation one month before. Cranial CT scan was suggestive of cerebral venous infarct. MRI and magnetic resonance angiography showed venous infarcts more prominent in the right thalamic projection with hemorrhagic transformation and multiple foci of cortical (occipital and parietal bilaterally deep parietal and left capsular bleeding, secondary of thrombosis of the transverse and sigmoid venous sinuses. High levels of homocysteine were detected in the blood and urine. Homocystinuria is an autossomal recessive inborn error of methionine metabolism caused by cystathione-ß-synthase defect in most cases. We discuss the clinical and radiological findings in this patient, analyzing the pathophysiology of the thrombotic events related to homocystinuria.

  8. Trombose venosa profunda como complicação da escleroterapia química no tratamento de telangiectasias dos membros inferiores Deep venous thrombosis as complication of chemical sclerotherapy in the treatment of leg telangiectasias

    Adilson Ferraz Paschôa; Luciana Hayashida; Marcelo Kurz Siqueira; Bonno van Bellen

    2005-01-01

    Os autores relatam dois casos de escleroterapia de telangiectasias, as quais complicaram com trombose venosa profunda. O primeiro caso foi confirmado por flebografia, e o segundo, por duplex scan. Um paciente, 8 anos após, apresentou uma tromboflebite espontânea de veia safena parva, que resultou em pesquisa de trombofilia positiva para o Fator V Leiden. A outra paciente teve pesquisa de trombofilia negativa. Os relatos de tromboembolismo relacionado à escleroterapia são escassos na literatur...

  9. Hematoma retroesofágico com grave disfagia após estreptoquinase para tratamento da trombose venosa axilo-subclávia

    Baruzzi Antonio Claudio do Amaral

    1997-01-01

    Full Text Available Homem de 72 anos, portador de neoplasia de próstata estádio IV, submetido à osteossíntese da coluna cervical para descompressão metastática da raiz nervosa, responsável por dor intensa no membro superior direito. Após três meses da internação, apresentou trombose total da veia axilo-subclávia direita, complicação da cateterização prolongada da veia subclávia direita para controle de septicemia secundária a pneumonia hospitalar. Foi submetido a terapia trombolítica com estreptoquinase por via venosa, no membro superior contra-lateral, na dose de 250.000UI em 15min, seguida de 100.000UI/h durante cinco dias, com total recanalização do trombo e redução do edema. Após 24h do término da trombólise, apresentou disfagia a líquidos e o esofagograma mostrou extensa compressão extrínseca do esôfago, por provável hematoma retroesofágico. Necessitou de nutrição enteral durante três meses, quando ocorreu normalização da deglutição, reabsorção do hematoma retroesofágico e passagem adequada do contraste pelo esôfago. No seguimento evolutivo não apresentou seqüelas da trombose venosa profunda, não tem disfagia e permaneceu em uso profilático de meias elásticas e heparina de baixo peso molecular.

  10. Trombose venosa profunda e suspeita de tromboembolismo pulmonar: avaliação simultânea por meio de angiotomografia pulmonar e venotomografia combinadas

    Gomes Laura de Moraes; Marchiori Edson; Rodrigues Rosana Souza

    2006-01-01

    OBJETIVO: Avaliar a ocorrência e a correlação de tromboembolismo pulmonar (TEP) e trombose venosa profunda (TVP) por meio de um protocolo único de angiotomografia computadorizada. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo prospectivo realizado de julho de 2003 a junho de 2004 no Hospital Copa D'Or, Rio de Janeiro, RJ. Foram analisadas 116 angiotomografias de pacientes com suspeita clínica de TEP. Após o estudo do tórax, com um intervalo de três minutos e sem injeção adicional de contraste, foram obtidos co...

  11. Trombose venosa profunda e suspeita de tromboembolismo pulmonar: avaliação simultânea por meio de angiotomografia pulmonar e venotomografia combinadas

    Gomes Laura de Moraes

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a ocorrência e a correlação de tromboembolismo pulmonar (TEP e trombose venosa profunda (TVP por meio de um protocolo único de angiotomografia computadorizada. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo prospectivo realizado de julho de 2003 a junho de 2004 no Hospital Copa D'Or, Rio de Janeiro, RJ. Foram analisadas 116 angiotomografias de pacientes com suspeita clínica de TEP. Após o estudo do tórax, com um intervalo de três minutos e sem injeção adicional de contraste, foram obtidos cortes do diafragma até os joelhos, a fim de pesquisar TVP. RESULTADOS: De 116 pacientes, 23 (19,8% cursaram com TEP, 24 com TVP (20,7%, 15 (12,9% apresentaram tanto TEP quanto TVP e 9 (7,8% apresentaram TVP na ausência de TEP. Dos 23 casos positivos de TEP, 15 apresentaram concomitantemente TVP (65,2%, enquanto em 8 (34,8% foi visto apenas TEP. Dos 24 casos positivos de TVP, 15 (62,5% apresentaram TEP associado, enquanto em 9 (37,5% foi encontrada TVP isolada. CONCLUSÃO: Os resultados demonstraram a forte relação entre TEP e TVP, a importância de pesquisar TVP nos casos com suspeita de TEP e a utilidade do uso combinado da angiotomografia de tórax e da venotomografia como alternativa de único exame de investigação de TEP e TVP simultaneamente.

  12. Profilaxia da trombose venosa profunda: aplicação prática e conhecimento teórico em um hospital geral Deep venous thrombosis prophylaxis: practical application and theoretical knowledge in a general hospital

    Cristiano Almeida Pereira

    2008-03-01

    Full Text Available CONTEXTO: Trabalho realizado na área de cirurgia vascular, porém relevante a todas as especialidades clínicas e cirúrgicas devido à importância clínica da trombose venosa profunda e sua principal complicação, a embolia pulmonar. OBJETIVOS: Verificar se a profilaxia para a trombose venosa profunda está sendo utilizada de forma adequada e rotineira em nosso serviço e avaliar o conhecimento dos médicos sobre as indicações de profilaxia medicamentosa. MÉTODOS: Foi realizado um estudo prospectivo com 850 pacientes internados de março a maio de 2007 no Hospital Geral de Roraima. Foram pesquisados fatores clínicos, medicamentosos e cirúrgicos. A estratificação de risco e a avaliação da profilaxia foram estabelecidas conforme a classificação recomendada pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e o protocolo realizado por Caiafa em 2002. Os médicos responderam a um questionário e analisaram três casos clínicos hipotéticos. Os dados foram tabulados e analisados estatisticamente usando o programa de computador Epi-Info 2002®. RESULTADOS: Dos 850 pacientes estudados, 557 (66,66% eram clínicos e 293 (33,34% cirúrgicos. Do total, 353 pacientes (41,56% foram classificados como baixo risco, 411 (48,32% como médio risco e 86 (10,12% como alto risco para desenvolver trombose venosa profunda. Dos 497 pacientes que necessitavam receber profilaxia medicamentosa para trombose venosa profunda, apenas 120 (24% a receberam; destes, 102 (85% a receberam de forma correta. Dos que não necessitavam de profilaxia, nenhum a recebeu. Os clínicos prescreveram mais e de forma mais correta a profilaxia em relação aos cirurgiões, apesar de estes terem demonstrado possuir um melhor conhecimento teórico do tema. No geral, o conhecimento teórico sobre trombose venosa profunda foi insuficiente. CONCLUSÕES: Em nosso serviço, a profilaxia medicamentosa da trombose venosa profunda é subutilizada em pacientes com indica

  13. Angiotensin converting enzyme (ACE DD genotype: relationship with venous thrombosis Genótipo DD da enzima conversora de angiotensina (ECA: relação com trombose venosa

    Terezinha P. Munhoz

    2005-06-01

    á relacionado a variações nos níveis séricos da enzima. O genótipo DD foi associado com aumento de risco para TEV. Este estudo examinou a freqüência dos alelos I e D e a sua associação com trombose venosa em um grupo de indivíduos do Sul do Brasil. Foram analisados 71 pacientes com trombose venosa profunda e/ou tromboembolismo pulmonar e 71 indivíduos sem história de trombose. A genotipagem foi realizada através da reação em cadeia da polimerase. As freqüências do alelo D e do genótipo DD foram, respectivamente, 51,4% e 22,5% para os pacientes, e 64,7% e 45,0% para os controles. A razão de chance (odds ratio = OR para a hipótese dominante (genótipos DD+ID versus genótipo II foi 0,75 (IC 95%; 0,29-1,93 e a OR para a hipótese recessiva (genótipo DD versus genótipos ID+II foi 0,35 (IC 95%; 0,16-0,78. Concluindo, nossos resultados sugerem que o genótipo DD não representa um fator de risco para TEV e pode exercer um efeito protetor para trombose venosa.

  14. Late results of catheter-directed recombinant tissue plasminogen activator fibrinolytic therapy of iliofemoral deep venous thrombosis Resultados de longo prazo do tratamento fibrinolítico da trombose venosa iliacofemoral por infusão seletiva do ativador de plasminogênio tissular recombinante em baixas doses

    Ivan Benaduce Casella

    2007-02-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the efficacy of catheter-directed low-dose recombinant tissue-type plasminogen activator infusion in the treatment of iliofemoral deep venous thrombosis and prevention of post-thrombotic syndrome. METHOD: Eighteen patients (out of 260 evaluated with acute iliofemoral deep venous thrombosis and no previous evidence of venous insufficiency were prospectively selected for thrombolytic therapy. Catheter-directed low-dose recombinant tissue-type plasminogen activator (1 mg/h was infused into the thrombotic segments. RESULTS: Effective fibrinolysis was achieved in 14 of 18 cases, with correlation between effective fibrinolysis and major/complete resolution of acute signs and symptoms (P OBJETIVOS: Avaliar a eficácia da infusão seletiva por cateter do ativador de plasminogênio tecidual recombinante em baixas doses no tratamento da trombose venosa iliacofemoral e na prevenção da síndrome pós-trombótica. MÉTODO: Dezoito pacientes (de 260 avaliados portadores de trombose venosa profunda iliacofemoral sem evidência prévia de insuficiência venosa foram selecionados para terapia fibrinolítica e submetidos a infusão seletiva por cateter do ativador de plasminogênio tecidual recombinante na dose de 1mg/dl nos segmentos venosos trombóticos. RESULTADOS: Quatorze pacientes apresentaram fibrinólise efetiva; observamos correlação entre o grau de melhora clínica observado e a redução percentual do volume trombótico (P<.01. Não houve episódios de complicações graves. Quatro pacientes apresentaram retrombose precoce (1 a 8 semanas. Os pacientes foram seguidos por um período de até 131 semanas (média 85.2. A incidência de sinais e sintomas clínicos de insuficiência venosa e os achados ecográficos de refluxo valvular foram significativamente menores nos pacientes em que a terapia fibrinolítica foi efetiva e a perviedade mantida ao longo do período de seguimento, na comparação com os casos de falha aguda ou de

  15. Trombose venosa profunda como complicação da escleroterapia química no tratamento de telangiectasias dos membros inferiores Deep venous thrombosis as complication of chemical sclerotherapy in the treatment of leg telangiectasias

    Adilson Ferraz Paschôa

    2005-01-01

    Full Text Available Os autores relatam dois casos de escleroterapia de telangiectasias, as quais complicaram com trombose venosa profunda. O primeiro caso foi confirmado por flebografia, e o segundo, por duplex scan. Um paciente, 8 anos após, apresentou uma tromboflebite espontânea de veia safena parva, que resultou em pesquisa de trombofilia positiva para o Fator V Leiden. A outra paciente teve pesquisa de trombofilia negativa. Os relatos de tromboembolismo relacionado à escleroterapia são escassos na literatura. O objetivo do trabalho é alertar para essa possibilidade, valorizando as queixas de dor e edema após a escleroterapia. Havendo suspeita clínica, o duplex scan deve ser realizado.The authors report two cases of sclerotherapy for telangiectasias, which complicated with deep venous thrombosis. The first case was confirmed by phlebography and the second one by duplex scan. One patient, 8 years later, had a spontaneous lesser saphenous vein thrombophlebitis, which resulted in positive thrombophilia investigation for factor V Leiden. The other patient had negative investigation for thrombophilia. There are very few reports on thromboembolism after sclerotherapy in the literature. This study aims to warn against this possibility, valuing the complaints of pain and swollen leg after the sclerotherapy. In case of clinical suspicion, a duplex scan should be performed.

  16. Efeitos do oleato de etanolamina na parede venosa, de cães

    Cruz Filho Milton

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a resposta biológica que o oleato de etanolamina possa desencadear na parede de veias superficiais normais de cães. MÉTODOS: Utilizados 39 cães, sem raça definida, adultos, machos, com peso variando entre 10 a 18 kg, distribuídos de modo aleatório em três grupos: grupo 1, avaliados após 7 dias, grupo 2, 14 dias e grupo 3, 21 dias. O procedimento foi realizado em duas fases. A primeira constou da injeção de 2 ml do oleato de monoetanolamina a 5%, por punção única na veia cefálica do membro torácico do cão. A segunda, realizada 7, 14 e 21 dias após, constou da retirada da peça operatória, tendo sido executada em três tempos diferentes, conforme o grupo a que pertencia o animal. As veias contralaterais foram extraídas como controle. Para estudo histológico utilizaram-se os métodos de hematoxilina-eosina e tricrômio de Masson. RESULTADOS: A trombose venosa e a organização do trombo ocorreram em todos animais estudados. A recanalização do trombo não foi observada de modo estatisticamente significante, até 21 dias de exame. Encontrou-se lesão de túnica média, que não foi acompanhada de correspondente processo inflamatório. Na túnica adventícia este processo foi visto nos três períodos de tempo estudados. Depósitos de hemossiderina em fagócitos ocorreram aos 14 e 21 dias de experimento. Extravasamento de esclerosante foi observado somente na primeira semana de estudo. Material hialino fibrinóide foi encontrado aos 21 dias de experimento. CONCLUSÕES: O oleato de etanolamina em contato com a parede interna da veia superficial produziu trombose venosa, a qual se organizou em todos os casos, não se observando sua recanalização durante o tempo deste ensaio. Houve lesão da túnica média venosa em todos animais estudados, sem que houvesse processo inflamatório reativo nesse local. Na túnica adventícia venosa surgiu processo inflamatório, além de sinais de extravasamento do esclerosante

  17. Capacidade funcional e bomba muscular venosa na doença venosa crónica

    Gonçalves, Catarina; Crisóstomo, Rute

    2015-01-01

    Objetivos – Avaliar a capacidade funcional e a função da Bomba Muscular Venosa em sujeitos com Doença Venosa Crónica (DVC) e em saudáveis. Relevância – Os utentes com DVC têm diminuição da qualidade de vida relacionada com a saúde e alterações funcionais dos membros inferiores sendo importante avaliar e intervir nesta área. Amostra – Participaram neste estudo 109 sujeitos (36 saudáveis e 73 com DVC). Material e Métodos – A severidade da DVC foi avaliada através da Venous Clinical Sev...

  18. Trombose venosa profunda e suspeita de tromboembolismo pulmonar: avaliação simultânea por meio de angiotomografia pulmonar e venotomografia combinadas Deep venous thrombosis with suspected pulmonary embolism: simultaneous evaluation using combined CT venography and pulmonary CT angiography

    Laura de Moraes Gomes; Edson Marchiori; Rosana Souza Rodrigues

    2006-01-01

    OBJETIVO: Avaliar a ocorrência e a correlação de tromboembolismo pulmonar (TEP) e trombose venosa profunda (TVP) por meio de um protocolo único de angiotomografia computadorizada. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo prospectivo realizado de julho de 2003 a junho de 2004 no Hospital Copa D'Or, Rio de Janeiro, RJ. Foram analisadas 116 angiotomografias de pacientes com suspeita clínica de TEP. Após o estudo do tórax, com um intervalo de três minutos e sem injeção adicional de contraste, foram obtidos co...

  19. Força e arquitetura muscular do gémeo interno na bomba muscular venosa

    Peixoto, Flávia; Pinto, Ângela; Kozlova, Veronika; Crisóstomo, Rute

    2015-01-01

    Objetivo: Avaliar e comparar a Força Muscular (FM), Amplitude de Movimento (ADM) e Arquitetura Muscular da bomba muscular venosa em sujeitos com e sem Insuficiência Venosa Crónica (IVC). Relevância: A IVC provoca alterações na função da bomba muscular venosa, no entanto, pouco se conhece acerca das suas repercussões físicas e funcionais. Amostra: Sujeitos com IVC (alterações da tróficas, e úlcera ativa/cicatrizada) e saudáveis. Foram avaliados 33 sujeitos dos quais foram analis...

  20. De preventie van diepe veneuze trombose

    Verstraete, M.

    1994-01-01

    Daar bestaan tans ruim ooreenstemming dat die kliniese diagnose van diep veneuse trombose die ware voorkoms daarvan sterk onderskat. Die meeste gevalle van diep veneuse trombose kom voor na operasie, tydens swangerskap en puerperium, gedurende langdurige immobilisasie, by vetsugtige pasiënte met spatare, of pasiënte met soliede tumore.

  1. A frequência da utilização de profilaxia para trombose venosa profunda em pacientes clínicos hospitalizados The frequency of using prophylaxis to deep venous thrombosis among clinical hospitalized patients

    Guilherme Benjamin Brandão Pitta

    2010-12-01

    Full Text Available CONTEXTO: A profilaxia para trombose venosa profunda (TVP está sendo subutilizada, ainda que seja a causa mais comum de mortalidade hospitalar passível de prevenção. Assim, é relevante responder à pergunta de pesquisa: qual a frequência da utilização de profilaxia para TVP em pacientes clínicos hospitalizados? OBJETIVO: Determinar a frequência da utilização de profilaxia para TVP em pacientes clínicos hospitalizados. A hipótese foi de 20%. MÉTODOS: Tipo de estudo: Estudo transversal de frequência. Local: Hospital Geral do Estado Dr. Osvaldo Brandão Vilela, Maceió, Alagoas. Amostra: Foram incluídos os pacientes clínicos e excluídos os menores de 18 anos, as gestantes e os pacientes hospitalizados há menos de 72 horas. Variável primária: a frequência da utilização de profilaxia para TVP. Variáveis secundárias: a frequência da utilização de métodos físicos e farmacológicos para a prevenção de TVP. Métodos estatísticos: O tamanho da amostra foi de 246 indivíduos (proporção=20%, precisão absoluta=5%, nível de significância=5%. Foram utilizados o teste do qui-quadrado e o intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: A frequência da utilização de profilaxia para TVP foi 33% (80/246; IC95% 2 a 38. A frequência da utilização de métodos físicos para a prevenção de TVP foi 17% (41/246; IC95% 12 a 21 e de métodos farmacológicos foi 26% (64/246; IC95% 21 a 31. CONCLUSÃO: A frequência da utilização de profilaxia para TVP em pacientes clínicos hospitalizados foi 33%.CONTEXT: The prophylaxis to deep venous thrombosis is being underused, although this disease be the most common cause of intrahospital mortality that could be prevented. Thus, it is relevant to answer the research question: what is the frequency of use of prophylaxis to deep venous thrombosis among clinical hospitalized patients? OBJECTIVE: To determine the frequency of use of prophylaxis to deep venous thrombosis in clinical

  2. Efeitos do etil-cianoacrilato na parede venosa, de cães

    Maia Celso Costa

    2002-01-01

    Full Text Available Substâncias químicas têm sido empregadas no tratamento de varizes esofagogástricas na prevenção de hemorragia digestiva e no seu tratamento pela esclerose ou obliteração venosa, como uma alternativa ao tratamento cirúrgico. O adesivo sintético, etil-cianoacrilato, mostrando rápida polimerização, baixo custo, disponibilidade comercial e boa fluidez para a injeção intravenosa, é útil neste propósito. OBJETIVO: Estudar os efeitos do etil-cianoacrilato na parede venosa de cães. MÉTODOS: Foram utilizados 42 cães, sem raça definida, adultos, machos, com peso variando entre 10 a 13 kg, distribuídos de modo aleatório, em três grupos: grupo 1, avaliados após 7 dias, grupo 2 , 14 dias e grupo 3 , 21 dias. O procedimento foi realizado em duas fases. A primeira constou da injeção de 1 ml de etil-cianoacrilato, por punção única, na veia cefálica do membro torácico do cão. A segunda, realizada 7, 14 e 21 dias após, constou da retirada da peça operatória, contendo o polímero no seu interior e da veia contralateral, sem o mesmo, como controle. Para estudo histológico utilizou-se o método da hematoxilina-eosina. Variáveis estudadas: obliteração, reações inflamatórias: aguda e crônica, tecido de granulação e lesão de parede das veias. RESULTADOS: A obliteração ocorreu em todos cães estudados, nos períodos de 7, 14 e 21 dias. A reação inflamatória surgiu no período de 7 dias e foi encontrada em todos animais aos 14 e 21 dias. O tecido de granulação após 21 dias. A lesão de parede venosa ocorreu em todas veias estudadas. CONCLUSÃO: O etil-cianoacrilato em contato com a parede interna de veia superficial provoca obliteração da veia e lesão da parede venosa de cães.

  3. Pseudotumor cerebral na síndrome de Behcet: registro de um caso

    Maria Teresa Alves Hirata; Milberto Scaff; Paulo Euripedes Marchiori; Célio Roberto Gonçalves

    1987-01-01

    Os autores descrevem um caso de síndrome de Behcet tendo como manifestação neurológica quadro de pseudo tumor cerebral (PTC). É realçada a possibilidade de trombose venosa cerebral desencadear PTC na síndrome de Behcet.

  4. Freqüência da profilaxia mecânica para trombose venosa profunda em pacientes internados em uma unidade de emergência de Maceió Frequency of mechanical prophylaxis for deep venous thrombosis in patients admitted to an emergency room in Maceió, Brazil

    Nathalia Leilane Berto Machado

    2008-12-01

    Full Text Available CONTEXTO: A trombose venosa profunda (TVP é uma doença de ocorrência multidisciplinar e freqüente, incluindo as complicações relacionadas a ela, como o tromboembolismo pulmonar (TEP. Sendo a profilaxia mecânica um dos melhores (por seu baixo custo e eficácia comprovada e mais simples meios para reduzir sua incidência, é de grande relevância que se pesquise sua utilização visando benefícios para o paciente e o serviço hospitalar. OBJETIVO: Determinar a freqüência da utilização da profilaxia mecânica para TVP na Unidade de Emergência Dr. Armando Lages em Maceió (AL. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal descritivo na unidade durante o período de 8 meses. A amostra foi calculada em 282 pacientes internados nas unidades de enfermarias das diversas especialidades. Os dados foram coletados em prontuários e mediante entrevista ao paciente. No prontuário de cada paciente foi pesquisada a utilização da profilaxia mecânica para TVP, além de diversos fatores para a estratificação do risco, segundo a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. O estudo estatístico foi realizado através do software SPSS, utilizando o teste qui-quadrado considerando o valor de p BACKGROUND: Deep venous thrombosis (DVT is a multidisciplinary and frequent disease, also including complications such as pulmonary thromboembolism. Mechanical prophylaxis is one of the best (due to its low cost and proven effectiveness and simplest means to reduce its incidence; therefore, investigating its use as an attempt to enhance benefits to the patient and hospital service is of great importance. OBJECTIVE: To determine the frequency of mechanical prophylaxis for DVT at the Emergency Room Dr. Armando Lages in Maceió, Brazil. METHODS: A descriptive cross-sectional study at the emergency room was carried out for an 8-month period. The sample was composed of 282 patients admitted to the nursing wards of various specialties. Data were collected

  5. Fatores de risco associados a trombose em pacientes do estado do Ceará Risk factors of thrombosis in patients of the state of Ceará

    Analice M. Moreira

    2009-01-01

    Full Text Available Trombose refere-se à formação de constituintes sanguíneos de massa anormal dentro dos vasos e envolve a interação de fatores vasculares, celulares e humorais na corrente sanguínea circulante e pode desenvolver-se em artérias ou veias, sendo designada arterial ou venosa. Tanto a trombose arterial quanto a venosa são patologias de grande interesse médico com alto índice de morbidade e mortalidade. Este estudo objetivou verificar a associação de fatores de risco e o desenvolvimento de trombose venosa e arterial em pacientes do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado do Ceará (Hemoce. Foram entrevistados 189 pacientes com eventos tromboembólicos e 349 voluntários saudáveis quanto aos fatores ambientais sabidamente envolvidos no desenvolvimento de trombose. Em análises univariadas e multivariadas, fumo (OR- 17,3, 14,9 e 33,3, o álcool (OR- 6,4, 5,8 e 13,5, a idade acima de 40 anos (OR-2 e o sexo feminino (OR- 3,7 e 4,1 foram estatisticamente significativos. O uso do fumo e do álcool, a idade avançada e o sexo feminino contribuíram para a ocorrência de trombose nos pacientes do estado do Ceará.Thrombosis is the development of a solid mass or plug formed in the living heart or vessels from constituents of the blood and involves vascular, cells and humors factors. Arterial and venous thrombosis are very interesting of medicine because of the high-risk mortality and morbidly. This study aimed of to look at the association between of the factors risk and development of arterial and venous thrombosis in patients of the Hemoterapy and Hematology Center of Ceará (Hemoce. The participants comprised 189 patients with thrombo-embolic events and 349 health control group. At univariate multivariate analysis the factors studied, tabagism (OR- 17,3, 14,9 e 33,3, age > 40 years old (OR-2, alchol (OR- 6,4, 5,8 e 13,5 and femele (OR- 3,7 e 4,1 were significant statistic.

  6. Trombose parcial do seio cavernoso

    Filipe Mira

    2014-06-01

    Full Text Available A trombose do seio cavernoso (TSC é uma situação clínica rara, resultando normalmente da complicação de um processo infeccioso dos seios paranasais. Outras causas incluem alterações pró-trombóticas, anemia e trauma. Os sinais e sintomas são extremamente variados e inespecíficos, sendo o seu diagnóstico efetuado através de ressonância magnética nuclear (RMN. Os autores apresentam um caso clínico de uma doente com 75 anos de idade, que recorre ao serviço de urgência devido à dor em olho direito vermelho associado à cefaléias frontais com quatro dias de evolução. Ao exame oftalmológico observou-se defeito pupilar aferente relativo no olho direito (OD; na biomicroscopia vasos episclerais dilatados, catarata nuclear e à fundoscopia um edema discreto da papila com apagamento do rebordo nasal, hemorragias punctiformes dispersas e tortuosidade vascular em OD. A realização de angio-RMN confirmou o diagnóstico tendo a doente sido tratada com enoxaparina. Apesar do tratamento da TSC ser um tratamento etiológico, foi demonstrado que a anticoagulação está associada à diminuição da taxa de mortalidade.

  7. Trombose de seio venoso cerebral e trombose sistêmica associadas à mutação do gene 20210 da protrombina: relato de caso

    Milano Jerônimo Buzetti

    2003-01-01

    Full Text Available Trombose venosa cerebral é entidade de grande gravidade se não identificada e tratada precocemente. As etiologias são diversas e seu reconhecimento pode ditar o tratamento e o prognóstico dos pacientes. Mutações genéticas têm sido envolvidas, principalmente a mutação do gene 20210 da protrombina. Relatamos o caso de homem, 53 anos, admitido em estado de mal convulsivo. Não apresentava antecedentes mórbidos pessoais ou familiares. Negava vícios. Após controle das crises, apresentava papiledema bilateral, e exame neurológico normal. Tomografia computadorizada revelou transformação hemorrágica de área de infarto venoso parieto-temporal direita. Punção lombar com manometria de 500 mmH2O revelou exame de líquor normal. Angiografia por ressonância magnética demonstrou trombose de seio sagital superior, transverso e sigmóide à direita. Mesmo em vigência de anticoagulação, apresentou trombose venosa profunda de membro inferior direito dois meses após o primeiro evento. A investigação etiológica foi totalmente negativa, e teste genético revelou mutação do gene 20210 da protrombina. A anticoagulação foi ajustada para RNI de 3,5 às expensas de 25mg diários de warfarin. Exames de controle revelaram reperfusão da circulação venosa cerebral, e paciente encontra-se assintomático.

  8. Trombose de seio venoso cerebral e trombose sistêmica associadas à mutação do gene 20210 da protrombina: relato de caso

    Milano Jerônimo Buzetti; Arruda Walter Oleschko; Nikosky Jeziel Gilson; Meneses Murilo Sousa de; Ramina Ricardo

    2003-01-01

    Trombose venosa cerebral é entidade de grande gravidade se não identificada e tratada precocemente. As etiologias são diversas e seu reconhecimento pode ditar o tratamento e o prognóstico dos pacientes. Mutações genéticas têm sido envolvidas, principalmente a mutação do gene 20210 da protrombina. Relatamos o caso de homem, 53 anos, admitido em estado de mal convulsivo. Não apresentava antecedentes mórbidos pessoais ou familiares. Negava vícios. Após controle das crises, apresentava papiledema...

  9. Papel da lidocaína por via venosa no tratamento da dor na esclerodermia: relato de caso Papel de la lidocaína por vía venosa en el tratamiento del dolor en la esclerodermia: relato de un caso Intravenous lidocaine to treat scleroderma pain: case report

    Durval Campos Kraychete

    2003-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A esclerodermia ou esclerose sistêmica progressiva é uma doença sistêmica do tecido conjuntivo, de causa desconhecida, que costuma cursar com microangiopatia, isquemia de extremidades e dor intensa. O objetivo deste relato é descrever um caso do emprego de lidocaína por via venosa no tratamento da dor no curso de isquemia e enfatizar a possível ação antiinflamatória dos anestésicos locais nos pacientes com esclerodermia. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 34 anos, auxiliar de enfermagem, portadora de esclerodermia há aproximadamente 8 anos, apresentava dor de elevada intensidade (escala numérica =10 nos membros superiores e inferiores, contínua, diária, acompanhada de alterações tróficas, da cor e da temperatura e pequenas úlceras nas extremidades. A paciente foi submetida a uma sessão semanal de lidocaína a 2% (400 mg sem vasoconstritor por via venosa durante 10 semanas com alívio da dor, do turgor, da elasticidade da pele e da perfusão periférica. CONCLUSÕES: O alívio da dor e de outros sintomas após a administração de lidocaína por via venosa sugere que os anestésicos locais podem modular a resposta inflamatória em vários estágios da esclerodermia.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La esclerodermia o esclerosis sistémica progresiva es una enfermedad sistémica del tejido conjuntivo, de causa desconocida, que acostumbra acontecer con microangiopatía, isquemia de extremidades y dolor intenso. El objetivo de este relato es describir un caso del empleo de lidocaína por vía venosa en el tratamiento del dolor en el curso de isquemia y dar énfasis a una posible acción antiinflamatoria de los anestésicos locales en los pacientes con esclerodermia. RELATO DE CASO: Paciente del sexo femenino, 34 anos, auxiliar de enfermera, portadora de esclerodermia hace aproximadamente 8 años, presentaba dolor de elevada intensidad (escala numérica =10 en los miembros superiores e inferiores

  10. Trombose da veia de Galeno: relato de caso Galen vein thrombosis: case report

    Marcio Chaves Pedro Marques

    2003-06-01

    Full Text Available A trombose venosa cerebral (TVC é doença vascular com diferentes manifestações clínicas e várias causas possíveis (locais, sistêmicas ou idiopáticas. A trombose da veia de Galeno (TVG é causa rara de TVC e geralmente está associada a alguma malformação vascular. Relatamos o caso de uma paciente de 16 anos que apresentou TVG sem malformação vascular, porém associada a trombose de seio reto e infarto venoso talâmico. Discutem-se também aspectos importantes do diagnóstico clínico, radiológico e laboratorial da TVC.Cerebral venous thrombosis (CVT is a vascular disease with many clinical manifestations and possible etiologies (local, systemic or idiopathic. Galen vein thrombosis (GVT is a rare cause of CVT and usually it is associated with some vascular malformation. We report a case of a 16 years old female patient with GVT without vascular malformation, but associated with straight sinus thrombosis and venous thalamic infarct. Relevant aspects of the clinical, radiological and laboratory diagnosis of CVT are also discussed.

  11. Trombose coronariana como primeira complicação da aíndrome antifosfolípide

    Carlos Henrique Miranda

    2012-04-01

    Full Text Available A síndrome do anticorpo antifosfolípide (SAF é uma trombofilia autoimune, caracterizada pela presença de anticorpos plasmáticos contra fosfolípides, associada a episódios recorrentes de trombose venosa e/ou arterial e morbidade gestacional (especialmente abortamento de repetição. Reportamos o caso de uma paciente feminina, jovem, com diagnóstico de lúpus eritematoso sistêmico (LES, associado à presença de anticorpos antifosfolípide de longa data, com apresentação de infarto agudo do miocárdio (IAM por trombose proximal da artéria descendente anterior como primeira complicação clínica da SAF.

  12. Estudo comparativo entre rivaroxaban e enoxaparina na profilaxia de tromboembolismo venoso profundo em pacientes submetidos à artroplastia total do quadril Comparative study between rivaroxaban and enoxaparin in deep venous thromboembolism prophylaxis in patients submitted to total hip arthroplasty

    Pedro Silva Kanan; Carlos Roberto Schwartsmann; Leonardo Carbonera Boschin; Samuel Conrad; Marcelo Faria Silva

    2008-01-01

    OBJETIVO: Comparar a eficácia e segurança de rivaroxaban com a enoxaparina na profilaxia de trombose venosa profunda (TVP) após artroplastia total de quadril. MÉTODOS: No período de setembro de 2006 a abril de 2007, no Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Complexo Hospitalar da Santa Casa de Porto Alegre/RS, foi realizado um ensaio clínico randomizado, duplo-cego, em que foram selecionados 67 pacientes, todos submetidos à artroplastia total de quadril (ATQ). Desses, foram excluídos dois pa...

  13. Trombose parcial do seio cavernoso

    2014-01-01

    A trombose do seio cavernoso (TSC) é uma situação clínica rara, resultando normalmente da complicação de um processo infeccioso dos seios paranasais. Outras causas incluem alterações pró-trombóticas, anemia e trauma. Os sinais e sintomas são extremamente variados e inespecíficos, sendo o seu diagnóstico efetuado através de ressonância magnética nuclear (RMN). Os autores apresentam um caso clínico de uma doente com 75 anos de idade, que recorre ao serviço de urgência devido à dor em olho direi...

  14. Trombose de veia jugular em paciente com anticorpo anticardiolipina e lúpus eritematoso sistêmico

    Marcel Antônio Camarosano; Augusto Pereira do Nascimento Júnior; Marcelo Casagrande; José Maria Pereira de Godoy; Domingo Marcolino Braile; Roberto Acayaba de Toledo

    2003-01-01

    Os autores relatam o caso de uma paciente com 19 anos de idade, portadora de lúpus eritematoso sistêmico, que apresentou edema súbito e progressivo em membro superior esquerdo e dor e circulação colateral visível em região supraclavicular esquerda. Foi realizado diagnóstico de trombose venosa em veia jugular externa esquerda por meio do dúplex scan. Nos exames laboratoriais, evidenciou-se a presença de anticorpo anticardiolipina.

  15. Comparação das alterações hemodinâmicas na intoxicação aguda com bupivacaína e ropivacaína por via venosa em suínos Comparación de las alteraciones hemodinámicas en la intoxicación aguda con bupivacaina y ropivacaína por vía venosa en cerdos Comparison of hemodynamic changes in acute intoxication with intravenous bupivacaine and ropivacaine in swine

    Marcos De Simone Melo; William Adalberto Silva; Ana Cristina de Moraes; Artur Udelsmann

    2009-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A ropivacaína apresentada na forma levógira pura foi introduzida para proporcionar alternativa mais segura que a bupivacaína nas anestesias locorregionais. O objetivo deste estudo foi comparar as repercussões hemodinâmicas após injeção por via venosa dos dois agentes em suínos, simulando intoxicação que pode ocorrer durante anestesia locorregional em humanos. MÉTODO: Suínos da raça Large-White foram anestesiados com tiopental, realizada intubação traqueal e instituí...

  16. Avaliação da pressão venosa periférica na esclerose sistêmica Peripheral venous pressure in systemic sclerosis

    João Potério-Filho

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estabelecer a utilidade da medida indireta da pressão venosa periférica (PVP na avaliação de pacientes com esclerose sistêmica (ES, comparando com uma população controle normal. MÉTODOS: Estudo prospectivo avaliando 18 pacientes esclerodérmicas do sexo feminino (sendo oito delas com úlcera cutânea isquêmica submetidas à medida indireta da PVP (por pletismografia. Os dados foram comparados a um grupo controle normal de 18 mulheres hígidas, pareadas para idade. RESULTADOS: Os níveis de pressão arterial foram semelhantes nos dois grupos. Os valores de PVP estavam significativamente diminuídos nos pacientes com ES (58.9 ± 11.6 mmHg no grupo ES e 96.9 ± 7.1 mmHg no grupo controle; p OBJECTIVE: The aim of this prospective study was to establish the usefulness of indirect measurement of peripheral venous pressure (PVP in the evaluation of patients with systemic sclerosis (SSc, comparing them with a normal control population. METHODS: Eighteen female SSc patients (eight patients presenting cutaneous ischemic ulcers were submitted to indirect measurement of the PVP (by plethysmography, and data were compared with a control group of 18 healthy women, paired by age. RESULTS: Arterial pressure levels were similar in both groups. PVP levels were significantly decreased in the SSc patients (58.9 ± 11.6 mmHg in the SSc group and 96.9 ± 7.1 mmHg in the control group; p < 0.0001; in the SSc group, patients with ischemic ulcers presented PVP levels significantly decreased compared with those patients without ulcers (50.6 ± 10.8 mmHg in the ulcer group and 65.5 ± 7.2 mmHg in the group without ulcers; p = 0.006. CONCLUSIONS: It can be concluded that decreased PVP in SSc is associated with a decrease in the blood flow of these patients, predisposing them to cutaneous ischemic ulcers.

  17. Anestesia venosa total para laringectomia parcial em paciente na 28ª semana de gestação: relato de caso Anestesia venosa total para laringectomía parcial en paciente en la 28ª semana de embarazo: relato de caso Total intravenous anesthesia for partial laryngectomy in 28 weeks pregnant patient: case report

    José Costa

    2005-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Uma anestesia para paciente gestante constitui um desafio ao anestesiologista em virtude dos riscos para a mãe e para o feto. São muitas as complicações descritas pela literatura como malformações fetais, parto prematuro, instabilidade hemodinâmica materna e até morte fetal. O objetivo deste caso é mostrar uma paciente gestante de 28 semanas, submetida a laringectomia parcial sob anestesia geral venosa total com propofol, remifentanil e cisatracúrio. RELATO DO CASO: Paciente com 29 anos, 59 kg, primigesta de 28 semanas com diagnóstico prévio de carcinoma epidermóide próximo à corda vocal direita, sendo indicada laringectomia. A monitorização inicial constituiu-se de pressão arterial não-invasiva e invasiva, cardioscopia, oxicapnografia e cardiotocografia contínua realizada pela obstetra. Punção venosa no membro superior direito e membro superior esquerdo com cateter 16G e 18G, respectivamente. Foram administrados por via venosa midazolam (1 mg, cefazolina (1 g, metoclopramida (10 mg e dipirona (1 g. A paciente recebeu oxigênio a 100% sob máscara por 3 minutos e indução venosa foi feita com o uso de propofol em infusão na dose alvo de 3 µg.mL-1 e remifentanil contínuo (1 µg.kg-1 em bolus e 0,2 µg.kg-1.min-1 de manutenção. Como bloqueador neuromuscular, foi administrado cisatracúrio (13 mg e procedeu-se a intubação traqueal com tubo 6,5 mm aramado com balonete. Foi mantida em plano anestésico com propofol e remifentanil em bomba, além de complementações de cisatracúrio. O feto permaneceu monitorizado continuamente com cardiotocografia realizada e analisada pela obstetra. Após o término da cirurgia foram desligadas as bombas infusoras de propofol e remifentanil, tendo a paciente despertado 10 minutos depois. Acordou sem dor e hemodinamicamente estável, sendo então encaminhada à sala de recuperação pós-anestésica. CONCLUSÕES: A anestesia venosa total com propofol e

  18. Influência da saturação venosa central de oxigênio na mortalidade hospitalar de pacientes cirúrgicos

    João Manoel Silva Junior

    2010-12-01

    Full Text Available RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Saturação venosa central de oxigênio (SvcO2 baixa indica desequilíbrio entre oferta e consumo de oxigênio celular e, consequentemente, pior prognóstico em pacientes graves. No entanto, ainda não está claro qual o valor desse marcador em pacientes cirúrgicos. O objetivo deste estudo foi avaliar se SvcO2 baixa no perioperatório determina pior prognóstico. MÉTODO: Estudo observacional, durante 6 meses, em um hospital terciário. Foram incluídos pacientes que necessitassem de pós-operatório em terapia intensiva (UTI com idade > 18 anos, submetidos a cirurgias de grande porte. Pacientes com cirurgias paliativas e pacientes com insuficiên cia cardíaca grave foram excluídos. Valores de SvcO2 foram mensurados antes da cirurgia, durante o procedimento e após a cirurgia na UTI. RESULTADOS: Foram incluídos 66 pacientes e não sobreviveram 25,8%. Os valores médios de SvcO2 dos pacientes foram maiores no intraoperatório, 84,7 ± 8,3%, do que no pré-operatório e UTI, respectivamente 74,1 ± 7,6% e 76,0 ± 10,5% (p = 0,0001. Porém, somente os valores de SvcO2 no pré-operatório dos pacientes não sobreviventes foram significativamente mais baixos que os sobreviventes. Pela regressão logística SvcO2 pré-operatória, OR = 0,85 (IC 95% 0,74-0,98 p = 0,02 foi fator independente de mortalidade hospitalar. Pacientes com SvcO2 < 70% no pré-operatório apresentaram maior necessidade de transfusão sanguínea (80,0% versus 37,0% p = 0,001 e reposição volêmica no intraoperatório 8.000,0 (6.500,0 - 9.225,0 mL versus 6.000,0 (4.500,0 - 8.500,0 mL p = 0,04, com maiores chances de complicações pós-operatórias (75% versus 45,7% p = 0,02 e maior tempo de internação na UTI 4,0 (2,0-5,0 dias versus 3,0 (1,7 - 4,0 dias p = 0,02. CONCLUSÕES: Os valores de SvcO2 no intraoperatório são maiores que os do pré- e pós-operatório. Contudo, a SvcO2 baixa no pré-operatório determina pior prognóstico.

