WorldWideScience

Sample records for aconselhamento para hiv

  1. Aconselhamento em HIV/AIDS: pressupostos teóricos para uma prática clínica fundamentada

    Clarisse Sampaio Pequeno

    2013-06-01

    Full Text Available Com o avanço da AIDS no Brasil, o Ministério da Saúde sentiu a necessidade de sensibilizar e treinar profissionais de saúde para trabalhar com questões provocadas pela infecção ou pela doença. Neste sentido, surgiu a implantação de centros de orientação e apoio sorológico (CTA, que passaram a ser a principal referência em aconselhamento. O aconselhamento em HIV/AIDS é um dispositivo utilizado por profissionais de saúde buscando trabalhar informação, orientação, avaliação de risco e apoio na realização da sorologia anti-HIV. Entretanto, faz-se necessário que esta estratégia tenha fundamentos teórico-filosóficos que sirvam para embasar a prática clínica do aconselhador. Logo, este artigo objetivou apresentar os principais pressupostos de algumas teorias do aconselhamento psicológico e sua relação com a prática do aconselhamento em HIV/AIDS. Acredita-se que estas reflexões poderão contribuir para fundamentar teoricamente os profissionais que realizam aconselhamento em HIV/AIDS, configurando-o realmente em um dispositivo para promoção da saúde.

  2. Infecção pelo HIV entre gestantes atendidas nos centros de testagem e aconselhamento em Aids HIV infection among pregnant women attended in testing and counseling centers for AIDS

    Antônio José Costa Cardoso

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência do HIV e identificar comportamentos sexuais de risco para a infecção em gestantes que realizaram rotina da assistência pré-natal. MÉTODOS: Estudo transversal com base em registros de atendimentos de 8.002 gestantes (25% do total dos municípios residentes em 27 municípios da Região Sul do Brasil, em 2003, que realizaram testes anti-HIV em Centro de Testagem e Aconselhamento que realizavam pré-natal. Foram coletadas informações sociodemográficas e comportamentais, além dos resultados de testes para sífilis e HIV, nas consultas de aconselhamento individual registradas em banco de dados do Sistema de Informações dos Centros de Testagem e Aconselhamento. Foram excluídas da base de dados as gestantes que buscaram os Centros para confirmação de sorologia anterior e aquelas encaminhadas ao serviço por apresentarem sintomas de Aids. RESULTADOS: Do total de gestantes estudadas, 0,5% (IC 95%=0,3-0,6 foram positivas para o HIV. A única variável associada com a soropositividade para o HIV foi o nível de escolaridade. A maioria das gestantes se expôs basicamente por meio de relações sexuais sem preservativos com o parceiro único com quem mantinham relação estável. As gestantes mais jovens, solteiras, desempregadas e de menor escolaridade constituíram o grupo de maior exposição. CONCLUSÕES: O Sistema de Informações dos Centros de Testagem e Aconselhamento revelou-se útil à vigilância epidemiológica da infecção pelo HIV e dos comportamentos de risco no segmento de gestantes e pode vir a sê-lo em relação a outras populações.OBJECTIVE: To estimate HIV prevalence and identify high-risk sexual behavior for infection in pregnant women who were given prenatal assistance. METHODS: Cross-sectional study based on attendance records of 8,002 pregnant women (25% of all municipalities who lived in 27 municipalities in Southern Brazil in 2003 and had anti-HIV tests done in a testing and

  3. Avaliação do perfil tecnológico dos centros de testagem e aconselhamento para HIV no Brasil Evaluación del perfil tecnológico de los centros de consejería y pruebas de VIH en Brasil Technological profile assessment of voluntary HIV counseling and testing centers in Brazil

    Alexandre Grangeiro

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar e analisar os perfis tecnológicos dos centros de testagem e aconselhamento para HIV no Brasil. MÉTODOS: Utilizou-se questionário estruturado e auto-aplicado com 78 questões, respondido por 320 (83,6% dos 383 centros brasileiros, durante 2006. Foram analisadas respostas que caracterizam o perfil tecnológico dos serviços mediante o uso da técnica de agrupamento k-means. As associações entre os perfis descritos e os contextos municipais foram analisadas usando-se qui-quadrado e análise de resíduo no caso de proporções, Anova e Bonferroni para médias. RESULTADOS: Os centros apresentaram deficiências significativas quanto à garantia do atendimento adequado. Foram identificados quatro perfis tecnológicos. O perfil "assistência" (21,6% foi predominante entre os serviços instituídos antes de 1993, em regiões com alta incidência de Aids e municípios de grande porte. O perfil "prevenção" (30,0%, prevalente entre 1994-1998, foi o que mais correspondeu às normas do Ministério da Saúde, com melhores indicadores de resolubilidade e produtividade. O perfil "assistência e prevenção" (26,9%, inserido nos serviços de Aids, foi predominante entre 1999-2002 e desenvolvia o conjunto mais completo de atividades, incluindo tratamento de doenças sexualmente transmissíveis. O perfil "oferta de diagnóstico" (21,6% foi o mais precário e localizado onde a epidemia é mais recente e com menor proporção de pessoas testadas. CONCLUSÕES: Os centros de testagem e aconselhamento constituem um conjunto de serviços heterogêneos e as diretrizes que nortearam a implantação dos serviços no Brasil não estão plenamente incorporadas, influindo nos baixos indicadores de resolubilidade e produtividade e no desenvolvimento insuficiente de ação de prevenção.OBJETIVO: Caracterizar y analizar los perfiles tecnológicos de los centros de consejería y pruebas de VIH en Brasil. MÉTODOS: Se utilizó cuestionario

  4. HIV/AIDS counseling: analysis based on Paulo Freire Aconsejamiento en VIH/SIDA: análisis basado en Freire Aconselhamento em HIV/AIDS: análise à luz de Paulo Freire

    Karla Corrêa Lima Miranda

    2007-02-01

    úde no aconselhamento em HIV/AIDS. Trata-se de pesquisa com característica qualitativa, inspirada na teoria e prática de Paulo Freire. Como técnica de análise, utilizou-se a análise de conteúdo de Bardin. Para o grupo estudado, o aconselhamento ainda está centrado na cognição, mesmo que já se vislumbre outros conceitos que permeiam esse momento. As principais dificuldades do aconselhamento ocorrem em relação aos clientes e à instituição. As principais facilidades estão vinculadas à equipe que, segundo o grupo, tem bom relacionamento. O aconselhamento representa um momento de sofrimento, principalmente para o aconselhador por trazer à tona densas questões existenciais. Pode-se inferir que o aconselhamento é um momento especial, entretanto, não se configura ainda como um momento educativo. Para a obtenção desse fim propõe-se uma metodologia em aconselhamento, utilizando princípios e conceitos de Paulo Freire.

  5. Preditores de soropositividade para HIV em indivíduos não abusadores de drogas que buscam centros de testagem e aconselhamento de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil Predictors of HIV seropositive status in non-IV drug users at testing and counseling centers in Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil

    Flávio Pechansky

    2005-02-01

    Full Text Available Este estudo descreve comportamentos de risco para HIV, obtidos através de questionário, em 570 indivíduos de Porto Alegre que não usavam drogas regularmente. A idade média foi 30,3, 51,1 % eram homens, e a maioria tinha baixa renda (59,1%. A soropositividade foi de 9,9% (13,1% entre homens e 6,9% entre mulheres, associada a sexo masculino, ter mais de 30 anos e baixa renda. Mulheres reportaram mais sexo desprotegido (86,4% do que homens (74,4% e mais sexo com usuários de droga injetável (11,6% versus 2,1%; homens relataram mais sexo homossexual desprotegido (18,7% versus 1,4% e mais relações com profissionais de sexo (19,0% versus 0,4%. Não houve associação entre uso eventual de drogas e soropositividade. A idade associada à soropositividade confirma achados anteriores, indicando maior exposição a riscos durante a vida. O estudo confirma a pauperização da epidemia, com indivíduos pobres apresentando maior soropositividade. Homens e mulheres apresentaram diferentes comportamentos associados à soropositividade, confirmando a necessidade de prevenção específica e distinta para cada grupo.This study describes HIV-related behaviors recorded through a questionnaire applied to 570 individuals in Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil, who were not regular drug users. Mean age was 30.3 years, 51.1 % were male, and most were low-income (59.1%. The HIV seropositive rate was 9.9% (13.1% for males, 6.9% for females, and there was a positive association with male gender, age over 30 years, and low income. Women reported more unprotected sex (86.4% than men (74.4% and more sex involving drugs (11.6% vs. 2.1%; men reported more unprotected homosexual sex (18.7% vs. 1.4% and more sex with sex workers (19.0% vs. 0.4%. There was no association between sporadic drug use and seropositive status. The association between age and seropositive status confirms previous findings, indicating more lifetime risk exposure. The study confirms the so

  6. O sentido da vida no aconselhamento existencialista

    Santos, Eduardo João Ribeiro dos

    2002-01-01

    Neste artigo apresentam-se as linhas fundamentais do aconselhamento existencialista, nomeadamente em torno do conceito de sentido da vida. Implicações para a interpretação psicopatológica e para a intervenção psicoterapêutica são equacionadas

  7. Pre-travel health advice for human immunodeficiency virus-infected travelers, from Rio de Janeiro Aconselhamento pré-viagem para os viajantes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana no Rio de Janeiro

    Ricardo Pereira Igreja

    2009-06-01

    Full Text Available Counseling for human immunodeficiency virus infected travelers is becoming increasingly specialized. Previous studies have reported the experience of HIV-infected travelers from temperate-climate countries but little is known about HIV-infected travelers from tropical countries. A retrospective study was conducted on HIV-infected travelers presenting at a travel health clinic in Rio de Janeiro. Eleven journeys by ten people were recorded. Brazil (Amazon region and Northeast was the destination for six journeys. Other destinations were Peru, Angola, Europe and Asia. Nine attendees were undergoing antiretroviral therapy. Few HIV-infected people from Rio de Janeiro consulted a travel medicine specialist before traveling. Since they travel to destinations in Brazil and abroad where there are endemic diseases not encountered in Rio de Janeiro, careful pre-travel planning needs to be undertaken. Strategies for increasing the frequency of pre-travel consultations need to be developed, such as closer collaboration between HIV clinics and travel health clinics.O aconselhamento para os viajantes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana está se especializando cada vez mais. Estudos prévios relatam a experiência dos viajantes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana dos países de clima temperado, mas pouco se sabe sobre os viajantes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana dos países tropicais. Foi realizado um estudo retrospectivo dos viajantes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana que consultaram um serviço de medicina de viagem no Rio de Janeiro. Dez viajantes realizaram onze viagens. O Brasil (Amazônia e Nordeste foi o destino de seis viagens. Outros destinos foram Peru, Angola, Europa e Ásia. Nove pacientes estavam sob terapia anti-retroviral. No Rio de Janeiro, poucas pessoas infectadas pelo vírus da imunodeficiência humana consultaram um especialista em medicina de viagem antes de viajar. Como elas

  8. Os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA no município do Rio de Janeiro e o acesso ao diagnóstico do HIV entre e população negra: uma análise qualitativa Testing and Counseling Centers (TCC in Rio de Janeiro city, and access to the HIV diagnosis for the black population: a qualitative analysis

    Carla Luzia França Araújo

    2010-12-01

    Full Text Available O acesso aos serviços de saúde é um direito constitucional. Entende-se como acesso a capacidade de obtenção de cuidados de saúde, quando necessário, de modo fácil e conveniente. Entre os desafios para a gestão em saúde, encontram-se as desigualdades de acesso como um dos principais problemas. As diferenças marcantes nas taxas de utilização dos serviços de saúde apontam as graves desigualdades de acesso refletindo as desigualdades sociais. Este artigo tem por objetivo discutir o acesso ao diagnóstico do HIV pela população negra do município do Rio de Janeiro. Para trabalhar com o objeto proposto, optamos pela metodologia qualitativa. A coleta de dados consistiu na realização de 62 entrevistas semiestruturadas, com pessoas que se autodeclararam pretas ou pardas e que procuraram os Centros de Testagem e Aconselhamento do Município do Rio de Janeiro para a realização do teste anti-HIV. A análise dos dados ocorreu baseada nos pressupostos do Discurso do Sujeito Coletivo. A maioria dos entrevistados não relatou dificuldades para o acesso ao teste anti-HIV. A barreira identificada foi a própria demanda reprimida nos CTA por conta de oferecimento limitado de testes devido a questões de insumo e recursos humanos. Não foi verificada nenhuma fala que demonstrasse discriminação com relação à cor/raça no contato com o serviço. Entre os fatores apontados como facilitadores do acesso ao teste foram: gratuidade do exame, indicação ou referência por profissionais ou serviço de saúde, acesso ao local de realização do teste, credibilidade do serviço, rapidez no atendimento e ausência de burocracia.Access to health services is a constitutional right. Access is considered as the capacity to obtain health care when necessary, in an easy and convenient way. Challenges for health management include unequal access as one of the main problems. Clear differences in health service usage rates indicate severe access inequality

  9. O aconselhamento e a testagem anti-HIV como estratégia preventiva: uma revisão da literatura internacional, 1999-2011 Counseling and testing for HIV as a prevention strategy: an international review of published research, 1999-2011

    Priscilla da Silva Soares

    2012-12-01

    Full Text Available Com base em revisão bibliográfica discute-se a literatura produzida nos anos de 1999 a 2011, no campo da saúde coletiva, sobre uma importante estratégia de prevenção da transmissão do HIV: o aconselhamento e testagem anti-HIV. O artigo realiza um balanço da literatura internacional, analisando criticamente os aspectos mais assinalados pela comunidade científica, apontando divergências e convergências entre os estudos e identificando lacunas que possam estimular o desenvolvimento de novas pesquisas neste campo temático. Como resultado, evidenciou-se que os processos de decisão de realizar um teste e a experiência da testagem são discutidos na literatura com abordagens fragmentadas, sejam de ordem individual ou institucional. Para compreender diversas dimensões implicadas na adoção de uma prática preventiva como o teste HIV, é preciso contemplar indicadores sociais tais como gênero, religião, identidade sexual, raça/cor, e relacioná-los às políticas públicas e à operacionalização dos serviços de saúde. O uso expressivo do conceito de risco (aliado às categorias de grupo, comportamento, percepção e de escalas quantitativas para aferir a percepção individual do risco como uma barreira para a realização do teste ilustra o foco excessivo sobre uma dimensão individual e parcial do problema.Based in a bibliographical review, this paper discusses the literature produced between 1999 and 2011 in the field of Public Health over an important strategy of prevention of the transmission of HIV virus: the counseling and testing for HIV. The article critically analyzes the aspects highlighted by the literature, indicating divergences and convergences among the studies and identifying possible gaps that can stimulate new researches in this thematic field. The results of this work indicate a tendency of the literature in treating the processes of decision and the experience of taking a test under fragmented approaches at an

  10. Aconselhamento telefônico para jovens usuários de crack Consejería telefónica para los jóvenes usuarios de crack Telephone counseling for young user of crack cocaine

    Nadia Krubskaya Bisch

    2011-03-01

    Full Text Available Este estudo buscou avaliar a utilização da Intervenção Breve Motivacional (IBM em um serviço de aconselhamento telefônico, oferecida aos jovens no processo de cessação do consumo de crack. Foi realizado um estudo descritivo, a partir do levantamento dos registros de ligações de usuários no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2007. Foram incluídos 40 registros de chamadas de jovens com idades entre 16 e 24 anos que consumiam crack, associado ou não com outras substâncias. Ao final do acompanhamento no sexto mês, 65% dos jovens haviam parado o consumo de crack. Do total, 57,5% estavam no estágio de preparação e ação na primeira ligação. As chances para recaída do uso de crack foram maiores nos seguimentos até 30 dias. A partir dos resultados obtidos pode-se sugerir que, a IBM associada ao aconselhamento telefônico representa uma alternativa de tratamento importante na cessação do uso de crack.Este estudio buscó evaluar el uso de la Intervención Breve Motivacional (IBM en un servicio de consejería telefónico que ofrece a los jóvenes en el proceso de cese del consumo de crack. Se realizó un estudio descriptivo, basado en una encuesta de las llamadas telefónicas de los usuarios durante el período de enero 2006-diciembre 2007, con 40 registros de llamadas de personas jóvenes de entre 16 y 24 años que consumían crack, asociados o no con otras sustancias. Al final del sexto mes de seguimiento, el 65% de los jóvenes habían dejado el consumo de crack. Del total, el 57% estaban en fase de preparación y acción en el primer llamada. Las posibilidades de recaída en el uso de crack fueron mayores en el seguimiento a 30 días. Se sugiere que IBM asociados con la asesoría por teléfono es una importante opción de tratamiento para detener el consumo de crack.This study sought to evaluate the use of Brief Motivational Intervention in a telephone counseling service offered to young people in the process of

  11. Caracterização da comunicação no aconselhamento em amamentação

    Erlayne Camapum Brandão

    2012-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar a comunicação no processo de aconselhamento em amamentação. Trata-se de estudo descritivo-exploratório com análise de dados qualitativos a partir de entrevistas semiestuturadas, realizado em uma maternidade pública com dezenove discentes e três profissionais de enfermagem que realizavam aconselhamento em amamentação. Os dados foram analisados baseando-se na técnica de análise de conteúdo e modalidade temática, gerando quatro categorias: Aconselhamento, Comunicação, Comunicação verbal e não verbal no aconselhamento em Amamentação; Barreiras na comunicação durante o aconselhamento em Amamentação; Fatores facilitadores da comunicação durante o aconselhamento em Amamentação. Os dados mostraram que a qualidade da comunicação no aconselhamento é fundamental para garantir maior adesão ao aleitamento materno exclusivo e que sua adequação à cultura local é primordial para sucesso. O estudo permite afirmar que o desenvolvimento da competência em comunicação interpessoal é essencial para garantir adesão das mulheres na efetivação da promoção do aleitamento materno.

  12. Aconselhamento psicológico como área de fronteira

    Maria Luisa Sandoval Schmidt

    2015-01-01

    Resumo O ensaio lança mão da noção de fronteira para analisar relações do campo do aconselhamento psicológico com a ordenação disciplinar da psicologia, partindo da experiência do Serviço de Aconselhamento Psicológico (SAP) do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP). Articula referências teóricas do aconselhamento psicológico praticado com base na abordagem centrada na pessoa e do chamado pós-colonialismo na esfera da crítica literária, nomeadamente Edward Said e Homi Bha...

  13. Freqüência de aconselhamento para prevenção de câncer da pele entre as diversas especialidades médicas em Caxias do Sul Frequency of counseling for skin cancer prevention by the various specialties in Caxias do Sul

    Adelar Bocchese Nora

    2004-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: O câncer da pele é a forma mais comum de câncer atualmente, apesar de ser um dos mais preveníveis. Não foram encontrados dados na literatura nacional quanto à freqüência de orientação para prevenção desse tipo de câncer de acordo com as diversas especialidades médicas. OBJETIVOS: O objetivo do trabalho foi verificar a freqüência de aconselhamento para prevenção de câncer da pele entre as diversas especialidades médicas em uma amostra da população de Caxias do Sul. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal. Foram entrevistadas e examinadas 499 pessoas que procuraram atendimento na área de dermatologia em ações comunitárias realizadas em Caxias do Sul de janeiro a julho de 2002. RESULTADOS: Apenas 31,9% (n=159; IC 27,8 - 36,2 das pessoas entrevistadas já haviam recebido aconselhamento pela classe médica para prevenção de câncer da pele. Os pacientes de alto risco com o maior potencial para intervenção, ou seja, pacientes com idade inferior a 20 anos, receberam orientação em freqüência menor do que os pacientes com 20 anos ou mais (26,5% versus 42,5%, respectivamente; p = 0,03. A especialidade de dermatologia foi responsável por mais da metade dos aconselhamentos para prevenção de câncer da pele na população estudada. CONCLUSÃO: A freqüência de aconselhamento para prevenção de câncer da pele pelos profissionais da saúde é baixa, mesmo para os pacientes de alto risco. A orientação também varia de acordo com a especialidade consultada, tendo apenas a especialidade de dermatologia apresentado alta freqüência de aconselhamento.BACKGROUND: Nowadays, skin cancer is the most common form of cancer, in spite of being one of the most preventable forms of cancer. We did not find national data about the frequency of counseling for skin cancer prevention according to the various specialties. OBJECTIVE: The objective of this study was to verify the frequency of counseling for skin cancer

  14. Aconselhamento Genético Genetic Counseling

    Décio Brunoni

    2002-01-01

    Full Text Available O Aconselhamento Genético (AG deve ser desenvolvido nas unidades de saúde como um atendimento médico multiprofissional e interdisciplinar. A maioria da população brasileira não tem acesso a esses serviços. Os grupos, centros e serviços de AG existentes no Brasil podem, em curto espaço de tempo, preparar profissionais para atender a rede do Sistema Único de Saúde (SUS. O Ministério da Saúde tem os instrumentos necessários para viabilizar esta estratégia. Medidas que visem incrementar o ensino da genética médica nos cursos de graduação e em curso de especialização/aperfeiçoamento podem ser efetivadas. O envolvimento da população, de pacientes e famílias no conhecimento dos fatores genéticos que agravam a saúde é desejável e pode ser alcançado por ações de genética comunitária como tem sido recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS.Genetic counseling (GC is a medical multiprofessional and interdisciplinar health care process. Most of the Brazilian people don't have access to these services. In Brazil there are many GC groups, centers and services in condition to train health care professionals to the Federal Brazilian Public System of Health (Sistema Único de Saúde - SUS. Ministry of Health could easily created an Office of Genetic Services to organize and launch trainning programs. It is also necessary improve genetic educational programs for the health professions as well as educate the public in genetic disorders and birth defects. Support of parent/patient organizations is also desirable. The implementation of such community genetics programs has been recommended by the World Health Organization (WHO.

  15. Aconselhamento genético Genetic counseling

    João Monteiro de Pina-Neto

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Esta revisão sobre aconselhamento genético (AG teve o objetivo de mostrar os conceitos atuais e os princípios filosóficos e éticos aceitos na grande maioria dos países e recomendados pela Organização Mundial da Saúde, as fases do processo, seus resultados e o impacto psicológico de uma doença genética em uma família. FONTES DOS DADOS: Os conceitos apresentados são baseados em uma síntese histórica da literatura sobre AG desde a década de 1930 até o momento atual, sendo que os artigos citados representam os principais trabalhos publicados e que hoje fundamentam a teoria e a prática do AG. SÍNTESE DOS DADOS: O AG modernamente é definido como um processo de comunicação que trata dos problemas humanos relacionados à ocorrência de uma doença genética em uma família. É fundamental que os profissionais da saúde conheçam os aspectos psicológicos desencadeados pela doença genética e como estes aspectos podem ser manejados. Vivemos ainda na genética humana e médica uma fase de predomínio dos aspectos técnicos e científicos e de pouca ênfase no estudo das reações emocionais e dos processos de adaptação das pessoas a estas doenças, o que leva ao baixo entendimento dos clientes sobre os fatos ocorridos, com conseqüências negativas sobre a vida familiar e para a sociedade. CONCLUSÕES: Conclui-se pela necessidade de que as famílias com doenças genéticas sejam encaminhadas para AG e que os profissionais desta área invistam mais na humanização do atendimento, desenvolvendo mais as técnicas do AG psicológico não-diretivo.OBJECTIVE: The objective of this review of genetic counseling (GC is to describe the current concepts and philosophical and ethical principles accepted by the great majority of countries and recommended by the World Health Organization, the stages of the process, its results and the psychological impact that a genetic disease has on a family. SOURCES: The concepts presented are

  16. Demandas e expectativas de usuários de centro de testagem e aconselhamento anti-HIV Demandas y expectativas de usuarios de centros de examen y consejo anti-VIH Demands and expectations of users of HIV testing and counseling centers

    Vânia de Souza Souza

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar características, demandas e expectativas de usuários de um centro de testagem e aconselhamento anti-HIV. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Pesquisa qualitativa realizada com 32 usuários de centro de testagem e aconselhamento do estado de Minas Gerais, de novembro de 2005 a março de 2006. Utilizou-se a técnica de entrevista aberta semi-estruturada e uma adaptação do método de análise de conteúdo, empregando-se a modalidade temática. ANÁLISE DOS RESULTADOS: A falta de conhecimento do serviço, a dificuldade de se perceber vulnerável à infecção, as justificativas por não pertencer aos grupos de risco, o receio do constrangimento e de um atendimento precário surgiram como importantes limitações de acesso aos centros de testagem e aconselhamento. CONCLUSÕES: No discurso dos usuários, foi identificado um paradoxo entre o aspecto participativo na superação da vulnerabilidade e a busca de soluções pragmáticas de exclusão do risco. Suas demandas sinalizaram estratégias que contenham: qualidade da informação prestada, acesso ao serviço e aos discursos de prevenção e promoção da saúde.OBJETIVO: Analizar características, demandas y expectativas de usuarios de centro de examen y consejo anti-VIH. PROCEDIMIENTOS METODOLÓGICOS: Investigación cualitativa realizada con 32 usuarios de centro de examen y consejo del estado de Minas Gerais, en sureste de Brasil, de noviembre de 2005 a marzo de 2006. Se utilizó técnica de entrevista abierta semi-estructurada y una adaptación del método de análisis de contenido, empleándose la modalidad temática. ANÁLISIS DE LOS RESULTADOS: La falta de conocimiento del servicio, la dificultad de percibirse vulnerable a la infección, las justificaciones por no pertenecer a los grupos de riesgo, el recelo del constreñimiento y de una atención precaria surgieron como importantes limitaciones de acceso a los centros de examen y consejo. CONCLUSIONES: En el discurso de los

  17. Distrofia miotônica tipo 1 em pacientes com catarata: diagnóstico molecular para triagem e aconselhamento genético Myotonic dystrophy type 1 in cataract patients: Molecular diagnosis for screening and genetic counseling

    María Verónica Muñoz Rojas

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Detectar novos pacientes portadores da mutação e pré-mutação da DM1, entre pacientes com catarata e realizar aconselhamento genético. MÉTODOS: Foi estudado o DNA de 60 pacientes, por meio da análise por reação em cadeia de polimerase. Este estudo foi realizado no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto e os pacientes foram selecionados a partir dos atendimentos realizados no Ambulatório de Catarata do Departamento de Oftalmologia, entre 01/01/1982 a 30/06/1995. Os critérios de seleção foram pacientes com menos de 55 anos, com catarata bilateral, sem fator causal que justificasse a lesão, exceto por diabete melito tipo 2 com ou sem sinais neuromusculares sugestivos de distrofia miotônica. RESULTADOS: Foram encontrados 3 pacientes com a mutação completa, correspondendo a 5% da amostra. Nenhum portador da pré-mutação foi encontrado. A partir dos pacientes diagnosticados, outros familiares afetados foram detectados. CONCLUSÕES: Este estudo enfatiza a importância da triagem de distrofia miotônica tipo 1 (DM1 entre pacientes com catarata, e mostra, também, a importância do aconselhamento genético destes pacientes.PURPOSE: To detect MD1 premutation and full mutation carriers among cataract patients and offer familial genetic counseling. METHODS: We studied the DNA of 60 selected cataract patients through polymerase chain reaction analysis. This study was performed at the "Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto" where selected patients had been examined at the Cataract Outpatient Clinic from 01/01/1982 to 30/06/1995. Selection criteria were age under 55 with no obvious precipitating factor, except diabetes mellitus type 2, with or without neuromuscular signs suggestive of myotonic dystrophy. RESULTS: Three patients were found to have a full mutation corresponding to 5% of the group. Additional affected individuals were found among patients' relatives. No

  18. Cuidado integral e aconselhamento reprodutivo à mulher que abortou: percepções da enfermagem

    Ivanete da Silva Santiago Strefling; Wilson Danilo Lunardi Filho; Nalú Pereira da Costa Kerber; Marilu Correa Soares; Vera Lúcia de Oliveira Gomes; Elisa de Vargas

    2013-01-01

    O presente estudo teve como objetivo conhecer a percepção dos profissionais de enfermagem a respeito do cuidado integral e do aconselhamento reprodutivo à mulher que abortou. Trata-se de estudo exploratório-descritivo com abordagem qualitativa realizado com 19 profissionais de enfermagem que atuam na maternidade e no centro obstétrico de um hospital universitário do Sul do Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada durante o mês de novembro de 2012. Para análise d...

  19. Aconselhamento nutricional de crianças menores de dois anos de idade: potencialidades e obstáculos como desafios estratégicos

    Aline Aparecida de Oliveira Campos

    2014-02-01

    Full Text Available Este artigo teve como objetivo analisar criticamente o estado da arte da produção científica sobre as práticas do aconselhamento em alimentação da criança menor de dois anos de idade, discutindo sobre as potencialidades e obstáculos enquanto desafios estratégicos para a implementação de práticas de alimentação saudável. Trata-se de um estudo de natureza bibliográfica, tendo como núcleo de interesse o aconselhamento em alimentação infantil. A maioria (58,1% dos artigos analisados foi publicada entre 2008 e 2011. As ações educativas de aconselhamento em alimentação infantil foram direcionadas aos profissionais de saúde e aos cuidadores de crianças menores de dois anos de idade. Como potencialidades da prática do aconselhamento nutricional destacam-se: melhora no desempenho dos profissionais de saúde, adoção de práticas alimentares saudáveis pelos cuidadores e melhora no estado nutricional das crianças. Como obstáculos, ressalta-se: falta de capacitação dos cuidadores e profissionais quanto à alimentação complementar saudável e dificuldade quanto à prática do aconselhamento por profissionais de saúde. Essas evidências reafirmam a importância da incorporação de ações de aconselhamento em alimentação infantil, como práticas permanentes, às políticas de atenção à saúde da criança.

  20. Plantões jovens: acolhimento e cuidado por meio da educação entre pares para adolescentes e jovens nos Centros de Testagem e Aconselhamento - CTA Youths on duty: reception and care for adolescents and young people at testing and counselling centres

    Gabriela Calazans

    2006-04-01

    Full Text Available O Brasil encontra-se com a maior população jovem de sua história. Há um fator agravante para a difícil situação que enfrentam os jovens brasileiros, pois eles vivem em regiões de maior vulnerabilidade social. Estes jovens têm necessidades específicas e devem ser desenvolvidas políticas públicas que respondam a sua especificidade, dentro de uma perspectiva que encoraje a participação. Uma estratégia inovadora na perspectiva da educação entre pares foi desenvolvida no âmbito dos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA vinculados à Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, denominada Plantão Jovem (PJ. Os PJ são formados por jovens entre 16 e 24 anos, que atuam junto a seus pares em ações de acolhimento, aconselhamento, oferta de insumos e de palestras educativas. Este artigo descreve os PJ, na perspectiva de seus jovens agentes, buscando compreender como estes compreendem o seu trabalho de educação entre pares. Foram desenvolvidos 3 grupos focais com os plantonistas de quatro CTA implantados em regiões periféricas e de alta exclusão social. Os discursos dos plantonistas valorizam a identidade com os jovens de sua comunidade no desenvolvimento de ações individuais e coletivas, a ênfase no aprendizado prático, o enfoque no encontro e no entendimento do outro. Foram identificados alguns pontos de tensão no desenvolvimento da proposta: valorização da informação técnico-científica X centralidade do encontro e do diálogo, no âmbito da prevenção de Aids; confusão entre identidade pessoal e profissional, como paradoxo da educação entre pares; confusão entre agentes e técnica operacionalizada no contexto da educação entre pares.Brazil is facing its major youth population of its history. There is an aggravation for the difficult situation met by young Brazilians nowadays, because they live in regions submitted to great social vulnerability. Young people have specific needs and public policies must be

  1. Comunicação não-verbal: uma contribuição para o aconselhamento em amamentação Comunicación no verbal: una contribución para la consejería en lactancia materna Non verbal communication: a contribution to breastfeeding counseling

    Adriana Moraes Leite

    2004-04-01

    Full Text Available O "Curso de Aconselhamento em Amamentação", idealizado e implantado pela United Nation's Children's Emergency Fund -UNICEF, em parceria com a Organização Mundial da Saúde - OMS, representa uma das importantes iniciativas no sentido de valorizar a mulher enquanto agente da amamentação. Visando a compreensão e facilitação da aplicação das habilidades de comunicação não-verbal, que esse curso se propõe a desenvolver nos profissionais, este trabalho tem como objetivo organizar pressupostos teóricos que dêem suporte para o ensino das Habilidades de Ouvir e Aprender 1- "Use comunicação não-verbal útil", fundamentado a partir de conceitos da comunicação humana, extraídos de diversos autores sobre o tema. Percebemos que as habilidades discorridas no curso centram-se em técnicas somente voltadas para as atitudes dos profissionais, porém, é fundamental estarmos atentos aos sinais não-verbais da mulher, pois esses retratam suas emoções. Tais sinais podem ser indicadores das dificuldades que a mulher enfrenta, das interpretações que ela está fazendo acerca de elementos interacionais em seu contexto e que, muitas vezes, são os indicativos do curso que ela poderá imprimir ao processo de amamentação.El "Curso de consejería en lactancia materna", idealizado e implementado por la United Nation's Children's Emergency Fund - UNICEF, en conjunto con la Organización Mundial de la Salud - OMS, representa una de las iniciativas importantes en el sentido de valorar a la mujer como agente de la lactancia. Este trabajo tiene el fin de comprender y facilitar la aplicación de las habilidades de comunicación no verbal del curso por parte de los profesionales y tiene como objetivo organizar los presupuestos teóricos que van a dar soporte para la enseñanza de la Habilidad de Oír y Aprender -1 -"Uso de la comunicación no verbal útil", basada en los conceptos de la comunicación humana, extraídos de diversos autores sobre el tema

  2. Suplementos alimentares e novas tendências de consumo terapêutico: aconselhamento baseado na evidência

    Caetano, Liliana Aranha, 1982-

    2011-01-01

    O que são suplementos alimentares? Qual a sua finalidade? Quem utiliza, como e porquê? Qual o perfil do consumidor regular? Quais os motivos para o consumo de suplementos alimentares? Que advertências? Como se caracteriza o consumo em Portugal? Que produtos são seleccionados? Como se caracteriza a intervenção do técnico de farmácia? Como é feito o aconselhamento e a educação do consumidor?