  19. Efeitos da terapia física descongestiva na cicatrização de úlceras venosas Efectos de la terapia física descongestiva en la cicatrización de úlceras venosas Effects of the decongestive physiotherapy in the healing of venous ulcers

    Roberta Azoubel

    2010-12-01

    Full Text Available Objetivou-se neste estudo verificar os efeitos da terapia física descongestiva (TFD na cicatrização de úlceras venosas. Trata-se de um estudo intervencionista, quase experimental, do qual participaram 20 clientes, divididos em 2 grupos: o grupo controle (n=10 e o grupo de intervenção (n=10. Os clientes do primeiro grupo foram tratados apenas com curativo convencional e os do segundo grupo, com curativo convencional e terapia física descongestiva (associação de técnicas: drenagem linfática manual, enfaixamento compressivo, elevação dos membros inferiores, exercícios miolinfocinéticos e cuidados com a pele. Ambos os grupos foram tratados durante seis meses. Os clientes submetidos à TFD apresentaram significante redução de edema e da dor, além de melhora no processo cicatricial. Os resultados permitiram verificar que a terapia descongestiva estimula o processo de cicatrização de úlceras venosas, melhorando a qualidade de vida dos indivíduos.En este estudio se objetivó verificar los efectos de la terapia física descongestiva (TFD en la cicatrización de úlceras venosas. Se trató de un estudio intervencionista, casi experimental, del cual participaron veinte pacientes que constituyeron dos grupos: el grupo control (n=10 y el grupo de intervención (n=10. Los pacientes del primer grupo fueron tratados apenas con curaciones convencionales, mientras que los del segundo grupo recibieron curación convencional y terapia física descongestiva (asociación de técnicas: drenaje linfático manual, fajamiento compresivo, elevación de los miembros inferiores, ejercicios miolinfocinéticos y cuidados con la piel. Ambos grupos fueron tratados durante seis meses. Los pacientes sometidos a TFD presentaron significativa reducción de edema y dolor, y mejora en el proceso cicatricial. Los resultados permitieron verificar que la terapia descongestiva estimula el proceso de cicatrización de úlceras venosas, mejorando la calidad de vida de

  20. A diferença na qualidade de vida de pacientes com doença venosa crônica leve e grave Differences in the quality of life of patients with mild and severe chronic venous disease

    Raymundo Fagner Farias Novais dos Santos

    2009-06-01

    Full Text Available CONTEXTO: A doença venosa crônica atinge os indivíduos em sua fase mais produtiva da vida, acarretando dor, perda de mobilidade e afastamento de atividades, podendo interferir diretamente na qualidade de vida. Seus sintomas clínicos decorrem de um estado de hipertensão venosa, causada por refluxo e/ou obstrução venosa. OBJETIVO: Determinar a diferença na qualidade de vida de pacientes com doença venosa crônica leve e grave. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal analítico comparativo na unidade de saúde durante 8 meses. A amostra foi calculada em 88 pacientes e dividida em dois grupos: Grupo A (CEAP clínico 1, 2 e 3 e Grupo B (CEAP clínico 4, 5 e 6. Foi usado o questionário genérico Medical Outcomes Study - 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36. A análise estatística para verificar se havia diferença foi através do teste t de Student, com intervalo de confiança de 95% e p BACKGROUND: Chronic venous disease afflicts individuals in their most productive years, resulting in pain and loss of mobility and independence in performing routine daily activities, which may directly interfere with the patient's quality of life. Clinical symptoms result from venous hypertension caused by reflux and/or venous blockage. OBJECTIVE: To determine differences in the quality of life of patients with mild and severe chronic venous disease. METHODS: A cross-sectional comparative study was conducted in a health care facility during an 8-month period. The sample was composed of 88 patients divided into two groups: group A (clinical CEAP class 1, 2 and 3 and group B (clinical CEAP class 4, 5 and 6. The Medical Outcomes Study - 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36 questionnaire was used. Statistical analysis was conducted using the Student t test, with a 95% confidence interval and a level of significance set at p < 0.05. RESULTS: We analyzed 88 subjects, 47 in group A and 41 in group B. Of the total, 87.5% (77 were women and 34% (30 were

  1. Influência da altura do salto de sapatos na função venosa da mulher jovem Influence of shoe heel height on venous function in young women

    Wagner Tedeschi Filho

    2007-12-01

    Full Text Available CONTEXTO: A influência da altura do salto de sapatos na função venosa é ainda assunto controverso na literatura mundial. A importância da ergonomia na qualidade de vida é um fator consagrado e situações que a prejudiquem como permanência prolongada na posição supina, qualidade dos calçados e condições do local de trabalho podem interferir na saúde do indivíduo. OBJETIVO: Estudar a influência da altura do salto do sapato na drenagem venosa dos membros inferiores, utilizando-se a pletismografia a ar (PGA. MÉTODO: Quinze mulheres, com idade média de 24,6 anos, assintomáticas, utilizando calçados de tamanhos apropriados, foram examinadas em três momentos: descalças (0 cm, salto médio (3,5 cm e alto (7 cm. Apresentavam índice de massa corporal BACKGROUND: The influence of shoe heel height on venous function is still a controversial subject in the international literature. The importance of ergonomics for quality of life is a universally accepted factor, and situations that impair it, such as prolonged permanence in the supine position, shoe quality and workplace conditions may interfere with the individual"s health. OBJECTIVE: To analyze the influence of shoe heel height on lower limb venous drainage using air plethysmography. METHOD: Fifteen asymptomatic women with mean age of 24.6 years, wearing shoes of appropriate size were examined in three different situations: barefoot (0 cm, medium heels (3.5 cm and high heels (7 cm. Body mass index was < 25 and the subjects were classified according to the CEAP International Classification based on clinical (C0 or C1, etiologic (Ep, anatomic (As and physiopathological (Pr criteria. The values of venous filling index (VFI, ejection fraction (EF and residual volume fraction (RVF were divided into three categories according to heel height and compared to one another by repeated means analysis of variance (ANOVA. RESULTS: EF was decreased and RVF was increased in the high heel group

  2. Tuberculosis: an uncommon cause of cerebral venous thrombosis? Tuberculose: uma causa rara de trombose venosa cerebral?

    José Antonio Fiorot Júnior; André Carvalho Felício; Márcia Mauimi Fukujima; Celso Arraes Rodrigues; Vânia Maria Morelli; Dayse Maria Lourenço; Gilmar Fernandes do Prado

    2005-01-01

    Several infectious etiologies are related to cerebral venous thrombosis (CVT), but a review of literature showed only few cases related to tuberculosis (TB), and only one with neurological manifestations.We report an unusual case of CVT related to TB and mutation in prothrombin gene. A 38-man black presented abrupt right hemiparestesis, and hemiparesis. Investigations revealed CVT. Cerebral spinal fluid (CSF) examination evidenced a infection by Mycobacterium. He was heterozygous for G20210A ...

  3. Behçet disease in association with Budd-Chiari syndrome and multiple thrombosis - Case report Doença de Behçet em associação com Síndrome de Budd-Chiari e tromboses múltiplas - Relato de caso

    Maraya de Jesus Semblano Bittencourt

    2013-06-01

    Full Text Available Behçet's disease is a chronic inflammatory disease of unknown aetiology, characterized by recurrent oral and genital aphthous ulcerations, uveitis, skin lesions and other multisystem affections associated with vasculitis. Different types of vessels, predominantly veins, can be affected in Behçet's disease. The frequency of vascular lesions in Behçet's disease, such as superficial and deep venous thromboses, arterial aneurysms and occlusions, ranges between 7-29%. Budd-Chiari syndrome is a rare and serious complication of Behçet's disease and implies thrombosis of the hepatic veins and/or the intrahepatic or suprahepatic inferior vena cava. We report a case of a 25-year-old man with Behçet's disease that developed Budd-Chiari syndrome. The correlation of dermatological, pathological and imaging studies confirmed the diagnosis.Doença de Behçet é uma doença inflamatória crônica de etiologia desconhecida, caracterizada clinicamente por ulcerações aftosas orais e genitais recorrentes, uveíte, lesões cutâneas e outras afecções multissistêmicas associadas à vasculite. Diferentes tipos de vasos, predominantemente veias, podem ser afetados na doença de Behçet, causando tromboses venosas superficiais e profundas, aneurismas arteriais e oclusões, com uma frequência em torno de 7 a 29%. Síndrome de Budd-Chiari é uma rara e grave complicação da SB e implica trombose das veias hepáticas e/ou da veia cava inferior intra ou suprahepática. Nós reportamos um caso de paciente masculino com Doença de Behçet que apresentou Síndrome de Budd-Chiari e tromboses múltiplas, cujo diagnóstico foi favorecido pela correlação entre aspectos dermatológicos, histopatológicos, radiológicos e laboratoriais.

  4. Validação no Brasil de Questionário de Qualidade de Vida na Doença Venosa Crônica (Questionário Aberdeen para Veias Varicosas no Brasil/AVVQ-Brasil

    Flávia de Jesus Leal

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoContextoHá crescente interesse por instrumentos de avaliação em saúde produzidos e validados no mundo. Para sua utilização, é necessário realizar a tradução, a adaptação cultural e a validação ao idioma-alvo. No Brasil, existem poucos instrumentos que avaliem o impacto da doença venosa crônica (DVC na qualidade de vida (QV do indivíduo.ObjetivoValidar o AVVQ-Brasil.MétodoEstudo observacional, analítico, para validação de questionário, em que 107 indivíduos com DVC responderam três vezes à versão adaptada do AVVQ para o português brasileiro. As duas primeiras aplicações foram sucessivas, com intervalo de 30 minutos (reprodutibilidade interobservador, e a terceira, após 7 a 15 dias (reprodutibilidade intraobservador. Foram avaliadas também consistência interna e validade.ResultadosDos 107 participantes, 87,9% foram do sexo feminino, com idade média de 50,1 anos ± 14,7; assumiram postura em ortostatismo prolongado (57,0% ao longo da vida e não realizam exercício físico (96,3%; observou-se Ensino Fundamental incompleto (25,2% e pertencem à classe econômica C2 (36,4%; apresentam gravidade da doença C4 (22,4% e C6 (23,3% do CEAP. As reprodutibilidades inter e intraobservador do AVVQ mostraram-se excelentes. Sua consistência interna mostrou-se de excelente a moderada para a maioria dos seus domínios. As correlações de Spearman mostraram pontuação total do AVVQ, com domínio Dor e Disfunção se correlacionando negativamente com todos os domínios do SF-36. O teste de Mann-Whitney mostrou diferença estatística significante para a pontuação total do AVVQ e domínio Complicações entre o CEAP 1, 2, 3 e o CEAP 4, 5, 6.ConclusãoO AVVQ está validado no Brasil e pode ser utilizado.

  5. Uso do sulfato de magnésio por via venosa e nebulização para o tratamento da asma aguda na emergência Use of the intravenous and nebulized magnesium sulfate for the treatment of the acute asthma in the emergence

    Fabiano Timbó Barbosa; Luciano Timbó Barbosa; Rafael Martins da Cunha; Giulliano Peixoto Gonçalves; Diego Agra de Souza

    2007-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Tem sido mostrado que o sulfato de magnésio apresenta benefícios em adultos e crianças asmáticos, com fraca resposta aos agentes beta-agonistas e corticóides sistêmicos no departamento de emergência. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão não sistemática acerca do tratamento da asma aguda com sulfato de magnésio por via venosa e nebulização na emergência. CONTEÚDO: As primeiras investigações que demonstraram benefício no uso do sulfato de magnésio na asma ...

  6. Trombose do seio dural em idade pediátrica

    2015-01-01

    A trombose do seio dural é uma situação clínica rara, que resulta normalmente da complicação de processos infecciosos dos seios perinasais. Os sintomas e sinais são extremamente variados e inespecíficos sendo o diagnóstico feito através da ressonância magnética nuclear. Esse trabalho relata a ocorrência de trombose do seio dural em um paciente com idade pediátrica. Paciente com 10 anos de idade, sexo masculino, foi enviado ao serviço de urgência devido à diplopia e endotropia no olho esquerdo...

  7. Trombose da veia porta em animais de companhia : a importância do exame ecográfico no diagnóstico

    Silva, Inês Alexandra Pinto da

    2015-01-01

    Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária A trombose da veia porta consiste na obstrução parcial ou total do fluxo sanguíneo, causada pela existência de um trombo no sistema venoso portal. No cão, a trombose da veia porta está associada a entidades clínicas como sépsis, pancreatite aguda necrotizante, nefropatia com perda de proteína, anemia hemolítica imuno-mediada, neoplasia, hepatite crónica, hiperadrenocorticismo e terapêutica com corticosteróides. No gato, a presença d...

  8. Effects of venous supercharging in deep inferior epigastric artery perforator flap Efeitos da vascularização venosa ampliada na viabilidade do retalho perfurante da artéria epigástrica profunda

    Anne Karoline Groth

    2007-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the effects of venous supercharging in deep inferior epigastric artery perforator flap in rats. METHODS: 20 Wistar rats were randomized in 2 groups: control group (C, all had flaps raised based on the deep inferior epigastric perforator vessels (DIEP, and experimental group (E, which was identical to group C, except that the contralateral superficial inferior epigastric vein was also kept with the flap. Flow studies using laser Doppler flowmetry where performed daily in the four zones of the flap. On the 7th postoperative day rats were killed and flap survival was determined using digital planimetry. RESULTS: Flow values were presented as a percentage of the baseline flow after incision of the flap edges. The surviving flap area was demonstrated as a percentage of the total flap area. Evaluation by digital planimetry showed that flap survival in group E was higher than in group C (97,38%±1,32%vs.44,13%±4,83%, p=0,0006. CONCLUSION: This study shows that venous supercharging of the rat DIEP flap results in greater flap survival.OBJETIVO: Avaliar o efeito da vascularização venosa ampliada na viabilidade do retalho perfurante da artéria epigástrica profunda em ratos. MÉTODOS: Vinte ratos foram divididos em 2 grupos: controle(C, no qual se realizou o retalho perfurante da artéria epigástrica profunda e experimento(E, no qual se realizou o mesmo retalho e se manteve a veia epigástrica superficial inferior contralateral ao pedículo. Foi realizada determinação diária do fluxo sanguíneo por fluxometria por laser-doppler em quatro quadrantes do retalho previamente estabelecidos e a viabilidade foi determinada, no 7º pós-operatório, através de planimetria. RESULTADOS: A análise do fluxo sangüíneo demonstrou não haver diferença entre o grupo C e E nas médias de fluxo entre as zonas do retalho (Zona I:103,44±8,09vs.84,70±7,98, p=0,114(Zona II: 109,18±6,99 vs. 113,67±26,89, p=0,401(Zona III: 89,15±11,11 vs

  9. Efeito da massagem prévia à punção venosa na reação do pré-escolar e escolar The effective of the previous massage at the reaction to venous puncture of the preschool and school

    Rosângela Martins Garcia; Ana Lúcia de M. Horta; Fernanda Farias

    1997-01-01

    Este trabalho tem por objetivo descrever o efeito da massagem efetuada pelos pais, na reação do pré-escolar e escolar hospitalizado, à punção venosa. Analisaram-se as reações das crianças quanto aos parâmetros de sinais vitais, verbalização e comunicação não-verbal. Os resultados obtidos mostraram que a massagem teve ação significativa nas reações não-verbais principalmente as relacionadas ao relaxamento muscular. Os efeitos sobre os sinais vitais não apresentaram alterações entre os dois pro...

  10. Efeito preemptivo da morfina por via venosa na analgesia pós-operatória e na resposta ao trauma cirúrgico Efecto preemptivo de la morfina por vía venosa en la analgesia pós-operatoria y en la respuesta al trauma quirúrgico The effect of preemptive intravenous morphine on postoperative analgesia and surgical stress response

    Levent Kiliçkan

    2001-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embora os primeiros estudos sobre analgesia preemptiva tenham demonstrado que o bloqueio pré-operatório com anestésicos locais ou a medicação pré-anestésica com opióides sistêmicos eram mais eficazes no alívio da dor pós-operatória do que qualquer outro tratamento, o resultado de outros estudos comparando os efeitos do tratamento pré operatório ao mesmo tratamento iniciado após a cirurgia, produziram efeitos inconsistentes. As razões para essa falta de consistência não são claras. São poucos os estudos sobre a relação entre analgesia preemptiva e o consumo de analgésicos e a resposta ao trauma cirúrgico. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito preemptivo da morfina por via venosa preemptiva no consumo pós-operatório de analgésicos e na resposta ao trauma cirúrgico. MÉTODO: Participaram deste estudo 60 pacientes, estado físico ASA I ou II, com idades entre 20 e 60 anos, escalados para histerectomia abdominal total e salpingo-ooferectomia bilateral, que foram aleatoriamente distribuídos em três grupos de 20 pacientes. Grupo I (n=20 - 0,15 mg.kg-1 de morfina após a indução anestésica e soro fisiológico durante o fechamento do peritônio. Grupo II (n=20 - soro fisiológico após a indução e 0,15 mg.kg-1 de morfina durante o fechamento do peritônio. Grupo III (n=20 soro fisiológico durante a indução e o fechamento do peritônio. Foram medidos os níveis sangüíneos de cortisol e de glicose e feita a contagem de leucócitos nos períodos pré e pós-operatórios. RESULTADOS: O consumo total de morfina pós-operatória foi significativamente mais baixo no grupo I comparado ao grupo III (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: No obstante los primeros estudios sobre analgesia preemptiva hayan demostrado que el bloqueo pré-operatorio con anestésicos locales o la medicación pré-anestésica con opioides sistemicos eran mas eficaces en el alivio del dolor pós-operatorio de que cualquier

  11. Abordagem de pacientes com úlcera da perna de etiologia venosa Management of patients with venous leg ulcer

    Luciana Patrícia Fernandes Abbade; Sidnei Lastória

    2006-01-01

    Úlceras venosas são comuns na população adulta, causando significante impacto social e econômico devido a sua natureza recorrente e ao longo tempo decorrido entre sua abertura e cicatrização. Quando não manejadas adequadamente, as úlceras venosas têm altas taxas de falha de cicatrização e recorrência. Apesar da elevada prevalência e da importância da úlcera venosa, ela é freqüentemente negligenciada e abordada de maneira inadequada. Esta revisão discute abordagem diagnóstica e terapêutica das...

  12. Trombose do seio dural em idade pediátrica

    Filipe Mira Ferreira

    2015-06-01

    Full Text Available A trombose do seio dural é uma situação clínica rara, que resulta normalmente da complicação de processos infecciosos dos seios perinasais. Os sintomas e sinais são extremamente variados e inespecíficos sendo o diagnóstico feito através da ressonância magnética nuclear. Esse trabalho relata a ocorrência de trombose do seio dural em um paciente com idade pediátrica. Paciente com 10 anos de idade, sexo masculino, foi enviado ao serviço de urgência devido à diplopia e endotropia no olho esquerdo. No exame oftalmológico foi detectado papiledema bilateral, diplopia binocular e endotropia do olho esquerdo. Apresentava acuidade visual de 10/10 bilateralmente. Diante da suspeita de lesão ocupando espaço do sistema nervoso central, foi realizada ressonância magnética nuclear que confirmou o diagnóstico de TSD. Para avaliar a pressão intracraniana foi efetuada uma punção lombar com manometria, e esta demonstrou uma pressão intracraniana de 20mmHg (normal: <15mmHg. Perante isto a criança ficou internada para tratamento médico (enoxaparina de baixo peso molecular 1,5 mg/kg/dia subcutâneo (60 mg/dia, prednisolona 35 mg/dia oral e acetazolamida 250 mg/dia oral durante 10 dias. Após 1 mês de follow-up verificou-se agravamento oftalmológico. A realização de nova punção lombar apresentou uma pressão intracraniana de 40 mmHg que não cedia ao tratamento médico. Após discussão multidisciplinar do caso optou-se pela realização de derivação lombo-peritoneal. A necessidade de uma grande dose de suspeição clínica, tanto para o diagnóstico inicial quanto para a monitorização das complicações, tornam a abordagem da trombose do seio dural um processo singular.

  13. Efeito da massagem prévia à punção venosa na reação do pré-escolar e escolar The effective of the previous massage at the reaction to venous puncture of the preschool and school

    Rosângela Martins Garcia

    1997-04-01

    Full Text Available Este trabalho tem por objetivo descrever o efeito da massagem efetuada pelos pais, na reação do pré-escolar e escolar hospitalizado, à punção venosa. Analisaram-se as reações das crianças quanto aos parâmetros de sinais vitais, verbalização e comunicação não-verbal. Os resultados obtidos mostraram que a massagem teve ação significativa nas reações não-verbais principalmente as relacionadas ao relaxamento muscular. Os efeitos sobre os sinais vitais não apresentaram alterações entre os dois procedimentos, sem massagem e com massagem, que foram realizados na mesma criança.The objective of this work is to describe the effect of massage done by parents on the reaction to venous puncture of preschooler and school age child hospitalized. Children's reactions were evaluated through the data of vital parameters, non-verbal communication and verbalization. The results obtained indicated that massage had significant effect in non-verbal reactions, especially those related to muscular relaxation. Effects on the reaction of vital parameters showed no difference between the two procedures, with and without massage, realized on the same child.

  14. Effect of a low-dose oral contraceptive on venous endothelial function in healthy young women: preliminary results Efeito de um anticoncepcional hormonal oral de baixa dose na função endotelial venosa em mulheres jovens saudáveis: resultados preliminares

    Cassiana Rosa Galvão Giribela

    2007-01-01

    Full Text Available BACKGROUND: A possible increase in the incidence of venous thromboembolic events has been reported among users of third generation oral contraceptives. The objective of this study was to evaluate the effect of a low dose oral contraceptive (15 µg ethinyl estradiol/60 µg gestodene on the venous endothelial function of healthy young women. METHODS: Prospective case control study using the dorsal hand vein technique. Venous endothelial function was evaluated at baseline and after 4 months in the oral contraceptive users group (11 women and in a control group (9 women. After preconstriction of the vein with phenylephrine, dose-response curves for acetylcholine and sodium nitroprusside were constructed. RESULTS: In the contraceptive users group, a reduction occurred in the maximum venodilation response to acetylcholine and sodium nitroprusside after 4 months of oral contraceptive use, but this difference was not statistically significant (P > 0.05. No significant changes were detected in maximum venodilation responses to acetylcholine and sodium nitroprusside at the 4-month time point in the control group. CONCLUSION: This study found no significant impairment of endothelium-dependent or independent venodilation in healthy young women following oral contraceptive use. Further studies are necessary using the same methodology in a larger sample over a longer follow-up period.Um aumento no risco de tromboembolismo venoso têm sido descrito em usuárias de anticoncepcionais hormonais oral de terceira geração. OBJETIVO: Avaliar o efeito de um anticoncepcional combinado hormonal oral de baixa dose (15 µg etinil estradiol/60 µg gestodeno na função endotelial venosa de mulheres jovens saudáveis. MÉTODOS: Realizou-se um estudo caso-controle prospectivo em vinte mulheres jovens saudáveis que foram avaliadas pela técnica da complascência venosa. A função endotelial venosa foi avaliada em um momento basal e após 4 meses no grupo das usuárias de

  15. Evaluation of blood transfusion effects on mixed venous oxygen saturation and lactate levels in patients with SIRS/sepsis Avaliação dos efeitos da transfusão de sanguínea na saturação venosa mista e nos níveis de lactato em pacientes com SIRS/sepse

    Bruno Franco Mazza

    2005-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the effects of red blood cell transfusion in patients with SIRS/sepsis who presented hemoglobin levels under 9.0 g/dL at intensive care unit admission, using two parameters of organ perfusion: mixed venous oxygen saturation and serum lactate levels. METHODS: All patients admitted to the intensive care unit with SIRS/sepsis, as defined by Consensus Conference in 1992, and hemoglobin levels under 9.0 g/dL were included. Hemoglobin levels, mixed venous oxygen saturation, and lactate levels were collected before red blood cell transfusion (pre-T and up to 1 hour after transfusion (post-T. These variables were analyzed through a paired t test, and results were considered significant if P OBJETIVOS: Avaliar o efeito da transfusão de hemáceas em pacientes com SIRS/sepse que apresentaram níveis de hemoglobina abaixo de 9,0g/dL durante internação em unidade de terapia intensiva, usando dois parâmetros de perfusão orgânica, a saturação venosa mista de oxigênio e os níveis de lactato sérico. MÉTODOS: Todos os pacientes admitidos na Unidade de Terapia Intensiva com SIRS/sepse, como definido pela Conferência de Consenso de 1992, e níveis de hemoglobina abaixo de 9,0g/dL foram incluídos. Os níveis de hemoglobina, saturação venosa mista de oxigênio e lactato sérico foram coletados antes (pré-T e após uma hora da transfusão de hemáceas (pós-T. Essas variáveis foram analisadas através do teste T de Student pareado e os resultados considerados significativos se p<0,05. RESULTADOS: Vinte e nove pacientes (17 homens e 12 mulheres com idade média de 61,9±15,1 anos (21-85anos e índice APACHE II de 12.5±3.75 (7-21 foram transfundidos com uma média de 1,41 unidades de hemáceas. Um aumento significativo dos níveis de hemoglobina foi atingido com a transfusão: 8,14g/dL±0,64 (pré-T e 9,4±0,33g/dL (pós-T, com p<0,0001. Entretanto, isso não foi acompanhado por mudança significativa dos níveis de lactato: 1,87

  16. Uso do sulfato de magnésio por via venosa e nebulização para o tratamento da asma aguda na emergência Use of the intravenous and nebulized magnesium sulfate for the treatment of the acute asthma in the emergence

    Fabiano Timbó Barbosa

    2007-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Tem sido mostrado que o sulfato de magnésio apresenta benefícios em adultos e crianças asmáticos, com fraca resposta aos agentes beta-agonistas e corticóides sistêmicos no departamento de emergência. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão não sistemática acerca do tratamento da asma aguda com sulfato de magnésio por via venosa e nebulização na emergência. CONTEÚDO: As primeiras investigações que demonstraram benefício no uso do sulfato de magnésio na asma são de 1938. Os efeitos do sulfato de magnésio podem ser mediados através da ação antagonista do cálcio ou através da função de co-fator em sistemas enzimáticos envolvendo o fluxo iônico através da membrana celular. Foi realizada uma revisão de literatura através da base de dados MedLine nos últimos seis anos (2000 a 2006 e incluídos os artigos publicados na língua inglesa, através do cruzamento dos unitermos asma e sulfato de magnésio. CONCLUSÕES: A administração de rotina do sulfato de magnésio por via venosa e nebulização em pacientes com asma aguda grave que se apresentam no serviço de emergência não é recomendado; entretanto, como um tratamento adjuvante obtém-se algum benefício.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Magnesium sulfate has been shown to benefit asthmatic children and adults with poor responses to initial beta-agonist therapy and systemic corticoids in the emergency department. The aim of this study was to realize a no systematic review about the treatment of the acute asthma with intravenous and nebulized magnesium sulfate in the emergence. CONTENTS: The first investigations that demonstrate the benefit in the use of the magnesium sulfate in asthma date to 1938. The effects of magnesium sulfate may be mediated through its action as a calcium antagonist or through its function as a cofactor in enzyme systems involving ion flux across cell membranes. We realized a literature review using Med

  17. Variabilidade na determinação do ponto externo de referência para a medida de pressão venosa central em crianças Variability in the establishment of an external reference point for central venous pressure measurement in children

    Aline S. C. Belela

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar variabilidade na determinação da linha axilar média como ponto externo de referência (PER, por diferentes profissionais de saú de, para a aferição de pressão venosa central em crianças. MÉTODOS: Estudo descritivo e de correlação realizado em uma unidade de cuidados intensivos pediátricos de um hospital universitário. Durante a determinação da linha axilar média como PER para a aferição da pressão venosa central, cinco avaliações realizadas no mesmo paciente por profissionais de saúde e uma realizada por um avaliador treinado foram comparadas. O resultado foi um total de 120 indicações de 44 profissionais de saúde, 17 (38,6% auxiliares e técnicos de enfermagem, 16 (36,3% enfermeiros e 11 (25,1% médicos, além de 24 identificações realizadas por avaliador treinado. Os dados foram analisados utilizando os testes do qui-quadrado, ANOVA, Kruskall-Wallis e teste t, fixando o nível de significância em 5%. RESULTADOS: Houve diferença significante entre as identificações realizadas pelos profissionais de saúde e pelo avaliador (p OBJECTIVE: To investigate the variability in the establishment of the midaxillary line as external reference point (ERP, by different healthcare workers, for the measurement of central venous pressure in children. METHODS: Descriptive and correlational study carried out in a pediatric intensive care unit of a teaching hospital. During the establishment of the midaxillary line as ERP for central venous pressure measurement, five assessments of the same patient made by healthcare workers and one assessment made by a trained evaluator were compared. A total of 120 assessments were made by 44 healthcare workers, 17 (38.6% by nursing assistants and nursing technicians, 16 (36.3% by nurses and 11 (25.1% by physicians, in addition to 24 assessments made by the trained evaluator. The data were analyzed using the chi-square test, ANOVA, Kruskal-Wallis test and t test. Significance

  18. Ecoescleroterapia com espuma no tratamento da insuficiência venosa crônica

    Sandro Ceratti

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever os resultados da ecoescleroterapia com espuma no tratamento de insuficiência venosa crônica. MATERIAIS E MÉTODOS: Série de casos longitudinal. Entre janeiro de 2007 e novembro de 2009, 18 pacientes com insuficiência venosa crônica foram tratados com ecoescleroterapia com espuma em uma clínica particular. O método de Tessari foi utilizado para produção da espuma e o seguimento dos pacientes variou de 4 a 44 meses. Os desfechos primários foram: oclusão total da veia tratada e reepitelização total das úlceras. Os desfechos secundários foram: recanalização parcial com redução do calibre da veia, melhora estética e satisfação do paciente. RESULTADOS: A taxa de oclusão total ou recanalização parcial foi de 83,4% na primeira revisão (55,6% de oclusão total e 27,8% de recanalização parcial e de 66% (44,4% de oclusão total e 22,2% de recanalização parcial entre os pacientes que tiveram uma segunda revisão. A taxa de remissão de varizes foi de 80% e a taxa de cura das úlceras foi de 70%. CONCLUSÃO: A ecoescleroterapia mostrou-se um procedimento seguro e eficaz para o tratamento de insuficiência venosa crônica nesse grupo de pacientes. As complicações observadas foram mínimas e a maioria dos pacientes referiu satisfação com os resultados do tratamento.

  19. Trombose perianal não se relaciona com doença hemorroidária Perianal thrombosis is not related to hemorrhoidal disease

    Mauro Pinho

    1999-06-01

    Full Text Available Trombose perianal é uma das causas mais freqüentes de consulta em coloproctologia. Apesar desta alta incidência, esta condição tem recebido pouca atenção da literatura e sua fisiopatologia é ainda motivo de controvérsia. Um estudo prospectivo foi realizado em oitenta pacientes consecutivos com trombose perianal para definir seus aspectos clínicos, condições associadas e implicações potenciais na fisiopatologia. Em 45 pacientes (56% foi possível detectar algum possível agente desencadeante, principalmente um grande esforço físico (32%. Sessenta e quatro pacientes (80% referiram hábito intestinal normal. Sintomas prévios de doença hemorroidária foram referidos por apenas oito pacientes (10% e nenhuma evidência de doença hemorroidária foi observada na anuscopia de 55 (69%. Quarenta e um pacientes (51 % tinham experimentado episódios prévios de trombose perianal. Avaliação microscópica de três espécimes excisados mostraram uma posição intravascular do trombo. Concluiu-se deste estudo que a trombose perianal não está relacionada com a doença hemorroidária. Ele também sugere a hipótese de que a fisiopatologia da trombose perianal pode estar relacionada a elevações súbitas da pressão intra-abdominal, levando à contração do esfincter anal, obstrução das veias subdérmicas do canal anal e à formação de um trombo intravascular.Perianal thrombosis is one of the most frequent causes of consultation in colo-proctology. Despite its high incidence, this condition has received little attention in the literature and its pathophysiology is still a matter of controversy. A prospective study was performed with eighty consecutive patients with perianal thrombosis in order to define clinical aspects, associated conditions and potential implications to its pathophysiology. Forty-five patients (56% were able to detect some possible causal agents, particularly strong physical effort (32%. Sixty-four patients (80

  20. Preparo e administração venosa de medicamentos e soros sob a ótica da Resolução COFEN n° 311/07 Preparación y administración venosa de medicamentos y sueros bajo la óptica de la Resolución COFEN n° 311/07 Preparation and administration of intravenous drugs and serums from the perspective of Resolution No. 311/07 COFEN

    Elaine Antunes Cortez; Glaucimara Riguete de Souza Soares; Ilda Cecília Moreira da Silva; Thalita Gomes do Carmo; Thiago Gomes do Carmo

    2010-01-01

    OBJETIVOS: Levantar na literatura os procedimentos cabíveis ao enfermeiro quanto ao preparo e administração venosa de medicamentos e soros e relacioná-los com os aspectos éticos estabelecidos pela Resolução COFEN n° 311/07. MÉTODOS: Pesquisa do tipo revisão bibliográfica realizada nas bases de dados Medline, Lilacs, SciELO e Bdenf. Uma análise temática foi realizada em 13 artigos e emergiram as categorias: Procedimentos realizados pelo enfermeiro no preparo e na administração venosa; Responsa...

  1. Distúrbios trombofílicos em crianças e adolescentes com trombose da veia porta

    Pinto Raquel B.

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: determinar a freqüência de deficiência da proteína C (PC, proteína S (PS e antitrombina (AT e das mutações fator V Leiden (FVL, G20210A, no gene da protrombina (PTR, e C677T da metileno-tetraidrofolato redutase (MTFR em crianças e adolescentes com trombose da veia porta (TVP, e definir o padrão hereditário de uma eventual deficiência. MÉTODOS: durante o período de dois anos, foi investigada a presença de distúrbios trombofílicos em 14 crianças e adolescentes (grupo 1 com TVP, seus pais (grupo 2, n = 25 e dois grupos controles constituídos, o primeiro, por crianças e adolescentes sem hepatopatia, pareados por idade com as crianças do grupo 1 (n = 28, e o outro, por pacientes com cirrose (n = 24. Os pacientes com TVP foram investigados do ponto de vista clínico, laboratorial, endoscópico e com biópsia de fígado. O diagnóstico da trombose foi realizado por ultra-sonografia abdominal com Doppler e/ou estudo angiográfico. RESULTADOS: a freqüência da deficiência de PC, PS e AT nos pacientes com TVP foi de 6/14 (42,9% (p 0,05 e 1/14 (7,1% (p > 0,05, respectivamente. Nos pacientes com cirrose, a freqüência da deficiência de PC, PS e AT foi de 14/24 (58,3%, 7/24 (29,2% e 11/24 (45,8%, respectivamente (p < 0,05 versus controles sem hepatopatia. A deficiência dessas proteínas não foi identificada nos pais dos pacientes com TVP e em nenhum controle sem hepatopatia. A mutação G20210A da PTR foi identificada em um paciente com TVP e em um controle sem hepatopatia (p = 0,999. A mutação C677T da MTFR foi observada na forma homozigótica, em 3/14 (21,4% dos pacientes com TVP, e em 5/28 (17,9% controles (p = 0,356. Em nenhum paciente ou controle sem hepatopatia, foi identificado o FVL. CONCLUSÕES: metade das crianças e adolescentes com TVP apresentou deficiência de uma ou mais proteínas inibidoras da coagulação, principalmente da proteína C, mas esta deficiência não parece ser de origem genética. Os dist

  2. Efeitos do ultra-som de baixa intensidade na veia auricular de coelhos Effects of low intensity ultrasound in the auricular vein of rabbits

    Marcelo Araújo

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a ação do ultra-som na veia auricular de coelhos. MÉTODOS: Vinte coelhos foram divididos em dois grupos de dez animais diferindo com relação ao local da aplicação, do ultra-som, o modo e o intervalo de tempo para a análise histopatológica (3 e 7 dias. Os animais foram submetidos à aplicação de ultra-som contínuo e pulsado em dois segmentos venosos da orelha previamente determinados. Cada animal foi o seu próprio controle. Empregou-se a freqüência de 3MHz, intensidade de 3W/cm² nos ciclos pulsado e contínuo por 10 minutos, de forma estacionária. O grupo I foi submetido a eutanásia após 3 dias e o grupo II em 7 dias contemplando a fase aguda do processo inflamatório. Empregou-se o teste exato de Fisher e o teste de Mc Nemar para análise estatística. RESULTADOS: Obteve-se trombose venosa e aumento de linfócitos de forma significativa (p= 0,032 nos grupos tratados com o modo contínuo. O modo pulsado não provocou efeitos deletérios. Outros achados foram congestão, edema, hemorragia e lesão da parede vascular. CONCLUSÕES: O ultra-som pulsado não provoca qualquer alteração na parede vascular nas condições do experimento.O ultra-som contínuo induz a trombose venosa e aumento dos linfócitos de forma significativa.PURPOSE: The purpose of this experimental work was evaluate the effects of low intensity in the auricular vein of rabbits. METHODS: Twenty rabbits were divided in two groups of ten animals. The groups differed about the place where the continuous and pulsed ultrasound were applied and the period that the material was collected for the morphologic examination (3 and 7 days. Acoustic coupling gel was used on marginal ear vein, each animal underwent continuous and pulsed ultrasound treatment, in segments previously marked with indelible ink. Each animal provided its own control. Ultrasound was used in the frequency of 3MHz, intensity of 3W/cm² in the pulsed and continuous modes during 10min

  3. Avaliação da memória sob anestesia venosa total

    Gulistan Aktas

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Neste estudo, objetivamos avaliar a memória implícita e explícita em pacientes submetidos à cirurgia abdominal sob anestesia venosa total (AVT com propofol e remifentanil, na qual o nível de anestesia foi controlado pelo monitoramento do índice bispectral (BIS. MÉTODO: Anestesia venosa total foi administrada a 60 pacientes adultos para obter níveis de BIS de 40-60. Os pacientes foram randomicamente divididos em três grupos, de acordo com as gravações que ouviram. Os pacientes do grupo categoria (CT ouviram uma fita gravada contendo cinco nomes de animais. Os pacientes do grupo recordar palavras (RP ouviram uma fita gravada contendo cinco palavras de frequência média na língua turca, depois de adaptadas. Os pacientes do grupo controle (GC ouviram os sons do mar até o fim da cirurgia. Duas horas após a cirurgia, os testes foram administrados a cada paciente na sala de recuperação para avaliar a memória. RESULTADOS: Houve uma diferença entre os escores dos grupos CT e GC no Miniexame do Estado Mental (MMSE; todos os escores foram > 20. Os resultados dos testes de categoria e recordar palavras, aplicados para avaliar a memória implícita, não foram estatisticamente diferentes entre os grupos. Não houve evidência de memória implícita em nenhum dos pacientes. Um paciente lembrou-se de ouvir "o som de água" como uma prova de memória explícita. Onze pacientes declararam não ter sonhado. CONCLUSÕES: Apesar de não termos encontrado nenhuma evidência de memória implícita sob anestesia adequada com AVT, um paciente apresentou memória explícita. Embora a profundidade adequada da anestesia fornecida pelo monitoramento do BIS corrobore nossos resultados para a memória implícita, ela não explica os resultados para a memória explícita.