  3. Perfil epidemiológico dos usuários dos Centros de Testagem e Aconselhamento do Estado de Santa Catarina, Brasil, no ano de 2005 Epidemiological profile of the clientele in HIV Testing and Counseling Centers in Santa Catarina State, Brazil, 2005

    Ione Jayce Ceola Schneider

    2008-07-01

    Full Text Available Este estudo caracteriza o perfil dos usuários que procuraram os Centros de Testagem Anônima (CTAs em Santa Catarina, Brasil, em 2005, e determina os fatores associados à contaminação pelo HIV. Foi realizado um estudo retrospectivo transversal em pessoas que freqüentaram os CTAs. Foram analisados os dados de 22.846 entrevistas realizadas no momento pré-teste, 64,7% sexo feminino e 35,3% masculino. A prevalência de HIV positivo encontrada nesses exames foi de 2% no sexo feminino e 5,6% no masculino. Utilizou-se análise bivariada e multivariada com regressão de Poisson. Os fatores de risco independentes para o contágio pelo DST/HIV no sexo feminino foram: faixa etária, estado civil, escolaridade, situação profissional, recorte populacional, risco do parceiro fixo, uso de preservativo e motivo para não usar preservativo com parceiro fixo. No sexo masculino foram: faixa etária, escolaridade, tipo de parceiro, recorte populacional, risco do parceiro, uso de preservativo e motivo para não usar preservativo com parceiro fixo. A soropositividade para homens e mulheres apresenta-se diferente, merecendo abordagens preventivas diferenciadas.This study analyzes the user profile of HIV Testing and Counseling Centers in Santa Catarina State, Brazil, in 2005, and factors associated with HIV infection. The methodology employed a retrospective, cross-sectional study of individuals who attended Testing and Counseling Centers. Data from 22,846 interviews were analyzed (64.7% women and 35.3% men. HIV prevalence was 2.0% in women and 5.6% in men. Statistical analysis used bivariate and multivariate Poisson regression by gender. According to the Poisson regression, factors associated with HIV+ status were age bracket, schooling, marital status, professional situation, population group, steady partner's risk status, condom use, and reason for not using condoms with steady partner; for men, the independent variables were age bracket, schooling, type of

  4. Avaliação das ações de aconselhamento. Análise de uma perspectiva de prevenção centrada na pessoa Evaluation of counseling activities: analysis of a person-centered prevention perspective

    Sandra Lúcia Filgueiras

    1999-01-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta a avaliação das ações de aconselhamento que se efetuam nos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS nos seguintes contextos institucionais: Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA, Serviço de Assistência Especializada em HIV/Aids (SAE e serviços de saúde que atendem indivíduos portadores de doenças sexualmente transmissíveis (DST. A metodologia empregada foi a abordagem qualitativa para avaliação. A investigação ocorreu no período de março a setembro de 1997. Foram avaliados quatro CTAs, cinco serviços de assistência a indivíduos com DST e um SAE - todos reconhecidos pela Coordenação Nacional de DST-Aids como centros de treinamento. No presente artigo, analisa-se a prática de aconselhamento desenvolvida nesses serviços, comparando-a com as diretrizes preconizadas pela Coordenação Nacional de DST/Aids (CN DST/Aids: a exercício de acolhimento; b escuta ativa; c comunicação competente; d avaliação de riscos e reflexão conjunta sobre alternativas para novos hábitos de prevenção; e orientação sobre os aspectos clínicos e do tratamento (com vistas à adesão e melhoria da qualidade de vida. Ao término do artigo, são sugeridos alguns redirecionamentos considerados necessários para uma realização mais efetiva dessa prática.This paper evaluates STD/HIV/Aids counseling activities provided by the Brazilian National Health Care System (SUS. The following institutional health services were assessed: four anonymous testing and counseling centers, one clinic specializing in treatment for people with HIV, and five STD clinics. All the above are recognized as training centers by the Brazilian Ministry of Health (National STD/Aids Control Program. The data were collected from March to September 1997. The counseling activities from these health services was compared with guidelines developed by the National STD/Aids Control Program using a qualitative evaluation methodology. The main categories

  5. Aconselhamento pós-teste anti-HIV: análise à luz de uma teoria humanística de Enfermagem Consejería pós test Anti-HIV: análisis a luz de una teoría humanistica de enfermería Anti-HIV after-test counselling: analysis at a light of a Nursing humanistic theory

    Maria Alix Leite Araújo

    2006-12-01

    Full Text Available Este trabalho analisa o aconselhamento pós-teste anti-HIV em Unidades Básicas de Saúde. Trata-se de um estudo qualitativo desenvolvido em Unidades Básicas de Saúde da Família de Fortaleza (UBASF. O trabalho de campo ocorreu pela observação do atendimento de 12 enfermeiros em consultas de pré-natal. O referencial teórico de análise foi a Teoria Humanística de Enfermagem de Paterson e Zderad visto que a Enfermagem, segundo a teoria, implica um tipo especial de encontro entre seres humanos. A análise baseou-se no conceito de diálogo, tendo como variáveis seus elementos estruturais: o encontro, o relacionamento, a presença e o chamado, e a resposta. Observou-se que a assistência às gestantes não atingiu o relacionamento EU-TU, ou seja, o relacionamento sujeito-sujeito, com a presença do diálogo genuíno. Prevaleceu o relacionamento EU-ISSO, sujeito-objeto. As consultas eram rápidas e puramente mecânicas, levando esses profissionais, em certos momentos, a fugirem de uma assistência humanizada.Este trabajo analiza el pos test de consejería anti-HIV en las Unidades Básicas de Salud. Es un estudio cualitativo desarrollado en las Unidades Básicas de Salud de la Familia en la ciudad de Fortaleza (UBASF. El trabajo de campo sucedió por la observación de la asistencia de 12 enfermeros en las consultas de pré-natal. El referencial teórico de análisis fué la Teoría Humanistica de Paterson y Zderad de Enfermería, visto en la enfermería, según la teoría, implica en un tipo especial de encuentro entre los seres humanos. El análisis era basado en el concepto de diálogo, teniendo como las variables sus elementos estructurales: el encuentro, la relación, la presencia y el llamamiento y la respuesta. Fue observado que la ayuda a la embarazada no alcanzó la relación YO-USTED, en otros términos, el sujeto-sujeto de la relación, con la presencia del diálogo auténtico. La relación que prevaleció era el YO-AQUEL, sujeto

  6. Formação, práticas e trajetórias de aconselhadores de centros de testagem anti-HIV do Rio de Janeiro, Brasil

    Claudia Mora

    2015-12-01

    Full Text Available Perante a importância do aconselhamento na testagem anti-HIV, analisamos as diretrizes institucionais, as competências privilegiadas no treinamento profissional e os saberes/práticas de aconselhadores. Trata-se de estudo qualitativo centrado na análise documental, observação e entrevista com aconselhadores de Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA do estado do Rio de Janeiro. A análise foi orientada pela teoria de Pierre Bourdieu. Foi evidenciado que o habitus profissional dos aconselhadores resulta da articulação dos treinamentos, da graduação e de experiências e interesses pessoais. A operacionalização de competências, como a escuta ativa, é limitada pela rotina dos serviços e escassez de espaços de reflexão. Para incrementar a prática do aconselhamento, é importante desenvolver competências no treinamento, manter a educação continuada e fazer adequações na rotina do serviço. Tais ajustes podem fortalecer a passagem das diretrizes à ação e o aprimoramento da organização e gestão dos CTA.

  7. Being an HIV-positive mother: meanings for HIV-positive women and for professional nursing staff Ser-madre HIV-positivo: significados para las mujeres HIV-positivo y para la enfermería Ser-mãe HIV-positivo: significados para mulheres HIV-positivo e para a enfermagem

    Marisa Monticelli

    2007-09-01

    Full Text Available OBJECTIVES: To comprehend the meanings of being an HIV-positive mother for HIV-positive women and for professional nursing staff of shared in-patient maternity wards, and to identify similarities and contrasts present in these meanings. METHODS: This was a descriptive and comparative secondary analysis study of data from two previous larger studies conducted in Public Hospitals of the Greater Florianopolis Area, Santa Catarina, Brazil. Data was collected through observation and interviews. RESULTS: For HIV-positive women the main meaning of being an HIV-positive mother was being a "super-mom" while for professional nursing staff the meaning was being "resistant." The meaning of being super-mom focuses on the motherhood role, which may be incompatible with the condition of carrier of the HIV virus. The meaning of being resistant does not fit with the experience of being mother. CONCLUSION: The meanings attributed by HIV-positive women, compared to those attributed by professional nursing staff, suggest prejudice, social stigma, and symbolic vulnerability.OBJETIVO: comprender los significados de ser-madre VIH positivo para mujeres VIH positivo y para trabajadoras de enfermería de unidades de alojamiento conjunto e identificar las similitudes y contrastes presentes en esos significados. MÉTODOS: estudio descriptivo y comparado, en el que se utilizó datos de dos investigaciones anteriores, desarrolladas en unidades de alojamiento conjunto de maternidades públicas de la Gran Florianópolis, (Santa Catarina-Brasil, recolectados por medio de observaciones participantes y entrevistas. RESULTADOS: para las mujeres VIH positivo, esas mujeres son "mamazonas" y para las trabajadoras de enfermería, esas mujeres son "resistentes", evidenciándose ciertas representaciones relativas al papel materno, como absolutamente incompatibles con la condición de portadoras del virus. Para la enfermería, el hecho de que la puérpera sea VIH positivo no "combina

  8. Aconselhamento em amamentação e sua prática The practice of breastfeeding counseling

    Lais Graci dos Santos Bueno

    2004-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Proporcionar aos profissionais de saúde informações referentes ao aconselhamento em amamentação com base em teoria e prática. FONTES DOS DADOS: Foram selecionadas, analisadas e utilizadas informações relevantes ao tema provindos dos sistemas MEDLINE, Bireme, Lilacs e sites relevantes da Internet, além de revistas científicas, livros técnicos, dissertações e teses e publicações de organismos nacionais e internacionais. As principais fontes foram: publicações da Organização Mundial da Saúde (1993 e experiências e vivências clínicas na assistência a mãe/filho/família das autoras. SÍNTESE DOS DADOS: O pediatra treinado em "aconselhamento em amamentação" pode desempenhar papel relevante no aumento das taxas e duração do aleitamento materno. A principal fonte de treinamento é o curso de 40 horas elaborado pela Organização Mundial da Saúde, em 1993, que emprega uma importante estratégia didática de comunicação entre profissionais de saúde e a mãe para a proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno. Aconselhamento em amamentação implica o profissional escutar, compreender e oferecer ajuda às mães que estão amamentando, fortalecendo-as para lidar com pressões, promovendo sua autoconfiança e auto-estima e preparando-as para a tomada de decisões. CONCLUSÃO: Evidências científicas comprovam a efetividade do aconselhamento em amamentação. Seu conhecimento e prática pelos profissionais de saúde constitui um importante instrumento para o aumento das taxas e duração da amamentação.OBJECTIVE: To provide health professionals with information on theory and practice of breastfeeding counseling. SOURCES OF DATA: MEDLINE, Bireme library, Lilacs, relevant Internet websites, scientific journals, technical books, essays, theses, and national and international publications were selected, studied and used to provide information on the topic. The most important sources of data were: a

  9. Aconselhamento em alimentação infantil: um estudo de intervenção Infant and young child feeding counseling: an intervention study

    Katia Cristina Bassichetto

    2008-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a efetividade do Curso Integrado de Aconselhamento em Alimentação Infantil na transformação de conhecimentos, atitudes e práticas de pediatras e nutricionistas da rede municipal de saúde de São Paulo. MÉTODOS: Estudo de intervenção randomizado com 29 profissionais no grupo intervenção e 27 no grupo controle. Entrevistadores previamente capacitados coletaram dados dos profissionais nas unidades de saúde antes da intervenção e 2 meses após. Utilizaram-se três instrumentos para avaliar o perfil do profissional, seus conhecimentos e um roteiro de observação clínica. Para análise, utilizaram-se o teste de Kruskal-Wallis para amostras independentes e o método de Tukey. RESULTADOS: Quanto ao conhecimento, observou-se melhora no grupo intervenção (p OBJECTIVE: To evaluate the effectiveness of an integrated infant and young child feeding counseling course for transforming the knowledge, attitudes and practices of pediatricians and nutritionists working for the municipal health system of São Paulo, Brazil. METHODS: A randomized intervention study enrolling 29 professionals in the intervention group and 27 in the control group. Interviewers were trained in advance to collect data on the professionals working at health centers, before and 2 months after the intervention. Three research instruments were used, the first was to assess the profile of each professional, the second assessed their knowledge and the third was a clinical observation protocol. Analysis was performed using the Kruskal-Wallis test for independent samples and the Tukey method. RESULTS: The results for the knowledge questionnaire showed improvements in the intervention group (p < 0.001 for the whole questionnaire and for questions on breastfeeding (p = 0.004; HIV and infant and young child feeding (p = 0.049; complementary feeding (p = 0.012; and counseling in infant and young child feeding (p = 0.004. In terms of performance, it was observed

  10. A comunicação com o utente no aconselhamento farmacêutico

    Santos, Mariana Rui Antunes Gomes dos

    2013-01-01

    A presente monografia tem como principal objecto de estudo a comunicação com o Utente no decurso do Aconselhamento Farmacêutico. Um conhecimento profundo da problemática da comunicação é fundamental no decurso da actividade farmacêutica e especialmente em Farmácia Comunitária. A boa comunicação é essencial ao estabelecimento de relações interpessoais, nomeadamente da relação Farmacêutico-Utente e dela depende um bom aconselhamento. No desenvolvimento do trabalho procurou dar-se...

  11. Sexualidade de mulheres vivendo com HIV/AIDS em São Paulo

    Paiva Vera

    2002-01-01

    Full Text Available O contexto sócio-cultural que aumenta a vulnerabilidade feminina ao HIV não desaparece quando as mulheres vivendo com HIV/AIDS (MVA se descobrem infectadas. Diagnosticadas, novos desafios vão aparecer na sua vida afetiva, poucos descritos na literatura. Foram entrevistadas 1.068 MVA com a utilização de um questionário composto de questões abertas e fechadas, visando descrever aspectos da sua vida sexual e reprodutiva e como elas percebem o aconselhamento nessa área, quando são atendidas em Centros de Referência, em duas cidades de São Paulo onde têm acesso gratuito aos medicamentos anti-retrovirais. Das mulheres que têm parceiro sexual estável, 63% usam camisinha em todas as relações sexuais, o triplo da média nacional; 43% dos parceiros são HIV negativos, 14% têm sorologia desconhecida; 73% têm filhos e 15% pensam em tê-los. O conhecimento sobre transmissão materno-infantil é menor do que o esperado, e as entrevistadas referem pouco espaço e acolhimento para discutir sexualidade, em especial suas intenções reprodutivas. O aconselhamento sobre sexualidade deve ser um processo contínuo no atendimento e requer o treinamento interdisciplinar dos profissionais atuando em serviços de saúde, com ênfase nos direitos sexuais e reprodutivos.

  12. Sexualidade de mulheres vivendo com HIV/AIDS em São Paulo

    Vera Paiva

    2002-12-01

    Full Text Available O contexto sócio-cultural que aumenta a vulnerabilidade feminina ao HIV não desaparece quando as mulheres vivendo com HIV/AIDS (MVA se descobrem infectadas. Diagnosticadas, novos desafios vão aparecer na sua vida afetiva, poucos descritos na literatura. Foram entrevistadas 1.068 MVA com a utilização de um questionário composto de questões abertas e fechadas, visando descrever aspectos da sua vida sexual e reprodutiva e como elas percebem o aconselhamento nessa área, quando são atendidas em Centros de Referência, em duas cidades de São Paulo onde têm acesso gratuito aos medicamentos anti-retrovirais. Das mulheres que têm parceiro sexual estável, 63% usam camisinha em todas as relações sexuais, o triplo da média nacional; 43% dos parceiros são HIV negativos, 14% têm sorologia desconhecida; 73% têm filhos e 15% pensam em tê-los. O conhecimento sobre transmissão materno-infantil é menor do que o esperado, e as entrevistadas referem pouco espaço e acolhimento para discutir sexualidade, em especial suas intenções reprodutivas. O aconselhamento sobre sexualidade deve ser um processo contínuo no atendimento e requer o treinamento interdisciplinar dos profissionais atuando em serviços de saúde, com ênfase nos direitos sexuais e reprodutivos.

  13. Perfil epidemiológico dos usuários dos Centros de Testagem e Aconselhamento do Estado de Santa Catarina, Brasil, no ano de 2005 Epidemiological profile of the clientele in HIV Testing and Counseling Centers in Santa Catarina State, Brazil, 2005

    Ione Jayce Ceola Schneider; Carla Ribeiro; Daiane Breda; Lacita Menezes Skalinski; Eleonora d'Orsi

    2008-01-01

    Este estudo caracteriza o perfil dos usuários que procuraram os Centros de Testagem Anônima (CTAs) em Santa Catarina, Brasil, em 2005, e determina os fatores associados à contaminação pelo HIV. Foi realizado um estudo retrospectivo transversal em pessoas que freqüentaram os CTAs. Foram analisados os dados de 22.846 entrevistas realizadas no momento pré-teste, 64,7% sexo feminino e 35,3% masculino. A prevalência de HIV positivo encontrada nesses exames foi de 2% no sexo feminino e 5,6% no masc...

  14. Aconselhamento no puerpério: efeitos na auto-estima

    Prata, Maria Celestina Coimbra Fernandes

    2009-01-01

    Dissertação mest., Psicologia, Universidade do Algarve, 2009 Os estudos realizados no âmbito do Aconselhamento no puerpério têm demonstrado que a prestação de informação e apoio eficazes às recém-mães tende a aumentar o seu bem-estar e auto-estima (Huq e Tasmin, 2008). Estes estudos necessitam contudo de validação e aprofundamento científico. Neste sentido realizou-se uma investigação acção de método quasi-experimental, em que se procurou observar o efeito do aconselhamento ...

  15. A importância do aconselhamento genético na anemia falciforme The importance of genetic counseling at sickle cell anemia

    Cínthia Tavares Leal Guimarães; Gabriela Ortega Coelho

    2010-01-01

    O aconselhamento genético tem a finalidade de nortear as pessoas sobre a tomada de decisões a respeito da procriação, ajudando-as a entender como a hereditariedade pode colaborar para a ocorrência ou risco de recorrência de doenças genéticas, como é o caso da anemia falciforme. Esta anemia é a doença hereditária de maior prevalência no Brasil, com complicações clínicas que podem prejudicar o desenvolvimento, a qualidade de vida e levar à morte. O presente artigo tem o intuito de elucidar a im...

  16. A importância do aconselhamento genético na anemia falciforme The importance of genetic counseling at sickle cell anemia

    Cínthia Tavares Leal Guimarães

    2010-06-01

    Full Text Available O aconselhamento genético tem a finalidade de nortear as pessoas sobre a tomada de decisões a respeito da procriação, ajudando-as a entender como a hereditariedade pode colaborar para a ocorrência ou risco de recorrência de doenças genéticas, como é o caso da anemia falciforme. Esta anemia é a doença hereditária de maior prevalência no Brasil, com complicações clínicas que podem prejudicar o desenvolvimento, a qualidade de vida e levar à morte. O presente artigo tem o intuito de elucidar a importância do aconselhamento genético para os portadores de anemia ou traço falciforme, visando salientar as principais características dessa doença, suas complicações e como é feito o diagnóstico e a captação desses doentes. O estudo realizado foi embasado no método bibliográfico, buscando estudos que dissertam sobre esse tipo de anemia e aconselhamento genético, correlacionando-os com as diretrizes e dados do Ministério da Saúde. A partir dos dados encontrados, infere-se a importância do aconselhamento genético para os indivíduos que apresentam a forma heterozigota da anemia falciforme - o traço falcêmico - e destaca-se a necessidade de implantação de programas de diagnóstico precoce e de orientação tanto genética quanto social e psicológica para as pessoas que possuem a doença ou o traço falciforme.The genetic counseling has the purpose of guiding people through a conscientious and balanced decision making process regarding procreation, helping them to understand how the hereditary succession can contribute for the occurrence or risk of recurrence of genetic illnesses, as it is the case of the sickle cell anemia. This type of anemia is the most prevalence hereditary illness in Brazil and has clinical complications that can harm the development, the quality of life and lead to death. The present article has the objective to clarify the importance of the genetic counseling for the anemia carriers or falciform

  17. Caracterização da comunicação no aconselhamento em amamentação

    Erlayne Camapum Brandão; Grazielle Roberta Freitas da Silva; Márcia Teles de Oliveira Gouveia; Lorena Sousa Soares

    2012-01-01

    O objetivo deste trabalho foi caracterizar a comunicação no processo de aconselhamento em amamentação. Trata-se de estudo descritivo-exploratório com análise de dados qualitativos a partir de entrevistas semiestuturadas, realizado em uma maternidade pública com dezenove discentes e três profissionais de enfermagem que realizavam aconselhamento em amamentação. Os dados foram analisados baseando-se na técnica de análise de conteúdo e modalidade temática, gerando quatro categorias: Aconselhament...

  18. Família e aconselhamento parental : trajectórias de carreira saudáveis

    Faria, Liliana; Pinto, Joana Carneiro; Taveira, Maria do Céu

    2007-01-01

    Nas últimas duas décadas, o estudo da influência e do aconselhamento parental no âmbito da carreira sugere que a família influencia mais o desenvolvimento vocacional das crianças e adolescentes que a escola ou o grupo de pares (e.g., Pinto & Soares, 2001;Hartung, Porfeli, & Vondracek, 2005; Otto, 2000). O aconselhamento parental neste domínio é parte de um sistema multivariado da vida diária, denominado “influência do contexto familiar" (Bryant, Zvonkovic, & Reynolds, 2006), no se...

  19. Preservativo feminino: uma possibilidade de autonomia para as mulheres HIV positivas

    Gisele Maria Inchauspe Preussler; Vania Celina Dezoti Micheletti; Eva Neri Rubim Pedro

    2003-01-01

    Neste texto as autoras relatam uma experiência desenvolvida no Serviço de Assistência Especializada em DST/AIDS de Porto Alegre, onde uma delas atua. Aborda a mulher na fase adulta enfocando sexualidade, reprodução e vulnerabilidade em relação às DST´s, principalmente a infecção pelo HIV. A metodologia empregada consta de um levantamento de dados a partir do retorno ao serviço, para o recebimento do preservativo feminino no período de um ano. Os sujeitos são mulheres soropositivas vinculadas ...

  20. Adesão à terapia antirretroviral e suas representações para pessoas vivendo com HIV/AIDS

    Eduardo Pereira Paschoal; Caren Camargo do Espírito Santo; Antônio Marcos Tosoli Gomes; Érick Igor dos Santos; Denize Cristina de Oliveira; Ana Paula Munhen de Pontes

    2014-01-01

    Neste estudo objetivou-se analisar o processo de adesão à terapia antirretroviral e suas representações sociais para pessoas que vivem com HIV/AIDS. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa e descritiva, elaborado à luz da Teoria das Representações Sociais. Participaram 30 pessoas em tratamento ambulatorial para HIV/AIDS em um hospital público do Rio de Janeiro. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e submetidos à análise de conteúdo temática. Observa-se que o...

  1. Percepção de causas e risco oncológico, história familiar e comportamentos preventivos de usuários em aconselhamento oncogenético Percepción de causas y riesgo oncológico, historia familiar y comportamientos preventivos de pacientes en asesoramiento oncogenético Perception of cancer causes and risk, family history and preventive behaviors of users in oncogenetic counseling

    Tiago Barreto de Castro e Silva; MacDonald, Deborah J.; Victor Evangelista de Faria Ferraz; Lucila Castanheira Nascimento; Cláudia Benedita dos Santos; Luís Carlos Lopes-Júnior; Milena Flória-Santos

    2013-01-01

    O presente estudo teve como objetivo descrever a percepção de causas e risco para neoplasias, bem como associar comportamentos adotados para prevenção de tumores e história familiar dessa patologia em indivíduos com suspeita de síndromes neoplásicas hereditárias. A amostra de conveniência foi constituída por 51 usuários atendidos em um ambulatório de aconselhamento oncogenético de um hospital-escola do interior paulista. Utilizou-se um instrumento previamente traduzido e adaptado para a cultu...

  2. O discurso do risco e o aconselhamento genético pré-natal

    Marilena C. D. V. Corrêa

    2006-10-01

    Full Text Available A medicalização é um fenômeno social difuso nas sociedades ocidentais que se expressa segundo um diferencial de gênero. A gravidez é um momento fortemente medicalizado, no qual as mulheres se vêem cercadas de uma rede de vigilância de seu corpo, sendo responsabilizadas não só pela própria saúde, mas também pela produção de um feto saudável. O controle dos riscos no pré-natal é proposto, entretanto, em um contexto no qual as possibilidades diagnósticas são amplamente majoritárias comparativamente às possibilidades terapêuticas. Essa defasagem é agravada pelo fato de, no Brasil, o abortamento ser ilegal. Este artigo é fruto de pesquisa empírica realizada em um ambulatório público de genética pré-natal, que constou de: observação das práticas de atendimento, revisão de prontuários e realização de entrevistas com profissionais de saúde. Discutem-se o contexto fortemente medicalizado do aconselhamento genético no Brasil e a percepção dos médicos sobre suas práticas neste contexto. É discutido também o possível impacto sobre a tomada de decisão das mulheres atendidas em relação a riscos, técnicas, exames e seus desdobramentos.

  3. Sexualidade de mulheres vivendo com HIV/AIDS em São Paulo Sexuality of women living with HIV/AIDS in São Paulo

    Vera Paiva

    2002-12-01

    Full Text Available O contexto sócio-cultural que aumenta a vulnerabilidade feminina ao HIV não desaparece quando as mulheres vivendo com HIV/AIDS (MVA se descobrem infectadas. Diagnosticadas, novos desafios vão aparecer na sua vida afetiva, poucos descritos na literatura. Foram entrevistadas 1.068 MVA com a utilização de um questionário composto de questões abertas e fechadas, visando descrever aspectos da sua vida sexual e reprodutiva e como elas percebem o aconselhamento nessa área, quando são atendidas em Centros de Referência, em duas cidades de São Paulo onde têm acesso gratuito aos medicamentos anti-retrovirais. Das mulheres que têm parceiro sexual estável, 63% usam camisinha em todas as relações sexuais, o triplo da média nacional; 43% dos parceiros são HIV negativos, 14% têm sorologia desconhecida; 73% têm filhos e 15% pensam em tê-los. O conhecimento sobre transmissão materno-infantil é menor do que o esperado, e as entrevistadas referem pouco espaço e acolhimento para discutir sexualidade, em especial suas intenções reprodutivas. O aconselhamento sobre sexualidade deve ser um processo contínuo no atendimento e requer o treinamento interdisciplinar dos profissionais atuando em serviços de saúde, com ênfase nos direitos sexuais e reprodutivos.The social and cultural setting which increases female vulnerability to HIV does not disappear when women living with HIV/AIDS discover that they are infected. Following diagnosis, new challenges arise in their emotional lives, an issue which has received little attention in the literature. This study interviewed 1068 women living with HIV/AIDS using a questionnaire consisting of both open and closed questions, aimed at describing aspects of their sexual and reproductive lives and how they perceive counseling at Reference Centers in two cities in the State of São Paulo, where they have access to free antiretroviral therapy. Of the women with stable sexual partners, 63% used condoms in

  4. Prevalence of HIV-1/2, HTLV-I/II, hepatitis B virus (HBV, hepatitis C virus (HCV, Treponema pallidum and Trypanosoma cruzi among prison inmates at Manhuaçu, Minas Gerais State, Brazil Prevalência do HIV-1/2, do HTLV-I/II, do vírus da hepatite B (HBV e C (HCV, do Treponema pallidum e do Trypanosoma cruzi entre presidiários em Manhuaçu, Minas Gerais, Brasil

    Bernadette Corrêa Catalan-Soares

    2000-02-01

    Full Text Available The purpose of this study was to determine the seroprevalence of human immunodeficiency virus (HIV-1/2, human T-cell lymphotropic virus (HTLV-I/II, hepatitis B virus (HBV, hepatitis C virus (HCV, Treponema pallidum and Trypanosoma cruzi among 63 male prisoners in Manhuaçu, Minas Gerais, Brazil and to compare this with data from eligible blood donors. The positive results were as follows: 11/63 (17.5% for HBV, 5/63 (7.4% for syphilis, 4/63 (6.3% for HCV, 3/63 (4.8% for Chagas' disease, 2/63 (3.2% for HIV-1/2 and 1/63 (1.6% for HTLV-I/II. The seroprevalence in prisoners was higher than among blood donors, mainly for antibodies to HIV-1/2, HCV and HBV. This is probably due to low social economic level, illiteracy, higher proportion with a prior history of intravenous drug use and/or unsafe sexual behavior. Therefore, these prisoners constitute a high risk group and routine screening and counseling are recommended.O objetivo deste estudo foi determinar a oroprevalência do vírus da imunodeficiência humana (HIV-1/2, do vírus linfotrópico humano (HTLV-I/II, da hepatite B (HBV, da hepatitis C (HCV, do Treponema pallidum e do Trypanosoma cruzi em 63 presidiários do sexo masculino em Manhuaçu, Minas Gerais, Brasil e comparar com resultados de doadores de sangue. Os resultados positivos foram: 11/63 (17,5% para HBV, 5/63 (7,4% para sífilis, 4/63 (6,3% para HCV, 3/63 (4,8% para doença de Chagas, 2/63 (3,2% para HIV-1/2 e 1/63 (1,6% para HTLV-I/II. A soroprevalência em prisioneiros foi mais alta que entre doadores de sangue, principalmente para anticorpos anti-HIV-1/2, HCV e HBV. Isso se deve provavelmente ao baixo nível socio-econômico e de escolaridade, proporção elevada de história pregressa de uso de drogas endovenosas e/ou comportamento sexual de risco. Concluímos que prisioneiros constituem um grupo de alto risco para essas doenças e testes de triagem e aconselhamento são recomendados como rotina no ambiente carcerário.

  5. Aconselhamento genético do paciente com doença falciforme Genetic counseling in the sickle cell disease

    Antonio Sérgio Ramalho

    2007-09-01

    Full Text Available O aconselhamento genético é um componente importante da conduta médica na doença falciforme, apresentando relevantes implicações médicas, psicológicas, sociais, éticas e jurídicas. No presente trabalho são apresentadas as considerações sobre esse processo, elaboradas pelo Serviço de Aconselhamento Genético em Hemoglobinopatias da Unicamp, mediante solicitação do Programa Nacional de Atenção Integral às Pessoas com Doença Falciforme e outras Hemoglobinopatias do Ministério da Saúde.Genetic counseling is a major component of medical conduct in sickle cell disease with relevant medical, psychological, social, ethical and judicial implications. In the current work considerations of this process elaborated by the Genetic Counseling Service on Hemoglobinopathies of Unicamp at the request of the National Program of Comprehensive Care to Sufferers of Sickle Cell Disease and other Hemoglobinopathies, of the Brazilian Ministry of Health, are presentedl.

  6. Pharmacokinetics of para-Aminosalicylic Acid in HIV-Uninfected and HIV-Coinfected Tuberculosis Patients Receiving Antiretroviral Therapy, Managed for Multidrug-Resistant and Extensively Drug-Resistant Tuberculosis

    de Kock, Lizanne; Sy, Sherwin K.B.; Rosenkranz, Bernd; Diacon, Andreas H; Prescott, Kim; Hernandez, Kenneth R.; Yu, Mingming; Derendorf, Hartmut; Donald, Peter R.

    2014-01-01

    The emergence of multidrug-resistant (MDR) and extensively drug-resistant (XDR) Mycobacterium tuberculosis prompted the reintroduction of para-aminosalicylic acid (PAS) to protect companion anti-tuberculosis drugs from additional acquired resistance. In sub-Saharan Africa, MDR/XDR tuberculosis with HIV coinfection is common, and concurrent treatment of HIV infection and MDR/XDR tuberculosis is required. Out of necessity, patients receive multiple drugs, and PAS therapy is frequent; however, n...

  7. Adesão à terapia antirretroviral e suas representações para pessoas vivendo com HIV/AIDS

    Eduardo Pereira Paschoal

    2014-03-01

    Full Text Available Neste estudo objetivou-se analisar o processo de adesão à terapia antirretroviral e suas representações sociais para pessoas que vivem com HIV/AIDS. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa e descritiva, elaborado à luz da Teoria das Representações Sociais. Participaram 30 pessoas em tratamento ambulatorial para HIV/AIDS em um hospital público do Rio de Janeiro. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e submetidos à análise de conteúdo temática. Observa-se que os eventos adversos decorrentes da terapia, o medo de ter a soropositividade revelada e o fato de não se perceber doente implicam o abandono da terapia, e que o amparo profissional e familiar é essencial para a que a pessoa prossiga com a terapia. Conclui-se que o processo de adesão evidencia um processo de mudanças simbólicas, do início do tratamento até sua estabilização, expresso em atitudes e imagens da doença, do vírus e dos medicamentos.

  8. Comparison of semi-automatized assays for anti-T. gondii IgG detection in low-reactivity serum samples: importance of the results in patient counseling Comparação de ensaios semi-automatizados para pesquisa de IgG anti-T. gondii em amostras de soros de baixa reatividade: importância dos resultados no aconselhamento do paciente

    Paulo Guilherme Leser

    2003-06-01

    Full Text Available Toxoplasmosis is a disease which can cause severe congenital infection and is normally diagnosed by the detection of T. gondii specific antibodies in the serum of infected patients. Several different tests allow to distinguish recent from past infections and to quantify anti-T. gondii specific IgG, and the results can be used as markers for immunity. In the present study, we compare the performance of two different methodologies, the Elfa (bioMérieux S.A and the Meia (Abbott Laboratories in detecting T. gondii specific IgG in low-reactivity sera. Of 76 analyzed samples, three presented discrepant results, being positive in the Abbott AxSYM Toxo IgG assay, and negative in the bioMérieux Vidas Toxo IgG II assay. By using other tests, the three sera were confirmed to be negative. The results are discussed in the context of their importance for patient management, especially during pregnancy.Toxoplasmose, doença conhecida por sua severidade na infecção congênita é geralmente diagnosticada pela demonstração de anticorpos específicos contra antígenos de T. gondii, presentes no soro de indivíduos infectados. Diferentes testes são disponíveis para diferenciar infecção recente de infecção pregressa, para quantificar anticorpos IgG anti-T. gondii nos soros dos pacientes e utilizar os resultados como marcadores de imunidade. Neste trabalho apresentamos os resultados do estudo comparativo de duas tecnologias, Elfa (bioMérieux S.A. e Meia (Abbott Laboratories, para pesquisa de anticorpos IgG anti-T. gondii em amostras de soros de baixa reatividade. De 76 amostras processadas, três apresentaram resultados discrepantes, reagentes para AxSYM Toxo IgG e não-reagentes para Vidas Toxo IgG II. A confirmação dos resultados, feita por bateria de testes, mostrou que todas as três amostras eram não-reagentes. Os resultados são discutidos em sua importância e orientação clínica, principalmente para a paciente gestante.