  4. Estudo comparativo entre rivaroxaban e enoxaparina na profilaxia de tromboembolismo venoso profundo em pacientes submetidos à artroplastia total do quadril Comparative study between rivaroxaban and enoxaparin in deep venous thromboembolism prophylaxis in patients submitted to total hip arthroplasty

    Pedro Silva Kanan

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a eficácia e segurança de rivaroxaban com a enoxaparina na profilaxia de trombose venosa profunda (TVP após artroplastia total de quadril. MÉTODOS: No período de setembro de 2006 a abril de 2007, no Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Complexo Hospitalar da Santa Casa de Porto Alegre/RS, foi realizado um ensaio clínico randomizado, duplo-cego, em que foram selecionados 67 pacientes, todos submetidos à artroplastia total de quadril (ATQ. Desses, foram excluídos dois pacientes por falta de adesão à profilaxia proposta após a alta hospitalar. Para um dos grupos foi administrada enoxaparina 40mg, subcutânea seis a oito horas antes da cirurgia e, depois desta, foi adicionado um comprimido de placebo, via oral, durante os primeiros 32 a 36 dias, uma vez ao dia. O outro grupo recebeu rivaroxaban 10mg, via oral, uma vez ao dia, durante os primeiros 32 a 36 dias pós-operatórios. Para fazer o cegamento dos grupos foi administrada uma injeção de placebo subcutâneo seis a oito horas antes da cirurgia e nos 32 a 36 dias subseqüentes. O desfecho principal estudado foi a eficácia na prevenção de TVP, que foi avaliada através de venografia bilateral realizada entre os dias 32 e 36 de pós-operatório e/ou através de sintomas documentados de trombose venosa profunda ou tromboembolismo pulmonar (TEP. O desfecho secundário estudado foi segurança na posologia, avaliada através de sangramento importante e/ou hepatotoxicidade. RESULTADOS: Rivaroxaban e enoxaparina tiveram resultados semelhantes (as diferenças não foram estatisticamente significativas, quando comparados quanto à redução da incidência de TVP até o 36º dia pós-operatório. Não houve diferença quanto à perda sanguínea e a hepatotoxicidade, quando comparadas as drogas. CONCLUSÃO: Em pacientes submetidos à artroplastia total de quadril, o rivaroxaban mostrou-se igualmente eficaz e seguro quanto a enoxaparina na prevenção de trombose venosa

  5. Abordagem de pacientes com úlcera da perna de etiologia venosa Management of patients with venous leg ulcer

    Luciana Patrícia Fernandes Abbade

    2006-12-01

    Full Text Available Úlceras venosas são comuns na população adulta, causando significante impacto social e econômico devido a sua natureza recorrente e ao longo tempo decorrido entre sua abertura e cicatrização. Quando não manejadas adequadamente, as úlceras venosas têm altas taxas de falha de cicatrização e recorrência. Apesar da elevada prevalência e da importância da úlcera venosa, ela é freqüentemente negligenciada e abordada de maneira inadequada. Esta revisão discute abordagem diagnóstica e terapêutica das úlceras venosas. O diagnóstico clínico baseia-se em história e exame físico, com ênfase nos sinais e sintomas associados e palpação dos pulsos dos membros inferiores. A ultra-sonografia Doppler deve ser utilizada para determinar o índice pressórico entre o tornozelo e o braço, e exames não invasivos, como o duplex scan, devem ser realizados para avaliar o sistema venoso superficial, profundo e perfurante. Para abordagem terapêutica são fundamentais os diagnósticos clínico e laboratorial corretos, além do diagnóstico e tratamento adequados das complicações das úlceras crônicas. Os esforços devem ser direcionados para a cicatrização da úlcera e, posteriormente, para evitar as recidivas. O grande avanço no conhecimento da fisiopatogenia das úlceras venosas tem permitido o desenvolvimento de novas modalidades de tratamento clínico e cirúrgico.Venous ulcers are common in adult population. They cause significant socioeconomic impact due to recurrence and the long interval between onset and healing. If venous ulcers are not appropriately managed, they present high rates of healing failure and recurrence. Despite their high prevalence and importance, venous ulcers are often neglected and inadequately managed. This review discusses diagnosis and therapy of lower limb venous ulcers. Clinical diagnosis is based on history and physical examination, emphasizing associated signs and symptoms, and pulse palpation of lower

  6. Uso de ácidos graxos essenciais no tratamento de úlcera venosa: relato de caso

    Nayana Nobre

    2012-05-01

    Full Text Available Nesse estudo relata-se o uso de ácidos graxos essenciais (AGE no tratamento de úlcera venosa em membro inferior esquerdo de um paciente do sexo masculino de 60 anos. O tratamento foi realizado nas Clínicas Integradas Izabela Hendrix.  A coleta dos dados foi realizada por meio de anamnese  e exame físico do paciente. Na avaliação da lesão foram realizadas medidas geométricas desde o momento em que o paciente procurou o serviço, bem como foram feitos registros fotográficos ao longo do atendimento. Ao final de três meses a lesão obteve sua completa cicatrização. Não houve relato de desconforto ou qualquer complicação durante o uso do AGE, o que permite afirmar que o produto apresentou eficácia terapêutica para esse caso em particular.   

  7. Compromiso tisular de pacientes con úlcera venosa según las clasificaciones de los resultados de enfermería

    Almeida Medeiros, Ana Beatriz; Farias de Queiroz Frazão, Cecília María; Dantas de Sá, Jéssica; Brandão de Carvalho Lira, Ana Luisa; Venicios de Oliveira Lopes, Marcos

    2014-01-01

    La ulcera venosa es un problema epidemiológico de alta prevalencia que provoca incapacidad y dependencia. Evaluar el compromiso tisular de pacientes con lesiones venosas, basado en un referencial específico de Enfermería, puede direccionar los cuidados de acuerdo con las especificidades de los pacientes. Se desarrolló un estudio transversal con objetivo de identificar el grado de compromiso de la integridad tisular de pacientes con ulcera venosa de acuerdo con la clasifica...

  8. Utilização de álcool absoluto no tratamento das malformações venosas Absolute alcohol for the treatment of venous malformations.

    Marco Antonio Lourenço

    2001-02-01

    Full Text Available O tratamento das malformações venosas pode ser realizado por ressecção cirúrgica ou esclerose farmacológica. Este estudo mostra os resultados de 12 pacientes com angiodisplasia submetidos a múltiplas aplicações diretas de etanol na lesão, após exame clínico e angiografia venosa percutânea. Dez pacientes referiram melhora dos sintomas e diminuição do tamanho da lesão. Todos os pacientes queixaram-se de ardência durante a aplicação, que cessou no máximo em 24 horas. As complicações encontradas foram três casos de úlceras pequenas na pele e um caso de hiperemia no membro tratado, associada a linfonodomegalia dolorosa. Concluiu-se que o tratamento escleroterapêutico das malformações venosas com infusão de pequenos volumes de etanol apresenta as vantagens de ser um tratamento seguro, eficaz, simples, fácil e rápido, de baixo custo, bem tolerado e com poucas complicações.Venous malformations can be treated by surgical resection or pharmacological sclerotherapy. This study shows the results of 12 patients with angiodysplasia whose lesions were injected several times with ethanol, after clinical examination and percutaneous venous angiography. Ten patients presented improvement of symptoms and reduction of the size of the lesion. All patients complained about a burning sensation during the procedure that disappeared after 24 hours. Three patients presented small skin ulcers and one had erythema and painful enlarged lymph nodes in the treated limb. We concluded that sclerotherapy with infusion of small volumes of ethanol for the treatment of venous malformations is an effective, safe, simple, easy and quick treatment, that has few complications, low cost, and is well tolerated.

  9. Estudo comparativo entre os níveis de glicemia venosa e glicemia capilar - doi: 10.5102/ucs.v7i2.1034

    Bárbara de Castro Borges; Tania Cristina Andrade

    2010-01-01

    A manutenção da glicemia normal depende principalmente da capacidade funcional das células pancreáticas em secretar insulina e da sensibilidade tecidual à ação da insulina. O objetivo desse trabalho é realizar um estudo de comparação entre os níveis de glicemia venosa e de glicemia capilar de um mesmo indivíduo para verificar se elas são compatíveis. Foi avaliada a eficácia da monitorização glicêmica capilar (realizada por glicosímetro) comparada à dosagem glicêmica venosa. Na amostra total n...

  10. Hipoxemia por fístulas artério-venosas pulmonares em criança: relato de caso Hipoxemia por fístulas artério-venosas pulmonares en niño: relato de caso Hypoxemia by pulmonary arteriovenous fistulae in childhood: case report

    Aleksandra Paula Lima; José Lopes de Caíres; Dijair Gomes de Pontes; Fábio Biscegli Jatene; José Otávio Costa Auler Júnior; Maria José Carvalho Carmona

    2004-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A presença de fístulas artério-venosas pulmonares (FAVP) deve ser investigada em pacientes com cianose sem causa esclarecida. O objetivo é relatar um caso de lobectomia pulmonar em criança portadora de FAVP. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 3 anos, com história de cianose sem dispnéia desde 8 meses, com baqueteamento digital e ausculta cardíaca normal. ECG e ecocardiografia eram normais e a radiografia de tórax mostrou condensação na metade superior do pu...

  11. Anestesia venosa total em paciente portador de Osteogênesis imperfecta: relato de caso Anestesia venosa total en paciente portador de Osteogénesis imperfecta: relato de caso Total intravenous anesthesia in Osteogenesis imperfecta patient: case report

    José Francisco Nunes Pereira das Neves

    2004-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A Osteogênesis Imperfecta é uma doença genética rara do tecido conjuntivo, com prevalência de 1/10000, que primariamente envolve a ossificação endocondral, resultando em ossos frágeis, múltiplas fraturas e deformidades esqueléticas. O objetivo desse artigo foi relatar um caso de paciente portador de Osteogenesis Imperfecta, submetido à anestesia venosa total para tratamento cirúrgico de fratura de fêmur. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 15 anos, 41 kg, 140 cm, com história de Osteogênesis Imperfecta e cardiopatia, programado para tratamento cirúrgico de fratura do fêmur. Na sala de operação foi monitorizado com ECG, FC, PANI e SpO2 e submetido à anestesia geral venosa total com propofol, alfentanil e cisatracúrio. Após IOT, foi acrescentada monitorização da P ET CO2 e da temperatura esofágica. No período intra-operatório e na sala de recuperação pós-anestésica não apresentou complicações. Teve alta hospitalar no 5º dia de pós-operatório. CONCLUSÕES: O presente relato mostrou boa evolução intra e pós-operatória de paciente com Osteogênesis Imperfecta submetido à anestesia geral venosa total. A complexidade da doença mostrou a necessidade de avaliação e monitorização adequada pelo anestesiologista.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La Osteogénesis Imperfecta es una rara enfermedad genética del tejido conjuntivo, con prevalencia de 1/10000, que primariamente envuelve la osificación endocondral, resultando en huesos frágiles, múltiplas fracturas e deformidades esqueléticas. El objetivo de ese artículo fue relatar un caso de paciente portador de Osteogénesis Imperfecta, sometido a anestesia venosa total para tratamiento quirúrgico de fractura de fémur. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo masculino, 15 años, 41 kg, 140 cm, con historia de Osteogénesis Imperfecta y cardiopatía, programado para tratamiento quirúrgico de fractura del fémur. En la sala de operaci

  12. Uso de contraceptivos orais induzindo trombose mesentérica Use of oral contraceptives causing mesenteric thrombosis

    Josiane L. Simão

    2008-02-01

    Full Text Available A trombose mesentérica é causa rara de dor abdominal em jovens, sendo responsável por cerca de 5% a 10% de todos os eventos de isquemia mesentérica. Contraceptivos hormonais orais têm sido associados a dezenas de casos de trombose mesentérica. Os autores relatam o caso de paciente com diagnóstico de trombose mesentérica após uso de contraceptivos e descrevem a relação entre ambos. M.R.F.S., sexo feminino, 19 anos, branca, deu entrada no Pronto Socorro do Hospital das Clínicas de Marília com quadro de dor abdominal há três dias associada ao uso de cinco comprimidos de anticoncepcional hormonal oral um dia antes de iniciar o quadro. Apresentava-se em regular estado geral, com abdome tenso, enrijecido, com ruídos hidroaéreos hipoativos, doloroso difusamente à palpação, sinal de Jobert e Blumberg positivos. A maioria das causas de trombose mesentérica são devidas a estados pró-trombóticos derivados de desordens da coagulação herdadas ou adquiridas. Portanto, uma vez confirmado este diagnóstico, os pacientes devem ser investigados para trombofilias hereditárias ou adquiridas com testes para deficiência de proteínas C e S, fator V de Leiden, hiperhomocisteinemia e hemoglobinúria paroxística noturna.Mesenteric thrombosis is a rare cause of abdominal pain in the young and is responsible for about 5-10% of all mesenteric ischemic events. Oral contraceptives are associated to many cases of mesenteric thrombosis. The case of a woman with mesenteric thrombosis after taking a high dose of contraceptives is reported. M.R.F.S., a 19-year-old caucasian woman, arrived in the Emergency Service of the Hospital das Clínicas in Marília reporting abdominal pain over 3 days associated with the use of 5 tablets of oral contraceptives one day earlier. An examination identified the abdominal wall was hardened and tense, with hypoactive bowel sounds, generalized pain on palpation , and Jobert and Blumberg signs. Most causes of mesenteric

  13. Plan De Cuidados Estandarizado. Atención individual a personas con úlcera venosa

    Bola Saiz, Germán

    2014-01-01

    Se presenta un Plan de Atención de Enfermería en Atención Primaria para personas que presenten úlceras venosas en las extremidades inferiores, y que frecuentemente, se oye como motivo de consulta: “Sensación de pesadez y calambres en las piernas que va en aumento al final del día”. Las úlceras venosas siendo con diferencia, el tipo de úlceras más frecuentes de la extremidad inferior, suponen un importante problema de salud, tanto para las personas que las padecen, consecuencia del largo ti...

  14. Actualización en malformaciones venosas Current management of venous malformations

    P. Redondo; Aguado, L.

    2010-01-01

    Las malformaciones venosas representan 2/3 de todas las malformaciones vasculares y con frecuencia son mucho más complejas de lo que realmente parecen. Los pacientes con grandes malformaciones venosas requieren un estudio analítico y radiológico profundo, así como tratamiento específico para controlar una posible coagulación intravascular localizada. Si las lesiones son extensas, especialmente en el miembro inferior, se debe estudiar la presencia de una osteoporosis subyacente con la idea de ...

  15. Paciente con deficiencia de proteína C y múltiples trombosis: reporte de caso A patient with C protein deficiency and multiple thromboses. case report

    José Domingo Torres Hernández; Luis Ignacio Tobón Acosta; María Leonor Alvarez Peláez; Wálter Darío Cardona Maya; Alejandro Román González

    2007-01-01

    Se debe considerar un estado de hipercoagulabilidad primaria o trombofilia heredada en los pacientes con enfermedad tromboembólica venosa. La sospecha clínica se debe dirigir a los pacientes con presentación temprana, recurrente, familiar o en sitios anatómicos poco usuales. En este reporte se describe el caso de un paciente con déficit de proteína C de la coagulación, quien desarrolló trombosis venosa profunda del miembro inferior derecho a los 36 años y un año después, trombosis venosa prof...

  16. Aspectos ultra-sonográficos da trombose da veia porta Ultrasonographic features of portal vein thrombosis

    Márcio Martins Machado

    2006-04-01

    Full Text Available A trombose da veia porta pode estar associada a várias alterações, como a presença de tumores (por exemplo: hepatocarcinoma, doença metastática hepática e carcinoma do pâncreas, pancreatite, hepatite, septicemia, trauma, esplenectomia, derivações porto-cava, estados de hipercoagulabilidade (por exemplo: gravidez, em neonatos (por exemplo: onfalite e cateterização da veia umbilical e desidratação aguda. Os autores discutem, neste artigo, os aspectos ultra-sonográficos da trombose de veia porta e alguns aspectos de relevância clínica.Portal vein thrombosis may be associated with many alterations, such as the presence of tumors (for example, hepatocellular carcinoma, metastatic liver disease and carcinoma of the pancreas as well as pancreatitis, hepatitis, septicemia, trauma, splenectomy, portacaval shunts, hypercoagulable conditions (for example, pregnancy, in neonates (for example, omphalitis and umbilical vein catheterization and in acute dehydration. The authors discuss herein the sonographic features of portal vein thrombosis as well as some aspects of clinical relevance.

  17. Úlceras venosas: caracterização clínica e tratamento em usuários atendidos em rede ambulatorial

    Sílvia Maria Soares Carvalho Sant'Ana

    2012-08-01

    Full Text Available A úlcera venosa representa um desafio para os profissionais de saúde, por ser um agravo crônico, recorrente e com impacto biopsicossocial. Os objetivos deste estudo foram caracterizar as úlceras venosas dos usuários atendidos em salas de curativos da rede municipal de saúde e descrever o tratamento recebido. Esta pesquisa descritiva, realizada no período de outubro de 2009 a julho de 2010 incluiu 58 pessoas. Os dados foram coletados mediante protocolo que envolveu entrevista, exame físico, aplicação de escala, registro fotográfico da lesão e planigrafia. Os resultados mostraram lesões com más condições de cicatrização e o tratamento em desacordo com as principais recomendações da literatura na área. Conclui-se que é necessário repensar a organização dos serviços para atender melhor essa população.

  18. Ecomorphological Analyses of Marine Mollusks' Shell Thickness of Rapana venosa (VALENCIENNES, 1846 (Gastropoda: Muricidae

    Igor P. Bondarev

    2013-10-01

    Full Text Available Shell thickness of Rapana venosa was investigated from ecologically different places of the Azov – Black Sea basin. In the formation of the shell thickness there are two major trends: thickening with age, and inversely proportional to the size of the thickening of even-aged individuals of the same population. Shell thickness formation was analyzed in connection with biotic and abiotic environmental factors of influence. R. venosa ontogeny is not conducive to the rapid succession newly acquired characters in local populations. The formation of a thick shell is mainly the individual response of bions to the environment. Individuals’ of the same type reaction is the cause of formation of specific conchological characters of separate populations or parts thereof. Mechanical impacts (e.g. damage by breaking predators and storm waves hitting on rocks have no significant effect on the increasing of thickness of shells. Comparative analysis of the thickness of the shell of R. venosa from areas with different salinity shows that the direct relationship between these parameters is absent. R. venosa is capable of forming its own salinity medium in the mantle cavity, which is different from the external environment. The main factor influencing the formation of a thick-walled shell is the amplitude of the temperature fluctuations in the locality. Shell thickness of R. venosa was considered as ecomorphological character in comparison with the same feature of shell-bearing mollusks from the World Ocean at different latitude zones. It is shown that high temperature gradient is one of the most important factors of forming a thick shell. The greatest show this intertidal species and ecomorphs of temperate and high latitudes, where the temperature gradients are most expressed.

  19. Deep venous thrombosis with suspected pulmonary embolism: simultaneous evaluation using combined CT venography and pulmonary CT angiography; Trombose venosa profunda e suspeita de tromboembolismo pulmonar: avaliacao simultanea por meio de angiotomografia pulmonar e venotomografia combinadas

    Gomes, Laura de Moraes [Universidade Federal, Rio de Janeiro (UFRJ), RJ (Brazil)]. E-mail: lauramgomes@terra.com.br; Marchiori, Edson [Universidade Federal Fluminense (UFF), Niteroi, RJ (Brazil); Rodrigues, Rosana Souza [Hospital Copa D' Or, Rio de Janeiro, RJ (Brazil)

    2006-01-15

    Objective: To evaluate the occurrence and the correlation between pulmonary embolism (PE) and deep venous thrombosis (DVT) using a single CT angiography protocol. Materials and methods: This was a prospective study performed at Hospital Copa D'Or, Rio de Janeiro, Brazil from July 2003 to June 2004. We analyzed 116 CT angiography examinations of patients with clinical suspicion of PE. After an interval of approximately three minutes, venous phase images from the diaphragm to the knees were acquired without additional contrast injection in order to determine the presence of DVT. Results: From the 116 patients studied, 23 (19.8%) had PE, 24 (20.7%) had DVT, 15 (12.9%) had both PE and DVT and 9 (7.8%) had DVT alone. Among the 23 cases of PE, 15 (65.2%) had concomitant DVT whereas 8 (34.8%) had only PE. Among the 24 cases of DVT, 15 (62.5%) had associated PE and 9 (37.5%) had DVT alone. Conclusion: The results showed a strong relationship between PE and DVT, as well as the importance of investigating DVT in cases with suspected PE and the benefits of performing indirect CT venography after pulmonary CT angiography as a single examination alternative method for simultaneous investigation of PE and DVT. (author)

  20. De novo transcriptome sequencing and analysis of Rapana venosa from six different developmental stages using Hi-seq 2500.

    Song, Hao; Yu, Zheng-Lin; Sun, Li-Na; Gao, Yan; Zhang, Tao; Wang, Hai-Yan

    2016-03-01

    The carnivorous whelk Rapana venosa is regarded as a biological invader with strong ecological fitness in the United States, Argentina, France and other countries. R. venosa may seriously damage bivalve resources. Nonetheless, in China, R. venosa is an important commercial species. Larval development, especially metamorphosis, influences the natural population and industrial breeding. However, there are few studies on the early development of R. venosa, and our understanding is further limited by a lack of genomic information. In this study, de novo sequencing was performed to obtain a comprehensive transcriptome profile during early development. A Hi-seq 2500 sequencing run produced 148,737,902 raw reads that were assembled into 1,137,556 unigenes (average length of 619 nucleotides, of which 49,673 could be annotated). The unigenes were assigned to biological processes and functions after annotation in Gene Ontology, eukaryotic Ortholog Groups and Kyoto Encyclopedia of Genes and Genomes. We also identified 93,196 simple sequence repeats among the unigenes. Six unique sequences associated with neuroendocrine function were analyzed by quantitative real-time PCR. Our data represent the first comprehensive transcriptomic resource for R. venosa. Functional annotation of the unigenes involved in various biological processes could stimulate research on the mechanisms of early development in this species. Understanding the mechanism of early development and metamorphosis would benefit antifouling research and aquaculture of R. venosa. PMID:26845471

  1. Avaliação da memória sob anestesia venosa total Evaluación de la memoria bajo anestesia venosa total The assessment of memory under total intravenous anesthesia

    Gulistan Aktas

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Neste estudo, objetivamos avaliar a memória implícita e explícita em pacientes submetidos à cirurgia abdominal sob anestesia venosa total (AVT com propofol e remifentanil, na qual o nível de anestesia foi controlado pelo monitoramento do índice bispectral (BIS. MÉTODO: Anestesia venosa total foi administrada a 60 pacientes adultos para obter níveis de BIS de 40-60. Os pacientes foram randomicamente divididos em três grupos, de acordo com as gravações que ouviram. Os pacientes do grupo categoria (CT ouviram uma fita gravada contendo cinco nomes de animais. Os pacientes do grupo recordar palavras (RP ouviram uma fita gravada contendo cinco palavras de frequência média na língua turca, depois de adaptadas. Os pacientes do grupo controle (GC ouviram os sons do mar até o fim da cirurgia. Duas horas após a cirurgia, os testes foram administrados a cada paciente na sala de recuperação para avaliar a memória. RESULTADOS: Houve uma diferença entre os escores dos grupos CT e GC no Miniexame do Estado Mental (MMSE; todos os escores foram > 20. Os resultados dos testes de categoria e recordar palavras, aplicados para avaliar a memória implícita, não foram estatisticamente diferentes entre os grupos. Não houve evidência de memória implícita em nenhum dos pacientes. Um paciente lembrou-se de ouvir "o som de água" como uma prova de memória explícita. Onze pacientes declararam não ter sonhado. CONCLUSÕES: Apesar de não termos encontrado nenhuma evidência de memória implícita sob anestesia adequada com AVT, um paciente apresentou memória explícita. Embora a profundidade adequada da anestesia fornecida pelo monitoramento do BIS corrobore nossos resultados para a memória implícita, ela não explica os resultados para a memória explícita.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: En este estudio evaluamos la memoria implícita y explícita en pacientes sometidos a la cirugía abdominal bajo anestesia venosa total

  2. Uso do ultra-som para guiar a punção venosa periférica em crianças: significado para a enfermeira Uso de ultrasonido para guiar la punción venosa periférica en niños: significado para la enfermera Using ultrasound to guide peripheral venipuncture in children: the importance of the technique for nurses

    Mariana Cristina Kabakura do Amaral; Myriam Aparecida Mandetta Pettengill

    2010-01-01

    OBJETIVO: Compreender o significado da aplicação de inovação tecnológica para a enfermeira pediatra, como o ultra-som para guiar a punção venosa periférica em crianças hospitalizadas. MÉTODOS: Pesquisa descritiva de abordagem qualitativa realizada em uma unidade de cirurgia pediátrica de um hospital vinculado ao ensino, na cidade de São Paulo. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com oito enfermeiras. A análise qualitativa de conteúdo foi aplicada para guiar a coleta e análise dos d...

  3. Enfermedad tromboembólica venosa en personas mayores: revisión de la literatura

    Mirian García Prieto

    2014-09-01

    Full Text Available La trombosis venosa profunda y el tromboembolismo pulmonar son dos presentaciones de la misma enfermedad, la enfermedad tromboembólica venosa. Su alta incidencia entre la población anciana junto con numerosos factores de riesgo asociados y la dificultad del diagnóstico hacen de esta un importante problema de salud con afectación directa sobre el profesional enfermero. Método: revisión de la literatura científica, incluyendo artículos publicados entre 1993 y 2013. Conclusiones: la incidencia de las enfermedades tromboembólicas se ve incrementada con la edad. Esta es aún mayor en personas que presentan factores de riesgo tales como, inmovilidad, cáncer y cirugía. Un diagnóstico y tratamiento precoz ayuda a disminuir las complicaciones y casos de mortalidad.

  4. Adherencia a la terapia compresiva en los pacientes con úlceras venosas

    María del Carmen Folguera Álvarez

    2015-09-01

    Full Text Available Objetivo: Analizar la bibliografía publicada en relación con los factores que influyen en la adherencia al tratamiento de la terapia compresiva en las personas con úlceras venosas. Método: Se ha realizado una revisión bibliográfica, consultando PubMed, BioMed Central, Library Cochrane Plus, CUIDEN, LILACS, IBECS, IME, SciELO, CINAHL, desde enero del 2003 a mayo de 2013. Resultados: Se han encontrado dieciséis documentos que cumplen los criterios de inclusión. Existen factores que influyen en la adherencia al tratamiento relacionados con los pacientes, profesionales e instituciones. Conclusiones: Se debe considerar el carácter crónico de las úlceras venosas y realizar las intervenciones, teniendo en cuenta las preferencias, conocimientos y habilidades tanto propias como de los pacientes.

  5. Efectividad de la electromagnetoterapia en el tratamiento de la insuficiencia venosa crónica

    María Onelia Díaz Rivadeneira

    2015-03-01

    Full Text Available Se realizó un estudio experimental prospectivo, con el objetivo de evaluar la efectividad de la electromagnetoterapia en pacientes con insuficiencia venosa crónica, atendidos en el Hospital Universitario “Manuel Ascunce Doménech” de Camagüey, en la etapa comprendida desde febrero hasta agosto de 2012. El universo estuvo constituido por 135 pacientes que acudieron al servicio de Angiología con insuficiencia venosa crónica y la muestra se formó con 42 pacientes mayores de 18 años diagnosticados, seleccionados según muestreo aleatorio simple. Se aplicó magnetoterapia en los puntos E36 (+, E41 (-, Vb34 (+, Vb39 (-, el tiempo de duración fue de quince minutos cada sesión, una vez al día durante quince sesiones. La totalidad de los pacientes presentaron pesadez, prurito y edema. Predominó la desaparición del prurito a partir de la quinta sesión de magnetoterapia; la pesadez, el edema y el dolor fueron disminuyendo en el transcurso del tratamiento. La calidad de vida al finalizar el tratamiento fue buena. No se encontraron reacciones adversas. El tratamiento con electromagnetoterapia fue efectivo en los pacientes con insuficiencia venosa crónica

  6. Puérpera com trombose de prótese mecânica e estenose supravalvar aórtica adquirida Postpartum patient with thrombosis of mechanical prostheses and acquired supravalvular aortic stenosis

    Ricardo Adala Benfatti

    2011-06-01

    Full Text Available A hipercoagulabilidade sanguínea proporcionada na gravidez aumenta consideravelmente a incidência de trombose de valvas mecânicas. A estenose supravalvar aórtica adquirida é extremamente rara. Relata-se o caso de uma puérpera imediata, portadora de prótese mecânica aórtica e estenose supravalvar aórtica adquirida, submetida à cirurgia cardíaca de emergência, com instabilidade hemodinâmica grave, por meio de técnica operatória adaptada para a correção da estenose supravalvar aórtica, com evolução clínica e resultados ecocardiográficos pós-operatórios satisfatórios.The blood hypercoagulability in pregnancy increases significantly the incidence of thrombosis of mechanical valves. Acquired supravalvular aortic stenosis is extremely rare. We report the case of an immediate postpartum patient with aortic mechanical prostheses and acquired supravalvular aortic stenosis who underwent emergency heart surgery, with severe hemodynamic instability, using adapted surgical technique for correction of supravalvular stenosis with satisfactory clinical and echocardiography results.

  7. Percentual de recirculação sanguínea em diferentes formas de inserções de agulhas nas fístulas arterio-venosas, de pacientesem tratamento hemodialítico Percentage of blood recirculation in patients on hemodialysis in different models of insertion of needles in arteriovenous fistula

    Ercia Missaio Koto dos Reis; Giudita Odoni Malvaso; Ana Emilia Pace Ferraz; Lídia Aparecida Rossi

    2001-01-01

    O objetivo deste estudo foi aferir a porcentagem de recirculação sangüínea (%R), nas diferentes formas de punções nas fístulas artério-venosa de pacientes em hemodiálise. Verificou-se o nível de uréia sangüínea em oito pacientes utilizando o modelo clássico de punção e de outros três grupos de oito pacientes com diferentes tipos de punção, simultânea e imediatamente após transcorridos 10 minutos de sessão, na linha arterial (A), linha venosa (V) e membro contra-lateral ao acesso vascular (S),...

  8. Profilaxia para tromboembolia venosa em um hospital geral Venous thromboembolism prophylaxis in a general hospital

    Fernanda Fuzinatto

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prática de profilaxia para tromboembolia venosa (TEV em pacientes em um hospital geral. MÉTODOS: Estudo de coorte transversal conduzido no Hospital Nossa Senhora da Conceição, localizado na cidade de Porto Alegre (RS, com uma amostra constituída de pacientes internados selecionados randomicamente entre outubro de 2008 e fevereiro de 2009. Foram incluídos pacientes maiores de 18 anos e internados por mais de 48 h. Os critérios de exclusão foram pacientes em uso de anticoagulantes, história de doença tromboembólica, gestação e puerpério. A adequação da profilaxia foi avaliada seguindo as recomendações de um protocolo criado pela instituição e tendo como base principal a diretriz da American College of Chest Physician, oitava edição. RESULTADOS: Foram incluídos 262 pacientes com média de idade de 59,1 ± 16,6 anos. Os fatores de risco mais comuns foram imobilização (70,6%, infecção (44,3%, câncer (27,5%, obesidade (23,3% e cirurgia maior (14,1%. Na avaliação do nível de risco para TEV, 143 (54,6% e 117 pacientes (44,7%, respectivamente, foram classificados como de risco alto e moderado. No geral, 46,2% dos pacientes tiveram profilaxia adequada, assim como 25% dos pacientes com três ou mais fatores de risco e 18% dos pacientes com câncer, e houve diferenças estatisticamente significativas entre esses grupos quando comparados àqueles com menos de três fatores de risco e sem câncer (p OBJECTIVE: To evaluate the use of venous thromboembolism (VTE prophylaxis in a general hospital. METHODS: A cross-sectional cohort study at the Hospital Nossa Senhora da Conceição, located in the city of Porto Alegre, Brazil, involving a random sample of patients admitted between October of 2008 and February of 2009. We included patients over 18 years of age and hospitalized for more than 48 h. The exclusion criteria were anticoagulant use, pregnancy, puerperium, and a history of thromboembolic disease. The

  9. Embolia pulmonar na sala de cirurgia: relato de caso Embolia pulmonar en sala operatoria: relato de caso Pulmonary embolism in the operating room: case report

    Karina Bernardi Pimenta

    2002-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embolia pulmonar é uma complicação freqüente no período pós-operatório. O objetivo deste relato é apresentar um caso de embolia pulmonar ocorrida na sala de operação e chamar a atenção para a importância da profilaxia de trombose venosa em pacientes cirúrgicos. RELATO DO CASO: Trata-se de um paciente do sexo masculino, 55 anos e 83 kg com diagnóstico de câncer de próstata, submetido a prostatectomia supra-púbica sob anestesia geral. Ao final da cirurgia, o paciente já extubado e logo após sua passagem para a maca de transporte apresentou instabilidade hemodinâmica e diminuição da SpO2 para 80%. Foi reintubado e encaminhado para a UTI. A tomografia computadorizada mostrou imagens com aspecto de embolia pulmonar. O paciente evoluiu para óbito no 5º dia de pós-operatório. CONCLUSÕES: O elevado índice de suspeita não é suficiente para firmar o diagnóstico pois a embolia pulmonar é uma doença silenciosa e a rotina de investigação não possui elevada sensibilidade. A profilaxia precoce e adequada é a melhor estratégia.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Embolia pulmonar es una complicación frecuente en el período pós-operatorio. El objetivo de este relato es presentar un caso de embolia pulmonar ocurrida en la sala de operación y llamar la atención para la importancia de la profilaxis de trombosis venosa en pacientes cirúrgicos. RELATO DE CASO: Se trata de un paciente del sexo masculino, 55 años y 83 kg con diagnóstico de cáncer de próstata, sometido a prostatectomia supra-púbica bajo anestesia general. Al final de la cirugía, el paciente ya entubado y luego después de pasar para la camilla de transporte presentó inestabilidad hemodinámica y diminución de la SpO2 para 80%. Fue reintubado y encaminado para la UTI. La tomografía computadorizada mostró imágenes con aspecto de embolia pulmonar. El paciente evolucionó para óbito en el 5º día de pós-operatorio. CONCLUSIONES: El

  10. Avaliação da circulação arterial pela medida do índice tornozelo/braço em doentes de úlcera venosa crônica Evaluation of arterial circulation using the ankle/brachial blood pressure index in patients with chronic venous ulcers

    Fabiane Noronha Bergonse

    2006-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: As úlceras venosas dos membros inferiores são freqüentes e têm grande impacto na qualidade de vida e produtividade do indivíduo, além de alto custo para a saúde pública. OBJETIVOS: Detecção de alterações arteriais em pacientes de úlcera venosa crônica dos membros inferiores com emprego de método não invasivo, de modo a discriminar aqueles em que estaria contra-indicado o tratamento compressivo. MÉTODOS: Foram estudados 40 doentes portadores de úlcera venosa crônica, com o intuito de se avaliar a presença de doença arterial periférica pela medida do índice tornozelo/braço por doppler-ultra-som. RESULTADOS: O índice tornozelo/braço mostrou-se alterado (menor que 1 em 9/22 (40,9% doentes com úlcera venosa crônica e hipertensão arterial concomitante, e apenas em 1/13 (7,7% doentes de úlcera venosa crônica sem hipertensão arterial. CONCLUSÕES: Doentes de úlcera venosa crônica e hipertensão arterial concomitantes devem ser submetidos rotineiramente à medida do índice tornozelo/braço para detecção de possível insuficiência arterial periférica associada.BACKGROUND: Chronic venous ulcers are extremely frequent and have a significant impact on quality of life and work productivity of individuals, in addition to high costs to public health. OBJECTIVES: Detection of arterial circulation alterations in chronic venous ulcer legs using a non-invasive method to discriminate patients not indicated to have compressive treatment. METHODS: Forty patients with chronic venous ulcers were investigated for the presence of peripheral arterial disease with measurement of the ankle/brachial index by Doppler ultrasound. RESULTS: The resting ankle/brachial pressure index was abnormal (lower than 1 in 9/22 (40.9% patients with concomitant chronic venous ulcers and hypertension and only in one out of 13 (7.7% patients with chronic venous ulcers and no hypertension. CONCLUSIONS: Patients with concomitant chronic venous

  11. Thrombophilic mutations and risk of retinal vein occlusion Mutações trombofílicas e risco de oclusão venosa retiniana

    Ana Luiza Biancardi

    2007-12-01

    Full Text Available PURPOSE: The association of retinal vein occlusion and hereditary thrombophilia abnormalities is not established, with controversial results in the literature. This study investigates the association between retinal vein occlusion and three thrombophilic mutations: factor V 1691A (factor V Leiden, prothrombin 20210A (PT 20210A and homozygous methylenetetrahydrofolate reductase 677T (MTHFR 677TT. METHODS: 55 consecutive retinal vein occlusion patients and 55 controls matched by age, gender and race, were tested for the presence of the following mutations: factor V Leiden, PT 20210A and MTHFR 677TT. The frequencies of the three mutations in cases and controls were compared. RESULTS: Factor V Leiden was found in 3.6% of patients and in 0% of controls; PT 20210A was found in 1.8% of patients and 3.6% of controls, (matched-pair odds ratio, 0.5; 95% confidence interval, 0.04 to 5.51; MTHFR 677TT was found in 9% of patients and 9% of controls (matched-pair odds ratio, 1; 95% confidence interval, 0.92 to 3.45. Arterial hypertension was more frequent in patients than controls (matched-pair odds ratio, 3.4; 95% confidence interval, 1.25 to 9.21. CONCLUSIONS: This study suggests that thrombophilic mutations are not risk factors for RVO. Routine investigation of hereditary thrombophilia in these patients is not justified.OBJETIVOS: A associação entre oclusão venosa retiniana e trombofilias hereditárias não está estabelecida, com resultados controversos na literatura. O presente estudo investiga a associação entre a oclusão venosa retiniana e três mutações trombofílicas: fator V 1691A (fator V Leiden, protrombina 20210A (PT 20210A e mutação C677T do gene da metileno-tetra-hidro-folato redutase (MTHFR 677TT. MÉTODOS: Cinquenta e cinco pacientes portadores de oclusão venosa retiniana e 55 controles pareados por idade, sexo e raça foram testados para a presença das seguintes mutações: fator V Leiden, PT 20210A e MTHFR 677TT. As freq

  12. Liver disease associated with intestinal failure in the small bowel syndrome Doença hepática associada à falência intestinal na síndrome do intestino curto

    Rafael Kemp

    2006-01-01

    Full Text Available The introduction of the Total Parenteral Nutrition (TPN has given rise to a new hope in the treatment of intestinal failure (LF associated with the Short Bowel Syndrome (SBS. However, together with the TPN and the increase of survival of these patients, new problems and questions have emerged, as well as new therapeutical procedures. Taking into consideration this emerging reality, this paper has the purpose to undertake a review of current concepts and available treatments for patients with IF associated-liver disease. Although TPN provides an increase of survival of patients with intestinal failure, it is a potential source of complication such as: septicemia, hyperglycemia, venous thrombosis and liver disease. There are several hypothesis conceived to explain the liver disease associated to intestinal failure, however the only definite treatment as a potential to reverse the non-cirrhotic liver disease is the small intestine transplantation. Despite indications for intestine transplantation are not entirely defined in literature, the trend is its early indication in high-risk patients, preserving the liver integrity and preventing the eventual need of both liver and intestine transplantations altogether.A introdução da Nutrição Parenteral Total (NPT despertou uma nova esperança para o tratamento da falência intestina (FI associada a Síndrome do Intestino Curto (SIC. No entanto, junto com a NPT e o aumento da sobrevida destes pacientes, novos problemas e perguntas emergiram, assim como novas terapêuticas. Tendo em vista esta realidade emergente, o intuito deste artigo é realizar uma revisão dos conceitos atuais e dos tratamentos disponíveis para pacientes com doença hepática associada a FI. A NPT apesar de proporcionar aumento da sobrevida nos pacientes com falência intestinal é fonte potencial de complicações, como: septicemia, hiperglicemia, trombose venosa e doença hepática. Diversas são as hipóteses aventadas para

  13. Analgesia pós-toracotomia com associação de morfina por via peridural e venosa Analgesia pós-toracotomia con asociación de morfina por vía peridural y venosa Comparison of intravenous and epidural morphine analgesia after thoracotomy

    Neuber Martins Fonseca

    2002-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Analgesia após cirurgia de tórax é feita por diferentes métodos. O objetivo do estudo foi avaliar a analgesia pós-operatória com associação de morfina por via venosa e peridural, comparada ao uso por via isolada. MÉTODO: Foram estudados 20 pacientes submetidos à cirurgia de tórax, ambos os sexos, estado físico ASA I a III. Foi feita medicação pré-anestésica com midazolam por via venosa (3 a 3,5 mg na SO. A monitorização constou de ECG contínuo, pressão arterial invasiva, oximetria de pulso, capnografia, PVC, diurese e temperatura. Primeiramente foi realizada anestesia peridural contínua, T7-T8 com 10 ml de bupivacaína a 0,25% e, em seguida, indução com fentanil (5 µg.kg-1, etomidato (0,2 a 0,3 mg.kg-1 e succinilcolina (1 mg.kg-1. Foi feita IOT com tubo de duplo lume, complementação com pancurônio (0,08 a 0,1 mg.kg-1 e ventilação controlada mecânica. Os pacientes foram então distribuídos aleatoriamente em três grupos. Ao Grupo I, administrou-se pelo cateter peridural, 2 mg de morfina 0,1% na indução da anestesia (M1, após 12 horas (M2 e 24 horas (M3 do final da cirurgia, ao Grupo II, morfina por via venosa em bomba de infusão (15 µg.kg.h-1 precedida de bolus de 50 µg.kg-1, durante 30 horas e ao Grupo III, morfina por via peridural na dose de 0,5 mg em M1, M2 e M3, associada com morfina venosa em bomba de infusão (8 µg.kg.h-1 precedida de bolus de 25 µg.kg-1, por 30 horas. Análise de gases arteriais, freqüências cardíaca e respiratória, presença de prurido, náuseas, vômitos e analgesia pós-operatória foram avaliados a cada 6 horas, até um total de 30 horas do pós-operatório. A analgesia foi avaliada por escala de graduação numérica (EGN de 0 a 10. RESULTADOS: A EGN apresentou redução no grupo I apenas no momento M2 não ocorrendo nos demais intervalos. Nos grupos II e III ocorreu redução da dor a partir de 18 horas em relação aos valores iniciais e em rela

  14. Diagnóstico diferencial de trombose aortoilíaca e mieloencefalite protozoária equina: relato de caso Differential diagnosis between aorto-iliac thrombosis and equine protozoal myeloencephalitis: case report

    P.B. Escodro

    2010-10-01

    Full Text Available Relata-se o caso de uma égua de atividade de polo, que apresentou inicialmente claudicação leve no membro posterior esquerdo, a qual evoluiu para ataxia e atrofia da musculatura glútea do lado esquerdo, com diagnóstico de trombose aortoilíaca (TAI. A paciente foi tratada com suspeita de mieloencefalite protozoária equina, devido à semelhança dos sinais clínicos com essa doença, porém o líquido cefalorraquidiano apresentou-se negativo para anticorpos anti-Sarcocystis neurona. A palpação transretal indicou uma massa na bifurcação aortoilíaca esquerda. Na avaliação ultrassonográfica, visualizou-se imagem hiperecoica aderida ao endotélio vascular, sugerindo TAI atingindo a estenose de 70% da luz arterial.The case of a mare used for polo is reported. The animal showed clinical signs of soft lameness of the hindlimb, evolving to ataxia and gluteal muscle atrophy, with aorto-iliac thrombosis (AIT. The patient was treated with the suspect of equine protozoal myeloencephalitis (EPM, due to the resemblance of clinical signs. Cerebrospinal fluid analysis was negative for antibodies against Sarcocystis neurona. The transrectal examination indicated a mass in the left aorto-iliac bifurcation. In the ultrasonographic evaluation, a hyperechoic image adhered to the vascular endothelium was observed, suggesting (AIT, occupying 70% of arterial lumen. The present article has the objective of pointing out the importance of the differential diagnosis between AIT and EPM in horses with ataxia in hindlimbs and muscular atrophy.

  15. Consumption rates and prey preference of the invasive gastropod Rapana venosa in the Northern Adriatic Sea

    Savini, Dario; Occhipinti-Ambrogi, Anna

    2006-05-01

    The alien Asian gastropod Rapana venosa (Valenciennes 1846) was first recorded in 1973 along the Italian coast of the Northern Adriatic Sea. Recently, this predator of bivalves has been spreading all around the world oceans, probably helped by ship traffic and aquaculture trade. A caging experiment in natural environment was performed during the summer of 2002 in Cesenatico (Emilia-Romagna, Italy) in order to estimate consumption rates and prey preference of R. venosa. The prey items chosen were the Mediterranean mussel Mytilus galloprovincialis (Lamarck 1819), the introduced carpet clam Tapes philippinarum (Adams and Reeve 1850), both supporting the local fisheries, and the Indo-Pacific invasive clam Anadara (Scapharca) inaequivalvis (Bruguière 1789). Results showed an average consumption of about 1 bivalve prey per day (or 1.2 g wet weight per day). Predation was species and size selective towards small specimens of A. inaequivalvis; consumption of the two commercial species was lower. These results might reduce the concern about the economical impact on the local bivalve fishery due to the presence of the predatory gastropod. On the other hand, selective predation might probably alter local community structure, influencing competition amongst filter feeder/suspension feeder bivalve species and causing long-term ecological impact. The large availability of food resource and the habitat characteristics of the Emilia-Romagna littoral makes this area an important breeding ground for R. venosa in the Mediterranean Sea, thus worthy of consideration in order to understand the bioinvasion ecology of this species and to control its likely further dispersal.

  16. Profilaxis de la enfermedad tromboembólica venosa con enoxaparina en el paciente quirúrgico

    Méndez-Mora, J. L.; Capitan-Morales, Luis-Cristobal (Coordinador); Balongo García, R.; Nogales-Muñoz, Angel luis; Ortega-Beviá, J.M.; Ortega-Calvo, Manuel; Pacheco García, José Manuel; Cantillana-Martínez, J.

    1994-01-01

    Actualmente las heparinas de bajo peso molecular constituyen el fármaco de elección en la profilaxis de la enfermedad tromboembólica venosa en el paciente quirúrgico, debido a características como su adecuada vida media y biodisponibilidad, administración en monodosis diaria por vía subcutánea, gran eficacia antitrombótica y sin necesidad de control de laboratorio. Este trabajo pretende detectar la incidencia de fracasos en la profilaxis con Enoxaparina de la trombosis venosa profunda y embol...

  17. Tratamento de úlceras de estase venosa com bota de unna e carvão ativado

    Francisco Tiago

    1996-01-01

    Neste trabalho descreve-se os resultados obtidos no tratamento das úlceras de estase venosa utilizando bota de unna mais curativo de carvão ativado e prata, em 47 pacientes com idade entre 30 e 80 anos. O tempo de tratamento variou de 2 a 16 semanas, a freqüência média das trocas dos curativos foi a cada 6 dias. Dos 47 pacientes, 87% tiveram suas feridas cicatrizadas, 8,5% não obtiveram sucesso e 4,5% abandonaram o tratamento. As principais vantagens observadas foram: redução do número de cur...

  18. Profilaxia para tromboembolia venosa em uma unidade de tratamento intensivo

    BARRETO SÉRGIO SALDANHA MENNA

    2000-01-01

    Full Text Available Objetivos: Identificar o nível de risco e a prática de profilaxia para TEV em pacientes hospitalizados em um centro de tratamento intensivo (CTI. Métodos: A amostra foi constituída por pacientes admitidos no CTI-HCPA entre dezembro de 1997 e fevereiro de 1998. Foram excluídos pacientes em tratamento com anticoagulantes ou que apresentavam contra-indicações para uso de heparina. Os critérios utilizados para determinação dos fatores de risco para TEV e sua estratificação em níveis de risco seguiram parâmetros estabelecidos em consensos internacionais. O estudo não foi de conhecimento do pessoal médico da unidade. Resultados: Foram analisados 180 pacientes, com média de idade de 58 anos (± 16,5. Os fatores de risco mais freqüentes foram: idade ³ 40 anos (85,0%, grande cirurgia (47,8%, infecção torácica ou abdominal (22,8%. Dois ou mais fatores de risco simultâneos estiveram presentes em 146 (81% casos. Na avaliação do risco para TEV, 142 (79% foram classificados como risco moderado/alto. Medidas profiláticas foram prescritas para 102 pacientes (57%, sendo a heparina utilizada em 60% dos casos de risco moderado ou alto. Evidenciou-se uma associação significativa entre o aumento do nível de risco e do número de fatores de risco com o aumento do uso de profilaxia (p < 0,05. Conclusão: Fatores de risco para TEV foram freqüentes na amostra estudada. No entanto, 40% dos pacientes com risco moderado/alto não receberam profilaxia farmacológica para TEV.

  19. Protocolo de preparo da criança pré-escolar para punção venosa, com utilização do brinquedo terapêutico Protocolo de preparación de niños en edad preescolar para la punción venosa con utilización del juguete terapeutico Protocol for the preparation of preschool children to venous puncture using therapeutic play

    Maria do Rosário Martins

    2001-04-01

    Full Text Available Este trabalho, do tipo exploratório descritivo, consiste na elaboração de um protocolo utilizando brinquedo terapêutico para preparar crianças pré-escolares que seriam submetidas à punção venosa, assim como testá-lo em algumas crianças para verificar sua aplicabilidade e eficiência. As crianças submetidas à sessão do brinquedo, tornaram-se mais cooperativas durante a punção venosa; compreenderam a necessidade e a técnica dos procedimentos; exteriorizaram sentimentos; elaboraram situações familiares e hospitalares, passando a relacionar-se melhor com as outras crianças e com a equipe de enfermagem. Consideramos que este protocolo é factível e útil; sugerimos que integre o plano de assistência de enfermagem a crianças hospitalizadas.Este trabajo de tipo exploratorio descriptivo consiste en la elaboración de un protocolo utilizando el juguete terapéutico para preparar niños preescolares para la punción venosa y su aplicación en algunos niños, con el sentido de verificar su aplicabilidad. Los niños que fueron sometidos a la sesión del juguete, se tornaron más cooperativos durante la punción venosa; comprendieron la necesidad y la técnica de los procedimientos; exteriorizaron sentimientos; elaboraron situaciones familiares y hospitalarias y empezaron a relacionarse mejor con los otros niños y con el equipo de enfermería. Consideramos que éste protocolo es factible y util; sugerimos que el mismo pase a integrar el plan de atención de enfermería a los niños hospitalizados.This exploratory - descriptive study aims at elaborating a protocol, using therapeutic play, for the preparation of preschool children to venous puncture and also at testing its efficiency and applicability. The children that attended the play session were more cooperative when they were punctured. They understood the need and technical aspects of this clinical procedure; manifested their feelings, elaborated familiar and hospital situations

  20. Brinquedo terapêutico no preparo da criança para punção venosa em pronto socorro Juego terapéutico en la preparación del niño para la punción venosa en un servicio de emergencia Therapeutic play to prepare children for intravenous placement in the emergency room

    Giuliana Medeiros

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Preparar a criança pré-escolar para punção venosa por meio do Brinquedo Terapêutico Instrucional (BTI e conhecer a percepção dos familiares quanto a esse preparo. MÉTODOS: Estudo descritivo qualitativo realizado na unidade de emergência de um hospital universitário da cidade de São Paulo. Os sujeitos foram cinco crianças pré-escolares e seus familiares. RESULTADOS: O BTI permitiu à criança saber o que deve esperar e como pode participar da punção venosa; compreender sua finalidade; envolver-se na situação; manipular o material e estabelecer relação de confiança com o profissional; os familiares reconheceram seu benefício no preparo da criança e proporcionaram a ela importante fonte de apoio e proteção. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A utilização do BTI deve integrar o cuidado de enfermagem prestado à criança nas unidades de emergência, assegurando uma assistência humanizada e de qualidade.OBJETIVOS: Preparar al niño pre-escolar para la punción venosa por medio del Juego Terapéutico Instruccional (JTI y conocer la percepción de los familiares en cuanto a esa preparación. MÉTODOS: Estudio descriptivo cualitativo realizado en el servicio de emergencia de un hospital universitario de la ciudad de Sao Paulo. Los sujetos fueron cinco niños pre-escolares y sus familiares. RESULTADOS: El JTI permitió al niño saber lo que debe esperar y cómo puede participar de la punción venosa; comprender su finalidad; involucrarse en la situación; manipular el material y establecer relación de confianza con el profesional; los familiares reconocieron su benefício en la preparación del niño proporcionándole una importante fuente de apoyo y protección. CONSIDERACIONES FINALES: La utilización del JTI debe integrar el cuidado de enfermería prestado al niño en los servicios de emergencia, asegurando una asistencia humanizada y de calidad.OBJECTIVES: To examine the usefulness of therapeutic instructional toy (TIT in

  1. Transcriptomic Analysis of Differentially Expressed Genes During Larval Development of Rapana venosa by Digital Gene Expression Profiling.

    Song, Hao; Yu, Zheng-Lin; Sun, Li-Na; Xue, Dong-Xiu; Zhang, Tao; Wang, Hai-Yan

    2016-01-01

    During the life cycle of shellfish, larval development, especially metamorphosis, has a vital influence on the dynamics, distribution, and recruitment of natural populations, as well as seed breeding. Rapana venosa, a carnivorous gastropod, is an important commercial shellfish in China, and is an ecological invader in the United States, Argentina, and France. However, information about the mechanism of its early development is still limited, because research in this area has long suffered from a lack of genomic resources. In this study, 15 digital gene expression (DGE) libraries from five developmental stages of R. venosa were constructed and sequenced on the IIIumina Hi-Sequation 2500 platform. Bioinformaticsanalysis identified numerous differentially and specifically expressed genes, which revealed that genes associated with growth, nervous system, digestive system, immune system, and apoptosis participate in important developmental processes. The functional analysis of differentially expressed genes was further implemented by gene ontology, and Kyoto encyclopedia of genes and genomes enrichment. DGE profiling provided a general picture of the transcriptomic activities during the early development of R. venosa, which may provide interesting hints for further study. Our data represent the first comparative transcriptomic information available for the early development of R. venosa, which is a prerequisite for a better understanding of the physiological traits controlling development. PMID:27194808

  2. Transcriptomic Analysis of Differentially Expressed Genes During Larval Development of Rapana venosa by Digital Gene Expression Profiling

    Hao Song

    2016-07-01

    Full Text Available During the life cycle of shellfish, larval development, especially metamorphosis, has a vital influence on the dynamics, distribution, and recruitment of natural populations, as well as seed breeding. Rapana venosa, a carnivorous gastropod, is an important commercial shellfish in China, and is an ecological invader in the United States, Argentina, and France. However, information about the mechanism of its early development is still limited, because research in this area has long suffered from a lack of genomic resources. In this study, 15 digital gene expression (DGE libraries from five developmental stages of R. venosa were constructed and sequenced on the IIIumina Hi-Sequation 2500 platform. Bioinformaticsanalysis identified numerous differentially and specifically expressed genes, which revealed that genes associated with growth, nervous system, digestive system, immune system, and apoptosis participate in important developmental processes. The functional analysis of differentially expressed genes was further implemented by gene ontology, and Kyoto encyclopedia of genes and genomes enrichment. DGE profiling provided a general picture of the transcriptomic activities during the early development of R. venosa, which may provide interesting hints for further study. Our data represent the first comparative transcriptomic information available for the early development of R. venosa, which is a prerequisite for a better understanding of the physiological traits controlling development.

  3. Actualización en malformaciones venosas Current management of venous malformations

    P. Redondo

    2010-12-01

    Full Text Available Las malformaciones venosas representan 2/3 de todas las malformaciones vasculares y con frecuencia son mucho más complejas de lo que realmente parecen. Los pacientes con grandes malformaciones venosas requieren un estudio analítico y radiológico profundo, así como tratamiento específico para controlar una posible coagulación intravascular localizada. Si las lesiones son extensas, especialmente en el miembro inferior, se debe estudiar la presencia de una osteoporosis subyacente con la idea de prevenir fracturas patológicas. Igualmente debe controlarse la artropatía, y valorar la realización de una sinovectomía profiláctica precoz cuando la extensión radiológica lo aconseje, con la idea de evitar daños articulares irreversibles con el paso de los años. Actualmente la escleroterapia con microespuma se preconiza como el tratamiento de elección para las malformaciones vasculares de bajo flujo. En un futuro no muy lejano la utilización de fármacos antiangiogénicos selectivos, además de las heparinas de bajo peso molecular, servirán para controlar y tratar las malformaciones venosas.Venous malformations represent 2/3rds of all vascular malformations and are frequently much more complex than they appear to be. Patients with large venous malformations require a deep analytical and radiological study, as well as specific treatment to control any possible localised intravascular coagulation. If the lesions are extensive, especially in the lower member, a study should be made to detect the presence of an underlying osteoporosis with the idea of preventing pathological fractures. Equally, a check must be made for arthropathy, and an early prophylactic synovectomy must be considered when the radiological extension makes this advisable, with the idea of avoiding irreversible damage to the joints with the passage of time. Currently, microfoam scleropathy is favoured as the treatment of choice for low-flow vascular malformations. In the not

  4. Trombose de artéria carótida interna relacionada a trauma de palato em criança Internal carotid artery thrombosis related to trauma of palate in a child

    Fernando de Souza Almeida

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar um caso de trombose de artéria carótida interna secundária relacionada a trauma de palato mole em criança. DESCRIÇÃO DO CASO: Criança admitida com quadro de alteração do nível de consciência, sonolência, afasia e hemiplegia direita; tinha antecedente de trauma corto contuso leve em palato mole há oito horas. A investigação tomográfica evidenciou acidente vascular isquêmico secundário à interrupção do fluxo sanguíneo em território de artéria cerebral média esquerda. A arteriografia mostrou oclusão da artéria carótida interna imediatamente distal à sua origem, com aspecto radiológico de "ponta de lápis", obstruindo o fluxo sanguíneo na região. A paciente foi submetida à investigação para doença pró-trombótica e cardíaca, contudo, não foi detectada nenhuma alteração. A administração de enoxaparina em dose terapêutica por três semanas conduziu à melhora clínica progressiva. Após três semanas de seguimento, a paciente não mostrava sequelas motoras. COMENTÁRIOS: As lesões intraorais são frequentes em crianças e a maioria evolui sem complicações. A trombose da artéria carótida interna é uma complicação rara, mas bem documentada destas lesões e decorre da compressão do vaso com trombogênese localizada. A taxa de mortalidade relatada é de 30% e as sequelas ocorrem em 85% dos casos.OBJECTIVE: To describe a child with internal carotid artery thrombosis secondary to trauma of the soft palate. CASE DESCRIPTION: Child presented with altered level of consciousness, drowsiness, aphasia, right hemiplegia, and a history of trauma, with mild concussion of the soft palate eight hours prior to admission. CT scan showed ischemic stroke secondary to interruption of blood flow in the area of the left middle cerebral artery. Arteriography showed occlusion of the carotid artery just distal to its origin, with radiological appearance of "pencil tip", obstructing blood flow in the region

  5. Tratamento de úlceras de estase venosa com bota de unna e carvão ativado

    Francisco Tiago

    1996-06-01

    Full Text Available Neste trabalho descreve-se os resultados obtidos no tratamento das úlceras de estase venosa utilizando bota de unna mais curativo de carvão ativado e prata, em 47 pacientes com idade entre 30 e 80 anos. O tempo de tratamento variou de 2 a 16 semanas, a freqüência média das trocas dos curativos foi a cada 6 dias. Dos 47 pacientes, 87% tiveram suas feridas cicatrizadas, 8,5% não obtiveram sucesso e 4,5% abandonaram o tratamento. As principais vantagens observadas foram: redução do número de curativos, economia para o serviço de saúde e pacientes, facilidade da aplicação do tratamento.

  6. Prevalência de deficiência de vitamina D em pacientes com úlceras de perna de etiologia venosa

    Claudine Juliana C Burkievcz; Thelma Larocca Skare; Osvaldo Malafaia; Paulo Afonso Nunes Nassif; Claudia Stein Gomes Ribas; Lorena Reis Pereira Santos

    2012-01-01

    OBJETIVO: Estudar se a prevalência da deficiência de vitamina D em indivíduos com úlcera de perna de causa venosa é maior do que em população controle. MÉTODOS: Estudaram-se os níveis séricos de 25-OH-vitamina D por quimioluminescência em 27 portadores de úlcera venosa crônica e 58 controles do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba. RESULTADOS: Os níveis de 25-OH-vitamina D3 eram inferiores a 8 ng/dl em 11,1% dos pacientes com úlcera e 3,4% dos controles; entre 8 e 20 ng/dl em 46,1% d...

  7. Heavy Metal concentrations in the Sea Snail Rapana venosa (Valenciennes, 1846) from Sinop Coasts of the Black Sea

    BAT, Levent; Gonlaigiir, Gamze; Andae, Miiberra; Öztürk, Meral; Oztürk, Mehmet

    2000-01-01

    Abstract The concentrations of copper, zinc, iron, lead, nickel, manganese and cadmium in the living tissue of the sea snail Rapana venosa (Valenciennes, 1846) from the Sinop coasts of the Black Sea have been measured by atomic absorption spectrophotometer for monitoring metal pollution in the coastal water. A statistically significant difference in the concentrations of all metals was observed among three sampling stations. The results were compared to those of several bivalves and gast...

  8. Influences of population density on polyandry and patterns of sperm usage in the marine gastropod Rapana venosa

    Dong-Xiu Xue; Tao Zhang; Jin-Xian Liu

    2016-01-01

    Polyandry is a common mating strategy in animals, with potential for sexual selection to continue post-copulation through sperm competition and/or cryptic female choice. Few studies have investigated the influences of population density on polyandry and sperm usage, and paternity distribution in successive broods of marine invertebrates. The marine gastropod Rapana venosa is ideal for investigating how population density influences the frequency of polyandry and elucidating patterns of sperm ...

  9. Prevalência de deficiência de vitamina D em pacientes com úlceras de perna de etiologia venosa

    Claudine Juliana C Burkievcz

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar se a prevalência da deficiência de vitamina D em indivíduos com úlcera de perna de causa venosa é maior do que em população controle. MÉTODOS: Estudaram-se os níveis séricos de 25-OH-vitamina D por quimioluminescência em 27 portadores de úlcera venosa crônica e 58 controles do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba. RESULTADOS: Os níveis de 25-OH-vitamina D3 eram inferiores a 8 ng/dl em 11,1% dos pacientes com úlcera e 3,4% dos controles; entre 8 e 20 ng/dl em 46,1% dos pacientes com úlcera e 25,8% dos controles; entre 21 e 30 ng/dl em 22.2% dos pacientes com úlcera e 27,5% dos controles e acima de 30 ng/dl em 43,1% dos controles e 18,5% dos pacientes com úlcera (p=0,04. CONCLUSÃO: Existe aumento de prevalência de deficiência de vitamina D em pacientes com úlceras venosas crônicas de pernas.

  10. ANSIEDAD, DEPRESIÓN Y RASGOS DE PERSONALIDAD EN PACIENTES CON INSUFICIENCIA VENOSA CRÓNICA PERIFÉRICA

    L A Carmona-López

    2016-07-01

    Full Text Available Introducción: La Insuficiencia Venosa Crónica Periférica (IVCP es un cambio clínico que se produce como resultado de la dilatación patológica de las venas en los miembros inferiores, de la incompetencia de sus válvulas y de la hipertensión venosa resultante. Pudiera cursar dentro de la categoría de trastornos sistémicos que producen depresión y ansiedad, las cuales a su vez son alteraciones psiquiátricas relacionadas con toda la esfera cardiovascular. Objetivo: Determinar la frecuencia de ansiedad, depresión y su relación con los rasgos de personalidad, en pacientes con Insuficiencia Venosa Crónica Periférica. Metodología: Se realizó un trabajo de tipo descriptivo, de corte transversal. Se utilizó la escala de Hamilton para ansiedad y depresión; la personalidad fue evaluada con el cuestionario Factorial de Personalidad 16 FP de Catell además de otras variables sociodemográficas. Resultados: Se evaluaron 30 pacientes; 93% (N=28 de sexo femenino, 7% (N=2 de sexo masculino diagnosticados. Con edades entre 25 y 74 años; encontrándose 36,7% (N=11 ansiedad severa, seguida de ansiedad menor en 33,3% (N=10. 50% de los pacientes no presentó depresión, y 50% se distribuyó de forma homogénea en leve, moderada y severa. Predominando personalidad que se le dificulta manejar las frustraciones, suelen ser nerviosos o ansiosos ante ciertas circunstancias, suspicaces, inteligentes y leales a nivel grupal. El rasgo de personalidad que predominó en el grupo de estudio es el de tipo ansioso. Conclusión: Los pacientes con insuficiencia venosa crónica periférica tienen inclinación a la ansiedad con dificultades para manejar la frustración. Palabras claves: Insuficiencia venosa, Ansiedad, Depresión, Personalidad

  11. Probabilidade de refluxo nas veias safenas de mulheres com diferentes graus de insuficiência venosa crônica Reflux probability in saphenous veins of women with different degrees of chronic venous insufficiency

    Maria Fernanda Cassou

    2007-09-01

    Full Text Available CONTEXTO: A presença de refluxo nas junções safeno-femoral e safeno-poplítea é um dado importante para programação da cirurgia de varizes. Estudos mostraram que, na maioria dos pacientes com insuficiência venosa crônica, as junções estão competentes, e o refluxo está presente ao longo do trajeto das veias safenas. OBJETIVOS: Identificar probabilidade de diferentes padrões de refluxo nas veias safenas de mulheres com vários graus de insuficiência venosa crônica e avaliar se o comprometimento das junções das safenas está associado com gravidade da insuficiência venosa. MÉTODOS: Um total de 1.184 membros inferiores de 672 mulheres foram estudados pela ultra-sonografia vascular com Doppler colorido e avaliados pela classificação clínica, etiológica, anatômica e patológica (CEAP. As extremidades foram agrupadas de acordo com a gravidade da insuficiência venosa em graus leve (CEAP C1-C2, moderado (CEAP C3 e grave (CEAP C4-C6. Para avaliar a classificação clínica CEAP na predição do padrão de refluxo, utilizou-se o Teorema de Bayers. Para avaliar associação entre classificação clínica CEAP e padrões de refluxo com ou sem comprometimento das junções das safenas, utilizou-se o teste qui-quadrado (p BACKGROUND: Presence of reflux in saphenofemoral and saphenopopliteal junctions represents important data for indication of varicose vein surgery. Studies demonstrated that in most patients with chronic venous insufficiency junctions are competent and reflux is present in segments in the course of saphenous veins. OBJECTIVES: To identify the probability of different reflux patterns in the saphenous veins of women with various degrees of chronic venous insufficiency and to evaluate whether junction impairment is associated with severity of venous insufficiency. METHODS: A total of 1,184 lower limbs of 672 women were evaluated by color-flow Doppler ultrasonography and classified according to clinical, etiologic

  12. A dexmedetomidina para sedação, por via venosa, não interfere com a duração dos bloqueios sensitivo e motor da raquianestesia

    Magalhães Edno

    2006-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia locorregional é uma prática freqüente e de grande aplicabilidade em Anestesiologia. Contudo, o paciente pode tornar-se ansioso, fazendo-se necessária a sedação. Os agentes benzodiazepínicos, opióides e o propofol são amplamente utilizados com este objetivo. Os agonistas alfa2-adrenérgicos possuem propriedades hipnóticas e sedativas e são uma alternativa no arsenal terapêutico, conferindo estabilidade hemodinâmica e mínima depressão respiratória. O objetivo deste estudo foi avaliar a segurança e a interferência do uso da dexmedetomidina ou do midazolam, por via venosa, na duração dos bloqueios motor e sensitivo em raquianestesia. MÉTODO: Foram estudadas 35 pacientes adultas, do sexo feminino, estado físico ASA I e II, submetidas à raquianestesia com bupivacaína a 0,5% hiperbárica (15 mg, para cirurgia ginecológica eletiva, distribuídas de modo aleatório em dois grupos: grupo M (n = 17 - sedação com midazolam em infusão contínua a 0,25 µg.kg-1.min-1 e grupo D (n = 18 - sedação com dexmedetomidina em infusão contínua a 0,5 µg.kg-1.min-1. A velocidade de infusão foi ajustada para manter o valor de BIS entre 60 e 80. Foram analisados os valores de PAS, PAD, FC, SpO2, BIS, extensão e duração dos bloqueios sensitivo motor (escala de Bromage. RESULTADOS: Não houve diferença estatística significativa entre os grupos quanto à idade, peso, nível de bloqueio sensitivo, variação na pressão arterial e freqüência cardíaca e na duração dos bloqueios sensitivo e motor. CONCLUSÕES: A dexmedetomidina utilizada em sedação, por via venosa, não interferiu nos parâmetros hemodinâmicos, duração ou extensão dos bloqueios sensitivo e motor na raquianestesia, representando boa opção para sedação durante anestesia locorregional.

  13. Genetic structure of Triatoma venosa (Hemiptera: Reduviidae: molecular and morphometric evidence

    Erika Vargas

    2006-02-01

    Full Text Available Triatoma venosa presents a restricted geographical distribution in America and is considered as a secondary vector of Chagas disease in Colombia and Ecuador. A total of 120 adult insects were collected in domestic and peridomestic habitats in an endemic area of the department of Boyacá, Colombia, in order to determine their genetic structure through morphometric and molecular techniques. The head and wings of each specimen were used for the analyses of size, shape, and sexual dimorphism. A significant sexual dimorphism was found, although no differences in size among the studied groups were detected. Differences were found in the analyzed structures except for male heads. DNA was extracted from the legs in order to carry out the internal transcriber space-2 (ITS-2 amplification and the randon amplified polymorphic DNA (RAPD analyses. Length polymorphisms were not detected in the ITS-2. Fst and Nm values were estimated (0.047 and 3.4, respectively. The high genetic flow found among the insects captured in the domicile and peridomiciliary environment does not permit a genetic differentiation, thus establishing the peridomicile as an important place for epidemiological surveillance.

  14. Hipertensão venosa episcleral idiopática unilateral em mulher jovem

    Marcelo Mendes Lavezzo

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo é relatar o caso de uma paciente de 33 anos, que veio ao Pronto Socorro de Oftalmologia apresentando queixa de redução da acuidade visual à esquerda, de caráter insidioso e progressivo, há dois anos. Ao exame oftalmológico, apresentava ingurgitamento dos vasos da conjuntiva bulbar, pressão intraocular muito elevada e nervo óptico com escavação total à esquerda. Foi submetida à campimetria computadorizada 24:2 WW e SITA-SWAP do olho direito, ambas com resultados dentro da normalidade. As tomografias de crânio e órbitas, bem como ultrassonografia com doppler do globo ocular, artérias oftálmicas e veias supraorbitárias não apresentavam anormalidades. Diante disso, aventou-se a hipótese diagnóstica de hipertensão venosa episcleral idiopática, um diagnóstico de exclusão, visto que patologias intracranianas e intraorbitárias haviam sido excluídas. Paciente foi tratada clinicamente com colírios hipotensores, com redução importante da pressão intraocular à esquerda, porém não o suficiente, evoluindo para trabeculectomia.

  15. Úlceras venosas: caracterização clínica e tratamento em usuários atendidos em rede ambulatorial

    Sílvia Maria Soares Carvalho Sant'Ana; Maria Márcia Bachion; Queiliene Rosa Santos; Cynthia Assis Barros Nunes; Suelen Gomes Malaquias; Beatriz Guitton Renaud Baptista de Oliveira

    2012-01-01

    A úlcera venosa representa um desafio para os profissionais de saúde, por ser um agravo crônico, recorrente e com impacto biopsicossocial. Os objetivos deste estudo foram caracterizar as úlceras venosas dos usuários atendidos em salas de curativos da rede municipal de saúde e descrever o tratamento recebido. Esta pesquisa descritiva, realizada no período de outubro de 2009 a julho de 2010 incluiu 58 pessoas. Os dados foram coletados mediante protocolo que envolveu entrevista, exame físico, ap...

  16. Preparo e administração venosa de medicamentos e soros sob a ótica da Resolução COFEN n° 311/07 Preparación y administración venosa de medicamentos y sueros bajo la óptica de la Resolución COFEN n° 311/07 Preparation and administration of intravenous drugs and serums from the perspective of Resolution No. 311/07 COFEN

    Elaine Antunes Cortez

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Levantar na literatura os procedimentos cabíveis ao enfermeiro quanto ao preparo e administração venosa de medicamentos e soros e relacioná-los com os aspectos éticos estabelecidos pela Resolução COFEN n° 311/07. MÉTODOS: Pesquisa do tipo revisão bibliográfica realizada nas bases de dados Medline, Lilacs, SciELO e Bdenf. Uma análise temática foi realizada em 13 artigos e emergiram as categorias: Procedimentos realizados pelo enfermeiro no preparo e na administração venosa; Responsabilidades éticas do enfermeiro: atuação do Poder Judiciário frente às decisões administrativas de natureza disciplinar proferidas pelo Conselho Federal de Enfermagem e Conselhos Regionais da Enfermagem. RESULTADOS: O enfermeiro deve realizar o preparo e administração venosa observando os requisitos básicos que garantam a ausência de danos ao cliente, e em conformidade com o Código de Ética dos profissionais de Enfermagem. CONCLUSÃO: O conhecimento da ética é essencial para a profissão da enfermagem, porque subsidia o embasamento teórico e propicia um fazer com resultados efetivos de forma a proteger o ser humano.OBJETIVOS: Levantar en la literatura los procedimientos que le caben al enfermero en lo que se refiere a la preparación y administración venosa de medicamentos y sueros; y, relacionarlos con los aspectos éticos establecidos por la Resolución COFEN n° 311/07. MÉTODOS: Se trata de una investigación del tipo revisión bibliográfica, realizada en las bases de datos Medline, Lilacs, SciELO y Bdenf. Se realizó un análisis temático en 13 artículos de los que surgieron las categorías: 1 procedimientos realizados por el enfermero en la preparación y en la administración venosa; 2 responsabilidades éticas del enfermero (actuación del Poder Judicial frente a las decisiones administrativas de naturaleza disciplinar proferidas por el Consejo Federal de Enfermería y Consejos Regionales de la Enfermería. RESULTADOS

  17. Enfermedad tromboembólica venosa y cirrosis hepática Venous thromboembolism and liver cirrhosis

    M. J. García-Fuster; N. Abdilla; M. J. Fabiá; Fernández, C.; Oliver, V; M. J. Forner

    2008-01-01

    Objetivos: la enfermedad tromboembólica venosa (ETV) es poco frecuente en la cirrosis hepática, no estando su tratamiento contemplado en las guías del American College of Chest Physicians. El objetivo del presente trabajo es aportar la experiencia de pacientes cirróticos con ETV hospitalizados en nuestro centro en los últimos 15 años. Material y método: de enero de 1992 a diciembre de 2007 fueron hospitalizados en nuestro centro 2.074 pacientes con cirrosis hepática. Presentaron una ETV no es...

  18. Trombose da artéria renal e síndrome do anticorpo antifosfolípide: um relato de caso Renal arterial thrombosis and the antiphospholipid antibody syndrome: a case report

    Célia S. Macedo

    2001-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: descrever um caso clínico raro na infância, com achados clínicos da síndrome do anticorpo antifosfolípide. DESCRIÇÃO: criança, sexo masculino, com 2 anos e 6 meses de idade, com insuficiência renal, trombose da artéria renal e diagnóstico de síndrome do anticorpo antifosfolípide, foi internada com dor abdominal, palidez, letargia e anúria há 36 horas. Ao exame físico, apresentava-se desnutrida, com hipertensão arterial severa, edema moderado e dor em hipocôndrio. Os achados laboratoriais incluíram: uréia=112mg/dl; creatinina plasmática=4,5 mg/dl; pH sangüíneo=7,47; bicarbonato sangüíneo=12,8 mmol/L; K=7,2 mEq/L. A diálise peritoneal foi iniciada e mantida por 11 dias. Após 7 semanas de evolução, o paciente ainda necessitava de droga anti-hipertensiva e a função renal estava anormal. A biópsia renal revelou infarto renal anêmico; ultra-sonografia renal com doppler, fluxo sangüíneo renal ausente no lado direito, e a arteriografia mostrou oclusão total da artéria renal direita. A pesquisa de doenças do colágeno foi negativa. Foi realizada nefrectomia à direita obtendo-se normalização da pressão arterial. Aos 5 anos e 8 meses, foi novamente hospitalizada com quadro de crises de ausência e dores abdominais e precordiais. A dosagem do anticorpo anticardiolipina foi positiva. Atualmente aos 7 anos, está em seguimento ambulatorial, assintomática e com dosagens negativas do anticorpo anticardiolipina. COMENTÁRIOS: as observações deste caso mostram que crianças com quadro de trombose arterial, mesmo na ausência de doenças do colágeno, devem ser investigadas para uma possível associação com a síndrome do anticorpo antifosfolípide.OBJECTIVE: to describe an unusual case with clinical features of the antiphospholipid syndrome. DESCRIPTION: white child, two years and six months old, with renal failure, renal arterial thrombosis, and diagnosis of antiphospholipid syndrome was hospitalized with

  19. Influences of population density on polyandry and patterns of sperm usage in the marine gastropod Rapana venosa.

    Xue, Dong-Xiu; Zhang, Tao; Liu, Jin-Xian

    2016-01-01

    Polyandry is a common mating strategy in animals, with potential for sexual selection to continue post-copulation through sperm competition and/or cryptic female choice. Few studies have investigated the influences of population density on polyandry and sperm usage, and paternity distribution in successive broods of marine invertebrates. The marine gastropod Rapana venosa is ideal for investigating how population density influences the frequency of polyandry and elucidating patterns of sperm usage. Two different population density (12 ind/m(3) and 36 ind/m(3)) treatments with two replications were set to observe reproductive behaviors. Five microsatellite markers were used to identify the frequency of multiple paternity and determine paternal contributions to progeny arrays in 120 egg masses. All of the mean mating frequency, mean number of sires and mean egg-laying frequency were higher at high population density treatment relative to low population density treatment, indicating population density is an important factor affecting polyandry. The last sperm donors achieved high proportions of paternity in 74.77% of egg masses, which supported the "last male sperm precedence" hypothesis. In addition, high variance in reproductive success among R. venosa males were detected, which might have an important influence on effective population size. PMID:26996441

  20. Influência da anestesia venosa total, entropia e laparoscopia sobre o estresse oxidativo

    Rogean Rodrigues Nunes

    2012-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Estudos recentes correlacionam mortalidade pós-operatória e anestésica, especialmente a profundidade anestésica e pressão arterial sistólica (PAS. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da profundidade da anestesia venosa total (AVT realizada com remifentanil e propofol com monitoração da entropia de resposta (RE sobre as concentrações sanguíneas dos marcadores do estresse oxidativo: TBARS e glutationa, durante operações pelo acesso vídeolaparoscópico. MÉTODO: Vinte pacientes adultas, ASA I, IMC 20-26 kg.m-2, idades entre 20 e 40 anos, foram aleatoriamente distribuidas em dois grupos iguais: Grupo I - submetidas a procedimento anestésico-cirúrgico com RE mantida entre 45 e 59 e Grupo II - submetidas a procedimento anestésico-cirúrgico com RE entre 30 e 44. Em ambos os grupos, a infusão de remifentanil e propofol foi controlada pelo sitio efetor (Se, ajustados para manter RE nos valores desejados (Grupos I e II e avaliando-se sempre a taxa de supressão (TS. As pacientes foram avaliadas em seis momentos: M1(imediatamente antes da indução anestésica, M2 (antes da intubação traqueal [IT], M3 (5 minutos após IT, M4 (imediatamente antes do pneumoperitônio-PPT, M5 (1 minuto após o PPT e M6 (uma hora após a operação. Em todos os momentos foram avaliados os seguintes parâmetros: PAS, PAD, FC, RE, TS, TBARS e glutationa. RESULTADOS: Observaram-se aumentos no TBARS e glutationa em M5, tanto no Grupo I como no Grupo II (p GI em M5 - p < 0,05% sugerem interferência de mais um fator (anestesia profunda, como responsável pelo aumento no MA, provavelmente como resultados de maior depressão do sistema nervoso autônomo e menor autorregulação esplâncnica.

  1. Antiproliferative Effects of Alkaloids Isolated from the Tuber of Stephania venosa via the Induction of Cell Cycle Arrest in Mammalian Cancer Cell Lines

    Sirinapa Nantapap

    2010-01-01

    Full Text Available Problem statement: S. venosa (Menispermaceae is used in traditional medicine. The constituents of S. venosa belonging to showed remarkable cytotoxic activity. According to previous research, S. venosa contains several alkaloids, such as protoberberine stephanine cyclanoline and N-methylstepholidine, kamaline, (+-N-carboxamidostepharine, (--O-methylstepharinosine, (--stepharinosine, aporphine (--O-acethylsukhodiamine and oxostephanosine. The chemical and biological investigations of this plant are interesting to bioassay-guided fractionation, particularly Antiproliferative effects via the induction of cell cycle arrest in mammalian cancer cell lines. Approach: The research was carried out to extract, isolate, purify and elucidate structure of the active compound from the tuber S. venosa. Most of the solvent extracts and isolated compound were evaluated with kinds of mammalian cancer cell lines for investigation on antiproliferative effects. Results: Four alkaloids, tetrahydropalmatine (1, crebanine (2 O-methylbulbocapnine (3 and N-methyltetrahydropalmatine (4 were isolated from the tuber of S. venosa. Charaterization of the compounds were carried out by extensive NMR studies using COSY, HMQC, HMBC and DEPT in addition to other spectroscopic methods. These compounds (1, 2 and 3 were showed evidence of the anticancer activities for cell proliferation inhibition in K562, K562/Adr, GLC4 and GLC4/Adr cell lines due to G0/G1 obstruction by compound 2 and 3 and negligible S phase arrest by compound 1. Conclusion: The result showed slightly increase in S phase by the effect of compound 1, beside the G0/G1 phase was blocked by compound 2 and 3.

  2. A percepção do cliente em hemodiálise frente à fístula artério venosa em seu corpo La percepición del cliente en hemodiálisis delante a la fístula arterío venosa en su cuerpo The hemodyalisis client's perception about having an arteriovenous fistula

    Giselle Barcellos Oliveira Koepe; Sílvia Teresa Carvalho de Araújo

    2008-01-01

    OBJETIVO: Identificar as percepções sensoriais dos clientes frente à fistula artério-venosa (FAV) e descrevê-las a partir dos sentidos sócio comunicantes do corpo. MÉTODOS: Aplicação de técnicas criativas durante sessão de hemodiálise com cinco pacientes. Foi pedido que desenhassem algo que representasse a presença da fístula artério-venosa e em seguida foram expostas seis gravuras, cada uma com um sentido corporal, sendo argüidos sobre sentimentos provocados pela fístula artério-venosa diant...

  3. USO DE VENDAS ELÁSTICAS EN EL PRE Y TRANSOPERATORIO EN COLECISTECTOMIA PARA PREVENIR TROMBOSIS VENOSA PROFUNDA

    Carlos Mario Marín Rodríguez

    2012-04-01

    Full Text Available Una de las intervenciones realizadas por el profesional de Enfermería para prevenir sucesos adversos en los pacientessometidos a intervención quirúrgica, como es el caso de la colescistectomía, es la aplicación de vendas elásticas en losmiembros inferiores en el pre y transoperatorio para prevenir la Trombosis Venosa Profunda (TVP. Sin embargo, estapráctica no ha sido fundamentada con la mejor evidencia disponible, por ello el objetivo de esta revisión es obtener unrespaldo científico que avale esta práctica. Inicialmente, para recabar la mejor evidencia posible, se estableció una preguntaclínica en formato PICO; luego, se indagó en distintas bases de datos como PUBMED de las cual se obtuvieron 136artículos siete de ellos de gran importancia clínica, ya que se halló, inclusive, una guía de práctica clínica. Luego se aplicó elanálisis crítico mediante la plantilla CASPe y AGREE. Por último, a partir de los resultados encontrados se analizó lapráctica que se desarrolla en el nosocomio con el fin de ser divulgados posteriorrmente y, así, mejorar la práctica clínica.Existe escasa o nula bibliografía específica que respalde el uso de vendas elásticas en el pre y transoperatorio de unacolecistectomía, lo que puede deberse a que no hay evidencia suficiente respecto de sufrir trombosis venosa profunda poresta intervención. Por otro lado, cabe recordar que existen diferentes factores que afectan la colocación de las vendaselásticas, dígase la pericia del profesional que las aplica, su nivel profesional y la ausencia de métodos para medir la presiónque se ejerce al colocar este tratamiento. Conclusión: no existe evidencia científica aparente que respalde el uso de vendaselásticas en los miembros inferiores aplicadas en el pre, trans y postoperatorio de una colecistectomía con la finalidad deprevenir la Trombosis Venosa Profunda, práctica que se lleva a cabo en el Hospital de La Anexión, Guanacaste.