  9. Seguimento nutricional de pacientes com fibrose cística: papel do aconselhamento nutricional Nutritional follow-up of cystic fibrosis patients: the role of nutrition education

    Fabíola V. Adde

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de um grupo de pacientes com fibrose cística e analisar a repercussão do aconselhamento nutricional através de um estudo comparativo pré- e pós-intervenção. MÉTODOS: Todos os pacientes com fibrose cística em seguimento regular no ambulatório de pneumologia do Instituto da Criança no período de 1996-99 foram prospectivamente acompanhados durante 3,5 anos. Em quatro etapas (I = inicial, II = 7 meses, III = 13 meses, IV = 43 meses, foi realizada uma avaliação nutricional que consistia de medidas de peso, estatura/comprimento, circunferência do braço e pregas cutâneas, e cálculos de escores z para peso/idade, estatura/idade, peso/estatura, circunferência do braço e da prega cutânea tricipital, porcentagem de peso/estatura e porcentagem de gordura corpórea. Era feita verificação do uso das enzimas pancreáticas e do uso de suplementos nutricionais. Aconselhamento nutricional verbal e através de uma cartilha explicativa foi realizado em todos os pacientes. RESULTADOS: Foram avaliados 74 pacientes, 38 do sexo feminino e 36 do masculino, com idades de 6 meses a 18,4 anos. Na etapa inicial, os dados antropométricos revelaram: porcentagem de peso/estatura = 94±13, porcentagem de gordura corpórea = 15±7,1, escore z peso/idade = -1,13±1,3, escore z estatura/idade = -0,94±1,2, escore z peso/estatura = -0,69±,1, escore z circunferência do braço = -1,35±1,3, escore z prega cutânea tricipital = -0,74±0,9. A aderência ao uso de enzimas e suplementos melhorou durante o estudo. Houve um aumento significativo no escore z de peso/idade e da prega tricipital e na porcentagem de gordura corpórea durante todo o período de estudo. Dividindo-se os pacientes em três grupos etários, a melhora antropométrica só foi significativa nos menores de 5 anos. CONCLUSÕES: Desnutrição leve estava presente nesse grupo de pacientes com fibrose cística. O aconselhamento nutricional realizado

  10. HIV rapid testing as a key strategy for prevention of mother-to-child transmission in Brazil Prueba rápida para el HIV como una estrategia para la prevención de la transmisión vertical en Brasil Teste rápido para o HIV como estratégia de prevenção da transmissão vertical no Brasil

    Valdiléa G Veloso

    2010-10-01

    provide this population access to health care services after hospital discharge.OBJETIVO: Analizar la viabilidad de evaluación rápida del HIV entre gestantes en la admisión en la maternidad y de intervenciones para reducir la transmisión perinatal del HIV. MÉTODOS: Muestra de conveniencia de mujeres que desconocían su situación serológica para el HIV al ser admitidas para el parto en maternidades públicas de Rio de Janeiro (Sureste y de Porto alegre (Sur de Brasil, entre marzo de 2000 y abril de 2002. Las mujeres fueron aconsejadas y evaluadas con prueba rápida Determine HIV1/2 en la maternidad. Infección por el HIV fue confirmada por el algoritmo brasilero para el diagnóstico de la infección por el HIV. La transmisión intra- útero fue determinada por el PCR-DNA-HIV. Fueron realizados análisis descriptivos de los datos sociodemográficos, número de gestaciones y de abortos previos, número de visitas de prenatal, momento de la evaluación para el HIV, resultado de la prueba rápida para el HIV, intervenciones recibidas por los recién nacidos y de transmisión vertical del HIV, de acuerdo con cada ciudad. RESULTADOS: La prevalencia de HIV entre las mujeres fue de 6,5% (N=1.439 en Porto Alegre y 1,3% (N=3,778 en Rio de Janeiro. La mayoría fue evaluada durante el trabajo de parto en Porto Alegre y en el postparto, en Rio de Janeiro. Ciento y cuarenta y cuatro niños nacieron de 143 mujeres infectadas por el HIV. Todos los recién nacidos recibieron al menos la profilaxia con zidovudina oral, excepto uno en cada ciudad. Fue posible evitar cualquier exposición a la leche materna en 96,8% y 51,1% de los recién nacidos en Porto Alegre y en Rio de Janeiro, respectivamente. La zidovudina inyectable fue administrada durante el trabajo de parto a 68,8% de los recién nacidos en Porto Alegre y 27,7% en Rio de Janeiro. Entre aquellos con muestras de sangre colectadas hasta 48 horas de nacimiento, la transmisión intra-útero fue confirmada en cuatro casos en Rio

  11. Grupos de educação em saúde: aprendizagem permanente com pessoas soropositivas para o HIV Health education groups: lifelong learning with hiv positive people

    Audrey Vidal Pereira

    2011-06-01

    Full Text Available Atualmente a epidemia de HIV/Aids está disseminada em todo o país e no mundo, infectando milhares de pessoas nos diferentes ciclos da vida. Deste modo, estratégias de prevenção, tanto individuais quanto coletivas, permanecem imprescindíveis para reduzir e controlar as taxas de transmissão. O objetivo do artigo é analisar as percepções dos profissionais de saúde sobre as práticas de educação em saúde realizadas por meio de ações coletivas com pessoas soropositivas para o HIV. Este estudo qualitativo de abordagem descritiva foi desenvolvido com profissionais de saúde em cinco instituições do município de Niterói, Rio de Janeiro. Foram utilizados a técnica de entrevistas semiestruturadas e o método de análise de conteúdo. A educação em saúde é vista pelos profissionais como modos de ensino e aprendizado, repasse de informações, troca de ideias e experiências, bem como crescimento mútuo, processo reflexivo e participativo, que contribui para minimizar sofrimentos, trabalhar expectativas e emoções, além de promover cidadania e qualidade de vida. As ações de educação em saúde possibilitariam recriar momentos participativos, interativos, cooperativos e inclusivos; suscitar desdobramentos socioafetivos e compromissos sociopolíticos; aproximar e humanizar as relações interpessoais; garantir acesso às medidas de prevenção, bem como auxiliar a produção de cuidados integrais capazes de promover saúdeThe HIV/AIDS epidemic is widespread throughout the country and the world, having infected thousands of people in different life cycles. Thus, prevention strategies, both individual and collective, remain essential to reduce and control transmission rates. The purpose of this article is to analyze the health professionals' perceptions about health education practices carried out via collective actions among HIV-positive people. This qualitative study, which uses a descriptive approach, was developed alongside

  12. Sentimentos de mulheres soropositivas para HIV diante da impossibilidade de amamentar Sentimientos de mujeres seropositivas para VIH delante la imposibilidad de amamantar Feelings of the HIV seropositives women face the impossibility of breast feeding

    Cristiane Barbosa Batista

    2007-06-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, que tem como objetivo: analisar os sentimentos de puérperas soropositivas ao HIV, em um alojamento conjunto, diante da impossibilidade de amamentar. Para tal, foram realizadas entrevistas gravadas em fitas magnéticas no período de janeiro a maio de 2006 com 12 mulheres internadas no alojamento conjunto de dois hospitais do Município do Rio de Janeiro (Brasil. As entrevistas, depois de transcritas, permitiram a criação de cinco categorias que abrangeram sentimentos como: negação, inveja, tristeza, inutilidade, medo, impotência e aceitação. Por meio da análise destes sentimentos, observou-se que a mulher HIV positiva, impossibilitada de amamentar, vivencia uma realidade muito dolorosa que influencia seu modo de viver, sua saúde e de seu filho. Portanto, a Enfermagem precisa compreender e incorporar em seu cuidado, além dos aspectos biológicos, os emocionais, sociais e culturais que circundam a mulher, para lhe prestar uma assistência qualificada.Investigación descriptiva, con abordaje cualitativa que objetivó analizar los sentimientos de puérperas seropositivas al VIH, en un alojamiento conjunto, delante de la imposibilidad de amamantar. Para tal, fueran realizadas entrevistas grabadas en cintas magnéticas en el periodo de enero a mayo de 2006 con 12 mujeres internadas en el alojamiento conjunto de dos hospitales de la Ciudad de Rio de Janeiro (Brasil. Las entrevistas, después de transcriptas, permitieran la creación de cinco categorías que abarcaran sentimientos como: negación, envidia, tristeza, inutilidad, miedo, impotencia y aceptación. Por medio del análisis de estos sentimientos, fué observado que la mujer VIH positiva, imposibilitada de amamantar, vivida una realidad muy dolorosa que influencia su modo de vivir, su salud y de su niño. Para lo tanto, la Enfermería necesita comprender e incorporar en su cuidado, además de los aspectos biológicos, los emocionales

  13. HIV prevalence and risk factors in a Brazilian penitentiary Prevalência e fatores de risco para a infecção pelo HIV em penitenciária brasileira

    Harnoldo Colares Coelho

    2007-09-01

    Full Text Available HIV infection among prison inmates shows one of the highest prevalence rates for specific population subgroups, reaching as high as 17% in Brazil and elsewhere in the world. The present study aimed to estimate HIV antibody prevalence and risk factors for infection in male inmates at the Ribeirão Preto Penitentiary, São Paulo State, Brazil, from May to August 2003. Using simple random sampling, 333 participants were selected, answered a standardized questionnaire, and had blood samples collected. Enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA and indirect immunofluorescence were used for HIV serological diagnosis. Overall HIV prevalence among inmates was 5.7% (95%CI: 3.2-8.2. All variables associated with HIV antibodies in the univariate analysis were submitted to unconditional multivariate logistic regression. Independent predictors of HIV infection were: total prison sentence less than five years and sharing needles and syringes.A infecção pelo HIV em presidiários alcança uma das maiores prevalências entre subgrupos populacionais específicos, com taxas de até 17%, já tendo sido descritas no Brasil e no mundo. Esta pesquisa objetivou estimar a prevalência do marcador do HIV e fatores de risco para essa infecção na população masculina carcerária da Penitenciária de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, no período de maio a agosto de 2003. Do total de 1.030 presidiários, foram sorteados 333 participantes por amostragem aleatória simples, os quais foram submetidos à aplicação de um questionário padronizado e coleta de sangue. Para diagnóstico sorológico do HIV foi utilizado o ensaio imunoenzimático (ELISA e reação de imunofluorescência indireta. A prevalência global do HIV nos presidiários foi de 5,7% (IC95%: 3,2-8,2. Todas as variáveis que mostraram associação com presença do anti-HIV, por meio de análise univariada, foram submetidas a modelo multivariado de regressão logística não condicional. As variáveis que se

  14. Centros de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental: proposta de um modelo global de organização The Centers for Family Support and Parental Counseling: proposal of a global organization model

    Ana Teixeira de Melo

    2009-04-01

    Full Text Available Os Centros de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental constituem, no panorama dos serviços sociais portugueses, uma tipologia relativamente recente de serviços de apoio familiar dirigidos a crianças e jovens em situação de risco e suas famílias. No entanto, tendem a operar de formas muito distintas, carecendo ainda de enquadramento técnico e legal adequado. No presente artigo, revêem-se os objetivos dos CAFAP e apresenta-se uma proposta de um Modelo Global de Organização destes serviços, para que se apresentem como recursos eficazes de apoio ao trabalho solicitado pelos Tribunais e pelas Comissões de Protecção de Crianças e Jovens, bem como de suporte à própria comunidade, na protecção e promoção do bem-estar das famílias, crianças e jovens. O modelo apresentado pretende oferecer um enquadramento de base que permita uniformizar práticas e metodologias e facilitar o desenvolvimento de esforços futuros de investigação e avaliação da eficácia dos serviços prestados.The Centros de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP, Center for Family Support and Parental Counseling correspond, in the Portuguese reality of Portuguese services, to a category of services designed to support families with at-risk children and youth. However, these services tend to operate in many different ways, still without legal and technical framing. In the present article, one aims to review the CAFAP's objectives and present a Global Organization Model for these services, so they can operate as effective support resources for the activities of the courts, the child protection services and the community in the protection and promotion of families', children's and youth's well-being. With the purpose of creating common practices and methodologies, the proposed model offers a basic framework for the development of future research and evaluation efforts in regard to the efficacy of the services provided.

  15. Mulheres soropositivas para o hiv: compreensão, sentimentos e vivência diante da maternidade

    Valeria Freire Gonçalves

    2014-04-01

    Full Text Available Objetivo: Compreender os sentimentos das mulheres portadoras de HIV, enfatizando o significado de estarem grávidas, a impossibilidade de amamentarem, bem como a vivência relacionada aos procedimentos utilizados para inibição da lactação. Métodos: Pesquisa descritiva, com referencial qualitativo, realizada em um hospital de nível secundário em referência obstétrica, com 12 mães soropositivas, no período de puerpério imediato, na cidade de Fortaleza-CE, Brasil, nos meses de setembro e outubro de 2009. Os dados foram coletados sob a forma de entrevista semiestruturada, gravada pós-consentimento, cujos depoimentos analisados e agrupados receberam análise temática. Resultados: Os resultados possibilitaram compreender a sobrecarga de sentimentos como tristeza, surpresa, desespero e autopreconceito relativos à descoberta do diagnóstico e à preocupação com a saúde do filho. A impossibilidade de amamentação foi causa de frustração e negação para se esconder a doença. Conclusão: As mulheres estavam em conflito afetivo e social devido à incerteza sobre a transmissão da doença para o filho e ao estigma social de serem portadoras do vírus. doi:10.5020/18061230.2013.p281

  16. Adesão à terapia antiretroviral para HIV/AIDS Adhesión a la terapia anti-retroviral para el vih/sida Adherence to the antiretroviral therapy for HIV/AIDS

    Maria Rosa Ceccato Colombrini

    2006-12-01

    Full Text Available A não-adesão à terapêutica antiretroviral altamente eficaz (HAART é considerada, no plano individual, como um dos mais ameaçadores perigos para a efetividade do tratamento da pessoa com HIV/aids e para a disseminação de vírus-resistência, no plano coletivo. Assim, o objetivo deste estudo foi analisar, mediante revisão de literatura, os fatores de risco para não-adesão à HAART, além de agrupá-los e relacioná-los à pessoa em tratamento, à doença, ao tratamento e ao serviço de saúde e suporte social. A literatura aponta para a necessidade da realização de estudos que avaliem aspectos socioculturais, crenças, qualidade do serviço prestado, relações do cliente com a equipe multiprofissional e outros referentes à raça e aos efeitos colaterais dos anti-retrovirais. Estes estudos visam a favorecer o estabelecimento de estratégias que melhorem a adesão dos clientes à HAART, ao mesmo tempo em e que contribuem para a construção e exercício da cidadania.La no adhesión a la terapéutica anti-retroviral altamente eficaz (HAART es considerada, en el plano individual, como uno de los más amenazadores peligros para la efectividad del tratamiento de la persona con VIH/SIDA y para la diseminación del virus-resistencia, en el plano colectivo. Así, el objetivo de este estudio fue analizar, mediante revisión de la literatura, los factores de riesgo para la no adhesión a la HAART, además de agruparlos y relacionarlos a la persona en tratamiento, a la enfermedad, al tratamiento y al servicio de salud y soporte social. La literatura apunta hacia la necesidad de realizar estudios que evalúen aspectos socioculturales, creencias, calidad del servicio prestado, relaciones del cliente con el equipo multi-profesional y otros referentes a la raza y a los efectos colaterales de los anti-retrovirales. Estos estudios visan a favorecer el establecimiento de estrategias que mejoren la adhesión de los clientes a la HAART, al mismo tiempo

  17. O trabalhador da saúde portador do HIV: lições para biossegurança e ética

    CAMPOS M. A.

    1999-01-01

    Full Text Available Após o caso do dentista americano que contaminou seis de seus pacientes com HIV, surgiu grande preocupação acerca de trabalhadores da saúde HIV-positivos. Essa preocupação, embora razoável quando conduzida de forma a incluir também normas de proteção contra outros patógenos mais contagiosos que o HIV, tende a ser segregante e confusa, obscurecida pela representação social estigmatizante da doença. O artigo traz argumentos demonstrando a inexistência de motivos para impedimento compulsório do trabalho dos trabalhadores da saúde portadores, mas enfatiza a necessidade de comportamento responsável por parte dos infectados, que devem se abster de participar de procedimentos propensos à exposição. Essa responsabilidade, por sua vez, só funcionará em contexto de não segregação. Se ocorrer acidente, profilaxia com anti-retrovirais e imunização (ativa e passiva contra hepatite "B" deve ser considerada para o paciente exposto. São oferecidas bases para construção de postura melhor informada e mais aberta aos desafios trazidos pela epidemia de HIV/AIDS.

  18. Redução da transmissão vertical do HIV: desafio para a assistência de enfermagem Reducción de la transmisión vertical del SIDA: desafio para la asistencia de enfermería Reduction of HIV vertical transmission: a challenge for nursing care

    Maria José Rodrigues Vaz; Sonia Maria Oliveira de Barros

    2000-01-01

    Com as crescentes taxas de infecção pelo HIV na população feminina em idade fértil podemos observar um aumento correspondente de infecções congênitas. A enfermeira obstetra deve, portanto, estar atualizada para a participação e desenvolvimento de programas de assistência pré-natal às gestantes portadoras do HIV. Este trabalho tem como objetivo fornecer uma revisão sobre o acompanhamento pré-natal desta população para a assistência de enfermagem. Não se pretende esgotar o assunto, uma vez que ...

  19. Ser gestante soropositivo para o Vírus da Imunodeficiência Humana: uma leitura à luz do Interacionismo Simbólico Ser gestante seropositiva para el Virus de la inmunodeficiencia humana-HIV: una lectura bajo el marco teórico del Interaccionismo Simbólico Being pregnant seropositive and having acquired the human immunodeficiency Virus (HIV): a theoretical interpretation under the Symbolic Interactionism

    Edilene Lins de Moura; Amélia Fumiko Kimura; Neide de Souza Praça

    2010-01-01

    OBJETIVO: Descrever o contexto do cotidiano vivido por mulheres grávidas soropositivas para o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), com enfoque na experiência de tornar-se grávida e assumir a gravidez. MÉTODOS: Os dados foram coletados por meio de entrevista gravada, com 14 gestantes sabidamente soropositivas para o HIV, que vivenciavam o terceiro trimestre de gravidez. O estudo fez uma leitura de dados brutos sobre expectativas e ações de gestantes soropositivas para o HIV, à luz do Intera...

  20. Tuberculose e infecção pelo HIV no Brasil: magnitude do problema e estratégias para o controle Tuberculosis and HIV infection in Brazil: magnitude of the problem and strategies for control

    Leda Fátima Jamal

    2007-09-01

    Full Text Available O objetivo do artigo foi propor, a partir da análise da situação e da interação entre a tuberculose e a Aids, estratégias que minimizem o impacto epidemiológico de uma doença sobre a outra no Brasil. Analisa-se a maneira como políticas de saúde para o controle da epidemia de HIV/Aids - como acesso aos anti-retrovirais, campanhas para o conhecimento precoce da infecção pelo HIV e adesão ao tratamento - impactam as metas de controle da tuberculose. Discutem-se também a implementação de ações para prevenção do aparecimento de tuberculose no indivíduo infectado com HIV, detecção precoce da tuberculose-doença e garantia de adesão ao tratamento. São feitas considerações sobre o papel que o Brasil pode desempenhar no cenário global de desenvolvimento de arsenal terapêutico e a necessidade de trabalho articulado das áreas programáticas de tuberculose e de HIV/Aids.The aim of the article was to propose, based on an analysis of the current scenario and of the interaction between tuberculosis and AIDS, strategies to minimize the epidemiological impact of one disease over the other in Brazil. The manner by which health policies aimed at controlling the HIV/AIDS epidemic is analyzed - such as access to antiretroviral drugs and campaigns for the early detection of HIV infection and for encouraging adherence to treatment - and their impact on the achievement of goals related to controlling tuberculosis. The implementation of measures for preventing the onset of tuberculosis in HIV-infected individuals, early detection of tuberculosis disease, and ensuring treatment adherence, is discussed. It is commented upon the role that Brazil may assume in the global effort to develop a therapeutic arsenal and the need for integrated work between the fields of tuberculosis and HIV/AIDS.

  1. Crianças órfãs e vulneráveis pelo HIV no Brasil: onde estamos e para onde vamos?

    Ivan França-Junior

    2006-04-01

    Full Text Available O objetivo do artigo foi identificar a magnitude e a situação de alguns direitos humanos, conforme expressos na United Nations General Assembly Special Session on HIV/AIDS, de crianças e adolescentes portadores de HIV/Aids, afetados não-órfãos e órfãos por Aids, com base em pesquisa sobre o tema na literatura científica nacional e internacional. Os principais achados não permitiram indicar com segurança quantos seriam as crianças e os adolescentes portadores do HIV e afetados não-órfãos. Há informações sobre o número de portadores de Aids e de órfãos. Estas estimativas, sejam elas oriundas do sistema de vigilância, modelos matemáticos ou inquéritos, são discutidas em suas limitações e possibilidades. Apesar da literatura ainda ser relativamente pequena, há indícios de comprometimento de vários direitos como saúde, educação, moradia, alimentação, não discriminação, integridade física e mental. Verificou-se que o Brasil ainda precisa avançar para responder às necessidades adicionais dos órfãos e outras crianças vulneráveis. A resposta brasileira, até o momento, é limitada à assistência médica para crianças e adolescentes portadores do HIV/Aids, ao combate à transmissão vertical do HIV e ao financiamento da instalação e manutenção de casas de apoio (abrigos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente para infectados afetados, órfãos ou não. Essas medidas são insuficientes para garantir um ambiente de apoio para órfãos, crianças e adolescentes infectados ou afetados pelo HIV/Aids. Propõem-se formas do Brasil criar e aprimorar bases de dados para responder a esses desafios.

  2. Tuberculose e infecção pelo HIV no Brasil: magnitude do problema e estratégias para o controle Tuberculosis and HIV infection in Brazil: magnitude of the problem and strategies for control

    Leda Fátima Jamal; Fábio Moherdaui

    2007-01-01

    O objetivo do artigo foi propor, a partir da análise da situação e da interação entre a tuberculose e a Aids, estratégias que minimizem o impacto epidemiológico de uma doença sobre a outra no Brasil. Analisa-se a maneira como políticas de saúde para o controle da epidemia de HIV/Aids - como acesso aos anti-retrovirais, campanhas para o conhecimento precoce da infecção pelo HIV e adesão ao tratamento - impactam as metas de controle da tuberculose. Discutem-se também a implementação de ações pa...

  3. Necessidades de qualificação da equipe de enfermagem para a assistência aos clientes portadores do HIV e da Aids Qualification needs of the nursing team for the assistance of Clients with HIV and Aids

    Anna Luiza de Fátima Pinho Lins Gryschek

    2000-09-01

    Full Text Available Discorre-se sobre as necessidades de qualificação específica das equipes de enfermagem dos Centros de Referência de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, para a assistência aos clientes portadores do HIV e da Aids. Foram enviados questionários abertos, para todos os profissionais da equipe de enfermagem de todas as unidades do Programa Municipal de DST/Aids. Do total de 671 profissionais de enfermagem, 453 responderam ao questionário. Como necessidades de qualificação foram apontadas: biossegurança, preparo e administração de medicamentos específicos e assistência de enfermagem aos clientes com HIV e Aids.This study discourses about the especific training needs of the nursing teams of the Centers of Reference of Sexual Transmissible Diseases (STD and Aids from the STD/Aids Program of the Health Secretary of the Township of São Paulo for the assistance of clients with HIV and Aids. From a total of 671 nursing workers, 453 answered the questionnaire. They identified the following training needs: contents related to standard precautions, preparation and administration of specific drugs and other general nursing care to HIV + clients.

  4. Problemas ginecológicos mais freqüentes em mulheres soropositivas para o HIV

    Melo Victor Hugo de

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: apresentar os achados ginecológicos mais freqüentes de uma coorte de 300 mulheres infectadas pelo HIV, acompanhadas ambulatorialmente. MÉTODOS: estudo prospectivo e descritivo de mulheres HIV-soropositivas atendidas em clínica ginecológica, no período de novembro de 1996 a dezembro de 2002. As pacientes foram submetidas ao protocolo de atendimento ginecológico que incluiu anamnese, exame ginecológico, colpocitologia oncótica (Papanicolaou, pesquisa de HPV (PCR e colposcopia. A biópsia cervical, quando necessária, foi realizada. Os dados foram armazenados e analisados no Epi-Info, versão 6.0. RESULTADOS: a idade média foi 34,5 anos. Destaca-se o pequeno número de parceiros sexuais, média de três parceiros, e a predominância do contágio heterossexual: 271 (90,6% pacientes adquiriram o vírus por meio do contato sexual com seus parceiros. Foi alta a prevalência de neoplasias intra-epiteliais cervicais (NIC, representando 21,7% do total da amostra. Dentre as 109 pacientes submetidas a PCR encontraram-se 89 (81,7% com algum genótipo do HPV. Esfregaço inflamatório à citologia esteve presente em 69% das pacientes. CONCLUSÕES: a infecção pelo HIV se associa com freqüência a NIC e a processos infecciosos genitais, em especial o HPV.

  5. Seguimento dos doentes soropositivos e soronegativos para o HIV com carcinoma espinocelular do canal anal Follow-up for HIV negative and HIV-positive patients with anal squamous cells carcinoma

    Sidney Roberto Nadal

    2009-09-01

    Full Text Available A incidência do carcinoma espinocelular (CEC anal e das neoplasias intra-epiteliais anais (NIA é maior nos pacientes infectados pelo papilomavírus humano (HPV, e está relacionada à imunidade e à infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV. A associação com viroses de transmissão sexual indica que seja tumor sexualmente transmitido. A infecção pelo HIV mudou o perfil dos portadores do CEC anal. A doença que anteriormente acometia mulheres na 6ª década de vida, hoje atinge preferencialmente homens na 3ª e 4ª décadas. Nos Estados Unidos, a expectativa de diagnóstico desse tumor aumentou de 19/100.000, na época pré-HAART (1992-1995, para 48,3/100.000 no período pós-HAART imediato (1996-1999 e para 78,2/100.000 pessoas por ano, nos anos mais recentes (2000-2003. O tratamento do CEC anal, descrito por Nigro em 1974, combina radio e quimioterapia. Operações de resgate estão indicadas caso haja persistência ou recidiva da doença. Estudos comparando, respectivamente, doentes imunodeprimidos e imunocompetentes vêm mostrado envolvimento linfonodal em 60% e 17%, recidivas em 75% e 6%, boa resposta à radio e quimioterapia em 62% e 85%, toxicidade a esse tratamento em 80% e 30%, e sobrevivência global de 1,4 e 5,3 anos. A contagem sérica baixa de linfócitos T CD4 prediz mau prognóstico. Quando acima de 200/mm³, os resultados são comparáveis aos observados entre os imunocompetentes.Anal squamous cell carcinoma (ASCC and anal intra-epithelial neoplasia (AIN incidences are bigger among human papillomavirus (HPV infections, and are associated to immunity and to HIV infection. These viruses with sexual transmission in association suggested ASCC is a sexually transmitted tumor. HIV infection changed ASCC patient profile. This kind of tumor committed women in theirs sixties, but nowadays, affects mainly men in the third and forth decades of life. In the United States of America, ASCC was diagnosed in 19/100.000, in the

  6. Necessidades de qualificação da equipe de enfermagem para a assistência aos clientes portadores do HIV e da Aids Qualification needs of the nursing team for the assistance of Clients with HIV and Aids

    Anna Luiza de Fátima Pinho Lins Gryschek; José Claudio Domingos; Cássio Rogério Dias Lemos Figueiredo; Lúcia Yasuko Izumi Nichiata; Leonida Maria Osório

    2000-01-01

    Discorre-se sobre as necessidades de qualificação específica das equipes de enfermagem dos Centros de Referência de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, para a assistência aos clientes portadores do HIV e da Aids. Foram enviados questionários abertos, para todos os profissionais da equipe de enfermagem de todas as unidades do Programa Municipal de DST/Aids. Do total de 671 profissionais de enfermagem, 453 responderam ao questionário. Como ne...

  7. Estudo correlacional entre a Escala de Aconselhamento Profissional (EAP e o Inventário Fatorial de Personalidade (IFP

    Silvia Godoy

    2010-12-01

    Full Text Available O presente estudo investigou a relação entre a Escala de Aconselhamento Profissional (EAP e o Inventário Fatorial de Personalidade (IFP, a fim de obter evidências de validade de construto convergente-divergente. A amostra se compôs de 122 estudantes do Ensino Médio de uma escola particular do interior paulista, com idade variando entre 14 e 17 anos, sendo 44,3% do sexo masculino e 55,7% do feminino. Os principais resultados apresentaram correlações significativas de 0,18 a 0,46 entre as dimensões do EAP e os fatores do IFP, a saber, Ciências Exatas com o fator Persistência, Artes e Comunicação com os fatores Instracepção e Mudança, Ciências Biológicas e da Saúde com o fator Deferência, Ciências Agrárias e Ambientais com os fatores Intracepção e Afago, Atividade Burocrática com os fatores Dominância, Exibição e Persistência, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas com os fatores Intracepção e Mudança, e Entretenimento com os fatores Mudança, Afiliação e Assistência.

  8. Motivos e circunstâncias para o aborto induzido entre mulheres vivendo com HIV no Brasil Motives and circumstances surrounding induced abortion among women living with HIV in Brazil

    Wilza Vieira Villela

    2012-07-01

    Full Text Available O impacto da infecção pelo HIV/Aids na decisão de interromper uma gravidez entre mulheres vivendo com HIV/Aids é ainda um tema pouco estudado. Visando entender como a infecção pelo HIV/Aids interfere na prática do aborto foi realizado estudo qualitativo em sete municípios brasileiros com mulheres portadoras desse vírus que haviam induzido um aborto em algum momento da vida. Este trabalho apresenta a análise das entrevistas de 30 mulheres que engravidaram após o diagnóstico. Os resultados mostram que para algumas a infecção foi o principal motivo de interrupção da gravidez, enquanto que para outras estiveram referidos a outras circunstâncias da vida. A decisão de abortar após o diagnóstico da infecção pelo HIV não é igual para todas as mulheres, e é influenciada pelo momento do diagnóstico e os demais aspectos da vida, como a relação com o parceiro, a inserção de trabalho e o suporte familiar. Os resultados sugerem a necessidade de atenção dos serviços de saúde quanto às decisões reprodutivas das mulheres vivendo com HIV/Aids; de incorporação dos homens nas ações preventivas de saúde sexual e reprodutiva e do aprofundamento da discussão sobre a ilegalidade do aborto no país e suas danosas consequências para mulheres, homens e crianças.The impact of HIV/AIDS infection on the decision of women living with HIV/AIDS to interrupt a pregnancy remains an understudied topic. In an effort to understand the influence of HIV/AIDS diagnosis on abortion practices, a qualitative study was carried out in seven Brazilian municipalities with women living with HIV/AIDS who reported inducing an abortion at some point in their lives. This study presents the analysis of interviews with thirty women who became pregnant after diagnosis. The results show that for some women, infection was the primary motive for terminating their pregnancy, while for others, the motives for abortion were predominantly related to life

  9. Asociación de lesiones bucales con el estado serológico para el VIH Association of oral lesions with HIV serological status

    Velia Ramírez-Amador

    2002-04-01

    Full Text Available Objetivo. Estimar la prevalencia de lesiones bucales y su asociación con el estado serológico del VIH. Material y métodos. Estudio transversal, descriptivo y doble ciego, hecho, entre 1998 y 1999 en México, D.F., con 512 personas que acudieron a dos centros de información del Centro Nacional para la Prevención del VIH/SIDA e ITS (CONASIDA y a quienes se les practicó examen bucal sin conocer aún su estado serológico con respecto al VIH. Se utilizaron las pruebas de t-Student, exacta de Fisher y ji². Se calculó la razón de productos cruzados. Resultados. Se examinaron 512 individuos, 68 resultaron positivos al VIH. En 65% (44/68, se observaron lesiones bucales asociadas con el VIH (LB, 95% correspondieron a candidosis bucal (CB y leucoplasia vellosa (LV. La asociación de CB y LV con el estado serológico positivo al VIH fue estrecha. Conclusiones. La CB y la LV fueron las lesiones más fuertemente asociadas con el VIH.Objective. To estimate the prevalence of oral lesions and its association with HIV serological status. Material and Methods. A cross-sectional descriptive study was conducted between 1998 and 1999 in Mexico City, among 512 subjects attending two information centers of Centro Nacional para la Prevención del VIH/SIDA e ITS (CONASIDA, National Center for Prevention of HIV/AIDS and Sexually Transmitted Infections for HIV serologic testing. The oral examination was performed without knowledge of the HIV status. Statistical analysis was conducted using Student's t test, Fisher's exact test and the chi² test; odds ratios and 95% CI were also calculated. Results. A total of 512 individuals were examined, 68 of whom were HIV-positive. HIV-related oral lesions (OL, were evident in 65% (44/68 of the HIV-positive individuals; 95% of them consisted in oral candidosis (OC and hairy leukoplakia (HL. OC and HL were strongly associated with seropositivity to HIV. Conclusions. OC and HL were the oral lesions most strongly associated to

  10. Avaliação de ensaio molecular para determinação de carga viral em indivíduos sorologicamente negativos para o HIV-1 Evaluation of a molecular assay for determining viral load on HIV-1 antibody negative patients

    José Moreira Pereira

    2002-01-01

    Full Text Available O teste de carga viral foi concebido para acompanhar a evolução e o tratamento do paciente com diagnóstico confirmado de HIV-1. Contudo, sua especificidade diagnóstica não foi ainda avaliada em pessoas que apresentam um teste sorológico negativo. Mesmo assim, ele tem sido erroneamente utilizado para o diagnóstico da infecção primária pelo HIV-1. Este trabalho relata quatro pacientes em que a carga viral plasmática NucliSens (Organon Teknika foi repetidamente positiva na ausência de anticorpos para HIV e chama atenção para o fato de que a carga viral abaixo de 10 mil cópias/ml é de difícil interpretação, como tem sido assinalado em numerosos artigos, em que foram utilizadas outras metodologias.The plasma viral load test for HIV-1,a exquisitely high sensitive assay, were neither developed nor evaluated for the diagnosis of primary HIV infection; therefore, their diagnostic specificity is not well delineated when applied to persons who are negative for HIV antibody. This article reported four cases of false positive results obtained by using NucliSens viral load assay (Organon Teknika and emphasize the importance that low positive plasma viral load (< 10 000 copies/ml may be difficult to interpret how has been assinalated in numerous articles in the medical literature, using other methodologies.

  11. Ser gestante soropositivo para o Vírus da Imunodeficiência Humana: uma leitura à luz do Interacionismo Simbólico Ser gestante seropositiva para el Virus de la inmunodeficiencia humana-HIV: una lectura bajo el marco teórico del Interaccionismo Simbólico Being pregnant seropositive and having acquired the human immunodeficiency Virus (HIV: a theoretical interpretation under the Symbolic Interactionism

    Edilene Lins de Moura

    2010-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o contexto do cotidiano vivido por mulheres grávidas soropositivas para o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV, com enfoque na experiência de tornar-se grávida e assumir a gravidez. MÉTODOS: Os dados foram coletados por meio de entrevista gravada, com 14 gestantes sabidamente soropositivas para o HIV, que vivenciavam o terceiro trimestre de gravidez. O estudo fez uma leitura de dados brutos sobre expectativas e ações de gestantes soropositivas para o HIV, à luz do Interacionismo Simbólico. RESULTADOS: um dos aspectos encontrados mostrou que as mulheres HIV positivo assumem a gravidez, ainda que esta seja inesperada. CONCLUSÕES: os dados são um alerta para os profissionais de enfermagem que devem promover ações educativas para atender às demandas dessa mulher.OBJETIVO: Describir el contexto cotidiano vivido por mujeres embarazadas y seropositivas para el virus de la inmunodeficiencia humana (HIV, con enfoque en la experiencia de estar embarazada y aceptar ese estado. MÉTODOS: Los datos fueron recolectados por medio de entrevista grabada, con 14 gestantes sabidamente seropositivas para el HIV, que se encontraban en el tercer trimestre de embarazo. El estudio hizo una lectura de los datos brutos sobre expectativas y acciones de las gestantes seropositivas para el HIV, bajo el marco teórico del Interaccionismo Simbólico. RESULTADOS: Uno de los aspectos encontrados mostró que las mujeres infectadas con Sida aceptan el embarazo, inclusive cuando ocurre inesperadamente. CONCLUSIONES: Los datos sirven de para los profesionales de enfermería para que promuevan acciones educativas que atiendan las necesidades de esas mujeres.OBJECTIVE: To describe the context of everyday life experienced by pregnant women seropositive for human immunodeficiency virus (HIV, focusing on the experience of becoming pregnant and accepting that condition. METHODS: Data were collected recording interviews with 14 pregnant women known to

  12. A realização do teste anti-hiv no pré-natal: os significados para a gestante El establecimiento de la lucha contra la prueba del vih en pre-navidad: significados para el embarazo The establishment of anti-hiv test in pre-natal: meanings for pregnancy

    Roberta Maria de Oliveira Silva

    2008-12-01

    Full Text Available O estudo teve por objetivo conhecer e analisar o significado da realização do teste anti-HIV no pré-natal para as gestantes. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa e foi realizada em um Hospital Escola e em uma Maternidade do município do Rio de Janeiro. Como recurso técnico-metodológico utilizou-se o discurso do sujeito coletivo (DSC. Após a análise dos discursos verificamos que para as gestantes a realização do teste significa a possibilidade de prevenir a transmissão vertical do HIV e como parte da assistência pré-natal. O pré-natal foi considerado pelas gestantes uma excelente oportunidade para a realização do teste anti HIV, para o conhecimento da condição sorológica e início precoce do tratamento. Conclui-se que o teste, para a maioria das gestantes, representa a possibilidade de proteger o filho do HIV, além de fazer parte da construção do papel materno a partir de um cuidado concreto com a saúde do bebê.El estudio que tenía para que el objetivo sepa y analice el significado de la realización del anti-VIH de la prueba en el prenatal para las mujeres embarazadas. Uno está sobre una investigación con acercamiento cualitativo y fue ejecutado en una escuela del hospital y una maternidad de la ciudad de Rio de Janeiro. Como recurso técnico-metodológico el discurso del ciudadano colectivo fue utilizado (DSC. Después de que el análisis de los discursos, nosotros verificamos que para las mujeres embarazadas la realización de la prueba significa la posibilidad para prevenir la transmisión vertical del VIH y como parte de la ayuda prenatal. El prenatal era considerado por las mujeres embarazadas una ocasión excelente para la realización del anti VIH de la prueba, para el conocimiento de la condición sorological y del principio precoz del tratamiento. Se concluye que la prueba, para la mayoría de las mujeres embarazadas, representa la posibilidad para proteger al hijo del VIH, más allá de ser

  13. Avaliação das ações de controle da sífilis e do HIV na assistência pré-natal da rede pública do município do Rio de Janeiro, Brasil An evaluation of action taken to control syphilis and HIV in publicsector prenatal care in the municipality of Rio de Janeiro, Brazil

    Rosa Maria Soares Madeira Domingues

    2012-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar a adequação das ações de controle da sífilis e do HIV na assistência pré-natal realizada em unidades do Sistema Único de Saúde do Município do Rio de Janeiro, Brasil. MÉTODOS: estudo transversal, realizado em 2007-2008, por meio de entrevistas com 2353 gestantes, análise de cartões de pré-natal e dados obtidos junto a 102 profissionais de saúde. Para avaliação da adequação da assistência foi elaborado um modelo lógico-operacional, tendo como referência normativa os protocolos assistenciais dos programas de assistência pré-natal e de DST/Aids do Ministério da Saúde. Foi considerado adequado o cumprimento de 100% das ações previstas para cada idade gestacional. RESULTADOS: foram identificadas falhas no aconselhamento das gestantes, na realização dos exames sorológicos, no tratamento dos casos de sífilis e na abordagem dos parceiros. Na análise bivariada, gestantes com início tardio da assistência pré-natal e número inadequado de consultas apresentaram pior adequação de todas as ações, exceto do aconselhamento anti-HIV. CONCLUSÕES: problemas no início precoce do prénatal, na garantia do número mínimo de consultas, no manejo adequado das gestantes e seus parceiros e, principalmente, no resultado sorológico oportuno da infecção pela sífilis e pelo HIV, são barreiras ao melhor controle da transmissão vertical dessas doenças.OBJECTIVES: to evaluate the adequacy of action taken to control syphilis and HIV in prenatal health care at Brazilian National Health System units in the municipality of Rio de Janeiro, Brazil. METHODS: a cross-sectional study was carried out in 2007 and 2008, involving interviews with 2353 pregnant women, analysis of prenatal cards and data obtained from 102 health professionals. A logicaloperational model was drawn up to evaluate the adequacy of care, taking as a point of reference the care protocols used for the Brazilian Ministry of Health's prenatal care

  14. Seguimento nutricional de pacientes com fibrose cística: papel do aconselhamento nutricional Nutritional follow-up of cystic fibrosis patients: the role of nutrition education

    FABÍOLA V. ADDE; Rodrigues, Joaquim C.; Ary L. Cardoso

    2004-01-01

    OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de um grupo de pacientes com fibrose cística e analisar a repercussão do aconselhamento nutricional através de um estudo comparativo pré- e pós-intervenção. MÉTODOS: Todos os pacientes com fibrose cística em seguimento regular no ambulatório de pneumologia do Instituto da Criança no período de 1996-99 foram prospectivamente acompanhados durante 3,5 anos. Em quatro etapas (I = inicial, II = 7 meses, III = 13 meses, IV = 43 meses), foi realizada uma avalia...

  15. Avaliação da função lacrimal, da superfície ocular e do filme lacrimal em pacientes soropositivos para o HIV

    Carolina Ramos Mosena

    2015-06-01

    Full Text Available Objetivo Avaliar a função lacrimal, a superfície ocular e o filme lacrimal de pacientes com sorologia positiva para o vírus HIV. Métodos Estudo observacional, transversal, quantitativo e analítico, realizado entre junho e outubro de 2011, no Departamento de Oftalmologia do Hospital do Servidor Público Estadual “Francisco Morato de Oliveira”, com 32 pacientes no total, sendo 16 soropositivos para o HIV e 16 soronegativos. Resultados Não houve diferença estatística significante na média de idade entre os grupos estudados (p = 0,083. O padrão do teste de cristalização da lágrima foi estatisticamente diferente no grupo de pacientes HIV (com predomínio dos padrões III e IV em relação ao grupo controle (no qual predominaram os padrões I e II, tanto no olho direito como no esquerdo (p = 0,019 e p < 0,001, respectivamente. As demais variáveis estudadas não mostraram-se estatisticamente relevantes entre os grupos. Conclusão Os pacientes soropositivos para o HIV não apresentaram alterações da função lacrimal e da superfície ocular, porém amostras de lágrimas evidenciaram diferenças consideradas estatisticamente significantes nos padrões dos testes de cristalização do filme lacrimal, quando comparadas com amostras obtidas de pacientes controles.

  16. Áreas de vulnerabilidade para co-infecção HIV-aids/TB em Ribeirão Preto, SP

    Maria Eugênia Firmino Brunello

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar áreas de vulnerabilidade para os casos novos de co-infecção HIV/tuberculose (TB. MÉTODOS: Estudo descritivo ecológico realizado por meio do georreferenciamento dos casos novos de HIV/TB notificados em Ribeirão Preto, SP, em 2006. Os dados foram obtidos do sistema de informação estadual paulista de notificação de TB. Os casos novos de co-infecção HIV/TB foram analisados conforme características sociodemográficas e clínicas e, posteriormente, georreferenciados na base cartográfica do município segundo endereço residencial. Os setores do município foram categorizados em três níveis socioeconômicos: inferior, intermediário e superior, com base na análise de componentes principais das variáveis do censo demográfico de 2000 (renda, instrução e percentagem de domicílios com cinco ou mais moradores. Foi calculada a incidência da co-infecção HIV/TB para cada nível socioeconômico. RESULTADOS: A co-infecção HIV/TB acometeu mais adultos do sexo masculino em idade economicamente ativa e a forma pulmonar da TB foi a mais comum. A distribuição espacial mostrou que as incidências nas áreas com níveis socioeconômicos intermediários e inferiores (8,3 e 11,5 casos por 100 mil habitantes, respectivamente foram superiores àquela (4,8 casos por 100 mil habitantes de nível socioeconômico superior. CONCLUSÕES: A taxa de incidência de co-infecção HIV/TB analisada por níveis socioeconômicos mostrou padraÞo espacial de distribuiçaÞo não homogêneo e apresentou valores mais altos em áreas de maior vulnerabilidade social. O estudo diagnosticou aìreas geograìficas prioritaìrias para o controle da co-infecção e a tecnologia do sistema de informação geográfica pode ser empregada no planejamento das ações em saúde pelos gestores municipais.

  17. Cartilha sobre auto–exame ocular para portadores do HIV/AIDS como tecnologia emancipatória: relato de experiência

    Joselany Áfio Caetano

    2006-08-01

    Full Text Available Este trabalho descreve a experiência da construção de uma cartilha do auto-exame ocular para portadores do HIV/AIDS e teve como objetivo desenvolver e avaliar as ações do referido auto-exame por intermédio da cartilha “Auto-exame ocular”. A testagem da cartilha foi feita por meio de grupos educativos e consulta de enfermagem, bimestralmente, seguida do exame oftalmológico. Ao nos apoiarmos nas idéias de NIETSCHE (2000, rotulamos esse material como uma tecnologia emancipatória pelo fato de trazer, a essa população, a oportunidade de se libertar de um estado de sujeição. Os resultados comprovam que os portadores de HIV/AIDS se sentem motivados a investigar problemas oculares, mas ainda falta incorporar, na vida cotidiana, o hábito de utilizar a cartilha. Mais do que oferecer passos seqüenciais para realizar a técnica do auto-exame ocular, apresentamos referenciais que auxiliam o desenvolvimento das potencialidades dos portadores do HIV/AIDS com vistas a trabalhar o autocuidado com o olho de forma dinâmica e com um aliado, o material educativo.

  18. Estratégias de implementação do processo de enfermagem para uma pessoa infectada pelo HIV Estrategias de implementación del proceso de enfermería para una persona infectada por el HIV Implementations strategies of nursing processes for an HIV-positive client

    Cristina Arreguy Sena

    2001-01-01

    Full Text Available Buscando valorizar a utilização de estratégias como os métodos de ensino e de aprendizagem, a técnica de relaxamento e o "coping é relatado um estudo de caso de uma pessoa infectada pelo HIV e portadora da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS que se encontra hospitalizada. Adotou-se, como referencial teórico, o modelo conceptual de Dorothéia Orem (OREM, 1985, a proposta de Risner para a condução do raciocínio diagnóstico e a Uniformização do Diagnóstico de Enfermagem proposta pela NANDA (NANDA, 1996. Dos diagnósticos identificados foram selecionados três para exemplificar as fases de planejamento, implementação e avaliação do processo.Buscando valorizar la utilización de estrategias como los métodos de enseñanza y aprendizaje, la técnica de relajación y el "coping", es relatado un estudio de caso de una persona infectada por el HIV y portadora del Síndrome de Inmunodeficiencia Adquirida (SIDA que se encuentra hospitalizada. Se adoptó como referencial teórico el Modelo Conceptual de Dorothea Orem (OREM, 1985, la propuesta de Risner para la conducción del raciocinio diagnostico y la uniformidad en el Diagnostico de Enfermería propuesta por la NANDA (NANDA, 1996. De los diagnósticos identificados fueron seleccionados tres para ejemplificar las fases de planeación, implementación y evaluación del proceso.Aiming at valuing the use of strategies such as teaching and learning methods, the relaxation technique and coping are described in a case study concerning a hospitalized HIV-positive person presenting the Acquired Immuno-Defficiency Syndrome (AIDS. The Conceptual Model proposed by Dorothéia Orem (OREM, 1985, Risner's proposal for the conduction of diagnostic thinking and the Nursing Diagnostic Unifying System proposed by NANDA (NANDA, 1996 were use as theoretical framework. Among the identified diagnoses, three were selected in order to exemplify the planning, implementation and process evaluation

  19. Social representations of AIDS and their quotidian interfaces for people living with HIV Representaciones sociales del SIDA para personas que viven con HIV y sus interfaces cotidianas Representações sociais da AIDS para pessoas que vivem com HIV e suas interfaces cotidianas

    Antonio Marcos Tosoli Gomes

    2011-06-01

    Full Text Available This qualitative descriptive study, guided by the Social Representations Theory, aimed to describe the content of the social representations regarding the Acquired Immunodeficiency Syndrome (AIDS for seropositive individuals in outpatient monitoring of the public health network and to analyze the interface of the social representations of AIDS with the quotidian of the individuals living with human immunodeficiency virus (HIV, especially in the adherence to treatment process Interviews were conducted with 30 seropositive individuals and the manual content analysis technique was used. From the analysis, six categories emerged that re-translated the quotidian of seropositive people permeated by the stigma, prejudice, struggle for life and the need for the continuous use of antiretrovirals. AIDS was assimilated to chronic diseases such as diabetes, showing a trend of transformation of the social representation of AIDS, substituting the idea of death, with life. It is concluded that people living with HIV are more optimistic due to effective treatments for the control of the disease.Se trata de un estudio cualitativo descriptivo orientado por la Teoría de las Representaciones Sociales, que objetivó describir el contenido de las representaciones sociales acerca de la Síndrome de Inmunodeficiencia Adquirida (SIDA para los usuarios seropositivos en acompañamiento de ambulatorio en la red pública de salud y analizar la interconexión de las representaciones sociales del Sida con lo cotidiano de los individuos que viven con el virus de la inmunodeficiencia humana (HIV, especialmente al proceso de adhesión al tratamiento. Se realizaron entrevistas con 30 individuos seropositivos. Se utilizó la técnica de análisis de contenido manual. Del análisis, emergieron seis categorías que tradujeron lo cotidiano de seropositivos impregnados por el estigma, prejuicio, lucha por la vida y la necesidad del uso continuo de antirretrovirales. El Sida fue

  20. Doenças sexualmente transmissíveis e o HIV/AIDS: enfermagem discutindo essas ligações perigosas para as mulheres

    Iara de Moraes Xavier

    2001-03-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo principal discutir as ligações perigosas entre as DSTs e o HIV/AIDS pelo prisma do gênero e da sexualidade. Apresenta a feminização da AIDS no Brasil como produto das relações sociais, econômicas, políticas e culturais. Pesquisa descritiva exploratória de natureza qualitativa. Focaliza mulheres com HIV/AIDS que se contaminaram através de relações sexuais com parceiros fixos e únicos. Conclui que o cuidado de enfermagem, no contexto do processo saúde-doença, constitui-se em uma das principais oportunidades para a (o enfermeira (o trabalhar o diagnóstico precoce, o tratamento e a prevenção das DSTs e da AIDS.

  1. Intervenções psicológicas para crianças que vivem ou convivem com HIV/Aids Intervenciones psicológicas para los niños que viven o conviven con el VIH/SIDA Psychological interventions to children infected and affected by HIV/Aids

    Evelise Rigoni de Faria; Milena da Rosa Silva; Helena Pillar Kessler; Tonantzin Ribeiro Gonçalves; Fernanda Torres de Carvalho; Cesar Augusto Piccinini

    2013-01-01

    Com o avanço no tratamento antirretroviral, a infecção pelo HIV/Aids em crianças passou de um quadro agudo para uma doença crônica, tendo implicações médicas, psicológicas e sociais. Aspectos da convivência com o HIV/Aids, como revelação do diagnóstico, adesão ao tratamento e enfrentamento de diversos lutos, são especialmente desafiadores entre as crianças. Assim, este estudo buscou identificar, na literatura, intervenções psicológicas desenvolvidas nos últimos anos para crianças que vivem ou...

  2. Obtenção de gametas seguros por meio de associação de técnicas de processamento seminal para casais sorodiscordantes para HIV Safe gametes acquisition through association of seminal processing techniques with HIV serodiscordant couples

    Priscila Queiroz

    2008-04-01

    Full Text Available RESUMO OBJETIVO: o objetivo deste estudo foi avaliar os parâmetros laboratoriais e clínicos de pacientes submetidos à reprodução humana assistida, associando técnicas de processamento seminal para eliminação de partículas virais da amostra de sêmen em casais nos quais o homem é infectado pelo vírus da imunodeficiência humana adquirida (HIV. MÉTODOS: foram avaliados 11 ciclos de injeção intracitoplasmática de espermatozóide (ICSI realizados em casais nos quais os homens eram infectados pelo HIV (Grupo HIV, e 35 ciclos de ICSI nos quais se utilizaram espermatozóides doados (Grupo Controle. As amostras de sêmen dos doadores foram submetidas à análise seminal completa, processamento seminal (lavagem e criopreservação. Os homens do Grupo HIV receberam antibioticoterapia prévia e realizou-se análise seminal, lavagem e gradiente descontínuo de densidade antes da criopreservação. As amostras foram avaliadas para carga viral e a ICSI foi realizada quando não houve detecção do HIV. RESULTADOS: quanto aos resultados da análise seminal, os grupos se mostraram comparáveis em relação à concentração e motilidade progressiva dos espermatozóides. Entretanto, a porcentagem de espermatozóides morfologicamente normais foi maior no Grupo Controle (14,3% comparado ao HIV (5,8%; p=0,002. Na avaliação dos parâmetros embrionários, as taxas de fertilização normal (Controle: 74,7% e HIV: 71,7; p=0,838 e de bons embriões (Controle: 42,4% e HIV: 65,1%; p=0,312 foram semelhantes. Por outro lado, o Grupo Controle apresentou melhores resultados clínicos que o HIV (gestação continuada: 52,9 e 12,5%; p=0,054; implantação: 42,6 e 10,4%; p=0,059, respectivamente, apesar de as diferenças não serem estatisticamente significantes. Após o nascimento, não houve soroconversão das mães e das crianças nascidas. CONCLUSÕES: a associação de técnicas de processamento seminal para eliminação do HIV de amostras seminais n

  3. A percepção de mulheres quanto à vulnerabilidade feminina para contrair DST/HIV La percepción de mujeres en lo que se refiere a la vulnerabilidad femenina para contraer DST y HIV Women's perception about female vulnerability to STD and HIV

    Carla Marins Silva

    2009-06-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva com abordagem qualitativa cujo objetivo foi analisar a percepção de mulheres quanto à vulnerabilidade feminina para contrair DST/HIV. Foi realizada em 2006, num campus universitário no Rio de Janeiro. Foram entrevistadas 12 mulheres, de idade superior a 18 anos, de diferentes níveis de escolaridade, raça e religião. Estas eram estudantes, servidoras técnico-administrativas, docentes e outras usuárias. Foram atendidas as exigências do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa. Os dados foram analisados segundo os pressupostos da Análise de Conteúdo. Os resultados revelaram duas grandes dimensões: uma que relaciona a percepção pessoal da mulher e seus comportamentos, e outra relacionada à opinião dessas mulheres sobre o comportamento de outras mulheres. Neste artigo discutimos os dados referentes à dimensão coletiva. Concluímos que as mulheres entrevistadas reconhecem os fatores de vulnerabilidade nas outras mulheres e percebem o risco do outro em contrair DST/HIV, porém não se consideram em risco.Investigación descriptiva con abordaje cualitativo, cuyo objetivo fue analizar la percepción de las mujeres en lo que se refiere a la vulnerabilidad femenina para contraer DST/HIV. Fue realizada en un campus universitario, en Río de Janeiro, en 2.006. Fueron entrevistadas 12 mujeres, de edad superior a 18 años, de diferentes nivele de escolaridad, raza y religión. Estas eran estudiantes, servidoras técnico administrativas, docentes y otras usuarias. Fueron atendidas las exigencias del Consejo Nacional de Ética en Investigación. Los datos fueron analizados según los conceptos del Análisis de Contenido. Los resultados revelaron dos grandes dimensiones: una que relaciona la percepción personal de la mujer y sus comportamientos, y otra relacionada a la opinión de esas mujeres sobre el comportamiento de otras mujeres. En este artículo discutimos los datos referentes a la dimensión colectiva. Concluimos que

  4. O consumo de álcool como fator de risco para a transmissão das DSTs/HIV/Aids Alcohol consumption as a risk factor in the transmission of STD/HIV/Aids

    Luciana Roberta Donola Cardoso

    2008-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: No Brasil 74,4% da população já fez uso de álcool alguma vez na vida (Cebrid/Unifesp, 2005. O consumo dessa substância tem sido associado com a prática de comportamento sexual de risco para as DSTs/HIV/Aids. OBJETIVOS: Revisar a literatura que investiga associação entre comportamento sexual de risco para infecção do HIV e o uso de álcool. MÉTODOS: Realizou-se uma busca bibliográfica nas bases de dados MEDLINE e LILACS nos períodos de 2000 a 2007. A busca foi realizada por meio do cruzamento dos unitermos comportamento sexual de risco, HIV e Aids com os unitermos álcool, uso, abuso e dependência de álcool. RESULTADOS: Dados encontrados na literatura apontam que homens (heterossexuais e homossexuais, adolescentes, imigrantes e profissionais do sexo são os que associam, mais freqüentemente, álcool com prática de sexo sem preservativo. As mulheres se expõem ao risco com menor freqüência. CONCLUSÕES: O uso de álcool associado ao comportamento sexual mostrou ser um fator de risco para transmissão das DSTs/HIV/Aids, visto que, quando ingerido antes ou durante o ato sexual, favorece a prática sem preservativo. O local em que se consome a bebida, antes ou durante o ato sexual, e a quantidade ingerida parecem ser fatores preponderantes na manutenção dessa associação.CONTEXT: In Brazil, 74.4% of the population has used alcohol at some point in their lifetime Cebrid/Unifesp, 2005. The consumption of this substance has been related to sexual behavior risks and the contraction of STDs, including HIV/Aids. OBJETIVES: This paper intends to review the literature on sexual behavior risks and alcohol abuse. METHODS: A literature review in the databases MEDLINE and LILACS from the year 2000 to 2007 was made using the keywords sexual behavior risk, HIV and Aids, alcohol use, abuse and dependence. RESULTS: Data shows that men (heterosexuals and homosexuals, adolescents, immigrants, and sex professionals are more likely to

  5. Estudo da Adesão à Quimioprofilaxia Anti-retroviral para a Infecção por HIV em Mulheres Sexualmente Vitimadas Study of Adherence to Antiretroviral Chemoprophylaxis for HIV Infection in Sexually Abused Women

    Jefferson Drezett

    1999-10-01

    Full Text Available Objetivos: embora não existam dados apropriados para estabelecer sua eficácia, alguns serviços tem utilizado, profilaticamente, a terapia anti-retroviral para o HIV nos casos de violência sexual. O objetivo deste estudo foi avaliar a aceitabilidade, tolerância e adesão a um esquema quimioprofilático para o HIV. Pacientes e método: foram avaliadas 62 mulheres vítimas de estupro e/ou atentado violento ao pudor com coito ectópico anal. Os agressores foram referidos como desconhecidos. A profilaxia foi iniciada dentro das primeiras 48 h da violência e mantida por 4 semanas, sendo administrados diariamente: zidovudina, 600 mg; indinavir, 2.400 mg e lamivudina, 300 mg. Resultados: a taxa de descontinuidade foi de 24,2%, sendo em 12 casos (80% decorrente de intolerância gástrica. Os efeitos colaterais estiveram presentes em 43 casos (69,4%, sendo as náuseas e vômitos os mais freqüentes. A complexidade posológica e o tempo de uso foram fatores possivelmente associados ao uso inadequado das drogas, ocorrendo em 10,6% dos casos. Conclusão: a taxa de descontinuidade da quimioprofilaxia foi semelhante à observada em outras indicações.Purpose: some medical institutions have been prophylactically ministrating anti-HIV therapy in cases of sexual violence, although there are no appropriate basic facts to establish its efficacy. The aim of the present study was to evaluate the acceptance, tolerance and adhesion of these women under a chemoprophylaxis plan for HIV. Methods: sixty-two women victims of rape and/or anal intercourse with unknown aggressors have been evaluated. Prophylaxis has been started within the first 48 h after violence and maintained for 4 weeks, with daily administration of zidovudine, 600 mg; indinavir, 2,400 mg and lamivudine, 300 mg. Results: the discontinuance rate was 24.2%, withe 12 cases (80% due to gastric intolerance. The side effects were present in 43 cases (69.4%, including nausea and vomitting as the most

  6. Estratégias de implementação do processo de enfermagem para uma pessoa infectada pelo HIV Estrategias de implementación del proceso de enfermería para una persona infectada por el HIV Implementations strategies of nursing processes for an HIV-positive client

    Cristina Arreguy Sena; Emilia Campos de Carvalho; Lídia Aparecida Rossi; Márcia Caron Ruffino

    2001-01-01

    Buscando valorizar a utilização de estratégias como os métodos de ensino e de aprendizagem, a técnica de relaxamento e o "coping é relatado um estudo de caso de uma pessoa infectada pelo HIV e portadora da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) que se encontra hospitalizada. Adotou-se, como referencial teórico, o modelo conceptual de Dorothéia Orem (OREM, 1985), a proposta de Risner para a condução do raciocínio diagnóstico e a Uniformização do Diagnóstico de Enfermagem proposta pela N...

  7. Percepções de alunas de graduação em enfermagem sobre parcerias sorodiscordantes para o HIV/AIDS Percepciones de alumnos de enfermería sobre parejas serodiscordantes para el VIH/SIDA Nursing students' perceptions on HIV serodiscordant partnerships

    Hugo Fernandes

    2005-08-01

    Full Text Available Trata-se de pesquisa qualitativa que teve por objetivo identificar as percepções de alunas de graduação em enfermagem sobre parcerias sorodiscordantes para o HIV/aids. Utilizou-se para o desenvolvimento deste estudo a Teoria das Representações Sociais, buscando o sentir, o pensar e o agir das alunas de enfermagem frente à sorodiscordância para o HIV/aids. Participaram seis entrevistadas com idades entre 20 e 26 anos, regularmente matriculadas no quarto ano do curso de graduação em enfermagem da UNIFESP. Os dados foram coletados pela "Técnica de Desenho Projetivo com Tema" e uma entrevista com roteiro estruturado. Foi realizada a análise com o uso da "Análise de Conteúdo tipo Temática". Os dados obtidos levaram às representações que as alunas de enfermagem possuem sobre parcerias discordantes para o HIV/aids. Contudo este estudo mostrou-se como disparador para maiores reflexões/discussões futuras sobre processos de educação em saúde a casais que vivenciam a sorodiscordância e a atuação de enfermagem frente a temática.La finalidad de esta investigación cualitativa fue identificar como alumnos de pregrado en enfermería perciben parejas serodiscordantes. Se usó la Teoría de las Representaciones Sociales para el desarrollo de este estudio, buscando el sentir, pensar y actuar de los alumnos ante la serodiscordancia para el VIH/sida. Se entrevistó a seis alumnos del cuarto año con edad entre 20 y 26 años. La técnica proyectiva de dibujos temáticos y la entrevista estructurada fueron utilizadas para recopilar los datos, que fueron analizados mediante el análisis de contenido temático. Los datos obtenidos mostraron las representaciones de los alumnos sobre las parejas serodiscordantes. Este estudio disparó mayores discusiones/discusiones futuras sobre procesos de educación en salud para parejas serodiscordantes y la actuación de los enfermeros ante el tema.This qualitative research aimed to identify undergraduate

  8. HIV risk behavior of psychiatric patients with mental illness: a sample of Brazilian patients Comportamento de risco para o HIV de pacientes psiquiátricos: uma amostra de pacientes brasileiros

    Mark Drew Crosland Guimarães

    2010-12-01

    fatores associados. MÉTODO: Uma amostra representativa de pacientes adultos com transtornos mentais foi aleatoriamente selecionada de instituições públicas de saúde mental no Brasil. Dados sociodemográficos, comportamentais e clínicos foram obtidos por entrevista face-a-face e sangue foi coletado para exames sorológicos. Foi utilizada regressão logística para análise estatística. RESULTADOS: A prevalência da prática do sexo desprotegido ao longo da vida foi de 80,3%. Pacientes casados/em união, mais velhos e do sexo feminino, aqueles com múltiplos parceiros e morando somente com filhos ou com parceiros e aqueles com condições psiquiátricas menos graves praticaram o sexo desprotegido mais frequentemente. DISCUSSÃO: A avaliação de comportamentos de risco é um instrumento crítico para que profissionais de saúde sejam capazes de determinar as necessidades de cuidados relacionados ao HIV para seus pacientes garantindo o acesso ao tratamento e prevenção. Intervenções que abordam situações de risco na vida dos pacientes psiquiátricos - institucional ou individual - e que contribuam para sua capacidade de tomar decisões informadas sobre sua saúde sexual são urgentemente necessárias.

  9. Religião, sexualidade e família: o caso em que um dos parceiros é soropositivo para o HIV

    Carolina Teles Lemos

    2014-06-01

    Full Text Available Analisa-se a relação entre religião, sexualidade e família de pessoas soropositivas para o HIV. O objetivo foi verificar a repercussão da constatação de que um dos (ou ambos cônjuges é portador do HIV, nas representações e na configuração de suas famílias, tendo por base um possível ideário religioso subjacente às identidades de gênero masculina e feminina, bem como das formas de exercício da sexualidade que tal identidade de gênero comporta. Realizou-se uma pesquisa qualitativa. Os participantes foram mulheres e homens que vivem ou viveram maritalmente, podendo essa relação se dar ou ter se dado entre pessoas do sexo oposto ou pessoas do mesmo sexo, selecionados em uma instituição de apoio a soropositivos e a seus familiares. Todos os participantes soropositivos da referida instituição foram convidados a responder um questionário composto por nove perguntas abertas relacionadas à temática em foco. A análise dos dados permitiu a percepção de que embora haja uma forte incidência do ideário religioso sobre família e sexualidade para aquela população, o foco principal desse ideário não está nas representações das configurações de família, e sim enquanto elemento desencadeador de preconceito em relação ao soropositivo tanto no espaço familiar quanto para além dele.

  10. Mulheres HIV positivas, reprodução e sexualidade Reproduction and sexuality in HIV-positive women, Brazil

    Naila JS Santos

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar questões relativas à sexualidade e à saúde reprodutiva de mulheres HIV-positivas, seu acesso às práticas de prevenção, sua aderência a tratamentos e a possibilidade de fazerem opções conscientes quanto à gravidez. MÉTODOS: Estudo exploratório realizado, em 1997, em um ambulatório de um centro de referência na área de doenças sexualmente transmissíveis e Aids localizado na cidade de São Paulo, Brasil. Foi estudada uma amostra consecutiva, não-probabilística, constituída de 148 mulheres HIV-positivas. Foram excluídas as menores de 18 anos e as fisicamente debilitadas. Os dados foram colhidos por meio de entrevistas estruturadas. Foram aplicados os testes de chi² e t-Student. RESULTADOS: A média de idade das mulheres pesquisadas foi de 32 anos, sendo que 92 (62,2% tinham até o primeiro grau de escolaridade, e 12,2% chegaram a cursar uma faculdade. A mediana do número de parceiros na vida foi quatro, e metade das entrevistadas manteve vida sexual ativa após infecção pelo HIV. Do total das mulheres, 76% tinham filhos, e 21% ainda pensavam em tê-los. Um maior número de filhos, maior número de filhos vivos e de filhos que moravam com as mães foram os fatores mais indicados como interferência negativa na intenção de ter filhos. Não foi encontrada associação entre pensar em ter filhos com as variáveis como percepção de risco, situação sorológica do parceiro, uso de contraceptivos e outras. Os métodos contraceptivos mudaram, sensivelmente, na vigência da infecção pelo HIV. CONCLUSÕES: A intenção de ter filhos não se alterou substancialmente nas mulheres em conseqüência da infecção pelo HIV. Mulheres HIV-positivas precisam ter seus direitos reprodutivos e sexuais discutidos e respeitados em todos os serviços de atenção à saúde. A adesão ao medicamento e ao sexo seguro são importantes, mas difíceis, requerendo aconselhamento e apoio. São necessários serviços que promovam

  11. Logic models from an evaluability assessment of pharmaceutical services for people living with HIV/AIDS Modelos lógicos provenientes de estudo de avaliabilidade da assistência farmacêutica para pessoas vivendo com HIV/Aids

    Angela Esher

    2011-12-01

    Full Text Available Brazil was the first developing country to provide people living with HIV/AIDS (PLWA with comprehensive, universal, free access to antiretroviral medicines (ARV. Pharmaceutical services are considered a strategic action that has the goal of providing access to rational use of quality medicines while also promoting user satisfaction. User satisfaction is a complex concept, and evaluation models for pharmaceutical services for PLWA were not found in the literature. Therefore, an evaluation approach to help assess this issue had to be developed. This article seeks to describe a theoretical evaluation model of user satisfaction with the dispensing of ARV, developed as part of an Evaluability Assessment (EA. It presents a brief review of the EA and user satisfaction and describes the development of models created during the EA. The lessons learned in the process are presented as a conclusion.O Brasil foi o primeiro país em desenvolvimento a fornecer medicamentos antiretrovirais (ARV de forma integral, universal e gratuita às pessoas vivendo com HIV/Aids (PVHA. A Assistência Farmacêutica é considerada uma ação estratégica e busca prover acesso a medicamentos de qualidade, com uso racional, promovendo a satisfação dos usuários. Satisfação do usuá-rio é um conceito complexo e modelos para avaliarem serviços farmacêuticos para PVHA não são encontrados na literatura. Este artigo objetiva descrever o desenvolvimento de três modelos criados em um Estudo de Avaliabilidade (EA. É apresentada uma breve revisão dos conceitos de EA e de Satisfação do Usuário. As lições apreendidas no processo são apresentadas como conclusão.

  12. Validação de um vídeo educativo para promoção do apego entre mãe soropositiva para HIV e seu filho

    Régia Moura Barbosa

    2011-04-01

    Full Text Available O objetivo da pesquisa foi construir um vídeo educativo para promoção do apego entre mãe HIV positiva e seu filho. Tratou-se de um ensaio clínico randomizado. As fases do estudo foram constituídas por desenvolvimento de um roteiro, avaliação, gravação e edição do vídeo, coleta de dados, filmagem do binômio e validação. O roteiro foi avaliado por especialistas técnicos e de conteúdo. Participaram 24 gestantes HIV positivas atendidas no período (Grupo Controle=12 e Grupo Experimental=12. O vídeo foi validado com um protocolo de observação da interação mãe-bebê. As mães do grupo intervenção obtiveram resultados mais favoráveis do que o controle, mostrando a eficácia do vídeo.

  13. Crianças órfãs e vulneráveis pelo HIV no Brasil: onde estamos e para onde vamos? Orphans and vulnerable children affected by HIV/AIDS in Brazil: where do we stand and where are we heading?