  4. Mutações predisponentes à trombofilia em indivíduos de Minas Gerais - Brasil com suspeita clínica de trombose Predisposing thrombophilic mutations in individuals with clinical suspicion of thrombosis from Minas Gerais, Brazil

    Sabrina P. Guimarães; Jerusa B. B. Soares; Vanessa C. Oliveira; Victor C. Pardini; Alessandro C. S. Ferreira

    2009-01-01

    A trombose é reconhecidamente uma doença de caráter multifatorial. Sua ocorrência está intimamente relacionada à presença de fatores genéticos e adquiridos que concorrem isoladamente ou em associação para o seu desencadeamento. No entanto, a frequência dos fatores genéticos pode variar de acordo com a origem étnica e com outros aspectos epidemiológicos dos grupos de indivíduos e populações estudadas. No Brasil, dados referentes a indivíduos brasileiros e em especial do estado de Minas Gerais ...

  5. Diagnóstico diferencial de trombose aortoilíaca e mieloencefalite protozoária equina: relato de caso Differential diagnosis between aorto-iliac thrombosis and equine protozoal myeloencephalitis: case report

    P.B. Escodro; P.F.R. Lopes; C.G. Gianini; D.N. Jorge Filho

    2010-01-01

    Relata-se o caso de uma égua de atividade de polo, que apresentou inicialmente claudicação leve no membro posterior esquerdo, a qual evoluiu para ataxia e atrofia da musculatura glútea do lado esquerdo, com diagnóstico de trombose aortoilíaca (TAI). A paciente foi tratada com suspeita de mieloencefalite protozoária equina, devido à semelhança dos sinais clínicos com essa doença, porém o líquido cefalorraquidiano apresentou-se negativo para anticorpos anti-Sarcocystis neurona. A palpação trans...

  6. Flegmasia cerúlea dolens em paciente com lúpus eritematoso sistêmico no puerpério remoto Phlegmasia cerulea dolens in patient with systemic lupus erythematosus in the remote postpartum period

    José Marques Filho

    2011-01-01

    As manifestações vasculares no lúpus eritematoso sistêmico não são raras, e grande parte dos casos está associada à presença de anticorpos antifosfolípides. A flegmasia cerúlea dolens é uma incomum e grave complicação de trombose venosa profunda de membros inferiores, com altas taxas de morbimortalidade. Encontramos na literatura apenas dois casos de flegmasia cerúlea dolens associados à síndrome antifosfolípide, e não encontramos relatos associados ao lúpus eritematoso sistêmico. Relatamos u...

  7. Modelação do risco trombótico da população portuguesa portadora de FV Leiden por duas variantes alélicas do gene do Fibrinogénio Gama

    Pinto, Cátia Marlene Marques Correia Sousa

    2009-01-01

    Actualmente, a trombose venosa (TV), é uma das causas mais comuns de morbilidade e mortalidade a nível mundial. A TV é uma doença poligénica e multifactorial, causada por alterações em factores de risco major, como o Factor V Leiden, proteínas pró-coagulantes, ou outros factores de risco minor, como o Fibrinogénio. Apesar da mutação FV Leiden representar a base molecular de TV em cerca de 8% dos casos, é possível verificar a existência de heterogenicidade no tipo e na idade da primeira manife...

  8. Uso do ultra-som para punção venosa central em paciente obeso com adenomegalia cervical

    Jaderson Wollmeister

    2008-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATICA E OBJETIVOS: As técnicas clássicas para punção venosa central são realizadas com base em referências anatômicas de superfície e conhecimento da anatomia vascular da região em que se realizará a punção. O uso do ultra-som permite a realização da punção sob visão direta das estruturas vasculares, peri-vasculares e da agulha de punção. O objetivo deste relato foi descrever o uso do ultra-som no auxílio de acesso venoso central em paciente obeso e com adenomegalias. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, branco, 28 anos, 1,70 m, 120 kg, com diagnóstico de linfoma de Hodgkin esclerose nodular. Solicitado ao Serviço de Anestesiologia do Hospital Governador Celso Ramos, punção de veia jugular interna direita guiada por ultra-som devido à presença de gânglio supraclavicular que prejudicava a referência anatômica de punção e à obesidade do paciente. Após a obtenção da melhor imagem a veia jugular interna esquerda foi puncionada e colocado um cateter venoso de triplo lúmen. A punção foi única, com progressão fácil do cateter e realizada sem complicações. CONCLUSÕES: O uso da ultra-sonografia para punção venosa central pode evitar complicações tornando o procedimento mais seguro para o paciente.

  9. Determinación de la presión venosa intra-acceso Determining intra-access venous pressure

    Raquel Muñoz Pérez

    2009-09-01

    Full Text Available La medición de la presión venosa intraacceso es un método de vigilancia vascular que facilita la detección temprana de las disfunciones de las fístulas arteriovenosas. Nuestro objetivo fue describir como utilizamos este método de detección y exponer nuestra experiencia en el seguimiento de 31 pacientes. En 9 pacientes se observó un aumento puntual de la presión venosa intraaceso, y a 4 se les realizó una angioplastia preventiva efectiva. En 7 pacientes que continuadamente presentaban un aumento de la presión intraaceso se trombosó el acceso vascular no siendo recuperable por angiorradiología. El aumento de la presión intraaceso puede facilitar la detección precoz de problemas en el acceso vascular.Measurement of intra-access venous pressure is a vascular monitoring method that facilitates early detection of dysfunctions in arteriovenous fistulas. Our aim was to show how we use this detection method and describe our experience in monitoring 31 patients. In 9 patients a one-off increase in intra-access venous pressure was observed, and in 4 patients an effective preventive angioplasty was carried out. In 7 patients who continually showed an increase in intra-access pressure, vascular access was thrombosed and not recoverable by angio radiology. The increase in intra-access pressure can facilitate the early detection of problems in vascular access.

  10. Pessoas com úlceras venosas: estudo do modo psicossocial do modelo adaptativo de Roy Personas con úlceras venosas: estudio de los aspectos psicosociales del modelo de adaptación de Roy People with venous ulcers: a study of the psychosocial aspects of the adaptive model of Roy

    Isabelle Katherinne Fernandes Costa

    2011-09-01

    Full Text Available Estudo transversal, descritivo, quantitativo, realizado com 50 pessoas com úlcera venosa (UV em um Hospital Universitário, que objetivou verificar o nível de adaptação psicossocial do Modelo de Roy das pessoas com UV. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética da instituição. Os dados foram coletados com formulário estruturado e após a organização dos dados das alterações ocorridas na vida das pessoas com UV classificamos segundo o modo psicossocial de Roy. Verificamos que no modo autoconceito, 36% sentiam-se insatisfeitos com aparência física, 18% apresentavam sentimentos negativos; no modo desempenho de papéis: alteração no papel laboral (52,0%, atividades domésticas (34,0%, conjugal (6,0%, restrições de lazer, dor, social, escolar e locomoção (82,0%; no modo de interdependência: apoio no tratamento (82,0%, discriminação (58,0%. A identificação do modo psicossocial direciona as ações de enfermagem abrangendo a pessoa que recebe o cuidado considerando-a no todo em suas relações com ambiente promovendo melhor nível de adaptação.Estudio transversal, descriptivo, cuantitativo realizado con 50 personas con úlcera venosa (UV en el Hospital Universitario que objetivó conocer nivel de adaptación psicosocial del modelo de Roy de las personas con UV. Estudio aprobado por el Comité de Ética (nº 279/09. Los datos fueron recogidos mediante formulario y después de organizar los datos de los cambios en la vida de las personas con UV, fueron clasificados de acuerdo con los aspectos psicosociales de Roy. Verificamos en el modo de auto-concepto: 36% insatisfacción con apariencia física, 18% sentimientos negativos, desempeño de papel: cambio en el papel de trabajo (52,0%, tareas domésticas (34,0%, estado civil (6,0%, restricción de ocio, dolor, sociales, educativos y transporte (82,0%; modo de interdependencia: apoyo en el tratamiento (82,0%, discriminación (58,0%. La identificación de aspectos psicosociales

  11. Brinquedo terapêutico no preparo da criança para punção venosa ambulatorial: percepção dos pais e acompanhantes El juego terapéutico en la preparación del niño para una punción venosa en ambulatorio: percepción de los padres y acompañantes Therapeutic play when preparing the child for venipuncture outpatient: perception from the parents and attendants

    Caroline Monteiro Conceição

    2011-06-01

    Full Text Available Estudo descritivo qualitativo com o objetivo de compreender a percepção de pais e acompanhantes sobre o emprego do Brinquedo Terapêutico no preparo da criança para a punção venosa ambulatorial, realizado em um ambulatório da cidade de São Paulo. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com oito pais ou acompanhantes de crianças preparadas para a punção venosa com o Brinquedo Terapêutico e, após, submetidos à análise qualitativa de conteúdo. Os resultados evidenciaram que eles aprovam essa estratégia de preparo e acreditam que esta favorece o conhecimento sobre o procedimento, diminui o medo, acalma e promove a segurança deles e da criança, além de constituir-se em um atendimento de enfermagem humanizado e de qualidade à criança e família. Reitera-se a importância da implementação do Brinquedo Terapêutico na assistência à criança em ambulatórios e unidades básicas de saúde.Estudio descriptivo cualitativo realizado con el objetivo de comprender la percepción de los padres y acompañante a respecto de la utilización del Juego Terapéutico en la preparación de sus hijos para la punción venosa previa a la recolección de sangre. Fue realizado en un ambulatorio de la ciudad de São Paulo. Los datos fueron recolectados por medio de entrevistas seme-estructuradas realizadas con ocho padres o acompañantes de niños preparados con el juego para la recolección de sangre, y que, después, fueron sometidos al análisis cualitativo del contenido. Los resultados evidenciaron que los padres aprueban esa estrategia de preparación y consideran que la misma favorece al conocimiento sobre el procedimiento, disminuye el miedo, tranquiliza y promueve la seguridad de los adultos y de los niños, además de ser una atención de enfermería humanizada y de calidad al niño y a la familia. Se reitera la importancia de la implementación del Juego Terapéutico en la asistencia al niño en

  12. Percentual de recirculação sanguínea em diferentes formas de inserções de agulhas nas fístulas arterio-venosas, de pacientesem tratamento hemodialítico Percentage of blood recirculation in patients on hemodialysis in different models of insertion of needles in arteriovenous fistula

    Ercia Missaio Koto dos Reis

    2001-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi aferir a porcentagem de recirculação sangüínea (%R, nas diferentes formas de punções nas fístulas artério-venosa de pacientes em hemodiálise. Verificou-se o nível de uréia sangüínea em oito pacientes utilizando o modelo clássico de punção e de outros três grupos de oito pacientes com diferentes tipos de punção, simultânea e imediatamente após transcorridos 10 minutos de sessão, na linha arterial (A, linha venosa (V e membro contra-lateral ao acesso vascular (S, aplicando-se a fórmula %R = (S-A I (S-V . 100. Constatamos que na forma clássica de punção houve uma a porcentagem de recirculação significativamente menor.The aim of this study was to verify the percentage of recirculation (%R in patients on hemodialysis in different models of insertion of needles in arteriovenous fistula. Urea concentration was measured in samples of the arterial (A, venous line (V and blood from the apposite arm (S 10 minutes later in 8 patients using the classical model (apposite-oriented, ³ 5 cm apart needles as well as in patients with three other different models (8 patients in each group. The percentage of recirculation was calculated according to the formula %R= (S-A / (S-V.100 . A significant lower percentage of recirculation occurred in the use of the classical model.

  13. Maternal-infant bonding and the mother's participation during venipuncture: a psychoanalytic perspective Vínculo materno infantil y la participación de la madre durante la realización de la punción venosa: la ótica del psicoanálisis Vínculo materno-infantil e participação da mãe durante a realização da punção venosa: a ótica da psicanálise

    Júlia Peres Pinto

    2007-02-01

    Full Text Available Professionals discuss accompanying mothers' participation during painful procedures as a possibility of care to mother and child, but there is no consensus on this subject. To contribute to this topic, this study addresses the child's needs during venipuncture in a hospital environment and the mother's participation in this procedure, based on authors from psychoanalysis and mother-child bonding.La participación de la madre acompañante junto al niño durante la realización de procedimientos dolorosos es discutida por profesionales como una posibilidad de cuidado al binomio, pero no hay un consenso sobre este tema. Para contribuir con esta discusión, el texto trata de las necesidades del niño durante la realización de la punción venosa en un ambiente de hospital y la participación de la madre en el procedimiento, tomando como base autores del psicoanálisis y el vínculo madre y hijo.A participação da mãe acompanhante junto à criança durante a realização de procedimentos dolorosos é discutida pelos profissionais como uma possibilidade de cuidado ao binômio, porém, não há consenso quanto a esse tema. Para contribuir com essa discussão, o texto aborda as necessidades da criança durante a realização da punção venosa no ambiente hospitalar e a participação da mãe no procedimento, tendo como base autores da psicanálise e o vínculo na relação mãe e filho.

  14. Disfunción endotelial en territorio arterial en pacientes jóvenes con enfermedad tromboembólica venosa

    Furió Rodríguez, Elena María

    2015-01-01

    La enfermedad tromboembólica venosa es la patología vascular más frecuente en gente joven, con 70 casos por cada 100.000 habitantes/año. En los últimos años se ha visto asociada al desarrollo de patología arterial, lo que aumenta aún más su morbimortalidad con una amplia repercusión socioeconómica. Este hecho ha sido objeto de diferentes estudios, sin que los mecanismos por los cuales se produce esta asociación entre patología venosa y arterial hayan sido del todo elucidados, sugiriéndose una...

  15. Prophylaxis of deep-vein thrombosis after lower extremity amputation: Comparison of low molecular weight heparin with unfractionated heparin Profilaxia da trombose venosa profunda após amputação de membros inferiores: Comparação entre heparina de baixo peso molecular e heparina não fracionada

    Sidney Lastória; Hamilton A. Rollo; Winston Bonetti Yoshida; Mariangela Giannini; Regina Moura; Francisco H. A. Maffei

    2006-01-01

    PURPOSE: To compare the efficacy and safety of a low molecular weight heparin (enoxaparin) with unfractionated heparin (UH) in this prophylaxis. METHODS: Seventy five patients (59 men and 16 women), undergoing major lower extremity amputation (30 above-knee and 45 below-knee), were randomized to be treated with subcutaneous UH (5,000 IU t.i.d.) or enoxaparin (40mg/day) during hospitalization. Prophylaxis was started 12 hours before surgery or, in emergency cases, in the first postoperative da...

  16. Prophylaxis of deep-vein thrombosis after lower extremity amputation: Comparison of low molecular weight heparin with unfractionated heparin Profilaxia da trombose venosa profunda após amputação de membros inferiores: Comparação entre heparina de baixo peso molecular e heparina não fracionada

    Sidney Lastória

    2006-06-01

    Full Text Available PURPOSE: To compare the efficacy and safety of a low molecular weight heparin (enoxaparin with unfractionated heparin (UH in this prophylaxis. METHODS: Seventy five patients (59 men and 16 women, undergoing major lower extremity amputation (30 above-knee and 45 below-knee, were randomized to be treated with subcutaneous UH (5,000 IU t.i.d. or enoxaparin (40mg/day during hospitalization. Prophylaxis was started 12 hours before surgery or, in emergency cases, in the first postoperative day. RESULTS: The two groups were comparable with regard to baseline characteristics. Evaluation of DVT was performed by daily clinical examination and by duplex scanning before and 5 to 8 days after surgery. DVT was documented in the operated limb in 9.75% in patients treated with enoxaparin and in 11.76% in patients treated with UH (p=0.92 and there was one bilateral thrombosis in each group . Bleeding complications were not observed in both groups. CONCLUSION: Enoxaparin and UH were both efficient and safe for the prophylaxis of DVT in patients submitted to lower extremity amputation.OBJETIVO: Comparar a eficácia e segurança da profilaxia com heparina de baixo peso molecular (enoxaparina versus heparina não fracionada (HNF. MÉTODOS: Setenta e cinco pacientes (59 homens e 16 mulheres , submetidos a amputação maior dos membros inferiores (30 acima do joelho e 45 abaixo do joelho , foram tratados ao acaso com HNF subcutânea (5,000 IU -2x/dia ou enoxaparina subcutânea (40mg/dia durante a hospitalização . A profilaxia teve início 12 horas antes da cirurgia ou , em casos emergenciais , no primeiro dia de pós-operatório. RESULTADOS: Os dois grupos de tratamento foram comparáveis em termos de características gerais . A avaliação da TVP foi feita por meio de exame clínico diário e pelo mapeamento dúplex antes e 5-8 dias após a cirurgia . A TVP foi documentada no lado operado em 9,75% dos pacientes tratados com enoxaparina e em 11,76% dos pacientes tratados com HNF (p=0,92 e houve um caso de TVP bilateral em cada grupo . Sangramentos não foram verificados nos 2 grupos . CONCLUSÃO: A enoxaparina e HNF foram igualmente eficientes e seguras para a profilaxia da TVP em pacientes submetidos à amputação de membros inferiores .

  17. Úlcera venosa e terapia compressiva para enfermeiros: desenvolvimento de curso online Úlcera venosa y terapia compresiva para enfermeros: desarrollo de un curso online Venous ulcer and compression therapy for nurses: development of online course

    Fernanda Mateus Queiroz

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a elaboração de um curso on-line sobre úlcera venosa, com enfoque em terapia compressiva, para capacitação de enfermeiros. MÉTODOS: O desenvolvimento do curso on-line seguiu as fases de análise, design, desenvolvimento, implementação e avaliação, baseadas no design instrucional contextualizado. RESULTADOS: O curso dividiu-se em dez módulos estruturados no ambiente virtual de aprendizagem Moodle. Caracterizou-se por uma proposta construtivista, visando ampliar a participação do aluno, disponibilizar as principais referências, revisões e consensos, bem como utilizar objetos multimídia e recursos didáticos interativos. CONCLUSÃO: O curso possibilita a capacitação profissional do enfermeiro em terapia compressiva de maneira inovadora, flexível, interativa em diversos ambientes de cuidado.OBJETIVO: Describir la elaboración de un curso online sobre úlcera venosa, con enfoque en terapia compresiva, para la capacitación de enfermeros. MÉTODOS: El curso online se desarrolló siguiendo las fases de análisis, diseño, desarrollo, implementación y evaluación, basadas en el diseño instruccional contextualizado. RESULTADOS: El curso se dividió en diez módulos estructurados en el ambiente virtual de aprendizaje Moodle. Se caracterizó por una propuesta constructivista, pretendiendo ampliar la participación del alumno, poner a disposición las principales referencias, revisiones y consensos, así como utilizar objetos multimedia y recursos didácticos interactivos. CONCLUSIÓN: El curso permite la capacitación profesional del enfermero en terapia compresiva de manera innovadora, flexible, interactiva en diversos ambientes de cuidado.OBJECTIVE: To describe the development of an online course about venous ulcer, with a focus on compression therapy, for the educating of nurses. METHODS: The development of an online course followed the phases of analysis, design, development, implementation and evaluation, based

  18. Enfermedad tromboembólica venosa y cirrosis hepática Venous thromboembolism and liver cirrhosis

    M. J. García-Fuster

    2008-05-01

    Full Text Available Objetivos: la enfermedad tromboembólica venosa (ETV es poco frecuente en la cirrosis hepática, no estando su tratamiento contemplado en las guías del American College of Chest Physicians. El objetivo del presente trabajo es aportar la experiencia de pacientes cirróticos con ETV hospitalizados en nuestro centro en los últimos 15 años. Material y método: de enero de 1992 a diciembre de 2007 fueron hospitalizados en nuestro centro 2.074 pacientes con cirrosis hepática. Presentaron una ETV no esplácnica 17, siendo ellos la población a estudio. Se recogen datos epidemiológicos y analíticos: hemograma, VSG, química hemática, coagulación, trombofilia congénita, anticuerpos antifosfolípidos (AAFL y homocisteinemia. Se valoran factores de riesgo adquiridos, características de la trombosis, el tratamiento y las complicaciones. Resultados y conclusiones: la ETV no esplácnica se observa en el 0,8% de pacientes cirróticos. En ellos es frecuente observar hipoalbuminemia, disminución de factores anticoagulantes (ATIII, PC, y PS, presencia de AAFL e hiperhomocisteinemia, así como la presencia de factores de riesgo adquiridos: intervenciones quirúrgicas, insuficiencia venosa, inmovilización e infecciones. Tras la anticoagulación, se observan complicaciones hemorrágicas mayores en el 35% de los pacientes.Objective: despite the endogenous coagulopathy of cirrhosis, some patients do experience thrombophilic states. The American College of Chest Physicians failed to address the prevention and treatment of venous thromboembolism (VTE occurring among these patients. This study aims to describe the characteristics of cirrhotics patients hospitalized in the last 15 years, and to use the experience gained. Material and method: we retrospectively reviewed all admissions for cirrhosis in our hospital from 1992 to 2007. A total of 17 patients had non-portal venous thromboembolic disease. We recorded risk factors, epidemiological and laboratory data

  19. Estudo do potencial antimicrobiano e citotóxico da espécie Pouteria venosa (Sapotaceae

    R.F.E.P SANTOS

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMO Estudo experimental in vitro que objetivou investigar o potencial antimicrobiano e citotóxico de quatro frações e um extrato etanólico da espécie Pouteria venosa usada como planta medicinal. A atividade antimicrobiana foi determinada pelos testes de sensibilidade microbiana, como o método de difusão em disco e o método da microdiluição em caldo, para a determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM. Obteve-se a avaliação da citotoxicidade por meio do método colorimétrico do Metiltetrazolium. No estudo da atividade antimicrobiana, os principais resultados foram obtidos contra Staphylococus aureus para a fração AcOEt das cascas do caule, CIM de 125 μg/mL; Streptococcus pneumoniae e Proteus mirabilis para a fração AcOEt das cascas do caule, CIM de 250 μg/mL; Staphylococus epidermidis, Pseudomonas aeruginosa para a fração AcOEt das folhas e cascas do caule, CIM de 250 μg/mL.Todas as amostras foram inativas para os fungos testados. Afração AcOEt das cascas do caule foi considerada atóxica, podendo ser utilizada em testes pré-clínicos in vivo.

  20. Trombosis venosa profunda asociada a bacteriemia por campylobacter fetus Deep vein thrombosis related to Campylobacter fetus bacteriemia

    F.J. Membrillo de Novales

    2011-09-01

    Full Text Available Presentamos el caso de una paciente que ingresa por un cuadro de desorientación, fiebre y deposiciones diarreicas. La exploración y pruebas complementarias mostraron una trombosis venosa profunda en la pierna izquierda, junto con hemocultivos positivos a C. fetus. Está descrita la asociación de C. fetus a fenómenos tromboembólicos, pero no hemos encontrado en nuestra revisión biliográfica casos en la literatura donde se confirme dicha asociación con el aislamiento del microorganismo en hemocultivos, salvo una trombosis séptica de vena ovárica.We present a patient who was admitted with symptoms of disorientation, fever, and diarrheal stools. Examination and laboratory tests showed a deep vein thrombosis in the left leg, and isolation of C. fetus in blood cultures taken during a fever peak. The association of C. fetus with thromboembolic events has been reported, but we haven't found any cases in our biliograpich search describing this association confirmed by the isolation of the organism in blood cultures, except for a ovaric vein thrombosis.

  1. Maritimimonas rapanae gen. nov., sp. nov., isolated from gut microflora of the veined rapa whelk, Rapana venosa.

    Park, Seong Chan; Baik, Keun Sik; Kim, Duwoon; Seong, Chi Nam

    2009-11-01

    A yellow-pigmented, Gram-negative, aerobic bacterial strain comprising rod-shaped cells devoid of flagellar and gliding motility, designated strain A31(T), was isolated from a veined rapa whelk (Rapana venosa) collected from the South Sea, Republic of Korea. Results from 16S rRNA gene sequence analysis indicated that the isolate belonged to the family Flavobacteriaceae; the highest level of nucleotide sequence similarity (92.6 %) was observed with Tenacibaculum aestuarii KCTC 12569(T). The predominant cellular fatty acids were iso-C(15 : 1) G (24.2 %), iso-C(15 : 0) (20.1 %) and iso-C(17 : 0) 3-OH (11.2 %). Flexirubin-type pigments were absent. The major isoprenoid quinone was MK-6. The DNA G+C content was 31.7 mol%. Data from a polyphasic taxonomic study suggested that the isolate represents a novel species in a new genus of the family Flavobacteriaceae, for which the name Maritimimonas rapanae gen. nov., sp. nov. is proposed. The type strain of Maritimimonas rapanae is A31(T) (=KCTC 22186(T) =JCM 15075(T)). PMID:19628599

  2. Deep electrical resistivity tomography and geothermal analysis of Bradano foredeep deposits in Venosa area (Southern Italy: preliminary results

    V. Lapenna

    2008-06-01

    Full Text Available Geophysical surveys have been carried out to characterize the stratigraphical and structural setting and to better understand the deep water circulation system in the Venosa area (Southern Italy located in the frontal portion of the southern Appenninic Subduction. In this area there are some deep water wells from which a water conductivity of about 3 mS/cm and a temperature of about 35°C was measured. A deep geoelectrical tomography with dipole-dipole array has been carried out along a profile of 10000 m and an investigation depth of about 900 m. Furthermore a broad band magnetotelluric profile consisting of six stations was performed to infer the resistivity distribution up to some kilometres of depth. The MT profile was almost coincident with the geoelectrical outline. The applied methods allow us to obtain a mutual control and integrated interpretation of the data. The high resolution of the data was the key to reconstruct the structural asset of buried carbonatic horst whose top is located at about 600 m depth. The final results coming from data wells, geothermal analysis and geophysical data, highlighted a horst saturated with salted water and an anomalous local gradient of 60°C/km. The proposed mechanism is that of a mixing of fossil and fresh water circulation system.

  3. Anastomose entre artéria carótida externa e artéria vertebral em dois casos de trombose de artéria carótida interna

    Pedro H. Longo

    1958-12-01

    Full Text Available São apresentados dois casos com trombose de carótida interna, com anastomose entre as artérias occipital e vertebral. São tecidas considerações sôbre a possível eficácia da suplência por essa via e sôbre o estabelecimento dessa anastomose, particularmente em relação ao primeiro dos casos em que foi feito estudo angiográfico bastante extenso. Revendo a bibliografia até a presente data, os autores só encontraram o registro de três casos semelhantes, documentados angiográficamente.

  4. Trombose de artéria carótida interna relacionada a trauma de palato em criança Internal carotid artery thrombosis related to trauma of palate in a child

    Fernando de Souza Almeida; Márcia Harumi Hossotani; Juliana Del Grossi Moura

    2012-01-01

    OBJETIVO: Relatar um caso de trombose de artéria carótida interna secundária relacionada a trauma de palato mole em criança. DESCRIÇÃO DO CASO: Criança admitida com quadro de alteração do nível de consciência, sonolência, afasia e hemiplegia direita; tinha antecedente de trauma corto contuso leve em palato mole há oito horas. A investigação tomográfica evidenciou acidente vascular isquêmico secundário à interrupção do fluxo sanguíneo em território de artéria cerebral média esquerda. A arterio...

  5. Impacto de úlceras venosas na qualidade de vida de indivíduos atendidos na atenção primária

    Rhayssa de Oliveira Araújo; Dalva Cezar da Silva; Rafaella Queiroga Souto; Aline Maino Pergola-Marconato; Isabelle Katherinne Fernandes Costa; Gilson de Vasconcelos-Torres

    2016-01-01

    RESUMENObjetivo:analizar el impacto de las úlceras varicosas (UV) en la calidad de vida (CV) de personas atendidas en la atención primaria ala salud.Material y método:investigación cuantitativa, descriptiva y transversal, realizada con 101 usuarios, atendidos en 42 serviciosde salud de Natal, Rio Grande do Norte (Brasil). Los datos se recolectaron de febrero a septiembre de 2014 por medio de un cuestionariosociodemográfico, clínico y de salud, y del Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire. S...

  6. Estudio prospectivo de eficacia y seguridad de pegaptanib sodio en el tratamiento primario del edema macular secundario a trombosis venosa de la retina

    Garcia Vilaró, Marta; Bassaganyas Vilarrasa, Francisca

    2011-01-01

    Objectiu:Avaluar l'eficàcia i seguretat de pegaptanib de sodi en el tractament de l'edema macular secundari a obstrucció venosa de la retina (OVR). Mètode: Estudi prospectiu de 16 pacients amb edema macular secundari a OVR tractats mitjançant injeccions intravítrees de pegaptanib de sodi 1mg (0'05ml) a demanda amb un període de seguiment mínim de 6 mesos. Resultat: Millora significativa de l'agudesa visual i del perfil foveal en els nostres pacients. No alarmes de seguretat noves. Conclusions...

  7. Fístula arterio-venosa secundaria a picadura de raya de río Arteriovenous fistula secondary to stingray puncture

    Rodrigo Girón; Emilio Alberto Restrepo Baena

    1993-01-01

    Se presenta el caso de un paciente de sexo masculino, pescador, lesionado en la región fe. moral por una raya de río (Potamotrygon magdalenne) lo que le produjo una fístula arterio-venosa de los vasos femorales. Fue tratado exitosamente mediante rafia de la vena y resección y anastomosis término-terminal de la arteria. En una revisión del tema no se encontraron informes previos de fístulas A-V de esta etiología....

  8. Venous Thrombosis in the Puerperal Period. Case presentation. Trombosis venosa en el puerperio. Presentación de un caso.

    Ada Sánchez Lozano

    2009-07-01

    Full Text Available La trombosis de los senos y venas cerebrales es una enfermedad infrecuente y tiene un amplio espectro de síntomas y signos que van desde cefalea con náuseas, hasta grandes infartos hemorrágicos con focalización neurológica, crisis convulsivas y toma de conciencia. Se describe el caso de una puérpera de 38 años, con antecedentes de hipertensión arterial durante el embarazo, motivo por el que se le realizó cesárea. A las 48 horas de puerperio comenzó con cefalea aguda, asociada a trastornos visuales, entumecimiento del lado izquierdo del cuerpo, disminución de la fuerza muscular en brazo izquierdo e hipertensión arterial. El diagnóstico presuntivo fue un infarto lacunar versus hipertensión puerperal complicada. Luego fue valorada en unidad de cuidados progresivos por servicio de neurología para un diagnóstico presuntivo de infarto venoso, confirmado posteriormente por estudios tomográficos. La trombosis venosa cerebral postparto es una entidad infrecuente. Debido al difícil diagnóstico, sobre todo en los estadios iniciales, se necesita un alto índice de sospecha, que requiere siempre ser confirmado por estudios imaginológicos.La trombosis de los senos y venas cerebrales es una enfermedad infrecuente y tiene un amplio espectro de síntomas y signos que van desde cefalea con náuseas, hasta grandes infartos hemorrágicos con focalización neurológica, crisis convulsivas y toma de conciencia. Se describe el caso de una puérpera de 38 años, con antecedentes de hipertensión arterial durante el embarazo, motivo por el que se le realizó cesárea. A las 48 horas de puerperio comenzó con cefalea aguda, asociada a trastornos visuales, entumecimiento del lado izquierdo del cuerpo, disminución de la fuerza muscular en brazo izquierdo e hipertensión arterial. El diagnóstico presuntivo fue un infarto lacunar versus hipertensión puerperal complicada. Luego fue valorada en unidad de cuidados progresivos por servicio de neurolog

  9. Existem válvulas na veia femoral em ratas Wistar?

    Renan Kleber Costa Teixeira

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo As veias femorais de 30 ratas da linhagem Wistar foram estudadas por método histológico com objetivo de investigar a presença de válvulas. Na análise histológica não foram identificadas projeções do endotélio ou recessos valvares que poderiam sugerir a presença de válvulas venosas nessa espécie de animal.

  10. Anestesia venosa total em regime de infusão alvo-controlada: uma análise evolutiva Anestesia venosa total en régimen de infusión objeto controlada: un análisis evolutivo Total intravenous anesthesia as a target-controlled infusion: an evolutive analysis

    Fernando Squeff Nora

    2008-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia venosa total (AVT sofreu diversos avanços desde o início da utilização da técnica. Desde a síntese dos primeiros anestésicos venosos, com a introdução dos barbitúricos (1921 e do tiopental (1934, a AVT evoluiu até o desenvolvimento da AVT com auxílio de bombas com infusão alvo-controlada (IAC. O primeiro modelo farmacocinético para uso em IAC foi descrito por Schwilden em 1981. Foi demonstrado, a partir daí, que era possível manter a concentração plasmática desejada de um fármaco utilizando-se bomba de infusão gerenciada por computador. CONTEÚDO: Este artigo visou a descrever as bases teóricas da IAC, a apresentar uma proposta de desenvolvimento de um vocabulário comum em IAC ainda não publicado no Brasil e a fazer uma análise crítica dos aspectos atuais da IAC no mundo e no Brasil. CONCLUSÕES: A chegada de novas bombas de infusão dotadas dos modelos farmacocinéticos do remifentanil, sufentanil e propofol inaugura outro capítulo da AVT e alinha o Brasil com a tendência mundial em IAC. Esses sistemas possibilitarão a IAC de hipnóticos e opióides concomitantemente. A conclusão mais importante, no entanto, refere-se à economia à medida que os fármacos utilizados nessas bombas não ficarão restritos apenas a uma empresa farmacêutica, a exemplo do que ocorreu com o propofol. Hoje já se dispõe de equipamentos para utilização de propofol e opióides, em IAC, que aceitam qualquer apresentação farmacêutica com a vantagem da possibilidade de alteração da concentração do fármaco na seringa, de acordo com a diluição desejada.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia venosa total (AVT tuvo diversos avances desde el inicio de la utilización de la técnica. Desde la síntesis de los primeros anestésicos venosos, con la introducción de los barbitúricos (1921 y del tiopental (1934, la AVT evolucionó hasta el desarrollo de la AVT con el auxilio de bombas con infusi

  11. Síndrome do anticorpo antifosfolípide: estudo comparativo das formas primária e secundária

    Max Victor Carioca Freitas

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Traçar um perfil clínico e laboratorial da síndrome do antifosfolípide (SAF, comparando a primária (SAFP com aquela secundária (SAFS ao lúpus eritematoso sistêmico (LES. MÉTODOS: Avaliamos 27 pacientes com SAFP e 32 com SAFS ao LES, acompanhados no Ambulatório de Colagenoses do HC/FMRP/ USP, quanto à ocorrência de trombose arterial, venosa, perda gestacional, livedo reticular, fenômeno de Raynaud, anemia hemolítica auto-imune, plaquetopenia, linfopenia, anticorpos anticardiolipina, anticoagulante lúpico, antinucleares, anti-Sm e VDRL. Os anticorpos anticardiolipina e anti-Sm foram pesquisados por ELISA, os antinucleares por imunofluorescência indireta e o anticoagulante lúpico pelo tempo de protrombina diluída, tempo de coagulação do caulin ou tempo do veneno de víbora de Russell diluído. Para análise estatística utilizamos o teste exato de Fisher bicaudal. RESULTADOS: Observamos aumento da freqüência de trombose arterial na SAFP (59,3% vs 25,0%, p=0,009 e de trombose venosa na SAFS (53,1% vs 33,3%, p>0,05, enquanto não houve diferenças entre as freqüências de perda gestacional (50,0% vs 56,7%, fenômeno de Raynaud (18,5% vs 18,8%, livedo reticular (18,5% vs12,5%, anticoagulante lúpico (33,3% vs 37,5% e anticardiolipina IgG (79,2% vs 72,4% e IgM (58,4% vs 65,5%. Ademais, observamos aumento significante de linfopenia (71,2% vs 7,4%, p<0,0001, de anticorpos antinucleares (100% vs 7,4%, p<0,0001 e de VDRLpositivo (47,1% vs 5,0%, p=0,005 na SAFS ao LES quando comparada com a SAFP. CONCLUSÕES: As manifestações clínicas e laboratoriais são semelhantes na SAFP e na SAFS ao LES, sendo a trombose arterial mais comum na SAFP, enquanto a presença de linfopenia, anticorpos antinucleares e VDRL positivo está associada com a SAFS ao LES.

  12. Condiciones de trabajo en la producción de comidas como factores de riesgo para la enfermedad venosa de miembros inferiores

    Clarissa Medeiros da Luz Bertoldi

    2007-03-01

    Full Text Available El presente estudio tiene por objetivo identificar los factores que pueden desencadenar o, según el caso, empeorar el desarrollo de enfermedades venosas en los miembros inferiores en operarios de una cocina colectiva, denominada Unidad de Alimentación y Nutrición. Se ha realizado un estudio cualitativo descriptivo de las condiciones de trabajo de los operarios de la cocina del Hospital Universitario de Florianópolis, al sur de Brasil. Se ha utilizado la metodología del Análisis Ergonómico del Trabajo. Como técnicas para la recopilación de datos se han realizado entrevistas con cuestionario aplicado por el observador, evaluación del Índice de Masa Corporal, examen clínico específico, volumetría por desplazamiento de agua de miembros inferiores, observación directa de las actividades desarrolladas en el ambiente de trabajo, con registro de imágenes y utilización de material como podómetro, cronómetro y termo-higrómetro digital. Tras la realización del estudio se ha podido observar la presencia de distintos grados de enfermedad venosa en un 78,57% de los casos, con una variación media para volumetría del 5,13%. Se han encontrado factores de riesgo para enfermedad venosa en el ambiente investigado, tales como, la postura de bipedestación por largos periodos de tiempo, temperatura y humedad elevados, la carga inadecuada de peso y el sobrepeso de los operarios.The present study evaluates which factors may influence the appearance or severity of lower limb venous disease on workers of a Unit of Food Service. A qualitative research, in the form of a case study, was carried out at a hospital Unit of Food Service located in Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. The followed methodology was the Ergonomic Analysis of Work. As for data collection, the following were used: interviews and Body Mass Index (BMI assessment; specific clinical examination, water displacement volumetry of the lower extremities, in addition, on site direct

  13. Uso de terapias alternativas en la cicatrización de úlceras de etiología venosa: La cromoterapia Colour therapy in venous ulcers healing: chromoteraphy

    Sandra Alexandre Lozano

    2012-12-01

    Full Text Available La úlcera de etiología venosa es la más prevalente de las úlceras de extremidad inferior. Entre el 75 y el 80% de las úlceras de la extremidad inferior son de esta etiología. De acuerdo con las evidencias disponibles, el tratamiento de las úlceras de etiología venosa tiene como base dos grandes pilares: el manejo de la úlcera como una herida crónica y el control de la hipertensión venosa crónica (HTV, su causa primordial, mediante sistemas de alta compresión decreciente y mantenida. De todos los métodos de control de la HTV, el sistema multicapa ha demostrado clínicamente que permite alcanzar un 80% de tasa de cicatrización de lesiones a las doce semanas de tratamiento, erigiéndose como el tratamiento más efectivo de los existentes hasta el momento. Por otro lado, a menudo, una compresión de 40 mm Hg en el tobillo no es bien tolerada por todas las personas afectadas de HTV crónica. Para esos casos rebeldes en los que debemos utilizar recursos alternativos, nosotros hemos utilizado la cromoterapia ya que ha demostrado, mediante varios estudios, ser útil en la curación de heridas consiguiendo, entre otros beneficios, estimular el aporte sanguíneo al lecho de la herida, favoreciendo así la oxigenación. En base a estos hechos, nos planteamos la aplicabilidad de la cromoterapia en la cura de las úlceras venosas, como tratamiento complementario a las curas habituales, cuando estos no son lo suficientemente efectivos o cuando el paciente no tolera el vendaje elástico multicapa.Venous ulcers are the most prevalent ulcers of the lower extremity. They account for 75%-80% of ulcers of the lower extremity. According to the evidence available, there are two main strands to therapy: treatment of the ulcer as a chronic wound, and management of venous hypertension (VHT, the prime cause of venous ulcers. VHT is managed using decreasing and sustained high-compression systems. According to the literature, the multilayer system has been

  14. Síndrome antifosfolípide: uma causa de neuropatia periférica? Antiphospholipid syndrome: a cause of peripheral neuropathy?

    Mário Sérgio Ferreira Santos; Cícero Ricardo Torres da Costa; Ronnielly Melo Tavares; Marcus Vinicius Mendes de Sousa

    2007-01-01

    Síndrome antifosfolípide ou síndrome do anticorpo antifosfolípide (SAF) é uma desordem auto-imune sistêmica, que se apresenta com trombose arterial ou venosa de repetição e complicações obstétricas, na presença de anticorpos antifosfolípides (aFL), seja anticardiolipina (aCL), anti-[beta]2glicoproteína I (anti-[beta]2GpI) ou anticoagulante lúpico (aL), todos envolvidos na sua patogênese. As manifestações clínicas incluem alterações cutâneas, cardíacas, pulmonares, renais e hematológicas, além...

  15. Comparação entre nifedipina por via sublingual e clonidina por via venosa no controle de hipertensão arterial peri-operatória em cirurgias de catarata

    Stocche Renato Mestriner

    2002-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Estudo recente mostra que a clonidina por via venosa apresenta-se eficaz e segura no tratamento de crises hipertensivas durante cirurgia de catarata. Este estudo visa comparar o uso de nifedipina, droga amplamente utilizada por via sublingual, e clonidina por via venosa no controle da hipertensão arterial em cirurgias de catarata. MÉTODO: Setenta e cinco pacientes submetidos à facectomia foram distribuídos de forma aleatória e encoberta em: Grupo A, que recebeu nifedipina e Grupos C2 e C3, que receberam, respectivamente, 2 e 3 µg.kg-1 de clonidina por via venosa. Todos os pacientes apresentavam hipertensão arterial (PAS > 170 mmHg ou PAD > 110 mmHg. As PAS, PAD e freqüência cardíaca (FC foram medidas e comparadas nos momentos: 0 (antes do tratamento e de 2 em 2 minutos até o final do procedimento. Os eventos adversos foram anotados. RESULTADOS: Após o tratamento ocorreram diminuições da PAS e PAD nos 3 grupos (p <0,001. Houve controle da pressão arterial (<160 mmHg em 32%, 64% e 72% dos pacientes nos grupos A, C2 e C3, respectivamente (p < 0,05. No grupo C3 ocorreu maior incidência de efeitos colaterais que nos grupos C2 e A (p < 0,05. CONCLUSÕES:A clonidina por via venosa é mais eficaz que a nifedipina, por via sublingual, no controle de crises hipertensivas no peri-operatório de cirurgias de catarata. Contudo, a dose de 3 µg.kg-1 pode estar relacionada a efeitos colaterais, devendo-se iniciar o tratamento com 2 µg.kg-1.