    Ivan França-Junior

    2006-04-01

    Full Text Available O objetivo do artigo foi identificar a magnitude e a situação de alguns direitos humanos, conforme expressos na United Nations General Assembly Special Session on HIV/AIDS, de crianças e adolescentes portadores de HIV/Aids, afetados não-órfãos e órfãos por Aids, com base em pesquisa sobre o tema na literatura científica nacional e internacional. Os principais achados não permitiram indicar com segurança quantos seriam as crianças e os adolescentes portadores do HIV e afetados não-órfãos. Há informações sobre o número de portadores de Aids e de órfãos. Estas estimativas, sejam elas oriundas do sistema de vigilância, modelos matemáticos ou inquéritos, são discutidas em suas limitações e possibilidades. Apesar da literatura ainda ser relativamente pequena, há indícios de comprometimento de vários direitos como saúde, educação, moradia, alimentação, não discriminação, integridade física e mental. Verificou-se que o Brasil ainda precisa avançar para responder às necessidades adicionais dos órfãos e outras crianças vulneráveis. A resposta brasileira, até o momento, é limitada à assistência médica para crianças e adolescentes portadores do HIV/Aids, ao combate à transmissão vertical do HIV e ao financiamento da instalação e manutenção de casas de apoio (abrigos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente para infectados afetados, órfãos ou não. Essas medidas são insuficientes para garantir um ambiente de apoio para órfãos, crianças e adolescentes infectados ou afetados pelo HIV/Aids. Propõem-se formas do Brasil criar e aprimorar bases de dados para responder a esses desafios.This study aimed at identifying human rights' status and situation, as expressed in the United Nations General Assembly Special Session on HIV/AIDS, of children and adolescents living with HIV/AIDS, non-orphans and orphans affected by AIDS, based on local and international literature review. The main study findings did

  14. Prevalência da infecção por HIV em parturientes de maternidades vinculadas ao SUS Prevalence of infection with in unified health care system maternities

    Lígia Mara Dolce de Lemos

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a prevalência do HIV nas parturientes de maternidades vinculadas ao SUS, pela utilização do teste rápido. MÉTODOS: estudo transversal realizado em maternidades conveniadas ao SUS no Estado de Sergipe, após treinamento realizado com os profissionais de saúde dessas maternidades. As parturientes foram submetidas ao teste rápido imunocromatográfico para HIV, independente de já o terem realizado no pré-natal, após aconselhamento e assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido. O teste utilizado foi DetermineTM - Abbott Laboratórios do Brasil. Utilizou-se o esquema de profilaxia da transmissão vertical para todos os casos, segundo o protocolo recomendado pelo Ministério da Saúde. Foi criado banco de dados no Epi-Info 2002 e calculada a prevalência em relação a todos os testes realizados no período de janeiro de 2003 a março de 2004, por meio de análise estatística descritiva. RESULTADO: após realização de 9.215 testes rápidos, foram detectadas 39 (0,42% soropositivas para HIV, das quais 23 (59% não conheciam a sua soropositividade. Duas gestantes que já eram sabidamente HIV positivas não relataram aos profissionais sua condição no momento da admissão. O número de parturientes que referiram ter freqüentado o serviço de pré-natal foi alto (89%, mas somente 32,5% destas foram submetidas ao teste para HIV na gestação. CONCLUSÃO: a prevalência detectada (0,42% neste estudo é semelhante à nacional. É alta a prevalência de parturientes que desconhecem sua soropositividade para HIV, o que indica inadequado funcionamento de cuidados pré-natais dispensados. Na situação atual é necessária a triagem no momento do parto, para garantia de intervenções adequadas neste momento crucial da transmissão do HIV.PURPOSE: to evaluate the prevalence of HIV infection in parturient women from maternity hospitals linked to the Public Health Service in Sergipe state (Brazil using the rapid test

  15. Associação dos biomarcadores com aterosclerose e risco para doença coronariana em portadores de HIV

    Maria da Conceição Brandão de Arruda Falcão

    2012-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O uso maciço da Terapia Antirretroviral (TARV na população com vírus da imunodeficiência adquirida (HIV coincidiu com um aumento das doenças cardiovasculares, causa importante de morbimortalidade nesse grupo. OBJETIVO: Determinar a frequência de aterosclerose carotídea e avaliar a associação entre os níveis dos biomarcadores e o espessamento da camada médio-intimal carotídea em indivíduos HIV positivos, atendidos em serviços de referência para HIV em Pernambuco. MÉTODOS: Corte transversal com 122 pacientes HIV positivos. Considerou-se aterosclerose carotídea subclínica o aumento da espessura da camada média intimal da carótida comum > 0,8 milímetros ou placas no ultrassom de carótidas. Os biomarcadores inflamatórios analisados foram IL6, IL1-β, TNF-α, PCR-ultrassensível, sVCAM-1 e sICAM-1. RESULTADOS: Dos 122 pacientes analisados, a maioria era de homens (60,7%, com > 40 anos (57,4%, em uso de TARV (81,1%. A prevalência de aterosclerose foi de 42,6% (52 casos. Pacientes com idade acima de 40 anos e Framingham intermediário ou alto apresentaram maior chance de desenvolver aterosclerose na análise univariada. Idade acima de 40 anos (OR = 6,57 IC 2,66 -16,2; p = 0,000, sexo masculino (OR = 2,76 IC 1,12-6,79; p = 0,027 e a condição de síndrome metabólica (OR = 2,27 IC 0,94-5,50; p = 0,070 mostraram-se associados à aterosclerose na análise multivariada. Níveis elevados de citocinas inflamatórias e moléculas de adesão não mostraram associação com a presença de aterosclerose. CONCLUSÃO: Não houve associação entre os biomarcadores inflamatórios, moléculas de adesão e presença de aterosclerose carotídea. Entretanto, evidenciou-se em homens, pessoas com mais de 40 anos, portadores de escore de Framingham intermediário/alto ou síndrome metabólica maior chance de aterosclerose subclínica.

  16. Entre tramas e dramas: os significados do tratamento para mulheres de camadas populares vivendo com HIV/Aids Between storylines and dramas: the meanings of HIV/Aids treatment for lower class women

    Claudia Carneiro da Cunha

    2010-01-01

    Full Text Available O artigo aborda os significados do tratamento para o HIV/Aids. O referencial metodológico é a pesquisa qualitativa, e o campo de estudo, o serviço de um hospital de referência da Baixada Fluminense. O grupo estudado era composto por dez mulheres vivendo com HIV/ Aids, em terapia antirretroviral (ARV. Os significados do tratamento estão relacionados: 1 ao impacto do diagnóstico; 2 ao momento do tratamento considerando as diferentes fases de convívio com a doença; 3 ao espaço (público e privado onde se vivem preferencialmente a doença e o tratamento; 4 ao fato de se compartilhar ou não a doença e o tratamento com o parceiro; 5 à busca de outras racionalidades (religião e remédios alternativos como contraponto às prescrições médicas; 6 ao estabelecimento ou não de um vínculo afetivo com o médico. Há uma inter-relação estreita entre cuidar-se e cuidar dos filhos, tributária do tratamento ARV. O autocuidado é, antes de tudo, afirmação da vida, o que dá a medida da saúde. Não "ceder ao lugar de doente" significa não se entregar à depressão. A doença materializa-se no corpo com o uso da medicação, mas é possível, apesar das dificuldades, conciliar a rotina com o tratamento ARV. Destaca-se a importância fundamental da variável tempo para a criação de estratégias que possibilitem a inserção da doença e do tratamento no cotidiano.This paper discusses the psychosocial meanings of HIV/Aids treatment, using qualitative methods to assess daily operations of a reference hospital, located in Baixada Fluminense, Rio de Janeiro's outskirts. In-depth interviews were carried out with 10 women living with HIV/Aids, under antiretroviral (ARV therapy. The meaning of treatment is related to: the impact of the diagnosis; the treatment moment, concerning different phases of living with the disease; the public and private spaces where a woman preferable lives with the disease and does her treatment; sharing or not

  17. Áreas de vulnerabilidade para co-infecção HIV-aids/TB em Ribeirão Preto, SP Áreas de vulnerabilidad para coinfección VIH-sida/TB en Ribeirao Preto, Sureste de Brasil Areas of vulnerability to HIV/TB co-infection in Southeastern Brazil

    Maria Eugênia Firmino Brunello

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar áreas de vulnerabilidade para os casos novos de co-infecção HIV/tuberculose (TB. MÉTODOS: Estudo descritivo ecológico realizado por meio do georreferenciamento dos casos novos de HIV/TB notificados em Ribeirão Preto, SP, em 2006. Os dados foram obtidos do sistema de informação estadual paulista de notificação de TB. Os casos novos de co-infecção HIV/TB foram analisados conforme características sociodemográficas e clínicas e, posteriormente, georreferenciados na base cartográfica do município segundo endereço residencial. Os setores do município foram categorizados em três níveis socioeconômicos: inferior, intermediário e superior, com base na análise de componentes principais das variáveis do censo demográfico de 2000 (renda, instrução e percentagem de domicílios com cinco ou mais moradores. Foi calculada a incidência da co-infecção HIV/TB para cada nível socioeconômico. RESULTADOS: A co-infecção HIV/TB acometeu mais adultos do sexo masculino em idade economicamente ativa e a forma pulmonar da TB foi a mais comum. A distribuição espacial mostrou que as incidências nas áreas com níveis socioeconômicos intermediários e inferiores (8,3 e 11,5 casos por 100 mil habitantes, respectivamente foram superiores àquela (4,8 casos por 100 mil habitantes de nível socioeconômico superior. CONCLUSÕES: A taxa de incidência de co-infecção HIV/TB analisada por níveis socioeconômicos mostrou padraÞo espacial de distribuiçaÞo não homogêneo e apresentou valores mais altos em áreas de maior vulnerabilidade social. O estudo diagnosticou aìreas geograìficas prioritaìrias para o controle da co-infecção e a tecnologia do sistema de informação geográfica pode ser empregada no planejamento das ações em saúde pelos gestores municipais.OBJETIVO: Identificar áreas de vulnerabilidad para los casos nuevos de coinfección VIH/tuberculosis (TB. MÉTODOS: Estudio descriptivo ecol

  18. O desenvolvimento da literacia na criança surda: uma abordagem centrada na família para uma intervenção precoce

    Almeida, Maria José

    2009-01-01

    Os pais de uma criança surda devem estar conscientes da importância de oferecer ao seu filho ou filha surdos um ambiente favorável que lhes garanta um total desenvolvimento cognitivo, linguístico, social e emocional. Os pais devem ter um bom acesso a informação e aconselhamento que os prepare para o desafio que constitui educar uma criança surda. A comunicação é essencial para qualquer ser humano e a base do desenvolvimento linguístico e cognitivo. Usar a língua gestual à volta da criança sur...

  19. Associação dos biomarcadores com aterosclerose e risco para doença coronariana em portadores de HIV Association of biomarkers with atherosclerosis and risk for coronary artery disease in patients with HIV

    Maria da Conceição Brandão de Arruda Falcão

    2012-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O uso maciço da Terapia Antirretroviral (TARV na população com vírus da imunodeficiência adquirida (HIV coincidiu com um aumento das doenças cardiovasculares, causa importante de morbimortalidade nesse grupo. OBJETIVO: Determinar a frequência de aterosclerose carotídea e avaliar a associação entre os níveis dos biomarcadores e o espessamento da camada médio-intimal carotídea em indivíduos HIV positivos, atendidos em serviços de referência para HIV em Pernambuco. MÉTODOS: Corte transversal com 122 pacientes HIV positivos. Considerou-se aterosclerose carotídea subclínica o aumento da espessura da camada média intimal da carótida comum > 0,8 milímetros ou placas no ultrassom de carótidas. Os biomarcadores inflamatórios analisados foram IL6, IL1-β, TNF-α, PCR-ultrassensível, sVCAM-1 e sICAM-1. RESULTADOS: Dos 122 pacientes analisados, a maioria era de homens (60,7%, com > 40 anos (57,4%, em uso de TARV (81,1%. A prevalência de aterosclerose foi de 42,6% (52 casos. Pacientes com idade acima de 40 anos e Framingham intermediário ou alto apresentaram maior chance de desenvolver aterosclerose na análise univariada. Idade acima de 40 anos (OR = 6,57 IC 2,66 -16,2; p = 0,000, sexo masculino (OR = 2,76 IC 1,12-6,79; p = 0,027 e a condição de síndrome metabólica (OR = 2,27 IC 0,94-5,50; p = 0,070 mostraram-se associados à aterosclerose na análise multivariada. Níveis elevados de citocinas inflamatórias e moléculas de adesão não mostraram associação com a presença de aterosclerose. CONCLUSÃO: Não houve associação entre os biomarcadores inflamatórios, moléculas de adesão e presença de aterosclerose carotídea. Entretanto, evidenciou-se em homens, pessoas com mais de 40 anos, portadores de escore de Framingham intermediário/alto ou síndrome metabólica maior chance de aterosclerose subclínica.BACKGROUND: The massive use of Highly-Active Antiretroviral Therapy (HAART in individuals with human

  20. Aceptabilidad del diagnóstico rápido casero para HIV entre hombres gay y otros hombres que tienen sexo con hombres (G&HSH) de la Ciudad de Buenos Aires.

    Balán, Iván C; Carballo-Diéguez, Alex; Marone, Rubén O; Pando, María A; Barreda, Victoria; Avila, María M

    2011-03-01

    El uso del diagnóstico rápido para HIV en Argentina, así como otros países de Latinoamérica, ha sido limitado hasta el momento. Este trabajo reporta los resultados provenientes de un estudio cualitativo realizado entre hombres gays y otros hombres que tienen sexo con hombres (G&HSH) de la Ciudad de Buenos Aires, Argentina. El objetivo principal del mismo fue conocer las ventajas y desventajas que los hombres G&HSH perciben en relación al diagnóstico rápido casero para HIV. Se realizaron ocho grupos focales con 73 participantes en los cuales se discutió acerca de las ventajas y desventajas del uso de los diagnósticos rápidos. Las respuestas fueron codificadas utilizando un programa para análisis de datos cualitativos (NVivo) y analizadas temáticamente. Los participantes describieron numerosas ventajas sobre el uso del diagnóstico rápido casero, aunque algunos reportaron importantes preocupaciones dentro de las cuales se destaca la posibilidad de impulsos suicidas si alguien recibe un resultado positivo estando solo. En términos generales se observó una gran aceptabilidad para el uso del diagnóstico rápido si el mismo es realizado por personal de salud en lugares acondicionados para este fin. PMID:25284951

  1. Envelhecer com Aids: Representações, Crenças e Atitudes de Idosos Soropositivos para o HIV

    Ana Alayde Werba Saldanha

    2009-01-01

    Full Text Available With the objective to identify to the emergent representations face to the infection for the HIV in aged people, exploring questions of confrontation and social support, they had participated of this study 21 aged seropositivos with age between 50 and 72 years, of both the sexs, chosen of not-probabilist, intentional and accidental form, in the clinic of a Hospital of Reference in AIDS, the city of João Pessoa/BR. For the collection of the data the Free Technique of Association of Words was used, processed for Tri-Deux- Mots software through the factorial analysis of correspondence; and, e, Interviews Opened, analyzed for Thematic Categories. Five thematic categories had emerged: Diagnosis, Living with AIDS, Confrontation, Treatment and Perspectives. The results point differences in the representations from the education degree and time of diagnosis.

  2. HIV Transmission

    ... Abroad Treatment Basic Statistics Get Tested Find an HIV testing site near you. Enter ZIP code or city Follow HIV/AIDS CDC HIV CDC HIV/AIDS See RSS | ... on HIV Syndicated Content Website Feedback HIV/AIDS HIV Transmission Language: English Español (Spanish) Recommend on Facebook ...

  3. Comparison of bioelectrical impedance with skinfold thickness and X-ray absorptiometry to measure body composition in HIV-infected with lipodistrophy Comparación de impendancia bioeléctrica con grosor de pliegues cutáneos y absorciometría de rayos X para mensurar la composición corporal de personas con VIH con lipodistrofia

    H. Siqueira Vassimon

    2011-06-01

    Full Text Available Introduction: Human immunodeficiency vírus (HIV-associated lipodystrophy syndrome (LS includes body composition and metabolic alterations. Lack of validated criteria and tools make difficult to evaluate body composition in this group. Objective: The aim of the study was to compare different methods to evaluate body composition between Brazilians HIV subjects with (HIV+LIPO+ or without LS (HIV+LIPO- and healthy subjects (Control. Methods: in a cross-sectional analyses, body composition was measured by bioelectrical impedance analysis (BIA, skinfold thickness (SF and dual-energy x-ray absorptiometry (DXA in 10 subjects from HIV+LIPO+ group; 22 subjects from HIV+LIPO- group and 12 from Control group. Results: There were no differences in age and body mass index (BMI between groups. The fat mass (FM (% estimated by SF did not correlate with DXA in HIV+LIPO+ group (r = 0,46/ p > 0,05 and had fair agreement in both HIV groups (HIV+LIPO+ =0,35/ HIV+ LIPO- = 0,40. BIA had significant correlation in all groups (p Introducción: El síndrome de lipodistrofia (SL asociado al virus de inmunodeficiencia humana (HIV incluye alteraciones en la composición corporal y metabólica. La falta de herramientas adecuadas y criterios válidos dificultan la evaluación de la composición corporal en este grupo. Objetivo: El objetivo del estudio fue comparar distintos métodos para evaluar la composición corporal entre individuos brasileños con HIV que teniam (HIV+LIPO+ o no LS (HIV+LIPO- e individuos sanos (control. Métodos: Estudio transversal en el que fue evaluada la composición corporal por análisis de impedancia bioeléctrica (BIA, pliegues cutáneos (SF y absorciometría de rayos X de doble energía (DXA en un grupo de 10 individuos con HIV+LIPO+, 22 individuos del grupo HIV+ LIPO- y 12 individuos del grupo control. Resultados: No hubo diferencias en la edad e índice de masa corporal (IMC entre grupos. La masa grasa (MG (% estimada por SF no se correlacion

  4. Consumo dietético de gestantes e ganho ponderal materno após aconselhamento nutricional Dietary intake of pregnant women and maternal weight gain after nutritional counseling

    Eliener de Souza Fazio

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: conhecer o consumo dietético de gestantes avaliando a ingestão de macronutrientes e micronutrientes, e verificar o ganho ponderal materno na gravidez. MÉTODOS: estudo retrospectivo do período de junho de 2002 a junho de 2008 com gestantes que receberam orientação nutricional durante pré-natal em hospital universitário, agrupadas de acordo com o estado nutricional antropométrico classificado pelo índice de massa corpórea (IMC pré-gestacional. O consumo dietético foi analisado pelas informações de entrevista de frequência alimentar realizada na primeira avaliação da gestante no serviço de nutrição, para obter os dados do hábito alimentar, calculando-se a ingestão de macronutrientes e micronutrientes. As gestantes receberam aconselhamento nutricional, e foi analisado o ganho ponderal materno na gravidez. RESULTADOS: do total de 187 gestantes que receberam orientação nutricional, 23 (12,2% eram de baixo peso, 84 (45,0%, eutróficas, 37 (19,8% com sobrepeso, e 43 (23,0%, obesas. As gestantes de baixo peso apresentaram menor consumo de lípides quando comparadas ao grupo com eutrofia (101,4 versus 137,3 g; p=0,043. A média do consumo de ferro foi maior nas gestantes eutróficas (14,6 mg/d quando comparadas às com sobrepeso (12,2 mg/d ou obesidade (10,9 mg/d; pPURPOSE: to determine the dietary consumption of pregnant women, by assessing the intake of macronutrients and micronutrients, and to verify the maternal weight gain during pregnancy. METHODS: a retrospective study conducted from June 2002 to June 2008 with pregnant women who received nutritional counseling during prenatal care at a university hospital, grouped according to anthropometric nutritional status classified by pregestational body mass index (BMI. The dietary intake was analyzed according to the information obtained in food frequency interviews, performed at the first evaluation of pregnant women in the service of nutrition to obtain data about

  5. Teoria crítica e aconselhamento : para uma intervenção multicultural com os estudantes da cooperação na Universidade de Coimbra

    Ferro, Maria Jorge Santos Almeida Rama

    2010-01-01

    Portugal has a long history of cooperation with the Portuguese-speaking countries in several fields. In the late seventies, Portugal established a number of governmental agreements with those countries in order to promote their development. The University of Coimbra also has a long history of students’ mobility and it has been home of many students from Portuguese speaking countries in the last decades. Cooperation agreements between Portugal and these countries (the majority of them signed i...

  6. Homossexualidade e saúde: desafios para a terceira década de epidemia de HIV/AIDS

    Veriano Terto Jr.

    2002-06-01

    Full Text Available Neste artigo aponto alguns desafios que a epidemia de AIDS vem apresentando àqueles envolvidos com a promoção da saúde de homens com práticas homossexuais. Apesar de os homossexuais destacarem-se no empenho para enfrentar a epidemia, com uma mobilização que gerou ONGs, manuais sobre sexo seguro e promoção dos direitos humanos, continuam sofrendo com a associação AIDS-homossexualidade. Divido os desafios a serem enfrentados em três campos: epidemiologia, prevenção e assistência. Saliento a importância da interdisciplinaridade dos diferentes saberes, da solidariedade entre pesquisadores e ativistas e da integralidade das ações de prevenção e assistência. As lições aprendidas indicam que as relações entre homossexualidade e saúde devem se definir a partir da solidariedade e da promoção da felicidade.In this paper I discuss some challenges posed by the AIDS epidemic to those involved in the promotion of health among men with homosexual practices. Although homosexuals are at the forefront of the struggle against the epidemic, with a mobilization that has generated the creation of NGOs, safe sex manuals and the promotion of human rights, they are still suffering with the association AIDS-homosexuality. I divide the challenges into three fields: epidemiology, prevention and care. I highlight the importance of interdisciplinarity among the different fields of knowledge, solidarity among researchers and activists and the integration of prevention and care actions. The lessons learned indicate that solidarity and the promotion of happiness should be the basis upon which the relations between homosexuality and health should be determined.

  7. Diferenças entre fatores de risco para infecção pelo HIV em usuários de drogas injetáveis do Rio de Janeiro e Porto Alegre Risks differences of HIV infection between injection drug users in Rio de Janeiro and Porto Alegre

    Raquel De Boni

    2005-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: No Brasil, aproximadamente 19 mil pessoas adquiriram o vírus HIV por meio do uso de drogas injetáveis desde o início da epidemia, com a soroprevalência em amostras destes usuários variando entre 25% e 65%. O objetivo deste estudo é comparar os comportamentos de risco para infecção por HIV entre amostras de usuários de cocaína injetável do Rio de Janeiro e de Porto Alegre. MÉTODOS: Comparação entre dados de estudos transversais conduzidos em Porto Alegre e no Rio de Janeiro. Um grupo de 250 indivíduos que haviam utilizado cocaína injetável nos seis meses prévios à coleta respondeu ao RBA (Risk Behaviour Assessement e realizou testagem anti-HIV em ambos os centros. RESULTADOS: Não houve diferença estatisticamente significativa entre os dados demográficos, exceto entre as médias de idade (31 anos no Rio de Janeiro e 28 anos em Porto Alegre. Em Porto Alegre, houve maior uso de cocaína injetável e maior número de comportamentos de risco relacionados a este uso. No Rio de Janeiro, houve mais comportamentos sexuais de risco e uso mais freqüente de cocaína aspirada e álcool. DISCUSSÃO: Os usuários de cocaína injetável das duas regiões estudadas apresentavam freqüências diferentes nos comportamentos de risco para HIV, e estes comportamentos parecem estar relacionados com o tipo, a via e a freqüência das drogas utilizadas. Os dados foram coletados entre 1994 e 1997, quando o uso de crack era menor nestas cidades, o que pode ter alterado o padrão atual de comportamentos de risco para HIV em usuários de cocaína.INTRODUCTION: In Brazil, about 19.000 of HIV cases have been attributed to injection drug use, with the seroprevalence among such samples ranging from 25% to 65%. The aim of this study is to compare drug using and HIV risk behaviors among injection cocaine users in Rio de Janeiro and Porto Alegre. METHODS: Comparative analysis of cross-sectional data from two studies conducted in Porto Alegre and

  8. O discurso do risco e o aconselhamento genético pré-natal Risk discourse and prenatal genetic counseling

    Marilena C. D. V. Corrêa

    2006-10-01

    Full Text Available A medicalização é um fenômeno social difuso nas sociedades ocidentais que se expressa segundo um diferencial de gênero. A gravidez é um momento fortemente medicalizado, no qual as mulheres se vêem cercadas de uma rede de vigilância de seu corpo, sendo responsabilizadas não só pela própria saúde, mas também pela produção de um feto saudável. O controle dos riscos no pré-natal é proposto, entretanto, em um contexto no qual as possibilidades diagnósticas são amplamente majoritárias comparativamente às possibilidades terapêuticas. Essa defasagem é agravada pelo fato de, no Brasil, o abortamento ser ilegal. Este artigo é fruto de pesquisa empírica realizada em um ambulatório público de genética pré-natal, que constou de: observação das práticas de atendimento, revisão de prontuários e realização de entrevistas com profissionais de saúde. Discutem-se o contexto fortemente medicalizado do aconselhamento genético no Brasil e a percepção dos médicos sobre suas práticas neste contexto. É discutido também o possível impacto sobre a tomada de decisão das mulheres atendidas em relação a riscos, técnicas, exames e seus desdobramentos.Medicalization is a highly visible and widespread social phenomenon in Western societies which is expressed differently according to gender. Pregnancy is heavily medicalized, and a surveillance network surrounds pregnant women, holding them accountable for both their own health and the production of a healthy fetus. Prenatal risk control is proposed in a context where diagnostic and therapeutic possibilities overlap. This problem is aggravated by the fact that abortion is illegal in Brazil. The current article is the result of research in a genetic counseling unit that consisted of: observation of consultations, review of patient files, and interviews with health professionals. The highly medicalized context of genetic counseling is discussed, as well as physicians' perception of

  9. HIV prevalence and risk factors in a Brazilian penitentiary Prevalência e fatores de risco para a infecção pelo HIV em penitenciária brasileira

    Harnoldo Colares Coelho; Gleici Castro Perdoná; Fátima Regina Neves; Afonso Dinis Costa Passos

    2007-01-01

    HIV infection among prison inmates shows one of the highest prevalence rates for specific population subgroups, reaching as high as 17% in Brazil and elsewhere in the world. The present study aimed to estimate HIV antibody prevalence and risk factors for infection in male inmates at the Ribeirão Preto Penitentiary, São Paulo State, Brazil, from May to August 2003. Using simple random sampling, 333 participants were selected, answered a standardized questionnaire, and had blood samples collect...

  10. HIV Symptoms

    ... Submit Home > HIV/AIDS > What is HIV/AIDS? HIV/AIDS This information in Spanish ( en español ) HIV symptoms Photo courtesy of AIDS.gov More information ... and brain Return to top More information on HIV symptoms Explore other publications and websites Basic Information ...

  11. HIV Testing

    ... Abroad Treatment Basic Statistics Get Tested Find an HIV testing site near you. Enter ZIP code or city Follow HIV/AIDS CDC HIV CDC HIV/AIDS See RSS | ... All Collapse All Should I get tested for HIV? CDC recommends that everyone between the ages of ...

  12. Estratégias farmacológicas para a terapia anti-AIDS Pharmacological strategies for anti-HIV therapy

    Emerson Poley Peçanha

    2002-12-01

    Full Text Available The replicative cycle of HIV presents several events. The proteins involved in these events can be anticipated as pharmacological targets, aiming to the development of anti viral agents. Presently, there are fifteen commercially available anti-HIV drugs, which act at substrate binding site of reverse transcriptase (zidovudine, didanosine, zalcitabine, stavudine, lamivudine and abacavir, at a non-substrate binding site of reverse transcriptase (nevirapine, delavirdine and efavirenz, or by inhibiting HIV protease activity (saquinavir, ritonavir, indinavir, nelfinavir, amprenavir and lopinavir. The present review focus both on these established classes of drugs and on new classes of compounds acting on other virus specific steps.

  13. La vivencia del rechazo en homosexuales universitarios de la Ciudad de México y situaciones de riesgo para VIH/sida The experience of rejection in homosexual university students from Mexico City and risk situations for HIV/AIDS.

    José Arturo Granados-Cosme

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Describir la relación que establece un grupo de varones homosexuales entre la percepción del rechazo social a su homosexualidad, sus prácticas sexuales y el riesgo de VIH/sida. MATERIAL Y MÉTODOS: Se aplicaron entrevistas a profundidad a homosexuales de una universidad de la Ciudad de México reclutados mediante la técnica de "bola de nieve". Las entrevistas se grabaron y procesaron en el programa Atlas.ti y el análisis del discurso se realizó con el método denominado "teoría fundamentada". RESULTADOS: La experiencia de la homofobia que manifestaron los entrevistados generó sufrimiento psíquico, incluidos tristeza, miedo y conducta suicida, asociado con situaciones de riesgo para VIH/sida: escasa comunicación, baja negociación para usar el condón y prácticas de riesgo como la penetración anal. CONCLUSIONES: La homofobia, traducida en discriminación, incrementa la vulnerabilidad a la transmisión sexual del VIH.OBJETIVES: To describe the relationship established by a male homosexual group between the perception of social rejection towards their homosexuality, sexual practices and risk of HIV/AIDS. MATERIAL AND METHODS: In-depth interviews were administered to homosexual men at a Mexico City university by means of a snowball technique. The interviews were recorded and processed with Atlas.ti software and the analysis of the discourse was made using the Grounded Theory method. RESULTS: The experience of homophobia as expressed by the interviewees resulted in psychological suffering, including sadness, fear, loneliness and suicidal behavior associated with risk situations for HIV/AIDS. CONCLUSIONS: Homophobia, translated into discrimination, contributes to an increased vulnerability to the sexual transmission of HIV.

  14. Prevalência de sorologia positiva para HIV, hepatite B, toxoplasmose e rubéola em gestantes do noroeste paranaense Prevalence of positive sorology for HIV, hepatitis B, toxoplasmosis and rubella in pregnant women from the northwestern region of the state of Paraná

    Rafael Isolani Ferezin

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a soroprevalência do vírus da imunodeficiência humana (HIV, hepatite B (VHB, toxoplasmose e rubéola em gestantes do noroeste paranaense. MÉTODOS: Foi realizado um estudo retrospectivo a partir dos resultados de exames sorológicos de triagem no pré-natal de 1.534 pacientes atendidas durante o primeiro semestre de 2010. Foram incluídos somente resultados do primeiro exame de pré-natal e aqueles com pesquisa simultânea de IgG e IgM para toxoplasmose e rubéola. A sorologia foi realizada por enzimaimunoensaio em micropartículas (MEIA. Para análise estatística foi empregado o teste do χ², com nível de significância de 5%. RESULTADOS: A positividade para o HIV foi de 0,3%, a sorologia para VHB pelo marcador HBsAg foi positiva em 0,5% das gestantes, enquanto a reatividade para anticorpos IgM anti-Toxoplasma gondii foi de 1,1% e para IgG de 59%. Em relação à rubéola nenhuma sorologia mostrou positividade para IgM, e para IgG a reatividade foi de 99,6%. A análise dos resultados mostrou que não há associação entre as soroprevalências estudadas e a idade das pacientes, exceto quanto à frequência de IgG anti-T. gondii, que foi mais elevada na faixa etária entre 30 e 44 anos. CONCLUSÃO: A soroprevalência dessas doenças infecciosas em gestantes do noroeste do Paraná é compatível com outras regiões do Brasil.PURPOSE: To ascertain the seroprevalence of human immunodeficiency virus (HIV, hepatitis B (HBV, toxoplasmosis and rubella infections in pregnant women in northwestern Paraná. METHODS: We conducted a retrospective study based on the results of serological screening during prenatal care of 1,534 patients during the first half of 2010. We included only results from the first prenatal exam and with a simultaneous search for IgG and IgM antibodies to rubella and toxoplasmosis. Serology was performed by microparticle enzyme immunoassay (MEIA. Data were analyzed statistically by the χ² test, with the

  15. Implementação do diagnóstico da infecção pelo HIV para gestantes em Unidade Básica de Saúde da Família em Fortaleza, Ceará HIV-testing for pregnant women in a Family Health Unit in Fortaleza, Ceará

    Maria Alix Leite Araújo

    2008-12-01

    Full Text Available A garantia do diagnóstico da infecção pelo HIV em gestantes representa a primeira etapa de prevenção da transmissão vertical. Falhas na cobertura desse diagnóstico impossibilitam a adoção precoce das medidas profiláticas. Esse estudo objetivou analisar a implementação da detecção da infecção pelo HIV em gestantes em uma Unidade Básica de Saúde da Família em Fortaleza, Ceará. Utilizou referencial teórico-metodológico da grounded theory, que propõe a construção de modelo teórico a partir dos dados da realidade social. Realizou-se observação participante e entrevistas abertas com médicos, enfermeiros, gestantes e grupos focais com gestantes e agentes de saúde. As gestantes enfrentam barreiras de acesso à consulta pré-natal e ao teste anti-HIV. Evidenciaram-se dificuldades na marcação da consulta, na captação precoce da gestante e demora para atendimento. Quanto ao teste anti-HIV, detectou-se que a unidade básica não realiza a coleta do material biológico, poucos laboratórios o realizam e há distância geográfica entre os laboratórios e a residência da gestante. Concluiu-se que, mesmo em Unidades de Saúde da Família, o acesso à consulta pré-natal é difícil e a prevenção da transmissão vertical do HIV depende de mudanças políticas, institucionais e estruturais.Free access to prenatal care and HIV tests represent the first step in the prevention of vertical transmission and guarantees early prophylactic measures. This study aims at analyzing the coverage of HIV testing in pregnant women in a Basic Family Health Unit in the city of Fortaleza, Ceará. The theoretical-methodological basis of the study was the grounded theory, which proposes generation of theory from data derived from the social reality. Data were collected through participant observation, open interviews with physicians, nurses and pregnant women and in focal groups with pregnant women and health agents. The women faced institutional

  16. HIV/AIDS risk among female sex workers who use crack in Southern Brazil Riesgo frente al HIV/Sida entre mujeres trabajadoras del sexo que usan crack en el sur de Brasil Risco frente ao HIV/Aids entre mulheres trabalhadoras do sexo que usam crack no sul do Brasil

    Monica Malta

    2008-10-01

    contexto social no qual estão inseridas trabalhadoras do sexo que usam crack e seu impacto na adoção de comportamentos de risco frente ao HIV/Aids. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo realizado em Foz do Iguaçu (PR, em 2003. Foram realizadas 26 entrevistas em profundidade e dois grupos focais com trabalhadoras do sexo que utilizam crack freqüentemente. Também foram realizadas entrevistas em profundidade com profissionais de saúde, líderes comunitários e gerentes de políticas públicas, além de observações de campo. Os dados transcritos foram codificados com auxílio do software Atlas.ti e a metodologia grounded theory (teoria fundamentada em dados foi utilizada para analisar os dados e desenvolver um modelo conceitual como resultado do estudo. ANÁLISE DOS RESULTADOS: As trabalhadoras do sexo que utilizam crack apresentaram baixa autopercepção de risco frente ao HIV, apesar de estarem envolvidas em comportamentos de risco, como sexo desprotegido com múltiplos parceiros. Experiências de violência física e sexual com clientes, parceiros ocasionais e estáveis foram bastante freqüentes entre estas mulheres, prejudicando a negociação e o uso consistente de preservativos. Segundo profissionais de saúde, líderes comunitários e gerentes de políticas públicas, diversas trabalhadoras do sexo usuárias de crack, são moradoras de rua ou favelas, raramente acessam serviços de saúde, de aconselhamento e testagem anônimos, de apoio social e de saúde reprodutiva e pré-natal. CONCLUSÕES: As profissionais do sexo que utilizam crack vivenciam vários problemas sociais e de saúde que parecem influenciar o risco à infecção pelo HIV. Intervenções de limiar baixo, amigáveis e voltadas para questões de gênero devem ser implementadas objetivando facilitar o acesso a serviços de saúde e de apoio social nessa população. Tais iniciativas poderão também facilitar o acesso deste grupo a serviços voltados para saúde reprodutiva em geral e

  17. Trabalho em equipe e interdisciplinaridade: desafios para a efetivação da integralidade na assistência ambulatorial às pessoas vivendo com HIV/Aids em Pernambuco Team Work and Interdiciplinarity: Challenges facing the implementation of Comprehensive Outpatient Care for People with HIV/Aids in Pernambuco

    Maria Jucineide Lopes Borges

    2012-01-01

    Full Text Available A complexidade da atenção à saúde das pessoas vivendo com HIV/Aids requer o investimento na integralidade das ações e do cuidado, lançando às equipes multiprofissionais o desafio da construção de uma prática interdisciplinar. Este estudo teve o objetivo de analisar a integralidade da atenção à saúde em Serviços de Assistência Especializada em HIV/Aids (SAE-HIV/Aids de Recife/Pernambuco, a partir do processo e organização do trabalho em equipe. Trata-se de um estudo de caso desenvolvido em três unidades de SAE-HIV/Aids, com base em abordagem qualitativa, por meio de diferentes técnicas de investigação. Os resultados apontam que os SAE atendem a grande parte das recomendações do Ministério da Saúde, sobre a infraestrutura básica, mas nenhum serviço apresentava a constituição da equipe mínima satisfatória. Há o reconhecimento da fragmentação do trabalho em equipe e da dificuldade de sistematizar uma prática interdisciplinar e intersetorial, sendo apontadas falhas para garantir o fluxo de referência e contrarreferência. Identificou-se pouca valorização do papel do gerente como articulador da equipe; a necessidade de perceber o usuário como um todo; e de a equipe trabalhar de forma articulada, buscando a prática comunicativa e as atividades relacionais.The complexity of providing healthcare to people with HIV/Aids requires investment in comprehensive action and care, constituting a challenge for the multidisciplinary work teams to build an interdisciplinary practice. This study sought to analyze comprehensive healthcare in the Specialized Assistance Services for HIV/Aids (SAE-HIV/Aids in Recife, in the State of Pernambuco, starting with the process and organization of team work. This is a case study developed in three SAE-HIV/Aids units, based on a qualitative approach using different research techniques. The results show that SAE-HIV/Aids have complied with most of the Brazilian Health Ministry

  18. Women and HIV

    ... Consumer Information by Audience For Women Women and HIV Share Tweet Linkedin Pin it More sharing options ... HIV? What should pregnant women know about HIV? HIV Quick Facts What is HIV? HIV is the ...