  16. Hipoxemia por fístulas artério-venosas pulmonares em criança: relato de caso Hipoxemia por fístulas artério-venosas pulmonares en niño: relato de caso Hypoxemia by pulmonary arteriovenous fistulae in childhood: case report

    Aleksandra Paula Lima

    2004-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A presença de fístulas artério-venosas pulmonares (FAVP deve ser investigada em pacientes com cianose sem causa esclarecida. O objetivo é relatar um caso de lobectomia pulmonar em criança portadora de FAVP. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 3 anos, com história de cianose sem dispnéia desde 8 meses, com baqueteamento digital e ausculta cardíaca normal. ECG e ecocardiografia eram normais e a radiografia de tórax mostrou condensação na metade superior do pulmão esquerdo. A gasometria arterial mostrou PaO2 de 28 mmHg, em ar ambiente, e PaO2 de 31,5 mmHg com cateter nasal de O2. Foi feito diagnóstico de FAVP através de ressonância nuclear magnética, sem possibilidade de embolização. O paciente foi submetido a lobectomia superior esquerda sob anestesia geral associada à anestesia subaracnóidea com morfina e bupivacaína. Foi realizada ventilação monopulmonar com introdução do tubo traqueal seletivo para o pulmão direito. A SaO2 era: em ar ambiente de 59%; à admissão à sala de operações, 69% (FiO2 = 1,0; após indução da anestesia geral, 65% (FiO2 = 1,0; durante a ventilação monopulmonar, 58% (FiO2 = 1,0; após a lobectomia e 98% (FiO2 = 0,6 ao final da cirurgia, com extubação traqueal uma hora após o final do procedimento. A partir do 5º dia de pós-operatório, começou a apresentar progressiva diminuição da SpO2 (até 83% devido aumento de outra FAVP, tratada com embolização sob anestesia geral. A alta hospitalar ocorreu no 15º do pós-operatório. CONCLUSÕES: Neste caso, havia refratariedade à suplementação com O2 e houve melhora imediata com o tratamento cirúrgico. Entretanto, após ressecção da FAVP de maior tamanho ocorreu aumento de outra fístula, que contribuiu para a diminuição da SpO2 no pós-operatório, revertida com a embolização. Com o crescimento da criança, outras fístulas pulmonares ou em outros órgãos poderão surgir, caracterizando a s

  17. Trombose da artéria carótida interna devida a trauma penetrante no pálato mole: relato de caso

    BORGES GUILHERME

    1999-01-01

    Full Text Available Descrevemos caso de trauma penetrante na região oral em criança, evoluindo com oclusão da artéria carótida interna e déficit neurológico correspondente. A tomografia computadorizada e a ressonância nuclear magnética demonstram a oclusão completa da artéria carótida interna. Enfatizamos esta rara complicação de trauma oral, comum em crianças e discutimos os aspectos patogênicos.

  18. Regeneração do fígado de ratos após oclusão parcial da drenagem venosa hepática Hepatic regeneration after parcial oclusion of hepatic vein drainage in rats

    Luiz Roberto Farion de Aguiar

    2009-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A regeneração hepática é um mecanismo para superar a perda de tecido funcional do fígado. Este processo é estudado através de diferentes métodos. OBJETIVO: Avaliar o efeito da oclusão parcial da drenagem venosa hepática sobre a regeneração do fígado remanescente de ratos submetidos à hepatectomia parcial. MÉTODO: Foram colhidas biópsias de fígado em 30 ratos Wistar machos, e a seguir realizada hepatectomia a dois terços. Os animais foram divididos em três grupos: um grupo controle e dois grupos de estudo, submetidos a diferentes graus de estenose da veia hepática direita. Após 96 horas do estímulo para regeneração hepática, todos submeteram-se à outra biópsia hepática. Analisaram-se os fragmentos por imunoistoquímica para os marcadores Ki-67 e fator de von Willebrand. Para a leitura das amostras utilizou-se o sistema SAMBA 4000. A deposição de colágeno foi avaliada pela coloração tricrômico de Masson. RESULTADOS: A proliferação celular dos animais submetidos à hepatectomia parcial e estenose moderada ou severa da veia hepática direita persistiu mais elevada quando comparada ao grupo controle. O Índice de Marcação para o Ki-67 foi significativamente mais elevado após a hepatectomia nos grupos submetidos à oclusão parcial da veia hepática, tanto moderada quanto severa. A expressão de fator de von Willebrand estava diminuída após a hepatectomia parcial nos três grupos. Houve pouco depósito de colágeno no tecido hepático nos animais dos dois grupos com estenose da veia hepática direita. CONCLUSÃO: A oclusão parcial da drenagem venosa hepática em ratos submetidos à hepatectomia parcial prolonga o tempo de proliferação de células hepáticas quando comparado aos animais com veias de calibre normal. Como consequência, também houve atraso na restauração da matriz extracelular e na formação de novos vasos sinusoidais.BACKGROUND: Hepatic regeneration is a mechanism to overcome

  19. Profilaxia para tromboembolismo venoso em um hospital de ensino Venous thromboembolism prophylaxis at a teaching hospital

    Rafael de Melo Franco; Victor Simezo; Rafael Rodrigo Bortoleti; Elias Lobo Braga; Ana Rita Abrão; Fábio Linardi; José Augusto Costa

    2006-01-01

    OBJETIVO: Verificar se a profilaxia da trombose venosa profunda está sendo utilizada de maneira correta e rotineira em um hospital de ensino. MÉTODOS E CASUÍSTICA: Foi realizado um estudo transversal de pacientes internados em sete setores (enfermarias) do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (Hospital de Ensino), no período de agosto de 2004 a agosto de 2005. Para estratificação do risco de trombose venosa profunda de cada paciente, foram pesquisados fatores clínicos e cirúrgicos, segundo o proto...

  20. Trombose séptica de seios cavernosos, transverso e sigmóide e de veia jugular, associada à meningite, secundária a furúnculo nasal: Relato de Caso Septic thrombosis of cavernous, transverse, sigmoid sinuses and jugular vein, associated with meningitis, secondary to nasal furuncle: Case report

    Hélio Utida

    2002-06-01

    Full Text Available Os autores descrevem um caso de furúnculo nasal que evoluiu com trombose séptica de seio cavernoso, bilateral e assimétrica, e de seios transverso e sigmóide e de veia jugular interna a esquerda, associada à meningite bacteriana, em um paciente previamente hígido. Apesar da trombose séptica extensa de seios venosos, o paciente apresentou boa evolução, após tratamento clínico agressivo com antibióticos, corticosteróides e anticoagulantes. Porém, manteve como seqüela: paresia de VI nervo à esquerda e lesão parcial de nervo óptico homolateral.The authors report a case of nasal furuncle that progressed to septic bilateral and asymmetric thrombosis of cavernous, transverse, sigmoid sinus and internal jugular vein, associated with bacterial meningitis, in a previously healthy patient. In spite of the extensive thrombosis, the patient presented a good evolution, after an aggressive clinical treatment with antibiotics, corticosteroids and anticoagulants. However, there remained paresis of the VI nerve on the left and partial lesion of the homolateral optic nerve.

  1. Atitudes atuais de anestesiologistas e médicos em especialização com relação à anestesia venosa total Actitudes actuales de anestesiólogos y médicos en especialización con relación a la anestesia venosa total Current attitude of anesthesiologists and anesthesiology residents regarding total intravenous anesthesia

    Fernando Squeff Nora

    2006-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: No passado, tempo, custos, informações, treinamento e avaliação da profundidade da anestesia limitavam a aceitação da anestesia venosa total (TIVA. O objetivo deste estudo foi determinar atitudes de anestesiologistas e médicos em especialização com relação à anestesia venosa total. MÉTODO: Um questionário foi enviado a 150 anestesiologistas e 102 residentes. A concordância (C e discordância (D em cada item foram comparadas por testes z (consenso, se p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Antiguamente, tiempo, costes, informaciones, capacitación y evaluación de la profundidad de la anestesia limitaban la aceptación de la anestesia venosa total (TIVA. El objetivo de este estudio fue el de determinar las actitudes de anestesiólogos y médicos en especialización con relación a la anestesia venosa total. MÉTODO: Un cuestionario fue enviado a 150 anestesiólogos y 102 residentes. La concordancia (C y discordancia (D en cada ítem se compararon por pruebas z (consenso, si p BACKGROUND AND OBJECTIVES: In the past, time, cost, information, training, and the evaluation of the plane of anesthesia limited the acceptance of total intravenous anesthesia (TIVA. The objective of this study was to determine the attitude of anesthesiologists and other anesthesiology residents regarding total intravenous anesthesia. METHODS: A questionnaire was sent to 150 anesthesiologists and 102 residents. The concordance (C and disaccord (D of each item were compared by z tests (consensus if p < 0.05. RESULTS: There were 98 responses. The data represent the number of answers for each category. The majority of the participants agreed that the quality of the awakening stimulates the use of the TIVA (C/D = 86/8; p < 0.05; that the future depends on the development of drugs with a fast onset of action and immediate recovery (C/D = 88/5; p < 0.05; that they would like to use TIVA more often (C/D = 72/21; p < 0.05; and to have more information

  2. A percepção do cliente em hemodiálise frente à fístula artério venosa em seu corpo La percepición del cliente en hemodiálisis delante a la fístula arterío venosa en su cuerpo The hemodyalisis client's perception about having an arteriovenous fistula

    Giselle Barcellos Oliveira Koepe

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar as percepções sensoriais dos clientes frente à fistula artério-venosa (FAV e descrevê-las a partir dos sentidos sócio comunicantes do corpo. MÉTODOS: Aplicação de técnicas criativas durante sessão de hemodiálise com cinco pacientes. Foi pedido que desenhassem algo que representasse a presença da fístula artério-venosa e em seguida foram expostas seis gravuras, cada uma com um sentido corporal, sendo argüidos sobre sentimentos provocados pela fístula artério-venosa diante de cada sentido. Os depoimentos foram gravados em fita magnética. RESULTADOS: Com a aplicação das técnicas criativas foram apontados sentimentos como tristeza, amargura e dependência, advindos da presença da fístula artério-venosa e das abordagens no convívio social. CONCLUSÃO: Ao valorizar os sentidos do paciente no convívio com a FAV, o enfermeiro redimensiona o cuidado a ele prestado.OBJETIVO: Identificar las percepciones sensoriales de los clientes frente a la fístula arteriovenosa (FAV y describirlas a partir de los sentidos sóciocomunicantes del cuerpo. MÉTODOS: Aplicación de técnicas creativas durante la sesión de hemodiálisis con cinco pacientes. Fue pedido que dibujen algo que represente la presencia de la fístula arteriovenosa y a seguir que expusieran seis grabaciones, cada una con un sentido corporal, siendo examinados sobre los sentimientos provocados por la fístula arteriovenosa frente a cada sentido. Las declaraciones fueron grabadas en cinta magnética. RESULTADOS: Con la aplicación de las técnicas creativas se apuntaron sentimientos como tristeza, amargura y dependencia, generados por la presencia de la fístula arteriovenosa y de los abordajes en la convivencia social. CONCLUSIÓN: Al valorizar los sentidos del paciente en la convivencia con la FAV, el enfermero redimensiona el cuidado que presta.OBJECTIVE: To identify the sensorial perceptions of the patients towards the arteriovenous fistula and

  3. Fístula arterio-venosa secundaria a picadura de raya de río Arteriovenous fistula secondary to stingray puncture

    Rodrigo Girón

    1993-03-01

    Full Text Available

    Se presenta el caso de un paciente de sexo masculino, pescador, lesionado en la región fe. moral por una raya de río (Potamotrygon magdalenne lo que le produjo una fístula arterio-venosa de los vasos femorales. Fue tratado exitosamente mediante rafia de la vena y resección y anastomosis término-terminal de la arteria. En una revisión del tema no se encontraron informes previos de fístulas A-V de esta etiología.

    We report on the case of a fisherman who was wounded by a stingray (Potamotrygon magdalenne. As a consequence he developed a femoral arterio-venous fistula that was surgical treated with success. Suture of the vein and end to end anastomosis of the artery were performed. A review of the literature yielded no cases of arteriovenous fistula of this etiology.

  4. Trombose de veia central da retina em paciente usuária de interferon e ribavirina: relato de caso Central vein occlusion in a patient using interferon and ribavirin: case report

    John Helal Jr.

    2006-08-01

    Full Text Available O interferon alfa (INF alfa é droga atualmente utilizada no tratamento de várias doenças sistêmicas, como a hepatite C crônica. A ribavirina quando associada ao interferon alfa aumenta muito a resposta ao tratamento. Estima-se que a infecção crônica pelo vírus da hepatite C afete 170 milhões de pessoas no mundo, muitas delas em uso dessas medicações. A forma típica da retinopatia associada ao interferon alfa apresenta exsudatos algodonosos e hemorragias intra-retinianas. Há vários relatos de alterações oculares associadas ao uso do interferon alfa. Este trabalho descreve um caso de oclusão de veia central da retina em olho direito, com hemorragias no olho contralateral, em paciente usuária dessas medicações por dois anos. O caso descrito expõe em um dos olhos o quadro mais freqüente da retinopatia associada ao uso de interferon alfa (hemorragias de fundo e no olho contralateral, uma apresentação muito mais atípica (trombose de veia central da retina. O quadro fundoscópico apresentou melhora com a interrupção da medicação.Interferon and ribavirin are medications widely used in the treatment of some systemic diseases, mainly hepatitis C. Ribavirin when associated with interferon increases the rate of success of this treatment. There are about 170 million patients with chronic hepatitis C in the world, many in use of these medications. The classic associated retinopathy is described as cotton wool exudates and hemorrhages. Since the first reports, several different ocular disturbances were described in association with interferon. The present case shows a patient whose right eye presented with central retinal vein occlusion and whose left eye presented the typical findings of hemorrhages; prompt resolution after the medications were discontinued.

  5. Contracepção hormonal e sistema cardiovascular

    Milena Bastos Brito

    2011-04-01

    Full Text Available A contracepção hormonal é o método mais utilizado para prevenção de gestações não planejadas. A literatura tem demonstrado associação entre risco cardiovascular e uso de hormonioterapia. A fim de melhorar a orientação contraceptiva para mulheres com fatores de risco para doença cardiovascular, realizamos uma revisão da literatura em relação ao assunto. Esta revisão descreve os dados mais recentes da literatura científica acerca da influência dos contraceptivos hormonais em relação a trombose venosa, arterial e hipertensão arterial sistêmica, doenças cada dia mais prevalentes na população feminina jovem.

  6. Tromboembolismo venoso em idade pediátrica

    Pereira, H.; Sousa, M.; Isvarla, P.; Ferreira, N

    2014-01-01

    Introdução: O tromboembolismo venoso é uma entidade rara em idade pediátrica, de etiologia multi-fatorial, sendo importante estabelecer o seu diagnóstico e avaliar o prognóstico funcional. Caso clínico: Adolescente de 11 anos, habitualmente saudável, observada no Serviço de Urgência por clínica compatível com trombose venosa superficial do membro superior. Da investigação realizada, controlo analítico incluindo velocidade de sedimentação, coagulação, auto-imunidade e homocisteína com v...

  7. 饵料、温度和个体规格对脉红螺摄食的影响%Effect of feeding preferences, temperature, and size on food intake ofRapana venosa

    宋军鹏; 房建兵; 宋浩; 张涛; 班绍君; 潘洋; 李朝霞

    2016-01-01

    This study was conducted to demonstrate the feeding preferences and the effect of preferences, tempera-ture, and size on the food intake ofRapana venosa by using the feeding preferences coefficient, total food intake, and other parameters. The predation ofR. venosa was species selective, with a clear preference forSinonovacula constricta,Solen gouldi, andMactra chinensis. The average wet weight consumption rate did not depend on the type of diets. With increasing temperature, the variation in the food intake was consistent amongR. venosa species with different shell lengths. The predation ofR. venosa started when the temperature reached 7℃ and massively increased at >16℃ and reached a peak at approximately 22℃. ForR. venosawith different specifications, along with the increase in shell length, the food intake per unit body weight decreased gradually; the lowest predation temperature decreased initially and then increased.R. venosawith the shell length ranging from 50 to 70 mm had the lowest predation temperature. This study provides a theoretical basis for the culture ofR. venosa and a reference for the potential ecological impacts of the invasion ofR. venosato recipient ecosystems.%利用实验生态学方法,通过分析摄食喜好系数、单位体质量摄食量等参数,研究脉红螺(Rapana venosa)的摄食选择性,以及饵料种类、温度和个体规格对脉红螺摄食量的影响。结果表明,脉红螺(壳长100~120mm)具有明显的摄食选择性,喜食缢蛏(Sinonovacula constrzcta)、竹节蛏(Solen gouldi)和中国蛤蜊(Mactra chinensis),但不同饵料对其摄食量的影响不显著。随着温度的升高,不同规格脉红螺的摄食量变化趋势相似,即温度低于7℃时基本不摄食,温度高于16℃时开始大量摄食,22℃左右时达到摄食高峰。不同规格的脉红螺,随壳长的增加,单位体质量摄食量逐渐减小。不同壳长的脉红螺(38~108 mm),随壳长的增加,最

  8. Paciente con deficiencia de proteína C y múltiples trombosis: reporte de caso A patient with C protein deficiency and multiple thromboses. case report

    José Domingo Torres Hernández

    2007-08-01

    Full Text Available Se debe considerar un estado de hipercoagulabilidad primaria o trombofilia heredada en los pacientes con enfermedad tromboembólica venosa. La sospecha clínica se debe dirigir a los pacientes con presentación temprana, recurrente, familiar o en sitios anatómicos poco usuales. En este reporte se describe el caso de un paciente con déficit de proteína C de la coagulación, quien desarrolló trombosis venosa profunda del miembro inferior derecho a los 36 años y un año después, trombosis venosa profunda del miembro inferior izquierdo. A la edad de 51 años presentó trombosis de vasos mesentéricos que condujo a una resección intestinal extensa lo que obligó a un trasplante de intestino delgado. Su padre había presentado trombosis venosa de los miembros inferiores. Se descartó la presencia asociada de la mutación G20210A de la protrombina y del Factor V Leiden. Hasta donde sabemos, es el primer caso de deficiencia de proteína C de la coagulación informado en la literatura colombiana. Inherited thrombophilias are an important group of diseases that should be taken into account in the study of patients with thromboembolic disease, particularly in those whose clinical presentation includes frequent and recurrent thrombotic episodes at young age, in unusual sites, and a familial history of thrombosis. We report the case of a patient with C protein deficiency which developed deep venous thromboses of both legs when he was 36 and 37 years old. At 51 years of age he suffered from mesenteric thrombosis requiring surgical treatment and small intestine transplantation. His father had deep venous thrombosis. This is the first report of C protein deficiency in the Colombian literature. Other inherited thrombophilias such as the G20210A mutation in the prothrombin gene and actor V Leiden were absent.

  9. A avaliação da rede venosa pela enfermagem em mulheres com câncer ginecológico durante o tratamento quimioterápico Evaluación de la red venosa por la enfermería en mujeres con cáncer ginecológico durante el tratamiento de quimioterapia Venous network assessment by nursing in women with gynecological cancer during chemotherapy treatment

    Cristiane Regina Soares

    2012-06-01

    Full Text Available Estudo de abordagem exploratória e descritiva que teve como objetivos: avaliar a rede venosa das mulheres com câncer cérvico uterino, no início e ao final do tratamento quimioterápico; analisar a ocorrência de flebite provocada pelas drogas utilizadas nos protocolos de quimioterapia neoadjuvante e adjuvante e relacionar os tipos de veia com os dispositivos mais utilizados, tempo de permanência e intercorrências. Utilizou-se um instrumento de avaliação da rede venosa para os membros superiores. Foram incluídas 20 mulheres atendidas em um hospital de ensino do interior do Estado de São Paulo. A avaliação da rede venosa demonstrou poucas alterações, e a intercorrência mais frequente foi o hematoma (60%. Os resultados deste estudo apontam para aspectos da prática de enfermagem relacionados à administração de quimioterápicos e ressaltam a necessidade de elaborar e implantar protocolos para o cuidado.Este estudio exploratorio y descriptivo tuvo como objetivos evaluar la red venosa de las mujeres con cáncer de cuello uterino en el comienzo y el final del tratamiento quimioterápico, analizar la ocurrencia de flebitis causada por los fármacos utilizados en los protocolos de quimioterapia neo adyuvante y adyuvante, y relacionar los tipos de venas con los dispositivos más utilizados, tiempo de permanencia y complicaciones. Se utilizó un instrumento para evaluar la red venosa de los miembros superiores. Participaron 20 mujeres tratadas en un hospital de enseñanza en el interior del estado de São Paulo. La evaluación de la red venosa mostró pocas alteraciones y la complicación más frecuente fue el hematoma (60%. Los resultados del estudio apuntan aspectos de la práctica de enfermería relacionados a la administración de agentes quimioterápicos y señalan la necesidad de desarrollar e implementar protocolos de atención.This descriptive and exploratory study aimed to evaluate the venous network of women with cervical

  10. Enfermedad tromboembólica venosa en el embarazo y puerperio. Parte 2: Prevención y tratamiento Venous thromboembolic disease in pregnancy and puerperium. Part 2: Prevention and treatment

    Danilo Nápoles Méndez; Dayana Couto Núñez

    2011-01-01

    La enfermedad tromboembólica venosa constituye una causa importante de morbilidad y mortalidad en el período grávido puerperal, lo cual ha generado múltiples controversias en cuanto a su prevención y tratamiento. En este artículo se exponen las medidas preventivas y terapéuticas para tratar a mujeres con enfermedad tromboembólica en el embarazo y puerperio, para lo cual se detallan las medidas generales y el uso de antitrombóticos en la profilaxis de esta afección, así como también su utiliza...

  11. "Validación de la medición de retinol y tocoferol por HPLC en muestras tomadas en gotas de sangre sobre papel filtro (GSS) y su comparación con sangre venosa y sangre capilar"

    Irene Montalvo Velarde; Mardya López Alarcón; René Casique Salvatierra

    2006-01-01

    Los valores séricos son el indicador comúnmente usado para conocer el estado de vitaminas A y E. Desafortunadamente, su uso es impráctico en evaluaciones poblacionales, debido a que involucra la toma de sangre venosa, centrifugación y almacenamiento en congelación antes de su análisis. El objetivo de este estudio fue validar el uso de gotas de sangre seca (GSS) para la evaluación de vitaminas A y E, comparándolas con el retinol y tocoferol en suero venoso y capilar. Muestras de...

  12. Condiciones de trabajo en la producción de comidas como factores de riesgo para la insuficiencia venosa de miembros inferiores: análisis comparativo entre Brasil y España

    Luz, Clarissa Medeiros da

    2011-01-01

    Texto en español y resumen en español, inglés, portugués y francés ANTECEDENTES: El sector de producción de comidas colectivas se caracteriza por la utilización intensiva de mano de obra, con una gran dependencia de la labor desarrollada por los trabajadores. Las condiciones de trabajo y salud están directamente relacionadas con desempeño y productividad en este sector. La enfermedad venosa crónica es un importante problema de salud pública, con consecuencias en la vida personal y laboral,...

  13. Resultados do tratamento da Insuficiência Venosa Crônica grave com espuma de polidocanol guiada por ultrassom Results of treatment of severe chronic venous insufficiency with ultrasound-guided polidocanol foam

    Melissa Andreia de Moraes Silva; Marcelo Calil Burihan; Orlando da Costa Barros; Felipe Nasser; José Carlos Ingrund; Adnan Neser

    2012-01-01

    CONTEXTO: A insuficiência venosa crônica (IVC) em suas formas mais graves, com ulceração e lesões inflamatórias, associa-se a um tratamento cirúrgico convencional de difícil execução. A escleroterapia de veias tronculares com espuma de polidocanol é considerada uma alternativa terapêutica com resultados satisfatórios. OBJETIVO: Relatar os resultados da escleroterapia com espuma de polidocanol no tratamento de pacientes com IVC de membros inferiores com úlcera ativa. MÉTODOS: Em um período de ...

  14. Estudio comparativo entre cirugía vs escleroterapia como métodos aplicativos de la estrategia CHIVA para el tratamiento de la insuficiencia venosa crónica de las extremidades inferiores

    Soto Carricas, Begoña

    2011-01-01

    Estudi que té una cohort de 67 pacients intervinguts de varius entre 2009 i 2010 a l'Hospital de Sant Pau. S'exclouen varius amb insuficiència valvular de vena safena interna. Són intervinguts seguint l'estratègia CHIVA (Cura Hemodinàmica Insuficiència Venosa Ambulatòria) amb cirurgia o esclerosis amb escuma de polidocanol. No es troben diferències per complicacions rellevants, però l'esclerosi té una major taxa de complicacions lleus, principalment pigmentació. El control ecogràfic mostra ig...

  15. Avaliação do potencial fitotóxico de Persea venosa Nees & Mart. (Lauraceae) sobre sementes e plântulas de diferentes espécies cultivadas

    C.E. Mendes; Casarin, F.; S.L. Sperandio; N.F. Moura; R.B.N. Denardin

    2013-01-01

    Este estudo objetiva a análise dos efeitos alelopáticos de Persea venosa (pau-de-andrade) frente a diversas espécies cultivadas. Para os testes, foram utilizados extratos alcoólicos da casca do caule de pau-de-andrade, conforme sua utilização medicinal, em quatro concentrações. A atividade alelopática foi testada frente às cultivares de milho, soja, alface e rabanete. O experimento foi inteiramente casualizado, com quatro repetições de 50 sementes. A análise de cromatografia em camada delgada...

  16. Enfermedad tromboembólica venosa en el embarazo y puerperio. Enfoque de riesgo y diagnóstico Venous thromboembolic disease in pregnancy and puerperium. Risk and diagnosis approach

    Danilo Nápoles Méndez; Dayana Couto Núñez

    2011-01-01

    La enfermedad tromboembólica venosa es la primera causa no obstétrica de morbilidad materna, con un aporte importante a la mortalidad. En este artículo no solo se describen los factores de riesgo relacionados con esta entidad clínica en la gravidez vinculados a trombofilia, sino también con las afecciones previas de la gestación y los concernientes a embarazo y puerperio, así como los medios para su diagnóstico precoz, incluidas las principales manifestaciones clínicas y los mecanismos más fi...

  17. Relação entre a mobilidade da articulação talocrural e a úlcera venosa Relationship between talocrural joint mobility and venous ulcer

    Cleusa Ema Quilici Belczak

    2007-06-01

    Full Text Available CONTEXTO: O presente estudo avalia a mobilidade da articulação talocrural nos seis estágios clínicos da classificação CEAP (clínica, etiológica, anatômica e patofisiológica do International Consensus Committee Reporting Standards on Venous Disease para doença venosa utilizando a goniometria, e detecta redução da mobilidade articular nos estágios mais avançados da doença, C5 e C6 (úlcera cicatrizada ou ativa. OBJETIVO: Investigar a existência de uma relação entre a severidade clínica da doença venosa crônica dos membros inferiores e a diminuição do grau de mobilidade da articulação talocrural. MÉTODO: Selecionaram-se aleatoriamente 120 membros pertencentes a 88 pacientes brancas, que foram separados com base em sua apresentação clínica de acordo com a categoria C da classificação CEAP, sendo distribuídos em 6 grupos pertencentes às categorias de C0-C1 (grupo controle até C6, com 20 membros cada um e médias de idade próximas para cada grupo. O grau de mobilidade do tornozelo foi acessado por goniometria de apoio plantar em posição de decúbito supino. RESULTADOS: Os grupos C de CEAP apresentam diferença significativa em relação ao grau de mobilidade da articulação talocrural medida por goniometria (p BACKGROUND: This study assesses talocrural joint mobility considering the six stages of CEAP classification (clinical, etiologic, anatomic and pathophysiologic by the International Consensus Committee reporting standards on venous disease for venous disease using goniometry, and detects reduction in joint mobility in more advanced stages of the disease, C5 and C6 (healed or active ulcer. OBJECTIVE: Investigate the existence of a relationship between clinical severity of chronic venous disease of the lower limbs and reduction in talocrural joint mobility. METHODS: A total of 120 limbs from 88 Caucasian patients were randomly selected. They were divided based on clinical presentation according to the C

  18. Malformaciones venosas orofaciales de bajo flujo: esclerosis endoluminal con láser de diodo Low-flow orofacial venous malformations: endoluminal sclerosis with a diode laser

    M. Puche Torres

    2010-06-01

    Full Text Available Introducción: Las anomalías vasculares son procesos frecuentes que se localizan en más del 50% de los casos en la región de la cabeza y el cuello. Las técnicas clásicas de tratamiento, tales como la cirugía y la esclerosis química, han dado paso a modernas técnicas menos invasivas, tales como el láser Nd:YAG. Por otra parte, se ha utilizado con éxito el láser de diodo (980 nm para el tratamiento de varices mediante esclerosis endoluminal. Nuestra propuesta es la utilización del láser de diodo (l 980 nm para provocar una esclerosis por fotocoagulación intralesional de las malformaciones venosas de bajo flujo dada la capacidad de este láser de ser transmitido por fibra óptica. Objetivo: Exponer nuestros resultados en el tratamiento de malformaciones venosas de bajo flujo (MVBF orofaciales mediante la terapéutica de esclerosis endoluminal con láser de diodo. Material y métodos: Revisamos 84 pacientes que presentaban MVBF orofaciales tratados con láser de diodo. Describimos la técnica de realización y se muestran los resultados postoperatorios a corto plazo. Resultados: Tras un periodo de seguimiento no inferior a 12 meses se constató curación en el 95,24% aplicando una o dos sesiones y solamente en 4 casos se objetivó recidiva. Concluimos que la técnica de esclerosis endoluminal con láser de diodo de MVBF en el área orofacial se constituye como una nueva técnica de tratamiento, mínimamente invasiva, ambulatoria, y que permite la resolución de los casos sin tener que recurrir a cirugías más agresivas y con excelentes resultados funcionales y estéticos.Background: Vascular anomalies are common processes that involve the head and neck region in more than 50% of the cases. Traditional treatment options such as surgery and chemical sclerosis have given way to modern less-invasive techniques, including Nd:YAG laser treatment. On the other hand, 980 nm laser diode has been successfully used for the endovenous sclerosis

  19. Valores de electrolitos, gases sanguíneos, nitrógeno ureico y glucosa en sangre venosa de caninos, ubicados a 2.600 msnm

    Ernesto A. Dalmau Barros

    2008-12-01

    Full Text Available El presente trabajo aporta información útil sobre el estatus ácido-base a partir de 38 muestras de sangre venosa de caninos adultos en reposo, localizados a una altitud de 2.600 msnm. Los datos disponibles y actuales proceden, en su mayoría, de investigaciones realizadas en otros países en las que se hace referencia al tipo de trabajo del animal y al efecto de la altitud. Los datos obtenidos en este trabajo fueron comparados con la información reportada en caninos atletas y con las conclusiones de otras investigaciones. De acuerdo con los resultados de este estudio, en los caninos que viven en zonas a 2.600 msnm se presentan concentraciones de electrolitos, como el sodio (140,28 mmol/L y el cloruro (110,913 mmol/L, que resultan ser inferiores a los datos reportados por otras investigaciones, aunque los valores plasmáticos de sodio, cloruro, potasio y calcio ionizado no variaron en relación con otros estudios. Los valores de brecha aniónica y pH de la sangre no variaron en relación con los valores de referencia, mientras que la concentración de bicarbonato estuvo cerca al límite superior. Este último aspecto está relacionado con el aumento de la relación HCO3-:CO2d. La osmolalidad calculada estuvo cerca al límite inferior con una tendencia a la hiposmolalidad.

  20. Microcurrent application as analgesic treatment in venous ulcers: a pilot study La aplicación de microcorriente como tratamiento en las úlceras venosas: un estudio piloto Aplicação da microcorrente como recurso para tratamento de úlceras venosas: um estudo piloto

    Raciele Ivandra Guarda Korelo

    2012-08-01

    Full Text Available This study aimed to evaluate the effect of microcurrent electrical stimulation on pain and area of venous ulcers. In a pilot study for a single-blind controlled clinical trial, carried out at an outpatient clinic during four weeks, 14 subjects with venous ulcers (mean age 62±9 years were divided in two groups: microcurrent (n=8 and control group (n=6. Pain (by Visual Analogue Scale and the ulcer area were measured by planimetry. There was a significant difference between the two groups with respect to pain (microcurrent group from 8.5 (6.5-9.75 to 3.5 (1-4.75 and control group from 7.5 (5.75-10 to 8.5 (5.5-10, pEste estudio objetivó evaluar el efecto de la estimulación eléctrica por microcorriente sobre el dolor y el área de superficie de úlceras venosas. En un estudio piloto para un ensayo clínico controlado simple ciego, realizado en una clínica durante 4 semanas, se dividieron 14 individuos (62±9 años de edad en dos grupos: grupo microcorriente (n=8 y grupo control (n=6. Se evaluaron el dolor (por medio de la Escala Visual Analógica y el área de superficie de la úlcera por medio de la Planimetría. Hubo diferencia significativa entre los dos grupos con relación al dolor (grupo de microcorriente de 8,5 (6,5-9,75 para 3,5 (1-4,75 y grupo control de 7,5 (5,75-10 para 8,5 (5,5-10, pO objetivo neste estudo foi avaliar o efeito da estimulação elétrica, por microcorrente, sobre a dor e a área de superfície de úlceras venosas. Em estudo-piloto para um ensaio clínico controlado simples-cego, realizado em uma clínica durante 4 semanas, dividiram-se 14 indivíduos (62±9 anos de idade em dois grupos: grupo microcorrente (n=8 e grupo-controle (n=6. Avaliaram-se a dor (por meio da Escala Visual Analógica e a área de superfície da úlcera por meio da Planimetria. Houve diferença significativa entre os dois grupos em relação à dor (grupo de microcorrente de 8,5 (6,5-9,75 para 3,5 (1-4,75 e grupo-controle de 7,5 (5,75-10 para 8

  1. Uso de heparinas de bajo peso molecular en el manejo ambulatorio de pacientes con trombosis venosa profunda. Estudio comparativo: heparina no fraccionada vs heparina de bajo peso molecular

    Gerardo Quirós M

    2001-08-01

    Full Text Available Justificación y Objetivos: El presente estudio establece un análisis comparativo del uso de las heparinas no fraccionadas (convencionales aplicadas en infusión continua endovenosa y las heparinas de bajo peso molecular (HBPM administradas en forma subcutánea. Se compara la evolución de pacientes con trombosis venosa profunda, ofreciendo a la vez una perspectiva económica que señala una diferencia significativa y que, a la larga, podría marcar la pauta para la incorporación en nuestro medio de nuevas variantes terapéuticas en el tratamiento de nuestros pacientes. Material y Métodos: En forma prospectiva fueron evaluados un total de 40 pacientes con trombosis venosa profunda diagnosticada por primera vez mediante los hallazgos clínico y corroborados por ultrasonografía doppler. El primer grupo de 20 pacientes, elegido en forma aleatoria, fue tratado con hepa-rina de bajo peso molecular (nadroparina a dosis de 0,6 cc. Sc cada 12 horas, por tres días e iniciando en forma concomitante warfarina a dosis estándar de carga de 15 mg vía oral, el primer día, 10 mg el segundo día y 5 mg días restantes con monitorización del tiempo de tromboplastina ( TPT , tiempo de protrombina ( TP y del cociente internacional normalizado ( INR al cuarto día valorados en consulta externa. El segundo grupo control de 20 pacientes fueron hospitalizados requiriendo la infusión continua endovenosa de heparina no fraccionada con el respectivo monitoreo seriado de los tiempos de coagulación hasta lograr los niveles óptimos. Resultados: Se identificaron tres casos de retrombosis en el grupo tratado con heparina no fraccionada (15%. Así mismo se registró un cuadro de tromboembolismo pulmonar ( TEP ( 5% y dos sangrados menores (10%. En los 20 pacientes manejados con HBPM no se reportaron complicaciones. Los controles de laboratorio mostraron una tendencia a la sobreanticoagulación en el 25% de los pacientes que recibieron infusión endovenosa cont

  2. Influência da clonidina por via venosa no custo de anestesia com sevoflurano em cirurgias de ouvido médio em regime ambulatorial Influencia de la clonidina por vía venosa en el costeo de anestesia con sevoflurano en cirugías de oído medio en régimen ambulatorial Influence of intravenous clonidine in the cost of sevoflurane anesthesia for outpatient middle ear procedures

    Renato Mestriner Stocche; Luís Vicente Garcia; Jyrson Guilherme Klamt; Marlene Paulino dos Reis; Daniela Rocha Gil; Karin Luiza Magno Mesquita

    2004-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A clonidina é um agente a2-agonista que diminui o consumo de anestésicos venosos e inalatórios. Este estudo visou avaliar a relação custo-benefício da medicação pré-anestésica com clonidina por via venosa em anestesia geral com sevoflurano em regime ambulatorial. MÉTODO: Trata-se de estudo encoberto, aleatório, controlado com placebo, realizado com pacientes com idade entre 15 e 52 anos. Os pacientes foram divididos em 3 grupos de 15: Grupo S (placebo), Grupo C3 (cl...

  3. Tromboprofilaxia na colecistectomia videolaparoscópica Thromboprofilaxis for videolaparoscopic cholecystectomy

    Renato Maciel

    2004-10-01

    Full Text Available Inspirados no caso de um paciente que desenvolveu tromboembolia pulmonar três dias após a realização de uma colecistectomia videolaparoscópica, mesmo tendo feito uso de heparina não fracionada no pré e nas primeiras 24hs de pós-operatório.Os autores analisaram a ocorrência de tromboembolia venosa na colecistectomia videolaparoscópica , os fatores de risco, as medidas de tromboprofilaxia e sugerem a conduta a ser adotada neste tipo de procedimento.Based in a case of a patient who developed pulmonary embolism three days after a laparoscopic cholecystectomy in spite of using unfrationated heparin starting before surgery and mantained in the first 24hs postoperatively. The authors have analysed the risk factors and the rate of VTE in laparoscopic cholecystectomy , the use of thromboprofilaxis and suggested procedures that should be adopted

  4. Tratamento cirúrgico da hipertensão porta na esquistossomose mansoni

    Petroianu Andy

    2003-01-01

    Define-se a hipertensão porta pela presença de um gradiente de pressão venosa hepática superior a 5mmHg. Ela é causada geralmente pelo aumento da resistência do leito vascular porta-hepático em decorrência de obstrução ao fluxo sanguíneo. Nas formas graves da esquistossomose há aumento progressivo da pressão porta e o desenvolvimento de varizes nos órgãos intra-abdominais, no retroperitônio e na parede do abdômen. A principal complicação desse processo é o sangramento digestivo, proveniente, ...

  5. Trombose de prótese biológica mitral: importância do ecocardiograma transesofágico no diagnóstico e acompanhamento pós-tratamento Bioprosthetic mitral valve thrombosis: importance of transesophageal echocardiography in the diagnosis and follow-up after treatment

    Adelino Parro Jr

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever os achados clínicos e ecocardiográficos de trombose em prótese biológica mitral e o valor do ecocardiograma transesofágico (ETE no diagnóstico e monitoração da lise do trombo. MÉTODOS: Foram estudados ao ETE 111 pacientes com prótese biológica mitral, e incluídos 4 de 7 com suspeita de trombo nestas próteses (idade média = 60,2±10,2 anos; 2 homens. O diagnóstico pôde ser confirmado pela realização seriada do ETE e pela evolução clínica. Investigaram-se os aspectos morfológicos dos folhetos da prótese, e presença e característica das massas ecogênicas anexas. Foram obtidos o gradiente médio pela prótese e a área valvar. RESULTADOS: O diagnóstico de trombo em prótese biológica mitral foi realizado 48,7±55,2 meses após a cirurgia. Dois pacientes apresentaram acidente vascular encefálico isquêmico no pós-operatório imediato. O gradiente médio global estava elevado (11,4±3 mmHg e a área valvar reduzida (1,24±0,3cm². Ao ETE, em todos foram evidenciadas massas ecogênicas em face ventricular esquerda da prótese biológica mitral, sugestivas de trombo. No ETE seriado (136±233 dias, houve desaparecimento do trombo em dois casos e redução do trombo nos outros dois, após tratamento. O gradiente médio reduziu para 6,2±3 mmHg (p=0,004; IC 95%, e a área valvar aumentou para 2,07±0,4 (p=ns. CONCLUSÃO: O ETE mostrou-se útil na detecção de trombo em prótese biológica mitral e eficaz na monitoração do tratamento, em todos casos.OBJECTIVE: To report the clinical and echocardiographic findings of bioprosthetic mitral valve thrombosis and the value of transesophageal echocardiography (TEE in its diagnosis and monitoring of thrombolysis. METHODS: One hundred and eleven patients with mitral bioprostheses underwent TEE, and 4 out of 7 suspected of having a thrombus on these prostheses were included in the study (mean age = 60.2±10.2 years; 2 men. The diagnosis was confirmed with serial

  6. Trombose de prótese biológica mitral: importância do ecocardiograma transesofágico no diagnóstico e acompanhamento pós-tratamento Bioprosthetic mitral valve thrombosis: importance of transesophageal echocardiography in the diagnosis and follow-up after treatment

    Adelino Parro Jr; Marta Lancia Carramona; Caio Augusto Ferreira Amaral; José Luiz Balthazar Jacob; José Carlos Nicolau

    2004-01-01

    OBJETIVO: Descrever os achados clínicos e ecocardiográficos de trombose em prótese biológica mitral e o valor do ecocardiograma transesofágico (ETE) no diagnóstico e monitoração da lise do trombo. MÉTODOS: Foram estudados ao ETE 111 pacientes com prótese biológica mitral, e incluídos 4 de 7 com suspeita de trombo nestas próteses (idade média = 60,2±10,2 anos; 2 homens). O diagnóstico pôde ser confirmado pela realização seriada do ETE e pela evolução clínica. Investigaram-se os aspectos morfol...

  7. Mutações predisponentes à trombofilia em indivíduos de Minas Gerais - Brasil com suspeita clínica de trombose Predisposing thrombophilic mutations in individuals with clinical suspicion of thrombosis from Minas Gerais, Brazil

    Sabrina P. Guimarães

    2009-02-01

    Full Text Available A trombose é reconhecidamente uma doença de caráter multifatorial. Sua ocorrência está intimamente relacionada à presença de fatores genéticos e adquiridos que concorrem isoladamente ou em associação para o seu desencadeamento. No entanto, a frequência dos fatores genéticos pode variar de acordo com a origem étnica e com outros aspectos epidemiológicos dos grupos de indivíduos e populações estudadas. No Brasil, dados referentes a indivíduos brasileiros e em especial do estado de Minas Gerais são escassos. O objetivo do presente estudo foi investigar a frequência das mutações fator V Leiden e G20210A no gene protrombina em 1.103 indivíduos com suspeita clínica de trombofilia, empregando a técnica da reação em cadeia da polimerase seguida de restrição enzimática (PCR-RFLP. Os dados foram analisados usando-se o programa Epi Info versão 6.04. A amostra consistiu de 76,16% mulheres e 23,84% homens, com média de idade de 43,06± 14,65. A mutação fator V Leiden foi observada em heterozigose em 7,52% dos indivíduos e em 0,36% em homozigose. A mutação G20210A no gene da protrombina apresentou-se em heterozigose em 5,90% dos indivíduos e em homozigose em 0,18%. O presente trabalho mostra a importância dos testes genéticos conforme o perfil da população analisada, ressaltando informações epidemiológicas da população brasileira e benefícios clínicos.Thrombosis is known to be a multifactorial disease. Its incidence is directly related to the presence of genetic and acquired factors that concur separately or in association to its appearance. However, the frequency of genetic factors can vary according to ethnic background and with other epidemiological aspects of populations. Data from Brazilian individuals and especially those from the State of Minas Gerais are scarce. The present study aims at investigating the frequencies of the factor v Leiden and the G20210G prothrombin gene mutations of 1103 individuals

  8. Discriminação alélica do fator V da coagulação por PCR em tempo real: diagnóstico simples e preciso Allelic discrimination of coagulation factor V by real time PCR: a simple and accurate diagnosis

    Aldemir B. Oliveira Filho

    2009-02-01

    Full Text Available Dentre as doenças cardiovasculares, a trombose venosa (TV destaca-se pela associação entre fatores de riscos adquiridos e fatores genéticos. A resistência hereditária à proteína C ativada tem sido identificada como a principal causa dos casos de trombose venosa, sendo frequentemente associada à mutação fator V Leiden (G1694A. Em indivíduos homozigotos, o risco de trombose venosa é 50 a 100 vezes maior que em pacientes homozigotos normais, enquanto em pacientes heterozigotos o risco é de 5 a 10 vezes. Baseado na necessidade de avaliação e acompanhamento de pacientes com casos de trombose venosa e prevenção de seus respectivos familiares, foi desenvolvido um método simples de discriminação alélica do fator V da coagulação utilizando PCR em tempo real. Foram selecionados 67 pacientes com histórico de TV e 51 indivíduos sem histórico de TV. Primeiramente, a discriminação alélica do fator V foi realizada através de PCR convencional seguida de digestão enzimática (Mnl. Posteriormente, o diagnóstico foi realizado por PCR em tempo real. Ambos os métodos foram baseados no polimorfismo G1691A, sendo no segundo utilizado fluoróforos VIC e FAM para marcar os nucleotídeos G e A, respectivamente. A técnica de PCR-RFLP foi utilizada para diagnosticar 95 indivíduos homozigotos normais, 21 heterozigotos e 2 homozigotos FVL. Utilizando PCR em tempo real foram obtidos os mesmos resultados. A máxima similaridade entre os resultados obtidos por PCR em tempo real e PCR-RFLP indicou precisão significativa do novo método de discriminação e visualização alélica do fator V.Among cardiovascular diseases, venous thrombosis is important due to the association between acquired and genetic risks factors. Hereditary resistance to activated protein C has been identified as the main cause of venous thrombosis, and is frequently associated to the factor V Leiden mutation (G1694A. In homozygotic individuals, the risk of venous

  9. Desafios na profilaxia do tromboembolismo venoso: abordagem do paciente crítico Challenges in prevention venous thromboembolism: critical ill patient approach

    Marcelo Andrade Ribeiro

    2006-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O tromboembolismo venoso (TEV, que inclui a trombose venosa profunda (TVP e o tromboembolismo pulmonar (TEP são complicações comuns em pacientes críticos. A ocorrência de TEV acarreta um substancial aumento da morbimortalidade dos pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTI. CONTEÚDO: A maioria dos pacientes críticos apresenta alto risco para ocorrência de complicações tromboembólicas, entretanto, a prevenção do TEV muitas vezes não é realizada de maneira adequada para este grupo de pacientes. A heparina de baixo peso molecular (HBPM parece ser o método mais eficiente para a prevenção do TEV em pacientes de UTI. Entretanto, é patente a escassez de estudos voltados para esta população, cujas particularidades levam a recomendações específicas em relação ao diagnóstico e tratamento. CONCLUSÕES: Esta revisão faz uma análise do risco, discute os principais trabalhos publicados a respeito da profilaxia e sugere estratégias para a diminuição da ocorrência de TEV nos pacientes críticos.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Venous thromboembolism (VTE, with includes deep vein thrombosis (DVT and pulmonary embolism (PE, is a common complication in critically ill patients, resulting in high morbidity and mortality. CONTENTS: Most patients treated in intensive care units (ICU face a high risk of thromboembolic complications. Despite these considerations, the prevention of VTE may not be as high a priority in ICU patients as it is in other high-risk patient groups. Low molecular weight heparin (LMWH may be the optimal prophylaxis in most ICU patients, but there is a lack of sufficient data including the paucity of VTE consensus and guidelines documents pertaining to critically ill patients. CONCLUSIONS: This article reviews background, current options, and recommendations regarding VTE in intensive care population emphasizing special diagnostic and treatment considerations in the ICU setting.

  10. Frecuencia e incidencia de la tromboembolia venosa en un hospital general Frequency and incidence of venous thromboembolism in a general hospital

    Juan A. Mazzei

    2005-08-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue determinar la frecuencia y la incidencia de la tromboembolia venosa (TEV, objetivamente diagnosticada, en un hospital universitario argentino. Se utilizó un diseño retrospectivo, observacional y longitudinal. Se analizaron las historias clínicas de todos los pacientes mayores de 16 años que habían egresado o fallecido en las unidades de internación clínica, obstétrica y quirúrgica del Hospital de Clínicas José de San Martín con el diagnóstico de TEV durante un período de 24 meses. La frecuencia y la incidencia de TEV fueron 0.92% y 0.40% (intervalo de confianza de 95% (IC95%: 0.37 a 0.42% respectivamente. La incidencia más alta de TEV se presentó en la novena década de la vida (0.80%; IC95%: 0.78% a 0.82%. Solamente el 31% de los pacientes que desarrollaron TEV durante la internación habían recibido tromboprofilaxis con heparina. La mortalidad intrahospitalaria global de los pacientes con TEV fue 19%.The objective of this study was to determine the frequency and incidence of venous thromboembolism (VTE in an Argentine universitary hospital. We used a longitudinal, retrospective, observational design. Participants were all over-16 year patients who were discharged or died in clinical, obstetrical and surgical units in the Hospital de Clínicas José de San Martín during a 24 month period between July 1, 2001 and June 30, 2003, with a diagnosis on release of VTE. VTE frequency reached 0.92% and incidence was 0.40%; 95% confidence interval (95% CI: 0.37 to 0.42%. Incidence was highest in the 9th decade of life (0.80%; 95% CI: 0.78% to 0.82%. Only 31% of patients who developed VTE during hospitalization had received thromboprophylaxis. Total in-hospital mortality of VTE patients was 19%.

  11. Guía de recomendaciones para la profilaxis de la enfermedad tromboembólica venosa en adultos en la Argentina

    Fernando Javier Vázquez

    2013-10-01

    Full Text Available La enfermedad tromboembólica venosa (ETV en adultos posee elevada morbimortalidad y puede asociarse a complicaciones crónicas invalidantes. Sin embargo, la adherencia a estándares de cuidado no es óptima. Se analizó la evidencia disponible en tromboprofilaxis y se generaron recomendaciones (1 o sugerencias (2 con diferentes grados de evidencia (A, B o C para diferentes escenarios y métodos de tromboprofilaxis. En cirugías ortopédicas mayores se recomienda la profilaxis farmacológica con heparinas de bajo peso molecular, HBPM (1B, fondaparinux, dabigatrán y rivaroxaban (1B que deben iniciarse durante la internación y mantenerse hasta 35 días después de la cirugía de cadera y hasta 10 días posteriores a la artroplastia de rodilla. La artroscopia de rodilla y la cirugía de columna programada no requieren profilaxis farmacológica (2B salvo que posean factores de riesgo adicionales, en cuyo caso se recomiendan las HBPM. En pacientes con internación clínica y movilidad reducida esperable mayor a tres días, que posean factores de riesgo adicionales, se recomienda tromboprofilaxis con HBPM, HNF o fondaparinux (1B hasta el alta. Aquellos pacientes neuroquirúrgicos o con HIC deberán recibir inicialmente tromboprofilaxis mecánica (2C y dependiendo del caso, iniciar HBPM o HNF entre las 24-72 horas posteriores (2C. Estas últimas dos drogas son recomendadas para pacientes críticos. Los pacientes sometidos a cirugías no ortopédicas con bajo riesgo de ETV deberán realizar deambulación precoz (2C y tromboprofilaxis mecánica (2C, mientras que aquellos en los que el riesgo de ETV sea elevado deberán recibir HBPM y HNF (1B o 2C según su riesgo de sangrado.

  12. Hipertensão venosa episcleral idiopática unilateral em mulher jovem Unilateral idiopathic elevated episcleral venous pressure in a young woman

    Marcelo Mendes Lavezzo

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo é relatar o caso de uma paciente de 33 anos, que veio ao Pronto Socorro de Oftalmologia apresentando queixa de redução da acuidade visual à esquerda, de caráter insidioso e progressivo, há dois anos. Ao exame oftalmológico, apresentava ingurgitamento dos vasos da conjuntiva bulbar, pressão intraocular muito elevada e nervo óptico com escavação total à esquerda. Foi submetida à campimetria computadorizada 24:2 WW e SITA-SWAP do olho direito, ambas com resultados dentro da normalidade. As tomografias de crânio e órbitas, bem como ultrassonografia com doppler do globo ocular, artérias oftálmicas e veias supraorbitárias não apresentavam anormalidades. Diante disso, aventou-se a hipótese diagnóstica de hipertensão venosa episcleral idiopática, um diagnóstico de exclusão, visto que patologias intracranianas e intraorbitárias haviam sido excluídas. Paciente foi tratada clinicamente com colírios hipotensores, com redução importante da pressão intraocular à esquerda, porém não o suficiente, evoluindo para trabeculectomia.The objective is to report a 33 year old female who came to the emergency room of Ophthalmology complaining of reduced visual acuity on the left eye, in a progressive and insidious way, about two years ago. In the ophthalmological examination, she presented dilated tortuous vessels in her left bulbar conjunctiva, very high intraocular pressure and increased cupping of the optic disc. SITA-SWAP and 24:2 computed perimetry were performed on the right eye, both within normal limits. CT scans of the skull and orbits, and ultrasonography of the eyeball and doppler of the ophthalmic artery and the supra-orbital veins had no abnormalities. Thus, it was suggested the possibility of idiopathic elevated episcleral venous pressure, an exclusion diagnosis, since intra-cranial and intraorbital pathologies were excluded. The patient was treated medically with hypotensive eyedrops, with significant reduction

  13. Cost survey of procedure with Unna boot in patients with venous ulcer Levantamento del costo del procedimiento com bota de Unna en pacientes com úlcera venosa (UV Levantamento do custo do procedimento com bota de Unna em pacientes com úlcera venosa

    Cleide Maria Caetano Baptista

    2006-12-01

    Full Text Available Aims was to identify the social-demographic characteristics and the lesions of patients with venous ulcer (VU, as well as to estimate the total direct cost of materials and nursing personnel necessary for the procedure with unna boot, by the average total direct cost (ATDC and the observed cost (OTDC. The theoretical referential adopted for cost calculation was the costing system by absorption of procedure or product. This study was conducted at the University Hospital of Sao Paulo University (HU Ambulatory. The sample was constituted by 65 procedures in nine patients with VU. The results show that the predominant age groups were 49 to 56 years (33,33% and 65 to 72 years (33,33%, in female patients (77,78%. Regarding associated diseases, there was a predominance of Systemic Arterial Hypertension (33,33% and Diabetes Mellitus (22,22%. The ATDC was R$ 107,99 and the OTDC was R$ 96,47.El objetivo fue identificar características sócio-demográficas y de las lesiones de los pacientes con úlcera venosa (UV, y calcular el costo total directo de los materiales y de personal de enfermería utilizados en del procedimiento con bota de unna, por el costo total directo medio (CTDM y por lo observado (CTDO. El referencial teórico adoptado para la medición de los costos fue el sistema de costeo por absorción por procedimiento o producto. El estudio fue realizado en el Consultorio Externo el Hospital Universitario de la Universidad de Sao Paulo (HUUSP. La muestra fue constituida por 65 procedimientos en nueve pacientes con UV. Los resultados muestran que la faja etária predominante fue 49 a 56 años (33,33% y de 65 a 72 años (33,33% y del sexo femenino (77,78%. Cuanto a la enfermedad asociada, hubo predominio de Hipertensión Arterial Sistemática (33,33% y Diabetes Mellitus (22,22%. El CTDM fue de R$ 107,99 y el CTDO fue de R$ 96,47.O objetivo foi identificar características sociodemográficas e das lesões dos pacientes com úlcera venosa (UV e

  14. Avaliação da analgesia e qualidade da anestesia de duas doses de dexmedetomidina em infusão venosa contínua em cadelas submetidas a ovariohisterectomia

    Pires, José Rafael Correia

    2014-01-01

    Este estudo baseou-se numa infusão venosa contínua de duas doses diferentes de dexmedetomidina, sem uma prévia dose de ataque, em comparação com um grupo de animais em que era administrada uma dose de ataque. Utilizaram-se escalas de recuperação pós-cirúrgica e de analgesia. Para o efeito foram utilizadas 21 cadelas hígidas, ASA I, aleatoriamente distribuídas em 3 grupos: o grupo controlo (CTR), com 7 cadelas e os grupos de estudo Dex1 e Dex2 ambos com 7 cadelas também. Os 21 animais fo...

  15. Isolamento e perfil de suscetibilidade de bactérias de pé diabético e úlcera de estase venosa de pacientes admitidos no pronto-socorro do principal hospital universitário do estado de Goiás, Brasil Isolation and susceptibility profile of bacteria in diabetic foot and venous stasis ulcer of patients admitted to the emergency room of the main university hospital in the state of Goiás, Brazil

    Ly de Freitas Fernandes; Fabiana Cristina Pimenta; Fernando de Freitas Fernandes

    2007-01-01

    CONTEXTO: Lesões infectadas de membros inferiores (úlceras diabéticas e úlceras de estase venosa) são causa de grande sofrimento e incapacitação funcional com impacto social, econômico e aumento do risco de complicações severas. OBJETIVO: Caracterizar a microbiota e determinar o perfil de suscetibilidade antimicrobiana das bactérias isoladas de lesões de membros inferiores secundárias a úlcera de estase venosa e pé diabético. MÉTODOS: Foram incluídos no estudo pacientes portadores de lesões d...

  16. A sazonalidade do tromboembolismo venoso no clima subtropical de São Paulo Seasonal variation of venous thromboembolism in the subtropical climate of São Paulo, Brazil

    Daniela Kleinfelder

    2009-03-01

    Full Text Available CONTEXTO: Os fatores desencadeantes da doença tromboembólica venosa vêm sendo cada vez melhor identificados. Causas externas podem influir na sua ocorrência, e algum destaque tem sido dado a fatores climáticos. Nada se sabe quanto a essa interferência em nossa latitude. OBJETIVOS: Analisar se há diferença na incidência do tromboembolismo venoso de acordo com as estações do ano, num hospital da cidade de São Paulo, Brasil, cujo clima é categorizado como subtropical. MÉTODOS: Foi realizado trabalho retrospectivo de levantamento de dados a partir de prontuários de pacientes cujo diagnóstico de internação ou óbito foi de trombose venosa profunda ou tromboembolismo pulmonar, no período de janeiro de 1996 a outubro de 2003, no Hospital da Beneficência Portuguesa de São Paulo. Para comparação e estudo, os casos foram agrupados em trimestres (primeiro trimestre = janeiro, fevereiro e março; segundo trimestre = abril, maio e junho; terceiro trimestre = julho, agosto e setembro; e quarto trimestre = outubro, novembro e dezembro e conforme sua ocorrência nos chamados meses quentes e frios, de acordo com a média de temperatura mensal (meses quentes = outubro a abril; meses frios = maio a setembro. RESULTADOS: Foram encontrados 955 casos de tromboembolismo venoso no período analisado. Foi utilizado o teste ANOVA para análise, que não revelou diferença estatisticamente significativa na incidência do tromboembolismo venoso de acordo com os trimestres. Quando analisados separadamente, também não se evidenciou significância estatística em relação ao tromboembolismo pulmonar e à trombose venosa profunda. Quando comparados os meses quentes e frios, observou-se aumento da incidência de trombose venosa profunda nos meses quentes (p BACKGROUND: The triggering factors of venous thromboembolic disease have been increasingly clarified. External causes may influence its occurrence, and some climactic factors have stood out. Nothing

  17. Correlação entre a contagem de plaquetas no sangue e o gradiente de pressão venosa hepática em pacientes cirróticos Correlation between platelet blood levels and the hepatic venous pressure gradient among patients with cirrhosis

    Sirlei Dittrich; Angelo Alves de Mattos; Hugo Cheinquer; Fernanda Branco de Araújo

    2005-01-01

    RACIONAL: A medida do gradiente de pressão venosa hepática é o método mais utilizado para a avaliação da pressão portal. Mais recentemente, a contagem de plaquetas no sangue tem sido apontada como um marcador não-invasivo da presença de hipertensão portal. OBJETIVO: Correlacionar a contagem de plaquetas com os valores do gradiente de pressão venosa hepática em uma população de pacientes cirróticos. PACIENTES E MÉTODOS: Foram estudados 83 pacientes com hepatopatia crônica que realizaram estudo...

  18. Anestesia venosa total (AVT em lactente com doença de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Anestesia general intravenosa (AVT en lactante con enfermedad de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Total intravenous anesthesia (TIVA in an infant with Werdnig-Hoffmann disease: case report

    Marco Antonio Cardoso de Resende

    2010-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A doença de Werdnig-Hoffmann é a causa mais comum de hipotonia no lactente e quando presente logo após o nascimento tem pior prognóstico. Fraqueza muscular simétrica, arreflexia e fasciculações da língua são característicos. A maioria dos lactentes morre antes dos dois anos por insuficiência respiratória. O presente relato apresenta um caso com técnica venosa total durante anestesia. RELATO DO CASO: Paciente feminina, branca, um ano, 10 kg, estado físico ASA III, com doença de Werdnig-Hoffmann diagnosticada desde os dois meses de idade. Candidata à gastrostomia e fundogastroplicatura na técnica aberta e traqueostomia. Monitorização com cardioscópio, pressão arterial não invasiva, oxímetro de pulso, estetoscópio precordial e temperatura retal após venóclise. Foi préoxigenada e após bolus de atropina (0,3 mg foi realizada indução anestésica com remifentanil bolus (20 µg e propofol (30 mg. Após intubação traqueal foi ventilada de forma controlada manual, em sistema sem absorvedor de CO2, Baraka (sistema Mapleson D, FGF de 4 L.min-1, FiO2 0,5 (0(2/N(20. Mantida sob anestesia com propofol 250 µg.kg-1.min-1 e remifentanil 0,3 µg.kg-1.min-1 em infusão contínua manual. O tempo cirúrgico foi de 150 minutos. O despertar ocorreu 8 minutos após o término da infusão, com ventilação espontânea. Duas horas depois foi transferida para unidade pediátrica e recebeu alta hospitalar no 4º dia de pós-operatório. CONCLUSÕES: A escolha da técnica anestésica prioriza a segurança que advém da familiaridade do manuseio dos fármacos existentes. Em crianças com doenças neuromusculares, a anestesia venosa total com remifentanil e propofol em sistemas de infusão, pela duração de ação extremamente curta, pode influenciar a evolução da doença favoravelmente.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La enfermedad de Werdnig-Hoffmann es la causa más común de hipotonía en el lactante y cuando est

  19. Efeitos da intoxicação crônica com o etanol na evolução da Tripanosomíase cruzi experimental no camundongo

    Nildete das Graças Lima Gomes

    1989-12-01

    Full Text Available Dois experimentos foram realizados para estudar o efeito da intoxicação crônica com o etanol (solução a 7% como única fonte de líquido sobre a evolução da infecção pelo T. cruzi em camundongos: (1 animais após 60 dias de infecção com cepa miotrópica do T. cruzi foram submetidos à intoxicação crônica com o etanol durante 6 meses; (2 animais cronicamente intoxicados com etanol durante 5 meses foram infectados com a mesma cepa do T. cruzi e, continuando a ingestão do etanol, foram acompanhados até 45 dias após a infecção. Os animais infectados e tratados com etanol apresentaram, em relação aos que não ingeriram álcool etílico: (a mortalidade semelhante nos dois experimentos; (b parasitemia mais alta na fase aguda e parasitemia patente mais freqüente na fase crônica; (b miocardite com exsudato inflamatório menos intenso e fibrose miocárdica mais extensa na fase crônica; (c no músculo esquelético, miosite menos intensa e arterite com trombose hialina menos freqüente.

  20. Disfunção endotelial venosa em pacientes com doença de Chagas sem insuficiência cardíaca Venous endothelial dysfunction in Chagas' disease patients without heart failure

    Rodrigo Della Méa Plentz

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a função endotelial venosa em pacientes chagásicos sem insuficiência cardíaca. MÉTODOS: O grupo Chagas (G1 foi composto por quatorze mulheres e dois homens com idade de 46 ± 2,7 anos, e o grupo controle (G0, por sete mulheres e um homem, pareados em idade, peso, altura. A Técnica de Complacência da Veia Dorsal da Mão foi utilizada para avaliação da função endotelial venosa. Foram infundidas doses crescentes de fenilefrina para se obter pré-constrição de 70% do basal; a seguir, foram administradas acetilcolina e nitroprussiato de sódio para avaliar as respostas de venodilatação, respectivamente, dependentes e independentes do endotélio. RESULTADOS: Não houve variação entre os valores hemodinâmicos nos grupos durante o experimento. A dose média de fenilefrina necessária para pré-constrição da veia foi significativamente maior no G1 (1116 ± 668,2 ng/ml, comparada à do G0 (103 ± 28 ng/ml p = 0,05. A resposta de venodilatação máxima dependente do endotélio foi significativamente menor no grupo G1 (65,5 ± 8%, comparada à do G0 (137 ± 20 % p = 0,009. Não houve diferença nas respostas de venodilatação independente do endotélio entre os grupos. CONCLUSÃO: Pacientes com doença de Chagas sem insuficiência cardíaca apresentam disfunção endotelial venosa.OBJECTIVE: To analyze the venous endothelial function in Chagas' disease patients without heart failure. METHODS: The Chagas' disease Group (G1 was composed by 14 women and 2 men aged 46 ± 2,7 and the Control Group (G0 by 7 women and 1 man matched by age, weight and height. Dorsal Hand Vein Compliance Technique was used to evaluate the venous endothelial function. Crescent doses of phenylephrine were infused to get a 70% pre-constriction of the vein; after that, acetylcholine and sodium nitroprusside were respectively administrated to analyze the endothelium-dependent and -independent venodilation. RESULTS: No significant systemic

  1. Avaliação das pressões venosa e arterial em cães submetidos a diferentes tipos de hipotensão Evaluation of venous and arterial blood pressures in dogs submitted to hypotension

    R.C. Rabelo

    2005-12-01

    Full Text Available Estabeleceram-se a pressão venosa periférica (PVP, a pressão venosa central (PVC, a pressão arterial invasiva (PAI e a pressão arterial não invasiva (PANI em cães após diferentes eventos de hipotensão. Foram utilizados 15 cães adultos, distribuídos aleatoriamente em três grupos (G com cinco animais cada, submetidos aos seguintes eventos hipotensores: GI - cloridrato de xilazina a 2%, GII - choque hipovolêmico agudo e GIII - veneno da serpente Bothrops moojeni. Os animais, avaliados durante 30 minutos após o início do evento hipotensor, foram tratados com cloridrato de ioimbina (GI, amido hidroxietílico a 6% (GII e cetoprofeno (GIII e reavaliados por mais 30 minutos. Somente os animais do GII apresentaram redução da PVP após o evento hipotensor e aumento, 25 minutos após tratamento. Os cães dos grupos II e III mostraram redução da PVC após o evento hipotensor, e somente os animais do GII exibiram discreto aumento cinco minutos imediatamente após o tratamento. Houve diminuição da PAI e PANI nos dos grupos II e III após o evento hipotensor, com recuperação gradativa imediata, após o tratamento, somente da PAI.The peripheral venous pressure (PVP, the central venous pressure (CVP, the invasive (IAP and non-invasive blood pressure (NIAP in dogs submitted to different hypotensive events were studied. Fifteen adult mongrel dogs were randomly divided in three groups with five animals each, and submitted to hypotensive event as follow: GI - xylazine chloride 2%, GII - acute hypovolemic shock and GIII - snake venom (Bothrops moojeni. All animals were evaluated for 30 minutes after starting hypotensive event, treated with yoimbine chloride (GI, colloid hetastarch 6% (GII and ketoprofen (GIII and reevaluated for more 30 minutes. Only the group II dogs showed PVP decrease after hypotensive event, and increase 25 minutes after treatment. In animals of groups II and III, the CVP decreased after hypotensive event and only in GII

  2. Estudo da hemodinâmica venosa por meio da pletismografia a ar no pré e pós-operatório de varizes dos membros inferiores Venous hemodynamic study by air plethysmography in the pre- and postoperative period of lower limb varicose veins

    Nei Rodrigues Alves Dezotti

    2009-03-01

    Full Text Available Contexto: O tratamento cirúrgico das varizes primárias dos membros inferiores deve proporcionar alívio da estase venosa, a fim de evitar a evolução da doença venosa para estágios de maior gravidade clínica. Objetivo: Estudar as alterações da hemodinâmica venosa em pacientes portadores de varizes primárias dos membros inferiores no pré e pós-operatório, utilizando a pletismografia a ar. Método: Foram estudados 63 membros inferiores em 39 pacientes (35 mulheres e quatro homens, com média de idade igual a 46,3 anos, operados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, no período de janeiro de 2001 a dezembro de 2004. Os membros inferiores foram classificados de acordo com a classificação CEAP, em critério clínico = C2 a C6 (C2 = 6, C3 = 32, C4 = 15, C5 = 7 e C6 = 3, critério etiológico = Ep, critério anatômico = As e critério fisiopatológico = Pr. Os pacientes foram avaliados por exame clínico pré e pós-operatório, mapeamento dúplex pré-operatório e pletismografia a ar pré e pós-operatória. Resultados: Houve melhora da hemodinâmica venosa no pós-operatório, demonstrada pela diminuição do índice de enchimento venoso e da fração de volume residual e aumento da fração de ejeção nos membros inferiores submetidos à operação de varizes. Conclusão: A operação venosa superficial aliviou a estase venosa e proporcionou adequado tratamento, com o objetivo de interromper a evolução fisiopatológica da doença venosa crônica, em qualquer nível de gravidade clínica.Background: Surgical treatment of primary varicose veins of the lower limbs might contribute to venous stasis relief by preventing evolution of the venous disease to worse severity stages. Objective: To study venous hemodynamic changes in patients with primary varicose veins of the lower limbs during the pre- and postoperative period using air plethysmography. Method: Sixty-three lower

  3. Tratamento cirúrgico da hipertensão porta na esquistossomose mansoni

    Petroianu Andy

    2003-01-01

    Full Text Available Define-se a hipertensão porta pela presença de um gradiente de pressão venosa hepática superior a 5mmHg. Ela é causada geralmente pelo aumento da resistência do leito vascular porta-hepático em decorrência de obstrução ao fluxo sanguíneo. Nas formas graves da esquistossomose há aumento progressivo da pressão porta e o desenvolvimento de varizes nos órgãos intra-abdominais, no retroperitônio e na parede do abdômen. A principal complicação desse processo é o sangramento digestivo, proveniente, na maioria dos casos, das varizes esofágicas e gástricas. Para o tratamento, diversos procedimentos clínicos (propranolol, somatostatina e octeotrida, endoscópicos (escleroterapia, clipes e ligaduras de varizes, vasculares (TIPS - shunt intra-hepático transjugular portasistêmico e cirúrgicos (derivações portassistêmicas e desconexões portavarizes têm sido propostos. Neste artigo, o autor apresenta revisão crítica sobre os vários tratamentos propostos, enfatizando os procedimentos cirúrgicos.

  4. Alterações venosas e linfáticas em mulheres com linfedema após linfadenectomia axilar no tratamento do câncer de mama Venous and lymphatic alterations in women with lymphedema after axillary lymphadenectomy in breast cancer treatment

    Sarah Patrizia Araújo Valinote

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as alterações do sistema venoso axilo-subclávio e do sistema linfático em mulheres com linfedema após linfadenectomia axilar para o tratamento do câncer de mama. MÉTODOS: Trata-se de um estudo de série de casos, envolvendo 11 mulheres com linfedema unilateral de membro superior após linfadenectomia axilar para o tratamento do câncer de mama. O estudo foi realizado em hospital universitário do Brasil Central no período compreendido entre os meses de março de 2010 e março de 2011. Avaliou-se a presença de alterações venosas nas veias subclávia e axilar, por meio do exame de ultrassonografia com dopplervelocimetria, e de alterações linfáticas, pela linfocintilografia, em ambos os membros superiores. O teste Exato de Fisher foi utilizado na comparação entre os membros. RESULTADOS: No membro superior com linfedema, detectou-se diferença significativa na veia subclávia, em relação ao membro contralateral, quanto ao volume do fluxo (pPURPOSE: To evaluate changes in the venous axillary-subclavian and lymphatic systems of women with lymphedema after axillary lymphadenectomy for breast cancer treatment. METHODS: This was a case series involving 11 women with unilateral upper limb lymphedema after axillary lymphedenectomy for the treatment of breast cancer. The study was carried out in the Mastology Program of the Clinical Hospital of the Federal University of Goiás, Goiânia, GO, during the period between March 2010 and March 2011. Doppler velocimetry ultrasonography was used to detect the presence of venous changes in the subclavian and axillary veins. Lymphatic changes were evaluated by lymphoscintigraphy in both upper limbs. Fisher's exact test was used for the comparison between limbs. RESULTS: Subclavian vein flow volume in the upper limb with lymphedema was significantly different from that in the contralateral limb (p<0.001, 54.6% of the women had increased flow. In the axillary vein, 45.4% had

  5. Valoración del comportamiento de los apósitos de espuma polimérica Skinfoam® en el tratamiento de pacientes con úlceras vasculares venosas y análisis farmacoeconómico Valuation of hydrophilic polymeric foam dressing Skinfoam's® behavior in the patients' treatment with vascular venous ulcers and pharmaceutical-economic analysis

    Riera, S.; Barahona, M.; Roche, E

    2009-01-01

    Introducción: Las úlceras de origen vascular de las extremidades inferiores constituyen un problema de salud, con importantes repercusiones socioeconómicas y sanitarias, así como conllevan un gran consumo de recursos humanos y materiales. El objetivo del presente estudio fue valorar el comportamiento de los apósitos poliméricos hidrófilos de espuma Skinfoam® en el tratamiento de pacientes con úlcera vascular de etiología venosa, así como valorar los costes de la actividad sanitaria de dicho t...

  6. Doença venosa e sua relação com as condições de trabalho no setor de produção de refeições Venous insufficiency and its relation with work conditions in the foodservice sector

    Clarissa Medeiros da Luz Bertoldi

    2008-08-01

    Full Text Available A doença venosa crônica é um problema de saúde pública importante, podendo promover inaptidão para o trabalho, tendo também uma repercussão indireta sobre a qualidade da produção e conseqüente perda de eficiência operacional. Embora ainda não haja evidência da relação direta causa-efeito de doença venosa com o trabalho, existe consenso científico de que o trabalho pode agravar o desenvolvimento da mesma. O presente estudo relata os fatores que podem influenciar o aparecimento ou agravamento de doenças venosas de membros inferiores em operadores de Unidades Produtoras de Refeições, ressaltando a importância e a possibilidade de aprofundamento do tema, o que poderia evoluir para o estabelecimento de um protocolo de prevenção e tratamento de doenças venosas em função do posto de trabalho executado. Reflete-se sobre o início de um processo de identificação deste distúrbio como uma doença de caráter ocupacional, o que contribuiria, portanto, para a reformulação conceitual dos encargos decorrentes dessa atividade profissional.Chronic venous disease is an important public health problem which may greatly impair the quality of one's work, generate absenteeism and hospital admittances. Although, so far, no evidence exists of the direct cause-effect relation between venous disease and work output, there is a scientific consensus that certain working conditions may increase the risk of developing the condition. The present study evaluates which factors may influence the onset or severity of lower limb venous disease in workers of a Unit of Food Service, pointing out the importance and the possibility of deepening the discussions around this subject and suggest that a protocol be established to prevent and treat venous diseases stemming from working conditions. It could be the start of a process to identify this condition as an occupational disease, therefore contributing for a conceptual reformulation of the obligations

  7. Estudio sobre la utilidad de la determinación de la diferencia arterio-venosa de CO2 en la predicción de la evolución del shock séptico en la Unidad de cuidados intensivos

    Armendáriz Brugos, Cristina

    2012-01-01

    Objetivo: Determinar la correlación entre la diferencia arterio-venosa de CO2 y la supervivencia en pacientes con shock séptico ingresados en la UCI del Hospital de Navarra. Material y métodos: Estudio observacional, analítico, prospectivo y retrospectivo realizado del 15 de enero al 31 de agosto de 2012, que ha incluido a pacientes ingresados en UCI con diagnóstico de choque séptico que se trataron de reanimar con metas tempranas. Se recogieron valores de gasometrías al ing...

  8. PRÁCTICA SEGURA DEL USO DE GUANTES EN LA PUNCION VENOSA POR LOS TRABAJADORES DE ENFERMERiA SAFE PRACTICES, AMONG NURSING WORKERS, WHEN USING GLOVES IN THE VEIN PUNCTURE ACTIVITY

    AMANDA DOS SANTOS ZAPPAROLI

    2006-12-01

    Full Text Available Estudio exploratorio que identifica el comportamiento del uso de guantes durante la actividad punción venosa periférica por los trabajadores de enfermería y los motivos para no utilizarlos. Participaron en la investigación trabajadores de la unidad de internación de Clínica Médica de un hospital del interior del Estado de São Paulo-Brasil, en dos etapas que incluyeron observación y entrevista semiestructurada. La técnica de análisis de los datos fue el análisis de contenido, con base en el Modelo de Promoción de la Salud propuesto por Pender. Fueron seleccionadas las siguientes categorías de análisis: conducta previa, percepción de beneficios para la acción, percepción de barreras para la acción, percepción de autoeficacia, influencias interpersonales, influencias situacionales y afecto relacionado a la actividad. Se evidenció que la mayoría de los trabajadores durante la realización de la punción venosa no usaron guantes y relataron como barreras las inadecuaciones relativas al tamaño y pérdida de la sensibilidad táctil, excesiva actividad, escasez de funcionarios, falta de educación en los servicios de salud, percepción de autosuficiencia debido a la habilidad desarrollada que los lleva a no considerar la actividad en estudio como una actividad de riesgo para la salud. Se concluye que hay necesidad de implementar estrategias para cambios de comportamiento buscando la promoción de la salud y la seguridad de los trabajadoresThis is an exploratory study, structured according to the Health Promotion Model categories; the data was qualitatively analyzed; the study objective was to identify the gloves procedural characteristics, in the peripheral vein puncture activity, utilized by the nursing workers; and, the reasons given for not using gloves. Nursing workers of a Medical Clinic admission unit attached to a Hospital located in the State of Sao Paulo-Brazil were the ones participating in the study; the study had two

  9. Efeito preemptivo da morfina por via venosa na analgesia pós-operatória e na resposta ao trauma cirúrgico Efecto preemptivo de la morfina por vía venosa en la analgesia pós-operatoria y en la respuesta al trauma quirúrgico The effect of preemptive intravenous morphine on postoperative analgesia and surgical stress response

    Levent Kiliçkan

    2001-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embora os primeiros estudos sobre analgesia preemptiva tenham demonstrado que o bloqueio pré-operatório com anestésicos locais ou a medicação pré-anestésica com opióides sistêmicos eram mais eficazes no alívio da dor pós-operatória do que qualquer outro tratamento, o resultado de outros estudos comparando os efeitos do tratamento pré operatório ao mesmo tratamento iniciado após a cirurgia, produziram efeitos inconsistentes. As razões para essa falta de consistência ...

  10. Doença veno-linfática: alterações linfocintilográficas nas úlceras venosas Venous-lymphatic disease: lymphoscintigraphic abnormalities in venous ulcers

    José Humberto Silva

    2009-03-01

    Full Text Available Contexto: O sistema linfático tem papel relevante em qualquer tipo de edema periférico. Atualmente, a linfocintilografia é considerada o principal exame para diagnóstico da doença linfática das extremidades. Embora haja associação entre edema linfático e úlcera de estase venosa crônica, a fisiopatologia dessas alterações permanece indefinida. Objetivo: Verificar as alterações linfocintilográficas qualitativas que ocorrem em pacientes portadores de úlceras de estase dos membros inferiores. Métodos: Quarenta pacientes portadores de úlcera de estase venosa crônica ou cicatriz unilateral foram submetidos a linfocintilografia de ambos os membros inferiores. Foram estudados 25 mulheres e 15 homens, com média de idade de 53,7 anos (28 a 79 anos e tempo médio de úlcera de 71,5 meses (3 a 240 meses. Foram comparados qualitativamente os parâmetros linfocintilográficos dos membros inferiores, previamente classificados em três grupos de acordo com a classificação clínica, etiológica, anatômica e patológica (CEAP: I, membros sem sinais clínicos de doença venosa ou com telangiectasias e veias reticulares (classes 0 e 1; II, membros inferiores com veias varicosas, edema e/ou alterações de pele e subcutâneo (classes 2, 3 e 4; III, membros inferiores com úlcera e/ou cicatriz (classes 5 e 6. Resultados: Quando foi comparada a presença de alterações linfocintilográficas dos membros com úlcera ou cicatriz (grupo III - classes 5 e 6 com as dos membros sem úlcera (grupos I e II - classes 0, 1, 2, 3 e 4, houve diferença significativa (p Background: The lymphatic system plays a relevant role in any type of peripheral edema. Lymphoscintigraphy is currently considered the primary test in the diagnosis of lymphatic disease of the lower limbs. Although there is an association between lymphatic edema and chronic venous ulcers, the physiopathology of such changes remains uncertain. Objective: To assess qualitative

  11. Remission of refractory chronic cluster headache after warfarin administrations: case report Remissão de cefaléia em salvas crônica refratária após administração de varfarina: relato de caso

    Jano Alves de Souza

    2004-12-01

    Full Text Available Isolated reports of a possible positive effect of anti-coagulant drugs, among them heparin, warfarin and acenocumarol, in migraine prophylaxis are found in the literature. We report the case of a 37 years old man suffering from refractory chronic cluster headache that presented remission with the administration of warfarin for the treatment of deep venous thrombosis associated to arterial thrombosis. We did not found any case like that in the literature.Alguns relatos isolados na literatura referem-se a um possível efeito profilático de drogas anticoagulantes, entre elas a heparina, varfarina e acenocumarol na profilaxia da migrânea. Apresentamos o caso de um homem de 37 anos com cefaléia em salvas crônica refratária que obteve remissão total das crises após a administração de varfarina para o tratamento de trombose venosa e arterial. Não encontramos nenhum relato semelhante na literatura consultada.

  12. Estudos preliminares sobre a doença de Chagas na Bolívia

    Emmanuel Dias

    1943-01-01

    Full Text Available Os autores estudam a distribuição dos triatomídeos na Bolívia, refindo as localidades em que já foram encontrados parasitados por flagelos e fornecendo dados sobre o grau de infecção de Triatoma infestans no Departamento de Cochabamba (Cercado, Punata e Arque. Por inculação de cobaias e coamondongos brancos com dejeções de insetos contaminos, isolaram amostras virulentas de Schizotrypanum, cujas características morfológicas e biométricas precisam. O parasito foi cultivado in virtro e foi conseguida sua evolução em barbeiros puros das espécies Triatoma infestans, Panstrongylus megistus e Rhodnius prolixus. Tanto quanto estão informados, até o presente só foram encontradas no país quatro espécies de barbeiro, a saber: Triatoma infestans, principal transmissor local da tripanosome, Triatoma sórdida, Triatoma venosa e Rhodnius pictipes (v. apendice.