  19. HIV Prevention

    ... PrEP PEP Living With HIV Opportunistic Infections Travel Abroad Treatment Basic Statistics Get Tested Find an HIV ... kill or neutralize viruses and bacteria. Researchers are studying both vaginal and rectal microbicides to see if ...

  20. Gestantes/puérperas com hiv/aids: conhecendo os déficits e os fatores que contribuem no engajamento para o autocuidado Gestantes/puérperas con el vih/sida: conociendo los déficits y los factores que contribuyen para el compromiso con el autocuidado Pregnant women/mothers with newborns with hiv/aids: understanding the deficits and factors that contribute to engaging in self-care

    Lígia Maria Scherer

    2009-06-01

    Full Text Available Trata-se uma pesquisa qualitativa do tipo exploratório-descritiva cujo objetivo foi conhecer os déficits de autocuidado de gestantes/puérperas com HIV/AIDS e os fatores que influenciam no engajamento para o autocuidado. O estudo foi realizado com dez gestantes/puérperas com HIV que utilizam um serviço especializado em DST/AIDS no Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados por meio de um grupo focal e entrevistas individuais, com um roteiro semiestruturado. Após análise dos dados, utilizando-se a análise de conteúdo, chegou-se aos seguintes resultados: as gestantes/puérperas com HIV apresentam déficits de autocuidado relacionados com a alimentação, ingesta hídrica, sono e repouso, vida sexual, lazer e recreação e interação social. Convivem tanto com fatores que contribuem para o engajamento no autocuidado quanto com fatores que o dificultam. Embora com dificuldades, as gestantes/puérperas têm conseguido sobreviver ao isolamento e ao preconceito graças ao apoio familiar e da equipe de saúde, em especial das enfermeiras.Se trata de una investigación de carácter cualitativo, exploratoria descriptiva, cuyo objetivo fue conocer las faltas con el autocuidado de las gestantes/puérperas con VIH/SIDA, así como los factores que contribuyen para su compromiso con ese autocuidado. El estudio fue realizado con diez gestantes/puérperas con VIH/SIDA que utilizaron un servicio especializado en DST/SIDA, en el Estado de Rio Grande do Sul Brasil. Los datos fueron colectados a través de sesiones de grupo, y también por medio de entrevistas individuales con un esquema parcialmente elaborado. Después de realizar el análisis de los datos, utilizando para ello el análisis del contenido, se obtuvieron los siguientes resultados: las gestantes/puérperas con VIH presentan dificultades en el autocuidado que están relacionadas con la alimentación, la ingestión de líquidos, sueño y descanso, vida sexual, ocio, recreación, e integraci

  1. HIV Treatment: The Basics

    HIV Treatment HIV Treatment: The Basics (Last updated 3/1/2016; last reviewed 3/1/2016) Key Points Antiretroviral therapy (ART) ... reduces the risk of HIV transmission . How do HIV medicines work? HIV attacks and destroys the infection- ...

  2. Diferenças nas situações de risco para HIV de homens bissexuais em suas relações com homens e mulheres Differences in HIV-risk behavior of bisexual men in their relationships with men and women

    Marília Greco

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o comportamento bissexual masculino quanto à identidade sexual, uso de preservativo, freqüência de relações sexuais e tipos de parceria e verificar diferenças entre práticas protegidas nas suas relações com homens e mulheres. MÉTODOS: Estudo transversal aninhado em coorte de homossexuais e bissexuais HIV negativos implantada em 1994 em Belo Horizonte (Projeto Horizonte. Dos 1.025 voluntários recrutados entre 1994 e 2005, foram selecionados 195 que relataram, na admissão, ter tido relações sexuais com homens e mulheres nos seis meses anteriores à entrevista. Foi criado índice de risco comportamental, designado Índice de Risco Horizonte, que incorpora uma constante para cada prática sexual não protegida, ajustada segundo o número de encontros sexuais. RESULTADOS: Houve predomínio de atividade sexual com homens; a maioria se auto-referiu como bissexual (55% e homossexual (26%. A mediana do número de parceiros homens ocasionais nos últimos seis meses (4 foi superior ao de parceiras ocasionais (2 e de parceiros fixos de ambos os sexos (1. No sexo vaginal com parceira fixa, o uso inconsistente do preservativo foi de 55%, comparado com 35% e 55% no sexo anal insertivo e receptivo com parceiros fixos. O índice foi maior para os que relataram terem tido sexo com homens e mulheres comparado com os que tiveram sexo exclusivamente com mulheres ou homens. CONCLUSÕES: As situações de risco para HIV foram mais freqüentes entre os homens que relataram atividade sexual com homens e mulheres. Os comportamentos sexuais e de proteção dos bissexuais diferem conforme gênero e estabilidade da parceria, havendo maior desproteção com parceiras fixas mulheres.OBJECTIVE: To describe bisexual men's behavior in terms of sexual identity, condom use, frequency of sexual intercourse and types of partners and to determine rates of inconsistent condom according to partner's gender. METHODS: Cross-sectional study nested in a

  3. Age and gender as risk factors for the transmission of HIV in a sample of drug users of Porto Alegre, Brazil Idade e gênero como fatores de risco para a transmissão do HIV em uma amostra de usuários de drogas, Porto Alegre, Brasil

    Raquel De Boni

    2002-09-01

    Full Text Available Objective: To verify the association between age and gender regarding HIV seropositivity in drug users who seek public health centers in Porto Alegre, Brazil. Methods: The authors designed a cross-sectional study with a convenience sampling of 695 men and women aged above 15, who reported recent drug use and risk behaviors to HIV exposure. We used a standard questionnaire (CRA, Brazilian version of the RAB, Risk Assessment Battery to assess risk behaviors and we collected blood for HIV testing. Results: Most individuals were males (75,8%, with a mean age of 29.4 years, less than seven years of schooling (42,4%, and family income equal or superior to four minimum wages (46%. There was no significant association between gender and seropositivity. Multivariate analyses showed that individuals aged above 30 had a three-fold increased odds of being seropositive over subjects aged 20 or less. Intravenous drug users who had been using drugs since 1980 had five-fold odds of seropositivity and those who had been using them in the month prior to the interview had four-fold odds. Discussion: Subjects aged more than 30 showed higher odds of seropositivity than the younger group. This is possibly due to a higher use of intravenous cocaine and to having more risk behaviors along their lifetime. There was no difference in seropositivity between genders, what differs from current data of other studies, if we take into consideration that rates of populational seropositivity among women have increased, mostly among drug users, who are, therefore, at 'double risk'. The development of further studies is mandatory in order to assess gender and age as risk factors for seropositivity, whether to confirm or to deny these findings, and to plan specific strategies for high-risk groups.Objetivo: Verificar se idade e gênero estão relacionados à soropositividade para HIV em usuários de drogas que procuram centros de atendimento em saúde de Porto Alegre. Método: Estudo

  4. HIV Prevention

    2012-02-01

    Dr. Kevin Fenton, Director of CDC’s National Center for HIV/AIDS, Viral Hepatitis, STD, and TB Prevention, talks about steps people can take to protect their health from HIV.  Created: 2/1/2012 by National Center for HIV/AIDS, Viral Hepatitis, STD, and TB Prevention (NCHHSTP).   Date Released: 2/1/2012.

  5. Knowledge and risk behaviours related with HIV infect in Communitarian General Medicine students. Conocimientos y actitudes de riesgo para infección por el virus de inmunodeficiencia humana en estudiantes de Medicina Integral Comunitaria.

    Clara Hilda Vega Blanco

    2009-03-01

    Full Text Available Background: The worldwide epidemic outburst cause by the HIV and lack of effective vaccines against it make of human sexual behavior the most important element to fight this disease. Objective: To identify knowledge level and risk behaviors associated with the infection with this virus in students of second year of Community General Medicine. Methods: A cross-sectional, descriptive, epidemiological, observational study was developed from July to December 2006 including 44 Venezuelan Medicine students, from Giradot municipality, Aragua state, who referred having had sexual intercourse in the last semester of 2006. Results: Most of the students (77,3 % were females. More that half of them was between 20 and 29 years of age and 61, 4% admitting having knowledge about the different ways of infection. 255 recognized that every sexual orientation could be risky, with less percentage for females. All the surveyed persons agreed to through the test to identify the virus and only 2 of them (4, 5% referred not confidentiality. young males showed higher percentage of unprotected intercourse and couple stability. Conclusions: Results show that it is important to stress preventive activities to avoid HIV infection in male students and to raise their responsibility regarding safe sexual relations.Fundamento: La explosión mundial de la epidemia causada por el virus de inmunodeficiencia humana y la ausencia actual de una vacuna contra este, hace que el comportamiento sexual humano se convierta en el elemento más importante para combatirlo. Objetivo: Identificar conocimientos y actitudes de riesgo asociados a la adquisición de una infección por virus de inmunodeficiencia humana, en estudiantes de 2do año de Medicina Integral Comunitaria. Métodos: Se realizó un estudio epidemiológico, observacional, descriptivo y

  6. Get Tested for HIV

    ... Submit Home > HIV/AIDS > Get tested for HIV HIV/AIDS This information in Spanish ( en español ) Get tested for HIV When should I get tested for HIV? Types ... to top More information on Get tested for HIV Explore other publications and websites HIV Anonymous Testing, ...

  7. Percepção de causas e risco oncológico, história familiar e comportamentos preventivos de usuários em aconselhamento oncogenético Percepción de causas y riesgo oncológico, historia familiar y comportamientos preventivos de pacientes en asesoramiento oncogenético Perception of cancer causes and risk, family history and preventive behaviors of users in oncogenetic counseling

    Tiago Barreto de Castro e Silva

    2013-04-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo descrever a percepção de causas e risco para neoplasias, bem como associar comportamentos adotados para prevenção de tumores e história familiar dessa patologia em indivíduos com suspeita de síndromes neoplásicas hereditárias. A amostra de conveniência foi constituída por 51 usuários atendidos em um ambulatório de aconselhamento oncogenético de um hospital-escola do interior paulista. Utilizou-se um instrumento previamente traduzido e adaptado para a cultura brasileira. Os respondentes consideraram seu risco de câncer como sendo igual ao da população em geral e a história familiar de malignidades não foi estatisticamente associada à realização de exames preventivos. Os resultados deste estudo evidenciam a necessidade de intervenção dos profissionais de saúde, em especial do enfermeiro, o qual pode desenvolver atividades de educação em saúde junto a essa clientela, como um dos componentes essenciais para o cuidado de enfermagem em oncogenética.El estudio objetivó describir la percepción de causas y riesgo de padecer neoplasias, así como asociar comportamientos adoptados para la prevención de tumores e historia familiar de la patología en individuos con sospecha de síndromes neoplásicos hereditarios. La muestra de conveniencia se constituyó de 51 pacientes atendidos en ambulatorio de asesoramiento oncogenético de un hospital escuela del interior paulista. Se utilizó un instrumento traducido y adaptado a la cultura brasileña. Los consultados consideraron su riesgo de cáncer como equiparable al de la población en general, la historia familiar de enfermedades malignas no fue estadísticamente asociada a la realización de estudios preventivos. Los resultados del estudio demuestran la necesidad de intervención de los profesionales de salud, en especial del enfermero, el cual puede desarrollar actividades de educación en salud conjuntamente con estos sujetos, como uno de

  8. General population and HIV prevention: from risk to action População geral e prevenção da infecção pelo HIV: do risco para a ação

    Geneviève Paicheler

    1999-01-01

    Full Text Available Since knowledge about AIDS transmission now appears to be very good, many observers are surprised that more people do not practice behavior, like safer sex, designed to minimize risk of contracting the disease. Still, previous studies have not shown that there is a direct link between knowledge and behavior. New models, based on people's concrete experiences, are therefore needed. The goal of this qualitative research, based on 61 in-depth interviews conducted in France, is to describe how people understand the threat of AIDS and how they face the risk of transmission in their sex lives. In order to understand preventive actions, we must study how information is interpreted and how knowledge is integrated, so that people perceive general or personal risk. We must also specify the way in which people distinguish between aspects of risk perception and vulnerability; feelings of personal control, constructed on the basis of social experiences; characteristics of situations; and finally, the dynamics of action. The proposed risk management model accounts for these diverse factors in elucidating the great diversity of actions reported. This dynamic, non-linear model is designed to capture both the impact of perceptive and cognitive elements on action and vice versa.Uma vez que o conhecimento sobre a transmissão da AIDS parece ser excelente, diversos observadores se surpreendem ao constatar que muitos indivíduos não têm comportamentos voltados para a redução do risco de contrair a doença, como sexo seguro. Mesmo assim, estudos anteriores deixaram de demonstrar um elo direto entre conhecimento e comportamento. Portanto, são necessários novos modelos, baseados na experiência concreta das pessoas. O objetivo desta pesquisa qualitativa, baseada em 61 entrevistas detalhadas conduzidas na França, é descrever como os indivíduos percebem a ameaça da AIDS e como lidam com o risco da transmissão desta dentro das suas vidas sexuais. Para poder

  9. Interação entre audiologia e genética no estudo de uma família: a complexidade do diagnóstico molecular e do aconselhamento genético Interaction between audiology and genetics in the study of a family: the complexity of molecular diagnosis and genetic counseling

    Flavia Maria Rodrigues Hoffmann

    2008-10-01

    Full Text Available A deficiência auditiva como déficit sensorial mais comum tem dentre suas diferentes etiologias as alterações genéticas. Assim, é importante que a investigação audiológica se associe à busca do diagnóstico etiológico. OBJETIVO: Relatar o perfil audiológico e genético de três irmãos portadores de deficiência auditiva neurossensorial não-sindrômica. MATERIAL E MÉTODO: Estudo de caso de três irmãos, do sexo masculino, com 3, 5 e 16 anos, respectivamente, submetidos à avaliação audiológica comportamental e eletrofisiológica, e estudo molecular. RESULTADOS: Os achados audiológicos mostraram: audiometria do tipo neurossensorial, bilateral, simétrica, de grau moderado a moderadamente severo e configuração descendente acentuada. EOAT e EOAPD ausentes nos dois irmãos mais novos. PEATE compatível com perda auditiva moderadamente severa a severa. Presença do P300 com latências dentro da normalidade bilateralmente no irmão mais velho. Os achados do exame molecular mostraram que as duas crianças mais novas eram heterozigotos para a mutação 35delG no gene GJB2 e o mais velho não apresentava essa mutação. CONCLUSÃO: A associação das avaliações fonoaudiológicas e genéticas permite o diagnóstico etiológico de perdas auditivas que à primeira vista são semelhantes, mas que não obedecem à mesma estrutura genética. Os estudos moleculares devem ser abrangentes, evitando diagnósticos precipitados que prejudiquem o aconselhamento genético.Hearing loss is a multifaceted condition with many etiologies, among which genetic mutation is. Therefore, it is important to connect audiological investigation to etiological diagnosis. AIM: this study aims to establish the audiological and genetic profiles of three non-syndromic children with sensorineural hearing loss. MATERIALS AND METHOD: three brothers aged 3, 5 and 16 were enrolled in this study. They were submitted to behavioral and electrophysiological hearing tests and

  10. HIV/AIDS

    HIV stands for human immunodeficiency virus. It harms your immune system by destroying the white blood cells ... It is the final stage of infection with HIV. Not everyone with HIV develops AIDS. HIV most ...

  11. HIV and Pregnancy

    ... Management Education & Events Advocacy For Patients About ACOG HIV and Pregnancy Home For Patients Search FAQs HIV ... HIV and Pregnancy FAQ113, December 2012 PDF Format HIV and Pregnancy Pregnancy What is human immunodeficiency virus ( ...

  12. HIV Medication Adherence

    HIV Treatment HIV Medication Adherence (Last updated 3/1/2016; last reviewed 3/1/2016) Key Points Medication adherence means sticking ... exactly as prescribed. Why is adherence to an HIV regimen important? Adherence to an HIV regimen gives ...

  13. HIV and Rheumatic Disease

    ... A Patient / Caregiver Diseases & Conditions HIV & Rheumatic Diseases HIV and Rheumatic Disease Fast Facts Rheumatic diseases related ... knows he or she has HIV. What are HIV-associated rheumatic diseases? Some diseases of the joints ...

  14. HIV and AIDS

    ... Got Homework? Here's Help White House Lunch Recipes HIV and AIDS KidsHealth > For Kids > HIV and AIDS ... actually the virus that causes the disease AIDS. HIV Hurts the Immune System People who are HIV ...

  15. HIV Antibody Test

    ... be limited. Home Visit Global Sites Search Help? HIV Antibody and HIV Antigen (p24) Share this page: Was this page helpful? Also known as: HIV Screening Tests; AIDS Test; AIDS Screen; HIV Serology; ...

  16. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... of HIV in the United States, please visit: https://www.aids.gov/hiv-aids-basics/hiv-aids- ... HIV, STD, and TB Prevention. What Is HIV? ( http://www.cdc.gov/hiv/pubs/faq/faq1.htm ). ...

  17. Screening and diagnosis for HIV

    HIV testing; HIV screening; HIV screening test; HIV confirmatory test ... A positive result on a screening test does not confirm that the person has HIV infection. More tests are needed to confirm HIV infection. A negative test ...

  18. HIV-associated tuberculous lymphadenitis: the importance of polymerase chain reaction (PCR as a complementary tool for the diagnosis of tuberculosis - a study of 104 patients Linfadenite tuberculosa associada ao HIV: a importância da reação em cadeia de polimerase (PCR como ferramenta complementar para o diagnóstico da tuberculose - estudo de 104 pacientes

    Marcio Valle Cortez

    2011-10-01

    ções associadas a essa condição é complexo, especialmente em relação à tuberculose. A detecção rápida e específica do Mycobacterium tuberculosis (M. tuberculosis é essencial para o tratamento adequado. Além disso, frequentes causas de linfadenites tais como as relacionadas a linfoma, histoplasmose, e outras, devem ser afastadas. OBJETIVOS: Avaliar a importância da biópsia cirúrgica excisional das linfadenites e realização dos exames histopatológicos, exames baciloscópicos (Ziehl-Neelsen, cultura (Lowenstein-Jensen e reação em cadeia da polimerase (PCR com finalidade diagnostica MÉTODOS: Desenvolveu-se um protocolo para biópsias excisionais de linfonodos, adotando-se os seguintes procedimentos: exame direto de esfregaços corados pelo método de Ziehl-Neelsen, cultura em meio de Lowenstein-Jensen, exame anátomo-patológico e PCR. RESULTADOS: Ao todo foram incluídos 104 pacientes, e o exame histopatológico evidenciou 36% (n = 38 pacientes de casos de linfadenite crônica inespecífica, 26% (n = 27 de linfadenite tuberculosa, 10,5% (n =11 de linfoma e 8,7% (n = 9 de histoplasmose. Através da cultura no meio de Lowenstein-Jensen, os casos positivos para linfadenite tuberculosa aumentaram para 30%. A PCR detectou M. tuberculosis em 6 das 38 amostras de linfadenite crônica inespecífica. Três desses pacientes foram acompanhados, exibiram sintomas de tuberculose e foram curados após tratamento específico. CONCLUSÃO: Os dados obtidos neste trabalho sugerem que em todos os casos de linfadenopatia deve-se realizar exame histopatológico, cultura em Lowenstein-Jensen ou Ogawa e reação em cadeia da polimerase. A reação em cadeia da polimerase pode ser útil na detecção precoce e acurada de casos de TB extrapulmonar nos pacientes HIV-positivos com linfadenopatias, evitando-se o uso de tratamentos empíricos e o eventual desenvolvimento de cepas resistentes.

  19. HIV among Women

    ... VIH En Español Get Tested Find an HIV testing site near you. Enter ZIP code or city Follow HIV/AIDS CDC HIV CDC HIV/AIDS See RSS | ... Email Updates on HIV Syndicated Content Website Feedback HIV Among Women Language: English Español (Spanish) Format: Select ...

  20. Carga viral vaginal de HIV em mulheres brasileiras infectadas pelo HIV HIV vaginal viral load in Brazilian HIV-infected women

    Angela Campos; Eliana Amaral; José Eduardo Levi; Priscila Portugal; Marina Villarroel; Karina C. Bezerra; Marcos T. Nolasco da Silva; Sirlei Siani Morais

    2008-01-01

    OBJETIVO: Avaliar os fatores associados à presença de RNA-HIV na vagina. MÉTODOS: Estudo de corte transversal, em mulheres infectadas por HIV, excluindo-se aquelas com antecedente de histerectomia, as em uso de medicações vaginais nas últimas 48 horas, as que se referiram à relação sexual desprotegida há menos de 72 horas, as gestantes e aquelas com sangramento genital. Após consentimento, coletou-se amostra sanguínea para contagem de linfócitos T CD4 e carga viral plasmática de HIV, além de ...

  1. The uses of epidemiologic and public health approaches for HIV/AIDS control among young men in the Royal Thai Army and Thailand Actuaciones epidemiológicas y de salud pública para el control del VIH/SIDA entre los hombres jóvenes en Tailandia y el Real Ejército de Tailandia

    B. Saengdidtha

    2012-03-01

    Full Text Available The effectiveness of HIV/AIDS control in Thailand is well recognized internationally and is due to the perception of national threat, the acknowledgement of the policy-makers, the efficient mechanisms of management at all levels, the relevant counter-measures and plans, the sustained commitment in the fight against HIV/AIDS and the total mobilization of all sectors of the country to deal with the problems. The Royal Thai Army (RTA and the RTA Medical Department (RTAMD have significant roles in solving the HIV/AIDS problems by partnering in the threat assessment, surveillance among conscripts to monitor HIV spread and control it effectively, research on behavioral risks leading to the development of targeted intervention models first piloted with conscripts and later adapted for other risk groups, providing care and support to people living with HIV/AIDS (PWA and cooperation with civilian and international partners. Factors that have contributed to the success of the RTA's operations include the strong organizational infrastructure and management, the relevant strategies and measures, the determination for long-term commitment and total mobilization of resources and multi-sectoral coordination. The lessons learned from the RTA's experience in HIV/AIDS prevention and impact alleviation, especially by epidemiologic and public health approaches, can be used as a basis for further development towards more effective and efficient models. It can also be a useful example for other agencies in Thailand and other countries with the same problems and similar socio-cultural backgrounds to apply and adapt for their own uses.La eficacia del control del VIH/SIDA en Tailandia es bien conocida a nivel internacional y se debe a la percepción de amenaza nacional, el reconocimiento de los encargados de formular las medidas políticas a adoptar, los mecanismos eficientes de gestión a todos los niveles, las correspondientes contramedidas y planes, el desarrollo

  2. Development of nanosystems for HIV vaccine delivery

    Matos, Ana Isabel Neves de

    2014-01-01

    Tese de mestrado em Bioquímica, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2014 Objetivo: Apesar dos avanços alcançados nas terapêuticas atuais, o desenvolvimento de vacinas profiláticas, seguras e altamente imunogénicas para controlar e erradicar o vírus da imunodeficiência humana (HIV) continua a ser uma das tarefas mais exigentes e desafiantes. Para prevenir a infeção por HIV, as células apresentadoras de antigénio (APCs) altamente especializadas, têm de ind...

  3. Predictors of impaired HDL function in HIV-1 infected compared to uninfected individuals

    Kelesidis, Theodoros

    2016-01-01

    Objective: HDL function rather than absolute level may be a more accurate indicator for cardiovascular disease (CVD) but it is unclear what drives HDL dysfunction in HIV-1 infection. The objective of this study is to identify factors that may contribute to HDL dysfunction in chronic HIV-1 infection. Design: Retrospective study of HIV-1 infected males with low overall CVD risk and healthy males with no known CVD risk matched by race to the HIV-1 infected participants. Methods: We related para...

  4. HIV Life Cycle

    HIV Overview The HIV Life Cycle (Last updated 9/22/2015; last reviewed 9/22/2015) Key Points HIV gradually destroys the immune ... life cycle. What is the connection between the HIV life cycle and HIV medicines? Antiretroviral therapy (ART) ...

  5. Assessment of the virtual guide on eye self-examination in the context of HIV/AIDS Evaluación de la cartilla para el autoexamen ocular en el contexto del VIH/Sida Avaliação de cartilha para o autoexame ocular no contexto do HIV/AIDS

    Jennara Candido Nascimento

    2012-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To analyze the efficacy of a virtual guide with a view to promoting eye health. METHODS: Cross-sectional study carried out with 130 HIV/AIDS patients from an ambulatory unit between May and August/2010. The data was collected through interviews and observation, using three forms that addressed the socioeconomic profile, understanding and performing the virtual guide eye self-examination. Data were analysed using descriptive statistics, χ² and Fisher-Freeman-Halton tests. It was considered statistically significant p 0.140, excepting only the evaluation of the right eyelid. CONCLUSION: The virtual guide helped developing proper eye self-exam, enabling people to notice alterations in their eyes.OBJETIVO: Analizar la eficacia de una cartilla con vistas a la promoción de la salud ocular. MÉTODOS: Estudio transversal, desarrollado con 130 portadores del VIH/Sida, atendidos en un consultorio externo, entre Mayo y Agosto/2010. La recolección de los datos fue realizada por medio de entrevista y observación, utilizándose tres formularios que abordaron el perfil socioeconómico, el entendimiento de la cartilla y la realización del autoexamen ocular. Los datos fueron analizados por medio de la estadística descriptiva, test de χ2 y Fisher-Freeman-Halton. Se consideraron como estadísticamente significativos aquellos con p0,140, exceptuando la evaluación del párpado derecho. CONCLUSIÓN: La cartilla ayudó en el desarrollo adecuado del autoexamen ocular, permitiendo a las personas conocer las alteraciones en el ojo.OBJETIVO: Analisar a eficácia de uma cartilha com vistas à promoção da saúde ocular. MÉTODOS: Estudo transversal, desenvolvido com 130 portadores do HIV/aids, atendidos em um ambulatório, entre maio e agosto/2010. A coleta foi realizada por meio de entrevista e observação, utilizando-se três formulários que abordaram o perfil socioeconômico, o entendimento da cartilha e a realização do autoexame ocular. Os

  6. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... help us Send the Message . Get the Facts What are HIV and AIDS? HIV (human immunodeficiency virus) ... National Center for HIV, STD, and TB Prevention. What Is HIV? ( http://www.cdc.gov/hiv/pubs/ ...

  7. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... HIV in the United States, please visit: https://www.aids.gov/hiv-aids-basics/hiv-aids-101/ ... STD, and TB Prevention. What Is HIV? ( http://www.cdc.gov/hiv/pubs/faq/faq1.htm ). Atlanta, ...

  8. Basic HIV/AIDS Statistics

    ... HIV Syndicated Content Website Feedback HIV/AIDS Basic Statistics Language: English Español (Spanish) Recommend on Facebook Tweet ... HIV. Interested in learning more about CDC's HIV statistics? Terms, Definitions, and Calculations Used in CDC HIV ...

  9. Resultados de la aplicación de tres guías nacionales para prevenir la transmisión vertical del VIH en el Instituto Nacional Materno Perinatal. Lima, Perú Results of the implementation of three national guidelines for the prevention of HIV vertical transmission in instituto Nacional Materno Perinatal. Lima, Perú

    Carlos Velásquez

    2011-09-01

    Full Text Available Se realiza un análisis retrospectivo de tres periodos sucesivos entre los años 1996 al 2009, para evaluar el impacto de la aplicación de tres guías nacionales para la prevención de la transmisión vertical del VIH. Se incluyeron 275 nacimientos en los 13 años de estudio. Se encontraron diferencias significativas en el porcentaje de casos de VIH entre los niños expuestos al virus en los tres periodos: 15 % durante el periodo en el cual solo se administraba zidovudina (AZT a la gestante; 6,4 % durante el segundo (administración de AZT a la gestante sin criterios de inicios de TARGA, y TARGA a las que tenían criterios para este tratamiento, y 4 % durante el tercer periodo en el cual se aplicó TARGA a todas las gestantes con infección por VIH. El 95 % de las gestantes culminaron el embarazo por cesárea y el 100 % de niños recibió fórmula maternizada. Los cambios realizados en las guías nacionales han producido un impacto favorable en la disminución de nacimientos de niños infectados por el VIH en el Instituto Nacional Materno Perinatal en Perú.A retrospective analysis is performed in three successive periods between the years 1996 and 2009, in order to evaluate the impact of the implementation of three national guidelines for the prevention of the vertical transmission of HIV. 275 births were included in 13 years. Significant statistical differences were found in the percentage of HIV cases in the children exposed to the virus between the three periods: 15% during the period in which only zidovudine (AZT was administered to the pregnant woman, 6.4% during the second period (administration of AZT to the pregnant woman not fulfilling HAART initiation criteria and HAART to those fulfilling criteria for this treatment, and 4% during the third period in which HAART was applied to all pregnant women with HIV infection. 95% of pregnant women ended their pregnancy by cesarean section and the 100% of children received infant formula

  10. Prevalence of risk factors for HIV infection among Mexican migrants and immigrants: probability survey in the north border of Mexico Prevalencia de factores de riesgo para la infección por VIH entre migrantes mexicanos: encuesta probabilística en la frontera norte de México

    M. Gudelia Rangel

    2006-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To estimate the prevalence of risk factors for HIV infection among Mexican migrants and immigrants (MMIs in different geographic contexts, including the sending communities in Mexico, the receiving communities in the United States (US, and the Mexican North border region. MATERIAL AND METHODS: We conducted a probability survey among MMIs traveling through key border crossing sites in the Tijuana (Baja California, Mexico-San Diego (California, US border region (N=1 429. RESULTS: The survey revealed substantial rates of reported sexually transmitted infections, needle-sharing and sexual risk practices in all migration contexts. CONCLUSIONS: The estimated levels of HIV risk call for further binational research and preventive interventions in all key geographic contexts of the migration experience to identify and tackle the different personal, environmental, and structural determinants of HIV risk in each of these contexts.OBJETIVO: Estimar la prevalencia de prácticas de riesgo para la infección por VIH en migrantes mexicanos durante su estancia en distintos contextos geográficos, incluyendo sus comunidades de origen en México, las comunidades de destino en Estados Unidos de América (EUA, y la frontera Norte de México. MATERIAL Y MÉTODOS: Encuesta probabilística de migrantes mexicanos que transitan por la región fronteriza Tijuana (Baja California, México-San Diego (California, EUA (N=1 429. RESULTADOS: La encuesta reveló una alta prevalencia de infecciones de transmisión sexual, uso compartido de agujas, y prácticas sexuales de riesgo en todos los contextos geográficos estudiados. CONCLUSIONES: Los niveles de riesgo de infección por VIH estimados para migrantes mexicanos en diferentes contextos geográficos exigen estudios e intervenciones preventivas binacionales que identifiquen y aborden los distintos factores de riesgo personales, ambientales, y estructurales que contribuyen al riesgo de infección por VIH en cada

  11. Women and HIV

    ... on HIV testing. Gynecological problems can be early signs of HIV infection . Ulcers in the vagina, persistent yeast infections, and severe pelvic inflammatory disease (PID) can be signs of HIV. Hormone changes, birth control pills, or antibiotics can ...

  12. How HIV Causes AIDS

    ... Share this: Main Content Area How HIV Causes AIDS HIV destroys CD4 positive (CD4+) T cells, which ... and disease, ultimately resulting in the development of AIDS. Most people who are infected with HIV can ...

  13. HIV and Immunizations

    HIV Treatment HIV and Immunizations (Last updated 3/1/2016; last reviewed 3/1/2016) Key Points Vaccines are products that ... a disease outbreak. Is there a vaccine against HIV? Testing is underway on experimental vaccines to prevent ...

  14. HIV-AIDS Connection

    ... Content Marketing Share this: Main Content Area The HIV-AIDS Connection AIDS was first recognized in 1981 ... cancers. Why is there overwhelming scientific consensus that HIV causes AIDS? Before HIV infection became widespread in ...

  15. Preventing HIV with Medicine

    ... HIV/AIDS This information in Spanish ( en español ) Preventing HIV with medicine Get medicine right after you ... during sex. Return to top More information on Preventing HIV with medicine Explore other publications and websites ...

  16. HIV/AIDS

    HIV stands for human immunodeficiency virus. It kills or damages the body's immune system cells. AIDS stands ... is the most advanced stage of infection with HIV. HIV most often spreads through unprotected sex with ...

  17. Psychotropic prescribing in HIV

    Reid, E; Orrell, C.; K Stoloff; Joska, J.

    2012-01-01

    Psychiatric disorders frequently co-occur with HIV, as preceding conditions or consequent to HIV infection. This potentially compromises HIV diagnosis and antiretroviral (ARV) treatment adherence. We provide a brief guide to the diagnosis and treatment of common mental disorders in people living with HIV/AIDS, including: prescribing psychotropics in HIV; neuropsychiatric side-effects of ARVs and other medications commonly prescribed in HIV; and the diagnosis and treatment of depression, anxie...