  13. DISKRIMINACIJA NA TRGU DELA NA PODLAGI SPOLA

    Prnaver, Polona

    2012-01-01

    Boj proti diskriminaciji je danes velik izziv za države, katerih temelji slonijo na načelih svobode, demokracije in spoštovanja človekovih pravic. Zato morajo v svoj sistem sprejeti vse potrebne ukrepe za boj proti vsem oblikam diskriminacije, predvsem kadar te zadevajo zaposlitev in trg dela. Vendar je problem uravnoteženega zastopanja obeh spolov na trgu dela še vedno zelo prisoten. Diskriminacija glede na spola na trgu dela predstavlja celostno zakonsko urejeno področje, ki se navezuje ...

  14. Sistema de suporte à decisão clínica para um programa para profilaxia de tromboembolia venosa em um hospital geral de um país de renda média A clinical decision support system for venous thromboembolism prophylaxis at a general hospital in a middle-income country

    Fernanda Fuzinatto

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar o impacto da implantação de um sistema informatizado de suporte à decisão clínica combinado com seminários instrucionais na utilização de profilaxia para tromboembolia venosa (TEV de forma adequada. MÉTODOS: Estudo transversal em duas fases (antes e depois da implantação de um novo protocolo de profilaxia para TEV para avaliar o impacto que a estratégia combinada teve na utilização adequada da profilaxia para TEV. O estudo foi conduzido no Hospital Nossa Senhora da Conceição, um hospital geral localizado em Porto Alegre (RS. Foram incluídos pacientes clínicos e cirúrgicos com mais de 18 anos com tempo de hospitalização > 48 h. Nas fases pré e pós-implantação, foram incluídos 262 e 261 pacientes, respectivamente. RESULTADOS: As características de base das duas amostras foram semelhantes, inclusive em relação à distribuição dos pacientes por nível de risco. Comparando-se os períodos pré e pós-implantação, verificou-se que a adequação da profilaxia para TEV aumentou de 46,2% para 57,9% (p = 0,01. Ao se observar populações específicas de pacientes, o uso adequado da profilaxia para TVE aumentou dramaticamente em pacientes com câncer (de 18,1% para 44,1%; p = 0,002 e em pacientes com três ou mais fatores de risco (de 25,0% para 42,9%; p = 0,008, populações essas que mais se beneficiam da profilaxia. CONCLUSÕES: É possível aumentar o uso de profilaxia adequada para TEV em cenários economicamente desfavoráveis através do uso de protocolos informatizados e de profissionais treinados. A subutilização da profilaxia permanece como um problema importante, destacando a necessidade da melhora continuada na qualidade da assistência hospitalar.OBJECTIVE: To determine the impact that implementing a combination of a computer-based clinical decision support system and a program of training seminars has on the use of appropriate prophylaxis for venous thromboembolism (VTE. METHODS: We

  15. The NA49 experiment

    Patrice Loiez

    2000-01-01

    The two spokespersons of NA49, Reinhard Stock, Frankfurt (1991-1996), sitting and standing, Peter Seyboth, (1997-present), MPI Munich, in the target area of NA49 in front of the first superconducting vertex magnetone of the TPCs. NA49 is one of the seven experiments (NA44, NA45, NA49, NA50, NA52, WA97/NA57 and WA98) involved in CERN's Heavy Ion programme which provided evidence for the existence of a new state of matte, the quark-gluon plasma. In this state, quarks, instead of being bound up into more complex particles such as protons and neutrons, are liberated and roam freely. Theory predicts that this state must have existed at about 10 microseconds after the Big Bang, before the formation of matter as we know it today.

  16. Influência da clonidina por via venosa no custo de anestesia com sevoflurano em cirurgias de ouvido médio em regime ambulatorial Influencia de la clonidina por vía venosa en el costeo de anestesia con sevoflurano en cirugías de oído medio en régimen ambulatorial Influence of intravenous clonidine in the cost of sevoflurane anesthesia for outpatient middle ear procedures

    Renato Mestriner Stocche

    2004-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A clonidina é um agente a2-agonista que diminui o consumo de anestésicos venosos e inalatórios. Este estudo visou avaliar a relação custo-benefício da medicação pré-anestésica com clonidina por via venosa em anestesia geral com sevoflurano em regime ambulatorial. MÉTODO: Trata-se de estudo encoberto, aleatório, controlado com placebo, realizado com pacientes com idade entre 15 e 52 anos. Os pacientes foram divididos em 3 grupos de 15: Grupo S (placebo, Grupo C3 (clonidina 3 µg.kg-1 e Grupo C5 (5 µg.kg-1. A indução anestésica foi feita com sevoflurano, alfentanil (30 µg.kg-1 e pancurônio (0,08 mg.kg-1. Foram anotados a freqüência de complicações, consumo de halogenados, tempo de anestesia, tempo de recuperação fase I e II. A análise de custos considerou gastos diretos e indiretos. RESULTADOS: Não houve diferenças entre os grupos em relação aos dados demográficos, freqüência de complicações e tempo para recuperação anestésica fase I. A recuperação anestésica fase II foi prolongada no grupo C5 (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La clonidina es un agente a2-agonista que diminuye el consumo de anestésicos venosos e inhalatorios. Este estudio visó evaluar la relación costeo-beneficio de la medicación pre-anestésica con clonidina por vía venosa en anestesia general con sevoflurano en régimen ambulatorial. MÉTODO: Se trata de estudio encubierto, aleatorio, controlado con placebo, realizado con pacientes con edad entre 15 y 52 años. Los pacientes fueron divididos en 3 grupos de 15: Grupo S (placebo, C3 (clonidina 3 µg.kg-1 y C5 (5 µg.kg-1. La inducción anestésica fue hecha con sevoflurano, alfentanil (30 µg.kg-1 y pancuronio (0,08 mg.kg-1. Fueron anotados la frecuencia de complicaciones, consumo de halogenados, tiempo de anestesia, tiempo de recuperación parte I y II. El análisis de gastos consideró gastos directos e indirectos. RESULTADOS: No hubo diferencias entre los

  17. Experiência preliminar com novo filtro de veia cava: resultados de 15 implantes Preliminary experience with a new vena cava filter: results of 15 implantations

    Winston B. Yoshida

    2008-09-01

    Full Text Available Este estudo apresenta resultados preliminares obtidos com um novo filtro permanente de veia cava, baseado no desenho de Greenfield, com três hastes prolongadas de um total de seis, para dar estabilidade central ao filtro na luz da veia cava. Neste artigo, relatamos sua avaliação clínica preliminar quanto à aplicabilidade, eficácia e segurança. De agosto de 2004 a dezembro de 2006, 15 filtros foram implantados em nove homens e seis mulheres, com idades variando de 38 a 79 anos (média de 57,8 anos. O acesso foi feito sempre por via transjugular. As indicações foram: trombose venosa proximal, com contra-indicação de anticoagulação em 12 pacientes; complicações hemorrágicas com anticoagulação em dois pacientes; e embolia pulmonar, apesar de anticoagulação adequada, em um paciente. Os filtros foram avaliados quanto à liberação, inclinação, mau posicionamento e perfuração de cava. No seguimento, avaliou-se trombose no local de acesso, tromboembolismo venoso recorrente, migração do filtro e trombose de cava pelo ultra-som. Nenhum paciente recebeu anticoagulantes no seguimento. O filtro foi liberado com sucesso em todos os casos sem mau posicionamento, inclinação, perfuração ou trombose de acesso. Os pacientes foram seguidos entre 3 e 23 meses (média de 11 meses. Nenhum paciente teve recorrência de tromboembolismo venoso. Não houve casos de trombose de veia cava ou migração do filtro. Óbito ocorreu em sete casos, todos relacionados com a moléstia de base. Os resultados preliminares indicam potencial eficácia e segurança do uso do novo filtro no período estudado.This study presents preliminary results obtained from a new permanent filter, based on Greenfield's filter design, with prolongations on three of six struts to stabilize it centrally in the vena caval lumen. The preliminary clinical evaluation of the filter with regard to feasibility, efficacy and safety is reported. From August 2004 to December 2006

  18. Tromboembolismo venoso em cirurgia plástica: protocolo de prevenção na Clínica Ivo Pitanguy Venous thromboembolism in plastic surgery: prevention protocol at Ivo Pitanguy Clinic

    Rita Azevedo de Paiva

    2010-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A trombose venosa profunda (TVP e o seu desfecho imediato mais grave, o tromboembolismo pulmonar (TEP, são complicações de incidência elevada em pacientes hospitalizados e principalmente naqueles submetidos à cirurgia. OBJETIVO: Apresentar o protocolo de profilaxia de Tromboembolismo (TEV da Clínica Ivo Pitanguy, mostrando a incidência de TEV no Serviço antes e após a introdução deste protocolo, assim como a incidência de hematomas, no período de cinco anos. MÉTODO: Estudo de revisão dos prontuários dos pacientes operados no período de julho de 2004 a maio de 2009. Comparou-se a incidência de eventos trombóticos antes e após a introdução do protocolo, assim como a incidência de hematomas. RESULTADOS: Foram analisados 1700 prontuários. Desde a introdução do protocolo, não ocorreu nenhum caso de tromboembolismo venoso, em 711 pacientes operados. A incidência de hematomas com necessidade de revisão cirúrgica foi reduzida, provavelmente pelo controle pressórico mais rigoroso após a introdução do protocolo. CONCLUSÃO: O protocolo tem se mostrado de utilização simples e efetiva. Houve redução da incidência de TEV e hematomas a partir de sua introdução.BACKGROUND: The deep vein thrombosis (DVT and its most dangerous outcome, the pulmonary embolism (PE, are complications of high incidence in hospitalized patients and in those submitted to surgery. OBJECTIVE: This study presents the guideline to prevention of thromboembolism at Ivo Pitanguy Clinic and its incidence before and after the introduction of this protocol, in a period of five years. We also relate the incidence of hematoma before and after the beginning of the protocol. METHODS: The study consists of the revision of the medical records of all patients operated between July 2004 and May 2009. We compared the incidence of thromboembolic events before and after the beginning of the protocol as well as the incidence of hematomas that were

  19. Resultados do tratamento da Insuficiência Venosa Crônica grave com espuma de polidocanol guiada por ultrassom Results of treatment of severe chronic venous insufficiency with ultrasound-guided polidocanol foam

    Melissa Andreia de Moraes Silva

    2012-09-01

    Full Text Available CONTEXTO: A insuficiência venosa crônica (IVC em suas formas mais graves, com ulceração e lesões inflamatórias, associa-se a um tratamento cirúrgico convencional de difícil execução. A escleroterapia de veias tronculares com espuma de polidocanol é considerada uma alternativa terapêutica com resultados satisfatórios. OBJETIVO: Relatar os resultados da escleroterapia com espuma de polidocanol no tratamento de pacientes com IVC de membros inferiores com úlcera ativa. MÉTODOS: Em um período de 48 meses, 71 pacientes (76 membros foram submetidos à escleroterapia de veias tronculares com espuma de polidocanol a 3% guiada por ultrassom. O seguimento pós-procedimento foi feito por meio de questionário clínico, exame físico e ultrassom Doppler, realizados em sete dias, um e seis meses e, a partir de então, semestralmente. Analisou-se tempo de cicatrização da úlcera, melhora de sintomas clínicos, recanalização, recidiva dos sintomas e complicações. RESULTADOS: O sexo feminino correspondeu a 61% dos casos, e a idade variou de 25 a 85 anos (média de 59 anos. O tempo médio de acompanhamento foi de 460 dias. O refluxo do sistema venoso profundo foi observado em 53,4% dos membros. A cicatrização das úlceras ocorreu em 84,2% dos casos, com um tempo médio de cicatrização de 37 dias. A recanalização ocorreu em 31,5%, porém a recidiva de sintomas, com ressurgimento de úlcera, foi de 11,8%. CONCLUSÃO: A esclerose com espuma é efetiva e apresenta altas taxas de cicatrização de úlceras, com baixos índices de complicações, em pacientes com IVC grave.BACKGROUND: Chronic Venous Insufficiency (CVI in its most severe forms, with ulceration and inflammatory lesions, is associated with a conventional surgical treatment of difficult execution. Polidocanol foam sclerotherapy of saphenous veins is considered an alternative therapy with satisfactory results. OBJECTIVE: To report the results of polidocanol foam sclerotherapy in

  20. Tratamiento ambulatorio de la trombosis venosa profunda: comparación con tratamiento en hospitalización de pacientes de un registro histórico Outpatient treatment of deep vein thrombosis: comparative study with historical inpatients

    J. L. Alonso

    2009-04-01

    Full Text Available Antecedentes. El tratamiento ambulatorio de la trombosis venosa profunda (TVP se ha propuesto como un método seguro y coste efectivo, bien completamente ambulatorio o como un patrón mixto de hospitalización corta seguido de tratamiento ambulatorio. El objetivo es comparar la seguridad del tratamiento ambulatorio de la TVP y calcular las estancias medias ahorradas en el hospital. Material y métodos. Análisis descriptivo de cohortes sobre nuestra experiencia de tratamiento completamente ambulatorio de pacientes con TVP (184 pacientes durante el periodo 2003 y 2004 -recogiendo las proporciones de hemorragia mayor, complicaciones (definidas como nuevo embolismo pulmonar, re-extensión de la TVP o necesidad de ingreso hospitalario relacionado con TVP y muerte por todas las causas-, comparadas con una cohorte de 109 pacientes históricos de tratamiento en hospitalización correspondientes al año 2002. Resultados. De los 184 pacientes tratados ambulatoriamente, presentaron hemorragia mayor 3% [IC 95% 1-6,57, riesgo relativo (RR 0,38], complicaciones 5% (IC 95% 2,41-9,37; RR 1,25, de los pacientes y la tasa de mortalidad fue de 4% (IC 95% 1,68-7,99; RR 0,36. Se evitaron 844 estancias hospitalarias. Los 109 pacientes históricos presentaron hemorragia en 8% (IC 95% 4-15, complicación 4% (IC 95% 1,18-9,68 y muerte 11% (IC 95% 6-18,8. Conclusiones. El tratamiento completamente ambulatorio de la TVP puede ser tan seguro como el realizado en hospitalización evitándose estancias hospitalarias innecesarias.Background. Outpatient treatment of deep venous thrombosis (DVT has been proposed as a safe and cost-saving process, either as a mixed pattern: as an inpatient for 1 to 3 days followed by outpatient treatment; or rarely as completely outpatient. Patients and methods. We evaluated two cohorts of consecutive patients diagnosed with DVT. Patients who received entirely outpatient treatment in the years 2003 and 2004, compared with historical patients

  1. MOBING NA DELOVNEM MESTU

    Grunt, Maja

    2016-01-01

    Diplomsko delo se osredotoča na probleme mobinga na delovnem mestu in morebitne rešitve. Razdeljeno je na teoretični in empirični del. V teoretičnem delu smo opredelili pojem mobing na delovnem mestu, kot ga razlagajo različni avtorji, oblike mobinga, ki kažejo na to, da se v podjetjih mobing pojavlja na različne načine in v vseh smereh, vzroke za njegovo nastajanje, ki se kažejo v kulturi organizacije, značilnostih organizacije dela, značilnostih žrtev mobinga in značilnostih napadalcev. Pr...

  2. Iliac valve regurgitation disease: implications for the surgical approach of the venous insufficiency in the lower extremities Doença da regurgitação valvar venosa ilíaca: implicações para o tratamento cirúrgico da insuficiência venosa em membros inferiores

    Otoni Moreira Gomes

    2002-12-01

    Full Text Available BACKGROUND: Varicose veins of the lower extremities is one of the most common circulatory diseases but no published reports describing the associated comparative rates of femoral and iliac valve regurgitation were found. OBJECTIVE: To study the occurrence of selective valve regurgitation in the external iliac vein, associated or not with insufficiency of the valves in the femoral or great saphenous veins. METHOD: With the approval of the Ethics Committee of the São Francisco de Assis Cardiovascular Foundation, the venous system of the lower limbs of twenty-four female (80% and six male (20% patients aged between 21 and 71 years old (mean 39 years old, with varicose veins in the lower extremities, were studied with Color Flow Duplex Scanning (Esaote array; 7.5 MHz transducer; 2-dimensional, pulsed Doppler and color flow techniques. The aim was to investigate the regurgitation in the iliac, femoral, popliteal and great saphenous veins. The results were statistically analyzed using variance analysis and student T-test with a significance level of 0.05. RESULTS: Iliac regurgitation ³ 26.0 cm/s, which was present in 19 limbs, occurred isolated without reflux in the great saphenous ostium valve only in one case (5.3%. In the cases with iliac regurgitation FUNDAMENTOS: As varizes de membros inferiores constituem uma das mais comuns doenças circulatórias, contudo, até onde foi possível alcançar, não foram encontradas na literatura médica publicações científicas descrevendo a incidência comparativa de regurgitação valvar em veias ilíacas e safenas magnas. OBJETIVO: Estudar a ocorrência de regurgitação valvar em veias ilíacas, associada ou não com insuficiência de válvulas em veias femoral ou safena magna. MÉTODO: Em 30 pacientes portadores de varizes em membros inferiores, com idade entre 21 e 71 anos (média de 39 anos, sendo seis (20 % do sexo masculino, foram estudados exames Duplex Scanning (Aparelho Esaote; transdutor de 7

  3. Estudo de marcadores genéticos de risco na discriminação de doentes oncológicos em risco de desenvolver doença tromboembólica

    Cunha, Teresa

    2004-01-01

    RESUMO: Há muito que a trombose foi identificada como uma complicação frequente do cancro e foi descrita como a segunda causa mais comum de morte nos doentes com cancro. Uma vez que as células tumorais activam um grande número de mecanismos hemostáticos, o cancro é um factor pró-trombótico. Para além da neoplasia, também os procedimentos terapêuticos por si só envolvem numerosos marcadores de activação da coagulação. A natureza multifactorial da trombose, nestes doentes torna d...

  4. FOTOALERGIJSKE REAKCIJE NA LIJEKOVE

    Bukvić Mokos, Zrinka; Lipozenčić, Jasna

    2011-01-01

    Reakcije na lijekove posredovane svjetlom mogu biti fototoksične i fotoalergijske. U ovom preglednom članku prikazane su fotoalergijske reakcije na lijekove koje nastaju interakcijom lijeka i ultraljubičastog svjetla uz sudjelovanje imunosnih mehanizama. Uz osvrt na fotobiologiju te najčešće lijekove koji sudjeluju u nastanku fotoalergijskih reakcija, prikazana je imunološkapodloga tih dermatoza, klinička slika, te dijagnostički i terapijski postupak. Poznavanje potencijalnih fotoalergena i p...

  5. EROTIČNA RISBA

    LAZAR, FORTUNA

    2009-01-01

    Diplomsko delo z naslovom »Erotična risba« je sestavljeno iz teoretičnega in praktičnega dela, pri čemer je praktični del vsebinsko vezan na teoretični del diplomske naloge. Neposredna erotična upodobitev je del likovne produkcije večine umetnikov. V raziskovanju erotičnih upodobitev sem izpostavila dva umetnika, Egona Schieleja, ki je ustvaril pomemben opus erotične figuralike in Marlene Dumas, še živečo umetnico, ki skozi erotične podobe izraža aktualne teme sodobnosti. Namen tega diplomske...

  6. PRIPRAVE NA POSLOVNI NASTOP

    Grušovnik, Nataša

    2010-01-01

    V sodobnem svetu se že skoraj na vsakem delovnem mestu srečamo s poslovno komunikacijo in raznimi predstavitvami poslovnih projektov, izdelkov ali storitev, zato je pomembno, da se za nastop primerno pripravimo in usposobimo. V tem diplomskem delu je predstavljeno poslovno komuniciranje, čigar namen je doseganje določenih ciljev, med katere zagotovo spada uspešen javni nastop ali predstavitev. Predstavljen je način, kako se lahko posameznik z učinkovitim usposabljanjem in pripravo na nastop z...

  7. Djelovanje eksplozija na konstrukcije

    Draganić, Hrvoje; Sigmund, Vladimir

    2012-01-01

    Dana je analiza opterećenja eksplozijom na konstrukciju te numerički primjer djelovanja na fiktivnu građevinu. Cilj je bio upoznati se s fenomenom eksplozije kao opterećenja na konstrukcije uslijed sve veće terorističke prijetnje te nedostatka smjernica u nacionalnim i europskim propisima o provjeri konstrukcija izloženih djelovanju eksplozija. Analitički je određeno opterećenje eksplozijom kao vremenski zapis promjene tlaka zraka te numerički modeliranja konstrukcija i prethodno određeno opt...

  8. Envolvimento Parental na Escola

    Alves, Marta Raquel Garcia; Rolim, Luísa

    2011-01-01

    O nosso estudo teve como objectivo verificar se existe envolvimento parental na Escola Básica Integrada com Jardim de Infância de Góis. Nesta análise foram questionados alguns alunos dos 7º e 9º anos, encarregados de educação e docentes dos referidos alunos. A nossa amostra contou com a participação de 115 indivíduos sendo 67 alunos 31 encarregados de educação e 17 docentes. Na recolha dos dados usamos o Questionário de Envolvimento Parental na Escola de Pereira (2002), com Versão para pais e...

  9. CRKVA SIGURATA NA PRIJEKOM

    Peković, Željko

    1997-01-01

    Crkva Sigurata na Prije kom teško je oštećena prilikom agresije Srba, Crnogoraca i JNA na Dubrovnik 1991. i 1992. godine. Prilikom radova na obnovi i restauraciji , 1993. - 1994. godine, crkva je temeljito istražena. Autor donosi rezultate istraživanja i njihovo tumačenje kroz prostorni razvoj građevine. Istraživanja su upotpunila i produbila znanja o predromaničkoj građevini , te njenih pregradnja i dogradnja tijekom XVI. i XVII. stoljeća . Istraživanja su ustvrdila postojanje ostataka dviju...

  10. The effect of breath physiotherapeutic maneuvers on cerebral hemodynamics: a clinical trial Efeitos das manobras de fisioterapia respiratória na hemodinâmica cerebral: um ensaio clínico

    Manoel Luiz de Cerqueira-Neto

    2010-08-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To observe the repercussion of respiratory physiotherapy techniques on the mean arterial pressure (MBP, intracranial pressure (ICP, cerebral perfusion pressure (CPP, jugular venous oxygen pressure (PjvO2 and jugular venous oxygen saturation (SjvO2. METHOD: The sample consisted of 20 patients with head trauma. The protocol consisted of physiotherapy techniques application of vibrocompression (VBC, expiratory flow increase (EFI and suction. RESULTS: The results show the maintenance on variables of cerebral hemodynamics during the techniques of VBC and EFI. However, in relation to suction, there was an increase of MBP, ICP, with maintenance of CPP, PjvO2 and SjvO2 and return to baseline of MBP and ICP 10 minutes after the end of suction. CONCLUSION: The respiratory physiotherapy techniques (VBC, EFI do not promote cerebral hemodynamic repercussion, unlike suction, in severe head injury patients, mechanically ventilated, sedated and paralyzed.OBJETIVO: Observar a repercussão das técnicas de fisioterapia respiratória na pressão arterial média (PAM, pressão intracraniana (PIC, pressão de perfusão cerebral (PPC, pressão venosa jugular de oxigênio (PjO2 e saturação venosa jugular de oxigênio (SjO2. MÉTODO: Foram incluídos no estudo 20 pacientes com traumatismo cranioencefálico. O protocolo consistiu na aplicação das manobras fisioterapêuticas de vibrocompressão (VBC, aumento de fluxo expiratório (AFE e aspiração (ASP. RESULTADOS: Os resultados mostraram a manutenção das variáveis da hemodinâmica cerebral durante as manobras de VBC e AFE. Porém, em relação à ASP, houve uma elevação da PAM e PIC, com manutenção da PPC, PjO2 e SjO2 e retorno aos valores basais da PAM e PIC dez minutos após o final da aspiração. CONCLUSÃO: As manobras de fisioterapia respiratória (VBC, AFE não promovem alterações sobre a hemodinâmica cerebral, ao contrário da ASP traqueal, em pacientes com traumatismo cranioencef

  11. At NA2

    1977-01-01

    One of the NA2 calorimeter sections is moved in. The NA2 calorimeter was divided in two halves, to the left and the right of the beam, each half consisting of sheets of passive high Z material interleaved with blades of plastic scintillators. The photo shows on the right, the upstream 'electron' module with eleven lead plates for a total radiation length of 20.

  12. Y-virus krumpira na duhanu na Kosovu

    Taraku, Nysret; Juretić, Nikola

    1991-01-01

    U prošlih nekoliko godina javlja se na duhanu na području Kosova vrlo agresivna virusna bolest zbog koje nastaju znatne gospodarske štete. Na oboljelim biljkama virus uzrokuje nekrotične promjene na listu, osobito nekroze žila, te mozaik. U ovom su radu istražena 4 virusna izolata (TI, T2, T3, T4) nađena na duhanu u okolici Gnjilana, Uroševca, Đakovice i Prizrena. Na osnovi istraživanja kruga domaćina, osobina in vitro, seroloških svojstava te studija mikroskopskih i submikroskopskih inkluzij...

  13. Vena cava filters in cancer patients: experience with 50 patients Filtros de veia cava inferior em pacientes com câncer: experiência em 50 casos

    Antonio Eduardo Zerati

    2005-10-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To study the immediate and late results obtained from the implantation of vena cava filters in cancer patients with deep vein thrombosis concomitant with neoplasia. METHODS: This was a retrospective evaluation of 50 patients with an association of cancer and deep venous thrombosis who underwent interruption of the inferior vena cava and the insertion of permanent vena cava filters. The indications for the procedure, filter implantation technique, early and late complications related to the operation, and the clinical evolution were evaluated. RESULTS: The most frequent indication for filter implantation was the contraindication for full anticoagulant treatment (80%. The femoral vein was the preferred access route (86% of the patients. There were no complications related to the surgical procedure. During the follow-up, the following complications were observed: 1 episode of nonfatal pulmonary thromboembolism, 2 cases of occlusion of the inferior vena cava, and 1 case of thrombus retained in the device. Twenty patients (40% died due to progression of the neoplasm. CONCLUSIONS: Interruption of the inferior cava vein using an endoluminal filter is a procedure with a low rate of complications. It is a safe and efficient measure for preventing pulmonary embolism in cancer patients who have deep vein thrombosis of the lower limbs.OBJETIVO: Estudar os resultados imediatos e tardios obtidos com a implantação de filtros de veia cava inferior em pacientes com trombose venosa profunda concomitante a neoplasia. MÉTODOS: Avaliamos retrospectivamente 50 pacientes com câncer e trombose venosa profunda associada submetidos a interrupção de veia cava inferior com filtros intraluminais definitivos. Foram estudados aspectos referentes à indicação do procedimento, à técnica de implante dos dispositivos, complicações precoces e tardias relacionadas à operação e à evolução dos pacientes. RESULTADOS: A indicação mais freqüente para o

  14. Efeitos da isquemia e da reperfusão na ocorrência de apoptose no jejuno em eqüinos Effects of ischemia and reperfusion in apoptosis occurrence in equine jejunum

    J.M.G. Abreu

    2007-02-01

    Full Text Available Investigou-se o resultado da isquemia, da congestão e da reperfusão na ocorrência de apoptose. Modelos de obstrução vascular total - artériovenosa e venosa - foram induzidos no jejuno por 2h, seguidos de reperfusão durante 12h. As amostras de tecidos foram processadas, e os dados analisados pelo teste de Friedman. As colorações de Schorr e hematoxilina-eosina evidenciaram anoiquia, condensação da cromatina, fragmentação nuclear e celular características de apoptose. Índices apoptóticos significativamente mais baixos ocorreram em 2h e 12h de reperfusão na região das vilosidades, e tenderam à estabilidade na região das criptas. A apoptose constitui uma importante parcela na perda de células intestinais durante a isquemia, congestão e reperfusão, além da necrose.The effects of ischemia and reperfusion in apoptosis occurrence in equine were studied. Intestinal samples were taken and biopsy specimens evaluated. Data were analyzed by Friedman test. Schorr and hematoxilin-eosine staining showed shrunken anoykic cells, chromatin condensation, nuclear and cellular fragmentation typical of apoptosis. Significant lower apoptotic index occurred at 2h and 12h of reperfusion in the villous region. No difference was observed in the crypt region. Apoptosis constitutes an important part of cell loss in addition to necrosis.

  15. VPLIV MOTIVACIJE NA DELOVNEM MESTU

    Žitnik, Marjan

    2011-01-01

    Diplomski seminar predstavlja motivacijo, bolj natančno motivacijo na delovnem mestu in kako motivacija vpliva na zaposlene v podjetju, tako kot tudi na organizacijo in okolico. Predstavljeni so tudi dejavniki motivacije in posameznik, ki je tvorec svojih lastnosti in sposobnosti preko katerih vpliva, tako na lastno motivacijo, tako kot tudi na motivacijo ostalih v organizaciji. Največja pozornost v diplomskem seminarju je namenjena teorijam motivacije, iz katerih izhajajo nadaljnje ugotovitv...

  16. Optimalizace kotle na biomasu

    Mizerovský, Karel

    2015-01-01

    Bakalářská práce se zabývá návrhem opatření pro optimalizaci kotle na biomasu. Teoretická část pojednává o základním rozdělení kotlů na tuhá paliva se zaměřením na kotle spalující biomasu. Další část práce se věnuje návrhu deflektorů, zvyšujících účinnost zařízení a praktické ověření výsledků měřením.

  17. A ENGENHARIA NA ESCOLA

    Valéria Pelizzer Casara

    2015-04-01

    Full Text Available Este projeto teve por objetivo principal mostrar às jovens do ensino médio, como as áreas de exatas e de engenharia podem estar inseridas em situações rotineiras por elas vivenciadas e incentivá-las para ingressarem nessas áreas. Mostrou-se de forma simples que as áreas de exatas e de engenharia têm aplicações práticas nas nossas vidas. Esse projeto atende a chamada pública MCTI/CNPq/SPM-PR/Petrobras nº 18/2013 -  Meninas e Jovens Fazendo Ciências Exatas, Engenharias e Computação. O projeto foi executado na escola de ensino Médio Nelson Horostecki na cidade de Chapecó-SC. No desenvolvimento do projeto, realizaram-se oficinas na escola cujo tema principal abordado foi o processo de fabricação do chocolate, visto que o mesmo é um produto muito apreciado pelas adolescentes. Dentro dessa temática, foram trabalhadas as questões que envolvem conhecimentos das áreas de exatas e de engenharia, mais especificamente a engenharia ambiental. O projeto auxiliou na formação cidadã e também na escolha profissional das meninas. Muitas das alunas participantes nunca tiveram contato direto com alunos graduandos de algum curso na área das exatas e este projeto oportunizou a aproximação da universidade com a comunidade externa.

  18. MOBING NA DELOVNEM MESTU

    Mraz, Darja

    2011-01-01

    Mobing pomeni načrtno psihično nasilje,trpinčenje in šikaniranje,ki žrtev privede do socialne izolacije.Proces mobinga poteka skozi štiri faze.Začne se s konfliktom in nadaljuje z uveljavitvijo mobinga v obliki stalnih napadov,vse skupaj pa se lahko konča z izključitvijo iz delovnega življenja.Ključni dejavniki mobinga so stres pri delu,način vodenja ter slabo vzdušje med zaposlenimi in vodstvom.

  19. NOČNA FOTOGRAFIJA

    Grgurič, Gregor

    2014-01-01

    Nočna fotografija se zajema na prostem med mrakom in zarjo. Z njo poskušamo izkoristiti drugačen ambient kot pri dnevni svetlobi. Zaradi pomanjkanja svetlobe izvedba nočne fotografije zahteva uporabo daljših osvetlitvenih časov. Če je čas osvetlitve senzorja daljši, je ponavadi prisotna določena stopnja šuma, ki ga lahko omilimo s kvalitetnejšimi fotoaparati in s prilagojeno tehniko fotografiranja. Pomemben faktor pri nočni fotografiji je oprema. Poslužujemo se tudi različnih pripomočkov, kot...

  20. Isolamento e perfil de suscetibilidade de bactérias de pé diabético e úlcera de estase venosa de pacientes admitidos no pronto-socorro do principal hospital universitário do estado de Goiás, Brasil Isolation and susceptibility profile of bacteria in diabetic foot and venous stasis ulcer of patients admitted to the emergency room of the main university hospital in the state of Goiás, Brazil

    Ly de Freitas Fernandes

    2007-09-01

    Full Text Available CONTEXTO: Lesões infectadas de membros inferiores (úlceras diabéticas e úlceras de estase venosa são causa de grande sofrimento e incapacitação funcional com impacto social, econômico e aumento do risco de complicações severas. OBJETIVO: Caracterizar a microbiota e determinar o perfil de suscetibilidade antimicrobiana das bactérias isoladas de lesões de membros inferiores secundárias a úlcera de estase venosa e pé diabético. MÉTODOS: Foram incluídos no estudo pacientes portadores de lesões de membros inferiores, sendo diabéticos, e pacientes com úlcera de estase venosa, atendidos em um serviço de urgência de um hospital universitário de Goiânia (GO, no período de fevereiro de 2005 a agosto de 2006. A coleta de material foi realizada com swab de algodão para realização de cultura e teste de sensibilidade antimicrobiana, empregando-se técnicas preconizadas. RESULTADOS: Das amostras analisadas, foi detectada a presença de bactérias em 88,46%. Os cocos gram-positivos foram caracterizados como Staphylococcus aureus e Staphylococcus epidermidis. Dentre os bastonetes gram-negativos, detectou-se Pseudomonas aeruginosa,Escherichia coli,Proteus mirabilis e Enterobacter sp. CONCLUSÕES: Os microrganismos isolados das lesões de membros inferiores (pé diabético e úlcera de estase venosa incluíram bactérias gram-positivas e negativas, sendo Staphylococcus aureus,Pseudomonas aeruginosa e Escherichia coli as mais freqüentes, com elevada resistência a diversos antimicrobianos.BACKGROUND: Infected lower limb injuries (diabetic ulcers and venous stasis ulcers cause great suffering and functional disability with social and economic impact and increase in risk of severe complications. OBJECTIVE: To characterize the microbiota and determine the antimicrobial susceptibility profile of isolated bacteria in lower limb injuries secondary to the venous stasis ulcer and diabetic foot. METHODS: Patients with lower limb lesions were

  1. Riso na epilepsia

    Edymar Jardim

    1967-06-01

    Full Text Available São estudados três casos de síndrome convulsiva temporal, com manifestações concomitantes de riso na sua fase inicial. As características principais foram a imotivação e á incoercibilidade do riso. Esses sintomas desapareceram com o uso de anticonvulsivantes.

  2. Fluctuations and NA49

    A brief history of the study of fluctuations in high energy nuclear collisions at the CERN SPS by NA49 is presented. The ideas and the corresponding experimental data on fluctuations are discussed from the point of view of their sensitivity to the onset of deconfinement

  3. Biotecnologia na agricultura

    Helaine Carrer

    2010-01-01

    Full Text Available A expectativa de o crescimento populacional atingir 9 bilhões de habitantes em 2050 em adição às questões da sustentabilidade e do aquecimento global nos desafiam a aumentar a oferta de alimentos. Uma metodologia alternativa que contribua para a redução do impacto desse cenário envolve a biotecnologia, que, nas últimas décadas, trouxe marcantes oportunidades tecnológicas na agricultura, resultando em relevante desenvolvimento na obtenção de novas variedades de plantas, na melhoria da qualidade de diversos alimentos e atualmente também na bioenergia. As técnicas biotecnológicas envolvendo os marcadores moleculares, a genômica e a transformação genética estão transformando a agricultura e são discutidas neste artigo.The expected population growth to reach 9 billion by 2050 in addition to issues of sustainability and global warming challenges us to increase the supply of food. An alternative approach to help reducing the impact of this scenario involves biotechnology which in recent decades has brought remarkable technological opportunities in the agriculture that resulted in relevant development in obtaining new plant varieties, improved quality of different foods, and now also in bioenergy. The biotechnology techniques involving molecular markers, genomics and genetic transformation are transforming agriculture and will be discussed in this article.

  4. At NA5

    1978-01-01

    The NA5 experiment is shown at the start of the setting up in beam H2 of hall EHN1. It was designed by the Bari- Cracow-Liverpool-Munich (MPI) Collaboration to study hard hadron-hadron collisions with a streamer chamber vertex spectrometer and a calorimeter trigger. The beam from target T2 enters from the left. E

  5. At NA3

    1978-01-01

    The photo shows the proportional chamber PC1 of the NA3 forward spectrometer. The chamber was placed downstream the beam dump and specially designed to support a high flux of particles, see Nucl. Instrum. Methods 175 (1980) 319. Anta Diop stands on the foreground, right.

  6. The NA35 experiment

    1987-01-01

    The NA35 experiment ran on the Super Proton Synchrotron (SPS) accelerator at CERN. It was used for the study of relativistic nucleus-nucleus collisions which were used to search for evidence of new types of quark matter. Quarks are found inside protons and neutrons, which in turn make up atoms.

  7. Konstrukce sila na cukr

    Kotík, Libor

    2015-01-01

    Předmětem diplomové práce je statický návrh a posudek předpjatého sila na 50000t cukru. Zpracován je výpočtový model ocelové střešní konstrukce a jeho působení na konstrukci sila. Je stanoveno zatížení od uskladněného cukru. Je proveden optimální návrh a posouzení na mezní stav použitelnosti a únosnosti betonářské výztuže a vodorovného předpětí stěny sila včetně lokálních namáhání. Dále je proveden návrh betonářské výztuže dna sila a sloupu v podsilí a posouzení na mezní stav únosnosti. Součá...

  8. Análisis entre la recirculación medida por termodilución (BTM® y la presión venosa dinámica inicial como métodos para la detección de estenosis del acceso vascular protésico Analysis of recirculation measured by thermodilution (BTM® and initial dynamic venous pressure as methods for the detection of stenosis in prosthetic vascular access

    Jorge Enrique Marín González

    2012-12-01

    Full Text Available Introducción: Los problemas de acceso vascular suponen la mayor causa de morbilidad y mortalidad en el paciente en hemodiálisis. La estenosis es a su vez la principal causa de disfunción del acceso vascular protésico, y cuando éste problema no se logra detectar a tiempo, puede derivar en trombosis. Existen múltiples procedimientos para la detección de disfunción del acceso vascular desde la exploración física, mediciones de presión y flujo, así como pruebas de imagen no invasivas e invasivas. La Presión Venosa Dinámica inicial, es una herramienta sencilla de seguimiento del acceso vascular. Objetivos: El objetivo del estudio es correlacionar la presión venosa dinámica inicial y la recirculación como métodos de vigilancia del acceso vascular en pacientes en hemodiálisis. Material y métodos: Se evaluaron de forma prospectiva 21 pacientes con prótesis durante 1 año. Se registraron signos clínicos y parámetros de medición objetivos como recirculación por termodilución, presión venosa dinámica inicial con flujo de sangre de 200 ml/min, tiempo de hemostasia, y KT/V por OCM, contrastándose con los hallazgos de las pruebas de imagen. Se realizaron mediciones mensualmente, con un total de 244. Resultados: La prótesis de PTFE representó el 16,6% de los accesos vasculares en nuestra unidad durante el periodo de estudio. La media de edad fue de 63 años con un 57% de mujeres. El tiempo medio de diálisis fue de 225 min con un Kt/V por OCM de 1,44. De los signos clínicos, la mayor incidencia fue presencia de pseudoaneurismas, en un 42,8%. La media de recirculación fue 10,46±2,68% y la presión venosa dinámica inicial 94,51±19,58 mmHg. Se registraron en total 21 eventos: 14 fistulografías+ angioplastia, 4 trombosis con reparación quirúrgica, 2 fistulografías sin necesidad de angioplastia y una trombosis no recuperada. Cuando se compararon las mediciones de recirculación y presión venosa dinámica inicial, con la

  9. Resistência à proteína C ativada e doença arterial isquêmica em jovem Resistance to activated protein C and ischemic arterial disease in a young man

    Igor Alexandre Côrtes de Menezes

    2010-03-01

    Full Text Available A avaliação da resistência à ação da proteína C ativada (rPCA, causada por mutação no fator V (fator V de Leiden, é fator de risco importante para tromboembolia venosa, cujo papel como geradora de obstruções arteriais in situ é um tema ainda controverso. O caso clínico de um jovem com história de coronariopatia, múltiplas lesões cerebrovasculares e doença arterial periférica é relatado. A investigação diagnóstica apontou a rPCA como possível etiologia.The assessment of activated protein C resistance (APCR caused by mutations in factor V (factor V Leiden is an important risk factor for venous thromboembolism, of which role as the originator of arterial obstructions in situ is still a controversial subject. The clinical case of a young patient with history of coronariopathy, multiple cerebrovascular lesions and peripheral artery disease is reported. The diagnostic investigation showed APCR as the possible etiology.

  10. Neurofisiologia álgica na irritação tentorial: descrição de um caso secundário a meduloblastoma Pathogenesis of pain arising from tentorial irritation: description of a case associated to a medulloblastoma

    ELCIO JULIATO PIOVESAN

    1998-09-01

    Full Text Available Relatamos o caso de paciente do sexo feminino, com 32 anos de idade, com sintomas álgicos na região occipital, compressivos de forte intensidade e com irradiação frontal, supraorbitária e orbitária esquerda, relacionada a movimentos de flexão e extensão do pescoço, com característica lancinante e duração de até 9 segundos. A investigação radiológica, clínica, neurocirúrgica e neuropatológica evidenciou um meduloblastoma que aderia à membrana tentorial promovendo espessamento e compressão das estruturas venosas desta região. Atribuímos ao estímulo mecânico sobre estas estruturas vasculares tentoriais as manifestações álgicas envolvendo as conexões entre o trigêmeo e os primeiros segmentos medulares cervicais.We report the case of a 32-year-old woman who complained of dull and compressing occipital pain, with unilateral radiation to the left frontal and supraorbital areas (of the sickenning type. The radiological, clinical, neurosurgical and neuropathologic investigation disclosed a medulloblastoma bulging and tickening the tentorium cerebelli. This case shows how mechanical stimuli of the structures innervated by the tentorial nerve can cause pain with characteristics of trigeminal and cervical involvement.