  18. Transtornos depressivos em usuários de drogas injetáveis infectados pelo HIV: um estudo controlado Depressive disorders in injecting drug users infected by the HIV virus

    André Malbergier; Arthur Guerra de Andrade

    1999-01-01

    OBJETIVO: Estudar os transtornos psiquiátricos em pacientes usuários de drogas injetáveis infectados pelo HIV. MÉTODOS: Pacientes que se apresentavam para tratamento da dependência de drogas, foram divididos em dois grupos de acordo com a sorologia para o HIV (vírus da imunodeficiência humana), vírus causador da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS). Trinta pacientes HIV-positivos e 30 pacientes HIV-negativos submeteram-se a uma entrevista estruturada para avaliação de transtornos psi...

  19. Transtornos depressivos em usuários de drogas injetáveis infectados pelo HIV: um estudo controlado

    Malbergier André; Andrade Arthur Guerra de

    1999-01-01

    OBJETIVO: Estudar os transtornos psiquiátricos em pacientes usuários de drogas injetáveis infectados pelo HIV. MÉTODOS: Pacientes que se apresentavam para tratamento da dependência de drogas, foram divididos em dois grupos de acordo com a sorologia para o HIV (vírus da imunodeficiência humana), vírus causador da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS). Trinta pacientes HIV-positivos e 30 pacientes HIV-negativos submeteram-se a uma entrevista estruturada para avaliação de transtornos psi...

  20. Marcadores virológicos no convencionales en pacientes infectados con el virus de la inmunodeficiencia humana: ADN HIV-T, ADN HIV- 2LTR y ARN de HIV Non conventional virological markers in HIV-infected patients: T-HIV DNA, 2LTR-HIV DNA and HIV RNA

    Rosana Gariglio; Miguel A. Taborda; Raúl Bortolozzi; McDermott, Jennifer L.; Isabella Martini; Mariana Borgognone; G. Vanina Villanova; Varnier, Oliviero E.; Giri, Adriana A.

    2004-01-01

    La terapia antirretroviral de alta eficacia (TAAE) induce una reducción marcada y persistente de la viremia plasmática, contribuyendo a disminuir la mortalidad y morbilidad de los pacientes HIV-positivos. Así, la carga viral (CV) es el método de referencia para evaluar la eficacia terapéutica. Sin embargo, aun en presencia de una TAAE eficiente no se ha logrado la erradicación viral. En este estudio analizamos la presencia del ADN total de HIV (ADN HIV-T), del ADN no integrado con 2LTR (ADN H...

  1. Atividade física para portadores do vírus HIV: investigando a realidade jateiense Physical Activity for HIV-positive Patients: investigating reality in the city of Jataí Actividad fisica para portadores del virus vih: investigando la realidad jataiense

    2006-11-01

    Full Text Available Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que investigou a existência e a importância da prática de atividades físicas no tratamento e na vida cotidiana de dez pacientes soropositivos, residentes em Jataí-GO. Nenhum deles possui o hábito de realizar atividades físicas, embora nove tenham demonstrado interesse por essa prática, enumerando, inclusive, benefícios físicos e psicológicos que este tipo de atividade em grupo poderia proporcionar. Foi interessante perceber que a concepção que os pacientes investigados apresentaram sobre os exercícios físicos não é vinculada aos benefícios estéticos e de performance, mas sim à manutenção da saúde e da integridade física e, principalmente, relacionada aos benefícios de convívio social e melhora da auto-estima. PALAVRAS-CHAVE: Atividade física – AIDS – Doença. This article presents the results of a research work that investigated the existence and the importance of physical activity practices in the treatment and in the daily life of ten HIV-positive patients, in the city of Jataí-GO. None of the patients has the habit of doing regular physical activities, although nine of them have shown interest in doing it, going as far as listing the physical and psychological benefits that such group activities could bring. It was interesting to notice that the concept of physical exercise held by the investigated patients was not linked to the aesthetic and performance benefits, but rather to the maintenance of health and physical integrity and, mostly, to the benefits related to socialization and improved self-esteem. KEY WORDS: physical activity - AIDS - disease. Este artículo presenta los resultados de una pesquisa que investigó la existencia y la importancia de la práctica de actividades físicas en el tratamiento y en la vida cotidiana de diez pacientes seropositivos, residentes en Jataí-GO. Ninguno de ellos posee el hábito de realizar actividades f

  2. Head Start Service Guide for Children and Families with HIV or AIDS = Guia de Servicios para Ninos con V.I.H. Positivo y con Sindrome de Inmunodeficiencia Adquirida (S.I.D.A.) y sus Familias.

    Puerto Rico Commonwealth Office of Children's Services and Community Development, Old San Juan.

    This document provides guidelines and procedures, in Spanish and English, for Head Start teachers in taking care of children with AIDS, or children who are HIV positive, and their families. The goal of the guide is to maximize participation of infected children in the Head Start program. The guide presents activities in three main stages:…

  3. National HIV Testing Day

    2011-06-09

    Dr. Kevin A. Fenton, Director of CDC's National Center for HIV/AIDS, Viral Hepatitis, STD, and TB Prevention, discusses National HIV Testing Day, an annual observance which raises awareness of the importance of knowing one's HIV status and encourages at-risk individuals to get an HIV test.  Created: 6/9/2011 by National Center for HIV/AIDS, Viral Hepatitis, STD, and TB Prevention (NCHHSTP).   Date Released: 6/9/2011.

  4. Eliminating Perinatal HIV Transmission

    2012-11-26

    In this podcast, CDC’s Dr. Steve Nesheim discusses perinatal HIV transmission, including the importance of preventing HIV among women, preconception care, and timely HIV testing of the mother. Dr. Nesheim also introduces the revised curriculum Eliminating Perinatal HIV Transmission intended for faculty of OB/GYN and pediatric residents and nurse midwifery students.  Created: 11/26/2012 by Division of HIV/AIDS Prevention.   Date Released: 11/26/2012.

  5. Side Effects of HIV Medicines: HIV and Lactic Acidosis

    ... HIV medicines. All HIV medicines in the nucleoside reverse transcriptase inhibitor (NRTI) drug class may cause lactic acidosis, but ... some HIV medicines. HIV medicines in the nucleoside reverse transcriptase inhibitor (NRTI) drug class can cause the body to ...

  6. Doctors Report Groundbreaking HIV-To-HIV Organ Transplants

    ... html Doctors Report Groundbreaking HIV-to-HIV Organ Transplants One donor supplied a kidney to one patient ... 30, 2016 (HealthDay News) -- Trailblazing liver and kidney transplants from an HIV-positive donor to HIV-positive ...

  7. HIV / AIDS: An Unequal Burden

    Skip Navigation Bar Home Current Issue Past Issues HIV / AIDS HIV / AIDS: An Unequal Burden Past Issues / Summer 2009 ... high-risk category, emphasizes Dr. Cargill. Photo: iStock HIV and Pregnancy Are there ways to help HIV- ...

  8. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... Drugs and HIV Learn the Link - Drugs and HIV Email Facebook Twitter 2005 –Ongoing Behaviors associated with ... Send the Message . Get the Facts What are HIV and AIDS? HIV (human immunodeficiency virus) is the ...

  9. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... transmitting HIV/AIDS or other infectious diseases. Research Reports: HIV/AIDS : Explores the link between drug abuse ... access to the latest, federally approved HIV/AIDS medical practice guidelines, HIV treatment and prevention clinical trials, ...

  10. Evaluación de la incidencia y los factores de riesgo para hemorragia intraventricular (HIV en la cohorte de recién nacidos prematuros atendidos en la unidad neonatal del HUSVP, de Medellín, en el período comprendido entre ene. de 1999 y dic. de 2004 Incidence and risk factors of intraventricular hemorrhage in preterm newborns

    Yira Sánchez Hidalgo

    2007-12-01

    Full Text Available La hemorragia intraventricular (HIV es la principal complicación neurológica de los recién nacidos prematuros, cuyas frecuencia y gravedad aumentan con el menor peso al nacer y la menor edad gestacional. Se han encontrado otros factores asociados con el aumento o disminución de su frecuencia. Objetivo: determinar la incidencia de HIV en prematuros atendidos en el Hospital Universitario San Vicente de Paúl (HUSVP, de Medellín, Colombia, entre 1999 y 2004 y establecer su asociación con condiciones de la madre y del recién nacido. Metodología: estudio retrospectivo de los prematuros menores de 32 semanas y por debajo de 1.500 gramos, atendidos en el HUSVP entre 1999 y 2004. Se calculó una muestra de 330 historias clínicas, seleccionadas en forma aleatoria, con un nivel de confianza de 95%, error del 3% y poder del 80%,con base en una incidencia del 15% de HIV en la población general. Resultados: la incidencia encontrada de HIV fue 29,8%. Como factores protectores se encontraron los siguientes: parto por cesárea, parto en un centro de tercer nivel y maduración pulmonar. Como factores que aumentaron el riesgo de HIV se encontraron: parto vaginal, edad gestacional menor de 28 semanas, uso de surfactante, ventilación mecánica, cateterismo umbilical, acidosis e hipercapnia. Conclusiones: se debe insistir en la importancia de que haya programas adecuados de control prenatal para tratar de disminuir la frecuencia de parto prematuro, procurar la remisión oportuna de las gestantes de alto riesgo a centros de referencia, estimular el uso antenatal de esteroides y el control cuidadoso de los parámetros ventilatorios en los pacientes que requieran este soporte, buscando mantener un adecuado equilibrio ácido-base en los recién nacidos. Introduction: intraventricular hemorrhage is the main neurological complication of preterm newborns. Its frequency and severity increase as gestational age and weight at birth decrease. Other factors have been

  11. Compromiso renal en pacientes HIV+

    María Marta Pernasetti

    2010-06-01

    Full Text Available Varias complicaciones nefrológicas pueden ocurrir durante la infección por el virus de la inmunodeficiencia humana (HIV especialmente en estadios avanzados de la enfermedad o relacionadas con otras infecciones o drogas. Poco conocida es la prevalencia de alteraciones renales subclínicas de pacientes HIV+ surgidas como complicación o relacionadas a la infección y/o tratamiento. Realizamos un corte transversal de pacientes asintomáticos HIV+ referidos en forma consecutiva al consultorio de nefrología para la detección de alteraciones nefrológicas. Se estudiaron 52 pacientes adultos mediante exámenes de sangre y orina, ultrasonido y biopsia renal. Edad media 39.9 ± 10.6 años, 88% varones, tiempo de diagnóstico de la infección: 53.2 ± 41.2 (2-127 meses. El 71% tenían síndrome de inmunodeficiencia adquirida (HIV-sida y el 77% recibían con antirretrovirales. La carga viral al momento del estudio fue 7043 ± 3322 copias y el recuento de CD4+ 484 ± 39 cel/mm³. El 30.7% presentó alteraciones del sedimento urinario: albuminuria: 16.6%, hematuria microscópica: 11.5%, hipercalciuria: 10.8% y cristaluria 6%. La media del filtrado glomerular fue 102.2 ± 22.9 ml/min (rango: 34-149. El 41% presentó anormalidades que corresponderían a enfermedad renal crónica (estadios 1 a 3. Los pacientes con alteraciones tenían mayor edad, con duración más prolongada de la infección. Las anomalías renales no se asociaron con mayor prevalencia de HIV-sida. Dos pacientes fueron biopsiados, con hallazgos de nefritis túbulo-intersticial crónica con cristales y glomerulonefritis por IgA. No hubo hallazgos de nefropatía por HIV. El amplio espectro y la alta prevalencia de anormalidades nefrológicas subclínicas encontradas sugieren que los pacientes asintomáticos HIV+ deberían realizar evaluaciones nefrológicas de rutina.

  12. Marcadores virológicos no convencionales en pacientes infectados con el virus de la inmunodeficiencia humana: ADN HIV-T, ADN HIV- 2LTR y ARN de HIV Non conventional virological markers in HIV-infected patients: T-HIV DNA, 2LTR-HIV DNA and HIV RNA

    Rosana Gariglio

    2004-10-01

    Full Text Available La terapia antirretroviral de alta eficacia (TAAE induce una reducción marcada y persistente de la viremia plasmática, contribuyendo a disminuir la mortalidad y morbilidad de los pacientes HIV-positivos. Así, la carga viral (CV es el método de referencia para evaluar la eficacia terapéutica. Sin embargo, aun en presencia de una TAAE eficiente no se ha logrado la erradicación viral. En este estudio analizamos la presencia del ADN total de HIV (ADN HIV-T, del ADN no integrado con 2LTR (ADN HIV-2LTR y del ARN de HIV, en un grupo de 55 pacientes HIV-positivos en distintos estadios clínicos, con y sin TAAE, mediante ensayos de PCR con revelado colorimétrico en microplaca, optimizados en nuestro laboratorio. La sensibilidad clínica del ARN del HIV fue evaluada con el bDNA, resultando del 74% y del 64%, respectivamente, con una concordancia del 85%. Este ensayo podría ser utilizado en el seguimiento de pacientes bajo TAAE. El ADN HIV-2LTR resultó positivo en el 54% aunque estuvo ausente en pacientes con elevada CV. Este marcador se consideraba un producto lábil y su presencia se asociaba a infección reciente. Sin embargo, actuales evidencias ponen en discusión su estabilidad por lo que su significado clínico debe ser reconsiderado. La ausencia del ADN HIV-2LTR en pacientes con CV detectable puede relacionarse con la heterogeneidad de la secuencia utilizada para su detección. El ADN HIV-T estuvo presente en el 100% de las muestras y resultaría relevante como marcador de remisión cuando se dispongan de terapias que efectivamente erradiquen la infección.Highly active antiretroviral therapy (HAART induces a persistent reduction of the plasmatic viremia, contributing to decrease mortality and morbidity of infected people with human immunodeficiency virus (HIV. Thus, viral load (VL is the reference method to evaluate therapy effectiveness. However, even in the presence of efficient HAART viral eradication was yet not achieved. In this

  13. Psychotropic prescribing in HIV

    E Reid

    2012-11-01

    Full Text Available Psychiatric disorders frequently co-occur with HIV, as preceding conditions or consequent to HIV infection. This potentially compromises HIV diagnosis and antiretroviral (ARV treatment adherence. We provide a brief guide to the diagnosis and treatment of common mental disorders in people living with HIV/AIDS, including: prescribing psychotropics in HIV; neuropsychiatric side-effects of ARVs and other medications commonly prescribed in HIV; and the diagnosis and treatment of depression, anxiety, psychosis, agitation, sleep disturbance, pain, and mania. Psychotropic treatments recommended were drawn primarily from those available in the public sector of South Africa.

  14. Therapeutic HIV Peptide Vaccine

    Fomsgaard, Anders

    2015-01-01

    Therapeutic vaccines aim to control chronic HIV infection and eliminate the need for lifelong antiretroviral therapy (ART). Therapeutic HIV vaccine is being pursued as part of a functional cure for HIV/AIDS. We have outlined a basic protocol for inducing new T cell immunity during chronic HIV-1...... infection directed to subdominant conserved HIV-1 epitopes restricted to frequent HLA supertypes. The rationale for selecting HIV peptides and adjuvants are provided. Peptide subunit vaccines are regarded as safe due to the simplicity, quality, purity, and low toxicity. The caveat is reduced immunogenicity...

  15. Knowledge and risk behaviours related with HIV infect in Communitarian General Medicine students. Conocimientos y actitudes de riesgo para infección por el virus de inmunodeficiencia humana en estudiantes de Medicina Integral Comunitaria.

    Clara Hilda Vega Blanco; Luis Manuel Padrón Velázquez

    2009-01-01

    Background: The worldwide epidemic outburst cause by the HIV and lack of effective vaccines against it make of human sexual behavior the most important element to fight this disease. Objective: To identify knowledge level and risk behaviors associated with the infection with this virus in students of second year of Community General Medicine. Methods: A cross-sectional, descriptive, epidemiological, observa...

  16. Hepatitis B and HIV

    ... Hospitalization and Palliative Care Friends & Family Dating and Marriage Family Planning Mixed-Status Couples Discrimination Legal Issues ... National HIV/AIDS and Aging Awareness Day National Gay Men's HIV/AIDS Awareness Day National Latino AIDS ...

  17. Children and HIV

    ... Hospitalization and Palliative Care Friends & Family Dating and Marriage Family Planning Mixed-Status Couples Discrimination Legal Issues ... National HIV/AIDS and Aging Awareness Day National Gay Men's HIV/AIDS Awareness Day National Latino AIDS ...

  18. Hepatitis A and HIV

    ... Hospitalization and Palliative Care Friends & Family Dating and Marriage Family Planning Mixed-Status Couples Discrimination Legal Issues ... National HIV/AIDS and Aging Awareness Day National Gay Men's HIV/AIDS Awareness Day National Latino AIDS ...

  19. HIV Treatment Adherence

    ... Hospitalization and Palliative Care Friends & Family Dating and Marriage Family Planning Mixed-Status Couples Discrimination Legal Issues ... National HIV/AIDS and Aging Awareness Day National Gay Men's HIV/AIDS Awareness Day National Latino AIDS ...

  20. Stages of HIV Infection

    ... Hospitalization and Palliative Care Friends & Family Dating and Marriage Family Planning Mixed-Status Couples Discrimination Legal Issues ... National HIV/AIDS and Aging Awareness Day National Gay Men's HIV/AIDS Awareness Day National Latino AIDS ...

  1. Hepatitis C and HIV

    ... Hospitalization and Palliative Care Friends & Family Dating and Marriage Family Planning Mixed-Status Couples Discrimination Legal Issues ... National HIV/AIDS and Aging Awareness Day National Gay Men's HIV/AIDS Awareness Day National Latino AIDS ...

  2. Testing for HIV

    ... Medical Devices Radiation-Emitting Products Vaccines, Blood & Biologics Animal & Veterinary Cosmetics Tobacco Products Vaccines, Blood & Biologics Home Vaccines, Blood & Biologics Safety & Availability (Biologics) HIV Home Test Kits Testing for HIV Share Tweet Linkedin Pin it More ...

  3. Smoking and HIV

    ... 28, 2014 Select a Language: Fact Sheet 803 Smoking and HIV WHY IS SMOKING MORE DANGEROUS FOR ... It can also worsen liver problems like hepatitis. Smoking and Side Effects People with HIV who smoke ...

  4. HIV/AIDS Basics

    ... Providers Prevention Resources Newsletter Get Tested Find an HIV testing site near you. Enter ZIP code or ... AIDS Get Email Updates on AAA Anonymous Feedback HIV/AIDS Media Infographics Syndicated Content Podcasts Slide Sets ...

  5. Pregnancy and HIV

    ... 17, 2014 Select a Language: Fact Sheet 611 Pregnancy and HIV HOW DO BABIES GET AIDS? HOW CAN WE ... doses due to nausea and vomiting during early pregnancy, giving HIV a chance to develop resistance The risk of ...

  6. HIV Resistance Testing

    ... 14, 2016 Select a Language: Fact Sheet 126 HIV Resistance Testing WHAT IS RESISTANCE? HOW DOES RESISTANCE ... ARVs. If you miss doses of your medications, HIV will multiply more easily. More mutations will occur. ...

  7. Exercise and HIV

    ... HIV WHY IS EXERCISE IMPORTANT? WHAT ARE THE ADVANTAGES OF EXERCISE? WHAT ARE THE RISKS OF EXERCISE? ... healthier while ageing with HIV. WHAT ARE THE ADVANTAGES OF EXERCISE? Regular, moderate exercise has many of ...

  8. Periodontitis in HIV patients

    Oseeva А.О.; Soboleva L.A.; Bulkina N.V.; Shuldyakov A.A.

    2011-01-01

    The article presents the study of formation mechanisms and periodontitis course in patients with subclinical stage of HIV-infection. The examination of 45 patients has enabled the division of patients into three basic groups: patients with periodontitis and HIV-infection; patients with periodontitis; and HIV patients without periodontitis. It has been determined that the patients with periodontitis and subclinical HIV-infection have developed local inflammatory reaction with infection, activa...

  9. HIV and AIDS

    ... are at greater risk for getting HIV during sex with infected partners. If a woman with HIV is pregnant, her newborn baby can catch the virus from her before birth, during the birthing process, or from breastfeeding. When doctors know a mom-to-be has HIV, they can do things ...

  10. Prevalência da infecção pelo HIV em pacientes internados por tuberculose Prevalence of HIV infection in patients hospitalized due to tuberculosis

    GUILHERME FREIRE GARCIA

    2000-08-01

    Full Text Available Objetivos: Verificar a prevalência da co-infecção tuberculose (TBC/HIV e a capacidade da anamnese em detectar a infecção pelo HIV em pacientes internados por TBC. Local: Hospital Eduardo de Menezes, Belo Horizonte, MG, referência para TBC e SIDA. Material e métodos: Todos os pacientes internados com TBC na enfermaria de pneumologia foram avaliados prospectivamente no período de 1/1/1997 até 31/1/1998, com anamnese dirigida para fatores de risco para SIDA, TBC, tratamentos anteriores e abandonos de tratamento para TBC, e verificadas as formas clínicas de TBC. Foram excluídos pacientes com doenças marcadoras de SIDA com exceção da TBC, ou com sorologia anti-HIV realizada anteriormente. Foram realizadas sorologias anti-HIV (ELISA e, quando positivas, confirmadas pelo teste Western-Blot. Os testes do qui-quadrado e de Fisher foram usados para análise estatística. Resultados: Sessenta e cinco pacientes avaliados foram divididos em grupo I (sorologia positiva para HIV, n = 6 e grupo II (sorologia negativa para HIV, n = 59. Não houve diferença significativa entre os dois grupos quanto a fatores de risco para SIDA, TBC, abandonos de tratamento ou tratamentos anteriores para TBC ou formas clínicas de TBC. Conclusões: Devido à alta prevalência da infecção pelo HIV (9,2% no grupo estudado, estes achados reforçam as orientações do Consenso Brasileiro de Tuberculose no sentido de: 1 a anamnese não consegue detectar uma parcela significativa dos pacientes com co-infecção TBC/HIV; e: 2 a solicitação de sorologia anti-HIV deve ser feita de forma rotineira em todos os pacientes com TBC ativa.Objectives: To verify the prevalence of tuberculosis (TB/HIV co-infection and the ability of the clinical history to detect the HIV infection in TB inpatients. Setting: Eduardo de Menezes Hospital, reference for both TB and AIDS. Patients and methods: All patients admitted with TB in a pneumology ward were evaluated prospectively from 1

  11. Screening de hiv en bancos de sangre evaluación de los equipos de cuarta generación

    F. Canna; E. Treviño; Domínguez, C; R. Gastaldello; G. Barbas; A. Cudola; M. Irizar; H. Beeper; Gallego, S.

    2003-01-01

    La determinación de Ag p24 del virus HIV es recomendada por la Asociación Argentina de Hemoterapia e Inmunohematología para el tamizaje de HIV en los bancos de sangre de Argentina. La implementación de dicha determinación en el banco de sangre de la Universidad Nacional de Córdoba (UNC) implicó un costo elevado para el nulo beneficio obtenido. Se evaluó la eficiencia del ensayo combinado Ag/Ac ELISA de 4ta generación para el screening de HIV, en comparación a la estrategia actualmente utiliza...

  12. Implementação do diagnóstico da infecção pelo HIV para gestantes em Unidade Básica de Saúde da Família em Fortaleza, Ceará HIV-testing for pregnant women in a Family Health Unit in Fortaleza, Ceará

    Maria Alix Leite Araújo; Neiva Francenely Cunha Vieira; Raimunda Magalhães da Silva

    2008-01-01

    A garantia do diagnóstico da infecção pelo HIV em gestantes representa a primeira etapa de prevenção da transmissão vertical. Falhas na cobertura desse diagnóstico impossibilitam a adoção precoce das medidas profiláticas. Esse estudo objetivou analisar a implementação da detecção da infecção pelo HIV em gestantes em uma Unidade Básica de Saúde da Família em Fortaleza, Ceará. Utilizou referencial teórico-metodológico da grounded theory, que propõe a construção de modelo teórico a partir dos da...

  13. Treinamento físico para indivíduos HIV positivo submetidos à HAART: efeitos sobre parâmetros antropométricos e funcionais Physical training for HIV positive individuals submitted to HAART: effects on anthropometric and functional parameters

    Edmar Lacerda Mendes

    2013-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A terapia antirretroviral fortemente ativa (HAART tem melhorado a prognose em indivíduos infectados pelo HIV. No entanto, a HAART tem sido associada ao desenvolvimento de anormalidades metabólicas e na distribuição de gordura corporal conhecida como síndrome lipodistrófica associada ao HIV (SLHIV. OBJETIVO: Este estudo investigou o impacto de 24 semanas de exercício resistido com componente aeróbico (ERCA sobre parâmetros antropométricos e funcionais de portadores de HIV submetidos à HAART. MÉTODOS: Noventa e nove indivíduos infectados pelo HIV foram randomicamente alocados em quatro grupos: exercício e lipodistrofia (n = 24; EX+LIP; exercício sem lipodistrofia (n = 21; EX+NoLIP; controle e lipodistrofia (n = 27; NoEX+LIP; controle sem lipodistrofia (n = 27; NoEX+NoLIP. Os indivíduos dos grupos exercitados (EX+LIP e EX+NoLIP participaram de 24 semanas de ERCA. Nos momentos pré e pós 24 semanas de intervenção foram realizadas medidas antropométricas, testes de força e aptidão cardiorrespiratória. RESULTADOS: Vinte e quatro semanas de ERCA alteraram os perímetros corporais avaliados (P INTRODUCTION: The use of highly active antiretroviral therapy (HAART has improved the prognosis of HIV-infected individuals. However, HAART has been associated with the development of metabolic and fat distribution abnormalities, known as HIV-associated lipodystrophy syndrome (SLHIV. OBJECTIVE: This study investigated the impact of 24 weeks of resistance exercise with aerobic component (REAC on anthropometric and functional parameters in HIV-infected patients undergoing HAART. METHODS: Ninety- nine HIV-infected patients were randomly allocated into four groups: exercise and lipodystrophy (n = 24; EX + LIP; exercise without lipodystrophy (n = 21; EX + NoLIP; control and lipodystrophy (n = 27; NoEX + LIP; control without lipodystrophy (n = 27; NoEX + NoLIP. Subjects from exercised groups (EX+LIP and EX+NoLIP participated in a 24

  14. Prevalência da infecção pelo HIV em pacientes internados por tuberculose Prevalence of HIV infection in patients hospitalized due to tuberculosis

    GUILHERME FREIRE GARCIA; PAULO CÉSAR RODRIGUES PINTO CORRÊA; MÁRCIA GREGORY TAVARES MELO; MÁRCIA BEATRIZ DE SOUZA

    2000-01-01

    Objetivos: Verificar a prevalência da co-infecção tuberculose (TBC)/HIV e a capacidade da anamnese em detectar a infecção pelo HIV em pacientes internados por TBC. Local: Hospital Eduardo de Menezes, Belo Horizonte, MG, referência para TBC e SIDA. Material e métodos: Todos os pacientes internados com TBC na enfermaria de pneumologia foram avaliados prospectivamente no período de 1/1/1997 até 31/1/1998, com anamnese dirigida para fatores de risco para SIDA, TBC, tratamentos anteriores e abando...

  15. Tuberculosis and HIV Coinfection.

    Bruchfeld, Judith; Correia-Neves, Margarida; Källenius, Gunilla

    2015-07-01

    Tuberculosis (TB) and human immunodeficiency virus/acquired immunodeficiency syndrome (HIV/AIDS) constitute the main burden of infectious disease in resource-limited countries. In the individual host, the two pathogens, Mycobacterium tuberculosis and HIV, potentiate one another, accelerating the deterioration of immunological functions. In high-burden settings, HIV coinfection is the most important risk factor for developing active TB, which increases the susceptibility to primary infection or reinfection and also the risk of TB reactivation for patients with latent TB. M. tuberculosis infection also has a negative impact on the immune response to HIV, accelerating the progression from HIV infection to AIDS. The clinical management of HIV-associated TB includes the integration of effective anti-TB treatment, use of concurrent antiretroviral therapy (ART), prevention of HIV-related comorbidities, management of drug cytotoxicity, and prevention/treatment of immune reconstitution inflammatory syndrome (IRIS). PMID:25722472

  16. HIV Medicines and Side Effects

    Side Effects of HIV Medicines HIV Medicines and Side Effects (Last updated 1/7/2016; last reviewed 1/7/2016) Key Points HIV medicines help people with ... will depend on a person’s individual needs. Can HIV medicines cause side effects? HIV medicines help people ...

  17. Transformações da "aids aguda" para a "aids crônica": percepção corporal e intervenções cirúrgicas entre pessoas vivendo com HIV e aids From "acute AIDS" to "chronic AIDS": body perception and surgical interventions in people living with HIV and AIDS

    Tatianna Meireles Dantas de Alencar

    2008-12-01

    Full Text Available Após dez anos de uso da terapia anti-retroviral de alta potência, um novo problema surge: a síndrome lipodistrófica do HIV, uma distribuição irregular de gordura no corpo, decorrente do uso das medicações anti-retrovirais. Se no início da epidemia, a aids era caracterizada, sobretudo, pela magreza, hoje - tempos de "aids crônica"- estamos, uma vez mais, diante do estigma sobre o corpo, só que, paradoxalmente, com sinal trocado - o acúmulo "desordenado" de gordura no corpo. Este artigo apresenta e compara as mudanças corporais percebidas por pessoas que vivem com HIV e aids, ocorridas nos últimos anos da epidemia, com a utilização dos anti-retrovirais. Foram analisadas 32 entrevistas qualitativas com pessoas vivendo com HIV e aids, realizadas nos anos de 1999 e 2005. Ao nos depararmos com as novas questões emergentes e analisarmos sua interação com a crescente disponibilidade e utilização de tecnologias, fica a forte sensação de ressurgimento, sob nova forma, dos mesmos paradoxos previamente existentes nos tempos da aids aguda: o impacto dos sinais e um certo tipo de ressurgimento da desesperança quanto ao futuro de vida dessas pessoas.The Brazilian government has been providing free and universal access to the HAART therapy for people living with HIV and AIDS for ten years. Since then, many epidemiological characteristics have changed, and AIDS passed scientifically and medically to be classified as a chronic condition. This qualitative study aims to comprehend the challenges posed by self-perception of body changes experienced by people living with AIDS during recent years, as a result of prolonged use of antiretroviral medication.With this purpose, in 1999 and 2005, 32 semi-structured interviews with HIV positive individuals were held in the State of Sao Paulo to capture the challenges occurred during this period, in particular with regard to the lipodystrophy syndrome. The analysis of the data indicates that even with

  18. Implantação dos testes rápidos para sífilis e HIV na rotina do pré-natal em Fortaleza - Ceará

    Ana Cristina Martins Uchoa Lopes; Maria Alix Leite Araújo; Lea Dias Pimentel Gomes Vasconcelo; Fabiana Sales Vitoriano Uchoa; Helen Pereira Rocha; Janete Romão dos Santos

    2016-01-01

    RESUMO Objetivo: descrever a implantação dos Testes Rápidos (TR) de sífilis e HIV na rotina do pré-natal em unidades primárias de saúde de Fortaleza, Ceará. Método: estudo descritivo com abordagem quantitativa. Foram realizadas supervisões capacitantes em 24 unidades entre maio e agosto de 2014, cujo critério de inclusão era ter pelo menos um profissional capacitado. Resultados: analisou-se espaço físico, disponibilidade, validade e realização dos TR no pré-natal. Os dados foram apresentad...

  19. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... Global Health Hepatitis (Viral) HIV/AIDS Medical Consequences Mental Health Military Pain Prevention Treatment Trends & Statistics Women ... hiv-aids-101/statistics/ . Reference Centers for Disease Control and Prevention, National Center for HIV, STD, and ...

  20. HIV / AIDS: An Unequal Burden

    ... Navigation Bar Home Current Issue Past Issues HIV / AIDS HIV / AIDS: An Unequal Burden Past Issues / Summer 2009 Table ... Victoria Cargill talks to students about HIV and AIDS at the opening of a National Library of ...

  1. HIV, AIDS, and the Future

    ... Navigation Bar Home Current Issue Past Issues HIV / AIDS HIV, AIDS, and the Future Past Issues / Summer 2009 Table ... and your loved ones from HIV/AIDS. The AIDS Memorial Quilt In 1987, a total of 1, ...

  2. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... and Prevention, National Center for HIV, STD, and TB Prevention. What Is HIV? ( http://www.cdc.gov/ ... of HIV in brain cells 1 . Drug abuse treatment. Since the late 1980s, research has shown that ...

  3. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... What are HIV and AIDS? HIV (human immunodeficiency virus) is the virus that causes AIDS (acquired immune deficiency syndrome). AIDS ... but no cure, at the present time. The virus (HIV) and the disease it causes (AIDS) are ...

  4. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... the Link - Drugs and HIV Learn the Link - Drugs and HIV Email Facebook Twitter 2005 –Ongoing Behaviors ... GA: CDC, DHHS. Retrieved June 2012 How are Drug Abuse and HIV Related? Drug abuse and addiction ...

  5. HIV/AIDS and Alcohol

    ... Psychiatric Disorders Other Substance Abuse HIV/AIDS HIV/AIDS Human immunodeficiency virus (HIV) targets the body’s immune ... and often leads to acquired immune deficiency syndrome (AIDS). Each year in the United States, between 55, ...

  6. HIV, AIDS, and the Future

    Skip Navigation Bar Home Current Issue Past Issues HIV / AIDS HIV, AIDS, and the Future Past Issues / Summer 2009 ... turn Javascript on. Photo: The NAMES Project Foundation HIV and AIDS are a global catastrophe. While advances ...

  7. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... HIV to their babies during pregnancy, delivery, and breastfeeding. HIV destroys a certain kind of white blood ... clinical trials, and other research information for health care providers, researchers, people affected by HIV/AIDS, and ...

  8. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... abuse and HIV both affect the brain. Research has shown that HIV causes greater injury to cells ... do not abuse drugs. In animal studies, methamphetamine has been shown to increase the amount of HIV ...

  9. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... chances of unsafe behavior by altering judgment and decision-making. To learn about HIV among youth, please visit: http://www.cdc.gov/hiv/risk/age/youth/index.html​ . Resources Publications Drug Facts: HIV/ ...

  10. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... Education Projects » Learn the Link - Drugs and HIV Learn the Link - Drugs and HIV Email Facebook Twitter ... research findings and news updates. Read on to Learn the Link between drug abuse and HIV and ...

  11. HIV-Positive-to-HIV-Positive Liver Transplantation.

    Calmy, A; van Delden, C; Giostra, E; Junet, C; Rubbia Brandt, L; Yerly, S; Chave, J-P; Samer, C; Elkrief, L; Vionnet, J; Berney, T

    2016-08-01

    Most countries exclude human immunodeficiency virus (HIV)-positive patients from organ donation because of concerns regarding donor-derived HIV transmission. The Swiss Federal Act on Transplantation has allowed organ transplantation between HIV-positive donors and recipients since 2007. We report the successful liver transplantation from an HIV-positive donor to an HIV-positive recipient. Both donor and recipient had been treated for many years with antiretroviral therapy and harbored multidrug-resistant viruses. Five months after transplantation, HIV viremia remains undetectable. This observation supports the inclusion of appropriate HIV-positive donors for transplants specifically allocated to HIV-positive recipients. PMID:27109874

  12. Transformações da "aids aguda" para a "aids crônica": percepção corporal e intervenções cirúrgicas entre pessoas vivendo com HIV e aids From "acute AIDS" to "chronic AIDS": body perception and surgical interventions in people living with HIV and AIDS

    Tatianna Meireles Dantas de Alencar; Maria Ines Battistella Nemes; Marco Aurélio Velloso

    2008-01-01

    Após dez anos de uso da terapia anti-retroviral de alta potência, um novo problema surge: a síndrome lipodistrófica do HIV, uma distribuição irregular de gordura no corpo, decorrente do uso das medicações anti-retrovirais. Se no início da epidemia, a aids era caracterizada, sobretudo, pela magreza, hoje - tempos de "aids crônica"- estamos, uma vez mais, diante do estigma sobre o corpo, só que, paradoxalmente, com sinal trocado - o acúmulo "desordenado" de gordura no corpo. Este artigo apresen...

  13. Nueva esperanza para frenar el VIH - Las pruebas de detección y la atención médica salvan vidas (New Hope for Stopping HIV - Testing and Medical Care Save Lives)

    2011-11-29

    Este podcast se basa en el informe Vital Signs de los CDC de diciembre del 2011 titulado: Prevención del VIH con Atención Médica y Tratamiento; este informe ofrece una nueva esperanza para prevenir el VIH y mejorar la salud de las personas que tienen ese virus.  Created: 11/29/2011 by Centers for Disease Control and Prevention (CDC).   Date Released: 11/29/2011.

  14. Travelling with HIV

    Nielsen, Ulla S; Jensen-Fangel, Søren; Pedersen, Gitte;

    2014-01-01

    BACKGROUND: We aimed to describe travel patterns, extent of professional pre-travel advice and health problems encountered during travel among HIV-infected individuals. METHODS: During a six-month period a questionnaire was handed out to 2821 adult HIV-infected individuals attending any of the...... eight Danish medical HIV care centers. RESULTS: A total of 763 individuals responded. During the previous two years 49% had travelled outside Europe; 18% had travelled less and 30% were more cautious when choosing travel destination than before the HIV diagnosis. Pre-travel advice was sought by only 38......%, and travel insurance was taken out by 86%. However, 29%/74% did not inform the advisor/the insurance company about their HIV status. Nearly all patients on highly active antiretroviral therapy (HAART) were adherent, but 58% worried about carrying HIV-medicine and 19% tried to hide it. Only 19...

  15. As facetas do convívio com o HIV: formas de relações sociais e representações sociais da AIDS para pessoas soropositivas hospitalizadas Las facetas del convivir con VIH/SIDA: formas de relaciones sociales y representaciones sociales del sida para personas seropositivas hospitalizadas Facets of living with HIV: social relationships and social representations of aids to hospitalized soropositive people

    Antonio Marcos Tosoli Gomes

    2012-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar as formas de relacionamentos sociais estabelecidos por pessoas hospitalizadas que vivem com HIV a partir das representações sociais que possuem acerca da AIDS. Utilizou-se a abordagem qualitativa, descritiva, baseada na Teoria das Representações Sociais. O cenário foi um hospital universitário situado no município do Rio de Janeiro. Participaram 13 sujeitos. Os dados foram coletados por meio de entrevistas em profundidade e analisados a partir da análise lexical utilizandose o software Alceste 4.7. O bloco temático analisado abarca as classes 2, 4 e 5. São evidenciadas formas de relação mantidas no contexto da exposição ao vírus, no contexto de cuidado prestado pela equipe de enfermagem, e, por fim, no contexto de enfrentamento da AIDS no relacionamento consigo e com o mundo. Conclui-se que os sujeitos do estudo parecem esquematizar suas multifacetárias relações interpessoais a partir de uma organização psicossociológica do HIV/AIDS.El objetivo de este estudio fue analizar las interfaces de las representaciones sociales con el cotidiano de las personas que conviven con VIH/Sida. El enfoque fue cualitativo, descriptivo, basado en la Teoría de las Representaciones Sociales. El escenario fue un hospital universitario en Rio de Janeiro. Participaron 13 sujetos. Los datos fueron recolectados por entrevistas y fue hecho el análisis léxico a través del software Alceste 4.7. El grupo temático analizado abarca las clases 2, 4 y 5. Dimensiones afectivas fueron identificadas en las representaciones de los pacientes sobre los cuidados de enfermería. El preservativo es la imagen de la principal forma de prevenir el Sida. La principal forma de hacer frente a la enfermedad es la negación. Se concluye que la rutina de los pacientes ocurre en un campo lleno de tensiones pero la actitud frente a la terapia antirretroviral es positiva y los pacientes parecen sentirse parte del proceso de cuidado

  16. HIV Stigma Among Substance Abusing People Living with HIV/AIDS: Implications for HIV Treatment

    Levi-Minzi, Maria A.; Hilary L Surratt

    2014-01-01

    HIV-related stigma has a major impact on quality of life and health among people living with HIV and AIDS (PLWHA). This study examines demographic, mental health, behavioral, contextual, and HIV care-related correlates of HIV stigma among 503 substance abusing PLWHA. Stigma was measured with the HIV Internalized Stigma Measure which has four subscales: stereotypes about HIV, self-acceptance, disclosure concerns, and social relationships. Severe substance dependence (55.3%) and depression (54....

  17. HIV and Fertility Revisited

    Sebnem Kalemli-Ozcan; Belgi Turan

    2010-01-01

    Young (2005) argues that HIV related population declines reinforced by the fertility response to the epidemic will lead to higher capital-labor ratios and to higher per capita incomes in the affected countries of Africa. Using household level data on fertility from South Africa and relying on between cohort variation in country level HIV infection, he estimates a large negative effect of HIV prevalence on fertility. However, the studies that utilize the recent rounds of Demographic Health Sur...

  18. Microbiome in HIV infection

    Salas, January T; Chang, Theresa L

    2014-01-01

    HIV primary infection occurs at mucosa tissues, suggesting an intricate interplay between microbiome and HIV infection. Recent advanced technologies of high-throughput sequencing and bioinformatics allow researchers to explore nonculturable microbes including bacteria, virus and fungi and their association with diseases. HIV/SIV infection is associated with microbiome shifts and immune activation that may affect the outcome of disease progression. Similarly, altered microbiome and inflammatio...

  19. Revisiting HIV-1 uncoating

    Arhel Nathalie

    2010-01-01

    Abstract HIV uncoating is defined as the loss of viral capsid that occurs within the cytoplasm of infected cells before entry of the viral genome into the nucleus. It is an obligatory step of HIV-1 early infection and accompanies the transition between reverse transcription complexes (RTCs), in which reverse transcription occurs, and pre-integration complexes (PICs), which are competent to integrate into the host genome. The study of the nature and timing of HIV-1 uncoating has been paved wit...

  20. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... the link between drug abuse and HIV/AIDS, populations most at risk, trends in HIV/AIDS, and ... increasingly at risk for HIV infection through risky sexual behaviors. NIDA researchers have studied and continue to study the links between drug abuse and HIV/AIDS. In the early years of ...

  1. Living with HIV/AIDS

    Infection with HIV is serious. But the outlook for people with HIV/AIDS is improving. If you are infected with HIV, there are many things you can do to ... health care provider who knows how to treat HIV. You may want to join a support group. ...

  2. HIV/AIDS and Alcohol

    ... Other Psychiatric Disorders Other Substance Abuse HIV/AIDS HIV/AIDS Human immunodeficiency virus (HIV) targets the body’s immune ... and abuse can contribute to the spread of HIV/AIDS and affect treatment for infected patients. Abusing alcohol ...

  3. Drugs + HIV, Learn the Link

    Full Text Available ... Send the Message . Get the Facts What are HIV and AIDS? HIV (human immunodeficiency virus) is the virus that ... AIDS) are often linked and referred to as "HIV/AIDS." HIV can be transferred between people if an ...

  4. Indikatorsygdomme for hiv-infektion

    Hansen, Birgitte Rønde; Andersen, Åse Bengård; Koch, Anders; Ravn, Pernille; Larsen, Carsten Schade; Weis, Nina; Gerstoft, Jan

    2015-01-01

    guideline on indicator-based HIV testing in order to improve early HIV diagnosis. The Danish Society of Infectious Diseases wishes to highlight the importance of indicator-based HIV testing, in order to improve the possibility of early diagnosis and therapy of HIV-infection....

  5. Ludacris Talks About HIV

    2012-07-24

    Ludacris, award winning singer and actor, urges everyone to talk about HIV/AIDS and its prevention.  Created: 7/24/2012 by National Center for HIV/AIDS, Viral Hepatitis, STD, and TB Prevention (NCHHSTP).   Date Released: 7/24/2012.

  6. Let's Stop HIV Together

    2012-07-16

    This podcast features 22 individuals who encourage others in the fight against HIV.  Created: 7/16/2012 by National Center for HIV/AIDS, Viral Hepatitis, STD, and TB Prevention (NCHHSTP).   Date Released: 7/16/2012.

  7. HIV/AIDS

    ... health days Meetings and consultations 2014 Fact sheets Features Commentaries 2014 Multimedia Contacts HIV/AIDS Fact sheet Updated July 2016 Key facts HIV continues to be a major global public health issue, having claimed more than 35 million lives so far. In 2015, 1.1 (940 000– ...

  8. Rinossinusites em crianças infectadas pelo HIV sob terapia anti-retroviral Rhinosinusitis in HIV-infected children undergoing antiretroviral therapy

    Carlos Diógenes Pinheiro Neto; Raimar Weber; Bernardo Cunha Araújo-Filho; Ivan Dieb Miziara

    2009-01-01

    A associação dos inibidores de protease (IP) à terapia anti-retroviral provocou mudanças importantes na morbidade e mortalidade de pacientes infectados pelo HIV. OBJETIVOS: Avaliar o impacto desta associação na prevalência de rinossinusite (RS) e na contagem sérica de linfócitos CD4 em crianças infectadas pelo HIV. CASUÍSTICA E MÉTODOS: A forma de estudo foi cross-sectional com 471 crianças infectadas pelo HIV. Em 1996, inibidores de protease foram liberados para terapia anti-retroviral. Dest...

  9. Indikatorsygdomme for hiv-infektion

    Hansen, Birgitte Rønde; Andersen, Åse Bengård; Koch, Anders;

    2015-01-01

    The mortality of HIV-infected patients in Denmark approaches that of the background population. Still, half of the HIV-infected patients are diagnosed late, resulting in poorer response to therapy, larger cost and greater transmission rate. A pan-European initiative, "HIV in Europe" has published a...... guideline on indicator-based HIV testing in order to improve early HIV diagnosis. The Danish Society of Infectious Diseases wishes to highlight the importance of indicator-based HIV testing, in order to improve the possibility of early diagnosis and therapy of HIV-infection....

  10. HIV and neurocognitive dysfunction.

    Spudich, Serena

    2013-09-01

    The spectrum of HIV-associated neurocognitive disorder (HAND) has been dramatically altered in the setting of widely available effective antiretroviral therapy (ART). Once culminating in dementia in many individuals infected with HIV, HAND now typically manifests as more subtle, though still morbid, forms of cognitive impairment in persons surviving long-term with treated HIV infection. Despite the substantial improvement in severity of this disorder, the fact that neurologic injury persists despite ART remains a challenge to the community of patients, providers and investigators aiming to optimize quality of life for those living with HIV. Cognitive dysfunction in treated HIV may reflect early irreversible CNS injury accrued before ART is typically initiated, ongoing low-level CNS infection and progressive injury in the setting of ART, or comborbidities including effects of treatment which may confound the beneficial reduction in viral replication and immune activation effected by ART. PMID:23860944

  11. HIV-Associated Tuberculosis.

    Naidoo, Kogieleum; Naidoo, Kasavan; Padayatchi, Nesri; Abdool Karim, Quarraisha

    2011-01-01

    The intersecting HIV and Tuberculosis epidemics in countries with a high disease burden of both infections pose many challenges and opportunities. For patients infected with HIV in high TB burden countries, the diagnosis of TB, ARV drug choices in treating HIV-TB coinfected patients, when to initiate ARV treatment in relation to TB treatment, managing immune reconstitution, minimising risk of getting infected with TB and/or managing recurrent TB, minimizing airborne transmission, and infection control are key issues. In addition, given the disproportionate burden of HIV in women in these settings, sexual reproductive health issues and particular high mortality rates associated with TB during pregnancy are important. The scaleup and resource allocation to access antiretroviral treatment in these high HIV and TB settings provide a unique opportunity to strengthen both services and impact positively in meeting Millennium Development Goal 6. PMID:20871843

  12. Periodontitis in HIV patients

    Oseeva А.О.

    2011-09-01

    Full Text Available The article presents the study of formation mechanisms and periodontitis course in patients with subclinical stage of HIV-infection. The examination of 45 patients has enabled the division of patients into three basic groups: patients with periodontitis and HIV-infection; patients with periodontitis; and HIV patients without periodontitis. It has been determined that the patients with periodontitis and subclinical HIV-infection have developed local inflammatory reaction with infection, activation of anti-inflammatory cytokines in parodontal recess fluid. It has been proved that the causative factor of frequent and durable relapses in parodontal pathology with clinical HIV-infection was the development of pathologic process with endotoxicosis syndrome and imbalance of lipid peroxidation and antioxidant system

  13. Transtornos depressivos em usuários de drogas injetáveis infectados pelo HIV: um estudo controlado Depressive disorders in injecting drug users infected by the HIV virus

    André Malbergier

    1999-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar os transtornos psiquiátricos em pacientes usuários de drogas injetáveis infectados pelo HIV. MÉTODOS: Pacientes que se apresentavam para tratamento da dependência de drogas, foram divididos em dois grupos de acordo com a sorologia para o HIV (vírus da imunodeficiência humana, vírus causador da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS. Trinta pacientes HIV-positivos e 30 pacientes HIV-negativos submeteram-se a uma entrevista estruturada para avaliação de transtornos psiquiátricos. Inicialmente, foram analisados os transtornos depressivos e os relacionados ao uso de substâncias psicoativas. RESULTADOS: Os resultados revelaram que o diagnóstico de dependência de cocaína foi mais freqüente em pacientes infectados pelo HIV do que nos não-infectados. A sorologia positiva para o HIV não foi fator associado a maior prevalência de depressão. As tentativas de suicídio foram freqüentes nesta amostra, mas as freqüências foram iguais nos dois grupos. CONCLUSÃO: Os pacientes HIV-positivos tendem a diminuir ou cessar o consumo de cocaína após conhecimento de sua sorologia.OBJECTIVE: Study psychiatric disorders on injecting drug users infected by the HIV. METHODS: Injecting drug users entering treatment for drug dependence were selected in two groups according to their HIV (human immunodeficiency virus status. The HIV is a virus that causes AIDS (acquired immunodeficiency syndrome. Thirty HIV-positive and 30 HIV-negative patients were submitted to a structured interview to assess psychiatric disorders. Initially, depressive disorders and disorders related to substance use were analyzed. RESULTS: The results showed that the cocaine dependence diagnosis was more frequent in HIV infected patients than in the non-infected. Being HIV positive was not associated with higher prevalence of depression. Suicide attempts were frequent in this sample, but the frequencies were equal in the two groups. CONCLUSION: Patients

  14. Entremeando Saúde e Doença: A Condição de Soropositividade para o HIV no Contexto de Culto à Vida Saudável

    Camila Miranda de Amorim Resende

    2013-01-01

    Full Text Available A través del trabajo de análisis del discurso de cinco adolescentes infectados con el VIH por transmisión vertical tratados en una unidad de salud en una ciudad del Rio de Janeiro, cuestionamos el ideal contemporáneo de vivir una vida saludable. Tal condición apunta a un proceso de subjetivación demasiado complejo, cuando, por un lado, el virus del VIH si transmitido por los padres no puede, en este caso, considerarse como consecuencia de una elección individual en cuanto a comportamientos de riesgo - como suele ser asignado la mayoría de los casos de transmisión del VIH. Por otro lado, requiere del sujeto el trabajo de un vivir saludable demasiado difícil, ya que requiere el cuidado permanente de su propia salud y recomendaciones para con la salud de los demás con el fin de no transmitir el virus del VIH. Teniendo en cuenta esa necesidad de gestión de riesgo potencializada, las personas en esta condición de seropositividad se encuentran marcadas por un dispositivo de normalización intenso, sometidas como lo son, desde su nacimiento, a las reglas del buen vivir de acuerdo a las recetas de la prevención. Finalmente, pensamos que la peculiaridad de la condición de seropositividad para el VIH por transmisión vertical se abre a la posibilidad de nos preguntarnos cuanto a lo que significa hoy la oposición entre salud y enfermedad que, en este caso, requiere un estatuto "entre", tejiendo salud y enfermedad.

  15. Efetividade da intervenção breve para o uso abusivo de álcool na atenção primária: revisão sistemática

    Maria Odete Pereira

    2013-06-01

    Full Text Available A pesquisa identificou estudos clínicos acerca das intervenções breves para o uso abusivo de álcool e analisou a eficácia dos aconselhamentos para os consumidores. Estudo bibliográfico sistemático que utilizou artigos publicados no período de 1997 a 2010. Os achados mostraram que a estratégia de intervenção breve é efetiva na redução da frequência e quantidade de álcool, com melhores resultados quando aplicada na atenção primária. Todos os profissionais da área da saúde obtêm bons resultados com o manejo dessa terapia. Não foi possível definir se a estratégia é mais eficaz se aplicada em bebedores de uso nocivo ou em crônicos, uma vez que a intervenção depende da mobilização de recursos motivacionais do paciente e de mudanças de atitude relacionadas ao consumo de álcool.

  16. HIV treatment for prevention

    Ambrosioni Juan

    2011-05-01

    Full Text Available Abstract "No virus, no transmission." Studies have repeatedly shown that viral load (the quantity of virus present in blood and sexual secretions is the strongest predictor of HIV transmission during unprotected sex or transmission from infected mother to child. Effective treatment lowers viral load to undetectable levels. If one could identify and treat all HIV-infected people immediately after infection, the HIV/AIDS epidemic would eventually disappear. Such a radical solution is currently unrealistic. In reality, not all people get tested, especially when they fear stigma and discrimination. Thus, not all HIV-infected individuals are known. Of those HIV-positive individuals for whom the diagnosis is known, not all of them have access to therapy, agree to be treated, or are taking therapy effectively. Some on effective treatment will stop, and in others, the development of resistance will lead to treatment failure. Furthermore, resources are limited: should we provide drugs to asymptomatic HIV-infected individuals without indication for treatment according to guidelines in order to prevent HIV transmission at the risk of diverting funding from sick patients in urgent need? In fact, the preventive potential of anti-HIV drugs is unknown. Modellers have tried to fill the gap, but models differ depending on assumptions that are strongly debated. Further, indications for antiretroviral treatments expand; in places like Vancouver and San Francisco, the majority of HIV-positive individuals are now under treatment, and the incidence of new HIV infections has recently fallen. However, correlation does not necessarily imply causation. Finally, studies in couples where one partner is HIV-infected also appear to show that treatment reduces the risk of transmission. More definite studies, where a number of communities are randomized to either receive the "test-and-treat" approach or continue as before, are now in evaluation by funding agencies. Repeated

  17. HIV treatment for prevention.

    Ambrosioni, Juan; Calmy, Alexandra; Hirschel, Bernard

    2011-01-01

    "No virus, no transmission." Studies have repeatedly shown that viral load (the quantity of virus present in blood and sexual secretions) is the strongest predictor of HIV transmission during unprotected sex or transmission from infected mother to child. Effective treatment lowers viral load to undetectable levels. If one could identify and treat all HIV-infected people immediately after infection, the HIV/AIDS epidemic would eventually disappear.Such a radical solution is currently unrealistic. In reality, not all people get tested, especially when they fear stigma and discrimination. Thus, not all HIV-infected individuals are known. Of those HIV-positive individuals for whom the diagnosis is known, not all of them have access to therapy, agree to be treated, or are taking therapy effectively. Some on effective treatment will stop, and in others, the development of resistance will lead to treatment failure. Furthermore, resources are limited: should we provide drugs to asymptomatic HIV-infected individuals without indication for treatment according to guidelines in order to prevent HIV transmission at the risk of diverting funding from sick patients in urgent need? In fact, the preventive potential of anti-HIV drugs is unknown. Modellers have tried to fill the gap, but models differ depending on assumptions that are strongly debated. Further, indications for antiretroviral treatments expand; in places like Vancouver and San Francisco, the majority of HIV-positive individuals are now under treatment, and the incidence of new HIV infections has recently fallen. However, correlation does not necessarily imply causation. Finally, studies in couples where one partner is HIV-infected also appear to show that treatment reduces the risk of transmission.More definite studies, where a number of communities are randomized to either receive the "test-and-treat" approach or continue as before, are now in evaluation by funding agencies. Repeated waves of testing would precisely

  18. HIV em mulheres de meia-idade: fatores associados HIV in middle-aged women: associated factors

    Ana Lúcia Ribeiro Valadares

    2010-01-01

    Full Text Available A infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV tem aumentado significativamente entre mulheres de meia-idade. Nesta revisão foi feito um levantamento de estudos recentes que buscam identificar possíveis fatores de risco associados à infecção pelo HIV em mulheres climatéricas. São abordados diversos fatores associados, como: sintomas climatéricos, mudança de comportamento do parceiro sexual frente a novos medicamentos, negociação sobre o uso de preservativos em relações sexuais, comportamento de risco para HIV, autoestima global e autoestima sexual, história pregressa de abuso sexual, uso de drogas, estereótipo da vida sexual na maturidade, uso de terapia antirretroviral e abordagem da função sexual.Human immunodeficiency virus (HIV infection has increased considerably among middle-aged women. In this work we reviewed recent studies aimed at identifying possible factors related to HIV infection in climacteric women. Several associated factors are considered, such as: climacteric symptoms, partner's change in sexual behavior in face of new drugs, negotiation for use of condoms in sexual intercourse, risk behavior for HIV, global self-esteem and sexual self-esteem, history of sexual abuse, use of drugs, stereotypes of sex life in maturity, use of antiretroviral therapy and approach to sexual function.

  19. MedlinePlus: HIV/AIDS Medicines

    ... Training Center) Also in Spanish Side Effects (New Mexico AIDS Education and Training Center) Also in Spanish Side Effects of HIV Medicines: HIV and Diabetes (AIDSinfo) Side Effects of HIV Medicines: HIV and ...

  20. Progression to overweight, obesity and associated factors after antiretroviral therapy initiation among Brazilian persons with HIV/AIDS Progresión para el sobrepeso, obesidad y los factores asociados después de la iniciación de la terapia con antirretrovirales en personas brasileñas con VIH/SIDA

    L. H. Maia Leite

    2010-08-01

    Full Text Available Objectives: To assess body weight changes, progression to overweight/obesity and investigate the associated factors among HIV/AIDS patients. Methods: A retrospective study was conducted involving a sample group of 203 adults with HIV/AIDS. Medical records were used to gather demographic, clinical and anthropometric information. The variables were compared by Chi-square tests, Student's t tests and One-way analysis of variance. Results: The majority of the individuals studied were men (72.4% with an average age of 34.68 ± 8.3 years, and time of HIV infection of 4.12 ± 1.8 years. 63% of the patients gained weight. The greatest weight gain was observed among patients with lower CD4 cell count on admission (8.45 ± 6.6 vs. 5.97 ± 4.97 p = 0.019. 39/203 new cases of overweight/obesity were identified, with a progression rate of 19%. Men were more likely to progress to overweight (p Objetivos: Evaluar los cambios del peso corporal, la progresión al sobrepeso/obesidad e investigar los factores asociados a ellas en pacientes con VIH/SIDA. Métodos: Se realizó un estudio retrospectivo en una muestra de 203 adultos que viven con VIH/SIDA. Se utilizaron historias clínicas para recoger informaciones demográficas, clínicas y antropométricas. Se compararon las variables por medio de pruebas Qui cuadrado, pruebas t de Student y análisis de la varianza ANOVA one way. Resultados: La mayoría de los individuos estudiados eran hombres (72,4% con edad promedio de 34,68 ± 8,3 años, y tiempo de infección por VIH de 4,12 ± 1,8 años. El 63% de los pacientes ganaron peso. La mayor ganancia de peso se observó entre los pacientes con menor recuento de células CD4 a la admisión (8,45 ± 6,6 vs. 5,97 ± 4,97 p = 0,019. En los 203 adultos estudiados se identificaron 39 nuevos casos de sobrepeso/obesidad, con una tasa de progresión del 19%. Los hombres presentaron mayor tendencia al sobrepeso (p < 0,001 y las mujeres a la obesidad (p < 0,001. Se observ

  1. HIV Molecular Immunology 2014

    Yusim, Karina [Los Alamos National Lab. (LANL), Los Alamos, NM (United States); Korber, Bette Tina Marie [Los Alamos National Lab. (LANL), Los Alamos, NM (United States); Barouch, Dan [Beth Israel Deaconess Medical Center, Boston, MA (United States); Koup, Richard [Vaccine Research Center National Institutes of Health (United States); de Boer, Rob [Utrecht Univ. (Netherlands). Dept. of Biology; Moore, John P. [Cornell Univ., Ithaca, NY (United States). Weill Medical College; Brander, Christian [Institucioi Catalana de Recerca i Estudis Avancats (ICREA), Barcelona (Spain); Haynes, Barton F. [Duke Univ., Durham, NC (United States). Duke Human Vaccine Institute and Departments of Medicine, Surgery and Immunology; Walker, Bruce D. [Ragon Institute of Massachusetts General Hospital, Cambridge, MA (United States); Harvard Univ., Cambridge, MA (United States); Massachusetts Inst. of Technology (MIT), Cambridge, MA (United States)

    2015-02-03

    HIV Molecular Immunology is a companion volume to HIV Sequence Compendium. This publication, the 2014 edition, is the PDF version of the web-based HIV Immunology Database (http://www.hiv.lanl.gov/content/immunology/). The web interface for this relational database has many search options, as well as interactive tools to help immunologists design reagents and interpret their results. In the HIV Immunology Database, HIV-specific B-cell and T-cell responses are summarized and annotated. Immunological responses are divided into three parts, CTL, T helper, and antibody. Within these parts, defined epitopes are organized by protein and binding sites within each protein, moving from left to right through the coding regions spanning the HIV genome. We include human responses to natural HIV infections, as well as vaccine studies in a range of animal models and human trials. Responses that are not specifically defined, such as responses to whole proteins or monoclonal antibody responses to discontinuous epitopes, are summarized at the end of each protein section. Studies describing general HIV responses to the virus, but not to any specific protein, are included at the end of each part. The annotation includes information such as crossreactivity, escape mutations, antibody sequence, TCR usage, functional domains that overlap with an epitope, immune response associations with rates of progression and therapy, and how specific epitopes were experimentally defined. Basic information such as HLA specificities for T-cell epitopes, isotypes of monoclonal antibodies, and epitope sequences are included whenever possible. All studies that we can find that incorporate the use of a specific monoclonal antibody are included in the entry for that antibody. A single T-cell epitope can have multiple entries, generally one entry per study. Finally, maps of all defined linear epitopes relative to the HXB2 reference proteins are provided.

  2. Alcohol, drugs, and risky sexual behavior are related to HIV infection in female adolescents Álcool, drogas e comportamento sexual de risco estão relacionados à infecção por HIV em mulheres adolescentes

    Ana Margareth Siqueira Bassols

    2010-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To examine associations between risk factors for HIV infection in a sample of young women who sought HIV testing in a city of southern Brazil. METHOD: Cross-sectional study with a consecutive convenience sample of 258 female adolescents aged 13 to 20 years evaluated in an anonymous testing site for HIV and sexually transmitted diseases in Brazil. Risk behavior for HIV was assessed with the Brazilian version of the Risk Assessment Battery and HIV status was assessed through ELISA (Enzyme Linked Immunosorbent Assay. RESULTS: Overall seropositivity rate was 7.4%. HIV-seropositive patients had significantly more sexual intercourse in exchange for money, higher rates of pregnancy and abortion, as well as earlier sexual debut. In multiple analyses with the inclusion of two composite variables (sex risk and drug risk, only drug risk was associated with positive HIV status (OR = 4.178; IC 95% = 1.476-11.827. CONCLUSION: Our findings suggest that high HIV seropositivity among female adolescents seeking HIV testing in Brazil directly reflects the need for effective interventions specifically designed to prevent risk behaviors in order to halt the spread of HIV infection.OBJETIVO: Descrever fatores de risco para infecção pelo HIV numa amostra de adolescentes do sexo feminino que procurou fazer o teste HIV em uma cidade do sul do país. MÉTODO: Num estudo transversal, 258 adolescentes do sexo feminino foram avaliadas em relação ao seu estado sorológico para o vírus HIV e comportamentos de risco utilizando-se a versão brasileira da escala Risk Assessment Battery. RESULTADOS: A taxa geral de soropositividade foi de 7,4%. As jovens soropositivas tiveram significativamente mais relações sexuais em troca de dinheiro, história de gravidez e aborto prévio, bem como iniciação sexual mais precoce do que as adolescentes soronegativas. Nas análises multivariadas, com a inclusão de duas variáveis compostas ("risco sexual" e "risco por drogas

  3. HIV transmission biology: translation for HIV prevention.

    Ronen, Keshet; Sharma, Amit; Overbaugh, Julie

    2015-11-01

    Rigorous testing of new HIV-prevention strategies is a time-consuming and expensive undertaking. Thus, making well informed decisions on which candidate-prevention approaches are most likely to provide the most benefit is critical to appropriately prioritizing clinical testing. In the case of biological interventions, the decision to test a given prevention approach in human trials rests largely on evidence of protection in preclinical studies. The ability of preclinical studies to predict efficacy in humans may depend on how well the model recapitulates key biological features of HIV transmission relevant to the question at hand. Here, we review our current understanding of the biology of HIV transmission based on data from animal models, cell culture, and viral sequence analysis from human infection. We summarize studies of the bottleneck in viral transmission; the characteristics of transmitted viruses; the establishment of infection; and the contribution of cell-free and cell-associated virus. We seek to highlight the implications of HIV-transmission biology for development of prevention interventions, and to discuss the limitations of existing preclinical models. PMID:26418086

  4. HIV among Gay and Bisexual Men

    ... VIH En Español Get Tested Find an HIV testing site near you. Enter ZIP code or city Follow HIV/AIDS CDC HIV CDC HIV/AIDS See RSS | ... Email Updates on HIV Syndicated Content Website Feedback HIV Among Gay and Bisexual Men Format: Select one ...

  5. Using thought mapping and structured stories to decrease HIV risk behaviors among cocaine injectors and crack smokers in the South of Brazil A utilização do mapeamento cognitivo e de histórias estruturadas para diminuir comportamentos de risco para a contaminação pelo HIV entre consumidores de cocaína injetável e de crack no Sul do Brasil

    Flavio Pechansky

    2007-09-01

    Full Text Available OBJECTIVES: To compare changes in AIDS knowledge and risk behaviors among Brazilian cocaine users in an intervention trial. METHOD: 119 participants were randomly assigned to either a standard or a standard plus "thought mapping" intervention, and re-interviewed 2 and 8 weeks after intake using standardized data collection instruments. Intervention effects were examined using generalized estimated equation model. RESULTS: Significant increases in AIDS knowledge and condom use were observed in the experimental group, as well as significant changes in the subscores for sexual and drug risks. The experimental intervention was less successful in decreasing mean days of cocaine use when compared to the standard. CONCLUSION: Although not robust, the findings nevertheless suggest that components of the experimental thought-mapping model might be useful in combination with other approaches.OBJETIVOS: Comparar as mudanças em conhecimento sobre AIDS e comportamentos de risco em usuários de cocaína brasileiros submetidos a uma intervenção experimental. MÉTODO: 119 sujeitos foram aleatoriamente designados para uma intervenção padrão ou uma intervenção padrão adicionada a um "mapa cognitivo", e re-entrevistados duas e oito semanas após admissão no estudo, utilizando-se instrumentos de coleta padronizados. Os efeitos da intervenção foram examinados utilizando modelo de equações de estimação generalizadas. RESULTADOS: Foram observados aumentos significativos no conhecimento sobre AIDS e uso de preservativos no grupo experimental, bem como modificações significativas nos subescores para risco sexual e uso de drogas. A intervenção experimental teve menos sucesso em diminuir dias de uso de cocaína quando comparada com a intervenção padrão. CONCLUSÃO: Apesar de não serem robustos, os achados sugerem que os componentes do modelo de mapa cognitivo experimentados poderiam ser úteis em combinação com outras abordagens.

  6. Twenty-six years of HIV science: an overview of anti-HIV drugs metabolism

    Carolina Horta Andrade

    2011-06-01

    Full Text Available From the identification of HIV as the agent causing AIDS, to the development of effective antiretroviral drugs, the scientific achievements in HIV research over the past twenty-six years have been formidable. Currently, there are twenty-five anti-HIV compounds which have been formally approved for clinical use in the treatment of AIDS. These compounds fall into six categories: nucleoside reverse transcriptase inhibitors (NRTIs, nucleotide reverse transcriptase inhibitors (NtRTIs, non-nucleoside reverse transcriptase inhibitors (NNRTIs, protease inhibitors (PIs, cell entry inhibitors or fusion inhibitors (FIs, co-receptor inhibitors (CRIs, and integrase inhibitors (INIs. Metabolism by the host organism is one of the most important determinants of the pharmacokinetic profile of a drug. Formation of active or toxic metabolites will also have an impact on the pharmacological and toxicological outcomes. Therefore, it is widely recognized that metabolism studies of a new chemical entity need to be addressed early in the drug discovery process. This paper describes an overview of the metabolism of currently available anti-HIV drugs.Da identificação do HIV como o agente causador da AIDS, ao desenvolvimento de fármacos antirretrovirais eficazes, os avanços científicos na pesquisa sobre o HIV nos últimos vinte e seis anos foram marcantes. Atualmente, existem vinte e cinco fármacos anti-HIV formalmente aprovados pelo FDA para utilização clínica no tratamento da AIDS. Estes compostos são divididos em seis classes: inibidores nucleosídeos de transcriptase reversa (INTR, inibidores nucleotídeos de transcriptase reversa (INtTR, inibidores não-nucleosídeos de transcriptase reversa (INNTR, inibidores de protease (IP, inibidores da entrada celular ou inibidores de fusão (IF, inibidores de co-receptores (ICR e inibidores de integrase (INI. O metabolismo consiste em um dos maiores determinantes do perfil farmacocinético de um fármaco. A forma

  7. Primaer HIV-infektion

    Pedersen, C; Pedersen, B K

    1996-01-01

    Up to 70% of individuals with primary HIV infection will develop symptoms of an acute illness. The most common symptoms reported are fever, generalized lymphadenopathy, arthralgia and myalgia, headache, pharyngitis, enanthema, skin rash, diarrhoea, and mucocutaneous ulcerations. More rarely...

  8. HIV and Kidney Disease

    ... Sheets Permission to Use Fact Sheets Sponsors and Advertising Privacy Policy Project ... Disease WHY SHOULD PEOPLE WITH HIV CARE ABOUT KIDNEY DISEASE? WHAT IS NORMAL KIDNEY FUNCTION? HOW DO I KNOW IF THERE ARE PROBLEMS ...

  9. HIV/AIDS

    ... Casual contact, such as hugging Mosquitoes Participating in sports Touching items that were touched by a person ... 20 years. People with AIDS have had their immune system damaged by HIV. They are at very high ...

  10. HIV Genotypic Resistance Testing

    ... of the disease progression and to minimize viral replication and mutation. However, a person may be initially infected with a drug-resistant HIV strain or drug resistance may develop during treatment, ...